WEBCAST 1T17. Rio de Janeiro, 11 de Maio de 2017

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "WEBCAST 1T17. Rio de Janeiro, 11 de Maio de 2017"

Transcrição

1 WEBCAST 1T17 Rio de Janeiro, 11 de Maio de 2017

2 PRINCIPAIS DESTAQUES 1T17 Oferta Pública de Ações ( OPA ) T-MULT registra quatro operações com carga de projeto em janeiro Movimentação recorde no primeiro trimestre de 2017 Duas sondas atracadas simultaneamente no T-MULT BP Prumo realiza primeira importação de diesel marítimo pelo Porto do Açu T-MULT recebe 1ª operação de carvão siderúrgico Operação de dragagem no Terminal de Petróleo EBITDA pro forma Consolidado de R$ 56 milhões no 1T17 EVENTOS SUBSEQUENTES Acordo com a Port of Antwerp International NV Acordo definitivo para o desenvolvimento de um Centro de Conveniências 2

3 FOTOS T1 Terminal 1: Terminal de Petróleo e carregamento de navio no Terminal de minério de ferro 3

4 FOTOS T1 Terminal 1: Operação de dragagem no Terminal de Petroleo 4

5 FOTOS T2 Terminal 2: T-MULT - Operações com carga de projeto no T-MULT (Navio SBM INSTALLER) 5

6 FOTOS T2 Terminal 2: T-MULT Movimentação no T-MULT 6

7 FOTOS T2 Terminal 2: T-MULT Primeira operação de carvão siderúrgico no T-MULT 7

8 FOTOS T2 Terminal 2: Cais do cliente Edison Chouest. Total de 16 berços sendo que 3 berços lineares e 4 darsenas já estão prontas e operacionais. 8

9 FOTOS T2 Terminal 2: Cais dos clientes. 9

10 PRINCIPAIS DESTAQUES 1T17 Destaques Financeiros Perfil do endividamento Em milhões de R$ (com juros) em 31/03/2017 Saldo* 1.342,1 837, ,2 469,2 6,7 Saldo* Saldo* Saldo* Saldo* Saldo* Operação: Debêntures Repasse (FAT) Repasse (FAT) Notes Financiamento Guindaste Custo: IPC-A + 6,97% SELIC + 4,96% TJLP + 4,70% 8,5% a.a. + dólar 4,1% a.a. + euro Vencimento: Set, 2033 Set, 2033 Set, 2033 Out, 2022 Ago, 2020 Condições de Pagamento: Garantias: 04 anos de Carência + 14 de amortização mensal Todas as garantias do projeto** 04 anos de Carência + 14 de amortização mensal Todas as garantias do projeto** 04 anos de Carência + 14 de amortização mensal Todas as garantias do projeto** 7 anos de amortização trimestral (incluindo 9 meses de carência) Todas as garantias do projeto*** *incluindo juros e não incluindo custos de transação. Taxa de conversão: (PTAX Compra 31/03/17) Dólar 3,1684 Euro 3,3896 Total da dívida *4.575,5 milhões 05 anos com vencimentos semestrais Guindastes ** Ações, ativos e recebíveis do Porto do Açu / *** Ações, IC loan e contas reserva da PrumoPar 10

11 DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADO 1T17 IF RS Cons olidado (R$ Mil) DRE 1T 17 1T 16 Var. Receita Operacional Líquida C us to d e Ve nda (44.367) (33.332) (11.035) Lucro Bruto (2.802) De s p e s a s Ge ra is e Ad minis tra tiva s (28.637) (28.428) (209) Redução do valor recuperável de ativos ( impairment ) O utra s (d e s p e s a s ) re ce ita s o p e ra cio na is (10.961) - (10.961) (7) (2.566) Resultado Financeiro (86.552) (9.332) (77.220) Re s ulta d o d e e q uiva lê ncia p a trimo nia l Resultado antes do imposto de renda e da contribuição social (12.596) ( ) (20.350) (86.376) Imp o s to (IR e C SLL) (1.226) (44.402) Lucro (Prejuízo) líquido do período ( ) ( ) 11

12 BALANÇO PATRIMONIAL 1T17 IF RS Consolidado Balanç o Pat rimonial (R$ mil) 1T Var. Ativo Circulante ( ) Ativo Nã o C ircula nte T ot al do At ivo ( ) P a s s ivo C ircula nte (71.957) Passivo Não Circulante P a trimô nio líq uid o ( ) T ot al do Passivo e Pat rimônio líquido ( ) Posição de Caixa: Dívida Total: Dívida Líquida: R$ 203,9 milhões R$ 4,6 bilhões R$ 4,4 bilhões 12

13 EBITDA Pro forma 1T17 Prumo A juste s (B P Prumo Prumo Ebitda Pro forma B P Prumo Fe rroport _C onsolidado 50%+ _C onsolidado 50% 50% se m Fe rroport Fe rroport com Fe rroport e B P Prumo 50%+ e B P Prumo Eliminação) receita bruta impostos (1.945) (3.804) (8.887) (5.749) (14.636) re ce ita liquida custos (13.288) (17.161) (44.368) (29.570) (73.938) Resultado bruto Rece itas (de spe sas) ope racionais (8.287) (1.822) (39.605) (8.919) (48.525) Administrativas e gerais (8.287) (2.919) (28.637) (10.016) (38.653) Redução do valor recuperável de ativos ("impairment ") - - (10.961) - (10.961) Outras receitas /despesas (7) Resultado de equivalência patrimonial (5.057) - Resultado ante s do re sultado finance iro e dos tributos (5.823) (20.175) Resultado finance iro (41) (29.355) (86.552) (29.397) ( ) Resultado ante s dos impostos (5.864) ( ) (96.349) IR e CSLL corrente/diferido - (6.790) (1.226) (6.934) (8.160) Lucro (Pre juízo)líquido do pe ríodo (5.864) ( ) ( ) D e pre ciação e amortização - (4.739) (32.982) (3.458) (36.440) - - Ebitda (5.823)

14 1T17: CAPEX Ferroport no Terminal de minério de ferro - R$ 32,0 milhões O Terminal de minério de ferro recebeu R$ 32,0 milhões em investimentos no primeiro trimestre de 2017: R$ 27,6 milhões foram investidos no Projeto de Implantação, tendo como principais itens a construção do quebra-mar, gerenciamento e desmobilização das obras; R$ 2,4 milhões em Compensações Florestais; R$ 1,1 milhão em Projetos de melhoria e eficiência operacional e aquisição de sobressalentes; R$ 0,9 milhão em Outros gastos. 14

15 CAPEX FERROPORT REALIZADO T17 15

16 1T17: CAPEX PORTO DO AÇU de R$ 21,9 milhões Outras obras de Infraestrutura: R$ 20,7 milhões Canal do T2 R$ 1,2 milhão Molhe Sul R$ 6,8 milhões; Sustentabilidade R$ 4,5 milhões; Terminal de Gas R$ 2,8 milhões; Engenharia R$ 1,4 milhão; Gestão Fundiária R$ 1,3 milhão; Gastos Pessoal R$ 1,1 milhão; Saúde e Segurança Operacional R$ 0,9 milhão; Segurança Patrimonial R$ 0,7 milhão; TMULT R$ 0,6 milhão; Outros R$ 0,6 milhão. T2 Quebramar R$ 0,9 milhão Gerenciamento de obras civis R$ 0,3 milhão 16

17 CAPEX PORTO DO AÇU

18 1T17: CAPEX AÇU PETRÓLEO de R$ 124,1 milhões O T-OIL recebeu R$ 124,1 milhões em investimentos no primeiro trimestre de 2017: Dragagem R$ 112,6 milhões; Montagem Eletromecânica R$ 7,6 milhões; Obras Civis R$ 1,7 milhão; Sustentabilidade R$ 1,2 milhão; Manutenção R$ 0,8 milhão; Quebramar R$ 0,1 milhão; Outros R$ 0,1 milhão; 18

19 CAPEX AÇU PETRÓLEO

20 Perspectivas para 2017 Atração de novos clientes para retroárea do Porto; Aumento de volume na movimentação de cargas no T-MULT; Crescimento da operação da BG/Shell no Terminal de Petróleo de acordo com contrato assinado; Atrair novos clientes para o Terminal de Petroleo; Avanço das obras de dragagem para aprofundamento do Terminal de Petróleo para até 25 metros para receber navios VLCCs; Avanço no desenvolvimento do Hub de Gas no Porto do Açu; Desembolso da primeira parcela da dívida da Açu Petróleo com OPIC. 20

WEBCAST 3T16. Rio de Janeiro, 10 de Novembro de 2016

WEBCAST 3T16. Rio de Janeiro, 10 de Novembro de 2016 WEBCAST 3T16 Rio de Janeiro, 10 de Novembro de 2016 PRINCIPAIS DESTAQUES 3T16 T1 Aprovado alfandegamento do T-OIL Primeira operação de transbordo no terminal de petróleo 76 embarques de minério de ferro

Leia mais

WEBCAST 4T15. Rio de Janeiro, 24 de Março 2016

WEBCAST 4T15. Rio de Janeiro, 24 de Março 2016 WEBCAST 4T15 Rio de Janeiro, 24 de Março 2016 Destaques Comerciais/ Outros Destaques: Contrato com a Inter Rio para a instalação de um hotel no Porto do Açu Contrato com a BG Brasil para serviço de transbordo

Leia mais

RESULTADOS DO 3º TRIMESTRE DE Rio de Janeiro Novembro 2012

RESULTADOS DO 3º TRIMESTRE DE Rio de Janeiro Novembro 2012 RESULTADOS DO 3º TRIMESTRE DE 2012 Rio de Janeiro Novembro 2012 DESTAQUES DO TRIMESTRE Emissão de R$ 750 milhões em debêntures Contratante: LLX Açu Operações Portuárias Valor: R$ 750 milhões Prazo: 15

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADO 1T16

DIVULGAÇÃO DE RESULTADO 1T16 DIVULGAÇÃO DE RESULTADO 1T16 Rio de Janeiro, 11 de Maio de 2016 - A PRUMO LOGÍSTICA S.A. ( Companhia ou PRUMO ) (Bovespa: PRML3), empresa privada brasileira responsável pelo desenvolvimento do Porto do

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADO 2016

DIVULGAÇÃO DE RESULTADO 2016 DIVULGAÇÃO DE RESULTADO 2016 Rio de Janeiro, 28 de Março de 2017 - A PRUMO LOGÍSTICA S.A. ( Companhia ou PRUMO ) (Bovespa: PRML3), empresa privada brasileira responsável pelo desenvolvimento do Porto do

Leia mais

APRESENTAÇÃO CORPORATIVA Maio 2015

APRESENTAÇÃO CORPORATIVA Maio 2015 APRESENTAÇÃO CORPORATIVA Maio 2015 O Açu é uma solução estruturante para diversas indústrias Exemplo: evolução da indústria do petróleo nos próximos anos Crescimento esperado de 13% ao ano Crescimento

Leia mais

Reunião Pública Prumo. 25 de Novembro de 2015

Reunião Pública Prumo. 25 de Novembro de 2015 Reunião Pública Prumo 25 de Novembro de 2015 Estrutura Societária 74,3% 6,7% Outros Minoritários 19% FERROPORT PORTO DO AÇU GNA AÇU PETROLEO BP-PRUMO 100% 100% 50% 20% 50% 2 Porto do Açu Características:

Leia mais

A Geradora Aluguel de Máquinas S.A.

A Geradora Aluguel de Máquinas S.A. Balanço patrimonial em 31 de dezembro Ativo Passivo e patrimônio líquido Circulante Circulante Caixa e equivalentes de caixa (Nota 6) 25.888 67.330 Fornecedores 4.797 8.340 Aplicações financeiras 3.341

Leia mais

Nivelamento de Conceitos Contábeis

Nivelamento de Conceitos Contábeis Nivelamento de Conceitos Contábeis Demonstrações Contábeis Balanço Patrimonial - BP Demonstração de Resultado do Exercício - DRE Demonstração dos Fluxos de Caixa DFC Substituiu a Demonstração das Origens

Leia mais

APRESENTAÇÃO CORPORATIVA Abril 2014

APRESENTAÇÃO CORPORATIVA Abril 2014 APRESENTAÇÃO CORPORATIVA Abril 2014 01 MUDANÇA DE CONTROLE MUDANÇA DE CONTROLE Instituição líder no setor de energia global US$ 12.8 bilhões sob gestão US$765 milhões investidos no Brasil (TBG, Sete Brasil

Leia mais

Teleconferência de Resultados 4T06 e José Carlos Grubisich Carlos Fadigas

Teleconferência de Resultados 4T06 e José Carlos Grubisich Carlos Fadigas Teleconferência de Resultados e 2006 José Carlos Grubisich Carlos Fadigas Ressalva sobre declarações futuras Esta apresentação contém declarações prospectivas. Tais informações não são apenas fatos históricos,

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADO 3T16

DIVULGAÇÃO DE RESULTADO 3T16 DIVULGAÇÃO DE RESULTADO 3T16 Rio de Janeiro, 09 de Novembro de 2016 - A PRUMO LOGÍSTICA S.A. ( Companhia ou PRUMO ) (Bovespa: PRML3), empresa privada brasileira responsável pelo desenvolvimento do Porto

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1º Trimestre Coletiva de Imprensa 12 de Maio de 2016

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1º Trimestre Coletiva de Imprensa 12 de Maio de 2016 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1º Trimestre 2016 Coletiva de Imprensa 12 de Maio de 2016 Avisos Estas apresentações podem conter previsões acerca de eventos futuros. Tais previsões refletem apenas expectativas

Leia mais

2T17. Divulgação de Rsultados 2T17 e 1S17. carros

2T17. Divulgação de Rsultados 2T17 e 1S17. carros 2T17 Divulgação de Rsultados 2T17 e 1S17 carros Divulgação de Resultados 2T17 e 1S17 Frota em 30/06/2017: 151.750 carros Destaques Operacionais Diárias - Aluguel de Carros (mil) Destaques Financeiros Receita

Leia mais

Conference Call de Resultado OPÇÕES 1T16

Conference Call de Resultado OPÇÕES 1T16 Conference Call de Resultado OPÇÕES 1T16 Agenda Destaques do 1T16 Inaugurações e Eventos Relevantes Projetos em Andamento Resultados Destaques do 1T16 (1/2) EBITDA atingiu R$ 129 milhões no 1T16, crescimento

Leia mais

4T08 / 2008 RESULTADOS 3T11

4T08 / 2008 RESULTADOS 3T11 RESULTADOS 4T08 / 2008 3T11 Novembro de 2011 1 Principais Indicadores 3T11 Receita operacional líquida consolidada de R$ 827,0 milhões, um aumento de 35,3% em relação ao terceiro trimestre de 2010 EBITDA(*)

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADO 1T15

DIVULGAÇÃO DE RESULTADO 1T15 DIVULGAÇÃO DE RESULTADO 1T15 Rio de Janeiro, 13 de Maio de 2015 - A PRUMO LOGÍSTICA S.A. ( Companhia ou PRUMO ) (Bovespa: PRML3), empresa privada brasileira responsável pelo empreendimento do Porto do

Leia mais

2T05 DESEMPENHO DA MRS LOGÍSTICA HYPERLINK 2 TRIMESTRE DE 2005

2T05 DESEMPENHO DA MRS LOGÍSTICA HYPERLINK 2 TRIMESTRE DE 2005 DESEMPENHO DA MRS LOGÍSTICA HYPERLINK 2 TRIMESTRE DE 2005 2T05 MRS BATE NOVOS RECORDES: 9,35 MILHÕES DE TONELADAS EM MAIO E ATINGE LUCRO LÍQUIDO DE MAIS DE R$199 MILHÕES NO 1 SEMESTRE A MRS Logística S.A.

Leia mais

1T16 RELEASE TRIMESTRAL. Destaques. Grandes Números Copobras. Resultados. Grupo Copobras

1T16 RELEASE TRIMESTRAL. Destaques. Grandes Números Copobras. Resultados. Grupo Copobras Grupo Copobras São Ludgero, 26 de abril de 2016 O Grupo Copobras, apresenta seus resultados não auditados do primeiro trimestre de 2016. O Grupo Copobras compreende as empresas abaixo: - Copobras S/A Indústria

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1º trimestre de Teleconferência / Webcast 18 de Maio de 2015

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1º trimestre de Teleconferência / Webcast 18 de Maio de 2015 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1º trimestre de 2015 Teleconferência / Webcast 18 de Maio de 2015 1 AVISOS Estas apresentações podem conter previsões acerca de eventos futuros. Tais previsões refletem apenas

Leia mais

Contabilidade Avançada Prof. João Domiraci Paccez Exercício Nº 13

Contabilidade Avançada Prof. João Domiraci Paccez Exercício Nº 13 Exercício Nº 13 1 Exercício Nº 13 - Contabilidade em nível geral de preços Elaboração do Balanço Patrimonial de em ATIVO na Ativo circulante 150.000 78.341,9444 164.518 Caixa 20.000 20.000 10.000,0000

Leia mais

Demonstrações Contábeis Obrigatórias

Demonstrações Contábeis Obrigatórias ESTRUTURA DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS NO BRASIL Demonstrações Contábeis Obrigatórias Balanço Patrimonial (BP) Demonstração do Resultado do Exercício (DRE) Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido

Leia mais

Nivelamento de Conceitos Contábeis

Nivelamento de Conceitos Contábeis Nivelamento de Conceitos Contábeis Demonstrações Contábeis Balanço Patrimonial - BP Demonstração de Resultado do Exercício - DRE Demonstração dos Fluxos de Caixa DFC Substituiu a Demonstração das Origens

Leia mais

Gas Brasiliano Distribuidora S.A.

Gas Brasiliano Distribuidora S.A. Balanço patrimonial em 31 de março (não auditado) Ativo 2016 2015 Passivo e patrimônio líquido 2016 2015 Circulante Circulante Caixa e equivalentes de caixa 78.050 132.536 Fornecedores 23.096 19.064 Contas

Leia mais

BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO DE 2009 E 2008 ATIVO CIRCULANTE

BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO DE 2009 E 2008 ATIVO CIRCULANTE BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO DE 2009 E 2008 A T I V O 31.12.2009 31.12.2008 ATIVO CIRCULANTE 77.677 45.278 DISPONIBILIDADES 46 45 APLICAÇÕES INTERFINANCEIRAS DE LIQUIDEZ 1.641 314 APLICAÇÕES EM

Leia mais

SOMOS Educação ER 1T17

SOMOS Educação ER 1T17 SOMOS Educação ER 1T17 1 São Paulo, 15 de maio de 2017 A SOMOS Educação S.A. (BM&FBOVESPA: SEDU3) divulga seus resultados do 1º trimestre de 2017 ( 1T17 ). Os comentários aqui incluídos referem-se aos

Leia mais

BALANÇA COMERCIAL US$ MILHÕES FONTE: BACEN ELABORAÇÃO E ESTIMATIVA: BRADESCO

BALANÇA COMERCIAL US$ MILHÕES FONTE: BACEN ELABORAÇÃO E ESTIMATIVA: BRADESCO BALANÇA COMERCIAL 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 BALANÇA COMERCIAL US$ MILHÕES 50.000 44.703 46.457 45.166 40.000 30.000 24.794

Leia mais

BALANÇA COMERCIAL US$ MILHÕES FONTE: BACEN ELABORAÇÃO E ESTIMATIVA: BRADESCO 60,000 50,000 47,284 47,842 44,703 46,457 40,032 37,841 40,000 33,641

BALANÇA COMERCIAL US$ MILHÕES FONTE: BACEN ELABORAÇÃO E ESTIMATIVA: BRADESCO 60,000 50,000 47,284 47,842 44,703 46,457 40,032 37,841 40,000 33,641 BALANÇA COMERCIAL 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 BALANÇA COMERCIAL US$ MILHÕES 60,000 50,000 24,794 33,641 44,703 46,457 40,032

Leia mais

Exercício I Calcule a depreciação anual em cada situação abaixo.

Exercício I Calcule a depreciação anual em cada situação abaixo. Exercício I Calcule a depreciação anual em cada situação abaixo. a. Máquina adquirida por $18.000, com vida útil estimada de 15 anos e valor residual $3.000. b. Veículo adquirido por $30.000, com vida

Leia mais

Comentário do Desempenho

Comentário do Desempenho Gerdau S.A. Comentário do Desempenho Controladora 1T16 Desempenho no 1º trimestre Controladora A Gerdau S.A. é uma sociedade anônima de capital aberto, com sede no Rio de Janeiro, capital. A Companhia

Leia mais

EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES

EXPORTAÇÕES E IMPORTAÇÕES SETOR EXTERNO BALANÇA COMERCIAL out/02 jan/03 abr/03 jul/03 out/03 jan/04 abr/04 jul/04 out/04 jan/05 abr/05 jul/05 out/05 jan/06 abr/06 jul/06 out/06 jan/07 abr/07 jul/07 out/07 jan/08 abr/08 jul/08 out/08

Leia mais

Dersa Desenvolvimento Rodoviário S.A. Balanços patrimoniais

Dersa Desenvolvimento Rodoviário S.A. Balanços patrimoniais Balanços patrimoniais em 31 de dezembro de 2014 e 2013 Ativo Nota 2014 2013 Passivo Nota 2014 2013 (Ajustado) (Ajustado) Circulante Circulante Caixa e equivalentes de caixa 5 48.650 835 Fornecedores 10

Leia mais

2

2 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 Controladora Consolidado ATIVO Jun 2009 Set 2009 Jun 2009 Set 2009 Circulante Disponibilidades 23,0 37,4 56,1 92,1 Contas a receber de clientes 62,8 72,8 114,2 125,9 Estoques

Leia mais

Teleconferência de Resultados 4T14

Teleconferência de Resultados 4T14 Teleconferência de Resultados DESTAQUES A Receita Operacional Líquida (ROL) atingiu R$ 3.452,2 MM em. Forte crescimento das operações Contact Center na América Latina (ex-brasil), que totalizaram uma receita

Leia mais

Vigor Alimentos S.A. Apresentação de Resultados 4º Trimestre e ano de 2015

Vigor Alimentos S.A. Apresentação de Resultados 4º Trimestre e ano de 2015 Vigor Alimentos S.A. Apresentação de Resultados 4º Trimestre e ano de 2015 Teleconferência de Resultados (Tradução Simultânea) 16 de março de 2016 15:30 (horário de Brasília) 14:30 (horário de Nova York)

Leia mais

RESULTADO DO 3º TRIMESTRE DE 2014

RESULTADO DO 3º TRIMESTRE DE 2014 RESULTADO DO 3º TRIMESTRE DE 2014 Receita bruta cresce Receita bruta atinge Margem EBITDA atinge 11,7% R$800,7 MM 17,7% Dickson Esteves Tangerino Presidente Octávio Fernandes Vice-Presidente de Operações

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADO 2T15

DIVULGAÇÃO DE RESULTADO 2T15 DIVULGAÇÃO DE RESULTADO 2T15 Rio de Janeiro, 12 de Agosto de 2015 - A PRUMO LOGÍSTICA S.A. ( Companhia ou PRUMO ) (Bovespa: PRML3), empresa privada brasileira responsável pelo empreendimento do Porto do

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ AMBEV S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ AMBEV S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 8 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

DEMONSTRAÇÃO DO VALOR ADICIONADO- DVA FLUXOGRAMA 1 3 (1 2) 5 (3 4) 7 (5+6)

DEMONSTRAÇÃO DO VALOR ADICIONADO- DVA FLUXOGRAMA 1 3 (1 2) 5 (3 4) 7 (5+6) DEMONSTRAÇÃO DO VALOR - DVA FLUXOGRAMA 1 3 (1 2) 5 (3 4) 7 (5+6) VENDAS Vendas Operacionais Vendas não Operacionais PDD- Constituição/Reversão VALOR BRUTO VALOR LIQUIDO VALOR TOTAL A DISTRIBUIR 2 4 6 INSUMOS

Leia mais

8.000 ATIVO CIRCULANTE

8.000 ATIVO CIRCULANTE BALANÇO PATRIMONIAL DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO Ativo X0 X1 Receita de Vendas 8.000 ATIVO CIRCULANTE 500 2.150 (-) CPV -5.000 Caixa 100 1.000 Lucro Bruto 3.000 Bancos 200 100 (-) Despesas financeiras -1.500

Leia mais

BRASIL 5a. ECONOMIA DO MUNDO: CHEGAREMOS LÁ?

BRASIL 5a. ECONOMIA DO MUNDO: CHEGAREMOS LÁ? 1 Secretaria de Acompanhamento Econômico - SEAE BRASIL 5a. ECONOMIA DO MUNDO: CHEGAREMOS LÁ? Antonio Henrique P. Silveira Secretário de Acompanhamento Econômico 6 de fevereiro de 2010 1 Sumário A Estratégia

Leia mais

Resultados 1T17. Iochpe-Maxion S.A.

Resultados 1T17. Iochpe-Maxion S.A. Resultados Iochpe-Maxion S.A. 12 de maio de 2017 Destaques Receita operacional líquida consolidada de R$ 1.699,0 milhões no, uma queda de 4,7% em relação ao. Desconsiderando os efeitos da variação cambial

Leia mais

Contabilidade ESTRUTURA PATRIMONIAL SITUAÇÃO LÍQUIDA (PATRIMÔNIO LÍQUIDO) FLUXO DE RECURSOS. Fluxo dos recursos SÍNTESE DO FUNCIONAMENTO DAS CONTAS

Contabilidade ESTRUTURA PATRIMONIAL SITUAÇÃO LÍQUIDA (PATRIMÔNIO LÍQUIDO) FLUXO DE RECURSOS. Fluxo dos recursos SÍNTESE DO FUNCIONAMENTO DAS CONTAS ESTRUTURA PATRIMONIAL Patrimônio = Bens + Direitos ( ) Obrigações SITUAÇÃO LÍQUIDA (PATRIMÔNIO LÍQUIDO) Ativo ( ) Passivo = Situação Líquida (Patrimônio Líquido) FLUXO DE RECURSOS ATIVO Aplicação dos Recursos

Leia mais

BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2011 E 2010 (Valores expressos em reais)

BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2011 E 2010 (Valores expressos em reais) BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2011 E 2010 ATIVO Explicativa n o 31/12/2011 31/12/2010 PASSIVO E PATRIMÔNIO LÍQUIDO Explicativa n o 31/12/2011 31/12/2010 CIRCULANTE CIRCULANTE Disponibilidades

Leia mais

1T15 RELEASE TRIMESTRAL. Destaques. Grandes Números. Resultados. Grupo Copobras

1T15 RELEASE TRIMESTRAL. Destaques. Grandes Números. Resultados. Grupo Copobras Grupo Copobras São Ludgero, 17 de abril de 2015 O Grupo Copobras, apresenta seus resultados não auditados do primeiro trimestre de 2015. O Grupo Copobras compreende as empresas abaixo: - Copobras S/A Indústria

Leia mais

Contabilidade Avançada Prof. João Domiraci Paccez Exercício Nº 17

Contabilidade Avançada Prof. João Domiraci Paccez Exercício Nº 17 Exercício Nº 17 1 Elaboração do Balanço Patrimonial de em moeda de ATIVO Valores Históricos Valores ajustados Quant. de Valores na moeda de Ativo circulante 350.000 105.132,3249 416.324 Caixa 80.000 80.000

Leia mais

A GRU Airport anuncia EBITDA ajustado de R$ 218,2 milhões com margem de 55,3% no 2T16.

A GRU Airport anuncia EBITDA ajustado de R$ 218,2 milhões com margem de 55,3% no 2T16. A GRU Airport anuncia EBITDA ajustado de R$ 218,2 milhões com margem de 55,3% no 2T16. São Paulo, 10 de agosto de 2016 As informações trimestrais (2TR) e as demonstrações financeiras padronizadas (DFP)

Leia mais

APRESENTAÇÃO CORPORATIVA Julho 2014

APRESENTAÇÃO CORPORATIVA Julho 2014 APRESENTAÇÃO CORPORATIVA Julho 2014 MUDANÇA DE CONTROLE Instituição líder no setor de energia global US$ 12.8 bilhões sob gestão US$765 milhões investidos no Brasil (TBG, Sete Brasil e Manabi) 30 anos

Leia mais

1. Elaborar a Demonstração dos Fluxos de Caixa (Método Direto e Indireto). BALANÇO PATRIMONIAL Ativo X1 X2 Variação ATIVO CIRCULANTE

1. Elaborar a Demonstração dos Fluxos de Caixa (Método Direto e Indireto). BALANÇO PATRIMONIAL Ativo X1 X2 Variação ATIVO CIRCULANTE 1. Elaborar a Demonstração dos Fluxos de Caixa (Método Direto e Indireto). C I A. E X E M P L O BALANÇO PATRIMONIAL Ativo X1 X2 Variação ATIVO CIRCULANTE Caixa 2.500 18.400 15.900 Clientes 15.600 13.400

Leia mais

PÁTRIA COMPANHIA SECURITIZADORA DE CRÉDITOS IMOBILIÁRIOS

PÁTRIA COMPANHIA SECURITIZADORA DE CRÉDITOS IMOBILIÁRIOS PÁTRIA COMPANHIA SECURITIZADORA DE CRÉDITOS IMOBILIÁRIOS 2ª Emissão de Certificados de Recebíveis Imobiliários Série: 1ª Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2013 PÁTRIA COMPANHIA SECURITIZADORA

Leia mais

17 de Maio de 2010 Anhanguera Educacional S.A.

17 de Maio de 2010 Anhanguera Educacional S.A. Resultado 1T10 17 de Maio de 2010 1 1 Aviso Este documento contém declarações futuras, que podem ser identificadas por palavras como espera, pretende, planeja, acredita, procura, estima ou palavras de

Leia mais

ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS. Aula 9- Unidade II - A análise tradicional das demonstrações contábeis. Prof.

ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS. Aula 9- Unidade II - A análise tradicional das demonstrações contábeis. Prof. ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS Aula 9- Unidade II - A análise tradicional das demonstrações contábeis Prof.: Marcelo Valverde Unidade II. Análise tradicional das demonstrações contábeis 2.4. Análise

Leia mais

Apresentação Corporativa. Dezembro 2014

Apresentação Corporativa. Dezembro 2014 Apresentação Corporativa Dezembro 2014 O Açu é uma solução estruturante para diversas indústrias Exemplo: evolução da indústria do petróleo nos próximos anos Crescimento esperado de 13% ao ano Crescimento

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS Exercício de de Abril de 2015

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS Exercício de de Abril de 2015 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS Exercício de 2014 22 de Abril de 2015 AVISOS Estas apresentações podem conter previsões acerca de eventos futuros. Tais previsões refletem apenas expectativas dos administradores

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ ROSSI RESIDENCIAL SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ ROSSI RESIDENCIAL SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2015

Teleconferência de Resultados 2015 Teleconferência de Resultados 2015 André B. Gerdau Johannpeter Diretor-Presidente e CEO Harley Lorentz Scardoelli Vice-Presidente Executivo de Finanças (CFO) Laminador de chapas grossas entrará em operação

Leia mais

Teleconferência dos Resultados - 4º Trimestre de 2007 GERDAU S.A. CONSOLIDADO

Teleconferência dos Resultados - 4º Trimestre de 2007 GERDAU S.A. CONSOLIDADO Teleconferência dos Resultados - 4º Trimestre de 2007 GERDAU S.A. CONSOLIDADO André Gerdau Johannpeter Diretor-Presidente e CEO Osvaldo B. Schirmer Vice-Presidente Executivo de Finanças e Controladoria

Leia mais

ISBE 3 - Uberlândia Novo INSTRUÇÕES DA PROVA

ISBE 3 - Uberlândia Novo INSTRUÇÕES DA PROVA Assinatura: Nº Questão: 5 INSTRUÇÕES DA PROVA A prova é individual e intransferível, confira os seus dados. Responda dentro da área reservada ao aluno. Não escreva fora das margens ou atrás da folha. Textos

Leia mais

Conferência de Resultados 2T13 15 de agosto, 2013

Conferência de Resultados 2T13 15 de agosto, 2013 Conferência de Resultados 2T13 15 de agosto, 2013 Operacionais & Financeiros Receita bruta de R$845,4 milhões, um crescimento de 13,2% ante o 2T12 Margem bruta de 31,5%, 1,4p.p acima do 2T12 SSS de 9,8%

Leia mais

TOTAL DO ATIVO TOTAL DO PASSIVO

TOTAL DO ATIVO TOTAL DO PASSIVO CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE MAIO DE 2016 CNPJ 47.902.648/0001-17 ATIVO PASSIVO ATIVO CIRCULANTE PASSIVO CIRCULANTE Caixa e Equivalentes de Caixa 7.061 Fornecedores 33.947 Contas a Receber 41.832

Leia mais

Contabilidade Avançada Prof. João Domiraci Paccez Exercício Nº 18 1

Contabilidade Avançada Prof. João Domiraci Paccez Exercício Nº 18 1 Exercício Nº 18 1 Exercício Nº 18 Método Temporal (antigo FASB-8) Empresa Internacional S.A. - Balanços Patrimoniais 31/12/X4 31/12/X5 Ativo R$ Cotação Cotação US$ R$ US$ US$ US$ Caixa 10.000 2,00 5.000

Leia mais

Informações Trimestrais 31/03/2016. Localiza Rent a Car S.A. CNPJ/MF: /

Informações Trimestrais 31/03/2016. Localiza Rent a Car S.A. CNPJ/MF: / Informações Trimestrais 31/03/2016 Localiza Rent a Car S.A. CNPJ/MF: 16.670.085/0001 55 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo

Leia mais

DESTAQUES DO PERÍODO. Teleconferência 2T13 Data: 26 de julho de 2013.

DESTAQUES DO PERÍODO. Teleconferência 2T13 Data: 26 de julho de 2013. SANTOS BRASIL REGISTRA CRESCIMENTO OPERACIONAL EM TODAS AS UNIDADES DE NEGÓCIO: 10% DE CRESCIMENTO NO VOLUME DE CONTÊINERES MOVIMENTADOS; 19% DE CRESCIMENTO NO VOLUME DE CONTÊINERES ARMAZENADOS; E AUMENTO

Leia mais

Apresentação de Resultados 3T14

Apresentação de Resultados 3T14 Apresentação de Resultados 14 de Novembro de 2014 Teleconferência Português Data: 14/11/14 11:00 Brasília (08:00 NY) Tel: (11) 2188-0155 Password: Qualicorp Webcast: www.qualicorp.com.br/ri Inglês Data:

Leia mais

4T14 RELEASE TRIMESTRAL. Destaques. Grandes Números. Resultados. Grupo Copobras

4T14 RELEASE TRIMESTRAL. Destaques. Grandes Números. Resultados. Grupo Copobras Grupo Copobras São Ludgero, 16 de janeiro de 2015 O Grupo Copobras, apresenta seus resultados não auditados do quarto trimestre de 2014. O Grupo Copobras compreende as empresas abaixo: - Copobras S/A Indústria

Leia mais

ROSSI RESIDENCIAL S.A. COMENTÁRIOS SOBRE O DESEMPENHO CONSOLIDADO NO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2.002

ROSSI RESIDENCIAL S.A. COMENTÁRIOS SOBRE O DESEMPENHO CONSOLIDADO NO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2.002 ROSSI RESIDENCIAL S.A. COMENTÁRIOS SOBRE O DESEMPENHO CONSOLIDADO NO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2.002 Estratégia e Performance Operacional: Durante o ano de 2001, a escassez de linhas de financiamentos e o

Leia mais

Teleconferência e Webcast

Teleconferência e Webcast Teleconferência e Webcast Divulgação dos Resultados 3T13 19 de Novembro de 2013 Aviso Legal Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos e/ou resultados futuros

Leia mais

Resultados 3T16 e 9M16. Iochpe-Maxion S.A.

Resultados 3T16 e 9M16. Iochpe-Maxion S.A. Resultados 3T16 e 9M16 Iochpe-Maxion S.A. 11 de novembro de 2016 Destaques 3T16 Receita operacional líquida consolidada de R$ 1.595,5 milhões, redução de 10,9% em relação ao 3T15 EBITDA de R$ 191,1 milhões,

Leia mais

Cia. Hering D É B O R A D A R I N

Cia. Hering D É B O R A D A R I N Cia. Hering D É B O R A D A R I N G I O VA N N A S A R T O R V E R Í S S I M O C R E D I T S U I S S E A WA R D S 2 0 1 6 0 2 D E J U N H O D E 2 0 1 6 M A R C O A N T O N I O PAT H E F I L H O M A R I

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ EMBRAER S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ EMBRAER S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

Divulgação Resultados 1T09. Conference Call 2T13

Divulgação Resultados 1T09. Conference Call 2T13 Divulgação Resultados 1T09 Conference Call 2T13 Agenda Highlights Projetos em Andamento Resultados Guidance 2 Destaques 2T13 (1 de 2) As vendas atingiram R$ 2,1 bilhões no trimestre, 13,2% acima do mesmo

Leia mais

Comentários da prova SEFAZ-PE Disciplina: Contabilidade Geral Professor: Feliphe Araújo

Comentários da prova SEFAZ-PE Disciplina: Contabilidade Geral Professor: Feliphe Araújo Disciplina: Professor: Feliphe Araújo Olá amigos, Comentários da prova SEFAZ-PE ANÁLISE DA PROVA DE CONTABILIDADE GERAL - SEFAZ-PE Trago para vocês os comentários da prova da SEFAZ-PE realizado no último

Leia mais

PERMANENTE

PERMANENTE BALANÇO PATRIMONIAL EM 30 DE JUNHO DE 2009 E 2008 A T I V O 30.06.2009 30.06.2008 ATIVO CIRCULANTE 62.969 46.291 DISPONIBILIDADES 46 47 APLICAÇÕES INTERFINANCEIRAS DE LIQUIDEZ 13.419 593 APLICAÇÕES EM

Leia mais

ENCERRAMENTO DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS 17/01/2013 LUCIANO PERRONE

ENCERRAMENTO DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS 17/01/2013 LUCIANO PERRONE ENCERRAMENTO DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS 17/01/2013 LUCIANO PERRONE Introdução Enquadramento conforme as Novas Normas Contábeis IFRS. SOCIEDADES ANÔNIMAS DE CAPITAL ABERTO SOCIEDADES DE GRANDE PORTE

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ GUARARAPES CONFECÇÕES SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ GUARARAPES CONFECÇÕES SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

PRINCIPAIS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS

PRINCIPAIS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS PRINCIPAIS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS Prof. Flávio Smania Ferreira 5 termo ADMINISTRAÇÃO GERAL e-mail: flavioferreira@live.estacio.br blog: http://flaviosferreira.wordpress.com Demonstrações Contábeis: Representa

Leia mais

2T15 RELEASE TRIMESTRAL. Destaques. Grandes Números Copobras. Resultados. Grupo Copobras

2T15 RELEASE TRIMESTRAL. Destaques. Grandes Números Copobras. Resultados. Grupo Copobras Grupo Copobras São Ludgero, 15 de julho de 2015 O Grupo Copobras, apresenta seus resultados não auditados do segundo trimestre de 2015. O Grupo Copobras compreende as empresas abaixo: - Copobras S/A Indústria

Leia mais

Teleconferência sobre os Resultados do 1ºT/09

Teleconferência sobre os Resultados do 1ºT/09 1 Teleconferência sobre os Resultados do 1ºT/09 6 de maio de 2009 2 Destaques 1. Resultados: 1ºT/09: Lucro Líquido Recorrente de R$ 2.562 milhões, com crescimento de 9,5% em relação ao trimestre anterior;

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ JBS SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2. Balanço Patrimonial Passivo 3

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ JBS SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2. Balanço Patrimonial Passivo 3 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente 6 Demonstração

Leia mais

24 de Julho de 2014 RESULTADOS 2T14 E 1S14

24 de Julho de 2014 RESULTADOS 2T14 E 1S14 24 de Julho de 2014 RESULTADOS E 1S14 Consolidado: Destaques do Receita líquida avança 13,4%, com crescimento mesmas lojas de 9,5%: Crescimento impulsionado pelo desempenho do Alimentar e da Nova Pontocom;

Leia mais

Informações Consolidadas

Informações Consolidadas METALÚRGICA GERDAU S.A. e empresas controladas Desempenho da Gerdau no 2 o trimestre As Demonstrações Financeiras Consolidadas da Metalúrgica Gerdau S.A. são apresentadas em conformidade com as normas

Leia mais

Balanço Patrimonial. Circulante Compreende obrigações exigíveis que serão liquidadas até o final do próximo exercício social.

Balanço Patrimonial. Circulante Compreende obrigações exigíveis que serão liquidadas até o final do próximo exercício social. Demonstrações Financeiras Demonstrações Financeiras Professor: Roberto César Balanço Patrimonial ATIVO Circulante Compreende contas que estão constantemente em giro - em movimento, sua conversão em dinheiro

Leia mais

Destaques Abertura de Capital, 100% primária e listagem no Novo Mercado, com captação bruta de R$ 477,9 milhões

Destaques Abertura de Capital, 100% primária e listagem no Novo Mercado, com captação bruta de R$ 477,9 milhões Reunião Pública com APIMEC - SP Resultados 2010 e 4T10 06 de Abril de 2011 Destaques 2010 Abertura de Capital, 100% primária e listagem no Novo Mercado, com captação bruta de R$ 477,9 milhões Receita Bruta

Leia mais

USP/FEA/EAC Curso de Graduação em Administração

USP/FEA/EAC Curso de Graduação em Administração USP/FEA/EAC Curso de Graduação em Administração Disciplina: Noções de Contabilidade para Administradores (EAC0111) Turmas: 01 e 02 Tema 5: Demonstração do Resultado do Exercício Prof.: Márcio Luiz Borinelli

Leia mais

2T14 RELEASE TRIMESTRAL. Destaques. Grandes Números. Resultados. Grupo Copobras. Grupo Copobras

2T14 RELEASE TRIMESTRAL. Destaques. Grandes Números. Resultados. Grupo Copobras. Grupo Copobras Destaques Grupo Copobras Grupo Copobras São Ludgero, 23 de julho de 2014 O Grupo Copobras, apresenta seus resultados não auditados do segundo trimestre de 2014. O Grupo Copobras compreende as empresas

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ CENTRAIS ELETRICAS BRASILEIRAS SA Versão : 1. Composição do Capital 1

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ CENTRAIS ELETRICAS BRASILEIRAS SA Versão : 1. Composição do Capital 1 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 8 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1T16. Viver Anuncia os Resultados do Primeiro Trimestre de Destaques

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1T16. Viver Anuncia os Resultados do Primeiro Trimestre de Destaques DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1T16 Teleconferência de Resultados Segunda-feira, 16 de maio de 2016 Português - com tradução simultânea para o inglês 10h00 (horário de Brasília) 09h00 (horário de Nova York)

Leia mais

Confab Anuncia Resultados para o Segundo Trimestre de 2006

Confab Anuncia Resultados para o Segundo Trimestre de 2006 Confab Anuncia Resultados para o Segundo Trimestre de 2006 São Paulo, 03 de agosto de 2006. Confab Industrial S.A. (BOVESPA:CNFB4), uma empresa Tenaris, anunciou hoje os resultados correspondentes aos

Leia mais

ANO XXVI ª SEMANA DE AGOSTO DE 2015 BOLETIM INFORMARE Nº 32/2015

ANO XXVI ª SEMANA DE AGOSTO DE 2015 BOLETIM INFORMARE Nº 32/2015 ANO XXVI - 2015-1ª SEMANA DE AGOSTO DE 2015 BOLETIM INFORMARE Nº 32/2015 IMPOSTO DE RENDA PESSOA JURÍDICA TAXAS DE CÂMBIO PARA ATUALIZAÇÃO DOS CRÉDITOS E OBRIGAÇÕES EM MOEDA ESTRANGEIRA ATUALIZAÇÃO EM

Leia mais

EVOLUÇÃO DA ACTIVIDADE ANO 2006

EVOLUÇÃO DA ACTIVIDADE ANO 2006 INAPA INVESTIMENTOS, PARTICPAÇÕES E GESTÃO, SA ( Sociedade Aberta ) Sede: Rua do Salitre, n.º 142, freguesia de São Mamede, Lisboa Capital social: 150 000 000 NIPC: 500 137 994 Matrícula n.º 36 338 da

Leia mais

Palestra. Apresentação das Demonstrações Contábeis e Notas Explicativas (CPC 03 e 09) Outubro Elaborado por:

Palestra. Apresentação das Demonstrações Contábeis e Notas Explicativas (CPC 03 e 09) Outubro Elaborado por: Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo Tel. (11) 3824-5400, 3824-5433 (teleatendimento), fax (11) 3824-5487 Email: desenvolvimento@crcsp.org.br web: www.crcsp.org.br Rua Rosa e Silva,

Leia mais

Destaques do 1º trimestre de 2016

Destaques do 1º trimestre de 2016 Destaques do 1º trimestre Principais Destaques O EBITDA e margem EBITDA consolidada no 1T16 apresentaram aumento em relação ao 4T15, apesar do cenário do mercado de aço no mundo. Fluxo de caixa livre positivo

Leia mais

Avaliação de Projetos e

Avaliação de Projetos e www.iem.efei.br/edson Avaliação de Projetos e Negócios Prof. Edson de Oliveira Pamplona http://www.iem.efei.br/edson 26 Introdução Para avaliação de Projetos e Negócios é necessário: Projetar Demonstração

Leia mais

PRINCIPAIS DESTAQUES

PRINCIPAIS DESTAQUES RESULTADOS DO 1T16 Divulgação Imediata A MRS atinge marcas históricas no 1T16, com recordes de transporte tanto no Heavy Haul (minério de ferro, carvão e coque) quanto na Carga Geral (demais produtos transportados).

Leia mais

DESTAQUES OPERACIONAIS E FINANCEIROS

DESTAQUES OPERACIONAIS E FINANCEIROS A EcoRodovias Infraestrutura e Logística S.A divulga seus resultados referentes ao quarto trimestre de 2016 (4T16) e ao ano de 2016 (2016). As comparações, exceto onde indicado o contrário, referem-se

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T16. 6 de maio de Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 1T16. 6 de maio de Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 6 de maio de 2016 Magazine Luiza Destaques Vendas E-commerce Margem Bruta EBITDA e Lucro Líquido Capital de Giro Endividamento Luizacred Aumento da receita bruta de 3% totalizando

Leia mais

CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 28 DE FEVEREIRO DE 2011 (Em R$ Mil)

CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 28 DE FEVEREIRO DE 2011 (Em R$ Mil) CNPJ 47.902.648/0001-17 CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 28 DE FEVEREIRO DE 2011 ATIVO PASSIVO ATIVO CIRCULANTE PASSIVO CIRCULANTE Caixa e Bancos 46 Fornecedores 41.785 Aplicações Financeiras 5.541 Provisão

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 2T17. Viver Anuncia os Resultados do Segundo Trimestre do Ano de Destaques

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 2T17. Viver Anuncia os Resultados do Segundo Trimestre do Ano de Destaques DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 2T17 Teleconferência de Resultados Segunda-feira, 14 de agosto de 2017 Português - com tradução simultânea para o inglês 10h00 (horário de Brasília) 09h00 (horário de Nova York)

Leia mais

Apresentação de Resultados 1T15

Apresentação de Resultados 1T15 Apresentação de Resultados 1T15 1 Destaques do Período Início da operação comercial de quatro parques do LEN A-3 2011 Início da operação comercial: 04 de março de 2015 Os outros 5 parques serão conectados

Leia mais

BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013 E 2012 (Valores expressos em reais)

BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013 E 2012 (Valores expressos em reais) BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013 E 2012 ATIVO NE 31/12/2013 31/12/2012 PASSIVO E PATRIMÔNIO LÍQUIDO NE 31/12/2013 31/12/2012 CIRCULANTE CIRCULANTE Disponibilidades 4 85.142.911 86.881.544

Leia mais