PARA AJUDAR: Semana Santa: Domingo de Ramos: Por que usamos os ramos na Celebração que abre a Semana Santa?

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PARA AJUDAR: Semana Santa: Domingo de Ramos: Por que usamos os ramos na Celebração que abre a Semana Santa?"

Transcrição

1 PARA AJUDAR: Semana Santa: celebra a Paixão, a Morte e a Ressurreição de Jesus Cristo. A Semana Santa começa com a celebração da entrada de Jesus em Jerusalém no Domingo de Ramos, e termina no Domingo de Páscoa. Domingo de Ramos: O Domingo de Ramos dá início à Semana Santa. É o dia em que se celebra a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém, dias antes de sofrer a Paixão, Morte e Ressurreição. O Domingo de Ramos é chamado assim porque, quando Jesus entrou em Jerusalém, as pessoas pegaram palmeiras para aclamá-lo. Neste dia, a Igreja relembra este momento e os fiéis realizam procissões, também com palmeiras nas mãos. Por que usamos os ramos na Celebração que abre a Semana Santa? O Domingo de Ramos abre por excelência a Semana Santa. Neste dia, relembramos e celebramos a entrada triunfal de Jesus Cristo em Jerusalém, poucos dias antes de sofrer a Paixão, Morte e Ressurreição. Este domingo é chamado assim porque o povo cortou ramos de árvores, ramagens e folhas de palmeiras para cobrir o chão onde Jesus passava montado num jumento. Com folhas de palmeiras nas mãos, o povo o aclamava "Rei dos Judeus", "Hosana ao Filho de Davi", "Salve o Messias"... E assim, Jesus entrou triunfante em Jerusalém despertando nos sacerdotes e mestres da lei muita inveja, desconfiança, medo de perder o poder. Começa então uma trama para condenar Jesus à morte e morte de cruz. O Domingo de Ramos pode ser chamado também de "Domingo de Ramos e da Paixão do Senhor", nele, a liturgia nos relembra e nos convida a celebrar esses acontecimentos da vida de Jesus que se entregou ao Pai como Vítima Perfeita e sem mancha para nos salvar da escravidão do pecado e da morte. Crer nos acontecimentos da Paixão, Morte e Ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo, é crer no mistério central da nossa fé, é crer na vida que vence a morte, é vencer o mal, é também ressuscitar com Cristo e, com Ele Vivo e Vitorioso viver eternamente. É proclamar,

2 como nos diz São Paulo: Jesus Cristo é o Senhor, para a glória de Deus Pai (Fl 2, 11). Coleta da Solidariedade: Com o objetivo de despertar o espírito de caridade, partilha, fraternidade e de amor ao próximo, a Igreja no Brasil realiza no Domingo de Ramos este ano dia 29 de março um gesto concreto: a Coleta da Solidariedade, que é parte integrante da Campanha da Fraternidade. Neste dia, todos os cristãos são convidados a fazer uma doação (em espécie). O dinheiro ofertado deve ser fruto de pequenas renúncias ao longo de toda a Quaresma, como um processo de conversão pessoal. Quarta-feira Santa: neste dia a Igreja lembra que o mundo já está em trevas porque a morte de Cristo está próxima. Quinta-feira Santa: neste dia a Igreja recorda a Última Ceia de Jesus com os apóstolos. A Quinta-feira Santa é o último dia da Quaresma e dá início ao Tríduo Pascal (três dias de preparação para ressurreição de Cristo). Neste dia acontece, ainda, a Missa dos Santos Óleos ou Missa do Crisma, quando são benzidos os óleos que serão utilizados durante todo o ano nas celebrações de batismo, crisma e unção dos enfermos. Nesta Missa os padres renovam diante do bispo (ou do Arcebispo, como no caso da Arquidiocese de Salvador) as promessas sacerdotais. É também na Quinta-feira Santa que a Igreja recorda o momento em que Jesus lavou os pés dos discípulos e o momento que Judas saiu para entregar Jesus em troca de 30 moedas de prata. Após a Missa, os altares ficam desnudos, sem flores e sem velas, simbolizando que Jesus já está preso. Missa do Crisma: É realizada na Quinta-feira Santa, pela manhã, e consiste em dois momentos: a bênção dos santos óleos, que são os óleos consagrados para serem usados nos sacramentos e a Renovação das Promessas Sacerdotais diante do bispo. Santos Óleos: Na Quinta-feira Santa, pela manhã, durante a Missa do Crisma, é feita a mistura do óleo de oliva com o bálsamo, que logo em seguida é consagrado pelo bispo da diocese (no caso de Salvador, pelo Arcebispo). Os óleos são distribuídos aos padres para serem utilizados durante todo o ano nas celebrações de sacramentos, como no batismo, crisma, unção dos enfermos e ordenação. Lava-pés e Instituição da Eucaristia: O Lava-pés é um rito que acontece na Quintafeira Santa, à noite. Na missa de Lava-pés, a Igreja recorda a noite em que Jesus lavou

3 os pés dos discípulos, como sinal de humildade e igualdade. Instituição da Eucaristia: o próprio Cristo fez a Instituição da Eucaristia durante a Última Ceia, reunido com os discípulos. Neste dia, Jesus se ofereceu, por meio do pão e do vinho que, após consagrados, se tornam Corpo e Sangue. Assim, a Eucaristia é o próprio sacrifício de Jesus; é o banquete de Deus. Na Quinta-feira Santa, a Igreja celebra este momento. Sexta-feira Santa ou Sexta-feira da Paixão: é o dia em que Jesus foi crucificado. Neste dia realiza-se a Via Sacra, recordando os passos de Jesus até o Calvário, onde aconteceu a crucificação. É o único dia do ano em que não acontece Missa. A celebração é marcada, ainda, pela adoração da Cruz. A Igreja pede que neste dia os fiéis abstenham-se de carne vermelha. Os altares continuam desnudos, sem velas, sem toalhas e sem flores. A cor litúrgica é a vermelha, que simboliza o sangue dos mártires. Via-Sacra: A palavra Via-Sacra vem do latim Via crucis, que significa caminho da cruz. É uma forma de devoção, onde os cristãos se colocam à disposição de viver mentalmente, através da oração, o sofrimento de Cristo, recordando os passos desde o tribunal de Pilatos até o Calvário. As orações estão divididas em 14 estações que recordam o caminho que Cristo fez até ser crucificado. Acontece na Sexta-feira da Paixão. Sábado de Aleluia ou Sábado da Semana Santa é o primeiro dia depois da crucificação e morte de Jesus Cristo. Neste dia, após o anoitecer, os cristãos celebram a Vigília Pascal, dando início a Páscoa. Durante a vigília, o celebrante abençoa o fogo (símbolo do esplendor de Jesus Cristo ressuscitado). É também neste dia que se acende o Círio Pascal e faz-se a primeira entoação do Glória, após a Quaresma. Círio Pascal: O Círio Pascal é uma grande vela, decorada com as letras gregas Alfa e Ômega, que significam que Deus é o início e o fim de tudo. Esta vela é acesa no Sábado de Aleluia e, a cada domingo, até o dia de Pentecostes, o círio é aceso para relembrar a vitória da vida sobre a morte. É importante ressaltar que durante a Vigília Pascal são inseridos na vela os cinco cravos, representando as chagas de Cristo na cruz. Domingo de Páscoa: A Páscoa é o dia do grande milagre, quando Jesus Cristo ressuscita dos mortos. Neste dia, os cristãos celebram a vitória da vida sobre a morte, o amor, a misericórdia de Deus. É o dia santo mais importante para o cristianismo. A

4 Páscoa é comemorada no domingo seguinte à primeira lua cheia da primavera do hemisfério norte, sempre depois de 21 de março e antes de 24 de abril. A celebração da Páscoa vai além da Semana Santa, ela inicia e vai até fim de Pentecostes, que é a descida do Espírito Santo sobre os apóstolos. Cores litúrgicas As cores utilizadas na liturgia da Igreja apresentam uma linguagem simbólica, que têm como objetivo manifestar externamente o caráter dos ministérios e a consciência de uma vida cristã. Conheça o significado de cada cor litúrgica: BRANCO Usado na Páscoa, no Natal, nas Festas do Senhor, nas Festas de Nossa Senhora e dos Santos, exceto dos mártires. Simboliza alegria, ressurreição, vitória, pureza e alegria. ROXO Usado no Advento e na Quaresma. É símbolo da penitência e da serenidade. Também pode ser usado nas missas dos defuntos e na confissão. VERMELHO Lembra o fogo do Espírito Santo. Por isso é a cor de Pentecostes. Lembra também o sangue. É a cor dos mártires e da Sexta-feira da Paixão. PRETO É sinal de tristeza e luto. Hoje é pouco usado na liturgia VERDE Usa-se nos domingos do Tempo Comum e nos dias da semana. Está ligado ao crescimento, à esperança.

5 ROSA O rosa pode ser usado no 3º domingo do Advento (Gaudete) e 4º domingo da Quaresma (Laetare). Jejum: O jejum é a abstinência total ou parcial de comida, exceto de água. Por que a Igreja pede para jejuar? Com o desejo de se fazer penitência pelos pecados, bem como estar unidos aos sofrimentos de Jesus, a Igreja pede que os fiéis ofereçam, neste Tempo Quaresmal, jejum e abstinência a Deus. Praticado pelo próprio Jesus Cristo, durante os 40 dias que esteve no deserto, pelos santos e pelo povo desde a Antiguidade, o jejum é um sinal de arrependimento recomendado pela Igreja como instrumento de santificação da alma, de controle do corpo e equilíbrio emocional. Como podemos definir penitência? A Quaresma é um tempo favorável para abandonar o pecado e voltar para Deus. E é para este retorno a Deus que se faz penitência. O objetivo da penitência não é fazer sofrer, mas ser um meio de purificação da alma. A penitência é realizada para dar forças espirituais na luta contra o pecado. Quais são as formas de penitência orientadas pela Igreja? A Igreja ensina e estimula o católico a praticar o jejum, a oração e a esmola. Essas três formas de penitência são um remédio para o combate das doenças espirituais, sendo que o jejum auxilia no combate à gula, a oração no combate ao orgulho e à soberba, e a esmola no combate à avareza. São exercícios que, se feitos com seriedade, têm a capacidade de arrancar o cristão católico das garras do relativismo que domina o mundo atualmente. ARQUIDIOCESE DE SALVADOR ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO: (71) / 6693 Coordenadora: Patrícia Luz Tels.: (71) / Jornalistas: Sara Gomes, Rosa Brito e Luana Assiz

CELEBRAÇÕES NA COMUNIDADE ORIENTAÇÕES PARA AS CELEBRAÇÕES

CELEBRAÇÕES NA COMUNIDADE ORIENTAÇÕES PARA AS CELEBRAÇÕES CELEBRAÇÕES NA COMUNIDADE ORIENTAÇÕES PARA AS CELEBRAÇÕES A catequese deve iniciar o catequizando na vida litúrgica da comunidade. Nesse sentido, é importante que o catequista leve seu grupo de catequese

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE RELIGIÃO DO 1º CICLO 1º ANO

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE RELIGIÃO DO 1º CICLO 1º ANO PLANIFICAÇÃO ANUAL DE RELIGIÃO DO 1º CICLO 1º ANO TÓPICOS 1º PERÍODO OBJECTIVOS ORAÇÕES / DOUTRINA CRISTÃ ACTIVIDADES CELEBRAÇÕES AVALIAÇÃO A criação Deus é grande e poderoso Tudo nos fala de Deus Deus

Leia mais

2ºDOMINGO DO TEMPO DO ADVENTO ANO B - (04/12/11)

2ºDOMINGO DO TEMPO DO ADVENTO ANO B - (04/12/11) Vivendo a Liturgia 2ºDOMINGO DO TEMPO DO ADVENTO ANO B - (04/12/11) Dezembro/2011 (João Batista) A cor litúrgica para esta celebração é a roxa. Poderia ser feito um mural específico para esta celebração

Leia mais

QUARTA FEIRA SANTA PROCISSÃO DO ENCONTRO NOSSO SENHOR DOS PASSOS E NOSSA SENHORA DAS DORES

QUARTA FEIRA SANTA PROCISSÃO DO ENCONTRO NOSSO SENHOR DOS PASSOS E NOSSA SENHORA DAS DORES A SEMANA SANTA (Por Marcelo Rodolfo da Costa) Sabemos bem que durante a Semana Santa, a Igreja celebra os mistérios da reconciliação, realizados pelo Senhor Jesus nos últimos dias da sua vida, começando

Leia mais

Ciclo Litúrgico. O Ano da Igreja, qual a importância?

Ciclo Litúrgico. O Ano da Igreja, qual a importância? Ciclo Litúrgico. O Ano da Igreja, qual a importância? Ano Litúrgico é o conjunto das celebrações através das quais são refletidos, orados e celebrados todos os principais acontecimentos cristãos (festas

Leia mais

FESTA DE CORPUS CRISTI. LUIZ ANTONIO BURIM Professor de Ensino Religioso.

FESTA DE CORPUS CRISTI. LUIZ ANTONIO BURIM Professor de Ensino Religioso. FESTA DE CORPUS CRISTI LUIZ ANTONIO BURIM Professor de Ensino Religioso. FESTA DE CORPUS CHRISTI A festa de Corpus Christi surgiu na Idade Média, no século XIII. A primeira festa de Corpus Christi realizou-se

Leia mais

Crisma 2010/2011 Encontro 29 Tempo Liturgico e Quaresma 10/02/2011. Crisma 2010/2011. Encontro 29 Tempo Liturgico e Quaresma

Crisma 2010/2011 Encontro 29 Tempo Liturgico e Quaresma 10/02/2011. Crisma 2010/2011. Encontro 29 Tempo Liturgico e Quaresma Crisma 2010/2011 Encontro 29 Tempo Liturgico e Quaresma O Ano litúrgico é o período de doze meses, divididos em tempos litúrgicos, onde se celebram como memorial, os mistérios de Cristo, assim como a memória

Leia mais

Tema encontro : Quaresma

Tema encontro : Quaresma Tema encontro : Quaresma A quaresma é o tempo litúrgico de conversão, que a Igreja marca para nos preparar para a grande festa da Páscoa. É tempo para nos arrepender de nossos pecados e de mudar algo de

Leia mais

FEVEREIRO 1 Quarta - Início das inscrições para o mutirão de casamentos (encerra-se em maio) 2 Quinta 3 Sexta

FEVEREIRO 1 Quarta - Início das inscrições para o mutirão de casamentos (encerra-se em maio) 2 Quinta 3 Sexta CALENDÁRIO ANUAL DA PARÓQUIA SÃO JOÃO EVANGELISTA ANO 2012 JANEIRO 1 Domingo - Do dia 1 a 31 inscrição para coroinhas - Missa em ação de graças pelas famílias 2 Segunda 3 Terça - Reunião do Conselho Pastoral

Leia mais

LITURGIA FAMILIAR PRIMEIRO DOMINGO DE ADVENTO. 29 de novembro

LITURGIA FAMILIAR PRIMEIRO DOMINGO DE ADVENTO. 29 de novembro LITURGIA FAMILIAR PRIMEIRO DOMINGO DE ADVENTO 29 de novembro Vivendo o tempo do ADVENTO É urgente atualizar hoje o Advento de Cristo. Estar vigilante é entender os sinais dos tempos. A perspetiva de uma

Leia mais

CALENDÁRIO PAROQUIAL DE PASTORAL

CALENDÁRIO PAROQUIAL DE PASTORAL CALENDÁRIO PAROQUIAL DE PASTORAL 2016 PARÓQUIA SÃO ROQUE ANO DA MISÉRICORDIA DIOCESE DE OSASCO SP. PADRE ADILSON DIAS RAMPASO Janeiro 2016 Calendário da Paróquia São Roque 2016 Solenidade Santa Maria,

Leia mais

FORMAÇÃO LITÚRGICA: LITURGIA: O QUE É?

FORMAÇÃO LITÚRGICA: LITURGIA: O QUE É? Escola de Maria: Escola da Fé FORMAÇÃO LITÚRGICA: LITURGIA: O QUE É? Formação Litúrgica: Liturgia: conceito O que é Liturgia? Termo de origem grega. ERGON (OBRA, AÇÃO, EMPREENDIMEN TO) (PÚBLICO) LEITON

Leia mais

Memoranda Celebração do Baptismo

Memoranda Celebração do Baptismo Esta memoranda apresenta o esquema praticado na nossa paróquia, que tem como base a celebração do Baptismo de várias crianças. O rito do Baptismo, pode ou não, ser inserido na Eucaristia. Neste esquema,

Leia mais

Missal Romano. Grupo de Acólitos São João da Madeira

Missal Romano. Grupo de Acólitos São João da Madeira Missal Romano Grupo de Acólitos São João da Madeira A estrutura da missa Antes de vermos a estrutura do missal, é conveniente relembrarmos a estrutura de uma Missa comum, para que possamos mais facilmente

Leia mais

DOMINGO DA OITAVA DA PÁSCOA (DOMINGO II DA PÁSCOA) Vésperas I Hi n o. Sa l m o d i a: Antífonas, salmos e cântico como no Domingo da Ressurreição.

DOMINGO DA OITAVA DA PÁSCOA (DOMINGO II DA PÁSCOA) Vésperas I Hi n o. Sa l m o d i a: Antífonas, salmos e cântico como no Domingo da Ressurreição. DOMINGO DA OITAVA DA PÁSCOA (DOMINGO II DA PÁSCOA) Vésperas I Le i t u r a b r e v e 1 Pedro 2, 9-10 Vós sois geração eleita, sacerdócio real, nação santa, povo adquirido por Deus, para anunciar os louvores

Leia mais

Campinas do Sul 12 de março de 2016

Campinas do Sul 12 de março de 2016 Informativo Paroquial A BOA NOTÍCIA Paróquia Nossa Senhora dos Navegantes Campinas do Sul 12 de março de 2016 PROGRAMAÇÃO PAROQUIAL DA SEMANA: Sábado, 12 de março, às 14h, missa na comunidade Na. Sra.

Leia mais

Catedral Metropolitana (Rua Santo Antônio 1201 Centro)

Catedral Metropolitana (Rua Santo Antônio 1201 Centro) Catedral Metropolitana (Rua Santo Antônio 1201 Centro) Dia 23/03- Sábado 7h- Missa 16h30- Missa de Ramos para as crianças no Salão Paroquial Dia 24/03- Domingo de ramos 7h, 10h, 11h30, 16h, 18h e 19h30-

Leia mais

A Trindade Santa - V Qua, 06 de Maio de 2009 10:52 - Henrique Soares da Costa

A Trindade Santa - V Qua, 06 de Maio de 2009 10:52 - Henrique Soares da Costa Pe. Henrique Soares da Costa A Igreja vive enraizada na Trindade Nesta série muitas vezes foi dito que a Santíssima Trindade é o mistério central da nossa fé cristã; mistério que foi revelado e experimentado

Leia mais

ORDENANÇAS DA IGREJA Temas Principais

ORDENANÇAS DA IGREJA Temas Principais ORDENANÇAS DA IGREJA Temas Principais A Ceia como Ordenança Mt 26.26-29; 1Co 11.23-25; Êx 24.9-11; Dt 14.23, 26; Hb 10.1-4; Mt 26.29; Ap 19.9 A ceia do Senhor aponta para uma refeição de comunhão mais

Leia mais

Planejamento Pastoral Litúrgica 2016

Planejamento Pastoral Litúrgica 2016 Planejamento Pastoral Litúrgica 2016 EQUIPE PASTORAL LITÚRGICA: Geral: Terezinha do Carmelo Roteiros: Terezinha ( 3o domingo), Eunice ( 1o domingo), Lurdinha ( 2o e 4o domingo) e Mara ( 5o domingo). Celebração

Leia mais

Plano Anual Catequético (Infância)

Plano Anual Catequético (Infância) Ano: 1º I Jesus é o nosso grande Amigo; II Jesus revela-nos o Pai, dá a vida por nós e ressuscita; III Nós somos do grupo dos amigos de Jesus A Igreja. Aderir a Jesus Cristo e iniciar-se no conhecimento

Leia mais

SACRAMENTO DA UNÇÃO DOS ENFERMOS Deus Cura Corpo e Alma

SACRAMENTO DA UNÇÃO DOS ENFERMOS Deus Cura Corpo e Alma CEPMTA / ISCAL Londrina 27/11/2012 Capelania Hospitalar / Pastoral da Saúde Assessor: Pe. Audinei Carreira da Silva SACRAMENTO DA UNÇÃO DOS ENFERMOS Deus Cura Corpo e Alma INTRODUÇÃO A Igreja, ao cuidar

Leia mais

Símbolos e Objetos Litúrgicos

Símbolos e Objetos Litúrgicos O que são símbolos? Símbolos e Objetos Litúrgicos Conforme nos ensina o Catecismo da Igreja Católica, uma celebração sacramental é tecida de sinais e de símbolos. Segundo a pedagogia divina da salvação,

Leia mais

CATEDRAL DIOCESANA DE CAMPINA GRANDE PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO

CATEDRAL DIOCESANA DE CAMPINA GRANDE PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO CATEDRAL DIOCESANA DE CAMPINA GRANDE PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO PÁSCOA DO SENHOR, NOVA CRIAÇÃO E NOVO ÊXODO DOMINGO DA RESSURREIÇÃO 08 DE ABRIL DE 2012 ANIM: (Saudações espontâneas) O TÚMULO ESTÁ

Leia mais

A Ação do Espírito Santo. no Apostolado da Oração (AO) - Movimento Eucarístico Jovem (MEJ)

A Ação do Espírito Santo. no Apostolado da Oração (AO) - Movimento Eucarístico Jovem (MEJ) A Ação do Espírito Santo no Apostolado da Oração (AO) - Movimento Eucarístico Jovem (MEJ) O Espírito Santo, uma promessa de Jesus Descerá sobre vós o Espírito Santo e vos dará a força e sereis minhas testemunhas

Leia mais

Ev. Jacson Austragésilo 27/05/2015. Lição 11

Ev. Jacson Austragésilo 27/05/2015. Lição 11 1 Lição 11 2 3 4 5 6 7 8 OBJETIVO GERAL Explicar a instituição da Ceia do Senhor como ordenança. 9 OBJETIVOS ESPECÍFICOS Analisar os antecedentes históricos da última ceia de Jesus. Expor a dinâmica da

Leia mais

INTRODUÇÃO: O verbo hebraico PESSACH quer dizer: Passar além, passar por cima.

INTRODUÇÃO: O verbo hebraico PESSACH quer dizer: Passar além, passar por cima. INTRODUÇÃO: O verbo hebraico PESSACH quer dizer: Passar além, passar por cima. No hebraico, a palavra descreve a passagem do anjo da morte, quando seriam mortos todos os primogênitos do Egito e poupados

Leia mais

Orações Eucarísticas para as Missas Com Crianças

Orações Eucarísticas para as Missas Com Crianças Orações Eucarísticas para as Missas Com Crianças Textos e melodias ORAÇÃO EUCARÍSTICA I v. O Senhor esteja convosco. R. Ele está no meio de nós. v. Corações ao alto. R. O nosso coração está em Deus. v.

Leia mais

Diocese de Petrópolis Calendário Paroquial 2016

Diocese de Petrópolis Calendário Paroquial 2016 Diocese de Petrópolis Calendário Paroquial 2016 Paróquia São Nicolau de Suruí JANEIRO 27/12/15 a 03/01/16 - Peregrinação da Imagem de N. Sra. Aparecida em Suruí 01 6ª.f - Santa Maria, Mãe de Deus Dia Mundial

Leia mais

Papa Francisco Regina Coeli: II Domingo de Páscoa 2015-04-12 Vatican.va

Papa Francisco Regina Coeli: II Domingo de Páscoa 2015-04-12 Vatican.va Papa Francisco Regina Coeli: II Domingo de Páscoa 2015-04-12 Vatican.va PAPA FRANCISCO REGINA COELI Praça São Pedro II Domingo de Páscoa (ou da Divina Misericórdia), 12 de Abril de 2015 [Multimídia] Prezados

Leia mais

Programação da Rádio Mensagem Com a Mãe Aparecida Meia Noite

Programação da Rádio Mensagem Com a Mãe Aparecida Meia Noite Programação da Rádio Mensagem Com a Mãe Aparecida Meia Noite Um programa para os devotos de Nossa Senhora Aparecida, com quadros de informação, formação e evangelização. Traz ainda músicas de mensagem

Leia mais

Síntese do Novo Testamento (Curso de Formação Ministerial, 2014) Prof. Marco Aurélio Correa

Síntese do Novo Testamento (Curso de Formação Ministerial, 2014) Prof. Marco Aurélio Correa 1 Evangelho de Lucas Este evangelho tem 24 capítulos 1 - O Autor Lucas, que também escreveu o Livro de Atos dos Apóstolos comparar Lucas 1.1-4 com Atos 1.1 - era gentio convertido, erudito nas letras,

Leia mais

EXÉQUIAS DOS ADULTOS EXÉQUIAS EXÉQUIAS DOS ADULTOS

EXÉQUIAS DOS ADULTOS EXÉQUIAS EXÉQUIAS DOS ADULTOS 357 EXÉQUAS rmãos e irmãs Elevemos a nossa oração a Deus Pai todo-poderoso, que ressuscitou a Jesus Cristo, seu Filho, e imploremos a paz e a salvação dos vivos e dos mortos, dizendo (ou: cantando): Ou:

Leia mais

INTENÇÕES DA ORAÇÃO DOS FIÉIS PARA O ANO SACERDOTAL

INTENÇÕES DA ORAÇÃO DOS FIÉIS PARA O ANO SACERDOTAL INTENÇÕES DA ORAÇÃO DOS FIÉIS PARA O ANO SACERDOTAL INTRODUÇÃO A estrutura de cada uma das intenções que aqui se apresentam, está de acordo com as da Oração Universal para os domingos e solenidades. Sempre

Leia mais

CONSELHO PAROQUIAL DE PASTORAL

CONSELHO PAROQUIAL DE PASTORAL JANEIRO 01 Q Solenidade Santa Maria, Mãe de Deus 05 D Solenidade Epifania do Senhor 07 T 08 Q 12 D Festa Batismo de N. Senhor Jesus Cristo 14 T Aniversário de fundação da Cúria Imaculada Conceição 15 Q

Leia mais

Catequese 2º ano Ensina-nos a rezar (Revisões fim de ano)

Catequese 2º ano Ensina-nos a rezar (Revisões fim de ano) Catequese 2º ano Ensina-nos a rezar (Revisões fim de ano) Na catequese encontramos essencialmente uma Pessoa: Jesus, Filho único do Deus, que sofreu e morreu por nós e que agora, ressuscitado, vive connosco

Leia mais

Sociedade das Ciências Antigas

Sociedade das Ciências Antigas Sociedade das Ciências Antigas Quaresma, Semana Santa e Páscoa Dentro das festividades do mundo Cristão existe uma época que é de vital importância para o Iniciado, esta época vai desde o Carnaval até

Leia mais

CANTOS DA PRIMEIRA EUCARISTIA

CANTOS DA PRIMEIRA EUCARISTIA CANTOS DA PRIMEIRA EUCARISTIA CANTO DE ENTRADA: E B7 E B7 E B7 E B7 E Jesus meu amigo, estou aqui, estou aqui para celebrar, para agradecer e A B7 partilhar o pão e a Fé. A B G#m C#m A F# B7 Celebrar o

Leia mais

1. De novo reunidos ( / / ) 1. De novo reunidos ( / / ) Jesus está no meio de Nós! Jesus está no meio de Nós!

1. De novo reunidos ( / / ) 1. De novo reunidos ( / / ) Jesus está no meio de Nós! Jesus está no meio de Nós! 1. De novo reunidos ( / / ) Jesus está no meio de Nós! Onde dois ou três estiverem reunidos em Meu nome, Eu estou no meio deles! Mt 18,20 -O Senhor esteja convosco! - Ele está no meio de Nós! Desenha o

Leia mais

MURAL- ABRIL 2015. Compromisso. É Páscoa: tempo de esperança e ação

MURAL- ABRIL 2015. Compromisso. É Páscoa: tempo de esperança e ação Compromisso É Páscoa: tempo de esperança e ação A Páscoa tem sentido de renovação: marca a passagem da morte para a vida, das trevas para a luz. Nessa data repleta de significados, temos a oportunidade

Leia mais

F e s t a d a V i d a

F e s t a d a V i d a Cântico de entrada (A entrada será feita pelo fundo da igreja a qual estará adornada de Festa. À frente da procissão de entrada vai um catequista com a Cruz grande (a da Caminhada) outro com a Bíblia seguidos

Leia mais

O ANO LITÚRGICO. Quando se inicia o Ano Litúrgico?

O ANO LITÚRGICO. Quando se inicia o Ano Litúrgico? O ANO LITÚRGICO Chama-se Ano Litúrgico o tempo em que a Igreja celebra todos os feitos salvíficos operados por Deus em Jesus Cristo. "Através do ciclo anual, a Igreja comemora o mistério de Cristo, desde

Leia mais

FORMAÇÃO DOS CATEQUISTAS ESQUEMA DO ANO LITÚRGICO

FORMAÇÃO DOS CATEQUISTAS ESQUEMA DO ANO LITÚRGICO CEP 12.209621 FORMAÇÃO DOS CATEQUISTAS ESQUEMA DO ANO LITÚRGICO O ano litúrgico, o que é? Qual a diferença do ano civil para o ano litúrgico? A importância do ano litúrgico na vida do cristão. É o tempo

Leia mais

É possível detectar a presença da cruz, seja na forma religiosa, mística ou esotérica, na história de povos distintos (e distantes) como os egípcios,

É possível detectar a presença da cruz, seja na forma religiosa, mística ou esotérica, na história de povos distintos (e distantes) como os egípcios, Símbolos da Páscoa Páscoa - Símbolos CRUZ É possível detectar a presença da cruz, seja na forma religiosa, mística ou esotérica, na história de povos distintos (e distantes) como os egípcios, celtas, persas,

Leia mais

16:00 Chegada no Aeroporto Internacional João Paulo II em Cracóvia-Balice CERIMÔNIA DE BOAS-VINDAS

16:00 Chegada no Aeroporto Internacional João Paulo II em Cracóvia-Balice CERIMÔNIA DE BOAS-VINDAS Programa da Viagem Apostólica do Papa Francisco à Polônia por ocasião da XXXI Jornada Mundial da Juventude Cracóvia-Jasna Góra-Oświęcim: 27 a 31 de julho de 2016 Quarta-feira, 27 de julho: 16:00 Chegada

Leia mais

Suplemento de Formação N.º 2. O Missal Romano

Suplemento de Formação N.º 2. O Missal Romano Na santíssima Eucaristia está contido todo o tesouro espiritual da Igreja, isto é, o próprio Cristo, a nossa Páscoa e o pão vivo que dá aos homens a vida mediante a sua carne vivificada e vivificadora

Leia mais

Entenda o que significa comemorar a Semana Santa com Paixão proposta pela IASD em 2016

Entenda o que significa comemorar a Semana Santa com Paixão proposta pela IASD em 2016 Entenda o que significa comemorar a Semana Santa com Paixão proposta pela IASD em 2016 Uma das maiores aberrações doutrinárias do adventismo do sétimo dia na América Latina é a inclusão da Semana Santa

Leia mais

Deus enviou o seu Filho único ao mundo, para que o mundo seja salvo por ele (Cf. Jo 3,17)

Deus enviou o seu Filho único ao mundo, para que o mundo seja salvo por ele (Cf. Jo 3,17) 4º. DOMINGO DA QUARESMA 15 de MARÇO DE 2015 Deus enviou o seu Filho único ao mundo, para que o mundo seja salvo por ele (Cf. Jo 3,17) Leituras: Segundo Livro de Crônicas 36, 14-16.19-23; Salmo 136 (137),

Leia mais

D. José da Cruz Policarpo. Actualidade da Palavra de Deus

D. José da Cruz Policarpo. Actualidade da Palavra de Deus D. José da Cruz Policarpo Actualidade da Palavra de Deus U n i v e r s i da d e C at ó l i c a E d i to r a Lisboa 2009 Sumário I. Descobrir a fecundidade da Palavra, caminhando com Paulo II. Aprofundar

Leia mais

PROJETO ALICERCE DIOCESANO INICIAÇÃO À VIDA CRISTÃ PROCESSO CATEQUÉTICO ACOLHIMENTO CATEQUESE BATISMAL / CATEQUESE EUCARÍSTICA / CATEQUESE CRISMAL

PROJETO ALICERCE DIOCESANO INICIAÇÃO À VIDA CRISTÃ PROCESSO CATEQUÉTICO ACOLHIMENTO CATEQUESE BATISMAL / CATEQUESE EUCARÍSTICA / CATEQUESE CRISMAL PROJETO ALICERCE DIOCESANO INICIAÇÃO À VIDA CRISTÃ PROCESSO CATEQUÉTICO ACOLHIMENTO CATEQUESE BATISMAL / CATEQUESE EUCARÍSTICA / CATEQUESE CRISMAL Módulo Único Catequizandos que irão iniciar a Catequese

Leia mais

Organização da Campanha

Organização da Campanha Mês das Missões O mês de outubro é, para a Igreja, o período no qual são intensificadas as iniciativas de animação e cooperação em prol das Missões em todo o mundo. O objetivo é sensibilizar, despertar

Leia mais

As 13 Palavras ditas e tornadas

As 13 Palavras ditas e tornadas Ficha de transcrição/ Idanha-a-Nova/ As 13 Palavras ditas e tornadas As 13 Palavras ditas e tornadas Classificação dos Versos: Oração das Treze Palavras Ditas e Retornadas. Romance do Anjo Custódio. Oração

Leia mais

51. CREIO NA REMISSÃO DOS PECADOS 976-987 INTRODUÇÃO

51. CREIO NA REMISSÃO DOS PECADOS 976-987 INTRODUÇÃO 51. CREIO NA REMISSÃO DOS PECADOS 976-987 INTRODUÇÃO Crer na remissão dos pecados significa crer que a ação redentora e a vitória de Cristo sobre o pecado não são obras somente do passado. A vitória de

Leia mais

Programação de Segunda à Sexta. Com a Mãe Aparecida Meia Noite

Programação de Segunda à Sexta. Com a Mãe Aparecida Meia Noite Programação de Segunda à Sexta Com a Mãe Aparecida Meia Noite Um programa para os devotos de Nossa Senhora Aparecida, com quadros de informação, formação e evangelização. Traz ainda músicas de mensagem

Leia mais

Festa do Acolhimento. 1º Ano 2008/2009 Missionários Passionistas

Festa do Acolhimento. 1º Ano 2008/2009 Missionários Passionistas Festa do Acolhimento 1º Ano 2008/2009 Missionários Passionistas Introdução à Eucaristia Hoje vamos festejar o acolhimento. Acolher é receber bem, encaminhar, proteger, ajudar. Este ano estamos a acolher

Leia mais

São resultado desses encontros as notas que a seguir partilhamos.

São resultado desses encontros as notas que a seguir partilhamos. Nas quintas-feiras do mês de Maio, decorreram na Igreja de Oliveira de Azemeis, encontros de formação litúrgica, organizados pela vigararia sul da Diocese do Porto e orientados pelo P. Frei Bernardino

Leia mais

Celebração do Mês de Maria

Celebração do Mês de Maria Celebração do Mês de Maria Segunda-feira, 27 de maio de 2013 Confraria do SS. mo Sacramento e Comissões de Festas Ritos Iniciais Pres. Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo Pres. A graça de nosso

Leia mais

Avalia os teus conhecimentos do 6º Ano de catequese

Avalia os teus conhecimentos do 6º Ano de catequese Nome: Avalia os teus conhecimentos do 6º Ano de catequese Bloco 1 Jesus, o Filho de Deus que vai ao nosso encontro 1 Completa as seguintes afirmações: a) Aquele que veio trazer ao mundo a salvação de Deus.

Leia mais

A Arte de fazer Apelos

A Arte de fazer Apelos A Arte de fazer Apelos Não despedirá a congregação sem apresentar-lhe a Jesus Cristo, único refúgio do pecador, fazendo veementes apelos que cheguem ao coração dos ouvintes. E.V. 280 Como levar pessoas

Leia mais

Calendário Paróquia São Mateus 2015 - Arquidiocese de Brasília

Calendário Paróquia São Mateus 2015 - Arquidiocese de Brasília Calendário Paróquia São Mateus 2015 - Arquidiocese de Brasília JANEIRO COM MARIA CONSTRUIR A PAZ Dia Dia da Semana 01 Quinta SOLENIDADE DA SANTA MARIA, MÃE DE DEUS. 04 Domingo SOLENIDADE DA EPIFANIA DO

Leia mais

A IGREJA ENCONTRA PROBLEMAS

A IGREJA ENCONTRA PROBLEMAS Bíblia para crianças apresenta A IGREJA ENCONTRA PROBLEMAS Escrito por: Edward Hughes Ilustrado por: Janie Forest O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da Bíblia na Linguagem de Hoje 1998

Leia mais

PROGRAMA DE CANTO. Escola de Música Paroquial de Avintes

PROGRAMA DE CANTO. Escola de Música Paroquial de Avintes PROGRAMA DE CANTO Escola de Música Paroquial de Avintes Programas de canto para as missas com crianças animadas pelo coro da Escola de Música Paroquial de Avintes António José Ferreira 1/11/2008 SUGESTÕES

Leia mais

Hora Santa Vocacional Dia de Oração pela Santificação do Clero

Hora Santa Vocacional Dia de Oração pela Santificação do Clero 1 Hora Santa Vocacional Dia de Oração pela Santificação do Clero PERMANECEI NO MEU AMOR Dirigente: Se é verdade que o convite do Senhor a permanecer no seu amor (Gv 15,9) é valido para todos os batizados,

Leia mais

Monições para a Celebração do Domingo de Páscoa C 2010

Monições para a Celebração do Domingo de Páscoa C 2010 Monições para a Celebração do Domingo de Páscoa C 2010 Entrada: O Senhor ressuscitou verdadeiramente! Não é uma ilusão da saudade! É a ressurreição do Senhor! O Senhor ressuscitou verdadeiramente! Não

Leia mais

O Sacramento do Matrimônio - II Seg, 29 de Dezembro de 2008 12:16 - Última atualização Seg, 29 de Dezembro de 2008 12:17

O Sacramento do Matrimônio - II Seg, 29 de Dezembro de 2008 12:16 - Última atualização Seg, 29 de Dezembro de 2008 12:17 O matrimônio - IV Pe. Henrique Soares da Costa Nos artigo passados, sobre o matrimônio, vimos que o casal cristão, no sacramento, recebe a graça do Espírito Santo do Cristo Jesus para viverem sua vida

Leia mais

O No encerramento do estudo sobre a escatologia, analisaremos a questão do destino final dos mortos.

O No encerramento do estudo sobre a escatologia, analisaremos a questão do destino final dos mortos. O No encerramento do estudo sobre a escatologia, analisaremos a questão do destino final dos mortos. O A morte física não é senão o início de nossa existência na eternidade. www.portalebd.org.br Slide

Leia mais

4 O Encontro: A Eucaristia Dominical: expressão maior de espiritualidade

4 O Encontro: A Eucaristia Dominical: expressão maior de espiritualidade Hora da Família 2014 Sumário 05 07 08 10 11 APRESENTAÇÃO INTRODUÇÃO PARAMOTIVAR ORAÇÃOINICIAL ORAÇÃOFINAL Encontros 13 18 23 28 33 38 42 4 1 O Encontro: A espiritualidade cristã na família 2 O Encontro:

Leia mais

Santuário do Bom Jesus da Lapa SEMANA SANTA E PÁSCOA 2016

Santuário do Bom Jesus da Lapa SEMANA SANTA E PÁSCOA 2016 do Bom Jesus da Lapa SEMANA SANTA E PÁSCOA 2016 A Semana Santa é o grande retiro espiritual das comunidades eclesiais, convidando os cristãos à conversão e a renovação da vida. Ela se inicia com o Domingo

Leia mais

As celebrações serão presididas pelo Emmo. E Revmo. Sr. Cardeal Dom Odilo Pedro Scherer, arcebispo de São Paulo.

As celebrações serão presididas pelo Emmo. E Revmo. Sr. Cardeal Dom Odilo Pedro Scherer, arcebispo de São Paulo. As celebrações serão presididas pelo Emmo. E Revmo. Sr. Cardeal Dom Odilo Pedro Scherer, arcebispo de São Paulo. A Semana Santa comemora e revive todo o Mistério Pascal, isto é, o mistério da redenção

Leia mais

1. O TRIPÉ DA QUARESMA À LUZ DOS 4 PRINCÍPIOS DO YOUCAT

1. O TRIPÉ DA QUARESMA À LUZ DOS 4 PRINCÍPIOS DO YOUCAT 1. O TRIPÉ DA QUARESMA À LUZ DOS 4 PRINCÍPIOS DO YOUCAT Queridos amigos, estamos vivendo em toda Igreja, um tempo bonito e forte. Um tempo de retiro espiritual de 40 dias, chamado QUARESMA. A Igreja se

Leia mais

Palavra de Deus Sede misericordiosos, como o Pai é misericordioso!

Palavra de Deus Sede misericordiosos, como o Pai é misericordioso! CENTRO DE Nª SRA DE LA SALETTE PARANHOS DA BEIRA ASC Projeto 2015 2016 Palavra de Deus Sede misericordiosos, como o Pai é misericordioso! 1 2 Lema do Reitor Mor - 2016 Com Jesus, percorramos juntos a aventura

Leia mais

A igreja cristã primitiva

A igreja cristã primitiva FEDERAÇÂO ESPÍRITA BRASILERIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro I Cristianismo e Espiritismo Módulo II O Cristianismo A igreja cristã primitiva Roteiro 22 Objetivos Relatar fatos históricos

Leia mais

A IGREJA E O MISTÉRIO TRINITÁRIO

A IGREJA E O MISTÉRIO TRINITÁRIO A IGREJA E O MISTÉRIO TRINITÁRIO Nesta aula abordaremos a dimensão trinitária da Igreja, pois ela é uma ação de Deus, ou seja, necessariamente trinitária. O projeto da salvação da Igreja implica a participação

Leia mais

Nº 25 B - 6º Domingo da Páscoa-10.5.2015

Nº 25 B - 6º Domingo da Páscoa-10.5.2015 Nº 25 B - 6º Domingo da Páscoa-10.5.2015 Qual é o assunto das leituras de hoje? Isso mesmo: o amor. Jesus no Evangelho, e São João na Epístola, falam-nos do amor: de como Deus gosta tanto de nós que mandou

Leia mais

Entendendo a série...

Entendendo a série... Entendendo a série... Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.

Leia mais

BEM VINDOS RECOMENDAÇÕES BÁSICAS. Use uma linguagem simples, seja amável em cada uma de suas expressões, não utilize uma linguagem religiosa;

BEM VINDOS RECOMENDAÇÕES BÁSICAS. Use uma linguagem simples, seja amável em cada uma de suas expressões, não utilize uma linguagem religiosa; BEM VINDOS Muitos líderes desejam iniciar seu ministério e assim cumprir o chamado que Deus lhe fez. O primeiro passo para alcançar este propósito é o crescimento através de uma célula. Confira a seguir

Leia mais

Celebração do Mês de Maria

Celebração do Mês de Maria Celebração do Mês de Maria Segunda-feira, 6 de Maio de 2013 Entidades do Poder Local (Câmara e Junta de Freguesia) Ritos Iniciais Pres. Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo Pres. A graça de nosso

Leia mais

(ANÁMNESIS) ATUALIZAÇÃO DA GRAÇA - SETENÁRIO SACRAMENTAL

(ANÁMNESIS) ATUALIZAÇÃO DA GRAÇA - SETENÁRIO SACRAMENTAL SACRAMENTOS - III (ANÁMNESIS) ATUALIZAÇÃO DA GRAÇA - SETENÁRIO SACRAMENTAL - 1 COMO OS SACRAMENTOS ATUALIZAM A GRAÇA NAS DIVERSAS SITUAÇÕES DA VIDA 2 1. O QUE ACONTECE NO BATISMO? 3 NO BATISMO, A PESSOA

Leia mais

Celebração tirada do livro Eucaristia com Crianças Tempos Fortes Pedrosa Ferreira Edições Salesianas. ocantinhodasao.com.pt/public_html.

Celebração tirada do livro Eucaristia com Crianças Tempos Fortes Pedrosa Ferreira Edições Salesianas. ocantinhodasao.com.pt/public_html. Celebração tirada do livro Eucaristia com Crianças Tempos Fortes Pedrosa Ferreira Edições Salesianas ocantinhodasao.com.pt/public_html 12 Ano B ocantinhodasao.com.pt/public_html 1 RITOS INICIAIS Hoje,

Leia mais

1 º A N O /

1 º A N O / SETEM OUTUBRO 1 º A N O 2 0 1 2 / 2 0 1 3 1ª ETAPA - A MINHA FAMÍLIA É ACOLHIDA E ACOLHE Celebrar Data Pais Data filhos Semana celebrar Pais Tema filhos 17-24-30 1-7 8-14. 15-21 22-28. Mc 9, 30-37 Mc 9,38-43.45.47-48

Leia mais

XIV Cerco de Jericó Para obter uma vitória certa, alguns piedosos poloneses organizaram em seu país, em maio de 1979, o que chamamos de Cerco de

XIV Cerco de Jericó Para obter uma vitória certa, alguns piedosos poloneses organizaram em seu país, em maio de 1979, o que chamamos de Cerco de XIV Cerco de Jericó Para obter uma vitória certa, alguns piedosos poloneses organizaram em seu país, em maio de 1979, o que chamamos de Cerco de Jericó. Consiste em um incessante assalto de rosários, durante

Leia mais

L Í D ERES de aliança

L Í D ERES de aliança w w w. l i d e r e s d e a l i a n c a. p r o. b r L Í D ERES de aliança 2 ª e d i ç ã o CAPÍTULOS AVULSOS PARA DOWNLOAD V O C A B U L Á R I O das células de aliança Sandro José Hayakawa Cunha Brasília

Leia mais

BÍBLIA NA FAMÍLIA E FAMILIARIDADE COM A BÍBLIA!

BÍBLIA NA FAMÍLIA E FAMILIARIDADE COM A BÍBLIA! Sexta-feira, 4 de maio de 2012 BÍBLIA NA FAMÍLIA E FAMILIARIDADE COM A BÍBLIA! FORMAÇÃO BÍBLICA DE LEITORES REUNIÃO DE PAIS - FESTA DA PALAVRA Bíblia na família e familiaridade com a Bíblia! Desde o Concílio

Leia mais

Quais os Sacramentos de iniciação cristã? Batismo Confirmação Eucaristia

Quais os Sacramentos de iniciação cristã? Batismo Confirmação Eucaristia Quais os Sacramentos de iniciação cristã? Batismo Confirmação Eucaristia Batismo O que é o Batismo? O Batismo é o caminho do reino da morte para a Vida, a porta da Igreja e o começo de uma comunhão duradoira

Leia mais

Celebração do Mês de Maria

Celebração do Mês de Maria Celebração do Mês de Maria Quarta-feira, 8 de maio de 2013 Entidades da Educação Ritos Iniciais Pres. Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo Todos Amen. Pres. A graça de nosso Senhor Jesus Cristo,

Leia mais

COLÉGIO SALESIANO DOM BOSCO. ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 7ºs ANOS

COLÉGIO SALESIANO DOM BOSCO. ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 7ºs ANOS COLÉGIO SALESIANO DOM BOSCO. ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 7ºs ANOS Tema: Deus se mostra as pessoas: o simbolismo nas religiões. CAPÍTULOS 9 AO 12 DO LIVRO DIDÁTICO (RSE). Professor: Roberto

Leia mais

Nova Matriz da Paróquia de São Benedito Santa Cruz do Rio Pardo SP

Nova Matriz da Paróquia de São Benedito Santa Cruz do Rio Pardo SP Nova Matriz da Paróquia de São Benedito Santa Cruz do Rio Pardo SP A cidade de Santa Cruz do Rio Pardo - SP ganha uma ampla e bela igreja. Após um período de construção de nove anos, foi entregue à comunidade

Leia mais

Lição 15. No mês sétimo, ao primeiro do mês, tereis descanso, memorial com. sonido de trombetas, santa convocação

Lição 15. No mês sétimo, ao primeiro do mês, tereis descanso, memorial com. sonido de trombetas, santa convocação Os Mistérios de Deus Estudo Bíblico Lição 15 No mês sétimo, ao primeiro do mês, tereis descanso, memorial com sonido de trombetas, santa convocação Levíticos 23:24 Esta publicação não é para ser vendida

Leia mais

Homilia - Abertura da Porta Santa Ano Santo da Misericórdia. 13 de dezembro de 2015

Homilia - Abertura da Porta Santa Ano Santo da Misericórdia. 13 de dezembro de 2015 Homilia - Abertura da Porta Santa Ano Santo da Misericórdia 13 de dezembro de 2015 Batei e abrir-se-vos-á! Buscai e encontrareis! Entrai pela porta estreita! Eu sou a porta! São palavras e ensinamentos

Leia mais

O Grande Milagre A Missa é a maior, a mais completa e a mais poderosa Oração da qual dispõe o católico!

O Grande Milagre A Missa é a maior, a mais completa e a mais poderosa Oração da qual dispõe o católico! A SANTA MISSA EXPLICADA O Grande Milagre A Missa é a maior, a mais completa e a mais poderosa Oração da qual dispõe o católico! A SANTA MISSA Nesta Cerimônia ímpar, Cristo é ao mesmo tempo Vítima e Sacerdote,

Leia mais

Quem é Marcos? Marcos, autor do primeiro Evangelho, vivia em Jerusalém. A mãe se chamava Maria. Em sua casa reuniam-se os cristãos da cidade.

Quem é Marcos? Marcos, autor do primeiro Evangelho, vivia em Jerusalém. A mãe se chamava Maria. Em sua casa reuniam-se os cristãos da cidade. Atenção O Catequista, coordenador, responsável pela reunião ou encontro, quando usar esse material, tem toda liberdade de organizar sua exposição e uso do mesmo. Poderá interromper e dialogar com o grupo;

Leia mais

Procissão da Ressurreição (8 de Abril de 1784) Cota CMPV/0015 - Actas da Câmara

Procissão da Ressurreição (8 de Abril de 1784) Cota CMPV/0015 - Actas da Câmara Procissão da Ressurreição (8 de Abril de 1784) Cota CMPV/0015 - Actas da Câmara NEWSLETTER: Dando continuidade à nossa nova rubrica on-line: Páginas de História com Estórias, passamos a apresentar o documento

Leia mais

AGENDA PASTORAL 2012

AGENDA PASTORAL 2012 AGENDA PASTORAL 2012 PARÓQUIA SÃO SEBASTIÃO Diocese de Guaxupé Rua Nico Duarte, 950 Vila Cruz Poços de Caldas-MG MAIO 01 Ter 02 Quar 03 Quin 04 Sex Reunião Coordenadoras Mãe Rainha Reunião Comissão da

Leia mais

«Pedi ao Senhor da seara que mande trabalhadores para a sua seara» EVANGELHO Mt 9,36-10,8

«Pedi ao Senhor da seara que mande trabalhadores para a sua seara» EVANGELHO Mt 9,36-10,8 Ambiente: Costuma-se chamar ao texto que vai dos v.9,36 a 11,1, o discurso da missão : nele, Jesus envia os discípulos e define a missão desses discípulos anunciar a chegada do Reino. Este discurso da

Leia mais

Milhares de fieis celebram o Dia de Nossa Senhora da Conceição Imaculada - 8 de dezembro

Milhares de fieis celebram o Dia de Nossa Senhora da Conceição Imaculada - 8 de dezembro Milhares de fieis celebram o Dia de Nossa Senhora da Conceição Imaculada - Mais de 50 mil fiéis são esperados para celebrar o Dia de Nossa Senhora da Conceição Imaculada,, nas paróquias da Arquidiocese

Leia mais

Objetos e Paramentos Litúrgicos

Objetos e Paramentos Litúrgicos 1 Objetos e Paramentos Litúrgicos Objetos Litúrgicos: não são apenas coisas concretas, são sinais, por isso transmitem mensagem, não só pela presença deles, mas pelo modo como são utilizados ou conservados.

Leia mais

ASCENSÃO DO SENHOR. «Elevou-Se à vista deles»

ASCENSÃO DO SENHOR. «Elevou-Se à vista deles» ASCENSÃO DO SENHOR LEITURA I Actos 1, 1-11 «Elevou-Se à vista deles» Leitura dos Actos dos Apóstolos No meu primeiro livro, ó Teófilo, narrei todas as coisas que Jesus começou a fazer e a ensinar, desde

Leia mais

Introdução à Liturgia Respostas dos Exercícios de Revisão

Introdução à Liturgia Respostas dos Exercícios de Revisão Introdução à Liturgia Respostas dos Exercícios de Revisão XV. Revisão TRA LE SOLLICITUDE (de São Pio X) 1. Conforme TS 1, qual o fim geral da música sacra e da liturgia como um todo? A glória de Deus e

Leia mais

ENCONTRO VOCACIONAL PARA CATEQUESE

ENCONTRO VOCACIONAL PARA CATEQUESE ENCONTRO VOCACIONAL PARA CATEQUESE 1. OBJETIVO DO ENCONTRO Este encontro tem por objetivo despertar as crianças para a realidade da VOCAÇÃO como o chamado de Deus e a necessidade da resposta humana. 2.

Leia mais

- Não tem como ter a graça se ainda estamos debaixo do pecado. Ou você morreu para o pecado; ou ainda não se converteu de fato.

- Não tem como ter a graça se ainda estamos debaixo do pecado. Ou você morreu para o pecado; ou ainda não se converteu de fato. Romanos 6:1-11. Na semana passada falamos sobre a Graça de Deus. Pode parecer algo simples, mas a má compreensão desse tema tem gerado muitos problemas no meio evangélico. Pois alguns entendem a graça

Leia mais