Guia de administração do Cisco WebEx Meetings Server

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Guia de administração do Cisco WebEx Meetings Server"

Transcrição

1 Primeira publicação: 29 Março 2012 Última modificação: 24 Abril 2012 Americas Headquarters Cisco Systems, Inc. 170 West Tasman Drive San Jose, CA USA Tel: NETS (6387) Fax:

2 THE SPECIFICATIONS AND INFORMATION REGARDING THE PRODUCTS IN THIS MANUAL ARE SUBJECT TO CHANGE WITHOUT NOTICE. ALL STATEMENTS, INFORMATION, AND RECOMMENDATIONS IN THIS MANUAL ARE BELIEVED TO BE ACCURATE BUT ARE PRESENTED WITHOUT WARRANTY OF ANY KIND, EXPRESS OR IMPLIED. USERS MUST TAKE FULL RESPONSIBILITY FOR THEIR APPLICATION OF ANY PRODUCTS. THE SOFTWARE LICENSE AND LIMITED WARRANTY FOR THE ACCOMPANYING PRODUCT ARE SET FORTH IN THE INFORMATION PACKET THAT SHIPPED WITH THE PRODUCT AND ARE INCORPORATED HEREIN BY THIS REFERENCE. IF YOU ARE UNABLE TO LOCATE THE SOFTWARE LICENSE OR LIMITED WARRANTY, CONTACT YOUR CISCO REPRESENTATIVE FOR A COPY. The Cisco implementation of TCP header compression is an adaptation of a program developed by the University of California, Berkeley (UCB) as part of UCB's public domain version of the UNIX operating system. All rights reserved. Copyright 1981, Regents of the University of California. NOTWITHSTANDING ANY OTHER WARRANTY HEREIN, ALL DOCUMENT FILES AND SOFTWARE OF THESE SUPPLIERS ARE PROVIDED AS IS" WITH ALL FAULTS. CISCO AND THE ABOVE-NAMED SUPPLIERS DISCLAIM ALL WARRANTIES, EXPRESSED OR IMPLIED, INCLUDING, WITHOUT LIMITATION, THOSE OF MERCHANTABILITY, FITNESS FOR A PARTICULAR PURPOSE AND NONINFRINGEMENT OR ARISING FROM A COURSE OF DEALING, USAGE, OR TRADE PRACTICE. IN NO EVENT SHALL CISCO OR ITS SUPPLIERS BE LIABLE FOR ANY INDIRECT, SPECIAL, CONSEQUENTIAL, OR INCIDENTAL DAMAGES, INCLUDING, WITHOUT LIMITATION, LOST PROFITS OR LOSS OR DAMAGE TO DATA ARISING OUT OF THE USE OR INABILITY TO USE THIS MANUAL, EVEN IF CISCO OR ITS SUPPLIERS HAVE BEEN ADVISED OF THE POSSIBILITY OF SUCH DAMAGES. Cisco and the Cisco logo are trademarks or registered trademarks of Cisco and/or its affiliates in the U.S. and other countries. To view a list of Cisco trademarks, go to this URL: Third-party trademarks mentioned are the property of their respective owners. The use of the word partner does not imply a partnership relationship between Cisco and any other company. (1110R) Any Internet Protocol (IP) addresses used in this document are not intended to be actual addresses. Any examples, command display output, and figures included in the document are shown for illustrative purposes only. Any use of actual IP addresses in illustrative content is unintentional and coincidental Cisco Systems, Inc. All rights reserved.

3 CONTEÚDO Informações sobre licenciamento e visualização geral 9 Informações de Licenciamento 9 Sobre este documento 9 Guia de Instalação do Cisco WebEx Meetings Server 11 Usando O Vmware vsphere Com Seu Sistema 13 Usando Vmware vsphere 13 Configurando o host ESXi para Usar um Servidor NTP. 13 Criando um Backup Usando o Vmware vcenter 14 Tirar uma foto instantânea utilizando o VMware vcenter 15 Anexando um Arquivo VMDK Existente para uma Nova Máquina Virtual 16 Checklist da Rede Para o Seu Sistema 19 Checklist de Rede para um Sistema com Acesso Público e DNS Sem Split-Horizon 19 Checklist da Rede para um Sistema com Acesso Público e DNS Split-Horizon 20 O Checklist da Rede para um Sistema Com Acesso Não Público 20 Instalando Seu Sistema Usando a Implementação Automática 21 Conceitos gerais para implantação do sistema 22 Checklist de Instalação 23 As informações necessárias para uma Implementação Automática: 23 Implementando o Arquivo OVA do Cliente Vmware vsphere 26 Verificando a Sua Configuração de Rede Após uma Falha na Implementação OVA 38 Selecionando o Seu Idioma para Instalação 38 Confirmando o Tamanho do Seu Sistema 39 Escolhendo Qual Sistema Instalar 39 Escolhendo o Tipo de Implementação do Sistema 40 Fornecendo Credenciais Vmware vcenter 40 Escolha as Configurações do vcenter para a sua Máquina Virtual de Mídia 41 Inserindo informações de Rede para a Máquina Virtual de Mídia 41 Adicionando o Acesso Público 42 Escolhendo as Configurações vcenter para o seu Proxy Reverso da Internet 42 iii

4 Conteúdo Insira as informações de rede para a máquina virtual de Proxy Reverso da Internet 43 Inserindo o Endereço VIP Público 43 Inserindo o Endereço VIP Privado 44 As URLs do Site WebEx e da Administração WebEx 44 Inserindo as URLs do Site WebEx e de Administração 46 Confirme que sua rede está configurada corretamente 46 Implementação das Suas Máquinas Virtuais 46 Verificando o Seu Sistema 47 Instalando Seu Sistema Usando a Implementação Automática 49 Conceitos gerais para implantação do sistema 49 Checklist de Instalação 50 Informações necessárias para uma Implementação Manual. 51 Implementando o Arquivo OVA do Cliente Vmware vsphere 52 Verificando a Sua Configuração de Rede Após uma Falha na Implementação OVA 64 Selecionando o Seu Idioma para Instalação 64 Confirmando o Tamanho do Seu Sistema 65 Escolhendo Qual Sistema Instalar 65 Escolhendo o Tipo de Implementação do Sistema 66 Adicionando o Acesso Público 66 Inserindo o Endereço VIP Público 67 Inserindo o Endereço VIP Privado 67 As URLs do Site WebEx e da Administração WebEx 68 Inserindo as URLs do Site WebEx e de Administração 69 Confirme que sua rede está configurada corretamente 69 Implementação das Suas Máquinas Virtuais 70 Verificando o Seu Sistema 71 Configurando o Seu Servidor de , Fuso Horário e Local 73 Configurando o Servidor de Para Seu Sistema 73 Configurando o Fuso Horário e o Local para o Sistema. 74 Confirmando o Servidor de , Fuso Horário e Configurações Locais. 74 Configurando Primeiro a Conta de Administrador para o Seu Sistema 74 Testando o Sistema 75 Alterando o Sistema Após a Instalação 77 Adicionando HA, Atualização ou Expandindo o Sistema 77 Preparando para um Procedimento de Alteração do Sistema. 78 iv

5 Conteúdo Adicionando um Sistema de Alta Disponibilidade 81 Adicionando um Sistema HA Usando a Implementação Automática 81 Adicionando um Sistema HA Usando a Implementação Manual 83 Confirmando se o Seu Sistema Primário e Seu Sistema de Alta Disponibilidade Estão na Mesma Versão 85 Adicionando um Sistema de Alta Disponibilidade 87 Testando o Sistema 88 Expandindo o seu Sistema para Tamanho de Sistema Maior 89 Preparando para a Expansão do Sistema 89 Preparando para um Procedimento de Alteração do Sistema. 90 Expandindo o Sistema Usando Implementação Automática 91 Expandindo o Sistema Usando Implementação Manual 95 Testando o Sistema 99 Atualizando o Sistema 101 Atualizando Seu Sistema 101 Conectando à Imagem ISSO Atualizada da Unidade de CD/DVD 102 Configurando o Procedimento de Atualização 103 Concluindo o Procedimento de Atualização 104 Atualizando o Sistema 105 Preparando Para um Atualização 105 Atualizando o Sistema Usando a Implementação Automática 106 Atualizando o Sistema Usando a Implementação Manual 110 Testando o Sistema 113 Guia de configuração do Cisco WebEx Meetings Server 115 Usando o Seu Painel 117 Usando o Seu Painel 119 Visualizando e Editando Alarmes 121 Visualizando Seu Histórico de Origem 123 Visualizando Tendências de Reunião 124 Sobre o Modo de Manutenção 125 Gerenciar usuários 127 Sobre gerenciar usuários 127 Adicionar usuários 128 Editando Usuários 128 Ativando Usuários 129 v

6 Conteúdo Desativar usuários 129 Sobre arquivos delimitados por vírgula e tabulação 130 Configurar valores do campo de arquivos de importação 131 Importando Usuários 135 Exportando Usuários 135 Importação de usuários a um novo sistema utilizando um arquivo exportado 135 Configurando os Códigos de Monitoramento 136 Editando Códigos de Monitoramento 137 Usuários Enviando 138 Configurando Seu Sistema 139 Configurando as Propriedades do Sistema 139 Alterando as Configurações da Sua Máquina Virtual 139 Configurando um Sistema de Alta Disponibilidade 140 Adicionando um Sistema de Alta Disponibilidade 140 Removendo um Sistema de Alta Disponibilidade 141 Alterando o Seu Endereço de IP Virtual 142 Configurando o Acesso Público 142 Adicionar acesso público ao seu sistema 143 Removendo o Acesso Público 144 Expandindo o Tamanho do Sistema 145 Atualizar seu sistema 146 Configurando Definições Gerais 146 Alterando as Configurações do Seu Site 146 Alterando Suas Configurações de Administração 147 Configurando os Servidores 148 Configurando um Servidor de 148 Configurando um Servidor SMTP 149 Configurando um Servidor de Armazenamento 149 Utilizar o recurso de recuperação de desastres 150 Configurando as Suas Definições de SNMP 152 Configurando as Sequências de Comunidade 152 Adicionar Sequências de Comunidade 153 Editando Sequências de Comunidade 154 Configurando os Usuários de USM 154 Adicionar Usuários USM 155 vi

7 Conteúdo Editando os Usuários USM 156 Configurando os Destinos de Notificação 157 Editar um destino de notificação 158 Configurando os Destinos de Notificação 158 Gerenciando Licenças 159 Adicionando Licenças 160 Sobre Licenças 161 Ajustes de Configurações 165 Configurando as Informações da Sua Empresa 166 Definindo as Configurações da Sua Marca 167 Removendo um Logotipo da Empresa 167 Definindo As Suas Configurações de Reunião 168 Sobre Configurar Suas Definições de Áudio 169 Configurando as Configurações de Seu Áudio pela Primeira Vez 169 Definindo as Configurações do Seu Áudio 171 Definindo as Configurações do Seu Áudio 174 Definindo As Suas Configurações Móveis 174 Configurando a Qualidade de Serviço (QoS) 174 Configurando Senhas 175 Configurando as Configurações da Sua Senha Geral 176 Definindo as Configurações da Sua Senha de Usuário 176 Configurando as Suas Senhas de Reunião 177 Configurando as Configurações do Seu 178 Sobre Modelos de 179 Definindo as Configurações do Seu Download 181 Sobre downloads 182 Gerenciando Certificados 183 Gerando Certificados SSL 184 Gerando um Certificado de Solicitação de Entrada (CSR) 184 Importando um Certificado SSL 185 Exportando o Certificado SSL 186 Gerar um certificado auto assinado 186 Importando os Certificados IdP de SSO 187 Importar certificado de teleconferência segura 188 Configurando a Segurança da Sessão de Usuário 189 vii

8 Conteúdo Configurando as Definições de Registro Único Federado (SSO) 189 Desativando o SSO 193 Configurar seus recursos de nuvem 193 Configurando a Segurança da Máquina Virtual 194 Atualizar as suas chaves de criptografia 194 Sobre o FIPS 194 Habilite a criptografia compatível do FIPS 195 Desabilite a criptografia compatível do FIPS 195 Gerar e exibir relatórios 197 Baixar os relatórios mensais 197 Sobre os relatórios mensais 197 Gerando Relatórios de Detalhes Personalizados. 199 Sobre relatórios de detalhes personalizados 200 Usando os Recursos de Suporte 203 Personalizar Seu Registro 203 Configure uma Conta de Suporte Remoto 204 Desabilite uma conta de suporte remoto 205 Usando o Teste de Reuniões 205 Utilizar o teste de recursos do sistema 206 Solução de problemas 207 viii

9 CAPÍTULO 1 Informações sobre licenciamento e visualização geral Informações de Licenciamento, página 9 Sobre este documento, página 9 Informações de Licenciamento Licenças e notificações de terceiros (incluindo software gratuito e de fonte aberta) Contrato de licença do usuário final Contrato de licença suplementar do usuário final Sobre este documento O guia de instalação do Cisco WebEx Meetings Server fornece procedimentos detalhados sobre a implantação de seu sistema usando o assistente VMware OVA e continua com a implantação de seu sistema principal. Nós fornecemos instalação e listas de verificação de rede, para que você possa tomar decisões antes da implantação real. Além disso, podemos cobrir o sistema de alteração de procedimentos, que você pode fazer a implantação seguinte: Adicionar uma alta disponibilidade (Sistema HA) Expandindo o seu Sistema para Tamanho de Sistema Maior Atualizar ou modernizar o sistema para a versão mais recente O guia administrativo do Cisco WebEx Meetings Server descreve como usar os recursos disponíveis para você no site da Administração e inclui as seguintes seções: Dashboard: Seu dashboard exibe o monitor do seu sistema e inclui links nas suas configurações de alarme, página Tendências de Reunião, página Histórico de Recursos, páginas do sistema e páginas de configurações. Consulte Usando o Seu Painel para obter mais informações. 9

10 Sobre este documento Informações sobre licenciamento e visualização geral Gerenciamento do Usuário: Adicionar, importar, ativar e reativar os usuários, configurar os códigos de monitoramento e enviar aos usuários no seu sistema com estes recursos. Consulte Gerenciar usuários, na página 127 para obter mais informações. Sistema: Configure as propriedades do sistema, URLs do site e site de administração, servidores, configurações SNMP e licenças com estes recursos. Consulte Configurando Seu Sistema, na página 139 para obter mais informações. Definições: Configure as suas definições incluindo informações da empresa, recursos de marca, definições de reunião, áudio, vídeo, mobilidade, qualidade de serviço, senhas, definições de , downloads e definições de segurança com estes recursos. Consulte Ajustes de Configurações, na página 165 para obter mais informações. Gerenciamento de relatório: Configura e visualiza seus relatórios mensais. Consulte Gerar e exibir relatórios, na página 197 para obter mais informações. Informações e acesso ao suporte: Abra e visualize os casos de suporte, configure recursos de depuração e realize testes de sistema e reunião, usando estes recursos. Consulte Usando os Recursos de Suporte, na página 203 para obter mais informações. 10

11 PARTE II Guia de Instalação do Cisco WebEx Meetings Server Usando O Vmware vsphere Com Seu Sistema, página 13 Checklist da Rede Para o Seu Sistema, página 19 Instalando Seu Sistema Usando a Implementação Automática, página 21 Instalando Seu Sistema Usando a Implementação Automática, página 49 Configurando o Seu Servidor de , Fuso Horário e Local, página 73 Alterando o Sistema Após a Instalação, página 77 Adicionando um Sistema de Alta Disponibilidade, página 81 Expandindo o seu Sistema para Tamanho de Sistema Maior, página 89 Atualizando o Sistema, página 101 Atualizando o Sistema, página 105

12

13 CAPÍTULO 2 Usando O Vmware vsphere Com Seu Sistema Usando Vmware vsphere, página 13 Configurando o host ESXi para Usar um Servidor NTP., página 13 Criando um Backup Usando o Vmware vcenter, página 14 Tirar uma foto instantânea utilizando o VMware vcenter, página 15 Anexando um Arquivo VMDK Existente para uma Nova Máquina Virtual, página 16 Usando Vmware vsphere As máquinas virtuais para o seu sistema são implantados com o Vmware vsphere. O Cisco WebEx Meetings Server deve ser instalado em máquinas virtuais VMware, sujeito às seguintes restrições Use VMware vsphere 5.0 e Atualização Versões anteriores do vsphere não são suportados. Use o VMware ESXi 5.x. O uso de versões ESXi anteriores resulta em mensagens de erro confusas sobre o "hardware não suportado" que não lista explicitamente o problema. Assegure que o servidor DNS configurado com o organizador ESXi pode resolver os hostnames das máquinas virtuais que são implantadas no organizador ESXi. Para detalhes completos sobre as configurações Vmware suportadas, consulte os Requisitos do sistema do Cisco WebEx Meetings Server. Configurando o host ESXi para Usar um Servidor NTP. O sistema usa o host ESXi para definir a hora. Configure o host ESXi para usar o Protocolo de Hora da Rede (NTP) para sincronização do relógio. 13

14 Criando um Backup Usando o Vmware vcenter Este é um procedimento de alto nível. Para instruções detalhadas, consulte a sua documentação Vmware ESXi. Importante Certifique-se de definir a configuração NTP do organizador ESXi. Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Etapa 5 Usando o seu cliente vsphere, selecione o host ESXi na painel de inventário. Selecione a guia Configuração e selecione Configuração de Hora na seção Software. Selecione Propriedades na parte superior direita no painel. Selecione Cliente NTP Habilitado. Selecione Opções para definir as configurações do servidor NTP. A Cisco recomenda que você selecione Iniciar e parar com o organizador para diminuir a possibilidade do tempo do organizador ESXi se tornar incorreto. Criando um Backup Usando o Vmware vcenter Antes de fazer qualquer procedimento de alteração do sistema, a Cisco recomenda que você faça um backup das máquinas virtuais. Você pode fazer isso usando o VMware Data Recovery ou tirar uma foto instantânea da máquina virtual. (Vmware Data Recovery está incluído como parte do Vmware vsphere.) As fotos instantâneas de máquinas virtuais são uma "fotografia" do seu sistema em um ponto específico no tempo e não são as mesmas que os backups. Cuidado Se você tira fotos instantâneas, elas são armazenados nas unidades físicas contendo as suas máquinas virtuais. Se você não excluir essas fotos instantâneas em tempo hábil, os usuários finais podem começar a experiência de áudio e vídeo degradada, devido a um problema conhecido que afeta o desempenho da máquina virtual. Portanto, por motivos de desempenho, certifique-se de manter os backups da máquina virtual em um local de armazenamento que é diferente das unidades físicas que contém as suas máquinas virtuais. Para obter mais informações sobre fotografias instantâneas e esse problema de desempenho conhecido, consulte Tirar uma foto instantânea utilizando o VMware vcenter, na página

15 Tirar uma foto instantânea utilizando o VMware vcenter Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Coloque o sistema em modo de manutenção. Para completar detalhes, consulte Sobre o Modo de Manutenção, na página 125 Certifique-se que não há reuniões ativas e que você selecionou um horário onde haverá um impacto mínimo aos seus usuários. Siga as instruções em sua documentação Vmware vsphere e use o Vmware Data Recovery para criar um backup do seu sistema e cada um das duas máquinas virtuais. Para detalhes completos deste backup, consulte o Guia de Administração Vmware Data Recovery. A Cisco recomenda que você exclua os backups depois que o procedimento de alteração do sistema estiver completo, você ter testado o sistema e esteja satisfeito com os resultados. Tirar uma foto instantânea utilizando o VMware vcenter Antes de fazer qualquer procedimento de alteração do sistema, a Cisco recomenda que você faça um backup das máquinas virtuais. Você pode fazer isso usando o VMware Data Recovery ou tirar uma foto instantânea da máquina virtual. (Vmware Data Recovery está incluído como parte do Vmware vsphere.) Para motivos de desempenho, certifique-se de manter os backups da sua máquina virtual em um local de armazenamento que é diferente das unidades físicas que contém as suas máquinas virtuais. As fotos instantâneas de máquinas virtuais são uma "fotografia" do seu sistema em um ponto específico no tempo e não são as mesmas que os backups. Lembrar Se o seu sistema é composto de várias máquinas virtuais, certifique-se de tirar uma foto instantânea de cada máquina virtual depois de selecionar Ligar > Desligar convidado. Rotule a foto instantânea para cada máquina virtual com o mesmo prefixo, por exemplo, "20 de agosto", então você saberá que essas fotos instantâneas foram feitas ao mesmo tempo. Cuidado Se você tira fotos instantâneas, elas são armazenados nas unidades físicas contendo as suas máquinas virtuais. Se você não excluí-las m tempo hábil, os seus usuários finais podem começar a experiência de áudio e vídeo degradada, devido a um problema Vmware conhecido que afeta o desempenho da máquina virtual. Para mais informações sobre este conhecido problema com as fotos instantâneas VMware, acesse o site da VMware e leia o documento, Melhores práticas para executar VMware vsphere no armazenamento anexado à Rede. Você também pode buscar a VMware KnowledgeBase para "desempenho de impacto da foto instantânea" para obter informações adicionais. 15

16 Anexando um Arquivo VMDK Existente para uma Nova Máquina Virtual A Cisco recomenda que você mantenha as fotos instantâneas não mais do que cerca de 24 horas. Se você quiser mantê-las por mais tempo, então, crie um backup. Para mais informações sobre o VMware Data Recovery, consulte Criando um Backup Usando o Vmware vcenter, na página 14. Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Coloque o sistema em modo de manutenção. Para obter detalhes completos, consulte.sobre o Modo de Manutenção, na página 125 Certifique-se que não há reuniões ativas e que você selecionou um horário onde haverá um impacto mínimo aos seus usuários. No VMware vcenter, selecione Ligar > Desligar convidado para cada uma das máquinas virtuais. Selecione Foto instantânea > Tirar foto instantânea para cada máquina virtual. Digite um nome para a foto instantânea e selecione OK. Próximos passos Conclua o procedimento e teste o seu sistema para confirmar que ele é bem sucedido. Se você precisar reverter para uma foto instantânea, certifique-se de que a foto instantânea para cada máquina virtual foi tirada ao mesmo tempo. Alimentando em um sistema com fotos instantâneas inadequadas pode resultar em corrupção dos possíveis dados. Anexando um Arquivo VMDK Existente para uma Nova Máquina Virtual Esta seção descreve como anexar arquivos VMDK a partir de uma máquina virtual de Administração existente para uma nova máquina virtual de Administração, usando o Vmware vcenter. Apesar de haver várias razões para mover um arquivo VMDK do disco virtual, esta seção se concentra apenas no procedimento, para mover dados de uma máquina virtual de administração para outra máquina virtual de administração. Você vai usar este procedimento quando você expandir ou atualizar o seu sistema. (Nós reutilizamos os dados armazenados do sistema no disco rígido 4 da máquina virtual de administração). Cuidado Faça uma cópia do arquivo VMDK do disco rígido 4 e copiá-lo diretamente para a pasta da máquina virtual da máquina virtual de administração no sistema atualizado ou expandido. Se você simplesmente anexar o disco rígido 4, então, os dados ainda são armazenados na pasta da máquina virtual da máquina virtual antiga de administração. Se você excluir acidentalmente a máquina virtual de administração existente no inventário vcenter, então o seu sistema atual irá perder o acesso ao disco rígido 4. Se você estiver usando o armazenamento Direct-attached (DAS), então você deve migrar o arquivo VMDK da máquina virtual para um LUN onde a nova máquina virtual de administração poderá acessá-lo. 16

17 Anexando um Arquivo VMDK Existente para uma Nova Máquina Virtual Referimo-nos à máquina virtual de Administração antes do procedimento de alteração do sistema como a máquina virtual de administração "existente". A máquina virtual de Administração, após a expansão ou a atualização, é chamada de "nova" máquina virtual de Administração. Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Navegue o inventário no Vmware vcenter e encontre a máquina virtual de Administração existente para o seu sistema. Clique com o botão direito no nome da máquina virtual e selecione Editar Configurações... A janela Propriedades da Máquina Virtual é exibida. Etapa 3 Selecione a guia Hardware, então selecione Disco rígido 4. Etapa 4 Etapa 5 Etapa 6 Etapa 7 Etapa 8 Etapa 9 Para referência futura, copie e cole em outro documento o local Arquivo de disco. Isto especifica o local deste arquivo VMDK no Vmware vcenter. A sequência é semelhante a [EMC-LUN10-RAID5] webex-sysa-admin/webex-sysa-admin_ vmdk. Observe e anote o local de armazenamento para o disco rígido 4 e o nome da pasta da máquina virtual. A sequência é semelhante a [EMC-LUN8-RAID5] webex-sysb-admin. Feche a janela Editar configurações... sem fazer nenhuma alteração. Altere a visualização do vcenter em Datastore e em visualização de Cluster Datastore. Selecione Visualizar > Inventário > Datastores e Clusters Datastore. Selecione o local de armazenamento onde a sua máquina virtual de Administração existente está localizada (a partir do passo 5) e selecione Procurar este datastore. Selecione o local de armazenamento onde a máquina virtual de Administração recém implantada (para o sistema expandido ou atualizado) está localizada e selecione Procurar este datastore. Etapa 10 Organize as duas janelas do navegador do datastore (para a nova e existente máquina virtual de Administração) lado a lado para que você possa ver ambas as pastas da máquina virtual de Administração. Etapa 11 Abra as duas pastas da máquina virtual e copie o arquivo VMDK da pasta da máquina virtual de Administração existente para a pasta da nova máquina virtual de Administração. a) Na pasta da máquina virtual de Administração existente, localize o arquivo VMDK que está associado com o disco rígido 4. Consulte o local do arquivo que você anotou no passo 4 para confirmar a precisão. b) Clique com o botão direito do mouse no arquivo e selecione Copiar. c) Clique com o botão direito do mouse dentro da pasta da máquina virtual de Administração nova e selecione Colar. Quando a operação de colar for concluída, feche as janelas de datastore. d) Retorne a visualização do vcenter a uma lista de organizadores e clusters, selecionando Visualizar > Inventário > Organizadores e Clusters. Etapa 12 Navegue no inventário no Vmware vcenter e encontre a nova máquina virtual de Administração (expandida ou atualizada) para o seu sistema. Etapa 13 Clique com o botão direito do mouse no mais novo nome da máquina virtual implementada e selecione Editar Configurações... 17

18 Anexando um Arquivo VMDK Existente para uma Nova Máquina Virtual A janela Propriedades da Máquina Virtual é exibida. Etapa 14 Selecione a guia Hardware, então selecione Disco rígido 4. Etapa 15 Selecione Remover. Esta ação não remove a unidade virtual imediatamente. Em vez disso, a unidade virtual existente é agendada para remoção. Etapa 16 Selecione Adicionar. O assistente Adicionar Hardware é exibido. Etapa 17 Selecione Disco rígido, depois Seguinte. Etapa 18 Selecione Usar uma unidade virtual existente, então Próximo. Etapa 19 Selecione Navegar e navegue até o datastore onde a nova máquina virtual de Administração expandida ou atualizada está localizada. Navegue até a pasta nova máquina virtual de Administração. Clique duas vezes esta pasta, selecione o disco virtual que você copiou no passo 11. Selecione OK. Etapa 20 Na lista suspensa Nó do dispositivo virtual, selecione SCSI (0:3) Disco rígido 4, então Seguinte. Etapa 21 Reveja as suas alterações, e se elas estiverem corretas, selecione Finalizar. Caso contrário, selecione Voltar e corrija quaisquer erros. Uma vez que o assistente é concluído, você verá uma nova unidade marcada para a adição na guia Hardware. Etapa 22 Comprometer as operações de Adicionar e Remover, selecionando OK. Etapa 23 Visualizar essa tarefa de reconfiguração da máquina virtual no Vmware vcenter no painel Recentes Tarefas para garantir que não há erros. 18

19 CAPÍTULO 3 Checklist da Rede Para o Seu Sistema Checklist de Rede para um Sistema com Acesso Público e DNS Sem Split-Horizon, página 19 Checklist da Rede para um Sistema com Acesso Público e DNS Split-Horizon, página 20 O Checklist da Rede para um Sistema Com Acesso Não Público, página 20 Checklist de Rede para um Sistema com Acesso Público e DNS Sem Split-Horizon Durante a implantação do sistema, exibimos uma página com links para as listas de verificação de rede. Estas listas de verificação fornecem um resumo do servidor DNS, firewall e outras alterações de redes que são necessárias para uma implementação bem sucedida. Certifique-se de fazer essas alterações necessárias antes de iniciar a implementação, como fazemos uma verificação de conectividade de rede próximo ao fim do processo de implementação. O DNS sem split-horizon é a configuração DNS mais comum para as empresas. Para obter mais informações sobre DNS sem split-horizon, consulte o Guia de Planejamento do Cisco WebEx Meetings Server. Se você estiver implantando um sistema grande, então você deve escolher uma implantação manual. Selecione a lista de verificação correta no Guia de Planejamento do Cisco WebEx Meetings Server. Implementação automática: Consulte a "Lista de verificação da rede para uma instalação ou expansão com implementação automática, acesso público e um DNS sem split-horizon" Implementação manual: Consulte a "Lista de verificação da rede para uma instalação ou expansão com implementação manual, acesso público e um DNS sem split-horizon" 19

20 Checklist da Rede para um Sistema com Acesso Público e DNS Split-Horizon Checklist da Rede para um Sistema com Acesso Público e DNS Split-Horizon Durante a implantação do sistema, exibimos uma página com links para as listas de verificação de rede. Estas listas de verificação fornecem um resumo do servidor DNS, firewall e outras alterações de redes que são necessárias para uma implementação bem sucedida. Certifique-se de fazer essas alterações necessárias antes de iniciar a implementação, como fazemos uma verificação de conectividade de rede próximo ao fim do processo de implementação. Se você estiver implantando um sistema grande, então você deve escolher uma implantação manual. Selecione a lista de verificação correta no Guia de Planejamento do Cisco WebEx Meetings Server. Implementação automática: Consulte a "Lista de verificação da rede para uma instalação ou expansão com implantação automática, acesso público e um DNS split-horizon" Implementação manual: Consulte a "Lista de verificação da rede para uma instalação ou expansão com implantação manual, acesso público e um DNS split-horizon" O Checklist da Rede para um Sistema Com Acesso Não Público Durante a implantação do sistema, exibimos uma página com links para as listas de verificação de rede. Estas listas de verificação fornecem um resumo do servidor DNS, firewall e outras alterações de redes que são necessárias para uma implementação bem sucedida. Certifique-se de fazer essas alterações necessárias antes de iniciar a implementação, como fazemos uma verificação de conectividade de rede próximo ao fim do processo de implementação. Se você estiver implantando um sistema grande, então você deve escolher uma implantação manual. Selecione a lista de verificação correta no Guia de Planejamento do Cisco WebEx Meetings Server. Implementação automática: Consulte a Lista de verificação da rede para uma instalação ou expansão com implementação automática e nenhum acesso público" Implementação manual: Consulte a "Lista de verificação da rede para uma instalação ou expansão com implementação manual e nenhum acesso público" 20

21 CAPÍTULO 4 Instalando Seu Sistema Usando a Implementação Automática Conceitos gerais para implantação do sistema, página 22 Checklist de Instalação, página 23 As informações necessárias para uma Implementação Automática:, página 23 Implementando o Arquivo OVA do Cliente Vmware vsphere, página 26 Selecionando o Seu Idioma para Instalação, página 38 Confirmando o Tamanho do Seu Sistema, página 39 Escolhendo Qual Sistema Instalar, página 39 Escolhendo o Tipo de Implementação do Sistema, página 40 Fornecendo Credenciais Vmware vcenter, página 40 Escolha as Configurações do vcenter para a sua Máquina Virtual de Mídia, página 41 Inserindo informações de Rede para a Máquina Virtual de Mídia, página 41 Adicionando o Acesso Público, página 42 Escolhendo as Configurações vcenter para o seu Proxy Reverso da Internet, página 42 Insira as informações de rede para a máquina virtual de Proxy Reverso da Internet, página 43 Inserindo o Endereço VIP Público, página 43 Inserindo o Endereço VIP Privado, página 44 As URLs do Site WebEx e da Administração WebEx, página 44 Inserindo as URLs do Site WebEx e de Administração, página 46 Confirme que sua rede está configurada corretamente, página 46 Implementação das Suas Máquinas Virtuais, página 46 Verificando o Seu Sistema, página 47 21

22 Conceitos gerais para implantação do sistema Conceitos gerais para implantação do sistema Tamanhos do sistema 50 sistemas de usuários simultâneos Suporta uma empresa entre 500 e 1000 Funcionários Sistema primário (sem HA) compreende uma máquina virtual de administração e um proxy reverso da internet opcional (para acesso público) 250 sistemas de usuários simultâneos Suporta uma empresa entre 2500 e 5000 Funcionários Sistema primário (sem HA) compreende uma máquina virtual de administração, uma máquina virtual de mídia e um proxy reverso da internet opcional (para acesso público) 800 sistemas de usuários simultâneos Suporta uma empresa entre 8000 e Funcionários Sistema primário (sem HA) compreende uma máquina virtual de administração, uma máquina virtual de mídia e um proxy reverso da internet opcional (para acesso público) 2000 sistemas de usuários simultâneos Suporta uma empresa entre e Funcionários Sistema primário (sem HA) compreende uma máquina virtual de administração, três máquinas virtuais de mídia, duas máquinas web e um proxy reverso da internet opcional (para acesso público) Termos usados durante a implantação Nome do Campo URL do site WebEx URL da Administração WebEx VIP Público VIP Privada Descrição URL http segura para organizar e participar de reuniões. URL http segura para que os administradores configurem, monitorem e gerenciem o sistema. Endereço IP para a URL do site WebEx Endereço IP para a URL do site da administração Endereço de IP para a URL do site WebEx (apenas para usuários internos, se você tem um DNS split-horizon). 22

23 Checklist de Instalação Checklist de Instalação Alterações da Rede Consulte o checklist de rede apropriada para a sua implementação. Há duas considerações: Acesso Público: os usuários externos em seu firewall ou não, podem organizar e acessar reuniões da internet ou dispositivos móveis A Cisco recomenda o acesso público, uma vez que resulta em uma melhor experiência de usuário para a sua equipe móvel. Tipo de configuração DNS em sua empresa: DNS split-horizon ou DNS sem split-horizon (configuração DNS mais comum). Para mais informações sobre estes tipos de configuração DNS, consulte Guia de Planejamento do Servidor Cisco WebEx Meetings. Abra a porta do desktop do administrador para a máquina virtual de Administração. A porta é usada pelo navegador durante a implantação. Selecione o checklist à direita da sua implementação: Checklist de Rede para um Sistema com Acesso Público e DNS Sem Split-Horizon, na página 19 O Checklist da Rede para um Sistema Com Acesso Não Público, na página 20 Checklist da Rede para um Sistema com Acesso Público e DNS Split-Horizon, na página 20 Info. necessárias A informação necessária varia se você está fazendo uma implementação automática (suportado por 50 usuários simultâneos, 250 usuários simultâneos e 800 usuários simultâneos) nos sistemas ou implementação manual (suporte para todos os tamanhos de sistema). A Cisco recomenda que você selecione uma implementação automático, a menos que você esteja implantando um sistema de usuário 2000, que exige uma implantação manual. Consulte o link apropriada abaixo. Escolha uma das seguintes opções para uma lista de verificação de informações necessárias para o seu tipo de implantação: As informações necessárias para uma Implementação Automática:, na página 23 Informações necessárias para uma Implementação Manual., na página 51 As informações necessárias para uma Implementação Automática: Esta é a informação necessária para o seu sistema, em ordem. 23

24 As informações necessárias para uma Implementação Automática: Certifique-se de adicionar os FQDNs de máquinas virtuais, endereços IP, URLs de site WebEx e Administração e endereços VIP para seus servidores DNS antes de iniciar a implantação do sistema. Vamos usar esta informação para procurar endereços IP para você durante a implantação. Nome do Campo URL vcenter Nome de usuário vcenter Senha vcenter (apenas 250 e 800 usuários simultâneos do sistema) Host ESXi Descrição O endereço http seguro do servidor vcenter para as máquinas virtuais no seu sistema. O nome do usuário para implantar as máquinas virtuais em seu sistema. Este usuário deve ter privilégios de administrador: para implantar, configurar, ligar ou desligar, e excluir as máquinas virtuais. Senha do usuário vcenter. Host ESXi para a máquina virtual de mídia. Este organizador ESXi deve estar no mesmo vcenter como a URL do vcenter acima. Valor Para o Seu Sistema (apenas 250 e 800 usuários simultâneos do sistema) Armazenamento de Dados Armazenamento para a máquina virtual de mídia. (apenas 250 e 800 usuários simultâneos do sistema) Grupo de Porta da Máquina Virtual (apenas 250 e 800 usuários simultâneos do sistema) FQDN para a máquina virtual de mídia (apenas 250 e 800 usuários simultâneos do sistema) endereço IPv4 para a máquina virtual de mídia Grupo de porta para a máquina virtual de mídia. A Cisco recomenda que você escolha o mesmo grupo de porta que você selecionou para a máquina virtual de Administração. Nome de domínio totalmente qualificado para a máquina virtual de mídia. Endereço de IPv4 para a máquina virtual de mídia. Vamos procurar automaticamente o endereço IPv4 correspondente para esta máquina virtual de mídia. 24

25 As informações necessárias para uma Implementação Automática: Nome do Campo (Apenas acesso público) Host ESXi (Apenas acesso público) Armazenamento de Dados (Apenas acesso público) Port Group da Máquina Virtual (Apenas acesso público) FQDN para o Proxy Reverso da Internet Descrição O host ESXi para a máquina virtual de Proxy Reverso da Internet. A Cisco recomenda que você selecione um organizador ESXi diferente do qual você escolheu para a máquina virtual de Administração. Para permitir o tráfego para o proxy reverso da internet, verifique se o organizador ESXi está configurado com um grupo de portas que pode rotear o VLAN cujo endereço IP é utilizado pelo proxy reverso da internet. O armazenamento de dados da máquina virtual de Proxy Reverso da Internet. O Port group para a máquina virtual do Proxy Reverso de Internet. Por razões de segurança, a Cisco recomenda que você selecione um groupo de portas diferente do qual você escolheu para máquina virtual de Administração. O nome do domínio totalmente qualificado para a máquina virtual de Proxy Reverso da Internet. Valor Para o Seu Sistema (Apenas acesso público) Endereço de IPv4 do Proxy Reverso da Internet Endereço de IPv4 para a máquina virtual de Proxy Reverso da Internet. Vamos procurar automaticamente o endereço IPv4 correspondente para esta máquina virtual do Proxy Reverso de Internet. (Apenas acesso público) Entrada IPv4 (Apenas acesso público) Máscara de sub-rede do IPv4 Porta IPv4 para a máquina virtual de Proxy Reverso da Internet. Máscara de sub-rede para a máquina virtual de Proxy Reverso da Internet. 25

26 Implementando o Arquivo OVA do Cliente Vmware vsphere Nome do Campo (Apenas acesso público) Endereço de IPv4 do Servidor DNS Primário Descrição Servidor DNS para a máquina virtual de Proxy Reverso da Internet. Valor Para o Seu Sistema (Apenas acesso público) Endereço de IPv4 do Servidor DNS Secundário Servidor DNS adicional para a máquina virtual de Proxy Reverso da Internet (Opcional). VIP Público VIP Privada Endereço de IP para a URL do site WebEx (os usuários do site acessam para organizar e participar de reuniões) Endereço de IP para a URL do site de Administração (para que os administradores configurem, monitorem e gerenciem o sistema) Endereço de IP para a URL do site WebEx (apenas para usuários internos, se você tem um DNS split-horizon). URL do site WebEx URL da Administração WebEx URL http segura para organizar e participar de reuniões. URL http segura para que os administradores configurem, monitorem e gerenciem o sistema. O que fazer a seguir Com esta informação, iniciar a implantação do sistema, inserindo a URL de implantação em uma janela do navegador. (A URL de implantação é exibida na janela do console para a máquina virtual de Administração). Se o sistema for reiniciado antes que a configuração estiver concluída, uma nova senha é gerada e você deve usar a URL de implantação com a nova senha. Implementando o Arquivo OVA do Cliente Vmware vsphere Antes de implementar seu sistema, você deve usar o cliente Vmware vsphere para implementar a máquina virtual de Administração para o seu sistema. 26

27 Implementando o Arquivo OVA do Cliente Vmware vsphere O seguinte procedimento é fornecido como uma orientação geral. As exatas telas que você vê durante a implantação OVA depende do seu vcenter, armazenamento e configuração de rede, e pode ser ligeiramente diferente do procedimento. Veja a sua documentação do Vmware vsphere para informações completas no assistente OVA. Antes de iniciar Obtenha o arquivo OVA do Servidor do Cisco WebEx Meetings para o seu sistema e coloque-o em um local que seja acessível do Vmware vsphere Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Inicie sessão no seu cliente Vmware vsphere. Certifique-se de entrar como um usuário que inclui privilégios de administrador: para implantar, configurar, ligar e desligar, e excluir as máquinas virtuais. Selecione Arquivo > Implemente o Modelo OVF... Etapa 3 Selecione Navegar para navegar no local onde você tem o arquivo OVA. Selecione Próximo. Você pode selecionar o link Servidor do Cisco WebEx Meeting para ir para a página da internet com informações detalhadas sobre este sistema. 27

28 Implementando o Arquivo OVA do Cliente Vmware vsphere Etapa 4 Etapa 5 Etapa 6 Leia as Exigências de Licença do Usuário Final e selecione Aceitar, então selecione Próxima. Selecione o local, no inventário vcenter, onde você gostaria de colocar a máquina virtual de Administração. Insira o nome da máquina virtual para o tamanho do seu sistema e selecione Seguinte. Para obter mais informações sobre a seleção do tamanho correto para a sua empresa, consulte Tamanhos do sistema, na página 22. Você deve implantar a máquina virtual de Administração antes de quaisquer outras máquinas virtuais. Se você selecionar a implantação automática (recomendado), então implantaremos as outras máquinas virtuais para você. Se você escolher a implantação manual (necessário para o sistema de 2000 usuários simultâneos), então você implantará as outras máquinas virtuais, utilizando este mesmo assistente, após concluir a implantação da máquina virtual de Administração. A Cisco recomenda que você inclua o tipo no nome da máquina virtual; por exemplo, "Admin" no nome da sua máquina virtual de Administração, para identificá-la facilmente no seu inventário do vcenter. Todas as máquinas virtuais da internet para os eu sistema devem estar na mesma sub-rede que a máquina virtual de Administração. (Dependendo do tamanho do sistema que você selecionar, você pode precisar de uma ou mais mídias e máquinas virtuais internas da web.) 28

29 Implementando o Arquivo OVA do Cliente Vmware vsphere Etapa 7 A partir da lista suspensa, selecione a máquina virtual para o tamanho do seu sistema, então selecione Próximo. Certifique-se de implementar a máquina virtual de Administração antes de qualquer outra máquina virtual em seu sistema. 29

30 Implementando o Arquivo OVA do Cliente Vmware vsphere Etapa 8 Navegue através do inventário vcenter e selecione o host ESXi ou cluster onde você deseja implementar as máquinas profissionais para os eu sistema. Selecione Próximo. 30

31 Implementando o Arquivo OVA do Cliente Vmware vsphere Etapa 9 Se o cluster contém um conjunto de recursos, então selecione o conjunto de recurso onde você deseja implantar o modelo OVA e selecioneseguinte. 31

32 Implementando o Arquivo OVA do Cliente Vmware vsphere Etapa 10 Selecione o armazenamento de dados para a sua máquina virtual e o tipo de provisionamento para a sua máquina virtual. Você deve selecionar o provisionamento abundante e criar o máximo de espaço de disco virtual necessário para o seu sistema. Com Pouca provisão, o VMware aloca o espaço do sistema do arquivo em um "conforme necessário", resultando em um desempenho ruim. 32

33 Implementando o Arquivo OVA do Cliente Vmware vsphere 33

34 Implementando o Arquivo OVA do Cliente Vmware vsphere Etapa 11 Configurar o mapeamento de rede. Para cada rede de origem, selecione uma rede de destino da lista suspensa na coluna Redes de Destino. Selecione Próximo. Tanto a "Rede VM" e a "Rede VIP" devem ser mapeadas para o mesmo valor na coluna "Rede de destino". Você pode ignorar a mensagem de aviso sobre redes de múltiplas fontes mapeadas para a mesma rede do organizador. 34

35 Implementando o Arquivo OVA do Cliente Vmware vsphere Etapa 12 Insira as seguintes informações para a máquina virtual, então selecione Próximo: O hostname da sua máquina virtual (não inclui o domínio como você irá inserir isto no próximo campo) Domínio para a máquina virtual Endereço de IPv4 (Eth0) da máquina virtual A máscara da sub-rede da máquina virtual Portão de endereço de IP O servidor DNS primário que contém entradas para o hostname e endereço de IP desta máquina virtual O servidor DNS secundário que contém entradas para hostname e endereço de IP desta máquina virtual O idioma exibido durante o processo de instalação, seguindo a alimentação desta máquina virtual 35

36 Implementando o Arquivo OVA do Cliente Vmware vsphere Etapa 13 Confirme a informação que você inseriu. Se houver qualquer problema, selecione Voltar e corrija estes problemas. Etapa 14 Verifique a caixa de verificação Alimentação após a implantação, então selecione Finalizar. 36

37 Implementando o Arquivo OVA do Cliente Vmware vsphere Etapa 15 Se você estiver implementando uma máquina virtual de Administração, vai até o vcenter e abra uma janela de console para a máquina. Uma vez que é ligado, nós verificaremos as informações de rede que você inseriu durante a implementação OVA. Se somos capazes de confirmar a conectividade, um marcador de verificação verde é exibida. Se houver um problema, um marcador vermelho X é exibido. Corrija o erro e tente novamente a implantação OVA. Etapa 16 Após todas as informações serem confirmadas, anote a URL maiúscula/minúscula exibida na janela do console. O administrador de um software digitará esta URL no navegador da internet, e continue a implementação do sistema. Se o sistema for reiniciado antes que a configuração esteja concluída, uma nova senha é gerada e você deve usar a URL com a nova senha. Próximos passos Se você está fazendo uma implantação manual, então você pode optar por implantar todas as máquinas virtuais no seu sistema neste momento. Se a implementação for com sucesso, então continue com a implementação do sistema em uma janela do navegador. 37

38 Selecionando o Seu Idioma para Instalação Se a implantação falhou, consulte Verificando a Sua Configuração de Rede Após uma Falha na Implementação OVA, na página 38 Verificando a Sua Configuração de Rede Após uma Falha na Implementação OVA Confirme as entradas de rede para a máquina virtual. Importante Não utilize Editar Configurações... em nenhuma das máquinas virtuais no seu sistema, a não ser após uma implantação interrompida. Uma vez que o sistema estiver instalado e funcionando, você deve utilizar o site da Administração WebEx para fazer quaisquer outras edições nas configurações da máquina virtual. Se você utilizar o seu cliente vsphere, essas alterações não serão aceitas pelo sistema. Para as etapas detalhadas, consulte a sua documentação Vmware vsphere. Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 No cliente vsphere, selecione Ligue > Desligue Convidado na máquina virtual. Encontre a máquina virtual no Inventário e clique com o botão direito do mouse em Editar configurações... Selecione a guia Opções. Selecione Propriedades e confirme se todas as informações de rede foram inseridas corretamente. Se nenhuma alteração for necessária, reimplante o OVA com as configurações corretas. Uma possível causa de problema de rede é que o roteamento VLAN não está configurado corretamente para o organizador ESXi. Devido a máquina virtual estar nesse VLAN, a máquina virtual não terá conectividade de rede. A partir da rede onde o organizador ESXi reside, você deve ser capaz de executar o ping no endereço de IP de entrada padrão da VLAN que você utiliza nas máquinas virtuais no seu sistema. Selecionando o Seu Idioma para Instalação Determine seu idioma preferido para a configuração do sistema. Não feche esta janela do navegador, até que a implementação do sistema seja concluída. Se você fechar o navegador antes, você pode ter que reiniciar a implementação. Antes de iniciar Certifique-se que você implantou a máquina virtual de Administração do VMware vcenter. ConsulteImplementando o Arquivo OVA do Cliente Vmware vsphere, na página 26 38

39 Confirmando o Tamanho do Seu Sistema Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Selecione o idioma do menu suspenso. Selecione Próximo. Confirmando o Tamanho do Seu Sistema Você selecionou o tamanho do seu sistema quando você implementou a máquina virtual de Administração, usando o arquivo OVA. Confirme se o tamanho do sistema que você selecionou durante a implementação do OVA está correto. Se o tamanho do sistema que você selecionou estiver correto, então selecione Seguinte. Se o tamanho do sistema que você selecionou estiver incorreto, então selecione Eu quero alterar o Tamanho do Sistema. a) Usando o cliente Vmware vsphere, selecione Ligar > Desligar Convidado nas máquinas virtuais de Administração com tamanho do sistema incorreto. b) Clique com o botão direito do mouse e selecione Excluir a partir da Unidade. c) Reimplante o arquivo OVA e selecione a máquina virtual de Administração para o tamanho do sistema correto. Escolhendo Qual Sistema Instalar Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Determina o tipo de instalação. Se você estiver estalando este sistema pela primeira vez, então escolha Instalar um sistema primário. Se você já instalou um sistema primário e deseja um sistema de Alta Disponibilidade redundante, então escolha Criar um sistema redundante de Alta Disponibilidade (HA). Você não deve instalar um sistema HA antes de instalar o sistema primário, já que você não pode usar o sistema HA, a menos que o sistema primário tenha sido instalado. Selecione Próximo. 39

40 Escolhendo o Tipo de Implementação do Sistema Escolhendo o Tipo de Implementação do Sistema Determina como você deseja implantar qualquer outra máquina virtual que são necessárias para o seu sistema. Se você selecionou um sistema de 2000 usuários, então você deve selecionar uma implantação manual. Procedimento Etapa 1 Selecione se você mesmo deseja implantar as máquinas virtuais, ou se você deseja que nós as implantamos para você. Automático: Este é o método mais rápido de instalação. Implantamos todas as máquinas virtuais necessárias para o seu sistema. A Cisco recomenda que você selecione Automático, a menos que você esteja implantando um sistema de usuário 2000, que exige a implantação manual. Ao utilizar a Administração Cisco WebEx, você ainda pode fazer alterações em seu sistema após a implantação. Manual: Você deve implantar manualmente cada máquina virtual usando o Vmware vcenter. Após responder um pouco mais de perguntas sobre o seu sistema, forneceremos uma lista de máquinas virtuais necessárias para o seu sistema. Sua decisão sobre a implementação manual ou automática depende do seguinte: Se você tem restrições de tempo, uma implementação automática é mais rápida do que uma implementação manual. Se você preferir a orientação passo-a-passo, então selecione uma implementação automática. Se você está familiarizado com o VMware vcenter e não quer fornecer as suas credenciais de vcenter, então selecione a implantação manual. Etapa 2 Selecione Próximo. Fornecendo Credenciais Vmware vcenter Se você selecionou uma implantação automática, então é necessário que você forneça credenciais vcenter para implantar as máquinas virtuais para você. Antes de iniciar Observe o seguinte: Todas as máquinas virtuais do seu sistema devem pertencer a mesma Vmware vcenter. O nome de usuário do vcenter e senha que inserir abaixo deve incluir privilégios de administrador: para implantar, configurar, ligar e desligar, e excluir as máquinas virtuais. 40

41 Escolha as Configurações do vcenter para a sua Máquina Virtual de Mídia Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Insira a URL do https seguro para o vcenter onde seu sistema será implantado. Insira o nome de usuário que nós usaremos para implantar as máquinas virtuais. Insira a senha para o nome de usuário inserido anteriormente. Confirme se você inseriu as informações do vcenter corretamente e selecione Próximo. Escolha as Configurações do vcenter para a sua Máquina Virtual de Mídia A máquina virtual de mídia é necessária para a implementação de 250 usuários e 800 usuários do sistema. Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 A partir da lista suspensa, escolha o host ESXi para máquina virtual de mídia. Escolha o armazenamento de dados para a máquina virtual de mídia. Escolha o grupo da porta da máquina virtual para a máquina virtual de mídia. A Cisco recomenda que você escolha o mesmo grupo de porta que você selecionou para a máquina virtual de Administração. Selecione Próximo. Inserindo informações de Rede para a Máquina Virtual de Mídia Inserindo o nome de domínio totalmente qualificado da máquina virtual de mídia, tentaremos preencher as informações de rede para você. A máquina virtual de mídia deve estar na mesma sub-rede que as máquinas virtuais de Administração. Portanto, você não pode editar o domínio, o portão de IPv4, máscara de sub-rede e servidores DNS para a máquina virtual de mídia. Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Insira o FQDN da máquina virtual de Mídia. Você já deve ter inserido o endereço de IP e o hostname da máquina virtual de mídia em seus servidores DNS. Vamos pesquisar e preencher o campo Endereço IPv4 para você. Selecione Próximo. 41

42 Adicionando o Acesso Público Adicionando o Acesso Público Se você adicionar o acesso público, os usuários podem organizar ou participar de reuniões a partir da internet ou dispositivos móveis. Para obter informações adicionais sobre como fazer essa configuração para a sua empresa, consulte o Guia de Planejamento do Cisco WebEx Meetings Server. Você sempre pode alterar esta opção mais tarde, através do site de administração Weber. Procedimento Etapa 1 Escolha se os usuários externos podem ou não organizar ou participar de reuniões. Se você quer adicionar acesso público, confirme se a caixa de verificação Criar uma máquina virtual de Proxy Reverso da Internet tem uma verificação. Se você deseja apenas que os usuários internos (atrás do firewall da sua empresa) para organizar ou participar de reuniões, então desmarque a caixa de verificação Criar uma máquina virtual de Proxy Reverso da Internet. Etapa 2 Selecione Próximo. Próximos passos Com acesso público: Escolhendo as Configurações vcenter para o seu Proxy Reverso da Internet, na página 42 Sem acesso público: Inserindo o Endereço VIP Privado, na página 44 Escolhendo as Configurações vcenter para o seu Proxy Reverso da Internet O acesso público exige uma máquina virtual de Proxy Reverso da Internet. Insira os valores que você anotou na sua lista de verificação de instalação. Embora isso não seja obrigatório, por razões de segurança, a Cisco recomenda que você coloque o Proxy Reverso da Internet em uma sub-rede diferente da máquina virtual de Administração. Isso garante o nível de isolamento da rede entre o proxy reverso da internet e as suas máquinas virtuais internas (Administrador e mídia, se for o caso). Esta é uma boa prática de segurança para isolar a sua rede DMZ da sua rede interna. Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 A partir da lista suspensa, escolha o host ESXi para máquina virtual de Proxy Reverso da Internet. Escolha o armazenamento de dados para o Proxy Reverso de Internet. Escolha o grupo da porta da máquina virtual para o Proxy Reverso da Internet. Selecione Próximo. 42

43 Insira as informações de rede para a máquina virtual de Proxy Reverso da Internet Insira as informações de rede para a máquina virtual de Proxy Reverso da Internet O Proxy Reverso da Internet permite que os usuários organizem ou participem de reuniões a partir da Internet ou dispositivos móveis. O Cisco recomenda que você use uma sub-rede diferente das suas máquinas virtuais internas (Administração e mídia, se aplicável). Antes de iniciar Por razões de segurança, a Cisco recomenda que o proxy reverso da Internet deve ser situado na rede DMZ. Insira o hostname e endereço de IP do Proxy Reverso da Internet no seus servidores DNS para permitir a pesquisa de uma rede externa. Se você tem servidores DNS que permitem pesquisa de redes internas, então insira o hostname e o endereço de IP do Proxy Reverso de Internet nestes servidores DNS também. Isto permite uma conexão segura entre as suas máquinas virtuais internas (Administração e mídia, se aplicável) e o Proxy Reverso da Internet. Insira o seguinte para o Proxy Reverso da Internet e selecione Próximo: Nome de Domínio Totalmente Qualificado (FQDN) Você já deve ter inserido o endereço de IP e o hostname da máquina virtual de proxy reverso da internet em seus servidores DNS. Vamos pesquisar e preencher o campo Endereço IPv4 para você. Entrada IPv4 Máscara de sub-rede do IPv4 Endereço de IPv4 do Servidor DNS Primário Endereço de IPv4 do servidor DNS Secundário (Opcional) Inserindo o Endereço VIP Público Este endereço VIP público deve ser visível a partir da Internet e da rede interna (DNS de horizonte dividido apenas). Este endereço de VIP público deve estar na mesma sub-rede que o Proxy Reverso da Internet. Se você não tiver um DNS split-horizon, então todos os usuários usam o endereço VIP Público para organizar e participar de reuniões. 43

44 Inserindo o Endereço VIP Privado Se você tiver um DNS split-horizon e adicionou o acesso público, então os usuários externos usam o endereço VIP Público para organizar e participar de reuniões. Para mais informações sobre o DNS split-horizon e sem slipt-horizon, e o acesso público, consulte o Guia de Planejamento do Cisco WebEx Meetings Server. Se você estiver criando um sistema de Alta Disponibilidade (HA), você não precisa reinserir esta informação, como usaremos as informações que você inseriu no sistema primário. Insira o endereço IPv4 VIP público e selecione Próximo. Inserindo o Endereço VIP Privado Os administradores configuram, monitoram e mantém o sistema através da URL do site de Administração que mapeia o endereço VIP privado. Se você tem um DNS split-horizon, então os usuários internos também usam o endereço VIP privado para organizar e participar de reuniões. Se você estiver adicionando um sistema de Alta Disponibilidade (HA), você não precisa reinserir esta informação, como usaremos as informações que você inseriu no sistema primário. Antes de iniciar O endereço de IP virtual privado (VIP) deve estar na mesma sub-rede que as suas máquinas virtuais internas (Administração e Mídia, se aplicável). Insira o endereço VIP privado IPv4 e selecione Próximo. As URLs do Site WebEx e da Administração WebEx URL do site WebEx Usuários finais acessam a URL do site WebEx para organizar ou participar de reuniões. Esta URL resolve para o endereço VIP privado ou endereço VIP público, dependendo se você está ou usando um DNS split-horizon. Resolve para o endereço VIP público para todos os usuários, quando você não tem DNS "split-horizon". Resolve para o endereço VIP público para os usuários externos, quando você tem DNS split-horizon. Resolve para o endereço VIP privado para os usuários internos, quando você tem DNS split-horizon. 44

45 As URLs do Site WebEx e da Administração WebEx URL da Administração WebEx Os administradores acessam a URL da Administração WebEx para configurar, gerenciar e monitorar o sistema. Esta URL resolve para o endereço VIP privado. Nomes para as URLs do Site WebEx e da Administração WebEx. Você pode escolher quase todos os nomes para estas URLs. No entanto, você não pode usar os seguintes como o hostname nas URLs do site: O mesmo nome dos hostnames para qualquer uma das máquinas virtuais que compreende o sistema de autenticação cliente logomarcaempresa expedidor documentos elm-admin elm-cliente-serviços s manutenção manager orion oriondata oriontemp NBR npp probe lembrete raiz solr TomcatROOT atualização de servidor url0107ld Versão WBXService webex 45

46 Inserindo as URLs do Site WebEx e de Administração Inserindo as URLs do Site WebEx e de Administração Você não pode reutilizar os hostnames de máquinas virtuais em seu sistema na parte de hostname das URLs de Administração ou do site WebEx. A URL do Site WebEx deve ser diferente da URL da WebEx Administration. Se você estiver adicionando um sistema de Alta Disponibilidade (HA), você não precisa reinserir esta informação, como usaremos as informações que você inseriu no sistema primário. Insira as seguintes URLs (https) seguras e selecione Próximo. A URL do site WebEx para os usuários organizarem e participarem de reuniões. A URL de Administração WebEx para os administradores do sistema gerenciarem o seu sistema Confirme que sua rede está configurada corretamente Esta tela fornece links para ajuda on-line para as alterações de rede necessárias para o seu sistema. A ajuda on-line fornece detalhes sobre as alterações do servidor DNS bem como as configurações do firewall. Você deve fazer as alterações necessárias do servidor DNS e do firewall, já que testaremos a conectividade da rede na próxima etapa. Se você ainda não tiver feito isso, conclua a configuração de rede e selecione Próximo. Uma vez que você selecionar Próximo: Implementação automática: Iniciaremos a implementação as máquinas virtuais necessárias para o seu sistema. Implementação manual: Na próxima tela, você vai inserir os hostnames nas suas máquinas virtuais e implantá-los, se já não tiver implantado. Se você já os implantou, então ligue-os e verifique que todas as máquinas virtuais iniciem com sucesso. Implementação das Suas Máquinas Virtuais Baseado nas informações que você inseriu antes, estamos implantando as máquinas virtuais necessárias para o seu sistema. 46

47 Verificando o Seu Sistema A implementação leva alguns minutos para concluir. Não saia desta página até que todas as máquinas virtuais tenham sido implantadas e ligadas com sucesso, ou se a implantação falhou, com mensagens de erro indicando o problema. Complete um dos seguintes Se não houver erros, então quando o status mostrar todas as verificações verdes, selecione Próximo. Se você ver os erros, corrija os erros e selecione Próximo. Você pode querer selecionar Baixar arquivo de registro para obter o arquivo de registro para esta implementação. Isto permite que você tenha uma gravação da implementação, que você pode usar para resolver problemas de uma falha de implementação. Antes de refazer a implantação, certifique-se de desligar e excluir todas as máquinas virtuais com problemas. Caso contrário, você pode ver as mensagens de erro sobre as máquinas virtuais existentes quando você refazer a implementação do sistema. Verificando o Seu Sistema Baseado nas informações que você inseriu antes, estamos verificando a configuração do seu sistema. Estamos confirmando se as máquinas virtuais exigiram uma configuração mínima, e estamos validando as URLs do site WebEx e de Administração WebEX. A verificação do sistema leva alguns minutos para concluir. Não saia desta página até que todas as verificações tenham sido concluídas com sucesso, ou se a verificação do sistema falhou, com mensagens de erro indicando o problema. Se você recarregou a página antes que as verificações tenham sido concluídas, você será retornado a primeira página desta implementação de sistema. No entanto, se as verificações foram concluídas, você é levado para a primeira página da configuração básico (onde você defini o servidor de e um administrador). Complete um dos seguintes: Se não houver erros, então quando o status mostrar todas as verificações verdes, selecione Seguinte. Continue com Configurando o Servidor de Para Seu Sistema, na página 73. Se há um problema com a conectividade de rede, então verifique se o Site Webex, as URLs de Administração e endereços de IP foram inseridas corretamente. Verifique se estes sites estão na sub-rede correta, e foram inseridas em seus servidores DNS corretamente. 47

48 Verificando o Seu Sistema Se há problemas com o seu sistema de reunião, a capacidade mínima do sistema, então você duas escolhas. Recomendamos que você desligue todas as máquinas virtuais do VMware vcenter e as exclua manualmente. Em seguida, tente novamente a implementação do sistema em um sistema com recursos que atendem ou excedem os requisitos mínimos. Você pode escolher para prosseguir com a sua instalação atual. Se você fizer isso, você deve reconhecer que renuncia o direito de solicitar suporte técnico do Cisco. Confirme, verificando a mensagem de erro na caixa de verificação, e selecione Próximo. Se houver outros problemas com uma ou mais máquinas virtuais, então desligue estas máquinas virtuais com erros do Vmware vcenter e as exclua manualmente. Em seguida, tente novamente a implantação do sistema após corrigir os problemas. Antes de refazer a implantação, certifique-se de desligar e excluir todas as máquinas virtuais com problemas. Caso contrário, você pode ver as mensagens de erro sobre as máquinas virtuais existentes quando você refazer a implementação do sistema. Em raros casos, você pode ver Não foi testado. Isso não significa que existe algum problema com as suas máquinas virtuais. Elas simplesmente dizem que nós não completamos as verificações do sistema; por exemplo, devido a uma perda temporária de conectividade da rede. Depois de concluir a implantação, você pode iniciar sessão no site da Administração e verificar esses recursos. Selecione Continuar para ir para a primeira página da configuração básica (onde você configura o servidor de correio e um administrador). Se outro administrador fizer a configuração básica, então anote e envie a URL para o administrador do software. 48

49 CAPÍTULO 5 Instalando Seu Sistema Usando a Implementação Automática Conceitos gerais para implantação do sistema, página 49 Checklist de Instalação, página 50 Informações necessárias para uma Implementação Manual., página 51 Implementando o Arquivo OVA do Cliente Vmware vsphere, página 52 Selecionando o Seu Idioma para Instalação, página 64 Confirmando o Tamanho do Seu Sistema, página 65 Escolhendo Qual Sistema Instalar, página 65 Escolhendo o Tipo de Implementação do Sistema, página 66 Adicionando o Acesso Público, página 66 Inserindo o Endereço VIP Público, página 67 Inserindo o Endereço VIP Privado, página 67 As URLs do Site WebEx e da Administração WebEx, página 68 Inserindo as URLs do Site WebEx e de Administração, página 69 Confirme que sua rede está configurada corretamente, página 69 Implementação das Suas Máquinas Virtuais, página 70 Verificando o Seu Sistema, página 71 Conceitos gerais para implantação do sistema Tamanhos do sistema 50 sistemas de usuários simultâneos Suporta uma empresa entre 500 e 1000 Funcionários 49

50 Checklist de Instalação Sistema primário (sem HA) compreende uma máquina virtual de administração e um proxy reverso da internet opcional (para acesso público) 250 sistemas de usuários simultâneos Suporta uma empresa entre 2500 e 5000 Funcionários Sistema primário (sem HA) compreende uma máquina virtual de administração, uma máquina virtual de mídia e um proxy reverso da internet opcional (para acesso público) 800 sistemas de usuários simultâneos Suporta uma empresa entre 8000 e Funcionários Sistema primário (sem HA) compreende uma máquina virtual de administração, uma máquina virtual de mídia e um proxy reverso da internet opcional (para acesso público) 2000 sistemas de usuários simultâneos Suporta uma empresa entre e Funcionários Sistema primário (sem HA) compreende uma máquina virtual de administração, três máquinas virtuais de mídia, duas máquinas web e um proxy reverso da internet opcional (para acesso público) Termos usados durante a implantação Nome do Campo URL do site WebEx URL da Administração WebEx VIP Público VIP Privada Descrição URL http segura para organizar e participar de reuniões. URL http segura para que os administradores configurem, monitorem e gerenciem o sistema. Endereço IP para a URL do site WebEx Endereço IP para a URL do site da administração Endereço de IP para a URL do site WebEx (apenas para usuários internos, se você tem um DNS split-horizon). Checklist de Instalação Alterações da Rede Consulte o checklist de rede apropriada para a sua implementação. Há duas considerações: Acesso Público: os usuários externos em seu firewall ou não, podem organizar e acessar reuniões da internet ou dispositivos móveis A Cisco recomenda o acesso público, uma vez que resulta em uma melhor experiência de usuário para a sua equipe móvel. 50

51 Informações necessárias para uma Implementação Manual. Tipo de configuração DNS em sua empresa: DNS split-horizon ou DNS sem split-horizon (configuração DNS mais comum). Para mais informações sobre estes tipos de configuração DNS, consulte Guia de Planejamento do Servidor Cisco WebEx Meetings. Abra a porta do desktop do administrador para a máquina virtual de Administração. A porta é usada pelo navegador durante a implantação. Selecione o checklist à direita da sua implementação: Checklist de Rede para um Sistema com Acesso Público e DNS Sem Split-Horizon, na página 19 O Checklist da Rede para um Sistema Com Acesso Não Público, na página 20 Checklist da Rede para um Sistema com Acesso Público e DNS Split-Horizon, na página 20 Info. necessárias A informação necessária varia se você está fazendo uma implementação automática (suportado por 50 usuários simultâneos, 250 usuários simultâneos e 800 usuários simultâneos) nos sistemas ou implementação manual (suporte para todos os tamanhos de sistema). A Cisco recomenda que você selecione uma implementação automático, a menos que você esteja implantando um sistema de usuário 2000, que exige uma implantação manual. Consulte o link apropriada abaixo. Escolha uma das seguintes opções para uma lista de verificação de informações necessárias para o seu tipo de implantação: As informações necessárias para uma Implementação Automática:, na página 23 Informações necessárias para uma Implementação Manual., na página 51 Informações necessárias para uma Implementação Manual. Em uma implantação manual, você cria todas as máquinas virtuais para o seu sistema usando o assistente OVA do seu cliente vsphere. Você, então, instala o sistema usando uma implantação manual. Você deve escolher uma implantação manual se você estiver implantando um sistema de usuário Certifique-se de adicionar os FQDNs de máquinas virtuais, endereços IP, URLs de site WebEx e Administração e endereços VIP para seus servidores DNS antes de iniciar a implantação do sistema. Vamos usar essa informação para verificar a conectividade de rede no final da implantação. Esta é a informação necessária para o seu sistema, em ordem. Nome do Campo VIP Público Descrição Endereço de IP para a URL do site WebEx (os usuários do site acessam para organizar e participar de reuniões) Valor Para o Seu Sistema 51

52 Implementando o Arquivo OVA do Cliente Vmware vsphere Nome do Campo VIP Privada Descrição Endereço de IP para a URL do site de Administração (para que os administradores configurem, monitorem e gerenciem o sistema) Endereço de IP para a URL do site WebEx (apenas para usuários internos, se você tem um DNS split-horizon). Valor Para o Seu Sistema URL do site WebEx URL da Administração WebEx FQDN para as máquinas virtuais internas (Apenas acesso público) FQDN para o Proxy Reverso da Internet URL http segura para organizar e participar de reuniões. URL http segura para que os administradores configurem, monitorem e gerenciem o sistema. Dependendo do tamanho do sistema que você selecionou, o nome de domínio totalmente qualificado das máquinas virtuais da internet e de mídia. Se você planeja adicionar o acesso público, então você precisa inserir o nome de domínio totalmente qualificado da máquina virtual de Proxy Reverso da Internet. O que fazer a seguir Com esta informação, iniciar a implantação do sistema, inserindo a URL de implantação em uma janela do navegador. (A URL de implantação está escrita na janela do console para a máquina virtual de Administração). Se o sistema for reiniciado antes que a configuração estiver concluída, uma nova senha é gerada e você deve usar a URL de implantação com a nova senha. Implementando o Arquivo OVA do Cliente Vmware vsphere Antes de implementar seu sistema, você deve usar o cliente Vmware vsphere para implementar a máquina virtual de Administração para o seu sistema. O seguinte procedimento é fornecido como uma orientação geral. As exatas telas que você vê durante a implantação OVA depende do seu vcenter, armazenamento e configuração de rede, e pode ser ligeiramente diferente do procedimento. Veja a sua documentação do Vmware vsphere para informações completas no assistente OVA. 52

53 Implementando o Arquivo OVA do Cliente Vmware vsphere Antes de iniciar Obtenha o arquivo OVA do Servidor do Cisco WebEx Meetings para o seu sistema e coloque-o em um local que seja acessível do Vmware vsphere Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Inicie sessão no seu cliente Vmware vsphere. Certifique-se de entrar como um usuário que inclui privilégios de administrador: para implantar, configurar, ligar e desligar, e excluir as máquinas virtuais. Selecione Arquivo > Implemente o Modelo OVF... Etapa 3 Selecione Navegar para navegar no local onde você tem o arquivo OVA. Selecione Próximo. Você pode selecionar o link Servidor do Cisco WebEx Meeting para ir para a página da internet com informações detalhadas sobre este sistema. 53

54 Implementando o Arquivo OVA do Cliente Vmware vsphere Etapa 4 Etapa 5 Etapa 6 Leia as Exigências de Licença do Usuário Final e selecione Aceitar, então selecione Próxima. Selecione o local, no inventário vcenter, onde você gostaria de colocar a máquina virtual de Administração. Insira o nome da máquina virtual para o tamanho do seu sistema e selecione Seguinte. Para obter mais informações sobre a seleção do tamanho correto para a sua empresa, consulte Tamanhos do sistema, na página 22. Você deve implantar a máquina virtual de Administração antes de quaisquer outras máquinas virtuais. Se você selecionar a implantação automática (recomendado), então implantaremos as outras máquinas virtuais para você. Se você escolher a implantação manual (necessário para o sistema de 2000 usuários simultâneos), então você implantará as outras máquinas virtuais, utilizando este mesmo assistente, após concluir a implantação da máquina virtual de Administração. A Cisco recomenda que você inclua o tipo no nome da máquina virtual; por exemplo, "Admin" no nome da sua máquina virtual de Administração, para identificá-la facilmente no seu inventário do vcenter. Todas as máquinas virtuais da internet para os eu sistema devem estar na mesma sub-rede que a máquina virtual de Administração. (Dependendo do tamanho do sistema que você selecionar, você pode precisar de uma ou mais mídias e máquinas virtuais internas da web.) 54

55 Implementando o Arquivo OVA do Cliente Vmware vsphere Etapa 7 A partir da lista suspensa, selecione a máquina virtual para o tamanho do seu sistema, então selecione Próximo. Certifique-se de implementar a máquina virtual de Administração antes de qualquer outra máquina virtual em seu sistema. 55

56 Implementando o Arquivo OVA do Cliente Vmware vsphere Etapa 8 Navegue através do inventário vcenter e selecione o host ESXi ou cluster onde você deseja implementar as máquinas profissionais para os eu sistema. Selecione Próximo. 56

57 Implementando o Arquivo OVA do Cliente Vmware vsphere Etapa 9 Se o cluster contém um conjunto de recursos, então selecione o conjunto de recurso onde você deseja implantar o modelo OVA e selecioneseguinte. 57

58 Implementando o Arquivo OVA do Cliente Vmware vsphere Etapa 10 Selecione o armazenamento de dados para a sua máquina virtual e o tipo de provisionamento para a sua máquina virtual. Você deve selecionar o provisionamento abundante e criar o máximo de espaço de disco virtual necessário para o seu sistema. Com Pouca provisão, o VMware aloca o espaço do sistema do arquivo em um "conforme necessário", resultando em um desempenho ruim. 58

59 Implementando o Arquivo OVA do Cliente Vmware vsphere 59

60 Implementando o Arquivo OVA do Cliente Vmware vsphere Etapa 11 Configurar o mapeamento de rede. Para cada rede de origem, selecione uma rede de destino da lista suspensa na coluna Redes de Destino. Selecione Próximo. Tanto a "Rede VM" e a "Rede VIP" devem ser mapeadas para o mesmo valor na coluna "Rede de destino". Você pode ignorar a mensagem de aviso sobre redes de múltiplas fontes mapeadas para a mesma rede do organizador. 60

61 Implementando o Arquivo OVA do Cliente Vmware vsphere Etapa 12 Insira as seguintes informações para a máquina virtual, então selecione Próximo: O hostname da sua máquina virtual (não inclui o domínio como você irá inserir isto no próximo campo) Domínio para a máquina virtual Endereço de IPv4 (Eth0) da máquina virtual A máscara da sub-rede da máquina virtual Portão de endereço de IP O servidor DNS primário que contém entradas para o hostname e endereço de IP desta máquina virtual O servidor DNS secundário que contém entradas para hostname e endereço de IP desta máquina virtual O idioma exibido durante o processo de instalação, seguindo a alimentação desta máquina virtual 61

62 Implementando o Arquivo OVA do Cliente Vmware vsphere Etapa 13 Confirme a informação que você inseriu. Se houver qualquer problema, selecione Voltar e corrija estes problemas. Etapa 14 Verifique a caixa de verificação Alimentação após a implantação, então selecione Finalizar. 62

63 Implementando o Arquivo OVA do Cliente Vmware vsphere Etapa 15 Se você estiver implementando uma máquina virtual de Administração, vai até o vcenter e abra uma janela de console para a máquina. Uma vez que é ligado, nós verificaremos as informações de rede que você inseriu durante a implementação OVA. Se somos capazes de confirmar a conectividade, um marcador de verificação verde é exibida. Se houver um problema, um marcador vermelho X é exibido. Corrija o erro e tente novamente a implantação OVA. Etapa 16 Após todas as informações serem confirmadas, anote a URL maiúscula/minúscula exibida na janela do console. O administrador de um software digitará esta URL no navegador da internet, e continue a implementação do sistema. Se o sistema for reiniciado antes que a configuração esteja concluída, uma nova senha é gerada e você deve usar a URL com a nova senha. Próximos passos Se você está fazendo uma implantação manual, então você pode optar por implantar todas as máquinas virtuais no seu sistema neste momento. Se a implementação for com sucesso, então continue com a implementação do sistema em uma janela do navegador. 63

64 Selecionando o Seu Idioma para Instalação Se a implantação falhou, consulte Verificando a Sua Configuração de Rede Após uma Falha na Implementação OVA, na página 38 Verificando a Sua Configuração de Rede Após uma Falha na Implementação OVA Confirme as entradas de rede para a máquina virtual. Importante Não utilize Editar Configurações... em nenhuma das máquinas virtuais no seu sistema, a não ser após uma implantação interrompida. Uma vez que o sistema estiver instalado e funcionando, você deve utilizar o site da Administração WebEx para fazer quaisquer outras edições nas configurações da máquina virtual. Se você utilizar o seu cliente vsphere, essas alterações não serão aceitas pelo sistema. Para as etapas detalhadas, consulte a sua documentação Vmware vsphere. Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 No cliente vsphere, selecione Ligue > Desligue Convidado na máquina virtual. Encontre a máquina virtual no Inventário e clique com o botão direito do mouse em Editar configurações... Selecione a guia Opções. Selecione Propriedades e confirme se todas as informações de rede foram inseridas corretamente. Se nenhuma alteração for necessária, reimplante o OVA com as configurações corretas. Uma possível causa de problema de rede é que o roteamento VLAN não está configurado corretamente para o organizador ESXi. Devido a máquina virtual estar nesse VLAN, a máquina virtual não terá conectividade de rede. A partir da rede onde o organizador ESXi reside, você deve ser capaz de executar o ping no endereço de IP de entrada padrão da VLAN que você utiliza nas máquinas virtuais no seu sistema. Selecionando o Seu Idioma para Instalação Determine seu idioma preferido para a configuração do sistema. Não feche esta janela do navegador, até que a implementação do sistema seja concluída. Se você fechar o navegador antes, você pode ter que reiniciar a implementação. Antes de iniciar Certifique-se que você implantou a máquina virtual de Administração do VMware vcenter. ConsulteImplementando o Arquivo OVA do Cliente Vmware vsphere, na página 26 64

65 Confirmando o Tamanho do Seu Sistema Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Selecione o idioma do menu suspenso. Selecione Próximo. Confirmando o Tamanho do Seu Sistema Você selecionou o tamanho do seu sistema quando você implementou a máquina virtual de Administração, usando o arquivo OVA. Confirme se o tamanho do sistema que você selecionou durante a implementação do OVA está correto. Se o tamanho do sistema que você selecionou estiver correto, então selecione Seguinte. Se o tamanho do sistema que você selecionou estiver incorreto, então selecione Eu quero alterar o Tamanho do Sistema. a) Usando o cliente Vmware vsphere, selecione Ligar > Desligar Convidado nas máquinas virtuais de Administração com tamanho do sistema incorreto. b) Clique com o botão direito do mouse e selecione Excluir a partir da Unidade. c) Reimplante o arquivo OVA e selecione a máquina virtual de Administração para o tamanho do sistema correto. Escolhendo Qual Sistema Instalar Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Determina o tipo de instalação. Se você estiver estalando este sistema pela primeira vez, então escolha Instalar um sistema primário. Se você já instalou um sistema primário e deseja um sistema de Alta Disponibilidade redundante, então escolha Criar um sistema redundante de Alta Disponibilidade (HA). Você não deve instalar um sistema HA antes de instalar o sistema primário, já que você não pode usar o sistema HA, a menos que o sistema primário tenha sido instalado. Selecione Próximo. 65

66 Escolhendo o Tipo de Implementação do Sistema Escolhendo o Tipo de Implementação do Sistema Determina como você deseja implantar qualquer outra máquina virtual que são necessárias para o seu sistema. Se você selecionou um sistema de 2000 usuários, então você deve selecionar uma implantação manual. Procedimento Etapa 1 Selecione se você mesmo deseja implantar as máquinas virtuais, ou se você deseja que nós as implantamos para você. Automático: Este é o método mais rápido de instalação. Implantamos todas as máquinas virtuais necessárias para o seu sistema. A Cisco recomenda que você selecione Automático, a menos que você esteja implantando um sistema de usuário 2000, que exige a implantação manual. Ao utilizar a Administração Cisco WebEx, você ainda pode fazer alterações em seu sistema após a implantação. Manual: Você deve implantar manualmente cada máquina virtual usando o Vmware vcenter. Após responder um pouco mais de perguntas sobre o seu sistema, forneceremos uma lista de máquinas virtuais necessárias para o seu sistema. Sua decisão sobre a implementação manual ou automática depende do seguinte: Se você tem restrições de tempo, uma implementação automática é mais rápida do que uma implementação manual. Se você preferir a orientação passo-a-passo, então selecione uma implementação automática. Se você está familiarizado com o VMware vcenter e não quer fornecer as suas credenciais de vcenter, então selecione a implantação manual. Etapa 2 Selecione Próximo. Adicionando o Acesso Público Se você adicionar o acesso público, os usuários podem organizar ou participar de reuniões a partir da internet ou dispositivos móveis. Para obter informações adicionais sobre como fazer essa configuração para a sua empresa, consulte o Guia de Planejamento do Cisco WebEx Meetings Server. Você sempre pode alterar esta opção mais tarde, através do site de administração Weber. Procedimento Etapa 1 Escolha se os usuários externos podem ou não organizar ou participar de reuniões. 66

67 Inserindo o Endereço VIP Público Se você quer adicionar acesso público, confirme se a caixa de verificação Criar uma máquina virtual de Proxy Reverso da Internet tem uma verificação. Se você deseja apenas que os usuários internos (atrás do firewall da sua empresa) para organizar ou participar de reuniões, então desmarque a caixa de verificação Criar uma máquina virtual de Proxy Reverso da Internet. Etapa 2 Selecione Próximo. Próximos passos Com acesso público: Escolhendo as Configurações vcenter para o seu Proxy Reverso da Internet, na página 42 Sem acesso público: Inserindo o Endereço VIP Privado, na página 44 Inserindo o Endereço VIP Público Este endereço VIP público deve ser visível a partir da Internet e da rede interna (DNS de horizonte dividido apenas). Este endereço de VIP público deve estar na mesma sub-rede que o Proxy Reverso da Internet. Se você não tiver um DNS split-horizon, então todos os usuários usam o endereço VIP Público para organizar e participar de reuniões. Se você tiver um DNS split-horizon e adicionou o acesso público, então os usuários externos usam o endereço VIP Público para organizar e participar de reuniões. Para mais informações sobre o DNS split-horizon e sem slipt-horizon, e o acesso público, consulte o Guia de Planejamento do Cisco WebEx Meetings Server. Se você estiver criando um sistema de Alta Disponibilidade (HA), você não precisa reinserir esta informação, como usaremos as informações que você inseriu no sistema primário. Insira o endereço IPv4 VIP público e selecione Próximo. Inserindo o Endereço VIP Privado Os administradores configuram, monitoram e mantém o sistema através da URL do site de Administração que mapeia o endereço VIP privado. Se você tem um DNS split-horizon, então os usuários internos também usam o endereço VIP privado para organizar e participar de reuniões. 67

68 As URLs do Site WebEx e da Administração WebEx Se você estiver adicionando um sistema de Alta Disponibilidade (HA), você não precisa reinserir esta informação, como usaremos as informações que você inseriu no sistema primário. Antes de iniciar O endereço de IP virtual privado (VIP) deve estar na mesma sub-rede que as suas máquinas virtuais internas (Administração e Mídia, se aplicável). Insira o endereço VIP privado IPv4 e selecione Próximo. As URLs do Site WebEx e da Administração WebEx URL do site WebEx Usuários finais acessam a URL do site WebEx para organizar ou participar de reuniões. Esta URL resolve para o endereço VIP privado ou endereço VIP público, dependendo se você está ou usando um DNS split-horizon. Resolve para o endereço VIP público para todos os usuários, quando você não tem DNS "split-horizon". Resolve para o endereço VIP público para os usuários externos, quando você tem DNS split-horizon. Resolve para o endereço VIP privado para os usuários internos, quando você tem DNS split-horizon. URL da Administração WebEx Os administradores acessam a URL da Administração WebEx para configurar, gerenciar e monitorar o sistema. Esta URL resolve para o endereço VIP privado. Nomes para as URLs do Site WebEx e da Administração WebEx. Você pode escolher quase todos os nomes para estas URLs. No entanto, você não pode usar os seguintes como o hostname nas URLs do site: O mesmo nome dos hostnames para qualquer uma das máquinas virtuais que compreende o sistema de autenticação cliente logomarcaempresa expedidor documentos elm-admin elm-cliente-serviços s manutenção manager 68

69 Inserindo as URLs do Site WebEx e de Administração orion oriondata oriontemp NBR npp probe lembrete raiz solr TomcatROOT atualização de servidor url0107ld Versão WBXService webex Inserindo as URLs do Site WebEx e de Administração Você não pode reutilizar os hostnames de máquinas virtuais em seu sistema na parte de hostname das URLs de Administração ou do site WebEx. A URL do Site WebEx deve ser diferente da URL da WebEx Administration. Se você estiver adicionando um sistema de Alta Disponibilidade (HA), você não precisa reinserir esta informação, como usaremos as informações que você inseriu no sistema primário. Insira as seguintes URLs (https) seguras e selecione Próximo. A URL do site WebEx para os usuários organizarem e participarem de reuniões. A URL de Administração WebEx para os administradores do sistema gerenciarem o seu sistema Confirme que sua rede está configurada corretamente Esta tela fornece links para ajuda on-line para as alterações de rede necessárias para o seu sistema. A ajuda on-line fornece detalhes sobre as alterações do servidor DNS bem como as configurações do firewall. 69

70 Implementação das Suas Máquinas Virtuais Você deve fazer as alterações necessárias do servidor DNS e do firewall, já que testaremos a conectividade da rede na próxima etapa. Se você ainda não tiver feito isso, conclua a configuração de rede e selecione Próximo. Uma vez que você selecionar Próximo: Implementação automática: Iniciaremos a implementação as máquinas virtuais necessárias para o seu sistema. Implementação manual: Na próxima tela, você vai inserir os hostnames nas suas máquinas virtuais e implantá-los, se já não tiver implantado. Se você já os implantou, então ligue-os e verifique que todas as máquinas virtuais iniciem com sucesso. Implementação das Suas Máquinas Virtuais Após fornecer informações sobre as máquinas virtuais no sistema, nós tentaremos conectar para cada uma das máquinas virtuais implementadas para o seu sistema. Não saia desta página até que o sistema tenha sido conectado a todas as máquinas virtuais ou se a conexão falhar com mensagens de erro indicando o problema. Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Insira os nomes de domínio totalmente qualificados (FQDN) para todas as máquinas virtuais adicionais, necessárias para o seu sistema. (Você inseriu o FQDN da máquina virtual de Administração antes, quando você o implantou do arquivo OVA.) Se você já não tiver feito isso, utilizando o VMware vcenter, implante todas as máquinas virtuais adicionais necessárias para o seu sistema. Ligue todas estas máquinas virtuais e verifique s elas ligaram com sucesso. Em seguida, selecione Detectar máquinas virtuais. Tentamos conectar estas máquinas virtuais. Isso poderá levar alguns minutos. Espere até que o status Conectado seja exibido para todas as máquinas virtuais, então complete uma das seguintes Se não houver erros, então o estado mostra todas as verificações verdes. Se você estiver satisfeito, selecione Seguinte. Caso contrário, você ainda pode mudar os FQDNs das máquinas virtuais, então selecionar Detectar máquinas virtuais novamente. Se você ver os erros, corrija os erros e selecione Próximo. Você pode querer selecionar Baixar arquivo de registro para obter o arquivo de registro para esta implementação. Isto permite que você tenha uma gravação da implementação, que você pode usar para resolver problemas de uma falha de implementação. 70

71 Verificando o Seu Sistema Se houver outros problemas com uma ou mais máquinas virtuais, então desligue estas máquinas virtuais com erros do Vmware vcenter e as exclua manualmente. Após corrigir os problemas, reimplante as máquinas virtuais do arquivo OVA, depois selecione Detectar máquinas virtuais. Antes de refazer a implantação, certifique-se de desligar e excluir todas as máquinas virtuais com problemas. Caso contrário, você pode ver as mensagens de erro sobre as máquinas virtuais existentes. Verificando o Seu Sistema Baseado nas informações que você inseriu antes, estamos verificando a configuração do seu sistema. Estamos confirmando se as máquinas virtuais exigiram uma configuração mínima, e estamos validando as URLs do site WebEx e de Administração WebEX. A verificação do sistema leva alguns minutos para concluir. Não saia desta página até que todas as verificações tenham sido concluídas com sucesso, ou se a verificação do sistema falhou, com mensagens de erro indicando o problema. Se você recarregou a página antes que as verificações tenham sido concluídas, você será retornado a primeira página desta implementação de sistema. No entanto, se as verificações foram concluídas, você é levado para a primeira página da configuração básico (onde você defini o servidor de e um administrador). Complete um dos seguintes: Se não houver erros, então quando o status mostrar todas as verificações verdes, selecione Seguinte. Continue com Configurando o Servidor de Para Seu Sistema, na página 73. Se há um problema com a conectividade de rede, então verifique se o Site Webex, as URLs de Administração e endereços de IP foram inseridas corretamente. Verifique se estes sites estão na sub-rede correta, e foram inseridas em seus servidores DNS corretamente. Se há problemas com o seu sistema de reunião, a capacidade mínima do sistema, então você duas escolhas. Recomendamos que você desligue todas as máquinas virtuais do VMware vcenter e as exclua manualmente. Em seguida, tente novamente a implementação do sistema em um sistema com recursos que atendem ou excedem os requisitos mínimos. Você pode escolher para prosseguir com a sua instalação atual. Se você fizer isso, você deve reconhecer que renuncia o direito de solicitar suporte técnico do Cisco. Confirme, verificando a mensagem de erro na caixa de verificação, e selecione Próximo. Se houver outros problemas com uma ou mais máquinas virtuais, então desligue estas máquinas virtuais com erros do Vmware vcenter e as exclua manualmente. Em seguida, tente novamente a implantação do sistema após corrigir os problemas. 71

72 Verificando o Seu Sistema Antes de refazer a implantação, certifique-se de desligar e excluir todas as máquinas virtuais com problemas. Caso contrário, você pode ver as mensagens de erro sobre as máquinas virtuais existentes quando você refazer a implementação do sistema. Em raros casos, você pode ver Não foi testado. Isso não significa que existe algum problema com as suas máquinas virtuais. Elas simplesmente dizem que nós não completamos as verificações do sistema; por exemplo, devido a uma perda temporária de conectividade da rede. Depois de concluir a implantação, você pode iniciar sessão no site da Administração e verificar esses recursos. Selecione Continuar para ir para a primeira página da configuração básica (onde você configura o servidor de correio e um administrador). Se outro administrador fizer a configuração básica, então anote e envie a URL para o administrador do software. 72

73 CAPÍTULO 6 Configurando o Seu Servidor de , Fuso Horário e Local Configurando o Servidor de Para Seu Sistema, página 73 Configurando o Fuso Horário e o Local para o Sistema., página 74 Confirmando o Servidor de , Fuso Horário e Configurações Locais., página 74 Configurando Primeiro a Conta de Administrador para o Seu Sistema, página 74 Testando o Sistema, página 75 Configurando o Servidor de Para Seu Sistema Configurando este servidor de , o sistema pode usar seu servidor de corporativo para enviar s para administradores (alertas, alarmes, relatórios e assim por diante) e usuários (convites de reunião, redefinições de senha, e assim por diante). Antes de iniciar Você deve ter concluído com sucesso a implementação das máquinas virtuais necessárias para o seu sistema. Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Insira o nome de domínio totalmente qualificado (FQDN) de um servidor de que o sistema usará para enviar s. Se você quiser TLS habilitado, então verifique esta caixa de verificação. Você deve editar o campo Porta se você não quiser usar o valor padrão. Por padrão, o número de porta SMTP é 25, ou 465 (número de porta SMTP seguro). Se houver um firewall entre as máquinas virtuais internas e o servidor de correio, então estas portas podem ser bloqueadas. Para garantir que o tráfego de correio possa passar, certifique que estas portas estejam abertas entre o servidor de e o seu sistema. Se você quiser habilitar a autenticação do servidor de correio, verifique a caixa de verificação Servidor de autenticação habilitado. 73

74 Configurando o Fuso Horário e o Local para o Sistema. Se você habilitar a autenticação de servidor, então os campos Username e Senha são exibidos. Etapa 5 Etapa 6 Se exibido, insira as credenciais Nome de usuário e Senha para que o sistema acesse o seu servidor de corporativo. Os s do sistema são enviados pelo Verifique se o servidor do pode reconhecer este usuário. Selecione Próximo. Configurando o Fuso Horário e o Local para o Sistema. Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Selecione o fuso horário local para o seu sistema a partir da lista suspensa. Selecione o local do país para o seu sistema a partir da lista suspensa. Selecione Próximo. Confirmando o Servidor de , Fuso Horário e Configurações Locais. Você inseriu estas configurações nas telas anteriores. Rever a informação que você inseriu anteriormente. Se houver quaisquer problemas, selecione Voltar. Caso contrário, selecione Próximo. Configurando Primeiro a Conta de Administrador para o Seu Sistema O sistema cria uma conta de administrador única como parte do processo de implantação. Este administrador receberá um de ativação do sistema, solicitando um registro e criação de uma senha. Cuidado Este administrador deve entrar no sistema, criar uma senha e adicionar administradores e usuários adicionais. Caso contrário, nenhum outro usuário terá acesso ao sistema. Antes de iniciar Você deve ter configurado corretamente um servidor de para o sistema para enviar s para administradores e usuários. 74

75 Testando o Sistema Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Etapa 5 Insira o primeiro e último nome do administrador. Insira o endereço de completo do administrador Selecione Enviar. Dependendo da velocidade da sua rede e servidor de , o administrador receberá um de boas-vindas em 15 minutos, solicitando que o administrador confirme a conta, entrando no sistema e criando uma senha. Após iniciar sessão, o administrador pode visualizar um tutorial que explica como usar o sistema. Recomendamos que você mantenha esta página aberta até que o administrador receba o de ativação. Certifique-se de também marcar esta página de Confirmação de . Você pode usar o marcador para retornar para esta página para reenviar o , se necessário. Caso contrário, você não será capaz de reenviar o de ativação. Se o administrador não receber esse , pode ser um problema com o seu servidor de corporativo ou o de ativação pode ter ido para o lixo ou pasta de spam. Importante Sem um de ativação, ninguém será capaz de entrar no sistema, forçando uma repetição da implantação do sistema. O administrador deve entrar no sistema e incluir usuários adicionais. Após a criação do novo usuário, o sistema envia um para cada usuário, dando boas-vindas e solicitando que o usuário entre e crie uma senha. Após a entrada inicial, cada administrador terá uma oportunidade para visualizar um tutorial do sistema. Os administradores podem visualizar o tutorial imediatamente ou decidir para visualizá-lo mais tarde. Testando o Sistema Estes são alguns dos testes para executar no sistema. Você pode realizar estes testes e validar o sistema utilizando duas ferramentas de diagnóstico fornecidas nas páginas de suporte para este produto: os testes de reuniões e o sistema de testes de recursos. Adicionar, editar, ativar, desativar usuários. Agende e realize uma reunião. Reagende uma reunião existente. Exclua uma sequencia de reuniões ou uma reunião futura. Abra um anexo da reunião. Reproduza uma gravação de reunião. 75

76 Testando o Sistema 76

77 CAPÍTULO 7 Alterando o Sistema Após a Instalação Este capítulo lista os diferentes procedimentos de alteração de sistema que você pode fazer seguindo a implementação inicial do seu sistema. Adicionando HA, Atualização ou Expandindo o Sistema, página 77 Preparando para um Procedimento de Alteração do Sistema., página 78 Adicionando HA, Atualização ou Expandindo o Sistema Os seguintes procedimentos são considerados "alteração de sistema", e requerem uma preparação prévia do administrador: Adicionando ou removendo um sistema de alta disponibilidade (HA) Atualizando o sistema para uma versão superior, usando um arquivo de atualização ISSO Atualizando o sistema, reimplantando o sistema de um arquivo OVA para a versão atualizada Expandindo o tamanho do sistema da tamanho atual para um tamanho maior Você colocará o sistema no modo de manutenção ao realizar estes procedimentos. Devido a isso, você pode querer agendar alguns destes procedimentos juntos; por exemplo, expandindo o sistema e atualizando o sistema durante a mesma janela de manutenção. Tenha em mente as seguintes restrições: Se você já adicionou o HA em seu sistema, e gostaria de expandir ou atualizar o sistema, então você precisará reimplantar o sistema HA novamente, seguindo a atualização. As atualizações ou expansões do sistema requerem a implementação de um novo sistema, com a transferência dos dados do sistema para o sistema expandido ou atualizado. Ao implantar um novo sistema, você é solicitado a escolher entre implantar um sistema primário ou o sistema HA, você não pode implantar ambos de uma vez. Portanto, você deve primeiro implantar o sistema primário com o arquivo OVA, então implantar o sistema HA com o mesmo arquivo OVA usado para o sistema primário. Se você está planejando adicionar um sistema HA, bem como atualizá-lo (com um arquivo de atualização ISSO), então recomendamos que você primeiro adicione o sistema HA e atualize o sistema combinado (primário e HA). 77

78 Preparando para um Procedimento de Alteração do Sistema. O procedimento de atualização atualiza todo o sistema, com ou sem um sistema HA. Se você atualizar o sistema primeiro, então adicione o HA, você primeiro precisa implantar o sistema HA, então atualizar o sistema HA (assim os sistemas primário e HA ficam na mesma versão). Se você adicionar o HA primeiro, então o procedimento de atualização atualiza o sistema HA e primário combinados ao mesmo tempo. O procedimento de atualização atualiza todo o sistema, com ou sem o proxy reverso da internet. Preparando para um Procedimento de Alteração do Sistema. Esta seção descreve como se preparar para um procedimento principal de alteração de sistema: expandir o seu sistema, incluindo um sistema de alta disponibilidade, permitindo o acesso público, atualizar ou aprimorar o seu sistema, e assim por diante. Cuidado Como este procedimento exige acesso exclusivo ao sistema, os usuários não podem acessar o sistema para reuniões. Certifique-se de agendar este procedimento durante um horário que será menos prejudicial aos seus usuários. Outros administradores do sistema não devem acessar o sistema durante este procedimento. Se o fizerem, suas alterações não serão salvas e o resultado pode ser imprevisível. Eles devem aguardar este procedimento ser concluído, então iniciar sessão na Administração Cisco WebEx para fazer sua tarefa. Certifique-se de coordenar com outros administradores de sistemas antes de iniciar um procedimento de alteração de sistema. Atenção Se você não precisa criar um backup de suas máquinas virtuais, então você não precisa concluir este procedimento. Entretanto, como uma boa prática, a Cisco recomenda a criação de um backup. Os backups permitem reverter o sistema, se o procedimento não for bem-sucedido. Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Conecte-se ao site de Administração do Cisco WebEx. Selecione Ativar o Modo de Manutenção. No cliente Vmware vsphere, desligue cada uma das máquinas virtuais em seu sistema. Selecione Conectar > Desconectar convidados. Para detalhes completos sobre o uso do vsphere, consulte a documentação do Servidor vcenter e Vmware ESXi. Uma vez que todas as máquinas virtuais estão desligadas, use o VMware Data Recovery para criar um backup de cada uma das suas máquinas virtuais. Um backup lhe ajudará reverter as suas máquinas virtuais para seu estado antes da atualização. Para obter mais informações, consulte Criando um Backup Usando o Vmware vcenter, na página 14. Para detalhes completos deste backup, consulte o Guia de Administração Vmware Data Recovery. 78

79 Preparando para um Procedimento de Alteração do Sistema. Etapa 5 Etapa 6 Etapa 7 Você também pode tirar fotos instantâneas, mas você deve apagá-las em aproximadamente 24 horas ou você pode ter problemas de desempenho de dados, comuns para as fotos instantâneas de máquinas virtuais. Para obter mais informações, consulte.tirar uma foto instantânea utilizando o VMware vcenter, na página 15 No cliente Vmware vsphere, ligue cada uma das máquinas virtuais em seu sistema. Entre no site de Administração Cisco WebEx, mas não desative o modo de manutenção. Continue com o procedimento de alteração de sistema. 79

80 Preparando para um Procedimento de Alteração do Sistema. 80

81 CAPÍTULO 8 Adicionando um Sistema de Alta Disponibilidade Adicionando um Sistema HA Usando a Implementação Automática, página 81 Adicionando um Sistema HA Usando a Implementação Manual, página 83 Confirmando se o Seu Sistema Primário e Seu Sistema de Alta Disponibilidade Estão na Mesma Versão, página 85 Adicionando um Sistema de Alta Disponibilidade, página 87 Testando o Sistema, página 88 Adicionando um Sistema HA Usando a Implementação Automática Antes de Começar Você deve ter implantado um sistema primário com sucesso. O sistema primário está em modo de manutenção. Criar um backup de ambos os sistemas primário e HA. Consulte.Criando um Backup Usando o Vmware vcenter, na página 14 Considerações Antes de Adicionar um Sistema de Alta Disponibilidade Um sistema de alta disponibilidade é um sistema redundante que é adicionado, e se torna parte do seu sistema. Ele fornece alta disponibilidade, no caso de uma falha da máquina virtual. O sistema de Alta Disponibilidade (HA) tem as seguintes restrições O sistema HA deve estar na mesma versão original que o sistema primário. Se você atualizou o sistema primário, então certifique-se de fazer o mesmo com o sistema HA. Se você tem direito (com o contrato de serviço adequado), então a Cisco recomenda que você implemente o sistema HA usando o arquivo OVA que é a mesma versão de base (antes de qualquer patches) como o sistema principal. O tamanho do sistema HA deve ser o mesmo que o sistema primário. 81

82 Adicionando um Sistema HA Usando a Implementação Automática Se você adicionou o acesso público no sistema primário, então você deve adicioná-lo ao sistema HA também. As máquinas virtuais internas do sistema HA devem estar na mesma sub-rede que as máquinas virtuais internas do sistema primário. Se você adicionou o acesso público, então as máquinas virtuais de Proxy Reverso da Internet devem estar na mesma sub-rede que a máquina virtual de Proxy Reverso da Internet do sistema primário. Como este processo afeta as máquinas virtuais em seu sistema, seu certificado de segurança atual pode se tornar inválido e exigir uma atualização. Se você já teve um sistema HA, removeu-o e está reimplantando um novo sistema HA, então você não será capaz de reutilizar as máquinas virtuais no sistema HA anterior. Você deve reimplantar um novo sistema HA, com novas máquinas virtuais. Resumo de tarefas para adicionar um sistema de alta disponibilidade usando Implantação automática Siga estas tarefas em ordem. Tarefa Descrição Usando o cliente Vmware vsphere, implante a máquina virtual de Administração no sistema HA. Ligue a máquina virtual de Administração do sistema HA, e anote a URL de implementação. Insira a URL em um navegador da internet e continue a implementação do seu sistema HA. Selecione o seu idioma preferido para a implementação do sistema HA. Confirme o tamanho do sistema para o sistema HA. (este tamanho de sistema deve corresponder com o sistema primário.) Selecione Criar um sistema de Alta Disponibilidade (HA) redundante. Selecione uma implementação manual. (Para simplificar, o Cisco recomenda fazer a mesma seleção que o seu sistema primário.) Insira as suas credenciais vcenter para que possamos implantar as máquinas virtuais do sistema HA para você. Conforme o caso, selecione o organizador ESXi, armazenamento de dados e grupo de porta da máquina virtual para sua máquina virtual de mídia do sistema HA. Escolha o mesmo grupo de porta da máquina virtual como usada no sistema primário. Para obter detalhes, consulte Implementando o Arquivo OVA do Cliente Vmware vsphere, na página 26 Selecionando o Seu Idioma para Instalação, na página 38 Confirmando o Tamanho do Seu Sistema, na página 39 Escolhendo Qual Sistema Instalar, na página 39 Escolhendo o Tipo de Implementação do Sistema, na página 40 Fornecendo Credenciais Vmware vcenter, na página 40 Escolha as Configurações do vcenter para a sua Máquina Virtual de Mídia, na página 41 82

83 Adicionando um Sistema HA Usando a Implementação Manual Tarefa Descrição Conforme o caso, insira o nome de domínio totalmente qualificado da máquina virtual de mídia do sistema HA. (Se você já atualizou o seu servidor DNS com entradas para o sistema HA, então pesquisaremos o endereço de IP para você.) Se você adicionou o acesso público para o seu sistema primário, então certifique se há uma verificação na caixa de seleção Criar uma máquina virtual de Proxy Reverso da Internet. Caso contrário, desmarque esta caixa de verificação. Se você não habilitou o acesso público, então pule para a Tarefa 14. Se você adicionou o acesso público, selecione o organizador ESXi, o armazenamento de dados e o grupo de porta da máquina virtual para a máquina virtual de Proxy Reverso da Internet do sistema HA. Escolha o mesmo grupo de porta da máquina virtual como usada no sistema primário. Insira o hostname e informações da rede para o Proxy Reverso da Internet. Verifique se você fez todas as alterações de configuração do firewall, rede e servidor DNS, necessárias para o seu sistema. Uma vez que suas máquinas virtuais do sistema HA foram implantadas com sucesso, então selecione Próximo para continuar a verificação do sistema HA. Uma vez que a verificação do sistema HA for concluída com sucesso, então selecione Próximo. Confirme se o sistema primário e o sistema HA estão na mesma versão. Se não, então atualizar o sistema HA. Adicione este sistema de alta disponibilidade ao sistema primário na Administração Cisco WebEx. Para obter detalhes, consulte Inserindo informações de Rede para a Máquina Virtual de Mídia, na página 41 Adicionando o Acesso Público, na página 42 Escolhendo as Configurações vcenter para o seu Proxy Reverso da Internet, na página 42 Insira as informações de rede para a máquina virtual de Proxy Reverso da Internet, na página 43 Confirme que sua rede está configurada corretamente, na página 46 Implementação das Suas Máquinas Virtuais, na página 46 Verificando o Seu Sistema, na página 47 Confirmando se o Seu Sistema Primário e Seu Sistema de Alta Disponibilidade Estão na Mesma Versão, na página 85 Adicionando um Sistema de Alta Disponibilidade, na página 87 Adicionando um Sistema HA Usando a Implementação Manual Antes de Começar Você deve ter implantado um sistema primário com sucesso. 83

84 Adicionando um Sistema HA Usando a Implementação Manual O sistema primário está em modo de manutenção. Criar um backup de ambos os sistemas primário e HA. Consulte.Criando um Backup Usando o Vmware vcenter, na página 14 Considerações Antes de Adicionar um Sistema de Alta Disponibilidade Um sistema de alta disponibilidade é um sistema redundante que é adicionado, e se torna parte do seu sistema. Ele fornece alta disponibilidade, no caso de uma falha da máquina virtual. O sistema de Alta Disponibilidade (HA) tem as seguintes restrições O sistema HA deve estar na mesma versão original que o sistema primário. Se você atualizou o sistema primário, então certifique-se de fazer o mesmo com o sistema HA. Se você tem direito (com o contrato de serviço adequado), então a Cisco recomenda que você implemente o sistema HA usando o arquivo OVA que é a mesma versão de base (antes de qualquer patches) como o sistema principal. O tamanho do sistema HA deve ser o mesmo que o sistema primário. Se você adicionou o acesso público no sistema primário, então você deve adicioná-lo ao sistema HA também. As máquinas virtuais internas do sistema HA devem estar na mesma sub-rede que as máquinas virtuais internas do sistema primário. Se você adicionou o acesso público, então as máquinas virtuais de Proxy Reverso da Internet devem estar na mesma sub-rede que a máquina virtual de Proxy Reverso da Internet do sistema primário. Como este processo afeta as máquinas virtuais em seu sistema, seu certificado de segurança atual pode se tornar inválido e exigir uma atualização. Se você já teve um sistema HA, removeu-o e está reimplantando um novo sistema HA, então você não será capaz de reutilizar as máquinas virtuais no sistema HA anterior. Você deve reimplantar um novo sistema HA, com novas máquinas virtuais. Resumo de tarefas para adicionar um sistema de alta disponibilidade usando Implantação automática Siga estas tarefas em ordem. Tarefa Descrição Usando o cliente Vmware vsphere, implante a máquina virtual de Administração no sistema HA. Ligue a máquina virtual de Administração do sistema HA, e anote a URL de implementação. Insira a URL em um navegador da internet e continue a implementação do seu sistema HA. Selecione o seu idioma preferido para a implementação do sistema HA. Para obter detalhes, consulte Implementando o Arquivo OVA do Cliente Vmware vsphere, na página 26 Selecionando o Seu Idioma para Instalação, na página 38 84

85 Confirmando se o Seu Sistema Primário e Seu Sistema de Alta Disponibilidade Estão na Mesma Versão Tarefa Descrição Confirme o tamanho do sistema para o sistema HA. (este tamanho de sistema deve corresponder com o sistema primário.) Selecione Criar um sistema de Alta Disponibilidade (HA) redundante. Selecione uma implementação manual. (Para simplificar, o Cisco recomenda fazer a mesma seleção que o seu sistema primário.) Se você adicionou o acesso público para o seu sistema primário, então certifique se há uma verificação na caixa de seleção Criar uma máquina virtual de Proxy Reverso da Internet. Caso contrário, desmarque esta caixa de verificação. Verifique se você fez todas as alterações de configuração do firewall, rede e servidor DNS, necessárias para o seu sistema. Uma vez que suas máquinas virtuais do sistema HA foram implantadas com sucesso, então selecione Próximo para continuar a verificação do sistema HA. Uma vez que a verificação do sistema HA for concluída com sucesso, então selecione Próximo. Confirme se o sistema primário e o sistema HA estão na mesma versão. Se não, então atualizar o sistema HA. Adicione este sistema de alta disponibilidade ao sistema primário na Administração Cisco WebEx. Para obter detalhes, consulte Confirmando o Tamanho do Seu Sistema, na página 39 Escolhendo Qual Sistema Instalar, na página 39 Escolhendo o Tipo de Implementação do Sistema, na página 40 Adicionando o Acesso Público, na página 42 Confirme que sua rede está configurada corretamente, na página 46 Implementação das Suas Máquinas Virtuais, na página 70 Verificando o Seu Sistema, na página 47 Confirmando se o Seu Sistema Primário e Seu Sistema de Alta Disponibilidade Estão na Mesma Versão, na página 85 Adicionando um Sistema de Alta Disponibilidade, na página 87 Confirmando se o Seu Sistema Primário e Seu Sistema de Alta Disponibilidade Estão na Mesma Versão O sistema de Alta Disponibilidade deve estar exatamente na mesma versão que o seu sistema primário. A versão do sistema de HA é listado nesta página do navegador. Para verificar a versão do sistema primário, complete o seguinte no sistema primário: 85

86 Confirmando se o Seu Sistema Primário e Seu Sistema de Alta Disponibilidade Estão na Mesma Versão Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Etapa 5 Etapa 6 Etapa 7 Etapa 8 Etapa 9 Em uma janela separada do navegador, inicie sessão no site da Administração WebEx no sistema primário. Na guia Dashboard, verifique o número da versão do sistema primário no painel Sistema no canto superior direito. Se o sistema primário está em uma versão posterior do que o sistema de Alta Disponibilidade, então você precisará reimplantar o sistema de Alta Disponibilidade usando um arquivo OVA mais recente para uma versão posterior do software, ou atualizar o sistema HA. Se você precisar atualizar o sistema HA, primeiro faça o backup das máquinas virtuais. Para obter detalhes completos, consulte.criando um Backup Usando o Vmware vcenter, na página 14 Se uma atualização é necessária, então após a implantação do sistema HA, selecione Atualizar no navegador conectado ao sistema HA. Baixe o arquivo atualizado apropriado do Cisco Software Center: Coloque o arquivo atualizado em uma unidade local ou em um banco de dados disponível para o sistema HA. Selecione Continuar no navegador conectado ao sistema HA. Conecte a unidade CD/DVD no arquivo atualizado ISSO na máquina virtual de Administração do sistema de HA. Consulte.Conectando à Imagem ISSO Atualizada da Unidade de CD/DVD, na página 102 Verifique a caixa de diálogo Eu conectei o arquivo ISSO e estou pronta para prosseguir e selecione Continuar. Cuidado Uma vez que você selecionar Continuar, você não será capaz de parar o procedimento de atualização. Se um problema surge durante o procedimento de atualização, e não for concluído com sucesso, então você deve usar os seus backups para restaurar o sistema. O procedimento de atualização pode levar até uma hora. Não feche a janela do navegador ou você não será capaz de retornar para esta página. Após a atualização concluir, uma nova caixa de diálogo é exibida, confirmando o sucesso da atualização. Selecione Reiniciar. Após o sistema ter reiniciado, a página do sistema de HA criado é exibido, com uma mensagem indicando o sucesso da atualização. Próximos passos Adicione este sistema de alta disponibilidade ao sistema primário na Administração Cisco WebEx no sistema primário. 86

87 Adicionando um Sistema de Alta Disponibilidade Adicionando um Sistema de Alta Disponibilidade A maioria dos recursos no seu sistema de alta disponibilidade são proibidos. Por exemplo, você não tem acesso a atualização, configuração SNMP, acesso de armazenamento e servidores de no seu sistema de alta disponibilidade. Você pode ver as propriedades do sistema, mas a modificação é proibida. Conclua o procedimento a seguir no sistema primário. Antes de iniciar Instale o Cisco WebEx em uma segunda máquina virtual a partir do arquivo OVA para ser usado como seu sistema de alta disponibilidade. Seu sistema de alta disponibilidade deve ser do mesmo tamanho que o seu sistema primário. Seu sistema de alta disponibilidade deve ser configurado com o mesmo OVA e patch que o seu sistema primário. Se as versões do sistema HA e primário não correspondem, você será instruído a atualizar para a versão superior. Copie o nome de domínio totalmente qualificado (FQDN) da máquina virtual de alta disponibilidade. Você deve saber o FQDN para adicionar o seu sistema de alta disponibilidade. Verifique se todas as máquinas virtuais estão funcionando normalmente. Determine o status da máquina virtual, visualizando o Monitor de Sistema como descrito em Usando o Seu Painel, na página 117. Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Conectar ao site de Administração No sistema primário, na seção Sistema, selecione o link Ver mais. Selecione Adicionar Sistema de Alta Disponibilidade. Siga as instruções na página Propriedades do Sistema para adicionar este sistema de HA. Exemplo: Etapa 5 Insira o FQDN da máquina virtual do site da Administração do sistema de alta disponibilidade e selecione Continuar. Iremos validar a disponibilidade tanto do sistema primário como do sistema HA para este procedimento HA adicional. Se ambos os sistemas estão prontos, então você vai ver um botão verde Adicionar. Não selecione-o até você colocar o seu sistema em modo de manutenção. 87

88 Testando o Sistema Se um sistema não está pronto, então você verá uma mensagem de erro. Corrija o erro e tente esse procedimento HA adicional novamente. Etapa 6 Etapa 7 Selecione Ligar modo de manutenção, então selecione Adicionar. Seu sistema de alta disponibilidade é adicionado e automaticamente configurado para servir como um backup no caso de uma falha do sistema primário. Selecione Desligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. O sistema reinicia após desligar o modo de manutenção. Você pode iniciar a sessão novamente no site da Administração após a reinicialização estar completa. Testando o Sistema Estes são alguns dos testes para executar no sistema. Você pode realizar estes testes e validar o sistema utilizando duas ferramentas de diagnóstico fornecidas nas páginas de suporte para este produto: os testes de reuniões e o sistema de testes de recursos. Adicionar, editar, ativar, desativar usuários. Agende e realize uma reunião. Reagende uma reunião existente. Exclua uma sequencia de reuniões ou uma reunião futura. Abra um anexo da reunião. Reproduza uma gravação de reunião. 88

89 CAPÍTULO 9 Expandindo o seu Sistema para Tamanho de Sistema Maior Preparando para a Expansão do Sistema, página 89 Preparando para um Procedimento de Alteração do Sistema., página 90 Expandindo o Sistema Usando Implementação Automática, página 91 Expandindo o Sistema Usando Implementação Manual, página 95 Testando o Sistema, página 99 Preparando para a Expansão do Sistema Esta seção descreve os pré-requisitos e melhores práticas para a expansão do sistema. Determinando o Tamanho Novo do Seu Sistema Considere o seguinte: Budget para hardware O número de reuniões simultâneas e o tamanho médio destas reuniões, para os próximos meses e anos Obtendo as Informações Necessárias para a Expansão do Seu Sistema Obtenha o arquivo OVA usado para instalar a versão do sistema existente. Completa a lista de verificação de expansão. Nome do Campo URL do site WebEx URL do site de administração Endereço VIP privado Endereço VIP público Valor atual para o seu sistema 89

90 Preparando para um Procedimento de Alteração do Sistema. Preparando para um Procedimento de Alteração do Sistema. Esta seção descreve como se preparar para um procedimento principal de alteração de sistema: expandir o seu sistema, incluindo um sistema de alta disponibilidade, permitindo o acesso público, atualizar ou aprimorar o seu sistema, e assim por diante. Cuidado Como este procedimento exige acesso exclusivo ao sistema, os usuários não podem acessar o sistema para reuniões. Certifique-se de agendar este procedimento durante um horário que será menos prejudicial aos seus usuários. Outros administradores do sistema não devem acessar o sistema durante este procedimento. Se o fizerem, suas alterações não serão salvas e o resultado pode ser imprevisível. Eles devem aguardar este procedimento ser concluído, então iniciar sessão na Administração Cisco WebEx para fazer sua tarefa. Certifique-se de coordenar com outros administradores de sistemas antes de iniciar um procedimento de alteração de sistema. Atenção Se você não precisa criar um backup de suas máquinas virtuais, então você não precisa concluir este procedimento. Entretanto, como uma boa prática, a Cisco recomenda a criação de um backup. Os backups permitem reverter o sistema, se o procedimento não for bem-sucedido. Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Conecte-se ao site de Administração do Cisco WebEx. Selecione Ativar o Modo de Manutenção. No cliente Vmware vsphere, desligue cada uma das máquinas virtuais em seu sistema. Selecione Conectar > Desconectar convidados. Para detalhes completos sobre o uso do vsphere, consulte a documentação do Servidor vcenter e Vmware ESXi. Uma vez que todas as máquinas virtuais estão desligadas, use o VMware Data Recovery para criar um backup de cada uma das suas máquinas virtuais. Um backup lhe ajudará reverter as suas máquinas virtuais para seu estado antes da atualização. Para obter mais informações, consulte Criando um Backup Usando o Vmware vcenter, na página 14. Para detalhes completos deste backup, consulte o Guia de Administração Vmware Data Recovery. Você também pode tirar fotos instantâneas, mas você deve apagá-las em aproximadamente 24 horas ou você pode ter problemas de desempenho de dados, comuns para as fotos instantâneas de máquinas virtuais. Para obter mais informações, consulte.tirar uma foto instantânea utilizando o VMware vcenter, na página 15 90

91 Expandindo o Sistema Usando Implementação Automática Etapa 5 Etapa 6 Etapa 7 No cliente Vmware vsphere, ligue cada uma das máquinas virtuais em seu sistema. Entre no site de Administração Cisco WebEx, mas não desative o modo de manutenção. Continue com o procedimento de alteração de sistema. Expandindo o Sistema Usando Implementação Automática Antes de Começar Nesta seção, consultamos o sistema antes da expansão como o "sistema existente". O sistema, seguindo a expansão, é o "sistema expandido." Agende um horário que seja menos prejudicial para os seus usuários para fazer a expansão do sistema. Coloque o sistema primário no modo de manutenção antes de iniciar a expansão do sistema. Cuidado Como este procedimento exige acesso exclusivo ao sistema, os usuários não podem acessar o sistema para reuniões. Certifique-se de agendar este procedimento durante um horário que será menos prejudicial aos seus usuários. Outros administradores do sistema não devem acessar o sistema durante este procedimento. Se o fizerem, suas alterações não serão salvas e o resultado pode ser imprevisível. Eles devem aguardar este procedimento ser concluído, então iniciar sessão na Administração Cisco WebEx para fazer sua tarefa. Certifique-se de coordenar com outros administradores de sistemas antes de iniciar um procedimento de alteração de sistema. Expandindo o Sistema As tarefas gerais para expandir o sistema são: 1 Criar um backup para atualizar o seu sistema existente. 2 Use o mesmo arquivo OVA que você usou para implantar o seu sistema existente e implantar a máquina virtual de Administração para o novo tamanho de sistema. 3 Copie os dados a partir do seu sistema existente para a máquina virtual de Administração para o sistema expandido. 4 Implante quaisquer máquinas virtuais para o novo tamanho de sistema. 5 Teste o sistema expandido. Considerações Antes da Expansão do Sistema Observe o seguinte: 91

92 Expandindo o Sistema Usando Implementação Automática Você pode escolher para reutilizar os mesmos hostnames e endereços de IP para as máquinas virtuais existentes no sistema expandido. No entanto, apenas o sistema existente, ou o sistema expandido, podem ser ligados em qualquer período. Os dois sistemas não podem ser ligados e executados ao mesmo tempo. Se você já tiver adicionado um sistema HA em seu sistema existente, então seguindo as implantações do sistema expandido, você deve adicionar um novo sistema HA. Não é possível reutilizar o sistema HA existente, uma vez que não é retido, após a expansão. Você pode querer manter o sistema existente até você ter finalizado o teste do sistema expandido. Uma vez que o teste é concluído e você estiver satisfeito com o sistema expandido, você pode remover o sistema existente (pré expansão). As máquinas virtuais internas do sistema existente e o sistema expandido deve estar na mesma sub-rede. Se você adicionou o acesso público, então as máquinas virtuais de Proxy Reverso da Internet para o sistema existente e o sistema expandido devem estar na mesma sub-rede. Como este processo afeta as máquinas virtuais em seu sistema, seu certificado de segurança atual pode se tornar inválido e exigir uma atualização. Certifique-se que o sistema expandido pode acessar os discos para a máquina virtual de Administração do sistema existente. Você vai copiar sobre o disco rígido 4 para o sistema expandido. Resumo de tarefas para expandir o sistema usando uma Implantação automática Tarefa Descrição Prepare o sistema existente para a expansão. Prepare para um procedimento de alteração do sistema. Iniciar o processo de expansão do site de Administração do sistema existente. Usando o cliente Vmware vsphere, selecione Ligar > Desligar Convidado nas máquinas virtuais para o sistema existente. Usando o cliente vsphere, implante a máquina virtual de Administração para o novo tamanho do sistema. Anexe o Disco Rígido 4 da máquina virtual de Administração do sistema para a máquina virtual de Administração para o sistema expandido. Ligue a máquina virtual de Administração para o sistema expandido e anote a URL de implementação. Insira a URL de implementação em um navegador da internet e continue a implementação do seu sistema expandido. Para obter detalhes, consulte Preparando para a Expansão do Sistema, na página 89 Preparando para um Procedimento de Alteração do Sistema., na página 78 Expandindo o Tamanho do Sistema, na página 145 Implementando o Arquivo OVA do Cliente Vmware vsphere, na página 26 Anexando um Arquivo VMDK Existente para uma Nova Máquina Virtual, na página 16 92

93 Expandindo o Sistema Usando Implementação Automática Tarefa Descrição Selecione o seu idioma preferido para a implementação do sistema expandido. Confirme o tamanho do sistema. (Este tamanho de sistema deve ser maior ou igual que o sistema existente.) Selecione Instalar o sistema primário. Selecione uma implementação manual. Insira as suas credenciais vcenter para que possamos implantar as máquinas virtuais para você. Selecione o organizador ESXi, armazenamento de dados e grupo de porta da máquina virtual para a sua máquina virtual de mídia. Insira o nome de domínio totalmente qualificado na máquina virtual de mídia (Se você já atualizou o seu servidor DNS com entradas para o sistema expandido, então pesquisaremos o endereço de IP para você.) Se você quiser adicionar o acesso público para o seu sistema expandido, então certifique-se que há uma verificação na caixa de seleção Criar uma máquina de virtual de Proxy Reverso da Internet. Caso contrário, desmarque esta caixa de verificação. Se você não tiver habilitado o acesso público, então pule para a tarefa 19. Se você tiver adicionado o acesso público, selecione o organizador ESXi, armazenamento de dados e grupo de porta da máquina virtual para a máquina virtual de Proxy Reverso da Internet. Insira o hostname e informações da rede para o Proxy Reverso da Internet. Insira o endereço VIP público para a URL do site WebEx. Você pode inserir o mesmo endereço VIP público que você usa para o seu sistema existente ou mudar para um novo endereço de IP. Se você alterá-la, então faça as atualizações necessárias no servidor DNS. Para obter detalhes, consulte Selecionando o Seu Idioma para Instalação, na página 38 Confirmando o Tamanho do Seu Sistema, na página 39 Escolhendo Qual Sistema Instalar, na página 39 Escolhendo o Tipo de Implementação do Sistema, na página 40 Fornecendo Credenciais Vmware vcenter, na página 40 Escolha as Configurações do vcenter para a sua Máquina Virtual de Mídia, na página 41 Inserindo informações de Rede para a Máquina Virtual de Mídia, na página 41 Adicionando o Acesso Público, na página 42 Escolhendo as Configurações vcenter para o seu Proxy Reverso da Internet, na página 42 Insira as informações de rede para a máquina virtual de Proxy Reverso da Internet, na página 43 Inserindo o Endereço VIP Público, na página 43 93

94 Expandindo o Sistema Usando Implementação Automática Tarefa Descrição Insira o endereço VIP privado para a URL de Administração WebEx. Você pode inserir o mesmo endereço VIP privado que você usa para o seu sistema existente ou mudar para um novo endereço de IP. Se você alterá-la, então faça as atualizações necessárias no servidor DNS. Insira a URL do site WebEx. Os participantes acessam esta URL para organizar e participar de reuniões. (Esta URL resolve o endereço VIP privado ou o endereço VIP público, dependendo se você está ou não usando um DNS split-horizon.) Você pode inserir a mesma URL do site WebEx que você usa para o seu sistema existente ou mudar para uma nova. Se você alterá-la, então faça as atualizações necessárias no servidor DNS. Certifique-se de manter a URL original do seu site no servidor DNS. Redirecione a URL do seu site original para a URL do novo site. Se os usuários tentarem usar a URL original e você não tem redirecionado para a nova URL, eles não serão capazes de organizar ou participar de reuniões. Insira a URL de Administração WebEx para que os administradores acessem a Administração Cisco WebEx e para que os participantes internos organizem ou participem de reuniões (apenas com um DNS split-horizon). (Esta URL resolve para o endereço VIP privado.) Você pode inserir a mesma URL da Administração WebEx que você usa para o seu sistema existente ou mudar para uma nova. Se você alterá-la, então faça as atualizações necessárias no servidor DNS. Verifique se você tem feito todas as alterações necessárias de rede, servidor DNS e configuração do firewall em seu sistema. Uma vez que suas máquinas virtuais foram implantadas com sucesso, selecione Próximo para continuar com a verificação do sistema. Junto com a verificação do sistema, atualizamos o sistema expandido com atualizações necessárias para corresponder com a versão do software do sistema existente, antes da expansão. (Estas atualizações podem levar até uma hora.) Ao concluir, o sistema reinicia. Para obter detalhes, consulte Inserindo o Endereço VIP Privado, na página 44 Inserindo as URLs do Site WebEx e de Administração, na página 46 Inserindo as URLs do Site WebEx e de Administração, na página 46 Confirme que sua rede está configurada corretamente, na página 46 Implementação das Suas Máquinas Virtuais, na página 46 Verificando o Seu Sistema, na página 47 94

95 Expandindo o Sistema Usando Implementação Manual Tarefa Descrição Conecte-se a Administração Cisco WebEx. Teste o sistema expandido. Se a expansão for mal sucedida, então, desligue o sistema expandido e ligue o sistema existente. Entre em contato com o TAC da Cisco para obter mais assistência. Para obter detalhes, consulte Testando o Sistema, na página 75 Expandindo o Sistema Usando Implementação Manual Antes de Começar Nesta seção, consultamos o sistema antes da expansão como o "sistema existente". O sistema, seguindo a expansão, é o "sistema expandido." Agende um horário que seja menos prejudicial para os seus usuários para fazer a expansão do sistema. Coloque o sistema primário no modo de manutenção antes de iniciar a expansão do sistema. Cuidado Como este procedimento exige acesso exclusivo ao sistema, os usuários não podem acessar o sistema para reuniões. Certifique-se de agendar este procedimento durante um horário que será menos prejudicial aos seus usuários. Outros administradores do sistema não devem acessar o sistema durante este procedimento. Se o fizerem, suas alterações não serão salvas e o resultado pode ser imprevisível. Eles devem aguardar este procedimento ser concluído, então iniciar sessão na Administração Cisco WebEx para fazer sua tarefa. Certifique-se de coordenar com outros administradores de sistemas antes de iniciar um procedimento de alteração de sistema. Expandindo o Sistema As tarefas gerais para expandir o sistema são: 1 Criar um backup para atualizar o seu sistema existente. 2 Use o mesmo arquivo OVA que você usou para implantar o seu sistema existente e implantar a máquina virtual de Administração para o novo tamanho de sistema. 3 Copie os dados a partir do seu sistema existente para a máquina virtual de Administração para o sistema expandido. 4 Implante quaisquer máquinas virtuais para o novo tamanho de sistema. 5 Teste o sistema expandido. 95

96 Expandindo o Sistema Usando Implementação Manual Considerações Antes da Expansão do Sistema Observe o seguinte: Você pode escolher para reutilizar os mesmos hostnames e endereços de IP para as máquinas virtuais existentes no sistema expandido. No entanto, apenas o sistema existente, ou o sistema expandido, podem ser ligados em qualquer período. Os dois sistemas não podem ser ligados e executados ao mesmo tempo. Se você já tiver adicionado um sistema HA em seu sistema existente, então seguindo as implantações do sistema expandido, você deve adicionar um novo sistema HA. Não é possível reutilizar o sistema HA existente, uma vez que não é retido, após a expansão. Você pode querer manter o sistema existente até você ter finalizado o teste do sistema expandido. Uma vez que o teste é concluído e você estiver satisfeito com o sistema expandido, você pode remover o sistema existente (pré expansão). As máquinas virtuais internas do sistema existente e o sistema expandido deve estar na mesma sub-rede. Se você adicionou o acesso público, então as máquinas virtuais de Proxy Reverso da Internet para o sistema existente e o sistema expandido devem estar na mesma sub-rede. Como este processo afeta as máquinas virtuais em seu sistema, seu certificado de segurança atual pode se tornar inválido e exigir uma atualização. Certifique-se que o sistema expandido pode acessar os discos para a máquina virtual de Administração do sistema existente. Você vai copiar sobre o disco rígido 4 para o sistema expandido. Resumo de tarefas para expandir o sistema usando uma Implantação manual Tarefa Descrição Prepare o sistema existente para a expansão. Prepare para um procedimento de alteração do sistema. Iniciar o processo de expansão do site de Administração do sistema existente. Usando o cliente Vmware vsphere, selecione Ligar > Desligar Convidado nas máquinas virtuais para o sistema existente. Usando o cliente vsphere, implante a máquina virtual de Administração para o novo tamanho do sistema. Anexe o Disco Rígido 4 da máquina virtual de Administração do sistema para a máquina virtual de Administração para o sistema expandido. Ligue a máquina virtual de Administração para o sistema expandido e anote a URL de implementação. Para obter detalhes, consulte Preparando para a Expansão do Sistema, na página 89 Preparando para um Procedimento de Alteração do Sistema., na página 78 Expandindo o Tamanho do Sistema, na página 145 Implementando o Arquivo OVA do Cliente Vmware vsphere, na página 26 Anexando um Arquivo VMDK Existente para uma Nova Máquina Virtual, na página 16 96

97 Expandindo o Sistema Usando Implementação Manual Tarefa Descrição Insira a URL de implementação em um navegador da internet e continue a implementação do seu sistema expandido. Selecione o seu idioma preferido para a implementação do sistema expandido. Confirme o tamanho do sistema. (Este tamanho de sistema deve ser maior ou igual que o sistema existente.) Selecione Instalar o sistema primário. Selecione uma implementação manual. Se você quiser adicionar o acesso público para o seu sistema expandido, então certifique-se que há uma verificação na caixa de seleção Criar uma máquina de virtual de Proxy Reverso da Internet. Caso contrário, desmarque esta caixa de verificação. Insira o endereço VIP público para a URL do site WebEx. Você pode inserir o mesmo endereço VIP público que você usa para o seu sistema existente ou mudar para um novo endereço de IP. Se você alterá-la, então faça as atualizações necessárias no servidor DNS. Insira o endereço VIP privado para a URL de Administração WebEx. Você pode inserir o mesmo endereço VIP privado que você usa para o seu sistema existente ou mudar para um novo endereço de IP. Se você alterá-la, então faça as atualizações necessárias no servidor DNS. Para obter detalhes, consulte Selecionando o Seu Idioma para Instalação, na página 38 Confirmando o Tamanho do Seu Sistema, na página 39 Escolhendo Qual Sistema Instalar, na página 39 Escolhendo o Tipo de Implementação do Sistema, na página 40 Adicionando o Acesso Público, na página 42 Inserindo o Endereço VIP Público, na página 43 Inserindo o Endereço VIP Privado, na página 44 97

98 Expandindo o Sistema Usando Implementação Manual Tarefa Descrição Insira a URL do site WebEx. Os participantes acessam esta URL para organizar e participar de reuniões. (Esta URL resolve o endereço VIP privado ou o endereço VIP público, dependendo se você está ou não usando um DNS split-horizon.) Você pode inserir a mesma URL do site WebEx que você usa para o seu sistema existente ou mudar para uma nova. Se você alterá-la, então faça as atualizações necessárias no servidor DNS. Certifique-se de manter a URL original do seu site no servidor DNS. Redirecione a URL do seu site original para a URL do novo site. Se os usuários tentarem usar a URL original e você não tem redirecionado para a nova URL, eles não serão capazes de organizar ou participar de reuniões. Insira a URL de Administração WebEx para que os administradores acessem a Administração Cisco WebEx e para que os participantes internos organizem ou participem de reuniões (apenas com um DNS split-horizon). (Esta URL resolve para o endereço VIP privado.) Você pode inserir a mesma URL da Administração WebEx que você usa para o seu sistema existente ou mudar para uma nova. Se você alterá-la, então faça as atualizações necessárias no servidor DNS. Verifique se você tem feito todas as alterações necessárias de rede, servidor DNS e configuração do firewall em seu sistema. Uma vez que suas máquinas virtuais foram implantadas com sucesso, selecione Próximo para continuar com a verificação do sistema. Junto com a verificação do sistema, atualizamos o sistema expandido com atualizações necessárias para corresponder com a versão do software do sistema existente, antes da expansão. (Estas atualizações podem levar até uma hora.) Ao concluir, o sistema reinicia. Conecte-se a Administração Cisco WebEx. Para obter detalhes, consulte Inserindo as URLs do Site WebEx e de Administração, na página 46 Inserindo as URLs do Site WebEx e de Administração, na página 46 Confirme que sua rede está configurada corretamente, na página 46 Implementação das Suas Máquinas Virtuais, na página 70 Verificando o Seu Sistema, na página 47 98

99 Testando o Sistema Tarefa 22 Descrição Teste o sistema expandido. Se a expansão for mal sucedida, então, desligue o sistema expandido e ligue o sistema existente. Entre em contato com o TAC da Cisco para obter mais assistência. Para obter detalhes, consulte Testando o Sistema, na página 75 Testando o Sistema Estes são alguns dos testes para executar no sistema. Você pode realizar estes testes e validar o sistema utilizando duas ferramentas de diagnóstico fornecidas nas páginas de suporte para este produto: os testes de reuniões e o sistema de testes de recursos. Adicionar, editar, ativar, desativar usuários. Agende e realize uma reunião. Reagende uma reunião existente. Exclua uma sequencia de reuniões ou uma reunião futura. Abra um anexo da reunião. Reproduza uma gravação de reunião. 99

100 Testando o Sistema 100

101 CAPÍTULO 10 Atualizando o Sistema Atualizando Seu Sistema, página 101 Conectando à Imagem ISSO Atualizada da Unidade de CD/DVD, página 102 Configurando o Procedimento de Atualização, página 103 Concluindo o Procedimento de Atualização, página 104 Atualizando Seu Sistema Cuidado Como o procedimento de atualização exige acesso exclusivo ao sistema, os usuários não podem acessar o sistema para reuniões. Certifique-se de agendar este procedimento durante um horário que será menos prejudicial aos seus usuários. O procedimento de atualização completa, incluindo o backup das suas máquinas virtuais, podem levar até uma hora, dependendo do tamanho do sistema e o tamanho do banco de dados. Outros administradores do sistema não devem acessar o sistema durante este procedimento. Se o fizerem, suas alterações não serão salvas e o resultado pode ser imprevisível. Eles devem aguardar este procedimento ser concluído, então iniciar sessão na Administração Cisco WebEx para fazer sua tarefa. Antes de iniciar Certifique-se de obter o mais recente arquivo atualizado do Cisco Software Center: O arquivo atualizado do seu sistema é uma imagem ISSO zipada. 101

102 Conectando à Imagem ISSO Atualizada da Unidade de CD/DVD Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Etapa 5 Etapa 6 Etapa 7 Etapa 8 Etapa 9 Conecte-se ao site de Administração do Cisco WebEx. Selecione a guia Sistema, então selecione Atualizar na painel superior direito. Selecione Atualizar. Selecione Ativar o Modo de Manutenção. No cliente Vmware vsphere, selecioneligar > Desligar Convidado em cada uma das máquinas virtuais em seu sistema. Para detalhes completos sobre o uso do vsphere, consulte a documentação do Servidor vcenter e Vmware ESXi. Uma vez que as máquinas virtuais estão desligadas, use o VMware Data Recovery para criar um backup de cada uma das suas máquinas virtuais. Um backup lhe ajudará reverter as suas máquinas virtuais para seu estado antes da atualização. Para obter mais informações, consulte Criando um Backup Usando o Vmware vcenter, na página 14. Para detalhes completos deste backup, consulte o Guia de Administração Vmware Data Recovery. Cuidado Você também pode tirar uma foto instantânea, mas você deve apagá-la em aproximadamente 24 horas ou você pode ter problemas de desempenho de dados, comuns para as fotos instantâneas de máquinas virtuais. Para obter mais informações, consulte.tirar uma foto instantânea utilizando o VMware vcenter, na página 15 Certifique-se de criar backups de todas as suas máquinas virtuais. Como o procedimento de atualização faz alterações em suas máquinas virtuais existentes, você não será capaz de desfazer a atualização, uma vez que o procedimento de atualização se iniciar. No cliente Vmware vsphere, ligue cada uma das máquinas virtuais em seu sistema. Entre no site de Administração Cisco WebEx, mas não desative o modo de manutenção. Selecione a guia Sistema, então selecione Atualizar na painel superior direito. Selecione atualizar para retornar para a página Sistema de atualização. Próximos passos Vá até.conectando à Imagem ISSO Atualizada da Unidade de CD/DVD, na página 102 Conectando à Imagem ISSO Atualizada da Unidade de CD/DVD Você irá anexar o arquivo atualizado como uma imagem ISO na unidade de CD/DVD da máquina virtual. Para a atualização mais rápida, a Cisco recomenda que você monte a imagem ISO no armazenamento de dados vcenter. No entanto, se você colocá-la em uma unidade local no cliente vsphere, certifique-se que o cliente vsphere tenha uma conexão hardwire local na intranet da sua empresa (não sobre VPN). Para colocar a imagem ISO no datastore do vcenter, certifique-se que você possui as permissões adequadas, então faça como segue: 1 Selecione o organizador ESXi para a máquina virtual de Administração. Selecione a guia Sumário e clique duas vezes no nome de datastore1 em Armazenamento. 102

103 Configurando o Procedimento de Atualização 2 Na janela Datastore e Datastore clusters selecione Procurar neste datastore. 3 Selecione o ícone de seta verde (Carregar arquivo) e carregue a atualização do arquivo ISO. Antes de iniciar Certifique-se de obter o mais recente arquivo atualizado do Cisco Software Center: O arquivo atualizado do seu sistema é uma imagem ISSO zipada. Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Selecione a máquina virtual de Administração no inventário Vmware vcenter. Selecione o ícone de CD/DVD para a máquina virtual de Administração, depois selecione a unidade de CD/DVD 1 > Conecte à imagem ISO em um disco local ou em um datastore. Confirme se a unidade de CD/DVD está conectada. a) Clique com o botão direito do mouse no nome da máquina virtual de Administração no inventário vcenter e selecione Editar Configurações... b) Na guia Hardware, selecione a unidade CD/DVD 1. c) Se desmarcado, verifique a caixa de verificação Conectado. d) Selecione OK. Configurando o Procedimento de Atualização Antes de iniciar Você concluiu: Atualizando Seu Sistema, na página 101 Conectando à Imagem ISSO Atualizada da Unidade de CD/DVD, na página 102 Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Depois de conectar a atualização da imagem ISO, selecione Continuar na página Atualização do sistema no site da Administração Cisco WebEx. Verifique a caixa de diálogo Eu conectei o arquivo ISSO e estou pronto para prosseguir. Selecione Continuar. Cuidado Uma vez que você selecionar Continuar, você não será capaz de parar o procedimento de atualização. Se um problema surge durante o procedimento de atualização, e não for concluído com sucesso, então você deve usar os seus backups para restaurar o sistema. O procedimento de atualização pode levar até uma hora. Não feche a janela do navegador, como você será capaz de retornar para a sua página. Uma vez que a atualização for concluída, uma nova página é exibida, confirmando o sucesso da atualização. 103

104 Concluindo o Procedimento de Atualização Próximos passos Continue com Concluindo o Procedimento de Atualização, na página 104. Concluindo o Procedimento de Atualização Antes de iniciar Isto é uma continuação de Configurando o Procedimento de Atualização, na página 103. Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Etapa 5 Uma vez que a atualização for concluída com sucesso, selecione Reiniciar. Uma vez que o sistema for reiniciado, o sinal do site de Administração Cisco WebEx na página é exibida. Conecte-se a Administração Cisco WebEx. Verifique as notas de versão para esta atualização, e determina se quaisquer tarefas de pós atualização são necessárias. Se as tarefas adicionais forem necessárias, as conclua antes de tirar o sistema do modo de manutenção. Após a conclusão de qualquer configuração pós atualização, selecione Desligue o Modo de Manutenção. Teste e verifique o sistema. Você pode realizar estes testes e validar o sistema utilizando duas ferramentas de diagnóstico fornecidas nas páginas de suporte para este produto: os testes de reuniões e o sistema de testes de recursos. Adicionar, editar, ativar, desativar usuários. Agende e realize uma reunião. Reagende uma reunião existente. Exclua uma sequencia de reuniões ou uma reunião futura. Abra um anexo da reunião. Reproduza uma gravação de reunião. Próximos passos Se você encontrar problemas, então use a Recuperação de Dados ou as fotos instantâneas do seu sistema para reverter para a sua versão anterior. Verifique a conexão de rede ISO e assegure que não existam problemas. Se a atualização for bem sucedida, use o sistema atualizado por um tempo. Uma vez que você estiver satisfeito, certifique-se de excluir os backups da máquina virtual antes da atualização. 104

105 CAPÍTULO 11 Atualizando o Sistema Este capítulo descreve como atualizar o seu sistema, reimplantando-o com um arquivo OVA de atualização. Esta seção está incluída para a integralidade, uma vez que é parte do produto. No entanto, você não será capaz de atualizar seu software até que fornecer um arquivo OVA para a nova versão. Preparando Para um Atualização, página 105 Atualizando o Sistema Usando a Implementação Automática, página 106 Atualizando o Sistema Usando a Implementação Manual, página 110 Testando o Sistema, página 113 Preparando Para um Atualização Esta seção descreve os pré-requisitos e melhores práticas para a atualização do sistema. Esta seção está incluída para a integralidade, uma vez que é parte do produto. No entanto, você não será capaz de atualizar seu software até que fornecer um arquivo OVA para a nova versão. Obtendo as Informações Necessárias para a Sua Atualização Você atualiza o seu sistema, reimplantando com o arquivo OVA de atualização. Obter o arquivo OVA usado para a atualização. Complete a lista de verificação de atualização. Nome do Campo URL do site WebEx URL do site de administração Valor atual para o seu sistema 105

106 Atualizando o Sistema Usando a Implementação Automática Nome do Campo Endereço VIP privado Endereço VIP público Valor atual para o seu sistema Atualizando o Sistema Usando a Implementação Automática Antes de Começar Nesta seção, consultamos o sistema antes de atualizar como o "sistema existente". O sistema, seguindo a atualização, é o "sistema atualizado." Agende um horário que seja menos prejudicial para os seus usuários para fazer a atualização do sistema. Coloque o sistema primário no modo de manutenção antes de iniciar a atualização do sistema. Cuidado Como este procedimento exige acesso exclusivo ao sistema, os usuários não podem acessar o sistema para reuniões. Certifique-se de agendar este procedimento durante um horário que será menos prejudicial aos seus usuários. Outros administradores do sistema não devem acessar o sistema durante este procedimento. Se o fizerem, suas alterações não serão salvas e o resultado pode ser imprevisível. Eles devem aguardar este procedimento ser concluído, então iniciar sessão na Administração Cisco WebEx para fazer sua tarefa. Certifique-se de coordenar com outros administradores de sistemas antes de iniciar um procedimento de alteração de sistema. Atualizando o Sistema As tarefas gerais para atualizar o sistema são: 1 Criar um backup para atualizar o seu sistema existente. 2 Usar o arquivo de atualização OVA e implantar a máquina virtual de Administração para o novo sistema. 3 Copie os dados a partir do seu sistema existente na máquina virtual de Administração para o sistema atualizado. 4 Implante quaisquer máquinas virtuais adicionais para o sistema atualizado. 5 Testar o sistema atualizado. Considerações Antes da Atualização do Sistema Observe o seguinte: 106

107 Atualizando o Sistema Usando a Implementação Automática Você pode escolher por reutilizar os mesmos hostnames e endereços de IP para as máquinas virtuais existentes no sistema atualizado. No entanto, apenas o sistema existente, ou o sistema atualizado, podem ser ligados a qualquer momento. Os dois sistemas não podem ser ligados e executados ao mesmo tempo. Se você já tiver adicionado um sistema HA em seu sistema existente, então seguindo as implantações do sistema atualizado, você deve adicionar um novo sistema HA na mesma versão original que o sistema atualizado. Não é possível reutilizar o sistema HA existente, uma vez que não é retido, após a atualização. Você pode querer manter o sistema existente até você ter finalizado o teste do sistema atualizado. Uma vez que o teste é concluído e você estiver satisfeito com o sistema atualizado, você pode remover o sistema existente (pré atualizado). As máquinas virtuais internas para o sistema existente e o sistema atualizado devem estar na mesma sub-rede. Se você tiver adicionado o acesso público, então as máquinas virtuais de Proxy Reverso da Internet para o sistema existente e o sistema atualizado devem estar na mesma sub-rede. Como este processo afeta as máquinas virtuais em seu sistema, seu certificado de segurança atual pode se tornar inválido e exigir uma atualização. Certifique-se que o sistema atualizado pode acessar os discos para a máquina virtual de administração do sistema existente. Você vai copair sobre o disco rígido 4 para o sistema atualizado. Resumo de tarefas para atualizar o sistema usando uma implantação automática Tarefa Descrição Prepare o sistema existente para a atualização. Prepare para um procedimento de alteração do sistema. Iniciado o procedimento de atualização no site da Administração do sistema existente. Usando o cliente Vmware vsphere, selecione Ligar > Desligar Convidado nas máquinas virtuais para o sistema existente. Usando o cliente vsphere, implante a máquina virtual de Administração para o sistema atualizado. Anexe o Disco rígido 4 a partir da máquina virtual de Administração do sistema existente para a máquina virtual Administração para o sistema atualizado. Ligue a máquina virtual de Administração para o sistema atualizado, e anote a URL de implementação. Insira a URL de implementação em um navegador da internet e continue a implementação de seu sistema atualizado. Para obter detalhes, consulte Preparando Para um Atualização, na página 105 Preparando para um Procedimento de Alteração do Sistema., na página 78 Atualizar seu sistema, na página 146 Implementando o Arquivo OVA do Cliente Vmware vsphere, na página 26 Anexando um Arquivo VMDK Existente para uma Nova Máquina Virtual, na página

108 Atualizando o Sistema Usando a Implementação Automática Tarefa Descrição Selecione o seu idioma preferido para a implementação do sistema atualizado. Confirme o tamanho do sistema. (O tamanho deste sistema deve ser do mesmo tamanho do sistema existente.) Selecione Instalar o sistema primário. Selecione uma implementação manual. Insira as suas credenciais vcenter para que possamos implantar as máquinas virtuais para você. Conforme o caso, selecione o organizador ESXi, armazenamento de dados e grupo de porta da máquina virtual para a sua máquina virtual de mídia. Conforme o caso, insira o nome de domínio totalmente qualificado na máquina virtual de mídia (Se você já tiver atualizado o seu servidor DNS com entradas para o sistema atualizado, então pesquisaremos o endereço de IP para você.) Se você quiser o acesso público para o seu sistema atualizado, então certifique se há uma verificação na caixa de seleção Criar uma máquina virtual de Proxy Reverso da Internet. Caso contrário, desmarque esta caixa de verificação. Se você não tiver habilitado o acesso público, então pule para a tarefa 19. Se você tiver adicionado o acesso público, selecione o organizador ESXi, armazenamento de dados e grupo de porta da máquina virtual para a máquina virtual de Proxy Reverso da Internet. Insira o hostname e informações da rede para o Proxy Reverso da Internet. Insira o endereço VIP público para a URL do site WebEx. Você pode inserir o mesmo endereço VIP público que você usa para o seu sistema existente ou mudar para um novo endereço de IP. Se você alterá-la, então faça as atualizações necessárias no servidor DNS. Para obter detalhes, consulte Selecionando o Seu Idioma para Instalação, na página 38 Confirmando o Tamanho do Seu Sistema, na página 39 Escolhendo Qual Sistema Instalar, na página 39 Escolhendo o Tipo de Implementação do Sistema, na página 40 Fornecendo Credenciais Vmware vcenter, na página 40 Escolha as Configurações do vcenter para a sua Máquina Virtual de Mídia, na página 41 Inserindo informações de Rede para a Máquina Virtual de Mídia, na página 41 Adicionando o Acesso Público, na página 42 Escolhendo as Configurações vcenter para o seu Proxy Reverso da Internet, na página 42 Insira as informações de rede para a máquina virtual de Proxy Reverso da Internet, na página 43 Inserindo o Endereço VIP Público, na página

109 Atualizando o Sistema Usando a Implementação Automática Tarefa Descrição Insira o endereço VIP privado para a URL de Administração WebEx. Você pode inserir o mesmo endereço VIP privado que você usa para o seu sistema existente ou mudar para um novo endereço de IP. Se você alterá-la, então faça as atualizações necessárias no servidor DNS. Insira a URL do site WebEx. Os participantes acessam esta URL para organizar e participar de reuniões. (Esta URL resolve o endereço VIP privado ou o endereço VIP público, dependendo se você está ou não usando um DNS split-horizon.) Você pode inserir a mesma URL do site WebEx que você usa para o seu sistema existente ou mudar para uma nova. Se você alterá-la, então faça as atualizações necessárias no servidor DNS. Certifique-se de manter a URL original do seu site no servidor DNS. Redirecione a URL do seu site original para a URL do novo site. Se os usuários tentarem usar a URL original e você não tem redirecionado para a nova URL, eles não serão capazes de organizar ou participar de reuniões. Insira a URL de Administração WebEx para que os administradores acessem a Administração Cisco WebEx e para que os participantes internos organizem ou participem de reuniões (apenas com um DNS split-horizon). (Esta URL resolve para o endereço VIP privado.) Você pode inserir a mesma URL da Administração WebEx que você usa para o seu sistema existente ou mudar para uma nova. Se você alterá-la, então faça as atualizações necessárias no servidor DNS. Verifique se você tem feito todas as alterações necessárias de rede, servidor DNS e configuração do firewall em seu sistema. Uma vez que suas máquinas virtuais foram implantadas com sucesso, selecione Próximo para continuar com a verificação do sistema. Quando a verificação do sistema for concluída, selecione Continuar e entre na Administração Cisco WebEx. Para obter detalhes, consulte Inserindo o Endereço VIP Privado, na página 44 Inserindo as URLs do Site WebEx e de Administração, na página 46 Inserindo as URLs do Site WebEx e de Administração, na página 46 Confirme que sua rede está configurada corretamente, na página 46 Implementação das Suas Máquinas Virtuais, na página 46 Verificando o Seu Sistema, na página

110 Atualizando o Sistema Usando a Implementação Manual Tarefa 25 Descrição Testar o sistema atualizado. Se a atualização não for bem sucedida, então, desligue o sistema atualizado e ligue o sistema existente. Entre em contato com o TAC da Cisco para obter mais assistência. Para obter detalhes, consulte Testando o Sistema, na página 75 Atualizando o Sistema Usando a Implementação Manual Antes de Começar Nesta seção, consultamos o sistema antes de atualizar como o "sistema existente". O sistema, seguindo a atualização, é o "sistema atualizado." Agende um horário que seja menos prejudicial para os seus usuários para fazer a atualização do sistema. Coloque o sistema primário no modo de manutenção antes de iniciar a atualização do sistema. Cuidado Como este procedimento exige acesso exclusivo ao sistema, os usuários não podem acessar o sistema para reuniões. Certifique-se de agendar este procedimento durante um horário que será menos prejudicial aos seus usuários. Outros administradores do sistema não devem acessar o sistema durante este procedimento. Se o fizerem, suas alterações não serão salvas e o resultado pode ser imprevisível. Eles devem aguardar este procedimento ser concluído, então iniciar sessão na Administração Cisco WebEx para fazer sua tarefa. Certifique-se de coordenar com outros administradores de sistemas antes de iniciar um procedimento de alteração de sistema. Atualizando o Sistema As tarefas gerais para atualizar o sistema são: 1 Criar um backup para atualizar o seu sistema existente. 2 Usar o arquivo de atualização OVA e implantar a máquina virtual de Administração para o novo sistema. 3 Copie os dados a partir do seu sistema existente na máquina virtual de Administração para o sistema atualizado. 4 Implante quaisquer máquinas virtuais adicionais para o sistema atualizado. 5 Testar o sistema atualizado. Considerações Antes da Atualização do Sistema Observe o seguinte: 110

111 Atualizando o Sistema Usando a Implementação Manual Você pode escolher por reutilizar os mesmos hostnames e endereços de IP para as máquinas virtuais existentes no sistema atualizado. No entanto, apenas o sistema existente, ou o sistema atualizado, podem ser ligados a qualquer momento. Os dois sistemas não podem ser ligados e executados ao mesmo tempo. Se você já tiver adicionado um sistema HA em seu sistema existente, então seguindo as implantações do sistema atualizado, você deve adicionar um novo sistema HA na mesma versão original que o sistema atualizado. Não é possível reutilizar o sistema HA existente, uma vez que não é retido, após a atualização. Você pode querer manter o sistema existente até você ter finalizado o teste do sistema atualizado. Uma vez que o teste é concluído e você estiver satisfeito com o sistema atualizado, você pode remover o sistema existente (pré atualizado). As máquinas virtuais internas para o sistema existente e o sistema atualizado devem estar na mesma sub-rede. Se você tiver adicionado o acesso público, então as máquinas virtuais de Proxy Reverso da Internet para o sistema existente e o sistema atualizado devem estar na mesma sub-rede. Como este processo afeta as máquinas virtuais em seu sistema, seu certificado de segurança atual pode se tornar inválido e exigir uma atualização. Certifique-se que o sistema atualizado pode acessar os discos para a máquina virtual de administração do sistema existente. Você vai copair sobre o disco rígido 4 para o sistema atualizado. Resumo de tarefas para atualizar o sistema usando uma implantação automática Tarefa Descrição Prepare o sistema existente para a atualização. Prepare para um procedimento de alteração do sistema. Iniciado o procedimento de atualização no site da Administração do sistema existente. Usando o cliente Vmware vsphere, selecione Ligar > Desligar Convidado nas máquinas virtuais para o sistema existente. Usando o cliente vsphere, implante a máquina virtual de Administração para o sistema atualizado. Anexe o Disco rígido 4 a partir da máquina virtual de Administração do sistema existente para a máquina virtual Administração para o sistema atualizado. Ligue a máquina virtual de Administração para o sistema atualizado, e anote a URL de implementação. Insira a URL de implementação em um navegador da internet e continue a implementação de seu sistema atualizado. Para obter detalhes, consulte Preparando Para um Atualização, na página 105 Preparando para um Procedimento de Alteração do Sistema., na página 78 Atualizar seu sistema, na página 146 Implementando o Arquivo OVA do Cliente Vmware vsphere, na página 26 Anexando um Arquivo VMDK Existente para uma Nova Máquina Virtual, na página

112 Atualizando o Sistema Usando a Implementação Manual Tarefa Descrição Selecione o seu idioma preferido para a implementação do sistema atualizado. Confirme o tamanho do sistema. (O tamanho deste sistema deve ser do mesmo tamanho do sistema existente.) Selecione Instalar o sistema primário. Selecione uma implementação manual. Se você quiser o acesso público para o seu sistema atualizado, então certifique se há uma verificação na caixa de seleção Criar uma máquina virtual de Proxy Reverso da Internet. Caso contrário, desmarque esta caixa de verificação. Insira o endereço VIP público para a URL do site WebEx. Você pode inserir o mesmo endereço VIP público que você usa para o seu sistema existente ou mudar para um novo endereço de IP. Se você alterá-la, então faça as atualizações necessárias no servidor DNS. Insira o endereço VIP privado para a URL de Administração WebEx. Você pode inserir o mesmo endereço VIP privado que você usa para o seu sistema existente ou mudar para um novo endereço de IP. Se você alterá-la, então faça as atualizações necessárias no servidor DNS. Insira a URL do site WebEx. Os participantes acessam esta URL para organizar e participar de reuniões. (Esta URL resolve o endereço VIP privado ou o endereço VIP público, dependendo se você está ou não usando um DNS split-horizon.) Você pode inserir a mesma URL do site WebEx que você usa para o seu sistema existente ou mudar para uma nova. Se você alterá-la, então faça as atualizações necessárias no servidor DNS. Certifique-se de manter a URL original do seu site no servidor DNS. Redirecione a URL do seu site original para a URL do novo site. Se os usuários tentarem usar a URL original e você não tem redirecionado para a nova URL, eles não serão capazes de organizar ou participar de reuniões. Para obter detalhes, consulte Selecionando o Seu Idioma para Instalação, na página 38 Confirmando o Tamanho do Seu Sistema, na página 39 Escolhendo Qual Sistema Instalar, na página 39 Escolhendo o Tipo de Implementação do Sistema, na página 40 Adicionando o Acesso Público, na página 42 Inserindo o Endereço VIP Público, na página 43 Inserindo o Endereço VIP Privado, na página 44 Inserindo as URLs do Site WebEx e de Administração, na página

113 Testando o Sistema Tarefa Descrição Insira a URL de Administração WebEx para que os administradores acessem a Administração Cisco WebEx e para que os participantes internos organizem ou participem de reuniões (apenas com um DNS split-horizon). (Esta URL resolve para o endereço VIP privado.) Você pode inserir a mesma URL da Administração WebEx que você usa para o seu sistema existente ou mudar para uma nova. Se você alterá-la, então faça as atualizações necessárias no servidor DNS. Verifique se você tem feito todas as alterações necessárias de rede, servidor DNS e configuração do firewall em seu sistema. Uma vez que suas máquinas virtuais foram implantadas com sucesso, selecione Próximo para continuar com a verificação do sistema. Quando a verificação do sistema for concluída, selecione Continuar e entre na Administração Cisco WebEx. Testar o sistema atualizado. Se a atualização não for bem sucedida, então, desligue o sistema atualizado e ligue o sistema existente. Entre em contato com o TAC da Cisco para obter mais assistência. Para obter detalhes, consulte Inserindo as URLs do Site WebEx e de Administração, na página 46 Confirme que sua rede está configurada corretamente, na página 46 Implementação das Suas Máquinas Virtuais, na página 70 Verificando o Seu Sistema, na página 47 Testando o Sistema, na página 75 Testando o Sistema Estes são alguns dos testes para executar no sistema. Você pode realizar estes testes e validar o sistema utilizando duas ferramentas de diagnóstico fornecidas nas páginas de suporte para este produto: os testes de reuniões e o sistema de testes de recursos. Adicionar, editar, ativar, desativar usuários. Agende e realize uma reunião. Reagende uma reunião existente. Exclua uma sequencia de reuniões ou uma reunião futura. Abra um anexo da reunião. Reproduza uma gravação de reunião. 113

114 Testando o Sistema 114

115 PARTE III Guia de configuração do Cisco WebEx Meetings Server Usando o Seu Painel, página 117 Gerenciar usuários, página 127 Configurando Seu Sistema, página 139 Ajustes de Configurações, página 165 Gerar e exibir relatórios, página 197 Usando os Recursos de Suporte, página 203 Solução de problemas, página 207

116

117 CAPÍTULO 12 Usando o Seu Painel Esta seção descreve estes recursos sobre seu painel e como usá-los. O painel é a página inicial do site de administração e fornece várias exibições e gráficos dos recursos de monitoramento principais. O painel inclui as seguintes seções: Mensagens do Sistema: Uma ou mais mensagens de sistema em uma barra na parte superior da página. Três tipos de mensagens de sistema podem aparecer na parte superior da página: Aviso: Indicado por uma barra vermelha. Mensagens de aviso indicam que o sistema está em um local especial. Por exemplo, modo de manutenção. Alerta: Indicado por uma barra amarela. Alertas indicam problemas sensíveis ao tempo como datas de expiração de licença. Informações: Indicado por uma barra azul. Mensagens informativas são apresentadas para notificá-lo de informações importantes. Por exemplo, para informá-lo que um tutorial pela primeira vez está disponível ou exibe o status de um procedimento de recuperação de desastre. Monitor de Sistema: Esta seção exibe o status do sistema e hora e inclui as seguintes subseções. Status-Indica o estado geral do sistema de Bom ou Baixo. Reuniões em Andamento: Selecione para abrir a página Tendência de Reunião que exibe o número total de participantes e reuniões em seu sistema durante um período de tempo específico. Você pode selecionar o seguinte: 1 dia: Por padrão, os dados do dia anterior é exibido. Use o seletor de data para selecionar um único dia durante o período de seis meses anteriores. 1 semana: Por padrão, os dados da semana anterior é exibido. Use o seletor de data para selecionar uma única semana durante o período de seis meses anteriores. 1 mês: Por padrão, os dados do mês anterior é exibido. Use o seletor de data para selecionar um único mês durante o período de seis meses anteriores. 6 meses: O período de seis meses anterior é exibido. Use o seletor de data desaparece desde que você selecionou o período máximo. Uso-Exibe a conta do participante atual tanto como uma percentagem do total de recursos e o número de participantes. Você pode selecionar o gráfico de Uso para abrir a página Tendência 117

118 de Reunião. Você pode selecionar um ponto nos gráficos dos Participantes ou das Reuniões para exibir a lista de Reunião para o intervalo de tempo especificado no gráfico. Alarmes: Exibe o status de alarmes que você configurou. Por padrão, as informações de alarme é exibido como uma porcentagem. Selecione Número # para alterar as informações de alarme para os dados numéricos. O status de alarme é exibido na seção de Monitor do Sistema na forma gráfica e na página Alarmes no formato numérico. Você pode selecionar os gráficos na seção Monitor de Sistema para visualizar a página Histórico de Origem para os alarmes que você configurou. Consulte Visualizando Seu Histórico de Origem, na página 123 para obter mais informações. Você pode configurar alarmes para o seguinte: Reuniões em Andamento-Indica quando as reuniões atuais estão enfrentando problemas. Uso: O total de usuários atualmente usando o sistema. CPU: CPU do sistema total usado em MHz. Memória: Memória do sistema total usado em GB. Rede: Largura de banda total do sistema usado em Mbps. Armazenamento-Espaço de armazenamento usado em GB. O alarme de armazenamento aparece se você tiver configurado um servidor de armazenamento. Consulte Configurando um Servidor de Armazenamento, na página 149 para obter mais informações. Status do Processo: Exibe o desempenho de vários recursos do sistema principal. O status de cada recurso é descrito como Bom, Satisfatório ou Baixo. Vídeo Áudio Compartilhamento Web Gravação (aparece se você tiver configurado um servidor de armazenamento) Iniciar/Participar de reuniões As orientações para o estado do processo são as seguintes: Bom-Todos os serviços em seu sistema estão operando. Satisfatório O sistema está operando com capacidade reduzida. Verifique periodicamente o seu sistema. Se ele ainda estiver exibindo um status de satisfatório após 48 horas, entre em contato com o TAC da Cisco para obter assistência. Consulte Usando os Recursos de Suporte, na página 203 para obter mais informações. Baixo Todos os serviços em seu sistema não estão executando. Contate o TAC da Cisco para obter assistência. Consulte Usando os Recursos de Suporte, na página 203 para obter mais informações. 118

119 Usando o Seu Painel Sistema de Backup Exibe a hora e a data que o último backup foi feito. Ele também notifica se o backup falhou e a data da primeira tentativa de backup, se uma ainda não foi criada. Só aparece se você tiver configurado um servidor de armazenamento. Sistema Exibe o número máximo de usuários em seu sistema, o número da versão, a URL do produto e o número de licenças do usuário. Se você estiver usando uma edição de teste gratuito do Cisco WebEx Server, esta seção também indicará quantos dias estão faltando em seu período de teste, quando há 30 dias ou menos. Selecionando Ver Mais para ir para.configurando Seu Sistema, na página 139 Definições: Exibe as configurações atuais do sistema incluindo o número máximo de participantes permitidos em cada reunião, tipo de áudio, se o vídeo e recursos móveis estão ou não habilitados, e o status do Registro Único (SSO). Selecionando Ver Mais para ir para.ajustes de Configurações, na página 165 Usando o Seu Painel, página 119 Usando o Seu Painel Esta seção descreve estes recursos sobre seu painel e como usá-los. O painel é a página inicial do site de administração e fornece várias exibições e gráficos dos recursos de monitoramento principais. O painel inclui as seguintes seções: Mensagens do Sistema: Uma ou mais mensagens de sistema em uma barra na parte superior da página. Três tipos de mensagens de sistema podem aparecer na parte superior da página: Aviso: Indicado por uma barra vermelha. Mensagens de aviso indicam que o sistema está em um local especial. Por exemplo, modo de manutenção. Alerta: Indicado por uma barra amarela. Alertas indicam problemas sensíveis ao tempo como datas de expiração de licença. Informações: Indicado por uma barra azul. Mensagens informativas são apresentadas para notificá-lo de informações importantes. Por exemplo, para informá-lo que um tutorial pela primeira vez está disponível ou exibe o status de um procedimento de recuperação de desastre. Monitor de Sistema: Esta seção exibe o status do sistema e hora e inclui as seguintes subseções. Status-Indica o estado geral do sistema de Bom ou Baixo. Reuniões em Andamento: Selecione para abrir a página Tendência de Reunião que exibe o número total de participantes e reuniões em seu sistema durante um período de tempo específico. Você pode selecionar o seguinte: 1 dia: Por padrão, os dados do dia anterior é exibido. Use o seletor de data para selecionar um único dia durante o período de seis meses anteriores. 1 semana: Por padrão, os dados da semana anterior é exibido. Use o seletor de data para selecionar uma única semana durante o período de seis meses anteriores. 1 mês: Por padrão, os dados do mês anterior é exibido. Use o seletor de data para selecionar um único mês durante o período de seis meses anteriores. 119

120 Usando o Seu Painel 6 meses: O período de seis meses anterior é exibido. Use o seletor de data desaparece desde que você selecionou o período máximo. Uso-Exibe a conta do participante atual tanto como uma percentagem do total de recursos e o número de participantes. Você pode selecionar o gráfico de Uso para abrir a página Tendência de Reunião. Você pode selecionar um ponto nos gráficos dos Participantes ou das Reuniões para exibir a lista de Reunião para o intervalo de tempo especificado no gráfico. Alarmes: Exibe o status de alarmes que você configurou. Por padrão, as informações de alarme é exibido como uma porcentagem. Selecione Número # para alterar as informações de alarme para os dados numéricos. O status de alarme é exibido na seção de Monitor do Sistema na forma gráfica e na página Alarmes no formato numérico. Você pode selecionar os gráficos na seção Monitor de Sistema para visualizar a página Histórico de Origem para os alarmes que você configurou. Consulte Visualizando Seu Histórico de Origem, na página 123 para obter mais informações. Você pode configurar alarmes para o seguinte: Reuniões em Andamento-Indica quando as reuniões atuais estão enfrentando problemas. Uso: O total de usuários atualmente usando o sistema. CPU: CPU do sistema total usado em MHz. Memória: Memória do sistema total usado em GB. Rede: Largura de banda total do sistema usado em Mbps. Armazenamento-Espaço de armazenamento usado em GB. O alarme de armazenamento aparece se você tiver configurado um servidor de armazenamento. Consulte Configurando um Servidor de Armazenamento, na página 149 para obter mais informações. Status do Processo: Exibe o desempenho de vários recursos do sistema principal. O status de cada recurso é descrito como Bom, Satisfatório ou Baixo. Vídeo Áudio Compartilhamento Web Gravação (aparece se você tiver configurado um servidor de armazenamento) Iniciar/Participar de reuniões As orientações para o estado do processo são as seguintes: Bom-Todos os serviços em seu sistema estão operando. Satisfatório O sistema está operando com capacidade reduzida. Verifique periodicamente o seu sistema. Se ele ainda estiver exibindo um status de satisfatório após 48 horas, entre em contato com o TAC da Cisco para obter assistência. Consulte Usando os Recursos de Suporte, na página 203 para obter mais informações. 120

121 Usando o Seu Painel Baixo Todos os serviços em seu sistema não estão executando. Contate o TAC da Cisco para obter assistência. Consulte Usando os Recursos de Suporte, na página 203 para obter mais informações. Sistema de Backup Exibe a hora e a data que o último backup foi feito. Ele também notifica se o backup falhou e a data da primeira tentativa de backup, se uma ainda não foi criada. Só aparece se você tiver configurado um servidor de armazenamento. Sistema Exibe o número máximo de usuários em seu sistema, o número da versão, a URL do produto e o número de licenças do usuário. Se você estiver usando uma edição de teste gratuito do Cisco WebEx Server, esta seção também indicará quantos dias estão faltando em seu período de teste, quando há 30 dias ou menos. Selecionando Ver Mais para ir para.configurando Seu Sistema, na página 139 Definições: Exibe as configurações atuais do sistema incluindo o número máximo de participantes permitidos em cada reunião, tipo de áudio, se o vídeo e recursos móveis estão ou não habilitados, e o status do Registro Único (SSO). Selecionando Ver Mais para ir para.ajustes de Configurações, na página 165 Visualizando e Editando Alarmes Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Conectar ao site de Administração Selecione Dashboard > Alarmes. A página Alarmes aparece exibindo o status do alarme atual. Selecione Editar. A página Editar Alarmes aparece. Selecione Porcentagem % para visualizar o status do alarme como uma porcentagem ou Número # para visualizar o status do alarme como um número. A configuração padrão é Porcentagem %. Selecione as caixas de verificação para os alarmes que você deseja habilitar e selecione o intervalo para cada alarme habilitado. Opção Descrição Reunião em Andamento Exibe as reuniões no limite do progresso. Se definido para Percentagem %, mova a barra de seleção para definir de 2 a 99 por cento. Se definido para Número #, insira um número de 2 a 99 por cento. Predefinição: Selecionado com um intervalo de uma hora. 121

122 Usando o Seu Painel Opção Uso Descrição Exibe o status do sistema atual. Se definido para Percentagem %, mova a barra de seleção para definir de 2 a 99 por cento. Se definido para Número #, insira o número de usuários. Predefinição: Selecionado com um intervalo de 12 horas. CPU Exibe o status atual do CPU em MHz. Se definido para Percentagem %, mova a barra de seleção para definir de 2 a 99 por cento. Se definido para Número #, insira o número de MHz. Predefinição: Não selecionado. O intervalo é de uma hora. Memória Exibe o limite atual da memória em GB. Se definido para Percentagem %, mova a barra de seleção para definir de 2 a 99 por cento. Se definido para Número #, insira o número de GB. Predefinição: Não selecionado. O intervalo é de uma hora. Rede Exibe o limite da banda de rede atual em Mbps. Se definido para Percentagem %, mova a barra de seleção para definir de 2 a 99 por cento. Se definido para Número #, insira o número de Mbps. Predefinição: Não selecionado. O intervalo é de uma hora. armazenamento Exibe o limite atual do armazenamento em GB. O limite máximo de armazenamento é calculado como (o espaço total - tamanho do buffer de gravação), onde o tamanho do buffer de gravação é de 1 GB para micro, 5 GB para pequeno, 16 GB para médio e 40 GB para grande. Se definido para Percentagem %, mova a barra de seleção para definir de 2 a 99 por cento. Se definido para Número #, insira o número de GB. Predefinição: Não selecionado. O intervalo é de uma hora. Esta seção só aparece se você tiver configurado um servidor de armazenamento. Consulte Configurando um Servidor de Armazenamento, na página 149 para obter mais informações. 122

123 Usando o Seu Painel Um de alarme é enviado aos administradores se uma condição de alarme existe. O intervalo é utilizado para suprimir vários alarmes dentro do tempo especificado para evitar o envio de muitos s de alarme. O intervalo para cada alarme pode ser Uma hora Seis horas 12 horas 24 horas Etapa 5 Selecione Salvar. As configurações do seu alarme são salvas e a página Alarmes é atualizada com suas alterações. Visualizando Seu Histórico de Origem Seu histórico de origem contém gráficos detalhados para cada alarme configurado em seu sistema. As reuniões, os participantes e o armazenamento são mostrados como os valores atuais nos painéis do lado direito. Consulte Visualizando e Editando Alarmes, na página 121 para obter mais informações sobre os alarmes que você pode configurar. Você pode visualizar o histórico de origem, selecionando os gráficos de alarme na página Monitor de Sistema. Consulte Usando o Seu Painel, na página 117 para obter mais informações. Por exemplo, selecione o gráfico CPU e a página Histórico de Origem aparece. Você pode selecionar um gráfico de rede na página Histórico do recurso para abrir um gráfico de Histórico de Rede. Seus gráficos de Histórico de rede exibem o uso de banda de rede para várias categorias. Você também pode selecionar qualquer uma das seguintes categorias para ver seu consumo de banda apresentado no gráfico: VoIP Telefone Compartilhamento Web Vídeo Se você tem um servidor de armazenamento configurado, você pode selecionar a caixa de Armazenamento na coluna da direita da sua página do Histórico de recursos ou do Histórico de rede para ver um gráfico de Histórico de armazenamento. Este gráfico exibe a quantidade de espaço que foi usado no servidor de armazenamento. 123

124 Usando o Seu Painel Visualizando Tendências de Reunião Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Conectar ao site de Administração Selecione Dashboard e selecione o gráfico Reuniões em Progresso ou o quadro Uso. Opcionalmente, altere a visualização, selecionando um período de tendência diferente: 1 dia (padrão)-os dados de um dia são exibidos no gráfico em intervalos de cinco minutos. Se você selecionar Mostrar futuras reuniões, altera-se o intervalo das futuras reuniões para uma hora. 1 semana-os dados de uma semana são exibidos no gráfico em intervalos de uma hora. 1 mês-os dados de um mês são exibidos no gráfico em intervalos de um dia. 6 meses-os dados de um período de seis meses são exibidos no gráfico em intervalos de um dia. As reuniões agendadas antes da meia-noite e se estendendo até o dia seguinte são exibidas no gráfico até a data de inicio da reunião. Se uma reunião for desconectada devido a um problema de sistema e em seguida, reconectado, é contado duas vezes no gráfico Tendências de Reunião. Os dados de tendência da reunião são baseados pelo Greenwich Mean Time (GMT) e não são, portanto, precisamente exibidos ao longo de um período de 24 horas. Por exemplo, se o seu sistema hospeda 200 reuniões durante um determinado dia, o banco de dados registra a ocorrência dessas reuniões baseado no GMT e não no horário local. O gráfico de Tendência de Reunião é atualizado com suas novas configurações. Etapa 4 Etapa 5 Opcionalmente, selecione a data usando a ferramenta de calendário no gráfico. Verifique a caixa de verificação Mostrar reuniões futuras para exibir reuniões futuras em seu gráfico. O gráfico de Tendência de Reunião é atualizado com suas novas configurações. Opcionalmente, selecione os gráficos Participantes ou Runiões para informações da reunião, incluindo as seguintes: Tópico da reunião Organizador Participante Estado Estado Nota Insira os termos de pesquisa no campo acima da tabela para filtrar a lista de reunião. Etapa 6 O status do sistema atual é exibido na coluna à direita da página. o status do sistema pode ser Bom-Todos os serviços em seu sistema estão operando. 124

125 Usando o Seu Painel Baixo Todos os serviços em seu sistema não estão executando. Contate o TAC da Cisco para obter assistência. Consulte Usando os Recursos de Suporte, na página 203 para obter mais informações. Etapa 7 Selecione a caixa do status do alarme na coluna à direita para ver o Histórico de Recurso para os alarmes. Sobre o Modo de Manutenção Muitas alterações de configuração exigem que você coloque o seu sistema no modo de manutenção. O modo de manutenção desliga a atividade de conferência, por isso é necessário agendar as suas janelas de manutenção para garantir o tempo mínimo para os usuários. O botão de Modo de Manutenção é apresentado em todas as páginas no site de administração. Depois de determinar quando você quer colocar o seu sistema em modo de manutenção, selecione o recurso dos usuários para notificar os seus usuários antes que eles sejam incapazes de participar ou organizar reuniões durante a janela de manutenção. Consulte Usuários Enviando , na página 138 para obter mais informações. Colocando o seu sistema no modo de manutenção acontece o seguinte: Fecha todas as reuniões atuais. Desconecta todos os usuário destas reuniões. Impede que os usuários entrem em páginas da internet, plugin do Outlook e aplicativos móveis. Os s são enviados automaticamente quando o sistema for tirado do modo de manutenção. Você deve colocar o seu sistema no modo de manutenção para realizar as seguintes tarefas: Adicionar e remover os sistemas de alta disponibilidade. Consulte Configurando um Sistema de Alta Disponibilidade, na página 140 para obter mais informações. Adicionar e remover o acesso público, implantando ou removendo um Proxy Reverso de Internet. Consulte Adicionar acesso público ao seu sistema e Removendo o Acesso Público, na página 144 para obter mais informações. Altere o idioma padrão do sistema. Consulte Configurando as Informações da Sua Empresa, na página 166 para obter mais informações. Alterar as URLs da conta do organizador ou administrador. Consulte Alterando as Configurações do Seu Site, na página 146 para obter mais informações. Alterar o seu servidor de . Consulte Configurando um Servidor de , na página 148 para obter mais informações. Alterar o idioma e local do seu sistema. Consulte Configurando as Informações da Sua Empresa, na página 166 para obter mais informações. Alterar seu endereço de IP virtual. Consulte Alterando o Seu Endereço de IP Virtual, na página 142 para obter mais informações. Configurar e alterar as configurações de áudio. Consulte Sobre Configurar Suas Definições de Áudio, na página 169 para obter mais informações. Configurar e alterar as configurações de marca. Consulte Definindo as Configurações da Sua Marca, na página 167 para obter mais informações. 125

126 Usando o Seu Painel Configurar e alterar as configurações de qualidade de serviço. Consulte Configurando a Qualidade de Serviço (QoS), na página 174 para obter mais informações. Configurar certificados. Consulte Gerenciando Certificados, na página 183 para obter mais informações. Definir configurações de recuperação de desastres. Consulte Utilizar o recurso de recuperação de desastres, na página 150 para obter mais informações. Configurar criptografia compatível a FIPS. Consulte Habilite a criptografia compatível do FIPS, na página 195 para obter mais informações. Configurar e alterar configurações SNMP. Consulte Configurando as Suas Definições de SNMP para obter mais informações. Configurar servidores de armazenamento. Consulte Configurando um Servidor de Armazenamento, na página 149 para obter mais informações. Configurar segurança da máquina virtual. Consulte Configurando a Segurança da Máquina Virtual para obter mais informações. Expandir tamanho do sistema Consulte Expandindo o Tamanho do Sistema, na página 145 para obter mais informações. Desempenhar menores atualizações, maiores atualizações e expandir o seu sistema. Consulte Atualizando o Sistema, na página 101 para obter mais informações. Atualizar chaves compartilhadas. Consulte Gerenciando Certificados, na página 183 para obter mais informações. Utilizar o teste de recursos do sistema. Consulte Utilizar o teste de recursos do sistema, na página 206 para obter mais informações. 126

127 CAPÍTULO 13 Gerenciar usuários Esta seção descreve como gerenciar usuários em seu sistema. Sobre gerenciar usuários, página 127 Adicionar usuários, página 128 Editando Usuários, página 128 Ativando Usuários, página 129 Desativar usuários, página 129 Sobre arquivos delimitados por vírgula e tabulação, página 130 Importando Usuários, página 135 Exportando Usuários, página 135 Importação de usuários a um novo sistema utilizando um arquivo exportado, página 135 Configurando os Códigos de Monitoramento, página 136 Usuários Enviando , página 138 Sobre gerenciar usuários Você pode adicionar os usuários individualmente ou importar listas de usuários armazenadas em um arquivo delimitado por vírgula ou tabulação. Você pode adicionar ou desativar as contas de usuário, mas você não pode excluí-las. A desativação permite que você torne um usuário inativo, mas fornece a capacidade de reativar o usuário mais tarde se necessário. Uma conta de usuário reativada novamente acessa as reuniões, gravações e outros dados que eles acessaram antes de serem desativados. O sistema suporta um máximo de tempo de vida de contas de usuário. Este número representa o total de contas de usuário ativa e desativada. Este número máximo de tempo de vida é grande o suficiente para acomodar o crescimento esperado no banco de dados do usuário. Para impedir a assinatura não autorizada no sistema, certifique-se de desativar quaisquer usuários que saiam de sua empresa. Você pode desativar os usuários nas seguintes formas: 127

128 Adicionar usuários Se o seu sistema não usa o SSO integrado, você pode desativar os usuários individualmente ou importar um arquivo delimitado por tabulação ou vírgula com o campo ATIVO definido para N para cada usuário que você deseja desativar. Consulte Desativar usuários, na página 129 e Sobre arquivos delimitados por vírgula e tabulação, na página 130 para obter mais informações. Se o seu sistema usa o SSO integrado, você deve desativar os usuários removendo-os do diretório corporativo em seu SAML 2.0 idp. Este procedimento não é realizado neste produto. Use o recurso de configuração de senha para desativar os usuários depois de um período específico. Consulte Configurando as Configurações da Sua Senha Geral, na página 176 para obter mais informações. Adicionar usuários Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Etapa 5 Conectar ao site de Administração Selecione Usuários > Adicionar Usuário. Selecione o seu tipo de conta (Organizador ou Administrador). Preencha as campos com informações do usuário. Os campos marcados com um asterisco são obrigatórios. Selecione Salvar. O usuário é adicionado em seu sistema. Editando Usuários Você pode alterar as informações de usuário e ativar ou desativar as contas de usuário com o recurso editar usuário. Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Etapa 5 Etapa 6 Conectar ao site de Administração Selecionar Usuários. A lista de usuários aparece. O número padrão de usuários exibido em cada página é 50. Você pode selecionar opcionalmente o menu suspenso Usuários por página e alterar a configuração para 50 ou 100. Selecione um usuário para editar. Faça alterações para campos editáveis. Os campos marcados com um asterisco são obrigatórios. Opcionalmente, selecione a caixa de diálogo Forçar este usuário a alterar a senha na próxima conexão. Se o SSO for habilitado sem eu sistema, este recurso não se aplica às contas de organizador. Opcionalmente, ative ou desative uma conta: Selecione Ativar para reativar uma conta inativa. Selecione Desativar para desativar uma conta. 128

129 Ativando Usuários Etapa 7 Ativar ou desativar uma conta não salva quaisquer outras alterações que tenham sido feitas na conta. Você deve selecionar Salvar para salvar as alterações. Selecione Salvar. Isto salva as suas alterações sem mudar o status da conta. Ativando Usuários Após adicionar ou importar contas de organizador e administrador, eles ficam ativos por padrão. Use este recurso para reativar usuários inativos. De forma alternativa, você pode ativar uma conta na página Editar Usuário. Consulte Editando Usuários, na página 128 para obter mais informações. Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Conectar ao site de Administração Selecionar Usuários. Selecione as caixas de verificação para quaisquer usuários inativos que você deseja ativar. Selecione Ações > Ativar. As contas selecionadas são ativadas e o status para cada conta agora deve ser "Ativo." Desativar usuários Você pode desativar as contas de organizador e administrador. Desativando um conta, impede que o proprietário faça o seguinte: Conecte-se nas páginas da internet, o plugin Outlook, e aplicativos móveis Organizando ou participando de reuniões Gerenciar o sistema (se o usuário foi um administrador) De forma alternativa, você pode desativar uma conta na página Editar Usuário. Consulte Editando Usuários, na página 128 para obter mais informações. Os administradores não podem desativar as suas próprias contas. 129

130 Sobre arquivos delimitados por vírgula e tabulação Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Conectar ao site de Administração Selecionar Usuários. Selecione as caixas de verificação para quaisquer usuários ativos que você deseja desativar. Selecione Ações > Desativar e confirme, selecionando OK. As contas selecionadas estão desativadas e o status para cada conta agora deve ser "Inativo." Sobre arquivos delimitados por vírgula e tabulação Use um aplicativo de planilha como o Microsoft Excel para organizar os seus dados de usuário. Salve ou exporte sua planilha como um arquivo delimitado por vírgula ou tabulação. Seu sistema suporta o Formato de Transformação UCS, 8 bits (UTF-8). Os caracteres que você inserir em seu arquivo são limitados aos especificados no UTF-8. Se o seu arquivo contém caracteres não ASCII, verifique que ele usa um unicode delimitador de vírgula ou tabulação. Inclui os seguintes campos em seu arquivo delimitado por vírgula ou tabulação. USERID A ID do usuário. Este campo é gerado automaticamente pelo sistema e deve ser deixado em branco ao realizar importações. ATIVO Se este usuário é ativo ou não. Insira S ou N (Necessário). NOME Nome do usuário. (Necessário) SOBRENOME Sobrenome do usuário. (Necessário) endereço de do usuário. (Necessário) LINGUAGEM-Linguagem do usuário. Consulte Configurar valores do campo de arquivos de importação, na página 131 para obter mais informações. HOSTPRIV Privilégios de Organizador. Insira ADMN ou ORGANIZADOR. FUSO HORÁRIO-Fuso horário em que o usuário está localizado. Consulte Configurar valores do campo de arquivos de importação, na página 131 para obter mais informações. DIVISION Divisão do Usuário. Para o código de rastreamento do grupo 1. Este campo é configurável na página Códigos de rastreamento. Consulte Configurando os Códigos de Monitoramento, na página 136 para obter mais informações. DEPARTMENT Departamento do usuário. Para o código de rastreamento do grupo 2. Este campo é configurável na página Códigos de rastreamento. Consulte Configurando os Códigos de Monitoramento, na página 136 para obter mais informações. 130

131 Sobre arquivos delimitados por vírgula e tabulação PROJECT Projeto do usuário. Para o código de rastreamento do grupo 3. Este campo é configurável na página Códigos de rastreamento. Consulte Configurando os Códigos de Monitoramento, na página 136 para obter mais informações. OTHER Outra informação. Para o código de rastreamento do grupo 4. Este campo é configurável na página Códigos de rastreamento. Consulte Configurando os Códigos de Monitoramento, na página 136 para obter mais informações. CUSTOM5 Personalizar campo 5. CUSTOM6 Personalizar campo 6. CUSTOM7 Personalizar campo 7. CUSTOM8 Personalizar campo 8. CUSTOM9 Personalizar campo 9. CUSTOM10 Personalizar campo 10. Configurar valores do campo de arquivos de importação Campo valores de linguagem A seguir estão os valores do campo do código do país que você pode configurar em seu arquivo de importação. Valor do campo en-us en-uk zh-cn zh-tw jp ko Sex de it es-me es nl pt-br Idioma Inglês dos E.U.A Inglês do Reino Unido Chinês Simplificado Chinês Tradicional Japonês Coreano Francês Alemão Italiano Espanhol castelhano Espanhol da América Latina Holandês Português 131

132 Sobre arquivos delimitados por vírgula e tabulação Valor do campo ru Idioma Russo Valores do campo do fuso horário A seguir estão os valores do campo do fuso horário que você pode configurar em seu arquivo de importação. Valor do campo Linha de data Samoa Havaí Alasca Pacífico Montanha Montanha Central México Central Central América do Sul - Pacífico Oriental Oriental Atlântico América do Sul Ocidental Newfoundland América do Sul Oriental América do Sul Oriental Atlântico Médio Açores GMT -12 horas -11 horas -10 horas -9 horas -8 horas -7 horas -7 horas -6 horas -6 horas -6 horas -5 horas -5 horas -5 horas -4 horas -4 horas -3,5 horas -3 horas -3 horas -2 horas -1 hora Localização Ilhas Marshall Samoa Honolulu Anchorage San Francisco Arizona Denver Chicago Cidade do México Saskatchewan Bogotá Nova York Indiana Halifax Caracas Newfoundland Brasília Buenos Aires Atlântico Médio Açores 132

133 Sobre arquivos delimitados por vírgula e tabulação Valor do campo Greenwich Média de Greenwich Europa Central Europa Central Europa Central Europeu Oriental Egito África do Sul Europeu Oriental Israel Arábia Saudita Rússia Nairobi Irã Árabe Baku Afeganistão Ásia Ocidental Ekaterinburg Índia Colombo Ásia Central Bangcoc China GMT 0 hora 0 hora 1 hora 1 hora 1 hora 2 horas 2 horas 2 horas 2 horas 2 horas 3 horas 3 horas 3 horas 3,5 horas 4 horas 4 horas 4,5 horas 5 horas 5 horas 5,5 horas 5,5 horas 6 horas 7 horas 8 horas Localização Casablanca Londres Amsterdã Paris Berlim Atenas Cairo Pretória Helsinki Tel Aviv Riyadh Moscou Nairobi Teerã Abu Dhabi Baku Kabul Ekaterinburg Islamabad Bombaim Colombo Almaty Bangcoc Pequim 133

134 Sobre arquivos delimitados por vírgula e tabulação Valor do campo Austrália Ocidental Cingapura Taipei Japão Coréia Yakutsk Austrália Central Austrália Central Austrália Oriental Austrália Oriental Pacífico Ocidental Tasmânia Vladivostok Pacífico Central Nova Zelândia Fiji Europa Central Pacífico México Montanha do México América do Sul Ocidental Malásia GMT 8 horas 8 horas 8 horas 9 horas 9 horas 9 horas 9,5 horas 9,5 horas 10 horas 10 horas 10 horas 10 horas 10 horas 11 horas 12 horas 12 horas 1 hora -8 horas -7 horas -4,5 horas 8 horas Localização Perth Cingapura Taipei Tóquio Seul Yakutsk Adelaide Darwin Brisbane Sydney Guam Hobart Vladivostok Ilhas Salomão Wellington Fiji Estocolmo Tijuana Chihuahua Caracas Kuala Lumpur 134

135 Importando Usuários Importando Usuários Antes de iniciar Prepare um arquivo delimitado por vírgula ou tabulação contendo informações dos seus usuários. Consulte Sobre arquivos delimitados por vírgula e tabulação, na página 130 para obter mais informações. Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Etapa 5 Etapa 6 Conectar ao site de Administração Selecione Usuários > Importar/Exportar Usuários. A página Importar/Exportar Usuários aparece. Selecione Importar. A página Importar Usuários aparece. Selecione Navegar e então selecione o arquivo delimitado por vírgula ou por tabulação que você deseja importar. Selecione a tecla Tabulação ou Vírgula para indicar que tipo você está importando. Selecione Importar. Seu arquivo é importado. Após a conclusão da importação, o sistema envia um indicando quantos registros foram importados com sucesso e quantos falharam. Próximos passos Selecione Usuários para ver os usuários em seu sistema. Certifique-se que seus usuários foram importados adequadamente. Exportando Usuários Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Conectar ao site de Administração Selecione Usuários > Importar/Exportar Usuários. Selecione Exportar. Os seus dados de usuário está exportado como um arquivo CSV. O sistema envia um ao administrador com um link para baixar o arquivo exportado. Importação de usuários a um novo sistema utilizando um arquivo exportado Execute as seguintes etapas para importar os usuários para um novo sistema, utilizando um arquivo exportado. 135

136 Configurando os Códigos de Monitoramento Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Etapa 5 Etapa 6 Etapa 7 Entre no site de Administração no sistema que você deseja exportar os usuários. Selecione Usuários > Importar/Exportar Usuários. Selecione Exportar. Seus dados de usuário são exportados como um arquivo delimitado por vírgula ou tabulação. Abra o arquivo exportado, exclua todas USERIDs do arquivo, e salve novamente o arquivo. Entre no site de Administração no sistema que você deseja importar os usuários. Selecione Usuários > Importar/Exportar Usuários. A página Importar/Exportar Usuários aparece. Selecione Importar. A página Importar Usuários aparece. Etapa 8 Etapa 9 Selecione Navegar e então selecione o arquivo que você exportou. Selecione a tecla Tabulação ou Vírgula para indicar que tipo você está importando. Etapa 10 Selecione Importar. Seu arquivo é importado. Após a conclusão da importação, o sistema envia um indicando quantos registros foram importados com sucesso e quantos falharam. Próximos passos Selecione Usuários para ver os usuários em seu sistema. Certifique-se que seus usuários foram importados adequadamente. Configurando os Códigos de Monitoramento Você pode configurar os códigos de monitoramento para monitorar o uso dos organizadores em determinados grupos. Por exemplo, você pode configurar os códigos de monitoramento para projetos ou departamentos. Os códigos de monitoramento que você configura aparece como opções quando você adiciona ou edita usuários. Você deve configurar o seguinte para cada código de monitoramento: Grupo de código de monitoramento Configure os seus grupos de código de monitoramento. Os grupos de códigos de rastreamento são utilizados quando você adiciona e edita os usuários. Os padrões são Divisão, Departamento, Projeto, Outro e Personalizado5 através do Personalizado10. Modo de entrada Selecione Campo de texto ou Menu suspenso. Uso Selecione Não usado, Opcional ou Necessário. 136

137 Configurando os Códigos de Monitoramento Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Etapa 5 Etapa 6 Conectar ao site de Administração Selecione Usuários > Códigos de Monitoramento. Opcionalmente, insira o nome de cada grupo de monitoramento que você deseja configurar na coluna Grupo de código de Monitoramento. Você não precisa alterar qualquer dos campos se você pretende usar os valores padrão. Selecione Entrada de Texto ou Menu Suspenso na coluna Modo de entrada para cada código de monitoramento. Se você selecionar Entrada de texto, então insira o nome do código de monitoramento em um campo de texto. Se você selecionar Menu suspenso um link Editar lista aparece próximo ao seu campo Modo de entrada. Selecione o link Editar lista para configurar os valores no menu suspenso para o código de monitoramento. Consulte Editando Códigos de Monitoramento, na página 137 para obter mais informações. Se você selecionar Menu suspenso para um de seus grupos de código de monitoramento, você deve selecionar Editar lista e inserir uma ou mais opções para o menu suspenso associado. Selecione Não usado, Opcional, ou Necessário na coluna Uso para cada código de monitoramento. Você deve apenas alterar o Uso para Necessário ou Opcional após você ter configurado uma lista do menu suspenso. Uma mensagem de erro aparece se você tentar configurar uma outra configuração que não seja Não usado, se você não configurou primeiro o grupo de código de Monitoramento e modo de Entrada. Selecione Salvar. As configurações do seu código de monitoramento são salvas. Editando Códigos de Monitoramento Por padrão, os códigos de monitoramento são exibidos como caixas de texto. Se você quiser exibir as opções de código de monitoramento em um menu suspenso, você deve configurar uma lista de opções. Após você selecionar o Menu suspenso do menu suspenso Modo de entrada, um link Editar lista aparece. Antes de iniciar Para editar os seus códigos de monitoramento, você deve selecionar Usuários > Códigos de Monitoramento e selecione Menu suspenso para o seu modo de Entrada. Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Selecione o link Editar lista. A caixa de diálogo Editar Lista de Código de Monitoramento aparece. Configure os campos na caixa de diálogo Editar Lista de Códigos de Monitoramento. a) Selecione Mostrar apenas códigos ativos para exibir apenas os códigos de monitoramento ativos quando você abre esta caixa de diálogo. Desmarque esta opção para mostrar todos os códigos de monitoramento. Observe que você não pode selecionar esta opção pela primeira vez que você configurar os códigos de monitoramento para cada Modo de entrada. 137

138 Usuários Enviando b) Selecione Ir para o código de monitoramento vazio primeiro para ir primeiro para página com campos de código vazio. c) Ativo é selecionada por padrão. Você pode desmarcar Ativo para fazer um código de monitoramento inativo. Códigos de monitoramento inativos não aparecem neste menu suspenso deste grupo de código de monitoramento. Verifique Ativo par ativar um código de monitoramento. d) Insira o nome do item do menu na caixa de texto Código. Limite: 128 caracteres. e) Selecione o botão Padrão para fazer este item de menu a seleção padrão do menu suspenso. f) Selecione Adicione mais 20 linhas para adicionar mais 20 linhas de código de monitoramento configurável. Os links de navegação (Próximo, Anterior e números de página) são adicionados se você tem mais de 20 linhas para exibir. Limite: 500 linhas (25 páginas). g) Selecione um botão Classificar para definir o método de classificação (Não classificar, Classificar crescente, Classificar decrescente) para os códigos de monitoramento. Observe que Classificar só funciona para a página atual. Etapa 3 Selecione Atualizar para salvar as suas configurações. Suas configurações são salvas e a página Editar lista de Código de Monitoramento se fecha. Usuários Enviando Use esta ferramenta para enviar para os seus usuários. Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Etapa 5 Etapa 6 Etapa 7 Conectar ao site de Administração Selecione Usuários > Usuários de . Digite o endereço de de um usuário ou um apelido de que você quer enviar na caixa de texto Para. O campo Para é opcional para implantações de 50 usuários e 250 usuários, e necessário para implantações de 800 usuários e usuários. Se você não especificar um destinatário, o é enviado para o primeiro administrador configurado no sistema. Opcionalmente, insira os endereços de na caixa de texto BCC. Insira seu assunto na caixa de texto Assunto. Insira a sua mensagem na caixa Mensagem. Clique em Enviar. 138

139 CAPÍTULO 14 Configurando Seu Sistema Este módulo descreve como usar as páginas de administrador para configurar o seu sistema. Configurando as Propriedades do Sistema, página 139 Atualizar seu sistema, página 146 Configurando Definições Gerais, página 146 Configurando os Servidores, página 148 Configurando as Suas Definições de SNMP, página 152 Gerenciando Licenças, página 159 Configurando as Propriedades do Sistema Configure as propriedades do sistema, selecionando o Sistema e Ver Mais na seção do Sistema. Alterando as Configurações da Sua Máquina Virtual Use esta função para alterar as configurações da máquina virtual. Não utilize o VMware vcenter para editar as configurações da máquina virtual. Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Etapa 5 Conectar ao site de Administração Selecione Sistema e selecione Ver Mais na seção de Sistema. Selecione Ligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. Para modificar as configurações de uma máquina virtual, selecione o link do nome da máquina virtual na seção do Sistema Primário ou Secundário do Sistema de Alta Disponibilidade. Você pode modificar as seguintes configurações da máquina virtual: 139

140 Configurando as Propriedades do Sistema Nome de domínio totalmente qualificado FQDN do seu sistema. Máquina virtual Endereço de IP da sua máquina virtual Servidor primário DNS Servidor secundário DNS Prefixo/Máscara de Sub-rede Entrada Etapa 6 Etapa 7 Você pode configurar o seu sistema com configurações da máquina virtual IPv4 ou IPv6. Durante a implantação, você pode configurar apenas as configurações IPv4, mas você atualiza a sua máquina virtual para IPv6 nesta página. Selecione Salvar. As suas alterações são salvas e a máquina virtual é reiniciada. Selecione Desligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. O sistema reinicia após desligar o modo de manutenção. Você pode iniciar a sessão novamente no site da Administração após a reinicialização estar completa. Próximos passos Se você fizer alterações em qualquer uma das máquinas virtuais, você deve obter novos certificados para cada máquina virtual no seu sistema, a menos que você esteja utilizando certificados curinga para os sistemas no mesmo domínio. Para obter mais informações, consulte.gerenciando Certificados, na página 183 Configurando um Sistema de Alta Disponibilidade Um sistema de alta disponibilidade é um sistema redundante que fornece backup no caso do sistema primário falhar. Adicionando um Sistema de Alta Disponibilidade A maioria dos recursos no seu sistema de alta disponibilidade são proibidos. Por exemplo, você não tem acesso a atualização, configuração SNMP, acesso de armazenamento e servidores de no seu sistema de alta disponibilidade. Você pode ver as propriedades do sistema, mas a modificação é proibida. Conclua o procedimento a seguir no sistema primário. Antes de iniciar Instale o Cisco WebEx em uma segunda máquina virtual a partir do arquivo OVA para ser usado como seu sistema de alta disponibilidade. 140

141 Configurando as Propriedades do Sistema Seu sistema de alta disponibilidade deve ser do mesmo tamanho que o seu sistema primário. Seu sistema de alta disponibilidade deve ser configurado com o mesmo OVA e patch que o seu sistema primário. Se as versões do sistema HA e primário não correspondem, você será instruído a atualizar para a versão superior. Copie o nome de domínio totalmente qualificado (FQDN) da máquina virtual de alta disponibilidade. Você deve saber o FQDN para adicionar o seu sistema de alta disponibilidade. Verifique se todas as máquinas virtuais estão funcionando normalmente. Determine o status da máquina virtual, visualizando o Monitor de Sistema como descrito em Usando o Seu Painel, na página 117. Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Conectar ao site de Administração No sistema primário, na seção Sistema, selecione o link Ver mais. Selecione Adicionar Sistema de Alta Disponibilidade. Siga as instruções na página Propriedades do Sistema para adicionar este sistema de HA. Exemplo: Etapa 5 Insira o FQDN da máquina virtual do site da Administração do sistema de alta disponibilidade e selecione Continuar. Iremos validar a disponibilidade tanto do sistema primário como do sistema HA para este procedimento HA adicional. Se ambos os sistemas estão prontos, então você vai ver um botão verde Adicionar. Não selecione-o até você colocar o seu sistema em modo de manutenção. Se um sistema não está pronto, então você verá uma mensagem de erro. Corrija o erro e tente esse procedimento HA adicional novamente. Etapa 6 Etapa 7 Selecione Ligar modo de manutenção, então selecione Adicionar. Seu sistema de alta disponibilidade é adicionado e automaticamente configurado para servir como um backup no caso de uma falha do sistema primário. Selecione Desligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. O sistema reinicia após desligar o modo de manutenção. Você pode iniciar a sessão novamente no site da Administração após a reinicialização estar completa. Removendo um Sistema de Alta Disponibilidade Antes de iniciar Você deve ter um sistema secundário atualmente configurado como o seu sistema de alta disponibilidade. 141

142 Configurando as Propriedades do Sistema Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Etapa 5 Conectar ao site de Administração Na seção de Sistema, selecione o link Ver Mais. Selecione Remover Sistema de Alta Disponibilidade. A página Remover Sistema de Alta Disponibilidade aparece exibindo o nome do domínio totalmente qualificado (FQDN) do seu sistema de alta disponibilidade. Selecione Continuar. Depois de ter removido um sistema de alta disponibilidade, você não pode adicionar o mesmo sistema de alta disponibilidade novamente no seu site. Para reconfigurar a alta disponibilidade, você precisa começar novamente através da reimplantação de um sistema de alta disponibilidade do arquivo OVA. Consulte Adicionando um Sistema de Alta Disponibilidade, na página 81 para obter mais informações. O seu sistema de alta disponibilidade é removido. Abra o VMware vcenter e remova o sistema de alta disponibilidade usando o comando Excluir do disco. Alterando o Seu Endereço de IP Virtual Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Etapa 5 Etapa 6 Etapa 7 Conectar ao site de Administração Selecione Sistema e selecione Ver Mais na seção de Sistema. Selecione Ligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. Na seção de Endereço de IP Virtual, selecione um link na coluna Tipo. Exemplo: Selecione Privado para o endereço de IP virtual privado. Insira o seu novo endereço de IP virtual na caixa de diálogo de Endereço de IPv4 VIP. Selecione Salvar. Selecione Desligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. O sistema reinicia após desligar o modo de manutenção. Você pode iniciar a sessão novamente no site da Administração após a reinicialização estar completa. Configurando o Acesso Público O acesso público possibilita que pessoas externas à sua rede organizem e participem de reuniões online através da Internet ou dispositivos móveis. Removendo o acesso público removerá as configurações do endereço de IP virtual público para a URL do seu site WebEx e termina o acesso externo ao seu site. 142

143 Configurando as Propriedades do Sistema Adicionar acesso público ao seu sistema Antes de iniciar Para permitir o acesso público, você deve primeiro configurar uma máquina virtual do proxy reverso da Internet para servir como o seu sistema de acesso público. Iniciar o Vmware vcenter e realizar o seguinte: Faça o backup das suas máquinas virtuais utilizando o VMware Data Recovery. Isso permite que você reverta as alterações, se necessário. Consulte Criando um Backup Usando o Vmware vcenter, na página 14 para obter mais informações. Implemente uma máquina virtual e proxy reverso da internet usando o mesmo arquivo OVA que você usou para implementar a sua máquina virtual do administrador. A máquina virtual de proxy reverso da internet deve estar na mesma sub-rede que o endereço IP virtual público. Consulte Adicionando o Acesso Público, na página 42 para obter mais informações. Se você tem um sistema de alta disponibilidade, você também deve implantar uma máquina virtual de proxy reverso da internet para o sistema de alta disponibilidade. Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Etapa 5 Etapa 6 Conectar ao site de Administração Selecione Sistema e então selecione o link Ver Mais na seção de Sistema. Selecione Ligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. Selecione Adicionar Acesso Público. Insira sua máquina virtual de proxy reverso da internet no campo FQDN. Há dois campos de nomes de domínios totalmente qualificados (FQDN) se o seu sistema está configurado para alta disponibilidade. Insira o FQDN de alta disponibilidade no segundo campo. Selecione Detectar máquinas virtuais. Se o seu sistema não está configurado para alta disponibilidade, aparece uma tabela mostrando a máquina virtual de proxy reverso da internet. Se o seu sistema está configurado para alta disponibilidade, aparece uma tabela mostrando o sistema primário da máquina virtual do proxy reverso da internet e a alta disponibilidade da máquina virtual do proxy reverso da internet. Se o seu sistema tem todas as atualizações que são incompatíveis com a versão OVA que você usou para criar a máquina virtual de proxy reverso da internet, você receberá uma mensagem de erro e não poderá continuar até depois de reimplantar a máquina virtual de proxy reverso da internet utilizando um arquivo OVA compatível com atualizações no seu sistema primário. Etapa 7 Etapa 8 Selecione Continuar. Insira o endereço de IP da mesma sub-rede que você usou para configurar a máquina virtual de proxy reverso da internet no campo de Endereço IPv4 virtual (VIP) público e selecione Salvar. 143

144 Configurando as Propriedades do Sistema Seu sistema está atualizado e o acesso público está configurado. Certifique-se de manter a sua janela do navegador aberta durante todo o processo. Se o seu sistema primário requer pequenas atualizações compatíveis com a versão OVA que você usou para criar a máquina virtual de proxy reverso da internet, elas serão aplicadas automaticamente na sua máquina virtual de proxy reverso da internet. Etapa 9 Se o seu sistema requer pequenas atualizações, você será solicitado a selecionar Reiniciar depois que as atualizações forem concluídas. Avançar para o passo seguinte se nenhuma atualização for necessária. Após a reinicialização do sistema, você receberá uma mensagem de confirmação indicando que você adicionou o acesso público. Etapa 10 Verifique a sua configuração. Se você estiver satisfeito, você pode apagar o backup da máquina virtual que você configurou antes de realizar este procedimento. Etapa 11 Selecione Concluído. Etapa 12 Verifique se os seus certificados de segurança ainda são válidos. Pelo fato deste procedimento alterar as suas máquinas virtuais, ele pode afetar os seus certificados. Se necessário, o sistema fornece um certificado auto-assinado para manter o funcionamento do sistema até que você possa reconfigurar os seus certificados. Consulte Gerenciando Certificados, na página 183 para obter mais informações. Etapa 13 Faça as alterações necessárias para os seus servidores DNS. Etapa 14 Selecione Desligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. O sistema reinicia após desligar o modo de manutenção. Você pode iniciar a sessão novamente no site da Administração após a reinicialização estar completa. Removendo o Acesso Público Antes de iniciar Faça o backup das suas máquinas virtuais utilizando o VMware Data Recovery. Isso permite que você reverta as suas alterações, se necessário. Consulte Criando um Backup Usando o Vmware vcenter, na página 14 para obter mais informações. Verifique se você ligou as suas máquinas virtuais após o backup estar completo. Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Conectar ao site de Administração Selecione Sistema e então selecione o link Ver Mais na seção de Sistema. Selecione Ligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. Selecione o site desejado, selecione Remover o acesso público e selecione Continuar. O acesso público é removido do site. 144

145 Configurando as Propriedades do Sistema Etapa 5 Etapa 6 Etapa 7 Selecione Concluído. Depois de remover o acesso público do seu site, você não pode adicionar a mesma máquina virtual proxy da internet neste site. Para reconfigurar o acesso público, você precisa começar novamente através da reimplantação de uma máquina virtual proxy reverso da Internet do arquivo OVA. Consulte Adicionar acesso público ao seu sistema, na página 143 para obter mais informações. Abra o VMware vcenter, desligue e exclua a máquina de Proxy Reverso da Internet (e a máquina de proxy reverso da Internet de alta disponibilidade, se implantada) do seu sistema. Selecione Desligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. O sistema reinicia após desligar o modo de manutenção. Você pode iniciar a sessão novamente no site da Administração após a reinicialização estar completa. Expandindo o Tamanho do Sistema Antes de iniciar Antes de executar uma expansão do sistema, consulte Expandindo o seu Sistema para Tamanho de Sistema Maior, na página 89 o que descreve todos os passos de pré-requisitos que você deve tomar antes de utilizar esse recurso, e como expandir o seu sistema utilizando a implantação automática ou manual. Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Etapa 5 Etapa 6 Conectar ao site de Administração Selecione Sistema e selecione o link Ver mais na seção do Sistema. Selecione Expandir o tamanho do sistema. Selecione Ligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. Selecione Continuar. Seu sistema verifica a conectividade com as máquinas virtuais. Se há problemas de conectividade com uma ou mais máquinas virtuais, você deve corrigir os problemas antes de continuar. Se não houver problemas de conectividade, o sistema realiza um backup automático. Após a conclusão do backup, você será notificado de que você pode prosseguir com a sua expansão. Implante o arquivo OVA utilizando um dos seguintes métodos: Expandindo o Sistema Usando Implementação Automática, na página 91 Expandindo o Sistema Usando Implementação Manual, na página 95 Seu sistema avisará quando a expansão estiver concluída. Etapa 7 Etapa 8 Etapa 9 Selecione Reiniciar. Conectar ao site de Administração Selecione Desligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. O sistema reinicia após desligar o modo de manutenção. Você pode iniciar a sessão novamente no site da Administração após a reinicialização estar completa. 145

146 Atualizar seu sistema Atualizar seu sistema A página de Aprimoramento lhe dá a opção de atualizar, aprimorar ou expandir o seu sistema. Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Conectar ao site de Administração Selecione Sistema > Aprimorar. Selecione o tipo de aprimoramento que deseja executar e selecione Continuar: Menor atualização ou renovação - Requer que você baixe a atualização mais recente, antes de continuar. Consulte Atualizando o Sistema, na página 101 para obter mais informações. Importante atualização com o sistema de redistribuição- Requer que você baixe o arquivo de atualização OVA antes de continuar. Consulte Atualizando o Sistema, na página 105 para obter mais informações. Expandir o tamanho do sistema Consulte Expandindo o Tamanho do Sistema, na página 145 para obter mais informações. Prossiga para a página atualizar, aprimorar ou expandir. Etapa 4 Etapa 5 Etapa 6 Selecione Ligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. Execute a sua atualização, o seu aprimoramento ou a sua expansão como descrita na seção associada. Selecione Desligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. O sistema reinicia após desligar o modo de manutenção. Você pode iniciar a sessão novamente no site da Administração após a reinicialização estar completa. Configurando Definições Gerais Para acessar suas definições gerais, selecione Sistema e o link Ver Mais em definições Configuração > Geral. Definições gerais incluem os seguintes recursos: Definições do Site: Use este recurso para configurar ou alterar a URL do site. Este recurso também exibe o endereço de IP virtual privado do seu site e o endereço de IP virtual público. Definições de Administração: Use este recurso para configurar ou alterar a URL do seu site de administração. Este recurso também exibe o endereço de IP virtual privado do site de administração. Alterando as Configurações do Seu Site Você configura a definição da URL do seu site original durante a implementação. Para obter maiores informações sobre a configuração da URL do site e nomear convenções, consulte As URLs do Site WebEx e da Administração WebEx, na página

147 Configurando Definições Gerais Antes de iniciar Certifique-se de manter a URL original do seu site no servidor DNS. Redirecione a URL do seu site original para a URL do site atualizado. Se os usuários tentarem usar a URL original e você não ter redirecionado para a nova URL, eles não serão capazes de organizar ou participar de reuniões ou registrar em páginas da internet, ferramentas de produtividade e aplicativos móveis. Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Etapa 5 Etapa 6 Conectar ao site de Administração Selecione Sistema > Configuração > Configurações gerais > Ver Mais. Selecione Ligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. Na seção Configurações do Site, selecione Editar. Insira a nova URL do site na caixa de diálogo e selecione Salvar. Selecione Desligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. O sistema reinicia após desligar o modo de manutenção. Você pode iniciar a sessão novamente no site da Administração após a reinicialização estar completa. Próximos passos Atualize o certificado do seu site para garantir acesso seguro. Consulte Gerenciando Certificados, na página 183 para obter mais informações. Alterando Suas Configurações de Administração Você configura a definição da URL do seu site de administração original durante a implementação. Para obter maiores informações sobre a configuração do site de administração e nomenclatura de convenções, consulte As URLs do Site WebEx e da Administração WebEx, na página 44. Antes de iniciar Certifique-se de manter a URL original do seu site de administração no servidor DNS. Redirecione a URL do seu site original de administração para a URL do site de administração atualizado. Se os usuários tentarem usar a URL original e você não ter redirecionado para a nova URL, eles não serão capazes de organizar ou participar de reuniões ou registrar em páginas da internet, ferramentas de produtividade e aplicativos móveis. Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Etapa 5 Etapa 6 Conectar ao site de Administração Selecione Sistema > Configuração > Configurações gerais > Ver Mais. A página Configurações gerais aparece. Selecione Ligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. Na seção Configurações de Administração, selecione Editar. Insira a nova URL do site de administração na caixa de diálogo e selecione Salvar. Selecione Desligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. 147

148 Configurando os Servidores O sistema reinicia após desligar o modo de manutenção. Você pode iniciar a sessão novamente no site da Administração após a reinicialização estar completa. Próximos passos Atualize o certificado do seu site para garantir acesso seguro. Consulte Gerenciando Certificados, na página 183 para obter mais informações. Configurando os Servidores Use estes recursos para configurar os seus servidores: Servidor SMTP: O servidor SMTP cuida do envio do do cliente para o destino. Servidor de Armazenamento: O servidor NFS é o servidor de armazenamento onde todas gravações de reunião serão armazenadas. Configurando um Servidor de Configure um servidor de correio para habilitar o seu sistema para enviar convites de reuniões e outras comunicações para os usuários. É muito importante que o servidor do correio esteja sempre operacional. O é o principal método de comunicação com os seus usuários, incluindo notificações de gravação, alterações de informações de reuniões, status da conta e muitos outros anúncios importantes. Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Etapa 5 Etapa 6 Etapa 7 Etapa 8 Conectar ao site de Administração Selecione Sistema e selecione Ver Mais na seção Servidores. Selecione Editar na seção Servidor de . Selecione Ligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. Insira o hostname do servidor de e opcionalmente selecione a caixa de verificação TLS Habilitada. Insira o número da porta do seu servidor de e opcionalmente selecione a caixa de verificação Servidor de Autenticação Habilitada. Selecione Continuar. Selecione Desligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. O sistema reinicia após desligar o modo de manutenção. Você pode iniciar a sessão novamente no site da Administração após a reinicialização estar completa. 148

149 Configurando os Servidores Configurando um Servidor SMTP Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Etapa 5 Etapa 6 Conectar ao site de Administração Selecione Sistema. Em Servidores, selecione o link Ver Mais. Selecione Ligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. No Servidor SMTP, selecione o link Editar. Complete os campos do servidor SMTP: Nome do organizador O nome do organizador de seu servidor SMTP. Porta O número da porta do seu servidor SMTP. Nome do usuário O nome de usuário para o cliente de . Senha Senha para o usuário. Etapa 7 Etapa 8 Etapa 9 Opcionalmente, selecione as caixas de verificação TLS Habilitada e Autenticação de Servidor Habilitado. Selecione Salvar. Selecione Desligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. O sistema reinicia após desligar o modo de manutenção. Você pode iniciar a sessão novamente no site da Administração após a reinicialização estar completa. Configurando um Servidor de Armazenamento O seu servidor de armazenamento faz o backup do banco de dados e de reuniões gravadas em uma base diária. Antes de iniciar Certifique-se de configurar os privilégios do seu acesso Unix para que seu sistema possa armazenar o conteúdo gerado pelo usuário e backups de sistema. Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Etapa 5 Etapa 6 Conectar ao site de Administração Selecione Sistema. Na sessão Servidores, selecione Ver Mais. Se um servidor de armazenamento está presente no seu sistema, ele é exibido nesta página. Se não há nenhum servidor de armazenamento no seu sistema, você terá a opção de configurar um. Selecione Ligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. Na sessão Servidor de Armazenamento, selecione Adicionar um Servidor de Armazenamento agora. Insira ponto de montagem NFS e selecione Continuar. 149

150 Configurando os Servidores O sistema confirma o seu ponto de montagem NFS. Etapa 7 Etapa 8 Etapa 9 Selecione Continuar. Você recebe uma mensagem de confirmação que o seu servidor de armazenamento foi adicionado. Selecione Concluído. Selecione Desligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. O sistema reinicia após desligar o modo de manutenção. Você pode iniciar a sessão novamente no site da Administração após a reinicialização estar completa. Próximos passos Configure o seu sistema para usar o servidor de armazenamento para o seguinte: Gravações de reunião. Recuperação de desastre. Consulte Utilizar o recurso de recuperação de desastres, na página 150 para obter mais informações. Utilizar o recurso de recuperação de desastres Utilize os recursos recuperação de desastres para recuperar a sua implantação após qualquer tipo de falha do sistema ou outros desastres. Um desastre pode ser uma falha de rede, falha do servidor, queda do centro de dados ou outro evento que faz com que o seu sistema seja inutilizável. Existem dois tipos de recuperação de desastres: Um centro de dados de recuperação de desastres-se você possui um único centro de dados e seu sistema se torna indisponível, você pode reinstalar o sistema no mesmo centro de dados e restaurá-lo para o mesmo estado. Dois centros de dados de recuperação de desastres-se você possui dois centros de dados e seu sistema se torna indisponível no primeiro centro de dados, você pode acessar o sistema no seu segundo centro de dados e restaurá-lo para o mesmo estado. Após ter configurado um servidor de armazenamento, o sistema é apoiado em uma base diária. Um aviso de backup do sistema é exibido no seu painel que exibe informações sobre o backup mais recente. Se você executar uma recuperação de desastres, o último backup é usado. Observe que a recuperação de desastres Demora mais de 30 minutos. Substitui as suas configurações com as configurações do backup mais recente. Requer que você execute as etapas adicionais para restaurar o serviço aos seus usuários (detalhado em "O que fazer a seguir", abaixo). Execute o procedimento abaixo depois que um desastre ocorreu e você perdeu a capacidade de utilizar o sistema. Antes de iniciar Para executar os procedimentos de recuperação de desastres, você deve ter um servidor de armazenamento configurado. Consulte Configurando um Servidor de Armazenamento, na página 149 para obter mais 150

151 Configurando os Servidores informações. Se você não possui um servidor de armazenamento configurado, a opção Recuperação de desastres não estará disponível. Você deve ter acesso a um sistema no qual você pode restaurar a sua implantação. Consulte as informações sobre um centro de dados e recuperação de desastres de dois centros de dados, abaixo. O seu sistema de recuperação deve ser do mesmo tamanho da implantação e da versão do software como o seu sistema original. A recuperação de desastres pode ser realizada em sistemas com ou sem alta disponibilidade. Entretanto, você não pode configurar a recuperação de desastres em um sistema de alta disponibilidade. Você deve primeiro configurar a recuperação de desastres e depois você pode configurar a alta disponibilidade no sistema. Se você tem um sistema de alta disponibilidade que exige a recuperação de desastres, você deve restaurar o seu sistema e depois reconfigurar a alta disponibilidade no seu sistema restaurado. Para obter mais informações sobre a alta disponibilidade, consulte Adicionando um Sistema de Alta Disponibilidade, na página 81. Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Inicie a sessão no site da Administração em um sistema onde você pode restaurar a sua implantação. Selecione Sistema > Servidores > Adicionar servidor de armazenamento. Selecione Ligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. Insira o nome do seu servidor de armazenamento no campo Ponto de montagem NFS e selecione Continuar. Etapa 5 Etapa 6 Exemplo: Insira ip://xyz/yu. Selecione Continuar para prosseguir com a recuperação de desastres. Se o tamanho da implantação do sistema de recuperação e da versão do software correspondem ao seu sistema original, você pode prosseguir com a recuperação de desastres. Se o sistema possui um tamanho diferente de implantação ou de versão de software, você não pode prosseguir. Se isso acontecer, você deve reimplantar o aplicativo no seu sistema de recuperação, de modo que, o tamanho da implantação e da versão do software correspondam à implantação original. Selecione uma das seguintes opções para continuar: Cancelar-Para fazer o backup do seu sistema pré-existente antes de adicionar um servidor de armazenamento. Depois de fazer o backup do seu sistema, você retorna para esta página e pode selecionar Continuar para prosseguir. Continuar-Para substituir o seu sistema pré-existente e continuar com a recuperação de desastres. O processo de recuperação de desastre inicia: Se você fechar o navegador, você não poderá iniciar sessão novamente no sistema até que o processo seja concluído. Etapa 7 Selecione Desligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. O sistema reinicia após desligar o modo de manutenção. Você pode iniciar a sessão novamente no site da Administração após a reinicialização estar completa. 151

152 Configurando as Suas Definições de SNMP Próximos passos É necessário executar os seguintes procedimentos para restaurar o serviço para os usuários: Reconfigurar suas definições de teleconferência. Consulte Configurar CUCM no Guia de Planejamento para obter mais informações. Reconfigurar suas configurações SSO. Consulte Configurando as Definições de Registro Único Federado (SSO), na página 189 para obter mais informações. Reconfigure suas configurações SNMP. Consulte Configurando as Suas Definições de SNMP, na página 152 para obter mais informações. Configure seus certificados. Consulte Gerenciando Certificados, na página 183 para obter mais informações. Você pode ter que recarregar os seus certificados SSL se eles não coincidem com os certificados SSL que estão configurados no sistema de recuperação. O seu sistema de recuperação é configurado inicialmente para o Modo de Licença Grátis, que expira em 180 dias. Reorganizar as licenças do seu sistema anterior no sistema de recuperação. Consulte Sobre Licenças, na página 161 para obter mais informações. Defina as configurações DNS para que a URL do seu site aponte para o VIP atual. O VIP no sistema restaurado pode ser diferente do qual você tinha no sistema original. Você deve completar a configuração DNS para usuários finais para que utilizem os links originais para iniciarem sessão ou participarem de reuniões no sistema restaurado. Consulte Alterando o Seu Endereço de IP Virtual, na página 142 para obter mais informações. Configurando as Suas Definições de SNMP Você pode configurar as seguintes definições SNMP Sequências de comunidade Autenticar acesso das sequências de comunidade SNMP aos objetos MIB e funções como senhas embutidas. A sequência de comunidade padrão é Pública CWS. Selecione o CWS Público para editá-lo ou adicione sequências de comunidade adicionais. Usuários USM: Configura a segurança com base no usuário (USM) para fornecer segurança de nível de mensagem adicional. Selecione uma configuração USM existente para editá-la ou adicione configurações USM adicionais. Destinos de notificação: Use este recurso para configurar a armadilha/informação do receptor. Configurando as Sequências de Comunidade Você pode adicionar e editar sequências de comunidade e privilégios de acesso a sequência de comunidade. 152

153 Configurando as Suas Definições de SNMP Adicionar Sequências de Comunidade Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Etapa 5 Conectar ao site de Administração Selecione Sistema e selecione o link Ver Mais na seção SNMP. Selecione Ligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. Selecione Adicionar na seção Sequências de Comunidade. Complete os campos na página Adicionar Sequência de Comunidade. Opção Descrição Nome Sequência de Comunidade Privilégios de Acesso Insira o nome da sua sequência de comunidade. Comprimento máximo: 256 caracteres. Defina os privilégios de acesso para a sequência de comunidade. As opções incluem: ApenasLeitura LeituraEscrita NotificarLeituraEscrita ApenasNotificar Nenhum Predefinição: ApenasLeitura Informações do Endereço de IP do Organizador. Selecione o tipo do endereço de IP do seu organizador. (Padrão: Aceitar Pacotes SNMP de quaisquer Organizadores) Se você selecionar Aceitar Pacotes SNMP destes Organizadores, uma caixa de diálogo aparece abaixo da seleção. Insira os nomes de organizadores e endereços de IP separados por vírgulas. Selecione Adicionar. A sequência de comunidade é adicionada em seu sistema. Etapa 6 Selecione Desligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. O sistema reinicia após desligar o modo de manutenção. Você pode iniciar a sessão novamente no site da Administração após a reinicialização estar completa. 153

154 Configurando as Suas Definições de SNMP Editando Sequências de Comunidade Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Etapa 5 Conectar ao site de Administração Selecione Sistema e selecione o link Ver Mais na seção SNMP. Selecione Ligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. Selecione um link do nome da sequência de comunidade na seção Sequências de comunidade. Altere os campos desejados na página Editar Sequência de Comunidade. Opção Descrição Nome Sequência de Comunidade Privilégios de Acesso Altere o nome da sua sequência de comunidade. Comprimento máximo: 256 caracteres. Defina os privilégios de acesso para a sequência de comunidade. As opções incluem: ApenasLeitura LeituraEscrita NotificarLeituraEscrita ApenasNotificar Nenhum Predefinição: ApenasLeitura Informações do Endereço de IP do Organizador. Selecione o tipo do endereço de IP do seu organizador. Predefinição: Aceitar Pacotes SNMP de qualquer Organizador Se você selecionar Aceitar Pacotes SNMP destes Organizadores, uma caixa de diálogo aparece abaixo da seleção. Insira os nomes de organizadores e endereços de IP separados por vírgulas. Selecione Editar. As informações da sua sequência de comunidade são alteradas. Etapa 6 Selecione Desligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. O sistema reinicia após desligar o modo de manutenção. Você pode iniciar a sessão novamente no site da Administração após a reinicialização estar completa. Configurando os Usuários de USM Você pode adicionar e editar os seus usuários USM. 154

155 Configurando as Suas Definições de SNMP Adicionar Usuários USM Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Etapa 5 Conectar ao site de Administração Selecione Sistema e então selecione Ver Mais na seção SNMP. Selecione Ligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. Selecione Adicionar na seção de Usuários USM. Conclua os campos na página Adicionar Usuário USM. Opção Nome de Usuário USM Descrição Insira o nome de usuário USM que você deseja configurar. Máximo de 256 caracteres. Nível de segurança Selecione o nível de segurança. O nível de segurança que você seleciona, determina quais algoritmos e senhas você pode definir para o usuário. As opções incluem: noauthnopriv : Nenhum algoritmo de autenticação e senha e nenhum algoritmo de privacidade e senha para o usuário. authpriv: Permite que você configure o algoritmo de autenticação e senha e algoritmo de privacidade e senha para o usuário. authnopriv Permite que você configure o algoritmo de autenticação e a senha para o usuário. Predefinição: noauthnopriv Algoritmo de Autenticação Autenticação de Senha Algoritmo de Privacidade Privacidade de Senha Selecione o algoritmo de autenticação para o usuário. Esta opção aparece apenas se o nível de segurança é definido para authpriv ou authnopriv. Predefinição: SHA Insira a autenticação de senha para o usuário. Esta opção aparece apenas se o nível de segurança é definido para authpriv ou authnopriv. Selecione o algoritmo de privacidade para o usuário. Esta opção aparece apenas se o nível de segurança é definido para authpriv. Predefinição: AES128 Insira a senha de privacidade para o usuário. Esta opção aparece apenas se o nível de segurança é definido para authpriv. Etapa 6 Selecione Adicionar. 155

156 Configurando as Suas Definições de SNMP O usuário USM é adicionado em seu sistema. Etapa 7 Selecione Desligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. O sistema reinicia após desligar o modo de manutenção. Você pode iniciar a sessão novamente no site da Administração após a reinicialização estar completa. Editando os Usuários USM O usuário USM padrão, serveradmin, é utilizado internamente e o usuário somente pode alterar a senha, mas não o nível de segurança, autenticação e algoritmo de privacidade. Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Etapa 5 Conectar ao site de Administração Selecione Sistema e então selecione Ver Mais na seção SNMP. Selecione Ligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. Selecione um usuário USM na seção de Usuários USM. Altere os campos desejados na página Editar Usuário USM. Opção Descrição Nome de Usuário USM Alterar o nome do usuário USM. Máximo de 256 caracteres. Nível de segurança Selecione o nível de segurança. O nível de segurança que você seleciona, determina quais algoritmos e senhas você pode definir para o usuário. As opções incluem: noauthnopriv : Nenhum algoritmo de autenticação e senha e nenhum algoritmo de privacidade e senha para o usuário. authpriv: Permite que você configure o algoritmo de autenticação e senha e algoritmo de privacidade e senha para o usuário. authnopriv Permite que você configure o algoritmo de autenticação e a senha para o usuário. Predefinição: noauthnopriv Algoritmo de Autenticação Autenticação de Senha Selecione o algoritmo de autenticação para o usuário. Esta opção aparece apenas se o nível de segurança é definido para authpriv ou authnopriv. Predefinição: SHA Altera a autenticação de senha para o usuário. Esta opção aparece apenas se o nível de segurança é definido para authpriv ou authnopriv. 156

157 Configurando as Suas Definições de SNMP Opção Algoritmo de Privacidade Privacidade de Senha Descrição Selecione o algoritmo de privacidade para o usuário. Esta opção aparece apenas se o nível de segurança é definido para authpriv. Predefinição: AES128 Altere a senha de privacidade para o usuário. Esta opção aparece apenas se o nível de segurança é definido para authpriv. Etapa 6 Etapa 7 Selecione Editar. As informações do usuário USM estão alteradas. Selecione Desligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. O sistema reinicia após desligar o modo de manutenção. Você pode iniciar a sessão novamente no site da Administração após a reinicialização estar completa. Configurando os Destinos de Notificação Você pode configurar as suas máquinas virtuais no seu sistema para gerar notificações SNMP ou armadilhas para o seguinte: Inicialização da máquina virtual (armadilha para arranque a frio) Todas as condições de alarme Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Etapa 5 Conectar ao site de Administração Selecione Sistema e selecione o link Ver Mais na seção SNMP. Selecione Ligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. Selecione Adicionar novo Destino de Notificação em Destinos de Notificação. Configure os seguintes campos para o seu destino de notificação: Opção Endereço de IP / Hostname de Destino Descrição O hostname ou endereço de IP da máquina virtual que você deseja configurar como um destino de notificação. Número da porta Versão SNMP O número da porta para a sua máquina virtual. Predefinição: 162 Sua versão SNMP. Predefinição: V3 157

158 Configurando as Suas Definições de SNMP Opção Tipo de Notificação Usuário USM Sequencia de Comunidade Esta opção só aparece quando a versão SNMP está definida para V3. Esta opção só aparece quando a versão SNMP não está definida para V3. Descrição Selecione Informe ou Armadilhas. Predefinição: Informar Selecione os usuários USM. Consulte Configurando os Usuários de USM, na página 154 para obter mais informações. Selecione sequências de comunidade. Consulte Configurando as Sequências de Comunidade, na página 152 para obter mais informações. Etapa 6 Etapa 7 Selecione Adicionar. Seu destino de notificação está adicionado. Selecione Desligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. O sistema reinicia após desligar o modo de manutenção. Você pode iniciar a sessão novamente no site da Administração após a reinicialização estar completa. Editar um destino de notificação Configurando os Destinos de Notificação Procédure Étape 1 Étape 2 Étape 3 Étape 4 Étape 5 Conectar ao site de Administração Selecione Sistema e selecione o link Ver Mais na seção SNMP. Selecione Ligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. Selecione um link de destino da notificação da lista Destinos da notificação. Você pode editar os seguintes campos para o seu destino de notificação: Opção Descrição Endereço de IP / Hostname de Destino Número da porta Versão SNMP O hostname ou endereço de IP da máquina virtual que você deseja configurar como um destino de notificação. O número da porta para a sua máquina virtual. Predefinição: 162 Sua versão SNMP. Predefinição: V3 158

159 Gerenciando Licenças Opção Tipo de Notificação Descrição Selecione Informe ou Armadilhas. Predefinição: Informar Usuário USM Remarque Esta opção só aparece quando a versão SNMP está definida para V3. Sequencia de Comunidade Remarque Esta opção só aparece quando a versão SNMP não está definida para V3. Selecione os usuários USM. Consulte Configurando os Usuários de USM, à la page 154 para obter mais informações. Selecione sequências de comunidade. Consulte Configurando as Sequências de Comunidade, à la page 152 para obter mais informações. Étape 6 Étape 7 Selecione Salvar. As alterações de destino da notificação estão salvas. Selecione Desligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. O sistema reinicia após desligar o modo de manutenção. Você pode iniciar a sessão novamente no site da Administração após a reinicialização estar completa. Gerenciando Licenças Quando você comprar este produto, você terá um período gratuito de 180 dias de teste. Após o seu período de teste gratuito expirar, você é obrigado a comprar licenças para os seus usuários. Para obter licenças, você usa uma versão integrada do Cisco Enterprise License Manager. Consulte o Guia de Planejamento do Cisco WebEx Meetings Server para obter mais informações. Antes de iniciar Contate o representante de vendas da Cisco para solicitar licenças para o seu sistema. O representante de vendas irá enviar a você um que contém a Chave de Autorização do Produto (PAK). Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Etapa 5 Conectar ao site de Administração Selecione Sistema e então selecione o link Ver Mais na seção de Licenças. Selecione Gerenciar Licenças Seu navegador abre uma nova guia ou janela contendo o Cisco Cisco Enterprise License Manager (ELM). Esta versão de ELM é integrada no Servidor do Cisco WebEx Meetings. O site ELM não é um site externo. Selecione Gerenciamento da licença > Licenças. Selecione Gerar Solicitação de Licença. 159

160 Gerenciando Licenças A caixa de diálogo Solicitação de Licença e Próximos Passos aparece. Etapa 6 Etapa 7 Etapa 8 Copie o texto selecionado no campo e selecione Registro de licença Cisco. Inicie sessão na sua conta Cisco. A página Registro de licença do produto é exibida. Digite a PAK que você recebeu do seu representante de vendas da Cisco no campo Chave de Autorização do Produto e selecione Seguinte. A página Completar a PAK é exibida. Etapa 9 Cole o conteúdo do pedido de licença que você copiou acima no campo, insira a quantidade de licenças que você está comprando e selecione Seguinte. Etapa 10 Reveja a página e selecione Eu concordo com os termos da Licença. Etapa 11 Verifique se o endereço de do contato está correto. Opcionalmente, altere o endereço de do contato no campo Enviar para. Etapa 12 Selecione Obter Licença A caixa de diálogo Status da solicitação da licença é exibida. Etapa 13 Obtenha o arquivo de licença em uma das seguintes formas: Selecione Baixar para baixar o arquivo de licença (.bin). Extraia o seu arquivo de licença (.bin) do arquivo ZIP que lhe foi enviado por . Etapa 14 Retorne para o site da Administração e selecione Sistema e então selecione o link Ver mais na seção Licenças. Etapa 15 Selecione Gerenciar Licenças. Seu navegador abre uma nova guia ou janela contendo o Cisco Cisco Enterprise License Manager (ELM). Etapa 16 Selecione Instalar arquivo da licença. Etapa 17 Selecione Navegar e selecione o arquivo de licença (.bin) que você baixou ou extraiu do arquivo ZIP no seu . Etapa 18 Selecione Instalar. Seu arquivo de licença está instalado. Verifique as informações da licença que são exibidas para garantir que ela está correta. Etapa 19 Selecione Sistema e selecione Ver Mais na seção de Licenças. A página Licenças do usuário é exibida. Certifique-se que as informações apresentadas são corretas. Adicionando Licenças Antes de iniciar Obtenha o seu número ID de registro. Você pode encontrar seu número ID de registro, abrindo a sua ferramenta de Gerenciamento de Licença Empresarial e selecionando Sobre. 160

161 Gerenciando Licenças Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Etapa 5 Conectar ao site de Administração Selecione Suporte e chame o TAC no número listado. Abra um processo, solicitando o número de licenças adicionais que você deseja. O Cisco processa a sua solicitação e permite as licenças adicionais no seu sistema. Selecione Sistema. Verifique a seção de Licença para confirmar que as suas licenças adicionais foram adicionadas. Sobre Licenças Este produto tem licenciamento com base no usuário que requer que você compre uma licença para cada usuário que pretende organizar reuniões. Contamos licenças da seguinte forma: Se um usuário organiza pelo menos uma reunião na janela por 30 dias, então este usuário consome uma licença. Se este usuário organiza reuniões adicionais nesta mesma janela de 30 dias, o usuário ainda consome apenas uma licença, a menos que este usuário organize reuniões simultâneas. Se um usuário organiza reuniões simultâneas (na mesma data e hora), então o sistema conta uma licença adicional para cada reunião simultânea organizada por este usuário na janela de 30 dias. Se um usuário não organiza nenhuma reunião na janela de 30 dias, então este usuário não consome licenças. Há um problema conhecido atualmente que faz com que nenhuma licença seja consumida se um usuário participar apenas da parte da teleconferência de uma reunião (e não da parte da internet). Em versões futuras deste produto, atendendo tanto a parte da teleconferência quanto a parte da internet de uma reunião (ou ambas) resultará em uma licença de uso. O sistema conta a utilização da licença para cada usuário a cada 30 dias, tal como exibido na tabela a seguir. Cenário Data da reunião Hora de início da reunião Reuniões simultâneas Licenças consumidas em 30 dias O usuário A agenda uma reunião mas não a organiza. 1º de janeiro 09:00 Não 0 O usuário B organiza uma reunião. 2 de janeiro 09:00 Não 1 161

162 Gerenciando Licenças Cenário Data da reunião Hora de início da reunião Reuniões simultâneas Licenças consumidas em 30 dias O usuário C organiza duas reuniões em diferentes datas e horários. 3 de janeiro 4 de janeiro 09:00 10:00 Não 1 O usuário D organiza duas reuniões na mesma data e horário. 6 de janeiro 6 de janeiro 09:00 09:00 Sim (2) 2 O usuário E organiza duas reuniões na mesma data e horário, e outras duas reuniões simultâneas em uma data e horário diferente dentro do mês. 6 de janeiro 6 de janeiro 10 de janeiro 10 de janeiro 09:00 09:00 16:00 16:00 Sim (2) 2 O usuário F organiza duas reuniões na mesma data e horário, não participa de nenhuma, embora as reuniões ocorrem. 7 de janeiro 7 de janeiro 09:00 09:00 Sim (2) 2 O usuário G participa de uma reunião e passa os direitos de organizador a outro participante durante a reunião. O usuário então organiza uma segunda reunião que se realiza simultaneamente com a primeira reunião. 8 de janeiro 8 de janeiro 09:00 09:00 Sim (2) 2 O usuário H organiza uma reunião, mas todos os participantes da reunião participam apenas na teleconferência (não na parte da internet) com a opção Participar antes do organizador selecionada. 9 de janeiro 09:00 Não 0 162

163 Gerenciando Licenças Cenário Data da reunião Hora de início da reunião Reuniões simultâneas Licenças consumidas em 30 dias O usuário J organiza duas reuniões na mesma data e horário, mas todos os participantes da reunião participam apenas na teleconferência (não na parte da internet) com a opção Participar antes do organizador selecionada. 10 de janeiro 10 de janeiro 09:00 09:00 Não 0 O usuário K participa de uma reunião e passa os direitos de organizador a outro participante durante a reunião. O usuário então organiza uma segunda reunião que se realiza simultaneamente com a primeira reunião, mas todos os participantes da segunda reunião participam apenas na teleconferência (não na parte da internet) com a opção Participar antes do organizador selecionada. 11 de janeiro 11 de janeiro 10:00 10:00 Não 1 Na página Relatórios, você pode pedir um relatório CSV que totaliza todas as licenças consumidas durante uma janela de 30 dias. No entanto, por conveniência, nós recomendamos que você veja o Relatório de Resumo em PDF que mostra mês-a-mês as tendências de consumo de licença. Ao ver a tendência geral da licença, você pode planejar por futuras aquisições de licenças de forma mais eficaz, para coincidir com a crescente adoção desse sistema na sua empresa. 163

164 Gerenciando Licenças Cuidado Como uma conveniência, o sistema permite o consumo de licença para exceder o número de licenças efetivamente instaladas no sistema. Nessas situações, você e os outros administradores receberão s de 'Licenças estão em defasagem'. Além disso, o painel exibe mensagens que indicam que você tem até 180 dias para adquirir licenças adicionais para cobrir a diferença. Durante este período de 180 dias, o sistema irá continuar a funcionar normalmente para usuários finais. No entanto, uma vez que os 180 dias decorrerem, o sistema será desligado para todos os usuários finais até um administrador instalar licenças adicionais. Enquanto o sistema é desligado, os usuários finais não podem agendar, organizar ou participar de reuniões. Eles vão ver uma mensagem "Site em manutenção" no site do usuário final WebEx. No entanto, o site da Administração Cisco WebEx site continuará a funcionar normalmente, para que um administrador possa iniciar sessão e adicionar licenças. Uma vez que as licenças adicionais são instaladas, os usuários finais podem acessar o site novamente WebEx e organizar e participar de reuniões. 164

165 CAPÍTULO 15 Ajustes de Configurações Este módulo descreve como configurar as suas configurações. Configurando as Informações da Sua Empresa, página 166 Definindo as Configurações da Sua Marca, página 167 Definindo As Suas Configurações de Reunião, página 168 Sobre Configurar Suas Definições de Áudio, página 169 Definindo as Configurações do Seu Áudio, página 174 Definindo As Suas Configurações Móveis, página 174 Configurando a Qualidade de Serviço (QoS), página 174 Configurando Senhas, página 175 Configurando as Configurações do Seu , página 178 Definindo as Configurações do Seu Download, página 181 Gerenciando Certificados, página 183 Gerando Certificados SSL, página 184 Importando os Certificados IdP de SSO, página 187 Importar certificado de teleconferência segura, página 188 Configurando a Segurança da Sessão de Usuário, página 189 Configurando as Definições de Registro Único Federado (SSO), página 189 Configurar seus recursos de nuvem, página 193 Configurando a Segurança da Máquina Virtual, página

166 Configurando as Informações da Sua Empresa Configurando as Informações da Sua Empresa Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Conectar ao site de Administração Selecione Configurações. Se você está visualizando uma das outras páginas de configuração, você também pode selecionar Informações da Empresa na seção Configurações. Complete os campos na página e selecione Salvar. Opção Descrição Nome da empresa Endereço 1 Endereço 2 Cidade Estado/Província CEP país/região Telefone comercial fuso horário Idioma O nome da sua empresa ou organização. Linha de endereço 1. Linha de endereço 2. Sua cidade. Nome do seu estado ou província. CEP ou outro código postal. Nome do seu país ou região. Menu suspenso com código de país e campo para telefone comercial com código de área. Seu fuso horário. Seu idioma. A configuração do idioma afeta o seguinte: A página de iniciar sessão vista pelos administradores quando eles ativam as suas contas de administrador pela primeira vez. As solicitações de áudio padrão são reproduzidas pela teleconferência de chamada de entrada dos usuários. Localidade Sua localidade. A configuração local afeta a exibição de horários, datas, moedas e números. 166

167 Definindo as Configurações da Sua Marca Definindo as Configurações da Sua Marca Antes de iniciar Prepare o seguinte antes de definir as configurações da sua marca: Uma imagem de 120x32 PNG, GIF ou JPEG contendo o logotipo da sua empresa A URL da declaração de privacidade da sua empresa A URL da declaração dos termos de serviço da sua empresa A URL de suporte da sua empresa Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Conectar ao site de Administração Selecione Configurações > Marca. Complete os campos na página e selecione Salvar. Opção Descrição Logomarca da empresa Declaração de Privacidade Termos do Serviço Texto de Rodapé Personalizado Cor do plano de fundo do cabeçalho URL do Contato de Suporte Navegue até o arquivo do seu logotipo. Seu logotipo deve ser no formato PNG, JPEG ou GIG. As dimensões máximas são 120x32 pixeis e o tamanho máximo do arquivo é 5MB. Insira uma URL para a declaração de privacidade da sua empresa. Insira uma URL para os termos de serviço da sua empresa. O texto que você inserir estará no rodapé do de todos os usuários finais e administradores que estão enviando por seu sistema. Selecione esta opção para desativar a cor de fundo padrão. Observe que isso afetará todas as barras do navegador e s. Insira a URL da página da internet de suporte da sua empresa. Removendo um Logotipo da Empresa Antes de iniciar Criar um arquivo transparente de 120x32 em GIF ou PNG. 167

168 Definindo As Suas Configurações de Reunião Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Conectar ao site de Administração Selecione Configurações > Marca. Para o campo Logotipo da Empresa, selecione Navegar e escolha o seu arquivo transparente de 120x32 em GIF ou PNG. Selecione Salvar. O seu logotipo da empresa anterior é substituído por arquivo PNG ou GIF em branco. Confirme se o logotipo original foi removido. Definindo As Suas Configurações de Reunião Defina as suas configurações de reunião, para controlar quais os recursos os participantes podem usar. Configure os seguintes recursos: Participe das configurações da reunião Máximo de participantes por reunião (tamanho reunião) Esta configuração é limitada pelo tamanho do sistema configurado durante a implementação. Consulte Confirmando o Tamanho do Seu Sistema, na página 39 para obter mais informações. Privilégios de Participante Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Conectar ao site de Administração Selecione Configurações > Reuniões. Na seção Participar de configurações de reunião, selecione as suas opções. As configurações padrão são Permitir que os participantes ingressem em reuniões antes do organizador, Permitir que os participantes ingressem em teleconferência antes do organizador, e O primeiro participante que ingressar, será o apresentador. Os participantes podem ingressar de reuniões até 15 minutos antes do horário de inicio se Permitir que os Convidados participem de Reuniões antes do Organizador é selecionado. Opcionalmente selecione Qualquer pessoa pode apresentar na reunião. Se você desmarcar Permitir que os participantes participem de reuniões antes do organizador o recurso O primeiro participante a participar será o apresentador é automaticamente desmarcado. Selecione o máximo de participantes por reunião, arrastando o slider. O número máximo de participantes para o seu sistema é configurado durante a implementação. A seguir estão as configurações do tamanho do sistema e tamanho máximo correspondente a reunião. 168

169 Sobre Configurar Suas Definições de Áudio Tamanho do Sistema ,000 Tamanho Máximo de Reunião Etapa 5 Etapa 6 Na seção privilégios de participante, selecione as suas opções. Bate-papo, Pesquisa, Revisão de Documento e apresentação, e Compartilhamento e controle remoto são selecionados por padrão. Os privilégios de participante selecionado aparece nos controles do usuário. A gravação está desativada por padrão. Selecione Gravar para gravar e armazenar reuniões em seu servidor de armazenamento. Selecione Salvar. Você deve configurar um servidor de armazenamento para habilitar a gravação. Consulte Configurando um Servidor de Armazenamento, na página 149 para obter mais informações. Sobre Configurar Suas Definições de Áudio A primeira vez que você configurar as suas definições de áudio, você é guiado através do processo por um assistente que lhe ajuda a definir sua configuração CUCM SIP e o números de acesso de chamada de entrada. Após você ter concluído o assistente e configurado as suas definições iniciais de áudio, você pode configurar todas as outras definições de áudio. Configurando as Configurações de Seu Áudio pela Primeira Vez A primeira vez que você configurar as configurações do seu áudio, você deve especificar quais recursos você deseja e você deve configurar as suas configurações CUCM. Um assistente o direciona pela primeira vez para o procedimento de instalação. Antes de iniciar Você deve habilitar a teleconferência e configurar o CUCM antes de prosseguir com a configuração do seu áudio. Você deve configurar o CUCM em dois sistemas se você pretende fornecer teleconferência de alta disponibilidade. Consulte o Guia de Planejamento para obter mais informações. Para prosseguir, você deve obter a seguinte informação: Prepare uma lista de números de acesso de chamada de entrada que os seus participantes usem para chamar dentro de reuniões. Obtenha um certificado de conferência seguro válido se você planeja usar a criptografia de teleconferência TLS/SRTP. Consulte a página Importar certificado de teleconferência segura, na página 188 para obter mais informações. 169

170 Sobre Configurar Suas Definições de Áudio Este recurso não está disponível na Rússia ou na Turquia. O tipo do seu servidor de teleconferência (balanceador de carga ou servidor de aplicativo). Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Etapa 5 Etapa 6 Etapa 7 Conectar ao site de Administração Selecione Configurações > Áudio. A página de Áudio aparece e as suas Funcionalidades de Áudio Atual são exibidas. Selecione Próximo. A página Configuração SIP aparece. Esta página exibe as informações de configuração SIP que você precisa configurar o CUCM, incluindo o endereço de IP e número de porta para cada tipo de servidor. Selecione Ligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. Selecione Próximo. O Habilitar Teleconferência: A página de Configuração CUCM, exibindo as suas configurações atuais. Selecione Editar para alterar as suas configurações. A caixa de diálogo CUCM (Cisco Unified Communication Manager) aparece. Complete os campos na caixa de diálogo CUCM (Cisco Unified Communication Manager) como segue: a) Insira um endereço de IP para o endereço de IP CUCM 1 e opcionalmente para o endereço de IP CUCM 2. O CUCM 2 não é exigido, mas recomenda-se para a teleconferência de alta disponibilidade. b) Insira o número da porta para o seu sistema. O número da porta deve coincidir com o número da porta designada no CUCM. (Predefinição: 5062) c) Use o menu suspenso Transportar para selecionar o tipo de transporte para o seu sistema. (Predefinição:TCP) Se você selecionar TLS como seu tipo de transporte, você deve importar um certificado de conferência seguro válido para cada um dos seus servidores CUCM, exportar o certificado SSL e carregá-lo no CUCM e configurar o nome de domínio totalmente qualificado (FQDN) do seu sistema, assim como o nome de domínio SIP em cada servidor CUCM. Consulte Importar certificado de teleconferência segura, na página 188 para obter mais informações sobre a importação dos seus certificados e a configuração do CUCM no Guia de Planejamento para mais informações sobre o CUCM. d) Selecione Continuar. Suas configurações de CUCM atualizadas ou novas aparecem em Ativar Teleconferência: A página de Configuração CUCM. Etapa 8 Etapa 9 Selecione Próximo. O Habilitar Teleconferência: A página Acessar Configuração de Número aparece. Selecione Editar. A caixa de diálogo Números de acesso de chamada de entrada é exibida. Etapa 10 Selecione Adicionar para adicionar um número de acesso de chamada de entrada. 170

171 Sobre Configurar Suas Definições de Áudio Uma linha é adicionada na caixa de diálogo para a etiqueta do telefone e número. Cada hora que você selecionar Adicionar, uma linha adicional aparece na caixa de diálogo. Etapa 11 Insira a Etiqueta de Telefone e Número de Telefone para cada número acesso que você adicionar e selecionar Continuar após você ter finalizado a adição de números. Certifique-se que somente você adiciona números que você configurou no CUCM. Os números que você adicionar aparecem em convites de e no seu cliente Cisco WebEx Meetings. Exemplo: Insira "Sede" para a Etiqueta de Telefone e " " para o Número de Telefone. Os números de acesso que você inseriu estão adicionados em seu sistema e você retorna para Habilitar Teleconferência: Página de Configuração do Número de Acesso. A página agora indica quantos números de acesso foram configurados. Etapa 12 Selecione Salvar. O assistente informa que você configurou com sucesso os seus recursos de teleconferência. Etapa 13 (Opcional) Insira um nome de exibição na caixa de diálogo Exibir nome. Etapa 14 (Opcional) Insira um ID de chamada válido na caixa de diálogo ID de chamada. O ID de chamadas está limitado aos caracteres e traços (-) numéricos e possui um comprimento máximo de 32 caracteres. Etapa 15 (Opcional) Defina a configuração do seu Chamar-me WebEx (Padrão: Pressione 1 para conectar à reunião). Opcionalmente, desmarque esta opção para ignorar a exigência de pressionar 1 para conectar a uma reunião. Não recomendamos que você desmarque esta opção a menos que seu sistema telefônico seja incapaz de enviar um dígito 1. Etapa 16 (Opcional) Selecione a sua Entrada de telefone e tom de saída. Beep (padrão) Sem som Anunciar nome Etapa 17 (Opcional) Se o IPv6 está configurado no seu sistema, defina a sua configuração Teleconferência IPv6 para Ligado ou Desligado. (Predefinição: Desativado. Uma configuração de Desativado indica que o IPv4 é a configuração.) A opção Teleconferência IPv6 não está disponível nos sistemas não configurados para IPv6. Etapa 18 Selecione Salvar. Etapa 19 Selecione Desligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. O sistema reinicia após desligar o modo de manutenção. Você pode iniciar a sessão novamente no site da Administração após a reinicialização estar completa. Definindo as Configurações do Seu Áudio Antes de iniciar Se você ainda não definiu as configurações do seu áudio, consulte a seção Configurando as Configurações de Seu Áudio pela Primeira Vez, na página

172 Sobre Configurar Suas Definições de Áudio Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Conectar ao site de Administração Selecione Configurações > Áudio. Selecione Ligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. Configure as configurações de Editar As Funcionalidades de Áudio. Opção Teleconferência Descrição Chamada de entrada de usuário e Serviço chamar-me Permitem que os usuários participem de uma teleconferência, ligando para números de telefone específicos ou recebendo um chamada Chamar-me do sistema. Chamada de entrada Permite que os usuários participam de uma teleconferência, ligando para números de telefone específicos. DESATIVADO Desativa todas as funcionalidades de chamada. Conexão de voz usando o computador Ativado Desativado Etapa 5 Na seção Editar Configurações de Teleconferência, selecione o link Editar no CUCM (Cisco Unified Communication Manager) para alterar as suas configurações. Opção Endereço de IP CUCM 1 Descrição Insira o hostname ou um endereço de IP para o seu sistema CUCM 1. Endereço de IP CUCM 2 Número da porta (Opcional) Insira o hostname ou um endereço de IP para o seu sistema CUCM 2 (balanceamento de carga). O CUCM 2 não é exigido, mas recomenda-se para a teleconferência de alta disponibilidade. Insira um número de porta válido. Certifique-se se o número da porta corresponde a configuração no CUCM. Predefinição:

173 Sobre Configurar Suas Definições de Áudio Opção Transporte Descrição Selecione o tipo de transporte. Se você selecionar TLS como seu tipo de transporte, você deve importar um certificado de conferência seguro válido para cada um dos seus servidores CUCM, exportar o certificado SSL e carregá-lo no CUCM e configurar o nome de domínio totalmente qualificado (FQDN) do seu sistema, assim como o nome de domínio SIP em cada servidor CUCM. Consulte Importar certificado de teleconferência segura, na página 188 para obter mais informações sobre a importação dos seus certificados e a configuração do CUCM no Guia de Planejamento para mais informações sobre o CUCM. Predefinição:TCP Etapa 6 Etapa 7 Etapa 8 Etapa 9 A caixa de diálogo CUCM (Cisco Unified Communication Manager) é exibida. Complete os campos e selecione Continuar. Na seção Editar Configurações de Teleconferência, selecione o link Editar nos Números de Acesso de Chamada de Entrada para adicionar, ou excluir o seus números de acesso. a) Selecione Adicionar e insira uma etiqueta de telefone e número de telefone para cada novo número de acesso que você deseja adicionar. b) Para excluir um número, selecione o link Excluir no final da linha. c) Insira informações atualizadas nos campos etiqueta de telefone e número de telefone para qualquer número de acesso que você deseja alterar. d) Selecione Continuar quando você tiver finalizado. Certifique-se que somente você adiciona números que você configurou no CUCM. Os números que você adicionar aparecem em convites de e no seu cliente Cisco WebEx Meetings. Insira um número de exibição na caixa de diálogo Exibir Nome. Insira um ID de chamada válido na caixa de diálogo ID de Chamada. O ID de chamadas está limitado aos caracteres e traços (-) numéricos e possui um comprimento máximo de 32 caracteres. Defina a configuração do seu Chamar-me WebEx (Padrão: Pressione 1 para conectar à reunião). Opcionalmente, desmarque esta opção para ignorar a exigência de pressionar 1 para conectar a uma reunião. O Cisco não recomenda que você desmarque esta opção a menos que seu sistema telefônico seja incapaz de enviar um dígito 1. Etapa 10 Selecione a sua Entrada de telefone e tom de saída. Beep (padrão) Sem som Anunciar nome Etapa 11 Se o IPv6 está configurado no seu sistema, defina a sua configuração Teleconferência IPv6 para Ligado ou Desligado. (Predefinição: Desativado. Uma configuração de Desativado indica que o IPv4 é a configuração.) A opção Teleconferência IPv6 não está disponível nos sistemas não configurados para IPv6. Etapa 12 Selecione Salvar. Etapa 13 Selecione Desligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. 173

174 Definindo as Configurações do Seu Áudio O sistema reinicia após desligar o modo de manutenção. Você pode iniciar a sessão novamente no site da Administração após a reinicialização estar completa. Definindo as Configurações do Seu Áudio Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Conectar ao site de Administração Selecione Configurações > Vídeo. Selecione Ativado ou Desativado e então selecione Salvar. (Predefinição: Ativado). Definindo As Suas Configurações Móveis O Android não é suportado no Servidor 1.0 Cisco WebEx. Antes de iniciar Para definir as configurações móveis, você deve adicionar o acesso público em seu sistema durante a implementação. Consulte Adicionar acesso público ao seu sistema para obter mais informações. Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Conectar ao site de Administração Selecione Configurações > Móvel. Defina as suas configurações móveis, selecionando quais plataformas móveis o seu sistema suporta e então selecione Salvar. (Predefinição: aplicativo WebEx ios) Configurando a Qualidade de Serviço (QoS) Configurações de ponto de código dos serviços diferenciados (DiffServ) (DSCP) determinam o QoS para sinalização de mídia de áudio e vídeo, como definido no RFC A Cisco recomenda que você mantenha o valor padrão. Os outros valores estão disponíveis para os casos raros quando a rede requer uma configuração DSCP diferente. Para mais informações, consulte o capítulo "Infraestrutura de Rede" do Cisco Unified Communications Solution Reference Network Design (SRND) que se aplica à sua versão do Cisco Unified 174

175 Configurando Senhas Communications Manager em implementation_design_guides_list.html. A seguir estão os valores padrão: Áudio WebEx (Mídia) Marcação IPv4 QoS: EF DSCP Marcação IPv4 QoS: EF DSCP Áudio WebEx (Sinalização) Marcação IPv4 QoS: CS3 (precedência 3) DSCP Conexão de Voz Usando o Computador Marcação IPv4 QoS: AF41 DSCP Vídeo WebEx Marcação IPv4 QoS: AF41 DSCP Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Conectar ao site de Administração Selecione Configurações > Qualidade de Serviço. Selecione as configurações de marcação QoS usando os menus suspensos apropriados e então selecione Salvar. Configurando Senhas Você pode configurar as definições de senha para o seguinte: Senhas Gerais: Controla o período de expiração da senha e permite que você force os usuários a alterar suas senhas imediatamente ou em intervalos específicos. Senhas de Usuário: Permite que você configure a força das senhas para contas de usuário incluindo maiúsculas e minúsculas, comprimento, tipos de caractere e uso, controles de texto da página dinâmica da internet e definição de uma lista de senhas inaceitáveis. Senhas da Reunião: Permite que você force o uso da senha para reuniões e configure a força da senha para reuniões incluindo maiúsculas e minúsculas, comprimento, tipos de caractere e uso, controles de texto da página dinâmica da internet e definição de uma lista de senhas inaceitáveis. Se o SSO for habilitado em seu sistema, as definições nas páginas Senha Geral e Senha do Usuário e o controle de alteração de senha na página Editar Usuário não mais se aplica as contas do organizador. 175

176 Configurando Senhas Configurando as Configurações da Sua Senha Geral Suas configurações de senha geral lhe permitem configurar a desativação de conta e limitações de tempo da senha. Todas as configurações de senha nesta página são opcionais e podem ser ativadas (marcadas) ou desativadas (desmarcadas). Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Etapa 5 Etapa 6 Conectar ao site de Administração Selecione Configurações > Gerenciamento de senha > Senha Geral. (Opcional) Selecione a caixa de diálogo Desativar a conta de organizador após o número dia(s) de inatividade e insira o número de dias no campo texto. (Predefinição: Marcado e definir para 90 dias) Este recurso apenas se aplica as contas de organizador. Você não pode desativar uma conta de administrador usando este recurso. Para desativar uma conta de administrador, consulte Desativar usuários, na página 129. (Opcional) Selecione a caixa de diálogo Forçar todos os usuários a alterar a senha a cada número dia(s) e insira o número de dias no campo texto. (Predefinição: Desmarcado) (Opcional) Selecione Forçar que todos os usuários alterem a senha no próximo de logon. (Predefinição: Desmarcado) Selecione Salvar. Definindo as Configurações da Sua Senha de Usuário Configure as exigências e limitações da sua senha de usuário. Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Conectar ao site de Administração Selecione Configurações > Gerenciamento de senha > Senha do usuário. Altere as configurações da sua senha de usuário, configurando os campos na página. Opção Descrição Requer senhas fortes para contas do usuário Selecione esta opção para ativar as opções restantes. Predefinição: Selecionado Extensão mínima de caracteres Número mínimo de caracteres alfabéticos Exigência de caractere mínimo. Predefinição: Selecionados e 6 caracteres Alfabético mínimo (caracteres não numéricos, não especiais). Predefinição: Selecionado e 1 caractere 176

177 Configurando Senhas Opção número mínimo de caracteres numéricos Número mínimo de caracteres especiais Deve incluir letras maiúsculas e minúsculas misturadas Não permita que qualquer caractere seja repetido mais de 3 vezes Lista de senhas inaceitáveis Nome da empresa, nome do site, endereço de do usuário e nome do organizador são sempre inaceitáveis Não deve incluir senhas n anteriores. Descrição Numérico mínimo (caracteres não alfabéticos, não especiais). Predefinição: Selecionado e 1 número Especial mínimo (caracteres não alfabéticos, não numéricos). Predefinição: Não selecionado e 1 caractere A senha deve conter caracteres alfabéticos maiúsculos e minúsculos. Predefinição: Selecionado Nenhum caractere (alfabético, numérico ou especial) podem ser repetidos mais que três vezes. Predefinição: Selecionado A lista de senhas inutilizáveis especificadas pelo administrador. Predefinição: Não selecionado Não use esses nomes específicos. Predefinição: Não selecionado Não use senhas utilizadas anteriormente. Selecione um número no menu suspenso para especificar o número de senhas anteriores que você não pode usar. Predefinição: Não selecionado Número padrão: 3 Etapa 4 Selecione Salvar. Configurando as Suas Senhas de Reunião Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Conectar ao site de Administração Selecione Configurações > Gerenciamento de Senha > Senha de reunião. Altere as configurações da senha de reunião, configurando os campos na página. 177

178 Configurando as Configurações do Seu Opção Todas as opções não são selecionadas por padrão. Todas as reuniões devem ter senhas Descrição Exige que todas as reuniões tenham senhas. Requer senhas fortes para reuniões Extensão mínima de caracteres Número mínimo de caracteres alfabéticos número mínimo de caracteres numéricos Número mínimo de caracteres especiais Não deve conter estes caracteres especiais (espaço, \, ', ", /, &, <, >, =, [,]) Deve incluir letras maiúsculas e minúsculas misturadas Lista de senhas inaceitáveis Selecione esta opção para ativar as opções restantes. Exigência de caractere mínimo. Predefinição: 6 Alfabético mínimo (caracteres não numéricos, não especiais). Predefinição: 1 Numérico mínimo (caracteres não alfabéticos, não especiais). Predefinição: 1 Especial mínimo (caracteres não alfabéticos, não numéricos). Predefinição: 1 Selecione esta opção para proibir o uso desses caracteres. A senha deve conter caracteres alfabéticos maiúsculos e minúsculos. A lista de senhas inutilizáveis especificadas pelo administrador. Nome da empresa, nome do site, endereço de do usuário, nome do organizador e tópico de reunião são sempre inaceitáveis Selecione esta opção para proibir o uso da sequência destas palavras ou caracteres. Etapa 4 Selecione Salvar. Configurando as Configurações do Seu Você pode configurar as configurações do seu e modelos. Os modelos do seu tem configurações padrão que você pode opcionalmente alterar. 178

179 Configurando as Configurações do Seu Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Etapa 5 Etapa 6 Conectar ao site de Administração Selecione Configurações > . A página Variáveis abre. Insira o seu endereço de Resposta-Para, seu De Nome, e selecione Salvar. Selecione Modelos. Consulte Sobre Modelos de , na página 179 para as descrições de cada tipo de modelo. A página Modelos aparece. Selecione a guia Comum ou Reuniões. Comum é a padrão. Para configurar os modelos de , selecione o link de modelo desejado na guia Comum e Reuniões. Faça alterações (se houver) no modelo de que você selecionou e selecione Salvar. Exemplo: Selecione o link de modelo Conta Reativada na guia Comum. Faça alterações nos campos na caixa de diálogo Conta Reativada e selecione Salvar. Os valores padrão De Nome e Responder-Para são retirados das configurações que você configura na página Variáveis. Sobre Modelos de Use os modelos de para comunicar eventos importantes aos usuários. Há dois tipos de modelos de Comum: Incluindo senha perdida, organizador e notificações de convite, gravação disponível e outras avisos gerais. Reuniões: Incluindo convites de reunião, cancelamentos, atualizações, lembretes e avisos de informação. Tabela 1: Modelos de Comum Cargo Conta Desativada Esqueceu a Senha-Senha Alterada Esqueceu a Senha-Redefinir Senha PT-Notificação de Organizador Descrição Enviar a um usuário após um administrador reativar a conta do usuário. Enviado para um usuário após ele ter redefinido sua senha do site do usuário final. Enviado para um usuário após ele ter redefinido sua senha do site do usuário final. Este solicita que o usuário crie uma nova senha. Envia a um organizador de reunião após que uma reunião é agendada usando as Ferramentas de Produtividade. 179

180 Configurando as Configurações do Seu Cargo PT-Notificação de Convite Gravação Disponível para o Organizador de Ativação do SSO Envia Para Todos os Usuários Configuração do Cisco WebEx-Android Configuração do Cisco WebEx-iPhone/iPad Compartilhar gravação Compartilha Gravação do MC de boas-vindas Descrição Envia aos convidados da reunião após uma reunião ser agendada usando as Ferramentas de Produtividade. Envia um link ao organizador com uma gravação de reunião. Envia após o Registro Único (SSO) ser habilitado. Envia um para todos os usuários no sistema. Informa aos usuários sobre o aplicativo Cisco WebEx para Android e fornece um link download para o aplicativo. Informa aos usuários sobre o aplicativo Cisco WebEx para iphone/ipad e fornece um link download para o aplicativo. Envia aos participantes da reunião selecionada um link com a gravação da reunião. Envia aos participantes da reunião selecionada um link com a gravação da reunião. Os participantes selecionados pelo organizador no Meeting Center após selecionar Deixar Reunião. Envia para um novo administrador após sua conta ser criada. Tabela 2: Modelos de de Reuniões cargo Convite de Reunião em Andamento para o Participante Convite de Reunião Instantânea para o Organizador Reunião Cancelada para o Participante Reunião Cancelada para o Organizador Informações Atualizadas da Reunião para o Organizador Alternativo Informações Atualizadas da Reunião para o Participante Descrição Envia aos usuários quando um organizador os convida para uma reunião enquanto a reunião está em andamento. Envia ao organizador e participantes quando o organizador seleciona Reunir Agora. Informa ao usuário que uma reunião agendada foi cancelada. Envia ao organizador da reunião uma confirmação de cancelamento da reunião. Fornece informações da reunião para o organizador alternativo quando as definições da reunião foram alteradas. Fornece informações da reunião para um convite de reunião quando as definições da reunião foram alteradas. 180

181 Definindo as Configurações do Seu Download cargo Informações Atualizadas da Reunião para o Organizador Informações Atualizadas da Reunião para o Organizador Lembrete de Reunião para o Organizador Alternativo Lembrete de Reunião para o Organizador Reunião Remarcada para o Organizador Alternativo Reunião Remarcada para o Participante Informações Atualizadas da Reunião para o Organizador Alternativo Informações Atualizadas da Reunião para o Participante Informações Atualizadas da Reunião para o Organizador Descrição Fornece informações da reunião para o organizador quando as definições da reunião foram alteradas. Fornece informações da reunião para o organizador da reunião quando as definições da reunião foram alteradas. Envia um lembrete de reunião para o organizador alternativo da reunião. Envia um lembrete de reunião para o organizador da reunião. Envia informações da reunião atualizada para o organizador alternativo. Envia informações da reunião atualizada para os participantes. Envia uma confirmação de reunião para o organizador alternativo. Envia um convite da reunião para os participantes. Envia uma confirmação de reunião para o organizador. Definindo as Configurações do Seu Download Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Conectar ao site de Administração Selecione Configurações > Downloads. Selecione a caixa de diálogo Atualização automática dos aplicativos da área de trabalho WebEx para configurar as atualizações automáticas periódicas. (Predefinição: Marcado.) Selecione os seus métodos de download: Permitir que usuários baixem aplicativos da área de trabalho WebEx Mova manualmente o Cisco WebEx Meetings e as Ferramentas de produtividade para a área de trabalho do usuário Se você selecionar Permitir que os usuários baixem os aplicativos da área de trabalho WebEx, você pode selecionar Salvar para finalizar a sua configuração de Download. Nenhuma ação é necessária. Se você selecionar Mover manualmente o Cisco WebEx Meetings e As Ferramentas de Produtividade para a área de trabalho dos usuários, prossiga para o próximo passo. 181

182 Definindo as Configurações do Seu Download Use a opçãomover manualmente o Cisco WebEx Meetings e as Ferramentas de produtividade para a área de trabalho dos usuários para ativar a conferência para os usuários que não tem permissões de administrador. Se você selecionar Mover manualmente o Cisco WebEx Meetings e As Ferramentas de Produtividade para a área de trabalho dos usuários, as seções do Cisco WebEx Meetings e as Ferramentas de Produtividade aparecem na página. Etapa 5 Etapa 6 Etapa 7 Na seção Cisco WebEx Meetings, selecione a sua plataforma Cisco WebEx Meetings do seu menu suspenso, selecione um idioma do menu suspenso, selecione Download e selecione Salvar para salvar o arquivo no seu sistema. O idioma padrão é o idioma que você configurou nas informações da sua empresa. Consulte Configurando as Informações da Sua Empresa, na página 166 para obter mais informações. Na seção Ferramentas de Produtividade, selecione um idioma do menu suspenso, selecione Baixar e selecione Salvar para salvar o arquivo no seu sistema. O idioma padrão é o idioma que você configurou nas informações da sua empresa. Consulte Configurando as Informações da Sua Empresa, na página 166 para obter mais informações. Selecione Salvar para salvar as suas configurações de Download. Sobre downloads Este produto pode ser usado em computadores com Windows, onde os usuários têm privilégios de administrador e aqueles que não têm. Esta seção fornece informações básicas sobre downloads. Para obter informações detalhadas sobre a configuração de transferências, consulte a seção Sobre Downloads do Guia de Planejamento. Em computadores sem privilégios de administrador: Recomendamos que você mova o aplicativo Cisco WebEx Meetings e as Ferramentas de Produtividade para as áreas de trabalho dos usuários finais off-line antes de informar aos mesmos que as contas de usuários foram criadas para eles. Isso garante que seus usuários podem iniciar e participar de reuniões de seus navegadores da web e áreas de trabalho do Windows na primeira vez que iniciarem sessão. Você pode adquirir os instaladores.msi para cada da página Admin > Configurações > Downloads. Consulte Definindo as Configurações do Seu Download, na página 181 para obter mais informações. Se você decidir não mover os aplicativos para seus usuários, eles ainda podem acessar esses aplicativos das páginas de download do usuário final. No entanto, se os seus computadores proíbem a instalação de aplicativos baixados, não será capaz de completar o processo de instalação. Quando os usuários participam de reuniões usando seu navegador, (o aplicativo Cisco WebEx Meetings ainda pode ser baixado sob demanda) eles podem participar de reuniões com sucesso. Além disso, o aplicativo Cisco WebEx Meetings tenta executar uma instalação para acelerar o processo de iniciar ou participar de futuras reuniões. Isto falha porque o PC não tem privilégios de administrador. Em computadores com privilégios de administrador: Os usuários podem baixar e instalar o aplicativo Cisco WebEx Meetings e as Ferramentas de Produtividade das páginas de download do usuário final. Nenhuma ação adicional do administrador é necessária. O usuário é aconselhado a instalar as ferramentas de produtividade a primeira vez que iniciarem sessão. O aplicativo Cisco WebEx Meetings é baixado sob demanda a primeira vez que um usuário participar de uma reunião e é instalado silenciosamente no PC do usuário. 182

183 Gerenciando Certificados Gerenciando Certificados Os certificados são usados para garantir comunicação segura entre os componentes de seu sistema. Quando o sistema estiver implantado pela primeira vez, é configurado com um certificado auto-assinado. Embora um certificado auto-assinado pode durar até cinco anos, nós recomendamos que você configure certificados que são validados por uma autoridade certificadora. Uma autoridade de certificado garante que a comunicação entre suas máquinas virtuais é autenticada. Observe que você deve instalar um certificado para cada máquina virtual em seu sistema. Os seguintes tipos de certificado são suportados: SSL Necessário em todos os sistemas. SSO IdP Para o SSO com certificados de provedor de identidade (IdP). Teleconferência Segura: Necessário para teleconferência TLS. Você pode configurar até dois certificados de teleconferência segura, um para cada sistema CUCM que você escolher para configurar. Todos os sistemas devem ter um certificado SSL. Este produto suporta os seguintes certificados SSL: Auto assinado Certificado de autoridade assinado Certificado de autoridade assinado externo Você não pode atualizar os seus certificados. Se você adicionar máquinas virtuais em seu sistema ou alterar qualquer uma das máquinas virtuais existentes, você deve gerar novos certificados para cada máquina virtual em seu sistema. Os certificados SSL podem se tornar inválidos, pelas seguintes razões: O tamanho do sistema foi expandido, resultando na implantação de novas máquinas virtuais. Os nomes de domínios totalmente qualificados (FQDN) destas novas máquinas virtuais não estão presentes em seu certificado SSL original. O sistema foi atualizado, resultando na implantação de novas máquinas virtuais. Os FQDNs dessas novas máquinas virtuais não existem em seu certificado SSL original. Um sistema de alta disponibilidade foi adicionado, resultando na implantação de novas máquinas virtuais. Os FQDNs dessas novas máquinas virtuais não existem em seu certificado SSL original. A URL do site da Cisco WebEx mudou. Esta URL não existe em seu certificado SSL original. A URL do site de Administração mudou. Esta URL não existe em seu certificado SSL original. O FQDN da máquina virtual de administração mudou. Este FQDN não existe em seu certificado SSL original. Seu certificado SSL atual expirou. Se o seu certificado SSL torna-se inválido, por qualquer motivo, o sistema irá gerar automaticamente novos certificados auto-assinados e você será informado da mudança através de uma mensagem de alerta global no topo da página do site de Administração indicando que o SSL tornou-se invalidado. 183

184 Gerando Certificados SSL Gerando Certificados SSL Seu sistema deve ter os seguintes tipos de certificados SSL: Este produto suporta os seguintes certificados SSL: Auto assinado Certificado de autoridade assinado Certificado de autoridade assinado externo Gerando um Certificado de Solicitação de Entrada (CSR) Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Conectar ao site de Administração Selecione Ligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. Selecione Configurações > Segurança > Certificados > Gerar CSR. Complete estes campos na página Gerar CSR (Certificado de Solicitação de Entrada). Opção Descrição Nome comum Selecione o certificado Nome alternativo do assunto ou o certificado Curinga. Nome alternativo do assunto organização Esta opção só aparece se você selecionar Nome alternativo do assunto para o seu tipo de Nome Comum. Seu site de administração e nomes da máquina virtual. Nenhum nome alternativo de assunto são necessários se você selecionou um nome comum de wildcard. Insira o nome da sua organização. Departamento Cidade Estado/Província País Insira o nome do seu departamento. Digite sua cidade. Insira seu Estado ou província. Selecione o seu país. 184

185 Gerando Certificados SSL Opção Tamanho da Chave Descrição Selecione o tamanho da sua chave entre as seguintes opções: Predefinição: 2048 (Recomendado) Etapa 5 Etapa 6 Etapa 7 Etapa 8 Selecione Gerar CSR. A caixa de diálogo Baixar CSR aparece. Selecione Download. Você recebe um arquivo ZIP que contém a CSR e a chave privada associada. O arquivo CSR é chamado de csr.pem e o arquivo de chave privada é chamado csr_private_key.pem. Faça o backup do seu sistema utilizando o VMware Data Recovery. Consulte Criando um Backup Usando o Vmware vcenter, na página 14 para obter mais informações. O backup do sistema preserva a chave privada, no caso de você precisar restaurá-lo. Selecione Desligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. O sistema reinicia após desligar o modo de manutenção. Você pode iniciar a sessão novamente no site da Administração após a reinicialização estar completa. Importando um Certificado SSL Você pode importar um certificado SSL utilizando este recurso. A Cisco WebEx Meetings Server suporta certificados X.509 com codificação PEM e DER e arquivos PKCS12. Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Etapa 5 Conectar ao site de Administração Selecione Configurações > Segurança > Certificados > Mais Opções > Importar Certificado SSL. Se você já tem um certificado instalado, o sistema avisa que importando um novo certificado irá substituí-lo. Selecione Continuar. Selecione Navegar e escolha seu arquivo de certificado. Selecione Carregar. Após selecionar Carregar, o sistema vai determinar se o seu certificado é válido. Um certificado pode ser inválido pelas seguintes razões: O arquivo certificado não é um arquivo certificado válido. O arquivo certificado que você selecionou expirou. A sua chave pública deve ser de pelo menos 2048 bits. 185

186 Gerando Certificados SSL Os domínios do servidor no certificado não correspondem a URL do site. A chave privada que foi auto gerada pelo sistema não é compatível com o certificado. Se o certificado for válido, proceda até o próximo passo. Se o certificado for inválido, você não pode carregá-lo. Você deve selecionar um certificado válido antes de continuar. Etapa 6 Etapa 7 (Opcional) Insira uma frase secreta no campo Frase secreta. Uma senha é necessária para descriptografar os arquivos PKCS12 ou uma chave privada criptografada (se carregados, os arquivos.pem contêm a chave privada). Selecione Continuar. O seu sistema importa o seu certificado SSL e o exibe em uma caixa de diálogo de rolagem o arquivo certificado. Etapa 8 Etapa 9 Selecione Ligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. Selecione Continuar na página Certificado SSL para concluir a importação. Etapa 10 Selecione Concluído. Etapa 11 Selecione Desligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. O sistema reinicia após desligar o modo de manutenção. Você pode iniciar a sessão novamente no site da Administração após a reinicialização estar completa. Exportando o Certificado SSL Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Conectar ao site de Administração Selecione Configurações > Segurança > Certificados > Mais Opções > Exportar Certificado SSL. Salvar o arquivo de certificado. Próximos passos Garantir que os administradores e os usuários finais sejam capazes de iniciar sessão na administração ou nas páginas da web sem deixar de visualizar avisos do navegador de sites não confiáveis. Gerar um certificado auto assinado Um certificado auto assinado é automaticamente gerado após você implementar o seu sistema. Recomendamos que você instale um certificado que é assinado por uma autoridade de certificado. Você pode gerar um novo certificado auto assinado a qualquer momento, usando este recurso. 186

187 Importando os Certificados IdP de SSO Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Conectar ao site de Administração Selecione Ligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. Selecione Configurações > Segurança > Certificados > Mais opções > Gerar certificado auto assinado. Complete os campos na página Certificado Auto Assinado Geral. Opção Descrição Nome do Certificado Nome do assunto X.509 organização Departamento Cidade Estado/Província País Insira um nome para o seu certificado auto assinado. (Necessário) O hostname do seu sistema. (Não configurável) Insira o nome da sua organização. Insira o nome do seu departamento. Insira o nome da sua cidade. Insira o nome do seu estado ou província. Selecione o nome do seu país. Etapa 5 Etapa 6 Etapa 7 Selecione Gerar Certificado e Chave Privada. Seu arquivo de certificado é gerado e exibido. Selecione Concluído. Selecione Desligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. O sistema reinicia após desligar o modo de manutenção. Você pode iniciar a sessão novamente no site da Administração após a reinicialização estar completa. Importando os Certificados IdP de SSO Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Etapa 5 Conectar ao site de Administração Selecione Configurações > Segurança > Certificados IdP de SSO. Selecione Navegar e escolha o seu certificado IdP de SSO. Selecione Carregar. Seu arquivo de certificado é exibido. Selecione Concluído para submeter o seu certificado. 187

188 Importar certificado de teleconferência segura Importar certificado de teleconferência segura Os certificados de teleconferência segura só são necessários se a conferência TLS for habilitada. Se a conferência TLS não for habilitada, esta opção não estará disponível. Antes de iniciar Os certificados de teleconferência segura são necessários para os seus servidores CUCM quando o TLS é selecionado como o tipo de transporte em suas configurações de áudio. Consulte Sobre Configurar Suas Definições de Áudio, na página 169 para obter mais informações. Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Conectar ao site de Administração Selecione Configurações > Segurança > Certificados. A seção Certificado de Teleconferência Segura exibe uma das duas seguintes mensagens: Etapa 3 Este sistema não exige certificados de teleconferência segura porque a teleconferência TLS não está habilitada. Os certificados de conferência segura CUCM são necessários para teleconferência TLS que está habilitada em seu sistema. Se os certificados de teleconferência segura são necessários, um botão Importar Certificado é exibido para cada servidor CUCM que deve ser configurado. Selecione Ligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. Etapa 4 Selecione Importar certificado para CUCM 1. A página Certificado de teleconferência segura é exibida. Etapa 5 Etapa 6 Etapa 7 Etapa 8 Digite um nome do certificado. Selecione Navegar e escolha seu arquivo de certificado. Selecione Carregar. Após selecionar Carregar, o sistema vai determinar se o seu certificado é válido. Se o certificado for válido, proceda até o próximo passo. Se o certificado for inválido, você não pode carregá-lo. Você deve selecionar um certificado válido antes de continuar. Selecione Continuar. O seu sistema importa o seu certificado SSL e o exibe em uma caixa de diálogo de rolagem o arquivo certificado. Você será notificado de que você importou um certificado SSL. Etapa 9 Selecione Continuar na página Certificado de teleconferência segura para concluir a importação. Etapa 10 Selecione Concluído. Etapa 11 Retorne ao passo 4 e repita o processo para o seu servidor CUCM 2. Etapa 12 Selecione Desligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. O sistema reinicia após desligar o modo de manutenção. Você pode iniciar a sessão novamente no site da Administração após a reinicialização estar completa. 188

189 Configurando a Segurança da Sessão de Usuário Configurando a Segurança da Sessão de Usuário Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Conectar ao site de Administração Selecione Configurações > Segurança > Sessões de Usuário. Complete os campos na página Sessões de Usuário para definir o tempo de expiração da página da internet. Opção Descrição Vencimento da página da web Expiração das Ferramentas de Produtividade ou Móveis (SSO) Configure os dias, horas e minutos antes que os usuários fiquem automaticamente desconectados. Predefinição: Uma hora e 30 minutos. Configure os dias, horas e minutos antes que os usuários fiquem automaticamente desconectados. Predefinição: 14 dias Este campo apenas aparece se o SSO é configurado. Etapa 4 Selecione Salvar. Configurando as Definições de Registro Único Federado (SSO) Configurar o SSO permite que os seus usuários finais iniciem a sessão no sistema utilizando suas credenciais corporativas, dando a você uma forma de integrar o produto ao seu diretório corporativo. Você também pode configurar o SSO para criar ou gerenciar contas de usuário em tempo real, quando os usuários tentam iniciar a sessão. Configurar o SSO pode ser uma operação complexa e nós recomendamos que você entre em contato com o seu Parceiro de Canal Cisco ou Serviços Avançados Cisco antes de continuar. Antes de iniciar Antes de você ativar o recurso de registro único federado, você deve gerar um grupo de chaves públicas e privadas e um certificado X.509 que contém uma chave pública. Uma vez que você tenha uma chave pública ou certificada, você deve carregá-la na seção Gerenciando Certificados, na página

190 Configurando as Definições de Registro Único Federado (SSO) Após você ter habilitado o SSO, as credenciais de usuário são gerenciadas por seu sistema de autenticação corporativo. Recursos de gerenciamento de determinada senha não mais se aplica aos seus usuários. Consulte Configurando Senhas, na página 175 e Editando Usuários, na página 128 para obter mais informações. Observe que, embora os administradores também sejam usuários finais, os administradores não iniciam a sessão utilizando SSO. Eles iniciam a sessão utilizando suas credenciais de administrador para este produto. Configure um certificado SSO IdP para o usuário deste recurso. Consulte Importando os Certificados IdP de SSO, na página 187 para obter mais informações. Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Conectar ao site de Administração Selecione Configurações > Segurança > SSO Federado. Após você ter gerado chaves públicas e privadas e um certificado X.509, como descrito nos pré-requisitos, selecione Continuar. Selecione o seu método de iniciação: SP (Provedor de Serviço) Iniciado, os usuários selecionam um link para o provedor de serviço e são temporariamente redirecionados para o provedor de identidade para autenticação. Em seguida, os usuários são retornados ao link, que inicialmente solicitaram. IdP (Provedor de Identidade) Iniciado, os usuários iniciam em seu provedor de identidade, registra-se e depois é redirecionado para uma página de destino no provedor de serviços. Etapa 5 Complete os campos e selecione as suas opções na página Configuração de SSO : Consulte o arquivo de configuração do seu IdP para completar os campos de IdP. Selecione o link Certificado IdP. Campo SP (Provedor Serviço) Iniciado Descrição Selecione esta opção para o provedor de serviço inicialmente inscrito. AuthnRequest assinado Destino Selecione esta opção para exigir que a mensagem AuthnRequest deve ser assinada pela chave privada do provedor de serviço. Você deve selecionar esta opção se desejar que o arquivo de metadados SAML exportado inclua o certificado SSL do seu site. A URL da implantação SAML 2.0 do IdP que recebe solicitações de autenticação para o processamento. Este campo aparece apenas quando AuthnRequest assinada é selecionada. 190

191 Configurando as Definições de Registro Único Federado (SSO) Campo IdP (Identidade Provedor) Iniciado Nome do parâmetro de URL da página de destino: Descrição Selecione esta opção para identificar a assinatura iniciada do provedor. Seu sistema redireciona para esta URL quando o SSO estiver com sucesso. Predefinição: Source Emissor de SAML (ID SP) Emissora para SAML (IdP ID) URL de logon de serviço SSO do cliente Formato IDNome Em um sistema de IdP iniciado, a URL deve ser uma URL combinada no seguinte formato: sua URL de logon de serviço, "?" ou "&", o parâmetro da URL da página de destino, "=" (se não estiver presente), e a URL de destino. Insira a mesma ID SP configurada para o IdP. Referencie o protocolo SAML2. Insira o mesmo ID configurado para o IdP. Referencie o protocolo SAML2. A URL de consumo de afirmação para o SAML2 no IdP. Selecione o mesmo formato IDNome que você definiu no IdP. O IDNome é o formato em que você envia a ID do usuário na afirmação e o pedido de logoff único do Cisco WebEx. Consulte o protocolo SAML para orientação. Recomendamos que você defina o endereço de como o seu NameID. Isso fará com que o processo de utilizar o SSO facilite para os usuários finais que já criaram as suas contas com base no seu endereço de no sistema. Utilizar outros formatos de NameID é suportado, mas não é recomendado. Ao utilizar um formato de NameID alternativo, pode fazer com que um usuário sem SSO deixe de acessar a conta dele criada anteriormente, antes de configurado o sistema para SSO. Predefinição: Não especificado AuthnContextClassRef Insira o valor que está configurado no IdP. AuthnContextClassRef é o valor que aparece na mensagem de AuthnRequest. Predefinição: urn:oasis:names:tc:saml:2.0:ac:classes:unspecified 191

192 Configurando as Definições de Registro Único Federado (SSO) Campo A URL da página de Destino WebEx padrão URL de erro SSO do cliente Logoff único URL de logoff de serviço SSO do cliente Criação automática de conta Esta opção aparece apenas quando sair Único é selecionado. Atualização automática da conta Remova o Sufixo de Domínio uid para o Active Directory UPN Descrição Seu sistema redireciona para esta URL quando o SSO estiver com sucesso. A página padrão é a página de reunião Cisco WebEx que é a mesma que um logon normal. Seu sistema redireciona para esta URL quando o SSO não estiver com sucesso. Por padrão, a página de erro é uma página de erro comum do Cisco WebEx. Esta opção permite o logoff único que é definido pelo protocolo de SAML2. Se você escolheu a opção SSO, mas NÃO selecionou a opção logoff único, a opção sign out não aparecerá nas páginas do usuário final. Desmarque esta opção para o ADFS 2.0. O SLO de Idp iniciado não é suportado nesta versão. Insira a URL de consumo de afirmação para o SAML2 no IdP. Os usuários sem uma conta Cisco WebEx não conseguem entrar. Se você selecionar esta opção, uma conta é automaticamente criada para novos usuários quando eles tentarem entrar. Se você selecionar esta opção, as informações de usuário é atualizada quando há um "updatetimestamp" na afirmação SAML2 com mais informações recentes do usuário do que os dados atuais no Cisco WebEx. Selecione esta opção para autenticar os usuários sem um sufixo de domínio. A opção Remover sufixo de domínio UID para UPN do Diretório Ativo funciona nos seguintes casos: O formato NomeID é , e o formato UID é o nome do assunto X509 ou o Nome do Principal Usuário (UPN). O formato NomeId é o nome do assunto X509 ou UPN. Etapa 6 Selecione Habilitar SSO. A página Rever Configurações SSO aparece. Rever as suas configurações e selecione Salvar. 192

193 Configurar seus recursos de nuvem Desativando o SSO Antes de iniciar Desativando o SSO irá desativar a capacidade dos seus usuários se conectem com suas credenciais da empresa. Certifique-se de informar os seus usuários que você está desativando o SSO e que eles serão capazes de iniciar sessão com as credenciais Cisco WebEx. Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Conectar ao site de Administração Selecione Configurações > Segurança > SSO Federado. Encontre a frase, "Se você quiser desativar SSO, por favor clique aqui." Selecione o link clique aqui. Selecione Desativar SSO para confirmar. A página SSO Federado aparece com uma bandeira que confirma que você desativou o SSO. Configurar seus recursos de nuvem Você pode configurar o sistema para que os usuários possam utilizar uma única versão das ferramentas de produtividade Cisco WebEx que podem ser utilizadas com o Cisco WebEx Meetings Server e as contas WebEx SaaS. O sistema suporta os lançamentos Cisco WebEx SaaS WBS27, WBS28 e Cisco WebEx Meetings 1.2. Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Etapa 5 Conectar ao site de Administração Selecione Configurações > Segurança > Recursos de nuvem. (Opcional) Selecione a caixa de verificação Habilitar usuários para iniciar sessão nas contas de SaaS WebEx a partir das ferramentas de produtividade WebEx. (Opcional) Selecione a caixa de verificação Permitir usuários para visualizar vídeos de treinamento organizados on-line pela Cisco WebEx. Selecione Salvar. 193

194 Configurando a Segurança da Máquina Virtual Configurando a Segurança da Máquina Virtual Seus recursos de segurança de máquinas virtuais incluem a capacidade de atualizar suas chaves de criptografia e ativar ou desativar a criptografia compatível com os FIPS. Atualizar as suas chaves de criptografia O Cisco WebEx Meetings Server utiliza chaves de criptografia geradas internamente, para assegurar todas as comunicações entre as máquinas virtuais no seu sistema. Utilize este recurso para atualizar periodicamente as chaves de criptografia. Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Etapa 5 Conectar ao site de Administração Selecione Configurações > Segurança > Máquinas Virtuais. Selecione Ligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. Selecione Chaves de Criptografia de Atualização. Selecione Desligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. O sistema reinicia após desligar o modo de manutenção. Você pode iniciar a sessão novamente no site da Administração após a reinicialização estar completa. Sobre o FIPS O Processamento Padrão de Informações Federais (FIPS) proporciona maior segurança para o seu sistema. Permite resultados do FIPS em compatibilidade reduzida com os navegadores web populares e os sistemas operacionais (incluir problemas para entrar no sistema, 404 erros e iniciar e participar de reuniões), a menos que você tome as seguintes ações: Certifique-se que os seus computadores Windows estão em execução, pelo menos o Windows XP SP3 ou acima. Atualize todos os computadores Windows para o Microsoft Internet Explorer 8 ou acima, independentemente se o navegador que o seu usuário deseja é o Internet Explorer, o Mozilla Firefox ou o Google Chrome. Seus usuários devem fornecer o Internet Explorer 8 em todos os computadores porque os nossos clientes habilitados do FIPS (Cisco WebEx Meetings, Ferramentas de Produtividade e WebEx Recording Player) usam bibliotecas de sistemas habilitados do FIPS que só estão disponíveis no Internet Explorer 8 e acima. Configure configurações de Internet em todos os computadores de usuários para criptografia TLS: No desktop do seu computador, selecione Painel de Controle > Opções da Internet > Avançado > Segurança > Usar TLS 1.0, Usar TLS 1.1 e Usar TLS 1.2. É recomendável selecionar as três opções para o máximo de compatibilidade, mas você deve selecionar pelo menos Usar TLS 1.0. No desktop do seu computador, selecione Painel de Controle > Opções da Internet > Avançado > Segurança > Usar SSL 3.0. É recomendável selecionar essa opção para o máximo de compatibilidade. 194

195 Configurando a Segurança da Máquina Virtual Se os seus usuários planejam organizar reuniões para os convidados (por exemplo, pessoas que não trabalham para a sua empresa), você deve informar seus usuários convidados para atualizar manualmente seus sistemas operacionais e navegadores, como descrito acima, antes de participar das suas reuniões. Se eles não executarem os passos acima, irão enfrentar problemas de compatibilidade. É recomendável que você inclua as instruções acima em seus convites para reuniões. Você pode fazer isso editando os convites adequados para reuniões, disponíveis em seu site de Administração em Configurações > > Modelos. Habilite a criptografia compatível do FIPS Utilize este recurso para permitir que o Processamento Padrão de Informações Federais (FIPS) configure a criptografia compatível. Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Etapa 5 Conectar ao site de Administração Selecione Configurações > Segurança > Máquinas Virtuais. Selecione Ligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. Selecione Ativar para permitir a criptografia compatível do FIPS e Continuar para confirmar. A criptografia compatível do FIPS é configurada no seu sistema. Selecione Desligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. O sistema reinicia após desligar o modo de manutenção. Você pode iniciar a sessão novamente no site da Administração após a reinicialização estar completa. Desabilite a criptografia compatível do FIPS Utilize este recurso para desabilitar a criptografia compatível do Processamento Padrão de Informações Federais (FIPS) no seu sistema. Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Etapa 5 Conectar ao site de Administração Selecione Configurações > Segurança > Máquinas Virtuais. Selecione Ligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. Selecione Desativar para desativar a criptografia compatível do FIPS e Continuar para confirmar. A criptografia compatível do FIPS está desabilitada no seu sistema. Selecione Desligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. O sistema reinicia após desligar o modo de manutenção. Você pode iniciar a sessão novamente no site da Administração após a reinicialização estar completa. 195

196 Configurando a Segurança da Máquina Virtual 196

197 CAPÍTULO 16 Gerar e exibir relatórios Você pode visualizar os relatórios mensais e personalizar os relatórios para intervalos de data específicos. Seus relatórios usam o idioma, a localidade e as definições de fuso horário configuradas na página Informações sobre a empresa. Consulte Configurando as Informações da Sua Empresa, na página 166 para obter mais informações. Baixar os relatórios mensais, página 197 Sobre os relatórios mensais, página 197 Gerando Relatórios de Detalhes Personalizados., página 199 Sobre relatórios de detalhes personalizados, página 200 Baixar os relatórios mensais Você pode visualizar e baixar os relatórios resumidos mensais a partir desta página. Os relatórios são exibidos em formato PDF. Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Conectar ao site de Administração Selecione Relatórios. Selecione o link Download para o relatório mensal que você deseja visualizar. Sobre os relatórios mensais Seu relatório de resumo mensal contém as seguintes seções: 197

198 Sobre os relatórios mensais Relatório Resumido do Sistema Seu relatório de resumo do sistema contém os seguintes relatórios: Conclusão do serviço Este relatório exibe um gráfico que mostra o número de organizadores e participantes exclusivos sobre os três meses anteriores e a taxa de crescimento previsto para os próximos três meses. Licenças do usuário Este relatório exibe a porcentagem de licenças adquiridas que você está usando e um gráfico que mostra o número de licenças usadas ao longo dos últimos três meses e a taxa de crescimento esperada para os próximos três meses. Você pode usar esses números para prever o uso da licença futura e ajustar suas compras de licenças em conformidade. Consulte Gerenciando Licenças, na página 159 para obter mais informações. Tamanho do sistema Este relatório exibe o pico de participantes da reunião e a porcentagem do tamanho do sistema que o uso máximo consume. O gráfico mostra o pico de participantes da reunião ao longo dos últimos três meses e a taxa de crescimento prevista para os próximos três meses. Armazenamento Este relatório mostra o uso do armazenamento do seu arquivo de dados e as gravações, tanto como uma porcentagem do espaço total de armazenamento e em total de gigabytes (GB). O gráfico mostra o total de armazenamento ao longo dos últimos três meses e a taxa de crescimento esperada para os próximos três meses. Utilize este relatório para monitorar o uso do armazenamento. Se você precisar adicionar espaço de armazenamento adicional você deve copiar manualmente o seu arquivo de dados de armazenamento existente e as gravações para o seu novo servidor de armazenamento antes de ativá-lo. Este relatório só aparece se você tiver configurado um servidor de armazenamento. Consulte Configurando um Servidor de Armazenamento, na página 149 para obter mais informações. Rede Este relatório exibe o seguinte: O pico do seu consumo de banda da rede em Mbps. Um gráfico que descreve o pico de consumo de banda de rede em Mbps nos últimos três meses e à taxa de crescimento prevista para os próximos três meses (a barra vermelha indica a banda máxima da rede). Um gráfico circular indicando a porcentagem da banda consumida por cada um dos recursos do sistema. O tempo de inatividade planejado do sistema e interrupção não planejada Este relatório apresenta o seguinte: O tempo de atividade média do sistema dos últimos três meses. O tempo médio de interrupções do sistema não planejadas ao longo dos últimos três meses. O número médio de reuniões interrompidas devido a falhas nos últimos três meses. Um gráfico que descreve o tempo de inatividade planejado e as interrupções não planejadas ao longo dos últimos três meses e a taxa de crescimento prevista para os próximos três meses. 198

199 Gerando Relatórios de Detalhes Personalizados. O tempo de inatividade aumentado é às vezes um reflexo do aumento do uso. Certifique-se de comparar as estatísticas de tempo de inatividade com as estatísticas de uso exibidas em outros relatórios. Relatório de Resumo de Reunião O relatório de resumo da reunião contém os seguintes relatórios: Status da reunião Este relatório exibe um gráfico que mostra o status da reunião no mês passado, o percentual de reuniões que tiveram problemas e o número total de reuniões realizadas durante o mês. Para status de reunião em tempo real, consulte seu painel. Consulte Usando o Seu Painel, na página 117 para obter mais informações. Tamanho da reunião Este relatório exibe um gráfico que mostra os tamanhos das reuniões realizadas em seu sistema ao longo do mês passado, a repartição dos tamanhos de reuniões e informações detalhadas sobre a maior reunião realizada durante o mês. Uso de recurso da reunião Este relatório apresenta o seguinte: O recurso mais utilizado ao longo do mês passado, incluindo o número total de minutos que o recurso foi usado. A característica que mais cresceu em seu sistema durante o mês passado, incluindo a taxa de crescimento. Um gráfico que descreve o uso em minutos para cada recurso em seu sistema. Um gráfico que descreve a taxa de crescimento do recurso de crescimento mais rápido no sistema. Principais domínios de de participantes ativos Este relatório apresenta o seguinte: Um gráfico que descreve os principais domínios de de participantes ativos. A repartição dos domínios de dos participantes. Uma lista dos três principais domínios de utilizados por participantes da reunião no sistema. Dia e hora de pico Este relatório apresenta dois gráficos. O primeiro gráfico mostra o dia mais movimentado da semana durante o mês passado. O segundo gráfico mostra o período mais movimentado do dia em seu sistema durante o mês passado. Gerando Relatórios de Detalhes Personalizados. Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Conectar ao site de Administração Selecione Relatórios > Personalize seu relatório. Selecione o intervalo de data dos relatórios que você deseja visualizar e selecione Submeter. O padrão é o mês mais recente. Você pode selecionar um intervalo de data que se estende até seis meses atrás. 199

200 Sobre relatórios de detalhes personalizados A página Solicitação de Relatório Personalizado Submetido aparece exibindo as datas de seu relatório personalizado. Um é enviado a você com um link para o seu relatório personalizado no formato CSV. Etapa 4 Selecione Concluído. Sobre relatórios de detalhes personalizados Quando você gera relatórios de detalhes personalizados, você recebe um contendo um arquivo com os seguintes relatórios em formato CSV: Relatório de reunião Este relatório contém informações sobre todas as reuniões que tiveram lugar durante o período especificado e inclui os seguintes campos: MeetingID A ID da conferência exclusiva gerada pelo seu sistema quando a reunião foi agendada. Número da reunião O número da reunião do Cisco WebEx. Assunto O nome da reunião configurado pelo organizador. HostName O organizador da reunião. Hora de início A hora de início e data da reunião. Duração Duração da reunião em minutos. Número de participantes Estado Número de Minutos de Áudio de Chamada de Entrada Número de Minutos de Áudio de Retorno de Chamada Número dos Minutos da VoIP Número de Minutos dos Vídeos Número dos Minutos da Gravações Número dos Minutos CompatilhamentoWeb Participantes Uma lista de participantes da reunião. TrackingCodes Os códigos de controle aplicados pelo organizador ao agendar a reunião. Relatório de utilização da banda de rede Este relatório contém uma lista de consumo de banda de rede para cada dia no período especificado para cada uma das seguintes características: Máximo Consumo da Banda Larga para Áudio (mbps) Máximo Consumo da Banda Larga para Áudio VoIP (mbps) Máximo Consumo da Banda Larga para Vídeo (mbps) Máximo Consumo da Banda Larga para Compartilhamento da Web (mbps) 200

201 Sobre relatórios de detalhes personalizados Um consumo de 0 (zero) indica que o recurso não foi utilizado nessa data. Um consumo de menos de 1 é exibido se menos de 1 Mbps foi consumido na data especificada. Relatório de utilização de capacidade de armazenamento Este relatório exibe o espaço total em disco utilizado a partir da data listada e o número de reuniões gravadas que ocorreram para cada data. Este relatório é incluído somente se você tiver configurado um servidor de armazenamento. Consulte Configurando um Servidor de Armazenamento, na página 149 para obter mais informações. Relatório do tempo de inatividade do sistema Este relatório contém informações do tempo de inatividade do sistema durante o período especificado e inclui os seguintes campos: Categoria Fora de serviço ou manutenção. Fora de serviço indica uma queda de energia. A manutenção indica uma janela de manutenção planejada. Serviço Lista os recursos afetados. Início do tempo de inatividade A data e a hora que o tempo de inatividade iniciou. Fim do tempo de inatividade A data e a hora que o tempo de inatividade terminou. Número de reuniões interrompidas Lista o número das reuniões interrompidas. Este campo está em branco para paradas de Manutenção, porque são planejadas. Se nenhuma reunião foi agendada durante um tempo de inatividade do Out Of Service, o número é 0. Relatório de utilização de licença do usuário Este relatório exibe a data de licença dos últimos 30 dias e inclui os seguintes campos: Nome do usuário O nome de usuário do organizador da reunião. Endereço de Endereço de do organizador da reunião. ID da reunião O ID da conferência exclusiva gerada pela seu sistema quando a reunião foi agendada. Número da reunião O número da reunião do Cisco WebEx. Hora de início A data e a hora do início da reunião. Reunião simultânea Indica o número de reuniões simultâneas agendadas pelo mesmo usuário. Cada reunião simultânea que é registrada resulta em uma linha adicional adicionada a este relatório para o usuário que agendou a reunião simultânea. 201

202 Sobre relatórios de detalhes personalizados 202

203 CAPÍTULO 17 Usando os Recursos de Suporte Personalizar Seu Registro, página 203 Configure uma Conta de Suporte Remoto, página 204 Desabilite uma conta de suporte remoto, página 205 Usando o Teste de Reuniões, página 205 Utilizar o teste de recursos do sistema, página 206 Personalizar Seu Registro Você pode gerar arquivos de registro que mostram atividades em todo o seu sistema ou para especificar reuniões. Use os arquivos de registro para solução de problemas ou para submeter ao Cisco Technical Assistance Center (TAC) quando você precisar de assistência. Recomendamos que você gere o arquivo de registro durante horários fora do expediente. O tamanho grande do arquivo de registro pode afetar o desempenho do sistema. Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Conectar ao site de Administração Selecione Suporte > Registros. Complete os campos na página Personalizar o Seu Registro e selecione Submeter. Campo Descrição (Opcional) ID do Caso Insira a sua ID do caso Cisco TAC. As Ids de casos são obtidas a partir do Cisco TAC, quando eles estão lhe ajudando com um caso. Usando este recurso permite que você associe os registros que você gerou com a ID de caso. 203

204 Configure uma Conta de Suporte Remoto Campo Tipo Intervalo Inclui Descrição Selecione o tipo de registro. Você pode selecionar Registro do Sistema Geral ou Registro de Reunião Particular. Um Registro do Sistema Geral contém todas as informações do registro especificado para o seu sistema e o Registro de Reunião Particular coleta registros e dados do banco de dados para o processamento de MATS. Predefinição: Registro do Sistema Total Seleciona o intervalo para o seu registro. Você deve especificar a data e hora de inicio e fim do seu registro. O limite é 24 horas. Os dados de registro estão disponíveis apenas durante os últimos 30 dias. Para gerar registros com mais de 24 horas, você deve repetir esta operação, selecionando intervalos de data e hora consecutivas. Cada operação resulta na criação de um arquivo de registro separado. Por exemplo: Para gerar registros a partir de 1º de janeiro a 3 de janeiro, primeiro selecione um intervalo de data de 1º de janeiro a 2 de janeiro, selecione Submeter e baixe o arquivo de registro criado. Em seguida, selecione um intervalo de data de 2 de janeiro a 3 de janeiro. Selecione Submeter e baixe o arquivo de registro criado. Especifica os dados que você deseja incluir em seu registro. Predefinição: Todas as Atividades O seu registro é gerado e um é enviado ao administrador contendo um link para baixar o log. Configure uma Conta de Suporte Remoto Se você está tendo problemas técnicos e de contato com o TAC da Cisco para obter assistência, você pode configurar uma conta de suporte remoto para conceder um acesso temporário do representante do TAC para o seu sistema. Este produto não oferece acesso de CLI para os administradores e, portanto, requer um representante do TAC para solucionar alguns problemas. 204

205 Desabilite uma conta de suporte remoto Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Conectar ao site de Administração Selecione Suporte > Conta de Suporte Remoto. Selecione Habilitar Suporte Remoto. Complete os campos na página Conta de Suporte Remoto e selecione Criar Conta. Campo Descrição Nome da Conta de Suporte Remoto Vida da Conta Insira um nome para a sua conta de suporte remoto (6 a 30 caracteres). Especifique a duração para a conta em horas. O máximo é 30 dias (720 horas). A caixa de diálogo Criação de conta de suporte remoto é exibida, fornecendo o código de acesso. Entre em contato com a Cisco e forneça o código de acesso para permitir que o pessoal Cisco Support acesse o seu sistema. Desabilite uma conta de suporte remoto Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Conectar ao site de Administração Selecione Suporte > Conta de Suporte Remoto. Próximo à mensagem de status, "Suporte Remoto é habilitado", selecione link Desativar. A sua conta de suporte remoto está desativada. Usando o Teste de Reuniões Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Conectar ao site de Administração Selecione Suporte > Teste de Reuniões. Selecione Próximo. 205

206 Utilizar o teste de recursos do sistema Seu sistema executa um teste de reuniões, verificando a sua capacidade agendar, iniciar e participar de uma reunião. Os resultados do teste aparecem dentro de alguns minutos. Utilizar o teste de recursos do sistema Procedimento Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3 Etapa 4 Conectar ao site de Administração Selecione Suporte > Teste de recursos do sistema. Selecione Ligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. Selecione Próximo. Os resultados do teste são lançados para os seguintes: CPU, memória, rede e armazenamento para cada organizador em seu sistema Verificações de conectividade internas e externas para o seu site e URLs de administração Etapa 5 Selecione Desligar Modo de Manutenção e Continuar para confirmar. O sistema reinicia após desligar o modo de manutenção. Você pode iniciar a sessão novamente no site da Administração após a reinicialização estar completa. 206

207 CAPÍTULO 18 Solução de problemas Consulte o guia Resolução de Problemas no Cisco WebEx Meetings Server no cisco.com. 207

Guia da Administração do Cisco WebEx Meetings Server Versão 1.5

Guia da Administração do Cisco WebEx Meetings Server Versão 1.5 Primeira publicação: 16 Agosto 2013 Última modificação: 22 Outubro 22 2013 Americas Headquarters Cisco Systems, Inc. 170 West Tasman Drive San Jose, CA 95134-1706 USA http://www.cisco.com Tel: 408 526-4000

Leia mais

Revisão do Guia da Administração Cisco WebEx Meetings Server 1.1

Revisão do Guia da Administração Cisco WebEx Meetings Server 1.1 Revisão do Guia da Administração Cisco WebEx Meetings Server 1.1 Primeira publicação: 08 2013 Última modificação: 10 Maio 2013 Americas Headquarters Cisco Systems, Inc. 170 West Tasman Drive San Jose,

Leia mais

Melhores práticas do Cisco WebEx para proteger reuniões para organizadores e administradores do site

Melhores práticas do Cisco WebEx para proteger reuniões para organizadores e administradores do site Melhores práticas do Cisco WebEx para proteger reuniões para organizadores e administradores do site Primeira publicação: 15 de março de 2016 Americas Headquarters Cisco Systems, Inc. 170 West Tasman Drive

Leia mais

Requerimentos de Sistema do Cisco WebEx Meetings Server

Requerimentos de Sistema do Cisco WebEx Meetings Server Primeira publicação: 21 de outubro de 2012 Última modificação: 21 de outubro de 2012 Americas Headquarters Cisco Systems, Inc. 170 West Tasman Drive San Jose, CA 95134-1706 USA http://www.cisco.com Tel:

Leia mais

Guia do usuário da Integração WebEx com o Outlook para Windows

Guia do usuário da Integração WebEx com o Outlook para Windows Primeira publicação: 19 de Agosto de 2015 Americas Headquarters Cisco Systems, Inc. 170 West Tasman Drive San Jose, CA 95134-1706 USA http://www.cisco.com Tel: 408 526-4000 800 553-NETS (6387) Fax: 408

Leia mais

Guia do usuário do Cisco WebEx Training Center

Guia do usuário do Cisco WebEx Training Center Primeira publicação: 08 de Outubro de 2015 Americas Headquarters Cisco Systems, Inc. 170 West Tasman Drive San Jose, CA 95134-1706 USA http://www.cisco.com Tel: 408 526-4000 800 553-NETS (6387) Fax: 408

Leia mais

Guia de Planejamento do Cisco WebEx Meetings Server Versão 1.1

Guia de Planejamento do Cisco WebEx Meetings Server Versão 1.1 Primeira publicação: 10 Junho 2013 Última modificação: 10 Junho 2013 Americas Headquarters Cisco Systems, Inc. 170 West Tasman Drive San Jose, CA 95134-1706 USA http://www.cisco.com Tel: 408 526-4000 800

Leia mais

Requisitos do Sistema do Cisco WebEx Meetings Server Versão 1.1

Requisitos do Sistema do Cisco WebEx Meetings Server Versão 1.1 Primeira publicação: 10 Junho 2012 Última modificação: 14 Junho 2013 Americas Headquarters Cisco Systems, Inc. 170 West Tasman Drive San Jose, CA 95134-1706 USA http://www.cisco.com Tel: 408 526-4000 800

Leia mais

Guia do Usuário Cisco WebEx Meetings Server Versão 2.0

Guia do Usuário Cisco WebEx Meetings Server Versão 2.0 Primeira publicação: 06 de Fevereiro de 2014 Americas Headquarters Cisco Systems, Inc. 170 West Tasman Drive San Jose, CA 95134-1706 USA http://www.cisco.com Tel: 408 526-4000 800 553-NETS (6387) Fax:

Leia mais

Guia do usuário do Cisco Unified MeetingPlace para Outlook versão 8.5 (MeetingPlace Scheduling)

Guia do usuário do Cisco Unified MeetingPlace para Outlook versão 8.5 (MeetingPlace Scheduling) Guia do usuário do Cisco Unified MeetingPlace para Outlook versão 8.5 (MeetingPlace Scheduling) Americas Headquarters Cisco Systems, Inc. 170 West Tasman Drive San Jose, CA 95134-1706 USA http://www.cisco.com

Leia mais

Requisitos do Sistema e Guia de Planejamento do Cisco WebEx Meetings Server Versão 2.5

Requisitos do Sistema e Guia de Planejamento do Cisco WebEx Meetings Server Versão 2.5 Requisitos do Sistema e Guia de Planejamento do Cisco WebEx Meetings Server Versão 2.5 Primeira publicação: 28 de Maio de 2014 Última modificação: 22 de Outubro de 2014 Americas Headquarters Cisco Systems,

Leia mais

Guia de Introdução ao Symantec Protection Center. Versão 2.0

Guia de Introdução ao Symantec Protection Center. Versão 2.0 Guia de Introdução ao Symantec Protection Center Versão 2.0 Guia de Introdução ao Symantec Protection Center O software descrito neste documento é fornecido sob um contrato de licença e pode ser usado

Leia mais

Perguntas frequentes do Support Center (versão WBS29.11)

Perguntas frequentes do Support Center (versão WBS29.11) Primeira publicação: 06 de Janeiro de 2015 Americas Headquarters Cisco Systems, Inc. 170 West Tasman Drive San Jose, CA 95134-1706 USA http://www.cisco.com Tel: 408 526-4000 800 553-NETS (6387) Fax: 408

Leia mais

Guia do Usuário do Cisco Unified CCX Web Chat Agent e Supervisor Desktop versão 9.0(1)

Guia do Usuário do Cisco Unified CCX Web Chat Agent e Supervisor Desktop versão 9.0(1) Guia do Usuário do Cisco Unified CCX Web Chat Agent e Supervisor Desktop versão 9.0(1) Cisco Unified Contact Center Express Maio de 2012 Matriz Américas Cisco Systems, Inc. 170 West Tasman Drive San Jose,

Leia mais

Guia de Planejamento do Cisco WebEx Meetings Server Versão 2.0

Guia de Planejamento do Cisco WebEx Meetings Server Versão 2.0 Primeira publicação: 06 de Fevereiro de 2014 Americas Headquarters Cisco Systems, Inc. 170 West Tasman Drive San Jose, CA 95134-1706 USA http://www.cisco.com Tel: 408 526-4000 800 553-NETS (6387) Fax:

Leia mais

Guia do usuário para o serviço IM e Presence no Cisco Unified Communications Manager, Versão 9.0(1)

Guia do usuário para o serviço IM e Presence no Cisco Unified Communications Manager, Versão 9.0(1) Guia do usuário para o serviço IM e Presence no Cisco Unified Communications Manager, Versão 9.0(1) Primeira publicação: May 25, 2012 Americas Headquarters Cisco Systems, Inc. 170 West Tasman Drive San

Leia mais

Notas de versão do Cisco WebEx Meetings Server versão 2.6

Notas de versão do Cisco WebEx Meetings Server versão 2.6 Notas de versão do Cisco WebEx Meetings Server versão.6 Primeira publicação: 14 de Outubro de 015 Última modificação: 6 de Novembro de 015 Estas notas de versão descrevem novos requisitos, funcionalidades,

Leia mais

Manual do usuário sobre o WebEx Meeting Center com as Salas de Reuniões de Colaboração (Nuvem CMR)

Manual do usuário sobre o WebEx Meeting Center com as Salas de Reuniões de Colaboração (Nuvem CMR) Manual do usuário sobre o WebEx Meeting Center com as Salas de Reuniões de Colaboração (Nuvem CMR) Primeira publicação: 2014 Última modificação: Americas Headquarters Cisco Systems, Inc. 170 West Tasman

Leia mais

Guia do usuário da administração do site WebEx

Guia do usuário da administração do site WebEx Primeira publicação: 14 de Junho de 2015 Última modificação: 15 de Setembro de 2015 Americas Headquarters Cisco Systems, Inc. 170 West Tasman Drive San Jose, CA 95134-1706 USA http://www.cisco.com Tel:

Leia mais

Guia do Usuário do Cisco Unified MeetingPlace para Outlook versão 7.1

Guia do Usuário do Cisco Unified MeetingPlace para Outlook versão 7.1 Guia do Usuário do Cisco Unified MeetingPlace para Outlook versão 7.1 Sede das Américas Cisco Systems, Inc. 170 West Tasman Drive San Jose, CA 95134-1706 EUA http://www.cisco.com Tel.: +1 408 526-4000

Leia mais

Guia de Solução de Problemas do Cisco WebEx Meetings Server Versão 1.1

Guia de Solução de Problemas do Cisco WebEx Meetings Server Versão 1.1 Guia de Solução de Problemas do Cisco WebEx Meetings Server Versão 1.1 Primeira publicação: 10 Junho 2013 Última modificação: 10 Junho 2013 Americas Headquarters Cisco Systems, Inc. 170 West Tasman Drive

Leia mais

Guia do usuário do Cisco Unified MeetingPlace para Outlook versão 8.0

Guia do usuário do Cisco Unified MeetingPlace para Outlook versão 8.0 Guia do usuário do Cisco Unified MeetingPlace para Outlook versão 8.0 Americas Headquarters Cisco Systems, Inc. 170 West Tasman Drive San Jose, CA 95134-1706 USA http://www.cisco.com Tel: 408 526-4000

Leia mais

CA Nimsoft Monitor Snap

CA Nimsoft Monitor Snap CA Nimsoft Monitor Snap Guia de Configuração do Monitoramento do Jboss do Nimsoft jboss série 1.3 Aviso de copyright do CA Nimsoft Monitor Snap Este sistema de ajuda online (o Sistema ) destina-se somente

Leia mais

Microcat Authorisation Server (MAS ) Guia do utilizador

Microcat Authorisation Server (MAS ) Guia do utilizador Microcat Authorisation Server (MAS ) Guia do utilizador Índice Introdução... 2 Instalar o Microcat Authorisation Server (MAS)... 3 Configurar o MAS... 4 Opções de licença... 4 Opções de Internet... 5 Gestor

Leia mais

Guia de Solução de Problemas do Cisco WebEx Meetings Server

Guia de Solução de Problemas do Cisco WebEx Meetings Server Primeira publicação: 06 de Fevereiro de 2014 Americas Headquarters Cisco Systems, Inc. 170 West Tasman Drive San Jose, CA 95134-1706 USA http://www.cisco.com Tel: 408 526-4000 800 553-NETS (6387) Fax:

Leia mais

Guia de Problemas do Cisco WebEx Meetings Server

Guia de Problemas do Cisco WebEx Meetings Server Primeira publicação: Última modificação: Americas Headquarters Cisco Systems, Inc. 170 West Tasman Drive San Jose, CA 95134-1706 USA http://www.cisco.com Tel: 408 526-4000 800 553-NETS (6387) Fax: 408

Leia mais

Requisitos do Sistema do Cisco WebEx Meetings Server Versão 2.0

Requisitos do Sistema do Cisco WebEx Meetings Server Versão 2.0 Primeira publicação: 06 de Fevereiro de 2014 Americas Headquarters Cisco Systems, Inc. 170 West Tasman Drive San Jose, CA 95134-1706 USA http://www.cisco.com Tel: 408 526-4000 800 553-NETS (6387) Fax:

Leia mais

Online Help StruxureWare Data Center Expert

Online Help StruxureWare Data Center Expert Online Help StruxureWare Data Center Expert Version 7.2.7 Appliance virtual do StruxureWare Data Center Expert O servidor do StruxureWare Data Center Expert 7.2 está agora disponível como um appliance

Leia mais

Kaseya 2. Dados de exibição rápida. Version R8. Português

Kaseya 2. Dados de exibição rápida. Version R8. Português Kaseya 2 Using StorageCraft Recovery Environment Dados de exibição rápida Version R8 Português Outubro 23, 2014 Agreement The purchase and use of all Software and Services is subject to the Agreement as

Leia mais

Notas de versão Cisco WebEx Support Center (versão WBS29.11)

Notas de versão Cisco WebEx Support Center (versão WBS29.11) Notas de versão Cisco WebEx Support Center (versão WBS29.11) Primeira publicação: 23 de Julho de 2014 Última modificação: 27 de Janeiro de 2015 Americas Headquarters Cisco Systems, Inc. 170 West Tasman

Leia mais

Manual do usuário para o Cisco IP Phone Messenger e o Cisco Unified Presence Release 7.0

Manual do usuário para o Cisco IP Phone Messenger e o Cisco Unified Presence Release 7.0 Manual do usuário para o Cisco IP Phone Messenger e o Cisco Unified Presence Release 7.0 INCLUINDO LICENÇA E GARANTIA Sede das Américas Cisco Systems, Inc. 170 West Tasman Drive San Jose, CA 95134-1706

Leia mais

Guia de Inicialização para o Windows

Guia de Inicialização para o Windows Intralinks VIA Versão 2.0 Guia de Inicialização para o Windows Suporte 24/7/365 da Intralinks EUA: +1 212 543 7800 Reino Unido: +44 (0) 20 7623 8500 Consulte a página de logon da Intralinks para obter

Leia mais

Requisitos do Sistema do Cisco WebEx Meetings Server Versão 1.5

Requisitos do Sistema do Cisco WebEx Meetings Server Versão 1.5 Primeira publicação: 14 Agosto 2013 Última modificação: 22 Outubro 2013 Americas Headquarters Cisco Systems, Inc. 170 West Tasman Drive San Jose, CA 95134-1706 USA http://www.cisco.com Tel: 408 526-4000

Leia mais

Manual do Usuário Microsoft Apps for Symbian

Manual do Usuário Microsoft Apps for Symbian Manual do Usuário Microsoft Apps for Symbian Edição 1.0 2 Sobre os aplicativos da Microsoft Sobre os aplicativos da Microsoft Os aplicativos Microsoft oferecem aplicativos corporativos Microsoft para o

Leia mais

Manual do Usuário Microsoft Apps

Manual do Usuário Microsoft Apps Manual do Usuário Microsoft Apps Edição 1 2 Sobre os aplicativos da Microsoft Sobre os aplicativos da Microsoft Os aplicativos da Microsoft oferecem aplicativos para negócios para o seu telefone Nokia

Leia mais

Inicialização Rápida do Aplicativo de Desktop Novell Filr 1.2 para Mac

Inicialização Rápida do Aplicativo de Desktop Novell Filr 1.2 para Mac Inicialização Rápida do Aplicativo de Desktop Novell Filr 1.2 para Mac Abril de 2015 Inicialização rápida O Novell Filr permite que você acesse facilmente todos os seus arquivos e pastas do desktop, browser

Leia mais

Guia de Usuário do Gateway do Avigilon Control Center. Versão 5.6

Guia de Usuário do Gateway do Avigilon Control Center. Versão 5.6 Guia de Usuário do Gateway do Avigilon Control Center Versão 5.6 2006-2015 Avigilon Corporation. Todos os direitos reservados. A menos que seja expressamente concedida por escrito, nenhuma licença será

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Se ainda tiver dúvidas entre em contato com a equipe de atendimento: Por telefone: 0800 642 3090 Por e-mail atendimento@oisolucoespraempresas.com.br Introdução... 3 1. O que é o programa Oi Backup Empresarial?...

Leia mais

Solução de acessibilidade. Guia do administrador

Solução de acessibilidade. Guia do administrador Solução de acessibilidade Guia do administrador Julho de 2014 www.lexmark.com Conteúdo 2 Conteúdo Visão geral...3 Configurando o aplicativo...4 Configurando o acesso do usuário...4 Desativando funções

Leia mais

Acronis Backup & Recovery 10 Advanced Server Virtual Edition

Acronis Backup & Recovery 10 Advanced Server Virtual Edition Acronis Backup & Recovery 10 Advanced Server Virtual Edition Manual de introdução rápido Este documento descreve a forma de instalar e começar a utilizar o Acronis Backup & Recovery 10 Advanced Server

Leia mais

Guia do Usuário Cisco WebEx Meetings Server Versão 1.5

Guia do Usuário Cisco WebEx Meetings Server Versão 1.5 Primeira publicação: Última modificação: 03 Outubro 2013 Americas Headquarters Cisco Systems, Inc. 170 West Tasman Drive San Jose, CA 95134-1706 USA http://www.cisco.com Tel: 408 526-4000 800 553-NETS

Leia mais

CA Nimsoft Monitor Snap

CA Nimsoft Monitor Snap CA Nimsoft Monitor Snap Guia de Configuração do Monitoramento de resposta do ponto de extremidade do URL url_response série 4.1 Avisos legais Copyright 2013, CA. Todos os direitos reservados. Garantia

Leia mais

Shavlik Protect. Guia de Atualização

Shavlik Protect. Guia de Atualização Shavlik Protect Guia de Atualização Copyright e Marcas comerciais Copyright Copyright 2009 2014 LANDESK Software, Inc. Todos os direitos reservados. Este produto está protegido por copyright e leis de

Leia mais

Instalação do Aparelho Virtual Bomgar. Base 3.2

Instalação do Aparelho Virtual Bomgar. Base 3.2 Instalação do Aparelho Virtual Bomgar Base 3.2 Obrigado por utilizar a Bomgar. Na Bomgar, o atendimento ao cliente é prioridade máxima. Ajude-nos a oferecer um excelente serviço. Se tiver algum comentário

Leia mais

Arcserve Cloud. Guia de Introdução ao Arcserve Cloud

Arcserve Cloud. Guia de Introdução ao Arcserve Cloud Arcserve Cloud Guia de Introdução ao Arcserve Cloud A presente Documentação, que inclui os sistemas de ajuda incorporados e os materiais distribuídos eletronicamente (doravante denominada Documentação),

Leia mais

CA Nimsoft Monitor. Guia do Probe Monitoramento de resposta do ponto de extremidade do URL. url_response série 4.1

CA Nimsoft Monitor. Guia do Probe Monitoramento de resposta do ponto de extremidade do URL. url_response série 4.1 CA Nimsoft Monitor Guia do Probe Monitoramento de resposta do ponto de extremidade do URL url_response série 4.1 Aviso de copyright do CA Nimsoft Monitor Este sistema de ajuda online (o Sistema ) destina-se

Leia mais

Cliente Microsoft Outlook do Avaya Modular Messaging Versão 5.0

Cliente Microsoft Outlook do Avaya Modular Messaging Versão 5.0 Cliente Microsoft Outlook do Avaya Modular Messaging Versão 5.0 Importante: as instruções contidas neste guia só serão aplicáveis se seu armazenamento de mensagens for Avaya Message Storage Server (MSS)

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM HYPER-V

GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM HYPER-V GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM HYPER-V GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM HYPER-V 1- Visão Geral Neste manual você aprenderá a instalar e fazer a configuração inicial do seu firewall Netdeep

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VIRTUAL BOX

GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VIRTUAL BOX GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VIRTUAL BOX NETDEEP SECURE COM VIRTUAL BOX 1- Visão Geral Neste manual você aprenderá a instalar e fazer a configuração inicial do seu firewall Netdeep Secure em um

Leia mais

Symantec Backup Exec 2010. Guia de Instalação Rápida

Symantec Backup Exec 2010. Guia de Instalação Rápida Symantec Backup Exec 2010 Guia de Instalação Rápida 20047221 Instalação do Backup Exec Este documento contém os seguintes tópicos: Requisitos do sistema Antes da instalação Sobre a conta de serviço do

Leia mais

Online Help StruxureWare Data Center Expert

Online Help StruxureWare Data Center Expert Online Help StruxureWare Data Center Expert Version 7.2.1 Novidades no StruxureWare Data Center Expert 7.2.x Saiba mais sobre os novos recursos disponíveis na versão StruxureWare Data Center Expert 7.2.x.

Leia mais

BlackBerry Desktop Software. Versão: 7.1. Guia do usuário

BlackBerry Desktop Software. Versão: 7.1. Guia do usuário BlackBerry Desktop Software Versão: 7.1 Guia do usuário Publicado: 2012-06-05 SWD-20120605130141061 Conteúdo Aspectos básicos... 7 Sobre o BlackBerry Desktop Software... 7 Configurar seu smartphone com

Leia mais

Manual do Utilizador para o Serviço IM e Presence no Cisco Unified Communications Manager, Versão 9.0(1)

Manual do Utilizador para o Serviço IM e Presence no Cisco Unified Communications Manager, Versão 9.0(1) Manual do Utilizador para o Serviço IM e Presence no Cisco Unified Communications Manager, Versão 9.0(1) Primeira publicação: May 25, 2012 Americas Headquarters Cisco Systems, Inc. 170 West Tasman Drive

Leia mais

1 Entrar no Cisco WebEx e

1 Entrar no Cisco WebEx e MANUAL DE INICIALIZAÇÃO RÁPIDA Participe e agende uma reunião Cisco WebEx Meeting com Cisco Unified MeetingPlace Versão 8.5.2 (WebEx Scheduling) 1 Entrar no Cisco WebEx e Configurar seu PIN do Perfil 2

Leia mais

Manual do utilizador do Cisco Unified Communications Self Care Portal, Versão 10.5(1)

Manual do utilizador do Cisco Unified Communications Self Care Portal, Versão 10.5(1) Manual do utilizador do Cisco Unified Communications Self Care Portal, Versão 10.5(1) Unified Communications Self Care Portal 2 Definições do Unified Communications Self Care 2 Telefones 4 Definições adicionais

Leia mais

LICENCIAMENTO V14 USANDO REPRISE LICENSE MANAGER

LICENCIAMENTO V14 USANDO REPRISE LICENSE MANAGER LICENCIAMENTO V14 USANDO REPRISE LICENSE MANAGER V14 de BricsCAD vem com um novo sistema de licenciamento, com base na tecnologia de licenciamento de Reprise Software. Este novo sistema oferece um ambiente

Leia mais

Kofax. Desktop 2.0. Guia de Instalação 10300950-000

Kofax. Desktop 2.0. Guia de Instalação 10300950-000 Kofax Desktop 2.0 Guia de Instalação 10300950-000 2009-2010 Kofax, Inc., 15211 Laguna Canyon Road, Irvine, California 92618, U.S.A. All rights reserved. Use is subject to license terms. Third-party software

Leia mais

Online Help StruxureWare Data Center Expert

Online Help StruxureWare Data Center Expert Online Help StruxureWare Data Center Expert Version 7.2.7 Novidades no StruxureWare Data Center Expert 7.2.x Saiba mais sobre os novos recursos disponíveis na versão StruxureWare Data Center Expert 7.2.x.

Leia mais

Guia de administração. BlackBerry Professional Software para Microsoft Exchange. Versão: 4.1 Service pack: 4B

Guia de administração. BlackBerry Professional Software para Microsoft Exchange. Versão: 4.1 Service pack: 4B BlackBerry Professional Software para Microsoft Exchange Versão: 4.1 Service pack: 4B SWD-313211-0911044452-012 Conteúdo 1 Gerenciando contas de usuários... 7 Adicionar uma conta de usuário... 7 Adicionar

Leia mais

Guia de Solução de Problemas do Cisco WebEx Meetings Server para Versão 2.5

Guia de Solução de Problemas do Cisco WebEx Meetings Server para Versão 2.5 Guia de Solução de Problemas do Cisco WebEx Meetings Server para Versão 2.5 Primeira publicação: 22 de Junho de 2014 Última modificação: 24 de Outubro de 2014 Americas Headquarters Cisco Systems, Inc.

Leia mais

INTRODUÇÃO. A SKA preparou este documento técnico com o objetivo de auxiliar seus clientes a realizar a instalação do SolidWorks 2009.

INTRODUÇÃO. A SKA preparou este documento técnico com o objetivo de auxiliar seus clientes a realizar a instalação do SolidWorks 2009. Guia de Instalação do SolidWorks 2009 INTRODUÇÃO A SKA preparou este documento técnico com o objetivo de auxiliar seus clientes a realizar a instalação do SolidWorks 2009. O SolidWorks pode ser instalado

Leia mais

CA Nimsoft Monitor Snap

CA Nimsoft Monitor Snap CA Nimsoft Monitor Snap Guia de Configuração do Gateway de email emailgtw série 2.7 Avisos legais Copyright 2013, CA. Todos os direitos reservados. Garantia O material contido neste documento é fornecido

Leia mais

Guia de instalação e configuração do Alteryx Server

Guia de instalação e configuração do Alteryx Server Guia de referência Guia de instalação e configuração do Alteryx Server v 1.5, novembro de 2015 Sumário Guia de instalação e configuração do Alteryx Server Sumário Capítulo 1 Visão geral do sistema... 5

Leia mais

Índice. Manual Backup Online. 03 Capítulo 1: Visão Geral

Índice. Manual Backup Online. 03 Capítulo 1: Visão Geral Índice 03 Capítulo 1: Visão Geral 04 Capítulo 2: Conta de Usuário 04 Criação 08 Edição 09 Grupo de Usuários 10 Informações da Conta 12 Capítulo 3: Download do Backup Online Embratel 16 Capítulo 4: Cópia

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VMWARE WORKSTATION

GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VMWARE WORKSTATION GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VMWARE WORKSTATION GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VMWARE WORKSTATION 1- Visão Geral Neste manual você aprenderá a instalar e fazer a configuração inicial do

Leia mais

Symantec Backup Exec 12.5 for Windows Servers. Guia de Instalação Rápida

Symantec Backup Exec 12.5 for Windows Servers. Guia de Instalação Rápida Symantec Backup Exec 12.5 for Windows Servers Guia de Instalação Rápida 13897290 Instalação do Backup Exec Este documento contém os seguintes tópicos: Requisitos do sistema Antes de instalar Sobre a conta

Leia mais

CA Nimsoft Monitor Snap

CA Nimsoft Monitor Snap CA Nimsoft Monitor Snap Guia de Configuração do Monitoramento de conectividade de rede net_connect série 2.9 Aviso de copyright do CA Nimsoft Monitor Snap Este sistema de ajuda online (o Sistema ) destina-se

Leia mais

Guia do Usuário do Gateway do Avigilon Control Center. Versão 5.4.2

Guia do Usuário do Gateway do Avigilon Control Center. Versão 5.4.2 Guia do Usuário do Gateway do Avigilon Control Center Versão 5.4.2 2006-2014 Avigilon Corporation. Todos os direitos reservados. A menos que seja expressamente concedido por escrito, nenhuma licença é

Leia mais

MozyPro Guia do administrador Publicado: 2013-07-02

MozyPro Guia do administrador Publicado: 2013-07-02 MozyPro Guia do administrador Publicado: 2013-07-02 Sumário Prefácio: Prefácio...vii Capítulo 1: Apresentação do MozyPro...9 Capítulo 2: Noções básicas sobre os Conceitos do MozyPro...11 Noções básicas

Leia mais

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Goiânia, 16/09/2013 Aluno: Rafael Vitor Prof. Kelly Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Objetivo Esse tutorial tem como objetivo demonstrar como instalar e configurar o IIS 7.0 no Windows Server

Leia mais

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Goiânia, 16/09/2013 Aluno: Rafael Vitor Prof. Kelly Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Objetivo Esse tutorial tem como objetivo demonstrar como instalar e configurar o IIS 7.0 no Windows Server

Leia mais

Seu manual do usuário ACRONIS ACRONIS BACKUP AND RECOVERY 10 ADVANCED SERVER VIRTUAL EDITION http://pt.yourpdfguides.

Seu manual do usuário ACRONIS ACRONIS BACKUP AND RECOVERY 10 ADVANCED SERVER VIRTUAL EDITION http://pt.yourpdfguides. Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para ACRONIS ACRONIS BACKUP AND RECOVERY 10. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas

Leia mais

CA Nimsoft Monitor Snap

CA Nimsoft Monitor Snap CA Nimsoft Monitor Snap Guia de Início Rápido 7.0 Avisos legais Copyright 2013, CA. Todos os direitos reservados. Garantia O material contido neste documento é fornecido "como está" e está sujeito a alterações

Leia mais

CA Nimsoft Monitor. Guia do Probe Monitoramento de conectividade de rede. net_connect série 3.0

CA Nimsoft Monitor. Guia do Probe Monitoramento de conectividade de rede. net_connect série 3.0 CA Nimsoft Monitor Guia do Probe Monitoramento de conectividade de rede net_connect série 3.0 Aviso de copyright do CA Nimsoft Monitor Este sistema de ajuda online (o Sistema ) destina-se somente para

Leia mais

Utilizar o Cisco UC 320W com o Windows Small Business Server

Utilizar o Cisco UC 320W com o Windows Small Business Server Utilizar o Cisco UC 320W com o Windows Small Business Server Esta nota de aplicação explica como implementar o Cisco UC 320W num ambiente do Windows Small Business Server. Índice Este documento inclui

Leia mais

Guia de Solução de Problemas do Cisco WebEx Meetings Server Versão 1.5

Guia de Solução de Problemas do Cisco WebEx Meetings Server Versão 1.5 Guia de Solução de Problemas do Cisco WebEx Meetings Server Versão 1.5 Primeira publicação: 12 Agosto 2013 Última modificação: 26 Setembro 2013 Americas Headquarters Cisco Systems, Inc. 170 West Tasman

Leia mais

Qlik Sense Cloud. Qlik Sense 2.0.2 Copyright 1993-2015 QlikTech International AB. Todos os direitos reservados.

Qlik Sense Cloud. Qlik Sense 2.0.2 Copyright 1993-2015 QlikTech International AB. Todos os direitos reservados. Qlik Sense Cloud Qlik Sense 2.0.2 Copyright 1993-2015 QlikTech International AB. Todos os direitos reservados. Copyright 1993-2015 QlikTech International AB. Todos os direitos reservados. Qlik, QlikTech,

Leia mais

Polycom RealPresence Content Sharing Suite Guia rápido do usuário

Polycom RealPresence Content Sharing Suite Guia rápido do usuário Polycom RealPresence Content Sharing Suite Guia rápido do usuário Versão 1.2 3725-69877-001 Rev.A Novembro de 2013 Neste guia, você aprenderá a compartilhar e visualizar conteúdos durante uma conferência

Leia mais

Guia de Atualização do Windows XP para Windows 7

Guia de Atualização do Windows XP para Windows 7 Guia de Atualização do Windows XP para Windows 7 Conteúdo Etapa 1: Saiba se o computador está pronto para o Windows 7... 3 Baixar e instalar o Windows 7 Upgrade Advisor... 3 Abra e execute o Windows 7

Leia mais

Inicialização Rápida do Aplicativo de Desktop Novell Filr 1.2 para Windows

Inicialização Rápida do Aplicativo de Desktop Novell Filr 1.2 para Windows Inicialização Rápida do Aplicativo de Desktop Novell Filr 1.2 para Windows Abril de 2015 Inicialização rápida O Novell Filr permite que você acesse facilmente todos os seus arquivos e pastas do desktop,

Leia mais

Leia-me do Licenciamento em Rede

Leia-me do Licenciamento em Rede Leia-me do Licenciamento em Rede Trimble Navigation Limited Divisão de Engenharia e da Construção 935 Stewart Drive Sunnyvale, California 94085 EUA Fone: +1-408-481-8000 Ligação gratuita (nos EUA): +1-800-874-6253

Leia mais

Guia de Início Rápido da Caixa de Entrada do Cisco Unity Connection (Versão 10.x)

Guia de Início Rápido da Caixa de Entrada do Cisco Unity Connection (Versão 10.x) Guia de início rápido Guia de Início Rápido da Caixa de Entrada do Cisco Unity Connection (Versão 10.x) Caixa de Entrada da Web do Connection do Cisco Unity Connection(Versão 10.x) 2 Sobre a Caixa de Entrada

Leia mais

Guia do Usuário do Servidor do Avigilon Control Center

Guia do Usuário do Servidor do Avigilon Control Center Guia do Usuário do Servidor do Avigilon Control Center Versão 5.0.2 PDF-SERVER5-A-Rev2_PT Copyright 2013 Avigilon. Todos os direitos reservados. A informação apresentada está sujeita a alteração sem aviso

Leia mais

CA Nimsoft Monitor. Guia do Probe Inspetor de serviços do Windows. ntservices série 3.1

CA Nimsoft Monitor. Guia do Probe Inspetor de serviços do Windows. ntservices série 3.1 CA Nimsoft Monitor Guia do Probe Inspetor de serviços do Windows ntservices série 3.1 Aviso de copyright do CA Nimsoft Monitor Este sistema de ajuda online (o Sistema ) destina-se somente para fins informativos

Leia mais

Manual do Usuário do Nokia Mail for Exchange 2.9

Manual do Usuário do Nokia Mail for Exchange 2.9 Manual do Usuário do Nokia Mail for Exchange 2.9 2009 Nokia. Todos os direitos reservados. Nokia e Nokia Connecting People são marcas comerciais ou marcas registradas da Nokia Corporation. Outros nomes

Leia mais

Guia passo a passo de introdução ao Microsoft Windows Server Update Services 3.0

Guia passo a passo de introdução ao Microsoft Windows Server Update Services 3.0 Guia passo a passo de introdução ao Microsoft Windows Server Update Services 3.0 Microsoft Corporation Autor: Susan Norwood Editor: Craig Liebendorfer Resumo Este guia fornece instruções para começar a

Leia mais

MDaemon GroupWare. Versão 1 Manual do Usuário. plugin para o Microsoft Outlook. Trabalhe em Equipe Usando o Outlook e o MDaemon

MDaemon GroupWare. Versão 1 Manual do Usuário. plugin para o Microsoft Outlook. Trabalhe em Equipe Usando o Outlook e o MDaemon MDaemon GroupWare plugin para o Microsoft Outlook Trabalhe em Equipe Usando o Outlook e o MDaemon Versão 1 Manual do Usuário MDaemon GroupWare Plugin for Microsoft Outlook Conteúdo 2003 Alt-N Technologies.

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1 Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1 26 de agosto de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação é uma

Leia mais

Guia de introdução. Para os administradores do programa DreamSpark

Guia de introdução. Para os administradores do programa DreamSpark Guia de introdução Para os administradores do programa DreamSpark Este documento destaca as funções básicas necessárias para configurar e gerenciar seu ELMS na WebStore do DreamSpark. Versão 2.4 05.06.12

Leia mais

CA ARCserve Replication and High Availability

CA ARCserve Replication and High Availability CA ARCserve Replication and High Availability Guia de Operações de Ambientes de Servidores Virtualizados para Windows r16 A presente documentação, que inclui os sistemas de ajuda incorporados e os materiais

Leia mais

INTRODUÇÃO. A SKA preparou este documento técnico com o objetivo de auxiliar seus clientes a realizar a instalação do SolidWorks 2010.

INTRODUÇÃO. A SKA preparou este documento técnico com o objetivo de auxiliar seus clientes a realizar a instalação do SolidWorks 2010. Guia de Instalação do SolidWorks 2010 INTRODUÇÃO A SKA preparou este documento técnico com o objetivo de auxiliar seus clientes a realizar a instalação do SolidWorks 2010. O SolidWorks pode ser instalado

Leia mais

Google Drive Print. Guia do administrador

Google Drive Print. Guia do administrador Google Drive Print Guia do administrador Março de 2015 www.lexmark.com Conteúdo 2 Conteúdo Visão geral...3 Configuração do aplicativo...4 Adquirindo uma conta do Google...4 Acessando a página de configuração

Leia mais

Instalação do VOL Backup para Desktops

Instalação do VOL Backup para Desktops Este é o guia de instalação e configuração da ferramenta VOL Backup para desktops. Deve ser seguido caso você queira instalar ou reinstalar o VOL Backup em sistemas Windows 2000, XP, Vista ou 7, 32 ou

Leia mais

Manual do usuário do Click to Call Versão 8.0

Manual do usuário do Click to Call Versão 8.0 Versão 8.0 5/13/10 Sede das Américas Cisco Systems, Inc. 170 West Tasman Drive San Jose, CA 95134-1706 EUA http://www.cisco.com Tel.: 408 526-4000 800 553-NETS (6387) Fax: 408 527-0883 Text Part Number:

Leia mais

ADOBE CONNECT ENTERPRISE SERVER 6 GUIA DE CONFIGURAÇÃO DO SSL

ADOBE CONNECT ENTERPRISE SERVER 6 GUIA DE CONFIGURAÇÃO DO SSL ADOBE CONNECT ENTERPRISE SERVER 6 GUIA DE CONFIGURAÇÃO DO SSL Copyright 2006 Adobe Systems Incorporated. Todos os direitos reservados. Guia de Configuração do SSL do Adobe Connect Enterprise Server 6 para

Leia mais

Guia do Usuário do Servidor do Avigilon Control Center. Versão 5.4.2

Guia do Usuário do Servidor do Avigilon Control Center. Versão 5.4.2 Guia do Usuário do Servidor do Avigilon Control Center Versão 5.4.2 2006-2014 Avigilon Corporation. Todos os direitos reservados. A menos que seja expressamente concedido por escrito, nenhuma licença é

Leia mais

Comm5 Tecnologia Manual de utilização da família MI. Manual de Utilização. Família MI

Comm5 Tecnologia Manual de utilização da família MI. Manual de Utilização. Família MI Manual de Utilização Família MI ÍNDICE 1.0 COMO LIGAR O MÓDULO... pág 03 e 04 2.0 OBJETIVO... pág 05 3.0 COMO CONFIGURAR O MÓDULO MI... pág 06, 07, 08 e 09 4.0 COMO TESTAR A REDE... pág 10 5.0 COMO CONFIGURAR

Leia mais