GRAVURA. Compartilhe:

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "GRAVURA. www.galeriadegravura.com.br. Compartilhe:"

Transcrição

1 GRAVURA

2 ÍNDICE 1 - Sobre Gravura 2 Xilogravura 3 Gravura em metal 4 Litogravura 5 Serigrafia 6 Fine Art / Giclée 7-8 Tiragem da gravura 9 História do Papel 10 Papéis de Gravura 11 Estúdio de Gravura

3 GRAVURA A gravura é uma linguagem visual que é obtido a partir da impressão em um papel de uma imagem proveniente de uma matriz que pode ser de madeira, metal, pedra, tecido ou arquivo digital. A gravura é dividida basicamente em 5 tipos: a xilogravura, gravura originada da madeira, a gravura em metal que é feito a partir de uma chapa de metal, a litogravura que é uma gravura proveniente da pedra, a serigrafia que é criada de uma tela e o Giclée que é produzido a partir de uma mídia digital por uma impressora especializada em obras de arte. Toda gravura é numerada. As tiragens são feitas em 10, 50 ou 100 unidades. Em alguns casos é feito uma tiragem maior.

4 XILOGRAVURA É a técnica mais antiga para produzir gravuras e seus princípios são muito simples. O artista retira de uma superfície plana, a matriz geralmente é madeira as partes que ele não quer que tenham cor na gravura. Após aplicar tinta na superfície, coloca um papel sobre a mesma. Ao aplicar pressão (com uma prensa) sobre essa folha a imagem é transferida para o papel.

5 GRAVURA EM METAL A técnica da gravura em metal começou a ser utilizada na Europa no século XV. As matrizes podem ser placas de cobre, zinco ou latão. Estas são gravadas com incisão direta ou pelo uso de banhos de ácido. A matriz é entintada e utiliza-se uma prensa para transferir a imagem para o papel.

6 LITOGRAVURA Em 1796 Alois Senefelder descobriu as possibilidades da pedra calcária para fazer impressões e após dois anos de experimentações desenvolveu a técnica da Litografia. Esta técnica parte do princípio químico que água e gordura se repelem. As imagens são desenhadas com material gorduroso sobre pedra calcária e com a aplicação de ácido sobre a mesma, a imagem é gravada. Assim como a gravura em metal, essa técnica também necessita de uma prensa para transferir par ao papel a imagem gravada na pedra.

7 SERIGRAFIA Embora existam registros de trabalhos utilizando stencil na China, no século VIII, a serigrafia começa a ser aplicada mais frequentemente por artistas na segunda metade do século XX. Imagens são gravadas na tela de poliéster e com a utilização de um rodo com a tinta a imagem é transferida para o papel. A linguagem visual é ímpar com um interessante resultado plástico.

8 FINE-ART GICLÉE Fine-art ou Giclée são palavras que nomeiam a mesma coisa um processo de micro jato de tinta, a uma determinada pressão, usado na impressão desta nova geração de gravuras. É feita em impressora específica que jateia aproximadamente 4 milhões de microscópicos pingos de tinta por segundo, em papel artístico ou tela. O resultado é surpreendente e único, essa técnica pode ser utilizada tanto por fotógrafos como artistas visuais. Mario Cravo Neto

9 TIRAGEM DA GRAVURA Uma edição de gravuras originais compreende: - Provas numeradas com indicação do total (ex: 1/100 a 100/100); - P.A. (prova de artista); - P.E. e P.Cor (provas de estado e de cor): determinam um estágio anterior à edição; - P.I. (prova do impressor): pertence ao impressor; - B.P.I. (boa para imprimir): a editora tem esse exemplar arquivado, para efeito de autenticidade; - PAP e P.Exp. (provas de apresentação e exposição): provas utilizadas para lançamento de uma edição; -H.C. (hors du comerce): os exemplares com essa indicação são excluídos da comercialização regular.

10 TIRAGEM DA GRAVURA A GRAVURA AO LADO TEM UMA TIRAGEM DE 40 E ELA É A DE NÚMERO8. GRAVURA DO GRANDE ARTISTA ALDEMIR MARTINS

11 HISTÓRIA DO PAPEL A maioria dos historiadores concorda em atribuir aos chineses a primazia de ter feito papel. Por meio da polpação de redes de pesca e trapos, e mais tarde usando fibras vegetais. Este processo consistia num cozimento das fibras, após o que eram batidas e esmagadas. A pasta obtida era depurada e a folha era formada sobre uma peneira feita de caules de junco unidos entre si por seda ou crina e depois era fixada sobre uma armação de madeira. Procedia-se a secagem da folha, comprimindo-a sobre a placa de material poroso ou deixando-a pendurada ao ar.

12 PAPÉIS DE GRAVURAS Feito por uma empresa Italiana que existe desde o século XV, artistas como Michelangelo, Da Vinci, Rubens, Monet, Picasso utilizaram esse papel como suporte em suas obras. Papel Hahnemuehle é um papel feito por uma empresa alemã que existe desde 1584, uma das empresas mais antigas do mundo que vive até hoje produzindo um dos melhores papéis de arte do mundo. Papel Canson é um papel feito desde 1557 na França, a família Canson além de inventores do papel de altíssima qualidade também inventaram o balão. O primeiro balão tripulado era feito a partir do papel.

13 ESTÚDIO DE GRAVURA Estúdio de Impressão de Gravura

14 OBRIGADA! Galeria de Gravura Av.: Paulista, 2073 Horsa I

EDITORA DE GRAVURA FINE ART - GICLÉE

EDITORA DE GRAVURA FINE ART - GICLÉE EDITORA DE GRAVURA FINE ART - GICLÉE www.galeriadegravura.com.br ÍNDICE 1 - Sobre Gravura 2 Xilogravura 3 Gravura em metal 4 Litogravura 5 Serigrafia 6 Fine Art / Giclée 7 História sobre o papel 8 Papéis

Leia mais

Introdução à Produção Gráfica

Introdução à Produção Gráfica Introdução à Produção Gráfica Flávio Gomes 1 - Sistemas de Cores Atualmente boa parte dos layouts desenvolvidos para impressão são elaborados em softwares gráficos, esses softwares utilizam um processo

Leia mais

Xilogravura. Gravura em Metal

Xilogravura. Gravura em Metal As Artes Gráficas http://commons.wikimedia.org/wiki/file:formschneider.jpg Xilogravura de Jost Amman mostrando um gravador do século 16 em sua mesa de trabalho, 1568. Arte Gráfica é o processo de reprodução

Leia mais

Prof. Wanderlei Paré PROCESSOS DE IMPRESSÃO

Prof. Wanderlei Paré PROCESSOS DE IMPRESSÃO CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS DIRETA QUANDO A MATRIZ IMPRIME DIRETAMENTE SOBRE O PAPEL. INDIRETA QUANDO A MATRIZ IMPRIME SOBRE UMA SUPERFÍCIE E DESTA PARA O PAPEL. PLANA QUANDO TODA A SUPERFÍCIE DA MATRIZ TOMA

Leia mais

A Impressão Offset origina-se da evolução do sistema de impressão litográfica, que foi inventada por Alois Senefelder no ano de 1798, na cidade de

A Impressão Offset origina-se da evolução do sistema de impressão litográfica, que foi inventada por Alois Senefelder no ano de 1798, na cidade de A Impressão Offset origina-se da evolução do sistema de impressão litográfica, que foi inventada por Alois Senefelder no ano de 1798, na cidade de Munique na Alemanha. O termo Litografia origina-se do

Leia mais

Indíce. História e Produção 3. Formatos 4. Características 5. Tipos de Papel 6. Normalização do Paepel 6. Curiosidades 6.

Indíce. História e Produção 3. Formatos 4. Características 5. Tipos de Papel 6. Normalização do Paepel 6. Curiosidades 6. Indíce História e Produção 3 Formatos 4 Características 5 Tipos de Papel 6 Normalização do Paepel 6 Curiosidades 6 Envelopes 7 Referências Bibliográficas 8 Indíce Tabelas Série APapéis independentes 4

Leia mais

APOSTILAS DO TERCEIRO BIMESTRE 7 ANO.

APOSTILAS DO TERCEIRO BIMESTRE 7 ANO. APOSTILAS DO TERCEIRO BIMESTRE 7 ANO. TURMA 701 3º Bimestre Aula 13 Frottage ou Frottagem. A palavra Frottage vem do francês frotter, que significa esfregar. A técnica é bem simples, consiste em colocar

Leia mais

1ª Decomposição das cores contínuas em padrões de distribuição de pontos de cor sólidos através de um scanner

1ª Decomposição das cores contínuas em padrões de distribuição de pontos de cor sólidos através de um scanner 1 2 Qualidade na reprodução Originais Qualidade do original Separação de cores Fotolitos Chapas Tinta Papel Esse itens são fundamentais para que as cores não sejam modificadas na reprodução. 1- opacos

Leia mais

ROTAS DE APRENDIZAGEM 2015-2016 ED. VISUAL 8.º Ano

ROTAS DE APRENDIZAGEM 2015-2016 ED. VISUAL 8.º Ano Projeto 1: ANIMAÇÂO GRÁFICA DA CAPA Professora: Elisabete Mesquita_mesquita.beta@gmail.com Objetivo Geral: Reinventar uma foto do aprendente através do desenho e colagem. Deste estudo resultará a ilustração

Leia mais

Perguntas Freqüentes sobre a Gráfica Abril

Perguntas Freqüentes sobre a Gráfica Abril Perguntas Freqüentes sobre a Gráfica Abril Qual é o papel usado na impressão de revistas? Cada revista utiliza um tipo de papel diferente. Na gráfica são utilizados papéis do tipo LWC, SC, Couchê, Jornal

Leia mais

Processo de Confecção de Placas de Circuito Impresso

Processo de Confecção de Placas de Circuito Impresso 1 CEFET Centro Federal de Educação Tecnológica de Pernambuco UNED Pesqueira Curso Técnico pós médio em Eletroeletrônica Disciplina: Eletrônica Analógica Processo de Confecção de Placas de Circuito Impresso

Leia mais

O surgimento da escrita, a invenção e a evolução das artes gráficas

O surgimento da escrita, a invenção e a evolução das artes gráficas O surgimento da escrita, a invenção e a evolução das artes gráficas A humanidade sempre dependeu de se comunicar para poder sobreviver melhor, transmitir os conhecimentos acumulados sempre foi algo muito

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA UTILIZAÇÃO DA PRENSA TÉRMICA SUBLIMÁTICA 8X1

MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA UTILIZAÇÃO DA PRENSA TÉRMICA SUBLIMÁTICA 8X1 MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA UTILIZAÇÃO DA PRENSA TÉRMICA SUBLIMÁTICA 8X1 1. Identificação dos elementos da prensa 8X1: JTSD72 Antes de ligar a prensa e iniciar seu trabalho é indispensável verificar se a

Leia mais

WORKSHOP DE FOTOGRAFIA com Giancarlo Mecarelli, José Roberto Pedroza e Carlos Nascimento Paraty dias 27, 28 e 29 de novembro

WORKSHOP DE FOTOGRAFIA com Giancarlo Mecarelli, José Roberto Pedroza e Carlos Nascimento Paraty dias 27, 28 e 29 de novembro WORKSHOP DE FOTOGRAFIA com Giancarlo Mecarelli, José Roberto Pedroza e Carlos Nascimento Paraty dias 27, 28 e 29 de novembro Nunca se fotografou tanto na história, porém grande parte dessas imagens ficam

Leia mais

Princípios de Tecnologia e Sistemas de Informação (PTSI) Eduardo Ribeiro Felipe erfelipe@yahoo.com.br

Princípios de Tecnologia e Sistemas de Informação (PTSI) Eduardo Ribeiro Felipe erfelipe@yahoo.com.br Princípios de Tecnologia e Sistemas de Informação (PTSI) Eduardo Ribeiro Felipe erfelipe@yahoo.com.br Plano de ensino Aula 1 Fundamentos de Tecnologia (4 horas aula) Introdução Informação e Sistemas de

Leia mais

Termo de Adesão para a Aquisição de Fotografias Impressas em Papel FineArt/Suportes Alternativos

Termo de Adesão para a Aquisição de Fotografias Impressas em Papel FineArt/Suportes Alternativos Termo de Adesão para a Aquisição de Fotografias Impressas em Papel FineArt/Suportes Alternativos A ICON FOTO BRASIL LTDA ME, com sede na Rua Orestes, n. 28, 4º andar, Santo Cristo, Rio de Janeiro, RJ,

Leia mais

Os diferentes modos de registro imagético expressam. o espírito de seu tempo utilizando materiais. e meios que são produtos próprios da época.

Os diferentes modos de registro imagético expressam. o espírito de seu tempo utilizando materiais. e meios que são produtos próprios da época. IMAGEM E HISTÓRIA Os diferentes modos de registro imagético expressam o espírito de seu tempo utilizando materiais e meios que são produtos próprios da época. Pintura Rupestre mãos pincéis de penas e pêlos

Leia mais

Vidro comun ou vidro Float

Vidro comun ou vidro Float Vidros Vidro comun ou vidro Float O vidro comum é a composição básica do vidro, antes de receber qualquer tipo de tratamento. Ele é feito a partir da mistura de sílica (areia), potássio, alumina, sódio

Leia mais

Tocando coisas: a impressão como registro de existência, ampliada em outras experiências. Por Carolina Rochefort

Tocando coisas: a impressão como registro de existência, ampliada em outras experiências. Por Carolina Rochefort APRESENTAÇÕES ARTÍSTICAS E PROVOCAÇÕES PERMANENTES Tocando coisas: a impressão como registro de existência, ampliada em outras experiências. Por Carolina Rochefort - Conceito da Obra/Apresentação. Em minha

Leia mais

CÓDIGO: APL008 Concepções e manifestações artísticas da pré-história ao início da idade moderna. (renascimento europeu).

CÓDIGO: APL008 Concepções e manifestações artísticas da pré-história ao início da idade moderna. (renascimento europeu). 43 RELAÇÃO DE EMENTAS CURSO: ARTES VISUAIS DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS DISCIPLINA: Artes Visuais I CÓDIGO: APL008 Concepções e manifestações artísticas da pré-história ao início da idade moderna. (renascimento

Leia mais

Fotografia Digital Obtenção da Imagem e Impressão

Fotografia Digital Obtenção da Imagem e Impressão Fotografia Digital Obtenção da Imagem e Impressão 1 Diferenças entre o CCD e o Filme: O filme como já vimos, é uma película de poliéster, coberta em um dos lados por uma gelatina de origem animal com partículas

Leia mais

5.1 MEIOS DE PRODUÇÃO E REPRODUÇÃO

5.1 MEIOS DE PRODUÇÃO E REPRODUÇÃO 5.1 MEIOS DE PRODUÇÃO E REPRODUÇÃO Gravura Gravura é a arte de transformar a superfície plana de um material resistente num condutor de imagem, isto é, na matriz de uma forma criada para ser reproduzida

Leia mais

TRIANGULAÇÃO DE IMAGENS

TRIANGULAÇÃO DE IMAGENS 1 TRIANGULAÇÃO DE IMAGENS Profa. Teresa Cristina Melo da Silveira (Teca) E.M. Professor Oswaldo Vieira Gonçalves SME/PMU 1 Comunicação Relato de Experiência Triangulação de Imagens foi o nome escolhido

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - INSTITUTO DE ARTES ESCOLA DE ARTES VISUAIS DO PARQUE LAGE

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - INSTITUTO DE ARTES ESCOLA DE ARTES VISUAIS DO PARQUE LAGE UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - INSTITUTO DE ARTES ESCOLA DE ARTES VISUAIS DO PARQUE LAGE CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENSINO DA ARTE - TURMA 2015 PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EMENTAS DOS CURSOS Arte

Leia mais

Não compreendo civilização sem papel. Ele se presta aos mais tristes e ignóbeis fins, mas isso não lhe macula a honra intrínseca.

Não compreendo civilização sem papel. Ele se presta aos mais tristes e ignóbeis fins, mas isso não lhe macula a honra intrínseca. Não compreendo civilização sem papel. Ele se presta aos mais tristes e ignóbeis fins, mas isso não lhe macula a honra intrínseca. Carlos Drummond de Andrade ORIGENS SUPORTE Antes do papel, o suporte da

Leia mais

MAURÍLIO, Rafael Hoffmann Bacharel em Comunicação Social Publicidade e Propaganda - UNISUL

MAURÍLIO, Rafael Hoffmann Bacharel em Comunicação Social Publicidade e Propaganda - UNISUL A importância da litografia para o desenvolvimento dos primeiros anos das artes gráficas no Brasil The importance of lithography to the development of the first years of graphic arts in Brazil MAURÍLIO,

Leia mais

2 o Leilão gastronomia Risada

2 o Leilão gastronomia Risada 2 o Leilão gastronomia Risada aloisio cravo salvatore loi MARCO LUQUE Santa Fe 21 anos Mudando Histórias Data: 14 de agosto Horário: 19h Local: Trivento - Rua Gomes de Carvalho, 1.741 - Vila Olímpia -

Leia mais

PRENSA DIGITAL PLANA COM AUTO-OPEN

PRENSA DIGITAL PLANA COM AUTO-OPEN PRENSA DIGITAL PLANA COM AUTO-OPEN 1 4 2 3 5 7 6 DESENHO DA MONTAGEM 01. Controlador digital GY-04 02. Botão de ajuste da pressão 03. Eletroímã 04. Interruptor 05. Fusível 06. Cabo de alimentação 07. Base

Leia mais

Rotogravura. Sistemas e processos de impressão: André Villas-Boas. Relevografia tipografia flexografia. Encavografia rotogravura

Rotogravura. Sistemas e processos de impressão: André Villas-Boas. Relevografia tipografia flexografia. Encavografia rotogravura Sistemas e processos de impressão: Rotogravura VILLAS-BOAS, André. Produção gráfica para designers. Rio de Janeiro: 2AB, 2008. André Villas-Boas 1 Sistemas de impressão matriz em baixo-relevo rotograv

Leia mais

LISTA DE MATERIAL PARA 2016 EDUCAÇÃO INFANTIL 1 FASE 1

LISTA DE MATERIAL PARA 2016 EDUCAÇÃO INFANTIL 1 FASE 1 LISTA DE MATERIAL PARA 2016 EDUCAÇÃO INFANTIL 1 FASE 1 O Colégio Objetivo fornece aos seus alunos todos os Cadernos de Atividades necessários ao trabalho desenvolvido nas diversas áreas. Esses cadernos

Leia mais

FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA TÉCNICAS DE PRODUÇÃO GRÁFICA PROFESSOR: EDmilson Apolinario

FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA TÉCNICAS DE PRODUÇÃO GRÁFICA PROFESSOR: EDmilson Apolinario FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU COMUNICAÇÃO SOCIAL PUBLICIDADE E PROPAGANDA TÉCNICAS DE PRODUÇÃO GRÁFICA PROFESSOR: EDmilson Apolinario Conceitos: Produção Gráfica é a tarefa de dar forma física às peças

Leia mais

Agfa Graphics na InPrint 2015 a integração da impressão à produção

Agfa Graphics na InPrint 2015 a integração da impressão à produção na InPrint 2015 a integração da impressão à produção O poder da impressão de jato de tinta em aplicações industriais. Mortsel, 30 de outubro de 2015 A, durante a InPrint, está se posicionando como parceira

Leia mais

Recomendações sobre papel fotográfico importado pela MASTERPRINT

Recomendações sobre papel fotográfico importado pela MASTERPRINT Recomendações sobre papel fotográfico importado pela MASTERPRINT Papel Fotográfico Glossy Paper Tipo: 115 gramas / 135 gramas / 150 gramas / 120 gramas / 180 gramas / 180 gramas Premium / 230 gramas /

Leia mais

Papel Reciclado Artesanal Branco

Papel Reciclado Artesanal Branco Papel Reciclado Artesanal Branco 1 Técnica utilizada: reciclagem de papel Materiais 2 Papel para reciclar (sulfite, formulário contínuo ou outros papéis que não contenham vernizes, plásticos ou laminados)

Leia mais

Encontro Inter-Regional para Países de Língua Portuguesa sobre a Implementação do Tratado de Marraquexe. Cabo Verde Praia 15 a 19 de junho de 2015

Encontro Inter-Regional para Países de Língua Portuguesa sobre a Implementação do Tratado de Marraquexe. Cabo Verde Praia 15 a 19 de junho de 2015 Encontro Inter-Regional para Países de Língua Portuguesa sobre a Implementação do Tratado de Marraquexe Cabo Verde Praia 15 a 19 de junho de 2015 Experiências na produção e distribuição de obras acessíveis

Leia mais

Universidade de Brasília Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação Departamento de Ciência da

Universidade de Brasília Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação Departamento de Ciência da Universidade de Brasília Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação Departamento de Ciência da Informação e Documentação Disciplina: Conservação e Restauração

Leia mais

O uso do desenho e da gravura sobre fotografia como práxis poética da memória

O uso do desenho e da gravura sobre fotografia como práxis poética da memória O uso do desenho e da gravura sobre fotografia como práxis poética da memória Vinicius Borges FIGUEIREDO; José César Teatini CLÍMACO Programa de pós-graduação em Arte e Cultura Visual FAV/UFG viniciusfigueiredo.arte@gmail.com

Leia mais

Tutorial para Confecção de Placas de Circuito Impresso

Tutorial para Confecção de Placas de Circuito Impresso Tutorial para Confecção de Placas de Circuito Impresso Introdução Para se construir efetivamente um circuito eletrônico, digital ou analógico, há 2 possibilidades. A primeira e mais simples é fazendo uso

Leia mais

Concurso Cartaz para Um Campeonato, Entre Vários Países, de Um Certo Esporte Bretão.

Concurso Cartaz para Um Campeonato, Entre Vários Países, de Um Certo Esporte Bretão. Concurso Cartaz para Um Campeonato, Entre Vários Países, de Um Certo Esporte Bretão. 1 OBJETIVO Promover reflexão sobre o design paranaense e macro evento que acontecerá na cidade de Curitiba, incentivando

Leia mais

Informações Gerais. O que é Water Transfer Printing?

Informações Gerais. O que é Water Transfer Printing? Informações Gerais Provedora de soluções para o processo de Water Transfer Printing a PROJFIX está no mercado com o objetivo de trazer qualidade para o segmento no Brasil, comercializando produtos de alto

Leia mais

A Terceira Batalha. Angela Ancora da Luz. Em 1503, Leonardo Da Vinci aceitou pintar um grande afresco sobre

A Terceira Batalha. Angela Ancora da Luz. Em 1503, Leonardo Da Vinci aceitou pintar um grande afresco sobre A Terceira Batalha Angela Ancora da Luz Em 1503, Leonardo Da Vinci aceitou pintar um grande afresco sobre a Batalha de Anghiari, travada entre florentinos e milaneses, com a vitória dos primeiros. A convite

Leia mais

Tópicos de Ambiente Web Web Design

Tópicos de Ambiente Web Web Design Tópicos de Ambiente Web Web Design Professora: Sheila Cáceres Historia As primeiras formas comunicativas foram mediante elementos visuais. Embora o surgimento da linguagem falada, a linguagem visual continuou

Leia mais

Special Effects for Print. Design em uma nova dimensão com o Process Metallic Color System por Color-Logic

Special Effects for Print. Design em uma nova dimensão com o Process Metallic Color System por Color-Logic Special Effects for Print Design em uma nova dimensão com o Process Metallic Color System por Color-Logic Process Metallic Color System O sistema Process Metallic Color System (Sistema de Cores Metálicas

Leia mais

Introdução à Nanotecnologia

Introdução à Nanotecnologia Introdução à Nanotecnologia Ele 1060 Aula 9 2010-01 Litografia História Inventada em 1796 por Alois Senefelder, um ator e escritor de teatro. Senefelder tinha dificuldades de publicar seus trabalhos; Revolucionou

Leia mais

DIONISIO DEL SANTO IMAGEM GRÁFICA ESCOLA DE ARTES VISUAIS U E R J. 2 3 d e m a r ç o d e 1 9 9 3. s e r i g r a f i a s

DIONISIO DEL SANTO IMAGEM GRÁFICA ESCOLA DE ARTES VISUAIS U E R J. 2 3 d e m a r ç o d e 1 9 9 3. s e r i g r a f i a s S A I A IMAGEM GRÁFICA DIONISIO DEL SANTO s e r i g r a f i a s 2 3 d e m a r ç o d e 1 9 9 3 i n a u g u r a ç ã o à s 2 0 : o o h o r a s 23 d e m a r ç o a 25 d e a b r i l U E R J 1 d e j u n h o d

Leia mais

Recomendações sobre papel fotográfico importado pela Masterprint!

Recomendações sobre papel fotográfico importado pela Masterprint! Recomendações sobre papel fotográfico importado pela Masterprint! Papel Fotográfico Tipo: 120 gramas / 180 gramas / 180 gramas Premium / 230 gramas / 265 gramas / Texturas 200 gramas / Dupla face 120/180/220

Leia mais

Gerenciamento de Estúdios de Tatuagem. MANUAL DO USUÁRIO (Versão do manual: 2009.a)

Gerenciamento de Estúdios de Tatuagem. MANUAL DO USUÁRIO (Versão do manual: 2009.a) Arttez Gerenciamento de Estúdios de Tatuagem. MANUAL DO USUÁRIO (Versão do manual: 2009.a) O Sistema Arttez. Arttez é o software de gerenciamento para estúdios de tatuagem que objetiva manter o controle

Leia mais

O olho que pensa, a mão que faz, o corpo que inventa

O olho que pensa, a mão que faz, o corpo que inventa G eoff Rees Be neat h t he re ef, 199 2, s er igr af i a Fot o: Fau st o Fleur y O olho que pensa, a mão que faz, o corpo que inventa Com as proposições didáticas sugeridas, espera-se que os alunos possam

Leia mais

Capa e contracapa: detalhe de xilogravura de Maria Bonomi GRAVADO

Capa e contracapa: detalhe de xilogravura de Maria Bonomi GRAVADO GRAVADO Capa e contracapa: detalhe de xilogravura de Maria Bonomi GRAVADO Sumário Apresentação: visitas mediadas no Sesc e a preparação de estudantes para imersões em processos culturais p.5 O dia da visita:

Leia mais

História da Fotografia em Goiás. Prof. Ms. Déborah Rodrigues Borges

História da Fotografia em Goiás. Prof. Ms. Déborah Rodrigues Borges História da Fotografia em Goiás Prof. Ms. Déborah Rodrigues Borges Poucas referências bibliográficas; Fotógrafos pioneiros: registros de profissionais na cidade de Goiás no final do século XIX. Predominância

Leia mais

Professora Orientadora: Patricia Fernades de Paiva Marcotti Turma: 7ª série A Disciplina: Artes

Professora Orientadora: Patricia Fernades de Paiva Marcotti Turma: 7ª série A Disciplina: Artes ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR LÉO KOHLER ENSINO FUNDAMENTAL II MOSTRA CULTURAL E CIENTÍFICA: LÉO KOHLER 50 ANOS CONSTRUINDO HISTÓRIA PROJETO: A Arte da Decoupage Professora Orientadora: Patricia Fernades de

Leia mais

http://www.gravurarte.hpg.com.br/historico.htm

http://www.gravurarte.hpg.com.br/historico.htm Página 1 de 7 Faça sua busca Assine E-mail SAC Canais.:HOME / Menu:..:Autor do Projeto:..:Contato:..:Livro de Visitas:..:Glossário:..:Bibliografia:..:Links:. BREVE HISTÓRICO DA GRAVURA Organizado por Júlio

Leia mais

5.3 Fabricação das placas PCB

5.3 Fabricação das placas PCB 5.3 Fabricação das placas PCB Algumas das placas acima mencionadas foram fabricadas pelo processo desenvolvido pelo departamento. No início, todas as placas eram para ser fabricadas com este processo,

Leia mais

GABINETE DO SECRETÁRIO PARA OS ASSUNTOS SOCIAIS E CULTURA 中 華 人 民 共 和 國 澳 門 特 別 行 政 區 與 葡 萄 牙 共 和 國, 以 下 稱 為 合 作 綱 要 協 定 修 訂 協 議 書 社 會 文 化 司 司 長 辦 公 室

GABINETE DO SECRETÁRIO PARA OS ASSUNTOS SOCIAIS E CULTURA 中 華 人 民 共 和 國 澳 門 特 別 行 政 區 與 葡 萄 牙 共 和 國, 以 下 稱 為 合 作 綱 要 協 定 修 訂 協 議 書 社 會 文 化 司 司 長 辦 公 室 N.º 22 3-6-2014 BOLETIM OFICIAL DA REGIÃO ADMINISTRATIVA ESPECIAL DE MACAU I SÉRIE 321 中 華 人 民 共 和 國 澳 門 特 別 行 政 區 與 葡 萄 牙 共 和 國 合 作 綱 要 協 定 修 訂 協 議 書 中 華 人 民 共 和 國 澳 門 特 別 行 政 區 與 葡 萄 牙 共 和 國, 以 下 稱 為

Leia mais

Empresa certificada ISO 9001:2000

Empresa certificada ISO 9001:2000 Empresa certificada ISO 9001:2000 Maemfe é uma empresa brasileira, localizada na cidade do Rio de Janeiro, com 22 anos de existência, líder no fornecimento de uma vasta gama de serviços e produtos para

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA UTILIZAÇÃO DA PRENSA TÉRMICA DE CANECAS JTSB03

MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA UTILIZAÇÃO DA PRENSA TÉRMICA DE CANECAS JTSB03 MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA UTILIZAÇÃO DA PRENSA TÉRMICA DE CANECAS JTSB03 1. Identificação dos elementos da prensa JTSB03: Antes de ligar a prensa e iniciar seu trabalho é indispensável verificar se a mesma

Leia mais

fernando vilela catálogo de obras

fernando vilela catálogo de obras fernando vilela catálogo de obras Índice gravuras esculturas cadernos fotos 4 132 166 190 gravuras 1. instalações 2. foto gravuras 3. xilogravuras sobre papel 4. ações em espaços públicos 5. primeiras

Leia mais

Coordenadoras: Enalva de Santana Santos e Márcia Soares Ramos Alves

Coordenadoras: Enalva de Santana Santos e Márcia Soares Ramos Alves TEMA : BRINCANDO E APRENDENDO NA ESCOLA Coordenadoras: Enalva de Santana Santos e Márcia Soares Ramos Alves Autora: Prof a Cássia de Fátima da S. Souza PÚBLICO ALVO Alunos de 04 anos TEMA: BRINCANDO E

Leia mais

A próxima geração da impressão doméstica, com mais versatilidade

A próxima geração da impressão doméstica, com mais versatilidade A próxima geração da impressão doméstica, com mais versatilidade Ao início de 2009, a HP lançou sua nova geração de tecnologia de impressão: um inovador sistema de 4 ou 5 tintas que oferece melhor qualidade

Leia mais

Agfa Graphics anuncia os novos IntelliTune e OptiInk na WPE2015 (Hamburgo-Alemanha)

Agfa Graphics anuncia os novos IntelliTune e OptiInk na WPE2015 (Hamburgo-Alemanha) anuncia os novos IntelliTune e OptiInk na WPE2015 (Hamburgo-Alemanha) Aprimoramento de imagens para impressões de alta qualidade e baixo custo. Mortsel, 30 de setembro de 2015 O Arkitex Enhance IntelliTune

Leia mais

Banner elétrico de uma face para colocar imagens. É ideal para cartão compacto. Medida: 140 cm (altura) WARTA

Banner elétrico de uma face para colocar imagens. É ideal para cartão compacto. Medida: 140 cm (altura) WARTA O Elistand é uma empresa jovem que iniciou a sua actividade em 1999, na área de congressos, feiras, merchandising, ect. com uma vasta gama de sistemas portáteis de exposição, stand s modulares de pequena

Leia mais

AULA 01 INTRODUÇÃO. Eduardo Camargo de Siqueira PROCESSAMENTO DE IMAGENS Engenharia de Computação

AULA 01 INTRODUÇÃO. Eduardo Camargo de Siqueira PROCESSAMENTO DE IMAGENS Engenharia de Computação AULA 01 INTRODUÇÃO Eduardo Camargo de Siqueira PROCESSAMENTO DE IMAGENS Engenharia de Computação INTRODUÇÃO Processamento Digital de Imagens refere-se ao processamento imagens por meio de um computador

Leia mais

I CONCURSO DE ARTE IMPRESSA CONTEMPORÂNEA GOETHE-INSTITUT PORTO ALEGRE

I CONCURSO DE ARTE IMPRESSA CONTEMPORÂNEA GOETHE-INSTITUT PORTO ALEGRE I CONCURSO DE ARTE IMPRESSA CONTEMPORÂNEA GOETHE-INSTITUT PORTO ALEGRE 1.OBJETO DA SELEÇÃO 1.1. Dando destaque à gravura, campo de forte tradição no Brasil e na Alemanha, foi criado o I Concurso de Arte

Leia mais

Guia de qualidade de cores

Guia de qualidade de cores Página 1 de 5 Guia de qualidade de cores O Guia de qualidade de cores ajuda você a entender como as operações disponíveis na impressora podem ser usadas para ajustar e personalizar a saída colorida. Menu

Leia mais

CURSO DE STENCIL. Leandro Aluisio Scholz 15.08.2011

CURSO DE STENCIL. Leandro Aluisio Scholz 15.08.2011 CURSO DE STENCIL Leandro Aluisio Scholz 15.08.2011 O que é? Técnica para aplicar um desenho/ilustração através da aplicação de tinta em uma matriz; A matriz pode ser de diversos materiais e é ela que possui

Leia mais

Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand

Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand Anos 90 década da informatização Início dos 90: Computadores, mais acessíveis e portáteis, invadem os locais de trabalho. Informatização dos arquivos dos

Leia mais

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 4, Toledo PR Fone: 77-850 PLANEJAMENTO ANUAL DE ARTES VISUAIS SÉRIE: PRÉ I PROFESSOR: Carla Iappe

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE ARTES- CEART BACHARELADO EM MODA - HABILITAÇÃO EM DESIGN DE MODA

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE ARTES- CEART BACHARELADO EM MODA - HABILITAÇÃO EM DESIGN DE MODA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE ARTES- CEART BACHARELADO EM MODA - HABILITAÇÃO EM DESIGN DE MODA Coleção de moda para o público infantil aliando Arte & Cultura à técnica de estamparia

Leia mais

A Identidade Visual de uma empresa é um de seus principais patrimônios.

A Identidade Visual de uma empresa é um de seus principais patrimônios. Apresentação A Identidade Visual de uma empresa é um de seus principais patrimônios. É por meio dela que uma instituição apresenta, seus valores, sua filosofia, sua postura profis-sional, torna-se visível

Leia mais

Colheita, secagem e montagem de material de herbário

Colheita, secagem e montagem de material de herbário Colheita, secagem e montagem de material de herbário 1. Colheita de material Para iniciar a colheita do material de herbário, é necessário levar para o campo: livro de campo (para fazer as anotações necessárias

Leia mais

Artes Visuais/1º Semestre/Noturno/2014 Desenho Artístico I 3183/08 #VA #VA Artes Visuais/1º Semestre/Noturno/2014 Desenho Artístico I 3050/08 #VA #VA

Artes Visuais/1º Semestre/Noturno/2014 Desenho Artístico I 3183/08 #VA #VA Artes Visuais/1º Semestre/Noturno/2014 Desenho Artístico I 3050/08 #VA #VA NMATRIC NOT FAL SALA DISCIPLINA ULA A2BI TA2 Artes Visuais/1º Semestre/Noturno/2014 Formas e Expressão em Artes Visuais 3238/08 Artes Visuais/1º Semestre/Noturno/2014 Formas e Expressão em Artes Visuais

Leia mais

Suprimentos originais HP

Suprimentos originais HP Suprimentos originais HP Entendendo a função dos suprimentos HP na qualidade e confiabilidade da impressão. Cada vez que você utilizar suprimentos originais HP, terá impressos produzidos por componentes

Leia mais

Exposição Coletiva Inaugural

Exposição Coletiva Inaugural Exposição Coletiva Inaugural EXPOSIÇÃO COLETIVA INAUGURAL A mostra tem algumas características marcantes, entre elas, o ineditismo, a autonomia e a liberdade. Os artistas não pertencem a uma escola comum,

Leia mais

1. Kit foto balão: CARATERÍSTICAS:

1. Kit foto balão: CARATERÍSTICAS: MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA IMPRESSÃO DO FOTO BALÃO 1. Kit foto balão: Os foto balões são perfeitos para decoração de festas infantis, festas de aniversários, celebração de casamento, eventos especiais,

Leia mais

DESENHO INDUSTRIAL. Programação Visual 1ª ETAPA DISCIPLINA

DESENHO INDUSTRIAL. Programação Visual 1ª ETAPA DISCIPLINA DESENHO INDUSTRIAL Programação Visual 1ª ETAPA TEORIA DA COMUNICAÇÃO I CIÊNCIAS SOCIAIS I MOVIMENTOS DE REPRESENTAÇÃO TRIDIMENSIONAL MARCENARIA MOVIMENTOS DE REPRESENTAÇÃO TRIDIMENSIONAL MODELAGEM I METODOLOGIA

Leia mais

Русский Tipo Data Cor Semana Classifi cado conforme o tipo de arquivo (por exemplo, imagem, vídeo ou voz) Classifi cado conforme a seqüência de datas registradas. Classifi cado conforme a cor

Leia mais

WORKSHOPS Jovens dos 12 aos 15 anos

WORKSHOPS Jovens dos 12 aos 15 anos VERÃO 2011 WORKSHOPS Jovens dos 12 aos 15 anos Oficina de BD Neste workshop não se faz apenas banda desenhada: faz-se um fanzine de banda desenhada! Vamos criar uma história com base no teu imaginário

Leia mais

Este foi o título que dei a um primeiro importante trabalho em serigrafia.

Este foi o título que dei a um primeiro importante trabalho em serigrafia. [ensaio de imagem] Mônica Schoenacker 1967. Artista plástica, Mestre em Printmaking (gravura) no Royal College of Art (RCA) em Londres como bolsista da Capes (1999), quando foi agraciada com o Tim Mara

Leia mais

Porque as. cores mudam?

Porque as. cores mudam? Porque as cores mudam? O que são cores? As cores não existem materialmente. Não possuem corpo, peso e etc. As cores correspondem à interpretação que nosso cérebro dá a certo tipo de radiação eletro-magnética

Leia mais

2 APRESENTAÇÃO. O Projeto foi aplicado no Centro Educacional Luiz de Camões.

2 APRESENTAÇÃO. O Projeto foi aplicado no Centro Educacional Luiz de Camões. TEMA : A GRAVURA E EU NO CONTEXTO POLÍTICO ATUAL 2 APRESENTAÇÃO O Projeto foi aplicado no Centro Educacional Luiz de Camões. OFICINA: GRAVURA ARTES VISUAIS EIXO TEMÁTICO: LITERATURA E LINGUAGEM VISUAL

Leia mais

Galeria Epson edição 2014

Galeria Epson edição 2014 Galeria Epson edição 2014 Tecnologia perpetuada através da Arte A Epson, empresa do Grupo Seiko-Epson, mundialmente reconhecida pela inovação e design, tem o maior orgulho de ser a precursora da impressão

Leia mais

Recomendações sobre papel fotográfico importado pela MASTERPRINT

Recomendações sobre papel fotográfico importado pela MASTERPRINT Recomendações sobre papel fotográfico importado pela MASTERPRINT Papel Fotográfico Glossy Paper Tipo: 115 gramas / 135 gramas / 150 gramas / 120 gramas / 180 gramas / 180 gramas Premium / 230 gramas /

Leia mais

GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE GED. MÁJORY MIRANDA majory.oliv@ufpe.br. VILDEANE BORBA vildeane.borba@gmail.com

GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE GED. MÁJORY MIRANDA majory.oliv@ufpe.br. VILDEANE BORBA vildeane.borba@gmail.com UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE ARTES E COMUNICAÇÃO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO CURSO DE GESTÃO DA INFORMAÇÃO GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS GED MÁJORY MIRANDA majory.oliv@ufpe.br

Leia mais

FERNANDO AUGUSTO. Desenho, pintura, fotografia, livro de artista... Alguns projetos realizados. UMBIGO MUNDO 2002-20012

FERNANDO AUGUSTO. Desenho, pintura, fotografia, livro de artista... Alguns projetos realizados. UMBIGO MUNDO 2002-20012 FERNANDO AUGUSTO Desenho, pintura, fotografia, livro de artista... Alguns projetos realizados. UMBIGO MUNDO 2002-20012 Conjunto de 100 fotografias de umbigos feitos ao longo de 10 anos em várias partes

Leia mais

Promover o cartaz como uma das mais importantes formas de comunicação e expressão.

Promover o cartaz como uma das mais importantes formas de comunicação e expressão. 1. APRESENTAÇÃO O VARAL DO DESIGN é uma mostra nacional de cartazes aberta a designers e artistas gráficos de todo o País. A cada edição o evento tem um tema único que pretende valorizar a criação autoral

Leia mais

OBJETIVOS: ARTES VISUAIS EDUCAÇÃO INFANTIL PRÉ II DATA: PERÍODO:

OBJETIVOS: ARTES VISUAIS EDUCAÇÃO INFANTIL PRÉ II DATA: PERÍODO: ARTES VISUAIS EDUCAÇÃO INFANTIL PRÉ II DATA: PERÍODO: CONTEÚDO: Gênero: Retrato /Fotografia Técnica: Pintura óleo sobre tela Elementos formais: cor e luz Os recursos formais de representação: figuração

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE ARTES VISUAIS PARA REALIZAÇÃO DE EXPOSIÇÕES NO CENTRO CULTURAL BOULEVARD LONDRINA SHOPPING

EDITAL DE SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE ARTES VISUAIS PARA REALIZAÇÃO DE EXPOSIÇÕES NO CENTRO CULTURAL BOULEVARD LONDRINA SHOPPING 1 EDITAL DE SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE ARTES VISUAIS PARA REALIZAÇÃO DE EXPOSIÇÕES NO CENTRO CULTURAL BOULEVARD LONDRINA SHOPPING Regulamento editado pelo Boulevard Londrina Shopping, inscrito sob CNPJ 09.191.802/0002-81,

Leia mais

Papel Reciclado Artesanal Branco com Cascas de Cebola

Papel Reciclado Artesanal Branco com Cascas de Cebola Papel Reciclado Artesanal Branco com Cascas de Cebola 1 Técnica utilizada: reciclagem de papel com cascas de cebola Materiais 2 Papel para reciclar (sulfite, formulário contínuo ou outros papéis que não

Leia mais

O mais importante é tentar criar algo novo, sem negar a fonte que serviu de inspiração.

O mais importante é tentar criar algo novo, sem negar a fonte que serviu de inspiração. O que é releitura? A proposta dessa mostra é fazer um convite para se conhecer obras de arte em profundidade e, ao mesmo tempo, usar ao máximo a criatividade individual ao tentar recriá-las. Um exemplo

Leia mais

Impressoras. Prof. Rafael Sandim

Impressoras. Prof. Rafael Sandim Impressoras Prof. Rafael Sandim Impressoras É um periférico Pode ser conectado a um computador ou a uma rede de computadores É um dispositivo de saída que tem como função: Imprimir textos Imprimir gráficos

Leia mais

COLÉGIO DE SANTA DOROTEIA LISBOA ANO LETIVO 2015/2016 DEPARTAMENTO DE ARTES VISUAIS. 1º Período 18 de Setembro a 17 de Dezembro [Aulas previstas: 89]

COLÉGIO DE SANTA DOROTEIA LISBOA ANO LETIVO 2015/2016 DEPARTAMENTO DE ARTES VISUAIS. 1º Período 18 de Setembro a 17 de Dezembro [Aulas previstas: 89] COLÉGIO DE SANTA DOROTEIA LISBOA ANO LETIVO 2015/2016 DEPARTAMENTO DE ARTES VISUAIS PLANIFICAÇÃO 1º PERÍODO DESENHO A 10º ANO Domínio Perceção visual Expressão gráfica Comunicação visual Calendarização

Leia mais

22/04/2015. Publicidade Gráfica. Tipografia. Você sabe qual a importância da Tipografia no mundo em que vivemos?

22/04/2015. Publicidade Gráfica. Tipografia. Você sabe qual a importância da Tipografia no mundo em que vivemos? Publicidade Gráfica Tipografia Você sabe qual a importância da Tipografia no mundo em que vivemos? 1 Capa de Livro Capa de Revista 2 Cartaz Pôster de Filme 3 Grafitte 4 A tipografia do grego typos = forma

Leia mais

O trabalho escravo no Brasil Algumas imagens

O trabalho escravo no Brasil Algumas imagens O trabalho escravo no Brasil Algumas imagens Jean Baptiste Debret nasceu em Paris, na França, em 18 de abril de 1768. Formado pela Academia de Belas Artes de Paris, Debret foi um dos membros da Missão

Leia mais

As gravuras brasileiras de Albrecht Dürer Acervo da Fundação Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro

As gravuras brasileiras de Albrecht Dürer Acervo da Fundação Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro As gravuras brasileiras de Albrecht Dürer Acervo da Fundação Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro Sandra Daige Antunes Corrêa Hitner ECA-USP / IA UNICAMP Patrocínio único FAPESP As estampas de Albrecht

Leia mais

Lista de Material Educação Infantil I Fase 2

Lista de Material Educação Infantil I Fase 2 Lista de Material Educação Infantil I Fase 2 O Colégio Objetivo fornece aos seus alunos todos os Cadernos de Atividades necessários ao trabalho desenvolvido nas diversas áreas. Esses cadernos são elaborados

Leia mais

TECNOLOGIAS SIMPLIFICADAS DE SANEAMENTO VASO SANITÁRIO DE CIMENTO

TECNOLOGIAS SIMPLIFICADAS DE SANEAMENTO VASO SANITÁRIO DE CIMENTO 1 TECNOLOGIAS SIMPLIFICADAS DE SANEAMENTO VASO SANITÁRIO DE CIMENTO Autor: Cláudio Cardoso* Técnico em Saneamento HISTÓRICO O primeiro Vaso Sanitário de Cimento foi desenvolvido pelo Sr. José Apurinan

Leia mais

CURSO DE DESIGN DE MODA

CURSO DE DESIGN DE MODA 1 CURSO DE MATRIZ CURRICULAR 2016.1 EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS BRUSQUE (SC) Consuni nº. 49/15, 2015 de 7 de outubro de 2015. SUMÁRIO 2 1ª FASE... 4 01 DESENHO DE MODA I... 4 02 HISTÓRIA: ARTE E INDUMENTÁRIA...

Leia mais

O PROJETO MINIARTE. Edições anteriores: mais informações e listas de participantes: http://www.miniartex.org.

O PROJETO MINIARTE. Edições anteriores: mais informações e listas de participantes: http://www.miniartex.org. 1 O PROJETO MINIARTE O Projeto Miniarte, idealizado por Clara Pechansky em 2003, exibe, em pequenos formatos, um panorama da arte de diferentes países, permitindo ao visitante apreciar a diversidade temática

Leia mais

Da Prancheta ao Computador...

Da Prancheta ao Computador... Da Prancheta ao Computador... Introdução Como necessidade básica de se localizar ou mesmo para detalhar projetos de quaisquer obras, ao longo do tempo inúmeras formas de representar paisagens e idéias

Leia mais

MATERNAL I OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL

MATERNAL I OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL MATERNAL I OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL Desenvolver uma imagem positiva de si, atuando de forma cada vez mais independente, com a confiança em suas capacidades e percepção de suas limitações;

Leia mais