Versão 0.1. Manual FoRc. Última Atualização: Maio/2007. Daniel Schmitz

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Versão 0.1. Manual FoRc. Última Atualização: Maio/2007. Daniel Schmitz danieljfa@gmail.com"

Transcrição

1 Versão 0.1 Manual FoRc Última Atualização: Maio/2007 Daniel Schmitz

2 Sumário 1. O que é FoRc? O que é Adobe Flex? O que é Ruby on Rails? Flex + Ruby on Rails? Instalação Exemplo Prático Criando a aplicação Rails Inserindo dados Criando o controller Iniciando o servidor Crinado um projeto Flex Instalando o FoRc Criando o DataGrid Componente RailsConnection Componente RailsController Componente RailsAction Componente RailsButton Código Completo Exemplo prático 2 Inserindo Dados... 18

3 1. O que é FoRc? FoRc é um conjunto de componentes destinado a prover comunicação entre os frameworks Adobe Flex e Ruby on Rails. 2. O que é Adobe Flex? O Flex está cada vez mais se destacando como um framework de desenvolvimento de aplicativos web com a utilização de aplicações ricas para a Internet, chamados de RIA. Estamos adotando neste manual que a ferramenta Adobe Flex é conhecida pelo leitor. Estaremos utilizando a ferramenta Adobe Flex Builder, versão 2.0.1, para ilustrar nossos exemplos. Maiores informações sobre Flex em: O que é Ruby on Rails? O RoR é um framework de desenvolvimento de sistemas web, que utiliza o padrão MVC (Modelo, Visão e Controle) e possui conceitos e metodologias que otimizam o tempo de desenvolvimento do programador. Se você desenvolve sistemas para a WEB e ainda não conhece o RoR, seria bom conhecer este fabuloso framework. Maiores informações sobre Ruby on Rails em: 4. Flex + Ruby on Rails? Talvez o que mais desanima um programador web é programar html. A mesclagem de html com código comum ( Rails, ASP, PHP, Java, etc) pode ser considerado, nos dias de hoje, um dos maiores fatores que contribuem para a desmotivação de um programador. Não entraremos em discussão sobre este assunto. Saiba apenas que, por mais que o Ruby on Rails se esforce, a junção de HTML no seu código o deixa um pouco pior (Como em qualquer outro tipo de linguagem). Neste momento entra o Adobe Flex, uma ferramenta para desenvolvimento de sistemas utilizando conceitos RIA. Seguindo então o padrão MVC, temos o seguinte esquema: Classes de Modelo e Controle: São orquestradas pelo Ruby on Rails, onde criamos nossos Models e Controllers. Estamos adotando que isto não é uma novidade para você. Classes de Visão: Aqui o Flex entra em ação, desenvolvendo sistemas e desenhando formulários.

4 5. Instalação Antes de mais nada, estamos adotando que: Você conhece Ruby on Rails e ele está instalado corretamente Você conhece Adobe Flex Você sabe o que é um arquivo SWC A instalação do FoRc é muito simples. Basta baixar o arquivo FoRc.swc e adicionar esta biblioteca ao seu projeto Flex. Vamos a um exemplo prático: 6. Exemplo Prático 1 Populando um DataGrid 6.1. Criando a aplicação Rails Crie um projeto Rails chamado agendatelefonica # rails agendatelefonica Configure o acesso ao banco de dados utilizando o arquivo config/database.yml. Lembre-se que você deve possuir 2 bancos: AgendaTelefonica_development e AgendaTelefonica_test Vamos criar uma classe de modelo chamada telefone, veja: # ruby script/generate model telefone exists app/models/ exists test/unit/ exists test/fixtures/ create app/models/telefone.rb create test/unit/telefone_test.rb create test/fixtures/telefones.yml create db/migrate create db/migrate/001_create_telefones.rb Para criarmos a nossa tabela de telefones, vamos editar o arquivo db/migrate/001_create_telefones.rb class CreateTelefones < ActiveRecord::Migration def self.up create_table :telefones do t t.column :nome, :string t.column :tel, :string end end

5 def self.down drop_table :telefones end end E executar o seguinte comando: # rake db:migrate (in C:/workspace2/AgendaTelefonica) CreateTelefones: migrating create_table(:telefones) CreateTelefones: migrated (0.0470s) Já temos uma tabela telefones e uma classe TelefoneModel em app/db 6.2. Inserindo dados Abrimos um console e inserios alguns números de telefone: # ruby script/console Loading development environment. >> Telefone.create :nome=>'daniel', @ba "id"=>1, "tel"=>"1 >> Telefone.create :nome=>'josé', :tel=>'111222' @ba "id"=>2, "tel"=>" >> Telefone.create :nome=>'joão', :tel=>'333444' @ba "id"=>3, "tel"=>"333 Temos então 3 registros em nosso banco de dados Criando o controller Agora vamos criar o Controller, veja: # ruby script/generate controller Telefone listar inserir exists app/controllers/ exists app/helpers/ create app/views/telefones exists test/functional/ create app/controllers/telefones_controller.rb

6 create test/functional/telefones_controller_test.rb create app/helpers/telefones_helper.rb create app/views/telefones/listar.rhtml create app/views/telefones/inserir.rhtml O comando acima criou a classe TelefoneController e os métodos (actions) listar e inserir. Vamos editar o arquivo app/controllers/telefones_controller.rb para: class TelefoneController < ApplicationController def = Telefone.find :all render :text end def = render :text end end E vamos alterar o arquivo app/models/telefone.rb class Telefone < ActiveRecord::Base end validates_presence_of :nome, :message => "O Campo nome não pode ser vazio" validates_presence_of :tel, :message => "O Campo telefone não pode ser vazio" 6.4. Iniciando o servidor Para testar, iremos iniciar nosso servidor: # ruby script/server => Booting WEBrick... => Rails application started on => Ctrl-C to shutdown server; call with --help for options [ :24:44] INFO WEBrick [ :24:44] INFO ruby ( ) [i386-mswin32] [ :24:44] INFO WEBrick::HTTPServer#start: pid=3888 port=3000 E acessar o endereço: obtendo:

7 O resultado encontrado é algo do tipo: [{attributes: {nome: "Daniel", tel: "123456", id: "1"}}, {attributes: {nome: "Jos ", tel: "111222", id: "2"}}, {attributes: {nome: "Jo o", tel: "333444", id: "3"}}] Este formato de dados é do tipo JSON, um formato especial, conhecido por serializar objetos em JavaScript. Sempre recomendo a utilização deste padrão, ao invés do XML comum. Por enquanto não fizemos nada relativo ao FoRc, exceto por criar uma saída JSON. O método to_json é do próprio Ruby on Rails. Vamos então partir para o Flex. As classes do FoRc devem ser utilizadas no Flex, sempre Crinado um projeto Flex Crie um novo projeto Flex: Escolha Basic e clique em Next. Não clique em Finish Em Project Name, coloque AgendaTelefonica. Clique em Next

8 6.6. Instalando o FoRc A próxima tela é muito importante. Você deverá incluir a biblioteca FoRc. Clique em Library Path e depois em Add Swc. Adicione o arquivo FoRc.swc Ainda nesta tela, em OutPut Folder, coloque o caminho para a pasta public do seu rails seguido da pasta bin. Isso faz com que o arquivo SWF gerado pelo Flex seja copiado para esta pasta. Em Output Folder URL, coloque o caminho Url para a sua aplicação Rails. Geralmente é A sua tela fica deste jeito:

9 A sua aplicação é criada e você pode testar-la clicando no botão RUN. Acima, temos nossa aplicação, ainda vazia, mas funcionando sobre o servidor do Ruby on Rails. Voltando ao Flex, ative o modo Design de AgendaTelefonica.mxml. Na Aba Components, temos:

10 6.7. Criando o DataGrid Na pasta Custom, temos diversos componentes prontos para serem usados. Mas antes disso, vamos criar um DataGrid. Arquivo AgendaTelefonica.mxml : <?xml version="1.0" encoding="utf-8"?> <mx:application xmlns:mx="http://www.adobe.com/2006/mxml" layout="absolute"> <mx:datagrid x="10" y="10" width="100%"> <mx:columns> <mx:datagridcolumn headertext="nome" datafield="nome"/> <mx:datagridcolumn headertext="telefone" datafield="telefone"/> </mx:columns> </mx:datagrid> </mx:application>

11 Temos então: 6.8. Componente RailsConnection Agora vamos usar nossos componentes. O Primeiro deles é o RailsConnection onde você fornecerá informações sobre o servidor Rails. Arrasta o componente para a sua tela, ficando deste jeito: Ao selecionar o componente RailsConnection no seu projeto, devemos observar a janela Flex Properties, no modo completo, veja:

12 Veja que, quando selecionamos o componente RailsConnection, devemos informar algumas propriedades para ele na aba Flex Properties. Id : rconn port: 3000 server: Informamos qual o id do componente, pois iremos referenciá-lo nos nossos controllers. Em port, escolhemos a porta em que a aplicação está rodando. Geralmente é 3000 quando estamos na fase de desenvolvimento. Em server, inserimos o caminho para o servidor rails que está rodando a aplicação da agenda telefônica Componente RailsController Agora devemos arrastar outro componente para nossa aplicação, é o RailsController. E também preenchemos algumas informações sobre ele. Veja:

13 As propriedades do RailsController são: id: TelefoneController Connection: {rconn} Controller: telefone Informamos o seu ID, para que possamos referenciá-lo em outros componentes. Então fornecemos qual a sua conexão, através da propriedade Connection. Veja que esta propriedade está com seu valor entre colchetes, pois ele referencia um ID de outro componente. Lembre-se sempre de usar colchetes nessas ocasiões. Em Controller, inserimos qual o controller do Ruby On Rails. Como já criamos o controller telefone no início no nosso tutorial, inserimos agora telefone.

14 Agora inserimos mais um componente, o RailsAction, veja: Componente RailsAction O RailsAction é reponsável em representar uma action do Ruby on Rails. As propriedades deste componente são: id: TelefoneListar Action: Controller: listar {TelefoneController} BusyCursor: true Method: GET RequestVar: UseProxy: false ErrorHandler: ErrorWindow: ResultCall: Function ResultCallFuncton: ResultFormat: ResultType {setdados} text JSON Este componente possui mais atributos que os outros pois é ele que trata relativamente da conexão com o servidor. O atributo Action informa qual a action que será executada. O Controller é definido por {TelefoneController}. Então temos uma RailsAction que aponta para um RailsController, que por sua vez aponta para um RailsConnection.

15 BusyCursor indica se o Cursor do mouse deve ficar em estado de espera quando a requisição estiver sendo realizada. Method é o método de passagem de parâmetros, que pode ser GET ou POST. RequestVar aponta para uma função que deve retornar um objeto contendo dados. Este objeto será passado para o Rails. Utilizamos RequestVar quando criamos um formulário para inserir/editar dados. Neste momento podemos deixar ele vazio. UseProxy: Caso necessite utilizar proxy. Geralmente esta opção é false. ErrorHandler e ErrorWindow: Para gerenciar erros. Veremos mais adiante. ResultCall: Quando o rails responder, o que devemos fazer?? Neste caso, escolhemos Function, isto é, uma função será chamada. ResultCallFunction: Se ResultCall for function, devemos informar qual a função que será executada. Neste caso, a função se chama setdados. Iremos montar esta função mais adiante. ResultFormat: O tipo de formato que devemnos esperar do Rails. Como estamos trabalhando com JSON, o formato é text. ResultType: O tipo de resposta que devemos esperar do Rails. Neste caso, usamos JSON. Veja que definimos o método setdados em ResultCallFunction. Isso indica que quando o Rails responder, ele deverá executar este método. Vamos ao código deste método: [Bindable] public var dados:arraycollection = new ArrayCollection(); public function setdados(rst:object):void { dados.removeall(); for ( var i:int=0;i<rst.length;i++) { var obj:object = new Object() obj.nome = rst[i].attributes.nome; obj.telefone = rst[i].attributes.tel; } } dados.additem(obj); Criamos uma variável do tipo ArrayCollection, chamda dados, e de acordo com o resultado do Rails, preenchemos esta variável. Agora temos que dizer ao DataGrid que use a variável dados como DataProvider Componente RailsButton Como última tarefa, temos que criar um botão que vai chamar o método listar do Ruby on Rails. Para isso, arraste um RailsButton para sua aplicação e define a propriedade Action para {TelefoneListar}. Quando o botão for clicado, ele automaticamente irá chamar a action em questão Código Completo O código completo da aplicação está abaixo:

16 <?xml version="1.0" encoding="utf-8"?> <mx:application xmlns:mx="http://www.adobe.com/2006/mxml" layout="absolute" xmlns:ns1="forc.connection.*" xmlns:ns2="forc.controls.*"> <mx:datagrid x="10" y="10" width="100%" dataprovider="{dados}"> <mx:columns> <mx:datagridcolumn headertext="nome" datafield="nome"/> <mx:datagridcolumn headertext="telefone" datafield="telefone"/> </mx:columns> </mx:datagrid> <ns1:railsconnection x="10" y="174" server="http://localhost" port="3000" id="rconn"/> <ns1:railscontroller x="34" y="174" id="telefonecontroller" Connection="{rconn}" Controller="telefone"/> <ns1:railsaction x="58" y="174" id="telefonelistar" Action="listar" Controller="{TelefoneController}" BusyCursor="true" Method="GET" UseProxy="false" ResultCall="Function" ResultFormat="text" ResultType="JSON" ResultCallFunction="{setDados}"/> <mx:script> <![CDATA[ import mx.collections.arraycollection; [Bindable] public var dados:arraycollection = new ArrayCollection(); public function setdados(rst:object):void { dados.removeall(); for ( var i:int=0;i<rst.length;i++) { var obj:object = new Object() obj.nome = rst[i].attributes.nome; obj.telefone = rst[i].attributes.tel; } ]]> </mx:script> } dados.additem(obj); <ns2:railsbutton x="10" y="198" id="buttonlistartelefones" Action="{TelefoneListar}" label="obter Dados"/> </mx:application>

17 Ao executar esta aplicação, temos: Veja que os ícones de configuração do Rails não aparecem na aplicação. Eles estão configurados para aparecerem somente no modo Design View do Flex. Veja também que, com o mínimo de código, conseguimos criar uma aplicação que conversa com o servidor rails e consegue apresentar dados na tela. 7. Exemplo prático 2 Inserindo Dados

18

Versão 0.1.0. Manual FoRc. Última Atualização: Maio/2007. Daniel Schmitz danieljfa@gmail.com

Versão 0.1.0. Manual FoRc. Última Atualização: Maio/2007. Daniel Schmitz danieljfa@gmail.com Versão 0.1.0 Manual FoRc Última Atualização: Maio/2007 Daniel Schmitz danieljfa@gmail.com Sumário 1. O que é FoRc?... 3 2. O que é Adobe Flex?... 3 3. O que é Ruby on Rails?... 3 4. Flex + Ruby on Rails?...

Leia mais

Programação Web Aula 10 - Testes, Javascript, Ajax

Programação Web Aula 10 - Testes, Javascript, Ajax Programação Web Aula 10 - Testes, Javascript, Ajax Bruno Müller Junior Departamento de Informática UFPR 28 de Abril de 2014 1 Ambientes de Execução 2 Testes Um exemplo Acrescentando Validação Validação

Leia mais

Luiz Arão Araújo Carvalho Bacharel em Ciência da Computação Desenvolvedor RedeSat-TO maximusmano@gmail.com http://www.maxonrails.wordpress.

Luiz Arão Araújo Carvalho Bacharel em Ciência da Computação Desenvolvedor RedeSat-TO maximusmano@gmail.com http://www.maxonrails.wordpress. Parte II Luiz Arão Araújo Carvalho Bacharel em Ciência da Computação Desenvolvedor RedeSat-TO maximusmano@gmail.com http://www.maxonrails.wordpress.com Rails - Instalação Windows gem install rails Plataformas

Leia mais

DWR DIRECTED WEB REMOTING

DWR DIRECTED WEB REMOTING DWR DIRECTED WEB REMOTING Vamos ver nesse artigo um pouco sobre o Frameworks Ajax para Java, o DWR. Vamos ver seus conceitos, utilidades, vantagens, algumas práticas e fazer o passo a passo para baixar,

Leia mais

II Semana de Tecnologia da Informação. Rails Framework

II Semana de Tecnologia da Informação. Rails Framework II Semana de Tecnologia da Informação Rails Framework Rails Instalação Ruby versão 1.8.7 Linux: ftp://ftp.ruby-lang.org/pub/ruby/1.8/ruby-1.8.7-p174.tar.gz ou apt-get install ruby (Debian/Ubuntu) Windows:

Leia mais

Dominando Action Script 3

Dominando Action Script 3 Dominando Action Script 3 Segunda Edição (2014) Daniel Schmitz Esse livro está à venda em http://leanpub.com/dominandoactionscript3 Essa versão foi publicada em 2014-05-02 This is a Leanpub book. Leanpub

Leia mais

MANUAL DO ANIMAIL 1.0.0.1142 Terti Software

MANUAL DO ANIMAIL 1.0.0.1142 Terti Software O Animail é um software para criar campanhas de envio de email (email Marketing). Você pode criar diversas campanhas para públicos diferenciados. Tela Principal do sistema Para melhor apresentar o sistema,

Leia mais

Instalação do Sirius sem estações. O primeiro passo é instalar o Firebird 1.5, ele se encontra no CD de instalação do Sirius na pasta Firebird.

Instalação do Sirius sem estações. O primeiro passo é instalar o Firebird 1.5, ele se encontra no CD de instalação do Sirius na pasta Firebird. Instalação do Sirius sem estações 1. Instalando o Firebird...1 2. Instalando o Sirius...7 3. Configurações do Sirius:...11 Configuração dos arquivos do Sirius e Firebird...12 Firebird:...12 Sirius:...13

Leia mais

ZEND F r a m e w o r k

ZEND F r a m e w o r k LOGO ZEND F r a m e w o r k Alexsander Muraro FRAMEWORK O que é? Um framework nada mais é do que uma arquitetura padrão que fornece várias ferramentas comuns a todo tipo de projeto; Utilizam os mais variados

Leia mais

Cobrança Bancária. Contas / Manutenção.

Cobrança Bancária. Contas / Manutenção. Cobrança Bancária Este tutorial objetiva auxiliar os usuários na configuração do sistema para que a emissão de cobrança bancária dos títulos a receber seja feita. Os processos a seguir consistem na geração

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO. Help & Manual Versão 6.2.0 Build 2537

MANUAL DE UTILIZAÇÃO. Help & Manual Versão 6.2.0 Build 2537 MANUAL DE UTILIZAÇÃO Help & Manual Versão 6.2.0 Build 2537 Sumário Introdução... 3 Histórico... 4 1. Tópicos... 5 2. Configuração dos popups... 12 3. Estilos... 13 3.1 Criação de Estilos... 13 3.2 Importação

Leia mais

Configurar o Furbot no Eclipse

Configurar o Furbot no Eclipse Configurar o Furbot no Eclipse Primeiramente, precisamos abrir o Eclipse. Logo no início, deverá aparecer uma tela assim: Nela, você irá selecionar o local do seu workspace. Workspace é o local onde ficarão

Leia mais

Persistindo dados com TopLink no NetBeans

Persistindo dados com TopLink no NetBeans Persistindo dados com TopLink no NetBeans O que é TopLink? O TopLink é uma ferramenta de mapeamento objeto/relacional para Java. Ela transforma os dados tabulares de um banco de dados em um grafo de objetos

Leia mais

Capítulo 1. Guia de Início Rápido. Você vai aprender a programar a sua primeira reunião em 5 passos fáceis.

Capítulo 1. Guia de Início Rápido. Você vai aprender a programar a sua primeira reunião em 5 passos fáceis. Capítulo 1 Guia de Início Rápido Você vai aprender a programar a sua primeira reunião em 5 passos fáceis. PRIMEIRO PASSO: Entrando no ClaireMeeting Use o seu navegador e acesse: http://www.clairemeeting4.com.br

Leia mais

Criação de Servlets Name Directory Build WAR JSP/Servlet frameworks Launch URL Package Class name Generate header comments

Criação de Servlets Name Directory Build WAR JSP/Servlet frameworks Launch URL Package Class name Generate header comments Criação de Servlets 1. Crie um novo projeto através do Menu File New Project. 2. Acesse o Menu File New. 3. Na janela Object Gallery que surgirá, selecione a guia Web. 4. Escolha o ícone que corresponde

Leia mais

WEBDESIGN. Professor: Paulo Marcos Trentin - paulo@paulotrentin.com.br http://www.paulotrentin.com.br Escola CDI de Videira

WEBDESIGN. Professor: Paulo Marcos Trentin - paulo@paulotrentin.com.br http://www.paulotrentin.com.br Escola CDI de Videira WEBDESIGN Professor: Paulo Marcos Trentin - paulo@paulotrentin.com.br http://www.paulotrentin.com.br Escola CDI de Videira Novo projeto com NetBeans A partir de hoje, vamos trabalhar com projetos no NetBeans

Leia mais

Programação de Computadores Primeiros Passos Práticos em C++

Programação de Computadores Primeiros Passos Práticos em C++ Programação de Computadores Primeiros Passos Práticos em C++ Alan de Freitas! Marco Antonio Carvalho Compilação de Programas O compilador é o responsável por transformar nosso código em um programa propriamente

Leia mais

Configurações de Templates no SolidWorks 2011

Configurações de Templates no SolidWorks 2011 Configurações de Templates no SolidWorks 2011 Esse tutorial tem como intuito a criação de propriedades personalizadas, a criação destas propriedades é uma forma de automatizar o preenchimentos de informações

Leia mais

Tutorial Básico. Instalando e testando o Ruby on Rails no Windows

Tutorial Básico. Instalando e testando o Ruby on Rails no Windows Tutorial Básico Instalando e testando o Ruby on Rails no Windows Ana Luiza Dias Organização do Tutorial: Passos para a instalação...pág 2 Passos para a criação de um projeto rails...pág 3 Passos para acompanhar

Leia mais

De Zero a Sessenta: Introdução ao Rails

De Zero a Sessenta: Introdução ao Rails CAPÍTULO 1 De Zero a Sessenta: Introdução ao Rails Quando escrevemos a primeira versão deste livro, Rails estava apenas começando a se conceituar como framework. Agora, esta excepcional plataforma de desenvolvimento

Leia mais

Entendendo Rails. Fabio Akita Surgeworks Brazil Rails Practice Manager www.akitaonrails.com

Entendendo Rails. Fabio Akita Surgeworks Brazil Rails Practice Manager www.akitaonrails.com Entendendo Rails Fabio Akita Surgeworks Brazil Rails Practice Manager www.akitaonrails.com 37signals Criado por David Heinemeier Hansson, em 2004 Extraído do aplicativo Basecamp Feito em Ruby, em vez de

Leia mais

Inserindo e Listando registros

Inserindo e Listando registros Inserindo e Listando registros Dando prosseguimento à aula anterior, agora precisaremos construir uma rotina que faça a inserção no banco de dados Escola. A ação agora é inserir o aluno na tabela alunos

Leia mais

Integrando Flex + Java + BlazeDS

Integrando Flex + Java + BlazeDS Integrando Flex + Java + BlazeDS (Vagner Machado) Para este tutorial serão necessários os seguintes requisitos: - Flex Builder 3. http://www.adobe.com/cfusion/entitlement/index.cfm?e=flex3email - BlazeDS

Leia mais

Acesso à Dados ZEOS x Delphi. Professor Anderson

Acesso à Dados ZEOS x Delphi. Professor Anderson Acesso à Dados ZEOS x Delphi Professor Anderson Introdução O ZEOS é uma biblioteca que provê o acesso à uma base de dados em MYSQL. Através dessa Library, podemos realizar operações de manipulação da base

Leia mais

O Framework Rails. Diego Rubin http://diegorubin.com @diegorubin

O Framework Rails. Diego Rubin http://diegorubin.com @diegorubin O Framework Rails Diego Rubin http://diegorubin.com @diegorubin Introdução David Heinemeier Hansson (DHH) 2004 MVC Restful Meta-Framework Convention over configuration Rails 3.1 Ferramentas Rake Bundler

Leia mais

Aprenda como instalar o plugin EclipseUML no Eclipse e como utilizá-lo para fazer engenharia reversa de seu código-fonte.

Aprenda como instalar o plugin EclipseUML no Eclipse e como utilizá-lo para fazer engenharia reversa de seu código-fonte. Omondo EclipseUML Ricardo Rodrigues Lecheta Aprenda como instalar o plugin EclipseUML no Eclipse e como utilizá-lo para fazer engenharia reversa de seu código-fonte. Introdução Neste tutorial será apresentado

Leia mais

AMBIENTE. FORMULÁRIO: é a janela do aplicativo apresentada ao usuário. Considere o formulário como a sua prancheta de trabalho.

AMBIENTE. FORMULÁRIO: é a janela do aplicativo apresentada ao usuário. Considere o formulário como a sua prancheta de trabalho. DELPHI BÁSICO VANTAGENS Ambiente de desenvolvimento fácil de usar; 1. Grande Biblioteca de Componentes Visuais (VCL - Visual Component Library), que são botões, campos, gráficos, caixas de diálogo e acesso

Leia mais

Manual de Instalação: Agente do OCS Inventory NG

Manual de Instalação: Agente do OCS Inventory NG Manual de Instalação: Agente do OCS Inventory NG Abril 2013 Sumário 1. Agente... 1 2. Onde instalar... 1 3. Etapas da Instalação do Agente... 1 a. Etapa de Instalação do Agente... 1 b. Etapa de Inserção

Leia mais

TUTORIAL SISTEMA DE CONTROLE DE ACESSO

TUTORIAL SISTEMA DE CONTROLE DE ACESSO FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS GESTÃO EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO WISLIY LOPES JULIANO PIROZZELLI TULIO TSURUDA LUIZ GUILHERME MENDES TUTORIAL SISTEMA DE CONTROLE DE ACESSO GOIÂNIA JUNHO DE 2014 Sumário

Leia mais

Iesde Brasil S.A. Informática Suporte/Telecom. Manual de Instalação e Utilização do TeamSpeak

Iesde Brasil S.A. Informática Suporte/Telecom. Manual de Instalação e Utilização do TeamSpeak Iesde Brasil S.A. Informática Suporte/Telecom Manual de Instalação e Utilização do TeamSpeak Curitiba 2007 Instalação Para instalar a versão Cliente do TeamSpeak é necessário fazer o download do instalador,

Leia mais

INTRODUÇÃO AO PSPICE. Usaremos o PSPICE para simular o circuito mostrado na Figura 1. Figura 1. Exemplo No. 1

INTRODUÇÃO AO PSPICE. Usaremos o PSPICE para simular o circuito mostrado na Figura 1. Figura 1. Exemplo No. 1 INTRODUÇÃO AO PSPICE 1. O QUE É O PSPICE? O programa PSPICE (ORCAD) é um simulador digital de circuitos eletrônicos, que emula os comportamentos de um circuito real. Deste modo ele permite fazer todos

Leia mais

Laboratório de Engenharia de Software. Tutorial TortoiseSVN

Laboratório de Engenharia de Software. Tutorial TortoiseSVN Universidade Paulista UNIP Campus Brasilia Laboratório de Engenharia de Software. Tutorial TortoiseSVN Alunos: Luiz Alberto Viana Lopes 649771-1 Sarah Reis de Melo 652181-1 Tutorial TortoiseSVN Como usar

Leia mais

Tutorial: Serviços web e suas composições

Tutorial: Serviços web e suas composições Tutorial: Serviços web e suas composições Objetivo: Este tutorial tem como objetivo apresentar o desenvolvimento de serviços web através do framework Axis2. Além disso, realizar uma composição através

Leia mais

Passo- a- passo SKILLSPECTOR Software gratuito para análise cinemática Procedimentos para configuração, digitalização e calibragem

Passo- a- passo SKILLSPECTOR Software gratuito para análise cinemática Procedimentos para configuração, digitalização e calibragem Passo- a- passo SKILLSPECTOR Software gratuito para análise cinemática Procedimentos para configuração, digitalização e calibragem Prof. Dr. Ricardo Martins de Souza O passo- a- passo a seguir tem como

Leia mais

Manual de Instalação

Manual de Instalação Análise de Custos Análise da Sinistralidade e Rentabilidade Estatísticas Cadastrais Meta Referencial Performance da Rede Credenciada Atenção à Saúde Manual de Instalação Sumário Sumário... 2 1. Configurações

Leia mais

A p o s t i l a M i c r o s o f t A c c e s s 97

A p o s t i l a M i c r o s o f t A c c e s s 97 A p o s t i l a M i c r o s o f t A c c e s s 97 Índice a) Access 97 b) Iniciando o Access c) Passo- a- passo d) Tabelas e) Exercício f) Consultas g) Passo- a- passo h) Formulários i) Passo- a- passo j)

Leia mais

Instalando e Configurando o DNS Server

Instalando e Configurando o DNS Server Instalando e Configurando o DNS Server Seg, 27 de Outubro de 2008 18:02 Escrito por Daniel Donda A instalação do serviço DNS no Windows Server 2008 é bem simples e de extrema importância para uma rede.

Leia mais

Portal do Projeto Tempo de Ser

Portal do Projeto Tempo de Ser Sumário Portal do Projeto Tempo de Ser O que é um Wiki?...2 Documentos...2 Localizando documentos...3 Links...3 Criando um Documento...4 Criando um link...4 Editando um Documento...5 Sintaxe Básica...5

Leia mais

Test-Driven Development no Rails: Unit Tests

Test-Driven Development no Rails: Unit Tests Test-Driven Development no Rails: Unit Tests 11/05/07 Tags:, Ruby, Ruby on Rails, TDD, Teste Unitário, Unit Tests Todo mundo fala que Test-Driven Development aumenta sua produtividade, reduz a quantidade

Leia mais

Manual de Instalação

Manual de Instalação INSTITUTO BRASILEIRO DE INFORMAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA Manual de Instalação Tecer [Windows] 2 ÍNDICE DE FIGURAS Figura 1 Aquivo Postgresql...9 Figura 2 Arquivo de Instalação... 10 Figura 3 Executar

Leia mais

1) Ao ser executado o código abaixo, em PHP, qual será o resultado impresso em tela?

1) Ao ser executado o código abaixo, em PHP, qual será o resultado impresso em tela? Exercícios sobre Linguagem PHP: 1) Ao ser executado o código abaixo, em PHP, qual será o resultado impresso em tela? 2) Considere a linguagem de programação PHP e seus operadores. A execução da sentença:

Leia mais

Verifique se o Plugin do Flash Player está instalado no seu computador para a navegação adequada no portal.

Verifique se o Plugin do Flash Player está instalado no seu computador para a navegação adequada no portal. 1 Tutorial: Blogs no Clickideia Introdução Esse tutorial mostrará as funções básicas da ferramenta de Blog do Portal Educacional Clickideia. Ele foi elaborado pensando em diferentes níveis de usuários

Leia mais

LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO WEB

LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO WEB LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO WEB GABRIELA TREVISAN Formulários e Aula 3 Relembrando HTML 5 Tag Form o Utilizada para marcar a região do formulário. o Os atributos mais importantes são o method e o action.

Leia mais

Instalando e Configurando o LaTeX no Windows

Instalando e Configurando o LaTeX no Windows Instalando e Configurando o LaTeX no Windows Neste tutorial será abordada a instalação dos programas necessários para o uso do LaTex no ambiente Windows utilizando-se a versão 7, em outras versões deste

Leia mais

Guia de início rápido do Alteryx Server

Guia de início rápido do Alteryx Server Guia de início rápido do Alteryx Server A. Instalação e licenciamento Baixe o pacote de instalação do Alteryx Server e siga as instruções abaixo para instalar e ativar a licença. 2015 Alteryx, Inc. v1.4,

Leia mais

LGTi Tecnologia. Manual - Outlook Web App. Soluções Inteligentes. Siner Engenharia

LGTi Tecnologia. Manual - Outlook Web App. Soluções Inteligentes. Siner Engenharia LGTi Tecnologia Soluções Inteligentes Manual - Outlook Web App Siner Engenharia Sumário Acessando o Outlook Web App (Webmail)... 3 Email no Outlook Web App... 5 Criar uma nova mensagem... 6 Trabalhando

Leia mais

Tutorial SGCD. 1. Efetuando Login no Sistema. 2. Criando uma nova página. 3. Editando uma página já existente

Tutorial SGCD. 1. Efetuando Login no Sistema. 2. Criando uma nova página. 3. Editando uma página já existente Tutorial SGCD 1. Efetuando Login no Sistema 2. Criando uma nova página 3. Editando uma página já existente 4. Anexando arquivos em páginas e no menu esquerdo 5. Colocando Imagens em páginas 6. Colocando

Leia mais

Auditoria Pós - Programação

Auditoria Pós - Programação Auditoria Pós - Programação Julho - 2014 Índice 1. Introdução... 3 2. Visão do Processo... 3 3. Serviço... 4 4. Dataset... 6 5. Formulário Principal AuditoriaPos... 8 6. Arquitetura do Formulário HTML

Leia mais

Descompacte o arquivo site-1.2.4.zip que foi baixado dentro da pasta do eclipse.

Descompacte o arquivo site-1.2.4.zip que foi baixado dentro da pasta do eclipse. 3 Manual do Desenvolvedor 3.1 Introdução O site que disponibiliza o SIGATI utiliza o sistema de SVN que é um programa de controle de versão de softwares utilizado no Trac. Com ele o desenvolvedor pode

Leia mais

Para começarmos as configurações, primeiramente vamos habilitar o DVR Veicular para o acesso. Clique em Menu e depois entre em Geral.

Para começarmos as configurações, primeiramente vamos habilitar o DVR Veicular para o acesso. Clique em Menu e depois entre em Geral. DVR Veicular Para começarmos as configurações, primeiramente vamos habilitar o DVR Veicular para o acesso. Clique em Menu e depois entre em Geral. Dentro do menu Geral, clique em rede, como mostra a figura.

Leia mais

CURSO BÁSICO DE CRIAÇÃO DE SITES MÓDULO 2 AULA 4

CURSO BÁSICO DE CRIAÇÃO DE SITES MÓDULO 2 AULA 4 REALIZANDO UMA COMPRA CURSO BÁSICO DE CRIAÇÃO DE SITES Uma vez montado o site vamos fazer uma compra para entender melhor como o site funciona. Vá para a página da LOJA (PAINEL PAGINAS TODAS AS PÁGINAS

Leia mais

Nome N Série: Ferramentas

Nome N Série: Ferramentas Nome N Série: Ferramentas Competências: Identificar e utilizar técnicas de modelagem de dados; Habilidades: Utilizar ferramentas de apoio ao desenvolvimento de software; Bases Tecnológicas: Metodologias

Leia mais

Passos para a configuração do ambiente de desenvolvimento:

Passos para a configuração do ambiente de desenvolvimento: Passos para a configuração do ambiente de desenvolvimento: 0 - (Opcional) Criar uma pasta onde vai ser o seu Workspace. Ou seja, onde os códigos de todos os projetos do Eclipse serão salvos: 1 - Instalar

Leia mais

GUIA MESCLAGEM DE DOCUMENTOS - SLIM

GUIA MESCLAGEM DE DOCUMENTOS - SLIM GUIA MESCLAGEM DE DOCUMENTOS - SLIM ÍNDICE ITEM Página 1. Objetivo... 3 2. Requisitos... 3 3. Mesclando Documentos... 3 Página 2 de 13 1. Objetivo Este guia tem como objetivo demonstrar como realizar a

Leia mais

Introdução ao Epi Info - Versão Windows

Introdução ao Epi Info - Versão Windows Universidade de São Paulo/Faculdade de Saúde Pública Curso de Saúde Pública Disciplina: HEP 147 - Informática Introdução ao Epi Info - Versão Windows Apresentação do Software Criar Ficha (Make View) Cria

Leia mais

Consultas a banco de dados no ArcView

Consultas a banco de dados no ArcView UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS INSTITUTO DE GEOCIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE CARTOGRAFIA Laboratório de Geoprocessamento Grazielle Anjos Carvalho Belo Horizonte, 2007 A consulta ao banco de dados no Arcview

Leia mais

IMPLEMENTAÇÃO E RESOLUÇÃO DE MODELOS MATEMÁTICOS UTILIZANDO A PLANILHA EXCEL

IMPLEMENTAÇÃO E RESOLUÇÃO DE MODELOS MATEMÁTICOS UTILIZANDO A PLANILHA EXCEL IMPLEMENTAÇÃO E RESOLUÇÃO DE MODELOS MATEMÁTICOS UTILIZANDO A PLANILHA EXCEL 1. INTRODUÇÃO Este tutorial apresenta, passo-a-passo, o processo de implementação e resolução de modelos matemáticos na planilha

Leia mais

Manual do Sistema "Vida - Controle Financeiro Pessoal" Editorial Brazil Informatica

Manual do Sistema Vida - Controle Financeiro Pessoal Editorial Brazil Informatica Manual do Sistema "Vida - Controle Financeiro Pessoal" Editorial Brazil Informatica I Vida - Controle Financeiro Pessoal Conteúdo Part I Novidades Versão 2.8 (Contas) 2 Part II Novidades Versão 2.9 (Contas)

Leia mais

Downloads no EU VOU PASSAR 2.0

Downloads no EU VOU PASSAR 2.0 Downloads no EU VOU PASSAR 2.0 Conteúdo Instalando o Orbit Downloader... 1 Configurando o Orbit Downloader para o EU VOU PASAR 2.0... 8 Realizando os Downloads no Eu Vou Passar 2.0... 12 Fazendo o Download

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Online WebOpinião

Manual do Teclado de Satisfação Online WebOpinião Manual do Teclado de Satisfação Online WebOpinião Versão 1.2.3 27 de novembro de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação

Leia mais

Rails para sua Diversão e Lucro

Rails para sua Diversão e Lucro Rails para sua Diversão e Lucro Copyright 2006 Ronaldo Melo Ferraz Permission is granted to copy, distribute and/or modify this document under the terms of the GNU Free Documentation License, Version 1.2

Leia mais

Linguagem de. Aula 06. Profa Cristiane Koehler cristiane.koehler@canoas.ifrs.edu.br

Linguagem de. Aula 06. Profa Cristiane Koehler cristiane.koehler@canoas.ifrs.edu.br Linguagem de Programação IV -PHP Aula 06 Profa Cristiane Koehler cristiane.koehler@canoas.ifrs.edu.br Criação de Formulários o Um formulário consiste em uma série de campos que são preenchidos pelo usuário

Leia mais

Manual Banco de dados MySQL

Manual Banco de dados MySQL Manual Banco de dados MySQL Introdução Serão apresentadas neste manual, as operações envolvendo uma conversão com banco de dados MySQL. Incluindo a devida forma de criar e restaurar um backup, de ter acesso

Leia mais

Tutorial do Quartus II

Tutorial do Quartus II Tutorial do Quartus II Introdução A seguir, você tomará contato com a ferramenta de projeto digital Quartus II, da Altera Corporation, que além de permitir descrever e simular circuitos lógicos complexos,

Leia mais

CARTOSOFT GUIA PRÁTICO PROCART SISTEMAS

CARTOSOFT GUIA PRÁTICO PROCART SISTEMAS CARTOSOFT GUIA PRÁTICO PROCART SISTEMAS INSTALAÇÃO DO SISTEMA E CONFIGURAÇÃO PARA USO EM REDE Versão 1.1 Instalação Programa Cartosoft 1 INICIANDO 1.1 Instalando o Programa Clique no programa InstaladorCartosoft.exe.

Leia mais

Manual Rápido de Registro e Configuração do DJPDV

Manual Rápido de Registro e Configuração do DJPDV Página 1 Manual Rápido de Registro e Configuração do DJPDV Juliana Rodrigues Prado Tamizou www.djsystem.com.br (15) 3324-3333 Rua Coronel Aureliano de Camargo,973 Centro - Tatuí SP - 18270-170 Revisado

Leia mais

Parte 2: Micro com Windows XP Pro e Servidor IIS

Parte 2: Micro com Windows XP Pro e Servidor IIS Parte 2: Micro com Windows XP Pro e Servidor IIS No nosso tutorial inicial: Tutorial: Monte um servidor Internet no seu micro de casa, vimos como colocar um nome internet no seu micro, utilizando o serviço

Leia mais

Sumário. 1. Instalando a Chave de Proteção 3. 2. Novas características da versão 1.3.8 3. 3. Instalando o PhotoFacil Álbum 4

Sumário. 1. Instalando a Chave de Proteção 3. 2. Novas características da versão 1.3.8 3. 3. Instalando o PhotoFacil Álbum 4 1 Sumário 1. Instalando a Chave de Proteção 3 2. Novas características da versão 1.3.8 3 3. Instalando o PhotoFacil Álbum 4 4. Executando o PhotoFacil Álbum 9 3.1. Verificação da Chave 9 3.1.1. Erro 0001-7

Leia mais

NETBEANS IDE UTILIZAÇAO DE RECURSOS PARA DESENVOLVIMENTO DE PROJETO JAVA WEB

NETBEANS IDE UTILIZAÇAO DE RECURSOS PARA DESENVOLVIMENTO DE PROJETO JAVA WEB NETBEANS IDE UTILIZAÇAO DE RECURSOS PARA DESENVOLVIMENTO DE PROJETO JAVA WEB Rodolfo M. Salomao 1, Willian Magalhães 1 1 Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil rodolfomeneghet@hotmail.com,

Leia mais

Programação de Computadores I. Conhecendo a IDE Code::Blocks

Programação de Computadores I. Conhecendo a IDE Code::Blocks Code::Blocks Conhecendo a IDE Programação de Computadores I Professor: Edwar Saliba Júnior Conhecendo a IDE Code::Blocks Apresentação: 1) Abra a IDE (Integrated Development Environment), ou seja, o Ambiente

Leia mais

Ambientação JAVA. Versão 0.1 MICHEL CORDEIRO ANALISTA DE NEGÓCIO (NTI 2014) 1 UNIVERSIDADE CEUMA 08/01/2014

Ambientação JAVA. Versão 0.1 MICHEL CORDEIRO ANALISTA DE NEGÓCIO (NTI 2014) 1 UNIVERSIDADE CEUMA 08/01/2014 UNIVERSIDADE CEUMA Ambientação JAVA Versão 0.1 08/01/2014 Este é um modelo de configuração para desenvolvimento no ambiente Java. MICHEL CORDEIRO ANALISTA DE NEGÓCIO (NTI 2014) 1 Sumário Sumário... 2 1

Leia mais

MANIPULANDO BANCO DE DADOS NO POSTGRESQL SEM FAZER USO DE COMANDOS SQL

MANIPULANDO BANCO DE DADOS NO POSTGRESQL SEM FAZER USO DE COMANDOS SQL MANIPULANDO BANCO DE DADOS NO POSTGRESQL SEM FAZER USO DE COMANDOS SQL INTRODUÇÃO: O PostgreSQL é um dos mais populares e avançados sistemas gerenciadores de banco de dados (SGBD) com código aberto. É

Leia mais

Usando o Google Code como repositório para projetos no Eclipse com SubClipse.

Usando o Google Code como repositório para projetos no Eclipse com SubClipse. Usando o Google Code como repositório para projetos no Eclipse com SubClipse. Autor: Rafael Oliveira Lopes http://www.dcc.ufrj.br/~rlopes Data: 02 de Junho de 2007 Introdução Senhores, Diante de alguns

Leia mais

Acessando um Banco de Dados

Acessando um Banco de Dados Acessando um Banco de Dados Introdução Agora que você já está craque em JSP e já instalou seu servidor, vamos direto para a parte prática! Neste tutorial vamos aprender a acessar um banco de dados. Para

Leia mais

LAB 18: ASP.NET e Web Services

LAB 18: ASP.NET e Web Services LAB 18: ASP.NET e Web Services Este lab apresenta a criação e utilização de Web Services usando C# e aplicação em uma página web. Exercício 1 Criando um Web Service simples 1. Crie um novo projeto utilizando

Leia mais

Tutorial ConvertXtoDVD 3

Tutorial ConvertXtoDVD 3 Tutorial ConvertXtoDVD 3 Índice: Adicionando seus arquivos de vídeo Adicionando um ou mais vídeos Página 2 Qualidade da conversão Página 3 Personalizando o menu Página 4 Escolhendo um template para o menu

Leia mais

Criar um novo projeto

Criar um novo projeto Criar um novo projeto Esse passo-a-passo tem o intuito de auxiliar na criação de um novo projeto Java. Você verá os passos de criação utilizando os IDEs Eclipse e NetBeans. Eclipse 1. Inicie o Eclipse.

Leia mais

Nota de Aula: Utilização da IDE Code::Blocks

Nota de Aula: Utilização da IDE Code::Blocks INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO CAMPUS SÃO LUÍS MONTE CASTELO DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE INFORMÁTICA SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DISCIPLINA: LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO I PROFESSOR:

Leia mais

VENDAS DETALHE. Com as tabelas preenchidas abra execute agora o ireport, pressione CRTL+N ou vá ao menu File>> New.

VENDAS DETALHE. Com as tabelas preenchidas abra execute agora o ireport, pressione CRTL+N ou vá ao menu File>> New. Para desenvolver este exemplo, será necessário termos uma estrutura de tabelas como mostrado abaixo ou a estrutura que você desejar, desde que possa ser utilizada como Master/Detail. Esta estrutura foi

Leia mais

Escrito por Daniel Donda Qui, 06 de Novembro de 2008 18:21 - Última atualização Qui, 06 de Novembro de 2008 18:47

Escrito por Daniel Donda Qui, 06 de Novembro de 2008 18:21 - Última atualização Qui, 06 de Novembro de 2008 18:47 Conhecendo o Event Viewer Muito importante na manutenção e monitoramento de servidores o Event Viewer é uma ferramenta que gera logs de eventos tudo o que ocorre no servidor. Como o sistema nunca para

Leia mais

Objetivo: demonstrar como configurar e testar uma comunicação entre PLC e PC através de drive Siemens (SIMATIC NET V1X) usando interface OPC.

Objetivo: demonstrar como configurar e testar uma comunicação entre PLC e PC através de drive Siemens (SIMATIC NET V1X) usando interface OPC. TIA Portal Configuração e testes de comunicação via interface OPC Denilson Pegaia Objetivo: demonstrar como configurar e testar uma comunicação entre PLC e PC através de drive Siemens (SIMATIC NET V1X)

Leia mais

MANUAL DA SECRETARIA

MANUAL DA SECRETARIA MANUAL DA SECRETARIA Conteúdo Tela de acesso... 2 Liberação de acesso ao sistema... 3 Funcionários... 3 Secretaria... 5 Tutores... 7 Autores... 8 Configuração dos cursos da Instituição de Ensino... 9 Novo

Leia mais

Criação de um novo projeto no Eclipse utilizando Maven

Criação de um novo projeto no Eclipse utilizando Maven 1. Faça o download da versão mais atual do Eclipse IDE for Java EE Developers em https://www.eclipse.org/downloads/. 2. No Eclipse, crie um novo projeto Maven, em File >> New >> Maven Project 3. Marque

Leia mais

Como criar um blog. Será aberta uma janela onde você deverá especificar o título do blog, o endereço do blog, e o modelo.

Como criar um blog. Será aberta uma janela onde você deverá especificar o título do blog, o endereço do blog, e o modelo. Como criar um blog Criando o blog Vá em www.blogger.com. Entre com sua conta google (a mesma que você usa para acessar o gmail). Escolha um perfil. Na página seguinte, clique no botão novo blog. Será aberta

Leia mais

INTRODUÇÃO À TECNOLOGIA SERVLETS

INTRODUÇÃO À TECNOLOGIA SERVLETS PROGRAMAÇÃO SERVIDOR EM SISTEMAS WEB INTRODUÇÃO À TECNOLOGIA SERVLETS Prof. Dr. Daniel Caetano 2012-1 Objetivos Apresentar o conceito aplicações orientada a serviços via web Apresentar o papel dos contentores

Leia mais

NetBeans. Conhecendo um pouco da IDE

NetBeans. Conhecendo um pouco da IDE NetBeans Conhecendo um pouco da IDE Professor: Edwar Saliba Júnior Sumário Apresentação:...1 Criando Um Novo Projeto de Software:...1 Depurando Um Código-fonte:...4 Entendendo o Código-fonte:...7 Dica

Leia mais

Introdução a JavaServer Pages. Curso de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Desenvolvimento de sistemas web

Introdução a JavaServer Pages. Curso de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Desenvolvimento de sistemas web Introdução a JavaServer Pages Curso de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Desenvolvimento de sistemas web JavaServer Pages Problemas com Servlets: É improdutivo para gerar todo o conteúdo

Leia mais

Índice. 1.1. Static Text (texto estático)...1 1.2. Dynamic Text (Texto Dinâmico)...3 1.3. Input Text...7 1.4. Exercício...8

Índice. 1.1. Static Text (texto estático)...1 1.2. Dynamic Text (Texto Dinâmico)...3 1.3. Input Text...7 1.4. Exercício...8 Textos no Flash Índice 1. Texto no Flash...1 1.1. Static Text (texto estático)...1 1.2. Dynamic Text (Texto Dinâmico)...3 1.3. Input Text...7 1.4. Exercício...8 1. Texto no Flash Há três maneiras de se

Leia mais

PHP Profissional. Alexandre Altair de Melo / Mauricio G. F. Nascimento. Editora Novatec

PHP Profissional. Alexandre Altair de Melo / Mauricio G. F. Nascimento. Editora Novatec Introdução Como a idéia deste livro é ir direto ao ponto, vou fazer isso já na introdução. A idéia desse livro não é explicar a teoria e filosofia do PHP, da orientação a objetos, as maravilhas dos design

Leia mais

Delphi 7 Aula 01 Área do Triângulo

Delphi 7 Aula 01 Área do Triângulo Delphi 7 Aula 01 Área do Triângulo Prof. Gilbert Azevedo da Silva I. Objetivos Conhecer o Ambiente Integrado de Desenvolvimento (IDE) do Delphi 7, Desenvolver a primeira aplicação no Delphi 7, Aprender

Leia mais

Manual Instalação Pedido Eletrônico

Manual Instalação Pedido Eletrônico Manual Instalação Pedido Eletrônico 1 Cliente que não utiliza o Boomerang, mas possui um sistema compatível. 1.1 Instalação do Boomerang Inserir o CD no drive do computador, clicar no botão INICIAR e em

Leia mais

Integração do Java + Adobe Flex através do Projeto BlazeDs

Integração do Java + Adobe Flex através do Projeto BlazeDs Integração do Java + Adobe Flex através do Projeto BlazeDs por, Thiago Luiz Ribeiro Rodrigues (R.A: 060147-2), 14 de Abril 2009 Este artigo tem por objetivo ensinar como se faz a integração entre o Java

Leia mais

Instalando e Configurando o DNS Server

Instalando e Configurando o DNS Server Instalando e Configurando o DNS Server Seg, 27 de Outubro de 2008 18:02 Escrito por Daniel Donda Tw eetar 0 Like 0 A instalação do serviço DNS no Windows Server 2008 é bem simples e de extrema importancia

Leia mais

Noções de Informática

Noções de Informática Noções de Informática Caderno 2 CONTEÚDO MS-Excel 2010: estrutura básica das planilhas, conceitos de células, linhas, colunas, pastas e gráficos, elaboração de tabelas e gráficos, uso de fórmulas, funções

Leia mais

Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Sistemas Operacionais de Rede

Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Sistemas Operacionais de Rede Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Sistemas Operacionais de Rede O servidor de arquivos fornece um ponto centralizado na rede para armazenamento e compartilhamento de arquivos entre os usuários. Quando

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SEED SUPERINTENDÊNCIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SUED CURSO DE INTRODUÇÃO A EDUCAÇÃO DIGITAL

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SEED SUPERINTENDÊNCIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SUED CURSO DE INTRODUÇÃO A EDUCAÇÃO DIGITAL SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SEED SUPERINTENDÊNCIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SUED CURSO DE INTRODUÇÃO A EDUCAÇÃO DIGITAL Professora-tutora/Assessor da CRTE: Denise Juci Fontana da Silva Nome do Cursista:

Leia mais

WordPress Instruções de integração com PayPal

WordPress Instruções de integração com PayPal WordPress Instruções de integração com PayPal INFORMAÇÕES GERAIS Há duas maneiras de incluir o PayPal em sites baseados na plataforma WordPress. Opção 1: Incluir um carrinho de compras Opção 2: Incluir

Leia mais

Criando uma agenda simples com NetBeans 6.5

Criando uma agenda simples com NetBeans 6.5 Criando uma agenda simples com NetBeans 6.5 (Swing application framework e Beansbinding) Já faz algum tempo que escrevi uma agenda simples usando o Eclipse com o Visual Class Editor. Demorei em torno de

Leia mais

Olá, Professores e Professoras. É um prazer estar aqui com vocês novamente. Sejam bem-vindos!

Olá, Professores e Professoras. É um prazer estar aqui com vocês novamente. Sejam bem-vindos! Transcrição do vídeo Caixa de edição e texto Duração: 10 minutos e 26 segundos Olá, Professores e Professoras. É um prazer estar aqui com vocês novamente. Sejam bem-vindos! Hoje vamos conversar sobre um

Leia mais