Fazendo a Web falar: HTML5, WAI-ARIA e NVDA. Reinaldo Ferraz W3C Brasil

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Fazendo a Web falar: HTML5, WAI-ARIA e NVDA. Reinaldo Ferraz W3C Brasil"

Transcrição

1 Fazendo a Web falar: HTML5, WAI-ARIA e NVDA Reinaldo Ferraz W3C Brasil

2 Em breve

3

4

5 Acessibilidade na Web: A quem se destina?

6 Cegos - daltônicos - baixa visão

7 Deficiência auditiva

8 Deficiência motora

9 Estatísticas Pessoas com deficiências no Brasil 24% pessoas Fonte: Censo 2010

10 Estatísticas No mundo, esse número é aproximadamente 1 bilhão de pessoas Fonte: ONU

11

12

13 Você acha que sabe tudo do seu usuário?

14 NÃO

15 Você não tem controle sobre o seu usuário

16 Acessibilidade deve fazer parte da rotina

17

18 Web Content Accessibility Guidelines

19 Princípios do WCAG Princípio 1: Perceptível Princípio 2: Operável Princípio 3: Compreensível Princípio 4: Robusto

20 ARIA e HTML5 WAI-ARIA (Accessible Rich Internet Applications) define uma forma de tornar o conteúdo e aplicativos web mais acessíveis a pessoas com deficiências. Ele contribui especialmente com conteúdo dinâmico e interface de controles de usuário avançadas desenvolvidos com Ajax, HTML, JavaScript e tecnologias relacionadas.

21 ARIA e HTML5 73 ROLES (Ou Papéis) progressbar radiogroup scrollbar slider spinbutton status Tab tabpanel textbox tooltip alert Alertdialog button checkbox dialog menu menubar menuitem option...

22 ARIA e HTML5 35 States and Properties (Estados e Propriedades) aria-activedescendant aria-atomic aria-autocomplete aria-busy (state) aria-checked (state) aria-controls aria-describedby aria-disabled (state) aria-dropeffect aria-expanded (state) aria-flowto aria-grabbed (state) aria-haspopup aria-hidden (state) aria-invalid (state) aria-label aria-labelledby aria-level aria-live aria-multiline aria-multiselectable aria-orientation aria-owns...

23 ARIA e HTML5 Implementação por leitores de tela: Landmark roles são suportadas em JAWS 10 NVDA VoiceOver no iphone IOS4.

24

25

26 As WCAG utilizam a semântica do HTML para tornar o conteúdo acessível ARIA são atributos que conseguem mudar a semântica dos elementos para tornar o conteúdo acessível

27

28 Situação 1: Uma galeria de imagens

29 <img src= starwars.jpg alt= Foto com a capa do filme Star Wars O império contra ataca >

30 <div class="foto" role="img" aria-label="logo do W3C que está dentro do CSS"></div> <img src="img-slides/w3clogo.png" alt="logo do W3C dentro do HTML">

31 Exemplos

32 Situação 2: Uma página cheia de destaques

33

34

35 <a href= #contents >Saltar</a> <elemento id= contents >

36 <h1>...</h1> <h2>...</h2> <h3>...</h3> <h2>...<h2> <h3>...</h3> <h4>...</h4> <h2>...</h2> <h3>...</h3>

37 Exemplos

38 Situação 3: Menu e Submenus

39 CSS: a:hover a:focus JavaScript: onmouseover="#" onfocus="#" onmouseout="#" onblur="#"

40 Exemplos

41 Situação 4: Formulários

42 <fieldset> <legend> Identifique-se! </legend> <label for="text"> Nome</label> <input id="text" type="text" aria-describedby="comp"> <p id="comp"> Preencha seu nome de verdade, viu?</p> </fieldset>

43 <fieldset> <legend> Identifique-se! </legend> <label for="text"> Nome</label> <input id="text" type="text" aria-describedby="comp"> <p id="comp"> Preencha seu nome de verdade, viu?</p> </fieldset>

44 <fieldset> <legend> Identifique-se! </legend> <label for="text"> Nome</label> <input id="text" type="text" aria-describedby="comp"> <p id="comp"> Preencha seu nome de verdade, viu?</p> </fieldset>

45 CAPTCHA

46 Exemplos

47 Slider

48

49 Exemplos

50 Não dá para usar o input type= range?

51 SIM!

52 html5accessibility.com

53 html5accessibility.com

54 Exemplos

55 Situação 5: Utilização de cores

56

57 Situação 4: Múltiplos idiomas

58 Exemplos

59 Situação 5: Elementos dinâmicos

60 <button role= button aria-pressed= false > <img src= off.png alt= Status Desligado > </button> <button role= button aria-pressed= true > <img src= on.png alt= Status Ligado > </button>

61 Tablist

62 <ul role="tablist"> <li role="tab id="tab1" aria-controls="panel1" aria-selected="false"> Preços</li> </ul> <div id="panel1" aria-labelledby="tab1" role="tabpanel" aria-hidden="true">

63 Exemplos

64 Live Regions

65 Exemplos

66 Dicas importantes para melhorar a acessibilidade Validação de Markup Siga as diretrizes de acessibilidade (WCAG e ARIA) Validação automática de acessibilidade Verificação de avisos Teste com tecnologias assistivas Coloque a acessibilidade na rotina do desenvolvimento

67 Se o seu site não está pronto para receber TODAS as pessoas, o site é deficiente. Adaptado da arq. Thais Frota

Acessibilidade, HTML5, WAI/ARIA. FrontIn Curitiba Curitiba PR 23 de junho de 2012 Reinaldo Ferraz W3C.br @reinaldoferraz

Acessibilidade, HTML5, WAI/ARIA. FrontIn Curitiba Curitiba PR 23 de junho de 2012 Reinaldo Ferraz W3C.br @reinaldoferraz Acessibilidade, HTML5, WAI/ARIA FrontIn Curitiba Curitiba PR 23 de junho de 2012 Reinaldo Ferraz W3C.br @reinaldoferraz Um pouco do W3C É um consórcio internacional, criado em 1994 por Tim Berners- Lee

Leia mais

Acessibilidade na web O caminho das pedras para construir sítios acessíveis. SECOP 2011 2 de setembro de 2011 Reinaldo Ferraz W3C.

Acessibilidade na web O caminho das pedras para construir sítios acessíveis. SECOP 2011 2 de setembro de 2011 Reinaldo Ferraz W3C. Acessibilidade na web O caminho das pedras para construir sítios acessíveis SECOP 2011 2 de setembro de 2011 Reinaldo Ferraz W3C.br Um pouco do W3C É um consórcio internacional, criado em 1994 por Tim

Leia mais

Acessibilidade na web O caminho das pedras para construir sítios acessíveis. Belo Horizonte MG 10 de abril de 2012 Reinaldo Ferraz W3C.

Acessibilidade na web O caminho das pedras para construir sítios acessíveis. Belo Horizonte MG 10 de abril de 2012 Reinaldo Ferraz W3C. Acessibilidade na web O caminho das pedras para construir sítios acessíveis Belo Horizonte MG 10 de abril de 2012 Reinaldo Ferraz W3C.br Um pouco do W3C É um consórcio internacional, criado em 1994 por

Leia mais

Acessibilidade na web

Acessibilidade na web Acessibilidade na web Front In Porto Alegre 18 de Agosto de 2012 Reinaldo Ferraz W3C.br @reinaldoferraz @w3cbrasil Um pouco do W3C Um pouco do W3C O W3C no Brasil conferenciaweb.w3c.br http://premio.w3c.br/

Leia mais

ENGENHARIA DE USABILIDADE Unidade V Acessibilidade à Web. Luiz Leão luizleao@gmail.com http://www.luizleao.com

ENGENHARIA DE USABILIDADE Unidade V Acessibilidade à Web. Luiz Leão luizleao@gmail.com http://www.luizleao.com Luiz Leão luizleao@gmail.com http://www.luizleao.com Conteúdo Programático Conceitos e Importância Projeto e desenvolvimento de Web acessível Acessibilidade É o processo e as técnicas usadas para criar

Leia mais

WAI-ARIA, UMA APROXIMAÇÃO

WAI-ARIA, UMA APROXIMAÇÃO WAI-ARIA, UMA APROXIMAÇÃO Fernández Rivera, Javier Tradução: Leondeniz Candido de Freitas Versão em espanhol disponível em http://www.nosolousabilidad.com/articulos/wai_aria.htm Resumo: introdução ao ARIA

Leia mais

SIEP / RENAPI. Dicas HTML e CSS para Desenvolvimento. de um Site/Portal Acessível

SIEP / RENAPI. Dicas HTML e CSS para Desenvolvimento. de um Site/Portal Acessível SIEP / RENAPI Dicas HTML e CSS para Desenvolvimento de um Site/Portal Acessível Setembro de 2009 Dicas HTML e CSS para Desenvolvimento de um Site/Portal Acessível Cuidados em geral Separar adequadamente

Leia mais

Aplicações Web Acessíveis. Carlos Rafael Gimenes das Neves

Aplicações Web Acessíveis. Carlos Rafael Gimenes das Neves Aplicações Web Acessíveis Carlos Rafael Gimenes das Neves Por onde vamos... Preocupe-se com o visual Lembra do teclado? Um mundo de faz de conta Juntando tudo: um controle acessível Bons links e referências

Leia mais

Monday, January 23, 12. Introdução sobre Acessibilidade na web

Monday, January 23, 12. Introdução sobre Acessibilidade na web Introdução sobre Acessibilidade na web Acessibilidade na web é o consumo da informação por qualquer pessoa por qualquer tipo de meio de acesso. Para que serve a web? A web serve para compartilhar informação.

Leia mais

Acessibilidade, HTML5, WAI/ARIA. FrontIn Rio Rio de Janeiro 02 de junho de 2012 Reinaldo Ferraz W3C.br

Acessibilidade, HTML5, WAI/ARIA. FrontIn Rio Rio de Janeiro 02 de junho de 2012 Reinaldo Ferraz W3C.br Acessibilidade, HTML5, WAI/ARIA FrontIn Rio Rio de Janeiro 02 de junho de 2012 Reinaldo Ferraz W3C.br Um pouco do W3C É um consórcio internacional, criado em 1994 por Tim Berners- Lee com organizações

Leia mais

DICAS PARA DESENVOLVER SITE ACESSÍVEL

DICAS PARA DESENVOLVER SITE ACESSÍVEL DICAS PARA DESENVOLVER SITE ACESSÍVEL Este arquivo contém dicas para o desenvolvimento de uma página acessível e de acordo com as normas W3C (World Wide Web). Para uma boa compreensão destas dicas é necessário

Leia mais

Acessibilidade na web e HTML5 Desenvolvendo uma web para todos. Frontin BH 13 de agosto de 2011 Reinaldo Ferraz W3C.br

Acessibilidade na web e HTML5 Desenvolvendo uma web para todos. Frontin BH 13 de agosto de 2011 Reinaldo Ferraz W3C.br e HTML5 Desenvolvendo uma web para todos Frontin BH 13 de agosto de 2011 Reinaldo Ferraz W3C.br Um pouco do W3C É um consórcio internacional, criado em 1994 por Tim Berners- Lee com organizações filiadas,

Leia mais

Acessibilidade no SIEP (Sistema de Informações da Educação Profissional e Tecnológica) Módulo de Acessibilidade Virtual CEFET Bento Gonçalves RS Maio 2008 ACESSIBILIDADE À WEB De acordo com Cifuentes (2000),

Leia mais

FORMULÁRIOS ACESSÍVEIS

FORMULÁRIOS ACESSÍVEIS Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica IFRS Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul NAV Núcleo de Acessibilidade Virtual FORMULÁRIOS ACESSÍVEIS

Leia mais

TECNOLOGIAS WEB. Unidade 2 Introdução a Construção de Páginas Estáticas. Luiz Leão luizleao@gmail.com http://luizleao.com

TECNOLOGIAS WEB. Unidade 2 Introdução a Construção de Páginas Estáticas. Luiz Leão luizleao@gmail.com http://luizleao.com Luiz Leão luizleao@gmail.com http://luizleao.com CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DESTA UNIDADE HTML TAG S HTML LINGUAGEM HTML Hypertext Markup Language Interpretada pelo navegador Não linearidade da informação Formatação

Leia mais

TECNOLOGIAS WEB AULA 8 PROF. RAFAEL DIAS RIBEIRO @RIBEIRORD

TECNOLOGIAS WEB AULA 8 PROF. RAFAEL DIAS RIBEIRO @RIBEIRORD TECNOLOGIAS WEB AULA 8 PROF. RAFAEL DIAS RIBEIRO @RIBEIRORD Objetivos: Apresentar os principais problemas de acessibilidade na Internet. Apresentar as principais deficiências e as tecnologias de apoio.

Leia mais

Acessibilidade Web. Ivo Gomes

Acessibilidade Web. Ivo Gomes Acessibilidade Web Ivo Gomes 1 O que é a Acessibilidade Web? Permi'r que todos os u'lizadores tenham acesso ao site. Independentemente de terem alguma necessidade especial. Independentemente de terem algum

Leia mais

Deficiências. Deficiência Física Deficiência Auditiva Deficiência Visual Deficiência Mental Deficiência Múltipla. Tem dificuldade para:

Deficiências. Deficiência Física Deficiência Auditiva Deficiência Visual Deficiência Mental Deficiência Múltipla. Tem dificuldade para: Deficiências Deficiência Física Deficiência Auditiva Deficiência Visual Deficiência Mental Deficiência Múltipla Tem dificuldade para: ver a tela usar o mouse usar o teclado ler um texto ouvir um som navegar

Leia mais

Web Design Aula 09: Formulários

Web Design Aula 09: Formulários Web Design Aula 09: Formulários Professora: Priscilla Suene priscilla.silverio@ifrn.edu.br Motivação Roteiro Tag ... Tag Tag ... Rádio Checkbox Atributo name Form Um

Leia mais

WCAG 2.0: a nova versão de padrões web de acessibilidade

WCAG 2.0: a nova versão de padrões web de acessibilidade WCAG 2.0: a nova versão de padrões web de acessibilidade Reinaldo Ferraz Janeiro/2010 Acessibilidade na Web O que é acessibilidade na web? 2 Segundo a WAI: Acessibilidade na Web significa que pessoas com

Leia mais

Adaptação de materiais digitais. Manuela Francisco manuela.amado@gmail.com

Adaptação de materiais digitais. Manuela Francisco manuela.amado@gmail.com Adaptação de materiais digitais Manuela Francisco manuela.amado@gmail.com Plano da sessão Tópicos Duração Documentos acessíveis: porquê e para quem. Diretrizes de acessibilidade Navegabilidade, legibilidade

Leia mais

A ACESSIBILIDADE NA WEB PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA VISUAL: O PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE UMA APLICAÇÃO VIRTUAL

A ACESSIBILIDADE NA WEB PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA VISUAL: O PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE UMA APLICAÇÃO VIRTUAL A ACESSIBILIDADE NA WEB PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA VISUAL: O PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE UMA APLICAÇÃO VIRTUAL Gabrielle Natacha Almeida Resende Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial Departamento

Leia mais

Análise do formato semanal do AVEA Moodle utilizando o padrão WCAG 2.0 para alunos cegos

Análise do formato semanal do AVEA Moodle utilizando o padrão WCAG 2.0 para alunos cegos 10 Edição-2015 Análise do formato semanal do AVEA Moodle utilizando o padrão WCAG 2.0 para alunos cegos Eduardo Dalcin¹, Ana Cláudia Pavão Siluk² ¹Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha

Leia mais

"O poder da Web está na sua universalidade. O acesso por todas as pessoas, não obstante a sua incapacidade, é um aspecto essencial.

O poder da Web está na sua universalidade. O acesso por todas as pessoas, não obstante a sua incapacidade, é um aspecto essencial. "O poder da Web está na sua universalidade. O acesso por todas as pessoas, não obstante a sua incapacidade, é um aspecto essencial." (Tim Berners-Lee - Diretor do W3C) Acessibilidade na Web 1 - O que é

Leia mais

Acessibilidade. Profa. Renata Pontin de Mattos Fortes

Acessibilidade. Profa. Renata Pontin de Mattos Fortes Acessibilidade Profa. Renata Pontin de Mattos Fortes 1 Acessibilidade 2 Roteiro Acessibilidade Acessibilidade na Informática Inclusão Digital Design da Interação e Acessibilidade 3 Acessibilidade Definição

Leia mais

Tecnologias para Web Design

Tecnologias para Web Design Tecnologias para Javascript e DOM Introdução à Scripts Um script do lado cliente é um programa que acompanha um documento HTML Pode estar incluído no próprio documento embutido ou acompanha-lo num arquivo

Leia mais

QUEM SOU? ( IFPB ) Formado em Sistemas para Internet. Analista de Sistemas, Dynavideo. Pesquisador, NAV - IFPB

QUEM SOU? ( IFPB ) Formado em Sistemas para Internet. Analista de Sistemas, Dynavideo. Pesquisador, NAV - IFPB QUEM SOU? ( IFPB ) Formado em Sistemas para Internet Analista de Sistemas, Dynavideo Projeto Intercâmbio para Conteúdo de TV Pública Pesquisador, NAV - IFPB Produção e acessibilização de aplicações educacionais.

Leia mais

Oficina: ASES 2.0 Beta 6.0

Oficina: ASES 2.0 Beta 6.0 Oficina: ASES 2.0 Beta 6.0 André Luiz Andrade Rezende ¹ ¹Rede de Pesquisa e Inovação em Tecnologias Digitais (RENAPI) Doutorando em Educação e Contemporaneidade (UNEB) Estes slides são concedidos sob uma

Leia mais

HTML / JAVASCRIPT. A versão atual é o HTML5 (seus predecessores imediatos são HTML 4.01, XHTML 1.1, etc.).

HTML / JAVASCRIPT. A versão atual é o HTML5 (seus predecessores imediatos são HTML 4.01, XHTML 1.1, etc.). HTML / JAVASCRIPT Estamos iniciando o estudo do HTML através das TAGS (comandos) para construir formulários. Isso facilitará a continuidade dos nossos estudos da linguagem de programação JavaScript, a

Leia mais

EXPLORANDO ATRIBUTOS WEB RELACIONADOS À ACESSIBILIDADE EM IMAGENS E SEU IMPACTO SOBRE A INDEXAÇÃO POR FERRAMENTAS DE BUSCA

EXPLORANDO ATRIBUTOS WEB RELACIONADOS À ACESSIBILIDADE EM IMAGENS E SEU IMPACTO SOBRE A INDEXAÇÃO POR FERRAMENTAS DE BUSCA EXPLORANDO ATRIBUTOS WEB RELACIONADOS À ACESSIBILIDADE EM IMAGENS E SEU IMPACTO SOBRE A INDEXAÇÃO POR FERRAMENTAS DE BUSCA EXPLORANDO ATRIBUTOS WEB RELACIONADOS À ACESSIBILIDADE EM IMAGENS E SEU IMPACTO

Leia mais

Tutorial Acessibilidade na Web Construindo Formulários e Tabelas acessíveis

Tutorial Acessibilidade na Web Construindo Formulários e Tabelas acessíveis Tutorial Acessibilidade na Web Construindo Formulários e Tabelas acessíveis FISL 12 Reinaldo Ferraz W3C Brasil Possibilitar o acesso a pessoas com deficiência Web para todos Todos mesmo! Web para todos,

Leia mais

Prof Evandro Manara Miletto. parte 2

Prof Evandro Manara Miletto. parte 2 Prof Evandro Manara Miletto parte 2 Sumário Estruturas de Controle Eventos Estruturas de controle características Estruturas de controle (ou condicionais) são executadas caso um teste seja atendido Permite

Leia mais

JavaScript (Funções, Eventos e Manipulação de Formulários)

JavaScript (Funções, Eventos e Manipulação de Formulários) Linguagem de Programação para Web JavaScript (Funções, Eventos e Manipulação de Formulários) Prof. Mauro Lopes 1-31 23 Objetivos Iremos avançar um pouco mais em nosso estudo sobre o JavaScript. Iremos

Leia mais

COMO FUNCIONA UM FORMULÁRIO

COMO FUNCIONA UM FORMULÁRIO FORMULÁRIOS Constitui-se numa das formas de a máquina cliente enviar informações para que um programa no servidor receba estes dados, processe-os e devolva uma resposta ao usuário, por meio do navegador,

Leia mais

Acessibilidade na Web

Acessibilidade na Web Acessibilidade na Web Departamento de Computação - UFS Tópicos Especiais em Sistemas de Informação Lucas Augusto Carvalho lucasamcc@dcomp.ufs.br Prof. Rogério Vídeo Custo ou Benefício? http://acessodigital.net/video.html

Leia mais

Tecnologia WEB I. Prof. Erwin Alexander Uhlmann. Dos princípios do HTML, estruturação com CSS e automação com Javascript

Tecnologia WEB I. Prof. Erwin Alexander Uhlmann. Dos princípios do HTML, estruturação com CSS e automação com Javascript 1 Tecnologia WEB I Prof. Erwin Alexander Uhlmann Dos princípios do HTML, estruturação com CSS e automação com Javascript UHLMANN, Erwin Alexander. Dos princípios do HTML, estruturação com CSS e automação

Leia mais

Mitos da Acessibilidade Web

Mitos da Acessibilidade Web SAPO Codebits 2008 Magda Joana Silva magdajoanasilva@gmail.com Acessibilidade Web igualdade de acesso a Web sites a pessoas com limitações Acessibilidade Web igualdade de acesso a Web sites a pessoas com

Leia mais

Mais sobre uso de formulários Site sem Ajax

Mais sobre uso de formulários Site sem Ajax Mais sobre uso de formulários Site sem Ajax Página com busca padrão 1 Página com o resultado da busca carregada no local da anterior (o formulário está vazio) Site com Ajax 2 Site usando Ajax para preencher

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RN - IFRN APOSTILA: AUTORIA WEB PROFESSOR: ADDSON ARAÚJO DA COSTA SANTA CRUZ - RN

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RN - IFRN APOSTILA: AUTORIA WEB PROFESSOR: ADDSON ARAÚJO DA COSTA SANTA CRUZ - RN INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RN - IFRN APOSTILA: AUTORIA WEB PROFESSOR: ADDSON ARAÚJO DA COSTA SANTA CRUZ - RN Sumário 1. Introdução...1 2. Tags...1 3. HTML...1 4. Cabeça, Corpo

Leia mais

A acessibilidade da web frente às necessidades dos usuários que não podem visualizar o seu conteúdo

A acessibilidade da web frente às necessidades dos usuários que não podem visualizar o seu conteúdo A acessibilidade da web frente às necessidades dos usuários que não podem visualizar o seu conteúdo Danielle de Souza Santos 1 Marcelo Franco Porto 2 Resumo. Este trabalho é uma pesquisa sobre o desenvolvimento

Leia mais

JavaScript: Validação de Formulários. Prof. Ivanilton Polato ipolato@utfpr.edu.br ipolato@gmail.com

JavaScript: Validação de Formulários. Prof. Ivanilton Polato ipolato@utfpr.edu.br ipolato@gmail.com JavaScript: Validação de Formulários Prof. Ivanilton Polato ipolato@utfpr.edu.br ipolato@gmail.com Validação de Formulários Um dos usos mais frequentes do JS é a validação de formulários. Além de garantir

Leia mais

Tecnologias para apresentação de dados - Java Script. Aécio Costa

Tecnologias para apresentação de dados - Java Script. Aécio Costa Tecnologias para apresentação de dados - Java Script Aécio Costa Foi originalmente implementada como parte dos navegadores web para que scripts pudessem ser executados do lado do cliente e interagissem

Leia mais

Proposta de avaliação de acessibilidade em sites por deficientes visuais

Proposta de avaliação de acessibilidade em sites por deficientes visuais Proposta de avaliação de acessibilidade em sites por deficientes visuais Felipe Franco de Sousa Marcos Coimbra Osorio Edméia L. P. de Andrade Fundação Universa / Universidade Católica de Brasília Fundação

Leia mais

CURSO/OFICINA CRIAÇÃO DE MATERIAIS EDUCATIVOS DIGITAIS ACESSÍVEIS MÓDULO 5 COMO CRIAR PÁGINAS WEB ACESSÍVEIS

CURSO/OFICINA CRIAÇÃO DE MATERIAIS EDUCATIVOS DIGITAIS ACESSÍVEIS MÓDULO 5 COMO CRIAR PÁGINAS WEB ACESSÍVEIS CURSO/OFICINA CRIAÇÃO DE MATERIAIS EDUCATIVOS DIGITAIS ACESSÍVEIS MÓDULO 5 COMO CRIAR PÁGINAS WEB ACESSÍVEIS DADOS BÁSICOS DO DOCUMENTO... 3 PARTE I. DESCRIÇÃO DO CONTEÚDO DO MÓDULO... 4 BOAS-VINDAS /

Leia mais

Acessibilidade na Web: Novos padrões WCAG 2.0. Reinaldo Ferraz. Novembro/2009. Acessibilidade na Web: novos padrões WCAG 2.0

Acessibilidade na Web: Novos padrões WCAG 2.0. Reinaldo Ferraz. Novembro/2009. Acessibilidade na Web: novos padrões WCAG 2.0 Novos padrões WCAG 2.0 Reinaldo Ferraz Novembro/2009 O Consórcio World Wide Web (W3C) 2 É um consórcio internacional, criado em 1994 por Tim Berners-Lee com organizações filiadas, uma equipe em tempo integral,

Leia mais

e-mag 3.0 Versão para Consulta Pública Modelo de Acessibilidade em Governo Eletrônico

e-mag 3.0 Versão para Consulta Pública Modelo de Acessibilidade em Governo Eletrônico Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação Departamento de Governo Eletrônico Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica

Leia mais

Programação para Internet I

Programação para Internet I Programação para Internet I Aulas 09 e 10 Fernando F. Costa nando@fimes.edu.br Formulários O formulário representa o modo mais importante de interatividade que a linguagem HTML oferece. Um formulário pode

Leia mais

P.V. Descrição Ocorrências Linhas

P.V. Descrição Ocorrências Linhas Relatório da URL: http://www.cultura.gov.br Erros Prioridade. 22 36 37 38 39 40 45 46 50 53 59 63 32 33 369 39 395 459 460 472 473 474 476.6 Assegurar a acessibilidade do conteúdo de frames, fornecendo

Leia mais

Aula 05 HTML FORMULÁRIOS Prof. Daniela Pires Sumário

Aula 05 HTML FORMULÁRIOS Prof. Daniela Pires Sumário Sumário FORMULÁRIO EM HTML... 2 FORM... 2 ACTION... 2 METHOD... 2 INPUT... 2 INPUT TYPE TEXT... 2 INPUT TYPE PASSWORD... 2 CHECKBOX - Múltipla escolha... 4 RADIO - Escolha única... 4 Botões de ação...

Leia mais

Exercícios Práticos de HTML e JavaScript.

Exercícios Práticos de HTML e JavaScript. <FORM ACTION=mailto:teste@gmail.com METHOD=POST ENCTYPE=text/plain NAME=cadastro> Exercícios Práticos de HTML e JavaScript Exercício 1: Formulário Padrão HTML SEM JavaScript

Leia mais

Buscando Acessibilidade em Ambientes de EAD. Andréa Poletto Sonza e Daniela Menegotto CEFET Bento Gonçalves RS Junho 2008

Buscando Acessibilidade em Ambientes de EAD. Andréa Poletto Sonza e Daniela Menegotto CEFET Bento Gonçalves RS Junho 2008 Buscando Acessibilidade em Ambientes de EAD Andréa Poletto Sonza e Daniela Menegotto CEFET Bento Gonçalves RS Junho 2008 Tecnologia Assistiva CONCEITO: conjunto de artefatos disponibilizados às PNEs, que

Leia mais

HATEMILE: A biblioteca para gerar páginas web mais acessíveis

HATEMILE: A biblioteca para gerar páginas web mais acessíveis HATEMILE: A biblioteca para gerar páginas web mais acessíveis Carlson Santana Cruz, Carlos A. Estombelo-Montesco Departamento de Computação (DCOMP) Universidade Federal de Sergipe (UFS) São Cristóvão,

Leia mais

Desenvolvimento de Aplicações para Internet

Desenvolvimento de Aplicações para Internet Desenvolvimento de Aplicações para Internet Aula 03 Celso Olivete Júnior olivete@fct.unesp.br Na aula de hoje... Javascript: introdução, operadores lógicos e matemáticos, comandos condicionais. Javascript:

Leia mais

Acessibilidade na Web Cesár Bomfim Brasília 15 de Março

Acessibilidade na Web Cesár Bomfim Brasília 15 de Março Acessibilidade na Web Cesár Bomfim Brasília 15 de Março Avaliação Passos para Site Acessível -Seguir padrões Web; -Seguir as diretrizes e recomendações de acessibilidade; -Realizar avaliação de acessibilidade.

Leia mais

Manual do usuário Metodologia de Desenvolvimento de Sistemas Fase Especificação

Manual do usuário Metodologia de Desenvolvimento de Sistemas Fase Especificação Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação Departamento de Governo Eletrônico Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica

Leia mais

Estudo Conformidade dos sítios web da AP Central com as Web Content Accessibility Guidelines 1.0 do W3C

Estudo Conformidade dos sítios web da AP Central com as Web Content Accessibility Guidelines 1.0 do W3C Estudo Conformidade dos sítios web da AP Central com as Web Content Accessibility Guidelines 1.0 do W3C (análise comparativa 2008 / 2010) Jorge Fernandes / UMIC - Agência para a Sociedade do Conhecimento,

Leia mais

PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS -INTRODUÇÃO A JQUERY MOBILE. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza

PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS -INTRODUÇÃO A JQUERY MOBILE. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS -INTRODUÇÃO A JQUERY MOBILE Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza ROTEIRO Introdução Principais características Página dentro de página Transições

Leia mais

e-mag 3.0 Modelo de Acessibilidade em Governo Eletrônico Projeto de Acessibilidade Virtual da RENAPI SETEC/MEC Andréa Poletto Sonza

e-mag 3.0 Modelo de Acessibilidade em Governo Eletrônico Projeto de Acessibilidade Virtual da RENAPI SETEC/MEC Andréa Poletto Sonza e-mag 3.0 Modelo de Acessibilidade em Governo Eletrônico SETEC/MEC Andréa Poletto Sonza Brasília, 21 de Setembro de 2011 e-mag Acessibilidade Conceitos Por que acessibilidade? e-mag Histórico Versão 3.0

Leia mais

FORMULÁRIOS HTML (FORMS) E ENTRADAS DE DADOS (INPUT)

FORMULÁRIOS HTML (FORMS) E ENTRADAS DE DADOS (INPUT) FORMULÁRIOS HTML (FORMS) E ENTRADAS DE DADOS (INPUT) Formulários (FORMS): Um formulário é uma área que pode conter elementos de formulário. Elementos de formulário são elementos que permitem ao usuário

Leia mais

Considerações técnicas para atlas temáticos digitais e interfaces para dados abertos Conferência Web.br. 25 de setembro de 2014

Considerações técnicas para atlas temáticos digitais e interfaces para dados abertos Conferência Web.br. 25 de setembro de 2014 Considerações técnicas para atlas temáticos digitais e interfaces para dados abertos Conferência Web.br 25 de setembro de 2014 Autores Emerson Rocha Luiz Full stack developer & coacher @ Alligo @fititnt

Leia mais

Siep / Renapi Campus Bento Gonçalves / RS Jucélia Almeida DESENVOLVENDO UM SITE ACESSÍVEL

Siep / Renapi Campus Bento Gonçalves / RS Jucélia Almeida DESENVOLVENDO UM SITE ACESSÍVEL Siep / Renapi Campus Bento Gonçalves / RS Jucélia Almeida DESENVOLVENDO UM SITE ACESSÍVEL Web para todos De acordo com Cifuentes(2000), Caplan(2002) e Dias (2003), entende-se por acessibilidade à rede

Leia mais

Formulários em HTML - O que são e para que servem

Formulários em HTML - O que são e para que servem Formulários em HTML - O que são e para que servem A tag - Os atributos action e method A primeira coisa que iremos fazer é usar a tag para podermos usarmos formulários. Antes de entrarmos

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Prof. Felippe Scheidt IFPR Campus Foz do Iguaçu 2014/2

Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Prof. Felippe Scheidt IFPR Campus Foz do Iguaçu 2014/2 Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Prof. Felippe Scheidt IFPR Campus Foz do Iguaçu 2014/2 Objetivo. O objetivo da disciplina é conhecer os princípios da programação de

Leia mais

Interface BVS-Site. Arquiteturta e Personalização da Interface

Interface BVS-Site. Arquiteturta e Personalização da Interface Interface BVS-Site Arquiteturta e Personalização da Interface Julio Takayama takayama@bireme.ops-oms.org Desenho Gráfico e Interfaces DGI-GA BIREME/PAHO/WHO Tópicos Arquitetura da BVS Modelo de Interfaces

Leia mais

SIMULADOS & TUTORIAIS

SIMULADOS & TUTORIAIS SIMULADOS & TUTORIAIS TUTORIAIS HTML Como criar formulários em HTML Copyright 2013 Todos os Direitos Reservados Jorge Eider F. da Silva Proibida a reprodução deste documento no todo ou em parte por quaisquer

Leia mais

Procedimentos para a análise de acessibilidade de sites

Procedimentos para a análise de acessibilidade de sites Procedimentos para a análise de acessibilidade de sites Agebson Rocha Façanha, Renato Busatto Figueiredo, Phyllipe do Carmo Félix Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) Campus

Leia mais

LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO WEB

LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO WEB LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO WEB GABRIELA TREVISAN Formulários e Aula 3 Relembrando HTML 5 Tag Form o Utilizada para marcar a região do formulário. o Os atributos mais importantes são o method e o action.

Leia mais

Aula 9: Fundamentos do JQuery Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina

Aula 9: Fundamentos do JQuery Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina Programação para Internet Rica 1 Aula 9: Fundamentos do JQuery Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina Objetivo: Capacitar o aluno para o trabalho com o framework JQuery. INTRODUÇÃO JQuery é uma biblioteca

Leia mais

Acessibilidade na Web: o caminho das pedras para construir sítios acessíveis. Reinaldo Ferraz. junho/2009. Acessibilidade na Web:

Acessibilidade na Web: o caminho das pedras para construir sítios acessíveis. Reinaldo Ferraz. junho/2009. Acessibilidade na Web: o caminho das pedras para construir sítios acessíveis. Reinaldo Ferraz junho/2009 O Consórcio World Wide Web (W3C) 2 É um consórcio internacional, criado em 1994 por Tim Berners-Lee com organizações filiadas,

Leia mais

Formulários. Curso de PHP e MySQL EAD Moodle Desenvolvido e ministrado por William Hamilton dos Santos UTFPR

Formulários. Curso de PHP e MySQL EAD Moodle Desenvolvido e ministrado por William Hamilton dos Santos UTFPR Formulários Há várias maneiras de se criar um formulário na web, porém, é preciso considerar vários fatores para que este formulário não seja apenas uma página com um amontoado de campos, mas sim a porta

Leia mais

0,5 pelo negrito das palavras ID, Nome, E-mail e Analisar em outro momento.

0,5 pelo negrito das palavras ID, Nome, E-mail e Analisar em outro momento. IFES - Campus Cachoeiro de Itapemirim-ES Curso Técnico em Informática Disciplina: Programação Web Professor: Flávio Izo e Rafael Vargas Data: 07/04/2015 Aluno: GABARITO Valor: 12,5 Conteúdo: HTML + Formulários

Leia mais

FOLHA DE CONTROLE DE REVISÕES

FOLHA DE CONTROLE DE REVISÕES FOLHA DE CONTROLE DE REVISÕES Número da versão Data de emissão 00 20/09/2005 Registro de modificações 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 1 Sumário 1 CONSIDERAÇÕES INICIAIS... 4 1.1 CONCEITOS DE PÁGINAS ACESSÍVEIS...

Leia mais

PROGRAMAÇÃO WEB DO LADO DO CLIENTE

PROGRAMAÇÃO WEB DO LADO DO CLIENTE PROGRAMAÇÃO WEB DO LADO DO CLIENTE FORMULÁRIO Na linguagem HTML é permitido que o usuário interaja com o servidor através de formulários ligados a scripts desenvolvidos em linguagens como PHP, Servlets,

Leia mais

Desenvolvimento de um Sistema Gestor para Unidades de Apoio a Deficientes Visuais: Um Estudo de Caso.

Desenvolvimento de um Sistema Gestor para Unidades de Apoio a Deficientes Visuais: Um Estudo de Caso. Desenvolvimento de um Sistema Gestor para Unidades de Apoio a Deficientes Visuais: Um Estudo de Caso. Noemi da S. Honorato 1, Ygor K. L. Santos 1, Flavio P. da Silva², Danilo S. Souza¹ 1 Faculdade de Tecnologia

Leia mais

Desenvolvimento de Aplicações Web. Prof. José Eduardo A. de O. Teixeira www.vqv.com.br / j.edu@vqv.com.br

Desenvolvimento de Aplicações Web. Prof. José Eduardo A. de O. Teixeira www.vqv.com.br / j.edu@vqv.com.br Desenvolvimento de Aplicações Web Programação Contextualização de aplicações Web: navegadores e servidores como interpretadores, tecnologias do lado do cliente (XHTML, CSS, Javascript) e do lado do servidor

Leia mais

Participa.br Análise Síntese Codificação e Acessibilidade

Participa.br Análise Síntese Codificação e Acessibilidade Programa de Governo Eletrônico governoeletronico.gov.br Participa.br Análise Síntese Codificação e Acessibilidade Concluída em 11/04/2014 Contato: C3S sisp@planejamento.gov.br Histórico do Documento Data

Leia mais

Introdução. HyperText Markup Language HTML. Formulário. Fluxo do Formulário. Fluxo do Formulário. Fluxo do Formulário. Fluxo do Formulário

Introdução. HyperText Markup Language HTML. Formulário. Fluxo do Formulário. Fluxo do Formulário. Fluxo do Formulário. Fluxo do Formulário Introdução HyperText Markup Language HTML Formulário Prof. Luis Nícolas de Amorim Trigo nicolas.trigo@ifsertao-pe.edu.br http://professor.ifsertao-pe.edu.br/nicolas.trigo/ O usuário interage com os serviços

Leia mais

Maurício Samy Silva. Novatec

Maurício Samy Silva. Novatec Maurício Samy Silva Novatec Sumário Agradecimentos...13 Sobre o autor...13 Introdução...15 Para quem foi escrito este livro... 15 Convenções tipográficas... 16 Site do livro... 18 Capítulo 1 O que é (X)HTML?...20

Leia mais

WebDesign. Professor: Paulo Trentin paulo@paulotrentin.com.br http://www.paulotrentin.com.br. Escola CDI de Videira

WebDesign. Professor: Paulo Trentin paulo@paulotrentin.com.br http://www.paulotrentin.com.br. Escola CDI de Videira WebDesign Professor: Paulo Trentin paulo@paulotrentin.com.br http://www.paulotrentin.com.br Escola CDI de Videira Entendendo Alguns Conceitos Antes de prosseguirmos é importante ter em mente o motivo pelo

Leia mais

Universidade Federal do Espírito Santo CCA UFES. Centro de Ciências Agrárias CCA UFES Departamento de Computação. JavaScript

Universidade Federal do Espírito Santo CCA UFES. Centro de Ciências Agrárias CCA UFES Departamento de Computação. JavaScript Universidade Federal do Espírito Santo Centro de Ciências Agrárias CCA UFES Departamento de Computação Universidade Federal do Espírito Santo CCA UFES JavaScript Desenvolvimento de Sistemas para WEB Site:

Leia mais

O atacante pode roubar a sessão de um usuário legítimo do sistema, que esteja previamente autenticado e realizar operações que o mesmo poderia.

O atacante pode roubar a sessão de um usuário legítimo do sistema, que esteja previamente autenticado e realizar operações que o mesmo poderia. Explorando e tratando a falha de Cross-site-scripting (XSS) 1 D E D E Z E M B R O D E 2 0 1 5 Muito pouco falada e com alto nível crítico dentro das vulnerabilidades relatadas, o Cross-site-scripting (XSS)

Leia mais

Barreiras tecnológicas de acesso aos museus on-line brasileiros

Barreiras tecnológicas de acesso aos museus on-line brasileiros Barreiras tecnológicas de acesso aos museus on-line brasileiros Carla da Silva Flor, Mestranda - Universidade Federal de Santa Catarina carla.flor@gmail.com Tarcísio Vanzin, Dr. - Universidade Federal

Leia mais

WEBDESIGN. Professor: Paulo Marcos Trentin - paulo@paulotrentin.com.br http://www.paulotrentin.com.br Escola CDI de Videira

WEBDESIGN. Professor: Paulo Marcos Trentin - paulo@paulotrentin.com.br http://www.paulotrentin.com.br Escola CDI de Videira WEBDESIGN Professor: Paulo Marcos Trentin - paulo@paulotrentin.com.br http://www.paulotrentin.com.br Escola CDI de Videira Formulários e JavaScript Como visto anteriormente, JavaScript pode ser usada para

Leia mais

Um Mergulho nas Recomendações de Acessibilidade para Conteúdo Web do W3C (WCAG2.0)

Um Mergulho nas Recomendações de Acessibilidade para Conteúdo Web do W3C (WCAG2.0) UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLOGIA Relatórios Técnicos do Departamento de Informática Aplicada da UNIRIO n 0012/2011 Um Mergulho nas Recomendações de

Leia mais

PROF. DANIELA PIRES. Aplicações para Web. Aplicações para Web - FMU - 2012 - Prof. Daniela Pires

PROF. DANIELA PIRES. Aplicações para Web. Aplicações para Web - FMU - 2012 - Prof. Daniela Pires PROF. DANIELA PIRES Aplicações para Web 1 *Oficialmente: *Uma biblioteca escrita em Javascript *Uma definição melhor: *jquery é uma Biblioteca JavaScript que simplifica a manipulação de um documento HTML

Leia mais

Unidade 13: Acessibilidade de OA

Unidade 13: Acessibilidade de OA Autoria: Braga, Juliana Cristina; França, Roberta Kelly A. de; Ponchio, Rita A... Estamos na fase final do processo INTERA, é importante que as etapas onde se trabalham as qualidades técnicas e pedagógicas

Leia mais

INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS. ADS 6º Período

INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS. ADS 6º Período INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS ADS 6º Período INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS Interface gráfica - View A classe android.view.view é utilizada como base para qualquer

Leia mais

TECNOLOGIAS WEB AULA 5 PROF. RAFAEL DIAS RIBEIRO @RIBEIRORD

TECNOLOGIAS WEB AULA 5 PROF. RAFAEL DIAS RIBEIRO @RIBEIRORD TECNOLOGIAS WEB AULA 5 PROF. RAFAEL DIAS RIBEIRO @RIBEIRORD Objetivos: Apresentar as principais tags utilizadas na construção de páginas Web. Compreender as principais funcionalidades de cada tag utilizada.

Leia mais

Alvaiázere INFOACESSIBILIDADE. Plano Local de Promoção da Acessibilidade do Município de Alvaiázere FASE II - PLANO DAS CONDIÇÕES DE ACESSIBILIDADE

Alvaiázere INFOACESSIBILIDADE. Plano Local de Promoção da Acessibilidade do Município de Alvaiázere FASE II - PLANO DAS CONDIÇÕES DE ACESSIBILIDADE Alvaiázere Plano Local de Promoção da Acessibilidade do Município de Alvaiázere INFOACESSIBILIDADE 8 284 8.1. WEB Depois de avaliada a acessibilidade do site da responsabilidade da Câmara Municipal de

Leia mais

AVALIANDO E PROPONDO AMPLIAÇÃO DE ACESSIBILIDADE EM SISTEMA WEB

AVALIANDO E PROPONDO AMPLIAÇÃO DE ACESSIBILIDADE EM SISTEMA WEB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS DOUGLAS SEVERO SILVEIRA AVALIANDO E PROPONDO AMPLIAÇÃO DE ACESSIBILIDADE EM SISTEMA WEB Trabalho

Leia mais

Manual de Integração Via Gadget. Passo a passo para realizar a integração entre websites e a plataforma Virtual Target.

Manual de Integração Via Gadget. Passo a passo para realizar a integração entre websites e a plataforma Virtual Target. Manual de Integração Via Gadget Passo a passo para realizar a integração entre websites e a plataforma Virtual Target. Manual de Integração Via Gadget 1. Introdução 1.1. O que é? Virtual Target Gadgets

Leia mais

II Semana TI. Curso ASP.NET AJAX. Raphael Zanon Rodrigues zanonr@gmail.com. UNIVEM - Prof. Elvis Fusco

II Semana TI. Curso ASP.NET AJAX. Raphael Zanon Rodrigues zanonr@gmail.com. UNIVEM - Prof. Elvis Fusco II Semana TI Curso ASP.NET AJAX Raphael Zanon Rodrigues zanonr@gmail.com UNIVEM - Prof. Elvis Fusco Apresentação O que é o AJAX? AJAX e o desenvolvedor AJAX para ASP.NET AJAX prático O que é AJAX? AJAX

Leia mais

Acessibilidade nos sites das Instituições da Rede Federal de EPT

Acessibilidade nos sites das Instituições da Rede Federal de EPT Acessibilidade nos sites das Instituições da Rede Federal de EPT Maurício Covolan Rosito Gerente do Núcleo de Bento Gonçalves do projeto de Acessibilidade Virtual da RENAPI Everaldo Carniel Pesquisador

Leia mais

GUIA PARA PRODUÇÃO DE CONTEÚDOS DIGITAIS ACESSÍVEIS

GUIA PARA PRODUÇÃO DE CONTEÚDOS DIGITAIS ACESSÍVEIS GUIA PARA PRODUÇÃO DE CONTEÚDOS DIGITAIS ACESSÍVEIS Serviços de Biblioteca, Informação Documental e Museologia da Universidade de Aveiro Breve tutorial com um conjunto de orientações técnicas para a produção

Leia mais

Criando documentos digitais acessíveis WORD, POWERPOINT E PDF

Criando documentos digitais acessíveis WORD, POWERPOINT E PDF Criando documentos digitais acessíveis WORD, POWERPOINT E PDF Criando documentos acessíveis Para que um maior número de pessoas possa ter acesso ao conteúdo de um documento digital, é necessário tomar

Leia mais

Minicurso introdutório de desenvolvimento para web em HTML5. Cristiano Costa

Minicurso introdutório de desenvolvimento para web em HTML5. Cristiano Costa Minicurso introdutório de desenvolvimento para web em HTML5 Cristiano Costa Sobre mim Graduando em Engenharia Eletrônica - UNIFEI Trabalhou em desenvolvimento de sistemas empresariais (Base em servidores

Leia mais

VPAT (Voluntary Product Accessibility Template, Modelo de Acessibilidade de Produto) do eportfolio da Desire2Learn Maio de 2013 Conteúdo

VPAT (Voluntary Product Accessibility Template, Modelo de Acessibilidade de Produto) do eportfolio da Desire2Learn Maio de 2013 Conteúdo VPAT (Voluntary Product Accessibility Template, Modelo de Acessibilidade de Produto) do eportfolio da Desire2Learn Maio de 2013 Conteúdo Introdução Recursos de acessibilidade principais Navegação usando

Leia mais

## Introdução. ## Página de entrada. Relatório de Acessibilidade Site: http://acessibilidade.cm-lisboa.pt 28 de Janeiro de 2009.

## Introdução. ## Página de entrada. Relatório de Acessibilidade Site: http://acessibilidade.cm-lisboa.pt 28 de Janeiro de 2009. Relatório de Acessibilidade Site: http://acessibilidade.cm-lisboa.pt 28 de Janeiro de 2009. ## Introdução O presente relatório foi elaborado recorrendo a uma validação automática e a uma validação manual.

Leia mais

DIRETRIZES PARA O DESENHO DE INTERFACES PARA OS SÍTIOS WEB DOS ÓRGÃOS INSTITUCIONAIS DO MERCOSUL

DIRETRIZES PARA O DESENHO DE INTERFACES PARA OS SÍTIOS WEB DOS ÓRGÃOS INSTITUCIONAIS DO MERCOSUL MERCOSUL/GMC/RES. Nº 06/08 DIRETRIZES PARA O DESENHO DE INTERFACES PARA OS SÍTIOS WEB DOS ÓRGÃOS INSTITUCIONAIS DO MERCOSUL TENDO EM VISTA: O Tratado de Assunção, o Protocolo de Ouro Preto, as Decisões

Leia mais