Oficina Astrolábio Digital: navegação e pesquisa na Internet

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Oficina Astrolábio Digital: navegação e pesquisa na Internet"

Transcrição

1 1. Nome da Oficina e do(s) módulo(s) Oficina Astrolábio Digital: navegação e. Módulos: 1. Pesquisa e busca de informações 2. Filtrando informações 3. Catalogando e compartilhando links 4. Pesquisa e a Wikipedia 2. Descrição A oficina Atrolabio Digital cria um ambiente de vivência e experimentação dos principais recursos de navegação e. Apresenta ferramentas, métodos de busca, organização, armazenamento e compartilhamento da informação. Através de temas de interesse e relevância para os participantes, organiza dinâmicas de vivência e interação com a rede. 3. Princípios A oficina é baseada no princípio da experimentação por parte do público, onde o mesmo irá utilizar as ferramentas de navegação com base em seus interesses específicos, verificando e catalogando os resultados de suas pesquisas. Dessa forma, a utilização do navegador de Internet e das ferramentas de busca da informação fará parte de todo o processo experimental. 4. Público-alvo Usuários do Casa Brasil que tenham conhecimento de leitura e escrita. A oficina é adequada para usuários que estão tendo os primeiros contatos com a Internet e usuários que tenham interesse em se aprofundar e melhorar seu conhecimento de técnicas de busca e compartilhamento da informação na Internet. 5. Carga horária A oficina terá uma duração média de 24 horas. A frequência recomendada será de 4 horas semanais divididas em 2 dias na semana. 6. Objetivos educacionais conhecer e utilizar melhor as principais ferramentas de busca da informação na Internet; aprender a refinar buscas e encontrar informações mais específicas; aprender a catalogar os principais sítios interessantes na Internet; compartilhar descobertas com outros usuários. 7. Habilidades e competências navegação na Internet; 1

2 pesquisa de informações na Internet; filtragem da informação; catalogação da informação. 8. Materiais necessários Pedaços de papel, canetas, durex, computadores com acesso a Internet 9. Avaliação A avaliação dos participantes se dará da seguinte forma: eles irão construir em torno de um tema de seu interesse pessoal um projeto de que irá contemplar as seguintes mídias: textos, imagens, músicas e vídeos; através dos resultados obtidos nessa pesquisa, o participante irá selecionar os principais recursos de maior interesse; a partir desses recursos selecionados, o mesmo irá apresentar o material encontrado para seus colegas de oficina; dada a relevância do material e sua distribuição nas mídias sugeridas, poderemos avaliar os seguintes quesitos: conhecimento das ferramentas de busca em suas diversas mídias; conhecimento das técnicas de busca; registro e seleção do material encontrado. 10. Atividades Módulo 1 - Pesquisa e busca de informações Figura 1 A teia de relações Fonte: Busca e : o que é isso? realizar a apresentação dos participantes e oficineiro; 2

3 mostrar a figura 2 e falar da presença da Internet no mundo (os países azul mais escuro possuem mais usuáriose conexões na rede do que os países azul mais claro. Os cinzas praticamente não possuem acesso.) Dinâmica: ouvir de cada participante o que ele acha que é a Internet e para que serve; pedir para cada participante escrever em 3 pedaços de papel um assunto interessante que ele gostaria de saber mais; agrupar os assuntos de temas semelhantes ou próximos e construir um mural (pode ser na parede mesmo) com todos os papéis colados; desenhar elos de ligação entre os assuntos; construir uma rede de assuntos e apresentar essa rede como sendo a Internet "local"; pedir para os participantes fazerem uma pergunta por escrito para um outro participante a respeito do seu tema; trocar as perguntas entre participantes; cada um responde suas perguntas; o oficineiro apresenta a idéia de que podemos perguntar para a rede da Internet e obtermos diversas respostas diferentes a partir de diversos usuários espalhados pelo planeta. encerramento da atividade: o oficineiro mostra o Yahoo Perguntas e Respostas e tenta obter respostas para as perguntas que foram feitas pelos participantes. Cada um acessa a partir de seu terminal. Acessar e utilizar: Figura 2 Presença da Internet no Mundo Fonte: Textos de apoio: 3

4 O que é um serviço de busca de informações? Um serviço de busca é um programa feito para auxiliar a encontrar informações armazenadas em um sistema de computadores como a World Wide Web, dentro de uma rede corporativa ou um computador pessoal. Ele permite que uma pessoa solicite conteúdo de acordo com um critério específico (tipicamente contendo uma dada palavra ou frase) e responde com uma lista de referências que combinam com tal critério. Os serviços de busca usam regularmente índices atualizados para operar de forma rápida e eficiente. Sem maior especificação, ele normalmente refere-se ao serviço de busca Web, que procura informações na rede pública da Internet. Outros tipos incluem serviços de busca para empresas (Intranets), serviços de busca pessoais e serviços de busca móveis. De qualquer forma, enquanto diferente seleção e relevância podem aplicar-se em diferentes ambientes, o usuário provavelmente perceberá uma pequena diferença entre as operações neles. História dos serviços de busca de informações A primeira ferramenta utilizada para busca na Internet foi o Archie (da palavra em Inglês, "archive" sem a letra "v"). Foi criado em 1990 por Alan Emtage, um estudante da McGill University em Montreal. O programa baixava as listas de diretório de todos arquivos localizados em sites públicos de FTP (File Transfer Protocol) anônimos, criando uma base de dados que permitia busca por nome de arquivos. Enquanto o Archie indexava arquivos de computador, o Gopher indexava documentos de texto. Ele foi criado em 1991 por Mark McCahill da University of Minnesota, cujo nome veio do mascote da escola. Devido ao fato de serem arquivos de texto, a maior parte dos sites Gopher tornaram-se sites Web sites após a criação da World Wide Web. Dois outros programas, Veronica e Jughead, buscavam os arquivos armazenados nos sistemas de índice do Gopher. Veronica (Very Easy Rodent-Oriented Net-wide Index to Computerized Archives) provia uma busca por palavras para a maioria dos títulos de menu em todas listas do Gopher. Jughead (Jonzy's Universal Gopher Hierarchy Excavation And Display) era uma ferramenta para obter informações de menu de vários servidores Gopher. O primeiro search engine Web foi o Wandex, um índice atualmente extinto feito pela World Wide Web Wanderer, um web crawler (programa automatizado que acessa e percorre os sites seguindo os links presentes nas páginas.) desenvolvido por Matthew Gray no MIT em Outro sistema antigo, Aliweb, também apareceu no mesmo ano e existe até hoje. O primeiro sistema "full text" baseado em crawler foi o WebCrawler, que saiu em Ao contrário de seus predecessores, ele 4

5 permite aos usuários buscar por qualquer palavra em qualquer página, o que tornou-se padrão para todos serviços de busca desde então. Também foi o primeiro a ser conhecido pelo grande público. Ainda em 1994, o Lycos (que começou na Carnegie Mellon University) foi lançado e tornou-se um grande sucesso comercial. Logo depois, muitos sistemas apareceram, incluindo Excite, Infoseek, Inktomi, Northern Light, e AltaVista. De certa forma, eles competiram com diretórios populares como o Yahoo!. Posteriormente, os diretórios integraram ou adicionaram a tecnologia de search engine para maior funcionalidade. Os sistemas de busca também eram conhecidos como a mina de ouro no frenêsi de investimento na Internet que ocorreu no fim dos anos 1990s. Várias empresas entraram no mercado de forma espetacular, com recorde em ganhos durante seus primeiros anos de existência. Algumas fecharam seu sistema público, e estão oferecendo versões corporativas somente, como a Northern Light. Antes do advento da Web, haviam sistemas para outros protocolos ou usos, como o Archie para sites FTP anônimos e o Veronica para o Gopher (protocolo de redes de computadores que foi desenhado para indexar repositórios de documentos na Internet, baseado-se em menus). Mais recentemente, os sistemas de busca também estão utilizando XML ou RSS, permitindo indexar dados de sites com eficácia, sem a necessidade de um crawler complexo. Os sites simplesmente provêm um xml feed o qual é indexado pelo sistema de busca. Os XML feeds estão sendo cada vez mais providos de forma automática por weblogs. Exemplos são o feedster, que inclui o LjFind Search que provê serviços para os blogs do site LiveJournal. Como funciona um sistema de busca na Internet? Um search engine opera na seguinte ordem: 1. Robô de busca (percorrer por links) 2. Indexação 3. Busca Os sistemas de busca trabalham armazenando informações sobre um grande número de páginas, as quais eles obtém da própria WWW. Estas páginas são recuperadas por um Robô de busca (também conhecido como spider) um Web browser automatizado que segue cada link que vê. As exclusões podem ser feitas pelo uso do robots.txt. O conteúdo de cada página então é analizado para determinar como deverá ser indexado (por exemplo, as palavras são extraídas de títulos, cabeçalhos ou campos especiais chamados meta tags). Os dados sobre as páginas são armazenados em um banco de dados indexado para uso nas pesquisas futuras. Alguns sistemas, como o do Google, armazenam todo ou parte da página de origem (referido como um cache) assim como informações sobre as páginas, no qual alguns armazenam cada palavra de cada página encontrada, como o AltaVista. 5

6 Esta página em cache sempre guarda o próprio texto de busca pois, como ele mesmo foi indexado, pode ser útil quando o conteúdo da página atual foi atualizado e os termos de pesquisa não mais estão contidos nela. Este problema pode ser considerado uma forma moderada de linkrot (perda de links em documentos da Internet, ou seja, quando os sites deixaram de existir ou mudaram de endereço), e a maneira como o Google lida com isso aumenta a usabilidade ao satisfazer as expectativas dos usuários pelo fato de o termo de busca estarão na página retornada. Isto satisfaz o princípio de menos surpresa, pois o usuário normalmente espera que os termos de pesquisa estejam nas páginas retornadas. A relevância crescente das buscas torna muito útil estas páginas em cache, mesmo com o fato de que podem manter dados que não mais estão disponíveis em outro lugar. Quando um usuário faz uma busca, tipicamente digitando palavras-chave, o sistema procura o índice e provê uma lista das páginas que melhor combinam ao critério, normalmente com um breve resumo contendo o título do documento e, às vezes, partes do seu texto. A maior parte dos sistemas suportam o uso de termos booleanos AND, OR e NOT para melhor especificar a busca. E uma funcionalidade avançada é a busca aproximada, que permite definir a distância entre as palavraschave. A utilidade de um sistema de busca depende na relevância do resultado que retorna. Enquanto pode haver milhões de páginas que incluam uma palavra ou frase em particular, alguns sites podem ser mais relevantes ou populares do que outros. A maioria dos sistemas de busca usam métodos para criar um ranking dos resultados para prover o melhor resultado primeiro. Como um sistema decide quais páginas são melhores combinações, e qual ordem os resultados aparecerão, varia muito de um sistema para outro. Os métodos também modificam-se ao longo do tempo, enquanto o uso da Internet muda e novas técnicas evoluem. A maior parte dos sistemas de busca são iniciativas comerciais suportadas por rendimentos de propaganda e, como resultado, alguns usam a prática controversa de permitir aos anunciantes pagar para ter sua listagem mais alta no ranking nos resultados da busca. A vasta maioria dos serviços de pesquisa são rodados por empresas privadas usando algoritmos proprietários e bancos de dados fechados, sendo os mais populares o Google, MSN Search e Yahoo! Search. De qualquer forma, a tecnologia de código-aberto para sistemas de busca existe, tal como ht://dig, Nutch, Senas, Egothor, OpenFTS, DataparkSearch e muitos outros. 6

7 Figura 3 O GNU símbolo do Software Livre que ajudou a criar a Internet Fonte: As ferramentas de busca: Yahoo Neste encontro, iremos explorar a ferramenta de buscas Yahoo. Inicialmente, devemos apresentar o portal aos participantes. Após o acesso inicial ao site, pedir aos participantes para digitarem algumas palavras-chave de temas de seu interesse e navegarem alguns minutos (30 minutos) pelos resultados dos links que apareceram na tela. Apresentar os serviços de pesquisa básicos do Yahoo!: Busca na web: Realiza pesquisas gerais na Internet. Busca de notícias: Realiza pesquisas específicas de notícias relacionadas aos temas de consulta. Busca de vídeos: Realiza pesquisa específica de vídeos que possuem relação com as palavras chave pesquisadas. Busca do diretório: Realiza pesquisa em sites cadastrados nos diretórios de temas do Yahoo! Busca de imagens: Realiza pesquisa em imagens coletas pelo sistema de busca do Yahoo! Perguntas e Respostas: 7

8 Serviço do Yahoo que permite encontrar perguntas e respostas clássicas. Após apresentar os serviços, motivar os participantes a realizarem pesquisas de seus tópicos de interesse em cada tipo de busca, analisando os resultados, descobrindo novos sítios, novas imagens e recursos que a Internet pode oferecer. Dar destaque a grande quantidade de informações que surgem dessas buscas e explicitar que as duas a três primeiras páginas exibem o material de maior relevância para uma pesquisa. Texto de apoio: Quem é o Yahoo? A Yahoo! Inc. é uma empresa norte-americana de serviços de Internet com a missão de ser "o serviço de Internet global mais essencial para consumidores e negócios". Opera um portal de Internet, um diretório web, e outros serviços, incluindo o popular Yahoo! Mail. Foi fundado por David Filo e Jerry Yang, formandos da Universidade de Stanford em janeiro de 1994 e incorporado no dia 2 de março de A sede da empresa é em Sunnyvale, Califórnia. De acordo com a Alexa Internet, uma empresa de tendências da web, o Yahoo! é a segunda página mais visitada da Internet a seguir ao google. A rede global de páginas do Yahoo! receberam 3 bilhões de page views por dia em outubro de Enquanto a popularidade do Yahoo! crescia, novos serviços iam surgindo, tornando o Yahoo uma parada obrigatória para todas novas tendências da Internet. Estes incluem: o Yahoo! Messenger, um mensageiro instantâneo, o Yahoo! Groups, serviço muito popular de criação de mailing lists por assunto de interesse, batepapo e jogos online, vários portais de notícias e informação, compras online e leilões. Muitos destes são baseados em serviços independentes, dos quais o Yahoo! comprou, como o popular GeoCities para hospedagem de sites da web e o Rocketmail. Muitas destas ações desagradaram os usuários que já usavam estes serviços antes de serem comprados pelo Yahoo!, já que a empresa costumava sempre alterar os termos de serviço. O que é o Yahoo Respostas? Yahoo! Respostas é um serviço criado pelo portal Yahoo!, que permite a todo usuário cadastrado no portal a realizar perguntas ou responder aquelas feitas por outros usuários, sobre qualquer tema. As perguntas são divididas em diversas categorias, recebendo as mais diversas respostas de distintos usuários. 8

9 Posteriormente, a enquete é encerrada e as respostas são colocadas em votação, para que se escolha a melhor delas. O Yahoo! Respostas foi introduzido nos portais Yahoo! de diversos países, e em todos eles baseia-se num sistema de pontos. O usuário recebe dois pontos por resposta dada, um ponto por escolha da melhor resposta numa enquete já encerrada, e um ponto por avaliação da melhor resposta numa enquete também já encerrada. Cada pergunta feita leva a perda imediata de cinco pontos, e quando sua resposta é escolhida a melhor pela comunidade, ganha-se dez pontos. Tal serviço introduzido pelo Yahoo! tem atraído muitos novos usuários ao portal, a princípio, pela facilidade de uso e inovação, mas também pelo sistema de pontos, que encoraja os usuários a participarem cada vez mais, para acumularem os prêmios oferecidos pelo Yahoo!. As ferramentas de busca: Google Neste encontro, iremos explorar a ferramenta de buscas Google. Inicialmente, devemos apresentar o portal aos participantes. Após o acesso inicial ao site, pedir aos participantes para digitarem algumas palavras-chave de temas de seu interesse e navegarem alguns minutos (30 minutos) pelos resultados dos links que apareceram na tela. Apresentar os serviços de pesquisa básicos do Google: Pesquise trabalhos acadêmicos: Navegue pela web por tópicos: Pesquise imagens na Web: Encontre blogs: Neste ponto da oficina, explicar o que é Blog. Segue texto de apoio abaixo. Após apresentar os serviços, motivar os participantes a realizarem pesquisas de seus tópicos de interesse em cada tipo de busca, analisando os resultados, descobrindo novos sítios, novas imagens e recursos que a Internet pode oferecer. Dar destaque a grande quantidade de informações que surgem dessas buscas e explicitar que as duas a três primeiras páginas exibem o material de maior relevância para uma pesquisa. 9

10 Figura 4 Os tentáculos do Google Fonte: Textos de apoio: Quem é o Google? Google Inc. é o nome da empresa que criou e mantém o maior site de busca da internet, o Google Search. O serviço foi criado a partir de um projeto de doutorado dos então estudantes Larry Page e Sergey Brin da Universidade de Stanford em Este projeto, chamado de Backrub, surgiu devido à frustração dos seus criadores com os sites de busca da época e teve por objectivo construir um site de busca mais avançado, rápido e com maior qualidade de links. Brin e Page conseguiram seu objectivo e, além disso, apresentaram um sistema com grande relevância às respostas e um ambiente extremamente simples. Uma das propostas dos criadores do Google era ter uma publicidade discreta e bem dirigida para que o utilizador perca o menor tempo possível, sem distrações. O nome Google foi escolhido por causa da expressão googol, que representa o número 1 seguido de 100 zeros, para demonstrar assim a imensidão da Web. A expressão googol surgiu de um fato um tanto curioso, o matemático Edward Kasner questionou o seu sobrinho de 8 anos sobre a forma como ele descreveria um número grande - um número realmente grande: o maior número que ele imaginasse. O pequeno Milton Sirotta emitiu um som de resposta que 10

11 Kasner traduziu por "googol". Mais tarde Kasner definiu um número ainda maior: o googolplex. A quantidade de informações na Internet é tão grande e diversificada que é praticamente impossível encontrar tudo o que se precisa sem o uso de um mecanismo de busca. Existem ferramentas de busca muito boas na Internet, como o Altavista, o AlltheWeb, o Yahoo e o MSN. No entanto, nenhum desses sites consegue ter a amplitude do Google. Existem boas razões para isso. O Google atualiza sua base de informações diariamente. Existe o crawler Googlebot, um "robô" do Google que busca por informações novas em tudo o que for site. Isso é realmente interessante porque cerca de aproximadamente 4 dias depois de uma matéria ser publicada em um site já é possível encontrá-la no Google. Outros mecanismos de busca também possuem crawlers, mas eles não são tão eficientes em termos de atualização e de classificação de informações. Outra razão para o sucesso do Google é o sistema PageRank. Trata-se de um algoritmo desenvolvido pelos próprios fundadores do Google - Larry Page e Sergey Brin - na Universidade de Stanford, que atribui uma pontuação (um PageRank) a páginas web, de acordo com a quantidade e a qualidade dos links (externos ou internos) que apontem para ela; o PageRank é um dos fatores de maior peso na definição do ordenamento das páginas apresentadas pela Google. Em outras palavras, quanto mais links existirem apontando para uma página, maior é seu grau de importância no Google. Como conseqüência, essa página tem maior probabilidade de obter um bom posicionamento nas buscas, pois o PageRank indica que a comunidade da Web (por meio de links) elegeu aquela página como de maior relevância o assunto pesquisado. Além disso, o Google analisa os assuntos mais pesquisados e verifica quais sites tratam aquele tema de maneira significativa. Para isso, ele checa a quantidade de vezes que o termo pesquisado aparece na página, por exemplo. Google disponibiliza ainda um recurso extremamente útil: o de cache. O Google armazena quase todas as páginas rastreadas pelo Googlebot e permite que esse conteúdo seja acessado mesmo quando o site original não está no ar. Por exemplo, suponha que você fez uma pesquisa e ao clicar em um link que aparece na página de resultados você constatou que aquela página não existe mais. Se você clicar em "Em cache", um link que fica junto a cada item disponibilizado na página de resultados, você acessará uma cópia daquela página que está armazenada no Google. Outros dois fatores importantes são a simplicidade e clareza. A combinação desses itens foi trabalhada desde a concepção do Google. Devido a isso, é possível 11

12 acessar um site leve, sem poluição visual e cujas opções são facilmente localizáveis. o Google é capaz de realizar buscas em mais de 300 tipos de arquivos. O Google oferece, além de seu tradicional mecanismo de busca, vários outros serviços, como o Google News, o Orkut, o Froogle, o Gmail, o Google Talk, o Google Earth, entre outros. Para saber de algumas novidades que estão para vir ou para saber quais os principais projetos em que o Google trabalha atualmente, basta visitar o Google Labs O que é um blog? Um weblog ou blog é um página da Web cujas atualizações (chamadas posts) são organizadas cronologicamente (como um histórico ou diário). Estes posts podem ou não pertencer ao mesmo gênero de escrita, se referir ao mesmo assunto ou à mesma pessoa. A maioria dos blogs são miscelâneas onde os blogueiros escrevem com total liberdade. O weblog conta com algumas ferramentas para classificar informações técnicas a seu respeito, todas elas são disponibilizadas na internet por servidores e/ou usuários comuns. As ferramentas abrangem: registro de informações relativas a um site ou domínio da Internet quanto ao número de acessos, páginas visitadas, tempo gasto, de qual site ou página o visitante veio, para onde vai do site ou página atual e uma série de outras informações. Possíveis traduções de weblog: blog (linguagem mundial), blogue (Português), diário (virtual), jornal (diário em inglês) Os serviços mais conhecidos em todo o mundo são o Blogger, Blog.com e o WordPress. No Brasil são Blig, Blogger Brasil, Weblogger, UOL Blog e Blog-se. Em Portugal são o Blog.pt, Blogs no Sapo, Weblog.com.pt e o BlogTok. A Deutsche Welle premeia a cada ano os melhores weblogs internacionais em onze categorias no evento The Bobs - Best of Blogs. Os sistemas de criação e edição de blogs são muito atrativos pelas facilidades que oferecem, pois dispensam o conhecimento de HTML, o que atrai pessoas a criá-los, ao invés de sites pessoais mais elaborados. 12

13 Os blogs educativos são um grande atrativo na educação como ferramenta educacional utilizada para o registro de idéias de professores e alunos. Alguns sites tem inovado e usado o blog como um tipo de mídia, no qual jornalistas colocam notícias e comentários da sua área (política, esportes, televisão, etc.). Módulo 2 - Filtrando informações Figura 4 Garimpando informações Fonte: Aplique as técnicas de filtragem de informação apresentadas no texto de apoio abaixo apresentado. Esta etapa deve ser lenta e pausadamente apresentada devido a sua complexidade relativa para participantes iniciantes, portanto ao apresentar cada técnica dê períodos longos (30 minutos) para que os participantes possam aplicar a técnica, avaliar os resultados e tirar suas dúvidas. Reserva os 30 minutos finais de cada oficina para fazer uma conversa com os participantes, verificar suas dúvidas, problemas e fazer um fechamento de como andam seus avanços e descobertas no mundo da Internet. Peça alguns relatos de experiências interessantes, de descobertas que foram importantes, seja de imagens, vídeos, entre outras mídias. Texto de apoio: Regras de filtragem de informação utilizando o sistema Google 13

14 Regra geral Não digite palavras desnecessárias. Por exemplo, se o assunto de interesse é "golpe de Estado", digite apenas "golpe Estado", caso contrário, sites que contêm a palavra "de" também serão listados, o que tornará a pesquisa mais demorada. Aliás, esta dica se aplica a qualquer site na Internet; Use aspas Quando digitar duas palavras ou mais na busca use aspas, quando se usa aspas ele busca a frase exata.. Buscar "dicas de html" é diferente de buscar dicas de html Use o mais e o menos Uma busca do tipo dicas +html fará uma busca de sites que contenham a palavra dicas, em seguida vasculhara nas ocorrências os que tem a palavra html retornando o resultado final. borracha -escolar +amazônia Buscará a palavra borracha excluindo as ocorrências de borracha escolar filtrando por fim as páginas que contém a palavra amazônia Usando alternativas A busca "(crossover cross over)" Retornará tanto crossover quanto cross over Usando curingas A busca "Eu vou * hoje" Retornará frases em que o asterisco pode ser uma palavra qualquer ou um trecho com várias palavras que você não lembra ao certo. Os curingas podem ser 14

15 muito úteis quando a frase a ser buscada contém muitas variáveis. Por exemplo no caso do (por que, por quê, porque, porquê). Exemplo: "* a defesa de um time é um desastre" Não importa qual dos porquês apareçam no site o curinga irá cuidar disso. Buscando em um site A busca dicas site:www.wikimedia.org Retornará as páginas com a palavra dicas, mas somente do site: Buscando um tipo de arquivo A busca "dicas de busca" filetype:pdf Retornará os sites que contenham "dicas de busca" mas somente se o tipo de arquivo for pdf. Outro exemplo: Rechard Stevens tem um livro de TCP/IP com o tipo de arquivo chm Richard Stevens filetype:chm Você pode procurar por fontes latex de livros diversos Fazendo combinações Buscando um tipo de arquivo em um site filetype:pdf site:www.wikimedia.org Buscando pelo nome do site inurl:ezequiel goiania 15

16 site. Procura os sites quem tem a palavra ezequiel na URL e a palavra goiania no Buscar no conteúdo intext:exploit filetype:c intext:users filetype:mdb Achar mp3 no caso abaixo, ele busca os mp3 que estão inadvertidamentes soltos nos servidores por aí. -inurl:htm -inurl:html intitle:"index of" "Last modified" mp3 -inurl:htm -inurl:html intitle:"index of" "Last modified" mp3 "Chico Buarque" Procurando conceitos Basta você escrever "define:" e na frente com a primeira letra em maiusculo (sem espaço) você escreve o nome do conceito que quer achar. define:google define:wikipédia Free e-books -inurl:htm -inurl:html intitle:"index of" +("/ebooks" "/book") +(chm pdf zip) -inurl:htm -inurl:html intitle:"index of" +("/ebooks" "/book") Módulo 3 - Catalogando e compartilhando links Conhecendo o Del.icio.us Neste encontro iremos apresentar o sistema del.icio.us, cadastrar os participantes e apresentar suas funcionalidades básicas. É importante neste encontro trabalhar a necessidade de um sistema como o Del.icio.us. O que deve ser explorado é que antes de iniciar as atividades práticas do encontro, devemos realizar uma conversa com os participantes e questionar se 16

17 nos últimos encontros eles se recordam de todos os sites visitados, dos sites que mais gostaram e como fariam para novamente voltar a esses sites. A maior parte dos participantes já pode ter percebido, mas é importante ressaltar a importância de que a Internet na grande maioria das vezes nos retorna uma quantidade enorme de links e que com o passar do tempo vamos esquecendo aqueles que nos foram importantes Para tanto, acesse com cada participante o site: Como o Del.icio.us é um sistema que não possui tradução para o português, auxilie os participantes a criarem sua conta no Del.icio.us. O sistema de cadastramento é bastante simples e vai precisar apenas de um nome de usuário (que pode ser o nome do participante da oficina) e de uma senha. Para efetivar seu cadastro, o participante da oficina vai precisar possuir uma conta de . Caso o mesmo não possua, procure auxiliá-lo na criação de sua conta pessoal através de um servidor gratuito, como o Yahoo! (http://mail.yahoo.com.br). Lembre-se que esse processo é muito comum em projetos de inclusão digital e que o é um passo fundamental e importante para a inclusão efetiva dos participantes da oficina. Ao criar a conta do participantes, mostre a ela como postar sítios web interessantes no sistema e como isso se tornará uma página web que pode ser acessada por qualquer pessoa, inclusive por ele mesmo como forma de resgatar aquelas informações que foram pesquisadas e selecionadas. Exemplo: A dinâmica aqui é mostrar que o sistema serve como uma verdadeira biblioteca digital de sítios web. Uma diâmica interessante de apoio nesse encontro é a seguinte: peça a todos os participantes da oficina para colocarem num papel o enderço completo de um sítio web que eles acham interessante; peça para todos os participantes visitarem todos os sítios que foram descritos nos papéis; peça para cada visitante catalogar, ou seja, dar sua visão de como aquele site deveria ser classificado. Ex.: literatura, cultura, música, etc. ; cole cada papel de classificação do sítio junto ao mesmo num mural; mostre aos participantes que é exatamente isso que o Del.icio.us faz, mas usando a Internet. Texto de apoio: 17

18 Recomendamos a leitura do seguinte tutorial: =145 O que é o del.icio.us? O del.icio.us é o nome de um site que foi desenvolvido por Joshua Schachter, que mantém também o Memepool e entrou no ar no final de Ele oferece um serviço on-line que permite que você adicione e pesquise bookmarks sobre qualquer assunto. Mais do que um mecanismo de buscas para encontrar o que quiser na web ele é uma ferramenta para arquivar e catalogar seus sites preferidos para que você possa acessá-los de qualquer lugar. Você também pode compartilhar seus bookmarks com os amigos e visualizar os favoritos públicos de vários membros da comunidade. Além desse uso o del.icio.us pode ser usado para criar listas de presentes, para acompanhar websites que tem conteúdo e links dinâmicos e para pesquisas sobre qualquer assunto. O Mozilla Firefox possui uma extensão que facilita o uso do site. Após instalada em seu navegador, aparecerão dois ícones: um, representado pelo ícone do del.icio.us, é um link para a página oficial do serviço; o outro, uma etiqueta com o nome tag, deve ser usado para cadastrar seus favoritos. Ao usar a função TAG THIS, surgirá uma pop-up pedindo que você descreva o site e crie tags para ele. Encontro 8: Praticando com o Del.icio.us Neste encontro, iremos dar prosseguimento ao uso do Del.icio.us para a construção da biblioteca digital de cada participante da oficina. Apresente as idéias de linkania e colaboração através da troca de links entre membros da internet. Utilize os textos de apoio abaixo citados para isso. Reuna os participantes da oficina e fale dessas idéias em uma roda. A idéia de linkania é a essência do funcionamento do Del.icio.us. Como atividade para este dia, sugerimos o início da construção do projeto de pesquisa dos participantes da oficina. Para a execução deste projeto, peça para cada participante realizar a seguinte atividade: tomar uma folha de papel e responder às seguintes perguntas: qual meu interesse de pesquisa? Quais os pontos que preciso aprender mais? Quais são os sítios mais importantes que irão me auxiliar? Existem vídeos nessa área? Se sim, quais são? 18

19 Existem músicas nessa área? Se sim, quais são? Este projeto vai sendo construído e os recursos encontrados vão sendo registrados dentro do Del.icio.us de cada participante com a tag "projeto". Este será o material que será avaliado pelo oficineiro ao final do processo. Auxilie cada participante a ir construindo sua pesquisa e procure motivar o espírito colaborativo entre os participantes, usando os conceitos dos textos de apoio, abaixo citados. Figura 5 Nós somos a rede Fonte: Textos de apoio: A idéia de Linkania Linkania é a expressão de cidadania na internet. Tem uma ligação direta com as ideias de Cluetrain. O link é a forma de ligação social, relacionamento social, da nossa "extensão tecno-natural da mente e corpo" na internet. Do artigo Linkania e o Religare (http://www.nova-e.inf.br/estraviz/linkania.html): "(...) Então linkania é isso. É a cidadania sem cidades. É desterritorializado. A ação se dá localmente, mas a conexão é global. É o link do amigo, do vizinho. É a dica. É o negócio entre duas empresas de 2 continentes diferentes. É a ajuda que teu primo 19

20 te dá desde Madri por . É a discussão que circula na lista pra visitar tal exposição, e o link pra exposição, que imprimem e colocam no mural da creche. Tudo isso é link. É a matéria que um blogueiro comenta e que te faz pensar. É a descoberta valiosa do desempregado que vai a um infocentro e se cadastra em um programa de governo que lhe dará um emprego. E foi o vizinho que disse. Deu a dica, o link. E aí, pouco a pouco, vamos descobrindo quais são nossos direitos, porque a informação é pública. E vamos percebendo quais são nossos deveres, porque quem está em volta sugere e a gente concorda. E é assim mesmo, meio caótico, desestruturado. De acordo com o interesse de cada um e na disponibilidade que o sujeito tem em linkar e ser linkado. Em receber e repassar informação. Os herméticos irão perdendo terreno, ou se linkarão a outros herméticos e então tudo bem. Os velhos irão perdendo o terreno. Ou se linkarão com outros velhos, só por prazer. Tudo isso está fluindo e para que mude o paradigma falta pouco. É uma revolução silenciosa e divertida. E é sub-corporativa, deliciosamente caótica, enredada, sináptica, não linear, não metódica. (...)" THE CLUETRAIN MANIFESTO Levine, Locke, Searls & Weinberger 95 Teses 1. Mercados são conversações. 2. Mercados consistem em seres humanos, não setores demográficos. 3. Conversações entre seres humanos parecem humanas. Elas são conduzidas em uma voz humana. 4. Quer seja transmitindo informação, opiniões, perspectivas, argumentos ou apartes, a voz humana é tipicamente aberta, natural, sincera. 5. As pessoas se reconhecem como tal pelo som desta voz 6. A Internet está permitindo conversações entre seres humanos que simplesmente não eram possíveis na era da mídia de massa. 7. Hyperlinks subvertem hierarquia. 8. Tanto nos mercados interconectados como entre funcionários intraconectados, pessoas estão falando umas com as outras de uma forma 20

Oficina Astrolábio Digital: navegação e pesquisa na Internet Manual do Participante

Oficina Astrolábio Digital: navegação e pesquisa na Internet Manual do Participante 1. Nome da Oficina e do(s) módulo(s) Oficina Astrolábio Digital: navegação e. Módulos: 1. Pesquisa e busca de informações 2. Filtrando informações 3. Catalogando e compartilhando links 4. Pesquisa e a

Leia mais

SEO PARA INICIANTES Como otimizar um blog Guia passo a passo para fazer o seu blog otimizado e indexado corretamente!

SEO PARA INICIANTES Como otimizar um blog Guia passo a passo para fazer o seu blog otimizado e indexado corretamente! 1 SEO PARA INICIANTES Como otimizar um blog Guia passo a passo para fazer o seu blog otimizado e indexado corretamente! Fórmula Hotmart - www.formulahotmart.com 2 Este ebook pertence: Claudio J. Bueno

Leia mais

Serviço técnico de Biblioteca e documentação BIBLIOTECA PROF. PAULO DE CARVALHO MATTOS P@RTHENON

Serviço técnico de Biblioteca e documentação BIBLIOTECA PROF. PAULO DE CARVALHO MATTOS P@RTHENON Serviço técnico de Biblioteca e documentação BIBLIOTECA PROF. PAULO DE CARVALHO MATTOS P@RTHENON Botucatu 2013 NOVA FERRAMENTA DE BUSCA INTEGRADA: P@RTHENON 1. Para acessar o P@rthenon: Há três possibilidades

Leia mais

Moodle FTEC Versão 2.0 Manual do Usuário Acesse a área de LOGIN do site da FTEC www.ftec.com.br

Moodle FTEC Versão 2.0 Manual do Usuário Acesse a área de LOGIN do site da FTEC www.ftec.com.br Moodle FTEC Versão 2.0 Manual do Usuário Acesse a área de LOGIN do site da FTEC www.ftec.com.br Índice Como acessar o Moodle Editando seu PERFIL Editando o curso / disciplina no Moodle Incluindo Recursos

Leia mais

Sumário Aspectos Básicos... 3 Como Empresas usam o Facebook... 3 Introdução ao Facebook... 4 Criando um Cadastro... 5 Confirmando E-mail...

Sumário Aspectos Básicos... 3 Como Empresas usam o Facebook... 3 Introdução ao Facebook... 4 Criando um Cadastro... 5 Confirmando E-mail... FACEBOOK Sumário Aspectos Básicos... 3 Como Empresas usam o Facebook... 3 Introdução ao Facebook... 4 Criando um Cadastro... 5 Confirmando E-mail... 8 Características do Facebook... 10 Postagens... 11

Leia mais

Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook

Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresas Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook Ferramentas e experimentos para conseguir melhores resultados

Leia mais

Linux. Educacional. Tutorial Buzzword

Linux. Educacional. Tutorial Buzzword Linux Educacional Tutorial Buzzword Para trabalhar com o programa Buzzword online, é necessário que crie uma conta no site. Para isso acesse o endereço - https://buzzword.acrobat.com/ Para criar uma conta

Leia mais

E-books. Marketing no Facebook. Sebrae

E-books. Marketing no Facebook. Sebrae E-books Sebrae Marketing e Vendas Marketing no Facebook Marketing de conteúdo e engajamento na rede Marketing de conteúdo no Facebook Tipos de conteúdo Edge Rank e os fatores de engajamento Facebook Ads

Leia mais

Ferramentas de informações e comunicações e as interações possíveis Tecnologias populares para uma Educação à Distância mais Popular.

Ferramentas de informações e comunicações e as interações possíveis Tecnologias populares para uma Educação à Distância mais Popular. Trabalha de Conclusão do Curso Educação a Distância : Um Novo Olhar Para a Educação - Formação de Professores/Tutores em EaD pelo Portal Somática Educar Ferramentas de informações e comunicações e as interações

Leia mais

Hospedagem de site. Prof. Marciano dos Santos Dionizio

Hospedagem de site. Prof. Marciano dos Santos Dionizio Hospedagem de site Prof. Marciano dos Santos Dionizio Hospedagem de site O mundo está preparado para ver suas páginas? O mundo está preparado sim - você, em breve, estará também. Para publicar seu trabalho

Leia mais

PARANÁ GOVERNO DO ESTADO

PARANÁ GOVERNO DO ESTADO PARANÁ GOVERNO DO ESTADO COLÉGIO ESTADUAL DE PARANAVAÍ ENSINO FUNDAMENTAL, MÉDIO, NORMAL E PROFISSIONAL CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA DISCIPLINA: INTERNET E PROGRAMAÇÃO WEB 1º MÓDULO SUBSEQUENTE MECANISMOS

Leia mais

OFICINA BLOG DAS ESCOLAS

OFICINA BLOG DAS ESCOLAS OFICINA BLOG DAS ESCOLAS Créditos: Márcio Corrente Gonçalves Mônica Norris Ribeiro Março 2010 1 ACESSANDO O BLOG Blog das Escolas MANUAL DO ADMINISTRADOR Para acessar o blog da sua escola, acesse o endereço

Leia mais

INFORMÁTICA APLICADA AULA 06 INTERNET

INFORMÁTICA APLICADA AULA 06 INTERNET UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO CURSO: Bacharelado em Ciências e Tecnologia INFORMÁTICA APLICADA AULA 06 INTERNET Profª Danielle Casillo SUMÁRIO O que é Internet Conceitos básicos de internet

Leia mais

15. OLHA QUEM ESTÁ NA WEB!

15. OLHA QUEM ESTÁ NA WEB! 7 a e 8 a SÉRIES / ENSINO MÉDIO 15. OLHA QUEM ESTÁ NA WEB! Sua home page para publicar na Internet SOFTWARES NECESSÁRIOS: MICROSOFT WORD 2000 MICROSOFT PUBLISHER 2000 SOFTWARE OPCIONAL: INTERNET EXPLORER

Leia mais

Manual da Ferramenta Introdução... 2 1 Gestão da conta pessoal... 4 2 Trabalhar na rede... 10 Mural Amigos Endereços Grupos Administração do grupo

Manual da Ferramenta Introdução... 2 1 Gestão da conta pessoal... 4 2 Trabalhar na rede... 10 Mural Amigos Endereços Grupos Administração do grupo Manual da Ferramenta Introdução... 2 1 Gestão da conta pessoal... 4 Links/Endereços... 6 Actividade... 6 Perfil... 6 Blogs... 6 Mensagens... 6 Amigos... 7 Grupos... 7 Configurações... 9 Sair... 9 2 Trabalhar

Leia mais

Montando um Site. Wordpress

Montando um Site. Wordpress Montando um Site Wordpress O Sistema Wordpress O Wordpress é uma plataforma de vanguarda para publicação pessoal, com foco na estética, nos Padrões Web e na usabilidade. Ao mesmo tempo um software livre

Leia mais

Manual da Ferramenta BLOG Programa de Formação Continuada 2012

Manual da Ferramenta BLOG Programa de Formação Continuada 2012 Manual da Ferramenta BLOG Programa de Formação Continuada 2012 1º Semestre/2012 Joice Lopes Leite e Ana Paula Daikubara 0 Índice Utilização da ferramenta BLOG...02 Criando um BLOG...04 Como administrar

Leia mais

Desenvolvimento em Ambiente Web. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com

Desenvolvimento em Ambiente Web. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Desenvolvimento em Ambiente Web Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Internet A Internet é um conjunto de redes de computadores de domínio público interligadas pelo mundo inteiro, que tem

Leia mais

Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook

Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresas Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook Ferramentas e experimentos para conseguir melhores resultados

Leia mais

INTERNET -- NAVEGAÇÃO

INTERNET -- NAVEGAÇÃO Página 1 INTRODUÇÃO Parte 1 O que é a Internet? A Internet é uma rede mundial de computadores, englobando redes menores distribuídas por vários países, estados e cidades. Ao contrário do que muitos pensam,

Leia mais

Manual WebAdmin News

Manual WebAdmin News Manual WebAdmin News 20/12/2008 Login: Com a integração das páginas de notícias ao site atual da empresa, você consegue publicar notícias e artigos com a cara da sua empresa, sem precisar conhecer os detalhes

Leia mais

Integração com a Mídia Social

Integração com a Mídia Social Guia rápido sobre... Integração com a Mídia Social Neste guia... Vamos mostrar como integrar seu marketing com as mídias sociais para você tirar o maior proveito de todo esse burburinho online! Nós ajudamos

Leia mais

Como escrever para o seu. Site. e usar seu conhecimento como forma de conquistar e reter clientes. Blog do Advogado Moderno - PROMAD

Como escrever para o seu. Site. e usar seu conhecimento como forma de conquistar e reter clientes. Blog do Advogado Moderno - PROMAD o seu Site e usar seu conhecimento como forma de conquistar e reter clientes. Conteúdo Introdução Escrever bem é um misto entre arte e ciência Seus conhecimentos geram mais clientes Dicas práticas Faça

Leia mais

Curso de Navegadores e Internet

Curso de Navegadores e Internet Universidade Estadual do Oeste do Paraná Pró Reitoria de Extensão Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas Colegiado de Licenciatura em Matemática Colegiado da Ciência da Computação Projeto de Extensão:

Leia mais

MANUAL DO BLOG. Blog IBS

MANUAL DO BLOG. Blog IBS MANUAL DO BLOG Blog IBS Seja bem vindo! O Blog é um website dinâmico, um espaço virtual que usa a internet para compartilhar informações. Por meio do blog você pode publicar textos, opiniões, notícias,

Leia mais

Britannica Escola Online. Manual de Treinamento

Britannica Escola Online. Manual de Treinamento Britannica Escola Online Manual de Treinamento 1 ÍNDICE Conhecendo a Britannica Escola Online...3 Como Acessar a Britannica Escola Online...3 Página Inicial da Britannica Escola Online...4 Área de Pesquisa...4

Leia mais

Google: Aprendendo a melhorar sua pesquisa na web

Google: Aprendendo a melhorar sua pesquisa na web Google: Aprendendo a melhorar sua pesquisa na web Morgana Silveira Lacerda xmorganax@gmail.com Resumo. Neste artigo farei uma breve apresentação do Google, mostrando suas mais importantes técnicas de pesquisa

Leia mais

Aula 1: Introdução à Disciplina Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina

Aula 1: Introdução à Disciplina Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina Programação para Internet Rica 1 Aula 1: Introdução à Disciplina Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina Objetivo: Identificar os princípios que se destacam como características da Web 2.0. INTRODUÇÃO

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Manual de Utilização Google Grupos Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução... 3 Página

Leia mais

Jovens do mundo todo Conheça outras culturas

Jovens do mundo todo Conheça outras culturas 5 a a 8 a séries Ensino Fundamental Jovens do mundo todo Conheça outras culturas Softwares Necessários: Microsoft Encarta 2000 Internet Explorer 5,0 Microsoft Publisher 2000 Microsoft Word 2000 Áreas:

Leia mais

Características do jornalismo on-line

Características do jornalismo on-line Fragmentos do artigo de José Antonio Meira da Rocha professor de Jornalismo Gráfico no CESNORS/Universidade Federal de Santa Maria. Instantaneidade O grau de instantaneidade a capacidade de transmitir

Leia mais

Aula 10 COMO CONSTRUIR UM BLOG. Patrícia Soares de Lima. META Aprender a construir e utilizar um Blog.

Aula 10 COMO CONSTRUIR UM BLOG. Patrícia Soares de Lima. META Aprender a construir e utilizar um Blog. Aula 10 COMO CONSTRUIR UM BLOG META Aprender a construir e utilizar um Blog. OBJETIVOS Ao final desta aula, o aluno deverá: Através desse tipo de ferramenta, criar um ambiente de socialização de materiais

Leia mais

PASSOS INICIAIS PARA CRIAR O SEU NEGÓCIO DIGITAL. Aprenda os primeiros passos para criar seu negócio digital

PASSOS INICIAIS PARA CRIAR O SEU NEGÓCIO DIGITAL. Aprenda os primeiros passos para criar seu negócio digital PASSOS INICIAIS PARA CRIAR O SEU NEGÓCIO DIGITAL Aprenda os primeiros passos para criar seu negócio digital Conteúdo PRIMEIROS PASSOS COM BLOG:... 3 Primeiro:... 3 Segundo:... 4 Terceiro:... 5 Quarto:...

Leia mais

TRABALHOS TÉCNICOS Serviço de Documentação e Informação EDIÇÃO E GESTÃO DE CONTEÚDO PARA WEB

TRABALHOS TÉCNICOS Serviço de Documentação e Informação EDIÇÃO E GESTÃO DE CONTEÚDO PARA WEB TRABALHOS TÉCNICOS Serviço de Documentação e Informação EDIÇÃO E GESTÃO DE CONTEÚDO PARA WEB Gestão do Conhecimento hoje tem se materializado muitas vezes na memória organizacional da empresa. O conteúdo

Leia mais

Wikispace - passo a passo

Wikispace - passo a passo Wikispace - passo a passo Introdução O wikispaces É um servidor de escrita colaborativa on-line, com acesso livre. Para você utilizar este ambiente você deve acessar a página principal: http://www.wikispaces.com/

Leia mais

MÓDULO MULTIMÉDIA PROFESSOR: RICARDO RODRIGUES. MAIL: rprodrigues@escs.ipl.pt esganarel@gmail.com. URL: http://esganarel.home.sapo.

MÓDULO MULTIMÉDIA PROFESSOR: RICARDO RODRIGUES. MAIL: rprodrigues@escs.ipl.pt esganarel@gmail.com. URL: http://esganarel.home.sapo. MÓDULO MULTIMÉDIA PROFESSOR: RICARDO RODRIGUES MAIL: rprodrigues@escs.ipl.pt esganarel@gmail.com URL: http://esganarel.home.sapo.pt GABINETE: 1G1 - A HORA DE ATENDIMENTO: SEG. E QUA. DAS 11H / 12H30 (MARCAÇÃO

Leia mais

Criar Newsletters. Guia rápido sobre...

Criar Newsletters. Guia rápido sobre... Guia rápido sobre... Criar Newsletters Neste guia... Saiba como criar atrativas newsletters em texto simples ou HTML para captar a atenção de seus contatos e ir ao encontro de seus interesses e expectativas.

Leia mais

2 Conceitos Gerais de Classificação de Documentos na Web

2 Conceitos Gerais de Classificação de Documentos na Web Conceitos Gerais de Classificação de Documentos na Web 13 2 Conceitos Gerais de Classificação de Documentos na Web 2.1. Páginas, Sites e Outras Terminologias É importante distinguir uma página de um site.

Leia mais

Bem-Vindos MAIS QUE UMA FORMA DE COMUNICAÇÃO. SOMOS UMA FORMA DE MUDAR VIDAS! Tópicos desta Apresentação O que é o Nitivo Mail Mercado Atual e Tendência A Companhia Nosso Plano de Negócio Seu Próximo Passo

Leia mais

CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3

CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3 CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3 Este tutorial não tem como finalidade esgotar todas as funcionalidades do Ambiente, ele aborda de forma prática

Leia mais

Manual do Ambiente Virtual Moodle

Manual do Ambiente Virtual Moodle Manual do Ambiente Virtual Moodle versão 0.3 Prof. Cristiano Costa Argemon Vieira Prof. Hercules da Costa Sandim Outubro de 2010 Capítulo 1 Primeiros Passos 1.1 Acessando o Ambiente Acesse o Ambiente Virtual

Leia mais

Manual WordPress. Conteúdo Índice. Capítulo 1 Introdução. Capítulo 2 Conceitos básicos do Painel. Capítulo 3 Gerenciamento de Posts ( Artigos)

Manual WordPress. Conteúdo Índice. Capítulo 1 Introdução. Capítulo 2 Conceitos básicos do Painel. Capítulo 3 Gerenciamento de Posts ( Artigos) Manual WordPress Conteúdo Índice Capítulo 1 Introdução Sobre o WordPress Características principais Capítulo 2 Conceitos básicos do Painel Logando no Painel de Controle Alterando Usuário e Senha Painel

Leia mais

Estratégia para fazer cópias de segurança ( backup ) em nuvem

Estratégia para fazer cópias de segurança ( backup ) em nuvem 1 de 20 Estratégia para fazer cópias de segurança ( backup ) em nuvem Resolvi documentar uma solução que encontrei para fazer minhas cópias de segurança. Utilizo um software gratuito chamado Cobian Backup

Leia mais

Thaísa Fortuni. 15 dicas de Mídias Sociais para Moda. Copyright 2015 - Todos os direitos reservados

Thaísa Fortuni. 15 dicas de Mídias Sociais para Moda. Copyright 2015 - Todos os direitos reservados Thaísa Fortuni Thaísa Fortuni 15 dicas de Mídias Sociais para Moda Copyright 2015 - Todos os direitos reservados Sobre Thaísa Fortuni Publicitária por formação, escritora e empreendora digital. Trabalha

Leia mais

Introdução ao Moodle (1.6.5+)

Introdução ao Moodle (1.6.5+) Introdução ao Moodle (1.6.5+) 2 Athail Rangel Pulino Ficha Técnica Título Introdução ao Moodle Autor Athail Rangel Pulino Filho Copyright Creative Commons Edição Agosto 2007 Introdução ao Moodle 3 Índice

Leia mais

NAVEGANDO NA INTERNET

NAVEGANDO NA INTERNET UNIDADE 2 NAVEGANDO NA INTERNET OBJETIVOS ESPECÍFICOS DE APRENDIZAGEM Ao finalizar esta Unidade você deverá ser capaz de: Definir a forma de utilizar um software de navegação; Debater os conteúdos disponibilizados

Leia mais

definição, conceitos e passo a passo

definição, conceitos e passo a passo Sites e blogs: definição, conceitos e passo a passo Ana Paula Bossler Pedro Zany Caldeira Diego Venturelli Introdução O suporte de comunicação mais utilizado em todo o mundo é a Internet, um repositório

Leia mais

Utilizaremos a última versão estável do Joomla (Versão 2.5.4), lançada em

Utilizaremos a última versão estável do Joomla (Versão 2.5.4), lançada em 5 O Joomla: O Joomla (pronuncia-se djumla ) é um Sistema de gestão de conteúdos (Content Management System - CMS) desenvolvido a partir do CMS Mambo. É desenvolvido em PHP e pode ser executado no servidor

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Criação de Formulários no Google Drive Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Criação de Formulários no Google Drive Introdução...

Leia mais

Este documento provê informação atualizada, e simples de entender, para o empreendedor que precisa iniciar ou avaliar suas operações online.

Este documento provê informação atualizada, e simples de entender, para o empreendedor que precisa iniciar ou avaliar suas operações online. Os segredos dos negócios online A Internet comercial está no Brasil há menos de 14 anos. É muito pouco tempo. Nesses poucos anos ela já mudou nossas vidas de muitas maneiras. Do programa de televisão que

Leia mais

Manual do Usuário 2013

Manual do Usuário 2013 Manual do Usuário 2013 MANUAL DO USUÁRIO 2013 Introdução Um ambiente virtual de aprendizagem é um programa para computador que permite que a sala de aula migre para a Internet. Simula muitos dos recursos

Leia mais

maior tempo médio de navegação 48h 26m 2º estados unidos 42h 19m 3º reino unido 36h 30m o país mais sociável da internet

maior tempo médio de navegação 48h 26m 2º estados unidos 42h 19m 3º reino unido 36h 30m o país mais sociável da internet ferramentas web 2.0 para profissionais de informação leonardo simonini 13/08/2013 internet no brasil 190 de habitantes milhões 381,3 de usuários horas por dia milhões fontes: Censo 2010 e Ibope Net Rakings

Leia mais

Universidade de São Paulo Centro de Informática de Ribeirão Preto TUTORIAL HOTMAIL

Universidade de São Paulo Centro de Informática de Ribeirão Preto TUTORIAL HOTMAIL Universidade de São Paulo Centro de Informática de Ribeirão Preto TUTORIAL HOTMAIL Tutorial Hotmail Sobre o MSN Hotmail Acessando o Hotmail Como criar uma conta Efetuando o login Verificar mensagens Redigir

Leia mais

Dicas básicas para disciplinas/atividades na modalidade de educação a distância Mediação Digital Virtual

Dicas básicas para disciplinas/atividades na modalidade de educação a distância Mediação Digital Virtual Dicas básicas para disciplinas/atividades na modalidade de educação a distância Mediação Digital Virtual Escritório de Gestão de Projetos em EAD Unisinos http://www.unisinos.br/ead 2 A partir de agora,

Leia mais

Guia Rápido de Utilização. Ambiente Virtual de Aprendizagem. Perfil Aluno

Guia Rápido de Utilização. Ambiente Virtual de Aprendizagem. Perfil Aluno Guia Rápido de Utilização Ambiente Virtual de Aprendizagem Perfil Aluno 2015 APRESENTAÇÃO O Moodle é um Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) open source¹. Esta Plataforma tornouse popular e hoje é utilizada

Leia mais

Recensão do site: «Google Reader» «Google»:

Recensão do site: «Google Reader» «Google»: Recensão do site: «Google Reader» «Google»: Este motor de busca surgiu pela primeira vez na mente de dois jovens da Universidade de Stanford, Larry Page e Sergey Brin. Tudo começou num projecto de doutoramento,

Leia mais

E-books. Introdução às Mídias Sociais. Sebrae

E-books. Introdução às Mídias Sociais. Sebrae E-books Sebrae Marketing e Vendas Introdução às Mídias Sociais O que fazer com as mídias sociais Tipos de ações As principais mídias sociais Dicas e considerações finais Autor Felipe Orsoli 1 SUMÁRIO 1

Leia mais

Ambiente Virtual de Aprendizagem C.S.G. M anual do Professor

Ambiente Virtual de Aprendizagem C.S.G. M anual do Professor Ambiente Virtual de Aprendizagem C.S.G. M anual do Professor Sumário Pré-requisitos para o Moodle... Entrar no Ambiente... Usuário ou senha esquecidos?... Meus cursos... Calendário... Atividades recentes...

Leia mais

Sistemas Enturma: Manual de Ferramentas do Usuário

Sistemas Enturma: Manual de Ferramentas do Usuário versão do manual: 1 1 Apresentação A evolução da tecnologia vem provocando uma revolução no ensino. O acesso à Internet e a disseminação do uso do computador vêm mudando a forma de produzir, armazenar

Leia mais

Para uma melhor compreensão das ferramentas disponíveis no ambiente, é importante:

Para uma melhor compreensão das ferramentas disponíveis no ambiente, é importante: Módulo A Introdutório - Bases legais, ao Curso políticas, e ao conceituais Ambiente Virtual e históricas da educação Apresentação Este módulo tem por objetivo promover o conhecimento do Ambiente Virtual

Leia mais

Portal Contador Parceiro

Portal Contador Parceiro Portal Contador Parceiro Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa 1. Portal Contador Parceiro... 03 2. Acesso ao Portal... 04 3. Profissionais...11 4. Restrito...16 4.1 Perfil... 18 4.2 Artigos...

Leia mais

Novell Vibe 3.4. Novell. 1º de julho de 2013. Inicialização Rápida. Iniciando o Novell Vibe. Conhecendo a interface do Novell Vibe e seus recursos

Novell Vibe 3.4. Novell. 1º de julho de 2013. Inicialização Rápida. Iniciando o Novell Vibe. Conhecendo a interface do Novell Vibe e seus recursos Novell Vibe 3.4 1º de julho de 2013 Novell Inicialização Rápida Quando você começa a usar o Novell Vibe, a primeira coisa a se fazer é configurar sua área de trabalho pessoal e criar uma área de trabalho

Leia mais

Diogo Caixeta 6 PASSOS PARA CONSTRUIR UM NEGÓCIO DIGITAL DE SUCESSO! WWW.PALAVRASQUEVENDEM.COM WWW.CONVERSAODIGITAL.COM.BR

Diogo Caixeta 6 PASSOS PARA CONSTRUIR UM NEGÓCIO DIGITAL DE SUCESSO! WWW.PALAVRASQUEVENDEM.COM WWW.CONVERSAODIGITAL.COM.BR Diogo Caixeta 6 PASSOS PARA CONSTRUIR UM NEGÓCIO DIGITAL DE SUCESSO! WWW.PALAVRASQUEVENDEM.COM WWW.CONVERSAODIGITAL.COM.BR INTRODUÇÃO Você está cansado de falsas promessas uma atrás da outra, dizendo

Leia mais

E-books. Guia completo de como criar uma Página no Facebook. Sebrae

E-books. Guia completo de como criar uma Página no Facebook. Sebrae E-books Sebrae Marketing e Vendas Guia completo de como criar uma Página no Facebook Como começar Criando uma Página Conhecendo a Página Configurações iniciais Estabelecendo conversas Autor Felipe Orsoli

Leia mais

Manual de Boas Maneiras no E-mail Marketing

Manual de Boas Maneiras no E-mail Marketing Manual de Boas Maneiras no E-mail Marketing Conheça alguns cuidados que você precisa ter quando elaborar suas campanhas de e- mail marketing. A MailSender elaborou para você um breve manual com as melhores

Leia mais

Abaixo você conhecerá algumas técnicas de SEO utilizadas para obter grande sucesso com as postagens no WordPress.

Abaixo você conhecerá algumas técnicas de SEO utilizadas para obter grande sucesso com as postagens no WordPress. 1 TUTORIAL PARA DEIXAR POSTAGENS E PÁGINAS BEM POSICIONADAS Abaixo você conhecerá algumas técnicas de SEO utilizadas para obter grande sucesso com as postagens no WordPress. Conhecimento básico de Html

Leia mais

Construtor Iron Web. Manual do Usuário. Iron Web Todos os direitos reservados

Construtor Iron Web. Manual do Usuário. Iron Web Todos os direitos reservados Construtor Iron Web Manual do Usuário Iron Web Todos os direitos reservados A distribuição ou cópia deste documento, ou trabalho derivado deste é proibida, requerendo, para isso, autorização por escrito

Leia mais

Ambiente Virtual de Aprendizagem TelEduc GUIA DO FORMADOR. Curso de Especialização em Educação Profissional e Tecnológica Inclusiva

Ambiente Virtual de Aprendizagem TelEduc GUIA DO FORMADOR. Curso de Especialização em Educação Profissional e Tecnológica Inclusiva Ambiente Virtual de Aprendizagem TelEduc GUIA DO FORMADOR Curso de Especialização em Educação Profissional e Tecnológica Inclusiva http://teleduc.cefetmt.br Edição 2006/2 Curso de Especialização em Educação

Leia mais

O que tem neste ebook?

O que tem neste ebook? O que tem neste ebook? 01. Como avaliar bons Plugins antes usá-los 02. 10 Plugins que eu mais indico para o SEO do seu site 03. Onde baixar os Plugins que eu indico Sobre o Segredos da Audiência O site

Leia mais

Guia de Introdução ao Windows SharePoint Services

Guia de Introdução ao Windows SharePoint Services Guia de Introdução ao Windows SharePoint Services - Windows SharePoint Services... Page 1 of 11 Windows SharePoint Services Guia de Introdução ao Windows SharePoint Services Ocultar tudo O Microsoft Windows

Leia mais

ez Flow Guia do Usuário versão 1.0 experts em Gestão de Conteúdo

ez Flow Guia do Usuário versão 1.0 experts em Gestão de Conteúdo ez Flow Guia do Usuário versão 1.0 Conteúdo 1. Introdução... 3 2 1.1 Público alvo... 3 1.2 Convenções... 3 1.3 Mais recursos... 3 1.4. Entrando em contato com a ez... 4 1.5. Direitos autorais e marcas

Leia mais

Novell Vibe 4.0. Março de 2015. Inicialização Rápida. Iniciando o Novell Vibe. Conhecendo a interface do Novell Vibe e seus recursos

Novell Vibe 4.0. Março de 2015. Inicialização Rápida. Iniciando o Novell Vibe. Conhecendo a interface do Novell Vibe e seus recursos Novell Vibe 4.0 Março de 2015 Inicialização Rápida Quando você começa a usar o Novell Vibe, a primeira coisa a se fazer é configurar sua área de trabalho pessoal e criar uma área de trabalho de equipe.

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Se ainda tiver dúvidas entre em contato com a equipe de atendimento: Por telefone: 0800 642 3090 Por e-mail atendimento@oisolucoespraempresas.com.br Introdução... 3 1. O que é o programa Oi Backup Empresarial?...

Leia mais

Como Criar uma Aula? Na página inicial do Portal do Professor, acesse ESPAÇO DA AULA: Ao entrar no ESPAÇO DA AULA, clique no ícone Criar Aula :

Como Criar uma Aula? Na página inicial do Portal do Professor, acesse ESPAÇO DA AULA: Ao entrar no ESPAÇO DA AULA, clique no ícone Criar Aula : Como Criar uma Aula? Para criar uma sugestão de aula é necessário que você já tenha se cadastrado no Portal do Professor. Para se cadastrar clique em Inscreva-se, localizado na primeira página do Portal.

Leia mais

XXIV SEMANA MATEMÁTICA

XXIV SEMANA MATEMÁTICA XXIV SEMANA ACADÊMICA DA MATEMÁTICA Minicurso: Produção de Páginas Web para Professores de Matemática Projeto de Extensão: Uma Articulação entre a Matemática e a Informática como Instrumento para a Cidadania

Leia mais

www.leitejunior.com.br 05/12/2011 12:30 Leite Júnior

www.leitejunior.com.br 05/12/2011 12:30 Leite Júnior INTERNET EXPLORER 8 Também conhecidos como BROWSERS (navegadores). Usados para visualizar página na Web. Entende a linguagem HTML e permite visualiza conteúdos de discos, funcionando como se fosse um Windows

Leia mais

COMO CRIAR UM SITE. SITE: Http://www.sitecaseiro.com.br Twitter: @SITECASEIRO_BR

COMO CRIAR UM SITE. SITE: Http://www.sitecaseiro.com.br Twitter: @SITECASEIRO_BR COMO CRIAR UM SITE Este e-book é derivado de um sucesso de um site pequeno, cujo o dono que é uma pessoa simples e fanática por tecnologia resolveu publicar um e-book com o assunto que ele mais gosta e

Leia mais

Manual do usuário do Portal Gemas da Terra

Manual do usuário do Portal Gemas da Terra Rede Gemas da Terra de Telecentros Rurais Manual do usuário do Portal Gemas da Terra Versão 1.0 Agosto de 2006. Rede Gemas da Terra de Telecentros Rurais Transferindo Poder para as Comunidades Rurais Através

Leia mais

Manual do Aluno Moodle

Manual do Aluno Moodle Manual do Aluno Moodle Site: Moodle PUCRS Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Curso: Moodle PUCRS Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Livro: Manual do Aluno Moodle Impresso

Leia mais

Manual de Uso Wordpress

Manual de Uso Wordpress Manual de Uso Wordpress Olá! Seja bem vindo ao igual. Agora você pode transmitir todas as notícias importantes da sua comunidade de forma mais simples e eficiente. Mas para que isso aconteça, primeiro

Leia mais

Manual do Moodle para alunos. Manual do Moodle para alunos. 29/Junho/2009. (Versão 1.0) Manual Moodle para alunos (Versão 1.0) 1

Manual do Moodle para alunos. Manual do Moodle para alunos. 29/Junho/2009. (Versão 1.0) Manual Moodle para alunos (Versão 1.0) 1 Manual do Moodle para alunos (Versão 1.0) 29/Junho/2009 Manual Moodle para alunos (Versão 1.0) 1 O que é?... 3 Acesso... 4 Atualizando suas informações... 4 Enviando Mensagens... 5 Acessando os seus cursos...

Leia mais

Como criar. um artigo. em 1h ou menos. Por Natanael Oliveira

Como criar. um artigo. em 1h ou menos. Por Natanael Oliveira Como criar um artigo em 1h ou menos Por Natanael Oliveira 1 Como escrever um artigo em 1h ou menos Primeira parte do Texto: Gancho Inicie o texto com perguntas ou promessas, algo que prenda atenção do

Leia mais

Web 2.0: a nova internet é uma plataforma

Web 2.0: a nova internet é uma plataforma Página 1 de 5 Mídia interativa - Comportamento - Criação - Web 2.0 Web 2.0: a nova internet é uma plataforma 07/12/2005 0:00 Por: Gilberto Alves Jr. Os empreendimentos na internet que deram certo pensam

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS. Aula 09

SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS. Aula 09 FACULDADE CAMÕES PORTARIA 4.059 PROGRAMA DE ADAPTAÇÃO DE DISCIPLINAS AO AMBIENTE ON-LINE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GERENCIAL DOCENTE: ANTONIO SIEMSEN MUNHOZ, MSC. ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: FEVEREIRO DE 2007. Internet,

Leia mais

caso, é suficiente realizar o seguinte procedimento: selecionar o trecho mencionado; teclar.

caso, é suficiente realizar o seguinte procedimento: selecionar o trecho mencionado; teclar. OLÁ!! TUDO BEM COM VOCÊS? AINDA ESTOU SURPRESA COM A PROVA DO BB III, POIS CONFORME ANÁLISE DE OUTRAS PROVAS DO BB, CREIO QUE ESTA FOI A MAIS PUXADA, PRINCIPALMENTE PELO FATO DA COBRAÇA O IE7, QUEM DIRIA

Leia mais

Inteligência para ESTRATÉGIA DIGITAL

Inteligência para ESTRATÉGIA DIGITAL Inteligência para ESTRATÉGIA DIGITAL INTRODUÇÃO Já imaginou ter acesso a dados e estatísticas do website do concorrente? Com alguns aplicativos e ferramentas, isso já é possível. Com ajuda deles, você

Leia mais

Anote aqui as informações necessárias:

Anote aqui as informações necessárias: banco de mídias Anote aqui as informações necessárias: URL E-mail Senha Sumário Instruções de uso Cadastro Login Página principal Abrir arquivos Área de trabalho Refine sua pesquisa Menu superior Fazer

Leia mais

Mídias Sociais do jeito mais fácil. Guia do Usuário

Mídias Sociais do jeito mais fácil. Guia do Usuário Mídias Sociais do jeito mais fácil Guia do Usuário Índice 3. Buscas 4. Funcionalidades 5. Monitor 6. Relacionamento 7. Publicação 8. Estatísticas 9. Tutorial Cadastrando uma busca Classificando o conteúdo

Leia mais

O Blog do Conhecimento (http://blog.df.sebrae.com.br/ugc), desenvolvido pela UGC, é uma

O Blog do Conhecimento (http://blog.df.sebrae.com.br/ugc), desenvolvido pela UGC, é uma MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO BLOG DO CONHECIMENTO APRESENTAÇÃO O Blog do Conhecimento (http://blog.df.sebrae.com.br/ugc), desenvolvido pela UGC, é uma ferramenta de COLABORAÇÃO que tem como objetivo facilitar

Leia mais

A BRASIL ROTÁRIO FRENTE ÀS MÍDIAS ELETRÔNICAS. Carlos Jerônimo da Silva Gueiros

A BRASIL ROTÁRIO FRENTE ÀS MÍDIAS ELETRÔNICAS. Carlos Jerônimo da Silva Gueiros A BRASIL ROTÁRIO FRENTE ÀS MÍDIAS ELETRÔNICAS Carlos Jerônimo da Silva Gueiros Um mundo em transformação 1998 / 1999 Mutirão Digital apoiar as escolas públicas no acesso à Internet 2010-12 anos depois...

Leia mais

Editor HTML. Composer

Editor HTML. Composer 6 Editor HTML 6 Composer Onde criar Páginas Web no Netscape Communicator? 142 A estrutura visual do Composer 143 Os ecrãs de apoio 144 Configurando o Composer 146 A edição de Páginas 148 Publicando a sua

Leia mais

Introdução ao X3. Exercício 1: Criando um registro de Contato

Introdução ao X3. Exercício 1: Criando um registro de Contato Introdução ao X3 Exercício 1: Criando um registro de Contato Inicie por adicionar um novo registro de Contato. Navegue para a tabela de Contato clicando na aba de Contato no alto da página. Existem duas

Leia mais

Internet. História da Internet

Internet. História da Internet Internet A rede mundial de computadores é um grande fenômeno e está ampliando os horizontes de profissionais e empresas. O acesso é feito a qualquer hora e de qualquer lugar: do escritório, em casa, na

Leia mais

FSDB VIRTUAL. Tutorial do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) da FSDB Versão para docentes

FSDB VIRTUAL. Tutorial do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) da FSDB Versão para docentes FSDB VIRTUAL Tutorial do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) da FSDB Versão para docentes Abril de 2015 2 3 SUMÁRIO 1. O Moodle... 5 2. Acesso à Plataforma... 5 3. Meus Componentes Curriculares... 6

Leia mais

TUTORIAL AUTODESK 360 COLABORAÇÃO E ARMAZENAMENTO DE ARQUIVOS

TUTORIAL AUTODESK 360 COLABORAÇÃO E ARMAZENAMENTO DE ARQUIVOS TUTORIAL AUTODESK 360 COLABORAÇÃO E ARMAZENAMENTO DE ARQUIVOS Autodesk 360 é a nuvem da Autodesk, podendo ser acessada pela sua conta da Autodesk Education Community (estudantes) ou Autodesk Academic Resource

Leia mais

Como Ganhar Dinheiro Com Adsense: Um MEGA guia Passo a Passo

Como Ganhar Dinheiro Com Adsense: Um MEGA guia Passo a Passo Como Ganhar Dinheiro Com Adsense: Um MEGA guia Passo a Passo Se você quer aprender a como ganhar dinheiro com o Google Adsense, nesse guia super completo você encontrará passo a passo o que você precisa

Leia mais

3 Maneiras De Ganhar Dinheiro Na Internet Rogerio Job

3 Maneiras De Ganhar Dinheiro Na Internet Rogerio Job 3 Maneiras De Ganhar Dinheiro Na Internet Rogerio Job Edição e Revisão 1 Qual seria minha resposta para esta pergunta: É possível ganhar dinheiro sem fazer nada? Você saberá o que penso na conclusão deste

Leia mais