SGCE/ 2ª Inspetoria Geral de Controle Externo ACOMPANHAMENTO DAS OBRAS PÚBLICAS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SGCE/ 2ª Inspetoria Geral de Controle Externo ACOMPANHAMENTO DAS OBRAS PÚBLICAS"

Transcrição

1 ACOMPANHAMENTO DAS OBRAS PÚBLICAS Órgão / entidade SMO/CGO Coordenadoria Geral de Obras Datas das 11ª e 12ª visitas 06/12/2012 e 05/02/2013 Contrato selecionado Contrato nº 117/2011 Implantação da Transcarioca - Corredor T5 - Etapa 2 - Corredor exclusivo de BRT entre a Penha e o Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro Antonio Carlos Jobim Equipe José Renato M. S. Oliveira Engenheiro Matrícula: 40/ Maria Claudia Lameira Garcia Assessora - Engenheira Matrícula: 40/

2 SUMÁRIO RELATÓRIO DAS 11ª E 12ª VISITAS DIA 06/12/2012 E 05/02/2013 A) ACOMPANHAMENTO DE QUESTIONAMENTOS LEVANTADOS ANTERIORMENTE B) 11ª E 12ª VISITAS: ABRANGÊNCIA: 7ª A 9ª MEDIÇÕES B.1) EXECUÇÃO OBRAS-DE-ARTE B.1.1) PONTE ESTAIADA SOBRE A BAÍA DE GUANABARA E VIADUTO SOBRE A PONTE NOVA DO GALEÃO - OAE 5 E 6 B.1.2) PONTE SOBRE O CANAL DO CUNHA - OAE 4 B.1.3) VIADUTO SOBRE A ESTRADA DO GALEÃO OAE 7 B.1.4) VIADUTO SOBRE A AV. BRASIL EM ARCO ESTAIADO OAE 2 E 3 B.2) EXECUÇÃO TRECHO B B.2.1) AV. VINTE DE JANEIRO B.2.2) ESTRADA DO GALEÃO B.3) EXECUÇÃO TRECHO A B.3.1) AV. DOS CAMPEÕES B.4) ANÁLISE DA 7ª MEDIÇÃO B.4.1) MEMÓRIA SINALIZ. PREV/EDUC SINALIZAÇÃO PREVENTIVA E EDUCATIVA, DESVIOS DE OBRA B.4.2) MEMÓRIA EQUIP EQUIPAMENTOS B.5) ANÁLISE DA 8ª MEDIÇÃO B.5.1) MEMÓRIA PROSPECÇÕES PROSPECÇÕES E VERIFICAÇÃO DAS INTERFERÊNCIAS B.5.2) MEMÓRIA PROSPECÇÕES PROSPECÇÕES E VERIFICAÇÃO DAS INTERFERÊNCIAS B.6) ANÁLISE DA 9ª MEDIÇÃO B.6.1) MEMÓRIA OAE 05 - EXECUÇÃO DE ESTACAS C) CONCLUSÃO Anexos 1. Relatório FINCON; 2. Cópia da fatura da 7ª a 9ª medições; 3. Ofícios de apresentação;

3 RELATÓRIO DAS 11ª e 12ª VISITAS DIA 06/12/2012 e 05/02/2013 CONTRATO Nº: 117/2011 OBJETO: Implantação da Transcarioca - Corredor T5 - Etapa 2 - Corredor exclusivo de BRT entre a Penha e o Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro Antonio Carlos Jobim EMPRESA: Consórcio Transcarioca Rio Construtora OAS Ltda., Carioca Christiani Nielsen Engenharia S/A e Contern Construções e Comércio Ltda FUNDAMENTO LEGAL/MODALIDADE DA LICITAÇÃO: CO nº 42/2010 TCMRJ DO CONTRATO: 40/ /2011 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº: 06/ /2010 PT: PRAZO TOTAL (incluindo prorrogações): 900 dias corridos DATA DE INÍCIO (memorando de início): 20/03/2012 PREVISÃO DE TÉRMINO: 05/09/2014 VALOR TOTAL CONTRATADO: ,00 PARCELA BNDES: R$ ,06 (86%) PARCELA PCRJ: R$ ,94 (14%) VALOR TOTAL LIQUIDADO (FINCON): R$ ,97 1 VALOR TOTAL EMPENHADO (FINCON): R$ ,99 1 VALOR TOTAL A EMPENHAR NO EXERCÍCIO (FINCON): R$ 0,00 MEDIÇÕES REALIZADAS: Medição Etapa Período de Execução Valor R$ % 1ª 1ª intermediária 20/03/2012 a 31/03/2012 R$ ,97 1,60 2ª 1ª complementar 01/04/2012 a 18/04/2012 R$ ,65 0,67 3ª 2ª normal 19/04/2012 a 18/05/2012 R$ ,37 2,55 4ª 3ª normal 19/05/2012 a 17/06/2012 R$ ,70 1,85 5ª 4ª normal 18/06/2012 a 17/07/2012 R$ ,58 3,04 6ª 5ª normal 18/07/2012 a 16/08/2012 R$ ,21 1,47 7ª 6ª normal 17/08/2012 a 15/09/2012 R$ ,99 2,60 8ª 7ª normal 16/09/2012 a 15/10/2012 R$ ,74 1,15 9ª 8ª intermediária 16/10/2012 a 31/10/2012 R$ ,78 6,07 10ª 8ª complementar 01/11/2012 a 14/11/2012 R$ ,55 3,14 11ª 9ª intermediária 15/11/2012 a 03/12/2012 R$ ,43 7,98 1 Fonte: Relatório FINCON de 15/03/2013

4 Medição Etapa Período de Execução Valor R$ % Total acumulado R$ ,97 32,11 FISCAIS DA OBRA: Eduardo Fagundes Carvalho Ricardo da Cruz Falcão Alzamir de Freitas Araújo SITUAÇÃO:. Edital CO nº 42/2010 (processo nº 40/ /11) conhecimento em sessão de 06/06/ Contrato nº 117/2011 (processo nº 40/ /11) sobrestado na 2ª IGE.. 1º Termo Aditivo nº 92/2012 (processo nº 40/004983/2012) sobrestado na 2ª IGE.. 2º Termo Aditivo nº 167/2012 (processo nº 40/007659/2012) - em tramitação no TCMRJ. a) Acompanhamento de questionamentos levantados anteriormente 5ª a 8ª visitas: Abrangência: 2ª, 3ª e 4 ª Medições. Item b.2.1 Item b.3.1 Impropriedades 2ª Medição Memória OAE 06 - Execução de Estacas O item 463 (IE ) considera em sua composição um comprimento de pino de estaca de até 3,0 m, valor este normalmente tido como suficiente para o engastamento em rocha sã. No entanto, estão sendo medidos, através do mesmo item, comprimentos de pino em rocha muito superiores a este, com valores entre 4,6 m e 9,6 m, o que está em desacordo com as premissas da composição do item, podendo afetar o custo unitário do referido serviço. Impropriedades 3ª Medição Memória OAE 04 - Execução de Estacas Inicialmente, a descrição do item especial IE , cujo custo unitário é de R$ ,00, está como Execução de estaca escavada em material de 2ª cat. / rocha, D= 700mm (pino), I= 3,00 m, sem utilização de revestimento., quando na planilha de preços da empresa Tecnosonda, na qual a SMO se baseou para composição do item, consta apenas Execução de estaca escavada em rocha, D= 700mm (pino), I= 3,00 m, sem utilização de revestimento. Adicionalmente, a medição da execução das 5 estacas escavadas referentes ao encontro 2 da OAE 04 foi divida em três itens: 427 (cravação de camisa metálica em solo), 428 (execução de estaca escavada em material de segunda categoria) e 463 (execução da estaca escavada em material de rocha). Os valores médios medidos foram 16,9 m em solo (item 427), 0,8 m em material de 2ª categoria (item 428) e 8,5 m em rocha (item 463). No entanto, a sondagem S10 apresenta 20 m de solo (areia e areia siltosa), seguidos de 7 m de rocha gnáissica de recuperação nula (0%), portanto alterada. Sendo assim, os 7 m de rocha gnáissica alterada da sondagem S10 se enquadram como material de 2ª categoria. Dessa forma, entendemos que os 20 m iniciais das estacas executadas deveriam ser medidos através do item 427 e o restante através do item 428, ficando o item 463 reservado para situações de escavação em rocha não alterada. b.3.2 Memória OAE 06 - Execução de Estacas Na referida memória de cálculo, os valores medidos de fornecimento e cravação de camisa metálica (item 445) estão superiores aos valores medidos de execução da estaca escavada no

5 Item b.3.3 Impropriedades 3ª Medição interior da camisa metálica (item 446), conforme mostra a Tabela 2. Somente é necessário o fornecimento e execução da camisa metálica quando da escavação em solo, devendo portanto os quantitativos dos itens 445 e 446 ser iguais. Entendemos que o fornecimento e escavação de camisa metálica (revestimento) em trecho de execução de pino em rocha é desnecessário e não deve ser medido, não estando inclusive previsto no projeto. Memória OAE 06 - Execução de Estacas O item 116 (aço CA-50 com diâmetro de 32 mm) faz referência aos projetos nº: 6000-c-0001, 5000-c-0001 e 6000-c No entanto, no quadro de ferros dos referidos projetos não consta a bitola de 32 mm. Item Impropriedades 4ª Medição b.4.1 Memória OAE 05/06 e OAE 07 - Execução de Estacas A exemplo do apontado na análise da 2ª Medição, o item 463 (IE ) considera em sua composição um comprimento de pino de estaca de até 3,0 m. No entanto, estão sendo medidos, através do mesmo item, comprimentos de pino em rocha muito superiores a este, o que está em desacordo com as premissas da composição do item, podendo afetar o custo unitário do referido serviço. b.4.2 Memória OAE 05/06 - Execução de Estacas itens 442 (IE 8958) e 473 (IE 8989), referentes ao apoio náutico, estão sendo cobrados os turnos diurno e noturno separadamente, à base de 1 mês cada um. O presente cálculo não encontra sustentação nas propostas adotadas para composição dos referidos itens especiais. O item 442 na sua composição adota cotações apenas das empresas Milmares (equipamentos náuticos) e Costa Verde (banheiros químicos) que estabelecem o aluguel por mês, não especificando diferenciação de turnos ou mencionando período de 12 horas. Quanto ao item 473, na sua composição, as cotações das empresas Milmares (equipamentos náuticos), Oceano Dragagem (balsa guindaste de 400t a 600t), Equipemar (flutuante cap. 600t) e Costa Verde (banheiros químicos) da mesma forma estabelecem o aluguel por mês, não especificando diferenciação de turnos ou mencionando período de 12 horas. A cotação da empresa Equipemar para o aluguel de lancha rápida para resgate é a única que faz referência a período de 12 horas. Recomendamos que o referido item seja medido apenas por mês, e não por turnos de 12 horas. b.4.3 Memória OAE 05/06 - Execução de Estacas Conforme apontado na análise da 2ª Medição, os valores medidos de fornecimento e cravação de camisa metálica (item 445) estão superiores aos valores medidos de execução da estaca escavada no interior da camisa metálica (item 446). Entendemos que o fornecimento e escavação de camisa metálica (revestimento) em trecho de execução de pino em rocha é desnecessário e não deve ser medido. b.4.4 Os volumes medidos de concreto submerso de 40 MPa, referentes ao item 429 (IE 8945), utilizaram como base de cálculo o comprimento de cravação de camisa metálica (item 445) em vez do comprimento de estaca executada em solo (item 446). 9ª e 10ª visitas: Abrangência: 5ª e 6 ª Medições. Item b.3.1 b.3.2 Impropriedades 5ª Medição Memória OAE 04 e Memória OAE 06 - Execução de Estacas O item 427 (IE ) apresenta em sua composição um sub-item de pintura epóxi da camisa metálica, com preparo em massa epóxi, cujo valor é de R$ 255,22 por metro linear. No entanto, a camisa metálica utilizada na execução da estaca escavada não possui a referida pintura. Adicionalmente, a proposta comercial utilizada como base para o preço do serviço não leva em consideração essa pintura em suas especificações. Dessa forma, recomendamos a revisão do referido item especial com a retirada do sub-item em questão. Memória OAE 05 - Execução de Estacas O item 445 (IE ) apresenta em sua composição um sub-item de pintura epóxi da

6 Item b.3.3 Item b.4.1 b.4.2 Impropriedades 5ª Medição camisa metálica, com preparo em massa epóxi, cujo valor é de R$ 639,76 por metro linear. No entanto, a camisa metálica utilizada na execução da estaca escavada não possui a referida pintura. Adicionalmente, a proposta comercial utilizada como base para o preço do serviço não leva em consideração essa pintura em suas especificações. Dessa forma, recomendamos a revisão do referido item especial com a retirada do sub-item em questão. Memória OAE 07 - Execução de Estacas O concreto de preenchimento das estacas escavadas de 800mm foi medido através do item 429 (IE ), correspondente a um concreto submerso com resistência característica máxima à compressão (fck) de 40 MPa, cujo custo unitário é de R$ 623,10 por m3. No entanto, as especificações de projeto constantes da planta de notas gerais 7000-L-0000-R0 estabelece apenas concreto com fck igual ou superior a 20 MPa. Adicionalmente, a norma NBR 6122/2010 em seu item restringe a adoção de resistência maiores que 20 MPa para projetos de estacas escavadas com fluidos, que é o caso em questão. Assim sendo, solicitamos à SMO que se manifeste quanto ao enquadramento adotado para medição do concreto das estacas no referido serviço. Impropriedades 6ª Medição Memória OAE 04 - Execução de Estacas A medição da execução das estacas escavadas da OAE 04 foi divida em três itens: 427 (cravação de camisa metálica em solo), 428 (execução de estaca escavada em material de segunda categoria) e 463 (execução da estaca escavada em material de rocha). Os valores médios medidos para as 3 primeiras estacas do bloco 4 foram 13,4 m em solo (item 427), 0 m em material de 2ª categoria (item 428) e 5,5 m em rocha (item 463). No entanto, a sondagem S8, representada no perfil geotécnico da Figura 31, apresenta 18 m de solo (areia, silte arenoso e areia siltosa), seguidos de 3 m de rocha gnáissica de recuperação nula (0%), portanto alterada. A Norma DNER-ES 280/97 define em seu item 3.3 Material de 2ª categoria - compreende os de resistência ao desmonte mecânico inferior à rocha não alterada.... Sendo assim, os 3 m de rocha gnáissica alterada da sondagem S10 se enquadram como material de 2ª categoria. Dessa forma, entendemos que os valores medidos através do item 463, cujo custo unitário é de R$ ,00, deveriam ser re-enquadrados no item 428, cujo custo unitário é de R$ 2.700,00. Memória OAE 04 e Memória OAE 05 Infra estrutura (blocos e encontros) Não foram apresentadas as memórias de cálculo dos itens 115, 118, 120 e 132. b) 11ª e 12ª visitas: Abrangência: 7ª a 9ª Medições As frentes de trabalho se concentram na execução das fundações da ponte estaiada que interligará a Ilha do Fundão à Ilha do Governador, das fundações da ponte sobre o canal do Cunha, das fundações do viaduto sobre a ponte nova do Galeão, das fundações do viaduto em arco estaiado sobre a av. Brasil, e das pistas na estrada do Galeão e av. Vinte de Janeiro. b.1) Execução Obras-de-Arte A execução do Viaduto sobre a Supervia OAE 1 está atrasada, de acordo com o cronograma físico-financeiro, o início dos serviços estava previsto para o mês de agosto, no entanto algumas indefinições de projeto ainda estão adiando seu começo.

7 b.1.1) Ponte Estaiada sobre a Baía de Guanabara e Viaduto sobre a ponte nova do Galeão - OAE 5 e 6 Os principais serviços em andamento são execução de estaca escavada em mar, concretagem de blocos de fundações, levantamento dos pilones e pilares, preparo das formas, armação das vigas de apoio dos pilares e concretagem das vigas pré-moldadas protendidas. Figuras 1 e 2 Apoio 3: Concretagem dos pilones e da viga de ligação. Figuras 3 e 4 Apoio 4: Concretagem dos pilones e da viga de ligação.

8 Figuras 5 e 6 Apoio 5: Execução dos pilares e viga de apoio. Figuras 7 e 8 Apoio 6: Execução dos pilares e viga de apoio. Figuras 9 e 10 Apoio 7: Execução dos pilares e viga de apoio.

9 Figuras 11 e 12 Apoio 8: Execução dos pilares e viga de apoio. Figuras 13 e 14 Apoio 9: Execução dos pilares e viga de apoio. Figuras 15 e 16 Apoio 10: Execução dos pilares e viga de apoio.

10 Figuras 17 e 18 Apoio 11: Execução de estacas escavadas. b.1.2) Ponte sobre o Canal do Cunha - OAE 4 Os principais serviços em andamento são concretagem de blocos de fundações, de pilares, das vigas pré-moldadas protendidas e colocação das vigas metálicas. Figuras 19 e 20 Apoio 1A: Colocação de vigas metálicas sobre o apoio.

11 Processo 40/3710/ ª visita 06/12/ ª visita 05/02/2013 Figuras 21 e 22 Apoio 1: Colocação de vigas metálicas sobre o apoio. 11ª visita 06/12/ ª visita 05/02/2013 Figuras 23 e 24 Apoios 2, 3 e 4: Colocação de vigas metálicas sobre os apoios. b.1.3) Viaduto sobre a Estrada do Galeão OAE 7 Os principais serviços em andamento são a execução de estaca escavada, blocos e armação dos pilares e encontro.

12 Processo 40/3710/ ª visita 06/12/ ª visita 05/02/2013 Figuras 25 e 26 Apoio 14: Execução de estacas escavadas, bloco de concreto e armação do pilar. 12ª visita 05/02/2013 Figuras 27 e 28 Apoios 11 e 12: Execução dos pilares. 12ª visita 05/02/2013 Figuras 29 e 30 Apoios 13 e 15: Execução dos blocos de fundação.

13 Processo 40/3710/ ª visita 05/02/2013 Figuras 31 e 32 Apoios 16 e 17: Execução dos blocos de fundação. 12ª visita 05/02/2013 Figura 33 Encontro 2: Execução da armação. b.1.4) Viaduto sobre a Av. Brasil em Arco Estaiado OAE 2 e 3 No que diz respeito ao viaduto em arco estaiado sobre a av. Brasil (OAE 2), o principal serviço em andamento é a execução de estaca escavada. Com relação aos viadutos de acesso (OAE 3), seu início estava previsto para julho, no entanto, ainda não foram iniciados os trabalhos. b.2) Execução Trecho B b.2.1) Av. Vinte de Janeiro Os principais serviços em andamento são execução de drenagem, faixa do BRT em pavimento rígido, passeio e alargamento de pista.

14 Figuras 34 e 35 Alargamento de pista, execução de faixa do BRT e passeio. b.2.2) Estrada do Galeão Os principais serviços em andamento são execução de drenagem e pavimentação. 11ª visita 06/12/2012 b.3) Execução Trecho A b.3.1) Av. dos Campeões Figura 36 Finalização da pista de veículos da Estrada do Galeão. Os principais serviços em andamento são execução de drenagem e pavimentação da faixa do BRT.

15 12ª visita 05/02/2013 Figuras 37 e 38 Execução da pista do BRT na Av. dos Campeões. b.4) Análise da 7ª Medição b.4.1) Memória Sinaliz. Prev/Educ Sinalização Preventiva e Educativa, Desvios de Obra Foram medidas, através do item 345, 183 placas de identificação na OAE 7, quantidade esta que consideramos excessiva. Lembramos que o serviço em questão (AD ) tem como objetivo em sua descrição a identificação da obra pública, o que não é compatível com placas como: Prefeitura (Um Rio mais Veloz) e Logotipo da Prefeitura. b.4.2) Memória Equip Equipamentos Solicitamos esclarecimentos a respeito da necessidade de utilização do item 148, caminhão de carroceria fixa com capacidade de 3,5 t (EQ ), a um custo mensal de R$ 4.665,84. b.5) Análise da 8ª Medição b.5.1) Memória Prospecções Prospecções e Verificação das Interferências Recomendamos que a medição de serviços de demolição de asfalto em áreas extensas, como as da rua lateral do Fundão (1.008,28 m2 e 764,52 m2 = 1.772,80 m2), seja realizada através de item com produtividade adequada à situação. O item 42 adotado, Demolição com equipamento de ar comprimido de pavimentação de concreto asfáltico (SC ), tem baixa produtividade e alto custo para grandes áreas. b.5.2) Memória Prospecções Prospecções e Verificação das Interferências O peso específico de 2,30 t/m 3, utilizado para o cálculo do peso de asfalto nos itens 27, 31 e 32 das 7ª e 8ª medições, está associado ao material compactado. Assim sendo, não cabe a adoção de fator de empolamento (1,43) que deverá ser retirado.

16 b.6) Análise da 9ª Medição b.6.1) Memória OAE 05 - Execução de Estacas O item 473 (IE ) - apoio náutico para as operações de construção de blocos de fundação para ponte estaiada é composto de uma série de equipamentos relacionados na Tabela 1. Tabela 1 Composição do item especial IE Descrição Unidade Quantidade Preço Unitário Preço Final Flutuante 400t mês 2 R$ ,24 R$ ,50 Flutuante 600t mês 1 R$ ,24 R$ ,25 Lancha leve mês 1 R$ ,64 R$ ,64 Balsa Guindaste 400t a 600t mês 1 R$ ,00 R$ ,00 Rebocador 300 HP mês 1 R$ ,00 R$ ,00 Lancha rápida mês 1 R$ ,00 R$ ,00 Este serviço foi medido no período de 19/04/2012 a 31/10/2012, no entanto, o equipamento Balsa Guindaste de 400t a 600t não consta de nossos registros fotográficos no referido período. Assim sendo, solicitamos que sejam encaminhadas as fotos correspondentes ao período da 3ª a 9ª medições. b.6.2) Memórias de mão de obra, equipamentos e consultoria Nas 7ª, 8ª e 9ª medições não estão discriminados: mão de obra (itens 392 a 420); equipamentos (itens 148 a 167); e consultoria (itens 288 a 309) nas respectivas memórias, fato que não vinha ocorrendo até a 6ª medição (inclusive). c) Conclusão Sugerimos que seja dada ciência ao Conselheiro Relator dos fatos apresentados com sugestão de envio de ofício em apartado, com fixação de prazo, se assim entender, com cópia do relatório da 11ª e 12ª visitas técnicas, visando à manifestação da SMO/CGO quanto ao apontado nos itens b.4, b.5 e b.6, permanecendo o presente no aguardo da 13ª visita técnica. 2ª IGE, 5 de abril de José Renato M. S. Oliveira Engenheiro Matrícula nº 40/ Maria Claudia Lameira Garcia Engenheira - Assessora Matrícula nº 40/

ACOMPANHAMENTO DAS OBRAS PÚBLICAS

ACOMPANHAMENTO DAS OBRAS PÚBLICAS ACOMPANHAMENTO DAS OBRAS PÚBLICAS Órgão / entidade SMO/CGO Data da 3ª visita 03/05/2011 Contrato selecionado Contrato nº 101/2010 Implantação do corredor exclusivo de BRT entre a Barra da Tijuca e Santa

Leia mais

ACOMPANHAMENTO DAS OBRAS PÚBLICAS

ACOMPANHAMENTO DAS OBRAS PÚBLICAS ACOMPANHAMENTO DAS OBRAS PÚBLICAS Órgão / entidade SMO/CGO Coordenadoria Geral de Obras Datas das 1ª e 2ª visitas 03/04/2012 e 03/05/2012 Contrato selecionado Contrato nº 117/2011 Implantação da Transcarioca

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA CÁLCULO DE HONORÁRIOS PROFISSIONAIS DE PROJETOS ESTRUTURAIS DE OBRAS DE ARTE EM CONCRETO ARMADO OU PROTENDIDO

INSTRUÇÕES PARA CÁLCULO DE HONORÁRIOS PROFISSIONAIS DE PROJETOS ESTRUTURAIS DE OBRAS DE ARTE EM CONCRETO ARMADO OU PROTENDIDO INSTRUÇÕES PARA CÁLCULO DE HONORÁRIOS PROFISSIONAIS DE PROJETOS ESTRUTURAIS DE OBRAS DE ARTE EM CONCRETO ARMADO OU PROTENDIDO Aprovada pelo Sr. Superintendente nos autos nº 97.024/DER/1962-5º Provº em

Leia mais

QUESTIONAMENTO 03 Vide Respostas abaixo

QUESTIONAMENTO 03 Vide Respostas abaixo QUESTIONAMENTO 03 Vide Respostas abaixo Seguem os pontos para os quais foram solicitados esclarecimentos: Referente ao CGC: 1) CGC item 1.13 Quanto ao item 1.13 do CGC, a alínea (a) informa que o CONTRATANTE

Leia mais

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES - MT DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRA-ESTRUTURA DE TRANSPORTES SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DO RIO GRANDE DO NORTE RODOVIA : BR-11/RN TRECHO : Av. Tomaz

Leia mais

Projeto para. Pavimentação de Calçamento. de Pedra Irregular. da Rua Cândida Correa Becker. dos Trechos Esquina Modesto Vargas. até Manoel Schumacker

Projeto para. Pavimentação de Calçamento. de Pedra Irregular. da Rua Cândida Correa Becker. dos Trechos Esquina Modesto Vargas. até Manoel Schumacker Projeto para Pavimentação de Calçamento de Pedra Irregular da Rua Cândida Correa Becker dos Trechos Esquina Modesto Vargas até Manoel Schumacker MONTE CARLO SC Janeiro de 2014 Proprietário: PREFEITURA

Leia mais

MUNÍCIPIO DE CONSELHEIRO LAFAIETE - MG SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS E MEIO AMBIENTE Administração 2.013/2.016 TERMO DE REFERENCIA

MUNÍCIPIO DE CONSELHEIRO LAFAIETE - MG SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS E MEIO AMBIENTE Administração 2.013/2.016 TERMO DE REFERENCIA MUNÍCIPIO DE CONSELHEIRO LAFAIETE - MG SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS E MEIO AMBIENTE Administração 2.013/2.016 TERMO DE REFERENCIA REFORMA E AMPLIAÇÃO DA ESCOLA MUNICIPAL PEDRO REZENDE DOS SANTOS 1 - OBJETO:

Leia mais

RELATÓRIO 3ª MEDIÇÃO

RELATÓRIO 3ª MEDIÇÃO RELATÓRIO 3ª MEDIÇÃO OBRA: EXECUÇÃO DE OBRA DE CONSTRUÇÃO DO IMÓVEL PARA A VARA DO TRABALHO DE PALMAS. CONTRATADA: BC CONSTRUTORA LTDA - EPP Considerando a instituição da Comissão de Recebimento e Fiscalização

Leia mais

Manutenção da Ponte Tocantins Estrada de Ferro Carajás / Km 724 + 806 - Marabá / PA

Manutenção da Ponte Tocantins Estrada de Ferro Carajás / Km 724 + 806 - Marabá / PA Manutenção da Ponte Tocantins Estrada de Ferro Carajás / Km 724 + 806 - Marabá / PA Introdução A Vale é a empresa que mais investe em logística no Brasil. Ao longo dos anos, temos trabalhado para aprimorar

Leia mais

REF.: Quesitação da Sociedade Empresária XXXXXXXXXXXXXXXXX, relativa ao Edital de Concorrência n.º 001/2015.

REF.: Quesitação da Sociedade Empresária XXXXXXXXXXXXXXXXX, relativa ao Edital de Concorrência n.º 001/2015. Rio de Janeiro, 27 de fevereiro de 2015. REF.: Quesitação da Sociedade Empresária XXXXXXXXXXXXXXXXX, relativa ao Edital de Concorrência n.º 001/2015. Este documento visa responder às solicitações formuladas

Leia mais

3º CADERNO DE PERGUNTAS E RESPOSTAS RDC PRESENCIAL Nº 04/2014

3º CADERNO DE PERGUNTAS E RESPOSTAS RDC PRESENCIAL Nº 04/2014 3º CADERNO DE PERGUNTAS E RESPOSTAS RDC PRESENCIAL Nº 04/2014 Cabe esclarecermos que todas as respostas foram disponibilizadas pela Superintendência de Licitações e Contratos SULIC/PRESI, após análise

Leia mais

NOTA DE ESCLARECIMENTO Nº 01

NOTA DE ESCLARECIMENTO Nº 01 NOTA DE ESCLARECIMENTO Nº 01 CONCORRÊNCIA PÚBLICA NACIONAL N o 20120001/SEINFRA/CCC OBJETO: LICITAÇÃO DO TIPO MENOR PREÇO PARA FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE TRANSPORTE DE MINÉRIOS (CORREIAS

Leia mais

ANÁLISE DO RECURSO INTERPOSTO NA FASE DE HABILITAÇÃO

ANÁLISE DO RECURSO INTERPOSTO NA FASE DE HABILITAÇÃO ANÁLISE DO RECURSO INTERPOSTO NA FASE DE HABILITAÇÃO CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 001/2010 PROCESSO LICITATÓRIO Nº 018/2010 OBJETO: Execução integral de obras e serviços de engenharia para a construção da sede

Leia mais

Graus de orçamento. Orçamento preliminar estimar os quantitativos de concreto, aço e fôrma do edifício abaixo:

Graus de orçamento. Orçamento preliminar estimar os quantitativos de concreto, aço e fôrma do edifício abaixo: Graus de orçamento Exercício da aula passada Orçamento preliminar Graus de orçamento Orçamento preliminar estimar os quantitativos de concreto, aço e fôrma do edifício abaixo: Área de 300 m² por pavimento

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO RELATÓRIO DE FISCALIZAÇÃO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO RELATÓRIO DE FISCALIZAÇÃO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO RELATÓRIO DE FISCALIZAÇÃO Ordem de Serviço: 201408083 Município/UF: Rio de Janeiro/RJ Órgão: MINISTERIO DO ESPORTE

Leia mais

1. Estudos Preliminares

1. Estudos Preliminares BRT - CORREDORES CAMPO GRANDE, OURO VERDE E PERIMETRAL ANEXO II.C - PLANILHA DE QUANTITATIVO Item Código/Fonte Descrição Unid. Form. Escalas Quant 1. Estudos Preliminares 1.1 Corredor Campo Grande 1.1.1

Leia mais

3º CADERNO DE PERGUNTAS E RESPOSTAS PREGÃO ELETRÔNICO Nº 10/2014

3º CADERNO DE PERGUNTAS E RESPOSTAS PREGÃO ELETRÔNICO Nº 10/2014 3º CADERNO DE PERGUNTAS E RESPOSTAS PREGÃO ELETRÔNICO Nº 10/2014 PERGUNTA 01: O ANEXO D.9 Saúde e Segurança (pag. 99) do ANEXO D SERVIÇOS RELATIVOS AO ATENDIMENTO AMBENTAL do ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

Leia mais

RELATÓRIO DE FISCALIZAÇÃO - SINTÉTICO

RELATÓRIO DE FISCALIZAÇÃO - SINTÉTICO RELATÓRIO DE FISCALIZAÇÃO - SINTÉTICO TC nº 009.211/2008-1 Fiscalização nº 65/2008 DA FISCALIZAÇÃO Modalidade: conformidade - levantamento Ato originário: Acórdão 461/2008 - Plenário Objeto da fiscalização:

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE: Faixa de Domínio, linhas físicas de telecomunicações, cabos metálicos e fibras ópticas.

PALAVRAS-CHAVE: Faixa de Domínio, linhas físicas de telecomunicações, cabos metálicos e fibras ópticas. fls. 1/6 ÓRGÃO: MANUAL: DIRETORIA DE ENGENHARIA ADMINISTRAÇÃO DA FAIXA DE DOMÍNIO Autorização para implantação de Linhas Físicas de Telecomunicações, com Cabos Metálicos e com Fibras Ópticas. PALAVRAS-CHAVE:

Leia mais

DER/PR ES-OA 06/05 OBRAS DE ARTE ESPECIAIS: ESCORAMENTOS

DER/PR ES-OA 06/05 OBRAS DE ARTE ESPECIAIS: ESCORAMENTOS DER/PR ES-OA 06/05 OBRAS DE ARTE ESPECIAIS: ESCORAMENTOS Departamento de Estradas de Rodagem do Estado do Paraná - DER/PR Avenida Iguaçu 420 CEP 80230 902 Curitiba Paraná Fone (41) 3304 8000 Fax (41) 3304

Leia mais

4. Se alguma empresa passar um centavo do preco unitario da utfpr, sera desclassificada?

4. Se alguma empresa passar um centavo do preco unitario da utfpr, sera desclassificada? 1. podem nos enviar a planilha em EXCEL, tendo em vista que utilizamos o desconto linear e fica mais facil. Voces enviaram sempre, dessa vez so veio em PDF, a qual nao da pra editar e tambem para respeitar

Leia mais

Vigas Pré-moldadas Protendidas de Pontes Ferroviárias com 36 metros de vão. Bernardo Zurli Barreira 1 Fernando Celso Uchôa Cavalcanti 2

Vigas Pré-moldadas Protendidas de Pontes Ferroviárias com 36 metros de vão. Bernardo Zurli Barreira 1 Fernando Celso Uchôa Cavalcanti 2 Vigas Pré-moldadas Protendidas de Pontes Ferroviárias com 36 metros de vão Bernardo Zurli Barreira 1 Fernando Celso Uchôa Cavalcanti 2 1 Beton Stahl Engenharia Ltda / bernardo@betonstahl.com.br 2 Escola

Leia mais

Plano Especial de Auditoria de Obras 2002 Relatório ainda não Apreciado pelo TCU

Plano Especial de Auditoria de Obras 2002 Relatório ainda não Apreciado pelo TCU Plano Especial de Auditoria de Obras 2002 Relatório ainda não Apreciado pelo TCU Caracterização da obra Ano orçamento: 2002 UF: MG Nome do programa de trabalho: Adequação de Contornos Rodoviários no Corredor

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO CAMARA DE VEREADORES DE ABELARDO LUZ - SC 1.- GENERALIDADES 1.1.- OBJETO

MEMORIAL DESCRITIVO CAMARA DE VEREADORES DE ABELARDO LUZ - SC 1.- GENERALIDADES 1.1.- OBJETO CAMARA DE VEREADORES DE ABELARDO LUZ - SC MEMORIAL DESCRITIVO 1.- GENERALIDADES 1.1.- OBJETO O presente Memorial Descritivo tem por finalidade estabelecer as condições que orientarão os serviços de construção,

Leia mais

ÓRGÃO LICITANTE: DER/MG EDITAL: CP nº 022/2013

ÓRGÃO LICITANTE: DER/MG EDITAL: CP nº 022/2013 14/03/2013 - EDIÇÃO Nº 042- PÁG. 1/5 ÓRGÃO LICITANTE: DER/MG EDITAL: CP nº 022/2013 menor preço, para serviços de recuperação e manutenção rodoviária, Programa PROMG, de acordo com o Termo de referência,

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DE SERVIÇO

ESPECIFICAÇÃO DE SERVIÇO ESPECIFICAÇÃO DE SERVIÇO TUBULÕES A AR COMPRIMIDO Grupo de Serviço OBRAS D ARTE ESPECIAIS Código DERBA-ES-OAE-07/01 1. OBJETIVO Esta especificação de serviço define os critérios que orientam a cravação

Leia mais

ASC. Prof. Danilo Toledo Ramos

ASC. Prof. Danilo Toledo Ramos ASC Prof. Danilo Toledo Ramos Fundações Profundas (Indiretas) Segundo a NBR 6122/1996: Elementos de fundação que transmitem a carga ao terreno pela base (resistência de ponta), por sua superfície lateral

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE ÁGUA E ESGOTOS

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE ÁGUA E ESGOTOS SUMÁRIO 1 Objetivo e campo de aplicação...2 2 Referências...2 3 Definições...2 4 Condições para início dos serviços...2 5 Materiais e equipamentos necessários...3 6 Métodos e procedimentos de execução...3

Leia mais

RESPOSTA AOS PEDIDOS DE ESCLARECIMENTO

RESPOSTA AOS PEDIDOS DE ESCLARECIMENTO Referência: PA Nº 4419AD/2015 CONCORRÊNCIA Nº 03/2015 Interessado: Procuradoria-Geral de Justiça do Maranhão Assunto: Parecer acerca de esclarecimentos ao Edital da Concorrência nº 03/2015 Objeto: A presente

Leia mais

Robinson Bonato. Resumo. Experiência

Robinson Bonato. Resumo. Experiência Robinson Bonato Engenheiro Civil Sênior Engenharia Construção Projetos Gestão de Equipe Em Transição de Carreira. rjbonato15@gmail.com Resumo Engenheiro Civil. Graduado em Engenharia Civil pela UNIVAP-

Leia mais

DINOP / CENOP LOGÍSTICA CURITIBA (PR)

DINOP / CENOP LOGÍSTICA CURITIBA (PR) Curitiba, 16 de Janeiro de 2015 ESCLARECIMENTO N.º 05 TOMADA DE PREÇOS 2014/14641(7419) - Contratação de reforma, sem ampliação, de agência incorporada, Agência Itajaí/Besc (SC), para adequação de ambiência.

Leia mais

Terrazas do Atlântico Av. Atlântica, 1726 Cavaleiros

Terrazas do Atlântico Av. Atlântica, 1726 Cavaleiros [IDEA] 1 Este é um breve relatório do andamento das nossas obras, que pretendemos enviar com menor periodicidade, para manter uma posição mais atualizada das nossas operações. Terrazas do Atlântico Av.

Leia mais

ELABORAÇÃO DE PLANILHAS DE ORÇAMENTOS DE OBRAS COM O NOVO SINAPI

ELABORAÇÃO DE PLANILHAS DE ORÇAMENTOS DE OBRAS COM O NOVO SINAPI CURSO DE CAPACITAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO ELABORAÇÃO DE PLANILHAS DE ORÇAMENTOS DE OBRAS COM O NOVO SINAPI Carga Horária: 16 horas/atividade Horário: 8h30 às 18h (com intervalo para almoço) Brasília, 16 e

Leia mais

SECRETARIA ESPECIAL DE PORTOS COMPANHIA DAS DOCAS DO ESTADO DA BAHIA

SECRETARIA ESPECIAL DE PORTOS COMPANHIA DAS DOCAS DO ESTADO DA BAHIA CADERNO DE ENCARGOS E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS REFERENTE À CONSTRUÇÃO DE MURO NA ÁREA DE LIMITE DA TAM - TERMI- NAL DE ÁGUA DE MENINOS E ANTIGA CONTE- NOR NO PORTO ORGANIZADO DE SALVADOR- BA. COORDENAÇÃO

Leia mais

Duplicação BR-101 Sul - Santa Catarina

Duplicação BR-101 Sul - Santa Catarina DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES Duplicação BR-101 Sul - Santa Catarina (Palhoça Passo de Torres/Divisa SC-RS) Relatório de andamento de obras Junho 2013 Fase 1 Obras contratadas

Leia mais

ESCLARECIMENTO VIII. Em resposta ao questionamento formulado por empresa interessada em participar da licitação em referência, informamos o que segue:

ESCLARECIMENTO VIII. Em resposta ao questionamento formulado por empresa interessada em participar da licitação em referência, informamos o que segue: MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA EXECUTIVA SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO CONCORRÊNCIA N 1/2011 ESCLARECIMENTO VIII Brasília, 20 de abril de 2011. AOS INTERESSADOS

Leia mais

RELATÓRIO: 01-9013 OBRA: MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO LOCAL: ESPINHEIRO RECIFE/PE CLIENTE: POLICONSULT DATA: JULHO DE 2013

RELATÓRIO: 01-9013 OBRA: MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO LOCAL: ESPINHEIRO RECIFE/PE CLIENTE: POLICONSULT DATA: JULHO DE 2013 RELATÓRIO: 01-9013 OBRA: MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO LOCAL: ESPINHEIRO RECIFE/PE CLIENTE: POLICONSULT DATA: JULHO DE 2013 APRESENTAÇÃO A POLICONSULT Associação Politécnica de Consultoria apresenta o

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO Nº. 14/2010. RESPOSTA À IMPUGNAÇÃO FEITA PELA EMPRESA CENTAURUS VIGILÂNCIA E SEGURANÇA LTDA, CONFORME ESCLARECIMENTOS A SEGUIR:

PREGÃO ELETRÔNICO Nº. 14/2010. RESPOSTA À IMPUGNAÇÃO FEITA PELA EMPRESA CENTAURUS VIGILÂNCIA E SEGURANÇA LTDA, CONFORME ESCLARECIMENTOS A SEGUIR: CIRCULAR N º 04/2010. PREGÃO ELETRÔNICO Nº. 14/2010. OBJETO: Contratação de serviços de vigilância/segurança patrimonial, nos postos fixados pela CONTRATANTE, envolvendo a alocação, pela Contratada, de

Leia mais

RDC PRESENCIAL 2014/07383 (4905) Respostas aos Questionamentos 18 a 21.

RDC PRESENCIAL 2014/07383 (4905) Respostas aos Questionamentos 18 a 21. RDC PRESENCIAL 2014/07383 (4905) Respostas aos Questionamentos 18 a 21. Questionamento 18: Nos itens lógicos tipo Patch Panel, organizador de cabo, régua de tomada e outros como no projeto de cabeamento

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO Ofício nº 138/2003/CPL/SAA/SE/MEC Brasília, 04 de dezembro de 2003. REFERÊNCIA: Tomada de Preços nº 01/2003

Leia mais

DEPARTAMENTO DE ÁGUA E ESGOTO DE BAGÉ DEPARTAMENTO DE PROJETOS MEMORIAL DESCRITIVO

DEPARTAMENTO DE ÁGUA E ESGOTO DE BAGÉ DEPARTAMENTO DE PROJETOS MEMORIAL DESCRITIVO DEPARTAMENTO DE ÁGUA E ESGOTO DE BAGÉ DEPARTAMENTO DE PROJETOS MEMORIAL DESCRITIVO REPAVIMENTAÇÃO EM PAVIMENTOS COM PEDRA IRREGULAR, PARALELEPÍPEDO, BLOCOS DE CONCRETO E CBUQ. 2015 APRESENTAÇÃO Trata o

Leia mais

ESTADO DO MARANHÃO GOVERNADORIA COMISSÃO CENTRAL PERMANENTE DE LICITAÇÃO CCL ESCLARECIMENTO REF.: CONCORRÊNCIA Nº 008/2015 CCL/MA

ESTADO DO MARANHÃO GOVERNADORIA COMISSÃO CENTRAL PERMANENTE DE LICITAÇÃO CCL ESCLARECIMENTO REF.: CONCORRÊNCIA Nº 008/2015 CCL/MA ESCLARECIMENTO REF.: CONCORRÊNCIA Nº 008/2015 CCL/MA PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 53389/2015 CAEMA REFERÊNCIA Pedido de Esclarecimento ao Edital da Concorrência nº. 008/2015, o qual tem por objeto a contratação

Leia mais

OTIMIZAÇÃO DE VIGAS CONSIDERANDO ESTADOS LIMITES ÚLTIMOS, DE UTILIZAÇÃO E DISPOSIÇÕES CONSTRUTIVAS

OTIMIZAÇÃO DE VIGAS CONSIDERANDO ESTADOS LIMITES ÚLTIMOS, DE UTILIZAÇÃO E DISPOSIÇÕES CONSTRUTIVAS OTIMIZAÇÃO DE VIGAS CONSIDERANDO ESTADOS LIMITES ÚLTIMOS, DE UTILIZAÇÃO E DISPOSIÇÕES CONSTRUTIVAS Eng. Civil Leonardo Roncetti da Silva, TECHCON Engenharia e Consultoria Ltda. Resumo Estuda-se a otimização

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE ESTRUTURA PRÉ-FABRICADA NA ESPLANADA DO CONDOMÍNIO DE EDIFÍCIOS HEMISPHERE 360º AQUILES GADELHA PONTE T&A PRÉ-FABRICADOS S/A 19/11/2014

UTILIZAÇÃO DE ESTRUTURA PRÉ-FABRICADA NA ESPLANADA DO CONDOMÍNIO DE EDIFÍCIOS HEMISPHERE 360º AQUILES GADELHA PONTE T&A PRÉ-FABRICADOS S/A 19/11/2014 UTILIZAÇÃO DE ESTRUTURA PRÉ-FABRICADA NA ESPLANADA DO CONDOMÍNIO DE EDIFÍCIOS HEMISPHERE 360º AQUILES GADELHA PONTE T&A PRÉ-FABRICADOS S/A 19/11/2014 DADOS DO EMPREENDIMENTO CONSTRUÇÃO E INCORPORAÇÃO:

Leia mais

3 - MESA DIRETORA: MAURO RICARDO MACHADO COSTA - Presidente LUIZ PAULO RIBEIRO DA COSTA - Secretário

3 - MESA DIRETORA: MAURO RICARDO MACHADO COSTA - Presidente LUIZ PAULO RIBEIRO DA COSTA - Secretário COMPANHIA DE SANEAMENTO DO PARANÁ SANEPAR COMPANHIA ABERTA REGISTRO CVM 01862-7 CNPJ/MF 76.484.013/0001-45 ATA DA 5ª/2015 REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO SUMÁRIO 1 - DATA, HORA E LOCAL

Leia mais

MANUAL DO EXPOSITOR CRONOGRAMA DATA DIA AÇÃO INÍCIO TÉRMINO. Início da montagem montadora oficial (demarcação do piso do pavilhão)

MANUAL DO EXPOSITOR CRONOGRAMA DATA DIA AÇÃO INÍCIO TÉRMINO. Início da montagem montadora oficial (demarcação do piso do pavilhão) 13 e 14 de Maio de 2016. Curitiba-PR MANUAL DO EXPOSITOR Realização e organização: Editora Plena Rua Janiópolis, 245 83035-100 São José dos Pinhais PR Telefone: 41-3081-4052 Contato: Beatriz Muniz Richter

Leia mais

TRABALHO DE GESTÃO DE REVESTIMENTOS

TRABALHO DE GESTÃO DE REVESTIMENTOS TRABALHO DE GESTÃO DE REVESTIMENTOS TEMA Ensaio de aderência de revestimentos de argamassa, gesso e cerâmica. OBJETIVO Analisar o grau de aderência dos revestimentos utilizados, em relação à norma técnica

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DE PAVIMENTAÇÃO ASFÁLTICA C.B.U.Q.

MEMORIAL DESCRITIVO DE PAVIMENTAÇÃO ASFÁLTICA C.B.U.Q. MEMORIAL DESCRITIVO DE PAVIMENTAÇÃO ASFÁLTICA C.B.U.Q. Inter.: PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE CATANDUVA. 1. PESQUISA: Os logradouros contemplados com a pavimentação asfáltica deverão ser objeto de análise

Leia mais

VALEC: Desenvolvimento Sustentável do Brasil 4º CADERNO DE PERGUNTAS E RESPOSTAS CONCORRÊNCIA Nº 004/2010

VALEC: Desenvolvimento Sustentável do Brasil 4º CADERNO DE PERGUNTAS E RESPOSTAS CONCORRÊNCIA Nº 004/2010 4º CADERNO DE PERGUNTAS E RESPOSTAS CONCORRÊNCIA Nº 004/2010 01) Nas obras de arte especial (pontes e viadutos) as planilhas de serviços e quantidades não contemplam lançamentos de vigas. Em qual item

Leia mais

PRESCRIÇÕES PARA ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE SONDAGEM MISTA E PROJETO DE DESMONTE DE ROCHAS - ESPECIFICAÇÕES GERAIS

PRESCRIÇÕES PARA ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE SONDAGEM MISTA E PROJETO DE DESMONTE DE ROCHAS - ESPECIFICAÇÕES GERAIS PRESCRIÇÕES PARA ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE SONDAGEM MISTA E PROJETO DE DESMONTE DE - ESPECIFICAÇÕES GERAIS Revisão n.º 1 2 3 4 5 7 Data 18/03/11 Responsável Heber 1/14 INDICE 1. OBJETIVO... 3 2. ELEMENTOS

Leia mais

SAM BLOCO F EDIFÍCIO SEDE BRASÍLIA DF CEP 70.620-000 E-MAIL: terracap@terracap.df.gov.br Internet : www.terracap.df.gov.br

SAM BLOCO F EDIFÍCIO SEDE BRASÍLIA DF CEP 70.620-000 E-MAIL: terracap@terracap.df.gov.br Internet : www.terracap.df.gov.br SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO URBANO E HABITAÇÃO SEDUH COMPANHIA IMOBILIÁRIA DE BRASÍLIA TERRACAP DIRETORIA TÉCNICA E DE FISCALIZAÇÃO DITEC GERÊNCIA DE ENGENHARIA - GEREN TERMO DE REFERÊNCIA PARA SUBSIDIAR

Leia mais

SISTEMA DE TRATAMENTO DE ÁGUA DE LAVAGEM DE FILTROS E LODO DE ETA DO MUNICÍPIO DE ITAPIRA-SP PLANILHA ORÇAMENTÁRIA

SISTEMA DE TRATAMENTO DE ÁGUA DE LAVAGEM DE FILTROS E LODO DE ETA DO MUNICÍPIO DE ITAPIRA-SP PLANILHA ORÇAMENTÁRIA ITEM INSTITUIÇÃO VALOR VALOR UN. VALOR DESCRIÇÃO UNID QUANT CÓDIGO (UNITÁRIO) BDI 25% TOTAL Sistema de Recuperação de Águas de Lavagem dos Filtros e Sedimentabilidade dos Sólidos - ALVENARIA 1 SERVIÇOS

Leia mais

FTST Formação Técnica em Segurança do Trabalho. Módulo de Portuária e Construção Civil AULA 1 Prof.ª Marivaldo Oliveira

FTST Formação Técnica em Segurança do Trabalho. Módulo de Portuária e Construção Civil AULA 1 Prof.ª Marivaldo Oliveira FTST Formação Técnica em Segurança do Trabalho Módulo de Portuária e Construção Civil AULA 1 Prof.ª Marivaldo Oliveira COMPETÊNCIAS QUE TRABALHAREMOS NESTE MÓDULO Desenvolver e aplicar os conceitos de

Leia mais

UTILIZAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM COMO ELEMENTO DE SEPARAÇÃO E REFORÇO EM MURO DE GABIÃO NA OBRA LINHA VERMELHA FASE I SÃO CRISTOVÃO ILHA DO GOVERNADOR

UTILIZAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM COMO ELEMENTO DE SEPARAÇÃO E REFORÇO EM MURO DE GABIÃO NA OBRA LINHA VERMELHA FASE I SÃO CRISTOVÃO ILHA DO GOVERNADOR UTILIZAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM COMO ELEMENTO DE SEPARAÇÃO E REFORÇO EM MURO DE GABIÃO NA OBRA LINHA VERMELHA FASE I SÃO CRISTOVÃO ILHA DO GOVERNADOR Autor: Departamento Técnico - Atividade Bidim Colaboração:

Leia mais

ANEXO 1 TERMO DE REFERÊNCIA Fornecimento e instalação de válvulas redutoras de pressão

ANEXO 1 TERMO DE REFERÊNCIA Fornecimento e instalação de válvulas redutoras de pressão 1 OBJETO: ANEXO 1 TERMO DE REFERÊNCIA Fornecimento e instalação de válvulas redutoras de pressão 1.1 Contratação de empresa de engenharia para fornecimento e instalação de válvulas redutoras de pressão

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA A EXECUÇÃO DE UM MURO EM CONCRETO ARMADO, NO CANTEIRO CENTRAL DA RUA ÁLVARO ALVIN.

TERMO DE REFERÊNCIA PARA A EXECUÇÃO DE UM MURO EM CONCRETO ARMADO, NO CANTEIRO CENTRAL DA RUA ÁLVARO ALVIN. TERMO DE REFERÊNCIA PARA A EXECUÇÃO DE UM MURO EM CONCRETO ARMADO, NO CANTEIRO CENTRAL DA RUA ÁLVARO ALVIN. ANEXO XII - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 1- GENERALIDADES 1.1- Trata a presente Licitação na execução

Leia mais

MEMORIAIS, ESPECIFICAÇÕES E PLANILHA ORÇAMENTÁRIA PARA O PREÇO TOTAL DE ELABORAÇÃO DE PROJETO EXECUTIVO

MEMORIAIS, ESPECIFICAÇÕES E PLANILHA ORÇAMENTÁRIA PARA O PREÇO TOTAL DE ELABORAÇÃO DE PROJETO EXECUTIVO MEMORIAIS, ESPECIFICAÇÕES E PLANILHA ORÇAMENTÁRIA PARA O PREÇO TOTAL DE ELABORAÇÃO DE PROJETO EXECUTIVO Í N D I C E APRESENTAÇÃO JUSTIFICATIVA OBJETIVOS METAS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PLANILHA ORÇAMENTÁRIA

Leia mais

COMISSÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL Parecer nº 532/2015 Processo UERGS nº 1.423/19.50/14.4

COMISSÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL Parecer nº 532/2015 Processo UERGS nº 1.423/19.50/14.4 COMISSÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL Parecer nº 532/2015 Processo UERGS nº 1.423/19.50/14.4 RELATÓRIO Reconhece por 5 anos o Curso Superior de Tecnologia em Agroindústria, desenvolvido na Unidade

Leia mais

CRONOGRAMA FÍSICO-FINANCEIRO

CRONOGRAMA FÍSICO-FINANCEIRO CLIENTE: PREFEITURA MUNICIPAL DE FRAIBURGO OBRA: 04 SAPATAS PRÉ-MOLDADAS PARA POSTES DE ILUMINAÇÃO DE ESTÁDIO LOCAL: ESTÁDIO MACIEIRÃO EDIR PRESTES VALI / FRAIBURGO-SC ITEM DESCRIÇÃO PERÍODO 0-15 DIAS

Leia mais

Sistema de Gestão de Segurança e Saúde Ocupacional Identificação: PROSHISET 04. Procedimento para Plataformas e Telas (apara-lixo de proteção)

Sistema de Gestão de Segurança e Saúde Ocupacional Identificação: PROSHISET 04. Procedimento para Plataformas e Telas (apara-lixo de proteção) Revisão: 00 Folha: 1 de 10 1. Objetivo Assegurar que todos os canteiros de obras efetuem a montagem das plataformas e a colocação da tela de proteção de acordo com a as especificações da NR -18 2. Documentos

Leia mais

O TCU e a Copa de 2014

O TCU e a Copa de 2014 O TCU e a Copa de 2014 Presidente: Benjamin Zymler Ministro Relator: Valmir Campelo Copa 2014: Objetos de Fiscalização do TCU Gestão da Copa pelo Min. Esporte Atuação dos demais Ministérios Aplicação de

Leia mais

Departamento de Estradas e Rodagem de Minas Gerais

Departamento de Estradas e Rodagem de Minas Gerais Departamento de Estradas e Rodagem de Minas Gerais Diretoria de Infra-Estrutura Manual de Fiscalização de Obras e Vias Rurais Rodovia: Contrato: Lista de Verificação das Principais Atividades do Eng. Fiscal

Leia mais

Obras Marítimas e Fluviais

Obras Marítimas e Fluviais Obras Marítimas e Fluviais 1 Costa Fortuna Fundações e Construções A Costa Fortuna Fundações e Construções Ltda opera no mercado de fundações e contenções e tem por filosofia o desenvolvimento empresarial

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO TERRAPLENAGEM REMOÇÃO DE CAMADA SUPERFICIAL (0,20 M)

MEMORIAL DESCRITIVO TERRAPLENAGEM REMOÇÃO DE CAMADA SUPERFICIAL (0,20 M) MEMORIAL DESCRITIVO É OBRIGATÓRIA A APRESENTAÇÃO DE LAUDO TÉCNICO DE CONTROLE TECNOLÓGICO E OS RESULTADOS DOS ENSAIOS REALIZADOS EM CADA ETAPA DOS SERVIÇOS, CONFORME EXIGÊNCIAS DO DNIT Departamento Nacional

Leia mais

NOTA DE ESCLARECIMENTO Nº 02 CONCORRÊNCIA PÚBLICA NACIONAL Nº 20130012/CIDADES/CCC

NOTA DE ESCLARECIMENTO Nº 02 CONCORRÊNCIA PÚBLICA NACIONAL Nº 20130012/CIDADES/CCC NOTA DE ESCLARECIMENTO Nº 02 CONCORRÊNCIA PÚBLICA NACIONAL Nº 20130012/CIDADES/CCC OBJETO: LICITAÇÃO DO TIPO TÉCNICA E PREÇO PARA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA ELABORAÇÃO DO PLANO URBANÍSTICO

Leia mais

CIRCULAR 20/2012 Brasília, 23 de julho de 2012.

CIRCULAR 20/2012 Brasília, 23 de julho de 2012. CIRCULAR 20/2012 Brasília, 23 de julho de 2012. Prezados Senhores, Em atenção ao pedido de esclarecimento formulado por licitantes ao Pregão Eletrônico nº 05/2012, informamos o que se segue: QUESTIONAMENTO

Leia mais

Governo do Estado do Rio Grande do Sul Secretaria do Turismo, Esporte e do Lazer Fundação de Esporte e Lazer do Rio Grande do Sul - FUNDERGS

Governo do Estado do Rio Grande do Sul Secretaria do Turismo, Esporte e do Lazer Fundação de Esporte e Lazer do Rio Grande do Sul - FUNDERGS EDITAL Nº 03/2015 PEQUENAS OBRAS E REFORMAS EM GINÁSIOS ESPORTIVOS, CANCHAS, QUADRAS ESPORTIVAS, ESTÁDIOS, CAMPOS DE FUTEBOL E OUTROS ESPAÇOS DESTINADOS À PRÁTICA DE ESPORTES E AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS

Leia mais

Relatório Sintético do Levantamento de Auditoria/ 2004

Relatório Sintético do Levantamento de Auditoria/ 2004 Relatório Sintético do Levantamento de Auditoria/ 2004 IDENTIFICAÇÃO DA OBRA Caracterização da obra Processo: 6094/2004-7 Ano Orçamento: 2004 UF: RO Nome do PT: Adequação de Trechos Rodoviários na BR-364

Leia mais

PROJETO BÁSICO DE ENGENHARIA

PROJETO BÁSICO DE ENGENHARIA ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE FONTOURA XAVIER SECRETARIA DO PLANEJAMENTO LOCAL: AVENIDA 25 DE ABRIL ASSUNTO: PROJETO DE CAPEAMENTO ASFÁLTICO ÁREA TOTAL: 4.935,75 m² PROJETO BÁSICO

Leia mais

PRIDE IPIRANGA RELATÓRIO DE ANDAMENTO DA OBRA PERÍODO NOVEMBRO E DEZEMBRO DE 2015

PRIDE IPIRANGA RELATÓRIO DE ANDAMENTO DA OBRA PERÍODO NOVEMBRO E DEZEMBRO DE 2015 RELATÓRIO DE ANDAMENTO DA OBRA PERÍODO NOVEMBRO E DEZEMBRO DE 2015 Andamento das Obras Civis Serviços concluídos até 15/12/15: Projetos executivos; Laudo de vizinhança relatório preventivo para minimizar

Leia mais

2. Sistema de fôrmas plásticas para lajes

2. Sistema de fôrmas plásticas para lajes Sistema de fôrmas plásticas para lajes de concreto JOAQUIM ANTÔNIO CARACAS NOGUEIRA Diretor de Engenharia VALTER DE OLIVEIRA BASTOS FILHO Engenheiro Civil CARLOS ALBERTO IBIAPINA E SILVA FILHO Engenheiro

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA VISANDO CONTRATAÇÃO DE SERVIÇO DE SONDAGEM, ELABORAÇÃO DO PROJETO DE FUNDAÇÃO E DO PROJETO IMPLANTAÇÃO DO CENTRO DE INICIAÇÃO AO

TERMO DE REFERÊNCIA VISANDO CONTRATAÇÃO DE SERVIÇO DE SONDAGEM, ELABORAÇÃO DO PROJETO DE FUNDAÇÃO E DO PROJETO IMPLANTAÇÃO DO CENTRO DE INICIAÇÃO AO TERMO DE REFERÊNCIA VISANDO CONTRATAÇÃO DE SERVIÇO DE SONDAGEM, ELABORAÇÃO DO PROJETO DE FUNDAÇÃO E DO PROJETO IMPLANTAÇÃO DO CENTRO DE INICIAÇÃO AO ESPORTE CIE -TIPOLOGIA M3R40 1 SIGLAS E DEFINIÇÕES ABNT

Leia mais

EDITAL FAPERGS/CAPES 013/2012 CIÊNCIAS, MATEMÁTICA E HUMANIDADES CMH PROGRAMA DE BOLSAS DE MESTRADO NAS ÁREAS DE ENSINO DE

EDITAL FAPERGS/CAPES 013/2012 CIÊNCIAS, MATEMÁTICA E HUMANIDADES CMH PROGRAMA DE BOLSAS DE MESTRADO NAS ÁREAS DE ENSINO DE EDITAL FAPERGS/CAPES 013/2012 PROGRAMA DE BOLSAS DE MESTRADO NAS ÁREAS DE ENSINO DE CIÊNCIAS, MATEMÁTICA E HUMANIDADES CMH A FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL FAPERGS e em parceria

Leia mais

RELATÓRIO TÉCNICO ARGOPAR PARTICIPAÇÔES LTDA FUNDAÇÕES ITABORAÍ SHOPPING ITABORAÍ - RJ ÍNDICE DE REVISÕES

RELATÓRIO TÉCNICO ARGOPAR PARTICIPAÇÔES LTDA FUNDAÇÕES ITABORAÍ SHOPPING ITABORAÍ - RJ ÍNDICE DE REVISÕES CLIENTE: FOLHA 1 de 17 PROGRAMA: FUNDAÇÕES AREA: ITABORAÍ SHOPPING ITABORAÍ - RJ RESP: SILIO LIMA CREA: 2146/D-RJ Nº GEOINFRA ÍNDICE DE REVISÕES REV DESCRIÇÃO E / OU FOLHAS ATINGIDAS Emissão inicial DATA

Leia mais

ESTADO DO MARANHÃO GOVERNADORIA COMISSÃO CENTRAL PERMANENTE DE LICITAÇÃO CCL ESCLARECIMENTO REF.: CONCORRÊNCIA Nº 008/2015 CCL/MA

ESTADO DO MARANHÃO GOVERNADORIA COMISSÃO CENTRAL PERMANENTE DE LICITAÇÃO CCL ESCLARECIMENTO REF.: CONCORRÊNCIA Nº 008/2015 CCL/MA ESCLARECIMENTO REF.: CONCORRÊNCIA Nº 008/2015 CCL/MA PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 53389/2015 CAEMA REFERÊNCIA Pedido de Esclarecimento ao Edital da Concorrência nº. 008/2015, o qual tem por objeto a contratação

Leia mais

TUXON SOLUÇÕES EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO LTDA ME

TUXON SOLUÇÕES EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO LTDA ME ILUSTRÍSSIMO SENHOR PREGOEIRO MARCOS RODRIGO LIMA DO NASCIMENTO GOMES DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 04/2015 DO MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 04/2014 TUXON SOLUÇÕES EM TECNOLOGIA

Leia mais

Rev Modificação Data Projetista Desenhista Aprovo. Sítio. Área do sítio

Rev Modificação Data Projetista Desenhista Aprovo. Sítio. Área do sítio OBJETO: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE ENGENHARIA PARA RECUPERAÇÃO DE CERCA OPERACIONAL, IMPLANTAÇÃO DA CERCA DE SERVIDÃO, COMPLEMENTAÇÃO DA CERCA PATRIMONIAL E SERVIÇOS COMPLEMENTARES

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL Processo: E-08/005.017/2009 Data: 10/07/2009 Rubrica: Fls.

SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL Processo: E-08/005.017/2009 Data: 10/07/2009 Rubrica: Fls. Trata-se de impugnações apresentadas pelas sociedades empresárias ECCO ENGENHARIA CLINICA CONSULTORIA LTDA, INNOVAMED MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS MÉDICOS LTDA ME, MEDSYSTEM COMÉRCIO, MANUTENÇÃO E SERVIÇOS

Leia mais

ESTADO DO PARÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE AUGUSTO CORRÊA C.N.P.J. 04.873.600/0001-15 PRAÇA SÃO MIGUEL Nº 60 CEP: 68610-000. Assunto:

ESTADO DO PARÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE AUGUSTO CORRÊA C.N.P.J. 04.873.600/0001-15 PRAÇA SÃO MIGUEL Nº 60 CEP: 68610-000. Assunto: Assunto: MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PARA EXECUÇÃO DE PONTE EM CONCRETO ARMADO DE ACESSO A VILA DE PERIMIRIM EM AUGUSTO CORRÊA/PA. 1 MEMORIAL DESCRITIVO OBSERVAÇÕES GERAIS / LOCALIZAÇÃO

Leia mais

A sociedade GHS Industria e Serviços Ltda. apresentou impugnação datada de 8 de agosto de 2012 ao Edital do Pregão Eletrônico n. 63/2012.

A sociedade GHS Industria e Serviços Ltda. apresentou impugnação datada de 8 de agosto de 2012 ao Edital do Pregão Eletrônico n. 63/2012. Decisão de Pregoeiro n 0010/2012-SLC/ANEEL Em 10 de agosto de 2012. Processo n.: 48500.003482/2012-97 Licitação: Pregão Eletrônico n. 63/2012 Assunto: Análise da IMPUGNAÇÃO AO EDITAL apresentada pela empresa

Leia mais

Plano Especial de Auditoria de Obras 2002 Relatório Sintético

Plano Especial de Auditoria de Obras 2002 Relatório Sintético Plano Especial de Auditoria de Obras 2002 Relatório Sintético Caracterização da obra Ano orçamento: 2002 UF: GO Nome do programa de trabalho: Construção de Trechos Rodoviários no Corredor Araguaia-Tocantins

Leia mais

0 Emitido para informação 12/03/2012 Eduardo M. Gustavo R. Cleber N. REV Descrição Data Exec. Conf. Aprov.

0 Emitido para informação 12/03/2012 Eduardo M. Gustavo R. Cleber N. REV Descrição Data Exec. Conf. Aprov. 0 Emitido para informação 12/03/2012 Eduardo M. Gustavo R. Cleber N. REV Descrição Data Exec. Conf. Aprov. EXEC. Eduardo M. CONF. Gustavo R. APROV. Cleber N. DATA 12/03/2012 DATA 12/03/2012 DATA 12/03/2012

Leia mais

QUESTIONAMENTO Nº 02 A empresa Serveng Engenharia solicita os seguintes esclarecimentos:

QUESTIONAMENTO Nº 02 A empresa Serveng Engenharia solicita os seguintes esclarecimentos: COMPANHIA DOCAS DE SÃO SEBASTIÃO CNPJ 09.062.893/0001-74 CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 05/2012 PROCESSO Nº 041/12 NOTA DE ESCLARECIMENTOS Nº 5 QUESTIONAMENTO Nº 01 A empresa Ster Engenharia Ltda, através de

Leia mais

RELATÓRIO DE AUDITORIA INTERNA Nº 03/2009 SERVIÇOS TERCEIRIZADOS

RELATÓRIO DE AUDITORIA INTERNA Nº 03/2009 SERVIÇOS TERCEIRIZADOS RELATÓRIO DE AUDITORIA INTERNA Nº 03/2009 SERVIÇOS TERCEIRIZADOS I. Dos Procedimentos: Visando dar cumprimento ao item de número 05 do PAINT/2009, devidamente aprovado pelo Conselho Superior desta Instituição,

Leia mais

INSTITUTO BRASILEIRO DE GOVERNANÇA CORPORATIVA CNPJ nº 01.082.331/0001-80

INSTITUTO BRASILEIRO DE GOVERNANÇA CORPORATIVA CNPJ nº 01.082.331/0001-80 INSTITUTO BRASILEIRO DE GOVERNANÇA CORPORATIVA CNPJ nº 01.082.331/0001-80 ATA DE REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 03 DE SETEMBRO DE 2013 DATA, HORÁRIO e LOCAL: 03 de setembro de 2013,

Leia mais

Inauguração do VLT é transferida para 5 de junho

Inauguração do VLT é transferida para 5 de junho Segunda 30/05/2016 31 17 Informações sobre o trânsito em tempo real no Twitter: www.twitter.com/operacoesrio Inauguração do VLT é transferida para 5 de junho De olho na segurança da população, a Prefeitura

Leia mais

URBES. Esclarecimento nº 02

URBES. Esclarecimento nº 02 1 PREGÃO PRESENCIAL Nº 001/15 PROCESSO CPL 2292/14 LICITAÇÃO DO TIPO MENOR PREÇO PARA REGISTRO DE PREÇOS PARA AQUISIÇÃO DE MATERIAL DE SINALIZAÇÃO SEMAFÓRICA. Esclarecimento nº 02 A -, através de sua Pregoeira,

Leia mais

PLANILHA DE ORÇAMENTO PARA OBRAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA

PLANILHA DE ORÇAMENTO PARA OBRAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA MUNICÍPIO: INDAIAL PLANILHA DE ORÇAMENTO PARA OBRAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA PROJETO: PAVIMENTAÇÃO INTERTRAVADA COM BLOCO DE CONCRETO LOCALIZAÇÃO: TRECHO: RUA MINAS GERAIS (EST. 0+00 PP) AO PARQUE MUNICIPAL

Leia mais

Relatório Sintético do Levantamento de Auditoria/ 2007 Relatório Preliminar da Unidade Técnica ainda sem Manifestação do Ministro Relator

Relatório Sintético do Levantamento de Auditoria/ 2007 Relatório Preliminar da Unidade Técnica ainda sem Manifestação do Ministro Relator Relatório Sintético do Levantamento de Auditoria/ 2007 Relatório Preliminar da Unidade Técnica ainda sem Manifestação do Ministro Relator IDENTIFICAÇÃO DA OBRA Caracterização da obra Processo: 9649/2007-2

Leia mais

Prefeitura Municipal de Pedregulho

Prefeitura Municipal de Pedregulho Pregão Presencial nº. 014/2014 Processo nº. 7014/2014 Município de Pedregulho São Paulo Registro de Preços para Fornecimento Parcelado de Material de Construção ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Aos 13 dias do

Leia mais

ANÁLISE DAS CONDIÇÕES DE UTILIZAÇÃO DE OBRAS DE ARTES ESPECIAIS, SELECIONADAS NA BR 101 ESTUDO DE CASO: PONTE SOBRE O RIO ARAÇATUBA SC.

ANÁLISE DAS CONDIÇÕES DE UTILIZAÇÃO DE OBRAS DE ARTES ESPECIAIS, SELECIONADAS NA BR 101 ESTUDO DE CASO: PONTE SOBRE O RIO ARAÇATUBA SC. ANÁLISE DAS CONDIÇÕES DE UTILIZAÇÃO DE OBRAS DE ARTES ESPECIAIS, SELECIONADAS NA BR 101 ESTUDO DE CASO: PONTE SOBRE O RIO ARAÇATUBA SC. RESUMO Patrick Campos de Souza (1), Daiane dos Santos da Silva (2)

Leia mais

PREGÃO 020/2014 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PROCESSO Nº 26-14

PREGÃO 020/2014 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PROCESSO Nº 26-14 PREGÃO 020/2014 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PROCESSO Nº 26-14 1. OBJETO Contratação da aquisição de 01 (um) guindaste veicular, novo, completo, fabricado no ano vigente, não inferior à 2014, com acessórios

Leia mais

Método utiliza blocos de EPS no aterro de viaduto em Jundiaí, interior de São Paulo

Método utiliza blocos de EPS no aterro de viaduto em Jundiaí, interior de São Paulo Método utiliza blocos de EPS no aterro de viaduto em Jundiaí, interior de São Paulo Em substituição ao aterro feito com terra, tecnologia está sendo executada pela Rota das Bandeiras, empresa do grupo

Leia mais

Exercícios de Altimetria

Exercícios de Altimetria UNICAP Universidade Católica de Pernambuco Exercícios de Altimetria Nivelamento Geométrico e Trigonométrico Autores: Prof. Fernando José de Lima Botelho Prof. Eduardo Oliveira Barros Prof. Glauber Carvalho

Leia mais

Geo-Obras Anexo I Documentos e Prazos

Geo-Obras Anexo I Documentos e Prazos Geo-Obras Anexo I Documentos e Prazos Documentos de Licitação Quando inserir no Sistema TIPO DESCRIÇÃO PRAZO Fase Interna LI Edital 2 (dois) dias úteis após a publicação do aviso de licitação LI Planilha

Leia mais

Relatório Sintético do Levantamento de Auditoria/ 2005

Relatório Sintético do Levantamento de Auditoria/ 2005 Relatório Sintético do Levantamento de Auditoria/ 2005 IDENTIFICAÇÃO DA OBRA Caracterização da obra Processo: 11360/2005-4 Ano Orçamento: 2004 UF: RJ Nome do PT: Modernização do Centro Técnico de Atividades

Leia mais

CASOS PRÁTICOS DE ADEQUAÇÕES ESTRUTURAIS E FUNCIONAIS DE OAE s. Eng. Júlio Timerman

CASOS PRÁTICOS DE ADEQUAÇÕES ESTRUTURAIS E FUNCIONAIS DE OAE s. Eng. Júlio Timerman CASOS PRÁTICOS DE ADEQUAÇÕES ESTRUTURAIS E FUNCIONAIS DE OAE s Eng. Júlio Timerman Estrutura da apresentação Introdução Panorama de Concessões Rodoviárias no Estado de São Paulo Patologias Típicas em OAEs

Leia mais

RELATÓRIO GERENCIAL TRIMESTRAL 004 JUNHO/15

RELATÓRIO GERENCIAL TRIMESTRAL 004 JUNHO/15 RELATÓRIO GERENCIAL TRIMESTRAL 004 JUNHO/15 Relatório Gerencial Trimestral elaborado por: Leandro Toré de Castro Diretor de Contrato 61 3878 4718 ltcastro@odebrecht.com Thiago Galvão Diretor de Contrato

Leia mais

Tubulão TIPOS/MODELOS. De acordo com o método de escavação os tubulões se classificam em: a céu aberto e ar comprimido.

Tubulão TIPOS/MODELOS. De acordo com o método de escavação os tubulões se classificam em: a céu aberto e ar comprimido. Tubulão CONCEITO São fundações de forma cilíndrica com base alargada ou não, que resistem por compressão a cargas elevadas. São compostos por três partes: cabeça, fuste e base. A cabeça é executada em

Leia mais

ISF 211: PROJETO DE TERRAPLENAGEM

ISF 211: PROJETO DE TERRAPLENAGEM ISF 211: PROJETO DE TERRAPLENAGEM 1. OBJETIVO Definir e especificar os serviços constantes do Projeto de Terraplenagem nos Projetos de Engenharia Ferroviária, Projeto Básico e Projeto Executivo. 2. FASES

Leia mais