Gestão de Eventos e Cerimonial

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Gestão de Eventos e Cerimonial"

Transcrição

1 Marco Antonio Delgado Profissional de Comunicação

2 Conceitos Evento é um conceito de domínio amplo. De cursos e palestras até shows, jogos e competições esportivas, exposições, festivais, festas, mostras de arte, etc... As corporações adotam eventos como elementos fundamentais em suas estratégias de marketing e de promoção de imagem.

3 Conceitos Técnicas de Comunicação Dirigida que permitem uma comunicação direta entre uma organização e seu público de interesse. É o chamado olho no olho, corpo a corpo, téte a téte da organização com o cliente.

4 Importância O homem moderno vive uma época de empobrecimento emocional coletivo (David Konstan, chefe do departamento de Letras Clássicas da Brown University EUA) Participar de eventos pode nos fazer sair um pouco desta sociedade individualista e interagir com o meio. Eventos aproximam as pessoas, promovem o diálogo, criam emoções e sentimentos, marcam presença.

5 Motivações Visam à divulgação ou à manutenção de um clima de entendimento; Servem para dar início a novos contatos entre pessoas e/ou organizações; Meios pelos quais a organização pode projetar sua imagem de forma favorável.

6 Evento Institucional Visa criar ou firmar o conceito e a imagem da empresa, por meio de acontecimentos que enalteçam a associação. Exemplo: outorga de títulos e medalhas, solenidades de posse. Dica: Pesquisar tudo sobre o que queremos realizar e de posse dos dados necessários dar plena viabilidade ao evento.

7 TIPOS de EVENTOS Reunião caracteriza-se como alicerce de todos os tipos de evento. Encontro entre duas ou mais pessoas, com o objetivo de discutir; debater e solucionar questões sobre determinado tema, relacionado a sua áreas de atividade. Cabe à reunião, planejamento minucioso para otimização de resultados.

8 Requisitos essenciais ao seu sucesso: Convite com horário de início e término; Confirmação de presença; Coordenador; Pauta pré-estabelecida e divulgada; Esquema de participação; Infraestrutura logística: local, equipamentos e material de apoio; Infraestrutura de pessoa; recepcionistas, operadores de equipam., tradutores, etc... Relatório final.

9 TIPOS de EVENTOS Assembleia reunião da qual participam delegações representantes de grupos, estados, países etc. Sua principal característica é debater assuntos de grande interesse e as conclusões são submetidas à votação que devem ser seguidas por todos. Conferência caracteriza-se pela apresentação de um tema informativo (geral, técnico ou científico) por autoridade ou especialista em determinado assunto para um grande número de pessoas.

10 TIPOS de EVENTOS Congresso reunião promovida por entidade e/ou instituição associativa para debater assuntos de interesse de determinado ramo profissional, como médicos, professores etc. As sessões de trabalho podem ser divididas em: mesa-redonda, painel, palestra, debate e simpósio. Duração de vários dias. Convenção reunião promovida por empresas, setores industriais, comerciais e partidos políticos. Podem ser realizadas também para congraçamento e comemoração. Caráter interno.

11 TIPOS de EVENTOS Encontro reunião de pessoas de uma mesma categoria profissional para debater temas antagônicos, necessitando de um coordenador para resumir e apresentar as conclusões finais. Debate: evento caracterizado pela discussão entre dois ou mais oradores, cada um defendendo seu ponto de vista. Existe a necessidade de um moderador.

12 TIPOS de EVENTOS Feira exposição para um grande público com estrutura de stands. Objetiva a exposição e a venda direta de produtos e/ou serviços. Fórum reunião conduzida por um moderador com objetivo de formar opinião pública sobre determinado assunto. Normalmente com duração de um dia. Workshop reuniões de pessoas que tenham os mesmos interesses, no qual o palestrante é um especialista e estimula os participantes a transformar a teoria em prática. Oficinas.

13 TIPOS de EVENTOS Seminário Apresentação de um assunto por uma ou mais pessoas para uma platéia que tenha algum conhecimento e interesse pelo assunto. Todos participam, discutindo e obtendo conclusões sobre tema. Tem geralmente duração de um dia. Simpósio reunião que possui como característica apresentar alto nível de qualidade (geral) e contar com a participação de renomados especialistas. De um a três dias.

14 TIPOS de EVENTOS Cerimônia é o conjunto de procedimentos formais de civilidade, de deferência entre as partes ou participantes de um evento. As cerimônias são atos frequentemente utilizados no contexto de um evento, é uma etapa da programação do evento, como abertura, encerramento ou outro momento. Solenidade é o conjunto de procedimentos que exige mais formalidade, rigor na precedência e no receptivo. As solenidades são atos formais préestabelecidos, em comemoração de uma data, de um aniversário ou acontecimento relevante.

15 TIPOS de EVENTOS Aula Inaugural: Apresentação de um especialista no meio acadêmico e/ou educacional geralmente no início do ano ou do semestre letivo. Utiliza a informalidade. Aula Magna: Apresentação de um especialista de renome no meio acadêmico e/ou educacional. Necessário protocolo, pois é um acontecimento formal.

16 TIPOS de EVENTOS Eventos especiais são eventos utilizados para captação de recursos como bingos, leilões, campanhas, caminhadas e outros. Vernissage: Exposição de produtos pela primeira vez ao público com o objetivo de expor e vender. Pode reunir vários artistas e é servido coquetel.

17 Coquetel Caracteriza-se pela reunião de pessoas com o objetivo de confraternização, motivadas pela comemoração de um acontecimento. Evento coloquial e de curta duração. Caracteriza-se por 4Ss: Surgir, Saudar, Sorrir e Sumir.

18 Importância para a Instituição Eventos posicionam-se como o segundo item de investimento do plano de comunicação de uma empresa. Projetam-se como estratégia visando aproximação com o público a um custo menor quando comparado com as verbas necessárias à produção de comerciais e anúncios publicitários.

19 Outras Opções: Feira do Livro: Intensa programação com lançamentos de livros, exibição de filmes e documentários, peças teatrais, seminários e encontros, além de contação de histórias, exposições de artes visuais, homenagens a grandes escritores, recitais e palestras. Festival de Música: Shows musicais com estilos diversos. Entrada franca.

20 Importância do Layout / Imagem

21 Cerimonial É um conjunto de atos formais, fundamentais ao ordenamento da existência social das pessoas. Nasceu da conveniência de organizar as relações sociais mediante normas de bom senso, baseadas na civilidade. Estabelece procedimentos condizentes com a cultura e hábitos locais, utilizando a linguagem protocolar e os recursos técnicos necessários à execução de eventos.

22 Cerimonial em Eventos Protocolo - é o conjunto de procedimentos formais ou regras que regem o Cerimonial e devem ser aplicadas nas solenidades públicas e privadas, respeitando-se as normas de conduta e a linguagem protocolar, segundo a ordem de hierarquia e privilégios. Precedência é o instrumento pelo qual se estabelece (Decreto de 09/03/72) a estrutura máxima do Estado, determinando a ordem hierárquica de disposição das autoridades federais, estaduais e municipais, em eventos/solenidades. É o agente facilitador de ordenamento da hierarquia.

23 Precedência Nos Eventos nacionais com a presença de autoridades dos três poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário) deve-se obedecer ao estabelecido no Decreto, ou seja: - primeiro as autoridades federais; - Autoridades estaduais; - Autoridades municipais e - Empresas privadas.

24 Orientações gerais sobre aplicação de Precedência: Estado/Instituição Critério ONU/OEA -ordem alfabética Países estrangeiros -ordem alfabética Dos estados -data de criação Nos municípios -número de habitantes Dos ministérios -data de criação Área Militar -antiguidade/hierarquia Empresas privadas -data de criação,ou ordem alfabética

25 Ordem da sequência dos procedimentos de uma cerimônia 1. Composição de Mesa Principal a ordem de chamada dos membros da mesa é sempre do menor (grau/posto) para o maior (na precedência). 2. Nominata é a citação dos nomes/títulos/cargos dos membros que compõem a mesa, é sempre do maior (grau/posto) para o menor. 3. Discurso a ordem dos discursos ou falas é sempre do menor para o maior.

26 Composição de Mesa Autoridade Maior = preside (1) (centro) Homenageado = lugar de honra (2) (direita) Anfitrião ou 3ª autoridade = a esquerda de quem preside (3) Dúvida cruel: Como ter a presença do Reitor sempre?

27 Os Símbolos Nacionais De acordo com a Lei 5.700, de 1º de setembro de 1971, são eles: - A Bandeira Nacional; - O Hino Nacional; - As Armas Nacionais e o - Selo Nacional

28 Dispositivos No Dispositivo País, Estado, Município e Instituição, olhando de frente temos: Linha imaginária e país a dir, estado a esq, município, segunda a dir e instituição segunda a esq, ao lado de estado.

29 PLANEJAMENTO - Pré-Evento: É o estabelecimento das características gerais, é o primeiro esforço organizacional que engloba todas as etapas de preparação do evento, a saber:

30 PLANEJAMENTO - Pré-Evento: definição - tema central; objetivo o que se pretende (institucional ou promocional) tipo, data e local; classificação ou perfil (político/social);

31 PLANEJAMENTO - Pré-Evento: público-alvo (quantitativo/qualitativo, interno/misto/externo); formato ideal (programação e roteiro); infra-estrutura e logística; recursos financeiros;

32 PLANEJAMENTO - Pré-Evento: cronograma de execução. programação social e cultural; estratégias de comunicação e divulgação; os parceiros e os patrocinadores.

33 Criatividade A excelência do acolhimento, o atendimento caloroso e a inovação de serviços compõem forte relevância para a hospitalidade na gestão de eventos, tornando-se diferencial competitivo e gerando resultados de encantamento e satisfação. Quanto mais talento, criatividade, imaginação, esforço e dedicação de tempo, maior será sua eficiência e eficácia.

34 Criatividade Esta é uma fase que proporciona a criação de etapas diferenciadas que darão maior qualidade e melhor performance ao evento, como: momento diferenciado na Abertura ou Encerramento incluindo um ato ou fato de relevância;

35 Criatividade destaque e distinção promovendo a entrega de prêmios, medalhas, comendas e outros; atividades culturais: show musical, apresentação teatral, cultura popular, folclore; outras de atividades para descontração dos participantes como ponto de encontro, sala de bate-papo e roda de conversa; integração dos participantes feiras, exposições, espaço aberto, sala de vídeo e cinema.

36 Estratégia de Captação / Histórico Para iniciar uma captação de recursos é necessário que se desenvolva um material institucional que apresente de forma clara os objetivos do evento, a programação e as contrapartidas que o apoiador receberia. Lembre-se de que precisa comunicar o objetivo da captação de recursos de maneira persuasiva.

37 Tipos de apoio Patrocínios repasse de recursos financeiros, como promoção, normalmente via empresas privadas; Subvenção: ajuda financeira e/ou concessão (passagem, impressos etc.) por meio de órgãos públicos e governamentais; Permuta troca de produtos e serviços (anúncios publicitários, suporte, logística e outros), normalmente via editoras, indústrias, fabricantes e fornecedores;

38 Contrapartidas: Veiculação da logomarca em todo o material impresso do evento; espaço para estande com localização privilegiada; isenção de inscrições; anúncio publicitário; projeção da logomarca e/ou mensagens; apresentação de vídeo institucional; anúncio em jornais e revistas; Press-Kit; instalação de banners; distribuição de brindes e outras peças; descontos especiais para os clientes; veiculação de publicidade no site e merchandising em geral.

39 Organização Uma arte; Ação que deve ser desenvolvida por profissional, mediante pesquisa, planejamento, organização, coordenação e execução de um projeto visando atingir seu público-alvo, com medidas concretas e resultados projetados. Cada evento tem suas peculiaridades próprias que devem ser ajustadas aos meios disponíveis. Nessa fase é fundamental a preparação do check-list, ou seja, o detalhamento das suas necessidades. Considerando as seguintes estruturas:

40 Organização Apoio operacional a infraestrutura física, espaço adequado, formatos, instalações disponíveis e montagens; Apoio logístico os equipamentos audiovisuais, sonorização, projeção, filmagem, tradução, gravação e outros; Apoio de pessoal coordenação geral, distribuição de tarefas, treinamento da equipe, responsabilidades de cada um, vestuário e conhecimento geral das etapas do evento.

41 Check-List importância da Comunicação Podemos detalhar algumas atividades cruciais a serem observadas para a realização de um evento. Será por meio do levantamento dessas atividades que você irá compor o seu check-list.

42 Check-List/ Produção Local, período, público-alvo, fluxo de Público Estacionamento, segurança, limpeza, atendimento médico Equipamentos, equipes de manutenção Aspectos Legais, licenças, seguro Hospedagem, translado, alimentação, coquetéis Recepção, secretaria Contratação de pessoal, administração de pessoal Venda de ingressos, inscrições, credenciamento

43 Premissas da divulgação a) Informar sobre o evento como um todo; b) Criar a expectativa junto ao público estratégico e demais públicos do evento.

44 Meios de divulgação a) mailing list, produção gráfica (cartaz, folheto, folder, flyer, e outros formatos); b) peças publicitárias (painel, outdoor, back-light, bus-door, totem, etc).

45 Imprensa e Mídia a) jornais, revistas, rádios e TV; b) coletiva de imprensa, press release, mala direta, internet, Redes Sociais, etc.

46 Bibliografia básica Meirelles, Gilda Fleury- Eventos seu negócio, seu sucesso, Editora IBRADEP, 1999 Bettega, Maria Lucia Eventos e Cerimonial Simplificando as ações, Editora Educs, 2001 Speers Nelson, Cerimonial de Conduta, Editora independente, 2005 Giacaglia,Maria Cecília - Eventos, como criar, estrutura e captar recursos,editora Thompson Pioneira, 2002 Melo Neto, Francisco Paulo - Criatividade em eventos, Editora Contexto, 2003 ; Zanella, Luiz Carlos Manual de Organização de eventos, planejamento e operacionalização, Editora Atlas.

47 Bibliografia complementar Brennan, Lynne e Block David Etiqueta, no mundo dos negócios, Editora Siciliano, 1994 Prado, Maria Clara -Gestão Pública Eficiente - impactos econômicos de governos inovadores, Editora Campus, 2007 Matias, Marlene Organização de Eventos Procedimentos e Técnicas, Editora Manole, 2007

2 Importância e contribuição dos eventos na atividade econômica, 3

2 Importância e contribuição dos eventos na atividade econômica, 3 Apresentação, xiii 1 Conceito e expressão de um evento, 1 2 Importância e contribuição dos eventos na atividade econômica, 3 3 Tipos e características dos eventos, 5 3.1 Banquete/jantar de gala, 6 3.2

Leia mais

GUIA DE EVENTOS UNIVERSITÁRIOS FUNDAÇÃO DE ENSINO E PESQUISA DO SUL DE MINAS ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL NÚCLEO DE EVENTOS

GUIA DE EVENTOS UNIVERSITÁRIOS FUNDAÇÃO DE ENSINO E PESQUISA DO SUL DE MINAS ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL NÚCLEO DE EVENTOS FUNDAÇÃO DE ENSINO E PESQUISA DO SUL DE MINAS ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL NÚCLEO DE EVENTOS GUIA DE EVENTOS UNIVERSITÁRIOS F U N D A Ç Ã O D E E N S I N O E P E S Q U I S A D O S U L D E M I N A S

Leia mais

Cinara Cardoso ALARP BRASIL/ Salvador - BA. 22.10.2014

Cinara Cardoso ALARP BRASIL/ Salvador - BA. 22.10.2014 Cerimonial & Protocolo Empresarial Cinara Cardoso ALARP BRASIL/ Salvador - BA. 22.10.2014 Pontos de Discussão*: 1. Informações introdutórias C&P; 2. Aspectos Práticos do C&P na área empresarial; 3. Um

Leia mais

Departamento de Políticas de Comunicação. Gerência de Patrocínio

Departamento de Políticas de Comunicação. Gerência de Patrocínio Departamento de Políticas de Comunicação Gerência de Patrocínio PRINCIPAIS ATRIBUIÇÕES DO DEPARTAMENTO Implementar as estratégias de comunicação para o Sistema BNDES, divulgando sua atuação e programas;

Leia mais

DA PARAÍBA EM EXCELÊNCIA DA GESTÃO

DA PARAÍBA EM EXCELÊNCIA DA GESTÃO CONHEÇA O MAIOR EVENTO DA PARAÍBA EM EXCELÊNCIA DA GESTÃO GESTÃO Durante o evento também é realizado momentos de debate, visando disseminar as melhores práticas de gestão das empresas vencedoras dos Prêmios

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ HOSPITAL OPHIR LOYOLA - HOL DIRETORIA DE ENSINO E PESQUISA - DEP

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ HOSPITAL OPHIR LOYOLA - HOL DIRETORIA DE ENSINO E PESQUISA - DEP GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ HOSPITAL OPHIR LOYOLA - HOL DIRETORIA DE ENSINO E PESQUISA - DEP ORIENTAÇÕES PARA ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS 1. Preencher Requerimento padrão solicitando o evento, encaminhando-o

Leia mais

Planejamento e Organização de Eventos. CEPE 2015 Profa. Cinara Cardoso

Planejamento e Organização de Eventos. CEPE 2015 Profa. Cinara Cardoso Planejamento e Organização de Eventos CEPE 2015 Profa. Cinara Cardoso O que são Eventos? Acontecimentos pontuais... Ou seja, não contínuos,...mas que devem ter periodicidade definida;...e que, do ponto

Leia mais

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Publicitária

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Publicitária Área de Comunicação Tecnologia em Produção Publicitária Curta Duração Tecnologia em Produção Publicitária CARREIRA EM PRODUÇÃO PUBLICITÁRIA Nos últimos anos, a globalização da economia e a estabilização

Leia mais

EVENTO COLAÇÃO DE GRAU 1

EVENTO COLAÇÃO DE GRAU 1 EVENTO COLAÇÃO DE GRAU 1 Karina Iva M. Marques 2 Renata Veneranda 3 Suely Alves 4 Professor Pedro Baggio 5 Professora Ivanete Salgado 6 Professora Tânia Miranda 7 Centro Universitário Newton Paiva - Belo

Leia mais

7 e 8 / dezembro / 2014 São Paulo - SP. Projeto comercial. Promoção:

7 e 8 / dezembro / 2014 São Paulo - SP. Projeto comercial. Promoção: 7 e 8 / dezembro / 2014 São Paulo - SP Projeto comercial Promoção: mensagem da PRESIDENTE DA ABEOC BRASIL Para conseguir melhores resultados, não adianta permanecer fazendo as mesmas coisas. Por isso gostaríamos

Leia mais

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia Área de Comunicação Produção Multimídia Curta Duração Produção Multimídia Carreira em Produção Multimídia O curso superior de Produção Multimídia da FIAM FAAM forma profissionais preparados para o mercado

Leia mais

MANUAL DE ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS SANKHYA

MANUAL DE ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS SANKHYA MANUAL DE ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS SANKHYA Produção: Marketing Sankhya sankhya@sankhya.com.br 34 3239 0732 MANUAL DE ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS SANKHYA Questões importantes para o processo de desenvolvimento

Leia mais

A Arte em Eventos é uma empresa que organiza eventos. w w w. a r t e e m e v e n t o s. c o m. b r

A Arte em Eventos é uma empresa que organiza eventos. w w w. a r t e e m e v e n t o s. c o m. b r A Arte em Eventos é uma empresa que organiza eventos. Integrada às novidades do mercado, oferece um excelente atendimento e soluções criativas na produção de eventos, que asseguram bons resultados e valorizam

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA DE PATROCÍNIO Nº 01/2014 ANEXO I. Formulário para Solicitação de Patrocínio

CHAMADA PÚBLICA DE PATROCÍNIO Nº 01/2014 ANEXO I. Formulário para Solicitação de Patrocínio CHAMADA PÚBLICA DE PATROCÍNIO Nº 01/2014 ANEXO I Formulário para Solicitação de Patrocínio Procedimentos para o envio de projeto ao CAU/GO: 1. Após preencher o Formulário para Solicitação de Patrocínio

Leia mais

Formulário para Solicitação de Patrocínio Edital 001/2015

Formulário para Solicitação de Patrocínio Edital 001/2015 ANEXO II Formulário para Solicitação de Patrocínio Edital 001/2015 Procedimentos para o envio de projeto ao CAU/MS: 1. Após preencher o Formulário para Solicitação de Patrocínio ao CAU/MS, confira os itens

Leia mais

17º FESTIVAL BRASILEIRO DE CINEMA UNIVERSITÁRIO. 06.08 a 12.08 Rio de Janeiro 13.08 a 19.08 São Paulo

17º FESTIVAL BRASILEIRO DE CINEMA UNIVERSITÁRIO. 06.08 a 12.08 Rio de Janeiro 13.08 a 19.08 São Paulo 17º FESTIVAL BRASILEIRO DE CINEMA UNIVERSITÁRIO 06.08 a 12.08 Rio de Janeiro 13.08 a 19.08 São Paulo APRESENTAÇÃO O 17º Festival Brasileiro de Cinema Universitário acontecerá de 6 a 12 de agosto de 2012,

Leia mais

ANO 2015. Atenção: Procedimentos para o envio do seu projeto ao SEBRAE:

ANO 2015. Atenção: Procedimentos para o envio do seu projeto ao SEBRAE: Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas Pág. 1 de 10 ANO 2015 Atenção: Procedimentos para o envio do seu projeto ao SEBRAE: 1. A solicitação de patrocinio ao SEBRAE deve ser realizada

Leia mais

A Produção Animal Frente as Mudanças Climáticas e Tecnológicas

A Produção Animal Frente as Mudanças Climáticas e Tecnológicas A Produção Animal Frente as Mudanças Climáticas e Tecnológicas Prodigy Beach Resort & Conventions Aracaju Barra dos Coqueiros-SE, 29 de julho a 01 de agosto de 2014 www.sbz2014.org.br PLANO DE NEGÓCIOS

Leia mais

Os trabalhos devem necessariamente ter sido executados por empresas ou profissionais que trabalhem no País.

Os trabalhos devem necessariamente ter sido executados por empresas ou profissionais que trabalhem no País. FESTIVAL BRASILEIRO DE PUBLICIDADE DIAS 26 E 27 DE MARÇO DE 2014 HOTEL SOFITEL RIO CATEGORIA PROMO/LIVE Poderão participar Agências de Marketing Promocional/Live Marketing e Agências de Comunicação que

Leia mais

LABORATÓRIO DE AQUICULTURA MARINHA APRESENTA:

LABORATÓRIO DE AQUICULTURA MARINHA APRESENTA: LABORATÓRIO DE AQUICULTURA MARINHA APRESENTA: Cotas de Patrocínio COTA SYNGNATHIDAE HIPPOCAMPUS PATAGONICUS HIPPOCAMPUS ERECTUS HIPPOCAMPUS REIDI SIMPÓSIO SATÉLITE INVESTIMENTO R$100.000,00 R$50.000,00

Leia mais

É a oportunidade de promoção da marca da empresa ou do produto junto aos especialistas durante um longo período.

É a oportunidade de promoção da marca da empresa ou do produto junto aos especialistas durante um longo período. ESPAÇOS PUBLIICIITÁRIIOS DO EVENTO 1.. SIIMPÓSIIO SATÉLIITE A empresa poderá organizar um simpósio no auditório principal, veiculando sua logomarca em banners e faixas, distribuindo brindes, resumo das

Leia mais

Veículo: Jornal Diário do Nordeste Cidade: Fortaleza Editoria: Negócios Data: 28/07/08 Pág. 30 14,6 cm/col.

Veículo: Jornal Diário do Nordeste Cidade: Fortaleza Editoria: Negócios Data: 28/07/08 Pág. 30 14,6 cm/col. Veículo: Jornal Diário do Nordeste Cidade: Fortaleza Editoria: Negócios Data: 28/07/08 Pág. 30 14,6 cm/col. Veículo: Jornal O POVO Cidade: Fortaleza Editoria: Mundo Data: 01/08/08 Pág. 35 14,6 cm/col.

Leia mais

Manual Cerimonial e Protocolo para eventos da UFG

Manual Cerimonial e Protocolo para eventos da UFG ÍNDICE Visando democratizar o acesso aos procedimentos, bem como auxiliar o trabalho de órgãos e unidades acadêmicas, a Coordenadoria de Relações Públicas/Ascom-RP disponibiliza nesta seção dicas relacionadas

Leia mais

Objetivo geral Lançar no mercado baiano de Arquitetura e Decoração um showroom que pretende reunir o que há de melhor em marcas e fornecedores.

Objetivo geral Lançar no mercado baiano de Arquitetura e Decoração um showroom que pretende reunir o que há de melhor em marcas e fornecedores. Apresentação O circuito da alta decoração e arquitetura da capital baiana está prestes a ganhar um novo e requintado espaço para mostras e exposições. A proposta do Empório FG, localizado na Praia do Buracão,

Leia mais

12 a 14 de Junho de 2008 Brasília DF

12 a 14 de Junho de 2008 Brasília DF 12 a 14 de Junho de 2008 Brasília DF Planta do Evento Escolha da área: ESTANDES Os patrocinadores devem enviar a sua intenção de patrocínio para 2008 até o dia 28 de maio de 2008. COTAS DE PATROCÍNIO Patrocínio

Leia mais

de junho de 2007, destinados a profissionais com graduação ou bacharelado.

de junho de 2007, destinados a profissionais com graduação ou bacharelado. PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU posgraduacao@poliseducacional.com.br O QUE É PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU? A pós graduação lato sensu são cursos promovidos pelas faculdades do grupo POLIS EDUCACIONAL com mais de

Leia mais

A P R E S E N TA Ç Ã O

A P R E S E N TA Ç Ã O A P R E S E N TA Ç Ã O Acreditamos ser esta uma excelente oportunidade de sua empresa estar em contato com os principais formadores de opinião e lideres das áreas de Infectologia, Controle de Infecção,

Leia mais

ATIVIDADES COMPLEMENTARES: REGULAMENTO CONCLUÍNTES EM 2014/1

ATIVIDADES COMPLEMENTARES: REGULAMENTO CONCLUÍNTES EM 2014/1 CENTRO UNIVERSITÁRIO BELAS ARTES DE SÃO PAULO CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL Publicidade e Propaganda Rádio e Televisão Relações Públicas ATIVIDADES COMPLEMENTARES: REGULAMENTO CONCLUÍNTES EM 2014/1 DEFINIÇÃO

Leia mais

etapas para realização de um evento

etapas para realização de um evento etapas para realização de um evento Definição do tipo de evento Solenidades diversas: Reunião Especial (para eleição da Mesa da Câmara Municipal, para entrega de título de Cidadão Honorário do município,

Leia mais

DIRETRIZ NACIONAL DE EDUCAÇÃO, PROMOCÃO SOCIAL E DESENVOLVIMENTO COOPERATIVISTA

DIRETRIZ NACIONAL DE EDUCAÇÃO, PROMOCÃO SOCIAL E DESENVOLVIMENTO COOPERATIVISTA DIRETRIZ NACIONAL DE EDUCAÇÃO, PROMOCÃO SOCIAL E DESENVOLVIMENTO COOPERATIVISTA Área de Atuação 1. Formação Profissional Cooperativista São ações voltadas à formação, qualificação e capacitação dos associados,

Leia mais

Uma empresa de comunicação capaz de diagnosticar suas necessidades e tratá-las com perfeição!!!

Uma empresa de comunicação capaz de diagnosticar suas necessidades e tratá-las com perfeição!!! Uma empresa de comunicação capaz de diagnosticar suas necessidades e tratá-las com perfeição!!! PORTFÓLIO Criatividade, compromisso e profissionalismo: resumem o Portal da Comunicação!!! PUBLICIDADE e

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000025 - COMUNICACAO SOCIAL - RELACOES PUBLICAS Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000025 - COMUNICACAO SOCIAL - RELACOES PUBLICAS Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000025 - COMUNICACAO SOCIAL - RELACOES PUBLICAS Nivel: Superior Area Profissional: 0006 - COMUNICACAO Area de Atuacao: 0113 - REL.PUBLICAS/COMUNICACAO

Leia mais

ATIVIDADES COMPLEMENTARES: REGULAMENTO CONCLUINTES EM 2015/1

ATIVIDADES COMPLEMENTARES: REGULAMENTO CONCLUINTES EM 2015/1 CENTRO UNIVERSITÁRIO BELAS ARTES DE SÃO PAULO CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL Publicidade e Propaganda Rádio e Televisão Relações Públicas ATIVIDADES COMPLEMENTARES: REGULAMENTO CONCLUINTES EM 2015/1 DEFINIÇÃO

Leia mais

08 a 11 de outubro de 2014. 08 a 11 de outubro de 2014

08 a 11 de outubro de 2014. 08 a 11 de outubro de 2014 Como Organizar Eventos 08 a 11 de outubro de 2014 08 a 11 de outubro de 2014 PLANEJAMENTO O que é? Para que serve? PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PARA EVENTOS É um dos primeiros grandes passos para a produção

Leia mais

CONHEÇA O MAIOR EVENTO DA PARAÍBA EM EXCELÊNCIA DA GESTÃO

CONHEÇA O MAIOR EVENTO DA PARAÍBA EM EXCELÊNCIA DA GESTÃO CONHEÇA O MAIOR EVENTO DA PARAÍBA EM EXCELÊNCIA DA GESTÃO REALIZAÇÃO Há mais de 10 anos foi criada a ASSOCIAÇÃO PARAIBANA DA QUALIDADE que assumiu de nitivamente a coodenominação Programa Paraibano da

Leia mais

Gerência de Comunicacão

Gerência de Comunicacão Gerência de Comunicacão Quem somos? Representação política e institucional Representação sindical Educação cooperativista, promoção social e monitoramento Gecom Marketing Publicidade e propaganda Assessoria

Leia mais

Projetos culturais: desenvolvimento, captação e gestão

Projetos culturais: desenvolvimento, captação e gestão Projetos culturais: desenvolvimento, captação e gestão Módulo 4: Captação de recursos (parte 1) André Fonseca Santo André / maio 2009 Captação de recursos Fases anteriores à captação Preparação do projeto

Leia mais

Passo a passo do Evento

Passo a passo do Evento Passo a passo do Evento 1 Pré-evento Definição do Público Número de convidados e características específicas e segmentadas O público definirá dimensão Porte e abrangência do evento.. Com participação de

Leia mais

Programa de Comunicação Interna e Externa

Programa de Comunicação Interna e Externa Programa de Comunicação Interna e Externa Aprovado na Reunião do CONASU em 21/01/2015. O Programa de Comunicação Interna e Externa das Faculdades Integradas Ipitanga FACIIP pretende orientar a execução

Leia mais

WWW.ELLOCONSULTORES.COM.BR

WWW.ELLOCONSULTORES.COM.BR WWW WWW.ELLOCONSULTORES.COM.BR CONSULTORIA DE MARKETING MARKETING INDUSTRIAL MARKTING PARA TERCEIRO SETOR ENDOMARKETING Metodologia Ello Primeiro, é realizado um diagnóstico da empresa ou instituição

Leia mais

São Paulo é o principal centro financeiro, corporativo e mercantil da América Latina.

São Paulo é o principal centro financeiro, corporativo e mercantil da América Latina. Local do Congresso São Paulo - SP São Paulo é o principal centro financeiro, corporativo e mercantil da América Latina. São Paulo é mundialmente conhecida, e exerce significativa influência nacional e

Leia mais

Veja aqui algumas formas de como sua marca pode se destacar por meio de apoio e patrocínio de nossas ações promocionais, projetos e eventos.

Veja aqui algumas formas de como sua marca pode se destacar por meio de apoio e patrocínio de nossas ações promocionais, projetos e eventos. PARCERIA BRAZTOA Veja aqui algumas formas de como sua marca pode se destacar por meio de apoio e patrocínio de nossas ações promocionais, projetos e eventos. ENCONTRO COM MERCADOS São viagens estratégicas

Leia mais

oportunidades de investimento 9 de abril

oportunidades de investimento 9 de abril oportunidades de investimento Fórum 2015 da ASAP 9 de abril 1 QUEM SOMOS A Aliança para a Saúde Populacional - ASAP, é uma entidade sem fins econômicos, cuja meta é estimular ações de Gestão de Saúde Populacional

Leia mais

1º CONGRESSO BRASILEIRO DA INDÚSTRIA DE MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS MÍDIA KIT 2015. Organização e Promoção:

1º CONGRESSO BRASILEIRO DA INDÚSTRIA DE MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS MÍDIA KIT 2015. Organização e Promoção: MÍDIA KIT 2015 Organização e Promoção: O CONGRESSO A ABIMAQ, diante das necessidades do setor, realizará o 1º Congresso Brasileiro da Indústria de Máquinas e Equipamentos. O congresso reunirá as principais

Leia mais

Gerenciamento da comunicação de massa: propaganda, promoção de vendas, eventos e relações públicas

Gerenciamento da comunicação de massa: propaganda, promoção de vendas, eventos e relações públicas Capítulo 18 Gerenciamento da comunicação de massa: propaganda, promoção de vendas, eventos e relações públicas Copyright 2006 by Pearson Education Questões abordadas no capítulo Quais são as etapas envolvidas

Leia mais

1. PROPONENTE HISTÓRICO DA INSTITUIÇÃO

1. PROPONENTE HISTÓRICO DA INSTITUIÇÃO 1. PROPONENTE Razão Social: Sociedade Brasileira de Farmácia Comunitária - SBFC CNPJ: 11.176.413/0001-48 Endereço: SCS Qd. 2 bl. C Ed.São Paulo, sala 111, CEP 70.314-900, Brasília, DF Telefone: 55 61 3223-0837

Leia mais

TOPE [EA]². Assessoria de imprensa voltada à divulgação da ciência

TOPE [EA]². Assessoria de imprensa voltada à divulgação da ciência Assessoria de imprensa voltada à divulgação da ciência Camila Delmondes Assessoria de Relações Públicas e Imprensa Faculdade de Ciências Médicas Unicamp Divulgação Cientifica e Cultural Laboratório de

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC PROFESSOR MASSUYUKI KAWANO EXTENSÃO E. E. INDIA VANUÍRE Código: 9136 Município: Tupã Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Habilitação

Leia mais

Eventos Especiais Uma Ferramenta de Captação de Recursos

Eventos Especiais Uma Ferramenta de Captação de Recursos Eventos Especiais Uma Ferramenta de Captação de Recursos Ciclo de Cursos de Educação Ambiental Captação de Recursos Para Projetos Socioambientais 9 de Junho de 2005 - Cetesb Camila Figueiredo Eventos Especiais

Leia mais

Criada em 1991, por um grupo de representantes dos setores público e privado, a FNQ é uma instituição sem fins lucrativos, cujo objetivo é disseminar

Criada em 1991, por um grupo de representantes dos setores público e privado, a FNQ é uma instituição sem fins lucrativos, cujo objetivo é disseminar Criada em 1991, por um grupo de representantes dos setores público e privado, a FNQ é uma instituição sem fins lucrativos, cujo objetivo é disseminar os Fundamentos da Excelência em Gestão para organizações

Leia mais

Book de Patrocínio. 24 a 26 de setembro de 2015 Expominas Belo Horizonte Minas Gerais Brasil. Realização

Book de Patrocínio. 24 a 26 de setembro de 2015 Expominas Belo Horizonte Minas Gerais Brasil. Realização Book de Patrocínio 24 a 26 de setembro de 2015 Expominas Belo Horizonte Minas Gerais Brasil Realização índice Patrocinador Oficial... 04 Patrocinador Diamante... 08 Patrocinador Ouro... 11 Patrocinador

Leia mais

Os negócios importantes... se definem uma vez ao ano, e este é o lugar

Os negócios importantes... se definem uma vez ao ano, e este é o lugar Os negócios importantes... se definem uma vez ao ano, e este é o lugar pessoas, por dia de evento, compartilharam das melhores oportunidades do mercado, num espaço único e exclusivo1.80 O Evento É o mais

Leia mais

Organização de Eventos

Organização de Eventos Organização de Eventos Exponor 02/2009 Copyright Portaldoser 2007 1 Conceitos Básicos O que é um Evento? Um EVENTO é um acontecimento planeado, que ocorre num dado tempo e lugar, que visa promover a relação

Leia mais

OPORTUNIDADE: Associar sua marca a uma das maiores vitrines de negócio do Cerrado Brasileiro. PERÍODO DE REALIZAÇÃO: 24 a 27 de março de 2015

OPORTUNIDADE: Associar sua marca a uma das maiores vitrines de negócio do Cerrado Brasileiro. PERÍODO DE REALIZAÇÃO: 24 a 27 de março de 2015 SHOW SAFRA BR 163 O Show Safra BR163 é idealizado pela Fundação Rio Verde para ser uma feira de novas tecnologias com foco comercial e ainda abre espaço para discussões de temas técnicos, políticos, sociais

Leia mais

A empresa não é uma ilha

A empresa não é uma ilha A empresa não é uma ilha Relacionamento implica em comunicação. A empresa com as rédeas da sua comunicação. Comunicação social tem ferramentas que ajudam na construção de empresas de alta performance.

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 010, de 19 de dezembro de 2012.

RESOLUÇÃO Nº 010, de 19 de dezembro de 2012. Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Campus Ibirubá RESOLUÇÃO Nº 010, de 19 de dezembro de 2012.

Leia mais

Gerenciamento da comunicação de massa: propaganda, promoção de vendas, eventos e relações públicas. Copyright 2006 by Pearson Education

Gerenciamento da comunicação de massa: propaganda, promoção de vendas, eventos e relações públicas. Copyright 2006 by Pearson Education Gerenciamento da comunicação de massa: propaganda, promoção de vendas, eventos e relações públicas Copyright 2006 by Pearson Education Propaganda Qualquer forma paga de apresentação não pessoal e promocional

Leia mais

JANTAR DE CONFRATERNIZAÇÃO

JANTAR DE CONFRATERNIZAÇÃO JANTAR DE CONFRATERNIZAÇÃO 2012 Jantar de Confraternização ABIMAQ 2012 COMO FOI A EDIÇÃO DE 2011: TEMA: À Frente do Amanhã LOCAL: Grand Hyatt São Paulo SHOW: Kid Abelha MESTRE DE CERIMÔNIA: Ronam Junqueira

Leia mais

CONVITE AO XVII CONGRESSO INTERNACIONAL DE ODONTOLOGIA DA BAHIA

CONVITE AO XVII CONGRESSO INTERNACIONAL DE ODONTOLOGIA DA BAHIA PROJETO COMERCIAL CONVITE AO XVII CONGRESSO INTERNACIONAL DE ODONTOLOGIA DA BAHIA Temos o prazer de convidá-lo a participar do Congresso Internacional de Odontologia da Bahia a ser realizado em Salvador,

Leia mais

Pronac Nº 1111032 Você em Cenna é um concurso cultural que irá eleger atores e atrizes amadores de todo o país, que enviarão vídeos de suas performances para votação popular e de júri especializado. Os

Leia mais

www.elloconsultores.com.br www.ellomkt.com.br www.feirasindustriais.com.br O portal Feiras Industriais É de propriedade da Ello Consultores

www.elloconsultores.com.br www.ellomkt.com.br www.feirasindustriais.com.br O portal Feiras Industriais É de propriedade da Ello Consultores www.elloconsultores.com.br www.ellomkt.com.br www.feirasindustriais.com.br O portal Feiras Industriais É de propriedade da Ello Consultores WWW.ELLOCONSULTORES.COM.BR CONSULTORIA DE MARKETING MARKETING

Leia mais

DESTINO IGUASSU PLANO DE PATROCÍNIO 2014

DESTINO IGUASSU PLANO DE PATROCÍNIO 2014 DESTINO IGUASSU Com atrativos turísticos conhecidos internacionalmente, uma diversidade de mais de 70 etnias e roteiros de ecoturismo e aventura, o Destino Iguaçu promove o encontro geográfico e cultural

Leia mais

Proposta de Patrocínio

Proposta de Patrocínio 2ª Edição Congresso Oficial: 11 a 13 de novembro de 2014 - Expo Center Norte Pavilhão Vermelho Proposta de Patrocínio Patrocínio: Empresa Parceira Realização: Apoio: Sobre o Evento Com o crescimento da

Leia mais

sz propaganda propaganda sz consulting sz webdesign sz branding sz design um novo começo. um novo começo. além da marca e muito mais

sz propaganda propaganda sz consulting sz webdesign sz branding sz design um novo começo. um novo começo. além da marca e muito mais sz propaganda um novo começo. propaganda sz um novo começo. sz consulting maximizando resultados sz branding além da marca sz design e muito mais sz webdesign sem portas fechadas Planejamento estratégico,

Leia mais

Exponha sua marca à comunidade nacional e internacional, estabelecendo contatos e criando novas possibilidades de negócios para sua empresa.

Exponha sua marca à comunidade nacional e internacional, estabelecendo contatos e criando novas possibilidades de negócios para sua empresa. Prezado(a) Senhor(a), Ao cumprimentá-lo(a) respeitosamente, a Associação Software Livre.Org ASL e o Projeto Software Livre Brasil têm a honra de convidar V. Sª para participar do 10º Fórum Internacional

Leia mais

MARKETING PROMOCIONAL X PROMOÇÃO DE VENDAS. Qual a diferença?

MARKETING PROMOCIONAL X PROMOÇÃO DE VENDAS. Qual a diferença? MARKETING PROMOCIONAL X PROMOÇÃO DE VENDAS Qual a diferença? Marketing promocional É uma ferramenta que se utiliza de várias outras para promover a promoção de vendas. Por exemplo: Marketing promocional

Leia mais

FAQ (Frequently Asked Questions) PERGUNTAS FREQUENTES

FAQ (Frequently Asked Questions) PERGUNTAS FREQUENTES 1. Onde faço a inscrição dos meus projetos? No site www.oifuturo.org.br. 2. Há alguma forma de fazer inscrição dos projetos por outro meio? Não, somente online. Os anexos não serão aceitos por correio.

Leia mais

VERDE TV e a Sustentabilidade na comunidade

VERDE TV e a Sustentabilidade na comunidade Caravana Cultural VERDE TV e a Sustentabilidade na comunidade Desenvolvimento sustentável : É o desenvolvimento capaz de suprir as necessidades da geração atual, sem comprometer a capacidade de atender

Leia mais

Circuito Feicorte NFT

Circuito Feicorte NFT Circuito Feicorte NFT 2012 Perfil da Carne Bovina Brasileira (2010) Rebanho Bovino Brasileiro por Estado (mi cab.) Rebanho Bovino (mi cab.) Var. % Var. % % do Total Estado 1999 (a) 2008 (b) 2009 (c) (b)/(a)

Leia mais

Catálogo de Merchandising

Catálogo de Merchandising Catálogo de Merchandising 1 Feira SALA DE IMPRENSA O canal perfeito para sua empresa falar com um público sempre bem informado e formador de opinião, composto por jornalistas dos mais conceituado veículos

Leia mais

Proposta de Patrocínio. 3ª Edição - 2008

Proposta de Patrocínio. 3ª Edição - 2008 Proposta de Patrocínio 3ª Edição - 2008 Apresentação O Prêmio MasterInstal é um realização do SINDINSTALAÇÃO - Sindicato da Indústria de instalação e da ABRINSTAL - Associação Brasileira pela Conformidade

Leia mais

4. Relatório Final e Comprovação das Contrapartidas

4. Relatório Final e Comprovação das Contrapartidas 1. Da Solicitação de Patrocínio O proponente interessado em firmar patrocínio cultural com o Serpro deverá encaminhar à Coordenação Estratégica de Comunicação Social, pelo e-mail cultura@serpro.gov.br,

Leia mais

Projeto Futuros Craques São Paulo

Projeto Futuros Craques São Paulo Projeto Futuros Craques São Paulo O Projeto Futuros Craques é considerado o carro chefe da B16 em São Paulo, a sua programação destina-se à oferecer esportes de maneira saudável para crianças da rede pública

Leia mais

MODELO DE TRABALHO SOLUTIONMAISCOM PRIME. PACOTES DE SERVIÇOS EXCLUSIVOS PARA TODAS AS ÁREAS DA COMUNICAÇÃO.

MODELO DE TRABALHO SOLUTIONMAISCOM PRIME. PACOTES DE SERVIÇOS EXCLUSIVOS PARA TODAS AS ÁREAS DA COMUNICAÇÃO. PRIME MODELO DE TRABALHO SOLUTIONMAISCOM PRIME. PACOTES DE SERVIÇOS EXCLUSIVOS PARA TODAS AS ÁREAS DA COMUNICAÇÃO. A Fusão O resultado da fusão entre as agências Solution e Maiscom é a SolutionMaiscom

Leia mais

RESERVA DE ESPAÇOS FÍSICOS NO SISTEMA DE BIBLIOTECAS

RESERVA DE ESPAÇOS FÍSICOS NO SISTEMA DE BIBLIOTECAS RESERVA DE ESPAÇOS FÍSICOS NO SISTEMA DE BIBLIOTECAS Em atendimento à solicitação feita ao da UFG (Sibi/ UFG), no dia / /, confirmamos a liberação do (s) espaço (s) físico (s) abaixo relacionado (s) afim

Leia mais

18 de novembro de 2009 Colóquio Solar NATAL-RN 11 de dezembro de 2009 Conferência Nacional para Energia Solar SÃO PAULO-SP

18 de novembro de 2009 Colóquio Solar NATAL-RN 11 de dezembro de 2009 Conferência Nacional para Energia Solar SÃO PAULO-SP Colóquio e Conferência Nacional Encontro técnico-econômico para desenvolvimento e aplicação de projetos de energia solar na matriz energética brasileira 18 de novembro de 2009 Colóquio Solar NATAL-RN 11

Leia mais

O ponto de apoio ideal dos profissionais do volante! 26 a 28 de setembro RIOCENTRO Rio de Janeiro - RJ

O ponto de apoio ideal dos profissionais do volante! 26 a 28 de setembro RIOCENTRO Rio de Janeiro - RJ O ponto de apoio ideal dos profissionais do volante! 26 a 28 de setembro RIOCENTRO Rio de Janeiro - RJ A Expotáxi agora é nacional Atendendo ao grande apelo da imensa maioria dos expositores e ao sucesso

Leia mais

I SEARA TEATRAL Festival de Teatro Científico da Seara da Ciência REGULAMENTO GERAL

I SEARA TEATRAL Festival de Teatro Científico da Seara da Ciência REGULAMENTO GERAL I SEARA TEATRAL Festival de Teatro Científico da Seara da Ciência REGULAMENTO GERAL I SEARA TEATRAL é o Festival de Teatro Científico da Seara da Ciência, que visa fomentar o diálogo entre a ciência e

Leia mais

inovação precisa de espaço

inovação precisa de espaço inovação precisa de espaço 17ª Feira e Congresso Internacionais de Automação do Comércio e Tecnologia para o Varejo. Realização: AFRAC Fundada em 1987, a AFRAC (Associação Brasileira de Automação Comercial)

Leia mais

Apresentação da Disciplina

Apresentação da Disciplina Mídia - 2015.1 Nilmar Figueiredo 1 2 3 4 Calendário Acadêmico Comentários Apresentação da Disciplina Sistema de Avaliação 1 - Apresentação da Disciplina O que é Mídia? Departamento de Mídia - Organização

Leia mais

ATO NORMATIVO Nº 010/2013

ATO NORMATIVO Nº 010/2013 ATO NORMATIVO Nº 010/2013 Organiza as ações de comunicação social, no âmbito do Ministério Público do Estado da Bahia. OPROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA, no uso das atribuições que lhe confere

Leia mais

Política de Patrocínio

Política de Patrocínio SUMÁRIO APRESENTAÇÃO...02 1. OBJETIVO INSTITUCIONAL...03 2. OBJETIVOS ESTRATÉGICOS...04 3. LINHAS DE ATUAÇÃO...05 3.1 Projetos prioritários...05 3.2 Projetos que não podem ser patrocinados...05 4. ABRANGÊNCIA...06

Leia mais

MANUAL DE PRESTAÇÃO DE CONTAS DE PATROCÍNIOS

MANUAL DE PRESTAÇÃO DE CONTAS DE PATROCÍNIOS MANUAL DE PRESTAÇÃO DE CONTAS DE PATROCÍNIOS INSTRUÇÕES GERAIS Leia com atenção todas as informações abaixo, antes de realizar a prestação de contas do seu projeto ao SEBRAE. A total liberação do recurso

Leia mais

APRESENTAÇÃO TEMA OBJETIVO

APRESENTAÇÃO TEMA OBJETIVO APRESENTAÇÃO De 6 a 8 de agosto de 05, o Conselho Regional de Contabilidade do Rio Grande do Sul e a Academia de Ciências Contábeis do Rio Grande do Sul, com o apoio das entidades da classe contábil gaúcha,

Leia mais

O CONSELHO UNIVERSITÁRIO DA UNIVERSIDADE NORTE DO PARANÁ aprovou e eu, Reitora em exercício, sanciono a seguinte Resolução:

O CONSELHO UNIVERSITÁRIO DA UNIVERSIDADE NORTE DO PARANÁ aprovou e eu, Reitora em exercício, sanciono a seguinte Resolução: Resolução CONSUN n o 046/2003. Credenciada pelo Decreto Federal de 03/07/97 - D. O. U. Nº 126, de 04/07/97 Aprova o Regulamento Geral da Agência de Comunicação Integrada, do Curso de Comunicação Social

Leia mais

Manual de Comunicação do Fazcultura Identidade Visual

Manual de Comunicação do Fazcultura Identidade Visual Manual de Comunicação do Fazcultura Identidade Visual SUMáRIO 03 04 07 08 17 Apresentação Orientações Gerais Fazcultura Aplicações Assinaturas 2 Apresentação Este manual foi desenvolvido para orientar

Leia mais

NOVAS OPORTUNIDADES Congressos. Seminários. Credit Field Trips. CMSpeople.com

NOVAS OPORTUNIDADES Congressos. Seminários. Credit Field Trips. CMSpeople.com NOVAS OPORTUNIDADES Congressos. Seminários. Credit Field Trips. Bem-vindo à CMS 380 EVENTOS 4.500 ORADORES 20 PAÍSES +100.000 EXECUTIVOS 220.000 VISITAS EM NOSSAS PÁGINAS 140 MEIOS 55.000 SEGUIDORES VIA

Leia mais

7. POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO. 7.1- Comunicação 7.2- Publicidade 7.3- Promoção 7.4- Marketing directo

7. POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO. 7.1- Comunicação 7.2- Publicidade 7.3- Promoção 7.4- Marketing directo 7. POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO 7.1- Comunicação 7.2- Publicidade 7.3- Promoção 7.4- Marketing directo A COMUNICAÇÃO Comunicar Comunicar no marketing emitir mensagem para alguém emitir mensagem para o mercado

Leia mais

PLANO COMERCIAL. 03 a 06. de Agosto de 2015. Centro de Convenções Goiânia - GO. Realização: Promoção:

PLANO COMERCIAL. 03 a 06. de Agosto de 2015. Centro de Convenções Goiânia - GO. Realização: Promoção: PLANO COMERCIAL O melhoramento de plantas, o futuro da agricultura e a soberania nacional 03 a 06 de Agosto de 2015 Centro de Convenções Goiânia - GO Realização: Promoção: APRESENTAÇÃO A Associação Brasileira

Leia mais

EMENTA: Aprova o Regimento Interno do Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Amapá.

EMENTA: Aprova o Regimento Interno do Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Amapá. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 032/08-CONSU/UNIFAP de 17 de dezembro de 2008. EMENTA: Aprova o Regimento Interno do Comitê de Ética em Pesquisa

Leia mais

Eventos Fehosp 2012. Congresso Anual Audhosp Encontros Regionais

Eventos Fehosp 2012. Congresso Anual Audhosp Encontros Regionais Eventos Fehosp 2012 Congresso Anual Audhosp Encontros Regionais Hotel Palm Plaza Resort em Campinas 24 a 27 de abril de 2012 www.fehosp.com.br / eventos@fehosp.com.br FEHOSP Fundada em 1959, a Federação

Leia mais

DELIBERAÇÃO PLENÁRIA N 20, DE 26 DE MAIO DE 2015.

DELIBERAÇÃO PLENÁRIA N 20, DE 26 DE MAIO DE 2015. DELIBERAÇÃO PLENÁRIA N 20, DE 26 DE MAIO DE 2015. Regulamenta a concessão de apoio institucional pelo Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Goiás (CAU/GO), caracteriza as suas modalidades e dá outras

Leia mais

EMENTA: APROVA A PROPOSTA DE

EMENTA: APROVA A PROPOSTA DE MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 015/07-CONSU/UNIFAP de 28 de agosto de 2007. EMENTA: APROVA A PROPOSTA DE CAPACITAÇÃO DOS SERVIDORES TÉCNICOS-ADMINISTRATIVOS

Leia mais

VII Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão

VII Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA VII Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão 24-26 de Novembro de 2015 Alegrete, RS Saberes que movem o Pampa Plano de Apoiadores Saberes que movem o Pampa O conhecimento

Leia mais

II Encontro Regional de Cultura/ Pontão Rede Fluminense de Cultura / COMCULTURA-RJ Araruama, RJ 1º de julho de 2009. Palestrante: Joana Corrêa

II Encontro Regional de Cultura/ Pontão Rede Fluminense de Cultura / COMCULTURA-RJ Araruama, RJ 1º de julho de 2009. Palestrante: Joana Corrêa Planejamento e Elaboração de Projetos Culturais... II Encontro Regional de Cultura/ Pontão Rede Fluminense de Cultura / COMCULTURA-RJ Araruama, RJ 1º de julho de 2009... Palestrante: Joana Corrêa... Especialista

Leia mais

FERRAMENTAS DE MERCHANDISING Evidencie sua marca!

FERRAMENTAS DE MERCHANDISING Evidencie sua marca! FERRAMENTAS DE MERCHANDISING Evidencie sua marca! 23 a 26 de abril de 2013 - Londrina / Paraná Realização Prezado Cliente: Os realizadores da 9ª. Feira Eletromecânica e Construção Civil 2013 EletroMetalCon,

Leia mais

Nosso universo. Combater o desperdício em prol da economia e da competitividade

Nosso universo. Combater o desperdício em prol da economia e da competitividade Nosso universo Combater o desperdício em prol da economia e da competitividade Este é o maior desafio da ABESCO que há 18 anos estimula o mercado a implantar soluções em eficiência energética que propiciem

Leia mais

Olimpíada Brasileira de Robótica 2014

Olimpíada Brasileira de Robótica 2014 Olimpíada Brasileira de Robótica 2014 Princípios e Objetivos Formar alunos capazes de lidar com a tecnologia de robôs móveis inteligentes; Estimular o estudo, a investigação e o aprendizado por meio de

Leia mais

Questões abordadas no capítulo

Questões abordadas no capítulo AULA 12 Marketing Questões abordadas no capítulo Qual é a função da comunicação de marketing? Como funciona a comunicação de marketing? Quais são as principais etapas do desenvolvimento de uma comunicação

Leia mais

REGULAMENTO PARA A SOLENIDADE DE OUTORGA DE GRAU DOS CURSOS SUPERIORES DO CAMPUS BARBACENA CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS E FINS

REGULAMENTO PARA A SOLENIDADE DE OUTORGA DE GRAU DOS CURSOS SUPERIORES DO CAMPUS BARBACENA CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS E FINS REGULAMENTO PARA A SOLENIDADE DE OUTORGA DE GRAU DOS CURSOS SUPERIORES DO CAMPUS BARBACENA CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS E FINS Art. 1º. O presente Regulamento tem por objetivo estabelecer as normas e procedimentos

Leia mais