DISTRIBUIDORA DE PEÇAS VOLVO SCANIA IVECO. Rolamentos Causas e Soluções

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DISTRIBUIDORA DE PEÇAS VOLVO SCANIA IVECO. Rolamentos Causas e Soluções"

Transcrição

1 Rolamentos e

2 Oxidação e corrosão A superfície se torna parcial ou totalmente oxidada e ocasionalmente o óxido também se apresenta ao longo das linhas dos passos dos corpos rolantes. Condições inadequadas de armazenamento; Embalagem inadequada; Óleo de proteção insuficiente; Penetração de água, ácido, etc; Manuseio inadequado. Tome providências para evitar a oxidação durante a armazenagem; Melhore a performance da vedação; Inspecione periodicamente o lubrificante; Tome cuidado quando manejar o rolamento. 1

3 Descascamento A superfície da pista começa a descascar. Logo depois serão notadas ondulações como montanhas e vales. Excesso de carga,manejo inadequado ou fadiga normal da vida; Montagem inadequada; Precisão incorreta no eixo ou no alojamento; Folga insuficiente; Contaminação; Oxidação; Lubrificação inadequada; Quebra da dureza em razão de temperaturas altas anormais. Reveja as condições da aplicação; Selecione um tipo diferente de rolamento; Reavalie a folga; Aumente a precisão do eixo do alojamento; Reavalie a distribuição (estilo) da área do redor do rolamento; Reveja os procedimentos de montagem; Reavalie o tipo de lubrificante e os métodos de lubrificação. 2

4 Descascamento Minúsculos descascamentos (tamanho aproximado de 10 µm). Visíveis inúmeras minúsculas trincas em formas de fio de cabelo, embora ainda não ocorrendo o descascamento. (este tipo de dano é verificado frequentemente em rolamentos de rolos). Infiltração de substância estranha; Lubrificação insuficiente. Reavaliação do tipo e método de lubrificação; Melhore a performance da vedação (para prevenir a infiltração de substancias estranhas); Tome cuidados para operar suavemente. 3

5 Trinca e lascamento Ocorre descascamento localizado. Aparecem pequenas trincas ou lascamento. Excessivas cargas de choque; Excessiva interferência; Formação de descascamento por atrito; Encostos e chanfros inadequados; Manejo inadequado; Formação de grandes descascamentos. Reveja as condições de aplicação; Selecione a interferência adequada e reveja os materiais; Melhore os procedimentos de montagem e tenha mais cuidado no manejo do rolamento; Tome medidas para impedir o descascamento por atrito (reveja o tipo de lubrificante). 4

6 Gaiola danificada Os rebites quebram ou se soltam resultando na quebra da gaiola. Carga de momento; Altas rotações ou excesso de variação da rotação; Lubrificação inadequada; Impacto com objetos estranhos; Vibração excessiva; Montagem inadequada (desalinhada); Aumento anormal da temperatura (gaiola de plástico). Reveja as condições de aplicação; Reavalie as condições de lubrificação; Reveja a seleção do tipo de gaiola; Tenha mais cuidado no manejo do rolamento; Avalie a rigidez do eixo e do alojamento. 5

7 Padrão de desgaste Abrasão ou padrão de desgaste irregular deixado pelos corpos rolantes ao longo das superfícies das pistas. Eixo ou alojamento com precisão insuficiente; Instalação imprópria; Insuficiência de rigidez do eixo ou alojamento; Giro do eixo causado pelo excesso de folga interna do rolamento. Inspecionar a folga interna do rolamento; Rever a precisão final do eixo e do alojamento; Rever a rigidez do eixo e do alojamento. 6

8 Corrosão eletrolítica Formação de afundamentos (marcas) sobre as pistas. Os afundamentos se transformam gradualmente em ondulações. Causa Corrente elétrica através dos corpos rolantes. Criar um circuito com desvio de corrente elétrica; Isole o rolamento de modo que a corrente elétrica não possa passar por ele. 7

9 Corrosão por atrito Existem dois tipos de desgaste por raspagem corrosiva. No primeiro, torna-se um pó de óxido sobre as superfícies de contato. No segundo, formam-se afundamentos nas pistas ao longo do passo dos corpos rolantes. Ângulo de oscilação pequeno do rolamento; Lubrificação insuficiente; Cargas variáveis; Vibração durante o transporte; Interferência insuficiente. Reveja a interferência e aplique uma camada de lubrificante; Empacote o anel interno separadamente do anel externo para transporte; Quando os anéis não podem ser separados aplique uma pré-carga; Selecione um tipo diferente de lubrificante; Selecione um tipo diferente de rolamento. 8

10 Desgaste As superfícies se desgastam produzindo uma deformação dimensional. O desgaste vem frequentemente acompanhado de rugosidade e riscos. Presença de partículas estranhas no lubrificante; Lubrificação inadequada; Rolos afinados nas pontas. Reveja o tipo e método de lubrificação; Melhore a performance de vedação; Tome as medidas necessárias para evitar o desalinhamento. 9

11 Travamento O rolamento se aquece e se descolora. Eventualmente o rolamento trava. Folga insuficiente ( incluindo folga que diminui em razão de deformações locais); Lubrificação insuficiente ou imprópria; Cargas excessivas ( excesso de pré-carga); Corpos rolantes afinados nas extremidades. Revisar se a folga é a apropriada (aumentar a folga); Reveja o tipo e quantidade de lubrificação e as condições de aplicação; Veja os procedimentos para evitar desalinhamento; Reveja os procedimentos de montagem. 10

12 Amassados e arranhões Riscos durante a montagem, arranhões em razão de objetos estranhos e duros. Amassados superficiais devido a impactos. Presença de objetos estranhos; Penetração por impacto no lado descascado; Quedas e outros choques devido ao manejo inadequado. Melhorar o manuseio e os métodos de montagem; Prevenção contra a entrada de objetos estranhos; Caso os estragos sejam em decorrência de pequenos pedaços metálicos, inspecione todas as contra-peças; Verifique as áreas ao redor do rolamento. 11

13 (Deslizamento) Deformação O deslizamento é acompanhado de superfícies brilhantes ou descoloridas no anel interno ou externo. Também pode ocorrer o desgaste abrasivo. Interferência insuficiente na seção sem brilho (fosca); A bucha de montagem não foi fixada apropriadamente; Aumento anormal de temperatura; Cargas excessivas. Reavalie a interferência; Reavalie as condições de uso; Reveja a precisão do eixo e do alojamento. 12

14 Manchas e descoloração Superfície sem brilho; está fosca, rugosa e/ou eventualmente deformada. A superfície está coberta de minúsculas depressões. Infiltração de substância estranha; Lubrificação insuficiente. Reavaliação do tipo e método de lubrificação; Reavaliação dos mecanismos de vedação; Examine a pureza do óleo lubrificante ( o filtro pode estar muito sujo e etc.) 13

15 Manchas e asperezas superficiais A superfície se torna áspera e se formam pequenos depósitos. O desgaste abrasivo geralmente se refere às asperezas da borda da pista e das faces do rolo. Lubrificação inadequada; Presença de partículas estranhas; Afinamento da ponta dos corpos rolantes em razão de um desalinhamento; Ruptura da película lubrificante na borda devido ao excesso de cargas axiais; Rugosidade superficial; Deslizamento excessivo dos corpos rolantes. Reavalie o tipo e o método de lubrificação; Reavalie as condições de funcionamento; Ajuste adequado da pré-carga; Melhore o desempenho da vedação; Maneje o rolamento adequadamente. 14

16 Televendas (31) R. Major Delfino de Paula, B. São Francisco - BH/MG Contato: -

MANUTENÇÃO EM MANCAIS E ROLAMENTOS Atrito É o contato existente entre duas superfícies sólidas que executam movimentos relativos. O atrito provoca calor e desgaste entre as partes móveis. O atrito depende

Leia mais

Variadores e redutores de velocidade e manutenção de engrenagens

Variadores e redutores de velocidade e manutenção de engrenagens Variadores e redutores de velocidade e manutenção de engrenagens A UU L AL A Um conjunto de engrenagens cônicas pertencente a uma máquina começou a apresentar ruídos estranhos. O operador da máquina ficou

Leia mais

INSTALAÇÃO, LUBRIFICAÇÃO E MANUTENÇÃO DAS CORRENTES TRANSPORTADORAS PROCEDIMENTO DE INSTALAÇÃO DA CORRENTE

INSTALAÇÃO, LUBRIFICAÇÃO E MANUTENÇÃO DAS CORRENTES TRANSPORTADORAS PROCEDIMENTO DE INSTALAÇÃO DA CORRENTE UNP-130408 1 de 6 INSTALAÇÃO, LUBRIFICAÇÃO E MANUTENÇÃO DAS CORRENTES TRANSPORTADORAS A vida útil das correntes transportadoras e elevadoras está diretamente ligada aos cuidados com a instalação, lubrificação

Leia mais

Selecione o tipo de rolamento e configuração. Limitações dimensionais

Selecione o tipo de rolamento e configuração. Limitações dimensionais Seleção do 2. Seleção do Os s e de estão disponíveis numa variedade de tipos, formas e dimensões. Quando se faz a correta seleção do para a sua aplicação, é importante considerar diversos fatores, e analisar

Leia mais

Elementos de Máquinas

Elementos de Máquinas Professor: Leonardo Leódido Sumário Buchas Guias Mancais de Deslizamento e Rolamento Buchas Redução de Atrito Anel metálico entre eixos e rodas Eixo desliza dentro da bucha, deve-se utilizar lubrificação.

Leia mais

Elementos de máquina. Curso de Tecnologia em Mecatrônica 6º fase. Diego Rafael Alba

Elementos de máquina. Curso de Tecnologia em Mecatrônica 6º fase. Diego Rafael Alba E Curso de Tecnologia em Mecatrônica 6º fase Diego Rafael Alba 1 Mancais De modo geral, os elementos de apoio consistem em acessórios para o bom funcionamento de máquinas. Desde quando o homem passou a

Leia mais

Aula 12: Rolamentos Mancais Rolamentos

Aula 12: Rolamentos Mancais Rolamentos Aula 12: Rolamentos Mancais Rolamentos Mancal é um suporte de apoio de eixos e rolamentos que são elementos girantes de máquinas. Os mancais classificam-se em duas categorias: mancais de deslizamento mancais

Leia mais

NSK Bearing Doctor. Diagnóstico Rápido de Ocorrências em Rolamentos. Obtenha a máxima performance. Diagnóstico Rápido de Falhas de Rolamentos

NSK Bearing Doctor. Diagnóstico Rápido de Ocorrências em Rolamentos. Obtenha a máxima performance. Diagnóstico Rápido de Falhas de Rolamentos NSK Bearing Doctor Diagnóstico Rápido de s em Rolamentos Diagnóstico Rápido de Falhas de Rolamentos Obtenha a máxima performance. Este catálogo contém informações sobre o correto manuseio de rolamentos,

Leia mais

Mancais. TECNÓLOGO EM MECATRÔNICA Elementos de Máquinas. Professor: André Kühl andre.kuhl@ifsc.edu.br

Mancais. TECNÓLOGO EM MECATRÔNICA Elementos de Máquinas. Professor: André Kühl andre.kuhl@ifsc.edu.br Mancais TECNÓLOGO EM MECATRÔNICA Elementos de Máquinas Professor: André Kühl andre.kuhl@ifsc.edu.br Introdução à Mancais O mancal pode ser definido como suporte ou guia em que se apóia o eixo; No ponto

Leia mais

PRINCIPAIS DEFICIÊNCIAS EM CIRCUITOS HIDRÁULICOS QUE OCASIONAM FALHAS EM BOMBAS HIDRÁULICAS

PRINCIPAIS DEFICIÊNCIAS EM CIRCUITOS HIDRÁULICOS QUE OCASIONAM FALHAS EM BOMBAS HIDRÁULICAS INFORMATIVO TÉCNICO N 019/09 INFORMATIVO TÉCNICO PRINCIPAIS DEFICIÊNCIAS EM CIRCUITOS HIDRÁULICOS QUE OCASIONAM FALHAS EM BOMBAS HIDRÁULICAS 1/21 INFORMATIVO TÉCNICO N 019/09 O PRINCIPAL COMPONENTE DE

Leia mais

MANCAIS DE ROLAMENTOS. 1. Introdução 2- Classificação. 3. Designação de rolamentos. 4. Defeitos comuns dos rolamentos. 5. Critérios de seleção.

MANCAIS DE ROLAMENTOS. 1. Introdução 2- Classificação. 3. Designação de rolamentos. 4. Defeitos comuns dos rolamentos. 5. Critérios de seleção. MANCAIS DE ROLAMENTOS. 1. Introdução 2- Classificação. 3. Designação de rolamentos. 4. Defeitos comuns dos rolamentos. 5. Critérios de seleção. Os mancais em geral têm como finalidade servir de apóio às

Leia mais

USO, MANUTENÇÃO E REGULAGEM DE CASSETES PARA ÁREA DE TREFILAÇÃO

USO, MANUTENÇÃO E REGULAGEM DE CASSETES PARA ÁREA DE TREFILAÇÃO USO, MANUTENÇÃO E REGULAGEM DE CASSETES PARA ÁREA DE TREFILAÇÃO Cassetes Os cassetes laminadores são micro cadeiras de laminação, que substituem as fieiras nas máquinas de trefilação. Seu surgimento no

Leia mais

AULA 34 PROCESSO DE RETIFICAÇÃO: SELEÇÃO E CUIDADOS

AULA 34 PROCESSO DE RETIFICAÇÃO: SELEÇÃO E CUIDADOS AULA 34 PROCESSO DE RETIFICAÇÃO: SELEÇÃO E CUIDADOS 265 34. PROCESSO DE RETIFICAÇÃO: SELEÇÃO E CUIDADOS 34.1. Introdução Para obter uma boa operação de usinagem em retificação, alguns cuidados devem ser

Leia mais

Mancais de rolamento I

Mancais de rolamento I A UU L AL A Mancais de rolamento I Um mecânico de manutenção, ao iniciar a desmontagem de um conjunto mecânico, constatou a existência de uma série de rolamentos. Examinando os rolamentos, verificou que

Leia mais

Caderno Técnico (Como Resolver 01) Diagnóstico e solução sobre embreagens

Caderno Técnico (Como Resolver 01) Diagnóstico e solução sobre embreagens Caderno Técnico (Como Resolver 01) Diagnóstico e solução sobre embreagens 1 dificuldade de engate, pouco tempo após a troca da embreagem Veículos de maior incidência: KOMBI e FUSCA análise técnica: Trata-se

Leia mais

DIAGNÓSTICOS E CORREÇÕES DE SISTEMA DE FREIOS HIDRÁULICOS. 9ª Edição

DIAGNÓSTICOS E CORREÇÕES DE SISTEMA DE FREIOS HIDRÁULICOS. 9ª Edição DIAGNÓSTICOS E CORREÇÕES DE SISTEMA DE FREIOS HIDRÁULICOS 9ª Edição POLÍTICA DE QUALIDADE Nosso compromisso é melhorar continuamente a qualidade de nossos produtos e serviços, atendendo ou superando os

Leia mais

Preparativos Antes da Montagem

Preparativos Antes da Montagem Preparativos Antes da Montagem Manter o local da montagem seco e livre de poeira. Observar a limpeza do eixo, alojamento e das ferramentas. Organizar a área de trabalho. Selecionar as ferramentas adequadas

Leia mais

7. CABEÇOTE/VÁLVULAS INFORMAÇÕES DE SERVIÇO 7-1 NX-4 FALCON

7. CABEÇOTE/VÁLVULAS INFORMAÇÕES DE SERVIÇO 7-1 NX-4 FALCON NX-4 FALCON 7. CABEÇOTE/VÁLVULAS INFORMAÇÕES DE SERVIÇO 7-1 DIAGNOSE DE DEFEITOS 7-3 COMPRESSÃO DO CILINDRO 7-4 REMOÇÃO DA TAMPA DO CABEÇOTE 7-5 DESMONTAGEM DA TAMPA DO 7-6 CABEÇOTE REMOÇÃO DA ÁRVORE DE

Leia mais

Aspectos de Segurança - Discos de Corte e Desbaste

Aspectos de Segurança - Discos de Corte e Desbaste Aspectos de Segurança - Discos de Corte e Desbaste Os discos de corte e desbaste são produzidos e controlados com rigor, sendo submetidos a testes internos que objetivam a reprodução da qualidade lote

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES. Modelo TS-558 PRANCHA ALISADORA

MANUAL DE INSTRUÇÕES. Modelo TS-558 PRANCHA ALISADORA Modelo TS-558 PRANCHA ALISADORA Para prevenir ferimentos ou danos, antes de usar o aparelho leia e siga atentamente a todas as instruções contidas neste manual. MANUAL DE INSTRUÇÕES PRECAUÇÕES As instruções

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Banco de Musculação Gonew Scoot 4.0

MANUAL DO USUÁRIO. Banco de Musculação Gonew Scoot 4.0 MANUAL DO USUÁRIO Banco de Musculação Gonew Scoot 4.0 IRSB5.indd 5/7/5 4:33 PM IRSB5.indd 5/7/5 4:33 PM Sumário Informações importantes de segurança Diagrama de vista explodida Lista de peças Instruções

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO POSITIVO ESTUDO DE METODOLOGIAS DE MONTAGEM DE ROLAMENTOS EM EIXOS

CENTRO UNIVERSITÁRIO POSITIVO ESTUDO DE METODOLOGIAS DE MONTAGEM DE ROLAMENTOS EM EIXOS CENTRO UNIVERSITÁRIO POSITIVO ESTUDO DE METODOLOGIAS DE MONTAGEM DE ROLAMENTOS EM EIXOS CURITIBA 2007 ALBERTO CASTANHEIRA SANTOS JEFFERSON MARQUES LEANDRO EVER DA COSTA TERRA ESTUDO DE METODOLOGIAS DE

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES. Modelo TS-242 ESCOVA GIRATÓRIA

MANUAL DE INSTRUÇÕES. Modelo TS-242 ESCOVA GIRATÓRIA Modelo TS-242 ESCOVA GIRATÓRIA Para prevenir ferimentos ou danos, antes de usar o aparelho leia e siga atentamente a todas as instruções contidas neste manual. MANUAL DE INSTRUÇÕES PRECAUÇÕES As instruções

Leia mais

EXAUSTOR MUNTERS MANUAL DE INSTALAÇÃO EXAUSTOR MUNTERS REV.00-11/2012-MI0047P

EXAUSTOR MUNTERS MANUAL DE INSTALAÇÃO EXAUSTOR MUNTERS REV.00-11/2012-MI0047P MANUAL DE INSTALAÇÃO EXAUSTOR MUNTERS REV.00-11/2012-MI0047P 0 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 2 IMPORTANTE... 3 SEGURANÇA... 3 CUIDADOS AO RECEBER O EQUIPAMENTO... 4 1) Instalação dos exaustores... 5 2) Instalação

Leia mais

Instruções para Carrinho de Bebê Multifuncional SONHO

Instruções para Carrinho de Bebê Multifuncional SONHO Instruções para Carrinho de Bebê Multifuncional SONHO Carrinho SONHO Manual Carrinho Sonho- Dardara - 2 as ilustrações são apenas representações. o design e o estilo podem variar. Antes de usar o carrinho,

Leia mais

X20 30 36 AC GEARLESS

X20 30 36 AC GEARLESS 3141 pt - 02.1999 / a Este manual deve ser entregue ao usuário final X20 30 36 AC GEARLESS Manual de instalação e manutenção Com o objetivo de obter o máximo de desempenho de sua nova máquina GEARLESS,

Leia mais

Eixos e correntes. Como o mecânico de manutenção deverá proceder para reparar os defeitos citados acima?

Eixos e correntes. Como o mecânico de manutenção deverá proceder para reparar os defeitos citados acima? Eixos e correntes A UU L AL A Uma máquina em processo de manutenção preventiva apresentava vários eixos e algumas correntes, além de mancais que necessitavam de reparos. Entre os eixos, um cônico e um

Leia mais

Curso de Engenharia de Produção. Sistemas Mecânicos e Eletromecânicos

Curso de Engenharia de Produção. Sistemas Mecânicos e Eletromecânicos Curso de Engenharia de Produção Sistemas Mecânicos e Eletromecânicos Mancais: São elementos de máquinas que suportam eixo girante, deslizante ou oscilante. São classificados em mancais de: Deslizamento

Leia mais

Manual do Proprietário SELAMAX MP300

Manual do Proprietário SELAMAX MP300 Manual do Proprietário SELAMAX Seladora 1 2 3 4 5 Fig. A Fig. B 9 6 7 8 10 11 12 Fig. C Fig. D Fig. E Fig. F 2 PARABÉNS! Você acaba de adquirir um equipamento dentro da mais alta tecnologia disponível

Leia mais

Transporte e Armazenamento Bem Sucedido de Chapa de Aço Galvanizada

Transporte e Armazenamento Bem Sucedido de Chapa de Aço Galvanizada GalvInfo Center - Um programa do International Zinc Association 6. Uso de Chapa de Aço com Revestimento Metálico GalvInfoNote Transporte e Armazenamento Bem Sucedido de Chapa de Aço Galvanizada 6.1 Introdução

Leia mais

ALISADOR DE CONCRETO MANUAL DO USUÁRIO NAC2. Por favor, leia este Manual com atenção pára uso do equipamento.

ALISADOR DE CONCRETO MANUAL DO USUÁRIO NAC2. Por favor, leia este Manual com atenção pára uso do equipamento. ALISADOR DE CONCRETO MANUAL DO USUÁRIO NAC2 Por favor, leia este Manual com atenção pára uso do equipamento. Aviso Importante Certifique-se de verificar o nível de óleo como é descrito a seguir: 1. Nível

Leia mais

PORTUGUÊS CÂMARA DE CALÇADA MANUAL DE INSTRUÇÕES

PORTUGUÊS CÂMARA DE CALÇADA MANUAL DE INSTRUÇÕES PORTUGUÊS CÂMARA DE CALÇADA MANUAL DE INSTRUÇÕES Câmara de Calçada ÍNDICE PREFÁCIO... 5 ABREVIATURAS UTILIZADAS... 5 SÍMBOLOS UTILIZADOS... 6 INTRODUÇÃO... 7 TRANSPORTE, ARMAZENAMENTO E RECEBIMENTO...

Leia mais

Modelo TS-243 ESCOVA GIRATÓRIA ARGAN OIL + ION MANUAL DE INSTRUÇÕES

Modelo TS-243 ESCOVA GIRATÓRIA ARGAN OIL + ION MANUAL DE INSTRUÇÕES Modelo TS-243 ESCOVA GIRATÓRIA ARGAN OIL + ION MANUAL DE INSTRUÇÕES PRECAUÇÕES IMPORTANTES As instruções de segurança devem sempre ser seguidas para reduzir riscos. É importante ler com cuidado todas as

Leia mais

MANUAL DE GARANTIA ANÁLISE DE FALHAS EM TURBOS

MANUAL DE GARANTIA ANÁLISE DE FALHAS EM TURBOS ANÁLISE DE FALHAS EM TURBOS ÍNDICE Apresentação Institucional Introdução Causas Mais Comuns de Falhas em Turbos Procedimento de Análise Carcaça e Rotor Compressor Danificação por Contato Erosão por Material

Leia mais

TERMO DE ATENDIMENTO SAC MONDIALLE

TERMO DE ATENDIMENTO SAC MONDIALLE TERMO DE ATENDIMENTO SAC MONDIALLE PARTES: De um lado a MONDIALLE e de outro, neste ato nomeado como SOLICITANTE o consumidor autor da solicitação de assistência técnica. 1 - OBJETO DA SOLICITAÇÃO 1.1

Leia mais

Ferramentas de manutenção

Ferramentas de manutenção Ferramentas de manutenção Menos atrito. Mais soluções. Com mais de 100 anos de experiência em tecnologia de rolamentos, a Timken compreende a importância dos procedimentos de manutenção adequados para

Leia mais

Manual de Instruções Aparelho Abdominal

Manual de Instruções Aparelho Abdominal Manual de Instruções Aparelho Abdominal Parabéns, você acabou de adquirir o Aparelho Abdominal! Um produto ideal para você cuidar da sua saúde e do seu corpo no conforto da sua casa. Temos certeza que

Leia mais

DESENHO TÉCNICO MECÂNICO I (SEM0564) AULA 10 - ELEMENTOS DE MÁQUINA

DESENHO TÉCNICO MECÂNICO I (SEM0564) AULA 10 - ELEMENTOS DE MÁQUINA DESENHO TÉCNICO MECÂNICO I (SEM0564) AULA 10 - ELEMENTOS DE MÁQUINA (APOIO, ELÁSTICO E VEDAÇÃO) Notas de Aulas v.2015 ELEMENTOS DE APOIO BUCHAS Radial Axial Cônica ELEMENTOS DE APOIO BUCHAS ELEMENTOS DE

Leia mais

1 - AUTOMATIZADOR: Utilizado exclusivamente em portas de enrolar de aço. Existem diversas capacidades e tamanhos. Verifique sempre o peso e o tamanho

1 - AUTOMATIZADOR: Utilizado exclusivamente em portas de enrolar de aço. Existem diversas capacidades e tamanhos. Verifique sempre o peso e o tamanho 1 ME-01 REV00 13 3 1 2 14 9 10 12 4 5 6 7 11 8 1 - AUTOMATIZADOR: Utilizado exclusivamente em portas de enrolar de aço. Existem diversas capacidades e tamanhos. Verifique sempre o peso e o tamanho da porta

Leia mais

Para garantir uma operação segura, leia cuidadosamente este manual antes de usar a talha.

Para garantir uma operação segura, leia cuidadosamente este manual antes de usar a talha. ÍNDICE I. Componentes básicos... 3 II. Instalação... 3 III. Requisitos elétricos... 7 IV. Segurança... 7 V. Manutenção... 12 VI. Inspeções diárias... 12 VII. Inspeções mensais... 13 VIII. Inspeções anuais...

Leia mais

Procedimentos de montagem e instalação

Procedimentos de montagem e instalação Procedimentos de montagem e instalação de elementos filtrantes Pall grau P (farmacêutico) 1. Introdução Os procedimentos abaixo devem ser seguidos para a instalação dos elementos filtrantes Pall grau P

Leia mais

Rolamento Autocompensador de Rolos Esféricos SÉRIE EA

Rolamento Autocompensador de Rolos Esféricos SÉRIE EA Rolamento Autocompensador de Rolos Esféricos SÉRIE EA Rolamento autocompensador de rolos esféricos de alta performance com maior capacidade de carga Rolamento Autocompensador de Rolos Esféricos SÉRIE EA

Leia mais

IMETEX - SISTEMAS DE FIXAÇÃO - Anel de Fixação Série RFN 8006

IMETEX - SISTEMAS DE FIXAÇÃO - Anel de Fixação Série RFN 8006 Para conexões eixo-cubo extremamente tensionadas a união por encolhimento é insuperável. Nenhum outro tipo de fixação pode oferecer qualidades semelhantes, no que diz respeito à resistência à fadiga sob

Leia mais

REVESTIMENTOS DUROS RESISTENTES AO DESGASTES DEPOSITADOS POR SOLDAGEM

REVESTIMENTOS DUROS RESISTENTES AO DESGASTES DEPOSITADOS POR SOLDAGEM REVESTIMENTOS DUROS RESISTENTES AO DESGASTES DEPOSITADOS POR SOLDAGEM Para maior facilidade de análise e prevenção, procura-se geralmente identificar o(s) mecanismo(s) predominante(s) de remoção de material.

Leia mais

Introdução: Tabela: Medidas de segurança

Introdução: Tabela: Medidas de segurança Introdução: As Biseladoras Internas Merax podem ser utilizadas para biselar e /ou facear paredes de tubos de diâmetro interno de 16 mm à 610 mm em diferentes espessuras (conforme tabela abaixo). Tabela:

Leia mais

CSR/Instruções de inspeção para técnicos

CSR/Instruções de inspeção para técnicos INSTRUÇÕES DE INSPEÇÃO Escavadeiras CSR/Instruções de inspeção para técnicos Esta instrução é um recurso técnico informal. Para obter especificações e procedimentos corretos, refira-se sempre às instruções

Leia mais

ROMPEDOR DE CORRENTE HEAVY DUTY DE BANCADA

ROMPEDOR DE CORRENTE HEAVY DUTY DE BANCADA ROMPEDOR DE CORRENTE HEAVY DUTY DE BANCADA INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA Ao manusear correntes de motosserra, sempre há o risco de acontecer pequenos cortes nos dedos e na própria mão. Ao romper uma corrente,

Leia mais

TR Tanque Flash. 1. Termo de garantia. 2. Informações gerais de segurança. 3. Informações de segurança específicas do produto

TR Tanque Flash. 1. Termo de garantia. 2. Informações gerais de segurança. 3. Informações de segurança específicas do produto 1.753.000.080 IM-D176-01 BR Rev.00 TR Tanque Flash Manual de Instalação e Manutenção 1. Termo de garantia 2. Informações gerais de segurança 3. Informações de segurança específicas do produto 4. Informações

Leia mais

Rolamentos e Serviços para o Mercado de Açúcar e Etanol

Rolamentos e Serviços para o Mercado de Açúcar e Etanol Rolamentos e Serviços para o Mercado de Açúcar e Etanol Rolamentos para Todas as Necessidades da Sua Usina A Solução Perfeita para Qualquer Aplicação Com suas duas fortes marcas, INA e FAG, a qualidade

Leia mais

COLETÂNEA DE INFORMAÇÕES TÉCNICAS AÇO INOXIDÁVEL. Resistência à corrosão dos aços inoxidáveis

COLETÂNEA DE INFORMAÇÕES TÉCNICAS AÇO INOXIDÁVEL. Resistência à corrosão dos aços inoxidáveis COLETÂNEA DE INFORMAÇÕES TÉCNICAS AÇO INOXIDÁVEL Resistência à corrosão dos aços inoxidáveis Formas localizadas de corrosão Os aços carbono sofrem de corrosão generalizada, onde grandes áreas da superfície

Leia mais

Rolamentos para Siderurgia Guia de Produtos

Rolamentos para Siderurgia Guia de Produtos Rolamentos para Siderurgia Guia de Produtos CAT. No. 9211 P NTN NTN Produtos que trazem benefícios em várias aplicações Equipamentos de siderurgia pertencem a grandes linhas que operam 24 horas por dia,

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO SOPRADORES TIPO ROOTS DOSITEC SÉRIE Cutes - CR

MANUAL DE INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO SOPRADORES TIPO ROOTS DOSITEC SÉRIE Cutes - CR MANUAL DE INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO SOPRADORES TIPO ROOTS DOSITEC SÉRIE Cutes - CR Parabéns por adquirir sopradores roots Dositec, série Cutes - CR, os quais são o resultado de avançado projeto

Leia mais

Introdução. elementos de apoio

Introdução. elementos de apoio Introdução aos elementos de apoio A UU L AL A Esta aula - Introdução aos elementos de apoio - inicia a segunda parte deste primeiro livro que compõe o módulo Elementos de máquinas. De modo geral, os elementos

Leia mais

AJUSTADORES AUTOMÁTICOS DE FREIO JUNHO 2012

AJUSTADORES AUTOMÁTICOS DE FREIO JUNHO 2012 AJUSTADORES AUTOMÁTICOS DE FREIO JUNHO 2012 Conheça o funcionamento, diagnóstico e reparo do ajustador de freio automático, um componente primordial para segurança, aplicado em veículos pesados. Que a

Leia mais

Boletim da Engenharia

Boletim da Engenharia Boletim da Engenharia 10 Verificação e Ajuste da Folga Axial dos Compressores Parafuso 11/02 Tipos de compressores: OS.53 / OS.70 / OS.74 HS.53 / HS.64 / HS.74 HSKC 64 / HSKC 74 Sumário Página 1 Introdução

Leia mais

Manual de Instruções e Operação Moinhos USI-180

Manual de Instruções e Operação Moinhos USI-180 USIFER A Solução em Moagem Indústria Metalúrgica Ltda. Rua Vêneto, n 969 Bairro Nova Vicenza CEP 95180-000 Farroupilha RS Fones: (54) 3222 5194 Vendas (54) 3261 7356 Fábrica e-mail: usifermoinhos@usifermoinhos.com.br

Leia mais

BOMBA DE VACUO MANUAL KA-056

BOMBA DE VACUO MANUAL KA-056 Certificado de Garantia. Modelo Controle Kitest Equipamentos Automotivos KA-056 Nº Manual do Usuário A Kitest Equipamentos Automotivos garante o equipamento adquirido contra possíveis defeitos de fabricação

Leia mais

www.dumaxcomercial.com (53) 3228-9891 3028-9892

www.dumaxcomercial.com (53) 3228-9891 3028-9892 www.dumaxcomercial.com (53) 3228-9891 3028-9892 Index - Anéis O rings - Gaxetas - Raspadores - Reparos - Retentores - Placas - Rolamentos para Bombas - Rotativos - Bombas - Peças Especiais - Dumax Comercial

Leia mais

ML-800 PRANCHA ALISADORA

ML-800 PRANCHA ALISADORA ML-800 PRANCHA ALISADORA INTRODUÇÃO A ML-800 Milano NKS é um produto de alta tecnologia e qualidade. Para entender todas as funções deste aparelho e utilizá-lo com segurança, leia atentamente as recomendações

Leia mais

Fábrica de Mancais Curitiba Ltda

Fábrica de Mancais Curitiba Ltda Caixas SNH e SN30 Fábrica de Mancais Curitiba Ltda SNH As caixas de rolamentos com base SNH foram projetadas para possibilitar maior flexibilidade na escolha do rolamento, vedação e lubrificação. Foram

Leia mais

Classificação e Características dos Rolamentos

Classificação e Características dos Rolamentos Classificação e Características dos 1. Classificação e Características dos 1.1 dos rolamentos A maioria dos rolamentos é constituída de anéis com pistas (um anel e um anel ), corpos rolantes (tanto esferas

Leia mais

Análise de falhas em máquinas

Análise de falhas em máquinas A UU L AL A Análise de falhas em máquinas As origens de falhas das máquinas estão nos danos sofridos pelas peças componentes. A máquina nunca quebra totalmente de uma só vez, mas pára de trabalhar quando

Leia mais

Estação de Musculação Gonew MK3 Limited PRO

Estação de Musculação Gonew MK3 Limited PRO MANUAL DO USUÁRIO Estação de Musculação Gonew MK3 Limited PRO Sumário Informações importantes de segurança Instruções de montagem Diagrama de mapeamento dos cabos Diagrama de vista explodida Lista de

Leia mais

- Válvulas com Flange -

- Válvulas com Flange - Procedimentos de Montagem e Manutenção - Válvulas com Flange - Para Sistemas de Vapor, Óleo Térmico e Outros Processos Industriais. Em uma instalação industrial de aquecimento, devem ser previstas facilidades

Leia mais

Manual de Usuário. (Y-200, Y-300, Y-400, Y-500, Y-550, Y- 600, Y-700, Y-850, Y-1200, Y-1500 e Y- 2000)

Manual de Usuário. (Y-200, Y-300, Y-400, Y-500, Y-550, Y- 600, Y-700, Y-850, Y-1200, Y-1500 e Y- 2000) AUTOMATIZADORES PARA PORTAS DE ENROLAR IMPORTAÇÃO E SUPORTE TÉCNICO NA INSTALAÇÃO Manual de Usuário (Y-200, Y-300, Y-400, Y-500, Y-550, Y- 600, Y-700, Y-850, Y-1200, Y-1500 e Y- 2000) SAC: 55 + 11 3088

Leia mais

DEFEITOS EM BOMBAS CENTRIFUGA E SOLUÇÕES

DEFEITOS EM BOMBAS CENTRIFUGA E SOLUÇÕES DEFEITOS EM BOMBAS CENTRIFUGA E SOLUÇÕES simples multiestágio BOMBEAMENTO INSUFICIENTE E NULO VAZÃO OU PRESSÃO NULAS OU INSUFICIENTE VÁLVULA PRESA OU ENTUPIDA ROTOR FURADO, ENTUPIDO OU COM DESGASTE EXECESSIVO

Leia mais

Parâmetros de corte. Você só vai saber a resposta, se estudar esta aula. Os parâmetros

Parâmetros de corte. Você só vai saber a resposta, se estudar esta aula. Os parâmetros Parâmetros de corte Na aula passada, você aprendeu que usinagem é todo o processo de fabricação pelo qual o formato de uma peça é modificado pela remoção progressiva de cavacos ou aparas de material. Você

Leia mais

Caixas SNH. www.fcm.ind.br VE-001-SNH. Copyright FCM 2001

Caixas SNH. www.fcm.ind.br VE-001-SNH. Copyright FCM 2001 Catálogo Eletrônico VE-001-SNH www.fcm.ind.br Caixas SNH Copyright FCM 2001 O conteúdo deste catálogo é de propriedade da empresa FCM - Fábrica de Mancais Curitiba Ltda., sendo proibida a reprodução parcial

Leia mais

Manual de Instruções. Nº de série NR12. Serras Fitas Modelos BSFP-2820/1 e BSFM-1780/1. www.braesi.com.br BSFP-2820/1 BSFM-1780/1

Manual de Instruções. Nº de série NR12. Serras Fitas Modelos BSFP-2820/1 e BSFM-1780/1. www.braesi.com.br BSFP-2820/1 BSFM-1780/1 Manual de Instruções EQUIPAMENTOS NR12 Nº de série Braesi Equipamentos para Alimentação Ltda. Av. Eustáquio Mascarello, 512 - Desvio Rizzo Caxias do Sul - RS - Brasil Fone: 0800.979.6222 www.braesi.com.br

Leia mais

Manual do Operador Compactador de solo TV6DF

Manual do Operador Compactador de solo TV6DF Manual do Operador Compactador de solo TV6DF Produto importado e distribuído por: www.ccmdobrasil.com.br - info@ccmdobrasil.com.br CNPJ: 76.068.311/0001-54 Inclui manual em português e certificado de garantia

Leia mais

QUALITY FIX DO BRASIL INDÚSTRIA, COMÉRCIO, IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO LTDA. MANUAL DO USUÁRIO CONECTORES QUALITY FIX

QUALITY FIX DO BRASIL INDÚSTRIA, COMÉRCIO, IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO LTDA. MANUAL DO USUÁRIO CONECTORES QUALITY FIX MANUAL DO USUÁRIO CONECTORES QUALITY FIX 1 Sumário Treinamento específico e essencial.... 3 Manutenção, serviço e armazenamento.... 3 Inspeção... 3 Uso... 4 Tempo de vida do Produto.... 4 Garantia... 4

Leia mais

Manual de Instruções de Operação e Manutenção Monitor de Posição

Manual de Instruções de Operação e Manutenção Monitor de Posição Manual de Instruções de Operação e Manutenção Monitor de Posição 1. INFORMAÇÕES GERAIS... 3 2. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS... 3 3. DESENHO DIMENSIONAL... 4 4. INSTALAÇÃO... 5 4.1 MONTAGEM EM ATUADOR ROTATIVO...

Leia mais

DL-2000. Manual de Operação. www.dlock.com.br

DL-2000. Manual de Operação. www.dlock.com.br DL-2000 Manual de Operação Agradecemos por ter adquirido este produto Leia o manual por completo antes de utilizar o produto Guarde este manual para futuras referências www.dlock.com.br Nota: 1. Mantenha

Leia mais

Seção 9 Cilindros e protetores/reservatórios do cárter

Seção 9 Cilindros e protetores/reservatórios do cárter Seção 9 Cilindros e protetores/reservatórios do cárter Página CILINDROS... 150 Inspeção e medição... 150 Retificação de cilindros... 150 Acabamento... 151 Limpeza... 151 MANCAIS DE MOTOR... 152 Mancal

Leia mais

Instruções para Instalação de Motores Elétricos e Certificado de Garantia

Instruções para Instalação de Motores Elétricos e Certificado de Garantia Instruções para Instalação de Motores Elétricos e Certificado de Garantia ATENÇÃO Leia atentamente este manual de instruções antes de colocar o motor em operação. Recomendamos que a instalação seja feita

Leia mais

Seção 12 Conjunto do motor

Seção 12 Conjunto do motor Seção 12 Conjunto do motor Página CONJUNTO DO MOTOR... 164 Instalação do virabrequim... 164 Instale o pistão e a biela... 164 Instalação do eixo de cames... 164 Instalação da bomba de óleo... 165 Instalação

Leia mais

MONTADORA/DESMONTADORA DE PNEUS MAXIAUTO LINHA LEVE

MONTADORA/DESMONTADORA DE PNEUS MAXIAUTO LINHA LEVE MONTADORA/DESMONTADORA DE PNEUS MAXIAUTO LINHA LEVE EDIÇÃO 2004 INTRODUÇÃO: Página 1 Este manual é parte integrante de sua máquina. Leia com muita atenção as instruções e advertências que ele contém, que

Leia mais

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Página 1 de 9 Informativo nº 9 VENTILADOR DE MESA 30cm VENTNK1200 ASSUNTO: Lançamento. CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Alimentação: Cor: Potência do aparelho: Consumo de energia: Característica diferencial: Período

Leia mais

Rolamentos de Rolos Cônicos

Rolamentos de Rolos Cônicos Rolamento de rolos Rolamento de duas carreiras de rolos cônicos Rolamento de quatro carreiras de rolos cônicos 1. Tipos, qualidades e características Os rolamentos de rolos cônicos são construídos de tal

Leia mais

11/07 246-04/00 072413 REV.1 SOMENTE PARA USO DOMÉSTICO. www.britania.com.br sac@britania.com.br ATENDIMENTO AO CONSUMIDOR MANUAL DE INSTRUÇÕES

11/07 246-04/00 072413 REV.1 SOMENTE PARA USO DOMÉSTICO. www.britania.com.br sac@britania.com.br ATENDIMENTO AO CONSUMIDOR MANUAL DE INSTRUÇÕES 11/07 246-04/00 072413 REV.1 SOMENTE PARA USO DOMÉSTICO www.britania.com.br sac@britania.com.br ATENDIMENTO AO CONSUMIDOR MANUAL DE INSTRUÇÕES ELIMINAÇÃO DE PROBLEMAS ASPIRADOR NÃO LIGA Verificar se a

Leia mais

Rolamentos de Triplo Anel

Rolamentos de Triplo Anel Rolamentos NSK para a Indústria Papeleira Padronizados para melhor qualidade, preços competitivos e melhor prazo de entrega Rolamentos NSK para a Indústria Papeleira A NSK tem mais de 80 anos de experiência

Leia mais

CATÁLOGO TÉCNICO COMPRESSOR - MSWV 80 MAX/AD - MSWV 80 MAX/425 - WWV 80 G/425 2 ESTÁGIOS - 175 psig

CATÁLOGO TÉCNICO COMPRESSOR - MSWV 80 MAX/AD - MSWV 80 MAX/425 - WWV 80 G/425 2 ESTÁGIOS - 175 psig CT 2 MSWV 80 MAX/AD MSWV 80 MAX/425 CATÁLOGO TÉCNICO COMPRESSOR MSWV 80 MAX/AD MSWV 80 MAX/425 2 ESTÁGIOS 175 psig SCHULZ: INÍCIO DE FABRICAÇÃO MAIO/20 WAYNE: INÍCIO DE FABRICAÇÃO AGOSTO/20 CARACTERÍSTICAS

Leia mais

Manual de Manutenção 10ª Edição

Manual de Manutenção 10ª Edição Manual de Manutenção 10ª Edição Nosso Freio, Sua Segurança Falar da história da Master é resgatar uma trajetória de sucessos. Em 1986, quando foi fundada a partir de uma joint-venture entre Randon e Rockwell

Leia mais

MANUTENÇÃO CENTRADA NA CONFIABILIDADE DE SUBESTAÇÕES

MANUTENÇÃO CENTRADA NA CONFIABILIDADE DE SUBESTAÇÕES Comitê de Estudo B3 Subestações Força Tarefa - Manutenção Centrada na Confiabilidade MANUTENÇÃO CENTRADA NA CONFIABILIDADE DE SUBESTAÇÕES Comutadores de tap INTRODUÇÃO Os comutadores de tap são utilizados

Leia mais

VARREDEIRA ZE072. Manual de serviço

VARREDEIRA ZE072. Manual de serviço VARREDEIRA ZE072 Manual de serviço A varredeira ZE072 foi desenvolvida para trabalhos na construção civil, de manutenção em estradas, ou locais que necessitem o mesmo sistema de remoção de resíduos. Qualquer

Leia mais

Sumário. FS 6209 Manual de Serviços

Sumário. FS 6209 Manual de Serviços FS 6209 Sumário Seção A Visão geral da transmissão FS6209 Transmissão Eaton Synchromesh 9 velocidades Descrição do modelo 1 Identificação da transmissão 1 Descrição Geral 2 Características 2 O Sistema

Leia mais

Dicas importantes. Original SACHS Service. SACHS: a embreagem mundial

Dicas importantes. Original SACHS Service. SACHS: a embreagem mundial Original SACHS Service Dicas importantes SACHS: a embreagem mundial - Hábitos incorretos ao dirigir que prejudicam a embreagem - O correto manuseio e armazenamento de embreagens - Remanufaturados x Recondicionados

Leia mais

Rolamentos para a Indústria de Mineração

Rolamentos para a Indústria de Mineração Rolamentos para a Indústria de Mineração Tecnologia NSK líder de mercado para aplicações em mineração para prolongar a vida do rolamento e reduzir custos de manutenção e tempo de parada. Aumento da Produção

Leia mais

International Paper do Brasil Ltda.

International Paper do Brasil Ltda. International Paper do Brasil Ltda. Autor do Doc.: Marco Antonio Codo / Wanderley Casarim Editores: Marco Antonio Codo / Wanderley Casarim Título: Técnicas de Inspeção, Montagem, uso de Rebolos ( Esmeris

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES MACACO PORTATIL HIDRAULICO COM MALETA- 2TON TMHP2T

MANUAL DE INSTRUÇÕES MACACO PORTATIL HIDRAULICO COM MALETA- 2TON TMHP2T MANUAL DE INSTRUÇÕES MACACO PORTATIL HIDRAULICO COM MALETA- 2TON TMHP2T www.tanderequipamentos.com.br assistencia@tanderequipamentos.com.br Conteúdo I. INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO... 3 III. INSTRUÇÕES DE USO...

Leia mais

QUALITY FIX DO BRASIL INDÚSTRIA, COMÉRCIO, IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO LTDA. MANUAL DO USUÁRIO

QUALITY FIX DO BRASIL INDÚSTRIA, COMÉRCIO, IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO LTDA. MANUAL DO USUÁRIO MANUAL DO USUÁRIO CINTAS QUALITY FIX Condições gerais de segurança... 4 As cores na movimentação... 5 Fator de Segurança... 5 A etiqueta azul de rastreabilidade... 6 Dicas de movimentação... 6 Certificado

Leia mais

PULVERIZADOR MOTORIZADO PARA TRANSPORTAR NAS COSTAS

PULVERIZADOR MOTORIZADO PARA TRANSPORTAR NAS COSTAS PULVERIZADOR MOTORIZADO PARA TRANSPORTAR NAS COSTAS Manual do Operador COMPONENTES e ACESSÓRIOS Tampa do tanque de produtos químicos Bocal Lança Tanque de produtos químicos Vela de ignição Acionador de

Leia mais

TERMO DE GARANTIA PARA CÂMARAS DE AR E PROTETORES PARA VEÍCULOS DE PASSEIO, CAMIONETAS, VEÍCULOS DE CARGA (CAMINHÕES E ÔNIBUS) E AGRÍCOLAS

TERMO DE GARANTIA PARA CÂMARAS DE AR E PROTETORES PARA VEÍCULOS DE PASSEIO, CAMIONETAS, VEÍCULOS DE CARGA (CAMINHÕES E ÔNIBUS) E AGRÍCOLAS AS CONDIÇÕES DESTA GARANTIA PASSAM A VALER PARA PRODUTOS COMERCIALIZADOS PELA TORTUGA CÂMARAS DE AR ADQUIRIDOS A PARTIR DE 1º DE JANEIRO DE 2011. Além da garantia legal, a Tortuga Câmaras de Ar, garante

Leia mais

DESMONTADORA/MONTADORA DE PNEUS

DESMONTADORA/MONTADORA DE PNEUS DESMONTADORA/MONTADORA DE PNEUS MANUAL DE OPERAÇÃO 1 Índice Introdução... 3 Limitações de Uso... 3 Instruções Gerais de Segurança... 3 Especificações Técnicas... 4 Descrição da STC-210... 5 Acessórios

Leia mais

2. ORIENTAÇÕES DE SEGURANÇA

2. ORIENTAÇÕES DE SEGURANÇA MANUAL DE INSTRUÇÕES COMPRESSOR DE AR ÍNDICE 1. PREPARAÇÃO 2. ORIENTAÇÕES DE SEGURANÇA 3. PRECAUÇÕES 4. DESCRIÇÃO BREVE 5. VISÃO GERAL E COMPONENTES PRINCIPAIS 6. PRINCIPAIS PARÂMETROS TÉCNICOS 7. VISÃO

Leia mais

1 INSTRUÇÕES IMPORTANTES DE SEGURANÇA

1 INSTRUÇÕES IMPORTANTES DE SEGURANÇA [REV.00 03082011] 1 INSTRUÇÕES IMPORTANTES DE SEGURANÇA Antes da utilização, é muito importante que você leia atentamente o manual de instruções, estas informações ajudam a prevenir acidentes e utilizar

Leia mais

Condições de Instalação e Uso

Condições de Instalação e Uso [M06 11102011] 1 INSTRUÇÕES IMPORTANTES DE SEGURANÇA É muito importante que você leia atentamente todas as instruções antes de utilizar o produto, pois elas garantirão sua segurança. Condições de Instalação

Leia mais

MÁQUINA PARA COSTURAR BOCA DE SACO

MÁQUINA PARA COSTURAR BOCA DE SACO MANUAL DE INSTRUÇÃO MÁQUINA PARA COSTURAR BOCA DE SACO MODELO: SS-26-1W - 1 - MÁQUINA PARA COSTURAR BOCA DE SACO Leia atentamente as instruções antes de iniciar o uso: a) Verificar se a voltagem está correta

Leia mais

CUIDADO O tempo de carregamento não deve exceder 3 5 horas. ESPECIFICAÇÃO Chave de fenda: Velocidade: 200rpm;

CUIDADO O tempo de carregamento não deve exceder 3 5 horas. ESPECIFICAÇÃO Chave de fenda: Velocidade: 200rpm; MANUAL DE INSTRUÇÕES Por favor, leia as instruções de operação meticulosamente, prestar especial atenção às instruções de segurança. Guarde as instruções de operações junto com o equipamento CUIDADO O

Leia mais

Assistência Técnica WEG-CESTARI. Índice SERVICE WEG-CESTARI MANUAL DE INSTALAÇÃO, LUBRIFICAÇÃO, MANUTENÇÃO E GARANTIA HELIMAX

Assistência Técnica WEG-CESTARI. Índice SERVICE WEG-CESTARI MANUAL DE INSTALAÇÃO, LUBRIFICAÇÃO, MANUTENÇÃO E GARANTIA HELIMAX de terceiros contratados pelo mesmo. Vazamento de óleo causado pelo respiro obstruído. Contaminação do óleo por agentes externos (pó, água, etc.), quando o redutor não tiver sido solicitado com filtro

Leia mais