A Promoção do Brasil como destino de Turismo Cultural no Mercado Internacional

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A Promoção do Brasil como destino de Turismo Cultural no Mercado Internacional"

Transcrição

1 A Promoção do Brasil como destino de Turismo Cultural no Mercado Internacional 2º Encontro Brasileiro das Cidades Históricas Turísticas e Patrimônio Mundial São Luís, 24 a 27/02/2016

2 A EMBRATUR Missão Promover o Brasil como destino turístico no exterior para incrementar a entrada de divisas e visitantes, contribuindo para o desenvolvimento econômico e social do país.

3 Turismo Cultural Turismo Cultural compreende as atividades turísticas relacionadas à vivência do conjunto de elementos significativos do patrimônio histórico e cultural e dos eventos culturais, valorizando e promovendo os bens materiais e imateriais da cultura. (Segmentação do Turismo: Marcos Conceituais. Brasília: Ministério do Turismo, 2006.)

4 A Interdependência Turismo e Cultura O turismo é um suporte de facilitação e fortalecimento dos mecanismos de difusão e promoção cultural. A cultura é representada por bens e valores que formam um conjunto de atrativos de interesse turístico.

5 Turismo e Cultura: uma relação de mútua valorização Cultura e Turismo tem uma relação de benefício mútuo que pode fortalecer a atratividade e a competitividade de regiões e países. A Cultura é cada vez mais um elemento importante do produto turístico, destacando-o em um mercado global saturado. ( O Impacto da Cultura sobre o turismo, OECD, 2007)

6 Por outro lado, o Turismo promove a valorização da cultura e criação de renda capaz de apoiar e fortalecer o patrimônio cultural e a produção local e a criatividade. A criação de uma relação forte entre Cultura e Turismo pode ajudar os destinos a se tornarem mais atrativos e competitivos como lugares para se visitar, viver, trabalhar e investir. ( O Impacto da Cultura sobre o turismo, OECD, 2007)

7 Os bens culturais e o turismo A utilização turística dos bens culturais pressupõe sua valorização, promoção e a manutenção de sua dinâmica e permanência no tempo como símbolos de memória e de identidade. (Fonte: Turismo Cultural- Orientações Básicas)

8 Valorizar e promover significa difundir o conhecimento sobre esses bens e facilitar seu acesso e usufruto a moradores e turistas. Significa também reconhecer a importância da cultura na relação turista e comunidade local, aportando os meios para que tal relação ocorra de forma harmônica e em benefício de ambos. (Turismo Cultural: Orientações Básicas)

9 O Reposicionamento Desenvolvimento da oferta de atrativos turísticos para além dos segmentos convencionais. Enfatizar o entretenimento, com base na diversidade cultural. História, crenças, festividades, costumes, culinária típica, artesanato típico, moda, etc.

10 Turismo Cultural e Desenvolvimento Sustentável Impacto Sociocultural: - Fortalecimento da identidade nacionais e locais; - Valorização do patrimônio cultural e aumento de consciência de sua preservação; - Apropriação, por parte da comunidade local, de sua herança cultural. Impacto Econômico: - Geração de empregos; - Desenvolvimento de Comércio local, ligados ao Turismo ou não; - Aumento do influxo de visitantes nos equipamentos culturais.

11 A atuação da EMBRATUR Plano Aquarela As ações da EMBRATUR são orientadas pelo Plano Aquarela Marketing Turístico Internacional do Brasil. O plano contribui para ampliar a promoção do país como destino turístico, com estratégias e ações para aumentar o número de turistas estrangeiros e permanência dos mesmos.

12 Diretrizes do Plano Aquarela O Plano Aquarela destacou o Povo e a Cultura Viva como um dos principais motivos para se visitar o Brasil, segundo pesquisa com potenciais turistas. Estes são temas presentes no Decálogo de Promoção da EMBRATUR, desde 2003.

13 A atuação da EMBRATUR na promoção cultural brasileira Participação de grupos culturais locais em feiras e eventos internacionais do Instituto: Apresentação de Grupo de Bumba-Meu-Boi (Roma, Itália, agosto de 2013)

14 Apresentações da Quadrilha tocantinense Cafundó do Brejo (Colômbia, setembro de 2013).

15 Arte, Música, Dança e Gastronomia brasileiras Evento Sensational Brésil (Jardin d Acclimatation, Paris, abril de 2014).

16 Vivência Brasileira durante a NAFSA (Feira Internacional de Estudos e Intercâmbio). (Estados Unidos, maio de 2014).

17 Vivência Brasileira durante a Exposição Universal de Milão. (Itália, setembro de 2014).

18 Os destinos detentores de Patrimônio da UNESCO possuem grande potencial de atração turística. O principal atrativo das cidades detentoras de Patrimônios Mundiais reside essencialmente na sua singularidade natural.

19 Promoção Internacional do Patrimônio Mundial - UNESCO do Brasil Acordo de Cooperação Técnica Mtur /EMBRATUR-MINC Estratégia de Promoção: Vivência Brasil Apresentação Cultural de Patrimônios imateriais; Expo. Patrimônio Mundial UNESCO BRASIL Estratégia de Comercialização: Workshop Rodada de negócios Distribuição de material promocional do segmento

20 Promoção Internacional do Patrimônio Mundial- UNESCO do Brasil Mercados Alvos: Europa, América do Norte e América do Sul Público Alvo: Trade Turístico, Imprensa especializada, Formadores de opinião do segmento, Autoridades e Público Final

21 Sobre o Projeto O eixo organizador da Exposição Visual Patrimônio Mundial Cultural no Brasil é o conjunto dos sítios reconhecidos pelo Centro do Patrimônio Mundial (WHC), da Organização das Nações Unidas para Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO). Dos 981 sítios listados pela UNESCO em 160 países, o Brasil conta com 19 referências, sendo que, destas, serão abordados os 12 sítios culturais, além de 2 registros imateriais, abrangendo desde a pré-história até a modernidade, passando pelo período colonial, como se seguem:

22 Cidade histórica de Ouro Preto; Centro histórico da cidade de Olinda; Missões jesuíticas dos Guarani, incluindo as ruínas de São Miguel das Missões; Centro histórico da cidade de Salvador; Santuário do Bom Jesus de Matosinhos em Congonhas do Campo; Plano Piloto de Brasília; Parque Nacional da Serra da Capivara; Centro histórico da cidade de São Luís; Centro histórico da cidade de Diamantina; Centro histórico da cidade de Goiás; Praça de São Francisco na cidade de São Cristóvão; Paisagem entre montanhas e mar no Rio de Janeiro. O conceito arquitetônico do espaço expressará a arquitetura moderna brasileira, representada pelas formas plásticas sinuosas, bem como as belezas naturais. Contempla também a versatilidade adaptação a espaços limitados, sendo modular e com logística de transporte e montagem facilitada.

23 A Exposição foi projetada de forma a contar com três dimensões modulares adaptáveis de 60m2, 150m2 e 250m2.

24

25

26

27

28

29

30

31

32

33

34

35 Ações de Capacitação em Gestão e Promoção Internacional para gestores municipais e entidades do setor da cadeia produtiva do turismo e cultura Benchmark Estudo de melhores práticas internacionais nos mercados: América Latina e Europa

36 Vídeo Promocional Patrimônios Culturais da Humanidade no Brasil São Luis- MA

37

38 Obrigado! Marco Antônio Lomanto

PLANO AQUARELA

PLANO AQUARELA PLANO AQUARELA 2007-2010 Evolução do Turismo no Mundo TABELA 1 TENDÊNCIAS DO TURISMO MUNDIAL - ENTRADA DE TURISTAS (MILHÕES) 2003 2004 2005 2006 Previsão 2010 Previsão 2020 MUNDO 694,0 764,0 806,0 842,0

Leia mais

Apresentação para Sala de Aula para alunos de 1ª a 4ª série

Apresentação para Sala de Aula para alunos de 1ª a 4ª série Apresentação para Sala de Aula para alunos de 1ª a 4ª série O que é Patrimônio Cultural? Patrimônio é constituído pelos bens materiais e imateriais que se referem à nossa identidade, nossas ações, costumes,

Leia mais

Regionalização e Segmentação do Turismo. Natal, 23 de março de 2010

Regionalização e Segmentação do Turismo. Natal, 23 de março de 2010 Regionalização e Segmentação do Turismo Natal, 23 de março de 2010 Núcleo Estratégico do Turismo Nacional Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo Ministério do Turismo MTur Conselho

Leia mais

Rio de Janeiro recebe título da Unesco de Patrimônio Mundial da Humanidade

Rio de Janeiro recebe título da Unesco de Patrimônio Mundial da Humanidade Rio de Janeiro recebe título da Unesco de Patrimônio Mundial da Humanidade Paisagens da cidade como a praia de Copacabana e o Pão de Açúcar serão preservadas. Pão de Açúcar, Corcovado, Floresta da Tijuca,

Leia mais

Sessão de Divulgação PDR DLBC Terras de Basto

Sessão de Divulgação PDR DLBC Terras de Basto Sessão de Divulgação PDR 2020 - DLBC Terras de Basto Operação 10.2.1.1 - Pequenos investimentos nas explorações agrícolas Promover a melhoria das condições de vida, de trabalho e de produção dos agricultores;

Leia mais

Programação cultural para celebrar a Pampulha

Programação cultural para celebrar a Pampulha Programação cultural para celebrar a Pampulha Enviado por DA REDAÇÃO 22Jul2016 PQN O Portal da Comunicação Para celebrar ainda mais o reconhecimento da Pampulha como Patrimônio Cultural da Humanidade,

Leia mais

O MTUR e a Copa 2014 Copa do Mundo da FIFA 2014 Encontro Econômico Brasil- Alemanha 2009 Vitória ES - Brasil 30 de agosto a 1º de setembro

O MTUR e a Copa 2014 Copa do Mundo da FIFA 2014 Encontro Econômico Brasil- Alemanha 2009 Vitória ES - Brasil 30 de agosto a 1º de setembro Copa do Mundo da FIFA Encontro Econômico Brasil- Alemanha 2009 2014 Vitória ES - Brasil 30 de agosto a 1º de setembro O MTUR e a Ponto de partida : garantias oferecidas pelo governo federal, estados e

Leia mais

PODER EXECUTIVO DECRETO Nº DE 15 DE ABRIL DE 2013.

PODER EXECUTIVO DECRETO Nº DE 15 DE ABRIL DE 2013. DECRETO Nº 44.159 DE 15 DE ABRIL DE 2013. DISPÕE SOBRE A CONSTITUIÇÃO DO RIO CRIATIVO - PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DA ECONOMIA CRIATIVA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO,

Leia mais

Coordenação-Geral de Produção Associada ao Turismo

Coordenação-Geral de Produção Associada ao Turismo Ana Cristina Façanha de Albuquerque Coordenação Geral de Produção Associada ao Turismo Ministério do Turismo Secretaria Nacional de Programas de Desenvolvimento do Turismo Secretaria Nacional de Políticas

Leia mais

28/04/2011. Cláudia Sousa Leitão NO MUNDO

28/04/2011. Cláudia Sousa Leitão NO MUNDO POLÍTICAS PÚBLICAS E ECONOMIA CRIATIVA Cláudia Sousa Leitão O ESTADO DA ARTE DA ECONOMIA CRIATIVA NO MUNDO 1 PANORAMA INTERNACIONAL DA ECONOMIA CRIATIVA EUROPA Criatividade como insumo para sistemas de

Leia mais

CASE - MARKETING DE DESTINO PARA EVENTOS

CASE - MARKETING DE DESTINO PARA EVENTOS CASE - MARKETING DE DESTINO PARA EVENTOS Premissas Importantes Os eventos têm importância significativa na área do turismo, além de ser a atividade que mais crescem nesse segmento. Segundo Zanella (2003),

Leia mais

Responsáveis: Cristina Porciúncula, Jussara Cruz Argoud, Maria Lúcia Moraes Dias

Responsáveis: Cristina Porciúncula, Jussara Cruz Argoud, Maria Lúcia Moraes Dias Nome do Projeto: V Noite de Integração do Trade Turístico Data: 06 de março de 2007 Horário: 19h 30min Local: Auditório da Informática UCPel Responsáveis: Cristina Porciúncula, Jussara Cruz Argoud, Maria

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA MARIA SECRETARIA DE MUNICÍPIO DE TURISMO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PERSPECTIVAS DO TURISMO EM SANTA MARIA - RS

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA MARIA SECRETARIA DE MUNICÍPIO DE TURISMO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PERSPECTIVAS DO TURISMO EM SANTA MARIA - RS PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA MARIA SECRETARIA DE MUNICÍPIO DE TURISMO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PERSPECTIVAS DO TURISMO EM SANTA MARIA - RS SANTA MARIA TURÍSTICA NATUREZA EXUBERANTE A cidade está localizada

Leia mais

PRODETUR AÇÕES PREVISTAS PARA IMPLANTAÇÃO DO PROGRAMA

PRODETUR AÇÕES PREVISTAS PARA IMPLANTAÇÃO DO PROGRAMA PRODETUR AÇÕES PREVISTAS PARA IMPLANTAÇÃO DO PROGRAMA Secretária de Estado de Desenvolvimento do Turismo TETÉ BEZERRA O PRODETUR NACIONAL O PRODETUR Nacional tem o objetivo de fortalecer a Política Nacional

Leia mais

SALÃO DO TURISMO - ROTEIROS DO BRASIL

SALÃO DO TURISMO - ROTEIROS DO BRASIL SALÃO DO TURISMO - ROTEIROS DO BRASIL Estratégia de mobilização, promoção e comercialização dos roteiros turísticos desenvolvidos segundo as diretrizes e os princípios do Programa de Regionalização do

Leia mais

AS CIDADES BRASILEIRAS E O PATRIMÔNIO CULTURAL DA HUMANIDADE

AS CIDADES BRASILEIRAS E O PATRIMÔNIO CULTURAL DA HUMANIDADE AS CIDADES BRASILEIRAS E O PATRIMÔNIO CULTURAL DA HUMANIDADE SILVA F. F. (Ed.). As cidades brasileiras e o patrimônio cultural da humanidade. São Paulo: Peirópolis; Edusp 2003. F 383 ernando Fernandes

Leia mais

Ações de Promoção Internacional da Cidade de Brasília. Brasília - DF, 12 de setembro de 2014

Ações de Promoção Internacional da Cidade de Brasília. Brasília - DF, 12 de setembro de 2014 Ações de Promoção Internacional da Cidade de Brasília Brasília - DF, 12 de setembro de 2014 Comunicação Digital Portal Visit Brasil Baseado nas experiências possíveis de serem vividas no Brasil; Forte

Leia mais

Agenda. Contexto. O Nordeste Territorial. Fórum de Governança da Atividade Econômica. Formas de Financiamento

Agenda. Contexto. O Nordeste Territorial. Fórum de Governança da Atividade Econômica. Formas de Financiamento Agenda Contexto O Nordeste Territorial Fórum de Governança da Atividade Econômica Formas de Financiamento Área de atuação do BNB Nordeste: 1.554,4 mil Km 2 Semi-árido: 974,4 mil Km 2 (62,7% do território

Leia mais

A Convenção do Patrimônio Mundial

A Convenção do Patrimônio Mundial A CANDIDATURA A Convenção do Patrimônio Mundial A UNESCO Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura cuida de promover a identificação, a proteção e a preservação do patrimônio

Leia mais

PARTICIPE! Independente do idioma, a solidariedade e a bondade são compreendidas por todas as nações.

PARTICIPE! Independente do idioma, a solidariedade e a bondade são compreendidas por todas as nações. A Feira Internacional das Embaixadas, em sua 12ª Edição, é um evento cultural beneficente. Por meio de doações e vendas de produtos e/ou gastronomia típicos de cada Embaixada participante, os fundos são

Leia mais

PROPOSTAS APROVADAS NA 3ª CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE CULTURA. EIXO 1 Implementação do Sistema Municipal de Cultura/Sistema Nacional de Cultura

PROPOSTAS APROVADAS NA 3ª CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE CULTURA. EIXO 1 Implementação do Sistema Municipal de Cultura/Sistema Nacional de Cultura PROPOSTAS APROVADAS NA 3ª CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE CULTURA EIXO 1 Implementação do Sistema Municipal de Cultura/Sistema Nacional de Cultura Foco: Impactos da Emenda Constitucional do SNC na organização

Leia mais

Carlos Hoyos, Paisaje Cultural Cafetero, Colombia Iniciativa Regional da Paisagem: proposta ou estratégia que serve de origem, nesse caso, para promover o reconhecimento, a valorização, a proteção, o planejamento

Leia mais

O Turismo e a Hotelaria como Geradores de. Empresas, Emprego e Renda para a Região. Prof. Virgilio N. S. Carvalho. GPjr Belo Horizonte

O Turismo e a Hotelaria como Geradores de. Empresas, Emprego e Renda para a Região. Prof. Virgilio N. S. Carvalho. GPjr Belo Horizonte O Turismo e a Hotelaria como Geradores de Empresas, Emprego e Renda para a Região GPjr Belo Horizonte - 2016 Itajubá 26/08/2016 Prof. Virgilio N. S. Carvalho Turismo ainda pouco desenvolvido 52 Setores

Leia mais

Afinal, o que é patrimônio cultural?

Afinal, o que é patrimônio cultural? Afinal, o que é patrimônio cultural? http://www.youtube.com/watch?v=6afujb7cuq0&feature=relmfu São considerados patrimônio cultural : - os monumentos: obras arquitetônicas, esculturas ou pinturas monumentais,

Leia mais

PORTARIA INTERMINISTERIAL MDA e MDS e MMA Nº 239 DE 21 DE JULHO DE 2009

PORTARIA INTERMINISTERIAL MDA e MDS e MMA Nº 239 DE 21 DE JULHO DE 2009 PORTARIA INTERMINISTERIAL MDA e MDS e MMA Nº 239 DE 21 DE JULHO DE 2009 Estabelece orientações para a implementação do Plano Nacional de Promoção das Cadeias de Produtos da Sociobiodiversidade, e dá outras

Leia mais

Wanessa Dose Bittar Formação Cursos Extras Experiências

Wanessa Dose Bittar Formação Cursos Extras Experiências Wanessa Dose Bittar Formação -Especializada em Engenharia de Produção ( UFJF) -Graduada em Educação Artística ( UFJF) -Técnica em Design ( CTU) Cursos Extras -Educação Empreendedora pelo Endeavor Brasil

Leia mais

Os melhores passeios em Salvador Escrito por: Soraia Barbosa

Os melhores passeios em Salvador Escrito por: Soraia Barbosa Os melhores passeios em Salvador Escrito por: Soraia Barbosa O Nordeste brasileiro possui diversas opções para quem está atrás de um passeio em um local bonito com praias e visual rústico. Um desses lugares

Leia mais

Panoramas dos Mercados Internacionais

Panoramas dos Mercados Internacionais III Seminário SETEMBRO 2016 Panoramas dos Mercados Internacionais JAPÃO Diretoria de Inteligência Competitiva e Promoção Turística Balanço 70.102 japoneses visitaram o Brasil em 2015 (MTUR) Os japoneses

Leia mais

Fórum Regional de Turismo da Reserva da Biosfera Goyaz

Fórum Regional de Turismo da Reserva da Biosfera Goyaz Fórum Regional de Turismo da Reserva da Biosfera Goyaz Rumo à Inovação No coração do Brasil Patrimônio Natural da Humanidade Cultura Natureza Ecoturismo História Aventura APRESENTAÇÃO A região Turística

Leia mais

Cabeça Aldeia Natal Seia - Serra da Estrela

Cabeça Aldeia Natal Seia - Serra da Estrela Cabeça Aldeia Natal Seia - Serra da Estrela 2 A ALDEIA Cabeça é um pequeno aglomerado localizado em plena montanha, numa das encostas da serra da Estrela, o qual após uma intervenção ao nível da reabilitação

Leia mais

11.3 O turismo no mundo 11.4 Impactos da atividade turística

11.3 O turismo no mundo 11.4 Impactos da atividade turística 11.4 Impactos da atividade turística Na segunda metade do séc. XX, a melhoria do poder de compra das populações dos países desenvolvidos O e, turismo mais recentemente, são as atividades dos países que

Leia mais

Organização da Disciplina. Política de Desenvolvimento Econômico. Aula 1

Organização da Disciplina. Política de Desenvolvimento Econômico. Aula 1 Política de Desenvolvimento Econômico Aula 1 Prof. Nivaldo Vieira Lourenço Organização da Disciplina Surgimento da ideia de Valorização do município, para o desenvolvimento Como é feito o Importância do

Leia mais

Especialização em Gestão de Negócios

Especialização em Gestão de Negócios Especialização em Gestão de Negócios Ós- radu ção Um Programa para profissionais que querem ampliar sua competência em gestão, seu networking e construir uma trajetória de sucesso. Uma das melhores escolas

Leia mais

2º Encontro Brasileiro das Cidades Históricas Turísticas e Patrimônio Mundial

2º Encontro Brasileiro das Cidades Históricas Turísticas e Patrimônio Mundial 2º Encontro Brasileiro das Cidades Históricas Turísticas e Patrimônio Mundial 1 Histórico 3 HISTÓRICO 1698 - A bandeira de Antônio Dicas de Oliveira se deparou com o Pico do Itacolomi. 1711 - Os núcleos

Leia mais

CRÔNICA DE EVENTOS CONFERENCE REPORT. Turismo no Mercosul: VII Jornadas Nacionales y II Simpósio Internacional de Investigación em Turismo

CRÔNICA DE EVENTOS CONFERENCE REPORT. Turismo no Mercosul: VII Jornadas Nacionales y II Simpósio Internacional de Investigación em Turismo CRÔNICA DE EVENTOS CONFERENCE REPORT Turismo no Mercosul: VII Jornadas Nacionales y II Simpósio Internacional de Investigación em Turismo Jefferson Marçal da Rocha 1 Nas VIII Jornadas Nacionales e II Simposio

Leia mais

Inovação como prioridade estratégica do BNDES

Inovação como prioridade estratégica do BNDES Inovação como prioridade estratégica do BNDES Helena Tenorio Veiga de Almeida APIMECRIO 20/04/2012 Histórico do apoio à inovação no BNDES 2 Histórico do apoio à inovação no BNDES 1950 Infraestrutura Econômica

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO INTRODUÇÃO A Escola Estadual e Centro Estadual de Atendimento e Apoio ao Deficiente Auditivo CEAADA Prof. ª Arlete Pereira Migueletti, criada pelo Decreto.º 1.138 D.º 20/01/2000, está situada no município

Leia mais

PLANO ESTRATÉGICO OUI Aprovado pala Assembleia geral da OUI

PLANO ESTRATÉGICO OUI Aprovado pala Assembleia geral da OUI PLANO ESTRATÉGICO OUI 2017 2022 Aprovado pala Assembleia geral da OUI 25 de novembro de 2016 INSPIRAÇÃO OUI "Desejo estabelecer, além e livre de toda fronteira, seja esta política, geográfica, econômica,

Leia mais

PROJETO CONHECER A CIDADE

PROJETO CONHECER A CIDADE PROJETO CONHECER A CIDADE O Projeto Conhecer a Cidade "Conhecer a Cidade" é um projeto da RBE em parceria com a Ordem dos Arquitetos, com a finalidade de promover a educação pela arquitetura, património,

Leia mais

20 a 22 de setembro de 2015 JOINVILLE / SC

20 a 22 de setembro de 2015 JOINVILLE / SC 20 a 22 de setembro de 2015 JOINVILLE / SC APRESENTAÇÃO O Encontro Econômico Brasil-Alemanha corresponde ao evento mais importante da agenda bilateral dos dois países. Ele reúne autoridades governamentais

Leia mais

Cerimônia de abertura: será realizada no Teatro Elis Regina, fechada para convidados (Capacidade do espaço: 800 pessoas)

Cerimônia de abertura: será realizada no Teatro Elis Regina, fechada para convidados (Capacidade do espaço: 800 pessoas) ONDE E QUANDO Parque Anhembi - São Paulo - SP De 26 a 30 de maio 2010 Cerimônia de abertura: será realizada no Teatro Elis Regina, fechada para convidados (Capacidade do espaço: 800 pessoas) HORÁRIO RIO

Leia mais

Formigueiro-de-Cabeça-negra ( ), Formicivora erythronotos Foto Gabriel Toledo. 15 a 17 de setembro

Formigueiro-de-Cabeça-negra ( ), Formicivora erythronotos Foto Gabriel Toledo. 15 a 17 de setembro Formigueiro-de-Cabeça-negra ( ), Formicivora erythronotos Foto Gabriel Toledo 15 a 17 de setembro O FESTIVAL! Educação Ambiental e turismo de observação Criado em 2012, o projeto Aves de Paraty da Associação

Leia mais

Plano Nacional de Turismo

Plano Nacional de Turismo Plano Nacional de Turismo 2011-2015 Conceito Conjunto de diretrizes, metas e programas que orientam a atuação do Ministério do Turismo, em parceria com outros setores da gestão pública nas três esferas

Leia mais

Panoramas dos Mercados Internacionais

Panoramas dos Mercados Internacionais III Seminário de Inteligência Competitiva SETEMBRO 2016 Panoramas dos Mercados Internacionais AMÉRICA DO SUL II Ana Beatriz Serpa Diretoria de Inteligência Competitiva e Promoção Turística Venezuela Colômbia

Leia mais

Desafios e Oportunidades Copa Orgânica e Sustentável 2014

Desafios e Oportunidades Copa Orgânica e Sustentável 2014 Desafios e Oportunidades Copa Orgânica e Sustentável 2014 A Copa do Mundo de 2014 é uma oportunidade única para o Brasil investir numa agenda que gere benefícios permanentes para o país. O megaevento atrairá

Leia mais

7 Missões: Recursos de Interesse Patrimonial FESTAS E CELEBRAÇÕES

7 Missões: Recursos de Interesse Patrimonial FESTAS E CELEBRAÇÕES São Luiz Gonzaga 7.1 Aspectos Gerais 7.1.1 Identificação: Feirarte 7 Missões: Recursos de Interesse Patrimonial FESTAS E CELEBRAÇÕES 7.1.2 Denominação mais freqüente: Feirarte 7.1.3 Localização: A ser

Leia mais

4º Festival Gastronômico do Baixo São Francisco - Penedo/Alagoas. Proposta de Patrocínio Cotas de Participação

4º Festival Gastronômico do Baixo São Francisco - Penedo/Alagoas. Proposta de Patrocínio Cotas de Participação 4º Festival Gastronômico do Baixo São Francisco - Penedo/Alagoas Proposta de Patrocínio Cotas de Participação 4º FESTIVAL GASTRONÔMICO DO BAIXO SÃO FRANCISCO 28 a 30 de Outubro de 2011 UMA FESTA DE SABORES

Leia mais

Uma iniciativa da câmara municipal do porto e da fundação da juventude.

Uma iniciativa da câmara municipal do porto e da fundação da juventude. Uma iniciativa da câmara municipal do porto e da fundação da juventude. ÍNDICE NOTA INTRODUTÓRIA PROGRAMA EMPREENDE JOVEM Objetivos Para quem Iniciativas PLATAFORMA EMPREENDEJOVEM MOVE YOUR WAY @ PORTO

Leia mais

COMPRAR A PORTUGAL FILEIRA INDÚSTRIAS CULTURAIS E CRIATIVAS DEZ 2015

COMPRAR A PORTUGAL FILEIRA INDÚSTRIAS CULTURAIS E CRIATIVAS DEZ 2015 COMPRAR A PORTUGAL FILEIRA INDÚSTRIAS CULTURAIS E CRIATIVAS DEZ 2015 PERFIL 3 INDICADORES CHAVE 4 VANTAGENS 5 COMPETITIVAS SETORES 6 PATRIMÓNIO CULTURAL 7 AUDIOVISUAL E MULTIMÉDIA 8 ARTES VISUAIS 9 ARTES

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DO MONTE DA CAPARICA Curso de Educação e Formação de Adultos NS

ESCOLA SECUNDÁRIA DO MONTE DA CAPARICA Curso de Educação e Formação de Adultos NS 1 de 5 papel da multiculturalidade e Exploração do conceito de Património Comum da Humanidade e suas implicações na actuação cívica à escala mundial OBJECTIVO: Valorizar a interdependência e a solidariedade

Leia mais

Programa de Gestão Econômica, Social e Ambiental da Soja Brasileira

Programa de Gestão Econômica, Social e Ambiental da Soja Brasileira Programa de Gestão Econômica, Social e Ambiental da Soja Brasileira 1. Por que acreditamos no Soja Plus? 2. Como produziremos grandes resultados? 3. O que já realizamos em 2011? 4. O que estamos realizando

Leia mais

ESTRATÉGIAS de DINAMIZAÇÃO NATUREZA. Palmela Setembro de 2011

ESTRATÉGIAS de DINAMIZAÇÃO NATUREZA. Palmela Setembro de 2011 ESTRATÉGIAS de DINAMIZAÇÃO do PRODUTO TURISMO DE NATUREZA Palmela Setembro de 2011 1. PENT - estratégia para o desenvolvimento do Turismo em Portugal RCM 53/2007, de 04 de Abril 2. O desenvolvimento da

Leia mais

EDUCAÇÃO, TRABALHO E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL: CULTURA, CIÊNCIA, TECNOLOGIA, SAÚDE, MEIO AMBIENTE DOCUMENTO REFERÊNCIA

EDUCAÇÃO, TRABALHO E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL: CULTURA, CIÊNCIA, TECNOLOGIA, SAÚDE, MEIO AMBIENTE DOCUMENTO REFERÊNCIA EIXO III EDUCAÇÃO, TRABALHO E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL: CULTURA, CIÊNCIA, TECNOLOGIA, SAÚDE, MEIO AMBIENTE DOCUMENTO REFERÊNCIA SUGESTÃO Desde os anos 1980, observam-se transformações significativas

Leia mais

7 Missões: Recursos de Interesse Patrimonial FESTAS E CELEBRAÇÕES Salvador das Missões 7.1 Aspectos Gerais Identificação: Novemberfest

7 Missões: Recursos de Interesse Patrimonial FESTAS E CELEBRAÇÕES Salvador das Missões 7.1 Aspectos Gerais Identificação: Novemberfest 7 Missões: Recursos de Interesse Patrimonial FESTAS E CELEBRAÇÕES Salvador das Missões 7.1 Aspectos Gerais 7.1.1 Identificação: Novemberfest 7.1.2 Denominação mais freqüente: Novemberfest 7.1.3 Localização:

Leia mais

7.1.2 Denominação mais freqüente: EXPOMAQ Localização: Sede do município Município: Mato Queimado Localidade: Distrito

7.1.2 Denominação mais freqüente: EXPOMAQ Localização: Sede do município Município: Mato Queimado Localidade: Distrito 7 Missões: Recursos de Interesse Patrimonial FESTAS E CELEBRAÇÕES Mato Queimado 7.1 Aspectos Gerais 7.1.1 Identificação: Expomaq Feira agropecuária, comercial e industrial de Mato Queimado 7.1.2 Denominação

Leia mais

Promoção Turística Internacional Copa do Mundo 2014 EMBRATUR. Brasília, 25 de agosto de 2011

Promoção Turística Internacional Copa do Mundo 2014 EMBRATUR. Brasília, 25 de agosto de 2011 Promoção Turística Internacional Copa do Mundo 2014 EMBRATUR Brasília, 25 de agosto de 2011 Plano Aquarela Marketing Turístico Internacional do Brasil Desde 2005 é a base metodológica de todo o trabalho

Leia mais

1. Descrição da Cidade

1. Descrição da Cidade 1. Descrição da Cidade 2. Top Atrações da Cidade 2.1 - Atração Igreja Matriz de São Luiz de Tolosa 2.2 - Atração Casarões 2.3 - Atração Mercado Municipal de São Luís do Paraitinga 2.4 - Atração Centro

Leia mais

TURIMOS NO MEIO RURAL - ITAGUAÍ

TURIMOS NO MEIO RURAL - ITAGUAÍ TURISMO NO MEIO RURAL - ITAGUAÍ Shirley Ritta de Macedo Souza 1 Resumo O trabalho que desenvolvemos tem como suporte a elaboração do Inventário Turístico do município de Itaguaí, localizado no estado do

Leia mais

PROJETO. #SouAlterosa

PROJETO. #SouAlterosa EDITAL 03/2016 DIST II DESENVOLVIMENTO INTEGRADO E SUSTENTÁVEL DO TERRITÓRIO PROJETO #Sou Contratação de Agente comunitário 1. Objetivo do Projeto O Projeto #Sou tem por objetivo contribuir para a melhoria

Leia mais

1 Encontro de Secretários de Turismo da Rede Mercocidades

1 Encontro de Secretários de Turismo da Rede Mercocidades 1 Encontro de Secretários de Turismo da Rede Mercocidades Tema: Mercodestinos - Capitais Gauchas Rotas Tche: Visão, Acordos, Compromisos, Estratégias e Ações. Ivane Fávero Secretária Municipal de Turismo

Leia mais

6ª Oficina de Trabalho

6ª Oficina de Trabalho 6ª Oficina de Trabalho RENAI Rede Nacional de Informações sobre o Investimento Brasília, 18 de setembro de 2007 Definição Sistema de informações sobre a atividade de investimento produtivo no País, mantido

Leia mais

Venda Nova do Imigrante-ES

Venda Nova do Imigrante-ES Venda Nova do Imigrante-ES Capital Nacional do Agroturismo Turismo Rural - Agroturismo ENCONTRO NACIONAL COM OS NOVOS PREFEITOS E PREFEITAS Localização ENCONTRO NACIONAL COM OS NOVOS PREFEITOS E PREFEITAS

Leia mais

DESAFIO PELA BUSCA DA EXCELÊNCIA MODELO ASSISTENCIAL Hospital Alemão Oswaldo Cruz

DESAFIO PELA BUSCA DA EXCELÊNCIA MODELO ASSISTENCIAL Hospital Alemão Oswaldo Cruz DESAFIO PELA BUSCA DA EXCELÊNCIA MODELO ASSISTENCIAL Hospital Alemão Oswaldo Cruz Perfil O Hospital Alemão Oswaldo Cruz é uma associação civil de direito privado, sem fins econômicos ou lucrativos de caráter

Leia mais

Instituto Sindipeças de Educação Corporativa

Instituto Sindipeças de Educação Corporativa Instituto Sindipeças de Educação Corporativa Maio 2014 Instituto Sindipeças de Educação Corporativa Missão Oferecer soluções educacionais para elevar a competitividade e a sustentabilidade do setor de

Leia mais

SESSÃO DE APRESENTAÇÃO Cursos Técnicos Superiores Profissionais TeSP

SESSÃO DE APRESENTAÇÃO Cursos Técnicos Superiores Profissionais TeSP Programa Operacional Regional Alentejo 2014/2020 SESSÃO DE APRESENTAÇÃO Cursos Técnicos Superiores Profissionais TeSP Identidade, Competitividade, Responsabilidade Lezíria do Tejo Alto Alentejo Alentejo

Leia mais

Apoio Institucional: Pronac

Apoio Institucional: Pronac Apoio Institucional: Pronac - 14 8199 O Portal INSIEME será um portal cultural e educacional, bilíngue e interativo, que visa à preservação, difusão e promoção da cultura e identidade italiana e ítalo

Leia mais

Leonardo Framil CEO da Accenture no Brasil e na América Latina Guilherme Horn Diretor Executivo de Inovação

Leonardo Framil CEO da Accenture no Brasil e na América Latina Guilherme Horn Diretor Executivo de Inovação 2 Investir em inovação aberta no Brasil é contribuir para a competitividade, com criatividade e inteligência nos negócios. O UP Innovation Lab surge para apoiar esta necessidade e estimula empreendedores

Leia mais

As melhores referência de turismo em parques no mundo contam com parcerias com empresas privadas

As melhores referência de turismo em parques no mundo contam com parcerias com empresas privadas 4.1 Unidades de conservação devem As melhores referência de turismo em parques no mundo contam com parcerias com empresas privadas Por um lado, a criação de áreas públicas protegidas, como das formas mais

Leia mais

REFERENCIAL DE ANÁLISE DE MÉRITO DO PROJETO AVISO N.º CENTRO

REFERENCIAL DE ANÁLISE DE MÉRITO DO PROJETO AVISO N.º CENTRO REFERENCIAL DE ANÁLISE DE MÉRITO DO PROJETO AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS POR CONVITE PI 6.3 PROMOÇÃO DO PATRIMÓNIO CULTURAL UNESCO AVISO N.º CENTRO-14-2016-14 O Mérito do Projeto (MP) é determinado

Leia mais

PATRIMÔNIO CULTURAL DO MERCOSUL

PATRIMÔNIO CULTURAL DO MERCOSUL MERCOSUL/CMC/DEC. N 55/12 PATRIMÔNIO CULTURAL DO MERCOSUL TENDO EM VISTA: O Tratado de Assunção, o Protocolo de Ouro Preto, o Protocolo de Ushuaia sobre Compromisso Democrático no MERCOSUL, Bolívia e Chile,

Leia mais

Plano Estadual do Livro e Leitura da Bahia ( ) Textos de referência

Plano Estadual do Livro e Leitura da Bahia ( ) Textos de referência Plano Estadual do Livro e Leitura da Bahia (2013-2022) Textos de referência 1. PROBLEMAS DIAGNOSTICADOS a. Índices elevados de analfabetismo e baixo nível de escolaridade da população. b. Fragilidade de

Leia mais

Coleção Campos Gerais de Artesanato Regulamento/2013

Coleção Campos Gerais de Artesanato Regulamento/2013 Coleção Campos Gerais de Artesanato Regulamento/2013 APRESENTAÇÃO A Agência de Desenvolvimento do Turismo Sustentável da Região dos Campos Gerais e da Rota dos Tropeiros do Paraná em parceria com a 2ª

Leia mais

Patrimônio Cultural, Identidade e Turismo

Patrimônio Cultural, Identidade e Turismo Patrimônio Cultural, Identidade e Turismo Definição de Patrimônio l Patrimônio cultural é um conjunto de bens materiais e imateriais representativos da cultura de um grupo ou de uma sociedade. Problematização

Leia mais

Formação Empresários -nível 5. Número formandos padrão. Número formandos padrão. Horas

Formação Empresários -nível 5. Número formandos padrão. Número formandos padrão. Horas N.º de horas e de formandos por Entidade Destinatária Tipologia Escalão Horas Consultoria Formativa (Empresários e Ativos ) Formação Empresários e Ativos - nível 3 Horas Número formandos padrão Formação

Leia mais

COMERCIALIZAÇÃO NO ÂMBITO DA ECONOMIA SOLIDARIA

COMERCIALIZAÇÃO NO ÂMBITO DA ECONOMIA SOLIDARIA COMERCIALIZAÇÃO NO ÂMBITO DA ECONOMIA SOLIDARIA Secretaria Nacional de Economia Solidária Ministério do Trabalho e Emprego Seu tamanho no Brasil 21.859 EES 1,7 Milhão de Pessoas 2.934 municípios (52%)

Leia mais

Manual do Patrocinador

Manual do Patrocinador www.conferenciaarroz2015.com.br XII Conferência Internacional de Arroz para América Latina e Caribe Horizontes para a competitividade Manual do Patrocinador Realização: Promoção: Apoio: XII Conferência

Leia mais

Órgão Ministério do Turismo (MTur) Representação Efetiva Câmara Temática de Turismo Sustentável e Infância do CNT Representante Ana Paula de Siqueira

Órgão Ministério do Turismo (MTur) Representação Efetiva Câmara Temática de Turismo Sustentável e Infância do CNT Representante Ana Paula de Siqueira T U R I S M O Órgão Ministério do Turismo (MTur) Representação Efetiva Câmara Temática de Turismo Sustentável e Infância do CNT Representante Ana Paula de Siqueira Assessora Secretaria Geral da CNC Ações

Leia mais

P 3 - Plano urbanístico de uso e ocupação da Esplanada Ferroviária

P 3 - Plano urbanístico de uso e ocupação da Esplanada Ferroviária P 3 - Plano urbanístico de uso e ocupação da Esplanada Ferroviária 2ªOficina de Consulta Popular APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA Objetivo geral Elevar os níveis da qualidade de vida social, cultural, urbanística

Leia mais

COLÉGIO LA SALLE BRASÍLIA

COLÉGIO LA SALLE BRASÍLIA COLÉGIO LA SALLE BRASÍLIA SGAS Quadra 906 Conjunto E Brasília - DF Telefone: (61) 3443-7878 Site: www.lasalledf.com.br E-mail: lasalledf@lasalledf.com.br DIRETRIZES CURRICULARES Série: Maternal 2 1º Período

Leia mais

Turismo INATEL: do compromisso social à valorização do território

Turismo INATEL: do compromisso social à valorização do território Turismo INATEL: do compromisso social à valorização do território José Manuel Alho Vogal do Conselho de Administração Organização: Conselho Nacional do Ambiente e do Desenvolvimento Sustentável Confederação

Leia mais

Reunimos mais de 80 empresas, somos desde 1989, uma das mais representativas entidades do setor de turismo no Brasil.

Reunimos mais de 80 empresas, somos desde 1989, uma das mais representativas entidades do setor de turismo no Brasil. Reunimos mais de 80 empresas, somos desde 1989, uma das mais representativas entidades do setor de turismo no Brasil. Vendemos 90% das viagens do mercado brasileiro* Transportamos 6,01 milhões de passageiros*

Leia mais

Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais FIEMG

Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais FIEMG Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais FIEMG Vídeo: A Força de quem FAZ O SISTEMA FIEMG A Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais representa as indústrias do Estado e atua na defesa

Leia mais

O Encontro de gestão integrada de resíduos Da Geração ao Descarte acontece em 2016 e tem por objetivo levantar questões a respeito de todo o

O Encontro de gestão integrada de resíduos Da Geração ao Descarte acontece em 2016 e tem por objetivo levantar questões a respeito de todo o APRESENTAÇÃO O PROJETO O Encontro de gestão integrada de resíduos Da Geração ao Descarte acontece em 2016 e tem por objetivo levantar questões a respeito de todo o desenvolvimento da cadeia logística do

Leia mais

Arte no Brasil Colonial. Arquitetura e urbanismo. 8º ano

Arte no Brasil Colonial. Arquitetura e urbanismo. 8º ano Arte no Brasil Colonial Arquitetura e urbanismo 8º ano - 2013 A arte no Brasil colonial (1500 a 1808) foi marcada pela forte influência européia. O principal estilo que surge neste período é o BARROCO,

Leia mais

Encadeamento Produtivo Estratégia de atuação do Sistema SEBRAE PEQUENAS E GRANDES EMPRESAS TRABALHANDO JUNTAS PELA SUSTENTABILIDADE

Encadeamento Produtivo Estratégia de atuação do Sistema SEBRAE PEQUENAS E GRANDES EMPRESAS TRABALHANDO JUNTAS PELA SUSTENTABILIDADE Encadeamento Produtivo Estratégia de atuação do Sistema SEBRAE PEQUENAS E GRANDES EMPRESAS TRABALHANDO JUNTAS PELA SUSTENTABILIDADE Encadeamento Produtivo Estratégia para aumentar a competitividade, a

Leia mais

UM ENCONTRO DE CULTURAS DE TODO O MUNDO

UM ENCONTRO DE CULTURAS DE TODO O MUNDO UM ENCONTRO DE CULTURAS DE TODO O MUNDO Um espaço para Sentir o Passado Viver o Presente Experimentar o Futuro Um espaço para Promoção e Venda de Regiões através da diversidade dos seus produtos - Artesanato,

Leia mais

2017, ANO OFICIAL PARA VISITAR VISEU

2017, ANO OFICIAL PARA VISITAR VISEU 2017, ANO OFICIAL PARA VISITAR VISEU Síntese informativa apresentada em reunião do Conselho Estratégico do Município, a 4 de janeiro de 2017 2017, ANO OFICIAL PARA VISITAR VISEU Viseu está a ganhar uma

Leia mais

Top 30 Líderes Mundiais em Importações de Produtos Farmacêuticos (valores de 2014)

Top 30 Líderes Mundiais em Importações de Produtos Farmacêuticos (valores de 2014) Top 30 Líderes Mundiais em Importações de Produtos Farmacêuticos (valores de 2014) No ranking dos principais importadores de produtos farmacêuticos do mundo, o Brasil se manteve na 16ª posição em 2013

Leia mais

Considerações O mundo alcançou seu colapso nas esferas: social, ambiental e econômica, e o apelo para implantar o desenvolvimento sustentável não é

Considerações O mundo alcançou seu colapso nas esferas: social, ambiental e econômica, e o apelo para implantar o desenvolvimento sustentável não é Considerações O mundo alcançou seu colapso nas esferas: social, ambiental e econômica, e o apelo para implantar o desenvolvimento sustentável não é moda, é uma necessidade urgente. Em setembro de 2015,

Leia mais

A Exposição. Equipes, Elaboração, Etapas do Trabalho

A Exposição. Equipes, Elaboração, Etapas do Trabalho A Exposição Equipes, Elaboração, Etapas do Trabalho Quadro Geral da Disciplina Museológica 1 Museologia Geral Teoria museológica (fato museológico) História dos museus Administração museológica Curadoria

Leia mais

MARKETING INTERNACIONAL

MARKETING INTERNACIONAL MARKETING INTERNACIONAL Aula 05 Marketing Internacional e Global objetivos, funções, gráficos. E-mail: frentzen@labmundo.org MARKETING INTERNACIONAL Processo que visa otimizar os recursos e focar os objetivos

Leia mais

Os recursos culturais do Médio Tejo no âmbito da Gestão do Território: Que estratégias?

Os recursos culturais do Médio Tejo no âmbito da Gestão do Território: Que estratégias? Painel 4. Praxis IV: O Que É Os recursos culturais do Médio Tejo no âmbito da Gestão do Território: Que estratégias? Prof.ª Rita Ferreira Anastácio rfanastacio@ipt.pt 26 de setembro de 2015 Sumário O que

Leia mais

Internacionalização das PME Qualificação das PME

Internacionalização das PME Qualificação das PME Sistema de Incentivos Qualificação e Internacionalização PME Qualificação das PME Investigação e Desenvolvimento Tecnológico (I&DT) Inovação Empresarial e Empreendedorismo Qualificação e Internacionalização

Leia mais

CONCURSO PARA A REDE DAS ESCOLAS ASSOCIADAS DA UNESCO

CONCURSO PARA A REDE DAS ESCOLAS ASSOCIADAS DA UNESCO CONCURSO PARA A REDE DAS ESCOLAS ASSOCIADAS DA UNESCO 2016 ANO INTERNACIONAL PARA O ENTENDIMENTO GLOBAL 1 Concurso para a Rede de Escolas Associadas da UNESCO ANO INTERNACIONAL PARA O ENTENDIMENTO GLOBAL

Leia mais

O valor mínimo de despesas elegíveis por projecto Euros; O valor máximo de despesas elegíveis por projecto Euros.

O valor mínimo de despesas elegíveis por projecto Euros; O valor máximo de despesas elegíveis por projecto Euros. 1. INVESTIMENTOS 1.1 INVESTIMENTOS EM INFRA-ESTRUTURAS Apoio financeiro a iniciativas de investimento em infra-estruturas de natureza colectiva que defendam e preservem actividades culturais e recreativas,

Leia mais

DECRETO Nº E 05 DE JULHO DE O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições legais,

DECRETO Nº E 05 DE JULHO DE O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições legais, DECRETO Nº 35.879 E 05 DE JULHO DE 2012 Dispõe sobre o RIO COMO PATRIMÔNIO DA HUMANIDADE e dá outras providências. O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições legais, CONSIDERANDO

Leia mais

PLANO DE MARKETING DO TURISMO RELIGIOSO DE TRINDADE. Proposta de Estratégia

PLANO DE MARKETING DO TURISMO RELIGIOSO DE TRINDADE. Proposta de Estratégia PLANO DE MARKETING DO TURISMO RELIGIOSO DE TRINDADE Proposta de Estratégia TURISMO RELIGIOSO A religiosidade é manifestação da cultura e, de acordo um o Ministério do Turismo, as viagens com motivação

Leia mais

Os eventos que aqui estamos a apresentar pretendem ser um espaço de visibilidade, de promoção e de negócios em relação a

Os eventos que aqui estamos a apresentar pretendem ser um espaço de visibilidade, de promoção e de negócios em relação a Intervenção do presidente da Fundação AIP, Comendador Jorge Rocha de Matos, por ocasião da apresentação oficial da Alimentaria&Horexpo Lisboa e do Portugal Agro 17 Julho 2015 Senhora Ministra da Agricultura

Leia mais

7.1.6 Origem/Motivação: Prestar uma homenagem a Noel Guarany, um dos maiores expoentes da música. Guarany.

7.1.6 Origem/Motivação: Prestar uma homenagem a Noel Guarany, um dos maiores expoentes da música. Guarany. 7 Missões: Recursos de Interesse Patrimonial FESTAS E CELEBRAÇÕES Bossoroca 7.1 Aspectos Gerais 7.1.1 Identificação: Tributo a Noel Guarany 7.1.2 Denominação mais freqüente: Tributo a Noel Guarany 7.1.3

Leia mais

ROTEIRO DA AVALIAÇÃO DIFERENCIADA PARCIAL 2 / 3º TRIMESTRE - 3º ANO CIÊNCIAS E MATEMÁTICA

ROTEIRO DA AVALIAÇÃO DIFERENCIADA PARCIAL 2 / 3º TRIMESTRE - 3º ANO CIÊNCIAS E MATEMÁTICA ROTEIRO DA AVALIAÇÃO DIFERENCIADA PARCIAL 2 / 3º TRIMESTRE - 3º ANO CIÊNCIAS E MATEMÁTICA 1. APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA DE AVALIAÇÃO DIFERENCIADA: No dia a dia das pessoas, observa-se cada vez mais uma maior

Leia mais