Compostagem Caseira e Desperdício Alimentar

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Compostagem Caseira e Desperdício Alimentar"

Transcrição

1 Compostagem Caseira e Desperdício Alimentar Lipor Associação Municípios desde 1982 Serviço Intermunicipalizado de Gestão de Resíduos do Grande Porto Gestão, Tratamento e Valorização dos Resíduos Urbanos 1

2 Lipor Constituição - 8 Municípios População 1 milhão hab. Área 648 km 2 Produção RU ton/ano Capitação 1,38 kg/(hab/dia) Dados de 2011 Lipor Estratégia Integrada de Gestão, Valorização e Tratamento dos RU Valorização Multimaterial Valorização Orgânica Valorização Energética Confinamento Técnico 2

3 Valorização Multimaterial Lipor O que Separar Lipor 3

4 Lipor Valorização Orgânica Valorização Energética e Confinamento Técnico Lipor 4

5 Lipor Projetos Complementares Sensibilização e Educação Ambiental Horta da Formiga Projeto de Prevenção Projeto 2m Menos Resíduos Menos Carbono Recuperação de Passivos Ambientais Reestruturação de Espaços Verdes Valorização Orgânica Estratégia da Lipor na Gestão de Resíduos Orgânicos Recuperação da fração orgânica dos resíduos através da Compostagem Encerramento da antiga Central de Valorização Orgânica Horta da Formiga Horta à Porta Horta na Escola Life+/Miniwaste Jardim ao Natural Terra à Terra Projeto de Compostagem Caseira Nova Central de Valorização Orgânica Objectivo: Receber fração orgânica recolhida seletivamente e produzir composto de qualidade! 5

6 Valorização Orgânica Central de Valorização Orgânica Compostagem Industrial - Grandes Dimensões - Controlo de parâmetros - Venda de produto Horta da Formiga Horta à Porta Horta na Escola Alquimia da Matéria Orgânica Compostagem Comunitária - Hortas Biológicas - Escolas e Instituições - Prédios ou condomínios Terra à Terra Projeto de Compostagem Caseira Compostagem Caseira - Pequena escala - Quintal ou quinta - Utilização do próprio produto Horta da Formiga Surge em 2002 Centro de Compostagem Caseira Missão Sensibilizar os diferentes tipos de público que servimos sobre redução de resíduos orgânicos, promovendo o contacto com a natureza, a alimentação saudável e a qualidade de vida, levando-os à mudança de comportamentos Visão Queremos ser reconhecidos como o exemplo a seguir na Prevenção da Produção de Resíduos Orgânicos disponibilizando atividades diversificadas relacionadas com boas práticas ambientais, agrícolas, alimentares e sociais. 6

7 Horta da Formiga Atividades Visitas Cursos de Jardinagem Biológica Cursos de Culinária Campos de Férias Ecoclube Produtos da Horta Horta da Formiga Área da repouso Compostores Sala de formação Horta Pomar Aromáticas Prado e animais 7

8 Desperdício alimentar Desde a produção até ao consumo final de bens alimentares, mais de um terço da comida é desperdiçada! O desperdício começa nas colheitas até ao nosso prato. Em restaurantes e refeitórios, 10% dos produtos alimentares perdem-se na armazenagem e na confeção das refeições e mais 10% fica no prato. Temos de mudar o nosso comportamento!! Como o podemos fazer? 15 Desperdício alimentar Gestão de stocks/compras First in First Out Elaborar uma lista de compras (comprar o que necessita) Escolher alimentos vendidos a granel Preferir frutos e hortícolas da época Ter atenção às datas de validade Evitar ir às compras com fome Correta conservação de alimentos Lavar, separar, aquecer e arrefecer Recipientes limpos para guardar alimentos Guia de Conservação de Alimentos 16 8

9 Desperdício alimentar Preparação de alimentos Preparar hortícolas apenas no momento de confeção Cozinhar nas quantidades adequadas Descascar com descascador Aproveitar talos ou cascas para enriquecimento de molhos, sopa Usar primeiro as hortícolas e a fruta mais amadurecida Usar a água da cozedura de legumes para a sopa ou estufados Planeamento semanal das refeições Guia de Receitas Encadeadas Planeamento Mensal das Refeições 17 Aproveitamento de sobras Desperdício alimentar Com sobra de batatas faça um puré Com peixe ou carne faça uma salada ou empadão Bolo de casca de banana Geleia de casca de melancia Coquinhos de cascas de ananás Cascas de batatas fritas Guia de Sobras Requintadas Dose Certa Em quantidade e qualidade Num restaurante piloto, a dose certa permitiu uma redução de 77% do desperdício alimentar

10 Compostagem A Compostagem é um processo biológico e aeróbio em que os organismos transformam a matéria orgânica num material semelhante ao solo a que se chama composto Devolver à terra a matéria orgânica dos resíduos Vantagens Prevenção na produção de resíduos - tratamento na origem - Redução de custos ambientais e económicos (recolha, transporte, tratamento) Redução de resíduos orgânicos enviados para incineração/aterro - Redução das emissões dos gases com efeito de estufa Redução da contaminação dos solos, alimentos e lençóis freáticos por fertilizantes químicos de síntese - Melhoria dos solos e plantas Reciclagem de resíduos orgânicos ~ 40% dos RSU são matéria orgânica 10

11 Processo Oxigénio Água Água Dióxido de Carbono Água Condições Ideais Escolha do local - Sombra no Verão e sol no Inverno 11

12 Condições Ideais Preparação do fundo - Camada estruturante Material Estruturante (ramos, paus, caules ) Drenagem da água Caixa de ar Entrada de organismos Materiais Compostáveis Condições Ideais Restos de cozinha - Legumes, fruta, cascas, sacos de chá, borra de café Aparas de jardim - Folhas, relva, caules, flores, ramos Outros - Papel, cartão, palha, estrume, algas, bagaços, madeira não tratada 12

13 Materiais Não Compostáveis Condições Ideais Não problemáticos - Vidro, plásticos, têxteis, papel plastificado Perigosos -Dejectos de animais domésticos (Higienização) -Pilhas, tintas, químicos, madeira tratada, medicamentos (Contaminação) Problemáticos -Folhas resistentes (Degradação lenta e/ou acidez) -Alimentos cozinhados, de origem animal e gorduras (Atraem ratos, moscas, cães, gatos ) Condições Ideais Matéria orgânica - Alimento para os microrganismos Verdes Ricos em Azoto (N) Castanhos Ricos em Carbono (C) Proteínas Vegetais Cascas de fruta Estrume Relva fresca Energia Palha Folhas Secas Cartão Ramos Excesso de verdes: N em excesso é perdido em NH 3 (odores a amoníaco) Excesso de castanhos: Microrganismos desenvolvem-se lentamente 13

14 Condições Ideais Matéria orgânica Razão C:N= 30:1 Igual proporção de verdes e castanhos Castanhos Verdes Castanhos Verdes Castanhos Os materiais devem ser frescos, diversificados e estar bem misturados Condições Ideais Teor de humidade - Vida e deslocação dos organismos Teor humidade 50% a 60% Muito baixo Processo abranda e pára Muito alto Pouco oxigénio (perigo de putrefacção) 14

15 Condições Ideais Teor de humidade Teste da humidade Muito húmido Escorre água da mão Juntar palha, cartão ou folhas secas Ideal A mão fica humedecida Muito Seco A mão fica seca Juntar água e remexer Condições Ideais Oxigénio - Respiração dos microrganismos para decomposição da matéria orgânica Porosidade (>35% em volume) Material estruturante (folhas, troncos, aparas, palha ) Revirar (Aumentar a frequência se houver pouca porosidade ou quando a pilha estiver muito compacta) Inverno não mais do que quinzenalmente Verão não mais do que semanalmente Demasiado ar Pilha pode secar Falta de oxigénio Anaerobiose Maus odores 15

16 Condições Ideais Temperatura A subida da temperatura no compostor resulta da atividade de degradação da matéria orgânica pelas bactérias Valores elevados durante o processo (50ºC a 65ºC) são essenciais para optimizar a eficiência da decomposição A Higienização dos materiais ocorre a temperaturas superiores a 65 ºC - Eliminação de sementes, ervas daninhas, pragas e doenças Condições Ideais Volume - O suficiente para manter o calor e humidade - O suficiente para que o ar alcance o centro Pilha deve ter pelo menos 1 m 3 Comerciais são projetados para garantir estas condições com um volume inferior 16

17 Condições Ideais Área de Superfície - Facilita a decomposição Aplicação do composto Maturação - Estabilização do composto pronto Crivagem - Homogeneizar - Remover partes não totalmente decompostas 17

18 da aplicação Aplicação do composto Utilização de um fertilizante de elevada qualidade Adição de matéria orgânica ao solo Melhoria da estrutura do solo Resistência das plantas a pragas e doenças Ativação da vida microbiana do solo Ação positiva na qualidade dos vegetais (alimentar, ambiental e saúde) Escolha do compostor Material, Durabilidade, Eficiência, Aspecto, Manutenção, Custo 18

19 Conclusões Passos Fundamentais 1. Escolha do local Sombra no verão e sol no inverno 2. Preparar o fundo Boa drenagem 3. Mistura de materiais Verdes e castanhos 4. Arejamento Revirar quando compactado 5. Humidade Regar se necessário Ambiente, saúde e alimentação Contactos Tel: Fax: Grupo Google: groups.google.com/group/hortadaformiga 19

Actividade Prática nº 3 O Guião da Compostagem

Actividade Prática nº 3 O Guião da Compostagem Actividade Prática nº 3 O Guião da Compostagem Página 1 de 7 O que é a compostagem? A compostagem é um processo biológico em que os microrganismos transformam a matéria orgânica, como estrume, folhas,

Leia mais

A compostagem é um processo de decomposição de matéria. orgânica, na presença de oxigénio, feita através de micro

A compostagem é um processo de decomposição de matéria. orgânica, na presença de oxigénio, feita através de micro A compostagem é um processo de decomposição de matéria orgânica, na presença de oxigénio, feita através de micro organismos (fungos e bactérias). Esta decomposição é feita num compostor, (recipiente apropriado

Leia mais

Compostagem doméstica

Compostagem doméstica Compostagem doméstica Na Natureza tudo se transforma 1 2 3 Este guia vai ser-lhe útil! Com este pequeno guia pode, finalmente, tirar partido do seu lixo e sentir-se bem por isso! Os restos de comida, as

Leia mais

COMPOSTAGEM DOMÉSTICA, O QUE É?

COMPOSTAGEM DOMÉSTICA, O QUE É? ECO-ESCOLA PROJETO: Na Natureza tudo se transforma COMPOSTAGEM DOMÉSTICA, O QUE É? É um processo de reciclagem de matéria orgânica (de cozinha, da horta, do jardim ) realizado através de microrganismos

Leia mais

Projecto-Piloto. Doméstica. 25 moradias

Projecto-Piloto. Doméstica. 25 moradias Projecto-Piloto Compostagem Doméstica 25 moradias O que é a compostagem? É um processo biológico em que os microrganismos i transformam a matéria orgânica, como estrume, folhas e restos de comida, num

Leia mais

ESCOLA EB 2,3 DE EIRÍZ. O caderno

ESCOLA EB 2,3 DE EIRÍZ. O caderno ESCOLA EB 2,3 DE EIRÍZ O caderno da compostagem Saudações ambientais! Um dos maiores problemas ambientais dos nossos dias é a enorme quantidade de lixo que todos produzimos. A compostagem permite não só

Leia mais

Valorização Orgânica. Fórum Eco-Escolas 2009

Valorização Orgânica. Fórum Eco-Escolas 2009 Valorização Orgânica VALNOR Fórum Eco-Escolas 2009 RESÍDUOS UM PROBLEMA PRESENTE E FUTURO Quantidade de LIXO que se produz Cada Português produz cerca de 1,2Kg de lixo por dia! No SISTEMA VALNOR entram

Leia mais

Compostagem doméstica

Compostagem doméstica Compostagem doméstica Na Natureza tudo se transforma 1 2 3 Este guia vai ser-lhe útil! Com este pequeno guia pode, finalmente, tirar partido do seu lixo e sentir-se bem por isso! Os restos de comida, as

Leia mais

AGRICULTURA BIOLÓGICA

AGRICULTURA BIOLÓGICA 1 AGRICULTURA BIOLÓGICA A agricultura dos nossos dias é uma enorme fonte de poluição da água, do solo e do ar por causa de práticas inadequadas, como o uso desordenado e exagerado de produtos químicos

Leia mais

Alimentação saudável para Diabé7cos, com muito gosto! Nídia Braz 14 Dezembro, 2012

Alimentação saudável para Diabé7cos, com muito gosto! Nídia Braz 14 Dezembro, 2012 Alimentação saudável para Diabé7cos, com muito gosto! Nídia Braz 14 Dezembro, 2012 1 A alimentação saudável depende de hábitos alimentares saudáveis: Diversidade da alimentação Número adequado de refeições

Leia mais

O SEU GUIA DA COMPOSTAGEM

O SEU GUIA DA COMPOSTAGEM O SEU GUIA DA COMPOSTAGEM O SEU GUIA DA COMPOSTAGEM Ficha Técnica Título Projecto Compostagem no Seixal O Seu Guia da Compostagem Concepção Gráfica e Revisão Sector de Apoio Gráfico e Edições Edição Câmara

Leia mais

Nota introdutória Os SMSBVC - Serviços Municipalizados de Saneamento Básico de Viana do Castelo - pretendem com esta edição sensibilizar a população p

Nota introdutória Os SMSBVC - Serviços Municipalizados de Saneamento Básico de Viana do Castelo - pretendem com esta edição sensibilizar a população p guia prático da compostagem contactos: Serviços Municipalizados de Viana do Castelo Rua Frei Bartolomeu dos Mártires 4904-878 Viana do Castelo T: 258 806 900 F: 258 806 990 educação para a sustentabilidade

Leia mais

Compostagem Caseira. por José Furtado

Compostagem Caseira. por José Furtado Compostagem Caseira por José Furtado 1 O que é compostagem Compostagem é o processo de decomposição aeróbica de matéria orgânica (restos de frutas, verduras, jardinagem, poda, etc). Se auxiliamos este

Leia mais

O que fazer com os nossos Resíduos?

O que fazer com os nossos Resíduos? O que fazer com os nossos Resíduos? ALAGOAS, Peso da Régua, 17-03-2007 CAMPANHA DOURO LIMPO Campanha de Sensibilização e Educação Ambiental no Alto Douro Vinhateiro Vila Real Sabrosa Alijó Carrazeda de

Leia mais

COMPOSTAGEM COMO ESTRATÉGIA DE GESTÃO DE RESÍDUOS VERDES E ORGÂNICOS

COMPOSTAGEM COMO ESTRATÉGIA DE GESTÃO DE RESÍDUOS VERDES E ORGÂNICOS COMPOSTAGEM COMO ESTRATÉGIA DE GESTÃO DE RESÍDUOS VERDES E ORGÂNICOS ÍNDICE 03 07 12 16 A compostagem como estratégia de gestão de resíduos verdes e orgânicos O que é a compostagem? O que é a vermicompostagem?

Leia mais

O QUE É A COMPOSTAGEM DOMÉSTICA?

O QUE É A COMPOSTAGEM DOMÉSTICA? O QUE É A COMPOSTAGEM DOMÉSTICA? É um processo natural de transformação dos resíduos provenientes do jardim e da cozinha (resíduos orgânicos) numa substância rica em matéria orgânica, chamada composto,

Leia mais

Compostagem doméstica: como fazer?

Compostagem doméstica: como fazer? Compostagem, o que é? É um processo dereciclagem de resíduos orgânicos (de cozinha, da horta, do jardim...) realizado através de microrganismos que transformam os resíduos biodegradáveis num fertilizante

Leia mais

MANUAL DA PRÁTICA DA COMPOSTAGEM DOMÉSTICA

MANUAL DA PRÁTICA DA COMPOSTAGEM DOMÉSTICA MANUAL DA PRÁTICA DA COMPOSTAGEM DOMÉSTICA Maria Inês de Sousa Carmo i Índice 1. Introdução... 2 2. O que é a Compostagem?... 3 2.1. Porquê fazer a compostagem?... 3 2.2. Quais as suas vantagens?... 4

Leia mais

COMPOSTO ORGÂNICO Materiais Quantidade no composto

COMPOSTO ORGÂNICO Materiais Quantidade no composto Composto Orgânico COMPOSTO ORGÂNICO A quantidade de esterco produzida pelas criações é muito pequena. Não chega para toda a terra que se deseja estercar. Mas é possível aumentar essa quantidade, ajuntando-se

Leia mais

O melão e a melancia são frutos apetecíveis nos meses de calor. Para além de saborosos, são ótimos para a nossa saúde:

O melão e a melancia são frutos apetecíveis nos meses de calor. Para além de saborosos, são ótimos para a nossa saúde: Ainda faltam uns meses para o verão, mas temos de começar a preparar a nossa horta para os frutos mais sumarentos e frescos. Para poder apreciar melancias e melões saborosos, numa tarde de verão, está

Leia mais

Com este pequeno guia pode, finalmente, tirar partido do seu lixo... e sentir-se bem por isso!

Com este pequeno guia pode, finalmente, tirar partido do seu lixo... e sentir-se bem por isso! Com este pequeno guia pode, finalmente, tirar partido do seu lixo... e sentir-se bem por isso! Os restos de comida, as folhas do jardim ou as plantas secas do quintal ganham vida nova através de um processo

Leia mais

LIPOR A Sustentabilidade na Gestão dos Resíduos Urbanos

LIPOR A Sustentabilidade na Gestão dos Resíduos Urbanos SEMINÁRIO RESÍDUOS E SAÚDE LIPOR A Sustentabilidade na Gestão dos Resíduos Urbanos Susana Lopes Departamento Produção e Logística 29 de maio de 2013 1 Tópicos Sistema Integrado Gestão de Resíduos o caso

Leia mais

O Caderno da Compostagem

O Caderno da Compostagem O Caderno da Compostagem A publicação do Guia da Compostagem, que colocamos à sua disposição. constitui mais um elemento no domínio da sensibilização e educação ambiental, que procura incentivar uma maior

Leia mais

Lixo orgânico é no Compostão

Lixo orgânico é no Compostão Lixo orgânico é no Compostão A Compostagem doméstica fazer mais para viver melhor O que é? A Compostagem é um processo natural e biológico de decomposição de resíduos orgânicos (provenientes das hortas,

Leia mais

HORTICULTURA EM MODO BIOLÓGICO

HORTICULTURA EM MODO BIOLÓGICO HORTICULTURA EM MODO BIOLÓGICO A COMPOSTAGEM O composto é uma substância semelhante ao solo, resultante da decomposição de matérias orgânicas. A compostagem é uma maneira natural de reciclar as plantas,

Leia mais

A compostagem é um processo de valorização da matéria orgânica. Consiste na

A compostagem é um processo de valorização da matéria orgânica. Consiste na COMPOSTAGEM DOMÉSTICA GUIA PRÁTICO O que é a compostagem? A compostagem é um processo de valorização da matéria orgânica. Consiste na decomposição dos resíduos domésticos por acção de microrganismos que

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE JUÍNA MT SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA, MINERAÇÃO E MEIO AMBIENTE SAMMA

PREFEITURA MUNICIPAL DE JUÍNA MT SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA, MINERAÇÃO E MEIO AMBIENTE SAMMA Palestra: Como fazer uma horta Ildamir Teixeira de Faria/Diretor de Meio Ambiente SAMMA; Roselaine Mezz/Estudante de agropecuária IFMT/Estagiaria SAMMA; PREFEITURA MUNICIPAL DE JUÍNA MT SECRETARIA MUNICIPAL

Leia mais

COMPOSTAGEM Realização: Patrocínio:

COMPOSTAGEM Realização: Patrocínio: INSTITUTO CENTRO DE CAPACITAÇÃO E APOIO AO EMPREENDEDOR Presidente: Tânia Maria Machado Silva Vice Presidente: Silvia Machado Redação e revisão: Alice de Cassia Ferreira Ilustração: Elio Silva Gráfica:

Leia mais

Este guia pertence a:

Este guia pertence a: Nota Introdutória A Câmara Municipal de Condeixa-a-Nova pretende com a elaboração deste manual prático de compostagem, sensibilizar a população para a importância que a compostagem doméstica pode ter na

Leia mais

Reaproveitamento dos Alimentos: Economia, Saúde e Sabor Mestranda: Mariana Camargos de Paula

Reaproveitamento dos Alimentos: Economia, Saúde e Sabor Mestranda: Mariana Camargos de Paula Reaproveitamento dos Alimentos: Economia, Saúde e Sabor Mestranda: Mariana Camargos de Paula Outubro/2013 Alimentação é a base da vida e dela depende o estado de saúde do ser humano. 30% da produção mundial

Leia mais

Informações básicas para fazer compostagem 1.

Informações básicas para fazer compostagem 1. Educação Ambiental Desenvolvimento Sustentável. www.ecophysis.com.br Informações básicas para fazer compostagem 1. COMPOSTAR para reduzir a quantidade de resíduos orgânicos 2. REUSAR os resíduos compostados

Leia mais

40% 1.3 MIL MILHÕES DE TONELADAS DE ALIMENTOS SÃO DESCARTADOS A CADA ANO CERCA DE 40% DA PRODUÇÃO MUNDIAL DE ALIMENTOS ACABA NO LIXO

40% 1.3 MIL MILHÕES DE TONELADAS DE ALIMENTOS SÃO DESCARTADOS A CADA ANO CERCA DE 40% DA PRODUÇÃO MUNDIAL DE ALIMENTOS ACABA NO LIXO O QUE É O DESPERDÍCIO ALIMENTAR? 40% 1 300 000 000 DE TONELADAS Graphic design : Floriane Le Roux - page 1/12 CERCA DE 40% DA PRODUÇÃO MUNDIAL DE ALIMENTOS ACABA NO LIXO 1.3 MIL MILHÕES DE TONELADAS DE

Leia mais

PROPOSTAS DE ECO-EMENTAS

PROPOSTAS DE ECO-EMENTAS Eco-escolas PROPOSTAS DE ECO-EMENTAS Alunos do 3º ciclo Fevereiro 2016 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR CARLOS PINTO FERREIRA Receitas saudáveis: Primavera/Verão Entrada SALADA DE 3 COUVES 2 chávenas de couve

Leia mais

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DOS INQUÉRITOS DE SATISFAÇÃO

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DOS INQUÉRITOS DE SATISFAÇÃO RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DOS INQUÉRITOS DE SATISFAÇÃO REFEIÇÕES SERVIDAS & SERVIÇO DE CAFETARIA ESCOLA ALEMÃ ABRIL, 2017 1. INTRODUÇÃO No sentido de melhoria continua e com o foco na satisfação dos nossos

Leia mais

Agricultura Biológica na LIPOR

Agricultura Biológica na LIPOR Agricultura Biológica na LIPOR Agricultura Biológica para o Cidadão Baguim do Monte 11/04/2007 Benedita Chaves Lipor A Lipor Associação de Municípios - 1982 Gestão e tratamento de RSU 1 000 000 hab 230

Leia mais

Palestra: Compostagem. Na gestão e promoção da sustentabilidade ambiental do município

Palestra: Compostagem. Na gestão e promoção da sustentabilidade ambiental do município Na gestão e promoção da sustentabilidade ambiental do município BIBLIOTECA ESCOLA EB 2/3 D.MANUEL FARIA DE SOUSA Ricardo Sousa, Eng. 22 de Março de 2011 Estrutura da Apresentação 1.EMAFEL, E.M. Aterro

Leia mais

mandamentos mandamentos do produtor de lixo

mandamentos mandamentos do produtor de lixo 10 mandamentos mandamentos do produtor de lixo 1 Reduzo o lixo que produzo Quando vou às compras, levo sacos reutilizáveis. Prefiro produtos concentrados, com pouca embalagem. Entrego os bens que já não

Leia mais

PRODUTOS ELABORADOS MADEIRA PLÁSTICA

PRODUTOS ELABORADOS MADEIRA PLÁSTICA MADEIRA PLÁSTICA A Madeira Plástica é uma opção sustentável para quem se preocupa com a causa ambiental. O grande diferencial deste produto é que sua fabricação dá-se a partir da reciclagem de toneladas

Leia mais

Município de Reguengos de Monsaraz MANUAL DE BOAS PRÁTICAS AGRÍCOLAS NAS HORTAS URBANAS

Município de Reguengos de Monsaraz MANUAL DE BOAS PRÁTICAS AGRÍCOLAS NAS HORTAS URBANAS Município de Reguengos de Monsaraz MANUAL DE BOAS PRÁTICAS AGRÍCOLAS NAS HORTAS URBANAS 0 1. O que são as Boas Práticas Agrícolas? Os consumidores estão cada vez mais preocupados em obter alimentos saudáveis,

Leia mais

O Sal e seus substitutos na alimentação. Projeto Sal Ciência

O Sal e seus substitutos na alimentação. Projeto Sal Ciência O Sal e seus substitutos na alimentação Projeto Sal Ciência 20.05.2014 Objetivos Como controlar o teor de sal na alimentação? Reduzir o teor de sal: Compras alimentares de qualidade; Cozinhar & comer com

Leia mais

SUGESTÕES DE RECEITAS PARA CONFECCIONAR SALADAS À BASE DE FRUTA E/OU VEGETAIS

SUGESTÕES DE RECEITAS PARA CONFECCIONAR SALADAS À BASE DE FRUTA E/OU VEGETAIS 1 SUGESTÕES DE RECEITAS PARA CONFECCIONAR SALADAS À BASE DE FRUTA E/OU VEGETAIS Pág. Pág. Espetada de Fruta... 3 Salada de Acelgas com Iogurte e Nozes. 8 Salada Tropical 3 Salada de Feijão Verde com Coentros

Leia mais

ESTAÇÃO DE COMPOSTAGEM

ESTAÇÃO DE COMPOSTAGEM ESCOLA PROFISSIONAL DE DESENVOLVIMENTO RURAL DE SERPA ESTAÇÃO DE COMPOSTAGEM Tratamento e Valorização Integrada de Resíduos Orgânicos por COMPOSTAGEM Objetivos do projeto: Controlar de forma integral e

Leia mais

Manual básico para oficina de compostagem

Manual básico para oficina de compostagem Manual básico para oficina de compostagem Adaptação do Manual Básico de Compostagem USP RECICLA Henrique Cerqueira Souza MSc Engenheiro Agronomia Agricultor Agroflorestal Nelson Araujo Filho Técnico Ambiental

Leia mais

COMPOSTAGEM DE VERDES A EXPERIÊNCIA DA ALGAR

COMPOSTAGEM DE VERDES A EXPERIÊNCIA DA ALGAR COMPOSTAGEM DE VERDES A EXPERIÊNCIA DA ALGAR 19 de Maio de 2006 COMPOSTAGEM DE VERDES: A EXPERIÊNCIA DA ALGAR 1. ALGAR : sistema de gestão integrada de RSU 2. Compostagem de Resíduos Verdes Processo Qualidade

Leia mais

ECO QUIZ Alimentação Saudável e Sustentável

ECO QUIZ Alimentação Saudável e Sustentável EO QUIZ limentação Saudável e Sustentável Nível II 2º e 3º ciclo 1 - Quais os grupos alimentares da nova Roda dos limentos portuguesa? São 7 grupos +1: Laticínios e derivados; Óleos e gorduras; Frutas;

Leia mais

Semana da Alimentação

Semana da Alimentação Agrupamento de Escolas André Soares Bibliotecas Escolares do Agrupamento Projeto de Promoção e Educação para a Saúde PES Semana da Alimentação Alimentação e Saúde Investe em ti Alimentação saudável, o

Leia mais

Objectivo do Projecto Orgânica Verde. Público-alvo. Ficha Técnica:

Objectivo do Projecto Orgânica Verde. Público-alvo. Ficha Técnica: 1 Ficha Técnica: Conteúdos: Cá a Godinho e Graça Gonçalves Design e coordenação do trabalho de ilustração: Cá a Godinho Ilustração: Cá a Marques Paginação: António Peleja Promotor: Parceria e Co-financiamento:

Leia mais

Processamento do azeite

Processamento do azeite Processamento Geral dos Alimentos Processamento do azeite Trabalho realizado por: Vanessa Ferraz 20090165 Ano lectivo 2009/2010 Objectivo do trabalho: Com a realização deste trabalho pretende-se fazer

Leia mais

Boas Práticas para a Conservação dos Alimentos. Palestrante: Liza Ghassan Riachi CICLO DE PALESTRAS ALIMENTAÇÃO E SAÚDE

Boas Práticas para a Conservação dos Alimentos. Palestrante: Liza Ghassan Riachi CICLO DE PALESTRAS ALIMENTAÇÃO E SAÚDE Boas Práticas para a Conservação dos Alimentos Palestrante: Liza Ghassan Riachi CICLO DE PALESTRAS ALIMENTAÇÃO E SAÚDE Evitar contaminação e DTAs Qualidade do Alimento Proteção da Saúde Contaminação Física

Leia mais

Responsabilidade e Sustentabilidade em Foco! Caio Gonzales Elaine Ascêncio Maria Angélica Faria Manuela Claro Thacilla Wemoto

Responsabilidade e Sustentabilidade em Foco! Caio Gonzales Elaine Ascêncio Maria Angélica Faria Manuela Claro Thacilla Wemoto Responsabilidade e Sustentabilidade em Foco! Caio Gonzales Elaine Ascêncio Maria Angélica Faria Manuela Claro Thacilla Wemoto Organograma Empresarial Diretoria de COMPRAS Diretoria FINANCEIRA Diretoria

Leia mais

O Ambiente na Cidade. Cidades Sustentáveis Ana Lopes DVO Lisboa, 11 de julho de 2013

O Ambiente na Cidade. Cidades Sustentáveis Ana Lopes DVO Lisboa, 11 de julho de 2013 O Ambiente na Cidade Conferência Internacional Cidades Sustentáveis 2020 Ana Lopes DVO ana.lopes@lipor.pt Lisboa, 11 de julho de 2013 Apresentação 8 Municípios Área 648 km 2 População 1 milhão hbi habitantes

Leia mais

AGRICULTURA GERAL. Conceito COMPOSTAGEM COMPOSTAGEM POMBAL PB. Prof. Dr. Francisco Hevilásio F. Pereira (UAGRA/CCTA/UFCG)

AGRICULTURA GERAL. Conceito COMPOSTAGEM COMPOSTAGEM POMBAL PB. Prof. Dr. Francisco Hevilásio F. Pereira (UAGRA/CCTA/UFCG) AGRICULTURA GERAL COMPOSTAGEM POMBAL PB COMPOSTAGEM Conceito 1) Processo de transformação de materiais orgânicos grosseiros (palhas, estercos, etc.) em composto orgânico prontamente utilizáveis na agricultura

Leia mais

Compostagem para pequena escala e/ou para demonstração.

Compostagem para pequena escala e/ou para demonstração. Conteúdo Compostagem para pequena escala e/ou para demonstração.... 1 Material.... 1 Compostagem em grande escala.... 2 Material.... 3 Montagem.... 3 Problemas contornáveis... 4 O que pode ser compostado....

Leia mais

COMO ORGANIZAR A SUA MARMITA. Assessoria de Assuntos Estudantis - Pró-Reitoria de Ensino. Assistência Estudantil. Campus Serra

COMO ORGANIZAR A SUA MARMITA. Assessoria de Assuntos Estudantis - Pró-Reitoria de Ensino. Assistência Estudantil. Campus Serra COMO ORGANIZAR A SUA MARMITA Assessoria de Assuntos Estudantis - Pró-Reitoria de Ensino Assistência Estudantil Campus Serra COMO ORGANIZAR A SUA MARMITA Escolha Escolha uma uma marmita marmita que que

Leia mais

APRESENTAÇÃO DA AGENDA LIPOR LIPOR 28 de Novembro de 2006

APRESENTAÇÃO DA AGENDA LIPOR LIPOR 28 de Novembro de 2006 APRESENTAÇÃO DA AGENDA LIPOR 2007 LIPOR 28 de Novembro de 2006 A Lipor Associação de Municípios - 1982 Gestão e tratamento de RSU 1 000 000 hab 230 colaboradores Horta da Formiga Centro de compostagem

Leia mais

Vermicompostagem Gestão de Resíduos Orgânicos

Vermicompostagem Gestão de Resíduos Orgânicos 1 Teste de toxicidade (para uma melhor compreensão é sugerida a consulta dos parâmetros de stress no Capítulo VIII) a) Colocar num recipiente, um pouco de substrato; b) Regar e arejar de modo a evitar

Leia mais

Recolha Selectiva Multimaterial -Que Soluções?

Recolha Selectiva Multimaterial -Que Soluções? Recolha Selectiva Multimaterial -Que Soluções? Concelho de Valongo Câmara Municipal de Valongo Departamento de Ambiente e Qualidade de Vida Divisão de Qualidade Ambiental Sector de Higiene Urbana Caracterização

Leia mais

AVEIA. As fibras também melhoram o trânsito intestinal, evitando constipação, e estão associadas à diminuição do risco de câncer de cólon.

AVEIA. As fibras também melhoram o trânsito intestinal, evitando constipação, e estão associadas à diminuição do risco de câncer de cólon. AVEIA Propriedades da Aveia: A aveia é um cereal rico em proteínas, ferro, magnésio, fósforo, zinco, manganês, vitamina B1 e vitamina B5, além de ser excelente fonte de fibras solúveis. Estudos mostram

Leia mais

Profª. Klícia Regateiro. O lixo

Profª. Klícia Regateiro. O lixo Profª. Klícia Regateiro O lixo Tipos de lixo O Definem-se resíduos sólidos como o conjunto dos produtos não aproveitados das atividades humanas: O domésticas, comerciais, industriais, de serviços de saúde

Leia mais

CONGELAMENTO DE ALIMENTOS

CONGELAMENTO DE ALIMENTOS CONGELAMENTO DE ALIMENTOS COMO CONGELAR ALIMENTOS DA MANEIRA CORRETA Os alimentos congelados industrializados são ricos em sódio, gorduras e colesterol. Se a ideia é apelar apara a praticidade, nós temos

Leia mais

Compostagem: a arte de transformar o lixo em adubo orgânico. 1 - Compostagem e Composto: definição e benefícios

Compostagem: a arte de transformar o lixo em adubo orgânico. 1 - Compostagem e Composto: definição e benefícios Compostagem: a arte de transformar o lixo em adubo orgânico 1 - Compostagem e Composto: definição e benefícios A compostagem é o processo de transformação de materiais grosseiros, como palhada e estrume,

Leia mais

ECO QUIZ Alimentação Saudável e Sustentável

ECO QUIZ Alimentação Saudável e Sustentável EO QUIZ limentação Saudável e Sustentável Nível I JI e 1º ciclo 1 - Numa refeição equilibrada predominam alimentos de origem: Vegetal nimal Mineral 1 - Numa refeição equilibrada predominam alimentos de

Leia mais

Projeto. Reciclagem de resíduos orgânicos urbanos utilizando composteiros de tela de arame. Realização:

Projeto. Reciclagem de resíduos orgânicos urbanos utilizando composteiros de tela de arame. Realização: Projeto Reciclagem de resíduos orgânicos urbanos utilizando composteiros de tela de arame Realização: Projeto Iniciativa de compostagem urbana desenvolvida em Visconde de Mauá, Resende RJ, a partir de

Leia mais

lixo lixo TONELADAS E E TONELADAS DE DE LIXO. LIXO. lixo MAS VOCÊ PODE MUDAR ISSO... É SIMPLES: JOGUE MENOS LIXO!

lixo lixo TONELADAS E E TONELADAS DE DE LIXO. LIXO. lixo MAS VOCÊ PODE MUDAR ISSO... É SIMPLES: JOGUE MENOS LIXO! $ $ tente com seus filhos TODOS TODOS OS OS DIAS DIAS PRODUZIMOS TONELADAS E E TONELADAS DE DE LIXO. LIXO. lixo ISSO ISSO SIGNIFICA SIGNIFICA MUITO MUITO PREJUÍZO PREJUÍZO PARA PARA A NATUREZA NATUREZA

Leia mais

SISTEMAS DE GESTÃO DE RESÍDUOS

SISTEMAS DE GESTÃO DE RESÍDUOS SISTEMAS DE GESTÃO DE RESÍDUOS O que é um resíduo? Resíduo é qualquer material sem utilidade ou valor económico para o seu dono, do qual tem intenção de se desfazer. Resíduo, por definição, é tudo o que

Leia mais

TOP 10 RECEITAS DETOX. www.detoxdecorpoealma.com

TOP 10 RECEITAS DETOX. www.detoxdecorpoealma.com TOP 10 RECEITAS DETOX 1. BRIGADEIRO DE TÂMARA -8 tâmaras sem caroço -1/2 xícara de amêndoas picadas -2 colheres de sobremesa de cacau em pó -suco de 1 laranja lima Modo de Preparo: Coloque as tâmaras,

Leia mais

CONSUMO EXCESSIVO DE SAL Um Perigo Esquecido

CONSUMO EXCESSIVO DE SAL Um Perigo Esquecido CONSUMO EXCESSIVO DE SAL Um Perigo Esquecido Maio, Mês do Coração 2 O sofrimento faz parte da nossa vida. É como o sal da comida. As quantidades exageradas mudam o gosto e deixam o desgosto. Hugo Schlesinger

Leia mais

Receitas com Cascas de Bananas

Receitas com Cascas de Bananas Receitas com Cascas de Bananas Ovos Mexidos com Casca de Banana Ingredientes: cascas de 4 bananas 1 cubo de caldo de galinha 1 ovo Como fazer: Refogue as cascas picadas de quatro bananas com um cubo de

Leia mais

AGROECOLOGIA. Desenvolvimento sustentável na produção de bens, tendo como matrizes principais a ecologia, agricultura e a economia.

AGROECOLOGIA. Desenvolvimento sustentável na produção de bens, tendo como matrizes principais a ecologia, agricultura e a economia. AGROECOLOGIA Desenvolvimento sustentável na produção de bens, tendo como matrizes principais a ecologia, agricultura e a economia. Tratado de Roma (1957): início do desenvolvimento da agricultura orgânica

Leia mais

Não fique desligado! - Está ao seu alcance poupar energia

Não fique desligado! - Está ao seu alcance poupar energia Frigorífico / arca congeladora / combinado l Coloque o equipamento afastado de fontes de calor (ex.: forno, aquecedor, janela, etc.). l Afaste o equipamento da parede de modo a permitir a ventilação da

Leia mais

DA MESA A HORTA APRENDO A GOSTAR DE FRUTA E VEGETAIS! Um guia prático para pais e cuidadores de crianças em idade pré-escolar

DA MESA A HORTA APRENDO A GOSTAR DE FRUTA E VEGETAIS! Um guia prático para pais e cuidadores de crianças em idade pré-escolar - DA MESA A HORTA APRENDO A GOSTAR DE FRUTA E VEGETAIS! Um guia prático para pais e cuidadores de crianças em idade pré-escolar Existe uma atração natural das crianças pela terra! Aproveite-a para que

Leia mais

Qualidade Ambiental - Contexto LIPOR -

Qualidade Ambiental - Contexto LIPOR - Qualidade Ambiental - Contexto LIPOR - Inês Inácio LIPOR 27 de maio de 2016 LIPOR - Serviço Intermunicipalizado de Gestão de Resíduos do Grande Porto LIPOR sobre nós A LIPOR é uma Associação de Municípios

Leia mais

Lei8080,19set.1990-Art.3º(BRASIL,1990) A saúde tem como fatores determinantes e condicionantes,

Lei8080,19set.1990-Art.3º(BRASIL,1990) A saúde tem como fatores determinantes e condicionantes, Superintendência de Políticas de Atenção Integral a Saúde Gerência de Vigilância Epidemiológica Coordenação de Doenças Não-Transmissíveis Área de Alimentação e Nutrição HÁBITOS SAUDÁVEIS Marília A. Rezio

Leia mais

Escola Profissional de Desenvolvimento Rural de Serpa

Escola Profissional de Desenvolvimento Rural de Serpa Escola Profissional de Desenvolvimento Rural de Serpa Herdade da Bemposta Apartado 26 7830-909 Serpa Tel.: 284 540 440 Fax: 284 540 449 www.epdrs.pt escola@epdrs.pt União Europeia Fundo Social Europeu

Leia mais

09/11 658-09-05 773987 REV.2. FRITADEIRA Frita-Fácil. Plus 3. www.britania.com.br/faleconosco.aspx MANUAL DE INSTRUÇÕES

09/11 658-09-05 773987 REV.2. FRITADEIRA Frita-Fácil. Plus 3. www.britania.com.br/faleconosco.aspx MANUAL DE INSTRUÇÕES 09/11 658-09-05 773987 REV.2 FRITADEIRA Frita-Fácil Plus 3 www.britania.com.br/faleconosco.aspx MANUAL DE INSTRUÇÕES INTRODUÇÃO Parabéns pela escolha de mais um produto da linha Britânia. Para garantir

Leia mais

Município de Valongo Semana de 31 de Agosto a 4 de Setembro de 2015 Almoço

Município de Valongo Semana de 31 de Agosto a 4 de Setembro de 2015 Almoço Semana de 31 de Agosto a 4 de Setembro de 2015 Sopa Sobremesa Encerrado Sopa Sopa de macedónia 1,3,5,6,7,8,9,12 Saladinha de atum e ovo com arroz de cenoura 3,4,5,6 Macarrão de aves com salada de couve

Leia mais

ARBORICULTURA II. Manutenção do Solo 1ªParte

ARBORICULTURA II. Manutenção do Solo 1ªParte ARBORICULTURA II Manutenção do Solo 1ªParte 2004-2005 As técnicas de manutenção do solo Mobilização Solo sem vegetação Sem mobilização Herbicida total Orgânico Mulching Inerte Solo coberto Cobertura vegetal

Leia mais

O que é compostagem?

O que é compostagem? O que é compostagem? Consideraremos compostagem como um processo de decomposição da matéria orgânica encontrada no lixo, em adubo orgânico. Como se fosse uma espécie de reciclagem do lixo orgânico, pois

Leia mais

4 alimentos importantes para a saúde infantil

4 alimentos importantes para a saúde infantil 4 alimentos importantes para a saúde infantil Enviado por DA REDAÇÃO 07-Out-2015 PQN - O Portal da Comunicação Amantes de fast-foods, hambúrgueres, frituras e doces, a criançada dá trabalho quando o assunto

Leia mais

Causa grave irritação ocular Pode causar irritação respiratória. Ao manipular utilize vestimenta de proteção adequada (EPI)

Causa grave irritação ocular Pode causar irritação respiratória. Ao manipular utilize vestimenta de proteção adequada (EPI) FOLHA...: 1 / 5 1 Identificação do Produto e da Empresa: Nome do produto: Empresa: Endereço: Av. Gupê, 10497 Telefone: 55 11 4772 4900 Cosmoquimica Indústria e Comércio EIRELI Fax: 55 11 4772 4955 e-mail:

Leia mais

DISTRIBUIÇÃO E EMPRATAMENTO DE REFEIÇÕES

DISTRIBUIÇÃO E EMPRATAMENTO DE REFEIÇÕES DISTRIBUIÇÃO E EMPRATAMENTO DE REFEIÇÕES Liliana Brandão 2012 CÂMARA MUNICIPAL DE VILA VERDE OBJECTIVOS Conhecer e aplicar as boas práticas de higiene na distribuição de refeições; Desenvolver as regras

Leia mais

Meu alimento Meu medicamento

Meu alimento Meu medicamento Meu alimento Meu medicamento Unidade de Formação Évora, Novembro 2014 www.food-med.eu Como comer de forma saudável com cozinha tradicional alentejana Estrutura Objetivos Parte I: Cozinha Tradicional Alentejana

Leia mais

RECEITAS DE APROVEITAMENTO INTEGRAL DOS ALIMENTOS. (Curso de Nutrição do CEUNSP- ITU)

RECEITAS DE APROVEITAMENTO INTEGRAL DOS ALIMENTOS. (Curso de Nutrição do CEUNSP- ITU) RECEITAS DE APROVEITAMENTO INTEGRAL DOS ALIMENTOS (Curso de Nutrição do CEUNSP- ITU) Torteira de legumes Ingredientes 5 batatas inglesa picadas com casca 2 batatas doce picada com casca 1 berinjela com

Leia mais

UNIVERSIDADE DO SUL DE SANTA CATARINA CURSO DE ENFERMAGEM DISCIPLINA: FITOTERAPIA PROF.ª DANIELLA KOCH DE CARVALHO

UNIVERSIDADE DO SUL DE SANTA CATARINA CURSO DE ENFERMAGEM DISCIPLINA: FITOTERAPIA PROF.ª DANIELLA KOCH DE CARVALHO UNIVERSIDADE DO SUL DE SANTA CATARINA CURSO DE ENFERMAGEM DISCIPLINA: FITOTERAPIA PROF.ª DANIELLA KOCH DE CARVALHO COLHEITA, SECAGEM ARMAZENAMENTO E CONTROLE DE QUALIDADE DE PLANTAS MEDICINAIS COLHEITA:

Leia mais

Minifúndio de varanda

Minifúndio de varanda Início Composteira Este canteiro Minhocas Pássaros Minifúndio de varanda para quem planta alface em vaso abril 19, 2009 Minhocário e compostagem em apartamento Posted by administrador under Minhocas Tags:

Leia mais

Compostagem. Gersina N. da R. Carmo Junior

Compostagem. Gersina N. da R. Carmo Junior Compostagem Gersina N. da R. Carmo Junior Compostagem É um processo de transformação da matéria orgânica do lixo em um composto orgânico (húmus). Composto orgânico Produto final da compostagem Compostagem

Leia mais

Linha Horta Familiar e Jardim

Linha Horta Familiar e Jardim Saco de Plantação para vaso de vime Sacola de polipropileno preto com furos laterais para permitir a drenagem de água sem perda de terra. 38 x 38 x 48 cm (pack 4 unidades) 68 x 33 x 28 cm (pack 2 unidades)

Leia mais

PREPARANDO OS ALIMENTOS

PREPARANDO OS ALIMENTOS UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ALIMENTOS E NUTRIÇÃO PPGAN PREPARANDO OS ALIMENTOS CUIDADOS COM HIGIENIZAÇÃO E CONSERVAÇÃO Natália Boia Soares Nutricionista

Leia mais

Manual de Compostagem Doméstica

Manual de Compostagem Doméstica 1 - Índice - Índice 1 Enquadramento...2 2 O que é a compostagem doméstica?...3 3 Porque devemos compostar?...4 4 Escolher o compostor...6 5 Escolher o material a compostar...9 6 Iniciar o processo de compostagem...

Leia mais

Inverno 2016. Chefe Executivo Ricardo Costa. Mestre Pasteleiro José Bastos. Chefe de Restaurante Pedro Marques. Diretora de Vinhos Beatriz Machado

Inverno 2016. Chefe Executivo Ricardo Costa. Mestre Pasteleiro José Bastos. Chefe de Restaurante Pedro Marques. Diretora de Vinhos Beatriz Machado Chefe Executivo Ricardo Costa Mestre Pasteleiro José Bastos Chefe de Restaurante Pedro Marques Diretora de Vinhos Beatriz Machado Sommelier Elisabete Fernandes Inverno 2016 A equipa do restaurante do The

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE DOCENTE: Dr. José Ribamar Silva Conceituação: D MATÉRIA ORGÂNICA. Todo material de origem vegetal ou animal que se encontre no solo independentemente de seu estado de decomposição.

Leia mais

MINI APOSTILA PRÁTICA: COMPOSTEIRAS PARA ESPAÇOS MÍNIMOS

MINI APOSTILA PRÁTICA: COMPOSTEIRAS PARA ESPAÇOS MÍNIMOS MINI APOSTILA PRÁTICA: COMPOSTEIRAS PARA ESPAÇOS MÍNIMOS Elaborada por Marina Oliveira Alves Pereira Estagiária USP Recicla (2011-2012) 2011 0 Sumário Introdução..................................................2

Leia mais

2009. Julho.14 Iva Rodrigues Ferreira. Câmara Municipal de Gondomar Departamento de Ambiente

2009. Julho.14 Iva Rodrigues Ferreira. Câmara Municipal de Gondomar Departamento de Ambiente Reciclagem Multimaterial no Município de Gondomar 2009. Julho.14 Iva Rodrigues Ferreira Câmara Municipal de Gondomar Departamento de Ambiente O Município de Gondomar 164.090 habitantes (segundo os censos

Leia mais

Materiais: Folhas secas de serapilheira ou serragem; Resíduos orgânicos devidamente triturados; Regador; Termômetro digital (opcional).

Materiais: Folhas secas de serapilheira ou serragem; Resíduos orgânicos devidamente triturados; Regador; Termômetro digital (opcional). A compostagem é um processo de decomposição da matéria orgânica pela ação de fungos, bactérias e outros microrganismos que, em condições ótimas de umidade, temperatura e aeração, são capazes de transformar

Leia mais

FISPQ (Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos) VANTAGE LIMPA CARPETES E TAPETES

FISPQ (Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos) VANTAGE LIMPA CARPETES E TAPETES Página 1 de 5 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome do Produto: Código interno: 7519 (12/500 ml) Aplicação: Limpar Carpetes e Tapetes. Empresa: BOMBRIL S/A TELEFONE DE EMERGÊNCIA: 0800 014 8110

Leia mais

Espaços Verdes: A importância dos Jardins

Espaços Verdes: A importância dos Jardins Espaços Verdes: A importância dos Jardins Jardins do Futuro Telhados verdes / Xerojardins / Jardim produtivo LIPOR Luís Alves Setembro 2010 ???????? O que está a encorajar a jardinagem a tornar-se uma

Leia mais

SINALMAX COML E INDL DE SINALIZAÇÃO LTDA. Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos FISPQ

SINALMAX COML E INDL DE SINALIZAÇÃO LTDA. Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos FISPQ 1 IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome do produto: SOLVEMAX Código interno: SSU 200 Empresa: Sinalmax Comercial e Industrial de Sinalização Ltda. e-mail: contato@sinalmaxsinalizacao.com.br Endereço:

Leia mais

Como usar temperos na cozinha: ervas e especiarias

Como usar temperos na cozinha: ervas e especiarias Como usar temperos na cozinha: ervas e especiarias Os Temperos A cebola, o alho e o sal formam o trio de ferro da cozinha, sendo utilizados para temperar quase tudo o que fazemos no dia a dia da cozinha.

Leia mais

Alimentos frescos para dias quentes

Alimentos frescos para dias quentes Alimentos frescos para dias quentes SUMÁRIO ENTRADAS: Salada Caprese Bruschettas de tomate PRATOS PRINCIPAIS: Cuscuz com legumes e atum Massa de polvo e grão Salada de atum e feijão frade SOBREMESAS: Gelado

Leia mais

Confederação Nacional do Transporte - CNT Diretoria Executiva da CNT. DESPOLUIR Programa Ambiental do Transporte

Confederação Nacional do Transporte - CNT Diretoria Executiva da CNT. DESPOLUIR Programa Ambiental do Transporte Confederação Nacional do Transporte - CNT Diretoria Executiva da CNT DESPOLUIR Programa Ambiental do Transporte Promoção SEST / SENAT Conteúdo Técnico ESCOLA DO TRANSPORTE JULHO/2007 O que é Lixo? Lixo

Leia mais