Local para EAD de um Curso

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Local para EAD de um Curso"

Transcrição

1 Concepção Centrada no Utilizador Aula 6: Workshop - Que dizem os utilizadores? Mestrado em Eng.ª Informática e de Computadores Aluno: Vitor M. N. Fernandes Mail: Selecção dos utilizadores (1) Foram seleccionados produtores de conteúdos das cadeiras de IPM e CCU CCU (http://mega.ist.utl.pt/~ic-ccu) Professor João Brisson Lopes Responsável (webmaster) Professor Nelson Abreu (produtor) Professor Frederico Figueiredo (webmaster IPM3/4) IPM (http://mega.ist.utl.pt/~ic-ipm) Professor Manuel João Responsável (produtor) Professor Filipe Dias (webmaster) Adicionei-me à lista de produtores IG1 (http://www.vmnf.net/ipam/ig1) Vitor M. N. Fernandes (webmaster )

2 Selecção dos utilizadores () Foram seleccionados leitores dos conteúdos Alunos das cadeiras de CCU e IPM Forma de contacto com os utilizadores Com os produtores de conteúdo Entrevista semi-estruturada / observação do processo de publicação / gestão dos conteúdos produzidos Com os leitores dos conteúdos Inquérito por questionário a vários alunos que consultam os locais de CCU e IPM. 3 Perfil dos utilizadores contactados webmasters responsáveis pela publicação / gestão do local na sua globalidade produtores produtores de conteúdo para algumas das áreas do local e não da sua totalidade leitores utilizadores que se limitam a consultar a informação disponibilizada, apenas transmitindo informação no local através de formulários (p.e. Nas inscrições de laboratórios) 4

3 Requisitos mais relevante e sua validação (1) Nenhum dos webmasters / Produtores de conteúdo utiliza uma plataforma LMS (Learning Management System) A publicação dos conteúdos é feita através de Download do local: FTP / SSH / FTPSync Cópia através da versão online (http) Imagem Local (em disco) Edição local (Ultra Edit) Verificação local Upload Verificação online * Requisitos mais relevante e sua validação ()... mas todos referiram que gostariam de ter um LMS! Criação de um LMS... Que permita aos produtores publicar os conteúdos de forma integrada no local onde estes são consultados Que permita aos webmasters definir quais áreas que os outros produtores de conteúdos podem interagir Permitir o funcionamento transparente do local para os leitores 6

4 Requisitos mais relevante e sua validação (3) Conteúdos mais importantes / urgentes para publicar para os webmaster / produtores Notícias / Anúncios 6 (todos) Aulas teóricas Inscrições 4 (3 webmasters) Aulas práticas 3, Notas 3 (3 webmasters) Conteúdos mais importantes para os leitores (63 quests. - IPM) Materiais Programa Normas Eventos Bibliografia Aulas- Aulas -VídeoAulas-Áudio Aulas- Inquéritos QuestionáriosRegras EnunciadosSíntesesResultados Correcções Partilha Acetatos Transcrição Avaliação Aval. Primeiro Segundo Terceiro Quarto Quinto Sexto Requisitos mais relevante e sua validação (4) Conteúdos mais importantes para os leitores Resultados da avaliação, Correcções, Enunciados, Sínteses, Aulas Acetatos, Regras de avaliação, Programa, Notícias / Anúncios, Materiais NS/NR Primeiro Segundo Terceiro Quarto Quinto Sexto Resultados Aval ,3 Correcções , Enunciados ,3 Sínteses 34 66, Aulas-Acetatos , Regras Avaliação ,3 Programa , Eventos ,3 Bibliografia , Partilha , Aulas-Vídeo , Aulas-Áudio , Normas , Aulas-Transcrição , Questionários , Inquéritos 8 3 4, 8

5 Como vai prosseguir o trabalho / planeamento (1) 1. Levantamento de requisitos. Prototipagem papel / Organização geral do projecto 3. Afinação das necessidades dos utilizadores 4. 1.º Protótipo funcional: /3 serviços básicos. Testes de usabilidade com os utilizadores 6..º Protótipo funcional: adição de outros serviços / módulos ao protótipo. Testes de usabilidade com os utilizadores 8. Massificação da utilização do.º Protótipo 9. Versão final do projecto e direcções futuras... 9 Como vai prosseguir o trabalho / planeamento (). Prototipagem papel / Organização geral do projecto Elaboração de dois protótipos papel sobre o local a elaborar dando ênfase às áreas Aulas (Teóricas + Práticas) e Notícias /Anúncios 3. Afinação das necessidades dos utilizadores Verificação se as necessidades dos utilizadores estão a ser correctamente implementadas Validação dos protótipos criados 1

Local para EAD de um Curso

Local para EAD de um Curso Concepção Centrada no Utilizador Aula 09: Workshop 3 - Propostas de Solução: Como Suportar os Utilizadores nas suas Tarefas Mestrado em Eng.ª Informática e de Computadores Aluno: Vitor M. N. Fernandes

Leia mais

EDUTec Learning. José Paulo Ferreira Lousado

EDUTec Learning. José Paulo Ferreira Lousado EDUTec Learning MANUAL DO UTILIZADOR José Paulo Ferreira Lousado Índice Página Principal... ii Página de Desenvolvimento de Conteúdos... iii Página de Comunicações...iv Página de Transferência de Ficheiros...vi

Leia mais

EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO MÓDULO II UTILIZAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA FORMAÇÃO ONLINE

EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO MÓDULO II UTILIZAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA FORMAÇÃO ONLINE EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO MÓDULO II UTILIZAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA FORMAÇÃO ONLINE MÓDULO II - UTILIZAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA FORMAÇÃO ONLINE Projecto: Kit elearning, SAF/ Novabase, S.A. Equipa

Leia mais

MOODLE.EDU.PT versão 200705.12. Moodle: Sistema de Gestão de Aprendizagem / LMS

MOODLE.EDU.PT versão 200705.12. Moodle: Sistema de Gestão de Aprendizagem / LMS 1 of 5 MOODLE.EDU.PT versão 200705.12 Equipa de Missão Computadores, Redes e Internet na Escola Fundação para a Computação Científica Nacional Alojamento de páginas: Moodle: Sistema de Gestão de Aprendizagem

Leia mais

Guião de utilização da plataforma moodle para Professor

Guião de utilização da plataforma moodle para Professor Guião de utilização da plataforma moodle para Professor http://elearning.up.ac.mz http://www.ceadup.edu.mz E-mail: up.cead@gmail.com info@ceadup.edu.mz Maputo, 2013 Introdução Há alguns anos atrás, para

Leia mais

PROJ. Nº 528362 LLP-1-2012-1-NL-ERASMUS-ECUE

PROJ. Nº 528362 LLP-1-2012-1-NL-ERASMUS-ECUE REDIVE GUIA LMS PROJ. Nº 528362 LLP-1-2012-1-NL-ERASMUS-ECUE Projecto financiado com o apoio da Comissão Europeia. A informação contida nesta publicação vincula exclusivamente o autor, não sendo a Comissão

Leia mais

Indicie. 1.Introdução...1. 2.Como Surgiu...2. 3.Para que serve...3. 4.Instalação...3. 5. Oque ele permite fazer...5. 6. Primeiro Cenário...

Indicie. 1.Introdução...1. 2.Como Surgiu...2. 3.Para que serve...3. 4.Instalação...3. 5. Oque ele permite fazer...5. 6. Primeiro Cenário... Artigo sobre Indicie 1.Introdução....1 2.Como Surgiu....2 3.Para que serve....3 4.Instalação....3 5. Oque ele permite fazer....5 6. Primeiro Cenário....6 7. Segundo Cenário....7 8. Conclusão....8 5. Referencias....9

Leia mais

MÓDULO II UTILIZAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA FORMAÇÃO ONLINE

MÓDULO II UTILIZAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA FORMAÇÃO ONLINE MÓDULO II UTILIZAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA FORMAÇÃO ONLINE Objectivos gerais do módulo No final do módulo, deverá estar apto a: Identificar um Sistema de Gestão da Formação Online; Analisar as diversas

Leia mais

Direcção Regional de Educação do Algarve

Direcção Regional de Educação do Algarve MÓDULO 1 Folha de Cálculo 1. Introdução à folha de cálculo 1.1. Personalização da folha de cálculo 1.2. Estrutura geral de uma folha de cálculo 1.3. O ambiente de da folha de cálculo 2. Criação de uma

Leia mais

Laboratório de Engenharia de Software

Laboratório de Engenharia de Software Laboratório de Engenharia de Software FEUP/LEIC - Licenciatura em Engenharia Informática, 2005/06 Ademar Aguiar ademar.aguiar at fe.up.pt João Correia Lopes jlopes at fe.up.pt Francisco Reinaldo reifeup

Leia mais

Módulo 3 Técnicas para envolvimento. 3a Introdução

Módulo 3 Técnicas para envolvimento. 3a Introdução Módulo 3 Técnicas para envolvimento 3a Introdução No Módulo 3a... Gama de técnicas Técnicas diferentes para níveis de envolvimento diferentes Selecção de técnicas Gama de técnicas Meios/ técnicas para

Leia mais

» apresentação. WORKFLOW que significa?

» apresentação. WORKFLOW que significa? » apresentação WORKFLOW que significa? WORKFLOW não é mais que uma solução que permite sistematizar de forma consistente os processos ou fluxos de trabalho e informação de uma empresa, de forma a torná-los

Leia mais

Comunicação de Dados de Autenticação e Credenciais de Acesso para Resposta ao Inquérito

Comunicação de Dados de Autenticação e Credenciais de Acesso para Resposta ao Inquérito Mais informação Acesso ao Sistema de Transferência Electrónica de dados de Inquéritos (STEDI). Onde se acede ao sistema de entrega de Inquéritos? Deverá aceder ao sistema através do site do GEP www.gep.mtss.gov.pt

Leia mais

Lista de Funcionalidades

Lista de Funcionalidades O que é o? É uma plataforma on-line que permite a gerir campanhas de angariação de fãs no facebook recorrendo à utilização de passatempos e sondagens. Com esta plataforma poderá criar os passatempos e/ou

Leia mais

Processo de submissão - Informação para autores

Processo de submissão - Informação para autores Processo de submissão - Informação para autores O sistema de submissão on-line da Colóquios Garcia de Orta oferece aos autores a possibilidade de enviarem as suas submissões directamente para a revista.

Leia mais

Versão 1.0. [08.02.2012] 2012, Portugal - Efacec Sistemas de Gestão S.A. Todos os direitos reservados. 1

Versão 1.0. [08.02.2012] 2012, Portugal - Efacec Sistemas de Gestão S.A. Todos os direitos reservados. 1 Copyright 2012 Efacec Todos os direitos reservados. Não é permitida qualquer cópia, reprodução, transmissão ou utilização deste documento sem a prévia autorização escrita da Efacec Sistemas de Gestão S.A.

Leia mais

CINEP ESAC. Grupos de aprox. 10 Participantes INSCRIÇÕES aceites por ORDEM DE CHEGADA

CINEP ESAC. Grupos de aprox. 10 Participantes INSCRIÇÕES aceites por ORDEM DE CHEGADA CINEP Workshops Novembro-Dezembro/2012 Inscrições abertas Frequência gratuita! Grupos de aprox. 10 Participantes INSCRIÇÕES aceites por ORDEM DE CHEGADA Inscrições: enviar para cinep@ipc.pt acção em que

Leia mais

Instituto Politécnico de Viana do Castelo

Instituto Politécnico de Viana do Castelo Um percurso a caminho do futuro Instituto Politécnico de Viana do Castelo Rui Teixeira Vice-Presidente Criação do IPVC Processo:! Separado no tempo! Diferente nos Espaços! Diferentes pontos de partida

Leia mais

Trabalho de Grupo Gestão de Projecto e Gestão de Processos de Negócio

Trabalho de Grupo Gestão de Projecto e Gestão de Processos de Negócio 1 Trabalho de Grupo Gestão de Projecto e Gestão de Processos de Negócio João Caixinha, 5946, Pedro Moreira, 10015, 2.º Ano (2011/2012) Resumo Este trabalho é composto por duas partes, uma elaborada no

Leia mais

CONCEITO: Moodle Moodle Moodle Moodle

CONCEITO: Moodle Moodle Moodle Moodle NE@D - Moodle CONCEITO: O Moodle é uma plataforma de aprendizagem a distância baseada em software livre. É um acrônimo de Modular Object-Oriented Dynamic Learning Environment (ambiente modular de aprendizagem

Leia mais

António Amaro Marketing Digital Junho 2014 INTRODUÇÃO E OBJECTIVOS

António Amaro Marketing Digital Junho 2014 INTRODUÇÃO E OBJECTIVOS INTRODUÇÃO E OBJECTIVOS FACTOS A Internet mudou profundamente a forma como as pessoas encontram, descobrem, compartilham, compram e se conectam. INTRODUÇÃO Os meios digitais, fazendo hoje parte do quotidiano

Leia mais

As TIC e o PTE. Escola Secundária de Monção - Grupo de Informática

As TIC e o PTE. Escola Secundária de Monção - Grupo de Informática As TIC e o PTE Grupo de informática -PAA Sessões Curtas (30 minutos) Calendário. 8,9 e 10 das 17:15 às 18:30 Sessões Interactivas Aberto a toda a comunidade educativa Presença espontânea e facultativa

Leia mais

Planificações 2012/2013. Tecnologias da Informação e Comunicação. 2ºAno. Escola Básica Integrada de Pedome. C E F Apoio à Família e à Comunidade

Planificações 2012/2013. Tecnologias da Informação e Comunicação. 2ºAno. Escola Básica Integrada de Pedome. C E F Apoio à Família e à Comunidade Planificações 2012/2013 Tecnologias da Informação e Comunicação C E F Apoio à Família e à Comunidade 2ºAno Escola Básica Integrada de Pedome Grupo Disciplinar de Informática Planificação a Longo Prazo

Leia mais

Processos de Desenvolvimento de Software

Processos de Desenvolvimento de Software Processos de Desenvolvimento de Software Gerenciamento de Projetos Mauro Lopes Carvalho Silva Professor EBTT DAI Departamento de Informática Campus Monte Castelo Instituto Federal de Educação Ciência e

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO JOOMLA NA GESTÃO DA INFORMAÇÃO PEDAGÓGICA. Razões justificativas da acção: Problema/Necessidade de formação identificado

A IMPORTÂNCIA DO JOOMLA NA GESTÃO DA INFORMAÇÃO PEDAGÓGICA. Razões justificativas da acção: Problema/Necessidade de formação identificado A IMPORTÂNCIA DO JOOMLA NA GESTÃO DA INFORMAÇÃO PEDAGÓGICA Razões justificativas da acção: Problema/Necessidade de formação identificado O Plano Tecnológico da Educação (PTE), aprovado pela Resolução de

Leia mais

Concepção e Desenvolvimento de Interfaces para o Motor de Busca Geográfico GeoTumba!

Concepção e Desenvolvimento de Interfaces para o Motor de Busca Geográfico GeoTumba! Concepção e Desenvolvimento de Interfaces para o Motor de Busca Geográfico GeoTumba! Sérgio Freitas, Ana Paula Afonso, Mário Silva Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa Departamento de Informática

Leia mais

A Acta Reumatológica Portuguesa disponibiliza em www.actareumatologica.pt uma plataforma online de submissão e revisão dos artigos submetidos.

A Acta Reumatológica Portuguesa disponibiliza em www.actareumatologica.pt uma plataforma online de submissão e revisão dos artigos submetidos. A Acta Reumatológica Portuguesa disponibiliza em www.actareumatologica.pt uma plataforma online de submissão e revisão dos artigos submetidos. Quer através do acesso directo à plataforma, quer seguindo

Leia mais

www.nwc.pt NWC Network Concept André Serpa Santos

www.nwc.pt NWC Network Concept André Serpa Santos NWC Network Concept André Serpa Santos 19 de Março de 2009 Desenvolvi uma tese de mestrado (MERC) de investigação aplicada, que em conjunto com a tese de um Colega deu origem a uma Plataforma. Esta posteriormente

Leia mais

Gestão de Estágios e Projectos de Investigação Manual de Utilizador - Aluno

Gestão de Estágios e Projectos de Investigação Manual de Utilizador - Aluno Gestão de Estágios e Projectos de Investigação Manual de Utilizador - Aluno GESTÃO DE ESTÁGIOS E PROJECTOS DE INVESTIGAÇÃO MANUAL DE UTILIZADOR - ALUNO Passaremos a demonstrar quais os passos a dar para

Leia mais

Câmaras Municipais 2003 Inquérito à Utilização das Tecnologias da Informação e da Comunicação

Câmaras Municipais 2003 Inquérito à Utilização das Tecnologias da Informação e da Comunicação Câmaras Municipais 2003 Inquérito à Utilização das Tecnologias da Informação e da Comunicação Estudo realizado pelo CIES/Universidade do Minho Agosto de 2004 BREVE NOTA METODOLÓGICA Universo de referência:

Leia mais

Portal da Imprensa Regional. Actualizações e Correcções

Portal da Imprensa Regional. Actualizações e Correcções Portal da Imprensa Regional Actualizações e Correcções Índice Versão: 3.1.3... 3... 3 BackOffice... 3 Versão: 3.0.1... 3... 3 BackOffice... 3 Versão: 3.0.0... 4... 4 BackOffice... 4 Histórico de Versões...

Leia mais

CALL VN E APV- EXTRANET PEUGEOT MANUAL DO UTILIZADOR

CALL VN E APV- EXTRANET PEUGEOT MANUAL DO UTILIZADOR CALL VN E APV- EXTRANET PEUGEOT MANUAL DO UTILIZADOR Índice Noções Básicas 3 Workflow 4 Permissões 5 Acessos 5 Layout 5 Autenticação 6 Homepage 8 Contactos 8 Upload 11 Relatórios 15 Verbatins 18 Utilizadores

Leia mais

Portal AEPQ Manual do utilizador

Portal AEPQ Manual do utilizador Pedro Gonçalves Luís Vieira Portal AEPQ Manual do utilizador Setembro 2008 Engenharia Informática - Portal AEPQ Manual do utilizador - ii - Conteúdo 1 Introdução... 1 1.1 Estrutura do manual... 3 1.2 Requisitos...

Leia mais

ued - unidade de ensino a distância instituto politécnico de leiria BlackBoard - Moodle Guia rápido

ued - unidade de ensino a distância instituto politécnico de leiria BlackBoard - Moodle Guia rápido ued - unidade de ensino a distância instituto politécnico de leiria BlackBoard - Guia rápido ued - unidade de ensino a distância instituto politécnico de leiria Unidade de Ensino a Distância Equipa Guia

Leia mais

CONCURSO ESCOLAS DA NOVA GERAÇÃO REGULAMENTO

CONCURSO ESCOLAS DA NOVA GERAÇÃO REGULAMENTO CONCURSO ESCOLAS DA NOVA GERAÇÃO REGULAMENTO Enquadramento geral Um dos principais desafios que se colocam à sociedade portuguesa é o do desenvolvimento de uma Sociedade de Informação, voltada para o uso

Leia mais

GUÍA PARA UTILIZAR A WEBNODE EDU

GUÍA PARA UTILIZAR A WEBNODE EDU GUÍA PARA UTILIZAR A WEBNODE EDU Imagina que queres criar o teu próprio site. Normalmente, terías que descarregar e instalar software para começar a programar. Com a Webnode não é preciso instalar nada.

Leia mais

Parte I Requirement Engineering. Gestão de Projectos Informáticos. Gestão do Âmbito (Scope Management) Requirement Engineering.

Parte I Requirement Engineering. Gestão de Projectos Informáticos. Gestão do Âmbito (Scope Management) Requirement Engineering. Parte I Requirement Engineering Gestão de Projectos Informáticos Gestão do Âmbito (Scope Management) Requirement Engineering Introduzir as noções requisitos de sistema e processo de engª de requisitos

Leia mais

Apresentação do MOODLE. Educação do século XXI

Apresentação do MOODLE. Educação do século XXI Apresentação do MOODLE Educação do século XXI Software social e e-learning Talvez seja o momento de fazer algo nas suas disciplinas! O que pretende do seu sistema de aprendizagem on-line? Fácil criação

Leia mais

Modelo para a gestão de conteúdos em

Modelo para a gestão de conteúdos em Modelo para a gestão de conteúdos em sistemas de e-learning e no ensino superior Helder Caixinha caixinha@cemed.ua.pt Mestrando no DEGEI@UA, sob orientação de Luís Borges Gouveia Evento de ensino virtual

Leia mais

Formação Interempresas 2014

Formação Interempresas 2014 Formação Interempresas 2014 Curso Métodos e Tempos Cronograma 2014 Formação Duração 1 Dia Preço/Participant e Contactar a APMI Data 19 de Setembro 2014 Six Sigma - ISO 31000:2009 - Gestão de Risco 1 Dia

Leia mais

Sistema de Informação Integrado da Universidade de Évora

Sistema de Informação Integrado da Universidade de Évora Sistema de Informação Integrado da Universidade de Évora Perfil Candidato MANUAL DE UTILIZAÇÃO Módulo: Candidaturas online (2.º/3.º Ciclo, e outros Cursos não conferentes de Grau) O Módulo de Candidaturas

Leia mais

Universidade Fernando Pessoa

Universidade Fernando Pessoa Objectivos da cadeira reconhecer, criar e explorar um recurso de informação usar tecnologias de informação emergentes para a gestão eficaz do recurso informação discutir o impacto das tecnologias de informação

Leia mais

Curriculum DeGóis Guia de preenchimento do Curriculum Vitae (Informação mínima necessária)

Curriculum DeGóis Guia de preenchimento do Curriculum Vitae (Informação mínima necessária) Curriculum DeGóis Guia de preenchimento do Curriculum Vitae (Informação mínima necessária) /curriculum Julho de 2008 Versão 1.1 1 Introdução O objectivo deste guia é auxiliar o utilizador da Plataforma

Leia mais

Estabelecer critérios e procedimentos para atendimento aos usuários na realização de ensino a distância.

Estabelecer critérios e procedimentos para atendimento aos usuários na realização de ensino a distância. Proposto por: IMPLEMENTAR AÇÕES DE ENSINO A DISTÂNCIA Equipe da Escola de Administração Judiciária (ESAJ) Analisado por: Escola de Administração Judiciária (ESAJ) Aprovado por: Diretor-Geral da Diretoria

Leia mais

Requisitos de Software. Requisitos de Software. Requisitos de Software. Requisitos de Software. Requisitos de Software. Requisitos de Software

Requisitos de Software. Requisitos de Software. Requisitos de Software. Requisitos de Software. Requisitos de Software. Requisitos de Software INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE Curso Técnico em Informática ENGENHARIA DE SOFTWARE Prof.: Clayton Maciel Costa clayton.maciel@ifrn.edu.br Clayton Maciel Costa

Leia mais

Sistema De Entrega Guia Do Usuário

Sistema De Entrega Guia Do Usuário Sistema De Entrega Guia Do Usuário LEONARDO DA VINCI - Transferência de inovação MEDILINGUA - Advancing vocational competences in foreign languages for paramedics MEDILINGUA - Promovendo competências profissionais

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE MULTIMÉDIA. PERFIL PROFISSIONAL Técnico/a de Multimédia Nível 3 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/5

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE MULTIMÉDIA. PERFIL PROFISSIONAL Técnico/a de Multimédia Nível 3 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/5 PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE MULTIMÉDIA PERFIL PROFISSIONAL Técnico/a de Multimédia Nível 3 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/5 ÁREA DE ACTIVIDADE OBJECTIVO GLOBAL - AUDIOVISUAIS E PRODUÇÃO DOS

Leia mais

Internet Update de PaintManager TM. Manual de registo do utilizador

Internet Update de PaintManager TM. Manual de registo do utilizador Internet Update de PaintManager TM Manual de registo do utilizador ÍNDICE O que é o registo CTS? 3 Como é realizado o pedido de registo? 3 Opção 1: Se o número de registo CTS for conhecido 3 Passo 1: 3

Leia mais

Módulo de Administração de Utilizadores

Módulo de Administração de Utilizadores base Módulo de Administração de Utilizadores Versão 2.0 Manual do utilizador Janeiro 2002 Ficha técnica Título BIBLIObase : Módulo de Administração de Utilizadores: versão 2.0 : manual do utilizador Autores

Leia mais

QUADRO COMUNITÁRIO DE APOIO

QUADRO COMUNITÁRIO DE APOIO QUADRO COMUNITÁRIO DE APOIO 2000-2006 PLANO DE ACÇÃO DE COMUNICAÇÃO DO QCA AGOSTO 2001 1 ÍNDICE 1 - Objectivos... 4 2 - Públicos-alvo... 4 3 - Estratégia... 4 4 Conteúdo e Estratégia das Acções... 5 5

Leia mais

Pós-Graduação em. MARKETING E GESTÃO COMERCIAL de Serviços Financeiros INSTITUTO SUPERIOR DE GESTÃO BANCÁRIA

Pós-Graduação em. MARKETING E GESTÃO COMERCIAL de Serviços Financeiros INSTITUTO SUPERIOR DE GESTÃO BANCÁRIA BSUPERIOR DE GESTÃO INSTITUTO Pós-Graduação em MARKETING E GESTÃO COMERCIAL de Serviços Financeiros 2005 2006 Associação Portuguesa de Bancos INSTITUTO SUPERIOR DE GESTÃO B ISGB THE PORTUGUESE SCHOOL OF

Leia mais

Interface Pessoa Máquina

Interface Pessoa Máquina Interface Pessoa Máquina Relatório Consolidado do Protótipo PrintShirt Grupo 95 Sumário Executivo Os testes que puderam ser realizados à interface do PrintShirt foram bastante superficiais dado que o programa

Leia mais

Website disponível em: Nome de Utilizador: aluno@aluno.pt. Palavra-chave: *aluno*

Website disponível em: Nome de Utilizador: aluno@aluno.pt. Palavra-chave: *aluno* Website disponível em: http://formar.tecminho.uminho.pt/moodle/course/view.php?id=69 Nome de Utilizador: aluno@aluno.pt Palavra-chave: *aluno* Associação Universidade Empresa para o Desenvolvimento Web

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA PEDRULHA ESCOLA BÁSICA RAINHA SANTA ISABEL Curso de Educação e Formação (Despacho Conjunto Nº453/2004, de 27 de Julho)

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA PEDRULHA ESCOLA BÁSICA RAINHA SANTA ISABEL Curso de Educação e Formação (Despacho Conjunto Nº453/2004, de 27 de Julho) Nome: Nazmul alam Nº: 12 Ficha de Trabalho 1. O que é um protocolo? Esta ficha conta para avaliação. É um conjunto de regras de comunicações +ara sistemas informática. 2. Indica um protocolo de envio de

Leia mais

Base de Dados para Administrações de Condomínios

Base de Dados para Administrações de Condomínios Base de Dados para Administrações de Condomínios José Pedro Gaiolas de Sousa Pinto: ei03069@fe.up.pt Marco António Sousa Nunes Fernandes Silva: ei03121@fe.up.pt Pedro Miguel Rosário Alves: alves.pedro@fe.up.pt

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA FACULDADE DE PSICOLOGIA E DE EDUCAÇÃO MESTRADO EM CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO EM INFORMÁTICA EDUCACIONAL Internet e Educação Ensaio: A Web 2.0 como ferramenta pedagógica

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PRODUÇÃO DE DESIGN MULTIMÉDIA Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PRODUÇÃO DE DESIGN MULTIMÉDIA Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular PRODUÇÃO DE DESIGN MULTIMÉDIA Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Arquitectura e Artes (2º Ciclo) 2. Curso Mestrado em Design 3. Ciclo de Estudos 2º 4. Unidade Curricular

Leia mais

Definições: quando usar cada um?

Definições: quando usar cada um? Framework ou CMS? Definições: quando usar cada um? Framework: Uma arquitetura desenvolvida com o objetivo de atingir a máxima reutilização, representada como um conjunto de classes abstratas e concretas,

Leia mais

Síntese de Resultados Janeiro de 2004

Síntese de Resultados Janeiro de 2004 A Imprensa na Internet Síntese de Resultados Janeiro de 2004 Netsonda - Consultadoria, Sondagens e Estudos de Mercado, Lda. Travessa. do Jasmim, 10, 1º Tel: 213 429 318 netsonda@netsonda.pt 1200-230 Lisboa

Leia mais

UNIVERSIDADE POPULAR DO PORTO

UNIVERSIDADE POPULAR DO PORTO ACÇÃO DE FORMAÇÃO OS ARQUIVOS DO MUNDO DO TRABALHO TRATAMENTO TÉCNICO ARQUIVÍSTICO RELATÓRIO FINAL Enquadramento A acção de formação Os arquivos do mundo do trabalho tratamento técnico arquivístico realizou-se

Leia mais

Informações e Inscrições em: www.mun-setubal.pt Divisão de Ambiente, disqa@mun-setubal.pt Telef. 265 537 058 / 265 537 000

Informações e Inscrições em: www.mun-setubal.pt Divisão de Ambiente, disqa@mun-setubal.pt Telef. 265 537 058 / 265 537 000 Informações e Inscrições em: www.mun-setubal.pt Divisão de Ambiente, disqa@mun-setubal.pt Telef. 265 537 058 / 265 537 000 CONFERÊNCIA 18 DE MAIO CASA DA BAÍA 9h00 Abertura da Conferência Presidente da

Leia mais

Introdução. Confiabilidade. Conformidade. Segurança. Optimização e Disponibilidade

Introdução. Confiabilidade. Conformidade. Segurança. Optimização e Disponibilidade Introdução Desenvolvido segundo um modelo de bases de dados relacionais, podem ser realizadas personalizações à medida de cada empresa, em conformidade com o Sistema de Informação existente e diversas

Leia mais

COLIBRI Ambiente Colaborativo Multimédia MÓDULO MOODLE. Rui Ribeiro colibri@fccn.pt. FCCN - Dezembro 2010

COLIBRI Ambiente Colaborativo Multimédia MÓDULO MOODLE. Rui Ribeiro colibri@fccn.pt. FCCN - Dezembro 2010 COLIBRI Ambiente Colaborativo Multimédia MÓDULO MOODLE FCCN - Dezembro 2010 Rui Ribeiro colibri@fccn.pt Módulo COLIBRI Concebido por: José Coelho Universidade Aberta Apoiado por: Rui Ribeiro FCCN Vitor

Leia mais

Pós-Graduação em INOVAÇÃO E SISTEMAS INSTITUTO SUPERIOR DE GESTÃO BANCÁRIA ISGB THE PORTUGUESE SCHOOL OF BANK MANAGEMENT

Pós-Graduação em INOVAÇÃO E SISTEMAS INSTITUTO SUPERIOR DE GESTÃO BANCÁRIA ISGB THE PORTUGUESE SCHOOL OF BANK MANAGEMENT BSUPERIOR DE GESTÃO INSTITUTO 0101011010101001010 0101011010101001010 Pós-Graduação em INOVAÇÃO E SISTEMAS DE INFORMAÇÃO no Sector Financeiro 2005 2006 Associação Portuguesa de Bancos INSTITUTO SUPERIOR

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE ELECTRÓNICA, AUTOMAÇÃO E COMPUTADORES 1 / 6

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE ELECTRÓNICA, AUTOMAÇÃO E COMPUTADORES 1 / 6 PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE ELECTRÓNICA, AUTOMAÇÃO E COMPUTADORES Publicação e actualizações Publicado no Despacho n.º13456/2008, de 14 de Maio, que aprova a versão inicial do Catálogo Nacional de

Leia mais

Relatório Preliminar de. Projecto de Telecomunicações em Contexto Empresarial II. VoIP Desenvolvimento de Aplicações em Plataformas Open Source

Relatório Preliminar de. Projecto de Telecomunicações em Contexto Empresarial II. VoIP Desenvolvimento de Aplicações em Plataformas Open Source Relatório Preliminar de Projecto de Telecomunicações em Contexto Empresarial II VoIP Desenvolvimento de Aplicações em Plataformas Open Source Cândido Silva Av. dos Descobrimentos, 333 4400-103 Santa Marinha

Leia mais

Plano de Projecto Multimédia

Plano de Projecto Multimédia Plano de Projecto Multimédia Equipa: (nomes dos elementos e emails respectivos) Vitor Manuel Gonçalves vg@ipb.pt Armindo Dias armindo.dias@dhvmc.pt Definição de objectivos: (indique os objectivos principais

Leia mais

1 Serviços de Planeamento e Transformação Empresarial Os Serviços de Planeamento e Transformação Empresarial da SAP incluem:

1 Serviços de Planeamento e Transformação Empresarial Os Serviços de Planeamento e Transformação Empresarial da SAP incluem: Descrição de Serviços Serviços de Planeamento e Empresarial Os Serviços de Planeamento e Empresarial fornecem serviços de consultoria e prototipagem para facilitar a agenda do Licenciado relativa à inovação

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular

Ficha de Unidade Curricular Ficha de Unidade Curricular Unidade Curricular Designação: Técnicas de Representação Digital I Área Científica: Desenho (DES) Ciclo de Estudos: Licenciatura Carácter: Obrigatória Semestre: 3º ECTS: 6 Tempo

Leia mais

1.0 Março-2006 Farmácia e do Medicamento

1.0 Março-2006 Farmácia e do Medicamento Instituto Nacional da Farmácia e do Medicamento Perguntas Frequentes Portal Infarmed Versão 1.0 Março de 2006 Data de Impressão: 06-03-2008 Ficheiro: Perguntas Frequentes Página nº 1 / 7 ÍNDICE 1 Introdução...

Leia mais

Curso de Especialista em Gestão de Operações e Sistemas de Qualidade

Curso de Especialista em Gestão de Operações e Sistemas de Qualidade 75 horas letivas Formação Online A Academia de formação AHRESP tem como objetivo profissionalizar o setor da restauração e hotelaria ao nível gastronómico e empresarial. Academia AHRESP Uma porta aberta

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Modulo X RH

Gerenciamento de Projetos Modulo X RH Gerenciamento de Projetos Modulo X RH Prof. Walter Cunha falecomigo@waltercunha.com http://waltercunha.com Bibliografia* Project Management Institute. Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento de Projetos

Leia mais

Programação Sistemas Computacionais

Programação Sistemas Computacionais Programação Sistemas Computacionais LEE - 2013/14 Os acetatos foram escritos de acordo com a ortografia antiga Programação de Sistemas Introdução : 1/22 Enquadramento Disciplina no semestre de primavera

Leia mais

Plataforma de Comunicação Colaborativa. Programa Espaço Atlântico. Guia do utilizador da área Projectos

Plataforma de Comunicação Colaborativa. Programa Espaço Atlântico. Guia do utilizador da área Projectos Plataforma de Comunicação Colaborativa Programa Espaço Atlântico Guia do utilizador da área Projectos Versão Junho 2010 Investindo no nosso futuro comum Guia do utilizador da área Projectos Versão Junho

Leia mais

Desenvolvimento de Conteúdos Educativos

Desenvolvimento de Conteúdos Educativos Projecto de Publicação de Informação Educativa Escola Superior de Educação de Bragança Vitor Manuel Barrigão Gonçalves Bragança, 2003 Sumário Contexto Objectivos Modelo Tecnológico e Modelo de Desenvolvimento

Leia mais

CONSELHO CIENTÍFICO PEDAGÓGICO DA FORMAÇÃO CONTÍNUA APRESENTAÇÃO DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO NAS MODALIDADES DE CURSO, MÓDULO E SEMINÁRIO

CONSELHO CIENTÍFICO PEDAGÓGICO DA FORMAÇÃO CONTÍNUA APRESENTAÇÃO DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO NAS MODALIDADES DE CURSO, MÓDULO E SEMINÁRIO CONSELHO CIENTÍFICO PEDAGÓGICO DA FORMAÇÃO CONTÍNUA APRESENTAÇÃO DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO NAS MODALIDADES DE CURSO, MÓDULO E SEMINÁRIO An 2-A Formulário de preenchimento obrigatório, a anexar à ficha modelo

Leia mais

MANUAL RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO

MANUAL RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO Agrupamento de Escolas n.º 2 de Beja Mário Beirão PLATAFORMA GATO:\> GESTÃO DE EQUIPAMENTOS E EQUIPAMENTOS ON LINE MANUAL RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO Novembro de 2009 1 O QUE É O GATO:\>? A aplicação das Tecnologias

Leia mais

Análise dos inquéritos

Análise dos inquéritos Análise dos inquéritos Denis Encarnação 25077 Tiago Rodrigues 25092 De forma a apurar se as características que pretendemos incluir no nosso projecto são ou não as mais indicadas e se eventualmente poderia

Leia mais

Registo de Produtores de Pilhas e Acumuladores

Registo de Produtores de Pilhas e Acumuladores MANUAL DE PROCEDIMENTOS Registo de Produtores de Pilhas e Acumuladores Ecopilhas Sociedade Gestora de Resíduos de Pilhas e Acumuladores, Lda. JUNHO 2011 Índice 1. Início do Registo de Produtor de Pilhas

Leia mais

MANUAL DE UTILIZADOR FORENSIC SCIENCE LAB

MANUAL DE UTILIZADOR FORENSIC SCIENCE LAB MANUAL DE UTILIZADOR FORENSIC SCIENCE LAB - CSI ÉVORA - Sobre O Forensic science LAB Neste manual explicamos o melhor funcionamento da aplicação, bem como as suas respectivas abordagem no que diz respeito

Leia mais

Organização. Financiamento

Organização. Financiamento PRIMEIRA REUNIÃO DE TRABALHO DO PROJETO DESAFIO Democratização da Governança dos Serviços de Água e Esgotos por Meio de Inovações Sociotécnicas Organização Financiamento 26 de fevereiro a 1 de março de

Leia mais

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DAS ACÇÕES DE FORMAÇÃO

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DAS ACÇÕES DE FORMAÇÃO REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DAS ACÇÕES DE FORMAÇÃO CÂMARA DO COMÉRCIO DE ANGRA DO HEROÍSMO Índice 1. Âmbito de Aplicação 2. Competência Organizativa 3. Política e Estratégia da Entidade 4. Responsabilidades

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular INTRODUÇÃO ÀS TECNOLOGIAS DIGITAIS Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular INTRODUÇÃO ÀS TECNOLOGIAS DIGITAIS Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular INTRODUÇÃO ÀS TECNOLOGIAS DIGITAIS Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Arquitectura e Artes (1º Ciclo) 2. Curso Arquitectura 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

Helpdesk - Um Mensageiro Escolar

Helpdesk - Um Mensageiro Escolar Helpdesk - Um Mensageiro Escolar Aquiles Boiça 1, João Paiva, 2 1 Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (Portugal), boica@prof2000.pt http://portal-escolar.com 2 Centro de Física Computacional

Leia mais

Agência para o Desenvolviemnto Empresarial e Inovação ADEI. Rede Nacional de Incubadoras de Negócio RENI. Anúncio de Concurso

Agência para o Desenvolviemnto Empresarial e Inovação ADEI. Rede Nacional de Incubadoras de Negócio RENI. Anúncio de Concurso Agência para o Desenvolviemnto Empresarial e Inovação ADEI Rede Nacional de Incubadoras de Negócio RENI Anúncio de Concurso Contratação de uma empresa especializada e qualificada para a produção de WEBSITE

Leia mais

Realização das Noites de Sociologia, encontro tertúlia subordinado a um tema, e que habitualmente se realiza em junho.

Realização das Noites de Sociologia, encontro tertúlia subordinado a um tema, e que habitualmente se realiza em junho. Índice 1. Introdução... 3 2. Atividades científicas, de formação e divulgação....3 3. Publicações.. 3 4. Internet... 4 5. Secções Temáticas e Núcleos Regionais 4 6. Outras atividades....4 2 1. Introdução

Leia mais

Documentação, Divulgação e Vídeo. > Relatório <

Documentação, Divulgação e Vídeo. > Relatório < Projecto Aldeia das Amoreiras Sustentável Documentação, Divulgação e Vídeo > Relatório < - 1 - RELATÓRIO DA DOCUMENTAÇÃO, DIVULGAÇÃO E VÍDEO Organização: Centro de Convergência/ GAIA Alentejo Data e local:

Leia mais

CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3

CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3 CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3 Este tutorial não tem como finalidade esgotar todas as funcionalidades do Ambiente, ele aborda de forma prática

Leia mais

Criação de um site sobre Comunicação

Criação de um site sobre Comunicação Luciano Conceição Martins Criação de um site sobre Comunicação UNICAMP Universidade Estadual de Campinas Introdução: Um site é um conjunto de arquivos feitos através de códigos de programação. E, estes

Leia mais

elearning Formare - Sistema de Gestão da Aprendizagem BEYOND INNOVATION

elearning Formare - Sistema de Gestão da Aprendizagem BEYOND INNOVATION elearning Formare - Sistema de Gestão da Aprendizagem BEYOND INNOVATION CERTIFICAÇÃO A aplicação foi construída e dividida em três grandes camadas de código, separando a camada de apresentação (écrans

Leia mais

Programa de Pós Graduação em Enfermagem

Programa de Pós Graduação em Enfermagem UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA Programa de Pós Graduação em Enfermagem GIATE - Grupo de Pesquisa em Tecnologias, Informações e Informática em Saúde e Enfermagem Mestranda: Camila Rosalia Antunes

Leia mais

Oferta de Estágio. iscriptor. Setembro 2011

Oferta de Estágio. iscriptor. Setembro 2011 Oferta de Estágio iscriptor Setembro 2011 DESCRIÇÃO DO ESTÁGIO Um dos principais desafios das plataformas de informação e de negócio é o acesso e a disponibilidade da sua informação. Em particular e com

Leia mais

Perto de si, mudamos consigo! www.wechange.pt

Perto de si, mudamos consigo! www.wechange.pt Hotel Alvalade LUANDA 16 a 27 de RH Os Ciclos de RH, consistem em planos de desenvolvimento de competências no domínio da gestão de Recursos Humanos, nomeadamente ao nível das áreas de Selecção, Formação

Leia mais

EAmb V.1 ESPOSENDE AMBIENTE. GestProcessos Online. Manual do Utilizador

EAmb V.1 ESPOSENDE AMBIENTE. GestProcessos Online. Manual do Utilizador EAmb V.1 ESPOSENDE AMBIENTE GestProcessos Online Manual do Utilizador GestProcessos Online GABINETE DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO EAmb Esposende Ambiente, EEM Rua da Ribeira 4740-245 - Esposende

Leia mais

Manual de utilização do Moodle

Manual de utilização do Moodle Manual de utilização do Moodle Iniciação para docentes Universidade Atlântica Versão: 1 Data: Fevereiro 2010 Última revisão: Fevereiro 2010 Autor: Ricardo Gusmão Índice Introdução... 1 Registo no Moodle...

Leia mais

PROGRAMA DE TRABALHO

PROGRAMA DE TRABALHO PROGRAMA DE TRABALHO SEMINÁRIO SOBRE: SISTEMA DE MONITORIZAÇÃO DOS INDICADORES DE GESTÃO DAS EMPRESAS PÚBLICAS DO SECTOR DOS TRANSPORTES SMIGEP-ST LUANDA, 23 DE SETEMBRO DE 2010 INTRODUÇÃO No âmbito da

Leia mais

Qpoint Rumo à Excelência Empresarial

Qpoint Rumo à Excelência Empresarial 2 PRIMAVERA BSS Qpoint Rumo à Excelência Empresarial Numa era em que a competitividade entre as organizações é decisiva para o sucesso empresarial, a aposta na qualidade e na melhoria contínua da performance

Leia mais

CHECK-LIST - NP EN ISO 9001

CHECK-LIST - NP EN ISO 9001 4 Sistemas de gestão da qualidade 4.1 Requisitos gerais A organização deve estabelecer, documentar, implementar e manter um sistema de gestão da qualidade e melhorar continuamente a sua eficácia de acordo

Leia mais

Programa de Parcerias e Submissão de Propostas 2014/15

Programa de Parcerias e Submissão de Propostas 2014/15 DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA Programa de Parcerias e Submissão de Propostas 2014/15 O Departamento de Informática (DI) da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FCUL) procura criar e estreitar

Leia mais