Borgonha. Vinhos femininos na colcha de retalhos

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Borgonha. Vinhos femininos na colcha de retalhos"

Transcrição

1 Borgonha Vinhos femininos na colcha de retalhos

2 Introdução Entender a Borgonha não é tarefa fácil. Sommeliers e enófilos apaixonados costumam tentar desvendar seus mistérios, mas sempre resta alguma coisa que não conseguem capturar. E talvez exatamente nisso é que esteja toda a graça do vinho dessa região. Como uma mulher, os vinhos da Borgonha são incrivelmente simples (apenas duas uvas são consideradas principais) e desesperadoramente complicados (como apenas duas uvas podem gerar vinhos com tamanhas diferenças?). A explicação é o Terroir. Em nenhum outro lugar ele se manifesta de maneira tão óbvia como na Borgonha. Dependendo do lugar onde a uva nasce, cresce e é educada, poderá adquirir determinada personalidade, que será diferente da sua vizinha de fileira ou de vinhedo. Os vinhos da Borgonha precisam ser amados. Precisam de dedicação para ser experimentados da forma correta, para não ser (comumente acontece) descritos como fraquinhos. Eles não se deixam capturar por provadores grosseiros que são incapazes de compreender que delicadeza não é sinônimo de fraqueza e só se mostram em todo o seu esplendor àqueles que querem de fato compreende-los. O esforço vale a pena, tenha certeza. Gilmara Vesolli twitter: gil_vesolli 2

3 Antes da Grande Região, A França A imagem da França é tão indissociável do vinho que as primeiras cenas que nos vem à cabeça quando o país é mencionado são a Torre Eiffel e os muitos chateaux produtores da bebida. Destino preferido dos amantes da boa gastronomia, a França exportou tendências culinárias durante décadas. Atualmente o país passa por grandes transformações. Enfrenta a crise, muda os hábitos alimentares, muda as tradicionais leis a respeito dos vinhos, aprende sobre a necessidade do turismo e de receber bem, muda seu comportamento diante do mundo. O vinho francês é o mais invejado e copiado no mundo todo. E não é por acaso. Os vinhos franceses costumam ter o porte digno da nobreza. Mas o que torna esses vinhos tão especiais? Os franceses acreditam que seja o terroir. De origem naturalmente francesa essa palavra representa um conceito, uma ideia de que cada lugar, ainda que minúsculo, produzirá um tipo específico de vinho. Isso se deve à geografia, e os franceses são fanáticos por ela. Não existe uma palavra francesa para definir enólogo. Chamamno de vigneron, plantador de uvas. Isso porque acredita-se que o terroir produz o vinho, não o enólogo. O ser humano teria pouca interferência no trabalho da natureza. Porém, contraditoriamente à essa ideia, está em andamento a ampliação da região de Champagne. 3

4 As exportações do vinho dessa região cresceram tanto que há uma enorme demanda por uma maior área de cultivo das uvas. O tamanho da região já havia sido revisto em 1927 e desde então 319 vilarejos podem produzir uvas para o famoso vinho. A nova lei prevê a inclusão de mais 40 vilas nesse montante. A explicação do Comitê Interprofissional do Vinho de Champagne (CIVC) para o súbito desinteresse pela geografia é de que hoje existem conhecimentos técnicos muito melhores para a correta avaliação de uma área. A História Uma das primeiras áreas cultivadas para produção de vinho foi plantada pelos gregos em 600 a/c em Massalia, hoje Marselha e se expandiu com a ajuda dos romanos na área que hoje é o sul da França. No século V d/c, com o colapso do Império Romano os vinhedos ficaram cada vez mais sob o controle da Igreja Católica, em especial das ordens monásticas dos beneditinos e cirterciences, que levaram os vinhedos até além de Paris, aperfeiçoaram as técnicas de plantio e elaboração de vinhos e repassaram seus conhecimentos adiante. Por volta de 1860 surge na França, vindo das Américas, um inseto que mais tarde ganhou o nome de Filoxera Vastatrix. Ele vivia nas raízes das vitis americanas em seu continente de origem e comia suas folhas não chegando a causar maiores danos à planta. 4

5 Porém esse inseto teve uma predileção especial pelas raízes das vitis européias que quando atacadas deixam de absorver os nutrientes necessários à sua manutenção e acabam morrendo. Foi o caos por toda a Europa. Dezenas de produtores foram à falência. Em 20 anos o inseto destruiu cerca de 85% dos vinhedos europeus. Centenas de produtores faliram, centenas de enólogos ficaram desempregados. Muitos daqueles que ainda tinham algum dinheiro para investir procuraram outros países, especialmente no Novo Mundo. Muitos enólogos foram contratados em diversos países. Isso contribuiu para difundir o modo francês de se fazer vinho. Para aprender mais sobre a História do vinho na França não deixe de ler: - O Julgamento de Paris - Vinho e Guerra - Champagne, como o mais sofisticado dos vinhos venceu a guerra e os tempos difíceis - Veuve Clicquot - Adeus aos Escargots 5

6 A Legislação vinícola francesa Em 1935 foi criado o INAO, Institut National des Appéllations d Origine. Esse instituto foi criado com a missão de estabelecer o sistema de Apéllation d Origine Contrôllé (AOC). Esse sistema estabelece padrões para categorias de vinhos, além de comidas como queijos, manteiga e azeites. Em 2008 o sistema AOC foi revisto e passou a se chamar AOP (Appéllation d Origine Protégée). Portanto safras anteriores a 2008 trarão rótulos ligeiramente diferentes das posteriores. A categoria de Vins de Appéllation d Origine Protégée, AOP, inclui os melhores vinhos franceses e para entrar nessa categoria é preciso obedecer a rígidas normas que incluem a área de produção, variedade de uvas, rendimento por hectare, práticas nos vinhedos (podas, sistemas de plantio e irrigação), teor alcoólico e práticas de produção (como o vinho deve ser feito na vinícola). Além disso os vinhos passam por uma análise química e degustação por uma banca que irá comprovar sua tipicidade. 6

7 A categoria VDQS (Vins Delimites de Qualité Supérieure) era um estágio em que o candidato a AOP deveria passar, mas foi extinta em Os vinhos que estavam nessa categoria passarão a ser AOP ou IGP. Os Vins de Pays, agora IGP (Indication Geographique Protégée) possuem regras menos rígidas que os AOP permitindo que o produtor possa exercitar sua criatividade. Já os antigos Vins de Table que passaram a se chamar Vins de France, possuem regras bastante flexíveis em comparação à AOP. Nessa categoria pode-se produzir vinhos de uvas de qualquer lugar da França e agora é permitido estampar no rótulo o nome das uvas e safra do vinho, antes proibidos pela legislação. Como em qualquer setor, o aproveitamento de todo o material é indispensável para a sobrevivência da empresa. Com o vinho não é diferente. Não se pode simplesmente jogar as uvas que não produzirão os melhores vinhos ou desprezar uma região menos beneficiada pela natureza ou pela tecnologia. Por isso existem diversas categorias de vinhos. Mas ser um AOP não é garantia absoluta de ser um bom vinho. As chances de ser melhor que um IGP são maiores, naturalmente, mas é preciso ficar atento para vinhos de outras categorias que podem ser tão bons quanto os AOP e que tem um preço certamente mais acessível. 7

8 Borgonha História Foi nessa região que, na Idade Média as poderosas ordens monásticas da Igreja se estabeleceram. Os monges cisterciences e beneditinos trabalharam o solo da Borgonha e cultivaram as uvas Pinot Noir e Chardonnay. Mais do que isso, eles entenderam a região. Descobriram que cada pequena parcela de terra podia gerar um vinho diferente, embora fosse feito com a mesma variedade de uva. Durante muito tempo a Igreja deteve enormes parcelas de terra na região. Os vinhedos eram tantos que foi necessária a ajuda dos moradores locais para produzir o vinho. Dessa forma os monges disseminaram o conhecimento que haviam adquirido ao longo dos séculos trabalhando a terra. Quando aconteceu a Revolução Francesa, em 1789, as terras que pertenciam à Igreja foram divididas e vendidas. O código napoleônico estabeleceu que cada filho herdaria uma parcela igual de terra depois da morte do pai. A partir daí é fácil imaginar o que aconteceu. Se um pai tivesse 10 filhos e 10 hectares de vinhedos, depois da sua morte esse terreno estaria dividido por 10. E se cada filho tivesse, por sua vez, mais 10 filhos... Assim formou-se a colcha de retalhos que é a Borgonha. 8

9 Para entender a Borgonha 1- O Borgonha branco é feito principalmente de Chardonnay e o tinto, de Pinot Noir. Embora outras uvas sejam plantadas na região, pouco se considera sua existencia. 2- Beaujolais é considerada uma subregião da Borgonha, embora sua principal uva seja a Gamay e seus vinhos sejam completamente diferentes. Muitos autores tratam Beaujolais como uma região à parte. 3- Na Borgonha, ao contrário da maior parte da França, os vinhos são monovarietais, ou seja: são feitos de apenas uma uva. 4- Os vinhedos são determinados pelo terroir desde há muito tempo. Eles receberam nomes e foram categorizados pelo nível de qualidade. 5- Não raramente um único vinhedo pertence a diversos donos. As vezes um plantador possui nada além de algumas fileiras de determinado vinhedo. Isso quer dizer que você poderá encontrar dezenas de vinhos feitos do mesmo vinhedo, porém por produtores diferentes. Um exemplo é o vinhedo Clos de Vougeot, que possui 125 acres e 80 proprietários. Portanto é possível encontrar 80 rótulos diferentes de vinho do mesmo vinhedo. Todos se chamarão Clos de Vougeot porém de diferentes produtores. 6- Quando há apenas um proprietário o vinhedo é chamado de monopole. 7- Borgonha passe-tout-grains é o vinho feito a partir de um corte de Pinot Noir com Gamay. 9

10 8- Até os anos 80 os négociants (comerciantes que compram vinhos e engarrafam sob seu nome) controlavam o comércio de vinhos na Borgonha. Isso se explica devido ao fato de que pequenos produtores tem dificuldades de plantar, produzir e engarrafar o próprio vinho, preferindo vende-lo a um négociant. Hoje em dia, embora eles ainda existam, muitas vezes também plantam sua própria uva. Muitos pequenos produtores também acabaram decidindo por engarrafar sua produção. 10

11 Divisão da Borgonha A Borgonha possui 6 AOPs. Alguns autores consideram apenas 5, excluindo Beaujolais. São elas: Chablis Côte de Nuits Côte de Beaune Côte Chalonnaise Mâconnais Beaujolais A famosa Côte d Or é o nome coletivo dado à Côte de Nuits e Côte de Beaune. Cada AOP possui várias áreas vinícolas com características distintas. Dentro de cada área podem existir diversos vinhedos, cada qual com um nome diferente e um nível de qualidade que pode ser: Borgonha tinto ou branco: vinho genérico feito a partir de uvas plantadas em qualquer lugar da Borgonha. Vin de Village: feito a partir das uvas plantadas em determinada aldeia. O nome dessa aldeia consta no rótulo. Premier Cru: melhor e menor definido lugar de todo o vinhedo. Pertencem a essa categoria 562 vinhedos. No rótulo constará o nome do vinhedo depois do nome da vila. 11

12 Grand Cru: apenas 33 vinhedos se encaixam nessa categoria. São os vinhos top de linha. Esses vinhedos são tão famosos que consta no rótulo apenas seu nome. As vezes é complicado descobrir se o que consta no rótulo é o nome do vinhedo ou da vila, especialmente porque muitas aldeias emprestaram o nome de seus vinhedos mais famosos, como por exemplo Chambolle-Musigny, que antes se chamava apenas Chambolle. Portanto fique atento às diferenças para não comprar gato por lebre. Quando vir um nome com hífen como esse se tratará de um vinho de aldeia. Exemplo, um produtor como o Domaine Roumier prepara 3 vinhos de categorias diferentes na aldeia de Chambolle- Musigny. Seus rótulos ficarão dessa forma: Domaine Roumier Chambolle-Musigny, vinho de aldeia. Domaine Roumier Chambolle-Musigny Les Amoureses, um vinho Premier Cru. Les Amoureses é o nome do vinhedo. Domaine Roumier Le Musigny, um Grand Cru. Repare como consta apenas o nome do vinhedo. 12

13 Sub regiões: Áreas vinícolas de Chablis: Aqui se produz apenas vinhos brancos de Chardonnay. Petit Chablis Pertencem a essa categoria os vinhos mais simples Chablis Vinhos de melhor qualidade que os Petit Chablis Premier Cru Chablis Os seis mais conhecidos vinhedos são: Fourchaume Les Forêts Mont de Milieu Montée de Tonnerre Montmains Vaillons Grand Cru Chablis Os sete Chablis Grand Cru são: Blanchot Bougros Lês Clos Grenouilles Les Preuses Valmur Vaudésir 13

14 Vilas vinicultoras da Côte de Nuits: Aqui se encontram quase todos os vinhedos Grand Crus. Os vinhos mais longevos da Borgonha são produzidos nessa região. Uma das vinícolas mais famosas do mundo, o Domaine de La Romanée-Conti, fica em Vosne-Romanée. Marsannay, Fixin, Gevrey-Chambertin, Morey-St-Denis, Chambolle-Musigny, Vougeot, Vosne-Romanée, Nuits-St- Georges. Vilas vinicultoras da Côte de Beaune: Essa região produz os únicos brancos Grand Cru fora de Chablis e muitos famosos tintos. Chorey-lès-Beaune, Ladoix, Pernad-Vergelesses, Aloxe- Corton, Beaune, Savigny-lès-Beaune, Pommard, Volnay, Auxey- Duresses, St-Romain, St-Aubin, Mersault, Puligny- Montrachet, Chassagne-Montrachet, Santenay, Maranges. Vilas vinicultoras da Côte Chalonnaise: Aqui os vinhedos não são contínuos, mas agrupados em torno de 5 vilas. Existem outros plantios além da uva nessa região. Bouzeron, Rully, Mercurey, Givry, Montagny (apenas vinho branco). 14

15 Vilas vinicultoras de Mâconnais: Aqui se produz brancos de Chardonnay e tintos de Gamay. Os vinhos podem ser vendidos como Mâcon, Mâcon Supérieur, Mâcon-villages (as vezes o termo é substituído pelo nome de uma das 43 vilas ligadas a essa denominação). Vire-Clessé, Pouilly-Fuissé, Pouilly-Vinzelles, Pouilly-Loché, St- Véran. Vilas vinícolas de Beaujolais: Aqui é plantada quase com exclusividade a uva Gamay. Seus vinhos podem ser vendidos como Beaujolais Nouveau (lançado no mundo todo em novembro), Beaujolais, Beaujolais-villages e Beaujolais Cru, vindo de 10 dos melhores vinhedos. São eles: Brouilly Côte de Brouilly Regnie Morgon Chiroubles Fleuri Moulin-á-Vent Chénas Juliénas Saint-Amour 15

16 Decifrando os rótulos: 16

17 No caso do Domaine de La Romanée-Conti, a vinícola e seus vinhos são tão famosos que se considera dispensáveis apresentações. Daí a pouca informação contida nos rótulos, inclusive a ausencia do termo Grand Cru. 17

18 18

BORGONHA BORGONHA CONCEITO DE TERROIR

BORGONHA BORGONHA CONCEITO DE TERROIR BORGONHA BORGONHA BORGONHA CONCEITO DE TERROIR BORGONHA HISTORIA DA BORGONHA Após o Império Romano, por mais de dez séculos a maioria dos vinhos estiveram sob o poderoso domínio dos monges beneditinos

Leia mais

Enóloga fala da participação das mulheres no mundo do vinho

Enóloga fala da participação das mulheres no mundo do vinho Enóloga fala da participação das mulheres no mundo do vinho Carlos Alberto Barbosa Susana Balbo esteve em São Paulo para conduzir a degustação do lançamento no Brasil da linha de vinhos Zohar Na quinta-feira,

Leia mais

Manual da Indicação Geográfica do Vale dos Vinhedos

Manual da Indicação Geográfica do Vale dos Vinhedos Manual da Indicação Geográfica do Vale dos Vinhedos Uma conquista O Brasil do futuro é agora: a vida melhorando, o mercado crescendo, novos produtos chegando, tudo acontecendo ao mesmo tempo. E com isto

Leia mais

Antonio Saramago, José Santanita e Arthur Azevedo. Homenagem ao Sommelier do Mundo

Antonio Saramago, José Santanita e Arthur Azevedo. Homenagem ao Sommelier do Mundo Antonio Saramago, José Santanita e Arthur Azevedo. Homenagem ao Sommelier do Mundo Apresentação O sommelier tem sido nos últimos anos figura de enorme importância e destaque no mundo do vinho. Este profissional

Leia mais

Educação familiar e escolar para o terceiro milênio. nosso tema

Educação familiar e escolar para o terceiro milênio. nosso tema Prefácio As pessoas já têm mil noções feitas bem antigas! com relação à palavra educação. Os pais e a escola têm de ensinar para as crianças, em palavras e só com palavras, quase tudo sobre os conhecimentos

Leia mais

Especial PRIMUM FAMILIAE VINI EM DEGUSTAÇÃO NO BRASIL. Viagem DiVina VIENA: A METRÓPOLE COM MAIS VINHEDOS URBANOS NO MUNDO

Especial PRIMUM FAMILIAE VINI EM DEGUSTAÇÃO NO BRASIL. Viagem DiVina VIENA: A METRÓPOLE COM MAIS VINHEDOS URBANOS NO MUNDO EDIÇÃO 15 ANO III edição 15 ano III R$ 12,90 www.revistadivino.com.br Especial PRIMUM FAMILIAE VINI EM DEGUSTAÇÃO NO BRASIL Viagem DiVina VIENA: A METRÓPOLE COM MAIS VINHEDOS URBANOS NO MUNDO FalandO de

Leia mais

Sumário. Como utilizar este guia 6

Sumário. Como utilizar este guia 6 4 Um livro Dorling Kindersley www.dk.com Produzido para DK por Departure Lounge DIRETORAS EDITORIAIS: Georgina Matthews, Ella Milroy DIRETORA DE ARTE: Lisa Kosky EDITORA DE PROJETO: Kelly Thompson EDITORA:

Leia mais

Sumário executivo. ActionAid Brasil Rua Morais e Vale, 111 5º andar 20021-260 Rio de Janeiro - RJ Brasil

Sumário executivo. ActionAid Brasil Rua Morais e Vale, 111 5º andar 20021-260 Rio de Janeiro - RJ Brasil Sumário executivo Mais de um bilhão de pessoas sofre com as consequências da inanição é mais que a população dos Estados Unidos, Canadá e União Européia juntas. Em julho desse ano, a reunião de cúpula

Leia mais

O papel da gerência em um ambiente de manufatura lean. Gary Convis, Presidente, Toyota Motor Manufacturing de Kentucky

O papel da gerência em um ambiente de manufatura lean. Gary Convis, Presidente, Toyota Motor Manufacturing de Kentucky O papel da gerência em um ambiente de manufatura lean Gary Convis, Presidente, Toyota Motor Manufacturing de Kentucky Tradução: Diogo Kosaka Gostaria de compartilhar minha experiência pessoal como engenheiro

Leia mais

ABS-CAMPINAS CONFRARIAS DE DEGUSTAÇÃO Módulo 11 Regiões Encontro 44 Tema: Borgonha

ABS-CAMPINAS CONFRARIAS DE DEGUSTAÇÃO Módulo 11 Regiões Encontro 44 Tema: Borgonha ABS-CAMPINAS CONFRARIAS DE DEGUSAÇÃO Módulo 11 Regiões Encontro 44 ema: Borgonha exto elaborado por: Bruno Vianna Borgonha é região de sonho, de amor à terra, de luta contra as desfeitas do clima, de busca

Leia mais

sumário Uma coleção No coração do Languedoc A arte

sumário Uma coleção No coração do Languedoc A arte sumário CHÂTEAU DE GRAGNOS CHÂTEAU DE GRAGNOS CHÂTEAU DE GRAGNOS CHÂTEAU DE GRAGNOS No coração do Languedoc Fundado em 1710 Uma coleção de Grands Vins A arte de vinificar Página 4 Página 8 Página 12 Página

Leia mais

Chega a 6ta edição do Dia Mundial do Malbec.

Chega a 6ta edição do Dia Mundial do Malbec. Chega a 6ta edição do Dia Mundial do Malbec. Wines of Argentina Vinos de Argentina A.C Sob o conceito Celebremos um Clássico vem aí a sexta edição do Dia Mundial do Malbec Na sexta edição do Malbec World

Leia mais

Como saber que meu filho é dependente químico e o que fazer. A importância de todos os familiares no processo de recuperação.

Como saber que meu filho é dependente químico e o que fazer. A importância de todos os familiares no processo de recuperação. Como saber que meu filho é dependente químico e o que fazer A importância de todos os familiares no processo de recuperação. Introdução Criar um filho é uma tarefa extremamente complexa. Além de amor,

Leia mais

OLHAR GLOBAL. Inspirado no mito da Fênix, Olivier Valsecchi cria imagens com cinzas. A poeira do. renascimento. Fotografe Melhor n o 207

OLHAR GLOBAL. Inspirado no mito da Fênix, Olivier Valsecchi cria imagens com cinzas. A poeira do. renascimento. Fotografe Melhor n o 207 OLHAR GLOBAL Inspirado no mito da Fênix, Olivier Valsecchi cria imagens com cinzas A poeira do renascimento 36 Fotografe Melhor n o 207 Olivier convida pessoas que encontra na rua ou na internet para posarem

Leia mais

COMO INVESTIR PARA GANHAR DINHEIRO

COMO INVESTIR PARA GANHAR DINHEIRO COMO INVESTIR PARA GANHAR DINHEIRO Por que ler este livro? Você já escutou histórias de pessoas que ganharam muito dinheiro investindo, seja em imóveis ou na Bolsa de Valores? Após ter escutado todas essas

Leia mais

Chiara Lungarotti, Una Vera Donna Del Vino

Chiara Lungarotti, Una Vera Donna Del Vino Chiara Lungarotti, Una Vera Donna Del Vino By Luiz Gastao Bolonhez on November 18, 2010 Chiara Lungarotti Recentemente esteve no Brasil para uma rápida visita, Chiara Lungarotti, uma jovem umbra que tem

Leia mais

Superando Seus Limites

Superando Seus Limites Superando Seus Limites Como Explorar seu Potencial para ter mais Resultados Minicurso Parte VI A fonte do sucesso ou fracasso: Valores e Crenças (continuação) Página 2 de 16 PARTE 5.2 Crenças e regras!

Leia mais

4 Passos Para Criar Um Ebook Lucrativo Em Menos de 30 Dias

4 Passos Para Criar Um Ebook Lucrativo Em Menos de 30 Dias 4 Passos Para Criar Um Ebook Lucrativo Em Menos de 30 Dias Copyright 2014 por Mindbank Publicado por: Mindbank Autor: Matheus Beirão Primeira edição: Maio de 2014 Todos os direitos reservados. Nenhuma

Leia mais

Vida Universitária Junho 2007 Ano XVII Nº 173

Vida Universitária Junho 2007 Ano XVII Nº 173 Futuro do planeta depende de mudanças de atitude e políticas públicas No dia 16 de maio, o francês Yves Mathieu, um dos mil multiplicadores treinados pelo ex-vice-presidente dos Estados Unidos, Al Gore,

Leia mais

Sociologia. Professor: Matheus Bortoleto Rodrigues E-mail: bortoletomatheus@yahoo.com.br Escola: Dr. José Ferreira

Sociologia. Professor: Matheus Bortoleto Rodrigues E-mail: bortoletomatheus@yahoo.com.br Escola: Dr. José Ferreira Sociologia Professor: Matheus Bortoleto Rodrigues E-mail: bortoletomatheus@yahoo.com.br Escola: Dr. José Ferreira [...] tudo o que é real tem uma natureza definida que se impõe, com a qual é preciso contar,

Leia mais

04 Os números da empresa

04 Os números da empresa 04 Os números da empresa Além de conhecer o mercado e situar-se nele, o empreendedor tem de saber com clareza o que ocorre com os números de sua empresa. Neste capítulo conheça os principais conceitos,

Leia mais

História. Programação 3. bimestre. Temas de estudo

História. Programação 3. bimestre. Temas de estudo História Olá, pessoal! Vamos conhecer, entre outros fatos, como era o trabalho escravo no Brasil? CHIQUINHA GONZAGA Programação 3. bimestre Temas de estudo O trabalho escravo na formação do Brasil - Os

Leia mais

OS 4 PASSOS ALTA PERFORMANCE A PARTIR DE AGORA PARA VOCÊ COMEÇAR A VIVER EM HIGHSTAKESLIFESTYLE.

OS 4 PASSOS ALTA PERFORMANCE A PARTIR DE AGORA PARA VOCÊ COMEÇAR A VIVER EM HIGHSTAKESLIFESTYLE. OS 4 PASSOS PARA VOCÊ COMEÇAR A VIVER EM ALTA PERFORMANCE A PARTIR DE AGORA HIGHSTAKESLIFESTYLE. Hey :) Gabriel Goffi aqui. Criei esse PDF para você que assistiu e gostou do vídeo ter sempre por perto

Leia mais

Pág: Online Secção: Data: 24-06-2014 Tipo: Blogue Origem: Portugal. A volta da Covela

Pág: Online Secção: Data: 24-06-2014 Tipo: Blogue Origem: Portugal. A volta da Covela Data: 24-06-2014 Tipo: Blogue Origem: Portugal Pág: Online Secção: A volta da Covela Como a rapariga loura de um dos melhores contos de Eça de Queirós, a Quinta de Covela tem muitas singularidades. A mais

Leia mais

f r a n c i s c o d e Viver com atenção c a m i n h o Herança espiritual da Congregação das Irmãs Franciscanas de Oirschot

f r a n c i s c o d e Viver com atenção c a m i n h o Herança espiritual da Congregação das Irmãs Franciscanas de Oirschot Viver com atenção O c a m i n h o d e f r a n c i s c o Herança espiritual da Congregação das Irmãs Franciscanas de Oirschot 2 Viver com atenção Conteúdo 1 O caminho de Francisco 9 2 O estabelecimento

Leia mais

COMO ESCOLHER O NEGÓCIO DE MARKETING MULTINÍVEL QUE MAIS COMBINA COM SEU PERFIL

COMO ESCOLHER O NEGÓCIO DE MARKETING MULTINÍVEL QUE MAIS COMBINA COM SEU PERFIL 1 COMO ESCOLHER O NEGÓCIO DE MARKETING MULTINÍVEL QUE MAIS COMBINA COM SEU PERFIL Celso Silva 2 Sobre o autor Celso Silva é nascido no Rio de Janeiro, em 24 de fevereiro de 1950. Aos 17 anos ingressou

Leia mais

personalizado Vinho www.revistaviverbrasil.com.br PAI AOS 60 DESAFIOS E RECOMPENSAS DE FILHOS NA TERCEIRA IDADE

personalizado Vinho www.revistaviverbrasil.com.br PAI AOS 60 DESAFIOS E RECOMPENSAS DE FILHOS NA TERCEIRA IDADE ENTREVISTA MARCIO LACERDA, PREFEITO DE BH: A INTERNACIONALIZAÇÃO FOI O MAIOR LEGADO DA COPA ARTIGO PCO COLIGAÇÕES DIFÍCEIS DE ENTENDER M www.revistaviverbrasil.com.br seu vinho Gracias a la Vida Malbec

Leia mais

Vinhos & Gastronomia. França de Setembro à 03 de outubro. Wine tours Visitas enogastronômicas Visites oeno-gastronomiques

Vinhos & Gastronomia. França de Setembro à 03 de outubro. Wine tours Visitas enogastronômicas Visites oeno-gastronomiques Vinhos & Gastronomia França - 2017 26 de Setembro à 03 de outubro Suas companhias de viagem Jean Claude Cara, é franco - brasileiro, consultor em vinhos e chef de cozinha. Possui um livro escrito sobre

Leia mais

Boletim de informação dos Vinhos de Beaujolais no Brasil mandado pelo Inter Beaujolais. Boa leitura!

Boletim de informação dos Vinhos de Beaujolais no Brasil mandado pelo Inter Beaujolais. Boa leitura! Boletim de informação dos Vinhos de Beaujolais no Brasil mandado pelo Inter Beaujolais. Boa leitura! Os Vinhos do Beaujolais no Brasil A Inter Beaujolais, que representa os 2.800 produtores da região,

Leia mais

CONTEXTO HISTORICO E GEOPOLITICO ATUAL. Ciências Humanas e suas tecnologias R O C H A

CONTEXTO HISTORICO E GEOPOLITICO ATUAL. Ciências Humanas e suas tecnologias R O C H A CONTEXTO HISTORICO E GEOPOLITICO ATUAL Ciências Humanas e suas tecnologias R O C H A O capitalismo teve origem na Europa, nos séculos XV e XVI, e se expandiu para outros lugares do mundo ( Ásia, África,

Leia mais

Produto mais sustentável

Produto mais sustentável Produto mais sustentável De maneira geral, um produto pode ser considerado mais sustentável por diversas razões: a) processo de fabricação com baixo impacto: consiste em produtos que eliminaram ingredientes

Leia mais

Região. Mais um exemplo de determinação

Região. Mais um exemplo de determinação O site Psicologia Nova publica a entrevista com Úrsula Gomes, aprovada em primeiro lugar no concurso do TRT 8 0 Região. Mais um exemplo de determinação nos estudos e muita disciplina. Esse é apenas o começo

Leia mais

cartilha direitos humanos layout:layout 1 2008-09-05 13:42 Página 1 CAPA

cartilha direitos humanos layout:layout 1 2008-09-05 13:42 Página 1 CAPA cartilha direitos humanos layout:layout 1 2008-09-05 13:42 Página 1 CAPA cartilha direitos humanos layout:layout 1 2008-09-05 13:42 Página 2 TODOS SÃO IGUAIS PERANTE A LEI* *Artigo 5º da Constituição Brasileira

Leia mais

TRANSFORMANDO OPORTUNIDADES EM RESULTADOS:

TRANSFORMANDO OPORTUNIDADES EM RESULTADOS: TRANSFORMANDO OPORTUNIDADES EM RESULTADOS: O Médio Vale do Itajaí é uma das regiões mais desenvolvidas de SC. Um fator primordial para esse potencial econômico é a sua tradição industrial, que faz com

Leia mais

Autor: Marcelo Maia http://infoempreendedorismo.com

Autor: Marcelo Maia http://infoempreendedorismo.com Nesse ebook você irá aprender como gerar uma renda mesmo que do zero rapidamente na internet, se você já tem um produto irá aprender como aumentar suas vendas agora mesmo de forma garantida. Crie um sistema

Leia mais

Receita de Viagem Com Bel Coelho

Receita de Viagem Com Bel Coelho Receita de Viagem Com Bel Coelho Receita de Viagem 20 EPISÓDIOS 22MIN HD O PROJETO Receita de viagem é uma série original de vinte episódios para a televisão apresentada pela famosa chef brasileira Bel

Leia mais

Dedico este livro a todas as MMM S* da minha vida. Eu ainda tenho a minha, e é a MMM. Amo-te Mãe!

Dedico este livro a todas as MMM S* da minha vida. Eu ainda tenho a minha, e é a MMM. Amo-te Mãe! Dedico este livro a todas as MMM S* da minha vida. Eu ainda tenho a minha, e é a MMM. Amo-te Mãe! *MELHOR MÃE DO MUNDO Coaching para Mães Disponíveis, www.emotionalcoaching.pt 1 Nota da Autora Olá, Coaching

Leia mais

22/05/2006. Discurso do Presidente da República

22/05/2006. Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de assinatura de protocolos de intenções no âmbito do Programa Saneamento para Todos Palácio do Planalto, 22 de maio de 2006 Primeiro, os números que estão no

Leia mais

PARA SEMPRE CERTIFICAÇÃO FLORESTAL FSC. Carmen Figueiredo

PARA SEMPRE CERTIFICAÇÃO FLORESTAL FSC. Carmen Figueiredo PARA SEMPRE CERTIFICAÇÃO FLORESTAL FSC Carmen Figueiredo PARA SEMPRE CERTIFICAÇÃO FLORESTAL FSC 1ª edição 2005 Realização Apoio CRÉDITOS Produção Ethnos estratégias socio ambientais - ethnosconsultoria@uol.com.br

Leia mais

Capítulo 15: Investimento, Tempo e Mercado de Capitais

Capítulo 15: Investimento, Tempo e Mercado de Capitais Pindyck & Rubinfeld, Capítulo 15, Mercado de Capitais :: EXERCÍCIOS 1. Suponha que a taxa de juro seja de 10%. Qual é o valor de um título com cupom que paga $80 por ano, durante cada um dos próximos 5

Leia mais

21 sacadas para levar o seu negócio para o próximo nível

21 sacadas para levar o seu negócio para o próximo nível Para quem é este livro? Este livro é para todas aquelas pessoas que fazem o que amam em seu trabalho mas não estão tendo o retorno que gostariam. Este mini guia com 21 sacadas é um resumo dos atendimentos

Leia mais

GUIA MEGA DA VIRADA 2013 MINI CURSO

GUIA MEGA DA VIRADA 2013 MINI CURSO INDICE CAPITULO 1 INTRODUÇÃO ITENS ESTATISTICOS CAPITULO 2 ANALISE POR CICLO (COMPLETO E PARCIAL) CAPITULO 3 GRUPOS ESPECIAIS CARTELAS MAGICAS, GRUPO DAS 40, GRUPO DOS 10 CAPITULO 4 LINHAS, COLUNAS E QUADRANTES

Leia mais

CRISE DO ESCRAVISMO. O Brasil foi o último país da América Latina a abolir a escravidão.

CRISE DO ESCRAVISMO. O Brasil foi o último país da América Latina a abolir a escravidão. CRISE DO ESCRAVISMO A Dinamarca foi o primeiro país Europeu a abolir o tráfico de escravos em 1792. A Grã-Bretanha veio a seguir, abolindo em 1807 e os Estados Unidos em 1808. O Brasil foi o último país

Leia mais

Estudo Dirigido - RECUPERAÇÃO FINAL

Estudo Dirigido - RECUPERAÇÃO FINAL Educador: Luciola Santos C. Curricular: História Data: / /2013 Estudante: 7 Ano Estudo Dirigido - RECUPERAÇÃO FINAL 7º Ano Cap 1e 2 Feudalismo e Francos Cap 6 Mudanças no feudalismo Cap 7 Fortalecimento

Leia mais

HERÓIS SEM ROSTOS - A Saga do Imigrante para os EUA Autor: Dirma Fontanezzi - dirma28@hotmail.com

HERÓIS SEM ROSTOS - A Saga do Imigrante para os EUA Autor: Dirma Fontanezzi - dirma28@hotmail.com HERÓIS SEM ROSTOS - A Saga do Imigrante para os EUA Autor: Dirma Fontanezzi - dirma28@hotmail.com TRECHO: A VOLTA POR CIMA Após me formar aos vinte e seis anos de idade em engenharia civil, e já com uma

Leia mais

DICAS MENSAIS SOCIOLOGIA 1ª SÉRIE

DICAS MENSAIS SOCIOLOGIA 1ª SÉRIE DICAS MENSAIS SOCIOLOGIA 1ª SÉRIE INTRODUÇÃO À SOCIOLOGIA Um grupo de cientistas colocou cinco macacos numa jaula, em cujo centro pôs uma escada e, sobre ela, um cacho de bananas. Quando um macaco subia

Leia mais

Entrevistado: Almir Barbassa Entrevistador: - Data:11/08/2009 Tempo do Áudio: 23 30

Entrevistado: Almir Barbassa Entrevistador: - Data:11/08/2009 Tempo do Áudio: 23 30 1 Entrevistado: Almir Barbassa Entrevistador: - Data:11/08/2009 Tempo do Áudio: 23 30 Entrevistador- Como o senhor vê a economia mundial e qual o posicionamento do Brasil, após quase um ano da quebra do

Leia mais

Capítulo 15: TÉCNICAS PARA UMA ENTREVISTA DE TRABALHO

Capítulo 15: TÉCNICAS PARA UMA ENTREVISTA DE TRABALHO Capítulo 15: TÉCNICAS PARA UMA ENTREVISTA DE TRABALHO 15.1 Como se Preparar para as Entrevistas É absolutamente essencial treinar-se para as entrevistas. Se você não praticar, poderá cometer todos os tipos

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS 01

LISTA DE EXERCÍCIOS 01 LISTA DE EXERCÍCIOS 01 01 - (Unicamp 2014) Desde o período neolítico, os povos de distintas partes do mundo desenvolveram sistemas agrários próprios aproveitando as condições naturais de seus habitats

Leia mais

Brancos e Rosé. para levar de caixa. Os vinhos mais premiados do. nº 11. Pode ser aberto pelos Correios. Fechamento Autorizado

Brancos e Rosé. para levar de caixa. Os vinhos mais premiados do. nº 11. Pode ser aberto pelos Correios. Fechamento Autorizado nº 11 OUTUBRO NOVEMBRO 2015 Novas Safras Vinícola GUASPARI Domaine LAFAGE Os vinhos mais premiados do sul da França Especial CABALLO LOCO Fechamento Autorizado Pode ser aberto pelos Correios Brancos e

Leia mais

A fábula da formiga. Post (0182)

A fábula da formiga. Post (0182) A fábula da formiga Post (0182) Todos os dias, uma formiga chegava cedinho ao escritório e pegava duro no trabalho. A formiga era produtiva e feliz. O gerente besouro estranhou a formiga trabalhar sem

Leia mais

CANDIDATO BANCADO PELOS PAIS

CANDIDATO BANCADO PELOS PAIS CANDIDATO BANCADO PELOS PAIS Desânimo total Acho que minhas forças estão indo abaixo, ando meio desmotivado!!!! Não quero desanimar, mas os fatores externos estão superando minha motivação... cobrança

Leia mais

www.segredodosblogueiros.com.br Como Escrever Artigos Que Convertem?

www.segredodosblogueiros.com.br Como Escrever Artigos Que Convertem? Como Escrever Artigos Que Convertem? Sumário www.segredodosblogueiros.com.br Introdução... 03 Como Criar Conteúdo de Qualidade?... 05 Menos é Mais... 09 Gatilhos Mentais... 11 SEO Morreu?... 14 Técnicas

Leia mais

O vinho de um dia só. A região tradicional

O vinho de um dia só. A região tradicional Curtir Enviar 3 pessoas curtiram isso. Matérias relacionadas França Le Pré Catelan O vinho de um dia só A região de Beaujolais virou refém de seu próprio sucesso. Só para se ter uma ideia, em 1960, a produção

Leia mais

7 Negócios Lucrativos

7 Negócios Lucrativos 7 Negócios Lucrativos CAPÍTULO 1 Mentalidade Geralmente empreendedores ficam caçando uma maneira nova de ganhar dinheiro constantemente, e de fato é isso que faz com que uns cheguem ao topo e outros não,

Leia mais

é de queda do juro real. Paulatinamente, vamos passar a algo parecido com o que outros países gastam.

é de queda do juro real. Paulatinamente, vamos passar a algo parecido com o que outros países gastam. Conjuntura Econômica Brasileira Palestrante: José Márcio Camargo Professor e Doutor em Economia Presidente de Mesa: José Antonio Teixeira presidente da FENEP Tentarei dividir minha palestra em duas partes:

Leia mais

Freelapro. Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo

Freelapro. Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo Palestrante: Pedro Quintanilha Freelapro Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo Quem sou eu? Eu me tornei um freelancer

Leia mais

TIPOS DE BRINCADEIRAS E COMO AJUDAR A CRIANÇA BRINCAR

TIPOS DE BRINCADEIRAS E COMO AJUDAR A CRIANÇA BRINCAR TIPOS DE BRINCADEIRAS E COMO AJUDAR A CRIANÇA BRINCAR As crianças precisam atravessar diversos estágios no aprendizado de brincar em conjunto, antes de serem capazes de aproveitar as brincadeiras de grupo.

Leia mais

A EDUCAÇÃO DOS SURDOS: UMA ANÁLISE HISTÓRICO-CRÍTICA RESUMO

A EDUCAÇÃO DOS SURDOS: UMA ANÁLISE HISTÓRICO-CRÍTICA RESUMO A EDUCAÇÃO DOS SURDOS: UMA ANÁLISE HISTÓRICO-CRÍTICA Mayara Cordeiro da Silva ( UFAL) Mayaracordeiro4@gmail.com Rebecca Thamyres de Missena Costa( UFAL) rebecca.ufal@gmail.com RESUMO Muito vem sendo discutido

Leia mais

Disciplina de Leitura Pessoal Manual do Aluno David Batty

Disciplina de Leitura Pessoal Manual do Aluno David Batty Disciplina de Leitura Pessoal Manual do Aluno David Batty Nome Data de início: / / Data de término: / / 2 Leitura Pessoal David Batty 1ª Edição Brasil As referências Bíblicas usadas nesta Lição foram retiradas

Leia mais

12 perguntas. que você precisa fazer para o seu cliente.

12 perguntas. que você precisa fazer para o seu cliente. 12 perguntas que você precisa fazer para o seu cliente. Introdução Neste final de ano, a Icatu Seguros quer convidar a todos para uma reflexão sobre decisões aparentemente simples, mas que nem sempre são

Leia mais

Após o término da Segunda Guerra Mundial foram trabalhar no SíNo Quinta das Amoreiras, de propriedade de Augusto Camossa Saldanha, aqui entre Miguel

Após o término da Segunda Guerra Mundial foram trabalhar no SíNo Quinta das Amoreiras, de propriedade de Augusto Camossa Saldanha, aqui entre Miguel Vamos falar umas poucas palavras sobre nosso pai. Na tradição japonesa nessas horas esquecemos a tristeza e falamos das alegrias, das virtudes de quem foi. O duro é esquecer a tristeza. Hiroshi Watanabe

Leia mais

11 Segredos para a Construção de Riqueza Capítulo II

11 Segredos para a Construção de Riqueza Capítulo II Capítulo II Mark Ford 11 Segredos para a Construção de Riqueza Capítulo Dois Como uma nota de $10 me deixou mais rico do que todos os meus amigos Das centenas de estratégias de construção de riqueza que

Leia mais

Identificação do projeto

Identificação do projeto Seção 1 Identificação do projeto ESTUDO BÍBLICO Respondendo a uma necessidade Leia Neemias 1 Neemias era um judeu exilado em uma terra alheia. Alguns dos judeus haviam regressado para Judá depois que os

Leia mais

CURSOS PRECISAM PREPARAR PARA A DOCÊNCIA

CURSOS PRECISAM PREPARAR PARA A DOCÊNCIA Fundação Carlos Chagas Difusão de Idéias novembro/2011 página 1 CURSOS PRECISAM PREPARAR PARA A DOCÊNCIA Elba Siqueira de Sá Barretto: Os cursos de Pedagogia costumam ser muito genéricos e falta-lhes um

Leia mais

Manual prático de criação publicitária. (O dia-a-dia da criação em uma agência)

Manual prático de criação publicitária. (O dia-a-dia da criação em uma agência) Manual prático de criação publicitária (O dia-a-dia da criação em uma agência) MANUAL final2.indd 1 14/3/2006 23:19:58 Flávio Waiteman Manual prático de criação publicitária (O dia-a-dia da criação em

Leia mais

SÉRIE DE ESTUDOS DE CASO DA TEARFUND. Lidando com Crises UM ESTUDO DE CASO DA GUINÉ-BISSAU

SÉRIE DE ESTUDOS DE CASO DA TEARFUND. Lidando com Crises UM ESTUDO DE CASO DA GUINÉ-BISSAU Lidando com Crises UM ESTUDO DE CASO DA GUINÉ-BISSAU Conteúdo Antecedentes 3 Como a situação mudou? 4 Por que o programa da IEGB teve tanto êxito? 6 Quais foram as dificuldades? 7 O que podemos aprender?

Leia mais

UMA PROPOSTA INOVADORA PARA ENSINAR EMPREENDEDORISMO AOS JOVENS

UMA PROPOSTA INOVADORA PARA ENSINAR EMPREENDEDORISMO AOS JOVENS UMA PROPOSTA INOVADORA PARA ENSINAR EMPREENDEDORISMO AOS JOVENS www.empreende.com.br emp@empreende.com.br FAZENDO ACONTECER Programa de ensino de empreendedorismo inovador em nível mundial, desenvolvido

Leia mais

Título do Case: O papel do Movimento Empresa Júnior na formação de empreendedores que transformam a vida das pessoas Categoria: EJ Empreendedora

Título do Case: O papel do Movimento Empresa Júnior na formação de empreendedores que transformam a vida das pessoas Categoria: EJ Empreendedora Título do Case: O papel do Movimento Empresa Júnior na formação de empreendedores que transformam a vida das pessoas Categoria: EJ Empreendedora Resumo: O Movimento Empresa Júnior (MEJ) brasileiro há mais

Leia mais

Introdução. Pense em toda a informação pessoal que você tem armazenada no. seu computador, informação irrecuperável como fotos, documentos,

Introdução. Pense em toda a informação pessoal que você tem armazenada no. seu computador, informação irrecuperável como fotos, documentos, Guia de Backup Introdução Pense em toda a informação pessoal que você tem armazenada no seu computador, informação irrecuperável como fotos, documentos, apresentações, entre outras. Imagine que quando

Leia mais

Meu nome é José Guilherme Monteiro Paixão. Nasci em Campos dos Goytacazes, Norte Fluminense, Estado do Rio de Janeiro, em 24 de agosto de 1957.

Meu nome é José Guilherme Monteiro Paixão. Nasci em Campos dos Goytacazes, Norte Fluminense, Estado do Rio de Janeiro, em 24 de agosto de 1957. Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Meu nome é José Guilherme Monteiro Paixão. Nasci em Campos dos Goytacazes, Norte Fluminense, Estado do Rio de Janeiro, em 24 de agosto de 1957. FORMAÇÃO

Leia mais

Tudo o que você precisa saber para ter filhos éticos, inteligentes, felizes e de sucesso

Tudo o que você precisa saber para ter filhos éticos, inteligentes, felizes e de sucesso Tudo o que você precisa saber para ter filhos éticos, inteligentes, felizes e de sucesso SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO 15 2. COMUNICAÇÃO E DIÁLOGO ENTRE PAIS E FILHOS 23 2.1 O problema da comunicação entre pais

Leia mais

Transcriça o da Entrevista

Transcriça o da Entrevista Transcriça o da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Ex praticante Clarice Local: Núcleo de Arte Grécia Data: 08.10.2013 Horário: 14h Duração da entrevista: 1h COR PRETA

Leia mais

MANUAL SERVIÇOS AMBIENTAIS NO CORREDOR ETNOAMBIENTAL TUPI MONDÉ CADERNO DE ATIVIDADES

MANUAL SERVIÇOS AMBIENTAIS NO CORREDOR ETNOAMBIENTAL TUPI MONDÉ CADERNO DE ATIVIDADES MANUAL SERVIÇOS AMBIENTAIS NO CORREDOR ETNOAMBIENTAL TUPI MONDÉ CADERNO DE ATIVIDADES MÓDULO I Corredor Etnoambiental Tupi Mondé Atividade 1 Conhecendo mais sobre nosso passado, presente e futuro 1. No

Leia mais

Família. Escola. Trabalho e vida econômica. Vida Comunitária e Religião

Família. Escola. Trabalho e vida econômica. Vida Comunitária e Religião Família Qual era a profissão dos seus pais? Como eles conciliavam trabalho e família? Como era a vida de vocês: muito apertada, mais ou menos, ou viviam com folga? Fale mais sobre isso. Seus pais estudaram

Leia mais

Organizando Voluntariado na Escola. Aula 2 Liderança e Comunidade

Organizando Voluntariado na Escola. Aula 2 Liderança e Comunidade Organizando Voluntariado na Escola Aula 2 Liderança e Comunidade Objetivos 1 Entender o que é liderança. 2 Conhecer quais as características de um líder. 3 Compreender os conceitos de comunidade. 4 Aprender

Leia mais

Aula 3 de 4 Versão Aluno

Aula 3 de 4 Versão Aluno Aula 3 de 4 Versão Aluno As Comunidades Indígenas Agora vamos conhecer um pouco das características naturais que atraíram essas diferentes ocupações humanas ao longo dos séculos para a Região da Bacia

Leia mais

Discurso de Luiz Inácio Lula da Silva Seminário do Prêmio Global de Alimentação Des Moines, Estados Unidos 14 de outubro de 2011

Discurso de Luiz Inácio Lula da Silva Seminário do Prêmio Global de Alimentação Des Moines, Estados Unidos 14 de outubro de 2011 Discurso de Luiz Inácio Lula da Silva Seminário do Prêmio Global de Alimentação Des Moines, Estados Unidos 14 de outubro de 2011 Estou muito honrado com o convite para participar deste encontro, que conta

Leia mais

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão.

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão. REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO Código Entrevista: 2 Data: 18/10/2010 Hora: 16h00 Duração: 23:43 Local: Casa de Santa Isabel DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS Idade

Leia mais

Para se tornar um FRANQUEADO. www.helpdigitalti.com.br

Para se tornar um FRANQUEADO. www.helpdigitalti.com.br OS PRIMEIROS PASSOS OS PRIMEIROS PASSOS Para se tornar um FRANQUEADO www.helpdigitalti.com.br PROCURO UMA FRANQUIA MAS NÃO SEI POR ONDE COMEÇAR Para se tornar um franqueado é necessário avaliar se OS SEUS

Leia mais

FORMAÇÃO PLENA PARA OS PROFESSORES

FORMAÇÃO PLENA PARA OS PROFESSORES Fundação Carlos Chagas Difusão de Idéias dezembro/2006 página 1 FORMAÇÃO PLENA PARA OS PROFESSORES Bernardete Gatti: o país enfrenta uma grande crise na formação de seus professores em especial, de alfabetizadores.

Leia mais

TEMA: O LÚDICO NA APRENDIZAGEM DA LEITURA E DA ESCRITA

TEMA: O LÚDICO NA APRENDIZAGEM DA LEITURA E DA ESCRITA TEMA: O LÚDICO NA APRENDIZAGEM DA LEITURA E DA ESCRITA RESUMO Os educadores têm se utilizado de uma metodologia Linear, que traz uma característica conteudista; É possível notar que o Lúdico não se limita

Leia mais

Como foi adiantado no capítulo anterior, não existe um único tipo

Como foi adiantado no capítulo anterior, não existe um único tipo Capítulo 2 Tipos de Empreendedores Como foi adiantado no capítulo anterior, não existe um único tipo de empreendedor ou um modelo-padrão que possa ser identificado, apesar de várias pesquisas existentes

Leia mais

Quando era menor de idade ficava pedindo aos meus pais para trabalhar, porém menor na época não tinha nada e precisei esperar mais alguns anos.

Quando era menor de idade ficava pedindo aos meus pais para trabalhar, porém menor na época não tinha nada e precisei esperar mais alguns anos. Como eu ganho dinheiro com o meu blog Como eu ganho dinheiro com o meu blog? Conheça agora as dicas e as formas que uso para ganhar dinheiro online. Como eu ganho dinheiro com o meu blog? Antes de começar

Leia mais

Índice. 1. A educação e a teoria do capital humano...3. Grupo 7.2 - Módulo 7

Índice. 1. A educação e a teoria do capital humano...3. Grupo 7.2 - Módulo 7 GRUPO 7.2 MÓDULO 7 Índice 1. A educação e a teoria do capital humano...3 2 1. A EDUCAÇÃO E A TEORIA DO CAPITAL HUMANO Para Becker (1993), quando se emprega o termo capital, em geral, o associa à ideia

Leia mais

As ciências da natureza: Ciência, Tecnologia e Sociedade

As ciências da natureza: Ciência, Tecnologia e Sociedade Sugestões de atividades As ciências da natureza: Ciência, Tecnologia e Sociedade 9 CIÊNCIAS 1 Ciências Naturais 1. Por que a Física é considerada uma ciência básica? 2. O que a Biologia estuda? 3. O que

Leia mais

A CRIAÇÃO DO MUNDO-PARTE II

A CRIAÇÃO DO MUNDO-PARTE II Meditação Crianças de 10 a 11 anos NOME: DATA: 03/03/2013 PROFESSORA: A CRIAÇÃO DO MUNDO-PARTE II Versículos para decorar: 1 - O Espírito de Deus me fez; o sopro do Todo-poderoso me dá vida. (Jó 33:4)

Leia mais

Desvios de redações efetuadas por alunos do Ensino Médio

Desvios de redações efetuadas por alunos do Ensino Médio Desvios de redações efetuadas por alunos do Ensino Médio 1. Substitua as palavras destacadas (ou mesmo aquelas que não estejam), de forma que os fragmentos abaixo fiquem mais elegantes, conforme à língua

Leia mais

1.000 Receitas e Dicas Para Facilitar a Sua Vida

1.000 Receitas e Dicas Para Facilitar a Sua Vida 1.000 Receitas e Dicas Para Facilitar a Sua Vida O Que Determina o Sucesso de Uma Dieta? Você vê o bolo acima e pensa: Nunca poderei comer um doce se estiver de dieta. Esse é o principal fator que levam

Leia mais

Lista de Recuperação de Arte 6º ANO

Lista de Recuperação de Arte 6º ANO 1 Nome: nº Data: / /2012 ano bimestre Profa.: Denise Lista de Recuperação de Arte 6º ANO Nota: 1) A arte fez parte da vida do homem desde a pré-história ( período anterior ao surgimento da escrita ) que

Leia mais

3 Dicas Poderosas Para Investir Em Ações. "A única maneira de fazer um grande trabalho é. amar o que você faz." Steve Jobs. Por Viva e Aprenda 2

3 Dicas Poderosas Para Investir Em Ações. A única maneira de fazer um grande trabalho é. amar o que você faz. Steve Jobs. Por Viva e Aprenda 2 "A única maneira de fazer um grande trabalho é amar o que você faz." Steve Jobs Por Viva e Aprenda 2 Por Viva e Aprenda Declaração De Ganhos Com O Uso De Nossos Produtos A empresa O Segredo Das Ações"

Leia mais

MARKETING PARA FAZENDAS

MARKETING PARA FAZENDAS DICAS PRÁTICAS DE MARKETING PARA FAZENDAS Sobre o Porteira Digital O Porteira Digital foi criado com objetivo de fornecer soluções práticas de Marketing para o produtor rural que deseja fazer de seu negócio

Leia mais

Como escrever um estudo de caso que é um estudo de caso? Um estudo so é um quebra-cabeça que tem de ser resolvido. A primeira coisa a

Como escrever um estudo de caso que é um estudo de caso? Um estudo so é um quebra-cabeça que tem de ser resolvido. A primeira coisa a Página 1 1 Como escrever um Estudo de Caso O que é um estudo de caso? Um estudo de caso é um quebra-cabeça que tem de ser resolvido. A primeira coisa a lembre-se de escrever um estudo de caso é que o caso

Leia mais

INTRODUÇÃO. Fui o organizador desse livro, que contém 9 capítulos além de uma introdução que foi escrita por mim.

INTRODUÇÃO. Fui o organizador desse livro, que contém 9 capítulos além de uma introdução que foi escrita por mim. INTRODUÇÃO LIVRO: ECONOMIA E SOCIEDADE DIEGO FIGUEIREDO DIAS Olá, meu caro acadêmico! Bem- vindo ao livro de Economia e Sociedade. Esse livro foi organizado especialmente para você e é por isso que eu

Leia mais

PASSADO, PRESENTE E FUTURO DAS DIVISÕES DE BASE NO FUTEBOL DO BRASIL JANEIRO DE

PASSADO, PRESENTE E FUTURO DAS DIVISÕES DE BASE NO FUTEBOL DO BRASIL JANEIRO DE PASSADO, PRESENTE E FUTURO DAS DIVISÕES DE BASE NO FUTEBOL DO BRASIL JANEIRO DE 2013 Temos lido e ouvido muitos comentários nos últimos dias sobre o processo de formação de Atletas no Brasil, emitidas

Leia mais

..::10 A equação matemática que garante o sucesso financeiro da viagem

..::10 A equação matemática que garante o sucesso financeiro da viagem 1 2 ..::10 A equação matemática que garante o sucesso financeiro da viagem Quanto mais viajamos e entendemos a dinâmica da estrada, mais fácil se torna encontrar formas de economizar e juntar dinheiro

Leia mais

OSVALDO. Como também foi determinante a motivação e a indicação feita por um professor.

OSVALDO. Como também foi determinante a motivação e a indicação feita por um professor. OSVALDO Bom dia! Meu nome é Osvaldo, tenho 15 anos, sou de Santa Isabel SP (uma cidadezinha próxima à Guarulhos) e, com muito orgulho, sou bolsista ISMART! Ingressei no ISMART este ano e atualmente estou

Leia mais

1 O número concreto. Como surgiu o número? Contando objetos com outros objetos Construindo o conceito de número

1 O número concreto. Como surgiu o número? Contando objetos com outros objetos Construindo o conceito de número Página 1 de 5 1 O número concreto Como surgiu o número? Contando objetos com outros objetos Construindo o conceito de número Como surgiu o número? Alguma vez você parou para pensar nisso? Certamente você

Leia mais

Como fazer seu blog se destacar dos outros

Como fazer seu blog se destacar dos outros Como fazer seu blog se destacar dos outros Fama. Tráfego. Reconhecimento. Muito dinheiro no bolso. Esses itens certamente estão presentes na lista de desejos de quase todos os blogueiros. Afinal, ninguém

Leia mais

A Revolução Industrial, as descobertas e as contribuições de Taylor, Ford e Fayol para a evolução da APO

A Revolução Industrial, as descobertas e as contribuições de Taylor, Ford e Fayol para a evolução da APO http://www.administradores.com.br/artigos/ A Revolução Industrial, as descobertas e as contribuições de Taylor, Ford e Fayol para a evolução da APO DIEGO FELIPE BORGES DE AMORIM Servidor Público (FGTAS),

Leia mais