CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE RESTAURAÇÃO VERTENTE RESTAURANTE - BAR

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE RESTAURAÇÃO VERTENTE RESTAURANTE - BAR"

Transcrição

1 CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE RESTAURAÇÃO VERTENTE RESTAURANTE - BAR Planificação anual de Tecnologia Alimentar 10.ºano 01/013 Turma: 10.º N Professora: Madalena Tavares - Estrutura e Finalidades da disciplina Esta disciplina pretende dotar os alunos de informações técnicas complementares nos domínios da Segurança e Higiene, da Nutrição e Técnicas de Conservação dos Alimentos. Os conhecimentos de microbiologia, de HACCP e das regras de equilíbrio alimentar são essenciais para a adoção de atitudes e comportamentos adequados em contexto de trabalho. Numa lógica de integração e de articulação dos diversos saberes, será fundamental que o espaço ocupado por esta disciplina integre momentos de planificação conjunta de complementaridades, designadamente com as unidades de formação/domínios de natureza técnica e prática estruturantes da qualificação profissional visada na respetiva matriz curricular. A disciplina tem uma carga horária total de 90 horas, encontrando-se organizada em quatro módulos independentes: Módulo 1: Alimentação Racional 1 horas Pretende-se com este módulo que os alunos identifiquem as funções de cada nutriente e os alimentos que os contêm; os cuidados a ter com a alimentação; a sua importância para o organismo humano e as doenças diretamente relacionadas com a mesma. Estes aspetos revestem-se de grande importância para o profissional da restauração na elaboração de planos alimentares específicos para determinados grupos. Neste módulo, serão ainda abordados os processos de transformação dos alimentos e os aditivos alimentares adicionados aos mesmos. Serão também analisados e interpretados os rótulos alimentares. LARGO PROF. EGAS MONIZ APARTADO LAGOS TELEFONE: TELEFAX:

2 01 / 013 Módulo : Segurança e Higiene 36 horas Pretende-se com este módulo que os alunos identifiquem e analisem alguns princípios de prevenção dos riscos profissionais associados à profissão de Técnico de Restauração. Através da análise da influência do mundo microbiano e a sua incidência nos alimentos frescos, transformados e confecionados, pretende-se que os alunos identifiquem as principais causas de toxinfeções alimentares, que adotem comportamentos de minimização do risco e que conheçam os modos de atuação em caso de intoxicação coletiva. Para tal, deverão ainda conhecer os princípios do HACCP e identificar os pontos críticos de controlo e as formas de atuação. Módulo 3: Informação Turística 1 horas Neste módulo é feita uma breve abordagem à história do turismo a nível mundial e estabelecem-se pontes com a atualidade, mencionando os principais recursos turísticos colocados ao nosso dispor. Neste contexto, identificam-se as principais formas de turismo e descrevem-se as funções dos intervenientes nesta atividade, quer sejam públicos ou privados. A análise dos principais dados estatísticos relacionados com o turismo permitirá aos alunos avaliar, não só a importância do turismo na sociedade e na economia, como também a importância da qualidade e sustentabilidade do turismo em Portugal e no estrangeiro. Módulo : Legislação Hoteleira 1 horas No módulo de Legislação Hoteleira apresentam-se as principais leis relacionadas com o setor da hotelaria e restauração, nomeadamente a classificação, funcionamento e licenciamento dos estabelecimentos hoteleiros, legislação laboral, entre outros. Pretende-se, deste modo, que a interpretação de documentos legais pelos alunos seja feita de forma correta com consequências úteis para o futuro profissional. LARGO PROF. EGAS MONIZ APARTADO LAGOS TELEFONE: TELEFAX: de 6

3 01 / Planificação O referencial de formação poderá ser consultado na formação técnica do curso profissional de Técnico de Restauração, do item programas no sítio da Agência Nacional para a Qualificação - A planificação seguinte foi aprovada pelo Agrupamento de Biologia e Geologia em 03 de outubro de 01. LARGO PROF. EGAS MONIZ APARTADO LAGOS TELEFONE: TELEFAX: de 6

4 01 / 013 Período Tópicos Programáticos N.º de tempos (5 min) 1.º Período De 17/09 a 1/1 Previstos 50 tempos de 5 minutos = 37,5 horas Módulo 1: Alimentação Racional tempos (1 h) 1. Alimentação Racional 1.1. Principais regras alimentares 1.. A nova roda dos alimentos 1.3. Cálculo do peso ideal e Índice de Massa Corporal. Constituintes alimentares.1. Identificação e função dos nutrientes.. Aditivos alimentares.3. Produtos transformados 3. Análise alimentar 3.1. Análise e interpretação de rótulos de alimentos e bebidas 3.. Cálculo calórico e nutricional dos alimentos (1 Teste + Ficha/Trabalho/Relatório) Módulo : Segurança e Higiene 6 tempos (19,5 h) 1. Perigos e riscos de trabalho. Situações em diferentes atividades e casos concretos da restauração.. Medidas preventivas e corretivas para situações identificadas. 3. Medidas de prevenção, proteção e controlo de riscos 3.1. Medidas construtivas técnicas 3.. Medidas organizacionais 3.3. Proteção individual (EPI). Sinalética de utilização de equipamento, de risco e emergência 5. Tipos de higiene 5.1. Higiene pessoal 5.. Higiene das instalações e equipamentos 5.3. Materiais adequados 5.. Limpeza e desinfeção 6. Higiene dos alimentos 6.. Controlo de qualidade 6.5. Métodos de controlo de qualidade 6.6. Autocontrolo 6.7. HACCP (1 Testes + Fichas/Trabalhos/Relatórios) 6 6 LARGO PROF. EGAS MONIZ APARTADO LAGOS TELEFONE: TELEFAX: de 6

5 01 / 013 Período Tópicos Programáticos N.º de tempos (5 min).º Período De 03/01 a 15/03 Previstos 0 tempos de 5 minutos = 30 horas Módulo : Segurança e Higiene (cont.) tempos (16,5 h) 6. Higiene dos alimentos 6.1. Controlo de pragas 6.. Fatores de desenvolvimento de bactérias, bolores e micróbios 6.3. Tipos de contaminações 7. Toxinfecções alimentares 1. Segurança das instalações e equipamentos 1 9. Microrganismos patogénicos contaminantes dos alimentos e fatores que influenciam o seu crescimento. 10. Regras de higiene na manipulação dos alimentos. 11. Procedimento em caso de suspeita de intoxicação alimentar coletiva. 1. Princípios básicos da norma HACCP Código de Boas Práticas de Higiene na Restauração. 1. Medidas corretivas simples e propostas de ações de melhoria. (1 Teste + Fichas/Trabalhos/Relatórios) Módulo 3: Informação Turística 1 tempos (13,5 h) 1. História do turismo 1. Recursos turísticos 3. Tipos de turismo. Empresas turísticas 5. Principais destinos nacionais e internacionais 6. Impacto do turismo na economia e ambiente (1 Teste + 1 Fichas/Trabalhos/Relatórios) LARGO PROF. EGAS MONIZ APARTADO LAGOS TELEFONE: TELEFAX: de 6

6 01 / 013 Período Tópicos Programáticos N.º de tempos (5 min) Módulo 3: Informação Turística 6 tempos (,5 h) 7. Turismo sustentável. Análise estatística 1 9. Terminologia 1 3.º Período De 3/0 a /05 Previstos 30 tempos de 5 minutos =,5h (1 Fichas/Trabalhos/Relatórios) Módulo : Legislação Hoteleira tempos (1 h) 1. Caracterização legal do setor Classificação dos estabelecimentos hoteleiros e similares 1.. Órgãos de poder no turismo. Licenciamento dos estabelecimentos hoteleiros e similares.1. Processo de licenciamento.. Sinalética 3. Livro de reclamações 1. Legislação laboral.1. Contratos de trabalho.. Categorias profissionais.3. Direitos e deveres (1 Teste + Ficha/Trabalho/Relatório) 7 LARGO PROF. EGAS MONIZ APARTADO LAGOS TELEFONE: TELEFAX: de 6

Planificação anual de Gestão e Controlo. 10ºAno

Planificação anual de Gestão e Controlo. 10ºAno CURSO PROFISSIONAL TÉCNICO DE COZINHA E PASTELARIA Turma: 10º H Planificação anual de Gestão e Controlo Professor: Ana Paula Santana 10ºAno 2016-2017 1 - Estrutura e Finalidades da disciplina A disciplina

Leia mais

REFERENCIAL DE FORMAÇÃO

REFERENCIAL DE FORMAÇÃO REFERENCIAL DE FORMAÇÃO Características Gerais Área de Educação e Formação Curso Profissional Saída Profissional Nível de Formação Modalidade de Formação Legislação Duração Certificação Equivalência Escolar

Leia mais

CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO AUXILIAR DE SAÚDE Planificação anual de Gestão e Organização dos Serviços e Cuidados de Saúde (GOSCS) - 12ºano 2013/2014

CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO AUXILIAR DE SAÚDE Planificação anual de Gestão e Organização dos Serviços e Cuidados de Saúde (GOSCS) - 12ºano 2013/2014 CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO AUXILIAR DE SAÚDE Planificação anual de Gestão e Organização dos Serviços e Cuidados de Saúde (GOSCS) - 12ºano 2013/2014 Turmas: 12º F Professora: Anabela Navarro 1 - Estrutura

Leia mais

CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO AUXILIAR DE SAÚDE Planificação anual de Higiene, Segurança e Cuidados Gerais- 10ºano

CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO AUXILIAR DE SAÚDE Planificação anual de Higiene, Segurança e Cuidados Gerais- 10ºano CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO AUXILIAR DE SAÚDE Planificação anual de Higiene, Segurança e Cuidados Gerais- 10ºano Turmas: 10ºI Professora: Susana Borges 1 - Estrutura e Finalidades da disciplina A disciplina

Leia mais

Curso Vocacional de Turismo e Restauração Higiene e Nutrição / 3º Ciclo Planificação a Longo Prazo

Curso Vocacional de Turismo e Restauração Higiene e Nutrição / 3º Ciclo Planificação a Longo Prazo Agrupamento de Escolas General Humberto Delgado Sede na Escola Secundária/3 José Cardoso Pires Santo António dos Cavaleiros Curso Vocacional de Turismo e Restauração Higiene e Nutrição / 3º Ciclo Planificação

Leia mais

SEGURANÇA ALIMENTAR: UMA EXIGÊNCIA DO CONSUMIDOR

SEGURANÇA ALIMENTAR: UMA EXIGÊNCIA DO CONSUMIDOR SEGURANÇA ALIMENTAR: UMA EXIGÊNCIA DO CONSUMIDOR Apresentação denominação APHORT Associação Portuguesa de Hotelaria, Restauração e Turismo Uma organização associativa, tal como as empresas de que emana

Leia mais

Curso de Especialista em Dietética, Nutrição e Segurança Alimentar para Restaurantes

Curso de Especialista em Dietética, Nutrição e Segurança Alimentar para Restaurantes Alimentar para Restaurantes 2 créditos - 50 horas letivas Formação Online A Academia de formação AHRESP tem como objetivo profissionalizar o setor da restauração e hotelaria ao nível gastronómico e empresarial.

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. JOÃO V ESCOLA SECUNDÁRIA c/ 2º e 3º CICLOS D. JOÃO V

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. JOÃO V ESCOLA SECUNDÁRIA c/ 2º e 3º CICLOS D. JOÃO V Informações aos Encarregados de Educação do trabalho a realizar no: 5º Ano Ciências Naturais Ano Letivo 2015/2016 1. Aulas previstas: Aulas (*) 5º1ª 5º2ª 5º3ª 5º4ª 1º Período: 21 de Setembro - 17 de Dezembro

Leia mais

CURSO CIENTÍFICO HUMANÍSTICO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIAS Planificação anual de Biologia e Geologia - 10ºano 2016/2017

CURSO CIENTÍFICO HUMANÍSTICO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIAS Planificação anual de Biologia e Geologia - 10ºano 2016/2017 Agrupamento de Escolas Júlio Dantas 1515 2016/2017 Turmas B e C. Professor (es): Fernando Ribeiro e Maria Nazaré Quitéria. 1 - Estrutura e Finalidades da disciplina A disciplina de Biologia e Geologia

Leia mais

CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE APOIO À INFÂNCIA Planificação Anual

CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE APOIO À INFÂNCIA Planificação Anual Planificação Anual Disciplina: TÉCNICA PEDAGÓGICA E INTERVENÇÃO EDUCATIVA Turma 12ºH Professora: Carla Amaral 1 - Estrutura e Finalidades da disciplina A disciplina de Técnica Pedagógica e Intervenção

Leia mais

Unidades curriculares disponíveis para Programa IPL60+ 1º Semestre Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar

Unidades curriculares disponíveis para Programa IPL60+ 1º Semestre Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar Unidades curriculares disponíveis para Programa IPL60+ Semestre 16-17 Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar Animação Turística Inglês para Animação I Introdução ao Turismo Comunicação e Desenvolvimento

Leia mais

Fundamentos do Turismo 60 Gestão de Meios de Hospedagem. Linguagem e Comunicação 20. Relações Interpessoais 20. Informátiva Básica 40.

Fundamentos do Turismo 60 Gestão de Meios de Hospedagem. Linguagem e Comunicação 20. Relações Interpessoais 20. Informátiva Básica 40. Curso Técnico (Concomitante/Subsequente) em Hospedagem Nome do Curso Técnico em Hospedagem CÂMPUS GAROPABA MATRIZ CURRICULAR Módulo/Semestre 1 Carga horária total: 260 Fundamentos do Turismo 60 Gestão

Leia mais

CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO AUXILIAR DE SAÚDE Planificação anual de HSCG - 11ºano 2015/16

CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO AUXILIAR DE SAÚDE Planificação anual de HSCG - 11ºano 2015/16 CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO AUXILIAR DE SAÚDE Planificação anual de HSCG - 11ºano 2015/16 Turma: K Professora: Maria de Fátima Martinho 1 - Estrutura e Finalidades da disciplina A disciplina de Higiene,

Leia mais

DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS

DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS Planificação Anual da Disciplina de Serviços de cozinha e pastelaria 10 º ano Ano Letivo de 2016/2017 Manual adotado: Domínios e Objetivos Sequências/Conteúdos

Leia mais

CURSO DE MANIPULAÇÃO DE ALIMENTOS COM ENFASE EM BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO DE ALIMENTOS

CURSO DE MANIPULAÇÃO DE ALIMENTOS COM ENFASE EM BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO DE ALIMENTOS CURSO DE MANIPULAÇÃO DE ALIMENTOS COM ENFASE EM BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO DE ALIMENTOS Número de vagas: mínimo 20 e máximo 40 alunos Carga Horária: 20 horas (sendo 15 horas teórico-prático e 05 horas

Leia mais

NORMAS REGULAMENTARES DA LICENCIATURA EM GESTÃO HOTELEIRA

NORMAS REGULAMENTARES DA LICENCIATURA EM GESTÃO HOTELEIRA NORMAS REGULAMENTARES DA LICENCIATURA EM GESTÃO HOTELEIRA Artigo 1. (Objetivo) As presentes normas regulamentares estabelecem as regras de funcionamento da Licenciatura em Gestão Hoteleira. Artigo 2. (Condições

Leia mais

Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho

Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho ESCOLA BÁSICA E INTEGRADA DE ANGRA DO HEROÍSMO Ano Letivo 2016/2017 PLANIFICAÇÃO Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho PROFIJ Nível II, Tipo 2 2ºano Curso Operador de Informática ENQUADRAMENTO LEGAL Portaria

Leia mais

Ciências Naturais 6º ano

Ciências Naturais 6º ano Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Escola E.B. 2,3 Dr. António Chora Barroso Ciências Naturais 6º ano Planificação a Longo Prazo 2013/2014 Planificação, finalidades e avaliação Grupo Disciplinar

Leia mais

18,19, 25 e 29 de Maio de Ação de Formação: Qualificação de Auditores Internos do Sistema HACCP (2ª edição)

18,19, 25 e 29 de Maio de Ação de Formação: Qualificação de Auditores Internos do Sistema HACCP (2ª edição) Ação de Formação: Qualificação de Auditores Internos do Sistema HACCP (2ª edição) 18,19, 25 e 29 de Maio de 2015 Rua Direita, nº 351 4450-652 Matosinhos www.bioconnection.pt ENQUADRAMENTO A segurança alimentar

Leia mais

Centro de Educação Superior do Oeste - CEO

Centro de Educação Superior do Oeste - CEO CURSO: Engenharia de Alimentos ANO/SEMESTRE: 2012/1 DISCIPLINA: Higiene e Legislação de FASE: 6ª (6HGLA) Alimentos CARGA HORÁRIA 36 h/a TURNO: Vespertino PROFESSOR(A): Marlene Gomes Pereira CRÉDITOS: 02

Leia mais

Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho

Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho ESCOLA BÁSICA E INTEGRADA DE ANGRA DO HEROÍSMO Ano Letivo 2016/2017 PLANIFICAÇÃO Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho PROFIJ Nível II, Tipo 2 1ºano Curso Acompanhante de Crianças ENQUADRAMENTO LEGAL

Leia mais

CURSO PROFISSIONAL DE CONTABILIDADE Planificação anual de Contabilidade Geral e Analítica. 12ºano

CURSO PROFISSIONAL DE CONTABILIDADE Planificação anual de Contabilidade Geral e Analítica. 12ºano CURSO PROFISSIONAL DE CONTABILIDADE Planificação anual de Contabilidade Geral e Analítica Turmas I Professora: Célia Ventura 12ºano 1 - Estrutura e Finalidades da disciplina Componente da formação Técnica;

Leia mais

Gestão Operacional de Redes Hoteleiras: Conceitos e Boas Práticas Objetivos Gerais Este curso pretende dotar os participantes de conhecimentos e competências das boas práticas na área do turismo e hotelaria.

Leia mais

9º Ano E agora? PRINCIPAIS PERCURSOS POSSÍVEIS

9º Ano E agora? PRINCIPAIS PERCURSOS POSSÍVEIS 9º Ano E agora? PRINCIPAIS PERCURSOS POSSÍVEIS 9º Ano E agora? 1 - CURSOS CIENTÍFICO-HUMANÍSTICOS Vocacionados para o prosseguimento de estudos Duração de 3 anos 10º, 11º e 12ºanos Sujeitos a 4 eames nacionais:

Leia mais

Planificação anual de Economia A -10º ano Ano lectivo 2015/2016 Página 1

Planificação anual de Economia A -10º ano Ano lectivo 2015/2016 Página 1 CURSO CIÊNCIAS ECONÓMICAS E SOCIAIS DISCIPLINA: ECONOMIA A-10º PLANIFICAÇÃO ANUAL 2015-2016 MATRIZ DE CONTEÚDOS E DE PROCEDIMENTOS CONTEÚDOS PROCEDIMENTOS TEMPOS LETIVOS DE 45M Módulo Inicial A importância

Leia mais

Informação-Exame de Equivalência à disciplina de: Ciências da Natureza

Informação-Exame de Equivalência à disciplina de: Ciências da Natureza Informação-Exame de Equivalência à disciplina de: Ciências da Natureza 2º Ciclo do Ensino Básico Ano letivo de 2011/12 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova de exame

Leia mais

Elenco Modular. Técnico de Restauração - Turma A - 14/17. 1º Ano Componente Sociocultural Português

Elenco Modular. Técnico de Restauração - Turma A - 14/17. 1º Ano Componente Sociocultural Português 1º Ano Componente Sociocultural 375 375 Português 100 100 M1 Textos de Carácter Autobiográfico M2 Textos Expressivos e Criativos e Textos Poéticos M3 Textos dos Media I M4 Textos Narrativos / Descritivos

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: TURISMO NOVA IGUAÇU Missão Formar profissionais humanistas, críticos, reflexivos, capacitados para planejar, empreender e gerir empresas turísticas, adaptando-se ao mercado,

Leia mais

Centro de Educação Superior do Oeste - CEO

Centro de Educação Superior do Oeste - CEO CURSO: Engenharia de Alimentos ANO/SEMESTRE: 2012/1 DISCIPLINA: Higiene, Legislação e FASE: 7ª (HLSA) Segurança Alimentar CARGA HORÁRIA 60 h/a TURNO: Vespertino PROFESSOR(A): Marlene Gomes Pereira CRÉDITOS:

Leia mais

1) A selecção do método mais adequado para a conservação de alimentos, depende de factores ambientais e de factores intrínsecos ao próprio alimento. I

1) A selecção do método mais adequado para a conservação de alimentos, depende de factores ambientais e de factores intrínsecos ao próprio alimento. I 1) Quais as condições para que ocorra doença por via da acção de agentes biológicos? 2) Qual a diferença entre intoxicação e infecção alimentar? 3) Quais os microrganismos mais frequentemente considerados

Leia mais

Diretor de Operações em Restauração

Diretor de Operações em Restauração 250 horas letivas A Academia de formação AHRESP tem como objetivo profissionalizar o setor da restauração e hotelaria ao nível gastronómico e empresarial. Academia AHRESP Uma porta aberta para o mundo

Leia mais

CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE VENDAS

CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE VENDAS CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE VENDAS Turma, J Planificação anual de: VENDER Ano Letivo 2014/2015 Professor: Jaime Murta 11.ºAno 1 - Estrutura e Finalidades da disciplina A disciplina de Vender integra

Leia mais

REFERENCIAL DE ANÁLISE DE MÉRITO DO PROJETO AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS

REFERENCIAL DE ANÁLISE DE MÉRITO DO PROJETO AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS REFERENCIAL DE ANÁLISE DE MÉRITO DO PROJETO AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS PRIORIDADE DE INVESTIMENTO: INVESTIMENTO NA CONSERVAÇÃO, PROTECÇÃO, PROMOÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO PATRIMÓNIO CULTURAL

Leia mais

CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO E AMBIENTE PLANO DE ESTUDOS

CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO E AMBIENTE PLANO DE ESTUDOS CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO E AMBIENTE PLANO DE ESTUDOS Componentes de Formação Componente de Formação Sociocultural Português (b) Língua Estrangeira I ou II (c) Área

Leia mais

Curso Vocacional 2º ciclo Planificação Anual

Curso Vocacional 2º ciclo Planificação Anual Agrupamento de Escolas General Humberto Delgado Sede na Escola Secundária/3 José Cardoso Pires Santo António dos Cavaleiros Curso Vocacional 2º ciclo Planificação Anual 2015-2016 CIÊNCIAS NATURAIS METAS

Leia mais

A OFERTA DA DIETA MEDITERRANICA NA RESTAURAÇÃO DA REGIÃO DO ALGARVE AIHSA, Associação dos Industriais Hoteleiros e Similares do Algarve

A OFERTA DA DIETA MEDITERRANICA NA RESTAURAÇÃO DA REGIÃO DO ALGARVE AIHSA, Associação dos Industriais Hoteleiros e Similares do Algarve A OFERTA DA DIETA MEDITERRANICA NA RESTAURAÇÃO DA REGIÃO DO ALGARVE Índice Breve enquadramento sobre o sector da restauração no Algarve Principal objectivos do estudo Versão check list para o trabalho

Leia mais

Curso Técnico Subsequente em Eventos CÂMPUS FLORIANÓPOLIS-CONTINENTE MATRIZ CURRICULAR. Módulo 1

Curso Técnico Subsequente em Eventos CÂMPUS FLORIANÓPOLIS-CONTINENTE MATRIZ CURRICULAR. Módulo 1 Curso Técnico Subsequente em Eventos CÂMPUS FLORIANÓPOLIS-CONTINENTE MATRIZ CURRICULAR Módulo 1 Unidades Curriculares Fundamentos de Hospitalidade e Turismo (modalidade: ensino à distância) Fundamentos

Leia mais

REFERENCIAL DE RVCC PROFISSIONAL

REFERENCIAL DE RVCC PROFISSIONAL REFERENCIAL DE RVCC PROFISSIONAL Código e Designação da Qualificação 811311 - Empregado/a de Restaurante/Bar Nível de qualificação do QNQ: 2 Nível de qualificação do QEQ: 2 Unidades de Competencia (UC)

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/201 PLANIFICAÇÃO ANUAL Documento(s) Orientador(es): Programas e Metas Curriculares do Ensino Básico 2º CICLO CIÊNCIAS NATURAIS º ANO TEMAS/DOMÍNIOS

Leia mais

Agrupamento de Escolas Júlio Dantas

Agrupamento de Escolas Júlio Dantas Agrupamento de Escolas Júlio Dantas Proposta de Oferta Formativa 2016/2017* Largo Prof Egas Moniz, Apartado 302 8601 904 Lagosl Telefone: 282 770 990 Email: info @ aejd.pt http://www.aejd.pt/ * A abertura

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL TRATADOR/A DE ANIMAIS EM CATIVEIRO

PERFIL PROFISSIONAL TRATADOR/A DE ANIMAIS EM CATIVEIRO PERFIL PROFISSIONAL TRATADOR/A DE ANIMAIS EM CATIVEIRO Publicação e atualizações Publicado no Despacho n.º13456/2008, de 14 de Maio, que aprova a versão inicial do Catálogo Nacional de Qualificações. PERFIL

Leia mais

REFERENCIAL DE ANÁLISE DE MÉRITO DO PROJETO AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS

REFERENCIAL DE ANÁLISE DE MÉRITO DO PROJETO AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS REFERENCIAL DE ANÁLISE DE MÉRITO DO PROJETO AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS PRIORIDADE DE INVESTIMENTO: INVESTIMENTO NA CONSERVAÇÃO, PROTECÇÃO, PROMOÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO PATRIMÓNIO CULTURAL

Leia mais

Escola Básica do 2º e 3º Ciclos de São Roque Cursos de Educação e Formação de Jovens Tipo 2 Oferta formativa 2008/2009. Curso: Cozinheiro/a

Escola Básica do 2º e 3º Ciclos de São Roque Cursos de Educação e Formação de Jovens Tipo 2 Oferta formativa 2008/2009. Curso: Cozinheiro/a Curso: Cozinheiro/a Condições de admissão: Idade igual ou superior a 15 anos Certificado do 6º ano de escolaridade / Frequência do 7º ou 8º anos de escolaridade Competência Geral: O/A Cozinheiro/a é o/a

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE FRANCISCO RODRIGUES LOBO LEIRIA

ESCOLA SECUNDÁRIA DE FRANCISCO RODRIGUES LOBO LEIRIA ESCOLA SECUNDÁRIA DE FRANCISCO RODRIGUES LOBO LEIRIA INFORMAÇÃO Prova de Equivalência à Frequência Biologia Prova 302 2016 12 º Ano de Escolaridade 1. Introdução O presente documento visa responder ao

Leia mais

Instituto Superior de Ciências Educativas

Instituto Superior de Ciências Educativas Instituto Superior de Ciências Educativas Curso de Pós-Graduação/ Formação Especializada em ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DE EVENTOS DE NEGÓCIOS, DESPORTIVOS E DE ANIMAÇÃO TURÍSTICA 2016 / 2017 O curso exposto

Leia mais

Elenco Modular. Técnico de Restauração - Turma A 13/16. 1º Ano Componente Sociocultural Português Inglês 76 76

Elenco Modular. Técnico de Restauração - Turma A 13/16. 1º Ano Componente Sociocultural Português Inglês 76 76 1º Ano Componente Sociocultural 421 421 Português 100 100 M1 Textos de Carácter Autobiográfico M2 Textos Expressivos e Criativos e Textos Poéticos M3 Textos dos Media I M4 Textos Narrativos / Descritivos

Leia mais

Agroindústria. Curso Técnico em MATRIZ CURRICULAR. Módulo/Semestre 1 Carga horária total: 400h

Agroindústria. Curso Técnico em MATRIZ CURRICULAR. Módulo/Semestre 1 Carga horária total: 400h Curso Técnico em Agroindústria CÂMPUS CANOINHAS MATRIZ CURRICULAR Módulo/Semestre 1 Carga horária total: 400h Tecnologia de Matérias-Primas 80 Não há Microbiologia Geral 80 Não há Analises Químicas 80

Leia mais

Duração: 4 anos. Técnico em Meio Ambiente - Campus Laranjal do Jari

Duração: 4 anos. Técnico em Meio Ambiente - Campus Laranjal do Jari Este curso destinase a estudantes que concluíram o Ensino Fundamental em idade escolar regular. A matriz curricular oferta componentes (disciplinas) da formação geral e da formação profissional, obedecendo

Leia mais

C O M P E T Ê N C I A S A D E S E N V O L V E R :

C O M P E T Ê N C I A S A D E S E N V O L V E R : AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOÃO DA SILVA CORREIA ANO LETIVO 2015-2016 CURSO PROFISSIONAL DE NÍVEL SECUNDÁRIO TÉCNICO AUXILIAR DE SAÚDE DISCIPLINA: HIGIENE, SEGURANÇA E CUIDADOS GERAIS 10º ANO TURMA F DOCENTE:

Leia mais

Domínios/Subdomínio de aulas. de aulas. Terra em Transformação

Domínios/Subdomínio de aulas. de aulas. Terra em Transformação Código 4039 750-90 - Sines Ano letivo: 06/07 Departamento:Matemática e Ciências Experimentais Grupo disciplinar: 50 Disciplina: Ciências Naturais Docentes: Abílio Ferreira, Ana Diniz e Irene Serrão Manual

Leia mais

Módulo/Semestre 1 Carga horária total: 360h Unidade Curricular C/H Semestral Pré-Requisito Panificação e Confeitaria I. 36h. 36h. 36h.

Módulo/Semestre 1 Carga horária total: 360h Unidade Curricular C/H Semestral Pré-Requisito Panificação e Confeitaria I. 36h. 36h. 36h. Curso Técnico em Panificação e Confeitaria Nome do Curso CÂMPUS Florianópolis-Continente MATRIZ CURRICULAR Módulo/Semestre 1 Carga horária total: 360h Panificação e Confeitaria I 144h Habilidades Básicas

Leia mais

Curso Técnico Subsequente em Eletrotécnica MATRIZ CURRICULAR. Módulo/Semestre 1 Carga horária total: 320h. Módulo/Semestre 2 Carga horária total: 320h

Curso Técnico Subsequente em Eletrotécnica MATRIZ CURRICULAR. Módulo/Semestre 1 Carga horária total: 320h. Módulo/Semestre 2 Carga horária total: 320h Curso Técnico Subsequente em Eletrotécnica CÂMPUS CRICIÚMA MATRIZ CURRICULAR Módulo/Semestre 1 Carga horária total: 320h Matemática Básica 64h - Eletricidade 64h - Medidas Elétricas I 32h - Desenho Técnico

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE APOIO À GESTÃO DESPORTIVA

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE APOIO À GESTÃO DESPORTIVA PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE APOIO À GESTÃO DESPORTIVA Publicado no Despacho n.º13456/2008, de 14 de Maio, que aprova a versão inicial do Catálogo Nacional de Qualificações. Publicação e atualizações

Leia mais

CTCV. centro tecnológico da cerâmica e do vidro coimbra portugal

CTCV. centro tecnológico da cerâmica e do vidro coimbra portugal Ação de sensibilização para a adoção de ferramentas de melhoria dos Sistemas de Controlo da Produção e promoção da sua implementação como fator crítico de competitividade Marta Ferreira CTCV 09-02-2017

Leia mais

SISTEMA GESTÃO INTEGRADO 4.F.I.033 CATÁLOGO DE FORMAÇÃO

SISTEMA GESTÃO INTEGRADO 4.F.I.033 CATÁLOGO DE FORMAÇÃO Catálogo de Formação 2017 Introdução A implementação de planos de formação faz parte da nossa missão de criar locais de trabalho mais produtivos, e encaramos cada projeto como um investimento nas pessoas.

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ESTÉTICA E COSMETOLOGIA SERIADO ANUAL - NOTURNO

MATRIZ CURRICULAR CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ESTÉTICA E COSMETOLOGIA SERIADO ANUAL - NOTURNO MATRIZ CURRICULAR Curso: Graduação: Regime: Duração: CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ESTÉTICA E COSMETOLOGIA TECNÓLOGO SERIADO ANUAL - NOTURNO 3 (TRÊS) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO CENTRO DE CIÊCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE CURSO DE FARMÁCIA PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO CENTRO DE CIÊCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE CURSO DE FARMÁCIA PLANO DE ENSINO PLANO DE ENSINO DADOS DA DISCIPLINA Nome da Disciplina: Microbiologia de Alimentos Curso: Farmácia Termo: 5º Carga Horária Semanal (h/a): 4 Carga Horária Semestral (h/a): 60 Teórica: 2 Prática: 2 Total:

Leia mais

5º Painel Formação e a sua evolução: A formar há cinco décadas, para onde vai a formação em Portugal

5º Painel Formação e a sua evolução: A formar há cinco décadas, para onde vai a formação em Portugal Publicação apoiada pelo projeto PEst-OE/EGE/UI4056/2014 UDI/IPG, financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia, pelo qual agradecemos. 5º Painel Formação e a sua evolução: A formar há cinco décadas,

Leia mais

Mestrado Segurança e Higiene no Trabalho Edição 2007/2008

Mestrado Segurança e Higiene no Trabalho Edição 2007/2008 Mestrado Segurança e Higiene no Trabalho Edição 2007/2008 Enquadramento e Objectivos O Mestrado em Segurança e Higiene no Trabalho é uma realização conjunta da Escola Superior de Tecnologia de Setúbal

Leia mais

Sistema AGRIS - Categorias de Assuntos: A AGRICULTURA. A01 Agricultura - aspectos gerais. A50 Investigação B GEOGRAFIA E HISTÓRIA.

Sistema AGRIS - Categorias de Assuntos: A AGRICULTURA. A01 Agricultura - aspectos gerais. A50 Investigação B GEOGRAFIA E HISTÓRIA. Sistema AGRIS - Categorias de Assuntos: A AGRICULTURA A01 Agricultura - aspectos gerais A50 Investigação B GEOGRAFIA E HISTÓRIA B10 Geografia B50 História C EDUCAÇÃO, EXTENSÃO E INFORMAÇÃO C10 Educação

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A ESPECIALISTA EM TURISMO DE AR LIVRE

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A ESPECIALISTA EM TURISMO DE AR LIVRE PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A ESPECIALISTA EM TURISMO DE AR LIVRE Publicado no Boletim do Trabalho do Emprego (BTE) nº 4 de 29 de janeiro de 2013 com entrada em vigor a 29 de janeiro de 2013. Publicação

Leia mais

Dia Mundial da Alimentação. 16 de outubro de 2013

Dia Mundial da Alimentação. 16 de outubro de 2013 Dia Mundial da Alimentação 16 de outubro de 2013 Sistemas Alimentares Saudáveis Modelo de Intervenção da Associação Portuguesa de Dietistas Associação Portuguesa de Dietistas Dia Mundial da Alimentação

Leia mais

Doutoranda: Carolina de Gouveia Mendes

Doutoranda: Carolina de Gouveia Mendes UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO UFERSA DISCIPLINA: INSPEÇÃO DE PRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL Doutoranda: Carolina de Gouveia Mendes 2012.2 INTRODUÇÃO Principais ferramentas - garantia da inocuidade,

Leia mais

CURSO DE EMPREGADO COMERCIAL Planificação anual de Técnicas de Venda e Atendimento CEF T3

CURSO DE EMPREGADO COMERCIAL Planificação anual de Técnicas de Venda e Atendimento CEF T3 Planificação anual de Técnicas de Venda e Atendimento CEF T3 Turma: A Professora: Maria do Carmo Aboim Madeira 1 - Estrutura e finalidades da disciplina A disciplina de Técnicas de Venda e Atendimento

Leia mais

EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS

EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS INSPEÇÃO-GERAL DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA PROGRAMA ACOMPANHAMENTO EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS RELATÓRIO Agrupamento de Escolas Dr. Francisco Sanches 2016 RELATÓRIO DE ESCOLA Agrupamento de Escolas

Leia mais

6º ANO DE ESCOLARIDADE

6º ANO DE ESCOLARIDADE PLANIFICAÇÃO 2016/2017 ENSINO BÁSICO (2º CICLO) - PLANIFICAÇÃO DA DISCIPLINA DE CIÊNCIAS NATURAIS 6º ANO DE ESCOLARIDADE 1.º PERÍODO CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS METAS OPERACIONALIZAÇÃO (DESCRITORES) ATIVIDADES

Leia mais

ESCOLA BÁSICA DE MAFRA 2016/2017 CIÊNCIAS NATURAIS (2º ciclo)

ESCOLA BÁSICA DE MAFRA 2016/2017 CIÊNCIAS NATURAIS (2º ciclo) (2º ciclo) 5º ano Compreender a como um planeta especial. Compreender que o solo é um material terrestre de suporte de vida. Compreender a importância das rochas e dos minerais. Compreender a importância

Leia mais

Informação Prova de Equivalência à Frequência Agrupamento de Escolas de ANTÓNIO NOBRE. DISCIPLINA: Ciências Naturais CÓDIGO DA PROVA: 10

Informação Prova de Equivalência à Frequência Agrupamento de Escolas de ANTÓNIO NOBRE. DISCIPLINA: Ciências Naturais CÓDIGO DA PROVA: 10 DISCIPLINA: Ciências Naturais CÓDIGO DA PROVA: 10 CICLO: 3º ANO DE ESCOLARIDADE: 9º 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova de exame de equivalência à frequência da

Leia mais

DISCIPLINA: Ciências Naturais CÓDIGO DA PROVA: 10. Ensino Básico: 3.º CICLO ANO DE ESCOLARIDADE: 9.º

DISCIPLINA: Ciências Naturais CÓDIGO DA PROVA: 10. Ensino Básico: 3.º CICLO ANO DE ESCOLARIDADE: 9.º DISCIPLINA: Ciências Naturais CÓDIGO DA PROVA: 10 Ensino Básico: 3.º CICLO ANO DE ESCOLARIDADE: 9.º O presente documento divulga informação relativa à prova de equivalência à frequência do 3.º Ciclo da

Leia mais

Ficha Informativa + Segurança

Ficha Informativa + Segurança Ficha Informativa + Segurança Saúde Edição N.º 19 Atividades Técnicas do Serviço de Segurança no Trabalho dezembro de 2016 O desenvolvimento da prevenção de riscos profissionais no local de trabalho é

Leia mais

Tema: Viver melhor na Terra (48 Blocos) ANO LECTIVO 2011/2012

Tema: Viver melhor na Terra (48 Blocos) ANO LECTIVO 2011/2012 Tema: Viver melhor na Terra (48 Blocos) ANO LECTIVO 2011/2012 PROCESSOS VITAIS COMUNS AOS SERES VIVOS TROCAS NUTRICIONAIS ENTRE O ORGANISMO E O MEIO Nos animais: Alimentos como veículo de nutrientes Como

Leia mais

Informação Exames de Equivalência à Frequência 12º ano

Informação Exames de Equivalência à Frequência 12º ano Informação Exames de Equivalência à Frequência 12º ano Exame de equivalência à frequência - Ensino Secundário Formação Específica - Curso Científico Humanístico de Ciências e Tecnologias Decreto-Lei n.º139/2012

Leia mais

CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE ANÁLISE LABORATORIAL Planificação anual de Análises Químicas 11º ano

CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE ANÁLISE LABORATORIAL Planificação anual de Análises Químicas 11º ano Planificação anual de Análises Químicas 11º ano Turma: H Professora: Carina Alexandra Penelas Duarte 1 - Estrutura e Finalidades da disciplina A disciplina Análises Químicas é uma disciplina integrante

Leia mais

Regulamento da Formação em Contexto de Trabalho

Regulamento da Formação em Contexto de Trabalho Regulamento da Formação em Contexto de Trabalho A Formação em Contexto de Trabalho (FCT) faz parte integrante do Plano Curricular de qualquer Curso Profissional e é indispensável para a obtenção de um

Leia mais

Programa Operacional Regional do Algarve Critérios de Seleção das Candidaturas e Metodologia de Análise

Programa Operacional Regional do Algarve Critérios de Seleção das Candidaturas e Metodologia de Análise Programa Operacional Regional do Algarve Critérios de Seleção das Candidaturas e Metodologia de Análise Assistência Técnica Aprovada em 11-05-2015, após procedimento de consulta escrita aos membros da

Leia mais

O presente documento dá a conhecer os seguintes aspetos relativos à prova:

O presente documento dá a conhecer os seguintes aspetos relativos à prova: DISCIPLINA: Ciências Naturais CÓDIGO DA PROVA: 10 CICLO: 3º ANO DE ESCOLARIDADE: 9º 1. Introdução O presente documento visa divulgar as caraterísticas da prova de exame de equivalência à frequência da

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA Faculdade Anísio Teixeira de Feira de Santana Autorizada pela Portaria Ministerial nº 552 de 22 de março de 2001 e publicada no Diário Oficial da União de 26 de março de 2001. Endereço: Rua Juracy Magalhães,

Leia mais

Agrupamento de Escolas de São Pedro da Cova

Agrupamento de Escolas de São Pedro da Cova Agrupamento de Escolas de São Pedro da Cova Escola Básica de São Pedro da Cova Ano Letivo 2015/2016 INFORMAÇÃO- PROVA CIÊNCIAS NATURAIS 2016 Prova Escrita de Ciências Naturais 2.ºCiclo do Ensino Básico

Leia mais

1. Matriz Curricular do Curso de Aquicultura

1. Matriz Curricular do Curso de Aquicultura 1. Matriz Curricular do Curso de Aquicultura O presente projeto de formação do Profissional Técnico de Nível Médio em Aquicultura, implica em organização curricular de acordo com as Resoluções CNE/CEB

Leia mais

PROPOSTA DE METODOLOGIA E CRITÉRIOS DE SELEÇÃO DO POR LISBOA 2020 TIPOLOGIA DE AÇÕES DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA

PROPOSTA DE METODOLOGIA E CRITÉRIOS DE SELEÇÃO DO POR LISBOA 2020 TIPOLOGIA DE AÇÕES DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA PROPOSTA DE METODOLOGIA E CRITÉRIOS DE SELEÇÃO DO POR LISBOA 2020 TIPOLOGIA DE AÇÕES DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA Proposta de metodologia e critérios de seleção do POR Lisboa 2020 Tipologia de ações de Assistência

Leia mais

Curso de Noções Básicas de Segurança

Curso de Noções Básicas de Segurança Curso de Noções Básicas de Segurança Programa de Formação Ed.1 11-11-2016 Equipa de trabalho A equipa de trabalho, coordenação pedagógica, gestão da formação, apoio técnico-administrativo e atendimento

Leia mais

2.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 17/2016, de 4 de abril)

2.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 17/2016, de 4 de abril) INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA CIÊNCIAS NATURAIS 2016 Prova 02 / 2016 1ª e 2ª fase 2.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 17/2016, de 4 de abril) O presente documento divulga informação

Leia mais

PLANO DE FORMAÇÃO. Contacte-nos Tel.: Fax:

PLANO DE FORMAÇÃO. Contacte-nos Tel.: Fax: PLANO DE FORMAÇÃO Contacte-nos Tel.: +351 244 092 079 Fax: +351 244 920 080 Email: formacao@turisforma.pt 2015 www.turisforma.pt ÍNDICE FORMAÇÕES À MEDIDA FORMAÇÕES GERAIS Formações Workshops FORMAÇÕES

Leia mais

CIÊNCIAS DA NATUREZA 2º CICLO. Calendarização /2011

CIÊNCIAS DA NATUREZA 2º CICLO. Calendarização /2011 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE AVEIRO ESCOLA BÁSICA DO 2º E 3º CICLOS JOÃO AFONSO CIÊNCIAS DA NATUREZA 2º CICLO Calendarização - 20/2011 Período Data N.º semanas Número de tempos 8 minutos) por ano de escolaridade

Leia mais

ANEXO II. Desenvolvimento e Mudanças no Estado Brasileiro. O Estado e os Problemas contemporâneos

ANEXO II. Desenvolvimento e Mudanças no Estado Brasileiro. O Estado e os Problemas contemporâneos CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE SAÚDE GRUPO DA DISCIPLINA Grupo 1 Grupo 2 Grupo 3 Grupo 4 SEMESTRE DA OFERTA SEGUNDO TERCEIRO O Público e o Privado na Políticas Públicas Metodologia Pública da PÓS-

Leia mais

ANEXO II. Desenvolvimento e Mudanças no Estado Brasileiro. O Estado e os Problemas contemporâneos

ANEXO II. Desenvolvimento e Mudanças no Estado Brasileiro. O Estado e os Problemas contemporâneos CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE SAÚDE GRUPO DA DISCIPLINA Grupo 1 Grupo 2 Grupo 3 Grupo 4 SEMESTRE DA OFERTA SEGUNDO TERCEIRO O Público e o Privado na Políticas Públicas Metodologia Pública da PÓS-

Leia mais

. Evidenciar a Economia como uma Ciência Social.. Conhecer o problema fundamental da Economia.

. Evidenciar a Economia como uma Ciência Social.. Conhecer o problema fundamental da Economia. CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE RESTAURANTE/BAR PLANIFICAÇÃO MODULAR DISCIPLINA: ECONOMIA 10º9 CONTEÚDOS OBJETIVOS HORAS AVALIAÇÃO. Evidenciar a Economia como uma Ciência Social.. Conhecer o problema

Leia mais

2- Competências a Desenvolver

2- Competências a Desenvolver ESCOLA SECUNDÁRIA DE AMORA CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE TURISMO 1º ANO - ANO LETIVO 2014/15 PLANIFICAÇÃO DA DISCIPLINA: TURISMO-INFORMAÇÃO E ANIMAÇÃO TURÍSTICA Componente de Formação Técnica 1- Elenco

Leia mais

Serviço Educativo Municipal de Paredes. CIMOCB Centro de Interpretação das Minas de Ouro de Castromil e Banjas. Planificação

Serviço Educativo Municipal de Paredes. CIMOCB Centro de Interpretação das Minas de Ouro de Castromil e Banjas. Planificação Serviço Educativo Municipal de Paredes CIMOCB Centro de Interpretação das Minas de Ouro de Castromil e Banjas Planificação Guia da Atividade 1.º ciclo Área de Conhecimento: Estudo do Meio Duração: 1 dia

Leia mais

Segurança Alimentar. Pós-Graduação. 45 ECTS //

Segurança Alimentar. Pós-Graduação. 45 ECTS // Pós-Graduação Segurança Alimentar 45 ECTS // www.esb.ucp.pt Nesta pós-graduação estudam-se os perigos, riscos, metodologias e legislação com que a segurança alimentar é confrontada na atualidade, numa

Leia mais

Artigo 1.º (Objetivo e âmbito) Artigo 2.º (Condições para requerer a inscrição)

Artigo 1.º (Objetivo e âmbito) Artigo 2.º (Condições para requerer a inscrição) REGULAMENTO DAS PROVAS DESTINADAS A AVALIAR A CAPACIDADE PARA A FREQUÊNCIA DO CURSO DE LICENCIATURA EM ENFERMAGEM DA ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM S. FRANCISCO DAS MISERICÓRDIAS, DOS TITULARES DE UM DIPLOMA

Leia mais

Formação Financiada. Ativos Empregados

Formação Financiada. Ativos Empregados Atendimento e venda presencial UFCD 5897 25h Pós Laboral Atendimento orientado para o cliente Procedimentos do atendimento e da relação comercial Técnicas de venda Diagnóstico da venda Criação de necessidades

Leia mais

CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE SERVIÇO DE RESTAURANTE-BAR PLANIFICAÇÃO MODULAR DISCIPLINA: RESTAURANTE-BAR 11º10 HORAS / TEMPOS OBJETIVOS AVALIAÇÃO

CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE SERVIÇO DE RESTAURANTE-BAR PLANIFICAÇÃO MODULAR DISCIPLINA: RESTAURANTE-BAR 11º10 HORAS / TEMPOS OBJETIVOS AVALIAÇÃO CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE SERVIÇO DE RESTAURANTE-BAR PLANIFICAÇÃO MODULAR DISCIPLINA: RESTAURANTE-BAR 11º10 CONTEÚDOS OBJETIVOS HORAS / TEMPOS AVALIAÇÃO MÓDULO N.º 01 SERVIÇOS DE MESA II 1. SERVIÇO

Leia mais

ICSLM Congress Covilhã, 24 de novembro de Margarida Barosa(a), Paulo Sacramento (b), Teresa Almeida (a) (a) ACT, b) Pombal, Portugal

ICSLM Congress Covilhã, 24 de novembro de Margarida Barosa(a), Paulo Sacramento (b), Teresa Almeida (a) (a) ACT, b) Pombal, Portugal Análise de conteúdos programáticos relacionados com produtos químicos ministrados em Escolas do 1º Ciclo do (ICSLM16_P20) Margarida Barosa(a), Paulo Sacramento (b), Teresa Almeida (a) (a) ACT, b) Pombal,

Leia mais

Acção de Sensibilização sobre Higiene e Segurança Alimentar. 15 de Março de 2007

Acção de Sensibilização sobre Higiene e Segurança Alimentar. 15 de Março de 2007 Acção de Sensibilização sobre Higiene e Segurança Alimentar 15 de Março de 2007 do Parlamento Europeu e do Conselho, de 29 de Abril de 2004 Higiene dos géneros alimentícios (aplicável a partir de 1 de

Leia mais

CRITÉRIOS DE SELEÇÃO E RESPETIVA METODOLOGIA DA ASSISTÊNCIA TÉCNICA

CRITÉRIOS DE SELEÇÃO E RESPETIVA METODOLOGIA DA ASSISTÊNCIA TÉCNICA CRITÉRIOS DE SELEÇÃO E RESPETIVA METODOLOGIA DA ASSISTÊNCIA TÉCNICA aprovados através de processo de consulta escrita concluído a 13 de Maio de 2015 METODOLOGIA E CRITÉRIOS DE SELEÇÃO DA ASSISTÊNCIA TÉCNICA

Leia mais

Gestão de Entidades da Economia Social EDIÇÕES Porto Leiria

Gestão de Entidades da Economia Social EDIÇÕES Porto Leiria Gestão de Entidades da Economia Social EDIÇÕES 2017 Porto Leiria Especialização Gestão de Entidades da Economia Social ESPECIALIZAÇÃO Gestão de Entidades da Economia Social 100 horas (NOTA: com base no

Leia mais

Cursos Profissionais Nível 3

Cursos Profissionais Nível 3 Cursos Profissionais Nível 3 Despacho nº 14758/2004 (2ª série), de 23 de Julho, Portaria nº 550-C/2004, de 21 de Maio e Portaria nº 797/2006, de 10 de Agosto. I ÂMBITO E DEFINIÇÃO A (FCT) é um conjunto

Leia mais

Orientação Escolar e Profissional. 9.º Ano e Agora. Serviço de Psicologia e Orientação. Psicóloga Eduarda Seabra

Orientação Escolar e Profissional. 9.º Ano e Agora. Serviço de Psicologia e Orientação. Psicóloga Eduarda Seabra Orientação Escolar e Profissional 9.º Ano e Agora Serviço de Psicologia e Orientação Psicóloga Eduarda Seabra Dossier Informação Escolar e Profissional Pág.1 17 Natureza dos Cursos Científico-Humanísticos

Leia mais

CATÁLOGO DE FORMAÇÃO

CATÁLOGO DE FORMAÇÃO Frequência Gratuita FORMAÇÃO MODULAR CERTIFICADA A Formação Modular Certificada, que tem por base as Unidades de Formação de Curta Duração de 25 ou 50 horas constantes do Catálogo Nacional de Qualificações,

Leia mais