Segunda Conferencia Regional para América Latina y el Caribe sobre el Derecho a la Identidad y Registro Universal de Nacimiento

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Segunda Conferencia Regional para América Latina y el Caribe sobre el Derecho a la Identidad y Registro Universal de Nacimiento"

Transcrição

1 Segunda Conferencia Regional para América Latina y el Caribe sobre el Derecho a la Identidad y Registro Universal de Nacimiento da Presidência da República Brasil - Mercosul

2 Sistema brasileiro de registro civil instituído o sistema de registro civil: nascimento, casamento e óbito; criados os cartórios de registro civil modelo português obrigatoriedade de declarações fornecidas ao Estado e não mais às igrejas; - Sistema privado exercido por delegação do poder público; - Fiscalizado pelo Poder Judiciário; - Poder Executivo como executor de políticas públicas; - Universalização do acesso ao RCN; - Dados sobre o Brasil: - População em 2010: habitantes (dados do IBGE Censo 2010). - Extensão territorial: quilômetros quadrados de área = 47% do território sul-americano - 26 estados + Distrito Federal municípios - Fronteira: Venezuela, Guiana, Suriname, Guiana Francesa, Uruguai, Argentina, Paraguai, Bolívia, Peru e Colômbia. Organização Política: República Federativa Regime democrático - Presidencialismo Chefe do Executivo- Dilma Roussef

3

4 Número de Crianças Sem Registro Civil de Nascimento até um ano após o nascimento Fonte: dados do IBGE censo demográfico 2000 e 2010

5 NORMAS BRASILEIRAS Marco Jurídico Constituição Federal Lei 6.015/19973 Lei de Registros Públicos. Lei 8.560/ 92 - Regula a investigação de paternidade dos filhos havidos fora do casamento e dá outras providências. Lei 9.534/ Gratuidade. Lei / formas de compensação dos atos de cidadania gratuitos. Código Civil (Lei /2002). Art 2 - Personalidade civil da pessoa começa com o nascimento com vida; Art. 9º, I, serão registrados em registro público os nascimentos; Art. 16, quando se refere aos direitos da personalidade, que toda a pessoa tem direito ao nome, nele compreendido o prenome e o sobrenome. Lei /2008. Altera o art. 46 da Lei no 6.015, de 31 de dezembro de Lei de Registros Públicos, para permitir o registro da declaração de nascimento fora do prazo legal diretamente nas serventias extrajudiciais, e dá outras providências. Provimentos Nº 2 (27 de abril 2009) e Nº 3 (17 de novembro de 2009). Conselho Nacional de Justiça. Institui o modelo único de Certidão de Nascimento consignando a matrícula única e padroniza a Certidão de Nascimento. Provimento Nº 13. Corregedoria do CNJ (setembro/2010) Unidade Interligada emissão de certidão de nascimento em maternidades.

6 Marco participativo popular O PNDH-3 é resultado de um processo histórico e democrático, com propostas debatidas e aprovadas na 11ª Conferência Nacional dos Direitos Humanos (2008) e em dezenas de outras conferências com ampla participação da sociedade civil O PNDH-3 foi aprovado pelo Decreto nº 7.037, de 21 de dezembro de 2009 e alterado pelo Decreto nº de 12 de maio de 2010 O PNDH-3 tem como um de seus objetivos estratégicos: Universalização do registro civil de nascimento e ampliação do acesso à documentação básica.

7 Período de Início da Mobilização Nacional a) lançamento da Mobilização Nacional: estratégias emergenciais em 11 estados Fome Zero b) Dia Nacional de Mobilização para o RCN; a) Plano Nacional RCN e DB b) Dia Nacional de Mobilização Rural e Mobilização associada à Ação Global; c) Delegação de competências aos Alfabetizadores do PBA e aos agentes comunitários de saúde como agentes de mobilização para o RCN a) seminários regionais e organização de campanha de sensibilização para o RCN; b) Planos Estaduais para erradicação; focalização da mobilização na Amazônia Legal e no Centro-Oeste e para públicos diversos (indígena). Início da avaliação do Plano Nacional redução para 03 eixos

8 Período de Agenda Social RCN e DB Construção e lançamento da Agenda Social RCN e DB engajamento direto do Presidente Lula. - Decreto nº de 06 de dezembro de 2007: institui a Agenda Social RCN e DB, cria o Comitê Gestor Nacional do Plano Social RCN e DB e estabelece o Compromisso Nacional pela Erradicação do Sub-registro Civil de Nascimento e ampliação do acesso à Documentação Básica Início das reuniões do Comitê Gestor Nacional Coordenado pela SDH/ PR trata-se do órgão de monitoramento e articulação da Agenda sendo composto por 26 outros órgãos governamentais e não governamentais, Subdivide-se em 03 Subcomitês: Sub 1: Mobilização, Sub 2: Documentação Básica, Sub 3: Condições Estruturantes Criação do Código Nacional de Serventia CNS, da matrícula única das certidões de nascimento, casamento e óbito e Início do desenvolvimento do SIRC (Sistema Nacional de Informações de Registro Civil ) com objetivo de unificar, de forma eletrônica, as informações de registro civil Compromisso Mais Nordeste e Mais Amazônia pela Cidadania; Conjunto de 17 convênios com transferência de recurso e estabelecimento de metas entre o governo Federal e os governos Estaduais.

9 Compromisso pactuados na Agenda Social RCN e DB para a erradicação do sub-registro civil 1550 mutirões de emissão de registro civil e documentação básica. (850 Nordeste / 700 Amazônia Legal) 940 Unidades Interligadas(maternidades) a cartórios de registro civil. (700 Nordeste / 240 Amazônia Legal) Meta até o final de 2010: erradicar o sub-registro (reduzir a 5% o índice nacional) Realização de Campanhas Nacionais e regionais permanentes; Atendimento a indígenas, ciganos, ribeirinhos, quilombolas, população rural e povos e comunidades tradicionais; Implantação de comitês gestores estaduais e municipais competência local permanente; Articulação para fornecimento gratuito de documentação à população de baixa renda; Criação do CNS, Desenvolvimento do SIRC Sistema Nacional de Informações de Registro Civil e padronização da certidões civis: nascimento, casamento e óbito;

10 Eixos da Política a partir da Agenda Social RCN e DB Unidade Interligada (Maternidades) SIRC (Sistema Nacional de Informações de Registro Civil) Comitês Gestores e Capacitações Mutirões de documentação Campanhas de conscientização

11 Padronização com papel de segurança Cadastro nacional de serventias - CNS identificação com código único, com Gestão da Corregedoria do Conselho Nacional de Justiça das regras de criação e manutenção desse código normatizadas em todo o país. matrícula numérica, gerada automaticamente pela serventia de RCPN, por ocasião do registro de nascimento, casamento óbito, capaz de individualizar essas certidões de forma precisa e confiável.

12 SIRC - Panorama de Interoperabilidade CNS Casa da Moeda SINASC Informações de DNV Controles do Papel de Segurança Registros de Nascimento, Casamento e Óbito de Brasileiros Residentes no Exterior Registros Nascimento Informações de DNV Dados Cadastro de Serventias Informações RIC para Emissão do RIC Informações Para Concessão de Benefícios Informações para Estatísticas Informações de Óbitos CNIS MRE Registros de Nascimento Registros de Nascimento, Casamento e Óbito Informações para Qualificação Cadastral SIM Sistemas Estaduais Sistemas Cartórios CADASTRO ÚNICO

13 Elementos positivos da Agenda Articulação com o Poder Judiciário e demais órgãos do Executivo; Criação do Cadastro Nacional de Serventias e da matricula única da CN; Desenvolvimento de estratégias para públicos específicos: indígenas, ciganos, população de rua, ribeirinhos; Aumento da fiscalização no cumprimento da legislação; Realização de mutirões; Conscientização sobre a importância da CN e DB; Mudança cultural: inclusão a partir da documentação;

14 Elementos positivos da Agenda Mobilidade ao sistema e ampliação da cobertura; Identificação como uma agenda positiva; Apoio político do Presidente da República; Aumento da equipe e obtenção de recursos orçamentários; Ambiente satisfatório ao desenvolvimento de condições estruturantes; Redução do índice, mais próximo da erradicação.

15 da PR Coordenação de Promoção do Registro Civil de Nascimento Beatriz Garrido Coordenadora-Geral Tel:

A garantia do direito ao nome e à nacionalidade e a erradicação do sub-registro de nascidos vivos no Brasil

A garantia do direito ao nome e à nacionalidade e a erradicação do sub-registro de nascidos vivos no Brasil A garantia do direito ao nome e à nacionalidade e a erradicação do subregistro de nascidos vivos no Brasil da Presidência da República VII Clarciev Sistema brasileiro de registro civil 1874 instituído

Leia mais

Experiência: Agenda Social Registro Civil de Nascimento e Documentação Básica: Comitês Gestores da Agenda Social

Experiência: Agenda Social Registro Civil de Nascimento e Documentação Básica: Comitês Gestores da Agenda Social Experiência: Agenda Social Registro Civil de Nascimento e Documentação Básica: Comitês Gestores da Agenda Social Coordenação de Promoção do Registro Civil de Nascimento da Diretoria de Promoção dos Direitos

Leia mais

HUMBERTO MONTEIRO DA COSTA Registrador Civil de Pessoas Naturais Diretor da ARPEN/RJ

HUMBERTO MONTEIRO DA COSTA Registrador Civil de Pessoas Naturais Diretor da ARPEN/RJ HUMBERTO MONTEIRO DA COSTA Registrador Civil de Pessoas Naturais Diretor da ARPEN/RJ SEMINÁRIO NACIONAL DIA 1º DE OUTUBRO DE 2015 POLÍTICA É A ARTE DE OUVIR E DE CONCILIAR INTERESSES QUID PRODEST??? Biometria

Leia mais

FÓRUM MUNDIAL DE DIREITOS HUMANOS. Data: 10 a 13 de Dezembro de 2013 Local: Brasília

FÓRUM MUNDIAL DE DIREITOS HUMANOS. Data: 10 a 13 de Dezembro de 2013 Local: Brasília FÓRUM MUNDIAL DE DIREITOS HUMANOS Data: 10 a 13 de Dezembro de 2013 Local: Brasília Nome do Evento: Fórum Mundial de Direitos Humanos Tema central: Diálogo e Respeito às Diferenças Objetivo: Promover um

Leia mais

HUMANO DIREITO QUE DA DIREITOS CERTIDÃO DE CERTIDÃO NASCIMENTO CERTIDÃO DE NASCIMENTO NASCIMENTO E UMDIREITO UM DEVER DE UM DEVER DE

HUMANO DIREITO QUE DA DIREITOS CERTIDÃO DE CERTIDÃO NASCIMENTO CERTIDÃO DE NASCIMENTO NASCIMENTO E UMDIREITO UM DEVER DE UM DEVER DE CERTIDÃO DE DE CERTIDÃO NASCIMENTO NASCIMENTO UM E UMDIREITO DIREITO QUE DA DIREITOS HUMANO UM DEVER DE UM DEVER DE TODO TODO O O BRASIL BRASIL MOBILIZAÇÃO NACIONAL PELA CERTIDÃO DE NASCIMENTO E DOCUMENTAÇÃO

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ÁGUAS

AGÊNCIA NACIONAL DE ÁGUAS AGÊNCIA NACIONAL DE ÁGUAS MERCOSUL MEIO AMBIENTE - SGT6 - Gestão de Recursos Hídricos em Bacias Compartilhadas Gisela Forattini Superintendente de Fiscalização Brasília DF setembro/2002 Bacia Amazônica

Leia mais

FOME ZERO. O papel do Brasil na luta global contra a fome e a pobreza

FOME ZERO. O papel do Brasil na luta global contra a fome e a pobreza FOME ZERO O papel do Brasil na luta global contra a fome e a pobreza Seminário Internacional sobre Seguro de Emergência e Seguro Agrícola Porto Alegre, RS -- Brasil 29 de junho a 2 de julho de 2005 Alguns

Leia mais

A experiência do Brasil na promoção do direito humano à alimentação adequada a partir do fortalecimento da agricultura familiar e camponesa

A experiência do Brasil na promoção do direito humano à alimentação adequada a partir do fortalecimento da agricultura familiar e camponesa Seminário Agrícola Internacional Bruxelas, 4 e 5 de maio de 2009 Bélgica A experiência do Brasil na promoção do direito humano à alimentação adequada a partir do fortalecimento da agricultura familiar

Leia mais

Objetivos Consolidar uma política garantidora de direitos Reduzir ainda mais a desigualdade social

Objetivos Consolidar uma política garantidora de direitos Reduzir ainda mais a desigualdade social AGENDA SOCIAL AGENDA SOCIAL Estamos lutando por um Brasil sem pobreza, sem privilégios, sem discriminações. Um país de oportunidades para todos. A melhor forma para um país crescer é fazer que cada vez

Leia mais

Em busca da sustentabilidade na gestão do saneamento: instrumentos de planejamento

Em busca da sustentabilidade na gestão do saneamento: instrumentos de planejamento Em busca da sustentabilidade na gestão do saneamento: instrumentos de planejamento Marcelo de Paula Neves Lelis Gerente de Projetos Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental Ministério das Cidades Planejamento

Leia mais

Redesenho do PETI e Ações Estratégicas

Redesenho do PETI e Ações Estratégicas ENCONTRO INTERSETORIAL DAS AÇÕES ESTRATÉGICAS DO PETI Região Centro-Oeste Redesenho do PETI e Ações Estratégicas MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Assistência

Leia mais

Mobilização e Participação Social no

Mobilização e Participação Social no SECRETARIA-GERAL DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Mobilização e Participação Social no Plano Brasil Sem Miséria 2012 SUMÁRIO Introdução... 3 Participação

Leia mais

FENASAN XXI Feira Nacional de Saneamento e Meio Ambiente XXI Encontro Técnico AESABESP 11.08.10

FENASAN XXI Feira Nacional de Saneamento e Meio Ambiente XXI Encontro Técnico AESABESP 11.08.10 FENASAN XXI Feira Nacional de Saneamento e Meio Ambiente XXI Encontro Técnico AESABESP 11.08.10 Gustavo Justino de Oliveira Pós Doutor em Direito Administrativo Universidade de Coimbra Professor de Direito

Leia mais

ANTONIO CARLOS NARDI

ANTONIO CARLOS NARDI ANTONIO CARLOS NARDI QUE DEMOCRACIA QUEREMOS? A conquista do estado democrático de direito na década de 1980 no Brasil, após longo período burocrático-autoritário, trouxe o desafio de construção de uma

Leia mais

Ministério da Cultura

Ministério da Cultura SISTEMA NACIONAL DE CULTURA Processo de articulação, gestão, comunicação e de promoção conjunta de políticas públicas de cultura, mediante a pactuação federativa. Objetivo Geral do SNC Implementar políticas

Leia mais

Registro Civil das Pessoas Naturais no Brasil Uma conquista da Cidadania

Registro Civil das Pessoas Naturais no Brasil Uma conquista da Cidadania Registro Civil das Pessoas Naturais no Brasil Uma conquista da Cidadania Registro Civil no Brasil Uma decisão Republicana Decreto 5604/1874 criação do registro civil no Brasil Decreto 9886/1888 institui

Leia mais

Segunda Conferencia Regional para América Latina y el Caribe sobre el Derecho a la Identidad y Registro Universal de Nacimiento

Segunda Conferencia Regional para América Latina y el Caribe sobre el Derecho a la Identidad y Registro Universal de Nacimiento Segunda Conferencia Regional para América Latina y el Caribe sobre el Derecho a la Identidad y Registro Universal de Nacimiento da Presidência da República Brasil - Mercosul 2011-2014 Universalização do

Leia mais

PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL PDI 2014-2018 PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO 2011 2020 METAS E ESTRATÉGIAS DE IMPLEMENTAÇÃO

PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL PDI 2014-2018 PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO 2011 2020 METAS E ESTRATÉGIAS DE IMPLEMENTAÇÃO PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL PDI 2014-2018 PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO 2011 2020 METAS E ESTRATÉGIAS DE IMPLEMENTAÇÃO Marcos Neves Comissão Central PDI do IFSC PNE EXIGÊNCIA CONSTITUCIONAL O art.

Leia mais

EMPRESAS OU PESSOAS FÍSICAS, CUSTEANDO OS PARTICIPANTES COM PASSAGENS, DIÁRIAS, ALIMENTAÇÃO E HOSPEDAGEM.

EMPRESAS OU PESSOAS FÍSICAS, CUSTEANDO OS PARTICIPANTES COM PASSAGENS, DIÁRIAS, ALIMENTAÇÃO E HOSPEDAGEM. Objetivo: PROVER OS ÓRGÃOS DO PODER JUDICIÁRIO ESTADUAL DE MEIOS ADMINISTRATIVOS PARA IMPLEMENTAÇÃO E GESTÃO DE SEUS PROGRAMAS FINALÍSTICOS. Justificativa: VIABILIZAR CONDIÇÕES ADMINISTRATIVAS ADEQUADAS

Leia mais

Sem Certidão de Nascimento, nada feito. Mobilização para o Registro Civil de Nascimento e Documentação Básica. Por um Brasil com nome e sobrenome.

Sem Certidão de Nascimento, nada feito. Mobilização para o Registro Civil de Nascimento e Documentação Básica. Por um Brasil com nome e sobrenome. Sem Certidão de Nascimento, nada feito. Mobilização para o Registro Civil de Nascimento e Documentação Básica. Por um Brasil com nome e sobrenome. Mobilização para o Registro Civil de Nascimento e Documentação

Leia mais

A Certidão de Nascimento é o documento básico por meio do qual todos os outros são obtidos, por isso mesmo é o documento mais importante de uma

A Certidão de Nascimento é o documento básico por meio do qual todos os outros são obtidos, por isso mesmo é o documento mais importante de uma 1 SUB-REGISTRO CIVIL DE NASCIMENTO: direitos negados, sujeitos excluídos Conceição de Maria Silva Câmara 1 Nair de Jesus Rodrigues 2 Wheriston Silva Neris 3 Cidinalva Silva Câmara 4 RESUMO Discussão sobre

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PONTA GROSSA PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO - 2015 Á 2025

PREFEITURA MUNICIPAL DE PONTA GROSSA PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO - 2015 Á 2025 PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO - 2015 Á 2025 Profº Esmeria de Lourdes Saveli Secretária Municipal de Educação 1. CONCEITO O Plano Municipal de Educação é um orientador da ação do município na política educacional.

Leia mais

SINAPIR: SISTEMA NACIONAL DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL

SINAPIR: SISTEMA NACIONAL DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL SINAPIR: SISTEMA NACIONAL DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL Instituição do SINAPIR Art. 47 da Lei 12.288/2010: Institui o SINAPIR como forma de organização e de articulação para implementação de políticas

Leia mais

Geração de Oportunidades. para a Inclusão. O que é. Importância. Objetivo. Como funciona

Geração de Oportunidades. para a Inclusão. O que é. Importância. Objetivo. Como funciona 4 112 O que é A articulação para a inclusão busca organizar a intervenção direta dos governos e a apoiar projetos desenvolvidos por estados, Distrito Federal e municípios que gerem oportunidades de inclusão

Leia mais

ANEXO I CONDIÇÕES E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO PARA CAPACITAÇÃO. Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente

ANEXO I CONDIÇÕES E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO PARA CAPACITAÇÃO. Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente ANEXO I CONDIÇÕES E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO PARA CAPACITAÇÃO I ÁREAS DE INTERESSE Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente a) Capacitação para implantação dos planos estaduais

Leia mais

PROJETO DE LEI. 1º A Justiça Eleitoral atribuirá a cada brasileiro um número de RCN e fornecerá o correspondente documento.

PROJETO DE LEI. 1º A Justiça Eleitoral atribuirá a cada brasileiro um número de RCN e fornecerá o correspondente documento. PROJETO DE LEI Dispõe sobre o Registro Civil Nacional - RCN e dá outras providências. O CONGRESSO NACIONAL decreta: Art. 1º Ficam criados o Registro Civil Nacional - RCN e o documento de RCN, com o objetivo

Leia mais

OS CARTÓRIOS VÃO ACABAR

OS CARTÓRIOS VÃO ACABAR VOCÊ SEMPRE OUVIU DIZER QUE... OS CARTÓRIOS VÃO ACABAR O QUE VOCÊ VAI FAZER A RESPEITO? QUAL O FUTURO DOS REGISTROS PÚBLICOS O QUE QUEREMOS? A QUEM INTERESSA? COMO FAZER? CRISE OPORTUNIDADE Lei nº 11.977,

Leia mais

Programa 2063 - Promoção dos Direitos de Pessoas com Deficiência

Programa 2063 - Promoção dos Direitos de Pessoas com Deficiência Programa Momento do Programa: Momento LOA+Créditos Tipo de Programa: Temático Macrodesafio Fortalecer a cidadania Eixo Direitos da Cidadania e Movimentos Sociais R$ 50.000.000 Notas de usuário para Programa

Leia mais

EDITAL 03/2012/COMUNICAÇÃO BOLSA VERDE TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATO POR PRODUTO

EDITAL 03/2012/COMUNICAÇÃO BOLSA VERDE TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATO POR PRODUTO EDITAL 03/2012/COMUNICAÇÃO BOLSA VERDE TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATO POR PRODUTO I. IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO PROJETO BRA/11/021 - PROGRAMA DE PAGAMENTO POR SERVIÇOS AMBIENTAIS COM INCLUSÃO SOCIAL (PSA)

Leia mais

XLV PLENÁRIA NACIONAL DO FÓRUM DOS CONSELHOS ESTADUAIS DE EDUCAÇÃO - FNCE

XLV PLENÁRIA NACIONAL DO FÓRUM DOS CONSELHOS ESTADUAIS DE EDUCAÇÃO - FNCE XLV PLENÁRIA NACIONAL DO FÓRUM DOS CONSELHOS ESTADUAIS DE EDUCAÇÃO - FNCE Belém PA, 27 de dezembro de 2015 Um Plano orientador da ação estatal amplamente discutido CONAE 2010 3.000 pessoas, entre delegados,

Leia mais

aprovado no Foro de Ministros de Meio Ambiente (2004-2006) para 2005-2007.

aprovado no Foro de Ministros de Meio Ambiente (2004-2006) para 2005-2007. PROGRAMA LATINO-AMERICANO E CARIBENHO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL ACORDOS PARA A IMPLEMENTAÇÃO DA ESTRATÉGIA DO PLACEA: 2005-2007 1 (DOCUMENTO EM VERSÃO PRELIMINAR) Introdução: Os especialistas em Gestão Pública

Leia mais

Esta publicação tem por objetivo apresentar o Programa Cultura Viva, de responsabilidade da Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural do

Esta publicação tem por objetivo apresentar o Programa Cultura Viva, de responsabilidade da Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural do Esta publicação tem por objetivo apresentar o Programa Cultura Viva, de responsabilidade da Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural do Ministério da Cultura, de modo a facilitar sua compreensão

Leia mais

BIBLIOTECAS PÚBLICAS

BIBLIOTECAS PÚBLICAS EDITAL DE FORTALECIMENTO DO SISTEMA NACIONAL DE CULTURA (SNC) 2014 BIBLIOTECAS PÚBLICAS Orientações aos Sistemas Estaduais de Bibliotecas Públicas (SEBPs) integrantes do SNC O que é o Sistema Nacional

Leia mais

BAIXO ARAGUAIA PORTAL DA AMAZÔNIA BAIXADA CUIABANA NOROESTE

BAIXO ARAGUAIA PORTAL DA AMAZÔNIA BAIXADA CUIABANA NOROESTE BAIXO ARAGUAIA PORTAL DA AMAZÔNIA BAIXADA CUIABANA NOROESTE APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA TERRITÓRIOS RIOS DA CIDADANIA Objetivos Os Territórios TERRITÓRIOS RIOS Os Territórios Rurais se caracterizam por: conjunto

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão Diretoria Políticas de Alfabetização e Educação de Jovens e Adultos maio 2015 PANORAMA DA EDUCAÇÃO DE JOVENS

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 11.346, DE 15 DE SETEMBRO DE 2006. Cria o Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional SISAN com vistas em assegurar

Leia mais

SUAS e Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional SISAN: Desafios e Perspectivas para a Intersetorialiade

SUAS e Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional SISAN: Desafios e Perspectivas para a Intersetorialiade SUAS e Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional SISAN: Desafios e Perspectivas para a Intersetorialiade XIV ENCONTRO NACIONAL DO CONGEMAS Fortaleza, 22 e 23 de março de 2012 História recente

Leia mais

COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA REDAÇÃO FINAL PROJETO DE LEI Nº 6.047-D, DE 2005. O CONGRESSO NACIONAL decreta:

COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA REDAÇÃO FINAL PROJETO DE LEI Nº 6.047-D, DE 2005. O CONGRESSO NACIONAL decreta: COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA REDAÇÃO FINAL PROJETO DE LEI Nº 6.047-D, DE 2005 Cria o Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional - SISAN com vistas em assegurar o direito

Leia mais

Institui o Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES).

Institui o Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES). MINISTÉRIO DA SAÚDE GABINETE DO MINISTRO DOU de 05/10/2015 (nº 190, Seção 1, pág. 669) Institui o Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES). O MINISTRO DE ESTADO DA SAÚDE, no uso das atribuições

Leia mais

O sistema de garantia dos direitos humanos das crianças e dos adolescentes: responsabilidades compartilhadas.

O sistema de garantia dos direitos humanos das crianças e dos adolescentes: responsabilidades compartilhadas. Página1 Curso de extensão universitária: O sistema de garantia dos direitos humanos das crianças e dos adolescentes: responsabilidades compartilhadas. Apresentação: Em 2015, comemorando 25 anos do ECA,

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ SECRETARIA ESTADUAL DE MEIO AMBIENTE CONSELHO ESTADUAL DE MEIO AMBIENTE - COEMA

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ SECRETARIA ESTADUAL DE MEIO AMBIENTE CONSELHO ESTADUAL DE MEIO AMBIENTE - COEMA GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ SECRETARIA ESTADUAL DE MEIO AMBIENTE CONSELHO ESTADUAL DE MEIO AMBIENTE - COEMA RESOLUÇÃO COEMA N 116, DE 03 DE JULHO DE 2014. Dispõe sobre as atividades de impacto ambiental

Leia mais

TERMO DE EXECUÇÃO DESCENTRALIZADA

TERMO DE EXECUÇÃO DESCENTRALIZADA TERMO DE EXECUÇÃO DESCENTRALIZADA I - Identificação:(Título/Objeto da Despesa 1.1. Título do projeto: Fortalecimento do Programa Nacional de Documentação da Trabalhadora Rural nos Territórios da Cidadania

Leia mais

SECRETARIA DE SAÚDE SECRETARIA EXECUTIVA DE COORDENAÇÃO GERAL DIRETORIA GERAL DE PLANEJAMENTO - GERÊNCIA DE GESTÃO ESTRATÉGICA E PARTICIPATIVA

SECRETARIA DE SAÚDE SECRETARIA EXECUTIVA DE COORDENAÇÃO GERAL DIRETORIA GERAL DE PLANEJAMENTO - GERÊNCIA DE GESTÃO ESTRATÉGICA E PARTICIPATIVA NOTA TÉCNICA 07/13 RELATÓRIO ANUAL DE GESTÃO - RAG ORIENTAÇÕES GERAIS Introdução O Planejamento é um instrumento de gestão, que busca gerar e articular mudanças e aprimorar o desempenho dos sistemas de

Leia mais

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL Prefeitura Municipal de Cachoeiro de Itapemirim - ES PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL Introdução O Programa Municipal de Educação Ambiental estabelece diretrizes, objetivos, potenciais participantes, linhas

Leia mais

XI REUNIÃO DE MINISTROS DAS RELAÇÕES EXTERIORES DOS PAÍSES MEMBROS DA ORGANIZAÇÃO DO TRATADO DE COOPERAÇÃO AMAZÔNICA. (Manaus, 22 de novembro de 2011)

XI REUNIÃO DE MINISTROS DAS RELAÇÕES EXTERIORES DOS PAÍSES MEMBROS DA ORGANIZAÇÃO DO TRATADO DE COOPERAÇÃO AMAZÔNICA. (Manaus, 22 de novembro de 2011) XI REUNIÃO DE MINISTROS DAS RELAÇÕES EXTERIORES DOS PAÍSES MEMBROS DA ORGANIZAÇÃO DO TRATADO DE COOPERAÇÃO AMAZÔNICA (Manaus, 22 de novembro de 2011) COMPROMISSO DE MANAUS Os Ministros das Relações Exteriores

Leia mais

DECRETO Nº. III - criação de estrutura de financiamento pública e transparente para a extensão universitária;

DECRETO Nº. III - criação de estrutura de financiamento pública e transparente para a extensão universitária; DECRETO Nº. Institui o Plano Nacional de Extensão Universitária PNExt Art. 1º Fica instituído o Plano Nacional de Extensão Universitária PNExt constante deste Decreto, com o objetivo de promover a política

Leia mais

Estratégias e programas para a garantia do Direito Humano à Alimentação Adequada

Estratégias e programas para a garantia do Direito Humano à Alimentação Adequada I Seminário Estadual da Rede-SANS Desafios e estratégias para a promoção da alimentação saudável adequada e solidária no Estado de São Paulo Estratégias e programas para a garantia do Direito Humano à

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 16, DE 5 DE MAIO DE 2010

RESOLUÇÃO Nº 16, DE 5 DE MAIO DE 2010 RESOLUÇÃO Nº 16, DE 5 DE MAIO DE 2010 Define os parâmetros nacionais para a inscrição das entidades e organizações de assistência social, bem como dos serviços, programas, projetos e benefícios socioassistenciais

Leia mais

PROPOSTAS APROVADAS NA PLENÁRIA FINAL DA VII CONFERÊNCIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL

PROPOSTAS APROVADAS NA PLENÁRIA FINAL DA VII CONFERÊNCIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL PROPOSTAS APROVADAS NA PLENÁRIA FINAL DA VII CONFERÊNCIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL EIXO 1 Processo Histórico da Participação Popular no País: nossa cidade e territórios em movimento; Trajetória e

Leia mais

Plano Municipal de Educação

Plano Municipal de Educação Plano Municipal de Educação Denise Carreira I Encontro Educação para uma Outra São Paulo 30 de novembro de 2007 O Plano Municipal de Educação e as reivindicações dos movimentos e organizações da cidade

Leia mais

CARTILHA DOS NOVOS MODELOS DE CERTIDÃO DO REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS NATURAIS

CARTILHA DOS NOVOS MODELOS DE CERTIDÃO DO REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS NATURAIS CARTILHA DOS NOVOS MODELOS DE CERTIDÃO DO REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS NATURAIS COMO OBTER O NÚMERO DA SUA SERVENTIA NO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA (CNJ) O número da Serventia no Conselho Nacional de Justiça

Leia mais

DIRETRIZES DE FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/ NÓS PODEMOS

DIRETRIZES DE FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/ NÓS PODEMOS 1 DIRETRIZES DE FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/ NÓS PODEMOS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES E OBJETIVO DO MOVIMENTO 2 Artigo 1º O Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade/Nós

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Página 1 de 7 Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 13.089, DE 12 DE JANEIRO DE 2015. Mensagem de veto Institui o Estatuto da Metrópole, altera a Lei n o 10.257,

Leia mais

Políticas de Desenvolvimento para as Mulheres Rurais a partir de uma perspectiva de Raça a e Gênero. Andrea Butto

Políticas de Desenvolvimento para as Mulheres Rurais a partir de uma perspectiva de Raça a e Gênero. Andrea Butto Políticas de Desenvolvimento para as Mulheres Rurais a partir de uma perspectiva de Raça a e Gênero Andrea Butto Ministério do Desenvolvimento Agrário Temas abordados Estados assumiram compromissos que

Leia mais

Nome do Responsável: Cargo do Responsável: Contatos do Responsável: Estado ou Município ou Distrito Federal: Referente ao período: Nome do órgão:

Nome do Responsável: Cargo do Responsável: Contatos do Responsável: Estado ou Município ou Distrito Federal: Referente ao período: Nome do órgão: RELATÓRIO DA REDE DE ENFRENTAMENTO AO TRÁFICO DE PESSOAS Nome do Responsável: Cargo do Responsável: Contatos do Responsável: Estado ou Município ou Distrito Federal: Referente ao período: Nome do órgão:

Leia mais

Cadastro Nacional das Entidades de Assistência Social CNEAS

Cadastro Nacional das Entidades de Assistência Social CNEAS Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome MDS Secretaria Nacional de Assistencia Social SNAS Departamento da Rede Socioassistencial Privada do SUAS DRSP Cadastro Nacional das Entidades de Assistência

Leia mais

Detalhamento por Localizador

Detalhamento por Localizador Programa 2015 - Aperfeiçoamento do Sistema Único de Saúde (SUS) 20QI - Implantação e Manutenção da Força Nacional de Saúde Número de Ações 3 Esfera: 20 - Orçamento da Seguridade Social Função: 10 - Saúde

Leia mais

Programa. orientações. Portal do Ministério da Cultura www.cultura.gov.br. Cultura Viva www.cultura.gov.br/culturaviva

Programa. orientações. Portal do Ministério da Cultura www.cultura.gov.br. Cultura Viva www.cultura.gov.br/culturaviva Programa Portal do Ministério da Cultura www.cultura.gov.br Cultura Viva www.cultura.gov.br/culturaviva orientações @DiversidadeMinC e @CulturaViva cidadaniaediversidade Secretaria da Cidadania e da Diversidade

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 7.272, DE 25 DE AGOSTO DE 2010. Regulamenta a Lei n o 11.346, de 15 de setembro de 2006, que cria o Sistema Nacional de

Leia mais

Silvia do Amaral Rigon DNUT/UFPR CONSEA CORESAN - RMC

Silvia do Amaral Rigon DNUT/UFPR CONSEA CORESAN - RMC Silvia do Amaral Rigon DNUT/UFPR CONSEA CORESAN - RMC Lei federal 11.346 de 2006 (LOSAN): assessoria à Presidência da República Controle Social Monitoramento das políticas/ controle social com base nas

Leia mais

Ministério do Desenvolvimento Agrário

Ministério do Desenvolvimento Agrário Ministério do Desenvolvimento Agrário MISSÃO Promover a política de desenvolvimento do Brasil rural, a democratização do acesso à terra, a gestão territorial da estrutura fundiária, a inclusão produtiva

Leia mais

ANEXO IV PROPOSTAS APROVADAS NA CONFERÊNCIA ESTADUAL. Eixo MOBILIZAÇÃO IMPLEMENTAÇÃO MONITORAMENTO

ANEXO IV PROPOSTAS APROVADAS NA CONFERÊNCIA ESTADUAL. Eixo MOBILIZAÇÃO IMPLEMENTAÇÃO MONITORAMENTO PROPOSTAS APROVADAS NA CONFERÊNCIA ESTADUAL ANEXO IV Eixo MOBILIZAÇÃO IMPLEMENTAÇÃO MONITORAMENTO 1-Promoção dos Direitos de Crianças e Adolescentes Buscar apoio das esferas de governo (Federal e Estadual)

Leia mais

PORTARIA Nº 321, DE 29 DE SETEMBRO DE 2008

PORTARIA Nº 321, DE 29 DE SETEMBRO DE 2008 PORTARIA Nº 321, DE 29 DE SETEMBRO DE 2008 Regulamenta a gestão das condicionalidades do Programa Bolsa Família, revoga a Portaria/MDS nº 551, de 9 de novembro de 2005, e dá outras providências. O MINISTRO

Leia mais

Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI)

Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI) Presidência da República Controladoria-Geral da União Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI) PROGRAMA DE ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL (PETI) O PETI é um programa do Governo Federal que

Leia mais

PL 8035/2010 UMA POLÍTICA DE ESTADO. Plano Nacional de Educação 2011/2020. Maria de Fátima Bezerra. Deputada Federal PT/RN

PL 8035/2010 UMA POLÍTICA DE ESTADO. Plano Nacional de Educação 2011/2020. Maria de Fátima Bezerra. Deputada Federal PT/RN PL 8035/2010 Plano Nacional de Educação 2011/2020 UMA POLÍTICA DE ESTADO Maria de Fátima Bezerra Deputada Federal PT/RN Presidente da Comissão de Educação e Cultura da Câmara Federal O PNE foi construído

Leia mais

A Sua Excelência o Senhor Deputado Federal RÔMULO GOUVEIA DD. Presidente da Comissão Especial do PL 1.775/2015

A Sua Excelência o Senhor Deputado Federal RÔMULO GOUVEIA DD. Presidente da Comissão Especial do PL 1.775/2015 Nota Técnica ADPF/ANPR/AJUFE Registro Civil Nacional (RCN) Proposição: PL 1.775/2015 Ementa: Dispõe sobre o Registro Civil Nacional - RCN e dá outras providências. Explicação da Ementa: Revoga a Lei nº

Leia mais

V Encontro Nacional de Fortalecimento dos Conselhos Escolares

V Encontro Nacional de Fortalecimento dos Conselhos Escolares V Encontro Nacional de Fortalecimento dos Conselhos Escolares Programa Nacional de Fortalecimento dos Conselhos Escolares: uma política de apoio à gestão educacional Clélia Mara Santos Coordenadora-Geral

Leia mais

PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO PLANO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO REDAÇÃO DO PROJETO DE LEI Aprova o Plano Municipal de Educação - PME e dá outras providências. O Prefeito do Município de vereadores decreta e eu sanciono a seguinte Lei: Faço

Leia mais

Programa Nacional de Alimentação Escolar/PNAE

Programa Nacional de Alimentação Escolar/PNAE Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Programa Nacional de Alimentação Escolar/PNAE Atualizações com base na Lei 11.947/2009 Alaíde Oliveira do Nascimento Coordenadora de fomento ao Controle Social

Leia mais

ANEXO XI Saúde Indígena Introdução

ANEXO XI Saúde Indígena Introdução ANEXO XI Saúde Indígena Introdução A Política Nacional de Atenção à Saúde dos Povos Indígenas, aprovada na 114ª Reunião Ordinária do Conselho Nacional de Saúde (em 8/11/2001) e sancionada pelo Ministro

Leia mais

O Brasil Sem Miséria é um Plano de metas para viabilizar o compromisso ético ousado do Governo da presidenta

O Brasil Sem Miséria é um Plano de metas para viabilizar o compromisso ético ousado do Governo da presidenta O Brasil Sem Miséria é um Plano de metas para viabilizar o compromisso ético ousado do Governo da presidenta Dilma Rousseff. É também um desafio administrativo e de gestão ao impor ao setor público metas

Leia mais

CRIANÇAS E ADOLESCENTES. sem registro civil de nascimento. O QUE FAZER? Guia de orientação para os profissionais de educação CERTIDÃO DE NASCIMENTO

CRIANÇAS E ADOLESCENTES. sem registro civil de nascimento. O QUE FAZER? Guia de orientação para os profissionais de educação CERTIDÃO DE NASCIMENTO CRIANÇAS E ADOLESCENTES sem registro civil de nascimento O QUE FAZER? Guia de orientação para os profissionais de educação CERTIDÃO DE NASCIMENTO COMITÊ GESTOR ESTADUAL DE POLÍTICAS DE ERRADICAÇÃO DO

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa LEI Nº 11.914, DE 20 DE MAIO DE 2003. (publicada no DOE nº 096, de 21 de maio de 2003) Cria o Conselho de Segurança

Leia mais

Workshop Saneamento Básico Fiesp. Planos Municipais de Saneamento Básico O apoio técnico e financeiro da Funasa

Workshop Saneamento Básico Fiesp. Planos Municipais de Saneamento Básico O apoio técnico e financeiro da Funasa Workshop Saneamento Básico Fiesp Planos Municipais de Saneamento Básico O apoio técnico e financeiro da Funasa Presidente da Funasa Henrique Pires São Paulo, 28 de outubro de 2015 Fundação Nacional de

Leia mais

Agenda Regional de Desenvolvimento Sustentável Eixo 4: Gestão Regional Integrada

Agenda Regional de Desenvolvimento Sustentável Eixo 4: Gestão Regional Integrada Agenda Regional de Desenvolvimento Sustentável Eixo 4: Gestão Regional Integrada 1 O Projeto Litoral Sustentável 1ª Fase (2011/2012): Diagnósticos municipais (13 municípios) Diagnóstico regional (Já integralmente

Leia mais

TEXTO BASE PARA UM POLÍTICA NACIONAL NO ÂMBITO DA EDUCAÇÃO PATRIMONIAL

TEXTO BASE PARA UM POLÍTICA NACIONAL NO ÂMBITO DA EDUCAÇÃO PATRIMONIAL TEXTO BASE PARA UM POLÍTICA NACIONAL NO ÂMBITO DA EDUCAÇÃO PATRIMONIAL Eixos Temáticos, Diretrizes e Ações Documento final do II Encontro Nacional de Educação Patrimonial (Ouro Preto - MG, 17 a 21 de julho

Leia mais

Histórico da transferência de renda com condicionalidades no Brasil

Histórico da transferência de renda com condicionalidades no Brasil Brasil População: 184 milhões habitantes Área: 8.514.215,3 km² República Federativa com 3 esferas de governo: Governo Federal, 26 estados, 1 Distrito Federal e 5.565 municípios População pobre: 11 milhões

Leia mais

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org Este documento faz parte do Repositório Institucional do Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org FSM 2009: ENCONTRO SEM FRONTEIRAS AMAPÁ/SURINAME/GUIANAS TEMA: MIGRAÇÕES HUMANAS & DIREITOS HUMANOS

Leia mais

ipea políticas sociais acompanhamento e análise 7 ago. 2003 133 ASSISTÊNCIA SOCIAL

ipea políticas sociais acompanhamento e análise 7 ago. 2003 133 ASSISTÊNCIA SOCIAL ASSISTÊNCIA SOCIAL Regulamento da Organização e do Custeio da Seguridade Social Decreto n o 2.173, de 5 de março de 1997 aprova o Regulamento da Organização e do Custeio da Seguridade Social. Decreto n

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Página 1 de 5 Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 7.405, DE 23 DE DEZEMBRO DE 2010. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere o art. 84,

Leia mais

ATIVIDADE RESPONSÁVEL

ATIVIDADE RESPONSÁVEL EIXO 1 Políticas de Defesa N ATIVIDADE RESPONSÁVEL INÍCIO TÉRMINO LOCAL CORRESPONS. OBSERVAÇÕES 1.a Realizar um Seminário Internacional de Argentina, Defesa Cibernética com o objetivo de gerar, XO 1 POLÍTICAS

Leia mais

EIXO IV QUALIDADE DA EDUCAÇÃO: DEMOCRATIZAÇÃO DO ACESSO, PERMANÊNCIA, AVALIAÇÃO, CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO E APRENDIZAGEM

EIXO IV QUALIDADE DA EDUCAÇÃO: DEMOCRATIZAÇÃO DO ACESSO, PERMANÊNCIA, AVALIAÇÃO, CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO E APRENDIZAGEM EIXO IV QUALIDADE DA EDUCAÇÃO: DEMOCRATIZAÇÃO DO ACESSO, PERMANÊNCIA, AVALIAÇÃO, CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO E APRENDIZAGEM PROPOSIÇÕES E ESTRATÉGIAS 1.2. Universalização do ensino fundamental de nove anos

Leia mais

GUIA DO PRÊMIO ODM BRASIL

GUIA DO PRÊMIO ODM BRASIL GUIA DO PRÊMIO ODM BRASIL 4ª Edição QUANDO O BRASIL SE JUNTA, TODO MUNDO GANHA. Secretaria-Geral da Presidência da República Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) Movimento Nacional

Leia mais

Munic 2014: 45% dos municípios tinham política de proteção às mulheres vítimas de violência doméstica

Munic 2014: 45% dos municípios tinham política de proteção às mulheres vítimas de violência doméstica Munic 2014: 45% dos municípios tinham política de proteção às mulheres vítimas de violência doméstica A Pesquisa de Informações Básicas Estaduais (Estadic) e a Pesquisa de Informações Básicas Municipais

Leia mais

NÚCLEOS DE EXTENSÃO EM DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL. PARCERIA MDA / CNPq. Brasília, 13 de maio de 2014

NÚCLEOS DE EXTENSÃO EM DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL. PARCERIA MDA / CNPq. Brasília, 13 de maio de 2014 NÚCLEOS DE EXTENSÃO EM DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL PARCERIA MDA / CNPq Brasília, 13 de maio de 2014 A política de desenvolvimento territorial Desde 2004 a SDT implementa a estratégia de desenvolvimento

Leia mais

DIRETRIZES DO FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/NÓS PODEMOS. (aprovada em 2010 e 1ª revisão em agosto de 2012)

DIRETRIZES DO FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/NÓS PODEMOS. (aprovada em 2010 e 1ª revisão em agosto de 2012) DIRETRIZES DO FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/NÓS PODEMOS (aprovada em 2010 e 1ª revisão em agosto de 2012) Artigo 1º O Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade/Nós

Leia mais

PPAG 2016-2019 EM DISCUSSÃO

PPAG 2016-2019 EM DISCUSSÃO PPAG 2016-2019 EM DISCUSSÃO EIXO: EDUCAÇÃO E CULTURA RELATÓRIO DO GRUPO DE TRABALHO TEMA: NÍVEIS E MODALIDADES DE ENSINO O grupo discutiu o Programa 214 DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO BÁSICA. O grupo entendeu

Leia mais

SEMINARIO PRÓ-CATADOR DO ESTADO DO ACRE Propostas aprovadas

SEMINARIO PRÓ-CATADOR DO ESTADO DO ACRE Propostas aprovadas 1 SEMINARIO PRÓ-CATADOR DO ESTADO DO ACRE ENCERRAMENTO DOS LIXÕES E A INCLUSÃO SOCIAL E PRODUTIVA DAS CATADORAS E DOS CATADORES DE MATERIAIS RECICLÁVEIS 30 de outubro de 2014 Palácio da Justiça - Rio Branco/AC

Leia mais

Metas e estratégias equalizadoras ao PNE II Educação de Jovens e Adultos EJA Analise da Silva Coordenação Nacional dos Fóruns de EJA do Brasil

Metas e estratégias equalizadoras ao PNE II Educação de Jovens e Adultos EJA Analise da Silva Coordenação Nacional dos Fóruns de EJA do Brasil Metas e estratégias equalizadoras ao PNE II Educação de Jovens e Adultos EJA Analise da Silva Coordenação Nacional dos Fóruns de EJA do Brasil Analise Da Silva analiseforummineiro@gmail.com www.forumeja.org.br

Leia mais

SEMINARIO ENSINO FUNDAMENTAL NO ESPIRITO SANTO DIRETRIZES PARA O ENSINO FUNDAMENTAL E O NOVO PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

SEMINARIO ENSINO FUNDAMENTAL NO ESPIRITO SANTO DIRETRIZES PARA O ENSINO FUNDAMENTAL E O NOVO PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO SEMINARIO ENSINO FUNDAMENTAL NO ESPIRITO SANTO DIRETRIZES PARA O ENSINO FUNDAMENTAL E O NOVO PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO Antônio José Medeiros SASE/MEC 13/Julho/2011 Vitória/ES 1. UMA IDÉIA ANTIGA UMA TRADIÇÃO?

Leia mais

IX Conferência Nacional de Assistência Social. Orientações para a realização das Conferências Municipais de Assistência Social

IX Conferência Nacional de Assistência Social. Orientações para a realização das Conferências Municipais de Assistência Social IX Conferência Nacional de Assistência Social Orientações para a realização das Conferências Municipais de Assistência Social Programação da conferência poderá incluir: 1. Momento de Abertura, que contará

Leia mais

O CONGRESSO NACIONAL decreta:

O CONGRESSO NACIONAL decreta: REDAÇÃO FINAL MEDIDA PROVISÓRIA Nº 238-B, DE 2005 PROJETO DE LEI DE CONVERSÃO Nº 9, DE 2005 Institui o Programa Nacional de Inclusão de Jovens ProJovem; cria o Conselho Nacional da Juventude CNJ e a Secretaria

Leia mais

Política Nacional de Participação Social

Política Nacional de Participação Social Política Nacional de Participação Social Apresentação Esta cartilha é uma iniciativa da Secretaria-Geral da Presidência da República para difundir os conceitos e diretrizes da participação social estabelecidos

Leia mais

DATA 22 / 06 / 2006 PÁGINA : 02

DATA 22 / 06 / 2006 PÁGINA : 02 Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 5.811, DE 21 DE JUNHO DE 2006. Dispõe sobre a composição, estruturação, competência e funcionamento do Conselho Nacional

Leia mais

Carta Unir para Cuidar Apresentação

Carta Unir para Cuidar Apresentação Carta Unir para Cuidar Apresentação Durante o 17º Encontro Nacional de Apoio à Adoção (ENAPA), na capital federal, de 07 a 09 de junho de 2012, as entidades participantes assumem, com esta carta de compromisso,

Leia mais

CidadesDigitais. A construção de um ecossistema de cooperação e inovação

CidadesDigitais. A construção de um ecossistema de cooperação e inovação CidadesDigitais A construção de um ecossistema de cooperação e inovação CidadesDigitais PRINCÍPIOs 1. A inclusão digital deve proporcionar o exercício da cidadania, abrindo possibilidades de promoção cultural,

Leia mais

CONFERÊNCIAS MUNICIPAIS OU REGIONAIS INSTRUMENTAL PARA GRUPO DE TRABALHO SAÚDE

CONFERÊNCIAS MUNICIPAIS OU REGIONAIS INSTRUMENTAL PARA GRUPO DE TRABALHO SAÚDE CONFERÊNCIAS MUNICIPAIS OU REGIONAIS INSTRUMENTAL PARA GRUPO DE TRABALHO SAÚDE II CONFERÊNCIA DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL Instrumental de Trabalho baseado nas Propostas Aprovadas na I Conferencia Estadual

Leia mais

Art. 2º Ao Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional - CONSEA-SC - compete:

Art. 2º Ao Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional - CONSEA-SC - compete: LEI Nº 12.911, de 22 de janeiro de 2004 Dispõe sobre a criação do Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional - CONSEA-SC - e do Fundo Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional - FUNSEA-SC

Leia mais

http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2008/prt1559_01_08_2008.html

http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2008/prt1559_01_08_2008.html Página 1 de 5 ADVERTÊNCIA Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial da União Ministério da Saúde Gabinete do Ministro PORTARIA Nº 1.559, DE 1º DE AGOSTO DE 2008 Institui a Política Nacional

Leia mais

Decreto N 7.508 de 28/06/11 Regulamentando a Lei N 8.080 de 19/09/90

Decreto N 7.508 de 28/06/11 Regulamentando a Lei N 8.080 de 19/09/90 Decreto N 7.508 de 28/06/11 Regulamentando a Lei N 8.080 de 19/09/90 Cesar Vieira cesarvieira@globo.com Reunião do CA/IBEDESS 12 de julho de 2011 Principais Conteúdos Organização do SUS Planejamento da

Leia mais