Horta do Futuro EE 9 de Julho Sala 7 2ª sessão

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Horta do Futuro EE 9 de Julho Sala 7 2ª sessão"

Transcrição

1 Horta do Futuro EE 9 de Julho Sala 7 2ª sessão Professores Apresentadores: Edmar Francisco Custódio Alves Márcia Aparecida Perez Moreno Realização:

2 Foco O presente projeto foi elaborado de forma interdisciplinar entre as disciplinas de Educação Física e Ciências visando atender o projeto de vida de um grupo de alunos e a construção de um novo espaço de aprendizagem: a horta hidropônica escolar uma tecnologia que pode ser aplicada a qualquer tipo de ambiente e de fácil manutenção. Ela vem de encontro aos anseios da sustentabilidade, ou seja, uma produção com o uso mínimo de recursos e que cause o menor impacto ambiental.

3 Contexto de Aplicação A Escola Estadual de Ensino Integral 9 de Julho atende 650 alunos entre Ensino Fundamental Ciclo II e Ensino Médio. Sua equipe docente conta com 32 professores. Localiza-se em um bairro próximo à região central da cidade, possuindo uma comunidade ao redor e de onde os alunos procedem. A maioria deles apresenta rendimento escolar no nível básico, com possibilidades de progredir para o adequado e avançado. Para isso há um trabalho de articulação entre o Currículo e a Parte Diversificada, que vem contribuir para o aprendizado, realização e concretização do Projeto de Vida dos alunos. A atividade foi realizada entre os meses de Fevereiro e Junho de 2015 com 45 alunos dos sétimos e oitavos anos do Ensino Fundamental.

4 Justificativa O presente trabalho surgiu devido às tentativas, sem sucesso, da implantação de uma horta convencional na escola (terreno muito pobre, pedregoso e seco). E também contemplar alguns projetos de vida dos alunos em algumas áreas do conhecimento. Através da montagem de uma horta hidropônica pretendíamos criar um espaço de aprendizagem, tendo em vista que a horta hidropônica representa uma tecnologia de produção com baixo impacto ambiental, que pode ser aplicada a qualquer tipo de ambiente e é de fácil manutenção.

5 Objetivo Sensibilizar os alunos sobre a importância dos seus estudos e de uma vida equilibrada (bem estar físico, social e mental). Promover a reeducação alimentar através do cultivo de hortaliças no sistema hidropônico. Auxiliar o aluno a perceber, entender e planejar o cultivo de alimentos saudáveis em pequenos espaços. Desenvolver a competência leitora e escritora dos alunos, com as leituras e análises de textos e tabelas. Desenvolver cálculos de razão e proporção. Desenvolver a capacidade de planejar e executar o plantio de hortaliças usando novas tecnologias. Aplicar a sustentabilidade no seu cotidiano.

6 Desenvolvimento/ Metodologia Pesquisas na Sala de Leitura e na Sala do Acessa Escola sobre o ciclo de vida das hortaliças e sobre a ação dos diversos nutrientes no corpo humano. Atividades: preparo das bandejas de mudas; construção do sistema hidropônico (com medição do local); montagem dos suportes; perfuração dos canos; montagem da estrutura hidropônica; transplante de mudas e manutenção do sistema; colheita. Todo o processo de desenvolvimento foi registrado, pelos alunos, em um caderno próprio. Ao final do cultivo, os alunos apresentaram o funcionamento da horta hidropônica à comunidade escolar, depois realizaram a colheita e incorporaram a merenda escolar. Durante toda a realização do projeto procuramos desenvolver o protagonismo juvenil, formando jovens autônomos, solidários e competentes.

7 Recursos Utilizados Enxadas e sacos de lixo para a limpeza do local; Caibros, porcas, ruelas, furadeira, broca e cano de PVC (específico para irrigação) para a montagem da estrutura da horta hidropônica; Sementes de alface; Bandejas de germinação e substrato vegetal para a produção das mudas (germinação e crescimento das mudas ); Mix de nutrientes necessários ao cultivo hidropônico da alface; Sala de Leitura e sala do Acessa Escola para a realização de pesquisas sobre o ciclo de vida das hortaliças, sistema hidropônicos e funções dos nutrientes no corpo humano.

8 Registros

9

10

11

12

13 Resultados Ao final do projeto houve a apresentação do sistema hidropônico à comunidade escolar, possibilitando assim a difusão do conhecimento. Os objetivos, em sua maioria foram alcançados, pois os alunos que possuem projeto de vida de cientistas e agrônomos tiveram a oportunidade de adquirir novos conhecimentos, além de trabalharem com um projeto de sustentabilidade. Já os demais alunos aprenderam sobre a importância da sustentabilidade e houve mudança quanto à alimentação, porque os alunos passaram a consumir as saladas das hortaliças cultivadas que são servidas no almoço da escola. Os pontos negativos e as dificuldades encontradas foram ocasionados pela falta de recursos para enriquecimento do projeto com outras hortaliças e ampliação do mesmo.

14 Conclusões A horta hidropônica proporcionou uma satisfação muito grande entre os professores e os alunos, apesar de ter um curto espaço de tempo para sua realização. A hortaliça cultivada possui um ciclo de vida de 70 dias desde o plantio até a colheita. Os alunos tiveram a oportunidade de observar e aprender um pouco mais sobre o ciclo de vida das hortaliças e perceberem, através de pesquisas, que o consumo frequente de hortaliças ajuda no desenvolvimento do corpo e da mente, ampliando a capacidade de concentração e deixando-os mais saudáveis e dispostos.

15

PROJETO EDUCANDO COM A HORTA: CORES AROMAS E SABORES. NEI João Machado da Silva

PROJETO EDUCANDO COM A HORTA: CORES AROMAS E SABORES. NEI João Machado da Silva PROJETO EDUCANDO COM A HORTA: CORES AROMAS E SABORES NEI João Machado da Silva Justificativa Aproveitar racionalmente a pequena disponibilidade de espaço de terra do NEI João Machado da Silva na produção

Leia mais

PROGRAMA DE BOLSA ACADÊMICA DE EXTENSÃO PBAEX / EDIÇÃO 2016 CAMPUS AMAJARI ANEXO III

PROGRAMA DE BOLSA ACADÊMICA DE EXTENSÃO PBAEX / EDIÇÃO 2016 CAMPUS AMAJARI ANEXO III PROGRAMA DE BOLSA ACADÊMICA DE EXTENSÃO PBAEX / EDIÇÃO 2016 CAMPUS AMAJARI ANEXO III FORMULÁRIO DA VERSÃO ELETRÔNICA DO PROJETO / ATIVIDADE DE EXTENSÃO PBAEX 2016 01. Título do Projeto Implantação e desenvolvimento

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Horta: Fazendo em casa o que se aprende na Entidade

Mostra de Projetos 2011. Horta: Fazendo em casa o que se aprende na Entidade Mostra de Projetos 2011 Horta: Fazendo em casa o que se aprende na Entidade Mostra Local de: Dois Vizinhos Categoria do projeto: Projetos em implantação, com resultados parciais. Nome da Instituição/Empresa:

Leia mais

alunas foram orientadas na execução da limpeza da área e coleta de material orgânico para proceder a implantação.

alunas foram orientadas na execução da limpeza da área e coleta de material orgânico para proceder a implantação. RELATÓRIO FINAL DE PROJETOS DE EXTENSÃO - PBAEX REGISTRO PROEX N /2015 1 - DADOS DE IDENTIFICAÇÃO CÂMPUS: Amajari Anexo V TÍTULO PROJETO: Horta Agroecológica em Escola da zona rural de Alto Alegre COORDENADOR

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL JOAQUIM GONÇALVES LEDO

ESCOLA ESTADUAL JOAQUIM GONÇALVES LEDO 1 ESCOLA ESTADUAL JOAQUIM GONÇALVES LEDO PROJETO INTERDISCIPLINAR HORTA EM GARRAFA PET: UMA ALTERNATIVA PARA A EDUCAÇÃO AMBIENTAL E SUSTENTABILIDADE IVINHEMA/MS - DISTRITO DE AMANDINA 2013 2 ESCOLA ESTADUAL

Leia mais

Difusão de conhecimentos técnicos sobre cultivo de hortaliças e adoção de novas metodologias de ensino com o emprego de horta escolar

Difusão de conhecimentos técnicos sobre cultivo de hortaliças e adoção de novas metodologias de ensino com o emprego de horta escolar VII Semana de Ciência e Tecnologia IFMG - Campus Bambuí VII Jornada Científica e I Mostra de Extensão 21 a 23 de outubro de 2014 Difusão de conhecimentos técnicos sobre cultivo de hortaliças e adoção de

Leia mais

Implantação e manutenção de uma horta comunitária na APAE de Bambuí MG

Implantação e manutenção de uma horta comunitária na APAE de Bambuí MG VIII SEMANA DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO IFMG-CAMPUS BAMBUÍ II MOSTRA DE EXTENSÃO Implantação e manutenção de uma horta comunitária na APAE de Bambuí MG Bruno Dorneles de Oliveira¹; Eduardo Castelar Silva

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Eu e a Terra - Horta da Escola

Mostra de Projetos 2011. Eu e a Terra - Horta da Escola Mostra de Projetos 2011 Eu e a Terra - Horta da Escola Mostra Local de: Umuarama Categoria do projeto: I - Projetos em implantação, com resultados parciais Nome da Instituição/Empresa: Colégio Estadual

Leia mais

PALAVRAS CHAVE: Educação em saúde, hortas, interdisciplinaridade

PALAVRAS CHAVE: Educação em saúde, hortas, interdisciplinaridade PROJETO HORTA NA ESCOLA DESENVOLVENDO NOVAS METODOLOGIAS DE EDUCAÇÃO A PARTIR DOS PRINCÍPIOS DA EDUCAÇÃO POPULAR EM SAÚDE Área Temática: Saúde Responsável: Karem Cristina de Arruda Calvette Instituição:

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO ANEXO I. PROJETO DE ( X ) CURTA DURAÇÃO ( ) LONGA DURAÇÃO

PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO ANEXO I. PROJETO DE ( X ) CURTA DURAÇÃO ( ) LONGA DURAÇÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO ANEXO I. PROJETO DE ( X ) CURTA DURAÇÃO ( ) LONGA DURAÇÃO 1. IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

Sala de Leitura Interativa E.E.E.I. Prof.ª Maria Ribeiro Guimarães Bueno Sala 4 / Sessão 2

Sala de Leitura Interativa E.E.E.I. Prof.ª Maria Ribeiro Guimarães Bueno Sala 4 / Sessão 2 Sala de Leitura Interativa E.E.E.I. Prof.ª Maria Ribeiro Guimarães Bueno Sala 4 / Sessão 2 Professora Responsável: Norma Sueli Zuccheratto Perez Realização: Foco Estimular a leitura e ampliar a comunidade

Leia mais

PROJETO EDUCANDO COM A HORTA ESCOLAR

PROJETO EDUCANDO COM A HORTA ESCOLAR PROJETO EDUCANDO COM A HORTA ESCOLAR Objetivo do projeto O Projeto Horta Escolar foi concebido com a finalidade de intervir na cultura alimentar e nutricional dos escolares da faixa etária de 7 a 14 anos,

Leia mais

TECNOMUNDO: CIÊNCIA EM AÇÃO

TECNOMUNDO: CIÊNCIA EM AÇÃO TECNOMUNDO: CIÊNCIA EM AÇÃO Sala 14 Ciências Humanas e da Natureza EM Integral E.E. RYOITI YASSUDA Professores Apresentadores: EDSON R. FLORENTINO HÉLDER C. L. SILVA KELLEN BRIET ALVES DE OLIVEIRA Realização:

Leia mais

CONFECÇÃO DE HORTA ORGÂNICA EM UM COLÉGIO ESTADUAL DE MARINGÁ PARANÁ

CONFECÇÃO DE HORTA ORGÂNICA EM UM COLÉGIO ESTADUAL DE MARINGÁ PARANÁ 25 a 28 de Outubro de 2011 ISBN 978-85-8084-055-1 CONFECÇÃO DE HORTA ORGÂNICA EM UM COLÉGIO ESTADUAL DE MARINGÁ PARANÁ Jéssica Gonçalves Alves 1 ; Rafael Henrique Marcon Pereira 2 ; Selson Garutti 3 RESUMO:

Leia mais

FACEMA SUSTENTÁVEL: Incorporação de educação ambiental na IES: Pedro Augusto da Silva Soares

FACEMA SUSTENTÁVEL: Incorporação de educação ambiental na IES: Pedro Augusto da Silva Soares FACEMA SUSTENTÁVEL: Incorporação de educação ambiental na IES: Pedro Augusto da Silva Soares Faculdade de ciências e tecnologia do maranhão-facema Caxias/MA pedroftb@hotmail.com.br/coor.educacaoambiental@facema.edu.br

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL COLÉGIO DE APLICAÇÃO DEPARTAMENTO DE HUMANIDADES ÁREA DAS SÉRIES INICIAIS HORTA ESCOLAR:

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL COLÉGIO DE APLICAÇÃO DEPARTAMENTO DE HUMANIDADES ÁREA DAS SÉRIES INICIAIS HORTA ESCOLAR: UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL COLÉGIO DE APLICAÇÃO DEPARTAMENTO DE HUMANIDADES ÁREA DAS SÉRIES INICIAIS HORTA ESCOLAR: UMA ESTRATÉGIA PEDAGÓGICA DE ECOALFABETIZAÇÃO NOS ANOS INICIAIS DO ENSINO

Leia mais

EDUCANDO COM A HORTA ESCOLAR PEDAGÓGICA

EDUCANDO COM A HORTA ESCOLAR PEDAGÓGICA EDUCANDO COM A HORTA ESCOLAR PEDAGÓGICA Sabrina Sgarbi Tibolla 1 ;Sabrina dos Santos Grassi 2 ; Gilson Ribeiro Nachtigall 3 INTRODUÇÃO A horta escolar é uma estratégia de educar para o ambiente, para a

Leia mais

Necessidade e construção de uma Base Nacional Comum

Necessidade e construção de uma Base Nacional Comum Necessidade e construção de uma Base Nacional Comum 1. O direito constitucional à educação é concretizado, primeiramente, com uma trajetória regular do estudante, isto é, acesso das crianças e jovens a

Leia mais

Como Desenvolver Projetos de Pré-iniciação Científica no Ensino Médio

Como Desenvolver Projetos de Pré-iniciação Científica no Ensino Médio Como Desenvolver Projetos de Pré-iniciação Científica no Ensino Médio E. E. RYOITI YASSUDA Sala 15 Sessão 1 Professor(es) Apresentador(es): Edson Ricardo Florentino Kellel Briet Alves de Oliveira Realização:

Leia mais

PROJETO EDUCANDO COM A HORTA ESCOLAR E A GASTRONOMIA PEHEG

PROJETO EDUCANDO COM A HORTA ESCOLAR E A GASTRONOMIA PEHEG PROJETO EDUCANDO COM A HORTA ESCOLAR E A GASTRONOMIA PEHEG CUIABÁ / MT 2013 EQUIPE GESTORA: INES WALKER EHRENBRIENK - DIRETORA NELY PEREIRA DA SILVA CARNEIRO - COORDENADORA JULIANA MOURA ALVES DAS NEVES

Leia mais

Palavras chaves: Alimentação saudável. Educação. Meio ambiente.

Palavras chaves: Alimentação saudável. Educação. Meio ambiente. GT - 32 EDUCAÇÃO DO CAMPO A IMPORTÂNCIA DA HORTA ESCOLAR PARA A PRENDIZAGEM DOS ALUNOS E O DESENVOLVIMENTO DA SUSTENTABILIDADE Gilmara Teixeira Costa (Graduanda Pedagogia / gilmara-teixeira- 01@hotmail.com/UEPB)

Leia mais

193 - TRABALHOS COM HORTAS ESCOLARES NO MUNICÍPIO DE DIONÍSIO CERQUEIRA, SC

193 - TRABALHOS COM HORTAS ESCOLARES NO MUNICÍPIO DE DIONÍSIO CERQUEIRA, SC Sociedade e Natureza Monferrer RESUMO 193 - TRABALHOS COM HORTAS ESCOLARES NO MUNICÍPIO DE DIONÍSIO CERQUEIRA, SC Fabia Tonini 1 ; Andréia Tecchio 2 O espaço Horta Escolar pode ser utilizado como meio

Leia mais

HQ, INFORMÁTICA E DESENHO: INFORMANDO E DIVERTINDO.

HQ, INFORMÁTICA E DESENHO: INFORMANDO E DIVERTINDO. HQ, INFORMÁTICA E DESENHO: INFORMANDO E DIVERTINDO. Escola Estadual Antônio Ablas Filho Sala 4 / Sessão 1 Professor(es) Apresentador(es): Cibele Vale de Souza Branquinho Maria do Céu Leal Realização: Foco

Leia mais

IDEIAS NO PRATO E.E.PROFª MARIA GUILHERMINA LOPES FAGUNDES Sala 11 Sessão 2

IDEIAS NO PRATO E.E.PROFª MARIA GUILHERMINA LOPES FAGUNDES Sala 11 Sessão 2 IDEIAS NO PRATO E.E.PROFª MARIA GUILHERMINA LOPES FAGUNDES Sala 11 Sessão 2 Professor(es) Apresentador(es): Maria de Fátima de Freitas Menezes Silvia Moreira Ramos Realização: Foco Projeto interdisciplinar

Leia mais

Capitulo 3 Horta Orgânica

Capitulo 3 Horta Orgânica ASSOCIAÇÃO SOCIOAMBIENTALISTA SOMOS UBATUBA Conteúdo Pedagógico Capitulo 3 Horta Orgânica Organização Parceria Convênio Horta Orgânica Introdução Esta etapa é composta por atividades ligadas pelas relações

Leia mais

FIC SEM LIXO - Projeto de Educação Ambiental desenvolvido na Escola Estadual Professor Francisco Ivo Cavalcanti em Natal/RN

FIC SEM LIXO - Projeto de Educação Ambiental desenvolvido na Escola Estadual Professor Francisco Ivo Cavalcanti em Natal/RN FIC SEM LIXO - Projeto de Educação Ambiental desenvolvido na Escola Estadual Professor Francisco Ivo Cavalcanti em Natal/RN Brenda Luíza Patriota Lima e Silva¹ André Elias Nóbrega² João Batista dos Santos³

Leia mais

FORMULÁRIO PADRÃO PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS ENSINO INOVADOR

FORMULÁRIO PADRÃO PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS ENSINO INOVADOR FORMULÁRIO PADRÃO PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS ENSINO INOVADOR Título do Projeto: Fruticultura: Tecnologias para a fruticultura regional. Unidade(s) de aprendizagem ou disciplina de referência: Fruticultura

Leia mais

HORTA ESCOLAR NA EDUCAÇÃO INFANTIL: PRÁTICAS SUSTENTÁVEIS PARA O DESENVOLVIMENTO DE UMA CONSCIÊNCIA PLANETÁRIA

HORTA ESCOLAR NA EDUCAÇÃO INFANTIL: PRÁTICAS SUSTENTÁVEIS PARA O DESENVOLVIMENTO DE UMA CONSCIÊNCIA PLANETÁRIA 02420 HORTA ESCOLAR NA EDUCAÇÃO INFANTIL: PRÁTICAS SUSTENTÁVEIS PARA O DESENVOLVIMENTO DE UMA CONSCIÊNCIA PLANETÁRIA Tatiana de Castro Oliveira - UFPA Marileia Pereira Trindade - UFPA Jennifer Susan Webb

Leia mais

Nome da Ação 1.2: Descrição da Ação 1.2: Nome da Ação 1.3: Descrição da Ação 1.3: Nome da Ação 1.4: Descrição da Ação 1.4:

Nome da Ação 1.2: Descrição da Ação 1.2: Nome da Ação 1.3: Descrição da Ação 1.3: Nome da Ação 1.4: Descrição da Ação 1.4: PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID DETALHAMENTO DO SUBPROJETO 1. Unidade: 2. Área do Subprojeto: Cassilândia 3. Curso(s) envolvido(s) na proposta: Interdisciplinar Obs.: Para

Leia mais

RELATÓRIO DE TRABALHO DOCENTE OUTUBRO DE 2012 EREM JOAQUIM NABUCO

RELATÓRIO DE TRABALHO DOCENTE OUTUBRO DE 2012 EREM JOAQUIM NABUCO UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PERNAMBUCO PIBID PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA CÍCERO WILLIAMS DA SILVA EMERSON LARDIÃO DE SOUZA MARIA DO CARMO MEDEIROS VIEIRA ROBERTO GOMINHO DA SILVA

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE FURG PIBID 2014 SUBPROJETO: Interdisciplinar Coordenador de área: Profª. Dra. Elaine Corrêa Pereira

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE FURG PIBID 2014 SUBPROJETO: Interdisciplinar Coordenador de área: Profª. Dra. Elaine Corrêa Pereira UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE FURG PIBID 2014 SUBPROJETO: Interdisciplinar Coordenador de área: Profª. Dra. Elaine Corrêa Pereira Projeto de trabalho Toda criança tem um repertório de conhecimentos

Leia mais

ESCOLA RUMO A UM FUTURO SUSTENTÁVEL

ESCOLA RUMO A UM FUTURO SUSTENTÁVEL ESCOLA RUMO A UM FUTURO SUSTENTÁVEL Izelia Mayara Maia CASTELLAIN 1, Vitória Imai AMORIM 1, Professora coordenadora Michele C. AREND 2 Identificação autores: 1 Aluna Bolsista PIBIC-EM/CNPq IFC-Campus Camboriú,

Leia mais

IMPLANTAÇÃO DE HORTAS SUSPENSAS DE GARRAFAS PET COMO INSTRUMENTO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA ESCOLA MUNICIPAL ROBERTO SIMOSEN-PB

IMPLANTAÇÃO DE HORTAS SUSPENSAS DE GARRAFAS PET COMO INSTRUMENTO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA ESCOLA MUNICIPAL ROBERTO SIMOSEN-PB IMPLANTAÇÃO DE HORTAS SUSPENSAS DE GARRAFAS PET COMO INSTRUMENTO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA ESCOLA MUNICIPAL ROBERTO SIMOSEN-PB Joseilda de Souza Barros 1 ; André Nunes de Oliveira Lacet 1 ; Neyliane Costa

Leia mais

Instituto Esporte & Educação

Instituto Esporte & Educação Instituto Esporte & Educação O IEE foi criado em 2001 pela medalhista olímpica Ana Moser. A missão do Instituto é contribuir com a formação de cidadãos críticos, participativos e transformadores das suas

Leia mais

DO ESTADO DE SÃO PAULO

DO ESTADO DE SÃO PAULO GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA EDUCAÇÃO APRESENTAÇÃO DO CURRÍCULO CULO OFICIAL DO ESTADO DE SÃO PAULO Slide 1 Dez metas para o ano de 2010 1. Todos os alunos de 8 anos plenamente alfabetizados.

Leia mais

Fundação Carmelitana Mário Palmério - FUCAMP Faculdade de Ciências Humanas e Sociais - FACIHUS Educação de qualidade ao seu alcance

Fundação Carmelitana Mário Palmério - FUCAMP Faculdade de Ciências Humanas e Sociais - FACIHUS Educação de qualidade ao seu alcance SUBPROJETO DE LETRAS PORTUGUÊS/ESPANHOL O ensino da língua espanhola no contexto da escola pública INTRODUÇÃO Este plano procura articular-se de forma integrada com o plano de trabalho institucional, que

Leia mais

Criança Lê Para Criança E.E. Professor Luiz Cintra do Prado Sala 5-2ª Sessão

Criança Lê Para Criança E.E. Professor Luiz Cintra do Prado Sala 5-2ª Sessão Criança Lê Para Criança E.E. Professor Luiz Cintra do Prado Sala 5-2ª Sessão Professora Apresentadora: Maria Aparecida Vieira Russo Realização: Foco Projeto de Língua Portuguesa voltado à alfabetização.

Leia mais

PROJETO 2 EDUCAÇÃO AMBIENTAL E ALIMENTAR COM A HORTA ESCOLAR

PROJETO 2 EDUCAÇÃO AMBIENTAL E ALIMENTAR COM A HORTA ESCOLAR PROJETO 2 EDUCAÇÃO AMBIENTAL E ALIMENTAR COM A HORTA ESCOLAR JUSTIFICATIVA Uma vez que a sobrevivência da sociedade dependerá da alfabetização cultural, social e ecológica e, sendo a Terra nossa casa maior,

Leia mais

EE JARDIM MARIA DIRCE III

EE JARDIM MARIA DIRCE III EE JARDIM MARIA DIRCE III GUARULHOS SP DIRETORIA DE ENSINO GUARULHOS SUL RUA TREZE DE JULHO 52 JD PRESIDENTE DUTRA TEL 11-24331591 E-MAIL e925111a@see.sp.gov.br A BOA EDUCAÇÃO NÃO É AQUELA EM QUE OS EDUCANDOS

Leia mais

Pré Iniciação Científica em Ciências Humanas

Pré Iniciação Científica em Ciências Humanas Pré Iniciação Científica em Ciências Humanas Sala 14 Ciências Humanas e da Natureza EM Integral E.E. Prof. Antônio Alves Cruz Professor Apresentador: Prof. Messias Bortolini Romero Realização: Justificativa

Leia mais

Laboratório Virtual. E.E. Prof. Milton da Silva Rodrigues Sala 12 Sessão 1. O uso da tecnologia como recurso

Laboratório Virtual. E.E. Prof. Milton da Silva Rodrigues Sala 12 Sessão 1. O uso da tecnologia como recurso Laboratório Virtual O uso da tecnologia como recurso E.E. Prof. Milton da Silva Rodrigues Sala 12 Sessão 1 Professores Apresentadores: Raphael Bueno Thiago Xavier Realização: Foco Na elaboração de aulas

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO N 7, DE 31 DE MARÇO DE 2004.

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO N 7, DE 31 DE MARÇO DE 2004. 1 CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO N 7, DE 31 DE MARÇO DE 2004. (*) (**) Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para os cursos de graduação em Educação Física,

Leia mais

Prefeitura Municipal de Santos

Prefeitura Municipal de Santos Prefeitura Municipal de Santos Estância Balneária SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO Seção de Suplência/ SESUPLE Parceiros do Saber Projeto de alfabetização de Jovens e Adultos Justificativa

Leia mais

Luz câmera, ação! Você é o artista com a máquina na mão!

Luz câmera, ação! Você é o artista com a máquina na mão! Luz câmera, ação! Você é o artista com a máquina na mão! E. E. Revendo Augusto Paes de Ávila Sala 2 / Sessão 2 Professora Apresentadora: Vanessa Castelão dos Santos Realização: Foco Desenvolver, por meio

Leia mais

ENSINO-APRENDIZAGEM PARA A CIDADANIA: EXPERIÊNCIA DO PROJETO AGROECOLÓGICO EM ESCOLAS PÚBLICAS EM POMBAL/PB

ENSINO-APRENDIZAGEM PARA A CIDADANIA: EXPERIÊNCIA DO PROJETO AGROECOLÓGICO EM ESCOLAS PÚBLICAS EM POMBAL/PB ENSINO-APRENDIZAGEM PARA A CIDADANIA: EXPERIÊNCIA DO PROJETO AGROECOLÓGICO EM ESCOLAS PÚBLICAS EM POMBAL/PB Introdução Marcos Antonio Lopes do Nascimento Universidade Federal da Paraíba marcosal99@yahoo.com.br

Leia mais

EDUCAÇÃO AMBIENTAL: INTEGRANDO SABERES EM UMA ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DO MUNICÍPIO DE CUITÉ PB

EDUCAÇÃO AMBIENTAL: INTEGRANDO SABERES EM UMA ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DO MUNICÍPIO DE CUITÉ PB EDUCAÇÃO AMBIENTAL: INTEGRANDO SABERES EM UMA ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL DO MUNICÍPIO DE CUITÉ PB 1 Cláudia Patrícia Fernandes dos Santos, UFCG 2 Marcondes Fernando Pereira Carvalho, UFCG 3 Edson de

Leia mais

INTEGRAÇÃO E MOVIMENTO- INICIAÇÃO CIENTÍFICA E.E. JOÃO XXIII SALA 15 - Sessão 2

INTEGRAÇÃO E MOVIMENTO- INICIAÇÃO CIENTÍFICA E.E. JOÃO XXIII SALA 15 - Sessão 2 INTEGRAÇÃO E MOVIMENTO- INICIAÇÃO CIENTÍFICA E.E. JOÃO XXIII SALA 15 - Sessão 2 Professor(es) Apresentador(es): Ana Lúcia Teixeira de Araújo Durigan Nelcy Aparecida de Araújo Realização: Apresentação do

Leia mais

PROJETO: DE ONDE VEM? PARA ONDE VAI? Sustentabilidade e Consumismo EMEI GUIA LOPES DRE FO

PROJETO: DE ONDE VEM? PARA ONDE VAI? Sustentabilidade e Consumismo EMEI GUIA LOPES DRE FO PROJETO: DE ONDE VEM? PARA ONDE VAI? Sustentabilidade e Consumismo EMEI GUIA LOPES DRE FO Como tudo começou A EMEI Guia Lopes possui uma área verde privilegiada e a criação de uma horta era uma vontade

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Horta Educativa

Mostra de Projetos 2011. Horta Educativa Mostra de Projetos 2011 Horta Educativa Mostra Local de: Cornélio Procópio. Categoria do projeto: Projetos finalizados. Nome da Instituição/Empresa: Escola Municipal João Paulo II - Educação Infantil e

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Orientações para a elaboração do projeto escolar

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Orientações para a elaboração do projeto escolar MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO MÉDIA E TECNOLÓGICA Coordenação-Geral de Ensino Médio Orientações para a elaboração do projeto escolar Questões norteadoras: Quais as etapas necessárias à

Leia mais

Trote solidário: gincana educativa como método para recepção de calouros

Trote solidário: gincana educativa como método para recepção de calouros Trote solidário: gincana educativa como método para recepção de calouros Aline Torino Borges¹; Danyllo Denner de Almeida Costa¹; Jeferson Carlos de Oliveira Silva ¹; Lázaro Macedo Machado¹; Onésio Francisco

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL IZAIAS RAFAEL DA SILVA ENSINO FUNDAMENTAL COLHENDO INFORMAÇÕES E PLANTANDO QUALIDADE DE VIDA

ESCOLA ESTADUAL IZAIAS RAFAEL DA SILVA ENSINO FUNDAMENTAL COLHENDO INFORMAÇÕES E PLANTANDO QUALIDADE DE VIDA ESCOLA ESTADUAL IZAIAS RAFAEL DA SILVA ENSINO FUNDAMENTAL COLHENDO INFORMAÇÕES E PLANTANDO QUALIDADE DE VIDA Projeto realizado por: Vanderlei Ferreira da Silva Thiago de Toledo Alves ORTIGUEIRA PARANÁ

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 003 DE 18 DE SETEMBRO DE 2014.

RESOLUÇÃO Nº 003 DE 18 DE SETEMBRO DE 2014. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA MINAS GERAIS CAMPUS SABARÁ Endereço provisório: Avenida Serra Piedade, 341,

Leia mais

AGROECOLOGIA E EXTENSÃO DENTRO DO CAMPUS LUIZ DE QUEIROZ DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO

AGROECOLOGIA E EXTENSÃO DENTRO DO CAMPUS LUIZ DE QUEIROZ DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Eixo Temático: Ciências Sociais AGROECOLOGIA E EXTENSÃO DENTRO DO CAMPUS LUIZ DE QUEIROZ DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Tomás Mauricio Almeida Carvalho 1 Orientador: Carlos Armênio Kauthonian 2 Resumo: Na

Leia mais

EDUCAÇÃO AMBIENTAL DESENVOLVIDA ATRAVÉS DA ATIVIDADE AGRÍCOLA Promove mudança comportamental de alunos da rede pública.

EDUCAÇÃO AMBIENTAL DESENVOLVIDA ATRAVÉS DA ATIVIDADE AGRÍCOLA Promove mudança comportamental de alunos da rede pública. EDUCAÇÃO AMBIENTAL DESENVOLVIDA ATRAVÉS DA ATIVIDADE AGRÍCOLA Promove mudança comportamental de alunos da rede pública. Glauco Yves Gomes dos Santos Rocha, Graduado do curso de Engenharia Agronômica da

Leia mais

Projeto Foguete E.E. João Amos Comenius Sala 15/ 2ª. Sessão

Projeto Foguete E.E. João Amos Comenius Sala 15/ 2ª. Sessão Projeto Foguete E.E. João Amos Comenius Sala 15/ 2ª. Sessão Professor(es) Apresentador(es): José Luís Zihany Josimeire da Silva Leal Realização: Foco Potencializar o ensino e apresentar metodologias capazes

Leia mais

SÃO PAULO: UM PASSEIO HISTÓRICO PELA MINHA CIDADE

SÃO PAULO: UM PASSEIO HISTÓRICO PELA MINHA CIDADE SÃO PAULO: UM PASSEIO HISTÓRICO PELA MINHA CIDADE Escola Estadual Dr. Luís Arrôbas Martins Sala 11 / Sessão 1 Professor(es) Apresentador(es): Maria Lucia de O C Queirolo Josilene de L Sinezio Realização:

Leia mais

VAMOS APRENDER PLANTANDO: HORTA ESCOLAR COMO RECURSO DIDÁTICO

VAMOS APRENDER PLANTANDO: HORTA ESCOLAR COMO RECURSO DIDÁTICO VAMOS APRENDER PLANTANDO: HORTA ESCOLAR COMO RECURSO DIDÁTICO Lisângela Costa dos Santos¹ Jaílson Severino dos Santos ² Valdilene Maria da Silva ² 1-Supervisora PIBIB Ciências-CAV 2- Bolsistas PIBID Ciências-CAV

Leia mais

EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM ESPAÇOS PÚBLICOS: PRESERVAÇÃO DE PRAÇAS

EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM ESPAÇOS PÚBLICOS: PRESERVAÇÃO DE PRAÇAS EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM ESPAÇOS PÚBLICOS: PRESERVAÇÃO DE PRAÇAS Regina de Fátima dos Santos Braz 1, Bruna Barreto Lourenço 2, Gabriela Miriam Bezerra Ribeiro 3, Paloma de Paula Gomes 4 (1) Departamento de

Leia mais

COMPARAÇÃO ENTRE O ENSINO REGULAR E O ESPECIALIZADO PARA OS ALUNOS COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL NO MUNICÍPIO DE ALEGRE-ES.

COMPARAÇÃO ENTRE O ENSINO REGULAR E O ESPECIALIZADO PARA OS ALUNOS COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL NO MUNICÍPIO DE ALEGRE-ES. COMPARAÇÃO ENTRE O ENSINO REGULAR E O ESPECIALIZADO PARA OS ALUNOS COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL NO MUNICÍPIO DE ALEGRE-ES. Iasmini Nicoli Galter 1, Mayla Gava ¹, Henrique Tabelini ¹, Elias Terra Werner².

Leia mais

A Arte de Mãos Dadas com a Geometria

A Arte de Mãos Dadas com a Geometria A Arte de Mãos Dadas com a Geometria E.E. Professor Adolfino de Arruda Castanho Sala 12 Sessão 1 Professora Apresentadora: Aline Alvarenga Realização: Foco Projeto Interdisciplinar de Artes e Matemática.

Leia mais

Escola Municipal José Clarindo Gomes RESGATE E VALORIZAÇÃO DAS PLANTAS MEDICINAIS, COMO INSTRUMENTO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL

Escola Municipal José Clarindo Gomes RESGATE E VALORIZAÇÃO DAS PLANTAS MEDICINAIS, COMO INSTRUMENTO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL Escola Municipal José Clarindo Gomes RESGATE E VALORIZAÇÃO DAS PLANTAS MEDICINAIS, COMO INSTRUMENTO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL Cabo de Santo Agostinho, 2010. Local O Projeto será desenvolvido na Escola Municipal

Leia mais

PROJETO HORTA E ALIMENTAÇÃO SAÚDAVEL

PROJETO HORTA E ALIMENTAÇÃO SAÚDAVEL PROJETO HORTA E ALIMENTAÇÃO SAÚDAVEL Público Alvo Destinado a alunos de Educação Infantil Duração: O projeto se caracteriza por ser uma atividade continuada, portanto, não tem hora ou tempo de duração

Leia mais

PROJETO CIDADANIA NA COMUNIDADE (COMUNIDADE DA ESCOLA SETE LÉGUAS)

PROJETO CIDADANIA NA COMUNIDADE (COMUNIDADE DA ESCOLA SETE LÉGUAS) PROJETO CIDADANIA NA COMUNIDADE (COMUNIDADE DA ESCOLA SETE LÉGUAS) Rio Verde 2010 MUNICÍPIO DE RIO VERDE-GO Professora responsável: Lílian Alves Rosa da Silva. Endereço: Rua Juarez Fernandes, nº. 178,

Leia mais

GEOGRAFIA E HORTAS AGROECOLOGICAS: PRÁTICA EDUCATIVA NAS ESCOLAS SOBRE UM NOVO PRISMA DE ENSINO - APRENDIZAGEM

GEOGRAFIA E HORTAS AGROECOLOGICAS: PRÁTICA EDUCATIVA NAS ESCOLAS SOBRE UM NOVO PRISMA DE ENSINO - APRENDIZAGEM GEOGRAFIA E HORTAS AGROECOLOGICAS: PRÁTICA EDUCATIVA NAS ESCOLAS SOBRE UM NOVO PRISMA DE ENSINO - APRENDIZAGEM Edilson Ramos de oliveira (UFCG); Larissa Barreto Barbosa (UEPB); Nayara Cardoso Ribeiro (UFCG);

Leia mais

PRATICANDO OS 3R s. 1. Introdução

PRATICANDO OS 3R s. 1. Introdução PRATICANDO OS 3R s América SANTIAGO 1 Barbara Baumgarten Baião PEREIRA 2 Faida Denise RODRIGUES 3 Patrícia Cardoso BRÍGIDO 2 Thaise Domingos Martins de SOUZA 1 Tamires CEOLIN 1 RESUMO: Este artigo tem

Leia mais

PRÁTICAS AMBIENTAIS SUSTENTÁVEIS 1 RESUMO

PRÁTICAS AMBIENTAIS SUSTENTÁVEIS 1 RESUMO PRÁTICAS AMBIENTAIS SUSTENTÁVEIS 1 BOHRER, Temis Regina Jacques 2 ; HERDINA, Renata 3 ; MALLMANN, Claudete Teresinha Klafke 3 ; SENTER, Malena 3 ; ZUFFO, Sinandra 3 ; RADAELLI, Thayná 3 ; GUERIZZOLI, Marta

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO PAISAGISMO

MEMORIAL DESCRITIVO PAISAGISMO Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina Coordenadoria de Infraestrutura e Serviços Seção de Engenharia e Arquitetura MEMORIAL DESCRITIVO PAISAGISMO Cartório Eleitoral de Pinhalzinho/SC Fevereiro,

Leia mais

SENAI. Linhas de atuação prioritárias : Educação Profissional e Tecnológica Inovação e Tecnologia Industriais

SENAI. Linhas de atuação prioritárias : Educação Profissional e Tecnológica Inovação e Tecnologia Industriais SENAI Missão: Promover a educação profissional e tecnológica, a inovação e a transferência de tecnologias industriais, contribuindo para elevar a competitividade da Indústria Brasileira. Linhas de atuação

Leia mais

A PERCEPÇÃO DE GRADUANDOS EM PEDAGOGIA SOBRE A EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA FORMAÇÃO DO EDUCADOR EM UMA FACULDADE EM MONTE ALEGRE DO PIAUÍ - PI

A PERCEPÇÃO DE GRADUANDOS EM PEDAGOGIA SOBRE A EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA FORMAÇÃO DO EDUCADOR EM UMA FACULDADE EM MONTE ALEGRE DO PIAUÍ - PI A PERCEPÇÃO DE GRADUANDOS EM PEDAGOGIA SOBRE A EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA FORMAÇÃO DO EDUCADOR EM UMA FACULDADE EM MONTE ALEGRE DO PIAUÍ - PI Kássia Hellem Tavares da Silva (*), Lorrane de Castro Miranda, Israel

Leia mais

ESCOLA MUNICIPAL DE PERÍODO INTEGRAL IRMÃ MARIA TAMBOSI

ESCOLA MUNICIPAL DE PERÍODO INTEGRAL IRMÃ MARIA TAMBOSI PREFEITURA MUNICIPAL DE LONTRAS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, CULTURA E ESPORTE ESCOLA MUNICIPAL DE PERÍODO INTEGRAL IRMÃ MARIA TAMBOSI DESPERTANDO AÇÕES SUSTENTÁVEIS LONTRAS 2013 1.TEMA A preservação

Leia mais

Programa de Educação Dinâmica Progressiva PEDP

Programa de Educação Dinâmica Progressiva PEDP Programa de Educação Dinâmica Progressiva PEDP 1. PRÁTICA EFICAZ DE GESTÃO EDUCACIONAL 1.1. Histórico da Prática Eficaz descrever como surgiu o programa/prática e indicar a data de início das ações. O

Leia mais

CONTRIBUINDO PARA A IMPLEMENTAÇÃO DO MODELO DE GESTÃO E PEDAGÓGICO DO PROGRAMA ENSINO INTEGRAL

CONTRIBUINDO PARA A IMPLEMENTAÇÃO DO MODELO DE GESTÃO E PEDAGÓGICO DO PROGRAMA ENSINO INTEGRAL CONTRIBUINDO PARA A IMPLEMENTAÇÃO DO MODELO DE GESTÃO E PEDAGÓGICO DO PROGRAMA ENSINO INTEGRAL PUBLICO ALVO Professores do Ensino Fundamental II e do Ensino Médio e Professores Coordenadores Pedagógicos

Leia mais

CAPACITAÇÃO E IMPLANTAÇÃO DE BOAS PRÁTICAS NAS COZINHAS E HORTA DAS ESCOLAS DO MUNICÍPIO DE ARARUNA PB

CAPACITAÇÃO E IMPLANTAÇÃO DE BOAS PRÁTICAS NAS COZINHAS E HORTA DAS ESCOLAS DO MUNICÍPIO DE ARARUNA PB CAPACITAÇÃO E IMPLANTAÇÃO DE BOAS PRÁTICAS NAS COZINHAS E HORTA DAS ESCOLAS DO MUNICÍPIO DE ARARUNA PB MACEDO, Géssica da Silva¹; BRASIL, Edvânia da Silva Pereira²; MOREIRA, Jarbas Sobreira³; SILVA, Poliane

Leia mais

Quem faz a diferença? E.E.E.I. Olímpio Catão Sala 10 - Sessão 1

Quem faz a diferença? E.E.E.I. Olímpio Catão Sala 10 - Sessão 1 Quem faz a diferença? E.E.E.I. Olímpio Catão Sala 10 - Sessão 1 Professor(es) Apresentador(es): responsável: Simone da Silva de Paula corresponsável: Lucilene Fernandes Realização: Foco O Projeto Quem

Leia mais

A Matemática no Atletismo E.E.I.Carlos Maximiliano Pereira dos Santos Sala 14 / 2ª. Sessão

A Matemática no Atletismo E.E.I.Carlos Maximiliano Pereira dos Santos Sala 14 / 2ª. Sessão A Matemática no Atletismo E.E.I.Carlos Maximiliano Pereira dos Santos Sala 14 / 2ª. Sessão Professor(es) Apresentador(es): Vanildo Cunha Santos Walnice Luciene Feltran Realização: Foco Projeto elaborado

Leia mais

Projeto Brincadeiras tradicionais

Projeto Brincadeiras tradicionais Projeto Brincadeiras tradicionais E. E. Dr Luis Arrôbas Martins Sala 4-1ª Sessão Professor(es) Apresentador(es): Cristiane Moreno Nascimento Tatiane Cecília da Silva Nardi Realização: Foco Possibilitar

Leia mais

Anexo I CATEGORIA I: ACESSIBILIDADE CATEGORIA II: CULTURA CATEGORIA III: EDUCAÇÃO DESCRIÇÃO. Acessibilidade. Acesso à cultura

Anexo I CATEGORIA I: ACESSIBILIDADE CATEGORIA II: CULTURA CATEGORIA III: EDUCAÇÃO DESCRIÇÃO. Acessibilidade. Acesso à cultura Anexo I CATEGORIA I: ACESSIBILIDADE Acessibilidade Projetos para implementação de políticas públicas e interdisciplinares adequados à inclusão social, para que mais pessoas possam usufruir dos direitos

Leia mais

PLANTANDO IDEIAS NA ESCOLA PARA PRESERVAR O MEIO AMBIENTE

PLANTANDO IDEIAS NA ESCOLA PARA PRESERVAR O MEIO AMBIENTE 1 PLANTANDO IDEIAS NA ESCOLA PARA PRESERVAR O MEIO AMBIENTE Mônica Raquel da Silva Lopes (Bolsista do PIBID/BIOLOGIA/UFRN)¹ Vladimir Vieira do Nascimento (Bolsista do PIBID/BIOLOGIA/UFRN)² Ivaneide Alves

Leia mais

COMPOSTAGEM: um terreno fértil para a consciência ambiental.

COMPOSTAGEM: um terreno fértil para a consciência ambiental. COMPOSTAGEM: um terreno fértil para a consciência ambiental. PANZENHAGEN, Liane Margarete 1, VALE, Giovane Maia 2 ; MOREIRA, Ilson 3. Palavras-chave: composteira, meio ambiente, comunidade escolar. Introdução

Leia mais

Indicativos e estratégias para o Redesenho Curricular no RN.

Indicativos e estratégias para o Redesenho Curricular no RN. GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO E DA ULTURA COORDENADORIA DE DESENVOLVIMENTO ESCOLAR SUBCOORDENADORIA DE ENSINO MÉDIO Indicativos e estratégias para o Redesenho

Leia mais

Comunicação e Cultura Fortaleza

Comunicação e Cultura Fortaleza Comunicação e Cultura Fortaleza Contexto Em Fortaleza, o projeto Mudando sua Escola, Mudando sua Comunidade, Melhorando o Mundo! trabalhou nas atividades de produção de jornais escolares com a participação

Leia mais

Alimentação Saudável E.E. Ludovina Credidio Peixoto Sala 11 Sessão 2

Alimentação Saudável E.E. Ludovina Credidio Peixoto Sala 11 Sessão 2 Alimentação Saudável E.E. Ludovina Credidio Peixoto Sala 11 Sessão 2 Professor(es) Apresentador(es): Ivana Grandino Vanessa Ribeiro Vilma Nascimento Realização: Foco Projeto interdisciplinar visando às

Leia mais

MEIO AMBIENTE E O JARDIM GEOMÉTRICO

MEIO AMBIENTE E O JARDIM GEOMÉTRICO MEIO AMBIENTE E O JARDIM GEOMÉTRICO Carla Bem PEREIRA 1 Carla Medeiros Roussenq LEAL 2 Daniele Lopes NETO 3 Josiane Piovezan PACHECO 4 Lara Nascimento de CAMPOS 5 RESUMO: O artigo apresenta a implantação

Leia mais

Jovens Empreendedores E.E. Professora Olga Benatti Sala 8 / 2ª. Sessão

Jovens Empreendedores E.E. Professora Olga Benatti Sala 8 / 2ª. Sessão Jovens Empreendedores E.E. Professora Olga Benatti Sala 8 / 2ª. Sessão Professor(es) Apresentador(es): Claudia Roquetto Vera Lúcia Mendes Realização: Foco Projeto elaborado para a disciplina eletiva de

Leia mais

Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia Brasil. Educação: Ensino, pesquisa e extensão! Solange Barreto Chaves¹

Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia Brasil. Educação: Ensino, pesquisa e extensão! Solange Barreto Chaves¹ Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia Brasil Educação: Ensino, pesquisa e extensão! Solange Barreto Chaves¹ Resumo O presente texto tem por objetivo refletir e discutir sobre a integração entre ensino,

Leia mais

ABORDAGEM DO CICLO DE POLÍTICAS SEGUNDO STEPHEN BALL

ABORDAGEM DO CICLO DE POLÍTICAS SEGUNDO STEPHEN BALL Departamento de Educação 1 ABORDAGEM DO CICLO DE POLÍTICAS SEGUNDO STEPHEN BALL Aluna: Ana Carolina de Souza e Paula Gomes Orientadora: Maria Inês G.F. Marcondes de Souza Introdução Esse texto é resultado

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO 1.ª SÉRIE CÓDIGO DISCIPLINAS TEOR PRAT CHA PRÉ-REQUISITO PSICOLOGIA DA EDUCAÇÃO I ( INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA)

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO 1.ª SÉRIE CÓDIGO DISCIPLINAS TEOR PRAT CHA PRÉ-REQUISITO PSICOLOGIA DA EDUCAÇÃO I ( INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA) Curso: Graduação: Habilitação: Regime: Duração: PEDAGOGIA LICENCIATURA MATRIZ CURRICULAR FORMAÇÃO PARA O MAGISTÉRIO NAS QUATRO PRIMEIRAS SÉRIES DO ENSINO FUNDAMENTAL SERIADO ANUAL - NOTURNO 04 (QUATRO)

Leia mais

Plano de Gestão 2013-2015

Plano de Gestão 2013-2015 Plano de Gestão 2013-2015 CANDIDATAS DIRETORA: MARIA MAGARI INDA DA ROCHA VICE-DIRETORA: LUCI MEIRE RISSO BARBOSA PLANO DE GESTÃO A escola onde trabalho está baseada nos valores humanistas, tendo como

Leia mais

Diário Oficial 31 32 Diário Oficial Resolução SE 52, de 2-10-2014

Diário Oficial 31 32 Diário Oficial Resolução SE 52, de 2-10-2014 sexta-feira, 3 de outubro de 2014 Diário Oficial Poder Executivo - Seção I São Paulo, 124 (187) 31 32 São Paulo, 124 (187) Diário Oficial Poder Executivo - Seção I sexta-feira, 3 de outubro de 2014 Resolução

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO PIBID NA FORMAÇÃO DE FUTUROS PROFESSORES Vitor José Petry Universidade Federal da Fronteira Sul - UFFS vitor.petry@uffs.edu.

A IMPORTÂNCIA DO PIBID NA FORMAÇÃO DE FUTUROS PROFESSORES Vitor José Petry Universidade Federal da Fronteira Sul - UFFS vitor.petry@uffs.edu. ISSN 2316-7785 A IMPORTÂNCIA DO PIBID NA FORMAÇÃO DE FUTUROS PROFESSORES Vitor José Petry Universidade Federal da Fronteira Sul - UFFS vitor.petry@uffs.edu.br Resumo O artigo é resultado da análise de

Leia mais

ESPAÇO INCLUSIVO Coordenação Geral Profa. Dra. Roberta Puccetti Coordenação Do Projeto Profa. Espa. Susy Mary Vieira Ferraz RESUMO

ESPAÇO INCLUSIVO Coordenação Geral Profa. Dra. Roberta Puccetti Coordenação Do Projeto Profa. Espa. Susy Mary Vieira Ferraz RESUMO ESPAÇO INCLUSIVO Coordenação Geral Profa. Dra. Roberta Puccetti Coordenação Do Projeto Profa. Espa. Susy Mary Vieira Ferraz RESUMO A inclusão é uma realidade mundial. Desde a Declaração de Salamanca em

Leia mais

ENSINO INTEGRADO DE LÍNGUA INGLESA

ENSINO INTEGRADO DE LÍNGUA INGLESA ENSINO INTEGRADO DE LÍNGUA INGLESA Sala 7 Interdisciplinar EF I EMEF ANEXA AO EDUCANDÁRIO DOM DUARTE Professora Apresentadora: TAÍS SOUZA Realização: Justificativa Visto que o ensino de Língua Inglesa

Leia mais

Governador do Estado de Goiás Dr. Alcides Rodrigues Filho. Secretária de Educação Milca Severino Pereira

Governador do Estado de Goiás Dr. Alcides Rodrigues Filho. Secretária de Educação Milca Severino Pereira Governador do Estado de Goiás Dr. Alcides Rodrigues Filho Secretária de Educação Milca Severino Pereira Gerente de Alimentação e Nutrição Escolar Neusa Maria Silveira de Almeida Núcleo de Supervisão da

Leia mais

PRÁTICAS EDUCACIONAIS NO ENSINO DE CIÊNCIAS NA BUSCA DA SUSTENTABILIDADE

PRÁTICAS EDUCACIONAIS NO ENSINO DE CIÊNCIAS NA BUSCA DA SUSTENTABILIDADE PRÁTICAS EDUCACIONAIS NO ENSINO DE CIÊNCIAS NA BUSCA DA SUSTENTABILIDADE NUNES, M.A.C.; NUNES, Z.C.; LOPES, A.T.N. 1 PRÁTICAS EDUCACIONAIS NO ENSINO DE CIÊNCIAS NA BUSCA DA SUSTENTABILIDADE Maria Aparecida

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO DE PEDAGOGIA Modalidade a Distância

CATÁLOGO DO CURSO DE PEDAGOGIA Modalidade a Distância CATÁLOGO DO CURSO DE PEDAGOGIA Modalidade a Distância ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Pedagogia Tempo de Integralização: Mínimo: 8 semestres Máximo: 14 semestres Nome da Mantida: Centro Universitário

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: EDUCAÇÃO FÍSICA LICENCIATURA MISSÃO DO CURSO O Curso de Licenciatura em Educação Física do Centro Universitário Estácio Radial de São Paulo busca preencher

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR JOSÉ EDSON DOMINGOS DOS SANTOS. 1. PROF. GERENCIADOR DE TEC. EDUCACIONAIS E RECURSOS MIDIÁTICOS: Edvaldo M.

ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR JOSÉ EDSON DOMINGOS DOS SANTOS. 1. PROF. GERENCIADOR DE TEC. EDUCACIONAIS E RECURSOS MIDIÁTICOS: Edvaldo M. GOVERNO DO ESTADO DO MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DE PLANEJAMENTO E APOIO À EDUCAÇÃO COORDENADORIAS DE TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS NÚCLEO DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL-

Leia mais

OS 14 PONTOS DA FILOSOFIA DE DEMING

OS 14 PONTOS DA FILOSOFIA DE DEMING OS 14 PONTOS DA FILOSOFIA DE DEMING 1. Estabelecer a constância de propósitos para a melhoria dos bens e serviços A alta administração deve demonstrar constantemente seu comprometimento com os objetivos

Leia mais

PLANTANDO NOVAS SEMENTES NA EDUCAÇÃO DO CAMPO

PLANTANDO NOVAS SEMENTES NA EDUCAÇÃO DO CAMPO PLANTANDO NOVAS SEMENTES NA EDUCAÇÃO DO CAMPO Alunos Apresentadores:Aline Inhoato; Rafhaela Bueno de Lourenço; João Vitor Barcelos Professor Orientador: Mario Ubaldo Ortiz Barcelos -Email: muobubaldo@gmail.com

Leia mais