CENTRO ESPÍRITA BENEFICENTE UNIÃO DO VEGETAL ORIENTAÇÃO ESPIRITUAL COM CRIANÇAS E JOVENS Depto de Instrução e Doutrinação Espiritual da UDV

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CENTRO ESPÍRITA BENEFICENTE UNIÃO DO VEGETAL ORIENTAÇÃO ESPIRITUAL COM CRIANÇAS E JOVENS Depto de Instrução e Doutrinação Espiritual da UDV"

Transcrição

1 Kit Boas Vindas Seja Bem Vindo! Sua boa vontade te trouxe até aqui, Esta é uma frente de trabalho que se integra com os demais departamentos, um espaço amplo e aberto para bem receber e bem atender nossos caianinhos crianças e jovens! Estamos aqui para somar uns com os outros, aprendendo e crescendo devagarinho, Abraços, Gestão Geral OEUDV De onde viemos? Naturalmente, crianças e jovens sempre estiveram presentes na história da União do Vegetal, com seus pais, seguindo nosso grande Mestre Gabriel, fundador desta obra sagrada. O Mestre Gabriel, que sempre se mostrou um homem de bem e pai de família honrado, viveu e nos ensina a viver e a caminhar dentro de conduta moral e ética exemplar. Com a prática de valores como respeito, fraternidade, honestidade, fieldade, amizade, união e fé, ele fez, junto a sua companheira, M. Pequenina, um trabalho coerente no seio de sua família, educando 11 filhos e cumprindo a sublime missão da paternidade e da maternidade. Depoimentos dos próprios filhos mostram que o casal preceituava dar a eles nem sempre o que queriam, mas sim o que precisavam, mostrando o Norte, para que, ao crescerem, pudessem ser pessoas de bem, corretas e cumpridoras de seus deveres. Sempre crendo na boa semente da orientação, que começa dentro de casa, conforme ele mesmo nos ensinou. E esse mesmo bem vem esbrandindo no Centro a todos os filhos desta Sagrada União, pois a base cristã da educação dada a seus filhos é a mesma que sustenta nossa religião, reafirmando para todos nós o símbolo da Luz, da Paz e do Amor. Como surgiu o Guia de Orientação Espiritual com crianças e Adolescentes da UDV E O GTER ENSINO

2 RELIGIOSO O Ensino Religioso na UDV agora denominado Orientação Espiritual com crianças e Jovens OEUDV Em 1992, um filho da C. Ivone Menão, ao ser indagado pela professora sobre qual era sua religião, respondera simplesmente que não tinha religião nenhuma. Quando sua mãe o repreendeu, ele argumentou que não tinha idade para ser sócio da UDV e nem sabia o que a UDV ensinava. Como também não tinha acesso a nenhum outro ensino religioso, nem sabia o que pregavam, a realidade era aquela: não tinha religião. A C. Ivone ficou assustada com aquilo e se deu conta de que sua situação deveria ser a de muita gente. O então Mestre Geral Representante, Mestre Braga, ao saber do ocorrido, procurou pelo Mestre Ruy Fabiano (jornalista e escritor, sócio na Sede Geral) e pediu que ele providenciasse uma espécie de catecismo, direcionado aos jovens da UDV, que ainda não podiam ser sócios, de modo a que eles pudessem ter algumas noções básicas de espiritualidade, pudessem conhecer as leis de Deus e saber dos seus limites. Era preciso dar uma assistência religiosa, orientar espiritualmente nossos filhos. Alguns pais tinham condições de fazê-lo por conta própria, mas muitos (talvez a maioria) ainda não. Assim iniciou-se a construção do livro, solicitou-se aos núcleos que estudassem os temas a serem abordados. Na época, alguns núcleos enviaram o material que foi estudado e reunido, primeiro em forma de apostila, divulgado na representação do M. Monteiro, na década de 90 e depois de uma década com as demais etapas de elaboração e de algumas experiências muito bem sucedidas em alguns Núcleos com o trabalho direcionado e orientado às crianças e jovens, esta apostila tornouse, em 2008, uma publicação em forma de livro pela editora Pedra Nova, que recebeu o nome de Guia de Orientação Espiritual de Crianças e Adolescentes, como uma publicação oficial do Centro. Aqui nesta frente o chamamos simplesmente de Guia, que é a base do trabalho da orientação espiritual com crianças e jovens. Para onde vamos? Com o crescimento exponencial da UDV, o tempo trouxe a necessidade de desenvolver atividades direcionadas a nossos filhos e netos, ainda não sócios. Assim, aos poucos, nós, pais, viemos nos organizando da melhor forma para conduzir nossos filhos e as futuras gerações no caminho do bem. Assim, em 2007, iniciou-se oficialmente o Grupo de Trabalho de Ensino Religioso para Crianças e Adolescentes da UDV (GTER). Criado com a missão de estudar e implantar esta frente para crianças e jovens da União, tendo como base o Guia de Orientação Espiritual para Crianças e Adolescentes da UDV, livro publicado pelo Centro em 2008, o grupo conta hoje com 30 voluntários. Reunido na Gestão Geral, o grupo vem zelando pela organização e realizando o trabalho de maneira colaborativa, cativando as irmandades de núcleos e regiões, que apresentam boas experiências com resultados crescentes e expressivos.

3 DA CRIAÇÃO GTER e OEUDV Como surgiu o Grupo? E como foi organizado? Em ata de reunião do dia 11 de novembro de 2007 o então Conselho da Representação Geral autorizou: 6. Constituição de Grupo de Trabalho sobre ensino religioso Fica autorizada a constituição de um grupo de trabalho para implantação e estudo da metodologia do ensino religioso no âmbito do Centro, coordenado pelo Mestre Edison Saraiva Neves, que irá propor os nomes que deverão compor mencionado Grupo. Após a designação acima, M. Edison reconheceu no convívio virtual a melhor maneira de desenvolvimento do trabalho, para que mais pessoas pudessem participar e contribuir. Após reunir alguns voluntários para a organização e funcionamento, em março de 2008, esta lista do Google foi criada e começamos a empreitada, com o apoio manifestado pelo então Mestre Geral Representante em carta enviada aos Núcleos: «Brasília-DF, 28 de novembro de 2007 Caros irmãos e irmãs Saúde e prosperidade Temos recebido muitas solicitações no sentido de ministrarmos o ensino religioso às nossas crianças e jovens. Agora que já temos o Guia de Orientação Religiosa e algumas metodologias de aplicação, pedimos e conclamamos a todos os interessados a participarem do Grupo de Trabalho do Ensino Religioso, instituído por designação do Conselho da Representação Geral em reunião de 11 de novembro de 2007, pois consideramos de fundamental importância para o desenvolvimento dos futuros dirigentes da nossa instituição. Neste momento, direciono meu pensamento ao Grande Mestre Gabriel para pedir sua luz, para os senhores e senhoras realizarem um trabalho que represente o seu pensamento. Fraternalmente. Raimundo Monteiro de Souza - Mestre Geral Representante» Como recebemos um Up Grade de GTER a OEUDV? Então, após uma solicitação do GTER em reunião do Conselho da Administração Geral (Conage), realizada em Brasília, no dia 26 de maio de 2013, o GTER foi elevado a novo patamar e passou a integrar o Departamento de Instrução e Doutrinação Espiritual da União do Vegetal.

4 Ata da reunião, item 4 Grupo de Trabalho de Ensino Religioso ficou aprovado que o Grupo de Trabalho de Ensino Religioso, de ora em diante denominado Orientação Espiritual com Crianças e Jovens, passa a integrar o Departamento de Instrução e Doutrinação Espiritual. O Mestre Representante do Núcleo indicará o responsável local, ficando este sob sua supervisão. O Mestre Central indicará o responsável regional, ficando este sob a sua supervisão. A supervisão em todo o Centro é da Representação Geral, que indicará o responsável geral. Nesse trabalho, são consideradas crianças pessoas até a idade de 12 anos incompletos e jovens pessoas de 12 até 18 anos incompletos. Serão oportunamente encaminhados à Direção estudos que indiquem os valores morais que devem nortear a conduta dos jovens do Centro. ORGANIZAÇÃO DA OEUDV Como é a organização do nosso trabalho de OEUDV? Temos Um Responsável Geral M. Edison Saraiva Neves Duas Corresponsáveis Geral C Ivone de Castro Menão e C Érica Monteiro e uma equipe de voluntários auxiliares das Bases de Gestão Geral com funções específicas de registros, arquivos, cadastros, suporte pedagógico, pesquisa, teologia, suporte nético e apoio geral ao funcionamento do trabalho desta frente. No Up Grade que tivemos uma hierarquia foi estabelecida Integramos o Departamento de Instrução e Doutrinação Espiritual. O Mestre Representante do Núcleo indicará o responsável local, ficando este sob sua supervisão. O Mestre Central indicará o responsável regional, ficando este sob a sua supervisão. A supervisão em todo o Centro é da Representação Geral, que indicará o responsável geral. de contato com a Gestão Geral Cheguei agora, já posso participar ativamente? Sim! Você pode enviar um se apresentando aos demais e acompanhar as mensagens para saber o que estamos trabalhando no momento. Qualquer dúvida, pergunte. Fiquei um tempo sem abrir, como fico sabendo o que está acontecendo? Chegue e integre-se com quem está seguindo. Qualquer dúvida, pergunte!

5 NA PRÁTICA A Metodologia Trabalhamos com Mapas Mentais (que chamamos de MM) e que é um material que desenvolvemos no início deste grupo. Trata-se simplesmente das palavras chaves de cada tema abordado nos capítulos do Guia (que chamamos de tópicos) e seus assuntos relacionados (que chamamos de sub-tópicos). Anualmente, postamos na lista os tópicos ou temas a serem trabalhados nos Núcleos e determinamos um período pra que isso aconteça. As datas comemorativas da União também são contempladas. A partir daí, trocamos idéias de como e de que forma cada um pretende fazer sua atividade. A Lista geral é o nosso ponto de encontro. Dentro do período combinado, cada Núcleo desenvolve com suas crianças e jovens aquele tema da maneira que achar melhor, de acordo com sua estrutura, seus recursos e as pessoas disponíveis. Depois é só mandar um relatório contando como foi, anexado com algumas fotos. Periodicamente, postamos na lista os tópicos ou temas a serem trabalhados nos Núcleos e determinamos um período pra que isso aconteça. As datas comemorativas da União também são contempladas. A partir daí, trocamos idéias de como e de que forma cada um pretende fazer sua atividade. Dentro do período combinado, cada Núcleo desenvolve com suas crianças e jovens aquele tema da maneira que achar melhor, de acordo com sua estrutura, seus recursos e as pessoas disponíveis. Depois é só mandar um relatório contando como foi, anexado com algumas fotos. POR QUE RELATÓRIOS? O relatório tem um modelo padrão bem simples (um arquivo do Word), que é divulgado e pode ser solicitado via lista para preenchimento pelos responsáveis das atividades com as crianças nos Núcleos. O intuito do envio é compartilhar experiências de atividades realizadas e recursos utilizados, além de trocar idéias, medir a participação e a frequência das crianças e do Núcleo no trabalho. Além disso, todos os recursos utilizados nas atividades (músicas, filmes, brincadeiras, arte, vivências e etc) estão sendo organizados, catalogados, sistematizados em cadernos especiais para que possamos proporcionar às gerações futuras, uma verdadeira biblioteca de soluções e recursos para a continuidade e crescimento do trabalho.

6 EXEMPLO DE UM MAPA MENTAL: CENTRO ESPÍRITA BENEFICENTE UNIÃO DO VEGETAL Por este EXEMPLO, temos: 1) O tópico aqui é Deus 2) Os subtópicos são as palavras que foram relacionadas (Vida, Jesus, Maria..) 3) Já os temas que são sugeridos são decididos em conjunto na lista e estão ligados aos tópicos e sub tópicos OEUDV nos núcleos E quem cuida do trabalho do trabalho nos Núcleos? Como posso trabalhar mais de perto? O que precisa pra ter o GTER no Núcleo? Como começar? Procure saber com seu Mestre Representante se já tem alguém responsável pelo trabalho do Ensino Religioso no Núcleo.

7 Como posso trabalhar mais de perto? Se apresente ao responsável. As atividades normalmente são programadas e precisam de muitas mãos unidas para acontecer. O que precisa pra ter o GTER no Núcleo? Disposição, boa vontade e União. Existem algumas iniciativas que estão dando certo, em especial com relação a organização material e envolvimento dos pais nos trabalho. Alguns Núcleos organizaram um Conselho de Pais, uma Liga de Pais ou simplesmente um grupo de voluntários dispostos a fazer a coisa acontecer. Como começar? Se vocês ainda não conseguiram se organizar nesse sentido, estamos aqui também para auxiliar para que isso seja feito. Envie um que a gente orienta. Chegando na lista SEJA BEM VINDO Olá irmã(o). Seu cadastro foi efetuado com sucesso na lista da OEUDV, um espaço virtual de desenvolvimento conjunto do trabalho da Orientação Espiritual com crianças e Jovens da União do Vegetal que está sendo realizado nos Núcleos do Brasil e também no exterior. S A partir de hoje, você receberá quase que diariamente neste seu , mensagens contendo comunicados importantes do andamento do trabalho e também poderá enviá-las, interagindo com todos os demais participantes. Existem moderadores para a mensagem para que fiquemos dentro dos assuntos do momento e que evite que cheguem vírus ou outras mensagens que não estão dentro da Netiqueta. INFORMAÇÕES INICIAIS Aqui você terá acesso ao histórico da estruturação deste trabalho até o presente momento, o que já foi feito e, em especial, como funciona o trabalho por aqui e como proceder no dia a dia de convívio na lista. Em caso de alguma dúvida em relação ao conteúdo, entre em contato por na lista que esclareceremos. Bases de Gestão Geral - OEUDV 1) O objetivo da lista OEUDV é: Comunicação entre a gestão geral, os responsáveis regionais e nucleares, pais e outras pessoas da irmandade que estejam interessados em colaborar. E também para estudo, planejamento, troca de experiências, idéias e socialização de relatórios das atividades realizadas nos núcleos. 2) As mensagens pessoais devem ser encaminhadas direto para o da pessoa que enviou a mensagem. (Tipo: grata! Valeu!! etc) 3) O envio de links com vídeos ou ppt's, e também sugestão de filmes, músicas, livros e textos voltados para as temáticas deverão vir com uma sinopse (explicando do que se trata o material) 4) Aqui também pode ser compartilhado dicas gerais: idéias interessantes sobre brincadeiras e lazer nas famílias, educação, saúde emocional e biológica das crianças. 5) Pedidos de cadastramento e descadastramento deverão ser feitos no Para postar neste grupo, envie um para:

Como surgiu o Guia de Orientação Espiritual para crianças e Adolescentes da UDV

Como surgiu o Guia de Orientação Espiritual para crianças e Adolescentes da UDV Kit Boas Vindas Seja Bem Vindo! Sua boa vontade te trouxe até aqui. Esta é uma frente de trabalho dentro do Departamento de Instrução e Doutrinação Espiritual que se integra com os demais departamentos,

Leia mais

Orientação Espiritual

Orientação Espiritual Orientação Espiritual com crianças e jovens da União do Vegetal A boa semente José Gabriel da Costa, além de fundador desta UDV, foi homem e pai de família honrado. Ensinou valores éticos e morais como

Leia mais

A aceitação foi surpreendente, como revelam os números de acessos a seus programas, que podem se dar no site da TV ou via youtube.

A aceitação foi surpreendente, como revelam os números de acessos a seus programas, que podem se dar no site da TV ou via youtube. ANO 1, REVISTA Nº 13, MARÇO/2015 EDITORIAL Neste mês nossos entrevistados sãos os Diretores da TV WEB LUZ, importante veículo alternativo de difusão de ideias espiritas e de outras religiões, através de

Leia mais

Desafio para a família

Desafio para a família Desafio para a família Família é ideia de Deus, geradora de personalidade, melhor lugar para a formação do caráter, da ética, da moral e da espiritualidade. O sonho de Deus para a família é que seja um

Leia mais

Palestra Virtual. Tema: Os Anjos da Guarda. Palestrante: Miguel Labolida. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.

Palestra Virtual. Tema: Os Anjos da Guarda. Palestrante: Miguel Labolida. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org. Palestra Virtual Promovida pelo http://www.irc-espiritismo.org.br Tema: Os Anjos da Guarda Palestrante: Miguel Labolida Rio de Janeiro 15/10/1999 Organizadores da palestra: Moderador: "jaja" (nick: Moderador

Leia mais

MISSÕES - A ESTRATÉGIA DE CRISTO PARA A SUA IGREJA

MISSÕES - A ESTRATÉGIA DE CRISTO PARA A SUA IGREJA MISSÕES - A ESTRATÉGIA DE CRISTO PARA A SUA IGREJA 1 40 dias vivendo para Jesus 12/05/2013 At 1 4 Um dia, quando estava com os apóstolos, Jesus deu esta ordem: Fiquem em Jerusalém e esperem até que o Pai

Leia mais

Palestra Virtual. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br

Palestra Virtual. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br Palestra Virtual Promovida pelo http://www.irc-espiritismo.org.br Tema: Vida em Sociedade Palestrante: Regina de Agostini Rio de Janeiro 05/02/1999 Organizadores da palestra: Moderador: "Brab" (nick: [Moderador])

Leia mais

Mas, como utilizar essa ferramenta tão útil e que está à sua disposição?

Mas, como utilizar essa ferramenta tão útil e que está à sua disposição? Caríssimo aluno da Rede CEJA, Seja muito bem vindo à sua escola! Estamos muito felizes que você tenha optado por dar continuidade aos seus estudos conosco, confiando e acreditando em tudo o que poderemos

Leia mais

Beleza. Tá certo. Aleluia. Gloria a Deus e amem. Você está certo e vou fazer tudo o que você está falando. Domingo está chegando e lá na igreja vou

Beleza. Tá certo. Aleluia. Gloria a Deus e amem. Você está certo e vou fazer tudo o que você está falando. Domingo está chegando e lá na igreja vou Consultoria LOG Eu não sei porque cada um de vocês trabalha e está aqui hoje. Se por dinheiro? Se porque está fazendo o que gosta? Se os seus pais não te querem em casa? Até mesmo se você não tem nada

Leia mais

Manual para acesso às disciplinas na modalidade EAD

Manual para acesso às disciplinas na modalidade EAD Manual para acesso às disciplinas na modalidade EAD Para acessar sua senha: 1. Entrar no portal Metodista online Acesse o site www.bennett.br. No lado superior direito aparecerá a janela da área de login,

Leia mais

12/02/2010. Presidência da República Secretaria de Imprensa Discurso do Presidente da República

12/02/2010. Presidência da República Secretaria de Imprensa Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração da Escola Municipal Jornalista Jaime Câmara e alusiva à visita às unidades habitacionais do PAC - Pró-Moradia no Jardim do Cerrado e Jardim Mundo

Leia mais

UNIDADE 1: PRECISA DE SABEDORIA? A BÍBLIA É A AUTORIDADE FINAL

UNIDADE 1: PRECISA DE SABEDORIA? A BÍBLIA É A AUTORIDADE FINAL Frutos-1 Impact0 LIÇÃO 1 VIVENDO A VIDA COM DEUS 9-11 Anos UNIDADE 1: PRECISA DE SABEDORIA? A BÍBLIA É A AUTORIDADE FINAL CONCEITO CHAVE A BÍBLIA ORIGINOU- SE COM DEUS E NÓS PODEMOS OLHAR PARA ELA COMO

Leia mais

Roteiro Sugerido para Reuniões

Roteiro Sugerido para Reuniões Roteiro Sugerido para Reuniões Acreditamos que o uso consistente deste roteiro faz com que as reuniões sejam focadas na recuperação em CCA, fortalece nosso programa e estimula a unidade. Ele também oferece

Leia mais

LIÇÃO 2 AMOR: DECIDIR AMAR UNS AOS OUTROS

LIÇÃO 2 AMOR: DECIDIR AMAR UNS AOS OUTROS LIÇÃO 2 AMOR: DECIDIR AMAR UNS AOS OUTROS RESUMO BÍBLICO I João 4:7-21; Jo 13:35 Tudo começou com o amor de Deus por nós. Ele nos amou primeiro e nós precisamos responder a isso. Ele provou seu amor, através

Leia mais

Semana 2: Estenda um Convite

Semana 2: Estenda um Convite Semana 2: Estenda um Convite Incluído: 1. Preparação do líder 2. Guia da lição 1. PREPARAÇÃO DO LÍDER VISÃO GERAL DA LIÇÃO Como podem adolescentes dar a conehcer à seus amigos que querem desesperadamente

Leia mais

Igreja Cristã Bíblica Adventista

Igreja Cristã Bíblica Adventista ESTATUTO SOCIAL Igreja Cristã Bíblica Adventista Capítulo I Da Denominação Artigo 1º) A Igreja Cristã Bíblica Adventista (ICBA) é uma organização religiosa, pessoa jurídica de direito privado, sem objetivo

Leia mais

FILOSOFIA DO SERVIÇO DE PÓS-VENDA TOYOTA

FILOSOFIA DO SERVIÇO DE PÓS-VENDA TOYOTA FILOSOFIA DO SERVIÇO DE PÓS-VENDA TOYOTA Toyota do Brasil Pós-venda Capítulo 1 - O que o Cliente espera do Serviço de Pós-Venda Capítulo 2 - A Filosofia do Serviço de Pós-Venda Toyota Definindo a Filosofia

Leia mais

Reflexões e atividades sobre Ação Social para culto infantil

Reflexões e atividades sobre Ação Social para culto infantil Reflexões e atividades sobre Ação Social para culto infantil Apresentaremos 4 lições, que mostram algum personagem Bíblico, onde as ações praticadas ao longo de sua trajetória abençoaram a vida de muitas

Leia mais

Fotos e relato do estudo feito pela Educação Infantil do Colégio Nossa Senhora do Bom Conselho em Porto Alegre. DEUS CUIDA E NÓS TAMBÉM!

Fotos e relato do estudo feito pela Educação Infantil do Colégio Nossa Senhora do Bom Conselho em Porto Alegre. DEUS CUIDA E NÓS TAMBÉM! Fotos e relato do estudo feito pela Educação Infantil do Colégio Nossa Senhora do Bom Conselho em Porto Alegre. DEUS CUIDA E NÓS TAMBÉM! Para comemorar os 180 anos da Congregação das Irmãs Franciscanas,

Leia mais

7 Ações para afastar a crise Utilizando o marketing para melhorar suas vendas.

7 Ações para afastar a crise Utilizando o marketing para melhorar suas vendas. Criamos uma pequena lista de ações ligados ao marketing na internet que nem chega a ser um diferencial. Será o mínimo para que você com seu negócio consiga se manter no mercado e continuar a gerar lucros.

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA

REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 1 REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA CAPÍTULO I DO NOME, FINALIDADE E LEMA. Art. 1 - O Conselho de Educação Religiosa (CER) é um departamento interno da Igreja Presbiteriana Betel que

Leia mais

1. Responsabilidade. 2. Quem pode participar

1. Responsabilidade. 2. Quem pode participar Desafio O Desafio Mudanças Climáticas 2009, doravante denominado simplesmente Desafio, tem caráter exclusivamente educativo. De acordo com o disposto no artigo 3º, inciso II, da Lei nº. 5.768/71 e no art.

Leia mais

05/12/2006. Discurso do Presidente da República

05/12/2006. Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, no encerramento da 20ª Reunião Ordinária do Pleno Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social Palácio do Planalto, 05 de dezembro de 2006 Eu acho que não cabe discurso aqui,

Leia mais

Caminho da regeneração

Caminho da regeneração CONCAFRAS - 2014 Caminho da regeneração Ao Espiritismo cabe essa gigantesca tarefa: reconduzir o homem moderno a Deus, insculpir-lhe a fé superior e racional, mediante a utilização dos recursos de que

Leia mais

Palestra Virtual. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br

Palestra Virtual. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br Palestra Virtual Promovida pelo http://www.irc-espiritismo.org.br Tema: Comportamento Agressivo na Infância Palestrante: Sandra Salles Rio de Janeiro 04/08/2000 Organizadores da palestra: Moderador: "Brab"

Leia mais

A OFERTA DE UM REI (I Crônicas 29:1-9). 5 - Quem, pois, está disposto a encher a sua mão, para oferecer hoje voluntariamente ao SENHOR?

A OFERTA DE UM REI (I Crônicas 29:1-9). 5 - Quem, pois, está disposto a encher a sua mão, para oferecer hoje voluntariamente ao SENHOR? A OFERTA DE UM REI (I Crônicas 29:1-9). 5 - Quem, pois, está disposto a encher a sua mão, para oferecer hoje voluntariamente ao SENHOR? Esse texto é um dos mais preciosos sobre Davi. Ao fim de sua vida,

Leia mais

Equipe OC- Olimpíadas Científicas

Equipe OC- Olimpíadas Científicas Equipe OC- Olimpíadas Científicas Ivan Tadeu Ferreira Antunes Filho 1 de outubro de 2012 Resumo Bem vindo a equipe do OC! Aqui está o resumo de todas as regras que temos no site até o presente momento.

Leia mais

MANUAL PARA GESTORES DAS

MANUAL PARA GESTORES DAS MANUAL PARA GESTORES DAS BIBLIOTECAS AZUIS Dezembro 2011 MANUAL PARA OS GESTORES DE BIBLIOTECA AZUL índice O QUE É O PROJETO BIBLIOTECA AZUL?... 2 Página QUAL O PÚBLICO-ALVO DAS BIBLIOTECAS AZUIS?... 4

Leia mais

ONG S E ASSOCIAÇÕES. Aproveite bem todas as dicas, fotos e textos deste guia, pois eles são muito importantes.

ONG S E ASSOCIAÇÕES. Aproveite bem todas as dicas, fotos e textos deste guia, pois eles são muito importantes. ONG S E ASSOCIAÇÕES PARA COMEÇAR Você tem vontade de participar mais do que acontece ao seu redor, dar uma força para resolver questões que fazem parte da rotina de certos grupos e comunidades e colocar

Leia mais

Páscoa. 03/04, 6ª feira Feriado Semana Santa 20/04, 2ª feira Emenda do Feriado de Tiradentes 21/04, 3ª feira Feriado Tiradentes

Páscoa. 03/04, 6ª feira Feriado Semana Santa 20/04, 2ª feira Emenda do Feriado de Tiradentes 21/04, 3ª feira Feriado Tiradentes Abril/2015 Páscoa Independentemente de qualquer religião, o domingo denominado de Páscoa foi associado à prática social permeada de ovos de chocolate e coelhos fofos e macios, principalmente na infância.

Leia mais

MANUAL DO ALUNO INSTITUTO BÍBLICO DA IGREJA CRISTÃ MARANATA

MANUAL DO ALUNO INSTITUTO BÍBLICO DA IGREJA CRISTÃ MARANATA MANUAL DO ALUNO INSTITUTO BÍBLICO DA IGREJA CRISTÃ MARANATA 2015 INSTITUTO BÍBLICO DA IGREJA CRISTÃ MARANATA - Rua Torquato Laranja, nº 92 Centro CEP 29100-370 - Vila - Velha ES - Tel: (27) 3320-3400 Seja

Leia mais

Palestra Virtual. Promovida pelo IRC- Espiritismo http://www.ircespiritismo.org.br. Tema: Passes e Curas Espirituais. Palestrante: Alexandre Lobato

Palestra Virtual. Promovida pelo IRC- Espiritismo http://www.ircespiritismo.org.br. Tema: Passes e Curas Espirituais. Palestrante: Alexandre Lobato Palestra Virtual Promovida pelo IRC- Espiritismo http://www.ircespiritismo.org.br Tema: Passes e Curas Espirituais Palestrante: Alexandre Lobato Rio de Janeiro 09/01/2004 Organizadores da palestra: Moderador:

Leia mais

Desvios de redações efetuadas por alunos do Ensino Médio

Desvios de redações efetuadas por alunos do Ensino Médio Desvios de redações efetuadas por alunos do Ensino Médio 1. Substitua as palavras destacadas (ou mesmo aquelas que não estejam), de forma que os fragmentos abaixo fiquem mais elegantes, próximos à língua

Leia mais

COMO PREPARAR UM RELATÓRIO

COMO PREPARAR UM RELATÓRIO COMO PREPARAR UM RELATÓRIO 1. Identificação De: Fulano de Tal Para: Ciclano de Tal - Relatório de participação de uma discussão sobre o tema a pressão do grupo para o cumprimento da sessão IV, item 2 do

Leia mais

Esta revista foi elaborada para ser usada em casa durante a semana.

Esta revista foi elaborada para ser usada em casa durante a semana. Devocionais 1 Esta revista foi elaborada para ser usada em casa durante a semana. Deus escolhe pessoas para transmitir a sua mensagem. No entanto, essas mensagens algumas vezes contêm mistérios e significados

Leia mais

PRINCÍPIOS DE LITURGIA

PRINCÍPIOS DE LITURGIA PRINCÍPIOS DE LITURGIA PRINCÍPIOS DE LITURGIA - PREÂMBULO - Em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo, nós, legítimos representantes da Igreja Presbiteriana do Brasil, reunidos em Supremo Concílio,

Leia mais

Palestra Virtual. Tema: Reuniões Mediúnicas. Palestrante: Carlos Feitosa. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.

Palestra Virtual. Tema: Reuniões Mediúnicas. Palestrante: Carlos Feitosa. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org. Palestra Virtual Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br Tema: Reuniões Mediúnicas Palestrante: Carlos Feitosa Rio de Janeiro 04/10/2002 Organizadores da Palestra: Moderador: "_Alves_"

Leia mais

Tema 2: Mercado. Assunto 2: Conhecendo o mercado consumidor. Unidade 1: Muito prazer, cliente

Tema 2: Mercado. Assunto 2: Conhecendo o mercado consumidor. Unidade 1: Muito prazer, cliente Tema 2: Mercado Assunto 2: Conhecendo o mercado consumidor Unidade 1: Muito prazer, cliente Olá, caro(a) aluno(a). Este material destina-se ao seu uso como aluno(a) inscrito(a) no Curso Aprender a Empreender

Leia mais

Regimento Interno do Encontro Estadual da Família Espírita - ENEFE. Capitulo I Do ENEFE e das Normas Regimentais

Regimento Interno do Encontro Estadual da Família Espírita - ENEFE. Capitulo I Do ENEFE e das Normas Regimentais Regimento Interno do Encontro Estadual da Família Espírita - ENEFE Capitulo I Do ENEFE e das Normas Regimentais Art. 1º - O ENCONTRO ESTADUAL DA FAMÍLIA ESPÍRITA (ENEFE) é coordenado pela Área de Educação

Leia mais

Confira a entrevista do Pastor Juanribe Pagliarin, da Rádio SuperVida FM, concedida para a Onda Gospel, em Portugal.

Confira a entrevista do Pastor Juanribe Pagliarin, da Rádio SuperVida FM, concedida para a Onda Gospel, em Portugal. Confira a entrevista do Pastor Juanribe Pagliarin, da Rádio SuperVida FM, concedida para a Onda Gospel, em Portugal. ONDA GOSPEL - Quando revelou ao seu amigo, Luis Melancia a vontade de adquirir a rádio,

Leia mais

Perdão Marca de Maturidade

Perdão Marca de Maturidade Perdão Marca de Maturidade TEXTO BÍBLICO BÁSICO Mateus 18.15-22 15 - Ora, se teu irmão pecar contra ti, vai, e repreende-o entre ti e ele só; se te ouvir, ganhaste a teu irmão; 16 - Mas, se não te ouvir,

Leia mais

Superando Seus Limites

Superando Seus Limites Superando Seus Limites Como Explorar seu Potencial para ter mais Resultados Minicurso Parte VI A fonte do sucesso ou fracasso: Valores e Crenças (continuação) Página 2 de 16 PARTE 5.2 Crenças e regras!

Leia mais

A INFLUÊNCIA DE LUTERO NA EDUCAÇÃO DE SUA ÉPOCA Gilson Hoffmann

A INFLUÊNCIA DE LUTERO NA EDUCAÇÃO DE SUA ÉPOCA Gilson Hoffmann A INFLUÊNCIA DE LUTERO NA EDUCAÇÃO DE SUA ÉPOCA Gilson Hoffmann 1 DELIMITAÇÃO Ao abordarmos sobre as razões para ser um professor numa escola e falar sobre o amor de Deus, encontramos algumas respostas

Leia mais

Orientações Gerais para o Mobilizador 1

Orientações Gerais para o Mobilizador 1 Orientações Gerais para o Mobilizador 1 Índice CADERNO 1: ORIENTAÇÕES GERAIS PARA O MOBILIZADOR 1.1. Mensagem ao mobilizador... 03 1.2. Materiais de implantação do Ciclo 4... 05 1.3. As reuniões: quantas

Leia mais

ESPAÇO INCLUSIVO Coordenação Geral Profa. Dra. Roberta Puccetti Coordenação Do Projeto Profa. Espa. Susy Mary Vieira Ferraz RESUMO

ESPAÇO INCLUSIVO Coordenação Geral Profa. Dra. Roberta Puccetti Coordenação Do Projeto Profa. Espa. Susy Mary Vieira Ferraz RESUMO ESPAÇO INCLUSIVO Coordenação Geral Profa. Dra. Roberta Puccetti Coordenação Do Projeto Profa. Espa. Susy Mary Vieira Ferraz RESUMO A inclusão é uma realidade mundial. Desde a Declaração de Salamanca em

Leia mais

A APAE E A EDUCAÇÃO INCLUSIVA

A APAE E A EDUCAÇÃO INCLUSIVA A APAE E A EDUCAÇÃO INCLUSIVA - APRESENTAÇÃO 1- COMO SURGIU A IDÉIA DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA? 2- O QUE SIGNIFICA INCLUSÃO ESCOLAR? 3- QUAIS AS LEIS QUE GARANTEM A EDUCAÇÃO INCLUSIVA? 4- O QUE É UMA ESCOLA

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca Lançamento da Campanha Contra a Poliomielite

Leia mais

LAB. 2 Segurança. 3 Mensagem. 3 Fórum. 4 Chat. 5 2- Alterar perfil. 6 3- Alterar senha. 11 4- Conhecendo seu curso. 12 5- Recuperar Senha

LAB. 2 Segurança. 3 Mensagem. 3 Fórum. 4 Chat. 5 2- Alterar perfil. 6 3- Alterar senha. 11 4- Conhecendo seu curso. 12 5- Recuperar Senha Índice Guia de boas práticas 2 Netqueta 2 Segurança 3 Mensagem 3 Fórum 4 Chat 4 5 1- Primeiro acesso 5 2- Alterar perfil 6 3- Alterar senha 11 4- Conhecendo seu curso 12 5- Recuperar Senha 14 6- Mensagem

Leia mais

UNIDADE 2: APRENDENDO A BRILHAR REVISÃO E CELEBRAÇÃO PARA PEQUENOS GRUPOS

UNIDADE 2: APRENDENDO A BRILHAR REVISÃO E CELEBRAÇÃO PARA PEQUENOS GRUPOS Frutos-3 Impact0 LIÇÃO 13 VIVENDO A VIDA COM DEUS UNIDADE 2: APRENDENDO A BRILHAR REVISÃO E CELEBRAÇÃO PARA PEQUENOS GRUPOS 9-11 Anos Neste Trimestre, as crianças aprenderão sobre Graça, Crescimento e

Leia mais

Carta Influência do Clima no Cotidiano Juvenil. Prezados representantes brasileiros da Conferencia Juvenil de Copenhague,

Carta Influência do Clima no Cotidiano Juvenil. Prezados representantes brasileiros da Conferencia Juvenil de Copenhague, Rio de Janeiro 03 de dezembro de 2009 Carta Influência do Clima no Cotidiano Juvenil Prezados representantes brasileiros da Conferencia Juvenil de Copenhague, Tendo em vista a confecção coletiva de uma

Leia mais

JPEG JOVENS EM PEQUENO GRUPO

JPEG JOVENS EM PEQUENO GRUPO ORIENTAÇÕES BÁSICAS JPEG JOVENS EM PEQUENO GRUPO JPEG é Jovens em Pequenos Grupos. A nova identidade dos pequenos grupos para jovens. NECESSIDADE DE ORGANIZAÇÃO DA IGREJA PEQUENOS GRUPOS Pequenos grupos

Leia mais

LIÇÃO 8 Respeitando as diferenças uns dos outros

LIÇÃO 8 Respeitando as diferenças uns dos outros LIÇÃO 8 Respeitando as diferenças uns dos outros VERSÍCULO BÍBLICO Filhos, obedeçam a seus pais em tudo, pois isso agrada ao Senhor. Pais, não irritem seus filhos, para que eles não se desanimem. Colossenses

Leia mais

Um mercado de oportunidades

Um mercado de oportunidades Um mercado de oportunidades Como grandes, pequenas e médias empresas se comunicam? Quem são os principais interlocutores e como procurá-los? Como desenvolver uma grande campanha e inovar a imagem de uma

Leia mais

CONTRIBUIÇÕES DO PIBID PARA O APERFEIÇOAMENTO DA PRÁTICA DOCENTE: INOVAÇÕES NO AMBIENTE ESCOLAR

CONTRIBUIÇÕES DO PIBID PARA O APERFEIÇOAMENTO DA PRÁTICA DOCENTE: INOVAÇÕES NO AMBIENTE ESCOLAR ISSN 2316-7785 CONTRIBUIÇÕES DO PIBID PARA O APERFEIÇOAMENTO DA PRÁTICA DOCENTE: INOVAÇÕES NO AMBIENTE ESCOLAR Gabriela Dutra Rodrigues Conrado Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA gabrielapof@hotmail.com

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 15 DE MARÇO DE 1977. IMPROVISO NO

Leia mais

Pró-Reitoria de Educação a Distância. Manual do Ambiente Virtual de Aprendizagem para alunos

Pró-Reitoria de Educação a Distância. Manual do Ambiente Virtual de Aprendizagem para alunos Pró-Reitoria de Educação a Distância Manual do Ambiente Virtual de Aprendizagem para alunos Como acessar o ambiente 1. Entre no Ambiente Virtual de Aprendizagem localizado na página principal do Portal

Leia mais

Prevenção ao uso de drogas na escola: o que você pode fazer?

Prevenção ao uso de drogas na escola: o que você pode fazer? Prevenção ao uso de drogas na escola: o que você pode fazer? O educador pode contribuir para prevenir o abuso de drogas entre adolescentes de duas formas básicas: incentivando a reflexão e a adoção de

Leia mais

EdUECE- Livro 2 02178

EdUECE- Livro 2 02178 1 CRIAÇÕES E REINVENÇÕES NA PRODUÇÃO COTIDIANA DO PROJETO REINVENTANDO O ENSINO MÉDIO: UMA ANÁLISE CARTOGRÁFICA DA REALIDADE CRIADA PELOS SUJEITOS DA ESCOLA Cíntia Castro Monteiro Heloisa Raimunda Herneck

Leia mais

ÍNDICE PRIMEIRA PARTE A ARTE DA COMUNICAÇÃO

ÍNDICE PRIMEIRA PARTE A ARTE DA COMUNICAÇÃO ÍNDICE APRESENTAÇÃO... 13 PRIMEIRA PARTE A ARTE DA COMUNICAÇÃO 1. ESCUTAR OS FILHOS... 17 1.1 Dar tempo... 18 1.2 Prestar atenção... 19 1.3 Interpretar bem a mensagem... 19 1.4 Manifestar compreensão...

Leia mais

O maior desafio do Sistema Único de Saúde hoje, no Brasil, é político

O maior desafio do Sistema Único de Saúde hoje, no Brasil, é político O maior desafio do Sistema Único de Saúde hoje, no Brasil, é político Jairnilson Paim - define o SUS como um sistema que tem como característica básica o fato de ter sido criado a partir de um movimento

Leia mais

2015 O ANO DE COLHER ABRIL - 1 A RUA E O CAMINHO

2015 O ANO DE COLHER ABRIL - 1 A RUA E O CAMINHO ABRIL - 1 A RUA E O CAMINHO Texto: Apocalipse 22:1-2 Então o anjo me mostrou o rio da água da vida que, claro como cristal, fluía do trono de Deus e do Cordeiro, no meio da RUA principal da cidade. De

Leia mais

Transcriça o da Entrevista

Transcriça o da Entrevista Transcriça o da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Ex praticante Clarice Local: Núcleo de Arte Grécia Data: 08.10.2013 Horário: 14h Duração da entrevista: 1h COR PRETA

Leia mais

agora a algumas questões Quem pode receber o

agora a algumas questões Quem pode receber o Pe. Henrique Soares da Costa Já vimos, nos artigos teologia do Batismo, isto é, do agora a algumas questões precedentes, os principais aspectos da significado deste sacramento. Respondamos, práticas. Quem

Leia mais

Análise do primeiro semestre de 2014 (01/jan a 30/jun)

Análise do primeiro semestre de 2014 (01/jan a 30/jun) RELATÓRIO: VIRTUAL TARGET Análise do primeiro semestre de 2014 (01/jan a 30/jun) Este relatório teve como objetivo verificar se os comunicados, avisos e newsletters enviados pela ferramenta virtual target

Leia mais

O Espírito de Religiosidade

O Espírito de Religiosidade O Espírito de Religiosidade Pr. Alcione Emerich Como vive um Cristão Salvo contaminado ou infectado pelo Espírito de Religiosidade Hoje será um Culto de Libertação, vamos quebrar esta maldição em nossas

Leia mais

Netiqueta Regras de convivência na Internet

Netiqueta Regras de convivência na Internet São alguns modelos de conduta que irão facilitar o relacionamento com os colegas e professor e contribuir para uma aprendizagem colaborativa e efetiva. O termo inglês NET (significa REDE ) e o termo ETIQUETA

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca Visita às Obras da Vila Brejal Minha

Leia mais

Projeto ECA na Escola - Plataforma de Educação à Distância

Projeto ECA na Escola - Plataforma de Educação à Distância Página1 Apresentação Projeto ECA na Escola - Plataforma de Educação à Distância Olá Participante do Projeto ECA na Escola, Este tutorial pretende auxiliá-lo na navegação na Plataforma de Educação à Distância

Leia mais

Lição 10 Batismo Mergulhando em Jesus

Lição 10 Batismo Mergulhando em Jesus Ensino - Ensino 11 - Anos 11 Anos Lição 10 Batismo Mergulhando em Jesus História Bíblica: Mateus 3:13 a 17; Marcos 1:9 a 11; Lucas 3:21 a 22 João Batista estava no rio Jordão batizando as pessoas que queriam

Leia mais

Unidade 2: A família de Deus cresce José perdoa

Unidade 2: A família de Deus cresce José perdoa Olhando as peças Histórias de Deus:Gênesis-Apocalipse 3 a 6 anos Unidade 2: A família de Deus cresce José perdoa História Bíblica: Gênesis 41-47:12 A história de José continua com ele saindo da prisão

Leia mais

Dicas para investir em Imóveis

Dicas para investir em Imóveis Dicas para investir em Imóveis Aqui exploraremos dicas de como investir quando investir e porque investir em imóveis. Hoje estamos vivendo numa crise política, alta taxa de desemprego, dólar nas alturas,

Leia mais

20 ANOS DE UNESCO NO COLÉGIO BENJAMIN CONSTANT

20 ANOS DE UNESCO NO COLÉGIO BENJAMIN CONSTANT 20 ANOS DE UNESCO NO COLÉGIO BENJAMIN CONSTANT Fachada restaurada e preservada do Colégio Benjamin Constant (igual de 1924) Neste ano de 2012, o Colégio Benjamin Constant comemora 20 anos de associação

Leia mais

Palavras do autor. Escrever para jovens é uma grande alegria e, por que não dizer, uma gostosa aventura.

Palavras do autor. Escrever para jovens é uma grande alegria e, por que não dizer, uma gostosa aventura. Palavras do autor Escrever para jovens é uma grande alegria e, por que não dizer, uma gostosa aventura. Durante três anos, tornei-me um leitor voraz de histórias juvenis da literatura nacional, mergulhei

Leia mais

MANUAL DO PALESTRANTE

MANUAL DO PALESTRANTE MANUAL DO PALESTRANTE Fundador e Curador Victor Duarte Realização Instituto Líder Coaching Seja bem vindo, Obrigado por aceitar o convite de fazer parte desse time fantástico de palestrante, nesta 2 edição

Leia mais

Auxílio ao Professor EBD Aprender+ Programa de Incentivo à Leitura

Auxílio ao Professor EBD Aprender+ Programa de Incentivo à Leitura O PIL KIDS foi desenvolvido para ajudar na fixação das lições das revistas EBD infantil da Editora Betel de forma lúdica e contém várias atividades semanais elaboradas dentro de uma perspectiva e linguagem

Leia mais

Palestra Virtual. Tema: O Egoísmo. Palestrante: Amália Silveira. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br

Palestra Virtual. Tema: O Egoísmo. Palestrante: Amália Silveira. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br Palestra Virtual Promovida pelo http://www.irc-espiritismo.org.br Tema: O Egoísmo Palestrante: Amália Silveira Rio de Janeiro 22/01/1999 Organizadores da palestra: Moderador: Luno (nick: )

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 16. PALAVRAS À JUVENTUDE PORTO ALEGRE,

Leia mais

5 Dicas Testadas para Você Produzir Mais na Era da Internet

5 Dicas Testadas para Você Produzir Mais na Era da Internet 5 Dicas Testadas para Você Produzir Mais na Era da Internet Uma das verdades absolutas sobre Produtividade que você precisa saber antes de seguir é entender que se ocupar não é produzir. Não sei se é o

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ. Relatório referente ao encontro realizado no Departamento de educação física (03/06/2015)

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ. Relatório referente ao encontro realizado no Departamento de educação física (03/06/2015) UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ PAULO CÉSAR DUTRA JUNIOR PIBID SUBPROJETO EDUCAÇÃO FÍSICA 0 física (03/06/2015) O primeiro assunto pautado na reunião foi sobre o V SEMINÁRIO INSTITUCIONAL PIBID/UFPR 2015,

Leia mais

SEICHO-NO-IE DO BRASIL. Academia Sul-Americana de Treinamento Espiritual da Seicho-No-Ie Ibiúna (SP)

SEICHO-NO-IE DO BRASIL. Academia Sul-Americana de Treinamento Espiritual da Seicho-No-Ie Ibiúna (SP) SEICHO-NO-IE DO BRASIL SEMINÁRIO GERAL DE TREINAMENTO ESPIRITUAL DE OFERENDA DE TRABALHO Academia Sul-Americana de Treinamento Espiritual da Seicho-No-Ie Ibiúna (SP) 13 à 16/04/2015 Seminário da Cura Divina

Leia mais

Material complementar para Fogueira Santa

Material complementar para Fogueira Santa Material complementar para Fogueira Santa 4 a 10 anos referência bíblica Gênesis 12.1-4; 15.1-5 alvo da lição Ensinar às crianças que quem vive na fé de Abraão é uma das estrelas que ele viu ao sair da

Leia mais

www.entrenacoes.com.br UMA IGREJA FORTE, SE FAZ COM MINISTÉRIOS FORTES

www.entrenacoes.com.br UMA IGREJA FORTE, SE FAZ COM MINISTÉRIOS FORTES www.entrenacoes.com.br UMA IGREJA FORTE, SE FAZ COM MINISTÉRIOS FORTES A RESPONSABILIDADE É PESSOAL A CEEN é uma igreja que tem a responsabilidade de informar e ensinar os valores e princípios de Deus,

Leia mais

SALVAÇÃO não basta conhecer o endereço Atos 4:12

SALVAÇÃO não basta conhecer o endereço Atos 4:12 SALVAÇÃO não basta conhecer o endereço Atos 4:12 A SALVAÇÃO É A PRÓPRIA PESSOA DE JESUS CRISTO! VOCÊ SABE QUAL É O ENDEREÇO DE JESUS! MAS ISSO É SUFICIENTE? Conhecer o endereço de Jesus, não lhe garantirá

Leia mais

PLANO DE CURSO ANUAL DE ENSINO RELIGIOSO 2013

PLANO DE CURSO ANUAL DE ENSINO RELIGIOSO 2013 PLANO DE CURSO ANUAL DE ENSINO RELIGIOSO 2013 ESCOLA: 1ºANO OBJETIVO GERAL OBJETIVO ESPECIFICOS CONTEÚDOS AVALIAÇÃO BIBLIOGRAFIA Construir com o educando sobre a importância da sua existência e os cuidados

Leia mais

Prof. José Joaquim Fundador da Sociedade das Comunidades Catequéticas. Aprendendo com Jesus

Prof. José Joaquim Fundador da Sociedade das Comunidades Catequéticas. Aprendendo com Jesus Prof. José Joaquim Fundador da Sociedade das Comunidades Catequéticas Aprendendo com Jesus Apresentação É com a maior confiança na compreensão e aceitação dos nossos queridos catequistas que levo a público

Leia mais

Guia dos Cargos de Patrulha

Guia dos Cargos de Patrulha Guia dos Cargos de Patrulha Tudo que você precisa saber para ser um bom... TESOUREIRO EQUIPE O conteúdo deste guia foi idealizado e organizado por: André Karakú Luiz Assi Andressa Almeida Douglas Nogueira

Leia mais

Curso Online A Escola no Combate ao Trabalho Infantil Plataforma de Educação à Distância

Curso Online A Escola no Combate ao Trabalho Infantil Plataforma de Educação à Distância Página1 Apresentação Curso Online A Escola no Combate ao Trabalho Infantil Plataforma de Educação à Distância Olá Participante do Curso A Escola no Combate ao Trabalho Infantil (ECTI), Este tutorial pretende

Leia mais

Instituição Beneficente A Luz Divina Grupo da Fraternidade CONDUTA DOS MÉDIUNS 07 / 08 / 2015

Instituição Beneficente A Luz Divina Grupo da Fraternidade CONDUTA DOS MÉDIUNS 07 / 08 / 2015 Instituição Beneficente A Luz Divina Grupo da Fraternidade CONDUTA DOS MÉDIUNS 07 / 08 / 2015 Durante os meus estudos, fiquei me perguntando, o que trazer de muito especial para compartilhar com os irmãos,

Leia mais

Unidade 1: A Bíblia: Um Guia de Sobrevivência e Vitória A Bíblia é como uma Semente: Ela pode ser Plantada em meu Coração

Unidade 1: A Bíblia: Um Guia de Sobrevivência e Vitória A Bíblia é como uma Semente: Ela pode ser Plantada em meu Coração Unidade 1: A Bíblia: Um Guia de Sobrevivência e Vitória A Bíblia é como uma Semente: Ela pode ser Plantada em meu Coração Para as crianças de 7 e 8 anos, este trimestre inicia enfatizando o Fruto, do Crescimento.

Leia mais

Elementos da Vida da Pequena Comunidade

Elementos da Vida da Pequena Comunidade Raquel Oliveira Matos - Brasil A Igreja, em sua natureza mais profunda, é comunhão. Nosso Deus, que é Comunidade de amor, nos pede entrarmos nessa sintonia com Ele e com os irmãos. É essa a identidade

Leia mais

coração OS DIREITOS DAS CRIANÇAS NA COMUNIDADE DE FÉ Luiz Carlos Ramos CD Aventureiros em Missão, DNTC

coração OS DIREITOS DAS CRIANÇAS NA COMUNIDADE DE FÉ Luiz Carlos Ramos CD Aventureiros em Missão, DNTC OS DIREITOS DAS CRIANÇAS NA COMUNIDADE DE FÉ Luiz Carlos Ramos CD Aventureiros em Missão, DNTC Toda criança, sem exceção, tem direitos que devem ser valorizados por toda comunidade de fé. A criança, mesmo

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO GRANDE DO SUL PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO CÁTEDRA UNESCO DE LEITURA PUC-RIO

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO GRANDE DO SUL PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO CÁTEDRA UNESCO DE LEITURA PUC-RIO PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO GRANDE DO SUL PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO DE JANEIRO CÁTEDRA UNESCO DE LEITURA PUC-RIO III CONGRESSO INTERNACIONAL DE LEITURA E LITERATURA INFANTIL E

Leia mais

Disposições Preliminares do DIREITO DO IDOSO

Disposições Preliminares do DIREITO DO IDOSO Disposições Preliminares do DIREITO DO IDOSO LESSA CURSOS PREPARATÓRIOS CAPÍTULO 1 O ESTATUTO DO IDOSO O Estatuto do Idoso - Lei 10.741/2003, é o diploma legal que tutela e protege, através de um conjunto

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Por que foca?

APRESENTAÇÃO. Por que foca? APRESENTAÇÃO Por que foca? O foca, jornalista iniciante, tem grande dificuldade de encontrar um guia entre os textos técnicos publicados no Brasil. Com a pauta lhe queimando as mãos, ele se inquieta: por

Leia mais

Navegar NA NET SEM PROBLEMAS

Navegar NA NET SEM PROBLEMAS r Navegar NA NET a SEM PROBLEMAS rr r rrr r rr r REDES SOCIAIS Atualmente a Internet faz parte das nossas vidas e todos utilizamos ou conhecemos alguém que utiliza uma ou várias Redes Sociais, que são

Leia mais

Escola de Aprendizes do Evangelho à Distância

Escola de Aprendizes do Evangelho à Distância Sem organização de horário e previsão de tarefas, é impossível conservar a ordem e a tranquilidade... (Fonte: Sinal Verde ; médium: Francisco C. Xavier; espírito:andré; capítulo: 8 ) 1) DATA E HORÁRIO

Leia mais

HINÁRIO. Glauco O CHAVEIRÃO. Glauco Villas Boas. Tema 2012: Flora Brasileira Allamanda blanchetii

HINÁRIO. Glauco O CHAVEIRÃO. Glauco Villas Boas. Tema 2012: Flora Brasileira Allamanda blanchetii HINÁRIO O CHAVEIRÃO Tema 2012: Flora Brasileira Allamanda blanchetii Glauco Glauco Villas Boas 1 www.hinarios.org 2 01 HÓSPEDE Padrinho Eduardo - Marcha Eu convidei no meu sonho Meu mestre vamos passear

Leia mais

Unidade 4: Obedeça ao Senhor Neemias e o muro

Unidade 4: Obedeça ao Senhor Neemias e o muro Histórias do Velho Testamento 3 a 6 anos Histórias de Deus:Gênesis-Apocalipse Unidade 4: Obedeça ao Senhor Neemias e o muro O Velho Testamento está cheio de histórias que Deus nos deu, espantosas e verdadeiras.

Leia mais

Tutorial 7 Fóruns no Moodle

Tutorial 7 Fóruns no Moodle Tutorial 7 Fóruns no Moodle O Fórum é uma atividade do Moodle que permite uma comunicação assíncrona entre os participantes de uma comunidade virtual. A comunicação assíncrona estabelecida em fóruns acontece

Leia mais