CAIXAGEST RENDIMENTO ORIENTE

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CAIXAGEST RENDIMENTO ORIENTE"

Transcrição

1 PROSPECTO SIMPLIFICADO CAIXAGEST RENDIMENTO ORIENTE Fundo Especial de Investimento Aberto Referência: PTYMEDLE0018_ Última actualização: 7 de Janeiro de 2011 Constituído em Portugal em 3 de Dezembro de 2007 TIPO E DURAÇÃO ENTIDADE GESTORA Fundo Especial de Investimento Aberto, com subscrições e resgates com periodicidade semanal, constituído por um período máximo de 10 anos com data de dissolução e data de liquidação no dia 4 de Dezembro de 2017 e data de pagamento aos participantes no dia 12 de Dezembro de Caixagest - Técnicas de Gestão de Fundos, S.A. (integrada no Grupo Caixa Geral Depósitos) CONSULTORES DE INVESTIMENTO BANCO DEPOSITÁRIO ENTIDADES COMERCIALIZADORAS AUDITOR O Fundo não recorre a serviços de consultores Caixa Geral de Depósitos S.A. Caixa Geral de Depósitos S.A., através da sua rede de agências Deloitte & Associados, SROC S.A. AUTORIDADE DE SUPERVISÃO POLÍTICA DE INVESTIMENTOS CMVM Comissão do Mercado de Valores Mobiliários: ; tel: O património inicial do Fundo de investimento é constituído em 99,75% por obrigações de dívida subordinada Lower Tier 2 1, emitidas pela CGD ao abrigo do programa European Medium Term Notes (EMTN) com maturidade coincidente com a data de liquidação do Fundo e com rendimentos ajustados aos objectivos do Fundo. Os referidos empréstimos obrigacionistas destinam-se a assegurar a distribuição dos rendimentos descritos de seguida e o capital subscrito, correspondente ao valor inicial da unidade de participação para efeitos de constituição do Fundo (5 euros). As obrigações serão objecto de pedido de admissão à negociação na Bolsa de Valores do Luxemburgo. As cinco obrigações têm igual peso no Valor Liquido Global do Fundo inicial. Os rendimentos do Fundo são assegurados pela distribuição por parte das obrigações de cupões fixos nos três primeiros anos, e uma distribuição variável indexada à variação do fundo Caixagest Acções Oriente nos dois anos seguintes. Nos últimos cinco anos o rendimento será assegurado através do pagamento de um cupão trimestral correspondente a Euribor3 meses+0,85% TANB 2 (taxa anual nominal líquida: Euribor 3 meses x 80%+0,67%) 3. Os rendimentos que o Fundo tem como objectivo obter correspondem a: 4,50% TANB 2 (taxa anual nominal líquida 3 de 3,60%) no final do primeiro ano (3 de Dezembro de 2008); 4,60% TANB 2 (taxa anual nominal líquida 3 de 3,68%) no final do segundo ano (3 de Dezembro de 2009); 4,70 % TANB 2 (taxa anual nominal líquida 3 de 3,69%) no final do terceiro ano (3 de Dezembro de 2010); 5,00% TANB 2 (taxa anual nominal líquida 3 de 3,93%) no final do quarto ano (5 de Dezembro de 2011), caso o fundo Caixagest Acções Oriente tenha uma Variação igual ou superior a 15% desde a data de constituição do Fundo Caixagest Rendimento Oriente. Se a variação do fundo Caixagest Acções Oriente for menor que 15% não será distribuído rendimento; 50% da Performance Média Rendimento Oriente (ver descrição do rendimento do 5º ano) se positiva, no final do quinto ano (3 de Dezembro de 2012), com um máximo de 10% - taxa bruta no período (taxa líquida no período de 7,85%, que corresponde a uma TANB 2 de 2,00% e a uma taxa anual nominal líquida 3 de 1,57%). Se a Performance Média Rendimento Oriente for nula não será distribuído rendimento. A rentabilidade esperada será entre 0% e 10%, no máximo. A partir do 5º ano, inclusive, e em cada data de distribuição trimestral posterior a 3 de Dezembro de 2012, o Fundo pode liquidar antecipadamente no final do 5º ano ou em todos os trimestres 1 A dívida subordinada define-se como a dívida sobre a qual a dívida prioritária tem precedência. Em caso de falência os credores subordinados são reembolsados só depois de terem sido liquidados por inteiro os créditos prioritários. A dívida subordinada Lower Tier 2 caracteriza-se ainda pelo facto de não existir a possibilidade de diferir juros e capital, bem como não poder absorver perdas operacionais, excepto no caso da liquidação da sociedade. No caso de liquidação os instrumentos de dívida classificados como dívida subordinada Lower Tier 2, têm uma posição imediatamente inferior à dívida sénior. No final do 5º ano ou no final de cada período de 3 meses nos anos seguintes, estas obrigações subordinadas da CGD podem ser alvo de reembolso antecipado total por parte da entidade emitente. Caso a CGD decida exercer o seu direito de reembolso antecipado, este será efectuado na mesma data para o conjunto das cinco obrigações iniciais. 2 TANB: Taxa Anual Nominal Bruta 3 Rendimento foi sujeito à tributação na esfera do Fundo à taxa de IRS em vigor até 30 de Junho de 2010 de 20%, sendo que para rendimento auferidos posteriormente a esta data, a taxa aplicável é de 21,5%. 1 / 6

2 seguintes, por decisão da Sociedade Gestora, no caso das cinco emissões das obrigações subordinadas pertencentes ao património inicial do Fundo terem sido alvo de reembolso antecipado total por parte do emitente. Caso não seja efectuada a liquidação antecipada no final do 5º ano, ou em cada data de distribuição trimestral, será ainda distribuído um rendimento, no final de cada período de três meses durante o sexto, sétimo, oitavo, nono e décimo ano, correspondente a Euribor3 meses 4 + 0,85% TANB 2 (taxa anual nominal líquida: Euribor 3 meses x 80%+0,67%) 3. O fundo liquidará no dia 4 de Dezembro de 2017, se não ocorrer a liquidação antecipada. DESCRIÇÃO DO RENDIMENTO DO 5º ANO: Em cada data de observação mensal 5 será apurada, para o fundo Caixagest Acções Oriente, a variação 6 face ao valor inicial. Variação do fundo Caixagest Acções fundo j Oriente 1 j = j fundo0 [ 1;60] em que: Variação do fundo Caixagest Acções Oriente,j = Variação do fundo Caixagest Acções Oriente na data de observação mensal j fundo j = Valor fundo Caixagest Acções Oriente na data de observação mensal j fundo 0 = Valor fundo Caixagest Acções Oriente na data de lançamento do fundo Caixagest Rendimento Oriente (3 de Dezembro de 2007) De seguida será determinada a Performance Média Rendimento Oriente que corresponde à média aritmética das 60 Variações. Performance Média Rendimento Oriente= j= 1 Variaçãodo fundocaixagest Acções Finalmente, será obtido o rendimento do Fundo no 5º ano: RISCO ASSOCIADO AOS INVESTIMENTOS R = N MIN 50% Max Perfomance Média Rendimento Oriente; 0% ; 10% em que: N: valor inicial da unidade participação utilizada para efeitos de constituição do Fundo Performance Média Rendimento Oriente: corresponde à média aritmética das 60 Variações Os rendimentos descritos são pagos sobre o valor inicial da unidade participação utilizada para efeitos de constituição do Fundo (5 euros), independentemente do momento em que é efectuada a subscrição. Na data de liquidação do Fundo, independentemente do momento em que é efectuada a subscrição, o participante obterá o capital pago sobre o valor inicial da unidade de participação para efeitos de constituição do Fundo (5 euros). Após o período inicial e com vista a uma gestão eficiente, o Fundo poderá deter outras obrigações emitidas pela CGD, com rendimento ajustado aos objectivos descritos anteriormente. O Fundo poderá ainda deter activos de curto prazo, nomeadamente bilhetes do tesouro, certificados de depósito, depósitos bancários, papel comercial, fundos de investimento de tesouraria e aplicações nos mercados interbancários, na medida adequada para fazer face ao movimento normal de resgate de unidades de participação e a uma gestão eficiente do Fundo. Para uma informação mais completa sobre a política de investimentos, aconselha-se a consulta do ponto 1 do Capítulo II do Prospecto Completo do Fundo. Risco de rendimento: Os rendimentos a receber pelo participante, independentemente do momento em que é efectuada a subscrição, são pagos sobre o valor inicial da unidade participação utilizada 4 Euribor 3 meses: é a taxa de juro a três meses publicada pela Reuters na página EURIBOR= às 11H00 (CET) ou outra que a substitua. Base de cálculo aplicável: Act/360 5 Datas de observação mensal: 03 de Janeiro de 2008, 04 de Fevereiro de 2008, 03 de Março de 2008, 03 de Abril de 2008, 05 de Maio de 2008, 03 de Junho de 2008, 03 de Julho de 2008, 04 de Agosto de 2008, 03 de Setembro de 2008, 03 de Outubro de 2008, 03 de Novembro de 2008, 03 de Dezembro de 2008, 05 de Janeiro de 2009, 03 de Fevereiro de 2009, 03 de Março de 2009, 03 de Abril de 2009, 04 de Maio de 2009, 03 de Junho de 2009, 03 de Julho de 2009, 03 de Agosto de 2009, 03 de Setembro de 2009, 06 de Outubro de 2009, 03 de Novembro de 2009, 03 de Dezembro de 2009, 04 de Janeiro de 2010, 03 de Fevereiro de 2010, 03 de Março de 2010, 05 de Abril de 2010, 03 de Maio de 2010, 04 de Junho de 2010, 05 de Julho de 2010, 03 de Agosto de 2010, 03 de Setembro de 2010, 04 de Outubro de 2010, 03 de Novembro de 2010, 03 de Dezembro de 2010, 03 de Janeiro de 2011, 03 de Fevereiro de 2011, 03 de Março de 2011, 04 de Abril de 2011, 03 de Maio de 2011, 03 de Junho de 2011, 04 de Julho de 2011, 03 de Agosto de 2011, 05 de Setembro de 2011, 03 de Outubro de 2011, 03 de Novembro de 2011, 05 de Dezembro de 2011, 03 de Janeiro de 2012, 03 de Fevereiro de 2012, 05 de Março de 2012, 03 de Abril de 2012, 03 de Maio de 2012, 04 de Junho de 2012, 03 de Julho de 2012, 03 de Agosto de 2012, 03 de Setembro de 2012, 03 de Outubro de 2012, 05 de Novembro de 2012, 03 de Dezembro de Variação do Fundo: corresponde à variação percentual entre a sua cotação na data de observação mensal e a sua cotação na data de início do Fundo Caixagest Rendimento Oriente. 2 / 6

3 para efeitos de constituição do Fundo (5 euros). O rendimento pago no final do quarto e quinto ano está associado à variação do fundo Caixagest Acções Oriente. Pelo que, se a variação do fundo Caixagest Acções Oriente for menor que 15% não será distribuído rendimento no quarto ano, e se Performance Média Rendimento Oriente for nula não será distribuído rendimento no quinto ano. Caso não seja efectuada a liquidação antecipada no final do 5º ano, ou nos anos seguintes de vida, será distribuído um rendimento, no final de cada período de três meses, correspondente a Euribor3 meses+0, 85% TANB2 (o que corresponde a uma taxa anual nominal líquida de Euribor3 meses x 80%+0,67%)3. Risco de crédito: Os rendimentos e o capital do Fundo são assegurados por empréstimos obrigacionistas da CGD. O Fundo está, portanto, exposto ao risco de crédito do emitente dessas obrigações, pelo que, o pagamento dos rendimentos e o reembolso de capital na data de liquidação do Fundo dependem do bom cumprimento das responsabilidades por parte da CGD. As obrigações são subordinadas e por isso possuem um risco acrescido face á dívida sénior. Risco fiscal: Uma alteração adversa do regime fiscal poderá diminuir os rendimentos pagos. Risco de conflito de interesses: Alerta-se para a possibilidade de existência de eventuais situações de conflitos de interesses, uma vez que o banco emitente das obrigações que irão integrar o património do Fundo, a CGD, e a sociedade gestora do Fundo, a CAIXAGEST - Técnicas de Gestão de Fundos S.A, fazem parte do mesmo grupo económico que tem a CGD por sociedade dominante, salientandose o facto de as obrigações terem opção de reembolso antecipado, cuja decisão é da exclusiva responsabilidade da CGD. Os participantes que subscrevem o Fundo após a data de constituição, além de suportarem uma comissão de 5%, efectuarão a subscrição ao valor da unidade de participação divulgado na data de subscrição efectiva. Os rendimentos previstos pelo Fundo são calculados e pagos sobre o valor inicial da unidade participação utilizada para efeitos de constituição do Fundo (5 euros). PERFIL DO INVESTIDOR O Fundo destina-se a investidores que procuram optimizar a rentabilidade potencial da sua carteira, que procuram minimizar o risco de rendimento e o risco de capital, e que tenham disponibilidade de imobilização do investimento pelo prazo mínimo de cinco anos. O Fundo destina-se ao segmento de investidores institucionais e não institucionais. EVOLUÇÃO DO VALOR DA UNIDADE DE PARTICIPAÇÃO 5,40 5,20 5,00 4,80 4,60 4,40 4,20 4,00 Dez 07 Fev 08 Abr 08 Jun 08 Ago 08 Out 08 Dez 08 Fev 09 Abr 09 Jun 09 Ago 09 Out 09 Dez 09 Fev 10 Abr 10 RENDIBILIDADE E RISCOS HISTÓRICOS Anos Rendibilidade Classe de Risco ,65% ,93% 2 As rendibilidades divulgadas representam dados passados, não constituindo garantia de rendibilidade futura, porque o valor das unidades de participação pode aumentar ou diminuir em função do nível de risco que varia entre 1 (risco baixo) e 6 (risco muito alto) 7,00% 6,00% 5,00% 4,00% 3,00% 2,00% 1,00% 0,00% TAXA GLOBAL DE CUSTOS (COM REFERÊNCIA A 2009) Custos Valor (Euros) %VLGF Comissão de Gestão fixa ,02% Comissão de Depósito ,02% Comissões e Taxas indirectas Taxa de Supervisão Custos de Auditoria ROTAÇÃO MÉDIA DA CARTEIRA EM 2009 Valor (Euros) Volume de Transacções 0 Valor médio da Carteira ROTAÇÃO MÉDIA DA CARTEIRA 0,00 3 / 6

4 Outros Custos TOTAL/TAXA GLOBAL DE CUSTOS ,04% O VLGF corresponde ao património do fundo deduzido de comissões e encargos previstos no prospecto do Fundo TABELA DE CUSTOS (TAXA NOMINAL) Custos % da Comissão Imputáveis directamente ao participante: Comissão de Subscrição Período inicial de subscrição (12/11/2007 a 30/11/2007) 0,00% A partir de 3/12/2007 (inclusive) 5,00% Comissão de Resgate Até 3/12/2012 1,50% A partir de 3/12/2012 (inclusive) 0,00% Imputáveis directamente ao Fundo: Comissão de Gestão (a) Até 3/12/2012 0,02% A partir de 3/12/2012 (exclusive) 0,00% Comissão de Depósito(a) Até 3/12/2012 0,02% A partir de 3/12/2012 (exclusive) 0,00% (a) Comissão nominal aplicada sobre o valor do património líquido inicial do Fundo. Os custos de auditoria obrigatórios são pagos pela sociedade gestora, que suportará igualmente a taxa de supervisão à CMVM, uma taxa liquidada mensal e postecipadamente, calculada sobre o valor líquido global do Fundo, correspondente ao último dia do mês. SUBSCRIÇÃO RESGATE Estão definidos os seguintes períodos de subscrição: 1. Período de pré-subscrição que decorrerá entre as 8h30m (hora de Portugal Continental) do dia 12/11/2007 e as 16h30m (hora de Portugal Continental) do dia 30/11/2007. As subscrições serão efectuadas e liquidadas em 3/12/2007, com o valor inicial de unidade de participação de 5 (cinco euros). O Fundo constitui-se nessa data. 2. Período seguinte de subscrição a partir de 3/12/2007, inclusive: As subscrições têm uma periodicidade semanal, no entanto os pedidos podem ser dirigidos à entidade comercializadora em qualquer dia da semana, processando a liquidação nas condições descritas de seguida. Os pedidos de subscrição efectuados até às 16h30m (hora de Portugal Continental) do dia 7, 14, 21 e 28 (ou no dia útil anterior) 7 de cada mês, são processados, respectivamente, ao valor da unidade de participação conhecido e divulgado no dia 14, 21,28 (ou no dia útil seguinte) 7 do mês ou no dia 7 (ou no dia útil seguinte) 7 do mês subsequente, acrescido da comissão de subscrição. Os pedidos de subscrição efectuados após as 16h30m (hora de Portugal Continental) do dia 7, 14, 21 e 28 (ou no dia útil anterior) 7 de cada mês, são processados, respectivamente, ao valor da unidade de participação conhecido e divulgado no dia 21,28 (ou no dia útil seguinte) 7 do mês ou no dia 7 e 14 (ou no dia útil seguinte) 7 do mês subsequente, acrescido da comissão de subscrição. O pedido de subscrição é, portanto, efectuado a preço desconhecido podendo o subscritor ter de aguardar uma a duas semanas, consoante os casos, para conhecer o valor da unidade de participação pelo qual foi efectuada a subscrição, e pelo débito da sua conta. O número mínimo de unidades de participação estabelecido para a subscrição é o correspondente ao número inteiro resultante da divisão de Euros pelo preço de subscrição unitário. As subscrições das unidades de participação do Fundo efectuadas e liquidadas em 3/12/2007, relativas aos pedidos de subscrição efectuados durante o período de pré-subscrição, não estão sujeitas ao pagamento de comissão de subscrição. A partir do dia 3/12/2007 (inclusive), os pedidos de subscrição estarão sujeitos a uma comissão de subscrição 5,00%, sobre o montante subscrito. Os resgates têm uma periodicidade semanal, no entanto os pedidos podem ser dirigidos à entidade comercializadora em qualquer dia da semana, processando a liquidação nas condições descritas de seguida. Os pedidos de resgate efectuados até às 16h30m (hora de Portugal Continental) do dia 7, 14, 21 e 28 (ou no dia útil anterior) 7 de cada mês, são processados, respectivamente, ao valor da unidade de participação conhecido e divulgado no dia 14, 21,28 (ou no dia útil seguinte) 7 do mês ou no dia 7 (ou no dia útil seguinte) 7 do mês subsequente, deduzido da comissão de resgate. Os pedidos de resgate efectuados após as 16h30m (hora de Portugal Continental) do dia 7, 14, 21 e 28 (ou no dia útil anterior) 7 de cada mês, são processados, respectivamente, ao valor da unidade de participação conhecido e divulgado no dia 21,28 (ou no dia útil seguinte) do mês ou no dia 7 e 7 caso o dia indicado seja um dia não útil. 4 / 6

5 DISTRIBUIÇÃO DE RENDIMENTOS DIVULGAÇÃO DO VALOR DA UNIDADE DE PARTICIPAÇÃO ADMISSÃO À NEGOCIAÇÃO CONSULTA DE OUTRA DOCUMENTAÇÃO REGIME FISCAL 14 (ou no dia útil seguinte) 7 do mês subsequente, deduzido da comissão de resgate. O pedido de resgate é, portanto, efectuado a preço desconhecido podendo o participante ter de aguardar uma a duas semanas, consoante os casos, para conhecer o valor da unidade de participação pelo qual foi efectuado o resgate, e pelo crédito correspondente em conta. Nos resgates efectuados até 3/12/2012, haverá lugar à dedução ao montante resgatado de uma comissão de resgate de 1,50%. Será efectuada a distribuição de um rendimento de: 4,50% TANB 8 (taxa anual nominal líquida 9 de 3,60%) no final do primeiro ano (3 de Dezembro de 2008); 4,60% TANB 8 (taxa anual nominal líquida 9 de 3,68%) no final do segundo ano (3 de Dezembro de 2009); 4,70 % TANB 8 (taxa anual nominal líquida 9 de 3,69%) no final do terceiro ano (3 de Dezembro de 2010); 5,00% TANB 8 (taxa anual nominal líquida 9 de 3,93%) no final do quarto ano (5 de Dezembro de 2011), caso o fundo Caixagest Acções Oriente tenha uma Variação igual ou superior a 15% desde a data de constituição do Fundo Caixagest Rendimento Oriente. Se a variação do fundo Caixagest Acções Oriente for menor que 15% não será distribuído rendimento; 50% da Performance Média Rendimento Oriente (ver descrição do rendimento do 5º ano) se positiva, no final do quinto ano (3 de Dezembro de 2012), com um máximo de 10% - taxa bruta no período (taxa líquida no período de 7,85%, que corresponde a uma TANB 8 de 2,00% e a uma taxa anual nominal líquida 9 de 1,57%). Se a Performance Média Rendimento Oriente for nula não será distribuído rendimento. A partir do final do 5º ano, inclusive, e em cada data de distribuição trimestral posterior a 3 de Dezembro de 2012, o Fundo pode liquidar antecipadamente no final do 5º ano ou em todos os trimestres seguintes, por decisão da Sociedade Gestora, no caso das cinco emissões das obrigações subordinadas pertencentes ao património inicial do Fundo terem sido alvo de reembolso antecipado total por parte do emitente. Caso não seja efectuada a liquidação antecipada no final do 5º ano, ou em cada data de distribuição trimestral, será ainda distribuído um rendimento, no final de cada período de três meses durante o sexto, sétimo, oitavo, nono e décimo ano, correspondente a Euribor3 meses ,85% TANB 10 (taxa anual nominal líquida: Euribor 3 meses x 80%+0,67%) 11. O fundo liquidará no dia 4 de Dezembro de 2017, se não ocorrer a liquidação antecipada. Os rendimentos descritos são pagos sobre o valor inicial da unidade participação utilizada para efeitos de constituição do Fundo (5 euros). Os pagamentos aos participantes dos valores referidos, será efectuado no quinto dia útil seguinte à respectiva data de distribuição anual ou trimestral conforme o caso, e no que respeita ao último rendimento, no quinto dia útil seguinte à data de liquidação do fundo. O valor diário da Unidade de Participação é divulgado nas agências da Caixa Geral de Depósitos, no sítio e através do sistema de difusão da informação da CMVM (www.cmvm.pt). As unidades de participação não serão objecto de pedido de admissão à negociação no mercado de cotações oficiais ou em qualquer outro mercado regulamentado. O Prospecto Completo e Simplificado encontram-se disponíveis junto da entidade gestora e em todos os locais e meios de comercialização. Os Relatórios e Contas anual e semestral encontram-se disponíveis para consulta em todos os locais e meios de comercialização, e poderão ser enviados sem encargos aos participantes que o requeiram. A composição da carteira do Fundo é publicada mensalmente no sistema de difusão de informação da CMVM. Do Fundo O Fundo é tributado como se de uma pessoa singular se tratasse. Rendimentos obtidos em território português, que não sejam mais valias Os juros das obrigações e dos depósitos bancários estão sujeitos a retenção na fonte, à taxa de 21,5%. Nos casos de rendimentos não sujeitos a retenção na fonte, a tributação é autónoma, à taxa de 25%, incidente sobre o respectivo valor líquido obtido em cada ano. Os rendimentos respeitantes a unidades de participação em Fundos que se constituam e operem de acordo com a legislação nacional estão isentos de tributação. Rendimentos obtidos fora do território português, que não sejam mais valias Tratando-se de rendimentos de títulos de dívida e de rendimentos provenientes de fundos de investimento constituídos no estrangeiro, a tributação é autónoma, à taxa de 20%. Para rendimentos de outra natureza, aplica-se a taxa de 25%. 8 TANB: Taxa Anual Nominal Bruta 9 Rendimento foi sujeito a tributação na esfera do fundo à taxa de IRS em vigor, actualmente de 21,5%. 10 Euribor 3 meses: é a taxa de juro a três meses publicada pela Reuters na página EURIBOR= às 11H00 (CET) ou outra página que a substitua. Base de cálculo aplicável: Act/360 5 / 6

6 Mais valias obtidas em território português ou fora dele A diferença positiva entre as mais e menos valias obtidas em cada ano é tributada, autonomamente, à taxa de 10%, encontrando-se excluídas de tributação as mais valias provenientes da alienação de obrigações e outros títulos de dívida. Do Participante Participantes residentes em território português Sujeitos passivos de IRS, fora do âmbito de uma actividade comercial, industrial ou agrícola Os rendimentos respeitantes a unidades de participação estão isentos de tributação, podendo, no entanto ser englobados, caso em que o imposto retido ou devido ao próprio Fundo tem a natureza de pagamento por conta. A transmissão gratuita (heranças e doações) de valores aplicados em Fundos não se encontra sujeita a tributação em sede de Imposto do Selo. Sujeitos passivos de IRC e sujeitos passivos de IRS, no âmbito de uma actividade comercial, industrial ou agrícola Os rendimentos respeitantes a unidades de participação são considerados como proveitos ou ganhos para efeitos do apuramento do lucro tributável e o montante de imposto retido ou devido na esfera do Fundo tem a natureza de pagamento por conta. No caso de sujeitos passivos de IRC isentos, o imposto retido ou devido na esfera do Fundo, correspondente aos rendimentos das unidades de participação que aqueles tenham subscrito é restituído pela entidade gestora do Fundo, e pago conjuntamente com os rendimentos respeitantes a essas unidades. Participantes não residentes em território português Os rendimentos respeitantes a unidades de participação estão isentos de IRS e de IRC A descrição do regime fiscal do Fundo e do Participante não dispensa a consulta da legislação em vigor, nem constitui garantia que o regime fiscal se mantenha inalterado. CONTACTOS Caixagest, S.A. - Av. João XXI, 63-2º * Lisboa; Tel: ; Fax: Caixadirecta (24 horas): , , , ; Caixadirecta on-line: 6 / 6

CAIXAGEST SELECÇÃO ESPECIAL

CAIXAGEST SELECÇÃO ESPECIAL PROSPECTO SIMPLIFICADO CAIXAGEST SELECÇÃO ESPECIAL Fundo Especial de Investimento Aberto Referência: PTYMEGLE005_2000505 Última actualização: 7 de Maio de 200 Constituído em Portugal em 9 de Junho de 2008

Leia mais

CAIXAGEST SELECÇÃO CAPITAL GARANTIDO

CAIXAGEST SELECÇÃO CAPITAL GARANTIDO CAIXAGEST SELECÇÃO 2008 - CAPITAL GARANTIDO Fundo de Investimento Mobiliário Fechado RELATÓRIO & CONTAS Liquidação ÍNDICE 1. RELATÓRIO DE GESTÃO 2 2. DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS 4 EM ANEXO: RELATÓRIO DO

Leia mais

Obrigações de Caixa BPI CS Rendimento 2% Mais

Obrigações de Caixa BPI CS Rendimento 2% Mais Obrigações de Caixa BPI CS Rendimento 2% Mais 2005-2010 Instrumento de Captação de Aforro Estruturado (ICAE) Junho de 2005 1. CARACTERIZAÇÃO DO ICAE OBJECTO DE INVESTIMENTO : EMITENTE: RISCO DE PERDA DO

Leia mais

PROSPECTO SIMPLIFICADO Actualizado a 12 de Novembro de 2008

PROSPECTO SIMPLIFICADO Actualizado a 12 de Novembro de 2008 A LEITURA DESTE PROSPECTO NÃO DISPENSA A CONSULTA DO PROSPECTO COMPLETO DO FUNDO E DEVE SER ACOMPANHADA PELA DEFINIÇÃO DOS TERMOS CONSTANTES DO GLOSSÁRIO (identificados com *). TIPO DE FUNDO / DURAÇÃO

Leia mais

CAIXAGEST SUPER PREMIUM

CAIXAGEST SUPER PREMIUM PROSPETO SIMPLIFICADO CAIXAGEST SUPER PREMIUM Fundo Especial de Investimento Aberto Referência: PTYMEKLE009_2020508 Última atualização: 8 de maio de 202 Constituído em Portugal em 4 de Agosto de 2008 TIPO

Leia mais

Documento Informativo Investimento Opção Tripla Junho 2013 Produto Financeiro Complexo

Documento Informativo Investimento Opção Tripla Junho 2013 Produto Financeiro Complexo Documento Informativo Investimento Opção Tripla Junho 2013 Produto Financeiro Complexo Designação do Produto O Investimento Opção Tripla Junho 2013 é um Produto Financeiro Complexo. Advertências ao Investidor

Leia mais

PROSPETO OIC/FUNDO FUNDO DE INVESTIMENTO ALTERNATIVO ESTRUTURADO ABERTO. 7 de novembro de 2013

PROSPETO OIC/FUNDO FUNDO DE INVESTIMENTO ALTERNATIVO ESTRUTURADO ABERTO. 7 de novembro de 2013 PROSPETO OIC/FUNDO FUNDO DE INVESTIMENTO ALTERNATIVO ESTRUTURADO ABERTO CAIXAGEST GLOBAL MARKETS 7 de novembro de 2013 A autorização do Fundo pela CMVM baseia-se em critérios de legalidade, não envolvendo

Leia mais

CAIXA FUNDO RENDIMENTO FIXO

CAIXA FUNDO RENDIMENTO FIXO PROSPETO COMPLETO FUNDO ESPECIAL DE INVESTIMENTO ABERTO CAIXA FUNDO RENDIMENTO FIXO 27 de fevereiro de 2013 A autorização do Fundo significa que a CMVM considera a sua constituição conforme com a legislação

Leia mais

PPR FUTURO. Informações Pré-Contratuais. Plano Poupança Reforma BPN

PPR FUTURO. Informações Pré-Contratuais. Plano Poupança Reforma BPN TIPO DE CLIENTE Particulares, Profissionais Liberais e Empresas. SEGMENTO-ALVO Destina-se a fomentar a poupança para constituição de um complemento de reforma. Direccionado para Clientes com idade inferior

Leia mais

Informações Fundamentais ao Investidor Produto Financeiro Complexo

Informações Fundamentais ao Investidor Produto Financeiro Complexo Informações Fundamentais ao Investidor Produto Financeiro Complexo Um investimento responsável exige que conheça as suas implicações e que esteja disposto a aceitá-las. Designação: Investimento+ Não Normalizado

Leia mais

Prospecto Informativo - ATLANTICO Dollar Bullish Série I

Prospecto Informativo - ATLANTICO Dollar Bullish Série I Designação Classificação Caracterização do Produto ATLANTICO Dollar Bullish Série I Produto Financeiro Complexo Depósito Indexado Depósito não mobilizável antecipadamente, pelo prazo de 6 Meses, denominado

Leia mais

PROSPECTO INFORMATIVO Depósito Indexado - Produto Financeiro Complexo

PROSPECTO INFORMATIVO Depósito Indexado - Produto Financeiro Complexo Designação Classificação Caracterização do Produto Garantia de Capital Caixa Eurovalor maio 2016_PFC Produto Financeiro Complexo Depósito Indexado Depósito indexado não mobilizável antecipadamente, pelo

Leia mais

A idade do Tomador do Seguro para subscrição do presente contrato não poderá ser inferior a 14 anos de idade.

A idade do Tomador do Seguro para subscrição do presente contrato não poderá ser inferior a 14 anos de idade. EMPRESA DE SEGUROS Santander Totta Seguros, Companhia de Seguros de Vida S.A., com Sede na Rua da Mesquita, nº 6 - Torre A - 2º - 1070 238 Lisboa, Portugal (pertence ao Grupo Santander). A Santander Totta

Leia mais

Depósito Indexado, denominado em Euros, pelo prazo de 12 meses (360 dias), não mobilizável antecipadamente.

Depósito Indexado, denominado em Euros, pelo prazo de 12 meses (360 dias), não mobilizável antecipadamente. Designação Classificação Valorização Industrial Produto Financeiro Complexo Depósito Indexado Depósito Indexado, denominado em Euros, pelo prazo de 12 meses (360 dias), não mobilizável antecipadamente.

Leia mais

Impossibilidade de reembolso antecipado, quer pelo emitente quer pelo investidor.

Impossibilidade de reembolso antecipado, quer pelo emitente quer pelo investidor. Documento Informativo Montepio Cabaz Ouro e Petróleo Produto Financeiro Complexo ao abrigo do Programa de Emissão de Obrigações de Caixa de 3,000,000,000 Advertências ao investidor: Impossibilidade de

Leia mais

Condições Particulares do Distribuidor Banco de Investimento Global, S.A. DB PLATINUM IV - MARÇO

Condições Particulares do Distribuidor Banco de Investimento Global, S.A. DB PLATINUM IV - MARÇO Condições Particulares do Distribuidor Banco de Investimento Global, S.A. DB PLATINUM IV - MARÇO 2014 - Identificação do Distribuidor O Banco de Investimento Global (de ora em diante o Distribuidor ),

Leia mais

PROSPECTO INFORMATIVO Depósito Indexado - Produto Financeiro Complexo

PROSPECTO INFORMATIVO Depósito Indexado - Produto Financeiro Complexo Designação Classificação Caracterização do Produto Caixa Euroinvest novembro 2017_PFC Produto Financeiro Complexo Depósito Indexado Depósito indexado pelo prazo de 3 anos, não mobilizável antecipadamente,

Leia mais

PROSPECTO INFORMATIVO Depósito Indexado - Produto Financeiro Complexo

PROSPECTO INFORMATIVO Depósito Indexado - Produto Financeiro Complexo Designação Caixa TOP Rock 2017_PFC Classificação Produto Financeiro Complexo Depósito Indexado Caracterização do Produto Garantia de Capital O Caixa TOP Rock 2017 é um depósito indexado não mobilizável

Leia mais

PARTE A TERMOS CONTRATUAIS

PARTE A TERMOS CONTRATUAIS 20 de Fevereiro de 2012 CONDIÇÕES FINAIS Banco Comercial Português, S.A. (o Banco ou o Emitente ), Emissão de EUR 7.750.000 Valores Mobiliários Millennium Rendimento Especial 180, Agosto 2012 - com vencimento

Leia mais

RELATÓRIO & CONTAS Liquidação

RELATÓRIO & CONTAS Liquidação Fundo Especial de Investimento Aberto CAIXA FUNDO RENDIMENTO FIXO IV (em liquidação) RELATÓRIO & CONTAS Liquidação RELATÓRIO DE GESTÃO DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS RELATÓRIO DO AUDITOR EXTERNO CAIXAGEST Técnicas

Leia mais

PROSPECTO SIMPLIFICADO

PROSPECTO SIMPLIFICADO Tipo e Duração Entidade Gestora Consultores de Investimento Banco Depositário Entidades Comercializadores Auditor Entidade de Supervisão do Fundo Objectivos do Fundo Política de Investimento Risco Associado

Leia mais

PROSPETO INFORMATIVO Depósito Indexado - Produto Financeiro Complexo

PROSPETO INFORMATIVO Depósito Indexado - Produto Financeiro Complexo Designação Classificação Caracterização do Produto Garantia de Capital Caixa Brent Up agosto 2016_PFC Produto Financeiro Complexo Depósito Indexado O Caixa Brent Up agosto 2016 é um depósito indexado não

Leia mais

PROSPECTO INFORMATIVO Depósito Indexado - Produto Financeiro Complexo

PROSPECTO INFORMATIVO Depósito Indexado - Produto Financeiro Complexo Designação Classificação Caracterização do Produto Garantia de Capital Caixa Eurovalor USD agosto 2018_PFC Produto Financeiro Complexo Depósito Indexado Depósito indexado pelo prazo de 2 anos, não mobilizável

Leia mais

PROSPETO INFORMATIVO Depósito Indexado - Produto Financeiro Complexo

PROSPETO INFORMATIVO Depósito Indexado - Produto Financeiro Complexo Designação Classificação Taxa USD Mix III abril 2018_PFC Produto Financeiro Complexo Depósito Indexado O Taxa USD Mix III abril 2018 é um depósito indexado não mobilizável antecipadamente, pelo prazo de

Leia mais

PROSPECTO INFORMATIVO Depósito Indexado - Produto Financeiro Complexo

PROSPECTO INFORMATIVO Depósito Indexado - Produto Financeiro Complexo Designação Classificação Caracterização do Produto Caixa Triplo Potencial setembro 2016_PFC Produto Financeiro Complexo Depósito Indexado O Caixa Triplo Potencial setembro 2016 é um depósito indexado não

Leia mais

Fundo Especial de Investimento CA RENDIMENTO CRESCENTE Registado na CMVM sob o nº 1238

Fundo Especial de Investimento CA RENDIMENTO CRESCENTE Registado na CMVM sob o nº 1238 Fundo Especial de Investimento CA RENDIMENTO CRESCENTE Registado na CMVM sob o nº 1238 RELATÓRIO DE ACTIVIDADE Fundo Especial de Investimento Aberto, com subscrições e resgates com periodicidade mínima

Leia mais

Prospecto Informativo - ATLANTICO GBPUSD Série I

Prospecto Informativo - ATLANTICO GBPUSD Série I Designação Classificação Caracterização do Produto ATLANTICO GBPUSD Série I Produto Financeiro Complexo Depósito Indexado Depósito não mobilizável antecipadamente, pelo prazo de 3 meses, denominado em

Leia mais

COMUNICADO AOS PARTICIPANTES DO FUNDO DE GESTÃO PASSIVA - FUNDO DE INVESTIMENTO ALTERNATIVO EM VALORES MOBILIÁRIOS FECHADO

COMUNICADO AOS PARTICIPANTES DO FUNDO DE GESTÃO PASSIVA - FUNDO DE INVESTIMENTO ALTERNATIVO EM VALORES MOBILIÁRIOS FECHADO Profile Sociedade Gestora de Fundos de Investimento Mobiliário, S.A. Sede Social Avenida José Malhoa, n.º 22, 2º, 1099 012 Lisboa Portugal T. (351) 213 816 200 F. (351) 213 816 201 Capital Social 2 000

Leia mais

PROSPETO INFORMATIVO Depósito Indexado - Produto Financeiro Complexo

PROSPETO INFORMATIVO Depósito Indexado - Produto Financeiro Complexo Designação Classificação Caracterização do Produto Garantia de Capital Caixa GBP Down junho 2017_PFC Produto Financeiro Complexo Depósito Indexado Depósito indexado não mobilizável antecipadamente, pelo

Leia mais

Preçário BANCO INVEST, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 01-Jun-17

Preçário BANCO INVEST, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 01-Jun-17 Preçário BANCO INVEST, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 01-Jun-17 O Preçário completo do Banco Invest, contém o Folheto de Comissões

Leia mais

Prospecto Informativo - ATLANTICO +Ouro Série I

Prospecto Informativo - ATLANTICO +Ouro Série I Designação Classificação Caracterização do Produto ATLANTICO +Ouro Série I Produto Financeiro Complexo Depósito Indexado Depósito não mobilizável antecipadamente, pelo prazo de 1 ano, denominado em Dólares

Leia mais

CAIXAGEST PRIVATE EQUITY *

CAIXAGEST PRIVATE EQUITY * Referência: PTYME4LE0005_20101221 PROSPECTO SIMPLIFICADO CAIXAGEST PRIVATE EQUITY * Fundo Especial de Investimento Aberto Última actualização: 21 de Dezembro de 2010 Constituído em Portugal em 22 de Dezembro

Leia mais

PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO DOCUMENTO INFORMATIVO EUR BES PSI20 2012-2015 NOTES

PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO DOCUMENTO INFORMATIVO EUR BES PSI20 2012-2015 NOTES PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO DOCUMENTO INFORMATIVO EUR BES PSI20 2012-2015 NOTES Advertências ao investidor: Impossibilidade de solicitação de reembolso antecipado por parte do Investidor Risco de crédito

Leia mais

PROSPECTO SIMPLIFICADO

PROSPECTO SIMPLIFICADO Mod. Versão 65.03 Informação actualizada a: 20/04/2011 Designação Comercial: Fidelity Poupança Colaboradores Data de início de Comercialização: 01/11/2007 Empresa de Seguros Entidade Comercializadora Autoridades

Leia mais

PPR ÚNICO - 12ª Série

PPR ÚNICO - 12ª Série 1 TIPO DE CLIENTE Particulares, Profissionais Liberais e Empresas. SEGMENTO-ALVO Destina-se essencialmente a Clientes, com perfil conservador, que privilegiam a garantia de rendimento e capital investido

Leia mais

PROSPETO INFORMATIVO EUR NB DUAL BANCA EUROPEIA PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

PROSPETO INFORMATIVO EUR NB DUAL BANCA EUROPEIA PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO PROSPETO INFORMATIVO EUR NB DUAL BANCA EUROPEIA 2017-2019 PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Designação EUR NB DUAL BANCA EUROPEIA 2017-2019 Classificação Caracterização do produto Garantia de Capital Garantia

Leia mais

REAL PPR Informações Pré-Contratuais

REAL PPR Informações Pré-Contratuais TIPO DE CLIENTE Particulares, Profissionais Liberais e Empresas. SEGMENTO-ALVO Destina-se a fomentar a poupança para constituição de um complemento de reforma, direccionado para Clientes com idade inferior

Leia mais

PROSPECTO INFORMATIVO Depósito Indexado - Produto Financeiro Complexo

PROSPECTO INFORMATIVO Depósito Indexado - Produto Financeiro Complexo Designação Classificação Caracterização do Produto Garantia de Capital Caixa Oil Down julho 2015_PFC Produto Financeiro Complexo Depósito Indexado O Caixa Oil Down julho 2015 é um depósito indexado não

Leia mais

PROSPETO INFORMATIVO EUR NB DUAL BULLISH IBEX II PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

PROSPETO INFORMATIVO EUR NB DUAL BULLISH IBEX II PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO PROSPETO INFORMATIVO EUR NB DUAL BULLISH IBEX II 2017-2019 PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Designação EUR NB DUAL BULLISH IBEX II 2017-2019 Classificação Caracterização do produto Garantia de Capital Garantia

Leia mais

Prospecto Informativo - ATLANTICO EURUSD&CRUDE HYBRID Série I

Prospecto Informativo - ATLANTICO EURUSD&CRUDE HYBRID Série I Designação Classificação Caracterização do Produto Garantia de Capital Garantia de Remuneração Factores de Risco Instrumentos ou Variáveis Subjacentes ou Associados ATLANTICO EURUSD&CRUDE HYBRID Série

Leia mais

Prospecto Informativo - ATLANTICO USD Opportunity

Prospecto Informativo - ATLANTICO USD Opportunity Designação Classificação Caracterização do Produto ATLANTICO USD Opportunity Produto Financeiro Complexo Depósito Indexado Depósito não mobilizável antecipadamente, pelo prazo de 6 meses, denominado em

Leia mais

PROSPECTO INFORMATIVO Depósito Indexado - Produto Financeiro Complexo Referência: 403xxx_

PROSPECTO INFORMATIVO Depósito Indexado - Produto Financeiro Complexo Referência: 403xxx_ Designação Classificação Caixa Ourinvest Up fevereiro 2015_PFC Produto Financeiro Complexo Depósito Indexado O Caixa Ourinvest Up fevereiro 2015 é um depósito indexado não mobilizável antecipadamente,

Leia mais

PROSPETO INFORMATIVO Depósito Indexado - Produto Financeiro Complexo

PROSPETO INFORMATIVO Depósito Indexado - Produto Financeiro Complexo Designação Classificação Caracterização do Produto Garantia de Capital Caixa JPY Down agosto 2017_PFC Produto Financeiro Complexo Depósito Indexado Depósito indexado, pelo prazo de 1 ano, não mobilizável

Leia mais

Prospecto Informativo - ATLANTICO CNH New Opportunity Série I

Prospecto Informativo - ATLANTICO CNH New Opportunity Série I Designação Classificação Caracterização do Produto Garantia de Capital Garantia de Remuneração Factores de Risco Instrumentos ou Variáveis Subjacentes ou Associados Perfil de Cliente Recomendado ATLANTICO

Leia mais

PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO DOCUMENTO INFORMATIVO EUR BES EXPOSIÇÃO PETRÓLEO NOTES

PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO DOCUMENTO INFORMATIVO EUR BES EXPOSIÇÃO PETRÓLEO NOTES PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO DOCUMENTO INFORMATIVO EUR BES EXPOSIÇÃO PETRÓLEO 2012-2015 NOTES Advertências ao investidor: Impossibilidade de solicitação de reembolso antecipado por parte do Investidor Risco

Leia mais

ATLANTICO Paridade EUR/USD

ATLANTICO Paridade EUR/USD Designação Classificação Caracterização do Produto Garantia de Capital Garantia de Remuneração Factores de Risco Instrumentos ou Variáveis Subjacentes ou Associados Perfil de Cliente recomendado ATLANTICO

Leia mais

PROSPECTO INFORMATIVO Depósito Indexado - Produto Financeiro Complexo

PROSPECTO INFORMATIVO Depósito Indexado - Produto Financeiro Complexo Designação Classificação Caixa Tripla Oportunidade junho 2018_PFC Produto Financeiro Complexo Depósito Indexado Depósito indexado pelo prazo de 3 anos, não mobilizável antecipadamente, denominado em euros,

Leia mais

Ou seja, na data de maturidade, o valor garantido por unidade de participação será aquele que resulta da aplicação da seguinte fórmula:

Ou seja, na data de maturidade, o valor garantido por unidade de participação será aquele que resulta da aplicação da seguinte fórmula: 1.Tipo e Duração 2.Entidade Gestora 3.Consultores de Fundo de Capital Garantido Aberto, constituído em Portugal. A sua constituição foi autorizada pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, em 12/

Leia mais

Advertências Específicas ao Investidor

Advertências Específicas ao Investidor TODOS OS INVESTIMENTOS TÊM RISCO PLANO FINANCEIRO MENSAL SETEMBRO 2013 - ICAE NÃO NORMALIZADO Instrumento de Captação de Aforro Estruturado (Não Normalizado) Contrato de Seguro ligado a Fundo de Investimento

Leia mais

PROSPETO INFORMATIVO EUR NB DUAL EUROPA PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

PROSPETO INFORMATIVO EUR NB DUAL EUROPA PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO PROSPETO INFORMATIVO EUR NB DUAL EUROPA 2015-2019 PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Designação Depósito EUR NB DUAL EUROPA 2015-2019 Classificação Caracterização do produto Produto Financeiro Complexo Depósito

Leia mais

PPR ÚNICO - 3ª Série. Ficha de Produto. Plano Poupança Reforma

PPR ÚNICO - 3ª Série. Ficha de Produto. Plano Poupança Reforma Plano Poupança Reforma Tipo de Cliente Particulares, Profissionais Liberais e Empresas. Descrição O PPR Único - 3ª Série é um Plano de Poupança Reforma, que se destina a fomentar poupanças para constituição

Leia mais

Prospecto Informativo Invest Range Accrual WTI Crude 1M (Ser. 10/7)

Prospecto Informativo Invest Range Accrual WTI Crude 1M (Ser. 10/7) Prospecto Informativo Invest Range Accrual WTI Crude 1M (Ser. 10/7) Dezembro de 2010 Designação: Invest Range Accrual WTI Crude 1M (Ser. 10/7) Classificação: Caracterização do Produto: Garantia de Capital:

Leia mais

PREÇÁRIO DE VALORES MOBILIÁRIOS

PREÇÁRIO DE VALORES MOBILIÁRIOS Informações Gerais Na contratação de serviços de investimento em valores mobiliários, os investidores não qualificados devem analisar atentamente o preçário para calcular os encargos totais previsíveis

Leia mais

Prospecto Informativo - ATLANTICO Bear USD Série I

Prospecto Informativo - ATLANTICO Bear USD Série I Designação Classificação Caracterização do Produto ATLANTICO Bear USD Série I Produto Financeiro Complexo Depósito Indexado Depósito não mobilizável antecipadamente, pelo prazo de 18 meses (540 dias),

Leia mais

BPI MATÉRIAS-PRIMAS 09-12

BPI MATÉRIAS-PRIMAS 09-12 BPI MATÉRIAS-PRIMAS 9-12 Produto Financeiro Complexo CONTEXTO: O preço das mercadorias no médio/longo prazo é determinado pela relação entre a oferta (produção, reservas disponíveis, ) e a procura (consumo,

Leia mais

PROSPECTO SIMPLIFICADO

PROSPECTO SIMPLIFICADO Mod. Versão 65.02 Informação actualizada a: 14/07/2010 Designação Comercial: Fidelity Poupança Data de início de Comercialização: 01/11/2007 Empresa de Seguros Entidade Comercializadora Autoridades de

Leia mais

Prospecto Informativo Invest Selecção Portugal (Ser. 13/1)

Prospecto Informativo Invest Selecção Portugal (Ser. 13/1) Prospecto Informativo Invest Selecção Portugal (Ser. 13/1) Fevereiro de 2013 Designação: Invest Selecção Portugal (Ser. 13/1) Classificação: Caracterização do Depósito: Garantia de Capital: Garantia de

Leia mais

AVISO DE FUSÃO DE FUNDOS

AVISO DE FUSÃO DE FUNDOS GNB Sociedade Gestora de Fundos de Investimento Mobiliário, SA. Sede: Av. Alvares Cabral n.º 41, Lisboa CRCL / Pessoa Colectiva n.º 501882618 Capital Social: 3.000.000 EUR AVISO DE FUSÃO DE S Nos termos

Leia mais

LEVE PPR Opções de Investimento LEVE UNI (PPR), LEVE DUO (PPR), LEVE TRI (PPR ACÇÕES - ICAE) / (PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO)

LEVE PPR Opções de Investimento LEVE UNI (PPR), LEVE DUO (PPR), LEVE TRI (PPR ACÇÕES - ICAE) / (PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO) PROSPECTO SIMPLIFICADO (actualizado a 30 de Abril de 2010) LEVE PPR Opções de Investimento LEVE UNI (PPR), LEVE DUO (PPR), LEVE TRI (PPR ACÇÕES - ICAE) / (PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO) Data de início de

Leia mais

PROSPECTO SIMPLIFICADO PPR POUPANÇA ACTIVA BES FUTURO

PROSPECTO SIMPLIFICADO PPR POUPANÇA ACTIVA BES FUTURO Informação actualizada a: 01/01/2008 Designação Comercial: PPR Poupança Activa BES Futuro Data início de Comercialização: 15/05/ Empresa de Seguros, Sociedade Anónima com endereço da sede social na Av.

Leia mais

Depósito Indexado Valor Espanha Produto Financeiro Complexo

Depósito Indexado Valor Espanha Produto Financeiro Complexo - Prospecto Informativo - Designação Classificação Valor Espanha (doravante referido por o Depósito ). Depósito Indexado Caracterização do Produto Garantia de Capital Garantia de Remuneração Factores de

Leia mais

DOCUMENTO INFORMATIVO

DOCUMENTO INFORMATIVO DOCUMENTO INFORMATIVO Brazilian Real Notes III a emitir pelo Espirito Santo Investment p.l.c. ao abrigo do seu 2,500,000,000 Euro Medium Term Note Programme ISIN: XS0828615210 PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

Leia mais

PROSPETO INFORMATIVO EUR NB DUAL GRANDES ÍNDICES PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

PROSPETO INFORMATIVO EUR NB DUAL GRANDES ÍNDICES PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO PROSPETO INFORMATIVO EUR NB DUAL GRANDES ÍNDICES 2017-2019 PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Designação EUR NB DUAL GRANDES ÍNDICES 2017-2019 Classificação Caracterização do produto Garantia de Capital Garantia

Leia mais

PROSPECTO SIMPLIFICADO POUPANÇA VIDA BES (I.C.A.E.) PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

PROSPECTO SIMPLIFICADO POUPANÇA VIDA BES (I.C.A.E.) PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Mod. Versão: 42.00 Informação actualizada a: 31/07/2009 Designação Comercial: Poupança Vida BES Data início de Comercialização: 24/08/2009 Empresa de Seguros Entidades Comercializadoras Autoridades de

Leia mais

DIA OBRIGAÇÕES IMPRESSOS LOCAL DE ENTREGA LOCAL DE PAGAMENTO OBSERVAÇÕES. Internet

DIA OBRIGAÇÕES IMPRESSOS LOCAL DE ENTREGA LOCAL DE PAGAMENTO OBSERVAÇÕES. Internet Outubro 22 22 22 IVA 22 IVA IVA IRS/IRC/Selo relativas a Setembro de Pagamento das contribuições relativas a Setembro de Selo, referentes a Setembro de Setembro de Envio de declaração recapitulativa trimestral

Leia mais

REGULAMENTO Nº XX /2008. Informação e publicidade sobre produtos financeiros complexos sujeitos à supervisão da CMVM

REGULAMENTO Nº XX /2008. Informação e publicidade sobre produtos financeiros complexos sujeitos à supervisão da CMVM REGULAMENTO Nº XX /2008 Informação e publicidade sobre produtos financeiros complexos sujeitos à supervisão da CMVM 1. O Decreto-Lei nº 211-A/2008, de 3 de Novembro, estabeleceu um regime de informação

Leia mais

CALENDÁRIO DAS OBRIGAÇÕES FISCAIS E DE SEGURANÇA SOCIAL JULHO 2016

CALENDÁRIO DAS OBRIGAÇÕES FISCAIS E DE SEGURANÇA SOCIAL JULHO 2016 CALENDÁRIO DAS OBRIGAÇÕES FISCAIS E DE SEGURANÇA SOCIAL JULHO 2016 Até 10/07/2016 Envio da Declaração periódica acompanhada dos anexos que se mostrem devidos, pelos contribuintes do regime normal mensal,

Leia mais

Anexo à Instrução nº 15/98 CLASSE 2 APLICAÇÕES

Anexo à Instrução nº 15/98 CLASSE 2 APLICAÇÕES Anexo à Instrução nº 15/98 CLASSE 2 APLICAÇÕES Nesta classe estão incluídos todos os valores representativos do conjunto da actividade creditícia, as aplicações em títulos que não sejam imobilizações financeiras

Leia mais

PROSPETO INFORMATIVO EUR NB DUAL PETRÓLEO PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

PROSPETO INFORMATIVO EUR NB DUAL PETRÓLEO PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO PROSPETO INFORMATIVO EUR NB DUAL PETRÓLEO 2016-2018 PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Designação EUR NB DUAL PETRÓLEO 2016-2018 Classificação Caracterização do produto Produto Financeiro Complexo Depósito Dual

Leia mais

ANÚNCIO DE E DE REDUÇÃO DE CAPITAL NO MONTANTE DE SUJEITA AINDA A DELIBERAÇÃO DA ASSEMBLEIA GERAL DA SOCIEDADE COMERCIAL OREY ANTUNES, S.A.

ANÚNCIO DE E DE REDUÇÃO DE CAPITAL NO MONTANTE DE SUJEITA AINDA A DELIBERAÇÃO DA ASSEMBLEIA GERAL DA SOCIEDADE COMERCIAL OREY ANTUNES, S.A. Sociedade Comercial Orey Antunes, S.A. Sociedade Aberta Rua Carlos Alberto da Mota Pinto, n.º 17-6º andar, 1070-313 Lisboa Capital Social: EUR 13.750.000,00 Com o nº único de Matrícula e de Pessoa Colectiva

Leia mais

Não dispensa a consulta do Diário da República Imojuris. Todos os direitos reservados.

Não dispensa a consulta do Diário da República Imojuris. Todos os direitos reservados. REGIME ESPECIAL APLICÁVEL AOS FUNDOS DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO PARA ARRENDAMENTO HABITACIONAL E ÀS SOCIEDADES DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO PARA ARRENDAMENTO HABITACIONAL Aprovado pelos artigos 102.º a

Leia mais

GRADUAL MULTIESTRATÉGIA FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO (Administrado pela Gradual C.C.T.V.M. S/A)

GRADUAL MULTIESTRATÉGIA FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO (Administrado pela Gradual C.C.T.V.M. S/A) (Administrado pela Gradual C.C.T.V.M. S/A) NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS PARA O EXERCÍCIO FINDO EM 31 DE DEZEMBRO DE 2010 E 2009 (Valores em R$ mil, exceto o valor unitário das cotas) 1.

Leia mais

EMPRESA DE SEGUROS. Sucursais do Banco Comercial Português (Millennium bcp)

EMPRESA DE SEGUROS. Sucursais do Banco Comercial Português (Millennium bcp) Prospecto Simplificado (Actualizado em 10 de Março de 2010) Investidor Global Seguro Data de início de comercialização: 22 de Outubro de 2007 Produto Financeiro Complexo EMPRESA DE SEGUROS Ocidental Companhia

Leia mais

Prospecto Informativo - ATLANTICO Crude Momentum Série II

Prospecto Informativo - ATLANTICO Crude Momentum Série II Designação Classificação Caracterização do Produto Garantia de Capital Garantia de Remuneração Factores de Risco Instrumentos ou Variáveis Subjacentes ou Associados ATLANTICO Crude Momentum Série II Produto

Leia mais

Calendário das Obrigações Fiscais e Parafiscais para o mês de MAIO DE 2015

Calendário das Obrigações Fiscais e Parafiscais para o mês de MAIO DE 2015 Calendário das Obrigações Fiscais e Parafiscais para o mês de MAIO DE 2015 OBRIGAÇÕES RELATIVAS AO IMPOSTO SOBRE O RENDIMENTO DAS PESSOAS SINGULARES (IRS) E IMPOSTO SOBRE O RENDIMENTO DAS PESSOAS COLETIVAS

Leia mais

Preçário DE LAGE LANDEN INTERNATIONAL, B.V. - SUCURSAL EM PORTUGAL SUCURSAL

Preçário DE LAGE LANDEN INTERNATIONAL, B.V. - SUCURSAL EM PORTUGAL SUCURSAL Preçário DE LAGE LANDEN INTERNATIONAL, B.V. - SUCURSAL EM PORTUGAL SUCURSAL Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 26-ago-2016 O Preçário

Leia mais

PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Um investimento responsável exige que conheça as suas implicações e que esteja disposto a aceitá-las Notes db Rendimento USD Jun 2025 ISIN: XS0461356874 Emitente: Deutsche Bank

Leia mais

Comissão Mercados e Valores Mobiliários. Existe a possibilidade de perda do montante investido.

Comissão Mercados e Valores Mobiliários. Existe a possibilidade de perda do montante investido. Mod. Versão 90-15 Informação actualizada a: 01/04/2012 Designação Comercial: Capital Poupança Activa (I.C.A.E.) Data início de Comercialização: 02/01/2006 Data fim de Comercialização: em comercialização

Leia mais

PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Um investimento responsável exige que conheça as suas implicações e que esteja disposto a aceitá-las

PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Um investimento responsável exige que conheça as suas implicações e que esteja disposto a aceitá-las PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Um investimento responsável exige que conheça as suas implicações e que esteja disposto a aceitá-las Notes db Rendimento Portugal Telecom Finance 2020 - Credit Linked Note ISIN:

Leia mais

CAPÍTULO 7. Anexo. Nota 1

CAPÍTULO 7. Anexo. Nota 1 CAPÍTULO 7 Aneo As contas dos fundos devem dar uma imagem verdadeira e apropriada da sua situação financeira e dos resultados das operações. Ao proporcionarem uma informação de grande síntese, a simples

Leia mais

DOCUMENTO INFORMATIVO EUR NOTES BES 3 ANOS EMPRESAS MULTINACIONAIS JULHO 2010 PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

DOCUMENTO INFORMATIVO EUR NOTES BES 3 ANOS EMPRESAS MULTINACIONAIS JULHO 2010 PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Advertências ao investidor: Remuneração não garantida DOCUMENTO INFORMATIVO EUR NOTES BES 3 ANOS EMPRESAS MULTINACIONAIS JULHO 2010 PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Impossibilidade de reembolso antecipado por

Leia mais

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Um investimento responsável exige que conheça as suas implicações e que esteja disposto a aceitá-las. TODOS OS INVESTIMENTOS TÊM RISCO

Leia mais

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE TÉCNICOS DE CONTABILIDADE

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE TÉCNICOS DE CONTABILIDADE MAPA DE OBRIGAÇÕES FISCAIS E PARAFISCAIS DE JULHO 2016 Dia 11: IVA: Envio da declaração mensal referente ao mês de maio 2016 e anexos. IRS/IRC/SEGURANÇA SOCIAL: Declaração de rendimentos pagos e de retenções,

Leia mais

CA IMOBILIÁRIO Fundo Especial de Investimento Imobiliário Aberto

CA IMOBILIÁRIO Fundo Especial de Investimento Imobiliário Aberto Prospecto Atualizado em 24 de Abril de 2013 DENOMINAÇÃO DO FUNDO INÍCIO DE ACTIVIDADE 01/09/2005 ENTIDADE GESTORA BANCO DEPOSITÁRIO CA IMOBILIÁRIO Square Asset Management, com sede na Rua Tierno Galvan,

Leia mais

Não aplicável (conta não remunerada). Não aplicável (conta não remunerada).

Não aplicável (conta não remunerada). Não aplicável (conta não remunerada). Referência: 400016_NOK_20170701_001 DEPÓSITOS À ORDEM MOEDA ESTRANGEIRA Designação Depósitos à Ordem Moeda Estrangeira Condições de acesso Modalidade Clientes pessoas singulares Clientes pessoas coletivas

Leia mais

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Um investimento responsável exige que conheça as suas implicações e que esteja disposto a aceitá-las. Produto: BPI ESPANHA ITÁLIA USD

Leia mais

Informações Fundamentais ao Investidor

Informações Fundamentais ao Investidor Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Um investimento responsável exige que conheça as suas implicações e que esteja disposto a aceitá-las BiG ETF Itália Entidade Emitente:

Leia mais

PROSPECTO OIC / Fundo

PROSPECTO OIC / Fundo PROSPECTO OIC / Fundo Popular Tesouraria Fundo de Investimento Mobiliário Aberto 4 de Dezembro de 2015 A autorização do Fundo pela CMVM baseia-se em critérios de legalidade, não envolvendo por parte desta

Leia mais

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Um investimento responsável exige que conheça as suas implicações e que esteja disposto a aceitá-las. TODOS OS INVESTIMENTOS TÊM RISCO

Leia mais

IMPOSTO SOBRE O RENDIMENTO DAS PESSOAS SINGULARES (IRS)

IMPOSTO SOBRE O RENDIMENTO DAS PESSOAS SINGULARES (IRS) ALTERAÇÕES AO IRS, IRC, IMPOSTO DO SELO E LGT A Lei 55-A/2012, de 29 de Outubro introduziu alterações relevantes no Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Singulares (IRS), Imposto sobre o Rendimento das

Leia mais

CAPÍTULO 7 Anexo. Nota 1

CAPÍTULO 7 Anexo. Nota 1 CAPÍTULO 7 Aneo As contas dos fundos devem dar uma imagem verdadeira e apropriada da sua situação financeira e dos resultados das operações. Ao proporcionarem uma informação de grande síntese, a simples

Leia mais

Depósito Indexado Participação Euro-Dividendos abril/17 EUR Produto Financeiro Complexo. - Prospeto Informativo -

Depósito Indexado Participação Euro-Dividendos abril/17 EUR Produto Financeiro Complexo. - Prospeto Informativo - Depósito Indexado Participação Euro-Dividendos abril/17 EUR Produto Financeiro Complexo - Prospeto Informativo - Designação Classificação Caraterização do Produto Participação Euro-Dividendos abril/17

Leia mais

Prospeto Informativo Depósito Indexado Montepio Cabaz Ibérico Produto Financeiro Complexo

Prospeto Informativo Depósito Indexado Montepio Cabaz Ibérico Produto Financeiro Complexo Prospeto Informativo Depósito Indexado Montepio Cabaz Ibérico Produto Financeiro Complexo Designação Classificação Caracterização do Produto Garantia de Capital Garantia de Remuneração Depósito Indexado

Leia mais

Pertence ao Grupo Banco Espírito Santo S.A. e ao Grupo Crédit Agricole S.A. Entidades Comercializadoras

Pertence ao Grupo Banco Espírito Santo S.A. e ao Grupo Crédit Agricole S.A. Entidades Comercializadoras Mod. Versão 90-30 Informação actualizada a: 01/04/2011 Designação Comercial: Plano BES Júnior Capitalização (I.C.A.E.) Período de Comercialização: 10/04/2006 Data fim de Comercialização: 03/2007 Empresa

Leia mais

Condições Particulares de Comercialização Banco de Investimento Global, S.A. NORDEA 1 - JULHO

Condições Particulares de Comercialização Banco de Investimento Global, S.A. NORDEA 1 - JULHO Condições Particulares de Comercialização Banco de Investimento Global, S.A. NORDEA 1 - JULHO 2014 - Identificação da Entidade Comercializadora O Banco de Investimento Global (de ora em diante a Entidade

Leia mais

Preçário BANCO PRIVADO ATLANTICO - EUROPA, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor:

Preçário BANCO PRIVADO ATLANTICO - EUROPA, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: Preçário BANCO PRIVADO ATLANTICO - EUROPA, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 20-jul-16 O Preçário completo do Banco Privado Atlântico Europa, S.A., contém o Folheto

Leia mais

Produto Financeiro Complexo

Produto Financeiro Complexo Produto Financeiro Complexo Documento Informativo Montepio TIMBI Leverage 2012/2015 ao abrigo do Programa de Emissão de Obrigações de Caixa e de Valores Mobiliários de Natureza Monetária Representativos

Leia mais

Boletim periódico Unit Linked DB Vida

Boletim periódico Unit Linked DB Vida Zurich Companhia Seguros Vida, S.A. Boletim periódico Unit Linked DB Vida Atualizado a 09-04-2013 Unit Linked DB Vida O Unit Linked DB Vida é um produto financeiro complexo, comercializado no âmbito da

Leia mais

PROSPETO INFORMATIVO Depósito Indexado - Produto Financeiro Complexo

PROSPETO INFORMATIVO Depósito Indexado - Produto Financeiro Complexo Designação Classificação Caixa Ouro outubro 2017_PFC Produto Financeiro Complexo Depósito Indexado Depósito indexado pelo prazo de 1 ano, não mobilizável antecipadamente. Depósito denominado em Euros,

Leia mais