Aranda ASSET MANAGEMENT. [Manual de Uso] Todos los derechos reservados Aranda Software [1]

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Aranda ASSET MANAGEMENT. [Manual de Uso] Todos los derechos reservados Aranda Software www.arandasoft.com [1]"

Transcrição

1 Todos los derechos reservados Aranda Software [1]

2 Introdução Com Aranda ASSET MANAGEMENT Versão 7.2 (AAM) você conta com as ferramentas que precisa para a tomada de decisões certas e garantir ou uso eficiente dos recursos da sua organização, porque permite ter informação atualizada e detalhada sobre a sua infra-estrutura tecnológica e sobre ou uso que estão tendo seus recursos. Aranda ASSET MANAGEMENT é a solução ideal para controlear a totalidade da sua infra-estrutura IT através de um inventário automatizado, controlee remoto e gestão de ativos informáticos. AAM facilita a automatização do inventário de ativos IT, que informa detalhadamente qualquer mudança de hardware ou software gerando alarmes, controlea ou licençamento e ou uso de software em cada estação (integrado com Aranda SOFTWARE METRIX), e possibilita ou suporte técnico remoto para qualquer estação da empresa. Todos los derechos reservados Aranda Software [2]

3 Tabela de Conteúdo Introdução... 2 Módulos e etapas do Aranda ASSET MANAGEMENT (AAM) Configuração dos módulos AAM Configurar módulo CONSERVER Descomprimir arquivos no módulo Aranda FILE C Configurar módulo DATA CRUNCHER Configurar módulo Aranda MAILER Configurar módulo DBmanager Uso do Aranda ASSET MANAGEMENT Ingresso a console ODBC do Aranda ASSET MANAGEMENT Consulta de Inventário Ver inventário por Sistema Ver inventário por Sistema Operacional Ver inventário por Bios Ver inventário por Memória Ver inventário por Processador Ver inventário por Discos Ver inventário por Recursos compartilhados Ver inventário por Unidades mapeadas Ver inventário por Comandos início Ver inventário por Impressoras Ver inventário por Hardware Ver inventário por Software Ver inventário por Software Total Ver inventário de serial de software Todos los derechos reservados Aranda Software [3]

4 Ver inventário de arquivos Ver inventário de endereços IP Ver inventário de alarmes gerados por AAM Ver informação do Set Up Ver informação de Vídeo Ver dados adicionais Ver informação de serviços Ver informação de monitores Ver informação de teclados Tomar inventário de PDAs Tomar controle remoto Administrar remotamente uma estação Atualizar o inventário de uma estação Enviar pesquisa em uma estação Sincronizar a estação com o relógio do sistema operacional Executar um comando local na estação remota Carregar o módulo RemVision Enviar mensagem de texto Iniciar Chat com a estação remota Apagar arquivos por extensão de uma estação remota Apagar e trazer arquivos de uma estação remota Iniciar e deter os serviços de uma estação remota Remover impressora de uma estação remota Remover recurso compartilhado de uma estação remota Ligar uma estação de trabalho remota Fechar sessão em Windows Reiniciar estação de trabalho Todos los derechos reservados Aranda Software [4]

5 Desligar estação de trabalho Atualizar a versão do Agente local Aranda Configurar o Agente local Executar opções de administração remota on-line Obter lista de processos Obter lista de conexões Administrar serviços da estação remota Editar o registro de Windows da estação remota Obter lista de sessões iniciadas em estações de trabalho virtuais Obter lista de arquivos da estação remota Gerar Certificados Excluir estações da base de dados AAM Consultar detalhes de uma estação de trabalho Filtrar o inventário desde a Árvore de agrupações Associar estações de trabalho com uma categoria Configurar permissões para a árvore de agrupações Filtrar o inventário por categorias Realizar tarefas com as informações da console Customizar a vista da console Configurar opções da console Mudar o idioma da console Gerar gráficos Mudar a senha do usuário atual Configurar os campos Lookups Associar estações com os campos lookups Configurar conexão TCP/IP Configurar a base de dados Todos los derechos reservados Aranda Software [5]

6 Configurar os IPs Configurar a atualização de inventários Selecionar tipo de conexão para a transferência de pacotes Obter estados dos módulos Capt_res e Remserver automaticamente Consultar o modulo PCBrowser Ingressar ao módulo PCBrowser Ver informação geral da estação de trabalho selecionada Ver e editar informação adicional da estação de trabalho selecionada Ver Detalhes do inventário da estação de trabalho selecionada Ingressar comentários a estação Tomar controle Remoto em PCBrowser Administrar remotamente a estação selecionada Atualizar o inventário da estação Enviar pesquisa para uma estação Sincronizar a estação com o relógio do sistema operacional Executar um comando local na estação remota Carregar o módulo RemVision Enviar mensagem de texto Iniciar Chat com a estação remota Apagar arquivos por extensão da estação remota Iniciar e deter os serviços da estação remota Remover impressora da estação remota Remover recurso compartilhado da estação remota Ligar uma estação de trabalho remota Fechar sessão em Windows Reiniciar estação de trabalho Desligar estação de trabalho Todos los derechos reservados Aranda Software [6]

7 Atualizar a versão do Agente local Aranda Executar opções de administração remota on-line Obter lista de processos Obter lista de conexões Administrar serviços da estação remota Editar o registro de Windows da estação remota Obter lista de sessões iniciadas em máquinas virtuais Obter lista de arquivos da estação remota Gerar Certificados Consultar detalhes de uma estação de trabalho Mudar de estação dentro do módulo PCBrowser Configurar opções da informação do PCBrowser Componentes da console Aranda ASSET MANAGEMENT Todos los derechos reservados Aranda Software [7]

8 Requerimentos do sistema Hardware e software Os requerimentos de hardware e software para ou Servidor AAM dependem principalmente do número de estações a inventariar. A seguir, indicam-se os requerimentos mínimos para a instalação, mas estas características podem ser superiores às indicadas. OBSERVAÇÃO: Deve ter em conta que se seu sistema operacional for Windows 2003, precisa ter instalado ou SP1. (Cliente/Servidor) No cliente Módulos em execução: capt_res.exe, acommsvr.exe, collecto.exe, remserver.exe e user.exe Processador Memória Sistema operacional Espaço livre em HD Outros Pentium III de 166 Mhz ou superior 32 MB ou superior Windows NT4 com SP6, Windows 95 Winsocks 2.2 ou superior, Windows 2000 com SP4, Windows 2003 com SP1 4MB Protocolo TCP/IP No servidor Caso 1: Executa só um ConServer secundário Processador Pentium III de 450 Mhz Memória 64 MB RAM Sistema operacional Windows 98 atualizado com os últimos patchs, Winsock 2.2 ou superior Espaço livre em HD 20 MB. Caso 2: Executa um ConServer primário, um Data Cruncher e uma console ODBC, mas não ou motor da Base de Dados. Processador Pentium III de 800 Mhz Memória 128 MB RAM, mais 128 MB por cada 500 máquinas não inventário Sistema operacional Windows 2000 server + SP 4 (ou um sistema operacional superior com ou service pack mais atualizado), Internet Explorer 6.0 Espaço livre em HD 120 MB. Caso 3: Executa um ConServer primário, um Data Cruncher e uma Console ODBC, e ademais ou motor da Base de Dados. Processador: Pentium IV de 2 Ghz Memória: 512 MB, mais 128 MB por cada 500 máquinas não inventário Sistema operacional Microsoft Windows 2000 Server ou superior. Internet Information Services 5.0 ou superior Microsoft.NET Framework 1.1 MDAC 2.7 ou superior Espaço livre em HD: 150 MB CD-ROM ou acesso a um através da rede. Todos los derechos reservados Aranda Software [8]

9 OBSERVAÇÃO: Nossa recomendação é que a instalação se faça como não caso 2, em um servidor dedicado só para Aranda ASSET MANAGEMENT. Base de Dados No. de estações Motor de Base de Dados 1 até 2500 MS SQL 7.0/2000/2005 com últimos Service Packs liberados pelo fabricante, Oracle 9i em diante MS SQL 2000/2005 com últimos Service Packs liberados pelo fabricante, Oracle 9i Todos los derechos reservados Aranda Software [9]

10 Módulos e etapas do Aranda ASSET MANAGEMENT (AAM) Obter um informe de auditoria, controle e administração de recursos informáticos, utilizando as ferramentas que oferece o AAM é muito simples. O Sistema AAM permite uma grande dinâmica em sua implementação porque sua estrutura modular e a utilização do Middleware como tecnologia base para a comunicação de dados, se adapta facilmente a variados tipos e desenhos de redes de dados. Para obter um informe do AAM, se devem cumprir várias etapas e em cada uma delas intervém um ou vários módulos do Sistema AAM: ETAPAS MÓDULOS Geração de inventários Collector Aranda FILE SERVER Coleta de inventários Processamento de inventários Visualização de inventários Segurança no uso da ferramenta Outros produtos da Suíte ConServer Data Cruncher Mailer RepServer DB Manager (SDB) Console ODBC PCBrowser PCWeb Profile Registry Event Log Aranda QUERY MANAGER Aranda SOFTWARE METRIX Todos los derechos reservados Aranda Software [10]

11 Configuração dos módulos AAM Uma vez que o processo de instalação do Servidor AAM tenha finalizado com sucesso, o comunicador é distribuído e o Agente local é instalado em cada estação de trabalho com sucesso, se procede a configuração do Servidor AAM para começar a coletar os inventários. Para isto, é preciso configurar os módulos que conformam a suíte do Aranda ASSET MANAGEMENT, desde a console Aranda SERVICE CENTER: Módulo CONSERVER Módulo File C Módulo CRUNCHER Módulo MAILER Módulo DBMANAGER A ordem de configuração dos módulos prévia ao uso da ferramenta, não afeta a correta alineação dos mesmos para o uso do AAM. Configurar módulo CONSERVER O CONSERVER é o módulo do AAM que recebe os inventários enviados pelo módulo COLLECTOR do Agente Aranda desde cada estação onde se tem instalado. Em poucas palavras, o CONSERVER centraliza todos os arquivos de inventários da rede. Os inventários chegam até o CONSERVER porque o nome ou endereço IP fixo da estação no qual se instalou o módulo, se encontra no arquivo de configuração de cada estação. Abrir a interface do módulo CONSERVER Vá até Iniciar -> Todos os programas -> Aranda Software -> Aranda Tools > Aranda Services. Na interface do Aranda Service Center clique no ícone. Todos los derechos reservados Aranda Software [11]

12 Imediatamente no painel central se mostram as funcionalidades do módulo ConServer. Desde a interface do CONSERVER é possível verificar a configuração do módulo, ademais de saber quais estações tem enviado seus respectivos inventários e se cada uma das conexões estabelecidas com este propósito foi bem sucedida ou não. Configurar CONSERVER primário / secundário Como se explicou no Caso Nº 3 no manual de instalação do Aranda ASSET MANAGEMENT, o módulo ConServer pode se instalar em várias estações ou servidores localizados em diferentes redes localizadas em zonas geográficas separadas, e configurar estes como servidores de coleta secundários que a sua vez servem de ponte até um servidor primário de coleta. Isto é viável devido a possibilidade de configurar o módulo ConServer de forma hierárquica. 1. Pressione o botão [Configuração]. 2. Na janela que aparece, selecione se desejar um Conserver Primário ou se desejar estabelecer um Secundário em outra estação. 3. Selecionou-se Primário, pressione [Terminar]. Selecionou-se Secundário, escolha o tipo de conserver: Com BD Local ou Sem BD Local. 4. Pressione [Seguinte]. Todos los derechos reservados Aranda Software [12]

13 5. Na seguinte janela selecione por qual tipo de Host deseja ingressar na estação que tem o CONSERVER Primário e para qual reportará a informação: Nome máquina / Endereço IP. Depois ingresse o nome da estação ou o IP Primário, segundo corresponda. 6. Selecione a porta pela qual se conecta a estação selecionada. 7. Pressione [Seguinte]. 8. Selecione a opção que requer para estabelecer em qual tempo se sincronizam os dois conserver (primário e secundário). Cada vez que se receba Cada vez que chega um inventário, ConServer o re-envia a estação receptora. Tempo Range de Tempo De acordo com o range de tempo (em horas) que escolha. Re-envia os inventários entre as horas indicadas e com a freqüência de conexão assinada. Quer dizer que, durante o período compreendido entre as horas inicial e final selecionadas, o módulo ConServer tentará se conectar com seu servidor receptor durante a freqüência indicada para entregar os inventários que tenha acumulados. 9. Pressione [Terminar]. Todos los derechos reservados Aranda Software [13]

14 Conserver Primário O módulo CONSERVER é instalado como primário por default no Servidor AAM. Mas, se encontrar que o CONSERVER tem sido configurado como secundário e desejar fazer primário novamente, pode utilizar o botão Configurar da barra de ferramentas do ConServer para realizar esta tarefa. O Primário é o nome dado para um Servidor AAM com módulo CONSERVER configurado para coletar todos os inventários da organização. Este Servidor tem a capacidade de processar e visualizar os inventários, mas não os re-envia para outro servidor. Quer dizer, em uma estrutura hierárquica o AAM só pode ter um CONSERVER configurado como primário. Conserver Secundário É aquele que recebe os inventários e os reporta ao CONSERVER primário, para não recarregar toda a informação neste. Tenha em consideração que não existem limites verticais nem horizontais em quanto ao número de ConServers secundários que podem ser configurados para reportar a um único ConServer Primário, sempre e que a estrutura hierárquica AAM seja configurada corretamente. Existem dois tipos de CONSERVER Secundário: com BD local e sem BD local. CONSERVER Secundário com BD local É o nome de um Servidor AAM que seu módulo CONSERVER tem sido configurado para coletar e reenviar inventários, salvando cópia da informação recebida para poder visualizar. CONSERVER Secundário sem BD local É o nome de um Servidor AAM que seu módulo CONSERVER tem sido configurado para coletar e reenviar inventários; sem salvar cópia da informação recebida e posteriormente enviada. Apagar Log Para apagar a informação que se encontra no painel central, segundo a aba ativa, pressione o botão [Apagar Log]. Todos los derechos reservados Aranda Software [14]

15 Descomprimir arquivos Para descomprimir os arquivos recebidos no módulo conserver, pressione o botão [Arquivos comprimidos]. Imediatamente se abrirá o módulo Aranda File C. Veja a explicação correspondente no capítulo do módulo Aranda File C. Mudar o caminho de armazenamento de inventários O módulo CONSERVER armazena os arquivos.cll (inventários) que recebe de cada uma das estações de trabalho, na pasta pré-determinada C:\Arquivos de Programa\Aranda\Invent. Mas, pode mudar este caminho da seguinte forma: 1. Pressione o botão 2. Selecione o caminho onde deseja que sejam armazenados os arquivos dos inventários. OBSERVAÇÃO: Tenha em consideração que nesta pasta é onde o módulo Data Cruncher procurará os arquivos de inventários para processar. Por este motivo, esta localização deve coincidir com aquela selecionada na configuração do módulo Data Cruncher. Consultar os processos realizados pelo módulo CONSERVER 1. Se desejar consultar as transações realizadas na coleta do inventário, clique na aba [Transações] do painel central da interface do módulo. A informação apresentada é a seguinte: Endereço Evento Data Endereço IP da estação, através da qual se recebeu o inventário. Arquivo com extensão.cll do inventário coletado. Data de coleta do inventário. 2. Se desejar consultar os erros que se apresentaram durante as conexões sem sucesso entre o Agente local e o módulo CONSERVER, clique na aba [Lista erros] do painel central da interface do módulo. 3. Se o módulo CONSERVER está configurado como Secundário, aparece uma aba chamada [Servidor], na qual pode re-enviar o inventário ao conserver Primário. Todos los derechos reservados Aranda Software [15]

16 Enviar de forma manual os inventários ao CONSERVER de mais hierarquia Para re-enviar todos os inventários que tem recebido o CONSERVER Secundário para seu ConServer de mais hierarquia, sem importar quanto tempo falta no temporizador para que realize esta tarefa, pressione o botão [Manual Delivery]. O registro do envio será visualizado no painel inferior, detalhado a seguir: Main Event Nome do servidor, onde se encontra o CONSERVER Primário. Arquivo com extensão.cll do inventário coletado. Count Date Quantidade de transações enviadas. Data da coleta do inventário. No painel intermédio se mostra a configuração que tem o servidor: se o conserver for primário ou secundário, se tiver base de dados local ou no, também mostra o IP/Nome do servidor primário e o tempo configurado para o envio de inventários. Terminar o processo CONSERVER Para terminar a execução do serviço CONSERVER, vá até o ícone correspondente, clique o botão direito -> Deter.. No registro Tenha em consideração que com este procedimento, a porta não escutará as solicitações dos agentes locais e por este motivo os inventários não serão recebidos. Todos los derechos reservados Aranda Software [16]

17 Fechar a interface do módulo Para fechar a interface sem terminar o processo CONSERVER, clique sobre o botão. Descomprimir arquivos no módulo Aranda FILE C Os arquivos de inventários recebidos pelo módulo CONSERVER e os auditados das estações (os quais se podem levar para a pasta de armazenamento de inventários através das opções de administração remota da console ODBC), chegam comprimidos e criptografados (codificados) com a finalidade de que viagem seguros pela rede. Para poder visualizá-los se implementou o módulo Aranda File Compressor, que descomprime estes arquivos no servidor, mostrando seus arquivos componentes. Todos los derechos reservados Aranda Software [17]

18 Descomprimir arquivos 1. Localize o arquivo a descomprimir no caminho configurado previamente no módulo Aranda CONSERVER. 2. Renome o arquivo trocando a extensão pela seguinte:.arz. 3. Desde o painel esquerdo da interface, procure a pasta onde salvou o arquivo. 4. Imediatamente se listam no painel central todos os arquivos com extensão.arz achados na pasta localizada. 5. Selecione o arquivo que deseja descomprimir e pressione o botão [Descomprimir]. 6. Imediatamente se abre uma janela. Se desejar salvar o caminho original do arquivo, quer dizer, a pasta na qual se achava armazenado na estação de origem, selecione a opção Reconstruir pastas ao descomprimir (.arz). Se desejar apagar os arquivos com extensão.arz, selecione a opção Apagar os arquivos (.arz) tras a descompressão. Finalmente selecione o caminho onde deseja salvar o arquivo descomprimido. 7. Uma vez finalizada a descompressão dos arquivos, o usuário poderá visualizar na tela uma mensagem que informa que a descompressão finalizou corretamente. Apagar arquivos Para apagar os arquivos com extensão.arz: 1. Selecione desde o painel esquerdo o caminho onde se encontram os arquivos que deseja apagar. 2. Dos arquivos mostrados no painel central, escolha o(s) que deseja excluir. Todos los derechos reservados Aranda Software [18]

19 3. Pressione o botão [Apagar]. 4. Imediatamente os arquivos serão excluídos da pasta onde estavam localizados. Atualizar informação Para atualizar a informação mostrada no painel central, pressione o botão [Atualizar. Sair do módulo Aranda FILE COMPRESSOR Para sair do módulo, pressione o botão [Sair]. Configurar módulo DATA CRUNCHER O módulo DATA CRUNCHER se encarrega de descomprimir, decodificar e processar os inventários coletados pelo módulo CONSERVER para depois armazená-los na base de dados de Aranda. Para poder processar os inventários, o módulo DATA CRUNCHER os procura na pasta selecionada para que o módulo CONSERVER os armazene, assim como se explicou anteriormente, no tema Mudar o caminho de armazenamento de inventários, do capítulo Configuração do módulo CONSERVER. Depois de processá-los, o módulo DATA CRUNCHER realiza uma auditoria de mudanças, comparando os inventários para gerar alarmes por intromissão, instalação/desinstalação de software, perdas de hardware/software, entre outros. O DATA CRUNCHER atualiza a base de dados com a informação contida nos inventários. Isto é possível porque a tecnologia DBSwitch de manipulação de bases de dados, na qual o administrador pode administrar qualquer motor de base de dados, poupando recursos ou trabalhos de migração de dados num formato específico para a geração dos respectivos informes. Abrir a interface do módulo DATA CRUNCHER Vá até Iniciar -> Todos os programas -> Aranda Software -> Aranda Tools > Aranda Services. Na interface de Aranda Service Center clique no ícone. Imediatamente no painel central se mostram as funcionalidades do módulo Data - Cruncher. Todos los derechos reservados Aranda Software [19]

20 A interface do módulo Data Cruncher está composta por cinco abas, para cada elemento Inventário, Metrix, File, Patch Management e PDAs. Configurar caminho de seleção de inventários Para localizar os arquivos.cll, que contêm a informação dos inventários, é preciso configurar o mesmo caminho estabelecido previamente no módulo CONSERVER. Para isto, clique sobre o ícone Estado. Onde diz Caminho, selecione a localização da pasta onde se encontram os inventários coletados pelo módulo CONSERVER. Programar o processamento de inventários Pode configurar o DATA CRUNCHER para que processe os inventários recebidos de forma manual ou automática programada. 1. Desde a barra de ferramentas, clique no ícone Tempo, 2. Imediatamente se abre a janela de configuração de tempo. Selecione se desejar realizar este processo de forma manual ou automática. 3. No caso de ter selecionado Manual, pressione [Salvar]. No caso de ter selecionado Automático, escolha se desejar configurar o tempo de processamento em minutos ou horas (entre 1 e 100 segundo corresponda). No exemplo da seguinte imagem, se selecionou Horas. 4. Selecione o tempo desejado para realizar o processamento. No exemplo da seguinte imagem se selecionou 6. Todos los derechos reservados Aranda Software [20]

21 5. Pressione [Salvar]. De acordo com a configuração do exemplo anterior, o módulo DATA CRUNCHER processará os inventários a cada 6 horas. Iniciar processamento de inventários de forma manual No caso que decida processar os inventários de forma manual, é preciso que execute esta tarefa desde a interface do módulo Aranda DATA CRUNCHER. Para isto, faça os passos explicados a seguir: 1. Desde a barra de ferramentas, clique no ícone Iniciar. 2. Imediatamente o módulo procede com o processamento dos arquivos.cll dos inventários. Configurar alarmes 1. Desde a barra de ferramentas, clique no ícone Alarme. 2. Imediatamente se abre a interface da configuração de alarmes. Todos los derechos reservados Aranda Software [21]

22 3. Se desejar que a aplicação emita um som cada vez que gere um alarme, habilite esta opção e escolha o tipo de som que deseja escutar. Alarm Chime Downer Whirr Select Path 4. No painel esquerdo aparecem todos os grupos de informação do inventário pelos quais se podem gerar alarmes cada vez que tenha uma mudança. Selecione o(os) que deseja sejam auditados nos alarmes. Se desejar ampliar esta informação, vá até a explicação dos Tipos de alarmes. 5. Se desejar que se envie um cada vez que se gere um alarme, habilite a opção Enviar automaticamente. 6. No painel central selecione quais dos grupos de informação do inventário pelos que se geram alarmes, deseja que sejam reportados por Ingresse a(s) conta(s) de a(s) qual(is) deseja sejam enviados estes alarmes. 8. Pressione [Aceitar]. Tipos de Alarmes A seguir encontrará uma descrição dos componentes do inventário nos quais se geram alarmes no momento de se apresentar uma mudança de acordo com a seleção realizada previamente no módulo CRUNCHER. System: Gera alarmes quando se apresentam mudanças nos seguintes componentes: Computer Name Description User name Work group Domain Server Winsock Host IP Complete Software: Gera alarmes quando se apresentam mudanças nos seguintes componentes: Novos Executáveis Mudança e data dos executáveis. Todos los derechos reservados Aranda Software [22]

23 Software: Gera alarmes quando se apresentam mudanças no seguinte componente: Name Quando se instala ou desinstala software BIOS: Gera alarmes quando se apresentam mudanças nos seguintes componentes: Name Date Versão Processo: Gera alarmes quando se apresentam mudanças nos seguintes componentes: Name Description Frecuency Shared Resource: Gera alarmes quando se apresentam mudanças no seguinte componente: Name Quando o usuário compartilha ou deixa de compartilhar um recurso na estação de trabalho Run Command: Gera alarmes quando se apresentam mudanças no seguinte componente: Name Quando se tem criado ou excluído comandos de início na estação de trabalho. IP: Gera alarmes quando se apresentam mudanças no seguinte componente: IP Quando se tem gerado mudanças de IPs seja diretamente pelo usuário ou por um servidor DHCP ou obtendo IPs de forma automática. Hardware: Gera alarmes quando se apresentam mudanças no seguinte componente: Descrição Quando se tem instalado e desinstalado hardware. Todos los derechos reservados Aranda Software [23]

24 Disks: Gera alarmes quando se apresentam mudanças nos seguintes componentes: Quando se realizam mudanças nos discos físicos e nas partições lógicas. Os campos que se validam para gerar alarmes de tipo físico são: capacidade e unidade. Os campos que se validam para gerar alarmes de tipo lógico são: serial e modelo. OP System: Gera alarmes quando se apresentam mudanças nos seguintes componentes: Nome OS Tipo OS Memory: Gera alarmes quando se apresentam mudanças nos seguintes componentes: Mem. RAM Mem. Máxima Sockets libres Printer: Gera alarmes quando se apresentam mudanças no seguinte componente: Name Quando se adiciona ou remove uma ou mais impressoras das estações de trabalho. Service: Gera alarmes quando se apresentam mudanças no seguinte componente: Name Quando se adiciona ou remove um ou mais serviços das estações de trabalho. Selecionar o tipo de inventário a armazenar Pode selecionar se desejar armazenar todo o inventário na console ODBC de Aranda ASSET MANAGEMENT ou se desejar armazenar só o inventário de hardware e software total. 1. Se desejar carregar todo o inventário a console do AAM, selecione a opção Normal (Base + File). 2. Se desejar carregar só o inventário de hardware e software total na console do AAM, selecione a opção Only Base. Se selecionou o inventário filtrado, o demais da informação a encontrará no seguinte caminho: C:/Arquivos de programa/aranda/aranda ASSET MANAGEMENT/Temp Todos los derechos reservados Aranda Software [24]

25 Dentro da pasta Temp se encontra uma sub-pasta denominada BinResults e dentro de ésta se encontram três sub-pastas. A informação do inventário que não foi processada, se encontra armazenada na pasta Swt: Licen: Armazena os arquivos cll que não foram processados por algum erro na licença. Inc: Armazena os arquivos de inventários incrementais, quer dizer, das atualizações dos inventários iniciais. Swt: Armazena a informação do inventário que não foi processada pelo módulo DATA CRUNCHER, depois de ter selecionado a opção Only Base na configuração do módulo. Classificar as extensões dos arquivos em categorias O Servidor AAM coleta inventário dos arquivos de qualquer extensão desejada e ademais, os classifica em diferentes categorias. Esta classificação é visualizada na Console ODBC do Aranda ASSET MANAGEMENT e configurada desde o módulo Aranda DATA CRUNCHER assim: 1. Desde a barra de ferramentas, clique no ícone Categoria. 2. Depois se abre uma janela com as categorias listadas na tabela do painel esquerdo da janela. Selecione a categoria na qual deseja adicionar um arquivo. 3. No painel direito da janela, se listam as extensões adicionadas a categoria selecionada anteriormente. Para adicionar um arquivo pressione o botão requer. e ingresse a extensão que 4. Para editar uma extensão, pressione o botão. 5. Para remover a extensão de uma categoria selecionada, pressione o botão. 6. Se desejar mudar a extensão da categoria, elimine a que está assinada e adicione a que requer. 7. Para sair da janela de edição de categorias, pressione o botão. Todos los derechos reservados Aranda Software [25]

26 Habilitar e/ou selecionar regras na atualização dos inventários Na hora de habilitar uma regra se evita que as estações de trabalho sejam duplicadas no inventário se este é atualizado e se têm realizado mudanças radicais na(s) estação(ões). OBSERVAÇÃO: Tenha em consideração que as mudanças das máquinas que se ajustem a regra selecionada, não irão a ser registrados na atualização do inventário. Para aplicar uma regra, faça os passos explicados a seguir: Desde a barra de ferramentas, vá até Arquivo -> Propriedades -> Rules, ou clique no ícone. 1. Imediatamente aparece uma janela onde pode selecionar as regras que deseja sejam cumpridas. Se desejar habilitar o cumprimento das regras, escolha a opção Regras Ativas. Selecione alguma das seguintes regras, de acordo com a mudança realizada na(s) estação(ões) de trabalho: Regra N 1 -> Domain + Computer Name Este caso aplica quando se ingressa um novo inventário e o identificador da máquina não existe ou é diferente, então se deve cumprir que o domínio e o nome do computador sejam o mesmo. Exemplo: Inventário Existente Domínio: Domínio.local Nome PC: Laura MARCA: IBM Inventário Novo Domínio: Domínio.local Nome PC: Laura MARCA: HP Todos los derechos reservados Aranda Software [26]

27 Regra Nª 2 -> Domain + Computer Name + MAC Esta regra aplica quando se ingressa um novo inventário e o sistema operacional da máquina é diferente, então se deve cumprir que o domínio, o nome do computador e a MAC sejam iguais com os existentes na máquina inventariada. Exemplo: Inventário Existente Domínio: Domínio.local Nome PC: Laura MAC: A5-14-BD-5F SO: Windows 98 Inventário Novo Domínio: Domínio.local Nome PC: Laura MAC: A5-14-BD-5F SO: Windows XP Regra Nª 3 -> Domain + Computer Name + Serial Board Esta regra aplica quando se ingressa um novo inventário e a MAC da máquina não existe ou é diferente, então se deve cumprir que o domínio, o nome do computador e o serial da board sejam iguais com os existentes na máquina inventariada. Exemplo: Inventário Existente Domínio: Domínio.local Nome PC: Laura Serial Board: CNF5340Y2L MAC: A5-14-BD-5F Inventário Novo Domínio: Domínio.local Nome PC: Laura Serial Board: CNF5340Y2L MAC: 000c-761EAA Regra Nª 4 -> Domain + Computer Name + Ip Address Esta regra aplica quando se ingressa um novo inventário e o serial da board da máquina não existe ou é diferente, então se deve cumprir que o domínio, o nome do computador e o endereço IP sejam iguais com os existentes na máquina inventariada. Deve ter em conta que isto aplica quando não se tem um servidor DHCP. Exemplo: Inventário Existente Domínio: Domínio.local Nome PC: Laura IP Address: Serial Board: CNF5340Y2L Inventário Novo Domínio: Domínio.local Nome PC: Laura IP Address: Serial Board: XSF5340Y2Z Todos los derechos reservados Aranda Software [27]

28 Regra Nª 5 -> Domain + Computer Name + Hard disk Serial Esta regra aplica quando se ingressa um novo inventário e o serial da board da máquina não existe ou é diferente, então se deve cumprir que o domínio, o nome do computador e o serial do disco rígido, sejam iguais com os existentes na máquina inventariada. Exemplo: Inventário Existente Domínio: Domínio.local Nome PC: Laura Hard Disk Serial: D Serial Board: CNF5340Y2L Inventário Novo Domínio: Domínio.local Nome PC: Laura Hard Disk Serial: D Serial Board: XP5340Y2L Regra Nª 6 -> Mac Hard disk Serial Computer Name Esta regra aplica quando se ingressa um novo inventário e o identificador da máquina não existe ou é diferente, então se devem cumprir duas das três condições. Exemplo: têm que ser iguais com a MAC e o serial do disco rígido, ou com a MAC e o nome do computador, ou com o serial do disco rígido e o nome do computador, a informação existente da máquina inventariada. Caso 1: Inventário Existente Mac: A5-14-BD-5F Hard Disk Serial: D Nome PC: Laura Sistema Operacional: Windows XP Inventário Novo Mac: A5-14-BD-5F Hard Disk Serial: D Nome PC: Sandra Sistema Operacional: Windows 2003 Server Caso 2: Inventário Existente Mac: A5-14-BD-5F Nome PC: Laura Hard Disk Serial: D Sistema Operacional: Windows XP Inventário Novo Mac: A5-14-BD-5F Nome PC: Laura Hard Disk Serial: X Sistema Operacional: Windows 2003 Server Caso 3: Inventário Existente Hard Disk Serial: D Nome PC: Laura Sistema Operacional: Windows XP Mac: A5-14-BD-5F Inventário Novo Hard Disk Serial: D Nome PC: Laura Sistema Operacional: Windows 2003 Server Mac: AT-18-BD-PF Todos los derechos reservados Aranda Software [28]

29 Configurar o módulo CRUNCHER para o Aranda SOFTWARE METRIX No caso que tenha a solução Aranda SOFTWARE METRIX instalada na sua empresa, é possível configurar a coleta de inventários de uso de software desde o módulo Aranda DATA CRUNCHER. Os inventários de uso de software (extensão.mtx) são diferentes com os inventários de hardware e software instalado nas estações (extensão.cll). Estes últimos são processados pelo serviço Aranda DATA CRUNCHER. O Cruncher MTX é executado como um processo filho do serviço Aranda DATA CRUNCHER. Assim que o serviço Aranda CRUNCHER é iniciado, se inicia também o Cruncher MTX e ambos módulos permanecem em execução durante o tempo que o serviço Aranda CRUNCHER esteja iniciado. Para configurar o módulo CRUNCHER MTX, realize os seguintes passos: 1. Clique no ícone. 2. Imediatamente se abre a interface de configuração do módulo CRUNCHER MTX. Selecione se desejar ou não que o processamento de inventários.mtx se realize de forma automática ou não. 3. No caso de não habilitar o processamento automático, o usuário deve se iniciar manualmente, clicando no botão [Iniciar]. Todos los derechos reservados Aranda Software [29]

30 Deter as tarefas do módulo CRUNCHER MTX Para terminar a execução do módulo Cruncher MTX, vá até ícone correspondente do painel central, clique o botão direito -> Deter.. No registro Para deter o processamento de inventários de uso de software, pressione [Close Application]. Estes inventários se acumulam até que este módulo seja executado novamente. Tenha em consideração que como o módulo CRUNCHER MTX é executado pelo serviço Aranda CRUNCHER, é preciso reiniciar o serviço. Para fechar a interface de configuração sem deter o processamento de inventários mtx, clique no botão. Apagar Log Para excluir toda a informação dos eventos registrados até o momento na área do monitor de processos, realize o seguinte passo: Desde a barra de ferramentas, vá até Ferramentas -> Apagar Log, ou clique no ícone. Imediatamente todos os eventos reportados, são removidos. Consultar processos realizados pelo módulo DATA CRUNCHER 1. Se desejar consultar informação relacionada com os alarmes gerados, clique na aba [Alarmes] do painel inferior da interface do módulo. A informação apresentada é a seguinte: PC Date Event Nome ou endereço IP (de acordo com a via que configurou para seus envios) da estação de trabalho que gerou o alarme. Data na qual o evento foi gerado. Descrição do alarme gerado. 2. Se desejar consultar informação relacionada com as mensagens de enviados, clique na aba [Mensagens de Texto] do painel inferior da interface do módulo. A informação apresentada é a seguinte: PC Date Event Nome ou endereço IP (de acordo com a via que configurou para seus envios) da estação de trabalho que gerou o evento para o envio de . Data na qual o evento foi gerado. Descrição do alarme gerada. Todos los derechos reservados Aranda Software [30]

31 3. Se desejar consultar informação relacionada com os erros que tenham acontecido durante o processamento dos inventários, clique na aba [Eventos] do painel inferior da interface do módulo. A informação apresentada é a seguinte: Event PC Date Descrição do erro que se tem gerado. Nome ou endereço IP (de acordo com a via que configurou para seus envios) da estação correspondente. Data na qual se gerou o erro. Sair do módulo Aranda DATA CRUNCHER Se desejar terminar o processamento de inventários e sair do módulo Aranda DATA CRUNCHER, realize o seguinte passo: Desde a barra de ferramentas, vá até Arquivo -> Sair ou clique no ícone. Se desejar simplesmente fechar a interface sem terminar a execução do CRUNCHER, clique na X da esquina superior direita da janela. Configurar módulo Aranda MAILER A função do módulo Aranda MAILER é ocupar se exclusivamente do envio de s, gerados pelo módulo DBManager quando se gera um alarme. Para realizar esta tarefa, o módulo monitorea periodicamente a base de dados de Aranda em procura de novos alarmes para os quais se tenha configurado o envio de s. Depois realiza esta tarefa de envio automaticamente. Ademais, permite o envio de informação pendente em qualquer momento, sempre que o usuário assim disponha. Abrir a interface de Aranda MAILER Vá até Iniciar -> Todos os programas -> Aranda Software -> Aranda Tools > Aranda Services. Na interface de Aranda Service Center clique no ícone. Imediatamente no painel central se mostram as funcionalidades do módulo Aranda Mailer. Todos los derechos reservados Aranda Software [31]

32 Mailer apresenta uma janela muito simples de utilizar. Contém um cronômetro que percorre um ciclo pré-definido de aproximadamente 1 minuto; cada vez que este ciclo se cumprir, o módulo revisa novamente na base de dados em procura de alarmes ou mensagens programados para ser enviados e no caso de encontrar algum, o envia imediatamente. Configurar Mailer 1. Desde o painel central, clique na opção Configuração Mailer. Imediatamente se abre a seguinte janela: 2. No menu selecione um dos quatro modelos do corpo da mensagem para que o DBmanager gere a informação correspondente a selecionada. Para o caso do AAM, o modelo que aplica é: Mudanças do inventário. 3. Ingresse o servidor de correio através do qual se realizará o envio de s. 4. Ingresse a porta do servidor de correio. 5. Registre o endereço de ou conta por meio do qual se enviarão os s. 6. Ingresse a senha correspondente a conta de ingressada anteriormente. 7. Selecione o nome do remitente dos s no campo Nome Usuário. Os usuários que se listam são extraídos da base de dados Aranda. 8. No campo Assunto, digite o nome, motivo ou título do . Todos los derechos reservados Aranda Software [32]

33 9. No corpo da mensagem se visualiza a informação que vai gerar o DBmanager, de acordo com o modelo selecionado. 10. Depois de ingressar a informação, clique em [Salvar]. 11. Para sair da interface de configuração, pressione [Fechar]. Enviar mensagens pendentes Para enviar os s que por algum problema de conexão ou por programação, não têm sido remitidos, pressione o botão [Enviar mensagens pendentes]. Imediatamente, os s armazenados serão despachados para as contas de configuradas. Apagar Log Para excluir os informes de envio apresentados no painel central, pressione o botão [Apagar Log]. Ver número de mensagens enviadas e armazenadas Na parte superior da interface do Mailer se visualiza o número de s gerados e o número de estes que tem sido enviados. Todos los derechos reservados Aranda Software [33]

34 Configurar módulo DBmanager O módulo DBmanager se encarrega de realizar o monitoreo de geração de alarmes para o AAM, do vencimento de licenças de Software e/ou Sistema Operacional e de executar o procedimento de eliminação de software em uso, para o Aranda SOFTWARE METRIX. Ademais se encarrega da execução das regras para o Aranda SERVICE DESK e para o Aranda CMDB. O serviço de DBmanager efetua o monitoreo a cada 24 horas como valor mínimo pré-determinado. O arquivo do DBmanager ficará localizado na pasta C:\Arquivos de programa\aranda\aranda SERVICEDESK. Abrir a interface de Aranda DBmanager Vá até Iniciar -> Todos os programas -> Aranda Software -> Aranda Tools > Aranda Services. Na interface de Aranda Service Center clique no ícone. Imediatamente no painel central se mostram as funcionalidades do módulo Aranda DBManager. Configurar os tempos de monitoreo do DBManager O usuário poderá configurar o tempo do percorrido do DBmanager para o monitoreo de alarmes prédeterminado para 24 Horas. No caso do Aranda ASSET MANAGEMENT, o último valor, configure o tempo assim: Desde o painel central, clique no botão [Configurar Tempos]. Selecione o tempo (em segundos) no qual deseja que o módulo DBManager monitoree a geração de novos alarmes para enviar para o módulo Aranda Mailer. Tenha em consideração que a configuração como mínimo deve ser de 2 segundos. Pressione o botão [Salvar]. Todos los derechos reservados Aranda Software [34]

35 Visualizar o log de operações do DBManager Na interface principal do módulo, localize-se sobre a aba [Log]. na parte inferior do painel, localizese sobre a aba [AAM]. Imediatamente visualizará o relatório de eventos realizados no DBManager para Aranda ASSET MANAGEMENT (Data de início do evento, Estado -enviado, não enviado-, tempo que levou a operação, se apresentou erro ou não e a mensagem que foi enviada ao mailer). Visualizar o rendimento das operações do DBManager Na interface principal do módulo DB Manager, localize-se sobre a aba [Histórico], Imediatamente visualizará o performance de processos do DBManager para as seguintes quatro aplicações que segundo corresponda, tenha instaladas na sua empresa (Aranda SERVICE DESK, Aranda CMDB, Aranda SOFTWARE METRIX e Aranda ASSET MANAGEMENT). O processo se reconhecerá pela cor de cada uma das aplicações ilustrada na parte superior da interface. Todos los derechos reservados Aranda Software [35]

36 Uso do Aranda ASSET MANAGEMENT Ingresso a console ODBC do Aranda ASSET MANAGEMENT 1. Vá até Iniciar -> Todos os programas -> Aranda Software -> Aranda Asset Management Console -> ODBC Console. 2. Na janela de validação que aparece, ingresse o usuário e a senha, dependendo do tipo de autenticação que escolha: [Aranda] / [Windows]. [Aranda] [Windows] São os usuários que podem ser importados desde o Diretório Ativo ou criados previamente no módulo Profile de AAM. Usuário: Ingressa o usuário importado desde o Diretório Ativo. Senha: Ingressa a senha criada manualmente. Se ingressar com o usuário ADMINISTRATOR, a senha criada por default é [root]. São os usuários que se validam com o Diretório Ativo. Usuário: Ingressa o usuário com o qual se registra em Windows. Observação: Esta opção só é possível se o alias do usuário em Windows for a mesma do que a do usuário em Aranda, para isto, se recomenda importar os usuários do Diretório Ativo (Ver manual Aranda PROFILE). Senha: Ingressa a senha de registro de Windows. Domínio: Ingressa o domínio (servidor) no qual pertence o usuário. Observação: Lembre que a definição de permissões se faz por grupo de trabalho, de tal forma que na hora de ingressar um usuário em determinado grupo aplicarão as permissões definidas para o grupo. 3. Pressione [Aceitar]. Todos los derechos reservados Aranda Software [36]

37 Consulta de Inventário Na console ODBC tem diferentes possibilidades de consulta do inventário de hardware e software das estações de trabalho nas quais tem instalado o Agente Aranda. No painel central aparecem 21 abas diferentes, na qual a informação mostrada se explica a seguir. Esta informação aparece quando se localiza sobre cada uma das abas dependendo dos detalhes de cada estação de trabalho que deseja consultar. Ver inventário por Sistema Alias Versão Agente Data Inventário Nome estação de trabalho Descrição Usuário Grupo de trabalho Domínio Servidor Host IP WinSock Nome com o qual é identificada a estação dentro da rede. Versão do Agente local instalado em cada estação. Com o qual pode controlar a versão instalada em cada estação. Data e hora na qual o Agente gerou o inventário. Estes dados se obtêm do relógio do sistema operacional no qual está correndo o Agente local. Esta coluna mudará de verde para vermelho quando o último inventário processado de uma estação tenha completado o tempo limite configurado na opção [Lapso de Atualização]. Identificação da estação de trabalho em Windows. Nas redes Windows adquire relevância, porque na mesma rede não podem existir duas estações com o mesmo nome. Descrição da estação (a mesma registrada no entorno de rede). Nome do usuário autenticado no momento de capturar o inventário. Grupo de trabalho da rede Windows na qual pertence a estação. Domínio no qual pertence a estação. O servidor que actua como fornecedor de serviços de segurança. Normalmente não está configurado. Nome da estação de trabalho para um domínio IP. Geralmente é o mesmo nome da estação registrado em Windows. Número de Versão da livraria de sockets. Uma grande variedade de produtos apresentam como pré-requisito de instalação uma determinada versão desta livraria. Todos los derechos reservados Aranda Software [37]

38 Ver inventário por Sistema Operacional Alias Nome Tipo Kernel Suíte Nome com o qual é identificada a estação dentro da rede. Identificação do sistema operacional, quer dizer, a versão de Windows que está instalada. Classificação do sistema operacional: núcleo 9X / NT 4.0, etc. Para os Windows NT/2000 / XP, mostra o tipo de versão do sistema operacional. Por exemplo, Professional, Server, etc. Tipo de núcleo do sistema operacional. No caso de NT/ 2000 / XP informa se for uniprocessador ou multiprocessador. Mostra os componentes adicionais, tais como Terminal Server, Datacenter, Backoffice, etc. Só aplica para Windows NT/ 2000/ XP. Extra Para Windows NT/ 2000 / XP mostra o Service Pack que está instalado. Para Windows 9X / ME, mostra se a versão é A, B ou C. Versão Serial Registrado Sucursal Idioma Localidade Caminho Contém a versão completa do sistema operacional, incluindo o build. Serial de instalação do sistema operacional. Nome registrado na instalação do sistema operacional. Nome da empresa ou filial na qual se registrou a instalação. Identifica o idioma de instalação do sistema operacional: Espanhol, Inglês, etc. Localização geográfica selecionada ao momento da instalação. Por exemplo: México, United States, etc. Endereço completo até a pasta que contém os arquivos de instalação do sistema operacional. Ver inventário por Bios Alias Nome Versão Data Fabricante ROM total Nome com o qual é identificada a estação dentro da rede. Nome da BIOS da estação, normalmente tem o fabricante e o modelo da BIOS. Versão da BIOS. Data e hora do firmware da BIOS. Nome da empresa que fabricou a BIOS. Total da memória ROM incorporada na BIOS, em kilobytes. Na tabela da parte inferior se mostra a seguinte informação, segundo a estação que selecione: Tipo de slot Descrição do slot Nome do slot. Se o slot estiver em uso ou está disponível. Todos los derechos reservados Aranda Software [38]

39 Ver inventário por Memória Esta página mostra informação da Memória e do Socket. Esta última, faz referência aos sockets disponíveis na placa mãe. Alias RAM física RAM física disponível RAM máx. Mem. virtual Mem. Virtual disponível Num de sockets RAM Sockets RAM disk. Nome com o qual é identificada a estação dentro da rede. RAM total instalada na placa mãe no momento da geração do inventário. Quantidade de memória RAM não usada no momento da coleta do inventário. Quantidade máxima de RAM que pode ser instalada na placa mãe. Quantidade de memória virtual total configurada na estação, no momento da coleta do inventário. Quantidade de memória virtual não usada no momento da coleta do inventário. Número total de sockets construídos na placa mãe disponíveis para a memória RAM. Sockets de RAM construídos na placa mãe e que atualmente não estão sendo usados. Na tabela inferior do painel central se mostra a seguinte informação segundo a estação que selecione: Sockets totais Tamanho socket Tipo de socket Quantidade de Sockets disponíveis para inserir pentes de memória. Capacidade de cada um dos sockets disponíveis. Classificação do tipo de memória (DIMM, DDR, entre outros). Ver inventário por Processador Alias Descrição Nome Velocidade (MHz) Freqüência (MHz) Nome com o qual é identificada a estação dentro da rede. Nome comercial do processador. Por exemplo, um processador de nome X86 FAMILY 6 MODEL 7 STEPPING 3, se reporta aqui como um Pentium III. Nome técnico completo do processador. Refere-se a uma descrição interna do processador que inclui: família, modelo e stepping. Corresponde a velocidade (em MegaHertz) real na qual está correndo o processador no momento da captura do inventário. Freqüência (em MegaHertz) na qual deveria correr o processador. Se obtém diretamente deste. Mas, se não for possível ler a informação, se faz uma aproximação da velocidade. Todos los derechos reservados Aranda Software [39]

40 Fabricante Extra Socket Total proc. Nome da empresa fabricante do processador. Nome /código do processador assinado pelo fabricante e tecnologia de fabricação do mesmo. Tipo de slot no qual está instalado o processador. Número de processadores presentes na placa mãe. Ver inventário por Discos Esta aba está conformada por dois painéis que mostram informação dos discos físicos presentes em cada estação e das partições ou discos lógicos que a compõem. (Imagem Nº 1) Imagem Nº 1 Alias Serial Tipo de disco Tipo de bus Modelo Tamanho Nome com o qual é identificada a estação dentro da rede. Número serial do disco. Classe de disco (Fixo, Removível) Tipo de cabo que conecta a board com o disco rígido. Identifica o fabricante e modelo do disco. Tamanho ou capacidade total do disco. Todos los derechos reservados Aranda Software [40]

41 Tabela inferior Discos lógicos Alias Unidade Tipo Nome com o qual é identificada a estação dentro da rede. Letra que identifica a unidade (drive) na estação. Tipo de unidade. Pode ser removível (CD DVD, USB) ou fixa (discos rígidos). % Disponível Porcentagem de espaço do disco lógico disponível. Capacidade Usado Disponível Nome volumem Serial Sistema de Arquivos Descrição Campo 1 Campo 2 Tamanho total da unidade. Espaço usado no disco. é igual a diferencia entre a capacidade e o espaço disponível. Espaço disponível na unidade. Volumem da unidade. Quer dizer, o nome assinado a unidade na hora de formatar; geralmente se descreve seu conteúdo. Número de serial do volumem. Tipo de sistema de arquivos usado nessa unidade. Por exemplo, FAT, FAT32, NTFS, CDFS, etc. No caso dos CDs, o sistema de arquivos se registrará como CDFS sempre que um disco se encontre inserido na unidade de CD-ROM quando se captura do inventário; caso contrário o valor desta coluna será N/A. Marca ou modelo do disco. Tipo de entrada e/ou saída do disco (leitura, escritura, entre outros). Tipo de entrada e/ou saída do disco (leitura, escritura, entre outros). Ver inventário por Recursos compartilhados Alias Nome recurso Tipo recurso Descrição Caminho Nome com o qual é identificada a estação dentro da rede. Nome assinado ao recurso compartilhado e mediante o qual se identifica na rede local. Classificação do recurso (impressora, pasta, recurso do sistema operacional, de usuário, etc.). Quando se localiza sobre o recurso compartilhado tipo pasta, se abre uma tabela na parte inferior do painel que mostra as permissões assinadas para o acesso ao recurso. Breve descrição do recurso compartilhado. Endereço completo até o caminho original do recurso compartilhado. Ver inventário por Unidades mapeadas Alias Unidade Nome com o qual é identificada a estação dentro da rede. Letra assinada localmente ao recurso compartilhado, para identificá-lo de forma única. Todos los derechos reservados Aranda Software [41]

42 Recurso Servidor Nome do recurso compartilhado. No momento de compartilhar um recurso em uma estação, se deve assinar um nome que não necessariamente é o original da pasta. Este é o que se mostra na coluna. Nome da estação que está compartilhando o recurso. Ver inventário por Comandos início Alias Nome Comando Tipo Caminho Nome com o qual é identificada a estação dentro da rede. Nome do comando que se encontra no registro de Windows ou em Iniciar\programas\iniciar Contém o executável e seus parâmetros, segundo se executa em cada início de sessão das estações de trabalho da rede. Categorias ou tipos dos comandos: registro de Windows ou menu de Iniciar. Endereço completo onde se encontra localizado o comando. Ver inventário por Impressoras Alias Nome Descrição Porta Controlador Nome com o qual é identificada a estação dentro da rede. Nome da impressora (assim como figura na pasta Impressoras do menu Iniciar de Windows). No caso de uma impressora de rede, nome com o qual foi compartilhada. Breve descrição da impressora (se for registrada na configuração da impressora). Porta de comunicações na qual está conectada a impressora. Nome do controlador do periférico. Ver inventário por Hardware Mostra o inventário dos drivers ou controladores de dispositivos presentes no sistema operacional de cada estação. Esta aba se divide em três opções de seleção segundo requer classificar o inventário: 1. Estações de Trabalho (relaciona as estações com os dispositivos) 2. Hardware (relaciona os dispositivos com as estações) 3. Relatórios 1. Estações de Trabalho Na hora de selecionar esta opção, se listam no painel central todas as estações inventariadas. Clique sobre uma delas e na tabela do lado direito se listará imediatamente a informação dos dispositivos que tem instalados: Tipo Tipo de Imagem Tipo de dispositivo. Por exemplo: sistema, teclado, mouse, rede, monitor, etc. Ícone representativo de cada tipo de hardware. Todos los derechos reservados Aranda Software [42]

43 Descrição Fabricante Breve descrição do dispositivo de hardware. Nome da empresa fabricante do driver. 2. Hardware Na hora de selecionar esta opção, na tabela da parte direita, se listam as estações da rede têm instalado este dispositivo. No painel central se mostram os dados do hardware: Tipo Descrição Fabricante Tipo de dispositivo. Por exemplo: sistema, teclado, mouse, rede, monitor, etc. Breve descrição do dispositivo de hardware. Nome da empresa fabricante do driver. Filtrar por produto Se desejar ocultar permanentemente na tabela os itens não desejados, siga este procedimento: 1. Clique o botão direito sobre a tabela do painel central. 2. Selecione a opção Filtro por tipos de hardware. 3. Na janela que aparece, selecione os tipos de hardware que deseja ocultar (Imagem Nº2). 4. Pressione [Aceitar]. Imagem Nº 2 Observação: Esta configuração se salvará na console para que seja aplicada nas próximas sessões. Se em algum momento deseja volver a ver os produtos ocultos, repita o processo anterior e selecione [Todos] os produtos. Todos los derechos reservados Aranda Software [43]

44 3. Relatórios Para saber quais estações da sua rede contam com um ou vários dispositivos específicos, faça estes passos: 1) Na aba [Lista de Hardware] do painel central, selecione os dispositivos dos quais deseja obter informação. 2) Localize-se sobre a aba [Lista de estações de trabalho] e selecione as estações que deseja relacionar no relatório. 3) Pressione o botão [Gerar]. 4) Na tabela da parte direita aparece o relatório gerado com os seguintes dados: Alias Tipo Descrição Nome com o qual é identificada a estação dentro da rede. Lista de dispositivos que selecionou para a seleção do relatório na aba [Lista de Hardware]. Breve descrição do dispositivo de hardware. Ver inventário por Software Mostra o inventário das aplicações instaladas em cada estação de trabalho. Esta aba se divide em quatro opções de seleção segundo quer classificar a informação (Imagem Nº 3): Imagem Nº 3 1. Estações de trabalho Na hora de clicar sobre esta opção, se listam todas as estações de trabalho por nome e tipo de sistema operacional na tabela da parte direita Ver inventário de programas adicionados por estações de trabalho A. Clique duas vezes sobre a opção Estações de trabalho. B. Localize-se sobre Programas adicionados. C. Das estações de trabalho listadas no painel central, selecione a que requer para conhecer a informação de software. D. Na tabela do painel direito se mostra a seguinte informação: Todos los derechos reservados Aranda Software [44]

45 Nome Desinstalador Estado Nome do produto, assim como aparece no registro de Windows. Informa se o programa tem ou não um desinstalador associado. Informa se o programa de software está instalado ou foi desinstalado, depois da coleta do inventário Ver inventário de atualizações do sistema operacional por estações de trabalho A. Clique duas vezes sobre a opção Estações de trabalho. B. Localize-se sobre Atualizações do SO. C. Das estações de trabalho listadas no painel central, selecione a que requer para conhecer a informação de software. D. Na tabela do painel direito se mostra a seguinte informação: Fabricante Desinstalador Estado Nome do produto, assim como aparece no registro de Windows. Informa se o programa tem ou não um desinstalador associado. Informa se o programa de software está instalado ou foi desinstalado, depois da coleta do inventário Desinstalar programas adicionados ou atualizações do sistema operacional A. Clique duas vezes sobre a opção Estações de trabalho. B. Localize-se sobre Programas adicionados / Atualizações do SO. C. Das estações de trabalho listadas no painel central, selecione a que requer para desinstalar a aplicação que vai excluir. D. Localize a aplicação que deseja remover. E. Verifique que esta aplicação tem desinstalador (tabela do painel direito -> coluna do mesmo nome). F. Clique o botão direito sobre o registro. G. Do menu contextual, selecione Desinstalador. H. Se tiver certeza de remover o programa da estação selecionada, pressione [Yes] na janela de confirmação. Caso contrário, aborte o processo pressionando [No] Filtrar por produto Se desejar ocultar permanentemente na tabela os itens não desejados, faça este procedimento: A. Clique duas vezes sobre a opção Estações de trabalho. B. Localize-se sobre Programas adicionados / Atualizações do SO. C. Das estações de trabalho listadas no painel central, selecione a que requer para desinstalar a aplicação que vai excluir. D. Clique o botão direito sobre a tabela do painel direito. E. Selecione a opção Filtro por produto. F. Na janela que aparece, selecione o software que deseja ocultar (Imagem Nº 4). Todos los derechos reservados Aranda Software [45]

46 Imagem Nº 4 G. Pressione [Aceitar]. Observação: Esta configuração se salvará na console para que seja aplicada nas próximas sessões. Se em algum momento deseja volver a ver os produtos ocultos, repita o processo anterior e selecione [Todos] os produtos. 2. Produtos Nesta opção se lista todo o software inventariado, por nome, quantidade de estações nas quais está instalado e porcentagem de instalação sobre o total de estações inventariadas Ver inventário de programas adicionados por produto A. Clique duas vezes sobre a opção Produtos. B. Localize-se sobre Programas adicionados. C. Na tabela do painel central se mostra a seguinte informação: Nome Desinstalador Estado Nome do produto, assim como aparece no registro de Windows. Informa se o programa tem ou não um desinstalador associado. Informa se o programa de software está instalado ou foi desinstalado, depois da coleta do inventário. D. Cada vez que clicar sobre qualquer um dos registros desta tabela, no painel direito aparecem listadas as estações de trabalho que têm instalado o software. No caso que não pertença mais a nenhuma das estações inventariadas, pode apagar o software da base de dados. Se desejar fazer esta tarefa, pressione [Apagar Software]. Todos los derechos reservados Aranda Software [46]

47 2.2. Ver inventário de atualizações do sistema operacional por produto A. Clique duas vezes sobre a opção Produtos. B. Localize-se sobre Atualizações ao SO. C. Na tabela do painel central se mostra a seguinte informação: Nome Desinstalador Estado Nome do produto, assim como aparece no registro de Windows. Informa se o programa tem ou não um desinstalador associado. Informa se o programa de software está instalado ou foi desinstalado, depois da coleta do inventário. D. Cada vez que clicar sobre qualquer um dos registros desta tabela, no painel direito aparecem listadas as estações de trabalho que têm instalado o software. No caso que não pertença mais a nenhuma das estações inventariadas, pode apagar o software da base de dados. Se desejar fazer esta tarefa, pressione [Apagar Software]. 3. Relatórios Para saber quais estações da sua rede contam com um ou vários programas de software específicos, faça estes passos: 1) Na aba [Lista de Software] do painel central, selecione os programas dos que deseja obter informação. 2) Localize-se sobre a aba [Lista de estações de trabalho] e selecione as estações que deseja relacionar no relatório. 3) Pressione o botão [Gerar]. 4) Na tabela da parte direita aparece o relatório gerado com os seguintes dados: Alias Nome Desinstalador Estado Nome com o qual é identificada a estação dentro da rede. Lista de dispositivos que selecionou para a seleção do relatório na aba [Lista de Hardware]. Informa se o programa tem ou não um desinstalador associado. Informa se o programa de software está instalado ou foi desinstalado, depois da coleta do inventário. 4. Relatórios de produtos Para obter um relatório filtrado pelos produtos dos que requer conhecer detalhes, faça os passos explicados a seguir: 1) Clique na opção Lista de produtos. Todos los derechos reservados Aranda Software [47]

48 2) Na janela que aparece selecione os programas de software de seu interesse. 3) Pressione [Aceitar]. 4) Na tabela do painel direito se listam os programas selecionados anteriormente com a quantidade de estações de trabalho que os têm instalados e a porcentagem de instalação sobre o total de estações inventariadas. 5) Na parte inferior de este painel se mostra graficamente a informação registrada nas colunas (Imagem Nº 5). Imagem Nº Procurar Sub-cadena Esta opção permite filtrar o produto de software que deseja consultar pelo nome do mesmo. Para isto, faça os passos explicados a seguir: 1. Pressione o botão [Procurar sub-cadena], localizado na parte superior do painel central. 2. Selecione uma das três opções de localização que aparecem (Aplicação: MS-Office; Navegador: MS-Internet Explorer; -e: MS-Outlook). Se o software do que deseja obter relatórios não aparece em nenhuma destas três opções, selecione a opção Customizar. 3. Ingresse o nome do programa de software que requer e pressione [Aceitar]. 4. Imediatamente, os resultados serão mostrados na tabela do painel central. Ver inventário por Software Total A aba Software Total é um complemento à de Software, pois não todas as aplicações instaladas em uma estação de trabalho, são inscritas no registro de Windows. Nesta opção se lista o inventário Todos los derechos reservados Aranda Software [48]

49 completo de todos os arquivos executáveis e CPLs armazenados nos discos rígidos das estações da rede. Imagem Nº 6 Para ter um inventário seletivo de software total, deve filtrar o consolidado por um ou mais critérios de informação desde a aba [Procurador]. Entre mais filtros selecione, mais seletiva será a informação a mostrar. (Imagem Nº 6): Filtro por estação Filtro por fabricante Filtro por tipo de software Filtro por produto Filtro por nome de software Filtro por pacote Depois selecione o tipo de relatório que deseja: Produto de software vs. Estações: Relatório de programas de software relacionados com cada uma das estações. Produto de software (+arquivos) vs. Estações: Relatório de programas de software com seus respectivos arquivos e extensões, relacionados com cada uma das estações. Depois de marcar os filtros que requer e o tipo de relatório que deseja, pressione [Gerar relatório]. Na tabela verá a seguinte informação: Alias Fabricante Tipo de Software Produto Nome de Software Pacote Nome com o qual é identificada a estação dentro da rede. Empresa que desenvolveu o programa de software. Descrição básica da função principal Nome da suíte a qual pertence o programa de software. Por exemplo, se for Microsoft Word, o produto é Microsoft Office. Nome da aplicação. Versão da Suíte a qual pertence o programa de software. Por exemplo, se for Microsoft Word, o pacote é Microsoft Office Outra forma de visualizar o inventário total de software é na aba [Árvore de software], onde, ao selecionar o tipo de relatório, se gera a informação explicada na tabela anterior. Todos los derechos reservados Aranda Software [49]

50 Ver inventário de serial de software Selecione a aba [Software Serial] e Imediatamente se listam na tabela todos os programas de software que se encontram em cada estação de trabalho, com seu respectivo serial. Alias Descrição Fabricante Identificador do produto Nome com o qual é identificada a estação dentro da rede. Nome da aplicação instalada. Empresa que desenvolveu o programa de software. Serial de instalação com o que licenciou a aplicação. Observação: Para que o AAM possa inventariar os seriais de instalação, as aplicações devem cumprir com o standard de Microsoft sobre armazenamento de seriais de instalação; caso contrário o serial não será detectado. Ver inventário de arquivos O inventário de arquivos que se visualizam na console de AAM está determinado pela extensão que estes tenham segundo seu formato. Por exemplo, um arquivo de Word será inventariado por sua extensão.doc, um arquivo de música, por sua extensão.mp3, etc. Para consultar os arquivos existentes nas estações de trabalho inventariadas, faça os passos explicados a seguir: 1. Das categorias de arquivos que se mostram no painel central, selecione o que requer para consultar os detalhes dos arquivos que deseja. Imagem Nº 7 Todos los derechos reservados Aranda Software [50]

51 Multimídia Gráficos Documentos Música Sistema Arquivos fonte Outros Arquivos de vídeo, desenhos, entre outros. Arquivos tipo imagem. Arquivos de usuário como os gerados em processadores de texto, planilhas eletrônicas, como Word, Excel, Bloc de Notas, etc. Arquivos de áudio. Arquivos do sistema. Como seu nome indica, são arquivos fonte de compiladores, especificamente para desenvolvedores. Arquivos adicionais que não tenham sido classificados nas categorias anteriores. Estas categorias podem se adicionar, editar ou excluir desde o módulo CRUNCHER. 2. Na hora de localizarse sobre qualquer deles, a informação que se mostra no painel direito está dividida em três segmentos: A B C Imagem Nº 8 A. Resumo geral da categoria de arquivos selecionados. B. Lista de extensões encontradas com o respectivo número de arquivos e o espaço que ocupam no disco rígido. C. Gráfico de extensões relacionado para a estação selecionada. Todos los derechos reservados Aranda Software [51]

52 3. Na hora de clicar duas vezes sobre qualquer das categorias pode escolher entre visualizar o inventário de arquivos por estação de trabalho ou por produto Por estação de trabalho Selecione uma das estações do painel central e na tabela do painel direito se listará a informação dos arquivos da categoria escolhida na estação selecionada Por produto No painel central se listam os nomes dos arquivos inventariados na categoria selecionada. Na tabela do painel direito se lista a informação de localização e extensão do arquivo. A tabela do painel direito mostrará a seguinte informação para os passos 3.1. e 3.2. Alias Unidade Extensão Nome Tamanho Data Arquivo Caminho Nome com o qual é identificada a estação dentro da rede. Onde está armazenado o arquivo. Por ex. D, C, F, E, etc. Extensão do arquivo inventariado. Por ex..doc,.jpg,.mp3. Nome do arquivo inventariado. Tamanho (em Kb) do arquivo. Data de criação do arquivo. Endereço onde se encontra o arquivo Apagar arquivo Para apagar um arquivo da(s) estação(ões) de trabalho inventariada(s), é preciso se localizar dentro das sub-categorias (estações de trabalho/produtos) da categoria a qual pertence o arquivo. Selecione o que deseja excluir e clique o botão direito. No menu, selecione a opção [Apagar arquivo]. Confirme a operação na janela de notificação pressionando [Yes]. Se desejar cancelar a exclusão, pressione [No]. Pressione a opção [Enviar Agora], no módulo SendTask para que a ação se execute. Se o processo de envio não for bem sucedido, verifique o estado do IP e o do Agente e volte repetir o processo. Todos los derechos reservados Aranda Software [52]

53 3.4. Trazer arquivo Se desejar transferir um arquivo até a console e armazená-lo no mesmo caminho assinado para os arquivos CLL (inventários) e configurado no Módulo CONSERVER, é preciso se localizar dentro das subcategorias (estações de trabalho/produtos) da categoria a qual pertence o arquivo. Selecione o arquivo que deseja salvar e clique o botão direito sobre este. No menu emergente, selecione a opção [Trazer arquivo]. Confirme a operação na janela de notificação pressionando [Yes]. Se desejar cancelar, pressione [No]. Pressione a opção [Enviar Agora], no módulo SendTask para que a ação se execute. Se o processo de envio não for bem sucedido, verifique o estado do IP e o do Agente e volte repetir o processo. Imagem Nº 9 Ver inventário de endereços IP Para ver os detalhes dos endereços IPs correspondentes a cada estação, é preciso se localizar sobre a aba [IP]. Aqui se apresenta a relação entre cada estação e seu endereço IP, endereço MAC, máscara e outros dados de configuração de rede. A informação mostrada na tabela corresponde a seguinte: Todos los derechos reservados Aranda Software [53]

54 Alias Endereço IP Endereço MAC Máscara de sub-rede Tipo adaptador Tipo IP Descrição adaptador Gateway por default DNS Primário DNS Secundário DHCP habilitado Servidor DHCP Concessão obtida A concessão expira WINS Habilitado Servidor WINS primário Nome com o qual é identificada a estação dentro da rede. Número de identificação do IP. Número de identificação MAC associada a placa de rede da estação. Máscara de sub-rede assinada ao endereço IP da estação. Classificação do adaptador de rede (ethernet, token ring, etc). Se for dinâmica ou estática. Breve descrição do adaptador de rede. Gateway de saída pré-determinada mediante o qual se conecta a estação. Endereço IP do servidor DNS primário. Endereço IP do servidor DNS Secundário. Indica se o IP da estação foi estabelecido mediante um servidor DHCP. Endereço IP do servidor DHCP. Data na qual foi assinado o endereço IP obtida pelo servidor DCHP. Data na qual expira o endereço IP assinado pelo servidor DCHP. Indica se o serviço WINS está habilitado. Endereço IP do servidor WINS primário. Servidor WINS secundário Endereço IP do servidor WINS secundário. Ver inventário de alarmes gerados por AAM Os alarmes são avisos de advertências gerados pelo Módulo CRUNCHER. Geram-se cada vez que existe uma diferencia entre a informação armazenada na base de dados e a última recebida nos inventários de uma estação em especial. A informação listada na tabela é a seguinte: Alias Estado Usuário Categoria Data Descrição Detalhes Nome com o qual é identificada a estação dentro da rede. Se o alarme foi enviada ou no. Identifica o usuário que abriu a sessão durante a qual se gerou o alarme. Faz referência do tipo de categoria no qual pertence o alarme. Por exemplo, software, hardware, IP, etc. Registra a data e a hora do momento no qual a mudança foi detectada. Componente de hardware pelo qual se gerou o alarme. Nome do executável e o caminho onde se instalou o produto. Todos los derechos reservados Aranda Software [54]

55 1. Criar ou editar comentários para os alarmes No painel inferior se mostram os comentários criados para cada um dos alarmes. Se desejar criar ou editar estes comentários: Localize-se sobre o alarme na tabela superior. Pressione o botão [Editar Comentários]. Ingresse o comentário na pequena janela que aparece. Quando finalizar, pressione [Aceitar]. 2. Marcar / desmarcar alarmes Marque ou desmarque os alarmes como importantes ou lidos assim: Localize-se sobre o alarme que deseja marcar/ desmarcar. Clique o botão direito. No menu selecione Marcas -> Marcar alarme / Desmarcar alarme / Marcar alarmes selecionados como lidos, segundo requer. 3. Apagar alarme Localize-se sobre o alarme que deseja excluir. Clique o botão direito. No menu selecione Apagar alarme Escolha segundo corresponda o alarme selecionado ou Opção No caso de ter escolhido Opção, selecione as propriedades pelas que os alarmes estão classificados: Todas: a totalidade dos alarmes gerados. Estação de trabalho: os alarmes da estação de trabalho que selecione. Tipo: os alarmes da categoria que selecione (IP, Hardware, etc.). Data: os alarmes que foram gerados dentro das datas que selecione. Pressione [Aceitar] Confirme se desejar apagar os alarmes selecionados. 4. Enviar alarme por Localize-se sobre o alarme que deseja enviar. Clique o botão direito. No menu selecione Enviando Escolha Enviar mensagem por . Na janela que aparece, ingresse os seguintes dados para realizar o envio do alarme de forma manual (Imagem Nº 10): Todos los derechos reservados Aranda Software [55]

56 Imagem Nº 10 Protocolo de Envio: SMTP / MAPI Servidor SMTP: Servidor de correio da empresa. Por exemplo, mail.arandasoft.com Endereço remitente: Ingresse o do usuário que envia a mensagem. Nome: Nome do usuário que envia a mensagem. Para: Ingresse o do destinatário. Assunto: Ingresse o motivo ou título da mensagem. Mensagem: Descrição do alarme (Data na qual foi gerado, estado anterior do sistema e estado atual). Envie a mensagem pressionando o botão Enviar . No espaço Estado aparece o progresso do envio do . Se tiver conexão, se conseguiu enviar com sucesso ou não. Se desejar conservar esta configuração na base de dados para futuros s, pressione Salvar Configuração. Ver informação do Set Up Na aba [Info do Setup] se mostra a informação armazenada de Desktop Management Interface (DMI) obtida de cada estação: Todos los derechos reservados Aranda Software [56]

57 Alias Marca estação de trabalho Modelo Serial Nome com o qual é identificada a estação dentro da rede. Fabricante registrado na BIOS da estação. Modelo de fabricação da placa mãe (mother board) Serial da placa mãe. Nº de ativo Número da plaqueta de inventário da placa mãe. Tipo Freqüência (Mhz) Tipo de estação (de mesa, laptop, etc.). Freqüência em Megahertz do bus de dados. Caché L1 Informação de caché de nível 1. Caché L2 Informação de caché de nível 2. Conectores de placa Pontos de conexão construídos na placa mãe, tais como teclado, mouse, IDE, USB, etc. Ver informação de Vídeo Na aba [Vídeo] se mostra a informação armazenada do adaptador de vídeo de cada estação na rede: Alias Adaptador Chipset DAC Memória Data da Bios do vídeo Desc. da Bios do vídeo Nome com o qual é identificada a estação dentro da rede. Nome do adaptador de vídeo instalado na estação. Set de chips próprio da placa de vídeo. Armazena o Digital Analog Converter incorporado na placa de vídeo. Quantidade de memória incorporada na placa de vídeo. Data da BIOS do vídeo. Descrição da BIOS do vídeo. Ver dados adicionais Nesta página se mostram aqueles dados adicionais que foram configurados no desenho da pesquisa e posteriormente respondida pelos usuários. A informação que se apresenta e a quantidade de colunas, dependem das etiquetas que se tenham configurado para os 64 campos que aparecem na aba dados adicionais no desenho da pesquisa. Ver informação de serviços Na aba [Serviços] se mostra a informação de cada um de estes no momento em que se coletou o inventário: Todos los derechos reservados Aranda Software [57]

58 Alias Nome Descrição Comando Tipo início Estado Nome com o qual é identificada a estação dentro da rede. Nome do serviço. Breve descrição da funcionalidade ou propósito de este serviço. Caminho onde se encontra o executável que faz que o serviço seja iniciado. Indica a classe de início do serviço uma vez seja carregado o sistema operacional (manual, automático, desabilitado). Identifica se o serviço se achava em estado correndo, detido ou em pausa no momento de tomar o inventário. Observação: Para iniciar ou deter um serviço, localize-se sobre este e clique o botão direito. Depois selecione a opção que requer Iniciar / Deter. Ver informação de monitores Na aba [Monitores] se mostra a informação de cada um de estes no momento em que se coletou o inventário: Alias Fabricante Nome Monitor Serial Data Revisão Nome com o qual é identificada a estação dentro da rede. Empresa fabricante do Monitor. Modelo do monitor. Número serial do monitor. Data aproximada de fabricação do monitor (depende do relatório da estrutura EDID) Versão da estrutura EDID do monitor - EDID = Extended display identification data. Ver informação de teclados Na aba [Teclados] se mostra a informação de cada um de estes no momento em que se coletou o inventário: Alias Tipo Nome com o qual é identificada a estação dentro da rede. Tipo de teclado. Pode tomar um dos seguintes valores: IBM PC/XT or compatible (83-key) Olivetti "ICO" (102-key) IBM PC/AT (84-key) or similar IBM enhanced (101- or 102-key) Nokia 1050 and similar Nokia 9140 and similar Japanese Todos los derechos reservados Aranda Software [58]

59 Linguagem País Distribuição de teclado Idioma no qual está configurado o uso do teclado. País para o qual está configurado o teclado. Distribuição do teclado para o qual está configurado. OBSERVAÇÃO: a combinação de Linguagem, País e Distribuição faz referência a configuração por default do idioma para os dispositivos de entrada. Por isto, a informação do teclado é só da sua configuração. Por exemplo: Espanhol (Colômbia) Latino América. Tomar inventário de PDAs Aranda ASSET MANAGEMENT permite tomar inventário dos PC de bolso ou agendas eletrônicas (PDAs), da seguinte forma: 1. Em uma das estações de trabalho da sua organização onde tem implementado o Aranda ASSET MANAGEMENT, instale o agente 8.0. (Ver Manual de Instalação AAM). 2. Conecte o dispositivo com o servidor e sincronize com este, para que o agente se execute no PC Pocket. 3. Uma vez executado, o agente envia a informação para a estação onde esteja conectado, para que seja enviada para o cruncher e processada para sua respectiva visualização na console ODBC de AAM. Visualizar inventário de PDAs No painel central da console ODBC se listam os registros dos PDAs inventariados, os quais se reconhecem porque seu alias é o número serial do dispositivo e na coluna Nome estação de trabalho se mostra como Pocket_PC. A consulta dos diferentes elementos do inventário (Sistema operacional, Memória, Discos, Hardware, Software, etc.) se mostra nas diferentes abas da mesma forma que a informação das estações de trabalho. Mas, se os dados de alguns elementos não aplicam, a informação não será mostrada. Por exemplo, na aba Teclado não se visualizará informação alguma, devido a que os dispositivos carecem deste elemento. Consultar detalhes de inventário em PDA Browser Se ingressa da mesma forma em que se ingressa ao PCBrowser, quer dizer, localizando-se sobre a aba [Sistema] do painel central e clicando duas vezes no registro do PDA. Mas, a diferencia do PCBrowser, este só permite consultar informação detalhada do inventário, mas não executar ação alguma. Todos los derechos reservados Aranda Software [59]

60 Imagem Nº 11 A informação que se mostra é a seguinte: Sistema: Alias, Nome, Data da carrega, Data de inventário, Domínio, Versão do agente. Hardware: Tipo, Descrição, Fabricante. Endereço IP: Endereço IP, MAC, Máscara de rede, Tipo de adaptador, Descrição do Adaptador, Tipo de IP. Memória: Ram física, virtual, Ram máxima, Número de Sockets de RAM, Sockets de Ram disponíveis. Software: Nome de software licenciado instalado. Complete Software: Informação completa sobre software licenciado ou não licenciado instalado no dispositivo. Sistema operacional: Nome, Tipo, Kernel, Suíte, Adicional, Versão, Serial, Registrado, Empresa, Caminho, Idioma, Localização. Processador(es): Nome, Descrição, Velocidade, Freqüência, Extra, Socket, Número de processadores, Serial. Todos los derechos reservados Aranda Software [60]

61 Tomar controle remoto Tomar controle remoto da estação inventariada Para tomar controle remoto desde a console AAM vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Controle Remoto -> Controle Remoto. Também pode ingressar desde a aba Sistema do painel central, localize-se no registro da estação a qual deseja tomar controle remoto. Clique o botão direito e no menu que aparece, selecione Controle remoto -> Controle remoto Imagem Nº 12 Imediatamente aparece uma janela onde pode escolher as opções mais adequadas de seu entorno tecnológico, necessárias para o controle remoto (Imagem Nº 12): 1. Selecione o tipo de controle remoto que precisa: Visual: Selecione esta opção para unicamente visualizar a tela da estação selecionada. Controle Remoto: Selecione esta opção para interatuar com a interface da estação e administrar como se estivesse autenticado nela: explorar seu conteúdo e acessar nos seus arquivos. 2. Selecione o tipo de conexão que requer ou se facilite: IP: o controle remoto se toma através do endereço IP. Host: o controle remoto se toma através do nome da estação de trabalho. 3. Selecione a versão do agente que tem instalado na máquina na qual vai tomar controle remoto. Lembre que na console de inventários do AAM se mostra a versão do agente de cada estação de trabalho. Versões Anteriores Versão 7.0 Versão 7.1 Todos los derechos reservados Aranda Software [61]

62 4. Se precisa se conectar a outra rede através de um encaminhador, habilite a opção e do menu, selecione o que requer. Se não existir nenhum registro, pressione [ ] e escolha Inserir encaminhador. (Ver manual de Uso Aranda SETTINGS). 5. Pressione [Aceitar]. Uma vez estabelecida a conexão, visualiza a tela da estação desde seu monitor, localizando-se na aba [Remote Controle]. (Imagem Nº 13). Imagem Nº 13 Aranda ASSET MANAGEMENT permite tomar controle remoto a mais de uma estação de trabalho simultaneamente. Para isto, realize o mesmo procedimento explicado anteriormente, desde a aba [Inventário]. Mudar o modo de controle remoto 1. Clique sobre o menu Opções. 2. Se estiver no modo visual, aparece a opção [Tomar controle remoto]. Se estiver no modo controle remoto, aparece a opção [Tomar controle visual]. Clique sobre a opção que visualize, ou desde a barra de ícones /. Bloquear teclado e Mouse 1. Clique sobre o menu Opções. 2. Selecione Bloquear / Desbloquear teclado e Mouse ou desde a barra de ícones /. 3. Imediatamente o teclado e Mouse da estação a qual está tomando controle, ficarão desabilitados enquanto dure a sessão de controle remoto. 4. Para re-habilitar estas funcionalidades, volte realizar o mesmo procedimento explicado nos passos 1 e 2. Todos los derechos reservados Aranda Software [62]

63 OBSERVAÇÃO: Esta função não está disponível para os sistemas operacionais v 9X, Windows 95, Windows 98, Windows Me. Executar a interface de segurança de Windows (Ctrl +Alt +Supr) Para executar esta ação em uma estação de trabalho que tenha como sistema operacional Windows Vista, é preciso criar primeiro as seguintes políticas na estação remota, para que a funcionalidade se realize corretamente: Habilitar o simulador de seqüência de atenção segura (SAS) 1. Vá até Iniciar -> Executar e escreva o seguinte comando: gpedit.msc 2. Imediatamente se abre a janela de configuração de diretiva de grupo de Windows. Ingresse a pasta Modelos administrativos -> Componentes de Windows > Opções de iniciar de sessão de Windows. 3. Clique duas vezes na política Habilitar ou desabilitar software de seqüência de atenção segura. 4. Localize-se sobre a aba [Configuração] na janela que se abre. 5. Ative a opção Habilitado e no menu, selecione a opção Serviços e aplicações de acessibilidade. 6. Pressione [OK] para salvar as mudanças realizadas. 7. Reinicie a estação remota. Habilitar o Controle de Contas de Usuário (UAC) Este controle se encontra habilitado por default. Mas, se a estação tem sido configurada, realize os seguintes passos: 1. Vá até Iniciar -> Painel de controle (Vista por categorias) -> Contas de Usuário -> Contas de Usuário. 2. Na janela que parece, localize-se na aba [Opções avançadas]. 3. Desative a opção Requerer que os usuários pressionem Ctrl+Alt+Del. 4. Pressione [Aceitar]. 5. Reinicie a estação remota. Depois de aplicadas estas políticas, pode realizar corretamente a funcionalidade de Ctrl+Alt+Del a uma estação de trabalho que seu sistema operacional seja Windows Vista. 1. Clique sobre o menu Opções. 2. Selecione Enviar Ctrl +Alt + Del ou desde a barra de ícones. 3. Imediatamente, se ativa a janela de segurança de Windows. Todos los derechos reservados Aranda Software [63]

64 Executar o menu Iniciar de Windows 1. Clique sobre o menu Opções. 2. Selecione Enviar Ctrl+Esc ou desde a barra de ícones. 3. Execute o menu iniciar de Windows da estação assistida. 4. Para fechar o menu Iniciar, repita novamente os passos 1 e 2. Ajustar níveis de cores 1. Clique sobre o menu Opções. 2. Selecione Níveis de cores ou desde a barra de ícones [Níveis de Cores]. De acordo com a velocidade do controle remoto e/ou qualidade da imagem, pode ajustar as cores. Ajuste a 8 cores Ajuste a 64 cores Ajuste a 256 cores Ajuste automático de cores Ajuste a todos as cores Observação: Lembre que a maior qualidade de imagem, menor é a velocidade da operação, e a menor qualidade de imagem, maior é a velocidade. Ativar modo tela completa 1. Clique sobre o menu Opções. 2. Selecione Tela completa para que a tela da estação remota se visualize em todo o monitor da estação desde a qual se faz a operação ou desde a barra de ícones. 3. Para desativar a tela completa, clique no botão [Exit] da janela pequena Full Screen, localizada na parte esquerda superior da tela. Atualizar a informação da tela Algumas vezes pelo grande tráfego de rede da empresa, as ações de controle da estação remota que se executam, não são visualizadas na console do AAM e a imagem fica congelada. É então quando esta funcionalidade cumpre um papel fundamental. 1. Clique sobre o menu Opções. 2. Selecione Atualizar tela ou desde a barra de ícones. Todos los derechos reservados Aranda Software [64]

65 Salvar sessão de controle remoto Se desejar que fique registrada a sessão de controle remoto, é possível salvar como um vídeo e armazenar com o formato *.avi. 1. Clique sobre o menu Opções. 2. Selecione Salvar Sessão. 3. Na janela pequena que se abre pressione File -> Record. 4. Clique mantido e selecione a área na qual se executarão as ações a salvar. 5. Imediatamente começa a salvar a sessão na área selecionada. Para deter o processo de salvar pressione File -> Stop; para pausar, pressione File -> Pause. 6. Assine um nome para o arquivo e o caminho no qual deseja armazenar e pressione [Salvar]. Reiniciar e re-conectar Quando a sessão se encontra lenta ou apresenta erros por diversos motivos, é preciso que reinicie a toma de controle remoto a essa estação, seguindo os passos explicados a seguir: 1. Clique sobre o menu Opções. 2. Selecione Reiniciar e re-conectar ou desde a barra de ícones. Terminar a sessão de controle remoto 1. Clique sobre o menu Opções. 2. Selecione Terminar controle remoto ou desde a barra de ícones. Cronometrar a sessão Na barra de ícones se mostra a data e o tempo transcorrido da sessão de controle remoto. Cada vez que pause a sessão, o cronômetro também se deterá (Imagem Nº 14) Imagem Nº 14 Pausar a sessão 1. Desde a barra de ícones pressione o botão 2. Para continuar com a sessão, pressione Todos los derechos reservados Aranda Software [65]

66 Tomar controle remoto de uma estação não inventariada Para tomar controle remoto desde a console AAM vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Controle Remoto -> Controle Remoto de uma estação não inventariada. Também pode ingressar desde a aba Sistema do painel central, localize-se no registro da estação a qual deseja tomar controle remoto. Clique o botão direito e no menu que aparece, selecione Controle remoto -> Controle Remoto a estação não inventariada Imagem Nº 15 Imediatamente aparece uma janela onde pode escolher as opções mais adequadas de seu entorno tecnológico, necessárias para o controle remoto (Imagem Nº 15): 1. Ingresse o endereço IP da estação na qual deseja tomar controle remoto. 2. Selecione o tipo de controle remoto que precisa: Visual: Selecione esta opção para unicamente visualizar a tela da estação selecionada. Controle Remoto: Selecione esta opção para interatuar com a interface da estação e administrar como se estivesse autenticado nela: explorar seu conteúdo e acessar nos seus arquivos. 3. Selecione a versão do agente que tem instalada a máquina na qual vai tomar controle remoto (porque deve conhecer com anterioridade). Versões Anteriores Versão 7.0 Versão Se precisar se conectar em outra rede através de um encaminhador, habilite a opção e do menu, selecione o que requer. Se não existir nenhum registro, pressione [ ] e escolha Inserir encaminhador. (Ver manual de Uso Aranda SETTINGS) 5. Pressione [Aceitar]. Uma vez estabelecida a conexão, as funcionalidades habilitadas são as mesmas para o controle remoto de uma estação remota inventariada, explicadas anteriormente. Todos los derechos reservados Aranda Software [66]

67 Administrar remotamente uma estação Atualizar o inventário de uma estação Para atualizar a data de inventário, realize os seguintes passos: 1. Localize-se na aba [Sistema] da Console do Aranda ASSET MANAGEMENT; na tabela principal, na coluna Data Inventário se ressaltam com cor vermelho os inventários vencidos e com verde os atualizados. 2. Selecione a estação na que sua data de inventário deseja atualizar; clique o botão direito e escolha a opção Administração Remota -> Obter Inventário, do menu. Dependendo do que precisar, clique em alguma das três opções que aparecem: Sem Barredura de Arquivos Com Barredura de Arquivos Inventário Inicial Toma a informação de mudanças de hardware. Toma a informação das extensões selecionadas previamente a auditar. Por exemplo, MP3, JPEG, exe, avi, entre outros. Toma a informação dos dois itens anteriores (hardware e extensões). Por exemplo, neste caso se selecionou a estação ALFA e se solicitou um Inventário com barredura de Arquivos (Imagem Nº 16). Imagem Nº Na janela do SendTask, selecione o tipo de conexão IP/Host pelo que deseja enviar a pesquisa. Se for pelo endereço IP e a estação contar com IPs dinâmicos, selecione qual deseja registrar por default. Todos los derechos reservados Aranda Software [67]

68 Imagem Nº Pressione [Enviar Agora]. 5. Para verificar se o envio foi bem sucedido ou não, se mostram os estados do IP e do Agente 6. Pressione [Fechar]. 7. Se o processo não foi bem sucedido, revise o estado do Agente ou do IP, segundo corresponda e volte a tentar o envio. 8. Os serviços do Aranda ASSET MANAGEMENT coletam a informação dependendo do inventário solicitado. Imagem Nº 18 Assim se mostra o processo na estação na qual se está tomando inventário. Neste caso, a tela da estação ALFA mostra a notificação de coleta de inventário (Imagem Nº 18). Todos los derechos reservados Aranda Software [68]

69 Mas, se na configuração do agente se estabeleceu como invisível a coleta do inventário, a janela de notificação, não será visualizada. Nesse caso, revise que no Administrador de tarefas de Windows, na aba [Processos] se encontre em processo o Collecto.exe. 9. Finalmente, verifique na console de administração do Aranda ASSET MANAGEMENT se a data de inventário se atualizou, pulsando o botão [Atualizar] para atualizar a informação da console. De ser assim, a cor da coluna [Data Inventário] na estação selecionada, deverá estar em verde. Enviar pesquisa em uma estação 1. Desde a console AAM vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Administração Remota -> Obter pesquisa. Também pode ingressar desde a aba Sistema do painel central, localize-se no registro da estação da qual deseja obter os dados da pesquisa. Clique o botão direito e no menu que aparece, selecione Administração remota -> Obter pesquisa. 2. Repita os passos Nº 2 até 7 explicados anteriormente na opção Atualizar o inventário de uma estação referentes ao módulo Send Task. Sincronizar a estação com o relógio do sistema operacional 1. Desde a console AAM vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Administração Remota -> Sincronizar relógio do sistema. 2. Repita os passos Nº 2 até 7 explicados anteriormente na opção Atualizar o inventário de uma estação referentes ao módulo Send Task. Executar um comando local na estação remota 1. Desde a console AAM vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Administração Remota -> Executar comando. Também pode ingressar desde a aba Sistema do painel central, localize-se no registro da estação na qual deseja executar o comando. Clique o botão direito e no menu que aparece, selecione Administração remota -> Executar comando. Carregar o módulo RemVision 1. Desde a console AAM vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Administração Remota -> Carregar RemVision. Também pode ingressar desde a aba Sistema do painel central, localize-se no registro da estação na qual deseja carregar o RemVision. Clique o botão direito e no menu que aparece, selecione Administração remota -> Carregar RemVision. 2. Repita os passos Nº 2 até 7 explicados anteriormente na opção Atualizar o inventário de uma estação referentes ao módulo Send Task. Todos los derechos reservados Aranda Software [69]

70 Enviar mensagem de texto 1. Desde a console AAM vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Administração Remota -> Enviar mensagem de texto. Também pode ingressar desde a aba Sistema do painel central, localize-se no registro da estação na qual deseja enviar a mensagem. Clique o botão direito e no menu que aparece, selecione Administração remota -> Enviar mensagem de texto. 2. Na janela que aparece, ingresse a mensagem (corto e breve) (Imagem Nº 19). 3. Se precisar se conectar em outra rede através de um encaminhador, habilite a opção e do menu, selecione o que requer. Se não existir nenhum registro, pressione [ ] e escolha Inserir encaminhador. (Ver manual de Uso Aranda SETTINGS) Imagem Nº Repita os passos Nº 2 até 7 explicados anteriormente na opção Atualizar o inventário de uma estação referentes ao módulo Send Task. 5. Se o envio for bem sucedido, na estação na qual enviou a mensagem de texto, aparecerá a janela de notificação com a mensagem. (Imagem Nº 20). Imagem Nº 20 Todos los derechos reservados Aranda Software [70]

71 Iniciar Chat com a estação remota 1. Desde a console AAM vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Administração Remota -> Iniciar conversação. Também pode ingressar desde a aba Sistema do painel central, localize-se no registro da estação com a qual deseja iniciar um chat. Clique o botão direito e no menu que aparece, selecione Administração remota -> Iniciar conversação. 2. Na janela que aparece, ingresse a mensagem (corto, breve) (Imagem Nº 21). 3. Se precisar se conectar em outra rede através de um encaminhador, habilite a opção e do menu, selecione a qual requer. Se não existir nenhum registro, pressione [ ] e escolha Inserir encaminhador. (Ver manual de Uso Aranda SETTINGS). Imagem Nº Repita os passos Nº 2 até 7 explicados anteriormente na opção Atualizar o inventário de uma estação referentes ao módulo Send Task. 5. Se o envio for bem sucedido, na estação com a qual mantém o Chat, abrirá a janela de conversação da seguinte forma: Imagem Nº 22 Todos los derechos reservados Aranda Software [71]

72 Apagar arquivos por extensão de uma estação remota 1. Desde a console AAM vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Administração Remota -> Apagar arquivos por extensão. Também pode ingressar desde a aba Sistema do painel central, localize-se no registro da estação na qual deseja apagar arquivos. Clique o botão direito e no menu que aparece, selecione Administração remota -> Apagar arquivos por extensão. 2. Na janela que aparece, ingresse a(s) extensão(ões) que deseja excluir da estação remota. Lembre que se apagarão todos os arquivos que contenham esta extensão. Se for registrar mais de uma extensão, separe por uma vírgula assim: *mp3,*avi,*wma 3. Se precisar se conectar em outra rede através de um encaminhador, habilite a opção e do menu, selecione o que requer. Se não existir nenhum registro, pressione [ ] e escolha Inserir encaminhador. (Ver manual de Uso Aranda SETTINGS). 4. Repita os passos Nº 2 até 7 explicados anteriormente na opção Atualizar o inventário de uma estação referentes ao módulo Send Task. Observação: Aranda ASSET MANAGEMENT procurará pelo(s) arquivo(s) e o(s) apagará, sempre que não esteja(m) em uso e o usuário autenticado na estação remota tenha as permissões precisas para acessar a este(s) arquivo(s). Apagar e trazer arquivos de uma estação remota Para apagar um arquivo, faça os passos explicados a seguir: 1. Localize-se sobre a aba [Arquivos] do painel central. Ingresse no grupo de arquivos do tipo que deseja excluir e localize-se sobre um arquivo. 2. Vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Administração Remota -> Arquivo -> Apagar arquivo. 3. Confirme a operação na janela de notificação pressionando [Yes]. Se desejar cancelar a exclusão, pressione [No]. Todos los derechos reservados Aranda Software [72]

73 4. Repita os passos Nº 2 até 7 explicados anteriormente na opção Atualizar o inventário de uma estação referentes ao módulo Send Task (Imagem Nº 23). Imagem Nº 23 Para trazer um arquivo, faça os passos explicados a seguir: 1. Localize-se sobre a aba [Arquivos] do painel central. Ingresse no grupo de arquivos do tipo que deseja excluir e localize-se sobre um arquivo. 2. Vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Administração Remota -> Arquivo -> trazer Arquivo. 3. Confirme a operação na janela de notificação pressionando [Yes]. Se desejar cancelar a exclusão, pressione [No]. 4. Repita os passos Nº 2 até 7 explicados anteriormente na opção Atualizar o inventário de uma estação, referentes ao módulo Send Task. Iniciar e deter os serviços de uma estação remota 1. Localize-se sobre a aba [Serviços] do painel central. 2. Selecione a estação e o respectivo serviço que deseja iniciar ou deter. 3. Vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Administração Remota -> Serviços -> Deter serviços / Iniciar serviços. 4. Confirme a operação na janela de notificação pressionando [Yes]. Se desejar cancelar a exclusão, pressione [No]. 5. Repita os passos Nº 2 até 7 explicados anteriormente na opção Atualizar o inventário de uma estação, referentes ao módulo Send Task. Todos los derechos reservados Aranda Software [73]

74 Remover impressora de uma estação remota 1. Localize-se sobre a aba [Impressoras] do painel central. 2. Selecione a estação e respectiva impressora que deseja excluir. 3. Vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Administração Remota -> Remover impressora. 4. Confirme a operação na janela de notificação pressionando [Yes]. Se desejar cancelar a exclusão, pressione [No]. 5. Repita os passos Nº 2 até 7 explicados anteriormente na opção Atualizar o inventário de uma estação, referentes ao módulo Send Task. Remover recurso compartilhado de uma estação remota 1. Localize-se sobre a aba [Recursos compartilhados] do painel central. 2. Selecione a estação e o respectivo recurso que deseja excluir. 3. Vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Administração Remota -> Remover recurso compartilhado. 4. Confirme a operação na janela de notificação pressionando [Yes]. Se desejar cancelar a exclusão, pressione [No]. 5. Repita os passos Nº 2 até 7 explicados anteriormente na opção Atualizar o inventário de uma estação, referentes ao módulo Send Task. Ligar uma estação de trabalho remota 1. Desde a console AAM vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Administração remota -> Wake on LAN. Também pode ingressar desde a aba Sistema do painel central, localize-se no registro da estação que deseja ligar. Clique o botão direito e no menu que aparece selecione Administração remota -> Wake on LAN. 2. Repita os passos Nº 2 até 7 explicados anteriormente na opção Atualizar o inventário de uma estação referentes ao módulo Send Task. Observação: Tenha em consideração que esta funcionalidade só está ativa quando se aciona desde uma estação ddentro da LAN, sempre que ambas suportem e tenham configurada a tecnologia Wake on LAN. Fechar sessão em Windows 1. Desde a console AAM vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Administração remota -> Fechar Sessão. Todos los derechos reservados Aranda Software [74]

75 Também pode ingressar desde a aba Sistema do painel central, localize-se no registro da estação na qual deseja fechar sessão. Clique o botão direito e no menu que aparece selecione Administração remota -> Fechar sessão. 2. Repita os passos Nº 2 até 7 explicados anteriormente na opção Atualizar o inventário de uma estação referentes ao módulo Send Task. Reiniciar estação de trabalho 1. Desde a console AAM vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Administração remota -> Reiniciar estação de trabalho. Também pode ingressar desde a aba Sistema do painel central, localize-se no registro da estação na qual deseja fechar sessão. Clique o botão direito e no menu que aparece selecione Administração remota -> Reiniciar estação de trabalho. 2. Repita os passos Nº 2 até 7 explicados anteriormente na opção Atualizar o inventário de uma estação referentes ao módulo Send Task. Desligar estação de trabalho 1. Desde a console AAM vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Administração remota -> Desligar estação de trabalho. Também pode ingressar desde a aba Sistema do painel central, localize-se no registro da estação que deseja desligar. Clique o botão direito e no menu que aparece selecione Administração remota -> Desligar estação de trabalho. 2. Repita os passos Nº 2 até 7 explicados anteriormente na opção Atualizar o inventário de uma estação referentes ao módulo Send Task. Atualizar a versão do Agente local Aranda 1. Desde a console AAM vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Administração remota -> Agente -> Atualizar Agente. Também pode ingressar desde a aba Sistema do painel central, localize-se no registro da(s) estação(ões), na qual deseja atualizar o agente. Clique o botão direito e no menu que aparece selecione Administração remota -> Agente -> Atualizar Agente. 2. Repita os passos Nº 2 até 7 explicados anteriormente na opção Atualizar o inventário de uma estação referentes ao módulo Send Task. 3. Assim que o Agente recebe esta instrução, se conecta ao servidor AFS que tem configurado, procura a versão do Agente local mais recente e descarrega. Configurar o Agente local 1. Desde a console AAM vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Administração remota -> Agente -> Obter configuração do Agente. Todos los derechos reservados Aranda Software [75]

76 Também pode ingressar desde a aba Sistema do painel central, localize-se no registro da(s) estação(ões), no qual deseja atualizar o agente. Clique o botão direito e no menu que aparece selecione Administração remota -> Agente -> Obter configuração do Agente. 2. Imediatamente tenta se conectar com a estação (Imagem Nº 24). Imagem Nº Na aba [Network] configure o endereço IP e a porta onde se encontra e se comunica o Repserver com o IP e a porta onde se encontra e se comunica com o CONSERVER. 4. Se tiver mais módulos das soluções Aranda, vá até aba [Suíte] para mudar o caminho onde se encontra o agente local e o perfil que tem este agente. 5. Se precisar mudar a porta de conexão remota, vá até aba [Remote], edite o número da porta e selecione se quer ou não que seja visualizado o ícone do RemServer na área de notificação da estação de trabalho no qual está configurando o agente. 6. Se desejar configurar o módulo Communicator, localize-se sobre a aba [Comunicator], edite o número da porta de conexão, a URL onde se encontra (o servidor AFS) e selecione se quer ou não que seja visualizado o ícone do Comunicator na área de notificação da estação de trabalho na qual está configurando o agente. 7. Se desejar mudar a configuração do inventário a coletar, localize-se sobre a aba [Inventory], ingresse a cada quantos dias e a hora na qual deseja que se levante o inventário, escolha quais extensões deseja que sejam reportadas e selecione se quer ou não que seja visualizada a coleta do inventário na estação de trabalho no qual está configurando o agente. 8. Pressione o botão [Seguinte]. 9. Se desejar adicionar/ excluir estações da configuração anterior, pressione [Adicionar /Excluir estações]. Selecione de acordo com a categoria na qual pertença na árvore de agrupações, pressione o botão [<<<], e depois o botão [Aceitar]. 10. Pressione o botão [Seguinte]. Depois aparece um resumo da configuração realizada (Imagem Nº 25). Todos los derechos reservados Aranda Software [76]

77 Imagem Nº Pressione o botão [Terminar]. Depois aparece o processo de atualização do perfil do Agente e a visualização de forma mais explícita do resumo (Imagem Nº 26). Imagem Nº Para sair da configuração do Agente, pressione o botão [Fechar]. Todos los derechos reservados Aranda Software [77]

78 Executar opções de administração remota on-line Obter lista de processos 1. Desde a console AAM vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Administração remota -> Obter lista de processos. Também pode ingressar desde a aba Sistema do painel central, localize-se no registro da(s) estação(ões), dos processos que deseja obter. Clique o botão direito e no menu que aparece, selecione Administração remota -> Obter lista de processos. 2. Imediatamente se carrega uma nova aba do painel central da console, onde deve clicar em [Atualizar] para que mostre a lista dos processos que nesse momento esteja executando a estação. Identificador Nome Caminho Número identificador do processo. Nome do processo. Onde se encontra armazenado o processo. 3. Se desejar deter um processo, localize-se sobre o registro respectivo e pressione [Terminar processo]. Pressione novamente [Atualizar] para atualizar a informação. 4. Para sair da aba, pressione [Fechar]. Obter lista de conexões 1. Desde a console AAM vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Administração remota -> Obter lista de conexões. Também pode ingressar desde a aba Sistema do painel central, localize-se no registro da(s) estação(ões), das conexões que deseja consultar. Clique o botão direito e no menu que aparece, selecione Administração remota -> Obter lista de conexões. 2. Imediatamente se carrega uma nova aba do painel central da console, onde deve clicar em [Atualizar] para que mostre a lista das conexões que nesse momento esteja executando a estação. Tipo Host local Tipo de conexão (TCP/ UDP, entre outras.) Nome e domínio da estação que estabelece a conexão (dependendo do sistema operacional: as estações com Windows 9X não reportam o domínio, só o nome). Todos los derechos reservados Aranda Software [78]

79 IP local Endereço IP da estação. Porta local Nome da Porta local Host remoto Ip remota Porta remoto Nome da porta remota Estado Número da porta pela qual está conectada a estação. Nome da porta pela qual está conectada a estação. Nome e domínio do servidor ou estação na qual está conectada a estação (dependendo do sistema operacional: as estações com Windows 9X não reportam o domínio, só o nome). Endereço IP onde se conectou a estação. Número da porta pela qual está conectada a estação remota. Nome da porta pelo qual está conectada a estação remota. Estado da conexão. Pode tomar um dos seguintes valores: Closed, listen, synsent, synreceived, established, finwait1, finwait2, closewait, lastack, closing, timewait, deletetcb. Tenha em consideração que esta informação é só de uso informativo. Nesta funcionalidade não se executa nenhuma ação. 3. Para sair da aba, pressione [Fechar]. Administrar serviços da estação remota 1. Desde a console AAM vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Administração remota -> Obter lista de serviços. Também pode ingressar desde a aba Sistema do painel central, localize-se no registro da(s) estação(ões), dos serviços que deseja administrar. Clique o botão direito e no menu que aparece, selecione Administração remota -> Obter lista de serviços. 2. Imediatamente se carrega uma nova aba do painel central da console, onde deve clicar em [Atualizar] para que se mostre a lista dos serviços disponíveis na estação. Nome para mostrar Nome do serviço Estado Nome da conta Tipo de início Caminho Nome que se mostra para o usuário. Nome do serviço registrado no sistema. Mostra se o serviço está iniciado, detido ou pausado. Indica o nome da conta de início de sessão com a qual se executa o serviço pelo geral é LocalSystem Configuração determinada para o modo de início do serviço (automático, manual, desabilitado). Caminho de acesso ao executável para o serviço. Todos los derechos reservados Aranda Software [79]

80 3. Se desejar iniciar um serviço, localize-se sobre o registro e pressione [Iniciar Serviço]. Para atualizar a informação, pressione [Atualizar]. 4. Se desejar deter um serviço, localize-se sobre o registro e pressione [Deter Serviço]. Para atualizar a informação, pressione [Atualizar]. 5. Se desejar pausar um serviço, localize-se sobre o registro e pressione [Pausar Serviço]. Para atualizar a informação, pressione [Atualizar]. 6. Para sair da aba, pressione [Fechar]. Editar o registro de Windows da estação remota 1. Desde a console AAM vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Administração remota -> Obter registro de Windows. Também pode ingressar desde a aba Sistema do painel central, localize-se no registro da(s) estação(ões), dos registros que deseja consultar. Clique o botão direito e no menu que aparece, selecione Administração remota -> Obter registro de Windows. 2. Imediatamente se carrega uma nova aba do painel central da console, onde deve clicar em [Atualizar] para que se mostre a lista dos registros disponíveis na estação. 3. O explorador que se mostra é similar com o do Registro de Windows e as funcionalidades são as mesmas, a exceção das seguintes três ações: Procurar, Exportar e Mudar permissões. 4. Para sair da aba, pressione [Fechar]. Obter lista de sessões iniciadas em estações de trabalho virtuais Esta funcionalidade aplica para Servidores que iniciem sessões em Terminal Servers. 1. Desde a console AAM vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Administração remota -> Obter lista de sessões. Também pode ingressar desde a aba Sistema do painel central, localize-se no registro da(s) estação(ões), das sessões que deseja consultar. Clique o botão direito e no menu que aparece, selecione Administração remota -> Obter lista de sessões. 2. Imediatamente se carrega uma nova aba do painel central da console, onde deve clicar em [Atualizar] para que se mostre a lista das sessões iniciadas no servidor, mostrando o nome de usuário que iniciou a sessão no Terminal Server. 3. Se desejar finalizar uma sessão determinada, localize-se sobre o registro e pressione [Fechar sessão]. Todos los derechos reservados Aranda Software [80]

81 4. Para sair da aba, pressione [Fechar]. OBSERVAÇÃO: o número de sessão sempre vai ser igual que um, só se for que o sistema operacional seja Terminal Server; neste caso existirá uma entrada por cada sessão iniciada no Server. Obter lista de arquivos da estação remota 1. Desde a console AAM vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Administração remota -> Obter lista de arquivos. Também pode ingressar desde a aba Sistema do painel central, localize-se no registro da(s) estação(ões), dos arquivos que deseja consultar. Clique o botão direito e no menu que aparece, selecione Administração remota -> Obter lista de arquivos. 2. Imediatamente se carrega uma nova aba do painel central da console, onde deve clicar em [Atualizar] para que se mostre o explorador, similar ao de Windows. Tenha em consideração que só pode ver a lista dos arquivos existentes, mas estes não serão abertos, editados, renomeados, apagados nem copiados. Só é permitida a visualização da estrutura de arquivos para consultar. 3. Para sair da aba, pressione [Fechar]. Gerar Certificados Um Certificado é um documento no qual se registra por escrito como está configurada cada estação e que hardware básico a compõe. O formato é um modelo RTF desenhado como um certificado de entrega que registra as colunas básicas das páginas Sistema, Discos e Software da Console ODBC, onde se encontra a informação primordial de cada estação GLOSARIO. Gerar certificados de inventário inicial de hardware e/ou software 1. Desde a console AAM vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Certificado. Também pode ingressar desde a aba Sistema do painel central, localize-se no registro da(s) estação(ões), sobre as quais vai gerar o certificado. Clique o botão direito e no menu que aparece selecione Certificado. 2. Na janela de geração de certificados, selecione a opção Entrega, na parte inferior esquerda (Imagem Nº 27). Todos los derechos reservados Aranda Software [81]

82 (Imagem Nº 27). 3. Localize-se sobre a aba [Hardware] e da lista que aparece, selecione os dispositivos que deseja sejam reportados. Se requerer que todos sejam reportados, pressione o botão [Selecionar todos]. Se desejar que nenhum seja reportado, pressione [Desmarcar todos]. 4. Localize-se sobre a aba [Software] e da lista que aparece, selecione os registros de software que deseja sejam reportados. Se requerer que todos sejam reportados, pressione o botão [Selecionar todos]. Se desejar que nenhum seja reportado, pressione [Desmarcar todos]. Se desejar que se inclua só o software autorizado, habilite a opção Selecionar só o software autorizado. 5. Se quiser ver as variáveis que compreenderá o certificado, clique em [Árvore de certificado] e posteriormente, feche a janela. 6. Pressione o botão [Gerar]. 7. Imediatamente no formato compatível com.rtf (Microsoft Word, entre outros) se gerará o certificado do inventário que configurou (Imagem Nº 28). Imagem Nº 28 Todos los derechos reservados Aranda Software [82]

83 Gerar certificados de mudanças no inventário de hardware e/ou software 1. Desde a console AAM vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Certificado. Também pode ingressar desde a aba Sistema do painel central, localize-se no registro da(s) estação(ões), sobre as quais vai gerar o certificado. Clique o botão direito e no menu que aparece selecione Certificado. 2. Na janela de geração de certificados, selecione a opção Mudanças, na parte inferior esquerda. 3. Repita os passos 3 até 7 do processo de Geração de certificados por inventário inicial de hardware e/ou software. Editar certificados Para configurar o modelo dos certificados, faça os passos explicados a seguir: 1. Desde a console AAM vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Certificado. Também pode ingressar desde a aba Sistema do painel central, localize-se no registro da(s) estação(ões), sobre as quais vai gerar ou editar o certificado. Clique o botão direito e no menu que aparece selecione Certificado. 2. Selecione o tipo de certificado que deseja editar (Entrega / Mudança). 3. Clique no botão [Editar modelo]. 4. No documento compatível com o formato.rtf (Word) aparecerá o modelo do tipo de certificado que selecionou. Mude os dados que requer e pressione [Salvar]. (Imagem Nº 29) Imagem Nº 29 Todos los derechos reservados Aranda Software [83]

84 Excluir estações da base de dados AAM 1. Desde a console AAM vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Excluir estação de trabalho. Também pode ingressar desde a aba Sistema do painel central, localize-se no registro da(s) estação(ões), que vai excluir. Clique o botão direito e no menu que aparece selecione Excluir estação de trabalho. 2. Confirme a exclusão da(s) estação(ões) e toda a informação associada com esta(s) da base de dados AAM na janela de notificação, pressionando [Yes]. Se desejar cancelar a exclusão, pressione [No]. Consultar detalhes de uma estação de trabalho Selecione uma estação de trabalho no registro do painel central e depois, localize-se no painel esquerdo, no menu Detalhe estação. Neste menu se visualiza e edita a seguinte informação: Imagem Nº 30 Descrição da estação Esta informação está localizada na parte superior do menu Detalhe estação. Para ingressar ou editar a descrição da estação, clique no botão [Editar], localizado na parte inferior esquerda deste menu, e ingresse uma breve descrição no quadro. Todos los derechos reservados Aranda Software [84]

85 Consultar estados Nesta opção se mostra o estado da estação selecionada, do agente e do módulo Remserver da mesma. Estação de trabalho Estado da estação Estado Agente Estado CR Nome da estação de trabalho Se estiver ligada (verde) ou desligada (vermelho). Estado atual do Agente na estação de trabalho. Estado atual do módulo Remserver na estação de trabalho. Atualizar estados Pressione o botão [Atualizar estados] e imediatamente, a informação dos estados se renovará. Ligar uma estação remota Pressione [Wake on LAN] e a estação que selecionou se ligará. Deve ter em conta que esta característica funciona unicamente com estações que suportam tecnologia Wake on LAN (esta tecnologia consegue que uma estação de trabalho desligada possa ser ligada desde outra estação da LAN). Observação: Para fazer uso desta função deve ter uma placa de rede com um chipset que suporte esta característica e conectar o cabo que vai da placa de rede até o conector WOL na placa mãe. Tenha em consideração que se precisam no mínimo 600mA de força ATX em espera para que a placa de rede suporte esta função. Ver Detalhe de inventário Esta opção fornece três campos de informação configuráveis desde o módulo Aranda SETTINGS. Estação Física Nível Data Mostra o estado funcional de cada estação; se desempenhar normalmente, se estiver em inventário, manutenção, etc. Permite classificar as estações de trabalho em níveis de hierarquia para dar permissões desde o módulo Aranda PROFILE. O nível no qual se encontram associadas com as estações de trabalho de forma pré-determinada, é Standard. Mostra duas datas importantes na coleta de inventários da estação selecionada: a primeira, na qual o Agente local gerou o inventário; a segunda, na qual o inventário foi processado pelo módulo CRUNCHER. Todos los derechos reservados Aranda Software [85]

86 Editar detalhes do inventário Para editar a informação explicada na tabela anteriormente explicada faça os passos explicados a seguir: 1. Pressione o botão [Editar], localizado na parte inferior do menu Detalhe estação. 2. Abra o menu de seleção múltiple (frente a Estado Físico / Nível) e selecione o item que corresponda. 3. No caso que a opção que necessita, não estiver dentro dos itens da lista, pressione o botão [ ] e selecione Inserir. 4. Imediatamente se abre o módulo Aranda SETTINGS, na opção de configuração dos campos lookups -> Estados da estação / Nível. Imagem Nº Pressione [Inserir /Editar] segundo corresponda e ingresse o nome do registro. Para o caso dos Estados da estação, selecione a cor do registro e da fonte. Para mais informações sobre a configuração dos campos Lookups, vá até guia de uso do módulo Aranda SETTINGS. 6. Pressione [Aplicar] e posteriormente [Fechar]. Ver Detalhe do usuário Esta opção mostra de que usuário (e seus respectivos dados) é a estação de trabalho selecionada. A informação mostrada do usuário é a qual previamente se configurou no módulo Aranda PROFILE: Nome, , telefones, ramal, entre outros. Todos los derechos reservados Aranda Software [86]

87 Associar usuário com estação de trabalho Para mudar o usuário da estação ou associar um, abra o menu de seleção múltiple e escolha o usuário. Também pode fazer pressionando o botão [ ] e escolhendo Selecionar usuário. No caso que o usuário não se encontrar na lista dentro deste menu, pressione o botão [ ] e selecione Inserir usuário. Os passos para ingressar ou editar a informação de um usuário, são os mesmos que se realizam desde o módulo Aranda PROFILE na criação de usuários. Para seguir estes passos, vá até guia rápida de uso do módulo Aranda PROFILE. Desassociar usuário da estação de trabalho Pressione o botão [ ] e selecione Desassociar usuário. Observação: Cada vez que a uma estação se associa com um usuário, se adiciona ou se edita a informação deste, é preciso pressionar o botão [Atualizar], da barra de ferramentas superior, para que a mudança se reflita em outras consoles das soluções de Aranda Software, assim como Aranda SERVICE DESK, Aranda SOFTWARE METRIX, Aranda CMDB, etc. Ver Localização Esta opção mostra qual é a localização assinada a estação de trabalho (país, cidade, filial, departamento, prédio, andar, etc.). Editar dados de localização Imagem Nº 32 Para mudar a informação correspondente dos diferentes dados de localização, abra o menu de seleção múltiple e escolha o registro que requer. Se dentro deste menu não existir o dado que requerer, clique no botão [ ] e selecione Inserir. 1. Imediatamente se abre o módulo Aranda SETTINGS, na opção de configuração dos campos lookups -> Departamento / País, etc. (segundo o dado de localização que tenha selecionado). Todos los derechos reservados Aranda Software [87]

88 Imagem Nº Pressione [Inserir /Editar] segundo corresponda e ingresse o nome do registro. Para mais informações sobre a configuração dos campos Lookups, vá até guia de uso do módulo Aranda SETTINGS. 3. Pressione [Aplicar] e posteriormente [Fechar]. Desassociar dados de localização da estação de trabalho Pressione o botão [ ] e selecione Desassociar. Filtrar o inventário desde a Árvore de agrupações Desde o módulo de Aranda SETTINGS ou desde a console do AAM é possível associar estações a nós ou categorias para visualizar o inventário por grupos. Para isto é preciso ter criado os nós e seus respectivos galhos (se tiver), na configuração do Aranda ASSET MANAGEMENT (Ver Guia rápida de uso do módulo Aranda SETTINGS). Desde a barra de tarefas da console de AAM, abra o menu Ferramentas e selecione a opção Árvore de agrupações. Também pode ingressar desde a barra de ferramentas da console AAM, pressionando o botão Imediatamente se abre a janela TreeConfig do módulo Aranda SETTINGS, onde deve associar as estações de trabalho com os diferentes nós configurados e posteriormente, assinar permissões de acesso ao inventário das estações associadas com os nós. Todos los derechos reservados Aranda Software [88]

89 Associar estações de trabalho com uma categoria 1. Selecione a aba [Assinação de estações]. No painel esquerdo superior se listam todos os grupos criados. No painel esquerdo inferior se listam as estações de trabalho que não têm sido associadas a alguma categoria. No painel central se listam as estações de trabalho associadas a categoria selecionada. 2. No painel esquerdo superior localize-se sobre a categoria na qual vai assinar a(s) estação(ões) de trabalho. 3. No painel esquerdo inferior selecione a(s) estação(ões) de trabalho que vai(ão) a ser associada(s) com a categoria. No caso que sejam várias, selecione as que desejar com o mouse, mantendo a tecla [Ctrl.] pressionada. 4. Pulse o botão para adicionar a estação de trabalho. 5. No painel central são listadas as máquinas associadas com a categoria. 6. Se desejar desassociar uma ou várias das estações de trabalho associadas com a categoria, localize-se sobre a(s) estação(ões) requerida(s) no painel central e pressione o botão. Também pode associá-las desde a console Aranda ASSET MANAGEMENT seguindo estes passos: 1. Verifique que a Árvore de agrupações esteja desligada. 2. Localize-se sobre a aba vertical [Árvore de agrupações]. 3. Selecione a(s) estação(ões) de trabalho do painel central e arraste até a categoria na qual deseja associar. Se for associar mais de uma estação, selecione as que desejar com o mouse pressionando a tecla [Ctrl]. Imagem Nº 34 Todos los derechos reservados Aranda Software [89]

90 4. Verifique que a associação efetivamente se realizou. Para isto: 4.1. Localize-se sobre a aba vertical [Árvore de Agrupações], do painel esquerdo Clique sobre a categoria a qual assinou as estações de trabalho Localize-se sobre a aba vertical [Estações de trabalho], do painel esquerdo Verifique que aparecem as estações de trabalho que associou anteriormente. Configurar permissões para a árvore de agrupações Na console ODBC do Aranda ASSET MANAGEMENT é possível acessar a informação dos nós da árvore de agrupações, de acordo com as permissões configuradas pelo administrador para os diferentes grupos de trabalho. 1. Selecione a aba [Assinação de permissões]. No painel esquerdo superior se listam os nós que se poderão ver. No painel esquerdo inferior se listam os grupos de trabalho, e no painel central se listam os grupos de trabalho (criados e configurados desde o módulo Aranda PROFILE) associados com o nó selecionado. 2. No painel esquerdo superior localize-se sobre o nó no qual vai assinar as permissões. 3. No painel esquerdo inferior selecione o grupo de trabalho que vai ser associado com o nó. 4. Pulse o botão para adicionar o grupo de trabalho. 5. Pressione [Yes] na janela de notificação. 6. No painel central são mostrados os grupos de trabalho associados. 7. Se desejar desassociar um ou mais grupos de trabalho associados com o nó, localize-se sobre o grupo requerido no painel central e pulse o botão. 8. Pressione [Yes] na janela de notificação. 9. Pulse a opção [Sair] da barra de ferramentas lateral. Filtrar o inventário por categorias 1. Localize-se sobre o painel esquerdo e abra o menu Árvore de agrupações. 2. Ligue a árvore clicando sobre o botão. 3. Localize-se sobre o nó ou galho do qual deseja visualizar o inventário. Todos los derechos reservados Aranda Software [90]

91 4. As informações mostradas no painel central, serão unicamente das estações de trabalho que foram associadas com o nó ou categoria que selecionou. 5. Se desejar desligar a Árvore de agrupações, clique no botão. Observação: Se o grupo de trabalho no qual pertence o usuário não tiver permissões para ver uma categoria ou nó, não se poderá visualizar a informação das estações associadas com esta categoria/nó, incluso se a Árvore de agrupações se encontrar desligada. Realizar tarefas com as informações da console Salvar informação de formato HTML / Excel 1. Localize-se sobre a aba ou informação mostrada no painel central que deseja salvar. 2. Na barra de tarefas, vá até Arquivo -> Salvar como. Ou desde a barra de ferramentas, pressione o botão. 3. Selecione o formato no qual deseja salvar a informação: Planilha de MS Excel / Documento HTML. Imprimir informações 1. Localize-se sobre a aba ou informações mostrada no painel central que deseja salvar. 2. Na barra de tarefas, vá até Arquivo -> Imprimir. Ou desde a barra de ferramentas, pressione o botão. 3. Depois aparece uma vista prévia da impressão da informação. 4. Se desejar, configure a vista e para imprimir, pressione File -> Print. Atualizar as informações da console 1. Na barra de tarefas, vá até Arquivo -> Atualizar. Ou desde a barra de ferramentas, pressione o botão. Todos los derechos reservados Aranda Software [91]

92 Procurar uma estação de trabalho 1. Desde a barra de tarefas, vá até Procurar -> Filtrar, ou vá até Ferramentas -> Filtrar. 2. Onde diz Campo selecione uma variável pela que deseja procurar a estação. Por exemplo, Alias, Nome estação de trabalho, Grupo de trabalho, Domino, entre outros. 3. Onde diz Texto ingresse a informação correspondente a variável que selecionou. No seguinte exemplo se selecionou como campo, a variável Nome estação de trabalho, no texto se ingressou o nome da estação que se deseja procurar CONSTELACION. (Imagem Nº). 4. Para procurar, pressione [Filtrar]. Imagem Nº Se a informação estiver correta, no painel central se apresentará o(s) resultado(s) dos dados que coincidem com a pesquisa. Customizar a vista da console As opções que se customizem só estarão habilitadas para o usuário que as configure. Ver lista de estações para tarefas de administração remota Esta característica permite executar tarefas de administração e controle remoto desde qualquer aba do inventário do painel central. Ademais, se tiver implementada a solução Aranda SOFTWARE DELIVERY, integrada com Aranda ASSET MANAGEMENT, permite adicionar as estações de trabalho mostradas com os projetos de Aranda SOFTWARE DELIVERY. Executar tarefas de administração e controle remoto desde qualquer aba do inventário 1. Desde a barra de tarefas, vá até Ver -> Lista de estações. 2. Localize-se sobre a aba [Sistema] e selecione a(s) estação(ões) de trabalho que requer até o painel do lado direito. Todos los derechos reservados Aranda Software [92]

93 Imagem Nº Depois, localize-se na aba sobre a qual deseja consultar a informação. Para este exemplo, se selecionou a aba [Memória]. 4. Filtre a informação pelo dado que requer, arrastando o nome de uma das colunas no espaço azul que se encontra embaixo das abas. Para este exemplo, se selecionou a coluna RAM física. 5. Abra o filtro que requer e consulte a informação que necesite. Para este exemplo, se selecionou o filtro RAM física: Para evitar voltar na aba [Sistema], selecione a(s) estação(ões) na(s) qual(is) requer realizar tarefas de administração remota. Para este exemplo se selecionaram as estações COCUY, CONSTELAÇÃO e CORALES. 7. Vá até menu Administração e realize as tarefas de administração remota que requer as estações de trabalho selecionadas. Para este exemplo se enviou uma mensagem de texto as três estações selecionadas. Todos los derechos reservados Aranda Software [93]

94 Imagem Nº 37 Adicionar estações de trabalho em projetos Aranda SOFTWARE DELIVERY 1. Desde a barra de tarefas, vá até Ver -> Lista de estações. 2. Depois aparece um painel na parte direita da console (Imagem Nº 38). Imagem Nº 38 Todos los derechos reservados Aranda Software [94]

95 3. Abra os projetos de Delivery e selecione o que deseja associar com a(s) estação(ões) de trabalho. Imagem Nº 39 Ver detalhe estação de trabalho Para que o menu Detalhe estação seja mostrado ou ocultado, vá até Ver -> Detalhe estação de trabalho. No painel esquerdo será mostrado assim: Imagem Nº 40 Todos los derechos reservados Aranda Software [95]

96 Customizar colunas mostrar Se desejar escolher as colunas que se visualizarão de acordo com as informações de cada aba do painel central, vá até Ver -> Customizar colunas. Imediatamente, no painel esquerdo se mostrarão os nomes das colunas de acordo com a aba do inventário no qual se encontrar localizado. No seguinte exemplo se encontra selecionada a aba Info do setup. Na configuração de colunas se listam os nomes das colunas pertinentes: Imagem Nº 41 Para ocultar a customização das colunas, volte a pressionar Ver -> Customizar colunas. Ajustar células da tabela com o texto Para ajustar o tamanho das células com o conteúdo das informações apresentadas no painel central, vá até Ver -> Ajustar linha. Imediatamente o tamanho de todas as células se ajustará de forma que o texto contido nelas se veja completamente. Para desabilitar esta opção, volte a pressionar Ver -> Ajustar linha. Mostrar / ocultar cuadrícula Para mostrar / ocultar as linhas que dividem as células, vá até Ver -> Linhas. Imediatamente a configuração será aplicada. Mostrar / ocultar o filtro do painel central Vá até Ver -> Grupos (filtrados). Imediatamente a opção do filtro (que se encontra sobre o nome das colunas em azul ficará habilitada ou desabilitada segundo corresponda. (Imagem Nº42). Todos los derechos reservados Aranda Software [96]

97 Imagem Nº 42 Mostrar / ocultar menus da barra de ferramentas Se desejar que um ou mais menus da barra de tarefas sejam visíveis ou sejam ocultados, vá até Ver - > Barra de Ferramentas e selecione o que deseja mostrar ou ocultar. Configurar opções da console Mudar o idioma da console 1. Na barra de ferramentas, vá até Ferramentas -> Idioma. 2. Selecione o idioma que requer entre Espanhol, Inglês e Português. 3. Espere que carregue e pressione [OK] na janela de confirmação que aparece. Gerar gráficos 1. Localize-se sobre uma das abas do painel central. No seguinte exemplo (Imagem Nº), se selecionou a aba [Sistema]. Todos los derechos reservados Aranda Software [97]

98 2. Selecione o tipo de informação pelo que deseja gerar o gráfico e arraste até o filtro azul, localizado na parte superior das colunas. No seguinte exemplo se selecionou [Versão agente] 3. Na barra de ferramentas vá até Ferramentas -> Gráfico. 4. Imediatamente se gera o gráfico sobre a informação que filtrou (Imagem Nº 44) Imagem Nº O gráfico oferece a opção de mudar o tipo de imagem, (pizza, barra, linha, entre outros), mudar o tipo de valor apresentado (porcentagem, unidade, entre outros), imprimir, escolher a imagem em 3D ou plana, entre outras opções de configuração. Mudar a senha do usuário atual A mudança da senha se aplicará unicamente para o usuário que esteja utilizando a console e que se encontra autenticado. A nova senha será a senha para ingressar as próximas vezes na console ODBC do AAM. 1. Na barra de ferramentas vá até Ferramentas -> Senha. 2. No primeiro campo, escreva a nova senha. 3. No segundo campo, confirme a senha nova. 4. Pressione [Aceitar]. Configurar os campos Lookups Os campos lookups são aqueles campos configuráveis pelo usuário para adaptar a informação de seus perfis e os das estações de trabalho segundo as necessidades e requerimentos da sua empresa. Todos los derechos reservados Aranda Software [98]

99 Tenha em consideração que qualquer registro que inclua estes campos, será aplicado a todas as soluções de Aranda Software. A configuração se realiza desde a opção PARAMconfig do módulo Aranda SETTINGS, o qual se abre desde a barra de ferramentas na opção Ferramentas -> Configuração de campos lookups, ou desde a barra de ícones na seguinte imagem registros:. São 24 campos dos quais os usuários podem inserir Departamentos Número de departamento Nível País Cidade Filial Prédio Andar Filial Estados da estação Tipo de periférico Tipo de inventário fixo Cargos Tipo de registro Estados do usuário Tipo de identificação Marcas Tipo contrato Unidades de Medida Centro de custo Perfil Tipos de relação Estados de contratos Imagem Nº 45 Todos los derechos reservados Aranda Software [99]

100 1. Localize-se na aba do campo sobre a qual deseja inserir um ou mais registros. No exemplo da imagem anterior, a aba selecionada é país. 2. Pressione [Inserir]. 3. Ingresse o dado que deseja inserir no campo. No exemplo da imagem anterior o dado ingressado é España. 4. Pressione [Aplicar]. 5. Se desejar editar algum dado, localize-se sobre o dado e pressione [Editar] e depois [Aplicar]. 6. Para sair da janela, pressione [Fechar]. Associar estações com os campos lookups Mediante esta funcionalidade é possível classificar as estações de trabalho para cada registro dos campos configurados anteriormente pelo usuário. A associação se realiza desde a opção WSConfig, do módulo Aranda SETTINGS. Para isto, faça os passos explicados a seguir: 1. Desde a barra de ferramentas vá até Ferramentas -> Associar estações a lookups, ou desde a barra de ícones na seguinte imagem. 2. No menu da parte superior da janela do WSConfig, selecione o campo lookup que requer para listar os registros. Imagem Nº No painel esquerdo se listam os registros inseridos no campo lookup que selecionou. Escolha o que precisar para a associação das estações. Todos los derechos reservados Aranda Software [100]

101 4. No painel central se listam as estações de trabalho que ainda não têm sido assinadas com nenhum registro. Selecione a(s) que deseja associar e pressione o botão. No caso que seja mais de uma estação, selecione as que quiser com o mouse enquanto mantém pressionada a tecla [Ctrl]. Outra forma de associar as estações com os registros lookups é: selecionar desde o painel central as que deseja assinar e arrastar até o registro requerido. 5. Para desassociar uma ou mais estações de trabalho do registro lookup, selecione as que quiser e pressione o botão. 6. Se precisar fazer configurações nos campos lookups, assim como ingressar um novo registro ou excluir, pressione o botão [Configurar campos lookups], localizado na parte superior esquerda da janela do WSConfig. Imediatamente a janela da configuração de campos lookups se abre. 7. Uma vez terminado o processo de associação, pressione [Sair]. Configurar conexão TCP/IP Para configurar as portas pelas quais se realizam as tarefas de administração e controle remoto e ademais se enviam as mensagens, realize os seguintes passos, tendo em consideração a configuração realizada no acfile.ini em cada uma das estações: 1. Na barra de ferramentas vá até Ferramentas -> Configuração -> Configurar TCP/IP, ou desde a barra de ícones localize-se sobre a seguinte imagem opção Configurar TCP/IP. e no menu, escolha a 2. Na janela que aparece, no primeiro campo ingresse a porta pela qual a console envia as mensagens e as tarefas de administração remota. 3. No segundo campo ingresse a porta pela qual a console toma controle remoto. Imagem Nº 47 Observação: as mudanças que se realizem, serão efetivas a próxima vez que inicie a aplicação. Todos los derechos reservados Aranda Software [101]

102 Configurar a base de dados Para configurar as opções de conexão com a base de dados: 1. Vá até Ferramentas -> Configuração -> Configuração base de dados, ou desde a barra de ícones localize-se sobre a seguinte imagem base de dados. e no menu, escolha a opção Configuração 2. Imediatamente se abre a interface do DBConfig do módulo Aranda SETTINGS, onde poderá mudar as credenciais de conexão com a base de dados (usuário, senha, motor de base de dados, alias da conexão ODBC, servidor, idioma, entre outros.) 3. Para realizar todos os passos precisos nesta configuração, vá a Guia de uso do módulo Aranda SETTINGS. Configurar os IPs Algumas vezes as estações de trabalho contam com IPs dinâmicos, quer dizer, que uma sola estação pode chegar a ter vários endereços IP, o que faz que se apresentem dificuldades na hora de realizar tarefas de administração remota, devido a que o sistema não sabe por qual dos endereços IP se encontra trabalhando a estação. Para estabelecer um dos IP dinâmicos como pré-determinado: 1. Vá até Ferramentas -> Configuração -> Configuração de IPs da barra de ferramentas, ou desde a barra de ícones, clique na imagem de IPs. e no menu, escolha a opção Configuração 2. Imediatamente se abre a interface do IPConfig, do módulo Aranda SETTINGS, onde se mostra as estações de trabalho com seus respectivos IPs. 3. Para realizar todos os passos precisos nesta configuração, vá a Guia de uso do módulo Aranda SETTINGS. Configurar a atualização de inventários Para configurar o número de horas que deve passar para que a console verifique os inventários que têm chegado das diferentes estações (em um período compreendido entre 24 e 168 horas), faça os passos explicados a seguir: 1. Vá até Ferramentas -> Configuração -> Lapso de atualização da barra de ferramentas, ou desde a barra de ícones, clique na imagem atualização. e no menu, escolha a opção Lapso de Todos los derechos reservados Aranda Software [102]

103 2. Na janela que aparece, selecione o tempo que passará (em horas) para que a console do AAM revise se o inventário das estações de trabalho tem sido atualizado (Imagem Nº48). 3. Pressione [Aceitar]. Imagem Nº 48 Selecionar tipo de conexão para a transferência de pacotes 1. Vá até Ferramentas -> Configuração -> Tipo de conexão da barra de ferramentas, ou desde a barra de ícones, clique na imagem e no menu, escolha a opção Tipo de conexão. 2. Na janela que aparece, selecione se requer uma conexão por Endereço IP ou por Nome, tendo em consideração se a rede da infra-estrutura tecnológica da sua empresa está configurada para resolver por nome ou por endereço IP. 3. Pressione [Aceitar]. Imagem Nº 49 Obter estados dos módulos Capt_res e Remserver automaticamente Para conhecer o estado dos módulos Capt_res e Remserver de cada uma das estações de trabalho, realize os seguintes passos: 1. Vá até Ferramentas -> Obter estados automaticamente, desde a barra de ferramentas, ou desde a barra de ícones, clique na imagem. 2. Imediatamente o serviço de Monitor de Estados se inicia e se visualiza na barra de notificações: Todos los derechos reservados Aranda Software [103]

104 3. Clique duas vezes sobre o ícone e imediatamente se abre a janela onde se mostra o estado do agente, do módulo Remserver e do Capt_res de cada uma das estações visualizadas no painel central da console ODBC do AAM. Imagem Nº 50 O ícone, aparece quando o estado é iniciado ou ativo. O ícone aparece quando o estado é detido ou inativo. Salvar o relatório de formato Excel / HTML 1. Clique o botão direito sobre o ícone na barra de notificações e selecione Salvar como. 2. Dependendo do formato em que deseja salvar a informação, escolha HTML /Excel. Tirar o ícone da área de notificações 1. Clique o botão direito sobre o ícone da barra de notificações e selecione Sair. Também pode sair desde a console ODBC do AAM, pressionando novamente a imagem da barra de ícones ou selecionando a opção Ferramentas -> Obter estados automaticamente. Todos los derechos reservados Aranda Software [104]

105 Consultar o modulo PCBrowser O módulo PCBrowser, que faz parte do AAM Server. Permite visualizar em uma tela os dados mais importantes de uma estação de trabalho em particular e conhecer de uma forma gráfica e integrada a informação de discos, sistema operacional, placa de rede, memória, endereço IP, processador, nome da estação e outros dados, ademais de gerar informes específicos ou completos de cada estação. Adicionalmente, o módulo PCBrowser permite efetuar tarefas de administração remota de cada uma das estações, incluindo a Toma de Controle remoto e Envio de mensagens. Ingressar ao módulo PCBrowser 1. Localize-se na aba [Sistema] do painel central da console do Aranda ASSET MANAGEMENT. 2. Selecione a estação sobre a qual deseja conhecer os detalhes ou tomar controle remoto através do PC Browser e clique o botão direito. 3. No menu que aparece, escolha a opção PCBrowser. 4. Imediatamente se abre a janela de este módulo. Imagem Nº 51 O painel principal da console se encontra dividido em quatro abas diferentes: Geral, Dados adicionais, Detalhes e Comentários. Todos los derechos reservados Aranda Software [105]

106 Ver informação geral da estação de trabalho selecionada 2. Vá até aba [Geral] do painel central. 3. Aí poderá consultar a informação mais importante coletada no inventário do AAM sobre a estação de trabalho selecionada. Esta informação é apresentada em sete grupos: Computador: Alias, Modelo, Serial, Etiqueta, Nome, Tipo, Marca. Informação sobre a rede: Grupo de trabalho, Domínio, Endereço IP, MAC, Máscara, WinSock, Tipo de adaptador, Adaptador, Tipo de IP. Processador(es): Descrição, Quantidade (no caso que seja mais de um processador). Memória: Ram física, Sockets total, Sockets disp. Discos: Unidade, Tipo, Volumem, Capacidade, Porcentagem da capacidade disponível, Capacidade usada, Capacidade disponível. BIOS: Nome, Vendedor. Vídeo: Adaptador, Memória, Chipset. 4. Lembre que esta informação é só para consultar, não se pode modificar. Ver e editar informação adicional da estação de trabalho selecionada 1. Vá até aba [Dados adicionais] do painel central. 2. No painel central serão mostrados todos os dados adicionais da pesquisa desenhada mediante o módulo Survey Wizard (Ver Manual de Uso Aranda SURVEY/Web). Cada um dos campos mostrados nesta aba corresponde a uma pergunta/dado ingressado pelo usuário durante o envio da pesquisa, para a estação selecionada. 3. Para editar algum dos dados, selecione e pressione [Editar]. 4. Configure a informação e pressione [Salvar]. 5. Para sair da edição, pressione o ícone. Todos los derechos reservados Aranda Software [106]

107 Ver Detalhes do inventário da estação de trabalho selecionada 1. Vá até aba [Detalhes] do painel central. 2. No painel central selecione um dos grupos dos quais deseja conhecer a informação da estação: Imagem Nº 52 Sistema Bios - processador Sistema Operacional Memória Vídeo Software Hardware Software Serial Mudanças / Alarmes Impressora Alias, nome, Descrição, Usuário a cargo, Grupo de trabalho, Domínio, Servidor, IP Host, Marca, Modelo, Serial, Inventário, Tipo, Freqüência, Caché L1, Caché L2, Conectores da board. Bios: Nome, Versão, Vendedor, ROM total, Data de fabricação, Tipo, Descrição. Processador(es): Nome, Descrição, Velocidade, Freqüência, Processador adicional, Socket do processador, Nº de processadores, Fabricante. Nome, Tipo, Kernel, Suíte, Adicional, Versão, Serial, Registrado, Empresa, Caminho, Idioma, Localização (onde foi desenvolvido). Ram física total e disponível, Memória virtual total e disponível, RAM máxima, Nº de sockets de RAM, Sockets de RAM disponíveis, Tamanho e Tipo. Adaptador, Chipset, DAC, Memória, Data de fabricação da BIOS do vídeo, Descrição da BIOS do vídeo. Nome de software e atualizações de Windows, se têm ou não desinstalador. Tipo de Hardware, Imagem que o representa, Descrição, Fabricante. Nome do software, Fabricante, Serial. Usuário que a gerou, Data no qual foi gerada, Categoria a que pertence, Descrição, Detalhes. Se desejar editar o comentário de um alarme, selecione, pressione [Editar], ingresse o comentário e pressione [Aceitar]. Nome, Descrição, Porta pela que está conectada, Unidade do sistema. Todos los derechos reservados Aranda Software [107]

108 Serviços Recursos compartilhados Unidades Mapeadas Comandos Início Discos Nome, Descrição, Comando, Tipo (se for automático, se estiver desabilitado, entre outros), Estado (se está iniciado ou detido). Nome do recurso, Tipo de recurso, Descrição, Caminho. Unidade, Recurso, Servidor. Nome, Comando, Tipo, Caminho. Alias, serial, Tipo de disco, Tipo de bus, Modelo, Unidade do sistema onde está localizado, Porcentagem disponível. Ingressar comentários a estação 1. Vá até aba [Comentários] do painel central. 2. Se desejar ingressar um novo comentário, pressione o botão [Novo comentário]. Imediatamente se abre uma janela na qual deve registrar o comentário. Quando finalize, pressione [Aceitar]. 3. Se desejar editar um comentário, selecione e pressione o botão [Editar]. Mude a informação e pressione [Aceitar]. 4. Se desejar excluir um ou mais comentário(s), selecione e pressione o botão [Apagar comentários]. Tomar controle Remoto em PCBrowser Tomar controle remoto da estação selecionada Para tomar controle remoto desde a console AAM vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Controle Remoto -> Controle Remoto Imagem Nº 53 Todos los derechos reservados Aranda Software [108]

109 Imediatamente aparece uma janela onde pode escolher as opções mais adequadas de seu entorno tecnológico, necessárias para o controle remoto (Imagem Nº 53): 1. Selecione o tipo de controle remoto que precisa: Visual: Selecione esta opção para unicamente visualizar a tela da estação selecionada. Controle Remoto: Selecione esta opção para interatuar com a interface da estação e administrar como se estivesse autenticado nela: explorar seu conteúdo e acessar em seus arquivos. 2. Selecione o tipo de conexão que requer ou preferir: IP: o controle remoto se toma através do endereço IP. Host: o controle remoto se toma através do nome da estação de trabalho. 3. Selecione a versão do agente que tem instalado na máquina na qual vai tomar controle remoto. Lembre que na console de inventários do AAM se mostra a versão do agente de cada estação de trabalho. Versões Anteriores Versão 7.0 Versão Se precisar se conectar com outra rede através de um encaminhador, habilite a opção e do menu, selecione o que requer. Se não existir nenhum registro, pressione [ ] e escolha Inserir encaminhador. (Ver manual de Uso Aranda SETTINGS). 5. Pressione [Aceitar]. Uma vez estabelecida a conexão, visualiza a tela da estação desde seu monitor, localizando-se na aba [Remote Controle]. (Imagem Nº 54). Imagem Nº 54 Todos los derechos reservados Aranda Software [109]

110 Mudar o modo de controle remoto 1. Clique sobre o menu Opções. 2. Se estiver no modo visual, aparece a opção [Tomar controle remoto]. Se estiver no modo controle remoto, aparece a opção [Tomar controle visual]. Clique sobre a opção que visualize, ou desde a barra de ícones /. Bloquear teclado e Mouse 1. Clique sobre o menu Opções. 2. Selecione Bloquear / Desbloquear teclado e Mouse ou desde a barra de ícones /. 3. Imediatamente o teclado e Mouse da estação na qual está tomando controle, ficarão desabilitados enquanto tenha o controle remoto. 4. Para re-habilitar estas funcionalidades, volte a realizar o mesmo procedimento explicado nos passos 1 e 2. Executar a interface de segurança de Windows (Ctrl +Alt +Supr) Para executar esta ação em uma estação de trabalho que tenha como sistema operacional Windows Vista, é preciso criar primeiro as seguintes políticas na estação remota, para que a funcionalidade se realize corretamente: Habilitar o simulador de seqüência de atenção segura (SAS) 1. Vá até Iniciar -> Executar e escreva o seguinte comando: gpedit.msc 2. Imediatamente se abre a janela de configuração de diretiva de grupo de Windows. Ingresse a pasta Modelos administrativas -> Componentes de Windows > Opções de inicio de sessão de Windows. 3. Clique duas vezes na política Habilitar ou desabilitar software de seqüência de atenção segura. 4. Localize-se sobre a aba [Configuração] na janela que se abre. 5. Ative a opção Habilitado e no menu, selecione a opção Serviços e aplicações de acessibilidade. 6. Pressione [OK] para salvar as mudanças realizadas. 7. Reinicie a estação remota. Habilitar o Controle de Contas de Usuário (UAC) Este controle se encontra habilitado por default. Mas, se a estação tiver sido configurada, realize os seguintes passos: 1. Vá até Iniciar -> Painel de controle (Vista por categorias) -> Contas de Usuário -> Contas de Usuário. Todos los derechos reservados Aranda Software [110]

111 2. Na janela que parece, localize-se na aba [Opções avanzadas]. 3. Desative a opção Requerer que os usuários pressionem Ctrl+Alt+Del. 4. Pressione [Aceitar]. 5. Reinicie a estação remota. Depois de aplicadas estas políticas, pode realizar corretamente a funcionalidade de Ctrl+Alt+Del a uma estação de trabalho que tenha como sistema operacional o Windows Vista. 1. Clique sobre o menu Opções. 2. Selecione Enviar Ctrl +Alt +Del ou desde a barra de ícones. 3. Imediatamente, se ativa a janela de segurança de Windows. Executar o menu Iniciar de Windows 1. Clique sobre o menu Opções. 2. Selecione Enviar Ctrl+Esc ou desde a barra de ícones. 3. Execute o menu iniciar de Windows da estação assistida. 4. Para fechar o menu Iniciar, repita novamente os passos 1 e 2. Ajustar níveis de cores 1. Clique sobre o menu Opções. 2. Selecione Níveis de cores ou desde a barra de ícones [Níveis de Cores]. De acordo com a velocidade do controle remoto e/ou qualidade da imagem, pode ajustar as cores. Ajuste a 8 cores Ajuste a 64 cores Ajuste a 256 cores Ajuste automático de cores Ajuste a todos as cores Observação: Lembre que a maior qualidade de imagem, menor é a velocidade da operação, e a menor qualidade de imagem, maior é a velocidade. Ativar modo tela completa 1. Clique sobre o menu Opções. 2. Selecione Tela completa para que a tela da estação remota se visualize em todo o monitor da estação desde a qual se faz a operação ou desde a barra de ícones. 3. Para desativar a tela completa, clique no botão [Exit] da janela pequena Full Screen, localizada na parte esquerda superior da tela. Todos los derechos reservados Aranda Software [111]

112 Atualizar a informação da tela Algumas vezes pelo grande tráfego de rede da empresa, as ações de controle da estação remota que se executam, não são visualizadas na console do AAM e a imagem fica congelada. É então quando esta funcionalidade cumpre um papel fundamental. 1. Clique sobre o menu Opções. 2. Selecione Atualizar tela ou desde a barra de ícones. Reiniciar e re-conectar Quando a sessão se encontra lenta ou apresenta erros por diversos motivos, é preciso que reinicie a toma de controle remoto nessa estação, seguindo os passos explicados a seguir: 1. Clique sobre o menu Opções. 2. Selecione Reiniciar e re-conectar ou desde a barra de ícones. Terminar a sessão de controle remoto 1. Clique sobre o menu Opções. 2. Selecione Terminar controle remoto ou desde a barra de ícones. Cronometrar a sessão Na barra de ícones se mostra a data e o tempo passado na sessão de controle remoto. Cada vez que pause a sessão, o cronômetro também se deterá (Imagem Nº 55) Imagem Nº 55 Pausar a sessão 1. Desde a barra de ícones pressione o botão 2. Para continuar com a sessão, pressione Tomar controle remoto de uma estação não inventariada Para tomar controle remoto desde a console AAM vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Controle Remoto -> Controle Remoto de estação não inventariada. Todos los derechos reservados Aranda Software [112]

113 Imagem Nº 56 Imediatamente aparece uma janela onde pode escolher as opções mais adequadas de seu entorno tecnológico, necessárias para o controle remoto (Imagem Nº 56): 1. Ingresse o endereço IP da estação na qual deseja tomar controle remoto. 2. Selecione o tipo de controle remoto que precisa: Visual: Selecione esta opção para unicamente visualizar a tela da estação selecionada. Controle Remoto: Selecione esta opção para interatuar com a interface da estação e administrar como se estivesse autenticado nela: explorar seu conteúdo e acessar nos seus arquivos. 3. Selecione a versão do agente que tem instalada a máquina na qual vai tomar controle remoto (o qual deve conhecer com anterioridade). Versões Anteriores Versão 7.0 Versão Se precisar se conectar em outra rede através de um encaminhador, habilite a opção e do menu, selecione o que requer. Se não existir nenhum registro, pressione [ ] e escolha Inserir encaminhador. (Ver manual de Uso Aranda SETTINGS) 5. Pressione [Aceitar]. Uma vez estabelecida a conexão, as funcionalidades habilitadas são as mesmas para o controle remoto de uma estação remota inventariada, explicadas anteriormente. Administrar remotamente a estação selecionada Atualizar o inventário da estação Para atualizar a data de inventário, realize os seguintes passos: Todos los derechos reservados Aranda Software [113]

114 1. Vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Administração Remota -> Obter Inventário. Dependendo do que precisar, clique em alguma das três opções que aparecem: Sem Barredura de Arquivos Com Barredura de Arquivos Inventário Inicial Toma a informação de mudanças de hardware. Toma a informação das extensões selecionadas previamente a auditar. Por exemplo, MP3, JPEG, exe, avi, entre outros. Toma a informação dos dois anteriores itens (hardware e extensões). 2. Na janela do SendTask, selecione o tipo de conexão IP/Host pela qual deseja enviar a pesquisa. Se for por endereço IP e a estação conta com IPs dinâmicos, selecione qual deseja registrar por default. 3. Pressione [Enviar Agora]. Imagem Nº Para verificar se o envio foi bem sucedido ou não, se mostram os estados do IP e do Agente. 5. Pressione [Fechar]. Imagem Nº Se o processo não foi bem sucedido, revise o estado do Agente ou do IP, segundo corresponda e volte a tentar o envio. 7. Os serviços do Aranda ASSET MANAGEMENT coletam a informação dependendo do inventário solicitado. Todos los derechos reservados Aranda Software [114]

115 Imagem Nº 59 Assim se mostra o processo na estação na qual se está tomando inventário. Neste caso, a tela da estação ALFA mostra a notificação da coleta de inventário (Imagem Nº 59). Mas, se na configuração do agente se estabelecer como invisível a coleta do inventário, a janela de notificação, não será visualizada. Nesse caso, revise que no Administrador de tarefas de Windows, na aba [Processos] se encontre em processo o Collecto.exe. 8. Finalmente, verifique na console de administração de Aranda ASSET MANAGEMENT se a data de inventário se atualizou, pulsando o botão [Atualizar] para atualizar a informação da console. De ser assim, a cor da coluna [Data Inventário] na estação selecionada, deve estar verde. Enviar pesquisa para uma estação 1. Desde a console AAM vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Administração Remota -> Obter pesquisa. 2. Repita os passos Nº 2 até 7 explicados anteriormente na opção Atualizar o inventário de uma estação referentes ao módulo Send Task. Sincronizar a estação com o relógio do sistema operacional 1. Desde a console AAM vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Administração Remota -> Sincronizar relógio do sistema. 2. Repita os passos Nº 2 até 7 explicados anteriormente na opção Atualizar o inventário de uma estação referentes ao módulo Send Task. Todos los derechos reservados Aranda Software [115]

116 Executar um comando local na estação remota 1. Desde a console AAM vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Administração Remota -> Executar comando. 2. Ingresse o comando e selecione o tipo de credenciais que tem para executar esta ação na estação de trabalho selecionada. Carregar o módulo RemVision 1. Desde a console AAM vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Administração Remota -> Carregar RemVision. 2. Repita os passos Nº 2 até 7 explicados anteriormente na opção Atualizar o inventário de uma estação referentes ao módulo Send Task. Enviar mensagem de texto 1. Desde a console AAM vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Administração Remota -> Enviar mensagem de texto. 2. Na janela que aparece, ingresse a mensagem (corto e breve) (Imagem Nº 60). 3. Se precisar se conectar com outra rede através de um encaminhador, habilite a opção e do menu, selecione o que requer. Se não existir nenhum registro, pressione [ ] e escolha Inserir encaminhador. (Ver manual de Uso Aranda SETTINGS) Imagem Nº Repita os passos Nº 2 até 7 explicados anteriormente na opção Atualizar o inventário de uma estação referentes ao módulo Send Task. 5. Se o envio for bem sucedido, na estação na qual enviou a mensagem de texto, aparecerá a janela de notificação com a mensagem. (Imagem Nº 61). Todos los derechos reservados Aranda Software [116]

117 Imagem Nº 61 Iniciar Chat com a estação remota 1. Desde a console AAM vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Administração Remota -> Iniciar conversação. 2. Na janela que aparece, ingresse a mensagem (corto, breve) (Imagem Nº 20). 3. Se precisar se conectar com outra rede através de um encaminhador, habilite a opção e do menu, selecione o que requer. Se não existir nenhum registro, pressione [ ] e escolha Inserir encaminhador. (Ver manual de Uso Aranda SETTINGS). 4. Repita os passos Nº 2 até 7 explicados anteriormente na opção Atualizar o inventário de uma estação referentes ao módulo Send Task. 5. Se o envio for bem sucedido, na estação com a qual mantém o Chat, se verá a janela de conversação da seguinte forma: Todos los derechos reservados Aranda Software [117]

118 Imagem Nº 62 Apagar arquivos por extensão da estação remota 1. Desde a console AAM vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Administração Remota -> Apagar arquivos por extensão. 2. Na janela que aparece, ingresse a(s) extensão(ões) que deseja excluir da estação remota. Lembre que se apagarão todos os arquivos que contenham esta extensão. Se for registrar mais de uma extensão, separe por uma vírgula assim: *mp3,*avi,*wma 3. Se precisar se conectar com outra rede através de um encaminhador, habilite a opção e do menu, selecione o que requer. Se não existir nenhum registro, pressione [ ] e escolha Inserir encaminhador. (Ver manual de Uso Aranda SETTINGS). 4. Repita os passos Nº 2 até 7 explicados anteriormente na opção Atualizar o inventário de uma estação referentes ao módulo Send Task. Observação: Aranda ASSET MANAGEMENT procurará pelo(s) arquivo(s) e o(s) apagará, sempre que não esteja(m) em uso e o usuário autenticado na estação remota tenha as permissões precisas para acessar em este(s) arquivo(s). Todos los derechos reservados Aranda Software [118]

119 Iniciar e deter os serviços da estação remota 1. Localize-se sobre a opção Serviços do painel central da aba [Detalhes]. 2. Selecione o serviço que deseja iniciar ou deter. 3. Vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Administração Remota -> Serviços -> Deter serviços / Iniciar serviços. 4. Confirme a operação na janela de notificação pressionando [Yes]. Se desejar cancelar a exclusão, pressione [No]. 5. Repita os passos Nº 2 até 7 explicados anteriormente na opção Atualizar o inventário de uma estação, referentes ao módulo Send Task. Remover impressora da estação remota 1. Localize-se sobre a opção Impressora do painel central, da aba [Detalhes]. 2. Selecione a impressora que deseja excluir. 3. Vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Administração Remota -> Remover impressora. 4. Confirme a operação na janela de notificação pressionando [Yes]. Se desejar cancelar a exclusão, pressione [No]. 5. Repita os passos Nº 2 até 7 explicados anteriormente na opção Atualizar o inventário de uma estação, referentes ao módulo Send Task. Remover recurso compartilhado da estação remota 1. Localize-se sobre a opção Recursos compartilhados do painel central, da aba [Detalhes]. 2. Selecione a estação e o respectivo recurso que deseja excluir. 3. Vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Administração Remota -> Remover recurso compartilhado. 4. Confirme a operação na janela de notificação pressionando [Yes]. Se desejar cancelar a exclusão, pressione [No]. 5. Repita os passos Nº 2 até 7 explicados anteriormente na opção Atualizar o inventário de uma estação, referentes ao módulo Send Task. Ligar uma estação de trabalho remota 1. Desde a console AAM vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Administração remota -> Wake on LAN. 2. Repita os passos Nº 2 até 7 explicados anteriormente na opção Atualizar o inventário de uma estação referentes ao módulo Send Task. Todos los derechos reservados Aranda Software [119]

120 Observação: Tenha em consideração que esta funcionalidade só está ativa quando se aciona desde uma estação ddentro da LAN, sempre que ambas suportem e tenham configurada a tecnologia Wake on LAN. Fechar sessão em Windows 1. Desde a console AAM vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Administração remota -> Fechar Sessão 2. Repita os passos Nº 2 até 7 explicados anteriormente na opção Atualizar o inventário de uma estação, referentes ao módulo Send Task. Reiniciar estação de trabalho 1. Desde a console AAM vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Administração remota -> Reiniciar estação de trabalho. 2. Repita os passos Nº 2 até 7 explicados anteriormente na opção Atualizar o inventário de uma estação, referentes ao módulo Send Task. Desligar estação de trabalho 1. Desde a console AAM vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Administração remota -> Desligar estação de trabalho. 2. Repita os passos Nº 2 até 7 explicados anteriormente na opção Atualizar o inventário de uma estação, referentes ao módulo Send Task. Atualizar a versão do Agente local Aranda 1. Desde a console AAM vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Administração remota -> Agente -> Atualizar Agente. 2. Repita os passos Nº 2 até 7 explicados anteriormente na opção Atualizar o inventário de uma estação, referentes ao módulo Send Task. 3. Assim que o Agente recebe esta instrução, se conecta com o servidor AFS que tem configurado, procura a versão do Agente local mais recente e o descarrega. Executar opções de administração remota on-line Obter lista de processos 1. Desde a console AAM vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Administração remota -> Obter lista de processos. Todos los derechos reservados Aranda Software [120]

121 2. Imediatamente se carrega uma nova aba do painel central da console, onde deve clicar em [Atualizar] para que se mostre a lista dos processos que nesse momento esteja executando a estação. Identificador Nome Caminho Número identificador do processo. Nome do processo. Onde se encontra armazenado o processo. 3. Se desejar deter um processo, localize-se sobre o registro respectivo e pressione [Terminar processo]. Pressione novamente [Atualizar] para atualizar a informação. 4. Para sair da aba, pressione [Fechar]. Obter lista de conexões 1. Desde a console AAM vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Administração remota -> Obter lista de conexões. 2. Imediatamente se carrega uma nova aba do painel central da console, onde deve clicar em [Atualizar] para que se mostre a lista das conexões que nesse momento esteja executando a estação. Tipo Host local IP local Tipo de conexão (TCP/ UDP, entre outras.) Nome e domínio da estação que estabelece a conexão. Endereço IP da estação. Porta local Nome da Porta local Host remoto Ip remota Porta remota Nome da porta remoto Estado Número da porta pela qual está conectada a estação. Nome da porta pela qual está conectada a estação. Nome e domínio do servidor ou estação na qual está conectada na estação. Endereço IP onde se conectou a estação. Número da porta pela qual está conectada a estação remota. Nome da porta pela qual está conectada a estação remota. Estado da conexão. Podem ser os seguintes: closed, listen, synsent, synreceived, established, finwait1, finwait2, closewait, lastack, closing, timewait, deletetcb. Tenha em consideração que esta informação é só de uso informativo. Nesta funcionalidade não se executa nenhuma ação. Todos los derechos reservados Aranda Software [121]

122 3. Para sair da aba, pressione [Fechar]. Administrar serviços da estação remota 1. Desde a console AAM vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Administração remota -> Obter lista de serviços. 2. Imediatamente se carrega uma nova aba do painel central da console, onde deve clicar em [Atualizar] para que se mostre a lista dos serviços disponíveis na estação. Nome para mostrar Nome do serviço Estado Nome da conta Tipo de início Caminho Nome que se mostra para o usuário. Nome do serviço registrado no sistema. Mostra se o serviço está iniciado, detido ou pausado. Conta de usuário configurada para que inicie o serviço. Pelo geral é a conta local do sistema (LocalSystem). Configuração determinada para o modo de início do serviço (automático, manual, desabilitado). Caminho de acesso do executável para o serviço. 3. Se desejar iniciar um serviço, localize-se sobre o registro e pressione [Iniciar Serviço]. Para atualizar a informação, pressione [Atualizar]. 4. Se desejar deter um serviço, localize-se sobre o registro e pressione [Deter Serviço]. Para atualizar a informação, pressione [Atualizar]. 5. Se desejar pausar um serviço, localize-se sobre o registro e pressione [Pausar Serviço]. Para atualizar a informação, pressione [Atualizar]. 6. Para sair da aba, pressione [Fechar]. Editar o registro de Windows da estação remota 1. Desde a console AAM vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Administração remota -> Obter registro de Windows. 2. Imediatamente se carrega uma nova aba do painel central da console, onde deve clicar em [Atualizar] para que se mostre a lista dos registros disponíveis na estação. 3. O explorador que se mostra é similar com o do Registro de Windows e as funcionalidades são as mesmas, a exeção das seguintes três ações: Procurar, Exportar e Mudar permissões. Todos los derechos reservados Aranda Software [122]

123 4. Para sair da aba, pressione [Fechar]. Obter lista de sessões iniciadas em máquinas virtuais Esta funcionalidade aplica para Servidores que iniciem sessões em Terminal Servers. 1. Desde a console AAM vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Administração remota -> Obter lista de sessões. 2. Imediatamente se carrega uma nova aba do painel central da console, onde deve clicar em [Atualizar] para que se mostre a lista das sessões iniciadas no servidor, mostrando o nome de usuário que iniciou a sessão no Terminal Server. 3. Se desejar finalizar uma sessão determinada, localize-se sobre o registro e pressione [Fechar sessão]. 4. Para sair da aba, pressione [Fechar]. Obter lista de arquivos da estação remota 1. Desde a console AAM vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Administração remota -> Obter lista de arquivos. 2. Imediatamente se carrega uma nova aba do painel central da console, onde deve clicar em [Atualizar] para que se mostre o explorador, similar com o de Windows. Tenha em consideração que só pode ver a lista dos arquivos existentes, mas estes não serão abertos, editados, renomeados, apagados nem copiados. Só é permitida a visualização para consultar. 3. Para sair da aba, pressione [Fechar]. Gerar Certificados Um Certificado é um documento no qual se registra por escrito como está configurada cada estação e qual é o hardware básico que a compõe. O formato é um modelo RTF desenhado como um certificado de entrega que registra as colunas básicas das páginas Sistema, Discos e Software da Console ODBC, onde se encontra a informação primordial de cada estação GLOSARIO. Gerar certificados de inventário inicial de hardware e/ou software 1. Desde a console AAM vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Certificado. 2. Na janela de geração de certificados, selecione a opção Entrega, na parte inferior esquerda (Imagem Nº 64). Todos los derechos reservados Aranda Software [123]

124 (Imagem Nº 64). 3. Localize-se sobre a aba [Hardware] e da lista que aparece, selecione os dispositivos que deseja sejam reportados. Se requerer que todos sejam reportados, pressione o botão [Selecionar todos]. Se desejar que nenhum seja reportado, pressione [Desmarcar todos]. 4. Localize-se sobre a aba [Software] e da lista que aparece, selecione os registros de software que deseja sejam reportados. Se requerer que todos sejam reportados, pressione o botão [Selecionar todos]. Se desejar que nenhum seja reportado, pressione [Desmarcar todos]. Se desejar que se inclua só o software autorizado, habilite a opção Selecionar só o software autorizado. 5. Se quiser ver as variáveis que compreenderá o certificado, clique em [Árvore de certificado] e posteriormente, feche a janela. 6. Pressione o botão [Gerar]. 7. Imediatamente no formato compatível com.rtf (Microsoft Word, entre outros) se gerará o certificado do inventário que configurou (Imagem Nº 65). Imagem Nº 65 Todos los derechos reservados Aranda Software [124]

125 Gerar certificados de mudanças no inventário de hardware e/ou software 1. Desde a console AAM vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Certificado. 2. Na janela de geração de certificados, selecione a opção Mudanças, na parte inferior esquerda. 3. Repita os passos 3 até 7 do processo de Geração de certificados por inventário inicial de hardware e/ou software. Editar certificados Para configurar o modelo dos certificados, faça os passos explicados a seguir: 1. Desde a console AAM vá até aba [Administração] da Barra de Ferramentas. No menu, escolha Certificado. 2. Selecione o tipo de certificado que deseja editar (Entrega / Mudança). 3. Clique no botão [Editar modelo]. No documento compatível com o formato.rtf (Word) aparecerá o modelo do tipo de certificado que selecionou. Mude os dados que requer e pressione [Salvar]. (Imagem Nº 66) Imagem Nº 66 Consultar detalhes de uma estação de trabalho Localize-se no painel esquerdo, no menu Detalhe estação. Neste menu se visualiza e edita a seguinte informação: Todos los derechos reservados Aranda Software [125]

126 Descrição da estação Imagem Nº 67 Esta informação está localizada na parte superior do menu Detalhe estação. Para ingressar ou editar a descrição da estação, clique no botão [Editar], localizado na parte inferior esquerda deste menu, e ingresse uma breve descrição no recuadro. Consultar estados Nesta opção se mostra o estado da estação selecionada, do agente e do módulo Remserver da mesma. Estação de trabalho Estado da estação Estado Agente Estado CR Nome da estação de trabalho Se está ligada (verde) ou desligada (vermelho). Estado atual do Agente Collector na estação de trabalho. Estado atual do módulo Remserver na estação de trabalho. Atualizar estados Pressione o botão [Atualizar estados] e imediatamente, a informação dos estados se renovará. Ligar uma estação remota Pressione [Wake on LAN] e a estação que selecionou se ligará. Deve ter em consideração que esta característica funciona unicamente com estações que suportam tecnologia Wake on LAN (esta tecnologia consegue que uma estação de trabalho desligada possa ser ligada desde outra estação da LAN). Todos los derechos reservados Aranda Software [126]

127 Observação: Para fazer uso desta função deve ter uma placa de rede com um chipset que suporte esta característica e conectar o cabo que vai da placa de rede até o conector WOL na placa mãe. Tenha em consideração que se precisam no mínimo 600mA de força ATX em espera para que a placa de rede suporte esta função. Ver Detalhe de inventário Esta opção fornece três campos de informação configuráveis desde o módulo Aranda SETTINGS. Estação Físico Nível Data Mostra o estado funcional de cada estação; se funciona normalmente, se está em inventário, manutenção, etc. Permite classificar as estações de trabalho em níveis de hierarquia para outorgar permissões desde o módulo Aranda PROFILE. O nível no qual se encontram associadas com as estações de trabalho de forma pré-determinada, é Standard. Mostra duas datas importantes na coleta de inventários da estação selecionada: a primeira, na qual o Agente local gerou o inventário; a segunda, na que este inventário foi processado pelo módulo CRUNCHER. Editar detalhes do inventário Para editar a informação explicada na tabela anteriormente explicada faça os passos explicados a seguir: 1. Pressione o botão [Editar], localizado na parte inferior do menu Detalhe estação. 2. Abra o menu de seleção múltiple (frente a Estado Físico / Nível) e selecione o item que corresponda. 3. No caso que a opção que precisa, não estiver dentro dos itens mostrados, pressione o botão [ ] e selecione Inserir. 4. Imediatamente se abre o módulo Aranda SETTINGS, na opção de configuração dos campos lookups -> Estados da estação / Nível. Imagem Nº 68 Todos los derechos reservados Aranda Software [127]

128 5. Pressione [Inserir /Editar] segundo corresponda e ingresse o nome do registro. Para o caso dos Estados da estação, selecione a cor do registro e da fonte. Para mais informações sobre a configuração dos campos Lookups, vá a guia de uso do módulo Aranda SETTINGS. 6. Pressione [Aplicar] e posteriormente [Fechar]. Ver Detalhe de usuário Esta opção mostra de qual usuário (e seus respectivos dados) é a estação de trabalho selecionada. A informação mostrada do usuário é a que previamente se configurou no módulo Aranda PROFILE: Nome, , telefones, ramal, entre outros. Associar usuário com a estação de trabalho Para mudar o usuário da estação ou associar um, abra o menu de seleção múltiple e escolha o usuário. Também pode fazer pressionando o botão [ ] e escolher Selecionar usuário. No caso que o usuário não se encontrar na lista dentro deste menu, pressione o botão [ ] e selecione Inserir usuário. Os passos para ingressar ou editar a informação de um usuário, são os mesmos que se realizam desde o módulo Aranda PROFILE na criação de usuários. Para seguir estes passos, vá a guia rápida de uso do módulo Aranda PROFILE. Desassociar usuário da estação de trabalho Pressione o botão [ ] e selecione Desassociar usuário. Observação: Cada vez que uma estação é associada com um usuário, se adiciona ou se edita a informação deste, é preciso pressionar o botão [Atualizar], da barra de ferramentas superior, para que a mudança se reflita em outras consoles das soluções do Aranda Software, assim como Aranda SERVICE DESK, Aranda SOFTWARE METRIX, Aranda CMDB, etc. Ver Localização Esta opção mostra qual é a localização assinada da estação de trabalho (país, cidade, filial, departamento, prédio, andar, etc.) Imagem Nº 69 Todos los derechos reservados Aranda Software [128]

129 Editar dados de localização Para mudar a informação correspondente dos diferentes dados de localização, abra o menu de seleção múltiple e escolha o registro que requer. Se dentro deste menu não existir o dado que requer, clique no botão [ ] e selecione Inserir. 1. Imediatamente se abre o módulo Aranda SETTINGS, na opção de configuração dos campos lookups -> Departamento / País, etc. (segundo o dado de localização que tenha selecionado). Imagem Nº Pressione [Inserir /Editar] segundo corresponda e ingresse o nome do registro. Para mais informações sobre a configuração dos campos Lookups, vá a guia de uso do módulo Aranda SETTINGS. 3. Pressione [Aplicar] e posteriormente [Fechar]. Desassociar dados de localização da estação de trabalho Pressione o botão [ ] e selecione Desassociar. Mudar de estação dentro do módulo PCBrowser 1. Vá até menu Procurar da barra de ferramentas, ingresse os critérios de pesquisa e pressione [Aceitar]. Imediatamente a informação que aparece no módulo PCBrowser é da estação selecionada. 2. Também pode habilitar a lista das estações desde o menu Ver -> Mostrar estações. 3. No painel esquerdo superior aparece a lista das estações inventariadas. Selecione a que deseja consultar pelo PCBrowser e imediatamente a informação correspondente se carregará no painel central. Todos los derechos reservados Aranda Software [129]

130 Configurar opções da informação do PCBrowser Configurar os campos Lookups Os campos lookups são aqueles campos configuráveis pelo usuário para adaptar a informação de seus perfis e os das estações de trabalho segundo as necessidades e requerimentos da sua empresa. Tenha em consideração que qualquer registro que inclua nestes campos, será aplicado para todas as soluções de Aranda Software. A configuração se realiza desde a opção PARAMconfig do módulo Aranda SETTINGS, na qual se abre desde a barra de ferramentas na opção Ferramentas -> Configuração de campos lookups, ou desde a barra de ícones na seguinte imagem registros:. São 24 campos dos quais os usuários podem inserir Departamentos Número de departamento Nível País Cidade Filial Prédio Andar Filial Estados da estação Tipo de periférico Tipo de inventário fixo Cargos Tipo de registro Estados do usuário Tipo de identificação Marcas Tipo contrato Unidades de Medida Centro de custo Perfil Tipos de relação Estados de contratos Imagem Nº 71 Todos los derechos reservados Aranda Software [130]

131 1. Localize-se na aba do campo sobre a qual deseja inserir um ou mais registros. No exemplo da imagem anterior, a aba selecionada é país. 2. Pressione [Inserir]. 3. Ingresse o dado que deseja inserir no campo. No exemplo da anterior imagem o dado ingressado é Espanha. 4. Pressione [Aplicar]. 5. Se desejar editar algum dado, localize-se sobre o dado e pressione [Editar] e depois [Aplicar]. 6. Para sair da janela, pressione [Fechar]. Selecionar tipo de conexão para a transferência de pacotes 1. Vá até Ferramentas -> Configuração -> Tipo de conexão da barra de ferramentas, ou desde a barra de ícones, clique na imagem e no menu, escolha a opção Tipo de conexão. 2. Na janela que aparece, selecione se requer uma conexão por Endereço IP ou por Nome, tendo em consideração se a rede da infra-estrutura tecnológica da sua empresa esteja configurada para resolver por nome ou por endereço IP. Imagem Nº Pressione [Aceitar]. Obter estados dos módulos Capt_res e Remserver automaticamente Para conhecer o estado dos módulos Capt_res e Remserver de cada uma das estações de trabalho, realize os seguintes passos: 4. Vá até Ferramentas -> Obter estados automaticamente, desde a barra de ferramentas, ou desde a barra de ícones, clique na imagem. Todos los derechos reservados Aranda Software [131]

132 5. Imediatamente o serviço de Monitor de Estados se inicia e se visualiza na barra de notificações: 6. Clique duas vezes sobre o ícone e imediatamente se abre a janela onde se mostra o estado do agente, do módulo Remserver e do Capt_res de cada uma das estações visualizadas no painel central da console ODBC de AAM. Imagem Nº 73 O ícone, aparece quando o estado é iniciado ou ativo. O ícone aparece quando o estado é detido ou inativo. Salvar o relatório de formato Excel / HTML 3. Clique o botão direito sobre o ícone na barra de notificações e selecione Salvar como. 4. Dependendo do formato em que deseja salvar a informação, escolha HTML /Excel. Todos los derechos reservados Aranda Software [132]

133 Tirar o ícone da área de notificações 2. Clique o botão direito sobre o ícone da barra de notificações e selecione Sair. Também pode sair desde a console ODBC do AAM, pressionando novamente a imagem da barra de ícones ou selecionando a opção Ferramentas -> Obter estados automaticamente. Sair da console PCBrowser Pressione o botão da parte superior direita da janela. Todos los derechos reservados Aranda Software [133]

134 Componentes da console Aranda ASSET MANAGEMENT Interface da console Imagem Nº 74 A console está integrada pelos seguintes componentes: A. Barra de ferramentas B. Barra de Ícones C. Painel Central principal D. Painel esquerdo A. Barra de Ferramentas É a barra superior da console que está composta por seis menus: 1. Arquivo 2. Administração 3. Procurar 4. Ver 5. Ferramentas 6. Ajuda Todos los derechos reservados Aranda Software [134]

135 1. Arquivo Encontram-se diversas funcionalidades básicas para interatuar com a informação apresentada na console. Salvar como Salva o conteúdo da página selecionada nos formatos: MS-Excel ou HTML. Todas as páginas podem ser salvadas. Imprimir informação Imprime o conteúdo da página selecionada. Isto é muito útil, se a informação requer ser arquivada como um histórico ou anexada em algum relatório. O serviço de impressão mostra uma imagem prévia que pode ser editada antes de enviar a impressão final. Atualizar Atualiza a informação na página ativa da Console ODBC. Também pode acessar nesta função pressionando a tecla F5. É importante utilizar esta funcionalidade para atualizar a informação que aparece na página ativa da console, no caso que tenha sido modificada desde algum outro módulo AAM. AAM Suíte Esta opção é um acesso direto a cada um dos módulos componentes do AAM Server, tais como FileC, Eventlog (Ver manual de Uso PROFILE), Profile (Ver manual de Uso PROFILE) e Aranda Survey Wizard (Ver manual de Uso e instalação Aranda SURVEY WIZARD). Sair Esta opção fecha a Console ODBC. 2. Administração Neste menu se realizam as tarefas de administração e controle remoto Controle remoto Esta opção é a entrada as funcionalidades de controle remoto numa estação inventariada e a uma não inventariada. Controle remoto Permite tomar controle remoto de uma ou várias estações inventariadas simultaneamente em modo visual, quer dizer, só observando a tela e em modo controle remoto, quer dizer, interatuando com as ferramentas do sistema operacional da estação remota. Tem duas formas de executar: via IP ou Nome da estação de trabalho (Host). Todos los derechos reservados Aranda Software [135]

136 Controle remoto da estação não inventariada Permite tomar controle remoto de uma estação que tenha o Agente local instalado, mas que não tenha sido inventariada. Na hora de selecionar esta opção, se abre uma janela que pergunta que tipo de controle deseja realizar (VISUAL ou CONTROLE REMOTO) e ademais, pede o endereço IP da estação na qual se quer tomar controle remoto. Administração remota Uma das funcionalidades importantes com as que conta a console é a Administração Remota das estações, a qual reúne mais de vinte alternativas, mediante as quais poderá realizar tarefas sobre uma estação sem ter que se locomover da sua mesa de trabalho. Obter Inventário Obtém um inventário com ou sem scaneo de arquivos na estação selecionada e envia para o servidor Aranda ASSET MANAGEMENT. Um inventário com barredura de arquivos incluirá todos os arquivos, hardware e software presentes na estação selecionada, incluindo arquivos de sistema, instaladores, executáveis, etc. O inventário sem barredura de arquivos incluirá só aqueles arquivos que se têm selecionado para inventariar e as mudanças detectadas nos inventários da estação. Uma vez coletado o primeiro inventário, os seguintes serão inventários de tipo incremental, quer dizer, incluirão só as informações para as quais o agente local tenha detectado mudanças ou atualizações. Obter pesquisa Faz que se abra o Web Browser configurado por default para solicitar o envio da pesquisa. Sincronizar relógio do sistema Ajusta a hora do sistema na estação usando como referência a hora do Servidor Aranda ASSET MANAGEMENT. Executar comando Como seu nome diz, permite executar um comando localmente na estação. Por exemplo, se desejar realizar uma instalação desatendida em uma ou várias estações, faça as instruções da sua aplicação para executar o programa de instalação em modo Administrador. Uma vez culminada a fase de configuração e copiado de arquivos maestros, selecione a opção [Executar Comando], escreva o caminho do recurso compartilhado e o nome do executável e clique em aceitar. A instalação se realizará de forma automática e desatendida, pelos parâmetros configurados previamente. Carregar RemVision Se o módulo RemServer não estiver em execução em uma estação em particular, na hora de escolher esta opção, o módulo se executará e permanecerá residente na memória de esta estação. Tenha em consideração que RemServer é a tarefa que permite tomar controle remoto de uma estação de trabalho. Todos los derechos reservados Aranda Software [136]

137 Enviar mensagem de texto Permite enviar uma mensagem corto até a(s) estação(ões) selecionada(s) pressionando a tecla Shift (maiúscula) e clicar. Iniciar conversação Executa uma sessão de bate-papo com a estação remota, via IP ou Nome da mesma. Apagar arquivos por extensão Se desejar apagar arquivos com alguma extensão em particular ou arquivos que se possam agrupar mediante meta-carateres como, *.tmp, c*.*, etc., pode fazer mediante esta opção. Simplesmente digite o nome do arquivo no quadro de diálogo e clique em aceitar. Aranda ASSET MANAGEMENT procurará o(s) arquivo(s) e apagará, sempre que não esteja(m) em uso e o usuário autenticado na estação remota tenha as permissões precisas para acessar neste(s) arquivo(s). Arquivo Serviços As seguintes quatro opções de Administração Remota se habilitam unicamente quando a aba ativa da console seja a correspondente a cada uma destas opções. Quer dizer, se desejar executar uma das funções da opção Arquivos, deverá se localizar na aba [Arquivos] do painel central da console, caso contrário estas opções estarão desabilitadas desde este menu. Lembre revisar em cada uma destas abas a coluna Alias para verificar qual estação pertence a impressora, o arquivo, o serviço ou o recurso compartilhado que está por modificar, respectivamente. Enquanto esteja localizado na aba [Arquivos], encontrará habilitadas as opções para trazer e apagar arquivos desde a estação selecionada. Utilizando esta opção poderá iniciar ou deter qualquer dos serviços disponíveis. Remover Impressora Na aba [Impressoras], poderá selecionar uma das impressoras da lista e desinstalar completamente da estação remota, também é possível desinstalar as impressoras de rede. Remover Recurso Compartilhado Wake on LAN Na aba [Recursos compartilhados], poderá selecionar o recurso que deseja deixar de compartilhar. Esta opção permite ligar uma estação de trabalho que se encontra apagada desde outra estação da LAN, sempre que suporte e tenha configurada esta tecnologia. Todos los derechos reservados Aranda Software [137]

138 Fechar sessão Na hora de enviar este comando se obtém o mesmo efeito na estação remota que a ordem fechar sessão do menu de Iniciar de Windows. Reiniciar estação de trabalho Na hora de enviar este comando se tem o mesmo efeito na estação remota que a ordem Reiniciar do menu de Iniciar de Windows. Desligar estação de trabalho Agente Na hora de enviar este comando se tem o mesmo efeito na estação remota que a ordem Desligar do menu de Iniciar de Windows Atualizar agente Obter Configuração do agente Permite enviar a uma ou várias estações a instrução de atualizar o agente local. Assim que o Agente recebe esta instrução, se conecta com o servidor AFS que tem configurado para procurar uma versão mais recente que a que se encontra instalada na estação remota. Na hora de selecionar esta opção aparece um assistente que facilita a configuração da estação que se selecionou, a qual se pode editar. Se quiser replicar a configuração, é possível selecionar outras estações para aplicá-la. Posteriormente, aparece um resumo da configuração selecionada e as estações a replicarão, na hora de finalizar se habilita o botão [Terminar]. Certificado Esta opção permite gerar dois tipos de certificados: Entrega e Mudanças, os quais contêm informação sobre a configuração primária e as mudanças realizadas na estação de trabalho, respectivamente. O modelo abre o programa associado com as extensões RTF (geralmente Microsoft Word). Os certificados se armazenam por default no caminho C:\Arquivos de programa\aranda \AAM\Certifs. Excluir estação de trabalho Mediante esta opção se pode excluir definitivamente da base de dados, qualquer estação que se selecione na aba [Sistema]. Para voltar a incluir a(s) estação(ões) excluída(s), é preciso voltar a gerar o inventário. Todos los derechos reservados Aranda Software [138]

139 5. Procurar Esta opção permite filtrar a visualização da informação na aba selecionada do painel central, ocultando temporalmente os dados que não sejam de seu interesse. 6. Ver Encontram-se diversas opções para customizar a vista da console. Lista de estações Este botão abre uma janela (que em principio aparece na parte direita da console) na qual se mostra a lista de estações nas quais se aplicarão as opções de administração remota. Pode adicionar mais estações ou excluir aquelas as quais não deseja aplicar estas opções. Tenha em consideração que mediante está função pode executar e programar qualquer tarefa de administração remota, incluso se encontrar se localizado em uma aba diferente com a de [Sistema] na Console ODBC. Imagem Nº 75 Todos los derechos reservados Aranda Software [139]

140 Detalhe estação de trabalho Permite ocultar ou visualizar o menu Detalhe estação, localizado no painel lateral esquerdo. Este menu tem três subsecções que se podem minimizar e que por meio de elas, pode ingressar informação complementária para cada estação. Customizar colunas Esta opção ativa no painel lateral esquerdo o menu Configurar Colunas, no qual pode selecionar as colunas que deseja ver em cada aba do painel central da Console ODBC. Uma vez selecionadas, aplique as mudanças para visualizar na aba correspondente. Tenha em consideração que as colunas que não se encontrem selecionadas, permanecerão ocultas na página atual até a próxima vez que se modifique esta configuração. Imagem Nº 76 Ajustar linha Ajusta as células do painel central com a finalidade de visualizar completamente o conteúdo de estas, no caso de que a longitude do texto seja maior que o tamanho da célula. Linhas Oculta ou mostra a quadrícula da aba do painel central ativa. Grupos / Filtrados Oculta ou mostra a barra horizontal cor azul, utilizada para fazer os filtros por colunas. Todos los derechos reservados Aranda Software [140]

141 Barra de Ferramentas Permite selecionar quais dos menus da barra de ferramentas se visualizam ou ocultam. 5. Ferramentas Permite configurar as opções da console ODBC. Idioma Permite mudar o idioma da console em três opções diferentes: espanhol, inglês e português, sem necessidade de fechar a aplicação. Tenha em consideração que esta mudança se aplicará também a próxima vez que inicie sessão na console. Gráfico Permite gerar gráficos da informação que considere mais relevante, para assim acessar nela facilmente. Isto se realiza filtrando a informação que deseja graficar. Senha Filtrar Permite mudar a senha de início da Console ODBC para o usuário que se encontre autenticado. A próxima vez que o usuário quiser ingressar na aplicação, deverá utilizar a nova senha. Esta opção permite filtrar a visualização da informação na aba selecionada do painel central, ocultando temporalmente os dados que não sejam de seu interesse. Configuração de campos lookups Nesta opção se ingressam manualmente os dados para alguns dos campos configuráveis da tabela WORKSTATIONPROFILE da base de dados AAM. Estes dados se definem para cada estação em particular e são importantes para identificar sua localização geográfica e as permissões que têm sido assinados para os diferentes usuários que podem autenticarse nela. Isto se faz mediante a funcionalidade PARAMConfig do módulo Aranda SETTINGS. Associar estações com lookups Permite classificar as estações de trabalho de acordo com a configuração prédeterminada de dados adicionais e associar a cada campo as estações que correspondam seu valor, mediante a funcionalidade WSConfig, do módulo Aranda SETTINGS. Todos los derechos reservados Aranda Software [141]

142 Usuários com privilégios Na hora de selecionar esta opção se abre a funcionalidade UsersConfig do módulo Aranda SETTINGS, onde é possível definir os usuários que contarão com privilégios para acessar e administrar os recursos das estações. Árvore de agrupações A Árvore de configuração permite criar níveis de filtro os quais se associam com as estações, fazendo mais simples a administração e execução de tarefas remotas desde a Console AAM as estações de trabalho, mediante a funcionalidade TREEConfig do módulo Aranda SETTINGS. Configuração Permite configurar as opções de conexão da base de dados, do agente, entre outros. Configurar TCP/IP Permite realizar a configuração da porta através da qual a console envia as mensagens e opções de administração remota às estações. Deve ter em consideração a configuração prévia do acfile.ini em cada uma das estações. Configuração Base de Dados Configuração IPs Lapso de atualização Tipo de conexão Abre a interface DBConfig, do módulo Aranda SETTINGS, para realizar a configuração de conexão com a base de dados AAM. Abre a interface IPConfig, do módulo Aranda SETTINGS, e permite estabelecer um só IP de conexão e identificação para as estações que contem com um IP dinâmico. Permite configurar o número de horas (entre 24 e 168 horas) que devem passar para que a console verifique os inventários que têm chegado das diferentes estações. Permite que o usuário selecione o tipo de conexão (por nome ou por endereço IP da estação de trabalho remota) para a transferência de pacotes. Obter estado automaticamente Inicia o serviço Monitor de Estados, mediante o qual é possível conhecer o estado dos módulos Capt_res e Remserver nas estações de trabalho inventariadas. Todos los derechos reservados Aranda Software [142]

143 6. Ajuda Por meio desta opção é possível conhecer a informação técnica e legal sobre a interface Console ODBC. B. Barra de Ícones É a barra de tarefas localizada embaixo de ferramentas, e se encontra conformada pelos ícones das funcionalidades descritas anteriormente. No tema anterior frente a cada funcionalidade, se encontra a imagem correspondente da barra de ícones. C. Painel central principal O painel central se encontra dividido em 21 abas diferentes conformadas por linhas ou registros que correspondam com cada uma das estações inventariadas; estes registros ao mesmo tempo estão conformados por colunas ou campos, nos quais se apresenta a informação respectiva de cada estação, segundo a aba de informação na qual se encontra localizada. A seguir se listam as abas do painel central: Sistema Sistema operacional Bios Memória Processador Discos Recursos Compartilhados Unidades Mapeadas Comandos início Impressoras Hardware Software Software Total Software Serial Arquivo IP Alarmes Informação do Setup Vídeo Dados Adicionais Serviços Todos los derechos reservados Aranda Software [143]

144 Imagem Nº 77 D. Painel Esquerdo Está conformado por três menus, que pode escolher se visualizar ou não: Árvore de agrupações Faz às vezes de filtro de estações por categorias. Dependendo das permissões que tenha como usuário, pode ou não ver o inventário de algumas categorias. É possível ligar ou desligar este filtro. Configurar colunas Quando seleciona a opção Customizar colunas da barra de ferramentas ou de ícones se visualiza este menu no painel esquerdo. Aí pode escolher as colunas que se visualizarão no painel central, de acordo com as informações de cada aba. Detalhe estação Permite ver a localização da estação e detalhes do usuário da mesma. Todos los derechos reservados Aranda Software [144]

145 Imagem Nº 78 Todos los derechos reservados Aranda Software [145]

[Manual de Uso e Instalación]

[Manual de Uso e Instalación] Todos los derechos reservados Aranda Software www.arandasoft.com [1] Introdução A base de dados de gestão da configuração de Aranda (Aranda CMDB) faz o seguimento e classifica todos os custos relacionados

Leia mais

[Manual de Instalación]

[Manual de Instalación] Todos los derechos reservados Aranda Software www.arandasoft.com [1] INTRODUÇÃO Bem-vindo no novo sistema de apoio de controle total de impressões dentro da sua empresa, desenvolvido pelo equipo de trabalho

Leia mais

Agente local Aranda GNU/Linux. [Manual Instalación] Todos los derechos reservados Aranda Software www.arandasoft.com [1]

Agente local Aranda GNU/Linux. [Manual Instalación] Todos los derechos reservados Aranda Software www.arandasoft.com [1] Todos los derechos reservados Aranda Software www.arandasoft.com [1] Introdução O Agente Aranda para sistemas Linux se encarrega de coletar as seguintes informações em cada uma das estações de trabalho

Leia mais

[Manual de Instalação]

[Manual de Instalação] Todos los derechos reservados Aranda Software www.arandasoft.com [1] Introdução O Aranda SERVICE DESK Versão 7.2 é a solução de gestão de processos e serviços de suporte, que permite implementar as melhores

Leia mais

Aranda ASSET MANAGEMENT. [Manual de Uso] Todos os direitos reservados Aranda Software www.arandasoft.com [1]

Aranda ASSET MANAGEMENT. [Manual de Uso] Todos os direitos reservados Aranda Software www.arandasoft.com [1] Todos os direitos reservados Aranda Software www.arandasoft.com [1] Aranda ASSET MANAGEMENT Versão 7.1 Qualquer documentação técnica fornecida pela Aranda software Corporation é um produto registrado pela

Leia mais

Aranda INVENTORY. Benefícios Estratégicos para sua Organização. (Standard & Plus Edition) Beneficios. Características V.2.0907

Aranda INVENTORY. Benefícios Estratégicos para sua Organização. (Standard & Plus Edition) Beneficios. Características V.2.0907 Uma ferramenta de inventario que automatiza o cadastro de ativos informáticos em detalhe e reporta qualquer troca de hardware ou software mediante a geração de alarmes. Beneficios Informação atualizada

Leia mais

[Manual de Instalação e Uso]

[Manual de Instalação e Uso] Todos los derechos reservados Aranda Software www.arandasoft.com [1] Introdução Para realizar uma efetiva empresa IT e manter em um alto nível, é imperativo conhecer as exigências e necessidades do negócio.

Leia mais

[Manual de Instalação e Uso] Aranda NETWORK MONITOR. lnaher. Todos los derechos reservados Aranda Software www.arandasoft.com [1]

[Manual de Instalação e Uso] Aranda NETWORK MONITOR. lnaher. Todos los derechos reservados Aranda Software www.arandasoft.com [1] lnaher Todos los derechos reservados Aranda Software www.arandasoft.com [1] Introdução O Aranda NETWORK MONITOR (ANM) é uma solução desenvolvida para administrar redes complexas de qualquer tamanho e identificar

Leia mais

CONTEÚDO ARANDA SOFTWARE DELIVERY...

CONTEÚDO ARANDA SOFTWARE DELIVERY... CONTEÚDO ARANDA SOFTWARE DELIVERY... 5 INSTALANDO ARANDA SOFTWARE DELIVERY... 6 Requisitos do Sistema... 6 De Hardware e Software... 6 No Servidor... 6 Nas Estações... 6 REGISTRANDO O ARANDA SOFTWARE DELIVERY-MÓDULO

Leia mais

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial 2 1. O Sistema PrinterTux O Printertux é um sistema para gerenciamento e controle de impressões. O Produto consiste em uma interface web onde o administrador efetua o cadastro

Leia mais

mobile PhoneTools Guia do Usuário

mobile PhoneTools Guia do Usuário mobile PhoneTools Guia do Usuário Conteúdo Requisitos...2 Antes da instalação...3 Instalar mobile PhoneTools...4 Instalação e configuração do telefone celular...5 Registro on-line...7 Desinstalar mobile

Leia mais

TABELA DE CONTEÚDO. [Manual de Uso e Instalação] www.arandasoft.com. Aranda PC BROWSER WEB

TABELA DE CONTEÚDO. [Manual de Uso e Instalação] www.arandasoft.com. Aranda PC BROWSER WEB TABELA DE CONTEÚDO TUINTRODUÇÃOUT...4 TUARANDA PCBROWSER WEB EDITIONUT...5 TUINSTALANDO O ARANDA PCBROWSER WEB EDITIONUT... 5 TURequisitos do sistemaut... 5 TUDe hardwareut...5 TUNo servidor webut...5

Leia mais

Aranda ASSET MANAGEMENT. [Manual de Uso] Todos os direitos reservados Aranda Software www.arandasoft.com [1]

Aranda ASSET MANAGEMENT. [Manual de Uso] Todos os direitos reservados Aranda Software www.arandasoft.com [1] Todos os direitos reservados Aranda Software www.arandasoft.com [1] Aranda ASSET MANAGEMENT PROFILE Versão 7.1 O Aranda ASSET MANAGEMENT (AAM) PROFILE é o módulo que oferece os elementos de segurança necessários

Leia mais

MicrovixPOS Requisitos, Instalação e Execução

MicrovixPOS Requisitos, Instalação e Execução MicrovixPOS Requisitos, Instalação e Execução Autor Público Alvo Rodrigo Cristiano dos Santos Suporte Técnico, Consultoria e Desenvolvimento. Histórico Data 13/06/2012 Autor Rodrigo Cristiano Descrição

Leia mais

Seu manual do usuário XEROX 6279 http://pt.yourpdfguides.com/dref/5579951

Seu manual do usuário XEROX 6279 http://pt.yourpdfguides.com/dref/5579951 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para XEROX 6279. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a XEROX 6279 no manual

Leia mais

Aranda QUERY MANAGER Versão 7

Aranda QUERY MANAGER Versão 7 Aranda QUERY MANAGER Versão 7 Aranda Software Corp. 2002-2009. Todos os direitos reservados. Qualquer documentação técnica fornecida pela Aranda Software Corporation é um produto registrado por Aranda

Leia mais

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO 1 ÍNDICE 1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO... 3 1.1 REQUISITOS BASICOS DE SOFTWARE... 3 1.2 REQUISITOS BASICOS DE HARDWARE... 3 2 EXECUTANDO O INSTALADOR... 3 2.1 PASSO 01... 3 2.2 PASSO

Leia mais

Volume ACRONUS SOFTWARE GUIA DE UTILIZAÇÃO DO ACRONUS SYSTEM. Manual Técnico 4.28

Volume ACRONUS SOFTWARE GUIA DE UTILIZAÇÃO DO ACRONUS SYSTEM. Manual Técnico 4.28 Volume 1 ACRONUS SOFTWARE GUIA DE UTILIZAÇÃO DO ACRONUS SYSTEM Manual Técnico 4.28 P A C O T E I N S T I T U I Ç Õ E S D E E N S I N 0 - E M P R E S A S Manual Técnico 4.28 ACRONUS SOFTWARE 08.104.732/0001-33

Leia mais

CONFORTO COM SEGURANÇA CONFORTO COM SEGURANÇA. 0 P27070 - Rev

CONFORTO COM SEGURANÇA CONFORTO COM SEGURANÇA. 0 P27070 - Rev P27070 - Rev. 0 1. RESTRIÇÕES DE FUNCIONAMENTO RECEPTOR IP ÍNDICE 1. Restrições de Funcionamento... 03 2. Receptor IP... 03 3. Inicialização do Software... 03 4. Aba Eventos... 04 4.1. Botão Contas...

Leia mais

Copyright Todos os Direitos Reservados. Aranda Software Corp.

Copyright Todos os Direitos Reservados. Aranda Software Corp. www.arandasoft.com Copyright Todos os Direitos Reservados. Aranda Software Corp. CONTEÚDO INTRODUÇÃO...5 INVENTÁRIO DE RECURSOS INFORMÁTICOS... 5 LICENCIAMENTO DE SOFTWARE... 5 OTIMIZAÇÃO DE MÁQUINAS...

Leia mais

www.neteye.com.br NetEye Guia de Instalação

www.neteye.com.br NetEye Guia de Instalação www.neteye.com.br NetEye Guia de Instalação Índice 1. Introdução... 3 2. Funcionamento básico dos componentes do NetEye...... 3 3. Requisitos mínimos para a instalação dos componentes do NetEye... 4 4.

Leia mais

TRBOnet MDC Console. Manual de Operação

TRBOnet MDC Console. Manual de Operação TRBOnet MDC Console Manual de Operação Versão 1.8 ÍNDICE NEOCOM Ltd 1. VISÃO GERAL DA CONSOLE...3 2. TELA DE RÁDIO...4 2.1 COMANDOS AVANÇADOS...5 2.2 BARRA DE FERRAMENTAS...5 3. TELA DE LOCALIZAÇÃO GPS...6

Leia mais

Manual de Instalação Corporate

Manual de Instalação Corporate Manual de Instalação Corporate Sumário 1. Sobre este documento...3 2. Suporte técnico...3 3. Requisitos de hardware...3 3.1. Estação...3 3.2. Servidor...4 4. Instalação...4 4.1. Instalação do Imobiliária21

Leia mais

NETALARM GATEWAY. Manual do Usuário

NETALARM GATEWAY. Manual do Usuário Índice 1. Introdução...3 2. Requisitos Mínimos de Instalação...3 3. Instalação...3 4. Inicialização do Programa...5 5. Abas de Configuração...6 5.1 Aba Serial...6 5.2 Aba TCP...7 5.2.1 Opções Cliente /

Leia mais

MANUAL DE CONFIGURAÇÃO

MANUAL DE CONFIGURAÇÃO MANUAL DE CONFIGURAÇÃO CONTMATIC PHOENIX SUMÁRIO CAPÍTULO I APRESENTAÇÃO DO ACESSO REMOTO... 3 1.1 O que é o ACESSO REMOTO... 3 1.2 Como utilizar o ACESSO REMOTO... 3 1.3 Quais as vantagens em usar o PHOENIX

Leia mais

Introdução... 1. Instalação... 2

Introdução... 1. Instalação... 2 ONTE DO Introdução... 1 O que é IPP?... 1 Qual é a função de um software Samsung IPP?... 1 Instalação... 2 Requisitos do sistema... 2 Instalar o software Samsung IPP... 2 Desinstalar o software Samsung

Leia mais

INDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CONFIGURAÇÃO MÍNIMA... 4 3. INSTALAÇÃO... 4 4. INTERLIGAÇÃO DO SISTEMA... 5 5. ALGUNS RECURSOS... 6 6. SERVIDOR BAM...

INDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CONFIGURAÇÃO MÍNIMA... 4 3. INSTALAÇÃO... 4 4. INTERLIGAÇÃO DO SISTEMA... 5 5. ALGUNS RECURSOS... 6 6. SERVIDOR BAM... 1 de 30 INDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CONFIGURAÇÃO MÍNIMA... 4 3. INSTALAÇÃO... 4 3.1. ONDE SE DEVE INSTALAR O SERVIDOR BAM?... 4 3.2. ONDE SE DEVE INSTALAR O PROGRAMADOR REMOTO BAM?... 4 3.3. COMO FAZER

Leia mais

Cadastro de Orçamento Utilizando Tablet Android

Cadastro de Orçamento Utilizando Tablet Android Cadastro de Orçamento Utilizando Tablet Android Instalação, configuração e manual 1 Conteúdo Instalação... 4 Requisitos mínimos... 4 Windows 8... 5 Instalação do IIS no Windows 8... 5 Configuração do IIS

Leia mais

Symantec Backup Exec 12.5 for Windows Servers. Guia de Instalação Rápida

Symantec Backup Exec 12.5 for Windows Servers. Guia de Instalação Rápida Symantec Backup Exec 12.5 for Windows Servers Guia de Instalação Rápida 13897290 Instalação do Backup Exec Este documento contém os seguintes tópicos: Requisitos do sistema Antes de instalar Sobre a conta

Leia mais

Manual de Instalação

Manual de Instalação Manual de Instalação Sumário 1. Sobre este documento...3 2. Suporte técnico...3 3. Requisitos de hardware...3 3.1. Estação...3 3.2. Servidor...4 4. Instalação...4 4.1. Instalação do Group Folha no servidor...6

Leia mais

Grifon Alerta. Manual do Usuário

Grifon Alerta. Manual do Usuário Grifon Alerta Manual do Usuário Sumário Sobre a Grifon Brasil... 4 Recortes eletrônicos... 4 Grifon Alerta Cliente... 4 Visão Geral... 4 Instalação... 5 Pré-requisitos... 5 Passo a passo para a instalação...

Leia mais

Software de monitoramento Módulo CONDOR CFTV V1 R1

Software de monitoramento Módulo CONDOR CFTV V1 R1 Software de monitoramento Módulo CONDOR CFTV V1 R1 Versão 30/06/2014 FOR Segurança Eletrônica Rua dos Lírios, 75 - Chácara Primavera Campinas, SP (19) 3256-0768 1 de 12 Conteúdo A cópia total ou parcial

Leia mais

Como instalar Windows XP

Como instalar Windows XP Como instalar Windows XP 1 Como instalar Windows XP Existem 2 opções para instalar XP: Opção A: para micro novo sem Sistema Operacional instalado (Exemplo de sistema operacional:windows 98, Windows 2000,

Leia mais

1. Introdução. 2. Funcionamento básico dos componentes do Neteye

1. Introdução. 2. Funcionamento básico dos componentes do Neteye 1. Introdução Esse guia foi criado com o propósito de ajudar na instalação do Neteye. Para ajuda na utilização do Software, solicitamos que consulte os manuais da Console [http://www.neteye.com.br/help/doku.php?id=ajuda]

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO SUMÁRIO

MANUAL DO USUÁRIO SUMÁRIO SUMÁRIO 1. Home -------------------------------------------------------------------------------------------------------- 7 2. Cadastros -------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Motorola Phone Tools. Início Rápido

Motorola Phone Tools. Início Rápido Motorola Phone Tools Início Rápido Conteúdo Requisitos mínimos... 2 Antes da instalação Motorola Phone Tools... 3 Instalar Motorola Phone Tools... 4 Instalação e configuração do dispositivo móvel... 5

Leia mais

Andarta - Guia de Instalação. Guia de Instalação

Andarta - Guia de Instalação. Guia de Instalação Guia de Instalação 29 de setembro de 2010 1 Sumário Introdução... 3 Os Módulos do Andarta... 4 Instalação por módulo... 6 Módulo Andarta Server... 6 Módulo Reporter... 8 Módulo Agent... 9 Instalação individual...

Leia mais

Manual do Radioserver

Manual do Radioserver Manual do Radioserver Versão 1.0.0 Alex Farias (Supervisão) Luiz Galano (Comercial) Vinícius Cosomano (Suporte) Tel: (011) 9393-4536 (011) 2729-0120 (011) 2729-0120 Email: alex@smartptt.com.br suporte@smartptt.com.br

Leia mais

Instruções de instalação e remoção para os drivers de impressora PostScript e PCL do Windows Versão 8

Instruções de instalação e remoção para os drivers de impressora PostScript e PCL do Windows Versão 8 Instruções de instalação e remoção para os drivers de impressora PostScript e PCL do Windows Versão 8 Este arquivo ReadMe contém as instruções para a instalação dos drivers de impressora PostScript e PCL

Leia mais

ZOOM SOFTWARE SUITE. Versão 7.2 Manual de Instalação P/N 94ZM-ZMJ1P-722

ZOOM SOFTWARE SUITE. Versão 7.2 Manual de Instalação P/N 94ZM-ZMJ1P-722 ZOOM SOFTWARE SUITE Versão 7.2 Manual de Instalação P/N 94ZM-ZMJ1P-722 Símbolos de segurança Atenção Identifique as condições ou práticas que podem afetar o desempenho do produto ou danificar o equipamento.

Leia mais

Usar Atalhos para a Rede. Logar na Rede

Usar Atalhos para a Rede. Logar na Rede GUIA DO USUÁRIO: NOVELL CLIENT PARA WINDOWS* 95* E WINDOWS NT* Usar Atalhos para a Rede USAR O ÍCONE DA NOVELL NA BANDEJA DE SISTEMA Você pode acessar vários recursos do software Novell Client clicando

Leia mais

Configuração de Digitalizar para E-mail

Configuração de Digitalizar para E-mail Guia de Configuração de Funções de Digitalização de Rede Rápida XE3024PT0-2 Este guia inclui instruções para: Configuração de Digitalizar para E-mail na página 1 Configuração de Digitalizar para caixa

Leia mais

CONFIGURADOR DO PAINEL FP1 v 1.3

CONFIGURADOR DO PAINEL FP1 v 1.3 CONFIGURADOR DO PAINEL FP1 v 1.3 1. INTRODUÇÃO Este software permite a configuração dos dispositivos de detecção manuais e ou automáticos do sistema digital de alarme de incêndio FP1. Pode-se, por intermédio

Leia mais

O serviço de Gateway Remoto é instalado em um computador, onde um ou diversos rádios móveis Hytera podem ser conectados via cabo USB e áudio.

O serviço de Gateway Remoto é instalado em um computador, onde um ou diversos rádios móveis Hytera podem ser conectados via cabo USB e áudio. Visão Geral O Gateway Remoto Hytracks tem por objetivo atuar como uma extensão do Servidor principal, visando atender regiões muito distantes do servidor através de um link IP. O serviço de Gateway Remoto

Leia mais

Versão 7.1. ARANDA Software Corporation 2002-2007. Todos os direitos reservados.

Versão 7.1. ARANDA Software Corporation 2002-2007. Todos os direitos reservados. 1 1 Aranda SERVICE DESK Versão 7.1 ARANDA Software Corporation 2002-2007. Todos os direitos reservados. Qualquer documentação técnica fornecida pela Aranda Software Corporation é um produto registrado

Leia mais

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano Informática Aplicada Aula 2 Windows Vista Professora: Cintia Caetano AMBIENTE WINDOWS O Microsoft Windows é um sistema operacional que possui aparência e apresentação aperfeiçoadas para que o trabalho

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. - INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

SENAI São Lourenço do Oeste. Introdução à Informática. Adinan Southier Soares

SENAI São Lourenço do Oeste. Introdução à Informática. Adinan Southier Soares SENAI São Lourenço do Oeste Introdução à Informática Adinan Southier Soares Informações Gerais Objetivos: Introduzir os conceitos básicos da Informática e instruir os alunos com ferramentas computacionais

Leia mais

Manual de Instalação e Configuração do SQL Express

Manual de Instalação e Configuração do SQL Express Manual de Instalação e Configuração do SQL Express Data alteração: 19/07/11 Pré Requisitos: Acesse o seguinte endereço e faça o download gratuito do SQL SRVER EXPRESS, conforme a sua plataforma x32 ou

Leia mais

Manual STCP Web Admin 27/07/2009, Riversoft Integração e Desenvolvimento

Manual STCP Web Admin 27/07/2009, Riversoft Integração e Desenvolvimento STCP OFTP Web Admin Versão 4.0.0 Riversoft Integração e Desenvolvimento de Software Ltda Av.Dr.Delfim Moreira, 537 Centro Santa Rita do Sapucaí, Minas Gerais CEP 37540 000 Tel/Fax: 35 3471 0282 E-mail:

Leia mais

Professional. Guia do Usuário

Professional. Guia do Usuário Professional Guia do Usuário Conteúdo Introdução a SYNCING.NET... 3 Bem-vindo a SYNCING.NET... 3 Utilizando SYNCING.NET... 3 Como funciona SYNCING.NET?... 3 Requisitos Técnicos... 5 Instalação... 6 Registro...

Leia mais

TRBOnet Standard. Manual de Operação

TRBOnet Standard. Manual de Operação TRBOnet Standard Manual de Operação Versão 1.8 NEOCOM Ltd ÍNDICE 1. TELA DE RÁDIO 3 1.1 COMANDOS AVANÇADOS 4 1.2 BARRA DE FERRAMENTAS 5 2. TELA DE LOCALIZAÇÃO GPS 6 2.1 MAPLIB 6 2.2 GOOGLE EARTH 7 2.3

Leia mais

Manual de Instalação

Manual de Instalação Manual de Instalação Produto: n-server Versão: 4.5 Versão do Doc.: 1.0 Autor: César Dehmer Trevisol Data: 13/12/2010 Aplica-se à: Clientes e Revendas Alterado por: Release Note: Detalhamento de Alteração

Leia mais

INSTALAÇÃO WinSEF_CC SEF. Manual de Instalação Versão 1.1. União Sul Brasileira da IASD Campanha de Colportagem 25/03/2009

INSTALAÇÃO WinSEF_CC SEF. Manual de Instalação Versão 1.1. União Sul Brasileira da IASD Campanha de Colportagem 25/03/2009 2009 INSTALAÇÃO WinSEF_CC SEF Manual de Instalação Versão 1.1 União Sul Brasileira da IASD Campanha de Colportagem 25/03/2009 Sumário Introdução... 3 Pré-requisitos para Instalação... 4 Instalação em Bases

Leia mais

Índice. Manual Backup Online. 03 Capítulo 1: Visão Geral

Índice. Manual Backup Online. 03 Capítulo 1: Visão Geral Índice 03 Capítulo 1: Visão Geral 04 Capítulo 2: Conta de Usuário 04 Criação 08 Edição 09 Grupo de Usuários 10 Informações da Conta 12 Capítulo 3: Download do Backup Online Embratel 16 Capítulo 4: Cópia

Leia mais

Noções de. Microsoft SQL Server. Microsoft SQL Server

Noções de. Microsoft SQL Server. Microsoft SQL Server Noções de 1 Considerações Iniciais Basicamente existem dois tipos de usuários do SQL Server: Implementadores Administradores 2 1 Implementadores Utilizam o SQL Server para criar e alterar base de dados

Leia mais

Visão Geral sobre o tutorial de Utilização de

Visão Geral sobre o tutorial de Utilização de Tutorial de Utilização de Impressoras Não Fiscais no NFC-e Visão Geral sobre o tutorial de Utilização de Impressoras Não Fiscais no NFC-e O intuito deste tutorial é descrever com detalhes técnicos como

Leia mais

TCM Informática Rua Senador Ivo D'Aquino, 121 Bairro: Lagoa da Conceição 88062-050 Florianópolis, SC Brasil Fone +55 48 3334-8877 Fax +55 48

TCM Informática Rua Senador Ivo D'Aquino, 121 Bairro: Lagoa da Conceição 88062-050 Florianópolis, SC Brasil Fone +55 48 3334-8877 Fax +55 48 1.1 Roteiro para Instalação do Software 1.1.1 Servidor 1.1.1.1 Requisitos de Hardware Servidor de pequeno porte Servidor dedicado: Processador: 500Mhz Memória RAM: 256MB Hard Disk: 20 ou 40GB (7.500rpm)

Leia mais

Madis Rodbel Soluções de Ponto e Acesso Ltda.

Madis Rodbel Soluções de Ponto e Acesso Ltda. Elaborado: Qualidade de Software Versão: 3.00 Data: 11/06/2012 Apresentação O software Ativador REP é um software desenvolvido pela MADIS, para efetuar o controle das ativações do MD REP, MD REP NF, MD

Leia mais

HOME. Guia de Usuário

HOME. Guia de Usuário HOME Guia de Usuário Contenido Introdução a SYNCING.NET... 3 Bem-vindo a SYNCING.NET... 3 Utilizando SYNCING.NET... 3 Como funciona SYNCING.NET?... 3 Requisitos Técnicos... 5 Instalação... 6 Registro...

Leia mais

Obs: É necessário utilizar um computador com sistema operacional Windows 7.

Obs: É necessário utilizar um computador com sistema operacional Windows 7. Instalando os Pré-Requisitos Os arquivos dos 'Pré-Requisitos' estão localizados na pasta Pré-Requisitos do CD HyTracks que você recebeu. Os arquivos também podem ser encontrados no servidor. (www.hytracks.com.br/pre-requisitos.zip).

Leia mais

Manual de Instalação Mozilla Thunderbird no DATASUS - RJ

Manual de Instalação Mozilla Thunderbird no DATASUS - RJ Manual de Instalação Mozilla Thunderbird no DATASUS - RJ Conteúdo Sobre Este Documento......2 Conhecimentos Desejados...2 Organização deste Documento...2 Sobre o Mozilla Thunderbird...2 1.Pré-requisitos

Leia mais

Manual de Instalação Flex

Manual de Instalação Flex Manual de Instalação Flex Sumário 1. Sobre este documento... 3 2. Suporte técnico... 3 3. Requisitos de hardware... 4 4. Instalação... 5 4.1. Instalação no servidor... 5 4.1.1. Instalação do sistema...

Leia mais

Guia de Instalação SIAM. Procedimento de Instalação do Servidor SIAM

Guia de Instalação SIAM. Procedimento de Instalação do Servidor SIAM Guia de Instalação SIAM Procedimento de Instalação do Servidor SIAM Documento Gerado por: Amir Bavar Criado em: 18/10/2006 Última modificação: 27/09/2008 Guia de Instalação SIAM Procedimento de Instalação

Leia mais

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1 MANUAL DO USUÁRIO Índice 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema... 4 2.1. Instalação... 4 2.1.1. Servidor - Computador Principal... 4 2.1.2. Estação - Computador na Rede... 6 2.1.3. Estação - Mapeamento

Leia mais

SECRETARIA DA JUSTIÇA E DEFESA DA CIDADANIA FUNDAÇÃO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR - PROCON/SP MANUAL DE INSTALAÇÃO DO SISTEMA

SECRETARIA DA JUSTIÇA E DEFESA DA CIDADANIA FUNDAÇÃO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR - PROCON/SP MANUAL DE INSTALAÇÃO DO SISTEMA MANUAL DE INSTALAÇÃO DO SISTEMA 1. INTRODUCÃO Este manual tem como objetivo orientar o usuário durante o processo de instalação do SIGA Sistema Global de Atendimento. 2 de 27 2. PRÉ-REQUISITOS DE INSTALAÇÃO

Leia mais

Manual do Usuário Cyber Square

Manual do Usuário Cyber Square Manual do Usuário Cyber Square Criado dia 27 de março de 2015 as 12:14 Página 1 de 48 Bem-vindo ao Cyber Square Parabéns! Você está utilizando o Cyber Square, o mais avançado sistema para gerenciamento

Leia mais

Manual de Instalação ProJuris8

Manual de Instalação ProJuris8 Manual de Instalação ProJuris8 Sumário 1 - Requisitos para a Instalação... 3 2 - Instalação do Firebird.... 4 3 - Instalação do Aplicativo ProJuris 8.... 8 4 - Conexão com o banco de dados.... 12 5 - Ativação

Leia mais

Ministério da Saúde Secretaria de Políticas de Saúde Programa Nacional de DST /Aids Assessoria de Informática

Ministério da Saúde Secretaria de Políticas de Saúde Programa Nacional de DST /Aids Assessoria de Informática Ministério da Saúde Secretaria de Políticas de Saúde Programa Nacional de DST /Aids Assessoria de Informática Sistema de Controle de Exames Laboratoriais de CD4/CD8 e Carga Viral - SISCEL - Roteiro para

Leia mais

Manual de Instalação

Manual de Instalação Manual de Instalação Produto: n-client MSI Versão: 4.2.3 Versão do Doc.: 1.0 Autor: Aline Della Justina Data: 19/11/2010 Documento destinado à: Clientes e Parceiros Alterado por: Release Note: Detalhamento

Leia mais

ProRAE Guardian V1.5 Guia de referência rápida

ProRAE Guardian V1.5 Guia de referência rápida ProRAE Guardian V1.5 Guia de referência rápida Para obter uma descrição completa das funções do programa, consulte o guia do usuário do ProRAE Guardian (incluso no CD de software). SUMÁRIO 1. Principais

Leia mais

TUTORIAL VMWARE WORKSTATION 8. Aprenda a instalar e configurar corretamente uma máquina virtual utilizando VMware Workstation com este tutorial

TUTORIAL VMWARE WORKSTATION 8. Aprenda a instalar e configurar corretamente uma máquina virtual utilizando VMware Workstation com este tutorial TUTORIAL VMWARE WORKSTATION 8 Aprenda a instalar e configurar corretamente uma máquina virtual utilizando VMware Workstation com este tutorial INTRODUÇÃO O uso de máquinas virtuais pode ser adequado tanto

Leia mais

Manual de Instalação e Configuração do Sistema Cali LAB View

Manual de Instalação e Configuração do Sistema Cali LAB View Manual de Instalação e Configuração do Sistema Cali LAB View www.cali.com.br - Manual de Instalação e Configuração do Sistema Cali LAB View - Página 1 de 29 Índice INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO (FIREBIRD E

Leia mais

Sistema de Instalação e Criação da Estrutura do Banco de Dados MANUAL DO INSTALADOR. Julho/2007. Ministério da saúde

Sistema de Instalação e Criação da Estrutura do Banco de Dados MANUAL DO INSTALADOR. Julho/2007. Ministério da saúde Sistema de Instalação e Criação da Estrutura do Banco de Dados MANUAL DO INSTALADOR Julho/2007 Ministério da saúde SUMÁRIO Módulo 1. Instalação... 4 Introdução... 4 Configurações de equipamentos para instalação

Leia mais

Symantec Backup Exec 2010. Guia de Instalação Rápida

Symantec Backup Exec 2010. Guia de Instalação Rápida Symantec Backup Exec 2010 Guia de Instalação Rápida 20047221 Instalação do Backup Exec Este documento contém os seguintes tópicos: Requisitos do sistema Antes da instalação Sobre a conta de serviço do

Leia mais

Shavlik Protect. Guia de Atualização

Shavlik Protect. Guia de Atualização Shavlik Protect Guia de Atualização Copyright e Marcas comerciais Copyright Copyright 2009 2014 LANDESK Software, Inc. Todos os direitos reservados. Este produto está protegido por copyright e leis de

Leia mais

Introdução ao. Linux do MEC

Introdução ao. Linux do MEC Introdução ao Linux do MEC Abril/2006 ÍNDICE Software Livre 3 Linux do MEC 4 Inicializando e finalizando o sistema 5 Área de trabalho 6 Operações com arquivos 7 Administração do ambiente 9 Navegador Internet

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

V O C Ê N O C O N T R O L E.

V O C Ê N O C O N T R O L E. VOCÊ NO CONTROLE. VOCÊ NO CONTROLE. O que é o Frota Fácil? A Iveco sempre coloca o desejo de seus clientes à frente quando oferece ao mercado novas soluções em transportes. Pensando nisso, foi desenvolvido

Leia mais

Guia de Prática. Windows 7 Ubuntu 12.04

Guia de Prática. Windows 7 Ubuntu 12.04 Guia de Prática Windows 7 Ubuntu 12.04 Virtual Box e suas interfaces de rede Temos 04 interfaces de rede Cada interface pode operar nos modos: NÃO CONECTADO, que representa o cabo de rede desconectado.

Leia mais

Atualizando do Windows XP para o Windows 7

Atualizando do Windows XP para o Windows 7 Atualizando do Windows XP para o Windows 7 Atualizar o seu PC do Windows XP para o Windows 7 requer uma instalação personalizada, que não preserva seus programas, arquivos ou configurações. Às vezes, ela

Leia mais

Instalação: permite baixar o pacote de instalação do agente de coleta do sistema.

Instalação: permite baixar o pacote de instalação do agente de coleta do sistema. O que é o projeto O PROINFODATA - programa de coleta de dados do projeto ProInfo/MEC de inclusão digital nas escolas públicas brasileiras tem como objetivo acompanhar o estado de funcionamento dos laboratórios

Leia mais

Principais Característic

Principais Característic Principais Característic Características as Software para agendamento e controle de consultas e cadastros de pacientes. Oferece ainda, geração de etiquetas, modelos de correspondência e de cartões. Quando

Leia mais

Instalação, configuração e manual

Instalação, configuração e manual Cardápio Moura Instalação, configuração e manual Conteúdo Instalação... 4 Requisitos mínimos... 4 Windows 8... 5 Instalação do IIS no Windows 8... 5 Configuração do IIS no WINDOWS 8... 15 Windows 7...

Leia mais

1998-2015 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados.

1998-2015 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados. Versão 8.0 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse caso, somente a Domínio Sistemas

Leia mais

MANUAL DO ADMINISTRADOR DO MÓDULO

MANUAL DO ADMINISTRADOR DO MÓDULO MANUAL DO ADMINISTRADOR DO MÓDULO ÍNDICE Relatórios Dinâmicos... 3 Requisitos de Sistema... 4 Estrutura de Dados... 5 Operadores... 6 Tabelas... 7 Tabelas x Campos... 9 Temas... 13 Hierarquia Relacionamento...

Leia mais

GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas

GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas GerNFe 1.0 Manual do usuário Página 1/13 GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas O programa GerNFe 1.0 tem como objetivo armazenar em local seguro e de maneira prática para pesquisa,

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA PRO CONTROL

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA PRO CONTROL Elaborado Por: Henrique Aren Troitinho Versão: 1.0 Data: 04/11/08 Elaborado por: Henrique Aren Troitinho Versão: 1.0 Data: 04/11/2008 Página 2 de 22 Índice: 1. Finalidade do Pro Control Pág. 03 2. Instalação

Leia mais

Manual de configurações do Conectividade Social Empregador

Manual de configurações do Conectividade Social Empregador Manual de configurações do Conectividade Social Empregador Índice 1. Condições para acesso 2 2. Requisitos para conexão 2 3. Pré-requisitos para utilização do Applet Java com Internet Explorer versão 5.01

Leia mais

O Servidor de impressão DP-300U atende a seguinte topologia: Podem ser conectadas 2 impressoras Paralelas e 1 USB.

O Servidor de impressão DP-300U atende a seguinte topologia: Podem ser conectadas 2 impressoras Paralelas e 1 USB. O Servidor de impressão DP-300U atende a seguinte topologia: Podem ser conectadas 2 impressoras Paralelas e 1 USB. 1 1- Para realizar o procedimento de configuração o DP-300U deve ser conectado via cabo

Leia mais

Manual de Instalação de Telecentros Comunitários. Ministério das Comunicações

Manual de Instalação de Telecentros Comunitários. Ministério das Comunicações Manual de Instalação de Telecentros Comunitários Ministério das Comunicações As informações contidas no presente documento foram elaboradas pela International Syst. Qualquer dúvida a respeito de seu uso

Leia mais

Comm5 Tecnologia Manual de utilização da família MI. Manual de Utilização. Família MI

Comm5 Tecnologia Manual de utilização da família MI. Manual de Utilização. Família MI Manual de Utilização Família MI ÍNDICE 1.0 COMO LIGAR O MÓDULO... pág 03 e 04 2.0 OBJETIVO... pág 05 3.0 COMO CONFIGURAR O MÓDULO MI... pág 06, 07, 08 e 09 4.0 COMO TESTAR A REDE... pág 10 5.0 COMO CONFIGURAR

Leia mais

Manual de Instalação. Windows XP. Desenvolvedores: Patrick Duarte, Rodrigo dos Santos. Setembro de 2014.

Manual de Instalação. Windows XP. Desenvolvedores: Patrick Duarte, Rodrigo dos Santos. Setembro de 2014. Manual de Instalação Windows XP Desenvolvedores: Patrick Duarte, Rodrigo dos Santos. Setembro de 2014. 1 SUMÁRIO OBJETIVO DO MANUAL:...03 REQUISITOS MÍNIMOS:...03 PROCESSO DE INSTALAÇÃO:...04 3.1 Documentos

Leia mais

O Servidor de impressão DP-301U atende a seguinte topologia: Com o DP-301U pode ser conectada uma impressora USB.

O Servidor de impressão DP-301U atende a seguinte topologia: Com o DP-301U pode ser conectada uma impressora USB. O Servidor de impressão DP-301U atende a seguinte topologia: Com o DP-301U pode ser conectada uma impressora USB. 1 1- Para realizar o procedimento de configuração o DP-301U deve ser conectado via cabo

Leia mais

1 - O que é o Conectividade Social? 03. 2 - Qual a configuração mínima para instalar o programa?... 04

1 - O que é o Conectividade Social? 03. 2 - Qual a configuração mínima para instalar o programa?... 04 Conteúdo 1 - O que é o Conectividade Social? 03 2 - Qual a configuração mínima para instalar o programa?... 04 3 - O que é necessário para instalar o Conectividade Social?.... 05 4 - Como faço para executar

Leia mais

Produto: CL Titânio Assunto: Quais as funções que podem ser executadas no software client?

Produto: CL Titânio Assunto: Quais as funções que podem ser executadas no software client? Produto: CL Titânio Assunto: Quais as funções que podem ser executadas no software client? Assim que abrir o DVR Client, no canto superior direito há um grupo de opções denominado Login, preencha de acordo

Leia mais

ELIPSESCADA HMI/SCADA SOFTWARE. Guia de Instalação

ELIPSESCADA HMI/SCADA SOFTWARE. Guia de Instalação ELIPSESCADA HMI/SCADA SOFTWARE Guia de Instalação BEM-VINDO AO ELIPSE SCADA! A Elipse Software sente-se orgulhosa em apresentar esta poderosa ferramenta para o desenvolvimento de sistemas de supervisão

Leia mais

Manual de Instalação, Configuração e utilização do MG-Soft Server

Manual de Instalação, Configuração e utilização do MG-Soft Server Manual de Instalação, Configuração e utilização do MG-Soft Server V 1.7 www.pinaculo.com.br (51) 3541-0700 Sumário Apresentação... 3 1. Instalando o MG-Soft Server... 3 1.1. REQUISITOS MÍNIMOS... 3 1.2.

Leia mais