1 de 6 13/03/12 23:41

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "1 de 6 13/03/12 23:41"

Transcrição

1 (index.php) Pesquisa (#) Glossário (#) Conheça o GVces (#) Atividades (#) 1 de 6 13/03/12 23:41

2 Sobre sustentabilidade (#) Nossos sites (#) Contato (index.php?r=site/contact) Página inicial (/index.php)» Notícias (/index.php?r=noticias/index)» Boas Práticas: no caminho do financiamento (Entrevista - Karina Ruffo, consultora de Patrocínio do IN-PRÓ - Instituto Movimento Pró-Projetos) Notícias 2 de 6 13/03/12 23:41

3 Boas Práticas: no caminho do financiamento (Entrevista - Karina Ruffo, consultora de Patrocínio do IN-PRÓ - Instituto Movimento Pró-Projetos) Data: 02/03/2011 Autor(es): Por Júlio Santos, da Agência Ambiente Energia Empresas de vários portes, governos das três esferas e entidades da sociedade civil investiram, nos últimos anos, em projetos de responsabiliadade socioambiental. Seja por uma ação estratégica coordenada ou por puro marketing, o fato é que o número de iniciativas cresceu. No entanto, o resultado poderia ainda ser melhor, se no Brasil fosse mais difundida a possibilidade concreta de captação de recursos internacionais para financiar os projetos. Segundo o Guidestar UK 2010, somente no Reino Unido há 300 instituições que destinam recursos para projetos realizados no Brasil. Por exemplo, para o período 2007/2013, o Europeaid (Cooperação da União Europeia para o Desenvolvimento da América Latina) tem orçamento de 556 milhões euros (R$ 1,28 bilhão) para projetos de defesa dos direitos humanos, energia renovável, combate às drogas e redução da pobreza, dentre outras áreas. "Muitas empresas investem com verba corporativa. Poucas aproveitam as fontes de recursos nacionais, internacionais, editais públicos e privados direcionados para projetos", comenta Karina Ruffo, consultora de Patrocínio do IN-PRÓ - Instituto Movimento Pró-Projetos. Segundo ela, são mais de cinco mil fontes. Como exemplo, ela conta que as 10 maiores fundações americanas possuem juntas um ativo de mais de 120 trilhões de dólares. No mapeamento das iniciativas sociais de empresas dos Estados Unidos no Brasil, realizado pelo GIFE (Grupo de Institutos, Fundações e Empresas), identificou-se que R$ 204 milhões são investidos em atividades sociais no Brasil, beneficiando 39 milhões de pessoas. "O IN-PRÓ possui um diagnóstico de fontes nacionais e internacionais de recursos para as empresas conhecerem estas fontes de recursos, objetivando fortalecer os seus próprios projetos", diz. A lista inclui bancos e Organizações Internacionais (BID/ ONU/USAID/ Bird/KFW); programas de cooperação internacional (Embaixadas); e fundações internacionais. "É um caminho pouco conhecido e muito pouco explorado, acredito que vamos ter um grande crescimento nos próximos 10 anos, em virtude de o Brasil estar bem posicionado perante à economia global", estima a consultora do IN-PRÓ, que fechou parceria com a Associação Brasileira de Companhias de Energia Elétrica (ABCE), que pretende estimular esta cultura entre as empresas associadas. Neste entrevista exclusiva ao Ambiente Energia, a especialista em fontes internacionais de recursos traça um raio-x da questão no país. Agência Ambiente Energia - O mercado fala muito, hoje, em responsabilidade socioambiental. Muitas empresas vendem isso no seu marketing. Mas, afinal, como definir na prática responsabilidade ambiental? Karina Ruffo - Existem diversas maneiras de materializar ações de responsabilidade socioambiental, cada empresa busca aplicar ações de marketing junto a sua cadeia produtiva objetivando fidelização, 3 de 6 13/03/12 23:41

4 cumprimento da legislação ambiental, divulgação das boas práticas, enfim esse número só irá crescer, bem como as ações de responsabilidade social e ambiental. Quando a ação socioambiental corporativa é estratégica, ela busca convergência na geração de valores e conquistas para a sociedade e dividendos para o negócio. Nesse modelo de duplo envolvimento, as necessidades da comunidade passam a ser percebidas como oportunidades para as empresas desenvolverem novas ideias e demonstrarem suas tecnologias, identificarem e atenderam a novos mercados e de solucionarem problemas intrínsecos aos negócios. Agência Ambiente Energia - Que avaliação a senhora faz das inúmeras iniciativas existentes, nas áreas públicas e privadas? Karina Ruffo - Todas são validas, cada vez mais práticas, mais iniciativa e com isso um novo mercado de geração de renda começa a ser construido. É importante destacar também os modelos existentes de avaliação e comunicação dessas iniciativas, como GRI (Global Reporting Initiative)/modelo do Instituto Ethos, que dá um padrão no relatório dessas iniciativas e possibilita uma melhor comparação e análise dessas iniciativas socioambientais. Agência Ambiente Energia - Como as empresas brasileiras têm financiado as suas práticas? Karina Ruffo - Muitas com verba corporativa, poucas empresas aproveitam as fontes de recursos nacionais, internacionais, editais públicos e privados direcionados para projetos. Nós do IN-PRÓ possuímos um diagnóstico de fontes nacionais e internacionais de recursos para as empresas conhecerem estas fontes de recursos, objetivando fortalecer os seus próprios projetos. Agência Ambiente Energia - Captar recursos internacionais ainda é um caminho pouco conhecido por aqui. Como justificar este desconhecimento?' Karina Ruffo - É um caminho pouco conhecido e muito pouco explorado, acredito que vamos ter um grande crescimento nos próximos 10 anos, em virtude de o Brasil estar bem posicionado perante à economia global. A justificativa para esse desconhecimento são diversas, mas vamos citar as três mais importantes: O Brasil a tão pouco tempo era um país no cartório, devia para FMI e outros, hoje gozamos de modelo de economia, não devemos mais para o FMI e este fato nos leva a ser bem aceitos nas fontes de recursos. Portanto, estamos falando de um acontecimento recente que bloqueava esta prática. A falta de profissionais preparados e equipe técnica são dois itens que ainda precisamos melhorar. Agência Ambiente Energia - Quais são as principais fontes existentes no exterior? Dá para estimar o volume de recursos existentes? Karina Ruffo - São mais de cinco mil fontes. Não temos este valor total, podemos estimar valores por fontes. Como exemplo, as 10 maiores fundações americanas possuem juntas um ativo de mais de 120 trilhões de dólares. Agência Ambiente Energia - Quais são os caminhos para a obtenção destes recursos? Karina Ruffo - Conhecer as fontes, visitá-las e ter um bom projeto alinhado com as premissas destas fontes, uma boa equipe para executar os projetos, resultados esperados e factiveis, enfim a cada caso é necessário uma análise melhor. 4 de 6 13/03/12 23:41

5 Agência Ambiente Energia - Como anda o desenvolvimento de projetos nas áreas de energia renovável, meio ambiente, eficiência energética e sustentabilidade no Brasil? Karina Ruffo - Em pleno crescimento, o setor energético está se preparando tecnicamente para aproveitar estas fontes de recursos, isso mostra uma certa tendência que os demais setores tambem devem começar a fazer. O BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) é uma fonte de recursos, que trabalha muito no apoio para desenvolvimento de projetos com esta temática. Agência Ambiente Energia - No Brasil, quais são as principais fontes de financiamento? Karina Ruffo - No Brasil existem aproximadamente 900 fontes de recursos, somando R$ 65 bilhões ao ano, segundo dados do Tribunal de Contas da União (TCU). As principais por setor e segmento ou as mais conhecidas: Lei federal do Esporte; Lei Rouanet; Fia - Fundo da Infancia e Adolescencia; Fundo Nacional do Idoso. Nos estados temos as leis estaduais e nos municípios idem. Possuímos também uma centena de fundos não reembolsáveis. Agência Ambiente Energia - Como é a atuação do In-Pró - Instituto Movimento Pró-Projetos? Karina Ruffo - O IN-PRÓ - Instituto Movimento Pró-Projetos, criado em julho de 1997, é uma empresa brasileira de consultoria corporativa. O foco de seu negócio, com resultados efetivos e mensuráveis para os seus clientes, é a identificação de oportunidades para a utilização de leis de incentivos fiscais, fontes nacionais e internacionais de recursos. Eficazes soluções administrativas, econômicas e financeiras viabilizam projetos nas áreas do esporte, responsabilidade social, meio ambiente, ciência e tecnologia, geração de renda e cultura. Além das vantagens financeiras inerentes ao uso de incentivos fiscais, a realização de programas de cidadania e responsabilidade socioambiental, principalmente quando alinhados ao core business das empresas, lhes proporciona significativo ganho de imagem institucional perante clientes, fornecedores, consumidores, setor público e toda a sua rede de relacionamento. Agência Ambiente Energia - Como surgiu a parceria com a Associação Brasileira de Companhias de Energia Elétrica (ABCE)? Karina Ruffo - Demanda de mercado por parte do setor, iniciativa da ABCE de procurar uma empresa especializada e muitas fontes de recursos a serem prospectadas e exploradas. WP Greet Box icon X Aprenda a elaborar um Inventário Corporativo de GEE com especialistas responsáveis pelos inventários das maiores empresas de energia do país. Fonte: Ambiente Energia As notícias reproduzidas pelo GVces têm o objetivo de oferecer um panorama do que é publicado diariamente no Brasil sobre sustentabilidade e não representam posicionamento da instituição. Organizações e pessoas citadas nessas matérias que considerem seu conteúdo prejudicial podem enviar notas de correção ou contra-argumentação para serem publicadas em espaço similar e com o mesmo destaque das notícias em questão. Fale conosco (index.php?r=site/contact) Programas 5 de 6 13/03/12 23:41

6 Inovação para Sustentabilidade (#) Sustentabilidade Empresarial (http://www.fgv.br/ces/index.php?r=site/capasecao&id=3) Finanças Sustentáveis (http://www.fgv.br/ces/index.php?r=site/capasecao&id=10) Sustentabilidade Global (http://www.fgv.br/ces/index.php?r=site/capasecao&id=7) Desenvolvimento Local (http://www.fgv.br/ces/index.php?r=site/capasecao&id=4) Sustentabilidade no Consumo (http://www.fgv.br/ces/index.php?r=site/capasecao&id=8) Formação para Sustentabilidade (http://www.fgv.br/ces/index.php?r=site/capasecao&id=6) Sites Centro de Estudos em Sustentabilidade (http://www.fgv.br/ces) Programa Brasileiro GHG Protocol (http://fgv.br/ces/ghg) Empresas pelo Clima (http://fgv.br/ces/epc) Índice de Sustentabilidade Empresarial BM&F Bovespa (http://fgv.br/ces/ise) Formação Integrada para Sustentabilidade (http://fgv.br/ces/fis) Revista Página 22 (http://fgv.br/ces/pagina22) Blog Coletivo Sustentável (http://blog.gvces.com.br) Redes Sociais Facebook (http://www.facebook.com/fgvces) Twitter (http://twitter.com/gvces) You Tube (http://www.youtube.com/gvces?gl=br&hl=pt) Slide Share (http://www.slideshare.net/gvcessp) Podomatic (http://gvces.podomatic.com/) FGVces - (http://www.fgv.br/ces) Avenida 9 de Julho, º andar - Sâo Paulo/SP (11) Todos os direitos reservados. 6 de 6 13/03/12 23:41

Panorama Geral das Leis de Incentivo à Cultura e ao Esporte. São Paulo/SP, 24 de junho de 2010

Panorama Geral das Leis de Incentivo à Cultura e ao Esporte. São Paulo/SP, 24 de junho de 2010 Panorama Geral das Leis de Incentivo à Cultura e ao Esporte São Paulo/SP, 24 de junho de 2010 Todos os direitos registrados e reservados na Fundação da Biblioteca Nacional - Brasil - 2010 IN-PRÓ Instituto

Leia mais

ABCE REVITALIZADA PLANEJAMENTO 2011-2015

ABCE REVITALIZADA PLANEJAMENTO 2011-2015 ABCE REVITALIZADA PLANEJAMENTO 2011-2015 1 Destaques do levantamento de referências de associações internacionais Além dos membros associados, cujos interesses são defendidos pelas associações, há outras

Leia mais

Mecanismo de Garantia para Eficiência Energética e Energias Renováveis (EEGM) Alvaro Silveira Atla Consultoria

Mecanismo de Garantia para Eficiência Energética e Energias Renováveis (EEGM) Alvaro Silveira Atla Consultoria Mecanismo de Garantia para Eficiência Energética e Energias Renováveis (EEGM) Alvaro Silveira Atla Consultoria Institucional Quem somos? O Programa das Nações Unidas para o desenvolvimento (PNUD) é o órgão

Leia mais

Empresas e as mudanças climáticas

Empresas e as mudanças climáticas Empresas e as mudanças climáticas O setor empresarial brasileiro, por meio de empresas inovadoras, vem se movimentando rumo à economia de baixo carbono, avaliando seus riscos e oportunidades e discutindo

Leia mais

Semana de Sustentabilidade Como Captar Recursos?

Semana de Sustentabilidade Como Captar Recursos? Semana de Sustentabilidade Como Captar Recursos? 17.Set.2014 Esta atividade faz parte do Programa de Educação Ambiental conforme requerido pelo Licenciamento Ambiental Federal conduzido pelo IBAMA Como

Leia mais

Roberto Strumpf 01.06.2011. Mensuração e Gestão de GEE

Roberto Strumpf 01.06.2011. Mensuração e Gestão de GEE Roberto Strumpf 01.06.2011 Mensuração e Gestão de GEE Conteúdo A economia de baixo carbono Mensuração de emissões Programa Brasileiro GHG Protocol Gestão de emissões Plataforma Empresas Pelo Clima Economia

Leia mais

CURSO FERRAMENTAS DE GESTÃO IN COMPANY

CURSO FERRAMENTAS DE GESTÃO IN COMPANY CURSO FERRAMENTAS DE GESTÃO IN COMPANY Instrumental e modular, o Ferramentas de Gestão é uma oportunidade de aperfeiçoamento para quem busca conteúdo de qualidade ao gerenciar ações sociais de empresas

Leia mais

2013 Inventta Todos os direitos reservados.

2013 Inventta Todos os direitos reservados. Agenda Quem Somos Gerindo a Inovação nas Empresas Estímulos Governamentais à Inovação Resultados da pesquisa FDC/Inventta Conclusões O GRUPO A Inventta é uma consultoria especializada em gestão da inovação,

Leia mais

Todas as edições do NIPEenergia estão disponíveis na íntegra no site do NIPE: www.nipeunicamp.org.br

Todas as edições do NIPEenergia estão disponíveis na íntegra no site do NIPE: www.nipeunicamp.org.br Campinas, 07 de Fevereiro de 2011. (Número 765) Todas as edições do NIPEenergia estão disponíveis na íntegra no site do NIPE: www.nipeunicamp.org.br SIGA O NIPE PELO TWITTER! O NIPE/Unicamp agora está

Leia mais

Em Crise Profunda no Mercado Interno. Em Expansão Acelerada nos Mercados Externos

Em Crise Profunda no Mercado Interno. Em Expansão Acelerada nos Mercados Externos 2ª JORNADAS DA ESPECIALIZAÇÃO EM DIREÇÃO E GESTÃO DA CONSTRUÇÃO ENGENHARIA CIVIL OS NOVOS DESAFIOS O PAPEL DA CONSTRUÇÃO NO FUTURO Índice: Onde Estamos Europa 2020 e Crescimento da Construção em Portugal

Leia mais

POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO DA CEMIG COM A COMUNIDADE Substitui a NO-02.15 de 23/06/2009

POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO DA CEMIG COM A COMUNIDADE Substitui a NO-02.15 de 23/06/2009 03/08/2010 Pág.01 POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO DA CEMIG COM A COMUNIDADE Substitui a NO-02.15 de 23/06/2009 1. INTRODUÇÃO 1.1 A Política de Comunicação da CEMIG com a Comunidade explicita as diretrizes que

Leia mais

MARKETING MUSIC SUSTENTABILIDADE

MARKETING MUSIC SUSTENTABILIDADE MARKETING MUSIC SUSTENTABILIDADE CRIATIVIDADE E ESTRATÉGIA Poderíamos usar centenas de efeitos mirabolantes para vendermos a sua idéia. Mas não funciona assim. Pessoas são feitas de experiências, expectativas

Leia mais

Política Ambiental das Empresas Eletrobras

Política Ambiental das Empresas Eletrobras Política Ambiental das Empresas Eletrobras Versão 2.0 16/05/2013 Sumário 1 Objetivo... 3 2 Princípios... 3 3 Diretrizes... 3 3.1 Diretrizes Gerais... 3 3.1.1 Articulação Interna... 3 3.1.2 Articulação

Leia mais

EEGM Mecanismo de Garantia de Eficiência Energética. Alvaro Silveira

EEGM Mecanismo de Garantia de Eficiência Energética. Alvaro Silveira EEGM Mecanismo de Garantia de Eficiência Energética Alvaro Silveira Institucional Quem somos? O Programa das Nações Unidas para o desenvolvimento (PNUD) é o órgão da Organização das Nações Unidas (ONU)

Leia mais

Levantamento do Perfil de Responsabilidade Socioambiental nas Organizações

Levantamento do Perfil de Responsabilidade Socioambiental nas Organizações Levantamento do Perfil de Responsabilidade Socioambiental nas Organizações Brasília, 19 de abril de 2011 BLOCOS TEMÁTICOS COMPROMISSO PLANEJAMENTO E GESTÃO DESEMPENHO SUSTENTÁVEL CONTRIBUIÇÃO COM O DESENVOLVIMENTO

Leia mais

Rio de Janeiro: o melhor lugar para a sua empresa no Brasil

Rio de Janeiro: o melhor lugar para a sua empresa no Brasil Rio de Janeiro: o melhor lugar para a sua empresa no Brasil Thayne Garcia, Assessora-Chefe de Comércio e Investimentos (tgarcia@casacivil.rj.gov.br) Luciana Benamor, Assessora de Comércio e Investimentos

Leia mais

Boas Práticas: no caminho do financiamento

Boas Práticas: no caminho do financiamento Quem Somos Serviços Newsletter Anuncie Divulgue sua vaga Fale conosco Águas Alternativas Cursos e Eventos Events Eco Legis Economia Verde Educação Ambiental Em Tese Entrevistas Inovação KM Ambiental Manchete

Leia mais

EEGM. Mecanismo de Garantia em Eficiência Energética

EEGM. Mecanismo de Garantia em Eficiência Energética EEGM Mecanismo de Garantia em Eficiência Energética O Mecanismo Garantidor de Eficiência Energética (EEGM) - é um instrumento viabilizador de projetos de eficiência energética no Brasil. O Banco Interamericano

Leia mais

O IDEC é uma organização não governamental de defesa do consumidor e sua missão e visão são:

O IDEC é uma organização não governamental de defesa do consumidor e sua missão e visão são: 24/2010 1. Identificação do Contratante Nº termo de referência: TdR nº 24/2010 Plano de aquisições: Linha 173 Título: consultor para desenvolvimento e venda de produtos e serviços Convênio: ATN/ME-10541-BR

Leia mais

Associação sem fins lucrativos, fundada em 1998, por um grupo de 11 empresários; 1475 associados: empresas de diferentes setores e portes.

Associação sem fins lucrativos, fundada em 1998, por um grupo de 11 empresários; 1475 associados: empresas de diferentes setores e portes. Instituto Ethos Associação sem fins lucrativos, fundada em 1998, por um grupo de 11 empresários; 1475 associados: empresas de diferentes setores e portes. MISSÃO: Mobilizar, sensibilizar e ajudar as empresas

Leia mais

O Marketing Esportivo evoluiu. A Escala também.

O Marketing Esportivo evoluiu. A Escala também. O Marketing Esportivo evoluiu. A Escala também. O número de academias dobrou de 2007 a 2010; O futebol do Brasil é o 6º mais rico do mundo; Se na década de 70 tivemos as primeiras transmissões de eventos

Leia mais

Instituto Ethos. de Empresas e Responsabilidade Social. Emilio Martos Gerente Executivo de Relacionamento Empresarial

Instituto Ethos. de Empresas e Responsabilidade Social. Emilio Martos Gerente Executivo de Relacionamento Empresarial Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social Emilio Martos Gerente Executivo de Relacionamento Empresarial Missão do Instituto Ethos Mobilizar, sensibilizar e ajudar as empresas a gerir seus negócios

Leia mais

Metodologia gerencial que permite estabelecer a direção a ser seguida pela empresa, visando maior grau de interação com o ambiente.

Metodologia gerencial que permite estabelecer a direção a ser seguida pela empresa, visando maior grau de interação com o ambiente. Mário Sérgio Azevedo Resta CONSULTOR TÉCNICO EM NEGÓCIOS PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Metodologia gerencial que permite estabelecer a direção a ser seguida pela empresa, visando maior grau de interação com

Leia mais

POLÍTICA DE PATROCÍNIO DA ELETROBRÁS

POLÍTICA DE PATROCÍNIO DA ELETROBRÁS POLÍTICA DE PATROCÍNIO DA ELETROBRÁS agosto de 2009 Eletrobrás Política de Patrocínio da Eletrobrás A Eletrobrás, alinhada a sua missão de criar, ofertar e implementar soluções que atendam aos mercados

Leia mais

Investe São Paulo. Campinas, 17 de março de 2015

Investe São Paulo. Campinas, 17 de março de 2015 Investe São Paulo Campinas, 17 de março de 2015 Missão Ser a porta de entrada para novos investimentos e a expansão dos negócios existentes, gerando inovação tecnológica, emprego e renda. Promover a competitividade

Leia mais

PlusPixel Marketing Digital SOMOS MAIS SOCIAIS DO QUE NUNCA

PlusPixel Marketing Digital SOMOS MAIS SOCIAIS DO QUE NUNCA PlusPixel Marketing Digital SOMOS MAIS SOCIAIS DO QUE NUNCA Proposta de Marketing Digital Design inox Marketing de Resultados A PlusPixel vem oferecendo seus serviços desde o início da internet, isso nos

Leia mais

15/10/2012. Oficina de Mobilização de Recursos. Apresentação. Estrutura de um Projeto. Programação. Conteúdos

15/10/2012. Oficina de Mobilização de Recursos. Apresentação. Estrutura de um Projeto. Programação. Conteúdos Apresentação Oficina de Mobilização de Recursos 1. Nome 2. Instituição 3. Você conhece os ODM? 4. Já trabalhou com projetos? 5. Expectativas com a Oficina? odm@fiepr.org.br Programação Estrutura de um

Leia mais

Questionário de Levantamento de Informações

Questionário de Levantamento de Informações Questionário de Levantamento de Informações Critérios para Inclusão de Empresas no Fundo Ethical 1 INTRODUÇÃO Nos últimos anos se observou um aumento significativo da preocupação das empresas com questões

Leia mais

Suporte Financeiro a projetos de Geração Distribuída e Auto Geração. Alvaro Silveira Atla Consultoria Administrador Oficial IDB EEGM

Suporte Financeiro a projetos de Geração Distribuída e Auto Geração. Alvaro Silveira Atla Consultoria Administrador Oficial IDB EEGM Suporte Financeiro a projetos de Geração Distribuída e Auto Geração Alvaro Silveira Atla Consultoria Administrador Oficial IDB EEGM Desde 1959 A principal fonte de financiamento para o desenvolvimento

Leia mais

Copersucar completa 50 anos de liderança em açúcar e etanol com planos para aumentar ainda mais sua atuação global

Copersucar completa 50 anos de liderança em açúcar e etanol com planos para aumentar ainda mais sua atuação global Copersucar completa 50 anos de liderança em açúcar e etanol com planos para aumentar ainda mais sua atuação global Exportações de açúcar da empresa devem aumentar 86% na safra 2009/2010 A Copersucar completa

Leia mais

Nas áreas urbanas, 44% da população está conectada à internet. 97% das empresas e 23,8% dos domicílios brasileiros estão conectados à internet.

Nas áreas urbanas, 44% da população está conectada à internet. 97% das empresas e 23,8% dos domicílios brasileiros estão conectados à internet. Algumas pesquisa realizada recentemente, revelaram resultados surpreendentes sobre o uso da Internet nas empresas no Brasil. Neste artigo interpreta alguns dados e lhe revela as soluções que podem ajudar

Leia mais

PROGRAMA DE PATROCÍNIO DA COELBA

PROGRAMA DE PATROCÍNIO DA COELBA PROGRAMA DE PATROCÍNIO DA COELBA Guia Básico do Proponente Resumo das diretrizes e critérios da Coelba/ Grupo Neoenergia para patrocínios a projetos socioculturais e ambientais. 1 Índice Introdução 2 1.

Leia mais

POLíTICA DE PATROCíNIOS E DOAÇÕES GRUPO VOLVO América latina

POLíTICA DE PATROCíNIOS E DOAÇÕES GRUPO VOLVO América latina POLíTICA DE PATROCíNIOS E DOAÇÕES GRUPO VOLVO América latina índice APRESENTAÇÃO...3 POLíTICA DE PATROCíNIOS Do Grupo Volvo América Latina...3 1. Objetivos dos Patrocínios...3 2. A Volvo como Patrocinadora...3

Leia mais

A confluência dos vídeos e a Internet

A confluência dos vídeos e a Internet WHITEPAPER A confluência dos vídeos e a Internet Por que sua empresa deveria investir em vídeos em 2013 e como a Construção Civil pode utilizar os vídeos como diferencial competitivo. 1 Saiba como os vídeos

Leia mais

Estratégias para o desenvolvimento humano

Estratégias para o desenvolvimento humano ofício Estratégias para o desenvolvimento humano A Olhar Cidadão é uma empresa de planejamento estratégico, gestão e inovação, na qual se desenvolvem soluções integradas, projetos e ideias que contribuam

Leia mais

Estratégias Empresariais Geradoras de Valor Durável

Estratégias Empresariais Geradoras de Valor Durável hapiterra.com Curso de Formação em Estratégias Empresariais Geradoras de Valor Durável Como aplicar o pensamento sistêmico na estratégia empresarial? Crescimento e sustentabilidade são compatíveis? Como

Leia mais

RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL NO SETOR SUCROALCOOLEIRO

RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL NO SETOR SUCROALCOOLEIRO CANA SUL 2008 RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL NO SETOR SUCROALCOOLEIRO Maria Luiza Barbosa Campo Grande, 23 de agosto de 2008 RESPONSABILIDADE SOCIAL EMPRESARIAL É a forma de gestão que se define pela

Leia mais

O termo negócio social foi cunhado inicialmente por Muhammad Yunus, indiano, doutor em Economia, professor e laureado com o Prêmio Nobel da Paz em

O termo negócio social foi cunhado inicialmente por Muhammad Yunus, indiano, doutor em Economia, professor e laureado com o Prêmio Nobel da Paz em Negócio Social O termo negócio social foi cunhado inicialmente por Muhammad Yunus, indiano, doutor em Economia, professor e laureado com o Prêmio Nobel da Paz em 2006 Classifica um determinado empreendimento

Leia mais

Gerência de Articulação Institucional

Gerência de Articulação Institucional Gerência de Articulação Institucional Rio sediará a 1ª Olimpíada da América do Sul. Geração de R$ 100 bilhões em riquezas no País. Copa das Confederações 2013 e Copa do Mundo 2014 => novos investimentos

Leia mais

O sucesso da política depende do forte comprometimento de cada um dos envolvidos no processo, de governo e empresas até consumidores.

O sucesso da política depende do forte comprometimento de cada um dos envolvidos no processo, de governo e empresas até consumidores. ECONOMIA - 19/08/14 BRIEFING DE POSICIONAMENTO SOBRE A POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS 1. CONTEXTO Posicionamento geral para quaisquer entrevistas realizadas no âmbito da terceira edição do projeto

Leia mais

Pesquisa de Gestão e Capacitação Organizacional no 3º Setor principais conclusões. novembro 2012. apoio

Pesquisa de Gestão e Capacitação Organizacional no 3º Setor principais conclusões. novembro 2012. apoio Pesquisa de Gestão e Capacitação Organizacional no 3º Setor principais conclusões novembro 2012 apoio 2 do CEO Carta do CEO A pesquisa levanta questões interessantes relativas à sustentabilidade e à boa

Leia mais

O Setor Elétrico Brasileiro e a Sustentabilidade no Século 21 Oportunidades e Desafios

O Setor Elétrico Brasileiro e a Sustentabilidade no Século 21 Oportunidades e Desafios O Setor Elétrico Brasileiro e a Sustentabilidade no Século 21 Oportunidades e Desafios Português Resumo Executivo Esta é a segunda edição revista e ampliada da publicação: O Setor Elétrico Brasileiro e

Leia mais

GVces: Centro de Estudos em Sustentabilidade da Fundação Getulio Vargas (EAESP)

GVces: Centro de Estudos em Sustentabilidade da Fundação Getulio Vargas (EAESP) GVces: Centro de Estudos em Sustentabilidade da Fundação Getulio Vargas (EAESP) Centro de Estudos em Sustentabilidade da Fundação Getulio Vargas (GVces) A criação do GVces em 2003 na FGV-EAESP foi uma

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA PARA CREDENCIAMENTO NO SISTEMA EMBRAPII

CHAMADA PÚBLICA PARA CREDENCIAMENTO NO SISTEMA EMBRAPII CHAMADA PÚBLICA PARA CREDENCIAMENTO NO SISTEMA EMBRAPII A Associação Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial EMBRAPII torna público o processo de seleção para credenciamento de Unidades EMBRAPII (UE)

Leia mais

Empresas Familiares aprimoramento da governança corporativa para o sucesso do negócio

Empresas Familiares aprimoramento da governança corporativa para o sucesso do negócio Empresas Familiares aprimoramento da governança corporativa para o sucesso do negócio Nome Desarrollo de Sistemas de Gobierno y Gestión en Empresas de Propiedad Familiar en el Perú Objetivo Contribuir

Leia mais

Plano de Ação 2016 GRACE

Plano de Ação 2016 GRACE Plano de Ação 2016 GRACE Mensagem da Direção É tempo de preparar mais um ano de intensa atividade do GRACE, procurando consolidar o capital de experiência e partilha acumulado e alargar novas perspetivas

Leia mais

Governança e Sustentabilidade. Pós-graduação FECAP Coordenadoria Marcelo de Aguiar Coimbra

Governança e Sustentabilidade. Pós-graduação FECAP Coordenadoria Marcelo de Aguiar Coimbra Governança e Sustentabilidade Pós-graduação FECAP Coordenadoria Marcelo de Aguiar Coimbra A Pós-Graduação em Governança e Sustentabilidade FECAP foi concebida para fornecer as competências necessárias

Leia mais

Promover um ambiente de trabalho inclusivo que ofereça igualdade de oportunidades;

Promover um ambiente de trabalho inclusivo que ofereça igualdade de oportunidades; POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE OBJETIVO Esta Política tem como objetivos: - Apresentar as diretrizes de sustentabilidade que permeiam a estratégia e a gestão; - Fomentar e apoiar internamente as inovações

Leia mais

Sustentabilidade nas instituições financeiras Os novos horizontes da responsabilidade socioambiental

Sustentabilidade nas instituições financeiras Os novos horizontes da responsabilidade socioambiental Sustentabilidade nas instituições financeiras Os novos horizontes da responsabilidade socioambiental O momento certo para incorporar as mudanças A resolução 4.327 do Banco Central dispõe que as instituições

Leia mais

Como o CERNE foi construído?

Como o CERNE foi construído? Por que CERNE? O movimento brasileiro de incubadoras vem crescendo a uma taxa expressiva nos últimos dez anos, alcançando uma média superior a 25% ao ano. Atualmente, as incubadoras brasileiras apóiam

Leia mais

POLíTICA DE PATROCíNIOS E DOAÇÕES VOLVO DO BRASIL

POLíTICA DE PATROCíNIOS E DOAÇÕES VOLVO DO BRASIL POLíTICA DE PATROCíNIOS E DOAÇÕES VOLVO DO BRASIL índice APRESENTAÇÃO...3 POLíTICA DE PATROCíNIOS DA VOLVO DO BRASIL...3 1. Objetivos dos Patrocínios...3 2. A Volvo como Patrocinadora...3 3. Foco de Atuação...4

Leia mais

A LB Comunica desenvolve estratégias e ações de marketing e comunicação, feitas sob medida para a realidade e as necessidades de cada cliente.

A LB Comunica desenvolve estratégias e ações de marketing e comunicação, feitas sob medida para a realidade e as necessidades de cada cliente. .a agência A LB Comunica desenvolve estratégias e ações de marketing e comunicação, feitas sob medida para a realidade e as necessidades de cada cliente. Nosso compromisso é auxiliar empresas e organizações

Leia mais

Sua empresa mais competitiva! Projeto de Patrocínio EXPEN 2014

Sua empresa mais competitiva! Projeto de Patrocínio EXPEN 2014 Sua empresa mais competitiva! Projeto de Patrocínio EXPEN 2014 1ª FEIRA DO SUL DO BRASIL COM SOLUÇÕES COMPLETAS DE GESTÃO, SERVIÇOS E TECNOLOGIA PARA A SUA EMPRESA Na EXPEN 2014, você encontrará tecnologia,

Leia mais

Estudantes e Profissionais da área de Saúde do Paraná e outros estados.

Estudantes e Profissionais da área de Saúde do Paraná e outros estados. O EVENTO A saúde no Brasil é uma área em constante evolução. Buscar novas tecnologias, discutir tendências e oportunidades, assim como identificar formas de financiamento para a pesquisa e o desenvolvimento

Leia mais

PRINCÍPIOS PARA SUSTENTABILIDADE EM SEGURO GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE

PRINCÍPIOS PARA SUSTENTABILIDADE EM SEGURO GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE PRINCÍPIOS PARA SUSTENTABILIDADE EM SEGURO 2014 GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE O modelo de Gestão da Sustentabilidade do GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE é focado no desenvolvimento de

Leia mais

Aplicar na Bolsa, visando à formação de. envolve normalmente um horizonte de longo prazo. socialmente responsáveis e sustentabilidade

Aplicar na Bolsa, visando à formação de. envolve normalmente um horizonte de longo prazo. socialmente responsáveis e sustentabilidade OQUEABOLSATEMA A VER COM SUSTENTABILIDADE? Aplicar na Bolsa, visando à formação de patrimônio ou reservas para a utilização futura, envolve normalmente um horizonte de longo prazo. Selecionar empresas

Leia mais

BENEFÍCIOS COM A SMALL

BENEFÍCIOS COM A SMALL BENEFÍCIOS COM A SMALL 2012. Small Consultoria Avenida Engenheiro Caetano Álvares, 530 Casa Verde, São Paulo S.P. Tel. 11 2869.9699 / 11 2638.5372 Todos os direitos reservados. A IDEIA Dentre os exemplos

Leia mais

Copyright 2012 Shield Security as a Service. Todos os direitos reservados.

Copyright 2012 Shield Security as a Service. Todos os direitos reservados. www.shieldsaas.com contato@shieldsaas.com Quais os objetivos? Por que se audita? Como se audita? Como me beneficiar? DO COMEÇO... POR QUE SOU AUDITADO? Para que serve uma empresa? Produzir algo Prestar

Leia mais

OIT DESENVOLVIMENTO DE EMPRESA SOCIAL: UMA LISTA DE FERRAMENTAS E RECURSOS

OIT DESENVOLVIMENTO DE EMPRESA SOCIAL: UMA LISTA DE FERRAMENTAS E RECURSOS OIT DESENVOLVIMENTO DE EMPRESA SOCIAL: UMA LISTA DE FERRAMENTAS E RECURSOS FERRAMENTA A QUEM É DESTINADA? O QUE É O QUE FAZ OBJETIVOS Guia de finanças para as empresas sociais na África do Sul Guia Jurídico

Leia mais

A Fundação Espaço ECO

A Fundação Espaço ECO www.espacoeco.org Sustentabilidade que se mede A Fundação Espaço ECO (FEE ) é um Centro de Excelência em Educação e Gestão para a sustentabilidade, que mede e avalia a sustentabilidade por meio de metodologias

Leia mais

Índice. 03 A Empresa. 04 Missão Visão Valores 05 Nossos Eventos 23 Corpbusiness - Patrocínio 24 Divulgação 25 Expediente

Índice. 03 A Empresa. 04 Missão Visão Valores 05 Nossos Eventos 23 Corpbusiness - Patrocínio 24 Divulgação 25 Expediente MÍDIA KIT 2014 Índice 03 A Empresa 04 Missão Visão Valores 05 Nossos Eventos 23 Corpbusiness - Patrocínio 24 Divulgação 25 Expediente A empresa Fundada em 2007, a empresa possui uma grade anual com diversos

Leia mais

BNDESPAR INGRESSA NO CAPITAL SOCIAL DA RENOVA ENERGIA

BNDESPAR INGRESSA NO CAPITAL SOCIAL DA RENOVA ENERGIA BNDESPAR INGRESSA NO CAPITAL SOCIAL DA RENOVA ENERGIA Por meio de um investimento estratégico de até R$314,7 milhões, a BNDESPAR ingressa no capital social da Renova Energia. Parceria de Longo Prazo A

Leia mais

Política de Patrocínios e Doações da Volvo do Brasil

Política de Patrocínios e Doações da Volvo do Brasil Política de Patrocínios e Doações da Volvo do Brasil Data de publicação: 10/07/2007 Última atualização: 10/07/2007 APRESENTAÇÃO Os patrocínios exercem um importante papel na estratégia de comunicação e

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Nº XXXX CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA ESPECIALIZADA

TERMO DE REFERÊNCIA Nº XXXX CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA ESPECIALIZADA TERMO DE REFERÊNCIA Nº XXXX CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA ESPECIALIZADA Contrato por Produto - Nacional Número e Título do Projeto: BRA/09/004 Fortalecimento da CAIXA no seu processo de internacionalização

Leia mais

POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE

POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE 1. OBJETIVO E ABRANGÊNCIA Esta Política tem como objetivos: Apresentar de forma transparente os princípios e as diretrizes de sustentabilidade que permeiam a estratégia e direcionam

Leia mais

Posição da indústria química brasileira em relação ao tema de mudança climática

Posição da indústria química brasileira em relação ao tema de mudança climática Posição da indústria química brasileira em relação ao tema de mudança climática A Abiquim e suas ações de mitigação das mudanças climáticas As empresas químicas associadas à Abiquim, que representam cerca

Leia mais

SUMÁRIO. 1ª edição / Setembro 2011

SUMÁRIO. 1ª edição / Setembro 2011 APRESENTAÇÃO O conceito de Responsabilidade Social Empresarial está relacionado com a ética e a transparência na gestão dos negócios e obrigatoriamente deve estar refletivo nas decisões cotidianas de todas

Leia mais

Política de Responsabilidade Socioambiental

Política de Responsabilidade Socioambiental Política de Responsabilidade Socioambiental Novembro 2012 Página 1 1 1. Introdução A Política de Responsabilidade Socioambiental da Brasilcap consolida as diretrizes de ação social, ambiental e econômica.

Leia mais

GESTÃ T O O E P RÁ R TI T C I AS DE R E R CUR U S R OS

GESTÃ T O O E P RÁ R TI T C I AS DE R E R CUR U S R OS Ensinar para administrar. Administrar para ensinar. E crescermos juntos! www.chiavenato.com GESTÃO E PRÁTICAS DE RECURSOS HUMANOS Para Onde Estamos Indo? Idalberto Chiavenato Algumas empresas são movidas

Leia mais

4 O CASO PETROBRAS 4.1 HISTÓRICO DA PETROBRAS

4 O CASO PETROBRAS 4.1 HISTÓRICO DA PETROBRAS 4 O CASO PETROBRAS 4.1 HISTÓRICO DA PETROBRAS A Petrobras foi criada em 3 de outubro de 1953, pela Lei 2.004, assinada pelo então presidente Getúlio Vargas, em meio a um ambiente de descrédito em relação

Leia mais

FIESP Sustentabilidade Financiamentos para PME

FIESP Sustentabilidade Financiamentos para PME FIESP Sustentabilidade Financiamentos para PME Junho/2013 Diretoria de Sustentabilidade Linda Murasawa Brasil SANTANDER NO MUNDO 102 milhões DE CLIENTES 14.392 AGÊNCIAS 186.763 FUNCIONÁRIOS Dezembro de

Leia mais

Nossa atuação no setor financeiro

Nossa atuação no setor financeiro Nossa atuação no setor financeiro No mundo No Brasil O porte da equipe de Global Financial Services Industry (GFSI) da Deloitte A força da equipe do GFSI da Deloitte no Brasil 9.300 profissionais;.850

Leia mais

Pós Graduação em Gestão do Entretenimento

Pós Graduação em Gestão do Entretenimento Pós Graduação em Gestão do Entertainment Business Management Público - alvo Indicado para profissionais e empreendedores que necessitam de habilidades e ferramentas para a atuação no setor de gestão, nas

Leia mais

Histórico 2006/ 2010

Histórico 2006/ 2010 Histórico 2006/ 2010 Programa Na Mão Certa O Programa Na Mão Certa, uma iniciativa da Childhood Brasil, que tem como objetivo reunir esforços para mobilizar governos, empresas e organizações da sociedade

Leia mais

PROGRAMA DE PATROCÍNIO DA COSERN

PROGRAMA DE PATROCÍNIO DA COSERN PROGRAMA DE PATROCÍNIO DA COSERN Resumo das diretrizes e critérios da COSERN/ Grupo Neoenergia para patrocínios a projetos socioculturais e ambientais. Guia Básico do Proponente 1 Índice Introdução 2 1.

Leia mais

Terceiro Setor, Cultura e Responsabilidade Social. Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados. Todos os direitos reservados.

Terceiro Setor, Cultura e Responsabilidade Social. Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados. Todos os direitos reservados. Terceiro Setor, Cultura e Responsabilidade Social Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados. Todos os direitos reservados. Nossos serviços Nossa equipe atende empresas que investem em responsabilidade

Leia mais

Estratégias Empresariais de Adaptação

Estratégias Empresariais de Adaptação Estratégias Empresariais de Adaptação Seminário: Cenários Corporativos de Riscos Climáticos no Brasil e a Inovação Regulatória da Administração Barack Obama 29 de setembro, 2015 MISSÃO Expandir continuamente

Leia mais

Captação de Recursos. Fernando Cavalcanti 04.Jun.2013. Encontro de Capacitação sobre Projetos Sociais Capacitado, você pode mais!

Captação de Recursos. Fernando Cavalcanti 04.Jun.2013. Encontro de Capacitação sobre Projetos Sociais Capacitado, você pode mais! Captação de Recursos Fernando Cavalcanti 04.Jun.2013 Encontro de Capacitação sobre Projetos Sociais Capacitado, você pode mais! Como Captar Recursos? Existem diversas maneiras das organizações conseguirem

Leia mais

Como Fazer Negócios com o Governo Business to Government B2G

Como Fazer Negócios com o Governo Business to Government B2G Como Fazer Negócios com o Governo Business to Government B2G Porque fazer negócios com o Governo? Descubra a maneira mais eficiente de fazer negócios com o Governo. Como Fazer Negócios com o Governo Business

Leia mais

PALESTRA: FONTES DE FINANCIAMENTO E ESTRATÉGIAS PARA CAPTAÇÃO DE RECURSOS

PALESTRA: FONTES DE FINANCIAMENTO E ESTRATÉGIAS PARA CAPTAÇÃO DE RECURSOS PALESTRA: FONTES DE FINANCIAMENTO E ESTRATÉGIAS PARA CAPTAÇÃO DE RECURSOS AGÊNCIAS INTERNACIONAIS BILATERAIS JAPÃO JICA ALEMANHA - GTZ ITÁLIA FRANÇA ESTADOS UNIDOS - USAID CANADÁ - CIDA BRITISH COUNCIL

Leia mais

Agenda. Inovação. A Finep. Instrumentos de Apoio (Reembolsável, Não-Reembolsável, Fundos) Inova Empresa / Inova Saúde. Programas de Descentralização

Agenda. Inovação. A Finep. Instrumentos de Apoio (Reembolsável, Não-Reembolsável, Fundos) Inova Empresa / Inova Saúde. Programas de Descentralização Agenda Inovação A Finep Instrumentos de Apoio (Reembolsável, Não-Reembolsável, Fundos) Inova Empresa / Inova Saúde Programas de Descentralização Nova fase da FINEP O que é inovação? Inovação é a introdução

Leia mais

Agosto. São Paulo Brasil. connectedsmartcities.com.br

Agosto. São Paulo Brasil. connectedsmartcities.com.br 03 a 05 Agosto 2015 São Paulo Brasil connectedsmartcities.com.br Por que Connected Smart Cities? As grandes e modernas cidades são, talvez, as mais importantes realizações do homem, por serem responsáveis,

Leia mais

Seminário GVcev Franchising: Tendências e Desafios. Seleção e Recrutamento de Franqueados Filomena Garcia

Seminário GVcev Franchising: Tendências e Desafios. Seleção e Recrutamento de Franqueados Filomena Garcia Seminário GVcev Franchising: Tendências e Desafios Seleção e Recrutamento de Franqueados Filomena Garcia Filomena Garcia Sócia-Diretora do Grupo Cherto: Comercial, Expansão de Franquias e Rede de Negócios

Leia mais

CIEDS, Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável Missão:

CIEDS, Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável Missão: O CIEDS, Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável, é uma Instituição Social Sem Fins Lucrativos, de Utilidade Pública Federal, fundada em 1998, com sede na cidade do Rio de

Leia mais

Responsabilidade Socioambiental e Sustentabilidade

Responsabilidade Socioambiental e Sustentabilidade Responsabilidade Socioambiental e Sustentabilidade - Uma Estratégia Empreendedora - Roberta Cardoso Abril/2008 Por que o mundo inteiro fala em Sustentabilidade? AQUECIMENTO GLOBAL Evidências: Aumento

Leia mais

POLÍTICA DE PESQUISA, DESENVOLVIMENTO E INOVAÇÃO DA ELETROSUL

POLÍTICA DE PESQUISA, DESENVOLVIMENTO E INOVAÇÃO DA ELETROSUL POLÍTICA DE PESQUISA, DESENVOLVIMENTO E INOVAÇÃO DA ELETROSUL Departamento de Planejamento, Pesquisa e Desenvolvimento - DPD Diretoria de Engenharia 1 ÍNDICE 1 PÚBLICO ALVO... 3 2 FINALIDADE...3 3 FUNDAMENTOS...

Leia mais

CONSELHO TEMÁTICO DA MICRO, PEQUENA E MÉDIA INDÚSTRIA

CONSELHO TEMÁTICO DA MICRO, PEQUENA E MÉDIA INDÚSTRIA ASSUNTOS TRATADOS Cartilha sobre produtos e serviços bancários para Micro e Pequenos Empresários Apresentação dos cases de sucesso e fracasso no setor da Construção Civil Notícias sobre o Fórum Permanente

Leia mais

O que é o mercado de carbono e como ele opera no Brasil?

O que é o mercado de carbono e como ele opera no Brasil? O que é o mercado de carbono e como ele opera no Brasil? Fernando B. Meneguin 1 O crédito de carbono é um certificado eletrônico que é emitido quando há diminuição de emissão de gases que provocam o efeito

Leia mais

Objetivos do Pacto Global da ONU

Objetivos do Pacto Global da ONU nossa missão global Objetivos do Pacto Global da ONU A maior iniciativa voluntária do mundo para a responsabilidade corporativa está presente em 145 países com mais de 8 mil participantes corporativos.

Leia mais

1. Informações Institucionais

1. Informações Institucionais 1. Informações Institucionais Nossa Empresa Líder mundial em eventos de negócios e consumo, a Reed Exhibitions atua na criação de contatos, conteúdo e comunidades com o poder de transformar negócios Números

Leia mais

Protocolo de Sustentabilidade do Carvão Vegetal. Rio de Janeiro, 8 de maio de 2013

Protocolo de Sustentabilidade do Carvão Vegetal. Rio de Janeiro, 8 de maio de 2013 Protocolo de Sustentabilidade do Carvão Vegetal Rio de Janeiro, 8 de maio de 2013 Histórico O Protocolo foi assinado em 03 abril de 2012, pelas empresas: Aperam South America ArcelorMittal Gerdau Siderúrgica

Leia mais

Projeto: Rede MERCOSUL de Tecnologia

Projeto: Rede MERCOSUL de Tecnologia ANEXO XIII XXXIII REUNIÓN ESPECIALIZADA DE CIENCIA Y TECNOLOGÍA DEL MERCOSUR Asunción, Paraguay 1, 2 y 3 de junio de 2005 Gran Hotel del Paraguay Projeto: Rede MERCOSUL de Tecnologia Anexo XIII Projeto:

Leia mais

Diagnóstico de Competências para a Exportação

Diagnóstico de Competências para a Exportação Diagnóstico de Competências para a Exportação em Pequenas e Médias Empresas (PME) Guia de Utilização DIRECÇÃO DE ASSISTÊNCIA EMPRESARIAL Departamento de Promoção de Competências Empresariais Índice ENQUADRAMENTO...

Leia mais

A ABEMD trabalha para incentivar, valorizar, desenvolver e difundir o Marketing Direto no Brasil.

A ABEMD trabalha para incentivar, valorizar, desenvolver e difundir o Marketing Direto no Brasil. A ABEMD, Associação Brasileira de Marketing Direto, é uma entidade civil, sem fins lucrativos, fundada em 1976 e constituída por pessoas jurídicas e físicas interessadas na aplicação de estratégias e técnicas

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES

RELATÓRIO DE ATIVIDADES RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2012 Sumário 1. Apresentação 2. Projetos e ações 3. Gestão participativa 4. Comunicação institucional 5. Resultados 6. Planejamento 2013/2014 7. Agradecimentos 1. Apresentação A

Leia mais

10 Passos para o Relatório de Sustentabilidade da sua Empresa

10 Passos para o Relatório de Sustentabilidade da sua Empresa Curso Prático para Elaboração de Relatório de Sustentabilidade GRI 4.0 Taubaté- São Paulo 10 Passos para o Relatório de Sustentabilidade da sua Empresa 10 Passos para o seu Relatório de Sustentabilidade

Leia mais

1. PRÁTICA EFICAZ DE GESTÃO EDUCACIONAL Gestão do ciclo completo de relacionamento com o aluno SRM da Universidade Feevale

1. PRÁTICA EFICAZ DE GESTÃO EDUCACIONAL Gestão do ciclo completo de relacionamento com o aluno SRM da Universidade Feevale RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO 1. PRÁTICA EFICAZ DE GESTÃO EDUCACIONAL Gestão do ciclo completo de relacionamento com o aluno SRM da Universidade Feevale 1.1 Histórico da Prática Eficaz Por meio do Departamento

Leia mais

Metodologia. Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Público Alvo: Amostra: 500 entrevistas realizadas. Campo: 16 a 29 de Setembro de 2010

Metodologia. Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Público Alvo: Amostra: 500 entrevistas realizadas. Campo: 16 a 29 de Setembro de 2010 Metodologia Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Através de e-survey - via web Público Alvo: Executivos de empresas associadas e não associadas à AMCHAM Amostra: 500 entrevistas realizadas Campo: 16

Leia mais

Política de Sustentabilidade

Política de Sustentabilidade Política de Sustentabilidade Sul Mineira 1 Índice Política de Sustentabilidade Unimed Sul Mineira Mas o que é Responsabilidade Social? Premissas Básicas Objetivos da Unimed Sul Mineira Para a Saúde Ambiental

Leia mais

Especialização em Comunicação Organizacional e Reputação Corporativa - NOVO

Especialização em Comunicação Organizacional e Reputação Corporativa - NOVO Especialização em Comunicação Organizacional e Reputação Corporativa - NOVO Apresentação Previsão de Início Julho/2013 Inscrições em Breve - Turma 01 - Campus Stiep O curso de Comunicação Organizacional

Leia mais