DIREÇÃO DE ARTE Prof. Breno Brito

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DIREÇÃO DE ARTE Prof. Breno Brito"

Transcrição

1 CURSO: COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA TURMA: CS2/CS3 DIREÇÃO DE ARTE Apostila 4 A TIPOLOGIA APLICADA À PROPAGANDA MARÇO 2009

2 k A TIPOLOGIA APLICADA À PROPAGANDA Conceitos: Tipologia: Consiste no estudo dos tipos no intuito de fazer a escolha da letra adequada para um determinado trabalho, de modo que a palavra ou o texto seja lido sem dificuldades. Priscila Farias (2000) apud Fernandes (2006) fala de tipografia e a define como sendo o conjunto de práticas subjacentes a criação e utilização de símbolos visíveis relacionados a caracteres ortográficos (letras). Fonte: Vem do latim fundere (fundir).técnica usada para fazer tipos de metal. Na propaganda, é um termo comum e que, a princípio, pode-se dizer que significa o mesmo que tipo ou tipologia. Um alfabeto inteiro, por exemplo, é chamado fonte. Família: É a coleção de variações baseada em um design único. Anatomia do Tipo: 2

3 Características das Fontes: - CORPO: é altura da letra, o menor corpo usualmente empregado é o corpo 6. A tipologia de uma gráfica geralmente varia de corpo 6 ao corpo 72. Corpo6 Corpo8 Corpo10 Corpo12 Corpo14 Corpo20 Corpo30 - ORTOGRAFIA: CAIXA ALTA - C.A. - quando todos os caracteres estão em letra maiúscula. CAIXA ALTA CAIXA BAIXA - C.b. - quando todos os caracteres estão em letra minúscula. caixa baixa CAIXA ALTA E BAIXA - C.A.b. - quando os caracteres começam com letra maiúscula e as demais são minúscula. Caixa alta e baixa OUTLINE - apenas as linhas exteriores dos caracteres são traçadas. INCLINAÇÃO: - NORMAL - eixo central de 90º ABCDEF abcdef - ITÁLICO ou GRIFO - caracter inclinado, intermediário entre o redondo e o manuscrito. ABCDEF abcd - NEGRITO - Caractere de traços mais grossos do que o normal que é empregado para dar realce a alguma parte do texto. Um pouco de história: Para ser comunicada, a palavra deve necessariamente partir de um alfabeto, onde estão contidos os desenhos das letras, seu estilo e forma da fonte. Os primeiros alfabetos que apareceram no Ocidente surgiram em civilizações do Mediterrâneo. Para cada letra havia um desenho, uma imagem correspondente. Eram simples figuras destinadas a representar a escrita. No Egito antigo, por exemplo, a letra A era representada por uma ave. A princípio, o homem começou copiando livros, trabalho feito por copistas a única forma de reproduzir um livro. O tipo móvel, que era uma maneira de escrever com pequenos pedaços de chumbo, inventado por Gutenberg, em 1454, na Alemanha, facilitou a entrada da escrita para o mundo da reprodução em série. Começava-se a pensar pela primeira vez na possibilidade 3

4 de diagramar uma página. Desde os primeiros tipos gráficos de chumbo, a letra já ganhava um caráter de projeto. Com o surgimento da impressão offset, facilitou a reprodução em massa. Enquanto antigamente uma matriz de chumbo era usada para a reprodução, no offset o sistema é reproduzido em uma chapa (fotolito). O computador veio permitir ousadias para o designer gráfico, que pode agora aproximar as letras, diminuindo o espaço entre as letras, sobrepô-las, tudo dependendo do projeto que se quer como produto final. Classificação das Fontes: Com a variedade de nomes das fontes, tornou-se quase impossível guardar todos os nomes de memória. Então, a necessidade de uma classificação geral dos tipos. Como base tomou-se por referência as características dos detalhes nos desenho das letras. Observou por exemplo que certos grupos de letras não tinham serifas e outras eram serifadas, com variações nos seus desenhos, altura, expessura, ângulos, etc. Resolve-se agrupá-las em quatro famílias principais, cada uma com características próprias. Vamos conhecê-las a seguir. * ELZEVIR / ROMANO ANTIGO: Os tipos antigos são conhecidos por terem sido criados com base nos traços das letras dos escrivães públicos e escritores judeus que escreviam com pena, por isto esses tipos têm uma pequena variação entre traços grossos e finos. Também se caracterizam por possuírem serifa triangular, que tendem a guiar nossos olhos de uma letra para outra, dando uma direção e ritmo à leitura, o que a facilita. Devido a proporcionar boa legibilidade é muito indicado para textos mais longos. Portanto, se quiser que um leitor não se distraia, utilize esses tipos, são mais confortáveis aos olhos. ELZEVIR ou Antiga Times Garamound Century Variação de finos e grossos serifa 4

5 * EGIPCIANA / MODERNO: Destaca-se pela uniformidade de todos os traços. Apresenta aspectos sólidos das colunas egípcias. Também possuem serifas, só que retangulares. Também são mais finas e delicadas, e a transição de traços finos e grossos são muito acentuadas. Ao contrário da família antiga, a família moderna não é tão legível. Sendo assim, é pouco recomendada para leitura corrente. É elegante, porém menos poética. Estes tipos acompanharam a mudança tecnológica dos equipamentos de impressão e dos novos papéis, que garantiram uma qualidade de reprodução superior. O desenho é mais reto As serifas são retangulares * BASTÃO / SEM SERIFA: Seu desenho foi inspirado nas inscrições lapidárias, fenícias ou gregas, feitas com bastão sobre tijolos de argila. O desenho do tipo é uniforme e simples, tornando e bem legível seus caracteres. É Muito usado em títulos e em mídias onde a visualização é a distância (outdoors, banners, etc) 5

6 Nem sempre são tipos elegantes e bonitos, por isso é difícil saber como empregálos. Uma boa solução é contrastar pesos (bold, extra bold, medium, light). Não possuem serifas * MANUSCRITA: Embora desenhados no computador, são caracteres que imitam a escrita à mão, inclusive traços de ligação. No geral se parecem com escritas a caneta tinteiro, penas, etc. Não são bem-vindos para utilização em textos corridos. 6

7 * DECORATIVO / FANTASIA: São os caracteres que não se enquadram em nenhum estilo, tem desenho próprio. Geralmente criados em função da moda, ou alguma campanha específica. (causam identidade visual) Entusiasmam muito os diretores de arte, por serem diferentes e modernos, porém são os tipos mais complicados de utilizar, pois é preciso muito cuidado na escolha e na combinação. Sua vantagem é causar uma identidade única na peça gráfica. As fontes possuem expressão 7

8 As letras passam sensações. O seu formato diz se a empresa é séria, jovem, tradicional, com personalidade, etc. O tipo de letra chega a denunciar a atividade de uma empresa. Podemos não ter consciência disso imediatamente, mas é algo completamente involuntário e automático. As fontes também possuem características que têm que serem levadas em conta na hora de diagramar o anúncio, como o espaço entre linhas, palavras ou caracteres. Recursos como inclinação ou negrito também são utilizados para dar destaque a algum ponto do texto onde há uma informação mais relevante. A importância da tipologia na propaganda A fonte deve se adequar ao contexto da campanha. O mais comum é sentar-se no computador e escolher a fonte conforme suas opções e adequações com a peça a ser criada. O uso das fontes certas no anúncio é de grande importância para o resultado da criação. Você pode sentir vontade de ler o anúncio, ou simplesmente ignorá-lo, se a fonte não tiver adequada. A escolha das fontes a serem utilizadas em anúncios publicitários é uma tarefa de grande importância. Uma fonte utilizada de maneira inadequada pode tornar o anúncio ineficiente, dificultando seu entendimento e fazendo com que o consumidor nem sinta vontade de ler a mensagem. Por isso, o Diretor de Arte deve conhecer bem os tipos de fontes e saber empregá-las de forma adequada. Fonte utilizada de forma inadequada dificulta a leitura Fonte utilizada de forma adequada deixa a leitura agradável 8

9 Tipologia na web Deve-se ter cuidado ao adotar a fonte para o texto, tendo em mente que esta deve ser uma fonte comum(times ou Arial), visto que a maioria dos internautas possui uma gama de tipos limitada em seus computadores. Evite utilizar mais do que três fontes no site. Além do mais, pode-se conseguir uma boa margem de opções utilizando-se o itálico, o negrito, condensado sem descaracterizar o estilo da página. A legibilidade de um texto depende não somente da forma das letras, mas do tamanho do corpo utilizado e do contraste desta fonte com background da página. O bom senso não pode ser esquecido na Web. Deve-se dar a devida atenção às condições de leitura. Combinando e escolhendo fontes algumas dicas: - A tipologia é como a moda: segue tendências - Experimente. Imprima três, quatro opções de fontes escolhidas e analise-as. - Procure seguir um padrão de fontes no anúncio. Não faça um carnaval de tipos. Evite usar mais de 2 ou 3 tipos de fontes numa mesma peça. - Prefira uma tipologia de fácil legibilidade, pois esta não prejudicará o trabalho, deixando a leitura mais confortável; - Fontes sem serifas combinam com serifadas, normalmente título e texto têm fontes diferentes; - Tipos serifados transmitem elegância e segurança, mas cuidado ao usar um corpo muito pequeno sobre fundo colorido; - Tipos clássicos são ideais para anúncios de bancos, seguradoras, etc - Tipos modernos caem bem para automóveis, moda, perfumes, etc. - De modo geral fontes sem serifas são mais frias, pesadas, combinas com artigos masculinos. - Para o público feminino podemos usar fontes mais delicadas, elegantes: manuscritas e algumas sem serifas; - Combinar fontes da mesma família (variando entre bold, italic, medium, light...) garantem harmonia; - Se precisar diagramar um texto muito longo dentro de um espaço pequeno, use o tipo Times, que ocupa menos espaço de composição; - Lembre-se que os tipos serifados, clássicos, resistem ao tempo, e daqui a 15 anos continuarão parecendo atuais; - Os tipos preferidos dos diretores de arte são Times, Futura, Garamound, Bodoni, Univers, Swiss. Usar esses tipos é acertar sempre. * FONTE BIBLIOGRÁFICA: FERNANDES, José D. C. Alltype: informação, cognição, e estética do discurso tipográfico. João Pessoa: Editora da UFPB, CESAR, N. Direção de arte em propaganda. 1 ed. São Paulo: Futura, WAITEMAN, Flávio. Manual prático de criação publicitária. São Paulo: Nobel,

serifa inclinada TIMES serifa

serifa inclinada TIMES serifa TIPOLOGIA NA WEB CLASSIFICAÇÃO DOS TIPOS Com Serifa Serifa é uma haste perpendicular que termina os principais traços de algumas letras. Este recurso facilita a leitura de textos impressos, aglutiando

Leia mais

Referências bibliográficas:

Referências bibliográficas: Referências bibliográficas: - Tipos. Desenho e utilização de letras no projeto gráfico - Aldemar Pereira - Tipografia Digital - Priscila Farias - Planejamento Visual Gráfico - Milton Ribeiro - Projeto

Leia mais

Formatação de documentos: mais qualidade e produtividade

Formatação de documentos: mais qualidade e produtividade Formatação de documentos: mais qualidade e produtividade Judith Adler Levacov Diretora da JAL Design, pós-graduada em Design de Interfaces pela Unicarioca judith@jaldesign.com.br Introdução Com a informatização

Leia mais

Legibilidade. Buracos brancos. Entrelinhas

Legibilidade. Buracos brancos. Entrelinhas A única coisa capaz de atrair o leitor é uma informação transmitida de maneira clara, pertinente e envolvente. A ilustração e o título atraem sua atenção, mas é o texto que encerra toda a informação que

Leia mais

A largura das colunas

A largura das colunas A largura das colunas Largura ideal: As pessoas leem mais depressa se não precisarem mover a cabeça, mas apenas correr ligeiramente os olhos da esquerda para direita, da direita para esquerda. Os olhos

Leia mais

DIREÇÃO DE ARTE Prof. Breno Brito

DIREÇÃO DE ARTE Prof. Breno Brito CURSO: COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA TURMA: CS2/CS3 DIREÇÃO DE ARTE Apostila 9 CRIAÇÃO PARA REVISTA E JORNAL ABRIL 2015 CRIAÇÃO PARA A MÍDIA IMPRESSA Quando se cria um anúncio, tudo precisa

Leia mais

Manual de Identidade Visual. Índice

Manual de Identidade Visual. Índice Índice Introdução Concepção Proporção da identidade visual Limite de redução Cores institucionais Tipografia institucional Versão de assinatura Cores Fundos coloridos Papelaria Aplicação em ícone para

Leia mais

Fundamentos de design

Fundamentos de design Fundamentos de design gordongroup Sobre o gordongroup gordongroup é uma agência de marketing e comunicação de tempo integral e de balcão único, que oferece um conjunto exclusivo de serviços criativos,

Leia mais

Fundamentos de design

Fundamentos de design Fundamentos de design Uma das empresas de comunicação e marketing mais destacadas de Ottawa, Canadá, o gordongroup oferece um design premiado para uma oferta completa de produtos de comunicação de identidades

Leia mais

TIPOGRAFIA LEVE PESADO

TIPOGRAFIA LEVE PESADO TIPOGRAFIA Tipografia é o emprego de elementos gráficos que podem ser utilizados na escrita (letras, números, rabiscos, símbolos) para se construir uma mensagem visual - seja ela compreensível ou não.

Leia mais

Manual de Identidade Visual Corporativa

Manual de Identidade Visual Corporativa Manual de Identidade Visual Corporativa Apresentação O Manual de Identidade Visual Corporativa, é um documento técnico que reúne as especificações, recomendações e normas essenciais para a preservação

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL ÍNDICE 1. MARCA Definições de Interesse... 03 Conceito... 04 Desenho... 06 Cores... 07 Tipografia... 08 Uso Incorreto da Marca... 09 Redução da Marca... 10 Versões Monocromáticas...

Leia mais

Introdução. Como adquirir o FrontPage?

Introdução. Como adquirir o FrontPage? Introdução O software FrontPage é muito utilizado para a criação, gerenciamento e publicação de páginas (sites) na Internet. Sendo um produto da Microsoft Corporation, ele apresenta uma interface bastante

Leia mais

Como montar uma boa apresentação de slides?

Como montar uma boa apresentação de slides? Na hora de elaborar seus slides para a apresentação de TCC (Trabalho de Conclusão de Curso), a coisa mais importante que você deve considerar é "de que forma os meus slides podem auxiliar o entendimento

Leia mais

CONCEITOS DO PROJETO GRÁFICO

CONCEITOS DO PROJETO GRÁFICO CONCEITOS DO PROJETO GRÁFICO Este material não deve ser considerado como única fonte de pesquisa. Use em conjunto com as observações anotadas em classe. Os textos em romano, foram transcritos das transparaências

Leia mais

Instruções sobre como elaborar artigo para o Âmbito Jurídico

Instruções sobre como elaborar artigo para o Âmbito Jurídico Instruções sobre como elaborar artigo para o Âmbito Jurídico Nome do autor: principais atividades acadêmicas em no máximo 3 linhas, colocar e-mail. 1. Se estudante de direito colocar apenas: Acadêmico

Leia mais

Figuras geométricas. Se olhar ao seu redor, você verá que os objetos. Nossa aula. Figuras geométricas elementares

Figuras geométricas. Se olhar ao seu redor, você verá que os objetos. Nossa aula. Figuras geométricas elementares A UU L AL A Figuras geométricas Se olhar ao seu redor, você verá que os objetos têm forma, tamanho e outras características próprias. As figuras geométricas foram criadas a partir da observação das formas

Leia mais

THE BRAND GUIDE BOOKLET

THE BRAND GUIDE BOOKLET THE BRAND GUIDE BOOKLET APRESENTAÇÃO 1ª Edição Março de 2015 A experiência de uma pedalada perfeita só pode ser intensificada por uma bicicleta perfeita. Audax foi criada por almas aventureiras que entendem

Leia mais

Notas para um encontro sobre Tipografia

Notas para um encontro sobre Tipografia Priscila Farias Notas para um encontro sobre Tipografia [Criação (design de tipos) e/ou utilização (design com tipos) de símbolos visíveis relacionados aos caracteres ortográficos e para-ortográficos da

Leia mais

Comércio Eletrônico Curso de Especialização SEBRAE

Comércio Eletrônico Curso de Especialização SEBRAE Comércio Eletrônico Curso de Especialização A N A L I S T A DE N E G Ó C I O Apoio Realização SEBRAE 1 WEB DESIGN Módulo 2 NatãMorais de Oliveira 2 Objetivo Treinar o Analista de Negócio no planejamento

Leia mais

Professora: Yandra Mello

Professora: Yandra Mello Professora: Yandra Mello Se você precisa realizar um trabalho, de qual matéria for, lembre-se que você não deve realizá-lo de qualquer maneira, entrar em qualquer site, colocar o texto no Word, e sem ler

Leia mais

AULA 2: BrOffice Writer Trabalhando com imagem, bordas e cores. Ao final dessa aula, você deverá ser capaz de:

AULA 2: BrOffice Writer Trabalhando com imagem, bordas e cores. Ao final dessa aula, você deverá ser capaz de: AULA 2: BrOffice Writer Trabalhando com imagem, bordas e cores Objetivo Ao final dessa aula, você deverá ser capaz de: Aprender a inserir e formatar figura no texto; Aprender a trabalhar com cor ou marca

Leia mais

SETES CONSULTORIA E TREINAMENTO DIRETORIA EXECUTIVA REGULAMENTO PARA APRESENTAÇÃO DE PÔSTER NO I WORKSHOP SETES PARA AUTOESCOLAS

SETES CONSULTORIA E TREINAMENTO DIRETORIA EXECUTIVA REGULAMENTO PARA APRESENTAÇÃO DE PÔSTER NO I WORKSHOP SETES PARA AUTOESCOLAS SETES CONSULTORIA E TREINAMENTO DIRETORIA EXECUTIVA REGULAMENTO PARA APRESENTAÇÃO DE PÔSTER NO I WORKSHOP SETES PARA AUTOESCOLAS A diretoria executiva da Setes Consultoria e Treinamento, torna público

Leia mais

TRANSBRASILEIRO CARGAS & MUDANÇAS

TRANSBRASILEIRO CARGAS & MUDANÇAS Manual de Identidade Visual INTRODUÇÃO AO MANUAL Respeitar às orientações deste manual significa respeitar a imagem da empresa, dentro e fora de sua corporação, e mostra como é importante a apresentação

Leia mais

Construir uma apresentação electrónica

Construir uma apresentação electrónica Construir uma apresentação electrónica Regras gráficas elementares ESCOLA SECUNDÁRIA LEAL DA CÃMARA Sumário Comunicação Constituição da apresentação Elementos da composição Organização formal Conceção

Leia mais

Manual de utilização do selo

Manual de utilização do selo Manual de utilização do selo Introdução O manual do selo Empresa Parceira da Saúde tem a função de ordenar e padronizar o signo que distingue e diferencia a parceira, compreendendo padrões e regras de

Leia mais

PRIMEIRA IGREJA EVANGÉLICA CONGREGACIONAL DE BRASÍLIA PRIMEIRA IGREJA EVANGÉLICA CONGREGACIONAL DE BRASÍLIA MANUAL DE MARCA

PRIMEIRA IGREJA EVANGÉLICA CONGREGACIONAL DE BRASÍLIA PRIMEIRA IGREJA EVANGÉLICA CONGREGACIONAL DE BRASÍLIA MANUAL DE MARCA MANUAL DE MARCA APRESENTAÇÃO Este manual apresenta e normatiza a utilização da marca da Primeira Igreja Evangélica Congregacional de Brasília. A marca é elemento essencial para a construção da identidade

Leia mais

Apresentação 3. Conceitos Básicos 4. Conceito da Marca 6

Apresentação 3. Conceitos Básicos 4. Conceito da Marca 6 Sumário Apresentação 3 Conceitos Básicos 4 O Clube 5 Conceito da Marca 6 Versões da Marca Assinatura Principal 7 Assinatura Secundária 8 Escala de Cinza 9 Colorida 9 Preto e Branco positivo 9 Preto e Branco

Leia mais

Manual de Identidade Visual Fiat Manual de Identidade Visual Fiat

Manual de Identidade Visual Fiat Manual de Identidade Visual Fiat Manual de Identidade Visual Fiat Manual de Identidade Visual Fiat De modo geral, a versão de logo preferida para uso é a versão fotográfica com sombra e brilho. Onde não for possível utilizar esta versão,

Leia mais

Copiright de todos artigos, textos, desenhos e lições. A reprodução parcial ou total desta aula só é permitida através de autorização por escrito de

Copiright de todos artigos, textos, desenhos e lições. A reprodução parcial ou total desta aula só é permitida através de autorização por escrito de 1 Nesta aula você aprenderá a diferenciar um desenhista de um ilustrador e ainda iniciará com os primeiros exercícios de desenho. (Mateus Machado) O DESENHISTA E O ILUSTRADOR Ainda que não sejam profissionais

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual Índice Apresentação 5 A Marca 7 Criação da Marca 8 Elementos 9 Tipografia 10 Cores 11 Redução Máxima 12 Área de Proteção 13 Grid de Construção 14 Versão Monocromática 15 Aplicação

Leia mais

energia que vai longe

energia que vai longe Como melhorar seus Clicks energia que vai longe CLICK 2014 Introdução A fotografia é uma das principais ferramentas de comunicação da atualidade. Com o avanço tecnológico das câmeras fotográficas e celulares,

Leia mais

Faculdade de Ciências Médicas FCM Unicamp Núcleo de Tecnologia de Informação NTI

Faculdade de Ciências Médicas FCM Unicamp Núcleo de Tecnologia de Informação NTI Manual do usuário Desenvolvendo páginas em Drupal Faculdade de Ciências Médicas FCM Unicamp Núcleo de Tecnologia de Informação NTI Conteúdo Primeiro Passo... 3 1.1 Login... 3 1.2 Recuperando a Senha...

Leia mais

guia de aplicação da marca

guia de aplicação da marca guia de aplicação da marca Sumário 03 apresentação A marca mek Usos incorretos 04 a marca principal 12 o que não fazer 05 06 07 08 09 10 11 cores da marca variações - aplicações sobre fundos nas cores

Leia mais

FORA DA ESCOLA NÃO PODE. Cada criança e adolescente tem o direito de aprender. Manual de Aplicação de Marcas

FORA DA ESCOLA NÃO PODE. Cada criança e adolescente tem o direito de aprender. Manual de Aplicação de Marcas NÃO PODE Cada criança e adolescente tem o direito de aprender Manual de Aplicação de Marcas Sumário p1 Apresentação p15 Banners p2 Assinatura Principal p19 Faixa p3 Variações da Marca p20 Outdoor p4 Cores

Leia mais

DIREÇÃO DE ARTE Prof. Breno Brito

DIREÇÃO DE ARTE Prof. Breno Brito CURSO: COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA TURMA: CS2/CS3 DIREÇÃO DE ARTE Apostila 5 CRIAÇÃO DE LOGOMARCAS E IDENTIDADE VISUAL MARÇO 2011 CRIAÇÃO DE LOGOMARCAS Assim como toda empresa ou produto

Leia mais

Dicas de design utilizando as ferramentas Jimdo. http://educacao.jimdo.com

Dicas de design utilizando as ferramentas Jimdo. http://educacao.jimdo.com Dicas de design utilizando as ferramentas Jimdo. http://educacao.jimdo.com Organize suas ideias Defina um plano de trabalho Estruture a informação Planeje as seções e o conteúdo de cada uma delas Defina

Leia mais

seguros IASA manual de identidade visual

seguros IASA manual de identidade visual manual de identidade visual Sumário A marca Sobre a Marca... 03 Assinaturas da Marca... 04 Versões da Marca... 05 Padrão Cromático... 06 Mallha Construtiva... 07 Limite de Redução... 08 Área de Proteção...

Leia mais

Como Fazer um Pôster?

Como Fazer um Pôster? Como Fazer um Pôster? O que é um Pôster? O pôster é um meio de comunicação visual. É uma fonte de informação do trabalho realizado, complementada por sua apresentação oral. A rigor, é um sumário e uma

Leia mais

Copiright de todos artigos, textos, desenhos e lições. A reprodução parcial ou total desta aula só é permitida através de autorização por escrito de

Copiright de todos artigos, textos, desenhos e lições. A reprodução parcial ou total desta aula só é permitida através de autorização por escrito de 1 O olho é com certeza o ponto de maior destaque no mangá e por isso requer maior atenção. Nesta aula focaremos na estrutura dos olhos. Bom estudos! (Mateus Machado) COMO DESENHAR MANGÁ - OLHOS 1. A BASE

Leia mais

Apresentação. Identidade Visual

Apresentação. Identidade Visual Apresentação Identidade Visual É o conjunto de elementos gráficos que compõem o universo da marca. Neste manual, apresentamos regras e orientações para utilizá-los de maneira coerente e consistente, transmitindo

Leia mais

Construção de Marcas - Caso It's¹ Bruna MELO² Marília DIÓGENES³ Ms. Maria Iglê de MEDEIROS 4 Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN

Construção de Marcas - Caso It's¹ Bruna MELO² Marília DIÓGENES³ Ms. Maria Iglê de MEDEIROS 4 Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN Construção de Marcas - Caso It's¹ Bruna MELO² Marília DIÓGENES³ Ms. Maria Iglê de MEDEIROS 4 Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN RESUMO Este estudo mostra o desenvolvimento da criação

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL Manual de Identidade Visual Normas padrão para construção e uso correto da marca. Todas informações são desenvolvidas de acordo com a necessidade da empresa. Agência yep! -

Leia mais

Faculdade Latino-americana de Ciências Sociais. Manual de Identidade Gráfica

Faculdade Latino-americana de Ciências Sociais. Manual de Identidade Gráfica Faculdade Latino-americana de Ciências Sociais Manual de Identidade Gráfica 1 2 Faculdade Latino-americana de Ciências Sociais Manual de Identidade Gráfica 4 ÍNDICE Introdução I. Significado I.0 Emblema

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL Confiabilidade Confiabilidade será nossa palavra-chave: todas as nossas ações serão no sentido de conquistar o reconhecimento da OniSat como uma grande empresa na área de rastreamento.

Leia mais

MANUAL DE APLICAÇÃO DA MARCA DO INMETRO. Divisão de Comunicação Social do Inmetro - Dicom

MANUAL DE APLICAÇÃO DA MARCA DO INMETRO. Divisão de Comunicação Social do Inmetro - Dicom Divisão de Comunicação Social do Inmetro - Dicom NOVA MARCA. NOVAS PRÁTICAS. Uma inovação é a implementação de um produto (bem ou serviço) novo ou significativamente melhorado, ou um processo, ou um novo

Leia mais

MICROSOFT WORD 2007. George Gomes Cabral

MICROSOFT WORD 2007. George Gomes Cabral MICROSOFT WORD 2007 George Gomes Cabral AMBIENTE DE TRABALHO 1. Barra de título 2. Aba (agrupa as antigas barras de menus e barra de ferramentas) 3. Botão do Office 4. Botão salvar 5. Botão de acesso à

Leia mais

Internet e Programação Web

Internet e Programação Web COLÉGIO ESTADUAL PEDRO MACEDO Ensino Profissionalizante Internet e Programação Web 2 Técnico Prof. Cesar 2014 1 1. CSS CSS é uma linguagem para estilos que define o layout de documentos HTML. Por exemplo,

Leia mais

Manual de Uso e Aplicação da Marca do Centro Universitário Newton Paiva

Manual de Uso e Aplicação da Marca do Centro Universitário Newton Paiva Manual de Uso e Aplicação da Marca do Centro Universitário Newton Paiva O Manual de Utilização da Logomarca do Centro Universitário Newton Paiva tem o objetivo de cuidar do maior cartão de visitas de uma

Leia mais

Notas Técnicas DataCAD

Notas Técnicas DataCAD MULTI-LAYOUT (DC Pleno V.11) PLOTAGEM EM MÚLTIPLAS ESCALAS, NA MESMA PRANCHA (Válido para as Versões Plenas do DataCAD a partir da V. 11) Atualizado em: 04/12/2004 Com a habilidade Multi-Layout, situada

Leia mais

ELEMENTOS DE APOIO À APRESENTAÇÃO DE COMUNICAÇÕES

ELEMENTOS DE APOIO À APRESENTAÇÃO DE COMUNICAÇÕES ELEMENTOS DE APOIO À APRESENTAÇÃO DE COMUNICAÇÕES O objectivo destes elementos é o de auxiliar os autores que vão apresentar as suas comunicações durante o 8º Congresso Nacional de Geotecnia. Após a preparação

Leia mais

Normas para elaboração de trabalhos escolares

Normas para elaboração de trabalhos escolares Normas para elaboração de trabalhos escolares Ensino Fundamental 8 os e 9 os anos Ensino Médio fevereiro/2012 O que é um trabalho escolar? É uma atividade relacionada a um tema ou assunto sobre o conteúdo

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual 2 Índice Apresentação A Marca Criação da Marca Elementos Tipografia Cores Redução Máxima Área de Proteção Grid de Construção Versão Monocromática Aplicação Aplicação - Fundo Preto Aplicação - Fundo Especial

Leia mais

Vinte dicas para o Word 2007

Vinte dicas para o Word 2007 Vinte dicas para o Word 2007 Introdução O Microsoft Word é um dos editores de textos mais utilizados do mundo. Trata-se de uma ferramenta repleta de recursos e funcionalidades, o que a torna apta à elaboração

Leia mais

Projeção ortográfica da figura plana

Projeção ortográfica da figura plana A U L A Projeção ortográfica da figura plana Introdução As formas de um objeto representado em perspectiva isométrica apresentam certa deformação, isto é, não são mostradas em verdadeira grandeza, apesar

Leia mais

Leia estas instruções:

Leia estas instruções: Leia estas instruções: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 Confira se os dados contidos na parte inferior desta capa estão corretos e, em seguida, assine no espaço reservado para isso. Caso se identifique em qualquer

Leia mais

caderno de normas da marca inegi

caderno de normas da marca inegi caderno de normas da marca inegi identidade As pessoas reconhecem uma instituição pela sua identidade, o que significa que a identidade corporativa é como a face de uma pessoa. Pode ser amigável, interessante,

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual Apresentação A Identidade Visual de uma organização é um de seus principais patrimônios. É por meio dela que uma instituição transmite visualmente seus valores e torna-se reconhecida

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual Normas e padrões de utilização Versão 1.3 Alterada em 13/11/2014 Alteração: inclusão do elemento de marca registrada, após a concessão do registro da marca pelo INPI. Sumário

Leia mais

Cursos Profissionais. Prova de Aptidão Profissional

Cursos Profissionais. Prova de Aptidão Profissional Escola Secundária de S. João do Estoril Cursos Profissionais Normas para a apresentação do relatório Professora Orientadora: Apresentação As normas que se apresentam têm por objectivo uniformizar a apresentação

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE. inside office

MANUAL DE IDENTIDADE. inside office ÍNDICE APRESENTAÇÃO 3 CORES 4 FAMÍLIA TIPOGRÁFICA 5 APLICAÇÕES DA MARCA 6 USOS INCORRETOS 0 REDUÇÃO DA MARCA AREJAMENTO DA MARCA VERSÕES MONOCROMÁTICAS MARCA EM NEGATIVO 1 4 2 3 APRESENTAÇÃO Esta é a marca

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL 1 MENSAGEM DA PRESIDÊNCIA O conjunto marca/logotipo é o elemento gráfico e visual pelo qual somos reconhecidos nos diversos meios em que atuamos. As suas formas foram concebidas

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL ÍNDICE 1. MARCA Conceito... 3 Desenho da Marca... 4 Cores Institucionais... 5 Família Tipográfica... 6 Reprodução da Marca... 7 Usos Incorretos... 8 Redução Máxima da Marca...

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL INTRODUÇÃO A marca de uma empresa é seu símbolo mais importante. Através dela o público reconhece a presença da empresa, suas conquistas, sua tradição e seus ideais. Ela nos

Leia mais

POR VITOR SOUZA CONTEÚDO ORIGINAL DE: WWW.CACHORROSURTADO.BLOGSPOT.COM

POR VITOR SOUZA CONTEÚDO ORIGINAL DE: WWW.CACHORROSURTADO.BLOGSPOT.COM POR VITOR SOUZA CONTEÚDO ORIGINAL DE: WWW.CACHORROSURTADO.BLOGSPOT.COM COPYLEFT 2010 O QUE SÃO? É UMA FORMA DE ARTE QUE CONJUGA TEXTO E IMAGENS COM O OBJETIVO DE NARRAR HISTÓRIAS DOS MAIS VARIADOS GÊNEROS

Leia mais

Manual pra quê? O que move uma marca? Ela é movida pela CONFIANÇA E PERCEPÇÃO DE VALOR POR SEUS CONSUMIDORES.

Manual pra quê? O que move uma marca? Ela é movida pela CONFIANÇA E PERCEPÇÃO DE VALOR POR SEUS CONSUMIDORES. Manual pra quê? O que move uma marca? Ela é movida pela CONFIANÇA E PERCEPÇÃO DE VALOR POR SEUS CONSUMIDORES. E a marca HEAVYLOAD transmite essa confiança e, também, cria essa percepção! Em cada momento

Leia mais

FERRAMENTAS DE CRIATIVIDADE MAPA MENTAL (MIND MAP)

FERRAMENTAS DE CRIATIVIDADE MAPA MENTAL (MIND MAP) FERRAMENTAS DE CRIATIVIDADE MAPA MENTAL (MIND MAP) 1. O que é Mapa Mental (Mind Map) é um diagrama usado para representar palavras, idéias, tarefas ou outros itens ligados a um conceito central e dispostos

Leia mais

21 UNIFORMES SUMÁRIO. PARA COMEÇAR A CONVERSA Momento de transição. Mudança para simplificar Conheça o novo logo Versões do logo

21 UNIFORMES SUMÁRIO. PARA COMEÇAR A CONVERSA Momento de transição. Mudança para simplificar Conheça o novo logo Versões do logo SUMÁRIO 3 8 14 21 PARA COMEÇAR A CONVERSA Momento de transição. Mudança para simplificar Conheça o novo logo Versões do logo APLICAÇÕES DA MARCA Área de não-interferência Tamanho mínimo Assinatura conjunta

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL CORPORATIVA

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL CORPORATIVA MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL CORPORATIVA Índice 1. Introdução... Pág. 3 2. A Marca Atacadão Guarujá... Pág. 3 3. Logotipo... Pág. 4 4. Símbolo... Pág. 5 5. Utilização das Figuras Corporativas... Pág. 6

Leia mais

Guia de Instruções de Trabalho

Guia de Instruções de Trabalho Guia de Instruções de Trabalho Este guia foi desenvolvido para orientá-lo durante o processo de produção de arte para ser enviada à Gráfica Manchester. Siga as instruções para que não tenha problemas de

Leia mais

TIPOLOGIA. Tipografia e sistemas de composição Prof. André Wander 1

TIPOLOGIA. Tipografia e sistemas de composição Prof. André Wander 1 TIPOLOGIA O estudo da evolução da tipologia se confunde com a história da humanidade, visto que, enquanto o homem buscava o aperfeiçoamento da comunicação através da escrita, grandes mudanças tecnológicas

Leia mais

M A N U A L D E I D E N T I D A D E V I S U A L

M A N U A L D E I D E N T I D A D E V I S U A L M A N U A L D E I D E N T I D A D E V I S U A L Í N D I C E 1. MARCA Apresentação Cores Institucionais Família Tipográfica Reprodução da Marca Usos Incorretos Redução da Marca Arejamento da Marca Versões

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS PUBLICIDADE E PROPAGANDA

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS PUBLICIDADE E PROPAGANDA CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS PUBLICIDADE E PROPAGANDA QUESTÃO 1 O Briefing é um instrumento essencial para a proposição de soluções efetivas de divulgação. Marque o item que contém quesitos que NÃO estão

Leia mais

Profa. Yanna C. F. Teles. União de Ensino Superior de Campina Grande Curso Bacharelado em Enfermagem Disciplina: Metodologia da pesquisa

Profa. Yanna C. F. Teles. União de Ensino Superior de Campina Grande Curso Bacharelado em Enfermagem Disciplina: Metodologia da pesquisa Profa. Yanna C. F. Teles União de Ensino Superior de Campina Grande Curso Bacharelado em Enfermagem Disciplina: Metodologia da pesquisa Trabalhos na graduação (seminários, tcc...) Apresentações em congressos

Leia mais

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS DA ADMINISTRAÇÃO MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS DA ADMINISTRAÇÃO MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL Sumário Identificação... Justificativa... Padrão Cromático... Malha Construtiva... Redução Máxima e Área de Proteção... Tipografia... Uso da Marca... Aplicações em Fundo Colorido...

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual www.luteranos.com.br Índice Apresentação Símbolo Oficial Malha Estrutural Padrão Cromático Positivo/Negativo Margem de Segurança Aplicação sobre fundos de cor Tipografia Versões

Leia mais

Manual de identidade visual

Manual de identidade visual Manual de identidade visual A empresa Chrysalis Nutri Essences nasceu de uma necessidade de atender a uma grande demanda na área de saúde, qualidade de vida e educação alimentar, com a finalidade de prestar

Leia mais

Experimento. O experimento. Mensagens secretas com matrizes. Secretaria de Educação a Distância. Ministério da Ciência e Tecnologia

Experimento. O experimento. Mensagens secretas com matrizes. Secretaria de Educação a Distância. Ministério da Ciência e Tecnologia Números e funções O experimento Experimento Mensagens secretas com matrizes Objetivos da unidade 1. Introduzir o conceito de criptografia; 2. Fixar conteúdos como multiplicação e inversão de matrizes.

Leia mais

Apresentação Gráfica e Formatação de Texto.

Apresentação Gráfica e Formatação de Texto. Apresentação Gráfica e Formatação de Texto. Gessé Marques Jr. Fac. Filosofia História e Letras Com o objetivo de estabelecer um padrão gráfico a ser utilizado por todos, exporemos as regras de formatação

Leia mais

Manual de Identidade Visual da Marca Fiat

Manual de Identidade Visual da Marca Fiat Manual de Identidade Visual da Marca Fiat Conceito A construção de um logo...é Em última instância o reflexo da integração da empresa que simboliza. Seu efeito depende consideravelmente da sua exposição

Leia mais

10 dicas para criar um banner funcional

10 dicas para criar um banner funcional 10 dicas para criar um banner funcional 1. Escolha as cores certas Utilize um fundo neutro, com cores lisas, ou um efeito discreto, como o dégradé. Fundo vermelho com foco de luz ao centro (ou dégradé

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL. Versão 04 - publicado em 12/junho/2013.

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL. Versão 04 - publicado em 12/junho/2013. MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL Versão 04 - publicado em 12/junho/2013. Marca Introdução A marca da nossa empresa tem vida: ela reflete nossos valores, cultura e imagem. Por isso, o respeito na aplicação da

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual ÍNDICE 1. Marca 1.1 Apresentação 1.2 Versões de assinatura 1.2.1 Recomendações 1.3 Negativo e positivo 1.4 Escala de cinza 1.5 Versão não cromia 1.6 Área de proteção 1.7 Redução

Leia mais

Características do jornalismo on-line

Características do jornalismo on-line Fragmentos do artigo de José Antonio Meira da Rocha professor de Jornalismo Gráfico no CESNORS/Universidade Federal de Santa Maria. Instantaneidade O grau de instantaneidade a capacidade de transmitir

Leia mais

LED. Laboratório de Educação a Distância ORIENTAÇÕES PARA VIDEOAULA

LED. Laboratório de Educação a Distância ORIENTAÇÕES PARA VIDEOAULA LED Laboratório de Educação a Distância ORIENTAÇÕES PARA VIDEOAULA Videoaula Visite o Portfólio do LED Professor A aula inicial é o primeiro contato do aluno com você e sua disciplina. Por isso, é importante

Leia mais

Manual de Identidade Visual Corporativa

Manual de Identidade Visual Corporativa Manual de Identidade Visual Corporativa SUMÁRIO A Marca Cores 3 Aplicações 5 Slogan 8 Área de reserva 10 Versão P&B 12 Aplicações incorretas 14 Tipografia Estilos e padrões 16 CORES E PADRÕES 3 CORES A

Leia mais

Leitura dinâmica no SilentIdea 4.0 Apresentação

Leitura dinâmica no SilentIdea 4.0 Apresentação Leitura dinâmica no SilentIdea 4.0 Apresentação Leitura dinâmica Como ler mais rapidamente Usando o leitor do SilentIdea 4.0 Apresentação Leitura dinâmica Enquanto lê, você muitas vezes: "Ouve" cada palavra

Leia mais

Identidade visual corporativa e institucional

Identidade visual corporativa e institucional Identidade visual corporativa e institucional O ser humano pensa visualmente! Ao contrário das palavras, as imagens agem diretamente sobre a percepção do cérebro. O homem moderno está cada vez mais privilegiando

Leia mais

Design para internet. Resolução. - No Design Gráfico quanto maior o DPI melhor. - Na web não é bem assim.

Design para internet. Resolução. - No Design Gráfico quanto maior o DPI melhor. - Na web não é bem assim. Resolução - No Design Gráfico quanto maior o DPI melhor. - Na web não é bem assim. Resolução Exemplo de imagem com diferentes resoluções de Pontos/Pixels por polegada". Em uma imagem digital quanto mais

Leia mais

Título do trabalho: subtítulo do trabalho

Título do trabalho: subtítulo do trabalho Título do trabalho: subtítulo do trabalho Resumo Este documento apresenta um modelo de formatação a ser utilizado em artigos e tem como objetivo esclarecer aos autores o formato a ser utilizado. Este documento

Leia mais

CARDOSO, Ciro Flamarion S. Sociedades do antigo Oriente Próximo. São Paulo: Ática, 1986. p. 56.

CARDOSO, Ciro Flamarion S. Sociedades do antigo Oriente Próximo. São Paulo: Ática, 1986. p. 56. Disciplina: HISTÓRIA Nome: Nº: Ensino Fundamental 2 Prova: P - TARDE Código da Prova: 1206205770 Data: / /2012 Ano: 6º Bimestre: 2º NOTA: Algumas dicas para fazer uma boa prova: 1 - Leia a prova na íntegra

Leia mais

a) VISUAL MERCHANDISING

a) VISUAL MERCHANDISING a) VISUAL MERCHANDISING (1) Introdução Enquanto o marketing planeja, pesquisa avalia e movimenta o produto desde a sua fabricação até sua chegada ao ponto-de- venda, o merchandising representa o produto

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual Apresentação A marca é o maior patrimônio de uma empresa. Nela estão depositadas toda sua força e história. A forma como você escreve essa marca, acrescentando características

Leia mais

FESTA NA ESCOLA Uma campanha publicitária eficiente

FESTA NA ESCOLA Uma campanha publicitária eficiente Projetos para a Sala de Aula FESTA NA ESCOLA Uma campanha publicitária eficiente 5 a a 8 a SÉRIES Softwares necessários: Microsoft Publisher Microsoft workshop Software opcional: Internet explorer Guia

Leia mais

Manual de uso da marca da 1ª Conferência Nacional sobre Transparência e Controle Social

Manual de uso da marca da 1ª Conferência Nacional sobre Transparência e Controle Social Manual de uso da marca da 1ª Conferência Nacional sobre Transparência e Controle Social Manual de uso da marca da 1ª Conferência Nacional sobre Transparência e Controle Social Apresentação... 3 Marca e

Leia mais

22/04/2015. Publicidade Gráfica. Tipografia. Você sabe qual a importância da Tipografia no mundo em que vivemos?

22/04/2015. Publicidade Gráfica. Tipografia. Você sabe qual a importância da Tipografia no mundo em que vivemos? Publicidade Gráfica Tipografia Você sabe qual a importância da Tipografia no mundo em que vivemos? 1 Capa de Livro Capa de Revista 2 Cartaz Pôster de Filme 3 Grafitte 4 A tipografia do grego typos = forma

Leia mais

PROJETO GRÁFICO DE LIVRO SOBRE DICAS DE DESIGN EDITORIAL

PROJETO GRÁFICO DE LIVRO SOBRE DICAS DE DESIGN EDITORIAL UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA UNOESC CAMPUS DE XANXERÊ DEZEMBRO DE 2010 EZEQUIEL BRUNETTO HABILITAÇÃO EM DESIGN GRÁFICO ORIENTADOR: PROF. CARLOS DAVI MATIUZZI DA SILVA TEMAPROBLEMA Desenvolver

Leia mais

Identidade Visual -2008-

Identidade Visual -2008- Identidade Visual -2008- Aplicação da Logo Tanto a aplicação vertical quanto a horizontal da logo da SATC deve conter, no mínimo, os elementos: diamante, nome fantasia e slogan. Caso seja mais apropriado

Leia mais

IT- MKT-001-COM Data: 28/01/2015 versão: 04. Manual de aplicação da marca

IT- MKT-001-COM Data: 28/01/2015 versão: 04. Manual de aplicação da marca Manual de aplicação da marca IT- MKT-001-COM Data 15/08/2014 versão 02 SumárioApresentação 3 A marca 4 Memorial descritivo... 5 Versão preferencial... 6 Padrões cromáticos... 7 Versões positiva/negativa...

Leia mais

Manual de Identidade Visual. Laboratório de Experimentação Remota INE/CTC/UFSC

Manual de Identidade Visual. Laboratório de Experimentação Remota INE/CTC/UFSC Manual de Identidade Visual Laboratório de Experimentação Remota INE/CTC/UFSC 14 de maio de 2002 Este manual foi criado e desenvolvido por Guilherme Corrêa Meyer guilhermecmeyer@hotmail.com - 9121 9171

Leia mais