Categoria Valor Recebido (A) Valor Utilizado (B) Saldo do Projeto (C = A - B) Saldo anterior

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "E-mail Funtef-cp@utfpr.edu.br. Categoria Valor Recebido (A) Valor Utilizado (B) Saldo do Projeto (C = A - B) Saldo anterior"

Transcrição

1 Anexo I Encaminhamento de Prestação de Contas Convênio nº 1122/ IDENTIFICAÇÃO DO PROPONENTE/BENEFICIÁRIO Beneficiário: Fundação de Apoio à Educação, Pesquisa e Desenvolvimento Científico e Tecnológico da Universidade Tecnológica Federal do Paraná Funtef-PR Unidade de Cornélio Procópio Endereço completo: Av. Alberto Carazzai, Centro CEP: Cidade: Cornélio Procópio UF PR CNPJ/CPF / Telefone FAX Período de utilização dos recursos: De: 01/03/2013 a 30/04/ MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA Categoria Valor Recebido (A) Valor Utilizado (B) Saldo do Projeto (C = A - B) Saldo anterior 5.511,83 Custeio 1.000,00 Capital Rendimento 40,98 Totais 5.552, , ,81 ( ) Devolvido conf. cheque n.º Banco em Anexo. Saldo ( ) Devolvido conf. Comprovante de depósito Anexo. ( ) Saldo Conta Corrente. (*) 3 - DECLARAÇÃO DO BENEFICIÁRIO/INTERVENIENTE Declaro que a aplicação dos recursos foi feita de acordo com o plano de trabalho aprovado pela FUNDAÇÃO ARAUCÁRIA, objeto dos recursos financeiros recebidos, responsabilizando-me pelas informações contidas nesta prestação de contas. Cornélio Procópio, 20/05/2013 Local Data Assinatura do Interveniente Ass. Proponente/Beneficiário 4 - RESERVADO à FUNDAÇÃO ARAUCÁRIA Parecer Técnico Parecer Financeiro Data, carimbo e asinatura Data, carimbo e asinatura Aprovação do Ordenador de Despesas data/carimbo/assinatura

2 Anexo II Conciliação Bancária CONVÊNIO Nº 1122/ MÊS/PERÍODO Fl. 2º Bimestre CONVENENTES / AJUSTANTES Fundação de Apoio à Educação, Pesquisa e Desenvolvimento Científico e Tecnológico da Universidade Tecnológica Federal do Paraná Funtef-PR Unidade de Cornélio Procópio 02. BANCO CAIXA ECONOMICA FEDERAL SIGLA FUNTEF/PR-CP Nº DA CONTA DETALHAMENTO 05. VALOR R$ PARCIAL TOTAL 1- SALDO CONFORME EXTRATO ANEXO MENOS 2- DÉBITOS NÃO CORRESPONDIDOS 50,00 3- CHEQUES EMITIDOS, EM TRÂNSITO Nº DATA FAVORECIDO MAIS 4 - CRÉDITOS EM CONTAS NÃO CORRESPONDIDOS 5- SALDO DO BALANCETE FINANCEIRO ( ) 50, LOCAL CORNÉLIO PROCÓPIO DATA DE EMISSÃO 20/05/ SETOR FINANCEIRO/CONTADOR NOME ANDERSON AUGUSTO DA ROSA DATA 20/05/13 ASSINATURA 08. RESPONSÁVEL PELA EXECUÇÃO DO CONVÊNIO / AJUSTE NOME CARGO/FUNÇÂO ASSINATURA DEVANIL ANTONIO FRANCISCO DIRETOR EXECUTIVO

3 Conciliação Bancária CONVÊNIO Nº 1122/ MÊS/PERÍODO Fl. 2º Bimestre CONVENENTES / AJUSTANTES Fundação de Apoio à Educação, Pesquisa e Desenvolvimento Científico e Tecnológico da Universidade Tecnológica Federal do Paraná Funtef-PR Unidade de Cornélio Procópio 02. BANCO CAIXA ECONOMICA FEDERAL SIGLA FUNTEF/PR-CP Nº DA CONTA DETALHAMENTO 05. VALOR R$ PARCIAL TOTAL 1- SALDO CONFORME EXTRATO ANEXO MENOS 2- DÉBITOS NÃO CORRESPONDIDOS 4.502,81 3- CHEQUES EMITIDOS, EM TRÂNSITO Nº DATA FAVORECIDO MAIS 4 - CRÉDITOS EM CONTAS NÃO CORRESPONDIDOS 5- SALDO DO BALANCETE FINANCEIRO ( ) 4.502, LOCAL CORNÉLIO PROCÓPIO DATA DE EMISSÃO 20/05/ SETOR FINANCEIRO/CONTADOR NOME ANDERSON AUGUSTO DA ROSA DATA 20/05/13 ASSINATURA 08. RESPONSÁVEL PELA EXECUÇÃO DO CONVÊNIO / AJUSTE NOME CARGO/FUNÇÂO ASSINATURA DEVANIL ANTONIO FRANCISCO DIRETOR EXECUTIVO

4 Anexo III Relação de Pagamentos Recursos Unidade executora 1- Concedente Fundação de Apoio à Educação, Pesquisa e Desenvolvimento 2- Executor Científico e Tecnológico da Universidade Tecnológica Federal do 3- Outros Paraná Funtef-PR Unidade de Cornélio Procópio Rec. Item Favorecido CNPJ/CPF Natureza Nº Cheque Data Despesa OB Recibo 1 1 Alessandro Goedtel Convênio nº 1122/12 Nº Nota Fiscal Data Valor Bolsa de produtivida de em pesquisa /03/ /03/ ,00 Total 1.000,00 Assinatura - Unidade Executora Assinatura - Resp. pela Execução

5 Anexo IV Relatório de Execução Físico-Financeiro Executor Convênio nº 1122/2012 Período de: 01/03/2013 a 30/04/2013 Fundação de Apoio à Educação, Pesquisa e Desenvolvimento Científico e Tecnológico da Universidade Tecnológica Federal do Paraná Funtef-PR Unidade de Cornélio Procópio Físico Meta Etapa Fase Descrição Unid No período Até o período Prog Exec Prog Exec Total 100% 100% 100% 100% Financeiro Meta Etapa Fase 1 Pagamento de bolsa Executor Realizado no período Executor Outros Total Concedente Concedente Realizado até o período Executor Outros Total 1.000, , , , , , , ,00 Responsável pela execução Reservado à Unidade Concedente Parecer Técnico Parecer Financeiro Aprovação do Ordenador da Despesa Local e data Assinatura

6 Anexo V Execução da Receita e Despesa Convênio nº 1122/12 Período: 01/03/2013 a 30/04/2013 RECEITA Executor Fundação de Apoio à Educação, Pesquisa e Desenvolvimento Científico e Tecnológico da Universidade Tecnológica Federal do Paraná Funtef- PR Unidade de Cornélio Procópio DESPESA Saldo anterior: 5.511,83 Valor Repassado pela : Aplicação Financeira: 40,98 Recursos Executor Outras Receitas Valor Despesas Realizadas em Benefício do Conv. 1122/12 Conforme Segue: Diárias (Hospedagem e Alimentação): Passagens e Desp. Locomoção: Bolsa Produtividade: 1.000,00 Material de Consumo: SUB-TOTAL: 1.000,00 Despesas Executor Outras Despesas: Despesas Bancária (Tarifa de Cadastro, Manutenção de Conta e Tarifa Bancárias) TOTAL GERAL: 1.000,00 Saldo Conta Corrente devolvido para conta 1525/003/ da : TOTAL: 5.552,81 TOTAL: 1.000,00 Executor Responsável pela Execução Assinatura Assinatura

7 Anexo VI Relação de Aquisição de Bens Unidade executora Fundação de Apoio à Educação, Pesquisa e Convênio nº 1122/12 Desenvolvimento Científico e Tecnológico da Universidade Tecnológica Federal do Paraná Funtef-PR Unidade de Cornélio Procópio Doc. nº Data Especificação Qtde. Valor Unit. Total NÃO HOUVE AQUISIÇÃO DE BENS TOTAL GERAL Assinatura - Unidade Executora Assinatura - Resp. pela Execução

8 Anexo VII Termo de Instalação e Funcionamento de Equipamentos Atestamos, para todos os efeitos legais que os equipamentos abaixo relacionados foram adquiridos através do Convênio nº 1122/12 - Protocolo nº , celebrado entre Fundação de Apoio à Educação, Pesquisa e Desenvolvimento Científico e Tecnológico da Universidade Tecnológica Federal do Paraná Funtef-PR Unidade de Cornélio Procópio e a, cujo objetivo versa sobre o desenvolvimento do seguinte projeto: Atestamos, ainda, que os referidos equipamentos se encontram instalados na... conforme informações abaixo, em perfeitas condições de funcionamento. Equipamentos NF.Nº Valor Unitário Nº de Patrimônio Local de Instalação NÃO FORAM ADQUIRIDOS OU INSTALADOS EQUIPAMENTOS Cornélio Procópio, 20 de maio de Local e data Responsável pela Instituição Coordenador do Projeto

9 Anexo VIII Tabela de Limites Máximos Fixados Pagamento de Hospedagem e Alimentação Composição da Diária Percentual Valores Limits em R$ Distrito Federal Capitais Estaduais Demais Municípios Alimentação 30% 60,00 48,00 36,00 Pousada 70% 140,00 112,00 84,00 Diária 100% 200,00 160,00 120,00 Observação: O valor limite para indenização de despesas de uma refeição equivale a 50% do valor limite do item Alimentação Ajuda de Custo para Viagens Internacionais Destino África Am. do Norte América Latina Ásia Europa Valor US$/dia Observação: Valores baseados no Anexo do decreto n.º 3498/2004

E-mail Funtef-cp@utfpr.edu.br

E-mail Funtef-cp@utfpr.edu.br Anexo I Encaminhamento de Prestação de Contas Convênio nº 339/2012 1 - IDENTIFICAÇÃO DO PROPONENTE/BENEFICIÁRIO Beneficiário: Fundação de Apoio à Educação, Pesquisa e Desenvolvimento Científico e Tecnológico

Leia mais

Encaminho a V. Sa., documentação da Prestação de Contas, composta dos anexos

Encaminho a V. Sa., documentação da Prestação de Contas, composta dos anexos ANEXO I (MODELO) OFÍCIO DE ENCAMINHAMENTO DA PRESTAÇÃO CONTAS CONVÊNIO Nº Ofício nº 001 / 2012. Senhor (a) Secretário (a) RECIFE, de JUNHO de 2012. Encaminho a V. Sa., documentação da Prestação de Contas,

Leia mais

Modelo de Prestação de Contas de Convênio com a SEPOF INSTRUÇÕES GERAIS

Modelo de Prestação de Contas de Convênio com a SEPOF INSTRUÇÕES GERAIS Modelo de Prestação de Contas de Convênio com a SEPOF INSTRUÇÕES GERAIS No momento da entrega da prestação de contas só será protocolado a prestação de contas que estiver completa com todos os itens obrigatórios

Leia mais

DADOS CADASTRAIS. FUNDAÇÃO DE DIREITO PRIVADO FUNDAÇÃO DE APOIO À PESQUISA E EXTENSÃO DE SERGIPE Instituição: Título: Endereço: Endereço: RUA LAGARTO

DADOS CADASTRAIS. FUNDAÇÃO DE DIREITO PRIVADO FUNDAÇÃO DE APOIO À PESQUISA E EXTENSÃO DE SERGIPE Instituição: Título: Endereço: Endereço: RUA LAGARTO DADOS CADASTRAIS ORIGINAL ALTERAÇÃO 1.1. CONVENENTE Esfera Administrativa: Razão Social: FUNDAÇÃO DE DIREITO PRIVADO FUNDAÇÃO DE APOIO À PESQUISA E EXTENSÃO DE SERGIPE Instituição: Título: Convênio nº

Leia mais

1 Solicitante do Auxílio Orientador-Pesquisador 2- N.º do Projeto. 3 - Tipo de Despesa. Relação do Material de Consumo.

1 Solicitante do Auxílio Orientador-Pesquisador 2- N.º do Projeto. 3 - Tipo de Despesa. Relação do Material de Consumo. ANEXO D PRESTAÇÃO DE CONTAS ENCAMINHAMENTO DE PRESTAÇÃO DE CONTAS IDENTIFICAÇÃO DO BENEFICIÁRIO Solicitante do Auxílio Orientador-Pesquisador CPF Endereço completo Telefone CEP Cidade UF E-MAIL FAX Tema

Leia mais

RELATÓRIO DE EXECUÇÃO FÍSICO-FINANCEIRO

RELATÓRIO DE EXECUÇÃO FÍSICO-FINANCEIRO RELATÓRIO DE EXECUÇÃO FÍSICO-FINANCEIRO INSTRUÇÕES PARA PREENCHIMENTO FÍSICO: refere-se ao indicador físico de qualificação e quantificação do produto de cada meta e etapa a executar e executada. 1. EXECUTOR:

Leia mais

Estado de Mato Grosso Prefeitura Municipal de Alto Garças

Estado de Mato Grosso Prefeitura Municipal de Alto Garças PRESTAÇÃO DE CONTAS ANEXO II RELAÇÃO DE PAGAMENTOS Convênio nº: REC ITEM CREDOR CGC/CPF CH/OB DATA VALOR (R$ 1,00) Responsável pela Execução: INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO RELAÇÃO DE PAGAMENTOS Refere-se

Leia mais

ANEXO II INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO RELAÇÃO DE PAGAMENTOS GPC 01

ANEXO II INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO RELAÇÃO DE PAGAMENTOS GPC 01 ANEXO II INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO RELAÇÃO DE PAGAMENTOS GPC 01 Refere-se ao registro de pagamento das despesas efetuadas na execução do projeto, à conta de recursos do Executor e/ou do Concedente, devendo

Leia mais

ENCAMINHAMENTO DE PRESTAÇÃO DE CONTAS IDENTIFICAÇÃO DO BENEFICIÁRIO MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA

ENCAMINHAMENTO DE PRESTAÇÃO DE CONTAS IDENTIFICAÇÃO DO BENEFICIÁRIO MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA ANEXO VI PRESTAÇÃO DE CONTAS Proponente Endereço completo ENCAMINHAMENTO DE PRESTAÇÃO DE CONTAS IDENTIFICAÇÃO DO BENEFICIÁRIO CPF Telefone CEP Cidade UF E-mail Fax Tema do Projeto Período de utilização

Leia mais

ANEXO I INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO DEMONSTRATIVO DA EXECUÇÃO DA RECEITA E DA DESPESA E DE PAGAMENTOS EFETUADOS

ANEXO I INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO DEMONSTRATIVO DA EXECUÇÃO DA RECEITA E DA DESPESA E DE PAGAMENTOS EFETUADOS ANEXO I INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO DEMONSTRATIVO DA EXECUÇÃO DA RECEITA E DA DESPESA E DE PAGAMENTOS EFETUADOS BLOCO 1 IDENTIFICAÇÃO CAMPO 01 Informar nome da Prefeitura Municipal (rua,

Leia mais

PRESTAÇÃO DE CONTAS RELATÓRIO FÍSICO-FINANCEIRO

PRESTAÇÃO DE CONTAS RELATÓRIO FÍSICO-FINANCEIRO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE CACHOEIRINHA GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL UNIDADE CENTRAL DE CONTROLE INTERNO PRESTAÇÃO DE CONTAS RELATÓRIO FÍSICO-FINANCEIRO ANEXO II FORMULÁRIO A

Leia mais

PRESTAÇÃO DE CONTAS - PARCIAL OU FINAL

PRESTAÇÃO DE CONTAS - PARCIAL OU FINAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior Programa de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico Tel. : (061)214-8806 ou 225-3353

Leia mais

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 001/2012

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 001/2012 COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Contrato de Repasse do Convênio no SICONV nº 763468/2011-IPD/MDA/BB Modalidade: Maior percentual de desconto oferecido sobre o valor do volume de vendas Entrega da Proposta até

Leia mais

Programa de Modernização da Administração Tributária e da Gestão dos Setores Sociais Básicos

Programa de Modernização da Administração Tributária e da Gestão dos Setores Sociais Básicos Programa de Modernização Administração Tributária e Gestão dos Setores Sociais Básicos Município: - UF RAC Número: / Período: / / a / / ÍNDICE I - IDENTIFICAÇÃO DO MUNICÍPIO 4 II - GERENCIAMENTO DO PROJETO

Leia mais

AUXÍLIOS FINANCEIROS CONVÊNIOS ENTIDADES REGISTRADAS

AUXÍLIOS FINANCEIROS CONVÊNIOS ENTIDADES REGISTRADAS AUXÍLIOS FINANCEIROS CONVÊNIOS ENTIDADES REGISTRADAS Modalidade/Convênios: Repasse de ARTs e Mútua Cooperação (projetos que objetivem o aperfeiçoamento técnico e cultural). Natureza dos Projetos: Pesquisas

Leia mais

ATOS DA FMEL - FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ESPORTE E LAZER DE ITAJAÍ EDITAL Nº. 004/2013 LEI MUNICIPAL DE INCENTIVO AO ESPORTE

ATOS DA FMEL - FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ESPORTE E LAZER DE ITAJAÍ EDITAL Nº. 004/2013 LEI MUNICIPAL DE INCENTIVO AO ESPORTE ATOS DA FMEL - FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ESPORTE E LAZER DE ITAJAÍ EDITAL Nº. 004/2013 LEI MUNICIPAL DE INCENTIVO AO ESPORTE O Superintendente da Fundação Municipal de Esporte e Lazer de Itajaí, no uso de

Leia mais

2- TRANSFERÊNCIAS REALIZADAS ÀS INSTITUIÇÕES POR INTERMÉDIO DE CONVÊNIOS

2- TRANSFERÊNCIAS REALIZADAS ÀS INSTITUIÇÕES POR INTERMÉDIO DE CONVÊNIOS MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA INSTITUIÇÕES DE APLICAÇÃO DE RECURSOS E PRESTAÇÃO DE CONTAS DE CONVÊNIOS FIRMADOS COM A SECRETARIA DE ESTADO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL E ESPORTES SEDESE. 1 - INTRODUÇÃO Este

Leia mais

MANUAL PRESTAÇÃO DE CONTAS DO PROGRAMA DINHEIRO DIRETO NA ESCOLA PDDE

MANUAL PRESTAÇÃO DE CONTAS DO PROGRAMA DINHEIRO DIRETO NA ESCOLA PDDE ESTADO DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO Diretoria de Educação Básica - DIEB Gerência de Administração Escolar - GEADE Programa Dinheiro Direto na Escola - PDDE Rua Antônio Luz, 111-5º

Leia mais

FORMULÁRIO DE PRESTAÇÃO DE CONTAS PROINFRA/IFCE -PRPI

FORMULÁRIO DE PRESTAÇÃO DE CONTAS PROINFRA/IFCE -PRPI PRESTAÇÃO DE CONTAS FORMULÁRIO DE PRESTAÇÃO DE CONTAS PROINFRA/IFCE -PRPI 1. A prestação de contas deve ser constituída dos seguintes documentos: a) Encaminhamento de Prestação de Contas Anexo I; b) Relação

Leia mais

NORMAS GERAIS PARA RECEBIMENTO E CONFERÊNCIA DE DOCUMENTOS

NORMAS GERAIS PARA RECEBIMENTO E CONFERÊNCIA DE DOCUMENTOS NORMAS GERAIS PARA RECEBIMENTO E CONFERÊNCIA DE DOCUMENTOS PROCEDIMENTO PADRÃO Nº. 001/2006. Teresina, Março 2008 ATUALIZADO EM MARÇO DE 2008 NORMAS GERAIS PARA RECEBIMENTO E CONFERÊNCIA DE DOCUMENTOS

Leia mais

ANEXO I CADASTRO DO(A) ÓRGÃO/ENTIDADE E DO(A) DIRIGENTE

ANEXO I CADASTRO DO(A) ÓRGÃO/ENTIDADE E DO(A) DIRIGENTE ANEXO I CADASTRO DO(A) ÓRGÃO/ENTIDADE E DO(A) DIRIGENTE BLOCO 1- IDENTIFICAÇÃO DO(A) ÓRGÃO/ENTIDADE CAMPO 01 - CNPJ Informar o número de inscrição do(a) órgão/ entidade proponente (Secretaria de Educação

Leia mais

"A MENTE QUE SE ABRE A UMA NOVA IDEIA JAMAIS VOLTARÁ AO SEU TAMANHO ORIGINAL." ( ALBERT EINSTEIN)

A MENTE QUE SE ABRE A UMA NOVA IDEIA JAMAIS VOLTARÁ AO SEU TAMANHO ORIGINAL. ( ALBERT EINSTEIN) "A MENTE QUE SE ABRE A UMA NOVA IDEIA JAMAIS VOLTARÁ AO SEU TAMANHO ORIGINAL." ( ALBERT EINSTEIN) PASSO A PASSO: OFÍCIO - Deve ser encaminhado ao Prefeito; - Não necessita constar valores, somente encaminhamento

Leia mais

ANEXOS Resolução TCE Nº 1.604/07 (Administração Estadual)

ANEXOS Resolução TCE Nº 1.604/07 (Administração Estadual) ANEXO I DEMONSTRATIVO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA E FINANCEIRA DOS RECURSOS RECEBIDOS Código Receita Ingressos 00 RECURSOS DO TESOURO (PESSOAL) 00 RECURSOS DO TESOURO (CUSTEIO E INVESTIMENTOS) 10 RECURSOS

Leia mais

Prestacao de Contas para Convenios COORDENADORIA DE PLANEJAMENTO E GESTÃO COPLAG NÚCLEO DE CONTROLADORIA NUCON

Prestacao de Contas para Convenios COORDENADORIA DE PLANEJAMENTO E GESTÃO COPLAG NÚCLEO DE CONTROLADORIA NUCON Prestacao de Contas para Convenios COORDENADORIA DE PLANEJAMENTO E GESTÃO COPLAG NÚCLEO DE CONTROLADORIA NUCON SECRETARIO ADJUNTO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO Antônio Rodrigues de Amorim SECRETARIO EXECUTIVO

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CONSELHO UNIVERSITÁRIO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CONSELHO UNIVERSITÁRIO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 12/2011/CONSU Estabelece normas para o relacionamento entre a Universidade Federal de

Leia mais

DECRETO Nº 15.114,DE 8 DE JANEIRO DE 2013 CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

DECRETO Nº 15.114,DE 8 DE JANEIRO DE 2013 CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS DECRETO Nº 15.114,DE 8 DE JANEIRO DE 2013 Disciplina a celebração de convênios e operações de crédito com previsão de ingresso de recursos financeiros que beneficiem órgãos e entidades da Administração

Leia mais

CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES DECRETO Nº 11.261, DE 16 DE JUNHO DE 2003. Estabelece normas para celebração de convênios e instrumentos similares por órgãos e entidades do Poder Executivo, e dá outras providências. Publicado no Diário

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 20/2015, DE 20 DE ABRIL DE 2015.

PROJETO DE LEI Nº 20/2015, DE 20 DE ABRIL DE 2015. PROJETO DE LEI Nº 20/2015, DE 20 DE ABRIL DE 2015. AUTORIZA O MUNICÍPIO CONCEDER CONTRIBUIÇÃO AO GRUPO DA MELHOR IDADE PAZ E AMOR, FIRMAR CONVÊNIO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O PREFEITO MUNICIPAL DE GUAPORÉ-RS

Leia mais

LEI Nº 3601/2015, DE 19 DE MAIO DE 2015.

LEI Nº 3601/2015, DE 19 DE MAIO DE 2015. LEI Nº 3601/2015, DE 19 DE MAIO DE 2015. AUTORIZA O MUNICÍPIO CONCEDER SUBVENÇÃO SOCIAL AO CENTRO OCUPACIONAL BRUNO JOSÉ CAMPOS HORTA COMUNITÁRIA, FIRMAR CONVÊNIO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O PREFEITO MUNICIPAL

Leia mais

EDITAL Nº 50, DE 14 DE MARÇO DE 2013. EDITAL DE REINGRESSO E INGRESSO PARA PORTADOR DE DIPLOMA

EDITAL Nº 50, DE 14 DE MARÇO DE 2013. EDITAL DE REINGRESSO E INGRESSO PARA PORTADOR DE DIPLOMA EDITAL Nº 50, DE 14 DE MARÇO DE 2013. EDITAL DE REINGRESSO E INGRESSO PARA PORTADOR DE DIPLOMA A Reitora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha - IF- Farroupilha, no uso de

Leia mais

MUNICÍPIO DE MONTES CLAROS MG. SECRETARIA MUNICIPAL DE POLÍTICAS SOCIAIS

MUNICÍPIO DE MONTES CLAROS MG. SECRETARIA MUNICIPAL DE POLÍTICAS SOCIAIS PORTARIA N 035, 10 DE JUNHO DE 2008 DISPÕE SOBRE O EDITAL PARA INSCRIÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS DA REDE EXECUTORA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DO MUNICÍPIO DE MONTES CLAROS 2.008 O Secretário Municipal de Políticas

Leia mais

ANEXO 30 PROCEDIMENTOS ADOTADOS PELO DEPOSITÁRIO ESTABELECIDO EM RECINTO ALFANDEGADO.

ANEXO 30 PROCEDIMENTOS ADOTADOS PELO DEPOSITÁRIO ESTABELECIDO EM RECINTO ALFANDEGADO. ANEXO 30 PROCEDIMENTOS ADOTADOS PELO DEPOSITÁRIO ESTABELECIDO EM RECINTO ALFANDEGADO. Acrescentado pelo Decreto 24.441 de 14 de agosto de 2008. Publicado no DOE de 14.08.2008 Convênio ICMS nº 143/02 e

Leia mais

FRBL FUNDO DE RECONSTITUIÇÃO DE BENS LESADOS

FRBL FUNDO DE RECONSTITUIÇÃO DE BENS LESADOS FRBL FUNDO DE RECONSTITUIÇÃO DE BENS LESADOS Orientações para Organizações da Sociedade Civil sem Fins Lucrativos (OSCs) Expediente Material produzido pelo ICom - Instituto Comunitário Grande Florianópolis

Leia mais

REGULAMENTO DOS PROCEDIMENTOS PARA CELEBRAÇÃO DE CONVÊNIOS E ACORDOS DE COOPERAÇÃO TÉCNICA

REGULAMENTO DOS PROCEDIMENTOS PARA CELEBRAÇÃO DE CONVÊNIOS E ACORDOS DE COOPERAÇÃO TÉCNICA REGULAMENTO DOS PROCEDIMENTOS PARA CELEBRAÇÃO DE CONVÊNIOS E ACORDOS DE COOPERAÇÃO TÉCNICA I DOS PRINCÍPIOS GERAIS Art. 1º A ABDI tem por objeto promover a execução de políticas de desenvolvimento industrial,

Leia mais

EDITAL Nº 05/2015/PROEN/UFCA EDITAL DE SELEÇÃO PARA BOLSA SANTANDER /ANDIFES DE MOBILIDADE ACADÊMICA 2015.2

EDITAL Nº 05/2015/PROEN/UFCA EDITAL DE SELEÇÃO PARA BOLSA SANTANDER /ANDIFES DE MOBILIDADE ACADÊMICA 2015.2 EDITAL Nº 05/2015/PROEN/UFCA EDITAL DE SELEÇÃO PARA BOLSA SANTANDER /ANDIFES DE MOBILIDADE ACADÊMICA 2015.2 A Pró-Reitora de Ensino da Universidade Federal do Cariri (UFCA), usando de suas atribuições

Leia mais

PEME PROGRAMA DE ENRIQUECIMENTO DA MERENDA ESCOLAR PROCEDIMENTOS DO ADIANTAMENTO

PEME PROGRAMA DE ENRIQUECIMENTO DA MERENDA ESCOLAR PROCEDIMENTOS DO ADIANTAMENTO PROGRAMA DE ENRIQUECIMENTO DA MERENDA ESCOLAR PROCEDIMENTOS DO ADIANTAMENTO 2014 A verba é liberada na forma de adiantamento para um responsável na unidade escolar que ficará encarregado de efetuar as

Leia mais

Instruções para prestação de contas de auxílio

Instruções para prestação de contas de auxílio Instruções para prestação de contas de auxílio Modalidade: Auxílio Instalação INST 1 DÚVIDAS: Auditoria Interna da FAPERJ: Rua Erasmo Braga, 118-6º andar Centro - Rio de Janeiro Tels: 2333-1948/1957/1976/1992

Leia mais

INSTRUÇÃO DE SERVIÇO Nº 06/2012 VALE TRANSPORTE

INSTRUÇÃO DE SERVIÇO Nº 06/2012 VALE TRANSPORTE INSTRUÇÃO DE SERVIÇO Nº 06/2012 VALE TRANSPORTE A GERENTE GERAL DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS, no uso de suas atribuições deliberadas pela Portaria SE Nº 1495, de 01/03/2011, resolve tornar pública esta

Leia mais

RESOLUÇÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO N. 1/2009

RESOLUÇÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO N. 1/2009 RESOLUÇÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO N. 1/2009 Estabelece normas para captação e gestão de recursos financeiros por meio de convênios e contratos. O CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO, no uso de suas atribuições

Leia mais

Sistema de Desenvolvimento Institucional PO - Procedimento Operacional

Sistema de Desenvolvimento Institucional PO - Procedimento Operacional Unidade Universidade Federal da Bahia Pró-Reitoria de Administração Sistema de Desenvolvimento Institucional PO - Procedimento Operacional Processo PO/PROAD/CMP/ 1 de 10 Glossário de Termos e Siglas AGU

Leia mais

ORDENS BANCÁRIAS ESTADOS E MUNICÍPIOS MANUAL DO USUÁRIO

ORDENS BANCÁRIAS ESTADOS E MUNICÍPIOS MANUAL DO USUÁRIO ORDENS BANCÁRIAS ESTADOS E MUNICÍPIOS MANUAL DO USUÁRIO Ordens Bancárias Estados e Municípios Sumário 1. Introdução... 3 2. Público Alvo... 3 3. Características... 4 3.1. Modalidades e tipos de ordens

Leia mais

Manual Prático Para Prestação de Contas

Manual Prático Para Prestação de Contas Manual Prático Para Prestação de Contas INTRODUÇÃO O presente manual tem por finalidade orientar os gestores de projetos culturais sobre os seus deveres, instruir como realizar as despesas e prestar contas

Leia mais

ANEXO I OFÍCIO DE ENCAMINHAMENTO DA PRESTAÇÃO DE CONTAS Nº DO CONVÊNIO:

ANEXO I OFÍCIO DE ENCAMINHAMENTO DA PRESTAÇÃO DE CONTAS Nº DO CONVÊNIO: ANEXO I OFÍCIO DE ENCAMINHAMENTO DA PRESTAÇÃO DE CONTAS Nº DO CONVÊNIO: Ofício nº /2015 Uberaba/MG, de de 2015 Ilmo(a). Sr (a), Encaminho à V. Sa., documentação comprobatória da prestação de contas, composta

Leia mais

C O N V Ê N I O Nº 145/2014

C O N V Ê N I O Nº 145/2014 C O N V Ê N I O Nº 145/2014 Que entre si celebram de um lado o MUNICÍPIO DE ITABIRITO, pessoa jurídica de direito público interno, inscrição no CNPJ sob o nº 18.307.835/0001-54, com endereço a Avenida

Leia mais

PROJETO DE EXTENSÃO. Frequência: ( ) Diária ( ) Semanal ( ) Quinzenal ( ) Mensal ( ) Outra (especificar).

PROJETO DE EXTENSÃO. Frequência: ( ) Diária ( ) Semanal ( ) Quinzenal ( ) Mensal ( ) Outra (especificar). Ano: Semestre: ( ) 1º ( ) 2º Reoferta: Sim ( ) Não( ) Recebido em: / / PROJETO DE EXTENSÃO 1. IDENTIFICAÇÃO 1.1. Título do Projeto/Atividade 1.2. Coordenador: : Curso: Cargo/Titulação: Fax: Telefone: E-mail:

Leia mais

ORIENTAÇÃO BÁSICA PARA PRESTAÇÃO DE CONTAS DE ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR

ORIENTAÇÃO BÁSICA PARA PRESTAÇÃO DE CONTAS DE ENTIDADES DO TERCEIRO SETOR MINISTÉRIO PÚBLICO DE PERNAMBUCO Procuradoria Geral de Justiça Secretaria Geral do Ministério Público Coordenadoria Ministerial de Apoio Técnico e Infraestrutura Gerência Ministerial de Contabilidade ORIENTAÇÃO

Leia mais

O PREFEITO DE GOIÂNIA, no uso de suas atribuições legais, e CAPÍTULO I DO FUNDO MUNICIPAL DE ESPORTE E LAZER

O PREFEITO DE GOIÂNIA, no uso de suas atribuições legais, e CAPÍTULO I DO FUNDO MUNICIPAL DE ESPORTE E LAZER 1 Gabinete do Prefeito DECRETO Nº 4139, DE 11 DE SETEMBRO DE 2013. Regulamenta o Fundo Municipal de Esporte e Lazer e o Incentivo ao Esporte e Lazer e dá outras providências. O PREFEITO DE GOIÂNIA, no

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ITAÚNA - MG Edital de Chamamento para Cadastro nº 01/2013

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ITAÚNA - MG Edital de Chamamento para Cadastro nº 01/2013 PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ITAÚNA - MG Edital de Chamamento para Cadastro nº 01/2013 Edital de convocação de Pessoas Jurídicas para inscrição e atualização do Cadastro de Fornecedores do Município de Itaúna.

Leia mais

Prefeitura Municipal de Curitiba

Prefeitura Municipal de Curitiba Custo previsto do projeto: R$ 2.918.764,27 Repasses realizados em 2008: R$ 2.661.682,37 6- propiciar ao catador, através da sua organização em associações ou cooperativas a celebração de convênio para

Leia mais

Agricultura Familiar

Agricultura Familiar DA UNIDADE EXECUTORA: N ºINEP: OFÍCIO N.: / 20 LOCAL E DATA:, / / Senhor (a) Gestor(a), Encaminhamos, em anexo, a V.S.ª, a prestação de conta desta Unidade, referente aos a Repasses/20, no valor total

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA VETERINÁRIA DE PERNAMBUCO

CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA VETERINÁRIA DE PERNAMBUCO CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA VETERINÁRIA DE PERNAMBUCO Resolução nº 004, de 25 de março de 2015 Estabelece requisitos a serem observados para obtenção de apoio financeiro ou institucional junto ao CRMV-PE.

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 10, DE 31 DE AGOSTO 1999

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 10, DE 31 DE AGOSTO 1999 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 10, DE 31 DE AGOSTO 1999 Publicado no DOE(Pa) de 02.09.99. Aprova modelo de formulários e dá outras providências. A Secretaria Executiva da Fazenda, no uso de suas atribuições legais,

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA UTILIZAÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DE RECURSOS DO FNDE

ORIENTAÇÕES PARA UTILIZAÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DE RECURSOS DO FNDE ORIENTAÇÕES PARA UTILIZAÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DE RECURSOS DO FNDE O PDDE consiste na assistência financeira às escolas públicas da educação básica das redes estaduais, municipais e do Distrito Federal

Leia mais

INFORMAÇÕES GERAIS 1- A

INFORMAÇÕES GERAIS 1- A INFORMAÇÕES GERAIS - A prestação de contas financeira consiste na comprovação das despesas realizadas com os recursos do convênio, de forma que fique clara a pertinência das mesmas com a Relação de Itens

Leia mais

NOTA TÉCNICA Nº 14/2014

NOTA TÉCNICA Nº 14/2014 NOTA TÉCNICA Nº 14/2014 Brasília, 10 de junho de 2014. ÁREA: Contabilidade Municipal TÍTULO: Transferências Obrigatórias para Municípios em situação de emergência - SE ou estado de calamidade pública/ecp

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES

CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES PARECER DA COMISSÃO DE EDUCAÇÃO, INDÚSTRIA, COMÉRCIO E TURISMO Projeto de Lei nº 021 de 24 de fevereiro de 2014 AUTOR: Poder Executivo PARECER: Favorável, sem apresentação de emendas EMENTA: Autoriza o

Leia mais

I Efetivação do compromisso social do IFAL com o Estado de Alagoas;

I Efetivação do compromisso social do IFAL com o Estado de Alagoas; PROGRAMA DE APOIO AO INSTITUTO FEDERAL DE ALAGOAS PARA O DESENVOLVIMENTO DE AÇÕES INTEGRADAS PROIFAL 1. OBJETIVO Apoiar o Instituto Federal de Alagoas IFAL nas atividades de ensino, pesquisa e extensão

Leia mais

RELATÓRIO DA EXECUÇÃO FÍSICO-FINANCEIRA

RELATÓRIO DA EXECUÇÃO FÍSICO-FINANCEIRA PREENCHIMENTO DO ANEXO III RELATÓRIO DA EXECUÇÃO FÍSICO-FINANCEIRA FÍSICO: refere-se ao indicador físico da qualificação e quantificação do produto de cada meta e etapa executada e a executar. Não fazer

Leia mais

Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Adesão - 1ª edição de 2015

Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Adesão - 1ª edição de 2015 Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Adesão - 1ª edição de 2015 1 - Dados cadastrais da Instituição de Educação Superior - IES

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DE SEGURO SOCIAL - INSS ROTEIRO DE CRITÉRIOS PARA CONCESSÃO DOS EMPRÉSTIMOS CONSIGNADOS

INSTITUTO NACIONAL DE SEGURO SOCIAL - INSS ROTEIRO DE CRITÉRIOS PARA CONCESSÃO DOS EMPRÉSTIMOS CONSIGNADOS PUBLICO ALVO Aposentados e pensionistas INSS com empréstimo em outra instituição bancária. CÁLCULO DE MARGEM (PARCELA MÁXIMA A SER UTILIZADA NA NOVA OPERAÇÃO) PORCENTAGEM DA MARGEM A SER UTILIZADA Utilização

Leia mais

Número: 00190.004342/2013-31 Unidade Examinada: Município de Marília/SP

Número: 00190.004342/2013-31 Unidade Examinada: Município de Marília/SP Número: 00190.004342/2013-31 Unidade Examinada: Município de Marília/SP Relatório de Demandas Externas n 00190.004342/ 2013-31 Sumário Executivo Este Relatório apresenta os resultados das ações de controle

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal da Integração Latino-Americana

Ministério da Educação Universidade Federal da Integração Latino-Americana Ministério da Educação Universidade Federal da Integração Latino-Americana EDITAL PROEX 10/2014, de 05 de agosto de 2014 PROFIEX 2014 A Comissão Superior de Extensão e a Pró-Reitora de Extensão da Universidade

Leia mais

Roteiro para Prestação de Contas referente ao Programa de Patrocínios DME 2016.

Roteiro para Prestação de Contas referente ao Programa de Patrocínios DME 2016. 1 Roteiro para Prestação de Contas referente ao Programa de Patrocínios DME 2016. Formulários obrigatórios para Prestação de Contas PRESTAÇÃO DE CONTAS - PROJETOS INCENTIVADOS PELA DME E/OU SUAS SUBSIDIÁRIAS.

Leia mais

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 013/2012

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 013/2012 COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Contrato de Repasse do Convênio no SICONV nº 763468/2011-IPD/MDA/BB Modalidade: Melhor técnica e menor preço Entrega da Proposta até dia/hora: 28/02/2012 às 09h30 Valor Referencial

Leia mais

NOTA TÉCNICA Nº 03/2014 AJUR ASSESSORIA JURÍDICA DA FAMURS

NOTA TÉCNICA Nº 03/2014 AJUR ASSESSORIA JURÍDICA DA FAMURS NOTA TÉCNICA Nº 03/2014 AJUR ASSESSORIA JURÍDICA DA FAMURS Data: 09 de outubro de 2014. Assunto: ILUMINAÇÃO PÚBLICA. TRANSFERÊNCIA DE ATIVOS AOS MUNICÍPIOS. RESOLUÇÃO ANEEL N 414/2010 e Nº 479/2012. PRAZO:

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS - TJ/AM PROJETO BÁSICO

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS - TJ/AM PROJETO BÁSICO PROJETO BÁSICO Contratação de Instituição Financeira Oficial para gerir os recursos da Conta Única de Depósitos Judiciais do Poder Judiciário do Estado do Amazonas PROJETO BÁSICO 1 - DADOS DA INSTITUIÇÃO:

Leia mais

CONVÊNIO SEDAC N 19/2011

CONVÊNIO SEDAC N 19/2011 ... ~ecretaria aa~ura G o V E. R N O D O E S TA D Pro O RIO GRANDE DO SU c. n S ECRET A R I A DA CUL TUR.1f~:.É.~--~~.:...,~~~-- CONVÊNIO SEDAC N 19/2011 CONVÊNIO que celebram o ESTADO DO RIO GRANDE DO

Leia mais

4. FUNDAMENTAÇÃO LEGAL

4. FUNDAMENTAÇÃO LEGAL TERMO DE REFERÊNCIA 1. OBJETO 1.1 Aquisição de redes de proteção para a quadra poliesportiva do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo Câmpus Presidente Epitácio. 2. JUSTIFICATIVA

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 236/2005-CAD/UNICENTRO

RESOLUÇÃO Nº 236/2005-CAD/UNICENTRO RESOLUÇÃO Nº 236/2005-CAD/UNICENTRO Celebra Termo de Convênio n 245/2005 firmado entre a UNICENTRO e Fundação Araucária. O REITOR DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE, UNICENTRO: Faço saber que o Conselho

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS GABINETE CIVIL

PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS GABINETE CIVIL PUBLICADA NO DIÁRIO OFICIAL Nº 1925, DE 23 DE MAIO DE 2005, Págs 54 e 56 LEI Nº 1367, DE 17 DE MAIO DE 2005. Regulamentada pelo Decreto nº 198/06 Cria o Fundo Municipal de Desenvolvimento da Economia Popular

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITABIRITO

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITABIRITO C O N V Ê N I O Nº 011/2013 Que entre si celebram de um lado o MUNICÍPIO DE ITABIRITO, pessoa jurídica de direito público interno, inscrição no CNPJ sob o nº 18.307.835/0001-54, com endereço a Avenida

Leia mais

MEMÓRIAS BRASILEIRAS: BIOGRAFIAS Edital N 13/2015

MEMÓRIAS BRASILEIRAS: BIOGRAFIAS Edital N 13/2015 MEMÓRIAS BRASILEIRAS: BIOGRAFIAS Edital N 13/2015 Publicado no DOU de 29/07/15 seção 3 pág. 33 DIRETORIA DE PROGRAMAS E BOLSAS NO PAÍS DPB Coordenação- Geral de Programas Estratégicos CGPE A Coordenação

Leia mais

ATO DA COMISSÃO DIRETORA Nº 5, DE 2006. A COMISSÃO DIRETORA DO SENADO FEDERAL, no uso de sua competência regimental e regulamentar, RESOLVE:

ATO DA COMISSÃO DIRETORA Nº 5, DE 2006. A COMISSÃO DIRETORA DO SENADO FEDERAL, no uso de sua competência regimental e regulamentar, RESOLVE: ATO DA COMISSÃO DIRETORA Nº 5, DE 2006. Dispõe sobre o fornecimento de passagens e a concessão de diárias de viagem, a serviço, e dá outras providências. A COMISSÃO DIRETORA DO SENADO FEDERAL, no uso de

Leia mais

PROGRAMA DE APOIO A ELABORAÇÃO DE DISSERTAÇÃO OU TESE EDITAL FAPEMA Nº 016/2015 - PAEDT

PROGRAMA DE APOIO A ELABORAÇÃO DE DISSERTAÇÃO OU TESE EDITAL FAPEMA Nº 016/2015 - PAEDT PROGRAMA DE APOIO A ELABORAÇÃO DE DISSERTAÇÃO OU TESE EDITAL FAPEMA Nº 016/2015 - PAEDT O Governo do Estado do Maranhão e a Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação - SECTI, por meio da Fundação

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS RESOLUÇÃO N 137, DE 21 DE JANEIRO DE 2010.

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS RESOLUÇÃO N 137, DE 21 DE JANEIRO DE 2010. PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS RESOLUÇÃO N 137, DE 21 DE JANEIRO DE 2010. Dispõe sobre os parâmetros para a criação e o funcionamento dos Fundos Nacional, Estaduais e Municipais

Leia mais

Se você for substituir o seu bem por um USADO, providenciar a vistoria do bem (se for um bem NOVO, passar para o 2º passo)

Se você for substituir o seu bem por um USADO, providenciar a vistoria do bem (se for um bem NOVO, passar para o 2º passo) Orientações para Substituição de Garantia Bens Móveis Nesse documento você encontra todas as orientações para concluir a substituição do bem adquirido no Consórcio, de maneira ágil e fácil. Esse processo

Leia mais

Anexo. Município UFIR. Valor por extenso. em moeda corrente. (Assinatura do responsável) Nome do Resp. FICHA DE QUALIFICAÇÃO DO CANDIDATO (Modelo 1)

Anexo. Município UFIR. Valor por extenso. em moeda corrente. (Assinatura do responsável) Nome do Resp. FICHA DE QUALIFICAÇÃO DO CANDIDATO (Modelo 1) Anexo Sigla e nº do Partido/série Recebemos de nome do partido Recibo Eleitoral Endereço: Mun. CEP CPF ou CGC nº a quantia de R$ correspondente a UFIR Data / / Nome do Responsável CPF nº U.F. R$ Município

Leia mais

PROGRAMA DE APOIO A ANIMAIS PERTENCENTES A FAMÍLIAS CARENCIADAS

PROGRAMA DE APOIO A ANIMAIS PERTENCENTES A FAMÍLIAS CARENCIADAS 1/5 PROGRAMA DE APOIO A ANIMAIS PERTENCENTES A FAMÍLIAS CARENCIADAS FORMULÁRIO DE CANDIDATURA (nº SM) Exmo Sr. Presidente da Câmara Municipal de Sintra 1. Identificação (nome completo), Masculino Feminino

Leia mais

ANEXO (Portaria Interministerial MCT/MDIC nº 291, de 07.05.2008)

ANEXO (Portaria Interministerial MCT/MDIC nº 291, de 07.05.2008) ANEXO (Portaria Interministerial MCT/MDIC nº 291, de 07.05.2008) ROTEIRO PARA APRESENTAÇÃO DAS PROPOSTAS DE PROJETO LEI Nº 11.484/2007 CAPÍTULO II PATVD I INTRODUÇÃO O presente roteiro orienta a elaboração

Leia mais

CHECKLIST CONVÊNIOS E CONTRATOS DE REPASSE RECURSOS FEDERAIS

CHECKLIST CONVÊNIOS E CONTRATOS DE REPASSE RECURSOS FEDERAIS CHECKLIST CONVÊNIOS E CONTRATOS DE REPASSE RECURSOS FEDERAIS VERIFICAÇÕES PRELIMINARES Art. 3, caput e 1 ; 1. O objeto do convênio ou contrato de repasse guarda relação com a atividade do convenente? 2.

Leia mais

*DECRETO Nº 2.101, DE 18 DE AGOSTO DE 2009.

*DECRETO Nº 2.101, DE 18 DE AGOSTO DE 2009. Diário Oficial nº : 25145 Data de publicação: 24/08/2009 Matéria nº : 238068 *DECRETO Nº 2.101, DE 18 DE AGOSTO DE 2009. Dispõe sobre a concessão de diárias a servidores públicos civis ou militares e empregados

Leia mais

Nome do Responsável Diógenes Gomes Curado Filho PLANO DE TRABALHO 1 - DADOS CADASTRAIS - PROPONENTE

Nome do Responsável Diógenes Gomes Curado Filho PLANO DE TRABALHO 1 - DADOS CADASTRAIS - PROPONENTE PLANO DE TRABALHO 1 - DADOS CADASTRAIS - PROPONENTE Órgão/Entidade Proponente Governo do Estado de Mato Grosso CNPJ 00.989.587/0001-03 ENDEREÇO Avenida Tranversal, bloco B, Centro Político Administrativo,

Leia mais

Apresentar recibo original emitido pela organização do evento, constando inclusive à assinatura do recebedor.

Apresentar recibo original emitido pela organização do evento, constando inclusive à assinatura do recebedor. Apresentar recibo original emitido pela organização do evento, constando inclusive à assinatura do recebedor. acompanhado dos cartões de embarque originais utilizados; f) A FAPERJ não aceitará o pagamento

Leia mais

O Fundo dos Direitos da Criança e do Adolescente

O Fundo dos Direitos da Criança e do Adolescente CURSO DE CAPACITAÇÃO PARA OS PROMOTORES DE JUSTIÇA PROGRAMA INFÂNCIA EM 1º LUGAR 2ª ETAPA O Fundo dos Direitos da Criança e do Gestão e Captação de Recursos Fernando Carlos Almeida Fernando Carlos Almeida

Leia mais

PLANO DE TRABALHO 1 - DADOS CADASTRAIS DA UFES

PLANO DE TRABALHO 1 - DADOS CADASTRAIS DA UFES PLANO DE TRABALHO Denominação 1 - DADOS CADASTRAIS DA UFES Endereço AV. FERNANDO FERRARI, 514 CAMPUS UNIVERSITÁRIO - GOIABEIRAS Cidade UF ES CEP 29060-900 DDD/Telefone (27)3335-2222 CNPJ 32.479.123/0001-43

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DE CONTROLE INTERNO E AUDITORIA

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DE CONTROLE INTERNO E AUDITORIA ORIENTAÇÕES TÉCNICAS PARA A ELABORAÇÃO DA PRESTAÇÃO DE CONTAS DOS DIRETÓRIOS PARTIDÁRIOS Tendo em vista a obrigação das agremiações partidárias de prestar contas até 30 de abril de 2014, referente ao exercício

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA AGE N.º 10, DE 20 DE MAIO DE 2010.

INSTRUÇÃO NORMATIVA AGE N.º 10, DE 20 DE MAIO DE 2010. AUDITORIA GERAL DO ESTADO ATOS DO AUDITOR-GERAL INSTRUÇÃO NORMATIVA AGE N.º 10, DE 20 DE MAIO DE 2010. Estabelece normas de organização e apresentação das prestações de contas de convênios que impliquem

Leia mais

REGULAMENTA A LEI COMPLEMENTAR ESTADUAL Nº37, DE 26 DE NOVEMBRO DE 2003, QUE INSTITUI O FUNDO ESTADUAL DE COMBATE À POBREZA, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

REGULAMENTA A LEI COMPLEMENTAR ESTADUAL Nº37, DE 26 DE NOVEMBRO DE 2003, QUE INSTITUI O FUNDO ESTADUAL DE COMBATE À POBREZA, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. DECRETO Nº27.379, de 01 de março de 2004. REGULAMENTA A LEI COMPLEMENTAR ESTADUAL Nº37, DE 26 DE NOVEMBRO DE 2003, QUE INSTITUI O FUNDO ESTADUAL DE COMBATE À POBREZA, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O GOVERNADOR

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 006/2002-CAD/UNICENTRO

RESOLUÇÃO Nº 006/2002-CAD/UNICENTRO RESOLUÇÃO Nº 006/2002-CAD/UNICENTRO Celebra Termo Aditivo ao Termo de Convênio de Cooperação Técnica e Científica firmado entre a UNICENTRO e a FAU, e aprova Modelo de Contrato de Gestão Financeira de

Leia mais

Departamento de Prestação de Contas de Convênios, Termos e Acordos de Cooperação DPC1. Oficina sobre Prestação de Contas

Departamento de Prestação de Contas de Convênios, Termos e Acordos de Cooperação DPC1. Oficina sobre Prestação de Contas Departamento de Prestação de Contas de Convênios, Termos e Acordos de Cooperação DPC1 Oficina sobre Prestação de Contas Introdução Discurso da Nova Marca: - Financiar projetos relevantes para o país, de

Leia mais

Portal dos Convênios SICONV

Portal dos Convênios SICONV MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios SICONV Execução Processo de Compra, Contrato,

Leia mais

ANEXO III Orientações e formulários para prestação de contas (Edital 01/2016 de Seleção Pública de Projetos Culturais para Patrocínio pelo CAU/RJ)

ANEXO III Orientações e formulários para prestação de contas (Edital 01/2016 de Seleção Pública de Projetos Culturais para Patrocínio pelo CAU/RJ) ANEXO III Orientações e formulários para prestação de contas (Edital 01/2016 de Seleção Pública de Projetos Culturais para Patrocínio pelo CAU/RJ) Em conformidade com as competências do CAU/UF previstas

Leia mais

CAPÍTULO III - DA COMPOSIÇÃO E DIVERSIFICAÇÃO DA CARTEIRA DO FUNDO

CAPÍTULO III - DA COMPOSIÇÃO E DIVERSIFICAÇÃO DA CARTEIRA DO FUNDO CAPÍTULO I - DO FUNDO Artigo 1º O CAIXA FUNDO MÚTUO DE PRIVATIZAÇÃO FGTS PETROBRAS IV CAIXA FMP FGTS PETROBRAS IV, doravante designado, abreviadamente, FUNDO, é uma comunhão de recursos, constituído sob

Leia mais

PORTARIA TRT 18ª GP/DG/SOF Nº

PORTARIA TRT 18ª GP/DG/SOF Nº PORTARIA TRT 18ª GP/DG/SOF Nº 06, de 17.2.09 O DESEMBARGADOR-PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais, CONSIDERANDO o disposto nos arts.

Leia mais

MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO

MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO CONVÊNIO ENTRE O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO E A SECÇÃO ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL DO CIOFF, PARA A REALIZAÇÃO DO XI FESTIVAL INTERNACIONAL DE FOLCLORE DE PASSO FUNDO O36/2014 PGM O MUNICÍPIO DE PASSO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO RESOLUÇÃO Nº 18 DE 21 DE MAIO DE 2013.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO RESOLUÇÃO Nº 18 DE 21 DE MAIO DE 2013. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO CONSELHO DELIBERATIVO RESOLUÇÃO Nº 18 DE 21 DE MAIO DE 2013. Dispõe sobre a destinação de recursos financeiros, nos moldes operacionais

Leia mais

F4D7 - Solicitação de Convênio para Execução de Projetos e/ou Eventos

F4D7 - Solicitação de Convênio para Execução de Projetos e/ou Eventos Página: 1 de 8 INSTRUÇÕES PARA FIRMAR CONVÊNIO COM O CREA-CE Conforme Art. 25. Serão admitidas para cumprimento do objeto do convênio firmado entre o Crea e a instituição de ensino ou a entidade de classe

Leia mais

Orientações Estruturantes

Orientações Estruturantes Ministério do Esporte Programa Esporte e Lazer da Cidade PELC & Vida Saudável Orientações Estruturantes 2016 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO...3 2. CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO E PROJETO TÉCNICO PEDAGÓGICO...3 3. RELAÇÃO

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA MCT/FINEP CT-INFO- 01/2006 SELEÇÃO PÚBLICA DE PROPOSTAS DE PROJETOS INOVADORES EM SOFTWARE

CHAMADA PÚBLICA MCT/FINEP CT-INFO- 01/2006 SELEÇÃO PÚBLICA DE PROPOSTAS DE PROJETOS INOVADORES EM SOFTWARE CHAMADA PÚBLICA MCT/FINEP CT-INFO- 01/2006 SELEÇÃO PÚBLICA DE PROPOSTAS DE PROJETOS INOVADORES EM SOFTWARE 1. OBJETIVO O MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA MCT, por intermédio da Financiadora de Estudos

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA OLINDA

PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA OLINDA LEI N 274/2013 Nova Olinda - TO, 23 de outubro de 2013 "Institui e cria o Fundo Municipal do Meio Ambiente - FMMA do Município de Nova Olinda -TO e dá outras providências." O PREFEITO MUNICIPAL DE NOVA

Leia mais