MANUAL DE ORIENTAÇÃO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MANUAL DE ORIENTAÇÃO"

Transcrição

1 MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania QUESTIONÁRIO SOBRE A ATUAÇÃO DAS INSTÂNCIAS DE CONTROLE SOCIAL DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA - ICS MANUAL DE ORIENTAÇÃO Brasília, DF novembro de 2009 VERSÃO ELETRÔNICA

2 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 3 INTRODUÇÃO... 3 ETAPAS Configuração recomendada para acesso à Central de Sistemas A Central de Sistemas da Senarc Primeiro acesso à Central de Sistemas Cadastro do representante da ICS na Central de Sistemas Acesso e preenchimento do questionário eletrônico pela ICS Informações Adicionais Perguntas Frequentes ANEXOS Legislação 2

3 APRESENTAÇÃO O presente manual divulga as informações necessárias para o acesso e o preenchimento do questionário eletrônico de acompanhamento da atuação das Instâncias de Controle Social do Programa Bolsa Família (PBF), disponibilizado na Central de Sistemas da Secretaria Nacional de Renda de Cidadania do Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) - (http://aplicacoes2.mds.gov.br/senarc/). O objetivo é orientar gestores municipais do PBF e conselheiros das Instâncias de Controle Social (ICSs) quanto ao cadastramento, acesso e preenchimento do questionário. INTRODUÇÃO O controle social do Programa Bolsa Família tem por objetivo garantir a participação da sociedade no acompanhamento da gestão do programa e no apoio à sua fiscalização. Essa função é exercida pelas Instâncias de Controle Social do PBF, nome genérico dado aos conselhos, específicos ou designados. Estas Instâncias de Controle Social são importantes aliados para o sucesso do Programa Bolsa Família, porque ampliam os canais de participação da sociedade civil na gestão do PBF, promovendo o alcance os resultados almejados. Reconhecendo este importante papel das ICS, o MDS, por intermédio da Secretaria Nacional de Renda de Cidadania (Senarc) lançou este questionário com vistas a realizar um diagnóstico sobre a atuação e funcionamento das Instâncias de Controle Social do Programa Bolsa Família. Desta forma, o Ministério poderá identificar como os conselhos atuam, qual a estrutura que possuem, o nível de acesso às informações sobre PBF, entre outros aspectos relevantes que subsidiarão as ações do MDS para o fortalecimento institucional das ICS de forma a garantir uma atuação efetiva, com forte presença da sociedade civil. O questionário eletrônico é composto de 70 questões e está disponível para o preenchimento dos conselheiros, via Central de Sistemas da Senarc (http://aplicacoes2.mds.gov.br/senarc/), até o dia 18 de dezembro de Para acessar e responder o questionário, a ICS deve acessar a Central de Sistemas da Senarc, com um login e senha especialmente criados para o perfil do controle social. Para solicitar este login e senha, o presidente da 3

4 ICS deve encaminhar um ofício para o gestor municipal do PBF, informando os dados do usuário responsável pelo preenchimento (nome, CPF, telefone e ). O login e senha serão criados pelo gestor muncipal do PBF e deverão ser repassados ao presidente da ICS para permitir o preenchimento do questionário e posterior acesso aos demais módulos de consulta dos aplicativos da Central de Sistema. Recomenda-se que a ICS altere a sua senha, assim que realizar o primeiro acesso. Como posso saber qual conselho municipal possui a atribuição de controle social do PBF? Esta informação pode ser obtida por meio das informações prestadas no termo de adesão do município ao PBF, por meio da Central de Sistemas, no SGI, ou por meio de consulta à página do Programa (www.mds.gov.br/bolsafamilia). Neste caso, acesse o link Estados e Municípios no quadro à esquerda da página e, na seqüência, os links Gestor Municipal, Consulte a lista dos gestores municipais. Ao digitar o nome do município será possível identificar o conselho responsável pelo Controle Social do Programa. ETAPAS 1 - Configuração recomendada para acesso à Central de Sistemas A Central de Sistemas da Senarc foi desenvolvida em uma plataforma web a fim de permitir o acesso ao sistema em todas as regiões do País. Para isso, é necessário possuir uma conexão local com a Internet. Os requisitos mínimos para o acesso à Central de Sistemas da Senarc, são: Processador Pentium III com 500 Mhz ou superior; Memória RAM com 128 Mbytes ou superior; Sistema Operacional com navegador para internet (browser), preferencialmente Mozilla FireFox ou Internet Explorer 7.0; Possuir acesso a Internet, preferencialmente banda larga (> 256 kbps); Estar devidamente cadastrado (possuir login e senha). 2 - A Central de Sistemas da Senarc 4

5 A Central de Sistemas da Senarc é um Portal que disponibiliza diversos aplicativos web de suporte, gerenciamento e acesso às informações do Programa Bolsa Família. Trata-se de um canal único e seguro de acesso a estes aplicativos para usuários devidamente autorizados pela gestão municipal. Para acessar a Central de Sistemas, o usuário deve ter em mãos a sua conta de usuário da Central de Sistemas, login e senha pessoais. O Gestor Municipal do PBF é o responsável pela criação de login e senha para novos usuários, definindo o perfil de acesso aos diversos sistemas que estarão disponíveis para uso. Um dos perfis existentes na Central de Sistemas é o de Controle Social, que permite às ICS o acesso aos módulos de consulta dos aplicativos existentes no Portal. É por meio deste perfil de Controle Social que é possível acessar os questionários sobre a atuação das ICSs. Em outras palavras, os questionários só podem ser acessados por contas de usuário com o perfil de controle social. O Gestor Municipal do PBF deve ler atentamente a Instrução Operacional n 22, que orienta o uso e a operação da Central de Sistemas, disponível na página do Programa Bolsa Família (www.mds.gov.br/bolsafamilia). As dúvidas que persistirem poderão ser sanadas pela equipe do MDS, por meio do telefone (61) ou pelo Acesso do Gestor à Central de Sistemas Com o login e senha em mãos, o acesso à Central de Sistemas da Senarc é bastante simples, veja: a) Acesse o ícone Central de Sistemas, disponível no endereço conforme ilustrado na tela abaixo: 5

6 b) Em seguida, clique em Entrar na Central de Sistemas: c) Informe seu nome de usuário e sua senha de acesso, conforme ilustrado na figura abaixo, e, em seguida, clique no botão Entrar : 6

7 Caso seja seu primeiro acesso à Central de Sistemas, leia atentamente o Termo de Uso do Aplicativo. A leitura deste Termo é importante para resguardar tanto o usuário e quanto a Senarc, das implicações impostas quanto ao mau uso deste aplicativo web. O Sistema apresentará o Termo de Uso conforme ilustrado abaixo: Após aceitar o Termo de Uso, a Central de Sistemas irá solicitar que você troque a sua senha, pois a senha inicialmente disponibilizada é provisória. Trata-se de um procedimento de segurança, para que a sua senha seja pessoal e intransferível. E a partir desse momento o Gestor Municipal do PBF estará apto também para cadastrar o novos usuários na Central de Sistemas, inclusive o responsável pelo preenchimento do questionário de acompanhamento da Instância de Controle Social. 4 - Cadastro do representante da ICS na Central de Sistemas O Gestor Municipal do PBF receberá uma solicitação formal para cadastrar o conselheiro, representante da ICS, na Central de Sistemas. Para tanto, o gestor deverá acessar a Central de Sistema, link: (http://aplicacoes2.mds.gov.br/senarc/) e, em seguida, o módulo de Controle de Acesso, conforme imagem abaixo: d) Acesse o Módulo de Controle de Acesso Central de Sistemas : 7

8 e) Na seqüência, acesse o ícone Cadastrar Usuário e Associar Perfis de Acesso, localizado no lado esquerdo da página da Central de Sistemas: f) Na tela Gerenciar Usuários, o gestor deverá preencher os dados do conselheiro, representante da ICS, e definir um login e uma senha provisória para o seu acesso. Para o preenchimento dessa tela é importante ter em mãos: Nome do usuário (conselheiro); Login (pode ser o próprio nome do conselheiro); Senha inicial - número e/ou palavra (lembre-se de guardar a senha para poder encaminhar ao conselheiro); Confirmação da senha (mesma informada anteriormente); CPF do usuário cadastrado; 8

9 (pode ser o endereço pessoal do usuário, mas é preferível que seja um institucional do conselho); e Telefone (é aconselhável, também, que o telefone seja da sede do conselho). g) Após cadastrar o conselheiro, representante da ICS, associe o perfil de Controle Social. 9

10 h) Anote o login e a senha que foram criados no momento do cadastro para entregar ao conselheiro, salve e encerre o procedimento Cadastro e Associação de Perfil Controle Social. Atenção: O login e a senha do perfil Controle Social serão informados pelo Gestor Municipal do PBF ao conselheiro representante da ICS. O acesso ao questionário só será possível por meio da conta de usuário com o perfil Controle Social. 5 - Acesso e preenchimento do questionário eletrônico pela ICS a) Para acesso à Central de Sistemas e ao questionário, o conselheiro cadastrado deve entrar na página do Programa Bolsa Família (www.mds.gov.br/bolsafamília) no ícone Central de Sistemas, situado à direita da página: 10

11 b) Clique em entrar no centro da página, conforme pode ser visualizado abaixo: c) Na sequência, informe seu nome de usuário e sua senha de acesso, conforme ilustrado na figura abaixo, e, em seguida, clique no botão Entrar : 11

12 d) Caso seja seu primeiro acesso a Central de Sistemas, leia atentamente o Termo de Uso do Aplicativo. Caso esteja de acordo com as condições de uso, preencha o ícone Concordo com o termo de utilização informado e pressione o botão Li, e aceito os termos. O sistema apresentará a opção de concordância com o Termo de Uso, conforme a figura abaixo: e) Na sequência, a Central de Sistemas solicitará a troca da sua senha, pois a senha, inicialmente disponibilizada pelo gestor, é provisória e apenas para o primeiro acesso. Trata-se de um procedimento de segurança, já que a nova senha será apenas do seu conhecimento. 12

13 f) Selecione o item Questionário das Instâncias de Controle Social, na aba à esquerda: g) Informe, novamente, o seu login e a sua senha na nova tela e clique em Entrar : h) A primeira tela exibirá as instruções de preenchimento do questionário que devem ser lidas com atenção. Clique em Continuar e inicie o preenchimento: 13

14 i) Na aba Identificação, serão solicitados os dados da ICS e do responsável pelo preenchimento do questionário, com o objetivo de atualizar as informações e facilitar o contato do MDS com as ICSs. j) Para salvar as informações, dê o comando Salvar página, na parte inferior da página para que possa passar para outra aba. k) Os demais temas estão distribuídos nas abas superiores do questionário e são independentes. Desta forma, você poderá escolher o tema pela qual irá iniciar o preenchimento (não se esqueça de salvar sempre que terminar o preenchimento de uma aba). 14

15 Importante! A identificação do respondente e as informações prestadas serão mantidas em sigilo absoluto. Após a análise dos dados, os resultados serão divulgados na página do Programa Bolsa Família (www.mds.gov.br/bolsafamilia). l) Após o preenchimento de todas as abas, salve a página e dê o comando Enviar, na parte inferior da página. 15

16 m) Para finalizar, o sistema solicitará a confirmação de envio. Desta forma, o preenchimento estará concluído e as informações serão transmitidas para a Senarc/MDS. Atenção! Uma vez confirmado o envio, as respostas do questionário não poderão ser modificadas e serão visualizadas apenas para consulta. 6 - Informações Adicionais As contas de usuários e senhas para o acesso à Central de Sistemas e ao Questionário das ICSs serão fornecidas pelo Gestor Municipal do PBF, mediante solicitação formal da Instância de Controle Social. As contas de usuário e senhas dos conselheiros deverão ser informadas à ICS pelo gestor municipal. O Sistema não gera e envia contas e senhas, automaticamente, por . O questionário só pode ser acessado por meio do perfil Controle Social. Perfis diferentes deste (incluindo o de gestor) não permitirão o acesso. Os questionários devem ser respondidos, preferencialmente, com participação de todos os 16

17 conselheiros, para que as repostas representem a opinião consensual da ICS. Só será aceito um questionário por município. Na eventualidade de duplicidade, o MDS não se responsabiliza pela perda de informação. Os questionários deverão ser preenchidos no próprio Sistema. Não serão aceitos questionários encaminhados por correio ou . Os problemas de acesso à Central de Sistemas da Senarc, por parte dos Gestores do PBF, serão resolvidos pelo As dúvidas e solicitações de orientação sobre as ICSs e sobre os questionários deverão ser encaminhadas para o Atendimento do PBF (61) ou para endereço eletrônico: 7 - Perguntas Frequentes 1) O que é o questionário de acompanhamento das ICS? É um questionário, desenvolvido pela Senarc, que tem por objetivo ampliar o conhecimento acerca da atuação das Instâncias de Controle Social do PBF. O instrumento, disponível em formato eletrônico, deve ser preenchido pelas próprias Instâncias até o dia 18 de dezembro de É composto por 70 questões que buscam identificar o funcionamento das ICS, a estrutura que possuem, o nível de acesso às informações de gestão do PBF, entre outras questões. Esse levantamento permitirá ao PBF formular novas ações de fortalecimento institucional das ICS. 2) Como a ICS pode acessar e preencher o questionário? O questionário está disponível para preenchimento na central de sistemas da Senarc (http://aplicacoes2.mds.gov.br/senarc/). Para acesso, a ICS deverá solicitar formalmente ao gestor municipal do PBF, por meio de ofício, o cadastro do representante do conselho que responderá ao questionário com o perfil Controle Social na Central de Sistemas. 3) Como obtenho informações sobre o preenchimento do questionário? Por meio do Informe PBF, Controle Social nº 18, e o Manual de Orientações que apresenta o passo-apasso para o acesso e o preenchimento do questionário. Este informe pode ser acessado na página do Programa: (http://www.mds.gov.br/bolsafamilia/menu_superior/informe-pbf/informe-pbf-controlesocial). 4) Quem deve responder ao questionário de acompanhamento das ICSs? O questionário deve ser preenchido pelas próprias Instâncias de Controle Social, por um dos seus 17

18 representantes cadastrado na Central de Sistemas. Recomenda-se que o questionário seja respondido com participação de todos os conselheiros para que represente a opinião consensual do colegiado acerca da atuação da ICS. A Senarc receberá apenas 01 questionário por município. 5) Como posso saber qual conselho municipal possui a atribuição de controle social do PBF? Esta informação pode ser obtida por meio das informações prestadas no termo de adesão do município ao PBF, por meio da Central de Sistemas, no SGI, ou por meio de consulta à página do Programa (www.mds.gov.br/bolsafamilia). Neste caso, acesse o link Estados e Municípios no quadro à esquerda da página e, na seqüência, os links Gestor Municipal, Consulte a lista dos gestores municipais. Ao digitar o nome do município será possível identificar o conselho responsável pelo Controle Social do Programa. 6) O questionário pode ser encaminhado por ou pelo correio? Não. O questionário deve ser preenchido e enviado, exclusivamente, por meio da Central de Sistemas. Não serão aceitos questionários avulsos preenchidos e enviados por ou correio. 7) Sou gestor(a) do PBF e não consigo acessar o questionário. O que devo fazer? O perfil de acesso do gestor à Central de Sistemas não permite visualizar ou preencher o questionário. O questionário é destinado somente às Instâncias de Controle Social do PBF, e será respondido por um dos seus representantes. A função do gestor municipal do PBF é conceder o acesso da ICS ao questionário cadastrando o responsável pelo preenchimento com o perfil Controle Social e fornecendo login e senha. 8) O que devo fazer se houver mensagens de erro (ou problemas similares) no Sistema ao longo do preenchimento do questionário? Muitas vezes, mensagens como Acesso Negado ocorrem por conta da indisponibilidade momentânea ou pelo número excessivo de acessos simultâneos ao Sistema. Nestes casos, sugerimos que a ICS volte a acessar o Sistema em outros momentos, sempre conferindo se o login e a senha utilizados são realmente os que foram cadastrados com perfil Controle Social. Caso o problema persista, solicitamos que seja encaminhado, para uma cópia da tela com a referida mensagem de erro, para que possamos solucionar o problema. Para copiar a tela com a mensagem de erro, você deverá apertar a tecla Print Screen, localizada na parte superior do seu teclado, e, em seguida, copiar a imagem no corpo do , apertando as teclas 18

19 ANEXOS Legislação: Lei nº , de 09 de janeiro de 2004 Cria o Programa Bolsa Família e dá outras providências; Decreto nº 5.209, de 17 de setembro de regulamenta a Lei nº , de 09/01/2004, que cria o Programa Bolsa Família, e dá outras providências; Instrução Normativa MDS nº 1, de 20 de maio de divulga orientações aos municípios, Estados e Distrito Federal para constituição de instância de controle social do Programa Bolsa Família (PBF) e para o desenvolvimento de suas atividades; Portaria GM/MDS nº 246, de 20 de maio de aprova os instrumentos necessários à formalização da adesão dos municípios ao Programa Bolsa Família, à designação dos gestores municipais do Programa e à informação sobre sua instância local de controle social, e define o procedimento de adesão dos entes locais ao referido Programa; Instrução Operacional Senarc/MDS Nº 23, de 31 de julho de 2008 (reeditada em 19 de janeiro de 2009) - Divulga aos municípios orientações para a substituição de Prefeito, Prefeitura, Gestor Municipal e de Instância de Controle Social (ICS) do PBF e procedimentos para alteração de seus dados cadastrais, bem como os procedimentos para o Acesso Sistema de Gestão Integrada (SGI). 19

20 20

Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família

Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família Desde o dia 01 de dezembro, o novo sistema de Gestão do Programa Bolsa Família (SIGPBF) do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) está disponível para os

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA GUIA DE NAVEGAÇÃO MÓDULO DE TRANSFERÊNCIA DE ARQUIVOS APLICATIVO UPLOAD /DOWNLOAD VERSÃO 1.1 BRASÍLIA DF Agosto/2015 2011 Ministério do Desenvolvimento Social

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA GUIA DE NAVEGAÇÃO APLICATIVO CONTROLE DE ACESSO. Versão do Guia: 1.1

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA GUIA DE NAVEGAÇÃO APLICATIVO CONTROLE DE ACESSO. Versão do Guia: 1.1 SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA GUIA DE NAVEGAÇÃO APLICATIVO CONTROLE DE ACESSO Versão do Guia: 1.1 Brasília, DF Fevereiro de 2011 2011 Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SIGPBF

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SIGPBF SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SIGPBF APLICATIVO DE FORMULÁRIOS GUIA DE NAVEGAÇÃO PERFIL MUNICÍPIO Versão do Guia: 1.1 Brasília, DF Abril de 2011 2011 Ministério do Desenvolvimento Social

Leia mais

Guia de Ambientação Março/2011

Guia de Ambientação Março/2011 Guia de Ambientação Março/2011 APRESENTAÇÃO Caro cursista, Bem vindo ao Guia de Ambientação. Este documento é dirigido a você, participante. Com ele, você conhecerá como está estruturada a interface de

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania Instrução Operacional nº 27 SENARC/MDS Brasília, 22 janeiro de 2009. Divulga aos municípios orientações sobre a utilização do Sistema de Atendimento e Solicitação de Formulários (Sasf) 1 APRESENTAÇÃO O

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA GUIA DE NAVEGAÇÃO APLICATIVO DE SOLICITAÇÃO DE FORMULÁRIOS (SASF) USUÁRIOS MUNICIPAIS VERSÃO 1.1 BRASÍLIA DF Agosto/2015 2011 Ministério do Desenvolvimento Social

Leia mais

e- SIC Manual do SIC

e- SIC Manual do SIC e- SIC Manual do SIC Sumário Introdução.. 3 O e-sic.. 4 Primeiro acesso.. 5 Perfis de usuário.. 6 Cadastro de usuário no e-sic.. 7 Alteração de dados de usuários.. 9 Atualização de dados do SIC.. 11 Registro

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA GUIA DE NAVEGAÇÃO APLICATIVO ADESÃO ESTADUAL VERSÃO 1.1 BRASÍLIA DF Agosto/2015 2011 Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Permitida a reprodução,

Leia mais

Pesquisa Nacional sobre Programas Municipais de Transferência de Renda Outubro 2011 Brasília - DF

Pesquisa Nacional sobre Programas Municipais de Transferência de Renda Outubro 2011 Brasília - DF Guia de Navegação Simplificado Pesquisa Nacional sobre Programas Municipais de Transferência de Renda Outubro 2011 Brasília - DF APRESENTAÇÃO Caro participante, Bem-vindo ao Guia de Navegação Simplificado.

Leia mais

Plano de Carreira Sistema de Apoio à Gestão de Planos de Carreira

Plano de Carreira Sistema de Apoio à Gestão de Planos de Carreira Plano de Carreira Sistema de Apoio à Gestão de Planos de Carreira Manual do Usuário Página1 Sumário 1 Configurações Recomendadas... 4 2 Objetivos... 4 3 Acesso ao Sistema... 5 3.1. Acessar 6 3.2. Primeiro

Leia mais

MAIS MÉDICOS TUTORIAL PARA O SUPERVISOR RELATÓRIO DA PRIMEIRA VISITA DE SUPERVISÃO

MAIS MÉDICOS TUTORIAL PARA O SUPERVISOR RELATÓRIO DA PRIMEIRA VISITA DE SUPERVISÃO MAIS MÉDICOS TUTORIAL PARA O SUPERVISOR RELATÓRIO DA PRIMEIRA VISITA DE SUPERVISÃO Brasília/DF, 7 de maio de 2015. 1 APRESENTAÇÃO RELATÓRIO DA PRIMEIRA VISITA DE SUPERVISÃO Prezado (a) Supervisor (a) participante

Leia mais

Programa Bolsa Família e Cadastro Único para Programas Sociais. Guia Rápido. O que os municípios devem fazer nos primeiros 60 dias de gestão

Programa Bolsa Família e Cadastro Único para Programas Sociais. Guia Rápido. O que os municípios devem fazer nos primeiros 60 dias de gestão Programa Bolsa Família e Cadastro Único para Programas Sociais Guia Rápido O que os municípios devem fazer nos primeiros 60 dias de gestão Janeiro de 2013 Apresentação Enfrentar a pobreza e as desigualdades

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA

MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA SISTEMA IMASUL DE REGISTROS E INFORMAÇÕES ESTRATÉGICAS DO MEIO AMBIENTE MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA Manual Operacional para uso exclusivo do módulo do Sistema Estadual de

Leia mais

Ministério da Cultura

Ministério da Cultura Ministério da Cultura MANUAL DO PROPONENTE: PROPOSTAS VERSÃO 1.1 HISTÓRICO DE REVISÃO Data Versão Descrição Autor 10/11/2011 1.0 Criação do documento. Aline Oliveira - MINC 07/01/2013 1.1 Atualização do

Leia mais

MAIS MÉDICOS TUTORIAL PARA O SUPERVISOR

MAIS MÉDICOS TUTORIAL PARA O SUPERVISOR MAIS MÉDICOS TUTORIAL PARA O SUPERVISOR Distrito Sanitário Especial Indígena - DSEI RELATÓRIO DA PRIMEIRA VISITA DE SUPERVISÃO IN LOCO - DSEI Brasília/DF, 7 de maio de 2015. 1 APRESENTAÇÃO RELATÓRIO DA

Leia mais

Manual de Utilização do GLPI

Manual de Utilização do GLPI Manual de Utilização do GLPI Perfil Usuário Versão 1.0 NTI Campus Muzambinho 1 Introdução Prezado servidor, o GLPI é um sistema de Service Desk composto por um conjunto de serviços para a administração

Leia mais

Utilizando o correio eletrônico da UFJF com Thunderbird e IMAP

Utilizando o correio eletrônico da UFJF com Thunderbird e IMAP Utilizando o correio eletrônico da UFJF com Thunderbird e IMAP O cliente de e-mail web utilizado pela UFJF é um projeto OpenSource que não é desenvolvido pela universidade. Por isso, pode ocorrer que alguns

Leia mais

Manual de Utilização ao Módulo Rede Federal SIMEC - Versão 14/set/2015.

Manual de Utilização ao Módulo Rede Federal SIMEC - Versão 14/set/2015. Manual de Utilização ao Módulo Rede Federal SIMEC - Versão 14/set/2015. O Sistema Integrado de Monitoramento, Execução e Controle do Ministério da Educação (SIMEC) é um portal operacional e de gestão do

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. 1. Descrição Geral Este manual descreve as operações disponíveis no módulo VTWEB Client, cuja finalidade é gerenciar cadastros de funcionários, realização de pedidos e controle financeiro dos pedidos.

Leia mais

Cadastramento de Computadores. Manual do Usuário

Cadastramento de Computadores. Manual do Usuário Cadastramento de Computadores Manual do Usuário Setembro 2008 ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO 1.1 Conhecendo a solução...03 Segurança pela identificação da máquina...03 2. ADERINDO À SOLUÇÃO e CADASTRANDO COMPUTADORES

Leia mais

1 ACESSO AO PORTAL UNIVERSITÁRIO 3 3 PLANO DE ENSINO 6 4 AULAS 7 5 AVALIAÇÃO E EXERCÍCIO 9 6 ENQUETES 12 7 QUADRO DE AVISOS 14

1 ACESSO AO PORTAL UNIVERSITÁRIO 3 3 PLANO DE ENSINO 6 4 AULAS 7 5 AVALIAÇÃO E EXERCÍCIO 9 6 ENQUETES 12 7 QUADRO DE AVISOS 14 portal@up.com.br Apresentação Este manual contém informações básicas, e tem como objetivo mostrar a você, aluno, como utilizar as ferramentas do Portal Universitário e, portanto, não trata de todos os

Leia mais

RECOMENDAR PUBLICAÇÃO DE PROJETO DE INTERVENÇÃO

RECOMENDAR PUBLICAÇÃO DE PROJETO DE INTERVENÇÃO PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O SUPERVISOR RECOMENDAR PUBLICAÇÃO DE PROJETO DE INTERVENÇÃO PROVAB 2014 Brasília/DF, 12 de novembro de 2014. 1 APRESENTAÇÃO Senhor

Leia mais

Manual para cadastro de associado na Central de Atendimento ao Associado

Manual para cadastro de associado na Central de Atendimento ao Associado Manual para cadastro de associado na Central de Atendimento ao Associado Cadastro de associado e emissão de boletos na Central de Atendimento On-line Objetivo Orientar o associado sobre o cadastro inicial

Leia mais

[PÚBLICA] Manual Operacional. Sistema GEUI Gestão de Usuários da Internet. Produto: Consignado

[PÚBLICA] Manual Operacional. Sistema GEUI Gestão de Usuários da Internet. Produto: Consignado 1 [PÚBLICA] Manual Operacional Sistema GEUI Gestão de Usuários da Internet Produto: Consignado ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 1.1. Objetivo do Manual... 3 1.2. Público Alvo... 3 1.3. Conteúdo do Manual... 3

Leia mais

Apresentando o novo modelo de atendimento Centro Marista de Serviços - CMS. Curitiba, Julho de 2014

Apresentando o novo modelo de atendimento Centro Marista de Serviços - CMS. Curitiba, Julho de 2014 Apresentando o novo modelo de atendimento Centro Marista de Serviços - CMS Curitiba, Julho de 2014 Vamos à prática: Como abrir um chamado? Entre na ferramenta com seu login e senha de rede (a mesma que

Leia mais

SUMÁRIO 1. ACESSO À PÁGINA DO AMBIENTE VIRTUAL 2. CONTATANDO O SUPORTE 3. ATUALIZAR PERFIL 4. COMO ACESSAR AS DISCIPLINAS

SUMÁRIO 1. ACESSO À PÁGINA DO AMBIENTE VIRTUAL 2. CONTATANDO O SUPORTE 3. ATUALIZAR PERFIL 4. COMO ACESSAR AS DISCIPLINAS SUMÁRIO 1. ACESSO À PÁGINA DO AMBIENTE VIRTUAL 2. CONTATANDO O SUPORTE 3. ATUALIZAR PERFIL 4. COMO ACESSAR AS DISCIPLINAS 5. PARTICIPANTES DA DISCIPLINA 6. ENVIAR MENSAGENS 7. PARTICIPAÇÃO NO FÓRUM 8.

Leia mais

Sistema de Gestão de Recursos de Aprendizagem

Sistema de Gestão de Recursos de Aprendizagem Sistema de Gestão de Recursos de Aprendizagem Ambiente Virtual de Aprendizagem (Moodle) - - Atualizado em 29/07/20 ÍNDICE DE FIGURAS Figura Página de acesso ao SIGRA... 7 Figura 2 Portal de Cursos... 8

Leia mais

Módulo de Extensão SIGAA. Gerenciamento de Participantes

Módulo de Extensão SIGAA. Gerenciamento de Participantes Módulo de Extensão SIGAA Gerenciamento de Participantes ÍNDICE Instruções gerais Pg. 03 Recomendações Pg. 03 Acessibilidade ao sistema Pg. 03 Acesso ao SIGAA Pg. 03 Acesso ao módulo extensão - docente

Leia mais

CADASTRAMENTO DE EMPRESAS NA ANVISA PERGUNTAS FREQUENTES

CADASTRAMENTO DE EMPRESAS NA ANVISA PERGUNTAS FREQUENTES CADASTRAMENTO DE EMPRESAS NA ANVISA PERGUNTAS FREQUENTES Quais são os sujeitos que devem ser cadastrados e o que cada um representa no cadastro da empresa?...2 Como fazer para cadastrar uma empresa?...3

Leia mais

TUTORIAL PARA O MÉDICO PROJETO DE INTERVENÇÃO PROVAB 2014

TUTORIAL PARA O MÉDICO PROJETO DE INTERVENÇÃO PROVAB 2014 PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O MÉDICO PROJETO DE INTERVENÇÃO PROVAB 2014 Brasília/DF, 17 de setembro de 2014. 1 APRESENTAÇÃO Senhor (a) Médico (a) participante

Leia mais

Portal Contador Parceiro

Portal Contador Parceiro Portal Contador Parceiro Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa 1. Portal Contador Parceiro... 03 2. Acesso ao Portal... 04 3. Profissionais...11 4. Restrito...16 4.1 Perfil... 18 4.2 Artigos...

Leia mais

1 INTRODUÇÃO. 1.2 Novo modelo operacional do Sistema do Cadastro Único

1 INTRODUÇÃO. 1.2 Novo modelo operacional do Sistema do Cadastro Único Instrução Operacional nº 35 SENARC/MDS Brasília, 15 de abril de 2010. Assunto: Divulga as orientações necessárias para a solicitação de cadastramento de usuários municipais no novo sistema de Cadastro

Leia mais

1 Essa é a tela de login do Sistema de Atendimento Online, siga o passo a passo abaixo.

1 Essa é a tela de login do Sistema de Atendimento Online, siga o passo a passo abaixo. 1 Essa é a tela de login do Sistema de Atendimento Online, siga o passo a passo abaixo. 2 - Se esse é o seu primeiro cadastro, clique em Cadastre-se. Em seguida preencha os dados solicitados com Nome,

Leia mais

SECTEC / COORDENADORIA DE DESENVOLVIMENTO

SECTEC / COORDENADORIA DE DESENVOLVIMENTO Macaé, Outubro de 2010 SECTEC / COORDENADORIA DE DESENVOLVIMENTO Página 1 de 38 Controle de Revisões Data Comentário Responsável 01/10/2010 Revisão e correção de texto Marcos Lemos 01/10/2010 Correção

Leia mais

ESTADO DO PIAUÍ SECRETARIA DA FAZENDA BAIXA CADASTRAL ELETRÔNICA

ESTADO DO PIAUÍ SECRETARIA DA FAZENDA BAIXA CADASTRAL ELETRÔNICA ESTADO DO PIAUÍ SECRETARIA DA FAZENDA BAIXA CADASTRAL ELETRÔNICA MANUAL DO CONTRIBUINTE Junho/2013 1. Apresentação O sistema da Baixa Cadastral Eletrônica foi desenvolvido com o intuito de facilitar a

Leia mais

Versão 1.15. Portal StarTISS. Portal de Digitação e Envio do Faturamento. Manual de Utilização. Versão 1.15 (Agosto/2014)

Versão 1.15. Portal StarTISS. Portal de Digitação e Envio do Faturamento. Manual de Utilização. Versão 1.15 (Agosto/2014) Versão 1.15 Portal StarTISS Portal de Digitação e Envio do Faturamento Manual de Utilização Versão 1.15 (Agosto/2014) Conteúdo 1. CONTATOS... 1 2. REQUISITOS NECESSÁRIOS... 1 3. ACESSANDO O PORTAL STARTISS...

Leia mais

MANUAL PARA INSCRIÇÃO online EM EDITAIS. Versão 1.0

MANUAL PARA INSCRIÇÃO online EM EDITAIS. Versão 1.0 MANUAL PARA INSCRIÇÃO online EM EDITAIS Versão 1.0 1 >> 1º Passo: Para acessar o SalicWeb Para inscrever a sua iniciativa cultural nos editais do Ministério da Cultura acesse o Sistema SalicWeb no endereço

Leia mais

CIUCA Manual de Operação Versão 2.02 (Módulos I Cadastro e II - Credenciamento)

CIUCA Manual de Operação Versão 2.02 (Módulos I Cadastro e II - Credenciamento) Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação Cadastro das Instituições e Comissões de Ética no Uso de Animais CIUCA Versão 2.02 (Módulos I Cadastro e II - Credenciamento) Versão 1.01 (Módulo I Cadastro)

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. Conteúdo 1. Descrição geral 2 2. Resumo das funcionalidades 3 3. Efetuar cadastro no sistema 4 4. Acessar o sistema 6 5. Funcionalidades do menu 7 5.1 Dados cadastrais 7 5.2 Grupos de usuários 7 5.3 Funcionários

Leia mais

Manual Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle-ESPMG 2.0

Manual Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle-ESPMG 2.0 Manual Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle-ESPMG 2.0 Adriano Lima Belo Horizonte 2011 SUMÁRIO Apresentação... 3 Acesso ao Ambiente Virtual de Aprendizagem AVA ESP-MG... 3 Programação do curso no AVA-ESPMG

Leia mais

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA.

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA MANUAL DO VTWEB CLIENT CADASTROS /PEDIDOS E PROCEDIMENTOS Resumo Esse manual tem como o seu objetivo principal a orientação de uso do

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES. Versão 1.0. Visão Transportador

MANUAL DE INSTRUÇÕES. Versão 1.0. Visão Transportador MANUAL DE INSTRUÇÕES Versão 1.0 Visão Transportador 2 Sumário Introdução... 3 Requisitos mínimos... 3 Acesso... 3 Primeiro acesso... 5 Navegando pelo sistema... 6 Menu Perfil... 7 Dados do Fornecedor...

Leia mais

COORDENAÇÃO DE ENSINO A DISTÂNCIA - EaD

COORDENAÇÃO DE ENSINO A DISTÂNCIA - EaD COORDENAÇÃO DE ENSINO A DISTÂNCIA - EaD TUTORIAL MOODLE VERSÃO ALUNO Machado/MG 2013 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 4 2. EDITANDO O PERFIL... 5 2.1 Como editar o perfil?... 5 2.2 Como mudar a senha?... 5 2.3

Leia mais

Domicílio Tributário Eletrônico DTE DT- Domicílio Tributário Eletrônico MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.0.0

Domicílio Tributário Eletrônico DTE DT- Domicílio Tributário Eletrônico MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.0.0 Domicílio Tributário Eletrônico DTE DT- Domicílio Tributário Eletrônico MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.0.0 Setembro/2015 Domicílio Tributário Eletrônico DT-e MANUAL MÓDULO CONTRIBUINTE SUMÁRIO DOMICÍLIO TRIBUTÁRIO

Leia mais

CADASTRAMENTO DE EMPRESAS PERGUNTAS FREQUENTES

CADASTRAMENTO DE EMPRESAS PERGUNTAS FREQUENTES CADASTRAMENTO DE EMPRESAS PERGUNTAS FREQUENTES 1 Quais são os sujeitos que devem ser cadastrados e o que cada um representa no cadastro da empresa?...2 2 Como fazer para cadastrar uma empresa?...3 3 Cliquei

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania Instrução Operacional nº 57 SENARC/ MDSBrasília,08de janeirode 2013. Assunto:Divulga aos municípios orientações para a substituição de Gestor Municipal, Prefeito, Órgão Responsável, Equipe de Gestão e

Leia mais

Antes de começar, o Solicitante e outros envolvidos dentro do projeto (Orientador, Coordenador ou outro Responsável Técnico) devem verificar:

Antes de começar, o Solicitante e outros envolvidos dentro do projeto (Orientador, Coordenador ou outro Responsável Técnico) devem verificar: SOLICITAÇÃO DE FOMENTO on-line MANUAL DO USUÁRIO 1 CONTATOS... 2 2 ANTES DE COMEÇAR... 2 3 ENTRAR NO SISTEMA INFAPERJ... 3 3.1 ACESSO AO SISTEMA...3 3.2 LOGIN...4 4 APRESENTAÇÃO GERAL DA INTERFACE... 5

Leia mais

INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8

INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8 ÍNDICE INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8 ACESSO ÀS FERRAMENTAS 9 FUNÇÕES 12 MENSAGENS 14 CAMPOS OBRIGATÓRIOS

Leia mais

MANUAL DO CIDADÃO MÓDULO NFSe SEFAM

MANUAL DO CIDADÃO MÓDULO NFSe SEFAM MANUAL DO CIDADÃO MÓDULO NFSe SEFAM Índice Introdução 3 Legislação 4 A quem se destina o Módulo Cidadão SEFAM NFSe 5 Configuração Mínima para acesso ao SEFAM NFSe 6 Como ter acesso ao produto SEFAM NFSe

Leia mais

Ministério da Cultura

Ministério da Cultura Ministério da Cultura MANUAL DO PROPONENTE: ADMINISTRATIVO VERSÃO 1.0 HISTÓRICO DE REVISÃO Data Versão Descrição Autor 08/01/2013 1.0 Criação do documento. Aline Oliveira - MINC 3 ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO...

Leia mais

MANUAL Credenciados SGMC Sistema de Gestão de Modalidades de Credenciamento

MANUAL Credenciados SGMC Sistema de Gestão de Modalidades de Credenciamento MANUAL Credenciados SGMC Sistema de Gestão de Modalidades de Credenciamento SEBRAE-GO 1 Sumário Introdução... 3 1) Acesso ao Sistema... 4 1.1. LOGIN... 4 1.2. ALTERAR SENHA... 7 1.3. RECUPERAR SENHA...

Leia mais

Manual do Usuário Cidadão SIC Serviço de informação ao cidadão

Manual do Usuário Cidadão SIC Serviço de informação ao cidadão Manual do Usuário Cidadão SIC Serviço de informação ao cidadão NOVOSIS 3ª Versão Conteúdo Introdução... 3 Principais recursos:... 4 Para o cidadão:... 4 Para os órgãos públicos:... 4 Como Utilizar o SIC...

Leia mais

SUMÁRIO INTRODUÇÃO. 3 1. ACESSO AO SISTEMA. 5 2. ACESSO AO MÓDULO DE MONITORAMENTO.6 3. PREENCHIMENTO DO MÓDULO DE MONITORAMENTO. 8 4.

SUMÁRIO INTRODUÇÃO. 3 1. ACESSO AO SISTEMA. 5 2. ACESSO AO MÓDULO DE MONITORAMENTO.6 3. PREENCHIMENTO DO MÓDULO DE MONITORAMENTO. 8 4. MANUAL TÉCNICO-OPERACIONAL DO MÓDULO DE MONITORAMENTO DO PLANO DE AÇÕES ARTICULADAS - PAR Brasília/DF, 23 julho de 2009 1 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 1. ACESSO AO SISTEMA... 5 2. ACESSO AO MÓDULO DE MONITORAMENTO...6

Leia mais

INTRODUÇÃO AO AMBIENTE MOODLE DA UFPA. Guia rápido

INTRODUÇÃO AO AMBIENTE MOODLE DA UFPA. Guia rápido INTRODUÇÃO AO AMBIENTE MOODLE DA UFPA Guia rápido A PLATAFORMA MOODLE Moodle (Modular Object Oriented Distance LEarning) é um Sistema para Gerenciamento de Cursos (SGC). Trata-se de um programa para computador

Leia mais

Manual do Aluno. O Moodle é um sistema que gerencia ambientes educacionais de aprendizagem que podem ser denominados como:

Manual do Aluno. O Moodle é um sistema que gerencia ambientes educacionais de aprendizagem que podem ser denominados como: Manual do Aluno É com muita satisfação que apresentamos o Reunir Unopar. Ambiente Virtual de Aprendizagem Colaborativa que tem por objetivo principal ser um espaço colaborativo de construção do conhecimento

Leia mais

Manual do usuário - Service Desk SDM - COPASA. Service Desk

Manual do usuário - Service Desk SDM - COPASA. Service Desk Manual do usuário - Service Desk SDM - COPASA Service Desk Sumário Apresentação O que é o Service Desk? Terminologia Status do seu chamado Utilização do Portal Web Fazendo Login no Sistema Tela inicial

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SIGPBF

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SIGPBF SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SIGPBF MANUAL DE NAVEGAÇÃO MÓDULO DE TRANSFERÊNCIA DE ARQUIVOS APLICATIVO UPLOAD/DOWNLOAD Versão do Guia: 1.1 Brasília, DF Abril de 2011 2011 Ministério do Desenvolvimento

Leia mais

Manual de Operação do Portal Acadêmico SENAI-BA

Manual de Operação do Portal Acadêmico SENAI-BA Manual de Operação do Portal Acadêmico SENAI-BA Este manual tem como objetivo auxiliar o docente na utilização do Portal Acadêmico, permitindo o acesso as rotinas acadêmicas através de ambiente WEB, flexibilizando

Leia mais

Índice. Sistema BioMarc IVB - Homologação

Índice. Sistema BioMarc IVB - Homologação Manual de Sistema Índice 1 - Acessando o Sistema... 4 2 Resultados... 5 2.1 Consultar Laudo... 6 2.2 Gerar Pacote... 6 2.3 Limpar... 7 3 Solicitação... 7 3.1 Solicitação de Material... 7 3.2 Solicitação

Leia mais

Manual do Usuário Plataforma Online

Manual do Usuário Plataforma Online correção online psico.vetoreditora.com.br Manual do Usuário Plataforma Online Utilização da Plataforma Online de correção de testes APRESENTAÇÃO GERAL INTRODUÇÃO A Plataforma Online de testes da Vetor

Leia mais

Tutorial WEB CONTENT MANAGEMENT [WCM] Obtenha benefícios a partir das aplicações customizadas da ADMT.

Tutorial WEB CONTENT MANAGEMENT [WCM] Obtenha benefícios a partir das aplicações customizadas da ADMT. Tutorial WEB CONTENT MANAGEMENT [WCM] Obtenha benefícios a partir das aplicações customizadas da ADMT. PÁGINA: 2 de 21 Nenhuma parte deste documento pode ser utilizado ou reproduzido, em qualquer meio

Leia mais

AdminIP. Manual do Usuário Módulo Administrador IES

AdminIP. Manual do Usuário Módulo Administrador IES 2 AdminIP Manual do Usuário Módulo Administrador IES Brasília 2012 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 4 1 SISTEMA ADMINIP... 4 1.1 O que é o AdminIP?... 4 1.2 Quem opera?... 4 1.3 Onde acessar?... 5 1.4 Como acessar?...

Leia mais

Gerência de Atendimento

Gerência de Atendimento DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Solicitação e Acompanhamento de Atendimento Gerência de Atendimento João Pessoa - agosto/2011 DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1 Sumário Apresentação... 3 1.

Leia mais

Sumário. Apresentação O que é o Centro de Gerenciamento de Serviços (CGS) NTI? Terminologia Status do seu chamado Utilização do Portal Web

Sumário. Apresentação O que é o Centro de Gerenciamento de Serviços (CGS) NTI? Terminologia Status do seu chamado Utilização do Portal Web Sumário Apresentação O que é o Centro de Gerenciamento de Serviços (CGS) NTI? Terminologia Status do seu chamado Utilização do Portal Web Fazendo Login no Sistema Tela inicial do Portal WEB Criando um

Leia mais

MANUAL DO INGRESSANTE. Matrícula Online. www.ingresso.ufu.br/sistemas/matriculaonline

MANUAL DO INGRESSANTE. Matrícula Online. www.ingresso.ufu.br/sistemas/matriculaonline MANUAL DO INGRESSANTE Matrícula Online www.ingresso.ufu.br/sistemas/matriculaonline O Sistema de Matrícula Online da UFU dispensa a necessidade de o ingressante ir presencialmente para realizar a sua Solicitação

Leia mais

PAINEL GERENCIADOR DE E-MAILS

PAINEL GERENCIADOR DE E-MAILS Este manual foi criado com o objetivo de facilitar o gerenciamento de suas contas de e-mail. Com ele, o administrador poderá criar e excluir e-mails, alterar senha, configurar redirecionamento de contas,

Leia mais

4. SISTEMA PORTAL SUPORTE IMPORTANTE

4. SISTEMA PORTAL SUPORTE IMPORTANTE 4. SISTEMA PORTAL SUPORTE IMPORTANTE Em caso de possuir um chamado aberto acompanhe até finalizar, pois é através da Aba Mensagem que o técnico pode solicitar outras informações detalhadas para solução.

Leia mais

3 - Tela Principal. Itens importantes da página

3 - Tela Principal. Itens importantes da página SUMÁRIO 1 1 - Conceitos Gerais O CRQ é um sistema de controle de qualidade utilizado na etapa de recrutamento de estudos de natureza qualitativa. Ele é um banco de dados que tem como principal objetivo

Leia mais

Manual Cadastro Completo

Manual Cadastro Completo Manual Cadastro Completo Índice 1. Objetivo... 3 2. O Projeto e-suprir... 3 3. Fluxo do Processo de Cadastro... 3 4. Cadastro Simples... 4 5. Recebendo Usuário e Senha... 7 6. Cadastro Completo... 7 7.

Leia mais

Guia Prático do Usuário Sistema e-commerce e Portal

Guia Prático do Usuário Sistema e-commerce e Portal Guia Prático do Usuário Sistema e-commerce e Portal 29/11/2012 Índice ÍNDICE... 2 1. APRESENTAÇÃO... 3 2. O QUE É E-COMMERCE?... 4 3. LOJA FOCCO... 4 4. COMPRA... 13 5. E-MAILS DE CONFIRMAÇÃO... 14 6.

Leia mais

PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O SUPERVISOR

PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O SUPERVISOR PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O SUPERVISOR 3º CICLO DA AVALIAÇÃO PELO SUPERVISOR PROVAB 2014 Brasília/DF, 30 de dezembro de 2014. 1 Prezado(a) Supervisor(a) do

Leia mais

FAQ Sistema Eletrônico de Informações SEI-MP

FAQ Sistema Eletrônico de Informações SEI-MP FAQ Sistema Eletrônico de Informações SEI-MP 1. Quem pode obter o acesso ao SEI-MP? O SEI-MP está disponível apenas para usuários e colaboradores internos do MP. Usuários externos não estão autorizados

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA GLPI

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA GLPI MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA GLPI PERFIL TÉCNICO Versão 2.0 DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA E TELECOMUNICAÇÕES PREFEITURA DE GUARULHOS SP 1 Objetivo: Esse manual tem como objetivo principal instruir os

Leia mais

PORTAL EMPRESA SIMPLES Registro e Licenciamento de Empresas MANUAL RLE. Baixa Simplificada de Empresas

PORTAL EMPRESA SIMPLES Registro e Licenciamento de Empresas MANUAL RLE. Baixa Simplificada de Empresas PORTAL EMPRESA SIMPLES Registro e Licenciamento de Empresas MANUAL RLE Baixa Simplificada de Empresas 2 Sumário 1 Como preparar o computador para uso do certificado digital...04 2 Primeiro Acesso: Cadastro

Leia mais

MANUAL DE USO SERASAJUD

MANUAL DE USO SERASAJUD MANUAL DE USO SERASAJUD JULHO DE 2015 Controle de Revisão Data da Revisão Versão Documento Versão DF-e Manager Executor Assunto Revisado 08/10/2013 1.0 Rodrigo Vieira Ambar/Gigiane Martins Criação 18/03/2104

Leia mais

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS DIVULGAÇÃO DE COMPRAS COTAÇÃO ELETRÔNICA MANUAL DO USUÁRIO

Leia mais

Manual de Instalação. SafeSign Standard 3.0.77. (Para MAC OS 10.7)

Manual de Instalação. SafeSign Standard 3.0.77. (Para MAC OS 10.7) SafeSign Standard 3.0.77 (Para MAC OS 10.7) 2/23 Sumário 1 Introdução... 3 2 Pré-Requisitos Para Instalação... 3 3 Ambientes Homologados... 4 4 Hardware Homologado... 4 5 Instruções de Instalação... 5

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA 1 NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA TUTORIAL DE USO DA FERRAMENTA ANO 2012 2 Sumário 1 Nota Fiscal de Serviços eletrônica - NFS-e... 3 1.1 Considerações Iniciais... 3 1.2 Legislação... 3 1.3 Definição...

Leia mais

Manual de Utilização ZENDESK. Instruções Básicas

Manual de Utilização ZENDESK. Instruções Básicas Manual de Utilização ZENDESK Instruções Básicas Novembro/2013 SUMÁRIO 1 Acesso à ferramenta... 3 2 A Ferramenta... 4 3 Tickets... 8 3.1 Novo Ticket... 8 3.2 Acompanhamentos de Tickets já existentes...

Leia mais

Manual SAGe Versão 1.2

Manual SAGe Versão 1.2 Manual SAGe Versão 1.2 Cadastramento de Usuário (a partir da versão 12.08.01 ) Conteúdo Introdução... 2 Cadastramento... 2 Desvendando a tela inicial... 4 Completando seus dados cadastrais... 5 Não lembro

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Diretoria de Tecnologia da Informação Central de Relacionamento com o Instituto Rui Barbosa CR-IRB

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Diretoria de Tecnologia da Informação Central de Relacionamento com o Instituto Rui Barbosa CR-IRB Manual Central de Relacionamento com o Instituto Rui Barbosa CR- IRB. A Central de Relacionamento com o TCE é um sistema web. Devem ser utilizados os navegadores de Internet Explorer versão mínima 9 Google

Leia mais

Manual do SISC Sistema de Informações do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Perfil Gestor Estadual Abril/2014 Versão 1.

Manual do SISC Sistema de Informações do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Perfil Gestor Estadual Abril/2014 Versão 1. Manual do SISC Sistema de Informações do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Perfil Gestor Estadual Abril/2014 Versão 1.0 SUMÁRIO Manual do SISC... 3 1. Finalidade do SISC... 3 2. Requisitos

Leia mais

Perguntas Frequentes (FAQ) Portal do Professor

Perguntas Frequentes (FAQ) Portal do Professor Universidade Federal do Espírito Santo Perguntas Frequentes (FAQ) Portal do Professor Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI) Novembro/2014 Sumário 1 ATIVIDADES COMPLEMENTARES... 4 1.1 O que é o menu

Leia mais

PORTAL EMPRESA SIMPLES Registro e Licenciamento de Empresas MANUAL RLE

PORTAL EMPRESA SIMPLES Registro e Licenciamento de Empresas MANUAL RLE PORTAL EMPRESA SIMPLES Registro e MANUAL RLE 2 Sumário 1 Como preparar o computador para uso do certificado digital...04 2 Primeiro acesso: cadastro do cidadão...10 3 Consulta de Classificação de Risco...13

Leia mais

SUA SENHA É SIGILOSA, PESSOAL E INTRANSFERÍVEL.

SUA SENHA É SIGILOSA, PESSOAL E INTRANSFERÍVEL. DÚVIDAS MAIS FREQUENTES - DO CLIENTE 1. Qual o procedimento para se cadastrar na Guia Eletrônica? - Rolar a página e procure pelo item Novo Cliente? - Escolher o perfil: Próprio Interessado: Pessoa Física

Leia mais

e-ouv Passo-a-passo Sistema de Ouvidorias do Poder Executivo Federal Junho, 2015 Controladoria-Geral da União

e-ouv Passo-a-passo Sistema de Ouvidorias do Poder Executivo Federal Junho, 2015 Controladoria-Geral da União e-ouv Passo-a-passo Sistema de Ouvidorias do Poder Executivo Federal Junho, 2015 Sumário 1. Acesso ao sistema... 3 2. Funcionalidades do sistema... 5 3. Como tratar manifestações... 14 3.1 Detalhar...

Leia mais

PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O SUPERVISOR RELATÓRIO DE SUPERVISÃO PRÁTICA PROVAB 2014

PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O SUPERVISOR RELATÓRIO DE SUPERVISÃO PRÁTICA PROVAB 2014 PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O SUPERVISOR RELATÓRIO DE SUPERVISÃO PRÁTICA PROVAB 2014 Brasília/DF, 6 de outubro de 2014. 1 APRESENTAÇÃO RELATÓRIO DE SUPERVISÃO

Leia mais

1 Cadastre-se Mozilla Firefox. AQUI Esqueci a senha Login Senha. Esqueci a senha E-mail Login Enviar Solicitação OBS: Nome: Login: E-mail:

1 Cadastre-se Mozilla Firefox. AQUI Esqueci a senha Login Senha. Esqueci a senha E-mail Login Enviar Solicitação OBS: Nome: Login: E-mail: 1 Essa é a tela de login do Sistema de Atendimento, siga o passo a passo abaixo. Se esse é o seu primeiro cadastro, clique em Cadastre-se. O sistema só irá funcionar perfeitamente se for acessado pelo

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Manual de Utilização Google Grupos Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução... 3 Página

Leia mais

Sistema Integrado de Planejamento Orçamento e Finanças

Sistema Integrado de Planejamento Orçamento e Finanças Sistema Integrado de Planejamento Orçamento e Índice SIMEC Página 02 de10 Guia Rápido Solicitando Cadastro...4 Alterando a Chave de Acesso...6 Navegação...7 Índice de Figuras Fig. 1 Tela Inicial...4 Fig.

Leia mais

Registro e Acompanhamento de Chamados

Registro e Acompanhamento de Chamados Registro e Acompanhamento de Chamados Contatos da Central de Serviços de TI do TJPE Por telefone: (81) 2123-9500 Pela intranet: no link Central de Serviços de TI Web (www.tjpe.jus.br/intranet) APRESENTAÇÃO

Leia mais

SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO DA RECEITA PED MANUAL INTERNET

SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO DA RECEITA PED MANUAL INTERNET SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO DA RECEITA MANUAL INTERNET ÍNDICE Sistema Integrado de Administração da Receita 1 INTRODUÇÃO GERAL... 4 2 INTRODUÇÃO AO... 4 2.1 OBJETIVOS... 4 2.2 BENEFÍCIOS... 4 2.3

Leia mais

Sistema de Chamados Protega

Sistema de Chamados Protega SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 3 2. REALIZANDO ACESSO AO SISTEMA DE CHAMADOS... 4 2.1 DETALHES DA PÁGINA INICIAL... 5 3. ABERTURA DE CHAMADO... 6 3.1 DESTACANDO CAMPOS DO FORMULÁRIO... 6 3.2 CAMPOS OBRIGATÓRIOS:...

Leia mais

Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado de Roraima. AGIS Gerenciamento Eletrônico de Documentos

Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado de Roraima. AGIS Gerenciamento Eletrônico de Documentos AGIS Gerenciamento Eletrônico de Documentos 1 SUMÁRIO 1. Definições 3 1.1 Apresentação 3 1.2 Disposição do Sistema 3 2. Acessando o Sistema 4 2.1 Procedimento para regularizar o primeiro acesso 4 2.2 Procedimento

Leia mais

TUTORIAL PARA O GESTOR MUNICIPAL

TUTORIAL PARA O GESTOR MUNICIPAL PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O GESTOR MUNICIPAL 2º CICLO DA AVALIAÇÃO PELO GESTOR MUNICIPAL PROVAB 2015 Brasília/DF, 1 de setembro de 2015. 1 APRESENTAÇÃO AVALIAÇÃO

Leia mais

Dicas básicas para disciplinas/atividades na modalidade de educação a distância Mediação Digital Virtual

Dicas básicas para disciplinas/atividades na modalidade de educação a distância Mediação Digital Virtual Dicas básicas para disciplinas/atividades na modalidade de educação a distância Mediação Digital Virtual Escritório de Gestão de Projetos em EAD Unisinos http://www.unisinos.br/ead 2 A partir de agora,

Leia mais

SGB Sistema de Gestão de Bolsas Manual do Usuário

SGB Sistema de Gestão de Bolsas Manual do Usuário Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva Ministro da Educação Fernando Haddad Secretário-Executivo José Henrique Paim Fernandes Subsecretário de Assuntos Administrativos Jose Eduardo Bueno de

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Ferramenta de Fidelização Eletrônica ÁGUA DOCE SABORES DO BRASIL. Interface de OPERAÇÃO (no caixa)

MANUAL DO USUÁRIO. Ferramenta de Fidelização Eletrônica ÁGUA DOCE SABORES DO BRASIL. Interface de OPERAÇÃO (no caixa) MANUAL DO USUÁRIO Ferramenta de Fidelização Eletrônica ÁGUA DOCE SABORES DO BRASIL Interface de OPERAÇÃO (no caixa) http://abf.e-deploy.com.br/operacao/ Versão 1.0 Conteúdo Sobre o programa fidelidade

Leia mais

Guia Rápido de Utilização. Ambiente Virtual de Aprendizagem. Perfil Aluno

Guia Rápido de Utilização. Ambiente Virtual de Aprendizagem. Perfil Aluno Guia Rápido de Utilização Ambiente Virtual de Aprendizagem Perfil Aluno 2015 APRESENTAÇÃO O Moodle é um Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) open source¹. Esta Plataforma tornouse popular e hoje é utilizada

Leia mais