ROTEIRO PARA CRIAÇÃO DE CURSO E OFERTA DE TURMA DE ESPECIALIZAÇÃO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ROTEIRO PARA CRIAÇÃO DE CURSO E OFERTA DE TURMA DE ESPECIALIZAÇÃO"

Transcrição

1 ROTEIRO PARA CRIAÇÃO DE CURSO E OFERTA DE TURMA DE ESPECIALIZAÇÃO (Conforme a Resolução 42/03-COUN, de 05 de novembro de 2003 e suas alterações). I. PROCEDIMENTO PARA CRIAÇÃO DE NOVO CURSO: A. ABERTURA DE PROCESSO para CRIAÇÃO de CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO: O docente responsável pela proposta do novo curso de Especialização deverá abrir um processo administrativo, através do SIE, com o assunto Criação de Cursos de Especialização.. Após o registro no SIE instruir o processo iniciando-o com o Formulário 1 disponível no site que deverá ser apensado como o primeiro documento e numerado como folha 01 onde devem ser informados todos os documentos integrantes da proposta de curso e respectivas páginas (folhas). A proposta de novo curso deve conter as seguintes informações: (A) PROPOSTA DO CURSO: a) IDENTIFICAÇÃO DO CURSO a.1. Nome do Curso (título); a.2. Unidade executora (Departamento/Setor/Órgão); a.3. Coordenação (nome do Coordenador e Vice-Coordenador e respectivos s); a.4. Local de realização do Curso (endereço, telefone, fax). b) INFORMAÇÕES GERAIS SOBRE O CURSO: b.1. Carga horária total (obs.: 360h mínimas sem contagem da carga horária didático-pedagógicas); b.2. Clientela alvo; b.3. Periodicidade; b.4. Período de funcionamento (início e término); b.5. Número de vagas (TOTAL= vagas ofertadas + bolsas (10%) - Res. 42/03 - COUN); b.6. Seleção e matrícula (sistema, critérios e datas); b.7. Taxas (inscrições e mensalidades); b.8. Sistema de avaliação (freqüência, trabalhos, etc.); b.9. Critérios para obtenção de Certificados (aprovação de disciplinas, monografia, trabalho de conclusão de curso). OBS.: AS MONOGRAFIAS DEVERÃO SER INDIVIDUAIS. c) INFORMAÇÕES SOBRE AS DISCIPLINAS OFERTADAS E PROFESSORES ENVOLVIDOS: c.1 Cadastro de disciplinas específicas e didático-pedagógicas (site PRPPG). c.2 Relação de professores da UFPR (nome, regime de trabalho, titulação). c.3 Relação de professores convidados - INCLUIR CURRICULUM VITAE; c.4 Justificativas para professores sem titulação; c.5 Cronograma (etapas e/ou período das atividades e disciplinas). c.6 Plano Individual de Trabalho (PIT) do professor, devidamente assinado pelos responsáveis (modelo disponível nos sites da PRPPG e da PROPLAN/CRI). Observar o LIMITE DE CARGA HORÁRIA: Professor 40h ou DE 180h/ano Professor 20h: 90h/ano. Rua XV de Novembro, Sobreloja Centro - CEP Curitiba PR - Fone: Página 1 de 11

2 Poderão participar: Docentes: Seniores, Substitutos e Aposentados da UFPR sem vínculos com outras Instituições de Ensino Superior. Estas três classes não poderão coordenar cursos de especialização. d) ORÇAMENTO - PRELIMINAR (Ver tabela de elementos de despesas e Plano de Trabalho no site: d.1 Receitas: d.1.1 Taxas e mensalidades; d.1.2 Outras receitas. d.2 Despesas: d.2.1 Material de consumo; d Material permanente; d.2.3 Serviços de terceiros (pessoa física pagamento de bolsas); d.2.4 Serviços de terceiros (pessoa jurídica); d.2.5 Passagens e diárias; d.2.6 Taxas conforme Resolução 42/03 COUN. B. APROVAÇÃO DEPARTAMENTAL E SETORIAL Finalizada a instrução encaminhar o processo para apreciação e aprovação em Plenária Departamental e, em trâmite subseqüente, no Conselho Setorial. C. APROVAÇÃO DA PRPPG E DO CEPE Após a aprovação da proposta do curso, nas instâncias pertinentes (Departamento e do Setor), o processo deve ser encaminhado para a PRPPG juntamente com oficio solicitando a apreciação e parecer do CEPE sobre o curso proposto. CRIAÇÃO DE CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO Abertura Processo Unidade proponente Instrução Unidade Proponente PRPPG S Aprovação Plenária Departamental CEPE Requer Instrução Adicional? N APROVAÇÃO DO CURSO Aprovação Setorial PRPPG ARQUIVO PRPPG Informação ao Departamento da criação do curso. Rua XV de Novembro, Sobreloja Centro - CEP Curitiba PR - Fone: Página 2 de 11

3 II. PROCEDIMENTO PARA OFERTA DE NOVA TURMA COM O APOIO DA FUNPAR: A. PROCEDIMENTOS: Após a criação dos cursos de especialização formalizados através de Parecer de Aprovação exarado pelo CEPE, é possível a oferta de turmas à comunidade em geral. Esta oferta requer a abertura de processo administrativo através do SIE, com o assunto Acordos. Ajustes. Contratos. Convênios, resumo do assunto Termo de... entre a UFPR e a FUNPAR para desenvolvimento do Curso de Especialização... TURMA 20XX ). Este processo será composto por duas partes: Parte 1: Conterá a documentação referente à parte pedagógica do curso; Parte 2: Conterá a documentação referente à contratação da FUNPAR. O Formulário 2, anexo a este documento, poderá ser utilizado como checklist, sendo um documento não obrigatório no processo. (A) PARTE 1 DOCUMENTAÇÃO REFERENTE À PARTE PEDAGÓGICA (documentos extraídos do processo de CRIAÇÃO DO CURSO) A IDENTIFICAÇÃO DO CURSO a.1 Nome do Curso (título); a.2 Unidade executora (Departamento/Setor/Órgão); a.3 Coordenação (Nome do Coordenador e Vice-Coordenador e respectivos s); a.4 Instituição conveniada (nome, endereço, telefone, fax); a.5 Local de realização do Curso (endereço, telefone, fax); a.6 Parecer da CEPE (1 a oferta) ou PRPPG (subseqüentes). B INFORMAÇÕES GERAIS SOBRE O CURSO: b.1 Carga horária total (obs.: 360h mínimas sem contagem da carga horária didático-pedagógicas); b.2 Clientela alvo; b.3 Periodicidade; b.4 Período de funcionamento (início e término); b.5 Número de vagas (TOTAL= vagas ofertadas + bolsas (10%) - Resolução 42/03 - COUN); b.6 Seleção e matrícula (sistema, critérios e datas); b.7 Taxas (inscrições e mensalidades); b.9 Sistema de avaliação (freqüência, trabalhos, etc.); b.10 Critérios para obtenção de Certificados (aprovação de disciplinas, monografia, trabalho de conclusão de curso). AS MONOGRAFIAS DEVERÃO SER INDIVIDUAIS. C INFORMAÇÕES SOBRE AS DISCIPLINAS OFERTADAS E PROFESSORES ENVOLVIDOS: c.1 Cadastro de disciplinas específicas e didático-pedagógicas (site PRPPG). c.2 Relação de professores da UFPR (nome, regime de trabalho, titulação). c.3 Relação de professores convidados - incluir curriculum vitae; retribuição isonômica e transparente. c.4 Justificativas para professores sem titulação; c.5 Cronograma (etapas e/ou período das atividades e disciplinas). c.6 Plano Individual de Trabalho (PIT) do professor, devidamente assinado pelos responsáveis (modelo disponível nos sites da PRPPG e da PROPLAN/CRI). Observar o LIMITE DE CARGA HORÁRIA: Professor 40h ou DE 180h/ano Professor 20h: 90h/ano. Rua XV de Novembro, Sobreloja Centro - CEP Curitiba PR - Fone: Página 3 de 11

4 Poderão participar: Docentes Seniores, Substitutos e Aposentados da UFPR sem vínculos com outras Instituições de Ensino Superior. Estas três classes não poderão coordenar cursos de especialização. (B) PARTE 2 DOCUMENTAÇÃO REFERENTE À CONTRATAÇÃO DO APOIO ADMINISTRATIVO E FINANCEIRO DA FUNDAÇÃO DE APOIO. A DOCUMENTAÇÃO OBRIGATÓRIA a.1 Minuta do Termo de Contrato; a.2 Plano de Trabalho assinado pelo Coordenador e aprovado pela FUNPAR; a.3 Termo de Dispensa de Licitação dos Custos Operacionais da FUNPAR; a.4. Termo de Dispensa de Licitação dos valores a serem repassados para o desenvolvimento do projeto; a.5 PIT Plano Individual de Trabalho dos docentes envolvidos na execução do Curso; a.6 Anexos II, devidamente preenchidos e assinados; a.7 Manifestação de Interesse da FUNPAR; a.8 Justificativa de Preço da FUNPAR, com aceite da Coordenação do Projeto; a.9 Justificativa de Contratação da FUNPAR; a.10 Ficha Cadastral do Coordenador; a.11 Termo de Responsabilidade do Coordenador; a.12 Ficha Cadastral do Fiscal; a.13 Termo de Responsabilidade do Fiscal. B ENCAMINHAMENTOS: b.1 Memorando ou Ofício de encaminhamento do Coordenador à Chefia Departamental, informando sobre a importância da oferta de turma do Curso para a comunidade e justificando a participação da FUNPAR, solicitando a aprovação do mesmo na Plenária Departamental; b.2 Extrato da Ata de aprovação da oferta da turma 20XX, do Termo de Contrato, do Plano de Trabalho, dos PIT s e dos Anexos II na plenária departamental; b.3 Memorando ou Ofício do Chefe de Departamento à Direção do Setor salientando a importância do projeto e solicitando a aprovação do projeto no Conselho Setorial; b.4 Extrato da Ata de aprovação da realização da oferta da turma, do Termo de Contrato, Plano de Trabalho, PIT s e Anexos II no Conselho Setorial; b.5 Memorando ou Ofício do Diretor do Setor à Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, solicitando a oferta da turma; b.6 Memorando ou Ofício da PRPPG à Pró-Reitoria de Planejamento, Orçamento e Finanças encaminhando o processo e solicitando análise técnica da Coordenadoria de Relações Institucionais. O encaminhamento do processo dar-se-á após a comunicação da aprovação da oferta da turma ao Coordenador do projeto; b.7 Segue a análise da parte legal de contratação da FUNPAR. O trâmite inclui Procuradoria Federal na UFPR e COPLAD (para contrato no valor superior a R$ ,00); b.8 Formalizado o acordo, o processo retorna ao Setor/Financeiro para emissão de empenho estimativo (no valor de R$100,00), possibilitando assim o registro do Contrato do SICON/SIASG e sua publicação no Diário Oficial da União; b.9 A PROPLAN/CRI encaminha, ao coordenador e fiscal, cópia do contrato, da publicação em DOU (Diário Oficial da União), da Portaria de Coordenador e dos Termos de Responsabilidade para ciência e controle. Rua XV de Novembro, Sobreloja Centro - CEP Curitiba PR - Fone: Página 4 de 11

5 Observação: O Coordenador NÃO poderá efetuar despesas vinculadas ao contrato com a FUNPAR antes da formalização definitiva do referido contrato e publicação, tendo em vista que: É nulo e de nenhum efeito o contrato verbal com a Administração. O descumprimento do Art. 60 da Lei 8666/93 poderá ensejar ao Coordenador processo administrativo. OFERTA TURMA DE ESPECIALIZAÇÃO Abertura Processo Unidade proponente Análise e manifestação da FUNPAR (quando for o caso) Instrução Unidade Proponente PROPLAN PRPPG Análise e parecer PF/UFPR Análise do parecer PROPLAN/CRI Aprovação Plenária Departamental Aprovação Setorial N Requer Instrução Adicional? S > R$ 300 mil? S N Formalização Análise do COPLAD Rua XV de Novembro, Sobreloja Centro - CEP Curitiba PR - Fone: Página 5 de 11

6 III. PROCEDIMENTO PARA ABERTURA DE TURMA SEM O APOIO DE TERCEIROS: A. PROCEDIMENTOS: A criação dos cursos de especialização é formalizada mediante Parecer de Aprovação exarado pelo CEPE. A oferta de turmas à comunidade é possível após a criação. Esta oferta requer a abertura de processo administrativo através do SIE, com o Assunto Acordos. Ajustes. Contratos. Convênios, Resumo do assunto Oferta de turma do curso de especialização... Turma 20XX ). Imprimir o Formulário 3 disponível no site da PRPPG (www.prppg.ufpr.br) que deverá ser apensado como o primeiro documento e numerado como folha 01 onde serão registrados todos os documentos incluídos na proposta e suas respectivas páginas (folhas). Este processo será composto por duas partes. A primeira conterá a documentação referente à parte pedagógica do curso e a segunda conterá a documentação referente parte financeira, se houver receita ou despesa. (A) DOCUMENTAÇÃO REFERENTE À PARTE PEDAGÓGICA (documentos extraídos do processo de CRIAÇÃO DO CURSO) A IDENTIFICAÇÃO DO CURSO a.1 Nome do Curso (título); a.2 Unidade executora (Departamento/Setor/Órgão); a.3 Coordenação (Nome do Coordenador e Vice-Coordenador e respectivos s); a.5 Local de realização do Curso (endereço, telefone, fax); a.6 Parecer da CEPE (1 a oferta) ou PRPPG (subseqüentes). B INFORMAÇÕES GERAIS DO CURSO: b.1 Carga horária total (obs.: 360h mínimas sem contagem da carga horária didático-pedagógicas); b.2 Clientela alvo; b.3 Periodicidade; b.4 Período de funcionamento (início e término); b.5 Número de vagas (TOTAL= vagas ofertadas + bolsas (10%) - Resolução 42/03 - COUN) b.6 Seleção e matrícula (sistema, critérios e datas); b.7 Taxas (inscrições e mensalidades); b.8 Sistema de avaliação (freqüência, trabalhos, etc.); b.9 Critérios para obtenção de Certificados (aprovação de disciplinas, monografia, trabalho de conclusão de curso). MONOGRAFIAS INDIVIDUAIS; C INFORMAÇÕES SOBRE AS DISCIPLINAS OFERTADAS E PROFESSORES ENVOLVIDOS: c.1 Cadastro de disciplinas específicas e didático-pedagógicas (site PRPPG); c.2 Relação de professores da UFPR (nome, regime de trabalho, titulação); c.3 Relação de professores convidados - incluir Curriculum vitae; c.4 Justificativas para professores sem titulação; c.5 Cronograma (etapas ou período das atividades e disciplinas); c.6 Plano Individual de Trabalho (PIT) do professor da UFPR, devidamente assinado pelos responsáveis (modelo disponível nos sites da PRPPG e da PROPLAN/CRI). Observar o Limite de Carga Horária Anual: Professor com DE e 40h: 180h Professor 20h: 90h. Poderão participar: Docentes Seniores, Substitutos e Aposentados sem vínculos com outras Instituições de Ensino Superior. Estas três classes não poderão coordenar cursos de especialização. Rua XV de Novembro, Sobreloja Centro - CEP Curitiba PR - Fone: Página 6 de 11

7 (B) DOCUMENTAÇÃO REFERENTE À PARTE ADMINISTRATIVA E FINANCEIRA (DESPESAS) destinada a cursos com captação de recursos financeiros ou despesas. a.1. a.2. a.3. a.4. a.5. a.6. Coordenador encaminha Plano de Trabalho (modelo no site: para aprovação em Plenária Departamental contendo um breve histórico da importância do Curso para a comunidade; Extrato da ata departamental, constando a aprovação: da oferta da turma do Curso XXX, do Plano de Trabalho, da carga horária (PIT) da participação do docente no curso, do pagamento de valores percebidos como remuneração adicional a servidores da UFPR; Chefe de Departamento solicita a aprovação da oferta de turma do Curso XXX ao Conselho Setorial frente às atribuições acadêmicas do Departamento e do Setor, com destaque as contribuições que serão geradas em decorrência das atividades programadas; Extrato de ata setorial de aprovação da realização da oferta, constando: aprovação da oferta da turma (Resolução 42/03 - COUN e suas alterações), do Plano de Trabalho (Lei 8666/93 art. 116), da participação dos docentes com suas respectivas cargas horárias (PIT) nas atividades prevista na turma, do pagamento de valores percebidos como remuneração adicional a servidores da UFPR; Ficha cadastral do Coordenador (modelo no site: Diretor do Setor encaminha à PRPPG a oferta da turma; Rua XV de Novembro, Sobreloja Centro - CEP Curitiba PR - Fone: Página 7 de 11

8 IV. PROCEDIMENTOS PARA SELEÇÃO DE CANDIDATOS A TURMA 20XX E EMISSÃO DE DOCUMENTOS DE ARRECADAÇÃO (GRU, quando for o caso). 1. Após a emissão da autorização de oferta da turma pela PRPPG, o coordenador poderá: a. Solicitar a abertura de conta ao DCF/PROPLAN para a movimentação de recursos referentes à turma (recolhimentos de valores referentes às inscrições dos candidatos e mensalidades dos alunos pagantes); b. Adotar providências quanto à divulgação do curso mediante a publicação do Edital de chamamento para a oferta da TURMA 20XX referente ao Curso de Especialização em Após a seleção dos candidatos, o coordenador deve encaminhar para a PRPPG: a. Relação dos alunos inscritos (bolsistas e pagantes) contemplando os dados cadastrais destes alunos (CPF, RG, condições de pagamento, endereço, telefone de contato e ), b. Contratos entre a UFPR e alunos inscritos (bolsistas e pagantes) devidamente assinados pelos alunos em três vias originais; c. Cópia da publicação do edital de chamamento para inscrição/seleção; d. Ficha de Comunicação de Início de turma e; e. Formulário CAPES. 3. A PRPPG solicita a PROPLAN/DCF a emissão de boletos bancários (GRU s) dos alunos pagantes e encaminha duas vias dos documentos indicados no item 2 (alíneas a. b. e c.) juntamente com uma cópia de autorização de oferta de turma; 4. A PROPLAN/DCF comunicará ao coordenador, por , a disponibilidade das GRU s emitidas e da via do contrato de cada aluno com a UFPR e estipulará um prazo para a retirada destes documentos; 5. O coordenador entrega, mediante protocolo de recebimento, uma via original dos contratos firmados com os alunos inscritos e as GRU s emitidas aos alunos pagantes; 6. O coordenador NÃO poderá efetuar despesas vinculadas ao contrato com a FUNPAR antes da formalização definitiva do referido contrato (assinatura e publicação), tendo em vista o que prevê o Art. 60 da Lei 8666/93: É nulo e de nenhum efeito o contrato verbal com a Administração. O descumprimento do poderá ensejar o Coordenador a processo administrativo. Rua XV de Novembro, Sobreloja Centro - CEP Curitiba PR - Fone: Página 8 de 11

9 FORMULÁRIO 1 Criação de Curso de Especialização (Resolução 42/2003 COUN) CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM... ITEM PROCEDIMENTOS Pág. Abertura do processo no SIE, com o assunto: CURSOS.. 1 IDENTIFICAÇÃO DO CURSO 2 INFORMAÇÕES GERAIS SOBRE O CURSO INFORMAÇÕES SOBRE AS DISCIPLINAS OFERTADAS E PROFESSORES ENVOLVIDOS 3 Cadastro de disciplinas específicas e didático-pedagógicas (site PRPPG) 4 Relação de professores da UFPR (nome, regime de trabalho, titulação). 5 Relação de professores convidados 6 Justificativas para professores sem titulação 7 Cronograma (etapas ou período das atividades e disciplinas) 8 Plano Individual de Trabalho (PIT) do professor da UFPR 9 ORÇAMENTO PRELIMINAR Receita e Despesas 10 Extrato da Ata da Plenária Departamental 11 Extrato da Ata do Conselho Setorial 12 Direção do Setor de origem do curso solicita para a PRPPG a criação, justificando a importância. Rua XV de Novembro, Sobreloja Centro - CEP Curitiba PR - Fone: Página 9 de 11

10 FORMULÁRIO 2 Termo de Contrato com Dispensa de Licitação FUNPAR Lei 8666/1993 ITEM PROCEDIMENTOS Pág. Abertura de processo no SIE 1 IDENTIFICAÇÃO DO CURSO 2 INFORMAÇÕES GERAIS SOBRE O CURSO PRIMEIRA PARTE DOCUMENTAÇÃO REFERENTE À PARTE PEDAGÓGICA INFORMAÇÕES SOBRE AS DISCIPLINAS OFERTADAS E PROFESSORES ENVOLVIDOS 3 Cadastro de disciplinas específicas e didático-pedagógicas (site PRPPG) 4 Relação de professores da UFPR (nome, regime de trabalho, titulação). 5 Relação de professores convidados 6 Justificativas para professores sem titulação 7 Cronograma (etapas ou período das atividades e disciplinas) 8 Plano Individual de Trabalho (PIT) do professor da UFPR SEGUNDA PARTE DOCUMENTAÇÃO OBRIGATÓRIA REFERENTE À CONTRATAÇÃO DA FUNPAR 9 Minuta do Termo de Contrato; 10 Plano de Trabalho assinado pelo Coordenador e aprovado pela FUNPAR; 11 Termo de Dispensa de Licitação dos Custos Operacionais da FUNPAR; 12 Termo de Dispensa de Licitação dos valores a serem repassados para o desenvolvimento do projeto; 13 PIT Plano Individual de Trabalho dos docentes envolvidos na execução do Curso; 14 Anexos II, devidamente preenchidos e assinados; 15 Manifestação de Interesse da FUNPAR; 16 Justificativa de Preço da FUNPAR, com aceite da Coordenação do Projeto; 17 Justificativa de Contratação da FUNPAR; 18 Ficha Cadastral do Coordenador; 19 Termo de Responsabilidade do Coordenador; 20 Ficha Cadastral do Fiscal; 21 Termo de Responsabilidade do Fiscal. DATA / NOME DO RESPONSÁVEL PELO PREENCHIMENTO: Código da Unidade Responsável / Tramitação: 1 Unidade Solicitante do projeto ou da prestação de serviços; 2 Direção do Setor ou Pró Reitoria;. Rua XV de Novembro, Sobreloja Centro - CEP Curitiba PR - Fone: Página 10 de 11

11 FORMULÁRIO 3 Oferta de Turma Sem Apoio de Terceiros ITEM PROCEDIMENTOS Unid. BASE LEGAL Pág. Abertura de processo no SIE 1 Art. 38 da Lei 8.666/93 1 IDENTIFICAÇÃO DO CURSO 2 INFORMAÇÕES GERAIS SOBRE O CURSO PRIMEIRA PARTE DOCUMENTAÇÃO REFERENTE À PARTE PEDAGÓGICA INFORMAÇÕES SOBRE AS DISCIPLINAS OFERTADAS E PROFESSORES ENVOLVIDOS 3 Cadastro de disciplinas específicas e didático-pedagógicas (site PRPPG) 4 Relação de professores da UFPR (nome, regime de trabalho, titulação). 5 Relação de professores convidados 6 Justificativas para professores sem titulação 7 Cronograma (etapas ou período das atividades e disciplinas) 8 Plano Individual de Trabalho (PIT) do professor da UFPR SEGUNDA PARTE DOCUMENTAÇÃO REFERENTE À EXECUÇÃO ADMINISTRATIVA E FINANCEIRA 9 Coordenador encaminha Plano de Trabalho 1 IN 01/ Plano de Trabalho (modelo no Extrato da ata departamental aprovando oferta, Plano de Trabalho, Minuta do Termo de Contrato, participação do docente no projeto (PIT) e. 12 Ficha cadastral do Coordenador (modelo no site: 1 Art. 2 o - IN 01/1997 e inciso IX do art. 6 o da Lei n o 8.666/93 1 Art. 38 da Lei 8.666/93 13 Chefia de Departamento encaminha para aprovação Setorial 1 IN 01/ Extrato da ata setorial de aprovação da oferta 2 IN 01/ Diretor do Setor encaminha à PRPPG do Contrato. 2 IN 01/1997 Art. 67 e 73 da Lei 8.666/93 e Art. 6 o do Decreto 2271/1997 DATA / NOME DO RESPONSÁVEL PELO PREENCHIMENTO: Código da Unidade Responsável / Tramitação: 1 Unidade Solicitante do projeto ou da prestação de serviços; 2 Direção do Setor ou Pró Reitoria; 1 Unidade solicitante do projeto ou da prestação de serviços; 2 Direção do Setor ou Pró Reitoria. Rua XV de Novembro, Sobreloja Centro - CEP Curitiba PR - Fone: Página 11 de 11

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO E

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO E PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO E QUALIFICAÇÃO - ANEXOS - ANEXO I - PROCEDIMENTOS PARA CAPACITAÇÃO INTERNA DO REQUERIMENTO Art. 1º - A capacitação interna poderá ser proposta pela Reitoria, Pró-Reitorias ou Diretorias

Leia mais

CONSIDERANDO que este Conselho compete normatizar esse procedimento; R E S O L V E:

CONSIDERANDO que este Conselho compete normatizar esse procedimento; R E S O L V E: RESOLUÇÃO N o 03/90, CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Aprova as Normas para elaboração de Projetos de Cursos de Especialização (Pós-Graduação lato sensu ). O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 25/11-CEPE R E S O L V E:

RESOLUÇÃO Nº 25/11-CEPE R E S O L V E: RESOLUÇÃO Nº 25/11-CEPE Fixa normas para execução do Programa Bolsa Extensão da Universidade Federal do Paraná. O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO da Universidade Federal do Paraná, órgão normativo,

Leia mais

Manual do Sistema para abertura de curso de extensão pelos docentes EACH - USP

Manual do Sistema para abertura de curso de extensão pelos docentes EACH - USP Manual do Sistema para abertura de curso de extensão pelos docentes EACH - USP 1.INTRODUÇAO...... 3 2.ONDE CONSEGUIR INFORMAÇÔES?... 4 Normas USP... 4 Site EACH...4 Sistema de atendimento da Comissão de

Leia mais

UFMG / PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO / SETOR DE BOLSAS PMG PROGRAMA DE MONITORIA DE GRADUAÇÃO DIRETRIZES GERAIS

UFMG / PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO / SETOR DE BOLSAS PMG PROGRAMA DE MONITORIA DE GRADUAÇÃO DIRETRIZES GERAIS UFMG / PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO / SETOR DE BOLSAS PMG PROGRAMA DE MONITORIA DE GRADUAÇÃO DIRETRIZES GERAIS 2015 1) DOS OBJETIVOS O Programa de Monitoria de Graduação visa dar suporte às atividades acadêmicas

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 052/2014, DE 12 DE AGOSTO DE 2014

RESOLUÇÃO Nº 052/2014, DE 12 DE AGOSTO DE 2014 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS Conselho Superior Rua Ciomara Amaral de Paula, 167 Bairro Medicina 37550-000 - Pouso Alegre/MG Fone: (35)

Leia mais

RESOLVE: CAPÍTULO I PRINCÍPIOS GERAIS. Os objetivos gerais da EAD na Universidade Federal do Paraná (UFPR) são:

RESOLVE: CAPÍTULO I PRINCÍPIOS GERAIS. Os objetivos gerais da EAD na Universidade Federal do Paraná (UFPR) são: RESOLUÇÃO Nº 28/08-CEPE Fixa normas básicas de controle e registro da atividade acadêmica dos Cursos de Aperfeiçoamento e Especialização na modalidade de Educação a Distância da Universidade Federal do

Leia mais

EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE PROJETOS DE EXTENSÃO- EDITAL Nº 76, DE 10 DE JULHO DE 2014

EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE PROJETOS DE EXTENSÃO- EDITAL Nº 76, DE 10 DE JULHO DE 2014 EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE PROJETOS DE EXTENSÃO- EDITAL Nº 76, DE 10 DE JULHO DE 2014 O Diretor Geral do Campus São Luís Centro Histórico, do Instituto Federal do Maranhão, torna público que estarão

Leia mais

FACULDADE DE COLIDER Curso :XXXXXXX, bacharelado.

FACULDADE DE COLIDER Curso :XXXXXXX, bacharelado. PROJETO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA Protocolo nº / Fls Data: / / Funcionário: TÍTULO DO PROJETO: GESTOR (Coordenador/ Responsável pelo Projeto): INSTITUIÇÃO: FACULDADE DE COLIDER - FACIDER CURSO: ÁREA: SUBÁREA:

Leia mais

Especialização em Banco de Dados Edição 2015-2017

Especialização em Banco de Dados Edição 2015-2017 UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO INSTITUTO DE COMPUTAÇÃO Especialização em Banco de Dados Edição 2015-2017 EDITAL DE CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO Lato Sensu I IDENTIFICAÇÃO DO CURSO 1. Nome do Curso: Especialização

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Economia

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Economia EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO 2º/2015 Coordenador: Prof. Dr. Antônio Corrêa de Lacerda Vice-Coordenadora: Profa. Dra. Regina Maria d Aquino Fonseca Gadelha Estarão abertas, no período de 01/04/2015 a

Leia mais

Regulamenta e estabelece normas sobre os Cursos de Extensão Universitária da Universidade de São Paulo e dá outras providências.

Regulamenta e estabelece normas sobre os Cursos de Extensão Universitária da Universidade de São Paulo e dá outras providências. RESOLUÇÃO CoCEx nº 6667, de 19 de dezembro de 2013. (D.O.E. 21.12.13) (Protocolado 11.5.2443.1.5). Regulamenta e estabelece normas sobre os Cursos de Extensão Universitária da Universidade de São Paulo

Leia mais

Resolução nº 264/CONSEA, de 29 de agosto de 2011.

Resolução nº 264/CONSEA, de 29 de agosto de 2011. Resolução nº 264/CONSEA, de 29 de agosto de 2011. Estabelece critérios e normas para credenciamento de professores para prestação de serviço voluntário nos cursos da UNIR. O Presidente do Conselho Superior

Leia mais

RESOLUÇÃO UNESP Nº 41, DE 17 DE OUTUBRO DE

RESOLUÇÃO UNESP Nº 41, DE 17 DE OUTUBRO DE RESOLUÇÃO UNESP Nº 41, DE 17 DE OUTUBRO DE 2011 (Publicada no D.O.E. de 18/10/11 Seção I, pág. 99) (Republicada no D.O.E. de 10/01/12 Seção I, pág. 78) Regulamenta os Cursos de Especialização da UNESP.

Leia mais

EDITAL Nº 010/2015-PPA

EDITAL Nº 010/2015-PPA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO PPA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ UEM Centro de Ciências Sociais Aplicadas Departamento de Administração Av. Colombo, 5.790 Zona 07 87020-900 Maringá Pr. Fonefax:

Leia mais

Universidade Federal da Bahia Escola de Administração da UFBA Núcleo de Pós-Graduação em Administração

Universidade Federal da Bahia Escola de Administração da UFBA Núcleo de Pós-Graduação em Administração EDITAL DE SELEÇÃO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE TERCEIROS DE PESSOA FÍSICA A Fundação de Apoio à Pesquisa e à Extensão FAPEX, pessoa jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, inscrita no CNPJ sob

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COMISSÃO DE MONITORIA INSTRUÇÃO DE SERVIÇO N.º 01 DE 12 DE AGOSTO DE 2015

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COMISSÃO DE MONITORIA INSTRUÇÃO DE SERVIÇO N.º 01 DE 12 DE AGOSTO DE 2015 UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE COMISSÃO DE MONITORIA INSTRUÇÃO DE SERVIÇO N.º 01 DE 12 DE AGOSTO DE 2015 EMENTA: Estabelece critérios para a operacionalização da Monitoria Voluntária, com vistas ao ano

Leia mais

EXTRATO DO EDITAL Nº 49/2012-UEPA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ

EXTRATO DO EDITAL Nº 49/2012-UEPA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ EXTRATO DO EDITAL Nº 49/2012-UEPA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ IV CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO BELÉM - PA A Reitora da Universidade do Estado

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO REITORIA ASSESSORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO REITORIA ASSESSORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO REITORIA ASSESSORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS EDITAL Nº 06, DE 18 DE AGOSTO DE 2014. PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS

Leia mais

Solicitação de aprovação de cursos de Pós-Graduação Lato Sensu Especialização

Solicitação de aprovação de cursos de Pós-Graduação Lato Sensu Especialização Solicitação de aprovação de cursos de Pós-Graduação Lato Sensu Especialização Objetivo Avaliar propostas de curso de pós-graduação lato sensu especialização. Objetivo Avaliar propostas de curso de pós-graduação

Leia mais

SIATEX NOVO MANUAL SIATEX. www.siatex.ufba.br

SIATEX NOVO MANUAL SIATEX. www.siatex.ufba.br NOVO MANUAL SIATEX www.siatex.ufba.br Outubro 2013 1 ÍNDICE APRESENTAÇÃO... 3 CADASTRO... 4 ACOMPANHAMENTO... 7 CANCELAMENTO... 7 RELATÓRIO... 8 Inscrição Externa... 8 Upload da assinatura... 10 CERTIFICAÇÃO...

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA DE ENFERMAGEM COMISSÃO DE CULTURA E EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA DE ENFERMAGEM COMISSÃO DE CULTURA E EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA Norma para realização dos Cursos de Extensão Universitária (Especialização, Aperfeiçoamento, Atualização e Difusão) no âmbito da Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo - EEUSP (Aprovada na 348ª

Leia mais

EDITAL Nº 005/2012 PROCESSO SELETIVO DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO FINANCEIRA EMPRESARIAL

EDITAL Nº 005/2012 PROCESSO SELETIVO DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO FINANCEIRA EMPRESARIAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO EDITAL Nº 005/2012 PROCESSO SELETIVO DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO FINANCEIRA EMPRESARIAL A Faculdade

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COMISSÃO DE MONITORIA INSTRUÇÃO DE SERVIÇO N.º 03 DE 10 DE NOVEMBRO DE 2014

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COMISSÃO DE MONITORIA INSTRUÇÃO DE SERVIÇO N.º 03 DE 10 DE NOVEMBRO DE 2014 UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COMISSÃO DE MONITORIA INSTRUÇÃO DE SERVIÇO N.º 03 DE 10 DE NOVEMBRO DE 2014 EMENTA: Estabelece critérios para a operacionalização do Programa de

Leia mais

Manual de Procedimentos

Manual de Procedimentos Coordenadoria de Gestão de Recursos Humanos Versão 1 Nesta edição: 02 de maio de 2012 AFASTAMENTOS Afastamento do País Afastamento para Pós graduação Integral Cancelamento de Afastamento Integral para

Leia mais

2 DA ETAPA DE SELEÇÃO DOS ORIENTADORES

2 DA ETAPA DE SELEÇÃO DOS ORIENTADORES EDITAL 2014 Estabelece inscrições para o Programa de Iniciação Científica da Faculdade de Tecnologia Intensiva FATECI. O Diretor Geral da Faculdade de Tecnologia Intensiva FATECI, Prof. Clauder Ciarlini

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA UNILA EDITAL PROGRAD Nº 79 DE 15 DE SETEMBRO DE 2014

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA UNILA EDITAL PROGRAD Nº 79 DE 15 DE SETEMBRO DE 2014 EDITAL PROGRAD Nº 79 DE 15 DE SETEMBRO DE 2014 CONSIDERANDO as normas estabelecidas pela Resolução COSUEN 013/2014, de 23 de julho de 2014, a Pró-Reitoria de Graduação, no uso de suas atribuições, torna

Leia mais

EDITAL N 4/2015 - PROEC BOLSA CULTURA

EDITAL N 4/2015 - PROEC BOLSA CULTURA EDITAL N 4/2015 - PROEC BOLSA CULTURA A Pró-Reitora de Extensão e Cultura PROEC, no uso de suas atribuições legais e em cumprimento das normas previstas no Estatuto da Universidade do Estado de Mato Grosso

Leia mais

EXTRATO DO EDITAL Nº 105/2012-UEPA

EXTRATO DO EDITAL Nº 105/2012-UEPA EXTRATO DO EDITAL Nº 105/2012-UEPA PROCESSO SELETIVO DE IDIOMA À DISTÂNCIA. A Universidade do Estado do Pará, em parceria com o Banco Santander-Brasil S/A, comunica aos Docentes, Discentes e Técnico-Administrativos

Leia mais

EDITAL CPG/IE-Nº 03/2014 PROCESSO SELETIVO PARA OS CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO EM ECONOMIA DO TRABALHO E SINDICALISMO DO INSTITUTO DE ECONOMIA 2015

EDITAL CPG/IE-Nº 03/2014 PROCESSO SELETIVO PARA OS CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO EM ECONOMIA DO TRABALHO E SINDICALISMO DO INSTITUTO DE ECONOMIA 2015 EDITAL CPG/IE-Nº 03/2014 PROCESSO SELETIVO PARA OS CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO EM ECONOMIA DO TRABALHO E SINDICALISMO DO INSTITUTO DE ECONOMIA 2015 1. INTRODUÇÃO 1.1. O Coordenador da Comissão de Pós-Graduação

Leia mais

EDITAL N 003/2015/UNA SUS/UFSC PROCESSO SELETIVO DE TUTORES PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ATENÇÃO DOMICILIAR

EDITAL N 003/2015/UNA SUS/UFSC PROCESSO SELETIVO DE TUTORES PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ATENÇÃO DOMICILIAR EDITAL N 003/2015/UNA SUS/UFSC PROCESSO SELETIVO DE TUTORES PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ATENÇÃO DOMICILIAR A Coordenadora do Curso de Especialização em Atenção Domiciliar, no uso de suas atribuições

Leia mais

Apresentação. Documentos de diversas modalidades que formalizam atividades de cooperação entre a UFRGS e outras instituições.

Apresentação. Documentos de diversas modalidades que formalizam atividades de cooperação entre a UFRGS e outras instituições. Apresentação A Universidade Federal do Rio Grande do Sul interage com instituições públicas ou privadas, nacionais ou internacionais, em conformidade com as leis federais, estatuto e regimento, resoluções,

Leia mais

EDITAL Nº 100/2015 Referente ao Aviso Nº 066/2015, publicado no D.O.E. de 22.08.2015

EDITAL Nº 100/2015 Referente ao Aviso Nº 066/2015, publicado no D.O.E. de 22.08.2015 EDITAL Nº 100/2015 Referente ao Aviso Nº 066/2015, publicado no D.O.E. de 22.08.2015 O Reitor da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), no uso de suas atribuições legais e regimentais, torna público,

Leia mais

Edital 01/2013 PRPPG/Unespar Apoio à publicação de artigos em periódicos científicos

Edital 01/2013 PRPPG/Unespar Apoio à publicação de artigos em periódicos científicos Edital 01/2013 PRPPG/Unespar Apoio à publicação de artigos em periódicos científicos A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Estadual do Paraná PRPPG/Unespar torna pública a seleção

Leia mais

O Programa de Pós-Graduação em Administração e Desenvolvimento Rural PADR/UFRPE abre seleção para vagas de aluno especial 2015.

O Programa de Pós-Graduação em Administração e Desenvolvimento Rural PADR/UFRPE abre seleção para vagas de aluno especial 2015. O Programa de Pós-Graduação em Administração e Desenvolvimento Rural PADR/UFRPE abre seleção para vagas de aluno especial 2015.1, como segue: 1 INSCRIÇÃO 1.1. O período, procedimento e local das inscrições:

Leia mais

RETIFICAÇÃO EDITAL Nº 17/2015 AUXÍLIO DE DIÁRIAS PARA PUBLICAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS INTERNACIONAIS

RETIFICAÇÃO EDITAL Nº 17/2015 AUXÍLIO DE DIÁRIAS PARA PUBLICAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS INTERNACIONAIS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS RETIFICAÇÃO EDITAL Nº 17/2015 AUXÍLIO DE DIÁRIAS PARA

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ CONSELHO UNIVERSITÁRIO. Resolução n 027/2011-CONSU De 22 de dezembro de 2011

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ CONSELHO UNIVERSITÁRIO. Resolução n 027/2011-CONSU De 22 de dezembro de 2011 Resolução n 027/2011-CONSU De 22 de dezembro de 2011 Regulamenta as normas para o relacionamento entre a Universidade Federal do Amapá e as Fundações de Apoio prevista na Lei n 8.958, de 20 de dezembro

Leia mais

XVI CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MEDICINA DO TRABALHO Edital nº II

XVI CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MEDICINA DO TRABALHO Edital nº II XVI CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MEDICINA DO TRABALHO Edital nº II O Curso de Especialização em Medicina do Trabalho encontra-se aprovado e regulamentado na Universidade Federal do Paraná e atende as orientações

Leia mais

ABERTURA DE INSCRIÇÕES

ABERTURA DE INSCRIÇÕES ABERTURA DE INSCRIÇÕES SELEÇÃO DE CANDIDATOS PARA A TURMA DE 2015 DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENFERMAGEM EM ESTOMATERAPIA: ESTOMIAS, FERIDAS E INCONTINÊNCIAS A FACISA em no uso de suas atribuições, torna

Leia mais

E D I T A L. 1º Para os casos de transferência externa serão aceitas, apenas, as inscrições para áreas afins.

E D I T A L. 1º Para os casos de transferência externa serão aceitas, apenas, as inscrições para áreas afins. EDITAL NRCA-SJP N.º 09/2015 DISPÕE SOBRE OS PROCESSOS DE INGRESSO POR TRANSFERÊNCIA EXTERNA E PORTADOR DE DIPLOMA AOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE FAE SÃO JOSÉ DOS PINHAIS. O Coordenador do Núcleo

Leia mais

EDITAL Nº 01/2015 SELEÇÃO DE CANDIDATOS ÀS VAGAS DO CURSO DE DOUTORADO EM ECONOMIA

EDITAL Nº 01/2015 SELEÇÃO DE CANDIDATOS ÀS VAGAS DO CURSO DE DOUTORADO EM ECONOMIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ECONOMIA EDITAL Nº 01/2015 SELEÇÃO DE CANDIDATOS ÀS VAGAS DO CURSO DE DOUTORADO EM ECONOMIA O Coordenador do Programa de Pós-Graduação

Leia mais

N o DE VAGAS PREVISTO* I Salvador Inglês 15 Francês 01 Espanhol 05 Italiano 02 V Santo Antônio de Jesus Inglês 06 Espanhol 01

N o DE VAGAS PREVISTO* I Salvador Inglês 15 Francês 01 Espanhol 05 Italiano 02 V Santo Antônio de Jesus Inglês 06 Espanhol 01 EDITAL UNEB Nº 051/2015 O Reitor da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), no uso de suas atribuições legais e regimentais, torna público, a abertura das inscrições para Seleção Pública Simplificada para

Leia mais

3. DOS ITENS FINANCIÁVEIS

3. DOS ITENS FINANCIÁVEIS EDITAL PROPPI Nº 011/2015 EDITAL DO INVENTOR: DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS INOVADORES COM GERAÇÃO DE PATENTES O Pró-Reitor de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação do Instituto Federal de Educação, Ciência

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília EDITAL Nº 007/RIFB, DE 28 DE ABRIL DE 2015.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília EDITAL Nº 007/RIFB, DE 28 DE ABRIL DE 2015. EDITAL Nº 007/RIFB, DE 28 DE ABRIL DE 2015. SELEÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA PARA CONCESSÃO DE BOLSAS DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS E VOLUNTARIADO EM INICIAÇÃO CIENTÍFICA NAS AÇÕES AFIRMATIVAS (ENSINO

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTANCIA

INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTANCIA INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTANCIA EDITAL 072/2014 PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSORES AVALIADORES DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO PÚBLICA - LATO

Leia mais

EDITAL INSTITUCIONAL N 10, DE 30 DE JANEIRO DE 2013.

EDITAL INSTITUCIONAL N 10, DE 30 DE JANEIRO DE 2013. EDITAL INSTITUCIONAL N 10, DE 30 DE JANEIRO DE 2013. SELEÇÃO SIMPLIFICADA DE SERVIDORES ATIVOS E INATIVOS DO IFMA PARA ATUAREM COMO PROFESSORES NOS CURSOS DO PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA BOLSAS DE PÓS-DOUTORADO PNPD/CAPES EDITAL 05/2014 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA

PROCESSO SELETIVO PARA BOLSAS DE PÓS-DOUTORADO PNPD/CAPES EDITAL 05/2014 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA PROCESSO SELETIVO PARA BOLSAS DE PÓS-DOUTORADO PNPD/CAPES EDITAL 05/2014 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA O da UNIR- informa que estão abertas as inscrições para candidatura a bolsa de estudo, em

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PARA O CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENGENHARIA WEB E GOVERNO ELETRÔNICO CONFORME ANEXO IV DA RESOLUÇÃO CONSEPE N o.

EDITAL DE SELEÇÃO PARA O CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENGENHARIA WEB E GOVERNO ELETRÔNICO CONFORME ANEXO IV DA RESOLUÇÃO CONSEPE N o. EDITAL DE SELEÇÃO PARA O CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENGENHARIA WEB E GOVERNO ELETRÔNICO CONFORME ANEXO IV DA RESOLUÇÃO CONSEPE N o. 55/2014 1. Da organização geral: a) Unidade Proponente: Instituto

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO EDITAL PROEX 073/2010

PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO EDITAL PROEX 073/2010 PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO EDITAL PROEX 073/2010 A Pró-Reitora de Extensão da Universidade Estadual de Londrina, considerando a seleção de projetos para o Programa de Extensão Universitária Universidade

Leia mais

DECISÃO Nº 193/2011 D E C I D E

DECISÃO Nº 193/2011 D E C I D E CONSUN Conselho Universitário DECISÃO Nº 193/2011 O CONSELHO UNIVERSITÁRIO, em sessão de 08/04/2011, tendo em vista o constante no processo nº 23078.032500/10-21, de acordo com o Parecer nº 022/2011 da

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE CAMPINAS EDITAL N o 002/2015 ANEXO 01

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE CAMPINAS EDITAL N o 002/2015 ANEXO 01 ANEXO 01 NORMAS DO PROCESSO SELETIVO DE CANDIDATOS AOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA PUC-CAMPINAS REMANEJAMENTO INTERNO 2 o SEMESTRE DE 2015 CAPÍTULO I DO CALENDÁRIO Art. 1 o Constitui o Calendário do Processo

Leia mais

U N I V E R S I D A D E D E S Ã O P A U L O

U N I V E R S I D A D E D E S Ã O P A U L O U N I V E R S I D A D E D E S Ã O P A U L O E S C O L A D E E N F E R M A G E M Av. Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, 419 - CEP 05403-000 SP Tel./Fax.: (11) 3061-7531 E-mail: scex@usp.br C.P. 41633 - CEP 05422-970

Leia mais

BOLSAS DE APOIO À INOVAÇÃO DESENVOLVIMENTO DE PROTÓTIPOS OU PRODUTOS INOVADORES FEIRA DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA DO IFPR - IFTECH EDITAL N

BOLSAS DE APOIO À INOVAÇÃO DESENVOLVIMENTO DE PROTÓTIPOS OU PRODUTOS INOVADORES FEIRA DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA DO IFPR - IFTECH EDITAL N BOLSAS DE APOIO À INOVAÇÃO DESENVOLVIMENTO DE PROTÓTIPOS OU PRODUTOS INOVADORES FEIRA DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA DO IFPR - IFTECH EDITAL N.º 024/2014 PROEPI/IFPR A Pró-Reitoria de Extensão, Pesquisa e Inovação

Leia mais

EDITAL Nº 01/2015, DE 15 DE ABRIL DE

EDITAL Nº 01/2015, DE 15 DE ABRIL DE Edital nº 01, de 15 de abril de 2015, da Universidade Federal de Pelotas UFPEL, referente ao processo seletivo simplificado, para a função temporária de TUTOR PRESENCIAL para atuar no Curso de Especialização

Leia mais

EDITAL nº 05/2015/PET/PRG/UFLA

EDITAL nº 05/2015/PET/PRG/UFLA EDITAL nº 05/2015/PET/PRG/UFLA SELEÇÃO DE ESTUDANTES PARA O PROGAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL - PET O Tutor do Grupo PET - Medicina Veterinária da Universidade Federal de Lavras, no uso de suas atribuições

Leia mais

E D I T A L DIPLOMA INTEGRADO PUC-SP/SCIENCES PO 2015

E D I T A L DIPLOMA INTEGRADO PUC-SP/SCIENCES PO 2015 E D I T A L DIPLOMA INTEGRADO PUC-SP/SCIENCES PO 2015 Estão abertas as inscrições para seleção de candidatos do curso de Relações Internacionais da Faculdade de Ciências Sociais da PUC-SP para o programa

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EDITAL DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO TECNOLÓGICA INOVATEC/UERGS 2012

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EDITAL DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO TECNOLÓGICA INOVATEC/UERGS 2012 PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EDITAL DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO TECNOLÓGICA INOVATEC/UERGS 2012 EDITAL PROPPG 011/2011 O Reitor da UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO

Leia mais

SELEÇÃO DE BOLSISTA PARA O PROGRAMA DE BOLSAS IBERO- AMERICANAS PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO SANTANDER UNIVERSIDADES

SELEÇÃO DE BOLSISTA PARA O PROGRAMA DE BOLSAS IBERO- AMERICANAS PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO SANTANDER UNIVERSIDADES SELEÇÃO DE BOLSISTA PARA O PROGRAMA DE BOLSAS IBERO- AMERICANAS PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO SANTANDER UNIVERSIDADES A Universidade do Estado do Rio Grande do Sul, por meio da Pró- Reitoria de Ensino,

Leia mais

NORMA PARA REGULAMENTAÇÃO DAS ATRIBUIÇÕES DOS AGENTES DE COMPRAS DA UNIFEI

NORMA PARA REGULAMENTAÇÃO DAS ATRIBUIÇÕES DOS AGENTES DE COMPRAS DA UNIFEI NORMA PARA REGULAMENTAÇÃO DAS ATRIBUIÇÕES DOS AGENTES DE COMPRAS DA UNIFEI NORMA PARA REGULAMENTAÇÃO DAS ATRIBUIÇÕES DOS AGENTES DE COMPRAS DA UNIFEI Dispõe sobre as atribuições dos agentes de compras

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA A 4ª TURMA DE ALUNOS REGULARES DO MESTRADO EM EDUCAÇÃO

PROCESSO SELETIVO PARA A 4ª TURMA DE ALUNOS REGULARES DO MESTRADO EM EDUCAÇÃO EDITAL Nº 07/2014 DA PRÓ-REITORIA DE PROCESSO SELETIVO PARA A 4ª TURMA DE ALUNOS REGULARES DO MESTRADO EM EDUCAÇÃO Em conformidade com o Art. 40 do Regulamento da Pró-reitoria de Pós-graduação e Pesquisa

Leia mais

EDITAL PROEX Nº 033/2015 - NEDDIJ

EDITAL PROEX Nº 033/2015 - NEDDIJ EDITAL PROEX Nº 033/2015 - NEDDIJ A PRO REITORA DE EXTENSÃO e a COORDENADORA DO NEDDIJ - NÚCLEO DE ESTUDOS E DEFESA DE DIREITOS DA INFÂNCIA E DA JUVENTUDE da UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA na Cidade

Leia mais

EDITAL CPG/IE-Nº 04/2015. PROCESSO SELETIVO Curso de Especialização em Economia do Trabalho e Sindicalismo 2016

EDITAL CPG/IE-Nº 04/2015. PROCESSO SELETIVO Curso de Especialização em Economia do Trabalho e Sindicalismo 2016 EDITAL CPG/IE-Nº 04/2015 PROCESSO SELETIVO Curso de Especialização em Economia do Trabalho e Sindicalismo 2016 1. INTRODUÇÃO 1.1. O Coordenador da Comissão de Pós-Graduação do Instituto de Economia da

Leia mais

*ESPECIALIZAÇÃO EM REDES DE COMPUTADORES E COMUNICAÇÃO DE DADOS - ANEXO I

*ESPECIALIZAÇÃO EM REDES DE COMPUTADORES E COMUNICAÇÃO DE DADOS - ANEXO I PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO Diretoria de Pós-Graduação Divisão de Admissão e Mobilidade EDITAL PROPPG/DPG/DAM Nº 055/2015 A PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO da UNIVERSIDADE ESTADUAL

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE CURTA DURAÇÃO 2º SEMESTRE/2015

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE CURTA DURAÇÃO 2º SEMESTRE/2015 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE CURTA DURAÇÃO 2º SEMESTRE/2015 ABERTURA A Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV DIREITO SP) torna pública a abertura das inscrições para os

Leia mais

PROJETOS DE CURSOS PROCEDIMENTOS PARA ABERTURA DE PROJETO DE CURSOS. Normas e Procedimentos NP10

PROJETOS DE CURSOS PROCEDIMENTOS PARA ABERTURA DE PROJETO DE CURSOS. Normas e Procedimentos NP10 PROJETOS DE CURSOS PROCEDIMENTOS PARA ABERTURA DE PROJETO DE CURSOS Normas e Procedimentos NP10 I - INTRODUÇÃO A Fundação de Apoio à Universidade de São Paulo- FUSP e a Universidade de São Paulo USP, têm

Leia mais

Edital Nº 91, DE 09 OUTUBRO DE 2015 SELEÇÃO COMPLEMENTAR DE BOLSISTA DE ENSINO

Edital Nº 91, DE 09 OUTUBRO DE 2015 SELEÇÃO COMPLEMENTAR DE BOLSISTA DE ENSINO Edital Nº 91, DE 09 OUTUBRO DE 2015 SELEÇÃO COMPLEMENTAR DE BOLSISTA DE ENSINO A DIRETORA-GERAL Pro Tempore do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Campus Caxias do

Leia mais

EDITAL ESAF/CEEAD Nº 01/2013 CURSO SOBRE O IMPOSTO TERRITORIAL RURAL PARA MUNICÍPIOS CONVENIADOS

EDITAL ESAF/CEEAD Nº 01/2013 CURSO SOBRE O IMPOSTO TERRITORIAL RURAL PARA MUNICÍPIOS CONVENIADOS EDITAL ESAF/CEEAD Nº 01/2013 CURSO SOBRE O IMPOSTO TERRITORIAL RURAL PARA MUNICÍPIOS CONVENIADOS A Escola de Administração Fazendária - ESAF torna público que estão abertas as inscrições para o Curso sobre

Leia mais

MODELO DE REGULAMENTO PARA CURSO DE APERFEIÇOAMENTO

MODELO DE REGULAMENTO PARA CURSO DE APERFEIÇOAMENTO MODELO DE REGULAMENTO PARA CURSO DE APERFEIÇOAMENTO Este modelo deve orientar a elaboração do Regulamento dos Cursos de Aperfeiçoamento, obedecendo às Normas para Aprovação e Acompanhamento de Cursos de

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL 04 / 2010

CONSELHO MUNICIPAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL 04 / 2010 CONSELHO MUNICIPAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL 04 / 2010 A Companhia de Desenvolvimento de Vitória CDV torna público o presente Edital e comunica que receberá solicitações de financiamento de bolsas

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS EDITAL Nº 09/2014 AUXÍLIO PARA PUBLICAÇÃO EM EVENTOS

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO RESOLUÇÃO Nº 110/10. Fixa as normas para os cursos de especialização e aperfeiçoamento do IFPR. O CONSELHO SUPERIOR DO INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, e,

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO - PREX EDITAL Nº 039/2013

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO - PREX EDITAL Nº 039/2013 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO - PREX EDITAL Nº 039/2013 A Pró-Reitoria de Extensão (PREX), da Universidade Federal do Piauí (UFPI), no uso das atribuições

Leia mais

EDITAL 02/15 SELEÇÃO PARA ALUNO ESPECIAL

EDITAL 02/15 SELEÇÃO PARA ALUNO ESPECIAL 1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA Faculdade de Ciências Contábeis Programa de Pós-Graduação em Contabilidade Curso de Mestrado Acadêmico em Ciências Contábeis EDITAL 02/15 SELEÇÃO

Leia mais

Edital n 49/2011 PROEN

Edital n 49/2011 PROEN Edital n 49/2011 PROEN Seleção Simplificada para Tutor a Distância O Pró-Reitor de Ensino da Universidade Federal do Maranhão, em exercício e o Núcleo de Educação à Distância, no uso de suas atribuições,

Leia mais

CADASTRO DE PROJETOS DE ENSINO. EDITAL Nº XX/2014-PROEN, de XX de XX de 2014

CADASTRO DE PROJETOS DE ENSINO. EDITAL Nº XX/2014-PROEN, de XX de XX de 2014 CADASTRO DE PROJETOS DE ENSINO EDITAL Nº XX/2014-PROEN, de XX de XX de 2014 A Reitoria do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás, por meio da Pró-Reitoria de Ensino (PROEN/IFG), torna

Leia mais

1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Edital nº 09, de 22 de julho de 2014 Edital nº 09, de 22 de julho de 2014, da Universidade Federal de Pelotas UFPEL, referente ao processo seletivo simplificado, para a função temporária de TUTOR PRESENCIAL

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSUN Nº 005/2014. Ementa::Regulamenta a gestão financeira dos Programas e Projetos de Extensão da UPE.

RESOLUÇÃO CONSUN Nº 005/2014. Ementa::Regulamenta a gestão financeira dos Programas e Projetos de Extensão da UPE. RESOLUÇÃO CONSUN Nº 005/2014 Ementa::Regulamenta a gestão financeira dos Programas e Projetos de Extensão da UPE. O Presidente do Conselho Universitário - CONSUN, no uso das atribuições que lhe confere

Leia mais

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO - POP MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Versão Nº 1.0 FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO - POP MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Versão Nº 1.0 FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO - POP Nº x.xx.xxx.xx MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Versão Nº 1.0 FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ 15/10/201 PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E AÇÕES COMUNITÁRIAS Data da Revisão

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DELIBERAÇÃO Nº 004/06 AUTORIZA A REFORMULAÇÃO DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM LÍNGUA ITALIANA-TRADUÇÃO O CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA e EXTENSÃO, no uso

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DELIBERAÇÃO Nº 016/10

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DELIBERAÇÃO Nº 016/10 DELIBERAÇÃO Nº 016/10 Autoriza a criação do Curso de Especialização em Planejamento e Finanças. O CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO, no uso da competência que lhe atribui o parágrafo único

Leia mais

EDITAL 191/2015 Programa de Iniciação Científica Voluntária/IFSP Campus Itapetininga

EDITAL 191/2015 Programa de Iniciação Científica Voluntária/IFSP Campus Itapetininga EDITAL 191/2015 Programa de Iniciação Científica Voluntária/IFSP Campus Itapetininga A Direção Geral do campus Itapetininga do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP), torna

Leia mais

CHAMADA PUBLICA PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM DIVULGAÇÃO DA CIÊNCIA, DA TECNOLOGIA E DA SAÚDE.

CHAMADA PUBLICA PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM DIVULGAÇÃO DA CIÊNCIA, DA TECNOLOGIA E DA SAÚDE. CHAMADA PUBLICA PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM DIVULGAÇÃO DA Periodicidade: anual Coordenação: Luisa Medeiros Massarani CIÊNCIA, DA TECNOLOGIA E DA SAÚDE. Objetivos do Curso Formação de especialistas

Leia mais

E D I T A L DIPLOMA INTEGRADO PUC-SP/SCIENCES PO 2012

E D I T A L DIPLOMA INTEGRADO PUC-SP/SCIENCES PO 2012 E D I T A L DIPLOMA INTEGRADO PUC-SP/SCIENCES PO 2012 Estão abertas as inscrições para seleção de candidatos do curso de Relações Internacionais da Faculdade de Ciências Sociais da PUC-SP para o programa

Leia mais

E D I T A L DIPLOMA INTEGRADO PUC-SP/SCIENCES PO 2013

E D I T A L DIPLOMA INTEGRADO PUC-SP/SCIENCES PO 2013 E D I T A L DIPLOMA INTEGRADO PUC-SP/SCIENCES PO 2013 Estão abertas as inscrições para seleção de candidatos do curso de Relações Internacionais da Faculdade de Ciências Sociais da PUC-SP para o programa

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO EDITAL PROEX - 089/2010

PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO EDITAL PROEX - 089/2010 PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO EDITAL PROEX - 089/2010 A Pró-Reitoria de Extensão da Universidade Estadual de Londrina, considerando a seleção de projetos para o Programa de Extensão Universitária Universidade

Leia mais

INSTRUÇÕES DE PROCEDIMENTOS FINANCEIROS COM OS GASTOS DOS RECURSOS DO PROAP/CAPES

INSTRUÇÕES DE PROCEDIMENTOS FINANCEIROS COM OS GASTOS DOS RECURSOS DO PROAP/CAPES UNIOESTE UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS DIVISÃO DE ACOMPANHAMENTO DE CONVÊNIOS INSTRUÇÕES DE PROCEDIMENTOS FINANCEIROS COM OS GASTOS DOS RECURSOS DO PROAP/CAPES

Leia mais

EDITAL CAPES N 004/2012/ CAPES. Seleção pública de propostas de projetos de eventos voltados ao Programa de Apoio a Eventos no País - PAEP

EDITAL CAPES N 004/2012/ CAPES. Seleção pública de propostas de projetos de eventos voltados ao Programa de Apoio a Eventos no País - PAEP PAEP Programa de Apoio a Eventos no País EDITAL CAPES N 004/2012/ CAPES Seleção pública de propostas de projetos de eventos voltados ao Programa de Apoio a Eventos no País - PAEP A Fundação Coordenação

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO PROGRAMA DE APOIO A MELHORIA DO ENSINO DE GRADUAÇÃO Edital de Melhoria dos Laboratórios de Ensino

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SISTEMA DE BIBLIOTECAS PROCEDIMENTOS PARA COMPRA DE MATERIAL BIBLIOGRÁFICO NA UFPR

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SISTEMA DE BIBLIOTECAS PROCEDIMENTOS PARA COMPRA DE MATERIAL BIBLIOGRÁFICO NA UFPR UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SISTEMA DE BIBLIOTECAS PROCEDIMENTOS PARA COMPRA DE MATERIAL BIBLIOGRÁFICO NA UFPR Para a compra de materiais bibliográficos, primeiramente o solicitante deve possuir o recurso

Leia mais

E D I T A L. 1º O curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Psicopedagogia - Clínica e Institucional é destinado a graduados em Diploma de Curso Superior.

E D I T A L. 1º O curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Psicopedagogia - Clínica e Institucional é destinado a graduados em Diploma de Curso Superior. EDITAL NPL 10/2016 ABRE INSCRIÇÕES PARA O PROCESSO DE SELEÇÃO PARA O CURSO DE PÓS- GRADUAÇÃO LATO SENSU EM PSICOPEDAGOGIA CLÍNICA E INSTITUCIONAL, NO CAMPUS CAMPINAS - UNIDADE CAMBUÍ DA UNIVERSIDADE SÃO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO UFES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO UFES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO UFES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID PROCESSO SELETIVO PARA VAGA REMANESCENTE DE BOLSA DE SUPERVISÃO PROGRAMA PIBID UFES CIÊNCIAS SOCIAIS

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 007/2009

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 007/2009 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 007/2009 FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROPPG PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO PROPLAN Disciplina no âmbito da UDESC os procedimentos

Leia mais

3o 4o 5o 6o Art. 8o Art. 9o

3o 4o 5o 6o Art. 8o Art. 9o REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU TÍTULO I GENERALIDADES Art. 1 o A Fundação Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Mandaguari FAFIMAN - poderá oferecer cursos de pós-graduação lato

Leia mais

CNPJ: 10.482.039/0001-46

CNPJ: 10.482.039/0001-46 EDITAL FUNAEPE Nº. 03/2014 PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR (A) DE MATEMÁTICA PARA ATUAR NO PROJETO Tentáculos Cursinho Pré- Vestibular da UFGD A Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e

Leia mais

CHAMADA PUBLICA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA CASA DE OSWALDO CRUZ ESPECIALIZAÇÃO EM DIVULGAÇÃO DA CIÊNCIA, DA TECNOLOGIA E DA SAÚDE TURMA 2012

CHAMADA PUBLICA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA CASA DE OSWALDO CRUZ ESPECIALIZAÇÃO EM DIVULGAÇÃO DA CIÊNCIA, DA TECNOLOGIA E DA SAÚDE TURMA 2012 CHAMADA PUBLICA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA CASA DE OSWALDO CRUZ ESPECIALIZAÇÃO EM DIVULGAÇÃO DA CIÊNCIA, DA TECNOLOGIA E DA SAÚDE TURMA 2012 O Curso de Especialização em Divulgação da Ciência,

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTANCIA

INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTANCIA INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTANCIA EDITAL Nº 075/2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA TUTORES A DISTÂNCIA DO CURSO TÉCNICO EM TRANSAÇÕES IMOBILIÁRIAS - CAMPUS PINHAIS Dispõe

Leia mais

EDITAL Nº 1, DE 3 DE JANEIRO DE 2013.

EDITAL Nº 1, DE 3 DE JANEIRO DE 2013. EDITAL Nº 1, DE 3 DE JANEIRO DE 2013. O PRÓ-REITOR DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO da Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, no uso de suas atribuições legais, torna público o presente Edital

Leia mais

UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO CAMPUS PETROLINA EDITAL DE SELEÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO 06/2014

UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO CAMPUS PETROLINA EDITAL DE SELEÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO 06/2014 UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO CAMPUS PETROLINA EDITAL DE SELEÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO 06/2014 RESOLUÇÃO CEPE N 033/2014 Edital de convocação para Inscrição, Seleção e Matrícula de candidato ao Curso de Pós-Graduação

Leia mais

Serviço Público Federal Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão IFMA Diretoria de Educação a Distância

Serviço Público Federal Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão IFMA Diretoria de Educação a Distância Serviço Público Federal Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão IFMA Diretoria de Educação a Distância Edital n 05/2011 DEAD / IFMA Seleção Simplificada de

Leia mais

REGIMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS GRADUAÇÃO " LATO SENSU"

REGIMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS GRADUAÇÃO  LATO SENSU UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PELOTAS PRÓ REITORIA ACADÊMICA ASSESSORIA DE PÓS GRADUAÇÃO E PESQUISA REGIMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS GRADUAÇÃO " LATO SENSU" CAPÍTULO I DOS CURSOS E SEUS OBJETIVOS Art. 1º A

Leia mais