O Analfabeto Político

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O Analfabeto Político"

Transcrição

1 O Analfabeto Político Colégio Cenecista Dr. José Ferreira Filosofia Professor Uilson Fernandes e Bruno Lima 8ª Série 9º Ano Ensino Fundamental Terceiro Trimestre

2 Mas afinal o que é Democracia? Quais são os princípios da democracia brasileira? O que de fato é ser cidadão? Qual é nossa real vontade de participação no poder?

3 A falta de ação. O analfabeto político é aquele que não se afeta pelas decisões políticas do país. O resultado das últimas eleições teve margem de apenas 3,28% de diferença para a candidata Dilma.

4 O analfabeto político Por mais que a margem tenha sido pequena, temos no Brasil, uma Democracia consolidada, a consciência de que o regime democrático assegura a vontade geral, que deve ser norteadora inclusive da candidata eleita.

5 E você o que anda fazendo? Apático é o analfabeto político que não compreende o sentido altruísta da democracia. a pathos, pode ser interpretado no significado do grego original como uma pessoa sem paixão, que não mais se afeta. O cidadão é aquele que compreende a importância de participação nos rumos do políticos de seu país.

6 E você o que anda fazendo? Um pacato cidadão, um analfabeto político, é aquele que pensa que sua participação nas decisões políticas não são necessárias, e que as decisões tomadas nas diferentes esferas de exercício do poder político não o afetam.

7 E você o que anda fazendo? Ser cidadão é compreender que a Democracia não se limita ao voto; Ser cidadão é acompanhar e interferir nas decisões políticas, se expressar e buscar novas formas para que de fato os políticos sejam altruístas...

8 O sentido de país...

9 O sentido de país...

10 O sentido de país... A democracia brasileira se consolida por meio de um sentimento altruísta, visto que como país, a vontade geral delimita o rumo político de toda a nação. Esta compreensão da importância da democracia.

11 Ditadura: concentração do poder político. Colégio Cenecista Dr. José Ferreira Filosofia Professor Uilson Fernandes e Bruno Lima 8ª Série Ensino Fundamental Terceiro Trimestre Novembro de 2014

12

13

14 O Golpe Militar no Brasil 31 de Março de Há exatos 50 anos, o Brasil vivia uma das paginas mais tristes de sua história. A raiz deste grande problema pode ser encontrada na questão do egoísmo.

15 O Golpe Militar no Brasil As reformas de base, efetuadas pelo presidente Jango, o medo da ameaça comunista, de uma nova revolução como a cubana e, principalmente, a pressão internacional dos E.U.A, foram alguns dos fatores que nos levaram a ditadura em nosso país.

16 O Golpe Militar no Brasil Ainda temos hoje cerca de 140 desaparecidos políticos que foram torturados e perseguidos durante o regime militar.

17 O Golpe Militar no Brasil Todo regime ditatorial ou totalitário são expressões objetivas dos graves erros que a ação política pode ter quando tomada pelas vontades egoístas de um, ou de várias pessoas pode culminar.

18 O Golpe Militar no Brasil Assim os regimes ditatoriais e totalitários podem ser vistos como o lado oposto do altruísmo como fundamento primeiro da relação política.

19 Guerreiros da Vida Colégio Cenecista Dr. José Ferreira Filosofia Atividades com o Livro paradidático Guerreiros da Vida Professor Uilson Fernandes e Bruno Lima Terceiro Trimestre

20 Uma narrativa diferente... A narrativa do livro se estrutura a partir de um interessante enlace. Um diário muito especial vai sendo construído... Em alguns momentos a narrativa é em primeira pessoa, em outros em terceira pessoa...

21 Uma narrativa diferente... Falar de um problema de saúde pode parecer um tanto quanto estranho para um livro... Mas quais são os exemplos atitudinais que o livro nos deixa? Qual é a forma de relação humana que o mesmo nos apresenta?

22 Personagens? Para compreender melhor o livro e suas formas de relação vamos nos sentar em grupos de até 05 alunos. A partir da leitura prévia que você realizou em casa, vamos agora de maneira coletiva rever o enredo do livro...

23 Personagens? Vamos ficar com estes grupos durante duas aulas... Então todos com os livros a postos... Estruturem um responsável por descrever todas as atividades do grupo em uma folha de papel...

24 Personagens? Montem um grande retrato do livro... Atitudes... Ações... Falas... Narrativas... Imagens... Vamos montar uma grande publicidade... Um recorte... Uma bricolagem sobre o enredo do livro...

25 Questões a serem investigadas: 1. Qual o contexto e o enredo do livro? 2. Quais os personagens principais? 3. Quais os fragmentos mais mexeram com você? 4. Quais as atitudes das personagens mais te impressionaram?

26 Questões a serem investigadas: Anotem todas estas questões e o que mais o grupo determinar em torno do livro e vamos para uma breve discussão sobre o mesmo... Boa Atividade...

Era Vargas. Do Governo Provisório ao Estado Novo

Era Vargas. Do Governo Provisório ao Estado Novo Era Vargas Do Governo Provisório ao Estado Novo Períodos Governo provisório (1930-1934) Tomada de poder contra as oligarquias tradicionais Governo Constitucional (1934-1937) Período legalista entre dois

Leia mais

DEMOCRACIA X DITADURA. Prof. Dieikson de Carvalho

DEMOCRACIA X DITADURA. Prof. Dieikson de Carvalho DEMOCRACIA X DITADURA Prof. Dieikson de Carvalho Característica da Democracia Sufrágio Universal o voto é um direito da maioria da população. O parlamento ou o Congresso é eleito diretamente pelo povo.

Leia mais

ola eu sou o Everton e vou falar do poder de vargas introdução vargas como era : o seu poder, como ele tomou posse e as tres fases politicas

ola eu sou o Everton e vou falar do poder de vargas introdução vargas como era : o seu poder, como ele tomou posse e as tres fases politicas ola eu sou o Everton e vou falar do poder de vargas introdução vargas como era : o seu poder, como ele tomou posse e as tres fases politicas O PODER DE VARGAS ERA : PROVISÓRIO, CONSTITUCIONAL e ESTADO

Leia mais

Disciplina: História. Período: I. Professor (a): Liliane Cristina de Oliveira Vieira e Maria Aparecida Holanda Veloso

Disciplina: História. Período: I. Professor (a): Liliane Cristina de Oliveira Vieira e Maria Aparecida Holanda Veloso COLÉGIO LA SALLE BRASILIA Associação Brasileira de Educadores Lassalistas ABEL SGAS Q. 906 Conj. E C.P. 320 Fone: (061) 3443-7878 CEP: 70390-060 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL Disciplina: História Período:

Leia mais

Resultado Eleições 2016 Complexo Aruã

Resultado Eleições 2016 Complexo Aruã INFORMATIVO ELEIÇÕES 2016 02-out-2016 Resultado Eleições 2016 Complexo Aruã Com os resultados das Eleições para Mogi das Cruzes, mais uma vez não temos um vereador morador que represente o complexo dos

Leia mais

PNV 320. O Momento Político. Do Brasil que temos ao Brasil que queremos. Ivo Lesbaupin (Org.) São Leopoldo/RS

PNV 320. O Momento Político. Do Brasil que temos ao Brasil que queremos. Ivo Lesbaupin (Org.) São Leopoldo/RS PNV 320 O Momento Político Do Brasil que temos ao Brasil que queremos Ivo Lesbaupin (Org.) São Leopoldo/RS 2014 Centro de Estudos Bíblicos Rua João Batista de Freitas, 558 B. Scharlau Caixa Postal 1051

Leia mais

UDESC 2015/2 HISTÓRIA. Comentário

UDESC 2015/2 HISTÓRIA. Comentário HISTÓRIA Questão interpretativa envolvendo um trecho de Machado de Assis. No texto fica claro que a história necessita de crônicas e assim é mencionado no texto o "esqueleto" da história. a) Incorreta.

Leia mais

ANO 17 N O 36 2002 NOVOS RUMOS

ANO 17 N O 36 2002 NOVOS RUMOS NOVOS RUMOS ANO 17 N O 36 2002 ANO 17 N O 36 2002 NOVOS RUMOS NOVOS RUMOS ANO 17 N O 36 2002 ANO 17 N O 36 2002 NOVOS RUMOS NOVOS RUMOS ANO 17 N O 36 2002 ANO 17 N O 36 2002 NOVOS RUMOS NOVOS RUMOS ANO

Leia mais

Processo Seletivo de Acesso à Educação Superior PAES/ DOCV/PROG/UEMA FILOSOFIA

Processo Seletivo de Acesso à Educação Superior PAES/ DOCV/PROG/UEMA FILOSOFIA FILOSOFIA 1. Sobre o evento Rock In Rio, o cantor da banda U2, Bono Vox, afirmou o seguinte: O Brasil está no centro do mundo. Esta é uma afirmação sobre a atuação do Brasil no cenário político mundial?

Leia mais

Introdução de Sociologia

Introdução de Sociologia Introdução de Sociologia Prof. Petterson A. Vieira www.profpetterson.com Petterson A. Vieira O que é Sociologia? A Sociologia é um ramo da ciência que estuda o comportamento humano em função do meio e

Leia mais

Colégio Cenecista Dr. José Ferreira Filosofia Prof. Uilson e Bruno. 8ª Série 9º ano Uberaba Setembro de 2014

Colégio Cenecista Dr. José Ferreira Filosofia Prof. Uilson e Bruno. 8ª Série 9º ano Uberaba Setembro de 2014 * Colégio Cenecista Dr. José Ferreira Filosofia Prof. Uilson e Bruno. 8ª Série 9º ano Uberaba Setembro de 2014 *Prudência deriva do termo phoronésis φρόνησις, podemos interpretar sua etimologia como a

Leia mais

O ESTADO DEMOCRÁTICO. TGE II Nina Ranieri 2017

O ESTADO DEMOCRÁTICO. TGE II Nina Ranieri 2017 O ESTADO DEMOCRÁTICO TGE II Nina Ranieri 2017 1 Plano de Aula I- Conceito II Origens III- Definições de Democracia IV Modalidades V- Problemas contemporâneos 2 I- Conceito de Estado Democrático aquele

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL Documento(s) Orientador(es): Programa da Disciplina e Projeto Educativo 3º CICLO HISTÓRIA 9º ANO TEMAS/DOMÍNIOS CONTEÚDOS

Leia mais

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: Ciência Política NOME DO CURSO: Ciências Econômicas.

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: Ciência Política NOME DO CURSO: Ciências Econômicas. 1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: PERÍODO: III CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: Ciência Política NOME DO CURSO: Ciências Econômicas. 2. EMENTA

Leia mais

UDESC 2017/1 HISTÓRIA. Comentário

UDESC 2017/1 HISTÓRIA. Comentário HISTÓRIA Apesar da grande manifestação em São Paulo, no ano de 1984, com a presença de políticos como Ulisses Guimarães, a emenda Dante de Oliveira, que restabelecia as eleições presidenciais diretas,

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO SEMESTRAL DE HISTÓRIA

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO SEMESTRAL DE HISTÓRIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO SEMESTRAL DE HISTÓRIA Nome Nº 9º Ano Data: Professor: Piero/ Thales 2 o semestre Nota: (valor 2,0) a) Introdução Neste semestre, sua média foi inferior a 6,0 e você não assimilou

Leia mais

Recursos para Estudo / Atividades

Recursos para Estudo / Atividades COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Final 3ª Etapa 2014 Disciplina: História Ano: 9 Professor (a): Rodrigo Turma:9.1/9.2 Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

Lula: Impeachment é conduzido por quadrilha legislativa

Lula: Impeachment é conduzido por quadrilha legislativa Lula: Impeachment é conduzido por quadrilha legislativa Em fala em seminário, o ex-presidente agradeceu à imprensa internacional pela cobertura que está fazendo da crise política Postado por Agência PT,

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA QUINTA DO CONDE Escola Básica Integrada/JI da Quinta do Conde. Departamento de Ciências Humanas e Sociais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA QUINTA DO CONDE Escola Básica Integrada/JI da Quinta do Conde. Departamento de Ciências Humanas e Sociais HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL Distribuição dos tempos letivos disponíveis para o 6 º ano de escolaridade 1º Período 2º Período 3º Período *Início: 15 setembro 2014 *Fim: 16 dezembro 2014 *Início: 5

Leia mais

Sistema Político Brasileiro, Democracia e Sistema Eleitoral

Sistema Político Brasileiro, Democracia e Sistema Eleitoral Sistema Político Brasileiro, Democracia e Sistema Eleitoral Universidade Federal Fluminense UFF Faculdade de Economia Núcleo Transdisciplinar de Estudos de Gênero Programa de Estudos Pós-Graduados em Política

Leia mais

Better Call Getúlio Vargas

Better Call Getúlio Vargas Better Call Getúlio Vargas Getúlio Vargas é formado em advocacia e escolheu essa profissão para agradar seu irmão Viriato Vargas. Viriato Vargas tinha 2 sonhos, se tornar advogado e ser um homem com muito

Leia mais

Estado: conceito e evolução do Estado moderno. Santana do Livramento

Estado: conceito e evolução do Estado moderno. Santana do Livramento Estado: conceito e evolução do Estado moderno Santana do Livramento Objetivos da Aula Objetivo Geral Estudar o significado do Estado, sua concepção e evolução para os modelos do Estado Moderno, para a

Leia mais

ÉTICA GERAL E PROFISSIONAL MÓDULO 2

ÉTICA GERAL E PROFISSIONAL MÓDULO 2 ÉTICA GERAL E PROFISSIONAL MÓDULO 2 Índice 1. Ética Geral...3 1.1 Conceito de ética... 3 1.2 O conceito de ética e sua relação com a moral... 4 2 1. ÉTICA GERAL 1.1 CONCEITO DE ÉTICA Etimologicamente,

Leia mais

FILOSOFIA DO DIREITO

FILOSOFIA DO DIREITO PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO ELEITORAL FADIVALE FILOSOFIA DO DIREITO Prof. José Luciano Gabriel lugafap@yahoo.com.br jlgabriel.blogspot.com NORBERTO BOBBIO 18/10/1909 a 09/01/2004. O FUTURO DA DEMOCRACIA Pág.

Leia mais

Educação, articulação e complexidade por Edgar Morin. Elza Antonia Spagnol Vanin*

Educação, articulação e complexidade por Edgar Morin. Elza Antonia Spagnol Vanin* Educação, articulação e complexidade por Edgar Morin Elza Antonia Spagnol Vanin* Cadernos do CEOM - Ano 17, n. 20 - Imagens e Linguagens O francês Edgar Morin é um dos maiores pensadores multidisciplinares

Leia mais

Revista Direito e Práxis E-ISSN: Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Brasil

Revista Direito e Práxis E-ISSN: Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Brasil Revista Direito e Práxis E-ISSN: 2179-8966 direitoepraxis@gmail.com Universidade do Estado do Rio de Janeiro Brasil Hillani, Allan M. Entre o medo e o ódio: uma resenha de O ódio à democracia de Jacques

Leia mais

PERÍODO COLONIAL

PERÍODO COLONIAL PERÍODO COLONIAL 1530-1808 POLÍTICA ADMINISTRATIVA 1º - SISTEMA DE CAPITANIAS HEREDITÁRIAS 1534-1548 2º SISTEMA DE GOVERNO GERAL 1548-1808 PERÍODO COLONIAL 1530-1808 ATIVIDADES ECONÔMICAS CICLO DO AÇÚCAR

Leia mais

Professores indicam dez livros para entender o golpe de 1964 e a ditadura

Professores indicam dez livros para entender o golpe de 1964 e a ditadura G1 - Portal de Notícias da Globo - SP 30/03/2014-13:02 Professores indicam dez livros para entender o golpe de 1964 e a ditadura A pedido do G1, pesquisadores listaram obras essenciais sobre o período.

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL Documento(s) Orientador(es): Programa da Disciplina e Metas de Aprendizagem 3º CICLO HISTÓRIA 9º ANO DE ESCOLARIDADE

Leia mais

PLANEJAMENTO 1º TRIMESTRE/2015

PLANEJAMENTO 1º TRIMESTRE/2015 PLANEJAMENTO 1º TRIMESTRE/2015 TURMA: Nível 1 PERÍODO: 23/02 a 22/05 DISCIPLINA/PROFESSOR/A OBJETIVO CONTEÚDOS Viviane Bhoes Identidade e Autonomia * Reconhecer colegas e professores pelo nome; * Ampliar

Leia mais

Escola de Formação Política Miguel Arraes. Módulo I História da Formação Política Brasileira. Aula 3 O Pensamento Político Brasileiro

Escola de Formação Política Miguel Arraes. Módulo I História da Formação Política Brasileira. Aula 3 O Pensamento Político Brasileiro LINHA DO TEMPO Módulo I História da Formação Política Brasileira Aula 3 O Pensamento Político Brasileiro SEC XV SEC XVIII 1492 A chegada dos espanhóis na América Brasil Colônia (1500-1822) 1500 - A chegada

Leia mais

Objetivos. Compreender que a Cidadania está além dos direitos e deveres políticos.

Objetivos. Compreender que a Cidadania está além dos direitos e deveres políticos. Objetivos Compreender que a Cidadania está além dos direitos e deveres políticos. Compreender que Sustentabilidade não é um conceito. Trata-se de um valor a ser incorporado em todas as áreas de atuação

Leia mais

UDESC 2016/2 HISTÓRIA. Comentário

UDESC 2016/2 HISTÓRIA. Comentário HISTÓRIA Questão tratou sobre movimentos que emergiram nos EUA dos anos 1960 e suas consequências na Europa e até mesmo no Brasil. I. Verdadeira. 1 II. Falsa. Os movimentos LGBT ocorreram a partir dos

Leia mais

PROGRAMA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO FISCAL. PROJETO: CIDADANIA: APRENDENDO PARA A VIDA Profª Medianeira Garcia Geografia

PROGRAMA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO FISCAL. PROJETO: CIDADANIA: APRENDENDO PARA A VIDA Profª Medianeira Garcia Geografia PROGRAMA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO FISCAL PROJETO: CIDADANIA: APRENDENDO PARA A VIDA Profª Medianeira Garcia Geografia INTRODUÇÃO O projeto foi organizado por acreditarmos que o papel da escola e sua função

Leia mais

PLANO DE CURSO DISCIPLINA:História ÁREA DE ENSINO: Fundamental I SÉRIE/ANO: 5 ANO DESCRITORES CONTEÚDOS SUGESTÕES DE PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS

PLANO DE CURSO DISCIPLINA:História ÁREA DE ENSINO: Fundamental I SÉRIE/ANO: 5 ANO DESCRITORES CONTEÚDOS SUGESTÕES DE PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS UNIDADE 1 COLÔNIA PLANO DE CURSO VIVER NO BRASIL *Identificar os agentes de ocupação das bandeiras *Conhecer e valorizar a história da capoeira *Analisar a exploração da Mata Atlântica *Compreender a administração

Leia mais

O fim da. Quarta República. e o golpe civil-militar

O fim da. Quarta República. e o golpe civil-militar O fim da Quarta República e o golpe civil-militar Carlos Lacerda derrubador de presidentes Participou da ANL Contra o integralismo, os latifundiários e o imperialismo Preso durante o golpe do Estado Novo,

Leia mais

HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL

HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL 6.º ANO SEGUNDO CICLO DO ENSINO BÁSICO ANA FILIPA MESQUITA CLÁUDIA VILAS BOAS HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL DOMÍNIO D PORTUGAL DO SÉCULO XVIII AO SÉCULO XIX DOMÍNIO E PORTUGAL DO SÉCULO XX ÍNDICE 1

Leia mais

Se você ainda não tem clientes, não tem problemas! Você pode criar um Mapa de Empatia baseada em uma audiência mínima viável:

Se você ainda não tem clientes, não tem problemas! Você pode criar um Mapa de Empatia baseada em uma audiência mínima viável: MAPA DE EMPATIA O que é? O mapa de Empatia é uma ferramenta visual, que te ajuda a descrever o perfil de uma Pessoa ou de um grupo de pessoas. O Mapa de Empatia permite que você estruture Uma verdadeira

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro

Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro Perfil de aprendizagem de História 3.º CICLO DO ENSINO BÁSICO Das sociedades recolectoras às primeiras civilizações Das sociedades recolectoras às primeiras sociedades produtoras 1. Conhecer o processo

Leia mais

A REDEMOCRATIZAÇÃO DO BRASIL ( )

A REDEMOCRATIZAÇÃO DO BRASIL ( ) A REDEMOCRATIZAÇÃO DO BRASIL (1945--1964) CENÁRIO POLÍTICO BRASILEIRO ENTRE 1945-1964 -Principais partidos políticos: *PSD:Partido Social Democrático.(JK) *UDN:União Democrática Nacional;(Jânio) *PTB:Partido

Leia mais

A trajetória de um líder comunista: Edvaldo Ratis e o Sindicato dos

A trajetória de um líder comunista: Edvaldo Ratis e o Sindicato dos A trajetória de um líder comunista: Edvaldo Ratis e o Sindicato dos Maria do Socorro de Abreu e Lima * Luiz Anastácio Momesso ** Resumo: Palavras-chave: Keywords: MARIA DO SOCORRO DE ABREU E LIMA E LUIZ

Leia mais

TURMA FDV BREVE ANÁLISE DAS CONSTITUIÇÕES BRASILEIRAS. Professor Davidson Abdulah

TURMA FDV BREVE ANÁLISE DAS CONSTITUIÇÕES BRASILEIRAS. Professor Davidson Abdulah TURMA FDV BREVE ANÁLISE DAS CONSTITUIÇÕES BRASILEIRAS Professor Davidson Abdulah CONSTITUIÇÃO CONCEITO A Constituição é um instrumento de hierarquia máxima, que visa regular as normas organizacionais e

Leia mais

Programa de Recuperação Paralela

Programa de Recuperação Paralela COLÉGIO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Programa de Recuperação Paralela 3ªEtapa / 2010 DISCIPLINA: História ANO: 1º ANO EM EDUCADOR: Gloria Maria TURMAS: FG/AD/INFO *Caro educando, você está recebendo o conteúdo

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL DE HISTÓRIA

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL DE HISTÓRIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL DE HISTÓRIA Nome Nº 9º Ano Data: Professor: Piero/ Thales FINAL Nota: (valor 2,0) a) Introdução Neste ano, sua média global foi inferior a 6,0 e você não assimilou os conteúdos

Leia mais

HISTÓRIA - 2 o ANO MÓDULO 23 O GOVERNO CASTELO BRANCO ( )

HISTÓRIA - 2 o ANO MÓDULO 23 O GOVERNO CASTELO BRANCO ( ) HISTÓRIA - 2 o ANO MÓDULO 23 O GOVERNO CASTELO BRANCO (1964-67) Fixação 1) (PUC) O desenvolvimento econômico nacional foi um tema central dos debates políticos que, no início dos anos sessenta, mobilizaram

Leia mais

Memória da Guerrilha do Araguaia em Xambioá: Silencio ou rebeldia

Memória da Guerrilha do Araguaia em Xambioá: Silencio ou rebeldia 1 Ofertar ensino superior de qualidade, fundamentado no carisma de São Luís Orione, no universalismo científico e no respeito à diversidade cultural, contribuindo para o desenvolvimento da sociedade com

Leia mais

Questão 2 Mostre a importância dos partidos políticos no processo de participação democrática brasileira.

Questão 2 Mostre a importância dos partidos políticos no processo de participação democrática brasileira. Disciplina: Sociologia Data: / /2012 Professor(a): Celso Luís Welter Turma: 3º ano Tipo de Atividade: trabalho de recuperação Segmento: EM Valor: 6 pontos Etapa: segunda Nome do(a) aluno(a): Caro(a) Aluno(a),

Leia mais

DEPARTAMENTO CURRICULAR DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS. PLANO CURRICULAR DA DISCIPLINA DE HISTÓRIA E DE GEOGRAFIA DE PORTUGAL 5º Ano

DEPARTAMENTO CURRICULAR DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS. PLANO CURRICULAR DA DISCIPLINA DE HISTÓRIA E DE GEOGRAFIA DE PORTUGAL 5º Ano DEPARTAMENTO CURRICULAR DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS PLANO CURRICULAR DA DISCIPLINA DE HISTÓRIA E DE GEOGRAFIA DE PORTUGAL 5º Ano Ano Letivo 017-018 TEMAS/ CONTEÚDOS Aulas Previstas (* ) TEMA A- A Península

Leia mais

A Revolução de 1930: Causas

A Revolução de 1930: Causas A Revolução de 1930: Causas Crise do Sistema Oligárquico +Crise de 29 nos EUA Política de valorização do café Movimento Tenentista = camadas médias urbanas e trabalhadores, descontentes com o predomínio

Leia mais

É inútil esconder a participação de amplos segmentos da população no golpe que instaurou a ditadura, em 1964. É como tapar o sol com a peneira.

É inútil esconder a participação de amplos segmentos da população no golpe que instaurou a ditadura, em 1964. É como tapar o sol com a peneira. Por Daniel Aarão Reis* - O Globo - 31 Mar 2012 Tornou-se um lugar comum chamar o regime político existente entre 1964 e 1979 de "ditadura militar". Trata-se de um exercício de memória, que se mantém graças

Leia mais

O JOVEM E O PRIMEIRO VOTO: MITOS E VERDADES

O JOVEM E O PRIMEIRO VOTO: MITOS E VERDADES O JOVEM E O PRIMEIRO VOTO: MITOS E VERDADES Bruna Calonego Orientadora: Pricila Rocha dos Santos RESUMO Este artigo tem por objetivo fazer a reflexão sobre os dados da pesquisa a respeito do jovem e o

Leia mais

DISCIPLINA: GEOGRAFIA PROFESSOR: ANTÔNIO CLÁUDIO

DISCIPLINA: GEOGRAFIA PROFESSOR: ANTÔNIO CLÁUDIO 2º ano Ensino Médio - 2013 DISCIPLINA: GEOGRAFIA PROFESSOR: ANTÔNIO CLÁUDIO As cidades e o espaço brasileiro O processo de urbanização hierarquia e rede urbana Os eixos de circulação Os complexos regionais

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL DE HISTÓRIA

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL DE HISTÓRIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL DE HISTÓRIA Nome Nº 9º Ano Data: Professor: Piero/ Thales Nota: (valor 2,0) FINAL a) Introdução Neste ano, sua média global foi inferior a 6,0 e você não assimilou os conteúdos

Leia mais

ESCOLA DE FRANKFURT, MEIOS DE COMUNICAÇÃO DE MASSA E A INDÚSTRIA CULTURAL. Julian Dutra Sociologia Abril de 2017

ESCOLA DE FRANKFURT, MEIOS DE COMUNICAÇÃO DE MASSA E A INDÚSTRIA CULTURAL. Julian Dutra Sociologia Abril de 2017 ESCOLA DE FRANKFURT, MEIOS DE COMUNICAÇÃO DE MASSA E A INDÚSTRIA CULTURAL Julian Dutra Sociologia Abril de 2017 A Escola de Frankfurt Em 1923, Max Horkheimer, Theodor Adorno, Walter Benjamin e Herbert

Leia mais

GLOBALIZAÇÃO. Globalização e a Crise Econômica Mundial

GLOBALIZAÇÃO. Globalização e a Crise Econômica Mundial GLOBALIZAÇÃO Globalização e a Crise Econômica Mundial TRÊS FLUXOS DA GLOBALIZAÇÃO FLUXOS DE INFORMAÇÃO FLUXOS COMERCIAIS FLUXOS FINANCEIROS FLUXOS DE INVESTIMENTOS NEOLIBERALISMO (DÉC. 1980) - Privatizações;

Leia mais

A HISTÓRIA SOCIAL DOS DIREITOS

A HISTÓRIA SOCIAL DOS DIREITOS A HISTÓRIA SOCIAL DOS DIREITOS TEMÁTICA As As bases sócio-históricas da fundação dos Direitos Humanos na Sociedade Capitalista A construção dos Direitos A Era da Cultura do Bem Estar Os Direitos na Contemporaneidade

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO

INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO 9º História Rafael Av. Mensal 01/10/15 INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO 1. Verifique, no cabeçalho desta prova, se seu nome, número e turma estão corretos. 2. Esta prova contém

Leia mais

ATIVIDADE AVALIATIVA DE RECUPERAÇÃO

ATIVIDADE AVALIATIVA DE RECUPERAÇÃO ATIVIDADE AVALIATIVA DE RECUPERAÇÃO Nome: Nº DA CHAMADA: Tempo estipulado pelo professor para a aplicação da Avaliação: h/a º TRIMESTRE/ 0 º ANO Componente Curricular: Redação Ano/ Série e Turma: Data:

Leia mais

Disciplina: História Perfil de Aprendizagens Específicas O aluno é capaz de:

Disciplina: História Perfil de Aprendizagens Específicas O aluno é capaz de: A herança do Mediterrâneo Antigo Das sociedades recoletoras às primeiras civilizações CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO Disciplina: Perfil de Aprendizagens Específicas O aluno é capaz de: Ensino Básico

Leia mais

TEXTO NARRATIVO: COMO É ESSE GÊNERO?

TEXTO NARRATIVO: COMO É ESSE GÊNERO? AULAS 9 À 12 Prof. Sabrina Moraes TEXTO NARRATIVO: COMO É ESSE GÊNERO? A narração é um tipo de texto que conta uma sequência de fatos, sejam eles reais ou imaginários, nos quais as personagens atuam em

Leia mais

O VOTO PROPORCIONAL E A REFORMA POLITICA NO BRASIL

O VOTO PROPORCIONAL E A REFORMA POLITICA NO BRASIL O VOTO PROPORCIONAL E A REFORMA POLITICA NO BRASIL Robison Luiz Marciniaki Karas Co- autor: Bruno Gasparini gasparini_bruno@hotmail.com Palavras-chave: Ciência política -Democracia Sistema- Eleitoral brasileiro.

Leia mais

Aulas 21 à 24 TEXTO NARRATIVO

Aulas 21 à 24 TEXTO NARRATIVO Aulas 21 à 24 Prof. Sabrina Moraes TEXTO NARRATIVO Maioritariamente escrito em prosa, o texto narrativo é caracterizado por narrar uma história, ou seja, contar uma história através de uma sequência de

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. JOÃO V ESCOLA SECUNDÁRIA c/ 2º e 3º CICLOS D. JOÃO V

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. JOÃO V ESCOLA SECUNDÁRIA c/ 2º e 3º CICLOS D. JOÃO V GRUPO DA ÁREA DISCIPLINAR DE HISTÓRIA História e Geografia de Portugal Informação aos Pais / Encarregados de Educação, turma 3 Programação do 5º ano 1. Aulas previstas (tempos letivos) 5º1 5º2 1º período

Leia mais

Programa de Recuperação Paralela 3ªEtapa / 2010

Programa de Recuperação Paralela 3ªEtapa / 2010 COLÉGIO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Programa de Recuperação Paralela 3ªEtapa / 2010 DISCIPLINA: História EDUCADOR: Gloria Maria ANO:9º ANO TURMAS: 9.1/ 9.2 *Caro educando, você está recebendo o conteúdo

Leia mais

~~~~ Projeto do Curso de Filosofia

~~~~ Projeto do Curso de Filosofia ~~~~ Projeto do Curso de Filosofia Alunos: - Cleiton Oliveira - David Majella Fraga Gomes - Christina Cerqueira Buettel Alves - Mirian Rose Garcia Gouvêa - Wedson Chartuni Duarte - Rui Junio Fonseca dos

Leia mais

Com aplausos e entoando estrofes do hino nacional, políticos, militantes dos direitos humanos, vítimas da ditadura e familiares dos mortos e desaparecidos do regime saudaram a instalação da Comissão Nacional

Leia mais

Política: Presente em nosso dia a dia? Quando tocamos no assunto política, normalmente, vemos reações negativas

Política: Presente em nosso dia a dia? Quando tocamos no assunto política, normalmente, vemos reações negativas Política: Presente em nosso dia a dia? Bruno Carvalho Pinheiro 3º História Prof. Mário José Dias Orientador Resumo Quando tocamos no assunto política, normalmente, vemos reações negativas diante das situações

Leia mais

Quinta-feira,

Quinta-feira, 7º Ano - C 7º Ano - B 7º Ano - A Quinta-feira, 28. 01.16 Português Xadrez 7º ano A - Antes de executar suas tarefas, revise a parte teórica Substantivo e seus determinantes Págs 22 Pág. 23 Conclusão do

Leia mais

Thomas Hobbes: natureza humana, Estado absoluto e (falta de) cidadania

Thomas Hobbes: natureza humana, Estado absoluto e (falta de) cidadania Thomas Hobbes: natureza humana, Estado absoluto e (falta de) cidadania Sérgio Praça pracaerp.wordpress.com sergiopraca0@gmail.com Temas da aula 1) Hobbes e a natureza humana 2) Estado absoluto: em defesa

Leia mais

(17/05/12 A 31/08/12) Valor: 35 pontos Média: 21 pontos

(17/05/12 A 31/08/12) Valor: 35 pontos Média: 21 pontos (17/05/12 A 31/08/12) Valor: 35 pontos Média: 21 pontos Obs.: Os conteúdos programáticos previstos para a 2ª etapa poderão ser alterados para ajustes do planejamento escolar em relação ao desempenho das

Leia mais

As eleições 2016 e a tendência da sociedade

As eleições 2016 e a tendência da sociedade As eleições 2016 e a tendência da sociedade Cientista social e política Elis Radmann Preparado exclusivamente para: A TENDÊNCIA DA SOCIEDADE A SATISFAÇÃO DO ELEITOR ANTES DO PLEITO O DILEMA DO ELEITOR

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: TEORIA GERAL DO ESTADO E CIENCIA POLITICA Código da Disciplina: JUR 327 Curso: Direito Semestre de oferta da disciplina: 2 Faculdade responsável: Faculdade de Direito

Leia mais

Myrian Massarollo Presidente

Myrian Massarollo Presidente Cálculos eleitorais No Brasil adotamos o sistema político denominado Democracia Representativa. Nele os eleitores concedem um mandato eletivo, ou seja, através do voto, a alguns cidadãos que se candidataram

Leia mais

Sumário. Introdução... 9

Sumário. Introdução... 9 Sumário Introdução... 9 1. Zueno, Zoany, Zwenir : Rastros da Vigilância ao Jornalista Zuenir Ventura Durante a Ditadura Militar Felipe Quintino... 13 2. Do Erótico ao Político: A Trajetória da Global Editora

Leia mais

[25 de Abril: Dia da Liberdade / 25. April: Nelkenrevolution]

[25 de Abril: Dia da Liberdade / 25. April: Nelkenrevolution] [25 de Abril: Dia da Liberdade / 25. April: Nelkenrevolution] 1. Observa as seguintes imagens. O que te sugerem? 2. Completa a seguinte frase. Para mim, a liberdade é II. 1. Lê atentamente o seguinte texto.

Leia mais

EXPERIMENTAÇÃO ORDEM: METODOLOGIA MERZ NA MÃO 1

EXPERIMENTAÇÃO ORDEM: METODOLOGIA MERZ NA MÃO 1 EXPERIMENTAÇÃO ORDEM: METODOLOGIA MERZ NA MÃO 1 Allex Rodrigo Medrado ARAÚJO allexmeteora@hotmail.com Mestrando em Cultura Visual UFG O caos é uma ordem por decifrar José Saramago. O homem duplicado. 2002,

Leia mais

ELEIÇÕES 2012 RELATÓRIO DE PESQUISA PREFEITURA DE MANAUS. Erico Jander da Silva Lopes Estatístico CONRE-8940

ELEIÇÕES 2012 RELATÓRIO DE PESQUISA PREFEITURA DE MANAUS. Erico Jander da Silva Lopes Estatístico CONRE-8940 ELEIÇÕES 2012 RELATÓRIO DE PESQUISA PREFEITURA DE MANAUS Erico Jander da Silva Lopes Estatístico CONRE-8940 Entrevistas: 932 Margem de erro: 3,2 Intervalo de Confiança: 95% Período de Realização: 20 a

Leia mais

A justiça como virtude e instituição social na organização da sociedade grega.

A justiça como virtude e instituição social na organização da sociedade grega. A justiça como virtude e instituição social na organização da sociedade grega. Colégio Cenecista Dr. José ferreira Professor Uilson Fernandes Fevereiro de 2016 A forma como os filósofos clássicos definem

Leia mais

Modulo 11 - Brasil. Prof. Alan Carlos Ghedini

Modulo 11 - Brasil. Prof. Alan Carlos Ghedini Modulo 11 - Brasil Prof. Alan Carlos Ghedini www.inventandohistoria.com O populismo pode ser compreendido como: Uma forma de exercício político garantida pelo apoio da grande massa Um sistema no qual o

Leia mais

CALENDÁRIO DESCRITIVO

CALENDÁRIO DESCRITIVO CALENDÁRIO DESCRITIVO 2017 FEVEREIRO 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 30 e 31/01 Jornada Pedagógica Vicentina 01 Jornada Pedagógica Vicentina 02 Início das Aulas

Leia mais

JUSTIÇA ELEITORAL CIRCUNSCRIÇÃO DE MINAS GERAIS 290ª ZONA ELEITORAL MIRADOURO MG

JUSTIÇA ELEITORAL CIRCUNSCRIÇÃO DE MINAS GERAIS 290ª ZONA ELEITORAL MIRADOURO MG Impugnação ao Pedido de Registro de Candidatura Impugante: Jaime José de Oliveira Impugnante: Coligação Unidos para o Progresso PROCESSO Nº 1540/2008 ZONA ELEITORAL 290ª ZE, de Miradouro JUIZ PROLATOR

Leia mais

19/08/17. Atualidades. Projeto de Reforma Política. Prof. Grega

19/08/17. Atualidades. Projeto de Reforma Política. Prof. Grega Atualidades Projeto de Reforma Política A Comissão Especial da Câmara dos Deputados concluiu nesta terça-feira (15/08/2017) a votação das emendas da parte da reforma política que necessita de alterações

Leia mais

Curso: Licenciatura em História Componente Curricular: Disciplina: História do Brasil IV Carga Horária: 50 horas

Curso: Licenciatura em História Componente Curricular: Disciplina: História do Brasil IV Carga Horária: 50 horas FACULDADE SUMARÉ PLANO DE ENSINO Curso: Licenciatura em História Componente Curricular: Disciplina: História do Brasil IV Carga Horária: 50 horas Semestre/ Módulo 5º Semestre Unidade Santana Professor(es):

Leia mais

ELEIÇÕES 2012 RELATÓRIO DE PESQUISA PREFEITURA DE MANAUS. Erico Jander da Silva Lopes Estatístico CONRE-8940

ELEIÇÕES 2012 RELATÓRIO DE PESQUISA PREFEITURA DE MANAUS. Erico Jander da Silva Lopes Estatístico CONRE-8940 ELEIÇÕES 2012 RELATÓRIO DE PESQUISA PREFEITURA DE MANAUS Erico Jander da Silva Lopes Estatístico CONRE-8940 Entrevistas: 1423 Margem de erro: 2,6 Intervalo de Confiança: 95% Período de Realização: 15 a

Leia mais

8.º Ano Expansão e mudança nos séculos XV e XVI O expansionismo europeu Renascimento, Reforma e Contrarreforma

8.º Ano Expansão e mudança nos séculos XV e XVI O expansionismo europeu Renascimento, Reforma e Contrarreforma Escola Secundária Dr. José Afonso Informação-Prova de Equivalência à Frequência História Prova 19 2016 3.º Ciclo do Ensino Básico O presente documento divulga informação relativa à prova de equivalência

Leia mais

O Gigante Egoísta e O Príncipe Feliz. Oscar Wilde. Fichas de leitura. Criação intelectual: Fátima Patronilho

O Gigante Egoísta e O Príncipe Feliz. Oscar Wilde. Fichas de leitura. Criação intelectual: Fátima Patronilho O Gigante Egoísta e O Príncipe Feliz Oscar Wilde Fichas de leitura Criação intelectual: Fátima Patronilho 45 O Gigante Egoísta Ficha de leitura 1. Quem é a personagem principal da história? I 2. Em que

Leia mais

TOTALITARISMO AUTORITARISMO

TOTALITARISMO AUTORITARISMO TOTALITARISMO & AUTORITARISMO Totalitarismo Tipo de Estado difundido na Europa entre as duas grandes guerras mundiais, que exerce um enorme controle sobre todas as atividades sociais, econômicas, políticas,

Leia mais

EMENTA ESCOLAR I Trimestre Ano 2017

EMENTA ESCOLAR I Trimestre Ano 2017 EMENTA ESCOLAR I Trimestre Ano 2017 Disciplina: História Professor: Rodrigo Bento Turma: 8º ano Ensino Fundamental I Data Conteúdo 15/fevereiro APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA CAPITULO I AFRICANOS NO BRASIL:

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA Nome Nº 9º Ano Data: Professor: Piero/ Thales Nota: (valor 1,0) 3 o.bimestre a) Introdução Neste bimestre, sua média foi inferior a 6,0 e você não assimilou os conteúdos

Leia mais

Pacto Nacional pelo Fortalecimento do Ensino Médio Profª Welessandra A. Benfica- Doutoranda FAE- UFMG

Pacto Nacional pelo Fortalecimento do Ensino Médio Profª Welessandra A. Benfica- Doutoranda FAE- UFMG Pacto Nacional pelo Fortalecimento do Ensino Médio Profª Welessandra A. Benfica- Doutoranda FAE- UFMG Não é possível apresentar um manual ou receita para se construir uma escola democrática ou para implantar

Leia mais

EDITAL DA 3ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO Provas Bimestrais 4º Bimestre/2016 Grupo 2

EDITAL DA 3ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO Provas Bimestrais 4º Bimestre/2016 Grupo 2 EDITAL DA 3ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO Provas Bimestrais 4º Bimestre/2016 Grupo 2 DISCIPLINAS Materiais de Estudo Conteúdos Objetivos de Aprendizagem (O que o aluno deverá saber) Procedimento de Estudo (Como

Leia mais

REDAÇÃO. Nota 10! Dicas rápidas para perder o medo de escrever. Aprenda a redigir com criatividade e qualidade

REDAÇÃO. Nota 10! Dicas rápidas para perder o medo de escrever. Aprenda a redigir com criatividade e qualidade REDAÇÃO Nota 10! Dicas rápidas para perder o medo de escrever. Aprenda a redigir com criatividade e qualidade A folha em branco é um campo aberto para suas ideias! Questões e mais questões objetivas, testes

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA MANUEL DA FONSECA, SANTIAGO DO CACÉM GRUPO DISCIPLINAR: 400 DISCIPLINA: HISTÓRIA. ANO: 9º ANO LECTIVO: 2008/2009 p.

ESCOLA SECUNDÁRIA MANUEL DA FONSECA, SANTIAGO DO CACÉM GRUPO DISCIPLINAR: 400 DISCIPLINA: HISTÓRIA. ANO: 9º ANO LECTIVO: 2008/2009 p. ANO: 9º ANO LECTIVO: 2008/2009 p.1/7 OBJECTIVOS GERAIS 1. Compreensão da dinâmica evolutiva das sociedades 2. Compreensão da complexidade do campo histórico, pela distinção dos diversos planos estruturais

Leia mais

DEMOCRACIA, ÉTICA E CIDADANIA

DEMOCRACIA, ÉTICA E CIDADANIA DEMOCRACIA, ÉTICA E CIDADANIA Seminário do ENADE Agronomia, Biomedicina, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Educação Física, Medicina Veterinária e Estética e Cosmética Profª. Ma. Denise Tatiane Girardon

Leia mais

50 ANOS DEPOIS. A sequência está correta em a) F, F, F. b) V, V, F. c) V, F, V. d) F, F, V. e) V, V, V.

50 ANOS DEPOIS. A sequência está correta em a) F, F, F. b) V, V, F. c) V, F, V. d) F, F, V. e) V, V, V. Gramática Diego Amorim 50 ANOS DEPOIS [...] No cinquentenário da República, ninguém questionava a quartelada que derrubou o Império em 1889. Nos 50 anos do Estado Novo, poucos deram atenção ao período

Leia mais

Reflexões sobre Reforma Política

Reflexões sobre Reforma Política Reflexões sobre Reforma Política Texto Faculdade Assis Gurgacz Cascavel Paraná 27.Set.2013 Roteiro da Apresentação 1a. Parte: Circunstâncias Históricas 2a. Parte: Identificado os caminhos (doutrina de

Leia mais

BANCO DE ATIVIDADES Presente História 5 ano - 4 bimestre Avaliação

BANCO DE ATIVIDADES Presente História 5 ano - 4 bimestre Avaliação História 5 ano - 4 bimestre Unidade 4 1. Escreva um pequeno texto sobre o governo Getúlio Vargas. Não esqueça de incluir dois argumentos favoráveis e dois desfavoráveis. Dê um título para o texto. 2. Leia

Leia mais

ESPORTE E EDUCAÇÃO: UMA RELAÇÃO IMPRESCINDÍVEL. SURAYA CRISTINA DARIDO UNESP Rio Claro - SP Coordenadora do LETPEF

ESPORTE E EDUCAÇÃO: UMA RELAÇÃO IMPRESCINDÍVEL. SURAYA CRISTINA DARIDO UNESP Rio Claro - SP Coordenadora do LETPEF ESPORTE E EDUCAÇÃO: UMA RELAÇÃO IMPRESCINDÍVEL SURAYA CRISTINA DARIDO UNESP Rio Claro - SP Coordenadora do LETPEF PRESSUPOSTO - 1 - Esporte não é educacional em si, depende do tratamento pedagógico utilizado.

Leia mais

EJA 5ª FASE PROF. JEFFERSON OLIVEIRA PROF.ª LUDMILA DUTRA

EJA 5ª FASE PROF. JEFFERSON OLIVEIRA PROF.ª LUDMILA DUTRA EJA 5ª FASE PROF. JEFFERSON OLIVEIRA PROF.ª LUDMILA DUTRA Unidade III O Continente Europeu e CEI 2 Aula 13.2 Conteúdo União Europeia 3 Habilidade Analisar a importância que a União Europeia possui para

Leia mais