U N I V E R S I D A D E D E S Ã O P A U L O

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "U N I V E R S I D A D E D E S Ã O P A U L O"

Transcrição

1 U N I V E R S I D A D E D E S Ã O P A U L O E S C O L A D E E N F E R M A G E M Av. Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, CEP SP Tel./Fax.: (11) C.P CEP São Paulo SP - Brasil ROTEIRO PARA ORIENTAÇÃO NO PREENCHIMENTO DE PROPOSTAS DE CURSOS DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA O presente formulário visa orientar o coordenador a observar as informações necessárias para a proposição de cursos. Estar ciente do conteúdo da documentação disponível no link: como segue: Caracterização Acadêmica; Caracterização Financeira; Deliberação COP nº 003, de 30 de outubro de Prestação de Contas dos Cursos de Extensão para a COP; Fluxograma; Formulário de Apoio a Eventos; Formulário de Prestação de Contas; Norma para realização da Residência em Enfermagem no âmbito da EEUSP; Norma para realização das atividades de Extensão Universitária de Assessoria, Consultoria e Prestação de Serviço Especializado no âmbito da EEUSP; Norma para realização de Prática Profissionalizante e Programa de Atualização no âmbito da EEUSP; Normas do Conselho de Educação Nacional para Cursos de Especialização; Normas para Educação a Distância (EaD) nos Cursos de Extensão Universitária no âmbito da EEUSP; Normas para realização dos cursos de Extensão Universitária, no âmbito da EEUSP; Regimento da Comissão de Cultura e Extensão Universitária da EEUSP; Relação de Linhas Programáticas; Relatório Acadêmico; Resolução Nº 4940, de 26/06/ Define e regulamenta as atividades de Cultura e Extensão; Resolução CoCEx Nº 5072, de 16/9/ Regulamenta e estabelece normas sobre cursos de Extensão Universitária; Resolução CoCEx Nº 5194, de 12/05/ Regulamenta e estabelece normas sobre os Cursos de Extensão Universitária da Universidade de São Paulo e dá outras providências Resolução Nº 5427, de dezembro de Altera dispositivos da Resolução nº 4543, de 20 de março de 1998, que dispõe sobre recolhimento de taxas em decorrência de convênios e da participação de docentes em atividades de assessoria, consultoria, convênios e contratos; Verbete. OBS: Verificar se a proposta atende aos prazos preestabelecidos na legislação vigente.

2 ORIENTAÇÕES PARA O PREENCHIMENTO DA CARACTERIZAÇÃO ACADÊMICA 1. Promoção Unidade(s) /Órgão(s)/USP Informar a unidade da USP que oferecerá o curso Departamento* Informar o(s) Departamento(s) envolvido(s) Instituição(ões) Co-Participante(s) Informar o nome da Instituição Co-participante (quando houver) * No caso de Unidades de Ensino. 2. Título: Informar o título do curso 3. Natureza da Formação Profissional Prática Profissionalizante Residência Programa de Atualização Preencher este item no caso de atividades compreendidas na Resolução CoCEx, 5008 de 25/03/ Natureza da Educação Continuada ou Curso de Difusão Especialização Aperfeiçoamento Atualização Curso de Difusão Assinalar apenas uma das modalidades, Cursos regulamentados na Resolução CoCEx, 5072, 16/09/ Forma: Informar se o curso será ministrado a distância ou presencial Presencial a Distância 6. *Área Temática Consultar tabela anexa Área de conhecimento Consultar tabela anexa * Observe tabela em anexo. 7. Nº do Credenciamento junto ao Mec Nos casos de Ensino a Distância, preencher com o Nº 0036/2004 (Parecer da Câmara de Educação Superior do Conselho Nacional de Educação, de 16/02/2004, favorável ao credenciamento da USP pelo prazo de 5 anos). * No caso de Ensino a Distância. 8. Público-alvo Pré-requisito Graduado sim Identificar público-alvo, observando se o mesmo está condizente com o objetivo do curso. não Detalhar os pré-requisitos para a definição da documentação a ser solicitada ao candidato Informar se o curso destina-se a graduados ou não. 9. Coordenador/ Responsável Institucional Regime de Trabalho Informar o nome do Coordenador, O Regime de Trabalho, o Nº do parecer CERT e o período de seu credenciamento. 10. Vice-Coordenador(es) Regime de Trabalho Informar o nome do Vice-Coordenador (observar Resol. CoCEx 5072 Título II, II, IV e V, conforme modalidade), Regime de trabalho, Nº do Parecer CERT e período de credenciamento. 11. Professor(es) Ministrante(s) Regime de Trabalho Relacionar, separadamente, os docentes convidados, identificados por: - USP: Sigla da Unidade, Regime de Trabalho, Nº do Parecer CERT, período de seu credenciamento. - Fora da USP: anexar súmula curricular. Nos casos de Especialistas, justificar. - Indicar a porcentagem de hora-aula ministrada por docente. Da carga horária ministrada (item 11), indicar a porcentagem que corresponde a cada um dos professores. Professores não pertencentes ao quadro docente da USP devem ter seus currículos anexados. (Professores fora da USP ou Especialistas Convidados) 12. Nome do(s) monitor(es) participante(s): Relacionar o nome do(s) monitor(es) participante(s) ou acrescentar a informação ainda não definido, quando for o caso. 13. *Nome do(s) servidor(es) não-docente(s) participante(s) Relacionar o nome dos servidores não-docentes (quando for o caso) e anexar justificativa e autorização da Chefia imediata. *Justificativa e aprovação da chefia imediata 14. Justificativa do curso: Justificar a realização do curso, com um breve relato.

3 15. Objetivo: Descrever os objetivos do curso: 16. Programa completo, com ementas e referência bibliográfica atualizada (em anexo). Anexar o programa completo, com ementas e referência bibliográfica atualizada. Anexar projeto do curso, conforme Artigo 3º das Normas para realização de Cursos de extensão no âmbito da EEUSP. 17. Carga horária dos cursos presenciais Carga horária dos cursos a distância Carga horária ministrada Aulas formais em sala de aula Monografia Seminários Aulas Práticas ou de campo Duração em meses Definir detalhadamente, a carga horária do curso. Atividades a distância ministradas Atividades a distância supervisionadas Atividades presenciais ministradas Monografia Informações, Inscrição, Seleção e Realização 18. Informações: SERVIÇO DE CULTURA E EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA Tel.(s) / ramal(is) Fax: Contato: Ana Clélia, Marcela e Val. Site na Internet: Inscrição: Caso o local para informações e inscrições não seja o SCEU, preencher as informações detalhadamente. Período: a combinar com o SCEU Horário: 8h30 às 12h e das 13h às 16h30 Local (endereço completo) Procedimentos de inscrição EEUSP Indique o setor - Av. Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, 419 Cerqueira César. Detalhar os documentos necessários para efetuar a inscrição e quando houver processo seletivo. 20. Total de oferecidas 21. Nº mínimo de participantes para realização do curso Definir o nº total de e o nº mínimo de pagantes. Esta informação auxiliará na definição do valor da taxa de matrícula e/ou inscrição a ser cobrada. 22. Critérios de Seleção: Definir critérios de Seleção Acesso Restrito: Para preenchimento deste item, verificar a concomitância com o item Realização: Definir data de início e de término do curso e data de possível Fora da USP prorrogação. Local de realização do curso (endereço completo) Identificar o local de realização do Curso Data de Início Término Prazo máximo de término 24. Curso: Definir o nº de isenções para cada categoria (docente, aluno de graduação, funcionários e terceira idade) e definir, quando couber, o percentual de desconto para alunos de graduação e grupo de terceira idade. Pago Gratuito Nº mínimo de gratuitas Docente Discente Funcionário Terceira Idade Outros/Comunidade 25. Política de isenções: Definir critério de isenção. 26. Critérios de aprovação: Definir critérios para aprovação no curso (nota, freqüência e monografia). 27. Proposta Financeira: Anexar caracterização financeira (formulário próprio) atendendo a Resol. CoCEx nº 5072/03. Anexar cópia da minuta do convênio (nos casos de cursos com convênio).

4 ORIENTAÇÕES PARA O PREENCHIMENTO DA CARACTERIZAÇÃO FINANCEIRA Informar Modalidade e Nome do Curso ou Evento I Convênio ou Contrato ou Termo de Adesão (quando houver) Só preencher no caso de convênio 1 - Nº do Processo de Convênio, Contrato ou Termo Adesão. Informar o nome do curso, o nº do processo de convênio, contrato ou Termo de Adesão. 2 - Valor total contratado Informar o valor total do contrato. II Inscrições Item Valor Unitário Valor total em R$ 1 - Taxa de seleção (preencher no caso de Curso de Especialização) Informar o nº mínimo de inscritos 2 - Taxa de inscrição Informar o nº mínimo de inscritos 3 Número de inscrições c/ isenções Informar o nº de inscrições isentas 4 - Valor total previsto Informar o valor total previsto para arrecadação Informar o valor unitário Informar o valor unitário III Outras receitas por aluno Preencher quando houver parcelamento da matrícula Informar o valor total Informar o valor total Item Informar qtde de parcelas, a data de pagamento de cada parcela e o valor de cada parcela, unitário e total. parcelas/ Valor Unitário de cada parcela Valor total em R$ IV Inadimplência Preencher ao final do curso, no Relatório de Prestação de Contas. Item parcelas/ Valor Unitário de cada parcela Valor total em R$ Aplicação das Receitas Estimadas V Taxas administrativas Valor Base R$ (FUPPECEU-USP/Reitoria) Item VI : = R$ Valor Base R$ (Bruto) Informar o valor bruto da arrecadação. Item Percentual Valor total em R$ 1 FUPPECEU-USP/Reitoria 5% 2 - Recolhimento a Unidade 8% 3 - Recolhimento a CCEx Recolhimento ao Departamento 2% Essa porcentagem deverá ser calculada em cima do valor total dos itens 1.1 e 1.2 que se encontram dentro do item VI Despesas de Custeio. Informar o valor que se refere a 8% da arrecadação total do valor bruto. Informar o valor que se refere a 2% da arrecadação total do valor bruto. 5 Discriminar outros recolhimentos 6 - Total dos recolhimentos previstos Informar o valor total arrecadado.

5 VI Despesas de Custeio Item Valor total em R$ 1 Pagamento de Pessoal e encargos Discriminar a destinação dos pagamentos de pessoal e encargos, seguindo itens 1.1, 1.2, 1.3, 1.4 e Docentes coordenadores do curso Relacionar o nome dos coordenadores, nº de horas ministradas e o valor da hora/aula 1.2 Docentes da USP não coordenadores Relacionar o nome dos docentes da USP que ministrarão aulas no curso, bem como o nº de horas ministradas e o valor da hora/aula. 1.3 Professores convidados Relacionar o nome dos professores convidados, o nº de horas/aulas ministradas e o valor da hora trabalhada. 1.4 Funcionários da USP 1 : Servidores não-docentes não podem ser remunerados por outras atividades durante o horário estabelecido no contrato de trabalho. O contrato de trabalho e as normas da Universidade devem ser plenamente observados. Na eventual ocorrência desse tipo de despesa, o superior imediato e o Diretor da Instituição deverão anexar ao processo declaração atestando que a atividade se deu fora do horário de trabalho do servidor. 1.5 Monitores Informar o nome do monitor, o nº de horas e o vlaor da hora trabalhada. Lembrar que a participação de monitores será de, no mínimo, três meses e o aluno deverá passar pelo processo de seleção, coordenado pelo Serviço de Graduação. 2 Despesas com pessoal 2.1 Transporte Especificar o nome do usuário e o tipo de transporte (táxi, ônibus ou avião), a quantidade e o valor a ser gasto. 2.2 Hospedagem Relacionar o nome do usuário, a quantidade e o valor da diária. 2.3 Alimentação Relacionar o nome do convidado, o nº de refeições e o tipo (EE- COSEAS ou restaurante fora da EE). 3 Serviços de terceiros (discriminar) 3.1 Pagamentos a pessoas físicas Relacionar o nome, o valor e o tio de serviço a ser prestado. 3.2 Pagamentos a pessoas jurídicas Relacionar o nome da empresa, o serviço a ser prestado e o valor. 4 Material de consumo Relacionar os itens que serão gastos, a quantidade e o valor de cada produto. 5 - Discriminar outros custos Caso haja outros custos que não foram discriminados anteriormente, especificá-los neste item. Total das despesas de custeio Informar o total de despesas de custeio. VII - Resultado Financeiro Item Valor em R$ 1 - Total de Receitas Estimadas Informar o total das receitas estimadas. 2 - Total de Despesas Estimadas Informar o total das Despesas Estimadas. Observações: a) Todas as despesas deverão ser discriminadas, se necessário anexar outras folhas. b) A presente planilha não deve ser considerada como plano de trabalho ou de aplicação de recursos. Trata-se apenas de uma ferramenta facilitadora para análise pontual de receitas e despesas estimadas durante as atividades.

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA DE ENFERMAGEM COMISSÃO DE CULTURA E EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA DE ENFERMAGEM COMISSÃO DE CULTURA E EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA Norma para realização dos Cursos de Extensão Universitária (Especialização, Aperfeiçoamento, Atualização e Difusão) no âmbito da Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo - EEUSP (Aprovada na 348ª

Leia mais

Regulamenta e estabelece normas sobre os Cursos de Extensão Universitária da Universidade de São Paulo e dá outras providências.

Regulamenta e estabelece normas sobre os Cursos de Extensão Universitária da Universidade de São Paulo e dá outras providências. RESOLUÇÃO CoCEx nº 6667, de 19 de dezembro de 2013. (D.O.E. 21.12.13) (Protocolado 11.5.2443.1.5). Regulamenta e estabelece normas sobre os Cursos de Extensão Universitária da Universidade de São Paulo

Leia mais

Manual do Sistema para abertura de curso de extensão pelos docentes EACH - USP

Manual do Sistema para abertura de curso de extensão pelos docentes EACH - USP Manual do Sistema para abertura de curso de extensão pelos docentes EACH - USP 1.INTRODUÇAO...... 3 2.ONDE CONSEGUIR INFORMAÇÔES?... 4 Normas USP... 4 Site EACH...4 Sistema de atendimento da Comissão de

Leia mais

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO CAPITULO I DAS FINALIDADES Art. 1º - Os cursos de pós-graduação da UNIABEU são regidos pela Lei Federal 9394/96 Lei de Diretrizes

Leia mais

CONSIDERANDO que este Conselho compete normatizar esse procedimento; R E S O L V E:

CONSIDERANDO que este Conselho compete normatizar esse procedimento; R E S O L V E: RESOLUÇÃO N o 03/90, CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Aprova as Normas para elaboração de Projetos de Cursos de Especialização (Pós-Graduação lato sensu ). O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

Leia mais

ROTEIRO PARA CRIAÇÃO DE CURSO E OFERTA DE TURMA DE ESPECIALIZAÇÃO

ROTEIRO PARA CRIAÇÃO DE CURSO E OFERTA DE TURMA DE ESPECIALIZAÇÃO ROTEIRO PARA CRIAÇÃO DE CURSO E OFERTA DE TURMA DE ESPECIALIZAÇÃO (Conforme a Resolução 42/03-COUN, de 05 de novembro de 2003 e suas alterações). I. PROCEDIMENTO PARA CRIAÇÃO DE NOVO CURSO: A. ABERTURA

Leia mais

Solicitação de aprovação de cursos de Pós-Graduação Lato Sensu Especialização

Solicitação de aprovação de cursos de Pós-Graduação Lato Sensu Especialização Solicitação de aprovação de cursos de Pós-Graduação Lato Sensu Especialização Objetivo Avaliar propostas de curso de pós-graduação lato sensu especialização. Objetivo Avaliar propostas de curso de pós-graduação

Leia mais

GEIA Grupo ESUDA de Interlocução Acadêmica

GEIA Grupo ESUDA de Interlocução Acadêmica (2014) Coordenação: Professora Marina Pinheiro INSCRIÇÕES DE PROPOSTAS: 03 de fevereiro a 31 de outubro 2014 LOCAL DE ENTREGA DAS DOCUMENTAÇÕES: Apoio Acadêmico DOCUMENTOS QUE DEVEM SER ENTREGUES AO APOIO

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSUN Nº 005/2014. Ementa::Regulamenta a gestão financeira dos Programas e Projetos de Extensão da UPE.

RESOLUÇÃO CONSUN Nº 005/2014. Ementa::Regulamenta a gestão financeira dos Programas e Projetos de Extensão da UPE. RESOLUÇÃO CONSUN Nº 005/2014 Ementa::Regulamenta a gestão financeira dos Programas e Projetos de Extensão da UPE. O Presidente do Conselho Universitário - CONSUN, no uso das atribuições que lhe confere

Leia mais

Instruções para preenchimento do formulário de CURSOS DE APERFEIÇOAMENTO

Instruções para preenchimento do formulário de CURSOS DE APERFEIÇOAMENTO Instruções para preenchimento do formulário de CURSOS DE APERFEIÇOAMENTO As instruções a seguir orientam a elaboração de propostas de Cursos de Aperfeiçoamento para aprovação e registro no Sistema de Informações

Leia mais

REGULAMENTO DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS ESUDA. Capítulo I Das Disposições Preliminares

REGULAMENTO DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS ESUDA. Capítulo I Das Disposições Preliminares Capítulo I Das Disposições Preliminares Art. 1º Os cursos de Pós-Graduação Lato Sensu da Faculdade de Ciências Humanas ESUDA orientam-se pelas normas especificadas neste Regulamento e estão sujeitos ao

Leia mais

ESCOLA POLITÉCNICA DA UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO

ESCOLA POLITÉCNICA DA UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO COORDENAÇÃO SETORIAL DE EXTENSÃO E CULTURA POLI UPE RESOLUÇÃO 01.2015 Regulamenta e estabelece normas sobre os Cursos de Extensão Universitária da Escola Politécnica de Pernambuco, Campus Benfica, da Universidade

Leia mais

REGULAMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO IMOBILIÁRIO

REGULAMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO IMOBILIÁRIO REGULAMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO IMOBILIÁRIO Cabedelo - PB Página 1 de 9 FACULDADE DE ENSINO SUPERIOR DA PARAÍBA - FESP, PESQUISA E EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA REGULAMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO

Leia mais

Universidade Federal do Rio Grande do Sul Escola de Administração Comissão de Graduação em Administração RESOLUÇÃO Nº 04/2010

Universidade Federal do Rio Grande do Sul Escola de Administração Comissão de Graduação em Administração RESOLUÇÃO Nº 04/2010 RESOLUÇÃO Nº 04/2010 A COMISSÃO DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO Comgrad/ADM, em reunião realizada no dia 02 de junho de 2010, tendo em vista a Resolução nº 24/2006 [e 50/2009] do Conselho de Ensino, Pesquisa

Leia mais

Pós-Graduação Online. EDITAL Pós-Graduação Lato Sensu em Direito Previdenciário. Turma 3 2013.3

Pós-Graduação Online. EDITAL Pós-Graduação Lato Sensu em Direito Previdenciário. Turma 3 2013.3 Pós-Graduação Online EDITAL Pós-Graduação Lato Sensu em Direito Previdenciário Turma 3 2013.3 Agosto/2013 a setembro/2014 Edital de oferta de vagas para o Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Direito Previdenciário,

Leia mais

FACULDADE DA REGIÃO DOS LAGOS REGULAMENTO DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

FACULDADE DA REGIÃO DOS LAGOS REGULAMENTO DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU FACULDADE DA REGIÃO DOS LAGOS REGULAMENTO DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Capítulo I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º Os cursos de Pós-Graduação Lato Sensu da FERLAGOS orientam-se pelas normas

Leia mais

REGIMENTO INTERNO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA ESCOLA DO PARLAMENTO DA CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO

REGIMENTO INTERNO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA ESCOLA DO PARLAMENTO DA CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO REGIMENTO INTERNO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA ESCOLA DO PARLAMENTO DA CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO Sumário TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES... 3 CAPÍTULO I Da Caracterização do Curso... 3 CAPÍTULO

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MONTES CLAROS SECRETARIA DOS CONSELHOS RESOLUÇÃO Nº 195- CEPEX/2007

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MONTES CLAROS SECRETARIA DOS CONSELHOS RESOLUÇÃO Nº 195- CEPEX/2007 RESOLUÇÃO Nº 195- CEPEX/2007 APROVA O REGULAMENTO DA EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA NO ÂMBITO DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MONTES CLAROS - UNIMONTES O Reitor e Presidente do CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

Leia mais

CHAMADA PUBLICA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA CASA DE OSWALDO CRUZ ESPECIALIZAÇÃO EM DIVULGAÇÃO DA CIÊNCIA, DA TECNOLOGIA E DA SAÚDE TURMA 2012

CHAMADA PUBLICA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA CASA DE OSWALDO CRUZ ESPECIALIZAÇÃO EM DIVULGAÇÃO DA CIÊNCIA, DA TECNOLOGIA E DA SAÚDE TURMA 2012 CHAMADA PUBLICA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA CASA DE OSWALDO CRUZ ESPECIALIZAÇÃO EM DIVULGAÇÃO DA CIÊNCIA, DA TECNOLOGIA E DA SAÚDE TURMA 2012 O Curso de Especialização em Divulgação da Ciência,

Leia mais

EDITAL PF no. 008/2015 CONVOCAÇÃO DE INTERESSADOS À SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA TÉCNICA ESPECIALIZADA PESSOA FÍSICA

EDITAL PF no. 008/2015 CONVOCAÇÃO DE INTERESSADOS À SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA TÉCNICA ESPECIALIZADA PESSOA FÍSICA EDITAL PF no. 008/2015 CONVOCAÇÃO DE INTERESSADOS À SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA TÉCNICA ESPECIALIZADA PESSOA FÍSICA O CONASS: O Conselho Nacional de Secretários de Saúde é uma entidade

Leia mais

Rua Moreira e Costa, 531 Ipiranga CEP 04266 010 São Paulo SP Tel.: (11) 3013 0320 Fax: (11) 3013 0366 www.sanfra.g12.

Rua Moreira e Costa, 531 Ipiranga CEP 04266 010 São Paulo SP Tel.: (11) 3013 0320 Fax: (11) 3013 0366 www.sanfra.g12. Rua Moreira e Costa, 531 Ipiranga CEP 04266 010 São Paulo SP Tel.: (11) 3013 0320 Fax: (11) 3013 0366 www.sanfra.g12.br M I S S Ã O O Colégio São Francisco Xavier, da Rede Jesuíta de Educação, tem como

Leia mais

Pós graduação em Psicologia Educacional DESCRITIVO DE CURSO

Pós graduação em Psicologia Educacional DESCRITIVO DE CURSO Pós graduação em Psicologia Educacional DESCRITIVO DE CURSO 1. Apresentação O curso de Pós Graduação Lato Sensu em Psicologia Educacional da POSGLOGAL visa a formação profissional de graduados que tenham

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online ENFERMAGEM GINECOLÓGICA Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

PROJETOS DE CURSOS PROCEDIMENTOS PARA ABERTURA DE PROJETO DE CURSOS. Normas e Procedimentos NP10

PROJETOS DE CURSOS PROCEDIMENTOS PARA ABERTURA DE PROJETO DE CURSOS. Normas e Procedimentos NP10 PROJETOS DE CURSOS PROCEDIMENTOS PARA ABERTURA DE PROJETO DE CURSOS Normas e Procedimentos NP10 I - INTRODUÇÃO A Fundação de Apoio à Universidade de São Paulo- FUSP e a Universidade de São Paulo USP, têm

Leia mais

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO Rio de Janeiro, 2003 CAPÍTULO I DOS CURSOS: MODALIDADES E OBJETIVOS Art. 1º. Em conformidade com o Regimento Geral de nos termos da Lei de Diretrizes e Bases da

Leia mais

Dispõe sobre a oferta de cursos de pós-graduação lato sensu pela Universidade Federal do Pará

Dispõe sobre a oferta de cursos de pós-graduação lato sensu pela Universidade Federal do Pará Dispõe sobre a oferta de cursos de pós-graduação lato sensu pela Universidade Federal do Pará O REITOR DA, no uso das atribuições que lhe conferem o Estatuto e o Regimento Geral, obedecidas a legislação

Leia mais

PROJETOS DE PESQUISA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA NORMAS E PROCEDIMENTOS GERAIS UTILIZAÇÃO DOS RECURSOS http://www.fapemig.br/files/manual.

PROJETOS DE PESQUISA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA NORMAS E PROCEDIMENTOS GERAIS UTILIZAÇÃO DOS RECURSOS http://www.fapemig.br/files/manual. PROJETOS DE PESQUISA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA NORMAS E PROCEDIMENTOS GERAIS UTILIZAÇÃO DOS RECURSOS http://www.fapemig.br/files/manual.pdf INFORMAÇÕES GERAIS Duração do projeto O prazo de vigência do projeto

Leia mais

Alexandre de Souza Ramos Diretor da Escola Estadual de Saúde Pública

Alexandre de Souza Ramos Diretor da Escola Estadual de Saúde Pública SECRETARIA DE SAÚDE DO ESTADO DA BAHIA (SESAB) ESCOLA ESTADUAL DE SAÚDE PÚBLICA (EESP) RESOLUÇÃO Nº. 01/2010 - Regulamenta o desenvolvimento de Cursos de Pós-Graduação lato sensu Especialização na EESP.

Leia mais

EDITAL Nº 072/2015 PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

EDITAL Nº 072/2015 PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EDITAL Nº 072/2015 PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU A Diretoria de Pós-graduação e Extensão do Centro Universitário Senac, no uso de suas atribuições, torna pública

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online SAÚDE COLETIVA COM ENFOQUE NO GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS Regulamentação de Pós-Graduação Lato-Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para

Leia mais

Ministério da Educação e Desporto Centro Federal de Educação Tecnológica do Paraná CONSELHO DIRETOR

Ministério da Educação e Desporto Centro Federal de Educação Tecnológica do Paraná CONSELHO DIRETOR Ministério da Educação e Desporto Centro Federal de Educação Tecnológica do Paraná CONSELHO DIRETOR DELIBERAÇÃO N º 09/98 de 26 de junho de 1998 O CONSELHO DIRETOR DO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA

Leia mais

DOS CURSOS E SEUS OBJETIVOS

DOS CURSOS E SEUS OBJETIVOS REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DAS FACULDADES INTEGRADAS DE VITÓRIA DOS CURSOS E SEUS OBJETIVOS Disciplina os Cursos de Pós- Graduação Lato Sensu nas modalidades Acadêmica e Profissionalizante

Leia mais

RESOLVE: CAPÍTULO I PRINCÍPIOS GERAIS. Os objetivos gerais da EAD na Universidade Federal do Paraná (UFPR) são:

RESOLVE: CAPÍTULO I PRINCÍPIOS GERAIS. Os objetivos gerais da EAD na Universidade Federal do Paraná (UFPR) são: RESOLUÇÃO Nº 28/08-CEPE Fixa normas básicas de controle e registro da atividade acadêmica dos Cursos de Aperfeiçoamento e Especialização na modalidade de Educação a Distância da Universidade Federal do

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online SUPERVISÃO E ORIENTAÇÃO EDUCACIONAL EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de

Leia mais

EDITAL Nº 068/2014 PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

EDITAL Nº 068/2014 PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EDITAL Nº 068/2014 PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU A Diretoria de Pós-graduação e Extensão do Centro Universitário Senac, no uso de suas atribuições, torna pública

Leia mais

RESOLUÇÃO UNESP Nº 41, DE 17 DE OUTUBRO DE

RESOLUÇÃO UNESP Nº 41, DE 17 DE OUTUBRO DE RESOLUÇÃO UNESP Nº 41, DE 17 DE OUTUBRO DE 2011 (Publicada no D.O.E. de 18/10/11 Seção I, pág. 99) (Republicada no D.O.E. de 10/01/12 Seção I, pág. 78) Regulamenta os Cursos de Especialização da UNESP.

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Economia

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Economia EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO 2º/2015 Coordenador: Prof. Dr. Antônio Corrêa de Lacerda Vice-Coordenadora: Profa. Dra. Regina Maria d Aquino Fonseca Gadelha Estarão abertas, no período de 01/04/2015 a

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online ENFERMAGEM DO TRABALHO Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO PENAL 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO PENAL 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO PENAL 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição e matrícula

Leia mais

EDITAL Nº 01, de 21 de março de 2013

EDITAL Nº 01, de 21 de março de 2013 UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS E SOCIAIS COORDENAÇÃO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CEAD COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UNIDADE ACADÊMICA EM DIREITO CCJS/UFCG/SOUSA-PB PROGRAMA

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online DOCÊNCIA NO ENSINO SUPERIOR Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

FACULDADE DE COLIDER Curso :XXXXXXX, bacharelado.

FACULDADE DE COLIDER Curso :XXXXXXX, bacharelado. PROJETO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA Protocolo nº / Fls Data: / / Funcionário: TÍTULO DO PROJETO: GESTOR (Coordenador/ Responsável pelo Projeto): INSTITUIÇÃO: FACULDADE DE COLIDER - FACIDER CURSO: ÁREA: SUBÁREA:

Leia mais

Art. 2º Este Ato Administrativo entra em vigor na data de sua assinatura, revogadas as disposições em contrário.

Art. 2º Este Ato Administrativo entra em vigor na data de sua assinatura, revogadas as disposições em contrário. ATO ADMINISTRATIVO REITORIA Nº 45/2015 Aprova o Edital do Processo Seletivo do Programa de Integralização de Créditos para a Conclusão do Curso Superior de Teologia Vestibular 1º semestre de 2016 O REITOR

Leia mais

Número total de vagas 20

Número total de vagas 20 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ IFPI PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO PROPI EDITAL 12/2015 O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí

Leia mais

Curso de Especialização em Direito Tributário

Curso de Especialização em Direito Tributário Curso de Especialização em Direito Tributário 1. Objetivo e público alvo. O Departamento de Direito Econômico, Financeiro e Tributário da Faculdade de Direito da USP dá início à segunda turma do seu curso

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS REGIONAL GOIÂNIA ESCOLA DE VETERINÁRIA E ZOOTECNIA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS REGIONAL GOIÂNIA ESCOLA DE VETERINÁRIA E ZOOTECNIA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS REGIONAL GOIÂNIA ESCOLA DE VETERINÁRIA E ZOOTECNIA Regulamento Específico do Curso de Especialização em Homeopatia Veterinária CAPÍTULO I DAS FINALIDADES

Leia mais

Orientações para Preenchimento do Plano de Ensino

Orientações para Preenchimento do Plano de Ensino Orientações para Preenchimento do Plano de Ensino Este documento tem como objetivo orientar os docentes da UFCSPA na elaboração do Plano de Ensino de disciplinas no formato adequado ao Sistema de Registro

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO TÍTULO I DOS OBJETIVOS

REGIMENTO INTERNO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO TÍTULO I DOS OBJETIVOS REGIMENTO INTERNO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO TÍTULO I DOS OBJETIVOS Art. 1º - O presente Regimento Interno regulamenta a organização e o funcionamento do

Leia mais

CHAMADA PUBLICA PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM DIVULGAÇÃO DA CIÊNCIA, DA TECNOLOGIA E DA SAÚDE.

CHAMADA PUBLICA PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM DIVULGAÇÃO DA CIÊNCIA, DA TECNOLOGIA E DA SAÚDE. CHAMADA PUBLICA PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM DIVULGAÇÃO DA Periodicidade: anual Coordenação: Luisa Medeiros Massarani CIÊNCIA, DA TECNOLOGIA E DA SAÚDE. Objetivos do Curso Formação de especialistas

Leia mais

EDITAL ESAF/CEEAD Nº 01/2013 CURSO SOBRE O IMPOSTO TERRITORIAL RURAL PARA MUNICÍPIOS CONVENIADOS

EDITAL ESAF/CEEAD Nº 01/2013 CURSO SOBRE O IMPOSTO TERRITORIAL RURAL PARA MUNICÍPIOS CONVENIADOS EDITAL ESAF/CEEAD Nº 01/2013 CURSO SOBRE O IMPOSTO TERRITORIAL RURAL PARA MUNICÍPIOS CONVENIADOS A Escola de Administração Fazendária - ESAF torna público que estão abertas as inscrições para o Curso sobre

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 044/2015, DE 13 DE ABRIL DE 2015 CONSELHO UNIVERSITÁRIO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS UNIFAL-MG

RESOLUÇÃO Nº 044/2015, DE 13 DE ABRIL DE 2015 CONSELHO UNIVERSITÁRIO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS UNIFAL-MG RESOLUÇÃO Nº 044/2015, DE 13 DE ABRIL DE 2015 CONSELHO UNIVERSITÁRIO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS UNIFAL-MG O Conselho Universitário da UNIFAL-MG, no uso de suas atribuições regimentais e estatutárias,

Leia mais

PORTARIA SMS Nº 001/2013. A Secretária de Saúde do município de Salgueiro, no uso de suas atribuições legais:

PORTARIA SMS Nº 001/2013. A Secretária de Saúde do município de Salgueiro, no uso de suas atribuições legais: PORTARIA SMS Nº 001/2013 EMENTA: Dispõe sobre o Programa de Qualificação Profissional, no âmbito da Secretaria Municipal de Saúde de Salgueiro, para todos os cargos previstos no ANEXO II da Lei Municipal

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

REGULAMENTO GERAL DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU REGULAMENTO GERAL DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU TÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º - O Programa de Pós-graduação lato sensu da FAZU - Faculdades Associadas de Uberaba, tem por objetivo

Leia mais

FIES. 1 - Dados cadastrais da mantenedora. 1.1 - Dados da mantenedora: Mantenedora: CENTRO UNIVERSITARIO DE FRANCA

FIES. 1 - Dados cadastrais da mantenedora. 1.1 - Dados da mantenedora: Mantenedora: CENTRO UNIVERSITARIO DE FRANCA Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Diretoria de Políticas e Programas de Graduação - Dipes Fundo de Financiamento Estudantil FIES Termo de Participação Proposta de Oferta

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO JORNALISMO ESPORTIVO E NEGÓCIOS DO ESPORTE 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO JORNALISMO ESPORTIVO E NEGÓCIOS DO ESPORTE 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO JORNALISMO ESPORTIVO E NEGÓCIOS DO ESPORTE 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as

Leia mais

EDITAL Nº 006/RIFB, 17 DE ABRIL DE 2015

EDITAL Nº 006/RIFB, 17 DE ABRIL DE 2015 EDITAL Nº 006/RIFB, 17 DE ABRIL DE 2015 PROCESSO SELETIVO PARA CONSTITUIÇÃO DO BANCO DE FORMADORES/INSTRUTORES INTERNOS PARA ATUAÇÃO NOS EVENTOS DE CAPACITAÇÃO OFERTADOS NO PLANO ANUAL DE CAPACITAÇÃO -

Leia mais

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO E

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO E PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO E QUALIFICAÇÃO - ANEXOS - ANEXO I - PROCEDIMENTOS PARA CAPACITAÇÃO INTERNA DO REQUERIMENTO Art. 1º - A capacitação interna poderá ser proposta pela Reitoria, Pró-Reitorias ou Diretorias

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº. 05 - CONSU 13 DE JUNHO DE 2007

RESOLUÇÃO Nº. 05 - CONSU 13 DE JUNHO DE 2007 Rua Governador Luiz Cavalcante, S/N, TELEFAX (82) 3530-3382 CEP: 57312-270 Arapiraca-Alagoas RESOLUÇÃO Nº. 05 - CONSU 13 DE JUNHO DE 2007 Dispõe sobre normas e procedimentos para os Cursos de Especialização

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online DOCÊNCIA NO ENSINO SUPERIOR EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO-SENSU EM INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO-SENSU EM INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO-SENSU EM INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO Regulamentação de Pós-Graduação Lato-Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de

Leia mais

CHAMADA PUBLICA 002/2014 CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA CASA DE OSWALDO CRUZ ESPECIALIZAÇÃO EM DIVULGAÇÃO DA CIÊNCIA, DA TECNOLOGIA E DA SAÚDE

CHAMADA PUBLICA 002/2014 CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA CASA DE OSWALDO CRUZ ESPECIALIZAÇÃO EM DIVULGAÇÃO DA CIÊNCIA, DA TECNOLOGIA E DA SAÚDE CHAMADA PUBLICA 002/2014 CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA CASA DE OSWALDO CRUZ ESPECIALIZAÇÃO EM DIVULGAÇÃO DA CIÊNCIA, DA TECNOLOGIA E DA SAÚDE TURMA 2015 O Curso de Especialização em Divulgação da

Leia mais

Universidade de São Paulo Escola de Enfermagem

Universidade de São Paulo Escola de Enfermagem Edital ATAc 24/2014 Processo Seletivo para o Curso de Doutorado do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da da Universidade de São Paulo 2º semestre de 2014 A Comissão Coordenadora do Programa de Pós-graduação

Leia mais

Regulamento dos Cursos do Programa ESMP-VIRTUAL

Regulamento dos Cursos do Programa ESMP-VIRTUAL Regulamento dos Cursos do Programa ESMP-VIRTUAL A DIRETORA DA ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE GOIÁS no exercício de suas atribuições legais, com fundamento no art. 65, inciso II da Lei

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 3.529, DE 12 DE JUNHO DE 2007

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 3.529, DE 12 DE JUNHO DE 2007 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 3.529, DE 12 DE JUNHO DE 2007 Dispõe sobre a oferta de cursos de pósgraduação lato sensu

Leia mais

EDITAL Nº 002/2011 CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENSINO DE MATEMÁTICA

EDITAL Nº 002/2011 CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENSINO DE MATEMÁTICA EDITAL Nº 002/2011 CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENSINO DE MATEMÁTICA INSCRIÇÃO, SELEÇÃO E MATRÍCULA 1. INFORMAÇÕES GERAIS A direção da Faculdade de Ciências, Educação e Tecnologia de Garanhuns da Universidade

Leia mais

BOLSA DE ESTUDO PARA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO Perguntas Mais Frequentes

BOLSA DE ESTUDO PARA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO Perguntas Mais Frequentes BOLSA DE ESTUDO PARA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO Perguntas Mais Frequentes Que norma regulamenta a concessão da bolsa de estudo? A Instrução Normativa nº 104, de 25 de janeiro de 2010, regulamenta a concessão

Leia mais

Procedimento Administrativo de Incentivo à Participação em Eventos e Cursos para Capacitação dos Servidores do IFG 2013

Procedimento Administrativo de Incentivo à Participação em Eventos e Cursos para Capacitação dos Servidores do IFG 2013 Procedimento Administrativo de Incentivo à Participação em Eventos e Cursos para Capacitação dos Servidores do IFG 2013 O Programa Institucional de Incentivo à Participação em Eventos e Cursos para Capacitação

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PROGRAMA INGLÊS SEM FRONTEIRAS NÚCLEO DE LÍNGUAS - NucLi EDITAL Nº 03, DE 13 DE OUTUBRO DE 2014

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PROGRAMA INGLÊS SEM FRONTEIRAS NÚCLEO DE LÍNGUAS - NucLi EDITAL Nº 03, DE 13 DE OUTUBRO DE 2014 EDITAL Nº 03, DE 13 DE OUTUBRO DE 2014 Edital nº 03, de 13 de outubro de 2014, da Universidade Federal de Pelotas UFPEL, referente ao processo seletivo simplificado para a função de PROFESSOR BOLSISTA

Leia mais

Minuta do Regimento Geral de Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu da Universidade Federal de São Carlos

Minuta do Regimento Geral de Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu da Universidade Federal de São Carlos Minuta do Regimento Geral de Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu da Universidade Federal de São Carlos CapítuloI Dos Objetivos Art.1º - Os cursos de pós-graduação lato sensu da Universidade Federal de São

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online ENSINO DE QUÍMICA Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação na

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online GESTÃO ESCOLAR EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação na Modalidade

Leia mais

RESOLUÇÃO DE ORIENTAÇÃO nº 002/2008. Edição em 01 de maio de 2011.

RESOLUÇÃO DE ORIENTAÇÃO nº 002/2008. Edição em 01 de maio de 2011. RESOLUÇÃO DE ORIENTAÇÃO nº 002/2008. Edição em 01 de maio de 2011. Orienta os procedimentos necessários para o pagamento de honorários aos professores dos cursos de Pós-Graduação promovidos pelo IEDUCORP

Leia mais

E JAN EDITAL Nº 05, DE 16 DE MARÇO DE 2015.

E JAN EDITAL Nº 05, DE 16 DE MARÇO DE 2015. Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Câmpus Rio Grande E JAN EDITAL Nº 05, DE 16 DE MARÇO DE

Leia mais

EDITAL Nº 1, DE 3 DE JANEIRO DE 2013.

EDITAL Nº 1, DE 3 DE JANEIRO DE 2013. EDITAL Nº 1, DE 3 DE JANEIRO DE 2013. O PRÓ-REITOR DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO da Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, no uso de suas atribuições legais, torna público o presente Edital

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDUCAÇÃO INCLUSIVA EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação na

Leia mais

ASSITÊNCIA ESTUDANTIL

ASSITÊNCIA ESTUDANTIL ASSITÊNCIA ESTUDANTIL Apoio ao Acadêmico A Assistência Estudantil da FAMEC tem a missão de apoiar o acadêmico na busca de soluções e oportunidades que contribuam para sua permanência na faculdade e conclusão

Leia mais

ProUni. Página 1 de 6. http://prouni.mec.gov.br/prouni2006/assinatura/adesao_aditivo/termo_assinado.asp?c...

ProUni. Página 1 de 6. http://prouni.mec.gov.br/prouni2006/assinatura/adesao_aditivo/termo_assinado.asp?c... Página 1 de 6 MEC Ministério da Educação Termo Aditivo 2º Semestre ProUni 1 Dados Cadastrais da Mantenedora 1.1 Informações da Mantenedora 1.1.1 Mantenedora: ASSOCIACAO VALE IPOJUCA DE EDUCACAO, CIENCIA

Leia mais

Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ Criada pela Lei 10.435-24/04/2002 Núcleo de Educação a Distância

Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ Criada pela Lei 10.435-24/04/2002 Núcleo de Educação a Distância CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM TECNOLOGIAS, FORMAÇÃO DE PROFESSORES E SOCIEDADE. Autorização - Portaria no. 869, de 07/04/2006 - MEC Edital do Processo Seletivo UAB Edital Nº 12/2013 O coordenador do (NEaD)

Leia mais

Assessoria de Imprensa e Comunicação

Assessoria de Imprensa e Comunicação PORTARIA 74/06 - SMG Assessoria de Imprensa e Comunicação Dispõe sobre os critérios e procedimentos para valoração e apuração dos pontos relativos à capacitação e participação em atividades realizadas

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: ELABORAÇÃO DE MATERIAL, TUTORIA E AMBIENTES VIRTUAIS Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS PARA CADASTRO DE INSTRUTORES DE CURSOS A DISTÂNCIA

PROCESSO SELETIVO DE SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS PARA CADASTRO DE INSTRUTORES DE CURSOS A DISTÂNCIA PROCESSO SELETIVO DE SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS PARA CADASTRO DE INSTRUTORES DE CURSOS A DISTÂNCIA O Presidente da FUNDAÇÃO ESCOLA NACIONAL DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA - ENAP, no uso de suas atribuições,

Leia mais

O Presidente do Conselho Superior de Acadêmico (CONSEA) da Fundação Universidade

O Presidente do Conselho Superior de Acadêmico (CONSEA) da Fundação Universidade Resolução nº 200/CONSEA, de 19 de fevereiro de 2009. Altera normas para o oferecimento de cursos de pós-graduação Stricto Sensu e lato sensu, pelos Departamentos da Fundação Universidade Federal de Rondônia

Leia mais

EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE PROJETOS DE EXTENSÃO- EDITAL Nº 76, DE 10 DE JULHO DE 2014

EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE PROJETOS DE EXTENSÃO- EDITAL Nº 76, DE 10 DE JULHO DE 2014 EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE PROJETOS DE EXTENSÃO- EDITAL Nº 76, DE 10 DE JULHO DE 2014 O Diretor Geral do Campus São Luís Centro Histórico, do Instituto Federal do Maranhão, torna público que estarão

Leia mais

EDITAL Nº 016/2015 CIPEAD/PROGRAD/UFPR

EDITAL Nº 016/2015 CIPEAD/PROGRAD/UFPR EDITAL Nº 06/205 CIPEAD/PROGRAD/UFPR CHAMADA DE SELEÇÃO DE TUTORES A DISTÂNCIA PARA ATUAR NO PROGRAMA PNAP NAS DIVERSAS OFERTAS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA DA UFPR NA MODALIDADE A DISTÂNCIA

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online ENSINO DE MATEMÁTICA Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online ENSINO DE FÍSICA EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação na Modalidade

Leia mais

RESOLUÇÃO CFP Nº 007/01 DE 01 DE JUNHO DE 2001.

RESOLUÇÃO CFP Nº 007/01 DE 01 DE JUNHO DE 2001. RESOLUÇÃO CFP Nº 007/01 DE 01 DE JUNHO DE 2001. Aprova o Manual para Credenciamento de Cursos com finalidade de Concessão do Título de Especialista e respectivo registro. O CONSELHO FEDERAL DE PSICOLOGIA,

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO I. Objetivos II. Modalidades Pós Graduação Stricto Sensu: Pós Graduação Lato Sensu: Especialização

PÓS-GRADUAÇÃO I. Objetivos II. Modalidades Pós Graduação Stricto Sensu: Pós Graduação Lato Sensu: Especialização PÓS-GRADUAÇÃO O Programa de Pós Graduação Lato Sensu da FAEC foi aprovado pela Resolução do CAS, ATA 001/08, de 12 de março de 2008 e será implantado a partir do primeiro semestre de 2010, após aprovação

Leia mais

EDITAL DIREÇÃO N.º 01 /2014

EDITAL DIREÇÃO N.º 01 /2014 EDITAL DIREÇÃO N.º 01 /2014 DISPÕE SOBRE PROCEDIMENTOS PARA INSCRIÇÃO E SELEÇÃO DE PROJETOS DE GRUPOS DE ESTUDOS DOS DOCENTES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO BACHARELADO DA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS DE FLÓRIANÓPOLIS.

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online GESTÃO ESCOLAR EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação na Modalidade

Leia mais

ROTEIRO PARA MONTAGEM DE CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM NÍVEL DE ESPECIALIZAÇÃO

ROTEIRO PARA MONTAGEM DE CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM NÍVEL DE ESPECIALIZAÇÃO UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PELOTAS ASSESSORIA DE PÓS GRADUAÇÃO E PESQUISA ROTEIRO PARA MONTAGEM DE CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM NÍVEL DE ESPECIALIZAÇÃO i:\latosens\rot_esp.doc Pelotas, março de 1996 PROCEDIMENTOS

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.065, DE 08 DE OUTUBRO DE 2010

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.065, DE 08 DE OUTUBRO DE 2010 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.065, DE 08 DE OUTUBRO DE 2010 Dispõe sobre a oferta de cursos de Pós- Graduação lato

Leia mais

EXTRATO DO EDITAL Nº 99/2012-UEPA PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA

EXTRATO DO EDITAL Nº 99/2012-UEPA PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA EXTRATO DO EDITAL Nº 99/2012-UEPA PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA A Universidade do Estado do Pará UEPA, através do Centro de Ciências Sociais e da Educação,

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as

Leia mais

EDITAL PROPEG Nº 005/2013 EXAME DE SELEÇÃO PARA A 5ª TURMA DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENFERMAGEM OBSTÉTRICA - CEEO - VAGAS REMANESCENTES

EDITAL PROPEG Nº 005/2013 EXAME DE SELEÇÃO PARA A 5ª TURMA DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENFERMAGEM OBSTÉTRICA - CEEO - VAGAS REMANESCENTES 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE E DO DESPORTO SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE DO ACRE EDITAL PROPEG Nº 005/2013 EXAME DE SELEÇÃO PARA A

Leia mais

REGIME TO I TER O DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SE SU EM GESTÃO DA PRODUÇÃO TÍTULO I DOS OBJETIVOS

REGIME TO I TER O DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SE SU EM GESTÃO DA PRODUÇÃO TÍTULO I DOS OBJETIVOS REGIME TO I TER O DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SE SU EM GESTÃO DA PRODUÇÃO TÍTULO I DOS OBJETIVOS Art. 1º - O presente Regimento Interno regulamenta a organização e o funcionamento do curso de pósgraduação

Leia mais

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO Lato Sensu FACULDADE SATC

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO Lato Sensu FACULDADE SATC REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO Lato Sensu FACULDADE SATC 2014 ÍNDICE CAPÍTULO I... 3 Da Constituição, Natureza, Finalidade e Objetivos dos Cursos... 3 CAPÍTULO II... 3 Da Implantação dos Cursos...

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CAMPOS DE ANDRADE UNIANDRADE

CENTRO UNIVERSITÁRIO CAMPOS DE ANDRADE UNIANDRADE CENTRO UNIVERSITÁRIO CAMPOS DE ANDRADE UNIANDRADE Aprovado pelo Parecer CNE/MEC 083/99 em 28/01/99. CURITIBA 2015 1 EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA O PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

Leia mais

CRIAÇÃO DE CURSO. 1. Criar a Disciplina

CRIAÇÃO DE CURSO. 1. Criar a Disciplina CRIAÇÃO DE CURSO 1. Criar a Disciplina 2. Incluindo o Curso Título do Curso A NATUREZA NÃO PODE SER ALTERADA 3. Criar um Programa 4. Inserindo um Programa 5. Inserindo Disciplina no Programa Se existir

Leia mais