Oficinas para Gestão da Rede de Atenção à Saúde Mental. Coordenadora: Lourdes A. Machado

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Oficinas para Gestão da Rede de Atenção à Saúde Mental. Coordenadora: Lourdes A. Machado"

Transcrição

1

2 Oficinas para Gestão da Rede de Atenção à Saúde Mental Coordenadora: Lourdes A. Machado

3 GPT Grupo de Produção Temática em Saúde Mental

4 COMO SURGIRAM AS OFICINAS PARA GESTÃO Em 2006/07 CESM realizou visitas aos 105 CAPS de MG (credenciados à época) e constatou Nós Críticos Gestão dos Serviços. ESPMG já havia realizado Capacitação para o Colegiado Estadual de Saúde Mental. Proposta atual Membros do Colegiado, Coordenadores/Gerentes dos Serviços de Saúde Mental, estagiários áreas afins e usuários (01 vaga).

5 Entra componente pesquisa possibilidade da construção de textos científicos.

6 OBJETIVO GERAL: Subsidiar tecnicamente Coordenadores e/ou gerentes municipais e Referencias Técnicas Regionais para ações necessárias à construção, implementação e sustentação das redes de Saúde Mental em Minas Gerais.

7 Ref Téc em Saúde Mental das GRS: 28 vagas Coordenadores/gerentes de Serviços de Saúde Mental: 58 vagas NÚMERO DE PARTICIPANTES: turmas de 60 Estagiários de cursos afins à Saúde Mental: 2 vagas Representantes de Usuários/Saúde Mental: 2 vagas Área de Abrangência: Estado de Minas Gerais (municípios das 28 Gerencias Regionais de Saúde.)

8 OBJETIVOS ESPECÍFICOS: Problematizar coletivamente as dificuldades e as possibilidades da Gestão em Saúde Mental. Identificar coletivamente os saberes técnico/políticos necessários à Gestão em Saúde Mental. Promover o processo de Educação Permanente em Saúde para as Referencias Técnicas Regionais e Coordenadores e/ou gerentes municipais que atuam na área de Saúde Mental do Estado de Minas Gerais.

9 Fomentar a construção de uma prática pautada em visão crítica do processo da Reforma Psiquiátrica, norteada por princípios técnicos, éticos e pelas diretrizes do SUS, para que possam desenvolver adequadamente ações em rede nos campos da assistência e da articulação com a comunidade. Possibilitar resultados no campo da Atenção Psicossocial eficaz, cidadã, promotora e emancipadora dos Usuários dos Serviços de Saúde Mental.

10 REQUISITOS DE ACESSO AO CURSO: Atuação em função de gestão no campo da SM. Motivação para participar da construção de saberes e aplicá-los na prática; Autorização do Gestor municipal ou regional. Os dois primeiros requisitos para seleção serão identificados por formulário específico a ser preenchido pelos candidatos com informações sobre seus dados profissionais e suas razões para querer cursar a atividade.

11 Carga Horária:12 oficinas - 8 horas presenciais por oficina. (total 96h) Período de dispersão Início: fevereiro de 2009 Término (provável): fevereiro de 2011

12 CONCEPÇÃO PEDAGÓGICA A concepção de educação da ESPMG está sustentada no conceito de Educação Permanente. Ensino - Pesquisa - Serviço. O objeto pedagógico é o processo de trabalho, que deve ser modificado/reestruturado de forma a atender com efetividade às necessidades da população usuária. Para tanto a metodologia proposta para utilização nas oficinas é a Metodologia da Problematização baseada no Arco de Maguerez.

13 Observação da Realidade (Problema) Pontos Chaves Teorização Hipóteses de solução Aplicação à Realidade (Prática) Tem a realidade social como ponto de partida e como ponto de chegada.

14 METODOLOGIA As Oficinas se desenvolverão em duas etapas: ETAPA 1: Processo de problematização onde os participantes discutirão sobre as atribuições da Gestão em SM e pactuarão uma lista de atividades norteadoras de sua prática. A seguir, deverão apontar os problemas que dificultam esta prática.

15 Apontados e analisados os problemas, identificam-se aqueles que poderiam ser atenuados ou solucionados pelo aporte de algum conhecimento específico. Ao final, identificados estes saberes e será construída uma programação com 10 temas que, a partir daí, serão estudados pelo grupo ao longo das oficinas.

16 ETAPA 2: Denominada Fase Temática se caracterizará pelo estudo dos temas identificados pelo grupo. Aulas (professores convidados e tutores) Dispersão Os participantes, em seus locais de trabalho: Realizarão uma pesquisa - de acordo com o tema abordado na oficina anterior.

17 Analisarão os problemas identificados Construirão propostas de solução. OBS: Grupo de tutores

18 Oficina de Produção de Artigo Científico Superintendência de Pesquisa Coordenação: Luiz Carlos Brant Carga Horária: 32 horas Número de participantes: 15/turma Objetivo Geral: Capacitar os participantes para a elaboração de artigos científicos.

19 AVALIAÇÃO DO PROCESSO DE ENSINO- APRENDIZAGEM: Pretende-se avaliar o grau do alcance dos objetivos de aprendizagem pelos participantes das oficinas, através da avaliação dos conhecimentos, habilidades e atitudes construídos pelas Oficinas. Para tanto, alguns instrumentos deverão ser utilizados de acordo com os objetivos desta atividade educacional. (Pesquisas nos Serviços, Análises dos Problemas e Projetos de Solução).

20 Estas atividades serão realizadas nos momentos de dispersão, entre um encontro e outro, tendo como produto um total de 10 relatórios. O total de pontos a ser atribuído para o conjunto dos 10 relatórios é 100, cada um destes valendo 10 pontos. Será avaliado em cada relatório a pesquisa e a anáĺise dos problemas (50% da pontuação) e as propostas de solução (50% da pontuação).

21 Os alunos que obtiverem um mínimo de 70% dos pontos fará juz à certificação.

22 Coordenação e corpo técnico Lourdes A. Machado Marcelo Arinos Isabela Macedo Denize Armond Wagner Viana

NOTA TÉCNICA 16 2013. Política Nacional de Educação Popular em Saúde

NOTA TÉCNICA 16 2013. Política Nacional de Educação Popular em Saúde NOTA TÉCNICA 16 2013 Política Nacional de Educação Popular em Saúde Brasília, 20 de maio de 2013 INTRODUÇÃO A Política Nacional de Educação Popular em Saúde PNEP-SUS foi apresentada e aprovada no Conselho

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 010/2006

RESOLUÇÃO Nº 010/2006 Confere com o original RESOLUÇÃO Nº 010/2006 CRIA o Curso de Pós-Graduação Lato Sensu de Educação Ambiental, em nível de Especialização. O REITOR DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS e PRESIDENTE DO CONSELHO

Leia mais

Projetos de apoio ao SUS

Projetos de apoio ao SUS Carta Convite: Facilitação dos Cursos de Especialização em Gestão da Vigilância em Saúde, Gestão da Clínica nas Redes de Atenção à Saúde, Regulação em Saúde no SUS e Gestão do Risco e Segurança do Paciente

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO

CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA Santa Maria, RS. 2012 SUMÁRIO CAPÍTULO I... 3 DA NATUREZA E DOS OBJETIVOS... 3 CAPÍTULO II... 4 REGULARIZAÇÃO DO ESTÁGIO... 4 CAPÍTULO III... 5 DOS ASPECTOS LEGAIS... 5

Leia mais

Universidade Federal de São Carlos

Universidade Federal de São Carlos Universidade Federal de São Carlos CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE DA FAMÍLIA Apresentação O Curso de Especialização em Saúde da Família deverá contribuir para o desenvolvimento de capacidades (cognitivas,

Leia mais

PROFIAP Regulamento do Mestrado Profissional em Administração Pública em Rede Nacional

PROFIAP Regulamento do Mestrado Profissional em Administração Pública em Rede Nacional 1 PROFIAP Regulamento do Mestrado Profissional em Administração Pública em Rede Nacional Capítulo I Objetivos Artigo 1º - O Mestrado Profissional em Administração Pública em Rede Nacional (PROFIAP) tem

Leia mais

Especialização em Gestão Estratégica de Projetos Sociais

Especialização em Gestão Estratégica de Projetos Sociais Especialização em Gestão Estratégica de Apresentação CAMPUS COMÉRCIO Inscrições Abertas Turma 02 --> Início Confirmado: 07/06/2013 últimas vagas até o dia: 05/07/2013 O curso de Especialização em Gestão

Leia mais

FACULDADE BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO E CULTURA FABEC BRASIL REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

FACULDADE BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO E CULTURA FABEC BRASIL REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO FABEC BRASIL REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Artigo 1º - O presente regulamento tem por finalidade normatizar as atividades relacionadas ao Trabalho

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO DO CURSO DE LICENCIATURA EM FÍSICA

REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO DO CURSO DE LICENCIATURA EM FÍSICA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ CÂMPUS TELÊMACO BORBA REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO DO CURSO DE LICENCIATURA EM FÍSICA Telêmaco Borba,

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS PARA CADASTRO DE INSTRUTORES DE CURSOS A DISTÂNCIA

PROCESSO SELETIVO DE SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS PARA CADASTRO DE INSTRUTORES DE CURSOS A DISTÂNCIA PROCESSO SELETIVO DE SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS PARA CADASTRO DE INSTRUTORES DE CURSOS A DISTÂNCIA O Presidente da FUNDAÇÃO ESCOLA NACIONAL DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA - ENAP, no uso de suas atribuições,

Leia mais

Curso de Especialização em GESTÃO EM SAÚDE DA PESSOA IDOSA

Curso de Especialização em GESTÃO EM SAÚDE DA PESSOA IDOSA Curso de Especialização em GESTÃO EM SAÚDE DA PESSOA IDOSA ÁREA DO CONHECIMENTO: Administração e Serviço social. NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em Gestão em Saúde da Pessoa

Leia mais

http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2008/prt1559_01_08_2008.html

http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2008/prt1559_01_08_2008.html Página 1 de 5 ADVERTÊNCIA Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial da União Ministério da Saúde Gabinete do Ministro PORTARIA Nº 1.559, DE 1º DE AGOSTO DE 2008 Institui a Política Nacional

Leia mais

ATIVIDADES COMPLEMENTARES MANUAL DO ALUNO DO CURSO DE FISIOTERAPIA

ATIVIDADES COMPLEMENTARES MANUAL DO ALUNO DO CURSO DE FISIOTERAPIA manual_ativ_compl_fisio.p65 1 Associação Teresinense de Ensino S/C Ltda - ATE FACULDADE SANTO AGOSTINHO - FSA DIRETORIA DE ENSINO NÚCLEO DE APOIO PEDAGÓGICO - NUAPE COORDENAÇÃO DO CURSO DE FISIOTERAPIA

Leia mais

Campanha Nacional de Escolas da Comunidade Mantenedora da Faculdade Cenecista de Campo Largo

Campanha Nacional de Escolas da Comunidade Mantenedora da Faculdade Cenecista de Campo Largo Ementas das Disciplinas 1. Teorias Administrativas e a Gestão Escolar - 30 horas Ementa: Gestão Educacional conceitos, funções e princípios básicos. A função administrativa da unidade escolar e do gestor.

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O PARFOR

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O PARFOR PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O PARFOR 1. Como são os cursos ofertados pela plataforma freire e quais os benefícios para os professores que forem selecionados? O professor sem formação poderá estudar nos

Leia mais

ESCOLA DE SAÚDE PÚBLICA DO ESTADO DE MINAS GERAIS DIRETOR GERAL: DAMIÃO MENDONÇA VIEIRA CREDENCIAMENTO DE DOCENTE ESP - MG Nº 079/2013

ESCOLA DE SAÚDE PÚBLICA DO ESTADO DE MINAS GERAIS DIRETOR GERAL: DAMIÃO MENDONÇA VIEIRA CREDENCIAMENTO DE DOCENTE ESP - MG Nº 079/2013 ESCOLA DE SAÚDE PÚBLICA DO ESTADO DE MINAS GERAIS DIRETOR GERAL: DAMIÃO MENDONÇA VIEIRA CREDENCIAMENTO DE DOCENTE ESP - MG Nº 079/2013 Projeto: Oficina de educação Popular em Saúde para apoiadores da Politica

Leia mais

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS HUMANAS CURSO DE SERVIÇO SOCIAL PLANO DE ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO PARA ESTUDANTES DO CURSO DE SERVIÇO SOCIAL

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS HUMANAS CURSO DE SERVIÇO SOCIAL PLANO DE ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO PARA ESTUDANTES DO CURSO DE SERVIÇO SOCIAL DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS HUMANAS CURSO DE SERVIÇO SOCIAL PLANO DE ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO PARA ESTUDANTES DO CURSO DE SERVIÇO SOCIAL INTRODUÇÃO O estágio curricular obrigatório é aquele definido

Leia mais

PÚBLICO-ALVO Assistentes sociais que trabalham na área da educação e estudantes do curso de Serviço Social.

PÚBLICO-ALVO Assistentes sociais que trabalham na área da educação e estudantes do curso de Serviço Social. OBJETIVOS: Promover o debate sobre o Serviço Social na Educação; Subsidiar as discussões para o Seminário Nacional de Serviço Social na Educação, a ser realizado em junho de 2012 em Maceió-Alagoas; Contribuir

Leia mais

CURSO GESTÃO ORÇAMENTÁRIA, FINANCEIRA E CONTRATAÇÕES PÚBLICAS PARA MUNICÍPIOS. EDITAL 2011

CURSO GESTÃO ORÇAMENTÁRIA, FINANCEIRA E CONTRATAÇÕES PÚBLICAS PARA MUNICÍPIOS. EDITAL 2011 1. Apresentação CURSO GESTÃO ORÇAMENTÁRIA, FINANCEIRA E CONTRATAÇÕES PÚBLICAS PARA MUNICÍPIOS. EDITAL 2011 A Escola de Administração Fazendária Esaf em parceria com a coordenação do Programa Nacional de

Leia mais

Curso de Especialização EM ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR E ORIENTAÇÃO EDUCACIONAL

Curso de Especialização EM ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR E ORIENTAÇÃO EDUCACIONAL Curso de Especialização EM ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR E ORIENTAÇÃO EDUCACIONAL ÁREA DO CONHECIMENTO: Educação Gestão Educacional NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em Administração

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA, ALFABETIZAÇÃO, DIVERSIDADE E INCLUSÃO COORDENAÇÃO GERAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA, ALFABETIZAÇÃO, DIVERSIDADE E INCLUSÃO COORDENAÇÃO GERAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA, ALFABETIZAÇÃO, DIVERSIDADE E INCLUSÃO COORDENAÇÃO GERAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO N.º e Título do Projeto TERMO DE REFERÊNCIA Projeto OEI BRA/08/003

Leia mais

ANEXO I. Plano de Trabalho

ANEXO I. Plano de Trabalho ANEXO I Plano de Trabalho As Propostas Técnicas para a implementação do Curso de Especialização de Saúde da Família e do Curso de Especialização em Gestão da Atenção Básica apresentadas pelas instituições

Leia mais

NÚCLEO DE APOIO DIDÁTICO E METODOLÓGICO (NADIME)

NÚCLEO DE APOIO DIDÁTICO E METODOLÓGICO (NADIME) NÚCLEO DE APOIO DIDÁTICO E METODOLÓGICO (NADIME) Palmas 2010 1. Apresentação O Núcleo de Apoio Didático e Metodológico NADIME é o órgão da Faculdade Católica do Tocantins responsável pela efetivação da

Leia mais

ESCOLA DE SAÚDE PÚBLICA DO ESTADO DE MINAS GERAIS DIRETOR GERAL: RUBENSMIDT RIANI

ESCOLA DE SAÚDE PÚBLICA DO ESTADO DE MINAS GERAIS DIRETOR GERAL: RUBENSMIDT RIANI ESCOLA DE SAÚDE PÚBLICA DO ESTADO DE MINAS GERAIS DIRETOR GERAL: RUBENSMIDT RIANI CREDENCIAMENTO DE DOCENTE ESP-MG Nº 022/2014 Curso de Qualificação para Conselheiros Municipais e Distritais de Saúde e

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO

MINISTÉRIO DA SAÚDE GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO MINISTÉRIO DA SAÚDE GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO AGENDA ESTRATÉGICA DA GESTÃO (2012-2015) AGENDA ESTRATÉGICA DA GESTÃO (2012-2015) Este documento tem o propósito de promover o alinhamento da atual gestão

Leia mais

Salvador, Bahia Quarta-feira 16 de Abril de 2014 Ano XCVIII N o 21.405 EDITAL Nº 034/2014

Salvador, Bahia Quarta-feira 16 de Abril de 2014 Ano XCVIII N o 21.405 EDITAL Nº 034/2014 Salvador, Bahia Quarta-feira 16 de Abril de 2014 Ano XCVIII N o 21.405 EDITAL Nº 034/2014 O REITOR DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA (UNEB), no uso de suas atribuições legais e regimentais, RESOLVE tornar

Leia mais

Relatório do 1º Seminário Regional da Rede de Atenção à Criança e ao Adolescente em Situação de Rua - Região Norte Manaus.

Relatório do 1º Seminário Regional da Rede de Atenção à Criança e ao Adolescente em Situação de Rua - Região Norte Manaus. Relatório do 1º Seminário Regional da Rede de Atenção à Criança e ao Adolescente em Situação de Rua - Região Norte Manaus. 1. Resumo Descritivo Data: 31 de outubro de 2013. Local: Assembleia Legislativa

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ - UFC MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO - MEC PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO INSTITUTO UNIVERSIDADE VIRTUAL EDITAL Nº 02/2014

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ - UFC MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO - MEC PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO INSTITUTO UNIVERSIDADE VIRTUAL EDITAL Nº 02/2014 UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ - UFC MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO - MEC PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO INSTITUTO UNIVERSIDADE VIRTUAL EDITAL Nº 02/2014 SELEÇÃO PARA CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM PREVENÇÃO DO USO DE DROGAS

Leia mais

Curso de Especialização em GESTÃO EM SAÚDE MENTAL

Curso de Especialização em GESTÃO EM SAÚDE MENTAL Curso de Especialização em GESTÃO EM SAÚDE MENTAL ÁREA DO CONHECIMENTO: Saúde. NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em Gestão em Saúde Mental. PERFIL PROFISSIONAL: Entender

Leia mais

EDITAL PARA SELEÇÃO DE TÉCNICOS BOLSISTAS PROJETO CVDS

EDITAL PARA SELEÇÃO DE TÉCNICOS BOLSISTAS PROJETO CVDS EDITAL PARA SELEÇÃO DE TÉCNICOS BOLSISTAS PROJETO CVDS Manaus, 04 de Dezembro de 2014. 1. CONTEXTUALIZAÇÃO O Centro Vocacional para o Desenvolvimento Sustentável (CVDS), trata-se de um projeto piloto que

Leia mais

EDITAL/UEPB/CH/DE 01/2014 (alterado)

EDITAL/UEPB/CH/DE 01/2014 (alterado) UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA CENTRO DE HUMANIDADES DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO Especialização Educação Étnico-Racial na Educação Infantil-CEETIN Rodovia PB 075, Km1, n.2001, Bairro de Areia Branca, Guarabira-PB

Leia mais

DOCUMENTO TÉCNICO DO PROJETO

DOCUMENTO TÉCNICO DO PROJETO DOCUMENTO TÉCNICO DO PROJETO Este roteiro de elaboração do Documento Técnico do Projeto tem por objetivo subsidiar a apresentação de propostas para desenvolvimento do Programa Luta pela Cidadania, que

Leia mais

FORMAÇÃO INICIAL DE AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE

FORMAÇÃO INICIAL DE AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE FORMAÇÃO INICIAL DE AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE Núcleo de Educação e Formação em Saúde NUEFS Integra a Rede de Escolas Técnicas do SUS (RETSUS) UMA POLÍTICA NACIONAL Gestão do Trabalho em Saúde Mesa

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online DOCÊNCIA NO ENSINO SUPERIOR Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

Curso de ESPECIALIZAÇÃO EM MEIO AMBIENTE, DESENVOLVIMENTO E SUSTENTABILIDADE

Curso de ESPECIALIZAÇÃO EM MEIO AMBIENTE, DESENVOLVIMENTO E SUSTENTABILIDADE Curso de ESPECIALIZAÇÃO EM MEIO AMBIENTE, DESENVOLVIMENTO E SUSTENTABILIDADE ÁREA DO CONHECIMENTO: Administração Meio Ambiente. NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em Meio

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DELIBERAÇÃO Nº001/2011 Autoriza a criação do Curso de Especialização em Saúde da Família UnA-SUS/UERJ. O CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO, no uso da competência que lhe atribui o parágrafo

Leia mais

POLÍTICA DE VOLUNTARIADO DA CEMIG SAÚDE

POLÍTICA DE VOLUNTARIADO DA CEMIG SAÚDE POLÍTICA DE VOLUNTARIADO DA CEMIG SAÚDE Av. Barbacena, 472 8º andar Barro Preto CEP: 30190-130 Belo Horizonte/MG Tel.: 3253.4917 E-mail: renata.gontijo@cemigsaude.org.br Portal Corporativo: www.cemigsaude.org.br

Leia mais

Manual de Estágio. Serviço Social

Manual de Estágio. Serviço Social Manual de Estágio Serviço Social Sumário Manual de Estágio SERVIÇO SOCIAL INTRODUÇÃO... 03 1. ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE SERVIÇO SOCIAL... 03 2. INFORMAÇÕES INICIAIS DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO ES...

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE GERENTE DE UBSF EDITAL DE INSCRIÇÕES E INSTRUÇÕES ESPECIAIS

PROCESSO SELETIVO DE GERENTE DE UBSF EDITAL DE INSCRIÇÕES E INSTRUÇÕES ESPECIAIS PROCESSO SELETIVO DE GERENTE DE UBSF EDITAL DE INSCRIÇÕES E INSTRUÇÕES ESPECIAIS A Associação Saúde da Família ASF faz saber que realizará processo seletivo para cargo de Gerente nas Unidades Básicas de

Leia mais

Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Ação Comunitária Coordenadoria de Extensão e Ação Comunitária PROPOSTA DE PROGRAMA

Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Ação Comunitária Coordenadoria de Extensão e Ação Comunitária PROPOSTA DE PROGRAMA Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Ação Comunitária Coordenadoria de Extensão e Ação Comunitária Coordenadoria de Extensão e Ação Comunitária PROPOSTA DE PROGRAMA Número da Ação (Para

Leia mais

Curso de Especialização em Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana. V Encontro Nacional da RENAST SETEMBRO / 2011

Curso de Especialização em Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana. V Encontro Nacional da RENAST SETEMBRO / 2011 Curso de Especialização em Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana à distância V Encontro Nacional da RENAST SETEMBRO / 2011 OBJETIVO GERAL Qualificar profissionais do Sistema Único de Saúde (SUS), integrantes

Leia mais

CARTA ACORDO Nº. 0600.103.002 Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho mantenedora da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo

CARTA ACORDO Nº. 0600.103.002 Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho mantenedora da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo Ao Ministério da Saúde Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde Departamento de Gestão da Educação na Saúde E-mail: deges@saude.gov.br - prosaude@saude.gov.br CARTA ACORDO Nº. 0600.103.002

Leia mais

Política Nacional sobre Drogas e o Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas Crack, é possível vencer. SALVADOR/BA ABRIL de 2012

Política Nacional sobre Drogas e o Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas Crack, é possível vencer. SALVADOR/BA ABRIL de 2012 Política Nacional sobre Drogas e o Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas Crack, é possível vencer SALVADOR/BA ABRIL de 2012 MARCOS HISTÓRICOS 1998: Adesão do Brasil aos princípios diretivos

Leia mais

ESTÁGIO CURRICULAR. Segue descrito abaixo o Regulamento de Estágio Curricular. REGULAMENTO DE ESTÁGIO PARA INICIAÇÃO PROFISSIONAL

ESTÁGIO CURRICULAR. Segue descrito abaixo o Regulamento de Estágio Curricular. REGULAMENTO DE ESTÁGIO PARA INICIAÇÃO PROFISSIONAL ESTÁGIO CURRICULAR Segue descrito abaixo o Regulamento de Estágio Curricular. REGULAMENTO DE ESTÁGIO PARA INICIAÇÃO PROFISSIONAL Introdução O presente Regulamento constitui um documento interno do curso

Leia mais

Governo do Estado do Rio Grande do Sul Secretaria da Educação Secretaria do Meio Ambiente Órgão Gestor da Política Estadual de Educação Ambiental

Governo do Estado do Rio Grande do Sul Secretaria da Educação Secretaria do Meio Ambiente Órgão Gestor da Política Estadual de Educação Ambiental Governo do Estado do Rio Grande do Sul Secretaria da Educação Secretaria do Meio Ambiente Órgão Gestor da Política Estadual de Educação Ambiental PROJETO PARA ELABORAÇÃO DO PLANO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL

Leia mais

CURSO DE ATUALIZAÇÃO. Gestão das Condições de Trabalho e Saúde dos Trabalhadores da Saúde

CURSO DE ATUALIZAÇÃO. Gestão das Condições de Trabalho e Saúde dos Trabalhadores da Saúde CURSO DE ATUALIZAÇÃO Gestão das Condições de Trabalho e Saúde dos Trabalhadores da Saúde Por uma política de saúde do trabalhador do SUS na Secretaria Municipal de Divinópolis/MG Marília Fraga Cerqueira

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS DO ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO. Matriz 23

MANUAL DE PROCEDIMENTOS DO ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO. Matriz 23 MANUAL DE PROCEDIMENTOS DO ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA LICENCIATURA Matriz 23 Junho de 2013 1 MANUAL DE PROCEDIMENTOS DO ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO DO CURSO DE LICENCIATURA

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO - REDES DA MARÉ Nº 01/2012

EDITAL DE SELEÇÃO - REDES DA MARÉ Nº 01/2012 EDITAL DE SELEÇÃO - REDES DA MARÉ Nº 01/2012 A Redes da Maré seleciona tecedores para o Programa Criança Petrobras (PCP) na Maré. Antes de se candidatar, conheça bem os valores e atuação da instituição.

Leia mais

SERVIÇO SOCIAL MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO. 2º Semestre de 2012

SERVIÇO SOCIAL MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO. 2º Semestre de 2012 SERVIÇO SOCIAL MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO 2º Semestre de 2012 COORDENAÇÃO GERAL Diretor Geral Prof. Adalberto Miranda Distassi Coordenadoria Geral de Estágios Prof. Ricardo Constante Martins Coordenador

Leia mais

Comitê Gestor Institucional de Formação Inicial e Continuada de Profissionais do Magistério da Educação Básica

Comitê Gestor Institucional de Formação Inicial e Continuada de Profissionais do Magistério da Educação Básica Comitê Gestor Institucional de Formação Inicial e Continuada de Profissionais do Magistério da Educação Básica CHAMADA PÚBLICA PARA SELEÇÃO DE COORDENADOR PEDAGÓGICO PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO GESTÃO

Leia mais

Nome do curso: Pedagogia

Nome do curso: Pedagogia Nome do curso: Pedagogia MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO Artigo 1º - O ESTÁGIO SUPERVISIONADO, previsto na Lei nº 9394/96 de Diretrizes e Bases da Educação Nacional de 20 de dezembro de 1996, visa a complementar

Leia mais

DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 4 Regulamento de Estágio do Curso de Serviço Social DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O Estágio Supervisionado, previsto no Currículo do Curso de Serviço Social será desenvolvido de acordo com as normas

Leia mais

QUALIFICAÇÃO DA ÁREA DE ENSINO E EDUCAÇÃO PERMANENTE EM SAÚDE: FORMAÇÃO PEDAGÓGICA PARA PROFISSIONAIS DE SERVIÇOS DE SAÚDE

QUALIFICAÇÃO DA ÁREA DE ENSINO E EDUCAÇÃO PERMANENTE EM SAÚDE: FORMAÇÃO PEDAGÓGICA PARA PROFISSIONAIS DE SERVIÇOS DE SAÚDE QUALIFICAÇÃO DA ÁREA DE ENSINO E EDUCAÇÃO PERMANENTE EM SAÚDE: FORMAÇÃO PEDAGÓGICA PARA PROFISSIONAIS DE SERVIÇOS DE SAÚDE Há amplo consenso nas categorias profissionais da saúde, em especial na categoria

Leia mais

ATIVIDADES COMPLEMENTARES

ATIVIDADES COMPLEMENTARES ATIVIDADES COMPLEMENTARES Regulamento das Atividades Complementares dos Cursos de Graduação da Faculdade Barretos Art. 1º - O presente Regulamento tem por finalidade definir normas e critérios para a seleção

Leia mais

Curso de Especialização em POLÍTICAS PÚBLICAS, GESTÃO E SERVIÇOS SOCIAIS

Curso de Especialização em POLÍTICAS PÚBLICAS, GESTÃO E SERVIÇOS SOCIAIS Curso de Especialização em POLÍTICAS PÚBLICAS, GESTÃO E SERVIÇOS SOCIAIS ÁREA DO CONHECIMENTO: Administração. Serviço social. NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em Políticas

Leia mais

CHAMAMENTO ESCOLAS FEDERAIS, MUNICIPAIS E ESTADUAIS

CHAMAMENTO ESCOLAS FEDERAIS, MUNICIPAIS E ESTADUAIS CHAMAMENTO ESCOLAS FEDERAIS, MUNICIPAIS E ESTADUAIS POR QUE UM CURSO DE INCLUSÃO ESCOLAR? Uma equipe gestora comprometida e qualificada é componente fundamental para garantir o aprendizado dos alunos.

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO (Nº. 0008/2015) PROCESSO SELETIVO DE CONTRATAÇÃO DE PESSOAL POR TEMPO DETERMINADO

EDITAL DE SELEÇÃO (Nº. 0008/2015) PROCESSO SELETIVO DE CONTRATAÇÃO DE PESSOAL POR TEMPO DETERMINADO EDITAL DE SELEÇÃO (Nº. 0008/2015) PROCESSO SELETIVO DE CONTRATAÇÃO DE PESSOAL POR TEMPO DETERMINADO A Cáritas Brasileira, organismo da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), com atuação em todo

Leia mais

Consultorias Associadas

Consultorias Associadas BEM VINDOS! 2013 Coordenação Geral : Coordenação Acadêmica: Somando Talentos : Consultorias Associadas CONSIDERAÇÕES GERAIS : A implantação da Escola de Líderes pelo Clube de RH vem de atender a uma necessidade

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE PSICOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL CENTRO DE REFERÊNCIA TÉCNICA EM PSICOLOGIA E POLÍTICAS PÚBLICAS

CONSELHO REGIONAL DE PSICOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL CENTRO DE REFERÊNCIA TÉCNICA EM PSICOLOGIA E POLÍTICAS PÚBLICAS CONSELHO REGIONAL DE PSICOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL CENTRO DE REFERÊNCIA TÉCNICA EM PSICOLOGIA E POLÍTICAS PÚBLICAS FORMAÇÃO EM PSICOLOGIA E POLITICAS PÚBLICAS: UMA APROXIMAÇÃO DO CRPRS COM O MEIO ACADÊMICO

Leia mais

SAÚDE MENTAL NA RODA :A SENSIBILIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DA REDE DE ATENÇÃO BÁSICA

SAÚDE MENTAL NA RODA :A SENSIBILIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DA REDE DE ATENÇÃO BÁSICA SAÚDE MENTAL NA RODA :A SENSIBILIZAÇÃO DOS TRABALHADORES DA REDE DE ATENÇÃO BÁSICA Romaldo Bomfim Medina Jr 1 Luciane Silva Ramos 2 Fernanda Franceschi de Freitas 3 Carmem Lúcia Colomé Beck 4 O movimento

Leia mais

2.1. Selecionar professor/tutor temporário para o Programa Nacional de Tecnologia Educacional - PROINFO para o ano de 2013.

2.1. Selecionar professor/tutor temporário para o Programa Nacional de Tecnologia Educacional - PROINFO para o ano de 2013. PREFETURA MUNICIPAL DE MACAPÁ SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DIVISÃO DE PESQUISA EDUCACIONAL E INFORMÁTICA NÚCLEO MUNICIPAL DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL PROGRAMA NACIONAL DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL - PROINFO

Leia mais

1 Fórum de Educação a Distância do Poder Judiciário. Gestão de Projetos de EAD Conceber, Desenvolver e Entregar

1 Fórum de Educação a Distância do Poder Judiciário. Gestão de Projetos de EAD Conceber, Desenvolver e Entregar 1 Fórum de Educação a Distância do Poder Judiciário Gestão de Projetos de EAD Conceber, Desenvolver e Entregar Prof. Dr. Stavros Panagiotis Xanthopoylos stavros@fgv.br Brasília, 27 de novembro de 2009

Leia mais

Decreto nº 4.134, de 09 de janeiro de 2014.

Decreto nº 4.134, de 09 de janeiro de 2014. Decreto nº 4.134, de 09 de janeiro de 2014. Dispõe sobre o processo de escolha para a designação de Professor para exercer a função gratificada de Vice-Diretor de Escola e Coordenador Pedagógico, nas Unidades

Leia mais

POR UMA POLÍTICA PÚBLICA NACIONAL DE FORMAÇÃO EM ECONOMIA SOLIDÁRIA PPNFES

POR UMA POLÍTICA PÚBLICA NACIONAL DE FORMAÇÃO EM ECONOMIA SOLIDÁRIA PPNFES SECRETARIA NACIONAL DE ECONOMIA SOLIDÁRIA MTE/SENAES FÓRUM BRASILEIRO DE ECONOMIA SOLIDÁRIA ENCONTRO NACIONAL DE FORMAÇÃO/EDUCAÇÃO EM ECONOMIA SOLIDÁRIA POR UMA POLÍTICA PÚBLICA NACIONAL DE FORMAÇÃO EM

Leia mais

Curso de Especialização em ENSINO DE QUIMICA

Curso de Especialização em ENSINO DE QUIMICA Curso de Especialização em ENSINO DE QUIMICA ÁREA DO CONHECIMENTO: Educação. NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em Ensino de Química. OBJETIVO DO CURSO: O curso de especialização

Leia mais

Curso de Bacharelado em Sistemas de Informação Tabela de Atividades Técnico-Cietífico-Culturais

Curso de Bacharelado em Sistemas de Informação Tabela de Atividades Técnico-Cietífico-Culturais Curso de Bacharelado em Sistemas de Informação Tabela de Atividades Técnico-Cietífico-Culturais Critérios de Pontuação (atualizada em 2011) Situação do aluno(a) Ouvintes Participantes / Realizadores Artigos

Leia mais

Política Nacional de Educação Permanente em Saúde

Política Nacional de Educação Permanente em Saúde Política Nacional de Educação Permanente em Saúde Portaria GM/MS nº 1.996, de 20 de agosto de 2007 substitui a Portaria GM/MS nº 198, de 13 de fevereiro de 2004 e Proposta de Alteração Pesquisa de Avaliação

Leia mais

Programa de Capacitação

Programa de Capacitação Programa de Capacitação 1. Introdução As transformações dos processos de trabalho e a rapidez com que surgem novos conhecimentos e informações têm exigido uma capacitação permanente e continuada para propiciar

Leia mais

MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL SECRETARIA NACIONAL DE PROTEÇÃO E DEFESA CIVIL

MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL SECRETARIA NACIONAL DE PROTEÇÃO E DEFESA CIVIL MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL SECRETARIA NACIONAL DE PROTEÇÃO E DEFESA CIVIL UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ESTUDOS E PESQUISAS SOBRE DESATRES CEPED/RS CURSO DE EXTENSÃO

Leia mais

CAPÍTULO I: DA NATUREZA E FINALIDADE

CAPÍTULO I: DA NATUREZA E FINALIDADE REGULAMENTO DOS NÚLCLEOS DE ESTUDOS AFRO-BRASILEIROS E INDÍGENAS (NEABIs) DO IFRS Aprovado pelo Conselho Superior do IFRS, conforme Resolução nº 021, de 25 de fevereiro de 2014. CAPÍTULO I: DA NATUREZA

Leia mais

PORTARIA INTERMINISTERIAL No-10, DE 11 DE JULHO DE 2013

PORTARIA INTERMINISTERIAL No-10, DE 11 DE JULHO DE 2013 PORTARIA INTERMINISTERIAL No-10, DE 11 DE JULHO DE 2013 Regulamenta o Decreto nº 7.385, de 8 de dezembro de 2010, que instituiu o Sistema Universidade Aberta do Sistema Único de Saúde (UNA-SUS). Os MINISTROS

Leia mais

05 - Como faço para acessar um curso no Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle/UFGD.

05 - Como faço para acessar um curso no Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle/UFGD. DÚVIDAS FREQUENTES SOBRE CURSOS DE CAPACITAÇÃO 01 - O que é o Plano Anual de Capacitação? O Plano Anual de Capacitação tem como norteador o Decreto 5.707/06 que institui a Política e as Diretrizes para

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Projeto de Implantação da Rede de Proteção Social de Araucária

Mostra de Projetos 2011. Projeto de Implantação da Rede de Proteção Social de Araucária Mostra de Projetos 2011 Projeto de Implantação da Rede de Proteção Social de Araucária Mostra Local de: Araucária. Categoria do projeto: I - Projetos em implantação, com resultados parciais. Nome da Instituição/Empresa:

Leia mais

EDITAL. 1.3. Ter experiência como tutor ou professor de disciplina de EAD a distância.

EDITAL. 1.3. Ter experiência como tutor ou professor de disciplina de EAD a distância. UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE INSTITUTO DE MATEMÁTICA Coordenação do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Especialização a Distância, em Planejamento, Implementação e Gestão da Educação a Distância EDITAL

Leia mais

O Farmaceûtico na Atenc ão Primaŕia à Sau de: educação continuada como estrateǵia de transformac ão

O Farmaceûtico na Atenc ão Primaŕia à Sau de: educação continuada como estrateǵia de transformac ão O Farmaceûtico na Atenc ão Primaŕia à Sau de: educação continuada como estrateǵia de transformac ão Vera L Luiza 1, Rondinelli Mendes da Silva 1, Silvia C. F. de Araújo 2, Maria R. C. Macedo 3 ; Angela

Leia mais

Curso de especialização EM GESTÃO EDUCACIONAL E EDUCAÇÃO INFANTIL

Curso de especialização EM GESTÃO EDUCACIONAL E EDUCAÇÃO INFANTIL Curso de especialização EM GESTÃO EDUCACIONAL E EDUCAÇÃO INFANTIL ÁREA DO CONHECIMENTO: Educação Gestão Educacional NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em Gestão Educacional

Leia mais

O Jornal O Imparcial, em sua edição do dia 07 de fevereiro do corrente, publicou uma matéria sobre as críticas do Conselheiro Henrique Liberato

O Jornal O Imparcial, em sua edição do dia 07 de fevereiro do corrente, publicou uma matéria sobre as críticas do Conselheiro Henrique Liberato O Jornal O Imparcial, em sua edição do dia 07 de fevereiro do corrente, publicou uma matéria sobre as críticas do Conselheiro Henrique Liberato Salvador, da Delegacia Regional de P. Prudente do Conselho

Leia mais

Aos servidores públicos atuantes nas áreas do secretariado e assessoramento e/ou aos demais interessados

Aos servidores públicos atuantes nas áreas do secretariado e assessoramento e/ou aos demais interessados EDITAL Nº 67/2013 CHAMAMENTO PARA INSCRIÇÃO CURSO DE ENSINO A DISTÂNCIA - EAD GESTÃO DE ROTINAS PARA PROFISSIONAS DE SECRETARIADO E ASSESSORES NA GESTÃO PÚBLICA - EAD 1. APRESENTAÇÃO DO CURSO Atualmente

Leia mais

ORIENTAÇOES GERAIS PARA A ORGANIZAÇÃO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES (AAC) Curso Geografia, modalidade: Licenciatura.

ORIENTAÇOES GERAIS PARA A ORGANIZAÇÃO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES (AAC) Curso Geografia, modalidade: Licenciatura. ORIENTAÇOES GERAIS PARA A ORGANIZAÇÃO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES (AAC) Curso Geografia, modalidade: Licenciatura. Art. 1º - As Atividades Acadêmicas Curriculares (AAC) são todas as atividades

Leia mais

TABELA DE ATIVIDADES E CRÉDITOS - PIAC PRESENCIAL 2013

TABELA DE ATIVIDADES E CRÉDITOS - PIAC PRESENCIAL 2013 TABELA DE ATIVIDADES E CRÉDITOS - PIAC PRESENCIAL 2013 Tabela elaborada pelo Núcleo de Professores Orientadores do PIAC, que se constitui como espaço de organização, divulgação e articulação de Ensino,

Leia mais

Edital de Seleção. Curso de Formação Inicial Continuada em Manejo Florestal Comunitário. (Turma 2015)

Edital de Seleção. Curso de Formação Inicial Continuada em Manejo Florestal Comunitário. (Turma 2015) Edital de Seleção Curso de Formação Inicial Continuada em Manejo Florestal Comunitário (Turma 2015) Belém Pará Novembro de 2014 Realização Página 2 de 9 Sumário 1. APRESENTAÇÃO... 3 2. OBJETIVO... 4 3.

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA EXECUTIVA CARTA CONVITE 001/2011 PROFISSONAIS FORMADORES NA ÁREA DA EDUCAÇÃO ESPECIAL NA PERSPECTIVA DA INCLUSÃO

SUPERINTENDÊNCIA EXECUTIVA CARTA CONVITE 001/2011 PROFISSONAIS FORMADORES NA ÁREA DA EDUCAÇÃO ESPECIAL NA PERSPECTIVA DA INCLUSÃO SUPERINTENDÊNCIA EXECUTIVA CARTA CONVITE 001/2011 PROFISSONAIS FORMADORES NA ÁREA DA EDUCAÇÃO ESPECIAL NA PERSPECTIVA DA INCLUSÃO A Secretaria de Estado da Educação/SEE, por meio da Superintendência Executiva,

Leia mais

c) a planejar, implementar e avaliar tarefas de sua prática edu_ cativa. 2.2. Objetivos Específicos

c) a planejar, implementar e avaliar tarefas de sua prática edu_ cativa. 2.2. Objetivos Específicos UNIVERSIDADE DO RIO GRANDE RS Autorização para o curso de pós-graduação em Educação, com habilitações em Orientação Educacional e Supervisão Escolar. ZILMA GOMES PARENTE DE BARROS l - RELATÓRIO 0 Reitor

Leia mais

Catálogo do Curso de Educação Ambiental Dimensões da Sustentabilidade na Escola

Catálogo do Curso de Educação Ambiental Dimensões da Sustentabilidade na Escola Catálogo do Curso de Educação Ambiental Dimensões da Sustentabilidade na Escola 1. Dados Gerais 1. Área Temática: Educação Ambiental 2. Nome do curso: Educação Ambiental: Dimensões da Sustentabilidade

Leia mais

Assessoria de Imprensa e Comunicação

Assessoria de Imprensa e Comunicação PORTARIA 74/06 - SMG Assessoria de Imprensa e Comunicação Dispõe sobre os critérios e procedimentos para valoração e apuração dos pontos relativos à capacitação e participação em atividades realizadas

Leia mais

RESOLUÇÃO FADISA Nº. 005/2006 CONSELHO SUPERIOR DA FACULDADE DE DIREITO SANTO AGOSTINHO FADISA

RESOLUÇÃO FADISA Nº. 005/2006 CONSELHO SUPERIOR DA FACULDADE DE DIREITO SANTO AGOSTINHO FADISA RESOLUÇÃO FADISA Nº. 005/2006 CONSELHO SUPERIOR DA FACULDADE DE DIREITO SANTO AGOSTINHO FADISA O Presidente do CONSELHO SUPERIOR DA FACULDADE DE DIREITO SANTO AGOSTINHO- FADISA, Professor Dr. ELTON DIAS

Leia mais

OFICINAS PEDAGÓGICAS: CONSTRUINDO UM COMPORTAMENTO SAUDÁVEL E ÉTICO EM CRIANÇAS COM CÂNCER

OFICINAS PEDAGÓGICAS: CONSTRUINDO UM COMPORTAMENTO SAUDÁVEL E ÉTICO EM CRIANÇAS COM CÂNCER OFICINAS PEDAGÓGICAS: CONSTRUINDO UM COMPORTAMENTO SAUDÁVEL E ÉTICO EM CRIANÇAS COM CÂNCER Autores RESUMO LIMA 1, Matheus OCCHIUZZO 2, Anna Rosa Centro de Ciências da Saúde Departamento de Enfermagem Psiquiatria

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA PROPOSTA DE DIRETRIZES CURRICULARES

CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA PROPOSTA DE DIRETRIZES CURRICULARES CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA PROPOSTA DE DIRETRIZES CURRICULARES 1 1. PERFIL DO FORMANDO EGRESSO/PROFISSIONAL 1.1. Perfil Comum: Farmacêutico, com formação generalista, humanista, crítica e reflexiva.

Leia mais

SECRETARIA DE ÓRGÃOS COLEGIADOS RESOLUÇÃO Nº 04/2011

SECRETARIA DE ÓRGÃOS COLEGIADOS RESOLUÇÃO Nº 04/2011 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA SECRETARIA DE ÓRGÃOS COLEGIADOS Campus Universitário Viçosa, MG 36570-000 Telefone: (31) 3899-2127 - Fax: (31) 3899-1229 - E-mail: soc@ufv.br RESOLUÇÃO

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS CAMPO GRANDENSES INSTRUÇÃO NORMATIVA 002/2010 17 05 2010

FACULDADES INTEGRADAS CAMPO GRANDENSES INSTRUÇÃO NORMATIVA 002/2010 17 05 2010 O Diretor das Faculdades Integradas Campo Grandenses, no uso de suas atribuições regimentais e por decisão dos Conselhos Superior, de Ensino, Pesquisa, Pós Graduação e Extensão e de Coordenadores, em reunião

Leia mais

MINI STÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINI STRO P ORTARIA Nº 808, DE 18 DE JUNHO DE 2010

MINI STÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINI STRO P ORTARIA Nº 808, DE 18 DE JUNHO DE 2010 MINI STÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINI STRO P ORTARIA Nº 808, DE 18 DE JUNHO DE 2010 Aprova o instrumento de avaliação para reconhecimento de Cursos Pedagogia, no âmbito do Sistema Nacional de Avaliação

Leia mais

FORMULÁRIO PADRÃO PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS ENSINO INOVADOR

FORMULÁRIO PADRÃO PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS ENSINO INOVADOR FORMULÁRIO PADRÃO PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS ENSINO INOVADOR Título do Projeto: Fruticultura: Tecnologias para a fruticultura regional. Unidade(s) de aprendizagem ou disciplina de referência: Fruticultura

Leia mais

NUCLEO DE EDUCAÇÃO PERMANENTE DO SUAS

NUCLEO DE EDUCAÇÃO PERMANENTE DO SUAS Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Habitação NUCLEO DE EDUCAÇÃO PERMANENTE DO SUAS Florianópolis, 25 de setembro de GESTÃO DO TRABALHO Se configura como área de abrangência do SUAS que trata

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 004/2008, DE 11 DE MARÇO DE 2008 DO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO (CEPE) DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS UNIFAL-MG

RESOLUÇÃO Nº 004/2008, DE 11 DE MARÇO DE 2008 DO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO (CEPE) DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS UNIFAL-MG MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Alfenas. UNIFAL-MG Rua Gabriel Monteiro da Silva, 714. Alfenas/MG. CEP 37130-000 Fone: (35) 3299-1000. Fax: (35) 3299-1063 RESOLUÇÃO Nº 004/2008, DE 11 DE

Leia mais

PRONATEC: múltiplos arranjos e ações para ampliar o acesso à educação profissional

PRONATEC: múltiplos arranjos e ações para ampliar o acesso à educação profissional PRONATEC: múltiplos arranjos e ações para ampliar o acesso à educação profissional Martha Cassiolato e Ronaldo Coutinho Garcia Diretoria de Estudos e Políticas do Estado, Instituições e Democracia - Diest/

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES FACESA

REGULAMENTO INTERNO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES FACESA REGULAMENTO INTERNO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES FACESA CAPÍTULO I DAS DEFINIÇÕES DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Art.1º. As atividades complementares são componentes curriculares que possibilitam o reconhecimento,

Leia mais

Decreto 7.508 de 28/06/2011. - Resumo -

Decreto 7.508 de 28/06/2011. - Resumo - Decreto 7.508 de 28/06/2011 - Resumo - GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ Secretaria de Estado de Saúde Pública Sistema Único de Saúde SIMÃO ROBISON DE OLIVEIRA JATENE Governador do Estado do Pará HELENILSON PONTES

Leia mais

FACULDADE DE FILOSOFIA, CIÊNCIAS E LETRAS DOM BOSCO CURSO DE PEDAGOGIA ATIVIDADES TEÓRICO-PRÁTICAS - NORMAS -

FACULDADE DE FILOSOFIA, CIÊNCIAS E LETRAS DOM BOSCO CURSO DE PEDAGOGIA ATIVIDADES TEÓRICO-PRÁTICAS - NORMAS - Direção da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras Dom Bosco / AEDB Prof. Ms. Antonio Carlos Simon Esteves Coordenação do Curso de Pedagogia Profa. Ms. Sueli Sardinha Guedes 2 MISSÃO DA FFCLDB/AEDB Promover

Leia mais

Curso de Especialização em SUPERVISÃO ESCOLAR E ORIENTAÇÃO EDUCACIONAL

Curso de Especialização em SUPERVISÃO ESCOLAR E ORIENTAÇÃO EDUCACIONAL Curso de Especialização em SUPERVISÃO ESCOLAR E ORIENTAÇÃO EDUCACIONAL ÁREA DO CONHECIMENTO: Educação NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em Supervisão e Orientação Educacional.

Leia mais

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS Introdução Independentemente do nível de experiência da proponente na elaboração de projetos, o Instituto Cooperforte empresta apoio, orientação e subsídios às Instituições

Leia mais