SÉRIE/ANO: 2º TURMA(S): A, B, C, D, E, F, G, H Disciplina: Geografia DATA: 05 / 10 / 2015

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SÉRIE/ANO: 2º TURMA(S): A, B, C, D, E, F, G, H Disciplina: Geografia DATA: 05 / 10 / 2015"

Transcrição

1 SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA/SECRETARIA DE EDUCAÇÃO POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE GOIÁS COMANDO DE ENSINO POLICIAL MILITAR COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR UNIDADE POLIVALENTE MODELO VASCO DOS REIS SÉRIE/ANO: 2º TURMA(S): A, B, C, D, E, F, G, H Disciplina: Geografia DATA: 05 / 10 / 2015 PROFESSOR (A): Luciano Xavier ALUNO (A): Nº POPULAÇÃO: MUNDIAL/ BRASILEIRA 1. (FPLX-DF) De acordo com dados divulgados em 2009 pelo Fundo de População das Nações Unidas (FNUAP), o planeta Terra é habitado por 6,826 bilhões de pessoas. Essa população está distribuída de forma desigual pelos continentes. Nesse sentido, marque a alternativa que corresponde ao continente mais populoso. a) África. b) América. c) Ásia. d) Europa. e) América do Norte. 2. (FPLX-GO) Sobre os aspectos da população mundial marque (V) para as alternativas verdadeiras e (F) para as falsas. a) O continente africano possui elevadas taxas de crescimento populacional, entretanto, seu contingente só não é maior em razão das baixas taxas de expectativa de vida. b) O crescimento vegetativo da população latino-americana é, de uma maneira geral, muito baixo, pois as taxas de mortalidade infantil são elevadíssimas. c) O rápido crescimento populacional intensifica os problemas ambientais de um determinado local. d) A população da Europa tem aumentado a cada ano, consequência da elevada expectativa de vida e das altas taxas de natalidade. e) Quanto maior o nível de desenvolvimento de um país, maior é a expectativa de vida de seus habitantes. 3. (UFRR) O envelhecimento da população está mudando radicalmente as características da população da Europa, onde o número de pessoas com mais de 60 anos deverá chegar, nas próximas décadas, a 30% da população total. Graças aos avanços da medicina e da ciência, a população está cada vez mais velha. Isso ocorre em função do: a) Declínio da taxa de natalidade e aumento da longevidade. b) Aumento da natalidade e diminuição da longevidade. c) Crescimento vegetativo e aumento da taxa de natalidade. d) Aumento da longevidade e do crescimento vegetativo. e) Declínio da taxa de mortalidade e diminuição da longevidade. 4. (FPLX-RJ) A distribuição populacional não ocorre de forma homogênea. Esse fenômeno é constatado através das disparidades nos números de habitantes de diferentes continentes, países, regiões, estados e cidades. Indique a alternativa que corresponde ao país mais populoso do planeta. a) Estados Unidos. b) China. c) Índia. d) Brasil. e) Rússia. 5. (FPLX-SP) Analise a tabela abaixo e marque (V) para as alternativas verdadeiras e (F) para as falsas. a) Com mais de 1,3 bilhão de habitantes, a China é o país mais populoso e mais povoado. b) O Afeganistão é a nação que apresenta o maior crescimento demográfico e a menor expectativa de vida. c) Entre os países analisados, o Brasil é o terceiro mais populoso, além de ser o menos povoado. d) Com aproximadamente 33 mil habitantes, Mônaco possui a maior expectativa de vida, além de ser o mais povoado.

2 e) Estados Unidos é menos populoso que a China e mais povoado que o Afeganistão, além de possuir crescimento demográfico superior a Mônaco. 6. (UEM) Leia com atenção a notícia que se segue: França pagará 750 euros mensais por terceiro filho O governo francês irá pagar uma licença de 750 euros (cerca de R$ 2.050,00) por mês durante um ano a famílias que decidirem ter um terceiro filho, anunciou ontem o primeiro ministro do país, Dominique Villepin. Folha de S. Paulo, 23/09/2005. Folha mundo, p. A-16. A medida anunciada pelo governo francês está diretamente relacionada: a) à política anti-imigração (xenófoba) e de purificação racial adotada pela França nas últimas décadas. b) às elevadas taxas de natalidade verificadas no país e em toda a Europa. c) à sobrecarga no sistema de previdência social francês, em que um número cada vez menor de jovens precisa sustentar um número cada vez maior de aposentados. d) à aproximação do governo francês com as ideias da Igreja Católica, que proíbe o uso de métodos contraceptivos não naturais. e) à ideia imperialista de que o poderio econômico de uma nação está diretamente ligado ao tamanho de sua população. 7. (FPLX-RS) Leia o texto e responda a questão. Densidade populacional no limite Ultrapassamos os 7 bilhões de pessoas. O aumento da presença humana sobre a Terra é uma das principais causas do agravamento da crise ambiental e uma das maiores ameaças ao planeta. Quanto maior o número de pessoas, maior a demanda por energia, que, para ser produzida, depende primordialmente, ainda hoje, do petróleo. E são justamente os derivados do líquido negro os principais responsáveis pelo aumento das emissões de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera. Além da energia, o homem precisa de comida. Os alimentos, para serem produzidos em larga escala, também oneram o meio ambiente: avançam sobre as florestas, recebem indiscriminadamente defensivos agrícolas para seu cultivo, reforçando um ciclo de insustentabilidade que está se tornando inviável. Quanto maior o número de pessoas, maior o consumo de produtos. Resultado: mais uma fatura debitada na conta da natureza, a da pressão sobre matériasprimas, como o minério de ferro, presente nos automóveis e nos eletrodomésticos. O ritmo de reprodução humana cresceu de forma vertiginosa nos últimos 200 anos. Para chegar ao primeiro bilhão de habitantes, foram precisos anos. Daí para o segundo bilhão, foram apenas 123. A partir de então, a passagem de um bilhão para outro se deu em intervalos sempre menores. Foi necessária apenas uma década, de 1987 a 1997, para que a população da Terra saltasse de 5 bilhões para 6 bilhões de pessoas. O aumento vertiginoso se deu pela combinação de vários fatores, entre eles a melhoria das condições de vida, redução da mortalidade infantil e aumento da expectativa de vida [...]. Estado de Minas. Especial Rio + 20, 10/06/ Sobre a reportagem acima exibida e os seus conhecimentos sobre Geografia da População, julgue os itens a seguir, marcando V para verdadeiro e F para falso. 1. ( ) Ao afirmar que a população mundial ultrapassou os sete bilhões de habitantes, o autor está se referindo à densidade demográfica do planeta, conforme expressa o título do artigo. 2. ( ) Caso o número de pessoas do planeta seja superior à disponibilidade de recursos naturais, podemos dizer que teremos uma ocorrência de superpovoamento em escala global. 3. ( ) No último parágrafo, ao mencionar os números do crescimento da população da Terra, o autor está se referindo ao crescimento vegetativo do planeta.

3 4. ( ) A expressão expectativa de vida citada no texto refere-se ao crescimento qualitativo da população com base no aumento do IDH (Índice de Desenvolvimento Humano). 5. ( ) Com a leitura do texto, podemos perceber que a linha de raciocínio do autor se baseia nas concepções da Teoria Malthusiana sobre a população. 8. (ENEM) O quadro abaixo nos mostra a taxa de crescimento natural da população brasileira no século XX: Analisando os dados, podemos caracterizar o período entre: a) 1920 e 1960, como de crescimento do planejamento familiar. b) 1950 e 1970, como de nítida explosão demográfica. c) 1960 e 1980, como de crescimento da taxa de fertilidade. d) 1970 e 1990, como de decréscimo da densidade demográfica. e) 1980 e 2000, como de estabilização do crescimento demográfico. 9. (FPLX-GO) Existem duas formas principais de se abordar o quantitativo populacional em um espaço. De um lado temos as taxas de, que representam o número de habitantes por quilômetro quadrado; de outro, temos as taxas de, que estão relacionais ao número de habitantes independente do tamanho do território. A alternativa que completa corretamente as lacunas acima é: a) densidade demográfica e superpovoamento b) crescimento vegetativo e população absoluta c) população local e população geral d) densidade demográfica e população absoluta e) crescimento vegetativo e população geral. 10. (FPLX-PR) Em uma determinada localidade, os óbitos anuais chegaram ao total de pessoas. Considerando que a taxa de natalidade foi de 14 e que a população total era de habitantes, podemos dizer que sua taxa de crescimento vegetativo foi de: a) 6 b) 8 c) 10 d) 12 e) (FPLX-SP) A população brasileira está distribuída de maneira irregular no território. A Região do Brasil que apresenta o maior número de habitantes é: a) Norte. b) Sudeste. c) Centro-Oeste. d) Sul. e) Nordeste. 12. (UEPG) Sobre a distribuição da população brasileira, bastante irregular, assinale o que for correto: 01) O Sudeste é a região mais populosa e a mais povoada enquanto o Norte ou Amazônia é a região menos povoada. 02) Dos estados brasileiros, São Paulo é o mais populoso com cerca de um quinto (20%) da população brasileira e Roraima é o menos populoso e o menos povoado, com menos de um habitante por quilômetro quadrado. 04) A região Nordeste do Brasil é mais populosa do que a região Sul, mas é menos povoada na sua região litorânea e mais povoada no seu interior. 08) A Grande São Paulo, sozinha, detém 11% do total da população brasileira, concentrada em uma área de cerca de 1% da área do país. 16) A região Sul é menos povoada do que a região Centro-Oeste, uma vez que a população brasileira está mais concentrada no interior do país do que nas áreas mais próximas do mar. Soma ( )

4 13. (FPLX-GO) A população brasileira cresceu 0,9%, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Neste ano, o Brasil tem 201,03 milhões, ou seja, 1,79 milhões a mais do que no ano passado (199,24 milhões). O crescimento é menor do que o observado entre 2011 e 2012, que havia sido 0,93%. Segundo o pesquisador do IBGE Gabriel Borges, a tendência é que o ritmo de crescimento da população caia até 2042, ano em que a população brasileira para de crescer. A população vai crescendo, cada vez menos, até 2042, quando começa a diminuir, disse ele (...). (ABDALA, V. População brasileira cresce 0,9% entre 2012 e Agência Brasil, Disponível em: Uma possível consequência direta da progressiva diminuição do crescimento populacional do Brasil nos próximos anos é: a) a redução do número de mortes b) o envelhecimento populacional c) a ampliação da população economicamente ativa d) o controle das migrações internas e) o fim do inchaço habitacional nas metrópoles 14. (FPLX-MG) Desde meados da década de 1970 que o Brasil vem registrando taxas de natalidade proporcional e sequencialmente menores em relação ao quantitativo populacional total. Assinale o fator que NÃO possui relação com esse fenômeno demográfico: a) diminuição da população rural b) difusão do planejamento familiar c) incentivos públicos para métodos contraceptivos d) inclusão da mulher no mercado de trabalho e) controle populacional rígido do Estado 15. (ENEM 2013) Observe o gráfico e responda. O processo registrado no gráfico gerou a seguinte consequência demográfica: a) Decréscimo da população absoluta b) Redução do crescimento vegetativo c) Diminuição da proporção de adultos d) Expansão de políticas de controle da natalidade e) Aumento da renovação da população economicamente ativa. 16. (FGV - adaptada) As características demográficas de um país são dinâmicas e alteram-se ao longo da história, segundo diferentes contextos socioeconômicos. Recentemente, o IBGE identificou algumas mudanças no perfil da população brasileira, entre as quais, a diminuição da população masculina em relação à feminina nas regiões metropolitanas e, por outro lado, o aumento da população masculina em relação à feminina em alguns estados das Regiões Norte e Centro-Oeste,

5 além de um envelhecimento geral da população. Assinale a alternativa que melhor explique pelo menos uma dessas alterações. a) O envelhecimento da população explica-se pela baixa qualidade de vida de que dispõe o povo brasileiro, em média. b) Nas Regiões Norte e Centro-Oeste, as más condições de vida afetam principalmente mulheres e crianças, o que explica o aumento proporcional da população masculina. c) A violência nas regiões metropolitanas envolve mais a população masculina, o que ajuda a explicar a diminuição proporcional dessa população em relação à feminina nessas regiões. d) O aumento da população feminina nas regiões metropolitanas explica-se pelo êxodo rural, ou seja, a busca de trabalho nas frentes agrícolas pela população masculina. 17. (UNIFENAS) A pirâmide de idade da população reflete uma dinâmica demográfica onde são verificadas importantes transformações na composição etária da nação, para efeitos de planejamento socioeconômico do país. O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgou através de dados coletados pelo Censo 2010 a nova pirâmide etária do Brasil. Fonte:IBGE/Censo 2010, em 11/08/11 A respeito da atual pirâmide etária brasileira, é possível constatar que a) a população brasileira vivencia uma transição demográfica com aumento significativo do crescimento vegetativo em âmbito nacional. b) é evidente a permanência de uma pirâmide etária com perfil típico de nações subdesenvolvidas, com predomínio no país da faixa etária composta por jovens entre 0 a 19 anos, como pode ser verificado em seu ápice. c) ocorrem uma dinâmica demográfica de redução da taxa de natalidade e um envelhecimento da população brasileira em ritmo acelerado, acarretando um alargamento do topo da nossa pirâmide de modo cada vez mais expressivo. d) os dados fornecidos pela atual pirâmide etária apresentam um país predominantemente senil em razão do aumento dos índices de fecundidade nas últimas décadas. e) a taxa de natalidade ainda é muito elevada no país, fato comprovado pelo predomínio do contingente demográfico jovem sobre a faixa etária da população adulta, compreendida entre 20 a 60 anos. 18. (UCP) Observe a figura a seguir.

6 O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) está realizando o Censo da população brasileira em Com 80% da população brasileira já recenseada, os dados preliminares do Censo 2010 indicam que a pirâmide etária brasileira se alterou na última década. Em 2000, as crianças de até 4 anos de idade representavam 9,64% da população brasileira; hoje, são 7,17%. As de 5 a 9 eram 9,74%, percentual que caiu para 7,79%. A população com até 24 anos somava 49,68% dos brasileiros há 10 anos; hoje, constituem 41,95%. Sobre os dados do Censo 2010, é correto afirmar que a) os resultados apontam para um aumento da base da pirâmide etária, uma vez que a população jovem diminuiu. b) a queda da taxa de fecundidade aliada a uma maior expectativa de vida são fatores que podem explicar as mudanças ocorridas na estrutura da população brasileira. c) a diminuição da população jovem no Brasil é decorrente do aumento da taxa de mortalidade verificada no país em função das diversas epidemias que ocorreram na década analisada, tais como a gripe suína ou H1N1. d) o envelhecimento da população brasileira era totalmente inesperado neste Censo, haja vista os grandes investimentos sociais que foram feitos para a melhoria de vida da população jovem. e) a diminuição da base da pirâmide etária brasileira é ruim, pois evidencia que o número de mortos na juventude está influenciando diretamente a estrutura da população. 19. (UEMG) Em Outubro Seremos 7 Bilhões de Habitantes no Planeta Terra. Até outubro deste ano, provavelmente em alguma cidade indiana ou chinesa, nascerá o bebê que fará a população atingir a marca de 7 bilhões de habitantes. A ONU estima que seremos 10 bilhões até o fim do século, quando, finalmente, a população vai começar a diminuir (...). A questão, que está representada no gráfico abaixo, sempre afligiu a humanidade, pelo menos desde que o reverendo britânico, Thomas Malthus ( ) previu, em 1798, um desfecho catastrófico para o aumento rápido da população mundial(...).

7 Folha de São Paulo - 1o/8/ Cad. Ilustríssima. Adaptação. A análise dos dados no gráfico e no texto acima, aliada a seus conhecimentos, permite afirmar CORRETAMENTE que a) a chamada teoria Malthusiana afirmava que os recursos naturais cresceriam a uma velocidade superior à população, resultando num quadro de fome em massa, no final do século passado. b) a produção mundial de alimentos per capita foi inferior a 70%, no período de 1951 a 1995, quando o crescimento da população mundial foi alarmante. c) o aquecimento global, a educação e o controle de natalidade estão entre os fatores apontados por demógrafos para assegurar a qualidade de vida no planeta. d) o problema não está na incapacidade de produzir comida em escala global para alimentar a população, e sim na distribuição dos recursos econômicos. 20. (UNESP) Analise o gráfico. (IBGE. Adaptado.) A partir da análise dos dados apresentados no gráfico e de seus conhecimentos, é correto afirmar que: a) a curva populacional da região Nordeste apresenta crescimento acentuado a partir da década de 1970, superando a da região Sudeste. b) a região Sul manteve constante seus índices de crescimento populacional em todo o período analisado, espelhando um forte fluxo migratório para a região. c) a curva populacional da região Sudeste, a partir da década de 1980, apresenta um crescimento mais acelerado do que a curva populacional do Brasil. d) apesar de as regiões Nordeste e Sudeste, na década de 1940, possuírem números populacionais semelhantes, a curva da região Nordeste supera a da região Sudeste a partir da década de e) as regiões Norte e Centro-Oeste, em todo o período analisado, apresentaram comportamentos próximos em seus números absolutos de população. 21. (FPLX-GO) Em uma aula de Geografia sobre a dinâmica da população brasileira, o professor Luciano Xavier apresentou dados do Censo Demográfico Segundo esses dados, o país atingiu um total de habitantes, que se encontram distribuídos pelos seus ,599 km2, apresentando uma densidade demográfica média de 22,43hab./km2. Para ilustrar as informações, o professor mostrou aos alunos os mapas a seguir:

8 No decorrer da aula, a exposição sobre a dinâmica da população brasileira e a leitura dos mapas referentes à densidade demográfica e ao relevo do Brasil por regiões permitiu ao aluno concluir que a) a distribuição da população pelo território ocorre de forma desigual, sendo a Região Nordeste, onde predominam planícies, a que apresenta menor densidade demográfica, devido, entre outros fatores, ao processo de ocupação desde o Período Colonial. b) os maiores índices de concentração da população ocorrem nas planícies localizadas no interior, onde se desenvolvem atividades do agronegócio que resultam, entre outros fatores, do processo de modernização agrícola. c) a população encontra-se distribuída de forma desigual pelo território, sendo a Região Sudeste, onde predominam planaltos, a que apresenta maior densidade demográfica, devido, entre outros fatores, ao dinamismo econômico e à capacidade de atrair migrantes. d) os menores índices de concentração populacional ocorrem nos planaltos localizados na Zona Costeira, onde o processo de ocupação e o desenvolvimento econômico foram dificultados, entre outros fatores, pelas elevadas altitudes. 22. (MACK) O Brasil em 2020 (0,6) Será, é claro, um Brasil diferente sob vários aspectos. A maior parte deles, imprevisível. Uma década é um período longo o suficiente para derrubar certezas absolutas (ninguém prediz uma Revolução Francesa, uma queda do Muro de Berlim ou um ataque às torres gêmeas de Nova York). Mas é também um período de maturação dos grandes fenômenos incipientes dez anos antes da popularização da internet já era possível imaginar como ela mudaria o mundo. Da mesma forma, fenômenos detectáveis hoje terão seus efeitos mais fortes a partir de David Cohen, Revista Época, 25/05/2009 Com base no enunciado, observe as afirmações abaixo, assinalando V (verdadeiro) ou F (falso).

9 ( ) A diminuição da fecundidade no Brasil deve-se às transformações econômicas e sociais que se acentuaram na primeira metade do século XX devido à intensa necessidade de mão de obra no campo, inclusive de mulheres, fato este que elevou o país ao patamar de agrário-exportador. ( ) Devido à mudança do papel social da mulher do século XX, ela deixa de viver, exclusivamente, no núcleo familiar, ingressando no mercado de trabalho e passando a ter acesso ao planejamento familiar e a métodos contraceptivos. Esses aspectos, conjugados, explicam a diminuição vertiginosa das taxas de fecundidade no Brasil. ( ) As quedas nas taxas de natalidade de um país levam, ao longo do tempo, ao envelhecimento da população (realidade da maioria dos países desenvolvidos). Neste sentido, verifica-se uma forte tendência a um mercado de trabalho menos competitivo e exigente, demandando menos custos do Estado com os aspectos sociais. Dessa forma, a sequência correta, de cima para baixo é a) VVV. b) FVV. c) VVF. d) FVF. e) VFV. 23. (IBMEC-RJ) Quinto mais populoso país do planeta, com mais de 204 milhões de habitantes, o Brasil enfrenta um problema muito comum em diversas outras regiões do globo. Assinale-o: a) a existência de uma sociedade predominantemente envelhecida; b) taxas de mortalidade infantil crescentes em todas as regiões brasileiras; c) ondas migratórias invertidas, ou seja, dos grandes centros para o interior, em especial para a região amazônica; d) crescimento demográfico em queda, resultado da opção por menor número de filhos, especialmente nas faixas sociais mais elevadas; e) uma tendência à ruralização acelerada, decorrência da violência crescente nos centros urbanos de todo o país. 24- (PUCRIO) Observe o cartograma e responda. Assinale a interpretação correta para o cartograma acima. a) As taxas de mortalidade infantil no continente africano são elevadíssimas. b) O continente africano é o que possui a menor expectativa de vida do mundo. c) A África é um continente com baixa presença de mão de obra infanto-juvenil. d) O fluxo migratório interno do continente africano é limitado à sua faixa central. e) A natalidade nos extremos sul e norte da África é menor do que a da sua região central. Bom estudo!!

ACESSO EDUCAÇÃO PRÉ-VESTIBULAR AULA 01 DEMOGRAFIA BRASILEIRA

ACESSO EDUCAÇÃO PRÉ-VESTIBULAR AULA 01 DEMOGRAFIA BRASILEIRA ACESSO EDUCAÇÃO PRÉ-VESTIBULAR AULA 01 DEMOGRAFIA BRASILEIRA ACESSO EDUCAÇÃO PRÉ-VESTIBULAR AULA 02 DEMOGRAFIA MUNDIAL (MACK) O Brasil em 2020 Será, é claro, um Brasil

Leia mais

Docente: Willen Ferreira Lobato willenlobato@yahoo.com.br

Docente: Willen Ferreira Lobato willenlobato@yahoo.com.br Docente: Willen Ferreira Lobato willenlobato@yahoo.com.br Natal 29/02/2012 1 Considerações Gerais; Principais conceitos demográficos; Gráficos de indicadores sociais; Estrutura das populações mundiais:

Leia mais

Capítulo 3. Fichas de Qualificação de Indicadores

Capítulo 3. Fichas de Qualificação de Indicadores Capítulo 3 Fichas de Qualificação de Indicadores A Demográficos População total A.1................................... 58 Razão de sexos A.2................................... 60 Taxa de crescimento da

Leia mais

Aula5 POPULAÇÃO E DEMOGRAFIA NO BRASIL. Debora Barbosa da Silva

Aula5 POPULAÇÃO E DEMOGRAFIA NO BRASIL. Debora Barbosa da Silva Aula5 POPULAÇÃO E DEMOGRAFIA NO BRASIL META Refletir sobre as características da população brasileira como fundamento para a compreensão da organização do território e das políticas de planejamento e desenvolvimento

Leia mais

Colégio Policial Militar Feliciano Nunes Pires

Colégio Policial Militar Feliciano Nunes Pires Colégio Policial Militar Feliciano Nunes Pires Professor: Josiane Vill Disciplina: Geografia Série: 3ª Ano Tema da aula: Crescimento populacional: tendências e dilemas Objetivo da aula: contextualizar

Leia mais

Material de apoio para o exame final

Material de apoio para o exame final Professor Rui Piassini Geografia 1º EM Material de apoio para o exame final Questão 01) Em toda a história da humanidade os agrupamentos humanos ou os indivíduos, isoladamente, se movimentam pelo espaço,

Leia mais

POPULAÇÃO BRASILEIRA

POPULAÇÃO BRASILEIRA POPULAÇÃO BRASILEIRA É importante conhecer as características da população brasileira para o seu vestibular. Inicialmente vamos conhecer dois conceitos básicos para esse estudo: *População absoluta refere-se

Leia mais

Estrutura Populacional e Indicadores socioeconômicos

Estrutura Populacional e Indicadores socioeconômicos POPULAÇÃO BRASILEIRA Estrutura Populacional e Indicadores socioeconômicos Desde a colonização do Brasil o povoamento se concentrou no litoral do país. No início do século XXI, a população brasileira ainda

Leia mais

GEOGRAFIA. População Brasileira

GEOGRAFIA. População Brasileira População Brasileira No Brasil a concentração populacional tem sua maior ocorrência em áreas litorâneas ou próximas ao litoral. Temos como fatores contribuintes as faixas de planície, clima tropical, sem

Leia mais

7ºano 2º período vespertino 25 de abril de 2014

7ºano 2º período vespertino 25 de abril de 2014 GEOGRAFIA QUESTÃO 1 A Demografia é a ciência que estuda as características das populações humanas e exprime-se geralmente através de valores estatísticos. As características da população estudadas pela

Leia mais

Aspectos Demográficos: Conceitos Fundamentais

Aspectos Demográficos: Conceitos Fundamentais Aspectos Demográficos: Conceitos Fundamentais Diversos fatores impedem ou favorecem que pessoas se fixem em um lugar: Fatores Naturais. Fatores Econômicos. Fatores Históricos. Clima, topografia, solo entre

Leia mais

População Mundial. Prof. R O C H A

População Mundial. Prof. R O C H A População Mundial Prof. R O C H A Crescimento da População Conceitos Demográficos População absoluta Número total de habitantes Densidade demográfica ou população relativa número de habitantes por Km²,

Leia mais

Evolução da população do Rio Grande do Sul. Maria de Lourdes Teixeira Jardim Fundação de Economia e Estatística. 1 - Introdução

Evolução da população do Rio Grande do Sul. Maria de Lourdes Teixeira Jardim Fundação de Economia e Estatística. 1 - Introdução Evolução da população do Rio Grande do Sul. Maria de Lourdes Teixeira Jardim Fundação de Economia e Estatística Área Temática: Emprego e Mercado de Trabalho, Demografia Econômica. 1 - Introdução Este texto

Leia mais

A população brasileira

A população brasileira Alessio Moiola/ Dreamstime.com Dragon Images/ Shutterstock Jason Stitt/ Dreamstime.com A população brasileira Geografia e demografia Demografia é uma área da ciência que estuda a dinâmica populacional

Leia mais

CRESCIMENTO POPULACIONAL. Estágio-Docência: Camila Macêdo Medeiros

CRESCIMENTO POPULACIONAL. Estágio-Docência: Camila Macêdo Medeiros CRESCIMENTO POPULACIONAL Estágio-Docência: Camila Macêdo Medeiros O que é Crescimento Populacional? O crescimento populacional é a mudança positiva do número de indivíduos de uma população dividida por

Leia mais

D) Em uma Ordem Multipolar, o poder mundial estaria dividido entre Estados Unidos, Rússia, Inglaterra, Índia e Coreia do Sul.

D) Em uma Ordem Multipolar, o poder mundial estaria dividido entre Estados Unidos, Rússia, Inglaterra, Índia e Coreia do Sul. Aluno(a): PROF.: B - Negão DISCIP.: Geografia DATA: / /2016 ATIVIDADE INSTRUMENTAL 9 º A ( x ) B ( x ) C ( x ) D ( ) 1 - (UERN-2011) GAB=C Nova Ordem Mundial e o nome dado a configuração de relações internacionais

Leia mais

LISTA DE RECUPERAÇÃO FINAL GEOGRAFIA (1ª SÉRIE A)

LISTA DE RECUPERAÇÃO FINAL GEOGRAFIA (1ª SÉRIE A) 1. (Unesp 2013) Analise os climogramas dos principais tipos climáticos do Brasil e as fotos que retratam as formações vegetais correspondentes. Identifique o climograma e a respectiva foto que representa

Leia mais

Geografia. Exercícios de Revisão I

Geografia. Exercícios de Revisão I Nome: n o : E nsino: Médio S érie: T urma: Data: Profa: 1 a Geografia Exercícios de Revisão I 1 Analisando o mapa a seguir, correlacione a incidência de malária e da doença do sono com as condições naturais

Leia mais

Mudanças demográficas e saúde no Brasil Dados disponíveis em 2008

Mudanças demográficas e saúde no Brasil Dados disponíveis em 2008 Mudanças demográficas e saúde no Brasil Dados disponíveis em 2008 José Cechin Superintendente Executivo Carina Martins Francine Leite Nos últimos meses, vários relatórios publicados por diferentes instituições

Leia mais

1º trimestre EXERCÍCIOS EXTRA - GEOGRAFIA Ensino Fundamental 7º ano classe: Profª. Débora Nome: nº

1º trimestre EXERCÍCIOS EXTRA - GEOGRAFIA Ensino Fundamental 7º ano classe: Profª. Débora Nome: nº . 1º trimestre EXERCÍCIOS EXTRA - GEOGRAFIA Ensino Fundamental 7º ano classe: Profª. Débora Nome: nº Valor: 10 Nota:. ASSINALE AS ALTERNATIVAS CONFORME PEDEM OS ENUNCIADOS E DEPOIS PREENCHA O GABARITO

Leia mais

PERFIL DOS TRABALHADORES NA CONSTRUÇÃO CIVIL NO ESTADO DA BAHIA

PERFIL DOS TRABALHADORES NA CONSTRUÇÃO CIVIL NO ESTADO DA BAHIA PERFIL DOS TRABALHADORES NA CONSTRUÇÃO CIVIL NO ESTADO DA BAHIA SETEMBRO /2012 ÍNDICE INTRODUÇÃO 3 1. Dimensão e características da ocupação no setor da construção civil no Brasil e na Bahia (2000 e 2010)...

Leia mais

Quase 10% dos brasileiros têm mais de 70 anos. Segundo o IBGE, em 40 anos o número de idosos deverá superar o de jovens

Quase 10% dos brasileiros têm mais de 70 anos. Segundo o IBGE, em 40 anos o número de idosos deverá superar o de jovens Um país de idosos Quase 10% dos brasileiros têm mais de 70 anos. Segundo o IBGE, em 40 anos o número de idosos deverá superar o de jovens A expectativa de vida do brasileiro aumentou mais de 20 anos em

Leia mais

Nome: n o : Geografia. Exercícios de recuperação

Nome: n o : Geografia. Exercícios de recuperação Nome: n o : Ensino: Fundamental Ano: 7 o Turma: Data: Professor(a): Maria Silvia Geografia Exercícios de recuperação 1) Para a geografia, qual é o conceito de região? 2) Entre os aspectos utilizados para

Leia mais

Aluno(a): Nº. Professor: Anderson José Soares Série: 7º Disciplina: Geografia. Pré Universitário Uni-Anhanguera

Aluno(a): Nº. Professor: Anderson José Soares Série: 7º Disciplina: Geografia. Pré Universitário Uni-Anhanguera Pré Universitário Uni-Anhanguera Questão 01) A distribuição da população pela superfície do planeta é desigual, orientada por fatores históricos, econômicos ou naturais. No caso do Brasil, conclui-se que

Leia mais

Goiás e seu reflexo na sociedade

Goiás e seu reflexo na sociedade Os dados do Censo Escolar da Educação Básica de 2013, divulgado recentemente, apontaram a diminuição do número de matrículas em Goiás tendo como referência o ano de 2010. Notadamente, os decréscimos ocorreram

Leia mais

BLOCO DE ATIVIDADES / EXERCÍCIOS PROPOSTOS

BLOCO DE ATIVIDADES / EXERCÍCIOS PROPOSTOS Rede de Educação Missionárias Servas do Espírito Santo Colégio Nossa Senhora da Piedade Av. Amaro Cavalcanti, 2591 Encantado Rio de Janeiro / RJ CEP: 20735042 Tel: 2594-5043 Fax: 2269-3409 E-mail: cnsp@terra.com.br

Leia mais

2 ASPECTOS DEMOGRÁFICOS

2 ASPECTOS DEMOGRÁFICOS 2 ASPECTOS DEMOGRÁFICOS Neste capítulo se pretende avaliar os movimentos demográficos no município de Ijuí, ao longo do tempo. Os dados que fomentam a análise são dos censos demográficos, no período 1920-2000,

Leia mais

Como está a situação da população mundial e que expectativa razoável podemos ter para o futuro?

Como está a situação da população mundial e que expectativa razoável podemos ter para o futuro? População mundial Leia as manchetes abaixo: População mundial superará 9,2 bilhões em 2050, estima ONU BBC Brasil Casais ricos burlam lei do filho único na China BBC Brasil A população mundial atingiu

Leia mais

Conceitos introdutórios

Conceitos introdutórios População Conceitos introdutórios 1. POPULAÇÃO: conjunto de pessoas que habita determinado espaço geográfico. 2. POPULAÇÃO ABSOLUTA: número total de habitantes de um país, podendo este ser classificado,

Leia mais

PROVA DE GEOGRAFIA UFRGS 2010

PROVA DE GEOGRAFIA UFRGS 2010 PROVA DE GEOGRAFIA UFRGS 2010 51. Ainda é 31 de dezembro no Brasil quando a televisão noticia a chegada do Ano Novo em diferentes países. Entre os países que comemoram a chegada do Ano Novo antes do Brasil,

Leia mais

População jovem no Brasil: a dimensão demográfica

População jovem no Brasil: a dimensão demográfica População jovem no Brasil: a dimensão demográfica Introdução O conhecimento detalhado dos aspectos demográficos, sociais, culturais, econômicos, de saúde, entre tantos outros, que dizem respeito a segmentos

Leia mais

Geografia Agrária Geral

Geografia Agrária Geral 1. (Uerj) Geografia Agrária Geral Analisando os gráficos, verifica-se que, além dos EUA, alguns países europeus são simultaneamente grandes exportadores e grandes importadores de produtos agrícolas. Apresente,

Leia mais

GEOGRAFIA - 3 o ANO MÓDULO 12 O BRASIL NEOLIBERAL E OS DESAFIOS PARA O SÉCULO XXI

GEOGRAFIA - 3 o ANO MÓDULO 12 O BRASIL NEOLIBERAL E OS DESAFIOS PARA O SÉCULO XXI GEOGRAFIA - 3 o ANO MÓDULO 12 O BRASIL NEOLIBERAL E OS DESAFIOS PARA O SÉCULO XXI Como pode cair no enem A desconcentração industrial verificada no Brasil, na última década, decorre, entre outros fatores,

Leia mais

Conceitos introdutórios

Conceitos introdutórios População Conceitos introdutórios 1. POPULAÇÃO: conjunto de pessoas que habita determinado espaço geográfico. 2. POPULAÇÃO ABSOLUTA: número total de habitantes de um país, podendo este ser classificado,

Leia mais

Analise este mapa topográfico, em que está representada uma paisagem serrana de Minas Gerais:

Analise este mapa topográfico, em que está representada uma paisagem serrana de Minas Gerais: QUESTÃO 01 2 Analise este mapa topográfico, em que está representada uma paisagem serrana de Minas Gerais: Um grupo de turistas, hospedado na pousada localizada nesse mapa, realizou uma caminhada ecológica

Leia mais

Indicadores e Dados Básicos: situando Santa Catarina

Indicadores e Dados Básicos: situando Santa Catarina Secretaria da Saúde do Estado de Santa Catarina Diretoria de Planejamento e Coordenação Gerência de Estatística e Informática Setor de Mortalidadade Indicadores e Dados Básicos: situando Santa Catarina

Leia mais

PORTO ALEGRE E DEMAIS CAPITAIS BRASILEIRAS

PORTO ALEGRE E DEMAIS CAPITAIS BRASILEIRAS Equipe de Vigilância de Eventos Vitais, Doenças e Agravos não Transmissíveis Coordenadoria Geral de Vigilância em Saúde Secretaria Municipal da Saúde da Prefeitura Municipal de Porto Alegre PORTO ALEGRE

Leia mais

Questão 25 Questão 26

Questão 25 Questão 26 Questão 25 Questão 26 A Antártida apresenta um quadro natural com características marcantes: o inverno é longo, com seis meses sem luz solar e médias térmicas ao redor de 60ºC negativos; no verão, o albedo

Leia mais

CORREÇÃO TAREFAS. Aulas 1 4 Pág. 24-31

CORREÇÃO TAREFAS. Aulas 1 4 Pág. 24-31 CORREÇÃO TAREFAS Aulas 1 4 Pág. 24-31 Paginas 24 e 25 1. a) População absoluta é a população total de um determinado local. b) População relativa é a densidade demográfica, ou seja, média de habitantes

Leia mais

Matéria da Recuperação. Industrialização Urbanização População

Matéria da Recuperação. Industrialização Urbanização População Disciplina: Geografia Roteiro de Recuperação Ano / Série: 7º Professor (a): Gabriel Data: / / 2013 Matéria da Recuperação Industrialização Urbanização População 1- A função urbana de uma cidade diz respeito

Leia mais

População é o conjunto de habitantes de um determinado lugar em um determinado tempo;

População é o conjunto de habitantes de um determinado lugar em um determinado tempo; INTRODUÇÃO À GEOGRAFIA DA POPULAÇÃO 1 Aspectos teóricos e metodológicos da geografia da população População é o conjunto de habitantes de um determinado lugar em um determinado tempo; A importância de

Leia mais

A situação do câncer no Brasil 1

A situação do câncer no Brasil 1 A situação do câncer no Brasil 1 Fisiopatologia do câncer 23 Introdução O câncer é responsável por cerca de 13% de todas as causas de óbito no mundo: mais de 7 milhões de pessoas morrem anualmente da

Leia mais

Processo Seletivo/UFU - julho 2007-1ª Prova Comum GEOGRAFIA QUESTÃO 11. TAXAS DE URBANIZAÇÃO EM PAÍSES SELECIONADOS, 2003 (em %)

Processo Seletivo/UFU - julho 2007-1ª Prova Comum GEOGRAFIA QUESTÃO 11. TAXAS DE URBANIZAÇÃO EM PAÍSES SELECIONADOS, 2003 (em %) GEOGRAFIA QUESTÃO 11 Observe a tabela. TAXAS DE URBANIZAÇÃO EM PAÍSES SELECIONADOS, 2003 (em %) * Estimativa. Fonte: Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento PNUD, 2003. Com relação ao processo

Leia mais

Ano 3 Nº 37 Novembro de 2007. Escolaridade e Trabalho: desafios para a população negra nos mercados de trabalho metropolitanos

Ano 3 Nº 37 Novembro de 2007. Escolaridade e Trabalho: desafios para a população negra nos mercados de trabalho metropolitanos Ano 3 Nº 37 Novembro de 2007 Escolaridade e Trabalho: desafios para a população negra nos mercados de trabalho metropolitanos Escolaridade e Trabalho: desafios para a população negra nos mercados de trabalho

Leia mais

na região metropolitana do Rio de Janeiro

na região metropolitana do Rio de Janeiro O PERFIL DOS JOVENS EMPREENDEDORES na região metropolitana do Rio de Janeiro NOTA CONJUNTURAL MARÇO DE 2013 Nº21 PANORAMA GERAL Segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD/IBGE) de 2011,

Leia mais

População residente, por situação do domicílio Brasil, 2000 Fonte: IBGE, Censo Demográfico 2000 Resultados do Universo

População residente, por situação do domicílio Brasil, 2000 Fonte: IBGE, Censo Demográfico 2000 Resultados do Universo Material elaborado pelo Ético Sistema de Ensino Ensino fundamental Publicado em 2012 Prova bimestral 3o Bimestre 5o ano Geografia Data: / / Nível: Escola: Nome: 1. Leia os dados e o gráfico do censo do

Leia mais

População residente em Portugal com tendência para diminuição e envelhecimento

População residente em Portugal com tendência para diminuição e envelhecimento Dia Mundial da População 11 julho de 214 1 de julho de 214 População residente em Portugal com tendência para diminuição e envelhecimento Para assinalar o Dia Mundial da População (11 de julho), o Instituto

Leia mais

Exercícios de Revisão RECUPERAÇÃO FINAL/ 2015 8º ANO

Exercícios de Revisão RECUPERAÇÃO FINAL/ 2015 8º ANO Nome: Exercícios de Revisão RECUPERAÇÃO FINAL/ 2015 8º ANO Componente de Geografia Série e Turma: 8º (A) (B) Data: Professora: Ana Lúcia Questão 01 (UEFS 2012.2) Sobre as consequências da queda do regime

Leia mais

Também conhecido como densidade populacional ou população relativa. É a medida expressa pela relação entre a população e a superfície do território.

Também conhecido como densidade populacional ou população relativa. É a medida expressa pela relação entre a população e a superfície do território. Também conhecido como densidade populacional ou população relativa. É a medida expressa pela relação entre a população e a superfície do território. É geralmente expressa em habitantes por quilômetro quadrado

Leia mais

PED-RMPA INFORME ESPECIAL IDOSOS

PED-RMPA INFORME ESPECIAL IDOSOS A POPULAÇÃO IDOSA NO MERCADO DE TRABALHO DA REGIÃO METROPOLITANA DE PORTO ALEGRE SETEMBRO - 2008 PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO NA REGIÃO METROPOLITANA DE PORTO ALEGRE PED-RMPA INFORME ESPECIAL IDOSOS

Leia mais

Perfil Municipal - Queimada Nova (PI)

Perfil Municipal - Queimada Nova (PI) Caracterização do Território Área: 1.438,4 km² Densidade Demográfica: 5,8 hab/km² Altitude da Sede: 410 m Ano de Instalação: 1.993 Distância à Capital: 416,7 km Microrregião: Alto Médio Canindé Mesorregião:

Leia mais

COLÉGIO MONS. JOVINIANO BARRETO

COLÉGIO MONS. JOVINIANO BARRETO GABARITO 3ª ETAPA FÍSICA I E II / GEO COLÉGIO MONS. JOVINIANO BARRETO 52 ANOS DE HISTÓRIA ENSINO E DISCIPLINA Rua Frei Vidal, 1621 São João do Tauape/Fone/Fax: 3272-1295 www.jovinianobarreto.com.br 1º

Leia mais

Questão 11. Questão 12. Resposta. Resposta. O mapa e os blocos-diagramas ilustram um dos grandes problemas do mundo moderno.

Questão 11. Questão 12. Resposta. Resposta. O mapa e os blocos-diagramas ilustram um dos grandes problemas do mundo moderno. Questão 11 O mapa e os blocos-diagramas ilustram um dos grandes problemas do mundo moderno. b) Porque há diferentes modos de ocupação do solo. Nas áreas onde a cobertura vegetal é mais densa, ocorre uma

Leia mais

O envelhecimento populacional brasileiro e a abordagem da mídia em relação a pessoa idosa Moreira, Thais dos Santos*

O envelhecimento populacional brasileiro e a abordagem da mídia em relação a pessoa idosa Moreira, Thais dos Santos* O envelhecimento populacional brasileiro e a abordagem da mídia em relação a pessoa idosa Moreira, Thais dos Santos* Resumo: Este presente artigo tem por finalidade demonstrar de forma sucinta no cenário

Leia mais

Mapa do Encarceramento: os jovens do Brasil

Mapa do Encarceramento: os jovens do Brasil Mapa do Encarceramento: os jovens do Brasil O Mapa do Encarceramento: os jovens do Brasil é mais uma publicação do Plano Juventude Viva, que reúne ações de prevenção para reduzir a vulnerabilidade de jovens

Leia mais

Questão 25. Questão 27. Questão 26. alternativa B. alternativa C

Questão 25. Questão 27. Questão 26. alternativa B. alternativa C Questão 25 No Brasil, no período 1990-91 a 2003-04, a produção de grãos apresentou crescimento de 125%, enquanto a área plantada aumentou apenas 24%, conforme mostra o gráfico. BRASIL _ ÁREA PLANTADA E

Leia mais

Censo Demográfico 2010 e a Diversidade Social. Ana Lucia Saboia IBGE 27 de setembro de 2011

Censo Demográfico 2010 e a Diversidade Social. Ana Lucia Saboia IBGE 27 de setembro de 2011 Censo Demográfico 2010 e a Diversidade Social Ana Lucia Saboia IBGE 27 de setembro de 2011 Censo Demográfico 2010 Brasil População: 190 755 799 habitantes Brasil - População e taxa média geométrica de

Leia mais

GEOGRAFIA. 49 TOPOGRAFIA As curvas de nível são linhas que unem pontos com a mesma altitude. A partir delas pode ser

GEOGRAFIA. 49 TOPOGRAFIA As curvas de nível são linhas que unem pontos com a mesma altitude. A partir delas pode ser GEOGRAFIA 49 TOPOGRAFIA As curvas de nível são linhas que unem pontos com a mesma altitude. A partir delas pode ser determinada a declividade do terreno e pode ser traçado seu perfil. Observe a figura.

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Pró-Reitoria de Graduação Diretoria de Processos Seletivos 2ª ETAPA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Pró-Reitoria de Graduação Diretoria de Processos Seletivos 2ª ETAPA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Pró-Reitoria de Graduação Diretoria de Processos Seletivos PAAES - Programa de Ação Afirmativa de Ingresso no Ensino Superior

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME. Nota MDS Brasília, 02 de maio de 2011.

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME. Nota MDS Brasília, 02 de maio de 2011. Nota MDS Brasília, 02 de maio de 2011. Assunto: O perfil da Extrema Pobreza no Brasil com base nos dados preliminares do universo do Censo 2010. 1. INTRODUÇÃO O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Leia mais

Analise o gráfico sobre o número acumulado de inversões térmicas, de 1985 a 2003, e a) defina o fenômeno meteorológico denominado inversão

Analise o gráfico sobre o número acumulado de inversões térmicas, de 1985 a 2003, e a) defina o fenômeno meteorológico denominado inversão 11 GEOGRAFIA Nas épocas de estiagem, a dispersão de poluentes é dificultada e a qualidade do ar piora muito na cidade de São Paulo, afetando, consideravelmente, a saúde das pessoas. NÚMERO DE INVERSÕES

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL DESEMBARGADOR FLORIANO CAVALCANTI. Atividade 1

ESCOLA ESTADUAL DESEMBARGADOR FLORIANO CAVALCANTI. Atividade 1 ESCOLA ESTADUAL DESEMBARGADOR FLORIANO CAVALCANTI ALUNO: Série: Bolsistas: Leonardo Andrade e Roberto Junior Supervisor (a): Sérgio Roberto Vidal Atividade 1 Questão 01. Observe a imagem e o mapa a seguir

Leia mais

TEXTO 1 1. CONJUNTURA BRASILEIRA. 1.1. As Transformações Recentes

TEXTO 1 1. CONJUNTURA BRASILEIRA. 1.1. As Transformações Recentes TEXTO 1 1. CONJUNTURA BRASILEIRA 1.1. As Transformações Recentes O Brasil, do ponto de vista econômico e social, vem sofrendo uma constante mutação em seus principais indicadores básicos como: população;

Leia mais

Situação Geográfica e Demográfica

Situação Geográfica e Demográfica Guarulhos História A memória é a base para a construção da identidade, da consciência do indivíduo e dos grupos sociais de um determinado local. A maioria das fontes de memória de Guarulhos traz que sua

Leia mais

Epidemiologia da Transmissão Vertical do HIV no Brasil

Epidemiologia da Transmissão Vertical do HIV no Brasil Epidemiologia da Transmissão Vertical do HIV no Brasil Letícia Legay Vermelho*, Luíza de Paiva Silva* e Antonio José Leal Costa** Introdução A transmissão vertical, também denominada materno-infantil,

Leia mais

Exercícios de Revisão Epidemiologia II. Rafael Assumpção de Sá

Exercícios de Revisão Epidemiologia II. Rafael Assumpção de Sá Exercícios de Revisão Epidemiologia II Rafael Assumpção de Sá 1- A realização de procedimentos como o teste do pezinho é uma forma de prevenção que atua, durante a história natural da doença, no período:

Leia mais

02/12/2012. Geografia

02/12/2012. Geografia 02/12/2012 Geografia Caderno de prova Este caderno, com dezesseis páginas numeradas sequencialmente, contém dez questões de Geografia. Não abra o caderno antes de receber autorização. Instruções 1. Verifique

Leia mais

ESTATÍSTICAS DEMOGRÁFICAS 2001-2008 DISTRITO DE VIANA DO CASTELO E SEUS CONCELHOS. F e v e r e i r o d e 2 0 1 0

ESTATÍSTICAS DEMOGRÁFICAS 2001-2008 DISTRITO DE VIANA DO CASTELO E SEUS CONCELHOS. F e v e r e i r o d e 2 0 1 0 ESTATÍSTICAS DEMOGRÁFICAS 2001-2008 DISTRITO DE VIANA DO CASTELO E SEUS CONCELHOS U n i d a d e d e S a ú d e P ú b l i c a d o A l t o M i n h o F e v e r e i r o d e 2 0 1 0 U n i d a d e d e S a ú d

Leia mais

Perfil Municipal - Natal (RN)

Perfil Municipal - Natal (RN) Caracterização do Território Área: 169,9 km² Densidade Demográfica: 4.175,5 hab/km² Altitude da Sede: 30 m Ano de Instalação: 1.599 Distância à Capital: 0,0 km Microrregião: Natal Mesorregião: Leste Potiguar

Leia mais

Aumentar a fonte Diminuir a fonte

Aumentar a fonte Diminuir a fonte 1 de 6 31/01/2014 23:46 Aumentar a fonte Diminuir a fonte SOMOS CINCO - Líderes dos países integrantes dos Brics em reunião na China, em 2011, que marcou a entrada da África do Sul Crédito: Roberto Stuckert

Leia mais

Correção Exercícios Tarefa. Página 11 e 12

Correção Exercícios Tarefa. Página 11 e 12 Correção Exercícios Tarefa Página 11 e 12 1. Os critérios utilizados são geoeconômicos, não estando relacionados à divisão do mundo em hemisférios. Os países do Sul se caracterizam por haverem se industrializado

Leia mais

A URBANIZAÇÃO RECENTE NO BRASIL E AS AGLOMERAÇÕES METROPOLITANAS

A URBANIZAÇÃO RECENTE NO BRASIL E AS AGLOMERAÇÕES METROPOLITANAS 1 A URBANIZAÇÃO RECENTE NO BRASIL E AS AGLOMERAÇÕES METROPOLITANAS Fausto Brito Cláudia Júlia Guimarães Horta Ernesto Friedrich de Lima Amaral O grande ciclo de expansão da urbanização no Brasil é relativamente

Leia mais

Processo Seletivo 2011-2 Geografia

Processo Seletivo 2011-2 Geografia Geografia 1) Gabarito oficial definitivo sem distribuição dos pontos - Questão 1 Para o movimento de Rotação: Causas: inclinação do eixo terrestre ou movimento da terra em torno dela mesma. Conseqüências:

Leia mais

GEOGRAFIA. INSTRUÇÃO: Responder à questão 18 com base nas afirmações referentes à água potável no mundo.

GEOGRAFIA. INSTRUÇÃO: Responder à questão 18 com base nas afirmações referentes à água potável no mundo. GEOGRAFIA 16) Qual é a hora solar de uma cidade localizada 25º Oeste, sabendo-se que, no centro do fuso na qual está situada, a hora solar corresponde a 18 horas? A) 18 horas. B) 17 horas e 40 minutos.

Leia mais

Expectativa de vida do brasileiro cresce mais de três anos na última década

Expectativa de vida do brasileiro cresce mais de três anos na última década 1 FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO PROFESSOR BAHIA TEXTO DE CULTURA GERAL FONTE: UOL COTIDIANO 24/09/2008 Expectativa de vida do brasileiro cresce mais de três anos na última década Fabiana Uchinaka Do UOL Notícias

Leia mais

(GIANSANTI, Roberto. O desafio do desenvolvimento sustentável. São Paulo: Atual, 1998. p. 13.)

(GIANSANTI, Roberto. O desafio do desenvolvimento sustentável. São Paulo: Atual, 1998. p. 13.) PROCESSO SELETIVO/2006 1 O DIA GAB. 1 25 GEOGRAFIA QUESTÕES DE 41 A 50 41. Leia o trecho abaixo: Considera-se, em economia, o desenvolvimento sustentável como a capacidade de as sociedades sustentarem-se

Leia mais

Nº 23 Março 2012. Perfil da Raça da População Cearense

Nº 23 Março 2012. Perfil da Raça da População Cearense Nº 23 Março 2012 Perfil da Raça da População Cearense Análise a partir dos dados do Censo Demográfico 2010 GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ Cid Ferreira Gomes Governador Domingos Gomes de Aguiar Filho Vice Governador

Leia mais

Entre 1998 e 2001, a freqüência escolar aumentou bastante no Brasil. Em 1998, 97% das

Entre 1998 e 2001, a freqüência escolar aumentou bastante no Brasil. Em 1998, 97% das INFORME-SE BNDES ÁREA PARA ASSUNTOS FISCAIS E DE EMPREGO AFE Nº 48 NOVEMBRO DE 2002 EDUCAÇÃO Desempenho educacional no Brasil: O que nos diz a PNAD-2001 Entre 1998 e 2001, a freqüência escolar aumentou

Leia mais

ISSN 1519-9568. INFORMATIVO MENSAL Ano 1 Número 20 Março de 2002 APRESENTAÇÃO

ISSN 1519-9568. INFORMATIVO MENSAL Ano 1 Número 20 Março de 2002 APRESENTAÇÃO ISSN 119-968 INFORMATIVO MENSAL Ano 1 Número Março de APRESENTAÇÃO O Boletim apresenta uma síntese do documento Panorama Social de América Latina -1, uma publicação da Comissão Especial para a América

Leia mais

Perfil Municipal - Florianópolis (SC)

Perfil Municipal - Florianópolis (SC) Caracterização do Território Área: 436,5 km² Densidade Demográfica: 760,1 hab/km² Altitude da Sede: 3 m Ano de Instalação: 1.726 Distância à Capital: 0,0 km Microrregião: Florianópolis Mesorregião: Grande

Leia mais

Panorama Geral da Ovinocultura no Mundo e no Brasil

Panorama Geral da Ovinocultura no Mundo e no Brasil Revista Ovinos, Ano 4, N 12, Porto Alegre, Março de 2008. Panorama Geral da Ovinocultura no Mundo e no Brasil João Garibaldi Almeida Viana 1 Os ovinos foram uma das primeiras espécies de animais domesticadas

Leia mais

São Paulo, 14 de julho de 2004. COMÉRCIO VAREJISTA DE MATERIAL DE CONSTRUÇÃO

São Paulo, 14 de julho de 2004. COMÉRCIO VAREJISTA DE MATERIAL DE CONSTRUÇÃO São Paulo, 14 de julho de 2004. COMÉRCIO VAREJISTA DE MATERIAL DE CONSTRUÇÃO E OS TRABALHADORES Pulverizado, com uma grande concentração de empresas de pequeno porte - mais de 60% dos trabalhadores estão

Leia mais

MAPA 1. DEMARCAÇÃO GEOGRÁFICA DO CONCELHO DE RIBEIRA BRAVA E RESPECTIVAS FREGUESIAS. Fonte:www.geocities.com/Heartland/Plains/9462/map.

MAPA 1. DEMARCAÇÃO GEOGRÁFICA DO CONCELHO DE RIBEIRA BRAVA E RESPECTIVAS FREGUESIAS. Fonte:www.geocities.com/Heartland/Plains/9462/map. 8. Ribeira Brava MAPA 1. DEMARCAÇÃO GEOGRÁFICA DO CONCELHO DE RIBEIRA BRAVA E RESPECTIVAS FREGUESIAS Fonte:www.geocities.com/Heartland/Plains/9462/map.html (adaptado) A vila de Ribeira Brava, situada no

Leia mais

Geografia Leituras e Interação

Geografia Leituras e Interação Apontamentos das obras LeYa em relação às Orientações Teórico-Metodológicas para o Ensino Médio do estado de PERNAMBUCO Geografia Leituras e Interação 2 Caro professor, Este guia foi desenvolvido para

Leia mais

Problemas Sociais Urbanos

Problemas Sociais Urbanos Problemas Sociais Urbanos Segundo a ONU, 30% da população das cidades vivem na absoluta pobreza. Entre 20 e 40 milhões de famílias não tem onde morar e cerca de 920 milhões vivem em favelas ou áreas irregulares.

Leia mais

Brasil: O consumo de carnes passado a limpo! Contagem da população brasileira pelo IBGE em 2007

Brasil: O consumo de carnes passado a limpo! Contagem da população brasileira pelo IBGE em 2007 Brasil: O consumo de carnes passado a limpo! Contagem da população brasileira pelo IBGE em 2007 revela um número menor de habitantes do que se esperava e mostra um maior consumo per capita de carnes. Luciano

Leia mais

Saúde. reprodutiva: gravidez, assistência. pré-natal, parto. e baixo peso. ao nascer

Saúde. reprodutiva: gravidez, assistência. pré-natal, parto. e baixo peso. ao nascer 2 Saúde reprodutiva: gravidez, assistência pré-natal, parto e baixo peso ao nascer SAÚDE BRASIL 2004 UMA ANÁLISE DA SITUAÇÃO DE SAÚDE INTRODUÇÃO No Brasil, as questões relativas à saúde reprodutiva têm

Leia mais

A DINÂMICA DEMOGRÁFICA II

A DINÂMICA DEMOGRÁFICA II A DINÂMICA DEMOGRÁFICA II META Expor as variáveis demográficas além daquelas estudadas na aula anterior, destacando a as variâncias das taxas de mortalidade e da importância da variável da nupcialidade.

Leia mais

ECONOMIA www.abras.com.br A informação que fala direto ao seu bolso 22 de Dezembro de 2015

ECONOMIA www.abras.com.br A informação que fala direto ao seu bolso 22 de Dezembro de 2015 Associação Brasileira de Supermercados Nº59 ECONOMIA www.abras.com.br A informação que fala direto ao seu bolso 22 de Dezembro de 2015 Supermercados mostram queda de -1,61% até novembro Desemprego e renda

Leia mais

Mercado de Trabalho. O idoso brasileiro no. NOTA TÉCNICA Ana Amélia Camarano* 1- Introdução

Mercado de Trabalho. O idoso brasileiro no. NOTA TÉCNICA Ana Amélia Camarano* 1- Introdução NOTA TÉCNICA Ana Amélia Camarano* O idoso brasileiro no Mercado de Trabalho 30 1- Introdução A análise da participação do idoso nas atividades econômicas tem um caráter diferente das análises tradicionais

Leia mais

Urban View. Urban Reports. Êxodo urbano: por que as cidades de médio porte estão atraindo os moradores das metrópoles?

Urban View. Urban Reports. Êxodo urbano: por que as cidades de médio porte estão atraindo os moradores das metrópoles? Urban View Urban Reports Êxodo urbano: por que as cidades de médio porte Morar nos grandes centros tem suas vantagens, como mais opções de trabalho, educação e lazer. Mas também tem seu lado negativo.

Leia mais

Portadores de Deficiência: pauta de discussão Marta Rovery de Souza Alguns dados são significativos para expressar a magnitude da situação das pessoas com deficiência. Segundo a Organização Mundial de

Leia mais

Nos últimos 20 anos, o País vem se redemocratizando e

Nos últimos 20 anos, o País vem se redemocratizando e ERRATA A página 19 foi substituída pela página abaixo: Quadro de servidores públicos municipais 1999-2002 Nos últimos 20 anos, o País vem se redemocratizando e passando por uma redistribuição de poderes

Leia mais

Curitiba, 25 de agosto de 2010. SUBSÍDIOS À CAMPANHA SALARIAL COPEL 2010 DATA BASE OUTUBRO 2010

Curitiba, 25 de agosto de 2010. SUBSÍDIOS À CAMPANHA SALARIAL COPEL 2010 DATA BASE OUTUBRO 2010 Curitiba, 25 de agosto de 2010. SUBSÍDIOS À CAMPANHA SALARIAL COPEL 2010 DATA BASE OUTUBRO 2010 1) Conjuntura Econômica Em função dos impactos da crise econômica financeira mundial, inciada no setor imobiliário

Leia mais

Questão 41. Questão 43. Questão 42. alternativa B. alternativa A. alternativa D

Questão 41. Questão 43. Questão 42. alternativa B. alternativa A. alternativa D Questão 41 Os famosos Lençóis Maranhenses apresentam a) paisagem litorânea semelhante a um deserto com dunas, embora a pluviosidade da região forme lagoas doces. b) estuário em forma de delta, constituindo

Leia mais