ACÓRDÃO N H,' -, j/ TCE - 2a CÂMARA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ACÓRDÃO N H,' -, j/2009 - TCE - 2a CÂMARA"

Transcrição

1 SECRETARIA DO PUENü Certifico e dou fé que a presente publicada no Boletim Oficial d data de circuiaçáo_em_; ^. TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO TüCAiV 1 UNS Assinatura/Matricula ACÓRDÃO N H,' -, j/ TCE - 2a CÂMARA TCCE-TO (tom 1. Processo n 2. Classe de Assunto: 3. Origem: 4. Responsável: 5. Relator: 6. Representante do MP: 7. Contabilista: 01398/2008. Apenso: 05057/ Auditoria Programada: período de janeiro a dezembro de Prestação de Contas - Ordenador - Exercício de Instituto Social Divino Espírito Santo - PRODIVINO. Acy de Carvalho Fontes - Presidente. Auditor em Substituição a Conselheiro Moisés Vieira Labre. Procurador de Contas Márcio Ferreira Brito. Marilda Pimentel Guimarães - Contadora CRC-TO /O. Ementa: Prestação de Contas - Ordenador - Exercício de Contas Regulares com Ressalvas - As contas serão julgadas Regulares com Ressalvas, quando evidenciarem impropriedades ou qualquer outra falha de natureza formal de que não resulte dano considerável ao erário - Recomendações - Quitação ao responsável. Remessa à origem. 8. Decisão: Vistos, relatados e discutidos os presentes autos,, versando sobre a Prestação de Contas do Senhor Acy de Carvalho Fontes, responsável pela gestão do Instituto Social Divino Espírito Santo - PRODIVINO, no exercício financeiro de 2007, encaminhada a esta Corte nos termos do artigo 33, II da Constituição Estadual, art. Io, II da Lei n 1.284/2001 e artigo 37 do Regimento Interno, Considerando que a Prestação de Contas do Instituto Social Divino Espírito Santo - PRODIVINO, referente ao exercício financeiro de 2007, de responsabilidade do Senhor Acy de Carvalho Fontes, gestor, atendeu ao disposto nos artigos 101 a 104 da Lei Federal n de 17 de março de 1964 e que os demonstrativos contábeis foram elaborados em consonância com os princípios de contabilidade geralmente aceitos e aplicados à Administração Pública; considerando que foi apensado ao processo de Prestação de Contas os autos n 05057/2008, que tratam da auditoria realizada no Órgão, compreendendo o período de janeiro a dezembro de 2007, devidamente analisados pelos órgãos técnicos desta Corte e que tramitam juntos a fim de subsidiarem o julgamento das contas, e receberem decisão única, nos termos do art. 9o, Io da IN TCE-TO n 008/2003, cujos achados estão considerados na análise da prestação de contas; considerando que foi garantido ao responsável o princípio constitucional do contraditório e da ampla defesa, conforme determina o art. 5o, LV, da Constituição Federal. considerando que as falhas e/ou irregularidades apontadas, cujas justificativas apresentadas pelo responsável não foram suficientes para saná-las, e que não caracterizam má fé por parte do gestor, pois são passíveis de recomendações para evitar a sua reincidência, face as alegações apresentadas, haja vista que serão verificadas nas próximas auditorias, a saber: o fracionamento de despesas na aquisição de 2 (dois) HD para processamento de dados, identificação incompleta dos dados dos veículos no corpo de nota fiscal, deficiências no controle de bens de almoxarifado e de patrimônio, veículo tombado com placa cinza (particular) sem caracterização; Z:\Departamenlos\ReIalorias\6Relaloria\ASSESSORIA\AREA ESTADUAL 2007_2008\PR^blVlNO\mEsA\ÇÃO DE CONTAS\RVA_01398_2008_Presl_Cow Oide/dor_E<_2007_RGQ.doc

2 considerando que foram verificadas, no balancete na unidade gestora: Instituto Social Divino Espírito Santo - PRODIVINO, as seguintes pendências: Devedores Diversos (Direitos) Exercício Conta Contábil Valor 89,00 775,97 350,23 123,70 1,17 103,61 14,00 r fotal 1.457,68 Fonte: Balancete contábil, posição: junho/2009. SIAFEM/TO Credores Diversos (Obrigações) Exercício Conta Contábil Total Valor 60,29 309,70 369,99 considerando a análise realizada, assim como os argumentos produzidos pelo corpo técnico desta Corte, pelos Pareceres do Corpo Especial de Auditores e da Douta Procuradoria Geral de Contas, e as razões expedidas pelo Relator em seu voto; I. Acordam os Conselheiros do Tribunal de Contas do Estado, reunidos em sessão da Segunda Câmara, diante das razões expostas pelo Relator, em seu voto, com fundamento no art. 33, II, da Constituição Estadual, art. Io, II, da Lei Estadual n 1.284/2001 e art. 295, II, do Regimento Interno em: II. Acolher o relatório de auditoria constante dos autos n 05057/2008, com base nos pareceres exarados pelo Corpo Especial de Auditores e pela Douta Procuradoria Geral de Contas. III. Julgar REGULARES COM RESSALVAS, as contas do Instituto Social Divino Espírito Santo - PRODIVINO, exercício financeiro de 2007, de responsabilidade do Sr. Acy de Carvalho Fontes, nos termos do art. 85, II da LOTCE/TO n 1.284/01 c/c art. 75, Parágrafo Único, do RITCE, dando lhe quitação. IV. Recomendar ao Gestor do Instituto Social Divino Espírito Santo - PRODIVINO à adoção das providências necessárias no sentido de evitar a reincidência das seguintes falhas e/ou irregularidades: fracionamento de despesas, identificação incompleta de aquisições de bens e serviços no corpo das notas fiscais, deficiências no controle de bens de almoxarifado e de patrimônio, veículo tombado com placa cinza (particular) sem caracterização; e que proceda a regularização, com base nas normas legais e nos preceitos contábeis, dos valores pendentes que foram contabilizados em "Devedores Diversos" e "Credores Diversos". V. Determinar a remessa de cópia da decisão (Relatório, Voto e Acórdão) ao Gestor do Instituto Social Divino Espírito Santo - PRODIVINO, para conhecimento e adoção das providências necessárias no sentido de evitar a reincidência das falhas e/ou irregularidades apontadas no Despacho n 344/2008. VI. Intimar do teor da decisão ao Procurador de Contas, que atuou nos autos, na conformidade do art. 373, do RITCE. Z:\Departamenlos\Relatorias\6Relatoria\ASSESSORIA\AREA CONTAS\RVA_01398_2008_Prest.Cont_Ordenador_Ex_2007_RGQ.doc ÍOVPRESTAÇÃO DE

3 VIL Determinar a publicação da presente decisão no Boletim Oficial do Tribunal de Contas do Estado para que surta os efeitos legais VIII. Encaminhar os presentes autos à Diretoria Geral de Controle Externo para as anotações necessárias ao seu mister e, após, à Coordenadoria de Protocolo Geral para as devidas providências. Tribunal de Contas do Estado do Tocantins, Sessão da 2a Câmara, em Palmas, Capital do Estado do Tocantins, aos Jò^ dias do mês de a^<yãjr de Cons Nápoiéão de Souza Luz Sobrinho Presidente -2a Câmara \ Moisés Vieira Labre Auditor Substituto de Conselho Relator Z:\Departamentos\Relalorias\6Relaloria\ASSESSORIA\AREA ESTADUAL \PRODIVINO\PRESTACÃO DE CONTAS\RVA_01398_2008_Presl_Cont_Ordenadot_Ex_2007_RGQ.doc

4 Rs. 1. Processo n : 01398/2008. «Apenso: 05057/ Auditoria Programada: período de janeiro a dezembro de Classe de Assunto: Prestação de Contas - Ordenador - Exercício de Origem: Instituto Social Divino Espírito Santo - PRODIVINO. 4. Responsável: Acy de Carvalho Fontes - Presidente. 5. Relator: Auditor em Substituição a Conselheiro Moisés Vieira Labre. 6. Representante do MP: Procurador de Contas Márcio Ferreira Brito. 7. Contabilista: Marilda Pimentel Guimarães - Contadora CRC-TO /0. 8. RELATÓRIO N 102/ Tratam os presentes autos n 01398/2008, sobre a Prestação de Contas Anual de Ordenador de Despesas prestada pelo Senhor Acy de Carvalho Fontes, responsável pela gestão do Instituto Social Divino Espírito Santo - PRODIVINO, no exercício financeiro de 2007, encaminhado a esta Corte nos termos do art. 33, II da Constituição Estadual1, art. Io. II da Lei n /20012 e art. 37, do Regimento Interno Apenso aos autos que trata da Prestação de Contas Anual, exercício de consta o Processo n 05057/2008, referente à auditoria realizada compreendendo o período de janeiro a dezembro de 2007, que foi apreciado no bojo da prestação de contas anual a fim de receberem decisão única, na conformidade do disposto no art. 9o, Io, da IN/TCE-TO n 008/2003 c/c art. 125, IV, do RITCE e embasarão a decisão no julgamento das contas Integram as contas os documentos trazidos aos autos por força da Instrução Normativa n 006/ TCE/TO: Rol de Responsáveis, Relatório de Gestão, Demonstrações Contábeis, Relatórios Patrimoniais, Relatório do Almoxarifado, Relatórios Financeiros, Relação do Quadro de Pessoal, Informe de Regularidade exarado pelo órgão de Controle Interno, Relatório e Parecer de Auditoria da Controladoria Geral do Estado. C 8.4. A 5a Diretoria de Controle Externo Estadual emitiu o Relatório Técnico de Análise de Prestação de Contas, fls. 145/165, dos autos n 01398/2008, evidenciando os seguintes aspectos: Gestão Orçamentária, Financeira, Contábil, Administrativa e Patrimonial, cumprimento dos dispositivos constitucionais e legais e a conclusão com as falhas e irregularidades encontradas Através do Despacho n 344/2008, às fls. 166/167, o Relator, após a análise dos autos, manifestou que embora o processo de prestação de contas não tenha apresentado irregularidades, no relatório da auditoria foram detectadas, que, se não regularizadas e/ou esclarecidas, podem ocasionar a rejeição das contas e sujeitar a aplicação de multas e demais sanções previstas na Lei Orgânica e Regime Interno deste Tribunal ao responsável, e com intuito de assegurar os princípios do contraditório e da ampla defesa, colocou os autos em diligência determinando a citação e intimação do responsável, Sr. Acy de Carvalho Fontes, ' Constituição Estadual Art. 33 II - julgar as contas dos administradores e demais Responsável por dinheiros, bens e valores públicos da administração direta e indireta, incluídas as fundações e sociedades instituídas e mantidas pelos Poderes Públicos estadual e municipal e as contas daqueles que derem causa à perda, extravio ou outras irregularidades que resultem prejuízo ao tesouro público; 2 LOTCE Art. Io II - julgar as contas dos ordenadores de despesa e demais Responsável por dinheiros, bens e valores públicos da administração direta e indireta, incluídas as fundações e sociedades instituídas e mantidas pelos Poderes Públicos Estadual e municipais e as contas daqueles que derem causa à perda, extravio ou outras irregularidades de que resultem prejuízo ao tesouro público; 3 RITCE Art As contas dos administradores e demais Responsável por dinheiros, bens e valores públicos serão submetidas a julgamento do Tribunal sob a forma de processo de prestação de contas, tomada de contas ou tomada de contas especial. Z:\Departamenlos\Relatorias\6Relatoria\ASSESSORIA\AREA ESTADUAL 2007_2008\PRODIVINO\PRESTAÇÃO DE CONTAS\RVA_01398_2008_Prest_Cont_Ordenador_Ex_2007_RGQ.doc

5 conforme Carta de Citação e Intimação n 150/2008/RELT6-CODIL, fl. 168, para apresentação de documentos e alegações de defesa sobre os itens apontados nos autos n : e /2008, no prazo de 15 (quinze) dias, sob pena de serem aceitos como verdadeiros os fatos narrados: Autos n 05057/ Auditoria - janeiro a dezembro de Item Fracionamento de despesa com aquisição 02 (dois) HD-300 GB, (peça para processamento de dados), valor unitário R$ 4.960,80, contrariando o art. 24, II da Lei n 8666/93; 2- Item 6.1. Identificação incompleta dos dados dos veículos no corpo das notas fiscais, caracterizando infração ao art. 14, 3o, VI, do Decreto n 2350/2005; 3- Item 6.2. Realização de despesas com veículo, sem prévio empenho em desacordo com art. 21 do Decreto n 2946/07 e art. 60 da Lei n 4320/64; 4- Item 6.3. Documentação Incompleta nos autos, no tange a extratos e conciliações bancárias, em descumprimento ao art. 15 da RN n 007/95- TCE; 5- Item 7. Recursos Humanos: elevado número de servidores comissionados em relação aos efetivos e efetivos comissionados, representando 61,48% do total; 6- Item 8.2. Controle dos Bens Móveis: itens sem plaquetas de tombamento, bem como inservíveis e obsoletos; 7- Item 9.1. Deficiência no controle do Almoxarifado: bens sem registro no controle físico e contábil; 8- Item 9.4. Outros aspectos observados referentes ao Almoxarifado: instalações para o correto armazenamento dos materiais; 9- Item 10. Sistema de Transporte: veículo sem caracterização O responsável pela gestão do Instituto Social Divino Espírito Santo - PRODIVINO, Sr. Acy de Carvalho Fontes, face à citação e intimação, solicitou prorrogação de prazo por mais 15 (quinze) dias para apresentação os esclarecimentos e justificativas das falhas e/ou irregularidades elencadas no Despacho n 344/2008, fls. 166/167, dos autos n 01398/2008, conforme expediente à fl. 169, protocolado nesta Corte de Contas em 28/08/2008, sendo o referido pedido deferido através do Ofício n 049/2008/RELT6-CODIL Após análise das justificativas e dos esclarecimentos do gestor, bem como dos documentos apresentados, fls. 173/235, a 5a Diretoria de Controle Externo Estadual manifestou-se, consoante às fls. 237/240, o seguinte: a) Justificativas Acatadas parcialmente 2. Item 6.1. Identificação incompleta dos dados dos veículos no corpo das notas fiscais, caracterizando infração ao art. 14, 3o, VI, do Decreto n 2350/2005; 4. Item 6.3. Documentação Incompleta nos autos, no tange a extratos e conciliações bancárias, em descumprimento ao art. 15 da RN n 007/95-TCE; 5. Item 7. Recursos Humanos: elevado número de servidores comissionados em relação aos efetivos e efetivos comissionados, representando 61,48% do total; 6. Item 8.2. Controle dos Bens Móveis: itens sem plaquetas de tombamento, bem como inservíveis e obsoletos; Z:\Departamemos\Relatorias\6Relatoria\ASSESSORIA\AREA ESTADUAL 2007_2008\PRODIVINO\PR STAÇÃO DE CONTAS\RVA_01398_2008_Prest_Cont_Ordenador_Ex_2007_RCQ.doc

6 7. Item 9.1. Deficiência no controle do Almoxarifado: bens sem registro no controle físico e contábil; 8. Item 9.4. Outros aspectos observados referentes ao Almoxarifado: instalações para o correto armazenamento dos materiais. 2. Justificativas Não Acatadas 1. Item Fracionamento de despesa com aquisição 02 (dois) HD-300 GB, (peça para processamento de dados), valor unitário R$ 4.960,80, contrariando o art. 24, II da Lei n 8666/93; 3. Item 6.2. Realização de despesas com veículo, sem prévio empenho em desacordo com art. 21 do Decreto n 2946/07 e art. 60 da Lei n 4320/64; 9. Item 10. Sistema de Transporte: ausência de contrato de cessão de uso para os veículos cedidos Em Parecer n 3.508/2008, às fls. 241/242, o Corpo Especial de Auditores desta Corte de Contas manifestou que as contas anuais do Instituto Social Divino Espírito Santo - PRODIVINO, relativa ao exercício de 2007, encontram-se perfeitamente corretas, contudo a Auditoria realizada no Órgão apontou irregularidades, que após as justificativas do responsável, permanecem maculando as contas. Nesse sentido, o Egrégio Tribunal de Contas pode julgar IRREGULARES as contas em apreço Instado regimentalmente, o Ministério Público de Contas junto ao TCE/TO, por meio do Parecer n 20/2009, fls. 243/246, manifestou que apesar de terem permanecidas algumas irregularidades, mesmo após a apresentação de documentos e justificativas por parte do responsável, tais impropriedades não têm o condão de macular as contas analisadas, e que não causam prejuízo ao erário, sendo, portanto, de cunho meramente formal. Assim, opina pela REGULARIDADE COM RESSALVAS das contas prestadas pelo Instituto Social Divino Espírito Santo - PRODIVINO, referente ao exercício de 2007, corroborando pela aprovação do relatório de auditoria por esta Corte de Contas. É o Relatório. 9. VOTO 9.1. Em atenção aos princípios norteadores da Administração Pública, o gestor público deve agir em conformidade com a lei e sujeitar-se à prestação de contas perante a sociedade e aos órgãos destinados a esse fim, com vistas a garantir que os recursos públicos sejam aplicados a bem da coletividade e seguindo destinação prevista no orçamento Ao Tribunal de Contas do Estado compete julgar as contas prestadas anualmente pelos Ordenadores de Despesas e demais responsáveis por dinheiro, bens e valores públicos, da administração direta, na conformidade do art. 33, II, da CE; art. Io, II, da Lei n 1.284/ Considerando que a Prestação de Contas do Instituto Social Divino Espírito Santo - PRODIVINO, referente ao exercício financeiro de 2007, de responsabilidade do Senhor Acy de Carvalho Fontes, gestor, atendeu ao disposto nos artigos 101 a 104 da Lei Federal n de 17 de março de 1964 e que os demonstrativos contábeis foram elaborados em consonância com os princípios de contabilidade geralmente aceitos e aplicados à Administração Pública; Z:\Departamentos\Relatorias\6Relatoria\ASSESSORIA\AREA ESTADUAL 2007_2008\PRODIVINO\PRESTAÇÃO DE CONTAS\R VA_01398_2008_Prest_Conl_Ordenador_Ex_2007_RGQ.doc

7 considerando que foi apensado ao processo de Prestação de Contas os autos n 05057/2008, que tratam da auditoria realizada no Órgão, compreendendo o período de janeiro a dezembro de 2007, devidamente analisados pelos órgãos técnicos desta Corte e que tramitam juntos a fim de subsidiarem o julgamento das contas, e receberem decisão única, nos termos do art. 9o, Io da IN TCE-TO n 008/2003, cujos achados estão considerados na análise da prestação de contas; considerando que foi garantido ao responsável o princípio constitucional do contraditório e da ampla defesa, conforme determina o art. 5o, LV, da Constituição Federal. C considerando que as falhas e/ou irregularidades apontadas, cujas justificativas apresentadas pelo responsável não foram suficientes para saná-las, e que não caracterizam má fé por parte do gestor, pois são passíveis de recomendações para evitar a sua reincidência, face as alegações apresentadas, haja vista que serão verificadas nas próximas auditorias, a saber: o fracionamento de despesas na aquisição de 2 (dois) HD para processamento de dados, identificação incompleta dos dados dos veículos no corpo de nota fiscal, deficiências no controle de bens de almoxarifado e de patrimônio, veículo tombado com placa cinza (particular) sem caracterização; considerando que foram verificadas, no balancete na unidade gestora Instituto Social Divino Espírito Santo - PRODIVINO, as seguintes pendências: :.j, DjeypdorísjDjyjersòs (Direitos) Exercício""! r lotai "Valor 89,00 775,97 350,23 123,70 1,17 103,61 14, ,68 Fonte: Balancete contábil, posição: junho/2009, SIAFEM/TO. Gredpifs^PiyjèrsosiObrigações) Exercício GasGrcsaseir Total """ 'Valor 60,29 309,70 369,99 Considerando, ainda, a documentação analisada, assim como os argumentos produzidos pelo corpo técnico desta Corte e pelo Parecer da douta Procuradoria Geral de Contas, divirjo do posicionamento do Corpo Técnico de Auditores e VOTO no sentido de que a 2a Câmara decida o seguinte: 9.4. Acolha o relatório de auditoria constante dos autos n 05057/2008, com base nos pareceres exarados pelo Corpo Especial de Auditores e pela Douta Procuradoria Geral de Contas Julgue REGULARES COM RESSALVAS, as contas do Instituto Social Divino Espírito Santo - PRODIVINO, exercício financeiro de 2007, de responsabilidade do Sr. Acy de Carvalho Fontes, nos termos do art. 85, II da LOTCE/TO n 1.284/01 c/c art. 75, Parágrafo Único, do RITCE, dando lhe quitação. Z:\Depaitamentos\Relatorâs\6Relatoria\ASSESSORIA\ÁR A ESTADUAL 2007_2008\PRODIVINO\PRESTAÇAO DE CONTAS\RVA_01398_2008_Prcst_Cont_Ordenador_Ex_2007_RGQ.doc

8 9.6. Recomende ao Gestor do Instituto Social Divino Espírito Santo - PRODIVINO à adoção das providências necessárias no sentido de evitar a reincidência das seguintes falhas e ou irregularidades: fracionamento de despesas, identificação incompleta de aquisições de bens e serviços no corpo das notas fiscais, deficiências no controle de bens de almoxarifado e de patrimônio, veículo tombado com placa cinza (particular) sem caracterização; e que proceda a regularização, com base nas normas legais e nos preceitos contábeis, dos valores pendentes que foram contabilizados em ''Devedores Diversos" e í;credores Diversos" Determine a remessa de cópia da decisão (Relatório, Voto e Acórdão) ao Gestor do Instituto Social Divino Espírito Santo - PRODIVINO, para conhecimento e adoção das providencias necessárias no sentido de evitar a reincidência das falhas e/ou irregularidades apontadas no Despacho n 344/ Intime do teor da decisão ao Procurador de Contas, que atuou nos autos na conformidade do art. 373, do RITCE. c 9.9. Determine a publicação da presente decisão no Boletim Oficial do Tribunal de Contas do Estado para que surta os efeitos legais Encaminhe os presentes autos à Diretoria Geral de Controle Externo para as anotações necessárias ao seu mister e, após, à Coordenadoria de Protocolo Geral para as devidas providências. Tribunal de Contas do Estado do Tocantins, Sessão da 2a Câmara, em Palmas, Capital do Estado do Tocantins, aos J& dias do mês de c^w-stb de jvioeses wíetéa labre '-Auditor em Substituição a jzíonselheiro Relator Z:\Departamentos\Relatorias\6ReUtom\ASSESSORIA\AREA ESTADUAL \PROD!VINO\PRESTAÇÃO DE COOTAS\RVA_01398_2008_Presl_CoM_Ordenador_Ex_2007_RGQ.doc

ACÓRDÃO Nº 095/2009 TCE/TO 2ª Câmara

ACÓRDÃO Nº 095/2009 TCE/TO 2ª Câmara ACÓRDÃO Nº 095/2009 TCE/TO 2ª Câmara 1. Processo nº: 1686/2007 2. Classe de Assunto: II Prestação de Contas de ordenador de despesas referente ao exercício de 2006 3. Responsável: Valquíria Moreira Rezende

Leia mais

ACÓRDÃO N. 368/2008, TCE 1ª Câmara

ACÓRDÃO N. 368/2008, TCE 1ª Câmara ACÓRDÃO N. 368/2008, TCE 1ª Câmara 1. Processo n: 1905/2006 2. Processo Auxiliar Apenso: 5461/2005 Auditoria Programada 3. Classe de Assunto: 04 Prestação de Contas 3.1. Assunto: 05 Prestação de Contas

Leia mais

ACÓRDÃO N.º 147 /2008 TCE Pleno

ACÓRDÃO N.º 147 /2008 TCE Pleno ACÓRDÃO N.º 147 /2008 TCE Pleno 1. Processo nº: 02050/2008 2. Classe de Assunto: II - Prestações de Contas de Ordenador de Despesas 3. Responsável: Doris de Miranda Coutinho Presidente 4. Entidade: Tribunal

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 143/2012 TCE/TO Pleno

RESOLUÇÃO Nº 143/2012 TCE/TO Pleno RESOLUÇÃO Nº 143/2012 TCE/TO Pleno 1. Processo nº : 12767/2011 2. Classe de Assunto : 03 Consulta 2.1. Assunto : 01 Consulta de Gestor Estadual Pagamento de cursos com diárias e passagens. 3. Consulente

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº. 525/2008 TCE PLENO

RESOLUÇÃO Nº. 525/2008 TCE PLENO RESOLUÇÃO Nº. 525/2008 TCE PLENO 1. Processo nº: 03755/2007 2. Classe de Assunto: Procedimento Licitatório Dispensa 3. Origem: Secretaria da Saúde SESAU 4. Responsável: Eugênio Pacceli de Freitas Coelho

Leia mais

RESOLUÇÃO N 684/2008 TCE Pleno

RESOLUÇÃO N 684/2008 TCE Pleno RESOLUÇÃO N 684/2008 TCE Pleno 1. Processo nº: 09805/2007 2. Classe de Assunto: Inexigibilidade Portaria nº 626/2007 Contrato 230/2007 3. Origem: Secretaria de Estado da Saúde SESAU 4. Responsável: Eugênio

Leia mais

Interessados: RESPONSÁVEIS: João Paulo Bastos Hildebrandt e Paulo Macedo de Carvalho Mesquita

Interessados: RESPONSÁVEIS: João Paulo Bastos Hildebrandt e Paulo Macedo de Carvalho Mesquita Tribunal de Contas da União Número do documento: AC-0054-06/99-1 Identidade do documento: Acórdão 54/1999 - Primeira Câmara Ementa: Tomada de Contas. Centro Psiquiátrico Pedro II. Exercício de 1997. Garantias

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 170/2012 TCE/TO Pleno

RESOLUÇÃO Nº 170/2012 TCE/TO Pleno RESOLUÇÃO Nº 170/2012 TCE/TO Pleno 1. Processo nº: 12505/2011 (1 vol.) 2. Classe/Assunto: 3. Consulta / 5. Consulta acerca da legalidade do pagamento de despesas com internação de urgência do senhor João

Leia mais

PARECER Nº 6906/2015. tms Pagina 1 de 9

PARECER Nº 6906/2015. tms Pagina 1 de 9 PROCESSO Nº UNIDADE GESTORA : : 1513-0/2014 (AUTOS DIGITAIS) FUNDO MUNICIPAL DE PREVIDENCIA SOCIAL DOS SERVIDORES DO MUNICÍPIO DE RIBEIRÃOZINHO ASSUNTO : CONTAS ANUAIS DE GESTÃO EXERCÍCIO DE 2014 GESTOR

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO TOCANTINS RESOLUÇÃO N 033/2009-TCE/TO Pleno

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO TOCANTINS RESOLUÇÃO N 033/2009-TCE/TO Pleno RESOLUÇÃO N 033/2009-TCE/TO Pleno 1. Processo nº: 6141/2008 2. Classe de Assunto: Contrato nº 140/2008 3. Origem: Secretaria de Estado da Saúde 4. Responsável: Eugênio Pacceli de Freitas Coelho Secretário

Leia mais

PRESTAÇÃO DE CONTAS DA ADMINISTRAÇÃO INDIRETA MUNICIPAL N. 834672

PRESTAÇÃO DE CONTAS DA ADMINISTRAÇÃO INDIRETA MUNICIPAL N. 834672 PRESTAÇÃO DE CONTAS DA ADMINISTRAÇÃO INDIRETA MUNICIPAL N. 834672 Procedência: Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Município de Pará de Minas Exercício: 2009 Responsável: Oswaldo Oliveira

Leia mais

Trata-se de Prestação de Contas da Controladoria Geral do Estado de PARECER Nº 272/2013 MPC/RR

Trata-se de Prestação de Contas da Controladoria Geral do Estado de PARECER Nº 272/2013 MPC/RR PARECER Nº 272/2013 MPC/RR Processo: 0245/2010 Assunto: Prestação de Contas Exercício de 2009 Órgão: Controladoria Geral do Estado Responsáveis: Marlene da Silva Prado Luiz Renato Maciel de Melo Relator:

Leia mais

RESOLUÇÃO nº 850/2008 TCE Pleno.

RESOLUÇÃO nº 850/2008 TCE Pleno. RESOLUÇÃO nº 850/2008 TCE Pleno. 1. Processo n.º: 6114/2007 2. Classe de Assunto: V Contrato nº 482/2006 oriundo do Edital de Licitação na modalidade Pregão Presencial nº 012/2006 3. Responsável: Manoel

Leia mais

RESOLUÇÃO N SÜ4- /2009-TCE/TO - 2a Câmara

RESOLUÇÃO N SÜ4- /2009-TCE/TO - 2a Câmara SLUKE. IAKIM i_ll_l rllivv Certifico e dou fé que a presente decisão o> publicada no Boletirn Oficial do TCE T'- n }QA Hp $G / 3 / v^ íisjzbl com data de circulágãg * "' / ^ ~J' ^--'í- TCE - TO TRIBUNAL

Leia mais

ATA DA 6ª SESSÃO ORDINÁRIA DA PRIMEIRA CÂMARA DO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO TOCANTINS.

ATA DA 6ª SESSÃO ORDINÁRIA DA PRIMEIRA CÂMARA DO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO TOCANTINS. ATA DA 6ª SESSÃO ORDINÁRIA DA PRIMEIRA CÂMARA DO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO TOCANTINS. Aos vinte e cinco dias do mês de março do ano de dois mil e oito, às 13h, no Tribunal de Contas do Estado do

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO TOCANTINS

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO TOCANTINS ATA DA VIGÉSIMA QUARTA SESSÃO ORDINÁRIA DA SEGUNDA CÂMARA DO EGRÉGIO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO TOCANTINS. 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33

Leia mais

ACÓRDÃO N. 301/2.008, TCE 1ª Câmara.

ACÓRDÃO N. 301/2.008, TCE 1ª Câmara. ACÓRDÃO N. 301/2.008, TCE 1ª Câmara. Processo: 1.244/2.007 e apensos nº 9.738/2.006 III volumes e 5.157/2.007 Classe de Assunto: Prestação de Contas de órgãos da Administração Direta Ordenador 2.006 Responsável:

Leia mais

TOMADA DE CONTAS ESPECIAL

TOMADA DE CONTAS ESPECIAL TOMADA DE CONTAS ESPECIAL COMPARATIVO ENTRE A IN TCU Nº 13/1996 E A IN TCU Nº 56/2007 IN TCU Nº 13/1996 IN TCU Nº 56/2007 Art. 1º Diante da omissão no dever de prestar contas, da não comprovação da Aplicação

Leia mais

Tribunal de Contas da União

Tribunal de Contas da União Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Acórdão 271/97 - Segunda Câmara - Ata 16/97 Processo TC nº 012.895/94-6. Responsável: Júlio Maito Filho, Presidente. Entidade: Conselho Regional dos Representantes

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO Objeto: Prestação de Contas Anual Órgão/Entidade: Empresa Estadual de Pesquisa Agropecuária da Paraíba - EMEPA Exercício: 2011 Relator: Auditor Oscar Mamede Santiago Melo Responsável: Manoel Antonio de

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 844/2009-TCE-Pleno

RESOLUÇÃO Nº 844/2009-TCE-Pleno RESOLUÇÃO Nº 844/2009-TCE-Pleno 1. Processo nº: 02856/2009 2. Classe de Assunto: Consulta 3. Entidade: Câmara Municipal de Dianópolis-To 4. Responsável: Reginaldo Rodrigues de Melo - Presidente 5. Relator:

Leia mais

PARECER Nº 327/2013 - MPC

PARECER Nº 327/2013 - MPC PROCESSO Nº. 0310/2012 PARECER Nº 327/2013 - MPC ASSUNTO Prestação de Contas Exercício de 2011 ÓRGÃO Procuradoria-Geral do Município de Boa Vista PGMU e Fundo Especial da Procuradoria (FEPM) RESPONSÁVEIS

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01 TCE-TO de 07 de março de 2012. Dispõe sobre o processo eletrônico no âmbito do Tribunal de Contas do Estado do Tocantins.

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01 TCE-TO de 07 de março de 2012. Dispõe sobre o processo eletrônico no âmbito do Tribunal de Contas do Estado do Tocantins. INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01 TCE-TO de 07 de março de 2012. Dispõe sobre o processo eletrônico no âmbito do Tribunal de Contas do Estado do Tocantins. O TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO TOCANTINS, no uso de

Leia mais

RESOLUÇÃO N.º 873/2008 TCE 1ª Câmara.

RESOLUÇÃO N.º 873/2008 TCE 1ª Câmara. RESOLUÇÃO N.º 873/2008 TCE 1ª Câmara. 1. Processo nº: 07246/2008 2. Grupo/Classe de Assunto: Grupo VIII/ Classe VIII Pensão 3. Responsáveis: João Lisboa da Cruz, ex-prefeito de Gurupi/TO e Celma Mendonça

Leia mais

PARECER PRÉVIO Nº 449/10

PARECER PRÉVIO Nº 449/10 PARECER PRÉVIO Nº 449/10 Opina pela aprovação, porque regulares, porém com ressalvas, das contas da Mesa da Câmara Municipal de CONCEIÇÃO DO COITÉ, relativas ao exercício financeiro de 2009. O TRIBUNAL

Leia mais

Associação Matogrossense dos Municípios

Associação Matogrossense dos Municípios RESOLUÇÃO N.º 004/2010 Dispõe sobre a produção de normas e procedimentos para realização de auditorias internas e inspeções na Associação Matogrossense dos Municípios - AMM. A Presidência da Associação

Leia mais

1ª PARTE LEIS E DECRETOS 2ª PARTE ATOS ADMINISTRATIVOS COMANDANTE DO EXÉRCITO

1ª PARTE LEIS E DECRETOS 2ª PARTE ATOS ADMINISTRATIVOS COMANDANTE DO EXÉRCITO 1ª PARTE LEIS E DECRETOS Sem alteração. 2ª PARTE ATOS ADMINISTRATIVOS COMANDANTE DO EXÉRCITO PORTARIA Nº 813, DE 28 DE SETEMBRO DE 2012. Aprova as Normas para a Realização das Atividades de Auditoria e

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº. 521/2008 TCE 2ª CÂMARA

RESOLUÇÃO Nº. 521/2008 TCE 2ª CÂMARA RESOLUÇÃO Nº. 521/2008 TCE 2ª CÂMARA 1. Processo Nº: 07391/2007 2. Classe de Assunto: IV Pensão 3. Interessado: Edivan Moura Braga Pensionista DERTINS-TO 4. Entidade: Instituto de Gestão Previdenciária

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº. 260/2008 TCE 2ª CÂMARA

RESOLUÇÃO Nº. 260/2008 TCE 2ª CÂMARA RESOLUÇÃO Nº. 260/2008 TCE 2ª CÂMARA 1. Processo Nº: 00709/2007 2. Classe de Assunto: IV Aposentadoria 3. Interessado: Tercina Dias de Carvalho Secretaria da Educação e Cultura 4. Entidade: Instituto de

Leia mais

Tribunal de Contas da União

Tribunal de Contas da União Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Acórdão 58/92 - Plenário - Ata 41/92 Processo nº TC 249.036/91-6. Responsável: Roraima Moreira da Rocha Unidade: Diretoria Regional da SUCAM. Relator: Auditor

Leia mais

RESOLUÇÃO N 173/2009-TCE/TO PLENO

RESOLUÇÃO N 173/2009-TCE/TO PLENO RESOLUÇÃO N 173/2009-TCE/TO PLENO 1. Processo nº: 04471/2008 2. Classe de Assunto: Contrato nº 084/2008 Pregão Presencial nº 075/2008 3. Origem: Secretaria de Estado da Saúde 4. Responsável: Eugênio Pacceli

Leia mais

Tribunal de Contas da União

Tribunal de Contas da União Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Acórdão 291/96 - Segunda Câmara - Ata 17/96 Processo nº TC 399.124/93-4 Responsável: Sebastião Fernandes Barbosa Entidade: Prefeitura Municipal de Minas Novas

Leia mais

RESOLUÇÃO N 08/2013 TCE, DE 23 DE ABRIL DE 2013

RESOLUÇÃO N 08/2013 TCE, DE 23 DE ABRIL DE 2013 RESOLUÇÃO N 08/2013 TCE, DE 23 DE ABRIL DE 2013 Dispõe sobre os procedimentos a serem adotados em auditoria operacional no âmbito do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte. O TRIBUNAL DE CONTAS

Leia mais

PRESTAÇÃO ANUAL DE CONTAS

PRESTAÇÃO ANUAL DE CONTAS PUBLICADO EM RESUMO NO DOE DE / / PRESTAÇÃO ANUAL DE CONTAS Processo TCM nº 04394-12 Exercício Financeiro de 2011 INSTITUTO DE PREVIDENCIA-IMUPRE Município de CORRENTINA Gestor: Regina de Castro Neves

Leia mais

RESOLUÇÃO N 83/TCE/RO-2011

RESOLUÇÃO N 83/TCE/RO-2011 RESOLUÇÃO N 83/TCE/RO-2011 Dispõe sobre o exercício da fiscalização dos atos de gestão pelo Tribunal de Contas e dá outras providências. O TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE RONDÔNIA, no uso de suas atribuições

Leia mais

PARECER Nº. 1075/2014-MP/RCKS

PARECER Nº. 1075/2014-MP/RCKS PROCESSO Nº. 10182/2013 ANEXOS: 10034/2013, 10231/2013, 10135/2012 ASSUNTO: Prestação de Contas Anuais, exercício de 2012 RESPONSÁVEL: José Domingos de Oliveira ÓRGÃO: Prefeitura Municipal de Beruri PARECER

Leia mais

DELIBERAÇÃO Nº 198 23 de janeiro de 1996. O TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições constitucionais e legais, e

DELIBERAÇÃO Nº 198 23 de janeiro de 1996. O TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições constitucionais e legais, e DELIBERAÇÃO Nº 198 23 de janeiro de 1996 Dispõe sobre a instauração e organização de processos de prestação de contas, tomada de contas e tomada de contas especial, no âmbito da Administração Estadual,

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 943/2009 TCE/TO Pleno

RESOLUÇÃO Nº 943/2009 TCE/TO Pleno RESOLUÇÃO Nº 943/2009 TCE/TO Pleno 1. Processo nº: 03760/2009 2. Classe de Assunto: (III Plenário) Consulta 3. Entidade: Prefeitura de Arraias TO 4. Responsável: Antônio Wagner Barbosa Gentil - Prefeito

Leia mais

ANÁLISE DA DEFESA DO RELATÓRIO DE AUDITORIA DAS CONTAS ANUAIS DE GESTÃO DO FUNDO DE APOIO DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO - FUNAMP

ANÁLISE DA DEFESA DO RELATÓRIO DE AUDITORIA DAS CONTAS ANUAIS DE GESTÃO DO FUNDO DE APOIO DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO - FUNAMP ANÁLISE DA DEFESA DO RELATÓRIO DE AUDITORIA DAS CONTAS ANUAIS DE GESTÃO DO FUNDO DE APOIO DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO - FUNAMP PROCESSO n : 12.788-4/2012 PRINCIPAL : Fundo de Apoio do

Leia mais

Luiz Ademir Hessmann (Presidente da EPAGRI desde 05/02/2009) Murilo Xavier Flores (Presidente da EPAGRI em 2008) ASSUNTO

Luiz Ademir Hessmann (Presidente da EPAGRI desde 05/02/2009) Murilo Xavier Flores (Presidente da EPAGRI em 2008) ASSUNTO 508 TRIBUNAL DE CONTAS DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DA ADMINISTRAÇÃO ESTADUAL - DCE INSPETORIA 3 DIVISÃO 8 PROCESSO Nº PCA 09/00112794 UNIDADE GESTORA Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão

Leia mais

RAZÕES DA PROPOSTA DE VOTO

RAZÕES DA PROPOSTA DE VOTO PROCESSO 3634-0/2012 PRINCIPAL FUNDO MUNICIPAL DE PREVIDÊNCIA SOCIAL DOS SERVIDORES DE ITIQUIRA - ITIPREV DESCRIÇÃO CONTAS ANUAIS DE GESTÃO MUNICIPAL - 2011 RELATORA CONSELHEIRA SUBSTITUTA JAQUELINE JACOBSEN

Leia mais

Não atendimento dos seguintes dispositivos legais:

Não atendimento dos seguintes dispositivos legais: 294 Processo nº: 4509-0200/12-8 Natureza: Processo de Contas de Governo Origem: Executivo Municipal de Capela de Santana Gestor: Wilson Capaverde Procuradores: Bruna Teixeira de Oliveira OAB nº 79.626

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO TOCANTINS

REGIMENTO INTERNO DO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO TOCANTINS REGIMENTO INTERNO DO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO TOCANTINS Aprovado pela Resolução Normativa nº 002/02 e Alterado pelas Resoluções Normativas nºs 001/2003, no art. 332, incisos I e II; 004/2003, no

Leia mais

Contas Anuais como procedimento de controle: tendências e perspectivas no âmbito do TCEMG

Contas Anuais como procedimento de controle: tendências e perspectivas no âmbito do TCEMG Contas Anuais como procedimento de controle: tendências e perspectivas no âmbito do TCEMG Heloisa Helena Nascimento Rocha (TCEMG) Pampulha (BH) Oscar Niemeyer PLANO ESTRATÉGICO 2004-2008 1 Reformular rito

Leia mais

Art. 1º - Fica aprovado o Regimento Interno da Central do Sistema de Controle Interno, anexo ao presente Decreto.

Art. 1º - Fica aprovado o Regimento Interno da Central do Sistema de Controle Interno, anexo ao presente Decreto. DECRETO N.º 961/08 De 01 de julho de 2008. APROVA O REGIMENTO INTERNO DA CENTRAL DO SISTEMA DE CONTROLE INTERNO, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. A PREFEITA MUNICIPAL DE VALE DO SOL, no uso de suas atribuições

Leia mais

Câmara Municipal dos Barreiros

Câmara Municipal dos Barreiros Barreiros, 30 de Abril de 2010 SISTEMA DE CONTROLE INTERNO Ofício nº 006/2010 SCI EXMO. SR. JOSÉ GERALDO DE SOUZA LEÃO M.D. Presidente da Câmara de Vereadores dos Barreiros NESTA O Coordenador do Sistema

Leia mais

Tribunal de Contas da União

Tribunal de Contas da União Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Acórdão 56/96 - Plenário - Ata 16/96 Processo nº TC 279.153/93-7. Responsável: Manoel Enedino Gomes. Entidade: Associação Beneficente e Cultural de Caldeirão

Leia mais

GRUPO I - CLASSE VII - PLENÁRIO TC-002.612/2015-1 Natureza: Administrativo Interessado: Tribunal de Contas da União

GRUPO I - CLASSE VII - PLENÁRIO TC-002.612/2015-1 Natureza: Administrativo Interessado: Tribunal de Contas da União TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO TC 002.62/205- GRUPO I - CLASSE VII - PLENÁRIO TC-002.62/205- Natureza: Administrativo Interessado: Tribunal de Contas da União SUMÁRIO: ADMINISTRATIVO. PROJETO DE INSTRUÇÃO

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO TIPO DE AUDITORIA : AUDITORIA DE GESTÃO EXERCÍCIO : 2006 PROCESSO Nº : 08700.000687/2007-82 UNIDADE AUDITADA

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria Federal de Controle Interno

MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria Federal de Controle Interno MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria Federal de Controle Interno ORIENTAÇÃO NORMATIVA n.º 02 SFC/MF Em, 21 de dezembro de 2001. Assunto: Orientações técnicas sobre as normas dispostas na Instrução Normativa

Leia mais

Tribunal de Contas da União. Dados Materiais: Apenso: TC-009.212/1999-0. Assunto: Representação. Colegiado: Plenário. Classe: Classe VII

Tribunal de Contas da União. Dados Materiais: Apenso: TC-009.212/1999-0. Assunto: Representação. Colegiado: Plenário. Classe: Classe VII Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Apenso: TC-009.212/1999-0 Assunto: Representação. Colegiado: Plenário Classe: Classe VII Sumário: Representação formulada pelo Ministério Público Federal. Inquérito

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO Objeto: Prestação de Contas Relator: Conselheiro Substituto Antônio Gomes Vieira Filho Responsável: Presidente da Associação dos Trabalhadores Rurais do Projeto de Assentamento Nossa Senhorado Perpétuo

Leia mais

Gabinete do Conselheiro Marco Peixoto

Gabinete do Conselheiro Marco Peixoto 357 Processo nº: 0326-02.00/10-1 Matéria: Órgão: PROCESSO DE CONTAS LEGISLATIVO MUNICIPAL DE SAPUCAIA DO SUL Exercício: 2010 Gestor: JARBAS SAMPAIO VIEIRA Procurador: MILTON PINHEIRO DOS SANTOS OAB/RS

Leia mais

PARECER DA UNIDADE DE AUDITORIA INTERNA

PARECER DA UNIDADE DE AUDITORIA INTERNA 1/14 PARECER DA UNIDADE DE AUDITORIA INTERNA A Unidade de da FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS, em função do disposto no Parágrafo 6º do Artigo 15 do Decreto nº. 3.591, de 06/09/2000 redação que

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA N 001/2013

INSTRUÇÃO NORMATIVA N 001/2013 1 INSTRUÇÃO NORMATIVA N 001/2013 "Estabelece normas de controle para o Patrimônio do Poder Executivo Municipal." A Unidade Central de Controle Interno, no uso de suas atribuições, conforme determina o

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 022/2011, DE 28 DE ABRIL DE 2011 CONSELHO UNIVERSITÁRIO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS UNIFAL-MG

RESOLUÇÃO Nº 022/2011, DE 28 DE ABRIL DE 2011 CONSELHO UNIVERSITÁRIO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS UNIFAL-MG MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Alfenas - UNIFAL-MG Secretaria Geral RESOLUÇÃO Nº 022/2011, DE 28 DE ABRIL DE 2011 CONSELHO UNIVERSITÁRIO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS UNIFAL-MG O Conselho

Leia mais

MODELO DE RELATÓRIO DO TOMADOR DE CONTAS ESPECIAL

MODELO DE RELATÓRIO DO TOMADOR DE CONTAS ESPECIAL Anexo IX MODELO DE RELATÓRIO DO TOMADOR DE CONTAS ESPECIAL (PARA TOMADAS DE CONTAS ESPECIAIS QUE NÃO TRATEM DE RECURSOS REPASSADOS POR CONVÊNIO OU INSTRUMENTOS CONGÊNERES) RELATÓRIO DE TCE Nº 999/20XX

Leia mais

Tribunal de Contas do Estado do Pará. A C Ó R D Ã O Nº.44.000. (Processo nº.2002/50366-5)

Tribunal de Contas do Estado do Pará. A C Ó R D Ã O Nº.44.000. (Processo nº.2002/50366-5) A C Ó R D Ã O Nº.44.000. (Processo nº.2002/50366-5) Assunto: Prestação de Contas referente ao Convênio nº. 05/2001, celebrado entre a ASSOCIAÇÃO AMAZÔNICA EVANGÉLICA e a SEOP. Responsável: Sr. GILBERTO

Leia mais

Em exame as contas anuais do Instituto de Previdência Municipal de Mogi das Cruzes, relativas ao exercício de 2010.

Em exame as contas anuais do Instituto de Previdência Municipal de Mogi das Cruzes, relativas ao exercício de 2010. 46 Processo: TC 001392/026/10. Acompanham: TC 001392/126/10 (Acessório 1 Acompanhamento da Gestão Fiscal); TC-6067/026/11, TC-11821/026/11 e 11822/026/11 (Expedientes). Interessado: Instituto de Previdência

Leia mais

ACÓRDÃO APL TC 00053/ 2011 1.RELATÓRIO

ACÓRDÃO APL TC 00053/ 2011 1.RELATÓRIO PROCESSO TC Nº 03633/10 Fl. 1/4 ACÓRDÃO APL TC 00053/ 2011 1.RELATÓRIO ADMINISTRAÇÃO INDIRETA ESTADUAL. Paraiban Crédito Imobiliário S.A. em liquidação ordinária. Prestação de Contas Anuais, exercício

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 02/2015 - CD

RESOLUÇÃO Nº 02/2015 - CD Governo do Estado do Rio Grande do Norte Secretaria de Estado da Educação e da Cultura - SEEC FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE FUERN Conselho Diretor - CD Rua Almino Afonso, 478 -

Leia mais

Tribunal de Contas da União. Número do documento: AC-0317-18/01-2. Identidade do documento: Acórdão 317/2001 - Segunda Câmara

Tribunal de Contas da União. Número do documento: AC-0317-18/01-2. Identidade do documento: Acórdão 317/2001 - Segunda Câmara Tribunal de Contas da União Número do documento: AC-0317-18/01-2 Identidade do documento: Acórdão 317/2001 - Segunda Câmara Ementa: Tomada de Contas Especial. Fundação Nacional de Saúde - Distrito Sanitário

Leia mais

EXTRATO DE ATA DA 24ª SESSÃO ORDINÁRIA DA PRIMEIRA CÂMARA DO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO TOCANTINS.

EXTRATO DE ATA DA 24ª SESSÃO ORDINÁRIA DA PRIMEIRA CÂMARA DO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO TOCANTINS. EXTRATO DE ATA DA 24ª SESSÃO ORDINÁRIA DA PRIMEIRA CÂMARA DO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO TOCANTINS. Ao primeiro dia do mês de setembro do ano de dois mil e nove, às 13h, no Tribunal de Contas do Estado

Leia mais

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS Acórdão: 20.514/14/2ª Rito: Sumário PTA/AI: 15.000017859-30 Impugnação: 40.010135173-41 Impugnante: Proc. S. Passivo: Origem: EMENTA Daniel dos Santos Lauro CPF: 084.807.156-50 Karol Araújo Durço DF/Juiz

Leia mais

Tribunal de Contas da União

Tribunal de Contas da União Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Acórdão 720/97 - Segunda Câmara - Ata 36/97 Processo TC nº 200.280/96-1. Unidade Jurisdicionada: Superintendência Estadual do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente

Leia mais

INDEXAÇÃO Tomada de Contas Especial; CEF; Responsável em Débito; Ato Ilícito; Crime; Fraude;

INDEXAÇÃO Tomada de Contas Especial; CEF; Responsável em Débito; Ato Ilícito; Crime; Fraude; Tribunal de Contas da União Número do documento: AC-0664-44/00-2 Identidade do documento: Acórdão 664/2000 - Segunda Câmara Ementa: Tomada de Contas Especial. CEF. Prática de ilícitos em operações bancárias

Leia mais

Prefeitura Municipal de Campinas

Prefeitura Municipal de Campinas Prefeitura Municipal de Campinas Criada pelo Decreto Municipal nº 17.301 de 29 de março de 2011 Estrutura: Coordenadoria Setorial Administrativo e de Expediente Departamento de Controle Preventivo Coordenadoria

Leia mais

PARECER Nº 148/2013 - MPC

PARECER Nº 148/2013 - MPC PARECER Nº 148/2013 - MPC PROCESSO Nº 0038/2012 - TCERR ASSUNTO Prestação de Contas Exercício de 2011 ÓRGÃO Câmara Municipal de Boa Vista RESPONSÁVEL Braz Assis Behnck RELATOR Cons. Joaquim Pinto Souto

Leia mais

TIPO DE DECISÃO DETERMINARAM REGISTRO. NEGARAM REGISTRO. RESTABELECERAM A LEGALIDADE.

TIPO DE DECISÃO DETERMINARAM REGISTRO. NEGARAM REGISTRO. RESTABELECERAM A LEGALIDADE. Tipo Processo AUDITORIA DE ADMISSÃO Número 006431-02.00/10-1 Exercício 2009 Anexos 000000-00.00/00-0 Data 13/04/2011 Publicação 20/05/2011 Boletim 523/2011 Órgão Julg. TRIBUNAL PLENO Relator CONS. MARCO

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO TIPO DE AUDITORIA : AUDITORIA DE GESTÃO EXERCÍCIO : 2006 PROCESSO Nº : 10680.001801/2007-19 UNIDADE AUDITADA

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO TIPO DE AUDITORIA : AUDITORIA DE GESTÃO EXERCÍCIO : 2006 PROCESSO Nº : 54150.000243/2007-38 UNIDADE AUDITADA

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO TOCANTINS RESOLUÇÃO N. 931/2003, DE 08 DE OUTUBRO DE 2003.

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO TOCANTINS RESOLUÇÃO N. 931/2003, DE 08 DE OUTUBRO DE 2003. RESOLUÇÃO N. 931/2003, DE 08 DE OUTUBRO DE 2003. Processo: 06367/2002 Assunto: Consulta Entidade: Ministério Público Órgão: Procuradoria Geral de Justiça Consulente: Jacqueline Adorno de La Cruz Barbosa

Leia mais

Página 1 de 5 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 02/2002 Aprova o Regimento Interno da Coordenação de Controle Interno da UFPB. Legislação correlata:

Leia mais

Tribunal de Contas da União

Tribunal de Contas da União Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Acórdão 262/95 - Segunda Câmara - Ata 30/95 Processo nº TC 019.207/94-8 Responsável: Sara de Fátima Carneiro Delpino CPF: 293.709.496-15 Entidade: Fundação

Leia mais

Rua Ulisses Caldas, 81 - Centro - Natal/RN 59025-090 (55)xx84-3232-8863 www.natal.rn.gov.br

Rua Ulisses Caldas, 81 - Centro - Natal/RN 59025-090 (55)xx84-3232-8863 www.natal.rn.gov.br LEI Nº. 6.067, DE 11 DE MARÇO DE 2010. Altera a Lei Ordinária 5.711/06, que dispõe sobre a Organização Administrativa da Câmara Municipal do Natal, e dá outras providências. A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE

Leia mais

SEGUNDA CÂMARA SESSÃO: 26.06.2014

SEGUNDA CÂMARA SESSÃO: 26.06.2014 Fl. 231 GABINETE ADROALDO MOUSQUER LOUREIRO SEGUNDA CÂMARA SESSÃO: 26.06.2014 PROCESSO: 4526-0200/12-3 ASSUNTO: Contas de Governo - 2012 INTERESSADOS: Larri Lui e Egon Affonso Schneider ÓRGÃO: Executivo

Leia mais

PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO E RELAÇÕES INSTITUCIONAIS

PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO E RELAÇÕES INSTITUCIONAIS DECRETO Nº 1.153, DE 30 DE NOVEMBRO DE 2015. Aprova o Regimento Interno do Conselho Gestor do Programa de Parcerias Público-Privadas do município de Palmas. O PREFEITO DE PALMAS, no uso das atribuições

Leia mais

Lei Ordinária Nº 5.519 de 13/12/2005 DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

Lei Ordinária Nº 5.519 de 13/12/2005 DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Lei Ordinária Nº 5.519 de 13/12/2005 Dispõe sobre a qualificação de entidades como organizações sociais, e dá outras providências. O GOVERNADOR DO ESTADO DO PIAUÍ, FAÇO saber que o Poder Legislativo decreta

Leia mais

PARECER/CONSULTA TC-031/2006 PROCESSO - TC-3223/2006 INTERESSADO - INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES PÚBLICOS ASSUNTO - CONSULTA

PARECER/CONSULTA TC-031/2006 PROCESSO - TC-3223/2006 INTERESSADO - INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES PÚBLICOS ASSUNTO - CONSULTA PROCESSO - TC-3223/2006 INTERESSADO - INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE ITAPEMIRIM ASSUNTO - CONSULTA LICITAÇÕES E CONTRATOS - PARECER JURÍDICO PRÉVIO - EXPEDIENTE QUE VISA

Leia mais

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul. Tribunal Pleno DELIBERAÇÃO AC00-395/2016

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul. Tribunal Pleno DELIBERAÇÃO AC00-395/2016 DELIBERAÇÃO AC00-395/2016 PROCESSO TC/MS : TC/6236/2013 PROTOCOLO : 1416034 TIPO DE PROCESSO : PRESTAÇÃO DE CONTAS ANUAL DE GESTÃO ÓRGÃO : FUNDO MUNICIPAL PARA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA DE AMAMBAI JURISDICIONADO

Leia mais

LEI Nº 3.793 DE 30 DE DEZEMBRO DE 1998

LEI Nº 3.793 DE 30 DE DEZEMBRO DE 1998 LEI Nº 3.793 DE 30 DE DEZEMBRO DE 1998 DISPÕE SOBRE APROVAÇÃO DO REGIMENTO INTERNO DAS JUNTAS ADMINISTRATIVAS DE RECURSOS DE INFRAÇÕES JARI DO MUNICÍPIO DE CUIABÁ MT. O prefeito Municipal de Cuiabá-MT,

Leia mais

AÇÃO CRIMINAL Nº 231-PE (89.05.03003-3) APTE: JUSTIÇA PÚBLICA APDO: ANCILON GOMES FILHO RELATOR: DESEMBARGADOR FEDERAL ÉLIO SIQUEIRA (CONVOCADO)

AÇÃO CRIMINAL Nº 231-PE (89.05.03003-3) APTE: JUSTIÇA PÚBLICA APDO: ANCILON GOMES FILHO RELATOR: DESEMBARGADOR FEDERAL ÉLIO SIQUEIRA (CONVOCADO) AÇÃO CRIMINAL Nº 231-PE (89.05.03003-3) APTE: JUSTIÇA PÚBLICA APDO: ANCILON GOMES FILHO RELATOR: DESEMBARGADOR FEDERAL ÉLIO SIQUEIRA (CONVOCADO) RELATÓRIO O EXCELENTÍSSIMO SENHOR DESEMBARGADOR FEDERAL

Leia mais

- CÂMARA MUNICIPAL DE PINHEIROS EMENTA

- CÂMARA MUNICIPAL DE PINHEIROS EMENTA PROCESSO INTERESSADO ASSUNTO - TC-2073/2013 - CÂMARA MUNICIPAL DE PINHEIROS - CONSULTA EMENTA INTERPRETAÇÃO DO ARTIGO 29-A, 1º, DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL - IMPOSSIBILIDADE DAS OBRIGAÇÕES PATRONAIS E ENCARGOS

Leia mais

Entidade: Sociedade de Proteção à Infância e Maternidade de Bom Jesus de Itabapoana - SPIM/RJ

Entidade: Sociedade de Proteção à Infância e Maternidade de Bom Jesus de Itabapoana - SPIM/RJ Tribunal de Contas da União Número do documento: AC-0376-36/99-1 Identidade do documento: Acórdão 376/1999 - Primeira Câmara Ementa: Tomada de Contas Especial. Subvenção Social. MBES. Sociedade de Proteção

Leia mais

Portaria nº 335, de 30 de maio de 2006 D.O.U de 31/05/2006

Portaria nº 335, de 30 de maio de 2006 D.O.U de 31/05/2006 Portaria nº 335, de 30 de maio de 2006 D.O.U de 31/05/2006 Regulamenta o Sistema de Correição do Poder Executivo Federal, de que trata o Decreto nº 5.480, de 30 de junho de 2005. O MINISTRO DE ESTADO DO

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE PERNAMBUCO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE PERNAMBUCO PODER JUDICIÁRIO FEDERAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE PERNAMBUCO SECRETARIA DE CONTROLE INTERNO Av. Agamenon Magalhães, 1.160 - Graças - 52010-904 Recife - PE Telefone: (81) 3194.9296 Fax (81) 3194.9301

Leia mais

DECRETO Nº 7.622, DE 20 DE MAIO DE 2005.

DECRETO Nº 7.622, DE 20 DE MAIO DE 2005. DECRETO Nº 7.622, DE 20 DE MAIO DE 2005. Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no artigo 15, 3º da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993 e artigo 11 da Lei Federal nº 10.520, de 17 de julho

Leia mais

PORTARIA CNMP-PRESI Nº 241, DE 15 DE AGOSTO DE 2013.

PORTARIA CNMP-PRESI Nº 241, DE 15 DE AGOSTO DE 2013. PORTARIA CNMP-PRESI Nº 241, DE 15 DE AGOSTO DE 2013. Aprova o Regimento Interno da Auditoria Interna do Conselho Nacional do Ministério Público. O PRESIDENTE DO CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO,

Leia mais

República Federativa do Brasil Estado do Ceará Município de Juazeiro do Norte Poder Executivo

República Federativa do Brasil Estado do Ceará Município de Juazeiro do Norte Poder Executivo LEI Nº 4311, DE 28 DE ABRIL DE 2014 Dispõe sobre a qualificação de entidades sem fins lucrativos como organizações sociais e adota outras providências O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE JUAZEIRO DO NORTE,. FAÇO

Leia mais

A ATUAÇÃO DA AUDITORIA INTERNA E DA CGU E O PROCESSO ANUAL DE CONTAS. Novembro - 2011

A ATUAÇÃO DA AUDITORIA INTERNA E DA CGU E O PROCESSO ANUAL DE CONTAS. Novembro - 2011 A ATUAÇÃO DA AUDITORIA INTERNA E DA CGU E O PROCESSO ANUAL DE CONTAS Novembro - 2011 1. A Auditoria Interna 1.1 Como é a distinção entre Sistema de Controle Interno do Poder Executivo Federal e o Controle

Leia mais

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul : CONS. IRAN COELHO DAS NEVES

Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul : CONS. IRAN COELHO DAS NEVES Relatório Voto : REV - G.ICN - 00901/2011 PROCESSO TC/MS : 6107/2008 PROTOCOLO : 908430 ÓRGÃO : PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA ALVORADA DO SUL ORDENADOR (A) DE : ARLEI SILVA BARBOSA DESPESAS CARGO DO ORDENADOR

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DOS MUNICÍPIOS

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DOS MUNICÍPIOS TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DOS MUNICÍPIOS 045 PROCESSO Nº: UNIDADE GESTORA: RESPONSÁVEL: INTERESSADO: ASSUNTO: RELATÓRIO REINSTRUÇÃO: DE TCE-11/00662437 Serviço

Leia mais

Custeio de capacitação dos servidores públicos pelo Legislativo Municipal CONSULTA N. 838.755

Custeio de capacitação dos servidores públicos pelo Legislativo Municipal CONSULTA N. 838.755 Custeio de capacitação dos servidores públicos pelo Legislativo Municipal CONSULTA N. 838.755 EMENTA: CONSULTA CÂMARA MUNICIPAL PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL COM AUXÍLIO FINANCEIRO AO SERVIDOR PÚBLICO

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO PARANÁ

TRIBUNAL DE CONTAS DO PARANÁ TRIBUNAL DE CONTAS DO PARANÁ DIRETORIA DE CONTAS MUNICIPAIS Prestação de Contas de Empresas Públicas e Sociedades de Economia Mista Municipais Prestação de Contas Anual Instrução Normativa n 22/2008 INSTRUÇÃO

Leia mais

Conselho Nacional de Justiça

Conselho Nacional de Justiça Conselho Nacional de Justiça PROCEDIMENTO DE CONTROLE ADMINISTRATIVO Nº 200910000039388 RELATOR: REQUERENTE: REQUERIDO: CONSELHEIRO JOSÉ ADONIS CALLOU DE ARAÚJO SÁ JOSÉ FERREIRA LEITE, MARCELO SOUZA DE

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO CONSELHO SUPERIOR DA JUSTIÇA DO TRABALHO PROCESSO n.º 211/2006-000-90-00.5

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO CONSELHO SUPERIOR DA JUSTIÇA DO TRABALHO PROCESSO n.º 211/2006-000-90-00.5 CONSELHO SUPERIOR DA Processo: CSJT- 211/2006.000.90.00-5 Interessado (a): Presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região Relator: Excelentíssimo Senhor Conselheiro Jose dos Santos Pereira Braga

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNiCípIOS DO ESTADO DE GOIÁS

TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNiCípIOS DO ESTADO DE GOIÁS EsrADO DE GOIÁS EXCELENTlssíMA SENHORA CONSELHEIRA PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNiCípIOS DO ESTADO DE GOIÁS Rc.Tc.c:c;I-0=TCM/C;O 08167/13 TRIBUNAL DE CONTAS DOS M MP DE CONTAS JUNTO AO TCM REPRESENTA

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA TCU Nº 47, DE 27 DE OUTUBRO DE 2004. Estabelece normas de organização e apresentação de processos de tomada e prestação de contas.

INSTRUÇÃO NORMATIVA TCU Nº 47, DE 27 DE OUTUBRO DE 2004. Estabelece normas de organização e apresentação de processos de tomada e prestação de contas. INSTRUÇÃO NORMATIVA TCU Nº 47, DE 27 DE OUTUBRO DE 2004 Estabelece normas de organização e apresentação de processos de tomada e prestação de contas. O TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO, no uso de suas atribuições

Leia mais

RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS R E L A T Ó R I O

RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS R E L A T Ó R I O RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS PROCESSO N.º : 0031/2003 CRF PAT Nº : 0190/2001-1ª. U.R.T RECORRENTE : Queiroz Oliveira Comércio e Indústria Ltda. RECORRIDO :

Leia mais