Revista de Imprensa Abril de Electro Imagen.com, , Green Festival

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Revista de Imprensa Abril de 2009. 1 - Electro Imagen.com, 27-04-2009, Green Festival"

Transcrição

1

2 Revista de Imprensa Abril de 2009 Cascais Atlântico 1 - Electro Imagen.com, , Green Festival 2 - Qualidade Online.com, , Festival que celebra a Sustentabilidade regressa em Setembro 3 - Vida Económica, , "Água e Energia" em concurso nas escolas 4 - ABC da Educação.com, , Cascais desafia escolas a participar em concurso sobre "Água e Energia" 5 - Correio da Linha (O), , Concurso sobre água e energia Cascais Energia 6 - Jornal de Cascais, , Caça-Watts apresentado em Bruxelas 7 - Electro Imagen.com, , Green Festival 8 - Jornal da Costa do Sol, , Caça-Watts foi a Bruxelas 9 - Público, , O Público errou 10 - Qualidade Online.com, , Festival que celebra a Sustentabilidade regressa em Setembro 11 - Renascença, , Dia da Terra 12 - Renascença.pt, , Projecto "Caça Watts" apresentado em Bruxelas 13 - RFM, , Brigada Caça Watts 14 - RFM Online.pt, , Projecto "Caça Watts" apresentado em Bruxelas 15 - Energias Renováveis.com, , CAÇA-WATTS apresentado no Encontro Anual da Energie-Cité & Climate Alliance, 16 - Vida Económica, , "Água e Energia" em concurso nas escolas 17 - Jornal da Costa do Sol, , Semáforos mais económicos 18 - ABC da Educação.com, , Cascais desafia escolas a participar em concurso sobre "Água e Energia" 19 - Correio da Linha (O), , Concurso sobre água e energia Cascais Natura 20 - Electro Imagen.com, , Green Festival 21 - Qualidade Online.com, , Festival que celebra a Sustentabilidade regressa em Setembro EMAC 22 - Electro Imagen.com, , Green Festival 23 - Qualidade Online.com, , Festival que celebra a Sustentabilidade regressa em Setembro

3 Electro Imagen.com, Green Festival Escrito por conceicao 27-Abr-2009 Regressa em Setembro Durante oito dias, o festival que celebra a Sustentabilidade pretende mobilizar uma vez mais a população para a importância da integração de cada um dos pilares do Desenvolvimento Sustentável no quotidiano de empresas, entidades governamentais e não-governamentais e cidadãos. Depois do sucesso do Green Festival em 2008, esta grande iniciativa marca o seu regresso ao Estoril por um período de tempo mais alargado e um reforço da oferta para neste ano darmos um novo contributo para juntos contribuirmos para uma mudança de comportamentos e fazermos a diferença, afirma Carlos Carreiras, vice-presidente da Câmara Municipal de Cascais. O Green Fest dedicará seis dias ao público profissional com um programa cujo arranque ficará marcado por uma grande conferência. À semelhança do ano passado, em que contámos com a presença do antigo vice-chanceler alemão Joschka Fischer, neste ano vamos ter de novo um conferencista de renome internacional em matéria de Sustentabilidade. Esta é uma temática que queremos que continue na ordem do dia, revela por sua vez José Manuel Costa, presidente do Grupo GCI, membro do consórcio Green Values. Para já a organização não avança com o nome, mas promete contribuir para agitar as mentalidades, inclusivamente através da promoção de um conjunto de workshops sobre temas desde a Energia às Alterações Climáticas. A edição de 2009 ficará ainda marcada pelo alargamento das iniciativas por novas áreas temáticas, nomeadamente Green Building (dedicada à eficiência energética, construção e energias renováveis), Green Home, (electrodomésticos e electrónica de consumo), Green Consumer (produtos de grande consumo) e Green Places (espaço dedicado às autarquias e ecoturismo). Estas novas áreas vêm juntar-se a outras já conhecidas do público: Green Thinking (workshops, seminários e cultura), Green Fun, (playground, entretenimento e sensibilização para crianças), Green People (solidariedade, saúde e bem-estar), Green Taste (alimentação saudável e mercado biológico) e Green Trends (arte, moda, decoração, tecnologia e mobilidade). Uma das grandes novidades este ano, conta ainda Cascais, que mais uma vez será anfitrião do Green Fest, verá as actividades do certame alargarem-se a outras zonas do município através de iniciativas paralelas promovidas pela própria autarquia, nomeadamente o Dia da Energia, Dia do Mar, Dia dos Resíduos, Biodiversidade, Agenda 21,, entre outras. Nos últimos anos, o concelho de Cascais tem sido pioneiro no lançamento de iniciativas em prol do desenvolvimento sustentável, quer através da EMAC - Empresa de Ambiente de Cascais, que faz a gestão integrada da limpeza urbana e da recolha dos resíduos assim como a requalificação dos espaços públicos verdes urbanos, quer das agências municipais Cascais Atlântico, Cascais Natura e Cascais Energia. Entidades estas que promovem as boas práticas ambientais visando a preservação do mar e da natureza e o aumento da eficiência energética, incluindo o recurso às energias renováveis. Para o público em geral, o Green Fest 2009 prevê ainda a realização de workshops e experiências de bem-estar - actividades de sensibilização para crianças - demonstrações de eco-tendências, de alimentação saudável, teatro e concertos. No Green Festival, que em 2008 contou com a presença de 61 expositores, visitantes durante cinco dias e um programa composto por uma conferência internacional 12 painéis temáticos de workshops com 72 oradores, espera-se mais do que duplicar o número de visitantes. O Green Festival é uma organização do consórcio Green Values constituído pela GCI e Gingko, e da Câmara Municipal de Cascais. 3

4 Qualidade Online.com, Festival que celebra a Sustentabilidade regressa em Setembro 23-Abr-2009 Entre 18 e 25 de Setembro realiza-se em Portugal a segunda edição do Green Festival, que regressa ao Centro de Congressos do Estoril, numa iniciativa organizada pelo consórcio Green Values e pela Câmara Municipal de Cascais. Durante oito dias, o festival que celebra a Sustentabilidade pretende mobilizar uma vez mais a população para a importância da integração de cada um dos pilares do Desenvolvimento Sustentável no quotidiano de empresas, entidades governamentais e não-governamentais e cidadãos. Depois do sucesso do Green Festival em 2008, esta grande iniciativa marca o seu regresso ao Estoril por um período de tempo mais alargado e um reforço da oferta para neste ano darmos um novo contributo para juntos contribuirmos para uma mudança de comportamentos e fazermos a diferença, afirma Carlos Carreiras, vice-presidente da Câmara Municipal de Cascais. O Green Fest dedicará seis dias ao público profissional com um programa cujo arranque ficará marcado por uma grande conferência. À semelhança do ano passado, em que contámos com a presença do antigo vice-chanceler alemão Joschka Fischer, neste ano vamos ter de novo um conferencista de renome internacional em matéria de Sustentabilidade. Esta é uma temática que queremos que continue na ordem do dia, revela por sua vez José Manuel Costa, presidente do Grupo GCI, membro do consórcio Green Values. Para já a organização não avança com o nome, mas promete contribuir para agitar as mentalidades, inclusivamente através da promoção de um conjunto de workshops sobre temas desde a Energia às Alterações Climáticas. A edição de 2009 ficará ainda marcada pelo alargamento das iniciativas por novas áreas temáticas, nomeadamente Green Building (dedicada à eficiência energética, construção e energias renováveis), Green Home, (electrodomésticos e electrónica de consumo), Green Consumer (produtos de grande consumo) e Green Places (espaço dedicado às autarquias e ecoturismo). Estas novas áreas vêm juntar-se a outras já conhecidas do público: Green Thinking (workshops, seminários e cultura), Green Fun, (playground, entretenimento e sensibilização para crianças), Green People (solidariedade, saúde e bem-estar), Green Taste (alimentação saudável e mercado biológico) e Green Trends (arte, moda, decoração, tecnologia e mobilidade). Uma das grandes novidades este ano, conta ainda José Manuel Costa, é a atribuição de um prémio à presença mais sustentável durante os oitos dias do Green Fest. Queremos desafiar os expositores a adoptarem nestes dias as melhores técnicas disponíveis, através por exemplo de stands recicláveis ou criados a partir de material reciclado, redução do consumo de matérias-primas, desenvolvimento de actividades pedagógicas, etc. anuncia. Para o vencedor está prevista a realização de uma auditoria de sustentabilidade realizada pela Ecochoice gratuitamente junto da entidade representante. Cascais, que mais uma vez será anfitrião do Green Fest, verá as actividades do certame alargarem-se a outras zonas do município através de iniciativas paralelas promovidas pela própria autarquia, nomeadamente o Dia da Energia, Dia do Mar, Dia dos Resíduos, Biodiversidade, Agenda 21, peddy-papers, entre outras. Nos últimos anos, o concelho de Cascais tem sido pioneiro no lançamento de iniciativas em prol do desenvolvimento sustentável, quer através da EMAC - Empresa de Ambiente de Cascais, que faz a gestão integrada da limpeza urbana e da recolha dos resíduos assim como a requalificação dos espaços públicos verdes urbanos, quer das agências municipais Cascais Atlântico, Cascais Natura e Cascais Energia. Entidades estas que promovem as boas práticas ambientais visando a preservação do mar e da natureza e o aumento da eficiência energética, incluindo o recurso às energias renováveis. Para o público em geral, o Green Fest 2009 prevê ainda a realização de workshops e experiências de bem-estar - actividades de sensibilização para crianças - demonstrações de eco-tendências, de alimentação saudável, teatro e concertos. No Green Festival, que em 2008 contou com a presença de 61 expositores, visitantes durante cinco dias e um programa composto por uma conferência internacional 12 painéis temáticos de workshops com 72 oradores, espera-se mais do que duplicar o número de visitantes. O Green Festival é uma organização do consórcio Green Values constituído pela GCI e Gingko, e da Câmara Municipal de Cascais. 4

5 Tiragem: Pág: 7 País: Portugal Cores: Cor Period.: Mensal Área: 19,56 x 16,89 cm² ID: Franchising e Empreendedorismo Âmbito: Economia, Negócios e. Corte: 1 de 1 5

6 ABC da Educação.com, Cascais desafia escolas a participar em concurso sobre "Água e Energia" 09-Abr-2009 A Câmara Municipal de Cascais, a Cascais Atlântico, a Cascais Energia, e a Comissão Nacional da UNESCO (CNU ) estão a promover um concurso subordinado ao tema "Água e Energia", aberto a todos os Agrupamentos de Escolas e estabelecimentos de Ensino Básico do 2º e 3º ciclo da rede pública do concelho de Cascais. Com o apoio do Comité Português para o Ano Internacional do Planeta Terra (AIPT) e inserido no âmbito da "Década das Nações Unidas da Educação para o Desenvolvimento Sustentável ", este desafio visa, principalmente, sensibilizar alunos e professores para a temática da água e energia, apelando ao espírito crítico e imaginação dos participantes. Para concorrerem, alunos e escolas têm que realizar um filme, trabalho escrito ou cartaz/maqueta sobre o tema, a entregar de 4 a 8 de Maio. As candidaturas são apresentadas por escola, turma ou grupo, até ao limite de 32 participantes por estabelecimento de ensino. Com a realização destes trabalhos, os promotores também esperam contribuir para criar novos instrumentos cívicos de discussão sobre temas relevantes, melhorar as relações entre a escola e a comunidade e fomentar uma educação para o desenvolvimento sustentável. Os três melhores trabalhos de cada categoria serão premiados com três computadores e uma viagem (1º prémio), dois computadores (2º prémio) e um computador (3º prémio). O melhor trabalho no conjunto das três categorias terá ainda direito a um prémio de excelência, que consiste num sistema de energia solar para a escola vencedora, até um valor máximo de dez mil euros. O júri será composto por representantes da CNU (que detém voto de qualidade), AIPT, Câmara Municipal de Cascais, Cascais Atlântico, Cascais Energia e um representante do Ministério da Educação. A entrega de prémios decorre no dia 29 de Maio, no Centro de Interpretação Ambiental da Ponta do Sal, onde os trabalhos resultantes deste concurso ficarão expostos até 8 de Junho. 6

7 Correio da Linha (O) ID: Tiragem: País: Portugal Period.: Mensal Âmbito: Regional Pág: 11 Cores: Cor Área: 12,14 x 24,23 cm² Corte: 1 de 1 O Departamento de Ambiente da Câmara Municipal de Cascais (CMC), a Cascais Atlântico, a Cascais Energia e a Comissão Nacional da UNESCO (CNU) estão a promover um concurso subordinado ao tema «Água e Energia», aberto a todos os Agrupamentos de Escolas e estabelecimentos de Ensino Básico do 2º e 3º ciclo da rede pública do concelho de Cascais. Com o apoio do Comité Português para o Ano Internacional do Planeta Terra (AIPT) e inserido no âmbito da «Década das Nações Unidas da Educação para o Desenvolvimento Sustentável », este desafio visa, principalmente, sensibilizar alunos e professores para a temática da água e energia, apelando ao espírito crítico e imaginação dos participantes. Para Carlos Carreiras, Vice- Presidente da CMC e Presidente das Agências Cascais Atlântico e Cascais Energia, este concurso constitui um desafio da autarquia e dos seus parceiros às escolas e aos alunos de Cascais, no sentido de produzirem materiais capazes de fomentar o debate público sobre a água e a energia, assim contribuindo para sensibilizar a comunidade relativamente ao desenvolvimento sustentável. Por sua vez, Fernando Andresen Guimarães, Embaixador e Presidente da Comissão Nacional da UNESCO, acredita que dinamizar a Década da Educação para o Desenvolvimento Sustentável passa por áreas de intervenção prioritária de grande efeito multiplicador e em que as escolas e as autarquias assumem um papel vital. Promover um concurso escolar, no qual se envolva a população escolar e local, certamente constituirá um instrumento valioso na promoção deste objectivo. Para concorrerem, alunos e escolas têm que realizar um filme, trabalho escrito ou cartaz/maqueta sobre o tema e entregá-lo entre 4 a 8 de Maio. As candidaturas são apresentadas por escola, turma ou grupo, até ao limite de 32 participantes por estabelecimento de ensino. Os três melhores trabalhos de cada categoria serão premiados com três computadores e uma viagem (1º prémio), dois computadores (2º prémio) e um computador (3º prémio). O melhor trabalho no conjunto das três categorias terá ainda direito a um prémio de excelência, que consiste num sistema de energia solar para a escola vencedora, até um valor máximo de dez mil euros. O júri será composto por representantes da CNU (que detém voto de qualidade), AIPT, CMC, Cascais Atlântico, Cascais Energia e um representante do Ministério da Educação. A entrega de prémios decorre no dia 29 de Maio, no Centro de Interpretação Ambiental da Ponta do Sal, onde os trabalhos resultantes deste concurso ficarão expostos até 8 de Junho. 7

8 Jornal de Cascais ID: Tiragem: País: Portugal Period.: Semanal Âmbito: Regional Pág: 3 Cores: Preto e Branco Área: 21,33 x 10,63 cm² Corte: 1 de 2 8

9 Jornal de Cascais ID: Tiragem: País: Portugal Period.: Semanal Âmbito: Regional Pág: 1 Cores: Preto e Branco Área: 8,44 x 3,37 cm² Corte: 2 de 2 9

10 Electro Imagen.com, Green Festival Escrito por conceicao 27-Abr-2009 Regressa em Setembro Durante oito dias, o festival que celebra a Sustentabilidade pretende mobilizar uma vez mais a população para a importância da integração de cada um dos pilares do Desenvolvimento Sustentável no quotidiano de empresas, entidades governamentais e não-governamentais e cidadãos. Depois do sucesso do Green Festival em 2008, esta grande iniciativa marca o seu regresso ao Estoril por um período de tempo mais alargado e um reforço da oferta para neste ano darmos um novo contributo para juntos contribuirmos para uma mudança de comportamentos e fazermos a diferença, afirma Carlos Carreiras, vice-presidente da Câmara Municipal de Cascais. O Green Fest dedicará seis dias ao público profissional com um programa cujo arranque ficará marcado por uma grande conferência. À semelhança do ano passado, em que contámos com a presença do antigo vice-chanceler alemão Joschka Fischer, neste ano vamos ter de novo um conferencista de renome internacional em matéria de Sustentabilidade. Esta é uma temática que queremos que continue na ordem do dia, revela por sua vez José Manuel Costa, presidente do Grupo GCI, membro do consórcio Green Values. Para já a organização não avança com o nome, mas promete contribuir para agitar as mentalidades, inclusivamente através da promoção de um conjunto de workshops sobre temas desde a Energia às Alterações Climáticas. A edição de 2009 ficará ainda marcada pelo alargamento das iniciativas por novas áreas temáticas, nomeadamente Green Building (dedicada à eficiência energética, construção e energias renováveis), Green Home, (electrodomésticos e electrónica de consumo), Green Consumer (produtos de grande consumo) e Green Places (espaço dedicado às autarquias e ecoturismo). Estas novas áreas vêm juntar-se a outras já conhecidas do público: Green Thinking (workshops, seminários e cultura), Green Fun, (playground, entretenimento e sensibilização para crianças), Green People (solidariedade, saúde e bem-estar), Green Taste (alimentação saudável e mercado biológico) e Green Trends (arte, moda, decoração, tecnologia e mobilidade). Uma das grandes novidades este ano, conta ainda Cascais, que mais uma vez será anfitrião do Green Fest, verá as actividades do certame alargarem-se a outras zonas do município através de iniciativas paralelas promovidas pela própria autarquia, nomeadamente o Dia da Energia, Dia do Mar, Dia dos Resíduos, Biodiversidade, Agenda 21,, entre outras. Nos últimos anos, o concelho de Cascais tem sido pioneiro no lançamento de iniciativas em prol do desenvolvimento sustentável, quer através da EMAC - Empresa de Ambiente de Cascais, que faz a gestão integrada da limpeza urbana e da recolha dos resíduos assim como a requalificação dos espaços públicos verdes urbanos, quer das agências municipais Cascais Atlântico, Cascais Natura e Cascais Energia. Entidades estas que promovem as boas práticas ambientais visando a preservação do mar e da natureza e o aumento da eficiência energética, incluindo o recurso às energias renováveis. Para o público em geral, o Green Fest 2009 prevê ainda a realização de workshops e experiências de bem-estar - actividades de sensibilização para crianças - demonstrações de eco-tendências, de alimentação saudável, teatro e concertos. No Green Festival, que em 2008 contou com a presença de 61 expositores, visitantes durante cinco dias e um programa composto por uma conferência internacional 12 painéis temáticos de workshops com 72 oradores, espera-se mais do que duplicar o número de visitantes. O Green Festival é uma organização do consórcio Green Values constituído pela GCI e Gingko, e da Câmara Municipal de Cascais. 10

11 Jornal da Costa do Sol ID: Tiragem: 5000 País: Portugal Period.: Semanal Âmbito: Regional Pág: 8 Cores: Cor Área: 18,01 x 13,52 cm² Corte: 1 de 2 11

12 Jornal da Costa do Sol ID: Tiragem: 5000 País: Portugal Period.: Semanal Âmbito: Regional Pág: 1 Cores: Cor Área: 18,47 x 4,17 cm² Corte: 2 de 2 12

13 ID: O PÚBLICO errou Tiragem: País: Portugal Period.: Diária Âmbito: Informação Geral Pág: 30 Cores: Cor Área: 5,29 x 8,62 cm² Corte: 1 de 1 A fotografia dos Buraka Som Sistema publicada anteontem o P2 não veio assinada. O seu crédito é Espanta Espíritos/Blitz. A propósito da ExperimentaDesign trocou-se a 21 de Abril os nomes dos autores do documentário Luanda Rise. O filme é realizado por Pedro Pinho com os co-autores Joana Pacheco e Ricardo Camacho. O mapa da página 8 do suplemento Dia da Terra não continha todas as agências de energia que fazem parte da Rede Nacional de Agências de Energia. Faltam a AdEPorto, Cascais Energia, ENA-Agência de Energia e Ambiente da Arrábida, S. Energia- Agência Local para a Gestão de Energia do Barreiro e Moita e Adene- Agência para a Energia. 13

14 Qualidade Online.com, Festival que celebra a Sustentabilidade regressa em Setembro 23-Abr-2009 Entre 18 e 25 de Setembro realiza-se em Portugal a segunda edição do Green Festival, que regressa ao Centro de Congressos do Estoril, numa iniciativa organizada pelo consórcio Green Values e pela Câmara Municipal de Cascais. Durante oito dias, o festival que celebra a Sustentabilidade pretende mobilizar uma vez mais a população para a importância da integração de cada um dos pilares do Desenvolvimento Sustentável no quotidiano de empresas, entidades governamentais e não-governamentais e cidadãos. Depois do sucesso do Green Festival em 2008, esta grande iniciativa marca o seu regresso ao Estoril por um período de tempo mais alargado e um reforço da oferta para neste ano darmos um novo contributo para juntos contribuirmos para uma mudança de comportamentos e fazermos a diferença, afirma Carlos Carreiras, vice-presidente da Câmara Municipal de Cascais. O Green Fest dedicará seis dias ao público profissional com um programa cujo arranque ficará marcado por uma grande conferência. À semelhança do ano passado, em que contámos com a presença do antigo vice-chanceler alemão Joschka Fischer, neste ano vamos ter de novo um conferencista de renome internacional em matéria de Sustentabilidade. Esta é uma temática que queremos que continue na ordem do dia, revela por sua vez José Manuel Costa, presidente do Grupo GCI, membro do consórcio Green Values. Para já a organização não avança com o nome, mas promete contribuir para agitar as mentalidades, inclusivamente através da promoção de um conjunto de workshops sobre temas desde a Energia às Alterações Climáticas. A edição de 2009 ficará ainda marcada pelo alargamento das iniciativas por novas áreas temáticas, nomeadamente Green Building (dedicada à eficiência energética, construção e energias renováveis), Green Home, (electrodomésticos e electrónica de consumo), Green Consumer (produtos de grande consumo) e Green Places (espaço dedicado às autarquias e ecoturismo). Estas novas áreas vêm juntar-se a outras já conhecidas do público: Green Thinking (workshops, seminários e cultura), Green Fun, (playground, entretenimento e sensibilização para crianças), Green People (solidariedade, saúde e bem-estar), Green Taste (alimentação saudável e mercado biológico) e Green Trends (arte, moda, decoração, tecnologia e mobilidade). Uma das grandes novidades este ano, conta ainda José Manuel Costa, é a atribuição de um prémio à presença mais sustentável durante os oitos dias do Green Fest. Queremos desafiar os expositores a adoptarem nestes dias as melhores técnicas disponíveis, através por exemplo de stands recicláveis ou criados a partir de material reciclado, redução do consumo de matérias-primas, desenvolvimento de actividades pedagógicas, etc. anuncia. Para o vencedor está prevista a realização de uma auditoria de sustentabilidade realizada pela Ecochoice gratuitamente junto da entidade representante. Cascais, que mais uma vez será anfitrião do Green Fest, verá as actividades do certame alargarem-se a outras zonas do município através de iniciativas paralelas promovidas pela própria autarquia, nomeadamente o Dia da Energia, Dia do Mar, Dia dos Resíduos, Biodiversidade, Agenda 21, peddy-papers, entre outras. Nos últimos anos, o concelho de Cascais tem sido pioneiro no lançamento de iniciativas em prol do desenvolvimento sustentável, quer através da EMAC - Empresa de Ambiente de Cascais, que faz a gestão integrada da limpeza urbana e da recolha dos resíduos assim como a requalificação dos espaços públicos verdes urbanos, quer das agências municipais Cascais Atlântico, Cascais Natura e Cascais Energia. Entidades estas que promovem as boas práticas ambientais visando a preservação do mar e da natureza e o aumento da eficiência energética, incluindo o recurso às energias renováveis. Para o público em geral, o Green Fest 2009 prevê ainda a realização de workshops e experiências de bem-estar - actividades de sensibilização para crianças - demonstrações de eco-tendências, de alimentação saudável, teatro e concertos. No Green Festival, que em 2008 contou com a presença de 61 expositores, visitantes durante cinco dias e um programa composto por uma conferência internacional 12 painéis temáticos de workshops com 72 oradores, espera-se mais do que duplicar o número de visitantes. O Green Festival é uma organização do consórcio Green Values constituído pela GCI e Gingko, e da Câmara Municipal de Cascais. 14

15 Renascença - Notícias, Dia da Terra Hora:7:00:00 Duração:00:01:13 Neste Dia da Terra, fica o alerta é possível poupar dinheiro nas contas de casa e ao mesmo tempo promover o ambiente, para evitar desperdícios na conta da luz ou da água. A Agência Municipal de Energia de Cascais tem em curso há quase um ano um projecto inovador, chama-se projecto Caça Watts, leva técnicos especializados a casa das pessoas para que possam identificar como se rentabiliza o consumo de energia, e as poupanças podem ser significativas como indica Carlos Carreiras. 15

16 Renascença.pt, Projecto "Caça Watts" apresentado em Bruxelas Cascais/Ambiente :02 "Caça Watts" é o nome da iniciativa da Agência Municipal de Energia de Cascais, que visa ajudar as pessoas a poupar e, ao mesmo tempo, a defender o ambiente. O projecto é hoje apresentado em Bruxelas. A ideia é evitar desperdícios nas contas da luz e/ou do gás. Técnicos especializados visitam as casas das pessoas e identificam como se pode rentabilizar o consumo de energia e melhorar a poupança. O "Caça Watts", um projecto inovador, está em curso há quase um ano e um projecto inovador. O "Projecto Caça Watts" leva técnicos especializados a casa das pessoas, para que possam identificar como se pode rentabilizar o consumo de energia e as poupanças podem ser significativas, como indica Carlos Carreiras, presidente da Agência. "Num T3, com um agregado familiar de três pessoas, é possível poupar 60 euros", diz Carlos Carreiras, da Agência Municipal de Energia de Cascais, sublinhando que "poupar, neste caso, é dinheiro e o ambiente". O custo das auditorias dos técnicos ronda os 25 e os 50 euros, consoante o tamanho das casas, mas há descontos para jovens e idosos. O projecto "Caça Watts", promovido pela autarquia de Cascais, é apresentado esta quarta-feira em Bruxelas, na Conferência Europeia sobre Clima e Gestão da Energia nas Cidades. MG 16

17 RFM - Notícias, Brigada Caça Watts Hora:08:30:00 Duração:00:00:15 A Agência Municipal de Energia de Cascais tem em curso há quase um ano o projecto "Caça Watts" que é hoje apresentado em Bruxelas. 17

18 RFM Online.pt, Projecto "Caça Watts" apresentado em Bruxelas :02 "Caça Watts" é o nome da iniciativa da Agência Municipal de Energia de Cascais, que visa ajudar as pessoas a poupar e, ao mesmo tempo, a defender o ambiente. O projecto é hoje apresentado em Bruxelas. A ideia é evitar desperdícios nas contas da luz e/ou do gás. Técnicos especializados visitam as casas das pessoas e identificam como se pode rentabilizar o consumo de energia e melhorar a poupança. O "Caça Watts", um projecto inovador, está em curso há quase um ano e um projecto inovador. O "Projecto Caça Watts" leva técnicos especializados a casa das pessoas, para que possam identificar como se pode rentabilizar o consumo de energia e as poupanças podem ser significativas, como indica Carlos Carreiras, presidente da Agência. "Num T3, com um agregado familiar de três pessoas, é possível poupar 60 euros", diz Carlos Carreiras, da Agência Municipal de Energia de Cascais, sublinhando que "poupar, neste caso, é dinheiro e o ambiente". O custo das auditorias dos técnicos ronda os 25 e os 50 euros, consoante o tamanho das casas, mas há descontos para jovens e idosos. O projecto "Caça Watts", promovido pela autarquia de Cascais, é apresentado esta quarta-feira em Bruxelas, na Conferência Europeia sobre Clima e Gestão da Energia nas Cidades. 18

19 Energias Renováveis.com, CAÇA-WATTS apresentado no Encontro Anual da Energie-Cité & Climate Alliance, A Agência Municipal Cascais Energia vai apresentar o projecto Caça-Watts no próximo Encontro Anual da Energie-Cité & Climate Alliance, que se realizará em Bruxelas, de 22 a 24 de Abril. Neste encontro, dedicado ao tema "3X20:PLAY the GAME!", a Agência será a única entidade municipal portuguesa presente. Para Carlos Carreiras, presidente da Cascais Energia e vice-presidente da Câmara Municipal de Cascais, "a Agência atribui um significado especial à presença neste fórum, não só por sermos o único representante português a este nível, mas também por toda a projecção e reconhecimento internacional que isso representa para uma iniciativa local como o Caça-Watts". Este é um projecto inovador lançado pela Cascais Energia em 2008, que realiza diagnósticos energéticos aos domicílios dos munícipes de Cascais, através de auditorias, visando reduzir em 10% o consumo de energia doméstica no Concelho. A apresentação do Caça Watts neste fórum encontra plena justificação, não só porque é um exemplo das medidas a que alude o tema do debate, mas também porque Cascais é um dos municípios membros da Energie-Cités, a Associação das Autoridades Locais Europeias para a promoção das políticas locais de Sustentabilidade Energética, que está na base do encontro, juntamente com a Climate Alliance, a Associação Europeia dos Municípios Parceiros dos Povos Indígenas da Floresta. O tema "3X20:PLAY the GAME!", que enquadra o evento, é uma alusão aos três grandes objectivos a atingir pela União Europeia em matéria ambiental e energética até 2020: reduzir a emissão de gases com efeito de estufa em, pelo menos, 20%; reduzir o consumo de energia em 20%; e utilizar 20% de energias renováveis, no âmbito do consumo global de energia. 19

20 Tiragem: Pág: 7 País: Portugal Cores: Cor Period.: Mensal Área: 19,56 x 16,89 cm² ID: Franchising e Empreendedorismo Âmbito: Economia, Negócios e. Corte: 1 de 1 20

21 Jornal da Costa do Sol ID: Tiragem: 5000 País: Portugal Period.: Semanal Âmbito: Regional Pág: 6 Cores: Cor Área: 17,70 x 19,86 cm² Corte: 1 de 1 21

22 ABC da Educação.com, Cascais desafia escolas a participar em concurso sobre "Água e Energia" 09-Abr-2009 A Câmara Municipal de Cascais, a Cascais Atlântico, a Cascais Energia, e a Comissão Nacional da UNESCO (CNU ) estão a promover um concurso subordinado ao tema "Água e Energia", aberto a todos os Agrupamentos de Escolas e estabelecimentos de Ensino Básico do 2º e 3º ciclo da rede pública do concelho de Cascais. Com o apoio do Comité Português para o Ano Internacional do Planeta Terra (AIPT) e inserido no âmbito da "Década das Nações Unidas da Educação para o Desenvolvimento Sustentável ", este desafio visa, principalmente, sensibilizar alunos e professores para a temática da água e energia, apelando ao espírito crítico e imaginação dos participantes. Para concorrerem, alunos e escolas têm que realizar um filme, trabalho escrito ou cartaz/maqueta sobre o tema, a entregar de 4 a 8 de Maio. As candidaturas são apresentadas por escola, turma ou grupo, até ao limite de 32 participantes por estabelecimento de ensino. Com a realização destes trabalhos, os promotores também esperam contribuir para criar novos instrumentos cívicos de discussão sobre temas relevantes, melhorar as relações entre a escola e a comunidade e fomentar uma educação para o desenvolvimento sustentável. Os três melhores trabalhos de cada categoria serão premiados com três computadores e uma viagem (1º prémio), dois computadores (2º prémio) e um computador (3º prémio). O melhor trabalho no conjunto das três categorias terá ainda direito a um prémio de excelência, que consiste num sistema de energia solar para a escola vencedora, até um valor máximo de dez mil euros. O júri será composto por representantes da CNU (que detém voto de qualidade), AIPT, Câmara Municipal de Cascais, Cascais Atlântico, Cascais Energia e um representante do Ministério da Educação. A entrega de prémios decorre no dia 29 de Maio, no Centro de Interpretação Ambiental da Ponta do Sal, onde os trabalhos resultantes deste concurso ficarão expostos até 8 de Junho. 22

23 Correio da Linha (O) ID: Tiragem: País: Portugal Period.: Mensal Âmbito: Regional Pág: 11 Cores: Cor Área: 12,14 x 24,23 cm² Corte: 1 de 1 O Departamento de Ambiente da Câmara Municipal de Cascais (CMC), a Cascais Atlântico, a Cascais Energia e a Comissão Nacional da UNESCO (CNU) estão a promover um concurso subordinado ao tema «Água e Energia», aberto a todos os Agrupamentos de Escolas e estabelecimentos de Ensino Básico do 2º e 3º ciclo da rede pública do concelho de Cascais. Com o apoio do Comité Português para o Ano Internacional do Planeta Terra (AIPT) e inserido no âmbito da «Década das Nações Unidas da Educação para o Desenvolvimento Sustentável », este desafio visa, principalmente, sensibilizar alunos e professores para a temática da água e energia, apelando ao espírito crítico e imaginação dos participantes. Para Carlos Carreiras, Vice- Presidente da CMC e Presidente das Agências Cascais Atlântico e Cascais Energia, este concurso constitui um desafio da autarquia e dos seus parceiros às escolas e aos alunos de Cascais, no sentido de produzirem materiais capazes de fomentar o debate público sobre a água e a energia, assim contribuindo para sensibilizar a comunidade relativamente ao desenvolvimento sustentável. Por sua vez, Fernando Andresen Guimarães, Embaixador e Presidente da Comissão Nacional da UNESCO, acredita que dinamizar a Década da Educação para o Desenvolvimento Sustentável passa por áreas de intervenção prioritária de grande efeito multiplicador e em que as escolas e as autarquias assumem um papel vital. Promover um concurso escolar, no qual se envolva a população escolar e local, certamente constituirá um instrumento valioso na promoção deste objectivo. Para concorrerem, alunos e escolas têm que realizar um filme, trabalho escrito ou cartaz/maqueta sobre o tema e entregá-lo entre 4 a 8 de Maio. As candidaturas são apresentadas por escola, turma ou grupo, até ao limite de 32 participantes por estabelecimento de ensino. Os três melhores trabalhos de cada categoria serão premiados com três computadores e uma viagem (1º prémio), dois computadores (2º prémio) e um computador (3º prémio). O melhor trabalho no conjunto das três categorias terá ainda direito a um prémio de excelência, que consiste num sistema de energia solar para a escola vencedora, até um valor máximo de dez mil euros. O júri será composto por representantes da CNU (que detém voto de qualidade), AIPT, CMC, Cascais Atlântico, Cascais Energia e um representante do Ministério da Educação. A entrega de prémios decorre no dia 29 de Maio, no Centro de Interpretação Ambiental da Ponta do Sal, onde os trabalhos resultantes deste concurso ficarão expostos até 8 de Junho. 23

24 Electro Imagen.com, Green Festival Escrito por conceicao 27-Abr-2009 Regressa em Setembro Durante oito dias, o festival que celebra a Sustentabilidade pretende mobilizar uma vez mais a população para a importância da integração de cada um dos pilares do Desenvolvimento Sustentável no quotidiano de empresas, entidades governamentais e não-governamentais e cidadãos. Depois do sucesso do Green Festival em 2008, esta grande iniciativa marca o seu regresso ao Estoril por um período de tempo mais alargado e um reforço da oferta para neste ano darmos um novo contributo para juntos contribuirmos para uma mudança de comportamentos e fazermos a diferença, afirma Carlos Carreiras, vice-presidente da Câmara Municipal de Cascais. O Green Fest dedicará seis dias ao público profissional com um programa cujo arranque ficará marcado por uma grande conferência. À semelhança do ano passado, em que contámos com a presença do antigo vice-chanceler alemão Joschka Fischer, neste ano vamos ter de novo um conferencista de renome internacional em matéria de Sustentabilidade. Esta é uma temática que queremos que continue na ordem do dia, revela por sua vez José Manuel Costa, presidente do Grupo GCI, membro do consórcio Green Values. Para já a organização não avança com o nome, mas promete contribuir para agitar as mentalidades, inclusivamente através da promoção de um conjunto de workshops sobre temas desde a Energia às Alterações Climáticas. A edição de 2009 ficará ainda marcada pelo alargamento das iniciativas por novas áreas temáticas, nomeadamente Green Building (dedicada à eficiência energética, construção e energias renováveis), Green Home, (electrodomésticos e electrónica de consumo), Green Consumer (produtos de grande consumo) e Green Places (espaço dedicado às autarquias e ecoturismo). Estas novas áreas vêm juntar-se a outras já conhecidas do público: Green Thinking (workshops, seminários e cultura), Green Fun, (playground, entretenimento e sensibilização para crianças), Green People (solidariedade, saúde e bem-estar), Green Taste (alimentação saudável e mercado biológico) e Green Trends (arte, moda, decoração, tecnologia e mobilidade). Uma das grandes novidades este ano, conta ainda Cascais, que mais uma vez será anfitrião do Green Fest, verá as actividades do certame alargarem-se a outras zonas do município através de iniciativas paralelas promovidas pela própria autarquia, nomeadamente o Dia da Energia, Dia do Mar, Dia dos Resíduos, Biodiversidade, Agenda 21,, entre outras. Nos últimos anos, o concelho de Cascais tem sido pioneiro no lançamento de iniciativas em prol do desenvolvimento sustentável, quer através da EMAC - Empresa de Ambiente de Cascais, que faz a gestão integrada da limpeza urbana e da recolha dos resíduos assim como a requalificação dos espaços públicos verdes urbanos, quer das agências municipais Cascais Atlântico, Cascais Natura e Cascais Energia. Entidades estas que promovem as boas práticas ambientais visando a preservação do mar e da natureza e o aumento da eficiência energética, incluindo o recurso às energias renováveis. Para o público em geral, o Green Fest 2009 prevê ainda a realização de workshops e experiências de bem-estar - actividades de sensibilização para crianças - demonstrações de eco-tendências, de alimentação saudável, teatro e concertos. No Green Festival, que em 2008 contou com a presença de 61 expositores, visitantes durante cinco dias e um programa composto por uma conferência internacional 12 painéis temáticos de workshops com 72 oradores, espera-se mais do que duplicar o número de visitantes. O Green Festival é uma organização do consórcio Green Values constituído pela GCI e Gingko, e da Câmara Municipal de Cascais. 24

25 Qualidade Online.com, Festival que celebra a Sustentabilidade regressa em Setembro 23-Abr-2009 Entre 18 e 25 de Setembro realiza-se em Portugal a segunda edição do Green Festival, que regressa ao Centro de Congressos do Estoril, numa iniciativa organizada pelo consórcio Green Values e pela Câmara Municipal de Cascais. Durante oito dias, o festival que celebra a Sustentabilidade pretende mobilizar uma vez mais a população para a importância da integração de cada um dos pilares do Desenvolvimento Sustentável no quotidiano de empresas, entidades governamentais e não-governamentais e cidadãos. Depois do sucesso do Green Festival em 2008, esta grande iniciativa marca o seu regresso ao Estoril por um período de tempo mais alargado e um reforço da oferta para neste ano darmos um novo contributo para juntos contribuirmos para uma mudança de comportamentos e fazermos a diferença, afirma Carlos Carreiras, vice-presidente da Câmara Municipal de Cascais. O Green Fest dedicará seis dias ao público profissional com um programa cujo arranque ficará marcado por uma grande conferência. À semelhança do ano passado, em que contámos com a presença do antigo vice-chanceler alemão Joschka Fischer, neste ano vamos ter de novo um conferencista de renome internacional em matéria de Sustentabilidade. Esta é uma temática que queremos que continue na ordem do dia, revela por sua vez José Manuel Costa, presidente do Grupo GCI, membro do consórcio Green Values. Para já a organização não avança com o nome, mas promete contribuir para agitar as mentalidades, inclusivamente através da promoção de um conjunto de workshops sobre temas desde a Energia às Alterações Climáticas. A edição de 2009 ficará ainda marcada pelo alargamento das iniciativas por novas áreas temáticas, nomeadamente Green Building (dedicada à eficiência energética, construção e energias renováveis), Green Home, (electrodomésticos e electrónica de consumo), Green Consumer (produtos de grande consumo) e Green Places (espaço dedicado às autarquias e ecoturismo). Estas novas áreas vêm juntar-se a outras já conhecidas do público: Green Thinking (workshops, seminários e cultura), Green Fun, (playground, entretenimento e sensibilização para crianças), Green People (solidariedade, saúde e bem-estar), Green Taste (alimentação saudável e mercado biológico) e Green Trends (arte, moda, decoração, tecnologia e mobilidade). Uma das grandes novidades este ano, conta ainda José Manuel Costa, é a atribuição de um prémio à presença mais sustentável durante os oitos dias do Green Fest. Queremos desafiar os expositores a adoptarem nestes dias as melhores técnicas disponíveis, através por exemplo de stands recicláveis ou criados a partir de material reciclado, redução do consumo de matérias-primas, desenvolvimento de actividades pedagógicas, etc. anuncia. Para o vencedor está prevista a realização de uma auditoria de sustentabilidade realizada pela Ecochoice gratuitamente junto da entidade representante. Cascais, que mais uma vez será anfitrião do Green Fest, verá as actividades do certame alargarem-se a outras zonas do município através de iniciativas paralelas promovidas pela própria autarquia, nomeadamente o Dia da Energia, Dia do Mar, Dia dos Resíduos, Biodiversidade, Agenda 21, peddy-papers, entre outras. Nos últimos anos, o concelho de Cascais tem sido pioneiro no lançamento de iniciativas em prol do desenvolvimento sustentável, quer através da EMAC - Empresa de Ambiente de Cascais, que faz a gestão integrada da limpeza urbana e da recolha dos resíduos assim como a requalificação dos espaços públicos verdes urbanos, quer das agências municipais Cascais Atlântico, Cascais Natura e Cascais Energia. Entidades estas que promovem as boas práticas ambientais visando a preservação do mar e da natureza e o aumento da eficiência energética, incluindo o recurso às energias renováveis. Para o público em geral, o Green Fest 2009 prevê ainda a realização de workshops e experiências de bem-estar - actividades de sensibilização para crianças - demonstrações de eco-tendências, de alimentação saudável, teatro e concertos. No Green Festival, que em 2008 contou com a presença de 61 expositores, visitantes durante cinco dias e um programa composto por uma conferência internacional 12 painéis temáticos de workshops com 72 oradores, espera-se mais do que duplicar o número de visitantes. O Green Festival é uma organização do consórcio Green Values constituído pela GCI e Gingko, e da Câmara Municipal de Cascais. 25

26 Electro Imagen.com, Green Festival Escrito por conceicao 27-Abr-2009 Regressa em Setembro Durante oito dias, o festival que celebra a Sustentabilidade pretende mobilizar uma vez mais a população para a importância da integração de cada um dos pilares do Desenvolvimento Sustentável no quotidiano de empresas, entidades governamentais e não-governamentais e cidadãos. Depois do sucesso do Green Festival em 2008, esta grande iniciativa marca o seu regresso ao Estoril por um período de tempo mais alargado e um reforço da oferta para neste ano darmos um novo contributo para juntos contribuirmos para uma mudança de comportamentos e fazermos a diferença, afirma Carlos Carreiras, vice-presidente da Câmara Municipal de Cascais. O Green Fest dedicará seis dias ao público profissional com um programa cujo arranque ficará marcado por uma grande conferência. À semelhança do ano passado, em que contámos com a presença do antigo vice-chanceler alemão Joschka Fischer, neste ano vamos ter de novo um conferencista de renome internacional em matéria de Sustentabilidade. Esta é uma temática que queremos que continue na ordem do dia, revela por sua vez José Manuel Costa, presidente do Grupo GCI, membro do consórcio Green Values. Para já a organização não avança com o nome, mas promete contribuir para agitar as mentalidades, inclusivamente através da promoção de um conjunto de workshops sobre temas desde a Energia às Alterações Climáticas. A edição de 2009 ficará ainda marcada pelo alargamento das iniciativas por novas áreas temáticas, nomeadamente Green Building (dedicada à eficiência energética, construção e energias renováveis), Green Home, (electrodomésticos e electrónica de consumo), Green Consumer (produtos de grande consumo) e Green Places (espaço dedicado às autarquias e ecoturismo). Estas novas áreas vêm juntar-se a outras já conhecidas do público: Green Thinking (workshops, seminários e cultura), Green Fun, (playground, entretenimento e sensibilização para crianças), Green People (solidariedade, saúde e bem-estar), Green Taste (alimentação saudável e mercado biológico) e Green Trends (arte, moda, decoração, tecnologia e mobilidade). Uma das grandes novidades este ano, conta ainda Cascais, que mais uma vez será anfitrião do Green Fest, verá as actividades do certame alargarem-se a outras zonas do município através de iniciativas paralelas promovidas pela própria autarquia, nomeadamente o Dia da Energia, Dia do Mar, Dia dos Resíduos, Biodiversidade, Agenda 21,, entre outras. Nos últimos anos, o concelho de Cascais tem sido pioneiro no lançamento de iniciativas em prol do desenvolvimento sustentável, quer através da EMAC - Empresa de Ambiente de Cascais, que faz a gestão integrada da limpeza urbana e da recolha dos resíduos assim como a requalificação dos espaços públicos verdes urbanos, quer das agências municipais Cascais Atlântico, Cascais Natura e Cascais Energia. Entidades estas que promovem as boas práticas ambientais visando a preservação do mar e da natureza e o aumento da eficiência energética, incluindo o recurso às energias renováveis. Para o público em geral, o Green Fest 2009 prevê ainda a realização de workshops e experiências de bem-estar - actividades de sensibilização para crianças - demonstrações de eco-tendências, de alimentação saudável, teatro e concertos. No Green Festival, que em 2008 contou com a presença de 61 expositores, visitantes durante cinco dias e um programa composto por uma conferência internacional 12 painéis temáticos de workshops com 72 oradores, espera-se mais do que duplicar o número de visitantes. O Green Festival é uma organização do consórcio Green Values constituído pela GCI e Gingko, e da Câmara Municipal de Cascais. 26

27 Qualidade Online.com, Festival que celebra a Sustentabilidade regressa em Setembro 23-Abr-2009 Entre 18 e 25 de Setembro realiza-se em Portugal a segunda edição do Green Festival, que regressa ao Centro de Congressos do Estoril, numa iniciativa organizada pelo consórcio Green Values e pela Câmara Municipal de Cascais. Durante oito dias, o festival que celebra a Sustentabilidade pretende mobilizar uma vez mais a população para a importância da integração de cada um dos pilares do Desenvolvimento Sustentável no quotidiano de empresas, entidades governamentais e não-governamentais e cidadãos. Depois do sucesso do Green Festival em 2008, esta grande iniciativa marca o seu regresso ao Estoril por um período de tempo mais alargado e um reforço da oferta para neste ano darmos um novo contributo para juntos contribuirmos para uma mudança de comportamentos e fazermos a diferença, afirma Carlos Carreiras, vice-presidente da Câmara Municipal de Cascais. O Green Fest dedicará seis dias ao público profissional com um programa cujo arranque ficará marcado por uma grande conferência. À semelhança do ano passado, em que contámos com a presença do antigo vice-chanceler alemão Joschka Fischer, neste ano vamos ter de novo um conferencista de renome internacional em matéria de Sustentabilidade. Esta é uma temática que queremos que continue na ordem do dia, revela por sua vez José Manuel Costa, presidente do Grupo GCI, membro do consórcio Green Values. Para já a organização não avança com o nome, mas promete contribuir para agitar as mentalidades, inclusivamente através da promoção de um conjunto de workshops sobre temas desde a Energia às Alterações Climáticas. A edição de 2009 ficará ainda marcada pelo alargamento das iniciativas por novas áreas temáticas, nomeadamente Green Building (dedicada à eficiência energética, construção e energias renováveis), Green Home, (electrodomésticos e electrónica de consumo), Green Consumer (produtos de grande consumo) e Green Places (espaço dedicado às autarquias e ecoturismo). Estas novas áreas vêm juntar-se a outras já conhecidas do público: Green Thinking (workshops, seminários e cultura), Green Fun, (playground, entretenimento e sensibilização para crianças), Green People (solidariedade, saúde e bem-estar), Green Taste (alimentação saudável e mercado biológico) e Green Trends (arte, moda, decoração, tecnologia e mobilidade). Uma das grandes novidades este ano, conta ainda José Manuel Costa, é a atribuição de um prémio à presença mais sustentável durante os oitos dias do Green Fest. Queremos desafiar os expositores a adoptarem nestes dias as melhores técnicas disponíveis, através por exemplo de stands recicláveis ou criados a partir de material reciclado, redução do consumo de matérias-primas, desenvolvimento de actividades pedagógicas, etc. anuncia. Para o vencedor está prevista a realização de uma auditoria de sustentabilidade realizada pela Ecochoice gratuitamente junto da entidade representante. Cascais, que mais uma vez será anfitrião do Green Fest, verá as actividades do certame alargarem-se a outras zonas do município através de iniciativas paralelas promovidas pela própria autarquia, nomeadamente o Dia da Energia, Dia do Mar, Dia dos Resíduos, Biodiversidade, Agenda 21, peddy-papers, entre outras. Nos últimos anos, o concelho de Cascais tem sido pioneiro no lançamento de iniciativas em prol do desenvolvimento sustentável, quer através da EMAC - Empresa de Ambiente de Cascais, que faz a gestão integrada da limpeza urbana e da recolha dos resíduos assim como a requalificação dos espaços públicos verdes urbanos, quer das agências municipais Cascais Atlântico, Cascais Natura e Cascais Energia. Entidades estas que promovem as boas práticas ambientais visando a preservação do mar e da natureza e o aumento da eficiência energética, incluindo o recurso às energias renováveis. Para o público em geral, o Green Fest 2009 prevê ainda a realização de workshops e experiências de bem-estar - actividades de sensibilização para crianças - demonstrações de eco-tendências, de alimentação saudável, teatro e concertos. No Green Festival, que em 2008 contou com a presença de 61 expositores, visitantes durante cinco dias e um programa composto por uma conferência internacional 12 painéis temáticos de workshops com 72 oradores, espera-se mais do que duplicar o número de visitantes. O Green Festival é uma organização do consórcio Green Values constituído pela GCI e Gingko, e da Câmara Municipal de Cascais. 27

Revista de Imprensa. 1 - Jornal da Costa do Sol, 26-03-2009, "Água e energia" a concurso. 2-24 Horas, 23-03-2009, Água e energia valem prémios

Revista de Imprensa. 1 - Jornal da Costa do Sol, 26-03-2009, Água e energia a concurso. 2-24 Horas, 23-03-2009, Água e energia valem prémios Revista de Imprensa Cascais Atlântico 1 - Jornal da Costa do Sol, 26-03-2009, "Água e energia" a concurso 2-24 Horas, 23-03-2009, Água e energia valem prémios 3 - Notícias da Manhã, 23-03-2009, Concurso

Leia mais

13 - Blog Correio de Cascais.com, 18-12-2008, Natal ecológico no Green Festival

13 - Blog Correio de Cascais.com, 18-12-2008, Natal ecológico no Green Festival Revista de Imprensa 14-01-2009 Cascais Atlântico 1 - Blog Correio de Cascais.com, 18-12-2008, Natal ecológico no Green Festival 2 - Jornal da Costa do Sol, 18-12-2008, Cascais aposta na intervenção social

Leia mais

Revista de Imprensa Dezembro 2008. 11 - Blog Correio de Cascais.com, 18-12-2008, Natal ecológico no Green Festival

Revista de Imprensa Dezembro 2008. 11 - Blog Correio de Cascais.com, 18-12-2008, Natal ecológico no Green Festival Revista de Imprensa Dezembro 2008 Cascais Atlântico 1 - Blog Correio de Cascais.com, 18-12-2008, Natal ecológico no Green Festival 2 - Jornal da Costa do Sol, 18-12-2008, Cascais aposta na intervenção

Leia mais

1 - Câmaras Verdes.pt, 27-01-2010, CASCALENSES REGISTAM COMPORTAMENTOS ECOLÓGICOS ONLINE. 2 - Time Out Lisboa, 27-01-2010, Agenda de Feiras

1 - Câmaras Verdes.pt, 27-01-2010, CASCALENSES REGISTAM COMPORTAMENTOS ECOLÓGICOS ONLINE. 2 - Time Out Lisboa, 27-01-2010, Agenda de Feiras Revista de Imprensa Agenda 21 1 - Câmaras Verdes.pt, 27-01-2010, CASCALENSES REGISTAM COMPORTAMENTOS ECOLÓGICOS ONLINE 2 - Time Out Lisboa, 27-01-2010, Agenda de Feiras 3 - Time Out Lisboa, 20-01-2010,

Leia mais

PROGRAMA DE SENSIBILIZAÇÃO DE CASCAIS

PROGRAMA DE SENSIBILIZAÇÃO DE CASCAIS PROGRAMA DE SENSIBILIZAÇÃO DE CASCAIS Ano letivo 2012/2013 TEMA VAMOS ADOTAR UMA RIBEIRA. ÂMBITO Década das Nações Unidas da Educação para o Desenvolvimento Sustentável 2005-2014 e a Década da Biodiversidade

Leia mais

Regulamento do Green Project Awards

Regulamento do Green Project Awards Regulamento do Green Project Awards A GCI em parceria com a Agência Portuguesa do Ambiente e a Quercus Associação Nacional de Conservação da Natureza, institui um Prémio de reconhecimento de boas práticas

Leia mais

UMA BOA IDEIA PARA A SUSTENTABILIDADE

UMA BOA IDEIA PARA A SUSTENTABILIDADE UMA BOA IDEIA PARA A SUSTENTABILIDADE REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS (Aberto a todos os Cidadãos) 1. O QUE É: O concurso Uma Boa Ideia para a Sustentabilidade é uma iniciativa da Câmara Municipal de

Leia mais

ÂMBITO Década das Nações Unidas da Educação para o Desenvolvimento Sustentável 2005-2014 e a Década da Biodiversidade 2011-2020.

ÂMBITO Década das Nações Unidas da Educação para o Desenvolvimento Sustentável 2005-2014 e a Década da Biodiversidade 2011-2020. CONCURSO 1 ESCOLAR REGULAMENTO 2011/2012 Como melhorar a qualidade ambiental da minha escola? TEMA Como Melhorar a Qualidade Ambiental da Minha Escola? ÂMBITO Década das Nações Unidas da Educação para

Leia mais

Regulamento do Green Project Awards

Regulamento do Green Project Awards Regulamento do Green Project Awards A GCI em parceria com a Agência Portuguesa do Ambiente e a Quercus Associação Nacional de Conservação da Natureza, institui um Prémio de reconhecimento de boas práticas

Leia mais

1 - Publituris.pt, 30-09-2010, Publituris: ExpoQuintas em processo de certificação para "Green Event"

1 - Publituris.pt, 30-09-2010, Publituris: ExpoQuintas em processo de certificação para Green Event Revista de Imprensa 01-10-2010 Cascais Energia 1 - Publituris.pt, 30-09-2010, Publituris: ExpoQuintas em processo de certificação para "Green Event" 2 - Planeta Azul.pt, 27-09-2010, Caça Watts e Eco-famílias

Leia mais

REGULAMENTO PRÉMIO PRESTÍGIO DE SUSTENTABILIDADE

REGULAMENTO PRÉMIO PRESTÍGIO DE SUSTENTABILIDADE REGULAMENTO PRÉMIO PRESTÍGIO DE SUSTENTABILIDADE Os Amigos do Cáster em parceria com a Câmara Municipal de Ovar criam o PRÉMIO PRESTÍGIO DE SUSTENTABILIDADE, inserido no âmbito do Programa Integrado de

Leia mais

Regulamento do Green Project Awards

Regulamento do Green Project Awards Regulamento do Green Project Awards A GCI em parceria com a Agência Portuguesa do Ambiente e a Quercus Associação Nacional de Conservação da Natureza, institui um Prémio de reconhecimento de boas práticas

Leia mais

Revista de Imprensa Janeiro de 2007. 1 - Destak, 31-01-2007, Agência DNA Cascais capta 18 milhões em 2006

Revista de Imprensa Janeiro de 2007. 1 - Destak, 31-01-2007, Agência DNA Cascais capta 18 milhões em 2006 Revista de Imprensa Janeiro de 2007 DNA 1 - Destak, 31-01-2007, Agência DNA Cascais capta 18 milhões em 2006 2 - Diário Económico, 31-01-2007, Agência DNA Cascais capta 10 projectos em 2006 3 - Jornal

Leia mais

Certificação e Monitorização de Edifícios Públicos Municipais em Cascais

Certificação e Monitorização de Edifícios Públicos Municipais em Cascais Certificação e Monitorização de Edifícios Públicos Municipais em Cascais TECNOFIL Workshop Municípios e Certificação Energética de Edifícios Lisboa, 18 Junho 2009 Objectivos A Agência Cascais Energia é

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES

RELATÓRIO DE ATIVIDADES RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013.2014 Fernando Ferreira 09-06-2014 Escolha um item. RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE CÓDIGO DA ATIVIDADE LA12 DESIGNAÇÃO DA ATIVIDADE Concurso Escolar Rede Europeia e Global

Leia mais

Pré-Projeto de Educação Ambiental

Pré-Projeto de Educação Ambiental Pré-Projeto de Educação Ambiental Vamos Descobrir e Valorizar o Alvão Ano 2014/15 Centro de Informação e Interpretação Lugar do Barrio 4880-164 Mondim de Basto Telefone: 255 381 2009 ou 255 389 250 1 Descobrir

Leia mais

1 - Rádio Ocidente.pt, 29-10-2010, Mais de cem empresas criadas pela DNA Cascais desde 2006. 2 - Diário Económico, 28-10-2010, A não perder

1 - Rádio Ocidente.pt, 29-10-2010, Mais de cem empresas criadas pela DNA Cascais desde 2006. 2 - Diário Económico, 28-10-2010, A não perder Revista de Imprensa 08-11-2010 DNA 1 - Rádio Ocidente.pt, 29-10-2010, Mais de cem empresas criadas pela DNA Cascais desde 2006 2 - Diário Económico, 28-10-2010, A não perder 3 - Diário Económico, 28-10-2010,

Leia mais

MINISTÉRIO DO AMBIENTE

MINISTÉRIO DO AMBIENTE REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DO AMBIENTE O Ministério do Ambiente tem o prazer de convidar V. Exa. para o Seminário sobre Novos Hábitos Sustentáveis, inserido na Semana Nacional do Ambiente que terá

Leia mais

Regulamento do Green Project Awards

Regulamento do Green Project Awards Regulamento do Green Project Awards A GCI em parceria com a Agência Portuguesa do Ambiente e a Quercus Associação Nacional de Conservação da Natureza, institui um Prémio de reconhecimento de boas práticas

Leia mais

P l a n o 2 0 1 4 FUNDAÇÃO LUSO

P l a n o 2 0 1 4 FUNDAÇÃO LUSO P l a n o 2 0 1 4 FUNDAÇÃO LUSO 1 Ações novidade no Plano de 2014 Ambiente Protocolo da Fundação Luso & Quercus Desenvolvimento de ações de valorização do ecossistemas na serra do Buçaco e a plantação

Leia mais

Plano de Acção 2010-11. Escola Básica 2.3 Professor Noronha Feio Queijas, Oeiras. Página 1 de 7

Plano de Acção 2010-11. Escola Básica 2.3 Professor Noronha Feio Queijas, Oeiras. Página 1 de 7 Página 1 de 7 Diagnóstico Objectivos Diagnóstico Acções Recursos Intervenientes Calendarização Água Resíduos Energia Transportes Biodiversidade Mar Plano de Acção Elementos do Plano de Acção Temas em que

Leia mais

Projecto Eco-condução Portugal

Projecto Eco-condução Portugal Projecto Eco-condução Portugal Apresentação e Principais Actividades Hélder Pedro, ACAP 20 de Maio 2009 Introdução O conceito de Eco-condução tem nos últimos anos sido alvo de muito interesse em toda a

Leia mais

Encontro Eficiência Energética na Mobilidade Eléctrica: O que o público e os actores do sector pensam

Encontro Eficiência Energética na Mobilidade Eléctrica: O que o público e os actores do sector pensam Encontro Eficiência Energética na Mobilidade Eléctrica: O que o público e os actores do sector pensam No âmbito da Campanha de Sensibilização para a Eficiência Energética na Mobilidade Eléctrica, a APVE

Leia mais

Uma iniciativa que pretende RECONHECER AS BOAS PRÁTICAS em projetos que promovam o desenvolvimento sustentável.

Uma iniciativa que pretende RECONHECER AS BOAS PRÁTICAS em projetos que promovam o desenvolvimento sustentável. GREEN PROJECT AWARDS BRASIL Uma iniciativa que pretende RECONHECER AS BOAS PRÁTICAS em projetos que promovam o desenvolvimento sustentável. CANDIDATURAS 201 INSCRIÇÕES NO PRIMEIRO ANO INSCRIÇÕES FEITAS

Leia mais

Reabilitação do Mercado Municipal. Concurso de Ideias. Regulamento

Reabilitação do Mercado Municipal. Concurso de Ideias. Regulamento ARTIGO 1º Enquadramento Reabilitação do Mercado Municipal Concurso de Ideias Regulamento O Concurso de Ideias para a reabilitação do Mercado Municipal (MM), sito na praça do Comércio é uma iniciativa da

Leia mais

REGULAMENTO PROJETO 80. Introdução

REGULAMENTO PROJETO 80. Introdução REGULAMENTO PROJETO 80 Introdução A Agência Portuguesa do Ambiente (APA), a Direção Geral de Educação (DGE), o Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), a Quercus, e o Green Project Awards (GPA),

Leia mais

Enquadramento e critérios de Candidatura

Enquadramento e critérios de Candidatura Enquadramento e critérios de Candidatura A cidadania ativa constitui um elemento chave do reforço da coesão social. O Conselho da União Europeia instituiu o ano de 2011, como Ano Europeu do Voluntariado

Leia mais

2011/2012. CÂMARA MUNICIPAL ALENQUER-Divisão de Ambiente

2011/2012. CÂMARA MUNICIPAL ALENQUER-Divisão de Ambiente PLANO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL 2011/2012 CÂMARA MUNICIPAL ALENQUER-Divisão de Ambiente 2011/2012 Índice: Introdução Ações de Sensibilização: Ateliers: Datas Comemorativas: Visitas de Estudo: Concursos: Projetos:

Leia mais

PROGRAMA ECO-ESCOLAS

PROGRAMA ECO-ESCOLAS PROGRAMA ECO-ESCOLAS Programa de Educação Ambiental e/ou Educação para o Desenvolvimento Sustentável PLANO DE AÇÃO 2014/2015 O Eco-Escolas é um Programa internacional, coordenado em Portugal pela Associação

Leia mais

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES 2008/2009 PROJECTO ECOXXI

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES 2008/2009 PROJECTO ECOXXI RELATÓRIO DE ACTIVIDADES 2008/2009 PROJECTO ECOXXI 1. O ECOXXI 2008/2009 1.1. O PROJECTO: objectivos e indicadores Os principais objectivos do Projecto são: Sensibilizar os municípios para uma maior integração

Leia mais

REGULAMENTO PROJETO 80. Introdução

REGULAMENTO PROJETO 80. Introdução REGULAMENTO PROJETO 80 Introdução A Agência Portuguesa do Ambiente (APA), a Direção-Geral da Educação (DGE), a Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares (DGEstE), o Instituto Português do Desporto e

Leia mais

II Edição do Concurso Uma Boa Ideia para a Sustentabilidade. Tema: Uso Sustentável da Água. Regulamento do Concurso de Ideias

II Edição do Concurso Uma Boa Ideia para a Sustentabilidade. Tema: Uso Sustentável da Água. Regulamento do Concurso de Ideias II Edição do Concurso Uma Boa Ideia para a Sustentabilidade Tema: Uso Sustentável da Água Regulamento do Concurso de Ideias (Aberto a todos os cidadãos) 1. O que é? O concurso Uma Boa Ideia para a Sustentabilidade

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES 2015/2016. Associação Sénior de Odivelas

PLANO DE ATIVIDADES 2015/2016. Associação Sénior de Odivelas PLANO DE ATIVIDADES 2015/2016 Associação Sénior de Odivelas A Universidade Sénior de Odivelas é um projecto inovador que tem por base a promoção da qualidade de vida dos seniores de Odivelas, fomentando

Leia mais

Programa Municipal de Apoio aos Projetos Socioeducativos Eixo2: Qualidade e Excelência FORMULÁRIO DE CANDIDATURA Ano Letivo 2013-2014

Programa Municipal de Apoio aos Projetos Socioeducativos Eixo2: Qualidade e Excelência FORMULÁRIO DE CANDIDATURA Ano Letivo 2013-2014 Programa Municipal de Apoio aos Projetos Socioeducativos Eixo2: Qualidade e Excelência FORMULÁRIO DE CANDIDATURA Ano Letivo 2013-2014 1. Identificação agrupamento de escolas Identificação: Agrupamento

Leia mais

Cada instituição tem que obrigatoriamente apresentar as facturas das respectivas despesas no âmbito do projecto candidatado.

Cada instituição tem que obrigatoriamente apresentar as facturas das respectivas despesas no âmbito do projecto candidatado. Programa de Educação Ambiental Círculo Mágico 2007/2008 O programa Círculo Mágico, ano lectivo 2007/2008, seguirá a seguinte metodologia: Abordará, no âmbito do apoio aos projectos candidatados pelas escolas,

Leia mais

BRASIL JUNTOS PELO BRASIL

BRASIL JUNTOS PELO BRASIL JUNTOS PELO O Green Project Awards (GPA) é uma plataforma de multi-stakeholders que permite a criação de um movimento para o desenvolvimento sustentável. O grande diferencial do GPA é que ele coloca os

Leia mais

REGULAMENTO PROJETO 80. Introdução

REGULAMENTO PROJETO 80. Introdução REGULAMENTO PROJETO 80 Introdução A Agência Portuguesa do Ambiente (APA), a Direção-Geral da Educação (DGE), a Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares (DGEstE), o Instituto Português do Desporto e

Leia mais

ESPOSENDE PACTO DE AUTARCAS

ESPOSENDE PACTO DE AUTARCAS ESPOSENDE PACTO DE AUTARCAS Novembro de 2010 CÂMARA MUNICIPAL DE ESPOSENDE ESPOSENDE AMBIENTE, EEM OBJECTIVOS DE COMBATE ÀS ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS Até ao ano de 2020, Aumentar em 20% a eficiência energética

Leia mais

Fundos Comunitários. geridos pela Comissão Europeia. M. Patrão Neves. www.mpatraoneves.pt. www.mpatraoneves.pt. www.mpatraoneves.

Fundos Comunitários. geridos pela Comissão Europeia. M. Patrão Neves. www.mpatraoneves.pt. www.mpatraoneves.pt. www.mpatraoneves. Fundos Comunitários geridos pela Comissão Europeia M. Patrão Neves Fundos comunitários: no passado Dependemos, de forma vital, dos fundos comunitários, sobretudo porque somos um dos países da coesão (e

Leia mais

Agenda 21 Local de Arganil 3ª Sessão do Fórum Participativo

Agenda 21 Local de Arganil 3ª Sessão do Fórum Participativo Agenda 21 Local de Arganil 3ª Sessão do Fórum Participativo 22 de Fevereiro 2010 Índice Índice PARTE I SÍNTESE DO 2º FÓRUM PARTICIPATIVO (10 minutos) PARTE II SÍNTESE DA ESTRATÉGIA DE SUSTENTABILIDADE

Leia mais

Revista de Imprensa Julho 2008. 1 - Jornal O Correio.com, 19-07-2008, Nazaré inspira-se em Cascais

Revista de Imprensa Julho 2008. 1 - Jornal O Correio.com, 19-07-2008, Nazaré inspira-se em Cascais Revista de Imprensa Julho 2008 Cascais Atlântico 1 - Jornal O Correio.com, 19-07-2008, Nazaré inspira-se em Cascais 3 Cascais Energia 2 - Mais Ambiente.pt, 31-07-2008, Primeiro edifício municipal do país

Leia mais

Plano de Comunicação e Educação para a Sustentabilidade

Plano de Comunicação e Educação para a Sustentabilidade Plano de Comunicação e Educação para a Sustentabilidade Versão 2.0 de 4 de Junho de 2007 Promotores: Co-financiamento: Introdução A Agenda 21 do Vale do Minho é um processo de envolvimento dos cidadãos

Leia mais

Revista de Imprensa. 10 - Jornal de Cascais, 10-02-2009, Educação e sensibilização ambiental para os alunos de Cascais

Revista de Imprensa. 10 - Jornal de Cascais, 10-02-2009, Educação e sensibilização ambiental para os alunos de Cascais Revista de Imprensa Agenda 21 1 - Jornal de Cascais, 10-02-2009, Educação e sensibilização ambiental para os alunos de Cascais 2 - Jornal da Costa do Sol, 05-02-2009, Ambiente de Cascais chegou a Seia

Leia mais

1ª CONFERÊNCIA IBÉRICA DE EMPREENDEDORISMO

1ª CONFERÊNCIA IBÉRICA DE EMPREENDEDORISMO 1ª CONFERÊNCIA IBÉRICA DE EMPREENDEDORISMO Painel: Empreendedorismo Social - 27 e 28 de Outubro de 2011 Práticas Inovadoras de Responsabilidade Social e Empreendedorismo Cascais, 27 de Outubro de 2011

Leia mais

O contributo do Cluster Habitat Sustentável

O contributo do Cluster Habitat Sustentável O contributo do Cluster Habitat Sustentável Victor Ferreira Plataforma para a Construção Sustentável Seminário Construção Sustentável CONCRETA 2011 20/10/2011 Visão e Missão O Cluster Habitat? agregador

Leia mais

AGENDA 21 escolar. Pensar Global, agir Local. Centro de Educação Ambiental. Parque Verde da Várzea 2560-581 Torres Vedras 39º05'08.89" N 9º15'50.

AGENDA 21 escolar. Pensar Global, agir Local. Centro de Educação Ambiental. Parque Verde da Várzea 2560-581 Torres Vedras 39º05'08.89 N 9º15'50. AGENDA 21 escolar Pensar Global, agir Local Centro de Educação Ambiental Parque Verde da Várzea 2560-581 Torres Vedras 39º05'08.89" N 9º15'50.84" O 918 773 342 cea@cm-tvedras.pt Enquadramento A Agenda

Leia mais

Prefeitura Municipal de Jaboticabal

Prefeitura Municipal de Jaboticabal LEI Nº 4.715, DE 22 DE SETEMBRO DE 2015 Institui a Política Municipal de estímulo à produção e ao consumo sustentáveis. RAUL JOSÉ SILVA GIRIO, Prefeito Municipal de Jaboticabal, Estado de São Paulo, no

Leia mais

«CIÊNCIA NA ESCOLA» REGULAMENTO DO PRÉMIO. 9ª Edição 2010/11

«CIÊNCIA NA ESCOLA» REGULAMENTO DO PRÉMIO. 9ª Edição 2010/11 «CIÊNCIA NA ESCOLA» REGULAMENTO DO PRÉMIO 9ª Edição 2010/11 REGULAMENTO PRÉMIO FUNDAÇÃO ILÍDIO PINHO "CIÊNCIA NA ESCOLA CAPÍTULO 1 Disposições gerais Artigo 1.º 1. A e o Ministério da Educação celebraram

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS DO CONCELHO DE PENELA

REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS DO CONCELHO DE PENELA REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS DO CONCELHO DE Preâmbulo O concurso de Ideias do Concelho de Penela é uma iniciativa da Câmara Municipal de Penela. O presente documento visa regular o Concurso Empreendedorismo

Leia mais

Mudança de Comportamento no âmbito da Eficiência Energética. Estudo de mercado Mudança de Comportamento no âmbito da Eficiência Energética

Mudança de Comportamento no âmbito da Eficiência Energética. Estudo de mercado Mudança de Comportamento no âmbito da Eficiência Energética Mudança de Comportamento no âmbito da Eficiência Energética Estudo de mercado Mudança de Comportamento no âmbito da Eficiência Energética 28 setembro 2011 Agenda Objectivo Metodologia Áreas temáticas Distribuição

Leia mais

CICLO DE CONFERÊNCIAS "25 ANOS DE PORTUGAL NA UE"

CICLO DE CONFERÊNCIAS 25 ANOS DE PORTUGAL NA UE Boletim Informativo n.º 19 Abril 2011 CICLO DE CONFERÊNCIAS "25 ANOS DE PORTUGAL NA UE" A Câmara Municipal de Lamego no âmbito de atuação do Centro de Informação Europe Direct de Lamego está a promover

Leia mais

II EDIÇÃO DO CONCURSO ESCOLAR A ÁGUA QUE NOS UNE : SUBTEMÁTICA É O SOLO QUE SUSTENTA A VIDA! REGULAMENTO Ano letivo 2014/2015

II EDIÇÃO DO CONCURSO ESCOLAR A ÁGUA QUE NOS UNE : SUBTEMÁTICA É O SOLO QUE SUSTENTA A VIDA! REGULAMENTO Ano letivo 2014/2015 II EDIÇÃO DO CONCURSO ESCOLAR A ÁGUA QUE NOS UNE : SUBTEMÁTICA É O SOLO QUE SUSTENTA A VIDA! REGULAMENTO Ano letivo 2014/2015 TEMA A ÁGUA QUE NOS UNE II Edição SUBTEMA É O SOLO QUE SUSTENTA A VIDA ÂMBITO

Leia mais

Plano de Comunicação/Divulgação Pós LIFE

Plano de Comunicação/Divulgação Pós LIFE O Plano de Comunicação/Divulgação Pós LIFE, visa dar a conhecer a forma como a CMMN pretende continuar a divulgar os resultados obtidos ao longo do projecto GAPS. Dividido em duas partes, a primeira tem

Leia mais

Case study. II Encontro de Parceiros Sociais Microsoft CAMINHOS PARA A SUSTENTABILIDADE EMPRESA

Case study. II Encontro de Parceiros Sociais Microsoft CAMINHOS PARA A SUSTENTABILIDADE EMPRESA Case study 2009 II Encontro de Parceiros Sociais Microsoft CAMINHOS PARA A SUSTENTABILIDADE EMPRESA Microsoft Corporation fundada em 1975, líder mundial em software, serviços e soluções, que apoiam as

Leia mais

P l a n o 2 0 1 5 FUNDAÇÃO LUSO

P l a n o 2 0 1 5 FUNDAÇÃO LUSO P l a n o 2 0 1 5 FUNDAÇÃO LUSO 1 Ações diferenciadoras no Plano de 2015 Ambiente Protocolo da Fundação Luso & Quercus Neste 2º ano do protocolo, iremos continuar a desenvolver ações de valorização do

Leia mais

As Mesas Redondas compostas por oradores convidados de modo a promover o debate nos seguintes domínios:

As Mesas Redondas compostas por oradores convidados de modo a promover o debate nos seguintes domínios: Objectivo: O Congresso de Inovação na Construção Sustentável (CINCOS 12), é um evento organizado pela Plataforma para a Construção Sustentável, reconhecida pelo QREN como entidade gestora do cluster Habitat

Leia mais

A NOVA AGENDA DO DESENVOLVIMENTO URBANO SUSTENTÁVEL E OS NOVOS INSTRUMENTOS 2014-2020

A NOVA AGENDA DO DESENVOLVIMENTO URBANO SUSTENTÁVEL E OS NOVOS INSTRUMENTOS 2014-2020 ENCONTRO TEMÁTICO DESENVOLVIMENTO URBANO SUSTENTÁVEL 28 de Fevereiro de 2014, Espaço Jovem, Porto de Mós. Grupo de Trabalho Desenvolvimento Urbano Sustentável A NOVA AGENDA DO DESENVOLVIMENTO URBANO SUSTENTÁVEL

Leia mais

TESTEMUNHOS SUMÁRIO. de Voluntários destacam importância da ajuda ao Próximo. Boletim Informativo n.º 24. Setembro 2011

TESTEMUNHOS SUMÁRIO. de Voluntários destacam importância da ajuda ao Próximo. Boletim Informativo n.º 24. Setembro 2011 Boletim Informativo n.º 24 Setembro 2011 SUMÁRIO TESTEMUNHOS de Voluntários destacam importância da ajuda ao Próximo Pequenas histórias de pessoas comuns que fazem coisas extraordinárias em prol dos outros,

Leia mais

CONCURSO PARA A REDE DAS ESCOLAS ASSOCIADAS DA UNESCO ANO INTERNACIONAL DA LUZ

CONCURSO PARA A REDE DAS ESCOLAS ASSOCIADAS DA UNESCO ANO INTERNACIONAL DA LUZ CONCURSO PARA A REDE DAS ESCOLAS ASSOCIADAS DA UNESCO 2015 ANO INTERNACIONAL DA LUZ Comissão Nacional da UNESCO ; u r l: h t t p : / / w w w. u n e s c o p o r t u g a l. m n e. p t Concurso para a Rede

Leia mais

::ENQUADRAMENTO ::ENQUADRAMENTO::

::ENQUADRAMENTO ::ENQUADRAMENTO:: ::ENQUADRAMENTO:: :: ENQUADRAMENTO :: O actual ambiente de negócios caracteriza-se por rápidas mudanças que envolvem a esfera politica, económica, social e cultural das sociedades. A capacidade de se adaptar

Leia mais

Painel Temático 2: A Educação para o Desenvolvimento Sustentável Sala G4 10H45 12H15 Moderadora: Cristina Gomes Ferreira Relatora: Elizabeth Silva

Painel Temático 2: A Educação para o Desenvolvimento Sustentável Sala G4 10H45 12H15 Moderadora: Cristina Gomes Ferreira Relatora: Elizabeth Silva Painel Temático 2: A Educação para o Desenvolvimento Sustentável Sala G4 10H45 12H15 Moderadora: Cristina Gomes Ferreira Relatora: Elizabeth Silva Apresentação dos seguintes projectos: 1) Câmara de Lobos.

Leia mais

I REUNIÃO DE MINISTROS DA ENERGIA DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA. Cascais, 23 de junho de 2015. Declaração de Cascais

I REUNIÃO DE MINISTROS DA ENERGIA DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA. Cascais, 23 de junho de 2015. Declaração de Cascais I REUNIÃO DE MINISTROS DA ENERGIA DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA Cascais, 23 de junho de 2015 Declaração de Cascais Os Ministros responsáveis pela Energia da Comunidade dos Países de Língua

Leia mais

Programa. Versão provisória

Programa. Versão provisória Programa Versão provisória A FORMAÇÃO FINANCEIRA NO APOIO AO EMPREENDEDORISMO Dia de Formação Financeira 2014 A 31 de outubro, Dia Mundial da Poupança, o Plano Nacional de Formação Financeira comemora

Leia mais

PROGRAMAS DE EDUCAÇÃO PARA A SUSTENTABILIDADE

PROGRAMAS DE EDUCAÇÃO PARA A SUSTENTABILIDADE PROGRAMAS DE EDUCAÇÃO PARA A SUSTENTABILIDADE Enquadramento geral Os Programas de Educação para a Sustentabilidade têm como principal objectivo promover a educação e a sensibilização ambiental de todos

Leia mais

1. (PT) - Diário Económico, 07/12/2012, Portuguesa Gesto Energy ganha planeamento energético de Angola 1

1. (PT) - Diário Económico, 07/12/2012, Portuguesa Gesto Energy ganha planeamento energético de Angola 1 Tema de Pesquisa: Internacional 07 de Dezembro de 2012 Revista de Imprensa 07-12-2012 1. (PT) - Diário Económico, 07/12/2012, Portuguesa Gesto Energy ganha planeamento energético de Angola 1 2. (PT) -

Leia mais

Missão UP Unidos pelo Planeta

Missão UP Unidos pelo Planeta Missão UP Unidos pelo Planeta 1 Missão UP Unidos pelo Planeta A Galp Energia pretende contribuir para uma mudança dos comportamentos relacionados com a eficiência no consumo de energia, através de um projeto

Leia mais

III EDIÇÃO DO CONCURSO ESCOLAR A ÁGUA QUE NOS UNE : TEMÁTICA O SOLO QUE SUSTENTA A VIDA

III EDIÇÃO DO CONCURSO ESCOLAR A ÁGUA QUE NOS UNE : TEMÁTICA O SOLO QUE SUSTENTA A VIDA III EDIÇÃO DO CONCURSO ESCOLAR A ÁGUA QUE NOS UNE : TEMÁTICA O SOLO QUE SUSTENTA A VIDA REGULAMENTO ANO LETIVO 2014/2015 ÂMBITO Projeto Educativo GEA Terra Mãe inserido nas celebrações das Nações Unidas

Leia mais

Regulamento. ARTIGO 1 (Objecto) O NUTRITION AWARDS, tem os seguintes objectivos:

Regulamento. ARTIGO 1 (Objecto) O NUTRITION AWARDS, tem os seguintes objectivos: Regulamento A Associação Portuguesa dos Nutricionistas e o Grupo GCI Gestores de Comunicação Integrada, com o apoio institucional do Ministério da Saúde e do Ministério da Educação, em parceria com a Direcção-Geral

Leia mais

CONCURSO DE IDEIAS DE NEGÓCIO ECONOMIA VERDE REGULAMENTO

CONCURSO DE IDEIAS DE NEGÓCIO ECONOMIA VERDE REGULAMENTO CONCURSO DE IDEIAS DE NEGÓCIO ECONOMIA VERDE REGULAMENTO A Câmara Municipal de São Lourenço dos Órgãos, o Centro de Juventude de São Lourenço dos Órgãos, a Direção Nacional do Ambiente MAHOT e a Agência

Leia mais

CRIAÇÃO DE SISTEMAS DE INOVAÇÃO ORGANIZACIONAL (Transformação da criatividade individual em inovação) www.apgico.pt

CRIAÇÃO DE SISTEMAS DE INOVAÇÃO ORGANIZACIONAL (Transformação da criatividade individual em inovação) www.apgico.pt CRIAÇÃO DE SISTEMAS DE INOVAÇÃO ORGANIZACIONAL (Transformação da criatividade individual em inovação) www.apgico.pt QUEM SOMOS SOMOS ESPECIALISTAS (corpos sociais) Jorge Alves Prof. Catedrático jubilado

Leia mais

Mais e Melhor no Desenvolvimento Comunitário

Mais e Melhor no Desenvolvimento Comunitário Mais e Melhor no Desenvolvimento Comunitário Responsabilidade Social Como estratégia de Sustentabilidade a Responsabilidade Social das Organizações, tornou-se de vital importância para o Terceiro Sector,

Leia mais

Estrutura do Plano de Acção de Energia e Sustentabilidade - Pacto dos Autarcas

Estrutura do Plano de Acção de Energia e Sustentabilidade - Pacto dos Autarcas Estrutura do Plano de Acção de Energia e Sustentabilidade - Pacto dos Autarcas Cascais, 26 de Agosto de 2010 1 P á g i n a ÍNDICE 1.ENQUADRAMENTO... 1 2.METAS E OBJECTIVOS... 2 3.MEDIDAS A IMPLEMENTAR...

Leia mais

REGULAMENTO Orçamento Tu decides!

REGULAMENTO Orçamento Tu decides! 1 REGULAMENTO Orçamento Tu decides! PREÂMBULO O diálogo entre os cidadãos e o poder autárquico constitui um eixo fundamental para o desenvolvimento de uma cidade. A participação de todos na escolha e definição

Leia mais

ANEXO. Regulamento do Prémio Jerónimo Martins/GPA Investigação e Desenvolvimento Sustentável

ANEXO. Regulamento do Prémio Jerónimo Martins/GPA Investigação e Desenvolvimento Sustentável ANEXO Regulamento do Prémio Jerónimo Martins/GPA Investigação e Desenvolvimento Sustentável Preâmbulo A GCI, Agência Portuguesa do Ambiente (APA) e a Quercus (Associação Nacional de Conservação da Natureza),

Leia mais

Luis Natal Marques, Gebalis EEM

Luis Natal Marques, Gebalis EEM Luis Natal Marques, Gebalis EEM TÓPICOS I. Porquê Responsabilidade Social (RS)? II. As Empresas de Serviços de Interesse Geral (SIGs) III. Mais valias da Responsabilidade Social nas Empresas de Serviço

Leia mais

Introdução. A Indústria e Ambiente é a revista portuguesa líder de engenharia, gestão e economia ambiental.

Introdução. A Indústria e Ambiente é a revista portuguesa líder de engenharia, gestão e economia ambiental. Introdução A Indústria e é a revista portuguesa líder de engenharia, gestão e economia ambiental. Qualidade, fiabilidade e actualidade dos conteúdos, são características que lhe conferem um lugar de destaque

Leia mais

LÍDERES DA CPLP ENCONTRO DE JOVENS. Este desafio é nosso! Iº ENCONTRO DE JOVENS LÍDERES COMUNIDADE DE PAÍSES DA CPLP NA DIÁSPORA PORTUGUESA

LÍDERES DA CPLP ENCONTRO DE JOVENS. Este desafio é nosso! Iº ENCONTRO DE JOVENS LÍDERES COMUNIDADE DE PAÍSES DA CPLP NA DIÁSPORA PORTUGUESA ENCONTRO DE JOVENS Iº ENCONTRO DE JOVENS LÍDERES COMUNIDADE DE PAÍSES DA CPLP NA DIÁSPORA PORTUGUESA Aveiro, 22 a 24 de Junho de UNIVERSIDADE DE AVEIRO Entidades Promotoras Parceiros Apoios O que é o Festival

Leia mais

Participaram activamente 19 escolas, com cerca de 700 alunos que entregaram 230 trabalhos.

Participaram activamente 19 escolas, com cerca de 700 alunos que entregaram 230 trabalhos. Programa de Educação Ambiental 2010/11 A Água e a Floresta Introdução Programa 2009/10 Calendário Contactos Introdução No ano lectivo 2009/10, os SMAS de Oeiras e Amadora lançaram a todas as escolas de

Leia mais

2014/15. Nesta. A quem se dirige? O Projeto Nós. municípios onde. locais; Geografia; Quem

2014/15. Nesta. A quem se dirige? O Projeto Nós. municípios onde. locais; Geografia; Quem Projetoo Nós Propomos! Cidadania, Sustentabilidadee e Inovação na Educação Geográfica 2014/15 Quem o promove? Nesta sua 4ª edição, o Projeto Nós Propomos! Cidadania, SustentabiliS idade e Inovação na Educação

Leia mais

Concurso de Ideias Jovem Empreendedor Estarreja 2013

Concurso de Ideias Jovem Empreendedor Estarreja 2013 Concurso de Ideias Jovem Empreendedor Estarreja 2013 Preâmbulo O Concurso de Ideias é uma iniciativa promovida pela DESTAC em parceria com a DOW Portugal, a Câmara Municipal de Estarreja e a Escola Secundária

Leia mais

GUIA DO VOLUNTÁRIO. Sociedade Central de Cervejas

GUIA DO VOLUNTÁRIO. Sociedade Central de Cervejas GUIA DO VOLUNTÁRIO Sociedade Central de Cervejas ÍNDICE 1. A RESPONSABILIDADE SOCIAL NA SCC: O NOSSO COMPROMISSO... 3 2. O NOSSO COMPROMISSO COM O VOLUNTARIADO... 4 2.1 A ESTRUTURAÇÃO DO VOLUNTARIADO EMPRESARIAL...

Leia mais

Ser empreendedor em Portugal é ser:

Ser empreendedor em Portugal é ser: Ser empreendedor em Portugal é ser: Um pouco louco; Muito curioso; Muito persistente; Capaz de arriscar de forma sustentada; É ter noção das limitações do mercado nacional e das potencialidades do mercado

Leia mais

Terra: O Planeta que queremos ter!

Terra: O Planeta que queremos ter! Terra: O Planeta que queremos ter! 1. Localização da Acção: Centro Cultural e de Congressos de Aveiro (Grande Auditório) 2. Data de realização da Acção: 22 e 23 de Abril de 2008 3. Descrição e objectivos

Leia mais

Pág.1.Capa. Pág.2 Índice. Pág.3...O que é a sustentabilidade? / Para quê o desenvolvimento sustentável?

Pág.1.Capa. Pág.2 Índice. Pág.3...O que é a sustentabilidade? / Para quê o desenvolvimento sustentável? 1 Pág.1.Capa Pág.2 Índice Pág.3...O que é a sustentabilidade? / Para quê o desenvolvimento sustentável? Pág.4.Para quê o desenvolvimento sustentável? / Como se torna uma cidade sustentável? (ambiente)

Leia mais

Plano de acção. Auditoria. Conselho Eco Escola

Plano de acção. Auditoria. Conselho Eco Escola Processo e resultados do grupo de discussão P3 Seminário Nacional ECO ESCOLAS 2010 Coimbra-22 de Janeiro, 17.00h/18.30h Pressupostos Foi proposto ao grupo de educadoras e professores do 1º ciclo presentes,

Leia mais

1 - Expresso, 13-10-2007, Cascais empreende. 2 - Sol, 13-10-2007, Inovação precisa de dinheiro

1 - Expresso, 13-10-2007, Cascais empreende. 2 - Sol, 13-10-2007, Inovação precisa de dinheiro Revista de Imprensa Semana Europeia de Empreendedorismo 2007 DNA 1 - Expresso, 13-10-2007, Cascais empreende 2 - Sol, 13-10-2007, Inovação precisa de dinheiro 3 - Jornal da Costa do Sol, 11-10-2007, Inovar

Leia mais

NOTÍCIAS À SEXTA 2013.08.30

NOTÍCIAS À SEXTA 2013.08.30 NOTÍCIAS À SEXTA 2013.08.30 Taxa de desemprego em Portugal baixou para 16,5% em Julho, um sinal positivo sobre o terceiro trimestre. Um relatório do Eurostat indica que a taxa de desemprego nacional diminuiu

Leia mais

Memória descritiva do projecto Sanjonet Rede de Inovação e Competitividade

Memória descritiva do projecto Sanjonet Rede de Inovação e Competitividade Memória descritiva do projecto Sanjonet Rede de Inovação e Competitividade Candidatura aprovada ao Programa Política de Cidades - Redes Urbanas para a Competitividade e a Inovação Síntese A cidade de S.

Leia mais

Assessoria de Comunicação & Marketing Assessoria de Imprensa e Divulgação. Atletas da Omda/Unisul convocados para seleção brasileira Notisul

Assessoria de Comunicação & Marketing Assessoria de Imprensa e Divulgação. Atletas da Omda/Unisul convocados para seleção brasileira Notisul Assessoria de Comunicação & Marketing Assessoria de Imprensa e Divulgação Monitoramento das Notícias da UNISUL Dia 9 de novembro de 2011 JORNAIS Recicla Diário Catarinense Cozinha Diário Catarinense Festa

Leia mais

Programa de Educação para a Sustentabilidade 2014/2015

Programa de Educação para a Sustentabilidade 2014/2015 Programa de Educação para a Sustentabilidade 2014/2015 Plano de Atividades Programa de Educação para a Sustentabilidade O Programa de Educação para a Sustentabilidade para o ano letivo 2014/2015 integra

Leia mais

A Educação Ambiental conduz a uma participação crítica e ativa na prevenção e solução dos problemas ambientais

A Educação Ambiental conduz a uma participação crítica e ativa na prevenção e solução dos problemas ambientais Ano Letivo 2015/2016 A Educação Ambiental conduz a uma participação crítica e ativa na prevenção e solução dos problemas ambientais Vocacionado para a Educação Ambiental e Cidadania. É um programa de educação

Leia mais

PROJETO INTEGRADO ESCOLA VERDE: EDUCAÇÃO, SAÚDE E MEIO AMBIENTE. Sustentabilidade e Biodiversidade

PROJETO INTEGRADO ESCOLA VERDE: EDUCAÇÃO, SAÚDE E MEIO AMBIENTE. Sustentabilidade e Biodiversidade PROJETO INTEGRADO ESCOLA VERDE: EDUCAÇÃO, SAÚDE E MEIO AMBIENTE Sustentabilidade e Biodiversidade Profª. Monica Prantera, Prof. Wellington Matos e Biólogo Leandro Duarte Parceria: Bayer, Unigranrio e SME

Leia mais

OPORTUNIDADES. Cluster energético: oportunidades; horizontes; observatório, BejaGlobal; PASE

OPORTUNIDADES. Cluster energético: oportunidades; horizontes; observatório, BejaGlobal; PASE CLUSTER ENERGÉTICO DE BEJA OPORTUNIDADES SUSTENTABILIDADE ENERGÉTICA E CRESCIMENTO ECONÓMICO A sustentabilidade energética e climática é um desígnio estratégico duplo significado. Por um lado, desenvolvimento

Leia mais

Dr. Henrique Relógio

Dr. Henrique Relógio Dia 28 de Maio Renovar com Sustentabilidade Dr. Henrique Relógio Jardins de S. Bartolomeu Case Study Renovar com Sustentabilidade Henrique Relógio henriquerelogio@gmail.com 1 Jardins São Bartolomeu Um

Leia mais

Prémio Inovação em Intervenção Psicológica

Prémio Inovação em Intervenção Psicológica Prémio Inovação em Intervenção Psicológica ABRIL 2015 Índice 03 05 11 1. Programa OPP Inovação em Intervenção Psicológica 1.1. Prémio Inovação em Intervenção Psicológica 1.2. Summer Camp - Inovação em

Leia mais

EFIÊNCIA DOS RECURSOS E ESTRATÉGIA ENERGIA E CLIMA

EFIÊNCIA DOS RECURSOS E ESTRATÉGIA ENERGIA E CLIMA INTRODUÇÃO Gostaria de começar por agradecer o amável convite para participar neste debate e felicitar os organizadores pela importância desta iniciativa. Na minha apresentação irei falar brevemente da

Leia mais

REGULAMENTO. 1) Os Masters do Capital Humano são uma iniciativa do Grupo IFE e do Salão Profissional de Recursos Humanos - EXPO RH.

REGULAMENTO. 1) Os Masters do Capital Humano são uma iniciativa do Grupo IFE e do Salão Profissional de Recursos Humanos - EXPO RH. 18 de Março de 2015 Centro de Congressos do Estoril REGULAMENTO DISPOSIÇÕES GERAIS 1) Os Masters do Capital Humano são uma iniciativa do Grupo IFE e do Salão Profissional de Recursos Humanos - EXPO RH.

Leia mais

Concurso de Design Mascote Eficiência Energética

Concurso de Design Mascote Eficiência Energética Concurso de Design Mascote Eficiência Energética Regulamento 1. Introdução O presente concurso destina-se à criação da Mascote da Eficiência Energética, que estará associada à COGEN Portugal, e que será

Leia mais

Documento em construção. Declaração de Aichi-Nagoya

Documento em construção. Declaração de Aichi-Nagoya Documento em construção Declaração de Aichi-Nagoya Declaração da Educação para o Desenvolvimento Sustentável Nós, os participantes da Conferência Mundial da UNESCO para a Educação para o Desenvolvimento

Leia mais

REDE LUTA CONTRA POBREZA URBANA RLCPU PLANO ESTRATÉGICO,2015-2017

REDE LUTA CONTRA POBREZA URBANA RLCPU PLANO ESTRATÉGICO,2015-2017 REDE LUTA CONTRA POBREZA URBANA RLCPU PLANO ESTRATÉGICO,2015-2017 Adão Augusto, Consultor 12-02-2015 1. Contextualização. Os projectos sociais fazem parte de um sistema complexo de relações que envolvem

Leia mais