XX Ciência Viva. Tema: Luz, ciência e vida. 12 e 13 de Novembro de 2015

Save this PDF as:
Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "XX Ciência Viva. Tema: Luz, ciência e vida. 12 e 13 de Novembro de 2015"

Transcrição

1 XX Ciência Viva Tema: Luz, ciência e vida 12 e 13 de Novembro de 2015 A CIÊNCIA VIVA A Ciência Viva é uma exposição anual aberta ao público, em que estudantes da educação básica das instituições de ensino público e privado do município de Uberlândia-MG, nas modalidades de ensino regular (ensino fundamental e médio), educação profissional técnica de nível médio e educação de jovens e adultos (EJA), compartilham suas experiências e apresentam trabalhos científicos. OBJETIVOS - Divulgar e popularizar a Ciência. - Promover o desenvolvimento da criatividade e da capacidade inventiva e investigativa na construção do conhecimento como forma de trabalho, capaz de despertar vocações e de revelar capacidades, contribuindo ainda para a formação cidadã dos estudantes. APRESENTAÇÃO DO TRABALHO CIENTÍFICO:

2 Nesta edição estamos contemplando todas as áreas de conhecimento, conforme descrito abaixo, além do tema central da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT): Luz, ciência e vida com a divisão em 04 grupos e mais um grupo especial. Grupo 1: Ciências exatas e da terra, Engenharia e tecnologia. Grupo 2: Ciências Agrarias, Biológicas e da Saúde. Grupo 3: Ciências Humanas, Sociais e Sociais Aplicadas. Grupo 4: Multidisciplinar. Grupo especial: Luz, ciência e vida* *Caso o trabalho tenha como tema, o mesmo tema central da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT): Luz, ciência e vida, ele estará concorrendo, além do grupo normal que faz parte (grupo de 1 a 4), ao grupo especial. O fato de que o trabalho a ser apresentado também concorrerá no grupo especial deve ser informada no momento da inscrição. Com esta configuração pretende-se ter uma abrangência maior em todas as áreas do conhecimento. Poderão participar da apresentação de trabalho científico os grupos de estudantes pertencentes às categorias: A Ensino fundamental 1 e EJA (2º ao 5º ano) B Ensino fundamental 2 e EJA (6º ao 9º ano) C Ensino Médio, tecnológico e EJA (1º ao 3º ano)

3 INSCRIÇÃO POR FEIRA DE CIÊNCIA AFILIADA Projetos poderão ser inscritos por feira de ciência afiliada ao CIÊNCIA VIVA. Cada feira afiliada poderá submeter um único projeto de trabalho científico, indicando o grupo e a categoria em que o projeto se enquadra, além do fato do tema do trabalho ser associado ao tema da SNCT: Luz, ciência e vida, e portanto apto a concorrer também no grupo especial. O projeto deverá ser elaborado por uma equipe de até 03 (três) estudantes, sob a orientação de um professor da escola, ou um adulto responsável, sendo que cada equipe poderá participar de apenas uma categoria. As equipes poderão contar ainda com a participação de orientadores de instituições de ensino superior ou de outras entidades do setor público ou privado. A afiliação da feira ao CIÊNCIA VIVA e a inscrição das equipes deverá obedecer as datas estabelecidas no cronograma constante no anexo II. Os trabalhos inscritos por meio das feiras afiliadas não passarão pela pré-seleção e estão automaticamente classificados para apresentação no CIÊNCIA VIVA. INSCRIÇÃO POR PROJETO Os projetos não selecionados em feiras de ciências afiliadas podem participar do CIÊNCIA VIVA. Para participar do evento, a equipe deverá submeter o projeto de trabalho científico, indicando o grupo e a categoria

4 em que o projeto se enquadra, além do fato do tema do trabalho ser associado ao tema da SNCT: Luz, ciência e vida, e portanto apto a concorrer também no grupo especial. Cada projeto deverá ser elaborado por uma equipe de até 03 (três) estudantes, sob a orientação de um professor da escola, ou um adulto responsável, sendo que cada equipe poderá participar de apenas uma categoria. As equipes poderão contar ainda com a participação de orientadores de instituições de ensino superior ou de outras entidades do setor público ou privado. A inscrição das equipes deverá obedecer as datas estabelecidas no cronograma constante no anexo II. Os trabalhos inscritos sem serem selecionados por feiras de ciência afiliadas passarão por uma pré-seleção. SUBMISSÃO DOS TRABALHOS Os projetos, tanto os inscritos por feira de ciência afiliada ao CIÊNCIA VIVA, quanto os inscritos por projeto, deverão ser encaminhados em texto elaborado em um arquivo digital formato.doc ou.docx, por meio eletrônico, em link apropriado disponível no site do Museu DICA ( O texto deverá ter entre 3 e 7 páginas. Os projetos que forem inscritos sem serem sido indicados por feiras afiliadas, serão avaliados por uma comissão julgadora constituída por

5 professores do meio acadêmico, seguindo os critérios apresentado no Anexo I. O texto enviado no momento da inscrição subsidiará a pré-seleção e a avaliação dos projetos. Sugere-se que o texto a ser enviado contenha: a) Título. b) Autores, separados em estudantes e orientadores. c) Escola dos participantes e de contato. d) Resumo do trabalho contendo entre 100 e 200 palavras. e) Subtema em que o trabalho se enquadra. f) Introdução. g) Metodologia utilizada. h) Resultados obtidos. i) Discussão dos resultados. j) Conclusão. k) Bibliografia utilizando as normas ABNT. O texto enviado será utilizado para a publicação no livro de anais do evento, que será distribuído nas escolas e entidades educacionais da região, colaboradores do evento e os participantes. Os textos dos projetos selecionados para apresentação, que necessitarem de ajustes, de acordo com apontamentos feitos pela comissão avaliadora, terão um período disponível para essa finalidade, o qual será comunicado no momento do aceite.

6 PRÉ-SELEÇÃO DOS TRABALHOS PARA EXPOSIÇÃO A pré-seleção tem objetivo de adequar os textos submetidos para a publicação nos anais do evento e adequar a quantidade de projetos para apresentação no CIÊNCIA VIVA ao espaço físico disponível. Os critérios utilizados para a pré-seleção dos trabalhos são os mesmos utilizados no julgamento dos trabalhos durante a exposição. O anexo I possui uma tabela com os critérios e a pontuação máxima admitida. A pré-seleção será efetuada com base nos documentos submetidos no momento da inscrição. Os projetos serão classificados por ordem decrescente de nota e por grupo escolhido, sendo selecionados, para expor no evento principal, os trabalhos melhores classificados, até o limite que o espaço físico suportar, sendo este total disponibilizado oportunamente. Os trabalhos inscritos por meio das feiras afiliadas não passarão pela pré-seleção e estão automaticamente classificados para apresentação no CIÊNCIA VIVA. APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS SELECIONADOS Cada trabalho aceito na pré-seleção ou indicado por feira afiliada para participação no CIÊNCIA VIVA, disporá de um stand particular para a sua montagem, divisórias, uma tomada de energia elétrica (220V), três cadeiras ou bancos.

7 Qualquer material adicional, necessário à montagem do stand e do respectivo trabalho, deverá ser providenciado pela equipe participante. Isso inclui extensão, fita adesiva, etc. Os stands estarão disponíveis para montagem dos respectivos trabalhos, sob a responsabilidade dos seus próprios coordenadores a partir das 8h do dia 05/11/2015. A não montagem do trabalho acarretará na desclassificação sumária do respectivo trabalho e a desocupação do stand. As montagens que dependerem da utilização de energia elétrica deverão considerar a tensão 220 V, a fim de evitar danos às lâmpadas, tomadas, transformadores, aparelhos elétricos e outros equipamentos. Não serão fornecidos, pela comissão organizadora, transformadores, extensões, etc. Os trabalhos serão avaliados pelos critérios constantes no ANEXO I, sendo que o grupo fará a apresentação para pelo menos 02 avaliadores. Cada escola será responsável pelo comportamento, acompanhamento e segurança dos alunos e demais participantes dos stands e dos trabalhos. A Comissão Organizadora, soberanamente e em qualquer momento, poderá desclassificar trabalhos que, ao seu critério, não se enquadrem aos objetivos da exposição, inclusive nos aspectos ético, estético e moral.

8 JULGAMENTO E PREMIAÇÃO Todos os estudantes e professores orientadores participantes receberão certificados de participação que poderão ser impressos a partir do site da Pró-Reitoria de Extensão/UFU ( Todos os estudantes receberão medalhas de participação. Os trabalhos serão avaliados por uma comissão julgadora e receberão notas de pelo menos dois avaliadores diferentes, para cada um dos critérios estabelecidos e constantes no ANEXO I. Após a avaliação os trabalhos serão classificados em ordem crescente do total das notas atribuídas, sendo que os melhores classificados por grupo de subtemas e por categoria fará jus a premiação de acordo com a tabela abaixo. Categoria A Ensino fundamental 1 e EJA (2º ao 5º ano) Categoria B Ensino fundamental 2 e EJA (6º ao 9º ano) Categoria C Ensino Médio, tecnológico e EJA (1º ao 3º ano) 1º, 2º e 3º lugares independente do grupo escolhido. 1º, 2º e 3º lugares para os trabalhos do grupo 1 1º, 2º e 3º lugares para os trabalhos do grupo 2 1º, 2º e 3º lugares para os trabalhos do grupo 3 1º, 2º e 3º lugares para os trabalhos do grupo 4 1º, 2º e 3º lugares para os trabalhos do grupo 1 1º, 2º e 3º lugares para os trabalhos do grupo 2 1º, 2º e 3º lugares para os trabalhos do grupo 3 1º, 2º e 3º lugares para os trabalhos do grupo 4

9 Independente da categoria 1º, 2º e 3º lugares para os trabalhos do grupo especial Os estudantes participantes dos grupos dos trabalhos premiados receberão certificados da classificação, além de um troféu para a escola. O trabalho melhor classificado, independente do grupo escolhido, e elaborado por estudantes que cursam séries do 9º ano do ensino fundamental até o 3º ano do Ensino Médio, receberá ajuda de custo para participação em uma feira de ciência de âmbito nacional, na forma de diárias e passagens. A ajuda será limitada no máximo em R$ 3.000,00. As passagens serão adquiridas observando a melhor relação custobenefício, podendo ser por via terrestre ou via aérea. A ajuda de custo está vinculada ao aceite do trabalho pela feira de ciência escolhida, sendo sugerida a FEBRACE, onde o CIÊNCIA VIVA é uma feira afiliada. O processo de inscrição do trabalho e de adequação do mesmo ao regulamento da feira que irá participar é de responsabilidade da equipe, sendo que a organização da Ciência Viva fica a disposição para auxílios necessários, caso solicitado. Os estudantes dos trabalhos melhores classificados também receberão bolsas de Iniciação Científica Júnior, do CNPq, devendo os mesmos, dentro de prazo hábil apresentar os documentos que serão solicitados. Somente farão jus as bolsas estudantes de escola pública e

10 que estejam cursando do 8º ano do ensino fundamental ao 2º ano do Ensino Médio (Regra do CNPq). CASOS OMISSOS Os casos omissos a este regulamento serão avaliados e decididos pela comissão organizadora.

11 ANEXO I CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Item de avaliação Texto submetido no momento da inscrição Criatividade e caráter de inovador da proposta Trabalho em equipe (cooperação e interação dos integrantes da equipe) Apresentação e domínio do conteúdo e diário Pontuação de bordo 1 Metodologia utilizada e viabilidade ênfase para o uso de metodologia científica. Profundidade e abrangência no desenvolvimento do tema Interdisciplinaridade na abordagem do tema e Articulação do tema com o cotidiano Referências bibliográficas utilizadas Baners, protótipos e organização do stand ANEXO II CRONOGRAMA Atividade Divulgação da XIX Ciência Viva às escolas Data ou Período A partir de abril de 1 O diário de bordo corresponde a um caderno, ou qualquer outro dispositivo, que relata e registra as etapas realizadas no desenvolvimento do projeto. Este registro deve ser detalhado e preciso, indicando datas e locais de todos os fatos, passos, descobertas e indagações, investigações, entrevistas, testes, resultados e respectivas análises. Como o próprio nome diz, este é um Diário que será preenchido ao longo de todo o trabalho, trazendo as anotações, rascunhos, e qualquer ideia que possa ter surgido no decorrer do desenvolvimento do projeto. O Diário não precisa ser realizado no computador, e as anotações podem ser feitas em um caderno de capa dura. O Diário de Bordo deve ser apresentado durante a Feira.

12 2015 Início da Assessoria pelo Museu Dica Abril de 2015 A partir da Curso dirigido aos professores: Confecção de segunda semana Projeto para o CIÊNCIA VIVA de maio (parte do curso será online) 01 junho a 30 de Período de afiliação das feiras a Ciência Viva setembro Data final para a realização das feiras afiliadas e 30 setembro Inscrição dos Projetos 01 a 30 de Inscrição dos Projetos setembro Análise dos Projetos (pré-seleção) Outubro de 2015 Resultado dos Projetos na pré-seleção Até 20 de outubro Correção dos textos para elaboração do livro de Até 30 de Outubro anais 12 e 13 de Realização da XIX Ciência Viva Novembro Premiação dos trabalhos vencedores 13 de Novembro (*) Os minicursos ficarão disponibilizados no site CONTATOS: Museu Dica: / Telefone: (34)

XIX Ciência Viva. Tema: Ciência, tecnologia e desenvolvimento social. 06 e 07 de Novembro de 2014

XIX Ciência Viva. Tema: Ciência, tecnologia e desenvolvimento social. 06 e 07 de Novembro de 2014 XIX Ciência Viva Tema: Ciência, tecnologia e desenvolvimento social 06 e 07 de Novembro de 2014 A CIÊNCIA VIVA A Ciência Viva é uma exposição anual aberta ao público, em que estudantes da educação básica

Leia mais

REGULAMENTO EXPOTEC 2015

REGULAMENTO EXPOTEC 2015 REGULAMENTO EXPOTEC 2015 A Exposição de Tecnologia de Ciência de Camaragibe EXPOTEC se caracteriza como a exposição de ciências do Município de Camaragibe/PE que tem como principal objetivo fomentar o

Leia mais

1.2.1. O Concurso é aberto a todos os participantes inscritos no Congresso Eventos Brasil, sem limite de idade.

1.2.1. O Concurso é aberto a todos os participantes inscritos no Congresso Eventos Brasil, sem limite de idade. CONCURSO DE FOTOGRAFIA REGULAMENTO Tema do Concurso: A Vida é um Evento 1. O CONCURSO 1.1. DA REALIZAÇÃO 1.1.1 O Concurso de Fotografias da ABEOC Brasil tem caráter exclusivamente cultural, sem qualquer

Leia mais

IV TALENTO CIENTÍFICO JOVEM João Pessoa/2015 REGULAMENTO IV TALENTO CIENTÍFICO JOVEM DATA: 15 A 18 DE SETEMBRO DE 2015 LOCAL: HALL DA REITORIA DA UFPB

IV TALENTO CIENTÍFICO JOVEM João Pessoa/2015 REGULAMENTO IV TALENTO CIENTÍFICO JOVEM DATA: 15 A 18 DE SETEMBRO DE 2015 LOCAL: HALL DA REITORIA DA UFPB REGULAMENTO IV TALENTO CIENTÍFICO JOVEM DATA: 15 A 18 DE SETEMBRO DE 2015 LOCAL: HALL DA REITORIA DA UFPB O IV TALENTO CIENTÍFICO JOVEM consiste na apresentação de trabalhos científicos, orientados por

Leia mais

REGULAMENTO. 10º Prêmio de Responsabilidade Social

REGULAMENTO. 10º Prêmio de Responsabilidade Social REGULAMENTO 10º Prêmio de Responsabilidade Social I DA INSTITUIÇÃO DA PREMIAÇÃO II DAS CATEGORIAS III DAS INSCRIÇÕES IV DOS PROJETOS V DO JULGAMENTO VI DAS DATAS VII DA COORDENAÇÃO I DA INSTITUIÇÃO DA

Leia mais

MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E RESPONSABILIDADE SOCIAL/ORGANIZAÇÃO DO TERCEIRO SETOR

MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E RESPONSABILIDADE SOCIAL/ORGANIZAÇÃO DO TERCEIRO SETOR PRÊMIO SER HUMANO OSWALDO CHECCIA 2013 MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E RESPONSABILIDADE SOCIAL/ORGANIZAÇÃO DO TERCEIRO SETOR A. OBJETIVO A modalidade Desenvolvimento Sustentável e Responsabilidade

Leia mais

PRÊMIO SER HUMANO ABRH/MA REGULAMENTO 2016 MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E RESPONSABILIDADE SOCIAL / EMPRESA CIDADÃ

PRÊMIO SER HUMANO ABRH/MA REGULAMENTO 2016 MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E RESPONSABILIDADE SOCIAL / EMPRESA CIDADÃ Página 1 A. OBJETIVO A.1. O Prêmio Ser Humano ABRH/MA - Modalidade Desenvolvimento Sustentável e Responsabilidade Social / Empresa Cidadã tem o objetivo de certificar projetos, a seguir denominados de

Leia mais

A2. A modalidade Gestão de Pessoas / Acadêmica está dividida nas seguintes categorias:

A2. A modalidade Gestão de Pessoas / Acadêmica está dividida nas seguintes categorias: PRÊMIO SER HUMANO PAULO FREIRE 2015 MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS / ACADÊMICA A. OBJETIVO A1. O Prêmio Ser Humano Paulo Freire Modalidade Gestão de Pessoas / Acadêmica premia trabalhos de caráter técnico

Leia mais

Regulamento Prêmio CNT de Jornalismo 2010

Regulamento Prêmio CNT de Jornalismo 2010 Regulamento Prêmio CNT de Jornalismo 2010 1. Objetivo 1.1. O Prêmio CNT de Jornalismo tem como objetivos estimular, divulgar e prestigiar trabalhos jornalísticos sobre o transporte. Com a finalidade de

Leia mais

10º FÓRUM INTERNACIONAL DE TURISMO DO IGUASSU. FOZ DO IGUAÇU-PR 15 A 17 DE JUNHO DE 2016 Tema: TURISMO E OS MEGAEVENTOS

10º FÓRUM INTERNACIONAL DE TURISMO DO IGUASSU. FOZ DO IGUAÇU-PR 15 A 17 DE JUNHO DE 2016 Tema: TURISMO E OS MEGAEVENTOS FOZ DO IGUAÇU-PR 15 A 17 DE JUNHO DE 2016 Tema: TURISMO E OS MEGAEVENTOS EDITAL PARA SUBMISSÃO DE TRABALHO Objeto: O presente edital versa sobre os critérios de submissão de trabalho para o 10º Fórum Internacional

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO DE REDAÇÃO LEO CLUBE, ESCOLA DE LÍDERES

REGULAMENTO DO CONCURSO DE REDAÇÃO LEO CLUBE, ESCOLA DE LÍDERES REGULAMENTO DO CONCURSO DE REDAÇÃO LEO CLUBE, ESCOLA DE LÍDERES 1 DO CONCURSO O Concurso de Redação do LEO Clube São João da Urtiga, com o tema LEO Clube, Escola de Líderes, obedecerá ao presente regulamento.

Leia mais

EDITAL 01/2015.2 DE CONCURSO. IV Workshop da Escola de Engenharia e Ciências Exatas UnP Campus Mossoró

EDITAL 01/2015.2 DE CONCURSO. IV Workshop da Escola de Engenharia e Ciências Exatas UnP Campus Mossoró EDITAL 01/2015.2 DE CONCURSO CONCURSO DE IDEIAS InovAÇÃO: Concurso Fachada da UnP do Campus Mossoró IV Workshop da Escola de Engenharia e Ciências Exatas UnP Campus Mossoró 1. APRESENTAÇÃO A Universidade

Leia mais

REGULAMENTO II Concurso de Redação do Jogue Limpo

REGULAMENTO II Concurso de Redação do Jogue Limpo REGULAMENTO II Concurso de Redação do Jogue Limpo DO OBJETIVO Geral Estimular a reflexão sobre o exercício da cidadania em crianças e jovens, oriundos de escolas públicas dos lugares discriminados no item

Leia mais

VIII BioCiências Mostra de Projetos Experimentais de Itumbiara-GO

VIII BioCiências Mostra de Projetos Experimentais de Itumbiara-GO VIII BioCiências: Mostra de Projetos Experimentais de Itumbiara-GO Chamada MCTI/CNPq/MEC/CAPES/SEB N º 25/2011 - apoio à realização de Feiras de Ciências e Mostras Científicas 1 Caracterização da Proposta

Leia mais

CONCURSO DE FOTOGRAFIA

CONCURSO DE FOTOGRAFIA CONCURSO DE FOTOGRAFIA REGULAMENTO Tema do Concurso: A ÁGUA. E VOCÊ? 1. O CONCURSO 1.1. DA REALIZAÇÃO 1.1.1 O Concurso Nacional de Fotografia do XXI Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos é promovido

Leia mais

III CONCURSO DE FOTOGRAFIA FAE

III CONCURSO DE FOTOGRAFIA FAE III CONCURSO DE FOTOGRAFIA FAE REGULAMENTO Um olhar para o futuro I PROMOÇÃO E REALIZAÇÃO A. O Concurso de Fotografia da FAE é uma iniciativa promovida pela Coordenação do Núcleo Cultural do Programa de

Leia mais

REGULAMENTO DA 3ª FECITEJ FEIRA DE CIÊNCIA, INOVAÇÃO E TECNOLOGIA DE JOINVILLE

REGULAMENTO DA 3ª FECITEJ FEIRA DE CIÊNCIA, INOVAÇÃO E TECNOLOGIA DE JOINVILLE REGULAMENTO DA 3ª FECITEJ FEIRA DE CIÊNCIA, INOVAÇÃO E TECNOLOGIA DE JOINVILLE A Secretaria Municipal de Educação de Joinville tem por objetivo realizar a 3ª Feira de Ciência, Inovação e Tecnologia de

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Câmpus Londrina Departamento de Engenharia de Materiais

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Câmpus Londrina Departamento de Engenharia de Materiais Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Câmpus Londrina Departamento de Engenharia de Materiais Londrina, quarta-feira, 02 de Setembro de 2015 Regulamento do Concurso para Criação

Leia mais

O reconhecimento de um trabalho bem realizado Melhoria na empregabilidade. Ter seu nome mencionado na mídia

O reconhecimento de um trabalho bem realizado Melhoria na empregabilidade. Ter seu nome mencionado na mídia MODALIDADE: Gestão de Pessoas CATEGORIA: Acadêmica Objetivo: O PRÊMIO SER HUMANO LUIZ HAMILTON BERTON, categoria Acadêmica, objetiva premiar os trabalhos de natureza científica, referente a qualquer área

Leia mais

REGULAMENTO CATEGORIA MICRO, PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS

REGULAMENTO CATEGORIA MICRO, PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS REGULAMENTO CATEGORIA MICRO, PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS apoio: organização: CATEGORIA MICRO, PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS PRÊMIO NACIONAL DE CONSERVAÇÃO E USO RACIONAL DE ENERGIA EDIÇÃO 2009 1 O PRÊMIO Instituído

Leia mais

REGULAMENTO GERAL 5º Edição do Prêmio CISER de Inovação Tecnológica

REGULAMENTO GERAL 5º Edição do Prêmio CISER de Inovação Tecnológica REGULAMENTO GERAL 5º Edição do Prêmio CISER de Inovação Tecnológica 1. O PRÊMIO O Prêmio CISER de Inovação Tecnológica, doravante denominado PRÊMIO, promovido pela Cia. Industrial H. Carlos Schneider (CISER),

Leia mais

III PRÊMIO DE INOVAÇÃO CIENTÍFICA DE VOLTA REDONDA INOVA VR 2012. EDITAL 2012

III PRÊMIO DE INOVAÇÃO CIENTÍFICA DE VOLTA REDONDA INOVA VR 2012. EDITAL 2012 III PRÊMIO DE INOVAÇÃO CIENTÍFICA DE VOLTA REDONDA INOVA VR 2012. EDITAL 2012 O Município de Volta Redonda, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo da Prefeitura Municipal de Volta

Leia mais

PRÊMIO DE JORNALISMO LUÍS CRUZ DE VASCONCELOS

PRÊMIO DE JORNALISMO LUÍS CRUZ DE VASCONCELOS PRÊMIO DE JORNALISMO LUÍS CRUZ DE VASCONCELOS A Ordem dos Advogados do Brasil, Seção Ceará (OAB-CE), lança o Prêmio de Jornalismo Luís Cruz de Vasconcelos, que tem o objetivo de estimular a publicação

Leia mais

EDITAL Nº 001/2014 SEMANA NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA

EDITAL Nº 001/2014 SEMANA NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA PUBLICADO NO DIÁRIO OFICIAL DE 13, 14 E 15 DE SETEMBRO DE 2014 SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE NITERÓI EDITAL Nº 001/2014 SEMANA NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA 1 DA FINALIDADE

Leia mais

Art. 4º. As inscrições serão realizadas no hot site do Prêmio de Monografia no período de 02 de maio a 31 de maio de 2016.

Art. 4º. As inscrições serão realizadas no hot site do Prêmio de Monografia no período de 02 de maio a 31 de maio de 2016. EDITAL 18 PRÊMIO DE MONOGRAFIA DA UNIT Art. 1º. A Universidade Tiradentes UNIT, com o propósito de estimular a produção científica dos seus discentes, institui o PRÊMIO DE MONOGRAFIA DA UNIT 18ª Edição.

Leia mais

III Feira Multidisciplinar e I Mostra Científica da UnC REGULAMENTO

III Feira Multidisciplinar e I Mostra Científica da UnC REGULAMENTO Secretaria do Estado da Educação de Santa Catarina Secretaria de Estado do Desenvolvimento Regional SDR - Concórdia SC Universidade do Contestado Campus Concórdia III Feira Multidisciplinar e I Mostra

Leia mais

REGULAMENTO PRÊMIO BRASIL-ALEMANHA DE INOVAÇÃO

REGULAMENTO PRÊMIO BRASIL-ALEMANHA DE INOVAÇÃO REGULAMENTO PRÊMIO BRASIL-ALEMANHA DE INOVAÇÃO 1. OBJETIVO 1.1 O Prêmio Brasil-Alemanha de Inovação, organizado pela Câmara de Comércio e Indústria Brasil Alemanha (AHK), tem por objetivo identificar e

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO I INTRODUÇÃO

REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO I INTRODUÇÃO REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO I INTRODUÇÃO O estágio curricular do curso de Administração é uma atividade obrigatória, em consonância com as Diretrizes Curriculares Nacionais

Leia mais

III FEIRA ESTADUAL DE CIÊNCIAS DA NATUREZA DO ACRE E III MOSTRA CIENTÍFICA DE CIÊNCIAS DA AMAZÔNIA OCIDENTAL

III FEIRA ESTADUAL DE CIÊNCIAS DA NATUREZA DO ACRE E III MOSTRA CIENTÍFICA DE CIÊNCIAS DA AMAZÔNIA OCIDENTAL III FEIRA ESTADUAL DE CIÊNCIAS DA NATUREZA DO ACRE E III MOSTRA CIENTÍFICA DE CIÊNCIAS DA AMAZÔNIA OCIDENTAL Dias 6 e 7 de Novembro de 2013 Realização e apoio: facebook: https://www.facebook.com/fecinac

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA I INTRODUÇÃO

REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA I INTRODUÇÃO REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA I INTRODUÇÃO O estágio curricular do curso de Engenharia Mecânica é uma atividade obrigatória, em consonância com as Diretrizes Curriculares

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, PESQUISA E INOVAÇÃO (PROEPI) EDITAL Nº 22/2012

PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, PESQUISA E INOVAÇÃO (PROEPI) EDITAL Nº 22/2012 PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, PESQUISA E INOVAÇÃO (PROEPI) EDITAL Nº 22/2012 A Pró-Reitoria de Extensão, Pesquisa e Inovação (PROEPI) do Instituto Federal do Paraná, por meio da Diretoria de Pesquisa (DIPE)

Leia mais

Novas Formas de Aprender e Empreender

Novas Formas de Aprender e Empreender Novas Formas de Aprender e Empreender DÚVIDAS FREQUENTES 1. Sobre o Prêmio Instituto Claro, Novas Formas de Aprender e Empreender 1.1. O que é o Prêmio? O Prêmio Instituto Claro Novas Formas de Aprender

Leia mais

REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA

REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA 7ª Edição da Feira do Inventor / Criador Angolano 2ª Edição da Feira de Ciência e Tecnologia 2ª Edição da Feira Internacional de Ideias Invenções

Leia mais

PROF. FILINTO BASTOS

PROF. FILINTO BASTOS CONCURSO DE ARTIGOS PROF. FILINTO BASTOS EDITAL I. DISPOSIÇÕES GERAIS 1. O Concurso de Artigos Prof. Filinto Bastos, promovido pela equipe de monitoria da Unidade Damásio Educacional de Feira de Santana,

Leia mais

2º PRÊMIO ITAÚ DE FINANÇAS SUSTENTÁVEIS REGULAMENTO 2010

2º PRÊMIO ITAÚ DE FINANÇAS SUSTENTÁVEIS REGULAMENTO 2010 2ºPRÊMIOITAÚDEFINANÇASSUSTENTÁVEIS REGULAMENTO2010 1. OPRÊMIOITAÚDEFINANÇASSUSTENTÁVEIS 1.1. O PRÊMIO ITAÚ DE FINANÇAS SUSTENTÁVEIS, designado neste Regulamento PRÊMIO ITAÚ,emsuasegundaedição,éumainiciativadoItaúUnibancoS.A.(

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA CAMPUS PICUÍ

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA CAMPUS PICUÍ MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA CAMPUS PICUÍ Regulamento do concurso de logomarca da IV Feira de

Leia mais

FEIRA CULTURAL 2013 TEMA: CIÊNCIA, SAÚDE E ESPORTE.

FEIRA CULTURAL 2013 TEMA: CIÊNCIA, SAÚDE E ESPORTE. COLÉGIO TIRADENTES DA PMMG PASSOS FEIRA CULTURAL 2013 TEMA: CIÊNCIA, SAÚDE E ESPORTE. I-JUSTIFICATIVA: Com a realização dos grandes eventos esportivos mundiais no Brasil como a - Copa das Confederações

Leia mais

Feira Ciências da Educação Básica do Vale do. Mucuri

Feira Ciências da Educação Básica do Vale do. Mucuri I Feira Ciências da Educação Básica do Vale do Mucuri SUPERI TE DÊ CIA DE E SI O DO ESTADO DE MI AS GERAIS REGIO AL TEÓFILO OTO I SECRETARIA MUNICIPAL DE TEÓFILO OTONI PREFEITURA MU ICIPAL DE TEÓFILO OTO

Leia mais

A Diretoria da SBS e o Comitê Organizador convidam todos a enviar suas colaborações.

A Diretoria da SBS e o Comitê Organizador convidam todos a enviar suas colaborações. Regras Gerais CHAMADA PARA APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS É com satisfação que comunicamos a abertura para inscrições de propostas e resumos para GTs, mesas redondas e Sociólogos do Futuro no XVII Congresso

Leia mais

CONCURSO: AS MELHORES PRÁTICAS DE ESTÁGIO NA PMSP.

CONCURSO: AS MELHORES PRÁTICAS DE ESTÁGIO NA PMSP. CONCURSO: AS MELHORES PRÁTICAS DE ESTÁGIO NA PMSP. A Prefeitura do Município de São Paulo - PMSP, por meio da Secretaria Municipal de Gestão - SMG, mantém o Sistema Municipal de Estágios, que é coordenado

Leia mais

REGULAMENTO DO PRÊMIO MELHORES PRÁTICAS DE ESTÁGIO 11ª EDIÇÃO

REGULAMENTO DO PRÊMIO MELHORES PRÁTICAS DE ESTÁGIO 11ª EDIÇÃO REGULAMENTO DO PRÊMIO MELHORES PRÁTICAS DE ESTÁGIO 11ª EDIÇÃO 1. O Prêmio 1.1. O Prêmio Melhores Práticas de Estágio, iniciativa do Fórum de Estágio da Bahia, de periodicidade anual, é destinado a identificar

Leia mais

PRÊMIO WILMAR ALVES DE JORNALISMO EM DIREITOS HUMANOS. Regulamento

PRÊMIO WILMAR ALVES DE JORNALISMO EM DIREITOS HUMANOS. Regulamento Universidade Federal de Goiás Faculdade de Informação e Comunicação Curso de Jornalismo PRÊMIO WILMAR ALVES DE JORNALISMO EM DIREITOS HUMANOS Regulamento 1. DOS OBJETIVOS DO PRÊMIO O Prêmio WIlmar Alves

Leia mais

I CONGRESSO GOIANO DE ESCOLAS MÉDICAS (I CEsMed GO) EDITAL DE TEMAS LIVRES

I CONGRESSO GOIANO DE ESCOLAS MÉDICAS (I CEsMed GO) EDITAL DE TEMAS LIVRES I CONGRESSO GOIANO DE ESCOLAS MÉDICAS (I CEsMed GO) EDITAL DE TEMAS LIVRES 1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Poderão ser inscritos no I Congresso Goiano de Escolas Médicas (CEsMed), a ser realizado entre os dias

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA A INSTITUCIONALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES DE EXTENSÃO

ORIENTAÇÕES PARA A INSTITUCIONALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES DE EXTENSÃO ORIENTAÇÕES PARA A INSTITUCIONALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES DE EXTENSÃO CURSOS DE EXTENSÃO: Caracterizados como um conjunto articulado de ações pedagógicas, de caráter teórico e/ou prático, presencial ou à distância,

Leia mais

NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA A REALIZAÇÃO DA ATIVIDADE COMPLEMENTAR DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO

NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA A REALIZAÇÃO DA ATIVIDADE COMPLEMENTAR DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA A REALIZAÇÃO DA ATIVIDADE COMPLEMENTAR DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO 1. DA DEFINIÇÃO a) O Trabalho de Graduação (TG) compreende o estudo de um problema em profundidade, requerendo

Leia mais

XV FEIRA DE CIÊNCIAS DE MAFRA FECIMAR VI FEIRA REGIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA (25 SDR) Etapa Classificatória REGULAMENTO

XV FEIRA DE CIÊNCIAS DE MAFRA FECIMAR VI FEIRA REGIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA (25 SDR) Etapa Classificatória REGULAMENTO 5ª. MOCISC 5ª. MOSTRA CIENTÍFICA DA REGIÃO DO CONTESTADO DE SANTA CATARINA XV FEIRA DE CIÊNCIAS DE MAFRA FECIMAR VI FEIRA REGIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA (25 SDR) Etapa Classificatória REGULAMENTO A Universidade

Leia mais

Projeto O COEP e a Escola Caminhando Juntos na Construção da Cidadania FESTIVAL DE MÚSICA - 2013 REGULAMENTO

Projeto O COEP e a Escola Caminhando Juntos na Construção da Cidadania FESTIVAL DE MÚSICA - 2013 REGULAMENTO Comitê de Entidades no Combate à Fome e pela Vida Projeto O COEP e a Escola Caminhando Juntos na Construção da Cidadania FESTIVAL DE MÚSICA - 2013 REGULAMENTO www.coepbrasil.org.br selda.silva@caixa.gov.br

Leia mais

Manual do Trabalho de Conclusão de Curso

Manual do Trabalho de Conclusão de Curso UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA SETOR DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS E DE TECNOLOGIA Departamento de Informática Curso de Engenharia de Computação/Bacharelado em Informática Coordenadoria do Trabalho de Conclusão

Leia mais

REGRAS PARA SUBMISSÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS Sugerimos ler atentamente as regras para submissão de trabalhos científicos.

REGRAS PARA SUBMISSÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS Sugerimos ler atentamente as regras para submissão de trabalhos científicos. REGRAS PARA SUBMISSÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS Sugerimos ler atentamente as regras para submissão de trabalhos científicos. APRESENTAÇÃO APRESENTAÇÃO O X Congresso Brasileiro de Farmácia Hospitalar, realizado

Leia mais

7 o Prêmio Jovem Jornalista

7 o Prêmio Jovem Jornalista 7 o Prêmio Jovem Jornalista Fernando Pacheco Jordão Regulamento 2015 1. Sobre o Prêmio 1.1 O Prêmio Jovem Jornalista Fernando Pacheco Jordão tem por objetivo incentivar jovens estudantes de Jornalismo

Leia mais

DESAFIO SOFTWARE INOVADOR SISTEMAS DE INFORMAÇÃO UNIFEB 2012. O Desafio Software Inovador do Curso de Sistemas de Informação - UNIFEB:

DESAFIO SOFTWARE INOVADOR SISTEMAS DE INFORMAÇÃO UNIFEB 2012. O Desafio Software Inovador do Curso de Sistemas de Informação - UNIFEB: DESAFIO SOFTWARE INOVADOR SISTEMAS DE INFORMAÇÃO UNIFEB 2012 REGULAMENTO 1. Apresentação O Desafio Software Inovador do Curso de Sistemas de Informação - UNIFEB: É uma atividade científica promovida pelo

Leia mais

www.fundep.br/programacaptar, juntamente com este regulamento.

www.fundep.br/programacaptar, juntamente com este regulamento. PROGRAMA DE CAPTAÇÃO DE RECURSOS FUNDEP REGULAMENTO PARA CADASTRAMENTO DE PROJETOS UFMG A Fundep//Gerência de Articulação de Parcerias convida a comunidade acadêmica da UFMG a cadastrar propostas de acordo

Leia mais

PRÊMIO EXCELÊNCIA ACADÊMICA REGULAMENTO

PRÊMIO EXCELÊNCIA ACADÊMICA REGULAMENTO PRÊMIO EXCELÊNCIA ACADÊMICA REGULAMENTO 1. GERAL O Prêmio Excelência Acadêmica é conferido anualmente à melhor Monografia ou Trabalho de Conclusão de Curso, doravante denominada simplesmente TCC, produzido

Leia mais

8º CONCURSO ESTADUAL DE PLANOS DE NEGÓCIO PARA UNIVERSITÁRIOS 2015 REALIZAÇÃO: SEBRAE/SC REGULAMENTO

8º CONCURSO ESTADUAL DE PLANOS DE NEGÓCIO PARA UNIVERSITÁRIOS 2015 REALIZAÇÃO: SEBRAE/SC REGULAMENTO 8º CONCURSO ESTADUAL DE PLANOS DE NEGÓCIO PARA UNIVERSITÁRIOS 2015 REALIZAÇÃO: SEBRAE/SC REGULAMENTO CAPÍTULO 1 DOS OBJETIVOS Art. 1º O Concurso Estadual de Planos de Negócio para Universitários é uma

Leia mais

PORTARIA MMA Nº 202, DE 07 DE JUNHO DE 2013

PORTARIA MMA Nº 202, DE 07 DE JUNHO DE 2013 PORTARIA MMA Nº 202, DE 07 DE JUNHO DE 2013 A MINISTRA DE ESTADO DO MEIO AMBIENTE, no uso de suas atribuições, e tendo em vista o disposto na Lei nº 10.683, de 28 de maio de 2003, Decreto nº 6.101, de

Leia mais

EDITAL Abertura de Processo Seletivo

EDITAL Abertura de Processo Seletivo EDITAL Abertura de Processo Seletivo Projeto de Iniciação Científica das Faculdades Integradas Campo-grandenses (FIC) Dispõe sobre as normas para o processo de chamada de propostas de projetos de iniciação

Leia mais

Secretaria do Estado da Educação de Santa Catarina Secretaria de Estado do Desenvolvimento Regional SDR- Seara-SC

Secretaria do Estado da Educação de Santa Catarina Secretaria de Estado do Desenvolvimento Regional SDR- Seara-SC Secretaria do Estado da Educação de Santa Catarina Secretaria de Estado do Desenvolvimento Regional SDR- Seara-SC Universidade do Contestado Campus Concórdia II Mostra Científica da UnC e V Feira Regional

Leia mais

Para diferenciar a participação das instituições educacionais, o prêmio é segmentado em dois tipos:

Para diferenciar a participação das instituições educacionais, o prêmio é segmentado em dois tipos: 1. OBJETIVOS O PNGE tem o objetivo de incentivar e valorizar práticas eficazes de gestão educacional no Brasil, destacando e reconhecendo o alto desempenho das instituições de ensino. Ele premia organizações

Leia mais

XVI SEACON COMISSAO TÉCNICA NORMAS PARA SUBMISSÃO E APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS

XVI SEACON COMISSAO TÉCNICA NORMAS PARA SUBMISSÃO E APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS XVI SEACON COMISSAO TÉCNICA NORMAS PARA SUBMISSÃO E APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS Os trabalhos serão submetidos à avaliação da Comissão Técnica e, uma vez aprovados, serão selecionados para apresentação nos

Leia mais

10º PRÊMIO IMPRENSA DE EDUCAÇÃO AO INVESTIDOR

10º PRÊMIO IMPRENSA DE EDUCAÇÃO AO INVESTIDOR 10º PRÊMIO IMPRENSA DE EDUCAÇÃO AO INVESTIDOR R E G U L A M E N T O 1. O PRÊMIO IMPRENSA DE EDUCAÇÃO AO INVESTIDOR 1.1. O PRÊMIO IMPRENSA DE EDUCAÇÃO AO INVESTIDOR é uma iniciativa do Comitê Consultivo

Leia mais

Faixa Financiamento Número de projeto Financiados A Até R$ 2.000,00 6

Faixa Financiamento Número de projeto Financiados A Até R$ 2.000,00 6 Edital n 001/2012 de seleção de projetos internos da FCS A FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE (FCS) DA Universidade Federal da Grande Dourados torna público o presente Edital e convida os pesquisadores vinculados

Leia mais

Edital Proppex n 10/2016

Edital Proppex n 10/2016 Edital Proppex n 10/2016 Bolsas de Educação BANCO SANTANDER (BRASIL) S/A CONVÊNIO DE APOIO AO PROGRAMA DE BOLSAS DE EDUCAÇÃO CHAMADA PARA PROJETOS DE ESTUDO VOLTADOS À PESQUISA DE GRUPOS DE PESQUISA DA

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E INOVAÇÃO PIBITI EDITAL N o 03/2009

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E INOVAÇÃO PIBITI EDITAL N o 03/2009 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE PRÓ-REITORIA DE PESQUISA CONSELHO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO CIENTÍFCO E TECNOLÓGICO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO

Leia mais

CONCURSO AGRINHO EDUCAÇÃO ESPECIAL

CONCURSO AGRINHO EDUCAÇÃO ESPECIAL CONCURSO AGRINHO EDUCAÇÃO ESPECIAL CONCURSO EDUCAÇÃO ESPECIAL CATEGORIA Desenho TEMA: As coisas que ligam o campo e a cidade e nosso papel para melhorar o mundo. O concurso é dirigido aos alunos com necessidades

Leia mais

1 Concurso de Design e Arquitetura Interact Mangini INTERACT SOLUÇÕES DE ESPAÇO LTDA

1 Concurso de Design e Arquitetura Interact Mangini INTERACT SOLUÇÕES DE ESPAÇO LTDA REGULAMENTO 1 Concurso de Design e Arquitetura Interact Mangini INTERACT SOLUÇÕES DE ESPAÇO LTDA 1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS 1.1. A Interact junta ao Grupo Mangini Internacional compromete-se por acompanhar

Leia mais

REGULAMENTO. I CONCURSO NACIONAL DE FOTOGRAFIA DOS CORREIOS Vá mais longe 1. OBJETIVO

REGULAMENTO. I CONCURSO NACIONAL DE FOTOGRAFIA DOS CORREIOS Vá mais longe 1. OBJETIVO REGULAMENTO 1. OBJETIVO 1.1 O I Concurso Nacional de Fotografia dos Correios tem como objetivos reunir imagens que representem a atuação dos Correios, especialmente a relação da empresa com a sociedade;

Leia mais

EDITAL N 01/2013 SELEÇÃO DE PROJETOS DE INICIAÇÃO À PESQUISA CIENTÍFICA

EDITAL N 01/2013 SELEÇÃO DE PROJETOS DE INICIAÇÃO À PESQUISA CIENTÍFICA CENTRO DE ENSINO UNIFICADO DE TERESINA CEUT FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS, SAÚDE, EXATAS E JURÍDICAS DE TERESINA COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO EDITAL N 01/2013 SELEÇÃO DE PROJETOS DE

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE NUTRIÇÃO CURRÍCULO 2 I INTRODUÇÃO

REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE NUTRIÇÃO CURRÍCULO 2 I INTRODUÇÃO REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE NUTRIÇÃO CURRÍCULO 2 I INTRODUÇÃO O estágio curricular do curso de Nutrição é uma atividade obrigatória, em consonância com as Diretrizes Curriculares Nacionais

Leia mais

REGULAMENTO DA I FEIRA DE ENSINO, EXTENSÃO, PESQUISA E INOVAÇÃO DO IFPR - ASSIS CHATEAUBRIAND

REGULAMENTO DA I FEIRA DE ENSINO, EXTENSÃO, PESQUISA E INOVAÇÃO DO IFPR - ASSIS CHATEAUBRIAND REGULAMENTO DA I FEIRA DE ENSINO, EXTENSÃO, PESQUISA E INOVAÇÃO DO IFPR - ASSIS CHATEAUBRIAND Data de realização do evento: 07 de outubro de 2015 CAPÍTULO I DA REALIZAÇÃO Art. 1 A I Feira de Ensino, Extensão,

Leia mais

PROCESSO SELETIVO N 02-2010 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL

PROCESSO SELETIVO N 02-2010 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL PROCESSO SELETIVO N 02-2010 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL A unidade nacional do Sescoop Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo, personalidade jurídica de direito privado, sem fins lucrativos,

Leia mais

Comunicado de 1-9-2010 Aos Dirigentes Regionais, Supervisores de Ensino, Diretores de Escola e Professores O Secretário de Estado da Educação,

Comunicado de 1-9-2010 Aos Dirigentes Regionais, Supervisores de Ensino, Diretores de Escola e Professores O Secretário de Estado da Educação, Comunicado de 1-9-2010 Aos Dirigentes Regionais, Supervisores de Ensino, Diretores de Escola e Professores O Secretário de Estado da Educação, considerando o Acordo de Cooperação celebrado entre o Governo

Leia mais

COMPANHIA DE ENGENHARIA DE TRÁFEGO CONCURSO Nº 01/16 8º PRÊMIO CET DE EDUCAÇÃO DE TRÂNSITO SUMÁRIO

COMPANHIA DE ENGENHARIA DE TRÁFEGO CONCURSO Nº 01/16 8º PRÊMIO CET DE EDUCAÇÃO DE TRÂNSITO SUMÁRIO COMPANHIA DE ENGENHARIA DE TRÁFEGO CONCURSO Nº 01/16 8º PRÊMIO CET DE EDUCAÇÃO DE TRÂNSITO SUMÁRIO 1. PREÂMBULO 2. CADERNO DA LICITAÇÃO 3. OBJETO 4. AS CATEGORIAS 5. INSCRIÇÕES 6. ENVIO DOS TRABALHOS 7.

Leia mais

Cadastro do currículo do Bolsista na Plataforma Lattes

Cadastro do currículo do Bolsista na Plataforma Lattes PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EDITAL 7/2016 PROBITI/FAPERGS (Conforme Normas do Programa PROBITI) A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PROPPG) da Universidade de Santa Cruz do Sul torna

Leia mais

PRÊMIO Dra. ANGEOLINA ROSSI FERREIRA CATEGORIA: TRABALHOS CIENTÍFICOS BEM VIVER 2013 HOMENAGEM AO DIA DO NUTRICIONISTA

PRÊMIO Dra. ANGEOLINA ROSSI FERREIRA CATEGORIA: TRABALHOS CIENTÍFICOS BEM VIVER 2013 HOMENAGEM AO DIA DO NUTRICIONISTA PRÊMIO Dra. ANGEOLINA ROSSI FERREIRA CATEGORIA: TRABALHOS CIENTÍFICOS BEM VIVER 2013 HOMENAGEM AO DIA DO NUTRICIONISTA APRESENTAÇÃO: O Prêmio Dra. Angeolina Rossi Categoria Trabalhos Científicos, foi criado

Leia mais

EDITAL Nº 429 de 29/07/2015

EDITAL Nº 429 de 29/07/2015 EDITAL Nº 429 de 29/07/2015 O Reitor em exercício do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo, no uso de suas atribuições legais, torna público o processo de seleção de invenções

Leia mais

NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA A REALIZAÇÃO DA ATIVIDADE COMPLEMENTAR DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO

NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA A REALIZAÇÃO DA ATIVIDADE COMPLEMENTAR DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA A REALIZAÇÃO DA ATIVIDADE COMPLEMENTAR DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO 1. DA DEFINIÇÃO a) O Trabalho de Graduação (TG) compreende o estudo de um problema em profundidade, requerendo

Leia mais

1º CONCURSO DE DESENHO E REDAÇÃO SUSTENTABILIDADE

1º CONCURSO DE DESENHO E REDAÇÃO SUSTENTABILIDADE 1º CONCURSO DE DESENHO E REDAÇÃO SUSTENTABILIDADE O Prefeito Municipal de Joinville, no uso de suas atribuições legais, por meio da Fundação Municipal do Meio Ambiente de Joinville - FUNDEMA, por ocasião

Leia mais

REGULAMENTO DA IV EDIÇÃO DO CONCURSO REGIONAL IDEIAÇORES Educação Empreendedora: O Caminho do Sucesso! Ano letivo 2013/2014

REGULAMENTO DA IV EDIÇÃO DO CONCURSO REGIONAL IDEIAÇORES Educação Empreendedora: O Caminho do Sucesso! Ano letivo 2013/2014 REGULAMENTO DA IV EDIÇÃO DO CONCURSO REGIONAL IDEIAÇORES Educação Empreendedora: O Caminho do Sucesso! Ano letivo 2013/2014 Preâmbulo O Projeto Educação Empreendedora: O Caminho do Sucesso! é uma iniciativa

Leia mais

EDITAL FAPESB 002/2013 APOIO À PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS E/OU TECNOLÓGICOS

EDITAL FAPESB 002/2013 APOIO À PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS E/OU TECNOLÓGICOS EDITAL FAPESB 002/2013 APOIO À PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS E/OU TECNOLÓGICOS A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia FAPESB, no uso das suas atribuições, torna público o presente Edital

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO DE SELEÇÃO SESC SANTA CATARINA

EDITAL DE PROCESSO DE SELEÇÃO SESC SANTA CATARINA EDITAL DE PROCESSO DE SELEÇÃO SESC SANTA CATARINA O presente documento tem como objetivo disponibilizar a divulgação oficial das condições estabelecidas pelo SESC Santa Catarina para regulamentação dos

Leia mais

Edital. 1. Introdução

Edital. 1. Introdução Edital 1. Introdução A II Mostra Científica para jovens talentos de Sorocaba com a temática Meio Ambiente e Sustentabilidade visa promover transformações junto aos estudantes do ensino fundamental e médio

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURO CULTURAL. Aventure-se no Frio

REGULAMENTO DO CONCURO CULTURAL. Aventure-se no Frio REGULAMENTO DO CONCURO CULTURAL Aventure-se no Frio 1. O concurso cultural Aventure-se no Frio, doravante denominado simplesmente CONCURSO, tem caráter exclusivamente recreativo e cultural, de acordo com

Leia mais

1º PRÊMIO DE CRIATIVIDADE E DESIGN MINIATURAS DA FATEC DE CALÇADOS FEMININOS COORDENAÇÃO DOS PROFESSORES: NOV/2011 REV. 01

1º PRÊMIO DE CRIATIVIDADE E DESIGN MINIATURAS DA FATEC DE CALÇADOS FEMININOS COORDENAÇÃO DOS PROFESSORES: NOV/2011 REV. 01 1º PRÊMIO DE CRIATIVIDADE E DESIGN MINIATURAS DA FATEC DE CALÇADOS FEMININOS COORDENAÇÃO DOS PROFESSORES: PROF. FRANCIENNE HERNANDES PROF. ESP. FLÁVIO C. VENTURA PROF. ME MARCOS BONIFÁCIO NOV/2011 REV.

Leia mais

Regulamento para o concurso para Seleção da Logomarca e Banner para a Campanha de Arrecadação do Óleo

Regulamento para o concurso para Seleção da Logomarca e Banner para a Campanha de Arrecadação do Óleo Regulamento para o concurso para Seleção da Logomarca e Banner para a Campanha de Arrecadação do Óleo 1 OBJETIVOS 2 PARTICIPAÇÃO 3 ABRANGÊNCIA 4 CONCEITO 5 APRESENTAÇÃO DO TRABALHO 6 INSCRIÇÃO 7 SELEÇÃO

Leia mais

REGULAMENTO DA 2ª FENACEB FEIRA NACIONAL DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO BÁSICA

REGULAMENTO DA 2ª FENACEB FEIRA NACIONAL DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO BÁSICA Ministério da Educação Secretaria de Educação Básica REGULAMENTO DA 2ª FENACEB FEIRA NACIONAL DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO BÁSICA I - CONCEITO, DENOMINAÇÃO, REALIZAÇÃO Art. 1º A 2ª Feira Nacional de Ciências

Leia mais

PRÊMIO DE MARKETING UNIMED "DR. NILO MARCIANO DE OLIVEIRA"

PRÊMIO DE MARKETING UNIMED DR. NILO MARCIANO DE OLIVEIRA PRÊMIO DE MARKETING UNIMED "DR. NILO MARCIANO DE OLIVEIRA" REGULAMENTO 1. O QUE É O PRÊMIO DE MARKETING UNIMED Criado em 1994, pela Unimed do Brasil, o Prêmio de Marketing Unimed "Dr. Nilo Marciano de

Leia mais

EDITAL Nº 002/2015/PROPE SELEÇÃO DE ORIENTADORES E PROJETOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

EDITAL Nº 002/2015/PROPE SELEÇÃO DE ORIENTADORES E PROJETOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA EDITAL Nº 002/2015/PROPE SELEÇÃO DE ORIENTADORES E PROJETOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA - PIBIC/FAPEMIG PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE CURSINHOS POPULARES DO IFSP EDITAL Nº 593, DE 28 DE OUTUBRO DE 2015

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE CURSINHOS POPULARES DO IFSP EDITAL Nº 593, DE 28 DE OUTUBRO DE 2015 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE CURSINHOS POPULARES DO IFSP EDITAL Nº 593, DE 28 DE OUTUBRO DE 2015 O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP), por meio de sua Pró-reitoria de

Leia mais

EDITAL PIBITI / CNPq / UFERSA 09/2015 Seleção 2015 2016

EDITAL PIBITI / CNPq / UFERSA 09/2015 Seleção 2015 2016 EDITAL PIBITI / CNPq / UFERSA 09/2015 Seleção 2015 2016 A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA), através do Núcleo de Inovação Tecnológica NIT/UFERSA,

Leia mais

EDITAL N.º 003/2014 PROEPI/IFPR PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INCENTIVO AO EMPREENDEDORISMO INOVADOR (PIBIN)

EDITAL N.º 003/2014 PROEPI/IFPR PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INCENTIVO AO EMPREENDEDORISMO INOVADOR (PIBIN) EDITAL N.º 003/2014 PROEPI/IFPR PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INCENTIVO AO EMPREENDEDORISMO INOVADOR (PIBIN) A Pró-Reitoria de Extensão, Pesquisa e Inovação do Instituto Federal do Paraná (IFPR),

Leia mais

ii) É vetada a participação de professores orientadores como membros da Comissão Julgadora.

ii) É vetada a participação de professores orientadores como membros da Comissão Julgadora. 1. Objetivo do Prêmio OAS/Escola de Engenharia - Universidade Presbiteriana Mackenzie na Engenharia Civil Edição 2013 Colaborar para a formação de novos profissionais advindos do curso de Engenharia Civil

Leia mais

Jovem Aprendiz no Colégio Objetivo Ipiranga SP (23/03/2016) Regulamento

Jovem Aprendiz no Colégio Objetivo Ipiranga SP (23/03/2016) Regulamento Jovem Aprendiz no Colégio Objetivo Ipiranga SP (23/03/2016) Regulamento 1 - Descrição Da Competição 1.1. Um evento destinado aos alunos da 1ª série do Ensino Médio, visando à importância da visão empreendedora

Leia mais

Regulamento Projeto interdisciplinar

Regulamento Projeto interdisciplinar Regulamento Projeto interdisciplinar 1 Apresentação O presente manual tem como objetivo orientar as atividades relativas à elaboração do Projeto Interdisciplinar (PI). O PI é o estudo sobre um tema específico

Leia mais

REGULAMENTO CONCURSO DE REDAÇÃO

REGULAMENTO CONCURSO DE REDAÇÃO REGULAMENTO CONCURSO DE REDAÇÃO 1 DO CONCURSO O Concurso de Redação do ESPAÇO GESTÃO TAPEJARA, com o tema Inovação e Sustentabilidade Empresarial, obedecerá ao presente regulamento. 2 DOS OBJETIVOS O Concurso

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS DA VITÓRIA DE SANTO ANTÃO - FAINTVISA NÚCLEO DE PESQUISA - NUPEQ EDITAL Nº 01/2014 PROGRAMA DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

FACULDADES INTEGRADAS DA VITÓRIA DE SANTO ANTÃO - FAINTVISA NÚCLEO DE PESQUISA - NUPEQ EDITAL Nº 01/2014 PROGRAMA DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FACULDADES INTEGRADAS DA VITÓRIA DE SANTO ANTÃO - FAINTVISA NÚCLEO DE PESQUISA - NUPEQ EDITAL Nº 01/2014 PROGRAMA DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA 1 - APRESENTAÇÃO As Faculdades Integradas da Vitória

Leia mais

REGULAMENTO DO DESAFIO INVENT A NEW FUTURE

REGULAMENTO DO DESAFIO INVENT A NEW FUTURE REGULAMENTO DO DESAFIO INVENT A NEW FUTURE 1. Descrição do desafio Invent a New Future O desafio Invent a New Future (adiante designado por "INFC") é organizado pela 3M Company e suas subsidiárias (lista

Leia mais

PROGRAMA APOIO ÀS INSTITUIÇÕES DE PESQUISA SEDIADAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

PROGRAMA APOIO ÀS INSTITUIÇÕES DE PESQUISA SEDIADAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Edital FAPERJ N. o 06/2007 PROGRAMA APOIO ÀS INSTITUIÇÕES DE PESQUISA SEDIADAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO O Governo do Estado do Rio de Janeiro, por intermédio da Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia,

Leia mais

Regulamento. 3. Objetivo do concurso

Regulamento. 3. Objetivo do concurso Regulamento 1. Proponente: Federação das Entidades Assistenciais de Campinas Fundação Odila e Lafayette Álvaro FUNDAÇÃO FEAC, entidade de direito privado de assistência social, de fins não econômicos,

Leia mais

PRÊMIO CNI DE ECONOMIA 2014 REGULAMENTO

PRÊMIO CNI DE ECONOMIA 2014 REGULAMENTO PRÊMIO CNI DE ECONOMIA 2014 REGULAMENTO APRESENTAÇÃO Artigo 1º - Idealizado e instituído pela Confederação Nacional da Indústria, o Prêmio CNI de Economia, cuja periodicidade é anual, tem por finalidade

Leia mais

REGULAMENTO DA I FEIRA DE CIÊNCIAS E MOSTRA CIENTÍFICA DE SERRA TALHADA: UM SALTO PARA A CIÊNCIA NO SERTÃO DO PAJEÚ

REGULAMENTO DA I FEIRA DE CIÊNCIAS E MOSTRA CIENTÍFICA DE SERRA TALHADA: UM SALTO PARA A CIÊNCIA NO SERTÃO DO PAJEÚ REGULAMENTO DA I FEIRA DE CIÊNCIAS E MOSTRA CIENTÍFICA DE SERRA TALHADA: UM SALTO PARA A CIÊNCIA NO SERTÃO DO PAJEÚ Poderão participar da I Feira de Ciências e Mostra Científica de Serra Talhada estudantes

Leia mais