1530 O regime de capitanias hereditárias é instituído por D. João III. Primeira expedição colonizadora chefiada por Martim Afonso de Sousa.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "1530 O regime de capitanias hereditárias é instituído por D. João III. Primeira expedição colonizadora chefiada por Martim Afonso de Sousa."

Transcrição

1 Vera, Use a seguinte legenda: Amarelo: o documento para o link encontra-se neste site: Rosa: o documento para o link encontra-se neste site: Verde: o documento para o link encontra-se neste site: Cinza: O documento para o link encontra-se neste site: Ocre: O documento para o link encontra-se neste site: Azul petróleo: O documento para o link encontra-se neste site: Linha do Tempo Brasil colônia Lúcia O regime de capitanias hereditárias é instituído por D. João III. Primeira expedição colonizadora chefiada por Martim Afonso de Sousa Martim Afonso de Souza funda as vilas de São Vicente e de Piratininga As capitanias hereditárias passam a ser doadas a particulares Brás Cubas e Pascoal Fernandes fundam a vila de Santos, na capitania de São Vicente.

2 1538 Chegam os primeiros escravos africanos ao Brasil Criação da Companhia de Jesus Instituição do governo-geral no Brasil. Tomé de Sousa é nomeado por D. João III o primeiro governador-geral do Brasil. Fundação da cidade de Salvador, na Bahia; chegam os primeiros jesuítas, comandados pelo Padre Manuel da Nóbrega Em Salvador chegam as primeiras cabeças-de-gado e os primeiros escravos africanos Chegam, ao Brasil, as primeiras mulheres brancas. Criação do primeiro bispado, sendo nomeado para ele Dom Pero Fernandes Sardinha D. João III nomeia Duarte da Costa segundo governador-geral do Brasil; Anchieta chega a São Vicente O Padre Manuel da Nóbrega funda o Colégio de São Paulo Invasão dos franceses ao Rio de Janeiro, chefiados por Villegaignon, e fundação da colônia França Antártica na região da Guanabara Mem de Sá é nomeado terceiro governador-geral do Brasil Os portugueses destroem e ocupam a França Antártica João Ramalho é declarado capitão-mor de São Paulo de Piratininga Fundação da Vila de São Sebastião, futura cidade do Rio de Janeiro, por Estácio de Sá.

3 1567 Os franceses são derrotados no Rio de Janeiro D. Sebastião garante liberdade aos índios através de Carta régia O Brasil é dividido em dois governos: Rio de Janeiro, com o governador Antônio Salema, e Bahia, com o governador Luís de Brito e Almeida A dualidade de governos no Brasil é abolida e Lourenço da Veiga é escolhido como governador-geral No Maranhão, corsários ingleses, dentre eles Francis Drake, coletam paubrasil Com a morte de D. Sebastião, o reino português passa, por direito de sucessão, a integrar o reino da Espanha É assinado um contrato pelo governador do Rio de Janeiro, Salvador Correia de Sá, autorizando a introdução de escravos africanos Os portugueses, enfrentando os franceses, conquistam a Paraíba Os barcos estrangeiros são proibidos de aportar no Brasil. Na Bahia, é instalado o Tribunal do Santo Ofício, mantido até Felipe II proíbe a escravização indígena Os franceses fundam São Luís do Maranhão, sendo expulsos em Chegada de Antônio Vieira ao Brasil.

4 1615 Os portugueses tomam o Forte de São Luís do Maranhão, ocupando a França Equinocial É criado o Estado do Maranhão (Pará, Ceará e Maranhão) pela Coroa espanhola desligado de subordinação ao Brasil Os holandeses organizam a invasão da Bahia, sendo expulsos em Os holandeses se estabelecem em Pernambuco Batalha de Porto Calvo 1640 Portugal se liberta do domínio espanhol Domínio holandês no Sergipe e Maranhão Holandeses são expulsos do Maranhão. Nassau é destituído de seu cargo pela Companhia das Índias Ocidentais e retorna à Holanda. Início da organização do Quilombo de Palmares Insurreição dos luso-brasileiros em Pernambuco contra os holandeses Os holandeses são derrotados na primeira Batalha dos Guararapes Os holandeses são derrotados na segunda Batalha dos Guararapes O Estado do Maranhão é extinto Expulsão definitiva dos holandeses.

5 1655 Lei dá plenos poderes aos jesuítas sobre os índios Os holandeses reconhecem a perda da colônia do Brasil, em tratado de paz Por decreto, é liberada a entrada de navios estrangeiros no Brasil Diversos núcleos rebeldes são destruídos no Quilombo de Palmares Fundação da colônia portuguesa de Sacramento, na região do Prata. A colônia é arrasada pelos espanhóis. Lei proíbe escravização de povos indígenas É criada a Companhia de Comércio do Maranhão Eclode a Revolta de Beckman, no Maranhão, contra a política colonial A revolta de Beckman é suprimida e seu líder enfocado. Portugal proíbe a instalação de manufaturas no Brasil Domingos Jorge Velho comanda o primeiro ataque ao Quilombo de Palmares Primeiras notícias da existência de ouro em Minas Gerais. Criada na Bahia a primeira Casa da Moeda Zumbi dos Palmares é derrotado e morto pelas tropas de Domingos Jorge Velho e Bernardo Vieira de Melo Assinatura do Tratado de Methuen

6 1706 A colônia de Sacramento é capturada pelos espanhóis Guerra dos Emboabas Carta régia cria a capitania de São Paulo e Minas Guerra dos Mascates, em Pernambuco. Recife é proclamada Vila. São Paulo é elevada a categoria de cidade. Proibição da exportação do ouro sem comprovante de pagamento do quinto A colônia de Sacramento é devolvida aos portugueses Criação das Casas de Fundição 1720 Revolta de Filipe dos Santos em Minas Gerais. Carta régia cria a capitania de Minas Gerais independente de São Paulo Firmado o Tratado de Madri que reconhece os direitos de Portugal às terras localizadas à oeste do Meridiano de Tordesilhas. A prática da derrama é iniciada nas províncias mineradoras Criada a Companhia Geral do Comércio do Grão-Pará e Maranhão Os jesuítas são expulsos do Brasil. O território brasileiro passa a pertencer à Coroa portuguesa com a extinção das últimas capitanias hereditárias A capital do Brasil colônia muda de Salvador para o Rio de Janeiro Ato régio determina a criação do Estado do Maranhão e Piauí, desligado do Pará.

7 1777 É assinado o Tratado de Santo Ildefonso que confirma o de Madri com alterações. A Companhia Geral do Comércio do Grão-Pará e Maranhão é extinta A Inconfidência Mineira é denunciada por Joaquim Silvério dos Reis Tiradentes é condenado à morte e os demais inconfidentes, ao degredo Fundada, na Bahia, a loja maçônica Cavaleiros da Luz A Conjuração Baiana é descoberta e quatro conjurados são enforcados Chegada da família real ao Brasil. D. João assina o Tratado de abertura dos portos do Brasil a todas as nações amigas. Assinado o Alvará de liberação das manufaturas no Brasil.

8 Quadro contendo o título do documento e a referência de localização na linha do tempo total: 14 documentos Rosa 1530 Capitanias hereditárias Tabela com os reis, governadores-gerais e vicereis do Brasil até Quilombo de Palmares Acordo real proposto a Zumbi (1685) 1808 Tratado de Abertura dos portos Alvará de abertura dos portos, 1808 Verde 1534 Capitanias hereditárias Foral do Duarte Coelho (24 set. 1534) 1549 Tomé de Sousa é nomeado por Nomeação de Tomé de Sousa para o cargo de D. João III o primeiro Governador-Geral do Brasil. Carta do Rei D. João III (7 governador-geral do Brasil. jan. 1549) 1789 Joaquim Silvério dos Reis Delação de Joaquim Silvério dos Reis (11 abr. 1789) 1792 Tiradentes Autos do depoimento de Tiradentes (1789 a 1791) / Instruções à tropa no ato da execução de Tiradentes (1792) / Certidão da execução de Tiradentes (21 abr. 1792)) 1808 Alvará de Liberação das Manufaturas Amarelo 1777 É assinado o Tratado de Santo Ildefonso Autorização para se estabelecer qualquer gênero de manufaturas e proibição de se retirar carga de navios prontos para viagem. Alvará e decreto do Príncipe D. João (1 o abril 1808) Tratado de Santo Ildefonso Cinza 1798 Capitanias hereditárias Mapa do Brasil dividido em capitanias hereditárias Ocre

9 1614 Padre Antônio Vieira Sermão pelo Bom Sucesso das Armas de Portugal contra as de Holanda Pregado na Igreja de Nossa Senhora d'ajuda da cidade da Bahia, no anno de 1640, com SS. Sacramento Exposto Azul petróleo 1798 Conjuração Baiana Manifesto da Conjuração Baiana

AS INVASÕES FRANCESAS

AS INVASÕES FRANCESAS AS INVASÕES FRANCESAS 2ª invasão 1612 Maranhão Fundação da França Equinocial e a Cidade de São Luís Comandante Daniel de La Touche Obs: esse período Portugal passava para domínio espanhol 1ª invasão Rio

Leia mais

AS INVASÕES FRANCESAS

AS INVASÕES FRANCESAS AS INVASÕES FRANCESAS 2ª invasão 1612 Maranhão Fundação da França Equinocial e a Cidade de São Luís Comandante Daniel de La Touche Obs: esse período Portugal passava para domínio espanhol 1ª invasão Rio

Leia mais

A Presença Estrangeira no Período Colonial. A Disputa pelas Novas Terras

A Presença Estrangeira no Período Colonial. A Disputa pelas Novas Terras A Presença Estrangeira no Período Colonial. A Disputa pelas Novas Terras O descobrimento de novas terras e riquezas (o pau-brasil) estimulou a cobiça de várias nações européias que iniciavam as suas aventuras

Leia mais

Os Domínios Estrangeiros sobre o Brasil Colonial

Os Domínios Estrangeiros sobre o Brasil Colonial Os Domínios Estrangeiros sobre o Brasil Colonial Franceses, Ingleses e Holandeses Prof. Alan Carlos Ghedini O princípio: competição nos mares Portugal e Espanha chegaram primeiro à corrida das Grandes

Leia mais

Colonização Portuguesa. Prof. Osvaldo

Colonização Portuguesa. Prof. Osvaldo Colonização Portuguesa Prof. Osvaldo A chegada dos Portugueses Portugal e depois Espanha se tornaram pioneiros nas chamadas Grandes Navegações Portugal buscou contornar a África para tentar chegar ao Oriente

Leia mais

O descobrimento do Brasil

O descobrimento do Brasil Europa: renascimento cultural Brasil... Pindorama... Ilha de Vera Cruz... Terra de Santa Cruz... A Europa estava num processo de transformação que tinha se iniciado no século XIV. Este processo de transformação

Leia mais

MINERAÇÃO E REVOLTAS NO BRASIL COLONIAL

MINERAÇÃO E REVOLTAS NO BRASIL COLONIAL MINERAÇÃO E REVOLTAS NO BRASIL COLONIAL Portugal: crises e dependências -Portugal: acordos comerciais com a Inglaterra; -Exportação de produtos brasileiros; -Tratado de Methuen: redução fiscal para os

Leia mais

Colonização Portuguesa. Prof. Osvaldo

Colonização Portuguesa. Prof. Osvaldo Colonização Portuguesa Prof. Osvaldo Tratado de Tordesilhas de 1494 Terras pertencentes à Espanha Terras pertencentes a Portugal A ficção do Descobrimento Principais povos Indígenas no Brasil No Brasil,

Leia mais

História do Brasil Colônia. Profª Maria Auxiliadora

História do Brasil Colônia. Profª Maria Auxiliadora História do Brasil Colônia Profª Maria Auxiliadora O PERÍODO PRÉ-COLONIAL (1500 1530) Pau-Brasil Extrativismo Vegetal Fabricação de tintura para tecidos. Exploração nômade e predatória. Escambo com índios.

Leia mais

MATERIAL COMPLEMENTAR DE HISTÓRIA PROF. ROSE MARY OLIVEIRA LIMA 8º ANO ENSINO FUNDAMENTAL

MATERIAL COMPLEMENTAR DE HISTÓRIA PROF. ROSE MARY OLIVEIRA LIMA 8º ANO ENSINO FUNDAMENTAL MATERIAL COMPLEMENTAR DE HISTÓRIA PROF. ROSE MARY OLIVEIRA LIMA 8º ANO ENSINO FUNDAMENTAL OS VÁRIOS PROCESSOS DE EXPANSÃO DA COLONIZAÇÃO PORTUGUESA. EXTENSÃO DO TERRITÓRIO BRASILEIRO O Brasil é o 5º maior

Leia mais

Expansão Territorial. Norte (Vale Amazônico): Nordeste: Drogas do Sertão / Missões. Cana-de-açúcar. Sul. Litoral.

Expansão Territorial. Norte (Vale Amazônico): Nordeste: Drogas do Sertão / Missões. Cana-de-açúcar. Sul. Litoral. Expansão Territorial Norte (Vale Amazônico): Drogas do Sertão / Missões Nordeste: Cana-de-açúcar Sertão Nordestino Litoral Sul Pecuária Fortes de defesa Pau-Brasil Missões Jesuíticas Pecuária Tratados

Leia mais

Mineração e a Crise do Sistema Colonial. Prof. Osvaldo

Mineração e a Crise do Sistema Colonial. Prof. Osvaldo Mineração e a Crise do Sistema Colonial Prof. Osvaldo Mineração No final do século XVII, os bandeirantes encontraram ouro na região de Minas Gerais Grande parte do ouro extraído era de aluvião, ou seja,

Leia mais

América Colonial Portuguesa (sécs. XVI-XVIII)

América Colonial Portuguesa (sécs. XVI-XVIII) América Colonial Portuguesa (sécs. XVI-XVIII) 1) Período Pré-Colonial Trinta anos sem projeto de colonização (1500-1530) Interesses voltados para o comércio com o Oriente Desapontamento quanto às potenciais

Leia mais

A COLONIZAÇÃO DO BRASIL

A COLONIZAÇÃO DO BRASIL A COLONIZAÇÃO DO BRASIL OS FUNDAMENTOS DO COLONIALISMO PORTUGUÊS O processo de ocupação e formação do Império Colonial Lusitano baseou-se dentro da ótica mercantilista. Essa forma de organização ficou

Leia mais

Crises na Colônia Portuguesa e a Chegada da Família Real. Prof.ª viviane jordão

Crises na Colônia Portuguesa e a Chegada da Família Real. Prof.ª viviane jordão Crises na Colônia Portuguesa e a Chegada da Família Real Prof.ª viviane jordão INTRODUÇÃO Na segunda metade do século XVIII, novas ideias começaram a se difundir pela América portuguesa. Vindas da Europa,

Leia mais

FORMAÇÃO, LOCALIZAÇÃO E DIVISÃO POLÍTICA DO BRASIL

FORMAÇÃO, LOCALIZAÇÃO E DIVISÃO POLÍTICA DO BRASIL FORMAÇÃO, LOCALIZAÇÃO E DIVISÃO POLÍTICA DO BRASIL ORIGEM E FORMAÇÃO HISTÓRICA A AMÉRICA PORTUGUESA Pelo Tratado de Tordesilhas, assinado a 7 de junho de 1494, por Portugal e Espanha, os domínios dessas

Leia mais

MÓDULO 03 CICLOS ECONÔMICOS E REBELIÕES COLONIAIS

MÓDULO 03 CICLOS ECONÔMICOS E REBELIÕES COLONIAIS MÓDULO 03 CICLOS ECONÔMICOS E REBELIÕES COLONIAIS 3.1- A AGROMANUFATURA AÇUCAREIRA O COMPLEXO AÇUCAREIRO ( XVI / XVII ) - Pré-condições favoráveis( solo, clima, mão-deobra,mercado externo ) - Participação

Leia mais

EUROPA BRASIL SÉCULO XIX AMÉRICA O BRASIL NO FINAL DO SÉCULO XVIII SÉCULO XVIII FINAL DA IDADE MODERNA

EUROPA BRASIL SÉCULO XIX AMÉRICA O BRASIL NO FINAL DO SÉCULO XVIII SÉCULO XVIII FINAL DA IDADE MODERNA O BRASIL NO FINAL DO SÉCULO XVIII SÉCULO XVIII FINAL DA IDADE MODERNA EUROPA Expansão dos Ideais Iluministas Revolução Francesa Fim do Antigo regime Ascensão da Burguesia ao poder Revolução Industrial

Leia mais

Brasil - Colônia e Império 1500-1889

Brasil - Colônia e Império 1500-1889 Brasil - Colônia e Império 1500-1889 Texto adaptado do livro "História do Brazil", de Rocha Pombo, publicado em 1919 pela Editora "Weiszflog Irmãos" Atualização e adaptação: Paulo Victorino José Francisco

Leia mais

Capítulo. Organização político- -administrativa na América portuguesa

Capítulo. Organização político- -administrativa na América portuguesa Capítulo Organização político- -administrativa na América portuguesa 1 O Império Português e a administração da Colônia americana Brasil: 1500-1530 O interesse português pelo território americano era pequeno

Leia mais

A FORMAÇÃO TERRITORIAL BRASILEIRA: UMA ABORDAGEM HISTÓRICA.

A FORMAÇÃO TERRITORIAL BRASILEIRA: UMA ABORDAGEM HISTÓRICA. A FORMAÇÃO TERRITORIAL BRASILEIRA: UMA ABORDAGEM HISTÓRICA. A UNIÃO IBÉRICA (1580 A 1640) OS DESDOBRAMENTOS DA UNIÃO IBÉRICA Juramento de Tomar Perda de Valor da Linha de Tordesilhas Intensificação das

Leia mais

Os movimentos de libertação colonial

Os movimentos de libertação colonial Os movimentos de libertação colonial Fatores determinantes Em fins do século XVIII, iniciaram-se os movimentos que tinham como objetivo libertar a colônia do domínio econômico português. Deste momento

Leia mais

PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DO BRASIL: CRISE DO SISTEMA COLONIAL E VINDA DA FAMÍLIA REAL

PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DO BRASIL: CRISE DO SISTEMA COLONIAL E VINDA DA FAMÍLIA REAL PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DO BRASIL: CRISE DO SISTEMA COLONIAL E VINDA DA FAMÍLIA REAL * Três etapas: 1) Revoltas Nativistas 2) Revoltas Emancipacionistas 3) Período Joanino Família Real no Brasil (1808-1822)

Leia mais

João Paulo I O NORDESTE COLONIAL. Professor Felipe Klovan

João Paulo I O NORDESTE COLONIAL. Professor Felipe Klovan João Paulo I O NORDESTE COLONIAL Professor Felipe Klovan A ECONOMIA AÇUCAREIRA Prof. Felipe Klovan Portugal já possuía experiência no plantio da cana-de-açúcar nas Ilhas Atlânticas. Portugal possuía banqueiros

Leia mais

De que jeito se governava a Colônia

De que jeito se governava a Colônia MÓDULO 3 De que jeito se governava a Colônia Apresentação do Módulo 3 Já conhecemos bastante sobre a sociedade escravista, especialmente em sua fase colonial. Pouco sabemos ainda sobre a organização do

Leia mais

CENTRO CULTURAL DE BELÉM. PALESTRAS SOBRE HISTÓRIA DE PORTUGAL Janeiro Março de 2015. Segunda Parte Época Moderna

CENTRO CULTURAL DE BELÉM. PALESTRAS SOBRE HISTÓRIA DE PORTUGAL Janeiro Março de 2015. Segunda Parte Época Moderna CENTRO CULTURAL DE BELÉM PALESTRAS SOBRE HISTÓRIA DE PORTUGAL Janeiro Março de 2015 Segunda Parte Época Moderna Nuno Gonçalo Monteiro Instituto de Ciências Sociais Universidade de Lisboa Quarta Sessão

Leia mais

Memórias de um Brasil holandês. 1. Responda: a) Qual é o período da história do Brasil retratado nesta canção?

Memórias de um Brasil holandês. 1. Responda: a) Qual é o período da história do Brasil retratado nesta canção? Material elaborado pelo Ético Sistema de Ensino Ensino fundamental Publicado em 2012 Prova bimestral 3 o Bimestre 4 o ano história Data: / / Nível: Escola: Nome: Memórias de um Brasil holandês Nessa terra

Leia mais

BRASIL COLÔNIA (1500 1822)

BRASIL COLÔNIA (1500 1822) 1. CARACTERÍSTICAS GERAIS DO PERÍODO COLONIAL Colônia de exploração (fornecimento de gêneros inexistentes na Europa). Monocultura. Agroexportação. Latifúndio. Escravismo. Pacto Colonial (monopólio de comércio

Leia mais

1- ENTRADAS E BANDEIRAS ENTRADAS

1- ENTRADAS E BANDEIRAS ENTRADAS 1- ENTRADAS E BANDEIRAS ENTRADAS (sec. 16 e 17) expedições militares, organizadas e financiadas pela Coroa Portuguesa a fim de procurar ouro no interior. BANDEIRAS (sec. 17) expedições financiadas por

Leia mais

A Ocupação do Litoral e a Expansão Territorial. Introdução:

A Ocupação do Litoral e a Expansão Territorial. Introdução: COLÉGIO MILITAR DE JUIZ DE FORA 2007 HISTÓRIA - 5ª SÉRIE DO ENSINO FUNDAMENTAL Nº: NOME: TURMA: A Ocupação do Litoral e a Expansão Territorial. Introdução: Durante o século XVI, as povoações geralmente

Leia mais

AULA 2 BRASIL COLONIAL ECONOMIA E SOCIEDADE AÇUCAREIRA (SÉC. XVI E XVII)

AULA 2 BRASIL COLONIAL ECONOMIA E SOCIEDADE AÇUCAREIRA (SÉC. XVI E XVII) Catarina Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Campus Joinville Curso: CTI - Mecânica e Eletroeletrônica Módulo: IV Unidade Curricular: História III Prof. Anderson dos Santos AULA

Leia mais

Economia e Sociedade Açucareira. Alan

Economia e Sociedade Açucareira. Alan Economia e Sociedade Açucareira Alan Características coloniais gerais Colônia de exploração Existência de Pacto Colonial Monopólio Economia de exportação de produtos tropicais Natureza predatória extrativista,

Leia mais

1554 Fundação da Vila de São Paulo de Piratininga.De início pequena agricultura de substância.(via apresamento).

1554 Fundação da Vila de São Paulo de Piratininga.De início pequena agricultura de substância.(via apresamento). HB. Expansão territorial da colônia. Expansão territorial Bandeirantes. 1554 Fundação da Vila de São Paulo de Piratininga.De início pequena agricultura de substância.(via apresamento). Mão-de-obra indígena.

Leia mais

Invasões Holandesas. 1630 uma armada holandesa ocupou Olinda e o Recife.

Invasões Holandesas. 1630 uma armada holandesa ocupou Olinda e o Recife. Invasões Holandesas A dependência holandesa do açúcar brasileiro era enorme; Entre 1625 e 1630 a Holanda dedicou-se aos ataques de corsários, no litoral brasileiro e região do Caribe, chegando a ocupar

Leia mais

Portugal e Brasil no século XVII. Domínio espanhol no Brasil(1580-1640)

Portugal e Brasil no século XVII. Domínio espanhol no Brasil(1580-1640) Portugal e Brasil no século XVII Domínio espanhol no Brasil(1580-1640) O domínio espanhol. Em 1580, o rei de Portugal, D. Henrique, morreu sem deixar herdeiros ( fim da dinastia de Avis) surgiram disputas

Leia mais

O Brasil holandês http://www.youtube.com/watch?v=lnvwtxkch7q Imagem: Autor Desconhecido / http://educacao.uol.com.br/biografias/domingos-fernandescalabar.jhtm DOMINGOS CALABAR Domingos Fernandes

Leia mais

Questões Brasil Colonial

Questões Brasil Colonial Questões Brasil Colonial (Ufpel 2008) "No decorrer do período colonial no Brasil os interesses entre metropolitanos e colonos foram se ampliando. O descontentamento se agravou quando, a 1º de abril de

Leia mais

Colégio Senhora de Fátima

Colégio Senhora de Fátima Colégio Senhora de Fátima A formação do território brasileiro 7 ano Professora: Jenifer Geografia A formação do território brasileiro As imagens a seguir tem como principal objetivo levar a refletir sobre

Leia mais

Brasil Colônia. Séculos XV-XVIII, Século XIX

Brasil Colônia. Séculos XV-XVIII, Século XIX Brasil Colônia Séculos XV-XVIII, Século XIX 1494 O Tratado de Tordesilhas, acordo assinado por Portugal e Espanha, divide o mundo a partir de um meridiano 370 léguas a oeste do arquipélago de Cabo Verde.

Leia mais

PROVA BIMESTRAL História

PROVA BIMESTRAL História 7 o ano 4 o bimestre PROVA BIMESTRAL História Escola: Nome: Turma: n o : Leia o trecho da carta de Pero Vaz de Caminha, escrivão da armada de Pedro Álvares Cabral, escrita em maio de 1500 para o rei português

Leia mais

Linga A/905759 LUÍS HENRIQJJE DIAS TAVARES. ./is /'/ DA BAHIA 11' EDIÇÃO (revistaeampliada)

Linga A/905759 LUÍS HENRIQJJE DIAS TAVARES. ./is /'/ DA BAHIA 11' EDIÇÃO (revistaeampliada) Linga A/905759 LUÍS HENRIQJJE DIAS TAVARES./is /'/ DA BAHIA 11' EDIÇÃO (revistaeampliada) SUMARIO Capítulo I Povos que habitavam o atual território do estado da Bahia antes dos europeus e dos africanos

Leia mais

IETAV. System www.concursosecursos.com.br HISTÓRIA BRASIL INÍCIO DO PROCESSO DE COLONIZAÇÃO

IETAV. System www.concursosecursos.com.br HISTÓRIA BRASIL INÍCIO DO PROCESSO DE COLONIZAÇÃO IETAV System www.concursosecursos.com.br HISTÓRIA BRASIL INÍCIO DO PROCESSO DE COLONIZAÇÃO A expansão comercial e marítima européia Europa - século XIV - crise econômica e social: guerras, rebeliões, fome

Leia mais

Colégio Marista São José Montes Claros MG Prof. Sebastião Abiceu 7º ano

Colégio Marista São José Montes Claros MG Prof. Sebastião Abiceu 7º ano Colégio Marista São José Montes Claros MG Prof. Sebastião Abiceu 7º ano 1. CARACTERÍSTICAS GERAIS DO PERÍODO COLONIAL Colônia de exploração (fornecimento de gêneros inexistentes na Europa). Monocultura.

Leia mais

Movimentos de Pré- Independência e Vinda da Família Real. História C Aula 08 Prof. Thiago

Movimentos de Pré- Independência e Vinda da Família Real. História C Aula 08 Prof. Thiago Movimentos de Pré- Independência e Vinda da Família Real História C Aula 08 Prof. Thiago Movimentos de Pré- Independência Século XVIII e XIX Crise do mercantilismo e do Estado Absolutista Hegemonia de

Leia mais

Superioridade ibérica nos mares

Superioridade ibérica nos mares 2.ª metade do século XVI Superioridade ibérica nos mares PORTUGAL Entre 1580 e 1620 ESPANHA Império Português do oriente entra em crise devido a Escassez de gentes e capitais Grande extensão dos domínios

Leia mais

DA CONQUISTA A COLONIZAÇÃO DAS AMÉRICAS DA CONQUISTA A COLONIZAÇÃO DAS AMÉRICAS. -Atinge as Índias contornando a costa da África

DA CONQUISTA A COLONIZAÇÃO DAS AMÉRICAS DA CONQUISTA A COLONIZAÇÃO DAS AMÉRICAS. -Atinge as Índias contornando a costa da África DA CONQUISTA A COLONIZAÇÃO DAS AMÉRICAS EXPANSÃO MARÍTIMA início século XV ( 1415 ) DA CONQUISTA A COLONIZAÇÃO DAS AMÉRICAS EXPANSÃO MARÍTIMA início século XV ( 1415 ) PORTUGAL -Atinge as Índias contornando

Leia mais

A novidade é que o Brasil não é só litoral É muito mais é muito mais que qualquer zona sul Tem gente boa espalhada por este Brasil Que vai fazer

A novidade é que o Brasil não é só litoral É muito mais é muito mais que qualquer zona sul Tem gente boa espalhada por este Brasil Que vai fazer CAUSAS: Acirramento da concorrência comercial entre as potências coloniais; Crise das lavouras de cana; Estagnação da economia portuguesa na segunda metade do século XVII; Necessidade de encontrar metais

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 1ª PROVA PARCIAL DE HISTÓRIA Aluno(a): Nº Ano: 8º Turma: Data: 02/04/2011 Nota: Professora: Ivana Valor da Prova: 50 pontos Assinatura do responsável: Orientações

Leia mais

Aula 09 - Brasil colonial. Administração e Economia

Aula 09 - Brasil colonial. Administração e Economia Aula 09 - Brasil colonial Administração e Economia O período colonial brasileiro pode ser dividido em período précolonial e período colonial. 1.PERÍODO PRÉ-COLONIAL (1500/1530) Fase caracterizada por uma

Leia mais

- Século XVI estabeleceu o domínio inglês na costa norte da América do Norte fundam Treze Colônias Atual

- Século XVI estabeleceu o domínio inglês na costa norte da América do Norte fundam Treze Colônias Atual DA CONQUISTA A COLONIZAÇÃO DAS AMÉRICAS EXPANSÃO MARÍTIMA início século XV ( 1415 ) -Atinge as Índias contornando a costa da África PORTUGAL -1500 supera os obstáculos do Atlântico chega ao Brasil ESPANHA

Leia mais

INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA LATINA (1808-1826) Profª Adriana Moraes

INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA LATINA (1808-1826) Profª Adriana Moraes INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA LATINA (1808-1826) Profª Adriana Moraes A independência foi o processo político e militar que afetou todas as regiões situadas entre os vicereinados da Nova Espanha e do Rio da

Leia mais

AVALIAÇÃO PARCIAL I CAPÍTULO 4 PP. 76 A 84; 92 CAPÍTULO 5 PP. 98 A 107 CAPÍTULO 15 PP

AVALIAÇÃO PARCIAL I CAPÍTULO 4 PP. 76 A 84; 92 CAPÍTULO 5 PP. 98 A 107 CAPÍTULO 15 PP ABSOLUTISMO AVALIAÇÃO PARCIAL I CAPÍTULO 4 PP. 76 A 84; 92 CAPÍTULO 5 PP. 98 A 107 CAPÍTULO 15 PP. 268 A 274 CONTEÚDO EM SALA DE AULA SLIDES PORTAL ROTEIRO NO CADERNO A SOCIEDADE DO ANTIGO REGIME XV-XVIII

Leia mais

TEMA F.1 O IMPÉRIO PORTUGUÊS E A CONCORRÊNCIA INTERNACIONAL

TEMA F.1 O IMPÉRIO PORTUGUÊS E A CONCORRÊNCIA INTERNACIONAL TEMA F.1 O IMPÉRIO PORTUGUÊS E A CONCORRÊNCIA INTERNACIONAL A partir de meados do séc. XVI, o Império Português do Oriente entrou em crise. Que fatores contribuíram para essa crise? Recuperação das rotas

Leia mais

GABARITOS MÓDULO I - HISTÓRIA II

GABARITOS MÓDULO I - HISTÓRIA II GABARITOS MÓDULO I - HISTÓRIA II UNIDADE 1 PRÉ-HISTÓRIA DO BRASIL 1) Sobre os povos dos sambaquis, é incorreto afirmar que: a) sendo nômades, ocuparam a faixa amazônica, deslocando-se durante milhares

Leia mais

AS GRANDES NAVEGAÇÕES

AS GRANDES NAVEGAÇÕES AS GRANDES NAVEGAÇÕES A formação de Portugal está ligada às lutas de reconquista da Península Ibérica ao domínio muçulmano. Tais lutas ocorreram dentro das características do feudalismo. Formação do Estado

Leia mais

1- MOTIVOS QUE IMPULSIONARAM O INÍCIO DA COLONIZAÇÃO: Crise do comércio português com as Índias

1- MOTIVOS QUE IMPULSIONARAM O INÍCIO DA COLONIZAÇÃO: Crise do comércio português com as Índias 1- MOTIVOS QUE IMPULSIONARAM O INÍCIO DA COLONIZAÇÃO: Crise do comércio português com as Índias Agravamento da crise econômica portuguesa; Descoberta do ouro na América espanhola; Interesse de outros países

Leia mais

FRONTEIRA ILUMINADA HISTÓRIA DO POVOAMENTO, CONQUISTA E LIMITES DO RIO GRANDE DO SUL a partir do Tratado de Tordesilhas (1420-1920)

FRONTEIRA ILUMINADA HISTÓRIA DO POVOAMENTO, CONQUISTA E LIMITES DO RIO GRANDE DO SUL a partir do Tratado de Tordesilhas (1420-1920) SUB Hamburg A/548637 FRONTEIRA ILUMINADA HISTÓRIA DO POVOAMENTO, CONQUISTA E LIMITES DO RIO GRANDE DO SUL a partir do Tratado de Tordesilhas (1420-1920) Fernando Cacciatore de Garcia Editora Sulina Porto

Leia mais

A expansão da América Portuguesa

A expansão da América Portuguesa 8 ANO A/B RESUMO DA UNIDADE 1 DISCIPLINA: HISTÓRIA PROFESSORA: SUELEM *Os índios no Brasil A expansão da América Portuguesa Violência contra os povos indígenas; - Doenças, trabalho forçado; - Foram obrigados

Leia mais

MERCANTILISMO (7a. Parte) Mercantilismo e Violência

MERCANTILISMO (7a. Parte) Mercantilismo e Violência MERCANTILISMO (7a. Parte) Mercantilismo e Violência CURSO: Administração DISCIPLINA: Comércio Exterior FONTE: DIAS, Reinaldo. RODRIGUES, Waldemar. Comércio Exterior Teoria e Gestão. Atlas. São Paulo: 2004.

Leia mais

Unidade 2 A expansão da América Portuguesa

Unidade 2 A expansão da América Portuguesa Sugestões de atividades Unidade 2 A expansão da América Portuguesa 8 HISTÓRIA Investida holandesa Leia o texto a seguir e responda às questões. Os holandeses de olho no açúcar Os holandeses não se tinham

Leia mais

1º Período UNIDADE 1. Exercícios; A aventura de navegar

1º Período UNIDADE 1. Exercícios; A aventura de navegar 1º Período UNIDADE 1 A aventura de navegar Produtos valiosos Navegar em busca de riquezas Viagens espanholas Viagens portuguesas Ampliação O dia a dia dos marinheiros Conhecer as primeiras especiarias

Leia mais

MINERAÇÃO NO BRASIL A DESCOBERTA E EXPLORAÇÃO DO OURO E DO DIAMANTE

MINERAÇÃO NO BRASIL A DESCOBERTA E EXPLORAÇÃO DO OURO E DO DIAMANTE A DESCOBERTA E EXPLORAÇÃO DO OURO E DO DIAMANTE O início da mineração no Brasil; Mudanças sociais e econômicas; Atuação da Coroa portuguesa na região mineira; Revoltas ocorridas pela exploração aurífera;

Leia mais

História do Brasil Colônia

História do Brasil Colônia História do Brasil Colônia Aula VII Objetivo: a expansão e a consolidação da colonização portuguesa na América. A) A economia política da colônia portuguesa. Em O tempo Saquarema, o historiador Ilmar R.

Leia mais

COMISSÃO DE EDUCAÇÃO E CULTURA PROJETO DE LEI Nº 530, DE 2011

COMISSÃO DE EDUCAÇÃO E CULTURA PROJETO DE LEI Nº 530, DE 2011 COMISSÃO DE EDUCAÇÃO E CULTURA PROJETO DE LEI Nº 530, DE 2011 (Do Senado Federal Senador Marco Maciel) Inscreve os nomes de Francisco Barreto de Menezes, João Fernandes Vieira, André Vidal de Negreiros,

Leia mais

CADERNO DE ATIVIDADES

CADERNO DE ATIVIDADES COLÉGIO ARNALDO 2014 CADERNO DE ATIVIDADES HISTÓRIA Aluno (a): 5º ano Turma: Professor (a): Valor: 20 pontos CONTEÚDOS As fontes históricas Patrimônios históricos Da extração à plantação do pau-brasil

Leia mais

A vinda da família real e o governo joanino no Brasil

A vinda da família real e o governo joanino no Brasil A vinda da família real e o governo joanino no Brasil A Europa no século XIX Napoleão realizou uma série de batalhas para a conquista de novos territórios para a França. O exército francês aumentou o número

Leia mais

CATÁLOGO DE DOCUMENTOS MANUSCRITOS AVULSOS REFERENTES À VISITA DO OURO EXISTENTES NO ARQUIVO HISTÓRICO ULTRAMARINO DE LISBOA

CATÁLOGO DE DOCUMENTOS MANUSCRITOS AVULSOS REFERENTES À VISITA DO OURO EXISTENTES NO ARQUIVO HISTÓRICO ULTRAMARINO DE LISBOA CATÁLOGO DE DOCUMENTOS MANUSCRITOS AVULSOS REFERENTES À VISITA DO OURO EXISTENTES NO ARQUIVO HISTÓRICO ULTRAMARINO DE LISBOA ORGANIZAÇÃO DESIGNAÇÃO CÓDIGO / COTA Entidade Detentora: ARQUIVO HISTÓRICO ULTRAMARINO

Leia mais

História. Programação 3. bimestre. Temas de estudo

História. Programação 3. bimestre. Temas de estudo História Olá, pessoal! Vamos conhecer, entre outros fatos, como era o trabalho escravo no Brasil? CHIQUINHA GONZAGA Programação 3. bimestre Temas de estudo O trabalho escravo na formação do Brasil - Os

Leia mais

Resoluções das Atividades

Resoluções das Atividades Resoluções das Atividades Sumário Módulo 1 A conquista da América, a história cultural dos povos indígenas e africanos e a economia açucareira...1 Módulo 2 A mineração no Período Colonial, as atividades

Leia mais

A Crise do Sistema Colonial.

A Crise do Sistema Colonial. Aula 12 A Crise do Sistema Colonial. A partir do século XVIII, a América Colonial passa a conhecer movimentos que reivindicam a separação política em relação à metrópole. Vários foram os fatores que conduziram

Leia mais

R.: R.: 02- A coleta e o transporte do pau-brasil era um trabalho demorado e difícil que os portugueses não conseguiam fazer sozinhos. Responda: R.

R.: R.: 02- A coleta e o transporte do pau-brasil era um trabalho demorado e difícil que os portugueses não conseguiam fazer sozinhos. Responda: R. PROFESSOR: EQUIPE DE HISTÓRIA BANCO DE QUESTÕES - HISTÓRIA - 7º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================================== 01- Quando os portugueses

Leia mais

EXPANSÃO TERRITORIAL DO BRASIL

EXPANSÃO TERRITORIAL DO BRASIL EXPANSÃO TERRITORIAL DO BRASIL Foi a conquista e ocupação do interior do território, além dos limites do Tratado de Tordesilhas. Essa expansão foi responsável pela extensão territorial do Brasil de hoje.

Leia mais

1) Em novembro de 1807, a família real portuguesa deixou Lisboa e, em março de 1808, chegou ao Rio de Janeiro. O acontecimento pode ser visto como:

1) Em novembro de 1807, a família real portuguesa deixou Lisboa e, em março de 1808, chegou ao Rio de Janeiro. O acontecimento pode ser visto como: 1) Em novembro de 1807, a família real portuguesa deixou Lisboa e, em março de 1808, chegou ao Rio de Janeiro. O acontecimento pode ser visto como: a) incapacidade dos Braganças de resistirem à pressão

Leia mais

1º ano. A reconquista ibérica e as grandes navegações Capítulo 10: Item 2 A revolução comercial Capítulo 12: Item 3 O Novo Mundo Capítulo 10: Item 2

1º ano. A reconquista ibérica e as grandes navegações Capítulo 10: Item 2 A revolução comercial Capítulo 12: Item 3 O Novo Mundo Capítulo 10: Item 2 1º ano O absolutismo e o Estado Moderno Capítulo 12: Todos os itens A reconquista ibérica e as grandes navegações Capítulo 10: Item 2 A revolução comercial Capítulo 12: Item 3 O Novo Mundo Capítulo 10:

Leia mais

A FORTALEZA DE SANTA CATARINA Em 1586, o governo de Frutuoso Barbosa reconheceu a necessidade urgente de se construir um forte para a defesa da

A FORTALEZA DE SANTA CATARINA Em 1586, o governo de Frutuoso Barbosa reconheceu a necessidade urgente de se construir um forte para a defesa da / / A CONQUISTA DO TERRITÓRIO Até a metade do século XVI, navegantes franceses frequentavam o nordeste brasileiro e se davam muito bem com os nativos: trocavam quinquilharias pelo pau-brasil, de cuja casca

Leia mais

A Revolução Puritana

A Revolução Puritana A Revolução Puritana O que foi a Revolução Puritana A Revolução Puritana, ocorrida na Inglaterra entre 1641 e 1649, originou pela primeira vez a constituição de uma República (1649-1658) em solo inglês.

Leia mais

PROVA BIMESTRAL História

PROVA BIMESTRAL História 7 o ano 4 o bimestre PROVA BIMESTRAL História Escola: Nome: Turma: n o : 1. Leia o texto e responda. Feitoria Igaraçu Fundada pela expedição guarda-costas de Cristóvão Jaques, entre 1516 e 1519. Parece

Leia mais

Ideais revolucionários do século XVIII

Ideais revolucionários do século XVIII Ideais revolucionários do século XVIII O que é Liberdade? Simón Bolívar Venezuela? livro pg. 158. Toussanint-L Overture Haiti livro pg.158. Camponeses mexicanos? livro pg. 158. Indígenas do Peru? livro

Leia mais

Exercícios de Economia Açucareira, União Ibérica e O Brasil Holandês

Exercícios de Economia Açucareira, União Ibérica e O Brasil Holandês Exercícios de Economia Açucareira, União Ibérica e O Brasil Holandês 1. (Enem) O açúcar e suas técnicas de produção foram levados à Europa pelos árabes no século VIII, durante a Idade Média, mas foi principalmente

Leia mais

EXPANSÃO TERRITORIAL DO BRASIL O QUE ERAM AS ENTRADAS E BANDEIRAS?

EXPANSÃO TERRITORIAL DO BRASIL O QUE ERAM AS ENTRADAS E BANDEIRAS? EXPANSÃO TERRITORIAL DO BRASIL Foi a conquista e ocupação do interior do território, além dos limites do Tratado de Tordesilhas. Essa expansão foi responsável pela extensão territorial do Brasil de hoje.

Leia mais

RECUPERAÇÃO FINAL 2015 HISTÓRIA 7º ano

RECUPERAÇÃO FINAL 2015 HISTÓRIA 7º ano História/15 7º ano Turma: 3º trimestre Nome: Data: / / 7ºhis303r RECUPERAÇÃO FINAL 2015 HISTÓRIA 7º ano 3º trimestre Aluno(a), Seguem os conteúdos trabalhados no 3º trimestre. Como base neles você deverá

Leia mais

PERÍODO COLONIAL (1530-1808)

PERÍODO COLONIAL (1530-1808) PERÍODO COLONIAL (1530-1808) O Brasil Colonial foi o período compreendido entre seu povoamento, em 1530, e a proclamação de sua independência, em 1822, no qual o território brasileiro era uma colônia do

Leia mais

Mediterrâneo era de domínio dos árabes Que vendiam aos mercadores italianos que

Mediterrâneo era de domínio dos árabes Que vendiam aos mercadores italianos que HB. 01 Expansão Marítima Foco de interesse Econômico pós-queda Feudal. especiarias do Oriente. Rotas comerciais Mediterrâneo era de domínio dos árabes Que vendiam aos mercadores italianos que Revendiam

Leia mais

Capitanias Hereditárias Governo Geral Economia Colonial Escravidão

Capitanias Hereditárias Governo Geral Economia Colonial Escravidão Capitanias Hereditárias Governo Geral Economia Colonial Escravidão As Capitanias Hereditárias Grandes faixas de terra doadas pelo rei à nobreza e pessoas de confiança. Os Capitães Donatários eram os homens

Leia mais

CADERNO DE ATIVIDADES. História

CADERNO DE ATIVIDADES. História COLÉGIO ARNALDO 2015 CADERNO DE ATIVIDADES História Aluno (a): 4º ano: Turma: Professor (a): Valor: 20 pontos Conteúdo de Recuperação O que é História. Identificar a História como ciência. Reconhecer que

Leia mais

Grandes navegações. Palavras amáveis não custam nada e conseguem muito. Blaise Pascal 3

Grandes navegações. Palavras amáveis não custam nada e conseguem muito. Blaise Pascal 3 Grandes navegações Entre os séculos XV e XVI, a Índia era o maior centro de distribuição de especiarias (pimenta, açafrão, gengibre, canela e outros temperos) do mundo conhecido. Como a distância entre

Leia mais

2. (Pucrs 2014) Considere as afirmações abaixo sobre a crise do Antigo Sistema Colonial e a Independência do Brasil (1822).

2. (Pucrs 2014) Considere as afirmações abaixo sobre a crise do Antigo Sistema Colonial e a Independência do Brasil (1822). 1. (Enem 2014) A transferência da corte trouxe para a América portuguesa a família real e o governo da Metrópole. Trouxe também, e sobretudo, boa parte do aparato administrativo português. Personalidades

Leia mais

Prova bimestral 4 o ANO 2 o BIMESTRE

Prova bimestral 4 o ANO 2 o BIMESTRE Prova bimestral 4 o ANO 2 o BIMESTRE HISTÓRIA Escola: Nome: Data: / / Turma: Pedro Álvares Cabral foi o comandante da primeira expedição portuguesa que chegou ao território que mais tarde receberia o nome

Leia mais

Recuperação Final História 7º ano do EF

Recuperação Final História 7º ano do EF COLÉGIO MILITAR DOM PEDRO II SEÇÃO TÉCNICA DE ENSINO Recuperação Final História 7º ano do EF Aluno: Série: 7º ano Turma: Data: 08 de dezembro de 2015. LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 1. Esta prova

Leia mais

Colonização da Região de São Paulo: Índios, colonos, jesuítas e bandeirantes

Colonização da Região de São Paulo: Índios, colonos, jesuítas e bandeirantes Colonização da Região de São Paulo: Índios, colonos, jesuítas e bandeirantes Maria Aparecida Papali, Maria José Acedo del Olmo e Valéria Zanetti de Almeida 1 Ao longo do século VII, as atividades econômicas

Leia mais

Investidas...pág. 02. Johann Mauritius van Nassau...pág. 03. Batalhas dos Montes Guararapes... pág. 03. BIBLIOGRAFIA...pág. 07

Investidas...pág. 02. Johann Mauritius van Nassau...pág. 03. Batalhas dos Montes Guararapes... pág. 03. BIBLIOGRAFIA...pág. 07 Índice Invasões holandesas... pág. 02 Investidas...pág. 02 Maurício de Nassau...pág. 02 Insurreição Pernambucana... pág. 03 Johann Mauritius van Nassau...pág. 03 Batalhas dos Montes Guararapes... pág.

Leia mais

Expansão do território brasileiro

Expansão do território brasileiro Expansão do território brasileiro O território brasileiro é resultado de diferentes movimentos expansionistas que ocorreram no Período Colonial, Imperial e Republicano. Esse processo ocorreu através de

Leia mais

AULA 4 EXPANSÃO TERRITORIAL BRASILEIRA E ECONOMIA DO OURO

AULA 4 EXPANSÃO TERRITORIAL BRASILEIRA E ECONOMIA DO OURO Catarina Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Campus Joinville Curso: CTI - Mecânica e Eletroeletrônica Módulo: IV Unidade Curricular: História III Prof. Anderson dos Santos AULA

Leia mais

HISTÓRIA - 1 o ANO MÓDULO 12 O BRASIL HOLANDÊS (1630 54)

HISTÓRIA - 1 o ANO MÓDULO 12 O BRASIL HOLANDÊS (1630 54) HISTÓRIA - 1 o ANO MÓDULO 12 O BRASIL HOLANDÊS (1630 54) Como pode cair no enem (ENEM) Rui Guerra e Chico Buarque de Holanda es-creveram uma peça para teatro chamada Calabar, pondo em dúvida a reputação

Leia mais

Aluno(a): Nº. Professor: Barros Antônio Guimarães Dutra Série: 3ª. Disciplina:História(p1,2º. Bimestre ) Data da prova: 30/04/2014

Aluno(a): Nº. Professor: Barros Antônio Guimarães Dutra Série: 3ª. Disciplina:História(p1,2º. Bimestre ) Data da prova: 30/04/2014 Lista de Exercícios Pré Universitário Uni-Anhanguera Aluno(a): Nº. Professor: Barros Antônio Guimarães Dutra Série: 3ª. Disciplina:História(p1,2º. Bimestre ) Data da prova: 30/04/2014 01. (Fatec-SP) Não

Leia mais

América Portuguesa. A metrópole percebe que não está funcionando e decide mudar algumas coisas.

América Portuguesa. A metrópole percebe que não está funcionando e decide mudar algumas coisas. América Portuguesa Aspecto político/formas de governo Capitanias hereditárias É um sistema descentralizado. A metrópole quer gastar o mínimo possível com a exploração, por isso dão a nobres a serviço do

Leia mais

Resoluções de Exercícios

Resoluções de Exercícios Resoluções de Exercícios EA: EXERCÍCIOS DE APRENDIZAGEM EH: EXERCITANDO HABILIDADES TC: TAREFA DE CASA CIÊNCIAS HUMANAS III DARWIN Capítulo 07 EA BLOCO 01 FORMAS DE ORGANIZAÇÃO SOCIAL, MOVIMENTOS SOCIAIS,

Leia mais

EDITAL DE CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR HORISTA

EDITAL DE CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR HORISTA EDITAL DE CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR HORISTA 1) Sociologia II A Escola de Ciências Sociais / CPDOC da FGV-RJ informa a abertura de processo seletivo para a contratação de um professor horista para a disciplina

Leia mais

Emancipação Política do Brasil

Emancipação Política do Brasil Emancipação Política do Brasil Brasil: Colônia de Portugal. Submetido ao Pacto Colonial só pode comerciar com a Metrópole (Portugal) Insatisfação: altos impostos e autoritarismo Revoltas No Brasil Conjuração

Leia mais

A Formação do Território Brasileiro.

A Formação do Território Brasileiro. A Formação do Território Brasileiro. A primeira fronteira do Brasil Fernando e Isabel 1492 - Colombo 1493 papa Alexandre VI (espanhol) editou a Bula Inter Coetera 1494 - Tratado de Tordesilhas. 1530 no

Leia mais