AÇÃO TODO. CMA Mail - Soluções de Marketing Direto Corporativo COM UMA VOCÊ PODE ATINGIR O MERCADO. Solicite uma demonstração

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "AÇÃO TODO. CMA Mail - Soluções de Marketing Direto Corporativo COM UMA VOCÊ PODE ATINGIR O MERCADO. Solicite uma demonstração"

Transcrição

1

2 COM UMA AÇÃO VOCÊ PODE ATINGIR TODO O MERCADO CMA Mail - Soluções de Marketing Direto Corporativo Sistema de e fax marketing que permite realizar campanhas comerciais e promocionais, ações de relacionamento e pesquisas interativas, com ampla mensuração de resultados, total privacidade e sigilo das informações. As ferramentas desenvolvidas internamente e a infraestrutura de datacenter própria garantem a agilidade e qualidade dos serviços prestados, gerando maior efetividade na entrega de mensagens e retorno para suas campanhas. Entrega rápida com tratamento em escala Serviços especializados e com foco em ações corporativas Solução customizada que pode ser integrada aos sistemas CRM e legados dos clientes Pesquisas online com planilhamento de respostas segmentadas Solicite uma demonstração Tel: (11) / Agende uma demonstração Tel: (11) / Empresa filiada à ABEMD - Associação Brasileira de Marketing Direto

3 carta ao Leitor V V V O que você prefere: que ninguém (principalmente empresas) saiba nada sobre você, para não correr riscos de ter seus dados utilizados de forma indevida, ou se beneficiar em ver suas informações tratadas de maneira a ter ofertas e oportunidades adequadas das empresas? resposta difícil. A questão da privacidade fica cada vez mais aguçada na medida em que a tecnologia - leia-se especialmente internet, e as ferramentas de que ela dispõe - evolui. Ou seja, na teoria, quanto mais informação você disponibilizar sobre você para as empresas, mais e melhores benefícios poderá obter delas. É o que traz esse avanço: um novo mundo de produtos e serviços cada vez mais personalizados. Em nossa entrevista, o diretor de Marketing Direto da Editora Abril e membro do conselho de administração da ABEMD, Murillo Boccia, aborda justamente isso: o trade off do consumidor online, por conta de sua tese de mestrado defendida no final do ano passado na universidade de são Paulo (USP). Como quase tudo na vida, há perdas e ganhos. Como o prazer de comer o pastelzinho de feira sob pena de ganhar uns quilinhos, ou se esconder e não ter a possibilidade de realizar uma compra vantajosa. É um assunto delicado que depende muito da ética no uso das informações. Já nossa capa destaca os indicadores ABEMD e a consulta aos associados divulgados no final do ano passado. Ambos os estudos trazem informações animadoras. Os indicadores com números referentes ao ano de 2009 mostram a solidez do Marketing Direto, já que mesmo em se tratando de ano difícil para a economia mundial, o setor manteve crescimento expressivo de pouco mais de 11% ao atingir R$ 21,7 bilhões em receitas com prestação de serviços. A consulta aos associados por sua vez aponta para um grande otimismo imperando no mercado, pois quase 92% da amostra se diz otimista ou muito otimista com a ecomomia brasileira para 2011 e 74% acredita que o Marketing Direto vai crescer. E os motivos são muitos: Copa do Mundo, Olimpíadas, mídias sociais, setor de óleo e gás. Vamos torcer e conferir. Feliz O Editor expediente Diretoria Presidente: Efraim Kapulski Vice-presidente: Pedro renato Eckersdorff Diretor de CRM / Database: Eduardo W. ramalho Diretor Financeiro: José Antônio soler Diretor de Sucursais: Jeffrey Hanson Costa Diretor de Listas: vicente Argentino Diretor de Marketing: Edson Carlo Barbieri diretor de alianças estratégicas: Bernardo Zamijovsky Conselho de Administração Presidente do Conselho: Paulo F. B. vasconcelos Vice-presidente: Fernando B. Cirne Alexandra Periscinoto, Alexandre Jau, Antonio Carlos Carletto, Antonio rosa Neto, Danilo vasconcelos, Edson Carlo Barbieri, Eduardo souza Aranha, Eduardo W. ramalho, Fabio Adiron, Fábio Mello, Fernando Alberto da Costa, Fernando B. Cirne, Fernando l. G. Guimarães, Henrique Mello, Jeffrey Hanson Costa, José Antônio soler, luis Henrique Fichman, Marcelo lobianco, Marciliano Antônio silva Jr., Márcio ribeiro, Maria luiza vasques Piccioli, Murillo Boccia, Nelson Grunenberg Alves reis, Odair Gutirres, Paulo F. B. vasconcelos, Paulo Geraldo F. Cavalcanti, Pedro renato Eckersdorff, Pio Borges, Priscila Pereira Gonçalves, renato de Paula, ricardo Musumeci, roberto saddy Chade, sérgio Augusto r. Alves Jr., vicente Argentino, Waldomiro r. silva Jr., Wilmar Munhós. Conselho Fiscal Alexandre souza Martins Case, Ana Maria Moreira Monteiro, Osvaldo Alvarenga. Associação Brasileira de Marketing Direto Avenida São Luís, 50 13º andar cj. 132 B Edifício Itália CEP São Paulo/SP Brasil Tel: (11) Gerente Administrativo e Financeiro: Pedro Xavier Jorge Comunicação, Imprensa, Comercial: roberto Perrone Eventos: Fernanda Giannetti Administração e Finanças: Pedro Xavier Jorge revista Marketing Direto é uma publicação da Associação Brasileira de Marketing Direto (ABEMD) Editor: roberto Perrone Coordenadora Editorial: Janaina Basilio Arte e editoração eletrônica: Adriana Cassiano Pré-impressão, impressão e acabamento: rr Donnelley Escreva para a revista Marketing Direto. Mande seus comentários e sugestões para o Jan/11 - nº Ano X - Marketing Direto 3

4 Índice Entrevista: Murillo Boccia explica sua tese sobre 06o Trade Off 10 CAPA: Indicadores ABEMD - receita com serviços de Marketing Direto em 2009 atinge R$ 21,7 bilhões Frases Sobre 2010 e 2011*: O mundo parece ter redescoberto o Brasil: muitas empresas tentando entender mais sobre o nosso mercado, consumidores comprando, mais investimentos, as redes sociais decolando como ferramenta de comunicação e muitos clientes. Crescemos 25% em relação ao ano passado e, no ritmo que estamos, parece que 2010 não irá terminar deverá ser igualmente intenso Eduardo Bicudo, presidente da Wunderman Consulta associados: Mercado revela-se otimista com relação aos negócios 16em 2011 Nossa meta para 2011 é ampliar negócios nos clientes atuais, desenvolver novos projetos de inovação e convergência e ampliar nossa equipe de tecnologia Luiz Buono, vp de planejamento e atendimento da Fábrica C 21 PRÊMIO ABEMD: Inscrições abertas para a 17ª edição do Prêmio 2011 será um ótimo ano para a indústria da comunicação, e o segmento que vai ter o crescimento mais expressivo será o de Marketing e comunicação online Flavio Salles, CEO da Sun/MRM M Y CM MY CY CMY Mercado Novos Associados Deu na imprensa Para 2011 temos a expectativa de crescimento em receita de 20%. Continuaremos buscando clientes e cases que dêem espaço para a concretização do posicionamento da Repense Otávio Dias, presidente da Repense K Causos do Marketing Direto Nosso estudo Indicadores ABEMD finalizado em outubro, e que também está publicado em nosso Anuário, mostra dados expressivos, como uma taxa de crescimento médio anual nos últimos 10 anos de 12,5%. Além disso, as mais de 200 empresas consultadas revelaram que, apenas no primeiro semestre de 2010, o Marketing Direto cresceu 21,1%. As expectativas portanto para 2011 não poderiam ser melhores. Efraim Kapulski, presidente da ABEMD * Frases extraídas da revista PropMark especial, de dezembro de Marketing Direto - Jan/11 - nº Ano X

5 Todo mundo quer entrar para essa turma. Faça parte da 19ª turma do curso de especialização em Marketing Direto da ABEMD. O curso começa dia 15 de março de 2011, tem duração de 4 meses e é lecionado por profissionais renomados da área. É a oportunidade perfeita para você compreender os ensinamentos fundamentais do marketing direto, de um jeito mais rápido, prático e consistente. Por isso, aproveite e faça logo a sua inscrição. Você vai ter orgulho de integrar essa turma. Para saber sobre as inscrições e o investimento, ligue para (11) ou envie um para: Se preferir, acesse apoio:

6 entrevista Murillo Boccia O equilíbrio do trade off Em outubro do ano passado, mais precisamente no dia 26, a disciplina do Marketing Direto ganhou uma nova fonte de consulta acadêmica e profissional. Foi a data na qual o diretor de Marketing Direto da Editora Abril e membro do conselho de administração da ABEMD, Murillo Boccia, defendeu sua tese de mestrado na FEA-USP (Universidade de São Paulo) com o título: "O trade off do consumidor online: Benefícios com a personalização versus defesa de sua privacidade". O trabalho de pesquisa envolveu um profundo levantamento sobre o assunto privacidade, e buscou analisar a perspectiva do consumidor face às transformações que o desenvolvimento da sociedade e principalmente da Tecnologia da Informação vem trazendo. Como resultado dessas transformações, um mundo novo de serviços cada vez mais personalizados se abre, mas também novas preocupações, como a do risco de perda de privacidade. Murillo Boccia falou à Revista Marketing Direto sobre seu trabalho e a importância fundamental do profissional de Marketing Direto em transformar uma ameaça em oportunidades. 6 Marketing Direto - Jan/11 - nº Ano X

7 Por que trade off? Sempre que dois benefícios não podem ser auferidos simultaneamente de forma plena, dizemos que existe um trade off. Como uma balança de comparação na qual você calibra o peso de um lado sabendo que impacta na posição do outro. É algo com o qual lidamos até inconscientemente. Por exemplo, sei que se comer pastel de feira terei o beneficio do prazer. Mas qual outro lado da moeda? Engorda, aumenta o colesterol. Se beber muito vinho, vou ter enxaqueca. Se gastar todo dinheiro, vai faltar num momento que possa precisar. Mas antes terei o prazer em comer pastel, tomar vinho e gastar dinheiro. Devo me privar do benefício ou achar um ponto de equilíbrio? Temos um trade off. Diria que quase tudo na vida apresenta alguns trade offs. Mas há trade off entre mais personalização versus mais privacidade? Evidente que sim. A questão da privacidade no Marketing Direto não pode ser vista como algo que deva ser garantido (em se tratando das empresas ou do Legislativo) de qualquer jeito, ou perseguido (pelo cliente) sem limites, ou sem que haja um preço a pagar. E, nesse caso, o preço seria abrir mão de benefícios bastante concretos. Como assim? Como isso se dá no mundo das transações comerciais? O acesso a dados individuais traz muitos benefícios para o consumidor, como por exemplo a experiência de fazer compras num site sem precisar informar novamente todos os seus dados cadastrais, dados de entrega, de cobrança, etc. Proporciona ainda encantar o cliente com uma ação de relacionamento baseada nas preferências individuais específicas, como ter uma oferta do tipo do vinho que mais gosto no dia do meu aniversário. Com a internet, esses benefícios ficaram ainda mais evidentes. Se o consumidor percebe esses benefícios ao disponibilizar seus dados para um uso profissional ético por parte das empresas e governo, a questão da privacidade muda de tom: deixa de ser as pessoas precisando de defesa contra alguém mais poderoso e que quer lesá-las, para a discussão de como a sociedade pode buscar a sintonia fina que proporcione o grau adequado de privacidade e assegure os benefícios de uma sociedade baseada na informação. O que você considera grau adequado de privacidade? Privacidade é um termo carregado de emoção. Você percebeu que no momento em que disse grau adequado de privacidade, a reação normal é pensar: ôpa, quero 100% de privacidade!!. Essa reação em parte se explica pela impressão de que nossa vida privada pode ficar em risco e não se trata disso. Não se discute a importância da privacidade física e territorial, direitos assegurados por lei, muitas vezes pela própria Constituição Federal. O que chamamos de privacidade no nosso ambiente de Marketing, especialmente no Marketing Direto, é a privacidade informacional, aquela que diz em que extensão, em que condições e para qual finalidade suas informações (e quais) podem ser acessadas por terceiros. Portanto, o grau adequado desse tipo de privacidade é aquele que ao mesmo tempo atende ao anseio por privacidade e permite acesso ao serviço que a coletividade julgue importante. Mas pessoas dessa coletividade não desejam todas o mesmo grau de privacidade e de benefícios? Aí está a complicação. Não. As pessoas são muito diferentes em relação ao assunto privacidade. Minha pesquisa encontrou quatro tipos bem diferentes, clusters de clientes, em relação à privacidade. Há as que perdem o sono por receio de ter sua privacidade violada, e Jan/11 - nº Ano X - Marketing Direto 7

8 Entrevista Murillo Boccia se expõem pouco para garantir máxima privacidade. No outro extremo, há pessoas que não se importam com o assunto e veem com naturalidade o acesso e a utilização de parte de seus dados. Há também as pessoas que estão no meio do caminho, ora querendo usufruir, ora buscando preservar sua intimidade, dependendo da situação. Na pesquisa, identifiquei que quanto mais madura e esclarecida é a pessoa, mais ponderada e menos radical em relação à utilização de seus dados ela se torna. Inversamente, quanto menos esclarecida, maior o receio de que seus dados não serão utilizados em seu favor. Claro que outros fatores demográficos e culturais também interferem. Por exemplo, os mais jovens estão muito mais acostumados com essa troca (de dados por serviços), porque a internet acelerou esse processo. As redes sociais hoje em dia são o maior exemplo de como as pessoas estão dispostas a divulgar dados, desde que obedecidas regras e desde que o cliente possa controlar parte das configurações de privacidade. Por que controlar apenas parte? Porque o cliente, embora afirme que queira estar no controle de tudo, não exerce esse direito se você colocar o painel de controle na frente dele. Dá muito trabalho. Ele quer a situação sob controle. Quer saber que existem re- cursos, salvaguardas, garantias. Tendo isso, o consumidor não só permite com que você use seus dados, como quer os serviços inteligentes decorrentes dessa boa utilização. E como eles lidam com o trade off? Esse é outro aspecto interessante das pesquisas sobre o assunto e nos ajuda a entender como lidar com isso em defesa do nosso mercado e dos clientes. Muitas vezes, o trade off da privacidade versus benefícios, diferentemente do pastel versus quilinhos a mais, não é tão explícito. O cliente vai fazendo as escolhas no meio do caminho, mas ele não racionaliza que os benefícios que ele está escolhendo podem lhe tirar alguma privacidade. Ou, o que é mais comum, ele não percebe que o grau de privacidade que está operando lhe tira a possibilidade de auferir benefícios. Ele só vai perceber depois que perdeu. Na verdade, se o cliente recebe uma mensagem comercial relevante, não pensa na questão da privacidade. Mas se a mensagem não for relevante, causa irritação, que por sua vez vai ativar a pergunta: onde conseguiram meus dados? Se esse incômodo quanto à origem dos dados for a única coisa que conseguimos despertar no receptor da mensagem comercial, mal sinal. Este Marketing supostamente Direto e impertinente são só disperdiça uma oportunidade de venda como, potencialmente, lesa a relação com o cliente. O que se percebe, até no próprio mercado de Marketing Direto, é que a maioria fala dos riscos e pouco dos benefícios, não acha? Isso mesmo. O ser humano adora dar um sinal de risco, adora falar sobre um suposto caso de utilização indevida, de mostrar a Sandra Bullock capturada no filme A Rede. Cabe a nós do Marketing Direto divulgar os benefícios que centenas de milhões de pessoas têm com o uso inteligente dos dados. Quem não gostava de ser chamado pelo nome ao entrar na vendinha do bairro? Quem não gosta, hoje em dia, de acessar o site de varejo com milhares de itens e ter seu trabalho facilitado pelas sugestões baseadas no seu padrão de compras? Ou de poder ter sua posição identificada no GPS e receber sugestões dos restaurantes próximos ao local no qual você se encontra naquele momento? De participar das redes sociais que nos colocam em contato e nos permitem reencontrar amigos? A alta adesão aos serviços como o das redes sociais mostra que o consumidor não quer abrir mão deles, mesmo sabendo que muitos desses serviços só existem com a abertura, pelo menos em parte, de informações pessoais. Com tantos benefícios, porque ainda há tantos riscos? Por que existem leis restritivas? Acredito que por dois motivos. Um de 8 Marketing Direto - Jan/11 - nº Ano X

9 natureza psicológica e outro mais prático. Mas a boa notícia é que podemos trabalhar nas duas frentes. O primeiro motivo está relacionado ao comportamento do legislativo. Normalmente, o legislativo tende a proteger o cidadão, o que é bom. Mas falha muitas vezes em não perceber os trade offs. E como o próprio cliente não enxerga nitidamente o trade off, ficamos numa situação onde o consumidor espera esta suposta proteção do poder público. Mas quando ela vem, é carregada demais. vem restringindo (quando não eliminando por completo) os beneficios para toda sociedade. O segundo tem a ver com práticas realmente abusivas de alguns agentes do processo. Enquanto houver empresas que não respeitam o horário de uma ligação de Call Center; enquanto houver pessoas que compram dados pessoais roubados; enquanto houver gente burlando sistemas de segurança para formar cadastros, corremos o risco de ver banidos canais e ferramentas que, se utilizadas de maneira ética, podem fazer os clientes mais felizes e contribuir muito para o desenvolvimento do país. Nesse processo, cada um tem que fazer a sua parte. Depois desse trabalho, o que você diria ao mercado? sim, nessa questão todos têm que fazer a sua parte. sem exceção. trabalhem "Se o consumidor percebe esses benefícios ao disponibilizar seus dados para um uso profissional ético por parte das empresas e governo, a questão da privacidade muda de tom: deixa de ser as pessoas precisando de defesa contra alguém mais poderoso e que quer lesá-las, para a discussão de como a sociedade pode buscar a sintonia fina que proporcione o grau adequado de privacidade e assegure os benefícios de uma sociedade baseada na informação." honestamente; respeitem as escolhas dos seus clientes; entendam cada um como ele é; tenham uma política de privacidade e a sigam; divulguem os benefícios que seus clientes têm em fornecer informações; trabalhem junto com as associações, inclusive com seus concorrentes; exijam certificados de origem dos dados dos seus fornecedores. Fazendo isso, teremos uma indústria muito mais saudável e clientes muito satisfeitos, sem a necessidade do poder público nos dizer como nos comportar, liberando as autoridades legislativas para funções mais importantes para a coletividade. Acesse a tese completa no link: Jan/11 - nº Ano X - Marketing Direto 9

10 Indicadores Mercado projeta crescimento sólido Receitas de serviços de Marketing Direto em 2009 atingem R$ 21,7 bilhões e crescem 11,3% com relação ao ano anterior. Projeção do mercado é de evolução de 16,4% ao ano nos próximos cinco anos. O mercado de Marketing Direto ao atingir receita com serviços prestados de R$ 21, 7 bilhões medidos para o ano de 2009, apresenta crescimento sólido e cons tante, conforme aponta o estudo Indicadores ABEMD, realizado pela Simonsen Associados, patrocinado pelos Correios e com apoio tecnológico da Frontier. Comparativamente ao estudo anterior, a evolução é de 11,3%, sendo que o crescimento médio das receitas na década é de 12,5% ao ano. Empresas projetam crescimento de 16,4% ao ano para os próximos cinco anos. É importante notar que o resultado é excepcional considerando que a economia global sofreu sérios abalos no ano de 2009, por conta da crise eclodida já no final do ano anterior. A cifra total representa 0,69% do PIB brasileiro. Outro dado relevante diz respeito ao crescimento das receitas com prestação de serviços no primeiro semestre de 2010, que atinge a marca de 21,1% contra o mesmo período de 2009, segundo infor- mações das empresas pesquisadas, sendo que o total de postos de trabalho do mercado de Marketing Direto apresentou crescimento de 8,4%, chegando a 1,225 milhão de empregos. Muitas são as explicações para que o Marketing Direto continue apresentando evolução das receitas em patamar elevado. A relevância cada vez maior de todos os seus subsegmentos - com participação muito importante da área digital, que está presente nas diversas etapas da atividade é o reflexo da busca maior dos anunciantes pela mensuração e controle dos resultados das ações de comunicação. É a disciplina que tem a mensuração de resultados em seu DNA. A evolução do uso das mídias digitais, como marketing e redes sociais para ações de Marketing Direto também figura como importante motivador da evolução dos negócios do setor. Com relação ao avanço das receitas geradas pelos segmentos, deve-se destacar as áreas de Database e CRM (17,4%), Internet e E-Commerce (15,6%), Fornecedores de Listas (12,5%) e Agências (11,1%), mas é o setor de Internet e E- Commerce que apresentou, pelo segundo ano consecutivo, a maior participação no bolo, concentrando 24,9% das receitas investidas em Marketing Direto, seguido de Call Center, com 22,5%. Todos os setores econômicos investiram mais em Marketing Direto, excetuando-se o de Fund raising. O Comércio em Geral e Catálogos cresceram seus investimentos na disciplina em 17,1%, praticamente equiparando sua participação no bolo a Publicações e Assinaturas. Instituições Financeiras (22%) e Telecomunicações (15%) continuam sendo os maiores usuários. Outro dado expressivo é o crescimento de Outros Diversos, que já detém praticamente um terço de participação, o que projeta crescente uso da disciplina por vários setores econômicos, entre os quais construbusiness e educacional. 10 Marketing Direto - Jan/11 - nº Ano X

11 Metodologia Além da coleta e análise de diversos tipos de dados, foram consultadas 214 empresas, sendo que 43% delas tiveram em 2009 faturamento superior a R$ 100 milhões. O estudo Indicadores ABEMD passou por três anos de gestação; dois anos de preparação e um de efetiva operação entre estudos, análises e entrevistas. Esta quinta edição consolida os esforços dos anos anteriores. DISTRIBUIÇÃO GEOGRÁFICA DO PIB ESTIMATIVA 2008 % POR REGIÃO GEOGRÁFICA 5 NORTE 14 NORDESTE 7 CENTRO-OESTE 55 SUDESTE 19 SUL Fonte: Banco Central, IBGE Jan/11 - nº Ano X - Marketing Direto 11

12 indicadores DISTRIBUIÇÃO DA AMOSTRA CONFORME TAMANHO DA OPERAÇÃO DA EMPRESA NO BRASIL Faturamento Anual Bruto em 2009 (Milhões de R$/ano) > % do número de empresas consultadas >100 até >50 até >10 até <10 5 Fonte: Simonsen Associados, empresas consultadas MERCADO BRASILEIRO DE MARKETING DIRETO ESTIMATIVA DO TAMANHO DO MERCADO (RECEITA) R$ 21,7 Bi 2009 Fonte: Simonsen Associados, empresas consultadas MERCADO BRASILEIRO DE MARKETING DIRETO TAXA DE CRESCIMENTO DO MERCADO NO ÚLTIMO ANO R$ 21,7 Bi R$ 19,5 Bi Crescimento 2008 a 2009 (último ano) = 11,3% a.a Fonte: Simonsen Associados, empresas consultadas 12 Marketing Direto - Jan/11 - nº Ano X

13 MERCADO BRASILEIRO DE MARKETING DIRETO TAXA DE CRESCIMENTO DO MERCADO (ÚLTIMOS 9 ANOS) R$ 21,7 Bi R$ 7,5 Bi Crescimento Médio (últimos 9 anos) = 12,5% a.a Fonte: Simonsen Associados, empresas consultadas MERCADO BRASILEIRO DE MARKETING DIRETO TAXA DE CRESCIMENTO DO MERCADO Crescimento 2008 a 2009 (último ano) = 11,3% a.a. Crescimento 2000 a 2009 (últimos 9 anos) = 12,5% a.a. Crescimento 1º semestre de 2010 sobre 1º semestre de 2009 (último semestre) = 21,1% a.a. Fonte: Simonsen Associados, empresas consultadas Crescimento projetado na ótica das empresas 2010 a 2014 (próximos 5 anos) = 16,4% a.a. MERCADO BRASILEIRO DE MARKETING DIRETO TAXA DE CRESCIMENTO DO MERCADO NO ÚLTIMO ANO PIB R$ 3.143,0 bi MERCADO DE MARKETING DIRETO R$ 21,7 bi PARTICIPAÇÃO 0,69% * Em 2008 PIB foi R$ 3.004,9 bi e Marketing Direto R$ 19,7 bi ou 0,66% de participação Fonte: IBGE Jan/11 - nº Ano X - Marketing Direto 13

14 indicadores MERCADO BRASILEIRO DE MARKETING DIRETO PARTICIPAÇÃO POR SEGMENTO NO MERCADO E CRESCIMENTO ANUAL RECEITA: ESTIMATIVA 2009 Serviços de Internet e E-commerce % do total 24,9% Receita (M R$) Variação 2009/08 (% a.a.) + 15,6 Empresas de Call Center/ Contact center/ Telemarketing 22,5% ,4 Distribuição e Logística 14,0% ,1 Gráficas: Impessão para Marketing Direto 13,9% ,0 Tecnologia Relacionada a Marketing Direto 13,8% ,7 Database e CRM 6.2% ,4 Agências de marketing direto 1,8% ,1 Fornecedores de Listas 0,4% ,5 Outros 2,4% ,6 * Inclui digital em vários segmentos M= Milhão Total M R$ ,3 Fonte: Simonsen Associados, empresas consultadas MERCADO BRASILEIRO DE MARKETING DIRETO PRINCIPAIS SEGMENTOS USUÁRIOS: ESTUDO SOBRE 2009 (% DO VALOR) Instituições Financeiras 2 2 Variação 2009/08 (% a.a.) + 6,4 Telecomunicações / Utilidades ,1 Publicações e Assinaturas Comércio em geral e Catálogos Indústria Automobilística / Autopeças 10,5 10 8,5 + 11,3 + 17,1 + 5,1 Fund Raising / Religioso 3 + 4,7 Outros diversos* ,0 M= Milhão Total M R$ ,3 * Inclui digital em vários segmentos, sendo os principais construbusiness e educacional Fonte: Simonsen Associados, empresas consultadas MERCADO BRASILEIRO DE MARKETING DIRETO PARTICIPAÇÃO NA RECEITA POR TIPO DE OPERAÇÃO ESTUDO SOBRE 2009 B2C 66% B2B 34% Total = G R$ 21,6 Fonte: Simonsen Associados, empresas consultadas 14 Marketing Direto - Jan/11 - nº Ano X

15 MERCADO BRASILEIRO DE MARKETING DIRETO ESTIMATIVA DO NÚMERO DE EMPREGOS 2009 Total: Mil Empregos Diretos Crescimento de 8,4% a.a. em 2009 Fonte: Simonsen Associados, empresas consultadas CONCLUSÃO O mercado de prestação de serviços de Marketing Direto é estimado em G R$ 21,7 por ano em O crescimento médio da receita nos últimos oito anos atinge taxa de 12,5% a.a., mostrando o desenvolvimento dos diferentes segmentos componentes do setor. O crescimento do último ano, comparando 2009 em relação a 2008, atinge 11,3% a.a. Já o crescimento obtido no primeiro semestre de 2010 chegou a 21,1% sobre o primeiro semestre de O total de empregos no setor é estimado em 1225 mil postos de trabalho, com crescimento de 8,4% em METODOLOGIA As informações apresentadas no presente trabalho resultam do tratamento analítico de dados e informações obtidas de fontes primárias e secundárias: Fontes Primárias, representadas por entrevistas realizadas com empresas prestadoras de serviço de marketing direto, nos seus vários segmentos, empresas clientes, associações de classe e órgãos governamentais, buscando desenvolver a partir dessas informações conhecimento sobre o mercado de marketing direto. Fontes Secundárias estão representadas por elementos extraídos de publicações e relatórios de pesquisas específi cas, em diversas fontes de dados além do Banco de Dados da SIMONSEN ASSOCIADOS. EMPRESAS CONSULTADAS: NÚMERO DE ENTREVISTAS Estudo 2009 = 214 Estudo 2008 = 102 Estudo 2007 = 125 Estudo 2006 = 183 AGRADECEMOS AOS CORREIOS POR VIABILIZAR ESTE ESTUDO APOIO TECNOLÓGICO Jan/11 - nº Ano X - Marketing Direto 15

16 consulta aos associados Solidez e otimismo imperam no mercado de Marketing Direto O mercado de Marketing Direto esbanja solidez e otimismo com relação aos negócios. Consulta aos Associados da ABEMD, realizada entre final de setembro e começo de outubro de 2010, revela essas duas características marcantes e também aponta tendências importantes para o nosso setor. A consulta contou com a participação de 84 empresas respondentes, entre Agências (25%), Consultorias (26%), empresas de CRM/Database (34%), Digital (internet, marketing, SMS, mobile 28%), Call Center (16%), entre outras. Considerando os resultados financeiros alcançados até o momento e projetados até o final do ano, qual é a sua avaliação do ano de 2010? TOTAL EM Excelente 16 5,8% 7,9% 10,3% 13,3% 14,6% 7,5% 19,0% Muito bom 28 25,0% 30,2% 30,9% 31,1% 35,9% 21,3% 33,3% Bom 30 44,2% 31,7% 36,8% 36,7% 40,8% 41,3% 35,7% Razoável 10 20,2% 27,0% 19,1% 17,8% 7,7% 23,8% 11,9% Ruim 0 4,8% 3,2% 1,5% 1,1% 1,0% 6,3% 0,0% Péssimo 0 0,0% 0,0% 0,0% 0,0% 0,0% 0,0% 0,0% Não respondeu 0 0,0% 0,0% 1,5% 0,0% 0,0% 0,0% 0,0% 36% 12% 19% 33% Excelente Muito bom Bom Razoável Ruim Péssimo Não respondeu Para pouco mais da metade das empresas, os resultados financeiros foram considerados excelentes e muito bons, um patamar bastante superior comparado ao declarado na consulta anterior. Não houve declarações de resultados ruins ou péssimos. vários fatores colaboraram para esse desempenho como a conjuntura de recuperação da economia, crescimento da mídia postal em ano de eleição, maior cobrança por resultados das ações de comunicação, pois o Marketing Direto tem em seu DNA a mensuração de resultados, inovação de produtos e serviços e novos segmentos econômicos aderindo às ferramentas de Marketing Direto de forma profissional como construção civil, varejo e serviços. Outro fator importante é que os fornecedores de Marketing Direto passaram a atender de forma específica e personalizada às necessidades de cada cliente. 16 Marketing Direto - Jan/11 - nº Ano X

17 Considerando os resultados estimados até o final do ano, em 2010 os investimentos em Marketing Direto: A questão anterior já deu indicativo de que os investimentos em Marketing Direto em TOTAL aumentaram de forma EM 2010 consistente. Praticamente dois Aumentaram muito 8 9,5% terços das empresas consultadas Aumentaram 54 61,5% 61,9% 73,5% 75,6% 67,0% 42,5% 64,3% (64,3%) responderam que os Continuam da mesma forma 14 30,8% 31,7% 20,6% 18,9% 26,2% 25,0% 16,7% investimentos aumentaram, um Diminuíram 7 6,7% 6,3% 2,9% 5,6% 5,8% 32,5% 8,3% número 20 pontos percentuais Diminuiram muito 1 1,2% superior comparado ao da edição anterior. O item aumenta- Não respondeu 0 1,0% 0,0% 2,9% 0,0% 1,0% 0,0% 0,0% 1% ram muito foi acrescentado apenas nessa edição e embora não Aumentaram muito 8/% 10% 17% Aumentaram tenha comparativo com 2009, Continuam da mesma forma o índice de 9,5% também pode 64% Diminuíram ser considerado expressivo e revelador Diminuíram muito de que os investimentos Não respondeu em Marketing Direto em 2010 foram significativos. De novo, como na questão anterior, a especialização dos analistas de Marketing Direto, o reequilíbrio da economia, o consequente retorno da confiança dos clientes em retomar investimentos e a exigência por resultados nas ações de comunicação foram fatores decisivos para essa condição. Em relação ao mercado de comunicação como um todo, como avalia o desenvolvimento do Marketing Direto neste ano? TOTAL EM Ganhou muita importância 10 11,9% Ganhou importância 57 72,1% 77,8% 88,2% 75,6% 85,4% 68,8% 67,9% Continuou igual 8 23,1% 20,6% 8,8% 23,3% 9,7% 27,5% 9,5% Perdeu importância 8 3,9% 1,6% 2,9% 1,1% 3,9% 3,8% 9,5% Perdeu muita importância 0 0,0% Não respondeu 1 1,0% 0,0% 0,0% 0,0% 1,0% 0,0% 1,2% 10% A grande maioria das empresas consultadas também acredita que o Marketing Direto ganhou importância nas estratégias e comunicação dos clientes. O item ganhou muita importância não existia na consulta anterior, mas o índice de quase 12% é revelador desse avanço. Já o item ganhou importância apresentou índice similar à edição anterior da consulta. Não houve respostas para o item perdeu muita importância. As justificativas para esse ganho de visibilidade perante os clientes, segundo as empresas consultadas, têm explicações diversas, como o fato de o Marketing Direto estar sendo usado de forma mais profissional pelas pequenas e médias empresas, que podem comprovar sua eficácia e também porque a comunicação cada vez mais segmentada é um movimento natural com a fragmentação das mídias e, em consequência, das audiências. O Marketing Direto não existe mais como ferramenta isolada de comunicação, como nenhuma outra. Ainda é preciso, no entanto, atentar para o fato de muitos clientes acreditarem que estão fazendo marketing digital, quando na verdade estão fazendo marketing direto por meio das ferramentas digitais. 9% 1% 12% 68% Ganhou muita importância Ganhou importância Continuou igual Perdeu importância Perdeu muita importância Não respondeu Jan/11 - nº Ano X - Marketing Direto 17

18 consulta aos associados * Pergunta aceita respostas múltiplas. Caso entenda que o Marketing Direto não é utilizado como poderia pelas empresas, a que se deve essa sub utilização? Visão distorcida da aplicação das ferramentas Desconhecimento dos recursos oferecidos Empresas subestimam seus benefícios 1 TOTAL EM ,9% 52,4% 48,5% 44,4% 51,5% 37,5% 50,0% 40 57,7% 55,6% 63,2% 53,3% 59,2% 67,5% 47,6% 24 28,6% Restrição orçamentárias 14 21,2% 28,6% 27,9% 20,0% 18,4% 22,5% 16,7% Outros 7 10,6% 4,8% 4,4% 5,6% 4,9% 7,5% 8,3% Preconceito 4 10,6% 6,3% 8,8% 1,1% 8,7% 10,0% 4,8% Não respondeu 1 2,9% 4,8.% 0,0% 3,3% 8,7% 3,8% 1,2% 1,2% 4,8% 8,3% 16,7% 28,6% 47,6% 50,0% 0,0% 10,0% 20,0% 30,0% 40,0% 50,0% 60,0% Não respondeu Preconceito Outros Restrição orçamentária Empresas subestimam seus benefícios Desconhecimento dos recursos oferecidos Visão distorcida da aplicação das ferramentas O desconhecimento dos recursos oferecidos e as restrições orçamentárias já não são, para as empresas consultadas, os fatores que determinam a subutilização do Marketing Direto pelos clientes. O primeiro item teve uma queda de 20 pontos percentuais comparativamente à edição anterior, sendo que o segundo também apresentou queda. Agora, a questão a ser resolvida para metade da amostra é a visão distorcida das ferramentas (com crescimento de quase 13% com relação à edição passada) e o preconceito (quase 29%), que não tem comparativo com Os fatores que determinam esta leitura são: CrM vem sendo implantado ainda de forma tímida; apesar de começarem a utilizar o Marketing Direto com mais intensidade, como ficou claro nas questões anteriores, as pequenas e médias empresas ainda têm preconceito com relação à disciplina; empresas têm receio de fazer até testes, ação que seria o primeiro passo para passarem a utilizar o Marketing Direto com segurança. Outros fatores apontados nas respostas, por exemplo, apontam concorrências de contas de CrM nas quais participam desde agências de propaganda a empresas desenvolvedoras de softwares. A visão distorcida das ferramentas de Marketing Direto não tem contudo impedido que elas sejam utilizadas um pouco mais do que em anos anteriores, segundo avaliam 56% das empresas ouvidas na consulta. isso porque empresas de segmentos econômicos diversos têm procurado fazer uso do Marketing Direto. segundo alguns consultados, há clientes em diferentes estágios de entendimento do negócio. Os setores Financeiro e de telecomunicações, usuários intensos da disciplina, podem servir de parâmetro para outros, já que também avaliam que o Marketing Direto não é mais encarado como mídia alternativa. Para alguns, as ferramentas tradicionais vêm sendo utilizadas da * Pergunta aceita respostas múltiplas. Em relação ao Marketing Direto, e tendo em vista as projeções para o final do ano, em 2010 as ferramentas têm sido utilizadas: Muito mais do que em anos anteriores Um pouco mais do que em anos anteriores mesma forma. Algumas empresas do setor vêm demonstrando alto grau de utilização das ferramentas, como a Atento, que fez um bilhão de contatos em 2009, com envio de quatro milhões de SMS, recebendo 150 milhões de s e fazendo gerenciamento de cinco milhões de contatos via chat. TOTAL EM ,4% 9,5% 16,2% 25,6% 14,6% 22,5% 19,0% 47 56,7% 71,4% 76,5% 60,0% 72,8% 50,0% 56,0% Continuam da mesma forma 18 25,0% 15,9% 5,9% 12,2% 8,7% 22,5% 21,4% Menos do que em anos anteriores 3 1,0% 1,6% 1,5% 1,1% 1,0% 2,5% 3,6% Muito menos que em anos 0 0,0% 0,0% 0,0% 0,0% 0,0% 0,0% 0,0% anteriores Não respondeu 1,9% 1,6% 0,0% 1,1% 2,9% 2,5% 0,0% 21% 4% 19% 56% Muito mais do que em anos anteriores Um pouco mais do que em anos anteriores Continuam da mesma forma Menos do que em anos anteriores Muito menos que em anos anteriores Não respondeu 18 Marketing Direto - Jan/11 - nº Ano X

19 * Pergunta aceita respostas múltiplas. Na sua opinião, e tendo em vista as projeções para até o final do ano, qual ferramenta de Marketing Direto apresentou maior demanda em 2010? 1 TOTAL EM marketing 41 45,2% 49,2% 54,4% 50,0% 49,5% 56,3% 48,8% Redes Sociais 39 46,4% Mala direta 22 7,7% 11,1% 16,2% 23,3% 11,7% 11,3% 26,2% Programas de relacionamento 21 33,7% 28,6% 26,5% 23,3% 29,1% 22,5% 25,0% Call Center / Telemarketing 20 30,8% 27,0% 20,6% 17,8% 18,4% 13,8% 23,8% CRM / Database 19 22,1% 27,0% 27,9% 25,6% 31,1% 26,3% 22,6% Mobile 13 15,5% SMS 11 13,1% Outros 2 0,0% 2,0% 0,0% 1,1% 0,0% 8,8% 2,4% Não respondeu 0 1,0% 4,8% 0,0% 1,1% 1,9% 3,8% 0,0% 2,4% 13,1% 15,5% 22,6% 23,8% 25,0% 26,2% 46,4% 48,8% 0,0% 10,0% 20,0% 30,0% 40,0% 50,0% 60,0% Não respondeu Outros SMS Mobile CRM / Database Call Center / Telemarketing Programas de relacionamento Mala direta Redes sociais marketing Quanto à maior demanda pelas ferramentas de Marketing Direto, o que se percebe é uma evidente integração, embora Marketing e redes sociais tenham sido apontadas como as que mais demandas obtiveram. Mala Direta e Call Center praticamente dobraram as indicações comparativamente à consulta passada, o que reforça a tese de uso integrado das ferramentas. Para alguns dos consultados, a mala direta bem planejada, desde sua criação, até público-alvo e oferta adequados, ainda gera retornos surpreendentes. também é preciso considerar que a entrada de grandes empresas nos segmento de CRM/Database tem aquecido a disciplina e, em consequên cia, as campanhas de Marketing Direto. Por outro lado, empresas que implantaram seus programas de relacionamento já sabem quão eficazes são na manutenção de consumidores. Quanto aos objetivos das ações, e tendo em vista as projeções para até o final de 2010, quais têm sido feitas com maior intensidade? TOTAL EM Captação 53 63,1% Fidelização 43 51,2% Retenção 34 40,5% Ativação 21 25,0% Cross Selling 20 23,8% Pesquisa 16 19,0% Institucional/Branding 16 19,0% Recuperação 15 17,9% Up Selling 12 14,3% Incentivo 12 14,3% Endomarketing 12 14,3% Outros 1 1,2% Captação (63%), Fidelização (51%) e Retenção (40%) aparecem disparado como os objetivos mais perseguidos nas campanhas de Marketing Direto, segundo apontaram as empresas respondentes da Consulta aos Associados. se manter os clientes em casa é importante, conquistar e vender ainda está no topo das necessidades das empresas. * Pergunta aceita respostas múltiplas. 1 1,2% 14,3% 14,3% 14,3% 17,9% 19,0% 19,0% 23,8% 25,0% 40,5% 51,2% 0,0% 10,0% 20,0% 30,0% 40,0% 50,0% 60,0% 63,1% Outros Endomarketing Incentivo Up Selling Recuperação Institucional/ Branding Pesquisa Cross Selling Ativação Retenção Fidelização Captação Jan/11 - nº Ano X - Marketing Direto 19

20 consulta aos associados Quais são suas expectativas para a economia brasileira em 2011? TOTAL EM Muito otimistas 16 4,8% 3,2% 10,3% 10,0% 1,9% 22,5% 19,0% Otimistas 61 74,0% 65,1% 48,5% 63,3% 41,7% 70,0% 72,6% Será igual a ,2% 20,6% 33,8% 21,1% 34,0% 7,5% 2,4% Pessimistas 2 0,0% 11,1% 5,9% 0,0% 18,4% 0,0% 2,4% Muito pessimistas 0 0,0% 0,0% 0,0% 0,0% 0,0% 0,0% 0,0% Não respondeu 3 0,0% 0,0% 1,5% 5,6% 3,9% 0,0% 3,6% 2% 73% 2% 4% 19% Muito otimistas Otimistas Será igual a 2010 Pessimistas Muito pessimistas Não respondeu Independente de quem vai assumir a presidência (a consulta foi feita antes dessa definição), a esmagadora maioria das empresas respondentes está confiante com os caminhos da economia brasileira em São quase 92% da amostra que se dizem otimistas ou muito otimistas. Os motivos apontados pelos consultados são diversos: os preparativos da Copa do Mundo de 2014 e Olimpíadas de 2016 já podem ter reflexos em 2011; o uso das mídias sociais; o pré-sal também vai gerar muitos investimentos, a partir do setor de óleo e gás, que vai gerar demandas para uma série de outros setores, como a indústria de uma forma geral e serviços. Em 2011, o Marketing Direto deverá: TOTAL EM Crescer muito 21 16,4% 6,3% 16,2% 21,1% 9,7% 41,3% 25,0% Crescer moderadamente 58 76,9% 77,8% 75,0% 71,1% 70,9% 55,0% 69,0% Ficar na mesma 3 6,7% 15,9% 8,8% 7,8% 14,6% 3,8% 3,6% Perder algum espaço 0 0,0% 0,0% 0,0% 0,0% 2,8% 0,0% 0,0% Perder muito espaço 0 0,0% 0,0% 0,0% 0,0% 1,0% 0,0% 0,0% Não respondeu 2 0,0% 0,0% 0,0% 0,0% 1,0% 0,0% 2,4% 4% 2% 69% 25% Crescer muito Crescer moderadamente Ficar na mesma Perder algum espaço Perder muito espaçõ Não respondeu O crescimento do Marketing Direto em 2011 é certo para 74% dos entrevistados, sendo que 25% acredita que vai crescer muito. Pelo segundo ano consecutivo ninguém avalia que vai perder algum espaço ou perder muito espaço. As motivações, segundo revelam alguns dos respondentes, são: evidente melhor distribuição das verbas de comunicação; os clientes buscam cada dia com maior intensidade ações que possibilitam melhor mensuração de resultados; as mídias sociais vão explodir os negócios de Marketing Direto; a melhor associação da inteligência de Marketing Direto às plataformas de web e mobile, nas quais é possível mensurar e corrigir rotas em tempo real. 20 Marketing Direto - Jan/11 - nº Ano X

Mercado projeta crescimento sólido

Mercado projeta crescimento sólido Indicadores Mercado projeta crescimento sólido Receitas de serviços de Marketing Direto em 2009 atingem R$ 21,7 bilhões e crescem 11,3% com relação ao ano anterior. Projeção do mercado é de evolução de

Leia mais

ABEMD ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE MARKETING DIRETO. INDICADORES 2009 e 1º SEMESTRE 2010

ABEMD ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE MARKETING DIRETO. INDICADORES 2009 e 1º SEMESTRE 2010 ABEMD ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE MARKETING DIRETO INDICADORES 2009 e 1º SEMESTRE 2010 1 Outubro de 2010 AGRADECEMOS AOS CORREIOS POR VIABILIZAR ESTE ESTUDO 2 APOIO TECNOLÓGICO 3 INDICE Objetivo Metodologia

Leia mais

Otimismo, confiança e cautela

Otimismo, confiança e cautela CAPA Otimismo, confiança e cautela A crise econômica eclodida em setembro passado não foi suficiente para abalar a confiança do mercado de Marketing Direto, até mesmo porque é nas crises que a disciplina

Leia mais

S IM O N S E N ASSOCIADOS ABEMD INDICADORES 2009

S IM O N S E N ASSOCIADOS ABEMD INDICADORES 2009 ABEMD ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE MARKETING DIRETO INDICADORES 2009 INDICADORES ABEMD MERCADO BRASILEIRO DE MARKETING DIRETO Maio de 2009 EMPRESAS CONSULTADAS: ATUALIZAÇÃO: ESTUDO SOBRE 2008 S IM O N S E

Leia mais

REGULAMENTO DO XVI PRÊMIO ABEMD DE MARKETING DIRETO 2010

REGULAMENTO DO XVI PRÊMIO ABEMD DE MARKETING DIRETO 2010 REGULAMENTO DO XVI PRÊMIO ABEMD DE MARKETING DIRETO 2010 "Marketing Direto é um sistema interativo de marketing que utiliza uma ou mais mídias de propaganda a fim de produzir resposta e/ou transação mensuráveis,

Leia mais

21º PRÊMIO ABEMD 2015. Regulamento

21º PRÊMIO ABEMD 2015. Regulamento Regulamento "Marketing Direto é um sistema interativo de marketing que utiliza uma ou mais mídias de propaganda a fim de produzir resposta e/ou transação mensuráveis, e em qualquer local." Bob Stone Leia

Leia mais

A ABEMD trabalha para incentivar, valorizar, desenvolver e difundir o Marketing Direto no Brasil.

A ABEMD trabalha para incentivar, valorizar, desenvolver e difundir o Marketing Direto no Brasil. A ABEMD, Associação Brasileira de Marketing Direto, é uma entidade civil, sem fins lucrativos, fundada em 1976 e constituída por pessoas jurídicas e físicas interessadas na aplicação de estratégias e técnicas

Leia mais

REGULAMENTO DO XVII PRÊMIO ABEMD DE MARKETING DIRETO 2011

REGULAMENTO DO XVII PRÊMIO ABEMD DE MARKETING DIRETO 2011 REGULAMENTO DO XVII PRÊMIO ABEMD DE MARKETING DIRETO 2011 "Marketing Direto é um sistema interativo de marketing que utiliza uma ou mais mídias de propaganda a fim de produzir resposta e/ou transação mensuráveis,

Leia mais

A ABEMD trabalha para incentivar, valorizar, desenvolver e difundir o Marketing Direto no Brasil.

A ABEMD trabalha para incentivar, valorizar, desenvolver e difundir o Marketing Direto no Brasil. A ABEMD, Associação Brasileira de Marketing Direto, é uma entidade civil, sem fins lucrativos, fundada em 1976 e constituída por pessoas jurídicas e físicas interessadas na aplicação de estratégias e técnicas

Leia mais

VIII PRÊMIO ANATEC REGULAMENTO

VIII PRÊMIO ANATEC REGULAMENTO VIII PRÊMIO ANATEC REGULAMENTO 1. DO PRÊMIO O Prêmio ANATEC é uma iniciativa da ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE EDITORES DE PUBLICAÇÕES - ANATEC e é organizado pela GARRIDO MARKETING. O prêmio tem amplitude nacional

Leia mais

REGULAMENTO. VII Prêmio ANATEC

REGULAMENTO. VII Prêmio ANATEC REGULAMENTO VII Prêmio ANATEC O PRÊMIO ANATEC é uma realização da ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE EDITORES DE PUBLICAÇÕES, com organização da GARRIDO MARKETING. Este projeto tem amplitude nacional e é dirigido

Leia mais

ARKETING INTERNET SEO CRIATIVIDADE AGÊNCIA CRIAÇÃO

ARKETING INTERNET SEO CRIATIVIDADE AGÊNCIA CRIAÇÃO DESIGN CRIAÇÃO AGÊNCIA USABILIDA ARKETING INTERNET SEO DIGIT CRIATIVIDADE DESDE 1999 NO MERCADO, A M2BRNET É UMA AGÊNCIA DE MARKETING DIGITAL ESPECIALIZADA EM SOLUÇÕES PERSONALIZADAS. SI ARQ Desde 1999

Leia mais

Prezado Futuro Cliente

Prezado Futuro Cliente Prezado Futuro Cliente É com grade satisfação que encaminhamos nossa apresentação institucional e certos de estabelecermos uma parceria de sucesso e duradoura. Ela foi desenvolvida com objetivo de mostrar

Leia mais

Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL. O que é Marketing Multicanal?

Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL. O que é Marketing Multicanal? Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL O que é Marketing Multicanal? Uma campanha MultiCanal integra email, SMS, torpedo de voz, sms, fax, chat online, formulários, por

Leia mais

7 dicas rápidas de marketing digital para você sair na frente! MARKETING DIGITAL

7 dicas rápidas de marketing digital para você sair na frente! MARKETING DIGITAL DICAS PARA DIVULGAR SUA EMPRESA E AUMENTAR AS VENDAS NO FIM DE ANO 7 dicas rápidas de marketing digital para você sair na frente! MARKETING DIGITAL Sumário Apresentação Capítulo 1 - Crie conteúdo de alta

Leia mais

Aline Santos Carlos Augusto Peterson Almeida Rafael Rodrigues Ramon Assis

Aline Santos Carlos Augusto Peterson Almeida Rafael Rodrigues Ramon Assis Aline Santos Carlos Augusto Peterson Almeida Rafael Rodrigues Ramon Assis Marketing Digital Trabalho científico apresentado ao Professor Edvaldo Jr., docente da matéria Marketing Digital, da turma de Produção

Leia mais

Estratégias de Comunicação para Micro e Pequenas Empresas

Estratégias de Comunicação para Micro e Pequenas Empresas Estratégias de Comunicação para Micro e Pequenas Empresas SEGMENTOS DE ATUAÇÃO Encomendas Mensagens Financeiro Digital Logística Integrada Conveniência Marketing Direto Serviços Internacionais SEGMENTOS

Leia mais

A sua empresa em contato com o mundo. Ferramenta de envio de SMS

A sua empresa em contato com o mundo. Ferramenta de envio de SMS A sua empresa em contato com o mundo Ferramenta de envio de SMS A Talktelecom Líder na América Latina em telefonia computadorizada Compete no mercado desde 1992 com soluções em telecomunicações Em plena

Leia mais

Pesquisa Investimentos em Marketing Digital 2013

Pesquisa Investimentos em Marketing Digital 2013 Investimentos em Marketing Digital 2013 - 1º Edição Investimentos em Marketing Digital 2013 Como as empresas estão alocando seus orçamentos de marketing digital para o ano de 2013? Quais canais, disciplinas

Leia mais

Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado

Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado Maio de 2010 Conteúdo Introdução...4 Principais conclusões...5 Dados adicionais da pesquisa...14 Nossas ofertas de serviços em mídias sociais...21

Leia mais

Os tempos mudaram. Campanha de valorização

Os tempos mudaram. Campanha de valorização Campanha de valorização Os tempos mudaram Terceira fase da Campanha de Valorização do Marketing Direto enfatiza a revolução nas formas de conquistar o público e a proximidade da disciplina com as novas

Leia mais

Uma nova fase de sucesso em seu negócio pode começar agora

Uma nova fase de sucesso em seu negócio pode começar agora Uma nova fase de sucesso em seu negócio pode começar agora Afinal, tudo começa em sua maneira de pensar. E marketing é isto, uma questão de posicionamento. PROPOSTA DE SERVIÇOS Logotipos Web Sites Lojas

Leia mais

2.1 Respeito ao Cliente

2.1 Respeito ao Cliente REGULAMENTO PRÊMIO SMART 1. O PRÊMIO O PRÊMIO SMART, regido por este regulamento, tem como objetivo distinguir e reconhecer as melhores práticas de relacionamento com o cliente em Utilities e Telecom:

Leia mais

As 6 Práticas Essenciais de Marketing para Clínicas de Exames

As 6 Práticas Essenciais de Marketing para Clínicas de Exames As 6 Práticas Essenciais de Marketing para Clínicas de Exames Introdução Fique atento aos padrões do CFM ÍNDICE As 6 práticas essenciais de marketing para clínicas de exames Aposte em uma consultoria de

Leia mais

REGULAMENTO. As empresas podem inscrever um ou mais Cases, nas seguintes categorias:

REGULAMENTO. As empresas podem inscrever um ou mais Cases, nas seguintes categorias: REGULAMENTO 1. O PRÊMIO O PRÊMIO SMART, regido por este regulamento, tem como objetivo distinguir e reconhecer as melhores práticas de relacionamento com o cliente em Utilities e Telecom: Energia Elétrica,

Leia mais

O QUE FAZEMOS MISSÃO VISÃO QUEM SOMOS

O QUE FAZEMOS MISSÃO VISÃO QUEM SOMOS O QUE FAZEMOS Provemos consultoria nas áreas de comunicação online, especializados em sites focados na gestão de conteúdo, sincronização de documentos, planilhas e contatos online, sempre integrados com

Leia mais

e-book E-MAIL MARKETING Como alavancar suas vendas utilizando o de forma eficaz. por Paula Tadeu

e-book E-MAIL MARKETING Como alavancar suas vendas utilizando o de forma eficaz. por Paula Tadeu e-book Como alavancar suas vendas utilizando o E-MAIL MARKETING de forma eficaz. por Paula Tadeu ÍNDICE INTRODUÇÃO... O QUE É E-MAIL MARKETING?... PRÉ-REQUISITOS INDISPENSÁVEIS... MÃOS À OBRA: TRANSFORMANDO

Leia mais

O site CAMISETASDAHORA criou um projeto apenas para atendimento a franqueados.

O site CAMISETASDAHORA criou um projeto apenas para atendimento a franqueados. PROPOSTA DE MICROFRANQUIA E FRANQUIA Pelo presente instrumento particular de Microfranquia ou Franquia, de um lado o site CAMISETAS DA HORA, do outro VOCÊ, nosso futuro parceiro, neste ato, passamos a

Leia mais

Bleez Agência Digital... 3. Quem sou eu... 4. Introdução... 5. Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7. Quem está comprando no ecommerce...

Bleez Agência Digital... 3. Quem sou eu... 4. Introdução... 5. Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7. Quem está comprando no ecommerce... Sumário Bleez Agência Digital... 3 Quem sou eu... 4 Introdução... 5 Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7 Quem está comprando no ecommerce... 10 Por que os brasileiros estão comprando mais... 12 O

Leia mais

FRANQUIAS/ABF GUIA OFICIAL. www.guiaoficialdefranquiasabf.com.br. Circulação de junho/16 a maio/17

FRANQUIAS/ABF GUIA OFICIAL. www.guiaoficialdefranquiasabf.com.br. Circulação de junho/16 a maio/17 www.guiaoficialdefranquiasabf.com.br 2016 Sua comunicação em todos os canais: IMPRESSO WEB SMARTPHONES TABLETS APP Circulação de junho/16 a maio/17 PRODUÇÃO C O M U N I C A Ç Ã O I N T E G R A D A Chancelado

Leia mais

Criação de Sites - Lojas Virtuais - Anúncios - Divulgação no Google - Redes Sociais

Criação de Sites - Lojas Virtuais - Anúncios - Divulgação no Google - Redes Sociais Criação de Sites - Lojas Virtuais - Anúncios - Divulgação no Google - Redes Sociais 1 Veja porque você precisa de um site mobile SITE PARA CELULAR 50% das buscas pela internet são feitas por celulares

Leia mais

Especialização em Comunicação Organizacional e Reputação Corporativa - NOVO

Especialização em Comunicação Organizacional e Reputação Corporativa - NOVO Especialização em Comunicação Organizacional e Reputação Corporativa - NOVO Apresentação Previsão de Início Julho/2013 Inscrições em Breve - Turma 01 - Campus Stiep O curso de Comunicação Organizacional

Leia mais

Pesquisa Investimentos em Marketing Digital 2014

Pesquisa Investimentos em Marketing Digital 2014 Investimentos em Marketing Digital 2014 Investimentos em Marketing Digital 2014 Além de olhar para tendências, fomos atrás de questionar profissionais de marketing sobre qual a projeção de investimentos

Leia mais

*Todos os direitos reservados.

*Todos os direitos reservados. *Todos os direitos reservados. A cada ano, as grandes empresas de tecnologia criam novas ferramentas Para o novo mundo digital. Sempre temos que nos renovar para novas tecnologias, a Karmake está preparada.

Leia mais

Usina de Site em gênero Seus principais valores são: iniciativa, qualidade, criatividade, competência e profissionalismo. Ao adquirir serviços e

Usina de Site em gênero Seus principais valores são: iniciativa, qualidade, criatividade, competência e profissionalismo. Ao adquirir serviços e Usina de Site em número Uma agência, uma equipe, uma unidade. São vários membros, estilos diferentes e inúmeras habilidades que se complementam e dão um novo sentido à publicidade e propaganda, guiados

Leia mais

Os serviços de Campanha Digital são oferecidos pelo Portal BRASIL POSTOS COMERCIO DE MAQUINAS E EQUIPAMENTOS LTDA ME. CNPJ : 08.242.

Os serviços de Campanha Digital são oferecidos pelo Portal BRASIL POSTOS COMERCIO DE MAQUINAS E EQUIPAMENTOS LTDA ME. CNPJ : 08.242. 1 2 Apresentação O Portal Brasil Postos é uma plataforma digital desenvolvida para a geração de negócios, relacionamento e informação para o segmento de postos de combustíveis, lubrificação e Lojas de

Leia mais

APRESENTAÇÃO COMERCIAL. www.docpix.net

APRESENTAÇÃO COMERCIAL. www.docpix.net APRESENTAÇÃO COMERCIAL www.docpix.net QUEM SOMOS Somos uma agência digital full service, especializada em desenvolvimento web, de softwares e marketing online. A Docpix existe desde 2010 e foi criada com

Leia mais

coisas que você PRECISA SABER antes de investir em marketing.

coisas que você PRECISA SABER antes de investir em marketing. 10 coisas que você PRECISA SABER antes de investir em marketing. Quem é o seu público? Para quem você quer vender? Parece óbvio, não? Mas muitos empreendedores engasgam para responder esta pergunta. Na

Leia mais

SERÁ UM ORGULHO TÊ-LO EM NOSSO TIME!!!

SERÁ UM ORGULHO TÊ-LO EM NOSSO TIME!!! A MVP é uma agência de Comunicação e Marketing Esportivo que atua de forma diferenciada no mercado, gerenciando a imagem de grandes atletas do esporte nacional desde 2006, passando pelos ciclos olímpicos

Leia mais

Índice. 03 A Empresa. 04 Missão Visão Valores 05 Nossos Eventos 23 Corpbusiness - Patrocínio 24 Divulgação 25 Expediente

Índice. 03 A Empresa. 04 Missão Visão Valores 05 Nossos Eventos 23 Corpbusiness - Patrocínio 24 Divulgação 25 Expediente MÍDIA KIT 2014 Índice 03 A Empresa 04 Missão Visão Valores 05 Nossos Eventos 23 Corpbusiness - Patrocínio 24 Divulgação 25 Expediente A empresa Fundada em 2007, a empresa possui uma grade anual com diversos

Leia mais

Uma nova Virtual Target

Uma nova Virtual Target A Virtual Target é uma ferramenta muito imediata. Ao dispararmos as campanhas, já começamos a receber os resultados de interação e identificar a conversão. A marca, para nós, é sinônimo de comprometimento.

Leia mais

A Comunicação da Rede Social de Cidades. Maio de 2012

A Comunicação da Rede Social de Cidades. Maio de 2012 A Comunicação da Rede Social de Cidades Maio de 2012 Sistematização da pesquisa virtual realizada entre os integrantes da Rede no período de abril a maio de 2012 A pesquisa de satisfação da Comunicação

Leia mais

PREPARE-SE PARA LUCRAR COM O DIA DOS PAIS EM 4 SEMANAS. 2014 Universo Online S/A. Todos os direitos reservados. www.uolhost.com.br

PREPARE-SE PARA LUCRAR COM O DIA DOS PAIS EM 4 SEMANAS. 2014 Universo Online S/A. Todos os direitos reservados. www.uolhost.com.br PREPARE-SE PARA LUCRAR COM O DIA DOS PAIS EM 4 S Super-heróis, ídolos, amigos, protetores. O segundo domingo de agosto é a data dedicada a eles: os pais. Quem tem uma loja virtual também comemora a ocasião,

Leia mais

Sumário Apoios Dados Gerais Expositores Visitantes Congresso Fenabrave Campanha de Marketing Mídia Espontânea Fotos do evento

Sumário Apoios Dados Gerais Expositores Visitantes Congresso Fenabrave Campanha de Marketing Mídia Espontânea Fotos do evento Sumário Apoios Dados Gerais Expositores Visitantes Congresso Fenabrave Campanha de Marketing Mídia Espontânea Fotos do evento Sumário XXI EDIÇÃO DO CONGRESSO FENABRAVE TERMINA COM PREVISÃO OTIMISTA PARA

Leia mais

Joice Vieira Estagiária do Jornal Correio

Joice Vieira Estagiária do Jornal Correio Considero o Programa Correio de Futuro um ponta pé inicial para minha carreira profissional, pois apesar de não ter experiência em redação de jornal, o programa foi uma porta aberta que me levou a fazer

Leia mais

Brazil IT Snapshot 2014

Brazil IT Snapshot 2014 Brazil IT Snapshot 2014 Um panorama sobre a maturidade da TIC corporativa brasileira Map Brazil IT Snapshot 2014 PromonLogicalis 3 A forma como a economia brasileira evolui, com maior inserção internacional

Leia mais

Módulo 4 CRM. [ Customer Relationship Management ]

Módulo 4 CRM. [ Customer Relationship Management ] Módulo 4 CRM [ Customer Relationship Management ] Sumário Introdução pág. 01 1. Definição 2. Por que usar o CRM?? 3. Cadastro pág. 02 pág. 02 pág. 02 4. Tipos de CRM CRM pág. 04 4.1 Operacional: Criação

Leia mais

Especialização em Marketing Digital - NOVO

Especialização em Marketing Digital - NOVO Especialização em Marketing Digital - NOVO Apresentação Previsão de Início Agosto/2013 Inscrições em Breve - Turma 01 - Campus Stiep O ambiente de negócios tem sido modificado pelas Novas Tecnologias da

Leia mais

PESQUISA O USO DO E-MAIL MARKETING NAS CORPORAÇÕES BRASILEIRAS 4ª EDIÇÃO - 2009

PESQUISA O USO DO E-MAIL MARKETING NAS CORPORAÇÕES BRASILEIRAS 4ª EDIÇÃO - 2009 PESQUISA O USO DO E-MAIL MARKETING NAS CORPORAÇÕES BRASILEIRAS 4ª EDIÇÃO - 2009 REALIZAÇÃO TABULAÇÃO Quem Somos A WBI BRASIL é uma empresa especializada em planejamento de marketing digital, que presta

Leia mais

MARKETING NA INTERNET

MARKETING NA INTERNET MARKETING NA INTERNET HUGO HOCH CONSULTOR DE MARKETING ER. BAURU SEBRAE-SP hugoh@sebraesp.com.br Marketing na Internet O que é? o Marketing na Internet, também referido como: i-marketing, web marketing,

Leia mais

MÍDIA KIT VAREJO PROMOCIONAL. meio & mídia

MÍDIA KIT VAREJO PROMOCIONAL. meio & mídia MÍDIA KIT VAREJO PROMOCIONAL 2015 O QUE É A CULT A revista Cult trouxe um novo conceito e quando chegou ao mercado, em 2005, agitou a mídia impressa com sua proposta inovadora. Já nasceu corajosa e trazendo

Leia mais

Política de Privacidade.

Política de Privacidade. Política de Privacidade Johnson & Johnson do Brasil Indústria e Comércio de Produtos para Saúde Ltda., preocupa se com questões sobre privacidade e quer que você saiba como coletamos, usamos e divulgamos

Leia mais

POLÍTICA DE PRIVACIDADE

POLÍTICA DE PRIVACIDADE POLÍTICA DE PRIVACIDADE Caro Assinante, O presente escrito estabelece e explica a Política de Privacidade da SOCIAL COMICS ENTRETENIMENTO LTDA, adiante também mencionada por SOCIAL COMICS e/ou PLATAFORMA.

Leia mais

Guia definitivo de ferramentas de Planejamento para Micro Empreendedores Individuais

Guia definitivo de ferramentas de Planejamento para Micro Empreendedores Individuais Guia definitivo de ferramentas de Planejamento para Micro Empreendedores Individuais Introdução O Brasil já tem 4,7 milhões de microempreendedores individuais, segundo dados de janeiro de 2015 da Receita

Leia mais

Quem é Ana Luiza Cunha?

Quem é Ana Luiza Cunha? Apresentação WSI Quem é a WSI? Fundada em 1995 Nascimento da Internet 1.100 Consultores de Marketing Digital 81 países 12 grandes Centros de Produção Receita estimada da rede: acima de US$160 milhões Parceiros:

Leia mais

FERRAMENTAS PARA INCENTIVO E PROMOÇÃO

FERRAMENTAS PARA INCENTIVO E PROMOÇÃO FERRAMENTAS PARA INCENTIVO E PROMOÇÃO RECURSO DIGITAL Esta apresentação tem por finalidade contar um pouco do que a Recurso Digital faz em campanhas de incentivo, relacionamento e promoção. Reforçamos

Leia mais

A Talktelecom. Líder na América Latina. soluções em telecomunicações. pequenas, médias e grandes empresas. em telefonia computadorizada

A Talktelecom. Líder na América Latina. soluções em telecomunicações. pequenas, médias e grandes empresas. em telefonia computadorizada A Talktelecom Líder na América Latina em telefonia computadorizada Compete no mercado desde 1992 com soluções em telecomunicações Em plena sintonia com as novas tendências, continuamente desenvolve soluções

Leia mais

Mais informações sobre e-commerce em: www.portalgerenciais.com.br

Mais informações sobre e-commerce em: www.portalgerenciais.com.br Mais informações sobre e-commerce em: www.portalgerenciais.com.br Extra, Extra notícias fresquinhas Você pode ter uma loja que funciona 24hs, inclusive aos domingos e feriados, não paga aluguel e nem condomínio

Leia mais

PLANEJAMENTO DE MARKETING ELETRÔNICO

PLANEJAMENTO DE MARKETING ELETRÔNICO Instituto FA7 IBMEC MBA em Marketing Disciplina: Professor: Turma: Equipe: Marketing Eletrônico Renan Barroso Marketing II - Fortaleza Ana Hilda Sidrim, Ana Carolina Danziger PLANEJAMENTO DE MARKETING

Leia mais

Comunicação diferenciada e relacionamento efetivo. Um novo enfoque de RI para um novo mercado

Comunicação diferenciada e relacionamento efetivo. Um novo enfoque de RI para um novo mercado + Comunicação diferenciada e relacionamento efetivo Um novo enfoque de RI para um novo mercado + Menu Cenário Menu + + Cenário RI hoje: uma operação indiferenciada Comunicação muito limitada com foco quase

Leia mais

Uma solução completa para sua estrátegia de SOCIAL MEDIA HELLO WORLD!

Uma solução completa para sua estrátegia de SOCIAL MEDIA HELLO WORLD! Uma solução completa para sua estrátegia de SOCIAL MEDIA HELLO WORLD! SocialSuite Rua Claudio Soares, 72-16 andar +55 11 3032 1982 São Paulo - SP Brasil Introdução Esse material foi desenvolvido pela equipe

Leia mais

Guia definitivo da pesquisa de mercado online

Guia definitivo da pesquisa de mercado online Guia definitivo da pesquisa de mercado online Noções básicas de pesquisa de mercado e um guia para usar o Opinion Box Índice Introdução 3 1. O que é pesquisa de mercado 4 2. Como fazer uma pesquisa de

Leia mais

Marketing Visão 360º. O nosso objetivo é ter uma visão ampla dos temas de Marketing, abordando os seguintes tópicos.

Marketing Visão 360º. O nosso objetivo é ter uma visão ampla dos temas de Marketing, abordando os seguintes tópicos. Marketing Visão 360º O Mundo do Marketing em parceria com a TNS Research International está realizando pesquisas mensais com profissionais da área de marketing para investigar temas relacionados ao dia-a-dia

Leia mais

Guia completo para o sucesso de sua loja de veículos: dicas de como ter sucesso e manter uma alta lucratividade neste segmento

Guia completo para o sucesso de sua loja de veículos: dicas de como ter sucesso e manter uma alta lucratividade neste segmento Guia completo para o sucesso de sua loja de veículos: dicas de como ter sucesso e manter uma alta lucratividade neste segmento Introdução Planejamento Divulgando sua loja Como fechar as vendas Nota Fiscal

Leia mais

POR QUE OFERECER UM ATENDIMENTO MULTICANAL?

POR QUE OFERECER UM ATENDIMENTO MULTICANAL? POR QUE OFERECER UM ATENDIMENTO MULTICANAL? Por que oferecer um atendimento multicanal? Este livro reúne em uma única fonte dicas para inovar na experiência com clientes, de um jeito simples e prático;

Leia mais

260 MIL leitores impactados por edição IMPRESSO DIGITAL (Web Tablets Smartphones) APPS

260 MIL leitores impactados por edição IMPRESSO DIGITAL (Web Tablets Smartphones) APPS PUBLICAÇÃO OFICIAL PARCERIA www.franquiaenegocios.com.br PRODUÇÃO PRÊMIO OURO COMUNICAÇÃO INTEGRADA 260 MIL leitores impactados por edição IMPRESSO DIGITAL (Web Tablets Smartphones) APPS Perfil da publicação

Leia mais

Marketing Direto não pára de crescer

Marketing Direto não pára de crescer Janeiro/2006 Edição nº 47 - Ano VI R$ 8,00 Marketing Direto não pára de crescer Previsões para desempenho geral em 2006 são cautelosas ROAD SHOW Com apoio dos Correios, ABEMD leva conhecimento para 10

Leia mais

Expo Parques e Festas e The Candy Show

Expo Parques e Festas e The Candy Show PLANO DE COMUNICAÇÃO 2015 Prezado Expositor, Você está recebendo o Plano de Comunicação completo da Expo Parques e Festas e The Candy Show com as ações online e offline desenvolvidas de forma estratégica

Leia mais

Marketing Direto faz bem para a saúde

Marketing Direto faz bem para a saúde capa Marketing Direto faz bem para a saúde Hospitais e laboratórios têm encontrado no Marketing Direto uma forma eficaz de comunicação, sem cair nas restrições da Anvisa. Levando-se em consideração que

Leia mais

as cores locais formando um mosaico de sucesso

as cores locais formando um mosaico de sucesso 3º PRÊMIO DE COMUNICAÇÃO DO SISTEMA UNIMED Regulamento O presente regulamento tem a finalidade de estabelecer as normas aplicáveis ao Prêmio de Comunicação do Sistema Unimed, relativas aos participantes,

Leia mais

S IM O N S E N ASSOCIADOS INDICADORES ABEMD DE E-MAIL MARKETING 2010

S IM O N S E N ASSOCIADOS INDICADORES ABEMD DE E-MAIL MARKETING 2010 INDICADORES ABEMD DE E-MAIL MARKETING 2010 ABEMD ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE MARKETING DIRETO CENÁRIO DO E-MAIL MARKETING DE ACORDO COM A ÓTICA DAS EMPRESAS Dezembro de 2010 e Janeiro de 2011 APOIO TECNOLÓGICO

Leia mais

Como criar uma estratégia de comunicação digital vencedora. São Paulo-SP Setembro/2013

Como criar uma estratégia de comunicação digital vencedora. São Paulo-SP Setembro/2013 Como criar uma estratégia de comunicação digital vencedora São Paulo-SP Setembro/2013 Introdução O Objetivo deste trabalho é criar uma estratégia de comunicação digital vencedora através do marketing por

Leia mais

Benefícios do E-mail marketing e da Benchmark E-mail

Benefícios do E-mail marketing e da Benchmark E-mail 1 1. SOBRE O E-BOOK... 1 2. A BENCHMARK E-MAIL... 5 3. IMPORTÂNCIA DO E-MAIL... 5 4. OS BENEFÍCIOS DO E-MAIL MARKETING... 6 4.1. DIGITAL VS. IMPRESSO... 7 4.1.1. CUSTOS... 7 4.1.2. CONTEÚDO... 7 4.1.3.

Leia mais

7 dicas para. melhorar. a performance do seu e-commerce

7 dicas para. melhorar. a performance do seu e-commerce 7 dicas para melhorar a performance do seu e-commerce Índice 03 Introdução 04 A invasão mobile 07 Mídias Sociais 10 OmniChannel: Sua empresa está preparada? 12 Marketing de conteúdo para e-commerce 14

Leia mais

COMO E O SEU CONVIVIO NESTE. e-cossistema

COMO E O SEU CONVIVIO NESTE. e-cossistema COMO E O SEU CONVIVIO NESTE e-cossistema carlos henrique sólida experiência com 16 anos de carreira no mercado financeiro marketing e relacionamento internet marketing digital publicidade e propaganda

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL Você conectado ao mundo com liberdade APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL > ÍNDICE Sobre a TESA 3 Telefonia IP com a TESA 5 Portfólio de produtos/serviços 6 Outsourcing 6 Telefonia 7 Web

Leia mais

VOCÊ SABE O QUE É E-MAIL MARKETING? [[ ][ Aprenda como funciona e quais resultados você pode obter

VOCÊ SABE O QUE É E-MAIL MARKETING? [[ ][ Aprenda como funciona e quais resultados você pode obter VOCÊ SABE O QUE É E-MAIL MARKETING? [[ ][ Aprenda como funciona e quais resultados você pode obter Vivemos a era do conteúdo na Internet. Um e-mail com o conteúdo certo, distribuído às pessoas certas é

Leia mais

Redes Sociais, SEO, Blog ou Adwords: O que devo usar para minha empresa?

Redes Sociais, SEO, Blog ou Adwords: O que devo usar para minha empresa? Redes Sociais, SEO, Blog ou Adwords: O que devo usar para minha empresa? Você já pensou em posicionar sua marca na internet? Construir um relacionamento com seu cliente é uma das formas mais eficazes de

Leia mais

Soluções em Tecnologia da Informação

Soluções em Tecnologia da Informação Soluções em Tecnologia da Informação Curitiba Paraná Salvador Bahia A DTS Sistemas é uma empresa familiar de Tecnologia da Informação, fundada em 1995, especializada no desenvolvimento de soluções empresariais.

Leia mais

Importância da Comunicação Digital para o mercado corporativo

Importância da Comunicação Digital para o mercado corporativo Importância da Comunicação Digital para o mercado corporativo Cláudio Coelho Café da Manhã 22.05.2012 Agenda Evolução da Comunicação Serviços de Comunicação Digital Importância do Planejamento Estratégico

Leia mais

7 Passos Para a Criação de Uma Boa Loja Virtual. Índice

7 Passos Para a Criação de Uma Boa Loja Virtual. Índice 2 Índice Introdução... 3 Passo 1 Entender o que é Venda Online e E-commerce... 4 Passo 2 Entender o Mercado de Comércio Eletrônico... 5 Passo 3 Canais de Venda... 6 Passo 4 Como identificar uma Boa Plataforma

Leia mais

EDIÇÃO COMEMORATIVA POST SHOW. A maior feira da indústria de alimentos e bebidas tem UM nome. www.fispaltecnologia.com.br

EDIÇÃO COMEMORATIVA POST SHOW. A maior feira da indústria de alimentos e bebidas tem UM nome. www.fispaltecnologia.com.br EDIÇÃO COMEMORATIVA POST SHOW 2014 A maior feira da indústria de alimentos e bebidas tem UM nome www.fispaltecnologia.com.br Fispal Tecnologia, a 30ª edição! Se tem uma edição da Fispal Tecnologia que

Leia mais

O INVESTIMENTO QUE RETORNA MULTIPLICADO PORTFÓLIO DE PRODUTOS

O INVESTIMENTO QUE RETORNA MULTIPLICADO PORTFÓLIO DE PRODUTOS O INVESTIMENTO QUE RETORNA MULTIPLICADO PORTFÓLIO DE PRODUTOS 2016 COMUNICAÇÃO 360 A melhor forma de se lançar um produto, promover ou reposicionar uma marca é utilizar todos os meios de comunicação disponíveis,

Leia mais

quarta-feira, 8 de outubro de 14

quarta-feira, 8 de outubro de 14 Internet 2G no Brasil Mais usada que 3G... Em julho, o 2G era usado em 48,5% dos celulares, nº menor que o registrado em janeiro (57,8%) 3G passou de 35,9% em janeiro para 44,3% em julho Tecnologia 4G

Leia mais

Profissionais de marketing e eventos, envolvidos no planejamento, organização e logística de feiras exposições (corporativo)

Profissionais de marketing e eventos, envolvidos no planejamento, organização e logística de feiras exposições (corporativo) Midia Kit 2013 01 Midia Kit 2013 02 Sua estratégia de marketing em feiras e eventos REVISTA Público-alvo Distribuição A revista Feira & Cia é reconhecida como líder no processo educacional de gestão em

Leia mais

Gerentes de Mídias Sociais

Gerentes de Mídias Sociais ECOMMERCE SCHOOL Fundada em junho de 2007, com o objetivo de ser um centro voltado para o desenvolvimento de profissionais de Internet, reunindo parcerias com escolas de excelência e importantes centros

Leia mais

Proposta de Prestação de serviços de Marketing Digital

Proposta de Prestação de serviços de Marketing Digital Proposta de Prestação de serviços de Marketing Digital Proposta número:... 1 Apresentação do produto Com o objetivo de falar com o mundo técnico, abrangendo as áreas da normalização, qualidade, metrologia,

Leia mais

Orientação ao mercado de trabalho para Jovens. 1ª parte. Projeto Super Mercado de Trabalho 1ª parte Luiz Fernando Marca

Orientação ao mercado de trabalho para Jovens. 1ª parte. Projeto Super Mercado de Trabalho 1ª parte Luiz Fernando Marca Orientação ao mercado de trabalho para Jovens 1ª parte APRESENTAÇÃO Muitos dos jovens que estão perto de terminar o segundo grau estão lidando neste momento com duas questões muito importantes: a formação

Leia mais

Tecnologia da Informação. Aula 3 e-business. Prof. Adrian Kemmer Cernev. Prof. Adrian Cernev. Tec. da Informação

Tecnologia da Informação. Aula 3 e-business. Prof. Adrian Kemmer Cernev. Prof. Adrian Cernev. Tec. da Informação Tecnologia da Informação Aula 3 e-business Prof. Adrian Kemmer Cernev Questão-chave Como eu faço, então, esse negócio online deslanchar? Nascimento e evolução da Internet 1969 ARPAnet - rede baseada em

Leia mais

Apresentação 2014 HISTÓRICO SERVIÇOS CASES CLIENTES CONTATO

Apresentação 2014 HISTÓRICO SERVIÇOS CASES CLIENTES CONTATO Apresentação 2014 HISTÓRICO SERVIÇOS CASES CLIENTES CONTATO Histórico A Cammino é uma empresa especializada há mais de 8 anos no desenvolvimento de projetos web, estratégias, comunicação e outros produtos

Leia mais

REGULAMENTO XIV PRÊMIOABT

REGULAMENTO XIV PRÊMIOABT REGULAMENTO XIV PRÊMIOABT O PRÊMIO Dirigido a empresas e profissionais que praticam a excelência em atendimento e relacionamento com o cliente, o PrêmioABT tem como objetivos identificar, reconhecer e

Leia mais

Portfolio de Produtos

Portfolio de Produtos Introdução O Guia de Produtos e Serviços da Assessoria de Comunicação (ASCOM) da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) foi elaborado com o objetivo de apresentar os produtos e serviços prestados

Leia mais

Uma nova perspectiva sobre a experiência digital do cliente

Uma nova perspectiva sobre a experiência digital do cliente Uma nova perspectiva sobre a experiência digital do cliente Redesenhando a forma como empresas operam e envolvem seus clientes e colaboradores no mundo digital. Comece > Você pode construir de fato uma

Leia mais

COMO FICAR NAS PRIMEIRAS POSIÇÕES DO GOOGLE E PAGAR MENOS QUE O CONCORRENTE.

COMO FICAR NAS PRIMEIRAS POSIÇÕES DO GOOGLE E PAGAR MENOS QUE O CONCORRENTE. COMO FICAR NAS PRIMEIRAS POSIÇÕES DO GOOGLE E PAGAR MENOS QUE O CONCORRENTE. e ainda aumentar o numero de cliques em seu anúncio Por Maurício Oliveira www.empreendernaweb.com.br M a u r í c i o O l i v

Leia mais

webba PLATAFORMA DE ECOMMERCE

webba PLATAFORMA DE ECOMMERCE A EMPRESA A Webba foi fundada em 2008 com foco em soluções para que nossos clientes possam vender mais e melhor, amamos trabalhar com e-commerce, mais que desenvolver softwares nós desenvolvemos soluções

Leia mais

Prêmios Internacionais. cobertura

Prêmios Internacionais. cobertura Prêmios Internacionais cobertura Festivais Inegavelmente, o Brasil é uma potência criativa global. Essa posição de destaque tem se consolidado ainda mais nos últimos anos e a grande vitrine desse processo

Leia mais

Curso Gestão em Marketing Digital. Rua Helena, 170, Cj. 64 Vila Olímpia CEP 04552-050 São Paulo/SP Tel: (11) 3031-1131

Curso Gestão em Marketing Digital. Rua Helena, 170, Cj. 64 Vila Olímpia CEP 04552-050 São Paulo/SP Tel: (11) 3031-1131 Curso Gestão em Marketing Digital 04552050 30311131 Sobre a Escola Somos a primeira escola especializada em cursos para Comércio Eletrônico e Marketing Digital. Estamos há mais de seis anos no mercado

Leia mais

midiakit2012 A cadeia da construção merece uma revista de grande visibilidade

midiakit2012 A cadeia da construção merece uma revista de grande visibilidade construção, infraestrutura e sustentabilidade midiakit2012 A cadeia da construção merece uma revista de grande visibilidade www.grandesconstruções.com.br conjunto de mídias que funcionam Revista proposta

Leia mais

NOVAQUEST. A vida é cheia de cobranças, deixe as suas conosco.

NOVAQUEST. A vida é cheia de cobranças, deixe as suas conosco. A vida é cheia de cobranças, deixe as suas conosco. NOVAQUEST Apresentação da Empresa A NovaQuest é uma empresa especializada em serviços de recuperação de crédito e atendimento ao cliente. Temos o intuito

Leia mais

Os novos usos da tecnologia da informação na empresa

Os novos usos da tecnologia da informação na empresa Os novos usos da tecnologia da informação na empresa Internet promoveu: Transformação Novos padrões de funcionamento Novas formas de comercialização. O maior exemplo desta transformação é o E- Business

Leia mais