A Redução de São Miguel Arcanjo

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A Redução de São Miguel Arcanjo"

Transcrição

1 1 Leia o texto a seguir, observe a imagem e responda às questões. A Redução de São Miguel Arcanjo A Redução de São Miguel Arcanjo foi fundada em 1632 na região do Tape. Porém, devido aos ataques de paulistas à redução, a população mudou-se do local no ano de 1638 para próximo do rio Uruguai. Em 1687, a redução foi novamente fundada onde está localizado, atualmente, o sítio arqueológico, apresentado na imagem abaixo, no estado do Rio Grande do Sul. São Miguel das Missões é considerado, desde 1938, Patrimônio Histórico e Cultural Nacional, e, desde 1983, Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade. Texto da autora, baseado em: <http://www.brasilturismo.com/rs/saomigueldasmissoes/historia.php. Acesso em: 3 nov Paulo Afonso/Shutterstock a) Quais acontecimentos relacionados à Redução de São Miguel Arcanjo ocorreram nos anos de 1632, 1638 e 1687? b) Observe a imagem do sítio arqueológico de São Miguel Arcanjo. Que material foi utilizado para sua edificação? Quais são as características da construção? c) Por que São Miguel das Missões pode ser considerado patrimônio histórico?

2 2 Leia o texto a seguir e responda às questões. Uma das mais antigas cidades do País, São Cristóvão foi a primeira capital do estado de Sergipe, fundada em Entre as riquezas do município, está o conjunto arquitetônico da Praça São Francisco, que conserva o estilo colonial das edificações relacionadas à Ordem Franciscana da Igreja Católica. O local também abriga o Museu de Arte Sacra, o terceiro mais importante acervo do gênero no País. Fonte: Praça São Francisco. São Cristóvão, Sergipe. Patrimônio Mundial Cultural do Brasil. Disponível em: <www.brasil.gov.br/sobre/cultura/patrimonio>. Acesso em: 2 nov a) Luciana e sua família vivem em Mato Grosso e foram passar as férias em Sergipe. Que locais elas podem visitar para conhecer os patrimônios históricos do município? b) Quais atitudes Luciana e sua família devem ter, tanto em seu município quanto nos locais visitados durante as férias, com relação ao patrimônio histórico e cultural? 3 Observe a imagem a seguir e responda às questões. Zhukov Oleg/Shutterstock Documentos históricos rasgados e comidos por insetos. a) Qual é o estado de conservação dos documentos históricos fotografados?

3 b) A foto apresenta uma situação de desrespeito ao patrimônio histórico e cultural? Por quê? c) O que os órgãos governamentais e a população devem fazer para preservar o patrimônio histórico? 4 O município de Parati, no estado do Rio de Janeiro, é considerado um patrimônio histórico e cultural do Brasil. Seu traçado data, aproximadamente, de 1820, sendo as ruas planejadas e a arquitetura das moradias regulamentadas pelas leis da época. Observe as imagens e identifique as características dos prédios e do traçado das ruas. Mickael David/Photodisc/ID/ES 1 2 Diego Silvestre/Shutterstock

4 5 Você conhece algum conjunto de casas, igrejas, chafarizes, pontes ou calçamentos históricos? Onde eles se localizam? Quais são suas características? 6 Corrija a sentença errada. a) A cidade de São Luís, no Maranhão, foi fundada por ingleses no ano de b) Atualmente, o centro histórico de São Luís conta com cerca de 3500 construções tombadas. c) Ouro Preto, em Minas Gerais, formou-se no final do século XVII, na época da descoberta e da exploração do ouro. Nesse período, Ouro Preto se chamava Vila Rica. d) Em Ouro Preto há casas, igrejas, chafarizes, pontes e outros elementos que datam, principalmente, do auge da mineração, no século XVIII. 7 Pinte os quadros com as seguintes cores: azul elementos da cultura material amarela elementos da cultura imaterial cantigas comidas típicas telefone ferro elétrico modos de falar festas roupas telefone celular televisão 8 Imagine que no ano de 2100 uma criança encontrará um objeto que conta parte da sua história nos dias de hoje. Qual objeto você gostaria que fosse encontrado? Por quê?

5 9 Escolha algum objeto do seu dia a dia escolar e converse com uma pessoa mais velha sobre esse objeto. Questione-a se tal objeto também era utilizado na época em que ela estudava, se havia semelhanças e diferenças entre o objeto no passado e no presente e a sua utilidade. 10 O patrimônio imaterial está presente no dia a dia de todos, seja no modo de falar, nos hábitos alimentares, nas danças ou nos ofícios. Quais conhecimentos e práticas você aprendeu que foram transmitidos de geração em geração?

6 Respostas 1 a) 1632 Fundação da Redução de São Miguel Arcanjo; 1638 A população da redução mudou-se para próximo do rio Uruguai; 1687 A redução foi novamente fundada onde está localizado, atualmente, o sítio arqueológico. b) Foram utilizados, principalmente, tijolos. A construção apresenta altura elevada, uma torre à esquerda, uma porta central e algumas colunas. c) Porque ele contém informações sobre a ocupação do Rio Grande do Sul, o modo de vida na região durante o século XVII e as formas das construções. 2 a) Luciana e sua família podem visitar o conjunto arquitetônico da Praça São Francisco e o Museu de Arte Sacra. b) Luciana e sua família devem ter atitudes de respeito a todos os patrimônios, pois o desrespeito ao patrimônio prejudica o conhecimento sobre o passado. 3 a) Os documentos históricos estão em péssimo estado de conservação, rasgados e comidos por insetos. b) Sim, porque a má-conservação de documentos prejudica o conhecimento a respeito do passado. c) Os órgãos governamentais devem ser os responsáveis pela manutenção, preservação e fiscalização do patrimônio, e a população deve respeitar e cuidar do patrimônio, fiscalizando também as ações governamentais. 4 Foto 1. Os prédios apresentam paredes retas, pintadas de branco, com uma grande quantidade de portas e janelas características do período colonial. Foto 2. As ruas são largas e regulares, pois foram planejadas, havendo quarteirões de tamanhos uniformes. 5 Resposta pessoal. 6 a) A cidade de São Luís, no Maranhão, foi fundada por franceses no ano de Cultura material: telefone, ferro elétrico, roupas, telefone celular, televisão. Cultura imaterial: cantigas, comidas típicas, modos de falar, festas. 8 Resposta pessoal. 9 Resposta pessoal. 10 Resposta pessoal. Destaque que a transmissão de conhecimentos entre as gerações ocorre tanto no âmbito familiar como entre os membros da sociedade.

Arte no Brasil Colonial. Arquitetura e urbanismo. 8º ano

Arte no Brasil Colonial. Arquitetura e urbanismo. 8º ano Arte no Brasil Colonial Arquitetura e urbanismo 8º ano - 2013 A arte no Brasil colonial (1500 a 1808) foi marcada pela forte influência européia. O principal estilo que surge neste período é o BARROCO,

Leia mais

História 4 o ano Unidade 8

História 4 o ano Unidade 8 História 4 o ano Unidade 8 Nome: Unidade 8 Data: 1. Associe as colunas. (A) Vila de São Vicente (B) Vila de São Paulo de Piratininga ( ) a produção de cana-de-açúcar não prosperou. ( ) tinha clima e solo

Leia mais

História 2 o ano Unidade 8

História 2 o ano Unidade 8 História 2 o ano Unidade 8 Unidade 8 Nome: Data: 1. Por que as ruas têm nome? Marque com um X a resposta correta. ( ) porque a rua pertence a uma pessoa que escolhe o nome. ( ) porque é mais fácil localizá-la

Leia mais

Museu Arqueológico Imagens Missioneiras- Igreja

Museu Arqueológico Imagens Missioneiras- Igreja SÃO NICOLAU 189 SÃO NICOLAU Fundado em 1626, pelo Pe. Roque Gonzales de Santa Cruz, foi a primeira redução do primeiro ciclo missioneiro em terras do Rio Grande do Sul. Teve sua instalação definitiva no

Leia mais

RESOLUÇÃO 07 / CONPRESP / 2015

RESOLUÇÃO 07 / CONPRESP / 2015 RESOLUÇÃO 07 / CONPRESP / 2015 O Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo CONPRESP, no uso de suas atribuições legais e nos termos da Lei n

Leia mais

Rio de Janeiro recebe título da Unesco de Patrimônio Mundial da Humanidade

Rio de Janeiro recebe título da Unesco de Patrimônio Mundial da Humanidade Rio de Janeiro recebe título da Unesco de Patrimônio Mundial da Humanidade Paisagens da cidade como a praia de Copacabana e o Pão de Açúcar serão preservadas. Pão de Açúcar, Corcovado, Floresta da Tijuca,

Leia mais

IV SEMINÁRIO IGREJA E BENS CULTURAIS EVANGELIZAÇÃO E PRESERVAÇÃO ARQUITETURA E ARTE DO SAGRADO

IV SEMINÁRIO IGREJA E BENS CULTURAIS EVANGELIZAÇÃO E PRESERVAÇÃO ARQUITETURA E ARTE DO SAGRADO IV SEMINÁRIO IGREJA E BENS CULTURAIS EVANGELIZAÇÃO E PRESERVAÇÃO ARQUITETURA E ARTE DO SAGRADO ARTE SACRA NO ESPIRITO SANTO bens móveis integrados: uma perspectiva histórica e estética Attilio Colnago

Leia mais

a casa de Marina. A avó de Marina mora na casa que está na direção sul. Contorne a casa da avó de

a casa de Marina. A avó de Marina mora na casa que está na direção sul. Contorne a casa da avó de SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: 26 / 09 / 2014 II ETAPA AVALIAÇÃO DE RECUPERAÇÃO DE GEOGRAFIA 4.º ANO/EF UNIDADE: ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A):

Leia mais

moradias de outros a) Em uma cidade, podem existir moradias atuais e outras muito antigas.

moradias de outros a) Em uma cidade, podem existir moradias atuais e outras muito antigas. 2. Conversas sobre moradias de outros jeitos e de outros tempos 1. No Brasil atual, existe uma grande diversidade de moradias. Considerando a história delas, assinale V para as alternativas verdadeiras

Leia mais

RIF. Ensaio Fotográfico

RIF. Ensaio Fotográfico RIF Ensaio Fotográfico RIF Ensaio Fotográfico Ouro Preto: arquitetura e religiosidade 1 Carlos Alberto de Souza 2 Neste registro fotográfico, procura-se retratar a arquitetura e religiosidade de Ouro Preto,

Leia mais

Afinal, o que é patrimônio cultural?

Afinal, o que é patrimônio cultural? Afinal, o que é patrimônio cultural? http://www.youtube.com/watch?v=6afujb7cuq0&feature=relmfu São considerados patrimônio cultural : - os monumentos: obras arquitetônicas, esculturas ou pinturas monumentais,

Leia mais

Castelo de Leiria. Igreja de Santa Maria da Pena

Castelo de Leiria. Igreja de Santa Maria da Pena Castelo de Leiria Castelo medieval, artística e arquitetonicamente representativo das diversas fases de construção e reconstrução desde a sua fundação até ao século XX. Estruturas que compõem o conjunto

Leia mais

BELO HORIZONTE, A CAPITAL DA INOVAÇÃO

BELO HORIZONTE, A CAPITAL DA INOVAÇÃO BELO HORIZONTE, A CAPITAL DA INOVAÇÃO Belo Horizonte, capital do Estado de Minas Gerais é considerada a 6ª maior cidade do Brasil. Com clima agradável durante todo o ano, a cidade é famosa por suas áreas

Leia mais

Cópia autorizada. II

Cópia autorizada. II II Sugestões de avaliação Geografia 5 o ano Unidade 2 5 Unidade 2 Nome: Data: 1. Por que o território dos países costuma ser dividido em porções menores, como estados e municípios? Observe o mapa a seguir

Leia mais

Igreja Nossa Senhora da Candelária de Itu (SP) passará por restaurações

Igreja Nossa Senhora da Candelária de Itu (SP) passará por restaurações Igreja Nossa Senhora da Candelária de Itu (SP) passará por restaurações Local é considerado um dos maiores símbolos do barroco no Estado. Obras vão custar quase R$ 7 milhões e serão acompanhadas pelos

Leia mais

Autor: Anne-Marie Pessis Editora: FUMDHAM Ano: 2003 ISBN: Páginas: 307. Sinopse:

Autor: Anne-Marie Pessis Editora: FUMDHAM Ano: 2003 ISBN: Páginas: 307. Sinopse: Imagens da Pré-história. Parque Nacional Serra da Capivara Autor: Anne-Marie Pessis Editora: FUMDHAM Ano: 2003 85-89313026 Páginas: 307 O Parque Nacional Serra da Capivara guarda informações muito importantes

Leia mais

Patrimônio Histórico. Tradicionalmente refere-se à herança composta por um complexo de bens históricos.

Patrimônio Histórico. Tradicionalmente refere-se à herança composta por um complexo de bens históricos. Patrimônio Histórico Tradicionalmente refere-se à herança composta por um complexo de bens históricos. Todavia, esse conceito vem sendo substituído pela expressão patrimônio cultural, que é muito mais

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E ASSUNTOS CULTURAIS DA UEPG: DE ÓRGÃO UNIVERSITÁRIO À ATRATIVO PARA O PROJETO CONHECENDO PG

PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E ASSUNTOS CULTURAIS DA UEPG: DE ÓRGÃO UNIVERSITÁRIO À ATRATIVO PARA O PROJETO CONHECENDO PG 13. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ISSN 2238-9113 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( x) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE

Leia mais

O PATRIMÔNIO CULTURAL DE ESTRELA DO SUL: A IMPORTÂNCIA DAS TÉCNICAS RETROSPECTIVAS PARA A PRESERVAÇÃO DOS BENS CULTURAIS

O PATRIMÔNIO CULTURAL DE ESTRELA DO SUL: A IMPORTÂNCIA DAS TÉCNICAS RETROSPECTIVAS PARA A PRESERVAÇÃO DOS BENS CULTURAIS O PATRIMÔNIO CULTURAL DE ESTRELA DO SUL: A IMPORTÂNCIA DAS TÉCNICAS RETROSPECTIVAS PARA A PRESERVAÇÃO DOS BENS CULTURAIS Autora: LIBÂNIO, Luciana. (Unitri, Correspondência: lucianaliba@hotmail.com). Professor

Leia mais

Patrimônio Histórico Conhecer para preservar. Rita de Cassia Lopes Alanda Beatriz Marcos Carvalho

Patrimônio Histórico Conhecer para preservar. Rita de Cassia Lopes Alanda Beatriz Marcos Carvalho Patrimônio Histórico Conhecer para preservar Rita de Cassia Lopes Alanda Beatriz Marcos Carvalho Objetivo Geral Propor ações de extensão para resgatar os conhecimentos sobre a memória e o patrimônio cultural

Leia mais

praias atividades agrícolas comércio extração de minérios pesca porto fazendas prédios artesanato igrejas praças construções históricas

praias atividades agrícolas comércio extração de minérios pesca porto fazendas prédios artesanato igrejas praças construções históricas 1 Glauco fez uma pesquisa sobre a história do Brasil e descobriu que: No ano de 1500, os europeus chegaram às terras brasileiras. Em 1808, a família real portuguesa chegou ao Rio de Janeiro. No ano de

Leia mais

CENTRO HISTÓRICO E PAISAGÍSTICO DE PARNAÍBA PI: sobrado Dona Auta

CENTRO HISTÓRICO E PAISAGÍSTICO DE PARNAÍBA PI: sobrado Dona Auta CENTRO HISTÓRICO E PAISAGÍSTICO DE PARNAÍBA PI: sobrado Dona Auta CRUZ, ANDREA; SILVA, PAULA Prefeitura Municipal de Parnaíba Secretaria de Infraestrutura Rua Itaúna, 1434 Pindorama, Parnaíba PI CEP: 64215-320

Leia mais

Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: História

Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: História COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: História Nome: Ano: 3º Ano 1º Etapa 2014 Colégio Nossa Senhora da Piedade Área do Conhecimento: Ciências Humanas Disciplina: História

Leia mais

ANEXO FOTOGRÁFICO PATRIMÔNIO HISTÓRICO E CULTURAL

ANEXO FOTOGRÁFICO PATRIMÔNIO HISTÓRICO E CULTURAL ANEXO FOTOGRÁFICO PATRIMÔNIO HISTÓRICO E CULTURAL FOTO 01 Palacete em ruínas, conhecida como Vila Charquetti. UTM: 675.284 me X 7.252.158 mn. FOTO 02 Detalhe da ornamentação na fachada principal. UTM:

Leia mais

Aula 1 de 4 Versão Aluno

Aula 1 de 4 Versão Aluno Aula 1 de 4 Versão Aluno O QUE É ARQUEOLOGIA? Arqueologia é a ciência que busca entender as culturas humanas a partir do estudo do registro arqueológico, que é o conjunto de todos os traços materiais da

Leia mais

Sítio do Mandú, um casarão bandeirista.

Sítio do Mandú, um casarão bandeirista. Sítio do Mandú, um casarão bandeirista. Não se sabe ao certo a data exata da construção, mas credita-se como uma construção tardia, do final do século XVI ou início do XVII; os assoalhos dos aposentos

Leia mais

O centro urbano apresenta um conjunto de edificações com características da arquitetura popular, muitas delas em madeira.

O centro urbano apresenta um conjunto de edificações com características da arquitetura popular, muitas delas em madeira. ROQUE GONZALES 114 ROQUE GONZALES O atual Município de Roque Gonzáles teve seu repovoamento a partir de 1924, próximo ao Salto do Pirapó, pelas famílias dos migrantes José Frederico Eichlbelger, natural

Leia mais

Regulação Semestral do Processo Ensino Aprendizagem 4º bimestre Ano: 2º ano Ensino Médio Data:

Regulação Semestral do Processo Ensino Aprendizagem 4º bimestre Ano: 2º ano Ensino Médio Data: Regulação Semestral do Processo Ensino Aprendizagem 4º bimestre Ano: 2º ano Ensino Médio Data: Disciplina: História Professor: Luis Fernando Caro estudante; Ao longo do bimestre desenvolvemos diversas

Leia mais

Rio Abaixo. Patrimônio Cultural Bens Tombados e Registrados

Rio Abaixo. Patrimônio Cultural Bens Tombados e Registrados do lo a c n o G o Sa Rio Abaixo Patrimônio Cultural Bens Tombados e Registrados Igreja Matriz de São Gonçalo do Amarante Igreja construída em terreno doado por José de Holanda Braga, em 1733. O retábulo

Leia mais

RIF Ensaio Fotográfico

RIF Ensaio Fotográfico RIF Ensaio Fotográfico Mirim Santos: o artista de Ouro Preto Elaine Schmitt 1 As fotografias que compõem esse ensaio fotográfico foram feitas na cidade de Ouro Preto, Minas Gerais, em frente à Igreja Católica

Leia mais

SÃO MIGUEL DAS MISSÕES

SÃO MIGUEL DAS MISSÕES SÃO MIGUEL DAS MISSÕES 179 SÃO MIGUEL DAS MISSÕES A Redução de São Miguel Arcanjo foi fundada em 1632, por índios Guaranis e padres Jesuítas e teve sua instalação definitiva no atual sítio em 1687. Viveu

Leia mais

Uma abordagem sobre a preservação da paisagem urbana do 4º Distrito. Secretaria Municipal de Urbanismo Secretaria Municipal da Cultura

Uma abordagem sobre a preservação da paisagem urbana do 4º Distrito. Secretaria Municipal de Urbanismo Secretaria Municipal da Cultura Uma abordagem sobre a preservação da paisagem urbana do 4º Distrito Secretaria Municipal de Urbanismo Secretaria Municipal da Cultura 1916 Acervo IHGRGS Reconversão Econômica do 4º Distrito Bairros Floresta,

Leia mais

Medellín. Uol - SP 08/02/ :29. Da Redação. Divulgação

Medellín. Uol - SP 08/02/ :29. Da Redação. Divulgação Uol - SP 08/02/2015-00:29 Medellín Da Redação Localizada em meio ao Vale do Aburrá, Medellín é a segunda cidade mais populosa da Colômbia com pouco menos de três milhões de habitantes. Fica atrás somente

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DO MONTE DA CAPARICA Curso de Educação e Formação de Adultos NS

ESCOLA SECUNDÁRIA DO MONTE DA CAPARICA Curso de Educação e Formação de Adultos NS 1 de 5 papel da multiculturalidade e Exploração do conceito de Património Comum da Humanidade e suas implicações na actuação cívica à escala mundial OBJECTIVO: Valorizar a interdependência e a solidariedade

Leia mais

Os Dois Mundos de Minas Gerais

Os Dois Mundos de Minas Gerais O Que é Minas Gerais Hoje?... Os Dois Mundos de Minas Gerais Heitor de Souza Miranda, 8A Foi possível observar dois mundos mineiros em nossa viagem. Um deles, o mais estudado, é o mundo da arte, da história,

Leia mais

A BIODIVERSIDADE NA ENCÍCLICA DO PAPA FRANCISCO LAUDATO SI

A BIODIVERSIDADE NA ENCÍCLICA DO PAPA FRANCISCO LAUDATO SI A BIODIVERSIDADE NA ENCÍCLICA DO PAPA FRANCISCO LAUDATO SI 1. Primeira encíclica na história da Igreja com este enfoque ecológico. 2. Convergência: preocupações da ciência, da sociedade e da Igreja, como

Leia mais

SEMINÁRIO DA DISCIPLINA ESTÁGIO SUPERVISIONADO IAU_USP Prefeitura Municipal de Araraquara Secretaria da Cultura Coordenadoria Executiva de Acervos e

SEMINÁRIO DA DISCIPLINA ESTÁGIO SUPERVISIONADO IAU_USP Prefeitura Municipal de Araraquara Secretaria da Cultura Coordenadoria Executiva de Acervos e SEMINÁRIO DA DISCIPLINA ESTÁGIO SUPERVISIONADO IAU_USP Prefeitura Municipal de Araraquara Secretaria da Cultura Coordenadoria Executiva de Acervos e Patrimônio Histórico Juliana Oliveira_8503221 Levantamento

Leia mais

A Convenção do Patrimônio Mundial

A Convenção do Patrimônio Mundial A CANDIDATURA A Convenção do Patrimônio Mundial A UNESCO Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura cuida de promover a identificação, a proteção e a preservação do patrimônio

Leia mais

Os melhores passeios em Salvador Escrito por: Soraia Barbosa

Os melhores passeios em Salvador Escrito por: Soraia Barbosa Os melhores passeios em Salvador Escrito por: Soraia Barbosa O Nordeste brasileiro possui diversas opções para quem está atrás de um passeio em um local bonito com praias e visual rústico. Um desses lugares

Leia mais

HISTÓRIA. Questões de 01 a 04

HISTÓRIA. Questões de 01 a 04 HIS. 1 HISTÓRIA Questões de 01 a 04 01. Em meados do século XX, o Brasil vivenciou formas de organização das instituições políticas e do Estado conhecidas como populismo. Identifique o mais importante

Leia mais

24 junho a.c Acontecimento

24 junho a.c Acontecimento Salvador da Bahia Leitura: atividades Pula a fogueira, João! 1. O texto nos fornece uma série de informações históricas a respeito de São João, da simbologia das fogueiras e das tradicionais festividades.

Leia mais

Aula7 O RITUAL DO TOMBAMENTO. Verônica Maria Meneses Nunes Luís Eduardo Pina Lima

Aula7 O RITUAL DO TOMBAMENTO. Verônica Maria Meneses Nunes Luís Eduardo Pina Lima Aula7 O RITUAL DO TOMBAMENTO META Evidenciar o ato de tombamento como um ato administrativo que preserva e reconhece o patrimônio. OBJETIVOS Ao final desta aula, o aluno deverá: definir o que vem a ser

Leia mais

COMPILAÇÃO DE INDICADORES SOCIAIS

COMPILAÇÃO DE INDICADORES SOCIAIS COMPILAÇÃO DE INDICADORES SOCIAIS PNAD Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio última atualização da pesquisa: 2011 1 2 CARACTERÍSTICAS DOS DOMICÍLIOS 3 ACESSO A SERVIÇOS PÚBLICOS EVOLUÇÃO DO PERCENTUAL

Leia mais

Núcleo de Pesquisas Arqueológicas do Alto Rio Grande

Núcleo de Pesquisas Arqueológicas do Alto Rio Grande Núcleo de Pesquisas Arqueológicas do Alto Rio Grande Relatório de Visita a Sítio Arqueológico Pinturas da Princesa Mar de Espanha Este relatório pode ser reproduzido total ou parcialmente, desde que citada

Leia mais

3.4 O Largo da Matriz e seu entorno

3.4 O Largo da Matriz e seu entorno 3.4 O Largo da Matriz e seu entorno O Largo da Matriz é o primeiro espaço público da cidade, onde foi fundada a povoação no início do século XVII em torno da capela de Sant ana, de acordo com Grinberg

Leia mais

A Promoção do Brasil como destino de Turismo Cultural no Mercado Internacional

A Promoção do Brasil como destino de Turismo Cultural no Mercado Internacional A Promoção do Brasil como destino de Turismo Cultural no Mercado Internacional 2º Encontro Brasileiro das Cidades Históricas Turísticas e Patrimônio Mundial São Luís, 24 a 27/02/2016 A EMBRATUR Missão

Leia mais

Altares da Igreja de São Miguel Arcanjo de Itacaré Bahia estão caindo!!!

Altares da Igreja de São Miguel Arcanjo de Itacaré Bahia estão caindo!!! Altares da Igreja de São Miguel Arcanjo de Itacaré Bahia estão caindo!!! Igreja de São Miguel Arcanjo (Matriz de A Itacaré) foi recentemente reformada para a festa do padroeiro dia 29 de setembro, esta

Leia mais

Rio Paramopama em São Cristóvão-SE: realidade socioambiental e potencial ecoturístico. Cleverton Costa Silva. Semana da Água Aracaju

Rio Paramopama em São Cristóvão-SE: realidade socioambiental e potencial ecoturístico. Cleverton Costa Silva. Semana da Água Aracaju II ENCONTRO DE RECURSOS HÍDRICOS EM SERGIPE Rio Paramopama em São Cristóvão-SE: realidade socioambiental e potencial ecoturístico Cleverton Costa Silva Semana da Água Aracaju - 2009 1 - INTRODUÇÃO 1607:

Leia mais

PROJETO DE CONSTRUÇÃO NA VILA

PROJETO DE CONSTRUÇÃO NA VILA PROJETO DE CONSTRUÇÃO NA VILA Organização Não Governamental Life on Life Introdução Projeto de Construção na Vila Por meio do Projeto Vida a Vida, criado há 10 anos na Vila Acaba Mundo atrás da praça JK,

Leia mais

A Vila Itororó está localizada no singular bairro da Bela Vista (o Bixiga), próximo ao Metro São Joaquim. Algumas características desse bairro são:

A Vila Itororó está localizada no singular bairro da Bela Vista (o Bixiga), próximo ao Metro São Joaquim. Algumas características desse bairro são: Goethe na Vila Informações técnicas e contextuais 1. Contexto sociogeográfico da Vila Itororó 2. Contexto histórico da Vila Itororó 3. Vila Itororó Canteiro Aberto 4. Planta-baixa, corte e elevação do

Leia mais

19

19 CERRO LARGO 19 CERRO LARGO O município de Cerro Largo, que abrangia o território dos atuais municípios de Roque Gonzales, Porto Xavier e São Paulo das Missões, era conhecido como Serro Azul. Foi uma colônia

Leia mais

CATEDRAL DE PONTA GROSSA: A IMPORTÂNCIA DO PATRIMÔNIO NA HISTÓRIA DO MUNÍCIPIO.

CATEDRAL DE PONTA GROSSA: A IMPORTÂNCIA DO PATRIMÔNIO NA HISTÓRIA DO MUNÍCIPIO. ISSN 2238-9113 Área Temática: Cultura CATEDRAL DE PONTA GROSSA: A IMPORTÂNCIA DO PATRIMÔNIO NA HISTÓRIA DO MUNÍCIPIO. Carlos Eduardo Machado Gonçalves (cadumachado308@gmail.com) Márcia Maria Dropa (mdropa@gmail.com)

Leia mais

Aula 13 BARROCO: FORMA ARTÍSTICA DO PATRIMÔNIO ARQUITETÔNICO. Verônica Maria Meneses Nunes Luís Eduardo Pina Lima

Aula 13 BARROCO: FORMA ARTÍSTICA DO PATRIMÔNIO ARQUITETÔNICO. Verônica Maria Meneses Nunes Luís Eduardo Pina Lima Aula 13 BARROCO: FORMA ARTÍSTICA DO PATRIMÔNIO ARQUITETÔNICO META Compreender o barroco como parte da herança colonial, base para definição de patrimônio histórico. OBJETIVOS Ao final desta aula, o aluno

Leia mais

Além das visitas do primeiro do roteiro Ouro Preto [1 dia], sugerimos conhecer também:

Além das visitas do primeiro do roteiro Ouro Preto [1 dia], sugerimos conhecer também: Além das visitas do primeiro do roteiro Ouro Preto [1 dia], sugerimos conhecer também: Próximo à Praça Tiradentes, ao lado do Museu da Inconfidência, estão a Igreja de Nossa Senhora do Carmo e o Museu

Leia mais

Mariana [alternativa]

Mariana [alternativa] Mariana [alternativa] Para quem tem um dia a mais, pode planejar outras visitas ou até mesmo combinar com as sugestões do outro roteiro, ou de acordo com os interesses pessoais. No Centro Histórico, pode-se

Leia mais

Mineração- Brasil século XVIII

Mineração- Brasil século XVIII Mineração- Brasil século XVIII O controle da exploração das minas pela coroa. HISTÓRIA 5º ano Fonte: Gilberto Cotrim História Global Brasil e Geral, ed. saraiva Mineração A exploração do Ouro No século

Leia mais

GEODIVERSIDADE NO PATRIMÔNIO CULTURAL CONSTRUÍDO DO ESTADO DO PARANÁ. Antonio Liccardo Universidade Estadual de Ponta Grossa

GEODIVERSIDADE NO PATRIMÔNIO CULTURAL CONSTRUÍDO DO ESTADO DO PARANÁ. Antonio Liccardo Universidade Estadual de Ponta Grossa GEODIVERSIDADE NO PATRIMÔNIO CULTURAL CONSTRUÍDO DO ESTADO DO PARANÁ Antonio Liccardo Universidade Estadual de Ponta Grossa O patrimônio cultural perpassa várias definições e qualificações, quanto a uso

Leia mais

Desde a escola ouvimos uma antiga definição de que meio ambiente era chamado de tudo o que é vivo, ou seja, todas as coisas que vivem neste planeta e

Desde a escola ouvimos uma antiga definição de que meio ambiente era chamado de tudo o que é vivo, ou seja, todas as coisas que vivem neste planeta e O Meio Ambiente Desde a escola ouvimos uma antiga definição de que meio ambiente era chamado de tudo o que é vivo, ou seja, todas as coisas que vivem neste planeta e estão ligadas a vida dos seres humanos.

Leia mais

Apresentação para Sala de Aula para alunos de 1ª a 4ª série

Apresentação para Sala de Aula para alunos de 1ª a 4ª série Apresentação para Sala de Aula para alunos de 1ª a 4ª série O que é Patrimônio Cultural? Patrimônio é constituído pelos bens materiais e imateriais que se referem à nossa identidade, nossas ações, costumes,

Leia mais

Dia 28 de Maio Renovar com Sustentabilidade. Prof. João Appleton A2P. Reabilitação Sustentável. João Appleton

Dia 28 de Maio Renovar com Sustentabilidade. Prof. João Appleton A2P. Reabilitação Sustentável. João Appleton Dia 28 de Maio Renovar com Sustentabilidade Prof. João Appleton A2P Reabilitação Sustentável João Appleton 28 de Maio de 2009 1 Reabilitação Sustentável A reabilitação de edifícios antigos é hoje uma tarefa

Leia mais

OLHARES SOBRE OURO PRETO/MG: ESPAÇO E OCUPAÇÃO AO LONGO DE 300 ANOS ALMEIDA, S. A. CORRÊA C. B. CARNEIRO, R. T. LARA, P. PIDHORODECKI, G.

OLHARES SOBRE OURO PRETO/MG: ESPAÇO E OCUPAÇÃO AO LONGO DE 300 ANOS ALMEIDA, S. A. CORRÊA C. B. CARNEIRO, R. T. LARA, P. PIDHORODECKI, G. OLHARES SOBRE OURO PRETO/MG: ESPAÇO E OCUPAÇÃO AO LONGO DE 300 ANOS ALMEIDA, S. A. CORRÊA C. B. CARNEIRO, R. T. LARA, P. PIDHORODECKI, G. 40 Introdução Ouro Preto, em Minas Gerais, é uma cidade que simboliza

Leia mais

Fordlândia, um império perdido na Amazônia

Fordlândia, um império perdido na Amazônia Fordlândia, um império perdido na Amazônia Há 70 anos, terminava o plano de Henry Ford de abastecer suas fábricas com borracha produzida no Brasil. Local virou ruína. Fordlândia deixou de existir em 1945.

Leia mais

BANCO DE ATIVIDADES Presente História 3 ano - 2 bimestre Avaliação

BANCO DE ATIVIDADES Presente História 3 ano - 2 bimestre Avaliação História 3 ano - 2 bimestre Unidade 2 1. Liste as diferentes formas de obtenção e distribuição de água nas grandes cidades brasileiras há cerca de duzentos anos. 2. Você pesquisou a história de uma via

Leia mais

Monitoramento das alterações da cobertura vegetal e uso do solo na Bacia do Alto Paraguai Porção Brasileira Período de Análise: 2012 a 2014

Monitoramento das alterações da cobertura vegetal e uso do solo na Bacia do Alto Paraguai Porção Brasileira Período de Análise: 2012 a 2014 Monitoramento das alterações da cobertura vegetal e uso do solo na Bacia do Alto Paraguai Porção Brasileira Período de Análise: 2012 a 2014 1 Sumário Executivo Apresentação A Bacia Hidrográfica do Alto

Leia mais

101

101 PORTO XAVIER 101 PORTO XAVIER Após a decadência do sistema reducional, o território onde se localiza o atual município de Porto Xavier, embora tenha permanecido poucos indígenas, recebeu a chegada gradativa

Leia mais

Cópia autorizada. II

Cópia autorizada. II II Sugestões de avaliação História 5 o ano Unidade 2 5 Unidade 2 Nome: Data: 1. Até o século XVII, qual era a principal fonte de lucros do Brasil? Como se chama atualmente a região do país que mais se

Leia mais

Santuários. Arte, Cultura, Peregrinações, Paisagens e Pessoas

Santuários. Arte, Cultura, Peregrinações, Paisagens e Pessoas Santuários Arte, Cultura, Peregrinações, Paisagens e Pessoas O Turismo ou as Peregrinações a Santuários começaram ainda na Pré-História, caso da Gruta de Chovet, com datações de cerca de 31000 BP. Vale

Leia mais

Ordem dos Advogados do Brasil - Seção de Goiás "Casa do Advogado Jorge Jungmann"

Ordem dos Advogados do Brasil - Seção de Goiás Casa do Advogado Jorge Jungmann CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE CATALÃO 70 9 12,86 % 57 81,43 % 3 4,29 % 0 0,00 % 1 1,43 % 0 0,00 % CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE JATAÍ 45 5 11,11 % 39 86,67 % 1 2,22 % 0 0,00 % 0 0,00 % 0 0,00 % CENTRO UNIVERSITÁRIO

Leia mais

THEATRO BERNARDO GUIMARÃES

THEATRO BERNARDO GUIMARÃES THEATRO BERNARDO GUIMARÃES Localizado na Avenida Dr. Américo Luz, n.º 143, está o Theatro Bernardo Guimarães que foi construído no final do século passado, por volta de 1.890, data aproximada, uma vez

Leia mais

ESTUDO DO MEIO. 1 Escreve os doze meses do ano por ordem e pinta o mês em que nasceste.

ESTUDO DO MEIO. 1 Escreve os doze meses do ano por ordem e pinta o mês em que nasceste. ETUDO DO MEIO 1 Escreve os doze meses do ano por ordem e pinta o mês em que nasceste. 1-5 - 9-2 - 6-10 - 3-7 - 11-4 - 8-12 - 2 Escreve conforme indica a ajuda. TRINTA DIA TEM NOVEMBRO, ABRIL, JUNHO E ETEMBRO

Leia mais

1. Descrição da Cidade

1. Descrição da Cidade 1. Descrição da Cidade 2. Top Atrações da Cidade 2.1 - Atração Igreja Matriz de São Luiz de Tolosa 2.2 - Atração Casarões 2.3 - Atração Mercado Municipal de São Luís do Paraitinga 2.4 - Atração Centro

Leia mais

Pode integrar roteiros de paisagem urbana. Pode integrar roteiros de paisagem urbana. Pode integrar roteiros de paisagem urbana.

Pode integrar roteiros de paisagem urbana. Pode integrar roteiros de paisagem urbana. Pode integrar roteiros de paisagem urbana. Sítio Arqueológico Zona Rural: Distrito É aberto à São Lourenço Mártir de São Lourenço Antiga Fabrica de Óleos Della Giustina X 724252 Y - 6849497 X 701245 Y - 6855750 Remanescentes da Redução Jesuítico-

Leia mais

Denominação / localização. Igreja Matriz de Nossa Senhora de Consolação Praça Alferes José Pinto de Oliveira, s/n o, Centro.

Denominação / localização. Igreja Matriz de Nossa Senhora de Consolação Praça Alferes José Pinto de Oliveira, s/n o, Centro. RELAÇÃO BENS CULTURAIS PROTEGIDOS PATRIMÔNIO TOMBADO NÍVEL DE PROTEÇÃO: Municipal Estrutura Arquitetônica e Urbanística EAU Denominação / localização Igreja Matriz de Nossa Senhora de Consolação s/n o,

Leia mais

UM PROGRAMA PARA CONHECER A ARQUITETURA DO CENTRO ANTIGO COM UMA AMOSTRA DA GASTRONOMIA IMPERIAL.

UM PROGRAMA PARA CONHECER A ARQUITETURA DO CENTRO ANTIGO COM UMA AMOSTRA DA GASTRONOMIA IMPERIAL. BOLETIM INFORMATIVO EDIÇÃO ESPECIAL EVENTOS Nº. 36 UM PROGRAMA PARA CONHECER A ARQUITETURA DO CENTRO ANTIGO COM UMA AMOSTRA DA GASTRONOMIA IMPERIAL. O programa começa na Galeria Scenarium com um bate-papo

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO I ETAPA LETIVA HISTÓRIA 4.º ANO/EF

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO I ETAPA LETIVA HISTÓRIA 4.º ANO/EF SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA MANTENEDORA DA PUC Minas E DO COLÉGIO SANTA MARIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO I ETAPA LETIVA HISTÓRIA 4.º ANO/EF 2016 Caro(a) aluno(a), É tempo de conferir os conteúdos estudados

Leia mais

Finanças Módulo 2 Finanças Pessoais. Uelinton Lôndero

Finanças Módulo 2 Finanças Pessoais. Uelinton Lôndero Finanças Módulo 2 Finanças Pessoais Uelinton Lôndero Relembrando tudo se resume a Uma Fórmula Ridiculamente Simples como ganhar mais do que você gasta??? Tempo Hábito (menor esforço) Controle ... quem

Leia mais

TR Teoria e História da Preservação da Arquitetura e do. Urbanismo

TR Teoria e História da Preservação da Arquitetura e do. Urbanismo TR Teoria e História da Preservação da Arquitetura e do Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Artes e Arquitetura Curso de Arquitetura e Urbanismo Prof. Ana Paula Zimmermann Urbanismo

Leia mais

Pode integrar roteiros de paisagem urbana. Pode integrar roteiros de paisagem urbana. Pode integrar. roteiros de turismo rural.

Pode integrar roteiros de paisagem urbana. Pode integrar roteiros de paisagem urbana. Pode integrar. roteiros de turismo rural. Bar Sherlock Construção de 1947, É aberta à visitação. com linguagem da X 722194 arquitetura Eclética e Y - 6884476 elementos do neoclássico. Em conservação, com poucas intervenções. Casa Kliemann X 722238

Leia mais

Visite nosso site

Visite nosso site Carnaval O Carnaval é a maior festa popular do país. A festa acontece durante quatro dias (que precedem a quarta-feira de cinzas). A quarta de cinzas tem este nome devido à queima dos ramos do Domingo

Leia mais

PROJETO CONHECER A CIDADE

PROJETO CONHECER A CIDADE PROJETO CONHECER A CIDADE O Projeto Conhecer a Cidade "Conhecer a Cidade" é um projeto da RBE em parceria com a Ordem dos Arquitetos, com a finalidade de promover a educação pela arquitetura, património,

Leia mais

TÍTULO: GRUPO DE TRABALHO HISTÓRIA, PATRIMÔNIO E PRESERVAÇÃO : A ELABORAÇÃO DE PESQUISAS PARA A COMPREENSÃO DA ARQUITETURA DE MONTES CLAROS/MG.

TÍTULO: GRUPO DE TRABALHO HISTÓRIA, PATRIMÔNIO E PRESERVAÇÃO : A ELABORAÇÃO DE PESQUISAS PARA A COMPREENSÃO DA ARQUITETURA DE MONTES CLAROS/MG. TÍTULO: GRUPO DE TRABALHO HISTÓRIA, PATRIMÔNIO E PRESERVAÇÃO : A ELABORAÇÃO DE PESQUISAS PARA A COMPREENSÃO DA ARQUITETURA DE MONTES CLAROS/MG. CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: ENGENHARIAS E ARQUITETURA SUBÁREA:

Leia mais

Santa Maria A ilha do Sol por Azores Airlines In https://azoresairlinesblog.com/2017/04/19/santa-maria-a-ilha-do-sol/

Santa Maria A ilha do Sol por Azores Airlines In https://azoresairlinesblog.com/2017/04/19/santa-maria-a-ilha-do-sol/ 1 Santa Maria A ilha do Sol por Azores Airlines In https://azoresairlinesblog.com/2017/04/19/santa-maria-a-ilha-do-sol/ 19Abr 2017 by AzoresAirlines adaptado e aumentado por Chrys Chrystello PRAIA FORMOSA

Leia mais

Há vagas para oficinas e roteiros fotográficos do Fotógrafos em Ouro Preto e Mariana

Há vagas para oficinas e roteiros fotográficos do Fotógrafos em Ouro Preto e Mariana Há vagas para oficinas e roteiros fotográficos do Fotógrafos em Ouro Preto e Mariana As atividades do Fotógrafos em Ouro Preto e Mariana estão com inscrições abertas para participação dos amantes da fotografia.

Leia mais

ATIVIDADE COMPLEMENTAR A FAU/CEATEC PUC-CAMPINAS 1º SEMESTRE 2017

ATIVIDADE COMPLEMENTAR A FAU/CEATEC PUC-CAMPINAS 1º SEMESTRE 2017 ATIVIDADE COMPLEMENTAR A FAU/CEATEC PUC-CAMPINAS 1º SEMESTRE 2017 Unidade Acadêmica: Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Titulo da Atividade: Viagem de Estudos a Belo Horizonte e Ano: 1º semestre 2017

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO I ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 4.º ANO/EF 2016

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO I ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 4.º ANO/EF 2016 SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA MANTENEDORA DA PUC Minas E DO COLÉGIO SANTA MARIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO I ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 4.º ANO/EF 2016 Caro(a) aluno(a), É tempo de conferir os conteúdos estudados

Leia mais

Luís Miguel Cardoso Diretor da ESECS Elisabete Rodrigues Diretora da Licenciatura em Turismo

Luís Miguel Cardoso Diretor da ESECS Elisabete Rodrigues Diretora da Licenciatura em Turismo Luís Miguel Cardoso Diretor da ESECS Elisabete Rodrigues Diretora da Licenciatura em Turismo Estratégias Regionais de Especialização Inteligente (EREI) Domínios temáticos EREI Alentejo 1 Alimentação e

Leia mais

Fortalecimento do poder dos reis

Fortalecimento do poder dos reis Fortalecimento do poder dos reis C A P Í T U L O 0 7 Prof: Diego Gomes Disciplina: História Turma: 7 Ano Fortalecimento do poder Real Com revigoramento do comércio e das cidade, formou-se um novo grupo

Leia mais

INTRODUÇÃO PRIMEIRA APROXIMAÇÃO AO PATRIMÓNIO IMATERIAL

INTRODUÇÃO PRIMEIRA APROXIMAÇÃO AO PATRIMÓNIO IMATERIAL INTRODUÇÃO PRIMEIRA APROXIMAÇÃO AO PATRIMÓNIO IMATERIAL Certamente já ouviste falar de Património Cultural, isto é, do conjunto de elementos de uma cultura, produzidos ao longo dos tempos, que recebemos

Leia mais

Relatório Técnico N o /46 APÊNDICE 2 FICHAS DAS ÁREAS DE RISCO MAPEADAS E VISTORIADAS

Relatório Técnico N o /46 APÊNDICE 2 FICHAS DAS ÁREAS DE RISCO MAPEADAS E VISTORIADAS Relatório Técnico N o 131.179-205 - 32/46 APÊNDICE 2 FICHAS DAS ÁREAS DE RISCO MAPEADAS E VISTORIADAS Relatório Técnico N o 131.179-205 - 33/46 ÁREA HOL-01 Chácaras de Recreio Danúbio Azul Risco Alto (R3)

Leia mais

O Barroco no Brasil. Capitulo 11

O Barroco no Brasil. Capitulo 11 O Barroco no Brasil Capitulo 11 O Barroco no Brasil se desenvolveu do século XVIII ao início do século XIX, época em que na Europa esse estilo já havia sido abandonado. Um só Brasil, vários Barrocos O

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL SIGMA

CENTRO EDUCACIONAL SIGMA 4ºAno 1.4 HISTÓRIA 4º período 9 de dezembro de 2015 Cuide da organização da sua prova. Escreva de forma legível. Fique atento à ortografia e elabore respostas claras. Tudo isso será considerado na correção.

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº, DE 2014

PROJETO DE LEI Nº, DE 2014 PROJETO DE LEI Nº, DE 2014 (Da Sra. Iara Bernardi) Institui o Dia Nacional do Tropeiro, a ser comemorado no último domingo do mês de maio. O Congresso Nacional decreta: Art. 1º Fica instituído o Dia Nacional

Leia mais

Campanha da Fraternidade Tema Fraternidade: Biomas Brasileiros e Defesa da Vida. Lema Cultivar e guardar a Criação

Campanha da Fraternidade Tema Fraternidade: Biomas Brasileiros e Defesa da Vida. Lema Cultivar e guardar a Criação Tema Fraternidade: Biomas Brasileiros e Defesa da Vida Lema Cultivar e guardar a Criação Objetivo Geral: Cuidar da criação, de modo especial dos biomas brasileiros, dons de Deus, e promover relações fraternas

Leia mais

situação e ambiência códice AI-F08-BM denominação Fazenda da Posse localização Rua Dário Aragão município Barra Mansa época de construção século XVIII

situação e ambiência códice AI-F08-BM denominação Fazenda da Posse localização Rua Dário Aragão município Barra Mansa época de construção século XVIII Parceria: denominação Fazenda da Posse códice AI-F08-BM localização Rua Dário Aragão município Barra Mansa época de construção século XVIII estado de conservação detalhamento no corpo da ficha uso atual

Leia mais

Do litoral para o interior do país Séculos XVI e XVII

Do litoral para o interior do país Séculos XVI e XVII Do litoral para o interior do país Séculos XVI e XVII As entradas : expedições montadas por pessoas que partiam de vários locais do país e se aventuravam pelo sertão à procura de ouro e pedras preciosas.

Leia mais

Do litoral para o interior do país Séculos XVI e XVII

Do litoral para o interior do país Séculos XVI e XVII Do litoral para o interior do país Séculos XVI e XVII As entradas : expedições montadas por pessoas que partiam de vários locais do país e se aventuravam pelo sertão à procura de ouro e pedras preciosas.

Leia mais

DOSSIÊ DE TOMBAMENTO DA IGREJA DE SÃO JOSÉ DO GORUTUBA

DOSSIÊ DE TOMBAMENTO DA IGREJA DE SÃO JOSÉ DO GORUTUBA DOSSIÊ DE TOMBAMENTO DA IGREJA DE SÃO JOSÉ DO GORUTUBA PORTEIRINHA MG MARÇO DE 2002 INTRODUÇÃO Nesse dossiê foram sistematizadas as as informações históricas, a partir de fontes bibliográficas e orais,

Leia mais

População em Brasil ,33% Região Norte ,98% Região Nordeste ,18%

População em Brasil ,33% Região Norte ,98% Região Nordeste ,18% 1 O Brasil é o quinto país mais populoso do mundo. De acordo com o Censo Demográfico de 2010, a população brasileira é de 190 732 694 pessoas. Veja os dados da população para cada região e responda: População

Leia mais

CURRÍCULO DO CURSO. Mínimo: 8 semestres. Profª. Luciana Silveira Cardoso

CURRÍCULO DO CURSO. Mínimo: 8 semestres. Profª. Luciana Silveira Cardoso Documentação: Objetivo: Titulação: Diplomado em: Criação: Resolução nº030/ceg/2009 de 30 de setembro de 2009. Portaria Noormativa nº 40/2007/MEC - Exclusivamente para Registro de Diploma. Curso Reconhecido

Leia mais