A REDEMOCRATIZAÇÃO DO BRASIL ( )

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A REDEMOCRATIZAÇÃO DO BRASIL ( )"

Transcrição

1 A REDEMOCRATIZAÇÃO DO BRASIL ( )

2 CENÁRIO POLÍTICO BRASILEIRO ENTRE Principais partidos políticos: *PSD:Partido Social Democrático.(JK) *UDN:União Democrática Nacional;(Jânio) *PTB:Partido Trabalhista Brasileiro;(Jango) Obs:Pouca participação popular.

3 DEMOCRACIA E DESENVOLVIMENTO: O GOVERNO JK

4 DEMOCRACIA E DESENVOLVIMENTO: O GOVERNO JK -Juscelino Kubitschek de Oliveira entrou na política em 1930 e participou da criação do PSD (Partido Social Democrático). -Foi eleito presidente em1 955 com o apoio do PTB. Tinha como vice,joão Goulart. -Consolidou importantes mudanças no Brasil

5 DEMOCRACIA E DESENVOLVIMENTO: O GOVERNO JK -Seguiu a política nacionaldesenvolvimentista de Vargas; -Lançou o PLANO DE METAS que previa ações em cinco setores estratégicos para o país:energia,transportes,alimentação,indústri as de base e educação. -Também planejou a construção de uma nova capital:brasília.

6 DEMOCRACIA E DESENVOLVIMENTO: O GOVERNO JK -Propôs a ideia de modernizar o Brasil com o slogan: 50 ANOS DE PROGRESSO EM 5 ANOS DE GOVERNO. -No seu governo, o setor industrial cresceu cerca de 80%; -O governo estimulou a entrada de capital estrangeiro e buscou investir em infraestrutura;

7 DEMOCRACIA E DESENVOLVIMENTO: O GOVERNO JK Inauguração de uma montadora de automóveis em 1958 Construção de Brasília 1959

8 DEMOCRACIA E DESENVOLVIMENTO: O GOVERNO JK -A indústria automobilística foi um dos maiores destaques do governo; -Mas, este crescimento acelerado, agravou ainda mais concentração de renda e a desigualdade social no Brasil. -Também resultou na falência de muitas empresas nacionais; -Estimulou as importações e aumentou a inflação;

9 DEMOCRACIA E DESENVOLVIMENTO: O GOVERNO JK -Mesmo contraindo enormes gastos, JK conseguiu concluir a construção de Brasília que seguia um projeto urbanístico e arquitetônico, foi saudada como o símbolo da modernidade no país.

10 GOLPE NA DEMOCRACIA : Governo Jânio Quadros

11 GOLPE NA DEMOCRACIA : Governo Jânio Quadros -O paulista Janio Quadros foi o sucessor de JK na presidência do Brasil, assumindo o poder em Internamente adotou uma política arbitrária; -Externamente adotou uma posição incoerente: atendia os interesses dos capitalistas, mas aproximava-se dos socialistas. -Sua justificativa, era que buscava uma política externa independente e neutra.

12 GOLPE NA DEMOCRACIA: Governo Jânio Quadros -Tinha estratégias de campanha interessantes: *Almoçava com os operários; *Usava uma pequena vassoura na gola de seu terno, que era símbolo de sua campanha contra a corrupção.

13 GOLPE NA DEMOCRACIA: Governo Jânio Quadros -Tinha estratégias de campanha interessantes: *Condecorou Che Guevara com a Ordem do Cruzeiro do Sul; *Reatou relações diplomáticas com a URSS.

14 GOLPE NA DEMOCRACIA: Governo Jânio Quadros -A oposição liderada por Carlos Lacerda acusava Jânio Quadros de estar planejando um Golpe de Estado; -Sete meses após o início de seu mandato, Jânio renunciou a presidência. -O vice presidente, João Goulart de acordo com a Constituição, deveria assumir o governo. Mas, suas ligações com a esquerda e seu passado político descontentava os militares.

15 GOLPE NA DEMOCRACIA: Governo João Goulart

16 GOLPE NA DEMOCRACIA: Governo João Goulart -Para limitar seu poder, o Congresso Nacional decidiu adotar um novo sistema político no Brasil: O parlamentarismo. -As classes mais ricas o acusavam de comunista. -Então, Jango buscou apoio nas classes populares.

17 GOLPE NA DEMOCRACIA: Governo João Goulart -O Brasil passava por muitas mudanças nos anos 60: *Intenso desenvolvimento urbano e industrial principalmente no Sudeste; *Crescimento populacional; *Novas relações de trabalho no campo; *Acelerou a concentração de terras;

18 GOLPE NA DEMOCRACIA: Governo João Goulart -Os trabalhadores rurais do Nordeste se organizaram criando as LIGAS CAMPONESAS que buscava defender o direito dos camponeses. -Para conciliar os interesses dos trabalhadores, camponeses com o desenvolvimento industrial, Jango lançou o programa de governo: REFORMAS DE BASE que pretendia reduzir as desigualdades sociais, reforma agrária e reforma urbana.

19 GOLPE NA DEMOCRACIA: Governo João Goulart -Também previa a maior intervenção do Estado na Economia com controle da remessa de lucros e nacionalização de empresas. - A inflação chegou a 55% em 1962 e greves eclodiram por todo país. - Foi realizado um plebiscito para restabelecer a volta do Presidencialismo, momento em que Jango tentou colocar em prática as reformas de base, buscando

20 GOLPE NA DEMOCRACIA: Governo João Goulart -Organizou um comício no dia 13 de março de 1964 na maior estação ferroviária do Rio de Janeiro, a Central do Brasil no qual discursou sobre a Reforma Agrária. -Em 19 de março de 1964 foi realizada uma passeata chamada Marcha da família com Deus pela liberdade liderada por setores conservadores do empresariado, da Igreja e das classes médias que clamavam pelo fim do governo comunista de Jango.

21 GOLPE NA DEMOCRACIA: Governo João Goulart Marcha da Família com Deus pela Liberdade

22 GOLPE NA DEMOCRACIA: Governo João Goulart -No dia 1º de abril de 1964 João Goulart foi deposto por um golpe militar apoiado e financiando pelos EUA e setores conservadores da sociedade. -Jango foi exilado no Uruguai, local em que viveu até a sua morte.

23 BONS ESTUDOS E ATÉ A PRÓXIMA AULA!

De Juscelino ao Golpe de 64 Prof. Márcio

De Juscelino ao Golpe de 64 Prof. Márcio De Juscelino ao Golpe de 64 Prof. Márcio O que vamos ver no capítulo O Governo de JK - o nacional-desenvolvimentismo - o plano de metas (pontos positivos e negativos) O Governo de Jânio Quadros - Política

Leia mais

Populismo II e Regime Militar I. História C Aula 13 Prof. Thiago

Populismo II e Regime Militar I. História C Aula 13 Prof. Thiago Populismo II e Regime Militar I História C Aula 13 Prof. Thiago O Homem da Vassoura Jânio Quadros surpreendeu e venceu as eleições de 1960, em partes devido a agressiva campanha política que prometia varrer

Leia mais

Populismo no Brasil ( )

Populismo no Brasil ( ) Populismo no Brasil (1945-1964) O Populismo foi um fenômeno da América Latina, característico de um mundo pós Segunda Guerra Mundial, momento que exigiase democratização. Fortalecimento das relações entre

Leia mais

O fim da. Quarta República. e o golpe civil-militar

O fim da. Quarta República. e o golpe civil-militar O fim da Quarta República e o golpe civil-militar Carlos Lacerda derrubador de presidentes Participou da ANL Contra o integralismo, os latifundiários e o imperialismo Preso durante o golpe do Estado Novo,

Leia mais

INTEIRATIVIDADE FINAL CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA. AULA 11.1 Conteúdo: Anos 60 e Golpe Militar no Brasil

INTEIRATIVIDADE FINAL CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA. AULA 11.1 Conteúdo: Anos 60 e Golpe Militar no Brasil 11.1 Conteúdo: Anos 60 e Golpe Militar no Brasil Habilidades: Analisar o contexto da década de 1960 no Brasil e o golpe civil-militar Governo Jânio Quadros (1961) Ascensão muito rápida na política Estilo

Leia mais

República Populista ( ) Profª Ms. Ariane Pereira

República Populista ( ) Profª Ms. Ariane Pereira República Populista (1945-1964) Profª Ms. Ariane Pereira O populismo na América Latina Brasil: Getúlio Vargas; Argentina: Perón; México: Cárdenas; Semelhança: política de conciliação de classes sociais

Leia mais

BRASIL REPÚBLICA (1889 ) REPÚBLICA POPULISTA ( )

BRASIL REPÚBLICA (1889 ) REPÚBLICA POPULISTA ( ) 1 - PRINCIPAIS PARTIDOS: PSD (Partido Social Democrático): Principal partido. Criado por Getúlio Vargas. Base rural. Industriais, banqueiros e latifundiários associados ao regime de Getúlio Vargas. Políticos

Leia mais

Modulo 11 - Brasil. Prof. Alan Carlos Ghedini

Modulo 11 - Brasil. Prof. Alan Carlos Ghedini Modulo 11 - Brasil Prof. Alan Carlos Ghedini www.inventandohistoria.com O populismo pode ser compreendido como: Uma forma de exercício político garantida pelo apoio da grande massa Um sistema no qual o

Leia mais

Revisão IV Brasil República

Revisão IV Brasil República Revisão IV Brasil República Prof. Fernando I- Era Vargas 1930-45; República Nova 1930-64 II- República Populista 1946-64 Democratização. Nacionalismo ou Liberalismo? II- República Populista 1946-64 1º

Leia mais

Sugestões de avaliação. História 9 o ano Unidade 7

Sugestões de avaliação. História 9 o ano Unidade 7 Sugestões de avaliação História 9 o ano Unidade 7 Nome: Unidade 7 Data: 1. O fim da ditadura de Vargas propiciou a criação de novos partidos. Relacione os partidos da primeira coluna com as ideias da segunda

Leia mais

Exercícios de República Liberal ( ) Parte I

Exercícios de República Liberal ( ) Parte I Exercícios de República Liberal (1946-1964) Parte I 1. (Enem) Zuenir Ventura, em seu livro "Minhas memórias dos outros" (São Paulo: Planeta do Brasil, 2005), referindo-se ao fim da "Era Vargas" e ao suicídio

Leia mais

HISTÓRIA. Professor Orlando Stiebler. MÓDULO 16 Terceira República ( ) - II Governos Café Filho e Juscelino Kubitschek

HISTÓRIA. Professor Orlando Stiebler. MÓDULO 16 Terceira República ( ) - II Governos Café Filho e Juscelino Kubitschek HISTÓRIA Professor Orlando Stiebler MÓDULO 16 Terceira República (1946 1964) - II Governos Café Filho e Juscelino Kubitschek Com o suicídio de Vargas, em 1954, assumiu a Presidência, exercendo o cargo

Leia mais

O PERÍODO DA EXPERIÊNCIA DEMOCRÁTICA: A REPÚBLICA BRASILEIRA COLÉGIO PEDRO II PROFESSOR: ERIC ASSIS

O PERÍODO DA EXPERIÊNCIA DEMOCRÁTICA: A REPÚBLICA BRASILEIRA COLÉGIO PEDRO II PROFESSOR: ERIC ASSIS O PERÍODO DA EXPERIÊNCIA DEMOCRÁTICA: A REPÚBLICA BRASILEIRA 1946-1964 COLÉGIO PEDRO II PROFESSOR: ERIC ASSIS 1945-1946: FIM DO ESTADO NOVO E A REDEMOCRATIZAÇÃO Com o fim da Segunda Guerra Mundial, Getúlio

Leia mais

Janio Quadros foi eleito em 1961 e seu vice era João Goulart Herdou do governo JK o profundo antagonismo de forças internas e problema da inflação

Janio Quadros foi eleito em 1961 e seu vice era João Goulart Herdou do governo JK o profundo antagonismo de forças internas e problema da inflação Janio Quadros foi eleito em 1961 e seu vice era João Goulart Herdou do governo JK o profundo antagonismo de forças internas e problema da inflação Sete meses depois renuncia, assume Jango que estava em

Leia mais

História 5 o ano Unidade 7

História 5 o ano Unidade 7 História 5 o ano Unidade 7 Nome: Unidade 7 Data: 1. A Revolução de 1930 ocorreu: ( ) durante a construção de Brasília. ( ) durante as eleições para a presidência do Brasil naquele ano. ( ) logo após a

Leia mais

A República Populista ( ) A longa Marcha para o golpe

A República Populista ( ) A longa Marcha para o golpe A República Populista (1930-1964) A longa Marcha para o golpe Lacerda escreveu muitos anos mais tarde: Nos da UDN preparávamos o banquete para comemorarmos a queda de Vargas (...). Com seu suicídio, Vargas

Leia mais

Período Populista (1945/64)

Período Populista (1945/64) Período Populista (1945/64) INTRODUÇÃO Período de Democracia, sem censura e eleições direta (o( o povo vota) para presidente. O mundo encontrava-se no Período de Guerra Fria : Capitalistas (EUA) X Socialistas

Leia mais

3ª série História do Brasil

3ª série História do Brasil 3ª série História do Brasil Modernização Industrial 1945-1964 Cap. 21.1, 21.2, 21.3 Roberson de Oliveira O Governo Dutra 1946-1950 1. A Constituição de 1946 República Federativa Presidencialista; Direito

Leia mais

Democracia Populista ( )

Democracia Populista ( ) Aula 04 Democracia Populista (1945-1964) Durante a República Populista (1945-64) encontramos uma polarização sobre o futuro do desenvolvimento do capitalismo no Brasil. Havia um conjunto de forças que

Leia mais

Regime político: Democracia, Forma de governo: República, Forma de Estado: Federação esistemade Governo: Presidencialismo.

Regime político: Democracia, Forma de governo: República, Forma de Estado: Federação esistemade Governo: Presidencialismo. REPÚBLICA DEMOCRÁTICA LIBERAL E PUPULISTA (1946 1964) DUTRA, VARGAS, JK, JÂNIO E JANGO Constituição de 1946 Princípios Básicos: Regime político: Democracia, Forma de governo: República, Forma de Estado:

Leia mais

Prof. Thiago Oliveira

Prof. Thiago Oliveira Prof. Thiago Oliveira Depois da 2ª Guerra Mundial o Brasil passou por um período de grandes transformações no campo da política, economia e sociedade, superando o Estado Novo de Getúlio e experimentando

Leia mais

Escola de Formação Política Miguel Arraes. Módulo I História da Formação Política Brasileira. Aula 3 O Pensamento Político Brasileiro

Escola de Formação Política Miguel Arraes. Módulo I História da Formação Política Brasileira. Aula 3 O Pensamento Político Brasileiro LINHA DO TEMPO Módulo I História da Formação Política Brasileira Aula 3 O Pensamento Político Brasileiro SEC XV SEC XVIII 1492 A chegada dos espanhóis na América Brasil Colônia (1500-1822) 1500 - A chegada

Leia mais

DISCIPLINA: TÓPICOS EM HISTÓRIA DO BRASIL:

DISCIPLINA: TÓPICOS EM HISTÓRIA DO BRASIL: Obtido em: http://www.fafich.ufmg.br/atendimento/ciclo-introdutorio-em-ciencias-humanas/programas-das-disciplinas-do-cich/programas-2016-1/%20-%20topicos%20em%20historia%20d CARGA HORÁRIA: 60 (sessenta)

Leia mais

Governos. Populistas Brasileiros (1946-1964) Entregar? Nacionalizar? Prof. Abdulah 3ºano/Pré- vesjbular Aulas 20 e 21 (SAS)

Governos. Populistas Brasileiros (1946-1964) Entregar? Nacionalizar? Prof. Abdulah 3ºano/Pré- vesjbular Aulas 20 e 21 (SAS) Governos Entregar? Populistas Brasileiros (1946-1964) OU Prof. Abdulah 3ºano/Pré- vesjbular Aulas 20 e 21 (SAS) Nacionalizar? PRINCIPAIS PARTIDOS PSD (Par(do Social Democrá(co): Principal par*do. Criado

Leia mais

CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS Próximo HISTÓRIA O BRASIL, O MUNDO E A PAZ NUCLEAR. Caderno 10» Capítulo 4. www.sejaetico.com.

CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS Próximo HISTÓRIA O BRASIL, O MUNDO E A PAZ NUCLEAR. Caderno 10» Capítulo 4. www.sejaetico.com. CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS HISTÓRIA O BRASIL, O MUNDO E A PAZ NUCLEAR Caderno 10» Capítulo 4 www.sejaetico.com.br CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS A experiência democrática no Brasil (1945-1964)

Leia mais

Recursos para Estudo / Atividades

Recursos para Estudo / Atividades COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Final 3ª Etapa 2014 Disciplina: História Ano: 9 Professor (a): Rodrigo Turma:9.1/9.2 Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

PROF: Amanda Fragoso 27/05/2017

PROF: Amanda Fragoso 27/05/2017 PROF: Amanda Fragoso 27/05/2017 TD HISTÓRIA DO BRASIL Era Vargas e Governos Populistas 01. (UECE 2015.2) Analise as proposições a seguir acerca do golpe de 1930 no Brasil, e assinale com V as proposições

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE COMUNIDADE E SERVIÇO SOCIAL: PERÍODO DE 1954 A 1960

DESENVOLVIMENTO DE COMUNIDADE E SERVIÇO SOCIAL: PERÍODO DE 1954 A 1960 ISSN 2359-1277 DESENVOLVIMENTO DE COMUNIDADE E SERVIÇO SOCIAL: PERÍODO DE 1954 A 1960 Ana Leticia Soares Soares2329@hotmail.com Andresa Nascimento Andresanascimento1@hotmail.com Denise Santos Borges Shintani

Leia mais

02) Descreva sobre o Plano de Metas do governo JK e as suas conseqüências para o Brasil.

02) Descreva sobre o Plano de Metas do governo JK e as suas conseqüências para o Brasil. DISCIPLINA: HISTÓRIA DATA: PROFESSOR: CARLOS e WILHER ETAPA: RECUPERAÇÃO FINAL NOME COMPLETO: ASSUNTO: TRABALHOS DE RECUPERAÇÃO SÉRIE: 3ª / E.M. TURMA: Nº: Matéria da Prova: O conteúdo a ser estudado para

Leia mais

INDUSTRIALIZAÇÃO DO BRASIL

INDUSTRIALIZAÇÃO DO BRASIL INDUSTRIALIZAÇÃO DO BRASIL DISTRIBUIÇÃO INDUSTRIAL NO BRASIL A Produção cafeeira promoveu a capitalização das Oligarquias. Período Colonial No período em que foi colônia de Portugal: O Brasil era proibido

Leia mais

Um pouco da sua história e sua trajetória:

Um pouco da sua história e sua trajetória: Jânio Quadros Um pouco da sua história e sua trajetória: ria: Mandato: 31 de janeiro de 1961 até 25 de agosto de 1961 Vice-presidente: João Goulart Precedido por: Juscelino Kubitschek Sucedido por: Ranieri

Leia mais

PERÍODO COLONIAL

PERÍODO COLONIAL PERÍODO COLONIAL 1530-1808 POLÍTICA ADMINISTRATIVA 1º - SISTEMA DE CAPITANIAS HEREDITÁRIAS 1534-1548 2º SISTEMA DE GOVERNO GERAL 1548-1808 PERÍODO COLONIAL 1530-1808 ATIVIDADES ECONÔMICAS CICLO DO AÇÚCAR

Leia mais

INTEIRATIVIDADE FINAL CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA. AULA 7.1 Conteúdo: Era Vargas II

INTEIRATIVIDADE FINAL CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA. AULA 7.1 Conteúdo: Era Vargas II 7.1 Conteúdo: Era Vargas II Habilidades: Contextualizar governo Vargas durante seu segundo mandato como Presidente A Volta da Democracia: Constituição de 1946; Influências da Guerra Fria; Marechal Dutra

Leia mais

JUCELINO KUBSCHEK. 50 anos em 5

JUCELINO KUBSCHEK. 50 anos em 5 JUCELINO KUBSCHEK 50 anos em 5 Introdução O governo JK foi um dos mais importantes governos presidenciais no nosso país. Juscelino Kubitschek é um dos homens mais famosos e respeitados da história do Brasil,

Leia mais

Caderno de Atividades para o fim do Semestre

Caderno de Atividades para o fim do Semestre Colégio Estadual Guatupê Ensino Fundamental e Médio Av. Thomaz Carmeliano de Miranda, 127 Guatupê CEP: 83 060 000 São José dos Pinhais PR Fone: (41) 3382-4755 / 3382-0564 e-mail: colegioguatupe@yahoo.com.br

Leia mais

A REPÚBLICA DEMOCRÁTICA POPULISTA (1945 1964):

A REPÚBLICA DEMOCRÁTICA POPULISTA (1945 1964): A REPÚBLICA DEMOCRÁTICA POPULISTA (1945 1964): 1. - PRINCIPAIS PARTIDOS: PSD (Partido Social Democrático): Principal partido. Criado por Getúlio Vargas. Base rural. Industriais, banqueiros e latifundiários

Leia mais

A República Populista ( )

A República Populista ( ) A República Populista (1930-1964) A Era Vargas (1930-1945) Revolução de 1930 Governo Provisório Governo Constitucional Estado Novo Getúlio Dornelles Vargas Revolução de 1930 Washington Luís rompe com a

Leia mais

Socialismo reformista na Quarta República: o Partido Socialista Brasileiro entre

Socialismo reformista na Quarta República: o Partido Socialista Brasileiro entre Socialismo reformista na Quarta República: o Partido Socialista Brasileiro entre 1945-1964 Rodrigo Candido da Silva Universidade Estadual de Maringá (UEM) A importância histórica da participação política

Leia mais

UDESC 2017/1 HISTÓRIA. Comentário

UDESC 2017/1 HISTÓRIA. Comentário HISTÓRIA Apesar da grande manifestação em São Paulo, no ano de 1984, com a presença de políticos como Ulisses Guimarães, a emenda Dante de Oliveira, que restabelecia as eleições presidenciais diretas,

Leia mais

Herança do Século XIX Caudilhismo Fragmentação Política Concentração Fundiária Predominância Econômica da Agropecuária

Herança do Século XIX Caudilhismo Fragmentação Política Concentração Fundiária Predominância Econômica da Agropecuária Herança do Sculo XIX Caudilhismo Fragmentação Política Concentração Fundiária Predominância Econômica da Agropecuária Sculo XX Diversificação da Economia Industrialização e Urbanização Novas Classes Sociais

Leia mais

Professores indicam dez livros para entender o golpe de 1964 e a ditadura

Professores indicam dez livros para entender o golpe de 1964 e a ditadura G1 - Portal de Notícias da Globo - SP 30/03/2014-13:02 Professores indicam dez livros para entender o golpe de 1964 e a ditadura A pedido do G1, pesquisadores listaram obras essenciais sobre o período.

Leia mais

DO REGIME MILITAR A NOVA REPÚBLICA

DO REGIME MILITAR A NOVA REPÚBLICA DO REGIME MILITAR A NOVA REPÚBLICA Ditadura Militar Eventos Fundamentais: Goulart propõe as reformas de base Eleitoral Educacional Bancária / Tributária Agrária Marcha da TFP Tradição Família e Propriedade

Leia mais

Exercícios de Ditadura Militar: do golpe a Castelo Branco

Exercícios de Ditadura Militar: do golpe a Castelo Branco Exercícios de Ditadura Militar: do golpe a Castelo Branco Material de apoio do Extensivo 1. Com a renúncia de Jânio Quadros, setores militares resolveram impedir a posse do Vice- Presidente João Goulart.

Leia mais

Ditadura Militar no Brasil

Ditadura Militar no Brasil Ditadura Militar no Brasil 1964-1985 Podemos definir a Ditadura Militar como sendo o período da política brasileira em que os militares governaram o Brasil. Esta época vai de 1964 a 1985. Caracterizou-se

Leia mais

Brasil: industrialização e política econômica. IFMG - Campus Betim Professor Diego Alves de Oliveira Disciplina de Geografia - 3º Ano 2016

Brasil: industrialização e política econômica. IFMG - Campus Betim Professor Diego Alves de Oliveira Disciplina de Geografia - 3º Ano 2016 Brasil: industrialização e política econômica IFMG - Campus Betim Professor Diego Alves de Oliveira Disciplina de Geografia - 3º Ano 2016 Brasil: industrialização e política econômica grande quantidade

Leia mais

Avaliação da unidade II Pontuação: 7,5 pontos

Avaliação da unidade II Pontuação: 7,5 pontos Avaliação da unidade II Pontuação: 7,5 pontos QUESTÃO 01 Descreva as principais características do populismo no Brasil: (valor 1,0) QUESTÃO 02 Após a Segunda Guerra Mundial, consolidou-se uma ordem político-econômica

Leia mais

Estado da Paraíba Assembleia Legislativa Casa de Epitácio Pessoa. Sala das Sessões, O ( Wimarçode / j/ - \ J ''_' JUSTIFICATIVA

Estado da Paraíba Assembleia Legislativa Casa de Epitácio Pessoa. Sala das Sessões, O ( Wimarçode / j/ - \ J ''_' JUSTIFICATIVA Estado da Paraíba Assembleia Legislativa Casa de Epitácio Pessoa 18a Legislatura la Sessão Legislativa Projeto de Lei n j 9 /2015 Art. 10 Fica denominado de Presidente João Goulart (Canal das Vertentes

Leia mais

CPS CP/ECEME ª AVALIAÇÃO FORMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA

CPS CP/ECEME ª AVALIAÇÃO FORMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA CPS CP/ECEME - 2ª AVALIAÇÃO FORMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO Aluno Nº HISTÓRIA 1ª QUESTÃO (Valor 6,0) Estudar, nos campos político e militar, o período compreendido entre o pós II Guerra Mundial (194)

Leia mais

De JK à Constituição de 88 Material para acompanhamento de aulas, Professor Luiz Marcello de Almeida Pereira

De JK à Constituição de 88 Material para acompanhamento de aulas, Professor Luiz Marcello de Almeida Pereira De JK à Constituição de 88 Material para acompanhamento de aulas, Professor Luiz Marcello de Almeida Pereira Formato ABNT, para citação desta apostila em trabalhos acadêmicos: PEREIRA, L. M. A. De JK à

Leia mais

República Populista ( )

República Populista ( ) República Populista (1945 1964) Após o fim da ditadura do Estado Novo de Getúlio Vargas, em 1945, a República brasileira conheceu um curto período de democracia liberal representativa. Também conhecido

Leia mais

BRASIL REPÚBLICA: PERÍODO DEMOCRÁTICO ( )

BRASIL REPÚBLICA: PERÍODO DEMOCRÁTICO ( ) BRASIL REPÚBLICA: PERÍODO DEMOCRÁTICO (1946-1964) VÍDEOAULAS 1 - PRINCIPAIS PARTIDOS: PSD (Partido Social Democrático): Principal partido. Criado por Getúlio Vargas. Base rural. Industriais, banqueiros

Leia mais

50 ANOS DO GOLPE MILITAR

50 ANOS DO GOLPE MILITAR 50 ANOS DO GOLPE MILITAR (1964-1985) Prof. Dr. Rogério de Souza CAUSAS Guerra Fria Contexto Internacional: Construção do Muro de Berlim (1961) Cuba torna-se Socialista (1961) Crise dos Mísseis (1962) CAUSAS

Leia mais

prefeitos das capitais, Os futuros governadores seriam submetidos à aprovação das Os futuros prefeitos seriam indicados pelos governadores.

prefeitos das capitais, Os futuros governadores seriam submetidos à aprovação das Os futuros prefeitos seriam indicados pelos governadores. A ditadura militar Prof.:Márcio Gurgel O regime militar Duração ( 1964 1985 ), Presidentes generais do exército brasileiro, i Apoiaram o golpe: (políticos vindos da UDN e do PSD), Governo Castello Branco

Leia mais

DESAFIOS. Dica: Lembrem-se a charge destaca, exagera determinados fatos e/ou características de um acontecimento ou personagem.

DESAFIOS. Dica: Lembrem-se a charge destaca, exagera determinados fatos e/ou características de um acontecimento ou personagem. DESAFIOS O exercício consiste em relacionar as charges postadas abaixo com o seu respectivo contexto social, político, econômico e cultural. Após ler as legendas e observar as imagens elabore uma dissertação

Leia mais

Brasil: Nacionalismo x Entreguismo

Brasil: Nacionalismo x Entreguismo Brasil: Nacionalismo x Entreguismo 1. A Segunda Guerra Mundial e as transformações subsequentes abalaram profundamente o equilíbrio de poderes até então existente, abrindo caminho para uma nova ordem políticoeconômica

Leia mais

UDESC 2015/2 HISTÓRIA. Comentário

UDESC 2015/2 HISTÓRIA. Comentário HISTÓRIA Questão interpretativa envolvendo um trecho de Machado de Assis. No texto fica claro que a história necessita de crônicas e assim é mencionado no texto o "esqueleto" da história. a) Incorreta.

Leia mais

Era Vargas e República Liberal

Era Vargas e República Liberal Era Vargas e República Liberal Era Vargas e República Liberal 1. (Unicamp) Diferenças significativas distinguem o sindicalismo operário brasileiro das primeiras décadas do século 20, do sindicalismo criado

Leia mais

CÂMARA DOS DEPUTADOS Deputado Pompeo de Mattos PDT/RS

CÂMARA DOS DEPUTADOS Deputado Pompeo de Mattos PDT/RS PROJETO DE LEI Nº DE 2015 (Do Sr. Pompeo de Mattos e outros) Inscreve o nome de João Belchior Marques Goulart no Livro dos Heróis da Pátria e dá outras providências. O Congresso Nacional decreta: Art.

Leia mais

REVOLUÇÃO RUSSA. Monique Bilk História

REVOLUÇÃO RUSSA. Monique Bilk História REVOLUÇÃO RUSSA Monique Bilk História CONTEXTO Rússia Feudal até 1860. (XIX) Monarquia absolutista, teocrática Czarismo. Aristocracia rural. No começo do século XX, a Rússia era um país de economia atrasada

Leia mais

Crise econômica provocada pela quebra da bolsa de valores de Nova York 1929, O rompimento da república café-com-leite, com o apoio

Crise econômica provocada pela quebra da bolsa de valores de Nova York 1929, O rompimento da república café-com-leite, com o apoio A Era do populismo Professor: Márcio Gurgel Os antecedentes da revolução de 1930 o Crise econômica provocada pela quebra da bolsa de valores de Nova York 1929, o O rompimento da república café-com-leite,

Leia mais

FIM DA URSS E A DEMOCRATIZAÇÃO DO LESTE EUROPEU

FIM DA URSS E A DEMOCRATIZAÇÃO DO LESTE EUROPEU FIM DA URSS E A DEMOCRATIZAÇÃO DO LESTE EUROPEU A CRISE ECONÔMICA DA URSS Aumento de gastos com produção de armas, espionagem, repressão; Diminuição do investimento interno, provocando escassez de habitações,

Leia mais

FERREIRA, Jorge. João Goulart: uma biografia. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2011.

FERREIRA, Jorge. João Goulart: uma biografia. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2011. 175 FERREIRA, Jorge. João Goulart: uma biografia. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2011. Thales Moura Brasil Alegro 1 A obra de Jorge Ferreira intitulada João Goulart: uma biografia, lançada em

Leia mais

Colégio Social Madre Clélia Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Disciplina: História Profa Andrea Oitava 1-Manhã

Colégio Social Madre Clélia Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Disciplina: História Profa Andrea Oitava 1-Manhã Colégio Social Madre Clélia Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Disciplina: História Profa Andrea Oitava 1-Manhã BRASIL: ELEIÇÕES DE 1945 Com a deposição de Vargas foram marcadas eleições para

Leia mais

Resistência à Ditadura Militar. Política, Cultura e Movimentos Sociais

Resistência à Ditadura Militar. Política, Cultura e Movimentos Sociais Resistência à Ditadura Militar Política, Cultura e Movimentos Sociais Visão Panorâmica Introdução à ditadura Antecedentes do Golpe A Ditadura A Resistência A Reabertura Duração: 1964 à 1985 Introdução

Leia mais

UNIDADE: DATA: 30 / 11 / 2016 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE HISTÓRIA 9.º ANO/EF

UNIDADE: DATA: 30 / 11 / 2016 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE HISTÓRIA 9.º ANO/EF SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA UNIDADE: DATA: 30 / / 206 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE HISTÓRIA 9.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR: 0,0

Leia mais

Os diferentes modelos de Estados (principais características)

Os diferentes modelos de Estados (principais características) Capítulo 6 Poder, política e Estado 7 Os diferentes modelos de Estados (principais características) Absolutista: - Unidade territorial. - Concentração do poder na figura do rei, que controla economia,

Leia mais

O FIM DOS GOVERNOS POPULISTAS

O FIM DOS GOVERNOS POPULISTAS O FIM DOS GOVERNOS POPULISTAS (1956-1961) Juscelino Kubitschek (PSD-PTB) Posse conturbada: -Intervenção Henrique Teixeira Lott (Contra Café Filho e Carlos Luz) - Oposição de Carlos Lacerda -Governo Tranquilo

Leia mais

REPÚBLICA DEMOCRÁTICA (1945 1964)

REPÚBLICA DEMOCRÁTICA (1945 1964) REPÚBLICA DEMOCRÁTICA (1945 1964) O principal êxito do período foi ampliar a cidadania sobretudo o direito de votar e, muito teoricamente, o direito de ser eleito - às classes médias e à classe trabalhadora.

Leia mais

ola eu sou o Everton e vou falar do poder de vargas introdução vargas como era : o seu poder, como ele tomou posse e as tres fases politicas

ola eu sou o Everton e vou falar do poder de vargas introdução vargas como era : o seu poder, como ele tomou posse e as tres fases politicas ola eu sou o Everton e vou falar do poder de vargas introdução vargas como era : o seu poder, como ele tomou posse e as tres fases politicas O PODER DE VARGAS ERA : PROVISÓRIO, CONSTITUCIONAL e ESTADO

Leia mais

Brasil: os anos mais repressivos do

Brasil: os anos mais repressivos do Brasil: os anos mais repressivos do regime militar Ago/69: Costa e Silva adoece e é afastado. Vice Pedro Aleixo é impedido de assumir. Ago-out/1969 Junta militar assume o poder e escolhe novo presidente.

Leia mais

Período Democrático e o Golpe de 64

Período Democrático e o Golpe de 64 Período Democrático e o Golpe de 64 GUERRA FRIA (1945 1990) Estados Unidos X União Soviética Capitalismo X Socialismo Governo de Eurico Gaspar Dutra (1946 1950) Período do início da Guerra Fria Rompimento

Leia mais

Revisão República Brasileira

Revisão República Brasileira Revisão 2009 República Brasileira 09 Terminada a Segunda Guerra Mundial, o mundo descobriu horrorizado o assassinato de 6 milhões de judeus em campos de extermínio nazistas. O fato comoveu a opinião pública

Leia mais

Programa de Recuperação Paralela

Programa de Recuperação Paralela COLÉGIO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Programa de Recuperação Paralela 3ªEtapa / 2010 DISCIPLINA: História ANO: 1º ANO EM EDUCADOR: Gloria Maria TURMAS: FG/AD/INFO *Caro educando, você está recebendo o conteúdo

Leia mais

História B aula 18 História da URSS e a Revolução Mexicana.

História B aula 18 História da URSS e a Revolução Mexicana. História B aula 18 História da URSS e a Revolução Mexicana. Para sair da crise: NEP Nova Política Econômica (1921) recuar nas propostas socialistas e adotar algumas medidas capitalistas (estimular novamente

Leia mais

GEOGRAFIA - 1 o ANO MÓDULO 51 DITADURA MILITAR: MARCHA FORÇADA E ANOS 80

GEOGRAFIA - 1 o ANO MÓDULO 51 DITADURA MILITAR: MARCHA FORÇADA E ANOS 80 GEOGRAFIA - 1 o ANO MÓDULO 51 DITADURA MILITAR: MARCHA FORÇADA E ANOS 80 Como pode cair no enem? (ENEM) A charge remete ao contexto do movimento que ficou conhecido como Diretas Já, ocorrido entre os anos

Leia mais

Veja como a história de Eduardo Campos se funde com a história do PSB

Veja como a história de Eduardo Campos se funde com a história do PSB Biografia de Eduardo Henrique Accioly Campos (Eduardo Campos) Veja como a história de Eduardo Campos se funde com a história do PSB 2014 UNIDOS PELO BRASIL Em 28 de junho, a Coligação Unidos pelo Brasil

Leia mais

Aulas 05 e 06: Estrutura fundiária brasileira e industrialização. Não espere por uma crise para descobrir o que é importante em sua vida (Platão)

Aulas 05 e 06: Estrutura fundiária brasileira e industrialização. Não espere por uma crise para descobrir o que é importante em sua vida (Platão) Aulas 05 e 06: Estrutura fundiária brasileira e industrialização. Não espere por uma crise para descobrir o que é importante em sua vida (Platão) O comércio mundial de alimentos. Commodity: valor que um

Leia mais

POPULISMO NO BRASIL MARCOS ROBERTO

POPULISMO NO BRASIL MARCOS ROBERTO POPULISMO NO BRASIL MARCOS ROBERTO Entendendo conceitos: Democracia Populismo No governo democrático, há participação do povo por meio do voto secreto e universal. Existem vários partidos políticos disputando

Leia mais

CURSINHO PRÓ-ENEM UFMS REPUBLICA LIBERAL OU POPULISTA (1946 A 1964)

CURSINHO PRÓ-ENEM UFMS REPUBLICA LIBERAL OU POPULISTA (1946 A 1964) Prof. Alexandre Goicochea Disciplina: História Curso da Graduação: História-UFMS e-mail: goicochea94@gmail.com Deseje ao universo que você será atendido. Jim Carrey. REPUBLICA LIBERAL OU POPULISTA (1946

Leia mais

Revolução Russa 1917

Revolução Russa 1917 Revolução Russa 1917 1 A RÚSSIA PRÉ-REVOLUCIONÁRIA Economia Predominantemente rural (latifúndios) com vestígios do feudalismo, muito atrasado economicamente. Mais da metade do capital russo provinha de

Leia mais

História. Professores Oto & Silney

História. Professores Oto & Silney História Professores Oto & Silney Grécia ANTIGUIDADE OCIDENTAL Atenas Península Ática Jônios Comércio e Cultura Democracia Grécia Península do Peloponeso Dórios Militarismo Aristocracia Roma ANTIGUIDADE

Leia mais

Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc

Como citar este artigo Número completo Mais artigos Home da revista no Redalyc Diálogos - Revista do Departamento de História e do Programa de Pós-Graduação em História ISSN: 1415-9945 rev-dialogos@uem.br Universidade Estadual de Maringá Brasil Priori, Angelo CASTANHO, Sandra Maria.

Leia mais

A DEMOCRACIA BRASILEIRA. Prof. Maurício Ghedin Corrêa

A DEMOCRACIA BRASILEIRA. Prof. Maurício Ghedin Corrêa A DEMOCRACIA BRASILEIRA Prof. Maurício Ghedin Corrêa A DEMOCRACIA BRASILEIRA Com o fim da Guerra fria, nos anos 1980, os EUA retiraram seu apoio as ditaduras latinoamericanas. A partir de 1982, as eleições

Leia mais

Professor Eustáquio GOVERNO DUTRA

Professor Eustáquio GOVERNO DUTRA Professor Eustáquio GOVERNO DUTRA ELEIÇÕES üeduardo Gomes (Brigadeiro)UDN democracia e liberalismo econômico üdutra (General) PSD não entusiasmava ninguém üiedo Fiuza PCB VITORIA DE DUTRA ÒDUTRA ü Apoio

Leia mais

Better Call Getúlio Vargas

Better Call Getúlio Vargas Better Call Getúlio Vargas Getúlio Vargas é formado em advocacia e escolheu essa profissão para agradar seu irmão Viriato Vargas. Viriato Vargas tinha 2 sonhos, se tornar advogado e ser um homem com muito

Leia mais

Jogo. A Ditadura Militar e você, jovem, na história do Brasil!

Jogo. A Ditadura Militar e você, jovem, na história do Brasil! Jogo A Ditadura Militar e você, jovem, na história do Brasil! Jogo: A Ditadura Militar e o Seu papel. Como é? O jogo consiste em situações que ocorreram durante a história de nosso país, em que os grupos

Leia mais

A QUESTÃO AGRÁRIA NO BRASIL

A QUESTÃO AGRÁRIA NO BRASIL SUMÁRIO DA OBRA: A QUESTÃO AGRÁRIA NO BRASIL (Em 5 volumes) João Pedro Stedile (org) EDITORA EXPRESSÃO POPULAR Volume 1 A questão agrária no Brasil: O debate tradicional -1500-1960 I a edição: abril de

Leia mais

Escola de Formação Política Miguel Arraes

Escola de Formação Política Miguel Arraes Escola de Formação Política Miguel Arraes Curso de Formação, Capacitação e Atualização Política dos Filiados, Militantes e Simpatizantes Módulo III O Socialismo no Mundo Contemporâneo Aula 6 História do

Leia mais

Congresso nacional camponês: polêmicas agrárias

Congresso nacional camponês: polêmicas agrárias Congresso nacional camponês: polêmicas agrárias Dora Vianna Vasconcellos1 O livro organizado pelo historiador Luiz Flávio de Carvalho Costa, O congresso nacional camponês: trabalhadores rurais no processo

Leia mais

ERA VARGAS ( )

ERA VARGAS ( ) AVISO: O conteúdo e o contexto das aulas referem-se aos pensamentos emitidos pelos próprios autores que foram interpretados por estudiosos dos temas RUBENS expostos. RAMIRO Todo JUNIOR exemplo (TODOS citado

Leia mais

Era Vargas. Do Governo Provisório ao Estado Novo

Era Vargas. Do Governo Provisório ao Estado Novo Era Vargas Do Governo Provisório ao Estado Novo Períodos Governo provisório (1930-1934) Tomada de poder contra as oligarquias tradicionais Governo Constitucional (1934-1937) Período legalista entre dois

Leia mais

DESCOLONIZAÇÃO DA ÁSIA

DESCOLONIZAÇÃO DA ÁSIA DESCOLONIZAÇÃO DA ÁSIA CHINA -Revoluções 1911 Revolução Nacionalista. -1949 Revolução Comunista. Antecedentes, Século XIX e XX: - impotência da elite tradicional e Dinastia Manchu frente as imposições

Leia mais

FORMAÇÃO PARA DIRIGENTES CURSO INOVARAUTO O NOVO REGIME AUTOMOTIVO POLÍTICA INDUSTRIAL BRASILEIRA DE JUSCELINO KUBITSCHEK AO MILAGRE ECONÔMICO

FORMAÇÃO PARA DIRIGENTES CURSO INOVARAUTO O NOVO REGIME AUTOMOTIVO POLÍTICA INDUSTRIAL BRASILEIRA DE JUSCELINO KUBITSCHEK AO MILAGRE ECONÔMICO Página 1 de 13 FORMAÇÃO PARA DIRIGENTES CURSO INOVARAUTO O NOVO REGIME AUTOMOTIVO POLÍTICA INDUSTRIAL BRASILEIRA DE JUSCELINO KUBITSCHEK AO MILAGRE ECONÔMICO Página 2 de 13 Índice Plano de metas de Juscelino

Leia mais

Fonte: VAINFAS, Ronaldo et al. História: o mundo por um fio: do século XX ao XXI. Vol. 3. São Paulo: Saraiva, 2010.

Fonte: VAINFAS, Ronaldo et al. História: o mundo por um fio: do século XX ao XXI. Vol. 3. São Paulo: Saraiva, 2010. LISTA DE RECUPERAÇÃO 2º ANO HISTÓRIA DO BRASIL MATÉRIA: REPÚBLICA TRABALHISTA (1946-1964) 1. O Segundo Governo Vargas (1951-1954) foi marcado pela reorientação do eixo central da política econômica brasileira.

Leia mais

A GLOBALIZAÇÃO NO BRASIL PROFº MELK SOUZA

A GLOBALIZAÇÃO NO BRASIL PROFº MELK SOUZA A GLOBALIZAÇÃO NO BRASIL PROFº MELK SOUZA Globalização no Brasil- aspectos econômicos e sociais O processo de globalização é um fenômeno do modelo econômico capitalista, o qual consiste na mundialização

Leia mais

CONTEXTO HISTÓRICO A situação existente em Portugal e no mundo durante o período da vida de Alfredo Dinis ficou marcada pela luta abnegada dos povos e dos trabalhadores, no sentido de melhorarem as suas

Leia mais

A crise do café e a revolução de 1930

A crise do café e a revolução de 1930 A crise do café e a revolução de 1930 Em 1929 ocorreu a quebra da bolsa de New York. Grande crise econômica nos EUA que atingiu o Brasil ( EUA maior comprador do café brasileiro). Colapso na economia cafeeira:

Leia mais

wwww.concursovirtual.com.b

wwww.concursovirtual.com.b ECONOMIA ECONOMIA BRASILEIRA PARTE 1 ECONOMIA BRASILEIRA 1 2 1 PERÍODO 1930 1980 PERÍODO 1930 1980 3 4 2 PERÍODO 1930 1980 PERÍODO 1930 1980 5 6 3 POPULAÇÃO BRASILEIRA PERÍODO 1930 1980 PERÍODO 1930 1980

Leia mais

TURMA FDV BREVE ANÁLISE DAS CONSTITUIÇÕES BRASILEIRAS. Professor Davidson Abdulah

TURMA FDV BREVE ANÁLISE DAS CONSTITUIÇÕES BRASILEIRAS. Professor Davidson Abdulah TURMA FDV BREVE ANÁLISE DAS CONSTITUIÇÕES BRASILEIRAS Professor Davidson Abdulah CONSTITUIÇÃO CONCEITO A Constituição é um instrumento de hierarquia máxima, que visa regular as normas organizacionais e

Leia mais

Gabaritos das aulas 21 a 40

Gabaritos das aulas 21 a 40 Gabaritos das aulas 21 a 40 Aula 21 - É dando que se recebe 1. A política dos governadores representou um acordo entre o presidente da República e os governadores dos Estados. O primeiro, em troca de apoio

Leia mais