Borgonha. Vinhos femininos na colcha de retalhos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Borgonha. Vinhos femininos na colcha de retalhos"

Transcrição

1 Borgonha Vinhos femininos na colcha de retalhos

2 Introdução Entender a Borgonha não é tarefa fácil. Sommeliers e enófilos apaixonados costumam tentar desvendar seus mistérios, mas sempre resta alguma coisa que não conseguem capturar. E talvez exatamente nisso é que esteja toda a graça do vinho dessa região. Como uma mulher, os vinhos da Borgonha são incrivelmente simples (apenas duas uvas são consideradas principais) e desesperadoramente complicados (como apenas duas uvas podem gerar vinhos com tamanhas diferenças?). A explicação é o Terroir. Em nenhum outro lugar ele se manifesta de maneira tão óbvia como na Borgonha. Dependendo do lugar onde a uva nasce, cresce e é educada, poderá adquirir determinada personalidade, que será diferente da sua vizinha de fileira ou de vinhedo. Os vinhos da Borgonha precisam ser amados. Precisam de dedicação para ser experimentados da forma correta, para não ser (comumente acontece) descritos como fraquinhos. Eles não se deixam capturar por provadores grosseiros que são incapazes de compreender que delicadeza não é sinônimo de fraqueza e só se mostram em todo o seu esplendor àqueles que querem de fato compreende-los. O esforço vale a pena, tenha certeza. Gilmara Vesolli twitter: gil_vesolli 2

3 Antes da Grande Região, A França A imagem da França é tão indissociável do vinho que as primeiras cenas que nos vem à cabeça quando o país é mencionado são a Torre Eiffel e os muitos chateaux produtores da bebida. Destino preferido dos amantes da boa gastronomia, a França exportou tendências culinárias durante décadas. Atualmente o país passa por grandes transformações. Enfrenta a crise, muda os hábitos alimentares, muda as tradicionais leis a respeito dos vinhos, aprende sobre a necessidade do turismo e de receber bem, muda seu comportamento diante do mundo. O vinho francês é o mais invejado e copiado no mundo todo. E não é por acaso. Os vinhos franceses costumam ter o porte digno da nobreza. Mas o que torna esses vinhos tão especiais? Os franceses acreditam que seja o terroir. De origem naturalmente francesa essa palavra representa um conceito, uma ideia de que cada lugar, ainda que minúsculo, produzirá um tipo específico de vinho. Isso se deve à geografia, e os franceses são fanáticos por ela. Não existe uma palavra francesa para definir enólogo. Chamamno de vigneron, plantador de uvas. Isso porque acredita-se que o terroir produz o vinho, não o enólogo. O ser humano teria pouca interferência no trabalho da natureza. Porém, contraditoriamente à essa ideia, está em andamento a ampliação da região de Champagne. 3

4 As exportações do vinho dessa região cresceram tanto que há uma enorme demanda por uma maior área de cultivo das uvas. O tamanho da região já havia sido revisto em 1927 e desde então 319 vilarejos podem produzir uvas para o famoso vinho. A nova lei prevê a inclusão de mais 40 vilas nesse montante. A explicação do Comitê Interprofissional do Vinho de Champagne (CIVC) para o súbito desinteresse pela geografia é de que hoje existem conhecimentos técnicos muito melhores para a correta avaliação de uma área. A História Uma das primeiras áreas cultivadas para produção de vinho foi plantada pelos gregos em 600 a/c em Massalia, hoje Marselha e se expandiu com a ajuda dos romanos na área que hoje é o sul da França. No século V d/c, com o colapso do Império Romano os vinhedos ficaram cada vez mais sob o controle da Igreja Católica, em especial das ordens monásticas dos beneditinos e cirterciences, que levaram os vinhedos até além de Paris, aperfeiçoaram as técnicas de plantio e elaboração de vinhos e repassaram seus conhecimentos adiante. Por volta de 1860 surge na França, vindo das Américas, um inseto que mais tarde ganhou o nome de Filoxera Vastatrix. Ele vivia nas raízes das vitis americanas em seu continente de origem e comia suas folhas não chegando a causar maiores danos à planta. 4

5 Porém esse inseto teve uma predileção especial pelas raízes das vitis européias que quando atacadas deixam de absorver os nutrientes necessários à sua manutenção e acabam morrendo. Foi o caos por toda a Europa. Dezenas de produtores foram à falência. Em 20 anos o inseto destruiu cerca de 85% dos vinhedos europeus. Centenas de produtores faliram, centenas de enólogos ficaram desempregados. Muitos daqueles que ainda tinham algum dinheiro para investir procuraram outros países, especialmente no Novo Mundo. Muitos enólogos foram contratados em diversos países. Isso contribuiu para difundir o modo francês de se fazer vinho. Para aprender mais sobre a História do vinho na França não deixe de ler: - O Julgamento de Paris - Vinho e Guerra - Champagne, como o mais sofisticado dos vinhos venceu a guerra e os tempos difíceis - Veuve Clicquot - Adeus aos Escargots 5

6 A Legislação vinícola francesa Em 1935 foi criado o INAO, Institut National des Appéllations d Origine. Esse instituto foi criado com a missão de estabelecer o sistema de Apéllation d Origine Contrôllé (AOC). Esse sistema estabelece padrões para categorias de vinhos, além de comidas como queijos, manteiga e azeites. Em 2008 o sistema AOC foi revisto e passou a se chamar AOP (Appéllation d Origine Protégée). Portanto safras anteriores a 2008 trarão rótulos ligeiramente diferentes das posteriores. A categoria de Vins de Appéllation d Origine Protégée, AOP, inclui os melhores vinhos franceses e para entrar nessa categoria é preciso obedecer a rígidas normas que incluem a área de produção, variedade de uvas, rendimento por hectare, práticas nos vinhedos (podas, sistemas de plantio e irrigação), teor alcoólico e práticas de produção (como o vinho deve ser feito na vinícola). Além disso os vinhos passam por uma análise química e degustação por uma banca que irá comprovar sua tipicidade. 6

7 A categoria VDQS (Vins Delimites de Qualité Supérieure) era um estágio em que o candidato a AOP deveria passar, mas foi extinta em Os vinhos que estavam nessa categoria passarão a ser AOP ou IGP. Os Vins de Pays, agora IGP (Indication Geographique Protégée) possuem regras menos rígidas que os AOP permitindo que o produtor possa exercitar sua criatividade. Já os antigos Vins de Table que passaram a se chamar Vins de France, possuem regras bastante flexíveis em comparação à AOP. Nessa categoria pode-se produzir vinhos de uvas de qualquer lugar da França e agora é permitido estampar no rótulo o nome das uvas e safra do vinho, antes proibidos pela legislação. Como em qualquer setor, o aproveitamento de todo o material é indispensável para a sobrevivência da empresa. Com o vinho não é diferente. Não se pode simplesmente jogar as uvas que não produzirão os melhores vinhos ou desprezar uma região menos beneficiada pela natureza ou pela tecnologia. Por isso existem diversas categorias de vinhos. Mas ser um AOP não é garantia absoluta de ser um bom vinho. As chances de ser melhor que um IGP são maiores, naturalmente, mas é preciso ficar atento para vinhos de outras categorias que podem ser tão bons quanto os AOP e que tem um preço certamente mais acessível. 7

8 Borgonha História Foi nessa região que, na Idade Média as poderosas ordens monásticas da Igreja se estabeleceram. Os monges cisterciences e beneditinos trabalharam o solo da Borgonha e cultivaram as uvas Pinot Noir e Chardonnay. Mais do que isso, eles entenderam a região. Descobriram que cada pequena parcela de terra podia gerar um vinho diferente, embora fosse feito com a mesma variedade de uva. Durante muito tempo a Igreja deteve enormes parcelas de terra na região. Os vinhedos eram tantos que foi necessária a ajuda dos moradores locais para produzir o vinho. Dessa forma os monges disseminaram o conhecimento que haviam adquirido ao longo dos séculos trabalhando a terra. Quando aconteceu a Revolução Francesa, em 1789, as terras que pertenciam à Igreja foram divididas e vendidas. O código napoleônico estabeleceu que cada filho herdaria uma parcela igual de terra depois da morte do pai. A partir daí é fácil imaginar o que aconteceu. Se um pai tivesse 10 filhos e 10 hectares de vinhedos, depois da sua morte esse terreno estaria dividido por 10. E se cada filho tivesse, por sua vez, mais 10 filhos... Assim formou-se a colcha de retalhos que é a Borgonha. 8

9 Para entender a Borgonha 1- O Borgonha branco é feito principalmente de Chardonnay e o tinto, de Pinot Noir. Embora outras uvas sejam plantadas na região, pouco se considera sua existencia. 2- Beaujolais é considerada uma subregião da Borgonha, embora sua principal uva seja a Gamay e seus vinhos sejam completamente diferentes. Muitos autores tratam Beaujolais como uma região à parte. 3- Na Borgonha, ao contrário da maior parte da França, os vinhos são monovarietais, ou seja: são feitos de apenas uma uva. 4- Os vinhedos são determinados pelo terroir desde há muito tempo. Eles receberam nomes e foram categorizados pelo nível de qualidade. 5- Não raramente um único vinhedo pertence a diversos donos. As vezes um plantador possui nada além de algumas fileiras de determinado vinhedo. Isso quer dizer que você poderá encontrar dezenas de vinhos feitos do mesmo vinhedo, porém por produtores diferentes. Um exemplo é o vinhedo Clos de Vougeot, que possui 125 acres e 80 proprietários. Portanto é possível encontrar 80 rótulos diferentes de vinho do mesmo vinhedo. Todos se chamarão Clos de Vougeot porém de diferentes produtores. 6- Quando há apenas um proprietário o vinhedo é chamado de monopole. 7- Borgonha passe-tout-grains é o vinho feito a partir de um corte de Pinot Noir com Gamay. 9

10 8- Até os anos 80 os négociants (comerciantes que compram vinhos e engarrafam sob seu nome) controlavam o comércio de vinhos na Borgonha. Isso se explica devido ao fato de que pequenos produtores tem dificuldades de plantar, produzir e engarrafar o próprio vinho, preferindo vende-lo a um négociant. Hoje em dia, embora eles ainda existam, muitas vezes também plantam sua própria uva. Muitos pequenos produtores também acabaram decidindo por engarrafar sua produção. 10

11 Divisão da Borgonha A Borgonha possui 6 AOPs. Alguns autores consideram apenas 5, excluindo Beaujolais. São elas: Chablis Côte de Nuits Côte de Beaune Côte Chalonnaise Mâconnais Beaujolais A famosa Côte d Or é o nome coletivo dado à Côte de Nuits e Côte de Beaune. Cada AOP possui várias áreas vinícolas com características distintas. Dentro de cada área podem existir diversos vinhedos, cada qual com um nome diferente e um nível de qualidade que pode ser: Borgonha tinto ou branco: vinho genérico feito a partir de uvas plantadas em qualquer lugar da Borgonha. Vin de Village: feito a partir das uvas plantadas em determinada aldeia. O nome dessa aldeia consta no rótulo. Premier Cru: melhor e menor definido lugar de todo o vinhedo. Pertencem a essa categoria 562 vinhedos. No rótulo constará o nome do vinhedo depois do nome da vila. 11

12 Grand Cru: apenas 33 vinhedos se encaixam nessa categoria. São os vinhos top de linha. Esses vinhedos são tão famosos que consta no rótulo apenas seu nome. As vezes é complicado descobrir se o que consta no rótulo é o nome do vinhedo ou da vila, especialmente porque muitas aldeias emprestaram o nome de seus vinhedos mais famosos, como por exemplo Chambolle-Musigny, que antes se chamava apenas Chambolle. Portanto fique atento às diferenças para não comprar gato por lebre. Quando vir um nome com hífen como esse se tratará de um vinho de aldeia. Exemplo, um produtor como o Domaine Roumier prepara 3 vinhos de categorias diferentes na aldeia de Chambolle- Musigny. Seus rótulos ficarão dessa forma: Domaine Roumier Chambolle-Musigny, vinho de aldeia. Domaine Roumier Chambolle-Musigny Les Amoureses, um vinho Premier Cru. Les Amoureses é o nome do vinhedo. Domaine Roumier Le Musigny, um Grand Cru. Repare como consta apenas o nome do vinhedo. 12

13 Sub regiões: Áreas vinícolas de Chablis: Aqui se produz apenas vinhos brancos de Chardonnay. Petit Chablis Pertencem a essa categoria os vinhos mais simples Chablis Vinhos de melhor qualidade que os Petit Chablis Premier Cru Chablis Os seis mais conhecidos vinhedos são: Fourchaume Les Forêts Mont de Milieu Montée de Tonnerre Montmains Vaillons Grand Cru Chablis Os sete Chablis Grand Cru são: Blanchot Bougros Lês Clos Grenouilles Les Preuses Valmur Vaudésir 13

14 Vilas vinicultoras da Côte de Nuits: Aqui se encontram quase todos os vinhedos Grand Crus. Os vinhos mais longevos da Borgonha são produzidos nessa região. Uma das vinícolas mais famosas do mundo, o Domaine de La Romanée-Conti, fica em Vosne-Romanée. Marsannay, Fixin, Gevrey-Chambertin, Morey-St-Denis, Chambolle-Musigny, Vougeot, Vosne-Romanée, Nuits-St- Georges. Vilas vinicultoras da Côte de Beaune: Essa região produz os únicos brancos Grand Cru fora de Chablis e muitos famosos tintos. Chorey-lès-Beaune, Ladoix, Pernad-Vergelesses, Aloxe- Corton, Beaune, Savigny-lès-Beaune, Pommard, Volnay, Auxey- Duresses, St-Romain, St-Aubin, Mersault, Puligny- Montrachet, Chassagne-Montrachet, Santenay, Maranges. Vilas vinicultoras da Côte Chalonnaise: Aqui os vinhedos não são contínuos, mas agrupados em torno de 5 vilas. Existem outros plantios além da uva nessa região. Bouzeron, Rully, Mercurey, Givry, Montagny (apenas vinho branco). 14

15 Vilas vinicultoras de Mâconnais: Aqui se produz brancos de Chardonnay e tintos de Gamay. Os vinhos podem ser vendidos como Mâcon, Mâcon Supérieur, Mâcon-villages (as vezes o termo é substituído pelo nome de uma das 43 vilas ligadas a essa denominação). Vire-Clessé, Pouilly-Fuissé, Pouilly-Vinzelles, Pouilly-Loché, St- Véran. Vilas vinícolas de Beaujolais: Aqui é plantada quase com exclusividade a uva Gamay. Seus vinhos podem ser vendidos como Beaujolais Nouveau (lançado no mundo todo em novembro), Beaujolais, Beaujolais-villages e Beaujolais Cru, vindo de 10 dos melhores vinhedos. São eles: Brouilly Côte de Brouilly Regnie Morgon Chiroubles Fleuri Moulin-á-Vent Chénas Juliénas Saint-Amour 15

16 Decifrando os rótulos: 16

17 No caso do Domaine de La Romanée-Conti, a vinícola e seus vinhos são tão famosos que se considera dispensáveis apresentações. Daí a pouca informação contida nos rótulos, inclusive a ausencia do termo Grand Cru. 17

18 18

BORGONHA BORGONHA CONCEITO DE TERROIR

BORGONHA BORGONHA CONCEITO DE TERROIR BORGONHA BORGONHA BORGONHA CONCEITO DE TERROIR BORGONHA HISTORIA DA BORGONHA Após o Império Romano, por mais de dez séculos a maioria dos vinhos estiveram sob o poderoso domínio dos monges beneditinos

Leia mais

Sumário. Como utilizar este guia 6

Sumário. Como utilizar este guia 6 4 Um livro Dorling Kindersley www.dk.com Produzido para DK por Departure Lounge DIRETORAS EDITORIAIS: Georgina Matthews, Ella Milroy DIRETORA DE ARTE: Lisa Kosky EDITORA DE PROJETO: Kelly Thompson EDITORA:

Leia mais

Manual da Indicação Geográfica do Vale dos Vinhedos

Manual da Indicação Geográfica do Vale dos Vinhedos Manual da Indicação Geográfica do Vale dos Vinhedos Uma conquista O Brasil do futuro é agora: a vida melhorando, o mercado crescendo, novos produtos chegando, tudo acontecendo ao mesmo tempo. E com isto

Leia mais

sumário Uma coleção No coração do Languedoc A arte

sumário Uma coleção No coração do Languedoc A arte sumário CHÂTEAU DE GRAGNOS CHÂTEAU DE GRAGNOS CHÂTEAU DE GRAGNOS CHÂTEAU DE GRAGNOS No coração do Languedoc Fundado em 1710 Uma coleção de Grands Vins A arte de vinificar Página 4 Página 8 Página 12 Página

Leia mais

personalizado Vinho www.revistaviverbrasil.com.br PAI AOS 60 DESAFIOS E RECOMPENSAS DE FILHOS NA TERCEIRA IDADE

personalizado Vinho www.revistaviverbrasil.com.br PAI AOS 60 DESAFIOS E RECOMPENSAS DE FILHOS NA TERCEIRA IDADE ENTREVISTA MARCIO LACERDA, PREFEITO DE BH: A INTERNACIONALIZAÇÃO FOI O MAIOR LEGADO DA COPA ARTIGO PCO COLIGAÇÕES DIFÍCEIS DE ENTENDER M www.revistaviverbrasil.com.br seu vinho Gracias a la Vida Malbec

Leia mais

O vinho de um dia só. A região tradicional

O vinho de um dia só. A região tradicional Curtir Enviar 3 pessoas curtiram isso. Matérias relacionadas França Le Pré Catelan O vinho de um dia só A região de Beaujolais virou refém de seu próprio sucesso. Só para se ter uma ideia, em 1960, a produção

Leia mais

Boletim de informação dos Vinhos de Beaujolais no Brasil mandado pelo Inter Beaujolais. Boa leitura!

Boletim de informação dos Vinhos de Beaujolais no Brasil mandado pelo Inter Beaujolais. Boa leitura! Boletim de informação dos Vinhos de Beaujolais no Brasil mandado pelo Inter Beaujolais. Boa leitura! Os Vinhos do Beaujolais no Brasil A Inter Beaujolais, que representa os 2.800 produtores da região,

Leia mais

Roteiro dos Vinhos França

Roteiro dos Vinhos França Roteiro dos Vinhos França São 17 Regiões Vinículas na França. Dessas 7 são mais conhecidas. Escolhemos algumas dessas regiões mais conhecidas para mostrar os roteiros e falar sobre elas: Alsácia Bourgogne

Leia mais

Brancos e Rosé. para levar de caixa. Os vinhos mais premiados do. nº 11. Pode ser aberto pelos Correios. Fechamento Autorizado

Brancos e Rosé. para levar de caixa. Os vinhos mais premiados do. nº 11. Pode ser aberto pelos Correios. Fechamento Autorizado nº 11 OUTUBRO NOVEMBRO 2015 Novas Safras Vinícola GUASPARI Domaine LAFAGE Os vinhos mais premiados do sul da França Especial CABALLO LOCO Fechamento Autorizado Pode ser aberto pelos Correios Brancos e

Leia mais

JANTAR NO CORACAO DA TORRE EIFFEL!

JANTAR NO CORACAO DA TORRE EIFFEL! JANTAR NO CORACAO DA TORRE EIFFEL! Desfrute de uma experiência única, no 1eiro andar do edificio o mais famoso de Paris! O 58 Torre Eiffel criou o evento: ele vai seduzi-lo pelo seu Design e a sua gastronomia

Leia mais

Enóloga fala da participação das mulheres no mundo do vinho

Enóloga fala da participação das mulheres no mundo do vinho Enóloga fala da participação das mulheres no mundo do vinho Carlos Alberto Barbosa Susana Balbo esteve em São Paulo para conduzir a degustação do lançamento no Brasil da linha de vinhos Zohar Na quinta-feira,

Leia mais

Estilos de Vinhos Tintos

Estilos de Vinhos Tintos Fatores Estilos de Vinhos Tintos Viticultura: idade dos vinhedos, rendimentos por hectare, ponto de maturação, variedade de uva, características do terroir Enologia: vinificação tradicional, maceração

Leia mais

Especial PRIMUM FAMILIAE VINI EM DEGUSTAÇÃO NO BRASIL. Viagem DiVina VIENA: A METRÓPOLE COM MAIS VINHEDOS URBANOS NO MUNDO

Especial PRIMUM FAMILIAE VINI EM DEGUSTAÇÃO NO BRASIL. Viagem DiVina VIENA: A METRÓPOLE COM MAIS VINHEDOS URBANOS NO MUNDO EDIÇÃO 15 ANO III edição 15 ano III R$ 12,90 www.revistadivino.com.br Especial PRIMUM FAMILIAE VINI EM DEGUSTAÇÃO NO BRASIL Viagem DiVina VIENA: A METRÓPOLE COM MAIS VINHEDOS URBANOS NO MUNDO FalandO de

Leia mais

Chega a 6ta edição do Dia Mundial do Malbec.

Chega a 6ta edição do Dia Mundial do Malbec. Chega a 6ta edição do Dia Mundial do Malbec. Wines of Argentina Vinos de Argentina A.C Sob o conceito Celebremos um Clássico vem aí a sexta edição do Dia Mundial do Malbec Na sexta edição do Malbec World

Leia mais

FERMENTAÇÃO ALCOÓLICA VINHO

FERMENTAÇÃO ALCOÓLICA VINHO FERMENTAÇÃO ALCOÓLICA VINHO Prof(a): Erika Liz 2011 VINHO - DEFINIÇÃO Vinho é a bebida obtida por fermentação alcoólica do suco de uva (mosto). O ph varia entre 2,9 e 3,8. O teor alcoólico varia de 7 a

Leia mais

Dicas para comprar seu vinho. Onde comprar? Supermercado. Qual o melhor lugar para adquirir um vinho?

Dicas para comprar seu vinho. Onde comprar? Supermercado. Qual o melhor lugar para adquirir um vinho? Dicas para comprar seu vinho Onde comprar? Supermercado Qual o melhor lugar para adquirir um vinho? Supermercados, lojas especializadas, sites de internet, direto das importadoras? Fique atento a detalhes

Leia mais

HISTÓRIA-2009 2ª FASE 2009

HISTÓRIA-2009 2ª FASE 2009 Questão 01 UFBA - -2009 2ª FASE 2009 Na Época Medieval, tanto no Oriente Médio, quanto no norte da África e na Península Ibérica, muçulmanos e judeus conviviam em relativa paz, fazendo comércio e expressando,

Leia mais

A Região Demarcada do Douro

A Região Demarcada do Douro A Região Demarcada do Douro Região história 1619 - O nome Porto 1699 - Vinho do Porto 1713 - A marca Porto 1756 a 10 de Setembro - A primeira denominação de origem com a criação da Companhia Geral da Agricultura

Leia mais

Sábado 25 Outubro 2008. Especial Vinhos para nos aquecer o Inverno

Sábado 25 Outubro 2008. Especial Vinhos para nos aquecer o Inverno Sábado 25 Outubro 2008 Especial Vinhos para nos aquecer o Inverno Sumário 4 Planeta vinho Habituados que estamos a colocar nos píncaros os nossos vinhos, por vezes esquecemos que a produção nacional não

Leia mais

AE R SEB 26 A Lavoura NO 694/2013 A Lavoura NO

AE R SEB 26 A Lavoura NO 694/2013 A Lavoura NO 26 A Lavoura N O 694/2013 ESPECIAL: INDICAÇÃO ESPECIAL: INDICAÇÃO GEOGRÁFICA PRODUTOS de VALOR Diferencial que valoriza as produções locais, as Indicações Geográficas (IGs), que se subdividem entre Indicação

Leia mais

Você sabia que... Alguns fatos sobre o meu país

Você sabia que... Alguns fatos sobre o meu país Brasil Você sabia que... A pobreza e a desigualdade causam a fome e a malnutrição. Os alimentos e outros bens e serviços básicos que afetam a segurança dos alimentos, a saúde e a nutrição água potável,

Leia mais

Sociologia. Professor: Matheus Bortoleto Rodrigues E-mail: bortoletomatheus@yahoo.com.br Escola: Dr. José Ferreira

Sociologia. Professor: Matheus Bortoleto Rodrigues E-mail: bortoletomatheus@yahoo.com.br Escola: Dr. José Ferreira Sociologia Professor: Matheus Bortoleto Rodrigues E-mail: bortoletomatheus@yahoo.com.br Escola: Dr. José Ferreira [...] tudo o que é real tem uma natureza definida que se impõe, com a qual é preciso contar,

Leia mais

Indicação Geográfica (IG) para Vinhos no Brasil

Indicação Geográfica (IG) para Vinhos no Brasil Análises e Indicadores do Agronegócio ISSN 1980-0711 Indicação Geográfica (IG) para Vinhos no Brasil O Ministério da Agricultura e o Instituto Nacional de Propriedade Intelectual (IN- PI) têm trabalhado

Leia mais

Os nossos prémios Ao longo dos anos, para além de comentários como os do Robert Parker, temos assistido à distinção e premiação dos nossos vinhos.

Os nossos prémios Ao longo dos anos, para além de comentários como os do Robert Parker, temos assistido à distinção e premiação dos nossos vinhos. Quem Somos A nova geração de uma família tradicional Portuguesa que sempre nutriu uma enorme paixão pelo vinho. Foi na Quinta do Cruzeiro Mangualde, Dão - que nasceu essa paixão. Foi também na Quinta do

Leia mais

VALPOLICELLA CLASSICO SUPERIORE Tinto leve. Corvina, Rondinela e Molinara. Região: Veneto.

VALPOLICELLA CLASSICO SUPERIORE Tinto leve. Corvina, Rondinela e Molinara. Região: Veneto. Italia Conhecida pelos gregos da antiguidade como "Enótria", ou Terra do Vinho, a Itália é um dos maioresprodutores de vinho do mundo, produzindo vinho em praticamente todo o seu território. Os italianos

Leia mais

mundo JÁ PENSOU EM CONHECER O PLANETA A PÉ? Para Andando pelo Inspiração horizontes

mundo JÁ PENSOU EM CONHECER O PLANETA A PÉ? Para Andando pelo Inspiração horizontes Inspiração horizontes Andando pelo mundo Conheça os mais belos roteiros de viagem para desafiar a própria resistência e praticar uma boa caminhada [ Por Viviane Oliveira e Carol Rocha ] JÁ PENSOU EM CONHECER

Leia mais

Articles of PPOW :: PEOPLE POWER

Articles of PPOW :: PEOPLE POWER Articles of PPOW :: PEOPLE POWER Quinta dos Murças, uma nova era do Esporão 2011-10-13 07:10:24 Luiz Gastão Bolonhez O conglomerado Esporão, sucesso absoluto no Alentejo, lança vinhos de seu novo empreendimento,

Leia mais

O CATÁLOGO 2015-2016

O CATÁLOGO 2015-2016 O CATÁLOGO 2015-2016 Com um fundador de origem francesa, criação e implementação em solo português, a nossa empresa nasceu do casamento destas duas culturas. A nossa ambição é importar vinhos de grande

Leia mais

Carlos Eduardo Corrêa Nogueira

Carlos Eduardo Corrêa Nogueira Entrevista: Carlos Eduardo Corrêa Nogueira Carlos Eduardo Corrêa Nogueira é Diretor de Negócios Internacionais da vinícola brasileira Miolo, uma das maiores do País. Em entrevista a Textos do Brasil, Nogueira

Leia mais

AFINAL, O QUE É O TERROIR?

AFINAL, O QUE É O TERROIR? AFINAL, O QUE É O TERROIR? Jorge Tonietto 1 Se eu não tivesse morado na França, escrever sobre terroir seria certamente mais fácil: eu teria menor consciência da complexidade do termo. É que o terroir

Leia mais

Portugal Wine Expert 2012

Portugal Wine Expert 2012 Portugal Wine Expert 2012 Em sua 5ª edição, concurso apresenta sua programação em paralelo com feira de vinhos Profissionais da enogastronomia, sobretudo sommeliers e restaurateurs do eixo São Paulo e

Leia mais

auroraeco MENDOZA Sobre Mendoza

auroraeco MENDOZA Sobre Mendoza MENDOZA Sobre Mendoza A família Catena é uma das pioneiras da produção de vinhos em Mendoza, cidade localizada no oeste da Argentina, nas faldas da Cordilheira dos Andes. Foi em 1902 que, vindo da Itália,

Leia mais

PERFIL SETORIAL E TENDÊNCIAS DOS MERCADOS DE HORTÍCOLAS E FRUTAS NO RS, NO BRASIL E NO MUNDO

PERFIL SETORIAL E TENDÊNCIAS DOS MERCADOS DE HORTÍCOLAS E FRUTAS NO RS, NO BRASIL E NO MUNDO PERFIL SETORIAL E TENDÊNCIAS DOS MERCADOS DE HORTÍCOLAS E FRUTAS NO RS, NO BRASIL E NO MUNDO Carlos Cogo Maio/2015 CLIMA Anomalia da Temperatura da Superfície do Mar sobre o Pacífico Equatorial El Niño

Leia mais

Módulo 2: Introdução à Propriedade Intelectual

Módulo 2: Introdução à Propriedade Intelectual Nota: O estudo deste módulo requer cerca de 02 horas. Módulo 2: Introdução à Propriedade Intelectual O que é Propriedade Intelectual? Você provavelmente sabe a resposta desta questão. Sabemos que o inventor

Leia mais

Relatório de Clipping BÁSICA COMUNICAÇÕES

Relatório de Clipping BÁSICA COMUNICAÇÕES Relatório de Clipping BÁSICA COMUNICAÇÕES Cliente: Famiglia Zanlorenzi Inserções na mídia: 18 Período: Fevereiro de 2015 VEÍCULO: Portal Supermercado Moderno - Notícias PÁGINA: www.sm.com.br/editorias/ultimas-noticias/consumo-em-alta-fazindustria-reforcar-oferta-de-suco-detox-25731.html

Leia mais

CAPÍTULO 2 GEORREFERENCIAMENTO DA REGIÃO DE REFERÊNCIA DA INDICAÇÃO DE PROCEDÊNCIA PINTO BANDEIRA: CARTAS IMAGEM

CAPÍTULO 2 GEORREFERENCIAMENTO DA REGIÃO DE REFERÊNCIA DA INDICAÇÃO DE PROCEDÊNCIA PINTO BANDEIRA: CARTAS IMAGEM CAPÍTULO 2 GEORREFERENCIAMENTO DA REGIÃO DE REFERÊNCIA DA INDICAÇÃO DE PROCEDÊNCIA PINTO BANDEIRA: CARTAS IMAGEM Loiva Maria Ribeiro de Mello Carlos Alberto Ely Machado André Rodrigo Farias Sonia Marliza

Leia mais

www.winelovers.com.br

www.winelovers.com.br Em 1789, a Vinícola Foffani iniciou sua produção de vinho. A residência da família fica de frente a praça principal da vila medieval de Clauiano, que foi tombada pelo Ministério de Belas Artes, pois é

Leia mais

PRESENTES CORPORATIVOS

PRESENTES CORPORATIVOS PRESENTES CORPORATIVOS GRANDES VINHOS PARA GRANDES EMPRESAS A Lidio Carraro Vinícola Boutique preparou um portfólio exclusivo e sofisticado para os presentes personalizados de final de ano de sua empresa

Leia mais

PAP (Perfil de Avanço Profissional)

PAP (Perfil de Avanço Profissional) PAP (Perfil de Avanço Profissional) Relatório para: Suzanne Example Data concluida: 14 de junho de 2012 14:03:23 2012 PsychTests AIM Inc. Índice analítico Índice analítico 1/10 Índice analítico Índice

Leia mais

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Arroz e Feijão Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Arroz e Feijão Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. ISSN 1678-9644 Dezembro, 2007 Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Arroz e Feijão Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Documentos 213 Produção Comunitária de Sementes: Segurança

Leia mais

CENÁRIO DE ONDE VEM O VINHO IMPORTADO?

CENÁRIO DE ONDE VEM O VINHO IMPORTADO? VINHOS AO EXTREMO CENÁRIO Com um consumo per capita de menos de 2 litros de vinho ao ano o Brasil é um mercado com grandes possibilidades de crescimento. O vinho no Brasil é considerado um produto de luxo,

Leia mais

BRASIL 146 - Viapiana Champenoise 192 Dias Brut R$ 45,00 Prosseco / Chardonnay / Viogner Altos Montes/RS

BRASIL 146 - Viapiana Champenoise 192 Dias Brut R$ 45,00 Prosseco / Chardonnay / Viogner Altos Montes/RS ESPUMANTES BRASIL 146 - Viapiana Champenoise 192 Dias Brut R$ 45,00 Prosseco / Chardonnay / Viogner 147 - Viapiana Champenoise 143 Dias Demi-Sec R$ 45,00 Prosseco / Chardonnay / Viogner 145 - Guatambu

Leia mais

Bem Vindo! Bento Gonçalves - Serra Gaúcha - Brasil

Bem Vindo! Bento Gonçalves - Serra Gaúcha - Brasil Bem Vindo! Bento Gonçalves - Serra Gaúcha - Brasil Localize-se Bento - Gramado - Caxias - POA 45km 120 km 120km Bento Gonçalves: todo o encanto da Serra Gaúcha em uma cidade repleta de histórias e sabores

Leia mais

Galvão e a Bueno Wines: fruto de uma paixão

Galvão e a Bueno Wines: fruto de uma paixão GUIA GPHR RJ Em parceria com o enólogo italiano Roberto Cipresso, Galvão Bueno acaba de lançar o Bueno- Cipresso Brunello di Montalcino Galvão e a Bueno Wines: fruto de uma paixão Galvão Bueno teve o privilégio

Leia mais

Construção do Espaço Africano

Construção do Espaço Africano Construção do Espaço Africano Aula 2 Colonização Para melhor entender o espaço africano hoje, é necessário olhar para o passado afim de saber de que forma aconteceu a ocupação africana. E responder: O

Leia mais

Comissão Vitivinícola Regional Alentejana www.vinhosdoalentejo.pt Copyright fotos e textos: Comissão Vitivinícola Regional Alentejana Reprodução

Comissão Vitivinícola Regional Alentejana www.vinhosdoalentejo.pt Copyright fotos e textos: Comissão Vitivinícola Regional Alentejana Reprodução Comissão Vitivinícola Regional Alentejana www.vinhosdoalentejo.pt Copyright fotos e textos: Comissão Vitivinícola Regional Alentejana Reprodução interdita CVRA COMISSÃO VITIVINÍCOLA REGIONAL ALENTEJANA

Leia mais

uma consequência natural. Para isso, usou as uvas da pequena pro- mente não correspondem a essa descrição simplista

uma consequência natural. Para isso, usou as uvas da pequena pro- mente não correspondem a essa descrição simplista perfil Jean-Luc Thunevin foi o responsável por criar uma nova categoria de vinhos na tradicional Bordeaux: os de garagem. Wine Style conversou com ele por ocasião de sua visita ao Brasil e visitou seus

Leia mais

BEBIDAS VITIVINICULTURA MUNDIAL: 1961-2007. Tagore Villarim de Siqueira*

BEBIDAS VITIVINICULTURA MUNDIAL: 1961-2007. Tagore Villarim de Siqueira* VITIVINICULTURA MUNDIAL: 1961-2007 Tagore Villarim de Siqueira* * Economista do Departamento Regional Nordeste do BNDES. Nota: As principais fontes dos dados utilizados neste trabalho foram as seguintes:

Leia mais

Vinho é uma bebida resultante da fermentação do suco ou mosto extraído de frutas.

Vinho é uma bebida resultante da fermentação do suco ou mosto extraído de frutas. O que é vinho? Vinho é uma bebida resultante da fermentação do suco ou mosto extraído de frutas. Por razões comerciais, de tradição e pela legislação brasileira, assumimos que vinho é a bebida obtida através

Leia mais

Panorama vitivinícola do Brasil. Eng. Agr. Mauro Zanus Chefe-Geral Embrapa Uva e Vinho

Panorama vitivinícola do Brasil. Eng. Agr. Mauro Zanus Chefe-Geral Embrapa Uva e Vinho Panorama vitivinícola do Brasil Eng. Agr. Mauro Zanus Chefe-Geral Embrapa Uva e Vinho A Viticultura no Brasil - Uvas de Mesa - Uvas Finas - Uvas americanas/niágara - Uvas para de Vinho de Mesa - Uvas para

Leia mais

Escrita Eficiente sem Plágio

Escrita Eficiente sem Plágio Escrita Eficiente sem Plágio Produza textos originais com qualidade e em tempo recorde Ana Lopes Revisão Rosana Rogeri Segunda Edição 2013 Direitos de cópia O conteúdo deste livro eletrônico tem direitos

Leia mais

PARIS VALE DO LOIRE BORDEAUX TOULOUSE

PARIS VALE DO LOIRE BORDEAUX TOULOUSE A partir de 2 775 p.p. Mínimo 4 pes/4-5 * CIRCUITO SUDOESTE TOUR 12 DIAS Um circuito individual, semi-privado, a partir de 2 pessoas Saídas garantia todos os dias de acordo com as disponibilidades 3 trajetos

Leia mais

ROTEIRO DE VIAGEM DE LUXO NA FRANÇA Limoges, Sarlat, Bordeaux. De 16 a 20 pessoas

ROTEIRO DE VIAGEM DE LUXO NA FRANÇA Limoges, Sarlat, Bordeaux. De 16 a 20 pessoas 1 ROTEIRO DE VIAGEM DE LUXO NA FRANÇA Limoges, Sarlat, Bordeaux. De 16 a 20 pessoas Aqui selecionei cidades para um roteiro que encanta brasileiros, um roteiro que passa por regiões e cidades fantásticas

Leia mais

CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO PARANÁ CÂMARA TÉCNICA DE PATRIMÔNIO HISTÓRICO, CULTURAL E ARTÍSTICO ECONOMIA CRIATIVA

CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO PARANÁ CÂMARA TÉCNICA DE PATRIMÔNIO HISTÓRICO, CULTURAL E ARTÍSTICO ECONOMIA CRIATIVA CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO PARANÁ CÂMARA TÉCNICA DE PATRIMÔNIO HISTÓRICO, CULTURAL E ARTÍSTICO ECONOMIA CRIATIVA De acordo com o estudo do Instituto de Estudo Econômico Aplicado (Ipea), Panorama

Leia mais

HISTÓRIA REVISÃO 1. Unidade II Civilização Greco Romana e seu legado. Aula 9 Revisão e avaliação da unidade II

HISTÓRIA REVISÃO 1. Unidade II Civilização Greco Romana e seu legado. Aula 9 Revisão e avaliação da unidade II HISTÓRIA REVISÃO 1 REVISÃO 2 REVISÃO 3 Unidade II Civilização Greco Romana e seu legado. Aula 9 Revisão e avaliação da unidade II HISTÓRIA REVISÃO 1 REVISÃO 2 REVISÃO 3 Expansionismo Romano - Etapas 1ª.

Leia mais

A ABORDAGEM DO TEMA DA FOME DURANTE AS AULAS DE GEOGRAFIA NO ENSINO MÉDIO INTRODUÇÃO

A ABORDAGEM DO TEMA DA FOME DURANTE AS AULAS DE GEOGRAFIA NO ENSINO MÉDIO INTRODUÇÃO Autor: Joelder Maia Barbosa e-mail: joeldermb@yahoo.com.br Universidade Federal do Ceará (UFC) Orientador: José Levi Furtado Sampaio Pesquisa concluída em junho de 2010 A ABORDAGEM DO TEMA DA FOME DURANTE

Leia mais

Economia Internacional

Economia Internacional Economia Internacional A abertura de novos mercados criou condições para que a produção econômica mundial crescesse em mais de 150% desde 1980, com a poluição aumentando no mesmo ritmo. Amplo consenso

Leia mais

CRISE DO ESCRAVISMO. O Brasil foi o último país da América Latina a abolir a escravidão.

CRISE DO ESCRAVISMO. O Brasil foi o último país da América Latina a abolir a escravidão. CRISE DO ESCRAVISMO A Dinamarca foi o primeiro país Europeu a abolir o tráfico de escravos em 1792. A Grã-Bretanha veio a seguir, abolindo em 1807 e os Estados Unidos em 1808. O Brasil foi o último país

Leia mais

Taças para cada ocasião. Principalmente, as especiais. SCHOTT ZWIESEL SCHOTT ZWIESEL

Taças para cada ocasião. Principalmente, as especiais. SCHOTT ZWIESEL SCHOTT ZWIESEL Taças para cada ocasião. Principalmente, as especiais. SCHOTT ZWIESEL SCHOTT ZWIESEL DIVA A inovação encontra a emoção. Distribuída em todo o território nacional pela ZWILLING J.A. HENCKELS desde junho

Leia mais

Maison Franck Bonville

Maison Franck Bonville Catálogo Hedoniste Maison Franck Bonville Nosso principal produtor em Côte des Blancs, Franck Bonville possui apenas vinhedos classificados em 100%, nas vilas de Avize, Oger e Cramant. Sua espetacular

Leia mais

Antonio Saramago, José Santanita e Arthur Azevedo. Homenagem ao Sommelier do Mundo

Antonio Saramago, José Santanita e Arthur Azevedo. Homenagem ao Sommelier do Mundo Antonio Saramago, José Santanita e Arthur Azevedo. Homenagem ao Sommelier do Mundo Apresentação O sommelier tem sido nos últimos anos figura de enorme importância e destaque no mundo do vinho. Este profissional

Leia mais

Rota Francesa do NO CORAÇÃO DA PROVENCE

Rota Francesa do NO CORAÇÃO DA PROVENCE Rota Francesa do NO CORAÇÃO DA PROVENCE Este roteiro inédito une a perfumaria ao mundo dos vinhos, treinando nossos sentidos para os cheiros, sabores e cores da Provence. Visitaremos as fábricas de essências

Leia mais

PROGRAMA DE GARANTIA BETTER COTTON

PROGRAMA DE GARANTIA BETTER COTTON PROGRAMA DE GARANTIA BETTER COTTON O TRABALHO COM INDICADORES DE RESULTADOS APLICÁVEL A PARTIR DA COLHEITA DE 2014 ORIENTAÇÃO Este documento contém orientações sobre as metodologias a serem utilizadas

Leia mais

O advento das tecnologias da era pósindustrial

O advento das tecnologias da era pósindustrial 3.2 AS CRISES DO CENÁRIO O advento das tecnologias da era pósindustrial As tecnologias que ordenaram a era industrial foram ultrapassadas pelas novas tecnologias surgidas a partir do século XX, especialmente

Leia mais

NOTA TÉCNICA MISSÃO NOVA ZELÂNDIA

NOTA TÉCNICA MISSÃO NOVA ZELÂNDIA NOTA TÉCNICA MISSÃO NOVA ZELÂNDIA INTRODUÇÃO Atualmente os mercados da Oceania, juntamente com o asiático, formam os dois principais destinos econômicos que mais crescem no mundo, com grande destaque no

Leia mais

O vinho mais apreciado do Brasil faz jus a uma roupa nova!

O vinho mais apreciado do Brasil faz jus a uma roupa nova! NOVA GARRAFA NOVO RÓTULO A QUALIDADE QUE VOCÊ JÁ CONHECE O vinho mais apreciado do Brasil faz jus a uma roupa nova! A LINHA DE VinhoS de Mesa MioranZa ACABA DE GANHAR UMA NOVA EMBALAGEM. MODERNA E ELEGANTE,

Leia mais

Como Eu Ensino Biomas brasileiros Material de apoio

Como Eu Ensino Biomas brasileiros Material de apoio Roteiro da atividade: Jogo da Sobrevivência Como jogar 1. Cada jogador iniciará o jogo com uma população de sessenta quatis na primeira geração e, portanto, marcará na folha-região 60 indivíduos no eixo

Leia mais

Alimentos e Bebidas Vinhos e Espumantes

Alimentos e Bebidas Vinhos e Espumantes Comemorativo 80 Anos Este vinho foi especialmente elaborado para comemorar os 80 anos do patriarca Laurindo Brandelli, e os 20 anos da Vinícola Don Laurindo. O cuidado com a terra, o cultivo da videira,

Leia mais

Educação familiar e escolar para o terceiro milênio. nosso tema

Educação familiar e escolar para o terceiro milênio. nosso tema Prefácio As pessoas já têm mil noções feitas bem antigas! com relação à palavra educação. Os pais e a escola têm de ensinar para as crianças, em palavras e só com palavras, quase tudo sobre os conhecimentos

Leia mais

PORQUE O PRIMEIRO EMPREGO É DIFÍCIL?

PORQUE O PRIMEIRO EMPREGO É DIFÍCIL? PORQUE O PRIMEIRO EMPREGO É DIFÍCIL? Em épocas de vestibular, cerca de 1,8 milhão de jovens vão escolher uma profissão e dar arrepios no mercado, ou ficarem arrepiados, dando assim o primeiro empurrão

Leia mais

ROTEIRO PARA PORTUGAL E PARIS DE PEDRO MOBILIO

ROTEIRO PARA PORTUGAL E PARIS DE PEDRO MOBILIO ROTEIRO PARA PORTUGAL E PARIS DE PEDRO MOBILIO PORTUGAL Vou Listar as Cidades de Norte a Sul. Porto Tem que comer um prato típico chamado Francesinha. É uma delícia. Não vou colocar foto do prato aqui,

Leia mais

AVALIAÇÃO DO CONSUMO DE ÁLCOOL

AVALIAÇÃO DO CONSUMO DE ÁLCOOL AVALIAÇÃO DO CONSUMO DE ÁLCOOL 1 Você faz uso de bebida alcoólica e bebe mais de uma vez por mês? 2 Alguma vez você sentiu que deveria diminuir a quantidade de bebida ou parar de beber? 3 As pessoas o

Leia mais

Dão Internacional. Por Aníbal Coutinho

Dão Internacional. Por Aníbal Coutinho Dão Internacional Por Aníbal Coutinho Tendências mundiais (Consumo) Novos países vinhateiros Regiões Preferidas in Shermans Travel (Guia americano MSNBC) Andaluzia (Espanha), Cabo (África( do Sul),Califórnia

Leia mais

AMORES ROUBADOS AMORES ROUBADOS. Minissérie, livremente inspirada no livro A emparedada da Rua Nova, é um thriller sobre o poder avassalador da paixão

AMORES ROUBADOS AMORES ROUBADOS. Minissérie, livremente inspirada no livro A emparedada da Rua Nova, é um thriller sobre o poder avassalador da paixão plano comercial AMORES ROUBADOS NO SERTÃO DE PERNAMBUCO, TRAMA ENVOLVE AMOR E ÓDIO LEANDRO E ANTÔNIA De 6 a 17 de janeiro/14 (segunda a sexta-feira), a Globo exibe a minissérie Amores Roubados, em 10 capítulos

Leia mais

THE WINE & SPIRIT EDUCATION TRUST CURSO NíVEL 3 INTERNACIONAL SUPERIOR e EXAME ACESSO NÌVEL 4

THE WINE & SPIRIT EDUCATION TRUST CURSO NíVEL 3 INTERNACIONAL SUPERIOR e EXAME ACESSO NÌVEL 4 A Academia do Vinho em colaboração com Wine & Spirit Education Trust e The Wine Academy of Spain Apresenta THE WINE & SPIRIT EDUCATION TRUST CURSO NíVEL 3 INTERNACIONAL SUPERIOR e EXAME ACESSO NÌVEL 4

Leia mais

TRANSFORMANDO OPORTUNIDADES EM RESULTADOS:

TRANSFORMANDO OPORTUNIDADES EM RESULTADOS: TRANSFORMANDO OPORTUNIDADES EM RESULTADOS: O Médio Vale do Itajaí é uma das regiões mais desenvolvidas de SC. Um fator primordial para esse potencial econômico é a sua tradição industrial, que faz com

Leia mais

O ENOTURISMO. Conceito:

O ENOTURISMO. Conceito: Conceito: O conceito de enoturismo ainda está em formação e, a todo o momento, vão surgindo novos contributos; Tradicionalmente, o enoturismo consiste na visita a vinhas, estabelecimentos vinícolas, festivais

Leia mais

1 1 Vinho [Alimentos e medicamentos]

1 1 Vinho [Alimentos e medicamentos] 1 1 Vinho [Alimentos e medicamentos] 1. Definição da categoria Destilados derivados da uva e do suco de uva fermentado. Números de HS Commodity 2204.10-000 Vinho Espumante 2204.21-010 Xerez, Vinho do Porto

Leia mais

Sistema Integrado de Gestão I

Sistema Integrado de Gestão I Faculdades Integradas Campos Salles Sistema Integrado de Gestão I Aula - 2 A evolução da sociedade da era agrícola à era do conhecimento Carlos Antonio José Oliviero São Paulo - 2012 Objetivos Conhecer

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 7.678, DE 8 DE NOVEMBRO DE 1988. Regulamento Dispõe sobre a produção, circulação e comercialização do vinho e derivados da uva

Leia mais

A LENDA DO CAFÉ. Autoria desconhecida. Pastor Kaldi e suas cabras. 600 d.c. Museu Nacional da Etiópia.

A LENDA DO CAFÉ. Autoria desconhecida. Pastor Kaldi e suas cabras. 600 d.c. Museu Nacional da Etiópia. / / A LENDA DO CAFÉ Autoria desconhecida. Pastor Kaldi e suas cabras. 600 d.c. Museu Nacional da Etiópia. Autoria desconhecida. Pastor Kaldi e suas cabras. 600 d.c. Museu Nacional da Etiópia. Não há evidência

Leia mais

Desbravadores do terroir brasileiro

Desbravadores do terroir brasileiro Revista Adega Ed.91 (5/2013) Terroir Brasil Desbravadores do terroir brasileiro Iniciativas de produtores de Minas Gerais e de Goiás mostram que o potencial vitivinícola brasileiro pode ir além do Sul

Leia mais

Chiara Lungarotti, Una Vera Donna Del Vino

Chiara Lungarotti, Una Vera Donna Del Vino Chiara Lungarotti, Una Vera Donna Del Vino By Luiz Gastao Bolonhez on November 18, 2010 Chiara Lungarotti Recentemente esteve no Brasil para uma rápida visita, Chiara Lungarotti, uma jovem umbra que tem

Leia mais

As cinco disciplinas

As cinco disciplinas As cinco disciplinas por Peter Senge HSM Management julho - agosto 1998 O especialista Peter Senge diz em entrevista exclusiva que os programas de aprendizado podem ser a única fonte sustentável de vantagem

Leia mais

Ervilhas, Hereditariedade e o Nascimento da Genética

Ervilhas, Hereditariedade e o Nascimento da Genética Volume 1 Módulo 2 Biologia Unidade 3 Ervilhas, Hereditariedade e o Nascimento da Genética Para início de conversa... Desde a unidade 1, estamos construindo um conhecimento importante sobre o campo da Biologia,

Leia mais

Tema Abordado: Apresentador: Tendências no Varejo Alimentício Mauro Minniti Design Novarejo Tel.: 55 11 5041-0331 e-mail: novarejo@novarejo.com.

Tema Abordado: Apresentador: Tendências no Varejo Alimentício Mauro Minniti Design Novarejo Tel.: 55 11 5041-0331 e-mail: novarejo@novarejo.com. Tema Abordado: Apresentador: Tendências no Varejo Alimentício Mauro Minniti Design Novarejo Tel.: 55 11 5041-0331 e-mail: novarejo@novarejo.com.br Design Novarejo... Olhares do mundo sobre a América Latina:

Leia mais

XV Congresso Latino-Americano de Viticultura e XIII Congresso Brasileiro de Viticultura e Enologia - Dall Onder Grande Hotel - Bento Gonçalves/RS

XV Congresso Latino-Americano de Viticultura e XIII Congresso Brasileiro de Viticultura e Enologia - Dall Onder Grande Hotel - Bento Gonçalves/RS XV Congresso Latino-Americano de Viticultura e XIII Congresso Brasileiro de Viticultura e Enologia - Dall Onder Grande Hotel - Bento Gonçalves/RS OPÇÕES DE ROTEIRO DE VISITAS TÉCNICAS - DIA 07 DE NOVEMBRO

Leia mais

Tecnologia. Case Study

Tecnologia. Case Study Tecnologia investe em segurança e remodela o espaço responsável pela fabricação dos vinhos que fizeram do nome da família sinônimo de excelência no país. Por Eduardo Boni A história da família Valduga,

Leia mais

O CAPITALISMO E A DIVISÃO INTERNACIONAL DO TRABALHO (DIT)

O CAPITALISMO E A DIVISÃO INTERNACIONAL DO TRABALHO (DIT) O CAPITALISMO E A DIVISÃO INTERNACIONAL DO TRABALHO (DIT) O capitalismo teve origem na Europa, entre os séculos XIII e XIV, com o renascimento urbano e comercial e o surgimento de uma nova classe social:

Leia mais

Fusões e aquisições que geram valor

Fusões e aquisições que geram valor Fusões e aquisições que geram valor HSM Management/ Ano 5 /Número 27/ julho - agosto 2001 No momento de avaliar a viabilidade de uma fusão ou aquisição ou o modo de efetuá-la, talvez seja útil ter uma

Leia mais

Aula 1a: Introdução à Administração do agronegócio. Agronegócio Brasileiro: História, Cenário atual e perspectivas futuras

Aula 1a: Introdução à Administração do agronegócio. Agronegócio Brasileiro: História, Cenário atual e perspectivas futuras Aula 1a: Introdução à Administração do agronegócio Agronegócio Brasileiro: História, Cenário atual e perspectivas futuras Prospecção do conhecimento Defina agronegócio Cite, conforme seu conhecimento e

Leia mais

Consórcio. Imobiliário. na prática. Por que o consórcio é muito mais interessante do que o financiamento? Livre-se dos Juros!

Consórcio. Imobiliário. na prática. Por que o consórcio é muito mais interessante do que o financiamento? Livre-se dos Juros! Consórcio Imobiliário na prática Por que o consórcio é muito mais interessante do que o financiamento? Livre-se dos Juros! 1 Sobre a empresa A A+ Consórcios iniciou suas atividades com o objetivo de gerir

Leia mais

É PROIBIDO O USO COMERCIAL DESSA OBRA SEM A AUTORIZAÇÃO DO AUTOR

É PROIBIDO O USO COMERCIAL DESSA OBRA SEM A AUTORIZAÇÃO DO AUTOR É PROIBIDO O USO COMERCIAL DESSA OBRA SEM A AUTORIZAÇÃO DO AUTOR Introdução: Aqui nesse pequeno e-book nós vamos relacionar cinco super dicas que vão deixar você bem mais perto de realizar o seu sonho

Leia mais

Pág: Online Secção: Data: 24-06-2014 Tipo: Blogue Origem: Portugal. A volta da Covela

Pág: Online Secção: Data: 24-06-2014 Tipo: Blogue Origem: Portugal. A volta da Covela Data: 24-06-2014 Tipo: Blogue Origem: Portugal Pág: Online Secção: A volta da Covela Como a rapariga loura de um dos melhores contos de Eça de Queirós, a Quinta de Covela tem muitas singularidades. A mais

Leia mais

Entender como direcionar ao cliente o vinho, de acordo com o cardápio;

Entender como direcionar ao cliente o vinho, de acordo com o cardápio; VINHOS Objetivo Entender como direcionar ao cliente o vinho, de acordo com o cardápio; Identificar os principais tipos de uvas e vinhos; Conhecer o processo de produção do vinho. 1. Introdução O estudo

Leia mais

Roteiro para elaboração de projetos 1

Roteiro para elaboração de projetos 1 1 Roteiro para elaboração de projetos 1 O objetivo aqui é que vocês exercitem a criatividade, a atitude empreendedora, a inteligência emocional (liderar e ser liderado) e a responsabilidade (individual

Leia mais

qwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwerty uiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasd fghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzx cvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmq

qwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwerty uiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasd fghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzx cvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmq qwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwerty uiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasd fghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzx cvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmq Introdução a análise Histórica Feudalismo Fernando Del pozzo hjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzxc

Leia mais

ANTECEDENTES DA GRANDE DEPRESSÃO

ANTECEDENTES DA GRANDE DEPRESSÃO ANTECEDENTES DA GRANDE DEPRESSÃO Indicadores de fragilidade da era da prosperidade nos Estados Unidos da América Endividamento e falência de muitos agricultores. Estes tinham contraído empréstimos para

Leia mais