VALORIZAÇÃO DA QUALIDADE DOP IGP ETG

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "VALORIZAÇÃO DA QUALIDADE DOP IGP ETG"

Transcrição

1 VALORIZAÇÃO DA QUALIDADE DOP IGP ETG 1

2 PRODUTOS DA REGIÃO ALENTEJO PRODUTOS DENOMINAÇÃO AGRUPAMENTO GESTOR TEL /Mail COORDENADAS Morada FRUTOS FRESCOS Maçã de Portalegre IGP APAFNA - Agrupamentos Cereja S. Julião Portalegre IGP Idem Idem Idem OUTROS FRUTOS Ameixa d'elvas DOP FRUTECO - Fruticultura integrada, Lda Castanha Marvão - Portalegre DOP APAFNA - Agrupamentos MEL Mel do Alentejo DOP MONTEMORMEL- Associação de Apicultores do Concelho de Montemor- o - Novo QUEIJOS Queijo de Nisa DOP NATUR-AL-CARNES - Norte, S.A Queijo de Évora DOP Sem Agrupamento Queijo Serpa DOP Sem Agrupamento Queijo Mestiço de Tolosa IGP NATUR-AL-CARNES - Norte, S.A Quinta da Tapada Grande, Maridona, Glória Estremoz Praça Cândido dos Reis Montemor - o- Novo 2

3 AZEITES E AZEITONAS DE CONSERVA CARNE DE BOVINO, OVINO E CAPRINO Azeites do Norte DOP APAFNA - Agrupamentos Azeite de Moura DOP Cooperativa Agrícola de Moura e Barrancos, CRL Azeite do Alentejo Interior DOP UCAAI - União das Cooperativas do Alentejo UCRL Azeite do Alentejo IG CEPAAL Centro de Estudos e Promoção do Azeite do Alentejo Azeitonas de Conserva de Elvas e Campo Maior DOP AGRODELTA - Industrias Rua das Forças Armadas, nº 9 - Apartado nº Moura Bairro Industrial Vidigueira Praça Gago Coutinho, Moura Alimentares Lda Zona Industrial - Rua A, nº Campo Maior Carne de Bravo do Ribatejo DOP APBRB Parque Leilões de Gado de Produtores de Bovinos Portalegre- Apartado 19 de Raça Brava, Lda Portalegre Carne da Charneca DOP Idem Idem Idem Carnalentejana DOP CARNALENTEJANA S.A, Produtores de Bovinos da Raça Alentejna Carne Mertolenga DOP Associação de Criadores de Bovinos Mertolengos Borrego de Montemor-o-Novo IGP Sem Agrupamento Borrego do Baixo Alentejo IGP Carnovina - Produtores Agro- Pecuários, S. A Borrego do Nordeste IGP NATUR-AL-CARNES - Norte, S.A Cabrito do Alentejo IGP APCRS-Associação Portuguesa de Caprinicultores de Raça Serpentina Estrada do Moinho Vento Elvas Rua Diana de Liz, Apartado nº Évora Rua Cidade de S. Paulo, 36 - Armazéns de Lãs - Apartado Beja Rua Diana Liz Évora 3

4 CARNE DE SUÍNO SALSICHARIA E PRESUNTOS Carne de Porco DOP ACPA - Associação de Criadores de Porco NATUR-AL-CARNES - Cacholeira Branca de Portalegre IGP Norte, S.A Rua Armação de Pera, nº Ourique Chouriço de Portalegre IGP Idem Idem Idem Chouriço Mouro de Portalegre IGP Idem Idem Idem Farinheira de Portalegre IGP Idem Idem Idem Linguiça de Portalegre IGP Idem Idem Idem Lombo Branco de Portalegre IGP Idem Idem Idem Lombo Enguitado de Portalegre IGP Idem Idem Idem Morcela de Assar de Portalegre IGP Idem Idem Idem Morcela de Cozer de Portalegre IGP Idem Idem Idem Painho de Portalegre IGP Idem Idem Idem Linguiça do Baixo Alentejo ou Chouriço do Baixo Alentejo IGP Associação Nacional dos Criadores do Porco (ANCPA) Rua Diana de Liz Horta do Bispo, Apartado Évora Paio de Beja IGP Idem Idem Idem Chouriço de Carne de Estremoz e Borba IGP APETAL- Agrupamento de Produtores de enchidos tradicionais do Alentejo LDA Outeiro de S. José, Apartado Estremoz Farinheira de Estremoz e Borba IGP Idem Idem Idem Chouriço Grosso de Estremoz e Borba IGP Idem Idem Idem Morcela de Estremoz e Borba IGP Idem Idem Idem 4

5 Paia de Lombo de Estremoz e Borba IGP Idem Idem Idem Paio de Estremoz e Borba IGP Idem Idem Idem Paia de Toucinho de Estremoz e Borba IGP Idem Idem Idem Presunto de Barrancos DOP ACPA - Associação de Criadores de Porco Rua Armação de Pera, nº Ourique Presunto e Paleta do Alentejo DOP Idem Idem Idem Presunto e Paleta de Campo Maior e Elvas IGP Idem Idem Idem Presunto e Paleta de Santana da Serra IGP Idem Idem Idem 5

Inquérito aos Agrupamentos Gestores de Produtos com Nomes Protegidos DOP/IGP/ETG 2008 e 2009

Inquérito aos Agrupamentos Gestores de Produtos com Nomes Protegidos DOP/IGP/ETG 2008 e 2009 Inquérito aos Agrupamentos Gestores de s com Nomes Protegidos DOP/ /IGP/ETG 28 e 29 1 Índice 1 Introdução... 1 2 s de Qualidade Certificada... 3 2.1 Setor do Queijo... 4 2.2 Setor da Carne de Bovino...

Leia mais

SABORES DO ALTO ALENTEJO NA SUA COZINHA. com Chef ANTÓNIO NOBRE

SABORES DO ALTO ALENTEJO NA SUA COZINHA. com Chef ANTÓNIO NOBRE DO À SUA COZINHA COM CHEF ANTÓNIO NOBRE A ADER-AL Associação para o Desenvolvimento Rural do Norte Alentejo promove um ciclo de workshops ALTO ALENTE- JO com Chef António Nobre Embaixador TerriuS, com

Leia mais

Medida Acção Nº Projecto Promotor Região NUT II Custo Total Despesa Pública FEOGA Privado

Medida Acção Nº Projecto Promotor Região NUT II Custo Total Despesa Pública FEOGA Privado 8 Desenvolvimento Experimental e Demonstração 2001090037001 INIA EST.NAC.FRUTIC.VIEIRA NATIVIDADE VÁRIAS 43 671,15 43 671,15 32 753,36 10 917,79 0,00 8 Desenvolvimento Experimental e Demonstração 2001090037019

Leia mais

Associação Nacional de Municípios e de Produtores para a Valorização e Qualificação dos Produtos Tradicionais Portugueses QUALIFICA

Associação Nacional de Municípios e de Produtores para a Valorização e Qualificação dos Produtos Tradicionais Portugueses QUALIFICA Associação Nacional de Municípios e de Produtores para a Valorização e Qualificação dos Produtos Tradicionais Portugueses QUALIFICA I AS CAUSAS Versão 4 09 Jan 09 Portugal possui um enorme capital em produtos

Leia mais

TIC. Energias Renováveis

TIC. Energias Renováveis População e Território No contexto regional o Alentejo figura-se como um dos cinco grandes agregados territoriais, ocupando cerca de 34% do território nacional. A morfologia do terreno é composta por vastas

Leia mais

Norma Portuguesa. Carnes e produtos cárneos Definição e classificação NP 588 2008. Viande et produits dérivés Définition et classification

Norma Portuguesa. Carnes e produtos cárneos Definição e classificação NP 588 2008. Viande et produits dérivés Définition et classification Norma Portuguesa NP 588 Carnes e produtos cárneos Definição e classificação Viande et produits dérivés Définition et classification Meat and meat products Definition and classification ICS 67.120.10 DESCRITORES

Leia mais

IDEIA PACK QUALIDADE DE SERVIÇO CATÁLOGO PREÇÁRIOS JULHO 2011 Nº 1 LIGUE: 232 185 360 MÓVEL: 935 721 004 ENVIE FAX: 232 186 267

IDEIA PACK QUALIDADE DE SERVIÇO CATÁLOGO PREÇÁRIOS JULHO 2011 Nº 1 LIGUE: 232 185 360 MÓVEL: 935 721 004 ENVIE FAX: 232 186 267 CATÁLOGO PREÇÁRIOS IDEIA PACK JULHO 2011 Nº 1 Fazendo o seu pedido pelo Telefone, Fax e E-mail, consegue 2% de desconto sobre os preços de catálogo. LIGUE: 232 185 360 MÓVEL: 935 721 004 ENVIE FAX: 232

Leia mais

A RAÇA SUÍNA ALENTEJANA E A VALORIZAÇÃO DOS MONTADOS

A RAÇA SUÍNA ALENTEJANA E A VALORIZAÇÃO DOS MONTADOS A RAÇA SUÍNA ALENTEJANA E A VALORIZAÇÃO DOS MONTADOS Amadeu Borges de Freitas Universidade de Évora - Escola de Ciências e Tecnologia Departamento de Zootecnia A raça suína alentejana é, desde tempos remotos,

Leia mais

MENU NATAL Buffet Árvore de Natal

MENU NATAL Buffet Árvore de Natal Buffet Árvore de Natal SALADAS / ENTRADAS Salada de Tomate c/ orégãos Salada de Alface Cenouras temperadas Tirinhas de Porco de Coentrada Sopa de Legumes Prato Principal Bacalhau à Brás Grelhada Mista

Leia mais

APTIDÃO TECNOLÓGICA E INDUSTRIAL DOS DIFERENTES TIPOS DE CARNE

APTIDÃO TECNOLÓGICA E INDUSTRIAL DOS DIFERENTES TIPOS DE CARNE APTIDÃO TECNOLÓGICA E INDUSTRIAL DOS DIFERENTES TIPOS DE CARNE CHARQUE BILTONG carne crua de hipopótamo, elefante devidamente condimentada, seca ao sol, pendurada com um tijolo na ponta para não enrolar

Leia mais

No Congresso de Lugo, Ourique apresentou uma candidatura vencedora, à realização de 2013.

No Congresso de Lugo, Ourique apresentou uma candidatura vencedora, à realização de 2013. APRESENTAÇÃO Enquadramento O Congresso Mundial do Presunto é um evento de índole internacional centrado na produção e transformação do presunto. Nele participam os melhores profissionais provindos da investigação,

Leia mais

Luís Pinto de Andrade Cláudia Domingues Soares. Inovação no sector agro-alimentar O caso InovCluster

Luís Pinto de Andrade Cláudia Domingues Soares. Inovação no sector agro-alimentar O caso InovCluster Luís Pinto de Andrade Cláudia Domingues Soares Inovação no sector agro-alimentar O caso InovCluster Porto, 25 de Setembro de 2012 Cluster Agro-Industrial do Centro Estratégia de Eficiência Coletiva Regional

Leia mais

Organização e Realização de Eventos www.cascadovo.com

Organização e Realização de Eventos www.cascadovo.com Pataniscas de Bacalhau, Rissóis de Camarão, Croquetes, Pasteis de Bacalhau, Paté de Lagosta Canapés Variados Creme de Legumes Creme Alho Francês Creme de Coentros Creme de Couve-flor com Amêndoa Bacalhau

Leia mais

ROTULAGEM RASTREABILIDADE COMERCIALIZAÇÃO do QUEIJO. José António Rousseau - Director Geral 1

ROTULAGEM RASTREABILIDADE COMERCIALIZAÇÃO do QUEIJO. José António Rousseau - Director Geral 1 ROTULAGEM RASTREABILIDADE COMERCIALIZAÇÃO do QUEIJO José António Rousseau - Director Geral 1 ÍNDICE 1- INTRODUÇÃO 2- ROTULAGEM 3- RASTREABLILIDADE 4- DENOMINAÇÃO DE ORIGEM PROTEGIDA 5- PROGRAMA EUROPEU-

Leia mais

Ementas de Casamento Viagem à volta dos sentidos...

Ementas de Casamento Viagem à volta dos sentidos... Ementas de Casamento Viagem à volta dos sentidos... Requinte, qualidade, profissionalismo e animação são a essência da. Parta para a descoberta de novos sabores, aromas...novas sensações. Não deixe de

Leia mais

SERVIÇO DE GRUPOS, À MESA. Almoços e jantares de Natal

SERVIÇO DE GRUPOS, À MESA. Almoços e jantares de Natal DE GRUPOS, À MESA. Almoços e jantares de Natal MENU 1 DE GRUPOS - ALMOÇOS E JANTARES 2/4 Queijo do Rabaçal Presunto laminado Paiola de Arganil Salada de polvo com molho verde Salada de orelha em vinagrete

Leia mais

TECIDO EMPRESARIAL DAS REGIÕES

TECIDO EMPRESARIAL DAS REGIÕES academia INOV EMPREENDE em preen d er JOVEM CARACTERIZAÇÃO DO TECIDO EMPRESARIAL DAS REGIÕES Financiamento CARACTERIZAÇÃO DO TECIDO EMPRESARIAL DAS REGIÕES É expressamente proibido reproduzir, no todo

Leia mais

Restaurant Menus 2013

Restaurant Menus 2013 MENU 1 Tábua de enchidos regionais Table of regional sausages Lombo de porco recheado com alheira Roasted pork loin stuffed with Alheira sausage Doce da casa com natas e biscoitos Homemade sweets with

Leia mais

GORDURAS E COLESTEROL NOS ALIMENTOS:

GORDURAS E COLESTEROL NOS ALIMENTOS: 1 GORDURAS E COLESTEROL NOS ALIMENTOS: 1) MODIFICAÇÃO NA INGESTÃO DE GORDURA: O consumo de menos gordura é um aspecto importante da orientação nutricional para comer de maneira mais saudável, para a protecção

Leia mais

ANEXO I - ANÁLISE SETORIAL AZEITE

ANEXO I - ANÁLISE SETORIAL AZEITE ANEXO I - ANÁLISE SETORIAL AZEITE O AUMENTO DA PRODUÇÃO DE AZEITE REFLETE O FORTE CRESCIMENTO DA PRODUÇÃO DE AZEITONA, RESULTADO DAS CONDIÇÕES METEOROLÓGICAS FAVORÁVEIS E DA ENTRADA EM PRODUÇÃO DE NOVOS

Leia mais

Bebidas da Refeição Águas Minerais; Sumo de Laranja; Cerveja; Vinho Branco; Vinho Tinto; Vinho Verde; Sangria de Frutos Silvestres; Café

Bebidas da Refeição Águas Minerais; Sumo de Laranja; Cerveja; Vinho Branco; Vinho Tinto; Vinho Verde; Sangria de Frutos Silvestres; Café Ementa MIRRA Cocktail de Chegada Salgadinhos Miniatura (Rissóis de Camarão, Bolinhos de Bacalhau e Croquetes de Carne); Canapés de Delícias do Mar; Tâmaras com Bacon. Águas; Sumo de Laranja; Cerveja; Vinho

Leia mais

Comissão Vitivinícola Regional Alentejana www.vinhosdoalentejo.pt Copyright fotos e textos: Comissão Vitivinícola Regional Alentejana Reprodução

Comissão Vitivinícola Regional Alentejana www.vinhosdoalentejo.pt Copyright fotos e textos: Comissão Vitivinícola Regional Alentejana Reprodução Comissão Vitivinícola Regional Alentejana www.vinhosdoalentejo.pt Copyright fotos e textos: Comissão Vitivinícola Regional Alentejana Reprodução interdita CVRA COMISSÃO VITIVINÍCOLA REGIONAL ALENTEJANA

Leia mais

PRATOS QUENTES (Servidos sentados) SOPAS (Ver opções)

PRATOS QUENTES (Servidos sentados) SOPAS (Ver opções) Menu 1 Encantos de Afrodite MORCELA BACALHAU GRATINADO C/ NATAS E BROA OU TRANCHE DE PERCA C/ AMÊNDOA OU FILETES DE GAROUPA C/ SALADA RUSSA. PERNA DE PORCO NO FORNO À PADEIRO OU BIFINHOS DE PERÚ C/ COGUMELOS

Leia mais

FORM-IN - FORMULÁRIO DE INVESTIGAÇÃO DE DOENÇAS (INICIAL) Versão:jun/03

FORM-IN - FORMULÁRIO DE INVESTIGAÇÃO DE DOENÇAS (INICIAL) Versão:jun/03 FORM-IN - FORMULÁRIO DE INVESTIGAÇÃO DE DOENÇAS (INICIAL) Versão:jun/03 N.º FORM-IN N.º estadual do foco N.º nacional do foco Ano U.F. Página: 1 de 5 Se for o caso, assinalar na lacuna à direita o número

Leia mais

Caracterização e Enquadramento da região ZV de Estremoz-Cano

Caracterização e Enquadramento da região ZV de Estremoz-Cano Caracterização e Enquadramento da região ZV de Estremoz-Cano Sousel 7 de outubro de 2014 Enquadramento Geográfico Distritos: Portalegre e Évora Concelhos: Sousel e Estremoz Sistema Aquífero: Estremoz-Cano

Leia mais

WELCOME DRINK. Sugestão III. Salgadinhos de Bar Vinho Verde Branco, Sumo de Laranja Natural. 5 por pessoa

WELCOME DRINK. Sugestão III. Salgadinhos de Bar Vinho Verde Branco, Sumo de Laranja Natural. 5 por pessoa BANQUETES 2015 WELCOME DRINK Sugestão I Salgadinhos de Bar Vinho Verde Branco, Sumo de Laranja Natural 5 por pessoa Sugestão II Pastelinhos de Bacalhau, Croquetes de Aves, Rissóis de Vitela, Sumo do Laranja,

Leia mais

EMPREENDEDORISMO E INOVAÇÃO EM PECUÁRIA BIOLÓGICA: A RAÇA SUÍNA BÍSARA

EMPREENDEDORISMO E INOVAÇÃO EM PECUÁRIA BIOLÓGICA: A RAÇA SUÍNA BÍSARA EMPREENDEDORISMO E INOVAÇÃO EM PECUÁRIA BIOLÓGICA: A RAÇA SUÍNA BÍSARA Ana Firmino Dep. de Geografia e Planeamento Regional, e-geo Universidade Nova de Lisboa, am.firmino@fcsh.unl.pt INTRODUÇÃO A intensificação

Leia mais

REGULAMENTO DAS SECÇÕES SINDICAIS

REGULAMENTO DAS SECÇÕES SINDICAIS REGULAMENTO DAS SECÇÕES SINDICAIS DIRECÇÃO DEZEMBRO DE 2009 REGULAMENTO DAS SECÇÕES SINDICAIS SECÇÃO I Princípios gerais Artigo 1º Âmbito do Regulamento Nos termos dos Estatutos a organização e funcionamento

Leia mais

PORTUGAL. O Melhor de. O que é realmente importante para si? n.7 JULHO 2011. Então, venha conhecer o MELHOR DE PORTUGAL!

PORTUGAL. O Melhor de. O que é realmente importante para si? n.7 JULHO 2011. Então, venha conhecer o MELHOR DE PORTUGAL! O Melhor de PORTUGAL REVISTA DA RESPONSABILIDADE DO CLUBE DE PRODUTORES n.7 JULHO 2011 O que é realmente importante para si? Uma bela sardinha assada? Uma carne rústica e tradicional? O aroma e sabor intensos

Leia mais

COSTELETAS DE PORCO A MILANESA

COSTELETAS DE PORCO A MILANESA SUINOS 1. Costeletas de Porco à Milanesa 2. Costeletas de Porco com Mel 3. Enroladinhos de Lombo de Porco com Mel 4. Lingüiça de Porco 5. Lingüiça Cuiabana 6. Lingüiça Calabresa 7. Lombo de Porco Saboroso

Leia mais

LISTA DE LABORATÓRIOS DE ANÁLISE DE AZEITE PORTUGAL LABORATÓRIOS PÚBLICOS

LISTA DE LABORATÓRIOS DE ANÁLISE DE AZEITE PORTUGAL LABORATÓRIOS PÚBLICOS LISTA DE LABORATÓRIOS DE ANÁLISE DE AZEITE PORTUGAL LABORATÓRIOS PÚBLICOS ASAE AGÊNCIA DE SEGURANÇA ALIMENTAR E ECONÓMICA Estrada do Paço do Lumiar Campus do Lumiar 22 Edifício, F - 1ºandar 1649-038 Lisboa

Leia mais

Menus de Natal Chef Hélio Loureiro O Natal é em Belém ZjcYW

Menus de Natal Chef Hélio Loureiro O Natal é em Belém ZjcYW Menus de Natal Chef Hélio Loureiro O Natal é em Belém ZjcYW Coxa de pato no forno com maçãs salteadas e ameixas em Vinho do Porto Propostas de Natal Chef Hélio Loureiro Menu A Aperitivo de recepção aos

Leia mais

IV Seminário Plataformas Logísticas Ibéricas

IV Seminário Plataformas Logísticas Ibéricas IV Seminário Plataformas Logísticas Ibéricas Preparar a Retoma, Repensar a Logística 10 de Novembro NOVOHOTEL SETUBAL Comunicação: Factores de Atractividade da oferta logística do Alentejo Orador: Dr.

Leia mais

E D I T A L AMBIENTE, ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO E URBANISMO PROCESSOS DE LICENCIAMENTO E REQUERIMENTOS. Processos de Licenciamento

E D I T A L AMBIENTE, ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO E URBANISMO PROCESSOS DE LICENCIAMENTO E REQUERIMENTOS. Processos de Licenciamento E D I T A L HORTÊNSIA DOS ANJOS CHEGADO MENINO, Presidente da Câmara Municipal de Montemor-o-Novo, faz saber, através do presente Edital, que nos termos do nº. 1, do artº. 56º. da Lei nº. 75/2013, de 12

Leia mais

Banco Português de Germoplasma Animal

Banco Português de Germoplasma Animal Banco Português de Germoplasma Animal BANCO PORTUGUÊS DE GERMOPLASMA ANIMAL fonte: www.autoctones.ruralbit.com A Conferência Técnica Internacional sobre Recursos Genéticos Animais, realizada em 2007 por

Leia mais

O NATAL É CONNOSCO E O ANO NOVO TAMBÉM! Sugestões de Natal e Ano Novo HF Ipanema Park + HF Ipanema Porto. www.hfhotels.

O NATAL É CONNOSCO E O ANO NOVO TAMBÉM! Sugestões de Natal e Ano Novo HF Ipanema Park + HF Ipanema Porto. www.hfhotels. O NATAL É CONNOSCO E O ANO NOVO TAMBÉM! Sugestões de Natal e Ano Novo HF Ipanema Park + HF Ipanema Porto www.hfhotels.com/boasfestas JANTAR DE NATAL 24 DEZEMBRO 19h30-01h Pinha de gambas Sapateira com

Leia mais

O NATAL É CONNOSCO E O ANO NOVO TAMBÉM! Sugestões de Natal para empresas HF Ipanema Park + HF Ipanema Porto. www.hfhotels.

O NATAL É CONNOSCO E O ANO NOVO TAMBÉM! Sugestões de Natal para empresas HF Ipanema Park + HF Ipanema Porto. www.hfhotels. O NATAL É CONNOSCO E O ANO NOVO TAMBÉM! Sugestões de Natal para empresas HF Ipanema Park + HF Ipanema Porto www.hfhotels.com/natalempresas JANTAR BUFFET Creme de ervilhas Lombinhos de pescada em molho

Leia mais

Semana Gastronómica A Gula 04 a 11 Novembro 2012

Semana Gastronómica A Gula 04 a 11 Novembro 2012 AVEIRAMARISCOS Largo dos e-mail: 10h00 às 24h00 Segunda- Entrada: Tomate Recheado RESTAURANTE E Combatentes, 263 475 381 info@aveiramariscos.com.pt feira Prato principal: Ensopado de enguias MARISQUEIRA,

Leia mais

Confira datas e programação dos cursos a seguir:

Confira datas e programação dos cursos a seguir: Centro Regional de Qualificação Profissional de Produtores de Nova Petrópolis Aprender Fazendo, Compromisso com a Qualificação Profissional da Família Rural. O CETANP Centro Regional de Qualificação Profissional

Leia mais

Menu 1. Salgadinhos Diversos, Pãezinhos com Chouriço, Tâmaras com Bacon, Pão de Alho Gratinado, Pão de Alho Gratinado com Bacon, Mini Pizzas

Menu 1. Salgadinhos Diversos, Pãezinhos com Chouriço, Tâmaras com Bacon, Pão de Alho Gratinado, Pão de Alho Gratinado com Bacon, Mini Pizzas Fundada em 1987, localizado no concelho de Torres Vedras, a Quinta Valoásis encontra-se inserida no campo e tem para oferecer um ambiente moderno e acolhedor. Ao seu dispor, temos parque de estacionamento

Leia mais

Relatório OP Outros Sectores Agrícolas e Pecuários

Relatório OP Outros Sectores Agrícolas e Pecuários Relatório OP Outros Sectores Agrícolas e Pecuários DRAPLVT Triénio 2010-2012 Agricultura Presente, um Projeto com Futuro Ficha técnica Ficha técnica Edição: DRAP LVT DADR Quinta das Oliveiras, Estrada

Leia mais

Estudo - Estratégias de Diferenciação das Principais Fileiras de Produtos Agrícolas, Agro- Alimentares de Alimentação do Vale do Ave

Estudo - Estratégias de Diferenciação das Principais Fileiras de Produtos Agrícolas, Agro- Alimentares de Alimentação do Vale do Ave Estudo - Estratégias de Diferenciação das Principais Fileiras de Produtos Agrícolas, Agro- Alimentares de Alimentação do Vale do Ave NOTAS INTRODUTÓRIAS - Objetivo do estudo: Definir estratégias de atuação

Leia mais

NOVOS PRODUTOS ACRESCENTADO

NOVOS PRODUTOS ACRESCENTADO NOVOS PRODUTOS VALORIZAÇÃO DAS EXPLORAÇÕES AGRÍCOLAS DE VALOR ACRESCENTADO F ICHA TÉCNICA Título Autores Editor Produção Editorial Revisão Projecto Gráfico e Design Paginação Impressão NOVOS PRODUTOS DE

Leia mais

Letra A. Gordura (g) Gordura em Calorias

Letra A. Gordura (g) Gordura em Calorias GUIA DOS ALIMENTOS O objetivo deste Guia dos Alimentos é apresentar o valor nutritivo dos alimentos. Neste guia é apresentado o conteúdo, em quantidade de gordura, e calorias fornecidas, por 100 g de alimento.

Leia mais

Quinta da Cascata. Quinta da Cascata. Ementas para Casamentos 2013 / 2014

Quinta da Cascata. Quinta da Cascata. Ementas para Casamentos 2013 / 2014 Quinta da Cascata Quinta da Cascata Ementas para Casamentos 2013 / 2014 Ementa A Cocktail de Boas Vindas Líquidos Vinho Branco Vinho Tinto Sangria Caipirinha Cerveja Moscatel Martini BiancoMartini Rosso

Leia mais

PASSEIO AO ALTO ALENTEJO D A M ANUFACTURA DE T APEÇARIAS DE P ORTALEGRE L AVANDAS DE C ASTELO DE V IDE

PASSEIO AO ALTO ALENTEJO D A M ANUFACTURA DE T APEÇARIAS DE P ORTALEGRE L AVANDAS DE C ASTELO DE V IDE PASSEIO AO ALTO ALENTEJO D A M ANUFACTURA DE T APEÇARIAS DE P ORTALEGRE L AVANDAS DE C ASTELO DE V IDE 28 E 29 DE À Q UINTA DAS J UNHO 2014 PROGRAMA 1.º DIA, 28 DE JUNHO (SÁBADO) LISBOA / PORTALEGRE /

Leia mais

Casamento M AR. Entrada. Creme de coentros frescos. Creme de espargos verdes. Peixe

Casamento M AR. Entrada. Creme de coentros frescos. Creme de espargos verdes. Peixe Casamento M AR De AR O Hotel M AR De AR Muralhas criou três ofertas distintas com o objectivo de unir o requinte às maravilhas gastronómicas criadas pelo nosso Chefe Antonio Nobre Á chegada Casamento M

Leia mais

Caracterização da Região Alentejo Central Zona de Intervenção do Monte

Caracterização da Região Alentejo Central Zona de Intervenção do Monte Caracterização da Região Alentejo Central Zona de Intervenção do Monte Arraiolos, Índice I - Caracterização Geral...3 II - Principais características Sócio-económicas do Território...7 III - Características

Leia mais

Planeamento Mensal de Refeições Receitas disponíveis no Guia de Receitas Encadeadas link "Downloads" www.hortadaformiga.com link "Biblioteca"

Planeamento Mensal de Refeições Receitas disponíveis no Guia de Receitas Encadeadas link Downloads www.hortadaformiga.com link Biblioteca Planeamento Mensal de Refeições Receitas disponíveis no Guia de Receitas Encadeadas link "Downloads" www.hortadaformiga.com link "Biblioteca" www.lipor.pt Batido de Sopa de Espinafres Sopa de Espinafres

Leia mais

Reorganização Administrativa do Território das Freguesias - (RATF)

Reorganização Administrativa do Território das Freguesias - (RATF) Beja Aljustrel Aljustrel Agregação União das freguesias de Aljustrel e Rio de Moinhos Beja Aljustrel Ervidel Sem alteração Beja Aljustrel Messejana Sem alteração Beja Aljustrel Rio de Moinhos Agregação

Leia mais

Concelho / Freguesia Localidade Tipo de Rua / Rua Números Local/Zona Código Postal. Horta Areinha Velha - 9900-011 HORTA

Concelho / Freguesia Localidade Tipo de Rua / Rua Números Local/Zona Código Postal. Horta Areinha Velha - 9900-011 HORTA Concelho / Freguesia Localidade Tipo de Rua / Rua Números Local/Zona Código Postal Horta Areinha Velha - 9900-011 HORTA Horta Loteamento de Santa Bárbara - 9900-013 HORTA 9900-014 HORTA Horta Rua Luís

Leia mais

Relatório Síntese. Estudo de. Identificação dos Produtos Tradicionais com Tipicidade e Potencialidades Económicas

Relatório Síntese. Estudo de. Identificação dos Produtos Tradicionais com Tipicidade e Potencialidades Económicas Relatório Síntese Estudo de Identificação dos Produtos Tradicionais com Tipicidade e Potencialidades Económicas Ficha Técnica Título Estudo de Identificação dos Produtos Tradicionais com Tipicidade e Potencialidades

Leia mais

JANELAS DO FADO PROVE A NOSSA 7,50

JANELAS DO FADO PROVE A NOSSA 7,50 PROVE A NOSSA 7,50 APERITIVOS APERITIVOS Caipirinha 7,50 Porto Calen Velhotes (tawny) 6,00 Porto Real Comp. Velha (Vintage) 12,00 Martini 3,00 Favaios 3,00 Martini com Cerveja 4,50 Favaios com Cerveja

Leia mais

REGIÃO HIDROGRÁFICA DO GUADIANA (RH7)

REGIÃO HIDROGRÁFICA DO GUADIANA (RH7) REGIÃO HIDROGRÁFICA DO GUADIANA (RH7) Junho 2015 Índice Anexo III Fichas de massa de água subterrânea... 5 Código: PTA0x1RH7_C2... 1 Código: PTA0z1RH7_C2... 7 Código: PTA5... 13 Código: PTA9... 23 Código:

Leia mais

Ementa Baptizado. SOBREMESA Gelado misto BAR ABERTO. Gratos pela vossa preferência

Ementa Baptizado. SOBREMESA Gelado misto BAR ABERTO. Gratos pela vossa preferência nº 0 e tinto a copo de garrafa s/ álcool Creme de alho francês Bacalhau c/ natas e gambas Lombo assado c/ champinhons legumes, batatas fritas e arroz seco Gelado misto Macieira Aguardente Branca nº 1 e

Leia mais

EXPORTAÇÃO DE PEQUENA ESCALA: ABORDAGEM AOS MERCADOS INTERNACIONAIS

EXPORTAÇÃO DE PEQUENA ESCALA: ABORDAGEM AOS MERCADOS INTERNACIONAIS EXPORTAÇÃO DE PEQUENA ESCALA: ABORDAGEM AOS MERCADOS INTERNACIONAIS 1.º Encontro Jovem Produtor de Queijo Serra da Estrela Gouveia, 14 de Dezembro de 2011 Enquadramento A aicep Portugal Global Canais de

Leia mais

EMENTA JI "A ÁRVORE" JI "A CEGONHA" Segunda Sopa» Sopa de Legumes Prato» Almôndegas Com Esparguete e Cenoura Ripada Sobremesa» Fruta Da Época

EMENTA JI A ÁRVORE JI A CEGONHA Segunda Sopa» Sopa de Legumes Prato» Almôndegas Com Esparguete e Cenoura Ripada Sobremesa» Fruta Da Época 1 Sopa» Sopa de Legumes Prato» Almôndegas Com Esparguete e Cenoura Ripada Sopa» Creme de Ervilhas Prato» Pescada cozida c/ todos LANCHE» PÃO C/ FIAMBRE E COPO SUMO Sopa» Sopa de Alho Francês Prato» Febras

Leia mais

AS DENOMINAÇÕES DE ORIGEM E AS INDICAÇÕES GEOGRÁFICAS PROTEGIDAS DOS PRODUTOS AGRÍCOLAS E DOS GÉNEROS ALIMENTÍCIOS

AS DENOMINAÇÕES DE ORIGEM E AS INDICAÇÕES GEOGRÁFICAS PROTEGIDAS DOS PRODUTOS AGRÍCOLAS E DOS GÉNEROS ALIMENTÍCIOS AS DENOMINAÇÕES DE ORIGEM E AS INDICAÇÕES GEOGRÁFICAS PROTEGIDAS DOS PRODUTOS AGRÍCOLAS E DOS GÉNEROS ALIMENTÍCIOS 1. DEFINIÇÃO de DENOMINAÇÃO DE ORIGEM PROTEGIDA (DOP) e de INDICAÇÃO GEOGRÁFICA PROTEGIDA

Leia mais

CATÁLOGO DE EXPOSITORES

CATÁLOGO DE EXPOSITORES Porto 2014 CATÁLOGO DE EXPOSITORES Aromáticas e Medicinais 2 Artesanato 3 Associações e outras Instituições 3 Azeite 5 Edições 5 Factores de produção 6 Hortofrutícolas 7 Mercearia 7 Produtos animais 8

Leia mais

Relação de Pratos de nossa Rotisserie. Massas

Relação de Pratos de nossa Rotisserie. Massas Relação de Pratos de nossa Rotisserie Cappeletti de Carne Massas Cappelletti de Calabresa Ravioli de nozes com ricota e uva passa Ravioli de 3 Queijos Ravioloni verde recheado com muzzarela de búfala e

Leia mais

IDENTIDADE E TRADIÇÃO NA DIETA ALIMENTAR PORTUGUESA

IDENTIDADE E TRADIÇÃO NA DIETA ALIMENTAR PORTUGUESA IDENTIDADE E TRADIÇÃO NA DIETA ALIMENTAR PORTUGUESA Ana Firmino "Os hábitos alimentares, a dieta tradicional e os produtos que a integram fazem parte, são elementos importantes dessa identidade cultural.

Leia mais

Levantamento da oferta formativa e das entidades formadoras para o sector agroindustrial no território da Beira Interior

Levantamento da oferta formativa e das entidades formadoras para o sector agroindustrial no território da Beira Interior Levantamento da oferta formativa e das entidades formadoras para o sector agroindustrial no território da Beira Interior P.D. Gaspar (a), V. Felizardo (b), C. Domingues (c), C. Almeida (d), T. Paiva (e),

Leia mais

Economia. Agricultura

Economia. Agricultura Economia Agricultura Depois das célebres Cortes e da extinção da Coutada Real, houve aforamentos que chamaram muitas pessoas. Transformou-se a paisagem rural e agrícola, regularizou-se o Tejo e modernizou-se

Leia mais

NOVA VERSÃO DO PROGRAMA DE ACÇÃO APRESENTADO NA CANDIDATURA À TIPOLOGIA DE EEC OUTROS CLUSTERS

NOVA VERSÃO DO PROGRAMA DE ACÇÃO APRESENTADO NA CANDIDATURA À TIPOLOGIA DE EEC OUTROS CLUSTERS NOVA VERSÃO DO PROGRAMA DE ACÇÃO APRESENTADO NA CANDIDATURA À TIPOLOGIA DE EEC OUTROS CLUSTERS 17 DE MAIO DE 2009 ÍNDICE 1. NOTA DE APRESENTAÇÃO... 4 2. ESTRATÉGIA DE EFICIÊNCIA COLECTIVA... 8 2.1. DIAGNÓSTICO...

Leia mais

Ementa n.º I. Aperitivos Sólidos À Mesa Buffet Doces. Bebidas Aperitivas Batata assada e Legumes da nossa Horta Buffet Frutas

Ementa n.º I. Aperitivos Sólidos À Mesa Buffet Doces. Bebidas Aperitivas Batata assada e Legumes da nossa Horta Buffet Frutas Ementa n.º I Pasteis de Bacalhau Creme Legumes ou Creme de Espargos ou Creme de Marisco Leite creme com Canela Rissois de Camarão *** Pêra Bêbeda Filetes de Pescada Dourados c/ Molho Marisco e Puré de

Leia mais

RESTAURANTE L AND VINEYARDS L AND RESTAURANT

RESTAURANTE L AND VINEYARDS L AND RESTAURANT L AND VINEYARDS Localizado no coração do Alentejo, numa paisagem única definida pela vinha e por um grande lago, o L'AND Vineyards é um "wine resort exclusivo, com apenas 22 suites, que integra a arquitectura

Leia mais

Sobremesas Selecção de Frutas Laminadas ou Salada de Fruta ou Doce da Casa. Bolo de Cerimónia

Sobremesas Selecção de Frutas Laminadas ou Salada de Fruta ou Doce da Casa. Bolo de Cerimónia SUGESTÃO I. Entradas Entradas Frias Salada de Feijão-frade c/ atum, Grão de bico com bacalhau, Patés de atum e de delícias e Orelha de porco com molho verde. Entradas Quentes Rissóis de Camarão, Chamussas

Leia mais

E m e n t a s G r u p o s 2 0 1 5. w w w. a c o r d e o n. p t

E m e n t a s G r u p o s 2 0 1 5. w w w. a c o r d e o n. p t E m e n t a s G r u p o s 2 0 1 5 w w w. a c o r d e o n. p t CONDIÇÕES GERAIS INCLUÍDAS NOS MENUS APRESENTADOS: De entre as opções deverá ser escolhido um prato de peixe e um prato de carne igual para

Leia mais

BéticAaceitera S.C.A.

BéticAaceitera S.C.A. Estamos a producir azeite de oliva e temos as instalaçoes de produção mais modernas e mais actual da Europa. O objetivo é fornecer diretamente da fonte: "NOS ", ao comerciante: "VOCÊS", sem ter que passar

Leia mais

Lista de Produtores do Concelho de Moura

Lista de Produtores do Concelho de Moura Lista de Produtores do Concelho de Moura Produto Produtor Morada Contacto Azeite Azeitona de Mesa Bolos Cotéis Sociedade Agricola, Lda Casa Agrícola Santos Jorge, S.A. Cooperativa Agrícola de Moura e Barrancos,

Leia mais

NATAL TRADICIONAL NATAL EMPRESAS. Reserve já! EM TUDO O QUE É ESSENCIAL!

NATAL TRADICIONAL NATAL EMPRESAS. Reserve já! EM TUDO O QUE É ESSENCIAL! NATAL TRADICIONAL EM TUDO O QUE É ESSENCIAL! SUGESTÕES DE NATAL EMPRESAS Reserve já! www.hfhotels.com/natalempresas2012 Nos Hotéis HF do Porto encontra um leque alargado de opções para que possa reunir

Leia mais

Ordem para Exportar. Estratégia de Internacionalização do setor agroalimentar. Isabel Braga da Cruz Knowledge Division - PortugalFoods

Ordem para Exportar. Estratégia de Internacionalização do setor agroalimentar. Isabel Braga da Cruz Knowledge Division - PortugalFoods Ordem para Exportar Estratégia de Internacionalização do setor agroalimentar Isabel Braga da Cruz Knowledge Division - PortugalFoods III Jornadas em Ciência e Tecnologia Alimentar IPVC Viana do Castelo,

Leia mais

Aplicação para ambiente Windows Base de dados SQL Server

Aplicação para ambiente Windows Base de dados SQL Server 1 de 16 Aplicação para ambiente Windows Base de dados SQL Server 2 de 16 Tabelas que permitem adaptar o software à realidade da empresa. 3 de 16 Gestão de Produtores, Clientes e Sócios Dados Principais

Leia mais

Escola Básica do 1º Ciclo de Vale Figueira EB Miquelina Pombo

Escola Básica do 1º Ciclo de Vale Figueira EB Miquelina Pombo Escola Básica Elias Garcia Escola Básica Miquelina Pombo Escola Básica da Sobreda Escola Básica do 1º Ciclo de Vale Figueira EB Miquelina Pombo A Escola Básica do 1º Ciclo de Vale Figueira nº 1 (E.B. Miquelina

Leia mais

Tenha a certeza que o seu evento sera único no NEYA Lisboa Hotel.

Tenha a certeza que o seu evento sera único no NEYA Lisboa Hotel. Menus de NATAL A Gastronomia Mediterrânica é caracterizada pelos seus benefícios, e por isso, os nossos MENUS são baseados em produtos matriz como o azeite, o peixe, as ervas, o pão, o vinho e os temperos

Leia mais

ORIENTAÇÃO NUTRICIONAL PARA DIABETES. Elaboração de conteúdo: Equipe de Nutrição

ORIENTAÇÃO NUTRICIONAL PARA DIABETES. Elaboração de conteúdo: Equipe de Nutrição ORIENTAÇÃO NUTRICIONAL PARA DIABETES Elaboração de conteúdo: Equipe de Nutrição PRINCÍPIOS GERAIS PARA MANUTENÇÃO DA GLICEMIA (GLICOSE NO SANGUE) ADEQUADA: Perder peso, se estiver acima do adequado. Fazer

Leia mais

Iniciativa integrada na feira: AGRO I&DT

Iniciativa integrada na feira: AGRO I&DT Iniciativa integrada na feira: AGRO I&DT ORGANIZAÇÃO O espaço AGRO I&DT, integrado na 1ª edição da feira Portugal Agro 2014, consistiu numa iniciativa conjunta da Rede INOVAR e da Direcção Regional de

Leia mais

LISTA DE SUBSTITUIÇÃO DOS ALIMENTOS

LISTA DE SUBSTITUIÇÃO DOS ALIMENTOS LISTA DE SUBSTITUIÇÃO DOS ALIMENTOS VEGETAIS FOLHOSOS CONSUMO À VONTADE Acelga, agrião, aipo, alface, alcachofra, almeirão, broto de bambu, cogumelo, couve, couve-de-bruxelas, escarola, mostarda, palmito,

Leia mais

COCKTAIL BOAS-VINDAS

COCKTAIL BOAS-VINDAS KIT BANQUETES 2015 COCKTAIL BOAS-VINDAS Duração: 45 minutos Sugestão I Moscatel, sumo de laranja natural Espumante e água mineral Frutos secos e batata chips 5 por pessoa Sugestão II Moscatel, Porto seco,

Leia mais

Condições de Acesso da Empresa e do Produto

Condições de Acesso da Empresa e do Produto Condições de Acesso da Empresa e do Produto 1. Condições de Elegibilidade da Empresa A empresa candidata à atribuição do selo Portugal Sou Eu deve observar as seguintes condições de elegibilidade: a) Encontrar-se

Leia mais

O Impacto das DOP/IGP na Fileira

O Impacto das DOP/IGP na Fileira O Impacto das DOP/IGP na Fileira DENOMINAÇÃO SOCIAL FELBA Promoção das Frutas e Legumes da Beira Alta, A.C.E. ESTRUTURA JURÍDICA 7 Novembro de 2007 Agrupamento Complementar de Empresas Inicio de actividade:

Leia mais

e C e i a s d e N a t a l

e C e i a s d e N a t a l MENUS DE NATAL 2013 J a ntares de Grupo e C e i a s d e N a t a l *encomendas para um mínimo de 10 pessoas MENUS DE NATAL Jantares de Grupo Menus De Natal para Grupos MENU MIRRA ENTRADA - Sopa de tomate

Leia mais

CHESTER SALTEADO DE AMEIXA E PÊSSEGO

CHESTER SALTEADO DE AMEIXA E PÊSSEGO OUTRAS RECEITAS CHESTER SALTEADO DE AMEIXA E PÊSSEGO 2 colheres (sopa) de suco de pêssego pronto para beber 2 colheres (sopa) de azeite de oliva 2 colheres (sopa) de alecrim picado 2 colheres (sopa) de

Leia mais

www.500receitasparaemagrecer.com.br SUPER 9 DIETAS 500 Receitas para Emagrecer Dicas Dietas sobre Metabolismo

www.500receitasparaemagrecer.com.br SUPER 9 DIETAS 500 Receitas para Emagrecer Dicas Dietas sobre Metabolismo SUPER 9 DIETAS Esta dieta é baseada principalmente na ingestão de alimentos que aumentam a densidade nutricional e diminuir a densidade calórica. É uma das dietas mais equilibradas, uma vez que não se

Leia mais

CONCLUSÕES GERAIS E PROPOSTAS DE ACÇÃO

CONCLUSÕES GERAIS E PROPOSTAS DE ACÇÃO CONCLUSÕES GERAIS E PROPOSTAS DE ACÇÃO NO ÂMBITO DO ESTUDO DE MERCADO SOBRE A UTILIZAÇÃO DE PRODUTOS TÍPICOS PORTUGUESES NA HOTELARIA E RESTAURAÇÃO PORTUGUESA JULHO 2014 INDÍCE I. ENQUADRAMENTO... 2 II.

Leia mais

CABAZ NÍVEL 1. 2 Pac. 1 Pac. 2 Pac. 2 Pac. 2 Pac. 5 Pac. 1 Und. 2 Pac. 2 Pac.

CABAZ NÍVEL 1. 2 Pac. 1 Pac. 2 Pac. 2 Pac. 2 Pac. 5 Pac. 1 Und. 2 Pac. 2 Pac. CABAZ NÍVEL Baú Whisky Velho Swing Whisky J&B 5y Cognac Bisquit Classic Aguardente Relíquia Brandy Croft Cinzano Bianco Champagne Moet & Chandon Vinho do Porto Quinta do Porto Pickles Leite condensado

Leia mais

Caros Clientes, informamos que:

Caros Clientes, informamos que: Caros Clientes, informamos que: Dear Customers, we inform you that: Neste estabelecimento não existe multibanco. In this establishment, there is no ATM. Existe livro de reclamações. There is a complaint

Leia mais

Leite de Cabra Departamento de Ciências Econômicas UFSJ. Orientador.: Prof. Ívis Bento de Lima

Leite de Cabra Departamento de Ciências Econômicas UFSJ. Orientador.: Prof. Ívis Bento de Lima Leite de Cabra Departamento de Ciências Econômicas UFSJ Orientador.: Prof. Ívis Bento de Lima Leite de Cabra Uma função social no Município de Coronel Xavier Chaves Aluno: Alexandre Rodrigues Loures A

Leia mais

Intercooperação para Acesso a Mercados

Intercooperação para Acesso a Mercados Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Secretaria de Desenvolvimento Agropecuário e Cooperativismo Departamento de Cooperativismo e Associativismo Rural Intercooperação para Acesso a Mercados

Leia mais

ADERE - ASSOCIAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DAS REGIÕES DO PARQUE NACIONAL DA PENEDA GERÊS

ADERE - ASSOCIAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DAS REGIÕES DO PARQUE NACIONAL DA PENEDA GERÊS A RELHA - COOPERATIVA DE SERVIÇOS, CRL Lugar da Cruz - Soutelo 4730-577 Vila Verde Tel.: 253319691 Fax: 253319693 Email: geral@relha.com reas de Projecto: Gestão e Qualidade, Ambiente, Segurança e Saúde

Leia mais

Pesquisa sobre oportunidades no fornecimento de produtos do agronegócio no segmento de Refeições Fora do Lar. Especialistas em Pequenos Negócios

Pesquisa sobre oportunidades no fornecimento de produtos do agronegócio no segmento de Refeições Fora do Lar. Especialistas em Pequenos Negócios Pesquisa sobre oportunidades no fornecimento de produtos do agronegócio no segmento de Refeições Fora do Lar Especialistas em Pequenos Negócios 1 Apoio 2 2013 Público de Bares, restaurantes e afins Nível

Leia mais

Menus à la Carte (Escolha de uma entrada, um ou dois pratos principais e uma sobremesa)

Menus à la Carte (Escolha de uma entrada, um ou dois pratos principais e uma sobremesa) Menus à la Carte (Escolha de uma entrada, um ou dois pratos principais e uma sobremesa) Entradas Carpacio de novilho Com rúcula r, lascas de parmesão, azeite extra virgem e flor de sal 8,50 Folhadinho

Leia mais

LINHA TRADICIONAL. Arroz, cenoura, cebola, presunto, vagem, passas, manteiga, óleo e sal. Feijão, bacon, cebola, óleo e sal.

LINHA TRADICIONAL. Arroz, cenoura, cebola, presunto, vagem, passas, manteiga, óleo e sal. Feijão, bacon, cebola, óleo e sal. LINHA TRADICIONAL ACOMPANHAMENTOS ARROZ À GREGA FEIJÃO FEIJÃO TROPEIRO PURÊ DE BATATA AVES FILÉ DE FRANGO À PARMEGIANA ESCONDIDINHO DE FRANGO STROGONOFF DE FRANGO FRANGO A MODA CAIPIRA FRANGO ASSADO FRANGO

Leia mais

JBS S.A. CNPJ nº 02.916.265/0001-60 NIRE 35.300.330.587 Companhia Aberta de Capital Autorizado FATO RELEVANTE

JBS S.A. CNPJ nº 02.916.265/0001-60 NIRE 35.300.330.587 Companhia Aberta de Capital Autorizado FATO RELEVANTE JBS S.A. CNPJ nº 02.916.265/0001-60 NIRE 35.300.330.587 Companhia Aberta de Capital Autorizado FATO RELEVANTE A JBS S.A. ( JBS ), em atendimento ao disposto na Instrução CVM 358/02, comunica aos seus acionistas

Leia mais

PORTUGAL. O Melhor de. O que é realmente importante para si? n.4 DEZEMBRO 2010. Então, venha conhecer o MELHOR DE PORTUGAL!

PORTUGAL. O Melhor de. O que é realmente importante para si? n.4 DEZEMBRO 2010. Então, venha conhecer o MELHOR DE PORTUGAL! O Melhor de PORTUGAL REVISTA DA RESPONSABILIDADE DO CLUBE DE PRODUTORES n.4 DEZEMBRO 2010 O que é realmente importante para si? O tradição da Ceia de Natal? O cremoso sabor dos Queijos Regionais? A suculencia

Leia mais

Axis Vermar Conference & Beach Hotel O SEU EVENTO COM MOMENTOS A VER KIT BANQUETES

Axis Vermar Conference & Beach Hotel O SEU EVENTO COM MOMENTOS A VER KIT BANQUETES Axis Vermar Conference & Beach Hotel O SEU EVENTO COM MOMENTOS A VER O MAR KIT BANQUETES ÍNDICE Aperitivos pág. 3 Buffets pág. 5 Menús. pág 7 Suplementos pág. 9 Condições.. Pág. 11 APERITIVOS MENÚ A MENÚ

Leia mais

Programa ERASMUS+ - Ação 1

Programa ERASMUS+ - Ação 1 Programa ERASMUS+ - Ação 1 Resultados de Seleção 2015 Ensino Superior Mobilidades para Aprendizagem Número de candidatura Nome da instituição Endereço da instituição Subvenção atribuída Estatuto 2015-1-PT01-KA103-012420

Leia mais

Associativismo e cooperativismo na Andaluzia e Múrcia - Caso de estudo. 05 de Fevereiro de 2013

Associativismo e cooperativismo na Andaluzia e Múrcia - Caso de estudo. 05 de Fevereiro de 2013 1 Associativismo e cooperativismo na Andaluzia e Múrcia - Caso de estudo Razões da escolha 2 Proximidade cultural e geográfica; Andaluzia: região com maior nº de cooperativas e representando o maior volume

Leia mais

Tabela de calorias dos alimentos. Descricão Média g/ml calorias

Tabela de calorias dos alimentos. Descricão Média g/ml calorias achocolatado c/ leite integral achocolatado c/ chantilly 1 xic. (grande) 2 água água de coco café s/ açúcar 1 xic. (café) caipirinha de vodka cerveja chá (s/ açúcar) 1 xic. (chá) chá-mate (s/ açúcar) 1

Leia mais

plano de ação, auditoria- Relatório. Visita à escola Validação da qualidade do Programa Eco-Escolas anualm ente cada 3 anos

plano de ação, auditoria- Relatório. Visita à escola Validação da qualidade do Programa Eco-Escolas anualm ente cada 3 anos Validação da qualidade do Programa Eco-Escolas anualm ente cada 3 anos plano de ação, auditoria- Relatório. Visita à escola Visitas às escolas em parceria com serviços regionais dos Ministérios da Educação

Leia mais