PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO: PERCEPÇÃO DOS EMPRESÁRIOS E ESTUDO DE CASO EM UMA EMPRESA DE PEQUENO PORTE

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO: PERCEPÇÃO DOS EMPRESÁRIOS E ESTUDO DE CASO EM UMA EMPRESA DE PEQUENO PORTE"

Transcrição

1 PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO: PERCEPÇÃO DOS EMPRESÁRIOS E ESTUDO DE CASO EM UMA EMPRESA DE PEQUENO PORTE Autores: Jeter LANG, Araceli GONÇALVES e Heloysa dos SANTOS Identificação autores: Coordenador do Projeto IFC-Campus Ibirama, Colaboradora IFC-Campus Ibirama e Bolsista Introdução As atividades empresariais desempenham, além de soluções sociais, fundamental papel econômico, o qual exige controle dos elementos envolvidos no processo administrativo de uma organização. Neste processo a ação do gestor é pautada em uma série de fatores que refletem diretamente no desempenho empresarial, sendo um destes, a tributação. O formato de recolhimento de tributos é regulamentado pelo poder público e divide-se em impostos, taxas e contribuições de melhoria (Lei Nº de 1966). Especificamente para as organizações e quanto aos tributos, há a possibilidade de optar por um regime de tributação, sendo pelo simples nacional, lucro presumido ou pelo lucro real. A partir destas possibilidades o gestor deverá analisar qual delas será a mais adequada para a sua organização. Esta situação de escolha reflete no conceito de planejamento tributário. O conjunto de análises e atos que refletirão em possíveis melhorias econômicas e de estabilidade empresarial compõem o Planejamento Tributário (MALKOWSKI,2000; WIPPEL,2015; FABRETTI,2006). A competência em definir a melhor opção proporcionará vantagem competitiva para a organização, e do contrário, provocará efeitos negativos para o desempenho organizacional. A essência deste projeto consiste em descrever a condição tributária no Brasil, com maior ênfase aos itens relacionados com as empresas de pequeno porte. Isto pois em nossa região as empresas de pequeno porte são a maioria. O formato metodológico foi delineado para cumprir os seguintes objetivos: Identificar conceitos e definições de planejamento tributário; Identificar e verificar a legislação tributária para as empresas de pequeno porte; Descrever a percepção dos empresários em relação ao contexto tributário; Descrever a situação tributária de uma empresa de pequeno porte. Demonstrar com os

2 resultados simulações matemáticas que contemplem a aplicação dos conteúdos desenvolvidos no ensino médio. Material e Métodos Quanto aos procedimentos técnicos a pesquisa pode ser classificada em pesquisa bibliográfica, pesquisa documental e estudo de caso. Classifica-se como estudo de caso pois foi investigada uma empresa e de forma mais aprofundada sua composição tributária, isto alinha-se ao entendimento de Triviños (1987, p. 134) o qual indica que estudo de caso é uma categoria de pesquisa cujo objeto é uma unidade que se analisa profundamente. Trata-se de uma microempresa familiar localizada no município de Presidente Getúlio. Este estudo também é documental, pois foram coletados e analisados documentos produzidos pela empresa que demonstraram a condição relativa ao processamento tributário. Para Gil (2010, p. 51) [...] a pesquisa documental vale-se de materiais que não receberam ainda um tratamento analítico, ou que ainda podem ser reelaborados de acordo com os objetivos da pesquisa.. Com os dados foi possível gerar simulações da situação tributária da organização por meio do uso de ferramentas pertinentes a disciplina de Administração Financeira. Este procedimento é vinculado ao planejamento tributário, sendo que seus resultados indicam a oportunidade da escolha por determinado formato de contribuição, ou seja, entre o simples, lucro presumido e lucro real. O questionário desenvolvido objetivou identificar a percepção dos empresários de Presidente Getúlio quanto ao contexto tributário, ou seja, qual a consideração sobre a carga tributária e verificar o entendimento dos empresários a respeito de tributos, forma geral e em sua empresa. O questionário foi elaborado considerando o estudo de Leal, Santos e Costa (2015). Resultados e discussão No período de Maio à Agosto de 2016 foram aplicados questionários aos associados da CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) da cidade de Presidente Getúlio, sendo que retornaram 40 respostas. Entre os principais questionamentos, foi solicitada a opinião dos empresários com relação a complexidade da apuração dos impostos pagos.

3 Tabela 1: Opinião dos empresários de Presidente Getúlio sobre a legislação tributária brasileira ser muito complexa em Opiniões Nº de empresas Discordo totalmente 0 Discordo muito 0 Discordo pouco 1 Concordo pouco 2 Concordo muito 14 Concordo totalmente 23 Total 40. De acordo com a Tabela 1 e com a Figura 1, observa-se que 23 empresários (58%), sendo a maioria, concordam totalmente sobre a legislação tributária brasileira ser complexa. Este achado foi também evidenciado por Wippel (2015) em seu estudo Planejamento Tributário- Estudo de Caso numa Empresa do Ramo Madeireiro do Alto Vale do Itajaí que indicou a complexidade do sistema tributário. O estudo de caso permitiu fazer as simulações tributárias da empresa no enquadramento do Simples Nacional, Lucro Presumido e pelo Lucro Real, assim estão respectivamente enquadrados os valores na Tabela 2, Tabela 3 e Tabela 4. Figura 1: Opinião dos empresários de Presidente Getúlio sobre a legislação brasileira ser muito complexa em Tabela 2: Simples Nacional Tabela 3: Lucro Presumido Tabela 4: Lucro Real Getúlio sobre a Observa-se que o valor referente aos tributos é inferior pelo enquadramento no Simples Nacional, indicando, dessa maneira ser a melhor forma para a empresa, que é a adotada na realidade. Cabe destacar que os outros dois formatos causariam maior valor a ser

4 recolhido pela empresa, no caso do Lucro Presumido a empresa pagaria R$ ,92 a mais, no caso do Lucro Real a empresa pagaria R$ ,60 a mais. Conclusão O presente estudo aborda, principalmente, a questão tributária na qual as organizações estão inseridas e as ações dos gestores quanto às escolhas para compor o planejamento tributário. Foi possível identificar conceitos e definições de planejamento tributário, sendo que a definição trazida por Fabretti (2006, p.32) que expressa O estudo feito preventivamente, ou seja, antes da realização do fato administrativo, pesquisando-se seus efeitos jurídicos e econômicos e as alternativas legais menos onerosas, denomina-se Planejamento Tributário nos esclarece adequadamente o entendimento geral do terma. A legislação tributária que envolve as empresas de pequeno porte está contida na Lei Complementar nº 123 de 2006, a qual apresenta as possibilidades de enquadramento tributário e, também, contém as demais obrigações do contribuinte. Destaca-se a utilização da taxa de 45% expressa na Ordem de Serviço Normativa N 1/71 de 1971 que aponta a expectativa de lucratividade das empresas por parte do fisco. Em consequência desta porcentagem é possível simular a formação do custo de mercadoria vendida (CVM), elemento importante para compor o planejamento tributário. Das análise dos questionários foi possível descrever a percepção dos empresários em relação ao contexto tributário, sendo que a maioria 58% dos empresários consideram o planejamento tributário complexo Ao presenciar a apuração dos tributos e identificar os documentos pertinentes a este processo foi possível descrever a situação tributária da microempresa objeto do estudo, sendo enquadrada no simples. Ficou evidente a dificuldade dos gestores da organização em compreender todo o processo tributário. Com os dados da empresa foram simulados os vários tipos de enquadramento tributário, sendo que a opção feita pela organização, o simples, demonstrou ser a melhor alternativa considerando que se configura com a com menor recolhimento de tributo.

5 Referências BRASIL. Lei Complementar Nº 123, de 14 de Dezembro de Código Tributário Nacional. Institui o Estatuto Nacional da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte. Disponível em: < > Acesso em: 25 de Set de BRASIL. Lei Nº 5.172, de 25 de Outubro de Código Tributário Nacional Dispõe sobre o Sistema Tributário Nacional e institui normas gerais de direito tributário aplicáveis à União, Estados e Municípios. Disponível em: < > Acesso em: 25 de Set de BRASIL. Ordem de Serviço Normativa N 1/71, de 09 de Setembro de 197. Fixa Percentual de Lucro Bruto. Disponível em: < > Acesso em: 24 de Set de FABRETTI, L. C Contabilidade Tributaria. 10. ed. Atlas, São Paulo. GIL, A. C Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. 6 ed. Atlas, São Paulo. LEAL, P. H.; SANTOS, B. F. ; COSTA, B. M. N.. Contabilidade, planejamento e tributos na visão das pequenas empresas da cidade de Juazeiro do Norte. RAC (IESA), v. 14, p , TRIVINOS, A. N. S Introdução à pesquisa em ciências Sociais: a pesquisa qualitativa em educação. Atlas, São Paulo. WIPPEL, J. Planejamento Tributário- Estudo de caso numa empresa do ramo madeireiro do alto Vale do Itajaí f. Conclusão (Bacharelado em Ciências Contábeis) - Universidade do Estado de Santa Catarina.

RESUMO. Palavras-chave: Elisão fiscal. PIS. COFINS. Planejamento tributário.

RESUMO. Palavras-chave: Elisão fiscal. PIS. COFINS. Planejamento tributário. PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO: A utilização da elisão fiscal em uma loja de móveis e eletrodomésticos frente aos tributos PIS e Cofins no regime tributário de lucro presumido RESUMO 33 BARELLA, Lauriano Antonio

Leia mais

TÍTULO: AS MUDANÇAS NO REGIME TRIBUTÁRIO DO SIMPLES NACIONAL E SEUS REFLEXOS

TÍTULO: AS MUDANÇAS NO REGIME TRIBUTÁRIO DO SIMPLES NACIONAL E SEUS REFLEXOS TÍTULO: AS MUDANÇAS NO REGIME TRIBUTÁRIO DO SIMPLES NACIONAL E SEUS REFLEXOS CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: CIÊNCIAS CONTÁBEIS INSTITUIÇÃO: FACULDADE PERUIBE AUTOR(ES):

Leia mais

ÍNDICE. Planejamento Tributário para empresas 02 INTRODUÇÃO O QUE É UM PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO POR QUE FAZER UM PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO

ÍNDICE. Planejamento Tributário para empresas 02 INTRODUÇÃO O QUE É UM PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO POR QUE FAZER UM PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO ÍNDICE INTRODUÇÃO O QUE É UM PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO POR QUE FAZER UM PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO Prática - Como realizar um bom Planejamento Tributário? TIPOS DE PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO Planejamento Tributário

Leia mais

REVISÃO DO ENQUADRAMENTO TRIBUTÁRIO OBSERVANDO OS IMPACTOS NA RENTABILIDADE DA EMPRESA: UM ESTUDO DE CASO NUMA EMPRESA DO SIMPLES NACIONAL

REVISÃO DO ENQUADRAMENTO TRIBUTÁRIO OBSERVANDO OS IMPACTOS NA RENTABILIDADE DA EMPRESA: UM ESTUDO DE CASO NUMA EMPRESA DO SIMPLES NACIONAL REVISÃO DO ENQUADRAMENTO TRIBUTÁRIO OBSERVANDO OS IMPACTOS NA RENTABILIDADE DA EMPRESA: UM ESTUDO DE CASO NUMA EMPRESA DO SIMPLES NACIONAL Tatiane Vargas Oliveira 1 Nadia Cristina de Castilhos 2 INTRODUÇÃO

Leia mais

Planejamento Tributário. Roberta Salvini Contadora CRC\RS

Planejamento Tributário. Roberta Salvini Contadora CRC\RS Roberta Salvini Contadora CRC\RS 59.167 Ranking IRBES - Índice de Retorno e Bem Estar Social 1º Austrália 2º Coréia do Sul 3º Estados Unidos 4º Suíça 5º Irlanda 6º Japão 7º Canadá 8º Nova Zelândia Crescimento

Leia mais

DIREITO TRIBUTÁRIO. Simples Nacional Parte II. Prof. Marcello Leal

DIREITO TRIBUTÁRIO. Simples Nacional Parte II. Prof. Marcello Leal DIREITO TRIBUTÁRIO Simples Nacional Parte II Prof. Marcello Leal Objetivos do simples nacional Simples Nacional Arrecadação Simplificada Facilidade na Regularização Acesso ao Mercado Apuração e recolhimento

Leia mais

IMPACTOS DA MUDANÇA TRIBUTÁRIA NAS EMPRESAS QUE NECESSITAM OPTAR POR OUTRO REGIME DE TRIBUTAÇÃO

IMPACTOS DA MUDANÇA TRIBUTÁRIA NAS EMPRESAS QUE NECESSITAM OPTAR POR OUTRO REGIME DE TRIBUTAÇÃO IMPACTOS DA MUDANÇA TRIBUTÁRIA NAS EMPRESAS QUE NECESSITAM OPTAR POR OUTRO REGIME DE TRIBUTAÇÃO Bartira Escobar 1 Nádia Cristina de Castilhos INTRODUÇÃO Esta pesquisa apresenta como tema central buscar

Leia mais

ELISÃO FISCAL COMO PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO

ELISÃO FISCAL COMO PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO ELISÃO FISCAL COMO PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO Fernando Josenias Vieira do Nascimento Faculdade Sumaré Economista e Pós-Graduando em Controladoria fjvn2001@hotmail.com Luciano dos Santos Lopes Faculdade Sumaré

Leia mais

DIREITO TRIBUTÁRIO. Tributos Federais IRPJ Parte X. Prof. Marcello Leal

DIREITO TRIBUTÁRIO. Tributos Federais IRPJ Parte X. Prof. Marcello Leal DIREITO TRIBUTÁRIO Tributos Federais IRPJ Parte X Prof. Marcello Leal 1 Art. 1º A partir do ano-calendário de 1997, o imposto de renda das pessoas jurídicas será determinado com base no lucro real, presumido,

Leia mais

EIRELI SOCIEDADE EMPRESÁRIA

EIRELI SOCIEDADE EMPRESÁRIA MEI PESSOA FÍSICA RESP. ILIMITADA INDIVIDUAL EI PESSOA FÍSICA RESP. ILIMITADA ATIVIDADE EMPRESÁRIA EIRELI PESSOA JURÍDICA Art. RESP LIMITADA COLETIVA SOCIEDADE EMPRESÁRIA PESSOA JURÍDICA Art. 44 RESP LIMITADA

Leia mais

INFORMATIVO DO SIMPLES NACIONAL COMISSÃO DE ESTUDOS TRIBUTÁRIOS OAB/RO

INFORMATIVO DO SIMPLES NACIONAL COMISSÃO DE ESTUDOS TRIBUTÁRIOS OAB/RO INFORMATIVO DO SIMPLES NACIONAL COMISSÃO DE ESTUDOS TRIBUTÁRIOS OAB/RO 2014 INTRODUÇÃO: A necessária inclusão no Simples Nacional, e a vitória da advocacia! Foi aprovada recentemente a inclusão das sociedades

Leia mais

XI Seminário Internacional de Países Latinos Europa América. Contabilidad y Auditoría para Pymes en un Entorno Globalizado

XI Seminário Internacional de Países Latinos Europa América. Contabilidad y Auditoría para Pymes en un Entorno Globalizado XI Seminário Internacional de Países Latinos Europa América. Contabilidad y Auditoría para Pymes en un Entorno Globalizado 21 22 Abril 2005 Sevilla (España) Processo de Constitución y Forma de Tributación

Leia mais

DIREITO TRIBUTÁRIO. Tributos Federais IRPJ Parte VII. Prof. Marcello Leal

DIREITO TRIBUTÁRIO. Tributos Federais IRPJ Parte VII. Prof. Marcello Leal DIREITO TRIBUTÁRIO Tributos Federais IRPJ Parte VII Prof. Marcello Leal 1 O arbitramento de lucro é uma forma de apuração da base de cálculo do imposto de renda utilizada pela autoridade tributária ou

Leia mais

Sumário. Parte I SISTEMA TRIBUTÁRIO BRASILEIRO, CONTABILIDADE E CONTABILIDADE TRIBUTÁRIA Tributo e Sistema Tributário Brasileiro...

Sumário. Parte I SISTEMA TRIBUTÁRIO BRASILEIRO, CONTABILIDADE E CONTABILIDADE TRIBUTÁRIA Tributo e Sistema Tributário Brasileiro... Parte I SISTEMA TRIBUTÁRIO BRASILEIRO, CONTABILIDADE E CONTABILIDADE TRIBUTÁRIA... 1 1 Tributo e Sistema Tributário Brasileiro... 3 1.1 Definição de tributo... 4 1.2 Conceito de Sistema Tributário Brasileiro...

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS LUCRO PRESUMIDO. 1) Com base nos conteúdos estudados calcule o IRPJ e CSLL, com base no Lucro Presumido Abaixo:

ATIVIDADES PRÁTICAS LUCRO PRESUMIDO. 1) Com base nos conteúdos estudados calcule o IRPJ e CSLL, com base no Lucro Presumido Abaixo: CURSO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS DISCIPLINA: CONTABILIDADE E PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO SEMESTRE: 2017 PERÍODO: 6 DATA: 08/11/2017 PROFESSOR: DANILO SILVA DE OLIVEIRA ACADÊMICO (A): ATIVIDADES PRÁTICAS LUCRO PRESUMIDO

Leia mais

O QUE O EXECUTIVO PRECISA SABER SOBRE OS IMPOSTOS SOBRE O LUCRO - ATUALIZAÇÃO

O QUE O EXECUTIVO PRECISA SABER SOBRE OS IMPOSTOS SOBRE O LUCRO - ATUALIZAÇÃO O QUE O EXECUTIVO PRECISA SABER SOBRE OS IMPOSTOS SOBRE O LUCRO - ATUALIZAÇÃO >Quais as formas de apuração do lucro >Compensação de Prejuízos acumulados >Imposto de Renda e Contribuição Social >As alterações

Leia mais

TÍTULO: ESTUDO DO USO DA SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA NAS EMPRESAS DE PEQUENO PORTE NO RAMO DE DISTRIBUIÇÃO EM FERNANDÓPOLIS (SP)

TÍTULO: ESTUDO DO USO DA SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA NAS EMPRESAS DE PEQUENO PORTE NO RAMO DE DISTRIBUIÇÃO EM FERNANDÓPOLIS (SP) 16 TÍTULO: ESTUDO DO USO DA SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA NAS EMPRESAS DE PEQUENO PORTE NO RAMO DE DISTRIBUIÇÃO EM FERNANDÓPOLIS (SP) CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: CIÊNCIAS

Leia mais

BACHARELADO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS. Betânia Alves de Araújo A CARGA TRIBUTÁRIA INCIDENTE SOBRE AS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO BRASIL

BACHARELADO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS. Betânia Alves de Araújo A CARGA TRIBUTÁRIA INCIDENTE SOBRE AS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO BRASIL BACHARELADO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS Betânia Alves de Araújo A CARGA TRIBUTÁRIA INCIDENTE SOBRE AS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO BRASIL Brasília/DF 2014 1 Betânia Alves de Araújo A CARGA TRIBUTÁRIA INCIDENTE

Leia mais

OS IMPACTOS DOS REGIMES TRIBUTÁRIOS SOBRE O RESULTADO DOS EXERCÍCIOS

OS IMPACTOS DOS REGIMES TRIBUTÁRIOS SOBRE O RESULTADO DOS EXERCÍCIOS OS IMPACTOS DOS REGIMES TRIBUTÁRIOS SOBRE O RESULTADO DOS EXERCÍCIOS Edilson Cardoso de SOUZA 1 RESUMO: O presente artigo discorre sobre os impactos causados pelos regimes tributários sobre os resultados

Leia mais

CONTABILIDADE E PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO

CONTABILIDADE E PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO CONTABILIDADE E Prof. Cássio Marques da Silva 2016 IRPJ LUCRO ARBITRADO Oarbitramentodolucroéumaformadeapuração dabasedecálculodoimpostoderendautilizadapela autoridade tributária ou pelo contribuinte.

Leia mais

PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO: REPRESENTATIVIDADE DOS RESULTADOS A PARTIR DE COMPARATIVOS ENTRE REGIMES TRIBUTÁRIOS

PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO: REPRESENTATIVIDADE DOS RESULTADOS A PARTIR DE COMPARATIVOS ENTRE REGIMES TRIBUTÁRIOS PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO: REPRESENTATIVIDADE DOS RESULTADOS A PARTIR DE COMPARATIVOS ENTRE REGIMES TRIBUTÁRIOS Leonir Vilani (UTFPR) leonirvilani@hotmail.com Simone Beatriz Wolfart (UTFPR) simonebeatrizwolfart@hotmail.com

Leia mais

ESTUDO DO COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL EM UMA ORGANIZAÇÃO DO TERCEIRO SETOR DA CIDADE DE IJUI/RS 1

ESTUDO DO COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL EM UMA ORGANIZAÇÃO DO TERCEIRO SETOR DA CIDADE DE IJUI/RS 1 ESTUDO DO COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL EM UMA ORGANIZAÇÃO DO TERCEIRO SETOR DA CIDADE DE IJUI/RS 1 Luís Fernando Irgang Dos Santos 2, Claudio Rodrigo Machado Fraga 3. 1 Pesquisa realizada na disciplina

Leia mais

ANÁLISE COMPARATIVA ENTRE REGIMES TRIBUTÁRIOS PARA O RAMO DA SAÚDE

ANÁLISE COMPARATIVA ENTRE REGIMES TRIBUTÁRIOS PARA O RAMO DA SAÚDE ANÁLISE COMPARATIVA ENTRE REGIMES TRIBUTÁRIOS PARA O RAMO DA SAÚDE 1. Introdução Existem diversos regimes tributários existentes, são eles: LUCRO PRESUMIDO, LUCRO REAL E SIMPLES NACIONAL. Para cada regime

Leia mais

TÍTULO: ANÁLISE DA EFICIÊNCIA FINANCEIRA POR MEIO DE ÍNDICES E DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS

TÍTULO: ANÁLISE DA EFICIÊNCIA FINANCEIRA POR MEIO DE ÍNDICES E DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS TÍTULO: ANÁLISE DA EFICIÊNCIA FINANCEIRA POR MEIO DE ÍNDICES E DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO INSTITUIÇÃO: FACULDADE BARRETOS AUTOR(ES):

Leia mais

PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO: Importante ferramenta para manter uma empresa saudável TAX PLANNING: Important tool to keep healthy a company RESUMO

PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO: Importante ferramenta para manter uma empresa saudável TAX PLANNING: Important tool to keep healthy a company RESUMO PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO: Importante ferramenta para manter uma empresa saudável TAX PLANNING: Important tool to keep healthy a company Letícia da Silva Caires lehh_caires@hotmail.com Lucas Alberto Silva

Leia mais

PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO EM UMA EMPRESA COMERCIAL VAREJISTA

PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO EM UMA EMPRESA COMERCIAL VAREJISTA PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO EM UMA EMPRESA COMERCIAL VAREJISTA Angela Back 1 Gabriela Haas 2 RESUMO Este estudo tem por objetivo efetuar o planejamento tributário de uma empresa comercial varejista de pequeno

Leia mais

Simples Nacional: Saiba quais suas implicações e benefícios para a advocacia.

Simples Nacional: Saiba quais suas implicações e benefícios para a advocacia. Simples Nacional: Saiba quais suas implicações e benefícios para a advocacia. A Lei Complementar nº 147, de 8 de agosto 2014, incluiu a advocacia no SIMPLES após inovações de diversos pontos na Lei Complementar

Leia mais

+ SIMPLES Nacional. Matriz constitucional: artigo 146, III, d Art Cabe à lei complementar:

+ SIMPLES Nacional. Matriz constitucional: artigo 146, III, d Art Cabe à lei complementar: + SIMPLES Nacional Matriz constitucional: artigo 146, III, d Art. 146. Cabe à lei complementar: ( ) d) definição de tratamento diferenciado e favorecido para as microempresas e para as empresas de pequeno

Leia mais

Comparação dos Métodos de Custeamento por Absorção e Variável/Direto

Comparação dos Métodos de Custeamento por Absorção e Variável/Direto Comparação dos Métodos de Custeamento por Absorção e Variável/Direto Resumo Fernando Henrique Lermen fernando-lermen@hotmail.com Dieter Randolf Ludewig dludewig@fecilcam.br Sabrina Chavarem Cardoso sabrina_chavarem@hotmail.com

Leia mais

CARTILHA NACIONAL SIMPLES. Entenda o resumo da tributação da sua Micro ou Pequena Empresa.

CARTILHA NACIONAL SIMPLES. Entenda o resumo da tributação da sua Micro ou Pequena Empresa. CARTILHA NACIONAL SIMPLES Entenda o resumo da tributação da sua Micro ou Pequena Empresa. O que é Simples Nacional? Como enquadro minha empresa no Nacional Simples? O Simples Nacional é um regime tributário

Leia mais

CONTABILIDADE E PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO

CONTABILIDADE E PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO CONTABILIDADE E Prof. Cássio Marques da Silva 2017 IRPJ LUCRO ARBITRADO Oarbitramentodolucroéumaformadeapuração dabasedecálculodoimpostoderendautilizadapela autoridade tributária ou pelo contribuinte.

Leia mais

CONTABILIDADE E PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO

CONTABILIDADE E PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO CONTABILIDADE E Prof. Cássio Marques da Silva 2018 IRPJ LUCRO ARBITRADO Oarbitramentodolucroéumaformadeapuração dabasedecálculodoimpostoderendautilizadapela autoridade tributária ou pelo contribuinte.

Leia mais

REVISTA EDUICEP- ano 2016

REVISTA EDUICEP- ano 2016 CRÉDITOS TRIBUTÁRIOS GERADOS PELAS EMPRESAS COMERCIAIS E INDUSTRIAIS DE SANTA CATARINA OPTANTES PELO SIMPLES NACIONAL Jaison Philippi Machado RESUMO: Este artigo tem o propósito de chamar a atenção quanto

Leia mais

Formulário Consulta Pública RFB. Apresentação e orientações

Formulário Consulta Pública RFB. Apresentação e orientações BAPTISTA LUZ ADVOGADOS R. Ramos Batista. 444. Vila Olímpia 04552-020. São Paulo SP baptistaluz.com.br Formulário Consulta Pública RFB Apresentação e orientações Este Formulário tem a finalidade de receber

Leia mais

PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO: IMPORTANTE FERRAMENTA PARA MANTER UMA EMPRESA SAUDÁVEL TAX PLANNING: IMPORTANT TOOL TO KEEP HEALTHY A COMPANY

PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO: IMPORTANTE FERRAMENTA PARA MANTER UMA EMPRESA SAUDÁVEL TAX PLANNING: IMPORTANT TOOL TO KEEP HEALTHY A COMPANY PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO: IMPORTANTE FERRAMENTA PARA MANTER UMA EMPRESA SAUDÁVEL TAX PLANNING: IMPORTANT TOOL TO KEEP HEALTHY A COMPANY Letícia da Silva Caires Graduanda de Ciências Contábeis Centro Universitário

Leia mais

ANALISE E PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO: Estudo de caso sobre a tributação de indústria, comércio e prestação de serviços (frigorífico)

ANALISE E PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO: Estudo de caso sobre a tributação de indústria, comércio e prestação de serviços (frigorífico) ANALISE E PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO: Estudo de caso sobre a tributação de indústria, comércio e prestação de serviços (frigorífico) Devair Aparecido Geremias 1 Fabiano S. Y. Kanadani 2 Resumo: Este trabalho

Leia mais

CONTABILIDADE E PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO

CONTABILIDADE E PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO CONTABILIDADE E Prof. Cássio Marques da Silva 2016 IRPJ LUCRO PRESUMIDO É uma forma de tributação simplificada para determinação da base de cálculo do imposto de renda e da contribuição social das pessoas

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2016 Ensino Técnico Plano de Curso nº 213 aprovado pela portaria Cetec nº 134 de 04 / 10 /2012 Etec Profª Ermelinda Giannini Teixeira Código: 187 Município: Santana de Parnaíba

Leia mais

Projeto de pesquisa realizado no curso de Administração Pública na UNIPAMPA 2

Projeto de pesquisa realizado no curso de Administração Pública na UNIPAMPA 2 AS ATUALIZAÇÕES NO SIMPLES NACIONAL EM 2018: UMA ABORDAGEM NAS EMPRESAS DE SERVIÇOS, INDÚSTRIA E COMÉRCIO 1 UPDATES ON SIMPLES NACIONAL IN 2018: APPROACH OF SERVICE, INDUSTRY AND TRADE COMPANIES Maikel

Leia mais

Depreciação de Bens do Ativo Imobilizado

Depreciação de Bens do Ativo Imobilizado Depreciação de Bens do Ativo Imobilizado Contabilmente a depreciação de bens do ativo imobilizado corresponde à redução do valor dos mesmos tendo em vista o desgaste pelo uso, ação da natureza ou obsolescência

Leia mais

Material de Apoio Comercial. Retornos de Resultados!

Material de Apoio Comercial. Retornos de Resultados! Material de Apoio Comercial Retornos de Resultados! Estrutura do Comercial 1 a 6 - Segmentação de Clientes por Serviços Contábeis A a F - Portfólio de Serviços Contábeis (Assessorias e Consultorias) e

Leia mais

Núcleo Interdisciplinar de Estudos Independentes

Núcleo Interdisciplinar de Estudos Independentes Núcleo Interdisciplinar de Estudos Independentes Universidade Estadual de Goiás - UEG Professor: Célio de Sousa Ramos Acadêmico: Samuel Filipe Mendonça Curso: Ciências Contábeis (3 Ano) Anápolis 2012 EIRELI

Leia mais

Sociedade em Conta de Participação SPC Aspectos tributários MARCELO BRAGA RIOS

Sociedade em Conta de Participação SPC Aspectos tributários MARCELO BRAGA RIOS Sociedade em Conta de Participação SPC Aspectos tributários MARCELO BRAGA RIOS SCP Características Não possui personalidade jurídica própria, nem autonomia patrimonial; Atua por meio de seu sócio ostensivo,

Leia mais

Estudo regime tributário Empresas de Arquitetura e Urbanismo

Estudo regime tributário Empresas de Arquitetura e Urbanismo www.caubr.gov.br Estudo regime tributário Empresas de Arquitetura e Urbanismo Histórico A Lei Complementar nº 147, de 7 de agosto de 2014, alterou a Lei Complementar nº 123, de 2006,que institui o Estatuto

Leia mais

CONTABILIDADE E PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO

CONTABILIDADE E PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO CONTABILIDADE E Prof. Cássio Marques da Silva 2017 IRPJ LUCRO PRESUMIDO É uma forma de tributação simplificada para determinação da base de cálculo do imposto de renda e da contribuição social das pessoas

Leia mais

CONTABILIDADE E PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO

CONTABILIDADE E PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO CONTABILIDADE E Prof. Cássio Marques da Silva 2018 IRPJ LUCRO PRESUMIDO É uma forma de tributação simplificada para determinação da base de cálculo do imposto de renda e da contribuição social das pessoas

Leia mais

SIMPLES NACIONAL. Corretor de Imóveis

SIMPLES NACIONAL. Corretor de Imóveis SIMPLES NACIONAL Corretor de Imóveis MARIA RICARTE CRC-CE: 016078/O-9 Contadora, graduada em Ciências Contábeis pela Universidade Estadual do Ceará UECE. Profissional com vastos conhecimentos nas áreas:

Leia mais

ORÇAMENTO EMPRESARIAL: FERRAMENTA PARA PROTEÇÃO DE FLUXO DE CAIXA

ORÇAMENTO EMPRESARIAL: FERRAMENTA PARA PROTEÇÃO DE FLUXO DE CAIXA ORÇAMENTO EMPRESARIAL: FERRAMENTA PARA PROTEÇÃO DE FLUXO DE CAIXA Márcio Carneiro SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO. 2. ORÇAMENTO EMPRESARIAL. 3. ORÇAMENTO EMPRESARIAL E IMPACTO TRIBUTÁRIO. 4. ORÇAMENTO EMPRESARIAL

Leia mais

ESTRUTURA E ANÁLISE DE CUSTOS. Princípios da Contabilidade de Custos Finalidade; Objetivos e enfoque (gerencial, formal e aspectos legais) 18/02/2016

ESTRUTURA E ANÁLISE DE CUSTOS. Princípios da Contabilidade de Custos Finalidade; Objetivos e enfoque (gerencial, formal e aspectos legais) 18/02/2016 ESTRUTURA E ANÁLISE DE CUSTOS Princípios da Contabilidade de Custos Finalidade; Objetivos e enfoque (gerencial, formal e aspectos legais) 18/02/2016 CONTABILIDADE X CUSTOS Contabilidade é a ciência que

Leia mais

TÍTULO: SIMPLES NACIONAL DE MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE NA ÁREA COMERCIAL

TÍTULO: SIMPLES NACIONAL DE MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE NA ÁREA COMERCIAL TÍTULO: SIMPLES NACIONAL DE MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE NA ÁREA COMERCIAL CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: CIÊNCIAS CONTÁBEIS INSTITUIÇÃO: FACULDADE DE AURIFLAMA

Leia mais

PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO FOCADO NO IRPJ, CSLL, PIS E COFINS: ESTUDO DE CASO EM UMA EMPRESA DE UTILIDADES DOMÉSTICA

PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO FOCADO NO IRPJ, CSLL, PIS E COFINS: ESTUDO DE CASO EM UMA EMPRESA DE UTILIDADES DOMÉSTICA PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO FOCADO NO IRPJ, CSLL, PIS E COFINS: ESTUDO DE CASO EM UMA EMPRESA DE UTILIDADES DOMÉSTICA Ivanir Vitorino Bridi 1 Odir Berlatto e Catherine Dutra 2 INTRODUÇÃO Esta pesquisa tem

Leia mais

ROTEIRO DO SIMPLES NACIONAL

ROTEIRO DO SIMPLES NACIONAL ROTEIRO DO SIMPLES NACIONAL Explicação: Empresas enquadradas no regime de tributação do Simples Nacional poderão apurar o imposto seguindo as rotinas apresentadas abaixo. 1. Cadastro de empresa 2. Parâmetros

Leia mais

Coordenação-Geral de Tributação

Coordenação-Geral de Tributação Fls. 2 1 Coordenação-Geral de Tributação Solução de Consulta nº 73 - Data 23 de janeiro de 2017 Processo Interessado CNPJ/CPF ASSUNTO: IMPOSTO SOBRE A RENDA DE PESSOA JURÍDICA IRPJ PREÇOS DE TRANSFERÊNCIA.

Leia mais

CONTABILIDADE E PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO

CONTABILIDADE E PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO CONTABILIDADE E Prof. Cássio Marques da Silva 2018 SIMPLES NACIONAL LC 123, 14 de Dezembro de 2006 Alterada pela LC 127, 14 de Agosto de 2007 Alterada pela LC 128, 19 de Dezembro de 2008 Alterada pela

Leia mais

ANO XXIX ª SEMANA DE NOVEMBRO DE 2018 BOLETIM INFORMARE Nº 47/2018

ANO XXIX ª SEMANA DE NOVEMBRO DE 2018 BOLETIM INFORMARE Nº 47/2018 ANO XXIX - 2018-3ª SEMANA DE NOVEMBRO DE 2018 BOLETIM INFORMARE Nº 47/2018 IMPOSTO DE RENDA RETIDO NA FONTE CESTAS BÁSICAS - ASPECTOS CONTÁBEIS... Pág. 577 FURTOS PRATICADOS POR EMPREGADOS - ASPECTOS CONTÁBEIS

Leia mais

Tributary planning for small port businesses: the national simple represent taxes economy?

Tributary planning for small port businesses: the national simple represent taxes economy? Planejamento tributário para empresas de pequeno porte: o simples nacional representa economia de tributos? Rafael Cristiano Lopes. (UNICENTRO) rm.escritoriocontabil@hotmail.com Gelson Menon (UNICENTRO)

Leia mais

ANO XXVII ª SEMANA DE ABRIL DE 2016 BOLETIM INFORMARE Nº 16/2016

ANO XXVII ª SEMANA DE ABRIL DE 2016 BOLETIM INFORMARE Nº 16/2016 ANO XXVII - 2016 3ª SEMANA DE ABRIL DE 2016 BOLETIM INFORMARE Nº 16/2016 TRIBUTOS FEDERAIS IMPOSTO DE RENDA RETIDO NA FONTE - PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE TERCEIROS PESSOA JURÍDICA X PESSOA JURÍDICA... Pág.

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA SEMANA DO CONTABILISTA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA SEMANA DO CONTABILISTA UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA SEMANA DO CONTABILISTA PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO Alexandre Henrique Salema Ferreira Ana Maria da Paixão Duarte OBJETIVO Discorrer acerca do Planejamento Tributário no campo

Leia mais

CONTABILIDADE GERENCIAL: UMA FERRAMENTA DE GESTAO EM UMA EMPRESA COMERCIAL DE INSUMOS AGRICOLAS 1

CONTABILIDADE GERENCIAL: UMA FERRAMENTA DE GESTAO EM UMA EMPRESA COMERCIAL DE INSUMOS AGRICOLAS 1 CONTABILIDADE GERENCIAL: UMA FERRAMENTA DE GESTAO EM UMA EMPRESA COMERCIAL DE INSUMOS AGRICOLAS 1 Vandriane Fagundes De Souza 2, Euselia Paveglio Vieira 3. 1 Trabalho De Conclusão Do Curso De Graduação

Leia mais

Arrendamento mercantil

Arrendamento mercantil Arrendamento mercantil As operações de leasing são também conhecidas como arrendamento mercantil e trata-se de uma operação de aluguel. Os tipos de leasing mais conhecidos no mercado são o leasing financeiro,

Leia mais

Diagnóstico MP 627. Diagnóstico sobre os principais impactos decorrentes da Medida Provisória 627/2013 na operação da Cagece

Diagnóstico MP 627. Diagnóstico sobre os principais impactos decorrentes da Medida Provisória 627/2013 na operação da Cagece Diagnóstico MP 627 Diagnóstico sobre os principais impactos decorrentes da Medida Provisória 627/2013 na operação da Cagece Coordenadoria Fiscal e Tributária Gerência Financeira e Contábil - GEFIC Diagnóstico

Leia mais

VERSÃO PARA IMPRESSÃO PROJETO INTEGRADOR VI CIÊNCIAS CONTÁBEIS

VERSÃO PARA IMPRESSÃO PROJETO INTEGRADOR VI CIÊNCIAS CONTÁBEIS VERSÃO PARA IMPRESSÃO PROJETO INTEGRADOR VI CIÊNCIAS CONTÁBEIS 2 Este material é destinado exclusivamente aos alunos e professores do Centro Universitário IESB, contém informações e conteúdos protegidos

Leia mais

Consultoria tributária

Consultoria tributária Consultoria tributária Cliente: GIZ German Cooperation Elaborado por: Adriano Gonçalves Daniela Moreira Agosto/2015 Sumário 1. Introdução 3 2. Desenvolvimento 5 3. Planejamento Tributário 6 3.1-1º Cenário:

Leia mais

UTILIZAÇÃO E IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO

UTILIZAÇÃO E IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO UTILIZAÇÃO E IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO Helen Cristiane de Souza Universidade Comunitária da Região de Chapecó- Unochapecó Email: helencristiane@unochapeco.edu.br Silvana Dalmutt Kruger Universidade

Leia mais

OPINIÃO DOS EMPRESÁRIOS SOBRE A REFORMA DO SISTEMA TRIBUTÁRIO

OPINIÃO DOS EMPRESÁRIOS SOBRE A REFORMA DO SISTEMA TRIBUTÁRIO OPINIÃO DOS EMPRESÁRIOS SOBRE A REFORMA DO SISTEMA TRIBUTÁRIO METODOLOGIA Público alvo: empresários brasileiros com empresas de todos os portes, dos ramos de comércio varejista e serviços, de todas regiões

Leia mais

PIS/ COFINS EM NOTÍCIAS

PIS/ COFINS EM NOTÍCIAS PIS/ COFINS EM NOTÍCIAS I SUSPENSO O PAGAMENTO DE PIS/COFINS SOBRE A VENDA DE PRODUTOS SUÍNOS E AVICULÁRIOS E DE DETERMINADOS INSUMOS RELACIONADOS E CONCEDE CRÉDITO PRESUMIDO EM DETERMINADAS OPERAÇÕES

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2016 Ensino Técnico Plano de Curso nº 246 aprovado pela portaria Cetec nº 181 de 26/09/2013 Etec Paulino Botelho Código:091 Município: São Carlos/SP Eixo Tecnológico: Gestão e

Leia mais

NOVIDADES EM OBRIGAÇÕES FISCAIS, CONTÁBEIS PARA

NOVIDADES EM OBRIGAÇÕES FISCAIS, CONTÁBEIS PARA NOVIDADES EM OBRIGAÇÕES FISCAIS, TRABALHISTAS/PREVIDENCIÁRIAS E TRATAMENTOS CONTÁBEIS PARA 2018 1. SIMPLES NACIONAL 2. DIFAL 3. ISS E SUAS MUDANÇAS 4. ICMS ST: SUSPENSÃO PARCIAL DO CONVÊNIO 52/2017 5.

Leia mais

ORIENTAÇÃO CECO Nº 4. Ementa:

ORIENTAÇÃO CECO Nº 4. Ementa: ORIENTAÇÃO CECO Nº 4 I Objeto Ementa: A remuneração anual dos associados de sociedade cooperativa de crédito, na proporção do capital integralizado por cada associado, e limitada ao valor da SELIC, constitui

Leia mais

LEI Nº 391/2010, DE 13 DE OUTUBRO DE 2010.

LEI Nº 391/2010, DE 13 DE OUTUBRO DE 2010. LEI Nº 391/2010, DE 13 DE OUTUBRO DE 2010. INSTITUI NO ÂMBITO DO MUNICÍPIO DE ITAIÓPOLIS, O REGIME JURÍDICO -TRIBUTÁRIO DIFERENCIADO, FAVORECIDO E SIMPLIFICADO CONCEDIDO ÀS MICROEMPRESAS ME, E ÀS EMPRESAS

Leia mais

TÍTULO: ASPECTOS TRIBUTÁRIOS E SOCIAIS DOS INCENTIVOS FISCAIS CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: CIÊNCIAS CONTÁBEIS

TÍTULO: ASPECTOS TRIBUTÁRIOS E SOCIAIS DOS INCENTIVOS FISCAIS CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: CIÊNCIAS CONTÁBEIS 16 TÍTULO: ASPECTOS TRIBUTÁRIOS E SOCIAIS DOS INCENTIVOS FISCAIS CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: CIÊNCIAS CONTÁBEIS INSTITUIÇÃO: FACULDADE DE JAGUARIÚNA AUTOR(ES): JÉSSICA

Leia mais

Simples. Nacional. análises e cruzamentos que você não pode deixar de fazer. Data de produção deste conteúdo: setembro/2018

Simples. Nacional. análises e cruzamentos que você não pode deixar de fazer. Data de produção deste conteúdo: setembro/2018 Simples Nacional análises e cruzamentos que você não pode deixar de fazer Data de produção deste conteúdo: setembro/2018 ÍNDICE 1 2 3 Conheça o seu próprio negócio Quais penalidades sua empresa está sujeita

Leia mais

FACULDADE SUMARÉ PLANO DE ENSINO

FACULDADE SUMARÉ PLANO DE ENSINO FACULDADE SUMARÉ PLANO DE ENSINO Curso: Ciências Contábeis Disciplina: Contabilidade e Planejamento Fiscal e Tributário II Carga Horária: (horas/semestre) 50 aulas Semestre Letivo / Turno: 5º semestre

Leia mais

PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO: ESTUDO DE CASO SOBRE A ESCOLHA DE REGIME TRIBUTÁRIO EM UMA EMPRESA DE ENGENHARIA E AUTOMAÇÃO DE CAXIAS DO SUL.

PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO: ESTUDO DE CASO SOBRE A ESCOLHA DE REGIME TRIBUTÁRIO EM UMA EMPRESA DE ENGENHARIA E AUTOMAÇÃO DE CAXIAS DO SUL. PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO: ESTUDO DE CASO SOBRE A ESCOLHA DE REGIME TRIBUTÁRIO EM UMA EMPRESA DE ENGENHARIA E AUTOMAÇÃO DE CAXIAS DO SUL. Maristel Fogaça de Abreu 1 Catherine Chiappin Dutra 2 Resumo: O planejamento

Leia mais

ANO XXIX ª SEMANA DE JULHO DE 2018 BOLETIM INFORMARE Nº 31/2018

ANO XXIX ª SEMANA DE JULHO DE 2018 BOLETIM INFORMARE Nº 31/2018 ANO XXIX - 2018-5ª SEMANA DE JULHO DE 2018 BOLETIM INFORMARE Nº 31/2018 IMPOSTO DE RENDA PESSOA JURÍDICA SOCIEDADES EM CONTA DE PARTICIPAÇÃO SCP - ASPECTOS FISCAIS... Pág. 422 TRIBUTOS FEDERAIS CÓPIAS

Leia mais

VISÃO CONTÁBIL DE RECEBIMENTOS DE PRODUTOS EM BONIFICAÇÕES E DESCONTOS EM BOLETOS

VISÃO CONTÁBIL DE RECEBIMENTOS DE PRODUTOS EM BONIFICAÇÕES E DESCONTOS EM BOLETOS VISÃO CONTÁBIL DE RECEBIMENTOS DE PRODUTOS EM BONIFICAÇÕES E DESCONTOS EM BOLETOS Bonificações A Receita Federal reconhece dois tipos de bonificações, que são: 1. Aquelas recebidas na mesma nota fiscal

Leia mais

SEMINÁRIO AUDITORIA CONTÁBIL APLICAÇÕES NA AUDITORIA FISCAL AFRE ALBANIR RAMOS

SEMINÁRIO AUDITORIA CONTÁBIL APLICAÇÕES NA AUDITORIA FISCAL AFRE ALBANIR RAMOS SEMINÁRIO AUDITORIA CONTÁBIL APLICAÇÕES NA AUDITORIA FISCAL AFRE ALBANIR RAMOS SEMINÁRIO AUDITORIA CONTÁBIL NOVOS PARADIGMAS Flexibilização do direito à espontaneidade Era Digital das obrigações acessórias

Leia mais

PRANA SIGNIFICA ENERGIA VITAL. FOCADOS NISSO, NOS EMPENHAMOS PARA SER A ENERGIA PROPULSORA DA SUA RELAÇÃO COM O COMÉRCIO INTERNACIONAL CONECTANDO

PRANA SIGNIFICA ENERGIA VITAL. FOCADOS NISSO, NOS EMPENHAMOS PARA SER A ENERGIA PROPULSORA DA SUA RELAÇÃO COM O COMÉRCIO INTERNACIONAL CONECTANDO PRANA SIGNIFICA ENERGIA VITAL. FOCADOS NISSO, NOS EMPENHAMOS PARA SER A ENERGIA PROPULSORA DA SUA RELAÇÃO COM O COMÉRCIO INTERNACIONAL CONECTANDO SEUS NEGÓCIOS COM O MUNDO. QUEM SOMOS SOMOS UMA EMPRESA

Leia mais

Página 2 de 5 No caso da ausência de comprovação de que essas bonificações estejam relacionadas com a aquisição das mercadorias, essa operação será ca

Página 2 de 5 No caso da ausência de comprovação de que essas bonificações estejam relacionadas com a aquisição das mercadorias, essa operação será ca Página 1 de 5 Este procedimento foi elaborado com base nas Leis nºs 10.406/2002; 9.249/1995; 10.637/2002; 10.833/2003; 11.941/2009; Lei Complementar nº 123/2006; e Resolução CGSN nº 94/2011 IRPJ/CSL/Cofins/PIS-Pasep/Simples

Leia mais

SUMÁRIO. PARTE GERAL Noções Fundamentais da Legislação Tributária e Empresarial

SUMÁRIO. PARTE GERAL Noções Fundamentais da Legislação Tributária e Empresarial SUMÁRIO PARTE GERAL Noções Fundamentais da Legislação Tributária e Empresarial 1 Introdução ao Estudo da Legislação Tributária, 15 1.1 Fontes do Direito, 15 1.2 Fontes Principais do Direito, 16 1.2.1 Lei,

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA RFB Nº 1.556, DE

INSTRUÇÃO NORMATIVA RFB Nº 1.556, DE INSTRUÇÃO NORMATIVA RFB Nº 1.556, DE 31.03.2015 Altera a Instrução Normativa RFB nº 1.515, de 24 de novembro de 2014, que dispõe sobre a determinação e o pagamento do imposto sobre a renda e da contribuição

Leia mais

2. Em 11 de novembro de 2013 foi editada a MP 627, que entre outras providências,

2. Em 11 de novembro de 2013 foi editada a MP 627, que entre outras providências, COMUNICADO TÉCNICO IBRACON Nº 02/2014 (R1) Orientação aos auditores independentes sobre o entendimento a respeito dos procedimentos adotados, ou a serem adotados, pela Administração das entidades na avaliação

Leia mais

Variação do ICMS Distorce o Custo e a Compensação Tributária

Variação do ICMS Distorce o Custo e a Compensação Tributária Variação do ICMS Distorce o Custo e a Compensação Tributária O diferencial de alíquota do ICMS é aplicável às operações interestaduais entre contribuintes do tributo, quando a mercadoria se destinar ao

Leia mais

Versão /03/2018. Transferência de Conhecimento Franqueados Getway. Cadastros de Produtos

Versão /03/2018. Transferência de Conhecimento Franqueados Getway. Cadastros de Produtos Versão 1.0.0.0 21/03/2018 Transferência de Conhecimento Franqueados Getway Cadastros de Produtos Um ponto muito importante para que a geração e validação de um arquivo SPED EFD Contribuições são os cadastros

Leia mais

1) TRIBUTOS FEDERAIS (aplicados ao Comércio ) 2) PERFIL DO CONTADOR MODERNO

1) TRIBUTOS FEDERAIS (aplicados ao Comércio ) 2) PERFIL DO CONTADOR MODERNO 1) TRIBUTOS FEDERAIS (aplicados ao Comércio ) 2) PERFIL DO CONTADOR MODERNO Maria Alzirene Mota de Brito Empresária da Contabilidade (92) 99981-9878 / 99116-6622 TÓPICOS PARA ABORDAGEM 1) QUAIS TRIBUTOS

Leia mais

3 Metodologia de Estudo

3 Metodologia de Estudo 3 Metodologia de Estudo Este capítulo apresenta as características do método adotado para o estudo, compreendendo a descrição sobre o instrumento de pesquisa adotado (questionário), bem como os critérios

Leia mais

Fiscal Configurar Impostos Fiscais

Fiscal Configurar Impostos Fiscais Fiscal Configurar Impostos Fiscais Objetivo Configurar todos os impostos que refletirão na Nota Fiscal de Saída. Pré- Requisitos As Taxas Tributárias dos Produtos devem ser devidamente cadastradas ( Fiscal

Leia mais

COMO ABRIR UMA EMPRESA

COMO ABRIR UMA EMPRESA COMO ABRIR UMA EMPRESA Sumário INTRODUÇÃO 3 2. Ideia do negócio 4 3. Tipos de empresas 5 4. Órgãos de Registro Empresarial 15 5. Regimes tributários 16 6. Planejamento tributário 17 7. Formalização da

Leia mais

PALESTRA ESPECIAL NOVO REGULAMENTO DO IMPOSTO DE RENDA - RIR/18. (Análise Prática) J. MIGUEL SILVA

PALESTRA ESPECIAL NOVO REGULAMENTO DO IMPOSTO DE RENDA - RIR/18. (Análise Prática) J. MIGUEL SILVA PALESTRA ESPECIAL NOVO REGULAMENTO DO IMPOSTO DE RENDA - RIR/18 (Análise Prática) J. MIGUEL SILVA J. MIGUEL SILVA Advogado e Contabilista, especializado em Direito Empresarial. Autor de obras que versam

Leia mais

INTERPRETAÇÃO TÉCNICA DO IBRACON Nº 01/04

INTERPRETAÇÃO TÉCNICA DO IBRACON Nº 01/04 INTERPRETAÇÃO TÉCNICA DO IBRACON Nº 01/04 CONTABILIZAÇÃO DAS CONTRIBUIÇÕES PARA O PROGRAMA DE INTEGRAÇÃO SOCIAL (PIS) E PARA O FINANCIAMENTO DA SEGURIDADE SOCIAL (COFINS) Em 31 de dezembro de 2002 e em

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Etec Ensino Técnico ETEC: PROFESSOR MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: TUPÃ-SP Eixo Tecnológico: GESTÃO E NEGÓCIOS Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio em

Leia mais

III Seminário Catarinense sobre Atualidades Jurídico-Contábeis

III Seminário Catarinense sobre Atualidades Jurídico-Contábeis CRCSC III Seminário Catarinense sobre Atualidades Jurídico-Contábeis Influência do tratamento contábil nas novas regras de tributação Elidie Palma Bifano 29/07/2014 de tributação O tema proposto e suas

Leia mais

esags.edu.br Santo André > Av. Industrial, Bairro Jardim (11) Santos > Av. Conselheiro Nébias, 159 (13)

esags.edu.br Santo André > Av. Industrial, Bairro Jardim (11) Santos > Av. Conselheiro Nébias, 159 (13) TRIBUTOS SOBRE MERCADORIAS E SERVIÇOS APRESENTAÇÃO: A legislação tributária brasileira é tida como uma das mais complexas do mundo. Além disto, tem sido objeto de constantes alterações, o que obriga os

Leia mais

DIREITO TRIBUTÁRIO. Tributos Federais IRPJ Parte V. Prof. Marcello Leal

DIREITO TRIBUTÁRIO. Tributos Federais IRPJ Parte V. Prof. Marcello Leal DIREITO TRIBUTÁRIO Tributos Federais IRPJ Parte V Prof. Marcello Leal 1 Lucro Presumido Percentuais ESPÉCIES DE ATIVIDADES sobre a receita Revenda a varejo de combustíveis e gás natural 1,6% Venda de mercadorias

Leia mais

SIMPLES NACIONAL versus LUCRO PRESUMIDO

SIMPLES NACIONAL versus LUCRO PRESUMIDO SIMULADOR A ferramenta do Contador. Qual é o melhor regime para sua empresa? SIMPLES NACIONAL versus LUCRO PRESUMIDO Acesse nosso ebook http://www.etecnico.com.br/ https://www.facebook.com/mapaetecnicofiscal

Leia mais

SIMPLES NACIONAL PROF. DR. AMAURY JOSE REZENDE

SIMPLES NACIONAL PROF. DR. AMAURY JOSE REZENDE SIMPLES NACIONAL PROF. DR. AMAURY JOSE REZENDE SIMPLES NACIONAL Tributo federal Lei Complementar 123/2006 e 128/2008 Regime Especial Unificado de Arrecadação de Tributos e Contribuições devidos pelas Microempresas

Leia mais

Pontos Especiais IVA AJUSTADO CONVÊNIO ICMS 93/2015 E EMENDA CONSTITUCIONAL 87/2015

Pontos Especiais IVA AJUSTADO CONVÊNIO ICMS 93/2015 E EMENDA CONSTITUCIONAL 87/2015 Pontos Especiais IVA AJUSTADO CONVÊNIO ICMS 93/2015 E EMENDA CONSTITUCIONAL 87/2015 Substituição Tributária O regime de ST é uma obrigação tributária que transfere ao sujeito passivo a responsabilidade

Leia mais

5ª REGIÃO FISCAL - DIVISÃO DE TRIBUTAÇÃO

5ª REGIÃO FISCAL - DIVISÃO DE TRIBUTAÇÃO 5ª REGIÃO FISCAL - DIVISÃO DE TRIBUTAÇÃO SOLUÇÃO DE CONSULTA Nº 42, DE 28 DE JUNHO DE 2007: ASSUNTO: Sistema Integrado de Pagamento de Impostos e Contribuições das Microempresas e das Empresas de Pequeno

Leia mais

PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO NA PRÁTICA

PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO NA PRÁTICA PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO NA PRÁTICA Escolha do regime tributário para 2011 Planejamento tributário- DEFINIÇÃO Estudo dos ATOS e NEGÓCIOS jurídicos que a pessoa física ou jurídica PRETENDA realizar, por

Leia mais

INSTRUÇÕESS - EMENDA CONSTITUCIONAL 87/2015

INSTRUÇÕESS - EMENDA CONSTITUCIONAL 87/2015 INSTRUÇÕESS - EMENDA CONSTITUCIONAL 87/2015 Introdução Este roteiro contem instruçõess para configuração e emissão de notas com base nas alterações de Partilha de ICMS e Calculo do Fundo de Combate a pobreza

Leia mais