Manual do Operador Económico. VIDEIRA: inscrição de culturas; etiquetas; consultas

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Manual do Operador Económico. VIDEIRA: inscrição de culturas; etiquetas; consultas"

Transcrição

1 Manual do Operador Económico VIDEIRA: inscrição de culturas; etiquetas; consultas

2 1. Introdução Entrar como OE (apenas para operadores económicos já licenciados) 1ª Entrada no sistema Nome de utilizador= NIF Password= Logo que entra pede para alterar a Password. Depois da 1ª entrada deve entrar sempre com o seu nº de contribuinte e a palavra passe que escolheu. 1

3 2. Inscrição de culturas Apenas terão acesso a estes menus os OE que tiverem as suas taxas (materiais e renovação) em dia, conforme o preconizado na Manual de Procedimentos. Se não conseguir aceder deve 1º informar-se junto dos serviços do MAM a. Inscrição de viveiros Vai a inscrição de culturas, escolhe viveiros 2

4 Dentro de viveiro vai fazer adicionar viveiro 3

5 Vai abrir o formulário do local do viveiro Preenche 1º os dados relativos ao local do viveiro, e guarda, se não preencher algum campo o sistema vai devolver a mensagem de erro quando fizer guardar: No preenchimento siga a numeração dos campos, para melhor orientação Não vai necessitar de pôr o nº do viveiro nem dos lotes dentro do viveiro pois tudo isso é feito automaticamente pelo sistema. Deve, no entanto, ter consigo as etiquetas do material que adquiriu ou o nº das parcelas das suas Vinhas mãe que utilizou no viveiro. Também se aconselha a que tenha a informação organizada por viveiro, de modo a tornar mais eficiente todo o trabalho. Quando guardar, o sistema volta automaticamente ao menu anterior. Dentro do viveiro que já inscreveu vai inscrever as parcelas que o constituem: atenção, deve carregar em parcelas No menu seguinte faz adicionar parcelas. Deste modo vai inscrevendo as parcelas que constituem o seu viveiro. Logo que seleccionar o tipo de viveiro que está a inscrever (bacelo ou enxerto pronto) o sistema abre a informação que necessita de preencher. 4

6 Notas: Siga a numeração dos campos para melhor orientação Preencha no campo 12 e/ou 18 a origem do material (se puser PT) aparece logo Portugal Passe então para o campo 11 e coloque o nº do lote que aparece na etiqueta Logo a seguir clique fora dos campos (ver desenho), para que o sistema possa cruzar com a base de dados das vinhas mãe e preencher automaticamente todos os campos Se errar em alguma coisa, pode fazer limpar garfo, ou porta enxerto e voltar a preencher de novo Se utilizar material de origem em outro estado membro (Espanha ou frança vai ter que preencher os campos todos). No caso de material francês deve colocar no campo 13 o nº de vigne mère Depois de todos os campos preenchido faz guardar O sistema volta ao menu anterior e pode continuar a carregar outra parcela 5

7 Depois de completar a inscrição de todas as parcelas que compõem o viveiro deve verificar em detalhes se tudo está correto. Atenção: Deve ir guardando todos os viveiros que inscrever. Só depois de estarem todos os viveiros revistos e de rever igualmente todas as inscrições dentro das parcelas, está em condições de submeter os viveiros Se precisar de alterar alguma coisa nas parcelas ou nos dados do local do viveiros pode sempre fazê-lo, antes de submeter em detalhes/ editar viveiro ou editar parcela. ALERTAS APÓS SUBMISSÃO JÁ NÃO SE PODE FAZER QUALQUER ALTERAÇÃO Em caso de prestações de serviço a viticultores as parcelas vão ficar inscritas no sistema mas, de acordo com o DL194/2006 e a legislação fitossanitária, são obrigatoriamente declarados. Assim o OE deve referir no croqui (RESPEITANDO OS ISOLAMENTOS LEGAIS) as parcelas que estão neste regime e apresentar igualmente os passaportes fitossanitários das origens do material. Estas parcelas ficam sempre sujeitas a inspecção fitossanitária e ao pagamento da respectiva inspecção fitossanitária de acordo com a legislação em vigor. Para inscrever estar parcelas no CERTIGESÇ: o Deve por no campo 13 da inscrição do viveiro o nº de parcela o Siga o procedimento da página anterior, vai aparecer no campo garfo Prestação de Serviços o Coloque os outros dados, nomeadamente o porta enxerto que utilizou Caso de viveiros em pé franco Só se aceitam inscrições de plantas em substrato, devido à filoxera (ver manual de procedimentos). Este caso não está previsto na versão do CERTIGES que está em produção. Por isso a única maneira de inscrever viveiros em pé franco é considerar a opção enxerto pronto, preencher o garfo com a origem devida e para o porta enxerto referir que a origem é outro EM e preencher os restantes campos com a palavra Pé franco. Vai ter que preencher a categoria. Caso de inscrição indevida de viveiros com origens em parcelas excluídas ou suspensas na campanha anterior: A plataforma inviabiliza esta situação, logo a submissão de parcelas excluídas, ou suspensas, pode pressupor uma declaração falsa relativamente à origem das plantas, por parte do OE, com as consequências legais que daí advierem. 6

8 b. Inscrição de Vinhas Mãe Para proceder à inscrição deve ter consigo todos os documentos exigidos na legislação. Aconselha-se uma leitura atenta pelo Manual de Procedimentos. O cabeçalho fica preenchido automaticamente com os dados do OE. Deve ir preenchendo os campos pela ordem numérica dos mesmos. Se o proprietário for outro, a escolha faz abrir uma caixa para identificar o proprietário. Como sabe, neste caso deverá entregar junto da DRAP, uma declaração de autorização de acordo com o anexo que consta no Manual de procedimentos; Os campos 5 e 7 só são obrigatórios para materiais que vão produzir categorias certificado ou acima; O campo 7 Região é a Região Agrária (Norte, Centro, Lisboa e Vale do Tejo, Alentejo, Algarve, Madeira ou Açores) onde está instalada a Vinha Mãe; Depois de terminar o preenchimento deve verificar se todos os campos estão correctamente preenchidos. Quando tudo estiver bem, escolha o botão Inscrição (em baixo do lado esquerdo). Logo que accionar esse botão a parcela será submetida no sistema. Depois desta acção a parcela poderá ser consultada em Vinhas mãe em inspecção no menu Consulta de processos. Ainda não aparece o nº da parcela que só será atribuído após a aceitação no controlo documental feito pela DRAP. 7

9 3. Consultas a. Culturas inscritas na campanha Todos os Viveiros/ reposições submetidos na campanha, poderão ser acompanhados pelo OE no menu Consulta de processos. Nestes menus terá toda a informação que necessita. Em acções do lado direito ainda poderá ver as parcelas dos seus viveiros ou vinhas Mãe. Nos campos assinalados poderá verificar em que situação se encontra o seu processo. Legenda: Controlo documental: Aguarda controlo documental Em análise O processo encontra-se no Administrador regional e ainda não foi atribuído ao Técnico O processo encontra-se no técnico oficial para controlo documental. Nesta fase o OE deve estar atento e entrar no sistema várias vezes pois o Técnico pode fazer notificações pelo CERTINET para solicitar elementos em falta 8

10 Aceite/recusado O controlo documental já terminou e foi emitido parecer regional sobre o mesmo. Neste momento o administrador regional pode: Parecer aceite: envia para inspecção Parecer recusado: dá conhecimento à DGAV, após notificação ao OE. A parcela de viveiro ou a Vinha mãe não vai para inspeção Inspeção Aguarda inspecção no técnico Em análise Aceite/Recusado Decisão Submetido Aprovado Inscrita Desclassificado Suspenso do tratamento por água quente (Portª 165/2014) Excluído O Técnico já tem o processo mas ainda não iniciou o carregamento de informação relativa à inspeção O processo encontra-se no TO/TA e está a ser carregada informação. Nesta fase o OE deve estar atento e entrar no sistema várias vezes pois o Técnico pode fazer notificações pelo CERTINET para fazer notificações de inconformidades que o OE deverá corrigir prontamente. Ver neste documento em notificações A inspecção já terminou e foi emitido parecer regional sobre a mesma. Neste momento qualquer que seja o parecer regional, o processo segue para a DGAV para decisão final. No caso de ter sido recusado uma parcela de viveiro ou uma vinha mãe, as DRAP ou o TA já devem ter enviado notificações ao OE de acordo com o Manual de Procedimentos e o DL 194/2006 Este termo aparece desde que a parcela/ viveiro7 vinha mãe é submetido no sistema. Só é alterado quendo o processo se encontra decidido pela DGAV O parcela cumpre a legislação em vigor (de materiais e fitossanitária) e pode ser comercializada. O OE pode solicitar etiquetas. Apenas para vinhas Mãe: em principio o material poerá ser utilizado apenas pelo próprio nos seus viveiros A parcela cumpre a legislação em vigor apenas para uma categoria inferior à proposta Por motivos fitossanitários esta parcela só será certificada se apresentar evidência do tratamento por água quente de acordo com os requisitos em vigor. A parcela foi excluída da certificação e será sujeita às medidas preconizadas na legislação de materiais e/ou fitossanitária. Neste caso a decisão da DGAV tem uma justificação (ver no módulo Etiquetas ou em Património) 9

11 4. Etiquetas Depois das parcelas estarem decididas poderão ser visualizadas no módulo Etiquetas e igualmente em Património. No módulo etiquetas poderá visualizar tudo o que está decidido pela DGAV e fazer os seus pedidos de etiquetas. Pedido de etiqueta de parcelas de viveiro Bacelo/ enxerto pronto (bacelo enxertado) Deverá escolher o campo que pretende como se mostra na figura: 10

12 Na janela que se abre estão todas as parcelas de viveiro submetidas no sistema e decidas pela DGAV: Para fazer o seu pedido de etiquetas deverá: 1º Escolher o acondicionamento pretendido (ver anexo III, do DL194/2006), seta encarnada 2º Escolher o nº de etiquetas que pretende adquirir para aquele acondicionamento (ver campo indicado pela seta verde) Depois de terminar a tarefa, deve escolher o botão assinalado na figura em baixo. Vai ser criado um PDF do seu pedido, que deve guardar no seu computador com o mesmo nome dado pelo Sistema. O ficheiro fica devidamente identificado (Etiqueta-ParcelaViveiroEnxertoPronto pdf), para que a entidade que emitir a etiqueta possa verificar os elementos de que necessita para a emissão das mesmas. Depois de guardar no seu computador, deve enviar o pedido para a entidade emissora das etiquetas da maneira que lhe for mais conveniente. 11

13 5. Gestão de notificações Todas as fases do processo de certificação, à excepção da decisão final, podem gerar notificações entre os serviços do MAM e o OE e ainda, entre Técnico Autorizado e o OE. Para o OE saber onde visualizar e responder deverá consultar, em Consulta de processos, as parcelas e viveiros que tem em inspecção. Em vinhas mãe deverá ir a acções e escolher controlo documental ou inspecção (apenas disponível na próxima campanha) Dentro da janela que se vai abrir poderá visualizar no campo C notificações, as mensagens que lhe foram enviadas pelos serviços do MAM ou pelo TA, conforme o caso Para responder deverá escolher no local assinalado na figura nova notificação, que abrirá a caixa de mensagens. Aí poderá escrever a resposta ao Técnico conforme o que lhe for solicitado. Depois de carregar no botão enviar, a mensagem será enviada pelo sistema para a área de trabalho do Técnico que tem o processo 12

14 . O OE pode visualizar a mensagem no menu anterior, conforme figura infra. 13

Manual do Operador Económico

Manual do Operador Económico CERTIGES Manual do Operador Económico REGISTO E LICENCIAMENTO dezembro 2015 (versão 2) 0 A. Introdução Todos os Operadores Económicos (OE) que estão obrigados pela legislação em vigor ao Registo fitossanitários

Leia mais

Guia de Candidatura a Bolsa de Estudo SETEMBRO 2014

Guia de Candidatura a Bolsa de Estudo SETEMBRO 2014 Guia de Candidatura a Bolsa de Estudo 2014 SETEMBRO 2014 1. A atribuição de bolsa de estudo depende de requerimento apresentado: a) Em simultâneo com a candidatura ao concurso nacional de acesso, no caso

Leia mais

Portal de Credenciação: Manual do utilizador

Portal de Credenciação: Manual do utilizador Portal de Credenciação: Manual do utilizador Rua Viriato, n.º 7, 1050-233 LISBOA Tel: (+351) 213 878 046/7 Fax: (+351) 213 858 823 credencial@cases.pt http://www.cases.pt cooperativaantoniosergio Portal

Leia mais

Guia Fornecedor Gestão de Oportunidades

Guia Fornecedor Gestão de Oportunidades Guia Fornecedor Gestão de Oportunidades Selos Temporais Configuração de Selos Temporais 1. Entre nas Configurações da Entidade 2. Clique em Adicionar fornecedor de selos temporais na secção Configuração

Leia mais

PDR2020 Manual do Balcão - Pedidos de Alteração

PDR2020 Manual do Balcão - Pedidos de Alteração PDR2020 Manual do Balcão - Pedidos de Alteração Versão 1.0 Data última alteração 03-01-2017 Página 1/24 Índice 1 Introdução... 4 2 Pedidos de Alteração... 4 2.1 Criar um pedido de alteração... 4 2.2 Alteração

Leia mais

Portal CAUL. Manual de Utilizador. Certificado de Autorização de Utilização de Lote. Versão 1.0 Página 1 de 39

Portal CAUL. Manual de Utilizador. Certificado de Autorização de Utilização de Lote. Versão 1.0 Página 1 de 39 Portal CAUL Certificado de Autorização de Utilização de Lote Manual de Utilizador Versão 1.0 Página 1 de 39 Índice 1 Resumo da Aplicação... 3 1.1 Sobre este documento... 3 2 Níveis de Acesso... 4 2.1 Perfil:

Leia mais

Índice. Como efetuar uma operação de renovação da certificação? Como efetuar uma operação de confirmação de estimativas?

Índice. Como efetuar uma operação de renovação da certificação? Como efetuar uma operação de confirmação de estimativas? Índice Como efetuar uma operação de renovação da certificação? Como efetuar uma operação de confirmação de estimativas? Como efetuar uma operação de renovação da certificação? A operação de Renovação da

Leia mais

S I S T E M A I N T E G R A D O D E L I C E N C I A M E N T O D O A M B I E N T E

S I S T E M A I N T E G R A D O D E L I C E N C I A M E N T O D O A M B I E N T E S I S T E M A I N T E G R A D O D E L I C E N C I A M E N T O D O A M B I E N T E M A N U A L D A P L ATA F O R M A D E L I C E N C I A M E N T O O N L I N E O U T U B R O 2 0 1 2 [ EDITAR OS DADOS DE

Leia mais

1. CONFIGURAR A CONTA

1. CONFIGURAR A CONTA EASYCHAIR SUBMISSÃO A Easychair é uma plataforma de gestão de conferências flexível e fácil de usar. Permite aos autores um controlo completo das suas submissões. Carrega-se o artigo e acompanha-se o estado

Leia mais

SInOA - Sistema de Informação da Ordem dos Advogados

SInOA - Sistema de Informação da Ordem dos Advogados SInOA - Sistema de Informação da Ordem dos Advogados Apoio Judiciário Portal da Ordem dos Advogados Manual de Utilizador V1.6 11 de Setembro de 2008 Elaborado por Link Consulting Tecnologias de Informação,

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR. Pedido de Pagamento adiantado Promoção de Vinhos em Países Terceiros FORMULÁRIOS GENÉRICOS DESMATERIALIZADOS

MANUAL DO UTILIZADOR. Pedido de Pagamento adiantado Promoção de Vinhos em Países Terceiros FORMULÁRIOS GENÉRICOS DESMATERIALIZADOS MANUAL DO UTILIZADOR Pedido de Pagamento adiantado Promoção de Vinhos em Países Terceiros FORMULÁRIOS GENÉRICOS DESMATERIALIZADOS ÍNDICE 1. Enquadramento... 3 2. Acesso à área reservada... 4 3. Acesso

Leia mais

Instruções para preenchimento online - PF 2017

Instruções para preenchimento online - PF 2017 Instruções para preenchimento online - PF 2017 O programa de financiamento a projetos pelo INR, I.P. destina-se unicamente a entidades com o estatuto de ONGPD de acordo com o registo efetuado no INR, I.P.

Leia mais

aplicação arquivo Condições Gerais de Utilização

aplicação arquivo Condições Gerais de Utilização aplicação arquivo Condições Gerais de Utilização Manual das condições gerais que regulam a utilização dos serviços disponibilizados pela aplicação Arquivo, plataforma de gestão de informação, do Municipio

Leia mais

Índice. Como efetuar uma operação de renovação da certificação? Como efetuar uma operação de confirmação de estimativas?

Índice. Como efetuar uma operação de renovação da certificação? Como efetuar uma operação de confirmação de estimativas? Índice Como efetuar uma operação de renovação da certificação? Como efetuar uma operação de confirmação de estimativas? Como efetuar uma operação de renovação da certificação? A operação de Renovação da

Leia mais

MANUAL DE REGISTO DE NASCIMENTOS DE BOVINOS ATRAVÉS DA WEB, Produtor - Detentor. Mod. 255-B/DGAV

MANUAL DE REGISTO DE NASCIMENTOS DE BOVINOS ATRAVÉS DA WEB, Produtor - Detentor. Mod. 255-B/DGAV MANUAL DE REGISTO DE NASCIMENTOS DE BOVINOS ATRAVÉS DA WEB, Produtor - Detentor Mod. 255-B/DGAV SOLICITAÇÃO DE ACESSOS À BASE DE DADOS DO IDIGITAL Para se poder proceder ao Registo de Nascimentos de Bovinos

Leia mais

Manual de Instruções Formulário online

Manual de Instruções Formulário online Lista de Técnicos com Formação Regulamentada em Protecção Integrada, Produção Integrada e Modo de Protecção Biológico Manual de Instruções Formulário online O Formulário de Inscrição apresenta 2 etapas

Leia mais

Índice. Página 1 de 32 :: https://fenix.iscte.pt/ C7.01 (ext )

Índice. Página 1 de 32 :: https://fenix.iscte.pt/ C7.01 (ext ) Índice 1 1. Operações de Alunos... 3 1.1. Matricular aluno... 3 1.2. Visualizar alunos... 7 1.2.1. Visualizar dados pessoais... 8 1.3. Matrículas do aluno... 9 1.3.1. Detalhes da matrícula... 9 1.3.1.1.

Leia mais

Normas gerais de preenchimento

Normas gerais de preenchimento Normas gerais de preenchimento 1. Preenchimento dos campos de texto (Designação de entidade/estabelecimento ou Morada) a. Utilizar caracteres maiúsculos no início de cada palavra e caracteres minúsculos

Leia mais

Serviços online da CMVC

Serviços online da CMVC Serviços online da CMVC Manual de utilizador Índice 1. Acesso... 2 1.1. Se tiver cartão de cidadão e leitor de cartão... 2 1.2. Se não tiver cartão de cidadão e/ou leitor de cartões... 3 2. Submissão de

Leia mais

Apresentar Propostas Acesso Universal

Apresentar Propostas Acesso Universal Guia de utilização Apresentar Propostas Novembro 2008 Apresentar Propostas - - Índice PREÂMBULO... 3 ACESSO À PLATAFORMA... 4 ÁREA DE TRABALHO... 5 APRESENTAR PROPOSTAS... 11 RECEPÇÃO DE ADJUDICAÇÃO...

Leia mais

GAM Gestão de Acessibilidade ao Medicamento. Manual de Utilizador Front-Office

GAM Gestão de Acessibilidade ao Medicamento. Manual de Utilizador Front-Office GAM Gestão de Acessibilidade ao Medicamento Manual de Utilizador Front-Office Aviso de Propriedade e Confidencialidade Este documento é propriedade do INFARMED, I.P., e toda a informação nele incluído

Leia mais

UNIVERSIDADE DE LISBOA

UNIVERSIDADE DE LISBOA UNIVERSIDADE DE LISBOA Manual de Utilizador mygiaf Índice Introdução... 3 1. Autenticação no Software... 4 2. Lista de Notificações... 4 3. Consulta de Dados... 6 4. Alteração de Dados (Pessoais, Familiares,

Leia mais

Manual do Utilizador. Portal Folha de Remunerações

Manual do Utilizador. Portal Folha de Remunerações Manual do Utilizador Portal Folha de Remunerações ÍNDICE 1.INTRODUÇÃO 3 2. ACESSO À FOLHA DE REMUNERAÇÃO.. 4 3. SERVIÇOS DISPONÍVEIS NO PORTAL ONLINE...5 3.1Digitação...6 3.1.1 Folha de Remuneração. 6

Leia mais

Manual do Utilizador ADMED. Aquisição Direta de Medicamentos FrontOffice

Manual do Utilizador ADMED. Aquisição Direta de Medicamentos FrontOffice Manual do Utilizador ADMED Aquisição Direta de Medicamentos FrontOffice Aviso de Propriedade e Confidencialidade Este documento é propriedade do INFARMED, I.P., e toda a informação nele incluído é confidencial.

Leia mais

MANUAL PARA COLOCAÇÃO DE SERVIÇOS À VENDA NO SMARTFARMER

MANUAL PARA COLOCAÇÃO DE SERVIÇOS À VENDA NO SMARTFARMER MANUAL PARA COLOCAÇÃO DE SERVIÇOS À VENDA NO SMARTFARMER Esta funcionalidade é destinada aos Prestadores de Serviços que estão registados no SmartFarmer. NOTA: Se o seu serviço é de transportes/entregas,

Leia mais

- Manual do Utilizador - Automatização dos Pedidos de Exceção

- Manual do Utilizador - Automatização dos Pedidos de Exceção Julho de 2015 Índice 1 Enquadramento... 3 2 Credenciação no SAC... 4 3 Pedido de... 5 3.1 Consultar Pedidos de... 5 3.2 Solicitar Pedido de... 7 3.3 Gravar Pedido de... 13 3.4 Submeter o Pedido de à espap...

Leia mais

Manual do Utilizador. Exemplo de Preenchimento

Manual do Utilizador. Exemplo de Preenchimento Manual do Utilizador Exemplo de Preenchimento Guia de consulta rápida do Manual Como entrar no balcão - Diapositivo 3/23 Como editar uma fonte Diapositivo 5/23 Como criar uma fonte nova Diapositivo 10/23

Leia mais

Instituto Superior de Engenharia de Lisboa

Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Departamento de Engenharia de Electrónica de Telecomunicações de Computadores Guia de utilização do Moodle (Versão 1.6.2) Vista do Professor Versão 2.0 Outubro

Leia mais

Manual do Utilizador. Declaração Anual Suporte Informático. Anexo J /Modelo 10

Manual do Utilizador. Declaração Anual Suporte Informático. Anexo J /Modelo 10 Manual do Utilizador Declaração Anual Suporte Informático Anexo J /Modelo 10 TSR Sistemas de Informação, Lda. FEVEREIRO 2010 Pág. 2 Índice Objectivo... 3 Instalação... 3 Utilizadores... 3 Utilitários de

Leia mais

Programa de Expansão e Desenvolvimento da Educação Pré Escolar Ano Letivo 2015/2016

Programa de Expansão e Desenvolvimento da Educação Pré Escolar Ano Letivo 2015/2016 Programa de Expansão e Desenvolvimento da Educação Pré Escolar Ano Letivo 2015/2016 Para esclarecimento de dúvidas e apoio ao preenchimento das candidaturas deverão as Instituições contatar as entidades

Leia mais

ENTIDADE CONTABILÍSTICA ESTADO

ENTIDADE CONTABILÍSTICA ESTADO DIRECÇÃO GERAL DO ORÇAMENTO ENTIDADE CONTABILÍSTICA ESTADO PORTAL PARA SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS GESTÃO DE DOTAÇÕES DO ORÇAMENTO DO ESTADO MANUAL DE Instruções Janeiro de 2015 ECE A nova visão contabilística

Leia mais

GUIA DE APOIO À CANDIDATURA ON LINE

GUIA DE APOIO À CANDIDATURA ON LINE GUIA DE APOIO À CANDIDATURA ON LINE Recomendações Gerais para Preenchimento do Formulário de Candidatura ANTES do preenchimento da candidatura: o que precisa saber/fazer? Reunir informação: Consultar as

Leia mais

Manual de apoio ao utilizador. IMT Instituto da Mobilidade e dos Transportes, I.P. Av. Das Forças Armadas, LISBOA V

Manual de apoio ao utilizador. IMT Instituto da Mobilidade e dos Transportes, I.P. Av. Das Forças Armadas, LISBOA V Manual de apoio ao utilizador 1 INDÍCE Página 1. INTRODUÇÃO 2 2. REGISTO NO PORTAL 2 3. REGISTO DO PEDIDO 7 Inserção do atestado médico 10 Confirmação dos dados apresentados 10 4. PEDIDOS EM ESTADO REGISTADO

Leia mais

Pagamento de Imposto Guia de Apoio

Pagamento de Imposto Guia de Apoio Pagamento de Imposto Guia de Apoio Pagamento de Imposto Guia de Apoio Pagamento de Imposto Guia de Apoio Enquadramento A Direcção Nacional de Impostos (DNI), entidade afecta ao Ministério das Finanças

Leia mais

ELECTRONIC SOLUTIONS TO IMPROVE YOUR BUSINESS

ELECTRONIC SOLUTIONS TO IMPROVE YOUR BUSINESS ELECTRONIC SOLUTIONS TO IMPROVE YOUR BUSINESS Manual de Assinatura de Contrato Entidade Adjudicante Agosto/2010 Índice 1.Introdução 2.A Minuta 3.A Assinatura do Contrato 4.A Gestão de Contratos 1. Introdução

Leia mais

Perguntas Frequentes (FAQ)

Perguntas Frequentes (FAQ) 1. Quando acedo ao módulo do ACC é gerado um aviso e diz que não é possível emitir o atestado: Esta é uma mensagem de aviso, não é um erro. Para a emissão de um Atestado Médico, a identificação do NIF

Leia mais

Revista Territorium Plataforma OJS. Instruções para submissão de artigos

Revista Territorium Plataforma OJS. Instruções para submissão de artigos Revista Territorium Plataforma OJS. Instruções para submissão de artigos Os artigos para publicação na revista Territorium deverão ser submetidos eletronicamente através da plataforma OJS (Open Journal

Leia mais

CENTROS DE REFERÊNCIA

CENTROS DE REFERÊNCIA FORMULÁRIO ELETRÓNICO CENTROS DE REFERÊNCIA MANUAL DE UTILIZADOR Departamento da Qualidade na Saúde Índice 1. Utilizadores... 3 2. Acesso à Área Reservada... 4 3. Candidatura eletrónica... 5 3.1. Identificação

Leia mais

B.I Documento. Âmbito. Passo-a-passo. SiGES Objetivo. Resultado. Âmbito: Novas regras de faturação 2013 Emissão de ficheiro SAF-T PT

B.I Documento. Âmbito. Passo-a-passo. SiGES Objetivo. Resultado. Âmbito: Novas regras de faturação 2013 Emissão de ficheiro SAF-T PT B.I Documento Módulo: CXA Âmbito: Novas regras de faturação 2013 Emissão de ficheiro SAF-T PT Processamento: Módulos Afectados: CXA Keywords: CXA;Fatura Última Alteração: 11.2.9-13 16-01-2013. Âmbito Objetivo

Leia mais

REVVASE Mapas de Análise Financeira

REVVASE Mapas de Análise Financeira Data do Manual: 22/05/2015 Atualizado em: 15/07/2016 Verifique a sua versão Manual da Aplicação REVVASE Mapas de Análise Financeira O Registo de Verbas e Valores da Ação Social Escolar (REVVASE) é uma

Leia mais

Manual do utilizador. Registo, Acesso ao SILiAmb e Nomeação de Responsáveis. v1.0

Manual do utilizador. Registo, Acesso ao SILiAmb e Nomeação de Responsáveis. v1.0 Manual do utilizador Registo, Acesso ao SILiAmb e Nomeação de Responsáveis v1.0 Controlo de Versões Data Versão Descrição Responsável 20/12/2016 1.0 Versão inicial Bruno Costa Índice Controlo de Versões...

Leia mais

Projeto Testes Intermédios (TI) 2013/2014. Manual de utilização da Extranet TI. Diretores e Gestores de Projeto

Projeto Testes Intermédios (TI) 2013/2014. Manual de utilização da Extranet TI. Diretores e Gestores de Projeto Projeto Testes Intermédios (TI) 2013/2014 Manual de utilização da Extranet TI Diretores e Gestores de Projeto 17 de outubro de 2013 1 Leia com muita atenção este manual. A sua leitura é imprescindível

Leia mais

Manual de Utilizador. Recolha de Subsídio de Turnos DIRECÇÃO GERAL DA ADMINISTRAÇÃO DA JUSTIÇA

Manual de Utilizador. Recolha de Subsídio de Turnos DIRECÇÃO GERAL DA ADMINISTRAÇÃO DA JUSTIÇA Manual de Utilizador Recolha de Subsídio de Turnos DIRECÇÃO GERAL DA ADMINISTRAÇÃO DA JUSTIÇA Índice 1. PROCEDIMENTOS DE ACESSO...4 2. RECOLHA DE TURNOS...15 2.1 NAVEGAÇÃO NO ECRÃ...16 2.2 PESQUISAS NO

Leia mais

Manual do Utilizador 2009

Manual do Utilizador 2009 Acesso à Gestão Processos de Rifas A Gestão Processos de Rifas está disponível através do seguinte sítio da Internet: http://www.madeira-edu.pt/sorteiorifas Para aceder precisa de um software para navegação

Leia mais

Manual de preenchimento do formulário

Manual de preenchimento do formulário Manual de preenchimento do formulário Procedimento concursal comum conducente ao recrutamento de pessoal médico para a categoria de assistente área de medicina geral e familiar - detentores de uma relação

Leia mais

Programa de Expansão e Desenvolvimento da Educação Pré Escolar Ano Letivo 2014/2015

Programa de Expansão e Desenvolvimento da Educação Pré Escolar Ano Letivo 2014/2015 Programa de Expansão e Desenvolvimento da Educação Pré Escolar Ano Letivo 2014/2015 Para esclarecimento de dúvidas e apoio ao preenchimento das candidaturas deverão as Instituições contatar as entidades

Leia mais

Manual de apoio ao utilizador. IMT Instituto da Mobilidade e dos Transportes, I.P. Av. Das Forças Armadas, LISBOA V

Manual de apoio ao utilizador. IMT Instituto da Mobilidade e dos Transportes, I.P. Av. Das Forças Armadas, LISBOA V Manual de apoio ao utilizador 1 Índice 1. INTRODUÇÃO... 3 2. REGISTO NO PORTAL... 3 3. REGISTO DO PEDIDO... 7 4. MENUS DISPONÍVEIS... 13 2 1. INTRODUÇÃO Este documento destina-se aos utilizadores do IMTOnline

Leia mais

Manual de Preenchimento de Candidaturas a Novas Autorizações de Plantação de Vinha. Despacho n.º 1774-C/2017 de 24 de fevereiro.

Manual de Preenchimento de Candidaturas a Novas Autorizações de Plantação de Vinha. Despacho n.º 1774-C/2017 de 24 de fevereiro. Manual de Preenchimento de Candidaturas a Novas Autorizações de Plantação de Vinha Despacho n.º 1774-C/2017 de 24 de fevereiro. 2 O Presente manual tem por objetivo auxiliar no preenchimento do formulário

Leia mais

SEPA 4 CORPORATE GUIA DE PAGAMENTOS

SEPA 4 CORPORATE GUIA DE PAGAMENTOS Quando impresso, este documento constitui cópia não controlada SEPA 4 CORPORATE GUIA DE PAGAMENTOS Ficheiro de Pagamentos Criar Ficheiro Criar Lote Criar Transação/Transferência Guardar e Upload no millenniumbcp.pt

Leia mais

Direção Geral de Alimentação e Veterinária. Manual de Procedimentos para a Certificação de Material de Propagação da Videira

Direção Geral de Alimentação e Veterinária. Manual de Procedimentos para a Certificação de Material de Propagação da Videira Direção Geral de Alimentação e Veterinária Manual de Procedimentos para a Certificação de Material de Propagação da Videira Divisão de Comunicação e Informação versão 3 - julho de 2015 MINISTÉRIO DA AGRICULTURA

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Manual de Utilizador Perfil Aluno V1 17/06/2015 4450-298 Matosinhos Maputo Página 1 de 20 ÍNDICE 1. Página Pessoal Aluno 4 1.1 Alterar Fotografia 4 1.2 Configuração da Página Pessoal 5 1.3 Conta Corrente

Leia mais

BEM VINDO AO IPCA! Instituto Politécnico do Cávado e do Ave Serviços Académicos Setembro 2011

BEM VINDO AO IPCA! Instituto Politécnico do Cávado e do Ave Serviços Académicos Setembro 2011 BEM VINDO AO IPCA! Índice 1. PROCESSO DE MATRÍCULA... 3 1.1. Local de realização da matrícula... 3 1.2. Documentos obrigatórios... 3 1.3. Taxas e Propina... 3 2. REALIZAÇÃO DA MATRÍCULA... 3 2.1. Autenticação

Leia mais

SClínico-CSP / ACC. Manual do utilizador

SClínico-CSP / ACC. Manual do utilizador SClínico-CSP / ACC Manual do utilizador Módulo ACC - Setembro 2016 Este trabalho não pode ser reproduzido ou divulgado, na íntegra ou em parte, a terceiros nem utilizado para outros fins que não aqueles

Leia mais

Manual para inscrição online dos alunos que se inscrevem pela 1ª vez

Manual para inscrição online dos alunos que se inscrevem pela 1ª vez Manual para inscrição online dos alunos que se inscrevem pela 1ª vez Processo de Matricula - Alunos 1º Ano 1ª Vez O processo de matrícula consiste em 3 passos: 1. Apresentação de documentos, entrega de

Leia mais

MANUAL DE CANDIDATURA A MESTRADO

MANUAL DE CANDIDATURA A MESTRADO MANUAL DE CANDIDATURA A MESTRADO Núcleo de Planeamento e Gestão Académica / Gabinete de Estudos Pós-Graduados 22-05-2017 Índice 1. Acesso à plataforma... 2 2. Registo & Criação de Conta... 3 3. Candidatura...

Leia mais

Como Declarar online e pagar sem filas?

Como Declarar online e pagar sem filas? Como Declarar online e pagar sem filas? Declaração Online a) Acesso à sua conta no Portal do Cidadão Ao aceder ao Portal do Cidadão (www.portondinosilha.cv), faça o login para aceder à sua conta (para

Leia mais

Manual de Utilizador do Backoffice

Manual de Utilizador do Backoffice Manual de Utilizador do Backoffice Conteúdo Acesso ao Backoffice... 2 Actualizar Conteúdos do Website... 3 Homepage... 3 Quem Somos... 5 Serviços... 7 Outros Produtos... 8 Empresas Parceiras... 9 Contactos...

Leia mais

Base de Dados Nacional. dos Elevadores. Manual do Utilizador do Portal Empresa de Manutenção de Elevadores

Base de Dados Nacional. dos Elevadores. Manual do Utilizador do Portal Empresa de Manutenção de Elevadores Base de Dados Nacional dos Elevadores Manual do Utilizador do Portal Empresa de Manutenção de Elevadores Índice Acesso ao Portal... 3 O Portal... 4 Criação de utilizadores... 5 Alteração de utilizadores

Leia mais

Manual de Instruções. Cadastro de Contribuinte e Configuração de usuário para emissão de NFS-e. SapiturISSQN Versão 1.0 1

Manual de Instruções. Cadastro de Contribuinte e Configuração de usuário para emissão de NFS-e. SapiturISSQN Versão 1.0 1 Manual de Instruções Cadastro de Contribuinte e Configuração de usuário para emissão de NFS-e 1 1. Cadastro de Novo Prestador de Serviço. Quando o usuário acessar o sistema de NFS-e Sapitur ISSQN, vai

Leia mais

Portal do Mandatário. Perguntas Frequentes

Portal do Mandatário. Perguntas Frequentes Portal do Mandatário Perguntas Frequentes O que posso fazer através do Portal do Mandatário? Como posso entrar no Portal do Mandatário? Qual a diferença entre Os meus Processos e As minhas Peças Processuais?

Leia mais

MANUAL DE CANDIDATURAS ONLINE

MANUAL DE CANDIDATURAS ONLINE MANUAL DE CANDIDATURAS ONLINE Manual de Apoio às Candidaturas online As candidaturas são realizadas através do portal da Divisão Académica em https://daonline.isa.utl.pt/cssnet/page O acesso está condicionado

Leia mais

MANUAL PARA COLOCAÇÃO DE PRODUTOS À VENDA NO SMARTFARMER

MANUAL PARA COLOCAÇÃO DE PRODUTOS À VENDA NO SMARTFARMER MANUAL PARA COLOCAÇÃO DE PRODUTOS À VENDA NO SMARTFARMER Esta funcionalidade é destinada aos Produtores que estão registados no SmartFarmer. Selecione a opção Criar Produtos Para colocar produtos à venda

Leia mais

MANUAL DE MATRÍCULA E INSCRIÇÃO 2º CICLO (MESTRADOS)

MANUAL DE MATRÍCULA E INSCRIÇÃO 2º CICLO (MESTRADOS) MANUAL DE MATRÍCULA E INSCRIÇÃO 2º CICLO (MESTRADOS) Núcleo de Planeamento e Gestão Académica / Gabinete de Estudos Pós-Graduados 12-09-2017 Índice 1. Acesso à plataforma... 2 2. Matrícula... 3 2.1 Inquérito

Leia mais

Como emitir a nota? Emitir Nova NFS-e

Como emitir a nota? Emitir Nova NFS-e Aqui se dá o começo do processo de criação da nota fiscal de serviço eletrônica. Como a Prefeitura é que gera a NFS-e, o que será feito é um RPS, com todas as informações da nota, que serão enviadas à

Leia mais

Índice Preâmbulo... 3

Índice Preâmbulo... 3 Índice Índice... 2 Preâmbulo... 3 1. Guia de utilizador... 4 1.1. Login no portal... 4 1.2. Recuperação da password de acesso... 5 1.3. Navegação... 6 1.4. Gestão do utilizador... 7 1.5. Informação da

Leia mais

Manual de utilização para estudantes

Manual de utilização para estudantes Manual de utilização para estudantes O que é o Turnitin? O Turnitin é uma ferramenta de verificação da originalidade de trabalhos e baseia-se na comparação dos textos submetidos com diversas bases de dados

Leia mais

INSTRUÇÕES DE REQUERIMENTO ELECTRÓNICO MARCAÇÃO DE FÉRIAS JUÍZES COLOCADOS EM TRIBUNAIS DE PRIMEIRA INSTÂNCIA V Data da última actualização:

INSTRUÇÕES DE REQUERIMENTO ELECTRÓNICO MARCAÇÃO DE FÉRIAS JUÍZES COLOCADOS EM TRIBUNAIS DE PRIMEIRA INSTÂNCIA V Data da última actualização: INSTRUÇÕES DE REQUERIMENTO ELECTRÓNICO MARCAÇÃO DE FÉRIAS JUÍZES COLOCADOS EM TRIBUNAIS DE PRIMEIRA INSTÂNCIA V. 1.3 Data da última actualização: 01-02-2016 Histórico de Versões Tipologia Documental...

Leia mais

- Manual do Utilizador - Relatórios de Contratação no SRVI

- Manual do Utilizador - Relatórios de Contratação no SRVI Março de 2016 Índice 1 Enquadramento... 3 2 Credenciação no SAC... 5 3 Relatório de Contratação (RC)... 7 3.1 Preencher e submeter um RC na PECP... 7 3.2 Criar um RC diretamente no SRVI... 7 3.3 Consultar

Leia mais

MANUAL DE UTILIZADOR MYGIAF - PEDIDO DE ECONOMATO. Lisboa, 19 de Fevereiro de 2013

MANUAL DE UTILIZADOR MYGIAF - PEDIDO DE ECONOMATO. Lisboa, 19 de Fevereiro de 2013 MANUAL DE UTILIZADOR MYGIAF - PEDIDO DE ECONOMATO Lisboa, 19 de Fevereiro de 2013 Aviso de Confidencialidade A informação contida neste documento é confidencial e pertence à Indra. Qualquer divulgação,

Leia mais

3 Cabeçalho/ logótipo 4 Menu principal 5 Autenticação

3 Cabeçalho/ logótipo 4 Menu principal 5 Autenticação Escolas de Primeiro Ciclo no site do Agrupamento Iniciar com o endereço www.aecarvalhos.pt 1 1 Clicar em ESCOLAS DO AGRUPAMENTO (lado direito do site). 2 2 Apontar para EB1/JI e clicar na escola respetiva.

Leia mais

GUIA DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DE CANDIDATURAS CANDIDATURA AOS CURSOS TÉCNICOS SUPERIORES PROFISSIONAIS

GUIA DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DE CANDIDATURAS CANDIDATURA AOS CURSOS TÉCNICOS SUPERIORES PROFISSIONAIS GUIA DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DE CANDIDATURAS CANDIDATURA AOS CURSOS TÉCNICOS SUPERIORES PROFISSIONAIS 1. Aceder ao Portal de Candidaturas O acesso ao portal de candidaturas pode realizar-se de dois links:

Leia mais

Menu Pesquisador. o Inscrição em Novo Projeto. Para Iniciar um novo projeto clique em Inscrição em novo Projeto. A seguinte tela aparecerá:

Menu Pesquisador. o Inscrição em Novo Projeto. Para Iniciar um novo projeto clique em Inscrição em novo Projeto. A seguinte tela aparecerá: Menu Pesquisador o Inscrição em Novo Projeto Para Iniciar um novo projeto clique em Inscrição em novo Projeto A seguinte tela aparecerá: Clique no botão Criar novo Projeto obs: cada pesquisador só poderá

Leia mais

Plataforma de Gestão de Acessos

Plataforma de Gestão de Acessos Plataforma de Gestão de Acessos Manual para Prestadores de Serviços El Corte Inglés Grandes Armazéns, S.A. Índice I ADVERTÊNCIAS SOBRE A ANEXAÇÃO DE DOCUMENTOS... 2 II REGISTO DA ENTIDADE... 3 III PEDIDO

Leia mais

Agendamento de Entregas

Agendamento de Entregas Agendamento de Entregas MT-212-00143 - 2 Última Atualização 24/11/2014 I. Objetivos Após este módulo de capacitação você será capaz de: Solicitar um Agendamento de Entregas de Materiais; Acompanhar o andamento

Leia mais

Manual para a Submissão de Candidatura aos Concursos Locais. Candidatas/os sem cidadania portuguesa

Manual para a Submissão de Candidatura aos Concursos Locais. Candidatas/os sem cidadania portuguesa Manual para a Submissão de Candidatura aos Concursos Locais Candidatas/os sem cidadania portuguesa A canditura de ingresso nos cursos da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do

Leia mais

SISTEMA INTEGRADO DE REGISTO DA AGÊNCIA PORTUGUESA DO AMBIENTE SIRAPA. Lígia Varandas, 23 Novembro 2010, S. João da Madeira

SISTEMA INTEGRADO DE REGISTO DA AGÊNCIA PORTUGUESA DO AMBIENTE SIRAPA. Lígia Varandas, 23 Novembro 2010, S. João da Madeira SISTEMA INTEGRADO DE REGISTO DA AGÊNCIA PORTUGUESA DO AMBIENTE SIRAPA Lígia Varandas, 23 Novembro 2010, S. João da Madeira Sistema Integrado de Registo da Agência Portuguesa do Ambiente SIRAPA O SIRAPA

Leia mais

Mobilidade. Acordo de Cedência de Interesse Público (ACIP) Manual de Utilizador

Mobilidade. Acordo de Cedência de Interesse Público (ACIP) Manual de Utilizador Mobilidade Acordo de Cedência de Interesse Público (ACIP) Lei n.º 35/2014, de 20 de junho Manual de Utilizador Esta aplicação informática destina-se à gestão do processo de pedido de Acordo de Cedência

Leia mais

SISTEMA CERTORIGEM PERFIL EXPORTADOR

SISTEMA CERTORIGEM PERFIL EXPORTADOR SISTEMA CERTORIGEM PERFIL EXPORTADOR Fluxo de cadastro Acesso ao sistema: http://cacb.certorigem.com.br/federasul/ Criar pré-cadastro Fluxo de cadastro Preencher formulário do lado esquerdo com os dados

Leia mais

Manual de Utilização da Plataforma digital de Gestão de informação

Manual de Utilização da Plataforma digital de Gestão de informação Manual de Utilização da Plataforma digital de Gestão de informação AGÊNCIAS Iniciativa de : Financiado por: www.eeagrants.org AGÊNCIAS Esta plataforma permite apoiar o funcionamento das agências do Banco

Leia mais

Estabelecimentos e Nomeações SILiAmb para preenchimento do formulário LUA

Estabelecimentos e Nomeações SILiAmb para preenchimento do formulário LUA Estabelecimentos e Nomeações SILimb para preenchimento do formulário LU bril de 2017 ÍNDICE 1. Estabelecimentos... 2 1.1. cesso aos Estabelecimentos... 2 1.2. Criar/ativar estabelecimento... 2 2. Nomeações...

Leia mais

INSCRIÇÕES 2017 /2018

INSCRIÇÕES 2017 /2018 INSCRIÇÕES 207 /208 MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA FAMÍLIAS JÁ EXISTENTES. Autenticação 2. Família 3. Aluno 4. Estado do processo. Criação de nova password 2. Nome 3. Adicionar / Atualizar 4. Resposta do Liceu.2

Leia mais

GUIA RÁPIDO PARA A APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS A PROCEDIMENTOS AO ABRIGO DE ACORDOS QUADRO ESPAP

GUIA RÁPIDO PARA A APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS A PROCEDIMENTOS AO ABRIGO DE ACORDOS QUADRO ESPAP GUIA RÁPIDO PARA A APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS A PROCEDIMENTOS AO ABRIGO DE ACORDOS QUADRO ESPAP Plataforma VORTAL Maio 2017 VORTAL 2017 Todos os direitos reservados 1 Gestão de Oportunidades - Oportunidades

Leia mais

Candidatura Passo a Passo

Candidatura Passo a Passo Candidatura Passo a Passo 1.1 Candidaturas on-line Este manual é um documento ilustrativo como efetuar a sua candidatura passo a passo. Para efetuar o processo de candidatura deverá aceder ao portal de

Leia mais

I n s t r u ç õ e s d e M a t r í c u l a

I n s t r u ç õ e s d e M a t r í c u l a 1. Irá receber no e-mail que indicou aquando da sua candidatura, as instruções para criação da sua conta campus.ul. Veja um exemplo do formato e conteúdo desse email, no anexo 1, deste documento. Só após

Leia mais

Manual de Autoavaliação

Manual de Autoavaliação Índice 1 Objetivo... 3 2 Pré-requisitos e acesso ao sistema... 3 2.1 Pré-requisitos... 3 2.2 Acesso ao sistema... 3 3 Primeiro Passo da Autoavaliação verificar se o avaliador já registou data de aceitação...

Leia mais

Conferência de via verde PEGAF 17 Procedimento Específico de Gestão Administrativo Financeira

Conferência de via verde PEGAF 17 Procedimento Específico de Gestão Administrativo Financeira Pagina 1/13 1. Objectivo Este procedimento tem por objectivo definir como é efectuado a conferência da via verde bem como a distribuição por centros de custos 2. Âmbito Este procedimento aplica-se a todas

Leia mais

Como registar um blogue?

Como registar um blogue? BloguesEDU - Catálogo de Blogues Educativos Como registar um blogue? pag. 1 Apoio Tutorial de registo de um blogue no do Portal das Escolas Neste tutorial, iremos apoiá-lo ao longo do processo de acesso

Leia mais

Candidatura on-line Instruções operacionais de preenchimento

Candidatura on-line Instruções operacionais de preenchimento NOTA PRÉVIA A candidatura ao Programa Nacional de Financiamento a projectos pelo INR, I.P. efetua-se exclusivamente online, através da plataforma web disponível no separador Programas e Projetos em www.inr.pt.

Leia mais

Processo de Gerir Atividade Formativa

Processo de Gerir Atividade Formativa Após a conclusão da calendarização da atividade formativa, vamos gerir Atividade formativas. Esta etapa é única e exclusivamente da responsabilidade da entidade. Para proceder ao acesso deve clicar no

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA REGISTO DE PRODUTORES DE EEE E P&A

MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA REGISTO DE PRODUTORES DE EEE E P&A ANREEE MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA REGISTO DE PRODUTORES DE EEE E P&A SIRP ANREEE Índice 1. Início do registo para fluxo de EEE + P&A... 3 1.1. Entrar na ANREEE: www.anreee.pt... 3 1.2. Aceder à plataforma

Leia mais

PRODAV 03/2015 Passo a passo para inscrição do projeto

PRODAV 03/2015 Passo a passo para inscrição do projeto PASSO 11 - Ao concluir o preenchimento, clique em Salvar. Na aba da esquerda aparecerá o item Projetos que o compõem, e o primeiro projeto incluído aparecerá logo abaixo (fig. 16). Para incluir novos projetos

Leia mais

Manual de Instruções para inscrições pela Secretaria Virtual para FDUL

Manual de Instruções para inscrições pela Secretaria Virtual para FDUL Manual de Instruções para inscrições pela Secretaria Virtual NetP@ para FDUL BROWSERS RECOMENDADOS: MICROSOFT INTERNET EXPLORER 10, FIREFOX 3+, SAFARI OU CHROME 1. AS ETAPAS DO FUNCIONAMENTO Para utilizar

Leia mais

CAMPANHA DE LIVROS ESCOLARES. GD BPI Ano lectivo 2012/2013

CAMPANHA DE LIVROS ESCOLARES. GD BPI Ano lectivo 2012/2013 CAMPANHA DE LIVROS ESCOLARES GD BPI Ano lectivo 2012/2013 WWW.LEYAONLINE.COM Este ano, os associados do Grupo GD BPI têm condições ainda mais vantajosas na compra de livros escolares na loja online do

Leia mais

PASSO-A-PASSO PARA UTILIZAÇÃO DO SISTEMA FILIA WEB TSE

PASSO-A-PASSO PARA UTILIZAÇÃO DO SISTEMA FILIA WEB TSE PASSO-A-PASSO PARA UTILIZAÇÃO DO SISTEMA FILIA WEB TSE ACESSANDO O SISTEMA FILIAWEB a) Entre na internet; b) Digite www.tse.gov.br; c) Na barra de menus, clique em Partidos ; d) Aberto o menu, clique em

Leia mais

20 Escola Digital Manual do Utilizador Aluno

20 Escola Digital Manual do Utilizador Aluno 20 Escola Digital Manual do Utilizador Aluno 1. Conhecer o 20 Escola Digital... 4 20 Escola Digital Visão Geral... 4 2. Autenticação... 6 3. Mural... 7 3.1. Partilhar um comentário... 7 3.2. Comentar um

Leia mais

PROGRAMA CIDADANIA ATIVA MANUAL DO PROMOTOR ANEXO 2: PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO DE PEDIDO DE PAGAMENTO

PROGRAMA CIDADANIA ATIVA MANUAL DO PROMOTOR ANEXO 2: PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO DE PEDIDO DE PAGAMENTO PROGRAMA CIDADANIA ATIVA MANUAL DO PROMOTOR ANEXO 2: PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO DE PEDIDO DE PAGAMENTO É importante ler e analisar atentamente este anexo, bem como o Manual do Promotor, antes de proceder

Leia mais

Colocada Significa que a sua candidatura já foi avaliada e que foi aceite para frequência do curso. Instruções para as candidaturas online

Colocada Significa que a sua candidatura já foi avaliada e que foi aceite para frequência do curso. Instruções para as candidaturas online As candidaturas são feitas online e, para poderem ser administrativamente validadas e seguidamente avaliadas, têm de estar completamente preenchidas, o que inclui anexar os documentos considerados indispensáveis

Leia mais

Candidatura Passo a Passo

Candidatura Passo a Passo Candidatura Passo a Passo 1.1 Candidaturas on-line Este manual é um documento ilustrativo como efetuar a sua candidatura passo a passo. Para efetuar o processo de candidatura deverá aceder ao portal de

Leia mais

BMLABEL MANUAL DO UTILIZADOR

BMLABEL MANUAL DO UTILIZADOR MANUAL DO UTILIZADOR Ao executar o programa abre-se uma janela com a lista das empresas registadas e 2 menus activos: Menu Seleccionar para seleccionar a empresa. Menu Sair para sair da aplicação. Para

Leia mais