Módulo 4 do curso: Diagnóstico Comunitário Participativo.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Módulo 4 do curso: Diagnóstico Comunitário Participativo."

Transcrição

1 Módulo 4 do curso: Diagnóstico Comunitário Participativo. 1

2 2 Curso: Diagnóstico Comunitário Participativo. Créditos Coordenação: Gleyse Peiter e Marcos Carmona. Modelo do questionário: Marcelo Vale Elaboração do design: Raquel Barretto. Apoio: Adriana Antunes e Patrícia Baldarelli.

3 3 Parte 1: O QUE SOMOS? Características Gerais Identificação da comunidade. Nome da comunidade: Estado onde se localiza: Município onde se localiza: 1. Aproximadamente, quantas famílias vivem na comunidade? 2. A comunidade é rural ou urbana? (A) Rural (B) Urbana 3. A maioria da comunidade é formada por: (A) Homens (B) Mulheres 4. O número de gestantes na comunidade é: (A) Alto (B) Médio (C) Baixo 5. O número de pessoas com deficiência na comunidade é: (A) Alto (B) Médio (C) Baixo Comente sobre isso. 6. O número de crianças na comunidade é: (A) Alto (B) Médio (C) Baixo Comente:

4 4 7. O número de jovens na comunidade é: (A) Alto (B) Médio (C) Baixo Comente: Começamos a inserir os eixos trabalhados pelo COEP! Abaixo temos perguntas sobre Geração de trabalho e renda. 8. Qual a renda média das pessoas que vivem na comunidade? (A) 1 Salário mínimo (B) 2 Salários mínimos (C) 3 Salários mínimos (D) 4 Salários mínimos (E) 5 Salários mínimos ou mais.

5 5 9. A comunidade sobrevive basicamente de quais atividades? (A) Agricultura de subsídio (B) Agricultura comercial (C) Criação de animais (D) Transformação artesanal de produtos agrícolas (E) Artesanato (F) Comércio (G) Extrativismo mineral (H) Extrativismo vegetal (I) Atividades industriais (J) Aposentadoria Outras? Quais? 10. As famílias da comunidade recebem algum auxílio na renda através de algum programa do governo ou política pública? (A) Bolsa Família (B) Peti (C) PAA (Programa de Aquisição de Alimentos) (D) PRONAF (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar) (E) Programa de Incentivo à Produção de Agricultura e Consumo de Leite (F) Programa Mais Alimentos (G) Programa Garantia Safra (H) Programa de Crédito Fundiário e Combate à Pobreza Rural (I) PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar) Outros? Quais?

6 6 A próxima pergunta é sobre o eixo de educação e cidadania! 11. Em média qual é o grau de escolaridade das pessoas da comunidade? Comente a respeito. (A) 1ª a 4ª Série do Ensino Fundamental (antigo primário) (B) 5ª à 8ª Série do Ensino Fundamental (antigo ginásio) (C) Ensino médio (antigo 2º grau) (D) Ensino superior (A) Não são alfabetizados 12. Quais são os maiores problemas encontrados na comunidade? Comente. 13. Há algo a mais para ressaltar sobre a comunidade? Alguma outra informação importante?

7 7 Parte 2: O QUE TEMOS? Confira as perguntas sobre o eixo: meio ambiente 1. Como é a vegetação que temos na comunidade? Descreva. 2. Como é a fauna silvestre que temos na comunidade? Descreva. 3. Qual o impacto do plantio sobre as áreas verdes? Comente. 4. Comente sobre cada item abaixo: A comunidade possui postos de saúde? A comunidade possui escolas? Possui açudes?

8 8 Bens coletivos (agroindústria, fábricas de farinha e etc)? Quais são as áreas coletivas? A comunidade possui patrimônios culturais, históricos e naturais? O que se perde na comunidade em termos de produção? (Frutas, verduras, verduras, animais). A comunidade possui potencial turístico? Segurança hídrica abaixo! 4. A comunidade dispõe de água encanada? (A) Sim (B) Não 5. Como é a qualidade da água que chega até as residências? (B) Salobra

9 9 (C) Potável (D) Contaminada (E) Não indicada para o uso Comente a freqüência de fornecimento. 6. Dispõe de fontes alternativas? (A) Poços artesianos (B) Rios (C) Cisternas (D) Açudes (E) Cacimba (F) Outros Comente. Segue abaixo o eixo de segurança alimentar! 7. A maior parte da alimentação consumida é produzida pela própria comunidade (A) Sim (B) Não

10 10 Comente. 8. Quais alimentos são produzidos no território? ( ) Carne de frango ( ) Carne suína ( ) Carne bovina ( ) Peixes ( ) Grãos ( ) Mel ( ) Aipim ( ) Alface ( ) Inhame ( ) Milho ( ) Biju ( ) Cenoura ( ) Quiabo ( ) Batata ( ) Tomate ( ) Couve ( ) Pão ( ) Leite 9. As escolas oferecem alimentação de qualidade? (A) Sim (B) Não 10. A alimentação escolar é fornecida durante todo o período letivo? (A) Sim (B) Não Perguntas sobre o eixo de organização comunitária! 10. A comunidade possui quais tipos de organização? (A) Associações (B) Cooperativas (C) Grupos de mulheres

11 11 (D) Grupos de jovens (E) Grupos religiosos Outros? Descreva. 11. Quantas associações existem na comunidade? 12. Como é a participação feminina nas associações? 13. Os jovens participam das associações? ( ) Sim ( ) Não 14. E as pessoas com deficiência? ( ) Sim ( ) Não 15. E os idosos? ( ) Sim ( ) Não Parte 3: O QUE QUEREMOS? 1. O que a comunidade sugere para modificar os problemas relatados? 2. Aonde a comunidade quer chegar pelos seus próprios esforços? 3. Qual é a próxima meta da comunidade? 4. Quais são os desejos da comunidade e, o que pretendem fazer para alcançá-los? 5. O que é necessário para a comunidade se tornar um lugar melhor?

QUEM SOMOS? 1.2. Aproximadamente, quantas pessoas vivem na comunidade?

QUEM SOMOS? 1.2. Aproximadamente, quantas pessoas vivem na comunidade? 1 2 QUEM SOMOS? Parte 1: Perfil da comunidade. Nome da comunidade: Estado onde se localiza: Município onde se localiza: 1.1. A que distância a sua comunidade fica da cidade? 1.2. Aproximadamente, quantas

Leia mais

O Desenvolvimento da Agricultura e Política Rural

O Desenvolvimento da Agricultura e Política Rural 7º Seminário Estadual de Agricultura O Desenvolvimento da Agricultura e Política Rural Deputado Estadual José Milton Scheffer Vice-Presidente da Comissão de Agricultura e Política Rural da ALESC Território

Leia mais

Programa de Aquisição de Alimentos da Agricultura Familiar

Programa de Aquisição de Alimentos da Agricultura Familiar Programa de Aquisição de Alimentos da Agricultura Familiar Maio de 2014 AGRICULTURA FAMILIAR LEI Nº 11.326, DE 24 DE JULHO DE 2006 Art. 3º considera-se agricultor familiar e empreendedor familiar rural

Leia mais

I PLANO ESTADUAL DE SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL DE SANTA CATARINA E A ALIMENTAÇÃO ESCOLAR. Patrícia Maria de Oliveira Machado

I PLANO ESTADUAL DE SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL DE SANTA CATARINA E A ALIMENTAÇÃO ESCOLAR. Patrícia Maria de Oliveira Machado I PLANO ESTADUAL DE SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL DE SANTA CATARINA E A ALIMENTAÇÃO ESCOLAR Patrícia Maria de Oliveira Machado Florianópolis, 2015 Histórico do processo e marcos legais ESTADUAL 2011

Leia mais

Políticas brasileiras de segurança alimentar e nutricional: compras públicas da agricultura familiar

Políticas brasileiras de segurança alimentar e nutricional: compras públicas da agricultura familiar Políticas brasileiras de segurança alimentar e nutricional: compras públicas da agricultura familiar Tópicos de abordagem Políticas públicas para a agricultura familiar Contexto e criação dos instrumentos

Leia mais

FOME ZERO. VI Encontro Nacional dos Coordenadores Estaduais e Centros Colaboradores em Alimentaçã. ção CGPAN/MS/Brasília

FOME ZERO. VI Encontro Nacional dos Coordenadores Estaduais e Centros Colaboradores em Alimentaçã. ção CGPAN/MS/Brasília FOME ZERO VI Encontro Nacional dos Coordenadores Estaduais e Centros Colaboradores em Alimentaçã ção e Nutriçã ção CGPAN/MS/Brasília lia-df Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Abril/2006

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL DE ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO DE FORTE VELHO

ESCOLA ESTADUAL DE ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO DE FORTE VELHO ESCOLA ESTADUAL DE ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO DE FORTE VELHO O Conselho Escolar de Forte Velho, pessoa jurídica de direito público, com sede à Rua Professor Antônio Elias S/N, fone (83) 36641107 Bairro

Leia mais

Proposta Responsável/Sugestões Indicador

Proposta Responsável/Sugestões Indicador Coordenador: GT AGRONEGÓCIO Visão: Que os produtores rurais do Município de Santa Maria tenham qualidade de vida, produzam com a tecnologia mais adequada ao seu ambiente e de modo sustentável, bem como

Leia mais

CARDÁPIO MAIS EDUCAÇÃO ZONA RURAL - 1ª SEMANA SETEMBRO 2016

CARDÁPIO MAIS EDUCAÇÃO ZONA RURAL - 1ª SEMANA SETEMBRO 2016 CARDÁPIO MAIS EDUCAÇÃO ZONA RURAL - 1ª SEMANA SETEMBRO 2016 ESCOLAR MANHÃ OU TARDE (01/09/2016) Mingau de Creme de Milho Rosquinha de Leite Biscoito Doce Integral Frapê de Morango (02/09/2016) Biscoito

Leia mais

Brasil Sem Miséria RURAL

Brasil Sem Miséria RURAL Brasil Sem Miséria RURAL O desafio de acabar com a miséria Nos últimos anos, 28 milhões de brasileiros superaram a pobreza; Apesar disso, ainda há 16 milhões de pessoas extremamente pobres no Brasil; Para

Leia mais

Venda Nova do Imigrante-ES

Venda Nova do Imigrante-ES Venda Nova do Imigrante-ES Capital Nacional do Agroturismo Turismo Rural - Agroturismo ENCONTRO NACIONAL COM OS NOVOS PREFEITOS E PREFEITAS Localização ENCONTRO NACIONAL COM OS NOVOS PREFEITOS E PREFEITAS

Leia mais

ANEXO II PROGRAMA NACIONAL DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR - PCRJ / SME PLANO ALIMENTAR - ESCOLA. Período: 26 de setembro a 01 de outubro de 2016

ANEXO II PROGRAMA NACIONAL DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR - PCRJ / SME PLANO ALIMENTAR - ESCOLA. Período: 26 de setembro a 01 de outubro de 2016 ANEXO II PROGRAMA NACIONAL DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR - PCRJ / SME PLANO ALIMENTAR - ESCOLA Período: 26 de setembro a 01 de outubro de 2016 E/SUBE/COORDENADORIAS REGIONAIS DE EDUCAÇÃO SEMANA 1ª, 2ª e 3ª 4ª,

Leia mais

CONFERÊNCIA REGIONAL DE POLÍTICAS PARA MULHERES

CONFERÊNCIA REGIONAL DE POLÍTICAS PARA MULHERES CONFERÊNCIA REGIONAL DE POLÍTICAS PARA MULHERES Um desafio para a igualdade numa perspectiva de gênero Ituporanga 30/04/04 Conferência Espaço de participação popular para: Conferir o que tem sido feito

Leia mais

ANO INTERNACIONAL DO COOPERATIVISMO Audiência pública da Comissão de Agricultura Câmara dos Deputados

ANO INTERNACIONAL DO COOPERATIVISMO Audiência pública da Comissão de Agricultura Câmara dos Deputados Ministério do Desenvolvimento Agrário - MDA ANO INTERNACIONAL DO COOPERATIVISMO Audiência pública da Comissão de Agricultura Câmara dos Deputados Cesar José de Oliveira MDA 1 CONTEXTUALIZAÇÃO DO COOPERATIVISMO

Leia mais

CONGRESSO NACIONAL COMISSÃO MISTA DE PLANOS, ORÇAMENTOS PÚBLICOS E FISCALIZAÇÃO PROJETO DE LEI DE REVISÃO DO PLANO PLURIANUAL PARA

CONGRESSO NACIONAL COMISSÃO MISTA DE PLANOS, ORÇAMENTOS PÚBLICOS E FISCALIZAÇÃO PROJETO DE LEI DE REVISÃO DO PLANO PLURIANUAL PARA CONGRESSO NACIONAL COMISSÃO MISTA DE PLANOS, ORÇAMENTOS PÚBLICOS E FISCALIZAÇÃO PROJETO DE LEI DE REVISÃO DO PLANO PLURIANUAL PARA 2004-2007 (Projeto de Lei nº 41/2005-CN) PARECER DA COMISSÃO SUBSTITUTIVO

Leia mais

CARDÁPIOS DEZEMBRO NECESSIDADES ALIMENTARES ESPECIAIS LOTES: 1,3 e 5

CARDÁPIOS DEZEMBRO NECESSIDADES ALIMENTARES ESPECIAIS LOTES: 1,3 e 5 ESTADO DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DIAE- DIRETORIA DE APOIO AO ESTUDANTE GEALI GERÊNCIA DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR Rua Antonio Luz, 111, Centro, Fpolis/SC, 88.010-410 CARDÁPIOS DEZEMBRO

Leia mais

A MANDIOCA NA AGRICULTURA FAMILIAR

A MANDIOCA NA AGRICULTURA FAMILIAR A MANDIOCA NA AGRICULTURA FAMILIAR 13º CONGRESSO BRASILEIRO DE MANDIOCA Kelma Christina M. S. Cruz Botucatu/SP, 15 de julho de 2009 SISAN Alimentação Escolar PAA Política de Abastecimento Sociobio diversidade

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SEAPA SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO CRÉDITO RURAL EM MINAS GERAIS

SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SEAPA SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO CRÉDITO RURAL EM MINAS GERAIS SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SEAPA SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO CRÉDITO RURAL EM MINAS GERAIS Maio/2014 EVOLUÇÃO DO CRÉDITO RURAL DISPONIBILIZADO - BRASIL (R$ BILHÕES)

Leia mais

SISTEMA BRASILEIRO DE SAUDE ANIMAL: Operacionalidade e Competências

SISTEMA BRASILEIRO DE SAUDE ANIMAL: Operacionalidade e Competências SISTEMA BRASILEIRO DE SAUDE ANIMAL: Operacionalidade e Competências ESTRATÉGIA- CONTROLE Sistema de Defesa Sanitária Animal 1992 ESTRATÉGIA - ERRADICAÇÃO 1. Serviço o disperso e frágil 2. Responsabilidade

Leia mais

CARDÁPIO ENSINO FUNDAMENTAL PARCIAL

CARDÁPIO ENSINO FUNDAMENTAL PARCIAL Dia Mundial da Saúde-7 de Abril Desde o ano de 1948, no dia 7 de abril é comemorado o dia mundial da saúde. Este foi criado para alertar a população sobre os problemas de saúde pública, das responsabilidades

Leia mais

COLÉGIO NOSSA SENHORA DE LOURDES CARDÁPIO SEMANAL- MÊS AGOSTO 03/08-07/08 03/08 04/08 05/08 06/08 07/08. Suco de fruta

COLÉGIO NOSSA SENHORA DE LOURDES CARDÁPIO SEMANAL- MÊS AGOSTO 03/08-07/08 03/08 04/08 05/08 06/08 07/08. Suco de fruta 03/08-07/08 03/08 04/08 05/08 06/08 07/08 de Forma Bisnaguinha Manteiga Torradas Jardineira de Dupla de Alface e tomate Chuchu ao molho branco Creme de milho Biscoito doce Omelete de cenoura Aipim 03/08-07/08

Leia mais

PORTARIA INTERMINISTERIAL MDA e MDS e MMA Nº 239 DE 21 DE JULHO DE 2009

PORTARIA INTERMINISTERIAL MDA e MDS e MMA Nº 239 DE 21 DE JULHO DE 2009 PORTARIA INTERMINISTERIAL MDA e MDS e MMA Nº 239 DE 21 DE JULHO DE 2009 Estabelece orientações para a implementação do Plano Nacional de Promoção das Cadeias de Produtos da Sociobiodiversidade, e dá outras

Leia mais

ELEIÇÕES 2012 DIRETRIZES DO PROGRAMA DE GOVERNO DO CANDIDATO JOSÉ SIMÃO DE SOUSA PARA A PREFEITURA DE MANAÍRA/PB ZÉ SIMÃO 45 - PREFEITO

ELEIÇÕES 2012 DIRETRIZES DO PROGRAMA DE GOVERNO DO CANDIDATO JOSÉ SIMÃO DE SOUSA PARA A PREFEITURA DE MANAÍRA/PB ZÉ SIMÃO 45 - PREFEITO ELEIÇÕES 2012 DIRETRIZES DO PROGRAMA DE GOVERNO DO CANDIDATO JOSÉ SIMÃO DE SOUSA PARA A PREFEITURA DE MANAÍRA/PB ZÉ SIMÃO 45 - PREFEITO OBJETIVOS DO GOVERNO: Consolidar e aprofundar os projetos e ações

Leia mais

ANEXO 14 FICHAS DE AVALIAÇÃO SOCIAL

ANEXO 14 FICHAS DE AVALIAÇÃO SOCIAL ANEXO 14 FICHAS DE AVALIAÇÃO SOCIAL 1 - FICHAS SOCIAIS (Esta ficha deve ser aplicada para todos os subprojetos e contempla o levantamento e demanda da área social, inclusive os povos tradicionais e demais

Leia mais

CURSO POLÍTICAS PÚBLICAS NO SEMIÁRIDO DO NORDESTE: PARTICIPAÇÃO E JUVENTUDE. Profº Guilherme Soares UFRPE

CURSO POLÍTICAS PÚBLICAS NO SEMIÁRIDO DO NORDESTE: PARTICIPAÇÃO E JUVENTUDE. Profº Guilherme Soares UFRPE POLÍTICAS PÚBLICAS NO SEMIÁRIDO DO NORDESTE: PARTICIPAÇÃO E JUVENTUDE. Profº Guilherme Soares UFRPE : POLÍTICAS PÚBLICAS NO SEMIÁRIDO DO NORDESTE: Módulo III O AMBIENTE OPERACIONAL DAS POLÍTICAS PÚBLICAS:

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE. Governadora do Estado ROSALBA CIARLINI SECRETARIA DE ESTADO DA AGRICULTURA, DA PECUÁRIA E DA PESCA SAPE.

GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE. Governadora do Estado ROSALBA CIARLINI SECRETARIA DE ESTADO DA AGRICULTURA, DA PECUÁRIA E DA PESCA SAPE. GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Governadora do Estado ROSALBA CIARLINI SECRETARIA DE ESTADO DA AGRICULTURA, DA PECUÁRIA E DA PESCA SAPE. Secretário TARCÍSIO DANTAS BEZERRA INSTITUTO DE ASSISTENCIA

Leia mais

Oficina Base. A Segurança Alimentar e Nutricional e o Sistema de SAN

Oficina Base. A Segurança Alimentar e Nutricional e o Sistema de SAN Oficina Base A Segurança Alimentar e Nutricional e o Sistema de SAN Programação da Oficina 10h Histórico da SAN no Brasil 10h40 Intervalo 11h Construindo o conceito de SAN 12h Almoço 14h Check-in da tarde

Leia mais

CARDÁPIO MAIS EDUCAÇÃO ZONA RURAL - 1ª SEMANA ABRIL 2015

CARDÁPIO MAIS EDUCAÇÃO ZONA RURAL - 1ª SEMANA ABRIL 2015 CARDÁPIO MAIS EDUCAÇÃO ZONA RURAL - 1ª SEMANA ABRIL 2015 (01/04/2015) (02/04/2015) (03/04/2015) Frapê de Goiaba Biscoito Maria ESCOLAR MANHÃ OU TARDE Macarrão Pene com Molho de Frango e Abobrinha (Extrato

Leia mais

ARROIO GRANDE/RS Cidade Simpatia, Terra de Mauá.

ARROIO GRANDE/RS Cidade Simpatia, Terra de Mauá. ARROIO GRANDE/RS Cidade Simpatia, Terra de Mauá. EMATER Associação Riograndense de Empreendimento de Assistência Técnica e Extensão Rural ASCAR Associação Sulina de Crédito e Assistência Rural Escritório

Leia mais

PROGRAMA DE ACÇÃO SAÚDE. - Advocacia junto ao Ministério da Saúde para criação de mais centros de testagem voluntária.

PROGRAMA DE ACÇÃO SAÚDE. - Advocacia junto ao Ministério da Saúde para criação de mais centros de testagem voluntária. PROGRAMA DE ACÇÃO A diversidade e complexidade dos assuntos integrados no programa de acção da OMA permitirá obter soluções eficazes nos cuidados primários de saúde, particularmente na saúde reprodutiva

Leia mais

FTST Formação Técnica em Segurança do Trabalho. Módulo de Hospitalar e Agroindústria AULA 1 Prof.º Cleverson Luis

FTST Formação Técnica em Segurança do Trabalho. Módulo de Hospitalar e Agroindústria AULA 1 Prof.º Cleverson Luis FTST Formação Técnica em Segurança do Trabalho Módulo de Hospitalar e Agroindústria AULA 1 Prof.º Cleverson Luis Competências a serem trabalhadas nesta aula Conhecer o segmento econômico da Agroindústria

Leia mais

Plano de Governo Municipal para o mandato /2016

Plano de Governo Municipal para o mandato /2016 Plano de Governo Municipal para o mandato - 2013/2016 Dolcinópolis SP. 1- ASSISTÊNCIA SOCIAL Auxilio com medicamentos e complementos a cesta básica ao idoso e enfermo; Criação de programas para o atendimento

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CACHOEIRA DO SUL RS SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO DE COMPRAS

PREFEITURA MUNICIPAL DE CACHOEIRA DO SUL RS SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO DE COMPRAS TERMO DE ADJUDICAÇÃO E HOMOLOGAÇÃO Luiz Neiron Teixeira Viegas, Prefeito de Cachoeira do Sul, Estado do Rio Grande do Sul, tendo em vista o Processo Nº 1002/2015, Chamada Pública nº 01/2015, datado de

Leia mais

Dinâmica populacional e a sucessão da agricultura familiar no Vale do Taquari

Dinâmica populacional e a sucessão da agricultura familiar no Vale do Taquari Dinâmica populacional e a sucessão da agricultura familiar no Vale do Taquari Sucessão da atividade na propriedade na perspectiva da família e de gênero Situação previdenciária ria dos responsáveis Proprietários

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SEAPA SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO CRÉDITO RURAL EM MINAS GERAIS

SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SEAPA SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO CRÉDITO RURAL EM MINAS GERAIS SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SEAPA SUBSECRETARIA DO AGRONEGÓCIO CRÉDITO RURAL EM DEZEMBRO/2013 EVOLUÇÃO DO CRÉDITO RURAL DISPONIBILIZADO - BRASIL (R$ BILHÕES) 157* 32,6

Leia mais

PROJETO DE GESTÃO AMBIENTAL RURAL - GESTAR Ministério do Meio Ambiente

PROJETO DE GESTÃO AMBIENTAL RURAL - GESTAR Ministério do Meio Ambiente PROJETO DE GESTÃO AMBIENTAL RURAL - GESTAR Ministério do Meio Ambiente Secretaria de Extrativismo e Desenvolvimento Rural Sustentável SEDR Departamento de Desenvolvimento Rural Sustentável Coordenação

Leia mais

Tabela de produtos esquema de rebate 7 (Janeiro 2013) COD PRODUTO CONSIDERAR RELATORIO

Tabela de produtos esquema de rebate 7 (Janeiro 2013) COD PRODUTO CONSIDERAR RELATORIO Tabela de produtos esquema de rebate 7 (Janeiro 2013) COD PRODUTO CONSIDERAR RELATORIO 90001 AVICULTURA INTEGRADA 0.10 1 90002 SUINOCULTURA INTEGRADA 0.10 1 3500 ALHO 0.30 2 11500 CEBOLA 0.30 2 21219 QUEIJOS

Leia mais

EDITAL Nº 009/2015 CHAMADA PÚBLICA Nº 001/2015

EDITAL Nº 009/2015 CHAMADA PÚBLICA Nº 001/2015 EDITAL Nº 009/2015 CHAMADA PÚBLICA Nº 001/2015 AQUISIÇÃO DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS DA AGRICULTURA FAMILIAR PARA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR COM DISPENSA DE LICITAÇÃO, LEI N.º 11.947, DE 16/07/2009, RESOLUÇÃO CD/FNDE

Leia mais

Rede de Cooperativas Agropecuárias das Américas

Rede de Cooperativas Agropecuárias das Américas Ramo Agropecuário Rede de Cooperativas Agropecuárias das Américas Paulo César Dias do Nascimento Júnior Coordenador do Ramo Agropecuário da OCB Lima, 20 e 21 de março de 2013. Sistema OCB. Você participa.

Leia mais

SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO DO MUNICÍPIO DE SANTO ANDRÉ SUPERVISÃO DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR - SAE PROGRAMA NACIONAL DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR - PNAE

SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO DO MUNICÍPIO DE SANTO ANDRÉ SUPERVISÃO DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR - SAE PROGRAMA NACIONAL DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR - PNAE SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO DO MUNICÍPIO DE SANTO ANDRÉ SUPERVISÃO DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR - SAE PROGRAMA NACIONAL DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR - PNAE Tipo de Cardápio CRECHE CARDÁPIO SEMANAL TIPO DE ENSINO: Berçário

Leia mais

IV CONFERÊNCIA ESTADUAL DE SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL

IV CONFERÊNCIA ESTADUAL DE SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL IV CONFERÊNCIA ESTADUAL DE SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL PERNAMBUCO RELATÓRIO FINAL COMISSÃO EECUTIVA Pesqueira/PE Setembro/2011 1 IV CONFERÊNCIA ESTADUAL DE SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL ALIMENTAÇÃO

Leia mais

1º Festival de Receitas do Campo. Relatório de ações 1

1º Festival de Receitas do Campo. Relatório de ações 1 1º Festival de Receitas do Campo Relatório de ações 1 OBJETIVO Resgatar e divulgar a identidade da Família Rural através da Culinária Rural, demonstrando que os hábitos alimentares pertencem ao patrimônio

Leia mais

Domínios temáticos, Conceitos, Metas de Aprendizagem e Propostas de Estratégias/Atividades. Disciplina de Oferta de Escola

Domínios temáticos, Conceitos, Metas de Aprendizagem e Propostas de Estratégias/Atividades. Disciplina de Oferta de Escola Disciplina de Oferta de Escola 7º e 8º anos do 3º ciclo do Ensino Básico Domínios temáticos, Conceitos, de Aprendizagem e Propostas de Estratégias/Atividades José Carlos Morais Educação Ambiental para

Leia mais

Diretoria de Agronegócios. BB e o Agronegócio

Diretoria de Agronegócios. BB e o Agronegócio Diretoria de Agronegócios BB e o Agronegócio Importância do Agronegócio no Brasil + 35% nas exportações do país 197,9 40,9% 41,1% 37,4% 55,1 58,2 60,4 20,6 23,8 24,8 41,9% 73,1 30,6 160,6 40,4% 137,5 118,3

Leia mais

COMISSÃO DE SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA 20/05/2015

COMISSÃO DE SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA 20/05/2015 COMISSÃO DE SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA 20/05/2015 Perfil da Extrema Pobreza Núcleo duro da pobreza 71% de negros e negras 60% na região Nordeste 40% de crianças e adolescentes (0 a 14 anos) Eixos do Plano

Leia mais

Anexo 7 - Despesa por Projeto e Atividade - Detalhado

Anexo 7 - Despesa por Projeto e Atividade - Detalhado Folha N. 1 01 LEGISLATIVA 120.000,00 4.543.000,00 4.848.000,00 01.031 AÇÃO LEGISLATIVA 120.000,00 4.543.000,00 4.848.000,00 01.031.0001 PROCESSO LEGISLATIVO 4.543.000,00 4.728.000,00 01.031.0001.0125 INATIVOS

Leia mais

O Brasil Melhorou. 36 milhões. de brasileiros saíram da pobreza em 10 anos. 42 milhões. de brasileiros ascenderam de classe.

O Brasil Melhorou. 36 milhões. de brasileiros saíram da pobreza em 10 anos. 42 milhões. de brasileiros ascenderam de classe. O Brasil Melhorou 36 milhões de brasileiros saíram da pobreza em 10 anos 42 milhões de brasileiros ascenderam de classe Fonte: SAE/PR O Brasil Melhorou O salário mínimo teve um aumento real de 70% Em 2003,

Leia mais

Sucos naturais e sobremesas são servidos diariamente, durante o almoço.

Sucos naturais e sobremesas são servidos diariamente, durante o almoço. 1ª Semana Café da Manhã Segunda-Feira Terça-Feira Quarta-Feira Quinta-Feira Sexta-Feira Bisnaguinha Bolo de Cenoura, Pão de Queijo, Pão de Milho, Pão de forma Requeijão, Leite Suco Natural de Margarina,

Leia mais

Programa FIC+Feliz. Maio/2016 Belo Horizonte - MG. Maria Lúcia Rezende Milhorato

Programa FIC+Feliz. Maio/2016 Belo Horizonte - MG. Maria Lúcia Rezende Milhorato Programa FIC+Feliz Maio/2016 Belo Horizonte - MG Maria Lúcia Rezende Milhorato CONTEXTO A Credicom foi piloto no projeto do Índice de Felicidade Interna do Cooperativismo FIC, promovido pelo SESCOOP Nacional

Leia mais

nota: nas unidades com refeições transportadas, a sobremesa servida nos dias de opção, será sempre o doce ou iogurte de aromas

nota: nas unidades com refeições transportadas, a sobremesa servida nos dias de opção, será sempre o doce ou iogurte de aromas Semana de 02 a 06 de Janeiro de 2017 2ª feira Sopa de feijão verde DIA Prato massa de atum, cogumelos e milho salada de tomate 2 Sobremesa* iogurte de aromas 3ª feira Sopa de couve lombarda DIA Prato pá

Leia mais

Rurais no Brasil ( )

Rurais no Brasil ( ) Contextualização das Políticas Públicas Rurais no Brasil (2003-2016) Karina Kato (OPPA/CPDA) Chapecó, 12 de setembro de 2016. Panorama Geral das Políticas Públicas para o Desenvolvimento Rural (2003-2016)

Leia mais

Projeto Rede de Bufetes Escolares Saudáveis

Projeto Rede de Bufetes Escolares Saudáveis Projeto Rede de Bufetes Escolares Saudáveis Completa as palavras com as letras que faltam, sabendo que correspondem a nomes de diferentes hortícolas: O T C U - L R C E N R A E I N A F C B Ó U O P M N Ã

Leia mais

AGRICULTURA. Manutenção e desenvolvimento das atividades da Secretaria da Agricultura

AGRICULTURA. Manutenção e desenvolvimento das atividades da Secretaria da Agricultura LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS - ANEXO III - METAS E PRIORIDADES OBJETIVO ESTRATÉGICO : desenvolver a produção agrícola. PROGRAMA: 009 - GESTÃO PÚBLICA DA SECRETARIA MUNICIPAL DA AGRICULTURA JUSTIFICATIVA:

Leia mais

CARDÁPIO INTEGRAL INFANTIL - 1ª SEMANA NOVEMBRO 2016

CARDÁPIO INTEGRAL INFANTIL - 1ª SEMANA NOVEMBRO 2016 CARDÁPIO INTEGRAL INFANTIL - 1ª SEMANA NOVEMBRO 2016 TERÇA-FEIRA QUARTA-FEIRA QUINTA-FEIRA (01/11/2016) (02/11/2016) (03/11/2016) Mingau de Creme de FERIADO Vitamina de Banana Milho Pipoca Macarronada

Leia mais

Centro de Saúde Escola do Butantã/FMUSP. Saúde da Criança. Receitas para as primeiras papinhas do seu bebê

Centro de Saúde Escola do Butantã/FMUSP. Saúde da Criança. Receitas para as primeiras papinhas do seu bebê Centro de Saúde Escola do Butantã/FMUSP Saúde da Criança Receitas para as primeiras papinhas do seu bebê Receita básica para PAPA SALGADA Não podem faltar estes alimentos no preparo do papa para a criança

Leia mais

PROPOSTA. Pregão. Proposta(s)

PROPOSTA. Pregão. Proposta(s) PROPOSTA Pregão Órgão: Prefeitura Municipal de Palmas Número: 159/2012 Número do Processo: 2011041988 Unidade de Compra: Secretaria de Desenvolvimento Social Proposta(s) Item: 0001 Descrição: LOTE 01 -

Leia mais

Prefeitura Municipal de Santana do Livramento-RS LDO-2015-Alteração Legal 1 Metas das Ações Prog. Gov.

Prefeitura Municipal de Santana do Livramento-RS LDO-2015-Alteração Legal 1 Metas das Ações Prog. Gov. Página: 1 de 7 Filtros: Campos: Conteúdos Classificação Institucional 601 Classificação Institucional 701 Classificação Institucional 801 Classificação Institucional 804 Classificação Institucional 901

Leia mais

DESPESAS DIÁRIAS DO AGREGADO

DESPESAS DIÁRIAS DO AGREGADO REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTERIO DO PLANEAMENTO INSTITUTO NACIONAL DE ESTATÍSTICA GABINETE DE MONITORIZAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE VIDA DA POPULAÇÃO INQUÉRITO AOS AGREGADO FAMILIARES SOBRE DESPESAS E RECEITAS

Leia mais

ESPAÇO RURAL E MODERNIZAÇÃO DO CAMPO

ESPAÇO RURAL E MODERNIZAÇÃO DO CAMPO ESPAÇO RURAL E MODERNIZAÇÃO DO CAMPO COMO ENTENDER A SITUAÇÃO DO CAMPO NO BRASIL? COMO ENTENDER A PRODUÇÃO DE ALIMENTOS NO BRASIL E NO MUNDO? Tipos de agropecuária: intensiva e extensiva Principais modelos

Leia mais

Quadro resumo do crédito do Pronaf

Quadro resumo do crédito do Pronaf Pronaf custeio Quadro resumo do crédito do Pronaf 2016-2017 Linha Finalidade/empreendimento Condições Encargos (taxa de juros) Para financiamentos destinados ao cultivo de arroz, feijão, mandioca, feijão

Leia mais

2. FONTE DE RECURSO Projeto/Atividade Fonte de Recurso Natureza da Despesa

2. FONTE DE RECURSO Projeto/Atividade Fonte de Recurso Natureza da Despesa EDITAL CHAMADA PÚBLICA 03-2016 CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2016 para aquisição de gêneros alimentícios da agricultura familiar para alimentação escolar com dispensa de licitação, Lei nº 11.947, de 16/07/2009,

Leia mais

Grupo De Trabalho N 1 Patrícia de Melo Fátima Medeiros Idari Amaral Denise F. Aguiar Willian Yuki Jenifer Paschoal Ferreira

Grupo De Trabalho N 1 Patrícia de Melo Fátima Medeiros Idari Amaral Denise F. Aguiar Willian Yuki Jenifer Paschoal Ferreira Grupo De Trabalho N 1 Patrícia de Melo Fátima Medeiros Idari Amaral Denise F. Aguiar Willian Yuki Jenifer Paschoal Ferreira Atividades - *Moradia para todos *Ruas Pavimentadas *Emprego Para todos *100%

Leia mais

Alimentação saudável

Alimentação saudável Alimentação saudável Você mais saudável do que nunca! Quem nunca ouviu falar em antioxidantes e radicais livres? Agora, basta saber quem é o vilão e o herói dessa batalha. Os antioxidantes são substâncias

Leia mais

alimentos para o brasil APRESENTAÇÃO

alimentos para o brasil APRESENTAÇÃO 2014-2015 alimentos para o brasil APRESENTAÇÃO O Plano Safra da Agricultura Familiar 2014/2015 Alimentos Para o Brasil vem consolidar mais de uma década de políticas públicas que melhoram a vida de quem

Leia mais

Ementas Primavera/Verão Creche (1-3 anos)

Ementas Primavera/Verão Creche (1-3 anos) Semana 1 com pão com bolacha Sopa de feijão-verde Massa à lavrador (c/vitela, tronchuda e feijão vermelho) Sopa de feijão branco e Tintureira/cação de cebolada (tomate e pimento) e batata cozida Pão (1/2)

Leia mais

alimentos para o brasil APRESENTAÇÃO

alimentos para o brasil APRESENTAÇÃO 2014-2015 APRESENTAÇÃO O Plano Safra da Agricultura Familiar 2014/2015 Alimentos Para o Brasil vem consolidar mais de uma década de políticas públicas que melhoram a vida de quem vive no Brasil Rural.

Leia mais

5 maiores Problemas da Humanidade até 2050

5 maiores Problemas da Humanidade até 2050 5 maiores Problemas da Humanidade até 2050 Água Energia Evolução da População Mundial 1950 2011 2050 2,5 bi 7,5 bi 9,3 bi Evolução dos Famintos 1950 2011 2050 0,5 bi 0,9 bi 1,3 bi Alimentos Lixo Pobreza

Leia mais

EJA 3ª FASE PROF.ª CHRISTIANE MELLO PROF.ª QUEILA PATRÍCIA

EJA 3ª FASE PROF.ª CHRISTIANE MELLO PROF.ª QUEILA PATRÍCIA EJA 3ª FASE PROF.ª CHRISTIANE MELLO PROF.ª QUEILA PATRÍCIA REVISÃO DE CONTEÚDOS 2º Bimestre Aula 77 Revisão e Avaliação de Ciências da Natureza 2 REVISÃO 1 Sistema genital feminino e masculino O sistema

Leia mais

Colégio Vicentino Santa Cecília Cardápio de Nível 1 21 a 23 de Março de 2016 ALMOÇO LANCHE JANTAR

Colégio Vicentino Santa Cecília Cardápio de Nível 1 21 a 23 de Março de 2016 ALMOÇO LANCHE JANTAR DIA 2ª FEIRA Pão integral caseiro e complementos 3ª FEIRA (maçã e Mamão) 4ª FEIRA banana e laranja Iogurte de morango Colégio Vicentino Santa Cecília Cardápio de Nível 1 21 a 23 de Março de 2016 JANTAR

Leia mais

JOVENS DO CAMPO: Prof. Grolli, P R FAEM/Departamento de Fitotecnia/ Horticultura Ornamental

JOVENS DO CAMPO: Prof. Grolli, P R FAEM/Departamento de Fitotecnia/ Horticultura Ornamental JOVENS DO CAMPO: Prof. Grolli, P R FAEM/Departamento de Fitotecnia/ Horticultura Ornamental prgrolli@gmail.com P A R T I R OU F I C A R http://dfrural.wordpress.com/2011/07/21/mt-mda-e-sedraf-planejam-acoesem-conjunto-para-fortalecer-agricultura-familiar-em-mato-grosso/

Leia mais

Plano Metropolitano de Habitação. Plano Metropolitano de Habitação de Interesse Social da Região Metropolitana de Campinas

Plano Metropolitano de Habitação. Plano Metropolitano de Habitação de Interesse Social da Região Metropolitana de Campinas Plano Metropolitano de Habitação de Interesse Social da Região Metropolitana de Campinas Apresentado pelo representante do Ministério das Cidades Histórico Aprovado pelo Conselho de Desenvolvimento

Leia mais

PARANA PREFEITURA MUNICIPAL DE CERRO AZUL Programa de Trabalho por Órgão e Unidade Orçamentária - Anexo 06 - Administração Direta

PARANA PREFEITURA MUNICIPAL DE CERRO AZUL Programa de Trabalho por Órgão e Unidade Orçamentária - Anexo 06 - Administração Direta Página 1 Órgão: 02 - SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO Unidade Orçamentária: 01 - Chefia de Gabinete Operações Especiais 04 Administração 598.124,43 598.124,43 04.122 Administração Geral 598.124,43 598.124,43

Leia mais

De Mãos Dadas, Associação de Solidariedade Social Creche - 2 anos / J.I. - 3 a 5 anos / A.T.L. Semana de 5 a 9 de setembro de 2016 Almoço

De Mãos Dadas, Associação de Solidariedade Social Creche - 2 anos / J.I. - 3 a 5 anos / A.T.L. Semana de 5 a 9 de setembro de 2016 Almoço Semana de 5 a 9 de setembro de 2016 Sopa Creme de repolho Prato Carne de vaca estufada ao natural com esparguete 1,3,9 Salada Salada de alface, cenoura e milho Sopa Creme de couve-flor e feijão Prato Filete

Leia mais

COMPROMISSO COM O SEMIÁRIDO

COMPROMISSO COM O SEMIÁRIDO COMPROMISSO COM O SEMIÁRIDO O governo federal vai investir R$ 2.7 bilhões para enfrentar a estiagem no semiárido. Implantação de cisternas, reforço da distribuição de água por carro-pipa, linha especial

Leia mais

VP Negócios Emergentes SN Agronegócios. Crédito Rural

VP Negócios Emergentes SN Agronegócios. Crédito Rural VP Negócios Emergentes SN Agronegócios Crédito Rural Agronegócio no Brasil fonte: SECEX/MDIC PIB Brasil 2013 R$ 4.838 bi Agronegócios R$ 1.020 bi * 21.08% US$ Bilhões 300 250 200 Exportações Brasileiras

Leia mais

TECNOLOGIA NA PRODUÇÃO DA PROTEÍNA ANIMAL E SUA IMPORTÂNCIA NA SEGURANÇA ALIMENTAR. Eficiência no Manejo

TECNOLOGIA NA PRODUÇÃO DA PROTEÍNA ANIMAL E SUA IMPORTÂNCIA NA SEGURANÇA ALIMENTAR. Eficiência no Manejo TECNOLOGIA NA PRODUÇÃO DA PROTEÍNA ANIMAL E SUA IMPORTÂNCIA NA SEGURANÇA ALIMENTAR Eficiência no Manejo Segurança Alimentar Conceito Segurança Alimentar e Nutricional é a garantia do direito de todos ao

Leia mais

de Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia

de Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia Anais do I Seminário Internacional de Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia ÍNDICE DE CIDADANIA COMO INDICADOR SOCIAL DAS COMUNIDADES QUE CONSTITUEM A REDES DO TUPÉ Karla Almeida da Silva;

Leia mais

Regulamento para seleção de projetos de estímulo à leitura e inclusão produtiva rural - Chamada Específica Minibibliotecas 001/2016 Embrapa /

Regulamento para seleção de projetos de estímulo à leitura e inclusão produtiva rural - Chamada Específica Minibibliotecas 001/2016 Embrapa / Regulamento para seleção de projetos de estímulo à leitura e inclusão produtiva rural - Chamada Específica Minibibliotecas 001/2016 Embrapa / Sociedade de Apoio Sócio Ambientalista e Cultural (SASAC) Objeto:

Leia mais

CARDÁPIO ESCOLAS MUNICIPAIS URBANAS E RURAIS Pré-escolares (4-5 anos), Escolares (6-10 anos) (11-15 anos) e Adultos (EJA)

CARDÁPIO ESCOLAS MUNICIPAIS URBANAS E RURAIS Pré-escolares (4-5 anos), Escolares (6-10 anos) (11-15 anos) e Adultos (EJA) Secretaria Municipal de Educação Superintendência de Abastecimento Alimentar CARDÁPIO ESCOLAS MUNICIPAIS URBANAS E RURAIS Pré-escolares (4-5 anos), Escolares (6-10 anos) (11-15 anos) e Adultos (EJA) DATA

Leia mais

PROJECTO DE RESOLUÇÃO. Alimentação Humana Promoção e Consumo dos Produtos Regionais

PROJECTO DE RESOLUÇÃO. Alimentação Humana Promoção e Consumo dos Produtos Regionais PROJECTO DE RESOLUÇÃO Alimentação Humana Promoção e Consumo dos Produtos Regionais Exmo. Sr. Presidente da Assembleia Exma. Sras. Deputadas e Srs. Deputados Exmo. Sr. Presidente do Governo Exma. Sra. e

Leia mais

CARDÁPIO EDUCAÇÃO INFANTIL DE 01/05 A 31/05

CARDÁPIO EDUCAÇÃO INFANTIL DE 01/05 A 31/05 CARDÁPIO EDUCAÇÃO INFANTIL DE 01/05 A 31/05 macarrão, agrião e ovo com Macarrão letras salada de pepino, a bolonhesa, couve flor refogada ovos mexidos com carne cozida. queijo. Melão Suco morango e biscoito

Leia mais

CARTILHA DE BENEFÍCIOS DOS ALIMENTOS

CARTILHA DE BENEFÍCIOS DOS ALIMENTOS . ESTADO DE SANTA CATARINA ESTADO DE SANTA CATARINA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR CARTILHA DE BENEFÍCIOS DOS ALIMENTOS Florianópolis, 2013 SED/DIAE/GEALI. 1 ESTADO DE SANTA CATARINA SUMÁRIO Conteúdo 1.INTRODUÇÃO...

Leia mais

GRUPO DE TRABALHO 1. 18/11/2015 (Quarta feira) LOCAL: Sala 6 HORÁRIO: das 09h às 11h30

GRUPO DE TRABALHO 1. 18/11/2015 (Quarta feira) LOCAL: Sala 6 HORÁRIO: das 09h às 11h30 GRUPO DE TRABALHO 1 LOCAL: Sala 6 HORÁRIO: das 09h às 11h30 O DESENVOLVIMENTO DO TURISMO RURAL NA COMUNIDADE FAXINALENSE DE TAQUARI DOS RIBEIROS (RIO AZUL-PR) ANÁLISE SOBRE A SITUAÇÃO ATUAL E POSSIBILIDADES

Leia mais

Evento: O Agronegócio e o Comércio Mundial. Agronegócio Brasileiro: Atualidade e Desafio

Evento: O Agronegócio e o Comércio Mundial. Agronegócio Brasileiro: Atualidade e Desafio Evento: O Agronegócio e o Comércio Mundial Agronegócio Brasileiro: Atualidade e Desafio São Paulo, 22 de Setembro de 2015 Parece que estamos decolando ECONOMIA A BRASILEIR Agronegócio - Balança Comercial

Leia mais

GETÚLIO BARBOSA DE SOUZA JÚNIOR

GETÚLIO BARBOSA DE SOUZA JÚNIOR DATA Secretaria Municipal de Educação Superintendência de Abastecimento Alimentar CARDÁPIO ESCOLAS MUNICIPAIS URBANAS E RURAIS Pré-escolares (4-5 anos), Escolares (6-15 anos) e EJA Período de 14/10/2014

Leia mais

EMENTA SEMANA DE 31 DE OUTUBRO A 4 DE NOVEMBRO DE Caldo verde. Douradinhos com arroz colorido. Salada de pepino e tomate.

EMENTA SEMANA DE 31 DE OUTUBRO A 4 DE NOVEMBRO DE Caldo verde. Douradinhos com arroz colorido. Salada de pepino e tomate. SEMANA DE 31 DE OUTUBRO A 4 DE NOVEMBRO DE 2016 31/10/2016 01/11/2016 02/11/2016 03/11/2016 04/11/2016 Caldo verde Douradinhos com arroz colorido de pepino e tomate de mistura FERIADO de alface Bacalhau

Leia mais

EXTERNATO SANTO ANTÔNIO CARDÁPIO MAIO 2016

EXTERNATO SANTO ANTÔNIO CARDÁPIO MAIO 2016 EXTERNATO SANTO ANTÔNIO 1ª SEMANA 02/05 (segunda-feira) 03/05 (terça-feira) 04/05 (quarta-feira) 05/05 (quinta-feira) 06/05 (sexta-feira) Ovomaltine Yakult Leite com achocolatado Leite de soja Leite com

Leia mais

E AUTONOMIA DAS MULHERES

E AUTONOMIA DAS MULHERES E AUTONOMIA DAS Faz-se necessário identificar as organizações de mulheres artesãs e possibilitar a articulação das cadeias produtivas de artesanatos geridas por mulheres. o que orienta o Programa O desafio

Leia mais

Nutricionista Carolina Cestari De Paoli Bortoletto_ CRN

Nutricionista Carolina Cestari De Paoli Bortoletto_ CRN Nutricionista Carolina Cestari De Paoli Bortoletto_ CRN4 04101236 AVALIE SUA ALIMENTAÇÃO Este teste é sobre a sua alimentação, isto é, aquilo que você come. Se você tiver alguma dificuldade para responder

Leia mais

De Mãos Dadas, Associação de Solidariedade Social Creche - 1 a 2 anos Semana de 2 a 6 de Maio de 2016 Almoço

De Mãos Dadas, Associação de Solidariedade Social Creche - 1 a 2 anos Semana de 2 a 6 de Maio de 2016 Almoço Semana de 2 a 6 de Maio de 2016 Creme de espargos Lombinhos de salmão grelhado com batata espinafres 4 Primavera Perna de frango estufada ao natural com legumes com esparguete 1.3 de couve-flor Filete

Leia mais

Programa Educação Inclusiva: direito à diversidade

Programa Educação Inclusiva: direito à diversidade MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA, ALFABETIZAÇÃO, DIVERSIDADE E INCLUSÃO Programa Educação Inclusiva: direito à diversidade Antônio Lidio de Mattos Zambon Coordenador Geral de Políticas

Leia mais

Boletim DATALUTA Artigo do mês II: setembro de 2015. ISSN 2177-4463

Boletim DATALUTA Artigo do mês II: setembro de 2015. ISSN 2177-4463 MERCADOS INSTITUCIONAIS COMO ALTERNATIVA PARA O FORTALECIMENTO DOS MERCADOS LOCAIS DE ALIMENTOS: O CASO DO PROGRAMA DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS (PAA) NO MUNICÍPIO DE TUPI PAULISTA/SP Valmir José de Oliveira

Leia mais

Cardápios para café da manhã - 1 e 3 semana. Vitamina C (mg) Fibras (g) Vitamina A (RE) Lipídios (g)

Cardápios para café da manhã - 1 e 3 semana. Vitamina C (mg) Fibras (g) Vitamina A (RE) Lipídios (g) CARDÁPIO DE MAIO DE 2015 LEITE COM CAFÉ E BISCOITO SALGADO atos s Lipídios 66 Leite integral 100 60,2 4,52 3,22 3,25-102,00-113,00 9,64 0,03 0,38 31 Café 5 21,5 3,29 0,74 0,60 2,56 - - 5,34 8,26 0,41 0,03

Leia mais

III CONGRESSO BRASILEIRO DO CACAU: INOVAÇÃO TECNOLÓGICA E SUSTENTABILIDADE

III CONGRESSO BRASILEIRO DO CACAU: INOVAÇÃO TECNOLÓGICA E SUSTENTABILIDADE III CONGRESSO BRASILEIRO DO CACAU: INOVAÇÃO TECNOLÓGICA E SUSTENTABILIDADE Painel 8: O papel de Instituições Públicas para Desenvolvimento da Cacauicultura Brasileira O Cacau e a Agricultura Familiar Adriana

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE LEME

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE LEME PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE LEME O QUE É O PROGRAMA BOLSA CAFÉ? Uma iniciativa do Executivo lemense, baseado em seu conceito e Plano de Governo: o combate a fome e à miséria extrema, um dos Objetivos do

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PASTOS BONS AVENIDA DOMINGOS SERTAO 1000

PREFEITURA MUNICIPAL DE PASTOS BONS AVENIDA DOMINGOS SERTAO 1000 PROJETO DE LEI DO PLANO PLURIANUAL Projeto de Lei: Dispoe sobre o Plano Plurianual para o periodo 2015/2018 A CAMARA MUNICIPAL decreta: Art. 1o. Esta lei institui o Plano Plurianual para o quadrienio 2015/2018

Leia mais

Sistema AGRIS - Categorias de Assuntos: A AGRICULTURA. A01 Agricultura - aspectos gerais. A50 Investigação B GEOGRAFIA E HISTÓRIA.

Sistema AGRIS - Categorias de Assuntos: A AGRICULTURA. A01 Agricultura - aspectos gerais. A50 Investigação B GEOGRAFIA E HISTÓRIA. Sistema AGRIS - Categorias de Assuntos: A AGRICULTURA A01 Agricultura - aspectos gerais A50 Investigação B GEOGRAFIA E HISTÓRIA B10 Geografia B50 História C EDUCAÇÃO, EXTENSÃO E INFORMAÇÃO C10 Educação

Leia mais

EMENTA ERPI. 19 a 25 dezembro dezembro 20 dezembro 21 dezembro 22 dezembro 23 dezembro 24 dezembro 25 dezembro

EMENTA ERPI. 19 a 25 dezembro dezembro 20 dezembro 21 dezembro 22 dezembro 23 dezembro 24 dezembro 25 dezembro EMENTA ERPI 19 a 25 dezembro 2016 Sábado Domingo 24 dezembro 25 dezembro Normal Enriquecida Caldo verde / de couve coração Com pescada (4) Com coelho Com maruca (4) Com frango de grão e espinafres Com

Leia mais

UNIDADE: 01. Observe as imagens que representam os quatro grupos de alimentos.

UNIDADE: 01. Observe as imagens que representam os quatro grupos de alimentos. SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: 07 / 05 / 03 I ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE CIÊNCIAS 3.º ANO/EF UNIDADE: ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR: 8,0

Leia mais

Aprendizagem participativa no cuidado às pessoas em situação de rua.

Aprendizagem participativa no cuidado às pessoas em situação de rua. Aprendizagem participativa no cuidado às pessoas em situação de rua. Núcleo de Estudos e Pesquisa em Sáude, Políticas Públicas e Sociais (NEPSPPS) Departamento de Administração e Saúde Coletiva (DASC)

Leia mais