26 NOVEMBRO Sede APSEI (Sacavém) Impacto dos Riscos Psicossociais no Trabalho

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "26 NOVEMBRO Sede APSEI (Sacavém) Impacto dos Riscos Psicossociais no Trabalho"

Transcrição

1 O 26 NOVEMBRO Sede APSEI (Sacavém) Impacto dos Riscos Psicossociais no Trabalho

2 Mais do que avaliar... Um ambiente de trabalho, seguro na perspetiva psicossocial é um ambiente de trabalho no qual são identificados, eliminados e geridos os riscos psicossociais, que causam stress organizacional e impacto na saúde mental dos profissionais.

3 Riscos psicossociais emergentes Exigências Emocionais Equilíbrio Trabalho-Família Comportamentos Tóxicos Intensificação do Trabalho Novos Contratos de Trabalho Envelhecimento da População em Idade de Trabalho Objetivo intangível das organizações

4 Importância da Saúde mental... A OMS estima que 1 em cada 4 pessoas vão experienciar uma perturbação de foro mental ao longo da sua vida. 600 milhões de pessoas estão incapacitadas como consequência dessas perturbações. 1 bilião de pessoas experienciam uma condição incapacitante 60% das causas estão fortemente relacionadas com perturbações mentais, neurológicas e de abuso de substâncias. Problemas mentais, comportamentais e neurológicos representam 10,4% das doenças identificadas num panorama global. Em 2030, a depressão será o maior contribuidor para os anos vividos com incapacidade.

5 Há uma relação consistente entre os riscos psicossociais associados ao trabalho e a saúde mental dos profissionais. Os riscos psicossociais no trabalho referemse aos aspetos de design, sociais, organizacionais e de gestão do trabalho que têm o potencial de causar risco para a saúde física e mental.

6 Impacto Falta de Saúde mental Absentismo Aumento de ausência por doença: Fraca saúde (depressão, stress, burnout); Perturbações Físicas (doenças cardíacas, úlceras, perturbação do sono). Performance Diminuição da Produtividade: Aumento das taxas de erro; Aumento da quantidade de acidentes; Fraca tomada de decisão; Deterioração no planeamento e controlo do trabalho. Atitudes e Comportamentos Fraca motivação e commitment; Burnout; Mais horas de trabalho e menor retorno; Falta de pontualidade; Turnover. Relações Interpessoais Tensão e conflito entre colegas; Fraca relação com os clientes; Aumento dos processos disciplinares.

7 Expatriados vou trabalhar (e viver) para outro país Sentimento de solidão; Inexistência de rede de contactos; Diferenças culturais; Custo de vida; Problemas relacionais; Cuidados de saúde; Gerir expetativas; Repatriamento.

8 Expatriados Apoiar a gestão de pessoas no processo de internacionalização e expatriação. Profissionais Expatriados: Agir preventivamente de forma a assegurar as decisões de expatriação; Validar a resiliência individual e familiar dos colaboradores alvo; Garantir a avaliação, acompanhamento e orientação psicológica dos colaboradores e respetivas famílias ao longo do processo de expatriação; Promover a aquisição de competências de gestão Intercultural; Garantir a coesão na equipa deslocada; Garantir a elaboração de um Plano de Sucessão.

9 Na altura pensei que também ia morrer e infelizmente aquele momento não me sai da cabeça, dia e noite Vitimas de um Incidente Crítico Acontecimento que interrompe o normal funcionamento de uma empresa ou instituição; Tem um impacto global e individual; Situações que apresentam um elevado risco de perturbação das atividades e da qualidade do desempenho; Situações traumáticas que afetam psicológica e fisicamente as equipas.

10 Qualquer acontecimento com um impacto emocional significativo que ultrapasse por completo os métodos de coping habituais, tendo um impacto stressante crítico no indivíduo.

11 Ostresstraumático resulta da exposição de um indivíduo a um incidente crítico de grande ou extremo impacto. É comummente designado por Síndrome de Stress Póstraumático (SSPT). A probabilidade do desenvolvimento de reações como o SSPT, depende, de certa forma, de fatores tais como: Envolvimento pessoal no incidente traumático; Características do incidente; Grau de exposição ao incidente; Consequências do incidente.

12 Stress Traumático Revivenciamento do incidente Problemas de concentração e memória Impulsividade Distúrbio do sono Ansiedade Depressão Tremores Impacto no desempenho e produtividade dos colaboradores

13 Como podem as empresas e os gestores apoiar e minimizar o impacto do trauma na produtividade do negócio e na qualidade de serviço, quando um colaborador ou cliente da organização vivencia um incidente crítico?

14 Vitimas de um Incidente Crítico Ter o protocolo de resposta definido; Papéis internos claros e definidos; Definir os fluxos de comunicação; Formar a equipa de resposta (i.e. DRH, HST, SO, Gestores Operacionais, etc.); Ter uma equipa externa especialista em Stress pós traumático, preparada para responder póscrise na recuperação psicológica dos envolvidos no Incidente.

15 Um ambiente de trabalho, seguro na perspetiva psicossocial é um ambiente de trabalho no qual são identificados, eliminados e geridos os riscos psicossociais, que causam stress organizacional e impacto na saúde mental e física dos profissionais.

16 Muito Obrigada! Tel

Riscos Psicossociais Associados à Violência nos Locais de Trabalho

Riscos Psicossociais Associados à Violência nos Locais de Trabalho Riscos Psicossociais Associados à Violência nos Locais de Trabalho Catarina Paulos 6 de Março de 2012 Auditório do IEFP VIOLÊNCIA NO LOCAL DE TRABALHO Uso intencional de poder contra uma pessoa ou um grupo,

Leia mais

Pedro R ibeiro Ribeiro e S ilva Silva MAPFRE Seguros

Pedro R ibeiro Ribeiro e S ilva Silva MAPFRE Seguros Pedro Ribeiro e Silva MAPFRE Seguros A avaliação de riscos psicossociais no trabalho na ótica das seguradoras A avaliação dos riscos psicossociais pelas seguradoras pode ser efectuada em duas perspectivas:

Leia mais

Portuguese version 1

Portuguese version 1 1 Portuguese version Versão Portuguesa Conferência Europeia de Alto Nível Juntos pela Saúde Mental e Bem-estar Bruxelas, 12-13 Junho 2008 Pacto Europeu para a Saúde Mental e Bem-Estar 2 Pacto Europeu para

Leia mais

Inovação Tecnológica!

Inovação Tecnológica! Inovação Tecnológica! Engraçado, costumam dizer que tenho sorte, só eu sei que quanto mais eu me preparo Mais sorte eu tenho. A nthony Robbins Consultora Cássia Ghelfi Raza Marcelo Como você vai mover-se

Leia mais

Campanha europeia de avaliação de riscos psicossociais

Campanha europeia de avaliação de riscos psicossociais Campanha europeia de avaliação de riscos psicossociais Nome: Cristina Gonçalves Rodrigues Instituição/Entidade : Autoridade para as Condições do Trabalho Abordagem Psicossocial A abordagem psicossocial

Leia mais

Quem somos. A organização do trabalho e a emergência de novos riscos psicossociais no Séc. XXI. João Paulo Pereira

Quem somos. A organização do trabalho e a emergência de novos riscos psicossociais no Séc. XXI. João Paulo Pereira A organização do trabalho e a emergência de novos riscos psicossociais no Séc. XXI João Paulo Pereira Linha de Investigação em Psicologia da Saúde e Saúde Ocupacional http://hohp.org hohp@netcabo.pt Associação

Leia mais

Centro de Apoio Psicológico e Intervenção em Crise - CAPIC DEPARTAMENTO DE EMERGÊNCIA MÉDICA

Centro de Apoio Psicológico e Intervenção em Crise - CAPIC DEPARTAMENTO DE EMERGÊNCIA MÉDICA Centro de Apoio Psicológico e Intervenção em Crise - CAPIC DEPARTAMENTO DE EMERGÊNCIA MÉDICA CENTRO DE APOIO PSICOLÓGICO E INTERVENÇÃO EM CRISE - CAPIC Apoio à população e às equipas de emergência com

Leia mais

Congresso Internacional de Segurança e Saúde do Trabalho

Congresso Internacional de Segurança e Saúde do Trabalho 9º Congresso Internacional de Segurança e Saúde do Trabalho 1. O Grupo Salvador Caetano 2. A Responsabilidade Social e a SHST 3. Política de SHST 4. Estrutura de SHST 5. Responsabilidades e Responsáveis

Leia mais

22ª JORNADA DA AMINT NOVEMBRO/2008 DEPRESSÃO E TRABALHO. MARIA CRISTINA PALHARES MACHADO PSIQUIATRA MÉDICA DO TRABALHO mcris1989@hotmail.

22ª JORNADA DA AMINT NOVEMBRO/2008 DEPRESSÃO E TRABALHO. MARIA CRISTINA PALHARES MACHADO PSIQUIATRA MÉDICA DO TRABALHO mcris1989@hotmail. 22ª JORNADA DA AMINT NOVEMBRO/2008 DEPRESSÃO E TRABALHO MARIA CRISTINA PALHARES MACHADO PSIQUIATRA MÉDICA DO TRABALHO mcris1989@hotmail.com DEPRESSÃO 1. Afeta pelo menos 12% das mulheres e 8% dos homens

Leia mais

26 e 27 de NOVEMBRO Sede APSEI (Sacavém)

26 e 27 de NOVEMBRO Sede APSEI (Sacavém) 26 e 27 de NOVEMBRO Sede APSEI (Sacavém) Substância Psicoativas Despiste e Controlo Em Meio Laboral Terroristas terão realizado atentados em Paris drogas Segurança dos cidadãos e do Mundo DN 20 Nov 2015

Leia mais

Abordagem de avaliação de riscos psicossociais no Instituto Português de Oncologia do Porto

Abordagem de avaliação de riscos psicossociais no Instituto Português de Oncologia do Porto Abordagem de avaliação de riscos psicossociais no Instituto Português de Oncologia Auditório do Instituto de Emprego e Formação Profissional Lisboa - 6 de Março de 2012 - Campanha Europeia de Prevenção

Leia mais

Duplo Diagnóstico na Deficiência Intelectual

Duplo Diagnóstico na Deficiência Intelectual Duplo Diagnóstico na Deficiência Intelectual a experiência de uma consulta de Psiquiatria Sofia Brissos Psiquiatra Encontro de Trabalho sobre Saúde Mental na Deficiência Intelectual, Fundação Calouste

Leia mais

ESCOLA DE PAIS.nee. Programa Escola de Pais.nee Formadora: Celmira Macedo

ESCOLA DE PAIS.nee. Programa Escola de Pais.nee Formadora: Celmira Macedo 1 PROGRAMA DA ESCOLA DE PAIS I. Introdução A escola de pais apresenta-se com um espaço de formação para famílias (preferencialmente famílias de crianças com necessidades especiais), estando igualmente

Leia mais

Ficha Técnica. TÍTULO Plano de Formação 2014-2015 EDIÇÃO COORDENAÇÃO TÉCNICA REVISÃO, DESIGN E PAGINAÇÃO PERIODICIDADE DATA

Ficha Técnica. TÍTULO Plano de Formação 2014-2015 EDIÇÃO COORDENAÇÃO TÉCNICA REVISÃO, DESIGN E PAGINAÇÃO PERIODICIDADE DATA Ficha Técnica TÍTULO Plano de Formação 2014-2015 EDIÇÃO Divisão de Gestão de Recursos Humanos Rua Dr. Manuel de Arriaga nº 7 2674-501 Loures Telefone: 21 115 12 51 E-mail: dgrh@cm-loures.pt www.cm-loures.pt

Leia mais

APRESENTAÇÃO Qualidade de Vida e Suporte Social do Doente com Diabetes Domiciliado

APRESENTAÇÃO Qualidade de Vida e Suporte Social do Doente com Diabetes Domiciliado APRESENTAÇÃO Qualidade de Vida e Suporte Social do ACES Porto Oriental / Centro de Saúde de Campanhã Unidade de Saúde de S. Roque da Lameira Emília Aparício, Assistente Social Cristina Campos, Psicóloga

Leia mais

Saúde Mental do Trabalhador. Grazieli Barbier Barros Terapeuta Ocupacional Especialista em Saúde Pública e da família.

Saúde Mental do Trabalhador. Grazieli Barbier Barros Terapeuta Ocupacional Especialista em Saúde Pública e da família. Saúde Mental do Trabalhador Grazieli Barbier Barros Terapeuta Ocupacional Especialista em Saúde Pública e da família. Definição Para a OMS: Saúde é um estado de completo bem-estar físico mental e social,

Leia mais

Procedimentos médicoadministrativos em distúrbios. mentais relacionados ao trabalho

Procedimentos médicoadministrativos em distúrbios. mentais relacionados ao trabalho Procedimentos médicoadministrativos em distúrbios mentais relacionados ao trabalho Dra Ana Paula Schmidt Waldrich Médica do Trabalho CRM-SC 13.384 Doença Ocupacional Quais as formas de caracterização de

Leia mais

Análise financeira e gestão de riscos no setor segurador

Análise financeira e gestão de riscos no setor segurador Análise financeira e gestão de riscos no setor segurador Intervenção do Presidente do ISP, Professor Doutor José Figueiredo Almaça, na Entrega de Diplomas do 11º Curso de Pós Graduação em Análise Financeira,

Leia mais

REFERENCIAL DE FORMAÇÃO a que alude o n.º 5 do art. 83 da Lei n.º 112/2009 de 16 de setembro

REFERENCIAL DE FORMAÇÃO a que alude o n.º 5 do art. 83 da Lei n.º 112/2009 de 16 de setembro POPH Eixo 7 Tipologia de Intervenção 7.4 Projetos de Formação para Públicos Estratégicos REFERENCIAL DE FORMAÇÃO a que alude o n.º 5 do art. 83 da Lei n.º 112/2009 de 16 de setembro Formação de agentes

Leia mais

Ambientes de Trabalho Saudáveis e Produtividade. Samuel Antunes 25.11.15

Ambientes de Trabalho Saudáveis e Produtividade. Samuel Antunes 25.11.15 Ambientes de Trabalho Saudáveis e Produtividade Samuel Antunes 25.11.15 Local de Trabalho Saudável As Organizações que são lugares de trabalho saudáveis: Desenvolvem acções de promoção da saúde física

Leia mais

IMPLANTAÇÃO DE PROGRAMAS DE QUALIDADE DE VIDA NAS EMPRESAS

IMPLANTAÇÃO DE PROGRAMAS DE QUALIDADE DE VIDA NAS EMPRESAS IMPLANTAÇÃO DE PROGRAMAS DE QUALIDADE DE VIDA NAS EMPRESAS O QUE É... SAÚDE? PREVENÇÃO DE DOENÇA STATUS DE SAÚDE?? PROMOÇÃO DE SAÚDE QUALIDADE DE VIDA? BEM-ESTAR? FELICIDADE Sâmia Simurro SAÚDE...Estado

Leia mais

Formação para executivos Inteligência emocional: Sucesso e Felicidade

Formação para executivos Inteligência emocional: Sucesso e Felicidade Formação para executivos Inteligência emocional: Sucesso e Felicidade 29 e 30 Nov Inteligência emocional: Sucesso e Felicidade Apresentação A inteligência emocional (IE) é um conjunto de competências sociais

Leia mais

Assinalar o Mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância; Dar a conhecer a Declaração Universal dos Direitos Humanos;

Assinalar o Mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância; Dar a conhecer a Declaração Universal dos Direitos Humanos; Oleiros, abril 2014 Objetivos: Assinalar o Mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância; Dar a conhecer a Declaração Universal dos Direitos Humanos; Divulgar a Declaração/ Convenção dos Direitos da Criança;

Leia mais

A Pessoa e o Contexto Ocupacional na Prevenção do Burnout. Marcos Ricardo Datti Micheletto

A Pessoa e o Contexto Ocupacional na Prevenção do Burnout. Marcos Ricardo Datti Micheletto A Pessoa e o Contexto Ocupacional na Prevenção do Burnout Marcos Ricardo Datti Micheletto 1 Níveis de Prevenção 22.361 Job Burnout: 11.544 18.829 Job Burnout: 9.618 SIPAT - REITORIA UNESP Burnout Burnout

Leia mais

MESTRADO EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 2006 2007 PROGRAMA DAS DISCIPLINAS

MESTRADO EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 2006 2007 PROGRAMA DAS DISCIPLINAS MESTRADO EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS 2006 2007 PROGRAMA DAS DISCIPLINAS 1º TRIMESTRE FUNDAMENTOS DE RECURSOS HUMANOS 1. Características e processos individuais 1.1. Personalidade 1.2. Aptidões 1.3. Memória

Leia mais

IV Encontro Ibérico MAPFRE Lisboa, 18 de Novembro de 2010. Stress relacionado com o trabalho e outros riscos psicossociais.

IV Encontro Ibérico MAPFRE Lisboa, 18 de Novembro de 2010. Stress relacionado com o trabalho e outros riscos psicossociais. Stress relacionado com o trabalho e outros riscos psicossociais. Saúde mental: mito ou realidade? Finlândia - 50% da população activa com sintomas de stress; Alemanha - a depressão é responsável por 7%

Leia mais

Serviço externo de Psicologia para Empresas

Serviço externo de Psicologia para Empresas Serviço externo de Psicologia para Empresas.Porque as pessoas são a essência da empresa. Cada vez mais ouvimos falar na necessidade urgente de locais de trabalho saudáveis e são diversas as campanhas que

Leia mais

SESSÃO: ACÇÕES INOVADORAS E ENVELHECIMENTO ACTIVO. Maria Helena Patrício Paes CENTRO ISMAILI, LISBOA 12 DE OUTUBRO DE 2012. mhpaes@prosalis.

SESSÃO: ACÇÕES INOVADORAS E ENVELHECIMENTO ACTIVO. Maria Helena Patrício Paes CENTRO ISMAILI, LISBOA 12 DE OUTUBRO DE 2012. mhpaes@prosalis. CENTRO ISMAILI, LISBOA 12 DE OUTUBRO DE 2012 SESSÃO: ACÇÕES INOVADORAS E ENVELHECIMENTO ACTIVO Maria Helena Patrício Paes mhpaes@prosalis.pt Unidos por uma causa, por causa de quem precisa! Introdução

Leia mais

Fundada em 1986. Gestão Comportamental. Educação para a saúde Gestão de crise

Fundada em 1986. Gestão Comportamental. Educação para a saúde Gestão de crise MISSÃO Educar para a prevenção e condução de crises, visando a saúde emocional individual, da família e da organização. Gestão Comportamental Fundada em 1986 PAP - Programa de Apoio Pessoal Atuações em

Leia mais

Dia Mundial da Saúde Mental - 10 de Outubro

Dia Mundial da Saúde Mental - 10 de Outubro Não Há Saúde Sem Saúde Mental Dia Mundial da Saúde Mental - 10 de Outubro 1 a 17 de Outubro de 2010 Exposição promovida pelo Departamento de Psiquiatria e Saúde Mental O QUE É A SAÚDE MENTAL? É sentir-nos

Leia mais

1. Problema Geral de Investigação

1. Problema Geral de Investigação O CONTRIBUTO DO DISTRESS, BURNOUT E BEM-ESTAR PARA O ABSENTISMO E SATISFAÇÃO: UM ESTUDO COM TRABALHADORES DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA EM CONTEXTO UNIVERSITÁRIO Sónia Borges Índice 1. Enquadramento Geral da

Leia mais

POLÍTICA DE GESTÃO DE PESSOAS DA SUPERINTENDÊNCIA NACIONAL DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR PREVIC

POLÍTICA DE GESTÃO DE PESSOAS DA SUPERINTENDÊNCIA NACIONAL DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR PREVIC POLÍTICA DE GESTÃO DE PESSOAS DA SUPERINTENDÊNCIA NACIONAL DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR PREVIC 1. CONCEITOS E DEFINIÇÕES 1.1 Políticas de Gestão de Pessoas são o conjunto de estratégias ou políticas específicas

Leia mais

AVALIAÇÃO DE QUALIDADE DE VIDA ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE

AVALIAÇÃO DE QUALIDADE DE VIDA ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE WHOQOL-120 HIV AVALIAÇÃO DE QUALIDADE DE VIDA ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE Genebra Versão em Português 1 Departamento de Saúde Mental e Dependência Química Organização Mundial da Saúde CH-1211 Genebra

Leia mais

POLÍTICA DE SAÚDE E SEGURANÇA POLÍTICA DA QUALIDADE POLÍTICA AMBIENTAL POLÍTICA DE SEGURANÇA

POLÍTICA DE SAÚDE E SEGURANÇA POLÍTICA DA QUALIDADE POLÍTICA AMBIENTAL POLÍTICA DE SEGURANÇA POLÍTICA DE SAÚDE E SEGURANÇA POLÍTICA DA QUALIDADE POLÍTICA AMBIENTAL POLÍTICA DE SEGURANÇA Política de SAÚDE E SEGURANÇA Política de SAÚDE E SEGURANÇA A saúde e a segurança dos nossos funcionários fazem

Leia mais

O MODELO EFR EMPRESA FAMILIARMENTE RESPONSÁVEL

O MODELO EFR EMPRESA FAMILIARMENTE RESPONSÁVEL O MODELO EFR EMPRESA FAMILIARMENTE RESPONSÁVEL CONTEXTO Colaboradores com sintomas de stress; Ansiedade; Riscos psicossociais; Insatisfação com o trabalho; Descida da taxa de natalidade; Deterioração da

Leia mais

Esta formação tem como objectivo dotar os profissionais de conhecimentos teóricos e práticos que lhes permitam:

Esta formação tem como objectivo dotar os profissionais de conhecimentos teóricos e práticos que lhes permitam: Pós Graduação Business Process Management Gestão - Pós-Graduações Com certificação Nível: Duração: 180h Sobre o curso O Business Process Management tem vindo a ganhar um posicionamento distintivo nas organizações.

Leia mais

FORMAÇÃO ACREDITADA PARA PROFESSORES 2015/2016

FORMAÇÃO ACREDITADA PARA PROFESSORES 2015/2016 FORMAÇÃO ACREDITADA PARA PROFESSORES 2015/2016 QUEM SOMOS A APF Associação para o Planeamento da Família, é uma Organização Não Governamental com estatuto de IPSS (Instituição Particular de Solidariedade

Leia mais

Melhorar comunicação? Diminuir o absentismo? Aumentar a produtividade? Fomentar bem-estar? Reduzir conflitos? Aumentar a margem? Motivação intrínseca?

Melhorar comunicação? Diminuir o absentismo? Aumentar a produtividade? Fomentar bem-estar? Reduzir conflitos? Aumentar a margem? Motivação intrínseca? Diminuir o absentismo? Melhorar comunicação? Aumentar a produtividade? Fomentar bem-estar? Reduzir conflitos? Aumentar a margem? Motivação intrínseca? Criar valor? Stress responsável por 60% do absentismo

Leia mais

V ENCONTRO BRASILEIRO DE PSICOLOGIA APLICADA À AVIAÇÃO 13 e 14 de SETEMBRO DE 2012.

V ENCONTRO BRASILEIRO DE PSICOLOGIA APLICADA À AVIAÇÃO 13 e 14 de SETEMBRO DE 2012. V ENCONTRO BRASILEIRO DE PSICOLOGIA APLICADA À AVIAÇÃO 13 e 14 de SETEMBRO DE 2012. A Avaliação Psicológica e os Acidentes Aeronáuticos: Existe uma relação? 1 TEN PSL PATRÍCIA FAGUNDES- HARF 2 TEN PSL

Leia mais

REGULAMENTO DO PERFIL DE COMPETÊNCIAS DO ENFERMEIRO GESTOR

REGULAMENTO DO PERFIL DE COMPETÊNCIAS DO ENFERMEIRO GESTOR REGULAMENTO DO PERFIL DE COMPETÊNCIAS DO ENFERMEIRO GESTOR Aprovado, por maioria com alterações, na Assembleia Geral Extraordinária de 12 de dezembro de 2014, após aprovação pelo Conselho Diretivo a 1

Leia mais

Políticas Organizacionais

Políticas Organizacionais Políticas Organizacionais Manual de Políticas da CERCI Elaborado por/data Departamento de Gestão da Qualidade/Março 2013 Aprovado por/data Direção/18.03.2013 Revisto por/data Índice 1. Política e Objetivos

Leia mais

COMUNICAÇÃO ASSERTIVA E TÉCNICAS DE APRESENTAÇÃO

COMUNICAÇÃO ASSERTIVA E TÉCNICAS DE APRESENTAÇÃO COMUNICAÇÃO ASSERTIVA E TÉCNICAS DE APRESENTAÇÃO Sobre o curso: A criatividade, produtividade e a estabilidade emocional são a base para o progresso de qualquer natureza, mas, infelizmente, a rotina, responsabilidades

Leia mais

1 Apresentação GESTÃO POR COMPETÊNCIAS. Tudo a ver com as minhas Competências. Opção. Powerpoint. Emanuel Sousa 20 de Outubro de 2015

1 Apresentação GESTÃO POR COMPETÊNCIAS. Tudo a ver com as minhas Competências. Opção. Powerpoint. Emanuel Sousa 20 de Outubro de 2015 1 Apresentação GESTÃO POR COMPETÊNCIAS Emanuel Sousa 20 de Outubro de 2015 Opção Tudo a ver com as minhas Competências. Apresentação Imp. 24/0 leaderconsulting.info 2 Apresentação O que é a Gestão por

Leia mais

Pontos críticos das auditorias de segurança do trabalho. Patrícia Serra

Pontos críticos das auditorias de segurança do trabalho. Patrícia Serra Pontos críticos das auditorias de segurança do trabalho Patrícia Serra 1 Objetivos das Auditorias ao SGSST Verificar se o SG cumpre eficazmente a política, os objetivos e metas definidos pela organização

Leia mais

2º ENCONTRO DE TÉCNICOS E AUXILIARES DE ENFERMAGEM DO COREN-BA. 26/09/2014 SUERDA F. DE SOUZA COAST/CESAT/DIVAST

2º ENCONTRO DE TÉCNICOS E AUXILIARES DE ENFERMAGEM DO COREN-BA. 26/09/2014 SUERDA F. DE SOUZA COAST/CESAT/DIVAST ASSÉDIO MORAL NO TRABALHO: DESAFIO PARA A SAÚDE DO TRABALHADOR 2º ENCONTRO DE TÉCNICOS E AUXILIARES DE ENFERMAGEM DO COREN-BA. 26/09/2014 SUERDA F. DE SOUZA COAST/CESAT/DIVAST ASSÉDIO (VIOLÊNCIA) MORAL

Leia mais

CURSOS AVANÇADOS 2 / 5

CURSOS AVANÇADOS 2 / 5 Cursos especializados em várias áreas de prevenção e combate à criminalidade, bem como em prevençã CURSOS BÁSICOS Técnicas Operacionais de Prevenção Estratégica - A prevenção é o fator-chave do sucesso

Leia mais

Qualidade de vida no Trabalho

Qualidade de vida no Trabalho Qualidade de Vida no Trabalho Introdução É quase consenso que as empresas estejam cada vez mais apostando em modelos de gestão voltados para as pessoas, tentando tornar-se as empresas mais humanizadas,

Leia mais

ENFERMAGEM HUMANITÁRIA. - Que competências? - - Que futuro? -

ENFERMAGEM HUMANITÁRIA. - Que competências? - - Que futuro? - ENFERMAGEM HUMANITÁRIA - Que competências? - - Que futuro? - Filomena Maia Presidente do Conselho de Enfermagem Regional Norte Vice-Presidente do Conselho de Enfermagem Universidade Fernando Pessoa Porto

Leia mais

Antecedentes individuais do comportamento organizacional

Antecedentes individuais do comportamento organizacional Antecedentes individuais do comportamento organizacional Capacidades - Intelectuais - Físicas Personalidade Valores Percepções Atribuições Atitudes Motivação Stress Comportamento Desempenho Satisfação

Leia mais

Construir uma sociedade para todas as idades

Construir uma sociedade para todas as idades Construir uma sociedade para todas as idades O VIH/SIDA e as Pessoas Idosas O VIH/SIDA é um problema mundial de proporções catastróficas. O desafio é enorme, mas não estamos impotentes perante ele. Foi

Leia mais

ARTIGO: Gestão de recursos humanos, desenvolvimento profissional e coaching Uma perspetiva integrada

ARTIGO: Gestão de recursos humanos, desenvolvimento profissional e coaching Uma perspetiva integrada ARTIGO: Gestão de recursos humanos, desenvolvimento profissional e coaching Uma perspetiva integrada Os desafios colocados aos gestores de recursos humanos 1. A gestão de recursos humanos e o coaching

Leia mais

RELATÓRIO FINAL DO PROJETO

RELATÓRIO FINAL DO PROJETO RELATÓRIO FINAL DO PROJETO ANEXO: Capacitação das Organizações Promotoras GRANDES PROJETOS O presente anexo faz parte do relatório final previsto no Artigo 30.º do Regulamento do Programa. Relativamente

Leia mais

Pacto Europeu. para a Saúde. Conferência de alto nível da ue. Bruxelas, 12-13 de junho de 2008

Pacto Europeu. para a Saúde. Conferência de alto nível da ue. Bruxelas, 12-13 de junho de 2008 Pacto Europeu para a Saúde Mental e o Bem-Estar Conferência de alto nível da ue JUNTOS PELA SAÚDE MENTAL E PELO BEM-ESTAR Bruxelas, 12-13 de junho de 2008 Slovensko predsedstvo EU 2008 Slovenian Presidency

Leia mais

ENCONTRO DE GESTORES DA SAÚDE: Absenteísmo - Implicações Econômicas e Produtivas para os Prestadores de Serviços de Saúde

ENCONTRO DE GESTORES DA SAÚDE: Absenteísmo - Implicações Econômicas e Produtivas para os Prestadores de Serviços de Saúde ENCONTRO DE GESTORES DA SAÚDE: Absenteísmo - Implicações Econômicas e Produtivas para os Prestadores de Serviços de Saúde ICT - Índice de Capacidade como ferramenta de gestão em saúde do trabalhador: Alternativas

Leia mais

A Saúde: Direitos e Deveres como Português e Europeu" Tourigo Outubro de 2013 Vitor Almeida

A Saúde: Direitos e Deveres como Português e Europeu Tourigo Outubro de 2013 Vitor Almeida A Saúde: Direitos e Deveres como Português e Europeu" Tourigo Outubro de 2013 Vitor Almeida Saúde segundo a OMS Saúde: é um estado de completo bem-estar físico, mental e social e não apenas a ausência

Leia mais

Do stress profissional ao burnout

Do stress profissional ao burnout Do stress profissional ao burnout Análise das causas e dos efeitos do stress profissional: do burnout ao coping e à resiliência Instituto Bissaya-Barreto. Seminário Prof. Doutor. Pierre Tap Tradução :

Leia mais

Curso Técnico de Apoio à Gestão Desportiva

Curso Técnico de Apoio à Gestão Desportiva Componente Técnica, Tecnológica e Prática Componente Científica Componente Sociocultural Morada: Rua D. Jaime Garcia Goulart, 1. 9950 361 Madalena do Pico. Telefones: 292 623661/3. Fax: 292 623666. Contribuinte:

Leia mais

MÓDULO AD-HOC PARA 2002 DO INQUÉRITO AO EMPREGO SOBRE O EMPREGO DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA QUESTIONÁRIO

MÓDULO AD-HOC PARA 2002 DO INQUÉRITO AO EMPREGO SOBRE O EMPREGO DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA QUESTIONÁRIO MÓDULO AD-HOC PARA 2002 DO INQUÉRITO AO EMPREGO SOBRE O EMPREGO DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA QUESTIONÁRIO INSTRUMENTO DE NOTAÇÃO DO SISTEMA ESTATÍSTICO NACIONAL (LEI N.º 6/89, DE 15 DE ABRIL), DE RESPOSTA

Leia mais

Stress. Saúde Mental. ão.

Stress. Saúde Mental. ão. Saúde Mental Stress Se dura o tempo necessário para proteger o organismo de uma situação de risco, é saudável. Quando passa dias e dias sem controle, vira doença. O Stress, além de ser ele próprio e a

Leia mais

Contabilidade e Controlo de Gestão. 2. O ciclo de gestão. Contabilidade e Controlo de Gestão. 3º ano - Gestão Turística e Hoteleira - Ramo- GT

Contabilidade e Controlo de Gestão. 2. O ciclo de gestão. Contabilidade e Controlo de Gestão. 3º ano - Gestão Turística e Hoteleira - Ramo- GT Contabilidade e Controlo de Gestão Ano letivo 2013/2014 Gustavo Dias 5.º Semestre Ciclo de Gestão Planear Definir o rumo da empresa, ou seja, o que se pretende atingir (objectivos) e para tal o que fazer

Leia mais

6 MILHÕES de casas em Portugal. O seu lar reflete-o. por APAV OS NÚMEROS NESTE CATÁLOGO PRECISAM DE DIMINUIR ATÉ 2016

6 MILHÕES de casas em Portugal. O seu lar reflete-o. por APAV OS NÚMEROS NESTE CATÁLOGO PRECISAM DE DIMINUIR ATÉ 2016 6 MILHÕES de casas em Portugal O seu lar reflete-o OS NÚMEROS NESTE CATÁLOGO PRECISAM DE DIMINUIR ATÉ 2016 por APAV 02 FAMÍLIA 03 > FAMÍLIA 1 /semana A violência doméstica foi responsável por uma morte/semana

Leia mais

Plano de Melhoria. Biénio 2013/2015

Plano de Melhoria. Biénio 2013/2015 Escola EB1 João de Deus CÓD. 242 937 Escola Secundária 2-3 de Clara de Resende CÓD. 346 779 AGRUPAMENTO DE CLARA DE RESENDE CÓD. 152 870 Plano de Melhoria Biénio 2013/2015 Agrupamento de Escolas de Clara

Leia mais

Vale a pena parar de fumar!

Vale a pena parar de fumar! tabagismo Algumas dicas para deixar de fumar Deixar de fumar é uma decisão para toda a vida! Concentre as suas energias e força de vontade na sua decisão. Viva um dia de cada vez; Evite locais em que mais

Leia mais

O desafio da gestão da segurança e saúde no trabalho na indústria

O desafio da gestão da segurança e saúde no trabalho na indústria 7 de Maio 2013 O desafio da gestão da segurança e saúde no trabalho na indústria Realidade da SST em Portugal Parte I A realidade das empresas em SST pode ser analisada com base nos dados conhecidos sobre:

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES STEDIM 2015

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES STEDIM 2015 PLANO ANUAL DE ATIVIDADES STEDIM 2015. Serviço Técnico de Educação para a Deficiência Intelectual e Motora Direção Regional de Educação e Recursos Humanos Região Autónoma da Madeira Caminho de Santo António,

Leia mais

Clarificação Técnica

Clarificação Técnica Clarificação Técnica Face à confusão entre Cuidados de Saúde Primários do Trabalho e cuidados diferenciados de Medicina do Trabalho A Portaria n.º 112/2014, de 23 de maio, regula a prestação de Cuidados

Leia mais

Fundação Vanzolini O GERENCIAMENTO DA QUALIDADE NA SAÚDE E A ACREDITAÇÃO. Departamento de Certificação

Fundação Vanzolini O GERENCIAMENTO DA QUALIDADE NA SAÚDE E A ACREDITAÇÃO. Departamento de Certificação Fundação Vanzolini O GERENCIAMENTO DA QUALIDADE NA SAÚDE E A ACREDITAÇÃO Departamento de Certificação A FUNDAÇÃO VANZOLINI Fundada em 1967 pelos professores do Departamento de Engenharia de Produção da

Leia mais

Direcção-Geral da Saúde Programa Nacional de Saúde Ocupacional

Direcção-Geral da Saúde Programa Nacional de Saúde Ocupacional Programa Nacional de Saúde Ocupacional Assunto: Intervenção dos Serviços de Saúde do Trabalho no âmbito da prevenção do consumo de substâncias psicoativas em meio laboral DATA: 13.05.2013 Para: Médicos

Leia mais

Absenteísmo no trabalho

Absenteísmo no trabalho 1 Absenteísmo no trabalho Nuno A. C. Murcho Saul Neves de Jesus O trabalho comporta um conjunto de valores que lhe são intrínsecos, sendo uma atividade indispensável para o desenvolvimento individual e

Leia mais

Conferência Prós e Contras sobre o Setor da Construção Civil e Obras Públicas na unidade curricular de Economia e Gestão

Conferência Prós e Contras sobre o Setor da Construção Civil e Obras Públicas na unidade curricular de Economia e Gestão Conferência Prós e Contras sobre o Setor da Construção Civil e Obras Públicas na unidade curricular de Economia e Gestão Emília Malcata Rebelo Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto Resumo Apresentação

Leia mais

Casa de Apoio Médico e Psicológico

Casa de Apoio Médico e Psicológico ÍNDICE INTRODUÇÃO 02 I CONCEITO 03 II FASES DE PROGRESSÃO DA DEPENDÊNCIA 04 QUÍMICA III TRATAMENTO 05 IV PROCESSO DE RECUPERAÇÃO 06 V RECAÍDA 08 VI CO-DEPENDÊNCIA 11 1 A Dependência Química (DQ) é uma

Leia mais

Álcool e Drogas em Meio Laboral Clausulado Negociação Coletiva

Álcool e Drogas em Meio Laboral Clausulado Negociação Coletiva Álcool e Drogas em Meio Laboral Clausulado Negociação Coletiva Departamento de Segurança e Saúde no Trabalho Índice I Nota Introdutória. 3 II Metodologia..5 III Enquadramento da Problemática do Álcool

Leia mais

Planificação Disciplina de Saúde 2.º ano Módulos 3, 4, 5,6 Curso Profissional de Técnico Auxiliar de Saúde

Planificação Disciplina de Saúde 2.º ano Módulos 3, 4, 5,6 Curso Profissional de Técnico Auxiliar de Saúde Objetivos gerais: Planificação Disciplina de Saúde 2.º ano Módulos 3, 4, 5,6 Curso Profissional de Técnico Auxiliar de Saúde 2015/2016 Explicar que as tarefas que se integram no âmbito de intervenção do/a

Leia mais

O papel da Auditoria quanto a Segurança da Informação da organização

O papel da Auditoria quanto a Segurança da Informação da organização 22 de julho de 2011 O papel da Auditoria quanto a Segurança da Informação da organização Francisco Fernandes Superintendente Geral de Auditoria de TI Banco Safra Sistema Financeiro Nacional Fonte: Banco

Leia mais

Transição para a parentalidade após um diagnóstico de anomalia congénita no bebé: Resultados do estudo

Transição para a parentalidade após um diagnóstico de anomalia congénita no bebé: Resultados do estudo 2013 Transição para a parentalidade após um diagnóstico de anomalia congénita no bebé: Resultados do estudo Ana Fonseca, Bárbara Nazaré e Maria Cristina Canavarro Pontos de interesse especiais: Porque

Leia mais

SIMPOSIO: O Desenvolvimento na Primeira Infância Fevereiro 2009 Goreti Mendes ESE - Universidade do Minho

SIMPOSIO: O Desenvolvimento na Primeira Infância Fevereiro 2009 Goreti Mendes ESE - Universidade do Minho Desenvolvimento na primeira infância Família e Enfermeiros: Parceiros Na Intervenção À Criança 1 Hospitalização da Ci Criança Evento crítico na vida da criança e dos seus pais. (Hockenberry et al., 2006)

Leia mais

O que é Coaching? É um processo que visa aumentar o

O que é Coaching? É um processo que visa aumentar o O que é Coaching? É um processo que visa aumentar o desempenho de um indivíduo, grupo ou empresa, possibilitando o alcance de resultados planejados, através de metodologias, ferramentas e técnicas, conduzidas

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM TERAPIA OCUPACIONAL 1 º PERÍODO

EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM TERAPIA OCUPACIONAL 1 º PERÍODO EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM TERAPIA OCUPACIONAL 1 º PERÍODO 1) História da Terapia Ocupacional (30 hs) EMENTA: Marcos históricos que antecederam o surgimento formal da profissão de

Leia mais

"A ansiedade competitiva"

A ansiedade competitiva "A ansiedade competitiva" Dr. Rolando Andrade, Psicólogo da Seleção Nacional/Liberty Seguros "A mais injusta das condições da guerra está no facto de que as proezas são atribuídas a todos e as derrotas

Leia mais

PARTE E. 17034 Diário da República, 2.ª série N.º 122 25 de junho de 2015 ORDEM DOS ADVOGADOS. Conselho de Deontologia do Porto ORDEM DOS ENFERMEIROS

PARTE E. 17034 Diário da República, 2.ª série N.º 122 25 de junho de 2015 ORDEM DOS ADVOGADOS. Conselho de Deontologia do Porto ORDEM DOS ENFERMEIROS 17034 Diário da República, 2.ª série N.º 122 25 de junho de 2015 PARTE E ORDEM DOS ADVOGADOS Conselho de Deontologia do Porto Edital n.º 567/2015 António Ferreira de Cima, Presidente do Conselho de Deontologia

Leia mais

Planificação Disciplina de HSCG 2.º ano Módulos 5, 6 Curso Profissional de Técnico Auxiliar de Saúde

Planificação Disciplina de HSCG 2.º ano Módulos 5, 6 Curso Profissional de Técnico Auxiliar de Saúde Objetivos gerais: Planificação Disciplina de HSCG 2.º ano Módulos 5, 6 Curso Profissional de Técnico Auxiliar de Saúde 2015/2016 Explicar que as tarefas que se integram no âmbito de intervenção do/a técnico/a

Leia mais

TRANSTORNO POR ESTRESSE PÓS TRAUMÁTICO

TRANSTORNO POR ESTRESSE PÓS TRAUMÁTICO TRANSTORNO POR ESTRESSE PÓS TRAUMÁTICO Presidente da Associação Psiquiátrica de Brasília -APBr - ABP. Diretor de Pós Graduação da área médica e afins da SOEBRAS. Professor convidado da Faculdade de Medicina

Leia mais

Elevada auto-estima materna no pós-parto: um fator de proteção ao aleitamento exclusivo?

Elevada auto-estima materna no pós-parto: um fator de proteção ao aleitamento exclusivo? Universidade do Estado do Rio de Janeiro Instituto de Medicina Social Departamento de Epidemiologia Elevada auto-estima materna no pós-parto: um fator de proteção ao aleitamento exclusivo? Oliveira ASD;

Leia mais

MAGAZINE LUIZA S.A. POLÍTICA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS CORPORATIVOS

MAGAZINE LUIZA S.A. POLÍTICA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS CORPORATIVOS MAGAZINE LUIZA S.A. POLÍTICA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS CORPORATIVOS 1. OBJETIVO Estabelecer as diretrizes, os princípios e a estrutura a serem considerados no processo de gerenciamento de riscos do Magazine

Leia mais

Plano Estratégico de Formação AFESP

Plano Estratégico de Formação AFESP 1 Plano Estratégico de Formação AFESP Sumário 1. Nota Introdutória 2. Estratégia Específica de Formação 3. Objetivos 4. Publico- Alvo 5. Key messages 6. Conteúdos, Duração, Metodologia e Formadores 2 1.

Leia mais

It Introdução. Isto explica porque a área de pessoal é constituída de técnicas altamente flexíveis e adaptáveis.

It Introdução. Isto explica porque a área de pessoal é constituída de técnicas altamente flexíveis e adaptáveis. Indicadores d e Parâmetros de Gestão de Pessoas Prof. Po.D.Dja Dr. Djair Picchiai Pcc 08/2008 It Introdução Aá área de recursos humanos objetiva conquistar e manter na organização, profissionais trabalhando

Leia mais

Atenção à Saúde e Saúde Mental em Situações de Desastres

Atenção à Saúde e Saúde Mental em Situações de Desastres Atenção à Saúde e Saúde Mental em Situações de Desastres Desastre: interrupção grave do funcionamento normal de uma comunidade que supera sua capacidade de resposta e recuperação. Principais causas de

Leia mais

Código: CHCB.PI.HF.02 Edição: 1 Revisão: 1 Páginas:1 de 17. 1. Objectivo

Código: CHCB.PI.HF.02 Edição: 1 Revisão: 1 Páginas:1 de 17. 1. Objectivo Código: CHCB.PI.HF.02 Edição: 1 Revisão: 1 Páginas:1 de 17 1. Objectivo Caracterizar o da Unidade de Consulta Externa do e definir os seus procedimentos. 2. Aplicação Centro Hospitalar da Cova da Beira.

Leia mais

INFORMAÇÃO. Serviço de Saúde e Segurança do Trabalho; Caderno de Encargos; Saúde Ocupacional; Medicina do Trabalho; Segurança do Trabalho

INFORMAÇÃO. Serviço de Saúde e Segurança do Trabalho; Caderno de Encargos; Saúde Ocupacional; Medicina do Trabalho; Segurança do Trabalho NÚMERO: 13/2015 DATA: 15/04/2016 ASSUNTO: Caderno de Encargos para aquisição de Serviços Externos de Saúde e Segurança do Trabalho por entidades/organismos da administração e emprego público Especificações

Leia mais

Escola Profissional Fialho de Almeida - Vidigueira

Escola Profissional Fialho de Almeida - Vidigueira Um (cada um de nós) por todos (os outros) E todos (os outros) por um (nós). O BULLYING É UM FENÓMENO QUE DEIXA MARCAS PARA SEMPRE O bullying caracteriza-se por comportamentos de abuso sistemático de poder,

Leia mais

AFETA A SAÚDE DAS PESSOAS

AFETA A SAÚDE DAS PESSOAS INTRODUÇÃO Como vai a qualidade de vida dos colaboradores da sua empresa? Existem investimentos para melhorar o clima organizacional e o bem-estar dos seus funcionários? Ações que promovem a qualidade

Leia mais

AÇÕES EFETIVAS DE GERENCIAMENTO DO STRESS OCUPACIONAL: Desafio de Conciliar Embasamento Científico e Planejamento Estratégico

AÇÕES EFETIVAS DE GERENCIAMENTO DO STRESS OCUPACIONAL: Desafio de Conciliar Embasamento Científico e Planejamento Estratégico AÇÕES EFETIVAS DE GERENCIAMENTO DO STRESS OCUPACIONAL: Desafio de Conciliar Embasamento Científico e Planejamento Estratégico Sâmia Simurro Novembro/2011 FATOS SOBRE O STRESS Inevitável Nível positivo?

Leia mais

A Saúde Mental dos Trabalhadores da Saúde

A Saúde Mental dos Trabalhadores da Saúde A Saúde Mental dos Trabalhadores da Saúde Tatiana Thiago Mendes Psicóloga Clínica e do Trabalho Pós-Graduação em Saúde e Trabalho pelo HC FM USP Perita Judicial em Saúde Mental Panorama da Saúde dos Trabalhadores

Leia mais

MODELO SESI DE SUSTENTABILIDADE NO TRABALHO

MODELO SESI DE SUSTENTABILIDADE NO TRABALHO MODELO SESI DE SUSTENTABILIDADE NO TRABALHO Flávia Dias Uberaba 14.04.2010 O QUE É O MODELO O Modelo SESI de Sustentabilidade no Trabalho é uma ferramenta de diagnóstico e autoavaliação que propõe às indústrias

Leia mais

Ministério da Saúde, Administração Regional da Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, IP

Ministério da Saúde, Administração Regional da Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, IP Orientação Técnica N.º 1 - DSP Gestão dos Riscos Profissionais em Estabelecimentos de Saúde Ministério da Saúde, Administração Regional da Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, IP Departamento de Saúde Pública

Leia mais

Modelo de Saúde Vivo/Telefonica. Michel Daud, M.D. Diretoria de Saúde e Qualidade de Vida

Modelo de Saúde Vivo/Telefonica. Michel Daud, M.D. Diretoria de Saúde e Qualidade de Vida Modelo de Saúde Vivo/Telefonica Michel Daud, M.D. Diretoria de Saúde e Qualidade de Vida Porque Investir em Saúde? Para o Colaborador Promove conscientização Aumenta auto estima Proporciona atendimento

Leia mais

CONDIÇÕES DE TRABALHO E ASSÉDIO MORAL

CONDIÇÕES DE TRABALHO E ASSÉDIO MORAL CONDIÇÕES DE TRABALHO E ASSÉDIO MORAL DATA: 03, 04 e 05 de Setembro de 2014 LOCAL: Centro de Formação 18 de Agosto: Rua Barão de Itapetininga, 163-2º andar Centro de São Paulo. O QUE É ORGANIZACIONAL NA

Leia mais

A Importância da Família na Educação

A Importância da Família na Educação A Importância da Família na Educação Não caminhes à minha frente Posso não saber seguir-te. Não caminhes atrás de mim Posso não saber guiar-te. Educadora Social Dra. Joana Valente Caminha antes a meu lado

Leia mais

Setembro, 2008. Fátima Barbosa

Setembro, 2008. Fátima Barbosa Uma nova realidade, um novo desafio Setembro, 2008. História de um Cuidador Tenho 65 anos, fui emigrante na França e na Alemanha e cá em Portugal trabalhei em várias zonas. Sempre gostei da vida! Reformei-me

Leia mais

Medicina Psicossomática

Medicina Psicossomática Medicina Psicossomática A Medicina Psicossomática trata dos problemas Físicos, Orgânicos, Emocionais, que tenham uma origem de fundo emocional. Comunicação Não Verbal Comunicação Não Verbal é a expressão

Leia mais