BLOGS CORPORATIVOS Como conseguir clientes pela internet e como fazê-los amar sua empresa!

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "BLOGS CORPORATIVOS Como conseguir clientes pela internet e como fazê-los amar sua empresa!"

Transcrição

1

2 BLOGS CORPORATIVOS Como conseguir clientes pela internet e como fazê-los amar sua empresa! Arlindo Armando 2

3 Sumário Introdução 5 Diário de um blog corporativo 8 O Mercado são conversas 12 O blog como ferramenta para empresas 17 Blogs para empresa: uma opção, não uma obrigação 26 Benefícios e Riscos um blog corporativo 33 Benefícios 34 Riscos e Erros 36 Os principais riscos estão fora do blog corporativo 39 O futuro dos blogs corporativos por meio da Cauda longa 42 O objetivo é acumular pequenos segmentos de mercado 45 diversificando muito abastecimento Ouça o que é dito sobre a sua empresa 49 Fale com pessoas, não da empresa 58 Como deve ser o estilo de escrita de um blog corporativo? 59 Pense no seu Conteúdo como uma Marca 63 Um blog para construir a sua credibilidade empresarial 67 3

4 Fortalecer a reputação da marca da empresa 70 O que faz um blog de negócios bem-sucedido? 73 Os desafios de um blog corporativo 77 Promovendo o Blog da empresa 81 ROB - Retorno sobre o blog 91 O temor do retorno sobre o investimento através do blog 97 Avaliando os benefícios de um blog corporativo Um blog corporativo depende da disponibilidade organizacional? Entrando na blogosfera Blogar é exatamente a coisa certa para nós? 104 Como aumentar a eficiência de um blog corporativo 107 Sobre o autor 114 4

5 5 Introdução

6 O BLOG DE UMA EMPRESA é o Chuck Norris dos canais sociais. É versátil e parrudo, podendo se adaptar a praticamente qualquer tipo de contexto e, principalmente, agradando aos mais diferentes públicos, nos mais variados segmentos. Um blog corporativo é capaz de chamar para si a responsabilidade de se relacionar diretamente com os clientes, fazer branding e, de quebra, vender produtos ou serviços. Seus irmãos mais novos, como as redes sociais, são ótimas ferramentas integradas à sua estrutura, porém cabe a ele ter a responsabilidade de estar intimamente ligado à imagem institucional a qual pertence. E isso não é para qualquer um. Os blogs corporativos necessitam de uma sólida base para poderem atuar de forma minimamente significativa dentro do planejamento de comunicação da empresa. Nesse e-book/livro, é possível separar o joio do trigo e observar, de uma vez por todas, que blog corporativo é ferramenta estratégia de negócio, e não um puxadinho costurado e remendado - à comunicação da empresa. Marketing, otimização, engajamento, plano editorial, SEO e social media marketing são nomenclaturas presentes no dia a dia do profissional responsável pelo blog da empresa. Aliás, um 6

7 profissional igualmente versátil e parrudo, pois gerenciar um canal social que trabalha com imagem institucional, relacionamento e vendas requer técnicas, conhecimento e muito jogo de cintura. A boa notícia é que esse livro está aqui para isso. 7

8 8 Diário de um blog corporativo

9 AMANDA ESTAVA VISIVELMENTE ANIMADA decidiu lançar um blog com o qual espera dar mais visibilidade às suas operações, melhorar a presença on-line e desenvolver o seu negócio. Por cerca de quatro semanas, ela decidiu que seu negócio precisava de um blog. Nas semanas anteriores houve uma diminuição nas chamadas de potenciais clientes (talvez um fator na crise da atual situação econômica). Ela estava dentro daquele circulo de empresas que não sabia por onde começar a montar o blog da empresa. Ela notou que estava surgindo diversos blogs em diferentes nichos. Em primeiro lugar, ela é uma ávida leitora de blogs e gosta de ler os comentários de que os outros deixam. Através de um blog você tem uma noção do que as pessoas pensam sobre um produto ou serviço. Depois de algumas leituras e diversas recomendações, ela viu que o mais importante é participar de uma conversa do que ouvir um discurso. Ela estava preocupada porque alguns concorrentes criaram um blog e obtiveram a atenção do público. Amanda leu que um blog tem que ser espontâneo, divertido e incentivar as pessoas a passarem mais tempo para otimizar sua presença online. Tanta coisa para fazer, e um blog tem um papel 9

10 fundamental no desenvolvimento dessas áreas. Amanda estava ansiosa para ver os resultados e os efeitos de um blog sobre o seu negócio. No final do dia, foi tomada a decisão. Amanda estava convencida de que seus concorrentes estavam se beneficiando da exposição do blog e suas empresas estavam adquirindo novos contatos. Para fazer o trabalho, ela sabia que tinha que ter uma ideia para que o blog alcançasse os resultados esperados. Ela também precisava saber que tipo de cliente atrair e quais conteúdos produzir para começar. Tudo isso lhe permitiria estabelecer de forma efetiva as metas e então se concentrar em linha editorial. Este era o aspecto de "marketing" do blog da empresa. No entanto, ela precisava saber como realmente usar o blog também a nível técnico. Depois de algumas pesquisas, ela chegou a estratégias de como envolver seus leitores, que plataforma usar e como se posicionar bem no Google. Tantas perguntas, muitas dos quais pareciam ter uma resposta. Teve que começar de algum lugar. Então, ela decidiu procurar empresas como a sua que já estavam fazendo marketing digital e como estavam usando seus blogs para 10

11 promover seus negócios. Conversando com algumas pessoas em sua rede de relacionamento online, alguns lhe indicaram usar o Technorati e o Google para procurar empresas do seu nicho que já estavam usando o blog. Com base nos estudos realizados, decidiu que o blog devia ser visto como parte de seu site corporativo. Desta forma daria aos visitantes do site a oportunidade de deixar comentários, fazer perguntas e interagir com outros leitores, clientes e usuários interessados. Depois de examinar uma série de alternativas, decidiu optar pela plataforma Wordpress, pois percebeu que é a mais utilizada e maleável. Ela teve que fazer o upload para o servidor, mas com uma simples pesquisa na internet encontrou pessoas dispostas a ajudar. Uma coisa Amanda tinha entendido, os leitores precisam de um fluxo constante de artigos. A princípio, pensou em publicar dois ou três artigos por semana e, em seguida, considerar a oportunidade de aumentar esse número. Ela sabia que com o resultado das informações fornecidas. Amanda não tinha mais dúvidas. Era hora de implementar, configurar e preparar o lançamento do seu blog corporativo. 11

12 O Mercado são conversas 12

13 São grandes as experiências que vivemos diariamente. Poucos delas são memoráveis. Muitos delas não são. Outras não têm a força, alguma interpretação. Poucos têm o poder de cativar e falar em uma linguagem honesta, direta e simples. Muito marketing técnico, muito blablabla. Pense sobre o que suas experiências memoráveis: Primeiro dia de escola, um aniversário, em particular, o jogo de futebol, o primeiro beijo, diploma universitário, primeiro dia de faculdade, último dia de faculdade, o altar, as crianças, o riso, emoções, tristezas, raivas; casa, automóvel, viagens. Este é provavelmente o ciclo de experiências, cada uma delas com diferente importância. A Internet está imersa na era da web 2.0, web social e colaborativa para usuários. Esta participação é uma mudança significativa no modelo de comunicação tradicional, até agora, considerada a base da teoria da comunicação. Elementos necessários permanecem os mesmos: emissor, receptor, mensagem, canal e código. Mas os papéis mudaram: agora o receptor pode tornar-se um transmissor, se quiser. Ele passou de um modelo unidirecional ou bidirecional para outro multidirecional. 13

14 Se alguém tem uma mensagem a transmitir, você pode. O código é simples: a palavra, imagem, som... Ou seja, mídia e canalizar recursos exigem pouco conhecimento técnico. Exemplos disso são os blogs, Grande exemplos de Web 2.0. Atualmente, qualquer um pode ser um transmissor da rede e ser um amplificador do Word-of-Mouth (WOM). Um cliente insatisfeito pode estar falando sobre sua marca, sua empresa, seus produtos em qualquer lugar do mundo e muitos podem estar lendo sua mensagem. Como escrito no Manifesto de Cluetrain idealizado em 1999 os mercados são formados por pessoas que tem conversas continuas. A conversa é a essência da nova era da Internet e isso também se aplica ao campo dos negócios. Por isso, é importante fazer parte dessa conversa e, portanto, é preciso ter uma voz. Um blog fornece uma identidade na Web e fornece a oportunidade de ser parte da conversa e, portanto, do mercado. Não é como antes que trabalhávamos a publicidade de massa unidirecional. Agora, os consumidores são "prosumers", ou seja, são os consumidores e, ao mesmo tempo, "produtores" de bens e serviços que as empresas oferecem (através dos seus comentários). As empresas já não têm o destaque que tinham 14

15 antes e agora devem ouvir e ter uma comunicação de mão dupla. O Outbound Marketing está desatualizado e Inbound Marketing está crescendo. No entanto, também deve ser notado que as discussões não ocorrem apenas com os clientes, mas também dentro das empresas e, por isso, as empresas precisam mudar sua cultura corporativa. Eles precisam fazer uma migração digital para uma mais colaborativa e menos piramidal e mais cultural horizontal, com uma liderança participativa, etc. A conversa e os relacionamentos posteriores são o que realmente importam nos mercados reais (em um ambiente virtual ou físico), onde as pessoas se encontram para fazer negócios e criar cultura. A conversa não pode ser "distribuída. Não é um "Conteúdo". Não tem a ver com a marca, ou os meios de comunicação, escrever blogs é uma questão pessoal. As vozes que são ouvidas nos blogs são pessoais, e não corporativa, mesmo que sejam destina a servir fins comerciais. Claro, as empresas também têm caráter, como indivíduos. A diferença é que as empresas não podem falar de si. Qualquer relação de negócios é baseada na confiança, e como 15

16 a empresa está totalmente exposta na internet, você deve fazer seus clientes perceberem a transparência em tudo que faz. Os mercados não querem conversar com charlatões e vendedores ambulantes. Eles querem participar nas conversações em curso atrás do escudo corporativo. Mercados são compostos de seres humanos, precisamos receber a mensagem clara, transparente e cara a cara. 16

17 O blog como ferramenta para empresas 17

18 O que é um blog corporativo? Wacka (2006) define como um blog corporativo "um blog publicado por ou para apoiar uma empresa com foco em atingir os seus objetivos de negócios e comunicação.. Existe a ascensão dos blogs como ferramenta de comunicação atualmente, há muitas referências nos meios de comunicação sobre o poder dos blogs e suas aplicações no mundo dos negócios, particularmente na mídia especializada nesta área. Em janeiro de 2005 (Hill, 2005), a Fortune colocou os blogs como a tendência tecnológica mais importante nas áreas de publicidade, marketing e relações públicas. Um mês depois, The Economist dedicou um artigo para Robert Scoble, blogueiro da Microsoft, o que sugere que os blogs levariam para a morte das relações públicas tradicionais. Em maio do mesmo ano, capa da BusinessWeek previu que os "blogs iriam mudar o seu negócio." Em dezembro de 2006, a revista Time nomeou "a Pessoa do Ano todos os usuários de blogs. Mas qual é a real extensão dessas ferramentas participativas? É um pouco céptico, acreditar que, apesar dos blogs estarem sendo promovidos pelos meios de comunicação como uma ferramenta de negócios potencialmente valiosa, vários 18

19 especialistas no campo das relações públicas sugerem que apenas um pequeno número as empresas estão realmente usando. Em algumas entrevistas (Hill, 2005) feitas co quinze blogueiros ligados a pequenas e médias empresas, os resultados indicam que os blogs são utilizados para fins muito diferentes e acreditam que os blogueiros são eficazes como uma ferramenta de marketing. No entanto, essa percepção se baseia mais na sua própria crença de que os benefícios do meio tendo em conta o seu ROI (retorno sobre investimento). Além disso, de acordo com este estudo, a evidência de que é a manutenção de um diálogo com os clientes é pequena, embora a literatura tende a avançar este diálogo como uma das principais vantagens da utilização de blogs. O interesse em blogs como ferramenta de comunicação corresponde perda de credibilidade e, portanto, a eficácia, de métodos de meios de comunicação tradicionais. Em mercados cada vez mais fragmentados e os clientes cada vez mais exigentes e informados, os blogs estão focados em um público muito segmentado e específico, estão emergindo como a opção mais eficaz para atingir o público. Os Blogs são meios não invasivos e permite a sua participação. 19

20 A chave para entender essa mudança de mentalidade, substituindo a abordagem bidirecional unidirecional ou multidirecional, é o manifesto Cluetrain. O livro descreve as chaves para a compreensão do papel das empresas e clientes no novo ambiente tecnológico. Este manifesto consiste em 95 teses (daí o título) que resumem as ideias básicas para entender essa mudança de foco do negócio. A primeira dessas teses diz que "os mercados são conversas", ou seja, a interação entre usuários consumidores e relacionamentos posteriores são o que realmente importa em mercados reais. Como antes não havia possibilidade de interação da massa, o papel do marketing foi mais decisivo e persuasivo. Agora que os consumidores ganharam terreno por meio de discussões em Vermelho, a persuasão é feita através de ferramentas de marketing que tem um controle sobre a interação entre os usuários. As três ideias são de que os mercados são compostos de pessoas (e não por setor demográfico) reivindicando uma voz aberta, natural, sincera e humana. A nova abordagem em um mundo globalizado e interconectado. O mercado em rede sabe mais do que empresas sobre seus produtos. E se notícia é boa ou ruim, força as empresas a se comunicarem a todo instante. 20

21 O blog é um canal de comunicação alternativo entre a direção da empresa, seus funcionários, clientes existente e potencial, sem ter que passar pelo filtro da terceira pessoa ou a própria mídia. Aqui é um dos grandes benefícios desta nova ferramenta, que é apresentada aos visitantes com uma voz humana, permitindo também têm uma presença na blogosfera. É praticamente impossível determinar qual foi o primeiro blog corporativo, desde o início os blogs corporativos se encaixaram em um modelo de "geração espontânea" empresa por tipo de atividade ou cultura. Blogs para empresas foram adotados pela primeira vez em empresas pertencentes à indústria tecnologias como Macromedia, Sun Microsystems, SAP, Oracle ou Microsoft. Fornecedores de ferramentas também relacionado blogs, como o Blogger ou SixApart estão entre os pioneiros. Os meios de comunicação tradicionais começaram relativamente a testar oportunidades desta nova ferramenta. Muitos desses primeiros blogs nasceram em um nível pessoal, como uma iniciativa de um funcionário ou vários funcionários de uma empresa que decidiram escrever sobre questões relacionadas com a sua vida profissional. Alguns foram tomando forma como ferramentas de comunicação da empresa, outros 21

22 permaneceram páginas claramente como pessoais e um terceiro grupo se move em uma situação ambígua. Há cada vez mais um número crescente de empresas que vem fazendo uso de um blog corporativo como ferramenta de comunicação com seus clientes. Este número continua a aumentar ano após ano, mas... Será que é realmente rentável usar esta ferramenta? O custo de implantação é muito baixo. Podemos criar um blog corporativo sem nenhum custo, graças aos serviços Blogger e Wordpress. Bem, se o nosso orçamento é baixo, não temos nenhuma desculpa para não usar esta tecnologia. Hoje, a empresa que não tem presença na Internet, ela não existe. O blog pode ser uma arma poderosa de fidelidade. Nós podemos fornecê-lo com conteúdo relevante para os nossos clientes. Além disso, incentivar o diálogo e a participação (Comentários de novos produtos e serviços, pesquisas de satisfação, organização de eventos e competições.). Todos gostam de ter em conta suas opiniões. O uso do blog é muito fácil. Qualquer um pode criar e manter um blog sem nenhum conhecimento de programação. 22

23 Alguns especialistas consideram que um blog não atualizado em um período de três meses é considerado morto. A maior parte dos blogs são temáticos ou especializados em um nicho, por isso as empresas devem procurar aqueles blogs que falam do seu nicho de mercado e sobre tudo distinguir aqueles que são mais influentes por número de seguidores, pela credibilidade dos seus conteúdos. A blogosfera é um espaço livre e aberto onde à informação e as opiniões crescem e se mesclam. Existem diferentes tipos de blogs corporativos, tanto que visam o público externo e interno. O que caracteriza blogs e mídias sociais em geral, é que deve haver interação imediata entre o envio da mensagem e aqueles que respondem, comentam ou compartilham informações. Além disso, há uma grande diferença entre os tipos de blogs: pessoal, especializados em questões específicas e corporativas. Neste cenário, é essencial criar a melhor interação com um nicho claramente identificados e seguindo uma determinada linha que se torna capaz de distinguir entre todos os outros. É vital ter um papel nesta comunidade virtual. Aqui quero mostrar alguns tipos de blogs de negócios, todos com certas características e funções. Preste atenção, que 23

24 será de grande ajuda para identificar o que pode ser feito na blogosfera: Blogs de marca: usado para inserir, alterar ou reforçar a marca no mercado e são o tipo mais comum de blogs de negócios. Blogs de produto ou serviço: para testar um produto antes de colocá-lo no mercado e assim receber feedback dos clientes. Blogs internos: É uma importante e eficaz ferramenta de comunicação entre a empresa e seus colaboradores. Muitas vezes consegue substituir, com vantagens, trocas de s para tomadas de decisões, pois além de manter as mensagens publicadas num único lugar, permite a qualquer interessado o acompanhamento da discussão em sua ordem cronológica e organizada. Desta forma, o conhecimento adquirido é mantido, assim como o histórico das conversas e decisões. Blogs de eventos: para preparar, lançar e apoiar o desenvolvimento de um evento, e para manter um registro do evento online. 24

25 Blogs como testemunhais de produtos ou serviços: empresas enviariam produtos ou serviços para autores de blogs populares que comentariam sua experiência no blog; Blogs como objeto de conversação: na medida em que gerem links sobre comentários positivos sobre uma marca. Blogs como parte de uma grande ação de marketing específica: blogs patrocinados falariam sobre o dia-a-dia de um consumidor em fase de experimentação de um novo produto ou serviço. O autor destaca que os textos não podem parecer publicitários, mas espontâneos, como os de um blog autêntico. Relato de experiência do consumidor pós-compra: o exemplo dado é o caso de uma construtora propor que os novos moradores de um prédio ou de um condomínio relatem seu dia-a-dia no endereço novo. Blogs fechados para pesquisa qualitativa: para que as empresas captem experiências diárias de consumidores que estejam testando produtos e serviços. 25

26 Blogs para empresa: uma opção, não uma obrigação 26

27 Apesar do aumento do blog como ferramenta de comunicação corporativa, ainda poucas empresas que criaram blogs para conversações com os clientes. O nível de ensino das empresas em relação ao uso de blog nas empresas é perto de zero absoluto. O blog corporativo é um excelente lugar para comunicar a mensagem e a promessa de sua marca. Ao criar conteúdo que reflita exatamente a filosofia da sua marca, pode-se aumentar seu reconhecimento, seu recall e a fidelidade dos consumidores em relação a sua empresa. Conforme descrito ou prenunciado nas 95 teses, o mercado é formado por pessoas que mantêm conversas permanentementes. É interessante para qualquer empresa envolvida na conversa, ouvir e falar, ir contra publicidade tradicional, que interrompe a conversa, você deve agora fazer parte da conversa (como participante e como sujeito próprio de conversação) Blogs são um instrumento simples e barato (em termos monetários) para fornecer uma voz à empresa (a voz deve soar humana) e, assim, fazer parte da conversa e do mercado. 27

28 Isso, no entanto, não significa que é imperativo que a nossa empresa tenha um blog, a necessidade de irá aumentar se os nossos clientes buscarem principalmente informações em blogs, fóruns, redes sociais... Ou seja, clientes 2.0, ou se a nossa concorrência se posiciona no ambiente 2.0. Empresas que criaram os primeiros blogs corporativos são aquelas que pelo seu setor ou importância, foram mencionadas em fóruns e blogs. Criar e atualizar regularmente um blog não se traduz automaticamente em lucros econômico para a empresa ou a criação de uma comunidade no mesmo ambiente em que emergem os "Recommenders " de bens ou serviços da empresa rapidamente. Será necessário tempo e trabalho. Não podemos esquecer que um blog não é um canal de vendas diretas, mas as vendas e os lucros vêm com uma reputação favorável on-line e off-line, e essa reputação e criada através da recomendação dos nossos atuais clientes. No caso em que a nossa decisão é continuar sem blog, porque você não tem que renunciar a toda os benefícios do ambiente 2.0 (blogs, redes sociais, fóruns, etc...), porque apesar 28

29 de não participar em conversa com sua própria voz, você pode e deve ouvir, monitorar a marca e os clientes sobre a empresa e seus produtos, bem como ouvir o que ele diz e diz que a concorrência. A discussão e a crítica sobre a empresa e seus produtos, são uma das razões para não criar um blog, mas isso ocorrerá independentemente de termos um blog ou não, ele simplesmente terá a oportunidade de defender ou desculpar se estávamos errados. Será que a minha empresa precisa de um blog? O meu negócio precisa de um blog? Se a decisão de negócio é publicar um blog, para maximizar a sua eficácia, ele deve ter objetivos claros e alinhados com a estratégia de negócios e comunicação da empresa. Devemos estar cientes de algumas regras básicas da blogosfera. Sinceridade, evitar a mentira pode prejudicar seriamente à imagem da empresa e escrita com voz humana". Blogs permitem-nos estar na web social e, portanto, falando, falando e, especialmente, ouvindo os clientes, ao mesmo tempo através de seu conteúdo que pode posicionar a marca, melhorar 29

30 a reputação, o posicionamento do site ou se tornar uma referência dentro um setor. Se nosso público/clientes usa a internet para comparar e tomar decisões de compra sobre produtos ou serviços, um blog é uma excelente opção. Embora os benefícios dos blogs sejam muitos, há também riscos a serem conhecido. Quero compartilhar alguns riscos a serem evitados: O principal risco é perder o controle da mensagem. A blogosfera faz mercados em espaços de comunicação impossíveis de controlar por parte das empresas, que muitas vezes veem os seus produtos carregados de mensagens e atributos indesejáveis. Uma marca tem vida própria e se enche de sentido, a blogosfera só acrescenta, é uma parte naturalmente no processo de criação. A novidade é que a blogosfera aumenta a velocidade de propagação e o número de transmissores de informação, os quais aumenta o ruído e faz conversa que são totalmente incontroláveis. O diálogo acontece em tempo real, o que torna imprevisível, a tendência natural de uma empresa é controlar e comunicar mensagens apenas para público, a metodologia funciona quando se fala em publicidade, mas isso não é apropriado quando se refere ao diálogo. Outro grande medo que 30

31 cerca a blogosfera é o feedback indesejado e a possibilidade de difamação, o perfil de risco é mais elevado em blogs corporativos, pois vem de clientes insatisfeitos com os comentários negativos e em muitos casos xingamentos. O que devo fazer se os meus visitantes do blog começarem a criticar os meus produtos e / ou serviços? Graças a experiências anteriores, eu apresento cinco razões pelas quais devemos moderar, mas não censurar os comentários de um blog corporativo: 1. Sempre que uma pessoa quer dizer algo negativo sobre a empresa na internet, ela vai. Que lugar melhor do que o blog corporativo da empresa? Este é o lugar ideal, pois o comentário será facilmente descoberto (Internet é infinitamente grande e não é possível saber todas as suas conversas). Além disso, a empresa controla completamente o blog e seu ambiente. 2. Este feedback negativo é extremamente valioso. É melhor ouvir uma experiência de um cliente descontente do que enfrentar a concorrência em silêncio. 3. Ouvir e responder os comentários negativos (com leveza e diplomacia) o blog corporativo faz ganhar ainda mais 31

32 credibilidade para futuros leitores (lembre-se que um blog corporativo deve fugir do formalismo e corporativismo). 4. Você deve responder a um cliente irritado, ele pode decidir confiar na empresa ou não. É a lealdade aos clientes existentes, será mais caro captar um novo cliente do que manter o atual. 5. Por fim, a essência de um blog é a conversa. Comentários e discussões facilitam as negociações e são gerados naturalmente. No entanto, é importante lembrar: Que um sistema de moderação dos comentários é necessário. Aceite críticas construtivas e bem fundadas e procure sempre evitar conflitos. 32

33 33 Benefícios e Riscos um blog corporativo

34 01 Benefícios Ao decidir sobre a criação e manutenção de um blog corporativo devemos saber os principais benefícios que ela trará para a empresa a partir de uma gestão correta; podemos agrupar em diferentes áreas: comunicação, reputação online, posicionamento web, recursos humanos e vendas. Comunicação. Promove a comunicação multidirecional com os clientes. Eles não são invasivos como a publicidade tradicional, não interrompe a conversa ou invadem o espaço do leitor. Conheça os clientes. Permite uma análise de seus hábitos de consumo, preferências, interesses etc. A conversa pode permitir a criação de uma comunidade em torno da empresa e esta fidelidade do cliente gera o aparecimento de Recommender da empresa. Facilita a participação em conversas quando se fala sobre a empresa. Facilita a propagação da mensagem e sua transmissão. 34

35 Complementa outros meios de comunicação e / ou propaganda. Chamadas de ação para os clientes o que outra forma não comunicação faz. Reputação online. Criar, melhorar e manter uma imagem favorável da empresa, na internet e fora. É um meio de construir e transmitir a cultura corporativa da empresa. Permite responder a uma crise ou a imagem da marca ou um problema com a voz direta da empresa (sem intermediários) em tempo real. Posicionamento Web. Um blog melhora o posicionamento em mecanismos de pesquisa. Recursos Humanos. O blog pode favorecer a gestão e coordenação de recursos humanos da empresa: Trabalho em equipe e colaboração entre os funcionários da empresa. Networking. O blog irá facilitar relações profissionais dentro e fora da empresa. 35

36 Posição: permite que a empresa ou qualquer um dos seus empregados sejam especialistas em um campo. A gestão do conhecimento através da criação de motores de busca internos: Facilmente identificar tópicos de interesse da empresa e clientes. Vendas. O blog deve buscar o aumento das vendas, embora não seja um canal direto venda, o seu objetivo final é melhorar os resultados globais da empresa. Permite anunciar atualizações de notícias, produtos e serviços. Estimular a criação de comunidade (um benefício comum com a comunicação) e encorajar os seus líderes e o recommenders da empresa. 02 Riscos e Erros Os riscos decorrentes da implantação do blog corporativo vêm da má gestão da mesma e pode prejudicar a empresa e sua imagem. 36

37 Vamos discutir primeiro os principais temores de e a falta de tempo ou recursos, ao criar um blog corporativo. Medo de perder o controle direto sobre a mensagem da empresa. O medo de críticas e difamação. O medo de consequências legais (opiniões abertas, comentários, discussões decorrentes do blog). Medo de transparência quanto o "dentro" da empresa passa a ser conhecido. Estas dúvidas ou medos podem ser confirmado se evitar alguns dos erros mais comuns no planejamento, implementação e gestão de blog corporativo: Não definir a finalidade do blog Qual é o objetivo do blog? Melhorar a comunicação com os clientes, melhorar o serviço ao cliente e responder a perguntas sobre os produtos, atrair cliente... Os objetivos do blog condicionará seu foco em vendas, marketing, posicionamento, relacionamento com os clientes. Não definir o conteúdo do blog e periodicidade Diretamente relacionado com o objetivo do blog, vamos planejar e 37

38 projetar o conteúdo que será de interesse para os leitores e não são simplesmente vai mostrar a publicidade da empresa. Não tem um blog de atraente. O design do blog deve ser agradável e coerente com a filosofia da empresa, proporcionando uma leitura agradável e clara e de fácil navegação dos mesmos (seus antigos conteúdos, links comentários... etc.). Não atualizar o conteúdo. Criar um blog e postar pouco, essa etapa (acontece muito), o conteúdo é o motor do seu blog se ela falha o resto vai falhar também, isso posso afirmar com 100% de certeza e sem medo de errar. Sem resposta aos comentários. Gerar conversa em torno do blog e da empresa e, assim, melhorar o atendimento aos clientes, responder os comentários são perguntas, sugestões, críticas... E fazê-lo em um curto espaço de tempo. No caso em que o blog tem um foco no serviço ao cliente, esta recomendação se torna uma obrigação. Não ler e comentar em outros blogs. Participar da conversa global sobre um tema, um serviço de produto relacionado com a empresa, comentando e ligando blogs semelhantes ou relacionados ao nosso. Parece coisa básica e é, mas 98% não 38

39 fazem, o medo da concorrência é maior, você como autor do conteúdo, tem que confiar mais em si. Sem facilitar o monitoramento e redirecionamento. A filosofia 2.0 passa por fornecer a capacidade de compartilhar, o blog deve permitir tal disseminação de conteúdo em redes sociais em linha reta que melhor se adaptam ao perfil do cliente, as redes são horizontais (Twitter, Facebook, Tuenti...) ou verticais(trabalho, lazer...) de social bookmarking (Digg, Delicious, Reddit...) e monitoramento via RSS. 03 Os principais riscos estão fora do blog Corporativo Danos à reputação de um indivíduo ou de uma empresa. Este geralmente acontece quando um blogueiro diz algo que mancha a reputação de outra empresa aos olhos dos leitores. Pode ser um comentário impróprio, ou uma crítica feita diretamente com a empresa. Violação dos direitos de propriedade intelectual. O maior risco, quando um blogueiro publica uma cópia do rating 39

40 corporativo de outra fonte sem permissão. Poderia ser o texto de um artigo, ou incluir uma foto ou logotipo pertencente à outra empresa. Difamação. A calúnia é, talvez, um dos maiores riscos assumidos pelos um blog corporativo, especialmente por meio de ferramentas públicas, tais como blogs, de fato. O risco surge quando blogueiros cruzam a linha de fronteira, bem como o parecer se torna fato difamação. A perda de informações confidenciais. Nem todos os empregados farão conta do que é adequado não divulgar. Isto significa que o As informações confidenciais podem facilmente vazar e afetar o negócio. Falamos de um produto novo para lançar, ou a divulgação de dados financeiros. A corrupção e a violação das regras de insider trading são apenas dois dos maiores riscos assumidos por um blog corporativo. Assédio: Os empregadores têm o dever de proteger todos os seus funcionários. Assim, tornar-se responsável quando se trata de permitir um funcionário/ blogueiros denegrirem o trabalho de outro colega. A responsabilidade de um blog corporativo. A responsabilidade vem do conteúdo postado pelos 40

41 funcionários da empresa ou - se o blog da empresa é acessível - a partir dos comentários postados por leitores. A exposição ao risco depende do tipo de blog que a empresa adota e maneira pela qual seus funcionários postam tópicos. Algumas empresas dão aos funcionários a oportunidade de criar blogs individuais, sem que sejam especificamente relacionados a um determinado produto ou campanha de marketing. A IBM, por exemplo, tem mais de funcionários que estão blogando. Muitos deles usam seu blog para explicar a tecnologia que eles estão trabalhando ou para discutir assuntos relacionados com o negócio da empresa. Neste caso, mesmo que o empregado não escreva, em nome da empresa, o fato de que o blog está hospedado ou patrocinado pela empresa faz em parte responsável pelo conteúdo das mensagens. Naturalmente, esta levanta algumas questões práticas difíceis. 41

42 O futuro dos blogs corporativos por meio da Cauda longa 42

43 O conceito CAUDA LONGA foi enunciado pela primeira vez um artigo da revista Wired, em 2004, e depois transformado em livro por Chris Anderson, ex-editor chefe da revista. A ideia básica de Anderson é a de que os mercados de massa, uma manifestação da economia industrial que começou a se consolidar a partir da metade do século XIX, dependem da produção de modelos que serão reproduzidos em larga escala para gerar lucro. Eu prevejo que os blogs corporativos irão criar uma estrutura bem definida e precisa dentro da blogosfera. Provavelmente, muitos blogs de grandes empresas vão ser um pouco mais calmos e menos objetos de discussão, blogs pessoais, e talvez menos envolventes. Entre os muitos benefícios, haverá também aqueles que através da do Blogging serão capazes de se afastarem de seu espírito original. No futuro, o blog corporativo não só irá oferecer grandes resultados, mas também ajudará a resolver grandes problemas de comunicação. Basta prestar atenção a como escrever um blog que tem uma voz humana e amigável, como montar em igual paixão e autoridade, como se conectar com os leitores e saber ouvir realmente para obter um retorno investimento que vai 43

44 reembolsar os esforços. Não é necessário que os leitores regulares sejam numerosos. No entanto, precisamos estudar o comportamento dos clientes que estamos tentando alcançar com os esforços de marketing. A blogosfera é um mercado fragmentado, nicho por assim dizer, onde substituído pelo conceito da cauda longa. Não importa, então, se a empresa não blog aparece no top 100 do Technorati. O que importa é que as empresas, através do blog, sejam capazes de envolver o público com quem quer ter uma conversa sincera. Na blogosfera o que importa - o que você precisa se preocupar - é o conjunto de blogs influentes discutindo uns com os outros, criando assim um efeito em cadeia incomparável. Seria a maior conquista obtida, se você estiver dentro deste eco. Desta forma, você pode sentir o sentimento de pertença, enquanto que os seus leitores mostram apreço e interesse em seu conteúdo. Talvez você ainda esteja pensando que os blogs não têm nada a ver com o seu negócio, mas logo poderá se relacionar com a natureza imprevisível dos blogs. 44

45 A partir de agora irei condensar informações úteis do modelo de cauda longa para blogs corporativos. Este modelo rompe com a ideia de vender alguns produtos para o público de massa, a regra de Pareto 80/20 muito bem definida: 20% em foco no produto ganhando 80% dos consumidores. Em contraste, o modelo de cauda longa tem como objetivo gerar receita através da acumulação de vendas de baixo desempenho, ou seja, tentar cobrir os gostos e interesses minoritários, através de produtos não destinados ao público de massa. O objetivo é acumular pequenos segmentos de mercado diversificando muito abastecimento A ascensão e sucesso do modelo são baseados em: A diminuição dos custos operacionais e de logística (armazenagem, distribuição, etc) O crescimento e a expansão da cultura digital. Toda vez que recorrem à Internet para encontrar o que não podemos encontrar offline. Esta tendência nos leva a buscar cada vez 45

46 mais na Internet e isso se traduz em pesquisas mais específicas que se beneficiam do modelo. A busca da diferenciação. Todas as pessoas que procuram ser diferente dos outros e por isso muitas vezes nós pensamos em produtos muito únicos e originais, que nos permitem destacar da massa. Esta tendência mudou a partir do mundo real para o mundo online. Antes fazíamos turnês às áreas comerciais e shoppings a procura do produto e agora estamos sentados em frente ao computador, mas a ideia é a mesma, ter o que ninguém em nossa área tem. No entanto, em comparação com a aposta mais radical nesse modelo, a busca de diferenciação não envolve o desaparecimento em massa de comércio. A regra de 80/20 ainda funciona bem. Então, o que é necessário para fazer para funcionar a cauda longa. Os principais fatores são: 1. Uma vasta gama de produtos vendáveis. Diferenciar-nos, mas isso não significa que nós sempre procuramos o produto da mais alta qualidade. Aposte em propriedade com um bom valor. 46

47 2. Um grande nicho que você pode manter. Muitas vezes, encontrar aquele item especial que você está procurando e ninguém vende pode ser o fator que começa a aumentar o engajamento do seu público. 3. Os custos de logística de baixo custo. Na venda de produtos físicos esse fator torna-se crítico. Se você não é capaz de manter os custos baixos, o nível de capital necessário para manter o negócio crescer de forma constante subir. Analisar o ROI do investimento antes de tomar qualquer decisão. As desvantagens do modelo incluem: A necessidade de elevados investimentos de capital, especialmente na venda de produtos físicos, nesse sentido Jesus Monleón cofundador Emagister, observa que "este modelo funciona melhor com produtos puramente digitais. Quando se trata de venda de produtos físicos continua a aplicação das regras tradicionais da lei de Pareto (80% da receita vem de 20% dos produtos.). A cauda longa trabalha para ganhar o tráfego e ganhar usuários, mas não de faturamento " O longo tempo necessário para vender algumas unidades de muitas referências, apesar de Internet trazer tudo a um clique, a 47

48 rede é tão grande que, sem estratégia de marketing impecável, SEO ou conteud que permita viralizar o projeto, vai ser difícil para o usuário encontrá-lo, esta dificuldade diminui à medida que o mercado se torna mais maduro e melhorar a literacia digital dos usuários. A cauda longa é um modelo muito interessante, especialmente quando você considera a facilidade da Internet para alavancar a tendência global para a diferenciação, o que pode até ser o negócio offline. É importante ter em mente a quantidade de capital que envolve a aplicação deste modelo, pois ele pode tornar-se uma grande dificuldade em iniciar o negócio. Uma alternativa para superar essas necessidades de financiamento fortes pode ser começar com um modelo diferente e tentar convergir progressivamente para o modelo de negócios de cauda longa pura. 48

49 Ouça o que é dito sobre a sua empresa 49

50 Para muitos essa questão de ouvir blogs é uma coisa batida, mas digo a você, não é, pelo simples fato, de que, quase tudo que você lê no Twitter, Facebook, Google plus etc, está em um blog. Existem certas qualidades intangíveis que devem ser cumpridas para que possamos criar um produto de sucesso. A qualidade principal dos envolvidos no blog deve ser a capacidade de conectar-se à blogosfera. Falar sobre o carisma, de uma forma adequada à linguagem para não se tornar um exagerado, mas eu acredito que é o mais adequado. O outro componente essencial, capaz de um blogueiro, é ser um bom ouvinte. As empresas devem ter blogueiros com qualidades específicas, que desenvolvam um blog confiável e credível nas suas áreas de competência. Bloggers devem ser sensíveis ao que os leitores querem saber, não só sobre o que querem escrever. Em outras palavras, os blogueiros responsáveis devem representar uma área de reações, opiniões e ideias dos leitores. A blogosfera deve ser interpretada como uma oportunidade maravilhosa, aprender a sabedoria da multidão e oferecer a co-criação de marketing de marca e reputação corporativa. 50

51 O mais provável é que já existe uma conversa sobre o seu mercado. Talvez até mesmo algumas pessoas falando sobre seus produtos ou serviços. O pior que pode acontecer é você descobrir que ninguém tem mostrado interesse nas questões que lhes dizem respeito profissionalmente. Em tal caso, a pergunta a ser feita é esta: tão pouco atraente é o meu setor, minha empresa, meus produtos de modo que ninguém está falando sobre eles? Muitos gestores estão ameaçando a possibilidade de abrir os ouvidos para as opiniões dos seus principais clientes. Eles temem receber demandas que não podem responder, e críticas devastadoras. Há apenas uma coisa mais terrível do que ter que enfrentar as vozes de um cliente insatisfeito: não ouvir essas vozes e sofrer as consequências. É melhor ter clientes que expressam o seu descontentamento do que os perder completamente. A comunicação eficaz na internet é alcançada da mesma forma que o envolvimento em uma interação face a face. A regra principal é sempre escutar. Páginas web tradicionais permitem as empresas geralmente algum mecanismo para obter feedback dos visitantes. 51

52 Mas as respostas que recebem são mínimas e de pouco valor, uma vez que poucas pessoas se atrevem ou estão motivadas para dar o seu parecer em uma página corporativa. Assim, encontramos uma maior capacidade de saber o que você pensa sobre a empresa, produto, marca ou serviço, se formos para a blogosfera: o lugar onde os usuários geram conversas. Se quisermos encontrar e monitorar conversas, nós temos que usar ferramentas especifica como as ferramentas do Google e Bing. Mas também é melhor usar ferramentas especializada. Veja abaixo uma lista destes: 1. Technorati É o mais conhecido motor de busca do blog que existe. Mantêm o controle de mais de 72 milhões de blogs e oferece uma ampla gama de utilidades. Permite pesquisas maneira semelhante ao Google, mas restrito a blogosfera. Geralmente é mais rápido para indexar as notícias, para que possamos encontrar artigos que foram publicados há poucos minutos. 52

53 A função mais valiosa do Technorati, no entanto, é a busca de links para o nosso blog. Por isso, nos permite estar ciente de uma parte da conversa e nos dar a oportunidade de responder. 2. Outros pesquisadores Além Technorati, hoje existem muitos motor de busca alternativa especializada em blogs, como o Google BlogSearch, Ask.com, BlogPulse, IceRocket e PubSub. Na Internet também é possível encontrar blogs especializados em torno de um tema ou de um idioma específico. É altamente recomendável que você use para monitorar o que é dito sobre a sua marca ou produto. 3. Serviços sociais Social Bookmarking são uma forma de armazenar os endereços das páginas da web que parecem interessantes, para preservar as referências em ordem de interesse. Bookmarking social como o serviço del.icio.us para armazenar e compartilhar bookmarks, assim como o acesso aos favoritos de outras pessoas, com os rótulos que descrevi. 53

54 Milhões de pessoas rotulam mensagens, favoritos, imagens ou qualquer outro conteúdo na Internet. O efeito agregado desta rotulagem é uma base de conhecimento vasta que tem qualidades semânticas. 4. Blog Stats Os serviços de estatísticas do blog geralmente oferecem uma lista de endereços a partir do qual você acessou o seu blog. Com um traço que eles vão deixar você descobrir sites que são indexados com o seu; também servem para ouvir a blogosfera e dar continuidade às suas conversas. Não a melhor maneira de encontrar os links, serviços em comparação com Technorati e outros motores de busca, mas pode ser uma maneira complementar, especialmente quando vem um link de uma página que nossa pesquisa ainda não está indexada. Você precisa escolher um bom serviço de estatísticas, para verificar a concretização dos objetivos que você tem para o seu blog, pois há uma grande variedade no mercado. Um muito completo e popular é o Google Analytics. 54

55 O papel do marketing é promover relações sustentáveis entre marcas e pessoas. Estamos na era do marketing em blogs e isso é uma das chaves para construir confiança e transações. A tendência atual tem uma maneira muito diferente de praticar marketing. Quem não conseguir usar estratégias atuais e atualizadas estará defasado em relação com o cliente. O marketing de relacionamento, como o próprio nome sugere, visa criar e fortalecer as relações comerciais com os clientes, buscando gerar o número máximo de negócios com cada um deles. O principal objetivo é identificar os clientes mais rentáveis para a empresa e estabelecer uma relação próxima com eles; criar uma interação que permite conhecer as suas necessidades e manter um acordo de desenvolvimento de produtos com eles. Aqui está uma série de chaves para definir e gerenciar as estratégias no âmbito deste tipo de marketing. 1. Comprometendo-se a uma relação sustentável É necessário assumir que o estabelecimento de confiança é um objetivo diferente para conseguir dinheiro. 55

56 2. Dar uma imagem de autenticidade A marca deve mostrar que tem credibilidade, que se preocupa com o cliente e que é congruente com ele, esses três fatores são necessários para construir confiança. 3. Tratar os clientes como parceiros As marcas têm de ver seus consumidores como parceiros; aquelas pessoas tão inteligentes que tomam boas decisões. Você deve dar importância e se comunicar com eles, não para manipular, mas para aprofundar a compreensão. 4. Envolver Você deve se esforçar de várias maneiras para se envolver de forma significativa. O conhecimento e a compreensão do público serão fundamentais para o fortalecimento das conexões. 5. Executar ações de marketing direto Um dos principais componentes do marketing de relacionamento é chamado de Marketing Direto, combinando ferramentas como publicidade, relações públicas, promoção, marketing. 6. Investigar e gerar feedback 56

57 Tente manter o controle de preferências e comportamentos de clientes, assim, chegará a um relacionamento de longo prazo. Aquele que escreve no blog tem a tarefa de ajudar a empresa a escutar e entender o que está sendo dito, para perceber onde formam opiniões e identificar as pessoas que têm uma maior influência. Eles têm que identificar a melhor maneira de entrar na conversa. A situação atual é significativamente diferente, em que a maioria das empresas não sabem como ouvir. Não compreenderam como a blogosfera influência na opinião pública e na forma em que a marca é percebida. É evidente que esta só é possível por ouvir. Os gerentes de marketing têm a difícil tarefa de compreensão de como é que a discussão online e como está a influenciar a imagem pública corporativa e assim implementar uma estratégia que permite à organização reagir nesse mercado. O blog corporativo permite que os visitantes conheçam os membros da equipe de trabalho e fale com eles com visão humana. O blog faz parte da "caixa de ferramentas" que cada empresa deve tem que mostrar as informações e dados de uma maneira que promova a compreensão de que ele vai acelerar o processo de assimilação. 57

58 Fale com pessoas, não da empresa Pode parecer um titulo obvio, mas acredite existem empresas que inverte essa ordem. As empresas são feitas de pessoas. Os projetos são criados por pessoas. A equipe é um grupo de pessoas que trabalham juntas e apoiar uns aos outros. Isto significa que um blog corporativo deve ser escrito em uma linguagem e conduzido por uma voz humana. Abolir imediatamente a linguagem corporativa (ou burocráticas) de códigos, a terminologia, os jargões corporativos. Para quem você está dirigindo? Qual forma de comunicar o seu nicho de referência? Como seus clientes interagem uns com os outros? Durante alguns anos pude observar que muitos blogs de empresas fazem o uso exagerado dos jargões corporativos, tenha em mente que nem todos os seus clientes irão entender as patacas técnicas que você escrever, escrever isso em um blog é pedir para ser ignorado e criticado pelos usuários, crie uma conversa, como se você estivesse conversando face a face com ele. 58

59 59 Como deve ser o estilo de escrita de um blog corporativo?

60 Para responder à questão colocada no título, o que posso dizer sobre o conceito básico de escrita de um blog é, seja o mais simples possível. Eu entendo que isso possa parecer contraditório, mas é o que um blog da empresa deve se comunicar com uma a mais ampla gama possível de usuários e clientes potenciais. Para tornar as coisas claras, tenha sempre em mente à palavra "A voz humana" sempre que você vai escrever um novo artigo. Já falei dos riscos da linguagem corporativa. Os Blogs não devem ser escrito como uma imprensa seca comercial, muito menos como um lembrete de publicidade. O escritor (e blogger copywriter) não deve aparecer como um fornecedor legal, mas como um indivíduo apaixonado e influente sobre o assunto específico. Tenha em mente estas duas palavras: paixão e autoridade em seu campo. O estilo de escrita de um blog corporativo deve transmitir imediatamente a ideia que atrás do monitor há uma pessoa de carne e osso com quem conversar. Somente desta forma, o leitor será capaz de abrir e comunicar a suas necessidades reais. Depois de ter estabelecido um relatório confidencial, a empresa será capaz de obter mais informações sobre o mercado e 60

61 seus clientes. E por meio da assunção do estilo de escrita que delegamos ao nosso blog, deve os na tarefa de capturar a atenção e o interesse do leitor. Todas as recomendações para escrever para a Web poderiam aplicar-se aos blogs, por uma simples razão: são mais um tipo de página da Web. Com características únicas, sim, mas, ao fim e ao cabo, são mais um tipo de página da Web. Os blogs, em essência, liberam ao autor/editor de fazer o design: basta criar o conteúdo, clicar e já está publicado na rede. Foi essa facilidade de criação e uso que os tornou muito populares. Um blog poderia abrigar desde um simples parágrafo até o capítulo completo de um romance e, entre esses dois extremos, um texto mediano com ou sem estrutura de pirâmide invertida. Outra coisa é que se recomenda o princípio de usabilidade, o que a prática acabou impondo por si (textos breves e objetivos). Uma analogia poderia ilustrar, parcialmente, o argumento: há centenas de qualidades de papel, o que não significa que alguma delas tenha uso exclusivo (mas recomendado, sim) para um tipo ou gênero de conteúdo. Você poderia publicar o conteúdo de uma revista em papel, jornal, ou o conteúdo de um jornal em papel encerado. Também poderia publicar em 61

62 qualquer deles um conteúdo superficial ou profundo: parágrafo, artigo noticioso, crônica, editorial, ensaio, crítica Muitos autores/editores poderiam argumentar que a estrutura de pirâmide invertida briga com o tom conversacional e informal de suas publicações (e a vêem como uma camisa de força). Outros poderiam argumentar que, muitas vezes, a forma como são redigidos se aproxima mais da estrutura de uma coluna de opinião ou de um editorial que da de um simples artigo. Uns e outros têm sua razão. No livro O estilo do jornalista, o autor espanhol Álex Grijelmo apresenta ao menos três estruturas para apresentarem editoriais e colunas de opinião. Em duas delas, Grijelmo se apoia nas sentenças judiciais para explicá-las. Qualquer que seja a forma de apresentar ou estruturar o conteúdo num blog, em especial nos casos em que se descarta a estrutura de pirâmide invertida, o título é o recurso por excelência para advertir ao usuário o que se vai enfrentar. Muitas vezes, um bom título resgata um texto pobre ou estruturado de maneira diferente, especialmente quando aparecem em resultados de buscadores, RSS, s e outros ambientes. Daí a importância de elaborá-los seguindo as diretrizes da Web. 62

63 Pense no seu Conteúdo como uma Marca Suponha que o conteúdo que você produz é uma marca registrada. Então temos que ver como faremos para convencer os consumidores potenciais (os leitores) que a nossa marca é a melhor. Além de convencê-los, vamos torná-los clientes fiéis da marca e uma vez que nós alcançarmos uma parte do mercado, é preciso expandir, se estás decidido a crescer é preciso procurar novos mercados. Dado que o nosso conteúdo é uma marca e que os consumidores estão procurando um bom conteúdo no blog, deve dá-lo. Temos que convencer os leitores que nosso conteúdo é de qualidade. Assim, priorize o seu conteúdo. Você também deve focar em determinados tipos de leitores, ou seja, escrever para um público específico. É mais trabalhoso no começo, mas com o tempo irá gerar tráfego de qualidade. Conheça as dúvidas e preocupações dos seus leitores. Preocupe-se em entender o que seus leitores precisam e o que querem aprender. 63

64 Você também deve tentar ser o melhor, o mais criativo e original. Como fazer isso? Bem, Monitores e análise o que a concorrência oferece, faça abordagens a seus leitores, sobre assuntos que eles queiram ler. Também pense no marketing. Se o seu conteúdo fosse uma camisa, por que certas pessoas querem comprá-la ou usá-la? E isso se aplica ao seu conteúdo. Pense, por que Fulano iria ler o meu conteúdo? Meus leitores leem meu conteúdo por: Minhas informações são sempre atualizadas Sou divertido e original Sou irônico Eu os faço rir Eu os faço pensar Eu sou uma pessoa amigável Eu lhes dou as boas idéias Os ensinei coisas que são importantes para eles. Eu digo coisas que ninguém ousa dizer ou escrever sobre assuntos que poucas pessoas se atrevem a escrever, etc. 64

65 Uma vez que os leitores tenham escolhido o seu conteúdo como fonte de informação, isso demostra que você aprendeu a se diferenciar do resto. A Produção de conteúdo, original, relevante faz a diferença, pois as melhores informações sempre serão passadas a frente, discutidas e comentadas, seja no Twitter, Facebook, Google Plus etc. Curiosamente, o conselho mais comum para a criação de um blog de sucesso é escrever conteúdo de qualidade, mas com um termo tão ambíguo pela subjetividade implícita do mesmo, Quantos de nós realmente sabemos o que significa qualidade do conteúdo? Basicamente, conteúdo de qualidade é tudo o que o visitante encontra de útil, interessante ou até mesmo acha divertido. Conteúdo de Qualidade é o conteúdo que as pessoas querem ler. Se você mesmo descobrisse hoje o seu blog, o que você iria ler? Há 3 coisas principais que devemos sempre lembrar quando formos escrever conteúdo de qualidade para o público em geral: 65

66 As pessoas estão interessadas no que eles vêem (os dados). As Pessoas estão interessadas no que você pensa (conclusões da sua análise.) Ninguém se importa com o que você sente (emoções e preferências pessoais). Algumas dicas específicas que você pode seguir quando for escrever conteúdo de qualidade são: Lembre-se sempre que o conteúdo deve ser relevante para o tema do seu site. Nunca perder o foco da audiência. Mostre a seus leitores algo que eles não sabem. Crie conteúdo original. Fornecer respostas às perguntas que as pessoas têm. Por exemplo, você pode incluir informações úteis, como dicas e guias sobre como fazer algo ou fazer comentários de produtos relacionados ao seu site. Mas nada disso importa realmente, se você não se importa com o que você faz. Você deve se importar com o que você escreve e fazê-lo com boa atitude e você deve tirar parte do seu tempo para escrever um bom artigo. 66

67 Um blog para construir a sua credibilidade empresarial 67

68 Qual é o critério quando se trata de construção de credibilidade no negócio? Mas o mais importante é como você começa a credibilidade se não tem uma pequena parte dela? Existem algumas teorias interessantes sobre este assunto. Uma delas é a estabelecida por Graham Jones, com a pirâmide de credibilidade. Esta pirâmide é composta por quatro elementos-chave: 1. Conhecimento (10%). Na base da pirâmide temos o conhecimento. Embora este elemento seja apenas 10% de credibilidade para um cliente, é extremamente crucial. Se como um blogueiro, você não sabe o assunto que você está lidando, você nunca vai ter credibilidade. Portanto, evite o "trabalho de mistura.. 2. Concentre-se (15%). O foco descreve o processo mental pelo qual as pessoas não se concentram. Isso acontece quando você conhece pessoas que parecem ter uma mentalidade única em suas opiniões, abordagens e conhecimento. Um blog corporativo deve, portanto, continuar a ser o foco de conversa sobre o assunto principal, evitando a confusão de leitores. É mais importante do que a clareza e entusiasmo, bem como a consistência de informação apresentada, porque eles permitem que as pessoas avaliem a sua credibilidade. 68

69 Em alguns casos, o excesso de informação pode prejudicar a credibilidade para o cliente. Você tem que estar focado e limitar-se a prever. 3. Entusiasmo (25%). A agenda para um blog corporativo deve ser entusiasmo. Este elemento tem um valor de 25%, e, em seguida, bastante elevado em importância. O entusiasmo é uma característica facilmente vista em pessoas credíveis do que aquelas que não o fazem. Talvez porque uma pessoa não está entusiasmada com o seu tema, por sua vez, nunca será capaz de acreditar em suas próprias palavras. Naturalmente, isto pode ser muito prejudicial para as pessoas que são muito tímidas. 4. Cuidado e preocupação (50%). 50% de sua credibilidade são associadas ao seu cuidado e preocupação. Se o interesse é comprovado para o público, serão capazes de transformar este último em clientes, como de alta credibilidade em seus olhos. Quando você começar a construir a sua credibilidade on-line, você terá que mostrar uma grande quantidade de cuidado e preocupação com os interesses e bemestar do seu público. Não importa o que você está tentando fazer na Web, se construir um blog, comunicar com os leitores, a venda 69

70 de um produto ou mesmo simplesmente manter uma conversa em uma plataforma de social, redes como o Twitter ou Facebook. O que importa é levar a sério o seu público, porque só desta forma, você construirá credibilidade. Em resumo, uma pequena porcentagem de sua credibilidade é o conhecimento, onde você tem que adicionar o foco e entusiasmo. Desta forma você já tem a metade do que faz verdadeira a sua credibilidade. A outra metade tem a ver com a preocupação para o bem-estar. Fortalecer a reputação da marca da empresa Apesar da crise econômica que estamos vivenciando, os consumidores estão em busca de "expectativas sobre a marca", especialmente quando se trata de responsabilidade corporativa. As empresas devem aproveitar essas expectativas utilizando a imagem do negócio como um meio de fortalecer a reputação da marca em resultados de pesquisa. Por que você deve tratar a responsabilidade a marca? Em termos econômicos, como estamos vivenciando agora, empresas tem a responsabilidade de terem consumidores como uma questão de consciência na tomada de decisões e oferta. 70

71 Os consumidores preferem colocar o seu dinheiro onde há maior força de percepção. De fato, 85% de todas as empresas ainda aguardam os consumidores. Hoje, os clientes se voltam para marcas de confiança, na esperança do fornecimento de um solução e ajuda em casos que não podem resolver por si mesmo: falta de tempo ou restrições financeiras. A compreensão do valor com a promoção de tais esforços pode fortalecer a consciência de marca positiva de sua organização em mecanismos de pesquisa. Por exemplo, uma empresa pode promover histórias de sucesso de como seus produtos têm ajudado clientes em determinadas situações. Com a viralidade do blog, a empresa alcançar uma presença significativa nos resultados de pesquisa e ser percebido como um líder na indústria. No entanto, algumas empresas perdem oportunidades de explorar de forma eficaz seus esforços para promover a sua responsabilidade, para fins de branding. As instituições financeiras são um exemplo perfeito. Apesar das críticas duras sobre o mercado de crédito por parte dos clientes, muitas dessas mesmas organizações optaram por participar ativamente na vida social por meio de programas de assistência e alojamento para grupos comunitários. No 71

72 entanto, poucas pessoas conhecem os seus esforços. Esta é uma grande oportunidade perdida. A capitalização da responsabilidade corporativa permite aumentar a popularidade da marca e os ao mesmo tempo conter o dano. Vivemos em uma época onde notícias e opiniões são destacadas e divulgadas em blogs. A capacidade de comunicar qualquer mau humor é um prato cheio para clientes que podem criar um pesadelo para a empresa. Em baixo basta criar um vídeo simples e fazer um upload para o YouTube em poucos minutos. O objetivo deve ser o de estimular a responsabilidade das empresas. 72

73 O que faz um blog de negócios bem-sucedido? 73

74 Uma das questões que despertam maior interesse no negócio de blog é O que faz um blog de negócios bem-sucedido?. Creio que isso é provavelmente uma questão fundamental para qualquer organização que busca criar um blog corporativo. Minha resposta é que um blog corporativo de sucesso é aquele que atende a finalidade e alcança os resultados estabelecidos a partir do início. Há vários problemas em blogs corporativos, é que existem diferentes tipos de blogs, e você não pode dar uma única definição. Tomemos por exemplo o blog de um CEO. O estilo de escrita, formato e o conteúdo será muito diferente de um blog projetado para espalhar a serviços e produtos. Da mesma forma, um blog corporativo que reúne uma comunidade de usuários para pesquisa de mercado ou para desenvolver um produto, terá um função muito diferente de "sucesso". Seu objetivo neste caso é melhorar a reputação da empresa. No entanto, o que eles têm em comum é o fato de ter um conjunto claro de objetivos identificados como parte do processo de planejamento muito claro. Algumas indicações para um blog de negócios 74

75 Para as empresas que desejam abrir um blog corporativo, abaixo alguma sugestão para que as metas estabelecidas: Não tente ser "tudo" para todos: os melhores blogs de negócios são muito segmentados. Identificar as pessoas como o qual querem se comunicar. Neste caso, o seu blog é escrito de tal maneira que Atrairá, reterá e desenvolverá ao longo do tempo esse tipo de público. Foco, mantendo-se fiel aos objetivos: uma vez que você criou o blog para empresa, você deve tentar não se distrair com outras coisas. Então, certifique-se de manter o foco e evitar outras direções diferentes. Faça seu blog visualmente atraente: este aspecto não é referese apenas as imagens, mesmo que eles desempenham um papel importante. Quebre a rotina de vez em quando poste entrevistas, pesquisas, vídeos virais, etc. Comece certo: certifique-se de usar todos os meios disponíveis para espalhar o seu conteúdo, criar comunicados de imprensa on-line para garantir maior de apoio para a atividade. Não há nenhum ponto de ter um blog, se você deixá-lo, em seguida, à mercê do destino. Use todos os 75

76 métodos disponíveis online e offline, a fim de "espalhar a palavra" em todas as ocasiões. 76

77 77 Os desafios de um blog corporativo

78 Os blogs corporativos não são algo que ocorrem de forma simples e com sucesso imediato. Quando você é confrontado com a parte habitada da rede, não são aspectos negativos que precisam ser tratados de forma adequada para permitir a elaboração de um novo projeto como o blog corporativo. Aqui, para as empresas, os desafios de lidar com o blog corporativo podem ser: Não foque no tráfego desejado A publicação de um blog, não envolve um aumento no número de leitores. Na blogosfera, há milhões de blog, mas apenas alguns são capazes de subir até o topo e ficar realmente. Blogs geralmente exigem mais tempo do que muitos pensam A maior preocupação para aqueles que gostariam de criar blogs, não é o dinheiro, mas o tempo. Blogar é caro no que diz respeito ao tempo, especialmente se você confia em um blogueiro fantasma. Eu sempre recomendo o envolvimento interno da empresa e evitar a "intrusão externa", entre outros muito caro. O que você deve fazer é compreender a ação dos blogs e aprender a gerenciar melhor o tempo no blog. A conversa nem sempre é natural 78

79 Conversas que seguem as tradições e costumes do marketing tradicional são equivalentes a uma conversa em um bar. Muitos escritores que trabalham em Blogs corporativos têm problemas de fala, porque eles estão mais acostumados a "bomba tapete" ao invés de explorar redes sociais. Blogs não são campanhas de marketing, para que haja final O blog não é uma campanha de marketing, por isso deve ser evitada a pergunta: "Até quando vamos ter que escrever?" Se fôssemos seguir a lógica desta questão, deveríamos responder: "Até o último dia de existência da sua vida!. Alguns blogs corporativos não sabe lidar com questões legais O aspecto legal do seu negócio, você pode encontrar alguns problemas de diferentes modos de diálogo que são criados. Como você reage quando seus leitores fazem perguntas que você não sabe responder? Como se comportar na frente dos comentários negativos? A questão é decidir ser aberto e honesto desde o início ou não! Os empregados não representam necessariamente a marca corporativa 79

80 Só porque seus funcionários estão trabalhando para a empresa, não significa que eles devem escrever para o blog. Bons funcionários não são necessariamente bons blogueiros. Quem deve representar verdadeiramente o blog da empresa? Certamente aqueles que não têm nenhuma intenção de colocar a empresa em uma luz ruim. O sucesso é difícil de medir Em campanhas de marketing tradicionais, você pode medir o sucesso através de gravações e turnês, mas com blogs, o sucesso é muito mais difícil ver. O problema com os blogs é que o sucesso social pode ter diferentes formas, incluindo as referências, comentários e várias formas de conversa. O sucesso de um blog de negócios é calculado pela ROB (retorno sobre o blog). 80

81 81 Promovendo o Blog da empresa

82 Uma vez que já temos os aspectos chave, agora vamos avançar mais um caminho, posso dizer que já fizemos a parte mais difícil. Agora, Qual é a próxima? Promova o seu blog de negócios. Embora grande parte do tráfego através mecanismos de busca será obtido com o resultado de um bom trabalho de otimização do conteúdo, ele não será a única forma de se obter leitores para o seu blog, que serão seus clientes potenciais. Para fazer isso, você pode seguir uma série de passos, tanto na web como no mundo real, o que necessariamente não envolve custos que às vezes podem se tornar inúteis se não forem devidamente tratados ou se aplicados na hora errada, como diferentes tipos de publicidade. Aqui estão algumas dicas para melhor promover o blog da empresa. 1 - Linke o seu blog na página inicial da empresa Uma boa maneira de se familiarizar com o seu blog, é colocar algum tipo de link na página principal do seu negócio, se você quer algo chamativo, sem ser intrusivo, o melhor seria um banner localizado em algum lugar desta página, é uma forma de mostrar aos potenciais clientes que você está por dentro das novas tendências de relacionamento online. 82

83 Se você quiser algo mais simples (ou suas habilidades de edição de imagens não são muito boas), coloque estrategicamente como texto, como chamada à ação, que pode muito bem ser um link para o seu último artigo, ou About como um simples convite para ler o seu blog para que os clientes fiquem conscientes da evolução do seu mercado, etc. Lembre-se que, os leitores do blog podem se tornar potenciais clientes para o seu negócio, e quem são seus clientes e conhecem seu blog, precisam estar atualizados através do blog. 2 - Redes sociais Já mencionei um pouco sobre mídias sociais, especificamente sobre os botões para compartilhar as mensagens, se localizado no lado do artigo, no início do artigo, e / ao final do artigo. Mas isso é apenas um começo, a estratégia de mídia social deve ir além de permitir que seus leitores compartilhem o seu conteúdo de uma forma rápida e fácil. Recomendo os seguintes passos para iniciar uma boa estratégia de mídia social que envolve o seu blog e seu negócio, como tal (em artigos futuros mergulhar em estratégias em diferentes redes sociais): Concentre-se nas principais redes sociais: Sabemos que há inúmeras redes, mas isso não significa que você tem que 83

84 abrir um perfil ou página de sua empresa em cada uma. Inicialmente, é recomendado que você concentre seus esforços em grandes redes como Facebook, Twitter, Linkedin e Google Plus. Mais tarde, você pode considerar redes de menor tráfego ou abordagens diferentes. Crie perfis relevantes: Tendo perfis ou páginas em redes sociais, não significa que isso vai atrair clientes para o seu negócio ou leitores do blog imediatamente. Sempre tente postar algo sobre estas redes sociais, tais como as mensagens mais recentes do seu blog, fazer algum tipo de pesquisa ou enquete, e outros. Design-wise, nunca é demais fazer um bom avatar, assim como um plano de fundo para a conta do Twitter e uma capa bacana pro Facebook passando alguma informação útil, lembrando que é proibido usar a capa do Facebook para promover a empresa ou pedir que curtam a página, considero um investimento. Use serviços AutoShare: Eu comentei na seção anterior sobre a promoção de mensagens recentes no blog. Isso não precisa ser manualmente (embora você pode complementar), uma vez que existem diferentes serviços que permitem compartilhar automaticamente seus artigos, 84

85 como Twitterfeed, ou Dlvr.it, que são gratuitos e você pode ver as estatísticas básicas de cliques em links, compartilhamentos e outros. É digno de notar que nenhum serviço de Autoshare suporta a publicação automática no Google+, então isso deve ser feito manualmente. 3 - Eventos e apresentações Como um empreendedor em qualquer mercado, é ideal participar de eventos relacionados ao mercado, seja como ouvinte ou como um palestrante, em alguns casos (dependendo do evento). Nestes casos, lembre-se sempre de incluir o fim de sua apresentação um link (ou código QR) para o seu blog, e, claro, a sua página inicial e perfis de redes sociais. Se você usar cartões, o mesmo se aplica e inclui os links mencionados neste. 4 - Assinaturas em s Geralmente, serviços de correio eletrônico (ou aplicativos e programas em smartphones, tablets e PCs) permitem que você use uma assinatura no final de cada que você enviar, que é adicionado automaticamente. Você já deve ter recebido um e- mail aonde a assinatura era bem diferente do padrão dos s que você envia. Você pode personalizar a assinatura de todos os seus s e até inserir um logotipo, se for o caso. São recursos 85

86 do próprio programa de envio de s que você configura e pode personalizar suas mensagens a partir de agora e até dar um aspecto mais profissional as suas mensagens. Para personalizar o seu recomendo o uso da Ferramenta BrandMymail. O Brand My mail é um serviço que permite criar modelos de para uso com serviços de Webmail como o Gmail, possibilitando a criação de um modelo de identidade para o seu . O serviço possui alguns modelos de layout prédefinidos, mas permite você criar o seu modelo personalizado. 5 - Entre em diretórios de blog Assim como existem listas telefônicas que as pessoas e empresas se cadastram (o último por um montante monetário), há diretórios do blog. As diferenças são que, primeiro, os diretórios de blog são encontrados apenas na web, não fisicamente, também, a maioria desses diretórios são gratuitos, por outro lado, muitos diretórios de blogs são tanto uma rede social pequena (como o DihiTT) onde os usuários podem comentar sobre o conteúdo, e vota-los, ou seja, escolher se suas mensagens são boas ou más, individualmente, gerenciar uma espécie de ranking (o que não seria um problema com conteúdo de qualidade). 86

87 Utilizar agregadores de conteúdo pode dar o sustento inicial de sua relevância e autoridade no nicho que você atua, pois você mantém contato direto com um grande número de pessoas com quem pode compartilhar várias ideias. 6 - Artigos como convidado (guest posts) Os Guest posts são artigos que você publica em outros blogs, como um blogueiro convidado. É uma enorme potência a ser explorada na blogosfera brasileira. Os blogueiros estrangeiros já utilizam a técnica há muito tempo para ganhar dinheiro online. Para divulgar com eficiência, procure primeiramente um blog com assunto idêntico ou semelhante ao seu e que receba um índice de visitas maior do que o que você recebe. Depois, escreva um texto com assunto que ainda não exista neste blog, com a máxima qualidade possível, e submeta-o para o dono do blog, dizendo por que motivos você quer ter este artigo publicado por lá. Seja rápido e simples, sem firulas. 7 - Participe em fóruns Os fóruns são um meio antigo, mas ainda muito forte e eficiente para divulgar um blog, aumentando as visitas. Geralmente os fóruns funcionam de forma semelhante às redes rociais, de modo 87

88 que você pode compartilhar ideias e pensamentos, discutir assuntos com outros usuários e, ainda, aumentar a sua autoridade na web. É muito importante procurar participar em fóruns que abordem o assunto do qual escreve. Participar em fóruns não é nada complicado e você irá montar sua autoridade nele bem aos poucos. Sempre crie discussões favoráveis e, sempre que puder, responda alguma questão levantada por outro usuário. 8 - Quais são os benefícios do Marketing de Artigos? Prestígio e visibilidade: Publicar bons artigos ou textos especializados durante certo tempo e em diferentes meios joga a favor da nossa marca, aumenta a nossa popularidade e permite que as pessoas saibam da nossa existência ou começar a reconhecer-nos como uma autoridade no nosso nicho. A médio e longo prazo resulta em novos clientes e mais oportunidades de emprego e serviços nos meios sociais. Mais Visitas: Ao colocar um link do nosso projeto ou blog em um artigo escrito para outro, aumentaremos o número de visitantes ao nosso blog, ganhando leitores fiéis. Link Building: O marketing de artigo é outra grande estratégia para a construção de Link Building. Desta forma, 88

89 podemos obter links de qualidade e melhorar a nossa posição. Habilidades Pessoais: Escrever para os outros com frequência nos obriga a nos esforçamos e dar uma atenção especial à escrita. Com o tempo, adquirimos experiência necessária para melhorar a nossa escrita e os nossos próprios conteúdos. Bônus track: Coloque palavras-chave (relacionados com o nosso blog) no link de texto âncora que aparece no final do artigo, bem como o corpo do texto. Todo o tempo que você gasta slaving afastado do blog da empresa vai para o lixo se você não divulgar o seu conteúdo adequadamente. Quando você tem um blog, é necessário promove-lo em todos os meios disponíveis. 9 - A perseverança, consistência e paciência Existem muitas outras maneiras de aumentar as visitas, mas citei aqui as que são mais importantes, são os alicerces sobre os quais repousa a geração de tráfego para um blog. O blog é como trabalhar para uma empresa é algo que temos que tomar como uma atividade no médio e longo prazo, pois são uma série de pequenas contribuições que se somam e, 89

90 finalmente, acaba sendo uma coisa muito boa e importante para seu negócio. Se você é um empreendedor solitário ou proprietário de uma MPE acho que o blog pode ser a pedra angular de toda a sua estratégia de marketing e pode desenvolver aqui um canal de comunicação direto com seus clientes. 90

91 91 ROB - Retorno sobre o blog

92 Depois de ter seguido todos os conselhos (ou a maioria) dos passos acima, você pode se perguntar e agora?, Realmente está tendo resultados positivos o blog da minha empresa? Ou dúvidas semelhantes. A resposta a essas perguntas certamente é: é hora de medir os resultados de seu blog. Como? Que informações devo considerar? Se você possui um site, cada pessoa que visita seu site representa uma parte do seu tráfego na web. O tráfego da web cria o total de dados carregados e descarregados entre servidores web e os visitantes do site. Monitorar e analisar o tráfego da web ajuda a entender o seu público, identificar tendências e determinar a direção para o seu site. Quais são os lucros encontrados através de um blog corporativo? Esta é definitivamente a primeira pergunta feita pelo gerente de marketing da empresa, mais interessado nas avaliações quantitativas. Por exemplo, em um site de e-commerce, há atenção especial para visitas únicas, os cliques, as taxas de conversão em vendas. Para calcular o lucro, sempre é usado como critério final de ROI (retorno sobre o investimento, à taxa de retorno sobre o capital investido), já com os blogs corporativos foi cunhado um 92

93 novo termo, o ROB (Return On Blog) ou conversões, visitas, a informação transmitida de boca em boca, a influência sobre os meios de comunicação e leitores. Você pode medir tráfego da web para suas páginas de diversas maneiras, incluindo visitas, page views e exibições de página única. Visitas é responsável por cada vez que um visitante chega ao seu site. Hoje vou discutir o mais importante a considerar, e que fatores levar em conta. 1 - Medir visitas Esta é a medida mais geral na web. O número de visitas é refletido no número de pessoas (ou tempos) que, no caso de seu blog de negócios, o conteúdo publicado. Embora o número total de visitas seja uma boa maneira de medir o progresso geral do seu blog, o melhor é observar as visitas a artigos individuais, o que lhe permite conhecer e compreender o que o público quer, que conteúdo os leitores preferem. Mas o número de visitas a cada artigo não é a única coisa a considerar nesta área, há também outro aspecto que desempenha um papel importante, o tempo de permanência por página, cada usuário por visita. O objetivo de qualquer webmaster é a audiência do seu blog, ou seja, aumentar o número de visitas 93

94 diárias. É assim indispensável dispor de indicadores que lhe permitem, por um lado, medir a evolução do tráfego do seu site, ( medir de audiência ) e, por outro, classificar essa audiência para fornecer um conteúdo sempre mais próximo das expectativas do seu público. 2 - Medir leads Primeiro, defino o que o termo significa Lead, que se traduz em parte da definição de Margaret Rouse: Um lead, é um contato de vendas potencial: a pessoa ou entidade que manifestou interesse em comprar seus produtos ou contratar seus serviços. As ligações são geralmente obtidas a partir de referências de outras pessoas, ou em resposta direta a uma campanha publicitária. Em uma maneira mais simples, podemos dizer que um Lead é todo cliente potencial declarado. Existem algumas diferenças entre os Leads do marketing tradicional e leads da web, neste caso, um blog de negócios, e a forma como os obtém: em último caso, você conquista os leads através do conteúdo, bom SEO, chamadas à ação bem estruturadas e posicionadas, e outras questões que mencionamos em capítulos anteriores (e lembre-se, o conteúdo sempre será o fator 94

95 decisivo). Você também pode gerar leads através de seu número de assinantes, que é o nosso próximo ponto. 3 - Número de assinantes Lembre-se que cada blog deve ter alguma forma de assinar seus artigos, isso pode ser através de um feed RSS, para alimentar os leitores, como o Google Reader, ou através de um boletim. Há diferentes serviços que podem gerar automaticamente Newsletters, ou seja, diariamente ou semanalmente, s enviados a seus leitores com as mensagens publicadas neste período de tempo em seu blog. Um serviço muito bom que ajuda a automatizar estes processos, tornando configurações mínimas, é o FeedBurner, que ainda permite que você veja as estatísticas. Mas por que essas estatísticas são importantes? Os assinantes de um feed ou newsletter, geralmente são ávidos leitores de um blog, então eles decidem se inscrever em qualquer uma destas formas, e se eles se aborrecem com o conteúdo, eles podem cancelar a qualquer momento, daí a razão para prestar atenção a esses detalhes. 4 - Backlinks (links para seu blog) 95

96 Nós conversamos um pouco sobre linkbuilding, o que implica que outros sites colocaram algum tipo de link (backlink) para o nosso blog, que pode trazer resultados positivos. Para acompanhar os backlinks para o seu blog, uma boa ferramenta é o Google Webmaster Tools. 5 - Links de mídias sociais O último tipo de link que deve ser cuidadosamente revisto, nestes tempos são os compartilhados em redes sociais, especificamente sobre seus artigos. Os links compartilhados em redes sociais representam um segmento comumente obtido em curto prazo de tempo, isto devido à natureza da maioria das redes sociais: tudo é instantâneo. Uma vez que tenhamos coletado todos esses dados essenciais, podemos gerar uma estratégia para fazer quaisquer alterações na forma como o conteúdo é gerado, técnicas de SEO e outros. Revise seus relatórios de tráfego web pelo menos uma vez por semana. 96

97 O temor do retorno sobre o investimento através do blog 97

98 Além do medo dos comentários negativos, um dos quais as empresas estão mais preocupadas é a crença de que o blog exige tempo sem produzir qualquer retorno sobre o investimento (ROI). O tema é de vital importância para uma empresa. Temos que levar isso em conta quando se olha para os produtos e serviços, em vez de avaliar os meios de comunicação. Se analisarmos com maior objetividade, percebemos que não há nenhum ROI atribuível ao valor de uma viagem de três dias do gerente da empresa para participar de uma reunião de diretores, onde ele fala de 20 minutos. Eu diria a mesma coisa para uma imprensa dirigida por uma agência, um site empresa, um folheto de papel frio, um outdoor no meio a estrada. Fazendo uma análise do valor do retorno sobre o investimento através de uma folha de computação, não é fácil. Blogar pode ser considerado como um custo a ser atribuído à expansão da marca, se define a marca como a forma como as pessoas veem a empresa. O A Mozilla usou o blog como uma pedra angular de uma campanha baseada no boca a boca onde teve mais de 60 milhões de assinaturas em pouco mais de seis meses. Neste caso, o Blog tem um sucesso incrível, em que um anúncio de duas páginas do New York Times havia produzido muito poucos downloads. Blogs não são 98

99 chamados para gerar receita de dinheiro de forma direta. Seu valor está em gerar um boca a boca valioso, uma ferramenta para atrair as massas de novos clientes que vão aumentar a vendas. Quais são os lucros encontrados através de um blog corporativo? Esta é definitivamente a primeira pergunta feita pelo gerente de marketing da empresa, interessada nas avaliações quantitativas. Por exemplo, em um site de e- commerce, que coloca muita ênfase em visitas únicas, para clicar, as taxas de conversão em vendas. Esta ferramenta de comunicação em vez requer um novo medidor avaliação de não tradicionais como o buzz marketing (zumbido), o marketing boca a boca (Word-of-mouth ou feedback dos leitores.para calcular o lucro, geralmente usamos como um ROI último critério ( retorno sobre o investimento, a taxa de retorno sobre o capital investido), enquanto que para blogs de negócios foi cunhado um novo termo, o ROB ( Retorno sobre o blog) ou conversões, as visitas, as informações transmitidas de boca em boca, a influência sobre os meios de comunicação e leitores, etc. O zumbido (zumbido) é uma aura de charme, criado em torno da marca, teve origem a partir de uma conversa positiva, 99

100 tomou o lugar certo no blog da empresa. Em resumo, é exatamente o que os seus concorrentes e os clientes estão dizendo sobre a empresa. Quando em todo o blog, que cria o efeito de comunicação viral, então isso significa que nós estamos na frente de uma empresa que sabe como tirar riscos, pois é capaz de abrir uma linha direta com seus clientes. Além disso, prova que você pode tentar algo diferente dos rivais no mercado. O buzz marketing, muitas vezes é o resultado de outro fenômeno desencadeado pelo blog, que é o marketing viral. Postar um vídeo ou conteúdo provocador, subtil, bem digno de atenção, este último pode ser pego e se espalhou na blogosfera em questão de horas ou dias. 100

101 Avaliando os benefícios de um blog corporativo 101

102 A maior dificuldade que uma empresa pode ter é entender quais são os benefícios para os negócios encontrados com o blog corporativo. Escrever um blog coloca seu conhecimento à prova. Se seu conteúdo tem qualidade, fará sucesso, será bastante comentado e passará a exercer certa autoridade no mercado, sobre o assunto. Assim os potenciais clientes verão você como alguém que sabe o que está falando e passarão a confiar mais na sua marca. Blogar ajuda a fortalecer as relações empresariais de marketing, branding e cliente. No entanto, a maioria das empresas ainda estão lutando para entrar na blogosfera. 1. Um blog corporativo depende da disponibilidade organizacional? Robert Scoble, um popular autor e blogueiro, disse uma vez que ele fez apenas uma visita simples ao site de uma grande empresa para ver como eles interagiam com os mesmos clientes. Para Scoble, um site sem qualquer nome de seres humanos, capazes de interagir com os usuários, são a prova de que a empresa ainda não é capaz de compreender o valor da blogosfera. 102

103 Há uma enorme mudança que precisa acontecer e as empresas devem começar a experimentar os novos modelos, a interação, possivelmente, mais aberta para o consumidor. Scoble se juntou à Microsoft com este objetivo: atuando como blogueiro chefe, apresentou um verdadeiro ponto de contato com os clientes em um momento em que o software e a reputação da empresa viviam uma fase difícil. Blogging pode criar o branding, marketing e aumentar as vendas, mas para que isso aconteça, é importante que você construa relacionamentos com seu público-alvo ( nicho de mercado ). O blog ajuda o negócio a capitalizar a informação publicada, identificando problemas e responder a clientes insatisfeitos. É um plano de negócio perfeitamente inteligente, e é a base de serviço ao cliente. A estratégia é ter certeza de que todos na empresa falam com os clientes. É um passo muito radical, mas existem algumas empresas que estão fazendo muito bem. 103

104 2. Entrando na blogosfera Infelizmente, as empresas que abastecem a blogosfera não são certamente todas que têm um entendimento correto dos blogs. Há uma falta de conhecimento sobre como fazê-lo corretamente: às vezes não tem um número suficiente de posts, nem sempre mostram links para outros sites, há um monte de discussão apenas em seus produtos. O que você deve fazer é considerar quais são as oportunidades e avaliar os resultados. Desta forma, você já terá construído não só uma motivação para blogar, mas você também vai ter um plano para o que será publicado no blog. 3. Blogar é exatamente a coisa certa para nós? Muitas vezes acontece que a empresa acha que o blog não é a coisa certa a fazer, e que os recursos para esta despesa devem ir para o marketing tradicional ou colaborações com parceiros. O que realmente precisa é comparar o investimento previsto e o retorno visto evitando a criação de projetos provavelmente não mensuráveis, como o blog. 104

105 A motivação para um blog corporativo é um fator crítico. Normalmente, a razão é para preencher uma lacuna no atendimento ao cliente. Ou pode ser simplesmente querer falar sobre um nível diferente do nicho que pertence e não especificamente do ponto de vista. Pessoalmente eu prefiro usar o blog corporativo para trazer as características da empresa, mas esta abordagem diferente para o blog ainda é um bom começo. Antes de tirar conclusões precipitadas, considere todos os aspectos. Por exemplo, se a empresa quer aumentar a consciência de sua marca, um blog, neste caso, é absolutamente necessário. Você pode coletar os comentários de outras pessoas sobre sua marca. Você precisa descobrir o que está acontecendo lá fora. Quem está falando sobre sua marca, a sua concepção da indústria e do tipo de palavras-chave mencionadas nas discussões. A descoberta de uma grande quantidade de pessoas fora de seu alcance, elas estão tendo essas conversas sem resposta, você vai ter que lidar com um bom negócio. 105

106 As empresas precisam olhar para além de seu próprio site. Usando web analytics você pode ver todo o tráfego, então você sabe exatamente o que é importante para seus clientes. A coisa mais óbvia a fazer é mapear os blogs sobre esses interesses. Outro bom exemplo seria a de ver quais termos buscados levaram visitas para o site da empresa. Este poderia ser um bom ponto de partida, porque oferece a oportunidade de finalmente dar apoio a muitas perguntas de seus leitores, que não conseguem encontrar uma resposta satisfatória para seus problemas. As empresas devem também tomar em consideração a cultura da empresa. Se um empregado não está preparado para as críticas da comunidade de blogs ou clientes, talvez não seja adequado desempenhar esse papel com esse funcionário. Há muitos fatores a serem levados em conta para a avaliação de um blog corporativo. No final do processo, dada à oportunidade, considere quais serão os resultados, e como construiu não só uma justificativa para blogs, mas você também vai precisar de um plano de conteúdo para o blog. 106

107 107 Como aumentar a eficiência de um blog corporativo

108 Às vezes, aumentar a eficiência de um blog corporativo é extremamente simples: basta implementar algumas estratégias simples, mas poderosas para os blogs. O conteúdo é um dos maiores desafios que muitos comerciantes enfrentam quando se trata de blogs e estratégias sociais. Ele é o primeiro obstáculo de todos. É inútil falar sobre tudo, até que tenhamos carne para colocar no fogo. Um dos papéis mais importantes dos blogs corporativos é o de construir a identidade da marca. A possibilidade de diferentes profissionais expressarem suas idéias e apresentarem ao consumidor as ações e inovações da companhia que podem consolidar os valores e a imagem criada sobre a marca na mente do cliente. Multitask Aqui estão algumas ideias incrivelmente inteligentes que permitirá que você seja mais eficiente e eficaz por um longo tempo: Aproveite os comentários de seus leitores para alimentar a conversa 108

109 Quando o usuário acrescenta algumas informações em forma de observações é um item importante que merece ser enfatizado. O ideal seria a criação de um blog curto que cita as informações mais relevantes, de modo que outros usuários possam ler tudo o que foi dito sobre ele. Criar conteúdo citando recursos on-line que falam sobre a sua empresa Quando alguém menciona um tópico publicado na web em seu blog, considere a criação de um post que menciona brevemente parte da conversa, incluindo um link para este recurso. Este aspecto vai ajudar as pessoas que não entendem o trackback e pingback, ativamente, incluindo-os na blogosfera. Diga olá para novos leitores, mostrando o conteúdo mais popular do blog Criar um artigo curto, com links para os lugares mais populares do blog, ou mesmo mais controversos. Esta é uma ótima maneira de mostrar novos leitores os tópicos mais discutidos do blog. 109

110 Criar links para os posts que você escrever em outros blogs Quando você escreve em outro blog como blogueiro convidado, crie um post curto em seu blog, ligando-o à primeira. Mesmo se o que você escreveu não está muito de acordo com o tema do seu blog corporativo, é uma boa ideia permitir que seus leitores saibam o que você escreve em outro lugar, para que eles possam lhe conhecer melhor. Use um longo artigo para criar outro menor Se você tem que lidar com um assunto vasto, divida-o em pedaços pequenos e desenvolva várias mensagens a serem publicadas em vários dias. Use o primeiro artigo para introduzir o tema sempre criando uma sensação de negócios inacabados. Desta forma, irá forçar os seus leitores a acompanharem as partes seguintes. Deixe seus leitores sugerindo temas a serem discutidos Solicitar feedback e sugestões dos leitores para leitura adicional, aconselhamento, melhores ferramentas e outras informações, pedindo-lhes para enviar os resultados como uma lista de links. 110

111 Torna-se claro a importância da presença digital das empresas assim como suas adequações às novas tecnologias e mídias. Essa adequação não tem nada de extraordinário e segue os conhecimentos básicos de planejamento estratégico, mercadológico e comunicação. As teorias já vigentes são reforçadas pelas novas mídias, sendo necessária apenas uma adequação de formatos e linguagens. A inserção na blogosfera para ter sucesso precisa usar a linguagem própria do meio, assim como adotar suas políticas de funcionamento. O mesmo que é necessário ao se criar um anúncio de massa em um jornal e um em uma revista segmentada. Cada meio ou veículo possui linguagens e parâmetros específicos a serem seguidos. O mesmo acontece com o blog corporativo. O planejamento estratégico da empresa precisa comportar a inserção digital e servir como base para a escolha de como essa inserção será feita. Continua sendo fundamental se ter objetivos e postura corporativa definida para se planejar e estruturar a criação do blog. A blogosfera, assim como o marketing digital estão crescendo no Brasil, portanto ainda não temos condições de análises profundas que gerem regras ou padrões de 111

112 comportamento dos blogs corporativos. É uma estratégia onde ainda há muitos campos de estudos. A adoção do blog também pode gerar uma imagem de pioneirismo às empresas que arriscarem nesta área. Além disso, é uma ferramenta relativamente barata e acessível tanto para as grandes corporações quanto às pequenas e médias empresas. Assim é preciso estar atento às mudanças da era da informação e preparar-se para os novos comportamentos que estão surgindo. 112

113 OBRIGADO 113

114 Sobre o Autor Desde os seus 14 anos vem se mostrando diferente de todos a sua volta. De jogador de futebol a dono de um pequeno e- commerce de produtos para mágicos, ele sempre buscou criar negócios, mesmo que aquilo fosse apenas uma brincadeira. Hoje é um dos mais jovens e bem sucedidos empreendedores digitais do Brasil. Especialista na criação de blogs empresariais, hoje ensina como faz para conseguir clientes pela internet. Site: Twitter: twitter.com/atrentino Facebook: Contato: 114

Marketing de Conteúdo para iniciantes CONTENT STRATEGY

Marketing de Conteúdo para iniciantes CONTENT STRATEGY Marketing de Conteúdo para iniciantes CONTENT STRATEGY A Rock Content ajuda você a montar uma estratégia matadora de marketing de conteúdo para sua empresa. Nós possuimos uma rede de escritores altamente

Leia mais

7 dicas rápidas de marketing digital para você sair na frente! MARKETING DIGITAL

7 dicas rápidas de marketing digital para você sair na frente! MARKETING DIGITAL DICAS PARA DIVULGAR SUA EMPRESA E AUMENTAR AS VENDAS NO FIM DE ANO 7 dicas rápidas de marketing digital para você sair na frente! MARKETING DIGITAL Sumário Apresentação Capítulo 1 - Crie conteúdo de alta

Leia mais

Como criar. um artigo. em 1h ou menos. Por Natanael Oliveira

Como criar. um artigo. em 1h ou menos. Por Natanael Oliveira Como criar um artigo em 1h ou menos Por Natanael Oliveira 1 Como escrever um artigo em 1h ou menos Primeira parte do Texto: Gancho Inicie o texto com perguntas ou promessas, algo que prenda atenção do

Leia mais

Mídias Sociais. Fatos e Dicas para 2013. Esteja preparado para um ano digital, social e interativo

Mídias Sociais. Fatos e Dicas para 2013. Esteja preparado para um ano digital, social e interativo Mídias Sociais Fatos e Dicas para 2013 Esteja preparado para um ano digital, social e interativo NESTE E-BOOK VOCÊ VAI ENCONTRAR: 1 - Porque as mídias sociais crescem em tamanho e em importância para o

Leia mais

Thaísa Fortuni. 15 dicas de Mídias Sociais para Moda. Copyright 2015 - Todos os direitos reservados

Thaísa Fortuni. 15 dicas de Mídias Sociais para Moda. Copyright 2015 - Todos os direitos reservados Thaísa Fortuni Thaísa Fortuni 15 dicas de Mídias Sociais para Moda Copyright 2015 - Todos os direitos reservados Sobre Thaísa Fortuni Publicitária por formação, escritora e empreendora digital. Trabalha

Leia mais

Marketing Digital de resultado para PMEs. Monitoramento na Internet A arma competitiva das pequenas e médias empresas

Marketing Digital de resultado para PMEs. Monitoramento na Internet A arma competitiva das pequenas e médias empresas Monitoramento na Internet A arma competitiva das pequenas e médias empresas 1 Sumário I II V Porque monitorar? O que monitorar? Onde monitorar? Como engajar? 2 Por que Monitorar? 3 I II V Nas mídias sociais

Leia mais

Integração com a Mídia Social

Integração com a Mídia Social Guia rápido sobre... Integração com a Mídia Social Neste guia... Vamos mostrar como integrar seu marketing com as mídias sociais para você tirar o maior proveito de todo esse burburinho online! Nós ajudamos

Leia mais

Tentar entender como usar melhor os diferentes canais.

Tentar entender como usar melhor os diferentes canais. The New Conversation: Taking Social Media from Talk to Action A Nova Conversação: Levando a Mídia Social da Conversa para a Ação By: Harvard Business Review A sabedoria convencional do marketing por muito

Leia mais

10 Coisas Simples Que Você Pode. Fazer Agora Para Gerar Tráfego e Leads Gratuitamente

10 Coisas Simples Que Você Pode. Fazer Agora Para Gerar Tráfego e Leads Gratuitamente 10 Coisas Simples Que Você Pode Fazer Agora Para Gerar Tráfego e Leads Gratuitamente Geração de tráfego e converter os leads resultantes em vendas é o último desafio para qualquer comerciante ou empreendedor,

Leia mais

Inteligência para ESTRATÉGIA DIGITAL

Inteligência para ESTRATÉGIA DIGITAL Inteligência para ESTRATÉGIA DIGITAL INTRODUÇÃO Já imaginou ter acesso a dados e estatísticas do website do concorrente? Com alguns aplicativos e ferramentas, isso já é possível. Com ajuda deles, você

Leia mais

MARKETING DIGITAL E E-BUSINESS AULA III ESTRATÉGIAS DO MARKETING DIGITAL PROF. M. SC. JOSUÉ VITOR MBA EM MARKETING ESTRATÉGICO

MARKETING DIGITAL E E-BUSINESS AULA III ESTRATÉGIAS DO MARKETING DIGITAL PROF. M. SC. JOSUÉ VITOR MBA EM MARKETING ESTRATÉGICO MBA EM MARKETING ESTRATÉGICO MARKETING DIGITAL E E-BUSINESS AULA III ESTRATÉGIAS DO MARKETING DIGITAL PROF. M. SC. JOSUÉ VITOR josuevitor16@gmail.com @josuevitor Marketing Digital Como usar a internet

Leia mais

Mas como você gera sua lista de e-mail? Listei abaixo algumas das formas de construir uma lista de email marketing eficaz;

Mas como você gera sua lista de e-mail? Listei abaixo algumas das formas de construir uma lista de email marketing eficaz; E-mail marketing, muitas vezes considerada uma forma de marketing pessoal, é uma das mais valiosas ferramentas de web marketing, uma das mais visadas e mais focada pelos marqueteiros. Vamos nos concentrar

Leia mais

CONTEÚDOS. Blog REDES SOCIAIS VIDEOS ONLINE PARTILHA DE FOTOGRAFIAS PARTILHA DE APRESENTAÇÕES

CONTEÚDOS. Blog REDES SOCIAIS VIDEOS ONLINE PARTILHA DE FOTOGRAFIAS PARTILHA DE APRESENTAÇÕES CONTEÚDOS ANTES DE INICIAR A SUA AVENTURA NAS REDES, TENHA EM CONTA AS SEGUINTES DICAS: Atribua a administração de cada canal e/ou estratégia a alguém que faça parte da sua empresa; Dê formação à sua equipa

Leia mais

A importância de personalizar a sua loja virtual

A importância de personalizar a sua loja virtual A importância de personalizar a sua loja virtual Ter uma loja virtual de sucesso é o sonho de muitos empresários que avançam por esse nicho econômico. Porém, como as lojas virtuais são mais baratas e mais

Leia mais

Mídias Sociais: Conhecendo, aplicando e monitorando. Entenda como você pode trabalhar e monitorar mídias sociais, com foco no Twitter e Facebook.

Mídias Sociais: Conhecendo, aplicando e monitorando. Entenda como você pode trabalhar e monitorar mídias sociais, com foco no Twitter e Facebook. 1 Mídias Sociais: Conhecendo, aplicando e monitorando. Entenda como você pode trabalhar e monitorar mídias sociais, com foco no Twitter e Facebook. O que você vai encontrar neste ebook: Por que eu preciso

Leia mais

Como Levar o Seu Blog Para o Próximo Nível

Como Levar o Seu Blog Para o Próximo Nível Como Levar o Seu Blog Para o Próximo Nível Trazido Até Você Por http://virtualmarketingpro.com/blog/joaofilho/ Como Levar o Seu Blog Ao Próximo Nível Termos e Condições Aviso Legal O escritor esforçou-se

Leia mais

E-books. Guia completo de como criar uma Página no Facebook. Sebrae

E-books. Guia completo de como criar uma Página no Facebook. Sebrae E-books Sebrae Marketing e Vendas Guia completo de como criar uma Página no Facebook Como começar Criando uma Página Conhecendo a Página Configurações iniciais Estabelecendo conversas Autor Felipe Orsoli

Leia mais

A confluência dos vídeos e a Internet

A confluência dos vídeos e a Internet WHITEPAPER A confluência dos vídeos e a Internet Por que sua empresa deveria investir em vídeos em 2013 e como a Construção Civil pode utilizar os vídeos como diferencial competitivo. 1 Saiba como os vídeos

Leia mais

Social Media em 5 etapas

Social Media em 5 etapas Como estruturar seu sistema de Social Media em 5 etapas O que é este guia? O Guia de inicialização em social media foi criado pela G&P como uma forma de ajudar e incentivar as mais diversas empresas do

Leia mais

Como deixar seu negócio on-line. Tendências e a força das mídias sociais no VAREJO!

Como deixar seu negócio on-line. Tendências e a força das mídias sociais no VAREJO! Como deixar seu negócio on-line Tendências e a força das mídias sociais no VAREJO! A palavra de ordem das redes sociais é interação. Comparando a internet com outros meios de comunicação em massa como

Leia mais

PlusPixel Marketing Digital SOMOS MAIS SOCIAIS DO QUE NUNCA

PlusPixel Marketing Digital SOMOS MAIS SOCIAIS DO QUE NUNCA PlusPixel Marketing Digital SOMOS MAIS SOCIAIS DO QUE NUNCA Proposta de Marketing Digital Design inox Marketing de Resultados A PlusPixel vem oferecendo seus serviços desde o início da internet, isso nos

Leia mais

Este documento provê informação atualizada, e simples de entender, para o empreendedor que precisa iniciar ou avaliar suas operações online.

Este documento provê informação atualizada, e simples de entender, para o empreendedor que precisa iniciar ou avaliar suas operações online. Os segredos dos negócios online A Internet comercial está no Brasil há menos de 14 anos. É muito pouco tempo. Nesses poucos anos ela já mudou nossas vidas de muitas maneiras. Do programa de televisão que

Leia mais

Sumário Executivo. Objetivos

Sumário Executivo. Objetivos Brasil Sumário Executivo As mídias sociais estão se tornando uma parte central de como os consumidores descobrem e avaliam informações. Quando os Mass Affluent se relacionam com instituições financeiras

Leia mais

7 Passos Para a Criação de Uma Boa Loja Virtual. Índice

7 Passos Para a Criação de Uma Boa Loja Virtual. Índice 2 Índice Introdução... 3 Passo 1 Entender o que é Venda Online e E-commerce... 4 Passo 2 Entender o Mercado de Comércio Eletrônico... 5 Passo 3 Canais de Venda... 6 Passo 4 Como identificar uma Boa Plataforma

Leia mais

www.dinheiroganharja.com

www.dinheiroganharja.com Sumário Introdução...3 Empreendedorismo Digital...4 Trabalhar em casa ou da Onde quiser...5 Liberdade financeira...5 Como criar um blog...7 Domínio...7 Hospedagem...8 WordPress...9 Instalando a Plataforma

Leia mais

Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado

Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado Maio de 2010 Conteúdo Introdução...4 Principais conclusões...5 Dados adicionais da pesquisa...14 Nossas ofertas de serviços em mídias sociais...21

Leia mais

+45 ideias para criar conteúdo

+45 ideias para criar conteúdo +45 ideias para criar conteúdo Marketing de conteúdo é uma maneira de engajar com seu público-alvo e crescer sua rede de clientes e potenciais clientes através da criação de conteúdo relevante e valioso,

Leia mais

Diogo Caixeta 6 PASSOS PARA CONSTRUIR UM NEGÓCIO DIGITAL DE SUCESSO! WWW.PALAVRASQUEVENDEM.COM WWW.CONVERSAODIGITAL.COM.BR

Diogo Caixeta 6 PASSOS PARA CONSTRUIR UM NEGÓCIO DIGITAL DE SUCESSO! WWW.PALAVRASQUEVENDEM.COM WWW.CONVERSAODIGITAL.COM.BR Diogo Caixeta 6 PASSOS PARA CONSTRUIR UM NEGÓCIO DIGITAL DE SUCESSO! WWW.PALAVRASQUEVENDEM.COM WWW.CONVERSAODIGITAL.COM.BR INTRODUÇÃO Você está cansado de falsas promessas uma atrás da outra, dizendo

Leia mais

Gerenciando Sua Reputação Online Parte 1

Gerenciando Sua Reputação Online Parte 1 Gerenciando Sua Reputação Online Parte 1 Índice Gerenciando Sua Reputação Online Parte 1 Índice O Que é Gerenciamento da Sua Reputação Online? Como Monitorar Sua Reputação Online O Básico Para Construir

Leia mais

Faça com que o CRM trabalhe da mesma maneira que o seu pessoal de vendas

Faça com que o CRM trabalhe da mesma maneira que o seu pessoal de vendas Faça com que o CRM trabalhe da mesma maneira que o seu pessoal de vendas APROVEITE AS TECNOLOGIAS DE HOJE PARA MAXIMIZAR A ADOÇÃO POR PARTE DOS USUÁRIOS Para os profissionais de venda, o tempo nunca havia

Leia mais

Introdução. Pra quem é esse ebook?

Introdução. Pra quem é esse ebook? Introdução Se você está lendo esse ebook é porque já conhece o potencial de resultados que o marketing digital e o delivery online podem trazer para a sua pizzaria. Bem como também deve saber que em pouco

Leia mais

www.startercomunicacao.com startercomunic@gmail.com

www.startercomunicacao.com startercomunic@gmail.com 7 DICAS IMPERDÍVEIS QUE TODO COACH DEVE SABER PARA CONQUISTAR MAIS CLIENTES www.startercomunicacao.com startercomunic@gmail.com As 7 dicas imperdíveis 1 2 3 Identificando seu público Abordagem adequada

Leia mais

Como cultivar leads do Comitê de TI

Como cultivar leads do Comitê de TI BRASIL Como cultivar leads do Comitê de TI O marketing está ajudando ou atrapalhando? Confiança + Credibilidade devem ser CONQUISTADAS O profissional de marketing moderno conhece a importância de cultivar

Leia mais

POR QUE OFERECER UM ATENDIMENTO MULTICANAL?

POR QUE OFERECER UM ATENDIMENTO MULTICANAL? POR QUE OFERECER UM ATENDIMENTO MULTICANAL? Por que oferecer um atendimento multicanal? Este livro reúne em uma única fonte dicas para inovar na experiência com clientes, de um jeito simples e prático;

Leia mais

Criando presença com as páginas do Facebook

Criando presença com as páginas do Facebook Páginas do 1 Criando presença com as páginas do Sua Página Todos os dias, milhões de pessoas em todo o mundo acessam o para se conectar com amigos e compartilhar coisas que gostam. Este guia foi desenvolvido

Leia mais

Marketing Digital de resultado para médias e pequenas empresas. Monitoramento de Mídias Sociais Os atalhos para médias e pequenas empresas

Marketing Digital de resultado para médias e pequenas empresas. Monitoramento de Mídias Sociais Os atalhos para médias e pequenas empresas Marketing Digital de resultado para médias e pequenas Monitoramento de Mídias Sociais Os atalhos para médias e pequenas 1 Índice Monitoramento nas Médias e Pequenas As duas etapas do monitoramento Parte

Leia mais

COMO ATRAIR VISITANTES PARA SEU WEBSITE

COMO ATRAIR VISITANTES PARA SEU WEBSITE GUIA Inbound Marketing COMO ATRAIR VISITANTES PARA SEU WEBSITE E-BOOK GRÁTIS WWW.FABIODONASCIMENTO.ME Tabela de Conteúdos Introdução... 3 Capítulo 1: Formas de obter Tráfego... 4 Capítulo 2: Como aumentar

Leia mais

RECOMENDAÇÕES PARA CAPTAR CLIENTES COMPANHIA ROBOFOREX

RECOMENDAÇÕES PARA CAPTAR CLIENTES COMPANHIA ROBOFOREX RECOMENDAÇÕES PARA CAPTAR CLIENTES NA O sucesso do Afiliado depende do número de clientes captados e da atividade de comércio desses clientes. E influenciar na atividade do cliente como um afiliado não

Leia mais

E-books. Marketing no Facebook. Sebrae

E-books. Marketing no Facebook. Sebrae E-books Sebrae Marketing e Vendas Marketing no Facebook Marketing de conteúdo e engajamento na rede Marketing de conteúdo no Facebook Tipos de conteúdo Edge Rank e os fatores de engajamento Facebook Ads

Leia mais

Curso de Ecommerce. Aula: Marketing Digital. Fernando Laudino. Curso de Ecommerce ESPM Marketing Digital

Curso de Ecommerce. Aula: Marketing Digital. Fernando Laudino. Curso de Ecommerce ESPM Marketing Digital Curso de Ecommerce Aula: Marketing Digital Fernando Laudino @espm ci@espm.br Quem sou? Fernando Laudino Bacharel em Direito, com MBA em Identidade Empresarial pela AMF-RS e Gestão Escolar na Anhembi Morumbi.

Leia mais

COMO FICAR NAS PRIMEIRAS POSIÇÕES DO GOOGLE E PAGAR MENOS QUE O CONCORRENTE.

COMO FICAR NAS PRIMEIRAS POSIÇÕES DO GOOGLE E PAGAR MENOS QUE O CONCORRENTE. COMO FICAR NAS PRIMEIRAS POSIÇÕES DO GOOGLE E PAGAR MENOS QUE O CONCORRENTE. e ainda aumentar o numero de cliques em seu anúncio Por Maurício Oliveira www.empreendernaweb.com.br M a u r í c i o O l i v

Leia mais

Como Gerar Tráfego Massivo Para o Seu Blog

Como Gerar Tráfego Massivo Para o Seu Blog Como Gerar Tráfego Massivo Para o Seu Blog Trazido Até Si Por http://rendasextraonline.com Como Gerar Tráfego Massivo Para o Seu Blog Termos e Condições Aviso Legal O escritor esforçou-se para ser o tão

Leia mais

GANHE DINHEIRO FACIL GASTANDO APENAS ALGUMAS HORAS POR DIA

GANHE DINHEIRO FACIL GASTANDO APENAS ALGUMAS HORAS POR DIA GANHE DINHEIRO FACIL GASTANDO APENAS ALGUMAS HORAS POR DIA Você deve ter em mente que este tutorial não vai te gerar dinheiro apenas por você estar lendo, o que você deve fazer e seguir todos os passos

Leia mais

Copyright 2013 Academia NED. Todos os Direitos Reservados. AcademiaNED.com.br

Copyright 2013 Academia NED. Todos os Direitos Reservados. AcademiaNED.com.br Copyright 2013 Academia NED Todos os Direitos Reservados AcademiaNED.com.br CONTEÚDO Introdução... 4 1 - Certifique-se de que sua FanPage é atraente... 5 a. Foto de Capa... 5 b. Foto de Perfil... 5 c.

Leia mais

SEO PARA INICIANTES Como otimizar um blog Guia passo a passo para fazer o seu blog otimizado e indexado corretamente!

SEO PARA INICIANTES Como otimizar um blog Guia passo a passo para fazer o seu blog otimizado e indexado corretamente! 1 SEO PARA INICIANTES Como otimizar um blog Guia passo a passo para fazer o seu blog otimizado e indexado corretamente! Fórmula Hotmart - www.formulahotmart.com 2 Este ebook pertence: Claudio J. Bueno

Leia mais

ÍNDICE 03 INTRODUÇÃO AO MARKETING DIGITAL SOBRE OS AUTORES 04 ENTENDENDO O PAPEL DE CADA FERRAMENTA 05

ÍNDICE 03 INTRODUÇÃO AO MARKETING DIGITAL SOBRE OS AUTORES 04 ENTENDENDO O PAPEL DE CADA FERRAMENTA 05 ÍNDICE 03 SOBRE OS AUTORES 04 ENTENDENDO O PAPEL DE CADA FERRAMENTA 05 CAPÍTULO I - SITE 06,07,08 CAPÍTULO II - BLOG 09,10,11 CAPÍTULO III - SEM & SEO 12,13 CAPÍTULO IV - LANDING PAGES 14,15 CAPÍTULO V

Leia mais

Como e por onde começar e os melhores formatos de conteúdo para você

Como e por onde começar e os melhores formatos de conteúdo para você Como e por onde começar e os melhores formatos de conteúdo para você A fim de criar, controlar, gerenciar sua reputação online e construir a carreira que você deseja, alguns ações são necessárias. A primeira

Leia mais

ARKETING INTERNET SEO CRIATIVIDADE AGÊNCIA CRIAÇÃO

ARKETING INTERNET SEO CRIATIVIDADE AGÊNCIA CRIAÇÃO DESIGN CRIAÇÃO AGÊNCIA USABILIDA ARKETING INTERNET SEO DIGIT CRIATIVIDADE DESDE 1999 NO MERCADO, A M2BRNET É UMA AGÊNCIA DE MARKETING DIGITAL ESPECIALIZADA EM SOLUÇÕES PERSONALIZADAS. SI ARQ Desde 1999

Leia mais

E-books. Introdução às Mídias Sociais. Sebrae

E-books. Introdução às Mídias Sociais. Sebrae E-books Sebrae Marketing e Vendas Introdução às Mídias Sociais O que fazer com as mídias sociais Tipos de ações As principais mídias sociais Dicas e considerações finais Autor Felipe Orsoli 1 SUMÁRIO 1

Leia mais

COMO CONTRATAR OS MELHORES REPRESENTANTES DE ATENDIMENTO AO CLIENTE

COMO CONTRATAR OS MELHORES REPRESENTANTES DE ATENDIMENTO AO CLIENTE COMO CONTRATAR OS MELHORES REPRESENTANTES DE ATENDIMENTO AO CLIENTE Por que se importar 3 O melhor representante de atendimento 4 SUMÁRIO Escrevendo um anúncio de vaga de emprego Carta de apresentação

Leia mais

Quer Criar um Blog Mas não sabe Como? Essas 5 Dicas vão trazer muitos esclarecimentos.

Quer Criar um Blog Mas não sabe Como? Essas 5 Dicas vão trazer muitos esclarecimentos. Quer Criar um Blog Mas não sabe Como? Essas 5 Dicas vão trazer muitos esclarecimentos. Quero criar um blog mas nem sei por onde começar direito?!? Essa é uma dúvida comum para muitos, não se preocupe,

Leia mais

MARKETING DIGITAL PLANEJAMENTO DE PARA2014

MARKETING DIGITAL PLANEJAMENTO DE PARA2014 MARKETING DIGITAL PLANEJAMENTO DE PARA2014 INTRODUÇÃO Início de ano é sempre uma excelente época para empresas dedicarem um tempo para planejar como serão os próximos meses, quais são seus objetivos e

Leia mais

Desde 2008. Mídia Kit 2015. encontrasãopaulo. www.encontrasaopaulo.com.br

Desde 2008. Mídia Kit 2015. encontrasãopaulo. www.encontrasaopaulo.com.br Desde 2008 Mídia Kit 2015 encontrasãopaulo www.encontrasaopaulo.com.br Introdução O Mídia Kit 2015 do guia online Encontra São Paulo tem o objetivo de contextualizar a atuação do site no segmento de buscas

Leia mais

Quem é Ana Luiza Cunha?

Quem é Ana Luiza Cunha? Apresentação WSI Quem é a WSI? Fundada em 1995 Nascimento da Internet 1.100 Consultores de Marketing Digital 81 países 12 grandes Centros de Produção Receita estimada da rede: acima de US$160 milhões Parceiros:

Leia mais

Você já teve a experiência de enviar um email e, em pouco tempo, ver pedidos de orçamento e vendas sendo concretizadas?

Você já teve a experiência de enviar um email e, em pouco tempo, ver pedidos de orçamento e vendas sendo concretizadas? 2 Você já teve a experiência de enviar um email e, em pouco tempo, ver pedidos de orçamento e vendas sendo concretizadas? É SOBRE ISSO QUE VOU FALAR NESTE TEXTO. A maioria das empresas e profissionais

Leia mais

20 dicas de Marketing Digital

20 dicas de Marketing Digital 20 dicas de Marketing Digital Facebook.com/promovaweb 1 Promovaweb Cloud Marketing A Promovaweb é uma plataforma de Marketing Digital que vai ajudar sua empresa a: Conhecer melhor seu público, algo fundamental

Leia mais

Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook

Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresas Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook Ferramentas e experimentos para conseguir melhores resultados

Leia mais

Cases. Estratégias de Marketing de Conteúdo por quem entende do assunto

Cases. Estratégias de Marketing de Conteúdo por quem entende do assunto Cases Estratégias de Marketing de Conteúdo por quem entende do assunto ContaAzul O ContaAzul é um sistema de gestão empresarial para micro e pequenas empresas. O objetivo é ajudá-las a crescer de forma

Leia mais

Marketing. Conrado Adolpho Vaz. O Guia Definitivo de Marketing Digital. Novatec

Marketing. Conrado Adolpho Vaz. O Guia Definitivo de Marketing Digital. Novatec Google Marketing O Guia Definitivo de Marketing Digital Conrado Adolpho Vaz Novatec Sumário Prefácio à 1ª edição... 21 Prefácio à 2ª. edição... 23 Prefácio à 3ª edição... 25 Introdução... 27 Parte I O

Leia mais

Plano de Ação para Mídias Sociais: ebook para agências de turismo. Copyright 2015. Agente no Turismo Strategia Consultoria Turística Ltda.

Plano de Ação para Mídias Sociais: ebook para agências de turismo. Copyright 2015. Agente no Turismo Strategia Consultoria Turística Ltda. Plano de Ação para Mídias Sociais: ebook para agências de turismo Copyright 2015 Agente no Turismo Strategia Consultoria Turística Ltda. Todos os direitos reservados. Pode ser compartilhado com conteúdo,

Leia mais

INTERNET. Como vender mais. Capítulo 1. pela. Aprenda a atingir o potencial máximo de sua loja online

INTERNET. Como vender mais. Capítulo 1. pela. Aprenda a atingir o potencial máximo de sua loja online Como vender mais pela INTERNET Capítulo 1 Aprenda a atingir o potencial máximo de sua loja online Índice Introdução 1/ Encontre um Nicho 2/ Crie e Otimize Seu E-Commerce 3/ Seja Encontrado 4/ Atendimento

Leia mais

JORNAL DIÁRIO DA CONSTRUÇÃO CIVIL DO PARÁ www.diariodaconstrucao.com.br

JORNAL DIÁRIO DA CONSTRUÇÃO CIVIL DO PARÁ www.diariodaconstrucao.com.br PROPOSTA DE PROPAGANDA - ANUNCIE NO JDC Apresentação de Plano de Publicidade Online no Site O JORNAL DIÁRIO DA CONSTRUÇÃO CIVIL DO PARÁ atende com o nome de JDC, porque é uma empresa que tem como sua atividade

Leia mais

Aula 1: Introdução à Disciplina Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina

Aula 1: Introdução à Disciplina Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina Programação para Internet Rica 1 Aula 1: Introdução à Disciplina Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina Objetivo: Identificar os princípios que se destacam como características da Web 2.0. INTRODUÇÃO

Leia mais

- GUIA DO EMPRESÁRIO - Lucros Bons e Lucros Ruins

- GUIA DO EMPRESÁRIO - Lucros Bons e Lucros Ruins - GUIA DO EMPRESÁRIO - Lucros Bons e Lucros Ruins Planeta Contábil 2008 Todos os Direitos Reservados (www.planetacontabil.com.br) 1/5 Lucros Bons e Lucros Ruins Podemos pensar que lucrar é sempre bom,

Leia mais

METODOLOGIA A.I.D.A.: SIMPLES E EFICIENTE

METODOLOGIA A.I.D.A.: SIMPLES E EFICIENTE 1 Sumário METODOLOGIA A.I.D.A.: SIMPLES E EFICIENTE... 3 Passo Um: OBTER A ATENÇÃO DO COMPRADOR... 4 Passo Dois: MANTER O INTERESSE NA MENSAGEM... 8 Passo Três: DESPERTAR NO CLIENTE O DESEJO DE COMPRAR

Leia mais

NOTAS DE AULA - TELECOMUNICAÇÕES

NOTAS DE AULA - TELECOMUNICAÇÕES NOTAS DE AULA - TELECOMUNICAÇÕES 1. Conectando a Empresa à Rede As empresas estão se tornando empresas conectadas em redes. A Internet e as redes de tipo Internet dentro da empresa (intranets), entre uma

Leia mais

O Efeito Facebook: 7 Maneiras de Rentabilizar Sua Empresa Através do Facebook. Whitepaper Escrito Por: Liana Ling, Especialista em Mídia Social, WSI

O Efeito Facebook: 7 Maneiras de Rentabilizar Sua Empresa Através do Facebook. Whitepaper Escrito Por: Liana Ling, Especialista em Mídia Social, WSI 7 Maneiras de Rentabilizar Sua Empresa Através do Facebook Whitepaper Escrito Por: Liana Ling, Especialista em Mídia Social, WSI Introdução ao Facebook Existem milhares de plataformas de mídia social e

Leia mais

O Pitch (Quase) Perfeito

O Pitch (Quase) Perfeito (Mais) Um Guia Prático de Como Conquistar Investidores e Clientes para seu Negócio Por Versão 0.1 (Beta) 2012 Copyright & Distribuição Este texto tem seus direitos autorais reservados, sendo autorizada

Leia mais

Como escrever para o seu. Site. e usar seu conhecimento como forma de conquistar e reter clientes. Blog do Advogado Moderno - PROMAD

Como escrever para o seu. Site. e usar seu conhecimento como forma de conquistar e reter clientes. Blog do Advogado Moderno - PROMAD o seu Site e usar seu conhecimento como forma de conquistar e reter clientes. Conteúdo Introdução Escrever bem é um misto entre arte e ciência Seus conhecimentos geram mais clientes Dicas práticas Faça

Leia mais

MARKETING DE CONTEÚDO: PRIMEIROS PASSOS

MARKETING DE CONTEÚDO: PRIMEIROS PASSOS MARKETING DE CONTEÚDO: PRIMEIROS PASSOS COMO GERAR MAIS NEGÓCIOS ATRAVÉS DA GERAÇÃO DE CONTEÚDO 2 ÍNDICE Introdução 3 Planejamento da estratégia de conteúdo 6 Execução da estratégia de conteúdo 11 Análise

Leia mais

Inbound Marketing para seus negócios

Inbound Marketing para seus negócios Inbound Marketing para seus negócios ÍNDICE Introdução 3 Conceitos de Inbound Marketing 4 Inbound Marketing X Marketing Tradicional 5 O que é Inbound Marketing? 6 Benefícios do Inbound Marketing 7 ROI

Leia mais

Thursday, October 18, 12

Thursday, October 18, 12 O Site Legado do IFP é uma comunidade online e global dos ex-bolsistas do programa. É um recurso e um lugar para você publicar notícias profissionais, recursos e teses para a comunidade global do IFP,

Leia mais

Curso Completo de Marketing Multinível MARKETING DE ATRAÇÃO

Curso Completo de Marketing Multinível MARKETING DE ATRAÇÃO Curso Completo de Marketing Multinível MARKETING DE ATRAÇÃO MARKETING DE ATRAÇÃO Uma das estratégias mais poderosas que você pode usar para trabalhar com contatos frios é o marketing de atração. Esse é

Leia mais

Como ganhar dinheiro online no Youtube: Um guia sem frescuras. Duas formas básicas de ganhar dinheiro com Youtube

Como ganhar dinheiro online no Youtube: Um guia sem frescuras. Duas formas básicas de ganhar dinheiro com Youtube Como ganhar dinheiro online no Youtube: Um guia sem frescuras Se você está procurando por maneiras de ganhar dinheiro online, o Youtube por ser uma verdadeira mina de ouro. Apesar de muitos acharem que

Leia mais

KIT ONLINE PARA SEU SALÃO DE BELEZA Como criar um blog de sucesso para seu salão de beleza e triunfar nas redes sociais

KIT ONLINE PARA SEU SALÃO DE BELEZA Como criar um blog de sucesso para seu salão de beleza e triunfar nas redes sociais KIT ONLINE PARA SEU SALÃO DE BELEZA Como criar um blog de sucesso para seu salão de beleza e triunfar nas redes sociais INTRODUÇÃO Em plena era 2.0 é imprescindível que as empresas estejam presentes na

Leia mais

10 regras para o sucesso dos seus concursos no Facebook

10 regras para o sucesso dos seus concursos no Facebook Livro branco 10 regras para o sucesso dos seus concursos no Facebook 07/ 2014 www.kontestapp.com Introdução Facebook se tornou incontestavelmente a rede social mais popular do mundo. Com 1 bilhão de usuários

Leia mais

Sumário. Introdução ao Guia dos Anúncios na Internet 3. Links Patrocinados: as novas páginas amarelas

Sumário. Introdução ao Guia dos Anúncios na Internet 3. Links Patrocinados: as novas páginas amarelas 2 Sumário Introdução ao Guia dos Anúncios na Internet 3 Links Patrocinados: as novas páginas amarelas 5 Opções de investimento: o serviço ideal para alcançar os objetivos 8 Como começar a investir? 14

Leia mais

Como Montar Seu Negocio OnlineAltamente Lucrativo e Multiplicável Em 30 Dias Ou Menos A Partir Do Zero!Garantido...

Como Montar Seu Negocio OnlineAltamente Lucrativo e Multiplicável Em 30 Dias Ou Menos A Partir Do Zero!Garantido... Como Montar Seu Negocio OnlineAltamente Lucrativo e Multiplicável Em 30 Dias Ou Menos A Partir Do Zero!Garantido... Como Começar um Blog de Sucesso Formula Negocio Online O Fantástico Treinamento Fórmula

Leia mais

apresentam: Marketing de Conteúdo para Startups: O GUIA DEFINITIVO

apresentam: Marketing de Conteúdo para Startups: O GUIA DEFINITIVO apresentam: Marketing de Conteúdo para Startups: O GUIA DEFINITIVO ÍNDICE Sobre Marketing de conteúdo Montando uma estratégia Funil de vendas digital Escolhendo os canais Tirando do papel Sobre Marketing

Leia mais

10 DICAS PARA SEU ECOMMERCE SER SUCESSO EM TODO O BRASIL

10 DICAS PARA SEU ECOMMERCE SER SUCESSO EM TODO O BRASIL 10 DICAS PARA SEU ECOMMERCE SER SUCESSO EM TODO O BRASIL SUMÁRIO 1. COMUNICAÇÃO SEGMENTADA! 2. SEO! 3. MOBILE! 4. FOTOS E DESCRIÇÕES! 5. FRETE! 6. PAGAMENTO REGIONAL! 7. ENTREGA! 8. EMBALAGEM! 9. ATENDIMENTO!

Leia mais

Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões

Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões MÍDIA KIT INTERNET Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões Segundo pesquisa da Nielsen IBOPE, até o 1º trimestre/2014 número 18% maior que o mesmo período de 2013. É a demonstração

Leia mais

Relatório de Consumo de Conteúdo Profissional 2014

Relatório de Consumo de Conteúdo Profissional 2014 Relatório de Consumo de Conteúdo Profissional 2014 A ascensão dos Revolucionários de Conteúdo: uma análise minuciosa sobre os principais usuários que consomem conteúdo no LinkedIn e como os profissionais

Leia mais

Para multiplar os visitantes do seu site

Para multiplar os visitantes do seu site 7Fontes de Tráfego Para multiplar os visitantes do seu site apresentação youtube Link Building Midias Socias SEO Email Marketing Blog Remarketing /raphael.ciciriello @rciciriello @rciciriello email marketing

Leia mais

A mídia não está organizada em pequenos retângulos chamados jornais, revistas e aparelhos de televisão. As pessoas se conectam com outras pessoas e

A mídia não está organizada em pequenos retângulos chamados jornais, revistas e aparelhos de televisão. As pessoas se conectam com outras pessoas e agenda planejamento: POST Pessoas, Objetivos, Estratégia e Tecnologia Determinação de objetivos Estratégia: o que você espera do relacionamento com seus clientes? Tecnologia: qual delas escolher? Deu ruim

Leia mais

Elementos essenciais para criar a Jornada do Cliente. para qualquer nível de profissional de marketing

Elementos essenciais para criar a Jornada do Cliente. para qualquer nível de profissional de marketing 3 Elementos essenciais para criar a Jornada do Cliente para qualquer nível de profissional de marketing Elementos essenciais para criar a Jornada do Cliente para qualquer nível de profissional de marketing

Leia mais

Unidade IV. Marketing. Profª. Daniela Menezes

Unidade IV. Marketing. Profª. Daniela Menezes Unidade IV Marketing Profª. Daniela Menezes Comunicação (Promoção) Mais do que ter uma ideia e desenvolver um produto com qualidade superior é preciso comunicar a seus clientes que o produto e/ ou serviço

Leia mais

A REPUTAÇÃO ONLINE DOS HOTÉIS

A REPUTAÇÃO ONLINE DOS HOTÉIS A REPUTAÇÃO ONLINE DOS HOTÉIS Descubra a importância da reputação online do seu hotel na rentabilidade. Perceba qual a melhor maneira de tirar partido das ferramentas digitais. O PORQUÊ DE LER ESTE EBOOK!

Leia mais

Produzindo e divulgando fotos e vídeos. Aula 3 Divulgação de fotos e vídeos

Produzindo e divulgando fotos e vídeos. Aula 3 Divulgação de fotos e vídeos Produzindo e divulgando fotos e vídeos Aula 3 Divulgação de fotos e vídeos Objetivos 1 Entender o que são as redes sociais. 2 Definir Marketing Viral. 3 Entender como divulgar fotos e vídeos nas redes

Leia mais

Bleez Agência Digital... 3. Quem sou eu... 4. Introdução... 5. Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7. Quem está comprando no ecommerce...

Bleez Agência Digital... 3. Quem sou eu... 4. Introdução... 5. Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7. Quem está comprando no ecommerce... Sumário Bleez Agência Digital... 3 Quem sou eu... 4 Introdução... 5 Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7 Quem está comprando no ecommerce... 10 Por que os brasileiros estão comprando mais... 12 O

Leia mais

TUDO O QUE VOCÊ SEMPRE QUIS SABER SOBRE TER REVIEWS E OPINIÕES NO SEU ECOMMERCE

TUDO O QUE VOCÊ SEMPRE QUIS SABER SOBRE TER REVIEWS E OPINIÕES NO SEU ECOMMERCE TUDO O QUE VOCÊ SEMPRE QUIS SABER SOBRE TER REVIEWS E OPINIÕES NO SEU ECOMMERCE Este e-book é dedicado a todos os donos de ecommerce, gestores e colaboradores que acreditam que o sucesso de uma loja virtual

Leia mais

Questão em foco: Colaboração de produto 2.0. Uso de técnicas de computação social para criar redes sociais corporativas

Questão em foco: Colaboração de produto 2.0. Uso de técnicas de computação social para criar redes sociais corporativas Questão em foco: Colaboração de produto 2.0 Uso de técnicas de computação social para criar redes sociais corporativas Tech-Clarity, Inc. 2009 Sumário Sumário... 2 Introdução à questão... 3 O futuro da

Leia mais

10 regras para construir uma comunidade no Facebook

10 regras para construir uma comunidade no Facebook Livro branco 10 regras para construir uma comunidade no Facebook 07/2014 www.kontestapp.com Introdução Ter muitos fãs é bom, melhor ainda é fidelizá-los! Facebook tem mais de 1,23 bilhão de usuários mensais

Leia mais

COMO CONQUISTAR CLIENTES COM APLICATIVOS PARA CELULAR

COMO CONQUISTAR CLIENTES COM APLICATIVOS PARA CELULAR COMO CONQUISTAR CLIENTES COM APLICATIVOS PARA CELULAR CONTEÚDO 1 2 3 4 5 6 Por que as empresas precisam estar conectadas ao mundo mobile Como os aplicativos mobile podem atrair mais clientes. Como os aplicativos

Leia mais

Conceitos Fundamentais

Conceitos Fundamentais 19 Capítulo 1 Conceitos Fundamentais Para compreendermos este livro, há que se entender alguns conceitos-chave que vão permear a sua leitura. O blog hoje é o melhor mecanismo para construir relacionamentos

Leia mais

Como vender o seu livro: Um guia para sua estratégia de vendas cross-media

Como vender o seu livro: Um guia para sua estratégia de vendas cross-media Como vender o seu livro: Um guia para sua estratégia de vendas cross-media E-Mail: info@omniscriptum.com Internet: www.omniscriptum.com Página 1 Colocamos todo o nosso empenho na venda do seu livro! Seu

Leia mais

Como u&lizar as ferramentas de marke&ng digital no relacionamento com os cooperados

Como u&lizar as ferramentas de marke&ng digital no relacionamento com os cooperados Como u&lizar as ferramentas de marke&ng digital no relacionamento com os cooperados 26 de Agosto de 2015 Belo Horizonte - MG Joe Jackson Sangalli Vidor Joe Jackson Sangalli Vidor Diretor da 2ck Marke.ng

Leia mais

O novo desafio das marcas: uma visão global dos hábitos dos clientes em dispositivos móveis e redes sociais

O novo desafio das marcas: uma visão global dos hábitos dos clientes em dispositivos móveis e redes sociais O novo desafio das marcas: uma visão global dos hábitos dos clientes em dispositivos móveis e redes sociais SDL Campaign Management & Analytics Introdução Prezado profissional de marketing, A ideia de

Leia mais

Como Não Perder Dinheiro Com Banners e Arrasar Com a Sua Concorrência

Como Não Perder Dinheiro Com Banners e Arrasar Com a Sua Concorrência Como Não Perder Dinheiro Com Banners e Arrasar Com a Sua Concorrência Entregue a Você elaborado Por http://virtualmarketingpro.com/shop Como Não Perder Dinheiro Com Banners e Arrasar Com a Sua Concorrência

Leia mais

A compra de TI e as redes sociais

A compra de TI e as redes sociais Solicitada por A compra de TI e as redes sociais Como as redes sociais transformaram o processo de compras B2B e as melhores práticas para adaptar as suas estratégias de marketing à nova realidade BRASIL

Leia mais