ANEXO I OFÍCIO DE ENCAMINHAMENTO DA PRESTAÇÃO DE CONTAS Nº DO CONVÊNIO:

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ANEXO I OFÍCIO DE ENCAMINHAMENTO DA PRESTAÇÃO DE CONTAS Nº DO CONVÊNIO:"

Transcrição

1 ANEXO I OFÍCIO DE ENCAMINHAMENTO DA PRESTAÇÃO DE CONTAS Nº DO CONVÊNIO: Ofício nº /2015 Uberaba/MG, de de 2015 Ilmo(a). Sr (a), Encaminho à V. Sa., documentação comprobatória da prestação de contas, composta dos anexos, referentes ao convênio firmado entre a FUNDAÇÃO CULTURAL DE UBERABA, CNPJ nº / e o Empreendedor, inscrito no CPF:. Coloco-me à disposição de V. Sª para quaisquer informações adicionais. Atenciosamente, Empreendedor: Projeto: CA: 1/24

2 CONTATO RESPONSÁVEL PELA ELABORAÇÃO DA PRESTAÇÃO DE CONTAS Nome contato: Telefones: ( ) Endereço: Bairro: CEP: 2/24

3 ANEXO II CONCILIAÇÃO BANCÁRIA Empreendedor Nº do Convênio CNPJ / CPF MOVIMENTAÇÃO Nome do Banco Nº do Banco Nome/Nº da Agência Nº da Conta VALOR EM R$ Saldo conforme extrato bancário em / / 3/24

4 Menos depósito não contabilizado Mais depósito não acusado pelo banco Menos documentos não compensados conforme relação abaixo: Saldo conciliado conforme controle do Empreendedor RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NÃO COMPENSADOS Cheque / Outros Data Emissão Favorecido Valor em R$ 4/24

5 TOTAL Uberaba/MG, de de Nome CPF: Responsável pelo preenchimento Empreendedor: CPF: Convênio: NOTA: ANEXAR EXTRATOS BANCÁRIOS NO PERÍODO ABRANGIDO PELA PRESTAÇÃO DE CONTAS 5/24

6 ANEXO III DEMONSTRATIVO DE EXECUÇÃO DE RECEITA E DESPESA Empreendedor Nº do Convênio CNPJ / CPF MOVIMENTAÇÃO Receita Valor em R$ Despesa Valor em R$ Recursos Recebidos Rendimentos de Aplicação Financeira Despesas realizadas conforme relação de pagamentos - anexo V Despesas realizadas - Recursos Próprios 6/24

7 Recursos Próprios Saldo (recolhido / recolher) TOTAL TOTAL Uberaba/MG, de de Nome CPF: Responsável pelo preenchimento Empreendedor: CPF: Convênio: 7/24

8 ANEXO IV CÓPIA DO CHEQUE Empreendedor Nº do Convênio CNPJ / CPF Agência Nº Conta Nº Cheque Nº A favor de: Pagamento referente à Rubrica Nº CÓPIA DO CHEQUE (colar cópia do cheque emitido ou inserir o seu scanner em jpg.) 8/24

9 NOTA: ANEXAR DOCUMENTO FISCAL REFERENTE AO PAGAMENTO DESCRITO 9/24

10 ANEXO V RELAÇÃO DE PAGAMENTOS Empreendedor Nº do Convênio CNPJ / CPF Origem dos Recursos: 1 Concedente, 2 Empreendedor, 3 Outros Nº de Ordem Origem Recursos Credor CPF / CPNJ Comprovante de Despesas Espécie Nº Data Nº Cheque Valor em R$ 10/24

11 TOTAL 11/24

12 Uberaba/MG, de de Nome CPF: Responsável pelo preenchimento Empreendedor: CPF: Convênio: Convênio: 12/24

13 ANEXO VI RELATÓRIO DE EXECUÇÃO FÍSICO FINANCEIRA Empreendedor Nº do Convênio CNPJ / CPF Período: / / a / / Valor Recebido: META FASE DESCRIÇÃO UNID. QUANT. PROG. QUANT. EXEC. VALOR PROG. R$ VALOR EXECUTADOR$ CONCEDENTE EMPREENDEDOR OUTROS SALDO R$ 13/24

14 TOTAIS Uberaba/MG, de de /24

15 Nome CPF: Responsável pelo preenchimento Empreendedor: CPF: Convênio: Convênio: 15/24

16 ANEXO VII RELAÇÃO DE BENS PERMAMENTES ADQUIRIDOS, CONTRUÍDOS OU PRODUZIDOS Empreendedor Nº do Convênio CNPJ / CPF Origem dos Recursos: 1 Concedente, 2 Empreendedor, 3 Outros Nº de Ordem Data Quant. Unidade Descrição do Objeto Origem dos Recursos Unitário Valor em R$ Total 16/24

17 Uberaba/MG, de de /24

18 Nome: CPF: Responsável pelo preenchimento Empreendedor: CPF: Convênio: 18/24

19 ANEXO VIII RELATÓRIO FOTOGRÁFICO DE BENS PERMAMENTES ADQUIRIDOS, CONTRUÍDOS OU PRODUZIDOS Empreendedor Nº do Convênio CNPJ / CPF Objeto: Data da Fotografia: Onde se encontra o objeto: FOTOGRAFIA 19/24

20 ANEXO IX COMPROVANTE DE RECOLHIMENTO DE EVENTUAL SALDO DE RECURSOS Empreendedor Nº do Convênio CNPJ / CPF CÓPIA DO CHEQUE 20/24

21 CÓPIA DO COMPROVANTE DE TRANSFERÊNCIA OU DEPÓSITO 21/24

22 ANEXO X RELATÓRIO DO CUMPRIMENTO DOS OBJETIVOS Empreendedor Nº do Convênio CNPJ / CPF 1. Descrever todas as ações para a execução da avença proposta; 2. As dificuldades e as soluções adotadas; 3. Objetivos estabelecidos e alcançados; 4. Justificar todas as alterações ou modificações implementadas; 5. Repercussão na comunidade e público atingido; abrangência cultural; 6. Divulgação do projeto nos meios de comunicação e como foi efetivado o crédito e inserção das marcas e símbolos da Prefeitura Municipal de Uberaba, Fundação Cultural de Uberaba FCU e do Fundo Municipal de Incentivo à Cultura FMIC nas peças promocionais; e. 7. Citar o recurso recebido e informar se o objeto foi totalmente, parcialmente ou não cumprido; 8. Observações necessárias (se for o caso). 22/24

23 (Relatório) Uberaba/MG, de de Empreendedor: 23/24

24 CPF: Convênio: 24/24

RELATÓRIO DA EXECUÇÃO FÍSICO-FINANCEIRA

RELATÓRIO DA EXECUÇÃO FÍSICO-FINANCEIRA PREENCHIMENTO DO ANEXO III RELATÓRIO DA EXECUÇÃO FÍSICO-FINANCEIRA FÍSICO: refere-se ao indicador físico da qualificação e quantificação do produto de cada meta e etapa executada e a executar. Não fazer

Leia mais

1 Solicitante do Auxílio Orientador-Pesquisador 2- N.º do Projeto. 3 - Tipo de Despesa. Relação do Material de Consumo.

1 Solicitante do Auxílio Orientador-Pesquisador 2- N.º do Projeto. 3 - Tipo de Despesa. Relação do Material de Consumo. ANEXO D PRESTAÇÃO DE CONTAS ENCAMINHAMENTO DE PRESTAÇÃO DE CONTAS IDENTIFICAÇÃO DO BENEFICIÁRIO Solicitante do Auxílio Orientador-Pesquisador CPF Endereço completo Telefone CEP Cidade UF E-MAIL FAX Tema

Leia mais

ENCAMINHAMENTO DE PRESTAÇÃO DE CONTAS IDENTIFICAÇÃO DO BENEFICIÁRIO MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA

ENCAMINHAMENTO DE PRESTAÇÃO DE CONTAS IDENTIFICAÇÃO DO BENEFICIÁRIO MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA ANEXO VI PRESTAÇÃO DE CONTAS Proponente Endereço completo ENCAMINHAMENTO DE PRESTAÇÃO DE CONTAS IDENTIFICAÇÃO DO BENEFICIÁRIO CPF Telefone CEP Cidade UF E-mail Fax Tema do Projeto Período de utilização

Leia mais

RELATÓRIO DE EXECUÇÃO FÍSICO-FINANCEIRO

RELATÓRIO DE EXECUÇÃO FÍSICO-FINANCEIRO RELATÓRIO DE EXECUÇÃO FÍSICO-FINANCEIRO INSTRUÇÕES PARA PREENCHIMENTO FÍSICO: refere-se ao indicador físico de qualificação e quantificação do produto de cada meta e etapa a executar e executada. 1. EXECUTOR:

Leia mais

Modelo de Prestação de Contas de Convênio com a SEPOF INSTRUÇÕES GERAIS

Modelo de Prestação de Contas de Convênio com a SEPOF INSTRUÇÕES GERAIS Modelo de Prestação de Contas de Convênio com a SEPOF INSTRUÇÕES GERAIS No momento da entrega da prestação de contas só será protocolado a prestação de contas que estiver completa com todos os itens obrigatórios

Leia mais

Estado de Mato Grosso Prefeitura Municipal de Alto Garças

Estado de Mato Grosso Prefeitura Municipal de Alto Garças PRESTAÇÃO DE CONTAS ANEXO II RELAÇÃO DE PAGAMENTOS Convênio nº: REC ITEM CREDOR CGC/CPF CH/OB DATA VALOR (R$ 1,00) Responsável pela Execução: INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO RELAÇÃO DE PAGAMENTOS Refere-se

Leia mais

ANEXO II INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO RELAÇÃO DE PAGAMENTOS GPC 01

ANEXO II INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO RELAÇÃO DE PAGAMENTOS GPC 01 ANEXO II INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO RELAÇÃO DE PAGAMENTOS GPC 01 Refere-se ao registro de pagamento das despesas efetuadas na execução do projeto, à conta de recursos do Executor e/ou do Concedente, devendo

Leia mais

PRESTAÇÃO DE CONTAS RELATÓRIO FÍSICO-FINANCEIRO

PRESTAÇÃO DE CONTAS RELATÓRIO FÍSICO-FINANCEIRO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE CACHOEIRINHA GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL UNIDADE CENTRAL DE CONTROLE INTERNO PRESTAÇÃO DE CONTAS RELATÓRIO FÍSICO-FINANCEIRO ANEXO II FORMULÁRIO A

Leia mais

PRESTAÇÃO DE CONTAS - PARCIAL OU FINAL

PRESTAÇÃO DE CONTAS - PARCIAL OU FINAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior Programa de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico Tel. : (061)214-8806 ou 225-3353

Leia mais

Encaminho a V. Sa., documentação da Prestação de Contas, composta dos anexos

Encaminho a V. Sa., documentação da Prestação de Contas, composta dos anexos ANEXO I (MODELO) OFÍCIO DE ENCAMINHAMENTO DA PRESTAÇÃO CONTAS CONVÊNIO Nº Ofício nº 001 / 2012. Senhor (a) Secretário (a) RECIFE, de JUNHO de 2012. Encaminho a V. Sa., documentação da Prestação de Contas,

Leia mais

E-mail Funtef-cp@utfpr.edu.br

E-mail Funtef-cp@utfpr.edu.br Anexo I Encaminhamento de Prestação de Contas Convênio nº 339/2012 1 - IDENTIFICAÇÃO DO PROPONENTE/BENEFICIÁRIO Beneficiário: Fundação de Apoio à Educação, Pesquisa e Desenvolvimento Científico e Tecnológico

Leia mais

MINISTÉRIO DO ESPORTE/Lei de Incentivo COAME-Coordenadoria de Acompanhamento e Monitoramento da Execução

MINISTÉRIO DO ESPORTE/Lei de Incentivo COAME-Coordenadoria de Acompanhamento e Monitoramento da Execução MINISTÉRIO DO ESPORTE/Lei de Incentivo COAME-Coordenadoria de Acompanhamento e Monitoramento da Execução PRESTAÇÃO DE CONTAS (v. 27 julho 09) 1) A Prestação de Contas deverá ser encaminhada por meio de

Leia mais

ANEXO I INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO DEMONSTRATIVO DA EXECUÇÃO DA RECEITA E DA DESPESA E DE PAGAMENTOS EFETUADOS

ANEXO I INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO DEMONSTRATIVO DA EXECUÇÃO DA RECEITA E DA DESPESA E DE PAGAMENTOS EFETUADOS ANEXO I INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO DEMONSTRATIVO DA EXECUÇÃO DA RECEITA E DA DESPESA E DE PAGAMENTOS EFETUADOS BLOCO 1 IDENTIFICAÇÃO CAMPO 01 Informar nome da Prefeitura Municipal (rua,

Leia mais

Roteiro para Prestação de Contas referente ao Programa de Patrocínios DME 2016.

Roteiro para Prestação de Contas referente ao Programa de Patrocínios DME 2016. 1 Roteiro para Prestação de Contas referente ao Programa de Patrocínios DME 2016. Formulários obrigatórios para Prestação de Contas PRESTAÇÃO DE CONTAS - PROJETOS INCENTIVADOS PELA DME E/OU SUAS SUBSIDIÁRIAS.

Leia mais

FORMULÁRIO DE PRESTAÇÃO DE CONTAS PROINFRA/IFCE -PRPI

FORMULÁRIO DE PRESTAÇÃO DE CONTAS PROINFRA/IFCE -PRPI PRESTAÇÃO DE CONTAS FORMULÁRIO DE PRESTAÇÃO DE CONTAS PROINFRA/IFCE -PRPI 1. A prestação de contas deve ser constituída dos seguintes documentos: a) Encaminhamento de Prestação de Contas Anexo I; b) Relação

Leia mais

BOAS PRÁTICAS NA APLICAÇÃO, FISCALIZAÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DE RECURSOS PÚBLICOS DE CONVÊNIOS

BOAS PRÁTICAS NA APLICAÇÃO, FISCALIZAÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DE RECURSOS PÚBLICOS DE CONVÊNIOS GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO AUDITORIA GERAL DO ESTADO BOAS PRÁTICAS NA APLICAÇÃO, FISCALIZAÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DE RECURSOS PÚBLICOS DE CONVÊNIOS APLICAÇÃO DE RECURSOS PÚBLICOS DE CONVÊNIOS

Leia mais

ANEXO I CADASTRO DO(A) ÓRGÃO/ENTIDADE E DO(A) DIRIGENTE

ANEXO I CADASTRO DO(A) ÓRGÃO/ENTIDADE E DO(A) DIRIGENTE ANEXO I CADASTRO DO(A) ÓRGÃO/ENTIDADE E DO(A) DIRIGENTE BLOCO 1- IDENTIFICAÇÃO DO(A) ÓRGÃO/ENTIDADE CAMPO 01 - CNPJ Informar o número de inscrição do(a) órgão/ entidade proponente (Secretaria de Educação

Leia mais

Manual de Prestação de Contas: Convênios Estaduais

Manual de Prestação de Contas: Convênios Estaduais D I R E T O R I A D E CONTRATOS E CONVÊNIOS M a n u a l d e P r e s t a ç ã o d e C o n t a s S e c r e t a r i a d e E s t a d o d e D e f e s a S o c i a l Manual de Prestação de Contas: Convênios Estaduais

Leia mais

CONVÊNIO DE COLABORAÇÃO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO E O INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO DE PASSO FUNDO - SOLIDARIEDADE - IDPF

CONVÊNIO DE COLABORAÇÃO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO E O INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO DE PASSO FUNDO - SOLIDARIEDADE - IDPF CONVÊNIO DE COLABORAÇÃO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO E O INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO DE PASSO FUNDO - SOLIDARIEDADE - IDPF 032/2014 - PGM O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO, pessoa jurídica

Leia mais

ANEXO IV ORIENTAÇÕES E FORMULÁRIOS PARA PRESTAÇÃO DE CONTAS

ANEXO IV ORIENTAÇÕES E FORMULÁRIOS PARA PRESTAÇÃO DE CONTAS ANEXO IV ORIENTAÇÕES E FORMULÁRIOS PARA PRESTAÇÃO DE CONTAS Em conformidade às competências do CAU/BR previstas na Lei nº 12.378/2010 e em seu Regimento Geral, são apoiados projetos que contribuem para

Leia mais

MANUAL DE PRESTAÇÃO DE CONTAS

MANUAL DE PRESTAÇÃO DE CONTAS MANUAL DE PRESTAÇÃO DE CONTAS LEI MURILO MENDES - EDIÇÃO 2010 Instruções para movimentação e prestação de contas de recursos recebidos Os responsáveis pelos projetos aprovados pela Lei Municipal de Incentivo

Leia mais

Fundo de Apoio à Cultura. Manual da Prestação de Contas 2014

Fundo de Apoio à Cultura. Manual da Prestação de Contas 2014 Fundo de Apoio à Cultura Manual da Prestação de Contas 2014 Secretaria de Cultura do DF Subsecretaria de Fomento Fundo de Apoio à Cultura Introdução Visando atender ao novo Decreto do FAC (34.785/2013),

Leia mais

Orientações Básicas. FAPERGS Edital 16/2013 TECNOVA/RS

Orientações Básicas. FAPERGS Edital 16/2013 TECNOVA/RS 1 FAPERGS Edital 16/2013 Orientações Básicas Execução Financeira dos Recursos de Subvenção Econômica FAPERGS Edital 16/2013 TECNOVA/RS 2 1. Regras Básicas Vedado alteração do objeto do Termo de Subvenção

Leia mais

LEI Nº 3604/2015, DE 19 DE MAIO DE 2015.

LEI Nº 3604/2015, DE 19 DE MAIO DE 2015. LEI Nº 3604/2015, DE 19 DE MAIO DE 2015. AUTORIZA O MUNICÍPIO CONCEDER CONTRIBUIÇÃO AO CLUBE DA MAIOR IDADE ALEGRIA DE VIVER, FIRMAR CONVÊNIO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O PREFEITO MUNICIPAL DE GUAPORÉ-RS

Leia mais

Solicitação de Saque do FGTS Pagamento a Residente no Exterior

Solicitação de Saque do FGTS Pagamento a Residente no Exterior 1 - Identificação do trabalhador Nome do Trabalhador Solicitação de Saque do FGTS Pagamento a Residente no Exterior PIS/PASEP CTPS Nº e Série Doc. identidade Data de nascimento / / CPF Endereço eletrônico

Leia mais

INFORMAÇÕES GERAIS 1- A

INFORMAÇÕES GERAIS 1- A INFORMAÇÕES GERAIS - A prestação de contas financeira consiste na comprovação das despesas realizadas com os recursos do convênio, de forma que fique clara a pertinência das mesmas com a Relação de Itens

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM SECRETARIA MUNICIPAL DA FAZENDA SUBSECRETARIA CONTÁBIL

PREFEITURA MUNICIPAL DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM SECRETARIA MUNICIPAL DA FAZENDA SUBSECRETARIA CONTÁBIL Fundo: 21/2009 Nome: Objeto: Vigência: PROGRAMA DE ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL - PETI - PVMC O programa de erradicação do Trabalho Infantil - PETI articula um conjunto de ações visando retirar crianças

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 20/2015, DE 20 DE ABRIL DE 2015.

PROJETO DE LEI Nº 20/2015, DE 20 DE ABRIL DE 2015. PROJETO DE LEI Nº 20/2015, DE 20 DE ABRIL DE 2015. AUTORIZA O MUNICÍPIO CONCEDER CONTRIBUIÇÃO AO GRUPO DA MELHOR IDADE PAZ E AMOR, FIRMAR CONVÊNIO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O PREFEITO MUNICIPAL DE GUAPORÉ-RS

Leia mais

Gestor - FNAS - Fundo Nacional de Assistência Social

Gestor - FNAS - Fundo Nacional de Assistência Social Gestor - FNAS - Fundo Nacional de Assistência Social O que é o FNAS - Fundo Nacional de Assistência Social? O FNAS, instituído pela Lei nº. 8.742, de 7 de dezembro de 1993, tem por objetivo proporcionar

Leia mais

PATRONAGE - ADMINISTRAÇÃO DE BOLSAS E AUXÍLIOS FAPEMA FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA E AO DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO DO MARANHÃO Rua

PATRONAGE - ADMINISTRAÇÃO DE BOLSAS E AUXÍLIOS FAPEMA FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA E AO DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO DO MARANHÃO Rua 1 Sumário INTRODUÇÃO... 3 1 COMO ACESSAR O PATRONAGE... 4 2 INFORMAÇÕES SOBRE O PROJETO... 5 3 PRESTAÇÃO DE CONTAS... 8 3.1 Execução do projeto... 8 3.2 Autorização de recursos (remanejamento de recurso,

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE ASSISTENCIA SOCIAL - CMAS EDITAL 001/2014. Conselho Municipal de Assistência Social- CMAS

CONSELHO MUNICIPAL DE ASSISTENCIA SOCIAL - CMAS EDITAL 001/2014. Conselho Municipal de Assistência Social- CMAS EDITAL 001/2014 Conselho Municipal de Assistência Social- CMAS O CONSELHO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - CMAS TORNA PÚBLICO O PROCESSO DE SELEÇÃO DE ENTIDADES E ORGANIZAÇÃO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL, PROGRAMAS,

Leia mais

C O N V Ê N I O Nº 015/2015

C O N V Ê N I O Nº 015/2015 C O N V Ê N I O Nº 015/2015 Que entre si celebram de um lado o MUNICÍPIO DE ITABIRITO, pessoa jurídica de direito público interno, inscrição no CNPJ sob o nº 18.307.835/0001-54, com endereço a Avenida

Leia mais

Serviço Nacional de Aprendizagem Rural

Serviço Nacional de Aprendizagem Rural Serviço Nacional de Aprendizagem Rural REGULAMENTO DOS PROCEDIMENTOS PARA CELEBRAÇÃO DE TERMOS DE COOPERAÇÃO Estabelece diretrizes, normas e procedimentos para celebração, execução e prestação de contas

Leia mais

Relatório Controle Interno 2º. Quadrimestre 2015

Relatório Controle Interno 2º. Quadrimestre 2015 Relatório Controle Interno 2º. Quadrimestre 2015 1. APRESENTAÇÃO Nos termos do artigo 74 da Constituição Federal, artigo 59 da Lei Complementar nº. 59, artigos 63 a 66 da Lei Complementar nº. 33, de 28

Leia mais

PARÁGRAFO ÚNICO - São as seguintes as modalidades de Ordens Bancárias, a serem processadas pelo Sistema OBN:

PARÁGRAFO ÚNICO - São as seguintes as modalidades de Ordens Bancárias, a serem processadas pelo Sistema OBN: CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE PAGAMENTO A FORNECEDORES DE BENS E SERVIÇOS E DE SERVIDORES, QUE ENTRE SI CELEBRAM O /ESTADO OU MUNICÍPIO DE/ E O BANCO DO BRASIL S.A.. O /ESTADO OU MUNICÍPIO DE/,

Leia mais

EDITAL PARA PROJETOS CULTURAIS ANO 2014 LEI MUNICIPAL DE INCENTIVO À CULTURA LEI RUBEM BRAGA

EDITAL PARA PROJETOS CULTURAIS ANO 2014 LEI MUNICIPAL DE INCENTIVO À CULTURA LEI RUBEM BRAGA EDITAL PARA PROJETOS CULTURAIS ANO 2014 LEI MUNICIPAL DE INCENTIVO À CULTURA LEI RUBEM BRAGA A Prefeitura Municipal de Cachoeiro de Itapemirim, através da Secretaria Municipal de Cultura, comunica aos

Leia mais

E-mail Funtef-cp@utfpr.edu.br. Categoria Valor Recebido (A) Valor Utilizado (B) Saldo do Projeto (C = A - B) Saldo anterior

E-mail Funtef-cp@utfpr.edu.br. Categoria Valor Recebido (A) Valor Utilizado (B) Saldo do Projeto (C = A - B) Saldo anterior Anexo I Encaminhamento de Prestação de Contas Convênio nº 1122/2012 1 - IDENTIFICAÇÃO DO PROPONENTE/BENEFICIÁRIO Beneficiário: Fundação de Apoio à Educação, Pesquisa e Desenvolvimento Científico e Tecnológico

Leia mais

DIVISÃO DE ASSESSORAMENTO TÉCNICO MANUAL DE PRESTAÇÃO DE CONTAS

DIVISÃO DE ASSESSORAMENTO TÉCNICO MANUAL DE PRESTAÇÃO DE CONTAS DIVISÃO DE ASSESSORAMENTO TÉCNICO MANUAL DE PRESTAÇÃO DE CONTAS 1) ORIENTAÇÃO GERAL De acordo com o artigo 917 do Código de Processo Civil, as contas, assim do autor como do réu, serão apresentadas em

Leia mais

Prestação de Contas Eleitorais 2010

Prestação de Contas Eleitorais 2010 Prestação de Contas Eleitorais 2010 Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Rio Grande do Sul Secretaria de Controle Interno e Auditoria Contas Eleitorais e Partidárias pcontas@tre-rs.gov.br Legislação

Leia mais

LEI Nº 3607/2015, DE 26 DE MAIO DE 2015.

LEI Nº 3607/2015, DE 26 DE MAIO DE 2015. LEI Nº 3607/2015, DE 26 DE MAIO DE 2015. AUTORIZA O MUNICÍPIO CONCEDER SUBVENÇÃO SOCIAL À ASSOCIAÇÃO AMIGOS DE SANTA RITA PROVENIENTE DO FUNDO MUNICIPAL DO IDOSO, FIRMAR CONVÊNIO, SUPLEMENTAR DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA

Leia mais

DE DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE?

DE DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE? 1. O que são os FUNDOS DE DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE? São recursos públicos mantidos em contas bancárias específicas. Essas contas têm a finalidade de receber repasses orçamentários e depósitos

Leia mais

EXEMPLO DE RELATÓRIO DO TOMADOR DE CONTAS ESPECIAL

EXEMPLO DE RELATÓRIO DO TOMADOR DE CONTAS ESPECIAL ANEXO II EXEMPLO DE RELATÓRIO DO TOMADOR DE CONTAS ESPECIAL (PARA CONVÊNIO OU INSTRUMENTOS CONGÊNERES) RELATÓRIO DE TCE Nº XX/2013 DADOS DO CONVÊNIO PROCESSO ORIGINAL 90000.000050/2009-99 INSTRUMENTO ORIGINAL

Leia mais

LEI Nº 3601/2015, DE 19 DE MAIO DE 2015.

LEI Nº 3601/2015, DE 19 DE MAIO DE 2015. LEI Nº 3601/2015, DE 19 DE MAIO DE 2015. AUTORIZA O MUNICÍPIO CONCEDER SUBVENÇÃO SOCIAL AO CENTRO OCUPACIONAL BRUNO JOSÉ CAMPOS HORTA COMUNITÁRIA, FIRMAR CONVÊNIO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O PREFEITO MUNICIPAL

Leia mais

Estabelece normas para alteração do Detalhamento da Despesa, das solicitações de Créditos Adicionais e dá outras providências

Estabelece normas para alteração do Detalhamento da Despesa, das solicitações de Créditos Adicionais e dá outras providências 1 Decreto nº 29.524 de 30/12/2009 Estabelece normas para alteração do Detalhamento da Despesa, das solicitações de Créditos Adicionais e dá outras providências 2 3 4 Decreto nº 30.934 de 20/01/2011 Estabelece

Leia mais

PORTARIA NORMATIVA N 06/2013 de 16 DE DEZEMBRO de 2013

PORTARIA NORMATIVA N 06/2013 de 16 DE DEZEMBRO de 2013 PORTARIA NORMATIVA N 06/2013 de 16 DE DEZEMBRO de 2013 Dispõe sobre a concessão, aplicação e prestação de contas de suprimento de fundos no âmbito do Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Santa Catarina

Leia mais

CONTRATO n 002/2015. PARÁGRAFO ÚNICO - São as seguintes as modalidades de Ordens Bancárias, a serem processadas pelo Sistema OBN:

CONTRATO n 002/2015. PARÁGRAFO ÚNICO - São as seguintes as modalidades de Ordens Bancárias, a serem processadas pelo Sistema OBN: CONTRATO n 002/2015. CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE PAGAMENTO A FORNECEDORES DE BENS E SERVIÇOS E DE SERVIDORES, QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE CANDELÁRIA (RS) E O BANCO DO BRASIL S.A. O MUNICÍPIO

Leia mais

Lei do Audiovisual IN 81 de 2008.

Lei do Audiovisual IN 81 de 2008. INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº. 81, DE 28 DE OUTUBRO DE 2008. Estabelece procedimentos sobre a apresentação de relatórios de gestão e prestação de contas em Programas Especiais de Fomento. A DIRETORIA COLEGIADA

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE ARTESANATO E ESTILO - ARTEST

ASSOCIAÇÃO DE ARTESANATO E ESTILO - ARTEST Cotação Prévia de Preços n 001/2013 Convênio nº 35/2013 - SEBRAE/ ARTEST Maior percentual de desconto Cotação Prévia de Preços na modalidade maior percentual de desconto para contratação de empresa especializada

Leia mais

Prezado (a) Responsável pelos programas de Bolsas,

Prezado (a) Responsável pelos programas de Bolsas, CAPES MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO GERÊNCIA DE ORÇAMENTO E FINANÇAS DCPC DIVISÃO DE CONTROLE E PRESTAÇÃO DE CONTAS Brasília,

Leia mais

Relação de Documentos DMH-O - Escolar - Despesa Médica Hospitalar e Odontológica

Relação de Documentos DMH-O - Escolar - Despesa Médica Hospitalar e Odontológica Relação de Documentos Número da Ocorrência: Número da Apólice: Nome da Vítima: Relação de Documentos para Cobertura de DMH-O Escolar - Despesa Médica Hospitalar e Odontológica Aviso de sinistro devidamente

Leia mais

C O N V Ê N I O Nº 055/2014

C O N V Ê N I O Nº 055/2014 C O N V Ê N I O Nº 055/2014 Que entre si celebram de um lado o MUNICÍPIO DE ITABIRITO, pessoa jurídica de direito público interno, inscrição no CNPJ sob o nº 18.307.835/0001-54, com endereço a Avenida

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA SFI - 01

INSTRUÇÃO NORMATIVA SFI - 01 INSTRUÇÃO NORMATIVA SFI - 01 DISPÕE SOBRE O CONTROLE DA RECEITA E DAS DISPONIBILIDADES FINANCEIRAS VINCULADAS E NÃO- VINCULADAS. VERSÃO : 01 DATA: 22/03/2012 ATO APROVAÇÃO: Instrução Normativa SCI Nº 001/2010

Leia mais

ANEXO II. Formulário Padrão de Apresentação de Proposta Projeto Técnico Audiovisual CONCURSO DE APOIO À PRODUÇÃO DE LONGAMETRAGEM GOIANIENSE

ANEXO II. Formulário Padrão de Apresentação de Proposta Projeto Técnico Audiovisual CONCURSO DE APOIO À PRODUÇÃO DE LONGAMETRAGEM GOIANIENSE PESSOA JURÍDICA Prefeitura de Goiânia ANEXO II Formulário Padrão de Apresentação de Proposta Projeto Técnico Audiovisual CONCURSO DE APOIO À PRODUÇÃO DE LONGAMETRAGEM GOIANIENSE 1. IDENTIFICAÇÃO DO PROJETODE

Leia mais

Prefeitura Municipal de Curitiba

Prefeitura Municipal de Curitiba Custo previsto do projeto: R$ 2.918.764,27 Repasses realizados em 2008: R$ 2.661.682,37 6- propiciar ao catador, através da sua organização em associações ou cooperativas a celebração de convênio para

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA AGE N.º 10, DE 20 DE MAIO DE 2010.

INSTRUÇÃO NORMATIVA AGE N.º 10, DE 20 DE MAIO DE 2010. AUDITORIA GERAL DO ESTADO ATOS DO AUDITOR-GERAL INSTRUÇÃO NORMATIVA AGE N.º 10, DE 20 DE MAIO DE 2010. Estabelece normas de organização e apresentação das prestações de contas de convênios que impliquem

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE ARTESANATO E ESTILO - ARTEST

ASSOCIAÇÃO DE ARTESANATO E ESTILO - ARTEST Cotação Prévia de Preços n 002/2013 Convênio nº 35/2013 - SEBRAE/ ARTEST Menor preço Cotação Prévia de Preços na modalidade menor preço para contratação de empresa especializada nos serviços de GESTÃO

Leia mais

3. DA ABERTURA, DIA, HORA E LOCAL

3. DA ABERTURA, DIA, HORA E LOCAL Cotação Prévia de Preço n 003-2012 Convênio 11.778 FBB Maior percentual de desconto Cotação prévia de Preços na modalidade maior percentual de desconto para contratação de empresa para intermediação de

Leia mais

Art. 3º Para concretização do disposto nesta Lei fica o Poder Executivo autorizado a suplementar a seguinte dotação orçamentária:

Art. 3º Para concretização do disposto nesta Lei fica o Poder Executivo autorizado a suplementar a seguinte dotação orçamentária: PROJETO DE LEI Nº 124/2014, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2014. AUTORIZA O MUNICÍPIO CONCEDER CONTRIBUIÇÃO À ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES DO BAIRRO SÃO CRISTÓVÃO, SUPLEMENTAR DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA, FIRMAR CONVÊNIO E

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE

PREFEITURA MUNICIPAL DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE Número: 31/2009 Nome: INSUMOS DIABETES Objeto: PROGRAMA DESTINADO A DEFINIR O ELENCO DE MEDICAMENTOS E INSUMOS QUE DEVEM SER DISPONIBILIZADOS NA REDE DO SISTEMA ÚNICO DE SAUDE,

Leia mais

INSERIR LOGOMARCA DA INSTITUIÇÃO PROPONENTE

INSERIR LOGOMARCA DA INSTITUIÇÃO PROPONENTE INSERIR LOGOMARCA DA INSTITUIÇÃO PROPONENTE INSERIR O TÍTULO DO PROJETO O título do projeto deve delimitar a área de abrangência onde as ações serão executadas. Mês, 2015 1 SUMÁRIO 1. DADOS GERAIS DO PROJETO

Leia mais

Edital 02/2015 Saldo Remanescente

Edital 02/2015 Saldo Remanescente Edital 02/2015 Saldo Remanescente EDITAL Nº 02/2015 CMDCA EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS PARA FINANCIAMENTO NO ANO DE 2015 O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente CMDCA, no

Leia mais

Anexo I MODELO DE PROJETO DE EVENTOS SELEÇÃO 2012

Anexo I MODELO DE PROJETO DE EVENTOS SELEÇÃO 2012 1 Anexo I MODELO DE PROJETO DE EVENTOS SELEÇÃO 2012 1. NOME DA ONG: NOME DO PROJETO: POPULAÇÃO ALVO: ÁREA GEOGRÁFICA ABRANGIDA PELO PROJETO: (Regiões do estado, do município, bairros, etc) 2. DADOS INSTITUCIONAIS

Leia mais

O objetivo deste procedimento é estabelecer os instrumentos e os critérios para pagamentos realizados pela FTS.

O objetivo deste procedimento é estabelecer os instrumentos e os critérios para pagamentos realizados pela FTS. Página: 1/6 1. OBJETIVO O objetivo deste procedimento é estabelecer os instrumentos e os critérios para pagamentos realizados pela FTS. 2. REFERÉNCIAS 2.1 Lei 8.958 de 20 de dezembro de 1994 Lei das Fundações

Leia mais

d) participação em competições esportivas, incluídos gastos com treinamento;

d) participação em competições esportivas, incluídos gastos com treinamento; CAPÍTULO : 10 - Viagens Internacionais, Cartões de Uso Internacional e Transferências Postais SEÇÃO : 1 - Viagens Internacionais 1. Esta seção trata das compras e das vendas de moeda estrangeira, inclusive

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DOS IDOSOS RECANTO DA AMIZADE

ASSOCIAÇÃO DOS IDOSOS RECANTO DA AMIZADE PROJETO DE LEI Nº 40/2015, DE 08 DE JUNHO DE 2015. AUTORIZA O MUNICÍPIO CONCEDER SUBVENÇÃO SOCIAL À ASSOCIAÇÃO DOS IDOSOS RECANTO DA AMIZADE, FIRMAR CONVÊNIO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O PREFEITO MUNICIPAL

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME SECRETARIA NACIONAL DE SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME SECRETARIA NACIONAL DE SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME SECRETARIA NACIONAL DE SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL MANUAL E ROTEIRO PARA PRESTAÇÃO DE CONTAS DO PROJETO Brasília-DF, agosto de 2015. O que é

Leia mais

Relação de Documentos DMH-O - Despesa Médica Hospitalar e Odontológica

Relação de Documentos DMH-O - Despesa Médica Hospitalar e Odontológica Relação de Documentos Número da Ocorrência: Número da Apólice: do Segurado Titular: da Vítima: Segurado Titular Cônjuge Filho Relação de Documentos para Cobertura de Despesa Médica Hospitalar e Odontológica

Leia mais

FUNDO DE APOIO A CULTURA DA SOJA MANUAL DE PRESTAÇÃO DE CONTAS 2009

FUNDO DE APOIO A CULTURA DA SOJA MANUAL DE PRESTAÇÃO DE CONTAS 2009 INTRODUÇÃO FUNDO DE APOIO A CULTURA DA SOJA 1.1 - Recomenda-se a leitura deste manual antes de utilizar os recursos concedidos pelo FACS. O manual está disponível no site http://www.facsmt.com.br. 1.2

Leia mais

Prestação de Contas Eleitorais 2010

Prestação de Contas Eleitorais 2010 Prestação de Contas Eleitorais 2010 Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Rio Grande do Sul Secretaria de Controle Interno e Auditoria Contas Eleitorais e Partidárias pcontas@tre-rs.gov.br Legislação

Leia mais

Contas a Pagar e Contas a receber

Contas a Pagar e Contas a receber Treinamento Financeiro Contas a Pagar e Contas a receber Jéssica Rodrigues Pedro Amauri 1 Duplicatas O que são duplicatas? A duplicata mercantil ou simplesmente duplicata é uma espécie de título de crédito

Leia mais

CENTRO OCUPACIONAL BRUNO JOSÉ CAMPOS HORTA COMUNITÁRIA

CENTRO OCUPACIONAL BRUNO JOSÉ CAMPOS HORTA COMUNITÁRIA PROJETO DE LEI Nº 15/2015, DE 16 DE ABRIL DE 2015. AUTORIZA O MUNICÍPIO CONCEDER SUBVENÇÃO SOCIAL AO CENTRO OCUPACIONAL BRUNO JOSÉ CAMPOS HORTA COMUNITÁRIA, FIRMAR CONVÊNIO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O

Leia mais

INSERIR LOGOMARCA DA INSTITUIÇÃO PROPONENTE INSERIR O TÍTULO DO PROJETO

INSERIR LOGOMARCA DA INSTITUIÇÃO PROPONENTE INSERIR O TÍTULO DO PROJETO INSERIR LOGOMARCA DA INSTITUIÇÃO PROPONENTE INSERIR O TÍTULO DO PROJETO O título do projeto deve delimitar a área de abrangência onde as ações serão executadas. Setembro, 2014 1 SUMÁRIO 1. DADOS GERAIS

Leia mais

Paulo Olvindo Mazutti Prefeito

Paulo Olvindo Mazutti Prefeito PROJETO DE LEI Nº 48/2015, DE 02 DE JULHO DE 2015. AUTORIZA O MUNICÍPIO CONCEDER SUBVENÇÃO SOCIAL AO INSTITUTO FILANTRÓPICO EVANGÉLICO DE GUAPORÉ-RS, FIRMAR CONVÊNIO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O PREFEITO

Leia mais

TREINAMENTO PRÁTICO SICONV

TREINAMENTO PRÁTICO SICONV TREINAMENTO PRÁTICO SICONV Instrutores: Fernando Henrique / Rodrigo Lopes Brasília/DF, 21 e 22 de agosto de 2012. 1 Introdução 1. Portal dos Convênios 2. Credenciamento 3. Cadastramento e atualização do

Leia mais

PEME PROGRAMA DE ENRIQUECIMENTO DA MERENDA ESCOLAR PROCEDIMENTOS DO ADIANTAMENTO

PEME PROGRAMA DE ENRIQUECIMENTO DA MERENDA ESCOLAR PROCEDIMENTOS DO ADIANTAMENTO PROGRAMA DE ENRIQUECIMENTO DA MERENDA ESCOLAR PROCEDIMENTOS DO ADIANTAMENTO 2014 A verba é liberada na forma de adiantamento para um responsável na unidade escolar que ficará encarregado de efetuar as

Leia mais

INSTRUÇÕES DE PROCEDIMENTOS FINANCEIROS COM OS GASTOS DOS RECURSOS DO PROAP/CAPES

INSTRUÇÕES DE PROCEDIMENTOS FINANCEIROS COM OS GASTOS DOS RECURSOS DO PROAP/CAPES UNIOESTE UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS DIVISÃO DE ACOMPANHAMENTO DE CONVÊNIOS INSTRUÇÕES DE PROCEDIMENTOS FINANCEIROS COM OS GASTOS DOS RECURSOS DO PROAP/CAPES

Leia mais

Sistema Integrado de Planejamento e Gestão Fiscal SIGEF. MÓDULO TRANSFERÊNCIAS (Convênio e Contrato de Apoio Financeiro)

Sistema Integrado de Planejamento e Gestão Fiscal SIGEF. MÓDULO TRANSFERÊNCIAS (Convênio e Contrato de Apoio Financeiro) Sistema Integrado de Planejamento e Gestão Fiscal SIGEF MÓDULO TRANSFERÊNCIAS (Convênio e Contrato de Apoio Financeiro) Diretoria de Auditoria Geral DIAG Gerência de Auditoria de Recursos Antecipados -

Leia mais

EXTRATO DE CONTA PARA CONCILIAÇÃO BANCÁRIA

EXTRATO DE CONTA PARA CONCILIAÇÃO BANCÁRIA MANUAL TÉCNICO Padrão Febraban 240 Versão 3.2 Fevereiro/2010 PUBLIC ÍNDICE ASSUNTO PÁGINA Apresentação 02 Características Gerais do Arquivo 03 Lote de Serviço/Produto 04 Extrato de Conta para Conciliação

Leia mais

C O N V Ê N I O Nº 025/2014

C O N V Ê N I O Nº 025/2014 C O N V Ê N I O Nº 025/2014 Que entre si celebram de um lado o MUNICÍPIO DE ITABIRITO, pessoa jurídica de direito público interno, inscrição no CNPJ sob o nº 18.307.835/0001-54, com endereço a Avenida

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. VRADM - Superintendência Administrativa. Patrimônio Mobiliário. Normas e Procedimentos

Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. VRADM - Superintendência Administrativa. Patrimônio Mobiliário. Normas e Procedimentos Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro VRADM - Superintendência Administrativa Patrimônio Mobiliário Normas e Procedimentos Definições: A PUC não possui um órgão centralizado para o controle

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO INTERNO DE PROJETOS Nº 02/2014 ANEXO I FORMULÁRIO DE APRESENTAÇÃO DE PROJETO

EDITAL DE CHAMAMENTO INTERNO DE PROJETOS Nº 02/2014 ANEXO I FORMULÁRIO DE APRESENTAÇÃO DE PROJETO EDITAL DE CHAMAMENTO INTERNO DE PROJETOS Nº 0/04 ANEXO I FORMULÁRIO DE APRESENTAÇÃO DE PROJETO. IDENTIFICAÇÃO DA ENTIDADE PROPONENTE Nome da Entidade CNPJ Dirigente da Entidade. HISTÓRICO DA PROPONENTE..

Leia mais

NORMAS GERAIS PARA RECEBIMENTO E CONFERÊNCIA DE DOCUMENTOS

NORMAS GERAIS PARA RECEBIMENTO E CONFERÊNCIA DE DOCUMENTOS NORMAS GERAIS PARA RECEBIMENTO E CONFERÊNCIA DE DOCUMENTOS PROCEDIMENTO PADRÃO Nº. 001/2006. Teresina, Março 2008 ATUALIZADO EM MARÇO DE 2008 NORMAS GERAIS PARA RECEBIMENTO E CONFERÊNCIA DE DOCUMENTOS

Leia mais

DOCUMENTO 1 DEPÓSITO EM GARANTIA - BLOQUEADO PARA MOVIMENTAÇÃO (CONTA VINCULADA) FLUXO OPERACIONAL

DOCUMENTO 1 DEPÓSITO EM GARANTIA - BLOQUEADO PARA MOVIMENTAÇÃO (CONTA VINCULADA) FLUXO OPERACIONAL TÍTULO: CAPÍTULO: SEÇÃO: SUBSEÇÃO: 2 - COMPRAS E CONTRATAÇÕES 6 - DOCUMENTOS 5 - DOCUMENTOS RELATIVOS A SERVIÇOS CONTINUADOS 7 - CONTA VINCULADA - FLUXO OPERACIONAL Atualização 406, de 20.10.2014. Tópicos

Leia mais

Orientações sobre Adiantamento de Despesas de Pequeno Valor (Versão n.º 03, de 16/09//2013)

Orientações sobre Adiantamento de Despesas de Pequeno Valor (Versão n.º 03, de 16/09//2013) 1. Conceito Orientações sobre Adiantamento de Despesas de Pequeno Valor (Versão n.º 03, de 16/09//2013) 1.1 Adiantamento consiste na entrega de numerário a servidor, sempre precedida de empenho gravado

Leia mais

1. Preenchimento do Formulário de Recapitulativo de Despesas com Recursos Humanos (Anexo I)

1. Preenchimento do Formulário de Recapitulativo de Despesas com Recursos Humanos (Anexo I) ASSUNTO DISTRIBUIÇÃO FUNDO FLORESTAL PERMANENTE EIXO III PLANEAMENTO, GESTÃO E INTERVENÇÃO FLORESTAL ELABORAÇÃO DOS ELEMENTOS ESTRUTURANTES DAS ZONAS DE INTERVENÇÃO FLORESTAL ORIENTAÇÕES PARA O PREENCHIMENTO

Leia mais

CURSO: SICONV 1) NOÇÕES GERAIS, CREDENCIAMENTO, CADASTRAMENTO E PROGRAMAS DE CONVÊNIO

CURSO: SICONV 1) NOÇÕES GERAIS, CREDENCIAMENTO, CADASTRAMENTO E PROGRAMAS DE CONVÊNIO CURSO: SICONV TEMAS CENTRAIS 1) NOÇÕES GERAIS, CREDENCIAMENTO, CADASTRAMENTO E PROGRAMAS DE CONVÊNIO 2) PROPOSIÇÃO, AVALIAÇÃO DE PROPOSTAS - CEDENTE, CELEBRAÇÃO DE UM CONVÊNIO E ALTERAÇÕES 3) EXECUÇÃO,

Leia mais

CENTRO DE EXCELÊNCIA EM TECNOLOGIA DE SOFTWARE SOFTEX RECIFE

CENTRO DE EXCELÊNCIA EM TECNOLOGIA DE SOFTWARE SOFTEX RECIFE AUDITORIA NO TERMO DE PARCERIA ENTRE A SOFTEX E A PREFEITURA DA CIDADE DO RECIFE NO PERÍODO DE JULHO A SETEMBRO DE 2007 Í N D I C E Páginas 1 PARECER DA AUDITORIA... 3 e 4 2 IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO...

Leia mais

Instruções para prestação de contas de auxílio

Instruções para prestação de contas de auxílio Instruções para prestação de contas de auxílio Modalidade: Auxílio à Organização de Eventos APQ 2 1 DÚVIDAS: Auditoria Interna da FAPERJ: Rua Erasmo Braga, 118-6º andar Centro - Rio de Janeiro Tels: 2333-1948/1957/1976/1992

Leia mais

Portal dos Convênios - SICONV. Prestação de Contas - Convenente. Manual do Usuário. Versão 2-26/11/2010

Portal dos Convênios - SICONV. Prestação de Contas - Convenente. Manual do Usuário. Versão 2-26/11/2010 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios - SICONV Prestação de Contas - Convenente

Leia mais

ANEXOS Resolução TCE Nº 1.604/07 (Administração Estadual)

ANEXOS Resolução TCE Nº 1.604/07 (Administração Estadual) ANEXO I DEMONSTRATIVO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA E FINANCEIRA DOS RECURSOS RECEBIDOS Código Receita Ingressos 00 RECURSOS DO TESOURO (PESSOAL) 00 RECURSOS DO TESOURO (CUSTEIO E INVESTIMENTOS) 10 RECURSOS

Leia mais

Instruções para prestação de contas de auxílio

Instruções para prestação de contas de auxílio Instruções para prestação de contas de auxílio Modalidade: Auxílio à Pesquisador Visitante APV 1 DÚVIDAS: Auditoria Interna da FAPERJ: Rua Erasmo Braga, 118-6º andar Centro - Rio de Janeiro Tels: 2333-1948/1957/1976/1992

Leia mais

ANEXO III. FORMULÁRIO PARA SOLICITAÇÃO DE APOIO INSTITUCIONAL Edital 02/2015 Patrocínio Cultural

ANEXO III. FORMULÁRIO PARA SOLICITAÇÃO DE APOIO INSTITUCIONAL Edital 02/2015 Patrocínio Cultural ANEXO III FORMULÁRIO PARA SOLICITAÇÃO DE APOIO INSTITUCIONAL Edital 02/2015 Patrocínio Cultural INSTRUÇÕES: 1. Preencha integralmente o formulário. Nos casos em que o item solicitado não for pertinente,

Leia mais

Art. 3º Para concretização do disposto nesta Lei fica o Poder Executivo autorizado a suplementar a seguinte dotação orçamentária:

Art. 3º Para concretização do disposto nesta Lei fica o Poder Executivo autorizado a suplementar a seguinte dotação orçamentária: LEI Nº 3570/2014, DE 16 DE DEZEMBRO DE 2014. AUTORIZA O MUNICÍPIO CONCEDER CONTRIBUIÇÃO À ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES DO BAIRRO SÃO CRISTÓVÃO, SUPLEMENTAR DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA, FIRMAR CONVÊNIO E DÁ OUTRAS

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 008/2013

RESOLUÇÃO Nº 008/2013 RESOLUÇÃO Nº 008/2013 Súmula: Define critérios para apresentação de projetos para o valor R$966.734,86 (Novecentos e sessenta e seis mil, setecentos e trinta e quatro reais e oitenta e seis centavos) do

Leia mais

EXEMPLO PAPEL TIMBRADO DA ENTIDADE REQUERENTE ANEXO II DA RESOLUÇÃO Nº 1.032, DE 30 DE MARÇO DE 2011 MODELO DE PLANO DE TRABALHO

EXEMPLO PAPEL TIMBRADO DA ENTIDADE REQUERENTE ANEXO II DA RESOLUÇÃO Nº 1.032, DE 30 DE MARÇO DE 2011 MODELO DE PLANO DE TRABALHO EXEMPLO PAPEL TIMBRADO DA ENTIDADE REQUERENTE ANEXO II DA RESOLUÇÃO Nº 1.032, DE 30 DE MARÇO DE 2011 MODELO DE PLANO DE TRABALHO 1. DADOS CADASTRAIS (Objetiva registrar os dados cadastrais da entidade

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE UERN PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E FINANÇAS - PROPLAN

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE UERN PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E FINANÇAS - PROPLAN UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE UERN PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E FINANÇAS - PROPLAN ROTINAS ADMINISTRATIVAS PROPLAN SETOR: Pró-Reitoria CARGO: Docente / TNS FUNÇÃO: Pró-Reitor

Leia mais

F4D7 - Solicitação de Convênio para Execução de Projetos e/ou Eventos

F4D7 - Solicitação de Convênio para Execução de Projetos e/ou Eventos Página: 1 de 8 INSTRUÇÕES PARA FIRMAR CONVÊNIO COM O CREA-CE Conforme Art. 25. Serão admitidas para cumprimento do objeto do convênio firmado entre o Crea e a instituição de ensino ou a entidade de classe

Leia mais

Rio de Janeiro, 21 de janeiro de 2015. C.100.029./2015.

Rio de Janeiro, 21 de janeiro de 2015. C.100.029./2015. Rio de Janeiro, 21 de janeiro de 2015. C.100.029./2015. Ao INSTITUTO BRASILEIRO DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E APOIO UNIVERSITÁRIO DO RIO DE JANEIRO IBAP-RJ Rua Buenos Aires, n 68 31 o andar Centro. Rio de

Leia mais

TREINAMENTO PARA OS NOVOS DIRETORES DE DEPARTAMENTOS DA UNIVERSIDADE

TREINAMENTO PARA OS NOVOS DIRETORES DE DEPARTAMENTOS DA UNIVERSIDADE TREINAMENTO PARA OS NOVOS DIRETORES DE DEPARTAMENTOS DA UNIVERSIDADE Salvador, 21 e 22 de julho de 2010 CONVÊNIOS EQUIPE: Alessandro Chaves de Jesus Ana Lucia Alcântara Tanajura Cristiane Neves de Oliveira

Leia mais

AUXÍLIOS FINANCEIROS CONVÊNIOS ENTIDADES REGISTRADAS

AUXÍLIOS FINANCEIROS CONVÊNIOS ENTIDADES REGISTRADAS AUXÍLIOS FINANCEIROS CONVÊNIOS ENTIDADES REGISTRADAS Modalidade/Convênios: Repasse de ARTs e Mútua Cooperação (projetos que objetivem o aperfeiçoamento técnico e cultural). Natureza dos Projetos: Pesquisas

Leia mais