GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO"

Transcrição

1 GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO HISTÓRIA FUNDAMENTAL 5 CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI PRAIA GRANDE - SP

2 ROTEIRO DA UNIDADE 05 FINALIDADE: Com esta UE você terminará de estudar o período da História Antiga. Para concluir, você estudará duas importantes civilizações da antiguidade: Grécia e Roma. Você conhecerá a forma de organização desses povos e os motivos de sua decadência. OBJETIVOS: - descrever uma cidade-estado grega; - reconhecer Esparta como um a pólis militarista e conservadora; - identificar as mudanças econômicas e sociais ocorridas em Atenas, após a Diáspora Grega; - descrever as reformas democráticas de Sólon, Clístenes e Péricles em Atenas; - descrever os motivos da decadência do mundo grego; - identificar as condições que permitiram a estabilidade do Império Romano durante o governo de Otávio; - identificar os fatores da decadência do Império Romano; - identificar as características principais da cultura grega e romana. 2

3 LOCALIZAÇÃO NO TEMPO E ESPAÇO HISTÓRIA ANTIGA 4000 ac 2000aC hoje Observe na LINHA DO TEMPO colocada acima. O período 2000 ac a 476 corresponde à fase de expansão e decadência dos povos gregos e romanos. Nesta UE você chegará ao fim da época Antiga estudando as civilizações grega e romana. Ambas as civilizações (grega e romana) desenvolveram-se no Sul da Europa, banhado pelo Mar Mediterrâneo. A Grécia está localizada na Península Balcânica e Roma (Itália) na Península Itálica. GRÉCIA A Grécia é constituída de várias regiões montanhosas. O relevo acidentado teve influências na organização da vida política e econômica dos gregos antigos. A existência de poucas planícies férteis dificultou o desenvolvimento da agricultura para a maioria dos gregos. Por outro lado, o litoral bastante recortado favoreceu a construção de bons portos, facilitando o desenvolvimento do comércio marítimo. A dificuldade de comunicação entre os povos, devido o relevo montanhoso, favoreceu o surgimento das cidades-estados. AS CIDADES-ESTADOS GREGAS Os gregos não chegaram a formar um Estado unificado. Ou seja, não chegaram a Ter um governo centralizado, como os egípcios por exemplo. Durante toda a sua história, a Grécia manteve-se dividida em várias cidadesestados ou pólis. Pólis é o termo grego que significa cidade-estado, que nada mais eram que cidades que se organizaram de maneira independente, e se defendiam sozinhas. Eram como se fossem pequenos Estados, com governo e costumes próprios. 3

4 Apesar disso, existiam alguns costumes comuns entre elas, posuíam a mesma língua, religião e festas desportivas. Entre as festas desportivas, as mais famosas foram as OLIMPÍADAS, realizadas de quatro em quatro anos, em homenagem ao deus Zeus. Durante o período dos jogos era decretada a paz sagrada, sendo proibidas as guerras entre as cidades. Entretanto, o ideal grego era a auto-suficiência de sua cidade-estado. As cidades-estados ou pólis gregas surgiam da necessidade de defesa contra possíveis inimigos. Por isso, elas foram construídas nos lugares mais altos da região acidentada da Grécia. Algumas cidades-estados gregas evoluíram, politicamente, de um governo oligárquico para um governo democrático. Ou seja, de um governo dominado por uma minoria de privilegiados para um governo com maior participação popular. Esparta teve um governo oligárquico, enquanto Atenas evoluiu até a Democracia. Vamos verificar seu entendimento: RESPONDA TODAS AS ATIVIDADES NO CADERNO E APRESENTE AO PROFESSOR ANTES DA AVALIAÇÃO: 1) Escreva em seu caderno, a palavra que falta na frase abaixo: - O fato de a Grécia ser dividida em várias pólis significa que ela não chegou a ter um governo... 2) Qual era o ideal de todas as cidades-estados? 3) Escolha a alternativa correta da questão seguinte: - Atenas evoluiu politicamente até: a- Monarquia; b- Oligarquia; c- Tirania; d- Democracia. ESPARTA Esparta localizava-se numa das planícies mais férteis da Grécia. Essa sua condição favoreceu o desenvolvimento da agricultura. 4

5 Por outro lado, Esparta não fazia limite com o mar, sendo rodeada por montanhas. Dessa maneira, manteve-se isolada das outras cidades-estados. Dentre os povoadores da Grécia, os fundadores ( dórios ) de Esparta foram os mais violentos, conquistando toda a região através de ações militares. Observe a pirâmide social abaixo: A SOCIEDADE ESPARTANA 1-camada dominante: 20% descendentes dos fundadores de Esparta 2- comerciantes, artesãos 80% e escravos Os escravos faziam o trabalho agrícola. Eram também submetidos a um tratamento bastante opressivo e utilizados como cobaias para treinamentos militares. A camada dominante dedicava-se exclusivamente às atividades militares, reservando os trabalhos produtivos para as camadas consideradas inferiores. A fim de conservar seus poderes e manter o controle absoluto sobre as camadas dominadas, a camada dominante tomou as seguintes atitudes: - evitou influência de povos estrangeiros; - preocupou-se com uma educação essencialmente militarista. A partir dos sete anos os meninos eram entregues ao governo, que ficava responsável pela sua educação. A educação espartana estava voltada para desenvolver a força física do indivíduo e o espírito nacionalista para defender sua polis. - não permitiu que os comerciantes e artesãos participassem da vida política. O GOVERNO ESPARTANO Os cargos de governo, em Esparta, eram ocupados exclusivamente pela camada dominante. A esse governo constituído por uma minoria de privilegiados denomina-se Oligarquia. 5

6 Tudo o que se fazia em Esparta tinha a finalidade de garantir o bom desempenho dos exércitos e o poder dos privilegiados. Responda as questões a seguir: 4) Complete os espaços em branco: a- Esparta foi fundada pelos... b- Rodeada de montanhas, Esparta estava... c- A camada dominante de Esparta era constituída pelos... d- Sendo dirigidos por uma minoria de cidadãos, a forma de governo em Esparta era a... 5) Cite dois objetivos da educação militarista espartana. 6) Explique por que Esparta foi uma polis essencialmente militarista. ATENAS A proximidade com o mar e a existência de bons portos favoreceram o desenvolvimento do comércio marítimo, que tornou-se a atividade econômica principal dos atenienses. De início, a sociedade ateniense estava organizada segundo os privilégios de nascimento. Ou seja, a camada dominante era constituída pelos descendentes dos jônios, fundadores da pólis ateniense. A partir do século VIII a.c., o grande crescimento da população e a falta de terras provocaram a dispersão de parte da população grega em direção a outras regiões. Esse fenômeno foi denominado DIÁSPORA GREGA. A partir daí, intensificou-se a atividade comercial entre a Grécia e as novas colônias. O crescimento comercial desenvolveu conseqüências sociais importantes em Atenas: - Escravização por dívidas dos pequenos proprietários de terra; - Aparecimento de uma nova camada social os comerciantes, que, apesar de ricos, não tinham direitos políticos. A ausência de direitos políticos levou os comerciantes a defenderem a alteração da ordem social, ou seja, queriam o término dos privilégios de nascimento das famílias fundadoras da cidade. A conseqüência das lutas políticas foi a instituição de diversas reformas políticas e sociais, que permitiram a participação dos comerciantes na vida política de Atenas, a divisão da sociedade passou a ser feita de forma censitária e a escravização por dívidas foi abolida. 6

7 Essa reformas sociais levou o governo ateniense a ser democrático, porém, apenas 10% da população era considerada cidadã. Mulheres, escravos e estrangeiros eram excluídos da política. Após essas reforma, Atenas passou por um longo período de estabilidade. Exercite: 7) Explique porque os grandes proprietários de terras constituíam, inicialmente a camada dominante da sociedade ateniense. 8) Que conseqüência social a DIÁSPORA GREGA desenvolveu? A DECADÊNCIA GREGA: AS GUERRAS A guerra entre os próprios gregos foram responsáveis pela decadência do mundo grego. Envolvidas em guerras constantes na busca da predominância sobre o mundo grego, as cidades-estados foram se enfraquecendo possibilitando a invasão e o domínio por outros povos. A guerra do Peloponeso, conhecida também como guerra fratricida (irmãos contra irmãos) enfraqueceu as duas maiores cidades gregas: Esparta e Atenas, possibilitando a invasão de seus territórios por parte de outros povos, principalmente os macedônios, através do rei Felipe II e seu filho Alexandre, que, além da Grécia, conquistou o Egito e o Império Persa, chegando até a Índia. O mais importante feito de Alexandre foi levar a cultura grega para outras regiões que ele conquistou, provocando a união da cultura grega com as culturas orientais (CULTURA HELENÍSTICA). AS INFLUÊNCIAS DO PENSAMENTO GREGO Os gregos tiveram grande influência em quase todos os ramos do conhecimento humano. Desde as artes até a filosofia e a medicina, o seu legado histórico foi imenso. Vários filósofos gregos são estudados até hoje, principalmente SÓCRATES, ARISTÓTELES E PLATÃO. Na literatura também tiveram destaque obras como a ILÍADA e a ODISSÉIA, que retratavam os feitos de seus heróis mitológicos. Nesse período algumas cidades, como Alexandria, possuíam habitantes e uma biblioteca com volumes. 7

8 Exercite: 9) Explique como se deu a decadência do mundo grego. 10)O que foi a Cultura Helenística? 11)De que forma a cultura grega ainda nos influencia atualmente? ROMA A civilização romana iniciou-se a partir da cidade de Roma, que está localizada na Península Itálica. Ocupando uma planície fértil e de fácil acesso, desde cedo os romanos tiveram que se preocupar em defender suas terras contra os povos vizinhos. Após alguns séculos, os romanos conquistaram toda a península Itálica e partiram para a conquista de todo o mundo conhecido da época. A civilização romana teve três etapas de desenvolvimento: MONARQUIA, REPÚBLICA e IMPÉRIO. MONARQUIA ( 753 a.c. à 509 a.c. ) Durante a Monarquia, a economia estava baseada na agricultura. O comércio era ainda bastante reduzido. Quanto à sua organização social, a sociedade estava dividida em três camadas. Observe a pirâmide social a seguir: Patrícios fundadores da cidade, grandes proprietários Plebeus pequenos proprietários (não tinham direitos políticos) Escravos prisioneiros de guerra 8

9 Durante muito tempo, a Monarquia ficou sob o controle da camada dominante, ou seja, dos patrícios. Depois de alguns anos, a Monarquia foi dominada pelos etruscos, povos vindos da região da Ásia Menor. A aproximação dos etruscos com a camada dos plebeus, levou os patrícios a deporem a monarquia, instituindo a República. Recordando: 12)Explique como estava organizada a sociedade romana nos tempos da Monarquia. REPÚBLICA (509a.C. à 27 a.c.) A República romana ficou conhecida como REPÚBLICA ARISTOCRÁTICA. Isto porque, durante esse período, o governo de Roma ficou sob o controle dos patrícios. O SENADO tornou-se o órgão político principal de Roma e era monopolizado pelos patrícios. Ou seja, apenas os patrícios participavam do Senado. Afastados da vida política, os plebeus passaram a exigir os direitos de participação nas decisões do governo. Tal fato ficou conhecido como, luta entre patrícios e plebeus. O resultado dessas lutas foram algumas conquistas para os plebeus, entre elas: - a criação das primeiras leis escritas em Roma - A LEI DAS DOZE TÁBUAS; - a criação dos TRIBUNOS DA PLEBE, onde os plebeus passaram a ter representantes nas Assembléias. A República foi a fase das grandes conquistas militares pelos romanos. Com o crescimento da cidade de Roma, os romanos começaram a entrar em choque com seus vizinhos. As conquistas aumentaram o poder do governo romano (dos patrícios) por causa dos saques e dos pesados tributos que os povos conquistados eram obrigados a pagar. Ao mesmo tempo em que as conquistas beneficiavam os patrícios, elas foram introduzindo em Roma vários problemas sociais, tais como: - a formação do HOMENS NOVOS, que se tornaram ricos, mas, permaneceram marginalizados da vida política; - endividamento dos pequenos proprietários 9

10 As condições econômicas e sociais de Roma exigiram uma alteração na sua organização política, provocando o fim da fase republicana e dando início à fase imperial. Responda: 13)Cite o motivo da luta dos plebeus contra os patrícios. 14)Qual a importância dos Homens Novos para as mudanças políticas que ocorreram em Roma? A passagem da República para o Império foi marcada pelas lutas externas de Roma contra suas colônias revoltadas e, pelas lutas internas entre patrícios e Homens Novos que queriam maior participação na vida política e o fim dos privilégios de nascimento. IMPÉRIO (27 a.c. à 476 d.c.) As lutas políticas internas chegaram ao fim durante o governo de Otávio, o primeiro imperador romano. Esgotados pelas lutas internas, tanto o grupo aristocrático como o grupo popular apoiaram a instalação de um grupo forte, que garantisse a estabilidade política e econômica em todo o Império. Dessa maneira, o poder concentrou-se nas mãos de Otávio com ampla aceitação das diversas camadas da sociedade romana. O governo de Otávio caracterizou-se pela busca da estabilidade interna e externa de Roma. Entre as medidas tomadas por Otávio, nesse sentido, destacaram-se: a- DIVISÃO CENSITÁIA DA SOCIEDADE : a sociedade passava a ser organizada segundo a riqueza possuída pelo cidadão e não mais pelos privilégios de nascimento. Isso equilibrou a vida política entre patrícios e Homens Novos. b- POLÍTICADO PÃO E CIRCO: organização de festas diárias em arenas. Eram disputas entre gladiadores, e também eram distribuídas rações de alimentos. Assim distraía-se a população desocupada e a afastava dos problemas políticos. c- CRIAÇÃO DA GUARDA PRETORIANA: guarda pessoal do imperador. d- MANUTENÇÃO E CONTROLE SOBRE TODOS OS TERRITÓRIOS CONQUISTADOS pelo exército. 10

11 Os plenos poderes concedidos à Otávio eram resultantes também, da falta de interesse dos patrícios e Homens Novos pela atividade política. A abundância de riquezas provenientes das conquistas, trouxe como uma de suas conseqüências, a modificação dos hábitos da sociedade romana. O profundo conformismo e a busca do prazer tornaram-se aspectos marcantes do comportamento do homem romano. Após Otávio, sucederam-se vários outros imperadores. Entre eles, alguns destacaram-se pelo governo notável. Entretanto, nenhum deles conseguiu evitar a grande crise que afetava Roma após as conquistas militares. A DECADÊNCIA DO IMPÉRIO ROMANO A abundância de riquezas provenientes dos povos dominados criou entre os romanos a ociosidade, a corrupção, o amor ao luxo, a decadência moral. Nessa situação, o poder imperial foi se enfraquecendo, os invasores foram aparecendo em grande número e o Império foi praticamente destruído. Vamos verificar seu entendimento? 15)Que objetivo, tinha o governo de Otávio ao criar a Política do Pão e Circo? 16)O que levou à concentração de poderes nas mãos de Otávio? 17)Que grupo social foi beneficiado com a organização censitária da sociedade? 18)Por que as conquistas romanas provocaram a crise do Império Romano? O CRISTIANISMO No plano religioso, os romanos eram politeístas. Ou seja, eles acreditavam em vários deuses. Durante o Império, entretanto, o politeísmo romano começou a ser abalado pelo Cristianismo. O Cristianismo provocou um impacto na civilização romana, pelo fato de: - ser monoteísta ( um só deus ); - condenar a moral, os usos e costumes dos romanos; - negar a divindade do imperador romano. O Cristianismo também foi considerado um dos fatores da decadência do Império Romano, por ter provocado a divisão da sociedade romana em cristãos e não cristãos. 11

12 CULTURA ROMANA Tanto a cultura grega como a romana foram ANTROPOCÊNTRICAS. Ou seja, o centro de todas as preocupações culturais estava no homem. Tais preocupações transpareciam nas construções maciças e nas esculturas de figuras humanas e volumosas. A grandiosidade da obra e sua beleza foram as preocupações principais dos artistas gregos e romanos. Os romanos assimilaram dos gregos muitos conhecimentos, principalmente, no que se refere à literatura, religião e filosofia. Apesar da forte influência grega, a cultura romana apresentou traços próprios, como: - na língua, a influência do latim; - nas construções arquitetônicas voltadas para as necessidades práticas do homem; - na elaboração de um importante conjunto de leis, regulando a vida jurídica da população, o Direito Romano. Responda: 19)Explique por que o Cristianismo abalou a civilização romana. 20)Por que podemos dizer que a cultura romana valorizava muito o ser humano? 21)Há alguma característica cultural romana que nos influência até hoje? Justifique sua resposta. 12

13 BIBLIOGRAFIA ALENCAR, Francisco, e outros. História da Sociedade Brasileira. Rio de janeiro, Ao Livro Técnico. AQUINO, Rubim Santos Leão de, e outros. História das Sociedades: das sociedades modernas às sociedades atuais. Rio de Janeiro, Ao Livro Técnico. ARRUDA, Jobson de A. História Moderna e Contemporânea. São Paulo, Ed. Ática. BARBEIRO, Heródoto. História Geral. S. Paulo, Ed. Moderna. BARBEIRO, Heródoto. História do Brasil. SP, Ed. Moderna. CAMPOS, Raymundo B. História Geral Vol. II, SP, Atual Editora FARIA, Ricardo de Moura e. Nova História. B. Horizonte, Ed. Lê. HOLANDA, Sérgio Buarque de. História da Civilização. SP, Cia Ed. Nacional. HUBERMAN, Leo. História da Riqueza do Homem. RJ, Zahar Editores. 13

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO HISTÓRIA FUNDAMENTAL CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI PRAIA GRANDE - SP

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO HISTÓRIA FUNDAMENTAL CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI PRAIA GRANDE - SP GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO HISTÓRIA FUNDAMENTAL 6 CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI PRAIA GRANDE - SP UNIDADE DE ESTUDO 06 OBJETIVOS - Localizar, na História, a Idade Média;

Leia mais

GRÉCIA ANTIGA DAS ORIGENS AO PERÍODO ARCAICO

GRÉCIA ANTIGA DAS ORIGENS AO PERÍODO ARCAICO GRÉCIA ANTIGA DAS ORIGENS AO PERÍODO ARCAICO A CIVILIZAÇÃO GREGA Localização: Península Balcânica Condições geográficas: relevo acidentado, montanhoso e solo pouco fértil, isolava os vários grupos humanos

Leia mais

MATÉRIA História. c) Sócrates ( ) Responsável pela sistematização da lógica, organização racional do pensamento e da argumentação.

MATÉRIA História. c) Sócrates ( ) Responsável pela sistematização da lógica, organização racional do pensamento e da argumentação. Valores eternos. TD Recuperação TOTAL DE ESCORES ALUNO(A) ESCORES OBTIDOS MATÉRIA História ANO/TURMA SEMESTRE DATA 6º 2º Dez/13 PROFESSOR(A) Magela Silva VISTO DOS PAIS/RESPONSÁVEIS Eles formaram uma incrível

Leia mais

CURSINHO PRÓ-ENEM 2015. E-mail: lucianojunior06@hotmail.com Telefone: 9250-8766

CURSINHO PRÓ-ENEM 2015. E-mail: lucianojunior06@hotmail.com Telefone: 9250-8766 CURSINHO PRÓ-ENEM 2015 E-mail: lucianojunior06@hotmail.com Telefone: 9250-8766 Origens A história grega pode ser dividida em quatro grandes períodos: Homérico (séculos XII a VIII a.c.), Arcaico (séculos

Leia mais

MUNDO GREGO MODO DE PRODUÇÃO ESCRAVISTA ANTIGUIDADE CLÁSSICA. http://historiaonline.com.br

MUNDO GREGO MODO DE PRODUÇÃO ESCRAVISTA ANTIGUIDADE CLÁSSICA. http://historiaonline.com.br MUNDO GREGO MODO DE PRODUÇÃO ESCRAVISTA ANTIGUIDADE CLÁSSICA CARACTERÍSTICAS GERAIS (Modo de Produção Escravista) a) Propriedade privada (fim do coletivismo primitivo e da servidão coletiva). b) Cidades

Leia mais

Existem duas teorias sobre a origem da cidade de Roma: Origem histórica Origem mitológica

Existem duas teorias sobre a origem da cidade de Roma: Origem histórica Origem mitológica Roma 1. Localização Roma se localiza na Península Itálica, na qual o rio Tibre é o seu segundo rio mais largo e atravessa toda a cidade de Roma indo desaguar no mar Tirreno. 2. Origem de Roma Existem duas

Leia mais

Roma. Profª. Maria Auxiliadora

Roma. Profª. Maria Auxiliadora Roma Profª. Maria Auxiliadora Economia: Agricultura e Pastoreiro Organização Política: MONARQUIA 753 a.c. 509 a.c. Rex = Rei (chefe supremo, sacerdote e juiz) Conselho de Anciãos = Senado (legislativo)

Leia mais

Lista de Exercícios:

Lista de Exercícios: PROFESSOR(A): Ero AVALIAÇÃO RECUPERAÇÃO DATA DA REALIZAÇÃO ROTEIRO DA AVALIAÇÃO 2ª ETAPA AVALIAÇÃO RECUPERAÇÃO DISCIPLINA: HISTÓRIA ANO: 6º CONTÉUDOS ABORDADOS Cap. 4: o mundo grego todos os temas Cap

Leia mais

R.: R.: R.: R.: R.: R.: R.:

R.: R.: R.: R.: R.: R.: R.: PROFESSOR: EQUIPE DE HISTÓRIA BANCO DE QUESTÕES - HISTÓRIA - 6º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================================== 01- Como o relevo

Leia mais

Situa-se na Península Itálica, próxima ao mar Mediterrâneo, Adriático e Tirreno.

Situa-se na Península Itálica, próxima ao mar Mediterrâneo, Adriático e Tirreno. Situa-se na Península Itálica, próxima ao mar Mediterrâneo, Adriático e Tirreno. Foi fundada no século VIII a.c., com a unificação de aldeias latinas e sabinos. Sua história política é dividida em 3 períodos:

Leia mais

Principais características

Principais características Roma Antiga Principais características Península itálica (Lácio); Rio Tibre; Solo fértil desenvolvimento da agricultura; Litoral pouco recortado ausência de portos naturais em abundância; Fundação: Arqueologia

Leia mais

PROVA BIMESTRAL História

PROVA BIMESTRAL História 6 o ano 2 o bimestre PROVA BIMESTRAL História Escola: Nome: Turma: n o : 1. Observe a imagem. SHUTTERSTOCK Margem do rio Nilo no Egito Nas civilizações da Antiguidade, a presença dos rios é importante

Leia mais

Grécia Antiga - Questões de Vestibulares Gabarito *

Grécia Antiga - Questões de Vestibulares Gabarito * Grécia Antiga - Questões de Vestibulares Gabarito * 1. (Fatec) "A cidade-estado era um objeto mais digno de devoção do que os deuses do Olimpo, feitos à imagem de bárbaros humanos. A personalidade humana,

Leia mais

PROFESSOR: JORGE AUGUSTO MATÉRIA: HISTÓRIA 6º ANO

PROFESSOR: JORGE AUGUSTO MATÉRIA: HISTÓRIA 6º ANO PROFESSOR: JORGE AUGUSTO MATÉRIA: HISTÓRIA 6º ANO ASSUNTO: GRÉCIA ANTIGA VIDEOAULA: 15 POLÍTICA Politicamente, Esparta era baseada na oligarquia. Diarquia: formada por dois reis, com autoridade religiosa

Leia mais

- Trecho da Carta de Pero Vaz de Caminha sobre o Descobrimento do Brasil. - Fotografias da posse do presidente do Brasil

- Trecho da Carta de Pero Vaz de Caminha sobre o Descobrimento do Brasil. - Fotografias da posse do presidente do Brasil MATERIAL DE REVISÃO PARA RECUPERAÇÃO FINAL 6 ANO 1) Classifique as fontes listadas abaixo em primarias e secundárias: - Vídeo do atentado terrorista ao World Trade Center em 2001 - Trecho da Carta de Pero

Leia mais

Material de Revisão Da Pré-História a Roma Antiga

Material de Revisão Da Pré-História a Roma Antiga Material de Revisão Da Pré-História a Roma Antiga Prof. Marcos Machry Paleolítico (do surgimento do homem à 10.000 a.c.) Organização em tribos nômades Propriedade coletiva comunismo primitivo Economia

Leia mais

Disciplina:História Professora: Andréa Alexandre

Disciplina:História Professora: Andréa Alexandre Disciplina:História Professora: Andréa Alexandre Cidadania Democracia Filosofia Geometria Teatro Período Pré-Homérico (2800 1100 a. C.) povoamento da Grécia. Período Homérico (1100 800 a. C.) poemas

Leia mais

EIXO TEMÁTICO: Dos primeiros humanos ao legado cultural do helenismo. Indicadores/ Descritores

EIXO TEMÁTICO: Dos primeiros humanos ao legado cultural do helenismo. Indicadores/ Descritores P L A N O D E E N S I N O A N O D E 2 0 1 3 ÁREA / DISCIPLINA: Ciências Humanas e suas tecnologias / História Professor(a): Joubert Cordeiro Lisboa SÉRIE: Nº DE HORAS/AULA SEMANAIS: TOTAL DE HORAS/AULA/ANO

Leia mais

Profº Hamilton Milczvski Jr

Profº Hamilton Milczvski Jr Profº Hamilton Milczvski Jr A Formação Segundo a mitologia romana, a cidade de Roma foi fundada por dois irmãos gêmeos, Rômulo e Remo, os quais haviam sido abandonados no Rio Tibre. Atraída pelo choro

Leia mais

CIVILIZAÇÃO ROMANA. Prof. Alexandre Cardoso

CIVILIZAÇÃO ROMANA. Prof. Alexandre Cardoso CIVILIZAÇÃO ROMANA Prof. Alexandre Cardoso Roma A aldeia que virou Império Geografia e Povoamento A civilização romana se localizou na parte continental pela península Itálica e na parte insular pelas

Leia mais

PARNAMIRIM - RN. 6º ano Professores: Ricardo Gomes Verbena Ribeiro

PARNAMIRIM - RN. 6º ano Professores: Ricardo Gomes Verbena Ribeiro PARNAMIRIM - RN 6º ano Professores: Ricardo Gomes Verbena Ribeiro 1. CONTEXTO / INTRODUÇÃO Como vimos anteriormente, a Grécia, nada mais é do que o berço da cultura Ocidental, e como tal, nos deixou como

Leia mais

Recursos para Estudo / Atividades

Recursos para Estudo / Atividades COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 1ª Etapa 2014 Disciplina: HISTÓRIA Professora: ALESSANDRA PRADA Ano: 1º Turma: FG Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

Os negros na formação do Brasil PROFESSORA: ADRIANA MOREIRA

Os negros na formação do Brasil PROFESSORA: ADRIANA MOREIRA Os negros na formação do Brasil PROFESSORA: ADRIANA MOREIRA ESCRAVIDÃO ANTIGA A escravidão é um tipo de relação de trabalho que existia há muito tempo na história da humanidade. Na Antiguidade, o código

Leia mais

LEGADOS / CONTRIBUIÇÕES. Democracia Cidadão democracia direta Olimpíadas Ideal de beleza Filosofia História Matemática

LEGADOS / CONTRIBUIÇÕES. Democracia Cidadão democracia direta Olimpíadas Ideal de beleza Filosofia História Matemática LEGADOS / CONTRIBUIÇÕES Democracia Cidadão democracia direta Olimpíadas Ideal de beleza Filosofia História Matemática GEOGRAFIA, ECONOMIA E POLÍTICA Terreno montanhoso Comércio marítimo Cidades-estado

Leia mais

A CIVILIZAÇÃO CLÁSSICA: GRÉCIA. Profº Alexandre Goicochea História

A CIVILIZAÇÃO CLÁSSICA: GRÉCIA. Profº Alexandre Goicochea História A CIVILIZAÇÃO CLÁSSICA: GRÉCIA Profº Alexandre Goicochea História ORIGENS O mundo grego antigo ocupava além da Grécia, a parte sul da península Balcânica, as ilhas do mar Egeu, a costa da Ásia Menor, o

Leia mais

No século VII a. C., a cidade-estado de Esparta apresentava a seguinte organização política:

No século VII a. C., a cidade-estado de Esparta apresentava a seguinte organização política: No século VII a. C., a cidade-estado de Esparta apresentava a seguinte organização política: Devido Para saberes às condições como era geográficas, constituída aas pólis, populações presta atenção isolaram-se

Leia mais

História. Bussunda. Prof. Bussunda

História. Bussunda. Prof. Bussunda Prof. Australopithecus Homo Habilis Homo Erectus Homo Neanderthalensis Homo Sapiens Primeiro hominídeo Confecção de ferramentas Domínio Do fogo linguagem cultura Paleolítico Sem agricultura Nomadismo

Leia mais

Antiguidade Clássica: Grécia

Antiguidade Clássica: Grécia Antiguidade Clássica: Grécia Localização Localização Localização Período Creto-Micênico (XX a. C. XII a. C) Pinturas no palácio de Cnossos em Micenas Período Creto-Micênico (XX a. C. XII a. C) Escrita

Leia mais

HISTÓRIA. Assinale a alternativa que preenche corretamente os parênteses da Coluna B, de cima para baixo.

HISTÓRIA. Assinale a alternativa que preenche corretamente os parênteses da Coluna B, de cima para baixo. HISTÓRIA 37 Associe as civilizações da Antigüidade Oriental, listadas na Coluna A, às características políticas que as identificam, indicadas na Coluna B. 1 2 3 4 COLUNA A Mesopotâmica Fenícia Egípcia

Leia mais

Escravismo Antigo. Baseado na liberdade que se tem. Dois grupos sociais: Desenvolvimento intelectual, artístico, militar e político

Escravismo Antigo. Baseado na liberdade que se tem. Dois grupos sociais: Desenvolvimento intelectual, artístico, militar e político Escravismo Antigo Estrutura econômica Escravos produzem maior parte da riqueza Estrutura social Baseado na liberdade que se tem. Dois grupos sociais: à Livres: Desenvolvimento intelectual, artístico, militar

Leia mais

OS EUROPEUS CHEGAM À AMÉRICA. Profª Regina Brito Fonseca

OS EUROPEUS CHEGAM À AMÉRICA. Profª Regina Brito Fonseca OS EUROPEUS CHEGAM À AMÉRICA Profª Regina Brito Fonseca Quando os europeus chegaram ao Continente Americano, no final do século XV, já o encontraram ocupado por vários povos. Alguns deles desenvolveram

Leia mais

Aula 6 A PÓLIS GREGA. Alfredo Julien

Aula 6 A PÓLIS GREGA. Alfredo Julien Aula 6 A PÓLIS GREGA META Apresentar as características básicas da organização da organização da pólis e discutir o processo de formação da pólis. OBJETIVOS Ao fi nal desta aula, o aluno deverá: listar

Leia mais

O MUNDO ROMANO. Profª Viviane Jordão

O MUNDO ROMANO. Profª Viviane Jordão O MUNDO ROMANO Profª Viviane Jordão LOCALIZAÇÃO NO ESPAÇO Europa Península Itálica Ásia África Versão Histórica Gregos 2000 a.c. Gauleses Etruscos Península Itálica Italiotas Fundam Roma A civilização

Leia mais

MESOPOTÂMIA ORIENTE MÉDIO FENÍCIA ISRAEL EGITO PÉRSIA. ORIENTE MÉDIO origem das primeiras civilizações

MESOPOTÂMIA ORIENTE MÉDIO FENÍCIA ISRAEL EGITO PÉRSIA. ORIENTE MÉDIO origem das primeiras civilizações MESOPOTÂMIA FENÍCIA ISRAEL EGITO ORIENTE MÉDIO PÉRSIA ORIENTE MÉDIO origem das primeiras civilizações CIVILIZAÇÕES DA ANTIGUIDADE ORIENTAL Mesopotâmia - Iraque Egito Hebreus Israel Fenícios Líbano Pérsia

Leia mais

HISTÓRIA REVISAO 1 REVISAO 2. Vídeo - Moisés Príncipe do Egito.

HISTÓRIA REVISAO 1 REVISAO 2. Vídeo - Moisés Príncipe do Egito. Vídeo - Moisés Príncipe do Egito. Os hebreus Foram os primeiros povos monoteístas da história. Seus reis mais famosos foram Davi e Salomão. A Bíblia é uma fonte importante para o conhecimento sobre a história

Leia mais

A GRÉCIA ANTIGA passo a passo

A GRÉCIA ANTIGA passo a passo A GRÉCIA ANTIGA passo a passo ÉRIC DARS e ÉRIC TEYSSIER Ilustrações de Vincent Caut Tradução de Julia da Rosa Simões Copyright do texto 2011 by Éric Dars e Éric Teyssier Copyright das ilustrações 2011

Leia mais

MUNDO GREGO. - (tribo + tribo + tribo +...) = Cidade-Estado. surgimento da diferenciação social Cidade-Estado ou Polis * características: (1) (2) (3)

MUNDO GREGO. - (tribo + tribo + tribo +...) = Cidade-Estado. surgimento da diferenciação social Cidade-Estado ou Polis * características: (1) (2) (3) 1 MUNDO GREGO QUADRO NATURAL relevo montanhoso solo pobre clima árido litoral recortado mares calmos e ventos regulares atividade econômica principal * comércio marítimo PERIODIZAÇÃO Período Minoico ou

Leia mais

1. (1,0) APONTE o nome da região em que foi desenvolvida a civilização grega.

1. (1,0) APONTE o nome da região em que foi desenvolvida a civilização grega. PARA A VALIDADE DO QiD, AS RESPOSTAS DEVEM SER APRESENTADAS EM FOLHA PRÓPRIA, FORNECIDA PELO COLÉGIO, COM DESENVOLVIMENTO E SEMPRE A TINTA. TODAS AS QUESTÕES DE MÚLTIPLA ESCOLHA DEVEM SER JUSTIFICADAS.

Leia mais

AULA DE HISTÓRIA GRÉCIA ANTIGA 14/09/2009 GRÉCIA. Localização Península Balcânica sudeste da Europa Território Relevo Acidentado 80% montanhoso

AULA DE HISTÓRIA GRÉCIA ANTIGA 14/09/2009 GRÉCIA. Localização Península Balcânica sudeste da Europa Território Relevo Acidentado 80% montanhoso AULA DE HISTÓRIA GRÉCIA ANTIGA GRÉCIA Localização Península Balcânica sudeste da Europa Território Relevo Acidentado 80% montanhoso ASPECTOS GEOGRÁFICOS Povos invasores formada por muitas ilhas a maior

Leia mais

Material Necessário: Livro didático / Caderno

Material Necessário: Livro didático / Caderno Roteiro de Matemática 6º Ano A e B 3º Bimestre Prof a Marineide (manhã) e Prof a Michelle (tarde) Data Início / / Data de Término / / Nota Estação do Conhecimento 1 Tema: Potência, Raízes e Expressões

Leia mais

QUEM DESEJAR A PAZ, PREPARE-SE PARA A GUERRA. O Período republicano, foi marcado pelas conquistas territoriais que tornaram Roma a cidade-mundo

QUEM DESEJAR A PAZ, PREPARE-SE PARA A GUERRA. O Período republicano, foi marcado pelas conquistas territoriais que tornaram Roma a cidade-mundo QUEM DESEJAR A PAZ, PREPARE-SE PARA A GUERRA O Período republicano, foi marcado pelas conquistas territoriais que tornaram Roma a cidade-mundo EXPANSÃO ROMANA = teve duas fases INTERNA EXTERNA Conquista

Leia mais

www.linkchurch.net É o que vamos fazer rapidamente sem nos atermos muito a datas e nomes de pessoas.

www.linkchurch.net É o que vamos fazer rapidamente sem nos atermos muito a datas e nomes de pessoas. www.linkchurch.net Todo estudo deste Periodo tem e será fundamentado em fatos históricos. Não ha registro na Biblia deste periodo, muitas literaturas sacras surgiram neste periodo mas foram consideradas

Leia mais

Grécia Antiga. Profº Paulo Henrique

Grécia Antiga. Profº Paulo Henrique Grécia Antiga Profº Paulo Henrique Periodização Período pré-homérico (2800 1100 a.c.): povoamento da Grécia. Período homérico (1100 800 a.c): poemas Ilíada e Odisséia. Período arcaico (800 500 a.c) : formação

Leia mais

Apontamentos das obras LeYa em relação ao Currículo de Referência da Rede Estadual de Educação de GOIÁs. História Oficina de História

Apontamentos das obras LeYa em relação ao Currículo de Referência da Rede Estadual de Educação de GOIÁs. História Oficina de História Apontamentos das obras LeYa em relação ao Currículo de Referência da Rede Estadual de Educação de GOIÁs História Oficina de História 2 Caro professor, Este guia foi desenvolvido para ser uma ferramenta

Leia mais

Tema DC - 01 INTRODUÇÃO DO ESTUDO DO DIREITO CONSTITUCIONAL RECORDANDO CONCEITOS

Tema DC - 01 INTRODUÇÃO DO ESTUDO DO DIREITO CONSTITUCIONAL RECORDANDO CONCEITOS Tema DC - 01 INTRODUÇÃO DO ESTUDO DO DIREITO CONSTITUCIONAL RECORDANDO CONCEITOS 1 1. CONCEITO BÁSICO DE DIREITO Somente podemos compreender o Direito, em função da sociedade. Se fosse possível ao indivíduo

Leia mais

SIMULADO 4 JORNAL EXTRA ESCOLAS TÉCNICAS HISTÓRIA

SIMULADO 4 JORNAL EXTRA ESCOLAS TÉCNICAS HISTÓRIA SIMULADO 4 JORNAL EXTRA ESCOLAS TÉCNICAS HISTÓRIA QUESTÃO 01 De uma forma inteiramente inédita, os humanistas, entre os séculos XV e XVI, criaram uma nova forma de entender a realidade. Magia e ciência,

Leia mais

Avaliação de História 6º ano FAF *Obrigatório

Avaliação de História 6º ano FAF *Obrigatório 08/06/2015 Avaliação de História 6º ano FAF Avaliação de História 6º ano FAF *Obrigatório 1. Nome Completo: * 2. Número: 3. Série: * Marcar apenas uma oval. 6ºA 6ºB Na Grécia Antiga se desenvolveu uma

Leia mais

Identifique qual regime descrito acima e qual a cidade-estado da Grécia o adotou. R.:

Identifique qual regime descrito acima e qual a cidade-estado da Grécia o adotou. R.: PROFESSOR: EQUIPE DE HISTÓRIA BANCO DE QUESTÕES - HISTÓRIA - 6º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================================== 01- "Com a nova divisão

Leia mais

INTRODUÇÃO A ADMINISTRAÇÃO

INTRODUÇÃO A ADMINISTRAÇÃO ADMINISTRAÇÃO EM SEGURANÇA DO TRABALHO IMPORTÂNCIA INTRODUÇÃO A ADMINISTRAÇÃO Quando do início de um empreendimento, de um negócio ou qualquer atividade; As expectativas e desejos de início são grandes:

Leia mais

CAPÍTULO: 5 AULAS: 9, 10, 11 e 12 GRÉCIA ANTIGA

CAPÍTULO: 5 AULAS: 9, 10, 11 e 12 GRÉCIA ANTIGA CAPÍTULO: 5 AULAS: 9, 10, 11 e 12 GRÉCIA ANTIGA INTRODUÇÃO Período: 2000 a.c. 146 a.c. Região: Península Balcânica: Solo pobre e montanhoso. Várias ilhas. Uso da navegação. ORIGENS Ilha de Creta. Vida

Leia mais

A Antiguidade Oriental Hebreus

A Antiguidade Oriental Hebreus A Antiguidade Oriental Hebreus (Monoteísmo e judaísmo) Mar Mediterrâneo Delta do Nilo Egito NASA Photo EBibleTeacher.com Península nsula do Sinai Mt. Sinai Mar Vermelho Canaã Tradicional Rota do Êxodo

Leia mais

Arte Romana. 1º Ano Artes. Professor Juventino 2015

Arte Romana. 1º Ano Artes. Professor Juventino 2015 Arte Romana 1º Ano Artes Professor Juventino 2015 Arte Romana A soberania do Império Romano, sem paralelos na história, estendia-se da Espanha ao sul da Rússia, da Inglaterra ao Egito e em seu apogeu absorveu

Leia mais

Panorama dos pré-socráticos ao helenismo

Panorama dos pré-socráticos ao helenismo Panorama dos pré-socráticos ao helenismo Heidi Strecker* A filosofia é um saber específico e tem uma história que já dura mais de 2.500 anos. A filosofia nasceu na Grécia antiga - costumamos dizer - com

Leia mais

TEXTO BASE: Roma Antiga Império (27 a.c. 476)

TEXTO BASE: Roma Antiga Império (27 a.c. 476) TEXTO BASE: Roma Antiga Império (27 a.c. 476) Divide-se em duas fases: Alto Império (séc. I a.c. ao séc. III) Baixo Império (séc. III ao séc. V) ALTO IMPÉRIO O período do Alto Império Romano é caracterizado

Leia mais

Ano: 6 Turma:6.1 e 6.2

Ano: 6 Turma:6.1 e 6.2 COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Final 3ª Etapa 2014 Disciplina: História Professor (a): Rodrigo Ano: 6 Turma:6.1 e 6.2 Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

HISTÓRIA - 6º AO 9º ANO

HISTÓRIA - 6º AO 9º ANO A FORMAÇÃO DO CURRÍCULO DA REDE O solicitou-nos uma base para colocar em discussão com os professores de história da rede de São Roque. O ponto de partida foi a grade curricular formulada em 2008 pelos

Leia mais

Roma Antiga. O mais vasto império da antiguidade; Lendária fundação pelos gêmeos Rômulo e Remo, em 753 a.c.; Roma - centro político do Império;

Roma Antiga. O mais vasto império da antiguidade; Lendária fundação pelos gêmeos Rômulo e Remo, em 753 a.c.; Roma - centro político do Império; ROMA Roma Antiga O mais vasto império da antiguidade; Lendária fundação pelos gêmeos Rômulo e Remo, em 753 a.c.; Roma - centro político do Império; Sua queda, em 476, marca o início da Idade Média. O mito

Leia mais

NOME DO ALUNO: Nº: DISCIPLINA: HISTÓRIA ANO: 6º TURMA: PROFESSORA: LUISA DATA: / / 2013 NOTA: ESTUDO DIRIGIDO 1º SEMESTRE

NOME DO ALUNO: Nº: DISCIPLINA: HISTÓRIA ANO: 6º TURMA: PROFESSORA: LUISA DATA: / / 2013 NOTA: ESTUDO DIRIGIDO 1º SEMESTRE NOME DO ALUNO: Nº: DISCIPLINA: HISTÓRIA ANO: 6º TURMA: PROFESSORA: LUISA DATA: / / 2013 NOTA: ESTUDO DIRIGIDO 1º SEMESTRE Querido(a) aluno(a), Estas atividades são para auxiliar e organizar o seu estudo.

Leia mais

Aulas 6 e 7. A Antiguidade Oriental

Aulas 6 e 7. A Antiguidade Oriental Aulas 6 e 7 A Antiguidade Oriental Hebreus (Monoteísmo e judaísmo) III- I- Local: Economia: região da agricultura, Palestina pastoreio ( Canaã (rio ou Jordão) terra prometida ). e comércio Atualmente:

Leia mais

As formas de vida grega que prepararam o nascimento da filosofia

As formas de vida grega que prepararam o nascimento da filosofia As formas de vida grega que prepararam o nascimento da filosofia A Arte: (faculdade da imaginação) De modo mítico e fantástico mediante a intuição e a imaginação, tende a alcançar objetivos que também

Leia mais

Para facilitar seus estudos: Leia atentamente os módulos e se achar necessário responda NO CADERNO as atividades propostas. Elas não são obrigatórias.

Para facilitar seus estudos: Leia atentamente os módulos e se achar necessário responda NO CADERNO as atividades propostas. Elas não são obrigatórias. Para facilitar seus estudos: Leia atentamente os módulos e se achar necessário responda NO CADERNO as atividades propostas. Elas não são obrigatórias. Consulte o dicionário sempre que não souber o significado

Leia mais

ALTA IDADE MÉDIA 1. FORMAÇÃO DOS REINOS CRISTÃOS-BÁRBAROS

ALTA IDADE MÉDIA 1. FORMAÇÃO DOS REINOS CRISTÃOS-BÁRBAROS ALTA IDADE MÉDIA É costume dividir o período medieval em duas grandes fases: a Alta Idade Média, que se estende do século V ao século XI e a Baixa Idade Média, do século XII ao século XV. A primeira fase

Leia mais

A CIDADE-ESTADO ESTADO GREGA ORIGEM DAS PÓLIS GREGAS Causas geomorfológicas A Grécia apresenta as seguintes características: - Território muito montanhoso; na Antiguidade, as montanhas estavam cobertas

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ IFPR ASSIS CHATEAUBRIAND GRUPO DE PESQUISAS FILOSOFIA, CIÊNCIA E TECNOLOGIAS IF-SOPHIA ASSIS CHATEAUBRIAND

INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ IFPR ASSIS CHATEAUBRIAND GRUPO DE PESQUISAS FILOSOFIA, CIÊNCIA E TECNOLOGIAS IF-SOPHIA ASSIS CHATEAUBRIAND INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ IFPR ASSIS CHATEAUBRIAND GRUPO DE PESQUISAS FILOSOFIA, CIÊNCIA E TECNOLOGIAS IF-SOPHIA ASSIS CHATEAUBRIAND ECONOMIA, SOCIEDADE E RELIGIÃO NA GRÉCIA ANTIGA: O HOMEM GREGO Prof.

Leia mais

Educação Moral e Religiosa Católica. O Islamismo. Colégio do Amor de Deus

Educação Moral e Religiosa Católica. O Islamismo. Colégio do Amor de Deus Educação Moral e Religiosa Católica O Colégio do Amor de Deus Educação moral e Religiosa Católica 00 estrutura Colégio do Amor de Deus 00 estrutura 00 estrutura 01 definição 02 génese 03 estudo história

Leia mais

Planejamento. Ensino fundamental I 5 o ano. história Unidade 1. Ético Sistema de Ensino Planejamento Ensino fundamental I

Planejamento. Ensino fundamental I 5 o ano. história Unidade 1. Ético Sistema de Ensino Planejamento Ensino fundamental I história Unidade 1 A vinda da família real portuguesa para o Brasil Os desdobramentos sociais, políticos e econômicos da independência do Brasil Os aspectos históricos do início do Império brasileiro O

Leia mais

CURSO DE HISTÓRIA GRÉCIA ANTIGA. Professor Sebastião Abiceu 6º ano Colégio Marista São José Montes Claros - MG

CURSO DE HISTÓRIA GRÉCIA ANTIGA. Professor Sebastião Abiceu 6º ano Colégio Marista São José Montes Claros - MG CURSO DE HISTÓRIA GRÉCIA ANTIGA Professor Sebastião Abiceu 6º ano Colégio Marista São José Montes Claros - MG LOCALIZAÇÃO E POVOAMENTO A Grécia antiga localizava-se em sua maior parte do sudeste da Europa

Leia mais

HISTÓRIA REVISÃO 1. Unidade II Civilização Greco Romana e seu legado. Aula 9 Revisão e avaliação da unidade II

HISTÓRIA REVISÃO 1. Unidade II Civilização Greco Romana e seu legado. Aula 9 Revisão e avaliação da unidade II HISTÓRIA REVISÃO 1 REVISÃO 2 REVISÃO 3 Unidade II Civilização Greco Romana e seu legado. Aula 9 Revisão e avaliação da unidade II HISTÓRIA REVISÃO 1 REVISÃO 2 REVISÃO 3 Expansionismo Romano - Etapas 1ª.

Leia mais

SUMÁRIO UNIDADE I UNIDADE II A PRÉ-HISTÓRIA... 10. A Pré-História... 12. África, o berço da humanidade... 30

SUMÁRIO UNIDADE I UNIDADE II A PRÉ-HISTÓRIA... 10. A Pré-História... 12. África, o berço da humanidade... 30 SUMÁRIO UNIDADE I A PRÉ-HISTÓRIA... 10 CAPÍTULO 1 A Pré-História... 12 A origem do homem... 13 O desenvolvimento cultural... 16 A periodização da Pré-História... 20 A Pré-História na América... 24 A origem

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO HISTÓRIA FUNDAMENTAL CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI PRAIA GRANDE - SP

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO HISTÓRIA FUNDAMENTAL CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI PRAIA GRANDE - SP GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO HISTÓRIA FUNDAMENTAL 9 CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI PRAIA GRANDE - SP FINALIDADE: Estudar dois movimentos ocorridos na Europa no início dos tempos

Leia mais

Psicologia das multidões

Psicologia das multidões 1 Psicologia das multidões O estudo da Psicologia das multidões ou das Psicologia das massas foi feito pela primeira vez pelo sociólogo francês Gustave Le Bon em 1886. Os fatores que determinam as opiniões

Leia mais

1ª Série do Ensino Médio/ 2 Trimestre SÓCRATES, PLATÃO E ARISTÓTELES

1ª Série do Ensino Médio/ 2 Trimestre SÓCRATES, PLATÃO E ARISTÓTELES Sem limite para crescer! Resumo das aulas de Filosofia 1ª Série do Ensino Médio/ 2 Trimestre SÓCRATES, PLATÃO E ARISTÓTELES Esses três filósofos foram os inauguradores da filosofia ocidental como a que

Leia mais

Geografia e Povoamento A civilização romana se localizou na parte continental pela península Itálica e na parte insular pelas ilhas de Córsega, Sardenha e Sicília banhada pelos mares Mediterrâneo, Tirreno,

Leia mais

COLÉGIO O BOM PASTOR PROF. RAFAEL CARLOS SOCIOLOGIA 3º ANO. Material Complementar Módulos 01 a 05: Os modos de produção.

COLÉGIO O BOM PASTOR PROF. RAFAEL CARLOS SOCIOLOGIA 3º ANO. Material Complementar Módulos 01 a 05: Os modos de produção. COLÉGIO O BOM PASTOR PROF. RAFAEL CARLOS SOCIOLOGIA 3º ANO Material Complementar Módulos 01 a 05: Os modos de produção. Modos de Produção O modo de produção é a maneira pela qual a sociedade produz seus

Leia mais

Analise duas transformações ocorridas nesse contexto histórico que colaboraram para a crise da República.

Analise duas transformações ocorridas nesse contexto histórico que colaboraram para a crise da República. 1) Leia a afirmativa abaixo que relaciona as conquistas territoriais às profundas alterações políticas, sociais e econômicas ocorridas entre os séculos II e I a.c. A República conquistara para Roma o seu

Leia mais

A História da Grécia Antiga se estende do século XX a.c. até o século II a.c. quando a região foi conquistada pelos romanos.

A História da Grécia Antiga se estende do século XX a.c. até o século II a.c. quando a região foi conquistada pelos romanos. HISTÓRIA ANTIGA Grécia I - formação Situada no sul da Europa (Península balcânica), numa região de relevo acidentado e um arquipélago no Mar Egeu, a Grécia foi palco de uma civilização que se desenvolveu

Leia mais

A formação da Europa medieval

A formação da Europa medieval A formação da Europa medieval Causas da crise do Império Romano: Crises e retomadas dos séculos III e IV; Anarquia militar; As complexas relações com os germânicos; Guerra civil (generais sem consenso);

Leia mais

OBRIGAÇÃO DE SOLVÊNCIA, EMPRÉSTIMOS.

OBRIGAÇÃO DE SOLVÊNCIA, EMPRÉSTIMOS. OBRIGAÇÃO DE SOLVÊNCIA, EMPRÉSTIMOS. Luiz Paulo OLIVEIRA SPINOLA BARBOSA 1 RESUMO: Este presente artigo pretende discorrer de forma breve sobre o direito das obrigações, obrigação de dar coisa certa, na

Leia mais

Localização. Planície central da península itálica. Conhecida como Lácio.

Localização. Planície central da península itálica. Conhecida como Lácio. HISTÓRIA DE ROMA Localização Planície central da península itálica. Conhecida como Lácio. Primeiros habitantes: Autóctones: nativos do local Sul Sículos Norte Lígures Povoamento Povoamento semelhante ao

Leia mais

FACULDADE DE ENSINO SUPERIOR DE LINHARES - FACELI SELEÇÃO E COMENTÁRIO DE CENAS DO FILME GLADIADOR LINHARES

FACULDADE DE ENSINO SUPERIOR DE LINHARES - FACELI SELEÇÃO E COMENTÁRIO DE CENAS DO FILME GLADIADOR LINHARES FACULDADE DE ENSINO SUPERIOR DE LINHARES - FACELI SELEÇÃO E COMENTÁRIO DE CENAS DO FILME GLADIADOR LINHARES 2011 FACULDADE DE ENSINO SUPERIOR DE LINHARES FACELI Ana Cistina de Souza Pires Grasiela Sirtoli

Leia mais

Nome: nº. Recuperação Final de História Profª Patrícia

Nome: nº. Recuperação Final de História Profª Patrícia 1 Conteúdos selecionados: Nome: nº Recuperação Final de História Profª Patrícia Lista de atividades 9º ano Apostila 1: Segunda Revolução Industrial (características); Neocolonislimo; Brasil no século XX:

Leia mais

Spartacus,um homem que nasceu escravo, trabalhou para o Império Romano enquanto sonhava com o fim da escravidão seu trabalho - gladiador

Spartacus,um homem que nasceu escravo, trabalhou para o Império Romano enquanto sonhava com o fim da escravidão seu trabalho - gladiador A REPÚBLICA ROMANA EM CRISE Por volta de 70 à 80 a.c., Roma mergulhou em uma grande crise política, causada principalmente pela disputa pelo poder entre os generais romanos e pelas revoltas de escravos

Leia mais

ROMA ANTIGA EXPANSÃO E CRISE DA REPÚBLICA

ROMA ANTIGA EXPANSÃO E CRISE DA REPÚBLICA Prof.: Otto Terra ROMA ANTIGA EXPANSÃO E CRISE DA REPÚBLICA HISTÓRICO Poder nas mãos dos Patrícios; Sociedade censitária; Significativo aumento do número de escravos; Sociedade Patriarcal; Tensões sociais:

Leia mais

Unidade II Poder, Estudo e Instituições Aula 10

Unidade II Poder, Estudo e Instituições Aula 10 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Unidade II Poder, Estudo e Instituições Aula 10 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Conteúdo O Consulado: Economia, Educação

Leia mais

Uma introdução à Bíblia

Uma introdução à Bíblia Uma introdução à Bíblia FORMAÇÃO DO IMPÉRIO DE DAVI E SALOMÃO PRIMEIRO TESTAMENTO A serviço da leitura libertadora da Bíblia VOLUME 3 Ildo Bohn Gass (Org.) 2 a edição São Leopoldo/RS 2011 Centro de Estudos

Leia mais

Carta de Paulo aos romanos:

Carta de Paulo aos romanos: Carta de Paulo aos romanos: Paulo está se preparando para fazer uma visita à comunidade dos cristãos de Roma. Ele ainda não conhece essa comunidade, mas sabe que dentro dela existe uma grande tensão. A

Leia mais

O que é História? A história é uma ciência que investiga o passado para poder compreender melhor o presente.

O que é História? A história é uma ciência que investiga o passado para poder compreender melhor o presente. EXERCÍCIOS DE REVISÃO COM RESPOSTAS PARA O EXAME FINAL HISTÓRIA 5ª SÉRIE O que é História? A história é uma ciência que investiga o passado para poder compreender melhor o presente. Existem muitas fontes

Leia mais

Objetivo e Palavras-chave

Objetivo e Palavras-chave Uma terra subjugada pelos estrangeiros Marcelo da Silva Carneiro Objetivo e Palavras-chave Objetivo: Compreender os processos históricos marcados por dominações estrangeiras que cercam os escritos do Novo

Leia mais

De que jeito se governava a Colônia

De que jeito se governava a Colônia MÓDULO 3 De que jeito se governava a Colônia Apresentação do Módulo 3 Já conhecemos bastante sobre a sociedade escravista, especialmente em sua fase colonial. Pouco sabemos ainda sobre a organização do

Leia mais

O público e o privado em Hannah Arendt A condição Humana

O público e o privado em Hannah Arendt A condição Humana O público e o privado em Hannah Arendt A condição Humana Hannah Arendt na obra A condição Humana trata especificamente da questão do público e do privado. 1) Designa três condições/atividades humanas fundamentais:

Leia mais

Segurança no Trabalho

Segurança no Trabalho O conjunto das profundas transformações econômicas, tecnológicas e sociais ocorridas na Europa a partir da segunda metade do século XVIII recebe o nome de Revolução Industrial. Fenômeno tipicamente inglês,

Leia mais

A CIVILIZAÇÃO GREGA - INTRODUÇÃO

A CIVILIZAÇÃO GREGA - INTRODUÇÃO Página1 PREPARAÇÃO PARA O TESTE DE HISTÓRIA A 1º TESTE DE AVALIAÇÃO 1º PERÍODO 10º ANO UNIDADE 1: O MUNDO ATENIENSE A CIVILIZAÇÃO GREGA - INTRODUÇÃO A partir do século VIII a.c, desenvolveu-se, na Península

Leia mais

A ÉTICA DAS VIRTUDES. A ética e a moral: origem da ética As ideias de Sócrates/Platão. Prof. Dr. Idalgo J. Sangalli (UCS) 2011

A ÉTICA DAS VIRTUDES. A ética e a moral: origem da ética As ideias de Sócrates/Platão. Prof. Dr. Idalgo J. Sangalli (UCS) 2011 A ÉTICA DAS VIRTUDES A ética e a moral: origem da ética As ideias de Sócrates/Platão Prof. Dr. Idalgo J. Sangalli (UCS) 2011 ETHOS Significado original do termo ETHOS na língua grega usual: morada ou abrigo

Leia mais

Roma. Antiguidade Clássica

Roma. Antiguidade Clássica Roma Antiguidade Clássica Características gerais Península itálica (Lácio); Rio Tibre; Solo fértil desenvolvimento da agricultura; Litoral pouco recortado ausência de portos naturais em abundância; Habitantes

Leia mais

ANTIGUIDADE ORIENTAL MÓDULO 01 PG 657 OLI

ANTIGUIDADE ORIENTAL MÓDULO 01 PG 657 OLI ANTIGUIDADE ORIENTAL MÓDULO 01 PG 657 OLI LOCALIZAÇÃO NORDESTE DA ÁFRICA RIO NILO HERÓDOTO O EGITO É UMA DÁDIVA DO NILO EVOLUÇÃO POLÍTICA FASES ANTIGO IMPÉRIO MÉDIO IMPÉRIO NOVO IMPÉRIO PERÍODO

Leia mais

ANÁLISE DO FILME OS 300 & A CIDADE GREGA ESPARTA

ANÁLISE DO FILME OS 300 & A CIDADE GREGA ESPARTA FACELI FACULDADE SUPERIOR DE LINHARES DISCIPLINA DE HISTÓRIA DO DIREITO CURSO DE DIREITO / 1º DIREITO B ANÁLISE DO FILME OS 300 & A CIDADE GREGA ESPARTA BARBARA LICIA JAMARA FERREIRA P. ARAUJO JANE SCHULZ

Leia mais

4ª FASE. Prof. Amaury Pio Prof. Eduardo Gomes

4ª FASE. Prof. Amaury Pio Prof. Eduardo Gomes 4ª FASE Prof. Amaury Pio Prof. Eduardo Gomes CONTEÚDOS E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA Unidade II Natureza-Sociedade: questões ambientais 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES

Leia mais

Distinção entre Norma Moral e Jurídica

Distinção entre Norma Moral e Jurídica Distinção entre Norma Moral e Jurídica Filosofia do direito = nascimento na Grécia Não havia distinção entre Direito e Moral Direito absorvia questões que se referiam ao plano da consciência, da Moral,

Leia mais

Conteúdo: Aula 1: A América antes de Colombo As primeiras civilizações da Mesoamérica Aula 2: Os Maias Os Astecas Os Incas FORTALECENDO SABERES

Conteúdo: Aula 1: A América antes de Colombo As primeiras civilizações da Mesoamérica Aula 2: Os Maias Os Astecas Os Incas FORTALECENDO SABERES CONTEÚDO E HABILIDADES DESAFIO DO DIA INTERATIVA I Conteúdo: Aula 1: A América antes de Colombo As primeiras civilizações da Mesoamérica Aula 2: Os Maias Os Astecas Os Incas CONTEÚDO E HABILIDADES DESAFIO

Leia mais