História da Arquitetura

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "História da Arquitetura"

Transcrição

1 História da Arquitetura Subdivisão da História da Arte - estudo da evolução histórica da arquitetura. Seus princípios Idéias Realizações

2 História da arte Evolução das expressões artísticas, a constituição e a variação das formas, dos estilos, dos conceitos transmitidos através das obras de arte. Pintura Escultura Arquitetura Pintura rupestre, na gravura está representado um Bisonte, encontra-se na gruta de Altamira, em Espanha, intitulada (Capela Sistina da Pré-História).

3 Obra de Vitrúvio Definem-se quatro elementos fundamentais na arquitetura: Firmitas - que se refere à estabilidade, ao caráter construtivo da arquitetura/resistência. Utilitas - que originalmente se refere à comodidade e ao longo da história foi associada à função e ao utilitarismo. Venustas - associada à beleza, apreciação estética. Decorum - associado à dignidade da arquitetura, à necessidade de rejeição dos elementos supérfluos e ao respeito das tradições/ordens arquitetônicas.

4 Marcos Vitrúvio Polião Arquiteto e engenheiro romano, que viveu no século I a.c. e deixou como legado a sua obra em 10 volumes, De Architectura. O único tratado europeu do período grego-romano que chegou aos nossos dias e serviu de fonte de inspiração a diversos textos sobre construções, hidráulicas, hidrológicas e arquitetônicas desde a época do Renascimento.

5 Marcos Vitrúvio Polião Descrição de Vitrúvio 1684 (à direita) apresentando De Architectura de Augustus

6 Obra de Vitrúvio Seus padrões de proporções e os seus princípios arquiteturais: utilitas Venustas firmitas Utilidade, Beleza e Solidez inauguraram a base da Arquitetura clássica.

7 Obra de Vitrúvio Neste ponto de vista, uma construção passa a ser chamada de arquitetura quando: Bem estruturada - firmitas Possuir uma função utilitas Respeitar as ordem clássicas - decorum For principalmente bela -venustas

8 Obra de Vitrúvio Ele nunca descreveu igrejas especificamente, mas templos e basílicas, nos quais os arquitetos medievais podiam ter-se, eventualmente, baseado. A principal evidência da influência dos textos de Vitrúvio durante a Idade Média são as igrejas, construídas seguindo muitos princípios descritos pelo autor.

9 Obra de Vitrúvio A sua fama deve-se exclusivamente aos tratados De architectura, pois não se conhece obras projetadas ou construídas por ele. Escrito no séc. I a C., é uma fortuna editorial sem par entre os livros técnicos.

10 A interpretação de Leonardo da Vinci do homem de Vitrúvio Esta obra sintetiza uma série de ideais a respeito da relação do homem com o universo. Da mesma forma, está associada à arquitetura, tanto quanto um instrumento de projeto quanto como um símbolo.

11 Estilo Arquitetônico Quando se pensa em classificação dos diferentes produtos Catedral Metropolitana de Brasília, exemplar da arquitetura moderna brasileira, em Brasília. arquitetônicos observados no tempo e no espaço, é muito comum, diferenciar as construções e sítios através da idéia de que eles possuem um estilo diverso um do outro.

12 Estilo arquitetônico Diferentes estilos possuem diferentes regras. Envolve a compreensão do conjunto de: Fatores Características - formas dos edifícios Associado à forma da arquitetura Detalhes estético-construtivos.

13 Estilo arquitetônico A arquitetura no plano teórico e acadêmico, passou a ser entendida através do que efetivamente a define: O trabalho com o espaço habitável. Deixa de ser um modelo copiado e passa a ser a expressão das interpretações individuais de cada arquiteto ou grupo de arquiteto, do que considera como arquitetura.

14 Estilo Arquitetônico Estilo histórico (barroco, clássico, gótico, etc.), também torna-se possível falar em um estilo individual (arquitetura Wrightiana, Corbuseana e outras).

15 Charles Edouard Jeanneret-Gris Conhecido porle Corbusier -6 de Outubro de 1887 (La Chaux-de-Fonds Suiça), foi um Arquiteto e Urbanista. Considerado juntamente com Frank Lloyd Wright, Alvar Aalto, Mies van der Rohe e Oscar Niemeyer, um dos mais importantes arquitetos do século XX.

16 5 pontos 1.Planta Livre: através de uma estrutura independente permite a livre locação das paredes, já que estas não mais precisam exercer a função estrutural. 2.Fachada Livre: resulta igualmente da independência da estrutura. Assim, a fachada pode ser projetada sem impedimentos. 3.Pilotis: sistema de pilares que elevam o prédio do chão, permitindo o trânsito por debaixo do mesmo. 4.Terraço Jardim: "recupera" o solo ocupado pelo prédio, "transferindo-o" para cima do prédio na forma de um jardim. 5.Janelas Largas: possibilitadas pela fachada livre, permitem uma relação desimpedida com a paisagem.

17 Croquis

18 Projeto Plantas Pavimento Térreo Pavimento Superior

19 Projeto Corte Transversal Corte Longitudinal Elevação Frontal

20 Ficha técnica Nome do projeto - Casa Folha Local - Angra dos Reis, Rio de Janeiro, Brasil Data do Projeto /2007 Data da conclusão da Obra Área do terreno ,00 m2 Área construída - 800,00 m2 Arquitetura Equipe - Ivo Mareines, Rafael Patalano, Paula Costa, Flávia Lima e Rafael Pretti Construção - Laer Engenharia Iluminação - Airton Pimenta Paisagismo - Marita Adania Interiores - Mareines + Patalano Arquitetura Cálculo estrutural - Fundações e estrutura metálica: Abilitá projetos Estrutura de madeira: Andreas Hösch

Antropocentrismo (do grego anthropos, "humano"; e kentron, "centro") é uma concepção que considera que a humanidade deve permanecer no centro do

Antropocentrismo (do grego anthropos, humano; e kentron, centro) é uma concepção que considera que a humanidade deve permanecer no centro do ARTE GÓTICA A Arte Gótica se desenvolveu na Europa entre os séculos XII e XV e foi uma das mais importantes da Idade Média, junto com a Arte Românica. Ela teve grande influencia do forte Teocentrismo (O

Leia mais

Arquitetura: do repertório à prática

Arquitetura: do repertório à prática Arquitetura: do repertório à prática Arquiteto: - tecton, em grego, designava um artífice ligado à construção de objetos por junção de peças; - arqui, prefixo que indica superioridade. Arquitetura: Aurélio:

Leia mais

Artigo publicado em 17 de dezembro de 2008-12-17 www.partes.com.br ISSN 1678-8419. Arquitetura Moderna: A UFSM como protagonista deste cenário.

Artigo publicado em 17 de dezembro de 2008-12-17 www.partes.com.br ISSN 1678-8419. Arquitetura Moderna: A UFSM como protagonista deste cenário. Artigo publicado em 17 de dezembro de 2008-12-17 www.partes.com.br ISSN 1678-8419 Arquitetura Moderna: A UFSM como protagonista deste cenário. Leila Adriana Baptaglin 1 Introdução As vezes convivemos em

Leia mais

HISTÓRIA DA ARTE Da Pré-história ao Barroco. Professora: Vanessa Oliveira Arte 1ª série Ensino Médio

HISTÓRIA DA ARTE Da Pré-história ao Barroco. Professora: Vanessa Oliveira Arte 1ª série Ensino Médio HISTÓRIA DA ARTE Da Pré-história ao Barroco Professora: Vanessa Oliveira Arte 1ª série Ensino Médio O contexto de uma imagem nos apresenta o cenário geral em que ela foi produzida, sua função e o impacto

Leia mais

ILUMINAÇÃO NATURAL BREVE RETROSPECTIVA HISTÓRICA

ILUMINAÇÃO NATURAL BREVE RETROSPECTIVA HISTÓRICA ILUMINAÇÃO NATURAL BREVE RETROSPECTIVA HISTÓRICA A HISTÓRIA DA ILUMINAÇÃO NATURAL NA ARQUITETURA FAZ PARTE DA PRÓPRIA HISTÓRIA DA ARQUITETURA EGITO ANTIGO 2780 A.C A 2280 A.C. O GRANDE TEMPLO DE AMMON,

Leia mais

HISTÓRIA E TEORIA ARQ. PAISAGISMO E URBANISMO I

HISTÓRIA E TEORIA ARQ. PAISAGISMO E URBANISMO I HISTÓRIA E TEORIA ARQ. PAISAGISMO E URBANISMO I União Educacional do Norte Faculdade Uninorte Professora: Edinete Oliveira Arquiteta e Urbanista Tema: A ignorância da Arquitetura & As várias idades do

Leia mais

História da Arte - Linha do Tempo

História da Arte - Linha do Tempo História da Arte - Linha do Tempo PRÉ- HISTÓRIA (1000000 A 3600 a.c.) Primeiras manifestações artísticas. Pinturas e gravuras encontradas nas paredes das cavernas. Sangue de animais, saliva, fragmentos

Leia mais

MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO CIVIL

MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO CIVIL Curso Superior de Tecnologia em Construção de Edifícios MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO CIVIL Prof. Leandro Candido de Lemos Pinheiro leandro.pinheiro@riogrande.ifrs.edu.br Porque construir? Necessidade de se

Leia mais

tpaempreendimentos.com.br Material de treinamento. Proibida Divulgação.

tpaempreendimentos.com.br Material de treinamento. Proibida Divulgação. Fundada em 13 de dezembro de 1974, a TPA acumula experiência atuando sempre nos ramos de construção civil e de incorporação. Promoveu e executou inúmeras obras em diversos setores do ramo construtivo,

Leia mais

05/09/12. ANÁLISE DOS PROJETOS: ARQUITETÔNICO/ URBANO Guia para estudo do projeto e estudos de caso

05/09/12. ANÁLISE DOS PROJETOS: ARQUITETÔNICO/ URBANO Guia para estudo do projeto e estudos de caso TEORIA E HISTÓRIA DA ARQUITETURA V Profa. Dra Deusa Maria R. Boaventura ANÁLISE DOS PROJETOS: ARQUITETÔNICO/ URBANO Guia para estudo do projeto e estudos de caso REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS SUGESTÃO DE

Leia mais

A Idade Média e O Renascimento

A Idade Média e O Renascimento Estes textos são produzidos sob patrocínio do Departamento Cultural da Clínica Naturale.Direitos são reservados. A publicação e redistribuição de qualquer conteúdo é proibida sem prévio consentimento.

Leia mais

ARTES AVALIAÇÃO. Aula 3.2 - AVALIAÇÃO

ARTES AVALIAÇÃO. Aula 3.2 - AVALIAÇÃO Aula 3.2-2 1. A Anunciação é uma das obras mais conhecidas de Leonardo da Vinci. Feita por volta do ano de 1472, ela retrata uma das cenas bíblicas mais famosas de todos os tempos. Escreva nas linhas abaixo

Leia mais

RENASCIMENTO ITALIANO

RENASCIMENTO ITALIANO ARTES / 2º ANO PROF.MÍLTON COELHO RENASCIMENTO ITALIANO Contexto histórico O termo significa reviver os ideais greco-romanos; na verdade o Renascimento foi mais amplo, pois aumentou a herança recebida

Leia mais

ARTE 2º. TRIMESTRE/14

ARTE 2º. TRIMESTRE/14 ARTE 2º. TRIMESTRE/14 IDADE MÉDIA ARTE ROMÂNICA Estilo de arte e arquitetura que prevaleceu na maior parte da Europa nos séculos XI e XII, sendo o primeiro estilo a atingir maior expressão internacional;

Leia mais

Arquitetura da Informação: a proposta CID-UnB

Arquitetura da Informação: a proposta CID-UnB Universidade de Brasília UnB Depto. Ciência da Informação Arquitetura da Informação: a proposta CID-UnB Prof. Mamede Lima-Marques Grupo: Arquitetura de Ambientes de Informação a 2 info versão: fevereiro

Leia mais

15-08-2013. Aula 01: Iluminação Natural: Retrospectiva Histórica. CFA II Conforto Ambiental II. Profª. MSc. Helenice M. Sacht. Retrospectiva Histórica

15-08-2013. Aula 01: Iluminação Natural: Retrospectiva Histórica. CFA II Conforto Ambiental II. Profª. MSc. Helenice M. Sacht. Retrospectiva Histórica CFA II Conforto Ambiental II Aula 01: Iluminação Natural: Profª. MSc. Helenice M. Sacht 1 EGITO ANTIGO Em todos os momentos da história, a iluminação esteve presente nas obras de arquitetura. Grande templo

Leia mais

IDADE MÉDIA ARTE GÓTICA

IDADE MÉDIA ARTE GÓTICA IDADE MÉDIA ARTE GÓTICA A partir do século XII, após as cruzadas, tem início na Europa uma economia fundamentada no comércio. Isso faz com que o centro da vida social se desloque do campo para a cidade

Leia mais

Renascimento. Prof. Adriano Portela

Renascimento. Prof. Adriano Portela Renascimento Prof. Adriano Portela O que é o Renascimento? Dados Início: século 14 Local: Península Itálica Se estendeu até o século 17 por toda Europa. Artistas, escritores e pensadores exprimiam em suas

Leia mais

MEMO Nº 022/ENG/IFC/2010 Blumenau, 15 de julho de 2010. Do: Departamento de Engenharia do Instituto Federal Catarinense

MEMO Nº 022/ENG/IFC/2010 Blumenau, 15 de julho de 2010. Do: Departamento de Engenharia do Instituto Federal Catarinense MEMO Nº 022/ENG/IFC/2010 Blumenau, 15 de julho de 2010. Ao: Pró Reitor de Desenvolvimento Institucional ANTÔNIO A. RAITANI JÚNIOR Do: Departamento de Engenharia do Instituto Federal Catarinense Assunto:

Leia mais

ARTE PRÉ-HISTÓRICA. IDADE DOS METAISaproximadamente 5.000 a 3.500 a.c. aparecimento de metalurgia; invenção da roda;

ARTE PRÉ-HISTÓRICA. IDADE DOS METAISaproximadamente 5.000 a 3.500 a.c. aparecimento de metalurgia; invenção da roda; ARTE PRÉ-HISTÓRICA PALEOLÍTICO INFERIOR aproximadamente 5.000.000 a 25.000 a.c.; controle do fogo; e instrumentos de pedra e pedra lascada, madeira e ossos: facas, machados. PALEOLÍTICO SUPERIOR instrumentos

Leia mais

ESTUDO DE CASO SOBRE A APLICAÇÃO DE ESTRUTURAS EM AÇO EM EDIFÍCIO RESIDENCIAL VERTICAL DE MÉDIO PADRÃO EM PRESIDENTE PRUDENTE

ESTUDO DE CASO SOBRE A APLICAÇÃO DE ESTRUTURAS EM AÇO EM EDIFÍCIO RESIDENCIAL VERTICAL DE MÉDIO PADRÃO EM PRESIDENTE PRUDENTE Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão, Presidente Prudente, 22 a 25 de outubro, 2012 221 ESTUDO DE CASO SOBRE A APLICAÇÃO DE ESTRUTURAS EM AÇO EM EDIFÍCIO RESIDENCIAL VERTICAL DE MÉDIO PADRÃO EM PRESIDENTE

Leia mais

RENASCIMENTO. Movimento cultural desenvolvido na Europa entre 1300 e 1650;

RENASCIMENTO. Movimento cultural desenvolvido na Europa entre 1300 e 1650; Prof. Roginei Paiva Competência de área 4 Compreender a arte como saber cultural e estético gerador de significação e integrador da organização do mundo e da própria identidade. H12 - Reconhecer diferentes

Leia mais

neoclassicismo Arquitetura Pintura Escultura

neoclassicismo Arquitetura Pintura Escultura neoclassicismo Arquitetura Pintura Escultura A arquitectura neoclássica De acordo com os ideais iluministas, os arquitectos neoclássicos responderam às necessidades do seu tempo com originalidade e engenho,

Leia mais

DAS ARTES. 1º semestre / 2012. Aula 4. Prof. a M. a Marcela Provinciatto Siscão. masiscao@hotmail.com

DAS ARTES. 1º semestre / 2012. Aula 4. Prof. a M. a Marcela Provinciatto Siscão. masiscao@hotmail.com ESTÉTICA TICA E HISTÓRIA DAS ARTES 1º semestre / 2012 Aula 4 Prof. a M. a Marcela Provinciatto Siscão masiscao@hotmail.com 1 ANTIGUIDADE OCIDENTAL ARTE ANTIGA: ROMANA 2 Roma Antiga Extensão máxima território

Leia mais

Prof.: Thiago Oliveira

Prof.: Thiago Oliveira Prof.: Thiago Oliveira O Renascimento foi um conjunto de transformações (Sociais, Econômicas, Políticas, Religiosas, Científicas e Artísticas) ocorridas na Europa a partir do Séc. XI, tendo seu auge durante

Leia mais

TURMA 601. Aula 07. Formas Geométricas

TURMA 601. Aula 07. Formas Geométricas TURMA 601 Aula 07 Formas Geométricas As figuras geométricas sempre chamaram a atenção dos artistas plásticos. As composições com figuras geométricas é um trabalho de buscar o equilíbrio entre as formas.

Leia mais

História da Arquitetura

História da Arquitetura Subdivisão da História da Arte - estudo da evolução histórica da arquitetura. Seus princípios Idéias Realizações Cronologia 1. Pré-História Arquitetura neolítica 2. Antigüidade Arquitetura egípcia Arquitetura

Leia mais

BIBLIOGRAFIA BÁSICA: ARGAN, Giulio Carlo. Clássico anticlássico: o Renascimento de Brunelleschi a Brueguel. Tradução Lorenzo Mammi. São Paulo: Companhia das Letras, 1999. p. 141-155 e 197-203. HEYDENREICH,

Leia mais

Unidade III Conceitos sobre Era Medieval e Feudalismo. Aula 12.1 Conteúdo: Renascimento na Europa.

Unidade III Conceitos sobre Era Medieval e Feudalismo. Aula 12.1 Conteúdo: Renascimento na Europa. Unidade III Conceitos sobre Era Medieval e Feudalismo. Aula 12.1 Conteúdo: Renascimento na Europa. Habilidade: Identificar os elementos que caracterizaram as transformações sociais e científicas na Europa

Leia mais

EXERCÍCIOS SOBRE RENASCIMENTO

EXERCÍCIOS SOBRE RENASCIMENTO EXERCÍCIOS SOBRE RENASCIMENTO TEXTO O termo Renascimento é comumente aplicado à civilização européia que se desenvolveu entre 1300 e 1650. Além de reviver a antiga cultura greco-romana, ocorreram nesse

Leia mais

3.3 O Largo do Carmo e seu entorno

3.3 O Largo do Carmo e seu entorno 3.3 O Largo do Carmo e seu entorno O Largo do Carmo, como ainda é conhecido o espaço público na frente das igrejas da Ordem Primeira e Terceira do Carmo, e ao lado do Teatro Vasques. Seu entorno conserva

Leia mais

PLANTA BAIXA AULA 09. O que é um Projeto Arquitetônico?

PLANTA BAIXA AULA 09. O que é um Projeto Arquitetônico? PLANTA BAIXA AULA 09 Projetos de Arquitetura: Conceitos e Representações 1 O que é um Projeto Arquitetônico? conjunto de passos normativos, voltados para o planejamento formal de um edifício qualquer,

Leia mais

RESOLUÇÃO. Artigo 3º - O Plano de Implantação, Conteúdo Programático e demais características do referido Curso constam do respectivo Processo.

RESOLUÇÃO. Artigo 3º - O Plano de Implantação, Conteúdo Programático e demais características do referido Curso constam do respectivo Processo. RESOLUÇÃO CONSEPE 59/2001 ALTERA O CURRÍCULO DO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO, DO CÂMPUS DE ITATIBA, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE,

Leia mais

UNIDADE I Arquitetura e Urbanismo: introdução conceitual Notas de aula Parte 1

UNIDADE I Arquitetura e Urbanismo: introdução conceitual Notas de aula Parte 1 DISCIPLINA: INTRODUÇÃO A ARQUITETURA E URBANISMO PROFESSORA: ELOANE CANTUÁRIA TURMAS: 1ARQV-1 e 1ARQN-1 UNIDADE I Arquitetura e Urbanismo: introdução conceitual Notas de aula Parte 1 MACAPÁ-AP MARÇO/2006

Leia mais

O MODERNISMO - ARQUITECTURA

O MODERNISMO - ARQUITECTURA O MODERNISMO - ARQUITECTURA ARTE VS TÉCNICA TRADIÇÃO VS MODERNIDADE ACADEMISMO VS FUNCIONALISMO FORMA VS FUNÇÃO BELO VS ÚTIL PAPEL DO ARQUITECTO NA SOCIEDADE O MODERNISMO - ARQUITECTURA ESCOLAS DE BELAS-ARTES

Leia mais

1 substituição do teto de madeira por abóbadas. 2 grande espessura das paredes,

1 substituição do teto de madeira por abóbadas. 2 grande espessura das paredes, Arte românica é o nome dado ao estilo artístico vigente na Europa entre os séculos XI e XIII. O estilo é visto principalmente nas igrejas católicas construídas após a expansão do cristianismo pela Europa

Leia mais

A perspectiva é um tipo especial de projeção, na qual são possíveis de se medir três eixos dimensionais em um espaço bi-dimensional.

A perspectiva é um tipo especial de projeção, na qual são possíveis de se medir três eixos dimensionais em um espaço bi-dimensional. Desenho Desenho Artístico Desenho Técnico Desenho Não-Projetivo: gráficos e diagramas fluogramas organogramas Desenho Projetivo: perspectivas vistas ortográficas plantas-baiase cortes 1 Projeções A perspectiva

Leia mais

Arte Renascentista. Prof. Arlindo F. Gonçalves Jr. http://www.mural-2.com

Arte Renascentista. Prof. Arlindo F. Gonçalves Jr. http://www.mural-2.com Arte Renascentista Prof. Arlindo F. Gonçalves Jr. http://www.mural-2.com ARTE É UM TODO ORGÂNICO E ORDENADO, DIRIGIDO POR LEIS PRÓPRIAS, QUE REGEM, QUER OS ELEMENTOS DO MACROCOSMO, DOS ASTROS, QUER DO

Leia mais

EDITAL Nº 12/2011. Art. 1º O processo seletivo compreende o acesso de professores para ao quadro de docentes da Estácio FIC.

EDITAL Nº 12/2011. Art. 1º O processo seletivo compreende o acesso de professores para ao quadro de docentes da Estácio FIC. EDITAL Nº 12/21 Processo Seletivo de Docentes para os Cursos de Arquitetura e Urbanismo e Moda da Estácio FIC 21. A DIRETORA GERAL da Faculdade Estácio do Ceará - Estácio FIC, no uso de suas atribuições

Leia mais

INSTITUTO DE ARQUITETOS DO BRASIL

INSTITUTO DE ARQUITETOS DO BRASIL RETROFIT DO EDIFÍCIO SUL AMÉRICA Autor(es): Fernando Pinheiro Monte Filho e Alessandra Nascimento de Lima O retrofit do edifício Galeria Sul América encontra-se em uma sequência temporal de modificação

Leia mais

Universidade Federal do Oeste da Bahia UFOB CENTRO DAS CIÊNCIAS EXATAS E DAS TECNOLOGIAS IAD176 - Desenho Técnico Prof. Dennis Coelho Cruz

Universidade Federal do Oeste da Bahia UFOB CENTRO DAS CIÊNCIAS EXATAS E DAS TECNOLOGIAS IAD176 - Desenho Técnico Prof. Dennis Coelho Cruz Universidade Federal do Oeste da Bahia UFOB CENTRO DAS CIÊNCIAS EXATAS E DAS TECNOLOGIAS IAD176 - Desenho Técnico Prof. Dennis Coelho Cruz Aula 6 : Desenho Arquitetônico Planta de Cobertura Índice: UNIDADE

Leia mais

PADRONIZAÇÃO DE PAINÉIS EM LIGHT STEEL FRAME

PADRONIZAÇÃO DE PAINÉIS EM LIGHT STEEL FRAME PADRONIZAÇÃO DE PAINÉIS EM LIGHT STEEL FRAME ANITA OLIVEIRA LACERDA - anitalic@terra.com.br PEDRO AUGUSTO CESAR DE OLIVEIRA SÁ - pedrosa@npd.ufes.br 1. INTRODUÇÃO O Light Steel Frame (LSF) é um sistema

Leia mais

A ARQUITETURA. Professor H. Oliveira

A ARQUITETURA. Professor H. Oliveira A ARQUITETURA Professor H. Oliveira Quando os primeiros colonizadores portugueses fortificaram o litoral brasileiro e as ordens religiosas construíram os conventos e as igrejas, a arquitetura figurou como

Leia mais

GALERIA METRÓPOLE E CENTRO METROPOLITANO DE COMPRAS

GALERIA METRÓPOLE E CENTRO METROPOLITANO DE COMPRAS 1960 01 GALERIA METRÓPOLE E CENTRO METROPOLITANO DE COMPRAS HISTÓRIA 02 O edifício Metrópole e Centro Metropolitano de Compras, projetado pelos arquitetos Salvador Candia e Gian Carlo Gasperini, é um importante

Leia mais

A arte da Europa Ocidental no início da Idade Média

A arte da Europa Ocidental no início da Idade Média Natal, RN / /2014 ALUNO: Nº SÉRIE/ANO: TURMA: TURNO: 7º D V DISCIPLINA: TIPO DE ATIVIDADE: PROFESSOR (A): HISTÓRIA DA ARTE TEXTO COMPLEMENTAR - III 1º trimestre TATIANE A arte da Europa Ocidental no início

Leia mais

Aula 6 : Desenho Arquitetônico Coberturas

Aula 6 : Desenho Arquitetônico Coberturas Aula 6 : Desenho Arquitetônico Coberturas Cobertura: representa a última planta do nível superior e é uma vista em planta sem cortes - além do aspecto funcional tem diversos materiais e processos construtivos

Leia mais

UNOCHAPECÓ Artes Visuais 6º período Conteúdo e Métodos II. Profª Me. Márcia Moreno

UNOCHAPECÓ Artes Visuais 6º período Conteúdo e Métodos II. Profª Me. Márcia Moreno UNOCHAPECÓ Artes Visuais 6º período Conteúdo e Métodos II Profª Me. Márcia Moreno 1 Conhecendo o Louvre... Foi no fim do século XII que Filipe Augusto mandou construir um castelo num local já chamado Louvre.

Leia mais

Escola Secundária e Artística António Arroio HISTÓRIA DA CULTURA E DAS ARTES

Escola Secundária e Artística António Arroio HISTÓRIA DA CULTURA E DAS ARTES Escola Secundária e Artística António Arroio Prova 824 / 8 Páginas Prova de Equivalência à Frequência de HISTÓRIA DA CULTURA E DAS ARTES 12º Ano de Escolaridade (Decreto-Lei Nº 74/2004) Duração da Prova

Leia mais

Disciplina: Construção Civil I Procedimentos para Início da Obra

Disciplina: Construção Civil I Procedimentos para Início da Obra UniSALESIANO Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium Curso de Engenharia Civil Disciplina: Construção Civil I Procedimentos para Início da Obra André Luís Gamino Professor Área de Construção Civil

Leia mais

Contato: tel.: (11) 3456-9505 / (11) 97682-8675 arquitetacristina.mb@gmail.com

Contato: tel.: (11) 3456-9505 / (11) 97682-8675 arquitetacristina.mb@gmail.com Contato: tel.: (11) 3456-9505 / (11) 97682-8675 arquitetacristina.mb@gmail.com DADOS PESSOAIS: Nacionalidade: Brasileira Nascida em: 05/03/1990 Estado Civil: Casada Endereço: Rua Rubens Coelho de Godói

Leia mais

Projeto II Trabalho 1: Residência Unifamiliar (300m²) 1ª Etapa: Pesquisa, Programa e Implantação

Projeto II Trabalho 1: Residência Unifamiliar (300m²) 1ª Etapa: Pesquisa, Programa e Implantação 1ª Etapa: Pesquisa, Programa e Implantação Pesquisa: Tema (Residência); Região (histórico da ocupação, exemplares arquitetônicos); Legislação Urbanística. Precedentes arquitetônicos. Programa: Descrição

Leia mais

Intervenção em Bens Culturais. Centro de Ensino Superior do Amapá (CEAP) Prof.: Msc. Dinah Tutyia

Intervenção em Bens Culturais. Centro de Ensino Superior do Amapá (CEAP) Prof.: Msc. Dinah Tutyia Intervenção em Bens Culturais Edificados Centro de Ensino Superior do Amapá (CEAP) Prof.: Msc. Dinah Tutyia O QUE É UM PROJETO DE INTERVENÇÃO NO PATRIMÔNIO EDIFICADO? Compreende-se por Projeto de Intervenção

Leia mais

MEMORIAL JUSTIFICATIVO / DESCRITIVO DE PROJETO ARQUITETÔNICO

MEMORIAL JUSTIFICATIVO / DESCRITIVO DE PROJETO ARQUITETÔNICO MEMORIAL JUSTIFICATIVO / DESCRITIVO DE PROJETO ARQUITETÔNICO ALVARO SISA - ESTUDO Faculdade Assis Gurgacz Arquitetura e Urbanismo Disciplina: Projeto de Arquitetura, de Urbanismo e de Paisagismo VI Professores:

Leia mais

Urban View. Urban Reports. É velho, mas está novo: retrofit e requalificação urbana

Urban View. Urban Reports. É velho, mas está novo: retrofit e requalificação urbana Urban View Urban Reports É velho, mas está novo: retrofit e Programa Falando em dinheiro, coluna Minha cidade, meu jeito de morar e investir Rádio Estadão ESPN Qual é a mudança mais rápida e barata que

Leia mais

Projetando um. Futuro Sustentável.

Projetando um. Futuro Sustentável. Projetando um Futuro Sustentável. UMA NOVA FORMA DE PENSAR. UMA NOVA FORMA DE PENSAR O TODO. UTILITASfuncional Todo projeto tem a finalidade de transformar ideias e necessidades dos clientes em resultados

Leia mais

A pintura de natureza-morta (com temática de arranjos de frutas, legumes e utensílios domésticos) surgiu como um gênero mais simplório, no início do

A pintura de natureza-morta (com temática de arranjos de frutas, legumes e utensílios domésticos) surgiu como um gênero mais simplório, no início do A pintura de natureza-morta (com temática de arranjos de frutas, legumes e utensílios domésticos) surgiu como um gênero mais simplório, no início do Barroco, derivado das pinturas que representavam cenas

Leia mais

Desempenho Ambiental no Projeto de Arquitetura

Desempenho Ambiental no Projeto de Arquitetura Desempenho Ambiental no Projeto de Arquitetura SABESP 7ª Audiência de Sustentabilidade Construções Sustentáveis Profa. ROBERTA CONSENTINO KRONKA MÜLFARTH rkronka@usp.br LABAUT - Laboratório de Conforto

Leia mais

ARQUITETURA: TEMAS DE COMPOSIÇÃO ROGER H. CLARK E MICHAEL PAUSE

ARQUITETURA: TEMAS DE COMPOSIÇÃO ROGER H. CLARK E MICHAEL PAUSE ARQUITETURA: TEMAS DE COMPOSIÇÃO ROGER H. CLARK E MICHAEL PAUSE Síntese Introdutória do Método Utilizado para a Análise dos Projetos no Estudo dos Temas de Composição Disciplina:Idéia, Método e Linguagem

Leia mais

O Renascimento Cultural

O Renascimento Cultural O Renascimento Cultural Antecedentes Renascimento comercial e urbano; Ascensão social da burguesia (lucro e sucesso individual) Mecenato; Expansão Marítima e Comercial; Novas descobertas científicas; Conquista

Leia mais

Revisão Arte 1 Ano Ensino Médio

Revisão Arte 1 Ano Ensino Médio Revisão Arte 1 Ano Ensino Médio Um olhar sobre a Arte/ Aprendendo a olhar as artes plásticas/ Arte pré-histórica: Paleolítico e Neolítico/ Arte no Brasil da pré-história Assim como o conceito de Arte,

Leia mais

BREVE HISTÓRICO DO DESENHO TÉCNICO

BREVE HISTÓRICO DO DESENHO TÉCNICO BACHARELADO EM ENGENHARIA AMBIENTAL EaD UAB/UFSCar BREVE HISTÓRICO DO DESENHO TÉCNICO APOSTILA DO DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL DA UFSCar volume 1 Fevereiro de 2008 1 BREVE HISTÓRICO DO DESENHO TÉCNICO

Leia mais

Residencial Recanto do Horizonte

Residencial Recanto do Horizonte MEMORIAL DESCRITIVO Residencial Recanto do Horizonte FUNDAÇÃO E ESTRUTURA As Fundações serão executadas de acordo com o projeto estrutural, elaborado de acordo com as normas técnicas pertinentes e baseadas

Leia mais

Provavelmente, a mais importante influência deixada por Vitrúvio para a Idade Média é o estudo e descrição da Arquitetura.

Provavelmente, a mais importante influência deixada por Vitrúvio para a Idade Média é o estudo e descrição da Arquitetura. INTRODUÇÃO REDESCOBERTA DOS TEXTOS DE VITRÚVIUS. Marcos Vitrúvio Polião, em latim Marcus Vitruvius Pollio, foi um arquiteto e engenheiro romano que viveu no século I a.c. e deixou como legado a sua obra

Leia mais

Arte Pré Histórica Bisão da Gruta de Altamira Bisão da Gruta de Altamira Réplica Museu Arqueológico Nacional da Espanha Espanha

Arte Pré Histórica Bisão da Gruta de Altamira Bisão da Gruta de Altamira Réplica Museu Arqueológico Nacional da Espanha Espanha Estes textos são produzidos sob patrocínio do Departamento Cultural da Clínica Naturale.Direitos são reservados. A publicação e redistribuição de qualquer conteúdo é proibida sem prévio consentimento.

Leia mais

Barroco Local / Espaço, Versalhes

Barroco Local / Espaço, Versalhes Barroco Local / Espaço, Versalhes O local Os palcos: a corte, a igreja, a academia O palco no reinado de Luís XIV Os palcos : a Corte, a Igreja e a Academia. A morada do rei - A Corte - tornou-se por isso

Leia mais

EDITAL Nº 43/2012. Art. 4º O candidato deverá atender ao perfil estabelecido no quadro abaixo: 01*(CR)

EDITAL Nº 43/2012. Art. 4º O candidato deverá atender ao perfil estabelecido no quadro abaixo: 01*(CR) EDITAL Nº 43/22 Processo Seletivo de Docentes do Curso de e Urbanismo Estácio FIC 22. A REITORIA do Centro Universitário Estácio do Ceará - Estácio FIC, no uso de suas atribuições e regimentais, torna

Leia mais

PROCEDIMENTO DA QUALIDADE

PROCEDIMENTO DA QUALIDADE Pág.: 1 de 6 1. OBJETIVO Realizar o gerenciamento dos projetos desde o seu planejamento, desenvolvimento, recebimento, análise crítica, controle e distribuição nas obras. 2. DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA Manual

Leia mais

Roteiros Turísticos. [arte colonial]

Roteiros Turísticos. [arte colonial] Roteiros Turísticos [arte colonial] Ouro Preto [Arte Colonial] A Praça Tiradentes é o ponto central da cidade, como se fosse um divisor. A partir dela, podem-se programar as visitas. Como Ouro Preto possui

Leia mais

Estrutura Curricular do Curso de Engenharia Civil

Estrutura Curricular do Curso de Engenharia Civil Estrutura Curricular do Curso de Engenharia Civil 1º Semestre 1. Cálculo Diferencial e Integral I 2. Desenho Básico 3. Física I 4. Laboratório de Física I 1º Básica 5. Química Geral 6. Introdução a Engenharia

Leia mais

Idade Média. Barroco RENASCIMENTO. Prof. Vinicius Rodrigues

Idade Média. Barroco RENASCIMENTO. Prof. Vinicius Rodrigues Idade Média, RENASCIMENTO Barroco e Prof. Vinicius Rodrigues LITERATURA MEDIEVAL Alta Idade Média TROVADORISMO (Século XI-XIV) Novelas de Cavalaria (PROSA) - O herói-cavaleiro carrega os ideias da Igreja

Leia mais

FUNCIONAL ENTORNO ELEMENTOS DE ENTORNO, CONSIDERANDO OS ATRIBUTOS DO LUGAR - MASSAS TOPOGRAFIA A CASA HUBBE, PROJETADA POR MIES VAN DER ROHE, POSSUI

FUNCIONAL ENTORNO ELEMENTOS DE ENTORNO, CONSIDERANDO OS ATRIBUTOS DO LUGAR - MASSAS TOPOGRAFIA A CASA HUBBE, PROJETADA POR MIES VAN DER ROHE, POSSUI FUNCIONAL ENTORNO IDENTIFICAR A RELAÇÃO DO EDIFÍCIO COM OS ELEMENTOS DE ENTORNO, CONSIDERANDO OS ATRIBUTOS DO LUGAR - MASSAS EDIFICADAS, RELAÇÕES DE PROXIMIDADE, DIÁLOGO, INTEGRAÇÃO OU AUTONOMIA ESQUADRIAS/PANOS

Leia mais

3. Construção e Incorporação: Construtora Granito Ltda. 4. Projeto Arquitetônico: C&A de Arquitetura Oswaldo Souza Arquitetos

3. Construção e Incorporação: Construtora Granito Ltda. 4. Projeto Arquitetônico: C&A de Arquitetura Oswaldo Souza Arquitetos EDIFÍCIO SOLARIS MEMORIAL DESCRITIVO INFORMAÇÔES GERAIS DO EMPREENDIMENTO 1. Características: Residencial 2. Endereço: Rua Batista de Oliveira c/ Rua Andrade Furtado 3. Construção e Incorporação: Construtora

Leia mais

7º Simpósio de Ensino de Graduação CAPELAS CONTEMPLATIVAS: ANÁLISE DE ESPAÇOS RELIGIOSOS NO QUE SE REFERE AO CARATER DE CONTEMPLAÇÃO

7º Simpósio de Ensino de Graduação CAPELAS CONTEMPLATIVAS: ANÁLISE DE ESPAÇOS RELIGIOSOS NO QUE SE REFERE AO CARATER DE CONTEMPLAÇÃO 7º Simpósio de Ensino de Graduação CAPELAS CONTEMPLATIVAS: ANÁLISE DE ESPAÇOS RELIGIOSOS NO QUE SE REFERE AO CARATER DE CONTEMPLAÇÃO Autor(es) JOAO ROBERTO VIEIRA DE MATOS Orientador(es) SUELI MANÇANARES

Leia mais

CROQUI ARQUITETURA. Projetos. Residenciais, Comerciais, Interiores Paisagismo e Urbanismo. Arquitetos Adriano de Lima e Maria Gabriela Prata

CROQUI ARQUITETURA. Projetos. Residenciais, Comerciais, Interiores Paisagismo e Urbanismo. Arquitetos Adriano de Lima e Maria Gabriela Prata CROQUI ARQUITETURA Projetos Residenciais, Comerciais, Interiores Paisagismo e Urbanismo Arquitetos Adriano de Lima e Maria Gabriela Prata SHIGS 715 Bloco C casa 08, Brasília/DF - 70.381-703 Cond. Jardim

Leia mais

ARTE GÓTICA. História da Arte Profª Denise Dalle Vedove

ARTE GÓTICA. História da Arte Profª Denise Dalle Vedove ARTE GÓTICA História da Arte Profª Denise Dalle Vedove Introdução A Idade Média foi um dos períodos mais longos da história : durou cerca de dez séculos.iniciouse no ano 476, com a ocupação de Roma pelos

Leia mais

Quem somos nós? Política

Quem somos nós? Política Is the Future Quem somos nós? Somos um grupo de profissionais engenheiros, arquitectos, designers e artista plástico, estamos no mercado à 2 anos a propor soluções a nível de projecto, técnicas e soluções

Leia mais

2.2 FRANK LLOYD WRIGHT: ORIGENS DO DESIGN NA HOTELARIA? No ano de 1915, o arquiteto norte-americano Frank Lloyd Wright foi

2.2 FRANK LLOYD WRIGHT: ORIGENS DO DESIGN NA HOTELARIA? No ano de 1915, o arquiteto norte-americano Frank Lloyd Wright foi 30 2.2 FRANK LLOYD WRIGHT: ORIGENS DO DESIGN NA HOTELARIA? No ano de 1915, o arquiteto norte-americano Frank Lloyd Wright foi convidado para projetar o Hotel Imperial em Tóquio, no Japão. A obra deveria

Leia mais

Neoclássico. França: Panteão de Paris (Soufflot) Brasil: Casa França (Montigny) Bruno Maxwel 5715682 Franciele Santana 5935510 Lucas Calixto 5847264

Neoclássico. França: Panteão de Paris (Soufflot) Brasil: Casa França (Montigny) Bruno Maxwel 5715682 Franciele Santana 5935510 Lucas Calixto 5847264 Neoclássico França: Panteão de Paris (Soufflot) Brasil: Casa França (Montigny) Bruno Maxwel 5715682 Franciele Santana 5935510 Lucas Calixto 5847264 Definição Neoclássico Movimento cultural dado no século

Leia mais

Simone Weber Ivana Guimarães Elizane Souza

Simone Weber Ivana Guimarães Elizane Souza Simone Weber Ivana Guimarães Elizane Souza -Dimensões - Localização (Zoneamento PMC) - Topografia e árvores - Insolação (Norte) - Construções vizinhas - Guia Amarela HEMISFÉRIO SUL FACHADA NORTE No

Leia mais

Palácio de Versailles. Amanda Mantovani Douglas Gallo Gilberto Nino Julia Coleti

Palácio de Versailles. Amanda Mantovani Douglas Gallo Gilberto Nino Julia Coleti Palácio de Versailles Amanda Mantovani Douglas Gallo Gilberto Nino Julia Coleti O Palácio de Versalhes (em francês Château de Versailles) é um château real localizado na cidade de Versalhes, uma aldeia

Leia mais

A descoberta de novos continentes, a visão antropocêntrica do mundo, a invenção da bússola e da imprensa, a afirmação dos estados nacionais; a

A descoberta de novos continentes, a visão antropocêntrica do mundo, a invenção da bússola e da imprensa, a afirmação dos estados nacionais; a A descoberta de novos continentes, a visão antropocêntrica do mundo, a invenção da bússola e da imprensa, a afirmação dos estados nacionais; a difusão de variadas formas artísticas inspiradas no mundo

Leia mais

História da Arte. Exercícios de Sala de Aula

História da Arte. Exercícios de Sala de Aula História da Arte Exercícios de Sala de Aula A arte é um conjunto de procedimentos que são utilizados para realizar obras, e no qual aplicamos nossos conhecimentos. Apresenta-se sob variadas formas como:

Leia mais

DAS ARTES. 1º semestre / 2012 Aula 5 26/03/2012. Prof. a M. a Marcela Provinciatto Siscão. masiscao@hotmail.com

DAS ARTES. 1º semestre / 2012 Aula 5 26/03/2012. Prof. a M. a Marcela Provinciatto Siscão. masiscao@hotmail.com ESTÉTICA TICA E HISTÓRIA DAS S 1º semestre / 2012 Aula 5 26/03/2012 Prof. a M. a Marcela Provinciatto Siscão masiscao@hotmail.com IDADE MÉDIA Idade Antiga (Antiguidade) Idade Média (Era Medieval) c ESCRITA

Leia mais

1º SEMESTRE. 1. Análise e Percepção da Forma da Arquitetura 05 75h - 2. Desenho I 05 75h - 4. Geometria Descritiva 05 75h -

1º SEMESTRE. 1. Análise e Percepção da Forma da Arquitetura 05 75h - 2. Desenho I 05 75h - 4. Geometria Descritiva 05 75h - V- MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE BACHARELADO EM ARQUITETURA E URBANISMO 1º SEMESTRE 1. Análise e Percepção da Forma da Arquitetura 05 75h - 2. Desenho I 05 75h - 3. Estética e História das Artes 05 75h

Leia mais

CURRICULUM SIMPLIFICADO

CURRICULUM SIMPLIFICADO Série: 1-1 Semestre 7AQ110 ANTROPOMETRIA 2.0 7AQ104 DESENHO ARQUITETÔNICO I 4.0 7AQ101 DESENHO DE OBSERVAÇÃO 4.0 7AQ102 DESENHO GEOMÉTRICO 4.0 7AQ106 HISTÓRIA DA ARTE ANTIGA 2.0 7AQ103 LINGUAGEM VISUAL

Leia mais

PORTAS E JANELAS: A LIGAÇÃO DA CASA COM O MUNDO

PORTAS E JANELAS: A LIGAÇÃO DA CASA COM O MUNDO PORTAS E JANELAS: A LIGAÇÃO DA CASA COM O MUNDO É dito no ditado popular que os olhos de uma pessoa são as janelas de sua alma, trazendo este pensamento para uma residência, podemos entender que as janelas

Leia mais

Mercado Municipal do Estado de Sa o Paulo

Mercado Municipal do Estado de Sa o Paulo Mercado Municipal do Estado de Sa o Paulo O Mercado Municipal de São Paulo é uma construção histórica localizada na região central da capital. Obra projetada pelo arquiteto Franscisco de Paula Ramos de

Leia mais

UFJF CONCURSO VESTIBULAR 2013 E MÓDULO III DO PISM TRIÊNIO 2010-2012 PROVA DE HABILIDADE ESPECÍFICA ARQUITETURA E URBANISMO

UFJF CONCURSO VESTIBULAR 2013 E MÓDULO III DO PISM TRIÊNIO 2010-2012 PROVA DE HABILIDADE ESPECÍFICA ARQUITETURA E URBANISMO PAVILHÕES Os edifícios para grandes exposições têm marcado a história da Arquitetura desde 1851, com a construção do Palácio de Cristal, concebido por Joseph Paxton para a primeira Exposição Universal,

Leia mais

CONSTRUÇÃO PRÉ-FABRICADA TORRE DO BURGO CATARINA CARVALHO MIGUEL SIMÕES RAFAEL SANTOS C2 FAUP

CONSTRUÇÃO PRÉ-FABRICADA TORRE DO BURGO CATARINA CARVALHO MIGUEL SIMÕES RAFAEL SANTOS C2 FAUP CONSTRUÇÃO PRÉ-FABRICADA TORRE DO BURGO CATARINA CARVALHO MIGUEL SIMÕES RAFAEL SANTOS C2 FAUP ABSTRACT A construção pré-fabricada trata-se da utilização de elementos já produzidos antes do processo construtivo

Leia mais

DESENHO TÉCNICO. Aula 1

DESENHO TÉCNICO. Aula 1 DESENHO TÉCNICO Aula 1 DESENHO Representação gráfica bidimensional da realidade, de uma idéia, pensamento ou emoção. Descreva este objeto: Cubo (Dado) Caneca Funil Tambor DESENHO A linguagem verbal não

Leia mais

- Transição da Idade Média para Idade Moderna

- Transição da Idade Média para Idade Moderna Renascimento - Transição da Idade Média para Idade Moderna - Movimento que começou na Itália por volta do século XV devido ao grande desenvolvimento econômico das cidades italianas (Genova, Veneza, Milão,

Leia mais

INTERPRETAÇÃO DO ESPAÇO. Antonio Castelnou

INTERPRETAÇÃO DO ESPAÇO. Antonio Castelnou INTERPRETAÇÃO DO ESPAÇO Antonio Castelnou CASTELNOU Introdução No decorrer da história, nem todos os espaços arquitetônicos mereceram a atenção dos estudiosos, mas apenas aqueles que possuíam algum valor

Leia mais

Agência de propaganda

Agência de propaganda c a p a Agência de propaganda Luz cria ambientações quentes e aconchegantes, como a arquitetura Por Claudia Sá Fotos: Rubens Campo e Algeo Caerolli UM EDIFÍCIO INAUGURADO NO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2007,

Leia mais

NEJAD EXAME SUPLETIVO 2016 ENSINO FUNDAMENTAL DISCIPLINA DE ARTE

NEJAD EXAME SUPLETIVO 2016 ENSINO FUNDAMENTAL DISCIPLINA DE ARTE NEJAD EXAME SUPLETIVO 2016 ENSINO FUNDAMENTAL DISCIPLINA DE ARTE ARTE RUPESTRE Arte rupestre é o nome da mais antiga representação artística da história do homem. Os mais antigos indícios dessa arte são

Leia mais

A CRISE DO MOVIMENTO MODERNO

A CRISE DO MOVIMENTO MODERNO UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA FACULDADE DE ENGENHARIA DEPARTAMENTO DE ARQUITETURA E URBANISMO Curso: Arquitetura e Urbanismo HISTÓRIA DA ARQUITETURA E DO URBANISMO III Prof. a Raquel Portes A CRISE

Leia mais

Jesuítas : Arte e Ciência: o legado da Companhia de Jesus na América Latina

Jesuítas : Arte e Ciência: o legado da Companhia de Jesus na América Latina Jesuítas : Arte e Ciência: o legado da Companhia de Jesus na América Latina Simpósio Nacional : Bicentenário da Restauração da Companhia de Jesus (1814-2014) Parte II Prof. Dr. Percival Tirapeli Instituto

Leia mais

Um edifício que já nasce com uma grande história.

Um edifício que já nasce com uma grande história. Um edifício que já nasce com uma grande história. O Residencial Arauco nasce para ser icônico. Para ser parte da cidade e para ajudá-la a contar a própria história. Um marco histórico A região que abraça

Leia mais

lugares URBANOS PAPELERACULTURAL

lugares URBANOS PAPELERACULTURAL lugares URBANOS PAPELERACULTURAL O PROJETO Este projeto pretende revelar os legados das diversas intervenções urbanísticas pelas quais passou a região metropolitana do Rio de Janeiro. São prédios, casarões,

Leia mais

O RENASCIMENTO FOI UM MOVIMENTO CULTURAL, OCORRIDO NO INÍCIO DA IDADE MODERNA E QUE FEZ RENASCER A CULTURA GRECO-ROMANA

O RENASCIMENTO FOI UM MOVIMENTO CULTURAL, OCORRIDO NO INÍCIO DA IDADE MODERNA E QUE FEZ RENASCER A CULTURA GRECO-ROMANA O RENASCIMENTO FOI UM MOVIMENTO CULTURAL, OCORRIDO NO INÍCIO DA IDADE MODERNA E QUE FEZ RENASCER A CULTURA GRECO-ROMANA IDADE ANTIGA CULTURA GRECO-ROMANA ANTROPOCÊNTRICA ANTROPO = Homem CÊNTRICA = centro

Leia mais

Desenvolvimento de diretrizes para projeto de edificações para fins didáticos com sistema estrutural construtivo modular em aço

Desenvolvimento de diretrizes para projeto de edificações para fins didáticos com sistema estrutural construtivo modular em aço Desenvolvimento de diretrizes para projeto de edificações para fins didáticos com sistema estrutural construtivo modular em aço Maria Emília Penazzi mepenazzi@yahoo.com.br Prof. Dr. Alex Sander Clemente

Leia mais