HISTÓRIA DA FOTOGRAFIA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "HISTÓRIA DA FOTOGRAFIA"

Transcrição

1 HISTÓRIA DA FOTOGRAFIA

2 A luz é o princípio da fotografia Tentativa do homem de tornar perene a realidade Luz refletida nos objetos permite que os vejamos Quando a luz refletida atravessa um pequeno orifício de um ambiente escuro, projeta a imagem existente do lado de fora no interior do ambiente: princípio da câmera escura (obscura): esse princípio é o mesmo até hoje

3 Elementos Físicos Os primeiros homens já deveriam ter experimentado o fenômeno da ótica fotográfica. Aristóteles, cerca de 300 a.c, já havia detectado esse fenômeno ótico Um dos maiores cientistas da ótica de todos os tempos, Ibn al-haitham (10 séculos d.c), conhecido no ocidente como Alhazen, foi um dos primeiros a estudar o comportamento dos raios luminosos. Muitos cientistas futuros utilizaram os conhecimentos de Alhazen para estudos de imagens O físico holandês Reinerus Gemma Frisius construiu uma camera obscura para observar o eclipse solar sem colocar a visão em risco. Em 1544 ele publicou um livro com a experiência. Esse, aparentemente, é o primeiro registro de uma câmera obscura de que se tem conhecimento.

4 Ilustração de Gemma Frisius data de 24 de janeiro de 1544 com a inscrição: Solis Designium (Desenho do Sol)

5 A câmera escura foi utilizada amplamente por pintores para produzirem imagens mais realistas. Leonardo Da Vinci (século XVI) foi o primeiro a descrever o funcionamento das câmeras escuras. Em 1588, o cientista italiano Giovanni Della Porta construiu uma câmera escura e chamou os amigos para assistirem a experiência. Os convidados ficaram em pânico e o cientista foi acusado de bruxaria. Só escapou da fogueira porque fugiu do país.

6 Com o tempo a câmera escura ganhou o recurso das lentes e foi utilizada por muitos pintores Representa o desejo do homem de cristalizar a realidade em um suporte Ciência e razão Renascimento: beleza e precisão, capturar a realidade por completo Tipos de perspectivas

7 Perspectiva artificialis Fillipo Brunelleschi base matemática tratado Della Pittura Leon Baptista Alberti Tavolletta Pietro Perugino (1481) ajudou a levar a perspectiva para Roma com esse afresco.

8 Evolução da pintura e uso do fisionotraço Surgimento de uma burguesia Desejo por imagem deixa de ser uma exclusividade dos nobres

9 Elementos químicos O conhecimento sobre as alterações químicas dos elementos é tão antiga quanto a idéia de humanidade Os chineses já haviam percebido que alguns elementos mudavam de cor quanto ficavam ao ar livre (o papiro, por exemplo). A hipótese era que os materiais sofriam ação do ar. Quando os primeiros cientistas utilizaram a câmera escura perceberam a necessidade de gravar a imagem que aparecia Em 1727, o alemão Johan fotossensibilidade dos sais de prata. Heinrich Schulze descobre a Em 1802, os ingleses Thomas Wedgewood e Humphry Davy usaram nitrato de prata para copiar gravuras, mas não encontrou elementos químicos que impedissem o escurecimento da imagem depois do contato com a luz

10 Na mesma época o franco-brasileiro Hercules Florence também desenvolveu pesquisas sobre a fotossensibilidade dos sais de prata. Segundo o pesquisador Boris Kossoy, foi Florence que primeiro utilizou a palavra fotografia. Entretanto, como estava no Brasil, suas descobertas caíram no esquecimento. Já na França, Joseph Nicephore Niépce é quem torna público o avanço na tentativa de registrar imagem com cloreto de prata. Em 1822 ele consegue reproduzir uma gravura. Em 1826 ele faz a primeira fotografia, que obtém após oito horas de exposição.

11

12 Em 1829, Niépce se associa ao gravurista Louis Jacques Mandé Daguerre, que procurava um meio mais rápido de fazer suas gravuras. Depois da morte de Niépce em 1833, Daguerre segue com as pesquisas e aperfeiçoa o método. Depois alguma evolução, Daguerre apresenta o seu invento em Como era difícil garantir o ineditismo da descoberta em vários lugares do mundo as pesquisas caminhavam para a gravação da imagem in natura o parlamento francês indenizou o inventor com uma pensão vitalícia e tornou o processo fotográfico de domínio público. O procedimento recebeu o nome de Daguerreotipia. Paralelamente o inglês William Henry Fox Talbot desenvolveu um processo com papel molhado com cloreto de prata. Ele anunciou seu invento em 1839 e deu o nome de Talbotipia. Se os elementos físicos e químicos já eram de conhecimento de tantos pesquisadores, por que apenas na metade do século XIX surge a fotografia?

13 O mundo estava em transformação. A Revolução Industrial e a emergência de uma classe média com desejo por imagens foram determinantes para o surgimento da fotografia. A sociedade estava pronta para receber as imagens automáticas. Arte e Fotografia: estranhas companheiras. Fim do século XIX e início do século XX viu surgirem artistas que desejavam inserir a fotografia no universo das artes: os pictorialistas. Apenas no final do século XX a fotografia consegue o status de arte, com a realização de exposições nos principais museus do mundo. No aspecto tecnológico, a fotografia evoluiu muito rapidamente. Em poucos anos o tempo de exposição passou de algumas horas a minutos, o que permitiu a captura de imagens em movimento. Em 1888, George Eastman lançou a Kodak n 1 com o seguinte slogan: Você aperta o botão, nós fazemos o resto.

14 Louis Jacques Mande Daguerre, Boulevard du Temple, Paris, daguerreótipo, 1838 Alfred Stieglitz, O Terminal, New York, fotografia, 1892

15 Alguns dos grandes nomes pioneiros da fotografia: Nadar Peter Henry Emerson Roger Fenton Eugéne Atget Carleton E. Watkins Alvin Langdon Coburn Baron Gayne de Meyer Lewis Carroll Edward Jean Steichen Julia Margaret Cameron August Sander Edwearde Muybridge Jaques Henri Lartigue Edward Weston Alfred Stieglitz Paul Strand Marc Ferrez Lazlo Moholy-Nagy Augusto Malta Man Ray

16 Fotojornalismo no século XIX: Guerra da Criméia ( ) Roger Fenton: fotógrafo britânico considerado o autor da primeira cobertura fotojornalística de uma guerra.

17

18

19 Carroça fotográfica de Fenton: carregava o equipamento e servia de laboratório.

20 Câmera grande formato século XIX

21 Câmera grande formato

HISTÓRIA DA FOTOGRAFIA Aspectos sociais, culturais e tecnológicos

HISTÓRIA DA FOTOGRAFIA Aspectos sociais, culturais e tecnológicos Aspectos sociais, culturais e tecnológicos A luz é o princípio da fotografia Tentativa do homem de tornar perene a realidade Luz refletida nos objetos permite que os vejamos Quando a luz refletida atravessa

Leia mais

Com a Fotografia foi assim também. Ela nasce movida pela curiosidade, em um processo que envolveu estudo, observação e muita experimentação.

Com a Fotografia foi assim também. Ela nasce movida pela curiosidade, em um processo que envolveu estudo, observação e muita experimentação. Capítulo I. História da Fotografia As leis da Física Ao longo de sua evolução o Homem foi descobrindo e inventando coisas, desenvolvendo conhecimento, tecnologia e instrumentos para suprir suas necessidades.

Leia mais

Eclipse solar observado em Lovania através de uma câmara escura, 1544

Eclipse solar observado em Lovania através de uma câmara escura, 1544 Eclipse solar observado em Lovania através de uma câmara escura, 1544 2 A luz entrava na câmara através de uma pequena abertura (pinhole ou buraco de agulha) projectando a imagem na parede oposta. 3 No

Leia mais

HISTÓRIA DA FOTOGRAFIA

HISTÓRIA DA FOTOGRAFIA HISTÓRIA DA FOTOGRAFIA A CÂMERA ESCURA SÉCULO XVI U"lizada para auxiliar desenhos. 1! PERFIS DE SOMBRA SÉCULO XVIII NIÉPCE 1826 2! NIÉPCE 1826 Primeira fotografia de Niépce em 1826, "rada da janela do

Leia mais

Link para acesso à Revista Digital: http://douglasdim.blogspot.com.br/2012/08/fotografia.html

Link para acesso à Revista Digital: http://douglasdim.blogspot.com.br/2012/08/fotografia.html SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA/SECRETARIA DE EDUCAÇÃO POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE GOIÁS COMANDO DE ENSINO POLICIAL MILITAR COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR SARGENTO NADER ALVES DOS SANTOS SÉRIE/ANO: 2º SÉRIE

Leia mais

UNIDADE I. Processo evolutivo da fotografia. Múltiplas descobertas

UNIDADE I. Processo evolutivo da fotografia. Múltiplas descobertas UNIDADE I Processo evolutivo da fotografia Múltiplas descobertas Fev/2012 Busca da Imagem IMAGEM do latim imagine,aquilo que possui semelhança com alguma coisa conhecida ou idealizada. Sendo a imagem uma

Leia mais

Endereço: Rua 1. Mércia ARAÚJO 2 Nelson SOARES 3 Faculdade Social da Bahia, Salvador, BA

Endereço: Rua 1. Mércia ARAÚJO 2 Nelson SOARES 3 Faculdade Social da Bahia, Salvador, BA Endereço: Rua 1 Mércia ARAÚJO 2 Nelson SOARES 3 Faculdade Social da Bahia, Salvador, BA RESUMO: O presente trabalho foi apresentado à disciplina Fotojornalismo II e consistiu na produção de um ensaio fotodocumental.

Leia mais

FOTOGRAFIA ESPELHO, MOLDURA; FRAGMENTOS E TÉCNICA. Introdução à história da fotografia.

FOTOGRAFIA ESPELHO, MOLDURA; FRAGMENTOS E TÉCNICA. Introdução à história da fotografia. FOTOGRAFIA ESPELHO, MOLDURA; FRAGMENTOS E TÉCNICA Introdução à história da fotografia. FOTOGRAFIA A história da fotografia tem diversas datas, vários inventores e muitas observações e pesquisas que propiciaram

Leia mais

O Olhar por Trás da Câmera 1

O Olhar por Trás da Câmera 1 O Olhar por Trás da Câmera 1 Letícia Mainardi Tamiozzo 2 RadharaniTarumim Souza Kuhn 3 Orientador: Muryllo Lorensoni 4 Universidade Federal de Mato Grosso, Cuiabá, MT. RESUMO O trabalho de Produção Transdisciplinar

Leia mais

Os diferentes modos de registro imagético expressam. o espírito de seu tempo utilizando materiais. e meios que são produtos próprios da época.

Os diferentes modos de registro imagético expressam. o espírito de seu tempo utilizando materiais. e meios que são produtos próprios da época. IMAGEM E HISTÓRIA Os diferentes modos de registro imagético expressam o espírito de seu tempo utilizando materiais e meios que são produtos próprios da época. Pintura Rupestre mãos pincéis de penas e pêlos

Leia mais

160 anos de fotografia Artigo de Paulo Pereira da Costa

160 anos de fotografia Artigo de Paulo Pereira da Costa 160 anos de fotografia Artigo de Paulo Pereira da Costa Há 160 anos, a Academia de Artes e Ciências da França anunciava oficialmente o nascimento da fotografia. Entretanto o desejo de retratar a natureza

Leia mais

As origens do processo fotográfico

As origens do processo fotográfico Capítulo 1 As origens do processo fotográfico "De hoje em diante, a pintura está morta". Paul Delaroche. A fotografia é uma atividade com pouco mais de 150 anos, embora ela seja uma síntese de várias observações

Leia mais

ENSAIO FOTOGRÁFICO URBANO. Arthur Felipe Pereira Souza UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS

ENSAIO FOTOGRÁFICO URBANO. Arthur Felipe Pereira Souza UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS ENSAIO FOTOGRÁFICO URBANO Arthur Felipe Pereira Souza UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS INTRODUÇÃO Apesar de muitos considerarem Joseph Nicéphore Niépce como sendo o inventor da fotografia, ela não é uma

Leia mais

MODA. www.lojistas.net acessado em 07/12/2005

MODA. www.lojistas.net acessado em 07/12/2005 Moda 03 Diferentes épocas 04 Velazquez 07 Auto-retrato 08 Fotografia 10 Câmera escura 12 Cinema 15 Taumatrópio e fenacistoscópio 19 Desenho animado 27 Andy Warhol 33 MODA www.lojistas.net acessado em 07/12/2005

Leia mais

ANIMAÇÃO DE IMAGENS. Como dar vida às ideias.

ANIMAÇÃO DE IMAGENS. Como dar vida às ideias. ANIMAÇÃO DE IMAGENS Como dar vida às ideias. O que se entende por Cinema Cinema, abreviação de cinematógrafo, é a técnica de projetar fotogramas de forma rápida e sucessiva (24 fotogramas por segundo)

Leia mais

Leonardo da Vinci. Auto-retrato de Leonardo da Vinci

Leonardo da Vinci. Auto-retrato de Leonardo da Vinci Leonardo da Vinci Auto-retrato de Leonardo da Vinci Introdução Leonardo da Vinci, artista renascentista italiano, nasceu em 15/04/1452. Existem algumas dúvidas sobre a cidade de seu nascimento: para alguns

Leia mais

Adescoberta da fotografia não aconteceu como muitos po

Adescoberta da fotografia não aconteceu como muitos po DA PINTURA RUPESTRE A FOTOGRAFIA Thomaz. W.M. Harrell I. DA PINTURA RUPESTRE À FOTOGRAFIA Adescoberta da fotografia não aconteceu como muitos po deriam pensar de uma hora para outra. Como veremos mais

Leia mais

História do Cinema PRIMEIROS APARELHOS

História do Cinema PRIMEIROS APARELHOS História do Cinema PRIMEIROS APARELHOS - Para captar e reproduzir a imagem do movimento, são construídos vários aparelhos baseados no fenômeno da persistência retiniana (fração de segundo em que a imagem

Leia mais

O Inventor. - Devido à extensão desse Projeto, ficarão a cargo de cada professor adequar as sugestões dadas à sua realidade escolar.

O Inventor. - Devido à extensão desse Projeto, ficarão a cargo de cada professor adequar as sugestões dadas à sua realidade escolar. O Inventor 1) Introdução Quem é um inventor? Aquela pessoa que cria ou descobre fórmulas diferentes ou objetos novos para a solução de problemas? Ou pessoas comuns, como eu e você, que conseguem viver

Leia mais

História e imagem: O historiador e sua relação com o cinema

História e imagem: O historiador e sua relação com o cinema História e imagem: O historiador e sua relação com o cinema Luciana Ferreira Pinto 1 1.Introdução Desde o início da Escola dos Anais, na França, os objetos de estudo da História vêm se modificando, exigindo

Leia mais

Fotografia(Photographia)

Fotografia(Photographia) FOTOGRAFIA Fotografia(Photographia) Photon significa luz, Graphos pincel, em outras palavras fotografia significa desenhar com a luz. É uma técnica de gravação,por meios mecânicos e químicos ou digitais,de

Leia mais

Multimídia Aula 3. Prof. Gale Ciências da Computação 2º. Semestre 2006

Multimídia Aula 3. Prof. Gale Ciências da Computação 2º. Semestre 2006 Multimídia Aula 3 Prof. Gale Ciências da Computação 2º. Semestre 2006 Escrita O que veio antes? A língua ou a escrita? http://www.historian.net/hxwrite.htm Escrita O que veio antes? A língua ou a escrita?

Leia mais

Renascimento Cultural

Renascimento Cultural Renascimento Cultural Séculos XIV ao XVII Prof. Dieikson de Carvalho Renascimento Cultural Contexto histórico Transição da Idade Média para Idade Moderna. Século XIV ao XVII. Resultado do Renascimento

Leia mais

CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS CURSO DE ARTES VISUAIS. www.artevisualensino.com.br FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO UL

CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS CURSO DE ARTES VISUAIS. www.artevisualensino.com.br FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO UL FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO UL CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS CURSO DE ARTES VISUAIS Professor Dr. Isaac A. Camargo AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM: www.artevisualensino.com.br

Leia mais

Produzindo e divulgando fotos e vídeos. Aula 2 Produzindo uma foto

Produzindo e divulgando fotos e vídeos. Aula 2 Produzindo uma foto Produzindo e divulgando fotos e vídeos Aula 2 Produzindo uma foto Objetivos 1 Entender um pouco da história da fotografia. 2 Identificar o que observar na escolha do equipamento fotográfico. 3 Compreender

Leia mais

LUZ TRANSMISSÃO DA LUZ SUPERFÍCIES REFLETORAS

LUZ TRANSMISSÃO DA LUZ SUPERFÍCIES REFLETORAS LUZ É uma forma de energia eletromagnética que se propaga em linha reta a partir de uma fonte luminosa Indispensável para sensibilizar o filme e nele formar as imagens fotográficas» Fontes Naturais» Fontes

Leia mais

MANUAL DE FOTOGRAFIA E CINEMATOGRAFIA BÁSICA Por Filipe Salles

MANUAL DE FOTOGRAFIA E CINEMATOGRAFIA BÁSICA Por Filipe Salles MANUAL DE FOTOGRAFIA E CINEMATOGRAFIA BÁSICA Por Filipe Salles PARTE 1 - FOTOGRAFIA Manual de Fotografia e Cinematografia Básica Prof. Filipe Salles 2004-2 - INTRODUÇÃO Sempre foi natural do homem procurar

Leia mais

ARTES AVALIAÇÃO. Aula 3.2 - AVALIAÇÃO

ARTES AVALIAÇÃO. Aula 3.2 - AVALIAÇÃO Aula 3.2-2 1. A Anunciação é uma das obras mais conhecidas de Leonardo da Vinci. Feita por volta do ano de 1472, ela retrata uma das cenas bíblicas mais famosas de todos os tempos. Escreva nas linhas abaixo

Leia mais

INTRODUÇÃO À ÓPTICA GEOMÉTRICA 411EE

INTRODUÇÃO À ÓPTICA GEOMÉTRICA 411EE 1 T E O R I A 1. SOMBRA Define se sombra como uma região do espaço desprovida de luz. Uma sombra é produzida quando um objeto opaco impede que raios de luz provenientes de uma fonte luminosa iluminem uma

Leia mais

A FOTOGRAFIA E A ARTE COMO INSTRUMENTO DIDÁTICO PARA O ENSINO DE FÍSICA

A FOTOGRAFIA E A ARTE COMO INSTRUMENTO DIDÁTICO PARA O ENSINO DE FÍSICA A FOTOGRAFIA E A ARTE COMO INSTRUMENTO DIDÁTICO PARA O ENSINO DE FÍSICA Ramon Silva Dantas Bolsista PIBID, Graduando Licenciatura em Física Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro ramondantasuenf@gmail.com

Leia mais

Arte e Medicina - Representação do Corpo Humano na Colecção Ceroplástica do Museu Sá Penella, Hospital dos Capuchos

Arte e Medicina - Representação do Corpo Humano na Colecção Ceroplástica do Museu Sá Penella, Hospital dos Capuchos Arte e Medicina - Representação do Corpo Humano na Colecção Ceroplástica do Museu Sá Penella, Hospital dos Capuchos Arte e Medicina sempre estiveram directamente ligadas ao conhecimento do corpo e da figura

Leia mais

Introdução à Engenharia

Introdução à Engenharia Introdução à Engenharia Aula 03 História da Engenharia Edgar Alberto de Brito A história da Engenharia Engenharia na Pré-História. Atividade na Antiguidade. Atividade na era Moderna e Contemporânea. Aspectos

Leia mais

Construindo a câmara escura

Construindo a câmara escura Construindo a câmara escura Shizue Introdução Captar e registrar imagens tornou-se possível com a câmara escura de orifício. Essa câmara nada mais é do que uma lata, preta por dentro para não refletir

Leia mais

Introdução à História da Fotografia Professor Dr. Isaac Antonio Camargo

Introdução à História da Fotografia Professor Dr. Isaac Antonio Camargo Introdução à História da Fotografia Professor Dr. Isaac Antonio Camargo Tópico: História da Fotografia Sub-tópicos: a- Aspectos gerais e técnicos da imagem e da imagem fotográfica; b- A invenção da fotografia.

Leia mais

HISTÓRIA DA FOTOGRAFIA

HISTÓRIA DA FOTOGRAFIA HISTÓRIA DA FOTOGRAFIA FOTOGRAFIA - Escrita pela luz. O termo refere-se a uma forma de registrar a imagem real sem a participação ou interferência do homem, apenas pela ação direta da luz natural. Há mais

Leia mais

Leonardo Da Vinci. Prof. Adriano Portela

Leonardo Da Vinci. Prof. Adriano Portela Leonardo Da Vinci Prof. Adriano Portela Da Vinci Um dos mais completos artistas renascentistas, Leonardo da Vinci nasceu no dia 15 de abril de 1452, muito provavelmente em uma cidade próxima a Vinci, Anchiano,

Leia mais

OS DOZE TRABALHOS DE HÉRCULES

OS DOZE TRABALHOS DE HÉRCULES OS DOZE TRABALHOS DE HÉRCULES Introdução ao tema A importância da mitologia grega para a civilização ocidental é tão grande que, mesmo depois de séculos, ela continua presente no nosso imaginário. Muitas

Leia mais

História da Fotografia e um pouco da sua linguagem. Claudio Feijó www.olhar.com.br fev2011

História da Fotografia e um pouco da sua linguagem. Claudio Feijó www.olhar.com.br fev2011 História da Fotografia e um pouco da sua linguagem Claudio Feijó www.olhar.com.br fev2011 Foi através da fotografia que o homem encontrou uma das formas mais perfeitas e práticas para gravar e reproduzir

Leia mais

HISTÓRIA DA ARTE Da Pré-história ao Barroco. Professora: Vanessa Oliveira Arte 1ª série Ensino Médio

HISTÓRIA DA ARTE Da Pré-história ao Barroco. Professora: Vanessa Oliveira Arte 1ª série Ensino Médio HISTÓRIA DA ARTE Da Pré-história ao Barroco Professora: Vanessa Oliveira Arte 1ª série Ensino Médio O contexto de uma imagem nos apresenta o cenário geral em que ela foi produzida, sua função e o impacto

Leia mais

PROVA BIMESTRAL História

PROVA BIMESTRAL História 8 o ano o bimestre PROVA BIMESTRAL História Escola: Nome: Turma: n o :. Leia os textos e responda às questões e. Texto Na Grécia Antiga, Aristóteles (384 a.c.-3 a.c.) já defendia a ideia de que o Universo

Leia mais

FOTOGRAFIA BÁSICA PROFº MIVACYR FILHO

FOTOGRAFIA BÁSICA PROFº MIVACYR FILHO FOTOGRAFIA BÁSICA PROFº MIVACYR FILHO Fotografia: o inicio Contexto Histórico O homem sempre teve a necessidade de se expressar visualmente, de mostrar ao mundo o que seus olhos percebem a as figuras criadas

Leia mais

TESTATA: EL ECONOMISTA Data: 18 Luglio 2008 TESTATA: VALOR ECONOMICO Data: 11 Settembre 2008 FMR produz livros como na época do Renascimento Para a grande maioria das empresas, retomar sistemas de produção

Leia mais

História. Cultura Renascentista

História. Cultura Renascentista Cultura Renascentista Índice Clique sobre tema desejado: Origem e conceito Origem e conceito Origem Itália Crise feudal (séc. XIV-XVI) Florença Centro do renascimento Conceito Movimento de renovação cultural,

Leia mais

ALUNO: Nº SÉRIE/ANO: TURMA: TURNO: 8º D V. DISCIPLINA: TIPO DE ATIVIDADE: PROFESSOR (A): HISTÓRIA DA ARTE TEXTO COMPLEMENTAR - 1 2º trimestre TATIANE

ALUNO: Nº SÉRIE/ANO: TURMA: TURNO: 8º D V. DISCIPLINA: TIPO DE ATIVIDADE: PROFESSOR (A): HISTÓRIA DA ARTE TEXTO COMPLEMENTAR - 1 2º trimestre TATIANE Fonte: http://www.musee-orsay.fr/fr/collections/catalogue-des-oeuvres/resultatcollection.html?no_cache=1&zoom=1&tx_damzoom_pi1%5bzoom%5d=0&tx_da mzoom_pi1%5bxmlid%5d=001089&tx_damzoom_pi1%5bback%5d=fr%2fcollec

Leia mais

Liberte-se: um exercício usando a técnica alternativa do fotograma 1

Liberte-se: um exercício usando a técnica alternativa do fotograma 1 Liberte-se: um exercício usando a técnica alternativa do fotograma 1 Vinicius Medeiros BRASIL 2 Anamaria TELES 3 Universidade Regional de Blumenau, Blumenau, SC RESUMO A técnica utilizada neste trabalho,

Leia mais

Diferentes padrões para uma mesma medida.

Diferentes padrões para uma mesma medida. Diferentes padrões para uma mesma medida. Antes de iniciarmos o assunto desta atividade, veremos como se deu a evolução das medidas utilizadas pelo homem e depois trataremos das proporções do Homem Vitruviano.

Leia mais

EVOLUÇÃO DAS ARTES VISUAIS

EVOLUÇÃO DAS ARTES VISUAIS Universidade Comunitária da Região de Chapecó CURSO DE PEDAGOGIA 4º Período EVOLUÇÃO DAS ARTES VISUAIS Profª Me Márcia Moreno 1 } Nada existe realmente a que se possa dar o nome de Arte. Existem somente

Leia mais

RENASCIMENTO ITALIANO

RENASCIMENTO ITALIANO ARTES / 2º ANO PROF.MÍLTON COELHO RENASCIMENTO ITALIANO Contexto histórico O termo significa reviver os ideais greco-romanos; na verdade o Renascimento foi mais amplo, pois aumentou a herança recebida

Leia mais

UM CLICK PARA SELFIE: UM ESTUDO SOBRE O MERCADO CONSUMIDOR E FORNECEDOR DE PRODUTOS E SERVIÇOS FOTOGRAFICOS NA CIDADE DE SANTA ROSA

UM CLICK PARA SELFIE: UM ESTUDO SOBRE O MERCADO CONSUMIDOR E FORNECEDOR DE PRODUTOS E SERVIÇOS FOTOGRAFICOS NA CIDADE DE SANTA ROSA UNIJUI- Universidade Regional do Noroeste do Rio Grande do Sul DACEC Departamento de Ciências Administrativas, Contábeis, Econômicas e da Comunicação Curso de administração UM CLICK PARA SELFIE: UM ESTUDO

Leia mais

MATEMÁTICA E ARTE NO RENASCIMENTO ITALIANO: UM ENSAIO TEÓRICO SOBRE A PERSPECTIVA LINEAR

MATEMÁTICA E ARTE NO RENASCIMENTO ITALIANO: UM ENSAIO TEÓRICO SOBRE A PERSPECTIVA LINEAR MATEMÁTICA E ARTE NO RENASCIMENTO ITALIANO: UM ENSAIO TEÓRICO SOBRE A PERSPECTIVA LINEAR Fábio Rodrigues Silva Universidade Federal de Uberlândia fabiorodrigues@mat.pontal.ufu.br Enio Marques Muniz Junior

Leia mais

Oficina de fotografia e tratamento de imagem. Facilitadora: Camila Silva Aula: 01

Oficina de fotografia e tratamento de imagem. Facilitadora: Camila Silva Aula: 01 Oficina de fotografia e tratamento de imagem Facilitadora: Camila Silva Aula: 01 Histórico da Fotografia A fotografia surgiu do desejo do homem retratar o mundo a sua volta. Desde os primórdios, com a

Leia mais

da FOTOGRAFIA ao CINEMA

da FOTOGRAFIA ao CINEMA da FOTOGRAFIA ao CINEMA A fotografia foi determinante para o aparecimento do cinema não só por questões técnicas: a película é o suporte onde são registadas as imagens e a câmara fotográfica está na génese

Leia mais

HISTÓRIA DA FOTOGRAFIA NO BRASIL. Profª Ms. Déborah Rodrigues Borges

HISTÓRIA DA FOTOGRAFIA NO BRASIL. Profª Ms. Déborah Rodrigues Borges HISTÓRIA DA FOTOGRAFIA NO BRASIL Profª Ms. Déborah Rodrigues Borges HERCULE FLORENCE: A DESCOBERTA ISOLADA DA FOTOGRAFIA NO BRASIL o Antoine Hercule Romuald Florence nasceu em Nice, na França, no dia 29

Leia mais

ESTUDANDO A FOTOGRAFIA POR UMA ABORDAGEM ETNOMATEMÁTICA

ESTUDANDO A FOTOGRAFIA POR UMA ABORDAGEM ETNOMATEMÁTICA ISSN 2316-7785 ESTUDANDO A FOTOGRAFIA POR UMA ABORDAGEM ETNOMATEMÁTICA Luciane Bichet Luz UFPEL lbichet615@hotmail.com Amanda Prank UFPEL amandaprank@ymail.com RESUMO Esta pesquisa busca relacionar a Matemática

Leia mais

7º ano - Criação e percepção - de si, do outro e do mundo

7º ano - Criação e percepção - de si, do outro e do mundo RELATÓRIO DE ARTES 1º Semestre/2015 Turma: 7º ano Professora: Mirna Rolim Coordenação pedagógica: Maria Aparecida de Lima Leme 7º ano - Criação e percepção - de si, do outro e do mundo Sinto que o 7º ano

Leia mais

CAPÍTULO 1 A FOTOGRAFIA

CAPÍTULO 1 A FOTOGRAFIA 15 CAPÍTULO 1 A FOTOGRAFIA A história do homem sobre a terra sempre foi marcada pelas tentativas de apreensão da realidade. Assim surgiram as primeiras pinturas rupestres, como as de Altamira, na Espanha

Leia mais

Projeto Pintando um Sonho. www.fcci.art.br

Projeto Pintando um Sonho. www.fcci.art.br Projeto Pintando um Sonho www.fcci.art.br Foz do Iguaçu, Junho de 2012 Histórico φωτός + γράφειν Fotografia: arte ou processo de reproduzir imagens sobre uma superfície fotossensível, pela ação de energia

Leia mais

RENASCIMENTO E HUMANISMO Profª Erô Cirqueira

RENASCIMENTO E HUMANISMO Profª Erô Cirqueira RENASCIMENTO E HUMANISMO Profª Erô Cirqueira Definição: Movimento científico e científico ocorrido na Europa durante a transição entre as idades Média e Moderna. Fatores: A expansão marítima e o renascimento

Leia mais

Sugestão de Atividade / História / 6ª Série (7º Ano)

Sugestão de Atividade / História / 6ª Série (7º Ano) Sugestão de Atividade / História / 6ª Série (7º Ano) COMPONENTE CURRICULAR: História SÉRIE/ANO: 6ª SÉRIE (7º Ano) INTERDISCIPLINARIDADE: Artes CONTEÚDO: Renascimento Cultural Eixo Temático I de Artes:

Leia mais

Curso Básico de Fotografia Digital. Por Daniel Barboza

Curso Básico de Fotografia Digital. Por Daniel Barboza Curso Básico de Fotografia Digital Por Daniel Barboza Curso Básico de Fotografia Digital 57ª Turma Ementa Objetivos: Aprimorar conhecimentos gerais; Aprender a fazer fotos em viagens; Ter noção de como

Leia mais

OLHAR GLOBAL. Inspirado no mito da Fênix, Olivier Valsecchi cria imagens com cinzas. A poeira do. renascimento. Fotografe Melhor n o 207

OLHAR GLOBAL. Inspirado no mito da Fênix, Olivier Valsecchi cria imagens com cinzas. A poeira do. renascimento. Fotografe Melhor n o 207 OLHAR GLOBAL Inspirado no mito da Fênix, Olivier Valsecchi cria imagens com cinzas A poeira do renascimento 36 Fotografe Melhor n o 207 Olivier convida pessoas que encontra na rua ou na internet para posarem

Leia mais

Período Industrial Mecânico

Período Industrial Mecânico Período Industrial Mecânico Joseph Niépce Primeira fotografia de Niépce tirada da janela do sótão de sua casa de campo em Le Gras em Chalons-sur- Saône, na França. (1826) Hercules Florence Produção de

Leia mais

Produzindo e divulgando fotos e vídeos. Aula 1 Criando um vídeo

Produzindo e divulgando fotos e vídeos. Aula 1 Criando um vídeo Produzindo e divulgando fotos e vídeos Aula 1 Criando um vídeo Objetivos 1 Conhecer um pouco da história dos filmes. 2 Identificar a importância de um planejamento. 3 Entender como criar um roteiro. 4

Leia mais

Biblioteca Escolar. Quem é quem? Nome: N.º: Ano/Turma: N.º Grupo:

Biblioteca Escolar. Quem é quem? Nome: N.º: Ano/Turma: N.º Grupo: Quem é quem? Um investigador deve ter um conhecimento sólido não apenas das obras, mas também dos artistas. Lê as frases e identifica o pintor a quem se referem. 1. Foi ordenado cavaleiro da Ordem de Santiago.

Leia mais

Impacto da fotografia digital no fotojornalismo diário: um estudo de caso

Impacto da fotografia digital no fotojornalismo diário: um estudo de caso Universidade Federal de Santa Catarina Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção Impacto da fotografia digital no fotojornalismo diário: um estudo de caso Ivan Luiz Giacomelli Dissertação submetida

Leia mais

Psicologia das multidões

Psicologia das multidões 1 Psicologia das multidões O estudo da Psicologia das multidões ou das Psicologia das massas foi feito pela primeira vez pelo sociólogo francês Gustave Le Bon em 1886. Os fatores que determinam as opiniões

Leia mais

Peripécias Analógicas: Descoberta, experimentação e vivência do ato de queimar o filme 1

Peripécias Analógicas: Descoberta, experimentação e vivência do ato de queimar o filme 1 Peripécias Analógicas: Descoberta, experimentação e vivência do ato de queimar o filme 1 Sarah Emanuelle Marques PEREIRA 2 Marina Muniz MENDES 3 Universidade Federal de Goiás, Goiânia, GO RESUMO No mundo

Leia mais

Aplicações da Fotografia Prof. Dr. Isaac A. Camargo

Aplicações da Fotografia Prof. Dr. Isaac A. Camargo Aplicações da Fotografia Prof. Dr. Isaac A. Camargo a- Usos e funções da fotografia b- Aplicação social: Fotografia como registro e documento c- Fotografia e expressão Usos e funções da fotografia Vamos

Leia mais

Historia da Arte e da Técnica

Historia da Arte e da Técnica IADE Instituto de Artes Visuais, Design e Marketing Licenciatura em : Design Historia da Arte e da Técnica Fotografia Analógica Autores: Nome: Marta Bessa Leite Turma: 1ºB1 Nº: 2011-0400 Nome: Mafalda

Leia mais

MARKETING E A NATUREZA HUMANA

MARKETING E A NATUREZA HUMANA MARKETING E A NATUREZA HUMANA Prof. Franklin Marcolino de Souza, M.Sc. Slide 07 Introdução O que é preciso para que algo faça sucesso? Dito de outra forma: o que é preciso para que algo (uma idéia, uma

Leia mais

CONSTRUÇÃO DO EU LÍRICO E O RETRATO NA POETICA CECÍLIA MEIRELES

CONSTRUÇÃO DO EU LÍRICO E O RETRATO NA POETICA CECÍLIA MEIRELES CONSTRUÇÃO DO EU LÍRICO E O RETRATO NA POETICA CECÍLIA MEIRELES Silvia Eula Muñoz¹ RESUMO Neste artigo pretendo compartilhar os diversos estudos e pesquisas que realizei com orientação do Prof. Me. Erion

Leia mais

GRAVURA. www.galeriadegravura.com.br. Compartilhe:

GRAVURA. www.galeriadegravura.com.br. Compartilhe: GRAVURA ÍNDICE 1 - Sobre Gravura 2 Xilogravura 3 Gravura em metal 4 Litogravura 5 Serigrafia 6 Fine Art / Giclée 7-8 Tiragem da gravura 9 História do Papel 10 Papéis de Gravura 11 Estúdio de Gravura GRAVURA

Leia mais

ISSN 2236-0719. Organização Ana Maria Tavares Cavalcanti Maria de Fátima Morethy Couto Marize Malta

ISSN 2236-0719. Organização Ana Maria Tavares Cavalcanti Maria de Fátima Morethy Couto Marize Malta ISSN 2236-0719 Organização Ana Maria Tavares Cavalcanti Maria de Fátima Morethy Couto Marize Malta Universidade Estadual de Campinas Outubro 2011 Apresentação de Mesa-Redonda - 5 Carlos Gonçalves Terra

Leia mais

TUTORIAL FOTOGRAFIA BÁSICA

TUTORIAL FOTOGRAFIA BÁSICA TUTORIAL FOTOGRAFIA BÁSICA História da Fotografia 1727 - Na Alemanha - John Heinrich. Inventou a fotossensibilidade em sais de prata. 1826 Na França Joseph Nicéphore Nièpce. Inventa a Héliohraphia. Morreu

Leia mais

Joseph Priestley. Camila Welikson. Este documento tem nível de compartilhamento de acordo com a licença 3.0 do Creative Commons.

Joseph Priestley. Camila Welikson. Este documento tem nível de compartilhamento de acordo com a licença 3.0 do Creative Commons. Camila Welikson Este documento tem nível de compartilhamento de acordo com a licença 3.0 do Creative Commons. http://creativecommons.org.br http://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0/br/legalcode Mudança

Leia mais

Da fotografia analógica à ascensão da fotografia digital

Da fotografia analógica à ascensão da fotografia digital Da fotografia analógica à ascensão da fotografia digital Erivam Morais de Oliveira Resumo: Com o surgimento da fotografia digital, qualquer cidadão com uma câmera embutida no celular tem a possibilidade

Leia mais

História/15 8º ano Turma: 1º trimestre Nome: Data: / /

História/15 8º ano Turma: 1º trimestre Nome: Data: / / História/15 8º ano Turma: 1º trimestre Nome: Data: / / 8ºhist301r ROTEIRO DE ESTUDO RECUPERAÇÃO 2015 8º ano do Ensino Fundamental II HISTÓRIA 1º TRIMESTRE 1. Conteúdos Objetivo 1: Africanos no Brasil (Cap.

Leia mais

JNE/2011 Página 1 de 24

JNE/2011 Página 1 de 24 EXAMES NACIONAIS DO ENSINO SECUNDÁRIO 211 81 Alemão (continuação -bienal) 9 8 7 6 5 4 3 2 1 1 2 3 4 5 6 7 8 9 1 11 12 13 14 15 16 17 18 19 2 211 / 35 33 2 161 6 74 27 18 21 / 38 29 9 168 3 118 26 174 29

Leia mais

A Evolução do Processamento Fotográfico na ESTEIO

A Evolução do Processamento Fotográfico na ESTEIO A Evolução do Processamento Fotográfico na ESTEIO Descrever o processo fotográfico é remeter-se a temas como: câmera, filme, papel fotográfico e processamento de imagens, assuntos tratados e estudados

Leia mais

CADERNO DE ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO. Artes

CADERNO DE ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO. Artes COLÉGIO ARNALDO 2015 CADERNO DE ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO. Artes Aluno (a): 5º ano: Turma: Professor (a): Valor: 20 pontos Este trabalho deverá ser entregue IMPRETERIVELMENTE no dia da prova. Prezado(a)

Leia mais

EDUCAÇÃO PARA AS RELAÇÕES. Elvis Rezende Messias elvisccae@oi.com.br

EDUCAÇÃO PARA AS RELAÇÕES. Elvis Rezende Messias elvisccae@oi.com.br EDUCAÇÃO PARA AS RELAÇÕES ETNICORRACIAIS Elvis Rezende Messias elvisccae@oi.com.br O que é o homem? -Quem é você? -Quais são as duas coisas (fatos, pessoas) que mais marcaram sua vida? -Dentre várias,

Leia mais

Título: GENEALOGIA PARA OS JOVENS. Sub-título: DETECTIVES DO PASSADO

Título: GENEALOGIA PARA OS JOVENS. Sub-título: DETECTIVES DO PASSADO Título: GENEALOGIA PARA OS JOVENS Sub-título: DETECTIVES DO PASSADO Dirigida a: crianças do 1º ciclo, 2º ciclo e 3º ciclo. Duração: 50 minutos. Relevância /interesse do estudo: Quase todas as crianças

Leia mais

CINCO SEMANAS EM UM BALÃO. Inspirado na Obra de Júlio Verne

CINCO SEMANAS EM UM BALÃO. Inspirado na Obra de Júlio Verne CINCO SEMANAS EM UM BALÃO Inspirado na Obra de Júlio Verne Um Visionário JÚLIO VERNE, um dos mais fantásticos escritores de aventuras de todos os tempos, conhecido como o pai da ficção científica, antecipou

Leia mais

Prefácio Os aspectos subliminares de tudo o que acontece conosco podem parecer pouco importantes na vida cotidiana, [mas] são as raízes quase invisíveis de nossos pensamentos conscientes. Carl Jung Em

Leia mais

FOTOGRAFIA IMPRESSA E EXPOSIÇÕES FOTOJORNALÍSTICAS DO GRUPO FOCA FOTO

FOTOGRAFIA IMPRESSA E EXPOSIÇÕES FOTOJORNALÍSTICAS DO GRUPO FOCA FOTO 12. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( x ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO

Leia mais

AS QUESTÕES OBRIGATORIAMENTE DEVEM SER ENTREGUES EM UMA FOLHA À PARTE COM ESTA EM ANEXO.

AS QUESTÕES OBRIGATORIAMENTE DEVEM SER ENTREGUES EM UMA FOLHA À PARTE COM ESTA EM ANEXO. ENSINO MÉDIO Conteúdos da 1ª Série 1º/2º Bimestre 2014 Trabalho de Dependência Nome: N. o : Turma: Professor(a): Yann/Lamarão Data: / /2014 Unidade: Cascadura Mananciais Méier Taquara História Resultado

Leia mais

A Idade Média e O Renascimento

A Idade Média e O Renascimento Estes textos são produzidos sob patrocínio do Departamento Cultural da Clínica Naturale.Direitos são reservados. A publicação e redistribuição de qualquer conteúdo é proibida sem prévio consentimento.

Leia mais

Câmera de vídeo PROF.: PAULO GOMES MATÉRIA: STRS 1 MOURA LACERDA

Câmera de vídeo PROF.: PAULO GOMES MATÉRIA: STRS 1 MOURA LACERDA MATÉRIA: STRS 1 MOURA LACERDA Câmera de vídeo Filmadora, câmera de vídeo ou câmara de filmar, também conhecida simplesmente por câmara ou câmera, é um dispositivo dotado de mecanismos que capturam imagens

Leia mais

O trabalho escravo no Brasil Algumas imagens

O trabalho escravo no Brasil Algumas imagens O trabalho escravo no Brasil Algumas imagens Jean Baptiste Debret nasceu em Paris, na França, em 18 de abril de 1768. Formado pela Academia de Belas Artes de Paris, Debret foi um dos membros da Missão

Leia mais

Breve História da Fotografia

Breve História da Fotografia Breve História da Fotografia por Filipe Salles * É muito difícil precisar as datas e etapas dos processos que levaram à criação da Fotografia, pois muitos deles são experiências conhecidas pelo homem desde

Leia mais

Astronomia à luz do dia

Astronomia à luz do dia Astronomia à luz do dia (Expresso: 16-05-1998) O Sol revela-nos as suas manchas e a Lua mostra-nos as suas crateras. Vénus e Júpiter estão ao nosso alcance. QUEM nunca observou o Sol através de um telescópio

Leia mais

Prof.: Thiago Oliveira

Prof.: Thiago Oliveira Prof.: Thiago Oliveira O Renascimento foi um conjunto de transformações (Sociais, Econômicas, Políticas, Religiosas, Científicas e Artísticas) ocorridas na Europa a partir do Séc. XI, tendo seu auge durante

Leia mais

Unidade III Conceitos sobre Era Medieval e Feudalismo. Aula 12.1 Conteúdo: Renascimento na Europa.

Unidade III Conceitos sobre Era Medieval e Feudalismo. Aula 12.1 Conteúdo: Renascimento na Europa. Unidade III Conceitos sobre Era Medieval e Feudalismo. Aula 12.1 Conteúdo: Renascimento na Europa. Habilidade: Identificar os elementos que caracterizaram as transformações sociais e científicas na Europa

Leia mais

Maria Berbara (org.) Renascimento italiano. Ensaios e traduções Rio de Janeiro: Nau Editora, 2010, 494 p. ISBN 978-85-85936-86-0

Maria Berbara (org.) Renascimento italiano. Ensaios e traduções Rio de Janeiro: Nau Editora, 2010, 494 p. ISBN 978-85-85936-86-0 Maria Berbara (org.) Renascimento italiano. Ensaios e traduções Rio de Janeiro: Nau Editora, 2010, 494 p. ISBN 978-85-85936-86-0 Em história, na experiência humana constituída pela dimensão afetiva da

Leia mais

Temporada cultural 2014

Temporada cultural 2014 Temporada cultural 2014 CASTELO DO CLOS LUCÉ PARQUE LEONARDO DA VINCI Residência de Leonardo da Vinci INFORMAÇÕES IMPRENSA Catherine Simon Marion Marie-Caroline Chaudruc Delegada geral Responsável comunicação

Leia mais

AUTORAS: NANCY MARTINS DE SÁ STOIANOV

AUTORAS: NANCY MARTINS DE SÁ STOIANOV História AUTORAS: NANCY MARTINS DE SÁ STOIANOV Graduada em História e Pedagogia, Doutora em Filosofia e Metodologia de Ensino, Autora da Metodologia ACRESCER. DÉBORAH PROOST SANTOS Licenciada em História

Leia mais

Objetos projetados por Leonardo Da Vinci para ser usados em guerras e, a maioria, serviria de inspiração mais tarde para nossos objetos atuais de

Objetos projetados por Leonardo Da Vinci para ser usados em guerras e, a maioria, serviria de inspiração mais tarde para nossos objetos atuais de A arte da guerra Biografia O grande Leonardo da Vinci, talvez o maior artista do Renascimento, era um personagem exercia atividade em várias áreas: pintor, arquiteto, cientista, matemático, poeta, músico

Leia mais

A história da computação. Prof: Diego Medeiros

A história da computação. Prof: Diego Medeiros A história da computação Prof: Diego Medeiros O que é a computação? Computação (latim computatio, -onis) 1. Ato ou efeito de computar. Cálculo, cômputo 2. Conjunto de conhecimentos e técnicas referentes

Leia mais

ROTEIRO DE AVALIAÇÕES DA III UNIDADE PROCESSUAL 4º ANO

ROTEIRO DE AVALIAÇÕES DA III UNIDADE PROCESSUAL 4º ANO ROTEIRO DE AVALIAÇÕES DA III UNIDADE PROCESSUAL 4º ANO ATIVIDADES DATAS ASPECTOS A SEREM AVALIADOS/ ENCAMINHAMENTOS Atividades de casa e de classe Durante a unidade Pontualidade; Participação; Interesse;

Leia mais