Plano de Previdência do Sincor-SP conquista a adesão de mil corretores

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Plano de Previdência do Sincor-SP conquista a adesão de mil corretores"

Transcrição

1 UMA PUBLICAÇÃO MENSAL DO SINCOR-SP 387 SETEMBRO 2013 Escola Nacional de Seguros conclui processo de aquisição de imóvel no centro de São Paulo Foram comprados nove andares de um prédio na Rua Augusta, que trará mais conforto e suporte aos estudantes do setor. Pág. 11 JORNAL DOS CORRETORES DE SEGUROS Plano de Previdência do Sincor-SP conquista a adesão de mil corretores O número revela o crescimento do interesse do corretor de seguros em garantir a saúde financeira da sua família no momento da aposentadoria. Págs. 16 e 17 Comissões Técnicas apresentam atividades realizadas nos mais diversos ramos Os coordenadores e membros das comissões do Sincor-SP discutem os trabalhos desenvolvidos para auxílio da categoria. Págs. 12 e 13

2

3 palavra do presidente Ampla participação e resultados consistentes JCS SETEMBRO Realizamos o balanço das comissões do Sincor- SP em um espaço nobre, pois a ampla participação dos associados elevou os resultados para outro patamar de qualidade. O grande evento que reuniu as comissões técnicas e institucionais do Sincor-SP no último dia 28 de agosto foi revelador. Foi com imensa alegria que presenciei o relato das equipes sobre os objetivos que estão sendo cumpridos em Todos se mostraram entusiasmados com o alto nível de performance dos grupos. Pessoalmente, fiquei feliz por poder demonstrar que o Sincor-SP é capaz de desenvolver uma administração que estimula um vasto debate de ideias, com a participação de um grande número de companheiros, ao mesmo tempo em que obtém resultados consistentes em prazos pré-determinados. Estamos, inclusive, estudando a possibilidade de realizar um grande simpósio para os corretores de seguros, apresentando todos os trabalhos que estão sendo realizados pelas comissões. O atual modelo de gestão do Sindicato entende que cada associado tem um valor inestimável. É por isso que fico inquieto quando vejo um companheiro mal aproveitado, pois simplesmente não consigo admitir a possibilidade de perder uma só boa ideia nas reuniões do Sincor-SP. Por esta razão, no dia a dia, quando pergunto se o colega vai bem, eu realmente quero saber como anda a sua vida profissional e pessoal. Não se trata de simples formalidade. Em toda a minha vida dedicada ao Sindicato, aprendi a conhecer o real valor de um parceiro motivado. Nesta condição, ele enxerga dificuldades, debate, sugere soluções, estimula outras pessoas e ajuda a depurar as melhores ideias para solucionar problemas que afligem toda a classe. Isto está longe de ser pouca coisa. Por isso, não tenho dúvidas de que o atual ambiente de trabalho do Sincor-SP acentuou em nossos corações o desejo de lutar pelo bem coletivo, minimizando vaidades e interesses pessoais. Nesta atmosfera, até mesmo o debate do Sindicato com os outros setores que compõem o mercado de seguros ficou mais equilibrado e eficaz. Por meio de um diálogo sincero, as nossas bandeiras passaram a ser mais bem compreendidas pelas seguradoras, que estão assimilando o quanto ganham com o fortalecimento da classe dos corretores de seguros. Neste processo, essas companhias estão constatando que podem consolidar uma formidável rede com aproximadamente 70 mil distribuidores de seguros que atuam como consultores em pontos estratégicos do Brasil. Foi desta forma que obtivemos sucesso em negociar vários tipos de soluções em frentes importantes como riscos declináveis e preços diferenciados. É bom que se diga que as discussões no Sindicato de fato ganharam a participação de mais companheiros, mas os prazos estão sendo cumpridos com rigor. Isto ocorre porque o maior número de ideias em debate vem tornando possível a apuração das melhores resoluções. O Autocálculo, especificamente, traduz bem esta realidade. Esta ferramenta, com certeza, constitui uma das alternativas mais bem elaboradas pelo Sincor-SP, cuja magnitude se encontra à altura do que há de mais atual e eficaz no momento. É a nossa chance de fazer com que o poderoso vento da internet sopre a favor das velas da embarcação que abriga todo o mercado de seguros. O ótimo desempenho das comissões, portanto, é fruto de uma nova postura do nosso Sindicato. Nós deixamos de fazer o balanço dos trabalhos de forma tímida, em torno de uma mesa. Pela primeira vez, realizamos este evento em um espaço mais nobre, pois a ampla participação dos profissionais elevou os resultados das equipes para outro patamar de qualidade. Não deixe de conferir este formidável ritmo de produção nos blogs das comissões, que estão sendo criados no site do Sincor-SP. Mário Sérgio de Almeida Santos

4 4 JCS SETEMBRO 2013 sumário 3 4 PALAVRA DO PRESIDENTE SUMÁRIO / EXPEDIENTE Ampla participação e resultados consistentes 5 Benefícios Sincor-SP incentiva educação e fecha parcerias com instituições de ensino 6 Informação Legal Imposto Negócios Transmissão da proposta de seguros Comissões do Sincor-SP sugerem cautela com relação a novo entendimento sobre a Cofins A escolha do sócio pode ser decisiva para a longevidade da empresa 7 8 Automóvel Pesquisa Seguro auto no Brasil cresce 21% Mercado ressegurador brasileiro cresce 15,2% ao ano Certificação Digital AC Sincor credencia mais duas Autoridades de Registro Fenacor Federação divulga nomes dos palestrantes do Congresso Brasileiro 10 Entrevista Acacio Queiroz comenta tendências do mercado de seguros e abre sua vida pessoal ENTIDADES CCS-SP recebe José Adalberto Ferrara, novo presidente da Tokio Marine 22 Regionais Bauru, Osasco, Piracicaba e Zona Norte divulgam categoria através de anúncios Educação 12 Comissões Sincor realiza evento especial para apresentar as atividades das comissões Capa Reunião Fóruns Sincor-SP Vem Até Você Prêmio Conhecimento Estante ESCADA ACIMA / ESCADA ABAIXO Dados Econômicos Agenda Outra Leitura Escola Nacional de Seguros adquire novas instalações para comodidade e suporte aos estudantes Plano de Previdência do Sincor-SP conquista forte adesão dos corretores de seguros Diretorias Executiva e Regional alinham ações do Sincor-SP durante reunião em Mogi das Cruzes Fórum Jurídico chega à Regional Centro Quatro regiões do Estado participam do programa em agosto Comissão seleciona trabalhos que concorrem ao Prêmio Sincor-SP de Jornalismo O Seguro de D&O Construindo riqueza e prosperidade Susep publica duas intimações no Diário Oficial contra associações que comercializam proteção veicular Apenas 5% dos brasileiros contratam planos de Seguro de Vida (Ibope Inteligência). 28 Eventos Presidente e diretores do Sincor-SP participam de prêmio realizado pela Revista Apólice Sincor-SP na mídia Sincor-SP quer avaliar política das seguradoras Outubro 2013 Charge: Zeca / Artigo: Joana D Arc Santos Oliveira expediente JORNAL DOS CORRETORES DE SEGUROS Uma publicação mensal do Sincor-SP. Editora Responsável: Elaine Lisbôa MTB: Telefone: (11) Redação: Camila Correia e Thamires Costa Assessoria Editorial: DIZ Comunicações Revisora: Ana Maria Broadbridge MTB /SP Conselho Editorial: Cássia Maria Del Papa, Diniz Nunes Caetano, Francisco Celso Latini (Tico) e Pedro Barbato Filho. Publicidade: (11) Direção de Arte: ÓPERA Comunicação DIRETORIA EXECUTIVA: Presidente: Mário Sérgio de Almeida Santos 1ª Vice-presidente: Cássia Maria Del Papa 2ª Vice-presidente: Leilane Aparecida F. Strongren 1º Secretário: Carlos Alberto Pelais 2º Secretário: Carlos Rapozo 1º Tesoureiro: Orlando Filipe de Gouveia 2º Tesoureiro: Flavio Bevilaqua Bosisio Suplentes da Diretoria Executiva: Jorge Teixeira Barbosa, Celso Lopes, Cláudia Regina S. Camargo, Artur Cicone Jr., Francisco Orlando Chiomento, Juraci Alves Efetivos do Conselho Fiscal: Júlio César Pasquinelli, Mauro Antonio Laranja, Júlio César Salles Murat Suplentes do Conselho Fiscal: Lacir Marcondes de Melo, Diniz Nunes Caetano Delegados Fenacor: Efetivo: Nelson Martins Fontana Suplentes de Delegados Fenacor: Manuel Dantas Matos, Umile Ritacco Diretores Regionais: ABCDMR: Arnaldo Odlevati Jr ARAÇATUBA: José Antonio Veschi ARARAQUARA: José Roberto Placco Rodriguez ASSIS: Wagner Luiz Martins BARRETOS: André Mendes Camillo BAURU: Fernando Antonio Kauffman Alvarez CAMPINAS: Carlos Aparecido Cunha FERNANDÓPOLIS: Odeir Carlos Vilar FRANCA: Paulo Batista de Alcântara GUARULHOS: Luiz Carlos Ruivo JUNDIAÍ: Simone Cristina Favaro Martins MARÍLIA: Marco Antonio Mariano MOGI DA CRUZES: Wilton José Nogueira NOVA ALTA PAULISTA: Waldir Baessa OSASCO: Eduardo Minc PIRACICABA: Carlos Alberto Caporalli PRESIDENTE PRUDENTE: Mário Alves da Cruz RIBEIRÃO PRETO: Vicente de Oliveira Tozzo SANTOS: Flávio Meleiro SÃO CARLOS: Antonio Carlos João SÃO JOÃO DA BOA VISTA: Silvia Helena Rinaldi Lara SÃO JOSÉ DO RIO PRETO: Antonio Roberto Mantovan SÃO JOSÉ DOS CAMPOS: Lauro Benedito de Almeida Oliveira SOROCABA: Gilson Domingues de Morais Filho TAUBATÉ: Francisco Sérgio Casimiro ZONA CENTRAL: Braz Romildo Fernandes ZONA LESTE: Marcos Abarca ZONA NORTE: Carlos Alberto B. de Lima ZONA OESTE: Eduardo Vidal Pileggi ZONA SUL: Francisco Vieira Nunes da Silva Gerência-geral Sincor-SP: Albano Ribeiro Neto VEJA A RELAÇÃO COMPLETA DA DIRETORIA NO SITE DO SINCOR-SP. SINDICATO DOS CORRETORES DE SEGUROS, EMPRESAS CORRETORAS DE SEGUROS, RESSEGUROS, DE SAÚDE, DE VIDA, DE CAPITALIZAÇÃO E PREVIDÊNCIA PRIVADA NO ESTADO DE SÃO PAULO. Rua Líbero Badaró, º andar - São Paulo - Centro - CEP: Tel.: (11) Ouvidoria: Milton D Amelio Telefone: (11)

5 benefícios JCS SETEMBRO Sincor-SP incentiva educação e fecha parcerias com instituições de ensino Desde o início do mês de setembro, o corretor de seguros associado conta com mais cinco benefícios na área educacional. Isso porque a Comissão de Benefícios do Sincor-SP fechou parcerias com escolas de ensino a fim de reduzir custos nas mensalidades. As instituições participantes são: Faculdade Alves Faria (Alfa), Faculdade Autônoma de Direito de São Paulo (Fadisp), ambas na capital paulista, além da Universidade Metodista (Unimep) e Anhanguera Educacional, localizadas na região de Piracicaba. Os associados do Sincor-SP possuem agora 10% de desconto nos cursos de graduação e pós-graduação lato sensu na Alfa e na Fadisp. A Alfa oferece cursos de Administração e Ciências Contábeis, além de pós- -graduação em Finanças, Gestão de Marketing em Serviços e em Negócios e Segurança Pública e Privada com Ênfase em Grandes Eventos. Já a Fadisp é uma das quatro instituições do Brasil que oferecem cursos de mestrado e doutorado em Direito. O corpo docente é composto por juristas, promotores e desembargadores. Para a região de Piracicaba, o Sincor-SP fechou parceria com a Unimep a fim de oferecer descontos de 10% nos cursos de graduação e pós-graduação lato sensu aos associados. A universidade conta com cursos e especializações nas áreas de exatas como Ciências Contábeis, Sistemas da Informação e Matemática, além de Humanas como Administração, Negócios Internacionais e Filosofia. Também oferece cursos na área da Saúde como Enfermagem, Fisioterapia e Nutrição. A Anhanguera Educacional, por sua vez, concede bolsa de estudos nos cursos de graduação e pós-graduação aos associados e seus dependentes legais. Segundo a 1ª vice-presidente e diretora executiva responsável pela Comissão de Benefícios, Cássia Maria Del Papa, é importante realizar parcerias com instituições de ensino para valorizar e estimular o aprendizado e o conhecimento do corretor. Buscamos sempre incentivar o corretor de seguros a investir no conhecimento. Nossa categoria já percebeu que o consumidor está mais exigente. Por isso, precisamos nos adaptar aos novos cenários para garantirmos a boa prestação de serviços e um futuro brilhante para os nossos negócios, avaliou. endereço de frente para o futuro. A Allianz tem um novo endereço em São Paulo. A gente se movimenta, segue em frente, com um único objetivo: continuar crescendo. Uma mudança que vai além do endereço. Juntamos as filiais e áreas administrativas em um novo local, e esse investimento mostra o quanto a Allianz veio para ficar no Brasil e o quanto nós apostamos neste país. Mas isso tudo a gente só fez porque o que mais importa é crescer junto com você, nosso corretor, e melhorar sempre para atendê-lo cada vez mais. Com você de A a Z Seja bem-vindo à nossa nova casa. Rua Eugênio de Medeiros, 303 Pinheiros São Paulo SP facebook.com/allianzcorretor

6 6 JCS SETEMBRO 2013 informação legal imposto Comissões do Sincor-SP sugerem cautela com relação a novo entendimento sobre a Cofins Transmissão da proposta de seguros O departamento Jurídico do Sincor-SP acompanhou um caso em que o corretor renovou o seguro na data correta e, após o prazo de análise da seguradora, a companhia devolveu a proposta por falta de instalação do rastreador (solicitado pela própria seguradora). Como ocorreu o término da vigência da apólice, o segurado realizou a vistoria do seu caminhão com o acompanhamento do corretor de seguros que, por sua vez, deixou de transmitir a proposta à seguradora de imediato, acreditando que possuía um prazo de cinco dias para fazê-lo. Após três dias da realização da vistoria ocorreu um acidente com o caminhão, oportunidade em que o corretor transmitiu a proposta e informou o sinistro. Uma vez que a transmissão da proposta ocorreu após o sinistro, o início da cobertura securitária também se deu em horário posterior, razão pela qual a indenização foi negada. É importante observar o que dispõe a Circular Susep n. 251/2004, em seu artigo 8º, parágrafo primeiro: Art. 8º. Os contratos de seguro cujas propostas tenham sido recepcionadas, com adiantamento de valor para futuro pagamento parcial ou total do prêmio, terão seu início de vigência a partir da data de recepção da proposta pela sociedade seguradora, ressalvado o disposto no parágrafo 1º deste artigo. 1º. Os contratos de seguros de automóveis terão início de vigência a partir da realização da vistoria, exceto para os veículos zero quilômetro ou quando se tratar de renovação do seguro na mesma sociedade seguradora, hipóteses em que prevalecerá o início de vigência definido no caput. (grifo nosso). Portanto, quando se tratar de renovação do seguro na mesma companhia, o início da vigência do seguro ocorrerá na transmissão da proposta, razão pela qual, a postura mais prudente é transmitir a proposta de imediato. Esta coluna é elaborada com base nas dúvidas e solicitações de corretores de seguros associados ao Sincor-SP. Mande seus questionamentos para o Recentemente, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) publicou decisão acolhendo a tese de redução de 4% para 3% na alíquota da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) para as corretoras de seguros. Em linguagem jurídica, tratase de um agravo regimental no Recurso Especial n PR, que tem o ministro Benedito Gonçalves como relator. Segundo o entendimento do STJ, as empresas não estavam enquadradas no regime de tributação adequado em razão de suas atividades serem apenas intermediárias no fechamento de contratos de seguros entre terceiros com determinada seguradora. As Comissões Jurídica e de Tributos do Sincor-SP, após análise do assunto, estão recomendando que os corretores tenham cautela na interpretação dessa decisão, já que a redução da Cofins ainda não estaria pacificada, por se tratar de um entendimento isolado. Em nota aos corretores, as comissões destacaram: Qualquer ação, neste momento, poderá ser precipitada. O assunto continuará a ser analisado e, à medida que novas decisões surgirem, voltaremos a informar. Entendemos que agora é prematura qualquer alteração no percentual de recolhimento, bem como qualquer solicitação de compensação relativa ao recolhimento de anos anteriores. Indicamos que as corretoras consultem seus advogados para decidirem sobre a conveniência e oportunidade de eventual ação judicial, apontam. A Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) é uma contribuição federal de natureza tributária, que reflete sobre a receita bruta das empresas, destinada a atender programas sociais do governo. Sua alíquota é de 7,6% para as empresas tributadas pelo lucro real e de 3% para as demais. Tem por base de cálculo a receita bruta da venda de bens e serviços (faturamento mensal) ou o total das receitas da pessoa jurídica. O termo seguridade social abrange a previdência social, a saúde e a assistência social. São contribuintes da Cofins as pessoas jurídicas de direito privado em geral, exceto as microempresas e as empresas de pequeno porte submetidas ao regime do Simples Nacional, que recolhem a contribuição, além de outros tributos federais, em um único código de arrecadação que abarca todos esses tributos.

7 automóvel JCS SETEMBRO Seguro auto no Brasil cresce 21% No primeiro semestre de 2013, as vendas nacionais de Seguro de Automóvel somaram R$ 13,7 bilhões, representando um crescimento de 21% em relação a Os dados foram divulgados pela CNseg - Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização. No Sudeste, o Estado de São Paulo liderou as vendas, arrecadando R$ 5,7 bilhões em prêmios, o que representa uma alta de 18,6% sobre Rio de Janeiro e Minas Gerais chegaram a R$ 1,1 bilhão cada, apresentando um crescimento de 22,6% e 24,3%, respectivamente. O Espírito Santo apresentou um índice de 15,8% de expansão. No Sul do País, o Estado do Paraná liderou as vendas de seguros de auto com um faturamento de R$ 1,1 bilhão. O Rio Grande do Sul e Santa Catarina movimentaram R$ 921,4 milhões e R$ 689,6 milhões, observando crescimento de 26,3% e 22,3%, respectivamente. Em 2012, a receita do mercado de Seguro de Automóvel alcançou R$ 24,7 bilhões, apresentando crescimento de 16% em comparação com o ano anterior. pesquisa Mercado ressegurador brasileiro cresce 15,2% ao ano A classificadora de riscos Standard & Poor s publicou em agosto uma pesquisa especial que analisa o mercado de resseguros no Brasil. O estudo, intitulado The Brazilian Reinsurance Market: Breaking the Monopoly, destacou a participação das companhias resseguradoras que atuam no País, sendo 13 delas locais, 29 admitidas e 61 eventuais. A pesquisa também mostrou o crescimento do setor nos últimos cinco anos, que chegou a uma média de 15,2% ao ano, atingindo R$ 6,43 bilhões em No entanto, o indicativo apresentou uma queda no resultado operacional das resseguradoras locais, que assumiram 23% do mercado. Segundo o consultor econômico do Sincor-SP, Francisco Galiza, para o futuro, as resseguradoras locais deverão melhorar o resultado operacional. Pelos ganhos de escala derivados do aumento de prêmios, deve haver uma melhor experiência com a carteira de sinistros e, até mesmo, pelos processos de fusões e aquisições, avalia.

8 8 JCS SETEMBRO 2013 certificação digital AC Sincor credencia mais duas Autoridades de Registro fenacor Federação divulga nomes dos palestrantes do 18º Congresso Brasileiro dos Corretores Nos dias 13 de agosto e 5 de setembro, a AC Sincor assinou contrato de credenciamento com a Perfil Consultoria e Corretagem de Seguros e a Sekurit Corretora de Seguros (foto), respectivamente, para atuarem como Autoridades de Registro. A Perfil está no mercado há mais de 18 anos, na cidade de Santos, e a Sekurit atua há 13 anos no bairro de Pinheiros, em São Paulo. Parceria permite comercializar Previdência Privada através da Certificação Digital A Arbos Seguros e Certificação Digital, Autoridade de Registro credenciada pela AC Sincor, fechou uma parceria com a Zurich Seguros a fim de comercializar seguros através da certificação digital. O novo sistema funcionará inicialmente para os planos de Previdência Privada e Acidentes Pessoais, trazendo proteção às transações online. Além de proporcionar agilidade nos processos de emissão, redução de custos operacionais e aumento da receita, a solução ainda contribui com o meio ambiente, ao reduzir o emprego de energia e papéis impressos. A parceria permite que corretores realizem todos os processos de comercialização eletronicamente, através da solução tecnológica com a validação e proteção para as trocas de arquivos, mensagens e dados. A assinatura de apólices por meio da certificação digital diminui consideravelmente os impactos ambientais. Além de ser mais prático, oferece maior controle do fluxo de informações, seja para o segurado ou para a seguradora, diz o CEO de Vida & Previdência da Zurich Seguros, Richard Vinhosa. A Fenacor divulgou os nomes dos palestrantes que irão participar do 18º Congresso dos Corretores de Seguros entre os dias 16 e 18 de outubro, no Pier Mauá, no Rio de Janeiro. Entre eles, se encontra o ministro da Micro e Pequena Empresa, Guilherme Afif Domingos e o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ayres Brito, conhecido por seu posicionamento firme a respeito de temas políticos. A participação de Afif vem despertando expectativas, pois o ministro já admitiu que o governo está propenso a apoiar mudanças no Simples Nacional, abrindo as portas para a inclusão das corretoras de seguros. A questão foi apontada como uma das maiores preocupações da categoria na pesquisa realizada pela Federação, intitulada de ESECS-PJ - Estudo Socioeconômico das Corretoras de Seguros Pessoas Jurídicas. Na programação também estão previstas palestras motivacionais, que serão ministradas por Flavio Canto, judoca medalha de bronze nas Olimpíadas de Atenas, em 2004, e Paulo Storani, um dos oficiais do Bope, que inspirou a criação do personagem Capitão Nascimento, do filme Tropa de Elite. O Congresso também apresentará painéis tais como: Seguro de Automóvel, Microsseguros, Perspectivas do Ramo Saúde e Seguro Saúde x Necessidades dos Consumidores. Os participantes também contarão com apresentações musicais. A primeira noite do encontro será conduzida pela banda carioca Blitz. No segundo dia, os congressistas poderão rir com Leandro Hassum e dançar com o animado grupo Nega Fulô. Já no encerramento do Congresso haverá a participação de Jorge Aragão. O evento será realizado na Zona Portuária do Rio de Janeiro e reunirá até cinco mil profissionais, incluindo corretores, congressistas, expositores, palestrantes, executivos e técnicos de seguradoras. Esse Congresso é um passo importante rumo a uma nova era, que deve ser escrita pela própria categoria, afirma o presidente da Fenacor, Armando Vergílio. Paralelamente ao congresso, serão realizados a 17ª edição da Exposeg e o 2º Congresso Brasileiro de Saúde Suplementar.

9 MKT_10161_ Com a Admix você pode. Com total transparência, apoiamos o trabalho do profissional de seguros com o Programa Corretor Parceiro, a solução perfeita para quem precisa alavancar as vendas sem investir em estrutura, e ainda contar com um parceiro especialista em planos de saúde empresariais. Você terá uma equipe exclusiva de atendimento para prestar todo suporte técnico e operacional necessários, para potencializar seus negócios e manter sua carteira sempre saudável e blindada contra a concorrência. Junte-se a nós e tenha uma nova experiência comercial:

10 10 JCS SETEMBRO 2013 entrevista Acacio Queiroz comenta tendências do mercado de seguros e abre sua vida pessoal Com 65 anos, forte entusiasmo para liderar uma renomada seguradora, ensinar, cuidar da família e praticar esportes, Acacio Queiroz, CEO da Chubb Seguros, participa da seção Entrevista deste mês, destacando a visibilidade do corretor de seguros para a companhia, refletindo sobre a venda de seguros pela internet e mostrando que é possível conciliar a vida pessoal com a profissional. Como a Chubb Seguros analisa sua parceria com os corretores de seguros? A companhia acredita que a parceria com os corretores é fundamental na relação entre os clientes e a seguradora, e o corretor é o mais legítimo representante do segurado. Faz parte do DNA da Chubb uma política de proximidade e relacionamento, com a premissa de sempre valorizar o trabalho desse profissional, que se destaca como o principal parceiro para a distribuição de seguros na nossa companhia. Qual a estratégia da companhia ao experimentar a comercialização do seu produto Automóvel por meio de canais que permitem ao próprio consumidor contratar a apólice pela internet? Conforme tenho dito nas minhas palestras, o mundo digital já é uma realidade e, portanto, não podemos fechar os olhos para ele. Hoje a venda de seguros pela internet não representa mais do que 1% ou 2%, mas certamente em cinco anos representará 10%, em 10 anos 25% e assim por diante. É importante frisar que quando nos utilizamos deste meio de distribuição, sempre é através de corretores de seguros devidamente habilitados e que se utilizam dessa ferramenta para oferecer os mais diversos tipos de seguros. Observo que há determinados ramos de seguros que dificilmente serão vendidos pela internet, pela sua complexidade e o número de variáveis envolvidas. Gostaria de enfatizar que a Chubb tem, desde a sua fundação e na sua filosofia de trabalho, o estabelecimento de parcerias de longo prazo exclusivamente através da figura do corretor de seguros. Isso é motivo de muito orgulho para nós. Tendo em vista que em nosso País falta a cultura do seguro, o senhor acredita que o consumidor está preparado o suficiente para escolher o seguro sem a instrução ativa de um corretor de seguros? Poucos estão preparados para essa escolha. Mesmo com todo o esforço das confederações, federações e, especialmente, dos sindicatos dos corretores, ainda falta muito para atingirmos o mercado potencial como um todo, no que diz respeito à divulgação dos diversos tipos de seguros existentes. E isto é muito importante, pois quando alguém contrata o seguro de certa forma está garantindo o seu futuro, seja na área de vida ou patrimonial. Neste caso, o melhor profissional para orientá-lo é o corretor de seguros, que é o seu mais legítimo representante. A cultura do seguro caminha de acordo com o desenvolvimento da área de educação do país e, é claro, ainda temos um longo caminho a percorrer. Atualmente, boa parte dos profissionais do mercado de seguros traz experiências de anos a fio na atividade. O senhor acredita que o setor ainda está sendo pouco atrativo para os jovens, talvez por falta de conhecimento das oportunidades existentes? Sim, o mercado segurador ainda não tem, com relação às oportunidades, uma divulgação muito clara da sua potencialidade. Os jovens evidentemente sempre se inclinam por aquilo que escutam e veem, bem como pelo fascínio de profissões mais glamorosas como medicina, engenharia etc. Mas, posso afirmar que ser um executivo na área de seguros hoje é tão importante quanto qualquer outra área do segmento econômico ou profissão liberal. O setor oferece uma quantidade enorme de oportunidades para desenvolvimento profissional e financeiro, além da interatividade com outras culturas, pois o mundo do seguro está globalizado e não existem mais fronteiras. Quando decidi entrar para a área de seguros, lembro-me que fui analisar a conjuntura econômica, e já naquela época me deparei com o grande potencial que tinha o segmento em nosso País. Tomei a decisão certa e sempre tive muito orgulho de pertencer ao mercado segurador. Ele proporcionou muitas coisas em minha vida, como, por exemplo, liderar um grupo de empresas americanas, participar de vários conselhos, transferir experiências e, acima de tudo, como líder, fazer os outros crescerem. Hoje tenho na minha lista de ativos uma quantidade enorme de executivos que tive a oportunidade de colaborar na formação profissional: 10 presidentes, dezenas de vice-presidentes, diretores, superintendentes etc. Falando um pouco sobre sua vida pessoal, é difícil conciliar a família com a liderança de uma seguradora renomada como a Chubb? Não, ainda que exista muito trabalho. O momento atual exige criatividade, inovação, muita transpiração, liderança moderna, espírito de time, um excelente relacionamento com o mercado em geral, e acima de tudo, muita, mas muita humildade para saber enfrentar as adversidades da vida, sejam elas quais forem. O fato é que o equilíbrio fundamental de qualquer executivo é a balança entre sua vida pessoal e profissional, e ele tem a obrigação de buscar este equilíbrio. Sou paranaense de Curitiba, assim como minha esposa e filhos. Depois dos 30 anos de idade mudeime para São Paulo, Rio de Janeiro e retornei a São Paulo, partindo daí para o mundo, onde trabalhei presidindo companhias de seguro em diversos países. Em função desta aventura, os filhos foram se espalhando. Minha filha mais velha ficou na Austrália, o filho do meio nos Estados Unidos e o mais novo no Canadá. Todos eles se formaram e fizeram pós-graduação no exterior. Hoje meus dois filhos são executivos de multinacionais no Brasil e minha filha tem sua própria empresa. A família vem crescendo. São três netos até hoje: Bárbara, Enrico e Acacio Henrique. Em outubro já serão quatro com a chegada da Maria Eduarda. Sou casado há 40 anos com Iara, com quem namorei por cinco anos antes de contrair matrimônio. Minha felicidade é completa ao lado dela e juntos construímos uma linda família, que só nos dá alegria. O que gosta de fazer nos tempos livres? O meu principal hobby é caminhar. Adoro. São 200 km por mês. Pratico este exercício no mínimo de 4 a 5 vezes por semana. Frequento academia três vezes por semana, faço Pilates e quando me é possível jogo golfe e tênis. Gosto de navegar, mas, sinceramente, me falta tempo. Ainda estou acordando às 5h e parando lá pelas 19h, tirando deste período um intervalo de 3 horas para fazer os exercícios e visitar os netos. Isso é sagrado. Ou seja, ainda sobra uma média diária de trabalho de aproximadamente 11 horas. Aos sábados e domingos a rotina é a mesma, com exceção de que trabalho das 5h às 10h da manhã (leituras técnicas, revistas...) e daí para diante total atenção à família, tanto no sábado quanto no domingo. Na verdade, sinto uma vontade enorme de trabalhar, liderar, fazer os outros crescerem e transferir experiência a todos aqueles que desejarem. Isto para mim é vida.

11 Escola Nacional de Seguros adquire novas instalações para oferecer comodidade e suporte aos estudantes O presidente da instituição, Robert Bittar, fala sobre o assunto e destaca: o curso de Habilitação de Corretores de Seguros ainda é o que apresenta maior procura. No último ano foram cerca de 3,5 mil profissionais formados. JCS SETEMBRO A Escola Nacional de Seguros adquiriu, no início de setembro, parte de um imóvel em região consagrada de São Paulo: a Rua Augusta. Quais são os planos da instituição a partir de agora, quando passa a contar com uma sede própria? Esse era um anseio antigo da Escola, que começou a ser acalentado em 2008, quando conhecemos o prédio. Passados cinco anos, finalmente concluímos o processo de aquisição de nove andares, que, somados, chegam a 4.500m². Estamos muito entusiasmados com a possibilidade de poder concentrar todas as nossas atividades acadêmicas e administrativas em um só endereço, com localização privilegiada. Temos planos ambiciosos de expansão em São Paulo, maior centro de negócios do País e cidade que concentra mais de 50% do mercado de seguros nacional. E não podíamos ter esse entrave estrutural. Pretendemos montar uma sede com as melhores instalações que uma instituição de ensino pode ter. Nossa intenção é crescer de modo sustentado e proporcionar ainda mais segurança e conforto aos nossos alunos e colaboradores. Já temos um projeto de engenharia e arquitetura onde estão previstas 28 salas de aula, 2 laboratórios de informática, secretarias, biblioteca, auditório para 110 pessoas, salas para estudo em grupo, salas de professores, salas de coordenadores, vestiário e refeitório para colaboradores, entre outras dependências. Além disso, o prédio possui um edifício-garagem anexo, com 126 vagas terceirizadas. A previsão de mudança é no primeiro trimestre de Qual tem sido o curso mais procurado na instituição? O Curso para Habilitação de Corretores de Seguros ainda é o que apresenta maior procura, até porque não tem limite de vagas. No último ano, foram cerca de profissionais habilitados, que fizeram cursos presenciais ou prestaram os exames. No primeiro caso, as aulas foram ministradas em 52 cidades brasileiras. Já as provas foram aplicadas em 30 localidades. O número de habilitados tem se mantido estável nos últimos anos. Porém, com o crescimento do setor certamente haverá aumento na demanda, não só pela habilitação de corretores, mas, também, por cursos formadores de mão de obra para as corretoras de seguros. O profissional corretor de seguros habilitado tem buscado especialização em cursos de nível superior e de pós-graduação ou a procura tem se dado em outros ramos de atividades? Temos verificado um aumento no interesse da categoria por cursos com um grau de conhecimento mais elevado. No entanto, acreditamos que esse cenário ainda pode melhorar. Hoje o corretor tem à disposição um vasto leque de produtos educacionais, que garantem a complementação e ampliação da sua formação. É importante estar permanentemente atualizado, o mercado de seguros é muito dinâmico, a qualquer momento podemos ser impactados por uma mudança regulatória ou o lançamento de novos produtos. Nessa hora, aqueles profissionais que estiverem plenamente capacitados e que tiverem capacidade de rápida adaptação terão mais chances de sucesso. Em São Paulo, vamos formar, no meio do ano, os primeiros bacharéis em Administração, já que o curso foi lançado em Do total de formandos, 50% são corretores de seguros, número considerado bom. Todavia, nossos registros apontam que a expressiva maioria dos alunos do Curso para Habilitação de Corretores de Seguros já possui escolaridade de nível superior. O corretor de seguros tem entendido que, ao concluir o curso para habilitação profissional, não se encerra ali o período de estudos, pelo contrário, é o momento de pensar sob a ótica da educação continuada. Conforme mencionei anteriormente, hoje a Escola disponibiliza ao mercado produtos e serviços educacionais que abrangem todos os níveis de formação e capacitação, desde cursos de iniciação até programas de treinamento no exterior. O profissional que estiver mais preparado saberá oferecer as soluções adequadas ao segurado. E ele, cliente, certamente irá reconhecer e dar preferência a esse corretor mais qualificado. Quais são os projetos da Escola para os próximos anos? Temos alguns projetos sendo elaborados e outros já desenhados para os próximos anos. Como mencionado na primeira resposta, a partir de 2015, com a inauguração das novas instalações em São Paulo, a intenção é ampliar significativamente nossa participação no maior centro de negócios do País. Para isso, pretendemos intensificar a parceria estratégica que mantemos com o Sincor-SP. Assim como a Escola, o Sindicato desenvolve inúmeras atividades em prol do contínuo aprimoramento e qualificação do corretor de seguros. Com esse objetivo primário em comum, temos que somar forças e caminhar juntos no sentido de buscar novas soluções para que a categoria se fortaleça ainda mais. A partir de 2014, nosso ensino a distância passará a ser hospedado em uma nova plataforma, que permitirá um salto de qualidade sem precedentes. Também temos o desejo de oferecer a Graduação em Administração de maneira online. Para o nosso carro-chefe, o Curso para Habilitação de Corretores de Seguros, a intenção é ampliar o número de cidades onde ele é ofertado, através de novas parcerias visando ao ganho de capilaridade. Pretendemos expandir ciclos de palestras gratuitas para levar informações sobre o produto seguro a um número cada vez maior de pessoas e, no âmbito do ensino superior, a proposta é criar cursos de extensão e pós-graduação em novas áreas de negócios, cumprindo todos os objetivos com total dedicação e qualidade.

12 12 JCS SETEMBRO 2013 comissões Sincor-SP realiza evento especial para apresentar as atividades das comissões O Sincor-SP promoveu um grande encontro entre coordenadores e membros das comissões técnicas e institucionais no dia 28 de agosto, no Novotel Jaraguá, no centro de São Paulo. Durante o evento, foram discutidas as ações já desenvolvidas por cada grupo em 2013, bem como as atividades em andamento. De acordo com o presidente do Sincor-SP, Mário Sérgio de Almeida Santos, a iniciativa buscou o alinhamento entre todas as comissões, que interagiram durante as apresentações para promover a melhoria contínua das atividades. AC Sincor Desde o início da gestão, a AC Sincor forneceu 82 sites às Autoridades de Registro, criou a área restrita para gerenciamento e realizou treinamentos de reciclagem, que ainda estão em andamento. Para o segundo semestre, a Comissão pretende criar um sistema eletrônico de armazenamento de documentos. Automóvel A equipe trabalhou em conjunto com a Comissão Contra Venda Casada para combater a comercialização de seguros por bancos, lojas e concessionárias. Ainda este ano, o grupo pretende elaborar um Fórum Técnico para levar às regionais. Benefícios Apresentada pela 1ª vice-presidente do Sincor- SP, Cássia Maria Del Papa, a Comissão destacou as parcerias fechadas com instituições educacionais, o SincorPrevSP e a parceria concretizada com a Berkley para oferecimento do Seguro de RC Profissional para corretores de seguros. Contra Venda Casada A Comissão Contra Venda Casada e Preços Diferenciados destacou a palestra de atualização com os assistentes regionais, realizada no dia 7 de agosto, comentou sobre algumas denúncias apontadas por corretores e propôs que a categoria aumente a interação com o grupo a fim de proporcionar mais resultados para toda a indústria do seguro. Corretor de Seguros do Futuro A Comissão abordou o sucesso do fórum A Web e as Redes Sociais, que discorre sobre a internet e a utilização das redes sociais. Este estudo, o grupo pretende angariar representantes em todas as regionais do Sincor-SP para disseminar a apresentação do conteúdo aos profissionais do interior. Disque Sincor O departamento mostrou crescimento na resolução dos casos, apresentando 80% de reversão de sinistros negados. Para esse ano, o grupo continuará a convidar os representantes das seguradoras para as reuniões na sede do Sincor-SP. Ética A Comissão destacou que o resultado do seu trabalho pode ser traduzido pelo atual baixo índice de reclamações encaminhadas pelos corretores e segurados. Cultura do Seguro O grupo relatou o fechamento da parceria com o CIEE (Centro de Integração Empresa-Escola) para promover a palestra do projeto Educar para Proteger. Também mencionou a participação na Feira do Estudante da instituição. Feminina Sugeriu produtos voltados para o público feminino às seguradoras. Agora, está elaborando o primeiro fórum que focará a mulher empreendedora no mercado.

13 JCS SETEMBRO Intersindical Discorreu sobre reuniões periódicas com representantes das seguradoras, a fim de debater as questões que atingem o mercado de segurador. Jurídica Informou que tem trabalhado nas medidas recentes colocadas em consulta pública pela Susep. Falou sobre as apresentações do Fórum Técnico nas regionais e comentou sobre a coluna Informação Legal, publicada mensalmente no JCS. Político-Parlamentar Está acompanhando os projetos de lei que influenciam o mercado. Por isso, a equipe intermedeia informações junto aos legisladores, sobretudo nas câmaras municipais e Congresso Nacional. No momento, a comissão acompanha o Simples Nacional e a lei do microsseguro. Oportunidades de Negócios Vem apresentando o Fórum pelas regionais do Sincor-SP, a Comissão também estreou o blog e conseguiu realizar um desafio, ao fazer com que o corretor aumentasse os seus rendimentos em 30% por meio de simples mudanças de atitude. Promeseg e Perfil do Corretor Moderno Prossegue com a realização do Fórum para o Corretor de Seguros Empresário. Discorreu sobre a realização de um panfleto que compara a comercialização do seguro pelo corretor e pelas cooperativas. Responsabilidade Civil Vem trabalhando em parceria com o Disque Sincor para responder dúvidas dos corretores em relação ao ramo. Auxiliou nas parcerias com a Berkley, Argo e ACE para descontos aos associados no seguro de RC Profissional. Riscos Patrimoniais Está visitando diversas seguradoras a fim de avaliar os respectivos critérios para regular sinistros. Por exemplo: como seria o seguro se um estabelecimento Mário Sérgio explica que a iniciativa buscou o alinhamento entre todas as comissões, que interagiram durante as apresentações para promover a melhoria contínua das atividades. não tiver um alvará de funcionamento. o desenvolvimento de uma cartilha com as principais perguntas que devem ser feitas ao cliente. Saúde Criadora do multicálculo saúde, com mais de 30 mil acessos por dia, a Comissão pretende agendar um encontro para esclarecer dúvidas sobre clausulados genéricos. Vida, Previdência e Capitalização Apresentando às regionais o plano SincorPrevSP, a Comissão tem participado dos encontros regionais da categoria para divulgar o produto e destacar a importância de se ter um plano de previdência. Transportes Os membros da Comissão participaram de uma reunião na Susep para fazer reivindicações sobre o ramo. Para o segundo semestre, realizarão o Fórum de Transportes na Sede do Sincor-SP. Tributos Participando dos fóruns da Comissão Jurídica, a Comissão também presta consultoria tributária aos associados. Além disso está elaborando um comunicado sobre a redução do ISS em Ribeirão Preto. Crédito e Garantia Realiza ações de combate a uma nova instituição, as afiançadoras, que se constituíram de advogados para oferecer fiança mercantil. A Comissão se reúne cinco vezes ao ano com corretores de outros Estados. As subcomissões se reúnem frequentemente por teleconferência. EM BREVE, OS CORRETORES DE SEGUROS ASSOCIADOS PODERÃO CONTAR COM UM NOVO BENEFÍCIO DO SINCOR-SP: O AUTOCÁLCULO!

14 14 JCS SETEMBRO 2013 comissões Riscos Patrimoniais elabora questionário para auxiliar o corretor no preenchimento do perfil do cliente na proposta Mista de Crédito e Garantia quer aumentar demanda pelos ramos Em reunião realizada no dia 08 de agosto, a Comissão de Riscos Patrimoniais elucidou alguns aspectos das companhias seguradoras que operam no ramo e elaborou um questionário para auxiliar os corretores de seguros no momento do preenchimento do perfil do cliente na proposta de seguros. O arquivo foi disponibilizado, na íntegra, no site do Sincor-SP, permitindo alterações por parte do corretor. De acordo com o coordenador da comissão, Lacir Marcondes de Melo, os objetivos do questionário são: ajudar a categoria a conhecer melhor o segurado e auxiliar os corretores nas entrevistas de possíveis clientes. Trata-se de uma nova maneira para conhecer melhor o segurado e, consequentemente, oferecer o produto adequadamente. A entrevista aproxima o corretor do cliente e vai ajudá-lo a não esquecer dados importantes para indicação de cobertura, disse. O material foi produzido pelo integrante da comissão Nicodemus Nicodemos, que explicou o motivo do arquivo ter sido colocado na internet com a opção para realizar alterações. O corretor já possui uma estratégia de trabalho, de maneira que, caso queira incluir ou excluir informações, o material permite ajustes. Nosso objetivo é auxiliar o corretor para que ele não se esqueça de fazer as principais perguntas ao seu cliente no momento de preenchimento do questionário de avaliação de risco. Com a correria do dia a dia, muitas vezes saímos para visitar as pessoas e quando voltamos ao escritório percebemos que deixamos de fazer perguntas importantes, nos dando o retrabalho de ter que entrar em contato com o cliente novamente, explicou Nicodemos. Durante a reunião, o grupo também discutiu sobre alguns contratos de companhias que excluem coberturas em caso de atos de tumulto, vandalismo, entre outros. A partir desse quesito, a comissão decidiu realizar uma pesquisa de mercado para que o corretor saiba quais são as seguradoras que efetivamente cobrem esse tipo de sinistro sem a exclusão em outros itens. A proposta é fazer um levantamento no mercado com as seguradoras que operam nessa proteção, afirmou Álvaro Dabus, integrante da comissão. A comissão também é composta por Ednei Valter Bim e Orlando da Costa Filho. Para conferir o Questionário de Avaliação de Riscos do Ramo Empresarial entre no site do Sincor-SP e clique no menu Pesquisas e Estatísticas. No dia 20 de agosto, a Comissão Mista de Crédito e Garantia se reuniu com representantes das seguradoras AIG, Coface, Crédito y Caución, Euler Hermes e Mapfre para discutir sobre a comercialização do Seguro de Crédito e também sobre como o corretor de seguros pode aproveitar as oportunidades do ramo para fazer a sua carteira crescer. Durante a discussão, os participantes comentaram a respeito da pouca valorização do Seguro de Crédito no Brasil. Foi lembrado que, em países da Europa e da Ásia, o ramo é imprescindível para estabilidade da economia. O debate entre corretores e seguradores evidenciou a necessidade de desenvolver ações para aumentar a demanda pelo produto. Nasce aqui uma ação conjunta a ser desenvolvida por corretores de seguros e seguradores visando aprimorar o produto, ampliar a base de oportunidades e impulsionar o crescimento do mercado, a exemplo de outros países que têm este setor amadurecido, concluiu André Dabus, coordenador da comissão. A Comissão Mista de Crédito e Garantia ainda é formada por José Antonio Tourinho, Claudemir Nascimento, Eric Gunther Brabenec, de São Paulo, e pelos integrantes de outros Estados: John Sousa (DF), Paulo Baena (PR), Paulo Latado (ES), Antonio Wanderley (PA), Jose Luiz Liberato (RN) e Luis Fernando Correia da Costa (BA). Ética discute possíveis ações irregulares de corretores No dia 21 de agosto, a Comissão de Ética do Sincor-SP se reuniu na sede da entidade para discutir possíveis ações irregulares dos corretores de seguros do Estado de São Paulo. Na ocasião, ficou acordado que eventuais casos de apropriação indébita serão levados à Susep para maior averiguação e possível punição. A Comissão é composta pelo coordenador José Valdecyr Saoncella, e pelos integrantes Antônio Carlos Correa Galvão, Dinorai Cabral do Amaral Trindade, Milton D Amélio e Paulo George Esper Izar.

15 JCS SETEMBRO Contra Venda Casada busca maior interação com a categoria Disque Sincor recebe representantes da Dekra Vistoria A Comissão Contra Venda Casada e Preços Diferenciados realizou no dia 18 de setembro mais uma reunião online com os assistentes regionais discutindo mudanças nos processos internos para acompanhamento de problemas gerais. Entre as propostas estão maior interação do grupo nas mudanças operacionais das seguradoras e do mercado, com compartilhamento de opiniões e ideias entre os assistentes e gerentes das seguradoras, e promoção de incentivos para que o corretor atue como verdadeiro empresário ao negociar custos com o cliente. O grupo ainda criará slogans direcionados ao consumidor, valorizando o profissional corretor de seguros. Nosso objetivo é promover o envolvimento de todos os assistentes, para que diante das solicitações e reclamações da categoria possamos promover mudanças e melhorias no setor, explicou Nilson Moraes, coordenador da Comissão. Nilson ainda destaca que precisa da participação ativa da categoria para que os casos cheguem até a comissão. Muitas vezes o corretor está insatisfeito com determinados comportamentos no mercado, mas não nos passa a informação. Por isso, queremos que os profissionais interajam mais conosco, conversem com os assistentes disponíveis em suas regionais e nos avisem das dificuldades locais. Tenho certeza que juntos conquistaremos um mercado melhor e mais justo com todos, conclui Nilson Moraes. Comissão se reúne com Generali para entender venda de seguros por meio de associações No dia 18 de julho, a Comissão Contra Venda Casada também se reuniu com a Generali Brasil Seguros para entender o posicionamento da companhia em fazer parceria com associações que comercializam seguros. O encontro contou com a presença do superintendente comercial da seguradora, Ricardo Andrey Félix, e da diretora comercial, Claudia Papa Scarpa. De acordo com os executivos, a seguradora foi motivada pela alternativa de inibir programas de proteção veicular inadequados, possibilitando ao consumidor contar com a modalidade do seguro em grupo e, ao mesmo tempo, aproximar as classes C e D, que estão às margens do setor, muitas vezes por não conseguir adequar seu orçamento mensal a esse tipo de investimentos. O produto é o tradicional de automóvel. As apólices são coletivas, com pagamentos mensais e vigências trimestrais, semestrais ou anuais, de acordo com o perfil de cada base de associados. A política de subscrição e a tarifa aplicada são definidas com os mesmos critérios atuariais utilizados na análise da carteira tradicional, explicou Claudia. Os integrantes do Disque Sincor reuniram-se com os representantes da Dekra Vistoria para conversar sobre as reclamações feitas pelos corretores de seguros. No encontro, que aconteceu no dia 3 de setembro na sede da entidade, o coordenador operacional da Dekra, Luiz Rocha, ressaltou a importância da relação do corretor com a empresa. Se eu não ouço vocês, não sei dos problemas. Não tem como melhorar os serviços e os atendimentos e, consequentemente, vamos perdendo mercado, acrescentou. Segundo o coordenador do Disque Sincor, Oscar Dias Alves Junior, o fato da Dekra ter aceito o convite para o diálogo constitui um passo importante. Isto significa que vocês estão dispostos a ouvir e a solucionar os problemas, disse durante a conversa. Para ampliar este contato com os corretores, a Dekra pretende participar dos Encors que acontecem nas regionais do Sincor-SP. A reunião também contou com a presença do coordenador da Comissão de Automóvel, Nilson Arello Barbosa, da advogada responsável pelo departamento Jurídico do Sincor-SP, Kátia Caldas, e dos profissionais que compõem o Disque Sincor: Amadeu Carvalho, Valéria Matos e Renato Ferreira. Responsabilidade Civil fecha parceria com a Berkley A Comissão de Responsabilidade Civil acompanhou as negociações com a seguradora Berkley Brasil e, no dia 27 de agosto, oficializou a parceria para oferecer o seguro de Responsabilidade Civil Profissional com vantagens exclusivas aos associados do Sincor-SP. Um dos diferenciais do produto é o sistema desenvolvido pela companhia que permite ao próprio corretor fazer a cotação do seguro, sem a necessidade de abrir suas informações confidenciais a outras pessoas. O seguro atende 100% das coberturas, com limites agregados, franquias adequadas, além de permitir que os corretores emitam outros seguros que forem contratados por eles, como RC Empregador, prestação de serviços em locais e terceiros ou mesmo o RC Geral para uso e conservação do imóvel.

16 16 JCS SETEMBRO 2013 capa Plano de Previdência do Sincor-SP conquista forte adesão dos corretores de seguros Foram cerca de mil adesões, que demonstraram a conscientização da categoria sobre a importância de estar preparado para o momento da aposentadoria. O SincorPrevSP, plano de Previdência Privada disponibilizado pelo Sincor-SP aos associados desde o último mês de maio, conquistou a adesão de mais de mil corretores de seguros. Na capital, a procura alcançou índices expressivos. No interior, os profissionais do município de Sorocaba foram os mais participativos: a região contou com 90 adesões, seguida de Osasco, com 76. Para o presidente do Sincor-SP, Mário Sérgio de Almeida Santos, o bom ritmo das adesões denota que a categoria está identificando neste plano um meio eficaz para obter os recursos de que necessita durante o período de aposentadoria. Nós lançamos este produto porque verificamos que a nossa categoria se encontrava pouco preparada para seu futuro financeiro. Conheço muitos casos em que grandes corretores do passado vivem agora dependentes dos filhos. O Sincor-SP, como entidade representativa da categoria, quer mudar esta realidade, não apenas através da conscientização, mas oferecendo um produto concreto, que beneficie na prática o corretor, apontou o presidente. O produto, desenvolvido pela Comissão de Vida, Previdência e Capitalização do Sincor-SP em parceria com a Mapfre Previdência, oferece à categoria a oportunidade de contar com uma taxa de gestão bastante reduzida, de 0,8% ao ano - atualmente só disponibilizada aos clientes da seguradora com aportes a partir de R$ 500 mil. O SincorPrevSP estabelece a contribuição mínima de apenas R$ 100 e apresenta extensão para cônjuges e filhos, entre outras vantagens. Estudamos a disponibilização desse benefício durante cinco anos e finalmente agora vemos o fruto desse trabalho, que passou por uma análise criteriosa de grandes especialistas do ramo. A declaração é do coordenador da comissão, David Aparecido do Nascimento, que se referiu aos integrantes da comissão formada por Gilberto Januário, Jefferson Claros Nunes e Wagner Martinez Feliciano, e aos técnicos em Previdência Privada: Álvaro Pio de Queiroz, Francisco Montagna, Ricardo Espírito Santo e Paulo Dionísio Silva. Regiões com maior representatividade Alguns municípios do interior de São Paulo contaram com expressiva participação dos corretores de seguros: Sorocaba, com 90 adesões, foi seguida por Osasco (76), Marília (47), Mogi das Cruzes (45), Presidente Prudente (45) e Bauru (44). As adesões foram impulsionadas pelos eventos e encontros dos corretores realizados pelas regionais do Sincor-SP em todo o Estado. Os integrantes da comissão de Vida e técnicos da Mapfre Previdência visitaram todas as unidades da entidade para ajudar o corretor a escolher o melhor plano, considerando cada perfil financeiro. Buscamos sempre destacar ao corretor que o valor de R$ 100 foi apenas uma sugestão mínima, mas cada um precisa analisar a condição que deseja estar no futuro e investir a quantia necessária para torná-la uma realidade, explicou David.

17 Características do SincorPrevSP O SincorPrevSP é um produto de Previdência desenvolvido e oferecido para o corretor de seguros associado ao Sincor-SP. No plano, não há carregamento na entrada, ou seja, não é cobrado quando a contribuição é investida. Já o carregamento da saída pode chegar a zero dependendo do saldo e do tempo de permanência no plano. Outro grande diferencial é a oportunidade de ainda investir para o futuro um plano que garante AT2000+3% a.a. na fase de concessão do benefício. AT2000 é a Tábua Atuarial para calcular as probabilidades de vida e morte de uma população em função da idade, e foi criada a partir do censo populacional ocorrido no ano Transcorridos mais de 10 anos, e agora com os cortes na taxa básica de juros, na concessão de benefício foi substituídas em muitos produtos do mercado pela BR SEM+0%, que não garante o mesmo rendimento. Para o produto Sincor-SP também foi disponibilizado o Mapfre Prevision RF, um fundo de renda fixa com uma taxa de 0,8% ao ano, atualmente só disponibilizado para clientes com aportes a partir de R$ 500 mil. Além desse fundo, o produto proporciona acesso a fundos previdenciários geridos por três renomadas casas de Gestão de Investimentos: a Mapfre Investimentos, BNP Paribas e Credit-Suisse Hedging-Griffo, em que, na maioria dos fundos, são necessárias altas quantias para se investir. O portfólio de fundos do SincorPrevSP conta com uma ampla gama de perfis de investimento, desde o mais conservador até o mais agressivo. Números positivos de impacto O SincorPrevSP não foi o único benefício do Sindicato que apresentou resultados expressivos em De acordo com a pesquisa do Departamento do Benefícios, o Seguro Saúde da Admix obteve cerca de duas mil adesões entre janeiro e julho desse ano, conquistando assim um total de 13 mil contratos desde o início do oferecimento da proteção. Na área de compras, a parceria com a Sony também mostrou-se muito positiva. De outubro de 2012 a julho de 2013, os associados do Sincor-SP compraram mais de R$ 40 mil em equipamentos da empresa. Por sua vez, a Dell atingiu a marca de 310 equipamentos comercializados. Já as emissões do seguro de Responsabilidade Civil Profissional, oferecido por duas empresas, chegaram a atingir mais de 600 contratações. Estamos analisando outras propostas de parcerias e, em breve, divulgaremos novos benefícios para proveito do associado. Também pretendemos fazer uma pesquisa para saber quais benefícios o corretor gostaria de usufruir a fim de viabilizarmos essas indicações, revelou a 1ª vice-presidente do Sincor-SP e diretora executiva responsável pela Comissão de Benefícios, Cássia Maria Del Papa. Comissão dá dicas de opções de previdência Antes de contratar um Plano de Previdência complementar, o consumidor deve avaliar com cautela a tributação que incide em cada um dos tipos existentes: PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre) e VGBL (Vida Gerador de Benefício Livre). Segundo o coordenador da Comissão Vida, Previdência e Capitalização, David do Nascimento, no PGBL, os valores resgatados ou recebidos como benefício são integralmente tributados. Já no VGBL, o imposto só será cobrado sobre os rendimentos contidos à época do resgate ou dos benefícios recebidos. Além disso, existem duas opções de regime tributário para os participantes de todas as modalidades: Progressivo ou Regressivo. No regime Tributário Progressivo (compensável), os resgates serão tributados na fonte pela alíquota fixa de 15% para qualquer valor, a título de antecipação de Imposto de Renda. Posteriormente, na Declaração de Ajuste Anual de Imposto de Renda da Pessoa Física, será necessário o ajuste com a aplicação da alíquota respectiva conforme a tabela progressiva de Imposto de Renda. Para o recebimento do benefício, a renda escolhida será tributada conforme tabela progressiva de Imposto de Renda vigente na época. No regime Tributário Regressivo, o Imposto de Renda cobrado será menor, na medida em que o prazo de permanência no plano de previdência aumenta. O Imposto retido na fonte será definitivo e não será ajustado na Declaração de Imposto de Renda Anual. O intuito desse regime tributário é incentivar a poupança de longo prazo através dos planos de JCS SETEMBRO 2013 previdência. Neste regime, as alíquotas incidentes sobre a base de cálculo são decrescentes, em função do tempo de permanência no plano, contado da data de cada pagamento realizado, conforme a tabela abaixo: Prazo de permanência Alíquota Até 02 anos 35% De 02 anos a 04 anos 30% De 04 anos a 06 anos 25% De 06 anos a 08 anos 20% De 08 anos a 10 anos 15% Mais de 10 anos 10% Ainda no regime Tributário Regressivo: em caso de resgate, o Imposto de Renda incidirá pelo sistema PEPS que, na linguagem do mercado, significa o primeiro que entra é o primeiro que sai. Nesse sentido, o primeiro depósito a entrar será o primeiro a sair como resgate. Por esse sistema, os saques são feitos a partir das reservas mais antigas, incidindo alíquotas menores. Quando a opção for um Benefício de Renda, o cálculo para o prazo de acumulação será efetuado pela média de permanência dos recursos, ponderada pelo valor de cada contribuição. Progressivo ou Regressivo, uma coisa é certa, antes de optar por um regime ou outro, o ideal é que o consumidor reflita sobre quanto tempo pretende acumular recursos e como pretende efetuar essas contribuições, pois isso terá um impacto significativo na definição das alíquotas. Se esta questão não puder ser respondida com facilidade e se os saques não puderem ser evitados, talvez a melhor alternativa seja o regime progressivo. 17

18 18 JCS SETEMBRO 2013 reunião Diretorias Executiva e Regional alinham ações do Sincor-SP durante reunião em Mogi das Cruzes fóruns Fórum Jurídico chega à Regional Centro No dia 23 de agosto, a diretoria executiva se reuniu com a diretoria regional, no Hotel Mercure, em Mogi das Cruzes, para alinhar as ações da gestão que visam ajudar o corretor de seguros a adquirir especialização, oferecer suporte técnico à categoria e trabalhar estratégias de marketing para tornar o profissional mais conhecido pela sociedade. As atividades realizadas pelas regionais foram lembradas e discutidas durante o encontro. Os diretores regionais reivindicaram a realização de mais fóruns e cursos e também solicitaram que o Encontro dos Corretores de Seguros fosse realizado em cidades próximas, que englobam a regional, com a intenção de incentivar os associados de toda a região a participarem. Sobre este evento, ainda foi viabilizadas a realização de Encors Especiais, em outubro, para comemorar o Dia do Corretor de Seguros. Durante a reunião foram enfatizadas algumas reclamações de corretores, que estariam sendo induzidos verbalmente por funcionários de seguradoras a colocarem informações incorretas no questionário de avaliação do segurado. O caso mais comentado foi em relação às companhias ligadas a bancos, que estariam indicando ao corretor que colocasse a informação de que o segurado era cliente de determinada rede bancária, mesmo sem o ser, para assim conseguir um desconto no valor final do seguro. O resultado dessa atitude foi a negativa de indenização das seguradoras em diversas ocorrências de sinistros. Para o presidente do Sincor-SP, Mário Sérgio, em hipótese alguma o corretor deveria ter se submetido a esse tipo de proposta. Isso é fraude! Ele está sendo desleal com seus colegas, oferecendo um preço mais atrativo de maneira desonesta, e ainda prejudicando seriamente o segurado, que sairá sem a indenização devida. De qualquer maneira, em função de tantos casos verificaremos junto às companhias mencionadas o que estaria acontecendo, comentou. O coordenador da Comissão Contra Venda Casada e Preços Diferenciados, Nilson Moraes, esteve presente e explicou o papel dos assistentes regionais dentro da Comissão. A função dos assistentes é a de facilitar os trabalhos dos diretores regionais, denunciando os casos para que as resoluções cheguem mais rápido, revela. Quem também esteve presente foi o coordenador do programa Cultura do Seguro, Alexander Diniz, que lembrou a importância da divulgação do programa nas escolas localizadas em cada região. No dia 22 de agosto, o I Fórum Jurídico para Corretores de Seguros foi apresentado na Regional Centro, na sede do Sincor-SP. O estudo abordou temas relacionados à tributação, além de assuntos sobre direito do trabalho, penal e civil. O conteúdo foi elaborado pela Comissão Jurídica, composta por Paulo Jatene Bosisio (coordenador), Edmar Antônio Alves, Luiz Ricardo Moreira e Plínio Machado Rizzi. O coordenador da Comissão de Tributos, Wilson Bezutte, também participou dos trabalhos. A primeira parte do Fórum contou com a apresentação de Luiz Ricardo sobre Responsabilidade Penal e Administrativa, momento em que lembrou sobre a importância de agir sempre de acordo com a lei. O coordenador da Comissão de Tributos, Wilson Bezutte, falou sobre o sistema tributário brasileiro, explicou como funciona o pagamento dos impostos para as corretoras e destacou o funcionamento do Simples Nacional. Segundo ele, o corretor de seguros precisa avaliar se é vantajoso ou não aderir ao plano. Na sequência, Edmar Alves fez uma explanação sobre Direito do Trabalho e orientou sobre a diferença entre a figura do preposto e do produtor. Já o coordenador Paulo Bosisio falou sobre Responsabilidade Civil e mostrou casos práticos. Zona Sul recebe dicas empresariais da Comissão Promeseg O Fórum para o Corretor de Seguros Empresário chegou à regional Zona Sul no dia 20 de agosto. Realizado pela Comissão Promeseg e Perfil do Corretor Moderno, com participação da Comissão Contra Venda Casada, o fórum visa orientar os corretores a aprimorar seus negócios, definindo regras operacionais e aprendendo a mensurá-las sistematicamente. O estudo foi apresentado na Zona Sul pelo coordenador da Comissão Promeseg, Shirtes Pereira, que ensinou aos corretores estratégias para aumentar seu cross selling, contratar colaboradores qualificados, analisar metas, aprimorar os serviços de atendimento e investir tempo e recurso na carteira e na equipe.

19

20 20 JCS SETEMBRO 2013 entidades CCS-SP recebe José Adalberto Ferrara, novo presidente da Tokio Marine Aconseg-SP conta com participação da Chubb em almoço O novo presidente da Tokio Marine Seguradora, José Adalberto Ferrara, foi o convidado especial do almoço mensal do Clube dos Corretores de Seguros de São Paulo (CCS-SP), que aconteceu no dia 3 de setembro, em São Paulo. Na oportunidade, o executivo apresentou os números da companhia em relação ao mercado e demonstrou otimismo com o crescimento da seguradora no Brasil. Segundo Ferrara, em 2012 a Tokio Marine cresceu 28% no País, atingindo a marca de R$ 2,1 bilhões em prêmios emitidos. Somente nesse ano, o crescimento atingiu 32% e ficou acima da média de 20% apresentada pelo mercado no primeiro semestre do ano. A Tokio Marine ostenta o 9º lugar no ranking brasileiro de prêmios. Pouca gente conhece a marca, por isso estamos investindo R$ 15 milhões em marketing e divulgação, ressaltou. De acordo com Ferrara, em 2012 a empresa apresentou um crescimento três vezes maior que a média do mercado no ramo de Automóvel. Neste segmento, ele destacou o trabalho dos corretores de seguros. Outros tipos de seguros também apresentaram boa performance, tais como Condomínio, que cresceu 4,6%, e o Empresarial, que aumentou 2,4%. No ano passado, nós também alcançamos o segundo lugar no ranking em Transportes, acrescentou. A Tokio retornou ao mercado 55% em sinistros pagos, o que contabilizou cerca de R$ 1,1 bilhão. Nosso desafio era dobrar os prêmios da companhia, chegando a R$ 3 bilhões em Porém, já alcançamos R$ 2,5 bilhões, revela. O executivo disse ainda que a meta da seguradora é crescer acima do mercado, tanto para produtos massificados quanto para o empresarial. A empresa também quer aumentar a presença no segmento de Pequenas e Médias Empresas. A mesa principal do encontro foi composta por Felipe Smith (diretor executivo da Tokio Marine), Mauro César Batista (presidente do Sindsegsp), Valmir Rodrigues (diretor comercial da Tokio Marine), José Adalberto Ferrara (presidente da Tokio Marine), Alexandre Camillo (mentor do CCS-SP), Mário Sérgio (presidente do Sincor-SP), Marcelo Goldman (diretor de Massificados da Tokio Marine), Paulo Marracini (presidente da FenSeg), Adevaldo Calegari (secretário do CCS-SP) e João Mello (diretor comercial Brasil da Tokio Marine). O tradicional almoço mensal da Associação das Empresas de Assessoria e Consultoria de Seguros do Estado de São Paulo (Aconseg-SP), realizado no dia 5 de setembro, contou com a presença de executivos da seguradora Chubb. Na ocasião, o vice-presidente da companhia, Sidney Munhoz, a diretora de Produtos Patrimoniais, Priscilla Magni e o diretor comercial de Personal Lines, Gustavo Rey de Carvalho, falaram sobre as dificuldades de lucratividade da seguradora no primeiro semestre deste ano, em função da alta taxa de sinistralidade como enchentes e roubos à mão armada. Após observar que o aumento da sinistralidade impactou todo o mercado segurador, Munhoz revelou que o índice já começou a baixar, o que vem possibilitando a recuperação da lucratividade da empresa. O presidente da Aconseg, Jorge Teixeira Barbosa, disse que as seguradoras estão investindo no mix da carteira, trabalhando e oferecendo outros ramos do mercado, além do Automóvel, para atrair mais consumidores. Fico preocupado com os corretores que só trabalham com o Seguro Automóvel. O cenário atual exige o estudo de outros ramos, destacou. O vice-presidente da Chubb completou dizendo que essa atitude fará com que a cultura do seguro cresça no País, fortalecendo o mercado como um todo. Bradesco divulga nova estrutura em evento da Camaracor O diretor executivo da Bradesco Seguros, Enrico Ventura, participou da Tribuna Livre, que aconteceu no dia 26 de agosto, na Camaracor-SP (Câmara dos Corretores de Seguros do Estado de São Paulo). Acompanhado dos executivos Marcos César Scherer e Leonardo pereira de Freitas, Ventura apresentou o novo modelo de estrutura da Bradesco, onde as sucursais da seguradora não serão mais segmentadas e atenderão todos os ramos de seguros. A implantação das novas sucursais terá início primeiramente no interior de São Paulo, depois passará para a capital, e está programada para terminar no início de 2014, disse o diretor executivo.

Uma fonte inédita de informação

Uma fonte inédita de informação Mensagem do Presidente Uma fonte inédita de informação Este trabalho, patrocinado pelo Sincor-SP, corresponde a uma expectativa do setor quanto aos dados relativos às corretoras de seguros, em um momento

Leia mais

ESECS-PJ. Estudo Socioeconômico das

ESECS-PJ. Estudo Socioeconômico das ESECS-PJ Estudo Socioeconômico das Empresas Corretoras de Seguros A G O S T O / 2 0 1 3 O Estudo Socioeconômico das Empresas Corretoras de Seguros Pessoa Jurídica (ESECS-PJ) é fruto de um trabalho de

Leia mais

CONHEÇA O NOVO CENTAURO-ON NEWS. MAIS MODERNO E VERSÁTIL, PARA VOCÊ.

CONHEÇA O NOVO CENTAURO-ON NEWS. MAIS MODERNO E VERSÁTIL, PARA VOCÊ. Ano VII Nº 37 Outubro/Dezembro 2015 CONHEÇA O NOVO CENTAURO-ON NEWS. MAIS MODERNO E VERSÁTIL, PARA VOCÊ. LEIA TAMBÉM 2015: Ano de grandes realizações Pág. 02 Seguro Vida Individual: Tranquilidade para

Leia mais

Apresentação. Queremos lhe dar as boas-vindas à San Martin Corretora de Seguros um negócio seguro até no nome.

Apresentação. Queremos lhe dar as boas-vindas à San Martin Corretora de Seguros um negócio seguro até no nome. Apresentação Queremos lhe dar as boas-vindas à San Martin Corretora de Seguros um negócio seguro até no nome. História A empresa foi fundada no ano de 1995 na cidade paulista de São José do Rio Preto e

Leia mais

Universidade. Estácio de Sá. Gestão e Negócios

Universidade. Estácio de Sá. Gestão e Negócios Universidade Estácio de Sá Gestão e Negócios A Estácio Hoje reconhecida como a maior instituição particular de ensino superior do país, a Universidade Estácio de Sá iniciou suas atividades em 1970, como

Leia mais

Entrevista CADERNOS DE SEGURO

Entrevista CADERNOS DE SEGURO Entrevista 6 Marco Antonio Rossi Presidente da Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização (CNseg) POR Vera de Souza e Lauro Faria

Leia mais

A Corretagem como Negócio

A Corretagem como Negócio A Corretagem como Negócio Robert Bittar, Presidente, FENACOR www.fenacor.com.br XVI Congresso Brasileiro dos Corretores de Seguros Florianópolis, Santa Catarina - Outubro/2009 Mudando o Conceito Corretor

Leia mais

Gestão de Benefícios

Gestão de Benefícios Gestão de Benefícios 2EASY GESTÃO DE BENEFÍCIOS A 2Easy Benefícios é uma unidade de negócios da 2Easy Solutions, reconhecida pelo seu know how em Soluções para Gestão de Pessoas. A 2Easy Benefícios nasceu

Leia mais

Vida Segura Empresarial Bradesco:

Vida Segura Empresarial Bradesco: PRÊMIO ANSP 2005 Vida Segura Empresarial Bradesco: A democratização do acesso ao Seguro de Vida chega às Micro e Pequenas Empresas. 1 SUMÁRIO 1. Sinopse 3 2. Introdução 4 3. O desafio de ser o pioneiro

Leia mais

SEGURADORA /////////////////////////////////////////////////////////////// Você tranquilo. Seu bem protegido.

SEGURADORA /////////////////////////////////////////////////////////////// Você tranquilo. Seu bem protegido. /////////////////////////////////////////////////////////////// Você tranquilo. Seu bem protegido. SOBRENÓS Há 23 anos no mercado, o Grupo Suhai é uma das maiores empresas de segurança do país. Pelo terceiro

Leia mais

CARTILHA DA LEI GERAL DA MICROEMPRESA E DA EMPRESA DE PEQUENO PORTE DO MUNICÍPIO DE CURITIBA

CARTILHA DA LEI GERAL DA MICROEMPRESA E DA EMPRESA DE PEQUENO PORTE DO MUNICÍPIO DE CURITIBA CARTILHA DA LEI GERAL DA MICROEMPRESA E DA EMPRESA DE PEQUENO PORTE DO MUNICÍPIO DE CURITIBA Curitiba tem se mostrado uma cidade dinâmica e de grandes oportunidades para os trabalhadores e empreendedores.

Leia mais

Número de. Empregados. Pessoa Física Nenhum R$ 50,00 R$ 600,00. Microempresa Até 5 R$ 70,00 R$ 840,00. Acima de 5 R$ 400,00 R$ 4800,00

Número de. Empregados. Pessoa Física Nenhum R$ 50,00 R$ 600,00. Microempresa Até 5 R$ 70,00 R$ 840,00. Acima de 5 R$ 400,00 R$ 4800,00 FICHA DE ADESÃO Por esta Ficha de adesão, solicito meu ingresso como associado da ABRIMPE ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE INCENTIVO E MELHORIA EM PROJETOS EMPRESARIAIS, EMPREENDEDORISMO E EDUCACIONAL, comprometendo-me

Leia mais

Orientação ao mercado de trabalho para Jovens. 1ª parte. Projeto Super Mercado de Trabalho 1ª parte Luiz Fernando Marca

Orientação ao mercado de trabalho para Jovens. 1ª parte. Projeto Super Mercado de Trabalho 1ª parte Luiz Fernando Marca Orientação ao mercado de trabalho para Jovens 1ª parte APRESENTAÇÃO Muitos dos jovens que estão perto de terminar o segundo grau estão lidando neste momento com duas questões muito importantes: a formação

Leia mais

Seguros, Previdência e Capitalização

Seguros, Previdência e Capitalização Seguros, Previdência e Capitalização Análise das contas Patrimoniais e do Resultado Ajustado do Grupo Bradesco de Seguros, Previdência e Capitalização: Balanço Patrimonial Mar10 Dez09 Mar09 Ativo Circulante

Leia mais

Aeconômica que nosso país

Aeconômica que nosso país 2 Informativo Sescon - Ano V - n 9 - Setembro 2015 A palavra do Presidente Caro leitor, instabilidade política e Aeconômica que nosso país atravessa neste ano, tem c a u s a d o p r e o c u p a ç õ e s,

Leia mais

Disciplina Ofertadas na modalidade Avaliação da Aprendizagem Acesso ao Ambiente Virtual Dúvida e Suporte

Disciplina Ofertadas na modalidade Avaliação da Aprendizagem Acesso ao Ambiente Virtual Dúvida e Suporte Sumário Apresentação O papel do Aluno Ambiente Virtual de Aprendizagem Disciplina Ofertadas na modalidade Avaliação da Aprendizagem Acesso ao Ambiente Virtual Dúvida e Suporte Dúvidas 3 5 6 9 10 11 14

Leia mais

Antônio Carlos Bento Ribeiro

Antônio Carlos Bento Ribeiro Antônio Carlos Bento Ribeiro Acredito que a Academia pode e deve participar do processo de renovação do Direito do Trabalho no Brasil. Centrada essencialmente nas transformações que têm afetado o mundo

Leia mais

Finança Pessoal. Artigo Clube de Investimento Versão completa em PDF Versão 1.0 www.financapessoal.com.br

Finança Pessoal. Artigo Clube de Investimento Versão completa em PDF Versão 1.0 www.financapessoal.com.br Bem-vindo aos artigos do Finança Pessoal. Nesse primeiro artigo vamos esclarecer as informações sobre os Clubes de Investimentos e vamos fazer um passo-a-passo de como montar um clube. Esse artigo é uma

Leia mais

Curso superior, de verdade Depois de levar a excelência de seus cursos de MBA por todo o País, a FGV começa a democratizar sua graduação de qualidade

Curso superior, de verdade Depois de levar a excelência de seus cursos de MBA por todo o País, a FGV começa a democratizar sua graduação de qualidade Curso superior, de verdade Depois de levar a excelência de seus cursos de MBA por todo o País, a FGV começa a democratizar sua graduação de qualidade Qualquer um dos milhares de brasileiros que passaram

Leia mais

20/10/2015 Por Jair Sampaio Pelo segundo ano consecutivo, Senac RN é uma das 150 melhores empresas para trabalhar no Brasil

20/10/2015 Por Jair Sampaio Pelo segundo ano consecutivo, Senac RN é uma das 150 melhores empresas para trabalhar no Brasil VEÍCULO: BLOG DO JAIR SAMPAIO DATA: 20.10.15 20/10/2015 Por Jair Sampaio Pelo segundo ano consecutivo, Senac RN é uma das 150 melhores empresas para trabalhar no Brasil Instituição vinculada ao Sistema

Leia mais

GRUPO CGSC INVESTE FORTE NO BRASIL

GRUPO CGSC INVESTE FORTE NO BRASIL Ano XVI Nº 157 2015 R$ 20,00 GRUPO CGSC INVESTE FORTE NO BRASIL Fábio Basilone Presidente da CGSC para o Brasil Especial: saiba tudo sobre o 4º Encontro de Resseguro do Rio de Janeiro reuniu mais de 500

Leia mais

REGULAMENTO E QUESTIONÁRIO DE AVALIÇÃO PARA PREMIAÇÃO.

REGULAMENTO E QUESTIONÁRIO DE AVALIÇÃO PARA PREMIAÇÃO. REGULAMENTO E QUESTIONÁRIO DE AVALIÇÃO PARA PREMIAÇÃO. A Revista Motoboy Magazine tem o prazer de realizar o Prêmio Motoboy Magazine Top Motofrete 2013, a fim de prestigiar o trabalho de empresas em prestação

Leia mais

Terceirização e plano Brasil Maior são destaques em palestras na Câmara 18/08/2011

Terceirização e plano Brasil Maior são destaques em palestras na Câmara 18/08/2011 Terceirização e plano Brasil Maior são destaques em palestras na Câmara 18/08/2011 A oitava reunião mensal do ano da Comissão Trabalhista e de Gestão Empresarial superou as expectativas. 50 representantes

Leia mais

BOLETIM ANO III Nº 141. Rio de Janeiro, 03 de outubro de 2013 DIRIGENTES SINDICAIS PRESENTES A POSSE DO NOVO PRESIDENTE DA UMPL

BOLETIM ANO III Nº 141. Rio de Janeiro, 03 de outubro de 2013 DIRIGENTES SINDICAIS PRESENTES A POSSE DO NOVO PRESIDENTE DA UMPL BOLETIM ANO III Nº 141 Rio de Janeiro, 03 de outubro de 2013 DIRIGENTES SINDICAIS PRESENTES A POSSE DO NOVO PRESIDENTE DA UMPL Eleito e empossado ontem, dia 30/9, o sr. Éric Thiry, advogado, de nacionalidade

Leia mais

PRÊMIO BANDEIRANTE 2015. XVI Edição. Onde o seu voto faz toda a diferença. O que é?

PRÊMIO BANDEIRANTE 2015. XVI Edição. Onde o seu voto faz toda a diferença. O que é? PRÊMIO BANDEIRANTE 2015 XVI Edição Onde o seu voto faz toda a diferença. O que é? Idealizado pelo Sindicato dos Corretores e das Empresas Corretoras de Seguros, de Capitalização e de Previdência Privada

Leia mais

Coordenação: João Henrique Lara do Amaral Cynthya Almeida Coradi Relatoria: Stela Maris Aguiar Lemos

Coordenação: João Henrique Lara do Amaral Cynthya Almeida Coradi Relatoria: Stela Maris Aguiar Lemos RELATÓRIO OFICINA FNEPAS ESTADUAL MINAS GERAIS INTEGRALIDADE E QUALIDADE NA FORMAÇÃO E NAS PRÁTICAS EM SAÚDE: Integrando Formação, Serviços, Gestores e Usuários Local: COBEM Uberlândia Data: 22 de outubro

Leia mais

Escritório Modelo da Faculdade de Diadema

Escritório Modelo da Faculdade de Diadema Escritório Modelo da Faculdade de Diadema Profª. Vânia Amaro Gomes Coordenação de Curso DIADEMA, 2015 Introdução Atualmente há uma grande dificuldade dos alunos egressos das Faculdades em obter emprego

Leia mais

Transcrição da Teleconferência Resultados 2T06 Porto Seguro 14 de Agosto de 2006

Transcrição da Teleconferência Resultados 2T06 Porto Seguro 14 de Agosto de 2006 Operadora: Bom dia a todos. Sejam Bem Vindos à Teleconferência da S.A. para a discussão dos resultados referentes ao segundo trimestre de 2006. Estão presentes no evento os Srs. Casimiro Blanco Gómez,

Leia mais

GRUPO MARÍTIMA SEGUROS CLASSIFICAÇÃO: COR AZUL MUITO BOA

GRUPO MARÍTIMA SEGUROS CLASSIFICAÇÃO: COR AZUL MUITO BOA GRUPO MARÍTIMA SEGUROS CLASSIFICAÇÃO: COR AZUL MUITO BOA Exercício 2008 RELATÓRIO FINANCEIRO & CLASSIFICAÇÃO DE RISCO Exercício 2008 GRUPO MARÍTIMA SEGUROS CLASSIFICAÇÃO: COR AZUL Relatório 1. Institucional

Leia mais

POR QUE SER ASSOCIADO ABESE? CONHEÇA TODOS OS BENEFÍCIOS

POR QUE SER ASSOCIADO ABESE? CONHEÇA TODOS OS BENEFÍCIOS POR QUE SER ASSOCIADO ABESE? CONHEÇA TODOS OS BENEFÍCIOS Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança - ABESE Entidade que representa, nacionalmente, as empresas de sistemas

Leia mais

REGULAMENTO. I Prêmio do Empreendedorismo Universitário

REGULAMENTO. I Prêmio do Empreendedorismo Universitário REGULAMENTO I Prêmio do Empreendedorismo Universitário 1. INTRODUÇÃO 1.1. O presente regulamento visa orientar os interessados em participar da 1.ª edição do Prêmio do Empreendedorismo Universitário, iniciativa

Leia mais

Análise econômica das novas regras de solvência das seguradoras brasileiras Francisco Galiza 1 Outubro/2007

Análise econômica das novas regras de solvência das seguradoras brasileiras Francisco Galiza 1 Outubro/2007 Análise econômica das novas regras de solvência das seguradoras brasileiras Francisco Galiza 1 Outubro/2007 1) Introdução Nos últimos dias úteis de 2006, o Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP)

Leia mais

PRINCÍPIOS PARA SUSTENTABILIDADE EM SEGURO GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE

PRINCÍPIOS PARA SUSTENTABILIDADE EM SEGURO GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE PRINCÍPIOS PARA SUSTENTABILIDADE EM SEGURO 2014 GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE O modelo de Gestão da Sustentabilidade do GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE é focado no desenvolvimento de

Leia mais

Apoio: BIT Company Franchising Rua Fidêncio Ramos, 223 conj. 131 13º andar Vila Olimpia

Apoio: BIT Company Franchising Rua Fidêncio Ramos, 223 conj. 131 13º andar Vila Olimpia Nome da empresa: BIT Company Data de fundação: Julho de 1993 Número de funcionários: 49 funcionários Localização (cidade e estado em que estão sede e franquias): Sede em São Paulo, com franquias em todo

Leia mais

PROJETO DE LEI N o, DE 2015 (do Sr. Lucas Vergílio)

PROJETO DE LEI N o, DE 2015 (do Sr. Lucas Vergílio) PROJETO DE LEI N o, DE 2015 (do Sr. Lucas Vergílio) Altera e revoga dispositivos da Lei nº 4.594, de 29 de dezembro de 1964, que Regula a profissão do corretor de seguros. O Congresso Nacional decreta:

Leia mais

O modelo inovador do CorretorVIP tem como base duas plataformas tecnológicas complementares, explicadas a seguir:

O modelo inovador do CorretorVIP tem como base duas plataformas tecnológicas complementares, explicadas a seguir: Apresentação 2014 Idealizado em 2007 por experientes profissionais dos setores imobiliário e de tecnologia da informação, o CorretorVIP oferece uma grande variedade de serviços gratuitos a você corretor

Leia mais

Corretora do Futuro. A sua revista. Abril/2014 Ano 2014/ Ed. nº 6. Revista Corretora do Futuro 1

Corretora do Futuro. A sua revista. Abril/2014 Ano 2014/ Ed. nº 6. Revista Corretora do Futuro 1 Corretora do Futuro A sua revista Abril/2014 Ano 2014/ Ed. nº 6 Revista Corretora do Futuro 1 LOJACORR S.A. Saiba as novidades sobre O Café da Manhã com a Lojacorr S.A. Durante a apresentação do novo Diretor

Leia mais

CONHEÇA A NOSSA EMPRESA >>

CONHEÇA A NOSSA EMPRESA >> CONHEÇA A NOSSA EMPRESA >> Para se candidatar a Vaga de Promotor(a) iremos dividir por etapas a apresentação e o treinamento: Primeira Etapa: 1. Apresentação da Empresa e seus Canais de Vendas 2. Apresentação

Leia mais

RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO

RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO Prezado Cooperado, Em 2012 a economia brasileira apresentou forte desaceleração, tendo uma das mais baixas taxas de crescimento da América Latina, inferior até as pessimistas

Leia mais

Byte Software POLÍTICA COMERCIAL. Parceiros Comerciais

Byte Software POLÍTICA COMERCIAL. Parceiros Comerciais Byte Software POLÍTICA COMERCIAL Parceiros Comerciais 2013 1. Apresentação Este guia descreve o Programa de Parceria Byte Software através de uma estrutura básica, incluindo como participar e, ainda, uma

Leia mais

SINDICATO DOS CORRETORES DE SEGUROS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

SINDICATO DOS CORRETORES DE SEGUROS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SINDICATO DOS CORRETORES DE SEGUROS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Diretoria PRESIDENTE Ricardo Pansera - Canoas VICE PRESIDENTES Celso Marini Passo Fundo Roseli de Castro Viamão Sérgio Petzhold Porto

Leia mais

Cursos Online. Universidade do Corretor Alta Performance em Vendas de Alto Valor. Guia de Boas Vindas Primeiros passos. www.andrevinicius.

Cursos Online. Universidade do Corretor Alta Performance em Vendas de Alto Valor. Guia de Boas Vindas Primeiros passos. www.andrevinicius. Cursos Online Universidade do Corretor Alta Performance em Vendas de Alto Valor Guia de Boas Vindas Primeiros passos www.andrevinicius.com/ead Universidade do Corretor Olá! Tudo bem? É com imenso prazer

Leia mais

TREINAMENTO E ATUALIZAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DAS ÁREAS CONTÁBIL E FISCAL

TREINAMENTO E ATUALIZAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DAS ÁREAS CONTÁBIL E FISCAL Empresarial TERCEIRIZAÇÃO CONTÁBIL Com o aumento dos custos operacionais e estruturais em geral, um dos segmentos que mais tem evoluído em matéria de terceirizações é o da contabilidade. Terceirizar é,

Leia mais

Byte Software POLÍTICA COMERCIAL. Parceiros Comerciais/CVB s

Byte Software POLÍTICA COMERCIAL. Parceiros Comerciais/CVB s Byte Software POLÍTICA COMERCIAL Parceiros Comerciais/CVB s 2013 1. Apresentação Este guia descreve o Programa de Parceria Byte Software através de uma estrutura básica, incluindo como participar e, ainda,

Leia mais

Comissão de Avaliação divulga resultados da pesquisa

Comissão de Avaliação divulga resultados da pesquisa COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE PIAGET CPA Edição nº 01 Abril de 2015 Comissão de Avaliação divulga resultados da pesquisa Alunos, docentes e funcionários avaliaram a instituição. Veja o resultado

Leia mais

Avaliação do clima na escola

Avaliação do clima na escola Avaliação do clima na escola INSTRUÇÕES INICIAIS PARA O GESTOR: Avise que a pesquisa para avaliar o clima da escola é anônima. Não será preciso colocar nome, apenas identificar a qual segmento da comunidade

Leia mais

Introdução 02. A Estratégia Corporativa ESPM Brasil 03. A Definição do Negócio 03. Imagem 03. Objetivos Financeiros 04

Introdução 02. A Estratégia Corporativa ESPM Brasil 03. A Definição do Negócio 03. Imagem 03. Objetivos Financeiros 04 ESTUDO DE CASO A construção do BSC na ESPM do Rio de Janeiro Alexandre Mathias Diretor da ESPM do Rio de Janeiro INDICE Introdução 02 A Estratégia Corporativa ESPM Brasil 03 A Definição do Negócio 03 Imagem

Leia mais

FACULDADE SETE LAGOAS - FACSETE COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO / CPA RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DA CPA NO ANO DE 2013

FACULDADE SETE LAGOAS - FACSETE COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO / CPA RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DA CPA NO ANO DE 2013 FACULDADE SETE LAGOAS - FACSETE COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO / CPA RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DA CPA NO ANO DE 2013 Sete Lagoas Março de 2014 Sumário 1. DADOS DA INSTITUIÇÃO... 4 1.1. Composição da Comissão

Leia mais

Brasília, 9 de maio de 2012

Brasília, 9 de maio de 2012 Brasília, 9 de maio de 2012 Discurso do presidente Alexandre Tombini em evento no Sebrae para lançamento do Plano de Ação para Fortalecimento do Ambiente Institucional para a Adequada Inclusão Financeira

Leia mais

Todo início de ano é a mesma coisa: fazemos a

Todo início de ano é a mesma coisa: fazemos a Entre nós www.marinhodespachantes.com Novas oportunidades! de todos nossos clientes, parceiros, amigos e colaboradores em 2012 e renovar nosso contrato de amizade para 2013 Elza Aguiar Presidente Todo

Leia mais

[CONFIDENCIAL] Aprenda com o SAGAZ. Primeiros passos para investir na Bolsa.

[CONFIDENCIAL] Aprenda com o SAGAZ. Primeiros passos para investir na Bolsa. 1 Aprenda com o SAGAZ Primeiros passos para investir na Bolsa. Está pensando em investir em ações e não sabe por onde começar? Fique tranqüilo, você está no lugar certo. Aqui você terá a melhor orientação

Leia mais

MASTER HOUSE FRANCHISING Apresentação e Estratégia

MASTER HOUSE FRANCHISING Apresentação e Estratégia MASTER HOUSE FRANCHISING Apresentação e Estratégia Master House Franquia de Sucesso ocumento protegido pelos termos da lei. ualquer replicação deste material não é autorizada. Especial 10.A/2015 Parabéns

Leia mais

MANUAL DE BOAS PRÁTICAS PARA VENDA DE SEGUROS EM ORGANIZAÇÕES VAREJISTAS

MANUAL DE BOAS PRÁTICAS PARA VENDA DE SEGUROS EM ORGANIZAÇÕES VAREJISTAS MANUAL DE BOAS PRÁTICAS PARA VENDA DE SEGUROS EM ORGANIZAÇÕES VAREJISTAS 18/03/2014 Manual de Boas Práticas para Venda de Seguro em Organizações Varejistas 1. Introdução A estabilização da economia nacional,

Leia mais

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO FACULDADE UNIÃO

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO FACULDADE UNIÃO COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO FACULDADE UNIÃO A avaliação institucional tem sido objeto de discussões na Faculdade Educacional de Ponta Grossa - Faculdade União e sempre foi reconhecida como um instrumento

Leia mais

NOVAQUEST. A vida é cheia de cobranças, deixe as suas conosco.

NOVAQUEST. A vida é cheia de cobranças, deixe as suas conosco. A vida é cheia de cobranças, deixe as suas conosco. NOVAQUEST Apresentação da Empresa A NovaQuest é uma empresa especializada em serviços de recuperação de crédito e atendimento ao cliente. Temos o intuito

Leia mais

NOVA FORMA DE COTAÇÃO E CONDIÇÕES DO SEGURO AUTO CARGA NEGÓCIOS COM VIGÊNCIA A PARTIR DE 16/12/12

NOVA FORMA DE COTAÇÃO E CONDIÇÕES DO SEGURO AUTO CARGA NEGÓCIOS COM VIGÊNCIA A PARTIR DE 16/12/12 TOKIO MARINE SEGURADORA / PrestSeg NOVA FORMA DE COTAÇÃO E CONDIÇÕES DO SEGURO AUTO CARGA NEGÓCIOS COM VIGÊNCIA A PARTIR DE 16/12/12 Prezado Corretor, Os negócios no ramo auto carga, com início de vigência

Leia mais

A Revista UP MAGAZINE

A Revista UP MAGAZINE A Revista MAGAZINE 6ª Edição (Novo Formato) Há um ano a revista Magazine vem mostrando que é comprometida com seus leitores, através de um conteúdo voltado para a informação, ideias e tendências feitos

Leia mais

Manual de Boas Práticas para Venda de Seguro em Organizações Varejistas

Manual de Boas Práticas para Venda de Seguro em Organizações Varejistas Manual de Boas Práticas para Venda de Seguro em Organizações Varejistas 1. Introdução A estabilização da economia nacional, a facilidade de acesso ao crédito e as ações do governo para incentivar o consumo

Leia mais

Departamento de Atendimento

Departamento de Atendimento Departamento de Atendimento Dos 22 funcionários alocados na Sede atualmente, cinco realizaram atividades administrativas fixas, que os impediram de substituir funcionários das seccionais e subsedes, em

Leia mais

Experiência: Projeto Rede Nacional de Agentes de Comércio Exterior Redeagentes

Experiência: Projeto Rede Nacional de Agentes de Comércio Exterior Redeagentes Experiência: Projeto Rede Nacional de Agentes de Comércio Exterior Redeagentes Ministério do Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior em parceria com o Ministério do Trabalho e Emprego (através do

Leia mais

O modelo inovador do CorretorVIP tem como base duas plataformas tecnológicas complementares, explicadas a seguir:

O modelo inovador do CorretorVIP tem como base duas plataformas tecnológicas complementares, explicadas a seguir: Apresentação 2014 Idealizado em 2007 por experientes profissionais dos setores imobiliário e de tecnologia da informação, o CorretorVIP oferece uma grande variedade de serviços gratuitos a você corretor

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO DO TOCANTINS CAMPUS PORTO NACIONAL

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO DO TOCANTINS CAMPUS PORTO NACIONAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO DO TOCANTINS CAMPUS PORTO NACIONAL PLANO DE GESTÃO PARA DIREÇÃO PRÓ TEMPORE DO CAMPUS PORTO NACIONAL

Leia mais

Orientações sobre Micro Empreendedor Individual

Orientações sobre Micro Empreendedor Individual Orientações sobre Micro Empreendedor Individual Micro Empreendedor individual Definição Microempreendedor Individual (MEI) é a pessoa que trabalha por conta própria e que se legaliza como pequeno empresário.

Leia mais

Gostaria agora de passar a palavra ao Sr. Bruno Padilha, Presidente. Por favor, Sr. Bruno, pode prosseguir.

Gostaria agora de passar a palavra ao Sr. Bruno Padilha, Presidente. Por favor, Sr. Bruno, pode prosseguir. Operadora: Boa tarde, senhoras e senhores, e obrigada por aguardarem. Sejam bem-vindos à teleconferência da para apresentação dos resultados do 2T11. Estão presentes o Sr. Bruno Padilha, CEO; o Sr. Luis

Leia mais

COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO PROJETO DE LEI Nº 4.976, DE 2013 III - PARECER DA COMISSÃO

COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO PROJETO DE LEI Nº 4.976, DE 2013 III - PARECER DA COMISSÃO Página 1 de 7 CÂMARA DOS DEPUTADOS COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO PROJETO DE LEI Nº 4.976, DE 2013 III - PARECER DA COMISSÃO A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço

Leia mais

remuneração para ADVOGADOS advocobrasil Uma forma mais simples e estruturada na hora de remunerar Advogados porque a mudança é essencial

remuneração para ADVOGADOS advocobrasil Uma forma mais simples e estruturada na hora de remunerar Advogados porque a mudança é essencial remuneração para ADVOGADOS Uma forma mais simples e estruturada na hora de remunerar Advogados advocobrasil Não ter uma política de remuneração é péssimo, ter uma "mais ou menos" é pior ainda. Uma das

Leia mais

PLANO DIRETOR 2014 2019

PLANO DIRETOR 2014 2019 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PESQUISA E INOVAÇÃO INDUSTRIAL EMBRAPII PLANO DIRETOR 2014 2019 1 Índice 1. INTRODUÇÃO... 4 2. MISSÃO... 8 3. VISÃO... 8 4. VALORES... 8 5. OBJETIVOS ESTRATÉGICOS... 8 6. DIFERENCIAIS

Leia mais

Transcrição da Teleconferência de Resultados do 2T14 Q&A SULAMÉRICA

Transcrição da Teleconferência de Resultados do 2T14 Q&A SULAMÉRICA Transcrição da Teleconferência de Resultados do 2T14 Q&A SULAMÉRICA Vamos agora iniciar a sessão de perguntas e repostas. Nossa primeira pergunta vem do Senhor do Bradesco. Por favor, você pode ir em frente.,

Leia mais

Com a Liberty Seguros, você vende mais e ganha mais.

Com a Liberty Seguros, você vende mais e ganha mais. Com a Liberty Seguros, você vende mais e ganha mais. Prêmios distribuídos aos corretores de acordo com a pontuação nos produtos participantes. Venda de apólices = pontos = prêmios DIVERSOS PRÊMIOS: CARRO,

Leia mais

Papel da SBIS na Educação

Papel da SBIS na Educação I Ciclo de Seminários de Tecnologias de Informação em Saúde Educação Continuada, Certificação Profissional e Título de Especialista: o Projeto da SBIS Prof. Renato M.E. Sabbatini Diretor de Educação e

Leia mais

Reunião Pública dos Analistas 4T11

Reunião Pública dos Analistas 4T11 Grjrr Reunião Pública dos Analistas 4T11 Porto Seguro Agenda Visão da Indústria de Seguros Cenário Atual Perspectivas Visão Geral da Porto Seguro Estrutura Linhas de Negócio Estratégia e Cultura Resultados

Leia mais

José Carlos de Oliveira Lima recebe homenagem especial da Fundação Vanzolini por sua atuação em prol da construção sustentável

José Carlos de Oliveira Lima recebe homenagem especial da Fundação Vanzolini por sua atuação em prol da construção sustentável José Carlos de Oliveira Lima recebe homenagem especial da Fundação Vanzolini por sua atuação em prol da construção sustentável Placa de reconhecimento foi entregue ao engenheiro durante a Conferência Aqua,

Leia mais

Empresas de. 5 Capitalização. Melhores Práticas das. 2 Apresentação 4 Introdução 5 Composição do Sistema de Capitalização.

Empresas de. 5 Capitalização. Melhores Práticas das. 2 Apresentação 4 Introdução 5 Composição do Sistema de Capitalização. Melhores Práticas das Empresas de Capitalização 2 Apresentação 4 Introdução 5 Composição do Sistema de Capitalização 5 Capitalização 6 Missão da Capitalização 7 Valores da Capitalização 7 Melhores Práticas

Leia mais

Novas vantagens do Supersimples poderão ser aprovadas ainda este ano

Novas vantagens do Supersimples poderão ser aprovadas ainda este ano Novas vantagens do Supersimples poderão ser aprovadas ainda este ano Ainda durante este ano, o Congresso Nacional poderá aprovar novas vantagens para as micro e pequenas empresas optantes do Simples Nacional,

Leia mais

NOTAS EXPLICATIVAS BRASILPREV JÚNIOR VGBL E PGBL

NOTAS EXPLICATIVAS BRASILPREV JÚNIOR VGBL E PGBL NOTAS EXPLICATIVAS BRASILPREV JÚNIOR VGBL E PGBL Com este material, você entenderá melhor o seu plano Brasilprev Júnior. Se você contratou o plano em nome do Júnior, consulte as informações em Titular:

Leia mais

INSTITUTO LOJAS RENNER

INSTITUTO LOJAS RENNER 2011 RELATÓRIO DE ATIVIDADES INSTITUTO LOJAS RENNER Instituto Lojas Renner Inserção de mulheres no mercado de trabalho, formação de jovens e desenvolvimento da comunidade fazem parte da essência do Instituto.

Leia mais

Esse programa visa a organização contínua e a efetividade do Processo Único de Federação, que contará com a inserção de um edital.

Esse programa visa a organização contínua e a efetividade do Processo Único de Federação, que contará com a inserção de um edital. Esse programa visa a organização contínua e a efetividade do Processo Único de Federação, que contará com a inserção de um edital. Esse terá suas etapas e prazos muito bem definidos, garantindo um processo

Leia mais

Acredite no seu trabalho que o Brasil acredita em você. Ministério do Desenvolvimento, Confiança no Brasil.

Acredite no seu trabalho que o Brasil acredita em você. Ministério do Desenvolvimento, Confiança no Brasil. Acredite no seu trabalho que o Brasil acredita em você. Ministério do Desenvolvimento, Confiança no Brasil. Indústria É assim que e Comércio a gente segue Exterior em frente. Introdução Atualmente, muitos

Leia mais

GLEISON CORTINA BENASSI OBJETIVOS PROFISSIONAIS. Áreas: Gestão Empresarial; Gestão Administrativo-Financeira; Comercial; Nível Hierárquico: Gerente

GLEISON CORTINA BENASSI OBJETIVOS PROFISSIONAIS. Áreas: Gestão Empresarial; Gestão Administrativo-Financeira; Comercial; Nível Hierárquico: Gerente GLEISON CORTINA BENASSI Estado Civil Casado, com filhos. Telefone (62) 8141-9485 - (62) 9693-2773 Natural Erechim - RS E-mail benassirs@gmail.com Redes Sociais Facebook: Gleison Benassi Linkedin: Gleison

Leia mais

1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS A Fundace Fundação para Pesquisa do Desenvolvimento da Administração, Contabilidade e Economia, fundação de apoio formada pelos professores da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade FEA/

Leia mais

NOTA TÉCNICA Nº 018/2013

NOTA TÉCNICA Nº 018/2013 NOTA TÉCNICA Nº 018/2013 Brasília, 09 de maio de 2013. ÁREA: Finanças TÍTULO: Certificado Digital e a Importância para os Municípios. REFERÊNCIA(S): Cartilha SIOPS; Comunicado CGSN/SE nº 3, de 10 de março

Leia mais

CRC-DF reúne Receita Federal e Faculdades para implantação de NAF s no DF

CRC-DF reúne Receita Federal e Faculdades para implantação de NAF s no DF CRC-DF reúne Receita Federal e Faculdades para implantação de NAF s no DF Qua, 03 de Setembro de 2014 A presidente do Conselho Regional de Contabilidade do Distrito Federal (CRD- DF), Sandra Batista, promoveu

Leia mais

Perfil das mulheres empreendedoras

Perfil das mulheres empreendedoras Perfil das mulheres empreendedoras Estado de São Paulo Março/ 2013 Objetivos Conhecer quantas são as mulheres empreendedoras no estado de São Paulo; Conhecer o perfil das mulheres empreendedoras quanto

Leia mais

CASE PRÊMIO ANSP 2005

CASE PRÊMIO ANSP 2005 CASE PRÊMIO ANSP 2005 1 BVP HAND: Mobilidade para fazer cotações através de dispositivos portáteis. Índice...2 Resumo Executivo...3 Clientes no Brasil...4 1. Sinopse...5 2. Problema...6 3. Solução...7

Leia mais

PROGRAMA DE ACOMPANHAMENTO DE EGRESSOS - PAE

PROGRAMA DE ACOMPANHAMENTO DE EGRESSOS - PAE CENTRO DE ENSINO ATENAS MARANHENSE FACULDADE ATENAS MARANHESE DIREÇÃO ACADÊMICA CPA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO PROGRAMA DE ACOMPANHAMENTO DE EGRESSOS - PAE SÃO LUIS MA 2009 DIRETORIA ACADÊMICA Diretor

Leia mais

Também organizamos eventos, seminários, palestras e encontros, de acordo com as possibilidades e necessidades dos nossos associados.

Também organizamos eventos, seminários, palestras e encontros, de acordo com as possibilidades e necessidades dos nossos associados. APRESENTAÇÃO O FDJUR - Fórum de Departamentos Jurídicos tem como objetivo disseminar modelos e ferramentas de gestão para o mercado jurídico empresarial e incentivar os associados ao estudo, desenvolvimento,

Leia mais

EDITAL DO LEILÃO Nº 2/2011 ANEXO 9 DO CONTRATO PLANO DE TRANSFERÊNCIA OPERACIONAL (PTO)

EDITAL DO LEILÃO Nº 2/2011 ANEXO 9 DO CONTRATO PLANO DE TRANSFERÊNCIA OPERACIONAL (PTO) EDITAL DO LEILÃO Nº 2/2011 CONCESSÃO PARA AMPLIAÇÃO, MANUTENÇÃO E EXPLORAÇÃO DOS AEROPORTOS INTERNACIONAIS BRASÍLIA CAMPINAS GUARULHOS EDITAL DO LEILÃO Nº 2/2011 ANEXO 9 DO CONTRATO PLANO DE TRANSFERÊNCIA

Leia mais

Um vitorioso Projeto Cultural e de Capacitação Profissional

Um vitorioso Projeto Cultural e de Capacitação Profissional Um vitorioso Projeto Cultural e de Capacitação Profissional Treinaseg Comércio, Consultoria e Treinamento em Seguros Ltda Alameda Glete, 52 1º andar Campos Elíseos. São Paulo SP CEP 01215-000 Tel: (11)

Leia mais

RELATÓRIO DA GESTÃO 2014

RELATÓRIO DA GESTÃO 2014 RELATÓRIO DA GESTÃO 2014 1. MENSAGEM DA PRESIDÊNCIA: Hoje estamos prestando contas de nossos trabalhos frente à Creditran durante o ano de 2014. Com a entrega final do empreendimento iniciado em 2009,

Leia mais

PRINCIPAIS DIFICULDADES PARA A APLICAÇÃO DO SPED CONTÁBIL E FISCAL 1

PRINCIPAIS DIFICULDADES PARA A APLICAÇÃO DO SPED CONTÁBIL E FISCAL 1 PRINCIPAIS DIFICULDADES PARA A APLICAÇÃO DO SPED CONTÁBIL E FISCAL 1 FERNANDES, Alexandre Roberto Villanova 2 ; KIRINUS, Josiane Boeira 3 1 Trabalho de Pesquisa _URCAMP 2 Curso de Ciências Contábeis da

Leia mais

Um software de gestão é realmente capaz de atender as necessidades de cada profissional? Saiba mais e usufrua de benefícios que tornarão sua empresa

Um software de gestão é realmente capaz de atender as necessidades de cada profissional? Saiba mais e usufrua de benefícios que tornarão sua empresa Um software de gestão é realmente capaz de atender as necessidades de cada profissional? Saiba mais e usufrua de benefícios que tornarão sua empresa mais ágil, com menos papel e mais resultados. 2 ÍNDICE

Leia mais

Hotel e Golf Clube dos 500 Guaratinguetá SP

Hotel e Golf Clube dos 500 Guaratinguetá SP Hotel e Golf Clube dos 500 Guaratinguetá SP APOIO e INCENTIVO APOIO INSTITUCIONAL APOIO DE MÍDIA ORGANIZAÇÃO GERAL E REALIZAÇÃO APRESENTAÇÃO Ao longo da década de 90, cresceu no País a idéia de que o Estado

Leia mais

DIRETRIZES DO FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/NÓS PODEMOS. (aprovada em 2010 e 1ª revisão em agosto de 2012)

DIRETRIZES DO FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/NÓS PODEMOS. (aprovada em 2010 e 1ª revisão em agosto de 2012) DIRETRIZES DO FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/NÓS PODEMOS (aprovada em 2010 e 1ª revisão em agosto de 2012) Artigo 1º O Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade/Nós

Leia mais

Seja um parceiro Xact Tecnologia e ofereça ao mercado nossas soluções, voltadas para gerenciamento total dos processos críticos do negócio.

Seja um parceiro Xact Tecnologia e ofereça ao mercado nossas soluções, voltadas para gerenciamento total dos processos críticos do negócio. Seja um parceiro Xact Tecnologia e ofereça ao mercado nossas soluções, voltadas para gerenciamento total dos processos críticos do negócio. Participe da rede de distribuição dos produtos exclusivos da

Leia mais

Política de. [ comunicação] Forluz

Política de. [ comunicação] Forluz Política de [ comunicação] Forluz Índice Apresentação...4 Missão da Forluz...5 Condições para aplicação deste documento...6 Objetivos da Política de Comunicação...7 Diretrizes da Política de Comunicação...8

Leia mais

Elas formam um dos polos mais dinâmicos da economia brasileira, e são o principal sustentáculo do emprego e da distribuição de renda no país.

Elas formam um dos polos mais dinâmicos da economia brasileira, e são o principal sustentáculo do emprego e da distribuição de renda no país. Fonte: http://www.portaldaindustria.org.br 25/02/2015 PRONUNCIAMENTO DO PRESIDENTE DO CONSELHO DELIBERATIVO NACIONAL (CDN) DO SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS (SEBRAE), NA SOLENIDADE

Leia mais

1. INTRODUÇÃO SISTEMA INTEGRADO DE CONTABILIDADE

1. INTRODUÇÃO SISTEMA INTEGRADO DE CONTABILIDADE 1. INTRODUÇÃO A contabilidade foi aos poucos se transformando em um importante instrumento para se manter um controle sobre o patrimônio da empresa e prestar contas e informações sobre gastos e lucros

Leia mais