Programação Orientada a Objetos e Java - Introdução. Carlos Lopes

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Programação Orientada a Objetos e Java - Introdução. Carlos Lopes"

Transcrição

1 Programação Orientada a Objetos e Java - Introdução Carlos Lopes

2 POO e Java Objetivo: proporcionar uma visão dos conceitos de POO e do seu uso na estruturação dos programas em Java. Classes e objetos em Java As duas principais partes de uma classe ou objeto: comportamento e atributo. Herança de classes e a forma como ela afeta o projeto de programas.

3 Pensando em Objetos Exemplo do mundo real Entrega de flores a um parente.

4 Objetos e Classes POO apresenta vários conceitos e aspectos que facilitam o processo de criação e uso de objetos. Quando você escreve um programa em uma linguagem OO você define classes de objetos. Uma classe em Java é uma fábrica de objetos.

5 Objetos e Classes Exemplo: você pode ter uma classe Árvore que descreve os aspectos de todas as árvores (tem folhas e raízes, cresce, produz clorofila). A classe serve como um modelo abstrato de uma árvore. Uma classe pode ser vista como uma implementação de um TAD. Para cortar uma árvore você precisa ter uma instância concreta daquela árvore.

6 Objetos e Classes Uma vez que você tenha uma classe Árvore você pode criar várias instâncias diferentes daquela árvore (baixa, alta,...) comportando-se e sendo reconhecidas como árvore. Mais uma vez: uma classe pode ser vista como uma fábrica de objetos ou instâncias concretas da classe.

7 Objetos e Classes Exemplo: A classe Botão para o elemento da interface gráfica botão. A classe Botão define os aspectos de um botão e seu comportamento Aspectos de um botão: rótulo, tamanho, aparência. Comportamento: Ativado com um simples ou duplo click? Altera sua cor quando selecionado? O que ele faz quando é ativado?

8 Objetos e Classes Exemplo: A classe Botão (cont.) Uma vez que você tenha a classe Botão você pode criar vários objetos desta classe. Os objetos criados possuem os mesmos aspectos existentes na classe Botão. Entretanto, podem ter aparências e comportamentos diferentes baseados naquilo que você quer que um determinado botão faça.

9 Objetos e Classes Quando você escreve um programa Java você projeta e constrói um conjunto de classes. Quando seu programa é executado os objetos daquelas classes são criados e descartados quando necessários. Sua tarefa como programador Java é criar um conjunto de classes que possa proporcionar os resultados desejados.

10 Objetos e Classes O ambiente Java apresenta uma biblioteca de classes que implementam muito do comportamento básico que você necessitará. Funções matemáticas, vetores, strings, gráficos, classes para desenvolvimento de aplicações cliente/servidor etc. Num programa muito simples você pode ter uma única classe que usa as outras classes da biblioteca. Num programa mais sofisticado você provavelmente necessitará criar mais de uma classe que apresente interações entre elas.

11 Comportamentos e Atributos Geralmente toda classe em Java é constituída por dois componentes: atributos e comportamentos. Os atributos são propriedades que diferenciam um objeto do outro e determinam sua aparência, estado e outras qualidades do objeto.

12 Comportamentos e Atributos Exemplo: vamos criar uma classe Motocicleta. Os atributos desta classe podem ser: Cor: vermelho, preta,... Fabricante: Honda, Yamaha, Os Atributos são definidos por variáveis denominadas variáveis de instância.cada objeto pode ter valores diferentes para suas variáveis de instância.

13 Atributos As variáveis de instância podem receber valores quando o objeto é criado e permanecer com estes valores durante o tempo de vida do objeto ou podem mudar durante a execução do programa. Além das variáveis de instância existem as variáveis de classe. Diferente das variáveis de instância, os valores das variáveis de classe são armazenados na classe. Veremos com mais detalhes tais variáveis em aulas futuras.

14 Comportamento O comportamento da classe define o que os objetos da classe devem fazer quando recebem algum pedido (mensagem). Exemplo: Continuando com a classe Motocicleta, alguns comportamentos associados a esta classe incluem: Liga o motor Desliga o motor Acelere Mude a marcha

15 Comportamento Para definir o comportamento da classe você cria métodos. Métodos são funções definidas dentro da classe. Métodos nem sempre afetam um único objeto. Assim como existem variáveis de instância e variáveis de classe, também tem-se métodos de instância e métodos de classe. Os Métodos de instância aplicam-se a objetos da classe. Os métodos de classe aplicam-se a classes.

16 Criando uma Classe Class Motocicleta { String Fabricante; String Cor; Boolean estadodomotor; public Motocicleta(nomeDoFabricante, nomedacor){ Fabricante = nomedofabricante; Cor = nomedacor; } void funcionamotor( ) { if (estadodomotor == true) System.out.println( O motor já está funcionando. ) else { estadodomotor = true; System.out.println( O motor agora está funcionando. ) } } }

17 Criando uma Classe Antes de compilar o código presente na transparência anterior vamos acrescentar mais um método que mostra os valores das variáveis de instância de um objeto motocicleta. void mostraatributos( ){ } System.out.println( Esta motocicleta é uma + fabricante + + cor); if (estadodomotor == true) else System.out. println( O motor está funcionando. ); System.out.println( O motor está desligado. )

18 Criando uma Classe Após compilar o código descrito anteriormente tente executá-lo. Você obterá a seguinte mensagem: In class Motocicleta: void main(string argv[]) is not defined Java assumiu que a classe é um aplicativo e procurou por um Método main. Entretanto, a classe não possui um método main. Para criar objetos da classe Motocicleta você necessitará criar um aplicativo Java que use esta classe ou adicionar um método main a ela.

19 Criando uma Classe public static void main(string args[ ]){ Motocicleta m = new Motocicleta( Yamaha RZ135, Vermelha ); m.mostraatributos( ); m.funcionamotor( ); m.mostraatributos( ); m.funcionamotor( ); }

20 Herança Herança é um conceito primordial em POO A herança é um mecanismo poderoso que permite que você possa escrever uma classe especificando apenas aqueles aspectos que a diferem de alguma outra classe existente. Para usufruir da herança todas as classes devem estar dispostas segundo uma hierarquia.

21 Herança: Exemplo Object Veículo VeiculoMotorizado VeiculoNaoMotorizado

22 Herança Conceitos: Superclasse e Subclasse Exemplo: criando uma versão de Botão com rótulo pré-definido. Tudo que se tem a fazer é definir uma classe que seja subclasse de Botão. A subclasse herdará automaticamente todo o comportamento definido na classe Botão. Tudo que você deve fazer é especificar na subclasse o comportamento que a difere de Botão.

23 Criando uma Hierarquia de Classes Um planejamento na organização das classes fazse necessário. Quando desenvolvendo suas classes numa hierarquia você pode fatorar informação comum em superclasses. Assim cada subclasse usa a informação da superclasse. Mudando ou inserindo uma classe numa hierarquia superior faz com que as mudanças sejam automaticamente sentidas nas classes inferiores.

24 Criando uma Hierarquia de Classes Exemplo: Suponha que já temos implementado a classe Motocicleta e queremos agora criar a classe Carro. Carro e Motocicleta têm muitos aspectos em comum. Ao invés de abrir um arquivo Carro e copiar várias informações definidas na classe Motocicleta, um plano melhor seria fatorar as propriedades comuns numa hierarquia de classes mais geral.

25 Criando uma Hierarquia de Classes VeiculoMotorizado VeiculoMotorizadoDe2Rodas VeiculoMotorizadoDe4Rodas Motocicleta Scooter Carro

26 Criando uma Subclasse Provavelmente o exemplo mais típico de criação de uma subclasse ocorre quando criamos um applet. Todos os applets são subclasses da classe Applet (pacote AWT) ou JApplet (pacote Swing). Quando você escreve um applet existem vários métodos definidos na superclasse que você comumente deverá redefinir. Um destes métodos é o método paint() que mostra seu applet na tela.

27 Criando uma Subclasse: Exemplo public class MeuPrimeiroApplet extends java.applet.applet{ Font f = new Font( TimesRoman,Font.Bold,36); public void paint(graphics g){ g.setfont(f); g.setcolor(color.red); g.drawstring( Meu Primeiro Applet!,5,50); } }

28 Criando uma Subclasse: Exemplo A compilação da classe descrita anteriormente gerará erros. É necessário importar as classes Graphics, Font e Color. Ou import java.awt.graphics; import java.awt.font; import java.awt.color; import java.awt.*;

29 Funcionamento da Herança Como é que objetos de uma classe podem obter variáveis e métodos das classes hierarquicamente superiores? Para variáveis de instância, quando você cria um objeto de uma classe você tem um slot para cada variável definida na classe corrente e para cada variável definida em todas as suas superclasses.

30 Funcionamento da Herança Como é que objetos de uma classe podem obter variáveis e métodos das classes hierarquicamente superiores? Para métodos: novos objetos têm acesso a todos os nomes de métodos definidos na sua classe e em suas superclasses. Quando um método é chamado Java procura inicialmente pela definição do método na classe do objeto. Se o método não se encontra, ele procura pelo método na superclasse. Se ele não se encontra na superclasse ele procura pelo método na superclasse da superclasse e assim sucessivamente até encontrar ou não.

31 Funcionamento da Herança

32 Associações entre Classes Duas principais associações: agregação e composição. Agregação: estabelece uma relação todo-parte entre classes, sendo que a parte pode existir sem o todo. Exemplo: Carro e Roda. Uma Roda é parte de um Carro, porém pode a Roda existe por si só fora do Carro. Você pode por exemplo remover a roda de um carro para colocar em outro. Composição: estabelece uma relação todo-parte entre classes, sendo que a parte NÃO existe sem o todo. Pedido e Itens de Pedido. Se você destruir o Pedido, os Itens são destruidos junto, eles não tem sentido se não houver um Pedido.

Objetivos do Curso. Você será capaz de:

Objetivos do Curso. Você será capaz de: Objetivos do Curso Ao término do curso você entenderá: Aplicativos Java e applets Tipos de dados primitivos Fluxo de Controle em Java Métodos Outros: exceções, multithreading, multimedia, I/O, redes. Objetivos

Leia mais

2 Orientação a objetos na prática

2 Orientação a objetos na prática 2 Orientação a objetos na prática Aula 04 Sumário Capítulo 1 Introdução e conceitos básicos 1.4 Orientação a Objetos 1.4.1 Classe 1.4.2 Objetos 1.4.3 Métodos e atributos 1.4.4 Encapsulamento 1.4.5 Métodos

Leia mais

Análise de Programação

Análise de Programação Análise de Programação Conceitos Avançados da Linguagem de Programação Java Prof Gilberto B Oliveira Encapsulamento Proteger o dado dentro de uma classe (capsula segura) Facilita o uso da classe por outros

Leia mais

Itens estruturais/caso de uso. Itens estruturais/classe ativa. Itens estruturais/componente. Itens estruturais/artefatos. Itens comportamentais

Itens estruturais/caso de uso. Itens estruturais/classe ativa. Itens estruturais/componente. Itens estruturais/artefatos. Itens comportamentais Objetivos da UML Introdução a UML cbraga@ic.uff.br Uma linguagem para: Visualizar Especificar Construir Documentar... e analisar. Desenvolvimento dirigido a modelos 2 Construções básicas Organizadas em

Leia mais

Exercícios de Revisão Java Básico

Exercícios de Revisão Java Básico Exercícios de Revisão Java Básico (i) Programação básica (estruturada) 1) Faça um programa para calcular o valor das seguintes expressões: S 1 = 1 1 3 2 5 3 7 99... 4 50 S 2 = 21 50 22 49 23 48...250 1

Leia mais

Linguagem de Programação Orientada a Objeto. Introdução a Orientação a Objetos Professora Sheila Cáceres

Linguagem de Programação Orientada a Objeto. Introdução a Orientação a Objetos Professora Sheila Cáceres Linguagem de Programação Orientada a Objeto Introdução a Orientação a Objetos Professora Sheila Cáceres Introdução a Orientação a Objetos No mundo real, tudo é objeto!; Os objetos se relacionam entre si

Leia mais

Exemplo 1. Um programa que cria uma instância de uma classe que herda da classe Frame

Exemplo 1. Um programa que cria uma instância de uma classe que herda da classe Frame 6. Como aplicações gráficas funcionam em Java? Todas as aplicações gráficas em Java usam instâncias de classes existentes, que por serem parte da linguagem podem ser executadas em todas as versões de Java

Leia mais

UNIP - Ciência da Computação e Sistemas de Informação. Estrutura de Dados. AULA 6 Filas

UNIP - Ciência da Computação e Sistemas de Informação. Estrutura de Dados. AULA 6 Filas UNIP - Ciência da Computação e Sistemas de Informação Estrutura de Dados AULA 6 Filas Estrutura de Dados A Estrutura de Dados Fila Fila é uma estrutura de dados usada em programação, que tem regras para

Leia mais

Como usar a documentaçã

Como usar a documentaçã Java 2 Standard Edition Como usar a documentaçã ção da API Java 2 Helder da Rocha www.argonavis.com.br 1 Documentação Aprender a usar a documentação é essencial para quem deseja desenvolver aplicações

Leia mais

Programação Orientada a Objetos em Java. Threads Threads Threads. Threads

Programação Orientada a Objetos em Java. Threads Threads Threads. Threads Universidade Federal do Amazonas Departamento de Ciência da Computação IEC481 Projeto de Programas Programação Orientada a Objetos em Java Threads Threads Threads Threads Professor: César Melo Slides baseados

Leia mais

Comandos de repetição For (inicialização; condição de execução; incremento/decremento) { //Código }

Comandos de repetição For (inicialização; condição de execução; incremento/decremento) { //Código } Este documento tem o objetivo de demonstrar os comandos e sintaxes básicas da linguagem Java. 1. Alguns passos para criar programas em Java As primeiras coisas que devem ser abordadas para começar a desenvolver

Leia mais

Curso de Aprendizado Industrial Desenvolvedor WEB

Curso de Aprendizado Industrial Desenvolvedor WEB Curso de Aprendizado Industrial Desenvolvedor WEB Disciplina: Programação Orientada a Objetos II Professor: Cheli dos S. Mendes da Costa Servidor de Aplicações WEB Tomcat Servidor Tomcat Foi desenvolvido

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Departamento de Ciência da Computação

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Departamento de Ciência da Computação Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Departamento de Ciência da Computação LP: Laboratório de Programação Apontamento 3 Prof. ISVega Fevereiro de 2004 Estilo de Codificação CONTEÚDO 3.1 Regras

Leia mais

Computação II - Java Prof. Adriano Joaquim de Oliveira Cruz Aula Prática - Herança, Polimorfismo e Construtores

Computação II - Java Prof. Adriano Joaquim de Oliveira Cruz Aula Prática - Herança, Polimorfismo e Construtores Computação II - Java Prof. Adriano Joaquim de Oliveira Cruz Aula Prática - Herança, Polimorfismo e Construtores 1 Exercícios Exercício 1: Construtores e Testes Analise a classe Conta.java, mostrada na

Leia mais

Noções sobre Objetos e Classes

Noções sobre Objetos e Classes Noções sobre Objetos e Classes Prof. Marcelo Cohen 1. Elementos de programação Revisão de programação variáveis, tipos de dados expressões e operadores cadeias de caracteres escopo de variáveis Revisão

Leia mais

Técnicas de Programação II

Técnicas de Programação II Técnicas de Programação II Apresentação da Disciplina Edirlei Soares de Lima Objetivos da Disciplina Apresentar os principais conceitos da orientação a objetos; Capacitar o

Leia mais

Análise e Projeto Orientados por Objetos

Análise e Projeto Orientados por Objetos Análise e Projeto Orientados por Objetos Aula 01 Orientação a Objetos Edirlei Soares de Lima Paradigmas de Programação Um paradigma de programação consiste na filosofia adotada na

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALAGOAS CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA DISCIPLINA:

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALAGOAS CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA DISCIPLINA: INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALAGOAS CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA DISCIPLINA: PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS PROFESSOR: REINALDO GOMES ASSUNTO: PRIMEIRO PROGRAMA EM JAVA (COMPILAÇÃO

Leia mais

Técnicas de Programação II

Técnicas de Programação II Técnicas de Programação II Aula 06 Orientação a Objetos e Classes Edirlei Soares de Lima Orientação a Objetos O ser humano se relaciona com o mundo através do conceito de objetos.

Leia mais

Programação Orientada a Objetos. Encapsulamento

Programação Orientada a Objetos. Encapsulamento Programação Orientada a Objetos Encapsulamento de Dados Ocultação de dados Garante a transparência de utilização dos componentes do software, facilitando: Entendimento Reuso Manutenção Minimiza as interdependências

Leia mais

Reuso com Herança a e Composiçã

Reuso com Herança a e Composiçã Java 2 Standard Edition Reuso com Herança a e Composiçã ção Helder da Rocha www.argonavis.com.br 1 Como aumentar as chances de reuso Separar as partes que podem mudar das partes que não mudam. Exemplo:

Leia mais

Herança. Alberto Costa Neto DComp - UFS

Herança. Alberto Costa Neto DComp - UFS Herança Alberto Costa Neto DComp - UFS 1 Motivação Vimos como se faz encapsulamento e a importância de fazê-lo... Contudo, também é possível fazer encapsulamento em algumas linguagens não OO O que mais

Leia mais

Java Básico. Classes Abstratas, Exceções e Interfaces Prof. Fernando Vanini Ic-Unicamp

Java Básico. Classes Abstratas, Exceções e Interfaces Prof. Fernando Vanini Ic-Unicamp Java Básico Classes Abstratas, Exceções e Interfaces Prof. Fernando Vanini Ic-Unicamp Classes Abstratas construção de uma classe abstrata construção de classes derivadas Classes e Herança Uma classe define

Leia mais

Adicionando Caixas de Verificação no seu Programa Java

Adicionando Caixas de Verificação no seu Programa Java Adicionando Caixas de Verificação no seu Programa Java Priscila Gomes Neste tutorial iremos falar sobre os aspectos básicos de uma caixa de verificação: quais os tipos, quando e como utiliza-las, como

Leia mais

Programação Orientada a Objetos (DPADF 0063)

Programação Orientada a Objetos (DPADF 0063) Programação Orientada a Objetos (DPADF 0063) Aula 5 Herança Universidade Federal de Santa Maria Colégio Agrícola de Frederico Westphalen Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet Prof. Bruno

Leia mais

Linguagens de. Aula 02. Profa Cristiane Koehler cristiane.koehler@canoas.ifrs.edu.br

Linguagens de. Aula 02. Profa Cristiane Koehler cristiane.koehler@canoas.ifrs.edu.br Linguagens de Programação III Aula 02 Profa Cristiane Koehler cristiane.koehler@canoas.ifrs.edu.br Linguagens de Programação Técnica de comunicação padronizada para enviar instruções a um computador. Assim

Leia mais

Programação Orientada a Objetos em java. Polimorfismo

Programação Orientada a Objetos em java. Polimorfismo Programação Orientada a Objetos em java Polimorfismo Polimorfismo Uma característica muito importante em sistemas orientados a objetos Termo proveniente do grego, e significa muitas formas Em POO, significa

Leia mais

Aula 3 Objeto atual com referencia THIS e Classes com Herança

Aula 3 Objeto atual com referencia THIS e Classes com Herança Aula 3 Objeto atual com referencia THIS e Classes com Herança Profº Msc. Alexsandro M. Carneiro Engenharia de Computação Tec. Análise e Des. De Sistemas Tópicos Abordados Controlee de Acesso Herança Definição:

Leia mais

Classes Abstratas e Interfaces

Classes Abstratas e Interfaces Java Básico Classes Abstratas e Interfaces Marco Antonio, Arquiteto de Software TJDF ma@marcoreis.eti.br Novembro/2005 Classe abstrata Recurso avançado da OO Não pode ser instanciada Deve ser instanciada

Leia mais

Bacharelado em Ciência e Tecnologia BC-0505 - Processamento da Informação Teoria Arquivos Prof. Edson Pinheiro Pimentel edson.pimentel@ufabc.edu.

Bacharelado em Ciência e Tecnologia BC-0505 - Processamento da Informação Teoria Arquivos Prof. Edson Pinheiro Pimentel edson.pimentel@ufabc.edu. Bacharelado em Ciência e Tecnologia BC-0505 - Processamento da Informação Teoria Arquivos Prof. Edson Pinheiro Pimentel edson.pimentel@ufabc.edu.br Conceitos Arquivos permitem armazenar dados de maneira

Leia mais

Paradigmas da Programação PPROG. Linguagem JAVA. Interfaces. (Livro Big Java, Late Objects Capítulo 9) Nelson Freire (ISEP DEI-PPROG 2013/14) 1/33

Paradigmas da Programação PPROG. Linguagem JAVA. Interfaces. (Livro Big Java, Late Objects Capítulo 9) Nelson Freire (ISEP DEI-PPROG 2013/14) 1/33 PPROG Paradigmas da Programação Linguagem JAVA Interfaces (Livro Big Java, Late Objects Capítulo 9) Nelson Freire (ISEP DEI-PPROG 2013/14) 1/33 PPROG Motivação para usar Interfaces Definição de Interface

Leia mais

Entender princípios de projeto. Capacitação para construir GUIs. Entender os pacotes que contém componentes de GUI, e as classes e interfaces de

Entender princípios de projeto. Capacitação para construir GUIs. Entender os pacotes que contém componentes de GUI, e as classes e interfaces de Parte I Entender princípios de projeto. Capacitação para construir GUIs. Entender os pacotes que contém componentes de GUI, e as classes e interfaces de tratamentos de eventos. Criar e manipular botões,

Leia mais

Programação Orientada a Objetos em Java. Herança

Programação Orientada a Objetos em Java. Herança Universidade Federal do Amazonas Departamento de Ciência da Computação IEC481 Projeto de Programas Programação Orientada a Objetos em Java Herança Professor: César Melo Slides baseados em materiais preparados

Leia mais

Orientação a Objetos. Conceitos Iniciais Introdução a Linguagem Java. Gil Eduardo de Andrade

Orientação a Objetos. Conceitos Iniciais Introdução a Linguagem Java. Gil Eduardo de Andrade Orientação a Objetos Conceitos Iniciais Introdução a Linguagem Java Gil Eduardo de Andrade Conceitos: Orientação a Objeto Introdução Abordagem típica no desenvolvimento de sistemas complexos; Consiste

Leia mais

ou ainda ser chamado um método que pertença a um objeto, que pertence ao objeto em causa:

ou ainda ser chamado um método que pertença a um objeto, que pertence ao objeto em causa: OBJETOS, CLASSES E MÉTODOS 83 Esta sintaxe também é válida no caso em que existe encadeamento de objetos, uma vez que dentro de um objeto podem existir outros objetos. Nesse caso, continuam a usar-se pontos

Leia mais

Programação Orientada a Objetos (DPADF 0063)

Programação Orientada a Objetos (DPADF 0063) Programação Orientada a Objetos (DPADF 0063) Aula 11 Applets Universidade Federal de Santa Maria Colégio Agrícola de Frederico Westphalen Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet Prof. Bruno

Leia mais

insfcanceof new public switch transient while byte continue extends for int null

insfcanceof new public switch transient while byte continue extends for int null Palavras -chave de JAV A abstract catch do final implements long private static throw void boolean char double finally import native protected super throws volatile break class float insfcanceof new public

Leia mais

Implementando uma Classe e Criando Objetos a partir dela

Implementando uma Classe e Criando Objetos a partir dela Análise e Desenvolvimento de Sistemas ADS Programação Orientada a Obejeto POO 3º Semestre AULA 04 - INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETO (POO) Parte: 2 Prof. Cristóvão Cunha Implementando uma Classe

Leia mais

Encapsulamento de Dados

Encapsulamento de Dados Encapsulamento de Dados Universidade Católica de Pernambuco Ciência da Computação Prof. Márcio Bueno poonoite@marciobueno.com Fonte: Material da Profª Karina Oliveira Modificadores de Visibilidade Especificam

Leia mais

Lista de Contas: Assinatura. Lista de Contas. Listas de Contas: Descrição. Listas de Contas: Descrição. Listas de Contas: Descrição

Lista de Contas: Assinatura. Lista de Contas. Listas de Contas: Descrição. Listas de Contas: Descrição. Listas de Contas: Descrição Lista de Contas Lista de Contas: Assinatura null Quais são os métodos necessários? class ListaDeContas { void inserir (Conta c) { void retirar (Conta c) { Conta procurar (String num) { Listas de Contas:

Leia mais

Programação Orientada a Objetos Prof. Rone Ilídio UFSJ/CAP

Programação Orientada a Objetos Prof. Rone Ilídio UFSJ/CAP Programação Orientada a Objetos Prof. Rone Ilídio UFSJ/CAP 1) Introdução Programação Orientada a Objetos é um paradigma de programação bastante antigo. Entretanto somente nos últimos anos foi aceito realmente

Leia mais

Curso Adonai QUESTÕES Disciplina Linguagem JAVA

Curso Adonai QUESTÕES Disciplina Linguagem JAVA 1) Qual será o valor da string c, caso o programa rode com a seguinte linha de comando? > java Teste um dois tres public class Teste { public static void main(string[] args) { String a = args[0]; String

Leia mais

Curso. Linguagem Java

Curso. Linguagem Java Seja Bem Vindo! Curso Linguagem Java Carga horária: 40hs 1 Dicas importantes Nunca se esqueça de que o objetivo central é aprender o conteúdo, e não apenas terminar o curso. Qualquer um termina, só os

Leia mais

Técnicas de Programação Avançada TCC- 00175 Profs.: Anselmo Montenegro www.ic.uff.br/~anselmo. Conteúdo: Introdução à Orientação a Objetos

Técnicas de Programação Avançada TCC- 00175 Profs.: Anselmo Montenegro www.ic.uff.br/~anselmo. Conteúdo: Introdução à Orientação a Objetos Técnicas de Programação Avançada TCC- 00175 Profs.: Anselmo Montenegro www.ic.uff.br/~anselmo Conteúdo: Introdução à Orientação a Objetos Introdução Paradigmas de programação Programação Estruturada Composição

Leia mais

Programação de Computadores e Robocode. http://www.lac.inpe.br/~rafael.santos

Programação de Computadores e Robocode. http://www.lac.inpe.br/~rafael.santos Programação de Computadores e Robocode 1 O que é Programação de Computadores? O que é um programa de computador? Quem escreve estes programas? Como são escritos? O que podemos fazer com estes programas?

Leia mais

Desenvolvendo aplicações

Desenvolvendo aplicações Desenvolvendo aplicações 22 para a Web Uma aplicação Java pode ser executada sem modificação em qualquer plataforma que tenha a máquina virtual Java instalada. Esta característica faz com que as aplicações

Leia mais

7 RTTI e Interfaces. Desenvolvimento OO com Java. Vítor E. Silva Souza (vitorsouza@inf.ufes.br) http://www.inf.ufes.

7 RTTI e Interfaces. Desenvolvimento OO com Java. Vítor E. Silva Souza (vitorsouza@inf.ufes.br) http://www.inf.ufes. Desenvolvimento OO com Java 7 RTTI e Interfaces Vítor E. Silva Souza (vitorsouza@inf.ufes.br) http://www.inf.ufes.br/ ~ vitorsouza Departamento de Informática Centro Tecnológico Universidade Federal do

Leia mais

BSI UFRPE Prof. Gustavo Callou gcallou@gmail.com

BSI UFRPE Prof. Gustavo Callou gcallou@gmail.com BSI UFRPE Prof. Gustavo Callou gcallou@gmail.com HelloWorld.java: public class HelloWorld { public static void main (String[] args) { System.out.println( Hello, World ); } } Identificadores são usados

Leia mais

Orientação a Objetos em Java. Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br

Orientação a Objetos em Java. Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br Orientação a Objetos em Java Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br Agenda Introdução; Orientação a Objetos; Orientação a Objetos em Java; Leonardo Murta Orientação a Objetos em Java 2 Agosto/2007

Leia mais

Material de Apoio 5. int getres() { return res; O que estas classes possuem em comum? 1) 2) 3)

Material de Apoio 5. int getres() { return res; O que estas classes possuem em comum? 1) 2) 3) pg. 1/6 Material de Apoio 5 Herança Observe o código das classes Fatorial e Fibonacci apresentados abaixo. class Fatorial { class Fibonacci { private int n, res; private int n, res; public Fatorial( int

Leia mais

Módulo 06 Desenho de Classes

Módulo 06 Desenho de Classes Módulo 06 Desenho de Classes Última Atualização: 13/06/2010 1 Objetivos Definir os conceitos de herança, polimorfismo, sobrecarga (overloading), sobreescrita(overriding) e invocação virtual de métodos.

Leia mais

Programação por Objectos. Java

Programação por Objectos. Java Programação por Objectos Java Parte 6: Herança e Polimorfismo LEEC@IST Java 1/52 Herança revisão A herança é um mecanismo em que a subclasse constitui uma especialização da superclasse. A superclasse pode

Leia mais

DEFINIÇÃO DE MÉTODOS

DEFINIÇÃO DE MÉTODOS Cursos: Análise, Ciência da Computação e Sistemas de Informação Programação I - Prof. Aníbal Notas de aula 2 DEFINIÇÃO DE MÉTODOS Todo o processamento que um programa Java faz está definido dentro dos

Leia mais

Um objeto é uma instância de uma 'classe'. Você define uma classe utilizando o trecho de código abaixo;

Um objeto é uma instância de uma 'classe'. Você define uma classe utilizando o trecho de código abaixo; um objeto; é definido; Um objeto é uma instância de uma 'classe'. Você define uma classe utilizando o trecho de código abaixo; class ClasseBase{ é instanciado; $objetobase = new ClasseBase; Caso queira,

Leia mais

Curso Java Starter. www.t2ti.com 1

Curso Java Starter. www.t2ti.com 1 1 Apresentação O Curso Java Starter foi projetado com o objetivo de ajudar àquelas pessoas que têm uma base de lógica de programação e desejam entrar no mercado de trabalho sabendo Java, A estrutura do

Leia mais

Introdução à linguagem Java

Introdução à linguagem Java Universidade da Região da Campanha Semana Acadêmica da Informática Introdução à linguagem Java Alexsander da Rosa http://www.urcamp.tche.br/~alexsand/ Bagé-RS, 03 de novembro

Leia mais

Métodos da classe Applet Criando applets Passando parâmetros de uma página HTML Migrando de uma aplicação para uma applet Applets vs.

Métodos da classe Applet Criando applets Passando parâmetros de uma página HTML Migrando de uma aplicação para uma applet Applets vs. Applets Métodos da classe Applet Criando applets Passando parâmetros de uma página HTML Migrando de uma aplicação para uma applet Applets vs. Segurança l Objetivos Migrar de uma aplicação para uma applet

Leia mais

Especialização em Engenharia de Software - CEUT

Especialização em Engenharia de Software - CEUT Até aqui Programação com interfaces gráficas Sérgio Soares scbs@cin.ufpe.br Criamos a infra-estrutura para a aplicação bancária classes que representam os tipos de conta classe que implementa regras de

Leia mais

1) De acordo com o trecho de código escrito na linguagem JAVA, responda a questão abaixo:

1) De acordo com o trecho de código escrito na linguagem JAVA, responda a questão abaixo: 1) De acordo com o trecho de código escrito na linguagem JAVA, responda a questão abaixo: boolean[][] bool = new boolean[5][5]; for(int v = 0; v < bool.length; v++) { for(int f = 0; f < bool[v].length;

Leia mais

Orientação a Objetos e a Linguagem Java

Orientação a Objetos e a Linguagem Java Orientação a Objetos e a Linguagem Java Afrânio Assis afranio@gmail.com Novembro/2006 1 Reutilizição com Herança e Composição Novembro/2006 2 Introdução Separar as partes que podem mudar das partes que

Leia mais

Prova de Java. 1) Copie o programa abaixo no eclipse e complete-o, utilizando os conceitos aprendidos durante o curso. (4 pontos)

Prova de Java. 1) Copie o programa abaixo no eclipse e complete-o, utilizando os conceitos aprendidos durante o curso. (4 pontos) Prova de Java 1) Copie o programa abaixo no eclipse e complete-o, utilizando os conceitos aprendidos durante o curso. (4 pontos) O programa consiste em uma aplicação que simula o comportamento de dois

Leia mais

Módulo 02 Programação Orientada a Objetos. Última atualização: 07/06/2010

Módulo 02 Programação Orientada a Objetos. Última atualização: 07/06/2010 Módulo 02 Programação Orientada a Objetos Última atualização: 07/06/2010 1 Objetivos Definir conceitos de orientação a objetos: o abstração, encapsulamento, pacotes. Discutir reutilização de código em

Leia mais

UML: Diagrama de Classes

UML: Diagrama de Classes UML: Diagrama de Classes UML Diagrama de Classes Introdução Diagrama de classes Elementos do diagrama de classes Exemplo: Sistema de matrícula Introdução - Diagrama de Classes Mostra um conjunto de classes

Leia mais

Programação com Acesso a BD. Programação com OO Acesso em Java

Programação com Acesso a BD. Programação com OO Acesso em Java Programação com OO Acesso em Java a BD Curso: Técnico em Informática Campus: Ipanguaçu José Maria Monteiro Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro PUC-Rio Departamento Clayton Maciel de Informática

Leia mais

AULA DE JAVA 1 - CONCEITOS BÁSICOS

AULA DE JAVA 1 - CONCEITOS BÁSICOS AULA DE JAVA 1 - CONCEITOS BÁSICOS DAS 5316 Integração de Sistemas Corporativos Roque Oliveira Bezerra, M. Eng roque@das.ufsc.br Prof. Ricardo J. Rabelo ROTEIRO Introdução Fases de um programa Java Strings

Leia mais

Programação Orientada a Objetos (DPADF 0063)

Programação Orientada a Objetos (DPADF 0063) Programação Orientada a Objetos (DPADF 0063) Aula 6 Polimorfismo Universidade Federal de Santa Maria Colégio Agrícola de Frederico Westphalen Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet Prof.

Leia mais

Computação II Orientação a Objetos

Computação II Orientação a Objetos Computação II Orientação a Objetos Fabio Mascarenhas - 2014.1 http://www.dcc.ufrj.br/~fabiom/java Introdução Esse não é um curso de Java! O objetivo é aprender os conceitos da programação orientada a objetos,

Leia mais

Orientação a Objeto e UML Questões 2014 Prof. Felipe Leite

Orientação a Objeto e UML Questões 2014 Prof. Felipe Leite Orientação a Objeto e UML Questões 2014 Prof. Felipe Leite Pessoal, fiz uma coletânea das questões mais recentes de concursos públicos de TODO o Brasil de várias bancas diferentes sobre os assuntos Orientação

Leia mais

Estrutura Condicional em Java

Estrutura Condicional em Java Estrutura Condicional em Java Linguagem de Programação 1 O Java contém três tipos de instruções de seleção. A instrução if realiza uma ação se uma condição for verdadeira ou pula a ação se a condição for

Leia mais

Para desenvolver a atividade a atividade desta aula utilizaremos o ambiente de desenvolvimento integrado NetBeans.

Para desenvolver a atividade a atividade desta aula utilizaremos o ambiente de desenvolvimento integrado NetBeans. 1 - Criando uma classe em Java Para desenvolver a atividade a atividade desta aula utilizaremos o ambiente de desenvolvimento integrado NetBeans. Antes de criarmos a(s) classe(s) é necessário criar o projeto

Leia mais

LINGUAGEM ORIENTADA A OBJETOS

LINGUAGEM ORIENTADA A OBJETOS LINGUAGEM ORIENTADA A OBJETOS TI MÓDULO II O ECLIPSE O eclipse é uma IDE Open Source (código fonte aberto) que serve para o desenvolvimento em muitas linguagens: PHP Java Python HTML C/C++ A IDE Eclipse

Leia mais

Vetores. Professor Dr Francisco Isidro Massettto francisco.massetto@ufabc.edu.br

Vetores. Professor Dr Francisco Isidro Massettto francisco.massetto@ufabc.edu.br Professor Dr Francisco Isidro Massettto francisco.massetto@ufabc.edu.br Nem sempre os tipos básicos: (inteiro, real, caracter e lógico) são suficientes para implementar um algoritmo. Por exemplo: Considere

Leia mais

Linguagem de Programação JAVA. Técnico em Informática Professora Michelle Nery

Linguagem de Programação JAVA. Técnico em Informática Professora Michelle Nery Linguagem de Programação JAVA Técnico em Informática Professora Michelle Nery Agenda Regras paravariáveis Identificadores Válidos Convenção de Nomenclatura Palavras-chaves em Java Tipos de Variáveis em

Leia mais

Desenvolvimento OO com Java Orientação a objetos básica

Desenvolvimento OO com Java Orientação a objetos básica Desenvolvimento OO com Java Orientação a objetos básica Vítor E. Silva Souza (vitor.souza@ufes.br) http://www.inf.ufes.br/~vitorsouza Departamento de Informática Centro Tecnológico Universidade Federal

Leia mais

Universidade Federal de Itajubá Instituto de Engenharia de Sistemas e Tecnologias da Informação-IESTI PCO203 Tópicos Especiais em Programação

Universidade Federal de Itajubá Instituto de Engenharia de Sistemas e Tecnologias da Informação-IESTI PCO203 Tópicos Especiais em Programação UNIFEI Disciplina Professor Universidade Federal de Itajubá Instituto de Engenharia de Sistemas e Tecnologias da Informação-IESTI PCO203 Tópicos Especiais em Programação Enzo Seraphim 1 Padrões de Operação

Leia mais

Programação Orientada a Objetos em Java

Programação Orientada a Objetos em Java Programação Orientada a Objetos em Java Rone Ilídio da Silva Universidade Federal de São João del-rei Campus Alto Paraopeba 1:14 1 Objetivo Apresentar os principais conceitos de Programção Orientada a

Leia mais

1. Apresentação. 1.1. Objetivos

1. Apresentação. 1.1. Objetivos 1.1. Objetivos 1. Apresentação Neste capítulo estão descritos os objetivos gerais do livro, os requisitos desejáveis do estudante para que possa utilizá-lo eficientemente, e os recursos necessários em

Leia mais

Unidade Acadêmica: Faculdade de Computação FACOM Disciplina: Programação Orientada a Objetos I Professor: Fabiano Azevedo Dorça Prática 01

Unidade Acadêmica: Faculdade de Computação FACOM Disciplina: Programação Orientada a Objetos I Professor: Fabiano Azevedo Dorça Prática 01 Unidade Acadêmica: Faculdade de Computação FACOM Disciplina: Programação Orientada a Objetos I Professor: Fabiano Azevedo Dorça Prática 01 Objetivos: Modelar um sistema orientado a objetos simples a partir

Leia mais

Capítulo 8. Introdução UML

Capítulo 8. Introdução UML Capítulo 8. Introdução UML 1/42 Índice Indice 8.1 - Introdução UML 8.2 - Modelação estrutural 8.2.1 - Representação de classes e objectos 8.2.2 - Relações entre objectos 8.2-3 - Relações de associação

Leia mais

Programação de Computadores - I. Profª Beatriz Profº Israel

Programação de Computadores - I. Profª Beatriz Profº Israel Programação de Computadores - I Profª Beatriz Profº Israel As 52 Palavras Reservadas O que são palavras reservadas São palavras que já existem na linguagem Java, e tem sua função já definida. NÃO podem

Leia mais

Tutorial de Computação Introdução a Programação Gráfica em Java para MEC1100 v2010.10

Tutorial de Computação Introdução a Programação Gráfica em Java para MEC1100 v2010.10 Tutorial de Computação Introdução a Programação Gráfica em Java para MEC1100 v2010.10 Linha de Equipamentos MEC Desenvolvidos por: Maxwell Bohr Instrumentação Eletrônica Ltda. Rua Porto Alegre, 212 Londrina

Leia mais

EXERCÍCIOS SOBRE ORIENTAÇÃO A OBJETOS

EXERCÍCIOS SOBRE ORIENTAÇÃO A OBJETOS Campus Cachoeiro de Itapemirim Curso Técnico em Informática Disciplina: Análise e Projeto de Sistemas Professor: Rafael Vargas Mesquita Este exercício deve ser manuscrito e entregue na próxima aula; Valor

Leia mais

Sobre o Professor Dr. Sylvio Barbon Junior

Sobre o Professor Dr. Sylvio Barbon Junior 5COP088 Laboratório de Programação Aula 1 Java Prof. Dr. Sylvio Barbon Junior Sylvio Barbon Jr barbon@uel.br 1 Sobre o Professor Dr. Sylvio Barbon Junior Formação: Ciência e Engenharia da Computação (2005

Leia mais

Capítulo 14. Herança a e Polimorfismo. Rui Rossi dos Santos Programação de Computadores em Java Editora NovaTerra

Capítulo 14. Herança a e Polimorfismo. Rui Rossi dos Santos Programação de Computadores em Java Editora NovaTerra Capítulo 14 Herança a e Polimorfismo Objetivos do Capítulo Apresentar os conceitos de herança e de polimorfismo. Explorar os diversos recursos disponíveis no Java para a aplicação da herança e do polimorfismo

Leia mais

Curso de Java. Orientação a objetos e a Linguagem JAVA. TodososdireitosreservadosKlais

Curso de Java. Orientação a objetos e a Linguagem JAVA. TodososdireitosreservadosKlais Curso de Java Orientação a objetos e a Linguagem JAVA Roteiro A linguagem Java e a máquina virtual Objetos e Classes Encapsulamento, Herança e Polimorfismo Primeiro Exemplo A Linguagem JAVA Principais

Leia mais

UML Unified Modeling Language

UML Unified Modeling Language UML Unified Modeling Language Linguagem de Modelagem Unificada A linguagem UML UML (Unified Modeling Language) Linguagem de Modelagem Unificada É uma linguagem para especificação, É uma linguagem para

Leia mais

Introdução a Java. Hélder Nunes

Introdução a Java. Hélder Nunes Introdução a Java Hélder Nunes 2 Exercício de Fixação Os 4 elementos básicos da OO são os objetos, as classes, os atributos e os métodos. A orientação a objetos consiste em considerar os sistemas computacionais

Leia mais

Módulo Básico. Rua Valorbe, 123 Lauzane Paulista Cep 02442-140 São Paulo SP webmaster@dbsystems.com.br

Módulo Básico. Rua Valorbe, 123 Lauzane Paulista Cep 02442-140 São Paulo SP webmaster@dbsystems.com.br Módulo Básico Rua Valorbe, 123 Lauzane Paulista Cep 02442-140 São Paulo SP ÍNDICE JAVA MÓDULO BÁSICO 01. JAVA UMA VISÃO GERAL... 3 02. JAVA E A ORIENTAÇÃO A OBJETOS... 3 03. ABSTRAÇÃO... 3 04. OS TRÊS

Leia mais

PCS 3111 - LABORATÓRIO DE PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS PARA A ENGENHARIA ELÉTRICA

PCS 3111 - LABORATÓRIO DE PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS PARA A ENGENHARIA ELÉTRICA ESCOLA POLITÉCNICA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Departamento de Engenharia de Computação e Sistemas Digitais PCS - LABORATÓRIO DE PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS PARA A ENGENHARIA ELÉTRICA EXERCÍCIO PROGRAMA

Leia mais

Programação por Objectos. Java

Programação por Objectos. Java Programação por Objectos Java Parte 3: Métodos LEEC@IST Java 1/45 Métodos (1) Sintaxe Qualif Tipo Ident ( [ TipoP IdentP [, TipoP IdentP]* ] ) { [ Variável_local Instrução ]* Qualif: qualificador (visibilidade,

Leia mais

Projeto de Software Orientado a Objeto

Projeto de Software Orientado a Objeto Projeto de Software Orientado a Objeto Ciclo de Vida de Produto de Software (PLC) Analisando um problema e modelando uma solução Prof. Gilberto B. Oliveira Estágios do Ciclo de Vida de Produto de Software

Leia mais

JAVA APLICAÇÕES GRÁFICAS Propriedade Utilizada: FontSizeAnimation

JAVA APLICAÇÕES GRÁFICAS Propriedade Utilizada: FontSizeAnimation JAVA APLICAÇÕES GRÁFICAS Propriedade Utilizada: FontSizeAnimation FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC PELOTAS Nome do aluno: Paulo Renato S. Veiga Identificação da Turma: 205 Noite Data: 16/05/10 1 Nome da Propriedade

Leia mais

Interfaces Gráficas: Interações Complexas

Interfaces Gráficas: Interações Complexas Interfaces Gráficas: 21 Interações Complexas 21.5 O contexto gráfico Os componentes de uma interface gráfica são desenhados na tela do computador a partir de primitivas que permitem a construção de linhas,

Leia mais

Carga horária : 4 aulas semanais (laboratório) Professores: Custódio, Daniel, Julio foco: introdução a uma linguagem de programação Linguagem Java

Carga horária : 4 aulas semanais (laboratório) Professores: Custódio, Daniel, Julio foco: introdução a uma linguagem de programação Linguagem Java Carga horária : 4 aulas semanais (laboratório) Professores: Custódio, Daniel, Julio foco: introdução a uma linguagem de programação Linguagem Java 1 Objetivo: O aluno deverá adquirir capacidades e habilidades

Leia mais

A linguagem JAVA. Programação na Web. Luís Manuel Borges Gouveia

A linguagem JAVA. Programação na Web. Luís Manuel Borges Gouveia A linguagem JAVA Programação na Web Luís Manuel Borges Gouveia Motivação início de 1997 mais de 50 milhões de utilizador da Internet aumento de utilizadores a uma taxa de 100% ano estimam-se mais de 200

Leia mais

Aula 2. Objetivos Conceitos; Instalação do Text Pad; Entendendo o código java do AloMundo1 Codificação do AloMundo2,AloMundo3 e AloMundo4.

Aula 2. Objetivos Conceitos; Instalação do Text Pad; Entendendo o código java do AloMundo1 Codificação do AloMundo2,AloMundo3 e AloMundo4. Aula 2 Objetivos Conceitos; Instalação do Text Pad; Entendendo o código java do AloMundo1 Codificação do AloMundo2,AloMundo3 e AloMundo4. Conceitos O software controla os computadores(freqüentemente conhecido

Leia mais

Classes e objetos. Tópicos abordados neste módulo. Índice JAVA 3

Classes e objetos. Tópicos abordados neste módulo. Índice JAVA 3 JAVA 3 Classes e objetos OS CONCEITOS BÁSICOS DE ORIENTAÇÃO A OBJETOS são apresentados neste módulo. Em seguida são demonstrados exemplos de sua implementação na linguagem Java, implementados em exemplos

Leia mais

Algoritmos I Aula 13 Java: Tipos básicos, variáveis, atribuições e expressões

Algoritmos I Aula 13 Java: Tipos básicos, variáveis, atribuições e expressões Algoritmos I Aula 13 Java: Tipos básicos, variáveis, atribuições e expressões Professor: Max Pereira http://paginas.unisul.br/max.pereira Ciência da Computação Primeiro Programa em Java public class OlaPessoal

Leia mais

public Agenda() { compromissos = null; } public int getnumerodecompromissos() { if (compromissos==null) return 0; else return compromissos.

public Agenda() { compromissos = null; } public int getnumerodecompromissos() { if (compromissos==null) return 0; else return compromissos. import java.util.scanner; class Data... class Compromisso... public class Agenda private Compromisso[] compromissos; private Compromisso[] realoquecompromissos (Compromisso[] vetor, int tamanhodesejado)

Leia mais