Blog Passeios & Náutica, Voluntários "limpam" o concelho de Cascais

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Blog Passeios & Náutica, 18-03-2010. Voluntários "limpam" o concelho de Cascais"

Transcrição

1

2 Blog Passeios & Náutica, Voluntários "limpam" o concelho de Cascais Voluntários "limpam" o concelho de Cascais Já são mais de três centenas os voluntários que, dia 20 de Março (sábado), vão participar nas acções de limpeza promovidas pelas Agências Cascais Atlântico, Cascais Natura e EMAC, Empresa de Ambiente de Cascais, no âmbito do Projecto Limpar Portugal (PLP), em todo o concelho de Cascais. Coordenadas pela Agenda Cascais 21, as iniciativas incluirão uma acção de limpeza do litoral na zona do Guincho, entre as 09H00 e as 17H00, que envolverá a remoção de lixo e entulho existentes naquela área, orientada pela Cascais Atlântico. Inscrições em Das 09H00 às 16H00, a Cascais Natura desenvolve uma acção de limpeza na zona protegida do Refilão - no interior da Quinta do Pisão de Cima - através da recolha de lixo e entulho existente na zona, enquadrada no projecto Oxigénio. Inscrições em A EMAC, a par da recolha dos resíduos provenientes das acções dinamizadas pelas duas Agências municipais de Ambiente, vai promover acções de limpeza, com a colaboração dos munícipes, no Bairro da Ribeira dos Mochos (10h00), Bairro da Martinha (14h00) e Bairro do Abano (9h00), no âmbito do programa "Tutor do Bairro". Inscrições em Publicada por Vasco Melo Gonçalves em 22:40

3 Jornal de Cascais ID: Tiragem: País: Portugal Period.: Semanal Âmbito: Regional Pág: 3 Cores: Preto e Branco Área: 21,14 x 11,68 cm² Corte: 1 de 2

4 Jornal de Cascais ID: Tiragem: País: Portugal Period.: Semanal Âmbito: Regional Pág: 1 Cores: Cor Área: 21,43 x 3,35 cm² Corte: 2 de 2

5 Golden News Cascais ID: Tiragem: País: Portugal Period.: Quinzenal Âmbito: Regional Pág: 15 Cores: Preto e Branco Área: 7,62 x 8,55 cm² Corte: 1 de 1

6 Golden News Cascais ID: Tiragem: País: Portugal Period.: Quinzenal Âmbito: Regional Pág: 7 Cores: Preto e Branco Área: 9,06 x 7,84 cm² Corte: 1 de 1

7 Ambiente Magazine.com, Cascais candidata ao prémio "Rock In Rio Atitude Sustentável" 15:24h - 05/03/2010 A Câmara Municipal de Cascais é uma das candidatas ao prémio "Rock In Rio Atitude Sustentável", categoria Câmara Municipal, instituído com o objectivo de homenagear pessoas ou instituições que se tenham distinguido em prol da melhoria da qualidade de vida ao nível local e/ou nacional, em termos de desenvolvimento sustentável. Entre os projectos encontram-se o "Tutor do Bairro", lançado pela EMAC; o "Ecoponto Marítimo", criado para a deposição selectiva dos resíduos provenientes dos barcos, como óleos, baterias, velas ou filtros de óleo que, de outra forma, corriam o risco de ser deitados ao mar. A concorrer para esta distinção encontra-se igualmente o programa "Oxigénio" da Cascais Natura, com o objectivo de promover a conservação da natureza e biodiversidade no Parque Natural de Sintra-Cascais, com recurso ao voluntariado de cidadãos, empresas e outras instituições, na plantação de árvores e em acções de manutenção dos solos. As auditorias realizadas pelos "Caça-Watts" da Cascais Energia aos consumos de energia nas residências dos munícipes, com o objectivo de diagnosticar desperdícios, identificar pontos de poupança em cada lar e reduzir em 10% o consumo de energia no sector doméstico, também contribuíram para esta nomeação.

8 ID: Guincho limpo no dia 20 CASCAIS. O projecto Limpar Portugal já chegou a Cascais. Este é um movimento de voluntários que decorre no dia 20 de Março e que consiste em diversas acções ambientais. Em Cascais, uma delas será a limpeza do litoral na zona do Guincho, ou da zona protegida do Refilão. Tiragem: País: Portugal Period.: Diária Âmbito: Informação Geral Pág: 4 Cores: Cor Área: 4,00 x 6,28 cm² Corte: 1 de 1

9 Pela Natureza.pt, Cascais ajuda a "Limpar Portugal" Cascais ajuda a "Limpar Portugal" imagem: CMC A Câmara Municipal de Cascais (CMC), através das Agências Cascais Atlântico, Cascais Natura e EMAC, Empresa de Ambiente de Cascais, vai integrar o Projecto Limpar Portugal (PLP), um movimento de voluntários cuja missão é pôr em marcha, dia 20 de Março, em todo o país, diversas acções de limpeza ambiental. Nesta data, vão desenvolver-se, por todo o concelho, diversas iniciativas de limpeza coordenadas pela Agenda Cascais 21, no âmbito da sua intervenção no processo de participação pública orientado para a sustentabilidade local. Segundo o Presidente da CMC, António d Orey Capucho, "o nosso Município não poderia deixar de se associar a este projecto, em coerência com a estratégia de protecção do meio ambiente e de fomento de comportamentos ambientalmente sustentáveis que vem prosseguindo há vários anos". Assim, nessa data, entre as 09H00 e as 17H00, a Cascais Atlântico promove uma acção de limpeza do litoral na zona do Guincho, aberta à participação de todas as famílias, que envolverá a remoção de lixo e entulho existentes naquela área. Das 09H00 às 16H00, a Cascais Natura vai desenvolver uma acção de limpeza na zona protegida do Refilão - no interior da Quinta do Pisão de Cima - que envolve a recolha de lixo e entulho existente na zona e se enquadra no projecto "Oxigénio". A EMAC, a par da recolha dos resíduos provenientes das acções dinamizadas pelas duas Agências municipais de Ambiente, vai promover a limpeza nos bairros do concelho de Cascais, com a colaboração dos munícipes, no âmbito do programa "Tutor do Bairro". Para o efeito, cada Tutor já inscrito no programa foi convidado a reunir um grupo de voluntários e proceder à limpeza do seu bairro nessa data. O grupo que recolher mais resíduos será reconhecido pelo programa "Mérito Ambiental", que premeia, "certifica", reconhece e incentiva as boas práticas ambientais e cívicas de entidades ou pessoas que se destaquem no âmbito de cada iniciativa promovida e executada pela EMAC. De acordo com Carlos Carreiras, presidente das Agências Municipais e vice-presidente da CMC, "este é o momento em que projectos que temos vindo a desenvolver, como o Tutor do Bairro ou o Oxigénio, adquirem o máximo significado. O seu espírito de voluntariado e objectivos de sustentabilidade ambiental unem-se a um projecto à escala nacional, para o qual contribuímos com o nosso poder de mobilização dos munícipes e com a eficácia das medidas que têm vindo a ser implementadas no nosso concelho". Inspirado num movimento que decorreu na Estónia, em 2008, sob o nome de "Vamos limpar a floresta num só dia", o PLP é um movimento de cidadãos que visa limpar as lixeiras ilegais existentes no país, designadamente, em áreas florestais e costeiras, através do envolvimento da comunidade, em regime de voluntariado. Complementarmente, o movimento tem por objectivo sensibilizar a população para atitudes e comportamentos ambientalmente sustentáveis. fonte: CM Cascais

10 Qualidade Online.com, Agências Municipais e EMAC promovem acções de limpeza dia 20 de Março 05-Mar-2010 A Câmara Municipal de Cascais (CMC), através das Agências Cascais Atlântico, Cascais Natura e a Empresa de Ambiente de Cascais (EMAC), vai integrar o Projecto Limpar Portugal (PLP), um movimento de voluntários cuja missão é pôr em marcha, dia 20 de Março, em todo o país, diversas acções de limpeza ambiental. Nesta data, vão desenvolver-se, por todo o concelho, diversas iniciativas de limpeza coordenadas pela Agenda Cascais 21, no âmbito da sua intervenção no processo de participação pública orientado para a sustentabilidade local. Segundo o Presidente da CMC, António d Orey Capucho, "o nosso município não poderia deixar de se associar a este projecto, em coerência com a estratégia de protecção do meio ambiente e de fomento de comportamentos ambientalmente sustentáveis que vem prosseguindo há vários anos". Assim, nessa data, entre as 09H00 e as 17H00, a Cascais Atlântico promove uma acção de limpeza do litoral na zona do Guincho, aberta à participação de todas as famílias, que envolverá a remoção de lixo e entulho existentes naquela área. Das 09H00 às 16H00, a Cascais Natura vai desenvolver uma acção de limpeza na zona protegida do Refilão - no interior da Quinta do Pisão de Cima - que envolve a recolha de lixo e entulho existente na zona e se enquadra no projecto "Oxigénio". A EMAC, a par da recolha dos resíduos provenientes das acções dinamizadas pelas duas agências municipais de Ambiente, vai promover a limpeza nos bairros do concelho de Cascais, com a colaboração dos munícipes, no âmbito do programa "Tutor do Bairro". Para o efeito, cada tutor já inscrito no programa foi convidado a reunir um grupo de voluntários e proceder à limpeza do seu bairro nessa data. O grupo que recolher mais resíduos será reconhecido pelo programa "Mérito Ambiental", que premeia, "certifica", reconhece e incentiva as boas práticas ambientais e cívicas de entidades ou pessoas que se destaquem no âmbito de cada iniciativa promovida e executada pela EMAC. De acordo com Carlos Carreiras, presidente das Agências Municipais e vice-presidente da CMC, "este é o momento em que projectos que temos vindo a desenvolver, como o Tutor do Bairro ou o Oxigénio, adquirem o máximo significado. O seu espírito de voluntariado e objectivos de sustentabilidade ambiental unem-se a um projecto à escala nacional, para o qual contribuímos com o nosso poder de mobilização dos munícipes e com a eficácia das medidas que têm vindo a ser implementadas no nosso concelho". Inspirado num movimento que decorreu na Estónia, em 2008, sob o nome de "Vamos limpar a floresta num só dia", o PLP é um movimento de cidadãos que visa limpar as lixeiras ilegais existentes no país, designadamente, em áreas florestais e costeiras, através do envolvimento da comunidade, em regime de voluntariado. Complementarmente, o movimento tem por objectivo sensibilizar a população para atitudes e comportamentos ambientalmente sustentáveis.

11 Pela Natureza.pt, Vila de Cascais nomeada para Prémio Rock in Rio Atitude Sustentável Vila de Cascais nomeada para Prémio Rock in Rio Atitude Sustentável imagem: Wikimédia Commons O júri responsável por esta selecção referiu que "depois de um período negativo em que a expansão urbanística ganhou força, o Município de Cascais conseguiu inverter a situação e apostar sobretudo na requalificação e em intervenções de qualidade". Nesse sentido, foi salientado o trabalho desenvolvido pela Cascais Natura no Concelho, nomeadamente no que diz respeito aos projectos de requalificação e conservação da Biodiversidade no Parque Natural de Sintra-Cascais, tais como o projecto Oxigénio (que envolve acções plantação, limpeza e requalificação envolvendo a comunidade local), a Estrutura Ecológica Municipal (que pretende concretizar medidas pragmáticas que permitam um desenvolvimento sustentável para o Município nos próximos 20 anos) ou o projecto de voluntariado jovem Natura Observa. O Município foi ainda elogiado pelo trabalho desenvolvido ao nível sócio-económico (através da DNA Cascais), energético (pela adesão ao Pacto dos Autarcas e por projectos como o Caça Watts, da Cascais Energia), da sustentabilidade (pela criação da Agenda Cascais 21), pela implementação de espaços verdes e intervenções urbanas (trabalho desenvolvido pela EMAC) e pela intervenção no litoral (através da Cascais Atlântico). A escolha do vencedor entre os três Municípios nomeados (Cascais, Oeiras e Torres Vedras) processa-se por votação aberta através do seguinte site: fonte: cascaisnatura.org

12 hipersuper.pt, Hipercluster do mar é estratégico para desenvolvimento nacional "É fundamental tornar Portugal, na viragem do primeiro para o segundo quartel do século XXI, num actor marítimo relevante ao nível global", afirmou Ernâni Lopes em Cascais, durante uma intervenção na conferência "Jornadas para o Futuro", organizada recentemente pela Associação dos Oficiais da Reserva Naval (AORN), Câmara Municipal de Cascais (CMC) e Agência Cascais Atlântico. Para o antigo ministro das Finanças e actual presidente da Assembleia Geral da AORN, Portugal deverá desenvolver esforços no sentido de se tornar um interlocutor credível, porque efectivo e inovador, na economia global do mar, defendendo que este recurso é importante não só como matriz identitária do País no quadro histórico-cultural, mas também pelas potencialidades económicas e estratégicas que contém para impulsionar o desenvolvimento nacional. No encontro, que encerrou o ciclo de Jornadas de Economia do Mar iniciado em 2004, o Almirante Viera Matias, presidente do GIENO (Gabinete para a Implementação de uma Estratégia Nacional para os Oceanos), recordou a tradição marítima de Cascais e evocou, na Proclamação deste Concelho, três objectivos políticos: valorizar a importância do mar para Portugal, privilegiar os assuntos do mar e projectá-los no exterior e adoptar uma visão sustentada do domínio marítimo para tirar partido das suas potencialidades económicas. Recordando que "Portugal é 19 vezes maior no mar do que em terra", Carlos Carreiras, vice-presidente da CMC e presidente da Cascais Atlântico afirmou que "Cascais assumiu o compromisso de apostar no mar, reforçando a transferência de saber e competências, através de uma estratégia que passa pelo planeamento e ordenamento territorial, participação dos cidadãos e desenvolvimento sustentável". Palavras Chave: mar, pesca, Produção

13 Náutica Press.com, : ECONOMIA: Hypercluster do Mar é domínio estratégico para o desenvolvimento nacio (2010/3/31 15:53:00) "É fundamental tornar Portugal, na viragem do primeiro para o segundo quartel do século XXI, num actor marítimo relevante ao nível global", afirmou Ernâni Lopes em Cascais, durante uma intervenção na conferência "Jornadas para o Futuro", organizada pela Associação dos Oficiais da Reserva Naval (AORN), Câmara Municipal de Cascais (CMC) e Agência Cascais Atlântico. Para o antigo Ministro das Finanças e actual presidente da Assembleia Geral da AORN, Portugal deverá desenvolver esforços no sentido de se tornar um interlocutor credível, porque efectivo e inovador, na economia global do mar, defendendo que este recurso é importante não só como matriz identitária do país no quadro histórico-cultural, mas também pelas potencialidades económicas e estratégicas que contém para impulsionar o desenvolvimento nacional. No encontro, que encerrou o ciclo de Jornadas de Economia do Mar iniciado em 2004, o Almirante Viera Matias, Presidente do GIENO (Gabinete para a Implementação de uma Estratégia Nacional para os Oceanos), recordou a tradição marítima de Cascais e evocou, na Proclamação deste Concelho, três objectivos políticos: valorizar a importância do mar para Portugal, privilegiar os assuntos do mar e projectá-los no exterior e adoptar uma visão sustentada do domínio marítimo para tirar partido das suas potencialidades económicas. Recordando que "Portugal é 19 vezes maior no mar do que em terra", Carlos Carreiras, vice-presidente da CMC e presidente da Cascais Atlântico afirmou que "Cascais assumiu o compromisso de apostar no mar, reforçando a transferência de saber e competências, através de uma estratégia que passa pelo planeamento e ordenamento territorial, participação dos cidadãos e desenvolvimento sustentável". O autarca referiu ainda as dificuldades associadas à dispersão de autoridade entre entidades com competências sobre o mar e mostrou-se disponível para fazer de Cascais um pólo de difusão do mar para todo o mundo e local de acolhimento de um grande evento anual sobre o Atlântico. A conferência contou com a presença de Duarte Mural, em representação do Secretário de Estado da Defesa e dos Assuntos do Mar, do Contra-Almirante José Joaquim Conde Baguinho, Vice-Chefe de Estado Maior da Armada (em representação do Chefe de Estado Maior da Armada), do Presidente da CMC António d Orey Capucho e ainda do Comandante Joaquim Moreira, presidente da Direcção da AORN. Com este encontro, os organizadores esperam ter contribuído para fomentar ainda mais o diálogo e congregar esforços entre as diversas instituições nacionais com competências no sector marítimo, visando o aproveitamento de todo o potencial do mar (cultural, económico, ambiental) em prol do desenvolvimento do país.

14 Náutica Press.com, : TURISMO: Cascais recebe encontro sobre turismo e educação ambiental (2010/3/31 15:50:41) A Câmara Municipal de Cascais, as Agências Municipais Cascais Atlântico e Cascais Natura e a EMAC, em parceria com a Sociedade Portuguesa para o Desenvolvimento da Educação e Turismo Ambientais (SETA), promovem, de 16 a 18 de Abril, no Ninho de Empresas DNA, em Alcabideche, o 3.º Encontro de Educação e Turismo Ambientais (EETA), no âmbito do Ano Internacional da Biodiversidade. Dirigido a políticos, autarcas, dirigentes e técnicos de Governos centrais e locais, responsáveis e técnicos de áreas protegidas, professores, operadores turísticos e dirigentes associativos, o 3.º EETA tem como objectivo fomentar o desenvolvimento do turismo e educação ambientais e a utilização de todos os meios de conservação da natureza e património ambiental no nosso e nos restantes países de língua portuguesa. Para Carlos Carreiras, vice-presidente da Câmara Municipal de Cascais (CMC) e vereador do pelouro do ambiente, "a parceria entre Cascais e a SETA na organização deste encontro é um exemplo do que podem fazer a autoridades públicas em colaboração com a sociedade civil na procura das melhores soluções pedagógicas aplicáveis, com o objectivo de gerar comportamentos ambientalmente sustentáveis." O evento inclui visitas de estudo, no âmbito das actividades desenvolvidas no terreno pela Cascais Atlântico e pela Cascais Natura, actividades de grupos de trabalho, intervenções sobre biodiversidade e várias experiências educativas ao nível do ambiente, como o Kit do Mar, da Cascais Atlântico; o programa Tutor do Bairro, da EMAC; e os projectos Oxigénio e Natura Observa, da Cascais Natura, entre outros. A SETA é uma Organização Não Governamental de Ambiente sem fins lucrativos que promove a educação e o turismo ambientais, através do desenvolvimento do turismo "verde", da formação de professores e da investigação, assim contribuindo para a conservação da natureza e do património natural e edificado, bem como para a qualidade de vida. Mais informações e inscrições através do ou

15 Jornal da Região Tiragem: País: Portugal Pág: 13 Cores: Cor ID: Cascais Period.: Semanal Âmbito: Regional Mar de Cascais tem mais de 100 espécies Em dois anos de implementação, o AquaSig Cascais, projecto criado pela Cascais Atlântico com o objectivo de contribuir para a gestão sustentável da orla costeira, permitiu identificar, nesta área, 73 grupos de pequenos invertebrados, 36 espécies de peixes, oito espécies de crustáceos e cinco espécies de cefalópodes, entre as quais, a Serpente-do-Mar, a Língua-de-Gato e a Cabra-Cabaço. Estas foram algumas das mais de 100 espécies reconhecidas na Zona Costeira de Cascais através da monitorização geofísica e biológica realizada pelo AquaSig. A recolha destes dados é decisiva para determinar alterações do ambiente subaquático motivadas pela acção humana, clima, poluição e outros factores, informações que são actualizadas no Web Sig da Câmara de Cascais, em e no Portal do Mar de Cascais, em A partir desta observação, foi possível comprovar que a Zona Costeira de Cascais é um habitat importante para abrigo e reprodução de muitas espécies de peixe e outros organismos marinhos, como o polvo e o linguado, importantes para o sector piscatório do concelho e do país. Da área analisada, o sector entre Oitavos e o Estoril foi o que revelou maior abundância de espécies, enquanto que entre o Estoril e a praia de Carcavelos se verificou uma menor quantidade, em todas as estações do ano. Área: 8,62 x 18,42 cm² Corte: 1 de 1

16 Jornal da Região Tiragem: País: Portugal Pág: 12 Cores: Cor Period.: Semanal Área: 26,02 x 7,52 cm² ID: Cascais Âmbito: Regional Corte: 1 de 1 Turismo e educação ambiental em debate A Câmara de Cascais, as agências municipais Cascais Atlântico e Cascais Natura e a EMAC, em parceria com a Sociedade Portuguesa para o Desenvolvimento da Educação e Turismo Ambientais (SETA), promovem, entre 16 e 18 de Abril, no Ninho de Empresas DNA, em Alcabideche, o 3.º Encontro de Educação e Turismo Ambientais (EETA). Dirigido a políticos, autarcas, dirigentes e técnicos de governos centrais e locais, responsáveis e técnicos de áreas protegidas, professores e operadores turísticos, a 3.ª edição do EETA tem como objectivo fomentar o desenvolvimento do turismo e educação ambientais e a utilização de todos os meios de conservação da natureza e património ambiental. O evento inclui visitas de estudo, no âmbito das actividades desenvolvidas no terreno pela Cascais Atlântico e pela Cascais Natura, actividades de grupos de trabalho, intervenções sobre biodiversidade e experiências educativas, como o Kit do Mar, da Cascais Atlântico; o programa Tutor do Bairro, da EMAC; e os projectos Oxigénio e Natura Observa, da Cascais Natura. A SETA é uma ONG de Ambiente sem fins lucrativos que promove a educação e o turismo ambientais, através do desenvolvimento do turismo verde, assim contribuindo para a conservação da natureza e do património natural e edificado.

17 Jornal da Região Tiragem: País: Portugal Pág: 6 Cores: Cor Period.: Semanal Área: 6,73 x 23,35 cm² ID: Cascais Âmbito: Regional Corte: 1 de 1 Voluntários recolhem 30 toneladas de resíduos Mais de três centenas de voluntários coordenados pela EMAC Empresa de Ambiente de Cascais e pelas agências municipais Cascais Natura e Cascais Atlântico recolheram cerca de 30 toneladas de resíduos em Cascais, durante o "Projecto Limpar Portugal, que decorreu no dia 20 de Março, em todo o país. Para Carlos Carreiras, vice-presidente da Câmara de Cascais, foi com grande satisfação que assistimos ao esforço e envolvimento voluntário de todos aqueles que quiseram colaborar na limpeza do nosso concelho. É com orgulho que verificamos que a população está cada vez mais em sintonia com a autarquia no sentido de tornar Cascais um modelo de qualidade de vida e desenvolvimento sustentável. Assim, à Cascais Natura coube uma acção de limpeza na zona protegida do Refilão no interior da Quinta do Pisão de Cima que envolveu recolha de lixo e entulho ali existente, e esteve enquadrada no projecto Oxigénio. No âmbito da sua actividade, a Cascais Atlântico actuou na limpeza do litoral na zona do Guincho. A EMAC teve a seu cargo a recolha dos resíduos removidos pelas Cascais Natura e Cascais Atlântico, tendo ainda promovido acções de limpeza nos bairros da Ribeira dos Mochos, da Martinha e do Abano, no âmbito do programa Tutor do Bairro. Entre o diversificado leque de resíduos recolhidos estavam sinais de trânsito, baterias, sofás, mesas, alcatifas, cadeiras, sanitas, frigoríficos e panelas, entre outros.

18 Pela Natureza.pt, Encontro sobre turismo e educação sustentável A Câmara Municipal de Cascais, as Agências Municipais Cascais Atlântico e Cascais Natura e a EMAC, em parceria com a Sociedade Portuguesa para o Desenvolvimento da Educação e Turismo Ambientais (SETA), promovem, de 16 a 18 de Abril, no Ninho de Empresas DNA, em Alcabideche, o 3.º Encontro de Educação e Turismo Ambientais (EETA), no âmbito do Ano Internacional da Biodiversidade. Dirigido a políticos, autarcas, dirigentes e técnicos de Governos centrais e locais, responsáveis e técnicos de áreas protegidas, professores, operadores turísticos e dirigentes associativos, o 3.º EETA tem como objectivo fomentar o desenvolvimento do turismo e educação ambientais e a utilização de todos os meios de conservação da natureza e património ambiental no nosso e nos restantes países de língua portuguesa. Para Carlos Carreiras, vice-presidente da Câmara Municipal de Cascais (CMC) e vereador do pelouro do ambiente, "a parceria entre Cascais e a SETA na organização deste encontro é um exemplo do que podem fazer a autoridades públicas em colaboração com a sociedade civil na procura das melhores soluções pedagógicas aplicáveis, com o objectivo de gerar comportamentos ambientalmente sustentáveis." O evento inclui visitas de estudo, no âmbito das actividades desenvolvidas no terreno pela Cascais Atlântico e pela Cascais Natura, actividades de grupos de trabalho, intervenções sobre biodiversidade e várias experiências educativas ao nível do ambiente, como o Kit do Mar, da Cascais Atlântico; o programa Tutor do Bairro, da EMAC; e os projectos Oxigénio e Natura Observa, da Cascais Natura, entre outros. A SETA é uma Organização Não Governamental de Ambiente sem fins lucrativos que promove a educação e o turismo ambientais, através do desenvolvimento do turismo "verde", da formação de professores e da investigação, assim contribuindo para a conservação da natureza e do património natural e edificado, bem como para a qualidade de vida.

19 Naturdata Online, Cascais recebe encontro sobre turismo e educação ambiental Câmara de Cascais e Sociedade Portuguesa para o Desenvolvimento da Educação e Turismo Ambientais divulgam experiências pedagógicas na área do ambiente A Câmara Municipal de Cascais, as Agências Municipais Cascais Atlântico e Cascais Natura e a EMAC, em parceria com a Sociedade Portuguesa para o Desenvolvimento da Educação e Turismo Ambientais (SETA), promovem, de 16 a 18 de Abril, no Ninho de Empresas DNA, em Alcabideche, o 3.º Encontro de Educação e Turismo Ambientais (EETA), no âmbito do Ano Internacional da Biodiversidade. Dirigido a políticos, autarcas, dirigentes e técnicos de Governos centrais e locais, responsáveis e técnicos de áreas protegidas, professores, operadores turísticos e dirigentes associativos, o 3.º EETA tem como objectivo fomentar o desenvolvimento do turismo e educação ambientais e a utilização de todos os meios de conservação da natureza e património ambiental no nosso e nos restantes países de língua portuguesa. Para Carlos Carreiras, vice-presidente da Câmara Municipal de Cascais (CMC) e vereador do pelouro do ambiente, "a parceria entre Cascais e a SETA na organização deste encontro é um exemplo do que podem fazer a autoridades públicas em colaboração com a sociedade civil na procura das melhores soluções pedagógicas aplicáveis, com o objectivo de gerar comportamentos ambientalmente sustentáveis." O evento inclui visitas de estudo, no âmbito das actividades desenvolvidas no terreno pela Cascais Atlântico e pela Cascais Natura, actividades de grupos de trabalho, intervenções sobre biodiversidade e várias experiências educativas ao nível do ambiente, como o Kit do Mar, da Cascais Atlântico; o programa Tutor do Bairro, da EMAC; e os projectos Oxigénio e Natura Observa, da Cascais Natura, entre outros. A SETA é uma Organização Não Governamental de Ambiente sem fins lucrativos que promove a educação e o turismo ambientais, através do desenvolvimento do turismo "verde", da formação de professores e da investigação, assim contribuindo para a conservação da natureza e do património natural e edificado, bem como para a qualidade de vida. Mais informações e inscrições através do ou Este endereço de está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar.

20 Naturdata Online, Cascalenses recolhem cerca de 30 Toneladas de resíduos Cascalenses recolhem cerca de 30 Toneladas de resíduos Cascais Atlântico, Cascais Natura e EMAC reúnem mais três centenas de voluntários em acções de limpeza em todo o concelho Mais de três centenas de voluntários coordenados pela EMAC, Empresa de Ambiente de Cascais e pelas Agências Municipais Cascais Natura e Cascais Atlântico - e muitos mais espalhados por todo o concelho - recolheram cerca de 30 toneladas de resíduos em Cascais, durante a acção "Limpar Portugal", que decorreu no dia 20 de Março, em todo o país. Para Carlos Carreiras, vice-presidente da Câmara Municipal de Cascais (CMC), "foi com grande satisfação que assistimos ao esforço e envolvimento voluntário de todos aqueles que quiseram colaborar na limpeza do nosso concelho. É com orgulho que verificamos que a população está cada vez mais em sintonia com a autarquia no sentido de tornar Cascais um modelo de qualidade de vida e desenvolvimento sustentável. Para todos, uma palavra de reconhecimento." Assim, à Cascais Natura, coube uma acção de limpeza na zona protegida do Refilão, no interior da Quinta do Pisão de Cima, que envolveu recolha de lixo e entulho ali existente, e esteve enquadrada no projecto "Oxigénio". No âmbito da sua actividade, a Cascais Atlântico actuou na limpeza do litoral na zona do Guincho, onde um grupo que incluiu, entre outros, várias famílias, removeram lixo e entulho que ali existia. A EMAC teve a seu cargo a recolha dos resíduos removidos pelas Cascais Natura e Cascais Atlântico, tendo ainda promovido de acções de limpeza no Bairro da Ribeira dos Mochos, Bairro da Martinha e Bairro do Abano, com a colaboração de munícipes, no âmbito do programa "Tutor do Bairro". Entre a vasta e diversificada "gama" de objectos recolhidos pelos voluntários estão sinais de trânsito, baterias, sofás, mesas, alcatifas, cadeiras, sanitas, frigoríficos, panelas e outros resíduos. A acção "Limpar Portugal" foi um movimento lançado por cidadãos com o objectivo de limpar as lixeiras ilegais de Portugal através da participação voluntária de cidadãos e foi inspirada num movimento que decorreu na Estónia, em 2008, sob o nome de "Vamos limpar a floresta num só dia". Paralelamente, a acção serve para sensibilizar a população a ter atitudes e comportamentos ambientalmente sustentáveis.

21 Naturdata Online, Hypercluster do Mar é domínio estrategico para o desenvolvimento nacional Hypercluster do Mar é domínio estrategico para o desenvolvimento nacional Cascais acolheu conferência de encerramento das Jornadas de Economia do Mar "É fundamental tornar Portugal, na viragem do primeiro para o segundo quartel do século XXI, num actor marítimo relevante ao nível global", afirmou Ernâni Lopes em Cascais, durante uma intervenção na conferência "Jornadas para o Futuro", organizada pela Associação dos Oficiais da Reserva Naval (AORN), Câmara Municipal de Cascais (CMC) e Agência Cascais Atlântico. Para o antigo Ministro das Finanças e actual presidente da Assembleia Geral da AORN, Portugal deverá desenvolver esforços no sentido de se tornar um interlocutor credível, porque efectivo e inovador, na economia global do mar, defendendo que este recurso é importante não só como matriz identitária do país no quadro histórico-cultural, mas também pelas potencialidades económicas e estratégicas que contém para impulsionar o desenvolvimento nacional. No encontro, que encerrou o ciclo de Jornadas de Economia do Mar iniciado em 2004, o Almirante Viera Matias, Presidente do GIENO (Gabinete para a Implementação de uma Estratégia Nacional para os Oceanos), recordou a tradição marítima de Cascais e evocou, na Proclamação deste Concelho, três objectivos políticos: valorizar a importância do mar para Portugal, privilegiar os assuntos do mar e projectá-los no exterior e adoptar uma visão sustentada do domínio marítimo para tirar partido das suas potencialidades económicas. Recordando que "Portugal é 19 vezes maior no mar do que em terra", Carlos Carreiras, vice-presidente da CMC e presidente da Cascais Atlântico afirmou que "Cascais assumiu o compromisso de apostar no mar, reforçando a transferência de saber e competências, através de uma estratégia que passa pelo planeamento e ordenamento territorial, participação dos cidadãos e desenvolvimento sustentável". O autarca referiu ainda as dificuldades associadas à dispersão de autoridade entre entidades com competências sobre o mar e mostrou-se disponível para fazer de Cascais um pólo de difusão do mar para todo o mundo e local de acolhimento de um grande evento anual sobre o Atlântico. A conferência contou com a presença de Duarte Mural, em representação do Secretário de Estado da Defesa e dos Assuntos do Mar, do Contra-Almirante José Joaquim Conde Baguinho, Vice-Chefe de Estado Maior da Armada (em representação do Chefe de Estado Maior da Armada), do Presidente da CMC António d Orey Capucho e ainda do Comandante Joaquim Moreira, presidente da Direcção da AORN. Com este encontro, os organizadores esperam ter contribuído para fomentar ainda mais o diálogo e congregar esforços entre as diversas instituições nacionais com competências no sector marítimo, visando o aproveitamento de todo o potencial do mar (cultural, económico, ambiental) em prol do desenvolvimento do país.

1 - Câmaras Verdes.pt, 27-01-2010, CASCALENSES REGISTAM COMPORTAMENTOS ECOLÓGICOS ONLINE. 2 - Time Out Lisboa, 27-01-2010, Agenda de Feiras

1 - Câmaras Verdes.pt, 27-01-2010, CASCALENSES REGISTAM COMPORTAMENTOS ECOLÓGICOS ONLINE. 2 - Time Out Lisboa, 27-01-2010, Agenda de Feiras Revista de Imprensa Agenda 21 1 - Câmaras Verdes.pt, 27-01-2010, CASCALENSES REGISTAM COMPORTAMENTOS ECOLÓGICOS ONLINE 2 - Time Out Lisboa, 27-01-2010, Agenda de Feiras 3 - Time Out Lisboa, 20-01-2010,

Leia mais

Revista de Imprensa Dezembro 2008. 11 - Blog Correio de Cascais.com, 18-12-2008, Natal ecológico no Green Festival

Revista de Imprensa Dezembro 2008. 11 - Blog Correio de Cascais.com, 18-12-2008, Natal ecológico no Green Festival Revista de Imprensa Dezembro 2008 Cascais Atlântico 1 - Blog Correio de Cascais.com, 18-12-2008, Natal ecológico no Green Festival 2 - Jornal da Costa do Sol, 18-12-2008, Cascais aposta na intervenção

Leia mais

1 - Rádio Ocidente.pt, 29-10-2010, Mais de cem empresas criadas pela DNA Cascais desde 2006. 2 - Diário Económico, 28-10-2010, A não perder

1 - Rádio Ocidente.pt, 29-10-2010, Mais de cem empresas criadas pela DNA Cascais desde 2006. 2 - Diário Económico, 28-10-2010, A não perder Revista de Imprensa 08-11-2010 DNA 1 - Rádio Ocidente.pt, 29-10-2010, Mais de cem empresas criadas pela DNA Cascais desde 2006 2 - Diário Económico, 28-10-2010, A não perder 3 - Diário Económico, 28-10-2010,

Leia mais

Revista de Imprensa. 10 - Jornal de Cascais, 10-02-2009, Educação e sensibilização ambiental para os alunos de Cascais

Revista de Imprensa. 10 - Jornal de Cascais, 10-02-2009, Educação e sensibilização ambiental para os alunos de Cascais Revista de Imprensa Agenda 21 1 - Jornal de Cascais, 10-02-2009, Educação e sensibilização ambiental para os alunos de Cascais 2 - Jornal da Costa do Sol, 05-02-2009, Ambiente de Cascais chegou a Seia

Leia mais

Revista de Imprensa. 1 - Jornal da Costa do Sol, 26-03-2009, "Água e energia" a concurso. 2-24 Horas, 23-03-2009, Água e energia valem prémios

Revista de Imprensa. 1 - Jornal da Costa do Sol, 26-03-2009, Água e energia a concurso. 2-24 Horas, 23-03-2009, Água e energia valem prémios Revista de Imprensa Cascais Atlântico 1 - Jornal da Costa do Sol, 26-03-2009, "Água e energia" a concurso 2-24 Horas, 23-03-2009, Água e energia valem prémios 3 - Notícias da Manhã, 23-03-2009, Concurso

Leia mais

13 - Blog Correio de Cascais.com, 18-12-2008, Natal ecológico no Green Festival

13 - Blog Correio de Cascais.com, 18-12-2008, Natal ecológico no Green Festival Revista de Imprensa 14-01-2009 Cascais Atlântico 1 - Blog Correio de Cascais.com, 18-12-2008, Natal ecológico no Green Festival 2 - Jornal da Costa do Sol, 18-12-2008, Cascais aposta na intervenção social

Leia mais

UMA BOA IDEIA PARA A SUSTENTABILIDADE

UMA BOA IDEIA PARA A SUSTENTABILIDADE UMA BOA IDEIA PARA A SUSTENTABILIDADE REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS (Aberto a todos os Cidadãos) 1. O QUE É: O concurso Uma Boa Ideia para a Sustentabilidade é uma iniciativa da Câmara Municipal de

Leia mais

1 - Publituris.pt, 30-09-2010, Publituris: ExpoQuintas em processo de certificação para "Green Event"

1 - Publituris.pt, 30-09-2010, Publituris: ExpoQuintas em processo de certificação para Green Event Revista de Imprensa 01-10-2010 Cascais Energia 1 - Publituris.pt, 30-09-2010, Publituris: ExpoQuintas em processo de certificação para "Green Event" 2 - Planeta Azul.pt, 27-09-2010, Caça Watts e Eco-famílias

Leia mais

Revista de Imprensa Abril de 2009. 1 - Electro Imagen.com, 27-04-2009, Green Festival

Revista de Imprensa Abril de 2009. 1 - Electro Imagen.com, 27-04-2009, Green Festival Revista de Imprensa Abril de 2009 Cascais Atlântico 1 - Electro Imagen.com, 27-04-2009, Green Festival 2 - Qualidade Online.com, 23-04-2009, Festival que celebra a Sustentabilidade regressa em Setembro

Leia mais

Painel Temático 2: A Educação para o Desenvolvimento Sustentável Sala G4 10H45 12H15 Moderadora: Cristina Gomes Ferreira Relatora: Elizabeth Silva

Painel Temático 2: A Educação para o Desenvolvimento Sustentável Sala G4 10H45 12H15 Moderadora: Cristina Gomes Ferreira Relatora: Elizabeth Silva Painel Temático 2: A Educação para o Desenvolvimento Sustentável Sala G4 10H45 12H15 Moderadora: Cristina Gomes Ferreira Relatora: Elizabeth Silva Apresentação dos seguintes projectos: 1) Câmara de Lobos.

Leia mais

SESSÃO "SEMANA EUROPEIA DA ENERGIA SUSTENTÁVEL 2015" RELATÓRIO FINAL

SESSÃO SEMANA EUROPEIA DA ENERGIA SUSTENTÁVEL 2015 RELATÓRIO FINAL SESSÃO "SEMANA EUROPEIA DA ENERGIA SUSTENTÁVEL 015" RELATÓRIO FINAL ENQUADRAMENTO No âmbito da Semana Europeia da Energia Sustentável (15 a 19 de Junho de 015),, a Câmara Municipal de Lisboa e a Lisboa

Leia mais

Revista de Imprensa Janeiro de 2007. 1 - Destak, 31-01-2007, Agência DNA Cascais capta 18 milhões em 2006

Revista de Imprensa Janeiro de 2007. 1 - Destak, 31-01-2007, Agência DNA Cascais capta 18 milhões em 2006 Revista de Imprensa Janeiro de 2007 DNA 1 - Destak, 31-01-2007, Agência DNA Cascais capta 18 milhões em 2006 2 - Diário Económico, 31-01-2007, Agência DNA Cascais capta 10 projectos em 2006 3 - Jornal

Leia mais

2011/2012. CÂMARA MUNICIPAL ALENQUER-Divisão de Ambiente

2011/2012. CÂMARA MUNICIPAL ALENQUER-Divisão de Ambiente PLANO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL 2011/2012 CÂMARA MUNICIPAL ALENQUER-Divisão de Ambiente 2011/2012 Índice: Introdução Ações de Sensibilização: Ateliers: Datas Comemorativas: Visitas de Estudo: Concursos: Projetos:

Leia mais

Agenda 21 Local de Arganil 3ª Sessão do Fórum Participativo

Agenda 21 Local de Arganil 3ª Sessão do Fórum Participativo Agenda 21 Local de Arganil 3ª Sessão do Fórum Participativo 22 de Fevereiro 2010 Índice Índice PARTE I SÍNTESE DO 2º FÓRUM PARTICIPATIVO (10 minutos) PARTE II SÍNTESE DA ESTRATÉGIA DE SUSTENTABILIDADE

Leia mais

Regulamento do Green Project Awards

Regulamento do Green Project Awards Regulamento do Green Project Awards A GCI em parceria com a Agência Portuguesa do Ambiente e a Quercus Associação Nacional de Conservação da Natureza, institui um Prémio de reconhecimento de boas práticas

Leia mais

Turismo de Portugal é pioneiro na sustentabilidade

Turismo de Portugal é pioneiro na sustentabilidade Divulgação do primeiro relatório Turismo de Portugal é pioneiro na sustentabilidade O Turismo de Portugal apresentou ontem o seu Relatório de Sustentabilidade, tornando-se no primeiro Instituto Público

Leia mais

Polis Litoral Operações Integradas de Requalificação e Valorização da Orla Costeira

Polis Litoral Operações Integradas de Requalificação e Valorização da Orla Costeira Polis Litoral Operações Integradas de Requalificação e Valorização da Orla Costeira OBJECTIVOS DO POLIS LITORAL: (RCM n.º 90/2008, de 3 de Junho) a) Proteger e requalificar a zona costeira, tendo em vista

Leia mais

0 3 0 1 2 1 0.2.6 6 0 0 M CI.I

0 3 0 1 2 1 0.2.6 6 0 0 M CI.I CI.IM006.6.20121030 Estratégia de Sustentabilidade Zona Costeira de Cascais Zona Costeira de Cascais Parque Natural Sintra Cascais 15 praias balneares 17 praias monitorizadas permanentemente ZIBA Zona

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE MUNICÍPIOS DA ILHA DE S.MIGUEL AMIGOS DO AMBIENTE

ASSOCIAÇÃO DE MUNICÍPIOS DA ILHA DE S.MIGUEL AMIGOS DO AMBIENTE ASSOCIAÇÃO DE MUNICÍPIOS DA ILHA DE S.MIGUEL AMIGOS DO AMBIENTE PELO QUE S. MIGUEL TEM DE MELHOR. Na altura em que se completam dez anos sobre o início da actividade da AMISM, é oportuno fazer um balanço

Leia mais

UM CONTRIBUTO PARA A GESTÃO DE PRAIAS COSTEIRAS

UM CONTRIBUTO PARA A GESTÃO DE PRAIAS COSTEIRAS UM CONTRIBUTO PARA A GESTÃO DE PRAIAS COSTEIRAS CARACTERIZAÇÃO DO CONCELHO DE CASCAIS Área do Concelho de Cascais 97,1km 2 Parque Natural de Sintra-Cascais ocupa 33 km 2 Nº de habitantes 205 117 O MAR

Leia mais

O Hypercluster da Economia do Mar em Portugal. (Resumo)

O Hypercluster da Economia do Mar em Portugal. (Resumo) O Hypercluster da Economia do Mar em Portugal (Resumo) O Hypercluster da Economia do Mar em Portugal Um novo domínio estratégico e um factor de afirmação A economia portuguesa está a sofrer uma descontinuidade

Leia mais

P l a n o 2 0 1 4 FUNDAÇÃO LUSO

P l a n o 2 0 1 4 FUNDAÇÃO LUSO P l a n o 2 0 1 4 FUNDAÇÃO LUSO 1 Ações novidade no Plano de 2014 Ambiente Protocolo da Fundação Luso & Quercus Desenvolvimento de ações de valorização do ecossistemas na serra do Buçaco e a plantação

Leia mais

Regulamento do Green Project Awards

Regulamento do Green Project Awards Regulamento do Green Project Awards A GCI em parceria com a Agência Portuguesa do Ambiente e a Quercus Associação Nacional de Conservação da Natureza, institui um Prémio de reconhecimento de boas práticas

Leia mais

ASSINATURA DA CARTA DE AALBORG

ASSINATURA DA CARTA DE AALBORG PROPOSTA ASSINATURA DA CARTA DE AALBORG Desde sempre, desde as sociedades primitivas, o Homem usou os recursos naturais para viver. Porém durante muito tempo, a exploração de recursos era diminuta e a

Leia mais

O projeto da Rede Municipal de Hortas Urbanas de Vila Nova de Gaia. Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia

O projeto da Rede Municipal de Hortas Urbanas de Vila Nova de Gaia. Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia O projeto da Rede Municipal de Hortas Urbanas de Vila Nova de Gaia Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia O CONCEITO DE HORTA URBANA Possui objetivos distintos da atividade agrícola enquanto atividade económica

Leia mais

REGULAMENTO. 1) Os Masters do Capital Humano são uma iniciativa do Grupo IFE e do Salão Profissional de Recursos Humanos - EXPO RH.

REGULAMENTO. 1) Os Masters do Capital Humano são uma iniciativa do Grupo IFE e do Salão Profissional de Recursos Humanos - EXPO RH. 12 de Março de 2014 Centro de Congressos do Estoril REGULAMENTO DISPOSIÇÕES GERAIS 1) Os Masters do Capital Humano são uma iniciativa do Grupo IFE e do Salão Profissional de Recursos Humanos - EXPO RH.

Leia mais

6. ESTRATÉGIAS DE ACÇÃO Relatório Agenda 21 - CASCAIS 2007 119 A implementação de uma estratégia no âmbito da Agenda Local 21 é apenas alcançável com a colaboração de todos os actores que actuam no Concelho,

Leia mais

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES 2008/2009 PROJECTO ECOXXI

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES 2008/2009 PROJECTO ECOXXI RELATÓRIO DE ACTIVIDADES 2008/2009 PROJECTO ECOXXI 1. O ECOXXI 2008/2009 1.1. O PROJECTO: objectivos e indicadores Os principais objectivos do Projecto são: Sensibilizar os municípios para uma maior integração

Leia mais

A NOVA AGENDA DO DESENVOLVIMENTO URBANO SUSTENTÁVEL E OS NOVOS INSTRUMENTOS 2014-2020

A NOVA AGENDA DO DESENVOLVIMENTO URBANO SUSTENTÁVEL E OS NOVOS INSTRUMENTOS 2014-2020 ENCONTRO TEMÁTICO DESENVOLVIMENTO URBANO SUSTENTÁVEL 28 de Fevereiro de 2014, Espaço Jovem, Porto de Mós. Grupo de Trabalho Desenvolvimento Urbano Sustentável A NOVA AGENDA DO DESENVOLVIMENTO URBANO SUSTENTÁVEL

Leia mais

CONTRATO LOCAL DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL (CLDS) ESPINHO VIVO

CONTRATO LOCAL DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL (CLDS) ESPINHO VIVO CONTRATO LOCAL DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL (CLDS) ESPINHO VIVO EIXO 1 EMPREGO, FORMAÇÃO, QUALIFICAÇÃO E EMPREENDEDORISMO 01 - BALCÃO DE EMPREGABILIDADE; O Balcão de Empregabilidade pretende apoiar os desempregados

Leia mais

A Participação Voluntária No Planeamento, Execução E Controlo Social Do Orçamento. Participativo

A Participação Voluntária No Planeamento, Execução E Controlo Social Do Orçamento. Participativo Cecília Branco Programa Urbal Red 9 Projecto Orçamento Participativo Reunião de Diadema Fevereiro 2007 A Participação Voluntária No Planeamento, Execução E Controlo Social Do Orçamento Participativo Município

Leia mais

::ENQUADRAMENTO ::ENQUADRAMENTO::

::ENQUADRAMENTO ::ENQUADRAMENTO:: ::ENQUADRAMENTO:: :: ENQUADRAMENTO :: O actual ambiente de negócios caracteriza-se por rápidas mudanças que envolvem a esfera politica, económica, social e cultural das sociedades. A capacidade de se adaptar

Leia mais

AGENDA 21 escolar. Pensar Global, agir Local. Centro de Educação Ambiental. Parque Verde da Várzea 2560-581 Torres Vedras 39º05'08.89" N 9º15'50.

AGENDA 21 escolar. Pensar Global, agir Local. Centro de Educação Ambiental. Parque Verde da Várzea 2560-581 Torres Vedras 39º05'08.89 N 9º15'50. AGENDA 21 escolar Pensar Global, agir Local Centro de Educação Ambiental Parque Verde da Várzea 2560-581 Torres Vedras 39º05'08.89" N 9º15'50.84" O 918 773 342 cea@cm-tvedras.pt Enquadramento A Agenda

Leia mais

1 - Expresso, 13-10-2007, Cascais empreende. 2 - Sol, 13-10-2007, Inovação precisa de dinheiro

1 - Expresso, 13-10-2007, Cascais empreende. 2 - Sol, 13-10-2007, Inovação precisa de dinheiro Revista de Imprensa Semana Europeia de Empreendedorismo 2007 DNA 1 - Expresso, 13-10-2007, Cascais empreende 2 - Sol, 13-10-2007, Inovação precisa de dinheiro 3 - Jornal da Costa do Sol, 11-10-2007, Inovar

Leia mais

REGULAMENTO. 1) Os Masters do Capital Humano são uma iniciativa do Grupo IFE e do Salão Profissional de Recursos Humanos - EXPO RH.

REGULAMENTO. 1) Os Masters do Capital Humano são uma iniciativa do Grupo IFE e do Salão Profissional de Recursos Humanos - EXPO RH. 18 de Março de 2015 Centro de Congressos do Estoril REGULAMENTO DISPOSIÇÕES GERAIS 1) Os Masters do Capital Humano são uma iniciativa do Grupo IFE e do Salão Profissional de Recursos Humanos - EXPO RH.

Leia mais

CAPÍTULO I Disposições gerais

CAPÍTULO I Disposições gerais Regulamento Municipal do Banco Local de Voluntariado de Lagoa As bases do enquadramento jurídico do voluntariado, bem como, os princípios que enquadram o trabalho de voluntário constam na Lei n.º 71/98,

Leia mais

GRANDES OPÇÕES DO PLANO E ORÇAMENTO 2011 DA CIM ALTO MINHO RELATÓRIO DE PROGRESSO 31 MARÇO 2011

GRANDES OPÇÕES DO PLANO E ORÇAMENTO 2011 DA CIM ALTO MINHO RELATÓRIO DE PROGRESSO 31 MARÇO 2011 GRANDES OPÇÕES DO PLANO E ORÇAMENTO 2011 DA CIM ALTO MINHO RELATÓRIO DE PROGRESSO 31 MARÇO 2011 Versão Preliminar Este relatório tem por objectivo da conta do que de mais relevante foi realizado no cumprimento

Leia mais

SISTEMA DE INCENTIVOS À

SISTEMA DE INCENTIVOS À SISTEMA DE INCENTIVOS À INOVAÇÃO AVISOS PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS INOVAÇÃO PRODUTIVA EMPREENDEDORISMO QUALIFICADO Elisabete Félix Turismo de Portugal, I.P. - Direcção de Investimento PRIORIDADE

Leia mais

PROGRAMA DE SENSIBILIZAÇÃO DE CASCAIS

PROGRAMA DE SENSIBILIZAÇÃO DE CASCAIS PROGRAMA DE SENSIBILIZAÇÃO DE CASCAIS Ano letivo 2012/2013 TEMA VAMOS ADOTAR UMA RIBEIRA. ÂMBITO Década das Nações Unidas da Educação para o Desenvolvimento Sustentável 2005-2014 e a Década da Biodiversidade

Leia mais

Encontro Eficiência Energética na Mobilidade Eléctrica: O que o público e os actores do sector pensam

Encontro Eficiência Energética na Mobilidade Eléctrica: O que o público e os actores do sector pensam Encontro Eficiência Energética na Mobilidade Eléctrica: O que o público e os actores do sector pensam No âmbito da Campanha de Sensibilização para a Eficiência Energética na Mobilidade Eléctrica, a APVE

Leia mais

Informação sobre Ecossistemas Locais

Informação sobre Ecossistemas Locais Informação sobre Ecossistemas Locais Bandeira Azul 2015 1. Biodiversidade local O litoral de Vila Nova de Gaia apresenta uma considerável biodiversidade, com fauna e flora característica dos substratos

Leia mais

AGENDA 21 LOCAL E AUDITORIA URBANA DE GUIMARÃES

AGENDA 21 LOCAL E AUDITORIA URBANA DE GUIMARÃES AGENDA 21 LOCAL E AUDITORIA URBANA DE GUIMARÃES PRINCIPAIS PROBLEMAS EXISTENTES E GRANDES OPÇÕES DE QUALIDADE DE VIDA PARA O FUTURO 3 de Março de 2004 Elaborado para Câmara Municipal de Guimarães e Por

Leia mais

Factores Determinantes para o Empreendedorismo. Encontro Empreender Almada 26 de Junho de 2008

Factores Determinantes para o Empreendedorismo. Encontro Empreender Almada 26 de Junho de 2008 Factores Determinantes para o Empreendedorismo Encontro Empreender Almada 26 de Junho de 2008 IAPMEI Instituto de Apoio às PME e à Inovação Principal instrumento das políticas económicas para Micro e Pequenas

Leia mais

Plano de Comunicação e Educação para a Sustentabilidade

Plano de Comunicação e Educação para a Sustentabilidade Plano de Comunicação e Educação para a Sustentabilidade Versão 2.0 de 4 de Junho de 2007 Promotores: Co-financiamento: Introdução A Agenda 21 do Vale do Minho é um processo de envolvimento dos cidadãos

Leia mais

O presente documento suporta a apreciação do ponto 3 da Agenda da reunião da Comissão de Acompanhamento de 13/11/07, sendo composto por duas partes:

O presente documento suporta a apreciação do ponto 3 da Agenda da reunião da Comissão de Acompanhamento de 13/11/07, sendo composto por duas partes: EIXO I COMPETITIVIDADE, INOVAÇÃO E CONHECIMENTO INSTRUMENTO: SISTEMA DE INCENTIVOS À QUALIFICAÇÃO E INTERNACIONALIZAÇÃO DE PME (SI QUALIFICAÇÃO PME) O presente documento suporta a apreciação do ponto 3

Leia mais

O Fórum Económico de Marvila

O Fórum Económico de Marvila Agenda O Fórum Económico de Marvila A iniciativa Cidadania e voluntariado: um desafio para Marvila A Sair da Casca O voluntariado empresarial e as políticas de envolvimento com a comunidade Tipos de voluntariado

Leia mais

Enquadramento e critérios de Candidatura

Enquadramento e critérios de Candidatura Enquadramento e critérios de Candidatura A cidadania ativa constitui um elemento chave do reforço da coesão social. O Conselho da União Europeia instituiu o ano de 2011, como Ano Europeu do Voluntariado

Leia mais

REGULAMENTO DO IV CONCURSO DE IDEIAS DE NEGÓCIO DO CONCELHO DE CASCAIS REGULAMENTO DO CINC CASCAIS

REGULAMENTO DO IV CONCURSO DE IDEIAS DE NEGÓCIO DO CONCELHO DE CASCAIS REGULAMENTO DO CINC CASCAIS REGULAMENTO DO CINC CASCAIS IV CONCURSO DE IDEIAS DE NEGÓCIO DO CONCELHO DE CASCAIS Preâmbulo O CINC CASCAIS - IV Concurso de Ideias de Negócio do Concelho de Cascais é uma iniciativa de captação de ideias

Leia mais

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO ENTRE A COMISSÃO PARA A CIDADANIA E IGUALDADE DE GÉNERO (CIG) E A COOPERATIVA ANTÓNIO SÉRGIO PARA A ECONOMIA SOCIAL

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO ENTRE A COMISSÃO PARA A CIDADANIA E IGUALDADE DE GÉNERO (CIG) E A COOPERATIVA ANTÓNIO SÉRGIO PARA A ECONOMIA SOCIAL Homologo. Homologo. Secretária de Estado da Igualdade /alter Lemos Secretário de Estado do Emprego e da Formação Profissional PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO ENTRE A COMISSÃO PARA A CIDADANIA E IGUALDADE DE GÉNERO

Leia mais

Novembro 2008. XXXIV Congresso APAVT - Macau

Novembro 2008. XXXIV Congresso APAVT - Macau Novembro 2008 XXXIV Congresso APAVT - Macau Revista de Imprensa 12-12-2008 1 - RTP 1, 23-11-2008, Férias no Natal 2 - Expresso, 22-11-2008, Portugal vendido na Ásia 3 - Jornal de Notícias, 22-11-2008,

Leia mais

Tiragem: 105942. Pág: 8. País: Portugal. Cores: Cor. Period.: Semanal. Área: 6,04 x 11,70 cm². Âmbito: Informação Geral.

Tiragem: 105942. Pág: 8. País: Portugal. Cores: Cor. Period.: Semanal. Área: 6,04 x 11,70 cm². Âmbito: Informação Geral. Tiragem: 105942 Pág: 8 Period.: Semanal Área: 6,04 x 11,70 cm² ID: 29949942 30-04-2010 JN Negócios Âmbito: Informação Geral Corte: 1 de 1 Ambiente Magazine.com, 29-04-2010 Apresentado Fórum empresarial

Leia mais

II Edição do Concurso Uma Boa Ideia para a Sustentabilidade. Tema: Uso Sustentável da Água. Regulamento do Concurso de Ideias

II Edição do Concurso Uma Boa Ideia para a Sustentabilidade. Tema: Uso Sustentável da Água. Regulamento do Concurso de Ideias II Edição do Concurso Uma Boa Ideia para a Sustentabilidade Tema: Uso Sustentável da Água Regulamento do Concurso de Ideias (Aberto a todos os cidadãos) 1. O que é? O concurso Uma Boa Ideia para a Sustentabilidade

Leia mais

O novo quadro institucional dos assuntos do Mar em Portugal

O novo quadro institucional dos assuntos do Mar em Portugal O novo quadro institucional dos assuntos do Mar em Portugal 19 de Abril de 2012 (5.ª feira), 17h00 CONVITE O Presidente da Sociedade de Geografia de Lisboa (SGL) tem a honra de convidar V. Ex.ª e sua Exma.

Leia mais

Candidatura a Presidente da Escola Superior Náutica Infante D. Henrique. Programa de Acção. Luis Filipe Baptista

Candidatura a Presidente da Escola Superior Náutica Infante D. Henrique. Programa de Acção. Luis Filipe Baptista Candidatura a Presidente da Escola Superior Náutica Infante D. Henrique Programa de Acção Luis Filipe Baptista ENIDH, Setembro de 2013 Motivações para esta candidatura A sociedade actual está a mudar muito

Leia mais

1 Newsletter. Março-Maio 2015 RUA SOAR DE CIMA ( MUSEU ALMEIDA MOREIRA) 3500-211 VISEU

1 Newsletter. Março-Maio 2015 RUA SOAR DE CIMA ( MUSEU ALMEIDA MOREIRA) 3500-211 VISEU 1 Newsletter 1. Quem Somos 2. Objetivos 3. Os Parceiros 4. Inauguração do Gabinete de Apoio - BEIRA AMIGA 5. Visita ao Gabinete de Inserção Profissional (da UGT) 6. Participação no Brainstorming Setorial

Leia mais

Adenda aos Critérios de Selecção

Adenda aos Critérios de Selecção Adenda aos Critérios de Selecção... Critérios de Selecção SI Qualificação PME EIXO I COMPETITIVIDADE, INOVAÇÃO E CONHECIMENTO INSTRUMENTO: SISTEMA DE INCENTIVOS À QUALIFICAÇÃO E INTERNACIONALIZAÇÃO DE

Leia mais

O Sistema Integrado de Gestão de Qualidade e Ambiente da Câmara Municipal de Esposende

O Sistema Integrado de Gestão de Qualidade e Ambiente da Câmara Municipal de Esposende SEMINÁRIO: QUALIDADE E EXCELÊNCIA NA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO ÃO Porto, 3 e 4 de Novembro de 2005 O Sistema Integrado de Gestão de Qualidade e Ambiente da Câmara Municipal de Esposende Carla Dias carla.dias@cm-esposende.pt

Leia mais

PROGRAMA VOCAÇÃO 2012

PROGRAMA VOCAÇÃO 2012 PROGRAMA VOCAÇÃO 2012 Preâmbulo A ocupação dos tempos livres dos jovens em tempo de aulas, através de actividades que contribuam significativamente para o enriquecimento da sua formação pessoal, funcionando

Leia mais

MINISTÉRIO DO AMBIENTE

MINISTÉRIO DO AMBIENTE REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DO AMBIENTE O Ministério do Ambiente tem o prazer de convidar V. Exa. para o Seminário sobre Novos Hábitos Sustentáveis, inserido na Semana Nacional do Ambiente que terá

Leia mais

Guia Informativo. 8ª Edição do Prémio Empreendedorismo Inovador na Diáspora Portuguesa (2015)

Guia Informativo. 8ª Edição do Prémio Empreendedorismo Inovador na Diáspora Portuguesa (2015) Guia Informativo 8ª Edição do Prémio Empreendedorismo Inovador na Diáspora Portuguesa (2015) Objectivo do Prémio: O Prémio Empreendedorismo Inovador na Diáspora Portuguesa tem como objectivo central o

Leia mais

GUIA DO VOLUNTÁRIO. Sociedade Central de Cervejas

GUIA DO VOLUNTÁRIO. Sociedade Central de Cervejas GUIA DO VOLUNTÁRIO Sociedade Central de Cervejas ÍNDICE 1. A RESPONSABILIDADE SOCIAL NA SCC: O NOSSO COMPROMISSO... 3 2. O NOSSO COMPROMISSO COM O VOLUNTARIADO... 4 2.1 A ESTRUTURAÇÃO DO VOLUNTARIADO EMPRESARIAL...

Leia mais

Plano de Acção 2010-11. Escola Básica 2.3 Professor Noronha Feio Queijas, Oeiras. Página 1 de 7

Plano de Acção 2010-11. Escola Básica 2.3 Professor Noronha Feio Queijas, Oeiras. Página 1 de 7 Página 1 de 7 Diagnóstico Objectivos Diagnóstico Acções Recursos Intervenientes Calendarização Água Resíduos Energia Transportes Biodiversidade Mar Plano de Acção Elementos do Plano de Acção Temas em que

Leia mais

Case study 100R RECICLAGEM 100% GARANTIDA EMPRESA ENVOLVIMENTO

Case study 100R RECICLAGEM 100% GARANTIDA EMPRESA ENVOLVIMENTO Case study 2010 100R RECICLAGEM 100% GARANTIDA EMPRESA A Sociedade Ponto Verde é uma entidade privada sem fins lucrativos que tem por missão organizar e gerir a retoma e valorização de resíduos de embalagens

Leia mais

REGULAMENTO DO VI CONCURSO DE IDEIAS DE NEGÓCIO DO CONCELHO DE CASCAIS REGULAMENTO DO CINC CASCAIS

REGULAMENTO DO VI CONCURSO DE IDEIAS DE NEGÓCIO DO CONCELHO DE CASCAIS REGULAMENTO DO CINC CASCAIS REGULAMENTO DO CINC CASCAIS VI CONCURSO DE IDEIAS DE NEGÓCIO DO CONCELHO DE CASCAIS Preâmbulo O CINC CASCAIS - VI Concurso de Ideias de Negócio do Concelho de Cascais é uma iniciativa de captação de ideias

Leia mais

Integrado do Vale do Minho. Av. Miguel Dantas, n.º 69. 4930-678 Valença. Tel.: +351 251 825 811/2. Fax: +351 251 825 620. adriminho@mail.telepac.

Integrado do Vale do Minho. Av. Miguel Dantas, n.º 69. 4930-678 Valença. Tel.: +351 251 825 811/2. Fax: +351 251 825 620. adriminho@mail.telepac. Eixo 3 do PRODER Dinamização das zonas Rurais Englobam no eixo 3 do PRODER Abordagem Leader as seguintes Medidas e Acções Medida 3.1 Diversificação da Economia e Criação de Emprego 3.1.1 Diversificação

Leia mais

Aspectos a Abordar. Como Comunicar na Área dos Resíduos Paula Mendes (LIPOR) paula.mendes@lipor.pt. Porquê Comunicar? Estratégia de Comunicação

Aspectos a Abordar. Como Comunicar na Área dos Resíduos Paula Mendes (LIPOR) paula.mendes@lipor.pt. Porquê Comunicar? Estratégia de Comunicação Como Comunicar na Área dos Resíduos Paula Mendes (LIPOR) paula.mendes@lipor.pt Conferência Gestão e Comunicação na Área dos Resíduos Estoril, 22 de Setembro de 2009 1 Aspectos a Abordar Porquê Comunicar?

Leia mais

CICLO DE CONFERÊNCIAS "25 ANOS DE PORTUGAL NA UE"

CICLO DE CONFERÊNCIAS 25 ANOS DE PORTUGAL NA UE Boletim Informativo n.º 19 Abril 2011 CICLO DE CONFERÊNCIAS "25 ANOS DE PORTUGAL NA UE" A Câmara Municipal de Lamego no âmbito de atuação do Centro de Informação Europe Direct de Lamego está a promover

Leia mais

Revista de Imprensa Julho 2008. 1 - Jornal O Correio.com, 19-07-2008, Nazaré inspira-se em Cascais

Revista de Imprensa Julho 2008. 1 - Jornal O Correio.com, 19-07-2008, Nazaré inspira-se em Cascais Revista de Imprensa Julho 2008 Cascais Atlântico 1 - Jornal O Correio.com, 19-07-2008, Nazaré inspira-se em Cascais 3 Cascais Energia 2 - Mais Ambiente.pt, 31-07-2008, Primeiro edifício municipal do país

Leia mais

Plano de Atividades 2014. www.andonicanela.com

Plano de Atividades 2014. www.andonicanela.com Plano de Atividades 2014 (Revisão) www.andonicanela.com PROGRAMA DE ACTIVIDADES 2014 REVISTO INTRODUÇÃO e VERTENTE ESTRATÉGICA A LPN como a mais antiga e mais consistente organização não governamental

Leia mais

Sistema de Informação e Comunicação da Rede Social de Alcochete. Sistema de Informação e Comunicação - REDE SOCIAL DE ALCOCHETE

Sistema de Informação e Comunicação da Rede Social de Alcochete. Sistema de Informação e Comunicação - REDE SOCIAL DE ALCOCHETE . Sistema de Informação e Comunicação da Rede Social de Alcochete . Objectivos e Princípios Orientadores O Sistema de Informação e Comunicação (SIC) da Rede Social de Alcochete tem como objectivo geral

Leia mais

2.ª CONFERÊNCIA MOBILIDADE URBANA

2.ª CONFERÊNCIA MOBILIDADE URBANA 2.ª CONFERÊNCIA MOBILIDADE URBANA Gestão Inteligente e Competitividade 15 de Setembro 2011 Museu da Carris Conheça as estratégias nacionais e internacionais para uma gestão eficiente da mobilidade urbana

Leia mais

PLANO DE ACÇÃO E ORÇAMENTO PARA 2008

PLANO DE ACÇÃO E ORÇAMENTO PARA 2008 PLANO DE ACÇÃO E ORÇAMENTO PARA 2008 O ano de 2008 é marcado, em termos internacionais, pela comemoração dos vinte anos do Movimento Internacional de Cidades Saudáveis. Esta efeméride terá lugar em Zagreb,

Leia mais

NOTÍCIAS À SEXTA 02.10.2015 INFORMAÇÕES DA CNIS

NOTÍCIAS À SEXTA 02.10.2015 INFORMAÇÕES DA CNIS INFORMAÇÕES DA CNIS Fonte: Estudo sobre o Acesso e a qualidade nos cuidados de saúde mental, Entidade Reguladora da Saúde, set.2015 REPRESENTAÇÃO ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO

PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO O Programa Nacional de Microcrédito, criado pela Resolução do Conselho de Ministros Nº 16/2010, pretende ser uma medida de estímulo à criação de emprego e ao empreendedorismo entre

Leia mais

Plano Plurianual de Investimentos

Plano Plurianual de Investimentos O Orçamento da (Vale do Minho-CI), irá concentrar os seus recursos para o ano 2009 na implementação dos projectos aprovados no QCAIII que se encontram em fase de conclusão, bem como nos projectos já aprovados

Leia mais

INDICE. 1. Introdução 3. 2. Objectivos 4. 3. Público alvo 4. 4. Material 4. 5. Conteúdos programáticos 5. 6. Actividades Propostas 5

INDICE. 1. Introdução 3. 2. Objectivos 4. 3. Público alvo 4. 4. Material 4. 5. Conteúdos programáticos 5. 6. Actividades Propostas 5 INTRODUÇÃO INDICE 1. Introdução 3 2. Objectivos 4 3. Público alvo 4 4. Material 4 5. Conteúdos programáticos 5 6. Actividades Propostas 5 7. Descrição das Actividades 6 7.1 Formação em sala de aula: 6

Leia mais

Manual da Marca Priolo

Manual da Marca Priolo 2015 Manual da Marca Priolo Carta Europeia de Turismo Sustentável Terras do Priolo ÍNDICE RESUMO 01 1. NOTA INTRODUTÓRIA 02 1.1 Justificação da necessidade de criação da Marca Priolo 02 2. PROCEDIMENTO

Leia mais

1 - Actual Sintra, 29-10-2010, Figuras públicas apoiam promoção de alimentação saudável. 2 - Time Out, 20-10-2010, Feiras

1 - Actual Sintra, 29-10-2010, Figuras públicas apoiam promoção de alimentação saudável. 2 - Time Out, 20-10-2010, Feiras Revista de Imprensa 08-11-2010 Agenda 21 1 - Actual Sintra, 29-10-2010, Figuras públicas apoiam promoção de alimentação saudável 2 - Time Out, 20-10-2010, Feiras 3 - Planeta Azul.pt, 19-10-2010, Começa

Leia mais

1 Criação de uma bolsa anual de árvores para oferta

1 Criação de uma bolsa anual de árvores para oferta Floresta Comum, Qual o objectivo principal do Floresta Comum? O objectivo? O Floresta Comum, é um programa de incentivo à reflorestação com a floresta autóctone portuguesa. Para a concretização deste objectivo,

Leia mais

Estrutura Orgânica dos Serviços do Município de Paredes de Coura

Estrutura Orgânica dos Serviços do Município de Paredes de Coura Estrutura Orgânica dos Serviços do Município de Paredes de Coura Nos termos do disposto na alínea a) do artigo 7.º e no n.º 3 do artigo 10.º do Decretolei n.º 305/2009, de 23 de Outubro e dentro dos limites

Leia mais

Introdução. 1 Direcção Geral da Administração Interna, Violência Doméstica 2010 Ocorrências Participadas às

Introdução. 1 Direcção Geral da Administração Interna, Violência Doméstica 2010 Ocorrências Participadas às Câmara Municipal da Departamento de Educação e Desenvolvimento Sociocultural Divisão de Intervenção Social Plano Municipal contra a Violência Rede Integrada de Intervenção para a Violência na Outubro de

Leia mais

Voluntariado Ambiental para a Água

Voluntariado Ambiental para a Água Voluntariado Ambiental para a Água Gestão Participada dos Recursos Hídricos na RH do Algarve Paula Vaz Voluntariado Ambiental para a Água 1. ARH do Algarve, I.P. 2. Voluntariado Ambiental para a Água Enquadramento

Leia mais

AGÊNCIA DNA CASCAIS CASCAIS UM CONCELHO EMPREENDEDOR ESTATUTOS

AGÊNCIA DNA CASCAIS CASCAIS UM CONCELHO EMPREENDEDOR ESTATUTOS AGÊNCIA DNA CASCAIS CASCAIS UM CONCELHO EMPREENDEDOR ESTATUTOS Capítulo I Princípios Gerais Artigo 1.º Natureza A Agência DNA CASCAIS Cascais um Concelho Empreendedor é uma associação sem fins lucrativos,

Leia mais

Empresas que se mexem, são empresas que crescem!

Empresas que se mexem, são empresas que crescem! Empresas que se mexem, são empresas que crescem! Apresentação do Projecto/ Abertura de inscrições Introdução A Adere-Minho - Associação para o Desenvolvimento Regional do Minho, entidade de natureza associativa

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL MONCHIQUE. Preâmbulo

CÂMARA MUNICIPAL MONCHIQUE. Preâmbulo CÂMARA MUNICIPAL MONCHIQUE REGULAMENTO DO BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE MONCHIQUE Preâmbulo Considerando que a participação solidária em acções de voluntariado, definido como conjunto de acções de interesse

Leia mais

A Construção Sustentável e o Futuro

A Construção Sustentável e o Futuro A Construção Sustentável e o Futuro Victor Ferreira ENERGIA 2020, Lisboa 08/02/2010 Visão e Missão O Cluster Habitat? Matérias primas Transformação Materiais e produtos Construção Equipamentos Outros fornecedores

Leia mais

(2006/C 297/02) considerando o seguinte: constatando que:

(2006/C 297/02) considerando o seguinte: constatando que: C 297/6 Resolução do Conselho e dos Representantes Governos dos Estados-Membros, reunidos no Conselho, relativa à realização dos objectivos comuns em matéria de participação e informação dos jovens para

Leia mais

INTERVENÇÃO DO SENHOR SECRETÁRIO DE ESTADO DO TURISMO NO SEMINÁRIO DA APAVT: QUAL O VALOR DA SUA AGÊNCIA DE VIAGENS?

INTERVENÇÃO DO SENHOR SECRETÁRIO DE ESTADO DO TURISMO NO SEMINÁRIO DA APAVT: QUAL O VALOR DA SUA AGÊNCIA DE VIAGENS? INTERVENÇÃO DO SENHOR SECRETÁRIO DE ESTADO DO TURISMO NO SEMINÁRIO DA APAVT: QUAL O VALOR DA SUA AGÊNCIA DE VIAGENS? HOTEL TIVOLI LISBOA, 18 de Maio de 2005 1 Exmos Senhores ( ) Antes de mais nada gostaria

Leia mais

Índice. 1. Nota Introdutória... 1. 2. Actividades a desenvolver...2. 3. Notas Finais...5

Índice. 1. Nota Introdutória... 1. 2. Actividades a desenvolver...2. 3. Notas Finais...5 Índice Pág. 1. Nota Introdutória... 1 2. Actividades a desenvolver...2 3. Notas Finais...5 1 1. Nota Introdutória O presente documento consiste no Plano de Acção para o ano de 2011 da Rede Social do concelho

Leia mais

EMPREENDEDORISMO E INOVAÇÃO SOCIAL CONCEITO E PRÁTICA

EMPREENDEDORISMO E INOVAÇÃO SOCIAL CONCEITO E PRÁTICA EMPREENDEDORISMO E INOVAÇÃO SOCIAL CONCEITO E PRÁTICA Laurinda da Conceição C. Grosso Socióloga e colaboradora do Centro de Investigação em Sociologia e Antropologia Augusto da Silva (CISA-AS), Universidade

Leia mais

As Mesas Redondas compostas por oradores convidados de modo a promover o debate nos seguintes domínios:

As Mesas Redondas compostas por oradores convidados de modo a promover o debate nos seguintes domínios: Objectivo: O Congresso de Inovação na Construção Sustentável (CINCOS 12), é um evento organizado pela Plataforma para a Construção Sustentável, reconhecida pelo QREN como entidade gestora do cluster Habitat

Leia mais

Regulamento do Green Project Awards

Regulamento do Green Project Awards Regulamento do Green Project Awards A GCI em parceria com a Agência Portuguesa do Ambiente e a Quercus Associação Nacional de Conservação da Natureza, institui um Prémio de reconhecimento de boas práticas

Leia mais

III Encontro Agenda 21 Local (A21L) 20 de novembro 2015

III Encontro Agenda 21 Local (A21L) 20 de novembro 2015 III Encontro Agenda 21 Local (A21L) 20 de novembro 2015 Agenda 21: Faseamento 1 Agenda 21: Princípios orientadores A visão Um território com mais emprego, mais competitivo, mais qualificado, mais equitativo

Leia mais

SESSÃO DE ENCERRAMENTO DO VENTURE CAPITAL IT 2006

SESSÃO DE ENCERRAMENTO DO VENTURE CAPITAL IT 2006 SESSÃO DE ENCERRAMENTO DO VENTURE CAPITAL IT 2006 Jaime Andrez Presidente do CD do IAPMEI 10 de Maio de 2006 Minhas Senhoras e meus Senhores, 1. Em nome do Senhor Secretário de Estado Adjunto, da Indústria

Leia mais

EIXO PRIORITÁRIO VI ASSISTÊNCIA TÉCNICA

EIXO PRIORITÁRIO VI ASSISTÊNCIA TÉCNICA EIXO PRIORITÁRIO VI ASSISTÊNCIA TÉCNICA Convite Público à Apresentação de Candidatura no Domínio da Assistência Técnica aos Organismos Intermédios Eixo Prioritário VI - Assistência Técnica Convite para

Leia mais

A ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS SISTEMAS DE GESTÃO DE RESÍDUOS. 10 de Maio de 2014 Dr. Domingos Saraiva Presidente da Direção da EGSRA

A ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS SISTEMAS DE GESTÃO DE RESÍDUOS. 10 de Maio de 2014 Dr. Domingos Saraiva Presidente da Direção da EGSRA A ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS SISTEMAS DE GESTÃO DE RESÍDUOS 10 de Maio de 2014 Dr. Domingos Saraiva Presidente da Direção da EGSRA Surge da vontade dos Sistemas Intermunicipais, que até então se representavam

Leia mais

MAPA DE PESSOAL. Gabinete de Apoio ao Presidente. Gabinete de Fiscalização Sanitária

MAPA DE PESSOAL. Gabinete de Apoio ao Presidente. Gabinete de Fiscalização Sanitária Preenchidos A preencher Preenchidos Gabinete de Apoio ao Presidente Coordenar e executar todas as atividades inerentes à assessoria, secretariados, protocolos da Presidência e assegurar a interligação

Leia mais

Pré-Projeto de Educação Ambiental

Pré-Projeto de Educação Ambiental Pré-Projeto de Educação Ambiental Vamos Descobrir e Valorizar o Alvão Ano 2014/15 Centro de Informação e Interpretação Lugar do Barrio 4880-164 Mondim de Basto Telefone: 255 381 2009 ou 255 389 250 1 Descobrir

Leia mais

PROJECTO NAZARÉ XXI. - Marina de recreio e Complexo Turístico de S. Gião

PROJECTO NAZARÉ XXI. - Marina de recreio e Complexo Turístico de S. Gião PROJECTO NAZARÉ XXI - Marina de recreio e Complexo Turístico de S. Gião Nazaré XXI é um projecto turístico de impacto regional, inserido na política de desenvolvimento económico que a Câmara Municipal

Leia mais

ORIENTAÇÃO TÉCNICA N.º3 /2009. Política de Cidades - Parcerias para a Regeneração Urbana. Programas integrados de criação de Eco-Bairros

ORIENTAÇÃO TÉCNICA N.º3 /2009. Política de Cidades - Parcerias para a Regeneração Urbana. Programas integrados de criação de Eco-Bairros ORIENTAÇÃO TÉCNICA N.º3 /2009 Política de Cidades - Parcerias para a Regeneração Urbana Programas integrados de criação de Eco-Bairros 1. ENQUADRAMENTO GERAL A Autoridade de Gestão do Programa Operacional

Leia mais