PROJETO PEDAGÓGICO DE POS GRADUAÇÃO LATO SENSU. Ano: 2014/2015

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROJETO PEDAGÓGICO DE POS GRADUAÇÃO LATO SENSU. Ano: 2014/2015"

Transcrição

1 PROJETO PEDAGÓGICO DE POS GRADUAÇÃO LATO SENSU Ano: 2014/ JUSTIFICATIVA A hospitalização pode ser experienciada como um dos momentos mais delicados e difíceis do processo do adoecer. Isso porque além da gravidade da doença, da incerteza de um diagnóstico ou até de um prognóstico desfavorável, em muitos casos, é possível observar um grande desconforto e até uma angústia por parte do paciente e de seus familiares. O paciente poderá lançar mão de recursos tão primitivos como a negação do processo de doença, a regressão - até certo ponto necessária para que se submeta aos cuidados de um familiar e/ou profissional de saúde -, a barganha, a racionalização e o acompanhamento obsessivo de todos os estágios de sua doença e da internação. Por isso, desde a década de 80, a intervenção do psicólogo no contexto hospitalar tem se mostrado essencial para o auxílio tanto do paciente, sua família, como também da equipe de saúde para enfrentar as repercussões emocionais advindas do adoecimento e do cuidado, que podem ocorrer ao longo do tratamento. A proposta da Psicologia Hospitalar é sustentar uma escuta clínica da subjetividade destas pessoas e intervir em seus efeitos no ambiente hospitalar e no processo do adoecer, tanto na assistência quanto na reabilitação. Neste sentido, a escuta psicológica em hospitais pretende oferecer condições para a elaboração da dor e do sofrimento de maneira digna e menos sofrida possível. Numa perspectiva ampliada de saúde, preconizada pela Organização Mundial de Saúde, são inúmeras as possibilidades de intervenção no hospital, considerando que as práticas de todos os profissionais aí inseridos não estão limitadas apenas à assistência, mas também podem ser expandidas para trabalhos de prevenção de outros agravos e para a promoção do bem-estar e da qualidade de vida. A participação de diversas especialidades profissionais numa mesma ação e/ou equipe também se faz imprescindível, uma vez que a

2 integralidade do cuidado só pode ser alcançada através de trabalhos interdisciplinares, que permitam troca e construção de conhecimentos, planejamento conjunto de ações e avaliação dos resultados. Neste sentido, os profissionais de saúde, incluindo o psicólogo, precisam ser capazes de compreender e analisar de forma crítica suas práticas, avaliar de maneira pormenorizada as demandas individuais e institucionais, perceber a doença e sua relação com a saúde, com as políticas públicas, com a rede de atendimento à saúde, com a demanda social, com as formas singulares do indivíduo responder ao adoecimento, assim como atender as variadas demandas que surgem a partir da relação de cuidado com o outro. Por isso, a Psicologia aplicada ao contexto hospitalar tem por intuito compreender e intervir na forma como o sujeito vivencia e experimenta seu estado de saúde e/ou de doença. Além disso, pretende colaborar para que as pessoas incluam em suas rotinas um conjunto de saberes e práticas que as levem a promover saúde e a prevenir doenças, e a lidar com o processo do adoecimento e suas repercussões emocionais de maneira que seja possível ter uma vida ativa e participante, apesar de possíveis limitações trazidas pelo adoecer. Com a intenção de contribuir para o processo de formação do profissional de psicologia que pretende atuar ou já atua em hospitais, o Curso de Especialização em Psicologia Hospitalar pretende fornecer conhecimentos teóricos relativos às interfaces entre psicologia, saúde, doença e hospitalização, contribuindo para uma compreensão ampliada do processo saúde-doença, tanto no âmbito individual, quanto coletivo, oferecendo subsídios teóricos que possibilitem um trabalho interdisciplinar de atenção à saúde e qualificando a formação dos psicólogos através de fundamentos históricos, teóricos e clínicos, acerca dos aspectos subjetivos presentes no trabalho em hospitais.

3 2 - PÚBLICO-ALVO Psicólogos(as). 3 - CARGA HORÁRIA 420 horas/aula 360 horas. 4 - EMENTAS DAS DISCIPLINAS A. Fundamentos da Psicologia Hospitalar Ementa: A instituição hospitalar. O corpo, o médico e a medicina. Corpo fisiológico e corpo subjetivo. Psicologia Hospitalar e seus pioneiros. Psicologia Hospitalar e Psicologia da Saúde. Áreas de atuação. A política de humanização em saúde. Intervenção interdisciplinar em hospitais. Formação e mercado de trabalho. B. O adoecimento e as repercussões afetivas Ementa: O adoecer: aspectos da relação da cultura com o corpo e com o adoecer; o desenvolvimento da noção subjetiva de corpo e de doença; a regressão imposta pelo adoecer; as possibilidades patológicas do medo da doença. - As possibilidades iatrogênicas da transferência: a idéia de iatrogenia; regressão e transferência na relação do paciente com o cuidador; as possibilidades iatrogênicas das relações clínicas. - As situações de mutilação, perdas irreversíveis e cronicidade: as noções de luto, trabalho de luto e luto patológico; características da relação do paciente e da família com o cuidador ou cuidadores; contratransferência na relação com o paciente cronicamente afetado. - As apreensões em torno da hospitalização e da cirurgia: características do tratamento no hospital; a perda da individualidade na hospitalização; a transferência na instituição; o paciente em meio aos conflitos institucionais; o médico ante o compartilhamento de seu poder; a cirurgia e o ataque ao corpo físico; o paciente e a necessidade de onipotência do cirurgião; as fantasias em torno da anestesia. - A conversão. O paciente difícil : o mecanismo conversivo; o adoecer do outro corpo ; difícil, por quê?; difícil, como?; a ineficácia das estratégias médicas; conversivos, factícios e simuladores. - Gravidez: os desdobramentos da ligação emocional ao concepto; a sexualidade na gravidez; as fantasias sobre o parto; o pós-parto e o retorno à casa; o luto no pós-parto; adolescência e gravidez precoce. - Pontuações sobre o atendimento a faixas etárias específicas: os pais do paciente pediátrico; puberdade e adolescência; o adolescente e o exame físico; sexualidade e grupos na adolescência; os pais do adolescente e a colocação de limites; envelhecimento e luto; o idoso e sua família.

4 C. Políticas públicas e o sistema de saúde brasileiro Ementa: Evolução das Políticas de Saúde no Brasil. Reforma Sanitária. Elaboração e implementação do Sistema Único de Saúde (SUS). Legislação de referência. O conceito ampliado de saúde. Prevenção e Promoção da saúde. Contextualização do SUS: princípios, funcionamento, níveis de atenção à saúde (atenção primária, secundária e terciária). Multidisciplinaridade, Interdisciplinaridade e Transdisciplinaridade. Integralidade em saúde. Discurso Epidemiológico. Saúde Pública e Saúde Coletiva. D. Psicologia Hospitalar e Saúde Coletiva Ementa: Psicologia e Saúde Coletiva: Campos em interface Paradigmas em saúde (saúde pública, saúde coletiva e saúde comunitária) A construção social sobre saúde e doença Fortalecimento e resiliência comunitária Prevenção e Promoção da saúde: construindo uma práxis em saúde. Psicologia Positiva e Salutogênese Fatores de risco e proteção a saúde Comportamentos de risco e proteção a saúde Resiliência e Qualidade de vida E. Psicologia Ambiental no contexto hospitalar Ementa: Caracterização geral da Psicologia Ambiental; interfaces e aplicações; aplicabilidade da Psicologia Ambiental em diversos contextos ressaltando os ambientes de cuidados com a saúde (campo inter/multidisciplinar). F. Ética A definir G. Pesquisa em Psicologia Hospitalar Ementa: - Introdução à metodologia quantitativa: noções gerais Paradigma e Empiria; Epistemologia e Hermenêutica. Qualitativo versus Quantitativo: Um falso dilema. O Lugar da Teoria da Técnica: Sujeito/Objeto; Texto/Contexto; Narrativa/Autoria. Metodologias Quantitativas: a) definição da população e da amostra; b) questionários quantitativos com perguntas fechadas; c) logística do trabalho de campo; d) supervisão e rechecagem; e) tabulação, análise e interpretação dos dados. Modalidades de Pesquisa Quantitativa. - Metodologias informacionais qualitativas Técnicas de Observação: a) Observação Sistemática; b) Observação Participante; c) Pesquisa Participante; d) Pesquisa-Ação. Técnicas de Entrevistas: a) Entrevistas de Profundidade; b) Entrevistas Sócio-Clínicas; c) Roteiro de Entrevista Semi-Estruturado; d) História Oral e História de Vida. Técnicas Grupais: a) Grupos de Foco Ou Grupos Focais. Técnicas Discursivas: a) Análise

5 de Conteúdo e da Conversação; b) Análise do Discurso. Técnicas Longitudinais: a) Pesquisa Longitudinal e Metodologia Painel; b) Método Delphy. H. A prática da Psicologia Clínica em hospitais Psicossomática Ementa: Psicossomática e contexto hospitalar A investigação psicossomática no adoecimento do adulto; Formas de adoecimento e economia psicossomática doenças regressivas e desorganizações progressivas; O legado familiar e a transmissão psíquica no adoecimento somático; Funcionamento mental e especificidade da psicoterapia do paciente com enfermidade somática grave. Psicossomática multi e interdisciplinaridade O enfoque psicossomático na interdisciplinaridade; A pesquisa clínica integrada; Interconsulta e consultas integradas; A psicossomática na formação do profissional da saúde. Psicoterapia Breve Ementa: Percurso Histórico; Pressupostos Teóricos; A Psicoterapia Breve de Orientação Psicanalítica; A Psicoterapia Breve no Contexto Hospitalar; A Psicoterapia Breve no Ambulatório; Implicações Clínicas da Psicoterapia Breve. Psicanálise Ementa: Saber da medicina e saber da psicanálise; Psicanálise: a prática entre vários; Funções do analista no hospital; Reflexões sobre a prática do psicanalista no hospital geral. Terapia Cognitiva Comportamental Ementa: Princípios básicos da terapia cognitivo-comportamental (TCC): fundamentação teórica; padrão de crenças e esquemas; reestruturação cognitiva Transtornos psiquiátricos: Transtornos da ansiedade; Transtornos alimentares; Transtornos de personalidade; Transtornos do humor Aplicabilidade da TCC em ambiente hospitalar: Manejo de situações de conflitos; Intervenções de TCC na pediatria; Intervenções de TCC no hospital geral; Intervenções de TCC em grupos; Intervenções de TCC em cuidados paliativos; Intervenções de TCC na dependência química; TCC e enfrentamento de situações adversas. Neuropsicologia Ementa: Fundamentos de Neuropsicologia: Estrutura e Função do Sistema Nervoso; Psicobiologia dos transtornos mentais; Estruturação diagnóstica em Neuropsicologia; Neuropsicologia e neuroimagem. Funções Neuropsicológicas: memória; linguagem; percepção e funções visoconstrutivas; funções executivas; comportamento motor Avaliação neuropsicológica em ambiente hospitalar: Transtornos neuropsicológicos da infância; Transtornos neuropsicológicos do adultos; Transtornos neuropsicológicos do idoso; Avaliação neuropsicológica em cirurgia encefálica; Reabilitação neuropsicológica

6 Avaliação psicológica Ementa: Conceito e evolução histórica da avaliação psicológica. Métodos e Técnicas de avaliação psicológica. Testes psicométricos, Testes projetivos qual o contexto de utilização. Entrevista psicológica. Diagnóstico e encaminhamentos sua importancia. Elaboração de documentos próprios da Avaliação Psicológica. Intervenção grupal Ementa: Caracterização de grupo; por que trabalhar com grupos no setor da saúde; histórico e principais autores; os pressupostos de Michel Balint e sua atualidade; fenômeno grupal; elementos (ou fenômenos) psíquicos envolvidos no campo grupal, modalidades de grupo; o conceito winnicottiano de holding e sua importância na psicodinâmica do Grupo de Suporte, os fatores terapêuticos de grupo; formação de grupos e manejo clínico. Clínicas especializadas - Clínica neonatal Ementa: Caracterização da especificidade da clínica psicológica e psicanalítica com o bebê. A ética e o lugar da psicologia e da psicanálise na intervenção com o bebê. Caracterização da especificidade da clínica com o bebê pré-termo. Investigação sobre o modo de comunicação do bebê a termo e do pré-termo. A importância da voz, toque o olhar na clínica com o bebê a termo e pré-termo. O espaço de intervenção psicológica e psicanalítica com a família e cuidadores. O espaço de intervenção junto à esquipe pediátrica e neonatal. Reflexões sobre a intervenção da psicologia e psicanálise quando há morte de bebês. A psicologia e a psicanálise no Follow-up. - Clínica da criança - Clínica do adulto Ementa: - A questão da oferta de atendimento no hospital. A elaboração de uma demanda. - O atendimento clínico e a condução do tratamento no serviço público. - Intervenção terapêutica no serviço público: possibilidades e limites. - A escuta das estruturas clínicas: neurose, psicose e perversão. -Conceitos fundamentais: inconsciente, pulsão, transferência e repetição (compulsão à repetição). - A escuta dos fenômenos psicossomáticos na leitura lacaniana. -Toxicomania: atenção na crise, redes de suporte, cuidados na urgência, desintoxicação e síndromes de abstinência. - A clínica do toxicômano no hospital geral. - A toxicomania como sintoma. - Clínica do idoso Ementa: Introdução ao envelhecimento humano: Gerontologia básica - Processos normais do envelhecimento Avaliação multidimensional do Idoso - Transtornos do Envelhecimento: demências, delirium e outros problemas cognitivos Transtornos de Humor e de Ansiedade Tabagismo em idosos

7 Polipatologia Princípios da reabilitação gerontológica - Sono e envelhecimento Princípios da paliação em idosos. Acolhimento familiar Ementa: A família do paciente hospitalizado. Dor, doença e família. Cuidado com os cuidadores. Acolhimento familiar. I. Psicologia Hospitalar e especialidades médicas Psicologia Hospitalar, Bioética e novas tecnologias Ementa: Fundamentos em Bioética. Conceito e abordagens. Dilemas bioéticos e hospital. Tecnologização do cuidado. Vulnerabilidade x integralidade. Intervenção interdisciplinar. Desafios éticos e morais na perspectiva da Bioética cotidiana em saúde. Psicologia, Bioética e humanização em saúde. Medicina Intensiva A definir Psicooncologia e cuidados paliativos Ementa: Esta disciplina visa apresentar ao aluno as bases teóricas que fundamentam a psico-oncologia, seu campo de estudo e manejo dos pacientes nas várias fases e situações de enfrentamento da doença considerando os princípios éticos. Pretende ainda propiciar aos alunos o conhecimento e a discussão dos fundamentos dos cuidados paliativos capacitando o profissional psicólogo para desenvolver habilidades práticas embasadas na ética profissional e no conhecimento teórico-científico objetivando a melhor qualidade de vida do paciente e da família. Clínica Médica e Cirúrgica: pediátrica e adulto - Clínica Médica Ementa: O atendimento à beira do leito; Relação com a equipe de Saúde; Acompanhamento à família do paciente internado. - Clínica Cirúrgica pediátrica Ementa: Avaliação interdisciplinar pré e pós-cirúrgica. Especificidades da internação hospitalar da criança. O brinquedo e o brincar no hospital. - Clínica Cirúrgica do adulto Nefrologia Hematologia Ementa: Principais Doenças Hematológicas e suas Repercussões Psíquicas; Apresentando o Transplante de Medula Óssea; Abordagem Psicológica Pré, Peri e Pós-Transplante de Medula Óssea; Novos desafios para o Setor. Ortopedia

8 Obstetrícia Psiquiatria J. Seminário em Psicologia Hospitalar 5 CORPO DOCENTE DOUTORES, MESTRES E ESPECIALISTAS COM LARGA EXPERIÊNCIA EM SUA ÁREA DE ATUAÇÃO. *Corpo Docente sujeito à alteração sem comunicação prévia.

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE PSICOLOGIA MORFOFISIOLOGIA E COMPORTAMENTO HUMANO Estudo anátomo-funcional de estruturas orgânicas na relação com manifestações emocionais. HISTÓRIA E SISTEMAS

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA

EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA ANEXO II DA RESOLUÇÃO CEPEC Nº 952 EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA NÚCLEO COMUM Análise do comportamento O método experimental na análise das relações comportamentais complexas:

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM TERAPIA OCUPACIONAL 1 º PERÍODO

EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM TERAPIA OCUPACIONAL 1 º PERÍODO EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM TERAPIA OCUPACIONAL 1 º PERÍODO 1) História da Terapia Ocupacional (30 hs) EMENTA: Marcos históricos que antecederam o surgimento formal da profissão de

Leia mais

Ementas das disciplinas do Núcleo Comum

Ementas das disciplinas do Núcleo Comum Ementas das disciplinas do Núcleo Comum Análise Experimental do Comportamento O método experimental na análise das relações comportamentais complexas: comportamentos consciente, memória, pensamento e linguagem.

Leia mais

Currículo 1/307 (noite) e 1/308 (tarde e noite)

Currículo 1/307 (noite) e 1/308 (tarde e noite) Currículo 1/307 (noite) e 1/308 (tarde e noite) Nível I - 26 créditos Fundamentos Epistemológicos e História da Psicologia Ementa: Caracterização dos diferentes paradigmas de ciência e suas repercussões

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO PSICOPEDAGOGIA 1 - JUSTIFICATIVA

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO PSICOPEDAGOGIA 1 - JUSTIFICATIVA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO PSICOPEDAGOGIA 1 - JUSTIFICATIVA Atualmente os ambientes educacionais não estão mais localizados somente nas Escolas e/ou Instituições de ensino. Muitas organizações,

Leia mais

Ementário de Disciplinas por Semestre. 1º Semestre

Ementário de Disciplinas por Semestre. 1º Semestre Ementário de Disciplinas por Semestre 1º Semestre Código: PS 010 Disciplina: História da Psicologia Ementa: Bases epistemológicas da Psicologia, gênese, desenvolvimento e aplicabilidade das teorias psicológicas.

Leia mais

Curso de Psicologia CÓDIGO B108478 PROGRAMA

Curso de Psicologia CÓDIGO B108478 PROGRAMA Curso de Psicologia 1º período DISCIPLINA: ELEMENTOS DE ANATOMIA B108478 EMENTA: - Estudo de todos os órgãos e sistemas do organismo humano, destacando as funções pertinentes a cada estrutura. DISCIPLINA:

Leia mais

3.ª SÉRIE MODALIDADE DE OFERTA 00-8658-02 PESQUISA EM PSICOLOGIA 80 0 080 00-8664-03 PROCESSOS GRUPAIS 80 40 120 00-9675-03

3.ª SÉRIE MODALIDADE DE OFERTA 00-8658-02 PESQUISA EM PSICOLOGIA 80 0 080 00-8664-03 PROCESSOS GRUPAIS 80 40 120 00-9675-03 Curso: Graduação: Ênfase: Regime: Duração: PSICOLOGIA MATRIZ CURRICULAR BACHARELADO / FORMAÇÃO DE PSICÓLOGO I PSICOLOGIA E PROCESSOS PSICOSSOCIAIS II PSICOLOGIA E PROCESSOS CLÍNICOS SERIADO ANUAL - NOTURNO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular PERÍODO: 1º PS578- CONTROVÉRSIAS NA PSICOLOGIA OBRIG 60 0 60 4.0 Fórmula: PS272 PS272- PSICOLOGIA DIFERENCIAL IDENTIFICAÇÃO DE TEMAS GERADORES DE TENSÃO NO SABER PSICOLÓGICO. PRÁTICA INTENSIVA E ESTRUTURADA

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE PSICOLOGIA Ementário/abordagem temática/bibliografia básica (3) e complementar (5) Morfofisiologia e Comportamento Humano Ementa: Estudo anátomo funcional

Leia mais

Quadro Geral de Disciplinas do PPGP

Quadro Geral de Disciplinas do PPGP Quadro Geral de s do PPGP Obrigatórias CR CH Metodologia de Pesquisa 4 60 Metodologias Específicas - Linha Psicanálise: teoria e clínica 4 60 Metodologias Específicas - Linha Psicologia e Sociedade 4 60

Leia mais

REINSCRIÇÃO DEZ/2014 ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE PSICOLOGIA INESP/FUNEDI/UEMG 1º SEMESTRE 2015

REINSCRIÇÃO DEZ/2014 ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE PSICOLOGIA INESP/FUNEDI/UEMG 1º SEMESTRE 2015 REINSCRIÇÃO DEZ/2014 ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE PSICOLOGIA INESP/FUNEDI/UEMG 1º SEMESTRE 2015 ESTÁGIOS OFERECIDOS PARA O NUCLEO BÁSICO (ALUNOS DO 5º e 7º PERIODO) 1. 1. PSICOLOGIA E SAÚDE COLETIVA

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO/2014 1.ª SÉRIE 2.ª SÉRIE

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO/2014 1.ª SÉRIE 2.ª SÉRIE MATRIZ CURRICULAR Curso: Graduação: Regime: Duração: ENFERMAGEM BACHARELADO SERIADO ANUAL - NOTURNO 5 (CINCO) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO = 05 (CINCO) ANOS LETIVOS - MÁXIMO = 08

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM CIÊNCIAS DA ATIVIDADE FÍSICA E SAÚDE

ESPECIALIZAÇÃO EM CIÊNCIAS DA ATIVIDADE FÍSICA E SAÚDE ESPECIALIZAÇÃO EM CIÊNCIAS DA ATIVIDADE FÍSICA E SAÚDE Objetiva ampliar os estudos científicos acerca da Atividade Física e do Exercício Físico, da Saúde Pública e da Saúde Coletiva, instrumentalizando

Leia mais

Pré-requisito Coreq Disciplina 01 - - CCS145 - CULTURA E PSICOLOGIA - Ativa desde: 01/06/2006. Natureza - Atividade Obrigatoria

Pré-requisito Coreq Disciplina 01 - - CCS145 - CULTURA E PSICOLOGIA - Ativa desde: 01/06/2006. Natureza - Atividade Obrigatoria 1 de 10 Colegiado: - UFRB Nível:Graduação Início: 20062 Título: 01 - - CCS145 - CULTURA E - Ativa desde: 01/06/2006 CCS182 - INTRODUÇÃO À ANTROPOLOGIA - Ativa desde: 19/12/2007 - HISTORIA DA - Ativa -,CIÊNCIA

Leia mais

O APOIO MATRICIAL COMO PROCESSO DE CUIDADO NA SAÚDE MENTAL

O APOIO MATRICIAL COMO PROCESSO DE CUIDADO NA SAÚDE MENTAL O APOIO MATRICIAL COMO PROCESSO DE CUIDADO NA SAÚDE MENTAL Patrícia de Bitencourt Toscani 1 Durante a década de 70, o processo da Reforma Psiquiátrica possibilitou construir uma nova política de saúde

Leia mais

Pesquisa ação: Um Instrumento utilizado por uma equipe multiprofissional em saúde para capacitação de professores na educação infantil.

Pesquisa ação: Um Instrumento utilizado por uma equipe multiprofissional em saúde para capacitação de professores na educação infantil. Pesquisa ação: Um Instrumento utilizado por uma equipe multiprofissional em saúde para capacitação de professores na educação infantil. Aline Alessandra Irano Anaí Ramos Vieira Francielli Viana Mota Laura

Leia mais

Apresentação da FAMA

Apresentação da FAMA Pós-Graduação Lato Sensu CURSO DE ESPECIIALIIZAÇÃO 432 horras/aulla 1 Apresentação da FAMA A FAMA nasceu como conseqüência do espírito inovador e criador que há mais de 5 anos aflorou numa família de empreendedores

Leia mais

EMENTÁRIO. Princípios de Conservação de Alimentos 6(4-2) I e II. MBI130 e TAL472*.

EMENTÁRIO. Princípios de Conservação de Alimentos 6(4-2) I e II. MBI130 e TAL472*. EMENTÁRIO As disciplinas ministradas pela Universidade Federal de Viçosa são identificadas por um código composto por três letras maiúsculas, referentes a cada Departamento, seguidas de um número de três

Leia mais

A atuação do Assistente Social na Atenção Básica Inês Pellizzaro I-Política de ATENÇÃO BÁSICA EM SAÚDE 1) Como é definida? * Um conjunto de ações em saúde (amplas, complexas que abrangem múltiplas facetas

Leia mais

CORRELAÇÃO ENTRE PSICOTERAPIA BREVE EM GRUPOS E INDIVIDUAL

CORRELAÇÃO ENTRE PSICOTERAPIA BREVE EM GRUPOS E INDIVIDUAL CORRELAÇÃO ENTRE PSICOTERAPIA BREVE EM GRUPOS E INDIVIDUAL Ana Paula Fernandes de Lima Larissa de Medeiros Luana Ferreira Maristela Oliveira. Carla Villwock Resumo: O presente trabalho tem como objetivo

Leia mais

Curso de Pedagogia Ementário da Matriz Curricular 2010.2

Curso de Pedagogia Ementário da Matriz Curricular 2010.2 1ª FASE 01 BIOLOGIA EDUCACIONAL A Biologia educacional e os fundamentos da educação. As bases biológicas do crescimento e desenvolvimento humano. A dimensão neurológica nos processos básicos: os sentidos

Leia mais

O DESENHO COMO EXPRESSÃO DA SUBJETIVIDADE EM CRIANÇAS HOSPITALIZADAS: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA

O DESENHO COMO EXPRESSÃO DA SUBJETIVIDADE EM CRIANÇAS HOSPITALIZADAS: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA O DESENHO COMO EXPRESSÃO DA SUBJETIVIDADE EM CRIANÇAS HOSPITALIZADAS: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA Trabalho de curso 2014 Herminia Dias de Freitas Lahana Giacomini de Vasconcellos Luciana Stefano Acadêmica

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE ENFERMAGEM (Currículo iniciado em 2010)

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE ENFERMAGEM (Currículo iniciado em 2010) EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE ENFERMAGEM (Currículo iniciado em 2010) ANATOMIA HUMANA CH 102 (2372) Estudo morfológico dos órgãos e sistemas que constituem o organismo humano, com ênfase para os

Leia mais

A palavra Psiquiatria deriva do Grego e quer dizer "arte de curar a alma"

A palavra Psiquiatria deriva do Grego e quer dizer arte de curar a alma PSIQUIATRIA Psiquiatria é uma especialidade da Medicina que lida com a prevenção, atendimento, diagnóstico, tratamento e reabilitação das diferentes formas de sofrimentos mentais, sejam elas de cunho orgânico

Leia mais

PROVA OBJETIVA. 17 O psicólogo que atua em uma instituição pode fazer. 18 O autocontrole e a disciplina são os elementos que determinam

PROVA OBJETIVA. 17 O psicólogo que atua em uma instituição pode fazer. 18 O autocontrole e a disciplina são os elementos que determinam SESFUBMULT_P_06N8977 De acordo com o comando a que cada um dos itens a seguir se refira, marque, na folha de respostas, para cada item: o campo designado com o código C, caso julgue o item CERTO; ou o

Leia mais

O QUE É A NEUROPSICOPEDAGOGIA. Neuropsicopedagoga Thaianny Salles. www.grupopsicopedagogiando.com.br

O QUE É A NEUROPSICOPEDAGOGIA. Neuropsicopedagoga Thaianny Salles. www.grupopsicopedagogiando.com.br O QUE É A NEUROPSICOPEDAGOGIA Palestrante: Neuropsicopedagoga Thaianny Salles www.grupopsicopedagogiando.com.br A mente... O cérebro... PRINCIPAIS CONCEITOS NEURO Do grego Neuron, nervo e Logos, estudo.

Leia mais

Salário inicial: R$ 1.740,00 / R$ 122,00 por consulta

Salário inicial: R$ 1.740,00 / R$ 122,00 por consulta Curso: Psicologia O psicólogo diagnostica, previne e trata doenças mentais, distúrbios emocionais e de personalidade. Ele observa e analisa as atitudes, os sentimentos e os mecanismos mentais do paciente

Leia mais

Centro Universitário Newton Paiva Curso de Psicologia. Manual de Estágios Currículo 2009.02

Centro Universitário Newton Paiva Curso de Psicologia. Manual de Estágios Currículo 2009.02 Centro Universitário Newton Paiva Curso de Psicologia Manual de Estágios Currículo 2009.02 Belo Horizonte Dezembro de 2009 1 FICHA TÉCNICA CORPO ADMINISTRATIVO DO CENTRO UNIVERSITÁRIO NEWTON PAIVA Presidente

Leia mais

Curso de Aperfeiçoamento em Medicina Oral e Odontologia Hospitalar

Curso de Aperfeiçoamento em Medicina Oral e Odontologia Hospitalar MINISTÉRIO DA SAÚDE HOSPITAL FEDERAL DOS SERVIDORES DO ESTADO SERVIÇO DE ODONTOLOGIA Curso de Aperfeiçoamento em Medicina Oral e Odontologia Hospitalar JUSTIFICATIVA A Promoção de saúde só será completa

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR BACHARELADO/FORMAÇÃO DE PSICÓLOGO

MATRIZ CURRICULAR BACHARELADO/FORMAÇÃO DE PSICÓLOGO MATRIZ CURRICULAR Curso: Graduação: Regime: Duração: PSICOLOGIA BACHARELADO/FORMAÇÃO DE PSICÓLOGO SERIADO ANUAL - NOTURNO 5 (CINCO) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO = 05 (CINCO) ANOS

Leia mais

Plano Integrado de Capacitação de Recursos Humanos para a Área da Assistência Social PAPÉIS COMPETÊNCIAS

Plano Integrado de Capacitação de Recursos Humanos para a Área da Assistência Social PAPÉIS COMPETÊNCIAS PAPÉIS E COMPETÊNCIAS O SERVIÇO PSICOSSOCIAL NO CREAS... O atendimento psicossocial no serviço é efetuar e garantir o atendimento especializado (brasil,2006). Os profissionais envolvidos no atendimento

Leia mais

TÍTULO: EXPERIÊNCIA COM OS FAMILIARES DOS PORTADORES DE ESQUIZOFRENIA USUÁRIOS DO SERVIÇO CAPS

TÍTULO: EXPERIÊNCIA COM OS FAMILIARES DOS PORTADORES DE ESQUIZOFRENIA USUÁRIOS DO SERVIÇO CAPS TÍTULO: EXPERIÊNCIA COM OS FAMILIARES DOS PORTADORES DE ESQUIZOFRENIA USUÁRIOS DO SERVIÇO CAPS CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: ENFERMAGEM INSTITUIÇÃO: UNIVERSIDADE DO

Leia mais

Rodrigo Arcanjo dos Santos Psicólogo Clínico (CRP 06/97030), Consultor em Gestão de Pessoas, Professor, Escritor e Expositor. www.rodrigoarcanjo.

Rodrigo Arcanjo dos Santos Psicólogo Clínico (CRP 06/97030), Consultor em Gestão de Pessoas, Professor, Escritor e Expositor. www.rodrigoarcanjo. Rodrigo Arcanjo dos Santos Psicólogo Clínico (CRP 06/97030), Consultor em Gestão de Pessoas, Professor, Escritor e Expositor www.rodrigoarcanjo.com Visão, missão e valores Visão: Missão: Valores: Ser referência

Leia mais

Carta de recomendações para o enfrentamento às violências na primeira infância

Carta de recomendações para o enfrentamento às violências na primeira infância Carta de recomendações para o enfrentamento às violências na primeira infância Rio de Janeiro, 2 de abril de 2015 A todas as pessoas que atuam na promoção e defesa dos direitos das crianças A Rede Nacional

Leia mais

CURSO DE PSICOLOGIA. Trabalho de Conclusão de Curso Resumos 2011.2

CURSO DE PSICOLOGIA. Trabalho de Conclusão de Curso Resumos 2011.2 CURSO DE PSICOLOGIA Trabalho de Conclusão de Curso Resumos 2011.2 COORDENADORA DO CURSO: Prof.ª Mônica Ramos Daltro SALVADOR TEMA: Contribuições da Teoria do Pensamento Complexo Para a Área da Psicologia

Leia mais

O JOGO TERAPÊUTICO COMO EM PEDIATRIA

O JOGO TERAPÊUTICO COMO EM PEDIATRIA O JOGO TERAPÊUTICO COMO INSTRUMENTO DE COMUNICAÇÃO EM PEDIATRIA Faculdade de Psicologia/UNISA Joana d`arc Marinho Corrêa Sakai CRP 06-18972/2 BRINQUEDO: INSTRUMENTO DE COMUNICAÇÃO O ato de brincar: atividade

Leia mais

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação. Ementas por Currículo 07/02/2012 19:50

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação. Ementas por Currículo 07/02/2012 19:50 7//1 19:5 Centro de Ciências da Saúde Curso: 151 Enfermagem (Matutino) Currículo: 11/1 1 CNA.5.1- Ser Humano e Saúde I Ementa: Organelas celulares. Tecidos básicos. A histologia e anatomia dos sistemas:

Leia mais

03 - Análise da técnica projetiva de desenho htp em um caso de suspeita de abuso sexual na infância.

03 - Análise da técnica projetiva de desenho htp em um caso de suspeita de abuso sexual na infância. Psicologia Clínica 01 - A prática de atividade física e sua relação com o gênero em idosos. 02 - A Prática do Psicodiagnóstico: Um caso de apática infantil. 03 - Análise da técnica projetiva de desenho

Leia mais

Tratamento da dependência do uso de drogas

Tratamento da dependência do uso de drogas Tratamento da dependência do uso de drogas Daniela Bentes de Freitas 1 O consumo de substâncias psicoativas está relacionado a vários problemas sociais, de saúde e de segurança pública, sendo necessário

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE TERAPIA OCUPACIONAL DA UNESP CAMPUS DE MARÍLIA

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE TERAPIA OCUPACIONAL DA UNESP CAMPUS DE MARÍLIA PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE TERAPIA OCUPACIONAL DA UNESP CAMPUS DE MARÍLIA Objetivos do Curso Curso da área da saúde, centrado nos aspectos ergonômicos e sociais da atividade humana. Visa à formação

Leia mais

MANUAL ATRIBUIÇÕES E ROTINAS PSICOLOGIA HOSPITALAR

MANUAL ATRIBUIÇÕES E ROTINAS PSICOLOGIA HOSPITALAR MANUAL 1 E L A B O R A Ç Ã O HGWA: Fernanda Azevedo de Souza: Coordenação, UCE Adulto (UCE I e AVC Subagudo) e Cuidados Paliativos Isabelle de Freitas Luz - Clínica Pediátrica, UCE Pediátrica e PAD Pediátrico

Leia mais

ANEXO I AÇÃO EDUCATIVA: CURSO CUIDANDO DO CUIDADOR

ANEXO I AÇÃO EDUCATIVA: CURSO CUIDANDO DO CUIDADOR ANEXO I AÇÃO EDUCATIVA: CURSO CUIDANDO DO CUIDADOR SUMÁRIO 1. identificação da atividade 02 2. Caracterização da atividade 02 3. Resumo das ações 04 4. Justificativa 04 5. Objetivos 05 6. Metodologia 05

Leia mais

XVIII CONGRESSO NACIONAL DE LINGUÍSTICA E FILOLOGIA

XVIII CONGRESSO NACIONAL DE LINGUÍSTICA E FILOLOGIA XVIII CONGRESSO NACIONAL DE LINGUÍSTICA E FILOLOGIA CLASSE HOSPITALAR DO HOSPITAL INFANTIL ISMÉLIA SILVEIRA: O OLHAR DO ALUNO/PACIENTE SOBRE O AMBIENTE E SUAS PERSPECTIVAS SOBRE O PÓS-ALTA Maria Inês de

Leia mais

Cuidado. Prevenção. Autoridade. Crack, é possível vencer 2011-2014. Aumento da oferta de tratamento de saúde e atenção aos usuários

Cuidado. Prevenção. Autoridade. Crack, é possível vencer 2011-2014. Aumento da oferta de tratamento de saúde e atenção aos usuários Prevenção Educação, Informação e Capacitação Cuidado Aumento da oferta de tratamento de saúde e atenção aos usuários Autoridade Enfrentamento ao tráfico de drogas e às organizações criminosas Crack, é

Leia mais

Faculdade de Medicina UFRGS Departamento de Psiquiatria e Medicina Legal

Faculdade de Medicina UFRGS Departamento de Psiquiatria e Medicina Legal Faculdade de Medicina UFRGS Departamento de Psiquiatria e Medicina Legal Disciplina: Med 8834 - Psiquiatria Roteiro de Estudo de Caso Prof. Aristides Volpato Cordioli 1. DADOS DA IDENTIDADE DO PACIENTE

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE DEPARTAMENTO DE AÇÕES PROGRAMÁTICAS ESTRATÉGICAS ÁREA TÉCNICA SAÚDE DO IDOSO

MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE DEPARTAMENTO DE AÇÕES PROGRAMÁTICAS ESTRATÉGICAS ÁREA TÉCNICA SAÚDE DO IDOSO MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE DEPARTAMENTO DE AÇÕES PROGRAMÁTICAS ESTRATÉGICAS ÁREA TÉCNICA SAÚDE DO IDOSO LUIZA MACHADO COORDENADORA Objetivo estratégico do MS relacionado ao envelhecimento

Leia mais

O paradoxo da creche: lugar de acolhimento, lugar de separação A influência das práticas institucionais na creche sobre a saúde mental dos bebês

O paradoxo da creche: lugar de acolhimento, lugar de separação A influência das práticas institucionais na creche sobre a saúde mental dos bebês O paradoxo da creche: lugar de acolhimento, lugar de separação A influência das práticas institucionais na creche sobre a saúde mental dos bebês Regina Orth de Aragão Sumário Breve histórico. O acolhimento

Leia mais

ESTÁGIOS ESPECÍFICOS ÊNFASE: PROCESSOS CLÍNICOS E SAÚDE MENTAL

ESTÁGIOS ESPECÍFICOS ÊNFASE: PROCESSOS CLÍNICOS E SAÚDE MENTAL ESTÁGIOS ESPECÍFICOS O estágio específico, previsto como atividade obrigatória a partir do sétimo semestre do Curso de é compreendido na perspectiva de continuidade da formação básica definida no Núcleo

Leia mais

ANAIS DA 4ª MOSTRA DE TRABALHOS EM SAÚDE PÚBLICA 29 e 30 de novembro de 2010 Unioeste Campus de Cascavel ISSN 2176-4778

ANAIS DA 4ª MOSTRA DE TRABALHOS EM SAÚDE PÚBLICA 29 e 30 de novembro de 2010 Unioeste Campus de Cascavel ISSN 2176-4778 RECÉM NASCIDO PRÉ-TERMO DE MÃE ADOLESCENTE: UM RELATO DE CASO AUTORES: Giovanna Carolina Guedes 1 Cláudia Silveira Viera Jéssica Chritina Acosta Kamila Lubenow Vanessa Rosseto RESUMO: INTRODUÇÃO: Anualmente

Leia mais

Projeto Atenção ao Vínculo e Comunicação de Notícias Difíceis

Projeto Atenção ao Vínculo e Comunicação de Notícias Difíceis Projeto Atenção ao Vínculo e Comunicação de Notícias Difíceis Base de Viabilização da Proposta Projeto desenvolvido a partir de um esforço inovador, baseado na experiência acumulada pelo Grupo de Trabalho

Leia mais

Matriz Curricular do Curso de Psicologia PRIMEIRO SEMESTRE

Matriz Curricular do Curso de Psicologia PRIMEIRO SEMESTRE Matriz Curricular do Curso de Psicologia PRIMEIRO SEMESTRE Fundamentos Epistemológicos e Históricos da Psicologia 1 Fundamentos Epistemológicos e Históricos Ciência e Profissão Práticas profissionais 36

Leia mais

ESPIRITUALIDADE E SAÚDE: UMA PERSPECTIVA BIOENERGÉTICA

ESPIRITUALIDADE E SAÚDE: UMA PERSPECTIVA BIOENERGÉTICA 1 ESPIRITUALIDADE E SAÚDE: UMA PERSPECTIVA BIOENERGÉTICA Périsson Dantas do Nascimento RESUMO O trabalho tem como objetivo principal elaborar um diálogo entre a Psicossomática e a Análise Bioenergética,

Leia mais

EMENTÁRIO DO CURSO DE PSICOLOGIA

EMENTÁRIO DO CURSO DE PSICOLOGIA EMENTÁRIO DO CURSO DE PSICOLOGIA 1º PERÍODO HISTÓRIA DA PSICOLOGIA A história das idéias psicológicas. A psicologia filosófica ou pré-científica. A constituição da psicologia como ciência: características

Leia mais

ESTÁGIO EM PSICOLOGIA EM PROCESSOS SOCIAIS: CRIANDO E RECRIANDO O PROCESSO DE AUTONOMIA DOS SUJEITOS NO CAPS AD. 1

ESTÁGIO EM PSICOLOGIA EM PROCESSOS SOCIAIS: CRIANDO E RECRIANDO O PROCESSO DE AUTONOMIA DOS SUJEITOS NO CAPS AD. 1 ESTÁGIO EM PSICOLOGIA EM PROCESSOS SOCIAIS: CRIANDO E RECRIANDO O PROCESSO DE AUTONOMIA DOS SUJEITOS NO CAPS AD. 1 Kenia S. Freire 2, Sabrina Corrêa Da Silva 3, Jaqueline Oliveira 4, Carolina B. Gross

Leia mais

DETECÇÃO E INTERVENÇÃO PRECOCE DE PSICOPATOLOGIAS GRAVES

DETECÇÃO E INTERVENÇÃO PRECOCE DE PSICOPATOLOGIAS GRAVES DETECÇÃO E INTERVENÇÃO PRECOCE DE PSICOPATOLOGIAS GRAVES Laura de Vilhena Abrão Paola Visani Esse estudo faz parte de um projeto de pesquisa maior que surgiu a partir de questões que os profissionais e

Leia mais

A importância do palhaço cuidador na assistência à criança em. hospitalização: Relato de Experiência do Projeto PalhaSUS

A importância do palhaço cuidador na assistência à criança em. hospitalização: Relato de Experiência do Projeto PalhaSUS A importância do palhaço cuidador na assistência à criança em hospitalização: Relato de Experiência do Projeto PalhaSUS BRITO JUNIOR¹, José Félix CORREIA², Bruna Valério COSTEIRA³, Aldenildo A.M.F NASCIMENTO

Leia mais

A IMPORTANCIA DO CENTRO DE CONVIVÊNCIA E CULTURA NA INSERÇÃO SOCIAL DOS PACIENTES COM TRANSTORNO MENTAL

A IMPORTANCIA DO CENTRO DE CONVIVÊNCIA E CULTURA NA INSERÇÃO SOCIAL DOS PACIENTES COM TRANSTORNO MENTAL A IMPORTANCIA DO CENTRO DE CONVIVÊNCIA E CULTURA NA INSERÇÃO SOCIAL DOS PACIENTES COM TRANSTORNO MENTAL 1 SANTOS, Kassila Conceição Ferreira; SOUZA, Ana Lúcia Rezende; NOGUEIRA, Douglas José. Palavras-chave:

Leia mais

A ATUAÇÃO DA PSICOLOGIA NA CIRURGIA BARIÁTRICA

A ATUAÇÃO DA PSICOLOGIA NA CIRURGIA BARIÁTRICA A ATUAÇÃO DA PSICOLOGIA NA CIRURGIA BARIÁTRICA 2012 Nara Saade de Andrade Psicóloga graduada pelo Centro Universitário do Leste de Minas Gerais Charlisson Mendes Gonçalves Mestrando em Psicologia pela

Leia mais

Regulamento do Plantão Psicopedagógico FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS DE VISCONDE DO RIO BRANCO

Regulamento do Plantão Psicopedagógico FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS DE VISCONDE DO RIO BRANCO Regulamento do Plantão Psicopedagógico FUNDAÇÃO FUPAC FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS DE VISCONDE DO RIO BRANCO 2011 Regulamento do Plantão Psicopedagógico da Faculdade Presidente Antônio Carlos de

Leia mais

Manual da Pós-graduação em Psicopedagogia. Redação: Profa. Dra. Melissa Lucchi

Manual da Pós-graduação em Psicopedagogia. Redação: Profa. Dra. Melissa Lucchi Manual da Pós-graduação em Psicopedagogia Redação: Profa. Dra. Melissa Lucchi São José dos Campos Março de 2016 SUMÁRIO 1 SOBRE O CURSO... 3 2 PÚBLICO-ALVO... 3 3 POR QUE FAZER PÓS-GRADUAÇÃO NA FACULDADE

Leia mais

SES CIAPS ADAUTO BOTELHO CAPS INFANTIL

SES CIAPS ADAUTO BOTELHO CAPS INFANTIL SES CIAPS ADAUTO BOTELHO CAPS INFANTIL RELATÓRIO DE NOVE ANOS DE ATIVIDADES 2002-2011 CUIABÁ, MARÇO DE 2012. Introdução/Desenvolvimento: O CAPSi (Centro de Atenção Psicossocial Infanto-Juvenil/CAPS Infantil)/CIAPS

Leia mais

Elaboração do relatório neuropsicológico Professora: PRISCILA COVRE

Elaboração do relatório neuropsicológico Professora: PRISCILA COVRE XVI CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM NEUROPSICOLOGIA (ANO 2015) Elaboração do relatório neuropsicológico Professora: PRISCILA COVRE REALIZAÇÃO: Divisão de Psicologia do Instituto Central do Hospital das Clínicas

Leia mais

PACIENTES COM RISCO DE SUICÍDIO: A COMUNICAÇÃO ENTRE EQUIPE, PACIENTES E FAMILIARES NA UNIDADE DE EMERGÊNCIA

PACIENTES COM RISCO DE SUICÍDIO: A COMUNICAÇÃO ENTRE EQUIPE, PACIENTES E FAMILIARES NA UNIDADE DE EMERGÊNCIA PACIENTES COM RISCO DE SUICÍDIO: A COMUNICAÇÃO ENTRE EQUIPE, PACIENTES E FAMILIARES NA UNIDADE DE EMERGÊNCIA Ferreira CLB¹ 1 *, Gabarra LM². Hospital Universitário Profº Polydoro Ernani de São Thiago,

Leia mais

TRAUMA PSÍQUICO ORIENTAÇÕES GERAIS AOS MÉDICOS NÚCLEO DE ESTUDOS E TRATAMENTO DO TRAUMA (NET TRAUMA)

TRAUMA PSÍQUICO ORIENTAÇÕES GERAIS AOS MÉDICOS NÚCLEO DE ESTUDOS E TRATAMENTO DO TRAUMA (NET TRAUMA) TRAUMA PSÍQUICO ORIENTAÇÕES GERAIS AOS MÉDICOS NÚCLEO DE ESTUDOS E TRATAMENTO DO TRAUMA (NET TRAUMA) SERVIÇO DE PSIQUIATRIA HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE (HCPA) DEPARTAMENTO DE PSIQUIATRIA UNIVERSIDADE

Leia mais

PROVA ESPECÍFICA Cargo 28. São características da saúde pública predominante nos anos 60 do século passado, EXCETO:

PROVA ESPECÍFICA Cargo 28. São características da saúde pública predominante nos anos 60 do século passado, EXCETO: 11 PROVA ESPECÍFICA Cargo 28 QUESTÃO 26 São características da saúde pública predominante nos anos 60 do século passado, EXCETO: a) Ênfase nas campanhas sanitárias. b) Fortalecimento do setor de saúde

Leia mais

Pós graduação EAD Área de Educação

Pós graduação EAD Área de Educação Pós graduação EAD Área de Educação Investimento: a partir de R$ 109,00 mensais. Tempo de realização da pós graduação: 15 meses Investimento: R$109,00 (acesso ao portal na internet e livros em PDF). Ou

Leia mais

APOIO MATRICIAL EM SAÚDE MENTAL PARA REDE BÁSICA EM BELO HORIZONTE

APOIO MATRICIAL EM SAÚDE MENTAL PARA REDE BÁSICA EM BELO HORIZONTE APOIO MATRICIAL EM SAÚDE MENTAL PARA REDE BÁSICA EM BELO HORIZONTE ALEXANDRE DE ARAÚJO PEREIRA Na última década, a Estratégia de Saúde da Família (ESF) - e a Reforma Psiquiátrica Brasileira (RPB) têm trazido

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul FACULDADE DE EDUCAÇÃO

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul FACULDADE DE EDUCAÇÃO EMENTAS DAS DISCIPLINAS DA DISCIPLINA: EDUCAÇÃO EM ESPAÇOS NÃO FORMAIS: PESQUISA E PRÁTICA CODICRED: 142AU-04 EMENTA: Caracterização, organização e gestão dos espaços não-formais na promoção da aprendizagem

Leia mais

III Jornada Regional sobre drogas ABEAD/MPPE ENTENDENDO O TABAGISMO: A DEPENDÊNCIA E O TRATAMENTO

III Jornada Regional sobre drogas ABEAD/MPPE ENTENDENDO O TABAGISMO: A DEPENDÊNCIA E O TRATAMENTO III Jornada Regional sobre drogas ABEAD/MPPE ENTENDENDO O TABAGISMO: A DEPENDÊNCIA E O TRATAMENTO IVANA MAGALY LIMA ALENCAR CARVALHEIRA Psicóloga Clínica Hospitalar Neuropsicóloga - CRP 02/8461 Setembro/2010

Leia mais

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 1, DE 25 DE MAIO DE 2015

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 1, DE 25 DE MAIO DE 2015 SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 1, DE 25 DE MAIO DE 2015 Regulamenta os requisitos mínimos dos programas de residência médica em Medicina Geral de Família e Comunidade - R1 e R2 e dá outras

Leia mais

AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA X AVALIAÇÃO NEUROPSICOLÓGICA

AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA X AVALIAÇÃO NEUROPSICOLÓGICA AULA 1 A Importância da Observação Psicológica em Neuropsicologia Infantil. Fundamentação Teórica e Apresentação de Caso Clínico Denise Gonçalves Cunha Cotuinho Psicóloga Especialista em Neuropsicologia

Leia mais

Categoria Profissional: PSICOLOGIA BOLETIM DE QUESTÕES

Categoria Profissional: PSICOLOGIA BOLETIM DE QUESTÕES UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL EM SAÚDE Categoria Profissional: PSICOLOGIA BOLETIM DE QUESTÕES N LEIA, COM ATENÇÃO, AS SEGUINTES INSTRUÇÕES 1. Este boletim de questões

Leia mais

Área temática: Enfermagem CÂNCER NA ADOLESCÊNCIA: SENTIMENTOS DOS PORTADORES E PAPEIS DE FAMILIARES E ENFERMEIROS

Área temática: Enfermagem CÂNCER NA ADOLESCÊNCIA: SENTIMENTOS DOS PORTADORES E PAPEIS DE FAMILIARES E ENFERMEIROS Área temática: Enfermagem CÂNCER NA ADOLESCÊNCIA: SENTIMENTOS DOS PORTADORES E PAPEIS DE FAMILIARES E ENFERMEIROS Graziela Silva do Nascimento Discente do curso de Enfermagem da UFPB. E-mail: graziela_nascimento_@hotmail.com

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS No que diz respeito às teorias e técnicas psicoterápicas e à psicopatologia, julgue os itens que se seguem. 51 Em relação à psicodinâmica, há uma diferença importante entre os

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 88-GR/UNICENTRO, DE 12 DE MAIO DE 2014. Especifica a estrutura curricular do Curso de Especialização em Educação e Formação Empreendedora, modalidade de educação a distância, aprovado pela

Leia mais

TERAPIA OCUPACIONAL PADRÃO DE RESPOSTA

TERAPIA OCUPACIONAL PADRÃO DE RESPOSTA TERAPIA OCUPACIONAL PADRÃO DE RESPOSTA QUESTÃO 38 Rosa está com 56 anos de idade e vive em um hospital psiquiátrico desde os 28 anos de idade. Em seu prontuário, encontra-se que ela é doente mental desde

Leia mais

RESIDÊNCIA MÉDICA EM PSIQUIATRIA

RESIDÊNCIA MÉDICA EM PSIQUIATRIA RESIDÊNCIA MÉDICA EM PSIQUIATRIA I - INTRODUÇÃO A residência em Psiquiatria tem como meta formar profissionais capazes de prestar assistência à população, com a visão de que o homem é um ser biológico,

Leia mais

Curso de Especialização em NEUROPSICOLOGIA

Curso de Especialização em NEUROPSICOLOGIA Curso de Especialização em NEUROPSICOLOGIA ÁREAS DO CONHECIMENTO: Psicologia. Educação. NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em NEUROPSICOLOGIA. AMPARO LEGAL E PORTARIA DO MEC

Leia mais

RELATO DE EXPERIÊNCIA ACERCA DA AVALIAÇÃO E TRATAMENTO COGNITIVO-COMPORTAMENTAL DE UM CASO DE TRANSTORNO ALIMENTAR

RELATO DE EXPERIÊNCIA ACERCA DA AVALIAÇÃO E TRATAMENTO COGNITIVO-COMPORTAMENTAL DE UM CASO DE TRANSTORNO ALIMENTAR 178 RELATO DE EXPERIÊNCIA ACERCA DA AVALIAÇÃO E TRATAMENTO COGNITIVO-COMPORTAMENTAL DE UM CASO DE TRANSTORNO ALIMENTAR Renan Meirelles da Silva Luciano Haussen Pinto Centro Universitário Franciscano Resumo

Leia mais

Av. Gen. Carlos Cavalcanti, 4748 - CEP 84030-900 - Tel. 0** (42) 220-3000 - Ponta Grossa Pr. - www.uepg.br

Av. Gen. Carlos Cavalcanti, 4748 - CEP 84030-900 - Tel. 0** (42) 220-3000 - Ponta Grossa Pr. - www.uepg.br CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA Turno: MATUTINO/NOTURNO MATUTINO CURRICULO Nº 1 NOTURNO CURRICULO Nº 1 Reconhecido pelo Decreto nº 3.554 de 15.02.01, D.O.E. de 16.02.01. Renovação de Reconhecimento

Leia mais

ENFERMAGEM GERONTOGERIÁTRICA

ENFERMAGEM GERONTOGERIÁTRICA Belo Horizonte-MG Início Previsto: 20/03/2015* Aulas em um final de semana p/ mês: sexta - 18h / 22h sábado - 8h / 18h domingo - 8h / 16h *Início vinculado ao número mínimo de inscritos. PÓS-GRADUAÇÃO

Leia mais

PRÁTICAS DE INTERVENÇÃO EM SAÚDE MENTAL NA INFÂNCIA

PRÁTICAS DE INTERVENÇÃO EM SAÚDE MENTAL NA INFÂNCIA PRÁTICAS DE INTERVENÇÃO EM SAÚDE MENTAL NA INFÂNCIA Marina Aparecida Luiz de Freitas 1 ; Jhainieiry Cordeiro Famelli Ferret 2 RESUMO: A saúde mental de crianças e de adolescentes tornou-se uma questão

Leia mais

A PROMOÇÃO A SAÚDE E PREVENÇÃO AO USO DE DROGAS

A PROMOÇÃO A SAÚDE E PREVENÇÃO AO USO DE DROGAS A PROMOÇÃO A SAÚDE E PREVENÇÃO AO USO DE DROGAS Prof. Lorena Silveira Cardoso Mestranda em Saúde Coletiva Profª. Drª. Marluce Miguel de Siqueira Orientadora VITÓRIA 2013 INTRODUÇÃO O consumo de substâncias

Leia mais

ÁREAS DE CONCENTRAÇÃO/LINHAS DE PESQUISA

ÁREAS DE CONCENTRAÇÃO/LINHAS DE PESQUISA ÁREAS DE CONCENTRAÇÃO/LINHAS DE PESQUISA Áreas de concentração: O presente programa está organizado em duas áreas de concentração, cada uma das quais contemplando três linhas de pesquisa nas quais se distribuem

Leia mais

ASPECTOS PSICOLÓGICOS RELATIVOS AO ENGAJAMENTO (ADERÊNCIA) DO PACIENTE CRÔNICO E SUA FAMÍLIA AO TRATAMENTO

ASPECTOS PSICOLÓGICOS RELATIVOS AO ENGAJAMENTO (ADERÊNCIA) DO PACIENTE CRÔNICO E SUA FAMÍLIA AO TRATAMENTO ASPECTOS PSICOLÓGICOS RELATIVOS AO ENGAJAMENTO (ADERÊNCIA) DO PACIENTE CRÔNICO E SUA FAMÍLIA AO TRATAMENTO Nêmeton Centro de Estudos e Pesquisas em Psicologia e Saúde Ricardo Werner Sebastiani ricardo@nemeton.com.br

Leia mais

A PRÁTICA DA TERAPIA OCUPACIONAL NA ESTIMULAÇÃO COGNITIVA DE IDOSOS QUE FREQUENTAM CENTRO DE CONVIVÊNCIA.

A PRÁTICA DA TERAPIA OCUPACIONAL NA ESTIMULAÇÃO COGNITIVA DE IDOSOS QUE FREQUENTAM CENTRO DE CONVIVÊNCIA. A PRÁTICA DA TERAPIA OCUPACIONAL NA ESTIMULAÇÃO COGNITIVA DE IDOSOS QUE FREQUENTAM CENTRO DE CONVIVÊNCIA. MEDEIROS 1, Halessandra; MORAES 2, Berla; PEDROSA 3, Mayra; RIBEIRO 4, Lys. RESUMO Este estudo

Leia mais

Pré-requisito Coreq Disciplina 01 - - PS14101 - História das Ideias Psicológicas - Ativa desde: 01/01/2014. Natureza - OBRIGATÓRIA TEÓRICA 72

Pré-requisito Coreq Disciplina 01 - - PS14101 - História das Ideias Psicológicas - Ativa desde: 01/01/2014. Natureza - OBRIGATÓRIA TEÓRICA 72 1 de 5 Nível:BACHARELADO Início: 20021 01 - - PS14101 - História das Ideias Psicológicas - Ativa desde: PS14102 - Sociologia - Ativa desde: PS14103 - Metodologia Científica - Ativa desde: PS14104 - Fundamentos

Leia mais

MÉDICO: ESSE REMÉDIO IGNORADO ABRAM EKSTERMAN

MÉDICO: ESSE REMÉDIO IGNORADO ABRAM EKSTERMAN MÉDICO: ESSE REMÉDIO IGNORADO ABRAM EKSTERMAN Centro de Medicina Psicossomática Hospital Geral da Santa Casa da Misericórdia, RJ Perguntas aos Cavaleiros do Conselho Federal de Medicina Perguntas ingênuas:

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOMOTRICIDADE

PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOMOTRICIDADE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOMOTRICIDADE Instituição Certificadora: FALC Amparo Legal: Resolução CNE CES 1 2001 Resolução CNE CES 1 2007 Carga Horária: 460h Período de Duração: 12 meses (01 ano) Objetivos: Objetivo

Leia mais

O PSICÓLOGO NO CONTEXTO DE SAÚDE COLETIVA E A PRÁTICA DA VISITA DOMICILIAR 1

O PSICÓLOGO NO CONTEXTO DE SAÚDE COLETIVA E A PRÁTICA DA VISITA DOMICILIAR 1 O PSICÓLOGO NO CONTEXTO DE SAÚDE COLETIVA E A PRÁTICA DA VISITA DOMICILIAR 1 MIRANDA, Cezar P. 2 ; SILVA, Naiana G. ²,SILVA, Ticiane R. ² JAEGER, Fernanda P. 3 1 Trabalho vinculado ao projeto Psicologia

Leia mais

ANEXO III CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

ANEXO III CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANEXO III CONTEÚDO PROGRAMÁTICO CONTEÚDO COMUM PARA TODAS AS CATEGORIAS PROFISSIONAIS SAÚDE PÚBLICA E SAÚDE COLETIVA SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE SUS 1. História do sistema de saúde no Brasil; 2. A saúde na

Leia mais

Revelação Diagnóstica do HIV A arte de comunicar más notícias Tânia Regina C. de Souza, Karina Wolffenbuttel, Márcia T. F.

Revelação Diagnóstica do HIV A arte de comunicar más notícias Tânia Regina C. de Souza, Karina Wolffenbuttel, Márcia T. F. Revelação Diagnóstica do HIV A arte de comunicar más notícias Tânia Regina C. de Souza, Karina Wolffenbuttel, Márcia T. F. dos Santos A aids é ainda uma doença ameaçadora. Apesar de todos os avanços no

Leia mais

Programa Mínimo para Residência Médica em Psiquiatria

Programa Mínimo para Residência Médica em Psiquiatria Programa Mínimo para Residência Médica em Psiquiatria A Comissão de Residência Médica em Psiquiatria da Associação Brasileira de Psiquiatria (CRMP-ABP) ao propor esse programa, recomenda o índice de no

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO DE PSICOLOGIA

CATÁLOGO DO CURSO DE PSICOLOGIA CATÁLOGO DO CURSO DE PSICOLOGIA ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Psicologia Nome da Mantida: Centro Universitário de Rio Preto. Endereço de Funcionamento do Curso: Rua Gabriel Yvette Atique, 45 Boa

Leia mais

Grau: Graduação. Relatório de Disciplinas - UFF. Disciplina de DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA. Código: Nome: GSI00168

Grau: Graduação. Relatório de Disciplinas - UFF. Disciplina de DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA. Código: Nome: GSI00168 GSI168 PSICOLOGIA E HISTÓRIA SOCIAL II 6 Psicologia C.H.Teórica: 6 C.H.Prática: EMENTA NÃO INFORMADA GSI169 TEORIAS E SISTEMAS PSICOLÓGICOS V 68 Psicologia C.H.Teórica: 68 C.H.Prática: EMENTA NÃO INFORMADA

Leia mais

FACULDADE PORTO DAS MONÇÕES PORTO FELIZ

FACULDADE PORTO DAS MONÇÕES PORTO FELIZ FACULDADE PORTO DAS MONÇÕES PORTO FELIZ COORDENADORIA DE EXTENSÃO E PESQUISA CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO LATO SENSU MBA Psicopedagogia Projeto Pedagógico CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO LATO SENSU EM PSICOPEDAGOGIA

Leia mais